FUNDAÄÅO ARQUIVO E MEMÇRIA DE SANTOS ATOS DA COMISSÅO DE LICITAÄÅO / FAMS EDITAL DE ABERTURA DE LICITAÄÅO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "FUNDAÄÅO ARQUIVO E MEMÇRIA DE SANTOS ATOS DA COMISSÅO DE LICITAÄÅO / FAMS EDITAL DE ABERTURA DE LICITAÄÅO"

Transcrição

1 FUNDAÄÅO ARQUIVO E MEMÇRIA DE SANTOS ATOS DA COMISSÅO DE LICITAÄÅO / FAMS EDITAL DE ABERTURA DE LICITAÄÅO A ComissÅo supramencionada, situada na FAMS _ SEDE Ç Rua Visconde do Rio Branco né 48 Centro - Santos/SP, CEP.: , comunica que, de acordo com a legislañåo vigente, estö procedendo a seguinte licitañåo: CONVITE NÉ 009/ MENOR PREÄO PROCESSO NÉ / FAMS OBJETO: AQUISIÄÅO DE SERVIÄOS DE MÅO DE OBRA E MATERIAIS NECESSÑRIOS PARA A INSTALAÄÅO DA FIBRA ÇTICA PARA O PRÖDIO QUE ABRIGARÑ A NOVA SEDE DESTA FAMS. VISTORIA TÖCNICA OBRIGATÇRIA: 20/04/2012 Ü 26/04/2012 DATA DE ABERTURA: 27/04/2012 Üs 15h LOCAL: FAMS Sede Ç Rua Visconde do Rio Branco nü 48 - Centro Santos/SP 1. PoderÅo participar da presente licitañåo, nos termos do á 2Ü do art.34 da Lei nü 8666/93, as empresas convidadas por esta ComissÅo, e demais empresas no respectivo ramo de atividade que manifestem interesse, retirando o Edital com antecedància mânima de 24 (vinte e quatro) horas da data de recebimento dos envelopes de habilitañåo e proposta. 2. A sämula do Edital encontra-se no endereño link: LicitaÑães, e o mesmo tambåm poderö ser retirado no seguinte endereño: FAMS Sede, Rua Visconde do Rio Branco nü 48 (2É Andar) Centro, Santos/SP, das 9h Çs 12h ou das 14h Çs 17h, ou pelo 3. A licitante deverö, obrigatoriamente, efetuar vistoria tåcnica de 20/04/2012 Ç 26/04/2012, Agendamento com Gabriela atravås do tel. (13) , devendo o representante da empresa comparecer ao seguinte local:, sito a Rua Visconde do Rio Branco, 48 Centro Santos/SP. 4. Maiores informañães poderåo ser obtidas atravås dos telefones (13) Santos, 17 de abril de Rosane Conde Magalhàes Presidente da ComissÅo de LicitaÑÅo / FAMS

2 EDITAL - PREÂMBULO - A ComissÅo supramencionada, situada na Rua Visconde do Rio Branco, nü 48 Centro/Santos/SP, CEP.: , estö procedendo licitañåo de acordo com a Lei Federal nü 8.666/93, na modalidade CONVITE, tipo MENOR PREÇO, conforme condiñães e especificañães constantes do presente Edital. CONVITE Nº 009/ TIPO MENOR PREÇO Processo: / FAMS Objeto: AQUISIÇÃO DE SERVIÇOS DE MÃO DE OBRA E MATERIAIS NECESSÁRIOS PARA A INSTALAÇÃO DA FIBRA ÓTICA PARA O PRÉDIO QUE ABRIGARÁ A NOVA SEDE DESTA FAMS. Data: 27/04/2012 às 15h 1. PoderÅo participar da presente licitañåo, nos termos do á 2Ü do art.34 da Lei nü 8666/93, as empresas convidadas por esta ComissÅo, e demais empresas no respectivo ramo de atividade que manifestem interesse, retirando o Edital com antecedància mânima de 24 (vinte e quatro) horas da data de recebimento dos envelopes de habilitañåo e proposta. 2. Qualquer consulta sobre a presente licitañåo deverö ser efetuada pelos tel/fax (0xx13) , encaminhado a esta ComissÅo. CAPÍTULO 1 - DO OBJETO - Constitui o objeto da presente licitañåo a aquisiñåo de SERVIçOS DE MéO DE OBRA E MATERIAIS NECESSèRIOS PARA A INSTALAçéO DA FIBRA êtica PARA O PRëDIO QUE ABRIGARè A NOVA SEDE DESTA FAMS, conforme segue: I - DISPOSIÇÕES GERAIS: MEMORIAL DESCRITIVO 1. PRINCIPAL: 1.1. InstalaÑÅo de um link de Fibra êptica ligando o prådio da FundaÑÅo Arquivo e Memíria de Santos, localizado na Rua Amador Bueno nü 22 ao poste localizado em frente ao prådio do FAMS. A fibra sairö do DIO (distribuidor interno íptico) que serö instalado no rack do FAMS e seguirö via duto atå o poste na frente do prådio A fibra ítica deverö entrar no edifâcio do FAMS conectorizada no DIO que serö colocado no rack de entrada do prådio A infra-estrutura de entrada do prådio serö responsabilidade da Contratada; 1.4. Caso haja necessidade de desvio por algum motivo tåcnico, deverö ser validado pela Fundação Arquivo e Memória de Santos. 2. INFRAESTRUTURA O encaminhamento dos cabos deverö atender rigorosamente as diretrizes fornecidas pela Prefeitura Municipal de Santos e qualquer intenñåo de mudanña no

3 percurso deverö ser solicitada por escrito com as devidas justificativas e sem qualquer ìnus para a administrañåo päblica municipal; 2.2. Toda a infraestrutura para ancoragem dos cabos serö executada antes do inâcio de lanñamento pela Contratada; 2.3. Se houver a necessidade a utilizañåo do percurso aåreo, considerando poda parcial de Örvores e ou fechamento temporörio de ruas e avenidas, serö comunicado antecipadamente por escrito Ç Prefeitura, com no mânimo 2 (dois) dias äteis; 2.4. Na entrada do cabo no prådio do FAMS, o cabo íptico deverö ser lanñado atå a caixa subterrînea mais príxima ou no poste mais príximo, onde serö encaminhado atå a fachada da localidade que terö uma armañåo press bow com 1 (um) isolador para a fixañåo do cabo de año (no caso de instalañåo aårea) ou na caixa de passagem da entrada do prådio (no caso de instalañåo subterrînea); 2.5. A infraestrutura da entrada do cabo no FAMS atå o Rack interno e a saâda do cabo do FAMS, deverö ser instalada pela Contratada, no caso de impossibilidade de uso da infra-estrutura existente no edifâcio; 3. CABEAMENTO êptico: 3.1. Os cabos ípticos seråo lanñados no percurso com fibras auto-sustentövel de 6 pares (12 fibras) monomodo. NÅo seråo permitidas fusães ou emendas no lance de fibra íptica salvo as necessörias para a conectorizañåo nos DIOós; 3.2. Os cabos (cada lance) teråo uma identificañåo änica com plaquetas de identificañåo que seråo fixadas em cada poste, caixas de passagem e rack s em todo o seu percurso; 3.3. Os tracionamentos e curvas realizadas em todo percurso na instalañåo da fibra ítica deveråo seguir as normas tåcnicas, como: As curvaturas nåo excedam 90 graus; Os tracionamentos nåo sejam com folgas e nåo exceda 11,3 Kg de tensåo; 3.4. Dentro dos DIO s os cabos seråo desencapados e as fusães realizadas com pigtails fornecidos pela Contratada. 4. INTERFACE COM OS EQUIPAMENTOS DE REDE: 4.1. SerÅo utilizadas as interfaces de fibra íptica dos switches (GBIC) fornecidos pela Contratada para conexåo da fibra. 5. CERTIFICAçéO: 5.1.A CONTRATADA deverö realizar a certificañåo da instalañåo, incluindo: ExecuÑÅo dos testes relativos Ç certificañåo de cada uma das fibras ípticas disponâveis, conforme especificado na norma pertinente em vigor; Entrega dos resultados dos testes na forma de CertificaÑÅo emitida por equipamento de testes tipo OTDR (Optical Time Domain Reflectrometer), incluindo Trace de OTDR, Power Meter, Vâdeo Microscípio (imagem dos conectores) e Channel Map (mapa do enlace íptico com todos os acopladores e suas respectivas distîncias); 6. DocumentaÑÅo: A CONTRATADA deverö apresenta: Projeto executivo; A atualizañåo das plantas utilizadas e os registros dos parîmetros de configurañães realizadas; Mapeamento de todos os postes, pontos de fusåo, passagem de fibra ítica, Mapeamento de cîmeras; 6.1. Topologia de rede instalada, com mapeamento de todos os passivos;

4 7. OBSERVAçôES GERAIS: 7.1. DeverÅo ser executados todos os testes necessörios para o funcionamento do link entre o FAMS e a FAMS SEDE Qualquer alterañåo dos serviños ou melhorias, sí poderö ser executada mediante apresentañåo e autorizañåo da FundaÑÅo Arquivo e Memíria de Santos Todas as interferàncias causadas nas estruturas de alvenaria, piso e forro de gesso, decorrentes da execuñåo dos serviños descritos neste memorial deveråo ser devidamente reparadas pela CONTRATADA; 7.4. Todos os materiais empregados deveråo ter certificado do INMETRO, aprovados pela ABNT e de procedància nacional Cabe a contratada executar os serviños de acordo com as necessidades da obra, os quais seråo previamente examinados e aprovados pelo Departamento de Informática da Fundação Arquivo e Memória de Santos. Quantidade 01 Descrição SWITCH, COM AS SEGUINTES CARACTERÍSTICAS MÍNIMAS OBRIGATÓRIAS: 1.1. Deve possuir no mânimo 24 (vinte e quatro) portas Switch Fast Ethernet 10/100BaseTX, com conectores RJ45; 1.2. Deve suportar auto-negociañåo de velocidade, modo duplex e MDI/MDIX; 1.3. Deve possuir no mânimo 4 (quatro) slots SFP para instalañåo de transceivers Gigabit Ethernet 1000BaseT, com conectores RJ45, 1000BaseSX e 1000BaseLX, com conectores LC ou SC; 1.4. Possuir no mânimo oito filas em hardware para priorizañåo de tröfego por porta; 1.5. Implementar o protocolo 802.1p; 1.6. Deve implementar o protocolo 802.3X; 1.7. Deve implementar IGMP snooping; 1.8. Deve implementar roteamento multicast; 1.9. Implementar controle de broadcast, multicast e unicast permitindo fixar o limite möximo de broadcasts, multicasts e unicasts por porta; Deve implementar roteamento entre as VLANs internamente, sem a necessidade de equipamentos externos; Deve implementar roteamento IP; Deve implementar os seguintes protocolos de roteamento: RIP, RIPII e OSPF, PIM-SM e PIM-DM; Deve implementar o protocolo VRRP; Deve implementar Multicast VLAN Registration; Deve permitir a criañåo de listas de acesso de acordo com o horörio do dia (time based ACL); Deve implementar limitañåo de banda baseada em porta fâsica do switch, endereño MAC fonte e destino, endereño IP fonte e destino, port TCP/UDP fonte e destino e valor TOS. DeverÖ permitir a reserva por valor absoluto em intervalos de 64 Kbps; Deve implementar DHCP Server e DHCP tracker; Deve implementar DHCP Snooping; Deve possuir fonte de alimentañåo com capacidade de operar em tensães de 100 a 240 V e em freqöàncias de 50/60 Hz; Deve suportar a instalañåo de fonte de alimentañåo redundante; Tipo de Material Permanente

