DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DE MINAS GERAIS SETOR TÉCNICO-CIENTÍFICO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DE MINAS GERAIS SETOR TÉCNICO-CIENTÍFICO"

Transcrição

1 DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DE MINAS GERAIS SETOR TÉCNICO-CIENTÍFICO CONSTRUÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMA DE AERONAVE REMOTAMENTE PILOTADA COMO FERRAMENTA DE SENSORIAMENTO REMOTO PARA APLICAÇÃO EM PERÍCIAS DE EXTRAÇÃO MINERAL RODRIGO CRAIG CERELLO ENGENHEIRO DE MINAS PERITO CRIMINAL FEDERAL GERENTE DO PROJETO DRONE EGPS-SR/DPF/MG

2 INTRODUÇÃO MINERAÇÃO & POLÍCIA FEDERAL CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL DE 1988 Art. 20. São bens da União: IX - os recursos minerais, inclusive os do subsolo; Art A segurança pública, dever do Estado, direito e responsabilidade de todos, é exercida para a preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio, através dos seguintes órgãos: I - polícia federal; IV - exercer, com exclusividade, as funções de polícia judiciária da União.

3 Número de Laudos INTRODUÇÃO Evolução das Perícias de Extração Mineral no Estado 120 Produção de Laudos de Exame de Meio Ambiente - Extração Mineral nos principais Estados da Federação Minas Gerais Período (anos) Espírito Santo Rondônia Bahia Goiás São Paulo Rio Grande do Sul Rio de Janeiro Distrito Federal Fonte: Banco de dados do Sistema Nacional de Gestão da Criminalística da PF

4 PROJETO DRONE Aerofotogrametria aplicada às Ciências Forenses Justificativa: Fazer frente ao aumento da demanda de exames de crimes de natureza mineral bem como buscar a melhoria da prova pericial. Objetivo: Desenvolvimento de ferramenta de fotogrametria aérea embarcada em aeronave remotamente pilotada para aplicação em perícias de crimes ambientais.

5 PROJETO DRONE Sistema de Aeronave Remotamente Pilotada ARP, VANT, DRONE ou Plataforma Operação Manual Telemetria Vídeo em tempo Real FPV* Backup de Controle Controle Remoto Estação de Controle em solo: Notebook, Tablet ou Smartphone

6 PLATAFORMA Definição do tipo de Aeronave Área Recoberta Asa Fixa Multirrotor Detalhamento Em % dos casos de extração mineral ilegal em Minas Gerais afetaram áreas inferiores a 5 hectares

7 PLATAFORMA Equipe, Dimensionamento e Construção da Plataforma Eng. de Minas Eng. Mecânica Eng. Cartográfica Ciências da Computação Eng. Elétrica Aeronáutica Processo de construção da aeronave. Laboratório de eletrônica da Perícia Federal, maio de Teste de ajuste de parâmetros de voo. Estande de tiro da Polícia Federal, junho de 2013.

8 PLATAFORMA Principais Recursos e Funcionalidades Opção para decolagem e/ou aterrissagem vertical automáticas (avtol); Possibilidade de voo autônomo com rota pré-estabelecida (piloto automático); Sistema à prova de falhas failsafe programável. Capaz de estabelecer o retorno à base em caso de perda de sinal ou baixo nível de bateria; Interface com programas computacionais livres com código aberto;

9 SENSORIAMENTO REMOTO Câmera adaptada para registrar o comprimento de onda no infravermelho próximo (NIR). RGB NirGB O NDVI (Normalized Difference Vegetation Index) ou IVDN (Índice de Vegetação por Diferença Normalizada) é um índice utilizado principalmente em estudos de cunho ambiental, que nos permite fazer análises, em diversas escalas, sobre a cobertura vegetal de determinada região. RGB NDVI NDVI NDVI Fonte: Acervo fotográfico do GPEMA/SETEC/DPF/MG

10 ALGUMAS APLICAÇÕES PERICIAIS Cena de Crime Acidente de Trânsito Ocupação de APP Desmatamento e Incêndio Florestal

11 ALGUMAS APLICAÇÕES PERICIAIS Cena de Crime Acidente de Trânsito Ocupação de APP Desmatamento e Incêndio Florestal Desastres e Pós Explosão Extração Mineral

12 CASO REAL: Extração Mineral Local Periciado Suspeita de lavra ilegal

13 CASO REAL: Extração Mineral Tela da Estação de Controle e Poligonais do DNPM Imagem do software utilizado para programação e controle de voo.

14 CASO REAL: Extração Mineral Sequência de Imagens Aéreas Obtidas

15 CASO REAL: Extração Mineral Comparativo entre Ortofotomosaico e Imagem de Satélite Alternativa à aquisição de imagem de satélite contemporânea, que ficaria no valor de U$ 550,00, se comprada no mercado americano (aproximadamente R$ 1.600,00), ou em torno de R$ 3.000,00 no mercado nacional A imagem obtida na data do exame e sem interferência da cobertura de nuvens (que se presentes ficariam acima do sensor) é uma outra grande vantagem.

16 CASO REAL: Extração Mineral Comparativo entre Ortofotomosaico e Imagem de Satélite 1 pixel = 3,5 a 4,0 cm (com altura de voo a 100 m) 1 pixel = +/- 50 a 60 cm

17 FOTOGRAMETRIA Restituição Fotogramétrica Digital Fotogrametria é a arte, ciência e tecnologia de obter informações de confiança sobre objetos e do meio ambiente com o uso de processos de registro, medições e interpretações das imagens fotográficas e padrões de energia eletromagnética registrados. (Sociedade Americana de Fotogrametria ASP)

18 CASO REAL: Extração Mineral Restituição Fotogramétrica Digital e Volumetria Topografia Atual Topografia Sólido Solido Volume Volume Total Original Minério Estimada Arquivo

19 CASO REAL: Extração Mineral Mapa de Declividade Análise Geotécnica

20 CASO REAL: Extração Mineral Validação da Metodologia Levantamento geodésico realizado por meio de GPS Trimble R6 trabalhando em par para aquisição de pontos de apoio.

21 CASO REAL: Extração Mineral Validação da Metodologia

22 CASO REAL: Extração Mineral Validação da Metodologia

23 CASO REAL: Extração Mineral Validação da Metodologia Levantamento topográfico realizado por meio de Estação Total Topcon 7000 utilizada no processo de cálculo de volume.

24 CASO REAL: Extração Mineral Validação da Metodologia Cubagem Estação Total: Cubagem Aerofotogrametria: Topografia atual Topografia original - estimada Topografia atual Topografia original - estimada Pontos Levantados 144 Tempo Consumido 2 horas Pontos Levantados Tempo Consumido 5 minutos Diferença: 1,28%

25 CONCLUSÃO Construção de Plataforma robusta, confiável com tecnologia embarcada de ponta; Independência tecnológica do Órgão em relação a interesses comerciais; Validação da técnica de Aerofotogrametria embarcada em VANT multirrotor; Mais de 10 Inquéritos Policiais atendidos; Grande aplicabilidade para a Mineração: Levantamento Topográfico de Cava, Estoque e Pilha de Estéril, Monitoramento da Qualidade de Revegetação, Análise de Taludes, entre outras;

26 OBRIGADO! Maiores informações: Vídeo Voo Autônomo

Luciano Fucci.

