Questões que animam a discussão e o pensar sobre a relação Universidade-ambiente-sociedade:

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Questões que animam a discussão e o pensar sobre a relação Universidade-ambiente-sociedade:"

Transcrição

1 2º. Seminário PPGCTIA UFRRJ-UNRC

2 2º. Seminário PPGCTIA UFRRJ-UNRC Questões que animam a discussão e o pensar sobre a relação Universidade-ambiente-sociedade: Qual o papel da Universidade em sua relação com a sociedade e como formadora de profissionais cidadãos, em nível de graduação e de pós-graduação? Como Superar a visão parcializada e dicotomizada de mundo e de sociedade e o reducionismo ainda presente no ambiente universitário?. Como se produzem os sentidos sobre o ambiente natural e construído e sobre as interrelações que perpassam os processos de construção e apropriação do conhecimento sobre sociedadeambiente e educação?

3 Algumas questões instigantes: O que é a Interdisciplinaridade e como ela pode ser mais adequada para a educação e a geração de conhecimento que a visão disciplinar? Que título terão os alunos e como se enquadram nos Concursos já que não são especialistas como os Doutores egressos de Programas disciplinares? Como criar conteúdos interdisciplinares com professores formados em programas disciplinares e com experiências também disciplinares? O que é um conteúdo programático mínimo interdisciplinar, face as diferentes origens e formação dos alunos de cursos e programas disciplinares? 2º. Seminário PPGCTIA UFRRJ-UNRC

4 2º. Seminário PPGCTIA UFRRJ-UNRC O termo interdisciplinaridade significa uma relação de reciprocidade, de mutualidade, que pressupõe uma atitude diferente a ser assumida frente ao problema do conhecimento, ou seja, é a substituição de uma concepção fragmentária para uma concepção unitária de ser humano.

5 A interdisciplinaridade pressupõe: uma atitude de abertura, não preconceituosa, onde todo o conhecimento é igualmente importante, onde o conhecimento individual anula-se frente ao saber universal; uma atitude coerente, sendo que é na opinião crítica do outro que fundamenta-se a opinião particular, supondo uma postura única, engajada e comprometida frente aos fatos da realidade educacional e pedagógica.

6 2º. Seminário PPGCTIA UFRRJ-UNRC "A atitude interdisciplinar nos ajuda a viver o drama da incerteza e da insegurança. Possibilita-nos darmos um passo no processo de libertação do mito do porto seguro. Sabemos o quanto é doloroso descobrirmos os limites de nosso pensamento, mas é preciso que façamos". (Japiassú, 1976).

7 2º. Seminário PPGCTIA UFRRJ-UNRC Compete à universidade criar as condições para que a comunidade científica possa reflectir nos pesados custos sociais que o seu enriquecimento pessoal e científico acarretou para comunidades sociais bem mais amplas. A primeira condição consiste em promover o reconhecimento de outras formas de saber e o confronto comunicativo entre elas.a universidade deve ser um ponto privilegiado de encontro de saberes. (...) (...) A revalorização dos saberes não científicos e a revalorização do próprio saber científico pelo seu papel na criação ou aprofundamento de outros saberes não científicos implicam um modelo que subordine o know-how técnico ao know-how ético e comprometa a comunidade científica existencial, ética e profissionalmente com o impacto da sua aplicação. Boaventura Santos (1996)

8 2º. Seminário PPGCTIA UFRRJ-UNRC Segundo Japiassú, "a interdisciplinaridade caracteriza-se pela intensidade das trocas entre os especialistas e pelo grau de integração real das disciplinas no interior de um mesmo projeto de pesquisa..." Nessa ação a relevância metodológica é indiscutível, "porém é necessário não fazer-se dela um fim, pois interdisciplinaridade não se ensina nem se aprende, apenas vive-se, exerce-se e por isso, exige uma nova Pedagogia..." (Fazenda, 1993).

9 Disciplina - conjunto específico de conhecimentos com suas próprias características sobre o plano do ensino, da formação dos mecanismo, dos métodos, das matérias.

10 Multidisciplina - justaposição de disciplinas diversas, desprovidas de relação aparente entre elas. Ex.: Música + Matemática + História

11 Pluridisciplina - justaposição de disciplinas mais ou menos vizinhas nos domínios do conhecimento. Ex.: domínio científico: Matemática + Física. 2º. Seminário PPGCTIA UFRRJ-UNRC

12 Interdisciplina - interação existente entre duas ou mais disciplinas. Essa interação pode ir da simples comunicação de idéias à integração mútua dos conceitos diretores da epistemologia, da terminologia, da metodologia, dos procedimentos, dos dados e da organização referentes aos ensino e à pesquisa. Um grupo interdisciplinar compõe-se de pessoas que receberam sua formação em diferentes domínios do conhecimento (disciplinas) com seus métodos, conceitos, dados e termos próprios.

13 Transdisciplina - resultado de uma premissa comum a um conjunto de disciplinas, avança para além da concepção disciplinar do conhecimento.

14

15 Mestrado em Gestão e Estratégias em Negócios Ciências Sociais Ciências Biológicas Mestrado em Zootecnia Mestrado em Ciências Veterinárias Geografia Matemática Mestrado em Ciência Política Mestrado Prof. em Sistema de Gestão Mestrado Ciências Farmacêuticas Engenharia Industrial Elétrica Agronomia Mestrado Medicina Veterinária -Neurologia Veterinária Economia Doméstica Mestrado Engenharia Nuclear Mestrado Geoquímica e meio ambiente Ciências Econômicas / Direito Mestrado em Microbiologia Veterinária Administração de Empresas Mestrado - Parasitologia Veterinária Mestrado Engenharia de Produção Mestrado em Ciências Contábeis Engenharia Agrícola Mestrado em Agronegócios - Desenvolvimento Sustentável Zootecnia Ciências Contábeis Mestrado em Biologia Vegetal Farmácia Industrial Mestrado Saúde Pública-Toxicologia Mestrado C. Biológicas Zoologia Medicina Veterinária Comunicação Social Mestrado em Manejo do Solo Mestrado em Engenharia Agrícola Engenharia Florestal Mestrado Intern.Ciências da Educação Mestrado em Geografia Mestrado em Matemática

16 2º. Seminário PPGCTIA UFRRJ-UNRC (...)Conhecer é tarefa de sujeitos, não de objetos. É como sujeito e somente enquanto sujeito, que o Homem pode realmente conhecer. Paulo Freire (1986).

