A u t o r i z a ç ã o ( P r o j e t o ) do C u r s o de F i s i o t e r a p i a

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A u t o r i z a ç ã o ( P r o j e t o ) do C u r s o de F i s i o t e r a p i a"

Transcrição

1 INTERESSADO/MANTENEDORA A S S O C I A Ç Ã O EDUCACIONAL PRESIDENTE KENNEDY UF SP ASSUNTO: A u t o r i z a ç ã o ( P r o j e t o ) do C u r s o de F i s i o t e r a p i a RELATOR: SR. CONS. Yugo O k i d a I-RELATÓRIO 0 pedido da Associação Educacional Presidente Kennedy, referente a autorização do curso de Fisioterapia, foi apreciado e aprovado, na fase de carta-consulta, mediante o Parecer 304/88. 0 curso de Fisioterapia será ministrado na Faculdade de Fisioterapia de Guarulhos, estabelecimento de ensino superior isolado, particular, instalado em Guarulhos, SP. Além da Fa-culdade de Fisioterapia, objeto deste Parecer, a Associação Educacional Presidente Kennedy mantém duas outras faculdades: Facul-dade de Enfermagem e Obstetrícia de Guarulhos, onde funciona o curso de Enfermagem e Obstetrícia, com habilitações em Enfermagem Médicocirúrgica; Enfermagem Geral; Enfermagem Obstétrica; Enfermagem de Saúde Publica e Licenciatura em Enfermagem e a Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Guarulhos, com os cursos de Ciências; Ciências Sociais; Historia; Geografia; Letras; Pedagogia e Psicologia. Com base no parecer técnico da CAE/CFE o R e l a tor con- /erteu o processo em diligencia, pelo DC 243/88, para providências relativas à organização curricular (estagio supervisionado), ao Planejamento econômico-financeiro e ao cronograma de execução. 0 curso terá a duração mínima de 4 anos e máxima de 8 anos e regime de matricua por disciplina. A carga horária total será de h/a, acrescidas de 60 de EPB e 240 de EF, perfazendo assim um total de h/a. Esta p r e v i s t o o turno vespertino para o seu funcionamen :o. 0 curriculo pleno, ora proposto, atende integralmente a Resolução 4/83. A organização curricular constitui o Anexo I.

2 O Estagio Supervisionado, objeto do DC 243/88, foi minuciosamente descrito em documentação complementar, atendendo plenamen-te ao solicitado. Ademais, a IES já possui uma certa experiência em razão de oferecer o curso de Enfermagem ha mais de 8 anos. Dos 41 professores indicados, 3 possuem o grau de doutor; 4 o grau de mestre; 2 com o mestrado em andamento; 21 com especializa ção e 11 com graduação. Dos 11 professores com graduacão, foi consta-tado que muitos possuem trabalhos publicados e larga experiência pro-fissional na área da disciplina e, com exceção de apenas 1, todos ja tem experiência no magistério de terceiro grau. A seguir relaciona-mos o corpo docente aprovado para este curso de Fisioterapia: 1- Abelardo Elias Brazil Bioquímica 2- Agostinho Minicucci Psicologia do Desenvolvimento 3- Ana Maria Camargo Figueiredo Antropologia 4- Angela Gonçalves Marx Cinesioterapia Fisioterapia Aplicada a Pneumologia 5- Antonio Carlos Reis Lisboa Biondi Fisioterapia Geral Recursos Terapêuticos Manuais 6- Carlos Alberto Ermínio Magalhães Cinesiologia 7- Carlos Alberto da Costa Estudo de Problemas Brasileiros Metodologia da Pesquisa Cientifica 8- Danilo Vicente Define Fisioterapia Aplicada a Reumatologia Recursos Terapêuticos Manuais 9- Eduardo Carlos Najjar Valle Fundamentos de Clinica Medica e Cirúrgica Aplicada a Fisioterapia Fisioterapia Aplicada a Pneumologia 10- Eduardo José Rimi Fisioterapia Aplicada a Ginecologia e Obstetrícia 11- Eneida Gonçalves de Macedo Haddad Sociologia

3 3 MEC/CFE PARECER Nº PROC. Nº / Eunice Pereira e Silva Psicologia do Desenvolvimento 13- Francisco Benedito Kuchinski Biologia Histologia e Embriologia 14- Francisco Ribeiro de Morais Patologia Geral Patologia de Órgãos e Sistemas 15- Helder Ferreira do Amaral Fisioterapia Geral Fisioterapia Aplicada a Ortopedia e Traumatologia 16- Heloisa Pereira Mendonça Cinesiologia Cinesioterapia Fisioterapia Geral 17- Ida da Silva Tomé Cinesioterapia Fisioterapia Geral Pratica de Fisioterapia Supervisionada 18- Jeferson Francisco da Silva História da Fisioterapia Fisioterapia Aplicada a Ortopedia e Traumatologia Pratica de Fisioterapia Supervisionada 19- Jeová Barros da Silva Fisioterapia Aplicada a Neurologia 20- José Cássio R. de A n c â n t a r a Abbade Fisioterapia Aplicada a Ortopedia e Traumatologia Bases e Métodos e Técnicas de Avaliação Aplicada a Fisioterapia 21- José Soares Sobrinho Biofísica 22- Luiz Ludovico George Anatomia Humana Patologia Geral 23- Luiz Roberto França Rutigliano Fisioterapia Preventiva Bases e Métodos e Técnicas de Avaliação em Fisioterapia

4 24- Marcia Collini Camargo Fisioterapia Aplicada a Ginecologia e Obstetrícia 25- Marcia Porfiria S. C. da Costa Fisioterapia Aplicada a Pediatria Fisioterapia Preventiva 26- M a r i a Ines Marino Fisioterapia Geral Fisioterapia Aplicada a Cardiologia Administração em Fisioterapia 27- Marta Halasz Varella Cinesioterapia Fisioterapia Aplicada ã Ortopedia e Traumatologia 28- Neide Keiko Nakamura Psicologia Social 29- Osmar Silva Lima Educação Fisica 30- Oswaldir Lanzoni La Falce Anatomia Humana 31- Oswaldo Astorino Histologia e Embriologia Fisiologia Biologia 32- Rui Cavalheiro Sociologia 33- Sérgio Antonio Zanello Psicologia 34- Sérgio Coghi Alves Bioquímica 35- Sérgio Colognese Ética e Deontologia 36- Sérgio Mingroni Ética e Deontologia Administração em Fisioterapia Fisioterapia Aplicada à Neurologia 37- Thalita Maia de Mattos Introdução a Saúde Publica

