ESTRUTURA DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ESTRUTURA DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO"

Transcrição

1 1 ESTRUTURA DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Elaboração: DISCIPLINA DE METODOLOGIA CIENTÍFICA E SETOR DE APOIO À PESQUISA DO CURSO DE MEDICINA DA UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAÍ Profa. Elisabete Rabaldo Bottan Profa. Mabel Philipps Prof. Nivaldo Murilo Diegoli Profa. Shirlei Imianowski ESTRUTURA DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Aspectos Introdutórios A investigação científica não se conclui com a análise dos dados coletados. Os conhecimentos adquiridos pela via da pesquisa devem ser sistematizados e publicados. Redigir uma comunicação científica implica em organizar e expor informações que permitam à comunidade tomar conhecimento das observações, repetir os experimentos e avaliar os processos intelectuais. (FERREIRA, 1994) A partir da segunda metade do século XIX, a organização de relatos de investigações científicas tem seguido as normas do sistema IMRD (Introdução, Métodos, Resultados, Discussão). A lógica do sistema IMRD, de acordo com

2 2 DAY (1995), define-se através de uma série de perguntas: Que problema se estudou? A resposta é: introdução. Como se estudou o problema? A resposta é: métodos. Quais foram os resultados? A resposta é: resultados. O que significam estes resultados? A resposta é: discussão. O Curso de Medicina, acompanhando a tendência universal, definiu que a estrutura dos Trabalhos de Conclusão de Curso deve se orientar na lógica deste sistema. As pequenas variações, que podem ocorrer, dão-se em função da natureza do trabalho. Organização do Trabalho de Conclusão de Curso A redação final de um trabalho científico envolve aspectos lógicos (coerência e articulação), aspectos formais (linguagem e estilo) e aspectos estruturais (diagramação, formatação, normas de referenciação) que devem ser observados criteriosamente. Para se atender às exigências quanto aos aspectos lógicos e formais, os autores recomendam a observação de algumas regras que são, internacionalmente, aceitas pela comunidade científica. São elas: a) utilizar frases curtas e parágrafos com cinco linhas cheias, em média, e no máximo oito; b) adotar a ordem direta, dispensando detalhes irrelevantes, desprezando longas descrições e relatando o fato com o menor número de palavras; c) não iniciar parágrafos seguidos com a mesma palavra; d) não começar parágrafos, nem intercalar a frase, nomeando inúmeros autores. Substitua a relação nominal de autores por citação numérica ou anote-os ao final do parágrafo; e) dispensar palavras rebuscadas, termos coloquiais ou gírias, enfatizando a terminologia específica da área; f) articular os assuntos de modo coerente, evitando parágrafos compartimentados/estanques. Lembre-se de que o encadeamento de parágrafos, não ocorre pela simples inclusão de expressões, como: por outro lado, enquanto isso, ao mesmo tempo, nesse sentido; g) mudar de parágrafo sempre que se avançar na linha de raciocínio. Avançar na linha do raciocínio significa passar pelas etapas de análise, síntese, argumentação e conclusão; h) redigir o texto de forma impessoal, preferencialmente na terceira pessoa do singular com o pronome se. Pode-se utilizar a primeira pessoa do plural e expressões como o presente trabalho ; i) não usar expressões como eu penso, parece-me, parece ser, que dão margem a interpretações subjetivas. Os pontos de vista pessoais somente são aceitos no texto da discussão dos resultados, mas de modo fundamentado; j) os recursos ilustrativos (gráficos, fotografias, desenhos, quadros etc.) e tabelas devem ser criteriosamente selecionados e distribuídos no texto, tendo suas fontes citadas. Quanto à estrutura do Trabalho de Conclusão de Curso, os autores afirmam que ela contempla três partes básicas: elementos pré-textuais (ou preliminares), elementos textuais ( desenvolvimento ou núcleo do trabalho) e elementos pós-textuais. (NBR Informação e Documentação Trabalhos acadêmicos Apresentação, ABNT/ 2002) Pré-textuais Capa ( obrigatório) Lombada (opcional) Folha de rosto (obrigatório) Errata ( opcional) Folha de aprovação (obrigatório) Dedicatória(s) (opcional) Agradecimento(s) (opcional) Epígrafe( opcional) Resumo na língua vernácula (obrigatório) Resumo em língua estrangeira (obrigatório) Lista de ilustrações (opcional) Lista de tabelas (opcional) Lista de abreviaturas e siglas (opcional) Lista de símbolos (opcional) Sumário (obrigatório) Textuais Pós-textuais Introdução (obrigatório) Revisão de Literatura (obrigatório) (Desenvolvimento) Materiais e Métodos (obrigatório) (Desenvolvimento) Apresentação dos resultados (obrigatório) (Desenvolvimento) Discussão (obrigatório) (Desenvolvimento) Conclusão (obrigatório) Referências bibliográficas (obrigatório) Glossário (opcional) Apêndice(s) (opcional)

3 3 Anexo(s) (opcional) Índice(s) (opcional) O primeiro cuidado quanto à estrutura do Trabalho de Conclusão de Curso refere-se à extensão e à qualidade da síntese. Lembre-se de que quantidade não é sinônimo de qualidade. A partir da especificidade dos objetos de investigação das diferentes linhas de pesquisa, definiu-se que o trabalho completo não deverá exceder a 55 páginas. Sugere-se que a distribuição destas páginas ocorra da seguinte maneira: até 10 para os elementos pré-textuais; em torno de 43 páginas para o núcleo da monografia (até 03 para a introdução, em torno de 20 para a revisão da literatura, até 04 para materiais e métodos, em torno de 15 para resultados e discussão e até 01 para a conclusão) e 02 para as referências bibliográficas. Estes valores não são rígidos, mas devem nortear a organização de cada um dos tópicos do trabalho. UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAÍ CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CURSO DE MEDICINA (Arial 14, espaço 1,5 entrelinhas) (capa)

4 4 JOSÉ ANTÔNIO MACED(nome do(s) autor(es), centralizado, Arial 14) MÁRIO MILANO (no caso de mais de um autor) CORRELAÇÃO ENTRE DIMENSÃO DO TUMOR E STATUS AXILAR EM PACIENTES DO ASILO DOM PEDRO ITAJAÍ (SC) (Arial 14, negrito, espaço 1,5 entrelinhas) A capa tem por objetivo identificar o autor, sua instituição de origem e título da pesquisa. Para a versão que será encaminhada aos componentes da Banca Avaliadora, ela deve ser revestida com plástico com espiral. Para a versão definitiva (após a aprovação pela Banca), deverá ser revestida com papel duro, na cor branca com letras em preto. As informações que devem integrar a capa são: o nome da UNIVALI por extenso, em letras maiúsculas, no canto superior à esquerda, a 3,0 cm da borda do papel; o nome do Centro, logo abaixo do nome UNIVALI, por extenso, em letras maiúsculas; o nome do curso em letras maiúsculas, abaixo do nome do Centro; o nome do(s) autor(es) por extenso, em ordem direta e alfabética e centralizado; o título do trabalho disposto de forma centralizada, no meio da página, em letras maiúsculas e negrito; o local e ano da publicação, na parte inferior da página, a 2,0 cm da borda do papel, e centralizado. Itajaí (SC), 2008 (fonte Arial 12) JOSÉ ANTÔNIO MACEDO MÁRCIO MELANO (no caso de mais de um autor)

5 5 (folha de rosto) CORRELAÇÃO ENTRE DIMENSÃO DO TUMOR E STATUS AXILAR EM PACIENTES DO ASILO DOM PEDRO ITAJAÍ (SC) ^ I I I I v 5 cm Trabalho de Conclusão de Curso apresentado como requisito parcial para obtenção do título de médico do Curso de Medicina da Universidade do Vale do Itajaí. (fonte Arial 11, espaço simples, justificado) Orientador: Prof. Valdir Estatos Na folha de rosto devem constar, na seguinte ordem: nome do autor; título do trabalho (com subtítulo, se houver, precedido de dois pontos (:); natureza ( Trabalho de Conclusão de Curso), objetivo (grau: título de médico), área de concentração (Curso de Medicina) e nome da instituição (Universidade do Vale do Itajaí) ( ocupando a metade direita da mancha); nome do orientador; local e data da entrega. A paginação inicia nesta folha, mas o número não deve constar no canto superior direito da folha. Itajaí (SC), 2008 (fonte Arial 12) ERRATA (fonte Arial 14, negrito, maiúsculo) (dois espaços 1,5 em fonte 12) Folha Linha Onde se lê Leia-se 15 4 aja visto haja visto controversa controvérsias maior do que menor do que

6 publicaão publicação A errata é um elemento opcional que deve ser inserido logo após a folha de rosto, constituído pela referência do trabalho e pelo texto da errata e disposto da maneira apresentada acima, em fonte Arial 12, espaço duplo entrelinhas. A folha de aprovação é um elemento obrigatório sem título e deve conter: nome do(s) autor(es) por extenso, em ordem direta e alfabética disposto de forma centralizada, no meio da página e em maiúsculo; título do trabalho e subtítulo se houver; natureza, objetivo, nome da instituição, área de concentração e data de aprovação (ocupando a metade direita da mancha 8cm à direita da parte da folha que pode ser impressa); nome, titulação e assinatura dos componentes da banca examinadora. JOSÉ ANTÔNIO MACEDO

7 7 CORRELAÇÃO ENTRE DIMENSÃO DO TUMOR E STATUS AXILAR EM PACIENTES DO ASILO DOM PEDRO ITAJAÍ (SC) (fonte Arial 14, espaço 1,5 negrito, maiúsculo) O presente Trabalho de Conclusão de Curso apresentado como requisito parcial para obtenção do título de médico do Curso de Medicina da Universidade do Vale do Itajaí, aos doze dias do mês de outubro do ano de dois mil e cinco, é considerado aprovado. (fonte Arial 11, espaço simples entrelinhas, justificado) 1. Prof. Dr. Lineu do Vale Curso de Medicina da Universidade do vale do Itajaí (UNIVALI) 2. Prof. MsC. Osmar Campos Curso de Medicina da Universidade do Vale do Itajaí (UNIVALI) 3. Prof. Dr. Marcelo Paio Curso de Medicina da Universidade do Interior (UNIVIN) (dedicatória) Dedico este trabalho aos meus pais que mesmo não tendo estudado ensinaram aos seus filhos tudo o que aprenderam na escola da vida.