17

CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE CRUZEIRO DE SUL CENTRO DE EDUCAÇÃO E LETRAS

CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE CRUZEIRO DE SUL CENTRO DE EDUCAÇÃO E LETRAS 1 CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE CRUZEIRO DE SUL CENTRO DE EDUCAÇÃO E LETRAS Área de concurso Conteúdos/Disciplinas Vinculadas Perfil do Candidato Perfil dos Membros da Banca Doutorado em Educação Doutorado em

Leia mais

DOCENTE TITULAÇÃO LINHAS DE PESQUISA

DOCENTE TITULAÇÃO LINHAS DE PESQUISA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Secretaria de Profissional e Tecnológica Instituto Federal de, Ciência e Tecnologia de Goiás Câmpus Formosa Departamento das Áreas Acadêmicas TCC - Linhas de pesquisa Professores

Leia mais

ESTADO DO AMAZONAS MUNICÍPIO DE BENJAMIN CONSTANT PREFEITURA MUNICIPAL DE BENJAMIN CONSTANT CONCURSO PÚBLICO Edital n 001/2016 ANEXO I

ESTADO DO AMAZONAS MUNICÍPIO DE BENJAMIN CONSTANT PREFEITURA MUNICIPAL DE BENJAMIN CONSTANT CONCURSO PÚBLICO Edital n 001/2016 ANEXO I ANEXO I REFERÊNCIA / CARGOS / ESCOLARIDADE / CARGA HORÁRIA / VENCIMENTO / VAGAS PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA / VALOR DE INSCRIÇÃO REF. CARGO REQUISITOS MÍNIMOS CARGA HORÁRIA VENCIMENTO FI 01 Auxiliar de

Leia mais

Resultados dos Encontros Paulistas de Professores de Deontologia. Prof. Dr. Patrícia de Carvalho Mastroianni FCFAr-UNESP

Resultados dos Encontros Paulistas de Professores de Deontologia. Prof. Dr. Patrícia de Carvalho Mastroianni FCFAr-UNESP Resultados dos Encontros Paulistas de Professores de Deontologia Prof. Dr. Patrícia de Carvalho Mastroianni FCFAr-UNESP - I Encontro de Professores de Deontologia Farmacêutica - 7 de outubro de 2006, na

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO SECRETARIA DE GESTÃO DE PESSPAS COMISSÃO PERMANENTE ORGANIZADORA DE CONCURSO PÚBLICO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO SECRETARIA DE GESTÃO DE PESSPAS COMISSÃO PERMANENTE ORGANIZADORA DE CONCURSO PÚBLICO EDITAL N. 05/SGP/UFMT/207 ANEXO I - QUADRO DE VAGAS Para as áreas que ofertam vagas reservadas preferencialmente para Pessoa com Deficiência(PcD) ou para Negros, serão aceitas inscrições para ampla concorrência,

Leia mais

EDITAL PROGEP Nº 37, DE 12 DE JUNHO DE 2017.

EDITAL PROGEP Nº 37, DE 12 DE JUNHO DE 2017. EDITAL PROGEP Nº 37, DE 12 DE JUNHO DE 2017. ENMENTO DAS BANCAS DOS CONCURSOS PARA PROFESSORES DA UFMS EDITAIS UFMS/PROGEP Nº 104 E Nº105/2016 E EDITAL UFMS/PROGEP Nº 13/2017 A Fundação Universidade Federal

Leia mais

CURSO DE ENGENHARIA FLORESTAL - UFG/EA, Campus Samambaia - Goiânia, GO. - MATRIZ CURRICULAR - PRÉ- REQUISITO(S) UNID. RESP.

CURSO DE ENGENHARIA FLORESTAL - UFG/EA, Campus Samambaia - Goiânia, GO. - MATRIZ CURRICULAR - PRÉ- REQUISITO(S) UNID. RESP. CURSO DE ENGENHARIA FLORESTAL - UFG/EA, Campus Samambaia - Goiânia, GO. - MATRIZ CURRICULAR - CHTS C H S NÚCLEO NATUREZA 01 5117 Introdução à Engenharia Florestal EA 32 32 00 Específico Obrigatória 02

Leia mais

Quadro 1 Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu por Instituição, Grande Área e por Conceito Atual na CAPES Estado do Rio de Janeiro 2008

Quadro 1 Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu por Instituição, Grande Área e por Conceito Atual na CAPES Estado do Rio de Janeiro 2008 Quadro 1 Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu por Instituição, Grande Área e por Conceito Atual na CAPES Estado do Rio de Janeiro 2008 INSTITUIÇÃO GRANDE ÁREA PROGRAMA MODALIDADE DE CURSO MA DO MP

Leia mais

EXCLUIR, do Anexo Único do referido Edital, as matérias/disciplinas abaixo:

EXCLUIR, do Anexo Único do referido Edital, as matérias/disciplinas abaixo: PORTARIA Nº 0278, de 15 de fevereiro de 2012. O Reitor da UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA UESB, no uso de suas atribuições legais, na forma estabelecida pela Lei Estadual nº 7.176, de 10/09/97,

Leia mais

EDITAL Nº 01, DE 03 DE JANEIRO DE ª RETIFICAÇÃO

EDITAL Nº 01, DE 03 DE JANEIRO DE ª RETIFICAÇÃO Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal do Norte de Minas Gerais Diretora de Educação a Distância EDITAL Nº 01, DE 03 DE JANEIRO DE 2017 2ª RETIFICAÇÃO

Leia mais

Pós-Graduação. Ampliação da abrangência da pós-graduação da UFMG, através de mudanças

Pós-Graduação. Ampliação da abrangência da pós-graduação da UFMG, através de mudanças Pós-Graduação Ampliação da abrangência da pós-graduação da UFMG, através de mudanças Na concepção do processo seletivo, de modo a ampliar a abrangência regional e nacional da pós-graduação; Número de Alunos

Leia mais

ANEXO I EDITAL PRORH Nº 006/2017 SETOR DE CIÊNCIAS EXATAS E NATURAIS

ANEXO I EDITAL PRORH Nº 006/2017 SETOR DE CIÊNCIAS EXATAS E NATURAIS ANEXO I EDITAL PRORH Nº 006/2017 SETOR DE CIÊNCIAS EXATAS E NATURAIS Departamento de Física Estágio Curricular Supervisionado em Ensino de Física Licenciatura em Física e Mestrado em Educação, ou em Ensino

Leia mais

EDITAL Nº 527, DE 27 DE DEZEMBRO DE 2016 RETIFICAÇÃO

EDITAL Nº 527, DE 27 DE DEZEMBRO DE 2016 RETIFICAÇÃO Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal do Norte de Minas Gerais Diretora de Educação a Distância EDITAL Nº 527, DE 27 DE DEZEMBRO DE 2016 RETIFICAÇÃO

Leia mais

Áreas disciplinares da Universidade de Lisboa homologadas pelo Senhor Reitor, nos termos do Despacho Interno R , de 19 de março

Áreas disciplinares da Universidade de Lisboa homologadas pelo Senhor Reitor, nos termos do Despacho Interno R , de 19 de março da Universidade de Lisboa Faculdade de Belas-Artes Belas-Artes - Arte e Multimédia Belas-Artes - Ciências da Arte e do Património Belas-Artes - Desenho Belas-Artes - Design de Comunicação Belas-Artes -

