QUALIFICAÇÃO PARA INSPETOR DE PINTURA INDUSTRIAL Nível 1

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "QUALIFICAÇÃO PARA INSPETOR DE PINTURA INDUSTRIAL Nível 1"

Transcrição

1 QUALIFICAÇÃO PARA INSPETOR DE PINTURA INDUSTRIAL Nível 1 Preparação de Superfície para Pintura 1

2 Copyright 2020, ABRACO - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE CORROSÃO Este material de treinamento incluindo o conteúdo, como apresentação e fotos, assim como a seleção e arranjo do conteúdo deste material, são propriedades exclusivas da ABRACO, salvo indicação ao contrário. Isto inclui, mas não se limita à direitos autorais, marcas registradas e designs. Todos os direitos são reservados. Você está autorizado a armazenar e utilizar trechos do treinamento somente para o seu uso pessoal e não comercial. Qualquer outro tipo de utilização, reproduções, traduções, adaptações, arranjos, quaisquer outras alterações, publicações, distribuição ou armazenagem deste em qualquer forma e por qualquer meio, total ou parcialmente, sem prévia autorização por escrito da ABRACO é estritamente proibido. Projeto gráfico e diagramação Conceito Comunicação Integrada ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE CORROSÃO Av. Venezuela, 27 Sl. 412/418 Centro Rio de Janeiro CEP (21)

3 Sumário 1. Objetivos da Preparação de Superfície Aderência Contaminantes Corrosão Meio Agressivo ao Aço Carbono (Ferro) Métodos de Combate contra a Corrosão Proteção Catódica Objetivos da Pintura Industrial Carepa de Laminação Limpeza com Produtos Químicos (NBR 15158) Limpeza de Superfície de Aço com Ferramentas Manuais e Mecânicas (NBR 15239) Limpeza de Superfície de Aço com Jateamento Abrasivo Testes Preparação de Superfície - Alternativa Hidrojateamento a Ultra Alta Pressão SSPC-SP

4 1. Objetivos da Preparação de Superfície Promover a perfeita aderência da tinta Remover todos os contaminantes 2. Aderência Química Polar Mecânica 3. Contaminantes Óleo e Graxas Sais Terra Água Tintas Velhas Carepa de Laminação Corrosão Outros 4. Corrosão Tipos de corrosão: Corrosão Química Corrosão Eletroquímica Água + Oxigênio Resultado: Fe2O3H2O (Ferrugem) Eletrólitos??? 4

5 5. Meio Agressivo ao Aço Carbono (Ferro) Baixa Agressividade Média Agressividade Alta Agressividade Oxigênio + Água + Eletrólitos CICLO NATURAL DA CORROSÃO Chapa laminada a quente Alto Forno Exposto a umidade e oxigênio Ferrugem Minério de Ferro 6. Métodos de Combate contra a Corrosão a) Superdimensionamento b) Alteração do Meio Corrosivo c) Emprego de Materiais Resistentes d) Metalização/Galvanização e) Proteção Catódica f) Pintura 5

6 7. Proteção Catódica Metal Magnésio Zinco Alumínio Ferro Ferro Fundido Latão Cobre/Carepa de Laminação Bronze Niquel Aço Inox Diagrama da Proteção Catódica Ferro Zinco Importante: Proteção Catódica é meio agressivo à pintura Proteção Catódica por corrente galvânica não é regulável Proteção Catódica por corrente impressa Super proteção catódica Descolamento catódico 6

7 PROTEÇÃO CATÓDICA Potencial do Aço na Água do Mar Relativo ao Eletrodo de: Corrosão/Proteção Ag/AgCl Zn/Água do Mar Fenômeno mv mv Corrosão Severa -400 mv mv Corrosão Severa Sem Proteção Proteção Catódica -500 mv mv Corrosão Normal -600 mv mv Corrosão Normal -700 mv mv Corrosão Leve -800 mv mv Proteção Correta mv mv Proteção Correta mv + 50 mv Super Proteção * mv - 50 mv Super Proteção * mv mv Super Proteção** mv mv Super Proteção** mv -350 mv Super Proteção** * Aumento de alcalinidade, depósito de calcáreos, risco de empolamento por osmose e saponificação. ** Aumento na geração de Hidrogênio, risco de empolamento e completa perda de aderência da pintura. 8. Objetivos da Pintura Industrial Proteção Anticorrosiva Embelezar Sinalizar Antiderrapante Controle Biológico (Anti incrustante) 7

8 8.1 Componentes da Pintura Industrial a) Tinta Resina, pigmento, aditivo, solvente, PVC, CPVC, tixotropia, secagens, viscosidade b) Especificação de Pintura Número de demãos, tinta, cor, espessura seca, intervalos de repintura, métodos de aplicação e item c) Preparação de Superfície Limpeza por ação físico química, tratamento mecânico, jateamento abrasivo e hidrojateamento sob altíssima pressão d) Aplicação de Tintas Condições climáticas, métodos de aplicação, Preparação da tinta, pot life, shelf life, etc e) Preparação do Aço Quinas vivas, respingos de soldas, salpicos de solda, porosidade, cordões de soldas... f) Lay Out Anticorrosivo Frestas, metais dissimilares, acesso Mecanismo de Proteção de Tinta Anticorrosiva Barreira Proteção Catódica Apassivação Anódica 9. Carepa de Laminação Dura, aderente, azulada e coeficiente de dilatação superficial diferente do metal base. Fissura com variação da temperatura e trabalho sofrido. Catódico em relação ao ferro e enferruja com a presença de oxigênio e água. Aumenta de volume e solta do substrato. Pinta-se sobre carepa de laminação? Por quê? 8

9 9.1 Condições Prévias do Substrato (Aço Nu, carepa de laminação intacta ou deteriorada em diferentes graus de Intemperismo) ISO Grau A Superfície de aço completamente coberta com carepa de laminação intacta e aderente, com pouca ou nenhuma corrosão. Grau B Superfície de aço com início de corrosão e que a carepa de laminação tenha começado a desagregar. Grau C Superfície de aço da qual a carepa de laminação tenha sido eliminada pela corrosão ou possa ser removida com uma espátula e apresente poucos pites visíveis a olho nu. Grau D - Superfície de aço da qual a carepa de laminação tenha sido eliminada pela corrosão e apresente pites generalizados visíveis a olho nu. 9.2 Condições Prévias do Substrato (Graus do Estado da Pintura Existente) Manutenção e Repintura ASTM D 610 Grau 8 menor que 0,1% Grau 6 menor que 1,0% Grau 4 menor que 10% Grau 2 menor que 33% Grau 0 acima de 50% 9

