No Dia do MP, ministro destaca desenvolvimento de Pernambuco

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "No Dia do MP, ministro destaca desenvolvimento de Pernambuco"

Transcrição

1 Diário Estado de Pernambuco Oficial Ano LXXXVIII N O 229 Ministério Público Estadual Recife, sexta-feira, 16 de dezembro de 2011 No Dia do MP, ministro destaca desenvolvimento de Pernambuco Para Fernando Bezerra, o Nordeste começou a consolidar uma trajetória de crescimento, acima da média nacional Ao proferir palestra sobre o tema Pernambuco: Crescimento econômico e desafios sociais, durante as comemorações do Dia do Ministério Público, no Centro de Convenções, o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, traçou um perfil da economia do Nordeste e do Estado. Desde 2003, o Nordeste começou a consolidação de uma trajetória de crescimento, acima da média do PIB nacional, como resultado das opções de políticas públicas do Governo Lula. Em Pernambuco, o PIB tem apresentado uma média de crescimento acima do PIB nacional e regional. No ano passado, enquanto o PIB nacional cresceu 7,5%, o de Pernambuco registrou alta de 9,9%. E as projeções para este ano também sinalizam um crescimento de 5,5% do PIB pernambucano, enquanto o nacional deve registrar alta de 3%. Mesmo diante desse cenário positivo, Fernando Bezerra Coelho afirmou que o Governo Federal precisa investir ainda mais no Nordeste. Destacou também os investimentos que vêm sendo feitos nas ferrovias e nos portos marítimos da região, lembrando que o Porto de Suape tem hoje a segunda maior avaliação positiva nacional em movimentação anual de cargas. A importância da integração do Rio São Francisco também foi debatida durante o evento. A estratégia da integração é segurar a população no interior, com mais água, mais empregos e mais renda, oferecendo segurança hídrica a 12 milhões de nordestinos. A palestra representou a passagem do Dia Nacional do Ministério Público e reuniu procuradores e promotores de Justiça, além de servidores e gestores da instituição. Na mesma ocasião, o procurador-geral de Justiça, Aguinaldo Fenelon de Barros, ressaltou a importância do MP, destacando a criação da 1ª Semana do Ministério Público. Almejávamos, desde que assumimos o honroso cargo, marcar esse momento histórico de uma forma especial, de modo que essa data passasse a fazer parte do calendário jurídico, político e social de Pernambuco, disse, acrescentando os pilares na qual a iniciativa se pauta: reflexão, interação e ação. Fenelon ainda falou a respeito dos desafios a serem enfrentados e a necessidade de o MPPE se aproximar da sociedade, conhecendo-a de perto e fazendo-a conhecer melhor a Instituição. Compreendendo a dimensão desses novos desafios, dentro do ideal democrático que nos acompanha, adotamos o lema da nossa gestão: Cidadania em Ação, falou. Ele ainda destacou programas desenvolvidos pelo MPPE e os investimentos feitos com a nomeação de novos promotores de Justiça, aquisição de equipamentos e as preparações para o concurso de servidores. Fizeram parte da mesa de honra o procurador-geral de Justiça, Aguinaldo Fenelon de Barros; a corregedorageral do MPPE, procuradora de Justiça Luciana Marinho; a diretora da ESMP, procuradora de Justiça Maria Aparecida Caetano; o procurador-geral Adjunto do Estado, Alexandre Auto de Alencar; o deputado estadual, Guilherme Uchôa; a presidente da AMPPE, promotora de Justiça Norma Sales e o presidente do IMPPE, procurador de Justiça Itamar Dias Noronha. A 1ª Semana do Ministério Público acontece até a próxima segunda-feira (19) com painéis, palestras, seminários e uma corrida. A programação completa no site:http://www.mp.pe.gov. br/semanamp/programacao.html. SEMANA DO MINISTÉRIO PÚBLICO Pesquisa de clima organizacional, vídeo e guia serão lançados hoje Entre as programações previstas para esta sexta-feira (16), inseridas na 1ª Semana do Ministério Público, está a apresentação da pesquisa de clima organizacional, coordenada pela Comissão de Modernização do Ministério Público de Pernambuco (MPPE); o lançamento do vídeo institucional Lixo quem se lixa, produzido pela Assessoria Ministerial de Comunicação Social para o Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça de Defesa do Meio Ambiente (Caop Meio Ambiente) e do guia de práticas ambientais da Comissão de Gestão Ambiental. As atividades ocorrerão no Centro de Convenções, no Teatro do Brum, sendo às 9h o painel Refletindo o Ministério Público e às 15h30 o painel Desenvolvimento Sustentável. Toda a programação da Semana do Ministério Público é gratuita e aberta ao público. Na parte da manhã, membros, servidores e público em geral, terão a oportunidade de participar de um workshop sobre lideranças no serviço público. Em seguida, será a vez do painel Refletindo o Ministério Público. Na ocasião, serão feitas apresentações do procurador-geral de Justiça, Aguinaldo Fenelon de Barros; da presidente da Comissão de Modernização do MPPE, subprocuradora-geral para Assuntos Administrativos, Laís Teixeira, e das procuradoras Maria Betânia Silva e Maria Aparecida Caetano, relatora da reforma da Lei Orgânica do MPPE e diretora da Escola Superior (ESMP), respectivamente. Durante a apresentação da subprocuradora Lais Teixeira, o público interno poderá conferir a apresentação da Pesquisa Clima, Diagnóstico e Questões Organizacionais. Os resultados apresentados são o reflexo de 31 visitas realizadas pela Comissão de Modernização, em todo o Estado, e de questionários aplicados em pelo menos 800 integrantes da Instituição. Os resultados obtidos irão nortear sugestões de ações que servirão para melhorar os procedimentos e a estrutura internas nas áreas fins e meio, com economia de recursos e tempo. Ainda na manhã desta sextafeira, haverá a palestra Inovações na gestão do Ministério Público a ser proferida pelo procurador-geral de Goiás, Benedito Torres Neto. Já pela tarde, será a vez de assistir o painel Desenvolvimento sustentável e a palestra Avanços e retrocessos na legislação ambiental: uma visão do MP, que será ministrada pela procuradora-geral do Rio Grande do Sul, Silvia Cappelli. Ainda na tarde, haverá o lançamento do vídeo e da campanha Lixo quem se lixa e do Guia de Práticas Ambientais. A solenidade de encerramento será às 17h30, com um balanço geral da 1ª Semana do MP. A 1ª Corrida da Família do MPPE com o tema Com qualidade de vida, você vai longe, que tem o intuito de integrar os membros, servidores e familiares à instituição, acontecerá às 8h, deste sábado (17), na Rua da Aurora, em frente ao Banco Central do Brasil. O percurso será de 4 km para caminhada e corrida e 8 km para corrida. Os inscritos devem chegar ao local às 7 horas da manhã, para realizar a troca do alimento não perecível pelo kit da corrida. 15/12/ :18: COMPANHIA EDITORA DE PERNAMBUCO CNPJ: Documento eletrônico assinado digitalmente conforme MP n /2001, que instituiu a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil por: Certificado ICP-Brasil - AC Certisign RFB G3: COMPANHIA EDITORA DE PERNAMBUCO N de Série do Certificado: Hora Legal Brasileira: 15/12/ :18 Autoridade de Carimbo do Tempo (ACT): Comprova.com O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que lhe oferece o art. 62 da Constituição, adota a seguinte Medida Provisória, com força de lei: Art 1º - Fica instituída a Infra-Estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP Brasil, para garantir a autenticidade, a integridade e a validade jurídica de documentos em forma eletrônica, das aplicações de suporte e das aplicações habilitadas que utilizem certificados digitais, bem como a realização de transações eletrônicas seguras.