Luciano Fucci. Luciano Fucci www.tecnodrone.com.br AEROLEVANTAMENTOS Visão Geral O que preciso saber para fazer aerolevantamento com Drones? www.tecnodrone.com.br AEROLEVANTAMENTO COM DRONES Um conjunto de operações

Leia mais

2015 direitos reservados verdecima.

2015 direitos reservados verdecima. 1. TECNOLOGIA VANT Novos avanços tecnológicos ao nível da miniaturização de equipamentos, permitiram o desenvolvimento de uma nova metodologia, que se insere no campo da observação remota, onde a captura

Leia mais

VEÍCULOS AÉREOS NÃO TRIPULADOS (VANT) NA AGRICULTURA E MEIO AMBIENTE

VEÍCULOS AÉREOS NÃO TRIPULADOS (VANT) NA AGRICULTURA E MEIO AMBIENTE VEÍCULOS AÉREOS NÃO TRIPULADOS (VANT) NA AGRICULTURA E MEIO AMBIENTE Daniel Gomes Eng. Agrônomo, Dr., PqC do Polo Regional Leste Paulista/APTA daniel.gomes@apta.sp.gov.br Um Veículo Aéreo Não Tripulado

Leia mais

Drones. Futuro certo dentro da Agricultura. Tiago Silveira Hauagge Field Agronomist PR4 / PR3 /PY

Drones. Futuro certo dentro da Agricultura. Tiago Silveira Hauagge Field Agronomist PR4 / PR3 /PY Drones Futuro certo dentro da Agricultura Tiago Silveira Hauagge Field Agronomist PR4 / PR3 /PY Tiago.hauagge@pioneer.com Agenda Histórico dos Drones; Modelos disponíveis no mercado; Modelos de câmeras

Leia mais

Soluções de VANTs Soluções existentes: Satélite x Avião

Soluções de VANTs Soluções existentes: Satélite x Avião Soluções em VANTs Soluções de VANTs Soluções existentes: Satélite x Avião Cobertura Pequena Baixa Aéreo e LIDAR VANT Alta Satélites Flexibilidade & Atualização Grande Soluções de VANTs Swinglet CAM X100

Leia mais

UNICAP Universidade Católica de Pernambuco Laboratório de Topografia de UNICAP - LABTOP Topografia 2. Fotogrametria. Parte 2

UNICAP Universidade Católica de Pernambuco Laboratório de Topografia de UNICAP - LABTOP Topografia 2. Fotogrametria. Parte 2 UNICAP Universidade Católica de Pernambuco Laboratório de Topografia de UNICAP - LABTOP Topografia 2 Fotogrametria Parte 2 Recife, 2014 Principais Produtos Fotogramétricos 2 Fotografias Aéreas 3 Mosaico

Leia mais

USO DE DRONES NA AGRICULTURA

USO DE DRONES NA AGRICULTURA USO DE DRONES NA AGRICULTURA EBOOK DISTRIBUIDO POR HORUS AERONAVES LTDA TODOS OS DIREITOS RESERVADOS PROIBIDA A REPRODUÇÃO NÃO AUTORIZADA DESTE MATERIAL 1. Introdução 03 Nas últimas décadas, o desenvolvimento

Leia mais

Tecnologias Drones Aplicadas a Inspeção e Monitoramento de Estruturas

Tecnologias Drones Aplicadas a Inspeção e Monitoramento de Estruturas Tecnologias Drones Aplicadas a Inspeção e Monitoramento de Estruturas Eng. Luiz Dalbelo Novembro, 2016 VANT? Drone? RPAS? Qual nomenclatura utilizar? Portabilidade Muito leve, apenas 630g. Asas removíveis.

Leia mais

FOTOGRAMETRIA: FUNDAMENTOS E PROCESSOS. LEB 450 Topografia e Geoprocessamento II Prof. Carlos A. Vettorazzi

FOTOGRAMETRIA: FUNDAMENTOS E PROCESSOS. LEB 450 Topografia e Geoprocessamento II Prof. Carlos A. Vettorazzi FOTOGRAMETRIA: FUNDAMENTOS E PROCESSOS LEB 450 Topografia e Geoprocessamento II Prof. Carlos A. Vettorazzi 1 Introdução Definição: Fotogrametria é a arte, ciência e tecnologia de se obterem informações

Leia mais

PLANO DE ENSINO ANO 2016

PLANO DE ENSINO ANO 2016 Praça Tiradentes, 416 Centro Tel.:(35) 3464-1200 - CEP 37576-000 Inconfidentes - MG PLANO DE ENSINO ANO 2016 CURSO TÉCNICO EM AGRIMENSURA PROFESSOR DISCIPLINA: Sensoriamento Remoto e Fotogrametria MOSAR

Leia mais

NRM - Normas Regulamentadoras da Mineração - Especificidade na Indústria de Areia e Brita NRM 02. Lavra a Céu Aberto

NRM - Normas Regulamentadoras da Mineração - Especificidade na Indústria de Areia e Brita NRM 02. Lavra a Céu Aberto NRM - Normas Regulamentadoras da Mineração - Especificidade na Indústria de Areia e Brita NRM 02 Lavra a Céu Aberto Introdução NRM 02 2.1 Generalidades 2.2 Bancadas e Taludes 2.3 Controle Topográficos

Leia mais

9º Encontro Técnico DER-PR

9º Encontro Técnico DER-PR Técnicas de Sensoriamento Remoto aplicadas a rodovias. 9º Encontro Técnico DER-PR Sensoriamento Remoto É definido como, o conjunto de técnicas e equipamentos, utilizados para obter informações sobre um

Leia mais

FACULDADE DE ENGENHARIA DE MINAS GERAIS SENSORIAMENTO REMOTO E AEROFOTOGRAMETRIA REVISÃO DE CONTEÚDO. Prof. Marckleuber

FACULDADE DE ENGENHARIA DE MINAS GERAIS SENSORIAMENTO REMOTO E AEROFOTOGRAMETRIA REVISÃO DE CONTEÚDO. Prof. Marckleuber FACULDADE DE ENGENHARIA DE MINAS GERAIS SENSORIAMENTO REMOTO E AEROFOTOGRAMETRIA - 2011 REVISÃO DE CONTEÚDO Prof. Marckleuber -Diferença: Imagem de satélite X fotografia aérea -Satélite X Sensor X Radar

Leia mais

CURSO DE MAPEAMENTO DE COM DRONES (RPA)

CURSO DE MAPEAMENTO DE COM DRONES (RPA) CURSO DE MAPEAMENTO DE COM DRONES (RPA) 1. SOBRE O CURSO: Pesquisadores, professores, técnicos de instituições públicas e privadas, é com prazer que viermos através desse e-mail divulgar o curso de Curso

Leia mais

TOPOGRAFIA E GEOMÁTICA

TOPOGRAFIA E GEOMÁTICA S O L U Ç Õ E S I N T E G R A D A S TOPOGRAFIA E GEOMÁTICA A Geo Top é fruto da bem-sucedida associação de profissionais com experiência de ênfase em vários segmentos da engenharia, tem estrutura física