8 8 A dedicatória é um elemento não obrigatório, sem título, colocado após a folha de aprovação; é uma demonstração de afeto do autor por uma, ou mais, pessoas. Deve-se usar fonte Arial 12, espaço 1,5 entrelinhas. AGRADECIMENTOS (fonte Arial 14, negrito, maiúsculo) (dois espaços 1,5) 1,2cm Agradeço inicialmente a Deus, por ter me concedido o dom da vida. Agradeço aos meus pais sem os quais não teria conseguido alcançar esta vitória. Agradeço aos meus colegas cuja participação na minha formação foi fundamental.

9 9 Agradeço ao meu orientador, prof. Valdir Estatos, pela paciência, pela sabedoria em orientar, pelos conhecimentos transmitidos. Agradeço aos funcionários pela colaboração na execução da pesquisa. (Fonte Arial 12, espaço 1,5 entrelinhas) Os agradecimentos constituem-se num item opcional, sem indicativo numérico, sendo um modo cortês de destacar as pessoas ou instituições que tornaram viável a execução da pesquisa. Há duas formas de expressá-los: direta ou indireta. A forma direta consta da relação nominal em ordem hierárquica; ao se optar por esta forma, deve-se ter o cuidado de não esquecer de nomear nenhuma das pessoas e instituições que colaboraram. A forma indireta é quando o autor se reporta genericamente a todos, podendo utilizar a seguinte frase: Agradeço a todas as pessoas e instituições que, direta ou indiretamente, contribuíram para a elaboração deste trabalho. O modo de disposição do texto desta página é semelhante ao da página da dedicatória. (epígrafe) A epígrafe é um elemento opcional sem título constituindo-se em uma citação que pode ser incluída, desde que tenha relação direta com o conteúdo do trabalho e se indique a fonte. O texto deve ser disposto no meio da página e utilizando o alinhamento centralizado. (Ocupar a metade direita da mancha.)

10 10 O diagnóstico precoce de uma doença, particularmente no caso do câncer, torna-se fundamental na possibilidade de cura. (Prof. Epaminondas Mascate) (fonte Arial 12, espaço 1,5 entrelinhas) CORRELAÇÃO ENTRE DIMENSÃO DO TUMOR E STATUS AXILAR EM PACIENTES DO ASILO DOM PEDRO ITAJAÍ (SC) (um espaço 1,5) José Antônio MACEDO e Márcio MELANO (no caso de dois autores) Orientador: Prof. Valdir ESTATOS Data de defesa: outubro de 2005 (um espaço 1,5) Resumo: O câncer de mama além da mutilação física provoca problemas psicológicos na mulher.(introdução) Por este motivo, (Objetivo) o objetivo deste trabalho foi avaliar a correlação que existe entre o tamanho do câncer de mama e o status axilar das pacientes acometidas(metodologia) Foi apresentado um questionário às pacientes, as quais foram submetidas ao exame clínico e radiográfico para observação das dimensões do tumor mamário. Os resultados (resultados)foram: as pacientes que apresentavam os tumores de

11 11 mama com tamanho maior tinham um status axilar superior. Os autores concluíram (Conclusão) que o status axilar das pacientes acometidas de câncer de mama está diretamente proporcional ao tamanho do tumor (um espaço 1,5) Palavras-chave: câncer, mama, tumor. O resumo em língua vernácula deve ser um texto objetivo e sintético com, no máximo, 250 palavras (para Trabalhos de Conclusão de Curso e artigos de periódicos) e até 500 palavras (para dissertações e teses) digitado em espaço simples, em fonte Arial, em tamanho onze (11), sem alinhamento de parágrafos. Deve-se dar preferência ao uso da terceira pessoa do singular e do verbo na voz ativa. Deve apresentar a temática (introdução) em duas ou três linhas, informar a proposição (objetivo), a metodologia, os resultados mais significativos e as conclusões. Antecedem o texto do resumo, separados dele, e na seguinte ordem: o título do trabalho em negrito e em letras maiúsculas; nome do(s) acadêmico(s) em ordem direta, com destaque (maiúsculo) para o último sobrenome; nome do orientador e do coorientador (este último, caso seja oficial); mês e ano da defesa. Posteriores ao texto do resumo e separados dele por um espaço duplo deverão constar as palavras-chave, em ordem alfabética. (no mínimo, três) Obs.Procurar palavras-chave em: Terminologia em saúde Consulta ao DeCS - (DeCS= Descritores em Ciências da Saúde) CORRELATION BETWEEN......(título em maiúsculo) (um espaço 1,5) José Antônio MACEDO e (Márcio MELANO) Adviser: Prof. Valdir ESTATOS Defense date: october 2005 (um espaço1,5) Abstract:...(Introduction)......(Objectives) (Materials and methods)......

12 (Results) (Conclusion) (um espaço 1,5) Key-words:...,...,.... O resumo em língua estrangeira, elemento obrigatório, com as mesmas características do resumo em língua vernácula, digitado em folha separada ( Abstract, em inglês, Resumen, em espanhol, Resume, em francês, por exemplo), deve ser seguido das palavras-chave. Todo o resumo deve ser digitado em fonte Arial 11 Obs. A disciplina de Trabalho de Conclusão de Curso dispensa o resumo em inglês, somente exigindo no caso de artigo para publicação em periódico. LISTA DE ILUSTRAÇÕES (fonte Arial 14, negrito, maiúsculo) (dois espaços 1,5) Fotografia 1 Local de moradia das pacientes do Asilo Dom Pedro - Itajaí (SC) Quadro 1 Quadro 1 - Distribuição do número de moradores do Asilo Dom Pedro, considerando as variáveis idade e com filhos/sem filhos...13 Fotografia 2 Posição das pacientes para exame clínico...14

13 13 Fotografia 3 Posição das pacientes para exame radiográfico...15 Gráfico 1 - Ilustração gráfica comparativa entre tamanho do tumor e status axilar...22 A lista de ilustrações é um elemento opcional (indicamos quando o número for superior a cinco), sem indicativo numérico, que deve ser elaborado de acordo com a ordem apresentada no texto, com a mesma legenda, com cada item designado por seu nome específico (desenho, esquema, fluxograma, fotografias, gráficos, mapas, organogramas, plantas, quadros, retratos e outros) acompanhado do respectivo número da página. Quando necessário, recomenda-se a elaboração de lista própria para cada tipo de ilustração. No entanto, quando pouco extensas, as listas podem integrar uma mesma página e, quando for apenas um tipo de lista pouco extensa, pode aparecer na página do sumário, imediatamente após o seu último item. LISTA DE TABELAS (fonte Arial 14, negrito, maiúsculo) (dois espaços 1,5) Tabela 1 - Médias dos tamanhos dos tumores, considerando a variável tempo de diagnóstico...21 Tabela 2 - Médias dos...22 Tabela 3 - Médias dos...23 Tabela 4 - Médias de...24 Tabela 5 - Números absolutos dos...25

14 14 A lista de tabelas é um elemento opcional, sem indicativo numérico, recomendado quando a quantidade for superior a cinco, elaborada de acordo com a ordem apresentada no texto, com a mesma legenda, acompanhado da respectiva página. Usar fonte Arial 12 e espaço 1,5 entrelinhas. LISTA DE ABREVIATURAS E SIGLAS(fonte Arial 14, negrito, maiúsculo) (dois espaços 1,5) et al. Ca SNC ANOVA e outros (abreviatura de et alii) câncer Sistema Nervoso Central Teste estatístico (Analysis of Variance)

15 15 p< 0,05 probabilidade menor que 5 por cento A lista de abreviaturas e siglas é um elemento opcional, sem indicativo numérico, que deve ser elaborada conforme a ordem apresentada no texto. Usar fonte Arial 12 e espaço 1,5 entrelinhas. LISTA DE SÍMBOLOS (fonte Arial 14, negrito, maiúsculo) (dois espaços 1,5) ± mais ou menos marca registrada copyright < menor do que > maior do que

16 16 A lista de símbolos é um elemento opcional, sem indicativo numérico, que deve ser elaborado de acordo com a ordem apresentada no texto com o devido significado, em fonte Arial 12 e espaço 1,5 entrelinhas. ^ 8 cm da margem da folha

17 17 v SUMÁRIO (fonte Arial 14, negrito, centralizado) (dois espaços 1,5 em fonte 12) 1 INTRODUÇÃO REVISÃO DE LITERATURA Câncer...(negrito) Conceito...(negrito) Classificação...(negrito) Diagnóstico...(negrito) Prognóstico...(negrito) Tratamento...(negrito) Câncer de mama...(negrito) MATERIAIS E MÉTODOS APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS DISCUSSÃO CONCLUSÃO...29 O sumário lista os capítulos (títulos) e suas subdivisões na mesma ordem em que aparecem ao longo do trabalho, relacionando-os com o número da página inicial, em algarismos arábicos. Deve ser feito em fonte Arial 12, com espaço 1,5 entrelinhas de títulos, e espaço simples entrelinhas de títulos e subtítulos. (primários e secundários) Deve-se limitar a numeração progressiva das subdivisões dos títulos até a seção quinária. (Ex ) Caso o sumário seja extenso, usar espaço simples entrelinhas; se for preciso, usar fonte 10, evitando ultrapassar mais de uma página. 1 INTRODUÇÃO (Fonte Arial 14, negrito, maiúsculo) (dois espaços 1,5 em fonte 12 - aproximadamente 1,3-1,4cm) -1,2 cm O câncer de mama, além da mutilação física, provoca problemas de fundo psicológico......(texto fonte Arial 12, espaço duplo entrelinhas) Quase sempre, o médico......