2 2 Diário Oficial do Estado de Pernambuco - Ministério Público Estadual Recife, 16 de dezembro de 2011 Procurador Geral: Aguinaldo Fenelon de Barros Procuradoria Geral da Justiça RESOLUÇÃO RES-CPJ Nº 005/2011 O COLÉGIO DE PROCURADORES DE JUSTIÇA, no uso das atribuições, contidas no art. 12, inc. XI da Lei Complementar Estadual nº 12, de 27 de dezembro de 1994, com as alterações introduzidas pela Lei Complementar Estadual nº 21, de 28 de dezembro de 1998; Considerando o disposto no art. 21, 2º da Lei Complementar Estadual nº 12, de 27 de dezembro de 1994, com as alterações constantes na Lei complementar Estadual nº 21, de 28 de dezembro de 1998; Considerando a necessidade de se adequar o Quadro Geral dos Cargos de de3ª Entrância ANEXO I da Lei Complementar nº 21/98 às atuais demandas, possibilitando uma atuação mais efi ciente do Ministério Público; Considerando que as transformações na atuação dos Promotores de Justiça, introduzidas pela Lei Complementar nº 21/98, para serem efetivadas devem assegurar aos ocupantes dos cargos transformados a garantia constitucional da inamovibilidade (art. 128, 5º, inc. I, alínea B, da Constituição Federal); Considerando a proposta do Excelentíssimo Procurador-Geral de Justiça, submetida à deliberação deste Colegiado; Considerando a aquiescência dos titulares dos cargos de 20º e 24º Promotores de Justiça Criminal e 3º e 14º Cível, todos da Comarca de Recife, conforme termos anexos; Considerando a deliberação exarada na 2ª Sessão ordinária do Colégio de Procuradores de Justiça, no dia 05 de setembro de 2011, REDESIGNAR cargos de e MODIFICAR as atribuições de cargos de de que tratam, conforme ANEXO. Recife, 23 de novembro de I - Designar a Bela. MÁRCIA BASTOS BALAZEIRO COELHO, 1ª Promotora de Justiça Cível de Palmares, de 2ª Entrância, para o exercício pleno no cargo de 28º Criminal da Capital, de 3ª Entrância, pelo período de 02 (dois) meses, a contar do dia , dispensando-a do exercício do cargo de sua titularidade no referido período. II - Atribuir-lhe a diferença de entrância correspondente, com base no Art. 45 da Lei Orgânica Nacional do Ministério Público, Lei n.º 8.625/93. Recife, em 15 de dezembro de Aguinaldo Fenelon de Barros PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA PORTARIA POR-PGJ N.º 1.925/2011 O PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA, no uso das suas atribuições legais, CONSIDERANDO a necessidade e a conveniência do serviço, I - Atribuir a diferença de entrância ao Bel. HERBERT JOSÉ ALBUQUERQUE RAMALHO, de Condado, de 1ª Entrância, em atenção ao teor das Portarias PGJ nºs 1.594/2011, 1.763/2011 e 1.890/2011, com base no Art. 45 da Lei Orgânica Nacional do Ministério Público, Lei n.º 8.625/93. II Retroagir os efeitos da presente ao dia Recife, em 15 de dezembro de Aguinaldo Fenelon de Barros PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA AGUINALDO FENELON DE BARROS Presidente do Colégio de Procuradores de Justiça ANEXO I REDESIGNAÇÃO DOS CARGOS DE PROMOTOR DE JUSTIÇA SUBSTITUTO DA COMARCA DO RECIFE NOMENCLATURA ANTERIOR DO CARGO ATUAÇÃO ANTERIOR NOMENCLATURA ATUAL DO CARGO ATUAÇÃO ATUAL 45º Criminal 3ª Vara Privativa do Júri 15º PJ Substituto Promotoria Substituta 46º Criminal 4ª Vara Privativa do Júri 16º PJ Substituto Promotoria Substituta ANEXO II REDESIGNAÇÃO DOS CARGOS DE PROMOTOR DE JUSTIÇA SUBSTITUTO DA COMARCA DO RECIFE NOMENCLATURA ANTERIOR DO CARGO ATUAÇÃO ANTERIOR NOMENCLATURA ATUAL DO CARGO ATUAÇÃO ATUAL 6º PJ Substituto Promotoria Substituta 45º Criminal 3ª Vara Privativa do Júri 7º PJ Substituto Promotoria Substituta 46º Criminal 4ª Vara Privativa do Júri ANEXO III MODIFICAÇÃO DA ATUAÇÃO DE CARGOS DE PROMOTOR DE JUSTIÇA CRIMINAL DA COMARCA DO RECIFE NOMENCLATURA ANTERIOR DO CARGO ATUAÇÃO ANTERIOR ATUAÇÃO ATUAL 20º PJ Criminal Vara de Execuções Penais Vara de Execuções penais e penas alternativas 24º PJ Criminal Vara de Crimes contra a Criança e o Adolescente da Capital 1ª Vara de Crimes contra a Criança e o Adolescente 43ª PJ Criminal Vara de Crimes contra a Criança e o Adolescente da Capital 2ª Vara de Crimes contra a Criança e o Adolescente da Capital ANEXO IV MODIFICAÇÃO DA ATUAÇÃO DE CARGOS DE PROMOTOR DE JUSTIÇA CÍVEL DA COMARCA DO RECIFE NOMENCLATURA ANTERIOR DO CARGO ATUAÇÃO ANTERIOR ATUAÇÃO ATUAL 3º PJ Cível 2ª Vara de Órgãos, Interditos e Ausentes 5ª Vara de Sucessões e Registros Públicos 14º PJ Cível 1ª Vara de Órfãos, interditos e Ausentes 6ª Vara de Sucessões e Registros Públicos PORTARIA POR-PGJ N.º 1.924/2011 O PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA, no uso das suas atribuições legais, CONSIDERANDO o teor do Ofício S/Nº 2011, de lavra da Bela. Márcia Bastos Balazeiro Coelho; CONSIDERANDO o atestado expedido pela Dra. Altina Castelo Branco, CRM 13148; CONSIDERANDO a necessidade e a conveniência do serviço, Colégio de Procuradores de Justiça AVISO De ordem do Excelentíssimo Senhor Procurador-Geral de Justiça, Dr. AGUINALDO FENELON DE BARROS, Presidente do Colégio de Procuradores de Justiça, fi cam os Excelentíssimos Senhores Membros daquele Colegiado convocados para a Sessão Ordinária, nos termos do artigo 22 do Regimento Interno, e conforme agenda anteriormente publicada no DOE, a ser realizada no dia 19/12/11, segunda-feira, às 14h:00, no Salão dos Órgãos Colegiados, localizado à Rua do Imperador D. Pedro II, térreo - Edifício Sede Roberto Lyra, nesta cidade, tendo a seguinte pauta: 1. Aprovação da Ata da sessão anterior; 2. Distribuição de Processos; 3. Processo de Revisão/Alteração da LOMPPE; 4. Processo CPJ nº039/2011 Proposta de Resolução sobre o Regimento Interno e o Manual de Procedimentos da Ouvidoria do MPPE; 5. Outros assuntos de Interesse Institucional. Recife, 15 de dezembro de ERIK DE SOUSA DANTAS SIMÕES Secretário do Colégio de Procuradores de Justiça Comissão permanente de Licitação TERMO DE HOMOLOGAÇÃO E CONVOCAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO Nº 035/2011 PREGÃO PRESENCIAL Nº 011/2011 REGISTRO DE PREÇO Nº 011/2011 Considerando as atribuições dispostas no Art. 9º, em especial no inciso V, da Lei Complementar nº 12/94, alterada pela Lei Complementar nº 21/98, atendendo ao disposto no Art. 4, inciso XXII da Lei Federal n.º /2002 e Inciso V do art. 4 e art. 11 do Decreto n.º /2009, inciso III do art. 5º da Resolução RES-PGJ n.º 006/2006, de 10 de outubro de 2006, publicada no Diário Ofi cial do Estado de 11/10/2006 e a Resolução RES-PGJ n.º 009/2007, de , publicada no Diário Ofi cial do Estado de 18/09/2007, acolho o julgamento da Pregoeira, no PROCESSO LICITATÓRIO N.º 035/2011, na modalidade PREGÃO PRESENCIAL N.º 011/2011, tipo Menor Preço por Item, tendo como objeto a formação de Registro de Preços visando aquisição de materiais de limpeza para esta Procuradoria Geral de Justiça, conforme especifi cações constantes do Anexo I - Termo de Referência, parte integrante do Edital; HOMOLOGO o referido certame às Empresas: - Norlux Ltda. - itens 01, 05, 06, 09, 11, 13, 14, 16, 18, 19, 24, 25, 26, 27, 28, 29, 31, 33, 41 e 42; - Paper Box Distribuidora de Serviços Ltda ME. - itens 02, 03, 04, 07, 08, 10, 12, 15, 17, 20, 22, 30, 32, 34, 35, 36, 37, 38, 39, 40, 46, 47, 48, 49, 50, 51, 52 e 53; - I Barbosa Silva ME - itens 21 e 23. Ficam convocadas as empresas acima mencionadas, para no prazo de cinco dias úteis, comparecerem para assinatura da Ata de Registro de Preços nº 011/2011. Recife, 12 de dezembro de PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA Aguinaldo Fenelon de Barros SUBPROCURADORA-GERAL EM ASSUNTOS INSTITUCIONAIS Maria Helena Nunes Lyra SUBPROCURADORA-GERAL EM ASSUNTOS ADMINISTRATIVOS Laís Coelho Teixeira Cavalcanti SUBPROCURADOR-GERAL EM ASSUNTOS JURÍDICOS Paulo Bartolomeu Rodrigues Varejão CORREGEDORA-GERAL Luciana Marinho Martins Mota e Albuquerque CORREGEDORA-GERAL SUBSTITUTA Maria Bernadete Martins de Azevedo Figueiroa OUVIDOR Gilson Roberto de Melo Barbosa SECRETÁRIO-GERAL Carlos Augusto Arruda Guerra de Holanda CHEFE DE GABINETE Erik de Sousa Dantas Simões ASSESSOR DE COMUNICAÇÃO SOCIAL Jaques Cerqueira JORNALISTAS Giselly Veras e Jaques Cerqueira RELAÇÕES PÚBLICAS Evângela Andrade PUBLICITÁRIOS Leonardo Martins e Andréa Corradini DIAGRAMAÇÃO Giselly Veras Rua do Imperador D. Pedro II, 473, Ed. Roberto Lyra, Santo Antônio, Recife-PE CEP fone / fax Ouvidoria (81) AGUINALDO FENELON DE BARROS Procurador Geral de Justiça TERMO DE HOMOLOGAÇÃO E CONVOCAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO Nº 039/2011 PREGÃO PRESENCIAL Nº 014/2011 REGISTRO DE PREÇO Nº 014/2011 Considerando as atribuições dispostas no Art. 9º, em especial no inciso V, da Lei Complementar nº 12/94, alterada pela Lei Complementar nº 21/98, atendendo ao disposto no Art. 4, inciso XXII da Lei Federal n.º /2002, inciso III do art. 5º da Resolução RES-PGJ n.º 006/2006, de 10 de outubro de 2006, publicada no Diário Ofi cial do Estado de 11/10/2006, acolho o julgamento da Pregoeira, no PROCESSO LICITATÓRIO N.º 039/2011, na modalidade PREGÃO PRESENCIAL N.º 014/2011, tipo Menor Preço global por Lote, tendo como objeto a formação de Registro de Preços visando aquisição de licenças Microsoft para esta Procuradoria Geral de Justiça, conforme especifi cações constantes do Anexo I - Termo de Referência, parte integrante do Edital; HOMOLOGO o referido certame à Empresa Lanlink Informática Ltda. para os lotes 1 e 2 do certame. Fica convocada a empresa acima mencionada, para no prazo de até cinco dias úteis, comparecer para assinatura da Ata de Registro de Preços nº 014/2011. Recife, 09 de dezembro de AGUINALDO FENELON DE BARROS Procurador Geral de Justiça Secretaria Geral PORTARIA POR SGMP- 0588/2011 O SECRETÁRIO-GERAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO, no uso de suas atribuições, por delegação do Exmo. Sr. Procurador Geral de Justiça, contida no art. 4º, IV, da Portaria nº 396/99, de , publicada no Diário Ofi cial do Estado de ; Considerando o teor da Comunicação Interna nº 01/2011, do Departamento Ministerial de Produção, protocolada sob nº /2011;

