Oracle Maximum Availability Architecture

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Oracle Maximum Availability Architecture"

Transcrição

1 1 Oracle Maximum Availability Architecture Ricardo Portilho Proni Esta obra está licenciada sob a licença Creative Commons Atribuição-SemDerivados 3.0 Brasil. Para ver uma cópia desta licença, visite

2 Alta Disponibilidade 2

3 Características da Alta Disponibilidade Confiança Recuperabilidade Detecção de erros em tempo hábil Continuidade operacional 3

4 Análise de Alta Disponibilidade Análise de impacto no negócio Custo de tempo fora de operação Objetivo de tempo de recuperação (RTO) Objetivo de ponto de recuperação (RPO) Meta de gerenciamento Custo total de propriedade (TCO) Retorno sobre o investimento (ROI) 4

5 Sistemas e Alta Disponibilidade Camada 1 (Faturamento, Vendas) Camada 2 (Compras, Estoque) Camada 3 (BI, Desenvimento) 5

6 Custos e Alta Disponibilidade Tempo máximo de parada tolerado. Frequência máxima de paradas tolerada. Custos facilmente mensuráveis (vendas, funcionários ociosos, multas contratuais) Custos dificilmente mensuráveis (processos judiciais) Custos não mensusáveis (publicidade negativa, clientes irritados) 6

7 Implantação de Alta Disponibilidade 7

8 Soluções Oracle para Alta Disponibilidade Fast-Start Fault Recovery Oracle Restart Oracle Real Application Clusters and Oracle Clusterware Oracle RAC One Node Oracle Data Guard Oracle GoldenGate / Oracle Streams Oracle Flashback Technology Oracle Automatic Storage Management Fast Recovery Area Recovery Manager Data Recovery Advisor Oracle Secure Backup Oracle Security Features LogMiner Oracle Exadata Storage Server Software (Exadata Cell) Oracle Exadata Database Machine Oracle Database File System (DBFS) Oracle Automatic Storage Management Cluster File System (Oracle ACFS) Client Failover Automatic Block Repair Corruption Prevention, Detection, and Repair 8

9 Indisponibilidades Planejadas Operating system and hardware upgrades -> Oracle RAC Oracle Database patches -> Oracle RAC Oracle Grid Infrastructure upgrades and patches -> Oracle RAC Storage Migration -> Oracle ASM Migrating to Exadata Storage -> Oracle MAA best practices Upgrading Exadata Storage -> Exadata Patch Manager Migrating a single-instance database to Oracle RAC -> Oracle Grid Infrastructure Migrating to Oracle ASM -> Oracle Data Guard Migrating a single-instance database to Oracle RAC -> Oracle Data Guard Patch set and database upgrades -> Oracle Data Guard using SQL Apply Oracle interim patches, Oracle clusterware upgrades and patches, Oracle ASM upgrades, Operating System and Hardware Upgrades -> Oracle Data Guard Standby-First Patch Apply Migration across Windows and Linux -> Oracle Data Guard Platform migration across the same endian format platforms -> Transportable database Platform migration across different endian format platforms -> Transportable tablespace Patch set and database upgrades, platform migration, rolling upgrades, and when different character sets are required -> Oracle GoldenGate and Oracle Streams Application upgrades -> Online Application Maintenance and Upgrades 9

10 Indisponibilidades Não Planejadas Site Failures -> Oracle Data Guard Site Failures -> Oracle GoldenGate and Oracle Streams Site Failures -> Recovery Manager Computer Failures -> Oracle Real Application Clusters and Oracle Clusterware Computer Failures -> Oracle RAC One Node Computer Failures -> Fast-Start Fault Recovery Computer Failures -> Oracle Data Guard Computer Failures -> Oracle GoldenGate and Oracle Streams Storage Failures -> Oracle Automatic Storage Management Storage Failures -> Oracle Data Guard Storage Failures -> RMAN with Fast Recovery Area and Oracle Secure Backup Storage Failures -> Oracle GoldenGate and Oracle Streams Data Corruption -> Oracle Exadata Storage Server Software (Exadata Cell) and Oracle ASM Data Corruption -> Corruption Prevention, Detection, and Repair Data Corruption -> Data Recovery Advisor and RMAN with Fast Recovery Area Data Corruption -> Oracle Data Guard Data Corruption -> Oracle GoldenGate and Oracle Streams Human Errors -> Oracle Security Features Human Errors -> Oracle Flashback Technology Human Errors -> LogMiner Lost writes -> Oracle Data Guard, RMAN, DB_LOST_WRITE_PROTECT Lost writes -> Oracle Data Guard Oracle Exadata Storage Server Software (Exadata Cell) Hangs or slow down - Oracle Database and Oracle Enterprise Manager 10

11 Maiores informações High Availability Overview: High Availability Best Practices: 11

12 Cenário 1: Oracle RAC + Oracle Data Guard Ambiente Produção Oracle RAC: nerv01 e nerv02 / nerv03 e nerv04 / nerv05 e nerv06 / nerv07 e nerv08 NFS: nerv09 ASM: nerv09 DNS: nerv09 Ambiente Contingência Oracle Data Guard Physical Standby: nerv11 / nerv12 / nerv13 / nerv14 NFS: nerv10 ASM: nerv10 DNS: nerv10 Ambiente Observador Oracle Client: nerv15 12

13 Cenário 2: Oracle RAC + Oracle Golden Gate Ambiente Produção Oracle RAC: nerv01 e nerv02 / nerv03 e nerv04 / nerv05 e nerv06 / nerv07 e nerv08 NFS: nerv09 ASM: nerv09 DNS: nerv09 Ambiente Contingência Oracle Database: nerv11 / nerv12 / nerv13 / nerv14 NFS: nerv10 ASM: nerv10 DNS: nerv10 13

14 Cenário 3: Oracle RAC Extended Ambiente Produção Oracle RAC: nerv01 e nerv02 / nerv03 e nerv04 / nerv05 e nerv06 / nerv07 e nerv08 NFS: nerv09 ASM: nerv09 DNS: nerv09 Ambiente Contingência Oracle RAC: nerv11 / nerv12 / nerv13 / nerv14 NFS: nerv10 ASM: nerv10 DNS: nerv10 Ambiente Observador NFS: nerv15 14

15 Lab 1 Instalação OEL 6 Hands On! 15 15

16 Lab 1.1: Instalação OEL 6 Nas máquinas nerv01, nerv02 e nerv11, instale o OEL. - 1a tela: Install or upgrade an existing system - 2a tela: Skip - 3a tela: Next - 4a tela: English (English), Next - 5a tela: Brazilian ABNT2, Next - 6a tela: Basic Storage Devices, Next - 7a tela: Fresh Installation, Next - 8a tela: nerv01.localdomain, Next - 9a tela: America/Sao Paulo, Next - 10a tela: Nerv2014, Nerv2014, Next - 11a tela: Create Custom Layout, Next 16 16

17 Lab 1.2: Instalação OEL 6-12a tela: Crie as partições como abaixo, e em seguida, Next: sda1 200 MB /boot sda MB / sda MB /home sda MB swap sda MB /var sda MB /tmp sda8 Espaço restante /u01-13a tela: Format - 14a tela: Write changes to disk - 15a tela: Next - 16a tela: Minimal - 17a tela: Reboot - Retire o DVD

18 Lab 2 Configuração OEL 6 Hands On! 18 18

19 Lab 2.1 Configuração OEL 6 Nas máquinas nerv01, nerv02 e nerv11, configure a placa de rede púplica. # cat /etc/sysconfig/network-scripts/ifcfg-eth0 DEVICE=eth0 HWADDR=00:26:5A:70:E8:6B TYPE=Ethernet UUID=8a9e98e a98-8f18-594ca ONBOOT=yes NM_CONTROLLED=yes BOOTPROTO=none IPADDR= NETMASK= GATEWAY= DNS1= DNS2= DOMAIN=localdomain 19 19

20 Lab 2.2 Configuração OEL 6 Nas máquinas nerv01, nerv02 e nerv11, configure a placas de rede privada. # cat /etc/sysconfig/network-scripts/ifcfg-eth1 DEVICE=eth1 HWADDR=C8:9C:DC:C7:32:45 TYPE=Ethernet UUID=b30878af-a7c bbe2-33bc5cc3fa3e ONBOOT=yes NM_CONTROLLED=yes BOOTPROTO=none IPADDR= NETMASK= Nas máquinas nerv01, nerv02 e nerv11, atualize o sistema operacional e execute a instalação dos pré-requisitos. # service network restart # yum -y update # yum -y install oracle-rdbms-server-11gr2-preinstall # yum -y install oracleasm-support # yum -y install unzip iscsi-initiator-utils java openjdk parted # yum -y install unixodbc unixodbc.i686 unixodbc-devel unixodbc-devel.i

21 Lab 2.3 Configuração OEL 6 Nas máquinas nerv01, nerv02 e nerv11, ACRESCENTAR AO FINAL do arquivo /etc/hosts: # Public nerv01.localdomain nerv nerv02.localdomain nerv nerv11.localdomain nerv11 # Private nerv01-priv.localdomain nerv01-priv nerv02-priv.localdomain nerv02-priv nerv11-priv.localdomain nerv11-priv # Virtual nerv01-vip.localdomain nerv01-vip nerv02-vip.localdomain nerv02-vip nerv11-vip.localdomain nerv11-vip # Storage nerv09.localdomain nerv nerv10.localdomain nerv10 # Client nerv15.localdomain nerv

22 Lab 2.4 Configuração OEL 6 Nas máquinas nerv01, nerv02 e nerv11, executar os comandos abaixo. # groupadd oper # groupadd asmadmin # groupadd asmdba # groupadd asmoper # usermod -g oinstall -G dba,oper,asmadmin,asmdba,asmoper oracle # mkdir -p /u01/app/grid # mkdir -p /u01/app/ /grid # mkdir -p /u01/app/oracle/product/ /db_1 # mkdir -p /u01/shared_config01 # mkdir -p /u01/shared_config02 # mkdir -p /u01/shared_config03 # chown -R oracle:oinstall /u01 # chmod -R 775 /u01 # passwd oracle (Coloque como senha do usuário oracle: Nerv2014) 22 22