10 Estimativas da Área Afetada ASTM D

11 10. Limpeza com Produtos Químicos (NBR 15158) Utilizam-se: Água doce, solventes orgânicos, água quente, Vapor d água, detergentes, desengraxantes e removedores de tintas. Cuidados: Áreas confinadas Dilui contaminação oleosa Utilizar produtos biodegradáveis 11. Limpeza de Superfície de Aço com Ferramentas Manuais e Mecânicas (NBR 15239) Como escolher o melhor método? Obras Novas e Manutenção Produtividade Vantagens e Desvantagens Ferramentas: Escovas, Raspadeiras e Marteletes Manuais Escova de Aço Rotativa Lixadeira Rotativa Agulheiro Esmeril de Ponta Marteletes pneumáticos 11

12 Padrões de Limpeza St-2 St-3 ISO (Padrões Fotográficos) Cuidados: Ferramentas elétricas Ferramentas pneumáticas Solventização 12. Limpeza de Superfície de Aço com Jateamento Abrasivo Tipos: Pneumático Pressão, Sucção Turbinado Shot Blasting l 12

13 Instalação Completa para Jateamento Abrasivo a Seco 1 Um adequado e eficiente suprimento de ar comprimido. 2 Mangueira de ar, acoplamentos e válvulas de diâmetro adequado 3 Máquina de jato portátil (garrafa, tanque de pressão) 4 Mangueira de jato com engates rápidos 5 Bicos de jato tipo reto ou venturi 6 Válvulas pneumáticas de controle remoto 7 Eficiente separador de umidade 8 Alta pressão de ar no bico 9 Abrasivo idôneo 10- Capacete, elmo ou máscara de jato e purificador de ar 11 Operador bem treinado 13

14 Componentes do Jateamento Abrasivo Ar Comprimido Máquina de Jato Bicos de Jato Abrasivos Granalha de Aço, Escória do Cobre e Óxido de Alumínio Sinterizado Mangueira de Jato Válvula Dosadora de Abrasivo Filtro Separador de Umidade Máscara de Jato Engates Rápidos Máquina de jato completa 14 14

15 Padrões de Limpeza B Sa 1, C Sa 1, D Sa 1 B Sa 2, C Sa 2, D Sa 2 A Sa 2 ½, B Sa 2 ½, C Sa 2 ½, D Sa 2 ½ A Sa 3, B Sa 3, C Sa 3, D Sa 3 Equivalências de Padrões de Jateamento Tipos de Preparação de Superfície Graus de Preparação ISO SSPC N-9 NACE Com Ferramentas Mecânicas St-2 SSPC-SP-2 St-2 Limpeza Mecânica St-3 SSPC-SP-3 St-3 Com Jateamento Abrasivo Brushoff Sa 1 SSPC-SP-7 Sa 1 Nace 4 Comercial Sa 2 SSPC-SP-6 Sa 2 Nace 3 Metal Quase Branco Sa 2 ½ SSPC-SP-10 Sa 2 ½ Nace 2 Metal Branco Sa 3 SSPC-SP-5 Sa 3 Nace 1 15

16 Altura de Perfil de Rugosidade em Função da Granulometria e tipo de Abrasivo NBR Tipo de Abrasivo Escória do Cobre Grosso # 12/40 Médio # 18/40 Fino # 40 Granalha de Aço Angular G-14 G-25 G-40 G-50 Granalha de Aço Esférica S-390 S-330 S-280 S-230 Óxido de Alumínio Sinterizado Angular # 8/16 # 12/20 # 20/40 Óxido de Alumínio Sinterizado Esférica # 8/16 # 12/20 # 20/40 Abrasivo com Esponja Com G-40 Com Óxido de Alumínio 16 Com Óxido de Alumínio 30 Altura Máxima do Perfil (µm)

17 13. Testes Contaminantes Granulometria Perfil de Rugosidade 14. Preparação de Superfície - Alternativa Jateamento com Abrasivo Úmido Jateamento com Abrasivo Solúvel Vacuum Blast Hollo Blast e Spin Blast Hidrojateamento Limpeza com baixa pressão < psi Limpeza sob alta pressão 5 a psi Hidrojateamento a alta pressão 10 a Hidrojateamento a ultra alta pressão > ps 15. Hidrojateamento a Ultra Alta Pressão Equipamento Bico Produção Cuidados Padrões de Limpeza (NACE/SSPC) SSPC-SP WJ-1/NACE WJ-1 SSPC-SP WJ-2/NACE WJ-2 SSPC-SP WJ-3/NACE WJ-3 SSPC-SP WJ-4/NACE WJ-4 17

18 15.1 Flash Rust O que é: Sem Flash Rust Flash Rust Leve (L) Flash Rust Moderado (M) Flash Rust Intenso (H) Hidrojateamento 18

19 16. SSPC-SP11 Tratamento mecânico ao metal nu, quando examinada a olho nu, seja livre de contaminantes visíveis como óleo, graxa, poeira, corrosão... Leve resíduo de corrosão e pintura é permitido em fundo de alvéolo. Perfil de rugosidade mínimo de 25 µm. 19

20 AGRADECIMENTO A Associação Brasileira de Corrosão - ABRACO agradece aos seus instrutores pelo apoio na elaboração deste material

Preparação de Superficies

Preparação de Superficies INFORMES TECNICOS Preparação de Superficies Por que é necessário realizar uma correta preparação da superfície antes da aplicação de um revestimento? Uma elevada porcentagem de revestimentos aplicados

Leia mais

NORMA TÉCNICA 1/7 NE-006 PINTURA DE AÇO GALVANIZADO. 1ª Edição 1. OBJETIVO 2. REFERÊNCIAS NORMATIVAS

NORMA TÉCNICA 1/7 NE-006 PINTURA DE AÇO GALVANIZADO. 1ª Edição 1. OBJETIVO 2. REFERÊNCIAS NORMATIVAS Título: NORMA TÉCNICA PINTURA DE AÇO GALVANIZADO Aprovação Subcomitê de Manutenção das Empresas Eletrobras - SCMT Vigência 10.03.2016 1/7 NE-006 1ª Edição 1. OBJETIVO 2. REFERÊNCIAS NORMATIVAS 2.1 Das

Leia mais

PINTURA INTERNA DE TANQUES DE ÁGUA POTÁVEL PROCEDIMENTO RECOMENDADO

PINTURA INTERNA DE TANQUES DE ÁGUA POTÁVEL PROCEDIMENTO RECOMENDADO PINTURA INTERNA DE TANQUES DE ÁGUA POTÁVEL PROCEDIMENTO RECOMENDADO 1. Escopo 2. Preparo de Superfície 2.1 Aço Carbono 2.2 Concreto Novo 2.3 Concreto Usado 3. Procedimento de Pintura 3.1 Check list sobre

Leia mais

FR (REV. 00) TECHLACK 0226

FR (REV. 00) TECHLACK 0226 TECHLACK 0226 É um primer universal monocomponente, formulado a partir de resinas especiais e pigmentos inibidores de corrosão balanceados adequadamente, para conferir excelente aderência e proteção anticorrosiva.