3 Recife, 16 de dezembro de 2011 Diário Oficial do Estado de Pernambuco - Ministério Público Estadual 3 I Designar o servidor WELLINGTON FERREIRA DA TRINDADE, Técnico Ministerial Área Informática, matrícula nº , para o exercício das funções de Gerente Ministerial da Divisão de Sistemas, atribuindo-lhe a correspondente gratifi cação símbolo, FGMP-3, por um período de 30 dias, contados a partir de 23/11/2011, e por um período de 30 dias, contados a partir de 02/01/2012, tendo em vista o gozo de licença prêmio e férias, respectivamente, do titular MAURÍCIO MENEZES LINS DE BARROS, Técnico Ministerial Suplementar, matrícula nº ; II Esta portaria retroagirá ao dia 23/11/2011. Recife, 15 de dezembro de Carlos Augusto Arruda Guerra de Holanda SECRETÁRIO-GERAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO TERMO DE HOMOLOGAÇÃO Considerando as atribuições dispostas no Art. 73, em especial nos incisos XVII e XVIII, da Resolução RES-PGJ n.º 001/06, de , publicada no DOE , alterada pela Resolução RES-PGJ n.º 005/06, de , publicada no DOE de , atendendo ao disposto no Art. 4, inciso XXII da Lei Federal n.º /2002, HOMOLOGO o Processo Licitatório nº 041/2011, na modalidade Pregão Presencial nº 034/2011, cujo objeto consiste na Contratação de empresa especializada para a criação, implantação e manutenção do Portal do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), do Portal da Transparência do MPPE (de acordo com a resolução 66 do Conselho Nacional do Ministério Público) e da Intranet do MPPE, utilizando o CMS Joomla 1 DETERMINO que sejam adotadas as medidas cabíveis para contratação da empresa abaixo mencionada: MÍDIA EDUCATIVAS LTDA., pelo global de R$ ,00 (sessenta e cinco mil, quinhentos e sessenta e cinco reais). Recife, 15 de dezembro de CARLOS AUGUSTO ARRUDA GUERRA DE HOLANDA Secretário-Geral do M CONSIDERANDO que o procedimento de investigação preliminar foi instaurado para apurar os fatos denunciados anonimamente à Central de Denúncias do MPPE (documento de fl s. 04 dos autos- protocolo nº 642), ocorridos na ESCOLA ENCANTO INFANTIL, localizada na rua Cinco de Novembro, s/nº, Afogados, nesta cidade; CONSIDERANDO a necessidade de prosseguir na investigação para que a Secretaria Municipal de Educação, Esporte e Lazer, através de seus órgãos competentes, adote as providências visando a regularização da oferta do ensino na escola investigada; RESOLVE, converter o Procedimento de Investigação Preliminar nº 004/ ª PJDCC em Inquérito Civil nº 004/ ª PJDCC, visando o fi el esclarecimento dos fatos denunciados, com posterior adoção de medidas corretivas, se necessário, oportunizando-se, inclusive, a possibilidade de resolução do problema de forma extrajudicial, devendo a Secretaria desta Promotoria de Justiça adotar as seguintes providências: Cumprir o disposto na Portaria Conjunta Interna nº 001/ ª28ª29ª PJDCC, publicada no DOE de 10/12/09; Expedir ofício à Diretora Geral de Acompanhamento e Avaliação Educacionais para informar que o Ofício nº 287/2011-DGAAE/SEEL foi entregue na sede das Promotorias de Justiças da Infância e da Juventude da Capital, conforme carimbo de recebimento, razão pela qual não constava a sua entrada nesta Promotoria de Justiça de Promoção e Defesa do Direito Humano à Educação, e para solicitar que seja esclareça, em 10 (dez) dias, qual o prazo estimado de tramitação do processo de credenciamento perante o Conselho Municipal de Educação. Recife, 14 de dezembro de KATARINA MORAIS DE GUSMÃO Promotora de Justiça 3ª Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania do Cabo de Santo Agostinho PORTARIA Nº 06/2011. O MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE PERNAMBUCO, através da Promotora de Justiça que subscreve a presente Portaria, com exercício na 3ª Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania desta Comarca, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo art. 129, III, da Constituição Federal; art. 25, IV, alínea a da Lei Federal nº 8.625/93, art. 4º, IV, alínea a, da Lei Estadual nº 12/94 e art. 8º, 1º da Lei nº 7.347/85; CONSIDERANDO a tramitação do Procedimento de Investigação Preliminar nº 03/2011, objetivando apurar denuncia de irregularidades na oferta de educação especial na rede estadual nesta cidade do Cabo de Santo Agostinho/PE; Promotorias de Justiça 12ª PROMOTORIA DE JUSTIÇA DE DEFESA DA CIDADANIA DA CAPITAL DEFESA DO MEIO AMBIENTE E DO PATRIMÔNIO HISTÓRICO-CULTURAL. TERMO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA INQUÉRITO CIVIL PÚBLICO 005-1/ ª PJMA DIAS AUTO-PEÇAS Termo de Ajustamento de Conduta celebrado nos autos do INQUÉRITO CIVIL PÚBLICO 005-1/ ª PJMA, que entre si celebraram, de um lado, O MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE PERNAMBUCO, e de outro lado, como COMPROMISSADO, o Sr. RINALDO DE SOUZA PINTO Pelo presente instrumento particular de Termo de Compromisso, de um lado, O MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL, representado pela Promotora de Justiça, Dra. BELIZE CÂMARA CORREIA, com exercício cumulativo na 12ª Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania da Capital, com atuação na Defesa do Meio Ambiente e do Patrimônio Histórico-Cultural, doravante denominado MPPE, e do outro lado, como COMPROMISSADO, o representante do estabelecimento DIAS AUTO-PEÇAS, o Sr. RINALDO DE SOUZA PINTO, inscrito no CPF/MF sob o nº , com a interveniência da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, neste ato representada pelo Diretor de Meio Ambiente, Sr. CLÓVIS PAES BARRETO, resolvem pactuar o presente instrumento, com força de título executivo extrajudicial, na forma do art. 5º, 6º, da Lei Federal nº 7.347/85, c/c art. 585, incisos II e VII, do Código de Processo Civil, mediante as cláusulas seguintes: CLÁUSULA PRIMEIRA DO OBJETO O presente Termo tem por objeto a doação de árvores nativas, com vistas à compensação ambiental por corte de barreira e erradicação de árvores, conforme Relatório da Semam de fl s. 05/08, destacando o compromissário não reconhecer ter causado o dano ambiental, cumprindo as presentes obrigações por uma questão de consciência ecológica. CLÁUSULA SEGUNDA DAS OBRIGAÇÕES DO COMPROMISSADO: O compromissado se obriga a: Fazer a doação de 15 (quinze) pés de ipê roxo adulto (tabebuia impetiginosa), com 1,80m de altura fuste, no valor médio de R$ 130,00 (cento e trinta reais) por cada indivíduo arbóreo, a serem plantados no Canal do Arruda, na Rua Prof. José dos Anjos. Prazo: 40 (quarenta) dias. fazer a doação de 15 (quinze) gradis de ripa e arame para abrigar as referidas espécies arbóreas, nos locais onde serão plantadas. não havendo, em época adequada, disponibilidade de algumas das espécies relacionadas no item b desta cláusula, o COMPROMISSÁRIO solicitará autorização à PCR/SEMAM para substituição das mesmas. O prazo estabelecido no item a da presente cláusula passará a contar a partir da resposta da PCR/SEMAM. CLÁUSULA QUARTA - DO INADIMPLEMENTO: O descumprimento parcial ou total das obrigações assumidas pelo Compromissado, sem justifi cativas, ensejará a aplicação de multa diária de R$ 50,00 (cinquenta reais), valor a ser corrigido pelo IGPM, sem prejuízo da adoção das medidas judiciais cabíveis. A cobrança da referida multa, terá início ao fi nal do prazo de cumprimento do TAC. PARÁGRAFO ÚNICO - As multas a serem executadas serão revertidas para o Fundo Municipal de Meio Ambiente, Banco Brasil - 001, Agência Governo nº , Conta Corrente nº X, sem prejuízo das sanções administrativas, civis e penais cabíveis. CLÁUSULA QUINTA - DA PUBLICAÇÃO: O Ministério Público do Estado de Pernambuco fará publicar em espaço próprio do Diário Ofi cial do Estado de Pernambuco o presente Termo de Compromisso. CLÁUSULA SEXTA DO FORO: Fica estabelecido o foro da Comarca do Recife para dirimir quaisquer dúvidas oriundas deste instrumento ou de sua interpretação, com renúncia expressa a qualquer outro, por privilegiado que seja ou venha a ser. Os termos deste acordo não inviabilizarão o prosseguimento de qualquer investigação pelo Ministério Público, nem tampouco o ajuizamento das ações civis públicas que se fizerem necessárias, bem assim as providências administrativas a cargo da PCR/ SEMAM. Em que pese o compromisso de ajustamento não depender de homologação judicial para produzir efeitos, pois possui efi cácia de título executivo extrajudicial por força do art. 5º, 6, da Lei n.º 7.347/85, será postulada a homologação pelo Judiciário do presente termo, forte no art. 475-N, inc. V, do CPC, a fi m de que ao ajuste seja atribuída efi cácia de título judicial, para que sua eventual execução siga o disposto nos arts. 475 e 461 do CPC. E por estarem assim compromissados, fi rmam este TERMO em 03(três) vias de igual teor, que terá efi cácia de título executivo extrajudicial. Recife, 12 de dezembro de COMPROMISSADO MINISTÉRIO PÚBLICO DE PERNAMCUBO Dra. Belize Câmara Correria 12ª PROMOTORIA DE JUSTIÇA DE DEFESA DA CIDADANIA DA CAPITAL COM ATUAÇÃO NA DEFESA DO MEIO AMBIENTE E DO PATRIMÕNIO HISTÓRICO-CULTURAL (EM EXERCÍCIO CUMULATIVO) CLÓVIS PAES BARRETO (Diretor de Meio Ambiente Secretaria Municipal do Meio Ambiente) 29ª PROMOTORIA DE JUSTIÇA DE DEFESA DA CIDADANIA DA CAPITAL PROMOÇÃO E DEFESA DO DIREITO HUMANO À EDUCAÇÃO PORTARIA Nº 006/ ªPJDCC O MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE PERNAMBUCO, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelos artigos 127 e 129, inciso III, da Constituição Federal, combinados com os artigos 1º, inciso IV e 8º, parágrafo 1º, da Lei Federal nº , de 14 de julho de 1985, art. 4º, inciso IV, letra a, da Lei Complementar Estadual nº. 12, de 27 de dezembro de 1994, com as alterações da Lei Complementar Estadual nº 21, de 28 de dezembro de 1998; CONSIDERANDO o teor da Resolução RES-CSMP nº 002/2008, do Conselho Superior do Ministério Público de Pernambuco, e da Resolução RES-CNMP nº 023/2007, do Conselho Nacional do Ministério Público; CONSIDERANDO o teor do art. 16, parágrafo único, da RESOLUÇÃO RES-CSMP nº 002/2008, do Conselho Superior do Ministério Público, e, do art. Art. 1º, 6º e 7º da Resolução nº 023/2007, do Conselho Nacional do Ministério Público, que regulamentam a instauração e tramitação de Inquérito Civil, e, de igual maneira, do Procedimento de Investigação Preliminar; CONSIDERANDO que em conformidade com os dispositivos acima citados, o prazo para conclusão do Procedimento de Investigação Preliminar é de 90 (noventa) dias, prorrogável uma única vez por igual período, e que na hipótese de vencimento desse prazo dever ser promovido o seu arquivamento, ajuizada a respectiva Ação Civil Pública ou promovida a sua conversão em Inquérito Civil; CONSIDERANDO a necessidade de se prosseguir com a investigação dos fatos, para o seu fi el esclarecimento e adoção de medidas corretivas, se necessário, oportunizando-se, inclusive, a possibilidade de resolução das irregularidades noticiadas de forma extrajudicial; CONVERTER o presente Procedimento de Investigação Preliminar nº 03/2011 em INQUÉRITO CIVIL, adotando-se as seguintes providências: autue-se o Inquérito Civil em tela, com as devidas anotações em livro próprio; Dê-se baixa do PIP no livro próprio; Encaminhe-se cópia da presente Portaria, por meio eletrônico, ao CAOP competente e à Secretaria Geral do MPPE, este último para efeito de publicação no DOE; Encaminhe-se, por ofício, cópia da presente Portaria, ao Conselho Superior do Ministério Público e à Corregedoria Geral; Nomeia-se o servidor George Luiz Soares Dias para exercer as funções de Secretário, mediante termo de compromisso; Prossiga-se com as investigações em andamento, determinando em especial, seja reiterado o ofício à GRE Metropolitana Sul, com as advertências do descumprimento. Cabo de Santo Agostinho, 15 de dezembro de Janaína do Sacramento Bezerra Promotora de Justiça 3ª Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania do Cabo de Santo Agostinho PORTARIA Nº 20/2011. O MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE PERNAMBUCO, através da Promotora de Justiça que subscreve a presente Portaria, com exercício na 3ª Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania desta Comarca, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo art. 129, III, da Constituição Federal; art. 25, IV, alínea a da Lei Federal nº 8.625/93, art. 4º, IV, alínea a, da Lei Estadual nº 12/94 e art. 8º, 1º da Lei nº 7.347/85; CONSIDERANDO a tramitação do Procedimento de Investigação Preliminar nº 13/2010, objetivando apurar denuncia de risco de desabamento de barreira provocada por infi ltração de águas no bairro da Torrinha, nesta cidade do Cabo de Santo Agostinho/PE; CONSIDERANDO o teor do art. 16, parágrafo único, da RESOLUÇÃO RES-CSMP nº 002/2008, do Conselho Superior do Ministério Público, e, do art. Art. 1º, 6º e 7º da Resolução nº 023/2007, do Conselho Nacional do Ministério Público, que regulamentam a instauração e tramitação de Inquérito Civil, e, de igual maneira, do Procedimento de Investigação Preliminar; CONSIDERANDO que em conformidade com os dispositivos acima citados, o prazo para conclusão do Procedimento de Investigação Preliminar é de 90 (noventa) dias, prorrogável uma única vez por igual período, e que na hipótese de vencimento desse prazo dever ser promovido o seu arquivamento, ajuizada a respectiva Ação Civil Pública ou promovida a sua conversão em Inquérito Civil; CONSIDERANDO a necessidade de se prosseguir com a investigação dos fatos, para o seu fi el esclarecimento e adoção de medidas corretivas, se necessário, oportunizando-se, inclusive, a possibilidade de resolução das irregularidades noticiadas de forma extrajudicial; CONVERTER o presente Procedimento de Investigação Preliminar nº 13/2010 em INQUÉRITO CIVIL, adotando-se as seguintes providências: autue-se o Inquérito Civil em tela, com as devidas anotações em livro próprio; Dê-se baixa do PIP no livro próprio; Encaminhe-se cópia da presente Portaria, por meio eletrônico, ao CAOP competente e à Secretaria Geral do MPPE, este último para efeito de publicação no DOE; Encaminhe-se, por ofício, cópia da presente Portaria, ao Conselho Superior do Ministério Público e à Corregedoria Geral; Nomeia-se o servidor George Luiz Soares Dias para exercer as funções de Secretário, mediante termo de compromisso; Prossiga-se com as investigações em andamento, em especial, seja ofi ciado à Defesa Civil requisitando informações sobre as providências adotadas em razão do teor da vistoria técnica (parecer 230.1/2010), devendo ainda o servidor proceder ao contato com o órgão responsável para agilizar a resposta à requisição ministerial. Cabo de Santo Agostinho, 15 de dezembro de Janaína do Sacramento Bezerra Promotora de Justiça TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA TERMO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA TAC FIRMADO PERANTE O MINISTÉRIO PÚBLICO DE PERNAMBUCO PELO MUNICÍPIO DE FLORESTA/PE, POLÍCIA MILITAR DE PERNAMBUCO, POLÍCIA CIVIL DE PERNAMBUCO E O CONSELHO TUTELAR. Aos 13 (treze) dias do mês de dezembro de 2011, compareceram perante o promotor de justiça da comarca de Floresta/PE, FELIPE AKEL PEREIRA DE ARAÚJO, doravante denominado COMPROMITENTE, o MUNICÍPIO DE FLORESTA/PE, pessoa jurídica de direito público interno, neste ato representado por pelos organizadores dos festejos Flávia Magalhães Novaes, Secretaria de Educação, Cultura,