5 1.21. Implementar o protocolo Spanning Tree; Implementar o protocolo Rapid Spanning Tree (802.1w); Deve implementar o protocolo Multiple Spanning Tree (802.1s); Deve implementar Spanning Tree Root Guard; Deve implementar STP BPDU Protection (BPDU Guard) e STP Root Protection (Root Guard); Deve implementar UDLD ou DLDP; Deve suportar gerenciamento SNMP, v1, v2 e v3 com criptografia DES 168 bits Deve suportar gerenciamento RMON implementando no mânimo 4 grupos; Deve suportar Syslog; Deve implementar espelhamento de tröfego de forma que o tröfego de um grupo de portas possa ser espelhado em outra para fins de monitoramento Deve permitir a aplicañåo de perfis de QoS de forma a espelhar somente o tröfego desejado; Deve implementar espelhamento de tröfego de forma que o tröfego de uma VLAN possa ser espelhado em uma porta para fins de monitoramento; Deve suportar configurañåo atravås de TELNET; Deve implementar o espelhamento de tröfego em uma porta de um switch remoto (RSPAN); Deve suportar configurañåo atravås de SSHv2; Deve suportar gerenciamento via interface web; Deve suportar as seguintes MIBs: MIB II, Bridge MIB, Router MIB e RMON MIB; Deve permitir a configurañåo atravås de porta console; Deve suportar autenticañåo atravås de Radius para acesso ao gerenciamento; Deve implementar TACACS+; Deve implementar 4000 VLANs segundo o protocolo IEEE 802.1Q; Deve implementar VLANs segundo o protocolo IEEE 802.1v (VLAN por protocolo); Deve implementar IEEE 802.1Q-inQ (VLAN-VPN); Deve implementar o protocolo GVRP; Deve implementar network login atravås do padråo IEEE 802.1x. Deve implementar autenticañåo usando os padrães PEAP, EAP-TLS, EAP-TTLS; Deve configurar os parîmetros de VLAN, ACL e QoS de acordo com o usuörio autenticado Deve permitir autenticañåo dos dispositivos de rede pelo endereño MAC utilizando servidor RADIUS; Deve configurar os parîmetros de VLAN e QoS de acordo com o dispositivo autenticado; Deve implementar Guest VLAN; Deve implementar listas de controle de acesso em hardware baseadas em endereño MAC fonte e destino, endereño IP fonte e destino e port TCP/UDP; Deve implementar autenticañåo MD5 para os pacotes RIP V2 e OSPF Deve suportar agregañåo de links segundo o padråo IEEE 802.3ad possibilitando que no mânimo atå 4 links Gigabit Ethernet operem como um änico link lígico com balanceamento de carga; Deve suportar Jumbo Frames;

6 1.54. Deve possuir capacidade de vazåo (throughput) de no mânimo 12,8 Gbps; Deve possuir capacidade de comutañåo de no mânimo 9,5 Mpps; Deve possuir capacidade de empilhamento. A arquitetura de empilhamento deverö permitir o empilhamento entre unidades a 100 metros de distîncia Deve suportar a agregañåo de links usando portas de switches diferentes da pilha Deve implementar roteamento IP em todos os switches da pilha simultaneamente. As tabelas de rotas devem estar distribuâdas por todos os switches e nåo em um equipamento master; Deve possuir latància ate 10 micro-segundos Deve ser compatâvel com os seguintes padrães: IEEE 802.1D (STP), IEEE 802.1ad Q-in-Q IEEE 802.1D MAC Bridges IEEE 802.1s (MSTP) IEEE 802.1v VLAN classification by Protocol and Port IEEE 802.1X PAE IEEE Type 10BASE-T IEEE 802.3ab 1000BASE-T IEEE 802.3ad Link Aggregation Control Protocol(LACP) IEEE 802.3af Power over Ethernet IEEE 802.3i 10BASE-T IEEE 802.3u 100BASE-X IEEE 802.3z 1000BASE-X IEEE 802.1p (CoS), IEEE 802.1Q (VLANs), IEEE 802.1w (RSTP), IEEE 802.1X (Network Login), IEEE 802.3ad (LACP), IEEE 802.3i (10BASE-T), IEEE 802.3u (Fast Ethernet), IEEE 802.3x (Flow Control), IEEE 802.3z (Gigabit Ethernet), RFC 1213/2233 (MIB II), RFC 1253 (OSPF Version 2 MIB), RFC 1724 (RIP Version 2 MIB Extension), RFC 1907 (SNMP v2c, SMI v2 and Revised MIB-II), RFC 2021 (RMON II Probe Config MIB), RFC 2233 (Interfaces MIB), RFC 2571 (FrameWork), RFC (SNMP), RFC 2613 (Remote Network Monitoring MIB Extensions), RFC 2665 (Pause control), RFC 2668 (IEEE MAU MIB), RFC 2674 (VLAN MIB Extension), RFC 2819 (RMON MIB) RFC 768 UDP RFC 783 TFTP Protocol (revision 2) RFC 791 IP RFC 792 ICMP RFC 793 TCP RFC 826 ARP RFC 1058 RIPv1 RFC 1812 IPv4 Routing

7 RFC 2131 DHCP RFC 2236 IGMP Snooping RFC 2338 VRRP RFC 2453 RIPv2 RFC 2644 Directed Broadcast Control RFC 2665 Definitions of Managed Objects for the Ethernet-like Interface Types RFC 3410 Applicability Statements for SNMP RFC 3414 User-based Security Model (USM) for version 3 of the Simple Network Management Protocol (SNMPv3) RFC 3415 View-based Access Control Model(VACM) for the Simple Network Management Protocol (SNMP) RFC 3416 Protocol Operations for SNMP RFC 3417 Transport Mappings for the Simple Network Management Protocol (SNMP) RFC 1112 IGMP RFC 2236 IGMPv2 RFC 2362 PIM Sparse Mode RFC 3618 Multicast Source Discovery Protocol (MSDP) RFC 3973 PIM Dense Mode MIBs RFC 1213 MIB II RFC 1493 Bridge MIB RFC 1724 RIPv2 MIB RFC 1757 Remote Network Monitoring MIB RFC 1850 OSPFv2 MIB RFC 1907 SNMPv2 MIB RFC 2233 Interfaces MIB RFC 2572 SNMP-MPD MIB RFC 2573 SNMP-Notification MIB RFC 2573 SNMP-Target MIB RFC 2574 SNMP USM MIB RFC 2618 RADIUS Authentication Client MIB RFC 2620 RADIUS Accounting Client MIB RFC 2665 Ethernet-Like-MIB RFC p and IEEE 802.1Q Bridge MIB RFC 2819 RMON MIB RFC 3414 SNMP-User based-sm MIB RFC 3415 SNMP-View based-acm MIB IEEE 802.1AB Link Layer Discovery Protocol (LLDP) RFC 1157 SNMPv1 RFC 1901 Introduction to Community-based SNMPv2 RFC 1902 Structure of Management Information for Version 2 of the Simple Network Management Protocol (SNMPv2) RFC 1903 SNMPv2 Textual Conventions RFC 1904 SNMPv2 Conformance RFC 1905 SNMPv2 Protocol Operations RFC 1906 SNMPv2 Transport Mappings RFC 2570 SNMPv3 Overview RFC 2571 An Architecture for Describing SNMP Management Frameworks RFC 2572 Message Processing and Dispatching for the Simple Network Management Protocol (SNMP) RFC 2573 SNMP Applications RFC 2574 SNMPv3 User-based Security Model (USM) RFC 2575 SNMPv3 View-based Access Control Model (VACM) RFC 2578 Structure of Management Information Version 2

8 (SMIv2) RFC 2579 Textual Conventions for SMIv2 RFC 2580 Conformance Statements for SMIv2 RFC 2819 Four groups of RMON: 1 (statistics), 2 (history), 3 (alarm) and 9 (events) RFC 3410 Introduction to Version 3 of the Internet-standard Network Management Framework RFC 3414 SNMPv3 User-based Security Model (USM) RFC 3415 SNMPv3 View-based Access Control Model VACM) ANSI/TIA-1057 LLDP Media Endpoint Discovery (LLDP- MED) SNMPv1/v2c/v3 RFC 1583 OSPFv2 RFC 1587 OSPF NSSA RFC 1850 OSPFv2 Management Information Base (MIB), traps RFC 2328 OSPFv Deve possuir MTBF de no mânimo horas; Deve acompanhar kit de suporte especâfico para montagem em Rack de 19", ocupando uma unidade de Rack (1U); Tabela de endereños MAC com capacidade para no mânimo endereños MAC; Possibilidade de identificar automaticamente portas em que telefones IP tanto do mesmo fabricante quanto de outros estejam conectados e associö-las automaticamente a VLAN de voz e a perfil de QoS para priorizañåo do tröfego; Possibilitar que se configure portas de uma mesma VLAN que nåo se comuniquem entre si (Private VLAN); Implementar os seguintes måtodos de processamento de filas: Prioridade Estrita, Weighted Round Robin e Weighted Fair Queue; Possibilitar a implementañåo de 2 måtodos de processamento de filas simultaneamente em uma mesma porta: Weighted Round Robin e Strict Priority; Possibilitar a implementañåo de 2 måtodos de processamento de filas simultaneamente em uma mesma porta: Weighted Fair Queue e Strict Priority; Implementar protocolo NTP com autenticañåo; Possibilitar adiñåo de entradas unicast e multicast estöticas Ç tabela de endereños MAC do switch; Possuir conectores para alimentañåo em 110/220V e DC 48VDC; Vir acompanhado de software de gerància SNMP para Windows que implemente descoberta e mapeamento automöticos dos dispositivos e da topologia da rede e seja do mesmo fabricante dos switches; Deve permitir adiñåo futura de funcionalidade de Wireless Controller para atå 120 pontos de acesso, seja por upgrade de software, adiñåo de mídulos ou integrañåo com appliance externo do mesmo fabricante; Deve permitir adiñåo futura de funcionalidade de IDS/IPS com assinaturas anti spyware, worms, vârus e ataques, seja por upgrade de software, adiñåo de mídulos ou integrañåo com appliance externo do mesmo fabricante; Deve suportar funcionalidade de quarentena, permitindo o isolamento em VLAN especâfica de estañães que sejam classificadas como origem de tröfego nåo condizente com a

9 02 polâtica de seguranña da organizañåo (ataques, worms, vârus) pela funcionalidade de IPS descrita no item anterior. A soluñåo de quarentena deverö funcionar sem requerer a adiñåo de nenhum software nas estañães de trabalho; Deve permitir adiñåo futura de funcionalidade de PABX-IP com funcionalidade de grupo de chamadas, transferància e conferància, seja por upgrade de software, adiñåo de mídulos ou integrañåo com appliance externo do mesmo fabricante; Caso a licitante nåo seja fabricante do equipamento, deverö apresentar declarañåo do fabricante, Carta de Solidariedade ou Equivalente, em papel timbrado, especifica para este edital; Garantia e Suporte Tåcnico: O equipamento proposto deverö possuir garantia, com manutenñåo e suporte tåcnico de 36 (trinta e seis) meses, contada a partir do recebimento dos equipamentos, comprometendo a licitante que vier a ser contratada ao atendimento, no perâodo de validade desse contrato, Çs solicitañães para a soluñåo de defeitos de todos os equipamentos fornecidos, inclusos quaisquer componentes necessörios para a soluñåo, nas seguintes condiñães: A manutenñåo serö on site (procedimentos realizados no local de instalañåo); A CONTRATADA deverö apresentar soluñåo para as solicitañães do em atå 24 (vinte e quatro) horas äteis; Por soluñåo entende-se o atendimento, identificañåo do problema e sua correñåo; Em havendo necessidade de retirada do equipamento para conserto em laboratírio da CONTRATADA, esta deverö atender em no möximo 3 (tràs) dias äteis; Em caso de quebra, mau funcionamento, queda de desempenho ou qualquer outro fato causado por defeitos em componentes dos equipamentos, a empresa deverö providenciar a troca dos componentes por novos, do mesmo modelo ou tecnicamente superiores, homologados pelo fabricante do equipamento. NÅo seråo aceitos componentes recondicionados ou usados anteriormente. Em caso de quebra, mau funcionamento, queda de desempenho ou qualquer outro fato causado por defeitos em componentes dos equipamentos, a empresa deverö providenciar a troca dos componentes por novos, do mesmo modelo ou tecnicamente superiores, homologados pelo fabricante do equipamento. NÅo seråo aceitos componentes recondicionados ou usados anteriormente. TRANSCEIVERS TIPO MINI-GBIC, COM AS SEGUINTES CARACTERÍSTICAS MÍNIMAS OBRIGATÓRIAS: 2.1. Deve ser fornecido pelo mesmo fabricante dos switches ofertados; 2.2. Deve possuir conectores do tipo LC; 2.3. Deve suportar distîncia mânima de 10 km Caso a licitante nåo seja fabricante do equipamento, deverö apresentar declarañåo do fabricante, comprovando que a empresa estö habilitada para comercializar os produtos da marca que representa, esta deve ser em papel timbrado, especifica para este edital; 2.5. Garantia mânima de 1 (um) ano oferecida pelo fabricante. Permanente