Leia mais

NORMA TÉCNICA 1/9 NE-006 PINTURA DE AÇO GALVANIZADO 1. OBJETIVO 2. REFERÊNCIAS NORMATIVAS

NORMA TÉCNICA 1/9 NE-006 PINTURA DE AÇO GALVANIZADO 1. OBJETIVO 2. REFERÊNCIAS NORMATIVAS Título: NORMA TÉCNICA Aprovação Comissão de Política Tecnológica das Empresas Eletrobras CPT 1/9 NE-006 Vigência 15.10.2018 2ª Edição 1. OBJETIVO 2. REFERÊNCIAS NORMATIVAS 2.1 Das Empresas Eletrobras 2.2

Leia mais

EXECUÇÃO DE ESTRUTURAS EM AÇO

EXECUÇÃO DE ESTRUTURAS EM AÇO CONSTRUÇÃO CIVIL III TC 038 EXECUÇÃO DE ESTRUTURAS EM AÇO PROF. ANA PAULA BRANDÃO CAPRARO 10/04 12/04 17/04 19/04 24/04 26/04 03/05 08/05 HISTÓRICO ESTRUTURAS METÁLICAS DETALHES CONSTRU. ESTRUTURAS METÁLICAS

Leia mais

FR (REV. 00) TECHLACK 0150

FR (REV. 00) TECHLACK 0150 TECHLACK 0150 Primer Standard a base de resina alquídica, monocomponente, de aspecto fosco, formulado com pigmentos atóxicos, que proporciona ótima aderência às superfícies metálicas, rápida secagem, de

Leia mais

Calendário e programas dos cursos Sherwin-Williams

Calendário e programas dos cursos Sherwin-Williams Calendário e programas dos cursos Sherwin-Williams 2017 CTS Curso Técnico Sumaré (A Pintura na Proteção Anticorrosiva) TIP Treinamento sobre Inspeção de Pintura CPM Curso para o Pintor Mestre ETA Curso

Leia mais

Padrões Visuais Fotográficos de Limpeza de Superfícies Análise Crítica e Discussão Técnica. Autores: Celso Gnecco & Segehal Matsumoto

Padrões Visuais Fotográficos de Limpeza de Superfícies Análise Crítica e Discussão Técnica. Autores: Celso Gnecco & Segehal Matsumoto Padrões Visuais Fotográficos de Limpeza de Superfícies Análise Crítica e Discussão Técnica Autores: Celso Gnecco & Segehal Matsumoto ISO 8501-1:2007 Livro do Grau de Enferrujamento The Rust Grade book

Leia mais

MONTAGEM INDUSTRIAL UNIDADE V PINTURA

MONTAGEM INDUSTRIAL UNIDADE V PINTURA MONTAGEM INDUSTRIAL UNIDADE V PINTURA Pintura industrial A pintura industrial constitui-se no método de proteção anticorrosiva de maior utilização na vida moderna. Pela sua simplicidade, proteger por pintura

Leia mais

FR (REV. 00) TECHMASTIC 2180 HS

FR (REV. 00) TECHMASTIC 2180 HS TECHMASTIC 2180 HS Primer e Acabamento epóxi modificado, de dois componentes, de alta espessura, altos sólidos e baixo VOC. Contém pigmentos anticorrosivos atóxicos, é de fácil aplicação, proporciona ótimo

Leia mais

FR (REV. 00) TECHMASTIC 2179

FR (REV. 00) TECHMASTIC 2179 TECHMASTIC 2179 Primer Acabamento epóxi de dois componentes de cura muito rápida, baixo VOC, alta espessura, altos sólidos, com excelentes propriedades de retenção em arestas, quinas e cantos vivos. Contém

Leia mais

SAC 0800-VEDACIT DEMAIS DEPARTAMENTOS (11) DE SEGUNDA A SEXTA DAS 8H ÀS 17H45

SAC 0800-VEDACIT DEMAIS DEPARTAMENTOS (11) DE SEGUNDA A SEXTA DAS 8H ÀS 17H45 Produto ARMATEC ZN é um primer anticorrosivo, elaborado à base de resina sintética com cromato de zinco, que oferece alto poder inibidor de corrosão, proporcionando desse modo efetiva proteção aos metais.

Leia mais

FR (REV. 00) TECHZINC 0170 N

FR (REV. 00) TECHZINC 0170 N TECHZINC 0170 N Primer ou tinta de fundo epóxi poliamida rico em zinco, de dois componentes. O produto oferece proteção catódica (anticorrosiva) ao aço carbono, através de ação galvânica do pigmento metálico

Leia mais

Tecnologias de Revestimentos Anti- Corrosivos e Tratamento de Superfície 2011

Tecnologias de Revestimentos Anti- Corrosivos e Tratamento de Superfície 2011 Tecnologias de Revestimentos Anti- Corrosivos e Tratamento de Superfície 2011 Joaquim Pereira Quintela PETROBRAS/CENPES Victor Solymossy PETROBRAS/CENPES Sumário Tecnologias Disponibilizadas Revestimentos

Leia mais

FR (REV. 00) TECHHEAT 0140

FR (REV. 00) TECHHEAT 0140 TECHHEAT 0140 É um Primer ou Tinta de Fundo monocomponente a base de resina acrílica e silicone, com aspecto fosco, de fácil aplicação e especialmente formulado com pigmento inorgânico resistente à temperatura

Leia mais

FR (REV. 00) TECHLACK 2242

FR (REV. 00) TECHLACK 2242 TECHLACK 2242 Primer Acabamento alquídico modificado brilhante, monocomponente, de secagem rápida. Formulado com pigmentos anticorrosivos atóxicos, dispensando a aplicação de um primer e reduzindo os gastos

Leia mais

FR413 (REV. 01) TECHPHEN 3198 N

FR413 (REV. 01) TECHPHEN 3198 N TECHPHEN 3198 N Tinta Epóxi Novolac curada com poliamina, de dois componentes e alta espessura. Proporciona excelente resistência química incluindo diversos solventes, ótima resistência anticorrosiva,

Leia mais

FR (REV. 00) TECHTHANE 0143 AR

FR (REV. 00) TECHTHANE 0143 AR TECHTHANE 0143 AR Primer poliuretano aromático, de dois componentes e de secagem muito rápida. É um Primer de excelente poder de cobertura, alta dureza e flexibilidade, formulado com pigmentos inibidores