Leia mais

10ª ELEITA A STARTUP MAIS ATRAENTE DO MERCADO LISTA COMPLETA

10ª ELEITA A STARTUP MAIS ATRAENTE DO MERCADO LISTA COMPLETA 10ª ELEITA A STARTUP MAIS ATRAENTE DO MERCADO LISTA COMPLETA Segundo a EMBRAPA, a agropecuária brasileira construiu uma história de sucesso nos últimos 40 anos. Até os anos 1970, o crescimento da agropecuária

Leia mais

Aquisição de dados Geográficos. Soluções para Gestão do Território. Planeamento e Análise Espacial

Aquisição de dados Geográficos. Soluções para Gestão do Território. Planeamento e Análise Espacial Aquisição de dados Geográficos Soluções para Gestão do Território 1999 Constituição com 60 Municípios 2001 1º Voo fotografia aérea 2004 Cartografia Cabo Verde 2004 153 Municípios como acionistas 2008 2ª

Leia mais

Soluções Completas para topografia de alta precisão

Soluções Completas para topografia de alta precisão Soluções Completas para topografia de alta precisão Redução de Custos e Aumento da Produtividade Eng. Jonas Ribeiro Gerente Comercial Santiago & Cintra www.santiagoecintra.com.br Introdução A Topografia

Leia mais

Fotogrametria. Laboratório de Topografia e Cartografia - CTUFES

Fotogrametria. Laboratório de Topografia e Cartografia - CTUFES Fotogrametria FOTOGRAMETRIA Ciência, tecnologia e arte de obter informações seguras acerca de objetos físicos e do meio, através de processos de registro, medições e interpretações de imagens fotográficas

Leia mais

DRONES PARA DRONES PARA ENGENHARIA INFRAESTRUTURA E UTILITIES

DRONES PARA DRONES PARA ENGENHARIA INFRAESTRUTURA E UTILITIES DRONES PARA DRONES PARA ENGENHARIA INFRAESTRUTURA E UTILITIES A palestrante Raquel Molina Diretora Executiva da Futuriste Pós-graduada em Governança de TI pela Mackenzie; Graduada em TI com Ênfase em Gestão

Leia mais

Resoluções das Imagens fotogramétricas e digitais. Fotogrametria e Fotointerpretação Prof. Dr. Raoni W. D. Bosquilia

Resoluções das Imagens fotogramétricas e digitais. Fotogrametria e Fotointerpretação Prof. Dr. Raoni W. D. Bosquilia Resoluções das Imagens fotogramétricas e digitais Fotogrametria e Fotointerpretação Prof. Dr. Raoni W. D. Bosquilia Classificação dos filmes aerofotogramétricos Os filmes podem ser: preto e branco ou coloridos.

Leia mais

ENGENHARIA DE AGRIMENSURA E CARTOGRÁFICA

ENGENHARIA DE AGRIMENSURA E CARTOGRÁFICA ENGENHARIA DE AGRIMENSURA E CARTOGRÁFICA COORDENADOR Fernando Alves Pinto ferpinto@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2009 193 Currículo do Curso de Engenharia de Agrimensura e Cartográfica Engenheiro Agrimensor

Leia mais

Métodos para Obtenção de Altimetria - Características, Vantagens e Aplicação

Métodos para Obtenção de Altimetria - Características, Vantagens e Aplicação Métodos para Obtenção de Altimetria - Características, Vantagens e Aplicação Introdução Ainda quando nos bancos da Universidade Federal do Paraná, um experiente professor nos disse, o verdadeiro papel

Leia mais

10ª ELEITA A STARTUP MAIS ATRAENTE DO MERCADO LISTA COMPLETA

10ª ELEITA A STARTUP MAIS ATRAENTE DO MERCADO LISTA COMPLETA 10ª ELEITA A STARTUP MAIS ATRAENTE DO MERCADO LISTA COMPLETA Segundo a EMBRAPA, a agropecuária brasileira construiu uma história de sucesso nos últimos 40 anos. Até os anos 1970, o crescimento da agropecuária

Leia mais

Currículos dos Cursos do CCE UFV ENGENHARIA DE AGRIMENSURA E CARTOGRÁFICA. COORDENADOR Fernando Alves Pinto

Currículos dos Cursos do CCE UFV ENGENHARIA DE AGRIMENSURA E CARTOGRÁFICA. COORDENADOR Fernando Alves Pinto 212 Currículos dos Cursos do CCE UFV ENGENHARIA DE AGRIMENSURA E CARTOGRÁFICA COORDENADOR Fernando Alves Pinto ferpinto@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2011 213 Currículo do Curso de Engenharia de Agrimensura

Leia mais

FERRAMENTAS E TECNOLOGIAS DISRUPTIVAS PARA GESTÃO SOCIOAMBIENTAL APLICAÇÃO DE TECNOLOGIAS DE VANT/DRONE NO SETOR ELÉTRICO

FERRAMENTAS E TECNOLOGIAS DISRUPTIVAS PARA GESTÃO SOCIOAMBIENTAL APLICAÇÃO DE TECNOLOGIAS DE VANT/DRONE NO SETOR ELÉTRICO LASE 18, 19 e 20 de utubr de 2017 FERRAMENTAS E TECNOLOGIAS DISRUPTIVAS PARA GESTÃO SOCIOAMBIENTAL APLICAÇÃO DE TECNOLOGIAS DE VANT/DRONE NO SETOR ELÉTRICO LASE 18, 19 e 20 de utubr de 2017 APRESENTAÇÃO

Leia mais

UTILIZAÇÃO DE DRONES APLICADOS À AGRICULTURA DE PRECISÃO. Palestrante: Eng. Vinícius Calou

UTILIZAÇÃO DE DRONES APLICADOS À AGRICULTURA DE PRECISÃO. Palestrante: Eng. Vinícius Calou UTILIZAÇÃO DE DRONES APLICADOS À AGRICULTURA DE PRECISÃO Palestrante: Eng. Vinícius Calou APRESENTAÇÃO Utilização de Drones aplicados à agricultura de precisão PALESTRANTE Eng. Agr. Vinícius Bitencourt

Leia mais

Classificação e Exemplos de Sistemas Sensores. Disciplina: Sensoriamento Remoto Prof. Dr. Raoni W. D. Bosquilia

Classificação e Exemplos de Sistemas Sensores. Disciplina: Sensoriamento Remoto Prof. Dr. Raoni W. D. Bosquilia Classificação e Exemplos de Sistemas Sensores Disciplina: Sensoriamento Remoto Prof. Dr. Raoni W. D. Bosquilia Plataformas e Sistemas Sensores Sistema sensor: são dispositivos capazes de detectar e registrar

Leia mais

234 Currículos dos Cursos do CCE UFV ENGENHARIA DE AGRIMENSURA E CARTOGRÁFICA. COORDENADOR Júlio César de Oliveira

234 Currículos dos Cursos do CCE UFV ENGENHARIA DE AGRIMENSURA E CARTOGRÁFICA. COORDENADOR Júlio César de Oliveira 234 Currículos dos Cursos do CCE UFV ENGENHARIA DE AGRIMENSURA E CARTOGRÁFICA COORDENADOR Júlio César de Oliveira oliveirajc@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2015 235 Engenheiro Agrimensor e Cartógrafo