23 Lab 2.5 Configuração OEL 6 Nas máquinas nerv01, nerv02 e nerv11, altere o SELinux de enforcing para permissive. # vi /etc/selinux/config Nas máquinas nerv01, nerv02 e nerv11, desabilite o firewall. # chkconfig iptables off # chkconfig ip6tables off Nas máquinas nerv01, nerv02 e nerv11, desabilite o NTP. # mv /etc/ntp.conf /etc/ntp.conf.org # reboot 23 23

24 Lab 2.6 Configuração OEL 6 Nas máquinas nerv01 e nerv02, com o usuário oracle, ACRESCENTAR NO FINAL do arquivo /home/oracle/.bash_profile as linhas abaixo. export TMP=/tmp export TMPDIR=$TMP export ORACLE_HOSTNAME=nerv01.localdomain export ORACLE_UNQNAME=ORCL export ORACLE_BASE=/u01/app/oracle export ORACLE_HOME=$ORACLE_BASE/product/ /db_1 export GRID_HOME=/u01/app/ /grid export CRS_HOME=$GRID_HOME export ORACLE_SID=ORCL1 export ORACLE_TERM=xterm export PATH=/usr/sbin:$PATH export PATH=$ORACLE_HOME/bin:$PATH export LD_LIBRARY_PATH=$ORACLE_HOME/lib:/lib:/usr/lib export CLASSPATH=$ORACLE_HOME/JRE:$ORACLE_HOME/jlib:$ORACLE_HOME/rdbms/jlib if [ $USER = "oracle" ]; then if [ $SHELL = "/bin/ksh" ]; then ulimit -p ulimit -n else ulimit -u n fi fi 24 24

25 Lab 2.7 Configuração OEL 6 Na máquina nerv11, com o usuário oracle, ACRESCENTAR NO FINAL do arquivo /home/oracle/.bash_profile as linhas abaixo. export TMP=/tmp export TMPDIR=$TMP export ORACLE_HOSTNAME=nerv11.localdomain export ORACLE_UNQNAME=ORCL export ORACLE_BASE=/u01/app export ORACLE_HOME=$ORACLE_BASE/oracle/product/ /db_1 export GRID_HOME=$ORACLE_BASE/grid/ /grid export CRS_HOME=$GRID_HOME export ORACLE_SID=ORCL export ORACLE_TERM=xterm export PATH=/usr/sbin:$PATH export PATH=$ORACLE_HOME/bin:$PATH export LD_LIBRARY_PATH=$ORACLE_HOME/lib:/lib:/usr/lib export CLASSPATH=$ORACLE_HOME/JRE:$ORACLE_HOME/jlib:$ORACLE_HOME/rdbms/jlib if [ $USER = "oracle" ]; then if [ $SHELL = "/bin/ksh" ]; then ulimit -p ulimit -n else ulimit -u n fi fi 25 25

26 Lab 3 Storage Hands On! 26 26

27 Lab 3.1 Storage (NFS) Nas máquinas nerv09 e nerv10, crie 3 diretórios. # mkdir /shared_config01 # mkdir /shared_config02 # mkdir /shared_config03 Nas máquinas nerv09 e nerv10, adicionar no arquivo /etc/exports: /shared_config01 *(rw,sync,no_wdelay,insecure_locks,no_root_squash) /shared_config02 *(rw,sync,no_wdelay,insecure_locks,no_root_squash) /shared_config03 *(rw,sync,no_wdelay,insecure_locks,no_root_squash) Nas máquinas nerv09 e nerv10, iniciar o NFS Server: # service nfs start # chkconfig nfs on 27 27

28 Lab 3.2 Storage (NFS) Nas máquinas nerv01, nerv02 e nerv11, adicionar no arquivo /etc/fstab as TRÊS linhas abaixo. nerv09:/shared_config01 /u01/shared_config01 nfs rw,bg,hard,nointr,tcp,vers=3,timeo=600,rsize=32768,wsize=32768,actimeo=0,noac 0 0 nerv09:/shared_config02 /u01/shared_config02 nfs rw,bg,hard,nointr,tcp,vers=3,timeo=600,rsize=32768,wsize=32768,actimeo=0,noac 0 0 nerv09:/shared_config03 /u01/shared_config03 nfs rw,bg,hard,nointr,tcp,vers=3,timeo=600,rsize=32768,wsize=32768,actimeo=0,noac

29 Lab 3.3 Storage (NFS) Nas máquinas nerv01, nerv02 e nerv11, executar: # mount /u01/shared_config01 # mount /u01/shared_config02 # mount /u01/shared_config03 Na máquina nerv01, executar: # mkdir /u01/shared_config01/rac01 # mkdir /u01/shared_config02/rac01 # mkdir /u01/shared_config03/rac01 # chown -R oracle:oinstall /u01/shared_config01/rac01 # chown -R oracle:oinstall /u01/shared_config02/rac01 # chown -R oracle:oinstall /u01/shared_config03/rac01 Na máquina nerv11, executar: # mkdir /u01/shared_config01/rac11 # mkdir /u01/shared_config02/rac11 # mkdir /u01/shared_config03/rac11 # chown -R oracle:oinstall /u01/shared_config01/rac11 # chown -R oracle:oinstall /u01/shared_config02/rac11 # chown -R oracle:oinstall /u01/shared_config03/rac

30 Lab 3.4 Storage (ASM) Nas máquinas nerv09 e nerv10, crie 4 partições de 10GB, sem formatar. Nas máquinas nerv09 e nerv10, configure o iscsi server. # cat /etc/tgt/targets.conf <target iqn com.nervinformatica:storage.asm01-01> backing-store /dev/sda5 initiator-address initiator-address </target> <target iqn com.nervinformatica:storage.asm01-02> backing-store /dev/sda6 initiator-address initiator-address </target>... # service tgtd start # chkconfig tgtd on 30 30

31 Lab 3.5 Storage (ASM) Nas máquinas nerv01, nerv02 e nerv11, ative o pacote iscsi Initiator. # service iscsid start # chkconfig iscsid on Nas máquinas nerv01, nerv02 e nerv11, verifique os Discos exportados no Storage. # iscsiadm -m discovery -t sendtargets -p # iscsiadm -m node -T iqn com.nervinformatica:storage.asm p l # iscsiadm -m node -T iqn com.nervinformatica:storage.asm p l # iscsiadm -m node -T iqn com.nervinformatica:storage.asm p l # iscsiadm -m node -T iqn com.nervinformatica:storage.asm p l Nas máquinas nerv01, nerv02 e nerv11, deixe APENAS os novos discos no arquivo /etc/iscsi/initiatorname.iscsi. InitiatorName=iqn com.nervinformatica:storage.asm01-01 InitiatorName=iqn com.nervinformatica:storage.asm01-02 InitiatorName=iqn com.nervinformatica:storage.asm01-03 InitiatorName=iqn com.nervinformatica:storage.asm

32 Lab 3.6 Storage (ASM) Nas máquinas nerv01, nerv02 e nerv11, REINICIE, e verifique se os discos foram configurados localmente. # fdisk -l Nas máquinas nerv01 e nerv11, particione os novos discos. # fdisk /dev/sdb n <enter> p <enter> 1 <enter> <enter> <enter> w <enter> # fdisk /dev/sdc n <enter> p <enter> 1 <enter> <enter> <enter> w <enter> 32 32

33 Lab 3.7 Storage (ASM) Nas máquinas nerv01 e nerv11, particione os novos discos. # fdisk /dev/sdd n <enter> p <enter> 1 <enter> <enter> <enter> w <enter> # fdisk /dev/sde n <enter> p <enter> 1 <enter> <enter> <enter> w <enter> Nas máquinas nerv02, execute a detecção dos novos discos. # partprobe /dev/sdb # partprobe /dev/sdc # partprobe /dev/sdd # partprobe /dev/sde 33 33

34 Lab 3.8 Storage (ASM) Nas máquinas nerv01, nerv02 e nerv11, configure a ASMLib. # /etc/init.d/oracleasm configure oracle <enter> oinstall <enter> y <enter> y <enter> # /etc/init.d/oracleasm status Nas máquinas nerv01 e nerv11, crie os discos do ASM. # /etc/init.d/oracleasm createdisk DISK00 /dev/sdb1 # /etc/init.d/oracleasm createdisk DISK01 /dev/sdc1 # /etc/init.d/oracleasm createdisk DISK02 /dev/sdd1 # /etc/init.d/oracleasm createdisk DISK03 /dev/sde1 Na máquina nerv02, execute a detecção dos discos criados. # /etc/init.d/oracleasm scandisks 34 34

35 Lab 3.9 Storage (ASM) Nas máquinas nerv01, nerv02 e nerv11, verifique se os discos estão corretos. # /etc/init.d/oracleasm listdisks # /etc/init.d/oracleasm querydisk -v -p DISK00 # /etc/init.d/oracleasm querydisk -v -p DISK01 # /etc/init.d/oracleasm querydisk -v -p DISK02 # /etc/init.d/oracleasm querydisk -v -p DISK03 Nas máquinas nerv01, nerv02 e nerv11, verifique se os discos estão corretos. # ls -lh /dev/oracleasm/disks/ brw-rw oracle oinstall 8, 17 Mar 3 08:40 DISK00 brw-rw oracle oinstall 8, 33 Mar 3 08:40 DISK01 brw-rw oracle oinstall 8, 49 Mar 3 08:40 DISK02 brw-rw oracle oinstall 8, 65 Mar 3 08:40 DISK

36 Lab 4 - Grid Infraestructure Hands On! 36 36

37 Lab 4.1 Grid Infrastructure Na máquina nerv01, configure o SSH sem senha. ~]$ ssh-keygen -t rsa <enter> <enter> <enter> ~]$ ssh mkdir -p.ssh ~]$ cat.ssh/id_rsa.pub ssh 'cat >>.ssh/authorized_keys' ~]$ cat.ssh/id_rsa.pub ssh 'cat >>.ssh/authorized_keys' ~]$ ssh nerv02 ~]$ ssh-keygen -t rsa <enter> <enter> <enter> ~]$ cat.ssh/id_rsa.pub ssh 'cat >>.ssh/authorized_keys' ~]$ cat.ssh/id_rsa.pub ssh 'cat >>.ssh/authorized_keys' ~]$ ssh nerv01 Nas máquinas nerv01 e nerv11, com o usuário oracle, altere o Response File, descompacte e execute o instalador do Grid Infrastructure. $ unzip -q p _112040_linux-x86-64_3of7.zip $ /home/oracle/grid/runinstaller -silent -responsefile /home/oracle/grid_nerv01.rsp 37 37

