ASSOCIAÇÃO FACULDADE RIBEIRÃO PRETO GRUPO UNIESP MANUAL PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

Save this PDF as:
Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ASSOCIAÇÃO FACULDADE RIBEIRÃO PRETO GRUPO UNIESP MANUAL PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO ENGENHARIA DE PRODUÇÃO"

Transcrição

1 ASSOCIAÇÃO FACULDADE RIBEIRÃO PRETO GRUPO UNIESP MANUAL PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO ENGENHARIA DE PRODUÇÃO RIBEIRÃO PRETO 2014

2 LISTA DE FIGURAS Figura 1 - Modelo de Capa... 9 Figura 2 - Elementos pré-textuais Figura 3 - Modelo de folha de rosto Figura 4 - Modelo folha de aprovação Figura 5 - Modelo dedicatória Figura 6 - Modelo agradecimento Figura 7 - Modelo epígrafe Figura 8 - Modelo Resumo Figura 9 -Modelo Abstract Figura 10 - Modelo de Lista de Figuras Figura 11 - Modelo de Lista de Tabelas Figura 12 - Modelo Lista de Abreviaturas Figura 13. Elementos textuais (Autora) Figura 14. Elementos pós-textuais (Autora)... 19

3 LISTA DE ABREVIATURAS ABNT NBR PDF TCC Associação Brasileira de Normas Técnicas Norma Brasileira Portable Document Format Trabalho de Conclusão de Curso

4 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO ESTRUTURA DO TCC Parte externa Capa Lombada Parte interna Elementos pré-textuais Folha de rosto Errata (opcional) Termo de aprovação (obrigatório) Dedicatória (opcional) Agradecimentos (opcional) Epígrafe (opcional) Resumo em língua vernácula (obrigatório) Resumo em língua estrangeira (obrigatório) Lista de ilustrações Lista de tabelas Lista de abreviaturas e siglas Lista de símbolos Sumário Elementos textuais Introdução Desenvolvimento Conclusão Elementos pós-textuais Elementos pós-textuais Referências Glossário Apêndice Anexo Índice REGRAS GERAIS DE APRESENTAÇÃO... 22

5 3.1 Formato Margem Espaçamento Notas de rodapé Indicativos de seção Títulos sem indicativo numérico Numeração progressiva Paginação Citações Siglas Equações Ilustrações Tabelas REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS APÊNDICE A - TERMO DE COMPROMISSO PARA ORIENTAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO APÊNDICE B - PARECER DO PROFESSOR ORIENTADOR SOBRE O TRABALHO DE CURSO APÊNDICE C MODELO DA CAPA DO ARQUIVO DIGITAL... 29

6 1 INTRODUÇÃO Este manual tem por finalidade disciplinar a elaboração e apresentação do trabalho de conclusão de curso (TCC) que apresenta-se como requisito parcial para obtenção do título de Engenheiro de Produção por esta instituição de ensino. De maneira geral este manual contribui para a padronização do uso de métodos e técnicas necessários à elaboração da monografia pelos alunos, baseados nas normas pertinentes, além de sugerir algumas formas de diagramação de texto para uma melhor organização do trabalho científico. A elaboração deste manual foi realizada observando os preceitos da ABNT citados na NBR 14724:2011, além das normas complementares citadas nas referências as quais os alunos deverão se familiarizar durante a execução do projeto e trabalho de conclusão de curso. No que diz respeito a regulamentação do trabalho, o mesmo deverá ser orientado por um professor da instituição com habilitação na linha de pesquisa em conjunto com o professor da disciplina de projeto experimental que fará a avaliação preliminar para conclusão do trabalho científico desenvolvido. O aluno deverá ser o responsável pela procura do orientador para assinatura dos termos necessários, desde o compromisso de orientação até o parecer final de aprovação/reprovação (APÊNDICE A e APÊNDICE B). A data de entrega do TCC finalizado (3 vias impressas e 1 via ) será marcada pelo professor da disciplina de Projeto Experimental em consonância com a Coordenação do Curso; o mesmo ocorrerá com a data de apresentação à banca examinadora, esta será divulgada a partir da publicação de um edital. A banca examinadora será composta por um professor-orientador e dois docentes convidados. A avaliação final do TCC será realizada na presença da banca examinadora, professores do curso, representantes da Instituição, alunos e o público em geral. A apresentação do trabalho para a banca deverá ocorrer no tempo de 20 minutos, com possibilidade de estender-se por mais 10 minutos, totalizando 30 minutos. Todos os membros da banca examinadora poderão realizar perguntas e/ou comentários ao final da apresentação, pelo tempo máximo de 30 minutos (10 minutos cada). Os principais critérios adotados pela banca examinadora na avaliação do trabalho são: desenvolvimento das etapas do projeto; apresentação verbal e metodológica; redação e ortografia; observância no uso das normas técnicas científicas; conteúdos significativos; utilização adequada dos recursos audiovisuais; argumentação lógica na fundamentação teórica; e nível de conscientização crítica e criativa sobre a realidade analisada. O aluno poderá ser aprovado, reprovado ou aprovado com restrições (é considerado aprovado desde que as correções pela bancas tenham sido efetuadas

7 em concordância com o orientador, ficando este responsável pela verificação de adequação do trabalho às correções realizadas no tempo concedido ao aluno para realização da atividade). Após a aprovação final e parecer do professor orientador devidamente assinado, o aluno deverá realizar a impressão final do TCC em capa dura, gravar um CD com o arquivo final no formato de pdf (portable document format) e apresentar ao professor da disciplina de Projeto Experimental na data pré-estabelecida.

8 2 ESTRUTURA DO TCC De acordo com a NBR 14724:2011, a estrutura de um TCC compreende a parte externa, ou seja, capa e lombada; os elementos pré-textuais, elementos textuais e elementos pós-textuais. A seguir uma explicação sobre cada um destes elementos. 2.1 Parte externa A seguir é apresentado uma breve explicação dos componentes externos do TCC e um modelo ilustrado da capa deste tipo de trabalho (Figura 1) Capa Apresenta as informações transcritas na seguinte ordem: a) nome da entidade para a qual deve ser submetido, quando solicitado; b) nome(s) do(s) autor(es); c) título; d) subtítulo (se houver, deve ser evidenciada a sua subordinação ao título, precedido de dois-pontos (:, ou distinguido tipograficamente); e) número do volume se houver mais de um, deve constar em cada capa a especificação do respectivo volume; f) local (cidade) da entidade, onde deve ser apresentado; f) ano de depósito (entrega).

9 Figura 1 - Modelo de Capa Fonte: Autora Lombada Elemento opcional. Elaborada conforme a ABNT NBR 12225: Parte interna Composta pelos elementos pré-textuais, textuais e pós-textuais Elementos pré-textuais São apresentados conforme demonstrado na Figura 2.

10 Figura 2 - Elementos pré-textuais Fonte: Autora Folha de rosto Elemento obrigatório. Apresenta as informações transcritas na seguinte ordem: a) nome(s) do(s) autor(es); b) título; c) subtítulo (se houver, deve ser evidenciada a sua subordinação ao título, precedido de dois-pontos (:), ou distinguido tipograficamente); d) número do volume se houver mais de um, deve constar em cada capa a especificação do respectivo volume e) natureza acadêmica do trabalho tipo de projeto de pesquisa e nome da entidade a que deve ser submetido; f) nome do orientador ou coorientador, se houver. g) local (cidade) da entidade onde deve ser apresentado; h) ano de depósito (entrega). O modelo está representado abaixo na Figura 3.

11 Figura 3 - Modelo de folha de rosto Fonte: Autora Errata (opcional) Utiliza-se para indicação de erros porventura cometidos e sua respectiva correção, acompanhados de sua localização no texto. Esta lista deverá constar após a folha de rosto Termo de aprovação (obrigatório) Folha que contém elementos essenciais à aprovação do trabalho de caráter obrigatório. Os dados que devem constar são: nome do autor; título e subtítulo se houver; natureza (tipo do trabalho, objetivo, nome da instituição a que é submetido, área de concentração); data de aprovação; nome, titulação e assinatura dos componentes da banca examinadora e instituições a que pertence. A assinatura dos componentes da banca examinadora e a data de aprovação são colocadas após a aprovação do trabalho (Figura 4).