Leia mais

ENGENHARIA DE AGRIMENSURA

ENGENHARIA DE AGRIMENSURA ENGENHARIA DE AGRIMENSURA COORDENADOR Dalto Domingos Rodrigues dalto@ufv.br 186 Currículos dos Cursos do CCE UFV Currículo do Curso de Engenharia de Agrimensura Engenheiro Agrimensor ATUAÇÃO Fundamentalmente

Leia mais

Currículos dos Cursos UFV ENGENHARIA DE AGRIMENSURA E CARTOGRÁFICA. COORDENADOR Moisés Ferreira Costa

Currículos dos Cursos UFV ENGENHARIA DE AGRIMENSURA E CARTOGRÁFICA. COORDENADOR Moisés Ferreira Costa 110 ENGENHARIA DE AGRIMENSURA E CARTOGRÁFICA COORDENADOR Moisés Ferreira Costa moises@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2013 111 Currículo do Curso de Engenharia de Agrimensura e Cartográfica Engenheiro

Leia mais

Sistema Remoto para Monitoramento de Rodovias. VANTRod

Sistema Remoto para Monitoramento de Rodovias. VANTRod Sistema Remoto para Monitoramento de Rodovias VANTRod PROPOSTA - Monitoramento de rodovias empregando Veículo Aéreo Não Tripulado (VANT); - Enquanto em voo software embarcado capta imagens georreferenciadas;

Leia mais

U.E.F.S DEPARTAMENTO: TECNOLOGIA PROGRAMA DE DISCIPLINA

U.E.F.S DEPARTAMENTO: TECNOLOGIA PROGRAMA DE DISCIPLINA U.E.F.S DEPARTAMENTO: TECNOLOGIA PROGRAMA DE DISCIPLINA CÓDIGO DISCIPLINA ------------- ------------------------------------------------------- TEC 201 CARTOGRAFIA GERAL CARGA HORÁRIA CRÉDITOS REQUISITOS

Leia mais

Grade de Apresentações - Trabalhos Orais. 04/10 (matutino)

Grade de Apresentações - Trabalhos Orais. 04/10 (matutino) Grade de Apresentações - Trabalhos Orais 04/10 (matutino) 10h40 às 12h - Sessões Técnicas (ST) e Painel Setorial 10h40 às 11h 11h às 11h20 11h20 às 11h40 11h40 às 12h S T Engenharia 1 Sala Técnico-Científica:

Leia mais

VANT para Monitoramento Hidrológico. Fabiano Cucolo 8/12/2015

VANT para Monitoramento Hidrológico. Fabiano Cucolo 8/12/2015 VANT para Monitoramento Hidrológico Fabiano Cucolo 8/12/2015 Um pouco sobre o palestrante Fabiano Cucolo fabiano@soloverdi.com.br 11-98266-0244 (WhatsApp) Consultor de Geotecnologias. Geógrafo e Mestre

Leia mais

Abordagem do uso de DRONE DJI PHANTOM para inspeções de engenharia - Modulo1

Abordagem do uso de DRONE DJI PHANTOM para inspeções de engenharia - Modulo1 Abordagem do uso de DRONE DJI PHANTOM para inspeções de engenharia - Modulo1 Conhecimentos básicos do uso de drones para acompanhamento de obras, plantas industriais, tubulações e estruturas de engenharia.

Leia mais

Câmeras Fotogramétricas. Fotogrametria e Fotointerpretação Prof. Dr. Raoni W. D. Bosquilia

Câmeras Fotogramétricas. Fotogrametria e Fotointerpretação Prof. Dr. Raoni W. D. Bosquilia Câmeras Fotogramétricas Fotogrametria e Fotointerpretação Prof. Dr. Raoni W. D. Bosquilia Câmeras Fotográficas São todos os dispositivos que, através de um sistema ótico, registram a energia refletida

Leia mais

Ecologia de Paisagem Conceitos e métodos de pesquisa 2012

Ecologia de Paisagem Conceitos e métodos de pesquisa 2012 Ecologia de Paisagem Conceitos e métodos de pesquisa 2012 Bases de sensoriamento remoto Cálculo de métricas com Fragstats Leandro Reverberi Tambosi letambosi@yahoo.com.br Sensoriamento Remoto Conjunto

Leia mais

QUEM SOMOS. Empresa de tecnologia e engenharia, especializada em mapeamento 3D, que visa facilitar a gestão e. acompanhamento com precisão - da

QUEM SOMOS. Empresa de tecnologia e engenharia, especializada em mapeamento 3D, que visa facilitar a gestão e. acompanhamento com precisão - da QUEM SOMOS Empresa de tecnologia e engenharia, especializada em mapeamento 3D, que visa facilitar a gestão e acompanhamento com precisão - da execução de projetos. TOPOGRAFIA Ciência que estuda todos os

Leia mais

AEROFOTOGRAMETRIA COM DRONES

AEROFOTOGRAMETRIA COM DRONES AEROFOTOGRAMETRIA COM DRONES CONCEITOS BÁSICOS EBOOK DISTRIBUIDO POR HORUS AERONAVES LTDA TODOS OS DIREITOS RESERVADOS PROIBIDA A REPRODUÇÃO NÃO AUTORIZADA DESTE MATERIAL 1. O que é? 03 A palavra aerofotogrametria

Leia mais

ANÁLISE COMPARATIVA DOS DADOS DE NDVI DO MUNICÍPIO DE POÇOS DE CALDAS-MG PARA OS ANOS DE 1986 E 2010

ANÁLISE COMPARATIVA DOS DADOS DE NDVI DO MUNICÍPIO DE POÇOS DE CALDAS-MG PARA OS ANOS DE 1986 E 2010 ANÁLISE COMPARATIVA DOS DADOS DE NDVI DO MUNICÍPIO DE POÇOS DE CALDAS-MG PARA OS ANOS DE 1986 E 2010 Guilherme Augusto Verola Mataveli ¹e Rúbia Gomes Morato² guilhermemataveli88@yahoo.com.br, rubiagm@gmail.com

Leia mais

Topografia Aplicada à Engenharia Civil. Aula 09 Altimetria e Fotogrametria. Laboratório de Cartografia Digital - CTUFES

Topografia Aplicada à Engenharia Civil. Aula 09 Altimetria e Fotogrametria. Laboratório de Cartografia Digital - CTUFES Topografia Geomática Aplicada à Engenharia Civil Aula 09 Altimetria e Fotogrametria Laboratório de Cartografia Digital - CTUFES 2 Altimetria Operação no terreno, que nos fornece os dados necessários à

Leia mais

Agricultura. Integra um grande número de formatos de imagens aéreas, satélite, radar ou térmicas;

Agricultura. Integra um grande número de formatos de imagens aéreas, satélite, radar ou térmicas; Aplicações O software ENVI é usado por inúmeras organizações e instituições em todo o mundo. Abaixo apresentamos alguns exemplos das diferentes aplicações. Verifique a sua área de interesse! Agricultura