5 3 8- Thereza Ias i Fundamentos de Enfermagem 39- Vera Regina Paulenas Batista Educação Fisica 40- Weber Gonçalves Teixeira Administração em Fisioterapia Psícopatologia 41- Zenildo Gomes da Costa Fisioterapia Geral Historia da Fisioterapia A biblioteca, segundo dados contidos no Caderno 5, possui um acervo geral de títulos e volumes, além de 260 títulos de periódicos, sendo 86 de assinaturas correntes. Os livros existentes na biblioteca geral e que podem ser utilizados para o cur-so de Fisioterapia sao em numero de títulos, com volumes Alem desses, a IES se compromete a adquirir mais 237 t i t u l o s r e presentando 245 volumes. 0 curso de Fisioterapia também poderá contar com volumes específicos do curso de Enfermagem. A biblioteca dispõe, ainda, de uma mapoteca sobre anatomia humana e uma e x t e n s a coleção de slides. Por ocasião da visita da Comissão Verificadora, a direção da IES devera providenciar a relação dos periódicos especif-cos do curso de Fisioterapia que integrarão o acervo já existente. 0 Caderno 5/A contem a descrição detalhada dos laboratórios e equipamentos que serão utilizados pelo curso em pauta. 0 juizo de valor de tais equipamentos e instalações será emitido pelos especialistas verificadores, quando de sua visita. A documentação complementar traz a projeção financeira quadrienal para o curso de Fisioterapia, onde se observa que a mantenedora, alem das despesas com a adminitração, com a docência, com os materiais didático e de consumo e despesas gerais de funcionamento, destinou, para cada item da conta despesa de capital, um percentual que lhe permita garantir a qualidade do ensino oferecido. Quanto ao cronograma de execução a IES destaca dois passos: 0 primeiro, trata-se da construção da Clinica de Fisioterapia, que hoje já se encontra apta a funcionar, nao so para atender ao estagio supervisionado de seus alunos, como também para o atendimento de uma parcela carente da comunidade, a exemplo do que ocorre com a Clinica Psicológica, também mantida pela Associação Educacional Presidente Kennedy. 0 segundo passo,diz respeito a ratificação dos convênios celebrados na fase inicial do processo. A IES apresenta agora as cópias dos cinco convênios firmados com os Hospitais Carlos Chagas Stella Maris; Papa Pio XII, com o Instituto de Cirurgia e Traumatologia de Guarulhos e com o Guarulhos Fisioterapia e Reabilitação Ltda.

6 II - VOTO DO RELATOR Em face do exposto, o Relator e de parecer favorável à aprovação do projeto de implantação do curso de Fisioterapia, a ser ministrado, na cidade de Guarulhos, SP, pela Faculdade de Fisiotera pia de Guarulhos, e mantida pela Associação Educacional Presidente Kennedy, com 80 vagas totais anuais, em duas turmas de 40. A pós a h o m ologação ministerial deste Parecer a interessada poderá so licitar a visita da Comissão Verificadora. III - CONCLUSÃO DA CÂMARA Relator. A Câmara de Ensino Superior, 2º Grupo, acompanha do voto do

7 QUADRO I ORGANIZAÇÃO CURRICULAR PERÍODO / DISCIPLINAS 1º Semestre Biologia... Anatomia Humana I... Histologia e Embriologia... Bioquímica... Fisiologia... Biofísica... Patologia Geral... Educação Física (praticas desportivas) CARGA HORÁRIA Teórica Prática 2º Semestre Sociologia... Antropologia... ;... Psicologia... Metodologia da Pesquisa Científica... Ética e Deontologia... Introdução a Saúde Publica... Patologia de Órgãos e Sistemas... Anatomia Humana II Educação Física (práticas desportivas) 3º Semestre Historia da Fisioterapia... Fundamentos de Medicina Clínica e Ci - rúrgica Aplicados ã Fisioteraia I... Cinesiologia I... Bases de Métodos e Técnicas de Avalia ção Aplicados em Fisioterapia I... Fisioterapia Geral I.... Cinesioterapia I... Recursos Terapêuticos Manuais I... Estudo de Problemas Brasileiros I... Educação Física (praticas desportivas)

8 4º Semestre História da Fisioterapia II Fundamentos de Medicina Clínica e Ci - rurgica Aplicados à Fisioterapia II.. Cinesiologia II... Bases de Métodos e Técnicas de Avaliação Aplicados em Fisioterapia II... Fisioterapia Geral II... Cinesioterapia II... Recursos Terapêuticos Manuais II... Estudo de Problemas Brasileiros II... Educação Física (praticas desportivas) 5º Semestre Fisioterapia Aplicada ã Ortopedia e Traumatologia I... Fisioterapia Aplicada à Neurologia I... Fisioterapia Aplicada a Reumatologia I Administração em Fisioterapia I... Fundamentos de Enfermagem I... Psicologia do Desenvolvimento..., Prática de Fisioterapia Supervisionada Educação Física (praticas desportivas) 6º Semestre Fisioterapia Aplicada à Ortopedia e Traumatologia II... Fisioterapia Aplicada ã Neurologia II. N Fisioterapia Aplicada ã Reumatologia II Administração em Fisioterapia II... Psicopatologia Psicologia Social... Pratica de Fisioterapia Supervisionada Educação Física (práticas desportivas)

9 QUADRO I (continuação) 7º Semestre Fisioterapia Aplicada a Cardiologia I. Fisioterapia Aplicada a Pneumologia I. Fisioterapia Aplicada a Ginecologia e a Obstetrícia I Fisioterapia Aplicada a Pediatria I.. Fisioterapia Preventiva X... Prática de Fisioterapia Supervisionada I Educação Física (práticas desportivas) 8º Semestre Fisioterapia Aplicada à Cardiologia II Fisioterapia Aplicada a Pneumologia II Fisioterapia Aplicada à Ginecologia e a Obstetrícia II Fisioterapia Aplicada a Pediatria II. Fisioterapia Preventiva II... Pratica de Fisioterapia Supervisionada II Educação Física (praticas desportivas). 1. As aulas de Estudo de Problemas Brasileiros e as atividades de Educação Física não estão computadas na carga horária to_ tal do Curso. 2. Observadas as disposições do Parecer CFE 622/82: 20% da car-ga horária para os Ciclos I e II; 20% da carga horária para o Ciclo Pré-profissionalizante; 40% da carga horária para o Ciclo Profissionalizante; 20% da carga horária para Prática Supervisionada. 3. Horas destinadas ao Estágio Supervisionado: 750 horas (superior a 20% sobre horas).

10 IV - DECISÃO DO PLENÁRIO O Plenário do Conselho Federal de Educação aprovou, por unanimidade, a Conclusão da Câmara. Sala Barretto Filho, em 09 de -11 de 1988

A u t o r i z a ç ã o ( P r o j e t o ) do C u r s o de P r o c e s s a m e n t o de D a d o s

A u t o r i z a ç ã o ( P r o j e t o ) do C u r s o de P r o c e s s a m e n t o de D a d o s INTERESSADO/MANTENEDORA CENTRO EDUCACIONAL DE REALENGO UF RJ ASSUNTO: A u t o r i z a ç ã o ( P r o j e t o ) do C u r s o de P r o c e s s a m e n t o de D a d o s RELATOR: SR. CONS. Yugo O k i d a I-RELATÓRIO

Leia mais

Matriz Curricular do Curso de Fisioterapia

Matriz Curricular do Curso de Fisioterapia Matriz Curricular do Curso de Fisioterapia 1 PERÍODO e Anatomia Humana I 2 2 04 80 Citologia, Histologia 2 02 40 Embriologia 2 02 40 Metodologia da Pesquisa Científica 2-02 40 Fisioterapia em Saúde Publica

Leia mais

Autorização (Projeto) dos cursos de Fisioterapia e Terapia Ocupacional a serem ministrados pela Faculdade de Educação Física do Clube Náutico Mogiano

Autorização (Projeto) dos cursos de Fisioterapia e Terapia Ocupacional a serem ministrados pela Faculdade de Educação Física do Clube Náutico Mogiano CLUBE NÁUTICO MOGIANO Autorização (Projeto) dos cursos de Fisioterapia e Terapia Ocupacional a serem ministrados pela Faculdade de Educação Física do Clube Náutico Mogiano JÜLIO G. C. MOREJÕN 0 Clube Náutico