10 01 NOBREAK 1.4 KVA, COM AS SEGUINTES CARACTERÍSTICAS MÍNIMAS OBRIGATÓRIAS: 3.1. Com autonomia de 20 minutos; 3.2. Nobreak interativo e regulañåo on-line; 3.3. Microprocessado: microprocessador RISC de alta velocidade, integrando diversas funñães perifåricas aumentando a confiabilidade e o desempenho do circuito eletrìnico; 3.4. Permitir a recarga de baterias mesmo com nâveis muito baixos de carga; 3.5. Estabilizador interno com 4 estögios de regulañåo com funñåo; 3.6. TensÅo Nominal: Bivolt automötico /220V; 3.7. Auto Teste: ao ser ligado, o equipamento auto-executa uma rotina de testes em seus circuitos internos; 3.8. Gerenciador de Baterias: informa quando a bateria precisa ser substituâda; 3.9. Filtro de linha interno (modo comum e diferencial); Recarga automötica das baterias (mesmo com o nobreak desligado); Chave liga/desliga temporizada para evitar acionamentos acidentais ou involuntörios; Inversor sincronizado com a rede (sistema PLL); Forma de onda SENOIDAL POR APROXIMAçéO (Retangular PWM - controle de largura e amplitude); Permite ser ligado na ausància de rede elåtrica (DC START); Leds que indicam as condiñães (status) no nobreak: modo rede, modo inversor/bateria em carga etc; ProteÑÅo no inversor contra sobrecarga e curto-circuito; ProteÑÅo contra surtos de tensåo entre fase e neutro; ProteÑÅo contra sub/sobre tensåo de rede com retorno automötico; FunÑÅo mute (inibidor de alarme sonoro); Tomadas de saâdas: no mânimo 4 (quatro) padråo NEMA 5/ Garantia e Suporte Tåcnico: O equipamento proposto deverö possuir garantia, com manutenñåo e suporte tåcnico de 36 (trinta e seis) meses, contada a partir do recebimento dos equipamentos, comprometendo a licitante que vier a ser contratada ao atendimento, no perâodo de validade desse contrato, Çs solicitañães para a soluñåo de defeitos de todos os equipamentos fornecidos, inclusos quaisquer componentes necessörios para a soluñåo, nas seguintes condiñães: A manutenñåo serö on site (procedimentos realizados no local de instalañåo); A CONTRATADA deverö apresentar soluñåo para as solicitañães do em atå 24 (vinte e quatro) horas äteis; Por soluñåo entende-se o atendimento, identificañåo do problema e sua correñåo; Em havendo necessidade de retirada do equipamento para conserto em laboratírio da CONTRATADA, esta deverö atender em no möximo 3 (tràs) dias äteis; Em caso de quebra, mau funcionamento, queda de desempenho ou qualquer outro fato causado por defeitos em componentes dos equipamentos, a empresa deverö providenciar a troca dos componentes por novos, do mesmo modelo ou tecnicamente superiores, homologados pelo fabricante do equipamento. NÅo seråo aceitos componentes Permanente

11 metros recondicionados ou usados anteriormente. DIO PARA 24FO MONOMODO, COM AS SEGUINTES CARACTERÍSTICAS MÍNIMAS OBRIGATÓRIAS: Ser padråo 19'', ocupando 1 unidade de rack 1U; Suportar 12 conectores LC DUPLEX; Suportar atå 24 fibras ípticas; Deve ser do tipo SC; Suportar fibras ípticas monomodo Possuir españo interno para acomodañåo das fusães; Possuir resistància e/ou proteñåo contra corrosåo; Deve ser de mesma marca da fibra íptica que serö fornecida; DeverÖ ser apresentado catölogo do produto na proposta comercial. CAIXA DE FUSÃO COMPLETA PARA 24FO MONOMODO, COM AS SEGUINTES CARACTERÍSTICAS MÍNIMAS OBRIGATÓRIAS: Caixa de diîmetro externo möximo de 180mm, comprimento möximo de 545mm; Possuir 04 entradas redonda para cabos com diîmetro de 5 a 18mm; Possuir 01 entrada oval para 2 cabos com diîmetro de 10 a 25mm; Deve possuir fechamento mecînico; Deve possuir fixañåo do membro de trañåo do cabo; Deve possuir völvula de teste de pressåo; Kit de bandeja para atå 24 emendas de fibras ípticas Apresentar CatÖlogo do Produto juntamente com a proposta comercial. RACK 12U, COM AS SEGUINTES CARACTERÍSTICAS MÍNIMAS OBRIGATÓRIAS: Possuir altura de 12U padråo 19 ; Possuir profundidade de 570mm; Estrutura soldada composta de 4 colunas, base e teto; par de planos de montagem; par de perfis verticais traseiros; bandejas; Teto com flange removâvel; Porta de año/vidro cristal com fecho e chave; Laterais removâveis com fecho röpido; Acabamento padråo 100% bege; Kit de VentilaÑÅo duplo construâdo em chapa de año; Rågua de 4 tomadas 2P+T capacidade de 20A construâdo em chapa de año. CABO DE FIBRA ÓPTICA DIELÉTRICO AÉREO AUTO-SUSTENTÁVEL 6 (SEIS) PARES 12FO, COM AS SEGUINTES CARACTERÍSTICAS MÍNIMAS OBRIGATÓRIAS: Mânimo de 12 fibras ípticas (6 pares) monomodo, com näcleo resistente a penetrañåo de umidade e revestimento externo de material termoplöstico; Tubo de proteñåo preenchido com gelåia; Dois tubos devem ser identificados com cores, para facilitar o sangramento do cabo; Fibras ípticas revestidas em acrilato; Elemento Central dielåtrico posicionado no centro do näcleo para previnir os esforños de contrañåo do cabo Deve possuir uma capa interna de material termoplöstico com cordåo de rasgamento sob a capa interna Capa externa de material retardante a chama; Permanente

12 metros AmarraÑÅo do näcleo com fios de material nåo hidroscípio; Revestimento Externo TermoplÖstico na cor preta resistente a intempåries (diîmetro externo möximo de 11,7 mm); VÅo mânimo de 80m; AtenuaÑÅo íptica möxima (db/km) 1310mm e 1550nm; Massa Nominal do cabo (kgf/km) 113 kgf/km; Carga möxima durante a instalañåo de 1,5 kgf x peso do Cabo/km Raio mânimo de curvatura durante a instalañåo 20mm x Diîmetro Externo; Temperatura de OperaÑÅo de -20 a 65 graus Celsus; Deve possuir Certificado de HomologaÑÅo da Anatel; Ser fornecido em bobinas de madeira com 4.000m de fibra; Apresentar CatÖlogo do Produto juntamente com a proposta comercial. CORDÅO (PATCH CORD) ÇPTICO MONOMODO DUPLO SC/LC 9/125 MM, COM AS SEGUINTES CARACTERâSTICAS MâNIMAS OBRIGATÇRIAS: CordÅo constituâdo por um par de fibras ípticas monomodo 9/125 mm, tipo tight ; Possuir 2,5 metros de comprimento; A fibra íptica deste cordåo deverö possuir revestimento primörio em acrilato e revestimento secundörio em poliamida; Sobre o revestimento secundörio deveråo existir elementos de trañåo e capa em PVC nåo propagante a chamas; As extremidades deste cordåo íptico duplo deveråo vir devidamente conectorizadas e testadas de föbrica, e deveram possuir certificado dos testes de perda por inserñåo e perda de retorno emitido pelo fabricante; Raio mânimo de curvatura aceitövel para este cordåo íptico duplo å de 50mm; Apresentar certificañåo UL ou CSA; Serem ser confeccionados e testados em föbrica, sendo obrigatíria Ç apresentañåo da certificañåo do fabricante, quando da InstalaÑÅo dos mesmos. ORGANIZADOR HORIZONTAL DE CABOS DE 1U 19, COM AS SEGUINTES CARACTERâSTICAS MâNIMAS OBRIGATÇRIAS: Possuir estrutura metölica em año espessura de 1,5 mm; Possuir largura padråo de 19, conforme requisitos da norma ANSI/TIA/EIA-310D; Possuir altura de 1,75 (1U); Possuir uma tampa frontal de encaixe; Possuir pintura em epíxi de alta resistància a riscos; Fornecido na cor preta. CINTA TIPO VELCRO, COM AS SEGUINTES CARACTERâSTICAS MâNIMAS OBRIGATÇRIAS: Material (Polietileno e Nylon); Sistema de amarrañåo recuperövel; Desenvolvido para aplicañães de cabeamento estruturado; NÅo agrida o elemento fixado; Dimensães mânimas: comprimento de mm e largura de 12.7 mm; Fornecido na cor preta; ABRAÄADEIRA DE NYLON, COM AS SEGUINTES CARACTERâSTICAS MâNIMAS OBRIGATÇRIAS: Material (Nylon 6.6);

13 Sistema de amarrañåo nåo recuperövel; Desenvolvido para aplicañães de cabeamento estruturado; NÅo agrida o elemento fixado; Temperatura de trabalho -40ÉC a +85ÉC; Dimensães mânimas: comprimento de 140 mm e largura de 2.5 mm; ETIQUETAS DE VINIL PARA USO INTERNO/EXTERNO, COM AS SEGUINTES CARACTERâSTICAS MâNIMAS OBRIGATÇRIAS: 1.1. Etiquetas príprias para aderància a tubos, paredes, equipamentos, janelas com superfâcies limpas e secas; 1.2. Bom ajuste a superfâcies irregulares, curvadas ou porosas; 1.3. NÅo agrida o elemento fixado; 1.4. Durabilidade mådia de 5 (cinco) anos em ambientes externos a temperaturas de 180ÉF a 40ÉF (82ÉC a 40ÉC); 1.5. Dimensães mânimas de (largura 51 mm x altura mm); 1.6. Cor branca. PLAQUETAS DE IDENTIFICAÄÅO PARA CABO ÇPTICO, COM AS SEGUINTES CARACTERâSTICAS MâNIMAS OBRIGATÇRIAS: Material PlÖstico; Plaquetas príprias para fixañåo nos cabos de fibra ípticas aåreas ou subterrîneas; Bom ajuste a superfâcies irregulares, curvadas; NÅo agrida o elemento fixado; Durabilidade mådia de 5 (cinco) anos em ambientes externos; Dimensães mânimas de (largura 90 mm x altura 40 mm); Cor Amarela. 02 ARMAÄÅO PRESS BOW COM 1 (UM) ISOLADOR, COM AS SEGUINTES CARACTERâSTICAS MâNIMAS OBRIGATÇRIAS: 1.7. ArmaÑÅo press-bow de año fundido galvanizado a fogo com 1 posiñåo para 1 isolador de porcelana 72x72mm; 1.8. Estimado 1 (uma) peña a cada 20 (vinte) metros de passagem de fibra, com colocañåo no poste e 2 (duas) peñas a cada travessia. ABRAÄADEIRA AJUSTÑVEL PARA POSTE TIPO BAP2, COM AS SEGUINTES CARACTERâSTICAS MâNIMAS OBRIGATÇRIAS: 1.1. Fabricada em año altamente resistente ao tempo, comprimento (esticada) 800 mm, com regulagem para diametros diferentes 02 de postes; 1.2. Estimado 1 (uma) peña a cada 20 (vinte) metros de passagem de fibra, com colocañåo no poste e 2 (duas) peñas a cada travessia. LAÄO PARA CABO DE AÄO 3/16, COM AS SEGUINTES CARACTERâSTICAS MâNIMAS OBRIGATÇRIAS: 1.9. Fabricada em año galvanizado para aplicañåo na ancoragem 02 de cabos de año tipo cordoalha 3/16 ; 1.10.Estimado 1 (uma) peña a cada 20 (vinte) metros de passagem de cabo de año, usado em cada travessia. 01 BRAÄO DE EXTENSÅO COM ISOLADOR HORIZONTAL 72X72MM 02 ALÄA PRÖ-FORMADA DE SERVIÄO, COM AS SEGUINTES CARACTERâSTICAS MâNIMAS OBRIGATÇRIAS; 1.11.AlÑa prå formada de serviño fabricada em año galvanizado, para aplicañåo na ancoragem de cabos revestidos e näs, sendo instalados em isoladores nos postes; Estimado 1 (uma) peña a cada 20 (vinte) metros de passagem de fibra, com colocañåo no poste e 2 (duas) peñas a cada travessia. 01 INFRAESTRUTURA DA ENTRADA DE CABOS, COM AS SEGUINTES