12 Figura 4 - Modelo folha de aprovação Fonte: Autora Dedicatória (opcional) Folha onde o autor presta homenagem ou dedica seu trabalho (Figura 5) Figura 5 - Modelo dedicatória Fonte: Autora Agradecimentos (opcional) Folha onde o autor faz agradecimentos dirigidos àqueles que contribuíram de maneira relevante à elaboração do trabalho (Figura 6). A palavra agradecimentos deve ser centralizada e não numerada, com o mesmo destaque tipográfico das seções primárias, ou seja, todas as letras maiúsculas e em negrito (conforme NBR 6024:2012).

13 Figura 6 - Modelo agradecimento Fonte: Autora Epígrafe (opcional) Folha onde o autor apresenta uma citação, seguida de indicação de autoria. Sugere-se que tenha relação com o conteúdo do trabalho (Figura 7). Figura 7 - Modelo epígrafe Fonte: Autora

14 Resumo em língua vernácula (obrigatório) Conforme ABNT 6028:2003 o resumo não deve ser elaborados em formas de tópicos e sim redigido em parágrafo único com uma seqüência de frases concisas, afirmativas. Devese ter uma extensão de 150 a 500 palavras. Abaixo do resumo, devem ser apresentadas as palavras-chave do trabalho como modelo abaixo (Figura 8). As palavras-chave devem ser separadas entre si por ponto e finalizadas também por ponto. Figura 8 - Modelo Resumo Fonte: Autora Resumo em língua estrangeira (obrigatório) Elaborado conforme ABNT 6028:2003.

15 Figura 9 - Modelo Abstract Fonte: Autora Lista de ilustrações Elaborada de acordo com a ordem apresentada no texto, com cada item designado por seu nome específico, travessão e título acompanhado do respectivo número da página. Quando necessário, recomenda-se a elaboração de lista própria para cada tipo de ilustração (desenhos, esquemas, fluxogramas, fotografias, gráficos, mapas, organogramas, plantas, quadros, retratos e outros). Figura 10 - Modelo de Lista de Figuras Fonte: Autora

16 Lista de tabelas Elaborada de acordo com a ordem apresentada no texto, com cada item designado por seu nome específico, travessão e título acompanhado do respectivo número da página. Figura 11 - Modelo de Lista de Tabelas Fonte: Autora Lista de abreviaturas e siglas Consiste na relação alfabética das abreviaturas e siglas utilizadas no texto, seguidas das palavras ou expressões correspondentes grafadas por extenso. Recomenda-se a elaboração de lista própria para cada tipo. Figura 12 - Modelo Lista de Abreviaturas Fonte: Autora

17 Lista de símbolos Elemento opcional. Elaborada de acordo com a ordem apresentada no texto, com o devido significado Sumário O sumário deve ser localizado como último elemento pré-textual. Deve conter o indicativo de cada seção e subseção com títulos e paginação. O sumário de um Projeto de Pesquisa tem por objetivo oportunizar uma visão geral do trabalho proposto. Essa seção deve apresentar a relação sistemática de todas as seções primárias, secundárias, terciárias, quaternárias e quinárias existentes no projeto. Assim, o sumário deve ser construído com base nos indicadores numéricos correspondentes a cada seção e subseção, permitindo ainda a localização de cada uma em função da página em que esta inicia. Para sua elaboração consulte a ABNT NBR 6027: Elementos textuais Os componentes dos elementos textuais são: introdução, desenvolvimento e conclusão. O texto refere-se à parte do trabalho em que o assunto é desenvolvido e pode ser distribuído em seções numeradas progressivamente, conforme as partes e/ou capítulos. Figura 13 - Elementos textuais Fonte: Autora

18 2.3.1 Introdução Parte inicial do texto que deve assinalar a relevância e o interesse do trabalho pesquisado, enunciando, de forma clara e concisa, seu tema, seu problema, sua tese e os procedimentos que serão adotados para desenvolver o raciocínio Desenvolvimento É a etapa do trabalho que contém a exposição ordenada e pormenorizada do assunto, dividido em seções e subseções, que variam em função da abordagem do tema e do método. O termo desenvolvimento não deve ser utilizado como título de capítulo. Sugerem-se os seguintes passos: Para trabalhos com coleta de dados: objetivos (geral e específicos), metodologia, resultados e discussão. Para trabalhos de pesquisa bibliográfica: objetivos (geral e específicos), metodologia e revisão da literatura Conclusão Parte final do texto na qual, se apresentam conclusões correspondentes aos objetivos ou hipóteses previamente estabelecidos 2.4 Elementos pós-textuais Os elementos pós-textuais são apresentados como a Figura abaixo (Figura 14).

19 Figura 14 - Elementos pós-textuais Fonte: Autora Elementos pós-textuais As descrições dos elementos que seguem são transcrições da própria norma para projeto de pesquisa, a ABNT 15287: Referências Elemento obrigatório. Elaboradas conforme a ABNT NBR 6023:2002. São os elementos necessários e obrigatórios para a identificação dos diversos tipos de documentos utilizados e citados em um trabalho, que são indicados em ordem alfabética pelo sobrenome do autor Glossário Elemento opcional. Elaborado em forma de lista de palavras em ordem alfabética acompanhadas com suas definições Apêndice Elemento opcional. Trata-se de texto(s) ou documento(s) elaborado(s) pelo próprio autor que se destina à fundamentação, à comprovação e à ilustração do seu tema e suas ideias. Não é(são) elemento(s) obrigatório(s). O(s) Apêndice(s) é(são) identificado(s) por letras

20 maiúsculas consecutivas, travessão e pelo título. Se forem tantos que fique esgotada a sequência alfabética, serão utilizadas letras maiúsculas dobradas Anexo Elemento opcional. Texto ou documento não elaborado pelo autor mas utilizado na compreensão de informações e pensamentos. O(s) anexo(s) é(são) identificado(s) por letras maiúsculas consecutivas, travessão e pelos respectivos títulos Índice Elaborado conforme ABNT Trata-se de uma listagem de palavras em ordem alfabética acompanhada de referenciais que remetem à sua localização no texto.

21

22 3 REGRAS GERAIS DE APRESENTAÇÃO Deve ser elaborada conforme segue. 3.1 Formato Os textos devem ser apresentados em papel branco, formato A4 (21 cm x 29,7 cm). Os elementos pré-textuais devem ser digitados ou datilografados no anverso das folhas; recomenda-se que os elementos textuais sejam digitados ou datilografados no anverso e verso das folhas, ambos impressos em cor preta, podendo utilizar outras cores somente para as ilustrações. O projeto gráfico é de responsabilidade do autor do projeto de pesquisa. Recomenda-se, para digitação, a utilização de fonte tamanho 12 para todo o texto, excetuando-se as citações de mais de três linhas, notas de rodapé, paginação e legendas das ilustrações e das tabelas, que devem ser digitadas em tamanho menor e uniforme. Sugere-se a utilização da fonte Times New Roman ou Arial. No caso de citações de mais de três linhas, deve-se observar, também, um recuo de 4 cm da margem esquerda. 3.2 Margem As margens devem ser: para o anverso, esquerda e superior de 3 cm e direita e inferior de 2 cm; para o verso, direita e superior de 3 cm e esquerda e inferior de 2 cm. 3.3 Espaçamento Todo o texto deve ser digitado ou datilografado com espaço 1,5, entrelinhas, excetuando-se as citações de mais de três linhas, notas de rodapé, referências, legendas das ilustrações e das tabelas, tipo de projeto de pesquisa e nome da entidade, que devem ser digitados ou datilografados em espaço simples. As referências ao final do projeto devem ser separadas entre si por um espaços simples. Os títulos das subseções devem ser separados do texto que os precede ou que os sucede por um espaço 1,5. Na folha de rosto, o tipo de projeto de pesquisa e o nome da entidade a que é submetido devem ser alinhados do meio da mancha para a margem direita.