Leia mais

Ficha Técnica de Produto. Industran Acabamento Poliuretano

Ficha Técnica de Produto. Industran Acabamento Poliuretano 01/04 Industran Acabamento Poliuretano Composição Básica Componente A: Resina alquídica hidroxilada, pigmentos orgânicos e inorgânicos, xilol, solventes oxigenados e aditivos. Pode conter opcionalmente

Leia mais

CADERNO DE ENCARGOS INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO/ CAMPUS PINHEIRAL

CADERNO DE ENCARGOS INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO/ CAMPUS PINHEIRAL CADERNO DE ENCARGOS INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO/ CAMPUS PINHEIRAL OBJETO: Contratação de Empresa para Obra de Reforma e Manutenção Predial das Edificações do Campus

Leia mais

FR (REV. 00) TECHMASTIC 2168

FR (REV. 00) TECHMASTIC 2168 TECHMASTIC 2168 Primer e acabamento (Dupla Função) epóxi poliamida, de alta espessura e pigmentação Anticorrosiva, de dois componentes, de secagem rápida, excelente aderência ao aço carbono e ao concreto

Leia mais

WEGPOXI BLOCK N 2912 TIPO I

WEGPOXI BLOCK N 2912 TIPO I WEGPOXI BLOCK N 2912 TIPO I DESCRIÇÃO DO PRODUTO: Primer Epóxi Novolac alta espessura, bicomponente. Proporciona excelente resistência química incluindo diversos solventes, ótima resistência anticorrosiva

Leia mais

FR413 (REV. 01) TECHCRIL 3152 ACETINADO

FR413 (REV. 01) TECHCRIL 3152 ACETINADO TECHCRIL 3152 ACETINADO Techcril 3152 Acetinado é uma tinta acrílica base solvente, monocomponente, de fácil aplicação a rolo, pistola e airless spray, desenvolvida para a pintura de pisos e faixas de

Leia mais

ABNT NBR 15239 NORMA BRASILEIRA. Tratamento de superfícies de aço com ferramentas manuais e mecânicas

ABNT NBR 15239 NORMA BRASILEIRA. Tratamento de superfícies de aço com ferramentas manuais e mecânicas NORMA BRASILEIRA ABNT NBR 15239 Primeira edição 29.07.2005 Válida a partir de 29.08.2005 Tratamento de superfícies de aço com ferramentas manuais e mecânicas Steel surfaces treatment by manual and mechanical

Leia mais

Norma Técnica SABESP NTS 154

Norma Técnica SABESP NTS 154 Norma Técnica SABESP NTS 154 Esquema de pintura para equipamentos e materiais em aço-carbono ou ferro fundido novos instalados em ambiente não-agressivo Especificação São Paulo Maio - 2001 NTS 154 : 2001

Leia mais

Boletim Técnico NAVALPOXI 288 AL

Boletim Técnico NAVALPOXI 288 AL DESCRIÇÃO DO PRODUTO: Primer Epóxi de alto sólido, de dois componentes, pigmentado com alumínio e de baixo VOC. Compatível com diversos substratos e pode ser aplicada em uma demão de alta espessura, a

Leia mais

Painel: Corrosão em Ativos de Geração

Painel: Corrosão em Ativos de Geração Painel: Corrosão em Ativos de Geração A Corrosão em Linhas de Transmissão e Subestações Alberto P. Ordine, Cristina C. Amorim, Elber V. Bendinelli, Marcos M. Sá Centro de Pesquisas de Energia Elétrica

Leia mais

AVALIAÇÃO DO PERFIL DE RUGOSIDADE OBTIDO COM NOVOS ABRASIVOS

AVALIAÇÃO DO PERFIL DE RUGOSIDADE OBTIDO COM NOVOS ABRASIVOS AVALIAÇÃO DO PERFIL DE RUGOSIDADE OBTIDO COM NOVOS ABRASIVOS CT TMEC 073/09 PESQUISA, DESENVOLVIMENTO DE PRODUÇÃO Tecnologia de Materiais, Equipamentos e Corrosão Dezembro/2009 CENTRO DE PESQUISAS E DESENVOLVIMENTO

Leia mais

FR (REV. 00) TECHPOXI 0180 N

FR (REV. 00) TECHPOXI 0180 N TECHPOXI 0180 N Primer ou tinta de fundo epóxi poliamida bicomponente de alto teor de sólidos, de baixo conteúdo de compostos orgânicos voláteis (Low VOC), de alta espessura, de alto desempenho anticorrosivo,

Leia mais

Norma Técnica SABESP NTS 155

Norma Técnica SABESP NTS 155 NTS 155 Esquema de pintura para equipamentos e materiais metálicos não-ferrosos instalados em ambiente não-agressivo Especificação São Paulo Maio - 2001 NTS 155 : 2001 S U M Á R I O 1 OBJETIVO...1 2 APLICABILIDADE...1

Leia mais

Approved. Propriedade Exame/Padrão Descrição Sólidos por volume ISO 3233 Nível de brilho (GU 60 ) ISO 2813

Approved. Propriedade Exame/Padrão Descrição Sólidos por volume ISO 3233 Nível de brilho (GU 60 ) ISO 2813 Approved 32222;32223;35142 1 32222 epoxi composto ^(ValidationDate) 1 Descrição do produto Esta é uma tinta de epoxi composto de dois componentes reforçada com flocos de vidro. É resistente à calor até

Leia mais

FR (REV. 00) TECHTHANE 2138

FR (REV. 00) TECHTHANE 2138 TECHTHANE 2138 Primer e Acabamento poliuretano acrílico alifático, de dois componentes, de rápida secagem e de fácil aplicação. Oferece excelente aderência sobre aço carbono, ótima retenção de cor e brilho,

Leia mais

ANÁLISE DOS SERVIÇOS DE DOCAGEM

ANÁLISE DOS SERVIÇOS DE DOCAGEM CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTADUAL DA ZONA OESTE CURSO DE TECNOLOGIA EM CONSTRUÇÃO NAVAL TAILAND OLIVEIRA DE AMORIM ANÁLISE DOS SERVIÇOS DE DOCAGEM RIO DE JANEIRO 2010 1. INTRODUÇÃO O processo de docagem é

Leia mais

Revestimentos Anticorrosivos por Pintura. Victor Solymossy Gerson Vianna Andre Koebsch. Dezembro / 2013

Revestimentos Anticorrosivos por Pintura. Victor Solymossy Gerson Vianna Andre Koebsch. Dezembro / 2013 Novas Tecnologias de Tintas e Revestimentos Anticorrosivos por Pintura Joaquim Pereira Quintela Victor Solymossy Gerson Vianna Andre Koebsch Dezembro / 2013 PRESENTE PRESENTE NORMAS PETROBRAS x NORMAS