18 O objetivo deste trabalho foi comparar o tamanho dos tumores com o status axilar das pacientes e verificar se há relação entre eles. Os elementos textuais, devem ser apresentados na seguinte ordem: introdução, revisão de literatura (ou marco teórico ou referencial teórico), materiais e métodos (ou procedimentos metodológicos ou metodologia), apresentação dos resultados, discussão e conclusão. Os itens Apresentação dos Resultados e Discussão podem ser unidos em um só item, a critério do pesquisador e orientador e dependendo da temática da pesquisa. A introdução ( que pode ser a JUSTIFICATIVA do projeto, melhorada) é uma explicação preliminar do tema do trabalho e deve ser claro, conciso e objetivo e conter todas as explicações iniciais do trabalho, fazendo com que o leitor tenha uma compreensão precisa do assunto. Ela deve ser redigida em até 03 páginas e apresentar uma contextualização da temática, informando o atual estágio das pesquisas; o propósito (objetivo) da pesquisa; a relevância da pesquisa (explicar as razões da pesquisa, enfatizar a importância da investigação, indicando os possíveis benefícios que dela decorrem). Na introdução, deve-se: a) explicitar o assunto a ser investigado, portanto, às vezes, faz-se necessário esclarecer termos, definindo-os do ponto de vista teórico; b) indicar o caminho metodológico, fornecendo indicativos dos procedimentos da pesquisa; c) situar historicamente a temática, tendo o cuidado para não se estender demais; d) indicar a escassez de informações na área da investigação quando, efetivamente, for a situação. Quando se tratar de um trabalho de iniciação científica, poderão ser incluídas citações de autores, no texto da introdução, tomando o cuidado, para não transformá-lo em uma revisão de literatura. Se a investigação integrar uma linha de pesquisa do curso, deve-se destacar os trabalhos anteriormente executados. No final da introdução deve-se apresentar o objetivo geral da pesquisa, em forma de texto. Muito embora a introdução seja o primeiro elemento textual a ser apresentado no corpo do trabalho, ela deve ser o último capítulo a ser redigido porque é a partir da visão completa do relatório da pesquisa que se obtém subsídios precisos para justificar a importância do trabalho que se está relatando. Lembre-se de que a introdução deverá convencer o leitor quanto à validade de seu trabalho. 2 REVISÃO DE LITERATURA (fonte Arial 14, negrito, maiúsculo) (dois espaços 1,5 em fonte 12 aproximadamente 1,3-1,4cm) 2.1 Câncer (fonte 13, negrito) (dois espaços 1,5 ) Conceito (fonte 12, negrito) (dois espaços 1,5) 1,2cm O câncer é um desenvolvimento anormal de células que durante um período...

19 19...(CAMARÃO; PINTO; SILVA, 2002) Segundo Salam e Cadelzada (2000), o câncer é um crescimento desordenado De acordo com as pesquisas de Diego et al. (2000) o câncer é um... (dois espaços 1,5) Classificação (fonte 12, negrito) (dois espaços 1,5) Os cânceres podem ser classificados conforme sua apresentação em......(dodunha; FARAB, 2001) Conforme estudos de Farin (2002), a classificação ( dois espaços 1,5) Diagnóstico (dois espaços 1,5) 1,2cm Um dos testes mais eficientes e confiáveis (IMIGRANTE, 2000) Rosa (1999) sugeriu que o diagnóstico Prognóstico (dois espaços 1,5) No entanto, mesmo que se faça um teste de (ROSA, 1999) (dois espaços 1,5) Tratamento (dois espaços 1,5) Para que o tratamento seja efetivo é necessário que...

20 20...(FARIN, 2002) Obs.: Dois autores entre parênteses - separar por ponto e vírgula. (;) Ex.: (DODUNHA; FARAB, 2001) Três autores entre parênteses letra maiúscula. Ex.: (CAMARÃO; PINTO; SILVA, 2002) Nome do autor inserido no texto letra minúscula, exceto a primeira. Ex.:...pesquisas de Diego et al. (2002)... Dois autores inseridos no texto separar pela letra e. Ex.: Segundo Salam e Cadelzada (2000) Três autores inseridos no texto. Ex.: Camarão, Pinto e Silva (2002) Quatro ou mais autores usar o primeiro nome e a expressão et al.. Ex.:(DIEGO et al., 2001) A revisão de literatura apresenta, em mais ou menos 20 páginas, os conceitos teórico-empíricos que nortearam a pesquisa. O texto deve ser construído a partir de material bibliográfico publicado, preferencialmente nos últimos cinco (05) anos e de primeira mão (evitar os apud). Lembre-se, uma revisão consistente deve contemplar os resumos dos trabalhos pertinentes e relacionados ao tema da pesquisa (não pode se restringir às idéias veiculadas nos livros técnicocientíficos) e deve apresentar as publicações de periódicos especializados. O texto de revisão da literatura pode ser estruturado de forma cronológica ou de forma analítica: - Na forma cronológica, os resumos são apresentados em ordem crescente de data da publicação do material consultado. Nos resumos dos artigos deve constar o objetivo da pesquisa, a metodologia empregada (materiais e métodos), os resultados mais importantes encontrados na pesquisa e a(s) conclusão(es) dos autores. - A forma analítica (é a maneira mostrada no exemplo anterior) é organizada a partir dos tópicos (assuntos), pertinentes à temática, os quais se articulam entre si. Nesta modalidade, o pesquisador deve organizar os resumos, identificar, entre os diversos autores consultados, os pontos concordantes e discordantes relacionados aos itens (variáveis em estudos) e elaborar o texto de forma articulada e lógica. As citações apresentadas no presente texto da Revisão de Literatura é do tipo autor-data, (Ex.: Diego et al. (1999)...) adotado pelas Disciplinas de Metodologia Científica e Trabalho de Conclusão de Curso do Curso de Medicina, o que faz com que as Referências Bibliográficas sejam apresentadas em ordem alfabética sem numeração. Se for usado o tipo numérico (Ex.:...o tratamento não é recomendado 1.) as Referências Bibliográficas são apresentadas numeradas e na ordem em que aparecem no texto. 3 MATERIAIS E MÉTODOS (Fonte Arial 14, negrito, maiúsculo) (dois espaços 1,5 em fonte 12) ( mais ou menos 1,3-1,4cm) 1,2cm A pesquisa realizada foi do tipo exploratória Foi apresentado aos moradores do Asilo Dom Pedro, em Itajaí (SC) cujas idades e sexo estão expressas no quadro 1, um questionário (apêndice A) o qual

21 21 foi respondido pelas pessoas que concordaram em participar da pesquisa assinando o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido (dois espaços 1,5) Moradoras do Asilo Dom Pedro Idade Com filhos Sem filhos anos anos anos Total Quadro 1 - Distribuição do número de moradores do Asilo Dom Pedro, considerando as variáveis idade e com filhos/sem filhos Fonte: Secretaria Municipal do Bem-Estar Social de Itajaí, Itajaí. ( SC) (fonte Arial 11, espaço simples) (dois espaços 1,5) ( mais ou menos 1,3-1,4cm) Fotografia 1 Local de moradia das pacientes do Asilo Dom Pedro Itajaí (SC).(fonte Arial 11, espaço simples entrelinhas) (dois espaços 1,5) ( mais ou menos 1,3-1,4cm) A fotografia 1 mostra o local de moradia das pacientes que se submeterem ao questionário e ao exame clínico e radiográfico. Os quadros são recomendados para apresentar categorias nominais; devem ser adotados para a apresentação de informações transcritas sem qualquer cálculo estatístico e têm seu título na parte inferior, antecedido pela palavra quadro, com o respectivo número de ordem de apresentação; são fechados acima (horizontalmente) e lateralmente (verticalmente). O texto do título e do conteúdo deve ter espaçamento simples e digitado em fonte 11. As fotografias (bem como as outras ilustrações: desenhos, esquemas, fluxogramas, gráficos, mapas, organogramas, plantas, quadros, retratos etc.) devem ser apresentadas na parte inferior, designadas pelo nome específico, acompanhado do respectivo número de acordo com a ordem que aparecem no texto, em algarismos arábicos, do respectivo título explicativo breve e claro, dispensando consulta ao texto. No capítulo materiais e métodos, ocupando mais ou menos 4 páginas, devem ser descritos, de modo detalhado, os procedimentos de coleta e de análise dos dados. Este item deve permitir ao leitor a possibilidade de refazer os passos da pesquisa sem que haja necessidade de consultar o autor. O texto deve ser escrito no passado. Inicia-se este capítulo descrevendo a forma de obtenção e caracterização da amostra ou população-alvo e informando o local onde se