4 4 Diário Oficial do Estado de Pernambuco - Ministério Público Estadual Recife, 16 de dezembro de 2011 Turismo e Esportes, Antônio Adelmo Nunes, Secretário de Planejamento, Obras e Serviços Públicos, Izabella Maria de Moura Ferraz Novaes Pereira, Secretária de Finanças, Fernando Cavalcanti Ribeiro, Secretário de Administração, Janaína Correia Souza, Secretária de Desenvolvimento Social, Wendel Gustavo Bezerra França, Secretário de Saúde, Elba Gomes Quirino, Assessora de Comunicação e Elisabete Maria D. Menezes de Brito Teotônio, Secretária Executiva, a POLÍCIA MILITAR DE PERNAMBUCO, neste ato representada pelo Cel. PM JACKSON SOARES DA SILVA, a POLÍCIA CIVIL DO ESTADO DE PERNAMBUCO, representada pelo delegado de polícia civil Dr. JOSÉ OLEGÁRIO DE LIMA FILHO, e o CONSELHO TUTELAR, representado pela senhora MARIA APARECIDA CAVALCANTE FREIRE, todos doravante denominados COMPROMISSÁRIOS, para, com base no art. 5º, 6º, da Lei nº 7.347/1985, fi rmar o presente TERMO DE COMPROMISSO E AJUSTAMENTO DE CONDUTA, que será regido pelas seguintes cláusulas e condições: CONSIDERANDO que o Município de Floresta/PE, no período de 22 a 31 de dezembro de 2011, realiza uma festa popular e de grande repercussão, denominada FESTA DO PADROEIRO BOM JESUS DOS AFLITOS; CONSIDERANDO que nos pólos de animação crianças e adolescentes não deverão comparecer desacompanhados dos pais ou responsáveis; CONSIDERANDO que na festa ocorrida no ano de 2010, as situações de risco apresentaram considerável défi cit em virtude do TAC fi rmando pela então Promotora de Justiça, Vanessa Cavalcante de Araújo, em virtude do controle em relação ao horário de encerramento dos shows, fato que evitou o acúmulo de pessoas até avançada hora dos dias seguintes, e, por conseqüência, a diminuição de ocorrências policiais e do desgaste natural do efetivo policial; CONSIDERANDO que em eventos dessa natureza frequentemente ocorrem excessos decorrentes do consumo de bebidas alcoólicas, bem como atos de violência envolvendo crianças e adolescentes; CONSIDERANDO que vasilhames de vidro, de todos os formatos e tamanhos, podem ser utilizados como armas; CONSIDERANDO a necessidade da medidas de segurança mais efi cientes, conforme constatações da Polícia Militar de Pernambuco; CONSIDERANDO que o art. 81, II, da Lei 8.069/90 proíbe, dentre outros, a venda de bebidas alcoólicas à criança e ao adolescente, tipifi cando, inclusive, como crime, em seu art. 243, a conduta de vender, fornecer ainda que gratuitamente, ministrar ou entregar, de qualquer forma, a criança ou adolescente, produtos cujos componentes possam causar dependência física ou psíquica, ainda que por utilização indevida ; CONSIDERANDO que o art. 63, I, da Lei de Contravenções Penais estabelece a proibição da venda de bebidas alcoólicas a pessoas menores de 18 (dezoito) anos, cujo descumprimento importa em pena de prisão de 2 meses a um ano; CELEBRAM o presente TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA, ÀS EXIGÊNCIAS LEGAIS, nos seguintes termos: CAPÍTULO I DO OBJETO Cláusula primeira - O presente termo tem por objeto estabelecer medidas que garantirá a segurança pública e a organização das programações artísticas e culturais, no período de 22 de dezembro de 2011 a 1º de janeiro de 2012, até às 3h30. CAPÍTULO II DO PRAZO Cláusula segunda - O prazo de vigência do presente TERMO é determinado, de 22 a 1º de janeiro de CAPÍTULO III - DAS OBRIGAÇÕES DA PREFEITURA MUNICIPAL Cláusula terceira Providenciar, nos dias 22, 23, 25, 27, 28, 29 e 30 de dezembro de 2011, às 3horas, com tolerância de 30 minutos, o encerramento do show e o desligamento de todo tipo de aparelho que emita som, no palco principal e em outros focos de animação porventura existentes; No dia 25 de dezembro de 2011, todavia, a comemoração deverá ser encerrada às 24horas (meia-noite). Por fi m, nos dias 24 e 31 de dezembro de 2011, o encerramento do show e o desligamento de todo tipo de aparelho que emita som, no palco principal e outros focos de animação porventura existentes, será às 3h30min. Cláusula quarta - Ordenar a distribuição dos vendedores ambulantes, carroças de churrasquinhos e similares, a fi m de que o comércio seja realizado tão somente nos locais previamente fi xados pela organização do evento, de modo a evitar acidentes, Cláusula quinta fi scalizar e coibir qualquer infração com o apoio da PMPE; Cláusula sexta Instalar, nas proximidades dos pólos de animação, no mínimo 10 banheiros públicos móveis. Cláusula sétima - Após cada evento, providenciar a desinfecção dos banheiros públicos móveis; Cláusula oitava - Ativar o Conselho Tutelar para comparecer ao local das festividades, propiciando aos seus representantes a estrutura necessária ao desempenho de suas funções; Cláusula nona - Orientar e fiscalizar os proprietários de restaurantes, mercadinhos e similares, bem como os vendedores ambulantes, cadastrados ou não, para deixar de comercializar bebidas em vasilhames ou copos de vidro no período das festividades, bem como para encerrar suas atividades após o término dos shows; Cláusula décima Ficam os organizadores responsáveis pela festa obrigados a afi xar e manter afi xados, em local visível ao público, cartazes com os seguintes dizeres: É PROIBIDA A VENDA DE BEBIDAS ALCOÓLICAS A MENORES DE 18 ANOS (Lei nº 8.069/90) ; Cláusula décima primeira Advertir a população, por meio da imprensa escrita e falada, sobre as dicas de segurança formuladas pela Polícia Militar; Cláusula décima segunda - Divulgar pelos meios necessários o presente termo de ajustamento de conduta, enfatizando a proibição de uso de copos e vasilhames de vidro; Cláusula décima terceira - Providenciar a limpeza urbana e a desinfecção dos cestos de lixo, no término de cada evento. Cláusula décima quarta Providenciar estrutura adequada as atividades da Policia Militar e Conselho Tutelar no sentido de fornecer o espaço adequadamente coberto, bem como birô e gelágua; Cláusula décima quinta Orientar os artistas que durante sua performance não exponham crianças e adolescentes a situações inapropriadas; Cláusula décima sexta Fica a Prefeitura obrigada a providenciar o isolamento do popular Beco da Facada ; CAPÍTULO IV - DAS OBRIGAÇÕES DA POLÍCIA MILITAR Cláusula décima sétima - Providenciar e disponibilizar a estrutura operacional necessária à segurança pública do evento, desde o planejamento até a execução das ações relacionadas ao policiamento ostensivo; Cláusula décima oitava - Auxiliar a Prefeitura de Floresta/PE no cumprimento dos horários de encerramento dos shows, bem como na fi scalização do uso de vasilhames de plástico pelos comerciantes e público em geral; Cláusula décima nona - Coibir a emissão de sons por meio de equipamentos sonoros em estabelecimentos comerciais, barracas ou automóveis, dentre outros, após o horário de encerramento de cada evento, ressalvadas as casas de shows. Cláusula vigésima Coibir a venda de bebidas alcoólicas a menores de dezoito anos; Cláusula vigésima primeira - Prestar a segurança necessária nos pólos de animação e outros possíveis pontos de concentração na cidade, independentemente do horário de encerramento dos shows. Desde já, saliente-se que os horários acima estabelecidos servem apenas como um mecanismo de redução do número de ocorrências policiais, e não como marco ou parâmetro para a retirada do policiamento ostensivo das ruas; CAPÍTULO V - DAS OBRIGAÇÕES DA POLÍCIA CIVIL Cláusula vigésima segunda - Providenciar e disponibilizar a estrutura operacional necessária à segurança do evento, desde o planejamento até a execução das ações relacionadas à polícia judiciária; CAPÍTULO VI- DAS OBRIGAÇÕES DO CONSELHO TUTELAR Cláusula vigésima terceira - Atuar dentro da esfera de suas atribuições legais, em regime de plantão, nos pontos de animação, durante os dias de festividade, até o fi nal de cada evento CAPÍTULO VII - DAS OBRIGAÇÕES DO COMPROMITENTE Cláusula vigésima quarta - O COMPROMITENTE se obriga a acompanhar as medidas previstas no presente TERMO, fi scalizando e orientando o cumprimento das obrigações assumidas pelos COMPROMISSÁRIOS, no âmbito de sua competência. Cláusula vigésima quinta - O COMPROMITENTE se obriga a propor e orientar as ações necessárias ao melhor cumprimento do presente TERMO. CAPÍTULO VIII DA PUBLICAÇÃO Cláusula vigésima sexta - O Ministério Público do Estado de Pernambuco fará publicar em espaço próprio no Diário Ofi cial do Estado de Pernambuco o presente Termo de Ajustamento de Conduta. CAPÍTULO IX DAS PENALIDADES Cláusula vigésima sétima - A inobservância por parte dos COMPROMISSÁRIOS de qualquer das cláusulas constantes neste TERMO implicará no pagamento de multa no valor de R$ 5.000,00 (cinco mil reais), a ser depositado no Fundo criado pela Lei nº 7.347/1985, corrigido monetariamente a partir da presente data, que se operará de pleno direito, sendo desnecessário qualquer protesto judicial ou extrajudicial, sem prejuízos das demais sanções administrativas e penais. CAPÍTULO X DO FORO Cláusula vigésima oitava - Fica estabelecida a Comarca de Floresta/PE como foro competente para dirimir quaisquer dúvidas oriundas deste instrumento ou de sua interpretação, com renúncia expressa a qualquer outro. CAPÍTULO XI DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Cláusula vigésima nona - Este TERMO somente poderá ser alterado por escrito, mediante a celebração de Termo Aditivo; Cláusula trigésima - O presente TERMO tem força de título executivo extrajudicial. Cláusula trigésima primeira - O presente compromisso de ajustamento de conduta não produz efeito na esfera penal, senão aqueles previstos na legislação. Nada mais declaram as partes e, para que tal compromisso possa surtir os seus efeitos legais, foi lavrado o presente termo que, lido e achado conforme, segue devidamente subscrito por todos os presentes. Floresta/PE, 13 de dezembro de FELIPE AKEL PEREIRA DE ARAÚJO Izabella Maria de Moura Ferraz Novaes Pereira Secretária de Finanças Fernando Cavalcanti Ribeiro Secretário de Administração Elba Gomes Quirino Assessora de Comunicação Elisabete Maria D. Menezes de Brito Teotônio Secretária Executiva Janaína Correia Souza Secretária de Desenvolvimento Social Wendel Gustavo Bezerra França Secretário de Saúde Flávia Magalhães Novaes Secretaria de Educação, Cultura, Turismo e Esportes Antônio Adelmo Nunes Secretário de Planejamento, Obras e Serviços Públicos Jackson Soares da Silva Subcomandante da 1º Companhia Independente da Polícia Militar do Estado de Pernambuco José Olegário de Lima Filho Delegado de Polícia Civil do Estado de Pernambuco Maria Aparecida Cavalcante Freire Membro do Conselho Tutelar do Município de Floresta/PE RECOMENDAÇÃO ELEITORAL Nº 001/2011 O Ministério Público Eleitoral, por seu presentante infra-assinado, Promotor Eleitoral da 115ª Zona Eleitoral, em Cachoeirinha/PE, no desempenho de suas atribuições constitucionais e legais, com fulcro nas disposições contidas no art. 127 da Constituição Federal, na Lei Complementar nº 75/93, no art. 32, III, da Lei nº 8.625/93 e no Código Eleitoral, eleitoral pode ensejar, ainda, a suspensão, por 24 (vinte e quatro) horas, da programação normal da emissora (art. 56 da CONSIDERANDO, por fi m, que cumpre ao MINISTÉRIO PÚBLICO ELEITORAL, entre outras funções, a fiscalização ampla do exercício Cachoeirinha/PE, 12 de dezembro de PAULO AUGUSTO DE FREITAS OLIVEIRA Eleitoral PROMOTORIA ELEITORAL DA 120ª ZONA PESQUEIRA/PE RECOMENDAÇÃO ELEITORAL n. 001/2011 O Ministério Público Eleitoral, por sua presentante infra-assinada, Promotora Eleitoral em Exercício Cumulativo junto a esta 120ª Zona Eleitoral, no desempenho de suas atribuições constitucionais e legais, com fulcro nas disposições contidas no art. 127 da Constituição Federal, na Lei Complementar nº 75/93, no art. 32, III, da Lei nº 8.625/93 e no Código Eleitoral,