Leia mais

Corrosão e Proteção Anticorrosiva para Equipes de Manutenção e de Projeto do Setor Elétrico

Corrosão e Proteção Anticorrosiva para Equipes de Manutenção e de Projeto do Setor Elétrico Corrosão e Proteção Anticorrosiva para Equipes de Manutenção e de Projeto do Setor Elétrico Alberto Pires Ordine Cristina da Costa Amorim Elber Vidigal Bendinelli Marcos Martins de Sá Corrosão e Proteção

Leia mais

Propriedade Exame/Padrão Descrição AGENTE DE CURA PADRÃO. brilho (70-85) Ponto de fulgor ISO 3679 Method 1 76 C calculado VOC-EU

Propriedade Exame/Padrão Descrição AGENTE DE CURA PADRÃO. brilho (70-85) Ponto de fulgor ISO 3679 Method 1 76 C calculado VOC-EU Approved 22520;22540;33902 1,2 22520 epóxi ^(ValidationDate) 1 Descrição do produto Esta é uma tinta epóxi sem solvente bicomponente curada com poliamina. É um produto tolerante à superfície que pode ser

Leia mais

RECOMENDAÇÕES DE USO: Indicado como primer anticorrosivo em estruturas e equipamentos sujeitos a ambientes altamente agressivos.

RECOMENDAÇÕES DE USO: Indicado como primer anticorrosivo em estruturas e equipamentos sujeitos a ambientes altamente agressivos. LACKPOXI N 1277 DESCRIÇÃO DO PRODUTO: Primer epóxi poliamida bicomponente rico em zinco. O produto oferece proteção anticorrosiva ao aço carbono, através de ação galvânica do pigmento metálico de zinco.

Leia mais

PINTURA INDUSTRIAL. Revisão: 02 Data Emissão: 19/08/2011 Data Revisão: 15/05/2017 Página: 1 de 8 HISTÓRICO DAS REVISÕES.

PINTURA INDUSTRIAL. Revisão: 02 Data Emissão: 19/08/2011 Data Revisão: 15/05/2017 Página: 1 de 8 HISTÓRICO DAS REVISÕES. Revisão: 02 Data Emissão: 19/08/2011 Data Revisão: 15/05/2017 Página: 1 de 8 Cargo(s) Executante(s) Profissional responsável da CONTRATADA / Engenheiro da COPEM. HISTÓRICO DAS REVISÕES Nº da Revisão 00

Leia mais

Approved. Propriedade Exame/Padrão Descrição Sólidos por volume ISO 3233 Nível de brilho (GU 60 ) ISO 2813

Approved. Propriedade Exame/Padrão Descrição Sólidos por volume ISO 3233 Nível de brilho (GU 60 ) ISO 2813 Approved 1505;1506 1 1505 epóxi fenólico/ novolac ^(ValidationDate) 1 Descrição do produto Esta é uma tinta epóxi fenólico/novolac de dois componentes curada com poliamina. É resistente à calor até 205

Leia mais

FR (REV. 00) TECHHEAT 3148 PRETO BRILHANTE

FR (REV. 00) TECHHEAT 3148 PRETO BRILHANTE TECHHEAT 3148 PRETO BRILHANTE Tinta de acabamento monocomponente a base de silicone modificado, na cor preto, resistente à temperatura de até 600ºC. Recomendado apenas para aplicação diretamente sobre

Leia mais

Estudo comparativo de custo-rendimento entre granalha de aço e escória

Estudo comparativo de custo-rendimento entre granalha de aço e escória INFORMES TECNICOS Estudo comparativo de custo-rendimento entre granalha de aço e escória Para uso em processos de jateamento, limpeza e acabamento superficial Nesta nota se compara a utilização entre a

Leia mais

640g/l Prazo de Validade 12 meses a 25ºC Componente A. Espessura por demão Rendimento teórico Resistência ao calor seco Secagem

640g/l Prazo de Validade 12 meses a 25ºC Componente A. Espessura por demão Rendimento teórico Resistência ao calor seco Secagem WEGZINC 401 DESCRIÇÃO DO PRODUTO: Shop primer de Etil Silicato de Zinco, bicomponente, proporciona boa proteção anticorrosiva mesmo após aquecimento de até 800 C. Não interfere no processo de soldagem,

Leia mais

FR (REV. 00) TECHMASTIC 2177 WT

FR (REV. 00) TECHMASTIC 2177 WT TECHMASTIC 2177 WT Primer e acabamento (Dupla Função) epóxi poliamida, de alta espessura, de dois componentes, especialmente formulado para contato com água potável a temperatura ambiente. Atende Resolução

Leia mais

W-LACK DF BR ALUMÍNIO 30200

W-LACK DF BR ALUMÍNIO 30200 W-LACK DF BR ALUMÍNIO 30200 DESCRIÇÃO DO PRODUTO: Primer e Acabamento a base de resina alquidica modificada, de secagem rápida. RECOMENDAÇÕES DE USO: Indicado para pintura de estruturas metálicas, implementos

Leia mais

Boletim Técnico NAVALPOXI 680

Boletim Técnico NAVALPOXI 680 DESCRIÇÃO DO PRODUTO: Revestimento epóxi sem solventes, de dois componentes, de alto desempenho, tolerante à superfície, que pode ser aplicado como um sistema de uma ou mais demão sobre superfícies de

Leia mais

GERANDO PERFIL DE ANCORAGEM COM HIDROJATEAMENTO A PRESSÃO ULTRA ELEVADA

GERANDO PERFIL DE ANCORAGEM COM HIDROJATEAMENTO A PRESSÃO ULTRA ELEVADA GERANDO PERFIL DE ANCORAGEM COM HIDROJATEAMENTO A PRESSÃO ULTRA ELEVADA www.zirtec.com.br A Zirtec é especializada em Preparação e Acabamento de Superfície. Representa empresas líderes do setor, é fabricante

Leia mais

# $ %&' ( ) # " # % " *! " $ % + (, " $ - & "! "! " $ %&. ' ( ) #! " $ %' & +!

# $ %&' ( ) #  # %  *!  $ % + (,  $ - & ! !  $ %&. ' ( ) #!  $ %' & +! / 0 1 0 2 5 4 4 0 3 4 4 ORIGINAL REV. A REV. B REV. C REV. D REV. E REV. F REV. G DATA 01.09.99 01.09.99 10.07.00 EXECUÇÃO J.S. J.S. J.S. VERIFICAÇÃO J.S. J.S. J.S. APROVAÇÃO 6 1.0 0BJETIVO O objetivo

Leia mais

W-LACK PRIMER OCEANO 395

W-LACK PRIMER OCEANO 395 W-LACK PRIMER OCEANO 395 DESCRIÇÃO DO PRODUTO: RECOMENDAÇÕES DE USO: Primer alquidico monocomponente, de secagem rápida e de alta espessura. Indicado para pintura de obras novas, manutenção e reparos em

Leia mais

Approved. alumínio, cinza claro (N6.5), branco (N9.5), óxido de ferro (10R3/6), outras cores definadas na norma Petrobras N-1219.