22 22 desenvolveu a pesquisa. A denominação de instituições onde ocorreu a coleta de dados só pode ser efetuada mediante expressa autorização do seu representante legal. Informe, quando necessário, os cuidados tidos em relação aos preceitos éticos da pesquisa, tanto em animais quanto em humanos. (Neste caso, de acordo com a resolução 196/96 do Conselho Nacional de Saúde.) As técnicas adotadas para obtenção dos dados devem ser detalhadas. Quando os procedimentos forem de amplo conhecimento da área em estudo, é desnecessário descrevê-los minuciosamente, basta que se indique o nome da técnica e autores. Com relação aos materiais, devem ser incluídas as especificações técnicas e as quantidades exatas, bem como a procedência e o método de preparação. O nome comercial dos produtos só deve ser indicado quando for de importância fundamental; do contrário, deve-se adotar a denominação genérica. Os animais, plantas ou microorganismos utilizados no experimento devem ser indicados pelo nome científico. (gênero e espécie) O pesquisador poderá utilizar fotos e/ou desenhos esquemáticos para facilitar a compreensão dos procedimentos. 1,2cm Após a coleta dos dados e o cálculo das respectivas médias, elas foram analisadas estatisticamente através da Análise de Variância (ANOVA) e do teste t O item deve terminar com a indicação do tipo de tratamento estatístico ao qual os dados coletados foram submetidos. 4 APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS (dois espaços 1,5 em fonte 12) 1,2cm Os dados coletados foram analisados de acordo com os testes...sendo que e as médias estão apresentadas na tabela 1. (dois espaços 1,5)

23 23 Tabela 1 - Média do tamanho dos tumores e status axilar das pacientes do Asilo Dom Pedro Itajaí (SC) levando em consideração as variáveis idade e com filhos/sem filhos(legenda com fonte Arial 11, espaço simples) Idade com filhos sem filhos Tamanho Status Tamanho Status anos 5cm médio 4cm pequeno anos 4cm pequeno 4cm pequeno anos 6cm grande 5cm médio (fonte Arial 11, espaço simples) (dois espaços 1,5, mais ou menos 1,3-1,4cm) 1,2cm Os dados coletados individualmente estão apresentados nos anexos, bem como A apresentação dos resultados é o registro objetivo dos dados obtidos. Se a opção recair pela apresentação em separado da discussão,no capítulo de resultados não comportam citações, comentários ou interpretações pessoais. Os dados devem ser apresentados de forma clara e precisa,utilizando-se linguagem estatística e/ou descritiva. Este item e a discussão não devem ultrapassar 15 páginas. A maneira mais objetiva de se informar os resultados de uma pesquisa é através de medidas de posição (média, mediana, moda, quartis,...),medidas de variabilidade (desviopadrão, erro padrão, coeficiente de variação,...), medidas de relação (coeficiente de correlação), intervalo de confiança e ilustrações (figuras, quadros etc. ) e tabelas, pois facilitam o entendimento do leitor. Se o objetivo for apresentar comparações de fatores devemos recorrer aos testes de hipóteses. As tabelas devem conter dados que passaram por tratamento estatístico e têm seu título na parte superior, antecedido pela palavra tabela e respectivo número de ordem Devem ser limitadas por traços horizontais; podem ser feitos traços verticais para separar as colunas, mas não são fechadas lateralmente. O texto do título e do conteúdo da tabela deve ser em espaço simples e em fonte DISCUSSÃO (fonte Arial 14, negrito, maiúsulo) (dois espaços 1,5 em fonte 12 aproximadamente 1,3-1,4cm) 1,2cm Na análise da tabela 1 podemos verificar que os resultados apresentados nos exames......o que vem de encontro aos resultados mostrados por Dodunha e Farab (2001) cujo teste mostrou... Uma possível explicação para esta diferença pode estar no fato de que...

Guia para Apresentação de Trabalho Acadêmico: de acordo com NBR 14724/2011. São Carlos

Guia para Apresentação de Trabalho Acadêmico: de acordo com NBR 14724/2011. São Carlos Guia para Apresentação de Trabalho Acadêmico: de acordo com NBR 14724/2011 São Carlos Guia para Apresentação de Trabalho Acadêmico As orientações abaixo estão de acordo com NBR 14724/2011 da Associação

Leia mais

Os trabalhos acadêmicos devem ser divididos em: elementos pré-textuais, textuais e

Os trabalhos acadêmicos devem ser divididos em: elementos pré-textuais, textuais e NORMAS PARA A REDAÇÃO DE TESES E DISSERTAÇÕES DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE FACULDADE DE CIÊNCIAS DA SAÚDE UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA O projeto gráfico é de responsabilidade do autor

Leia mais

NBR 14724/2011 ABNT NBR 14724/2011 NBR 14724/2011 NBR 14724/2011 NBR 14724/2011 NBR 14724/2011 19/10/2011. Objetivo

NBR 14724/2011 ABNT NBR 14724/2011 NBR 14724/2011 NBR 14724/2011 NBR 14724/2011 NBR 14724/2011 19/10/2011. Objetivo Objetivo ABNT Normas para elaboração de trabalhos científicos Esta Norma especifica os princípios gerais para a elaboração de trabalhos acadêmicos, visando sua apresentação à instituição Estrutura Parte

Leia mais

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE MONOGRAFIA

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE MONOGRAFIA ANEXO da Norma 004/2008 CCQ Rev 1, 28/09/2009 UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA INSTITUTO DE QUÍMICA CURSO DE GRADUAÇÃO EM QUÍMICA Salvador 2009 2 1 Objetivo Estabelecer parâmetros para a apresentação gráfica

Leia mais

ANEXO II PROCEDIMENTOS PARA ELABORAÇÃO DA MONOGRAFIA

ANEXO II PROCEDIMENTOS PARA ELABORAÇÃO DA MONOGRAFIA ANEXO II PROCEDIMENTOS PARA ELABORAÇÃO DA MONOGRAFIA A elaboração da monografia deve ter como referência a ABNT NBR 14724/ 2006, a qual destaca que um trabalho acadêmico compreende elementos pré-textuais,

Leia mais

- TCC A/B - ORIENTAÇÕES PARA ESTRUTURAÇÃO E FORMATAÇÃO (Versão 1.3 Agosto de 2008)

- TCC A/B - ORIENTAÇÕES PARA ESTRUTURAÇÃO E FORMATAÇÃO (Versão 1.3 Agosto de 2008) Faculdade Dom Bosco de Porto Alegre Curso de Sistemas de Informação Trabalho de Conclusão de Curso Prof. Dr. Luís Fernando Garcia - TCC A/B - ORIENTAÇÕES PARA ESTRUTURAÇÃO E FORMATAÇÃO (Versão 1.3 Agosto

Leia mais

5 ESTRUTURA E APRESENTAÇÃO DE MONOGRAFIAS OU TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC)... 478 5.1 Ordenamento dos elementos da monografia ou TCC... 48 5.

5 ESTRUTURA E APRESENTAÇÃO DE MONOGRAFIAS OU TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC)... 478 5.1 Ordenamento dos elementos da monografia ou TCC... 48 5. 5 ESTRUTURA E APRESENTAÇÃO DE MONOGRAFIAS OU TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC)... 478 5.1 Ordenamento dos elementos da monografia ou TCC... 48 5.2 Capa... 48 5.3 Folha de rosto... 51 5.4 Errata... 53

Leia mais

NORMAS DE FORMATAÇÃO DO TRABALHO FINAL (PIL) Apresentação Gráfica

NORMAS DE FORMATAÇÃO DO TRABALHO FINAL (PIL) Apresentação Gráfica UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA Faculdade de Educação UAB/UnB Curso de Especialização em Educação na Diversidade e Cidadania, com Ênfase em EJA Parceria MEC/SECAD NORMAS DE FORMATAÇÃO DO TRABALHO FINAL (PIL)

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal do Amapá Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação Programa de Pós-graduação em Ciências Farmacêuticas

Ministério da Educação Universidade Federal do Amapá Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação Programa de Pós-graduação em Ciências Farmacêuticas Ministério da Educação Universidade Federal do Amapá Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação Programa de Pós-graduação em Ciências Farmacêuticas MANUAL PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE DISSERTAÇÃO (FORMATO

Leia mais

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS APRESENTAÇÃO O trabalho deve ser digitado e impresso em papel formato A4. O texto deve ser digitado, no anverso das folhas, em espaço 1,5, letra do tipo

Leia mais

OBRIGATÓRIO= + OPCIONAL= *

OBRIGATÓRIO= + OPCIONAL= * Lombada* UFRGS FACULDADE DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS BIBLIOTECA GLÁDIS W. DO AMARAL ORIENTAÇÃO SOBRE A ESTRUTURA DO TRABALHO ACADÊMICO Elementos póstextuais INDICES * PARTE INTERNA ANEXOS * APENDICES * GLOSSARIO

Leia mais

INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR SANT ANA LUCIO MAURO BRAGA MACHADO MANUAL PARA A ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS

INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR SANT ANA LUCIO MAURO BRAGA MACHADO MANUAL PARA A ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR SANT ANA LUCIO MAURO BRAGA MACHADO MANUAL PARA A ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS PONTA GROSSA 2011 LUCIO MAURO BRAGA MACHADO MANUAL PARA A ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS

Leia mais

Normas para Apresentação de Monografias

Normas para Apresentação de Monografias UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE DEPARTAMENTO DE SISTEMAS E COMPUTAÇÃO COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO Normas para Apresentação de Monografias Campina Grande, dezembro 2010

Leia mais

UNIVERSIDADE PAULISTA INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E COMUNICAÇÃO CURSOS DE GESTÃO TECNOLÓGICA PIM - III

UNIVERSIDADE PAULISTA INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E COMUNICAÇÃO CURSOS DE GESTÃO TECNOLÓGICA PIM - III UNIVERSIDADE PAULISTA INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E COMUNICAÇÃO CURSOS DE GESTÃO TECNOLÓGICA PIM - III Projeto Integrado Multidisciplinar Cursos Superiores Tecnológicos G. SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Trabalho

Leia mais

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO MATEMÁTICA MESTRADO PROFISSIONAL EM EDUCAÇÃO MATEMÁTICA APRESENTAÇÃO NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS O trabalho deve ser digitado e impresso em papel