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICO SALESIANO AUXILIUM Curso de Fisioterapia

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICO SALESIANO AUXILIUM Curso de Fisioterapia MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE FISIOTERAPIA GRADE 5 Currículo Pleno aprovado pelo Conselho de Curso para o ano de 2010 Cód. Disc. DISCIPLINAS 1º SEMESTRE CRÉD. CH TOTAL TEÓRICA PRÁTICA 5401-1 Anatomia I

Leia mais

C.H. Teórica. Carga Horária Semanal. C.H. Prática

C.H. Teórica. Carga Horária Semanal. C.H. Prática BAARELADO EM FISIOTERAPIA 1 Semestre Extensão 1 e A/C Anatomia Humana I 4 60 20 80 Biologia do Desenvolvimento e Genética 3 40 20 60 Histologia 3 40 20 60 Matemática Aplicada 2 40 40 História e Fundamentos

Leia mais

Horários de Aula - Fisioterapia

Horários de Aula - Fisioterapia 1 Semestre Turma A Sala 311 13:30 14:20 Informática Anatomia I Citologia I Saúde Pública Sociologia 14:20 15:10 Informática Anatomia I Citologia I Saúde Pública Sociologia 15:10 16:00 História da Fisioterapia

Leia mais

ESTRUTURA CURRICULAR

ESTRUTURA CURRICULAR ESTRUTURA CURRICULAR Curso de Bacharelado em Fisioterapia I SEMESTRE Anatomia Sistêmica 80 40 40 ------- Histologia e Embriologia 80 60 20 ------- Fundamentos de Ciências Sociais Aplicados à Saúde 40 40

Leia mais

FEDERAÇÃO DAS FUNDAÇÕES EDUCACIONAIS DO CONTESTADO - FENIC

FEDERAÇÃO DAS FUNDAÇÕES EDUCACIONAIS DO CONTESTADO - FENIC INTERESSADO/MANTENEDORA FEDERAÇÃO DAS FUNDAÇÕES EDUCACIONAIS DO CONTESTADO - FENIC ASSUNTO: UF SC AUTORIZAÇÃO (PROJETO) PARA FUNCIONAMENTO DO CURSO DE HISTÓRIA, A SER MINISTRADO PELA UNIÃO DOS CENTROS

Leia mais

Autorizaçaõ(Projeto) para o funcionamento do Curso de Licenciatura Plena em História.

Autorizaçaõ(Projeto) para o funcionamento do Curso de Licenciatura Plena em História. INTERESSADO/MANTENEDORA CENTRO MATOGROSSENSE DE ENSINO SUPERIOR UF MT ASSUNTO Autorizaçaõ(Projeto) para o funcionamento do Curso de Licenciatura Plena em História. RELATOR: SR. CONS. DE. ANTÔNIO Geraldo

Leia mais

EDITAL N.º 232/2015 RETIFICAÇÃO DO EDITAL Nº 230/2015

EDITAL N.º 232/2015 RETIFICAÇÃO DO EDITAL Nº 230/2015 RETIFICAÇÃO DO EDITAL Nº 230/2015 O VICE-REITOR DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA, no uso de suas atribuições legais e estatutárias, retifica o Edital nº 230/2015, de 25 de setembro de 2015, publicado no

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO Faculdade de Medicina do Triângulo Mineiro MG Alteração de Regimento RELATOR: SR. CONS... Layrton Borges de Miranda CÂMARA OU COMISSÃO PARECER

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM FISIOTERAPIA. (Parte integrante da Resolução n. 18, de 04 de junho de 2013, do COENS da UFTM) 1º SEMESTRE

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM FISIOTERAPIA. (Parte integrante da Resolução n. 18, de 04 de junho de 2013, do COENS da UFTM) 1º SEMESTRE MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TRIÂNGULO MINEIRO MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM FISIOTERAPIA (Parte integrante da Resolução n. 18, de 04 de junho de 2013, do COENS da UFTM)

Leia mais

2.6 NOVA MATRIZ CURRICULAR A PARTIR DE JANEIRO DE 2010

2.6 NOVA MATRIZ CURRICULAR A PARTIR DE JANEIRO DE 2010 2.6 NOVA MATRIZ CURRICULAR A PARTIR DE JANEIRO DE 2010 Com a publicação da Resolução CNS/CES 004/2009, que dispõe sobre a carga horária mínima e procedimentos relativos à integralização e duração dos cursos

Leia mais

Matriz Curricular do Curso de Bacharelado em Enfermagem

Matriz Curricular do Curso de Bacharelado em Enfermagem Matriz Curricular do Curso de Bacharelado em Enfermagem Tempo Mínimo: 4,5 anos (9 semestres) Tempo Máximo: 6 anos (12 semestres) : 4.260 h Atividades Complementares: 150 h Carga Horária Total do Curso:

Leia mais

PARECER CEE/PE Nº 07/2007-CES APROVADO PELO PLENÁRIO EM 05/01/2007 I RELATÓRIO:

PARECER CEE/PE Nº 07/2007-CES APROVADO PELO PLENÁRIO EM 05/01/2007 I RELATÓRIO: INTERESSADA: AUTARQUIA DE ENSINO SUPERIOR DE ARCOVERDE AESA ASSUNTO: RECONHECIMENTO DO CURSO DE BACHARELADO EM ENFERMAGEM RELATOR: CONSELHEIRO ARNALDO CARLOS DE MENDONÇA PROCESSO Nº 153/2006 Homologado

Leia mais

M I N I S T É R I O DA EDUCACÃO CONSELHO F E D E R A L DE INTERESSADO/MANTENEDORA INSTITUIÇÃO TOLEDO DE ENSINO

M I N I S T É R I O DA EDUCACÃO CONSELHO F E D E R A L DE INTERESSADO/MANTENEDORA INSTITUIÇÃO TOLEDO DE ENSINO M I N I S T É R I O DA EDUCACÃO CONSELHO F E D E R A L DE EDUCACÃO INTERESSADO/MANTENEDORA INSTITUIÇÃO TOLEDO DE ENSINO UF SP ASSUNTO: Aprovação das Alterações Curriculares dos cursos de Direito, Pedagogia,

Leia mais

João Paulo do Valle Mendes

João Paulo do Valle Mendes INTERESSADO/MANTENEDORA UNIÃO EDUCACIONAL DO PLANALTO CENTRAL UF DF ASSUNTO: Autorização de curso de Fisioterapia. RELATOR: SR. CONS. João Paulo do Valle Mendes 1 - RELATÓRIO 0 Plenário aprovou o Parecer

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO ASSOCIAÇÃO BRASIL CENTRAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA Plenificação do curso de Licenciatura de Letras Zilma A Associação Brasil Central de Educação e Cul-tura,

Leia mais

Disciplina. 1 ano - 2 Semestre. Disciplina

Disciplina. 1 ano - 2 Semestre. Disciplina 1 ano - 1 Semestre Anatomia Humana I 60 4 Estudo da Genética e da Evolução 60 4 Necessidades Educacionais Especiais 60 4 História e Fundamentos da Fisioterapia 45 3 Antropologia 30 2 Fisiologia 60 4 Saúde

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO EDITAL Nº 05/2017 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO EDITAL Nº 05/2017 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO VAGAS CAMPUS MARCO ZERO 1601 - Área de conhecimento: Administração Geral. Curso: Administração Perfil: Bacharelado em Administração com Especialização, Mestrado ou Doutorado nas seguintes áreas da Administração:

Leia mais

Fundação Universidade Regional do Nordeste. Virgínio Cândido Tosta de Souza

Fundação Universidade Regional do Nordeste. Virgínio Cândido Tosta de Souza Fundação Universidade Regional do Nordeste Reconhecimento do curso de Fisioterapia Virgínio Cândido Tosta de Souza A Fundação Universidade R e g i o n a l do Nor d e s te,se d i a d a em Campina Grande,Para

Leia mais

ANEXO A RESOLUÇÃO CEPE 07/2009 MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE FISIOTERAPIA -. GRADE CURRICULAR

ANEXO A RESOLUÇÃO CEPE 07/2009 MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE FISIOTERAPIA -. GRADE CURRICULAR MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE FISIOTERAPIA -. GRADE CURRICULAR PRIMEIRO SEMESTRE Biologia 2 0 2 036 Anatomia Humana I 2 2 4 072 Histologia 2 2 4 072 Bioquímica 2 0 2 036 Noções de Enfermagem 1 1 2 036

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO/MANTENEDORA UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE UF RJ ASSUNTO: CREDENCIAMENTO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MEDICINA - ÁREA DE CONCENTRAÇÃO EM

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO/MANTENEDORA ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL DE ENSINO SUPERIOR ASSUNTO Autorização (projeto) para funcionamento do curso de Turismo, a ser ministrado

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE - UNICENTRO Setor de Ciências da Saúde Unidade Universitária de Guarapuava CURRICULO PLENO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE - UNICENTRO Setor de Ciências da Saúde Unidade Universitária de Guarapuava CURRICULO PLENO 1838 DEFISIO/G Anatomia Humana 4 136 2382 DEFAR/G Bioquímica 2 68 2383 DEBIO/G Citologia e Histologia 2 68 2384 DEFISIO/G Fisiologia Humana 4 136 2386 DEFIS/G Fundamentos de Biofísica para Recursos Fisioterapêuticos

Leia mais

PRÉ-REQUISITOS MEDICINA MATRIZ CURRICULAR 2017

PRÉ-REQUISITOS MEDICINA MATRIZ CURRICULAR 2017 PRÉ-REQUISITOS MEDICINA MATRIZ CURRICULAR 2017 1º PERÍODO CÓDIGO DISCIPLINAS C/H CÓDIGO DISCIPLINAS C/H MD17101 Biologia Celular MD17102 Anatomia Humana I 108 MD17103 Embriologia e Histologia Humana I

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAU

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAU PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAU Fisioterapia Matriz Curricular ingressantes a partir de 2013 Período Eixo Formação Atividades Componentes Curriculares Vivên Teórica Prática forma Está h/a h/r

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 092/2016

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 092/2016 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 092/2016 Altera a Deliberação Consep Nº 291/2014, que dispõe sobre o Currículo do Curso de Medicina, regime seriado semestral. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade do

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO/MANTENEDORA FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS - ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL UF SP ASSUNTO: Autorização (projeto) para funcionamento do curso de

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 273/2014

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 273/2014 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 273/2014 Altera a Deliberação CONSEP Nº 274/2013, que Dispõe sobre o currículo do Curso de Fisioterapia, regime seriado semestral. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 228/2013

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 228/2013 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 228/2013 Altera a Deliberação CONSEP Nº 179/2012, que altera o Currículo do Curso de Medicina para regime seriado semestral. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade do Processo

Leia mais

Fisioterapia. BIO S-20 - Fisiologia Humana II ,67

Fisioterapia. BIO S-20 - Fisiologia Humana II ,67 Página 0001 de 0004 12:01:44 Não 1º Período ODT 0475-04S-20 - Anatomia Humana I 80 - - 066,67 BIO 0262-03S-20 - Citologia, Histologia e Embriologia 60 - - 050,00 8545-04S-20 - Educação Ambiental e Cidadania

Leia mais

Pré-requisito Coreq Disciplina MD Biologia Celular - Ativa desde: 01/01/2014. Natureza - OBRIGATÓRIA PRÁTICA 18 TEÓRICA 36

Pré-requisito Coreq Disciplina MD Biologia Celular - Ativa desde: 01/01/2014. Natureza - OBRIGATÓRIA PRÁTICA 18 TEÓRICA 36 1 de 6 Nível:BACHARELADO Início: 20081 01 - - MD14101 - Biologia Celular - Ativa desde: MD14102 - Anatomia Humana I - Ativa desde: MD14103 - Embriologia e Histologia Humana I - Ativa desde: MD14104 - Fisiologia

Leia mais

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL E CULTURAL DE ARAGUARI

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL E CULTURAL DE ARAGUARI FUNDAÇÃO EDUCACIONAL E CULTURAL DE ARAGUARI Reconhecimento do Curso de Estudos Sociais - Licenciatura curta e das habilitações Supervisão Escolar de 1 e 2 Graus e Orientação Educacional do Curso de Pedagogia.

Leia mais

DEPARTAMENTO DE FISIOTERAPIA

DEPARTAMENTO DE FISIOTERAPIA DEPARTAMENTO DE FISIOTERAPIA Nome Disciplinas Curso Parecer Abel Raimundo Viga do Rosário Alessandra Swarowsky Martin Alexandre de Paula Aguiar Radiologia Aplicada à Ortopedia, Traumatologia, Órteses e

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO(*) (*) Despacho do Ministro, publicado no Diário Oficial da União de 05/12/2008 (*) Portaria/MEC nº 1.476, publicada no Diário Oficial da União de 05/12/2008 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO

Leia mais

CURSO DE FISIOTERAPIA CRONOGRAMA DE PROVAS 1º,2º BIMESTRE E EXAMES FINAIS DE

CURSO DE FISIOTERAPIA CRONOGRAMA DE PROVAS 1º,2º BIMESTRE E EXAMES FINAIS DE DATA 1 PERIODO 2 PERIODO DATA 1 PERIODO 2 PERIODO Língua Portuguesa (Florisbete) Biofísica (Munelar) Língua Portuguesa (Florisbete) Biofísica (Munelar) Fund. de Anatomia Humana II (João Paulo) Fund. de

Leia mais

CURSO DE FISIOTERAPIA

CURSO DE FISIOTERAPIA CURSO DE FISIOTERAPIA 1º PERÍODO A PROVA REGIMENTAL 23/05 BIOESTATÍSTICA 24/05 METODOLOGIA CIENTÍFICA 13h00 24/05 COMUNICAÇÃO E EXPRESSÃO 17h00 26/05 SOCIOLOGIA 27/05 MICROBIOLOGIA E IMUNOLOGIA 28/05 BIOLOGIA

Leia mais

Horário para o 1º semestre Código Componente curricular Turma/Vagas Horário Docente (nome completo) Sala/laboratório

Horário para o 1º semestre Código Componente curricular Turma/Vagas Horário Docente (nome completo) Sala/laboratório Horário para o 1º semestre Sexta -feira T T Sala 705 Sexta -feira PA 09:30 às 11:20h UR5002 Anatomia Humana I Daniel Ventura P Lab de Anatomia Sexta -feira PB 13:30 às 15:20h (Lab 101). Sexta-feira PC

Leia mais

Anatomia Humana I 60. Biologia Humana 80. Bioestatística 20. Comunicação e Expressão 20. Fundamentos da Fisioterapia 60. Metodologia Científica 60

Anatomia Humana I 60. Biologia Humana 80. Bioestatística 20. Comunicação e Expressão 20. Fundamentos da Fisioterapia 60. Metodologia Científica 60 1º PERÍODO - FISIOTERAPIA SEGUNDA 19h00 22h15 BIOLOGIA HUMANA Dr. Renato Maluta TERÇA 19h00-21h00 SOCIOLOGIA E ANTROPOLOGIA DA SAÚDE Esp. Paulo Moacyr TERÇA 21h15 22h15 BIOESTATÍSTICA Esp. Dorival Pinheiro

Leia mais

ASSOCIAÇÃO CAPIXABA DE EDUCAÇÃO E CULTURA

ASSOCIAÇÃO CAPIXABA DE EDUCAÇÃO E CULTURA ASSOCIAÇÃO CAPIXABA DE EDUCAÇÃO E CULTURA Autorização(execução de Projeto) para funcionamento do Cur so de Ciências Contábeis a ser ministrado pela Faculdade de Administração e Ciências Contábeis de Linhares.