Approved. alumínio, cinza claro (N6.5), branco (N9.5), óxido de ferro (10R3/6), outras cores definadas na norma Petrobras N-1219. Approved 22520;22540 1,2 22520 epóxi ^(ValidationDate). 1 Descrição do produto Esta é uma tinta epóxi sem solvente bicomponente curada com poliamina. É um produto tolerante à superfície que pode ser aplicado

Leia mais

SINTECOAT IZ100. USOS - Proteção anticorrosiva especialmente indicada em áreas de severas condições de corrosão.

SINTECOAT IZ100. USOS - Proteção anticorrosiva especialmente indicada em áreas de severas condições de corrosão. SINTECOAT IZ100 DESCRIÇÃO Zinco silicato Inorgânico de auto cura, com um alto conteúdo de zinco metálico que atua como ânodo de sacrifício, protegendo o aço da corrosão por períodos muito prolongados.

Leia mais

A Importância das Tintas Ricas em Zinco no Desempenho dos Esquemas de Pintura

A Importância das Tintas Ricas em Zinco no Desempenho dos Esquemas de Pintura A Importância das Tintas Ricas em Zinco no Desempenho dos Esquemas de Pintura Cristina Amorim Marcos Sá Fernando Fragata Participação Especial Eng. Sebastião Alves Gerente de Pesquisa e Desenvolvimento

Leia mais

FR413 (REV. 01) TECHPHEN 2175

FR413 (REV. 01) TECHPHEN 2175 TECHPHEN 2175 Primer Acabamento epóxi fenólico curado com poliamina, de dois componentes e alta espessura. Proporciona excelente resistência química incluindo diversos solventes, ótima resistência anticorrosiva,

Leia mais

FR (REV. 00) TECHHEAT 3134

FR (REV. 00) TECHHEAT 3134 TECHHEAT 3134 Tinta de acabamento monocomponente a base de silicone modificado, resistente a temperatura de até 600 C, podendo ser aplicado diretamente sobre o aço carbono ou sobre primer inorgânico de

Leia mais

Fundo Laranja Cor Zarcão. Indicado para inibir a ferrugem de superfícies internas e externas de materiais ferrosos.

Fundo Laranja Cor Zarcão. Indicado para inibir a ferrugem de superfícies internas e externas de materiais ferrosos. BOLETIM TÉCNICO FR413-00 (REV. 03) Fundo Laranja Cor Zarcão É um fundo sintético anticorrosivo, com a função de inibir a ferrugem em metais ferrosos protegendo por mais tempo o acabamento. Tem ótimo rendimento,

Leia mais

Equipamentos de Jateamento Portátil GPV30 Paredes Vertical

Equipamentos de Jateamento Portátil GPV30 Paredes Vertical INFORMES TECNICOS Equipamentos de Jateamento Portátil GPV30 Paredes Vertical O sistema de jateamento portátil vertical, por turbinas centrífuga modelo GPV30, além de ser um processo econômico, rápido e

Leia mais

Curso de jateamento industrial. Parte 05

Curso de jateamento industrial. Parte 05 Curso de jateamento industrial Parte 05 1. Tipos de Abrasivos Os abrasivos mais usados em operações de jateamento são: areia, granalhas de aço e óxido de alumínio a. Areia A areia é um abrasivo natural,

Leia mais

DESCUBRA QUAIS AS FERRAMENTAS E ACESSÓRIOS VOCÊ PRECISA PARA TRATAR AÇO ANTES DE PINTAR

DESCUBRA QUAIS AS FERRAMENTAS E ACESSÓRIOS VOCÊ PRECISA PARA TRATAR AÇO ANTES DE PINTAR DESCUBRA QUAIS AS FERRAMENTAS E ACESSÓRIOS VOCÊ PRECISA PARA TRATAR AÇO ANTES DE PINTAR 2 3 Sumário 1 FERRAMENTAS MANUAIS:... 5 Lixa... 5 Espátula... 6 Raspador de Tinta... 7 Escovas de aço ou latão...

Leia mais

ADEPOXI 1277 PRIMER TINTA FUNDO EPOXI-PÓ DE ZINCO AMIDA CURADA

ADEPOXI 1277 PRIMER TINTA FUNDO EPOXI-PÓ DE ZINCO AMIDA CURADA DESCRIÇÃO DO PRODUTO ADEPOXI 1277 PRIMER Primer Epóxi de dois componentes, rico em zinco, com 92% de zinco na película seca Para proteção anticorrosiva em condições severas de maresia e intemperismo Seu

Leia mais

WEGPOXI BLOCK N 2912 TIPO I

WEGPOXI BLOCK N 2912 TIPO I WEGPOXI BLOCK N 2912 TIPO I DESCRIÇÃO DO PRODUTO: Primer Epóxi Novolac alta espessura, bi-componente. Proporciona excelente resistência química incluindo diversos solventes, ótima resistência anticorrosiva

Leia mais

Norma Técnica SABESP NTS 158

Norma Técnica SABESP NTS 158 Norma Técnica SABESP NTS 158 Esquema de pintura para equipamentos e materiais metálicos não-ferrosos em contato direto com esgoto Especificação São Paulo Rev. 1 - Outubro - 2001 NTS 158 : 2001 Norma Técnica

Leia mais

FR (REV. 00) TECHHEAT 3122

FR (REV. 00) TECHHEAT 3122 TECHHEAT 3122 Tinta de acabamento monocomponente a base de silicone modificado, pigmentação termicamente estável e resistente à temperatura de até 260ºC. Não é recomendado a aplicação sobre primer inorgânico

Leia mais

Norma Técnica SABESP NTS 156

Norma Técnica SABESP NTS 156 Norma Técnica SABESP NTS 156 Esquema de pintura para equipamentos e materiais em aço-carbono ou ferro fundido pintados e instalados em ambiente não-agressivo Especificação São Paulo Maio - 2001 NTS 156

Leia mais

ADEPOXI 70 TL PRIMER

ADEPOXI 70 TL PRIMER DESCRIÇÃO DO PRODUTO Revestimento anticorrosivo epóxi de alto sólidos de excelente resistência química e adesão. Especialmente desenvolvido como primer em sistemas de pintura interna de tanques. PRINCIPAIS

Leia mais

Avaliação do Método de Preparação de Superfície por Meio de Laser, em Comparação com os Métodos Tradicionais de Limpeza.