14 CARACTERâSTICAS MâNIMAS OBRIGATÇRIAS: 1.12.Infraestrutura de eletroduto galvanizado a fogo pesado com abrañadeira do tipo D; 1.13.Diîmetro de 2 ; 1.14.Deve possuir caixas de passagem 30x30mm em alumânio, a cada 20 metros: 1.15.Nas curvas deve possuir caixa de passagem e curva longa de 90Ü. CAPâTULO 2 - DA APRESENTAÄÅO DOS ENVELOPES Os envelopes deveråo ser endereñados da maneira indicada a seguir, e entregues pessoalmente na data e horörio de abertura dos mesmos, sob pena de nåo serem aceitos pela COMISSéO DE LICITAçéO/FAMS. NÅo seråo aceitos envelopes enviados por correio: ENVELOPE NÉ 01 - HABILITAÄÅO NOME DA EMPRESA FUNDAÄÅO ARQUIVO E MEMÇRIA DE SANTOS COMISSÅO DE LICITAÄÅO COMLIC / FAMS CONVITE NÉ 009/2012 PROCESSO NÉ /2012 DATA DE ABERTURA: 27/04/2012 Üs 15h ENVELOPE NÉ 02 - PROPOSTA NOME DA EMPRESA FUNDAÄÅO ARQUIVO E MEMÇRIA DE SANTOS COMISSÅO DE LICITAÄÅO COMLIC- FAMS CONVITE NÉ 009/2012 PROCESSO NÉ /2012 DATA DE ABERTURA: 27/04/2012 Üs 15h 2.2. SerÖ vedada a participañåo de empresa quando: Sob decretañåo de falància, concordata, dissoluñåo ou liquidañåo; Reunida em consírcio, qualquer que seja sua forma de constituiñåo; Licitantes que, por qualquer motivo, estejam declaradas inidìneas ou punidas com suspensåo do direito de licitar ou contratar com a AdministraÑÅo Päblica: Direta ou Indireta, Federal, Estadual ou Municipal, desde que o ato tenha sido publicado no DiÖrio Oficial da UniÅo, do Estado ou do Municâpio, pelo írgåo que o praticou; Possua entre os seus sícios, proprietörios ou assemelhados, dirigentes empregados ou nåo, de írgåos da AdministraÑÅo Päblica Municipal, Estadual ou Federal Contenha em seu contrato social finalidade ou objetivo incompatâvel com o objeto deste CONVITE.

15 CAPâTULO 3 - DO CREDENCIAMENTO Os representantes legais deveråo efetuar seu credenciamento e entregö-lo pessoalmente na abertura de cada sessào pãblica de licitaåào, devendo, no ato de entrega dos envelopes, identificar-se, exibindo Cådula de Identidade ou documento equivalente NÅO ENVELOPADO, como segue: 3.2 Sício, ProprietÖrio, Dirigente ou Assemelhado: deverö apresentar o Estatuto ou Contrato Social juntamente com a(s) alterañåo(ães) que comprovem sua capacidade de representante legal, com expressa previsåo dos poderes para exercâcio de direitos e assunñåo de obrigañães. Em caso de administrador eleito em ato apartado, deverö ser apresentada cípia autenticada por TabeliÅo de Notas da ata de reuniåo ou assembleia em que se deu a eleiñåo Procurador: o credenciamento deverö ser feito por meio de instrumento päblico ou particular de Mandato (procurañåo), com firma reconhecida em cartírio, outorgado expressamente poderes para emitir declarañães, receber intimañães, interpor recurso e renunciar a sua interposiñåo, assim como praticar todos os demais atos pertinentes ao certame, em nome do licitante A ProcuraÑÅo por instrumento particular deverö ser entregue juntamente com o Contrato Social e suas alterañães, ou com o Estatuto Social e a Ata de eleiñåo da Diretoria em exercâcio. 3.4 A nåo apresentañåo ou incorreñåo nos documentos de credenciamento a que se refere este capâtulo 3, nåo excluirö o licitante do certame, mas impedirö o representante de se manifestar e responder pela empresa licitante, e de praticar qualquer outro ato inerente a este certame. 3.5 O representante legal ou procurador do licitante poderö, a qualquer tempo, ser substituâdo por outro, desde que devidamente credenciado, devendo ser observada a restriñåo constante no item NÅo serö admitida a participañåo de um mesmo representante legal e/ou procurador para mais de um licitante. 3.7 NÅo serö aceita, em qualquer hipítese, a participañåo de licitante retardatörio, a nåo ser como ouvinte Os documentos de credenciamento seråo retidos pela comissåo de licitañåo e juntados ao processo licitatírio. CAPâTULO 4 - DO RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES

16 4.1 No dia, hora e local mencionados no preîmbulo deste edital, cada licitante entregarö Ç ComissÅo de LicitaÑÅo, na sessåo päblica: Credenciamento (nào envelopado) 01 (hum) envelope opaco (nåo transparente) lacrado contendo os documentos de habilitañåo (Envelope nü 1) 01 (hum) envelope opaco (nåo transparente) lacrado contendo a proposta de preños (Envelope nü 2) Considera-se como representante legal qualquer pessoa credenciada pela licitante, mediante contrato, procurañåo ou documento equivalente, para falar em seu nome durante a reuniåo de abertura dos envelopes, seja referente Ç documentañåo ou Ç proposta. 4.2 Na primeira sessåo, os envelopes contendo os documentos relativos a habilitañåo, seråo abertos na presenña dos interessados, pela ComissÅo de LicitaÑães, que farö a conferància e darö vista da documentañåo, a qual deverö ser rubricada pelos representantes legais das licitantes presentes Abertos os envelopes DocumentaÑÅo, a ComissÅo de LicitaÑães, a seu juâzo exclusivo, poderö apreciar os documentos de cada licitante e, na mesma reuniåo divulgar o nome das habilitadas e das inabilitadas, devendo ser devolvidos Çs ältimas os envelopes Proposta, devidamente fechados; Se, eventualmente, surgirem dävidas que nåo possam ser dirimidas de imediato pela ComissÅo de LicitaÑães e conduzam Ç interrupñåo dos trabalhos, seråo elas consignadas em ata e a conclusåo da habilitañåo dar-se-ö em sessåo convocada previamente, ou mediante as devidas publicañães na forma da Lei 8666/93; Ocorrendo o desdobramento da sessåo de habilitañåo, seråo estabelecidos pela ComissÅo de LicitaÑães, para abertura dos envelopes Proposta, nova data e horörio para a sua realizañåo. 4.3 As licitantes seråo convocadas a comparecerem, ficando os envelopes contendo as referidas propostas sob a guarda da ComissÅo de LicitaÑães, devidamente rubricadas no fecho, pelos seus membros e pelos representantes legais das licitantes presentes Em seguida, proceder-se-ö a abertura dos envelopes Proposta, das licitantes habilitadas, desde que transcorrido o prazo sem interposiñåo de recursos, ou tenha havido desistància expressa ou apís o julgamento dos recursos interpostos. 4.5 Abertos, tambåm, os envelopes Proposta, a ComissÅo de LicitaÑães, a seu juâzo exclusivo, poderö apreciar a proposta de cada licitante presente e, na mesma reuniåo divulgar o nome das classificadas e das desclassificadas.

17 Consideradas as ressalvas contidas neste Edital, qualquer reclamañåo a respeito deverö ser feita, no ato da reuniåo, pelos representantes legais das licitantes presentes A inabilitañåo da licitante importa preclusåo do seu direito de participar das fases subsequentes. 4.6 A abertura dos envelopes DocumentaÑÅo e Proposta serö realizada sempre em sessåo päblica, da qual se lavrarö ata circunstanciada assinada pelos representantes das licitantes e pelos membros da ComissÅo de LicitaÑães. 4.7 Se nåo houver tempo suficiente para a abertura dos envelopes DocumentaÑÅo e Proposta, em um änico momento, face o exame da documentañåo com os requisitos do edital, os envelopes nåo abertos, jö rubricados, e devidamente lacrados, ficaråo em poder da ComissÅo de LicitaÑães atå a data e horörio oportunamente marcado para prosseguimento dos trabalhos. 4.8 Apís a abertura dos envelopes DocumentaÑÅo, os demais, contendo as propostas, seråo abertos: Se houver renäncia registrada em ata ou formulada por escrito para interposiñåo de recurso; ou Apís transcorrido o prazo regularmente, sem que tenha havido interposiñåo de recurso; ou Apís o deferimento ou indeferimento do recurso interposto e dado conhecimento do seu resultado. 4.9 Apís a fase de habilitañåo, nåo caberö desistància de proposta, salvo por motivo justo decorrente de fato superveniente e aceito pela ComissÅo de LicitaÑães Ultrapassada a fase de habilitañåo das licitantes e abertos os envelopes Proposta, nåo caberö desclassificö-las por motivo relacionado Ç habilitañåo, salvo em razåo de fatos supervenientes ou sí conhecidos apís o julgamento ë facultada Ç ComissÅo de LicitaÑães, em qualquer fase deste Convite, a promoñåo de diligància destinada a esclarecer ou completar a instruñåo do processo, vedada a inclusåo posterior de documentos ou informañães que deveriam constar originariamente da proposta NÅo serö admitido o encaminhamento de documentañåo de habilitañåo e/ou proposta via fax, postal, por meio eletrìnico ou similar Apís o inâcio da abertura dos envelopes, nåo seråo aceitas juntada ou substituiñåo de quaisquer documentos, nem retificañåo de preños ou condiñães.