38 Lab 4.2 Grid Infrastructure Na máquina nerv01, com o usuário root, execute os seguintes scripts. # /u01/app/orainventory/orainstroot.sh # /u01/app/ /grid/root.sh Na máquina nerv02, com o usuário root, execute os seguintes scripts. # /u01/app/orainventory/orainstroot.sh # /u01/app/ /grid/root.sh Na máquina nerv11, com o usuário root, execute os seguintes scripts. # /u01/orainventory/orainstroot.sh # /u01/app/grid/ /grid/root.sh 38 38

39 Lab 4.3 Grid Infrastructure Na máquina nerv01, atualize o Cluster Inventory. $ /u01/app/ /grid/oui/bin/runinstaller -silent -updatenodelist \ ORACLE_HOME="/u01/app/ /grid" LOCAL_NODE=nerv01 \ CLUSTER_NODES=nerv01,nerv02 CRS=true Na máquina nerv01, crie o LISTENER do Grid. $ /u01/app/ /grid/bin/netca \ -silent -responsefile /u01/app/ /grid/assistants/netca/netca.rsp Na máquina nerv11, atualize o Cluster Inventory. $ /u01/app/grid/ /grid/oui/bin/runinstaller -silent -updatenodelist \ ORACLE_HOME="/u01/app/grid/ /grid" LOCAL_NODE=nerv11 \ CLUSTER_NODES=nerv11 CRS=true Na máquina nerv11, crie o LISTENER do Grid. $ /u01/app/grid/ /grid/bin/netca \ -silent -responsefile /u01/app/grid/ /grid/assistants/netca/netca.rsp 39 39

40 Lab 5 Oracle Database Software Hands On! 40 40

41 Lab 5.1 Oracle Database Software Nas máquinas nerv01 e nerv11, com o usuário oracle, adeque o Response File, descompacte e execute o instalador do Oracle Database Software. $ unzip -q p _112040_linux-x86-64_1of7.zip $ unzip -q p _112040_linux-x86-64_2of7.zip $ /home/oracle/database/runinstaller -silent -responsefile /home/oracle/db_nerv01.rsp Na máquina nerv01, com o usuário root, execute o script abaixo. # /u01/app/oracle/product/ /db_1/root.sh Na máquina nerv02, com o usuário root, execute o script abaixo. # /u01/app/oracle/product/ /db_1/root.sh Na máquina nerv11, com o usuário root, execute o script abaixo. # /u01/app/oracle/product/ /db_1/root.sh 41 41

42 LAB 6 ASM Hands On! 42 42

43 Lab 6.1 ASM Nas máquinas nerv01 e nerv11, crie a Instância ASM, com o DISKGROUP DATA. $ $GRID_HOME/bin/crsctl status res -t $ $GRID_HOME/bin/asmca -silent -configureasm -sysasmpassword Nerv2014 \ -asmsnmppassword Nerv2014 -diskgroupname DATA -disklist \ '/dev/oracleasm/disks/disk00,/dev/oracleasm/disks/disk01' -redundancy NORMAL \ -au_size 1 -compatible.asm ' ' -compatible.rdbms ' ' \ -diskstring '/dev/oracleasm/disks/*' $ $GRID_HOME/bin/crsctl status res -t 43 43

44 Lab 6.2 ASM Na máquina nerv01, crie o DISKGROUP FRA, e o habilite no outro Nó. $ export ORACLE_HOME=$GRID_HOME $ export ORACLE_SID=+ASM1 $ sqlplus / AS SYSASM SQL> CREATE DISKGROUP FRA NORMAL REDUNDANCY DISK '/dev/oracleasm/disks/disk02' NAME DATA_0002, '/dev/oracleasm/disks/disk03' NAME DATA_0003; SQL> EXIT; $ srvctl start diskgroup -g FRA -n nerv02 $ srvctl enable diskgroup -g FRA -n nerv02 $ $GRID_HOME/bin/crsctl status res -t Na máquina nerv11, crie o DISKGROUP FRA. $ export ORACLE_HOME=$GRID_HOME $ export ORACLE_SID=+ASM $ sqlplus / AS SYSASM SQL> CREATE DISKGROUP FRA NORMAL REDUNDANCY DISK '/dev/oracleasm/disks/disk02' NAME DATA_0002, '/dev/oracleasm/disks/disk03' NAME DATA_0003; SQL> EXIT; $ $GRID_HOME/bin/crsctl status res -t 44 44

45 Lab 7 Oracle Database Hands On! 45 45

46 Lab 7.1 Oracle Database Na máquina nerv01, crie o Banco de Dados. $ export ORACLE_HOME=$ORACLE_BASE/oracle/product/ /db_1 $ export ORACLE_SID=ORCL1 $ $ORACLE_HOME/bin/dbca -silent -createdatabase -templatename General_Purpose.dbc \ -gdbname ORCL -sid ORCL \ -syspassword Nerv2014 -systempassword Nerv2014 \ -storagetype ASM -asmsnmppassword Nerv2014 \ -diskgroupname DATA -recoveryareadestination FRA \ -nodelist nerv01,nerv02 \ -characterset WE8IS08859P15 -listeners LISTENER \ -memorypercentage 40 \ -sampleschema true \ -emconfiguration NONE \ -continueonnonfatalerrors false 46 46

47 Lab 7.2 Oracle Database Na máquina nerv11, crie o Banco de Dados. $ export ORACLE_HOME=$ORACLE_BASE/oracle/product/ /db_1 $ export ORACLE_SID=ORCL $ $ORACLE_HOME/bin/dbca -silent -createdatabase -templatename General_Purpose.dbc \ -gdbname ORCL -sid ORCL \ -syspassword Nerv2014 -systempassword Nerv2014 \ -storagetype ASM -asmsnmppassword Nerv2014 \ -diskgroupname DATA -recoveryareadestination FRA \ -nodelist nerv11 \ -characterset WE8IS08859P15 -listeners LISTENER \ -memorypercentage 20 \ -sampleschema true \ -emconfiguration NONE \ -continueonnonfatalerrors false 47 47

48 Lab 8 RAC + Data Guard Hands On! 48 48

49 Lab 8.1 Data Guard Nas máquinas nerv01, nerv02 e nerv11, deixe o tnsnames do ORACLE_HOME como abaixo. PROD = (DESCRIPTION = (ADDRESS = (PROTOCOL = TCP)(HOST = rac01-scan.localdomain)(port = 1521)) (CONNECT_DATA = (SERVER = DEDICATED) (SERVICE_NAME = ORCL) ) ) DR = (DESCRIPTION = (ADDRESS = (PROTOCOL = TCP)(HOST = nerv11.localdomain)(port = 1521)) (CONNECT_DATA = (SERVER = DEDICATED) (SERVICE_NAME = DR) ) ) 49 49

50 Lab 8.2 Data Guard Nas máquinas nerv01, nerv02 e nerv11, acrescente as linhas abaixo no final do arquivo $GRID_HOME/network/admin/listener.ora. SID_LIST_LISTENER= (SID_LIST= (SID_DESC= (GLOBAL_DBNAME=ORCL_DGMGRL) (ORACLE_HOME=/u01/app/oracle/product/ /db_1) (SID_NAME=ORCL1) ) ) Nas máquinas nerv01, nerv02 e nerv11, teste a nova configuração do LISTENER. $ export ORACLE_HOME=$GRID_HOME $ $GRID_HOME/bin/lsnrctl status $ $GRID_HOME/bin/lsnrctl stop $ $GRID_HOME/bin/lsnrctl start $ $GRID_HOME/bin/lsnrctl status 50 50

51 Lab 8.3 Data Guard Na máquina nerv01, habilite os pré-requisitos do Data Guard. $ export ORACLE_HOME=$ORACLE_BASE/product/ /db_1 $ export ORACLE_SID=ORCL1 $ srvctl stop database -d ORCL $ srvctl start instance -d ORCL -i ORCL1 -o mount $ sqlplus / AS SYSDBA SQL> ALTER SYSTEM SET DB_RECOVERY_FILE_DEST='+FRA'; SQL> ALTER SYSTEM SET DB_RECOVERY_FILE_DEST_SIZE=10G; SQL> ALTER DATABASE ARCHIVELOG; SQL> ALTER DATABASE FORCE LOGGING; SQL> ALTER DATABASE FLASHBACK ON; SQL> EXIT; $ srvctl stop database -d ORCL $ srvctl start database -d ORCL Na máquina nerv01, altere a localização do SNAPSHOT CONTROLFILE. $ rman target / RMAN> CONFIGURE SNAPSHOT CONTROLFILE NAME TO '+FRA/snapcf.f'; 51 51

52 Lab 8.4 Data Guard Na máquina nerv01, crie um STANDBY CONTROLFILE. SQL> ALTER DATABASE CREATE STANDBY CONTROLFILE AS '/home/oracle/stb.ctl'; Na máquina nerv01, execute um Backup do Banco de Dados e Archives. RMAN> BACKUP DATABASE FORMAT '/home/oracle/backup_banco_%u.rman'; RMAN> BACKUP ARCHIVELOG ALL FORMAT '/home/oracle/backup_archives_%u.rman'; Na máquina nerv01, copie o PASSWORD FILE para a máquina nerv11. $ scp $ORACLE_HOME/dbs/orapwORCL1 nerv11:$oracle_home/dbs/orapworcl Na máquina nerv01, copie o STANDBY CONTROLFILE para a máquina nerv11. $ scp /home/oracle/stb.ctl nerv11:/home/oracle/ Na máquina nerv01, copie o BACKUP para a máquina nerv11. $ scp /home/oracle/backup_*.rman nerv11:/home/oracle/ 52 52