23 3.4 Notas de rodapé As notas devem ser digitadas ou datilografadas dentro das margens, ficando separadas do texto por um espaço simples e por filete de 5 cm, a partir da margem esquerda. Devem ser alinhadas, a partir da segunda linha da mesma nota, abaixo da primeira letra da primeira palavra, de forma a destacar o expoente sem espaço entre elas e com fonte menor. 3.5 Indicativos de seção Os indicativos de seções devem ser apresentados em algarismos arábico e alinhados na margem esquerda, precedendo o título, dele separado por um espaço. Para maiores informações consultar ABNT 6024:2012. Títulos que ocupem mais de uma linha devem ser, a partir da segunda linha, alinhados abaixo da primeira letra da primeira palavra do título. 3.6 Títulos sem indicativo numérico Os títulos sem indicativo numérico lista de ilustrações, lista de abreviaturas e siglas, lista de símbolos, sumário, referências, glossário, apêndice(s), anexo(s) e índice(s) devem ser centralizados. 3.7 Numeração progressiva Para evidenciar a sistematização do conteúdo do projeto, deve-se adotar a numeração progressiva para as seções do texto. Os títulos das seções primárias, por serem as principais divisões de um texto, devem iniciar em folha distinta. Destacam-se gradativamente os títulos das seções conforme a ABNT NBR 6024: Paginação As folhas ou páginas pré-textuais devem ser contadas, mas não numeradas. Para trabalhos digitados ou datilografados somente no anverso, todas as folhas, a partir da folha de rosto, devem ser contadas seqüencialmente, considerando somente o anverso. A numeração deve figurar, a partir da primeira folha da parte textual, em algarismos arábicos, no canto superior direito da folha, a 2 cm da borda superior, ficando o último

24 algarismo a 2 cm da borda direita da folha. Quando o trabalho for digitado ou datilografado em anverso e verso, a numeração das páginas deve ser colocada no anverso da folha, no canto superior direito; e no verso, no canto superior esquerdo. 3.9 Citações As citações devem ser apresentadas conforme a ABNT NBR 10520: Siglas A sigla, quando mencionada pela primeira vez no texto, deve ser indicada entre parênteses, precedida do nome completo. Exemplo: Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) 3.11 Equações Destacá-las no texto e numerá-las com algarismos arábicos entre parênteses alinhados à direita. Se estiver na seqüência normal do texto, usar entrelinha maior de maneira a comportar seus expoentes, índices, etc. x 2 + y 2 = z 2 (1) 3.12 Ilustrações Qualquer que seja o tipo de ilustração, sua identificação aparece na parte superior, precedida da palavra designativa (desenho, esquema, fluxograma, fotografia, gráfico, mapa, organograma, planta, quadro, retrato, figura, imagem e outros), seguida de seu número de ordem de ocorrência no texto, em algarismos arábicos, travessão e do respectivo título. Após a ilustração, na parte inferior, indicar a fonte consultada (elemento obrigatório, mesmo que seja produção do próprio autor), legenda, notas e outras informações necessárias à sua compreensão (se houver). A ilustração deve ser citada no texto e inserida o mais próximo possível do trecho a que se refere.

25 3.13 Tabelas Devem ser citadas no texto, inseridas o mais próximo possível do trecho a que se referem e padronizadas conforme o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Tabela 1 Número de trabalhos publicados da AFARP em Ribeirão Preto, de 2010 a 2011.

26 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS ABNT NBR 10520:2002. Citações em documentos - Apresentação. Rio de Janeiro, ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS ABNT NBR 6023:2002. Referências - Elaboração. Rio de Janeiro, ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS - ABNT NBR 6027:2012. Sumário - Apresentação. Rio de Janeiro, ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS - ABNT. NBR 12225:2004 Lombada - Apresentação. Rio de Janeiro, ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS ABNT NBR 14724:2011. Trabalhos Acadêmicos - Apresentação. Rio de Janeiro, ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS - ABNT NBR 6024:2012. Numeração Progressiva das Seções - Apresentação. Rio de Janeiro, 2012.

27 APÊNDICE A - TERMO DE COMPROMISSO PARA ORIENTAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO O documento presente visa disciplinar a relação entre o Professor Orientador, o Orientado e o Professor da disciplina TCC, de acordo com Regulamento do Trabalho de Conclusão de Curso de Engenharia de Produção. Professor Orientador: Orientado(s): Tema do TCC: Declaramos que temos conhecimento do conteúdo do Regulamento do Trabalho de Conclusão de Curso e assinamos a presente solicitação de orientação. Ribeirão Preto, de 2014 Professor Orientador Orientado Orientado

28 APÊNDICE B - PARECER DO PROFESSOR ORIENTADOR SOBRE O TRABALHO DE CURSO Professor Orientador: Orientado(s): Título do TCC: Declaro encerrada a orientação e emito o seguinte parecer: ( ) Apto para apresentação finalização e gravação do DVD. ( ) Correções sugeridas abaixo descritas as quais devem ser apresentadas ao orientador em / /. ( ) Reprovado pelos motivos descritos abaixo.. Professor Orientador

29 APÊNDICE C MODELO DA CAPA DO ARQUIVO DIGITAL

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO CULTURA E SOCIEDADE - PGCULT MESTRADO INTERDISCIPLINAR

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO CULTURA E SOCIEDADE - PGCULT MESTRADO INTERDISCIPLINAR UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO CULTURA E SOCIEDADE - PGCULT MESTRADO INTERDISCIPLINAR NORMALIZAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS QUALIFICAÇÃO E DISSERTAÇÃO

Leia mais

REGRAS GERAIS DE APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS. A ABNT NBR 14724:2011 estabelece algumas regras para a apresentação gráfica de um trabalho.

REGRAS GERAIS DE APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS. A ABNT NBR 14724:2011 estabelece algumas regras para a apresentação gráfica de um trabalho. REGRAS GERAIS DE APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS A ABNT NBR 14724:2011 estabelece algumas regras para a apresentação gráfica de um trabalho. PAPEL MARGENS FONTE TEXTO TÍTULO DAS SEÇÕES TÍTULO DAS

Leia mais

Redação Científica. Normas Brasileiras de Referência (NBR) da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) para trabalhos científicos

Redação Científica. Normas Brasileiras de Referência (NBR) da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) para trabalhos científicos Redação Científica Normas Brasileiras de Referência (NBR) da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) para trabalhos científicos Informação e documentação Trabalhos acadêmicos Apresentação Terceira

Leia mais

ANEXO I DA RESOLUÇÃO Nº 15 CONSEPE, DE 21 DE MAIO DE NORMAS PARA REDAÇÃO E APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS

ANEXO I DA RESOLUÇÃO Nº 15 CONSEPE, DE 21 DE MAIO DE NORMAS PARA REDAÇÃO E APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS ANEXO I DA RESOLUÇÃO Nº 15 CONSEPE, DE 21 DE MAIO DE 2010. NORMAS PARA REDAÇÃO E APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS Trabalhos acadêmicos: trabalho de conclusão de curso (TCC), trabalho de graduação interdisciplinar

Leia mais

FACULDADE CATÓLICA RAINHA DA PAZ

FACULDADE CATÓLICA RAINHA DA PAZ FACULDADE CATÓLICA RAINHA DA PAZ ORIENTAÇÕES PARA A ELABORAÇÃO DE CAPA, FOLHA DE ROSTO, SUMÁRIO E FORMATAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS PROFª Ma. CLEUSA BERNADETE LARRANHAGAS MAMEDES Araputanga, MT 2017 2

Leia mais

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE TESES E DISSERTAÇÕES

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE TESES E DISSERTAÇÕES MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE TESES E DISSERTAÇÕES Porto Alegre 2012 2 SUMÁRIO 1 APRESENTAÇÃO... 3 2 INTRODUÇÃO... 4 3 ESTRUTURA... 5 3.1 Elementos Pré-Textuais... 6 3.2 Elementos Textuais... 13 3.3 Elementos

Leia mais

Pós-Graduação em Engenharia de Materiais - POSMAT

Pós-Graduação em Engenharia de Materiais - POSMAT CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS Pós-Graduação em Engenharia de Materiais - POSMAT NORMAS DOS TRABALHOS ESCRITOS baseados na ABNT 14724, de17 de março de 2011. FORMATAÇÃO I. Deve-se

Leia mais

REGRAS GERAIS APRESENTAÇÃO Formato Margem Espacejamento Notas rodapé Indicativos seção ABNT NBR 6024 Paginação