18 4.14 A entrega dos envelopes nåo conferirö aos Licitantes qualquer direito em face do írgåo promotor da licitañåo, observadas as prescriñães da legislañåo especâfica Os envelopes da documentañåo da habilitañåo e da proposta deveråo conter, obrigatoriamente, o disposto nos capâtulos que seguem. CAPÍTULO 5 - ENVELOPE Nº 01 - DA HABILITAÇÃO O envelope nü 01 HABILITAçéO (DOCUMENTAçéO) deve conter os seguintes documentos, sob pena de inabilitañåo: Ato Constitutivo, Estatuto ou Contrato Social em vigor devidamente registrado, acompanhado de todas as alterañães ocorridas, ou consolidado; ComprovaÑÅo de InscriÑÅo e de SituaÑÅo Cadastral, emitida pela Secretaria da Receita Federal (CNPJ), cuja aceitañåo estö condicionada a verificañåo de autenticidade pela Internet; Prova de regularidade relativa Ç Seguridade Social e ao FGTS, demonstrando situañåo regular no cumprimento dos encargos sociais instituâdos por lei (Certificados do INSS e do FGTS). A CND/INSS e o CRF/CEF emitidos por meio de sistema eletrìnico teråo a sua aceitañåo condicionada Ç verificañåo de sua autenticidade pela Internet; DeclaraÑÅo expressa do licitante, firmada sob as penas da Lei, conforme (ANEXO II); DeclaraÑÅo para fins do disposto no inciso V do art 27 da Lei nü 8666, de 21 de junho de (ANEXO III); Atestado de Capacidade Tåcnica, emitido por pessoa jurâdica de direito päblico ou privado, que comprove a aptidåo da licitante para o desempenho de atividade pertinente e compatâvel em caracterâsticas com o objeto da licitañåo, do qual deverö constar, necessariamente, a indicañåo do(s) serviño(s) executado(s); Cípia de Carteira de Trabalho ou contrato respectivo, comprovando vânculo da empresa contratada com engenheiro eletrìnico e/ou de telecomunicañães habilitado no CREA (Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura) responsövel pela execuñåo dos serviños; CertidÅo do Registro de Pessoa Jurâdica do Conselho Regional de Engenharia Arquitetura e Agronomia CREA, da RegiÅo da Sede do Licitante Relativa da SituaÑÅo Profissional da Empresa; Cípias de certificados comprovando que a licitante possui, no mânimo, dois profissionais certificados por um fabricante de fibra íptica;

19 CatÖlogo detalhado de todos os produtos ofertados; 5.2. NÅo seråo aceitos documentos sob a forma de protocolo ou com a validade vencida Os documentos necessörios Ç habilitañåo exigidos neste Capâtulo poderåo ser apresentados em original; por qualquer processo de cípia autenticada por tabeliåo de notas ou por funcionörio da unidade que realiza a licitañåo; ou publicañåo em írgåo de imprensa oficial Os documentos apresentados cujo prazo de validade esteja expirado acarretaråo na inabilitañåo da licitante. Os documentos que nåo possuârem prazo de validade expresso somente seråo aceitos se as datas de emissåo nåo excederem a 90 (noventa) dias de antecedància da data prevista para a entrega e abertura dos envelopes SerÅo aceitas somente cípias legâveis NÅo seråo aceitos os documentos cujas datas estejam ilegâveis ou rasuradas Todos os documentos deveråo se reportar Ç sede ou Ç filial que participou da licitañåo e que executarö o Contrato. CAPÍTULO 6 - DO ENVELOPE Nº 02 - PROPOSTA COMERCIAL Este envelope deverö conter: 6.2. A proposta comercial, deverö ser apresentada em lângua portuguesa, grafada em R$ (reais), datilografada ou impressa por qualquer meio eletrìnico em 01 (uma) via, em papel timbrado da licitante, sem emendas, rasuras ou entrelinhas, devendo ainda ser datada e assinada na ältima folha e rubricada nas demais, por seu representante legal, ou procurador com poderes para o exercâcio da representañåo, na forma do item 4, sob pena de inabilitañåo A proposta comercial deverö conter: o nome e o endereño completos, nü do CNPJ, nü da InscriÑÅo Estadual, nämeros de telefones e de fax, o banco, a agància e os respectivos cídigos e o nämero da conta corrente para efeito de emissåo de nota de empenho e posterior pagamento, bem como seu endereño eletrìnico ( ), se houver, para fins de eventuais contatos EspecificaÑÅo dos itens e serviños ofertados, em conformidade com o Capâtulo 1 e Capâtulo 2 deste Edital de LicitaÑÅo A proposta comercial deverö consignar expressamente o MENOR PREÇO (em valor numårico e por extenso, respectivamente), incluindo todos os custos e despesas, tais como custos diretos e indiretos (inclusive tributos, encargos sociais e trabalhistas), alåm de quaisquer outros necessörios Ç aquisiñåo do objeto desta

20 licitañåo, com a devida separañåo dos itens em material permanente, material de consumo e serviños, conforme quadro do Capitulo 1 Do Objeto - deste edital Quaisquer custos diretos ou indiretos omitidos da proposta ou incorretamente cotados seråo considerados como inclusos nos preños, nåo sendo admitidos pleitos de acråscimos a esse ou a qualquer tâtulo A proposta deverö conter: Oferta firme e precisa sem alternativas de preños ou quaisquer condiñães ou vantagens que induzam o julgamento EspecificaÑÅo dos materiais ofertados, em conformidade com este Edital de licitañåo, com indicañåo das principais caracterâsticas e se couber, forma de acondicionamento EspecificaÑÅo do valor referente Ç måo de obra (serviños) concernente Ç instalañåo dos materiais PreÑo unitörio e total do material ofertado, bem como dos serviños de måo de obra, em moeda corrente nacional IndicaÑÅo do prazo de validade da proposta, igual a 60(sessenta) dias corridos, contados da data da entrega da proposta. Caso nåo conste o prazo na proposta, esta serö considerada völida pelo referido perâodo IndicaÑÅo do prazo de entrega do material, igual a 60 (sessenta) dias corridos, contados da data da assinatura do Contrato IndicaÑÅo do prazo de garantia contra quaisquer defeitos de fabricañåo do material, igual a 12 (doze) meses, contados da data de entrega na Sede desta FAMS Ocorrendo discordîncia entre o valor numårico e por extenso contidos na proposta de preños prevalecerö o valor por extenso SerÅo desclassificadas as propostas que nåo atenderem as exigàncias deste Edital, que apresentem uma ou mais das seguintes situañães: Rasuras ModificaÑães em seus dizeres Preenchidas a löpis Cujas cotañães nåo estejam perfeitamente legâveis. CAPâTULO 7 - DA VISTORIA TÖCNICA OBRIGATÇRIA

SWITCH CORE 1.1. - Chassi/Slots. 1.2. - Controle

SWITCH CORE 1.1. - Chassi/Slots. 1.2. - Controle SWITCH CORE 1.1. - Chassi/Slots 1.1.1. Deve possuir no mínimo 06 slots para inserção de módulos de I/O, ou seja, 06 além dos slots para supervisoras; 1.1.2. Deve vir acompanhado de kit de suporte específico

Leia mais

PEDIDO DE COTAÇÃO - ANEXO I

PEDIDO DE COTAÇÃO - ANEXO I Folha: 0001 001 111586 Nobreak Senoidal de Dupla Conversão de no mínimo 3.0 KVa 1. Todos os equipamentos deverão ser novos de primeiro uso e estar na linha de produção atual do fabricante; 2. A garantia

Leia mais

Switch de Acesso Fast Ethernet Modelo de Referência - Cisco SRW224G4

Switch de Acesso Fast Ethernet Modelo de Referência - Cisco SRW224G4 Switch de Acesso Fast Ethernet Modelo de Referência - Cisco SRW224G4 Switch Fast Ethernet com as seguintes configurações mínimas: capacidade de operação em camada 2 do modelo OSI; 24 (vinte e quatro) portas

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. Item I Switch Tipo 1 10/100 Mbps Layer 2 24 Portas

TERMO DE REFERÊNCIA. Item I Switch Tipo 1 10/100 Mbps Layer 2 24 Portas TERMO DE REFERÊNCIA Item I Switch Tipo 1 10/100 Mbps Layer 2 24 Portas Deve ser montável em rack padrão EIA 19 (dezenove polegadas) e possuir kits completos para instalação; Deve possuir, no mínimo, 24

Leia mais

SWITCH DE BORDA CAMADA 2 24 PORTAS GIGABIT RJ-45 SEM POE E 2 PORTAS 10 GIGABITS PARA FIBRA. Subitem Característica Especificação Exigência

SWITCH DE BORDA CAMADA 2 24 PORTAS GIGABIT RJ-45 SEM POE E 2 PORTAS 10 GIGABITS PARA FIBRA. Subitem Característica Especificação Exigência SWITCH DE BORDA CAMADA 2 24 PORTAS GIGABIT RJ-45 SEM POE E 2 PORTAS 10 GIGABITS PARA FIBRA Subitem Característica Especificação Exigência CONEXÕES DESEMPENHO 1.1 Portas RJ-45 1.2 Portas GBIC 1.3 Autoconfiguraçã

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 067/2013

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 067/2013 ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 067/2013 No dia 06 (seis) do mês de novembro de 2013 (dois mil e treze), o MUNICÍPIO DE ANGRA DOS REIS, pessoa jurídica de direito público interno, inscrito no CNPJ sob o nº

Leia mais

ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA 1.UNIDADE REQUISITANTE: ETICE 2. DO OBJETO: ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA 2.1. Registro de preços para futuras e eventuais aquisições de EQUIPAMENTOS DE REDE CORPORATIVOS ( SWITCHS e ACESSÓRIOS), todos

Leia mais

DESPACHO DE HOMOLOGAÇÃO

DESPACHO DE HOMOLOGAÇÃO DESPACHO DE HOMOLOGAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO Nº: 085/2012 PREGÃO PRESENCIAL Nº: 039/2012 OBJETO: FORNECIMENTO PARCELADO DE ATIVOS DE REDE COMPOSTOS POR SWITCHES, CABOS E INTERFACES PARA MANUTENÇÃO E AMPLIAÇÃO

Leia mais

Especificação Técnica

Especificação Técnica Especificação de Referência Switch de Borda Alguns itens apresentam opções de configuração, refletindo nos aspectos originais de preço e características da máquina Código do Material Descrição do Material

Leia mais

Switch de Borda - 48 portas de 1 Gbps

Switch de Borda - 48 portas de 1 Gbps CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CELSO SUCKOW DA FONSECA Switch de Borda - 48 portas de 1 Gbps Especificações Técnicas Característica/Configurações/Requisitos mínimos: Descrição do Material Switch

Leia mais

Especificaça o Te cnica

Especificaça o Te cnica Especificaça o Te cnica Esta especificação técnica tem como objetivo possibilitar a implantação da infraestrutura de rede lógica (nível de acesso) na nova sede da DME Distribuição. A solução deverá ser

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. implantação e conectividade da rede de dados da EBSERH. 3 Módulo e cabo stack para switch de borda 12

TERMO DE REFERÊNCIA. implantação e conectividade da rede de dados da EBSERH. 3 Módulo e cabo stack para switch de borda 12 TERMO DE REFERÊNCIA I DEFINIÇÃO DO OBJETO O presente Projeto Básico tem por objeto a aquisição de equipamentos para implantação e conectividade da rede de dados da EBSERH. ITEM DESCRIÇÃO QUANTIDADE 1 Switch

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL SESC/MS N.º 016/2012 - PG

EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL SESC/MS N.º 016/2012 - PG EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL SESC/MS N.º 016/2012 - PG O SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO Administração Regional no Estado do Mato Grosso do Sul, entidade de direito privado, sem fins lucrativos, comunica

Leia mais

www.fundacaoaraucaria.org.br 2

www.fundacaoaraucaria.org.br 2 EDITAL DE LICITAÇÃO CONVITE 02/2013 Serviços de Auditoria 1. DO PREÂMBULO 1.1. A Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico, estabelecida em Curitiba, Av. Comendador Franco,

Leia mais

SOLICITAÇÃO DE ORÇAMENTO - 29/09/2009 URGENTE. Necessita este Conselho de proposta estimativa de preço nos moldes das descrições abaixo:

SOLICITAÇÃO DE ORÇAMENTO - 29/09/2009 URGENTE. Necessita este Conselho de proposta estimativa de preço nos moldes das descrições abaixo: SOLICITAÇÃO DE ORÇAMENTO - 29/09/2009 URGENTE Prezados Senhores, Necessita este Conselho de proposta estimativa de preço nos moldes das descrições abaixo: ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS 1. OBJETO Contratação

Leia mais

Ministério Público do Estado de Goiás Procuradoria-Geral de Justiça

Ministério Público do Estado de Goiás Procuradoria-Geral de Justiça 1 ATA DE REGISTRO DE PREÇOS EDITAL DE LICITAÇÃO N.º 024/2008 MODALIDADE PREGÃO PRESENCIAL PROCESSO Nº 2008000100016084, de 18.04.2008. VALIDADE: 12 (DOZE) MESES ATA Nº 006/2008 Aos 10 (dez) dias do mês