53 Lab 8.5 Data Guard Na máquina nerv11, altere o parâmetro DB_UNIQUE_NAME. SQL> ALTER SYSTEM SET DB_UNIQUE_NAME='DR' SCOPE=SPFILE; SQL> SHUTDOWN IMMEDIATE; SQL> STARTUP NOMOUNT; Na máquina nerv11, restaure o CONTROLFILE. RMAN> RESTORE CONTROLFILE FROM '/home/oracle/stb.ctl'; SQL> ALTER DATABASE MOUNT STANDBY DATABASE; Na máquina nerv11, corrija os metadados do RMAN. RMAN> CROSSCHECK BACKUP; RMAN> CROSSCHECK ARCHIVELOG ALL; RMAN> DELETE NOPROMPT EXPIRED BACKUP; RMAN> DELETE NOPROMPT EXPIRED ARCHIVELOG ALL; RMAN> CATALOG START WITH '/home/oracle/backup'; Na máquina nerv11, restaure o banco de dados. RMAN> RESTORE DATABASE; RMAN> RECOVER DATABASE; 53 53

54 Lab 8.6 Data Guard Teste Na máquina o nerv11, habilite os pré-requisitos do Data Guard. SQL> ALTER SYSTEM SET DB_RECOVERY_FILE_DEST='+FRA'; SQL> ALTER SYSTEM SET DB_RECOVERY_FILE_DEST_SIZE=10G; SQL> ALTER DATABASE ARCHIVELOG; SQL> ALTER DATABASE FLASHBACK ON; Na máquina nerv01, configure o Data Guard Broker. SQL> ALTER SYSTEM SET DG_BROKER_CONFIG_FILE1 = '+FRA/DR1.DAT' SCOPE=BOTH; SQL> ALTER SYSTEM SET DG_BROKER_CONFIG_FILE2 = '+FRA/DR2.DAT' SCOPE=BOTH; Teste a resolução de nomes (ping) entre as três máquinas. Teste a configuração SQL*Net (tnsping) entre as três máquinas. Teste a autenticação via PASSWORD FILE entre as três máquinas. ~]$ sqlplus AS SYSDBA ~]$ sqlplus AS SYSDBA ~]$ sqlplus AS SYSDBA Nas máquinas nerv01 e nerv11, inicie o Data Guard Broker. SQL> ALTER SYSTEM SET DG_BROKER_START=TRUE; 54 54

55 Lab 8.7 Data Guard Teste Na máquina o nerv01, crie a configuração do Data Guard Broker. $ dgmgrl DGMGRL> CREATE CONFIGURATION 'DRSolution' AS PRIMARY DATABASE IS ORCL CONNECT IDENTIFIER IS PROD; Na máquina nerv01, adicione a máquina nerv11 na configuração. DGMGRL> ADD DATABASE DR AS CONNECT IDENTIFIER IS DR; Na máquina nerv01, habilite a configuração. DGMGRL> SHOW CONFIGURATION; DGMGRL> ENABLE CONFIGURATION; DGMGRL> SHOW CONFIGURATION; Nas três máquinas, acompanhe o Alert Log

56 Lab 8.8 Data Guard Teste Na máquina o nerv11, crie STANDBY LOGFILEs. SQL> ALTER DATABASE RECOVER MANAGED STANDBY DATABASE CANCEL; SQL> ALTER DATABASE ADD STANDBY LOGFILE; SQL> ALTER DATABASE ADD STANDBY LOGFILE; SQL> ALTER DATABASE ADD STANDBY LOGFILE; SQL> ALTER DATABASE ADD STANDBY LOGFILE; SQL> ALTER DATABASE RECOVER MANAGED STANDBY DATABASE DISCONNECT FROM SESSION; Nas máquina nerv01 crie STANDBY LOGFILEs. SQL> ALTER DATABASE ADD STANDBY LOGFILE THREAD 1; SQL> ALTER DATABASE ADD STANDBY LOGFILE THREAD 1; SQL> ALTER DATABASE ADD STANDBY LOGFILE THREAD 1; SQL> ALTER DATABASE ADD STANDBY LOGFILE THREAD 1; SQL> ALTER DATABASE ADD STANDBY LOGFILE THREAD 2; SQL> ALTER DATABASE ADD STANDBY LOGFILE THREAD 2; SQL> ALTER DATABASE ADD STANDBY LOGFILE THREAD 2; SQL> ALTER DATABASE ADD STANDBY LOGFILE THREAD 2; 56 56

57 Lab 8.9 Data Guard Na máquina nerv01, verifique detalhes de um banco de dados. DGMGRL> SHOW DATABASE VERBOSE ORCL; DGMGRL> EDIT DATABASE ORCL SET PROPERTY 'ArchiveLagTarget'=600; DGMGRL> EDIT DATABASE ORCL SET PROPERTY 'StandbyFileManagement'=AUTO; DGMGRL> SHOW DATABASE ORCL 'ArchiveLagTarget'; DGMGRL> SHOW DATABASE ORCL 'StandbyFileManagement'; Na máquina nerv01, altere o Protection Mode. DGMGRL> EDIT DATABASE ORCL SET PROPERTY 'LogXptMode'='SYNC'; DGMGRL> EDIT DATABASE DR SET PROPERTY 'LogXptMode'='SYNC'; DGMGRL> EDIT CONFIGURATION SET PROTECTION MODE AS MAXAVAILABILITY; Na máquina nerv01, verifique se o Protection Mode foi alterado. DGMGRL> SHOW CONFIGURATION; DGMGRL> SHOW DATABASE VERBOSE ORCL; DGMGRL> SHOW DATABASE VERBOSE DR; DGMGRL> SHOW INSTANCE VERBOSE ORCL1 ON DATABASE ORCL; DGMGRL> SHOW INSTANCE VERBOSE ORCL2 ON DATABASE ORCL; DGMGRL> SHOW INSTANCE VERBOSE ORCL ON DATABASE DR; 57

58 Lab 8.10 Data Guard Na máquina nerv01, execute SWITCHOVER para a máquina nerv11, sempre acompanhando os Alert Logs. DGMGRL> SHOW CONFIGURATION; DGMGRL> SWITCHOVER TO DR; Na máquina nerv11, execute SWITCHBACK para a máquina nerv01, sempre acompanhando os Alert Logs. DGMGRL> SHOW CONFIGURATION; DGMGRL> SWITCHOVER TO ORCL; 58

59 Lab 8.11 Data Guard Desligue as máquinas nerv01 e nerv02. Execute FAILOVER para a máquina nerv11. $ dgmgrl DGMGRL> FAILOVER TO DR; DGMGRL> SHOW CONFIGURATION; Ligue as máquinas nerv01 e nerv02, e na máquina nerv11, execute o REISNTATE. DGMGRL> REINSTATE DATABASE ORCL; Na máquina nerv11, execute o SWITCHOVER. DGMGRL> SWITCHOVER TO ORCL; 59

60 Lab 9 Fast-Start Failover Hands On! 60 60

61 Lights out administration 61

62 Lab 9.1: Fast-Start Failover Na máquina nerv01, configure o Fast-Start Failover. DGMGRL> EDIT DATABASE ORCL SET PROPERTY 'LogXptMode'='SYNC'; DGMGRL> EDIT DATABASE DR SET PROPERTY 'LogXptMode'='SYNC'; DGMGRL> EDIT CONFIGURATION SET PROTECTION MODE AS MAXAVAILABILITY; DGMGRL> EDIT CONFIGURATION SET PROPERTY FastStartFailoverLagLimit=600; DGMGRL> EDIT CONFIGURATION SET PROPERTY FastStartFailoverThreshold = 30; DGMGRL> EDIT CONFIGURATION SET PROPERTY FastStartFailoverAutoReinstate = TRUE; DGMGRL> EDIT CONFIGURATION SET PROPERTY FastStartFailoverPmyShutdown = TRUE; DGMGRL> EDIT DATABASE ORCL SET PROPERTY FastStartFailoverTarget=DR; DGMGRL> ENABLE FAST_START FAILOVER; DGMGRL> SHOW CONFIGURATION; DGMGRL> SHOW FAST_START FAILOVER; 62

63 Lab 9.2: Fast-Start Failover Na máquina nerv15, inicie o observador. $ cd /home/oracle/dba01 $ dgmgrl -logfile /home/oracle/dba01/dba01.log DGMGRL> START OBSERVER; Desligue as máquinas nerv01 e nerv02, e aguarde o FAILOVER. Ligue as máquinas nerv01 e nerv02. Aguarde o REINSTATE. Execute o SWITCHOVER. 63

64 Lab 9.3: Fast-Start Failover Na máquina nerv01, crie dois Services como abaixo. $GRID_HOME/bin/srvctl add service -d ORCL -r ORCL1,ORCL2 -s OLTP -l PRIMARY -w 1 -z 10 $GRID_HOME/bin/srvctl add service -d ORCL -r ORCL1,ORCL2 -s OLAP -l PHYSICAL_STANDBY -w 1 -z 10 Na máquina nerv11, crie dois Services como abaixo. $GRID_HOME/bin/srvctl add service -d ORCL -s OLTP -l PRIMARY -w 1 -z 10 $GRID_HOME/bin/srvctl add service -d ORCL -s OLAP -l PHYSICAL_STANDBY -w 1 -z 10 Na máquina nerv01, inicie os dois Services. $GRID_HOME/bin/srvctl start service -d ORCL -s OLTP $GRID_HOME/bin/srvctl start service -d ORCL -s OLAP Na máquina nerv01, gere alguns Archived Redo Logs e espere replicar para o DR. Na máquina nerv01, pare o Service OLAP. $GRID_HOME/bin/srvctl stop service -d ORCL -s OLAP Na máquina nerv11, inicie o Service OLAP. $GRID_HOME/bin/srvctl start service -d ORCL -s OLAP 64

Oracle Maximum Availability Architecture

Oracle Maximum Availability Architecture 1 Oracle Maximum Availability Architecture Ricardo Portilho Proni ricardo@nervinformatica.com.br Esta obra está licenciada sob a licença Creative Commons Atribuição-SemDerivados 3.0 Brasil. Para ver uma

Leia mais

Oracle Zero Downtime Migration (com Golden Gate)

Oracle Zero Downtime Migration (com Golden Gate) Oracle Zero Downtime Migration (com Golden Gate) Ricardo Portilho Proni ricardo@nervinformatica.com.br Esta obra está licenciada sob a licença Creative Commons Atribuição-SemDerivados 3.0 Brasil. Para

Leia mais

Oracle RAC 11gR2. Ricardo Portilho Proni ricardo@nervinformatica.com.br

Oracle RAC 11gR2. Ricardo Portilho Proni ricardo@nervinformatica.com.br 1 Oracle RAC 11gR2 Ricardo Portilho Proni ricardo@nervinformatica.com.br Esta obra está licenciada sob a licença Creative Commons Atribuição-SemDerivados 3.0 Brasil. Para ver uma cópia desta licença, visite