Leia mais

Prédio da Reitoria UFMG, Campus Pampulha, Belo Horizonte, MG UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS

Prédio da Reitoria UFMG, Campus Pampulha, Belo Horizonte, MG UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS Prédio da Reitoria UFMG, Campus Pampulha, Belo Horizonte, MG Foto: Foca Lisboa UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS UFMG Foto: Foca Lisboa INSTITUIÇÃO PÚBLICA FEDERAL FUNDADA EM 1927 ENSINO GRATUITO LOCALIZADA

Leia mais

Indicadores de Qualidade UFRPE

Indicadores de Qualidade UFRPE Ano Curso Cidade CPC Contínuo Faixa MEDICINA VETERINÁRIA GARANHUNS - Unidade com cursos não reconhecidos até 31/10/2014 MEDICINA VETERINÁRIA 1,8339 2 AGRONOMIA SERRA TALHADA 3,2416 4 2013 AGRONOMIA GARANHUNS

Leia mais

FORMULÁRIO DE SOLICITAÇÃO AO PROGRAMA DE APOIO A EVENTOS NO PAÍS PAEP

FORMULÁRIO DE SOLICITAÇÃO AO PROGRAMA DE APOIO A EVENTOS NO PAÍS PAEP FORMULÁRIO DE SOLICITAÇÃO AO PROGRAMA DE APOIO A EVENTOS NO PAÍS PAEP I IDENTIFICAÇÃO DO EVENTO Processo PAEP 1. NOME DO EVENTO: 2. ENTIDADE(S) ORGANIZADORA(S) 3. PERÍODO DE REALIZAÇÃO Início: Término:

Leia mais

UFV Catálogo de Graduação 2013 95 ENGENHARIA AMBIENTAL. COORDENADORA Ann Honor Mounteer ann@ufv.br

UFV Catálogo de Graduação 2013 95 ENGENHARIA AMBIENTAL. COORDENADORA Ann Honor Mounteer ann@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2013 95 ENGENHARIA AMBIENTAL COORDENADORA Ann Honor Mounteer ann@ufv.br 96 Currículos dos Cursos UFV Engenheiro Ambiental ATUAÇÃO O curso de Engenharia Ambiental da UFV habilita

Leia mais

ANEXO I. AGR014 Ecologia e Conservação dos ZOO035 Ecologia Geral (45h) Recursos Naturais (45h) AGR080 Arborização Urbana e

ANEXO I. AGR014 Ecologia e Conservação dos ZOO035 Ecologia Geral (45h) Recursos Naturais (45h) AGR080 Arborização Urbana e ANEXO I Administração ADM023 Pesquisa Operacional ADM024 Administração da Produção ADM030 Estratégia Empresarial ADM031 Gestão da Qualidade (30h) ADM032 Gestão de Projetos CTT333 Pesquisa Operacional CTT331

Leia mais

LEVANTAMENTO DE INTERESSES DOS SERVIDORES DO IF FARROUPILHA EM PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO (PPG)

LEVANTAMENTO DE INTERESSES DOS SERVIDORES DO IF FARROUPILHA EM PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO (PPG) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA PRÓ-REITORIA REITORIA DE PESQUISA PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO Rua Esmeralda,

Leia mais

9. Matriz Curricular Curso de Agronomia IFTO/Araguatins

9. Matriz Curricular Curso de Agronomia IFTO/Araguatins 9. Matriz Curricular Curso de Agronomia IFTO/Araguatins Carga Horária 1º PERÍODO Horas/ semana 80 4 Básica Obrigatória - Química I 60 3 Básica Obrigatória - Educação Ambiental 40 2 Básica Obrigatória -

Leia mais

PROJETO INTEGRADO ESCOLA VERDE: EDUCAÇÃO, SAÚDE E MEIO AMBIENTE. Profª. Luciana Ribeiro Leda e Bióloga Jaqueline Rose

PROJETO INTEGRADO ESCOLA VERDE: EDUCAÇÃO, SAÚDE E MEIO AMBIENTE. Profª. Luciana Ribeiro Leda e Bióloga Jaqueline Rose Escola Escola de Ciências de Ciências da Saúde da Saúde Curso de Curso: Ciências Ciências Biológicas Biológicas PROJETO INTEGRADO ESCOLA VERDE: EDUCAÇÃO, SAÚDE E MEIO AMBIENTE A Interdisciplinaridade no

Leia mais

4.4 MATRIZ CURRICULAR CURSO DE BACHARELADO EM ENGENHARIA AGRONÔMICA

4.4 MATRIZ CURRICULAR CURSO DE BACHARELADO EM ENGENHARIA AGRONÔMICA 4.4 MATRIZ CURRICULAR CURSO DE BACHARELADO EM ENGENHARIA AGRONÔMICA 1º PERÍODO Carga Horária Horas/ Calculo Diferencial e Integral 70 10 80 4 Básica Obrigatória - Química I 40 20 60 3 Básica Obrigatória

Leia mais

ANEXO III da Lei nº /2005 Progressão por Capacitação (Redação dada pela Lei nº de 2005

ANEXO III da Lei nº /2005 Progressão por Capacitação (Redação dada pela Lei nº de 2005 ANEXO III da Lei nº 11.091/2005 Progressão por Capacitação (Redação dada pela Lei nº 11.233 de 2005 TABELA PARA PROGRESSÃO POR CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL NÍVEL DE NÍVEL DE CARGA HORÁRIA DE CLASSIFICAÇÃO

Leia mais

CNPq - Bolsas no país: número de bolsas-ano (1) e investimentos segundo modalidade Paraná (2)

CNPq - Bolsas no país: número de bolsas-ano (1) e investimentos segundo modalidade Paraná (2) CNPq - Bolsas no país: número de bolsas-ano (1) e investimentos segundo modalidade - 2001-2004 Paraná (2) Modalidade 2001 2002 2003 2004 Qtd R$ mil Qtd R$ mil Qtd R$ mil Qtd R$ mil Aperfeiçoamento Atividade

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO CAMPUS DE BAURU FACULDADE DE ARQUITETURA, ARTES E COMUNICAÇÃO. Nº de Vaga

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO CAMPUS DE BAURU FACULDADE DE ARQUITETURA, ARTES E COMUNICAÇÃO. Nº de Vaga CAMPUS DE BAURU FACULDADE DE ARQUITETURA, ARTES E COMUNICAÇÃO Analista de Informática II - Graduação de Nível Superior na área de Informática CAMPUS DE ILHA SOLTEIRA - FACULDADE DE ENGENHARIA Assistente

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Acre EDITAL Nº 01, DE 28 DE FEVEREIRO DE 2014