5 Recife, 16 de dezembro de 2011 Diário Oficial do Estado de Pernambuco - Ministério Público Estadual 5 eleitoral pode ensejar, ainda, a suspensão, por 24 (vinte e quatro) horas, da programação normal da emissora (art. 56 da CONSIDERANDO, por fi m, que cumpre ao MINISTÉRIO PÚBLICO ELEITORAL, entre outras funções, a fiscalização ampla do exercício Venturosa, 12 de dezembro de JEANNE BEZERRA SILVA OLIVEIRA Promotora de Justiça Eleitoral em exercício cumulativo Promotoria de Justiça de Carpina PORTARIA Nº 007/2011 O MINISTÉRIO PÚBLICO DE PERNAMBUCO, por sua Representante Legal, que ora subscreve, titular da Promotoria de Justiça de Carpina, com atuação na curadoria do Patrimônio Público e Social, no uso de suas atribuições outorgadas pelos Arts. 129, inciso III, da Constituição Federal, pelo Art. 67, 2º, inciso II, da Constituição Estadual, pelo Art. 25, inciso IV, alínea b da Lei Orgânica Nacional do Ministério Público, e pelo art. 4º, inciso IV, alínea b da Lei Complementar nº 12/94, e ainda: CONSIDERANDO o teor do Ofício de nº 923/2011 enviado a esta Promotoria de Justiça pelo Coordenador do CAOP/PPS, referente à Prestação de Contas do Instituto de Previdência dos servidores de Lagoa do Carro LAGOAPREV, exercício fi nanceiro 2007, bem como do RO TC nº CONSIDERANDO que a Administração Pública é regida pelos princípios da Legalidade, Moralidade, Impessoalidade, Publicidade e Efi ciência, nos termos do Art. 37, Caput, da Constituição Federal; CONSIDERANDO que tais fatos, se comprovados, confi guram a prática de ato de improbidade administrativa, nos termos da Lei nº 8.429/92; CONSIDERANDO ser missão constitucional do Ministério Público a promoção do inquérito civil e da Ação Civil Pública para a defesa do Patrimônio Público e Social, do Meio Ambiente e de outros interesses difusos e coletivos (Art. 129, inc. III, da CF); CONSIDERANDO, por fi m, a necessidade de apuração dos fatos supra referidos; INSTAURAR o presente INQUÉRITO CIVIL PÚBLICO com o fi to de apurar a veracidade dos fatos comunicados a esta Promotoria de Justiça. NOMEAR a servidora Maria do Carmo Porto Farias para funcionar como Secretária-Escrevente; DETERMINO desde logo: que seja remetida cópia desta Portaria ao Procurador Geral de Justiça, ao Presidente do Conselho Superior do Ministério Público, à Corregedora Geral do Ministério Público de Pernambuco, e ao Centro de Apoio Operacional às Promotorias (CAOP) de Defesa do Patrimônio Público e Social, para conhecimento; encaminhe-se cópia da presente Portaria, por , à Secretaria Geral do Ministério Público, para a devida publicação no Diário Oficial do Estado; encaminhe-se o presente IC para formalização de Laudo Contábil. Registre-se a presente em livro próprio. Carpina, 14 de dezembro de Sylvia Câmara de Andrade Promotora de Justiça titular de Aliança (Ex. Cumulativo) Exercício Pleno na 2ª P.J. de Carpina desde 01/10/2010 Exercício Cumulativo na 3ª P.J. de Carpina neste mês PROMOTORIA DE JUSTIÇA DE SALGUEIRO RECOMENDAÇÃO ELEITORAL Nº 001/2011 O Ministério Público Eleitoral, por seu(sua) presentante infra-assinado(a), Promotor(a) Eleitoral da 75ª Zona Eleitoral, em Salgueiro/PE, no desempenho de suas atribuições constitucionais e legais, com fulcro nas disposições contidas no art. 127 da Constituição Federal, na Lei Complementar nº 75/93, no art. 32, III, da Lei nº 8.625/93 e no Código Eleitoral, eleitoral pode ensejar, ainda, a suspensão, por 24 (vinte e quatro) horas, da programação normal da emissora (art. 56 da CONSIDERANDO, por fi m, que cumpre ao MINISTÉRIO PÚBLICO ELEITORAL, entre outras funções, a fiscalização ampla do exercício Salgueiro, 13 de dezembro de João Paulo Pedrosa Barbosa Eleitoral 2ª PROMOTORIA DE JUSTIÇA DA COMARCA DE GRAVATÁ PROCEDIMENTO DE INVESTIGAÇÃO PRELIMINAR (PIP) P O R T A R I A Nº 012/2011 O MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE PERNAMBUCO, através de sua representante que esta subscreve, no exercício cumulativo da 1ª Promotoria de Justiça de Gravatá, no uso das atribuições legais que lhe são conferidas pelo artigo 129, III, da Constituição Federal, pelo artigo 8º, 1º, da Lei nº 7.347/85 e art. 25, inciso IV, alínea b, da Lei n /93 (LONMP), além dos arts. 4º, inciso IV, alínea b e 6º, inciso I, da Lei Complementar n. 12/94 (LOEMP), observado ainda o disposto na legislação pertinente à proteção à cidadania e ao meio ambiente, e ainda: CONSIDERANDO que a Constituição Federal assegura a todos um meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum do povo e essencial à sadia qualidade de vida, e impõe ao Poder Público e à coletividade o dever de defendê-lo e preservá-lo para as presentes e futuras gerações (art. 225, caput); CONSIDERANDO que a Lei nº 6.938/81 assinala, em seu art. 2º, que a Política Nacional do Meio Ambiente tem por objetivo a preservação, melhoria e recuperação da qualidade ambiental propícia à vida, visando assegurar condições ao desenvolvimento socioeconômico, aos interesses da segurança nacional e à proteção da dignidade da vida humana; CONSIDERANDO que foi noticiado esta Promotoria de Justiça pelos moradores residentes à Rua Francisco Sobrinho, nas imediações da linha do trem do bairro Área Verde, nesta cidade, dando conta de irregularidades quanto à existência de pocilgas naquela localidade; CONSIDERANDO que os habitantes daquela localidade estão sendo prejudicados pelo mau cheiro e falta de higiene, que provoca o surgimento de insetos e outros vetores causadores de agravos à saúde da comunidade, além da degradação ambiental; CONSIDERANDO ser atribuição constitucional do Ministério Público a defesa do Meio Ambiente, entendido este em seu sentido mais amplo; CONSIDERANDO, por fim, a necessidade de apuração dos fatos acima referidos. INSTAURAR o presente PROCEDIMENTO DE INVESTIGAÇÃO PRELIMINAR, com o objetivo de apurar a responsabilidade pelas irregularidades apontadas quanto à existência de POCILGAS NA ÁREA URBANA deste município de Gravatá, nos termos da legislação acima citada, visando a adoção das medidas cabíveis, conforme seja o caso; NOMEAR, sob compromisso, a servidora do quadro do Ministério Público, a Sra. Tatiana Siqueira Sercundes Araújo, para funcionar como secretária escrevente; DETERMINAR que: Sejam remetidas, através de ofício, cópias da presente Portaria ao Exmo. Procurador Geral Justiça, ao Exmo. Sr. Coordenador do CAOP do Meio Ambiente, e ao Exmo. Sr. Secretário Geral do Ministério Público, em meio magnético, para fi ns de publicação no Órgão Ofi cial;. Ofi cie-se ao Exmo. Sr. Prefeito Municipal, requisitando providências necessárias quanto aos fatos relatados, assinalando-se o prazo de 15 dias para resposta, encaminhando-se cópia desta Portaria; Ofi cie-se à Vigilância Sanitária Municipal e à Secretaria de Meio Ambiente no sentido de vistoriar e notifi car os proprietários das pocilgas, encaminhando-se a esta Promotoria de Justiça, no prazo de 15 (quinze) dias, relatório circunstanciado. Ofi cie-se ao Secretário de Desenvolvimento Urbano e Infraestrutura, requisitando, no prazo de 15 dias, providências no sentido de vistoriar, notifi car e fazer retirar os animais das pocilgas irregulares. PUBLIQUE-SE, REGISTRE-SE, CUMPRA-SE. Gravatá, 12 de dezembro de FERNANDA HENRIQUES DA NÓBREGA Promotora de Justiça PROMOTORIA ELEITORAL DA 55ª ZONA PESQUEIRA/PE RECOMENDAÇÃO ELEITORAL n. 001/2011 O Ministério Público Eleitoral, por sua presentante infra-assinada, Promotora Eleitoral em Exercício Cumulativo junto a esta 120ª Zona Eleitoral, no desempenho de suas atribuições constitucionais e legais, com fulcro nas disposições contidas no art. 127 da Constituição Federal, na Lei Complementar nº 75/93, no art. 32, III, da Lei nº 8.625/93 e no Código Eleitoral,