Leia mais

Oracle RAC 11gR2. Ricardo Portilho Proni ricardo@nervinformatica.com.br

Oracle RAC 11gR2. Ricardo Portilho Proni ricardo@nervinformatica.com.br Oracle RAC 11gR2 Ricardo Portilho Proni ricardo@nervinformatica.com.br Esta obra está licenciada sob a licença Creative Commons Atribuição-SemDerivados 3.0 Brasil. Para ver uma cópia desta licença, visite

Leia mais

Instalação RAC10g em Linux

Instalação RAC10g em Linux Instalação RAC10g em Linux Humberto Corbellini humberto.corbellini@advancedit.com.br Agenda Visão Geral Storage compartilhado Hardware utilizado Sistema operacional Configuração de rede Drivers e opções

Leia mais

Real Application Cluster (RAC)

Real Application Cluster (RAC) Real Application Cluster (RAC) Anderson Haertel Rodrigues OCE RAC 10g anderson.rodrigues@advancedit.com.br AdvancedIT S/A RAC? Oracle RAC é um banco de dados em cluster. Como assim? São vários servidores

Leia mais

COLOCANDO UM BANCO DE DADOS STANDY BY

COLOCANDO UM BANCO DE DADOS STANDY BY COLOCANDO UM BANCO DE DADOS STANDY BY Oracle Fail Over é muito utilizado para meso-alta-disponibilidade. Claro que não podemos chamar essa solução de alta-disponibilidade pois essa denominação é do Oracle

Leia mais

Oracle 10g ASM. Implementando o Automatic Storage Management

Oracle 10g ASM. Implementando o Automatic Storage Management Oracle 10g ASM Implementando o Automatic Storage Management Automatic Storage Management de clusters a máquinas multiprocessadas distribui o I/O entre os recursos elimina o balanceamento manual de I/O

Leia mais

www.en-sof.com.br SOLUÇÕES PARA CONTINUIDADE DO NEGÓCIO

www.en-sof.com.br SOLUÇÕES PARA CONTINUIDADE DO NEGÓCIO SOLUÇÕES PARA CONTINUIDADE DO NEGÓCIO 1 Soluções Oracle Voltadas à Continuidade dos Negócios Luciano Inácio de Melo Oracle Database Administrator Certified Oracle Instructor Bacharel em Ciências da Computação

Leia mais

Pedro F. Carvalho Analista de Sistemas contato@pedrofcarvalho.com.br. RMAN: Ambiente de backup

Pedro F. Carvalho Analista de Sistemas contato@pedrofcarvalho.com.br. RMAN: Ambiente de backup RMAN: Ambiente de backup Olá amigos! Após algumas séries de colunas explicando os conceitos e modos que o RMAN pode trabalhar, iremos aprender a utilizar essa ferramenta para auxiliar os serviços administrativos

Leia mais

Backup On-line. 1 de 6. Introdução

Backup On-line. 1 de 6. Introdução 1 de 6 Backup On-line Introdução O Backup do banco de dados nada mais é que a cópia dos arquivos necessários para recupera-los em caso de perda do mesmo no menor tempo possível. Isso pode ser devido à

Leia mais

MySQL para DBAs Oracle

MySQL para DBAs Oracle MySQL para DBAs Oracle Ricardo Portilho Proni ricardo@nervinformatica.com.br Esta obra está licenciada sob a licença Creative Commons Atribuição-SemDerivados 3.0 Brasil. Para ver uma cópia desta licença,

Leia mais

Conversão de ambientes

Conversão de ambientes Conversão de ambientes Single File System RAC ASM Backup + Restore + Conversão + Recovery ORIGEM DESTINO : BANCO DE DADOS ORACLE SINGLE EM FILESYSTEM NATIVO : BANCO DE DADOS ORACLE ORACLE RAC EM ASM Na

Leia mais

Pedro F. Carvalho Analista de Sistemas contato@pedrofcarvalho.com.br www.pedrofcarvlho.com.br AULA 16 RECOVERY

Pedro F. Carvalho Analista de Sistemas contato@pedrofcarvalho.com.br www.pedrofcarvlho.com.br AULA 16 RECOVERY AULA 16 RECOVERY O RMAN (Recovery Manager) é a ferramenta Oracle, parte integrante do banco de dados, que permite a execução de backups do banco de dados Oracle e, principalmente, a recuperação de dados

Leia mais

Instalação e configuração Linux CentOS 6.x

Instalação e configuração Linux CentOS 6.x Instalação e configuração Linux CentOS 6.x Objetivo: Instalar e configurar o sistema operacional Linux CentOS e efetuar suas configurações iniciais. 1- Abra o Virtuabox e clique em novo, e configure conforme

Leia mais

Load Balance Disk Migração por Balanceamento ASM em RAC estendido Movimentação de Datafile entre ASM e Filesystem Ponto de montagem ACFS

Load Balance Disk Migração por Balanceamento ASM em RAC estendido Movimentação de Datafile entre ASM e Filesystem Ponto de montagem ACFS 1. O que é ASM? 1.1 Overview 1.2 Arquitetura e Internals 2. Por que usar e Como usar ASM? Componentes do ASM Stripe e Mirror ASM Process ACFS - Oracle Automatic Storage Management Cluster File System Método

Leia mais

HSC MailInspector Guia de Instalação da Versão 3.2

HSC MailInspector Guia de Instalação da Versão 3.2 HSC MailInspector Guia de Instalação da Versão 3.2 Dezembro 2013 Aviso Legal Copyright 2013. HSC Brasil. Todos os direitos reservados. Nenhuma parte deste documento poderá ser reproduzida, no todo ou em

Leia mais

Como instalar o sistema operacional pfsense no Citrix Xen Server

Como instalar o sistema operacional pfsense no Citrix Xen Server Como instalar o sistema operacional pfsense no Citrix Xen Server Autor: Eder S. G. - edersg@vm.uff.br Versão: 1.2 Data: 21/11/2012 Última atualização: 07/03/2013 Observação: Máquina real: Sistema operacional

Leia mais

Oracle Database em High Availability usando Microsoft Windows Clusters Server (MSCS) e Oracle Fail Safe

Oracle Database em High Availability usando Microsoft Windows Clusters Server (MSCS) e Oracle Fail Safe Oracle Database em High Availability usando Microsoft Windows Clusters Server (MSCS) e Oracle Fail Safe Objetivos: Apresentar conceitos do Microsoft Windows Clusters Server Apresentar a arquitetura do

Leia mais

Oracle Database 11g: Novos Recursos para Administradores

Oracle Database 11g: Novos Recursos para Administradores Oracle Database 11g: Novos Recursos para Administradores Course O11NFA 5 Day(s) 30:00 Hours Introduction Este curso de cinco dias oferece a você a oportunidade de conhecer e fazer exercícios com os novos

Leia mais

Oracle10gDatabase. GuiadoDBA. RobertoRubinsteinSerson

Oracle10gDatabase. GuiadoDBA. RobertoRubinsteinSerson Oracle10gDatabase GuiadoDBA RobertoRubinsteinSerson 15 Capítulo1 InstalaçãoeConfiguração Neste capítulo você aprenderá a instalar o software Oracle, a criar uma base de dados operacional e a acessar sua

Leia mais

Guia de procedimentos de backups

Guia de procedimentos de backups Guia de procedimentos de backups Sumário Sobre o guia 3... 4 Procedimentos de backup do banco de dados Oracle... 5 Backup lógico... 6 Backup físico... 7 Envio de backup... para fita 9 2 3 Sobre o guia

Leia mais

Pedro F. Carvalho Analista de Sistemas contato@pedrofcarvalho.com.br www.pedrofcarvlho.com.br ADMINISTRANDO A INSTÂNCIA

Pedro F. Carvalho Analista de Sistemas contato@pedrofcarvalho.com.br www.pedrofcarvlho.com.br ADMINISTRANDO A INSTÂNCIA ADMINISTRANDO A INSTÂNCIA Os tres componentes (instância, Listener e opcionalmente o DataBase Control) tem seus próprios utilitários de linha de comando que podem ser usados para inicialização, ou, uma

Leia mais

HSC MailInspector Guia de Instalação da Versão 4.0

HSC MailInspector Guia de Instalação da Versão 4.0 HSC MailInspector Guia de Instalação da Versão 4.0 Novembro 2013 Aviso Legal Copyright 2013. HSC Brasil. Todos os direitos reservados. Nenhuma parte deste documento poderá ser reproduzida, no todo ou em

Leia mais

BACKUP E ALTA DISPONIBILIDADE

BACKUP E ALTA DISPONIBILIDADE BACKUP E ALTA DISPONIBILIDADE Dayse Soares Santos Clailson S. D. de Almeida RESUMO O artigo relata sobre a importância do backup da base de dados de um sistema, a escolha do tipo de armazenamento a ser

Leia mais

HSC MailInspector Guia de Instalação da Versão 4.2

HSC MailInspector Guia de Instalação da Versão 4.2 HSC MailInspector Guia de Instalação da Versão 4.2 Novembro 2014 Aviso Legal Copyright 2013. HSC Brasil. Todos os direitos reservados. Nenhuma parte deste documento poderá ser reproduzida, no todo ou em

Leia mais

Guia de Instalação e Configuração do Noosfero

Guia de Instalação e Configuração do Noosfero Guia de Instalação e Configuração do Noosfero Índice Instalação e Configuração do Noosfero...3 Instalação das dependências principais do Noosfero no Debian 7...3 Instalação do PostFix e SASL...3 Configuração

Leia mais

Desvendando o Oracle Exadata X2-2

Desvendando o Oracle Exadata X2-2 Desvendando o Oracle Exadata X2-2 Rodrigo Almeida Oracle ACE Agenda Palestrante Visão geral sobre Oracle Exadata DMA Database Machine Administrator Ferramentas de Administração O

Leia mais

Manual de Instalação e Configuração MySQL

Manual de Instalação e Configuração MySQL Manual de Instalação e Configuração MySQL Data alteração: 19/07/11 Pré Requisitos: 1. Baixar os seguintes arquivos no através do link http://ip.sysfar.com.br/install/ mysql-essential-5.1.46-win32.msi mysql-gui-tools-5.0-r17-win32.msi