Leia mais

Faculdade São Lucas. Credenciada pela Portaria de 03/12/99. Coordenação de Medicina Matriz Curricular 2º Semestre de 2011

Faculdade São Lucas. Credenciada pela Portaria de 03/12/99. Coordenação de Medicina Matriz Curricular 2º Semestre de 2011 Faculdade São Lucas Credenciada pela Portaria 1.714 de 03/12/99 Rua Alexandre Guimarães, 1927 Bairro: Areal Porto Velho RO Telefones: (69) 32118000 Coordenação de Medicina Matriz Curricular 2º Semestre

Leia mais

I RELATÓRIO: II ANÁLISE:

I RELATÓRIO: II ANÁLISE: INTERESSADA: AUTARQUIA EDUCACIONAL DO VALE DO SÃO FRANSCISCO AEVSF ASSUNTO: RECONHECIMENTO DO CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO DA FACULDADE DE CIÊNCIAS APLICADAS E SOCIAIS DE PETROLINA - FACAPE RELATOR:

Leia mais

ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE MEDICINA

ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE MEDICINA ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE MEDICINA Habilitação: Graduação em Medicina Carga Horária:7.222 horas Regime: Semestral Turno de Aplicação: Integral Vigência: 2008 / 2 Tempo de integralização: Mínimo:

Leia mais

DIRETORIA DE EXTENSÃO ANEXO 1 DAS VAGAS

DIRETORIA DE EXTENSÃO ANEXO 1 DAS VAGAS Direito Ciência Política E Teoria Geral Do Estado Direito Direito Tributário I Financeiro DIRETORIA DE EXTENSÃO ANEXO 1 DAS Givago Prandini Maia 10 Aprovação na disciplina A definir Vespertino Campus São

Leia mais

Curso: Fisioterapia Periodo: 1º Curriculo:01

Curso: Fisioterapia Periodo: 1º Curriculo:01 Curso: Periodo: 1º Curriculo:01 CFT01011A Anatomia Aplicada - T 54 03 - Germano CFT01011A1 Anatomia Aplicada - T1 54 03 - Germano CFT01011A2 Anatomia Aplicada - T2 54 03 - Germano CFT01011A Citologia e

Leia mais

LISTAGEM DAS UNIDADES DE ENSINO OFERTADAS PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO EM 2017/1 * EM REGIME DE DEPENDÊNCIA/ADAPTAÇÃO

LISTAGEM DAS UNIDADES DE ENSINO OFERTADAS PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO EM 2017/1 * EM REGIME DE DEPENDÊNCIA/ADAPTAÇÃO Administração Mercadológica I / Marketing/ Marketing na / Gestão e Marketing na Administração / Ciências Contábeis / Biomedicina / Educação Física / Enfermagem/ Farmácia / Fisioterapia / Nutrição / Psicologia/

Leia mais

SÚMULA DA 122ª REUNIÃO DA CÂMARA DE GRADUAÇÃO, REALIZADA EM 03.12.2009 INÍCIO: 9:00 - ENCERRAMENTO: 11:00 CÂMARA DE GRADUAÇÃO

SÚMULA DA 122ª REUNIÃO DA CÂMARA DE GRADUAÇÃO, REALIZADA EM 03.12.2009 INÍCIO: 9:00 - ENCERRAMENTO: 11:00 CÂMARA DE GRADUAÇÃO SÚMULA DA 122ª REUNIÃO DA CÂMARA DE GRADUAÇÃO, REALIZADA EM 03.12.2009 INÍCIO: 9:00 - ENCERRAMENTO: 11:00 CÂMARA DE GRADUAÇÃO 01) Processo n o 120/2008 Unidade: Centro de Ciências Humanas e Sociais Aplicadas

Leia mais

ITPAC - INSTITUTO TOCANTINENSE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS LTDA. FAHESA

ITPAC - INSTITUTO TOCANTINENSE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS LTDA. FAHESA ITPAC - INSTITUTO TOCANTINENSE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS LTDA. FAHESA Faculdade de Ciências Humanas, Econômicas e de Saúde de Araguaína Av. Filadélfia,568 - Setor Oeste - Araguaína - TO Fone: (63) 3411

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE MEDICINA

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE MEDICINA MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE MEDICINA PRIMEIRO SEMESTRE INTRODUÇÃO À PRÁTICA MÉDICA I 45 ANATOMIA SISTÊMICA APLICADA I 90 BIOFÍSICA E FISIOLOGIA I 90 SOCIOLOGIA CULTURA E ÉTICA 45 BIOLOGIA CELULAR, TECIDUAL

Leia mais

GRAU - MBC. Definição de Cursos de Pos-Graduação "lato sensu" referentes a aperfeiçoa_ mento e especialização, tendo em vista o Decreto n 9 94.

GRAU - MBC. Definição de Cursos de Pos-Graduação lato sensu referentes a aperfeiçoa_ mento e especialização, tendo em vista o Decreto n 9 94. INTERESSADO/MANTENEDORA UF SECRETARIA DE ENSINO DE 2 9 GRAU - MBC ASSUNTO Definição de Cursos de Pos-Graduação "lato sensu" referentes a aperfeiçoa_ mento e especialização, tendo em vista o Decreto n 9

Leia mais

GRADUAÇÃO EM FISIOTERAPIA - UFMG 1 º PERÍODO

GRADUAÇÃO EM FISIOTERAPIA - UFMG 1 º PERÍODO HORÁRIO DE AULA - 2015/ PRIMEIRO SEMESTRE (Numerado em 26/02/2015) GRADUAÇÃO EM - UFMG 1 º PERÍODO ANATOMIA 9:00 as 12:00 ANATOMIA 9:00 as 12:00 CITOLOGIA E HISTOLOGIA 10:00 as 12:00 BIOFÍSICA QUÍMICA

Leia mais

INTERESSADA: Universidade Estadual Vale do Acaraú UVA

INTERESSADA: Universidade Estadual Vale do Acaraú UVA INTERESSADA: Universidade Estadual Vale do Acaraú UVA EMENTA: Renova o reconhecimento do Curso Sequencial de Formação Específica em Gestão de Recursos Humanos da Universidade Estadual Vale do Acaraú UVA,

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE FISIOTERAPIA NOTURNO (Adequada conforme as exigências da Resolução CNE/CES n. 4, de 19 de fevereiro de 2002)

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE FISIOTERAPIA NOTURNO (Adequada conforme as exigências da Resolução CNE/CES n. 4, de 19 de fevereiro de 2002) MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE FISIOTERAPIA NOTURNO (Adequada conforme as exigências da Resolução CNE/CES n. 4, de 19 de fevereiro de 2002) PRIMEIRO PERÍODO FIS300 Fundamentos e Métodos de Estudo em Fisioterapia

Leia mais

Autorização (Projeto) para funcionamento do Curso de Ciências Contábeis, a ser oferecido pela Faculdade de Ciências Humanas de Aracruz -ES.