Leia mais

Prefeitura Municipal de Floriano Peixoto 01.612.289/0001-62 Avenida Alfredo Joahnes Dücker - 99.910-000 - Floriano Peixoto/RS EDITAL DE LICITAÇÃO

Prefeitura Municipal de Floriano Peixoto 01.612.289/0001-62 Avenida Alfredo Joahnes Dücker - 99.910-000 - Floriano Peixoto/RS EDITAL DE LICITAÇÃO Prefeitura Municipal de Floriano Peixoto 01.612.289/0001-62 Avenida Alfredo Joahnes Dücker - 99.910-000 - Floriano Peixoto/RS EDITAL DE LICITAÇÃO Processo...: 8/2015 Modalidade.: Convite Número...: 6/2015

Leia mais

Projeto Fortalecimento dos Catadores e Catadoras e Ampliação da Coleta Seletiva no Grande ABC"

Projeto Fortalecimento dos Catadores e Catadoras e Ampliação da Coleta Seletiva no Grande ABC ABERTURA DE CARTA CONVITE nº 03/2012 Fornecimento de vales refeições e vales transportes para circulação na região do Grande ABC Convidado: Fone/fax: Endereço: Cidade: Estado: Prezados Senhores, Convidamos

Leia mais

FACULDADE DE DIREITO DE SÃO BERNARDO DO CAMPO

FACULDADE DE DIREITO DE SÃO BERNARDO DO CAMPO CONVITE N.º 21/2012 PROCESSO DE COMPRA N.º 146/2012 CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA PARA REMANEJAMENTO DO SISTEMA DE TELEFONIA (PABX) DE PROPRIEDADE DA FACULDADE DE DIREITO DE SÃO BERNARDO DO CAMPO

Leia mais

Especificação de Referência Switch de Acesso I

Especificação de Referência Switch de Acesso I 1 Especificação de Referência Switch de Acesso I Código do Objeto Descrição do Objeto Aplicação do Objeto Data da Especificação de Referência Validade da Especificação de Referência AC0000045 Switch de

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 003/2013 TIPO: MENOR PREÇO

CARTA CONVITE Nº 003/2013 TIPO: MENOR PREÇO CARTA CONVITE Nº 003/2013 TIPO: MENOR PREÇO PROCESSO Nº 003/2013 Tipo de Licitação: MENOR PREÇO DATA: 19/03/2013 HORÁRIO: 10:00 Horas LOCAL: Universidade de Brasília Campus Universitário Darcy Ribeiro

Leia mais

EEEP FRANCISCA MAURA MARTINS

EEEP FRANCISCA MAURA MARTINS EXECUÇÃO DE SERVIÇO DE FORNECIMENTO DE SINAL DE INTERNET COM VELOCIDADE MÍNIMA DE 05 MB DESTINADO ÀS ATIVIDADES DA EEEP FRANCISCA MAURA MARTINS POR UM PERÍODO DE 12 (DOZE) MESES CONVITE Nº 20150001 OBJETO:

Leia mais

ABERTURA DE CARTA CONVITE Nº 001/2014

ABERTURA DE CARTA CONVITE Nº 001/2014 ABERTURA DE CARTA CONVITE Nº 001/2014 O CONSELHO REGIONAL DE CORRETORES DE IMÓVEIS DO ESTADO DE SANTA CATARINA CRECI - 11ª REGIÃO/SC, através da Comissão de Julgamento de Licitação, comunica que, de acordo

Leia mais

TOMADA DE PREÇOS N.º CNO-09/2011 PROCESSO N.º CNO - OBJETO: CONTRATAÇÃO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE LOCAÇÃO DE HORAS DE EQUIPAMENTO RETROESCAVADEIRA.

TOMADA DE PREÇOS N.º CNO-09/2011 PROCESSO N.º CNO - OBJETO: CONTRATAÇÃO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE LOCAÇÃO DE HORAS DE EQUIPAMENTO RETROESCAVADEIRA. TOMADA DE PREÇOS N.º CNO-09/2011 PROCESSO N.º CNO - OBJETO: CONTRATAÇÃO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE LOCAÇÃO DE HORAS DE EQUIPAMENTO RETROESCAVADEIRA. 1 PREÂMBULO 1.1 O SERVIÇO AUTÕNOMO MUNICIPAL DE ÁGUA

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 012/2007

CARTA CONVITE Nº 012/2007 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP: 01405-001 - DEPTO DE COMPRAS - 8º ANDAR. CARTA

Leia mais

FUNDAÇÃO ZERBINI EDITAL DE CONVITE n 005/10 PROCESSOS n 0107/10 a 0110/10 DATA LIMITE PARA ENTREGA DOS ENVELOPES: 13/05/2010 até 17:00h

FUNDAÇÃO ZERBINI EDITAL DE CONVITE n 005/10 PROCESSOS n 0107/10 a 0110/10 DATA LIMITE PARA ENTREGA DOS ENVELOPES: 13/05/2010 até 17:00h FUNDAÇÃO ZERBINI EDITAL DE CONVITE n 005/10 PROCESSOS n 0107/10 a 0110/10 DATA LIMITE PARA ENTREGA DOS ENVELOPES: 13/05/2010 até 17:00h Condições Gerais para Apresentação de Proposta Comercial para Contratações/Compras

Leia mais

Switch Central de Grande Porte

Switch Central de Grande Porte Switch Central de Grande Porte GERAL 1. Estrutura de chassi modular, para instalação em gabinete padrão EIA 19, e kit completo de instalação. Os equipamentos ofertados deverão vir acompanhados de kits

Leia mais

EDITAL DE PREGÃO N.º 069/2015

EDITAL DE PREGÃO N.º 069/2015 EDITAL DE PREGÃO N.º 069/2015 JOÃO PEDRO TILL, Diretor Presidente da Autarquia Municipal de Turismo GRAMADOTUR, no uso legal de suas atribuições, e de conformidade com a Lei n.º 8.666 de 21.06.93 e demais

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 017/2007 TIPO: MENOR PREÇO

CARTA CONVITE Nº 017/2007 TIPO: MENOR PREÇO CARTA CONVITE Nº 017/2007 TIPO: MENOR PREÇO PROCESSO Nº 017/2007 Tipo de Licitação: MENOR PREÇO DATA: 22/08/2007 HORÁRIO: 10:00 HORAS LOCAL: Universidade de Brasília Campus Universitário Darcy Ribeiro

Leia mais

Switch com mínimo de 24 portas 10/100Mbps (Ethernet/Fast- Ethernet) ou velocidade superior em conectores RJ45 - POE

Switch com mínimo de 24 portas 10/100Mbps (Ethernet/Fast- Ethernet) ou velocidade superior em conectores RJ45 - POE Switch com mínimo de 24 portas 10/100Mbps (Ethernet/Fast- Ethernet) ou velocidade superior em conectores RJ45 - POE Especificações Técnicas Mínimas: 1. O equipamento deve ter gabinete único para montagem

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DO RIO GRANDE GABINETE DE COMPRAS E LICITAÇÕES PÚBLICAS ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DO RIO GRANDE GABINETE DE COMPRAS E LICITAÇÕES PÚBLICAS ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA 1. JUSTIFICATIVA DA NECESSIDADE DA CONTRATAÇÃO Para atender a solicitação expressa ao processo digital 30719/2012, AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE REDE DE DADOS WIRELESS, COM INSTALAÇÃO,

Leia mais

Projeto Fortalecimento dos Catadores e Catadoras e Ampliação da Coleta Seletiva no Grande ABC"

Projeto Fortalecimento dos Catadores e Catadoras e Ampliação da Coleta Seletiva no Grande ABC Prezados Senhores, Convidamos Vossa Senhoria a apresentar, na data e horário indicado, proposta alusiva a prestação de serviços de formação, conforme descrição indicada no presente edital. DATA DE RECEBIMENTO

Leia mais

FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE

FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE LICITAÇÃO PARA AQUISIÇÃO DE PNEUS DESTINADOS AOS VEÍCULOS DA SECRETARIA MUNICIPAL SAÚDE PARA O EXERCÍCIO DE DE 2014 2014 O FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE/MUNICIPIO DE DOMINGOS MARTINS, com sede na Rua Bernardino

Leia mais

FUNDO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE TURVO - PR. Tomada de Preço N.º 001/2014.

FUNDO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE TURVO - PR. Tomada de Preço N.º 001/2014. FUNDO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE TURVO - PR. Tomada de Preço N.º 001/2014. Emissão: 09/12/2014. Abertura: 29/12/2014. Horário: 10:00 H. O Fundo de Previdência dos Servidores Municipais

Leia mais

CONVITE Nº 008/2013 CPL/FMS/SMS/PMVR

CONVITE Nº 008/2013 CPL/FMS/SMS/PMVR CONVITE Nº 008/2013 CPL/FMS/SMS/PMVR O MUNICÍPIO DE VOLTA REDONDA/RJ, por intermédio da COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO do FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE da SECRETARIA MUNCIPAL DE SAÚDE/PMVR, atendendo requisitos

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE BIBLIOTECONOMIA - 8ª REGIÃO - SÃO PAULO

CONSELHO REGIONAL DE BIBLIOTECONOMIA - 8ª REGIÃO - SÃO PAULO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO DO CRB/8 - SP TOMADA DE PREÇO nº 01/2015 O CONSELHO REGIONAL DE BIBLIOTECONOMIA 8ª REGIÃO, entidade autárquica federal de fiscalização da profissão de Bibliotecário, instituído

Leia mais

EDITAL DE CONVITE Nº 004/2012

EDITAL DE CONVITE Nº 004/2012 EDITAL DE CONVITE Nº 004/2012 1. DA LICITAÇÃO O Conselho Regional dos Representantes Comerciais do Estado de Santa Catarina CORE/SC, Órgão Fiscalizador do Exercício Profissional, criado pela Lei nº 4886,

Leia mais

Cód. Ref.: CARTA-CONVITE SOFT-BSB LICITAÇÃO POR CONVITE Nº 52/ 2014. TIPO : Menor preço e prazo de execução

Cód. Ref.: CARTA-CONVITE SOFT-BSB LICITAÇÃO POR CONVITE Nº 52/ 2014. TIPO : Menor preço e prazo de execução LICITAÇÃO POR CONVITE Nº 52/ 2014 TIPO : Menor preço e prazo de execução A ASSOCIAÇÃO PARA PROMOÇÃO DA EXCELÊNCIA DO SOFTWARE BRASILEIRO SOFTEX, torna PÚBLICO para conhecimento de quantos possam se interessar

Leia mais

EDITAL DA TOMADA DE PREÇO Nº. 014/2008

EDITAL DA TOMADA DE PREÇO Nº. 014/2008 1 EDITAL DA TOMADA DE PREÇO Nº. 014/2008 Objeto Contratar empresa especializada de Engenharia Mecânica para Instalação dos Equipamentos Industriais dos prédios de Utilidades e PPI do CBA. MANAUS/AM 2008

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA TERRA DE LUTA E FÉ - DOE ORGÃOS, DOE SANGUE:SALVE VIDAS

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA TERRA DE LUTA E FÉ - DOE ORGÃOS, DOE SANGUE:SALVE VIDAS EDITAL DE CARTA CONVITE 027/2015 A PREFEITA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA, torna público, para conhecimento dos interessados, que no dia 20 DE NOVEMBRO DE 2015, às 10 horas, reunirse-á a Comissão Permanente

Leia mais

PROCESSO LICITATÓRIO CONVITE N 01/2009 RESUMO

PROCESSO LICITATÓRIO CONVITE N 01/2009 RESUMO AÇÃO COMUNITÁRIA DO BRASIL ACB/RJ Plano Nacional de Qualificação - PlanSeQ CONVÊNIO MTE/SPPE/CODEFAT N 00010/08 PROCESSO LICITATÓRIO CONVITE N 01/2009 RESUMO A Comissão de Licitação da AÇÃO COMUNITÁRIA