Avaliação do Método de Preparação de Superfície por Meio de Laser, em Comparação com os Métodos Tradicionais de Limpeza. Avaliação do Método de Preparação de Superfície por Meio de Laser, em Comparação com os Métodos Tradicionais de Limpeza Fernando Fragata Empresas Colaboradoras / Parceiras André M. Araújo & Hilson Júnior

Leia mais

Reparos em sistemas de pintura externa com revestimentos de alta espessura. Ações que dão mais eficiência e durabilidade aos serviços de campo

Reparos em sistemas de pintura externa com revestimentos de alta espessura. Ações que dão mais eficiência e durabilidade aos serviços de campo Reparos em sistemas de pintura externa com revestimentos de alta espessura. Ações que dão mais eficiência e durabilidade aos serviços de campo Diego G. Hita / Pablo A Hita Organização: Patrocínio: HITA

Leia mais

SHOP PRIMER SILICATO ZINCO N 1841

SHOP PRIMER SILICATO ZINCO N 1841 SHOP PRIMER SILICATO ZINCO N 1841 DESCRIÇÃO DO PRODUTO: Tinta de etil silicato inorgânico de zinco bicomponente de baixa espessura. Atende a Norma Petrobrás N 1841. RECOMENDAÇÕES DE USO: Primer anticorrosivo

Leia mais

Organização: REVESTIMENTOS MONOCAMADA VpCI ALUMÍNIO DE LONGA DURABILIDADE NANO TECNOLOGIA DE INIBIDOES DE CORROSÃO POR VAPOR

Organização: REVESTIMENTOS MONOCAMADA VpCI ALUMÍNIO DE LONGA DURABILIDADE NANO TECNOLOGIA DE INIBIDOES DE CORROSÃO POR VAPOR Organização: REVESTIMENTOS MONOCAMADA VpCI ALUMÍNIO DE LONGA DURABILIDADE NANO TECNOLOGIA DE INIBIDOES DE CORROSÃO POR VAPOR REVESTIMENTOS MONOCAMADA VpCI ALUMÍNIO DE LONGA DURABILIDADE NANO TECNOLOGIA

Leia mais

Profª M.Sc. Thaísa Rocha ESTRUTURAS METÁLICAS PREPARO E PINTURA 23/03/2018

Profª M.Sc. Thaísa Rocha ESTRUTURAS METÁLICAS PREPARO E PINTURA 23/03/2018 UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO DE CONSTRUÇÃO CIVIL CONSTRUÇÃO CIVIL III (TC-038) ESTRUTURAS METÁLICAS PREPARO E PINTURA Generalidades Preparar a superfície do aço significa executar operações

Leia mais

MAZA PRODUTOS QUIMICOS LTDA.

MAZA PRODUTOS QUIMICOS LTDA. PRODUTO: MAZAPOXI M288 CÓD. 51002288 Boletim Técnico Maza DESCRIÇÃO DO PRODUTO: Primer epóxi poliamina bicomponente, pigmentado com alumínio. Tolerante a superfícies tratadas com limpeza manual ou mecânica.

Leia mais

Organização: Tecnologia em Revestimentos

Organização: Tecnologia em Revestimentos Organização: Tecnologia em Revestimentos Revestimento Epóxi Novolac de Alto Desempenho à Corrosão para Aplicação em Superfícies Ferrosas Preparadas por Meio de Ferramentas Mecânicas, nos Serviços de Manutenção

Leia mais

Para proteção inicial de aço carbono sem carepa de laminação e quando este apresenta corrosão e torna-se impraticável o jateamento abrasivo.

Para proteção inicial de aço carbono sem carepa de laminação e quando este apresenta corrosão e torna-se impraticável o jateamento abrasivo. LACKPOXI N 2288 DESCRIÇÃO DO PRODUTO RECOMENDAÇÕES DE USO Primer epóxi poliamina bicomponente, pigmentado com alumínio. Tolerante a superfícies tratadas com limpeza manual ou mecânica. Revestimento anticorrosivo

Leia mais

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Tintas Soluções para Energia

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Tintas Soluções para Energia Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Tintas Soluções para Energia Soluções para Usinas Hidrelétricas ERD 33 Tinta epóxi poliamida, de alto teor de sólidos Revestimento aplicável

Leia mais

PINTURA & ACABAMENTOS

PINTURA & ACABAMENTOS PINTURA & ACABAMENTOS 01/05/2005 Pag.: 1 de 12 LEGENDA TXE-123 PIE-100 primer anti-corrosivo epoxi primer de aderência - epoxi isocianato PAE-200 primer selador epoxi de alta espessura SELADORA VLU-400

Leia mais

W-POXI PRIMER 717 IATE

W-POXI PRIMER 717 IATE W-POXI PRIMER 717 IATE DESCRIÇÃO DO PRODUTO: Primer epóxi bicomponente, de alta espessura e prolongado intervalo de repintura. Compatível com acabamentos epóxis, poliuretanos e alquídicos. RECOMENDAÇÕES

Leia mais

ADEPOXI 878 PRIMER DESCRIÇÃO DO PRODUTO PRINCIPAIS USOS E CARACTERISTICAS ESPECIFICAÇÕES TECNICAS

ADEPOXI 878 PRIMER DESCRIÇÃO DO PRODUTO PRINCIPAIS USOS E CARACTERISTICAS ESPECIFICAÇÕES TECNICAS DESCRIÇÃO DO PRODUTO Revestimento anticorrosivo epóxi de alto sólidos de dois componentes. Apresenta vantagens com relação aos produtos tradicionais por permitir aplicação em alta espessura com baixo VOC

Leia mais

FR (REV. 00) TECHZINC 0160 N

FR (REV. 00) TECHZINC 0160 N TECHZINC 0160 N Primer inorgânico à base de etil silicato rico em zinco, de dois componentes, para proteção anticorrosiva em condições severas de maresia e intemperismo. Seu alto teor de zinco metálico

Leia mais

Norma Técnica SABESP NTS 157

Norma Técnica SABESP NTS 157 Norma Técnica SABESP NTS 157 Esquema de pintura para equipamentos e materiais em aço carbono ou ferro fundido novos em contato direto com esgoto Especificação São Paulo Rev.1 - Outubro - 2001 NTS 157 :

Leia mais

W-LACK HPD 151 Balde (20 L) W-LACK HPD 151 Galão (3,6 L) Sólidos por Volume Prazo de Validade Espessura por demão Rendimento teórico

W-LACK HPD 151 Balde (20 L) W-LACK HPD 151 Galão (3,6 L) Sólidos por Volume Prazo de Validade Espessura por demão Rendimento teórico W-LACK HPD 151 DESCRIÇÃO DO PRODUTO: Fundo acabamento a base de resina alquidica modificada, monocomponente de excelente proteção anticorrosiva. Itens que atendem Diretiva Rohs possuem a descrição R na