Leia mais

BIBLIOTECA DE CIÊNCIAS JURÍDICAS. NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE DOCUMENTOS CIENTÍFICOS: TRABALHOS ACADÊMICOS Aula 1

BIBLIOTECA DE CIÊNCIAS JURÍDICAS. NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE DOCUMENTOS CIENTÍFICOS: TRABALHOS ACADÊMICOS Aula 1 BIBLIOTECA DE CIÊNCIAS JURÍDICAS NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE DOCUMENTOS CIENTÍFICOS: TRABALHOS ACADÊMICOS Aula 1 Paula Carina de Araújo paulacarina@ufpr.br 2014 Pesquisa Pesquisa Atividade básica da ciência

Leia mais

CONSTRUINDO MINHA MONOGRAFIA

CONSTRUINDO MINHA MONOGRAFIA CONSTRUINDO MINHA MONOGRAFIA 1 Prezado(a) aluno(a), Este roteiro foi preparado para auxiliá-lo na elaboração de sua monografia (TCC). Ele o apoiará na estruturação das etapas do seu trabalho de maneira

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA ELABORAÇÃO DA MONOGRAFIA OU DO TRABALHO CIENTIFICO

INSTRUÇÕES PARA ELABORAÇÃO DA MONOGRAFIA OU DO TRABALHO CIENTIFICO 39 INSTRUÇÕES PARA ELABORAÇÃO DA MONOGRAFIA OU DO TRABALHO CIENTIFICO 1. MONOGRAFIA Monografias são exposições de um problema ou assunto específico, investigado cientificamente, assim, não exige originalidade,

Leia mais

MONOGRAFIA ESTRUTURA DE MONOGRAFIAS

MONOGRAFIA ESTRUTURA DE MONOGRAFIAS MONOGRAFIA Trata-se de uma construção intelectual do aluno-autor que revela sua leitura, reflexão e interpretação sobre o tema da realidade. Tem como base a escolha de uma unidade ou elemento social, sob

Leia mais

REGRAS PARA APRESENTAÇÃO DE RELATÓRIO DE ESTÁGIO

REGRAS PARA APRESENTAÇÃO DE RELATÓRIO DE ESTÁGIO 1 REGRAS PARA APRESENTAÇÃO DE RELATÓRIO DE ESTÁGIO Os seguintes padrões atendem às exigências da FTC Feira de Santana, em conformidade com a NBR 14724:2002/2005 da Associação Brasileira de Normas Técnicas

Leia mais

Curso de Comunicação Social - Publicidade e Propaganda NORMAS PARA ELABORAÇÃO / APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS

Curso de Comunicação Social - Publicidade e Propaganda NORMAS PARA ELABORAÇÃO / APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS Curso de Comunicação Social - Publicidade e Propaganda NORMAS PARA ELABORAÇÃO / APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS 1 ESTRUTURA A estrutura e a disposição dos elementos de um trabalho acadêmico são as

Leia mais

FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS DE SERGIPE - FANESE NÚCLEO DE PÓS-GRADUAÇÃO E EXTENSÃO NPGE MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS

FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS DE SERGIPE - FANESE NÚCLEO DE PÓS-GRADUAÇÃO E EXTENSÃO NPGE MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS DE SERGIPE - FANESE NÚCLEO DE PÓS-GRADUAÇÃO E EXTENSÃO NPGE MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS ARACAJU 2012 2 PREFÁCIO A apresentação dos trabalhos acadêmicos

Leia mais

INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DE GOIÁS IESGO FACULDADES IESGO CURSO DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA

INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DE GOIÁS IESGO FACULDADES IESGO CURSO DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DE GOIÁS IESGO FACULDADES IESGO CURSO DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA MANUAL DE NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS DE CONCLUSÃO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA FORMOSA/GO

Leia mais

NORMAS PARA REDAÇÃO E IMPRESSÃO DE DISSERTAÇÕES E TESES DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM AGRONOMIA ÁREA DE CONCENTRAÇÃO EM PRODUÇÃO VEGETAL

NORMAS PARA REDAÇÃO E IMPRESSÃO DE DISSERTAÇÕES E TESES DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM AGRONOMIA ÁREA DE CONCENTRAÇÃO EM PRODUÇÃO VEGETAL NORMAS PARA REDAÇÃO E IMPRESSÃO DE DISSERTAÇÕES E TESES DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM AGRONOMIA ÁREA DE CONCENTRAÇÃO EM PRODUÇÃO VEGETAL AQUIDAUANA MS 2009 1. PAPEL E PROCESSO DE MULTIPLICAÇÃO O papel

Leia mais

Manual para normalização de trabalhos técnicos científicos

Manual para normalização de trabalhos técnicos científicos Padrão FEAD de normalização Manual para normalização de trabalhos técnicos científicos Objetivo Visando padronizar os trabalhos científicos elaborados por alunos de nossa instituição Elaboramos este manual

Leia mais

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DE AGUDOS - FAAG BIBLIOTECA MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGOS PARA O PERIÓDICO. REVISTA DiCA!

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DE AGUDOS - FAAG BIBLIOTECA MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGOS PARA O PERIÓDICO. REVISTA DiCA! CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DE AGUDOS - FAAG BIBLIOTECA MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGOS PARA O PERIÓDICO REVISTA DiCA! Biblioteca - FAAG Tel. (14) 3262-9400 Ramal: 417 Email: biblioteca@faag.com.br http://www.faag.com.br/faculdade/biblioteca.php

Leia mais

Checklist da Estrutura de Monografia, Tese ou Dissertação na MDT UFSM 2010

Checklist da Estrutura de Monografia, Tese ou Dissertação na MDT UFSM 2010 1 Checklist da Estrutura de Monografia, Tese ou Dissertação na MDT UFSM 2010 Pré-textuais Textuais Pós-textuais Estrutura Elemento OK Capa (obrigatório) Anexo A (2.1.1) Lombada (obrigatório) Anexo H Folha

Leia mais

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA (ABNT - NBR 15287- válida a partir de 30.01.2006) 1 COMPONENTES DE UM PROJETO DE PESQUISA (itens em negrito são obrigatórios) ELEMENTOS PRÉ-TEXTUAIS Capa

Leia mais

DIRETRIZES PARA A REDAÇÃO DE TESES E DISSERTAÇÕES DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOENGENHARIA

DIRETRIZES PARA A REDAÇÃO DE TESES E DISSERTAÇÕES DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOENGENHARIA 1 DIRETRIZES PARA A REDAÇÃO DE TESES E DISSERTAÇÕES DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOENGENHARIA O projeto gráfico é de responsabilidade do autor do trabalho, ou seja, o que não consta no texto destas

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA MESTRADO EM SAÚDE PÚBLICA NORMAS PARA ELABORAÇÃO DA DISSERTAÇÃO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA MESTRADO EM SAÚDE PÚBLICA NORMAS PARA ELABORAÇÃO DA DISSERTAÇÃO UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA MESTRADO EM SAÚDE PÚBLICA NORMAS PARA ELABORAÇÃO DA DISSERTAÇÃO CAMPINA GRANDE 2015 1 DISSERTAÇÃO A defesa pública da dissertação

Leia mais

Trabalhos Científicos Usuais: Caracterização e Estrutura

Trabalhos Científicos Usuais: Caracterização e Estrutura Trabalhos Científicos Usuais: Caracterização e Estrutura Iniciação à Pesquisa em Informática Profª MSc. Thelma E. C. Lopes e-mail: thelma@din.uem.br 2 Texto Científico: o que é? A elaboração do texto científico

Leia mais

PIM I. Projeto Integrado Multidisciplinar

PIM I. Projeto Integrado Multidisciplinar PIM I Projeto Integrado Multidisciplinar PIM I - PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR TEMA: Descrição e Análise de Práticas de Gestão Organizacional em uma Empresa. OBJETIVOS: Favorecer aos alunos ingressantes

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE CIÊNCIAS BÁSICAS DA SAÚDE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MICROBIOLOGIA AGRÍCOLA E DO AMBIENTE

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE CIÊNCIAS BÁSICAS DA SAÚDE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MICROBIOLOGIA AGRÍCOLA E DO AMBIENTE UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE CIÊNCIAS BÁSICAS DA SAÚDE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MICROBIOLOGIA AGRÍCOLA E DO AMBIENTE Comissão Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE INGRESSO E VITALICIAMENTO DOS NOVOS MEMBROS DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO CEARÁ

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE INGRESSO E VITALICIAMENTO DOS NOVOS MEMBROS DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO CEARÁ GESTÃO2010/2012 ESCOLASUPERIORDOMINISTÉRIOPÚBLICO(Art.1ºdaLei11.592/89) Credenciada pelo Parecer 559/2008, de 10/12/08, do CEC (Art. 10, IV da Lei Federal n.º 9.394, de 26/12/1996 - LDB) NORMAS PARA ELABORAÇÃO

Leia mais

Normas para Redação da Dissertação/Tese

Normas para Redação da Dissertação/Tese Normas para Redação da Dissertação/Tese Estrutura A estrutura de uma dissertação, tese ou monografia compreende três partes fundamentais, de acordo com a ABNT (NBR 14724): elementos prétextuais, elementos

Leia mais

MODELO DE PROJETO DE PESQUISA DA ADJETIVO CETEP

MODELO DE PROJETO DE PESQUISA DA ADJETIVO CETEP MODELO DE PROJETO DE PESQUISA DA ADJETIVO CETEP REPRESENTAÇÕES GRÁFICAS DOS TRABALHOS Formato: A4 Cor preta Espaçamento entre linhas: 1,5cm Fonte texto: Times New Roman, 12 ou Arial, 11 Margem superior