REGRAS GERAIS APRESENTAÇÃO Formato Margem Espacejamento Notas rodapé Indicativos seção ABNT NBR 6024 Paginação ANEXO 01 REGRAS GERAIS DE APRESENTAÇÃO Formato O texto deverá ser apresentado em papel branco, formato A4 (21 cm x 29,7 cm), digitado no anverso das folhas, com exceção da folha de rosto cujo verso deverá

Leia mais

NORMAS PARA REDAÇÃO DA MONOGRAFIA

NORMAS PARA REDAÇÃO DA MONOGRAFIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CÂMPUS JATAÍ CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA FLORESTAL NORMAS PARA REDAÇÃO DA MONOGRAFIA 1. Formatação geral Os textos devem ser digitados em cor preta, podendo utilizar

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE AGRONOMIA BIBLIOTECA PROF. ANTÔNIO TAVARES QUINTAS MANUAL DE NORMAS PARA TRABALHOS ACADÊMICOS

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE AGRONOMIA BIBLIOTECA PROF. ANTÔNIO TAVARES QUINTAS MANUAL DE NORMAS PARA TRABALHOS ACADÊMICOS 0 UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE AGRONOMIA BIBLIOTECA PROF. ANTÔNIO TAVARES QUINTAS MANUAL DE NORMAS PARA TRABALHOS ACADÊMICOS Porto Alegre 2013 1 SUMÁRIO 1 ESTRUTURA... 2 2 ELEMENTOS

Leia mais

Orientação em Normalização Documentária. Apresentação de Trabalhos Acadêmicos

Orientação em Normalização Documentária. Apresentação de Trabalhos Acadêmicos Orientação em Normalização Documentária Apresentação de Trabalhos Acadêmicos Maria Luzinete Euclides - Bibliotecária Marília - 2006 Apresentação de Trabalhos Acadêmicos NBR 14724/2005 Estabelece os princípios

Leia mais

NORMAS GERAIS PARA REDAÇÃO DA DISSERTAÇÃO OU TESE

NORMAS GERAIS PARA REDAÇÃO DA DISSERTAÇÃO OU TESE NORMAS GERAIS PARA REDAÇÃO DA DISSERTAÇÃO OU TESE O PPGO admite que as dissertações e teses sejam apresentadas nas modalidades clássica, artigo ou mista. A modalidade clássica refere-se à estrutura de

Leia mais

TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DIAGRAMAÇÃO. Gesiane Rebouças

TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DIAGRAMAÇÃO. Gesiane Rebouças TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DIAGRAMAÇÃO Gesiane Rebouças gesianereboucas@gmail.com ESTRUTURA DE TRABALHOS ACADÊMICOS MONOGRAFIA PARTE EXTERNA - Capa - Lombada*** PARTE INTERNA ELEMENTOS PRÉ-TEXTUAIS

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA PROEnG Nº 01/07

INSTRUÇÃO NORMATIVA PROEnG Nº 01/07 INSTRUÇÃO NORMATIVA PROEnG Nº 01/07 Dispõe sobre normas complementares ao referencial metodológico da Associação Brasileira de Normas Técnicas ABNT. A do Centro Universitário de Brusque Unifebe, no uso

Leia mais

TCC FORMATAÇÃO. Gesiane Rebouças

TCC FORMATAÇÃO. Gesiane Rebouças TCC FORMATAÇÃO Gesiane Rebouças gesianereboucas@gmail.com ESTRUTURA DE TRABALHOS ACADÊMICOS MONOGRAFIA PARTE EXTERNA - Capa - Lombada*** PARTE INTERNA ELEMENTOS PRÉ-TEXTUAIS - Folha de rosto - Ficha catalográfica

Leia mais

Normas para redação e apresentação de Teses e Dissertações

Normas para redação e apresentação de Teses e Dissertações MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI DIAMANTINA - MINAS GERAIS ANEXO DA RESOLUÇÃO Nº. 11-CONSEPE, DE 16 DE MAIO DE 2008. Normas para redação e apresentação de

Leia mais

21 ANEXO III: DAS DIRETRIZES PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO FINAL DE CURSO 2

21 ANEXO III: DAS DIRETRIZES PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO FINAL DE CURSO 2 21 ANEXO III: DAS DIRETRIZES PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO FINAL DE CURSO 2 O Trabalho Final de Curso (TFC) caracteriza-se pela unicidade e delimitação do tema e pela profundidade do tratamento, e não por

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC 1 ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC 1 Estrutura de apresentação 1.1 Pré-textuais Capa (obrigatório) Lombada (obrigatório) Folha de rosto (obrigatório) Folha de aprovação

Leia mais

NORMAS ABNT PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS

NORMAS ABNT PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS NORMAS ABNT PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS Gláucia Maria Saia Cristianini Biblioteca Prof. Achille Bassi Fontes: Diretrizes para apresentação de dissertações e teses da USP: documento eletrônico

Leia mais

BIBLIOTECA DA FATEC GARÇA NORMAS PARA A ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO ARTIGO CIENTÍFICO

BIBLIOTECA DA FATEC GARÇA NORMAS PARA A ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO ARTIGO CIENTÍFICO Faculdade de Tecnologia Dep. Júlio Julinho Marcondes de Moura BIBLIOTECA DA FATEC GARÇA NORMAS PARA A ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO ARTIGO CIENTÍFICO GARÇA 2015 Sumário 1 ARTIGO CIENTÍFICO...

Leia mais

ANEXO II PROCEDIMENTOS PARA ELABORAÇÃO DA MONOGRAFIA

ANEXO II PROCEDIMENTOS PARA ELABORAÇÃO DA MONOGRAFIA ANEXO II PROCEDIMENTOS PARA ELABORAÇÃO DA MONOGRAFIA A elaboração da monografia deve ter como referência a ABNT NBR 14724:2011, disponível no Portal BU/UFSC (http://portalbu.ufsc.br/normalizacao-de-trabalhos-2/),

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL BIBLIOTECA CENTRAL

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL BIBLIOTECA CENTRAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL BIBLIOTECA CENTRAL Treinamento Sobre Uso da NBR 14724 da ABNT : apresentação de trabalhos acadêmicos Maria Amazilia Penna de Moraes Ferlini Bibliotecária-Documentalista

Leia mais

APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS

APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS Orientação em normalização documentária APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS Seção Técnica de Referência e Atendimento ao Usuário e Documentação bibl-refere@marilia.unesp.br Supervisão: Elizabete C. S.

Leia mais

Normalizaçã. ção o de Trabalhos Acadêmicos (ABNT)

Normalizaçã. ção o de Trabalhos Acadêmicos (ABNT) Seção Técnica de Referência e Atendimento ao Usuário e Documentação STRAUD bibl-refere@marilia.unesp.br Normalizaçã ção o de Trabalhos Acadêmicos (ABNT) Marília 2017 NBR 14724:2011 Apresentação de trabalhos

Leia mais

INTRODUÇÃO E NORMAS PARA APRESENTAÇÃO GRÁFICA

INTRODUÇÃO E NORMAS PARA APRESENTAÇÃO GRÁFICA NORMAS TÉCNICAS DO TRABALHO ACADÊMICO INTRODUÇÃO E NORMAS PARA APRESENTAÇÃO GRÁFICA Prof. Arlindo F. Gonçalves Jr. http://www.mural-2.com O QUE É NORMALIZAÇÃO Atividade que estabelece, em relação a problemas

Leia mais

Normalização de Trabalhos Acadêmicos (ABNT): orientações gerais

Normalização de Trabalhos Acadêmicos (ABNT): orientações gerais Seção Técnica de Referência e Atendimento ao Usuário e Documentação STRAUD bibl-refere@marilia.unesp.br Normalização de Trabalhos Acadêmicos (ABNT): orientações gerais Maria Elisa V. Pickler Nicolino,

Leia mais

NBR 14724:2002 APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS

NBR 14724:2002 APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS NBR 14724:2002 APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS 1 OBJETIVO Esta Norma estabelece os princípios gerais para a elaboração de trabalhos acadêmicos (teses, dissertações e outros), visando sua apresentação

Leia mais

Mestrado Profissionalizante em Ensino de Ciências. Orientações gerais para a apresentação de dissertações UnB, outubro de 2010

Mestrado Profissionalizante em Ensino de Ciências. Orientações gerais para a apresentação de dissertações UnB, outubro de 2010 UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS INSTITUTO DE FÍSICA INSTITUTO DE QUÍMICA FACULDADE UNB PLANALTINA Mestrado Profissionalizante em Ensino de Ciências Orientações gerais para a apresentação

Leia mais

MANUAL PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA

MANUAL PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA MANUAL PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA Biblioteca Paulo Freire ABNT NBR 15287:2011 Informação e documentação Projeto de pesquisa Apresentação Jaguariúna SUMÁRIO 1. Introdução 1 2. Objetivo 2 3.