Leia mais

WEGPOXI WET SURFACE 89 PW ALUMINIO

WEGPOXI WET SURFACE 89 PW ALUMINIO WEGPOXI WET SURFACE 89 PW ALUMINIO DESCRIÇÃO DO PRODUTO: Primer acabamento epóxi bicomponente, de alto sólidos, alta espessura e com pigmentação anticorrosiva a base de alumínio, proporcionando maior proteção

Leia mais

WEGPOXI WET SURFACE 89 PW ALUMINIO

WEGPOXI WET SURFACE 89 PW ALUMINIO WEGPOXI WET SURFACE 89 PW ALUMINIO DESCRIÇÃO DO PRODUTO RECOMENDAÇÕES DE USO Primer epóxi poliamina bicomponente, de alto sólidos, alta espessura e com pigmentação anticorrosiva a base de alumínio, proporcionando

Leia mais

PRIMER PU ACRILICO AZUL CNH 49680

PRIMER PU ACRILICO AZUL CNH 49680 PRIMER PU ACRILICO AZUL CNH 49680 DESCRIÇÃO DO PRODUTO: Primer a base de resina acrílica com pigmentação inibidora de corrosão inerte. Possui secagem rápida. RECOMENDAÇÕES DE USO: Utilizado como primer

Leia mais

ETIL SILICATO ZINCO N 1661 PD

ETIL SILICATO ZINCO N 1661 PD ETIL SILICATO ZINCO N 1661 PD DESCRIÇÃO DO PRODUTO: Tinta de etil silicato inorgânico de zinco bicomponente. Atende a Norma Petrobrás N 1661, oferecendo proteção anticorrosiva galvânica ao aço carbono.

Leia mais

Interprime 222 Alquídico

Interprime 222 Alquídico DESCRIÇÃO DO PRODUTO USO RECOMENDADO Primer anticorrosivo alquídico, monocomponente, de secagem rápida de alta espessura Para proteção anticorrosiva das estruturas de aço e equipamentos industriais. INFORMAÇÃO

Leia mais

Propriedade Exame/Padrão Descrição Sólidos por volume ISO 3233 Nível de brilho (GU 60 ) ISO 2813

Propriedade Exame/Padrão Descrição Sólidos por volume ISO 3233 Nível de brilho (GU 60 ) ISO 2813 Approved 1505;1506 1 1505 epóxi fenólico/ novolac ^(ValidationDate) 1 Descrição do produto Esta é uma tinta epóxi fenólico/novolac de dois componentes curada com poliamina. É resistente à calor até 205

Leia mais

FR413 (REV. 01) TECHPHEN 3178 N

FR413 (REV. 01) TECHPHEN 3178 N TECHPHEN 3178 N Tinta Epóxi Novolac curada com poliamina, de dois componentes e alta espessura. Proporciona excelente resistência química incluindo diversos solventes, ótima resistência anticorrosiva,

Leia mais

BOLETIM TÉCNICO FR413 (REV. 01)

BOLETIM TÉCNICO FR413 (REV. 01) TECHMASTIC 2185 HTS TAR FREE Primer e Acabamento epóxi modificado de dois componentes, isento de alcatrão de hulha, de altos sólidos e baixo VOC, especialmente desenvolvido para proporcionar proteção duradoura

Leia mais

FR (REV. 00) TECHLACK 3135

FR (REV. 00) TECHLACK 3135 TECHLACK 3135 Tinta de Acabamento monocomponente alquídico de secagem rápida. É um produto de alta qualidade e acabamento superior. Fácil de aplicar, possui excelente poder de cobertura e rendimento. Sua

Leia mais

W-ESTER HIDRO SED 701

W-ESTER HIDRO SED 701 W-ESTER HIDRO SED 701 DESCRIÇÃO DO PRODUTO: Primer/acabamento hidrossolúvel a base de resinas alquídica/melamina, cura em estufa. Itens que atendem Diretiva Rohs possuem a descrição R na nomenclatura do

Leia mais

FR (REV. 00) TECHPOXI 0125 N

FR (REV. 00) TECHPOXI 0125 N TECHPOXI 0125 N Primer epóxi isocianato alifático (Shop Primer) de dois componentes, de baixa espessura. Primer de aderência para superfícies não ferrosas, poliéster reforçado com fibra de vidro e para

Leia mais

Approved. Propriedade Exame/Padrão Descrição Sólidos por volume. ISO 3233 Nível de brilho (GU 60 ) ISO 2813

Approved. Propriedade Exame/Padrão Descrição Sólidos por volume. ISO 3233 Nível de brilho (GU 60 ) ISO 2813 Approved 9440;9441 1,2 9440 epóxi ^(ValidationDate) 1 Descrição do produto Esta é uma tinta epoxi de dois componentes sem solvente curada por amina. É especialmente projetado para tanques de água potável.

Leia mais

PRIMER SINTÉTICO SERRALHEIRO

PRIMER SINTÉTICO SERRALHEIRO PRIMER SINTÉTICO SERRALHEIRO DESCRIÇÃO DO PRODUTO: Primer econômico a base de resina alquidica com pigmentação inibidora de corrosão inerte. Possui secagem rápida. RECOMENDAÇÕES DE USO: Utilizado como

Leia mais

RECOMENDAÇÕES DE USO: Utilizado na pintura de máquinas e equipamentos, estruturas metálicas em ambientes de média agressividade.

RECOMENDAÇÕES DE USO: Utilizado na pintura de máquinas e equipamentos, estruturas metálicas em ambientes de média agressividade. W-POXI CVP 315 DESCRIÇÃO DO PRODUTO: Primer epóxi poliamida convencional bicomponente, com pigmentação de fosfato de zinco. Secagem rápida, ótima proteção anticorrosiva, flexibilidade, dureza e isento

Leia mais

Norma Técnica Interna SABESP NTS 040

Norma Técnica Interna SABESP NTS 040 Norma Técnica Interna SABESP NTS 040 Inspeção por líquido penetrante Procedimento São Paulo Julho - 1999 NTS 040 : 1999 Norma Técnica Interna SABESP S U M Á R I O 1 OBJETIVO...1 2 CONDIÇÕES GERAIS...1

Leia mais

WEGPOXI WET SURFACE 88 HT

WEGPOXI WET SURFACE 88 HT WEGPOXI WET SURFACE 88 HT DESCRIÇÃO DO PRODUTO: Primer / Acabamento epóxi poliamina de alta espessura, bicomponente, formulado com pigmentos anticorrosivos para superfície de aço. Produto desenvolvido

Leia mais