Leia mais

Manual de Instalação Fornece as orientações necessárias para efetuar a instalação deste produto em ambiente Linux

Manual de Instalação Fornece as orientações necessárias para efetuar a instalação deste produto em ambiente Linux Manual de Instalação Fornece as orientações necessárias para efetuar a instalação deste produto em ambiente Linux Versão 1.5 27/07/2015 Histórico de Revisão Data Versão Descrição Autor 06/04/2015 1.2 Inserção

Leia mais

Novidades Oracle 11g. Rio Grande Energia - RGE

Novidades Oracle 11g. Rio Grande Energia - RGE Novidades Oracle 11g Daniel Güths Rio Grande Energia - RGE 1 Agenda Oracle Database 11g new features SQL e PL/SQL new features Performance e gerenciamento de recursos Gerenciamento de mudanças Gerenciamento

Leia mais

Sumário. Capítulo 2 Conceitos Importantes... 32 Tópicos Relevantes... 32 Instance... 33 Base de Dados... 36 Conclusão... 37

Sumário. Capítulo 2 Conceitos Importantes... 32 Tópicos Relevantes... 32 Instance... 33 Base de Dados... 36 Conclusão... 37 7 Sumário Agradecimentos... 6 Sobre o Autor... 6 Prefácio... 13 Capítulo 1 Instalação e Configuração... 15 Instalação em Linux... 15 Instalação e Customização do Red Hat Advanced Server 2.1... 16 Preparativos

Leia mais

MA001. 01 de 28. Responsável. Revisão Q de 26/06/2015. Cantú & Stange Software. Página

MA001. 01 de 28. Responsável. Revisão Q de 26/06/2015. Cantú & Stange Software. Página Manual de instalação do Zada 5 MA001 Responsável Revisão Q de 26/06/2015 FL Página 01 de 28 Página 1 de 33 Revisão Q de 26/06/2015 MA001 Responsável: FL Manual de instalação do Zada 5 Este manual consiste

Leia mais

NOMES: Leonardo Claro Diego Lage Charles Tancredo Márcio Castro

NOMES: Leonardo Claro Diego Lage Charles Tancredo Márcio Castro NOMES: Leonardo Claro Diego Lage Charles Tancredo Márcio Castro O MySQL Cluster é versão do MySQL adaptada para um ambiente de computação distribuída, provendo alta disponibilidade e alta redundância utilizando

Leia mais

HOW TO. Instalação do Firewall 6.1 Software

HOW TO. Instalação do Firewall 6.1 Software Introdução HOW TO Página: 1 de 14 Para fazer a migração/instalação do 6.1 Software, é necessária a instalação do Sistema Operacional Linux Fedora Core 8. Explicaremos passo a passo como formatar a máquina,

Leia mais

A base de dados. A plataforma Internet Oracle9i Completa, Logo Simples. Page 1. Luís Marques Senior Sales Consultant Solutions Team

A base de dados. A plataforma Internet Oracle9i Completa, Logo Simples. Page 1. Luís Marques Senior Sales Consultant Solutions Team A base de dados Luís Marques Senior Sales Consultant Solutions Team A plataforma Internet Oracle9i Completa, Logo Simples Oracle9i Application Server Oracle9i Database Server Page 1 Áreas em foco na base

Leia mais

Guia de Consulta Rápida. Oracle 10g SQL. Rubens Thiago de Oliveira. Novatec Editora

Guia de Consulta Rápida. Oracle 10g SQL. Rubens Thiago de Oliveira. Novatec Editora Guia de Consulta Rápida Oracle 10g SQL Rubens Thiago de Oliveira Novatec Editora 2 Copyright 2004 da Novatec Editora Ltda. Todos os direitos reservados e protegidos pela Lei 9.610 de 19/02/1998. É proibida

Leia mais

Advanced IT S/A. EM10g Grid Control. Introdução. Introdução. Agenda. Como alcança estes objetivos Grid Control Home Page Pode gerenciar:

Advanced IT S/A. EM10g Grid Control. Introdução. Introdução. Agenda. Como alcança estes objetivos Grid Control Home Page Pode gerenciar: Agenda Advanced IT S/A EM10g Grid Control Denise Cunha Advanced IT S/A - DBA Gerenciando Deployments (distribuições) Estendendo o EM Sistema de Jobs Start e Stop do EM Objetivos Extrair informações críticas

Leia mais

Crash recovery é similar ao instance recovery, onde o primeiro referencia ambientes de instância exclusiva e o segundo ambientes parallel server.

Crash recovery é similar ao instance recovery, onde o primeiro referencia ambientes de instância exclusiva e o segundo ambientes parallel server. Recover no Oracle O backup e recuperação de dados em um SGBD é de grande importância para a manutenção dos dados. Dando continuidade a nossos artigos, apresentamos abaixo formas diferentes de se fazer

Leia mais

Carga Horária 40 horas. Requisitos Servidor Oracle 10G Ferramenta para interação com o banco de dados

Carga Horária 40 horas. Requisitos Servidor Oracle 10G Ferramenta para interação com o banco de dados Oracle 10g - Workshop de Administração I Objetivos do Curso Este curso foi projetado para oferecer ao participante uma base sólida sobre tarefas administrativas fundamentais. Neste curso, você aprenderá

Leia mais

CA ARCserve Backup para Windows

CA ARCserve Backup para Windows CA ARCserve Backup para Windows Guia do Agente para Oracle r16 A presente documentação, que inclui os sistemas de ajuda incorporados e os materiais distribuídos eletronicamente (doravante denominada Documentação),

Leia mais

LEIA-ME PRIMEIRO Instalação do Fiery WorkCentre Série 7300

LEIA-ME PRIMEIRO Instalação do Fiery WorkCentre Série 7300 LEIA-ME PRIMEIRO Instalação do Fiery WorkCentre Série 7300 Este documento descreve como instalar e configurar o Controlador de rede Fiery para WorkCentre Série 7300. Complete as etapas que correspondem

Leia mais

Safe Harbor Statement

Safe Harbor Statement Safe Harbor Statement The following is intended to outline our general product direction. It is intended for information purposes only, and may not be incorporated into any contract. It is not a commitment

Leia mais

Instalação do Sistema. Treinamento OTRS Help Desk

Instalação do Sistema. Treinamento OTRS Help Desk Instalação do Sistema Treinamento OTRS Help Desk Sumário Instalação... 3 Recomendações...3 Requisitos de Instalação...5 Preparando a Instalação no CentOS 6.5 (64 bits)...5 Preparando a Instalação no Ubuntu

Leia mais

www.en-sof.com.br CARREIRA DE DBA ORACLE E CERTIFICAÇÃO

www.en-sof.com.br CARREIRA DE DBA ORACLE E CERTIFICAÇÃO CARREIRA DE DBA ORACLE E CERTIFICAÇÃO 1 CARREIRA E CERTIFICAÇÕES PARA DBAS ORACLE Luciano Inácio de Melo Oracle Database Administrator Certified Oracle Instructor Bacharel em Ciências da Computação - UNESP

Leia mais

FISL 13. Fórum Internacional de Software Livre

FISL 13. Fórum Internacional de Software Livre FISL 13 Fórum Internacional de Software Livre Criando um storage iscsi com PCs, Linux e software livre. Que tal? Administração de Sistemas e Alta Disponibilidade Jansen Sena Julho, 2012. Porto Alegre,

Leia mais

CA ARCserve Backup para Windows

CA ARCserve Backup para Windows CA ARCserve Backup para Windows Guia do Agente para Oracle r16.5 A presente documentação, que inclui os sistemas de ajuda incorporados e os materiais distribuídos eletronicamente (doravante denominada

Leia mais

Aula 1 Instalando o Software Oracle

Aula 1 Instalando o Software Oracle Passo 1 : Aula 1 Instalando o Software Oracle Instalar a VM Oracle. Descompactar a VM Oracle. Iniciar a VM, logar-se com usuário ROOT e senha PASSWORD. Caso não possua a VM, solicitar pelo email : Passo

Leia mais

Universidade Estadual de Feira de Santana

Universidade Estadual de Feira de Santana Universidade Estadual de Feira de Santana Tutorial de Instalação do OpenNebula em Centos 6 com KVM Feira de Santana - BA Novembro, 2015 2 PASSOS DO TUTORIAL 1 1 Introdução Tutorial criado por Lucas Santana,

Leia mais

INSTALANDO SQL SERVER 2008

INSTALANDO SQL SERVER 2008 VERSÃO 2 INSTALANDO SQL SERVER 2008 Pré-requisitos para instalação do SQL SERVER 2008 Antes de iniciar o instalador do SQL SERVER 2008 é necessário instalar os seguintes componentes: Microsoft Windows

Leia mais

Introdução ao Sistema. Características

Introdução ao Sistema. Características Introdução ao Sistema O sistema Provinha Brasil foi desenvolvido com o intuito de cadastrar as resposta da avaliação que é sugerida pelo MEC e que possui o mesmo nome do sistema. Após a digitação, os dados

Leia mais

COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA (COTEC) MAIO/2010

COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA (COTEC) MAIO/2010 PROCEDIMENTOS PARA INSTALAÇÃO DO SERVIÇO POSTGRES NO SISTEMA OPERACIONAL LINUX - DEBIAN COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA (COTEC) MAIO/2010 Rua do Rouxinol, N 115 / Salvador Bahia CEP: 41.720-052 Telefone: (71)

Leia mais

Oracle Backup & Recovery 9iR1 ao 11gR2

Oracle Backup & Recovery 9iR1 ao 11gR2 Oracle Backup & Recovery 9iR1 ao 11gR2 Ricardo Portilho Proni ricardo@nervinformatica.com.br Esta obra está licenciada sob a licença Creative Commons Atribuição-SemDerivados 3.0 Brasil. Para ver uma cópia

Leia mais

Autor: Hernandes Martins. http://hernandesmartins.blogspot.com.br Email: hernandss@gmail.com. Março de 2015. Zabbix 2.4 CentOS 7 Tutorial Instalação

Autor: Hernandes Martins. http://hernandesmartins.blogspot.com.br Email: hernandss@gmail.com. Março de 2015. Zabbix 2.4 CentOS 7 Tutorial Instalação Zabbix 2.4 CentOS 7 Tutorial Instalação Neste tutorial vamos abordar as etapas de instalação do Zabbix 2.4.3, conforme documentação você pode optar por instalar via pacotes (repositórios) ou source (compilar