Leia mais

INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR SANT ANA LUCIO MAURO BRAGA MACHADO

INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR SANT ANA LUCIO MAURO BRAGA MACHADO INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR SANT ANA LUCIO MAURO BRAGA MACHADO MANUAL PARA A ELABORAÇÃO DE RELATÓRIO DE ESTÁGIO A SER APRESENTADO COMO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO PONTA GROSSA 2016 LUCIO MAURO BRAGA

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA CAMPUS DE RIO CLARO BIBLIOTECA. Trabalhos Acadêmicos. Segundo a ABNT/NBR 14724:2005

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA CAMPUS DE RIO CLARO BIBLIOTECA. Trabalhos Acadêmicos. Segundo a ABNT/NBR 14724:2005 UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA CAMPUS DE RIO CLARO BIBLIOTECA Trabalhos Acadêmicos Segundo a ABNT/NBR 14724:2005 Rio Claro- SP 2010 A estrutura de uma tese, dissertação ou trabalho acadêmico compreende:

Leia mais

Comitê de Avaliação de Trabalhos de Conclusão de Cursos da Faculdade de Tecnologia (FATEC) de Taquaritinga/SP

Comitê de Avaliação de Trabalhos de Conclusão de Cursos da Faculdade de Tecnologia (FATEC) de Taquaritinga/SP CENTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA PAULA SOUZA FACULDADE DE TECNOLOGIA DE TAQUARITINGA MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSOS (TCC) Comitê de Avaliação de Trabalhos de Conclusão

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÃO AO ALUNO INFORMAÇÃO E DOCUMENTAÇÃO APRESENTAÇÃO (NBR: 14724)

MANUAL DE ORIENTAÇÃO AO ALUNO INFORMAÇÃO E DOCUMENTAÇÃO APRESENTAÇÃO (NBR: 14724) MANUAL DE ORIENTAÇÃO AO ALUNO - 2003 INFORMAÇÃO E DOCUMENTAÇÃO APRESENTAÇÃO (NBR: 14724) 1 Objetivo Este manual está baseado na norma NBR14724:2002 Informação e documentação Trabalhos acadêmicos Apresentação

Leia mais

MANUAL DE TRABALHOS ACADÊMICOS

MANUAL DE TRABALHOS ACADÊMICOS MANUAL DE TRABALHOS ACADÊMICOS Apresentação gráfica Segundo normas estabelecidas pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e atualizado com as alterações da NBR 14724/11 Trabalhos Acadêmicos.

Leia mais

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS APRESENTAÇÃO

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS APRESENTAÇÃO NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS APRESENTAÇÃO O trabalho deve ser digitado e impresso em papel branco ou reciclado no formato A4. O texto pode ser digitado no anverso e verso das folhas,

Leia mais

DIRETRIZES PARA A APRESENTAÇÃO DO TGI Guia para consulta rápida. Escola de Engenharia

DIRETRIZES PARA A APRESENTAÇÃO DO TGI Guia para consulta rápida. Escola de Engenharia DIRETRIZES PARA A APRESENTAÇÃO DO TGI Guia para consulta rápida Escola de Engenharia Bibliografia Básica: UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE. Apresentação de Trabalhos Acadêmicos: guia para alunos da

Leia mais

Informação e Documentação Trabalhos Acadêmicos Apresentação

Informação e Documentação Trabalhos Acadêmicos Apresentação ANTONIO FLAUDIANO BEM LEITE Informação e Documentação Trabalhos Acadêmicos Apresentação Aula 1 Elementos Pré-textuais Norma Técnica: ABNT NBR 14 724 de 30 de dezembro de 2005. 1 Trabalhos Acadêmicos Trabalho

Leia mais

Formatação de trabalhos acadêmicos. Segundo as normas da ABNT

Formatação de trabalhos acadêmicos. Segundo as normas da ABNT Formatação de trabalhos acadêmicos Segundo as normas da ABNT ABNT - Associação Brasileira de Normas Técnicas ABNT/CB-001 - Comitê Brasileiro de Mineração e Metalurgia ABNT/CB-005 - Comitê Brasileiro Automotivo

Leia mais

MANUAL DE FORMATAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS

MANUAL DE FORMATAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS MANUAL DE FORMATAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS Elaborado por: Carmen Torresan Atualizado por: Andreza A. de Oliveira MARINGÁ 2018 Bibliotecária / CRB9 n o 629 Mestre em Educação. Bibliotecária / CRB9 n o

Leia mais

MATERIAL DE APOIO PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO DE GRADUAÇÃO (TCC) PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA

MATERIAL DE APOIO PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO DE GRADUAÇÃO (TCC) PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA Faculdade de Odontologia Biblioteca Malvina Vianna Rosa MATERIAL DE APOIO PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO DE GRADUAÇÃO (TCC) PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA Este documento

Leia mais

Sugestão de encaminhamento para elaboração de monografia. Referência: ABNT - NBR 14724:2005

Sugestão de encaminhamento para elaboração de monografia. Referência: ABNT - NBR 14724:2005 UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA FACULDADE DE EDUCAÇÃO LICENCIATURA EM PEDAGOGIA Sugestão de encaminhamento para elaboração de monografia Referência: ABNT - NBR 14724:2005 Trabalhos acadêmicos: dissertações,

Leia mais

Roteiro com Orientações para Elaboração do Trabalho de Conclusão de Curso

Roteiro com Orientações para Elaboração do Trabalho de Conclusão de Curso Roteiro com Orientações para Elaboração do Trabalho de Conclusão de Curso Disciplina (EST APS) Curso de Tecnologia em Processamento de Dados Professora Responsável em 2011 : Vânia Franciscon Vieira 1 ÍNDICE

Leia mais

ESTRUTURA DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

ESTRUTURA DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO ESTRUTURA DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO O trabalho científico deverá ser organizado de acordo com a estrutura abaixo, NBR 14724/2006: capa; folha de rosto; verso da folha de rosto (ficha catalográfica)

Leia mais

Manual para formatação de trabalhos

Manual para formatação de trabalhos UNIVERSIDADE DE PASSO FUNDO FACULDADE DE ENGENHARIA E ARQUITETURA CURSO DE ENGENHARIA AMBIENTAL Manual para formatação de trabalhos Passo Fundo, 2013. 1 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 2 2 ASPECTOS GERAIS SOBRE

Leia mais

Elementos pré-textuais Antecedem o texto, trazendo informações que identificam o trabalho, na seqüência a seguir:

Elementos pré-textuais Antecedem o texto, trazendo informações que identificam o trabalho, na seqüência a seguir: Regras para Exame de Qualificação - Mestrado e Doutorado Estrutura do trabalho acadêmico O trabalho acadêmico está estruturado em elementos pré-textuais, elementos textuais e elementos pós-textuais. Alguns

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ NÚCLEO DE DESENVOLVIMENTO AMAZÔNICO EM ENGENHARIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM NOME DO AUTOR (FONTE 12 CAIXA ALTA)

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ NÚCLEO DE DESENVOLVIMENTO AMAZÔNICO EM ENGENHARIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM NOME DO AUTOR (FONTE 12 CAIXA ALTA) UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ NÚCLEO DE DESENVOLVIMENTO AMAZÔNICO EM ENGENHARIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM NOME DO AUTOR (FONTE 12 CAIXA ALTA) TÍTULO DO TRABALHO (FONTE 12 CAIXA ALTA - NEGRITO) Subtítulo

Leia mais

BIOCIÊNCIA ANIMAL ORIENTAÇÕES GERAIS

BIOCIÊNCIA ANIMAL ORIENTAÇÕES GERAIS BIOCIÊNCIA ANIMAL ORIENTAÇÕES GERAIS A Tese de doutorado, dissertação de mestrado ou exames de qualificação deverão seguir o mesmo modelo. O exemplar deve apresentar os seguintes itens: 1. Capa 2. Folha