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA N 002/2009/PEQ-UFS ANEXO I NORMAS PARA A ELABORAÇÃO DA DISSERTAÇÃO

INSTRUÇÃO NORMATIVA N 002/2009/PEQ-UFS ANEXO I NORMAS PARA A ELABORAÇÃO DA DISSERTAÇÃO INSTRUÇÃO NORMATIVA N 002/2009/PEQ-UFS ANEXO I NORMAS PARA A ELABORAÇÃO DA DISSERTAÇÃO 1. INTRODUÇÃO A Dissertação é a apresentação escrita do trabalho de pesquisa desenvolvido no âmbito do Programa de

Leia mais

METODOLOGIA DO TRABALHO CIENTÍFICO MATERIAL DIDÁTICO DA ABNT

METODOLOGIA DO TRABALHO CIENTÍFICO MATERIAL DIDÁTICO DA ABNT METODOLOGIA DO TRABALHO CIENTÍFICO MATERIAL DIDÁTICO DA ABNT www.abnt.org.br Objetivos da normalização Comunicação Simplificação Níveis de normalização Menos exigente (Genérica) INTERNACIONAL REGIONAL

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE SANTA CRUZ - UESC PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BOTÂNICA - PPGBOT. ANEXO 1 Normas de editoração e estruturação de dissertações

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE SANTA CRUZ - UESC PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BOTÂNICA - PPGBOT. ANEXO 1 Normas de editoração e estruturação de dissertações UNIVERSIDADE ESTADUAL DE SANTA CRUZ - UESC PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BOTÂNICA - PPGBOT ANEXO 1 Normas de editoração e estruturação de dissertações 1ª edição Ilhéus BA 2012 SUMÁRIO SUMÁRIO... 2 APRESENTAÇÃO...

Leia mais

NORMALIZAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS ABNT TRABALHOS ACADÊMICOS:

NORMALIZAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS ABNT TRABALHOS ACADÊMICOS: MANUAL PARA TCC www.etecmonteaprazivel.com.br Estrada do Bacuri s/n Caixa Postal 145 Monte Aprazível SP CEP 15150-000 Tel.: (17) 3275.1522 Fax: (17) 3275.1841 NORMALIZAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS ABNT

Leia mais

ESTRUTURA DO TRABALHO ACADÊMICO. Dissertações, Teses e Trabalhos de Conclusão de Curso de Graduação, Especialização e outros.

ESTRUTURA DO TRABALHO ACADÊMICO. Dissertações, Teses e Trabalhos de Conclusão de Curso de Graduação, Especialização e outros. ESTRUTURA DO TRABALHO ACADÊMICO Dissertações, Teses e Trabalhos de Conclusão de Curso de Graduação, Especialização e outros. Estrutura Elementos Parte externa Capa (obrigatório) Lombada (opcional) Parte

Leia mais

ROTEIRO PARA CRIAÇÃO DE UM ARTIGO CIENTÍFICO

ROTEIRO PARA CRIAÇÃO DE UM ARTIGO CIENTÍFICO ROTEIRO PARA CRIAÇÃO DE UM ARTIGO CIENTÍFICO Finalidade de um Artigo Científico Comunicar os resultados de pesquisas, idéias e debates de uma maneira clara, concisa e fidedigna. Servir de medida da produtividade

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA FORMATAÇÃO DE TESES E DISSERTAÇÕES DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE

INSTRUÇÕES PARA FORMATAÇÃO DE TESES E DISSERTAÇÕES DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE 1 INSTRUÇÕES PARA FORMATAÇÃO DE TESES E DISSERTAÇÕES DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE INSTRUÇÕES GERAIS: papel branco A4, fonte Arial tamanho 12, com espaçamento de 1,5 cm entre as linhas,

Leia mais

Procedimentos para apresentação e normalização de trabalhos acadêmicos

Procedimentos para apresentação e normalização de trabalhos acadêmicos Procedimentos para apresentação e normalização de trabalhos acadêmicos Maria Bernardete Martins Alves Marili I. Lopes Procedimentos para apresentação e normalização de trabalhos acadêmicos Módulo 3 Apresentação

Leia mais

COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO

COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO 1 Modelo de Artigo de periódico baseado na NBR 6022, 2003. Título do artigo, centralizado. COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO Maria Bernardete Martins Alves * Susana Margaret de Arruda ** Nome do (s) autor

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ - Unioeste PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS - PPGCA

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ - Unioeste PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS - PPGCA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ - Unioeste PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS - PPGCA Normas para elaboração de Dissertações do Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais MODELO

Leia mais

REGRAS BÁSICAS PARA APRESENTAÇÃO FORMAL DE TRABALHOS

REGRAS BÁSICAS PARA APRESENTAÇÃO FORMAL DE TRABALHOS F A C UL DA DE DE P R E S I DE N T E V E N C E S L A U REGRAS BÁSICAS PARA APRESENTAÇÃO FORMAL DE TRABALHOS APRESENTAÇÃO GRÁFICA - CONFIGURAÇÃO DAS MARGENS Ir ao menu Arquivo, escolher a opção Configurar

Leia mais

CURSO DE PEDAGOGIA MANUAL DO TCC ARUJÁ SP

CURSO DE PEDAGOGIA MANUAL DO TCC ARUJÁ SP CURSO DE PEDAGOGIA MANUAL DO TCC ARUJÁ SP 2011 ESTRUTURA 1 ELEMENTOS DE PRÉ-TEXTO 1.1 Capa 1.2 Lombada descendente 1.3 Folha de rosto 1.4 Folha de aprovação 1.5 Dedicatória 1.6 Agradecimentos 1.7 Epígrafe

Leia mais

ABNT NBR 14724 [terceira edição atualizada em 2011]

ABNT NBR 14724 [terceira edição atualizada em 2011] ABNT NBR 14724 [terceira edição atualizada em 2011] Professora Alcione Mazur 25/07/11 Cancela e substitui a edição anterior. ABNT NBR 14724: 2005 Não houve alterações na estrutura do trabalho, mas em uma

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MINAS GERAIS Campus de Belo Horizonte Faculdade de Educação ORIENTAÇÕES GERAIS PARA NORMALIZAÇÃO DA MONOGRAFIA

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MINAS GERAIS Campus de Belo Horizonte Faculdade de Educação ORIENTAÇÕES GERAIS PARA NORMALIZAÇÃO DA MONOGRAFIA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MINAS GERAIS Campus de Belo Horizonte Faculdade de Educação ORIENTAÇÕES GERAIS PARA NORMALIZAÇÃO DA MONOGRAFIA 2014 UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MINAS GERAIS Campus de Belo Horizonte

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA BIOMÉDICA Regulamento do TCC

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA BIOMÉDICA Regulamento do TCC ANEXO A TERMO DE COMPROMISSO DE ORIENTAÇÃO DO TRABALHO DE Nome do Aluno: Matricula: Título do TCC CONCLUSAO DE CURSO (TCC) Solicito que seja designado como meu Orientador do Trabalho de Conclusão de Curso

Leia mais

DISCIPLINA: PRÁTICA PROFISSIONAL E ESTÁGIO SUPERVISIONADO I, II E III CIÊNCIAS CONTÁBEIS ACADÊMICOS

DISCIPLINA: PRÁTICA PROFISSIONAL E ESTÁGIO SUPERVISIONADO I, II E III CIÊNCIAS CONTÁBEIS ACADÊMICOS DISCIPLINA: PRÁTICA PROFISSIONAL E ESTÁGIO SUPERVISIONADO I, II E III CIÊNCIAS CONTÁBEIS APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS PROF. DR. MARCOS FRANCISCO R. SOUSA PROF. Me. CELSO LUCAS COTRIM APRESENTAÇÃO

Leia mais

2- DETALHES SOBRE A ESTRUTURA DO RELATÓRIO A seguir estão orientações sobre como formatar as diversas partes que compõem o relatório.

2- DETALHES SOBRE A ESTRUTURA DO RELATÓRIO A seguir estão orientações sobre como formatar as diversas partes que compõem o relatório. 1 - ESTRUTURA DO RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO O relatório do Estágio Supervisionado de todos os cursos do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Minas Gerais Campus Formiga - irá mostrar

Leia mais

(Publicações da Biblioteca; 4) ORGANIZAÇÃO. Weber Vasconcellos Gomes Maria Consuelene Marques Maurinete dos Santos

(Publicações da Biblioteca; 4) ORGANIZAÇÃO. Weber Vasconcellos Gomes Maria Consuelene Marques Maurinete dos Santos (Publicações da Biblioteca; 4) ORGANIZAÇÃO Weber Vasconcellos Gomes Maria Consuelene Marques Maurinete dos Santos Revisto e atualizado de acordo com a NBR 15287/2011 Brasília 2011 1 APRESENTAÇÃO De acordo

Leia mais

Manual TCC Administração

Manual TCC Administração 1 Manual TCC Administração 2013 2 Faculdade Marista Diretor Geral Ir. Ailton dos Santos Arruda Diretora Administrativo-Financeiro Sra. Rafaella Nóbrega Coordenador do Curso de Administração e Gestão de

Leia mais

universia.com.br/materia/img/tutoriais/ /01.jsp 1/1

universia.com.br/materia/img/tutoriais/ /01.jsp 1/1 5/12/2008 Monografias - Apresentação Fazer um trabalho acadêmico exige muito de qualquer pesquisador ou estudante. Além de todo esforço em torno do tema do trabalho, é fundamental ainda, adequá-lo às normas

Leia mais

PROJETO MULDISCIPLINAR DO CURSO DE BACHAREL EM ADMINISTRAÇÃO DA UNIESP FACULDADE DO GUARUJÁ. Prof. Marat Guedes Barreiros