Leia mais

RECUPERAÇÃO DE DESASTRES INTELIGENTE DELL POWERVAULT DL 2000 BASEADO EM TECNOLOGIA SYMANTEC

RECUPERAÇÃO DE DESASTRES INTELIGENTE DELL POWERVAULT DL 2000 BASEADO EM TECNOLOGIA SYMANTEC RECUPERAÇÃO DE DESASTRES INTELIGENTE DELL POWERVAULT DL 2000 BASEADO EM TECNOLOGIA SYMANTEC O PowerVault DL2000, baseado na tecnologia Symantec Backup Exec, oferece a única solução de backup em disco totalmente

Leia mais

Instalando e Configurando o Oracle XE

Instalando e Configurando o Oracle XE Instalando e Configurando o Oracle XE Execute o instalador do Oracle XE (OracleXEUniv.exe) e aguarde enquanto os arquivos de instalação são descompactados; A seguir, clique em Next para iniciar o procedimento;

Leia mais

Prof. Rossano Pablo Pinto Dezembro/2012 Versão 0.2 (em construção) Prof. Rossano Pablo Pinto - http://rossano.pro.br 1

Prof. Rossano Pablo Pinto Dezembro/2012 Versão 0.2 (em construção) Prof. Rossano Pablo Pinto - http://rossano.pro.br 1 Visão geral sobre o processo de instalação e manutenção de instalações de software. Notas de aula. (aka lecture notes on Package Management Systems and software installation :)) Prof. Rossano Pablo Pinto

Leia mais

TREINAMENTO. Apresentação. Objetivos. Dados Principais. Tecnologia Abordada Oracle Databese 11g

TREINAMENTO. Apresentação. Objetivos. Dados Principais. Tecnologia Abordada Oracle Databese 11g Apresentação Dados Principais Combinando quinze dias em 60 horas de conteúdo, o treinamento para os DBAs Oracle gerenciam os sistemas de informação mais avançados do setor e têm alguns dos maiores salários

Leia mais

No Fedora, instalamos os pacotes "mysql" e "mysql-server", usando o yum:

No Fedora, instalamos os pacotes mysql e mysql-server, usando o yum: Instalando o MySQL O MySQL é um banco de dados extremamente versátil, usado para os mais diversos fins. Você pode acessar o banco de dados a partir de um script em PHP, através de um aplicativo desenvolvido

Leia mais

INSTALAR O SQL SERVER NO SERVIDOR. (É o caso da Zervan, que existe o servidor da Fernanda e queremos instalar um outro na máquina de Lilian)

INSTALAR O SQL SERVER NO SERVIDOR. (É o caso da Zervan, que existe o servidor da Fernanda e queremos instalar um outro na máquina de Lilian) INSTALAR O SQL SERVER NO SERVIDOR QUANDO JÁ EXISTE UM OUTRO SERVIDOR (É o caso da Zervan, que existe o servidor da Fernanda e queremos instalar um outro na máquina de Lilian) 1) No servidor novo, máquina

Leia mais

Hotspot com Ubuntu Server 11.04 32-Bits

Hotspot com Ubuntu Server 11.04 32-Bits Hotspot com Ubuntu Server 11.04 32-Bits Fazendo as instalações Hardware e instalação do Ubuntu Hardware utilizado: Servidor com duas placas de rede; Notebook com conexão wireless e putty instalado; Roteador

Leia mais

UNINOVE Tec. Adm. e Des. de Sistemas. Administracão de Banco de Dados. ORACLE Backup / Recovery AULA 11

UNINOVE Tec. Adm. e Des. de Sistemas. Administracão de Banco de Dados. ORACLE Backup / Recovery AULA 11 UNINOVE Tec. Adm. e Des. de Sistemas Administracão de Banco de Dados ORACLE Backup / Recovery AULA 11 Prof. MsC. Eng. Marcelo Bianchi AULA 09 A ARQUITETURA DO ORACLE O conhecimento da arquitetura Oracle

Leia mais

SECRETARIA DA JUSTIÇA E DEFESA DA CIDADANIA FUNDAÇÃO DE PROTEÇÃO E DEFESA DO CONSUMIDOR - PROCON/SP MANUAL DE INSTALAÇÃO DO SISTEMA

SECRETARIA DA JUSTIÇA E DEFESA DA CIDADANIA FUNDAÇÃO DE PROTEÇÃO E DEFESA DO CONSUMIDOR - PROCON/SP MANUAL DE INSTALAÇÃO DO SISTEMA MANUAL DE INSTALAÇÃO DO SISTEMA 1. INTRODUCÃO Este manual tem como objetivo orientar o usuário durante o processo de instalação do SIGA Sistema Global de Atendimento. 2 de 27 2. PRÉ-REQUISITOS DE INSTALAÇÃO

Leia mais

Criação de sistemas RAID

Criação de sistemas RAID RAID com Raider SOLUÇÕES Criação de sistemas RAID Juntamente com os backups regulares, um sistema RAID deveria ser uma presença comum em qualquer bom servidor. Este artigo mostra como converter uma instalação

Leia mais

FUNCIONALIDADES DO ORACLE RAC. Resumo: Diversas empresas têm como requisito fundamental do negócio que os seus

FUNCIONALIDADES DO ORACLE RAC. Resumo: Diversas empresas têm como requisito fundamental do negócio que os seus FUNCIONALIDADES DO ORACLE RAC Eduardo Amaral Ferreira 1 Iremar Nunes de Lima 2 Resumo: Diversas empresas têm como requisito fundamental do negócio que os seus sistemas de informação fiquem disponíveis

Leia mais

Tutorial para Instalação do Ubuntu Server 10.04

Tutorial para Instalação do Ubuntu Server 10.04 Tutorial para Instalação do Ubuntu Server 10.04 Autor: Alexandre F. Ultrago E-mail: ultrago@hotmail.com 1 Infraestrutura da rede Instalação Ativando o usuário root Instalação do Webmin Acessando o Webmin

Leia mais

Case SICREDI Migração SGBD Oracle 9i para 11g

Case SICREDI Migração SGBD Oracle 9i para 11g Uso irrestrito Case SICREDI Migração SGBD Oracle 9i para 11g Agenda O SICREDI Histórico Core Bank Objetivo do Projeto Resumo do Projeto Ofensores vs. Mitigadores Cenário do Projeto A Migração Após a Migração

Leia mais

Comparativo entre DBSE e DBEE

<Insert Picture Here> Comparativo entre DBSE e DBEE Comparativo entre DBSE e DBEE Oracle Database Oracle Database Standard Edition Disponível para ambientes com até 4 processadores, possui features limitadas e não oferece possibilidade

Leia mais

Tutorial AwStats Indice

Tutorial AwStats Indice Tutorial AwStats Indice Introdução...2 Funcionamento:...3 Pré-Requisitos:...3 Instalação:...4 Configurações:...7 Utilização:...11 Sobre o Autor:...11 Introdução AwStats Como saber se seu site é um sucesso

Leia mais

Roteiro Prático para a Migração dos Servidores Turing e Godel

Roteiro Prático para a Migração dos Servidores Turing e Godel Roteiro Prático para a Migração dos Servidores Turing e Godel Alfenas, Abril de 2010. Rodrigo Martins Pagliares Última atualização: 27/05/2010 Conteúdo 1. Introdução... 3 2. Instalação do Debian Lenny

Leia mais

HOWTO de LTSP v4.1 no Debian Sarge : * LTSP como Servidor de Terminais GNU/Linux:

HOWTO de LTSP v4.1 no Debian Sarge : * LTSP como Servidor de Terminais GNU/Linux: HOWTO de LTSP v4.1 no Debian Sarge : * LTSP como Servidor de Terminais GNU/Linux: O LTSP (Linux Terminal Server Project) é uma solução que agrega um conjunto de serviços, de forma que máquinas clientes

Leia mais

CONVERSOR IP DE VÍDEO HCS-V404

CONVERSOR IP DE VÍDEO HCS-V404 MANUAL DE INSTRUÇÕES CONVERSOR IP DE VÍDEO HCS-V404 Conteúdo IMPORTANTE!!!... 3 GERAL:... 3 INSTALAÇÃO:... 3 Menu Network Setup... 7 Menu Media Setup... 9 Menu Record and Replay... 9 IMPORTANTE!!!... 10

Leia mais

Instruções de instalação do Fiery para o WorkCentre Série 7300

Instruções de instalação do Fiery para o WorkCentre Série 7300 Instruções de instalação do Fiery para o WorkCentre Série 7300 Este documento descreve como instalar e configurar o Controlador de rede Fiery para WorkCentre Série 7300. IMPORTANTE: A duração da instalação

Leia mais

Autorizador WEB 12.1.3 Roteiro de Instalação e Configuração

Autorizador WEB 12.1.3 Roteiro de Instalação e Configuração Autorizador WEB 12.1.3 Roteiro de Instalação e Configuração Fevereiro 2014 Índice Título do documento 1. Histórico de Alterações... 4 2. Introdução... 5 3. Pré-Requisitos... 6 3.1. Hardware Servidor...

Leia mais

Manual de instalação do: Servidor Offline Clickideia Educacional v1.5

Manual de instalação do: Servidor Offline Clickideia Educacional v1.5 DOCUMENTO CONFIDENCIAL Manual de instalação do: Servidor Offline Clickideia Educacional v1.5 2 Sumário Introdução:...3 Configuração Mínima:...3 Conhecimento necessário para instalação:... 3 Suporte:...4

Leia mais

Cada banco de dados Oracle possui uma lista de usuários válidos, identificados por USERNAMES.

Cada banco de dados Oracle possui uma lista de usuários válidos, identificados por USERNAMES. SEGURANÇA DE USUÁRIOS Cada banco de dados Oracle possui uma lista de usuários válidos, identificados por USERNAMES. Todos os usuários são cadastrados no Dicionário de Dados do Banco em tabelas e views

Leia mais

Pedro F. Carvalho Analista de Sistemas contato@pedrofcarvalho.com.br www.pedrofcarvlho.com.br. CAPITULO 14 e 15 BACKUPS NO ORACLE

Pedro F. Carvalho Analista de Sistemas contato@pedrofcarvalho.com.br www.pedrofcarvlho.com.br. CAPITULO 14 e 15 BACKUPS NO ORACLE CAPITULO 14 e 15 BACKUPS NO ORACLE Um assunto muito pouco abordado entre os profissionais Oracle, e que sempre causa estresse e problemas quando necessário, é a eficiência da estratégia de backup & recover

Leia mais

COMMANDedx. Guia de Instalação e Configuração 7/6/2012. Command Alkon Inc. 5168 Blazer Parkway Dublin, Ohio 43017 1.800.624.1872 Fax: 614.793.