Leia mais

UTILIZAÇÃO DE IMAGENS DO SATELITE CBERS-4 E LINGUAGEM PYTHON PARA DETERMINAÇÃO DO ÍNDICES DE VEGETAÇÃO NDVI E SAVI

UTILIZAÇÃO DE IMAGENS DO SATELITE CBERS-4 E LINGUAGEM PYTHON PARA DETERMINAÇÃO DO ÍNDICES DE VEGETAÇÃO NDVI E SAVI UTILIZAÇÃO DE IMAGENS DO SATELITE CBERS-4 E LINGUAGEM PYTHON PARA DETERMINAÇÃO DO ÍNDICES DE VEGETAÇÃO NDVI E SAVI Phablo Costa da Nóbrega Benício 1, João Rodrigues Tavares Junior 2, Ana Lúcia Bezerra

Leia mais

Projeto de Monitoramento do Desmatamento nos Biomas Brasileiros por Satélite

Projeto de Monitoramento do Desmatamento nos Biomas Brasileiros por Satélite Projeto de Monitoramento do Desmatamento nos Biomas Brasileiros por Satélite Humberto Mesquita Chefe do Centro de Sensoriamento Remoto Introdução Introdução Objetivos do Projeto de Monitoramento do Desmatamento

Leia mais

DISTRIBUIÇÃO DA COBERTURA VEGETAL NO MUNICÍPIO DE LAVRAS-MG POR MEIO DO NDVI.

DISTRIBUIÇÃO DA COBERTURA VEGETAL NO MUNICÍPIO DE LAVRAS-MG POR MEIO DO NDVI. DISTRIBUIÇÃO DA COBERTURA VEGETAL NO MUNICÍPIO DE LAVRAS-MG POR MEIO DO NDVI. CHRISTIANY MATTIOLI SARMIENTO 1 e RÚBIA GOMES MORATO 2 chrislavras@yahoo.com.br, rubiagm@gmail.com 1 Discente do curso de Geografia

Leia mais

A EMPRESA CIÊNCIA E TECNOLOGIA POR INFORMAÇÃO DE QUALIDADE DIFERENCIAL E REDUÇÃO SIGNIFICATIVA DE TEMPO, CUSTO E RISCOS.

A EMPRESA CIÊNCIA E TECNOLOGIA POR INFORMAÇÃO DE QUALIDADE DIFERENCIAL E REDUÇÃO SIGNIFICATIVA DE TEMPO, CUSTO E RISCOS. A EMPRESA A Neo Vision, fundada em 2013 na cidade Vitória-ES, realiza levantamentos remotos em Inspeções Industriais e Estudos Geoambientais, otimizados através de sistemas compostos por sensores embarcados

Leia mais

Brasil está entre os países que mais utilizam drones

Brasil está entre os países que mais utilizam drones Brasil está entre os países que mais utilizam drones Veículos aéreos não tripulados são usados em missões de vigilância terrestre e marítima de fronteiras, além de varreduras antibomba e perícias de obras

Leia mais

SENSORIAMENTO REMOTO NÍVEL TERRESTRE

SENSORIAMENTO REMOTO NÍVEL TERRESTRE SENSORIAMENTO REMOTO Pode-se definir por Sensoriamento Remoto, todas as formas de obtenção de dados sobre um objeto, terreno, espécime, área, fenômeno, etc. sem que exista contato físico com o mesmo. O

Leia mais

Eng. Luiz Dalbelo Gerente de Vendas Santiago & Cintra www.santiagoecintra.com.br. VANT e Suas Aplicações

Eng. Luiz Dalbelo Gerente de Vendas Santiago & Cintra www.santiagoecintra.com.br. VANT e Suas Aplicações Eng. Luiz Dalbelo Gerente de Vendas Santiago & Cintra www.santiagoecintra.com.br VANT e Suas Aplicações Soluções existentes Cobertura Pequena Baixa Aéreo e LIDAR VANT Alta Satélites Flexibilidade & Atualização

Leia mais

MAPEAMENTO DO USO DA TERRA E DA EXPANSÃO URBANA EM ALFENAS, SUL DE MINAS GERAIS

MAPEAMENTO DO USO DA TERRA E DA EXPANSÃO URBANA EM ALFENAS, SUL DE MINAS GERAIS MAPEAMENTO DO USO DA TERRA E DA EXPANSÃO URBANA EM ALFENAS, SUL DE MINAS GERAIS BRENO FURTADO LIMA 1 e RÚBIA GOMES MORATO 2 brenogeo@yahoo.com.br, rubiagm@gmail.com 1 Bolsista de iniciação científica FAPEMIG

Leia mais

Topografia. Definição: Derivada das palavras gregas: Topos (lugar) Graphen (descrever) É a descrição de um lugar. Sheila R. Santos

Topografia. Definição: Derivada das palavras gregas: Topos (lugar) Graphen (descrever) É a descrição de um lugar. Sheila R. Santos Topografia Definição: Derivada das palavras gregas: Topos (lugar) Graphen (descrever) É a descrição de um lugar. 1 Topografia Definição: É o conjunto de princípios, métodos, aparelhos e convenções utilizados

Leia mais

Universidade Federal de Pernambuco Workshop Fotogrametria Realidade Atual e Perspectivas Futuras. Mesa Redonda 20/10/2011

Universidade Federal de Pernambuco Workshop Fotogrametria Realidade Atual e Perspectivas Futuras. Mesa Redonda 20/10/2011 Universidade Federal de Pernambuco Workshop Fotogrametria Realidade Atual e Perspectivas Futuras Mesa Redonda 20/10/2011 ESTEIO ENGENHARIA E AEROLEVANTAMENTOS S.A. Valther Xavier Aguiar Engenheiro Cartógrafo

Leia mais

É a tecnologia que permite a obtenção de imagens e outros tipos de dados da superfície terrestre.

É a tecnologia que permite a obtenção de imagens e outros tipos de dados da superfície terrestre. O que é Sensoriamento Remoto? É a tecnologia que permite a obtenção de imagens e outros tipos de dados da superfície terrestre. É feita a distância, através da captação e do registro da energia refletida

Leia mais

MODELAGEM DE SUPERFÍCIES. Prof. Dr. Cristiano Zerbato

MODELAGEM DE SUPERFÍCIES. Prof. Dr. Cristiano Zerbato MODELAGEM DE SUPERFÍCIES Prof. Dr. Cristiano Zerbato Introdução MODELO DIGITAL DO TERRENO: DTM - DIGITAL TERRAIN MODEL: Termo introduzido em 1958, por Miller e La Flame. Modelo Digital de Terreno MDT Digital

Leia mais

O passado, o presente e o futuro do mercado de aerolevantamento no Brasil

O passado, o presente e o futuro do mercado de aerolevantamento no Brasil Fundada em 1961 O passado, o presente e o futuro do mercado de aerolevantamento no Brasil GRSS Young Professional & ISPRS Summer School ENG. RENATO ASINELLI FILHO Presidente ANEA Representante da SBC Aerolevantamento

Leia mais

Apoio do IG à CETESB para análise de áreas de preservação permanente (APP's) na Fazenda Serramar, em Caraguatatuba SP.