Autorização (Projeto) para funcionamento do Curso de Ciências Contábeis, a ser oferecido pela Faculdade de Ciências Humanas de Aracruz -ES. INTERESSADO/MANTENEDORA FUNDAÇÃO SÃO JOÃO BATISTA UF ES ASSUNTO: Autorização (Projeto) para funcionamento do Curso de Ciências Contábeis, a ser oferecido pela Faculdade de Ciências Humanas de Aracruz -ES.

Leia mais

PARECER Nº 140/92 CÂMARA OU COMISSÃO APROVADO EM: 19/02/92 CESu PROCESSO N : /92-78

PARECER Nº 140/92 CÂMARA OU COMISSÃO APROVADO EM: 19/02/92 CESu PROCESSO N : /92-78 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO/MANTENEDORA ASSOCIAÇÃO PINHEIRENSE DE EDUCAÇÃO E CULTURA UF SP ASSUNTO: Alteração do currículo pleno do curso de Pedagogia RELATOR. SR. CONS.

Leia mais

I RELATÓRIO: 3865/2015, de 02/10/2015 PARECER CEE/PE Nº 103/2015-CEB APROVADO PELO PLENÁRIO EM 14/09/2015

I RELATÓRIO: 3865/2015, de 02/10/2015 PARECER CEE/PE Nº 103/2015-CEB APROVADO PELO PLENÁRIO EM 14/09/2015 INTERESSADO: CEPEM-CENTRO DE ENSINO E PESQUISA EM EMERGÊNCIAS MÉDICAS-SERRA TALHADA/PE ASSUNTO: CREDENCIAMENTO DA INSTITUIÇÃO PARA A OFERTA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO E AUTORIZAÇÃO

Leia mais

INSTITUIÇÃO TOLEDO DE E NSINO

INSTITUIÇÃO TOLEDO DE E NSINO INTERESADO/MANTENEDORA INSTITUIÇÃO TOLEDO DE E NSINO UF SP ASSUNTO: Remanejamento de Vagas entre cursos das Faculdades Toledo de Araçatuba. RELATOR. SR. CONS. Margarida Maria do R.B.P.Leal PARECER N 780/94

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 156/2017

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 156/2017 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 156/2017 Dispõe sobre o Currículo do Curso de Odontologia, regime seriado semestral. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade do Processo nº ODO- 077/2012, aprovou e eu promulgo

Leia mais

Grade FTC Salvador MEDICINA. 1º semestre CH. Disciplina 1 NEOC I - Sessão Tutoral 100. Disciplina 2 NEOC I - Morfofisiologia Anatomia 40

Grade FTC Salvador MEDICINA. 1º semestre CH. Disciplina 1 NEOC I - Sessão Tutoral 100. Disciplina 2 NEOC I - Morfofisiologia Anatomia 40 Grade 2016.1 1º semestre CH Disciplina 1 NEOC I - Sessão Tutoral 100 Disciplina 2 NEOC I - Morfofisiologia Anatomia 40 Disciplina 3 NEOC I - Morfofisiologia Fisiologia 60 Disciplina 4 NEOC I - Morfofisiologia

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 268/2014

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 268/2014 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 268/2014 Altera a Deliberação CONSEP Nº 105/2014, que dispõe sobre o Currículo do Curso de Odontologia, regime seriado semestral. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade

Leia mais

CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO Câmara de Educação Superior e Profissional

CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO Câmara de Educação Superior e Profissional INTERESSADO: Centro Integrado de Educação Profissional - CIEP EMENTA: Credencia o Centro Integrado de Educação Profissional CIEP, no município de Tauá, reconhece os cursos: Técnico em Enfermagem, Técnico

Leia mais

INSTITUTO EDUCACIONAL SEMINÁRIO PAULOPOLITANO

INSTITUTO EDUCACIONAL SEMINÁRIO PAULOPOLITANO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO/MANTENEDORA UF INSTITUTO EDUCACIONAL SEMINÁRIO PAULOPOLITANO SP ASSUNTO: Autorização para funcionamento dos cursos de Ciências da Computação

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 1 SEMESTRE DE 2016 FACULDADE ÚNICA DE CONTAGEM

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 1 SEMESTRE DE 2016 FACULDADE ÚNICA DE CONTAGEM EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 1 SEMESTRE DE 2016 FACULDADE ÚNICA DE CONTAGEM COMISSÃO ORGANIZADORA Solange Fonseca Marquione Gomes Raquel Munis Suelen Gomes 2 SUMÁRIO 1 - CURSOS OFERECIDOS 04 2 - AGENDA

Leia mais

RESOLUÇÃO N 002, DE 9 DE FEVEREIRO DE 2010, DA CONGREGAÇÃO DA UFTM.

RESOLUÇÃO N 002, DE 9 DE FEVEREIRO DE 2010, DA CONGREGAÇÃO DA UFTM. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TRIÂNGULO MINEIRO UBERABAMG RESOLUÇÃO N 002, DE 9 DE FEVEREIRO DE 2010, DA CONGREGAÇÃO DA UFTM. Dispõe sobre a Matriz Curricular do Curso de Graduação em

Leia mais

Resolução UNESP 75, de dezembro de 2004 alterada pela Resolução UNESP 63/06

Resolução UNESP 75, de dezembro de 2004 alterada pela Resolução UNESP 63/06 Resolução UNESP 75, de dezembro de 2004 alterada pela Resolução UNESP 63/06 1ª Série Anatomia Humana 432 Anatomia Radiológica 36 Bioestatística I 30 Bioestatística II 36 Biofísica 108 Biologia Celular

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 281/2006

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 281/2006 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 281/2006 Altera o Currículo Pleno do Curso de Medicina disposto pelas Deliberações CONSEP Nº 334/2002 e CONSEP Nº 001/2005. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade do Processo

Leia mais

Integralização Curricular anterior

Integralização Curricular anterior 4.7 Integralização Curricular A seguir apresentamos a matriz de integralização do curso de das Faculdades Integradas Pitágoras, onde é possível identificar, por meio da representação gráfica a proposta

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO ORGANIZAÇÃO SANTAMARENSE DE EDUCAÇÃO E CULTURA. Margarida Maria R. B. P.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO ORGANIZAÇÃO SANTAMARENSE DE EDUCAÇÃO E CULTURA. Margarida Maria R. B. P. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO/MANTENEDORA ORGANIZAÇÃO SANTAMARENSE DE EDUCAÇÃO E CULTURA UF SP ASSUNTO Alteração de turnos de funcionamento de Cursos, extinção

Leia mais

FACULDADE BEZERRA DE ARAÚJO CURSO DE GRADUAÇÃO EM FISIOTERAPIA A PARTIR DE JANEIRO DE 2016 PRIMEIRO PERÍODO

FACULDADE BEZERRA DE ARAÚJO CURSO DE GRADUAÇÃO EM FISIOTERAPIA A PARTIR DE JANEIRO DE 2016 PRIMEIRO PERÍODO PRIMEIRO PERÍODO CBS002 CHS009 CBS004 CBS005 FIS001 CHS012 CHS006 CHS015 FIS043 Anatomia Humana I 20 20 40 Português I 40-40 Genética 40-40 Biologia Celular 40-40 História da Fisioterapia 40-40 Métodos