6 6 Diário Oficial do Estado de Pernambuco - Ministério Público Estadual Recife, 16 de dezembro de 2011 eleitoral pode ensejar, ainda, a suspensão, por 24 (vinte e quatro) horas, da programação normal da emissora (art. 56 da CONSIDERANDO, por fi m, que cumpre ao MINISTÉRIO PÚBLICO ELEITORAL, entre outras funções, a fi scalização ampla do exercício Pesqueira, 12 de dezembro de JEANNE BEZERRA SILVA OLIVEIRA Promotora de Justiça Eleitoral PROMOTORIA ELEITORAL DA 113ª ZE - POÇÃO/PE RECOMENDAÇÃO ELEITORAL Nº 01/2011 O Ministério Público Eleitoral, por sua representante infra-assinada, Promotora Eleitoral da 113ª Zona Eleitoral, e no desempenho de suas atribuições constitucionais e legais, com fulcro nas disposições contidas no art. 127 da Constituição Federal, na Lei Complementar nº 75/93, no art. 32, III, da Lei nº 8.625/93 e no Código Eleitoral, eleitoral pode ensejar, ainda, a suspensão, por 24 (vinte e quatro) horas, da programação normal da emissora (art. 56 da CONSIDERANDO, por fi m, que cumpre ao MINISTÉRIO PÚBLICO ELEITORAL, entre outras funções, a fi scalização ampla do exercício Poção, 12 de dezembro de 2011 TATHIANA BARROS GOMES Promotora de Justiça Eleitoral PROMOTORIA DE JUSTIÇA DE CAPOEIRAS DEFESA DA CIDADANIA PROMOÇÃO E DEFESA DO PATRIMÔNIO PÚBLICO PORTARIA Nº 008/2011-PIP O MINISTÉRIO PÚBLICO DE PERNAMBUCO, por seu representante em exercício de sua titularidade na Promotoria de Justiça de Capoeiras, com atuação na Defesa do Patrimônio Público, no uso das atribuições outorgadas pelos arts. 127 e 129, inciso II e III, da Constituição Federal, art. 25, inciso IV, alínea b, da Lei nº 8.625/93, art. 4º, inciso IV, alínea b, da Lei Complementar Estadual 12/94 e pelo art. 8, 1, da Lei n 7.347, de , e ainda: CONSIDERANDO ser função institucional do Ministério Público promover o inquérito civil, o procedimento administrativo, a ação civil pública, e, para tanto, requisitar informações e documentos para instruí-los, nos termos do art. 129, incisos III e IV da Constituição Federal; CONSIDERANDO que a Administração Pública é regida pelos princípios da legalidade, impessoalidade, publicidade, moralidade e efi ciência, nos termos do art. 37, caput, da Constituição Federal; CONSIDERANDO o Parecer Prévio proferido pelo Tribunal de Contas no Processo TC nº , onde foram imputados débitos ao senhor José Rodrigues de Lima, conforme certidão de débito nº 732/10; CONSIDERANDO a omissão/retardamento quanto a cobrança do débito supracitado pela autoridade competente; CONSIDERANDO que tal irregularidade, caso venha a ser comprovada, caracteriza ato de improbidade administrativa, nos termos da Lei nº 8.429/92; CONSIDERANDO ser atribuição do Ministério Público a defesa do Patrimônio Público e o zelo pelas instituições e pelos Poderes Públicos, o que justifi ca a necessidade de apurar os fatos acima referidos; Instaurar o presente PROCEDIMENTO DE INVESTIGAÇÃO PRELIMINAR para obter as informações, nos termos da legislação acima citada, visando a adoção das medidas legais cabíveis, determinando desde logo: 1.Fica nomeada, sob compromisso de efi ciência e de sigilo a Sra. Elisonete Neves de Almeida, servidora desta Promotoria de Justiça, para secretariar os trabalhos; 2. Seja oficiado ao TCE/PE dando conta da instauração desta Portaria; 3. Seja ofi ciado ao Exmº. Sr. Prefeito deste Município, dando ciência da instauração do presente Procedimento e, desde logo, requisitando informações, no prazo de 10 (dez) dias, dos fatos narrados no referido documento, objeto deste Procedimento de Investigação Preliminar, bem como os motivos pelos quais não foram, até a presente data, inscrito em dívida ativa e não fora ajuizada ação de execução fi scal em face do Sr. José Rodrigues de Lima, pelo débito de R$: R$: 613,61, acrescidos da atualizações monetárias e dos juros de mora contados a partir da data das despesas, até o dia do efetivo pagamento, segundo os índices e condições estabelecidas na legislação para atualização dos créditos da Fazenda Municipal, objeto deste Procedimento de Investigação Preliminar; Seja comunicada a instauração do presente procedimento: ao Conselho Superior do Ministério Público; à Corregedoria Geral do Ministério Público; à Coordenadoria do CAOP do Patrimônio Público e Social; à Câmara de Vereadores do Município de Capoeiras; Seja remetida à Secretaria Geral do Ministério Público, cópia da presente Portaria para publicação no Diário Ofi cial do Estado. Autue-se, registre-se e publique-se. Cumpra-se. Capoeiras, 08 de dezembro de REUS ALEXANDRE SERAFINI DO AMARAL PROMOTOR DE JUSTIÇA PORTARIA Nº 009/2011-PIP O MINISTÉRIO PÚBLICO DE PERNAMBUCO, por seu representante em exercício de sua titularidade na Promotoria de Justiça de Capoeiras, com atuação na Defesa do Patrimônio Público, no uso das atribuições outorgadas pelos arts. 127 e 129, inciso II e III, da Constituição Federal, art. 25, inciso IV, alínea b, da Lei nº 8.625/93, art. 4º, inciso IV, alínea b, da Lei Complementar Estadual 12/94 e pelo art. 8, 1, da Lei n 7.347, de , e ainda: CONSIDERANDO ser função institucional do Ministério Público promover o inquérito civil, o procedimento administrativo, a ação civil pública, e, para tanto, requisitar informações e documentos para instruí-los, nos termos do art. 129, incisos III e IV da Constituição Federal; CONSIDERANDO que a Administração Pública é regida pelos princípios da legalidade, impessoalidade, publicidade, moralidade e efi ciência, nos termos do art. 37, caput, da Constituição Federal; CONSIDERANDO a decisão proferida nos autos do Processo TCE nº , cuja decisão julgou irregular a prestação de contas da Prefeitura Municipal de Capoeiras (Exercício de 2002), tendo como interessado o Sr. Maurílio Rodolfo Tenório de Souza; CONSIDERANDO que as esferas judicial e administrativa são independentes entre si; CONSIDERANDO que tal conduta por parte do Gestor vai de encontro aos princípios norteadores da administração pública insculpidos no art. 37, caput, da CF/88; CONSIDERANDO que tal irregularidade, caso venha a ser comprovada, caracteriza ato de improbidade administrativa, nos termos da Lei nº 8.429/92; CONSIDERANDO ser atribuição do Ministério Público a defesa do Patrimônio Público e o zelo pelas instituições e pelos Poderes Públicos, o que justifi ca a necessidade de apurar os fatos acima referidos; Instaurar o presente PROCEDIMENTO DE INVESTIGAÇÃO PRELIMINAR para obter as informações, nos termos da legislação acima citada, visando a adoção das medidas legais cabíveis, determinando desde logo: Fica nomeada, sob compromisso de efi ciência e de sigilo a Sra. Elisonete Neves de Almeida, servidora desta Promotoria de Justiça, para secretariar os trabalhos; Seja ofi ciado ao TCE/PE dando conta da instauração desta Portaria, bem como requisitando informações, no prazo de 10 (dez) dias, acerca de interposição de recurso administrativo e/ou trânsito em julgado da decisão, objeto deste Procedimento de Investigação Preliminar; Seja comunicada a instauração do presente procedimento: ao Conselho Superior do Ministério Público; à Corregedoria Geral do Ministério Público; à Coordenadoria do CAOP do Patrimônio Público e Social; ao Prefeito do Município de Capoeiras; à Câmara de Vereadores do Município de Capoeiras; Seja remetida à Secretaria Geral do Ministério Público, cópia da presente Portaria para publicação no Diário Ofi cial do Estado. Autue-se, registre-se e publique-se. Cumpra-se. Capoeiras, 08 de dezembro de REUS ALEXANDRE SERAFINI DO AMARAL PROMOTOR DE JUSTIÇA Promotoria de Justiça da 108ª. Zona Eleitoral RECOMENDAÇÃO ELEITORAL Nº 001/2011 O Ministério Público Eleitoral, por seu representante infra-assinado, Promotor Eleitoral da 108ª. Zona Eleitoral, em Betânia, no desempenho de suas atribuições constitucionais e legais, com fulcro nas disposições contidas no art. 127 da Constituição Federal, na Lei Complementar nº 75/93, no art. 32, III, da Lei nº 8.625/93 e no Código Eleitoral, eleitoral pode ensejar, ainda, a suspensão, por 24 (vinte e quatro) horas, da programação normal da emissora (art. 56 da CONSIDERANDO, por fi m, que cumpre ao MINISTÉRIO PÚBLICO ELEITORAL, entre outras funções, a fiscalização ampla do exercício Betânia-PE, 12 de dezembro de PETRONIO BENEDITO BARATA RALILE JÚNIOR