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Acre EDITAL Nº 01, DE 28 DE FEVEREIRO DE 2014 EDITAL Nº 0, 28 FEVEREIRO 204 CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO CARGOS PROFESSOR DA CARREIRA DO EDITAL COMPLEMENTAR Nº 02, 07 MARÇO 204 ATRIBUIÇÕES, ÁREA, CARGA HORÁRIA, REQUISITOS E VAGAS São atribuições

Leia mais

ESCOLA DE VETERINÁRIA E ZOOTECNIA

ESCOLA DE VETERINÁRIA E ZOOTECNIA O quadro abaixo apresenta os ambientes organizacionais, com suas respectivas competências e cursos de capacitação relacionados, conforme Lei 11.091, de 12 de janeiro de 2005 e Portaria Nº 9, de 29 de junho

Leia mais

PMCD OFERTA DE VAGAS

PMCD OFERTA DE VAGAS Ciências da Saúde/CPqRR 1 CPqRR Doenças Infecciosas e Parasitárias / Biologia Celular e Molecular 7 2 UFOP Ciências Biológicas 1 UFOP Engenharia Civil PROPEC 4 UFOP Engenharia de Materiais REDEMAT 10 Agroquimica

Leia mais

Turma/período Disciplina Professor G. A. e Álgebra Linear Ricardo

Turma/período Disciplina Professor G. A. e Álgebra Linear Ricardo Serviço Público Federal Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Goiano Câmpus Urutaí HORÁRIOS DE REPOSIÇÃO DE AULAS

Leia mais

Atualizado em 09/08/2010

Atualizado em 09/08/2010 MÓDULO ANTÔNIO LUIZ SANTOS I SEMESTRE 2010 (Térreo e 1º andar) Atualizado em 09/08/2010 Geografia II Administração I sexta até 14:50 sexta a partir de 16:40 Geografia I Geografia IV Administração III sexta

Leia mais

ensino médio em escolas públicas ensino médio em escolas públicas Administração Noturno

ensino médio em escolas públicas ensino médio em escolas públicas Administração Noturno UNIPAMPA - QUANTIDADE DE CANDIDATOS CURSO/SISTEMA CURSO SISTEMA QTD Administração Diurno 7 Administração Diurno 8 Administração Diurno Sistema Universal 70 Administração Noturno Administração Noturno Sistema

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICO SALESIANO AUXILIUM Curso de Engenharia Agronômica

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICO SALESIANO AUXILIUM Curso de Engenharia Agronômica MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA AGRONÔMICA GRADE 1 Currículo Pleno aprovado pelo Conselho de Curso para o ano de 2013 Cód. Disc. DISCIPLINAS 1º SEMESTRE CRÉD. CH TOTAL TEÓRICA PRÁTICA 6249-1 Língua

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 346/2003

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 346/2003 PRó-S DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 346/2003 Regulamenta a padronização da nomenclatura das disciplinas pertencentes ao Instituto Básico de Biociências (IBB). O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade do

Leia mais

Educação, articulação e complexidade por Edgar Morin. Elza Antonia Spagnol Vanin*

Educação, articulação e complexidade por Edgar Morin. Elza Antonia Spagnol Vanin* Educação, articulação e complexidade por Edgar Morin Elza Antonia Spagnol Vanin* Cadernos do CEOM - Ano 17, n. 20 - Imagens e Linguagens O francês Edgar Morin é um dos maiores pensadores multidisciplinares

Leia mais

Horário de Aulas C. Biológicas (1º Período)

Horário de Aulas C. Biológicas (1º Período) Horário de Aulas C. Biológicas (1º Período) 2011.1 16:00 18:30 BIOL0006 MATEMÁTICA TURMA - BU BIOL0002 - QUÍMICA BIOL0006 MATEMÁTICA BIOL0002 - QUÍMICA BIOL0006 MATEMÁTICA BIOL0002 - QUÍMICA BIOL0006 MATEMÁTICA

Leia mais

EQUIVALÊNCIAS APROVADAS EM REUNIÕES DO COLEGIADO

EQUIVALÊNCIAS APROVADAS EM REUNIÕES DO COLEGIADO EQUIVALÊNCIAS APROVADAS EM REUNIÕES DO COLEGIADO UCS DE OUTROS CURSOS DA UFSJ APROVEITAMENTO UCS DO CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS REUNIÃO E DATA DE APROVAÇÃO Anatomia e Organografia Vegetal (AG027) equivalência

Leia mais

Adjunto DE 1 Graduação e Doutorado em qualquer área, com pesquisa no campo da dança. Teoria e Criação

Adjunto DE 1 Graduação e Doutorado em qualquer área, com pesquisa no campo da dança. Teoria e Criação UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA ANEXO I Vagas para o Concurso Docentes REUNI Unidade Departamento Área de Conhecimento Classe RT Vag Titulação Mínima Administração Finanças e Políticas Políticas Públicas

Leia mais

PROJETO DE LEI N.º, DE 2004 (Do Sr. Lobbe Neto)

PROJETO DE LEI N.º, DE 2004 (Do Sr. Lobbe Neto) PROJETO DE LEI N.º, DE 2004 (Do Sr. Lobbe Neto) Dispõe sobre a criação da Faculdade de Medicina de São Carlos, na Região Central de São Paulo. O Congresso Nacional decreta: Art. 1.º Fica o Poder Executivo

Leia mais

Educador Ambiental. Curso de Formação. Eng.ª Mariana Cruz Mariana.cruz@biorumo.com

Educador Ambiental. Curso de Formação. Eng.ª Mariana Cruz Mariana.cruz@biorumo.com 1 Curso de Formação Educador Ambiental 2009 Eng.ª Mariana Cruz Mariana.cruz@biorumo.com 2 Curso de Formação: Educador Ambiental Índice: 1 Apresentação da entidade formadora e de Coordenação do Curso 2

Leia mais

Professor Temporário SITUAÇÃO DAS VAGAS

Professor Temporário SITUAÇÃO DAS VAGAS SITUAÇÃO DAS VAGAS Vagas com candidatos inscritos com a titulação de Doutor Não houve candidatos inscritos Vagas com candidatos inscritos com a titulação de Doutor Vagas com candidatos inscritos com a

Leia mais

Os professores e a sua formação NA e PARA a escola

Os professores e a sua formação NA e PARA a escola Os professores e a sua formação NA e PARA a escola EDUCON 9 (Colóquio Internacional Educação e Contemporaneidade) Aracajú, Brasil, 17.09.15 Isabel Alarcão Professora catedrática, aposentada Universidade

Leia mais

ATRIBUIÇÃO PROFISSIONAL FRENTE AOS CURRÍCULOS DE AGRONOMIA

ATRIBUIÇÃO PROFISSIONAL FRENTE AOS CURRÍCULOS DE AGRONOMIA ATRIBUIÇÃO PROFISSIONAL FRENTE AOS CURRÍCULOS DE AGRONOMIA ATRIBUIÇÕES PROFISSIONAIS Decreto Federal 23.196 de 12/10/1933 Resolução 218/73 do CONFEA Resolução 1073/16 do CONFEA CEAGRO Ω sombreamentos entre