Apoio do IG à CETESB para análise de áreas de preservação permanente (APP's) na Fazenda Serramar, em Caraguatatuba SP. São Paulo, 18 de junho de 2010 Processo SMA: 14.287/2009 Interessado: IG Instituto Geológico Assunto: Apoio do IG à CETESB para análise de áreas de preservação permanente (APP's) na Fazenda Serramar, em

Leia mais

Universidade de São Paulo Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto Departamento de Química. Química Forense

Universidade de São Paulo Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto Departamento de Química. Química Forense Universidade de São Paulo Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto Departamento de Química Química Forense Prof. Dr. Marcelo Firmino de Oliveira QUÍMICA FORENSE Aplicação da química

Leia mais

BANCO DE DADOS GEOGRÁFICOS E WEBMAPPING. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza

BANCO DE DADOS GEOGRÁFICOS E WEBMAPPING. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza BANCO DE DADOS GEOGRÁFICOS E WEBMAPPING Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza 1 BANCO DE DADOS GEOGRÁFICOS BD convencional Repositório de fatos do mundo real que possuem atributos

Leia mais

O PROJETO MUTIRÃO DE REFLORESTAMENTO E SEUS EFEITOS AMBIENTAIS NO MUNICÍPIO DO RIO DE JANEIRO.

O PROJETO MUTIRÃO DE REFLORESTAMENTO E SEUS EFEITOS AMBIENTAIS NO MUNICÍPIO DO RIO DE JANEIRO. O PROJETO MUTIRÃO DE REFLORESTAMENTO E SEUS EFEITOS AMBIENTAIS NO MUNICÍPIO DO RIO DE JANEIRO. Aluna: Renata Fernandes Teixeira Orientador: Bernardo Baeta Neves Strassburg Introdução Com o aumento populacional

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÕES GEOGRÁFICAS - SIG

SISTEMAS DE INFORMAÇÕES GEOGRÁFICAS - SIG SISTEMAS DE INFORMAÇÕES GEOGRÁFICAS - SIG Prof. Dr. Cristiano Zerbato Prof. Dr. David L. Rosalen Agricultura de Precisão CONCEITOS AGRICULTURA DE PRECISÃO (AP) PRECISION AGRICULTURE or PRECISION FARM (PRECISION

Leia mais

~J',164x" Cartografia Ambiental da Região de Vitória da Conquista - BA

~J',164x Cartografia Ambiental da Região de Vitória da Conquista - BA .-...--~'" ) ~J',164x" Marcelo Guimarães Cartografia Ambiental da Região de Vitória da Conquista - BA Dissertação apresentada ao Instituto de Biociências da Universidade de São Paulo, para a obtenção de

Leia mais

Fundamentos de Informação Geográfica

Fundamentos de Informação Geográfica Fundamentos de Informação Geográfica Compilação de Exames e Frequências 1) Relativamente ao método de observação GNSS, explique o que entende por RTK. No método de observação RTK são transmitidos em tempo

Leia mais

Mapeamento das Formações Florestais no Rio Grande do Sul com Dados e Técnicas de Sensoriamento Remoto Estado da Arte

Mapeamento das Formações Florestais no Rio Grande do Sul com Dados e Técnicas de Sensoriamento Remoto Estado da Arte Mapeamento das Formações Florestais no Rio Grande do Sul com Dados e Técnicas de Sensoriamento Remoto Estado da Arte Seminário de Avaliação dos Programas PCI do INPE Dra. María Silvia Pardi Lacruz Bolsista

Leia mais

Fundamentos do Sensoriamento Remoto. Disciplina: Sensoriamento Remoto Prof. Dr. Raoni W. D. Bosquilia

Fundamentos do Sensoriamento Remoto. Disciplina: Sensoriamento Remoto Prof. Dr. Raoni W. D. Bosquilia Fundamentos do Sensoriamento Remoto Disciplina: Sensoriamento Remoto Prof. Dr. Raoni W. D. Bosquilia Fundamentos do Sensoriamento Remoto Procedimentos destinados a obtenção de imagens mediante o registro

Leia mais

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA OBTENÇÃO DE LICENCIAMENTO DE ATIVIDADES DO EXTRATIVISMO MINERAL

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA OBTENÇÃO DE LICENCIAMENTO DE ATIVIDADES DO EXTRATIVISMO MINERAL RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA OBTENÇÃO DE LICENCIAMENTO DE ATIVIDADES DO EXTRATIVISMO MINERAL A LP deve preceder qualquer atividade. LICENÇA PRÉVIA - LP Documentação pertinente 1 Requerimento de Licença 2

Leia mais

ARTIGO COM APRESENTAÇÃO BANNER - MONITORAMENTO AMBIENTAL

ARTIGO COM APRESENTAÇÃO BANNER - MONITORAMENTO AMBIENTAL ARTIGO COM APRESENTAÇÃO BANNER - MONITORAMENTO AMBIENTAL ANÁLISE MULTITEMPORAL DA COBERTURA VEGETAL NO MUNICIPIO DE SÃO MIGUEL DO GUAMÁ, ESTADO DO PARÁ. RAYSSA CHAVES BRAGA, LAIS VIEIRA DE CARVALHO, MERILENE

Leia mais

CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS CETEC

CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS CETEC U N I V E R S I D A D E F E D E R A L D O R E C Ô N C A V O D A B A H I A PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO COORDENAÇÃO DE ENSINO E INTEGRAÇÃO ACADÊMICA NÚCLEO DIDÁTICO PEDAGÓGICO PROGRAMA DE COMPONENTES

Leia mais

SONDAGEM SOBRE HÁBITOS DE LEITURA E DE PESQUISA JURÍDICA ASSOCIADOS AASP. Q1 Sexo. Respondidas: Ignoradas: 36

SONDAGEM SOBRE HÁBITOS DE LEITURA E DE PESQUISA JURÍDICA ASSOCIADOS AASP. Q1 Sexo. Respondidas: Ignoradas: 36 Q1 Sexo Respondidas: 5.469 Ignoradas: 36 Feminino Masculino Feminino Masculino 36,83% 2.014 63,17% 3.455 Total 5.469 1 / 14 Q2 Faixa etária Respondidas: 5.485 Ignoradas: 20 Até 25 anos 26 a 35 anos 36

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA - UFSM Oferta por Curso

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA - UFSM Oferta por Curso DPEE1022 10 MECÂNICA DOS SÓLIDOS E RESISTÊNCIA DOS MATERIAIS "A" 3 45 0 0 45 Matrícula SEG 15:30:00 17:30:00 07/08/2017 16/12/2017 Teórica SEX 13:30:00 15:30:00 07/08/2017 16/12/2017 Teórica EDE1090 10

Leia mais

Compreendendo os efeitos da projeção nas imagens aéreas. Fotogrametria e Fotointerpretação Prof. Dr. Raoni W. D. Bosquilia