COMMANDedx. Guia de Instalação e Configuração 7/6/2012. Command Alkon Inc. 5168 Blazer Parkway Dublin, Ohio 43017 1.800.624.1872 Fax: 614.793. COMMANDedx Guia de Instalação e Configuração 7/6/2012 Command Alkon Inc. 5168 Blazer Parkway Dublin, Ohio 43017 1.800.624.1872 Fax: 614.793.0608 2003-2012 Command Alkon Incorporated. Todos os direitos

Leia mais

CURSO PRÁTICO. Módulo 2 Pré-requisitos. Application Virtualization 5.0. Nível: Básico / Intermediário

CURSO PRÁTICO. Módulo 2 Pré-requisitos. Application Virtualization 5.0. Nível: Básico / Intermediário CURSO PRÁTICO Application Virtualization 5.0 Nível: Básico / Intermediário Módulo 2 Pré-requisitos Índice Configurações Suportadas... 3 Management Server... 3 Publishing Server... 3 Reporting Server...

Leia mais

DESMISTIFICANDO A FSTAB

DESMISTIFICANDO A FSTAB DESMISTIFICANDO A FSTAB Ricardo José Maraschini Graduado em Ciência da Computação LPIC-1 INICIANTE OBJETIVOS. Série LPI. Particionamento do Linux X Windows;. Entender a fstab(o que é);. Conceitos;. Principais

Leia mais

Guia de administração para a integração do Portrait Dialogue 6.0. Versão 7.0A

Guia de administração para a integração do Portrait Dialogue 6.0. Versão 7.0A Guia de administração para a integração do Portrait Dialogue 6.0 Versão 7.0A 2013 Pitney Bowes Software Inc. Todos os direitos reservados. Esse documento pode conter informações confidenciais ou protegidas

Leia mais

Instalador/Atualizador PIMS Multicultura Manual de Referência. Versão 12.1.4

Instalador/Atualizador PIMS Multicultura Manual de Referência. Versão 12.1.4 Instalador/Atualizador PIMS Multicultura Manual de Referência Versão 12.1.4 Sumário 1. Descrição... 3 2. Pré-requisitos... 4 3. Etapas da instalação/atualização... 8 1. Iniciando a aplicação de instalação/atualização...

Leia mais

Você pode testar se está tudo OK, abrindo um navegador no Debian Linux e acessando qualquer site.

Você pode testar se está tudo OK, abrindo um navegador no Debian Linux e acessando qualquer site. Você pode testar se está tudo OK, abrindo um navegador no Debian Linux e acessando qualquer site. Foi necessário configurar esse segundo adaptador, porque talvez seja necessário fazer o download de alguma

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO LINUX ESSENTIALS Presencial (40h) - À distância (48h) Conhecendo um Novo Mundo Introdução ao GNU/Linux Distribuições GNU/Linux Linux Inside: Instalação Desktop Debian e CentOS Primeiros

Leia mais

Oracle Database 11g com Alta Disponibilidade. Um artigo técnico da Oracle Junho de 2007

Oracle Database 11g com Alta Disponibilidade. Um artigo técnico da Oracle Junho de 2007 Oracle Database 11g com Alta Disponibilidade Um artigo técnico da Oracle Junho de 2007 Oracle Database 11g com Alta Disponibilidade Introdução... 2 Causas do Tempo Inativo... 2 Proteção contra Falha do

Leia mais

Informações sobre o Trabalho Final Fundamentos do Linux

Informações sobre o Trabalho Final Fundamentos do Linux Informações sobre o Trabalho Final Fundamentos do Linux - Marcsson Vadesilho Fernandes O trabalho final consiste na simulação de atividades de gerenciamento de usuários e de sistemas de arquivos. Os alunos

Leia mais

LOJA ELETRÔNICA MANUAL DE INSTALAÇÃO

LOJA ELETRÔNICA MANUAL DE INSTALAÇÃO LOJA ELETRÔNICA MANUAL DE INSTALAÇÃO RMS Software S.A. - Uma Empresa TOTVS Todos os direitos reservados. A RMS Software é a maior fornecedora nacional de software de gestão corporativa para o mercado de

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM VMWARE WORKSTATION

GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM VMWARE WORKSTATION GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM VMWARE WORKSTATION GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM VMWARE WORKSTATION 1- Visão Geral Neste manual você aprenderá a instalar e fazer a configuração inicial do

Leia mais

Google File System. Danilo Silva Marshall Érika R. C. de Almeida

Google File System. Danilo Silva Marshall Érika R. C. de Almeida Google File System Danilo Silva Marshall Érika R. C. de Almeida Tópicos abordados Sistemas de arquivos Sistemas de arquivos distribuídos Google File System Gmail File System Linux Windows Gspace Referências

Leia mais

Servidor de e-mail corporativo com Zimbra.

Servidor de e-mail corporativo com Zimbra. UNISUL Universidade do Sul de Santa Catarina Unisul TechDay 2013 Servidor de e-mail corporativo com Zimbra. Palestrante: Irineu Teza Nunes E-mail: irineu@idinf.com.br Website: www.idinf.com.br Blog: itnproducoes.blogspot.com

Leia mais

Conteúdo 1 Comandos Básicos. Questão 1: Que comando permite encerrar o sistema definitivamente?

Conteúdo 1 Comandos Básicos. Questão 1: Que comando permite encerrar o sistema definitivamente? Conteúdo 1 Comandos Básicos Questão 1: Que comando permite encerrar o sistema definitivamente? a) shutdawn b) shutdown t now c) shutdown r now d) shutdwon h now e) shutdown h now Questão 2: Que comando

Leia mais

TUTORIAL DE INSTALAÇÃO Windows Server 2003 32 Bits. Rua Maestro Cardim, 354 - cj. 121 CEP 01323-001 - São Paulo - SP (11) 3266-2096

TUTORIAL DE INSTALAÇÃO Windows Server 2003 32 Bits. Rua Maestro Cardim, 354 - cj. 121 CEP 01323-001 - São Paulo - SP (11) 3266-2096 TUTORIAL DE INSTALAÇÃO Windows Server 2003 32 Bits Índice Geral Antes de Começar 2 Instalação do MS-IIS 6 4 Instalação do MS-IIS 6 Resources Kit 6 Instalação do PHP 7 Instalação do ZEND Optimizer 8 Instalação

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS FUNDAMENTOS DE Visão geral sobre o Active Directory Um diretório é uma estrutura hierárquica que armazena informações sobre objetos na rede. Um serviço de diretório,

Leia mais

Implementando e gerenciando dispositivos de hardware

Implementando e gerenciando dispositivos de hardware 3 Implementando e gerenciando dispositivos de hardware Uma boa parte das questões do exame está concentrada nessa área. Saber implementar e, principalmente, solucionar problemas relacionados a dispositivos

Leia mais

Quando se seleciona os modos OS ou XML, arquivos são criados com os registros de auditoria, eles se localizam parâmetro audit_file_dest.

Quando se seleciona os modos OS ou XML, arquivos são criados com os registros de auditoria, eles se localizam parâmetro audit_file_dest. Auditoria é a habilidade do banco de dados Oracle poder gerar logs de auditoria (XML, tabelas, arquivos de SO, ) em atividades suspeitas do usuário, como por exemplo: monitorar o que um determinado usuário

Leia mais

ESUS SAMU V. 1.3 - INSTRUÇÕES PARA INSTALAÇÃO

ESUS SAMU V. 1.3 - INSTRUÇÕES PARA INSTALAÇÃO ESUS SAMU V. 1.3 - INSTRUÇÕES PARA INSTALAÇÃO O sistema Esus-SAMU, é o sistema que permite a regulação de solicitantes/pacientes, gravando históricos de procedimentos médicos tomados, veículos enviados

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ - UNIOESTE CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS - CCET CURSO DE BACHARELADO EM INFORMÁTICA

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ - UNIOESTE CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS - CCET CURSO DE BACHARELADO EM INFORMÁTICA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ - UNIOESTE CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS - CCET CURSO DE BACHARELADO EM INFORMÁTICA TUTORIAL DE CONFIGURAÇÃO DE UM CLUSTER DA CLASSE BEOWULF ALESSANDRO

Leia mais

LABORATÓRIO UNIDADES 1 REVISÃO LINUX E COMANDOS BÁSICOS ABRINDO A MÁQUINA VIRTUAL UBUNTU SERVER 14.04.1 PELO VIRTUALBOX

LABORATÓRIO UNIDADES 1 REVISÃO LINUX E COMANDOS BÁSICOS ABRINDO A MÁQUINA VIRTUAL UBUNTU SERVER 14.04.1 PELO VIRTUALBOX LABORATÓRIO UNIDADES 1 REVISÃO LINUX E COMANDOS BÁSICOS ABRINDO A MÁQUINA VIRTUAL UBUNTU SERVER 14.04.1 PELO VIRTUALBOX Procure no MENU INICIAR PROGRAMAS o ícone do VirtualBox e execute-o. Em seguida clique

Leia mais

Secure Client. Manual do Usuário. IPNv2. Secure Client IPNv2

Secure Client. Manual do Usuário. IPNv2. Secure Client IPNv2 Secure Client Manual do Usuário IPNv2 Índice 2 de 23 1. APRESENTAÇÃO... 3 2. OBJETIVO, APLICAÇÃO E DEFINIÇÕES... 4 a. Objetivos... 4 b. Aplicação... 4 c. Regras do sistema... 4 d. Configuração de hardware

Leia mais

Como utilizar a Função de Alta Disponibilidade (High Availability - HA).

Como utilizar a Função de Alta Disponibilidade (High Availability - HA). Como utilizar a Função de Alta Disponibilidade (High Availability - HA). Alta Disponibilidade (HA) é a função que garante a continuidade de negócios da sua empresa. A equipe de TI pode usar o HA como uma

Leia mais