7 Recife, 16 de dezembro de 2011 Diário Oficial do Estado de Pernambuco - Ministério Público Estadual 7

8 8 Diário Oficial do Estado de Pernambuco - Ministério Público Estadual Recife, 16 de dezembro de 2011

RECOMENDAÇÃO MINISTERIAL Nº 002/2015

RECOMENDAÇÃO MINISTERIAL Nº 002/2015 Procedimento administrativo nº 201400036940 RECOMENDAÇÃO MINISTERIAL Nº 002/2015 Objeto: Dispõe sobre o dever de atuação de diversas autoridades públicas, durante a Romaria Nossa Senhora d'abadia do Muquém

Leia mais

Considerando que incumbe ao Ministério Público a defesa da ordem jurídica, do regime democrático e dos interesses socias (art.

Considerando que incumbe ao Ministério Público a defesa da ordem jurídica, do regime democrático e dos interesses socias (art. TERMO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA Na data de na data de 12 de maio de 2011, no gabinete da Promotoria de Justiça de Crixás, o MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE GOIÁS, por intermédio do Promotor de Justiça

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DE RORAIMA COLÉGIO DE PROCURADORES DE JUSTIÇA

MINISTÉRIO PÚBLICO DE RORAIMA COLÉGIO DE PROCURADORES DE JUSTIÇA EXTRATO DA ATA DA SÉTIMA SESSÃO ORDINÁRIA DO EGRÉGIO COLÉGIO DE PROCURADORES DE JUSTIÇA DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE RORAIMA 2014. Data: 24/11/2014 Horário: 9h Local: Sala de reuniões dos Órgãos

Leia mais

TERMO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA AMBIENTAL

TERMO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA AMBIENTAL TERMO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA AMBIENTAL O MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO AMAPÁ, representado neste ato pela Promotora de Justiça da Promotoria de Justiça de Defesa do Meio Ambiente e de Conflitos Agrários,

Leia mais

CONSIDERANDO o que o Sr. João Lima Goes relatou ao Conselho Tutelar de Alto Piquiri Paraná, cuja cópia segue em anexo;

CONSIDERANDO o que o Sr. João Lima Goes relatou ao Conselho Tutelar de Alto Piquiri Paraná, cuja cópia segue em anexo; RECOMENDAÇÃO ADMINISTRATIVA nº 05/2012 CONSIDERANDO que, nos termos do art. 201, inciso VIII, da Lei nº 8.069/90, compete ao Ministério Público zelar pelo efetivo respeito aos direitos e garantias legais

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO DISTRITO FEDERAL E TERRITÓRIOS

MINISTÉRIO PÚBLICO DO DISTRITO FEDERAL E TERRITÓRIOS ACORDO JUDICIAL Firmado entre o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios, através da Promotoria de Justiça de Defesa da Educação, e o Distrito Federal, por sua Secretaria de Estado de Educação,

Leia mais

CONTRATO DE COMPRA E VENDA PREGÃO ELETRÔNICO Nº 38/11 - REGISTRO DE PREÇOS PROCESSO N 2365-09.00/11-0 AJDG Nº 84/12

CONTRATO DE COMPRA E VENDA PREGÃO ELETRÔNICO Nº 38/11 - REGISTRO DE PREÇOS PROCESSO N 2365-09.00/11-0 AJDG Nº 84/12 CONTRATO DE COMPRA E VENDA PREGÃO ELETRÔNICO Nº 38/11 - REGISTRO DE PREÇOS PROCESSO N 2365-09.00/11-0 AJDG Nº 84/12 O ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, por intermédio da PROCURADORIA- GERAL DE JUSTIÇA, órgão

Leia mais

EDITAL DE CREDENCIAMENTO 002/2015

EDITAL DE CREDENCIAMENTO 002/2015 EDITAL DE CREDENCIAMENTO 002/2015 AUTARQUIA MUNICIPAL DE TURISMO - GRAMADOTUR, pessoa jurídica de direito público interno, inscrita no CNPJ/MF sob n.º 18.137.082/0001-86, neste ato representado por seu

Leia mais

CLÁUSULA SEGUNDA - DA VINCULAÇÃO AO EDITAL

CLÁUSULA SEGUNDA - DA VINCULAÇÃO AO EDITAL PROCESSO Nº 01550.000345/2009-46. PREGÃO Nº 26/2009. ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 1/2010. A FUNDAÇÃO CASA DE RUI BARBOSA, pessoa jurídica de direito público vinculada a Ministério da Cultura, com sede

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA

TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA Aos 04 (quatro) dias do mês de agosto do ano em curso, nesta cidade e comarca de Fortaleza, no Edifício Procurador de Justiça Airton Castelo Branco Sales,

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DE RORAIMA CONSELHO SUPERIOR

MINISTÉRIO PÚBLICO DE RORAIMA CONSELHO SUPERIOR EXTRATO DA ATA DA SEGUNDA SESSÃO ORDINÁRIA DO EGRÉGIO DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE RORAIMA 2013. Data: 06/05/2013 Horário: 9h 30min Local: Sala de reuniões dos Órgãos Colegiados, no edifício sede

Leia mais

CONTRATO Nº 58/14. Marca Unid. Quantidade Preço unitário a ser pago (R$) Aptamil/ Danone. Item Especificação. Preço total (R$)

CONTRATO Nº 58/14. Marca Unid. Quantidade Preço unitário a ser pago (R$) Aptamil/ Danone. Item Especificação. Preço total (R$) CONTRATO Nº 58/14 Constitui objeto do presente instrumento a aquisição de medicamentos, insumos e complemento alimentar p/ Secretaria Municipal de Saúde, conforme PROCESSO DE LICITAÇÃO Nº26/2014 PREGÃO

Leia mais

CLÁUSULA PRIMEIRA FUNDAMENTO LEGAL

CLÁUSULA PRIMEIRA FUNDAMENTO LEGAL CONTRATO ADMINISTRATIVO Nº09/2015 Contrato celebrado entre a Câmara Municipal de São Simão e a Empresa CABOCLO MOVEIS E ELETRO LTDA- ME. CONTRATANTE: A CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO SIMÃO, pessoa jurídica de

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO PIAUÍ PROCURADORIA GERAL DE JUSTIÇA Secretaria do Conselho Superior do Ministério Público

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO PIAUÍ PROCURADORIA GERAL DE JUSTIÇA Secretaria do Conselho Superior do Ministério Público EXTRATO DA ATA DA 1071ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO, REALIZADA NO DIA 8 DE AGOSTO DE 2012. O Conselho Superior do Ministério Público, no uso de suas atribuições legais

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO

CONSELHO NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO RESOLUÇÃO N.º 13, DE 02 DE OUTUBRO DE 2006. (Alterada pela Res. 111/2014) Regulamenta o art. 8º da Lei Complementar 75/93 e o art. 26 da Lei n.º 8.625/93, disciplinando, no âmbito do Ministério Público,

Leia mais

EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Nº 03/2014

EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Nº 03/2014 EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Nº 03/2014 O Município de Vale do Sol, RS, através do Prefeito Municipal. Sr. Clécio Halmenschlager, comunica aos interessados que está procedendo ao CREDENCIAMENTO de pessoas

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 001/2010

RESOLUÇÃO Nº 001/2010 RESOLUÇÃO Nº 001/2010 ALTERA O REGIMENTO INTERNO DA OUVIDORIA DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE GOIÁS. O COLÉGIO DE PROCURADORES DE JUSTIÇA, no uso das atribuições conferidas pelo artigo 18, inciso XVII,

Leia mais

ATO REGULAMENTAR N. 18/2012-GPGJ

ATO REGULAMENTAR N. 18/2012-GPGJ ATO REGULAMENTAR N. 18/2012-GPGJ Dispõe sobre a regulamentação de registro e controle biométrico, por meio de impressão digital, de frequência dos servidores do Ministério Público do Estado do Maranhão.

Leia mais

MINUTA CONTRATO DE LOCAÇÃO Nº XXX/2013

MINUTA CONTRATO DE LOCAÇÃO Nº XXX/2013 MINUTA CONTRATO DE LOCAÇÃO Nº XXX/2013 EDITAL CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 004/2013 PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº: 23062.008112/2013-11 DISPENSA DE LICITAÇÃO Nº XXX/2013 Contrato de Locação nº XXX/2013 que entre

Leia mais

ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Comissão Permanente de Licitação

ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Comissão Permanente de Licitação ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Comissão Permanente de Licitação CONTRATO DE FORNECIMENTO E ASSISTÊNCIA TÉCNICA QUE ENTRE SI CELEBRAM O TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO CEARÁ E A EMPRESA

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO PRESENCIAL Nº. 017/2015 - SRP

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO PRESENCIAL Nº. 017/2015 - SRP ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO PRESENCIAL Nº. 017/2015 - SRP Aos 27 (vinte e sete) dias de mês de maio do ano de 2015, o Município de Parazinho/RN, CNPJ nº. 08.113.631/0001-29, com sede na Praça Senador

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL NA PARAÍBA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 04/2012

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL NA PARAÍBA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 04/2012 1 ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 04/2012 2012-A - JFPB Aos 04 dias do mês de junho do ano de 2012, a UNIÃO FEDERAL, por intermédio da JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRO GRAU SEÇÃO JUDICIÁRIA DA PARAÍBA, com sede

Leia mais

EDITAL DE CREDENCIAMENTO 003/2015

EDITAL DE CREDENCIAMENTO 003/2015 EDITAL DE CREDENCIAMENTO 003/2015 AUTARQUIA MUNICIPAL DE TURISMO - GRAMADOTUR, pessoa jurídica de direito público interno, inscrita no CNPJ/MF sob n.º 18.137.082/0001-86, neste ato representado por seu

Leia mais

PORTARIA n 072 /2014/GAB/SEDAM Porto Velho-RO, de de 2014.