Leia mais

Reconhecimento dos cursos de Fisioterapia e Terapia Ocupacional,das Faculdades Integradas Castelo Branco. Virgínio Cândido Tosta de Souza

Reconhecimento dos cursos de Fisioterapia e Terapia Ocupacional,das Faculdades Integradas Castelo Branco. Virgínio Cândido Tosta de Souza Centro Educacional de Realengo Reconhecimento dos cursos de Fisioterapia e Terapia Ocupacional,das Faculdades Integradas Castelo Branco. Virgínio Cândido Tosta de Souza 1 - RELATÓRIO A Vice-Presidente

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO. INTERESSADA: União de Faculdades de Alagoas Ltda./Faculdade Figueiredo UF: AL

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO. INTERESSADA: União de Faculdades de Alagoas Ltda./Faculdade Figueiredo UF: AL PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 9/7/2008, Seção 1, Pág. 23. Portaria n 937, publicada no D.O.U. de 20/11/2008, Seção 1, Pág. 26. Portaria n 938, publicada no D.O.U. de 20/11/2008,

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 5/6/2009, Seção 1, Pág. 92. Portaria n 507, publicada no D.O.U. de 5/6/2009, Seção 1, Pág. 92. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE

Leia mais

ANEXO 2 PROCESSO SELETIVO DE BOLSAS DS/CAPES E PROMOP/UDESC EDITAL 002/2017

ANEXO 2 PROCESSO SELETIVO DE BOLSAS DS/CAPES E PROMOP/UDESC EDITAL 002/2017 ANEXO 2 PROCESSO SELETIVO DE BOLSAS DS/CAPES E PROMOP/UDESC EDITAL 002/207 ADERÊNCIA EPISTEMOLÓGICA DAS ÁREAS/SUBÁREAS DA CAPES Conforme critérios do Documento da Área 2 da CAPES (EDUCAÇÃO FÍSICA) ÁREA

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS Curso: Medicina Versão: 3 Descrição: Ano: 2016 Semestre: Primeiro não vinculado à disciplina ou a Tipo de estágio: NÃO Exame de Qualificação: NÃO Exame de Proficiência em Inglês: NÃO Exame de Proficiência

Leia mais

Curso de Medicina da Universidade Iguaçu Campus Itaperuna

Curso de Medicina da Universidade Iguaçu Campus Itaperuna Curso de Medicina da Universidade Iguaçu Campus Itaperuna Estrutura Curricular do Curso de Medicina da Universidade Iguaçu - Itaperuna A construção da estrutura curricular do Curso de Medicina da Universidade

Leia mais

HORÁRIO DE AULAS DO CURSO DE BIOMEDICINA EM TURMA: º SEMESTRE

HORÁRIO DE AULAS DO CURSO DE BIOMEDICINA EM TURMA: º SEMESTRE TURMA: 2015.2 1º SEMESTRE HORÁRIO SEG TER QUA QUI SEX Anatomia Humana Introdução a Química organica e 08:00 às 09:00 Biologia celular Biossegurança e ADM Biomedicina e Bioética Inorgânica laboratorial

Leia mais

DISCIPLINAS PEDAGOGIA ORGANIZAÇÃO CURRICULAR (NOVA) CARGA HORÁRIA PRÉ REQUISITO 1º SEMESTRE. 01 - Metodologia Científica

DISCIPLINAS PEDAGOGIA ORGANIZAÇÃO CURRICULAR (NOVA) CARGA HORÁRIA PRÉ REQUISITO 1º SEMESTRE. 01 - Metodologia Científica PEDAGOGIA ORGANIZAÇÃO CURRICULAR (NOVA) DISCIPLINAS CARGA HORÁRIA PRÉ REQUISITO 1º SEMESTRE 01 - Metodologia Científica 02 - Fundamentos epistemológicos da Educação 1 / 29 03 - Sociologia e Educação 04

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 15/7/2015, Seção 1, Pág. 9. Portaria n 724, publicada no D.O.U. de 15/7/2015, Seção 1, Pág. 8. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE UNICENTRO Campus CEDETEG ENSALAMENTO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO Setor de Ciências da Saúde SES/G FISIOTERAPIA 2016

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE UNICENTRO Campus CEDETEG ENSALAMENTO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO Setor de Ciências da Saúde SES/G FISIOTERAPIA 2016 UNIVERSIDADE ESDUAL DO CENTRO-OES UNICENTRO Campus CEDEG FISIORAPIA 2016 1ª SÉRIE 2º SEMESTRE MANHÃ 07h30min 08h20min Neuroanatomia Fisiologia Humana Turma A+B Bioquímica SALA 4 BLOCO 1 Citologia e Histologia

Leia mais

INSTITUTO SUPERIOR DE TEOLOGIA APLICADA (INTA) PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE BACHARELADO EM ENFERMAGEM 1º SEMESTRE

INSTITUTO SUPERIOR DE TEOLOGIA APLICADA (INTA) PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE BACHARELADO EM ENFERMAGEM 1º SEMESTRE 1 2.7. ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE BACHARELADO EM ENFERMAGEM 2015.2 1º SEMESTRE 1. Anatomia Humana 90 60 30 06 2. Antropologia Teológica 30 30 02 3. Biologia (Citologia/Genética) 60 45 15 04 4. Educação

Leia mais

Fundação de Educação e Cultura Espírita "Paraná" - Santa Catarina

Fundação de Educação e Cultura Espírita Paraná - Santa Catarina Fundação de Educação e Cultura Espírita "Paraná" - Santa Catarina PR Reconhecimento das Licenciaturas Plenas em Geografia e História, ministradas pela Faculdade de Ciências Humanas e Sociais de Curitiba.

Leia mais

PARECER HOMOLOGADO(*) (*) Portarias/MEC nºs 555/556, publicadas no Diário Oficial da União de 21/2/2006

PARECER HOMOLOGADO(*) (*) Portarias/MEC nºs 555/556, publicadas no Diário Oficial da União de 21/2/2006 PARECER HOMOLOGADO(*) (*) Portarias/MEC nºs 555/556, publicadas no Diário Oficial da União de 21/2/2006 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADA: União Norte do Paraná de Ensino

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR CURSO DE MEDICINA

MATRIZ CURRICULAR CURSO DE MEDICINA Ciclo Básico Ciclo Básico MATRIZ CURRICULAR CURSO DE MEDICINA 1º S MEDICINA DE FAMÍLIA E COMUNIDADE I 1 PRIMÁRIA I HISTÓRIA DA MEDICINA E EPISTEMOLOGIA 20 POLÍTICAS DE SAUDE 20 ESPIRITUALIDADE E TANATOLOGIA

Leia mais

Matriz Curricular do Curso de Graduação em Nutrição Bacharelado.