Compreendendo os efeitos da projeção nas imagens aéreas. Fotogrametria e Fotointerpretação Prof. Dr. Raoni W. D. Bosquilia Compreendendo os efeitos da projeção nas imagens aéreas Fotogrametria e Fotointerpretação Prof. Dr. Raoni W. D. Bosquilia Geometria das Fotografias Aéreas A fotografia cônica ou é uma projeção central,

Leia mais

Mapeamento Digital. Sensoriamento Remoto através de VANTs/Drones para geração de Mapas Digitais Georreferenciados

Mapeamento Digital. Sensoriamento Remoto através de VANTs/Drones para geração de Mapas Digitais Georreferenciados Sensoriamento Remoto através de VANTs/Drones para geração de Mapas Digitais Georreferenciados RPA s DA DIVISÃO DE GEOPROCESSAMENTOS DA AIRJOB Apoio Logístico para Coleta de Dados Todos os RPA s - Remotelly

Leia mais

Baldios 20 de maio de 2014

Baldios 20 de maio de 2014 Baldios 20 de maio de 2014 Baldios no SIP Nº de Baldios SIP Nº de Concelhos 6.057 79 Baldios em Portugal Continental registados no Sistema de Identificação Parcelar DISTRITOS Nº BALDIOS AVEIRO 51 BRAGA

Leia mais

O que é Fotogrametria?

O que é Fotogrametria? Fotogrametria O que é Fotogrametria? De acordo com ASPRS* (1966), é a arte, ciência e tecnologia de obter informações de confiança a respeito de objetos e fenômenos do meio ambiente através do registro,

Leia mais

Mapeamento do uso do solo para manejo de propriedades rurais

Mapeamento do uso do solo para manejo de propriedades rurais 1/45 Mapeamento do uso do solo para manejo de propriedades rurais Teoria Eng. Allan Saddi Arnesen Eng. Frederico Genofre Eng. Marcelo Pedroso Curtarelli 2/45 Conteúdo programático: Capitulo 1: Conceitos

Leia mais

Geração de mapas de altitude por sensoriamento remoto. Imagens do Óptico Imagens InSAR

Geração de mapas de altitude por sensoriamento remoto. Imagens do Óptico Imagens InSAR Geração de mapas de altitude por sensoriamento remoto Imagens do Óptico Imagens InSAR Geração de MNT Num passado não muito distante: Digitalizava-se as curvas de nível para então gerar imagem sintética

Leia mais

Introdução ao Processamento de Imagens Digitais Aula 01

Introdução ao Processamento de Imagens Digitais Aula 01 Introdução ao Processamento de Imagens Digitais Aula 01 Douglas Farias Cordeiro Universidade Federal de Goiás 06 de julho de 2015 Mini-currículo Professor do curso Gestão da Informação Formação: Graduação

Leia mais

ESTABELECIMENTO DE ROTAS PARA AR.DRONE UTILIZANDO DELPHI XE 10

ESTABELECIMENTO DE ROTAS PARA AR.DRONE UTILIZANDO DELPHI XE 10 ESTABELECIMENTO DE ROTAS PARA AR.DRONE UTILIZANDO DELPHI XE 10 Aluno(a): Rafael Ronaldo Rahn Orientador: Mauro Marcelo Mattos Roteiro Introdução Objetivos Fundamentação Teórica Trabalhos Correlatos Desenvolvimento

Leia mais

Monitoramento de Queimadas e Incêndios na Região do Parque Estadual do Jalapão em 2007, 2008 e 2009

Monitoramento de Queimadas e Incêndios na Região do Parque Estadual do Jalapão em 2007, 2008 e 2009 Monitoramento de Queimadas e Incêndios na Região do Parque Estadual do Jalapão em 2007, 2008 e 2009 Resultados Preliminares Dezembro de 2013 PIETRO DE ALMEIDA CÂNDIDO MAPAS DAS CICATRIZES DE QUEIMADAS

Leia mais

3. TOPOGRAFIA. Definição, Objectivo. Cartas Topográficas. Coordenação do Apoio Horizontal. Medição de Ângulos Medição de Distâncias.

3. TOPOGRAFIA. Definição, Objectivo. Cartas Topográficas. Coordenação do Apoio Horizontal. Medição de Ângulos Medição de Distâncias. 3. TOPOGRAFIA Definição, Objectivo. Cartas Topográficas Coordenação do Apoio Horizontal Medição de Ângulos Medição de Distâncias Altimetria Levantamentos Fotogramétricos Definição/Objectivo. Paula Sanches

Leia mais

Universidade de Pernambuco (UPE) Escola Politécnica de Pernambuco (POLI) Curso de Engenharia Civil PROGRAMA

Universidade de Pernambuco (UPE) Escola Politécnica de Pernambuco (POLI) Curso de Engenharia Civil PROGRAMA PROGRAMA Disciplina: Topografia 2 C. H. Semestral: 90 horas-aula (108 encontros) Créditos: Teóricos 30 Práticos 60 TOTAL 90 Código: TOP OBRIGATÓRIA ELETIVA Pré-Requisito: Topografia 1 - TOP01 Co-Requisito:

Leia mais

DETERMINAÇÃO DE VOLUME DE CORTE OU ATERRO 1

DETERMINAÇÃO DE VOLUME DE CORTE OU ATERRO 1 DETERMINAÇÃO DE VOLUME DE CORTE OU ATERRO 1 Dyenifer Peralta Teichmann 2, Vilmar Rogerio Teichmann 3, Peterson Cleyton Avi 4, Thalia Klein Da Silva 5. 1 Projeto de extensão realizado no curso Engenharia

Leia mais

ESTRUTURAÇÃO DE VANT PARA OBTENÇÃO DE IMAGENS FOTOGRAMÉTRICAS

ESTRUTURAÇÃO DE VANT PARA OBTENÇÃO DE IMAGENS FOTOGRAMÉTRICAS ESTRUTURAÇÃO DE VANT PARA OBTENÇÃO DE IMAGENS FOTOGRAMÉTRICAS Matheus Augusto PEREIRA 1 ; Mosar F, BOTELHO 2 ; João Carlos B. REBERTE 3 RESUMO Os deslizamentos de terra no mundo inteiro têm causado grandes

Leia mais

Geomática e SIGDR aula teórica 25 14/05/2013. Interpretação de imagens de detecção remota Índices de vegetação

Geomática e SIGDR aula teórica 25 14/05/2013. Interpretação de imagens de detecção remota Índices de vegetação Geomática e SIGDR aula teórica 25 14/05/2013 Interpretação de imagens de detecção remota Índices de vegetação Manuel Campagnolo ISA Manuel Campagnolo (ISA) Geomática e SIGDR 2012-2013 14/05/2013 1 / 18

Leia mais

IBAMA SINAFLOR. Sistema Nacional de Controle da Origem dos Produtos Florestais

IBAMA SINAFLOR. Sistema Nacional de Controle da Origem dos Produtos Florestais IBAMA SINAFLOR Sistema Nacional de Controle da Origem dos Produtos Florestais Lei de Proteção da Vegetação Nativa (Lei 12.651/2012) Art. 35. O controle da origem da madeira, do carvão e de outros produtos