Leia mais

ESTRUTURA DO TRABALHO ACADÊMICO - TCC

ESTRUTURA DO TRABALHO ACADÊMICO - TCC ESTRUTURA DO TRABALHO ACADÊMICO - TCC A estrutura de trabalhos acadêmicos (TCC) compreende: parte externa e parte interna. Com a finalidade de orientar os acadêmicos, a disposição de elementos é dada no

Leia mais

ARTIGO CIENTÍFICO FACULDADE CEARENSE NORMAS PARA O ARTIGO CIENTÍFICO NA FACULDADE CEARENSE

ARTIGO CIENTÍFICO FACULDADE CEARENSE NORMAS PARA O ARTIGO CIENTÍFICO NA FACULDADE CEARENSE ARTIGO CIENTÍFICO FACULDADE CEARENSE NORMAS PARA O ARTIGO CIENTÍFICO NA FACULDADE CEARENSE FORTALEZA 2011 1 FACULDADE CEARENSE ARTIGO CIENTÍFICO 2 ARTIGO CIENTÍFICO FACULDADE CEARENSE Apresentação 4 Introdução

Leia mais

MANUAL DE NORMALIZAÇÃO DE ARTIGO ACADÊMICO

MANUAL DE NORMALIZAÇÃO DE ARTIGO ACADÊMICO MANUAL DE NORMALIZAÇÃO DE ARTIGO ACADÊMICO Elaborado por: Carmen Torresan Atualizado por: Andreza A. de Oliveira MARINGÁ 2018 Bibliotecária / CRB9 n o 629 Mestre em Educação. Bibliotecária / CRB9 n o 1816

Leia mais

ARTIGO EM PUBLICAÇÃO PERIÓDICA TÉCNICA E/OU CIENTÍFICA IMPRESSA ABNT 6022:2018

ARTIGO EM PUBLICAÇÃO PERIÓDICA TÉCNICA E/OU CIENTÍFICA IMPRESSA ABNT 6022:2018 ARTIGO EM PUBLICAÇÃO PERIÓDICA TÉCNICA E/OU CIENTÍFICA IMPRESSA ABNT 6022:2018 REFERÊNCIA NORMATIVA Documentos indispensáveis para consulta e aplicação deste documento ABNT NBR 6022 - Artigo em publicação

Leia mais

Técnicas de Pesquisa

Técnicas de Pesquisa Técnicas de Pesquisa Aula 04 Formatação (Normas ABNT) Katia A. G. de Azevedo Vanessa Rolnik Artioli 2º. Semestre 2012 Curso: Matemática Aplicada a Negócios Formatação ABNT NBR 14724 Princípios gerais para

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DESPORTIVA E DE LAZER ROTEIRO PARA APRESENTAÇÃO TEXTUAL DO TRABALHO FINAL

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DESPORTIVA E DE LAZER ROTEIRO PARA APRESENTAÇÃO TEXTUAL DO TRABALHO FINAL CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DESPORTIVA E DE LAZER ROTEIRO PARA APRESENTAÇÃO TEXTUAL DO TRABALHO FINAL Porf.a Paulina Gomes 1 INTRODUÇÃO Este roteiro apresenta, de forma resumida, os passos a

Leia mais

Manual TCC Curso de Direito

Manual TCC Curso de Direito 1 Manual TCC Curso de Direito 2 Diretor Geral Prof.º Weldon Bispo Silva Vice Direção Acadêmica Prof.º Fabiano Ferraz Vice Direção Administrativo Sra. Rafaella Nóbrega Coordenador do Curso de Administração

Leia mais

1 Apresentação gráfica Formato do papel: A4 (210 x 297mm); Margens: esquerda e superior: 3cm, direita e inferior: 2cm;

1 Apresentação gráfica Formato do papel: A4 (210 x 297mm); Margens: esquerda e superior: 3cm, direita e inferior: 2cm; Breve orientação para formatação das 6 (seis) primeiras páginas de teses e dissertações, condição obrigatória para que os textos sejam divulgados pela Biblioteca Digital. Em caso de dúvida, consulte o

Leia mais

Estrutura de Trabalho Acadêmico, Citações e Referências e Demais Normas Aceitas pela USP para Dissertações e Teses

Estrutura de Trabalho Acadêmico, Citações e Referências e Demais Normas Aceitas pela USP para Dissertações e Teses Estrutura de Trabalho Acadêmico, Citações e Referências e Demais Normas Aceitas pela USP para Dissertações e Teses Elena Luzia Palloni Gonçalves Bibliotecária EESC/USP Diretrizes para Apresentação de Dissertações

Leia mais

Orientações aos concluintes.

Orientações aos concluintes. Orientações aos concluintes referencia@ufersa.edu.br TRABALHO ACADÊMICO (NBR 14724/2011) Especificar os princípios gerais para a elaboração e apresentação de trabalhos acadêmicos. (ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA

Leia mais

Manual TCC Curso de Direito

Manual TCC Curso de Direito Faculdade Católica Recife TCC Direito 1 Manual TCC Curso de Direito Faculdade Católica Recife TCC Direito 2 Diretor Geral Prof.º Weldon Bispo Silva Vice Direção Acadêmica Prof.º Fabiano Ferraz Vice Direção

Leia mais

1 ESCOPO 2 REFERÊNCIAS NORMATIVAS 3 TERMOS E DEFINIÇÕES

1 ESCOPO 2 REFERÊNCIAS NORMATIVAS 3 TERMOS E DEFINIÇÕES NORMAS PARA A ELABOR AÇÃO DE DOCUMENTOS ACADÊM ICOS DO PROGRAMA DE PÓS - GRADUAÇÃO EM FARMÁCI A DA UFBA (PPGFAR) 1 ESCOPO Estas normas especificam os princípios gerais para a elaboração de trabalhos acadêmicos

Leia mais

Normas ABNT. 0 NBR ( ) Trabalhos acadêmicos Apresentação. 0 NBR (ago.2002) Citações em documentos

Normas ABNT. 0 NBR ( ) Trabalhos acadêmicos Apresentação. 0 NBR (ago.2002) Citações em documentos Normas ABNT 0 NBR 14724 (17.04.2011) Trabalhos acadêmicos Apresentação 0 NBR 10520 (ago.2002) Citações em documentos 0 NBR 6023(ago.2002) Referências - Elaboração Normas da USP 0 Diretrizes para apresentação

Leia mais

Apresentação de citações em documentos. Numeração progressiva das seções de documento. Apresentação de trabalhos acadêmicos

Apresentação de citações em documentos. Numeração progressiva das seções de documento. Apresentação de trabalhos acadêmicos ESTRUTURAÇÃO DAS DISSERTAÇÕES DO MESTRADO EM SAÚDE E MEIO AMBIENTE Fevereiro/2013 O presente guia tem como objetivo fornecer orientações para a estruturação das dissertações e teses do Mestrado em Saúde

Leia mais

Informação e documentação Trabalhos Acadêmicos Apresentação

Informação e documentação Trabalhos Acadêmicos Apresentação NORMA BRASILEIRA ABNT NBR 14724:2011 Informação e documentação Trabalhos Acadêmicos Apresentação 1 Escopo Esta Norma especifica os princípios gerais para a elaboração de trabalhos acadêmicos (teses, dissertação

Leia mais

INSTITUTO EDUCACIONAL CÂNDIDA DE SOUZA FACULDADE DE ENGENHARIA DE MINAS GERAIS FEAMIG CNPJ: / INSC.MUN. 305.