Leia mais

Município de Xangri-Lá Fone: (51) 3689-2400 www.xangrila.rs.gov.br

Município de Xangri-Lá Fone: (51) 3689-2400 www.xangrila.rs.gov.br EDITAL Nº 62/2012 PREGÃO ELETRÔNICO 34/2012 PROCESSO DE DESPESA: 2318/2012 (SEC. DE EDUCAÇÃO) PROCESSO DE LICITAÇÃO 2318/2012 PROCESSO DE COMPRA 45-12 ABERTURA: 29/03/2012 HORÁRIO: 15 horas O Prefeito

Leia mais

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência CONVITE N. º 95933-02/2010

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência CONVITE N. º 95933-02/2010 CONVITE N. º 95933-02/2010 A FUNDAÇÃO DE APOIO À TECNOLOGIA E CIÊNCIA - FATEC, CNPJ n.º 89.252.431/0001-59, realizará licitação por CONVITE, do tipo menor preço global, para a CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA

Leia mais

RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL PELA INTERNET

RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL PELA INTERNET RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL PELA INTERNET Concorrência Pública nº 02/2011. Processo nº 09/2011. Razão Social: CNPJ: Endereço: Cidade: Telefone: e-mail: Pessoa para contato: Estado: Fax: Recebemos, através

Leia mais

EDITAL N.º CONVITE N.º PROCESSO N.º 011/2011-CPL 009/2011 011/2011. PRAZO MÁXIMO PARA ENTREGA DOS ENVELOPES Até 17 de Outubro de 2011 Às 14:00 horas

EDITAL N.º CONVITE N.º PROCESSO N.º 011/2011-CPL 009/2011 011/2011. PRAZO MÁXIMO PARA ENTREGA DOS ENVELOPES Até 17 de Outubro de 2011 Às 14:00 horas EDITAL N.º CONVITE N.º PROCESSO N.º 011/2011-CPL 009/2011 011/2011 PRAZO MÁXIMO PARA ENTREGA DOS ENVELOPES Até 17 de Outubro de 2011 Às 14:00 horas ABERTURA DOS ENVELOPES DOCUMENTAÇÃO Dia 17 de Outubro

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO N.º 005/2014 CARTA CONVITE Nº 002/2014

EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO N.º 005/2014 CARTA CONVITE Nº 002/2014 EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO N.º 005/2014 CARTA CONVITE Nº 002/2014 O CONSELHO REGIONAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA DA 7ª REGIÃO CREF7/DF, Autarquia Federal, criada pela Lei nº 9.696/98, torna público

Leia mais

MODALIDADE CONVITE Nº 10/2014 PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 2035/2014 PREÂMBULO

MODALIDADE CONVITE Nº 10/2014 PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 2035/2014 PREÂMBULO MODALIDADE CONVITE Nº 10/2014 PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 2035/2014 PREÂMBULO O Presidente do Conselho Federal de Farmácia - CFF e esta Comissão Permanente de Licitação, designada pela Portaria nº 01, de

Leia mais

VALEC MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES VALEC ENGENHARIA, CONSTRUÇÕES E FERROVIAS S. A. EDITAL DO CONVITE N o 003/2008

VALEC MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES VALEC ENGENHARIA, CONSTRUÇÕES E FERROVIAS S. A. EDITAL DO CONVITE N o 003/2008 : DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL PARA O CERRADO BRASILEIRO MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES ENGENHARIA, CONSTRUÇÕES E FERROVIAS S. A. EDITAL DO CONVITE N o 003/2008 CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS

Leia mais

CONVITE Nº 25/2012 PROCESSO ADMINISTRATIVO N.º 552/2012

CONVITE Nº 25/2012 PROCESSO ADMINISTRATIVO N.º 552/2012 CONVITE Nº 25/2012 PROCESSO ADMINISTRATIVO N.º 552/2012 A COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO DO SERVIÇO AUTÔNOMO HOSPITALAR convida V.S.ª para participar da licitação que realizará às 10:00 HORAS DO DIA

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO Nº 10/2015 CREA-PI. Carta Convite n 08/2015

EDITAL DE LICITAÇÃO Nº 10/2015 CREA-PI. Carta Convite n 08/2015 EDITAL DE LICITAÇÃO Nº 10/2015 CREA-PI Carta Convite n 08/2015 O CONSELHO REGIONAL DE ENGENHARIA E AGRONOMIA DO PIAUÍ - Crea-PI, por intermédio da Comissão de Licitação, designada pela Portaria n 034/2015,

Leia mais

FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE

FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE 2926- CNPJ: 13.959.466/1-6 Tel: 2732683178 Fax: 273268376 Site: Pregão Presencial Nº 6/214 LICITAÇÃO PARA AQUISIÇÃO DE MEDICAMENTOS PARA ATENDER A SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE POR UM PERÍODO DE DE (6)

Leia mais

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO COORDENADORIA-GERAL DE LICITAÇÕES ATENÇÃO

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO COORDENADORIA-GERAL DE LICITAÇÕES ATENÇÃO 1 ATENÇÃO As empresas interessadas em participar deste Convite, deverão passar um fax para a Coordenadoria Geral de Licitação (24) 3339-9038/3339-9071, confirmando a retirada deste edital pela internet.

Leia mais

Conselho Regional de Contabilidade do Espírito Santo

Conselho Regional de Contabilidade do Espírito Santo Proc. Licitatório nº 03/2010 PREGÃO PRESENCIAL Nº 03/2010 A COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO, do Conselho Regional de Contabilidade do Estado do Espírito Santo, doravante denominado CRC-ES, de acordo com

Leia mais

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DE RONDÔNIA SENAR-AR/RO CNPJ Nº. 04.293.236/0001-14

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DE RONDÔNIA SENAR-AR/RO CNPJ Nº. 04.293.236/0001-14 AVISO DE LICITAÇÃO O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural Administração Regional de Rondônia SENAR-AR/RO, comunica aos interessados que no dia 11/11/2010, ás 09:30 hs, ocorrerá a ABERTURA DOS ENVELOPES

Leia mais

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2006

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2006 ! " TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2006 PROCESSO Nº 1.825/2005 Regime Jurídico: Lei nº 8.666/93, alterações e normas complementares Tipo de Licitação: MENOR PREÇO Modalidade: TOMADA DE PREÇOS O CONSELHO REGIONAL

Leia mais

E D I T A L Nº 2362/2014

E D I T A L Nº 2362/2014 E D I T A L Nº 2362/2014 MODALIDADE: Tomada de Preços TIPO: Menor preço global por item ABERTURA: Dia 22 de Dezembro de 2014, às 10 horas LOCAL DE ABERTURA: Sala do Setor de Licitações, localizada na Rua

Leia mais

TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S/A TELEBRÁS

TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S/A TELEBRÁS TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S/A TELEBRÁS PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 008/2009 EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL Nº 02/2009 1.1 MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL 1.1.1.1 TIPO DE LICITAÇÃO: MAIOR DESCONTO OFERTADO

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 01/2011

CARTA CONVITE Nº 01/2011 CARTA CONVITE Nº 01/2011 O CONSELHO REGIONAL DE FISIOTERAPIA E TERAPIA OCUPACIONAL DA 10ª REGIÃO CREFITO-10, Estado de Santa Catarina, através de sua Comissão Permanente de Licitação, designada pela Portaria

Leia mais

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO COORDENADORIA-GERAL DE LICITAÇÕES ATENÇÃO

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO COORDENADORIA-GERAL DE LICITAÇÕES ATENÇÃO 1 ATENÇÃO As empresas interessadas em participar deste Convite, deverão passar um fax para a Coordenadoria Geral de Licitação (24) 3339-9038/3339-9071 ou email cgl@vr.rj.gov.br, confirmando a retirada

Leia mais

Processo nº 0438.1511/15-7 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 005A/2016

Processo nº 0438.1511/15-7 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 005A/2016 Processo nº 0438.1511/15-7 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 005A/2016 DATA DA ABERTURA: 16/02/2016 HORA DA ABERTURA: 09:00 Horas NOME DA EMPRESA: ORIGINAL

Leia mais

E D I T A L Nº 2229/2013

E D I T A L Nº 2229/2013 E D I T A L Nº 2229/2013 MODALIDADE: Convite ABERTURA: Dia 12 de Setembro de 2013, às 10:00 horas TIPO: Menor preço por item LOCAL DE ABERTURA: Setor de Licitações, localizado na Rua Benjamin Constant,

Leia mais

Tribunal de Justiça do Estado de Goiás

Tribunal de Justiça do Estado de Goiás EDITAL DE LICITAÇÃO N º 045/07 O TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE GOIÁS, por intermédio de seu Pregoeiro, designado pelo Decreto Judiciário nº 844/2007, de 01/06/07, torna público para conhecimento dos

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO MODALIDADE: CONCORRÊNCIA Nº 006/2013 CONC

EDITAL DE LICITAÇÃO MODALIDADE: CONCORRÊNCIA Nº 006/2013 CONC EDITAL DE LICITAÇÃO MODALIDADE: CONCORRÊNCIA Nº 006/2013 CONC A FUNDAÇÃO DE APOIO INSTITUCIONAL AO DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO, situada no Campus da Universidade Federal de São Carlos, Área

Leia mais

CONVITE Nº 017/2006 Processo nº 05351/2006

CONVITE Nº 017/2006 Processo nº 05351/2006 CONVITE Nº 017/2006 Processo nº 05351/2006 O Tribunal de Contas do Estado do Tocantins, por intermédio da Comissão Permanente de Licitação, instituída pelas Portarias nº 1.262, de 14 de dezembro de 2005

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO CARTA CONVITE Nº 01/2015.

EDITAL DE LICITAÇÃO CARTA CONVITE Nº 01/2015. 1 EDITAL DE LICITAÇÃO CARTA CONVITE Nº 01/2015. TIPO: Menor Preço LEGISLAÇÃO: Lei nº 8.666/93. REFERÊNCIA: contratação de empresa para prestação de serviços de telecomunicações de dados consistentes de

Leia mais

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL - SENAC ADMINISTRAÇÃO REGIONAL NO DISTRITO FEDERAL

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL - SENAC ADMINISTRAÇÃO REGIONAL NO DISTRITO FEDERAL SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL - SENAC ADMINISTRAÇÃO REGIONAL NO DISTRITO FEDERAL PREGÃO PRESENCIAL PARA SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS N.º 15/2015 O do Distrito Federal, Senac-DF, por intermédio

Leia mais

PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2013 PROCESSO SECOM Nº 0357/2012. Alterações e Normas complementares M I N U T A

PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2013 PROCESSO SECOM Nº 0357/2012. Alterações e Normas complementares M I N U T A IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ PREENCHER O RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL, CONSTANTE DO ANEXO I E DEVOLVER COM ATÉ 24 HS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2013

Leia mais

1. LOTE 1 SWITCH REDE OPTICA

1. LOTE 1 SWITCH REDE OPTICA 1. LOTE 1 SWITCH REDE OPTICA Switch de 10 portas, Quantidade unidades. 1.1.1. Deve ser montável em rack padrão EIA 19 (dezenove polegadas) e possuir kits completos para instalação e deve ocupar uma unidade

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 002/2010

CARTA CONVITE Nº 002/2010 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

DISPENSA DE LICITAÇÃO ELETRÔNICA Nº. 18319

DISPENSA DE LICITAÇÃO ELETRÔNICA Nº. 18319 Processo nº. 200910267000429 Data da Realização: 09/12/2009 Horário: 09:00 horas Local: www.comprasnet.go.gov.br DISPENSA DE LICITAÇÃO ELETRÔNICA Nº. 18319 A FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA DO ESTADO DE

Leia mais

Estado do Amazonas PREFEITURA MUNICIPAL DE TONANTINS CNPJ: 04.628.608/0001-16 Endereço: Rua Leopoldo Peres, s/n Centro, Tonantins AM