PROJETO MULDISCIPLINAR DO CURSO DE BACHAREL EM ADMINISTRAÇÃO DA UNIESP FACULDADE DO GUARUJÁ. Prof. Marat Guedes Barreiros PROJETO MULDISCIPLINAR DO CURSO DE BACHAREL EM ADMINISTRAÇÃO DA UNIESP FACULDADE DO GUARUJÁ Prof. Marat Guedes Barreiros GUARUJÁ 2º semestre de 2013 PROJETO MULDISCIPLINAR Curso superior de BACHAREL em

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CAMPUS CENTRAL NATAL DIRETORIA DE ENSINO E TECNOLOGIA EM CONSTRUÇÃO CIVIL

INSTITUTO FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CAMPUS CENTRAL NATAL DIRETORIA DE ENSINO E TECNOLOGIA EM CONSTRUÇÃO CIVIL INSTITUTO FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CAMPUS CENTRAL NATAL DIRETORIA DE ENSINO E TECNOLOGIA EM CONSTRUÇÃO CIVIL NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE UM RELATÓRIO TÉCNICO Eurípedes de Medeiros Junior 1 Mara Matos

Leia mais

NORMAS DE REDAÇÃO PARA QUALIFICAÇÃO E APRESENTAÇÃO DE DISSERTAÇÕES E TESES

NORMAS DE REDAÇÃO PARA QUALIFICAÇÃO E APRESENTAÇÃO DE DISSERTAÇÕES E TESES 1 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 001/ DE 30 DE MAIO DE 2011/ PRODEMA-UFS DE Estas normas de redação foram definidas como diretrizes básicas pelo Colegiado do Núcleo de Pós-Graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente

Leia mais

GESTÃO HOSPITALAR. PIM VI Projeto Integrado Multidisciplinar

GESTÃO HOSPITALAR. PIM VI Projeto Integrado Multidisciplinar GESTÃO HOSPITALAR PIM VI Projeto Integrado Multidisciplinar 1 PIM PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR TEMA: Elaborar um estudo acerca Estrutura e Funcionamento do Sistema de Saúde Pública e Privada no Brasil.

Leia mais

ORIENTAÇÕES BÁSICAS PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGO CIENTÍFICO

ORIENTAÇÕES BÁSICAS PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGO CIENTÍFICO 1 ORIENTAÇÕES BÁSICAS PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGO CIENTÍFICO 1 APRESENTAÇÃO Tanto o artigo quanto a monografia são trabalhos monográficos, ou seja, trabalhos que apresentam resultados de pesquisa sobre um

Leia mais

Estrutura, redação e apresentação do relatório de pesquisa 7

Estrutura, redação e apresentação do relatório de pesquisa 7 UNIDADE 7 Estrutura, redação e apresentação do relatório de pesquisa 7 Objetivos de aprendizagem Identificar os componentes que integram os elementos pré-textuais, textuais e pós-textuais de um relatório

Leia mais

GUIA PARA ELABORAÇÃO DISSERTAÇÃO DE MESTRADO (SEGUNDO ABNT-NBR 14724) PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM BIOTECNOLOGIA - UFSJ

GUIA PARA ELABORAÇÃO DISSERTAÇÃO DE MESTRADO (SEGUNDO ABNT-NBR 14724) PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM BIOTECNOLOGIA - UFSJ UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI UFSJ CAMPUS CENTRO-OESTE DONA LINDU CCO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOTECNOLOGIA GUIA PARA ELABORAÇÃO DISSERTAÇÃO DE MESTRADO (SEGUNDO ABNT-NBR 14724) PROGRAMA

Leia mais

Universidade Federal de São Paulo Instituto Saúde e Sociedade Programa de Pós-Graduação Alimentos, Nutrição e Saúde

Universidade Federal de São Paulo Instituto Saúde e Sociedade Programa de Pós-Graduação Alimentos, Nutrição e Saúde Universidade Federal de São Paulo Instituto Saúde e Sociedade Programa de Pós-Graduação Alimentos, Nutrição e Saúde ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE DOCUMENTO DE QUALIFICAÇÃO E DISSERTAÇÃO PARA O PROGRAMA

Leia mais

Manual de Trabalho de Conclusão de Curso

Manual de Trabalho de Conclusão de Curso CENTRO DE TECNOLOGIA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Manual de Trabalho de Conclusão de Curso Curso de Engenharia de Produção NATAL RN 2010 Apresentação O curso de Engenharia de Produção institui

Leia mais

4 ESTRUTURA E APRESENTAÇÃO DE ARTIGO CIENTÍFICO

4 ESTRUTURA E APRESENTAÇÃO DE ARTIGO CIENTÍFICO 4 ESTRUTURA E APRESENTAÇÃO DE ARTIGO CIENTÍFICO Este capítulo visa a orientar a elaboração de artigos científicos para os cursos de graduação e de pós-graduação da FSG. Conforme a NBR 6022 (2003, p. 2),

Leia mais

Universidade Federal de Goiás Faculdade de Artes Visuais Programa de Pós-Graduação em Arte e Cultura Visual

Universidade Federal de Goiás Faculdade de Artes Visuais Programa de Pós-Graduação em Arte e Cultura Visual Universidade Federal de Goiás Faculdade de Artes Visuais Programa de Pós-Graduação em Arte e Cultura Visual NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE RELATÓRIOS PARA QUALIFICAÇÃO (MESTRADO E DOUTORADO), TESES E TRABALHOS

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP. FACULDADE (do aluno) CURSO. TÍTULO DO PROJETO Subtítulo do Projeto AUTOR DO PROJETO

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP. FACULDADE (do aluno) CURSO. TÍTULO DO PROJETO Subtítulo do Projeto AUTOR DO PROJETO PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP FACULDADE (do aluno) CURSO TÍTULO DO PROJETO Subtítulo do Projeto AUTOR DO PROJETO TÍTULO DO RELATÓRIO AUTOR(ES) DO RELATÓRIO SÃO PAULO 200_ NOTA PRÉVIA

Leia mais

DIRETRIZES BÁSICAS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE PEDAGOGIA TCC2

DIRETRIZES BÁSICAS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE PEDAGOGIA TCC2 UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE CIÊNCIAS SÓCIO-ECONÔMICAS E HUMANAS COORDENAÇÃO DO CURSO DE PEDAGOGIA COORDENAÇÃO ADJUNTA DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DIRETRIZES BÁSICAS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO

Leia mais

MANUAL DE NORMATIZAÇÃO PARA ARTIGOS CIENTÍFICOS

MANUAL DE NORMATIZAÇÃO PARA ARTIGOS CIENTÍFICOS CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DOS CAMPOS GERAIS - CESCAGE FACULDADES INTEGRADAS DOS CAMPOS GERAIS COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO MANUAL DE NORMATIZAÇÃO PARA ARTIGOS CIENTÍFICOS PONTA GROSSA 2010 2 SUMÁRIO 1

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE PIRENÓPOLIS

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE PIRENÓPOLIS 0 UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE PIRENÓPOLIS MANUAL PARA FORMATAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS DA UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE PIRENÓPOLIS PIRENÓPOLIS 2012 1 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 1

Leia mais

COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO

COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO 1 Modelo de Artigo de periódico baseado na NBR 6022, 2003. Título do artigo, centralizado. COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO Andersown Becher Paes de Barros * Ideraldo Bonafé ** RESUMO Este trabalho apresenta

Leia mais

MANUAL PARA A ELABORAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISAS (PADRÃO UDF)

MANUAL PARA A ELABORAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISAS (PADRÃO UDF) (Publicações da Biblioteca; 4) ORGANIZAÇÃO Weber Vasconcellos Gomes Maria Consuelene Marques Maurinete dos Santos MANUAL PARA A ELABORAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISAS (PADRÃO UDF) 3ª edição Revisto e atualizado

Leia mais

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIAS DO CET/UnB

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIAS DO CET/UnB UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA Centro de Excelência em Turismo MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIAS DO CET/UnB Por: Jakeline V. de Pádua APRESENTAÇÃO As páginas que se seguem especificam os princípios gerais

Leia mais

Escola de Administração Biblioteca. Normas para elaboração do TCC

Escola de Administração Biblioteca. Normas para elaboração do TCC Universidade Federal do Rio Grande do Sul Escola de Administração Biblioteca Normas para elaboração do TCC O que é um Trabalho de Conclusão de Curso? O TCC, é um trabalho acadêmico feito sob a coordenação

Leia mais

Apresentação de Trabalhos Acadêmicos ABNT

Apresentação de Trabalhos Acadêmicos ABNT Apresentação de Trabalhos Acadêmicos ABNT Editoração do Trabalho Acadêmico 1 Formato 1.1. Os trabalhos devem ser digitados em papel A-4 (210 X297 mm) apenas no anverso (frente) da folha. 2 Tipo e tamanho

Leia mais

NORMAS INTERNAS PARA ELABORAÇÃO DAS DISSERTAÇÕES E TESES

NORMAS INTERNAS PARA ELABORAÇÃO DAS DISSERTAÇÕES E TESES UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS VETERINÁRIAS NORMAS INTERNAS PARA ELABORAÇÃO DAS DISSERTAÇÕES E TESES Material de apoio para elaboração padronizada

Leia mais

Título do trabalho: subtítulo do trabalho

Título do trabalho: subtítulo do trabalho Título do trabalho: subtítulo do trabalho Resumo Este documento apresenta um modelo de formatação a ser utilizado em artigos e tem como objetivo esclarecer aos autores o formato a ser utilizado. Este documento

Leia mais

PIM III. Projeto Integrado Multidisciplinar

PIM III. Projeto Integrado Multidisciplinar PIM III Projeto Integrado Multidisciplinar PIM III - PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR TEMA: Descrição e análise de práticas de gestão em empresas hospitalares de médio porte. OBS: O Projeto deverá ser