INSTITUTO EDUCACIONAL CÂNDIDA DE SOUZA FACULDADE DE ENGENHARIA DE MINAS GERAIS FEAMIG CNPJ: / INSC.MUN. 305. ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE RELATÓRIO FINAL DE ESTÁGIO (CURRICULAR E SOCIAL) - RELATÓRIOS TÉCNICO-CIENTÍFICOS SEGUNDO A NBR 10719 (ABNT, 1989d, p. 1) FASES DE UM RELATÓRIO a) Plano inicial Determina a natureza

Leia mais

METODOLOGIA DA PESQUISA II

METODOLOGIA DA PESQUISA II METODOLOGIA DA PESQUISA II Professora Suzane Maranduba Pedro demo 1 RECOMENDAÇÕES 1- Não utilize o celular durante as aulas. 2- Utilize sempre o título e o nome para fazer colocações 3- Use sempre o crachá

Leia mais

ILMA APARECIDA FLORIANO SERRANTE BIBLIOTECÁRIA - CRB /04

ILMA APARECIDA FLORIANO SERRANTE BIBLIOTECÁRIA - CRB /04 ILMA APARECIDA FLORIANO SERRANTE BIBLIOTECÁRIA - CRB-9 1451/04 GUIA DE NORMAS BÁSICAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS E CAPA INSTITUCIONALIZADA - FAP APUCARANA 2006 1 APRESENTAÇÃO FORMAL 1.1

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA NUTRIÇÃO DISSERTAÇÃO: NORMAS E REGULAMENTAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA NUTRIÇÃO DISSERTAÇÃO: NORMAS E REGULAMENTAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA NUTRIÇÃO DISSERTAÇÃO: NORMAS E REGULAMENTAÇÃO JOÃO PESSOA PB 2011 APRESENTAÇÃO Este manual foi criado

Leia mais

GUIA PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS (COM BASE NA ABNT-NBR e REGIMENTO GERAL DO PMBqBM)

GUIA PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS (COM BASE NA ABNT-NBR e REGIMENTO GERAL DO PMBqBM) UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA Campus DE VITÓRIA DA CONQUISTA PROGRAMA MULTICÊNTRICO EM BIOQUÍMICA E BIOLOGIA MOLECULAR GUIA PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS (COM BASE NA ABNT-NBR 14724

Leia mais

Informação e documentação - Trabalhos acadêmicos - Apresentação

Informação e documentação - Trabalhos acadêmicos - Apresentação AGO 2002 NBR 14724 Informação e documentação - Trabalhos acadêmicos - Apresentação ABNT - Associação Brasileira de Normas Técnicas Sede: Rio de Janeiro Av. Treze de Maio, 13-28º andar CEP 20003-900 - Caixa

Leia mais

ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS: NORMAS PARA APRESENTAÇÃO

ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS: NORMAS PARA APRESENTAÇÃO ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS: NORMAS PARA APRESENTAÇÃO MARINGÁ 2016 ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS: NORMAS PARA APRESENTAÇÃO Elaborado por: Carmen Torresan * MARINGÁ 2016 Bibliotecária / CRB9

Leia mais

ANEXO IV NORMAS PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO ESCRITO (TCC)

ANEXO IV NORMAS PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO ESCRITO (TCC) Campus de Bauru ANEXO IV NORMAS PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO ESCRITO (TCC) 1. NORMAS DE APRESENTAÇÃO DO TCC 1.1. O trabalho deve ser digitado e impresso em papel formato A4. O texto deve ser digitado no

Leia mais

ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS TÉCNICO-CIENTÍFICOS Versão 2

ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS TÉCNICO-CIENTÍFICOS Versão 2 ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS TÉCNICO-CIENTÍFICOS Versão 2 Ivoti 2008 SUMÁRIO 1 ESTRUTURA... 02 1.1 ELEMENTOS PRÉ-TEXTUAIS...02 1.1.1 Capa...02 1.1.2 Lombada...03 1.1.3 Folha de rosto...03 1.1.4

Leia mais

CAPA (elemento obrigatório) Deve conter dados que identifiquem a obra (nome da instituição, autor, título, local, ano).

CAPA (elemento obrigatório) Deve conter dados que identifiquem a obra (nome da instituição, autor, título, local, ano). ESTRUTURA DO PROJETO DE TCC O trabalho científico deverá ser organizado de acordo com a estrutura abaixo, NBR 14724/2006: capa; folha de rosto; verso da folha de rosto (ficha catalográfica) folha de aprovação

Leia mais

MANUAL PARA CONFECÇÃO DE TRABALHO DE GRADUAÇÃO (TG)

MANUAL PARA CONFECÇÃO DE TRABALHO DE GRADUAÇÃO (TG) MANUAL PARA CONFECÇÃO DE TRABALHO DE GRADUAÇÃO (TG) APRESENTAÇÃO O presente manual tem por objetivo orientar os alunos dos Cursos de Graduação de Tecnólogo em Logística, Informática e Aeronáutica quanto

Leia mais

PROJETO GRÁFICO. Formato Os textos devem ser apresentados em papel branco ou reciclado, formato A4 (21cm X 29,7cm).

PROJETO GRÁFICO. Formato Os textos devem ser apresentados em papel branco ou reciclado, formato A4 (21cm X 29,7cm). 1 PROJETO GRÁFICO O projeto gráfico segue os padrões da NBR 14724 da ABNT - Informação e documentação Trabalhos acadêmicos Apresentação. Consiste na apresentação gráfica do trabalho acadêmico e é de responsabilidade

Leia mais

Normas para elaboração do Trabalho de Graduação do Curso de Agronomia do Câmpus Experimental de Registro

Normas para elaboração do Trabalho de Graduação do Curso de Agronomia do Câmpus Experimental de Registro Normas para elaboração do Trabalho de Graduação do Curso de Agronomia do Câmpus Experimental de Registro Comissão do Trabalho de Graduação CTG Dezembro/2014 SUMÁRIO 1 DEFINIÇÕES... 04 2 ESTRUTURA... 05

Leia mais

INSTRUÇÃO GERAIS PARA ELABORAÇÃO DE TESES / DISSERTAÇÕES E DO PRODUTO EDUCACIONAL A. INFORMAÇÕES GERAIS

INSTRUÇÃO GERAIS PARA ELABORAÇÃO DE TESES / DISSERTAÇÕES E DO PRODUTO EDUCACIONAL A. INFORMAÇÕES GERAIS INSTRUÇÃO GERAIS PARA ELABORAÇÃO DE TESES / DISSERTAÇÕES E DO PRODUTO EDUCACIONAL A. INFORMAÇÕES GERAIS Segundo a NBR 14724:2005 da ABNT, uma dissertação é um documento que representa o resultado de um

Leia mais

INFORMÁTICA APLICADA ÀS ORGANIZAÇÕES. Gabriel Soares de Vasconcelos

INFORMÁTICA APLICADA ÀS ORGANIZAÇÕES. Gabriel Soares de Vasconcelos INFORMÁTICA APLICADA ÀS ORGANIZAÇÕES Roteiro Redação de textos ABNT Editores de textos MS Word Configuração ABNT no MS Word Redação de textos Definição É todo ato normativo e toda comunicação através da

Leia mais

Cultura, identidade e região. Câmpus Universitário Itapuranga. Coordenador (a) Prof. Dr. Valtuir Moreira da Silva

Cultura, identidade e região. Câmpus Universitário Itapuranga. Coordenador (a) Prof. Dr. Valtuir Moreira da Silva Cultura, identidade e região Câmpus Universitário Itapuranga Coordenador (a) Prof. Dr. Valtuir Moreira da Silva Autores do Projeto Prof. Dr. Deuzair José da Silva Prof. Dr. Valtuir Moreira da Silva Profª.