Leia mais

Seminário de Sensoriamento Remoto: Vegetação

Seminário de Sensoriamento Remoto: Vegetação Seminário de Sensoriamento Remoto: Vegetação Autores do seminário: Felipe Goulart Moraes Isabela Almeida Moreira Larissa Yumi Kuroki Renan Costa da Silva Utilização de Técnicas de Sensoriamento Remoto

Leia mais

Sensoriamento Remoto Aplicado à Geografia

Sensoriamento Remoto Aplicado à Geografia Sensoriamento Remoto Aplicado à Geografia Comportamento Espectral dos Objetos Fernando Shinji Kawakubo Prof. Dr. Reinaldo Paul Pérez Machado O que é? Comportamento Espectral É o estudo da interação da

Leia mais

Mercado de Trabalho... 5

Mercado de Trabalho... 5 Introdução... 3 Geologia... 4 Mercado de Trabalho... 5 O curso... 7 O que você pode fazer... 8 Opiniões dos estudantes... 10 Bibliografia... 11 Durante esse trabalho, você irá ver um pouco sobre a faculdade

Leia mais

MAPEAMENTO DAS CLASSES DO CADASTRO AMBIENTAL RURAL (CAR) EM MUNICÍPIOS DO TERRITÓRIO PORTAL DA AMAZÔNIA

MAPEAMENTO DAS CLASSES DO CADASTRO AMBIENTAL RURAL (CAR) EM MUNICÍPIOS DO TERRITÓRIO PORTAL DA AMAZÔNIA MAPEAMENTO DAS CLASSES DO CADASTRO AMBIENTAL RURAL (CAR) EM MUNICÍPIOS DO TERRITÓRIO PORTAL DA AMAZÔNIA Emanuelle Brugnara ¹; Bruno Diego Cardoso dos Santos ¹; Sara Cristina Carvalho de Sousa ¹; Weslei

Leia mais

Definição de sensoriamento remoto. Professor: Enoque Pereira da Silva

Definição de sensoriamento remoto. Professor: Enoque Pereira da Silva Definição de sensoriamento remoto Professor: Enoque Pereira da Silva Definição de sensoriamento remoto Sensoriamento remoto é um termo utilizado na área das ciências aplicadas que se refere à obtenção

Leia mais

Engenharia Aeronáutica (ENGAER)

Engenharia Aeronáutica (ENGAER) Academia da Força Aérea Mestrado em Ciências Militares Aeronáuticas na especialidade Engenharia Aeronáutica (ENGAER) ENGAER 1º Ano, 1º Semestre NOVA Álgebra Linear MAT Semestral 168 48 32 0 0 0 0 0 6,0

Leia mais

Soluções para Automação no Monitoramento de Estruturas

Soluções para Automação no Monitoramento de Estruturas Soluções para Automação no Monitoramento de Estruturas Luiz Dalbelo Novembro, 2016 O que é monitoramento? É o processo de obtenção de medições em uma estrutura ao longo do tempo, com o propósito de detectar

Leia mais

José Alberto Quintanilha Mariana Giannotti

José Alberto Quintanilha Mariana Giannotti José Alberto Quintanilha jaquinta@usp.br Mariana Giannotti mariana.giannotti@usp.br Estrutura da Aula Momento Satélite (Apresentação de um novo satélite a cada aula) O que é uma imagem de satélite? O histograma

Leia mais

PROF. DR. MARCELO JOSÉ DE OLIVEIRA UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ

PROF. DR. MARCELO JOSÉ DE OLIVEIRA UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ PROF. DR. MARCELO JOSÉ DE OLIVEIRA UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ CONSIDERAÇÕES IMPORTANTES 1º MINERAR ATIVIDADE DE EXTRAIR RECURSOS MINERAIS DO SUBSOLO LOGO NÃO HÁ MINERAÇÃO SEM DESMATAMENTO, PARA SE CHEGAR

Leia mais

DETERMINAÇÃO DO ÍNDICE DE VEGETAÇÃO ATRAVÉS DE IMAGENS METEOSAT-8

DETERMINAÇÃO DO ÍNDICE DE VEGETAÇÃO ATRAVÉS DE IMAGENS METEOSAT-8 DETERMINAÇÃO DO ÍNDICE DE VEGETAÇÃO ATRAVÉS DE IMAGENS METEOSAT-8 BARBOSA, H. A. 1 ; ACCIOLY FILHO, J. B. P. 2 ; MELCÍADES, W. L. B. 3 ; MELLO, N. G. S. 4 ; SOUZA, J. M. DE 5 RESUMO: Neste trabalho, o

Leia mais

PROJETO DE SISTEMAS CRÍTICOS. Empresa integradora de sistemas.

PROJETO DE SISTEMAS CRÍTICOS. Empresa integradora de sistemas. Empresa integradora de sistemas. PROJETO DE SISTEMAS CRÍTICOS Especializada em projeto de sistemas críticos: Engenharia de Sistemas Projeto e desenvolvimento de sistemas embarcados Projeto de sistemas

Leia mais

VANTAGENS DA UTILIZAÇÃO DE VEÍCULOS AÉREOS NÃO TRIPULADOS (VANTS) EM ESTUDOS DE SUPRESSÃO VEGETAL DE RODOVIAS

VANTAGENS DA UTILIZAÇÃO DE VEÍCULOS AÉREOS NÃO TRIPULADOS (VANTS) EM ESTUDOS DE SUPRESSÃO VEGETAL DE RODOVIAS VANTAGENS DA UTILIZAÇÃO DE VEÍCULOS AÉREOS NÃO TRIPULADOS (VANTS) EM ESTUDOS DE SUPRESSÃO VEGETAL DE RODOVIAS Cristhyano Cavali da Luz 125 José Eduardo Gonçalves 14 Philipe Ratton 135 1 Universidade Federal

Leia mais

Fotogrametria II. Restituidores Analógicos

Fotogrametria II. Restituidores Analógicos Fotogrametria II Restituidores Analógicos Julio Kiyoshi Hasegawa 2015 Instrumentos Fotogramétricos (restituidores) Instrumentos restituidores (estereorestituidores) - são instrumentos desenvolvidos para

Leia mais

ANÁLISE VISUAL DE IMAGENS ORBITAIS MULTIESPECTRAIS

ANÁLISE VISUAL DE IMAGENS ORBITAIS MULTIESPECTRAIS UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA SUPERIOR DE AGRICULTURA LUIZ DE QUEIROZ DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA DE BIOSSISTEMAS DISCIPLINA: LEB450 TOPOGRAFIA E GEOPROCESSAMENTO II PROF. DR. CARLOS ALBERTO VETTORAZZI

Leia mais

TUTORIAL. Imagens CBERS-4 5m: conheça este sensor e aprenda a realizar o download dessas imagens no site do INPE QGIS.

TUTORIAL. Imagens CBERS-4 5m: conheça este sensor e aprenda a realizar o download dessas imagens no site do INPE QGIS. TUTORIAL Imagens CBERS-4 5m: conheça este sensor e aprenda a realizar o download dessas imagens no site do INPE QGIS www.processamentodigital.com.br O Processamento Digital é um Canal de Conteúdo GEO oferecido

Leia mais