Leia mais

PROFESSOR ÁREA(S) TITULAÇÃO CONTATO Nutrição e Bioclimatologia Animal

PROFESSOR ÁREA(S) TITULAÇÃO CONTATO Nutrição e Bioclimatologia Animal PROFESSOR ÁREA(S) TITULAÇÃO CONTATO Nutrição e Bioclimatologia Adriano Geraldo Alcilene de Abreu Pereira Avicultura Citologia, Bioquímica e Doutorado em Zootecnia. Zootecnia,Licenciatura em Biologia,Mestre

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR CURSO DE GRADUAÇÃO EM AGRONOMIA BACHARELADO

MATRIZ CURRICULAR CURSO DE GRADUAÇÃO EM AGRONOMIA BACHARELADO FAHESA - Faculdade de Ciências Humanas, Econômicas e da Saúde de Araguaína ITPAC INSTITUTO TOCANTINENSE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS S/A Av. Filadélfia, 568, Setor Oeste - Araguaína / TO - CEP 77.816-540

Leia mais

ANEXO I EDITAL DE ABERTURA Nº 48/2015-UFAM

ANEXO I EDITAL DE ABERTURA Nº 48/2015-UFAM ANEXO I EDITAL ABERTURA Nº 48/2015-UFAM Unidade Acadêmica FAO Depto. QUADRO I VAGAS PARA AS UNIDAS ACADÊMICAS DA CAPITAL Área de Conhecimento Clínica Integrada - Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo- Facial

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO EDITAL Nº 09/07- ESPECÍFICO DE ABERTURA DE CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR DO MAGISTÉRIO SUPERIOR A REITORA DA UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA LOCAIS DE REALIZAÇÃO DAS PROVAS EDITAL Nº 012/2015/GR/UNIR

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA LOCAIS DE REALIZAÇÃO DAS PROVAS EDITAL Nº 012/2015/GR/UNIR SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA LOCAIS DE REALIZAÇÃO DAS PROVAS EDITAL Nº 012/2015/GR/UNIR INÍCIO DO CONCURSO: Data: 16/11/2015 (exceto para área

Leia mais

ANEXO I CURSO: ADMINISTRAÇÃO - EQUIVALÊNCIAS

ANEXO I CURSO: ADMINISTRAÇÃO - EQUIVALÊNCIAS ANEXO I CURSO: ADMINISTRAÇÃO - EQUIVALÊNCIAS DISCIPLINA ADM009 - Informática Básica - CON001 - Informática Básica - /Ciências Contábeis ADM010 - Metodologia Científica - ADM042 - Metodologia Científica

Leia mais

INTERDISCIPLINARIDADE E RECICLAGEM: INTEGRAÇÃO DE CONHECIMENTOS

INTERDISCIPLINARIDADE E RECICLAGEM: INTEGRAÇÃO DE CONHECIMENTOS INTERDISCIPLINARIDADE E RECICLAGEM: INTEGRAÇÃO DE CONHECIMENTOS Edilene da Cruz Silva 1 Ana Luiza de Souza de Castro 2 Jober Vanderlei Vargas Machado 3 Resumo: Trabalhar a interdisciplinaridade nas escolas

Leia mais

ANEXO I EDITAL DE ABERTURA Nº 67/2015

ANEXO I EDITAL DE ABERTURA Nº 67/2015 Unidade Acadêmica FCA Depto. Agrícola e Solos Ciências Florestais QUADRO I VAGAS PARA AS UNIDADES ACADEMICAS DA CAPITAL Área de Requisito Carga Classe/ Vagas de AC* Conhecimento Mínimo Horária Padrão Sensoriamento

Leia mais

Nº de Vagas Lei Decreto nº

Nº de Vagas Lei Decreto nº Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul EDITAL Nº 19/2016 ANEXO II QUADRO DE VAGAS ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

ANEXO III. Áreas de conhecimento relativas à educação formal, com relação direta aos ambientes organizacionais

ANEXO III. Áreas de conhecimento relativas à educação formal, com relação direta aos ambientes organizacionais ANEXO III Áreas de conhecimento relativas à educação formal, com relação direta aos ambientes organizacionais Arquivologia; Biblioteconomia; Ciências Atuariais; Ciências da Informação; Contabilidade; Direito;

Leia mais

Gestão de Pessoas. Teoria Geral da Administração. 03 vagas. Administração da Produção. 01 vaga. Administração de Materiais e Recursos Patrimoniais

Gestão de Pessoas. Teoria Geral da Administração. 03 vagas. Administração da Produção. 01 vaga. Administração de Materiais e Recursos Patrimoniais Campus: Nova Mutum Cursos Área do Concurso Docentes da área Situação do Docente Data do Concurso Disciplinas da Área CH Situação Relatório Gestão de Pessoas I 60 CHT: 120 Gestão de Pessoas Teoria Geral

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CENTRO DE SELEÇÃO PROCESSO SELETIVO Quantitativo de candidatos por curso

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CENTRO DE SELEÇÃO PROCESSO SELETIVO Quantitativo de candidatos por curso Código Curso Cidade Vagas Inscrições C/V A105 Agronomia Goiânia 70 457 6,53 A106 Arquitetura e Urbanismo Goiânia 35 531 15,17 A110 Ciências da Computação (bacharelado) Goiânia 40 248 6,20 A115 Engenharia

Leia mais

AGENTE ADMINISTRATIVO Carga horária semanal. Vencimento base R$ 947,70

AGENTE ADMINISTRATIVO Carga horária semanal. Vencimento base R$ 947,70 MANUAL DO CANDIDATO INSTITUIDO PELO EDITAL 001/2017 ANEXO I Relação dos Cargos, número de vagas, salário, carga horária e escolaridade. QUADROS GERAIS DE VAGAS PERMANENTES AGENTE ADMINISTRATIVO Ensino

Leia mais

INSTITUTO EDUCACIONAL MAYRINK VIEIRA

INSTITUTO EDUCACIONAL MAYRINK VIEIRA INSTITUTO EDUCACIONAL MAYRINK VIEIRA Ensino Infantil Ensino Fundamental Ensino Médio CRONOGRAMA 2016 1º ao 5º ANO Ensino Fundamental I :::: Cronograma da 1ª Unidade Letiva 1º ao 5º Ano do Ensino Fundamental