Estado do Amazonas PREFEITURA MUNICIPAL DE TONANTINS CNPJ: 04.628.608/0001-16 Endereço: Rua Leopoldo Peres, s/n Centro, Tonantins AM EDITAL CONVITE Nº 002/2015 1 PREÂMBULO 1.1. A, através da COMISSÃO MUNICIPAL DE LICITAÇÃO CML, adiante denominada simplesmente CML, CONVIDA essa firma para participar do certame licitatório, na modalidade

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO Nº 13/2012-SALC. Empresa: BERGAMO & CAVALCANTE INFORMATICA LTDA ME. Prezado(a) Sr(a) Giancarlo Bergamo Cecilio,

PREGÃO ELETRÔNICO Nº 13/2012-SALC. Empresa: BERGAMO & CAVALCANTE INFORMATICA LTDA ME. Prezado(a) Sr(a) Giancarlo Bergamo Cecilio, POR FAVOR NÃO IMPRIMA ESTA PÁGINA. GRATO!!!!! PREGÃO ELETRÔNICO Nº 13/2012-SALC Curitiba, PR, 05 de NOVEMBRO de 2012. Empresa: BERGAMO & CAVALCANTE INFORMATICA LTDA ME CNPJ: 11.195.926/0001-04 e-mail:

Leia mais

TOMADA DE PREÇOS N.º 3020014-05/2012

TOMADA DE PREÇOS N.º 3020014-05/2012 1 FUNDAÇÃO DE APOIO À TECNOLOGIA E CIÊNCIA - FATEC Cep: 97105-900 Avenida Roraima, n 1000 Prédio 66 - Campus/UFSM Santa Maria RS TOMADA DE PREÇOS N.º 3020014-05/2012 A FUNDAÇÃO DE APOIO À TECNOLOGIA E

Leia mais

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2010. SESSÃO DE ABERTURA: Local: Rua Pamplona 1200 7º andar Horário: 10:30 horas do dia 08 de março de 2.

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2010. SESSÃO DE ABERTURA: Local: Rua Pamplona 1200 7º andar Horário: 10:30 horas do dia 08 de março de 2. IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM 03 (TRÊS) DIAS DE ANTECEDENCIA NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP: 01405-001

Leia mais

COMISSÃO DE LICITAÇÃO

COMISSÃO DE LICITAÇÃO COMISSÃO DE LICITAÇÃO A Fundação Hospital Maternidade São Camilo Cotação Prévia de Preço N 001/2015. Convênio SICONV Nº 810303-2014 OBJETO: Aquisição de Poltronas Hospitalares IMPORTANTE: RECEBIMENTO DAS

Leia mais

EDITAL 001/2015 EDITAL DE INSCRIÇÃO E DE HABILITAÇÃO

EDITAL 001/2015 EDITAL DE INSCRIÇÃO E DE HABILITAÇÃO EDITAL 001/2015 EDITAL DE INSCRIÇÃO E DE HABILITAÇÃO 1. DO PREÂMBULO. A PREFEITURA MUNICIPAL DE PELOTAS, no uso de suas atribuições legais, tendo em vista o Decreto Municipal nº 5.796, de 23 de dezembro

Leia mais

CONVITE n.º 90777-04/2010

CONVITE n.º 90777-04/2010 1 FUNDAÇÃO DE APOIO À TECNOLOGIA E CIÊNCIA - FATEC Cep: 97105-900 Prédio 66 - Campus/UFSM Santa Maria RS CONVITE n.º 90777-04/2010 A FUNDAÇÃO DE APOIO À TECNOLOGIA E CIÊNCIA - FATEC, CNPJ n.º 89.252.431/0001-59,

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA SWITCHES

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA SWITCHES ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA SWITCHES 1 SWITCH Todos os switches objeto deste fornecimento deverão ser do mesmo fabricante e serem entregues com todas as licenças de software necessárias à implementação de todos

Leia mais

ÓRGÃO: UASG: ENDEREÇO DE ENTREGA: RESPONSÁVEL TÉCNICO:

ÓRGÃO: UASG: ENDEREÇO DE ENTREGA: RESPONSÁVEL TÉCNICO: ÓRGÃO: UASG: ENDEREÇO DE ENTREGA: RESPONSÁVEL TÉCNICO: GRUPO 1 Item Quant. Descrição item R$ unitário R$ total 01 123 SWITCH TIPO 01: Equipamento tipo Switch Gigabit Ethernet com capacidade de operação

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE VALINHOS ESTADO DE SÃO PAULO

CÂMARA MUNICIPAL DE VALINHOS ESTADO DE SÃO PAULO Pregão Presencial Nº. 01/2012-1ª Reabertura PROCESSO DE COMPRAS Nº. 13/2012 TIPO: MENOR PREÇO GLOBAL OBJETO: AQUISIÇÃO DE TAPETES PERSONALIZADOS COM BRASÃO DA CÂMARA MUNICIPAL DE VALINHOS, conforme descritivo

Leia mais

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina CONTRATO N. 114/2011 Contrato para fornecimento de enlace de comunicação com a internet, autorizado pelo Senhor Eduardo Cardoso, Secretário de Administração

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 023/2009

CARTA CONVITE Nº 023/2009 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 005/2008 M I N U T A

CARTA CONVITE Nº 005/2008 M I N U T A IMPORTANTE : PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDÊNCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

EDITAL PROCESSO 4674/2009

EDITAL PROCESSO 4674/2009 EDITAL PROCESSO 4674/2009 A Justiça Federal de Primeiro Grau em Minas Gerais, por intermédio da Pregoeira designada pela Portaria 10/58-DIREF de 24/06/2009 realizará o pregão presencial em epígrafe, regido

Leia mais

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO CEARÁ COMISSÃO DE LICITAÇÃO PROCESSO N.º 06645/2014 EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO N.º 11/2014

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO CEARÁ COMISSÃO DE LICITAÇÃO PROCESSO N.º 06645/2014 EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO N.º 11/2014 EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 11/2014-CP TIPO MENOR PREÇO CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA PARA AQUISIÇÃO SWITCH'S PoE (POWER OVER ETHERNET) E ADAPTADORES POE (POWER OVER ETHERNET) PARA

Leia mais

APRESENTAÇÃO ATA DE REGISTRO DE PREÇOS DE SWITCHES BRB EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS Nº BRB 2013/010

APRESENTAÇÃO ATA DE REGISTRO DE PREÇOS DE SWITCHES BRB EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS Nº BRB 2013/010 APRESENTAÇÃO ATA DE REGISTRO DE PREÇOS DE SWITCHES BRB EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS Nº BRB 2013/010 Brasília-DF, 21 de fevereiro de 2012 Ref.: Apresentação de Sistema de Registro

Leia mais

COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO Nº 02/2014 EDITAL DE CARTA CONVITE Nº 01/2014

COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO Nº 02/2014 EDITAL DE CARTA CONVITE Nº 01/2014 COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO Nº 02/2014 EDITAL DE CARTA CONVITE Nº 01/2014 Realização da Licitação: 05/02/2014 às 15h Protocolo das propostas até às 14h00min h do mesmo dia. Tipo:

Leia mais

DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: 41.20.02 MOBILIÁRIO EM GERAL - R$ 16.000,00 (Dezesseis mil reais).

DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: 41.20.02 MOBILIÁRIO EM GERAL - R$ 16.000,00 (Dezesseis mil reais). PROCESSO N.º 003/2013 LICITAÇÃO Nº 003/2013-CONVITE TIPO: MENOR PREÇO POR LOTE À EMPRESA: ENDEREÇO: O Conselho Regional de Administração-CRA, através de sua Comissão Permanente de Licitação, nos termos

Leia mais

Sessão Pública: 20/11/2015

Sessão Pública: 20/11/2015 SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL SENAR-AR/PB Sessão Pública: 20/11/2015 PREGÃO PRESENCIAL Nº 008/2015 Hora: 9h Local: Rua Engenheiro Leonardo Arcoverde, nº 320, Jaguaribe CEP: 58.015-660; Fones:

Leia mais

TERMO DE REFERENCIA 1 - OBJETO

TERMO DE REFERENCIA 1 - OBJETO TERMO DE REFERENCIA 1 - OBJETO Contratação de empresa especializada para fornecimento de equipamentos e instalação de Ativos de Rede, destinados à ampliação da infraestrutura física e lógica da Procuradoria

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE IPIRANGA DO SUL Estado do Rio Grande do Sul Rua do Comércio, 124 IPIRANGA DO SUL RS EDITAL DE LICITAÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE IPIRANGA DO SUL Estado do Rio Grande do Sul Rua do Comércio, 124 IPIRANGA DO SUL RS EDITAL DE LICITAÇÃO EDITAL DE LICITAÇÃO Modalidade...: Tomada de Preços Número...: 008/2014 Número da Modalidade: 003/2014 Data de Abertura da Licitação...: 20/02/2014 Data de Abertura das Propostas..: 14/03/2014 Horário...:

Leia mais

ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA 1. HARDWARE DO APPLIANCE

ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA 1. HARDWARE DO APPLIANCE Aquisição de Solução de Criptografia para Backbone da Rede da Dataprev ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA 1. HARDWARE DO APPLIANCE 1.1 Cada appliance deverá ser instalado em rack de 19 (dezenove) polegadas

Leia mais

EDITAL PREGÃO PRESENCIAL Nº. 011/2013.

EDITAL PREGÃO PRESENCIAL Nº. 011/2013. EDITAL PREGÃO PRESENCIAL Nº. 011/2013. PREÂMBULO Processo de licitação nº.: 395/2013. Interessado: Fundo Social de Solidariedade do Município de Araras. Recursos orçamentários e financeiros: Consignados

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 08/2012 PROCESSO N.19.544/2012

EDITAL DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 08/2012 PROCESSO N.19.544/2012 1 EDITAL DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 08/2012 PROCESSO N.19.544/2012 1. PREÂMBULO 1.1 A FACULDADE ESTADUAL DE CIENCIAS E LETRAS DE CAMPO MOURÃO - FECILCAM, por seu diretor Antônio Carlos Aleixo, nomeado pelo

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPO LIMPO DE GOIÁS ESTADO DE GOIÁS Adm. 2013/2016

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPO LIMPO DE GOIÁS ESTADO DE GOIÁS Adm. 2013/2016 AVISO DE LICITAÇÃO TIPO MENOR PREÇO A PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPO LIMPO DE GOIÁS, torna público que fará realizar no dia 17 de janeiro de 2014, às 14:00 horas, na sede da Prefeitura Municipal, localizada

Leia mais

Conselho Regional de Economia da Paraíba 21ª Região

Conselho Regional de Economia da Paraíba 21ª Região EDITAL DE LICITAÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE CONTADOR PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PROFISSIONAIS CONTÁBEIS E DE ASSESSORIA CONTÁBIL PARA O CONSELHO REGIONAL DE ECONOMIA 21ª REGIÃO PARAÍBA CONVITE Nº 002/2016

Leia mais

EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS N.º 019/2015

EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS N.º 019/2015 EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS N.º 019/2015 JOÃO PEDRO TILL, Diretor Presidente da Autarquia Municipal de Turismo GRAMADOTUR, no uso legal de suas atribuições, e de conformidade com a Lei n.º 8.666 de 21.06.93

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 007/2008

CARTA CONVITE Nº 007/2008 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO E COM ATÉ 24 HS DE ANTECEDÊNCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 - JD. PAULISTA -

Leia mais

Construção do Fórum Da Comarca de RIO LARGO - AL

Construção do Fórum Da Comarca de RIO LARGO - AL REFERENTE: CONTRUÇÃO DO FÓRUM DE RIO LARGO -AL Construção do Fórum Da Comarca de RIO LARGO - AL ESPECIFICAÇÕES PARA AQUISIÇÃO DOS EQUIPAMENTOS DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Especificação SWITCH DE 24 PORTAS

Leia mais