Leia mais

SOCIEDADE DE ENSINO SUPERIOR DE MANHUAÇU FACULDADE DO FUTURO

SOCIEDADE DE ENSINO SUPERIOR DE MANHUAÇU FACULDADE DO FUTURO SOCIEDADE DE ENSINO SUPERIOR DE MANHUAÇU FACULDADE DO FUTURO NORMAS TÉCNICAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO Manhuaçu 2015 Elaboração Juliana dos Santos Paiva e Santos Fabio Fortes

Leia mais

NORMAS PARA A APRESENTAÇÃO DISSERTAÇÃO/TESE

NORMAS PARA A APRESENTAÇÃO DISSERTAÇÃO/TESE NORMAS PARA A APRESENTAÇÃO DISSERTAÇÃO/TESE Canoas, 2015 APRESENTAÇÃO A dissertação ou tese representa o trabalho final para a conclusão do curso de mestrado ou do doutorado. Ela encerra o planejamento,

Leia mais

UNIVERSIDADE DE MOGI DAS CRUZES APRESENTAÇÃO DE ARTIGO CIENTÍFICO

UNIVERSIDADE DE MOGI DAS CRUZES APRESENTAÇÃO DE ARTIGO CIENTÍFICO UNIVERSIDADE DE MOGI DAS CRUZES APRESENTAÇÃO DE ARTIGO CIENTÍFICO Mogi das Cruzes, SP 2017 ELABORAÇÃO: DECLÉIA MARIA FAGANELLO (COORDENAÇÃO) MAÍSA MARTINS DE CARVALHO FABIANE TAVARES DA SILVA FICHA CATALOGRÁFICA

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ABNT Prof. André Aparecido da Silva Disponível em:

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ABNT Prof. André Aparecido da Silva Disponível em: NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ABNT 14.724 Prof. André Aparecido da Silva Disponível em: http://www.oxnar.com.br/aulas 1 O que é a ABNT/NBR? A Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) é o órgão

Leia mais

COORDENADORIA DE EXTENSÃO SUPERVISÃO DE ESTÁGIO LICENCIATURA EM QUÍMICA RELATÓRIO FINAL DE ESTÁGIO

COORDENADORIA DE EXTENSÃO SUPERVISÃO DE ESTÁGIO LICENCIATURA EM QUÍMICA RELATÓRIO FINAL DE ESTÁGIO COORDENADORIA DE EXTENSÃO SUPERVISÃO DE ESTÁGIO LICENCIATURA EM QUÍMICA RELATÓRIO FINAL DE ESTÁGIO Sertãozinho Setembro/ 2010 1 SUMÁRIO POR QUE ESCREVER UM RELATÓRIO FINAL DE ESTÁGIO?...2 O QUE ESCREVER

Leia mais

NORMAS PARA A APRESENTAÇÃO DISSERTAÇÃO/TESE

NORMAS PARA A APRESENTAÇÃO DISSERTAÇÃO/TESE NORMAS PARA A APRESENTAÇÃO DISSERTAÇÃO/TESE Canoas, 2019 APRESENTAÇÃO A dissertação ou tese representa o trabalho final para a conclusão do curso de mestrado ou do doutorado. Ela encerra o planejamento,

Leia mais

PORTARIA Nº 055/2015 C.E.R., de 15 de julho de 2015.

PORTARIA Nº 055/2015 C.E.R., de 15 de julho de 2015. PORTARIA Nº 055/2015 C.E.R., de 15 de julho de 2015. Dispõe sobre as NORMAS PARA A ELABORAÇÃO DO TRABALHO INDIVIDUAL DE CONCLUSÃO DE CURSO dos Programas de Especialização Lato sensu do UNESP. O Coordenador

Leia mais

I Jornada sobre Trabalhos Acadêmicos e Científicos

I Jornada sobre Trabalhos Acadêmicos e Científicos I Jornada sobre Trabalhos Acadêmicos e Científicos Trabalhos Acadêmicos Apresentação Referências Normativas ABNT NBR 6023 Referências Elaboração ABNT NBR 6024 Numeração Progressiva ABNT NBR 6027 Sumário

Leia mais

PARA A PESQUISA CIENTÍFICA. Biblioteca da Escola de Enfermagem da UFF Niterói - 25 A 29/06/2012

PARA A PESQUISA CIENTÍFICA. Biblioteca da Escola de Enfermagem da UFF Niterói - 25 A 29/06/2012 I ENCONTRO DE INFORMAÇÃO PARA A PESQUISA CIENTÍFICA Biblioteca da Escola de Enfermagem da UFF Niterói - 25 A 29/06/2012 ABNT NBR 14724:2011 Novas orientações Fabiana M. A. G. Pinto Bibliotecária i benf@ndc.uff.br

Leia mais

MANUAL DE APRESENTAÇÃO GRÁFICA DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO I e II EM BIBLIOTECONOMIA E DOCUMENTAÇA O/DCI/UFS

MANUAL DE APRESENTAÇÃO GRÁFICA DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO I e II EM BIBLIOTECONOMIA E DOCUMENTAÇA O/DCI/UFS UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO CURSO BIBLIOTECONOMIA E DOCUMENTAÇÃO MANUAL DE APRESENTAÇÃO GRÁFICA DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE NÚCLEO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO NUCI/CCSA/UFS CURSO DE BIBLIOTECONOMIA E DOCUMENTAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE NÚCLEO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO NUCI/CCSA/UFS CURSO DE BIBLIOTECONOMIA E DOCUMENTAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE NÚCLEO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO NUCI/CCSA/UFS CURSO DE BIBLIOTECONOMIA E DOCUMENTAÇÃO APRESENTAÇÃO GRÁFICA DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO I e II EM BIBLIOTECONOMIA

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIAS

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIAS UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS Curso de Zootecnia Câmpus de Jataí COORDENAÇÃO DO PROJETO ORIENTADO NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIAS JATAÍ 2013 ESTRUTURA 1. INTRODUÇÃO Estas normas têm a finalidade

Leia mais

GUIA PARA ELABORAÇÃO DE DISSERTAÇÃO DE MESTRADO OU TESE DE DOUTORADO (SEGUNDO ABNT-NBR 14724)

GUIA PARA ELABORAÇÃO DE DISSERTAÇÃO DE MESTRADO OU TESE DE DOUTORADO (SEGUNDO ABNT-NBR 14724) UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI UFSJ CAMPUS CENTRO-OESTE DONA LINDU CCO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE GUIA PARA ELABORAÇÃO DE DISSERTAÇÃO DE MESTRADO OU TESE DE DOUTORADO (SEGUNDO

Leia mais

Elementos que Antecedem o Texto

Elementos que Antecedem o Texto Elementos que Antecedem o Texto Manual para elaboração de trabalhos acadêmicos de acordo com ABNT. Os elementos pré-textuais são os elementos que antecedem o trabalho científico. São constituídos pela

Leia mais

CURSO DE... Letra maiúscula, fonte Times ou Arial, tamanho 12, negrito. NOME DO AUTOR Letra maiúscula, fonte Times ou Arial, tamanho 12, negrito

CURSO DE... Letra maiúscula, fonte Times ou Arial, tamanho 12, negrito. NOME DO AUTOR Letra maiúscula, fonte Times ou Arial, tamanho 12, negrito CURSO DE... NOME DO AUTOR TÍTULO: SUBTÍTULO MARINGÁ ANO NOME DO AUTOR TÍTULO: SUBTÍTULO Recuo de 7 cm, fonte 12, espaço simples Trabalho de Conclusão de Curso apresentado à Faculdade Metropolitana de Maringá

Leia mais

Trabalhos Acadêmicos ABNT-NBR 14724:2002. Profª. MSc. Maria Bernadete Miranda

Trabalhos Acadêmicos ABNT-NBR 14724:2002. Profª. MSc. Maria Bernadete Miranda Trabalhos Acadêmicos ABNT-NBR 14724:2002 Profª. MSc. Maria Bernadete Miranda Normalização Documentária Referências. Citações em documentos. Trabalhos Acadêmicos. Associação Brasileira de Normas Técnicas

Leia mais

Universidade Federal do Ceará Centro de Tecnologia Curso de Graduação em Engenharia Elétrica

Universidade Federal do Ceará Centro de Tecnologia Curso de Graduação em Engenharia Elétrica Universidade Federal do Ceará Centro de Tecnologia Curso de Graduação em Engenharia Elétrica Normas para apresentação do Trabalho Final de Curso Coordenação do Curso de Graduação em Engenharia Elétrica

Leia mais

FORMULÁRIO ÚNICO DE PROJETO I - IDENTIFICAÇÃO PARTE ADMINISTRATIVA

FORMULÁRIO ÚNICO DE PROJETO I - IDENTIFICAÇÃO PARTE ADMINISTRATIVA FORMULÁRIO ÚNICO DE PROJETO I - IDENTIFICAÇÃO PARTE ADMINISTRATIVA 1 TÍTULO 2 VIGÊNCIA: (o prazo máximo apresentado inicialmente para a execução do projeto é 24 meses) Início (mês/ano): Término Previsto

Leia mais

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGO

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGO ESCOLA DE CIÊNCIAS JURÍDICAS E SOCIAIS NÚCLEO DE PESQUISA E PRODUÇÃO CIENTÍFICA MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGO De acordo com a NBR 6022:2003 da ABNT Brasília/DF 2015 SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO... 3 2. MODALIDADES

Leia mais