Leia mais

COLEGIADO DO CURSO SUPERIOR DE BACHARELADO EM ENGENHARIA AGRONÔMICA

COLEGIADO DO CURSO SUPERIOR DE BACHARELADO EM ENGENHARIA AGRONÔMICA COLEGIADO DO CURSO SUPERIOR DE BACHARELADO EM ENGENHARIA AGRONÔMICA DOCENTE TITULAÇÃO FORMAÇÃO 1. Alessandro de Magalhães Arantes Doutor Graduação: Engenharia Agronômica, 1994, UNEB-Famesf; Mestrado: Ciência

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS - LICENCIATURA

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS - LICENCIATURA MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS - LICENCIATURA Campus de Realeza Turno Noturno 1 a 2 a 01 GCB189 Biologia Celular 02 GEX213 Matemática C 03 GEX341 Química Geral e Orgânica

Leia mais

CAMPUS DO POLO ABATETETUBA ANANINDEUA BELEM BRAGANÇA BREVES CASTANHAL PARAGOMINAS

CAMPUS DO POLO ABATETETUBA ANANINDEUA BELEM BRAGANÇA BREVES CASTANHAL PARAGOMINAS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PARÁ CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTODE CARGO EFETIVO DA CARREIRA DE MAGISTÉRIODO ENSINO BÁSICO, TÉCNICO E TECNOLÓGICO EDITAL

Leia mais

224-1 LICENCIATURA PLENA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Regime Regular NÚMERO MÍNIMO DE PERÍODOS 1 DISCIPLINA CARGA HORÁRIA TIPO

224-1 LICENCIATURA PLENA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Regime Regular NÚMERO MÍNIMO DE PERÍODOS 1 DISCIPLINA CARGA HORÁRIA TIPO PÁGINA: 1 224-1 LICENCIATURA PLENA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS 3 2995 MICROBIOLOGIA DE ALIMENTOS 60 OPTATIVA 3 2999 ANATOMIA ECOLÓGICA 60 OPTATIVA 7 2409 PRÁTICA DE ENSINO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS I 150 OBRIGATORIA

Leia mais

PROJETO TIDI TRABALHO INTERDISCIPLINAR

PROJETO TIDI TRABALHO INTERDISCIPLINAR PROJETO TIDI TRABALHO INTERDISCIPLINAR I INTRODUÇÃO A sociedade atual exige que a universidade não somente capacite os acadêmicos para futuras habilitações nas especializações tradicionais, mas principalmente,

Leia mais

Professor Temporário Graduação em Física (Licenciatura ou Bacharelado) Especialização em Supply Chain Management

Professor Temporário Graduação em Física (Licenciatura ou Bacharelado) Especialização em Supply Chain Management INFORMAMOS PARA FINS DE CONTRATAÇÃO, QUE APÓS O PERÍODO DE INSCRIÇÃO, A FORMAÇÃO MÍNIMA EXIGIDA PARA AS VAGAS QUE TIVERAM APROVADOS NA SELEÇÃO SIMPLIFICADA PARA PROFESSOR TEMPORÁRIO 2012.2, OBJETO DO EDITAL

Leia mais

REGIMENTO INTERNO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM AGROECOLOGIA

REGIMENTO INTERNO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM AGROECOLOGIA REGIMENTO INTERNO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM AGROECOLOGIA CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS E DA ORGANIZAÇÃO GERAL Art. 1º - O Programa de Pós-Graduação em Agroecologia tem por objetivo a formação de recursos

Leia mais

Processo Seletivo Para Docentes Edital Nº 011/2016 Classificação Final CURSO DE ENGENHARIA AGRONOMICA DISCIPLINAS CANDIDATOS PONTUAÇ CLASSIF.

Processo Seletivo Para Docentes Edital Nº 011/2016 Classificação Final CURSO DE ENGENHARIA AGRONOMICA DISCIPLINAS CANDIDATOS PONTUAÇ CLASSIF. Processo Seletivo Para Docentes Edital Nº 011/2016 Classificação Final A Profª. Ms. Damaris Cunha de Godoy, diretora do Instituto Municipal de Ensino Superior de Bebedouro Victório Cardassi, no uso de

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR AGRONOMIA - ATUAL

MATRIZ CURRICULAR AGRONOMIA - ATUAL MATRIZ CURRICULAR AGRONOMIA - ATUAL Semestre Código Disciplina Carga horária total Créditos Pré-requisitos AGR 101 Biologia Celular - AGR 102 Cálculo Diferencial e Integral 80 4 - AGR 103 Desenho Técnico

Leia mais

ANEXO I DOS CARGOS E DAS VAGAS, POLO E CAMPI DE LOTAÇÃO

ANEXO I DOS CARGOS E DAS VAGAS, POLO E CAMPI DE LOTAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PARÁ CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTODE CARGO EFETIVO DA CARREIRA DE MAGISTÉRIODO ENSINO BÁSICO, TÉCNICO E TECNOLÓGICO EDITAL

Leia mais

TABELA DE ÁREAS DO CONHECIMENTO

TABELA DE ÁREAS DO CONHECIMENTO 10000003 Ciências Exatas e da Terra 10000003 Ciências Exatas e da Terra 10100008 Matemática 10000003 Ciências Exatas e da Terra 10100008 Matemática 10101004 Álgebra 10000003 Ciências Exatas e da Terra

Leia mais

QUADRO GERAL DE HORÁRIOS ZOOTECNIA PRIMEIRO PERÍODO

QUADRO GERAL DE HORÁRIOS ZOOTECNIA PRIMEIRO PERÍODO PRIMEIRO PERÍODO Cálculo 1 C (64 h) A 14:00-15:39 16:00-17:39 EVZ/DPA/SL. 1 Desenho técnico (48h) Exercício da Profissão de Zootecnia (16h) A 10:00-12:30 EA B 8:00-10:30 EA A 14:00-15:39 EVZ/CENTRO AULAS/SL.

Leia mais

RETIFICAÇÃO DO ANEXO I EDITAL Nº 201, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2016 PRONATEC/IFRO - BOLSA FORMAÇÃO PROCESSO DE SELEÇÃO PARA PROFESSOR

RETIFICAÇÃO DO ANEXO I EDITAL Nº 201, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2016 PRONATEC/IFRO - BOLSA FORMAÇÃO PROCESSO DE SELEÇÃO PARA PROFESSOR MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO

Leia mais

MÉTODOS INTERDISCIPLINARES APROXIMANDO SABERES MATEMÁTICOS E GEOGRÁFICOS

MÉTODOS INTERDISCIPLINARES APROXIMANDO SABERES MATEMÁTICOS E GEOGRÁFICOS MÉTODOS INTERDISCIPLINARES APROXIMANDO SABERES MATEMÁTICOS E GEOGRÁFICOS Celso Gomes Ferreira Neto, Universidade Estadual da Paraíba - UEPB Profª. Drª. Filomena Maria G. S. Cordeiro Moita, Universidade