Leia mais

FACULDADE DOM BOSCO. Credenciada através da Portaria nº 2.387, D.O.U. em 12/08/2004 Cornélio Procópio/Paraná MANUAL DE TRABALHO DE CURSO

FACULDADE DOM BOSCO. Credenciada através da Portaria nº 2.387, D.O.U. em 12/08/2004 Cornélio Procópio/Paraná MANUAL DE TRABALHO DE CURSO FACULDADE DOM BOSCO Credenciada através da Portaria nº 2.387, D.O.U. em 12/08/2004 Cornélio Procópio/Paraná MANUAL DE TRABALHO DE CURSO CORNÉLIO PROCÓPIO 2012 Como elaborar um TC 1 Introdução Objetiva-se

Leia mais

NORMAS ABNT- UFF - março de 2015 TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

NORMAS ABNT- UFF - março de 2015 TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CURSO DE TURISMO 1 NORMAS ABNT- UFF - março de 2015 TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Conforme estabelecido pela ABNT - NBR 14724:2011 Informação e documentação Trabalhos acadêmicos Apresentação As informações

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO. PIM IV Projeto Integrado Multidisciplinar

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO. PIM IV Projeto Integrado Multidisciplinar SISTEMAS DE INFORMAÇÃO PIM IV Projeto Integrado Multidisciplinar 1 PIM PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR TEMA: Propor a aplicação dos conhecimentos adquiridos nas disciplinas do semestre na estratégia

Leia mais

ELABORAÇÃO DO ARTIGO CIENTÍFICO

ELABORAÇÃO DO ARTIGO CIENTÍFICO ELABORAÇÃO DO ARTIGO CIENTÍFICO ORIENTAÇÕES BÁSICAS ESTRUTURA DO ARTIGO Regra geral um artigo possui a seguinte estrutura: 1.Título 2. Autor (es) 3. Resumo e Abstract 4. Palavras-chave; 5. Conteúdo (Introdução,

Leia mais

SISTEMA DE BIBLIOTECAS FMU/FIAM-FAAM/FISP NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA

SISTEMA DE BIBLIOTECAS FMU/FIAM-FAAM/FISP NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA SISTEMA DE BIBLIOTECAS FMU/FIAM-FAAM/FISP NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA São Paulo 2014 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO 1 ELEMENTOS EXTERNOS 1.1 CAPA 1.2 LOMBADA 2 ELEMENTOS INTERNOS PRÉ-TEXTUAIS

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO ARTIGO CIENTÍFICO

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO ARTIGO CIENTÍFICO ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO ARTIGO CIENTÍFICO Murilo Barros Alves 1 Maika Rodrigues Amorim 2 RESUMO Estas orientações têm por finalidade orientar os acadêmicos de Graduação da Faculdade de Imperatriz

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal do Amapá. Pró-Reitoria de Pós-Graduação Curso de Pós-graduação em Ciências Farmacêuticas

Ministério da Educação Universidade Federal do Amapá. Pró-Reitoria de Pós-Graduação Curso de Pós-graduação em Ciências Farmacêuticas Ministério da Educação Universidade Federal do Amapá Pró-Reitoria de Pós-Graduação Curso de Pós-graduação em Ciências Farmacêuticas MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA Segundo a NBR 15287:2011

Leia mais

ASPECTOS NORMATIVOS E TIPOGRÁFICOS DO ARTIGO CIENTÍFICO baseados na NBR 6022, 2003

ASPECTOS NORMATIVOS E TIPOGRÁFICOS DO ARTIGO CIENTÍFICO baseados na NBR 6022, 2003 FACULDADE DE ENSINO SUPERIOR DOM BOSCO CORNÉLIO PROCÓPIO - PR ASPECTOS NORMATIVOS E TIPOGRÁFICOS DO ARTIGO CIENTÍFICO baseados na NBR 6022, 2003 1 INTRODUÇÃO As orientações aqui apresentadas são baseadas

Leia mais

PADRÃO PARA NORMALIZAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DA FACULDADE PROMOVE DE JANAÚBA:

PADRÃO PARA NORMALIZAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DA FACULDADE PROMOVE DE JANAÚBA: Modelo de Capa ASSOCIAÇÃO EDUCATIVA DO BRASIL - SOEBRAS FACULDADE PROMOVE DE JANAÚBA PADRÃO PARA NORMALIZAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DA FACULDADE PROMOVE DE JANAÚBA: modelo apresentado para

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIAS 2013

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIAS 2013 NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIAS 2013 Jaciara-MT COMPOSIÇÃO DA MONOGRAFIA MONOGRAFIA Recebe nº página CAPA FOLHA DE ROSTO FOLHA DE APROVAÇÃO DEDICATÓRIA (OPCIONAL) AGRADECIMENTO (OPCIONAL) EPIGRAFE

Leia mais

FACULDADE ÚNICA DE CONTAGEM CLAUDIANE SANTANA MANUAL DE NORMALIZAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS CIENTÍFICOS

FACULDADE ÚNICA DE CONTAGEM CLAUDIANE SANTANA MANUAL DE NORMALIZAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS CIENTÍFICOS FACULDADE ÚNICA DE CONTAGEM CLAUDIANE SANTANA MANUAL DE NORMALIZAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS CIENTÍFICOS Baseado nas obras de Júnia Lessa França e Ana Cristina de Vasconcellos; Rosy Mara Oliveira. Atualizado

Leia mais

ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS PIM V. Projeto Integrado Multidisciplinar

ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS PIM V. Projeto Integrado Multidisciplinar ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS PIM V Projeto Integrado Multidisciplinar 1 PIM PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR TEMA: Propor a aplicação dos conhecimentos adquiridos nas disciplinas do semestre

Leia mais

INSTITUTO SUPERIOR DE CIÊNCIAS APLICADAS BIBLIOTECA PROF. DR. ALFONSO TRUJILLO FERRARI

INSTITUTO SUPERIOR DE CIÊNCIAS APLICADAS BIBLIOTECA PROF. DR. ALFONSO TRUJILLO FERRARI INSTITUTO SUPERIOR DE CIÊNCIAS APLICADAS BIBLIOTECA PROF. DR. ALFONSO TRUJILLO FERRARI GUIA PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS: diretrizes para normalização Rosemeire Zambini Bibliotecária CRB5018

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC. Título

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC. Título UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC CENTRO DE CIÊNCIAS NATURAIS E HUMANAS Programa de Pós-Graduação em Biotecnociência Título Santo André dd/mm/aaaa Normas para Dissertações Mestrado em Biotecnociência - UFABC.

Leia mais

ANEXO IV RELATO DE EXPERIÊNCIA TÍTULO DO TRABALHO

ANEXO IV RELATO DE EXPERIÊNCIA TÍTULO DO TRABALHO ANEXO IV RELATO DE EXPERIÊNCIA TÍTULO DO TRABALHO Nome Sobrenome 1 Nome Sobrenome 2 RESUMO Este trabalho apresenta os elementos que constituem a estrutura do relato de experiência para o programa de apoio

Leia mais

COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO (1)

COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO (1) 1 COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO (1) SOBRENOME, Nome Aluno 1 Graduando em Administração de Empresas Decision/FGV SOBRENOME, Nome Aluno 2 Graduando em Administração de Empresas Decision/FGV RESUMO Este

Leia mais

GUIA PARA CONFECÇÃO DE PROJETO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC)

GUIA PARA CONFECÇÃO DE PROJETO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) GUIA PARA CONFECÇÃO DE PROJETO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) Mestrado Profissional em Metrologia e Qualidade Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial 2010 APRESENTAÇÃO

Leia mais

Informação e documentação Trabalhos acadêmicos Apresentação

Informação e documentação Trabalhos acadêmicos Apresentação AGO 2002 NBR 14724 ABNT Associação Brasileira de Normas Técnicas Informação e documentação Trabalhos acadêmicos Apresentação Sede: Rio de Janeiro Av. Treze de Maio, 13 2º andar CEP 20003-900 Caixa Postal

Leia mais

Pré-texto. Texto. Pós-texto. Estrutura do Trabalho Final de Curso. A estrutura do Trabalho Final de Curso compreende: pré-texto, texto e pós-texto.

Pré-texto. Texto. Pós-texto. Estrutura do Trabalho Final de Curso. A estrutura do Trabalho Final de Curso compreende: pré-texto, texto e pós-texto. Estrutura do Trabalho Final de Curso A estrutura do Trabalho Final de Curso compreende: pré-texto, texto e pós-texto. Pré-texto Capa Folha de Rosto Dedicatória Agradecimentos Epígrafe Resumo Sumário Texto

Leia mais

Guia de Orientação para Apresentação de Projeto de Pesquisa para Alunos da FCC de acordo com as Normas da ABNT

Guia de Orientação para Apresentação de Projeto de Pesquisa para Alunos da FCC de acordo com as Normas da ABNT FACULDADE CRISTÃ DE CURITIBA Guia de Orientação para Apresentação de Projeto de Pesquisa para Alunos da FCC de acordo com as Normas da ABNT Elaborado pela bibliotecária Teresinha Teterycz - CRB 9 / 1171

Leia mais

FACULDADE PAN AMAZÔNICA CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA. MANUAL ESPECÍFICO Projeto Integrado Multidisciplinar I PIM I

FACULDADE PAN AMAZÔNICA CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA. MANUAL ESPECÍFICO Projeto Integrado Multidisciplinar I PIM I FACULDADE PAN AMAZÔNICA CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA MANUAL ESPECÍFICO Projeto Integrado Multidisciplinar I PIM I Este manual atende todos os cursos de gestão 1º semestre, turmas ingressantes em fevereiro

Leia mais