Matriz Curricular do Curso de Graduação em Nutrição Bacharelado. NUTRIÇÃO, SAÚDE E SOCIEDADE Matriz Curricular do Curso de Graduação em Bacharelado. COMPONENTE CURRICULAR DIMENSÃO / CAMPO DE FORMAÇÃO CARGA HORÁRIA PRÉ REQUISITO 1º SEMESTRE Biologia Celular Anatomia

Leia mais

Reconhecimento do Curso de Ciências

Reconhecimento do Curso de Ciências SOCIEDADE DE ENSINO SUPERIOR ESTÁCIO DE SÁ Reconhecimento do Curso de Ciências Antônio Fagundes de Sousa I - RELATÓRIO A Sociedade de Ensino Superior Estácio de Sá, mantenedora das Faculdades Integradas

Leia mais

EXAME DE SELEÇÃO PARA MONITORIA DE GRADUAÇÃO

EXAME DE SELEÇÃO PARA MONITORIA DE GRADUAÇÃO EDITAL N 01/2017/CATHEDRAL EXAME DE SELEÇÃO PARA MONITORIA DE GRADUAÇÃO 2017.1 1.Da Monitoria 1. 1. Entende-se por Monitoria a atividade de caráter didático-pedagógica, desenvolvida pelo aluno e orientada

Leia mais

SISTEMA CONTINUADO DE AVALIAÇÃO DOCENTE DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DE ANÁPOLIS UniEVANGÉLICA

SISTEMA CONTINUADO DE AVALIAÇÃO DOCENTE DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DE ANÁPOLIS UniEVANGÉLICA P SISTEMA CONTINUADO DE AVALIAÇÃO DOCENTE DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DE ANÁPOLIS UniEVANGÉLICA SELEÇÃO DE PROFESSORES PARA O SEMESTRE LETIVO 208/ CRONOGRAMA Inscrições De 22 de novembro a 08 de dezembro de

Leia mais

PROCESSO N 811/15 PROTOCOLO Nº PARECER CEE/CEMEP Nº 473/15 APROVADO EM 16/09/15

PROCESSO N 811/15 PROTOCOLO Nº PARECER CEE/CEMEP Nº 473/15 APROVADO EM 16/09/15 PROTOCOLO Nº 13.405.242-2 PARECER CEE/CEMEP Nº 473/15 APROVADO EM 16/09/15 CÂMARA DO ENSINO MÉDIO E DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO INTERESSADO: CENTRO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL CETEP MUNICÍPIO:

Leia mais

CURSO DE QUIROPRAXIA - BACHARELADO

CURSO DE QUIROPRAXIA - BACHARELADO CURSO DE QUIROPRAXIA - BACHARELADO Currículo Novo - 2010/02 - Diurno (Seriado). 10 semestres RECONHECIDO PELA PORTARIA Nº 902, DE 10/04/2006 D.O.U. DE 12/04/2006 AMPARADO PELA PORTARIA NORMATIVA Nº 40,

Leia mais

Área de conhecimento ou matéria: Internato Médico e Residência Médica em Pediatria.

Área de conhecimento ou matéria: Internato Médico e Residência Médica em Pediatria. 3 Área de conhecimento ou matéria: Internato Médico e Residência Médica em Pediatria. Número de vagas e carga horária: Uma (01) vaga 24 horas Graduação em Medicina. Especialização em: Residência Médica

Leia mais

EDITAL DE 02 DE SETEMBRO DE 2014 DISCIPLINAS EM OFERTA ESPECIAL 2014-2

EDITAL DE 02 DE SETEMBRO DE 2014 DISCIPLINAS EM OFERTA ESPECIAL 2014-2 EDITAL DE 02 DE SETEMBRO DE 2014 DISCIPLINAS EM OFERTA ESPECIAL 2014-2 A Universidade Potiguar, mantida pela APEC - Sociedade Potiguar de Educação e Cultura Ltda, com sede em Natal, RN, torna públicas

Leia mais

LISTAGEM DAS UNIDADES DE ENSINO OFERTADAS PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO EM 2016/1 * EM REGIME DE DEPENDÊNCIA/ADAPTAÇÃO

LISTAGEM DAS UNIDADES DE ENSINO OFERTADAS PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO EM 2016/1 * EM REGIME DE DEPENDÊNCIA/ADAPTAÇÃO Administração de Sistemas de Informação Administração / Ciências Contábeis / Sist. de Informação Análise das Demonstrações Financeiras Administração / Ciências Contábeis / Sist. de Informação Análise de

Leia mais

Autorização (Execução do Projeto) de curso de Ciências Econômicas, a funcionar na Faculdade de Ciências Económicas e Contábeis Cândido Rondon

Autorização (Execução do Projeto) de curso de Ciências Econômicas, a funcionar na Faculdade de Ciências Económicas e Contábeis Cândido Rondon ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL CÂNDIDO RONDON Autorização (Execução do Projeto) de curso de Ciências Econômicas, a funcionar na Faculdade de Ciências Económicas e Contábeis Cândido Rondon João Paulo do Valle Mendes

Leia mais

Formulário de encaminhamento de propostas de estágio supervisionado PAD. Sociologia III Max Weber. Entrevista com o Professor.

Formulário de encaminhamento de propostas de estágio supervisionado PAD. Sociologia III Max Weber. Entrevista com o Professor. Formulário de encaminhamento de propostas de estágio supervisionado PAD Campo PAD Comentários: Data do recebimento: / / Data da análise: / / Nova: ( ) Renovação: ( ) Profª Drª Iraní F. Gerab Presidente

Leia mais

Autorização de novo curso de graduação em Psicologia no DGE-20. Reexame do processo 2123/79. João Paulo do Valle Mendes

Autorização de novo curso de graduação em Psicologia no DGE-20. Reexame do processo 2123/79. João Paulo do Valle Mendes SOCIEDADE EDUCACIONAL FLUMINENSE RJ Autorização de novo curso de graduação em Psicologia no DGE-20. Reexame do processo 2123/79. João Paulo do Valle Mendes 0 parecer 326/80, ao examinar o processo 2123/

Leia mais

Governo do Estado de Pernambuco Secretaria de Educação Conselho Estadual de Educação

Governo do Estado de Pernambuco Secretaria de Educação Conselho Estadual de Educação Governo do Estado de Pernambuco Secretaria de Educação Conselho Estadual de Educação INTERESSADA: AUTARQUIA MUNICIPAL DO ENSINO SUPERIOR DE GOIANA AMESG/ FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA PROFESSOR DIRSON

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 3.209, DE 7 DE OUTUBRO DE 2004

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 3.209, DE 7 DE OUTUBRO DE 2004 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 3.209, DE 7 DE OUTUBRO DE 2004 Homologa o Parecer n.º 036/04-CEG, que aprova a revogação da Resolução

Leia mais

ASSOCIAÇÃO CATARINENSE DE ENSINO FACULDADE GUILHERME GUIMBALA. Petrônio Guimbala Presidente da Associação Catarinense de Ensino

ASSOCIAÇÃO CATARINENSE DE ENSINO FACULDADE GUILHERME GUIMBALA. Petrônio Guimbala Presidente da Associação Catarinense de Ensino ASSOCIAÇÃO CATARINENSE DE ENSINO Petrônio Guimbala Presidente da Associação Catarinense de Ensino Petrônio Guimbala Junior Vice - Presidente da Associação Catarinense de Ensino Nelson Nemes Diretor de

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE VERÃO 2014 EDITAL

PROCESSO SELETIVO DE VERÃO 2014 EDITAL U N I V E R S I D A D E D E P A S S O F U N D O V i c e - R e i t o r i a d e G r a d u a ç ã o S e c r e t a r i a G e r a l d o s C u r s o s Campus I Rodovia BR 285 Km 292 - Bairro São José CEP 99052-900

Leia mais