Leia mais

CURSO DE ENGENHARIA AGRONÔMICA

CURSO DE ENGENHARIA AGRONÔMICA CURSO DE ENGENHARIA AGRONÔMICA PROF JOSÉ OTAVIO MENTEN 1. DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS 2. FORMAÇÃO DO ENGENHEIRO AGRÔNOMO 3. GRADE CURRICULAR ESALQ/USP 2016 FEVEREIRO DE 2016 LEI 9.394/ 1.996 LDB

Leia mais

Aula RELAÇÕES DE DISCIPLINARIDADE. TEMAS TRANSVERSAIS. CONTEXTUALIZAÇÃO NO ENSINO DE MATEMÁTICA

Aula RELAÇÕES DE DISCIPLINARIDADE. TEMAS TRANSVERSAIS. CONTEXTUALIZAÇÃO NO ENSINO DE MATEMÁTICA RELAÇÕES DE DISCIPLINARIDADE. TEMAS TRANSVERSAIS. CONTEXTUALIZAÇÃO NO ENSINO DE MATEMÁTICA META Promover a preparação do estagiário para a elaboração de seu Projeto de Estágio. Estabelecer conceitos e

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS MATRIZ CURRICULAR

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS MATRIZ CURRICULAR UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS MATRIZ CURRICULAR Curso: AGRONOMIA Grau Acadêmico: BACHARELADO Campus: SAMAMBAIA Turno: INTEGRAL Modalidade: PRESEIAL Matriz: 53BI3 N o H Componente Curricular UA PRÉREQUISITO

Leia mais

ANEXO 2 PROCESSO SELETIVO DE BOLSAS DS/CAPES E PROMOP/UDESC EDITAL 002/2017

ANEXO 2 PROCESSO SELETIVO DE BOLSAS DS/CAPES E PROMOP/UDESC EDITAL 002/2017 ANEXO 2 PROCESSO SELETIVO DE BOLSAS DS/CAPES E PROMOP/UDESC EDITAL 002/207 ADERÊNCIA EPISTEMOLÓGICA DAS ÁREAS/SUBÁREAS DA CAPES Conforme critérios do Documento da Área 2 da CAPES (EDUCAÇÃO FÍSICA) ÁREA

Leia mais

Concursos de Professor Assistente Liberados em 2012

Concursos de Professor Assistente Liberados em 2012 Desp. FOAç 1548/10 Patologia e Propedêutica Clinica Patologia Geral; Patologia Bucal 07/12 60/12 1 FOAç 1 FCLAr 110/11 Antropologia, Política e Filosofia Introdução à Filosofia; Filosofia; Filosofia Moderna

Leia mais

HORÁRIO DE PROVA DO 1º PERÍODO (1º ANO)

HORÁRIO DE PROVA DO 1º PERÍODO (1º ANO) HORÁRIO DE PROVA DO 1º PERÍODO (1º ANO) HORÁRIO DE PROVA DO 1º PERÍODO (1º ANO) SEGUNDA FEIRA BIOLOGIA GERAL 25/05 TERÇA FEIRA QUIMICA 26/05 QUARTA FEIRA METODOLOGIA CIENTIFICA 27/05 QUINTA FEIRA ANATOMIA

Leia mais

Horário de Aula 1º ao 8 º períodos. Curso de Licencitura em Ciências Biológicas. Centro Acadêmico de Vitória - CAV

Horário de Aula 1º ao 8 º períodos. Curso de Licencitura em Ciências Biológicas. Centro Acadêmico de Vitória - CAV Horário de Aula 1º ao 8 º períodos Curso de Licencitura em Ciências Biológicas Centro Acadêmico de Vitória - CAV Universidade Federal de Pernambuco - UFPE Julho de 2010 2010.2 1º Período 18:50 19:40 Anatomia

Leia mais

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997 EDITAL Nº 21/2014 COORPS Acrescenta vagas não preenchidas no PAC às universais do 2º Concurso Vestibular de 2015, da UNICENTRO. A Coordenadoria Central de Processos Seletivos, COORPS, da Universidade Estadual

Leia mais

ANEXO I DOS CARGOS E DAS VAGAS, POLO E CAMPI DE LOTAÇÃO

ANEXO I DOS CARGOS E DAS VAGAS, POLO E CAMPI DE LOTAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PARÁ CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTODE CARGO EFETIVO DA CARREIRA DE MAGISTÉRIODO ENSINO BÁSICO, TÉCNICO E TECNOLÓGICO EDITAL

Leia mais

Fluxo curricular e pré-requisitos das disciplinas de acordo com os períodos

Fluxo curricular e pré-requisitos das disciplinas de acordo com os períodos Fluxo curricular e pré-requisitos das disciplinas de acordo com os períodos Disciplina PRÉ-REQUISITO 1 o PERÍODO Introdução à Zootecnia Exercício da Profissão de Zootecnista Lógica Iniciação Científica

Leia mais

3002 Epistemiologia das Ciências Biológicas SALA 6 BLOCO Epistemiologia das Ciências Biológicas SALA 6 BLOCO 2

3002 Epistemiologia das Ciências Biológicas SALA 6 BLOCO Epistemiologia das Ciências Biológicas SALA 6 BLOCO 2 1ª SÉRIE MANHÃ 07h30min 3001 Fundamentos de Matemática 08h20min 09h10min 3001 Fundamentos de Matemática Biologia Celular / Processo 4178/2017) Biologia Celular / Processo 4178/2017) Biologia Celular /

Leia mais

UFRN - SiSU Total final de inscritos (23/01/2015) CAMPUS CENTRAL Inscrições Curso

UFRN - SiSU Total final de inscritos (23/01/2015) CAMPUS CENTRAL Inscrições Curso CAMPUS CENTRAL Vagas FISIOTERAPIA 602 60 10,03 COMUNICAÇÃO SOCIAL - PUBLICIDADE E PROPAGANDA 713 80 8,91 ENFERMAGEM 872 100 8,72 (9º) LETRAS - LÍNGUA PORTUGUESA 184 30 6,13 GESTÃO EM SISTEMAS E SERVIÇOS

Leia mais

Relação das Vagas Ocupadas por Departamento em 2012/2

Relação das Vagas Ocupadas por Departamento em 2012/2 Relação das Vagas Ocupadas por Departamento em 2012/2 Departamento Modalidade Vagas Ocupadas Análises Monitoria a Distância Disciplina Presencial 02 Assistência e Orientação Profissional Monitoria a Distância

Leia mais

Campus Curso Turno Formação

Campus Curso Turno Formação ANÁLISE DA CONCORRÊNCIA EM RELAÇÃO AO NÚMERO DE INSCRITOS (PROCURA PELO CURSO NO SISU) - APENAS PRIMEIRA CHAMADA Campus Curso Turno Formação N. de Vagas Inscritos CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE CUIABÁ MEDICINA

Leia mais

Livros Grátis. Milhares de livros grátis para download.

Livros Grátis.  Milhares de livros grátis para download. Livros Grátis http://www.livrosgratis.com.br Milhares de livros grátis para download. Milhares de Livros para Download:

Leia mais

LOCAIS DE VOTAÇÃO CAMPUS DE ARAGUAÍNA

LOCAIS DE VOTAÇÃO CAMPUS DE ARAGUAÍNA A Comissão Central de Pesquisa Eleitoral para eleição de Reitor e Vice-Reitor da Universidade Federal do Tocantins divulgou nesta sexta feira, 02, a relação com os locais de votação. A pesquisa será realizada

Leia mais

Relatório de Laboratório por Curso

Relatório de Laboratório por Curso de cursos de ensino Cód. 57 Ortodontia 89 Técnica cirúrgica 9 Técnica operatória Dentística restauradora 53 9709 ODONTOLOGIA Graduação Bacharelado Presencial 8 373 Espaços para esportes Serviços 9 Anatomia

Leia mais

RIO VERDE 19 DE DEZEMBRO DE 2016

RIO VERDE 19 DE DEZEMBRO DE 2016 TABELAS DE EQUIVALÊNCIAS DE DISCIPLINAS PARA O BACHARELADO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS, CONFORME EMENTAS E MATRIZES DISPONÍVEIS NA PÁGINA DO IF GOIANO CAMPUS RIO VERDE RIO VERDE 19 DE DEZEMBRO DE 2016 1º PERÍODO

Leia mais

ANEXO I VAGAS POR CARGO / ÁREAS / CAMPI / REQUISITOS

ANEXO I VAGAS POR CARGO / ÁREAS / CAMPI / REQUISITOS ANEXO I VAGAS POR CARGO / ÁREAS / CAMPI / REQUISITOS CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE SINOP Faculde de Ciências Sociais Aplicas Cursos de Bacharelado em Administração, Ciências Contábeis e Economia Administração

Leia mais

AGROECOLOGIA TECNÓLOGO Oferta por meio do SiSU 2º semestre

AGROECOLOGIA TECNÓLOGO Oferta por meio do SiSU 2º semestre AGROECOLOGIA TECNÓLOGO Oferta por meio do SiSU 2º semestre DESCRIÇÃO DO CURSO: O Curso Superior de Tecnologia em Agroecologia forma profissionais para desenvolver, de modo pleno e inovador, as atividades

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS PARA O CARGO DE PROFESSOR 3 o GRAU NAS CLASSES DE AUXILIAR, ASSISTENTE E ADJUNTO EDITAL N o 29/2009

CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS PARA O CARGO DE PROFESSOR 3 o GRAU NAS CLASSES DE AUXILIAR, ASSISTENTE E ADJUNTO EDITAL N o 29/2009 CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS PARA O CARGO DE PROFESSOR 3 o GRAU NAS CLASSES DE AUXILIAR, ASSISTENTE E ADJUNTO EDITAL N o 29/2009 O PRÓ-REITOR DE RECURSOS HUMANOS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE INSTITUTO DE BIOCIÊNCIAS

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE INSTITUTO DE BIOCIÊNCIAS 1 o PERÍODO (Licenciatura em - Noturno) 2 o SEMESTRE/2012 Geral I ANATO Vegetal I* GEO PAL Geral I ANATO Vegetal I* GEO PAL Geral * I ANATO Vegetal I GEO PAL * Geral * I* ANATO * Vegetal I GEO PAL * I*

Leia mais

PERGUNTAS E RESPOSTAS SOBRE A RESOLUÇÃO N o 1010/05

PERGUNTAS E RESPOSTAS SOBRE A RESOLUÇÃO N o 1010/05 PERGUNTAS E RESPOSTAS SOBRE A RESOLUÇÃO N o 1010/05 As perguntas abaixo foram compiladas após a série de treinamentos sobre a Resolução nº 1.010, de 2005, ministrados pelo Confea aos Creas durante o primeiro

Leia mais

Referência Bibliográfica: SOUSA, Charles Toniolo de. Disponível em <http://www.uepg.br/emancipacao>

Referência Bibliográfica: SOUSA, Charles Toniolo de. Disponível em <http://www.uepg.br/emancipacao> Referência Bibliográfica: SOUSA, Charles Toniolo de. Disponível em 1. À funcionalidade ao projeto reformista da burguesia; 2. À peculiaridade operatória (aspecto instrumental

Leia mais

1/11 DIRETORIA DE PROGRAMAS E BOLSAS NO PAÍS COORDENAÇÃO GERAL DE PROGRAMAS ESTRATÉGICOS COORDENAÇÃO DE PROGRAMAS DE INDUÇÃO E INOVAÇÃO/CII

1/11 DIRETORIA DE PROGRAMAS E BOLSAS NO PAÍS COORDENAÇÃO GERAL DE PROGRAMAS ESTRATÉGICOS COORDENAÇÃO DE PROGRAMAS DE INDUÇÃO E INOVAÇÃO/CII 1/11 DIRETORIA DE PROGRAMAS E BOLSAS NO PAÍS COORDENAÇÃO GERAL DE PROGRAMAS ESTRATÉGICOS COORDENAÇÃO DE PROGRAMAS DE INDUÇÃO E INOVAÇÃO/CII PROGRAMA DE APOIO AO ENSINO E À PESQUISA CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA

Leia mais

Livros Grátis. Milhares de livros grátis para download.

Livros Grátis.  Milhares de livros grátis para download. Livros Grátis http://www.livrosgratis.com.br Milhares de livros grátis para download. ε ε Milhares

Leia mais

ÉTICA E LEGISLAÇÃO PROFISSIONAL

ÉTICA E LEGISLAÇÃO PROFISSIONAL ÉTICA E LEGISLAÇÃO PROFISSIONAL Centro de Ensino Superior do Amapá-CEAP Curso: Arquitetura e Urbanismo Disciplina: Ética e Legislação Profissional Assunto: Legislação Profissional / Confea/Crea Prof. Ederaldo

Leia mais

PESQUISADORES RESPONSÁVEIS

PESQUISADORES RESPONSÁVEIS PESQUISADORES RESPONSÁVEIS Professora Doutora Regina Vieira Cavalcante da Silva - Professora Adjunto do Departamento de Pediatria - Hospital de Clínicas - Universidade Federal do Paraná (reginavcs@uol.com.br)

Leia mais

AGRONOMIA. COORDENADOR Carlos Eduardo Magalhães dos Santos

AGRONOMIA. COORDENADOR Carlos Eduardo Magalhães dos Santos AGRONOMIA COORDENADOR Carlos Eduardo Magalhães dos Santos carlos.magalhaes@ufv.br 46 Currículos dos Cursos UFV Engenheiro Agrônomo ATUAÇÃO Compete ao Engenheiro Agrônomo desempenhar as atividades profissionais

Leia mais