PORTARIA n 072 /2014/GAB/SEDAM Porto Velho-RO, de de 2014. PORTARIA n 072 /2014/GAB/SEDAM Porto Velho-RO, de de 2014. Estabelece procedimento para conversão de multas simples em serviços de preservação, melhoria e recuperação da qualidade do meio ambiente, e dá

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA

TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA 06.2014.00007170-6 2ª PROMOTORIA DE JUSTIÇA DA COMARCA DE PORTO UNIÃO Verificação das condições de funcionamento no Módulo Esportivo Armando Sarti TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA Pelo presente

Leia mais

CONTRATO ADMINISTRATIVO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSESSORIA E CONSULTORIA EM PROJETOS N. 044/2014 Pregão Presencial nº.

CONTRATO ADMINISTRATIVO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSESSORIA E CONSULTORIA EM PROJETOS N. 044/2014 Pregão Presencial nº. I PARTES: CONTRATO ADMINISTRATIVO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSESSORIA E CONSULTORIA EM PROJETOS N. 044/2014 Pregão Presencial nº. 004/2014 A CONTRATANTE: O MUNICÍPIO DE TAQUARUÇU DO SUL, Pessoa Jurídica

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE TIMBAÚBA PE

PREFEITURA MUNICIPAL DE TIMBAÚBA PE CONTRATO DE LOCAÇÃO DE VEÍCULO CONTRATO Nº.../2013 CONTRATO DE LOCAÇÃO DE VEÍCULO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE TIMBAÚBA, ATRAVÉS DA SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO E A EMPRESA R. U. VERAS TRANSPORTES.

Leia mais

ACORDO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA nº 18/2013

ACORDO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA nº 18/2013 ACORDO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA nº 18/2013 Acordo de Cooperação Técnica para intercâmbio de informações e de soluções em tecnologia da informação e assistência mútua que entre si celebram o Ministério do

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Prefeitura Municipal de Boa Vista do Buricá SECRETARIA MUNICIPAL DE AGRICULTURA EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2014

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Prefeitura Municipal de Boa Vista do Buricá SECRETARIA MUNICIPAL DE AGRICULTURA EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2014 ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Prefeitura Municipal de Boa Vista do Buricá SECRETARIA MUNICIPAL DE AGRICULTURA EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2014 O Município de Boa Vista do Buricá, comunica aos interessados

Leia mais

ESTADO DE PERNAMBUCO PREFEITURA MUNICIPAL DE IPUBI CNPJ Nº 11.040.896/0001-59 COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

ESTADO DE PERNAMBUCO PREFEITURA MUNICIPAL DE IPUBI CNPJ Nº 11.040.896/0001-59 COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO CONTRATO Nº 014/2015. ESTADO DE PERNAMBUCO Contrato do Processo Administrativo nº 009/2015, Concorrência nº 005/2015, com amparo no Artigo 40, 2º, inciso III da Lei 8.666/93, destinado a aquisição de Material

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 098/2006-CAD/UNICENTRO

RESOLUÇÃO Nº 098/2006-CAD/UNICENTRO RESOLUÇÃO Nº 098/2006-CAD/UNICENTRO Celebra Termo de Convênio firmado entre a UNICENTRO e o Banco UNIBANCO. O REITOR DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE, UNICENTRO: Faço saber que o Conselho de Administração,

Leia mais

CONTRATO ADMINISTRATIVO Nº. 005/2013

CONTRATO ADMINISTRATIVO Nº. 005/2013 CONTRATO ADMINISTRATIVO Nº. 005/2013 Processo Administrativo nº. 079/2013 Dispensa de Licitação Art. 24, II, da Lei 8.666/93 Pelo presente instrumento que entre si celebram CÂMARA MUNICIPAL DE ALFREDO

Leia mais

Ministério Público do Rio Grande do Sul PROMOTORIA DE JUSTIÇA CÍVEL DE ERECHIM

Ministério Público do Rio Grande do Sul PROMOTORIA DE JUSTIÇA CÍVEL DE ERECHIM Procedimento n.º INQUÉRITO CIVIL: 00763.00041/2014 Investigada: ASSOCIAÇÃO CULTURAL E INDUSTRIAL DE ERECHIM TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA No dia 18 de novembro de 2014, o MINISTÉRIO PÚBLICO

Leia mais

ANEXO VI TOMADA DE PREÇOS Nº 002/2015 MINUTA DO CONTRATO

ANEXO VI TOMADA DE PREÇOS Nº 002/2015 MINUTA DO CONTRATO ANEXO VI TOMADA DE PREÇOS Nº 002/2015 MINUTA DO CONTRATO CONSELHO DE ARQUITETURA E URBANISMO DE SANTA CATARINA, autarquia federal de fiscalização profissional regida pela Lei n 12.378, de 31 de dezembro

Leia mais

TERMO DE COOPERAÇÃO TECNICA Nº 017 /2015-MPSP

TERMO DE COOPERAÇÃO TECNICA Nº 017 /2015-MPSP TERMO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA QUE ENTRE SI CELEBRAM O MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SÃO PAULO E A ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE PSIQUIATRIA. CONSIDERANDO que a assistência em saúde mental, prestada por meio

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTE DE CONDUTA Nº 0162/2006

TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTE DE CONDUTA Nº 0162/2006 TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTE DE CONDUTA Nº 0162/2006 Pelo presente instrumento, por um lado a Agência Nacional de Saúde Suplementar, pessoa jurídica de direito público, autarquia especial vinculada ao

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇO nº 001/2009

ATA DE REGISTRO DE PREÇO nº 001/2009 ATA DE REGISTRO DE PREÇO nº 001/2009 OBJETO: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA OS SERVIÇOS DE CONFECÇÃO DE CARIMBOS, CONFORME PROCESSO LICITATÓRIO Nº 2008.0701.000825, PREGÃO PRESENCIAL Nº052/2008. Aos 02 dias

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTE DE CONDUTA Nº 0108/2006

TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTE DE CONDUTA Nº 0108/2006 TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTE DE CONDUTA Nº 0108/2006 Pelo presente instrumento, por um lado a Agência Nacional de Saúde Suplementar, pessoa jurídica de direito público, autarquia especial vinculada ao

Leia mais

CONTRATO Nº 095/2013 CONTRATO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE PIRAJUÍ E A EMPRESA FORTIMIX COMÉRCIO DE CONCRETO LTDA.

CONTRATO Nº 095/2013 CONTRATO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE PIRAJUÍ E A EMPRESA FORTIMIX COMÉRCIO DE CONCRETO LTDA. CONTRATO Nº 095/2013 CONTRATO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE PIRAJUÍ E A EMPRESA FORTIMIX COMÉRCIO DE CONCRETO LTDA. Aos 03 dias do mês de julho de 2013, de um lado, o MUNICÍPIO DE PIRAJUÍ, pessoa

Leia mais

MINUTA DE TERMO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA - BOLSA FAMÍLIA

MINUTA DE TERMO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA - BOLSA FAMÍLIA MINUTA DE TERMO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA - BOLSA FAMÍLIA Pelo presente instrumento, na forma do artigo 5º, 6º, da lei n.º 7.347/85, alterado pelo artigo 113 da Lei n.º 8.078/90, o MINISTÉRIO PÚBLICO DO

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTE DE CONDUTA Nº 0082/2007

TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTE DE CONDUTA Nº 0082/2007 TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTE DE CONDUTA Nº 0082/2007 Pelo presente instrumento, por um lado a Agência Nacional de Saúde Suplementar, pessoa jurídica de direito público, autarquia especial vinculada ao

Leia mais

INSTRUMENTO CONTRATUAL N. 0103/2013.

INSTRUMENTO CONTRATUAL N. 0103/2013. INSTRUMENTO CONTRATUAL N. 0103/2013. CONTRATO DE ADMINISTRATIVO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS N. 0103/2013. O, Estado de Santa Catarina, com sede a Rua Rui Barbosa, 347, inscrito no CNPJ/MF Sob o N. 82.854.670/0001-30,

Leia mais

SECRETARIA DA JUSTIÇA E DA DEFESA DA CIDADANIA FUNDAÇÃO DE PROTEÇÃO E DEFESA DO CONSUMIDOR

SECRETARIA DA JUSTIÇA E DA DEFESA DA CIDADANIA FUNDAÇÃO DE PROTEÇÃO E DEFESA DO CONSUMIDOR PROGRAMA DE MUNICIPALIZAÇÃO DE PROTEÇÃO E DEFESA DO CONSUMIDOR É com satisfação que a Fundação Procon/SP apresenta o novo Programa de Municipalização que tem como objetivo fortalecer o Sistema Estadual

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE PERNAMBUCO PROMOTORIA DE LAGOA GRANDE Curadoria do Meio Ambiente RECOMENDAÇÃO Nº 002/2014

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE PERNAMBUCO PROMOTORIA DE LAGOA GRANDE Curadoria do Meio Ambiente RECOMENDAÇÃO Nº 002/2014 RECOMENDAÇÃO Nº 002/2014 O MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE PERNAMBUCO, por seu órgão de execução, no uso das suas atribuições legais, com fundamento no artigo 129, inciso II, da Constituição, c/c artigo

Leia mais

DIREÇÃO DO FORO DA COMARCA DE BELO HORIZONTE VARA CÍVEL DA INFÂNCIA E DA JUVENTUDE PORTARIA N 001/2010

DIREÇÃO DO FORO DA COMARCA DE BELO HORIZONTE VARA CÍVEL DA INFÂNCIA E DA JUVENTUDE PORTARIA N 001/2010 DJe de 17/06/2010 (cópia sem assinatura digital) DIREÇÃO DO FORO DA COMARCA DE BELO HORIZONTE VARA CÍVEL DA INFÂNCIA E DA JUVENTUDE PORTARIA N 001/2010 Dispõe quanto ao procedimento de habilitação de pretendentes

Leia mais

TERMO DE AJUSTE DE CONDUTA - ASSISTÊNCIA SOCIAL

TERMO DE AJUSTE DE CONDUTA - ASSISTÊNCIA SOCIAL TERMO DE AJUSTE DE CONDUTA - ASSISTÊNCIA SOCIAL Pelo presente instrumento, na forma do artigo 5º, 6º, da lei n.º 7.347/85, alterado pelo artigo 113 da Lei n.º 8.078/90, o MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTE DE CONDUTA Nº 0216/2007

TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTE DE CONDUTA Nº 0216/2007 TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTE DE CONDUTA Nº 0216/2007 Pelo presente instrumento, por um lado a Agência Nacional de Saúde Suplementar, pessoa jurídica de direito público, autarquia especial vinculada ao

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CODÓ ESTADO DO MARANHÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE CODÓ ESTADO DO MARANHÃO LEI Nº 1552, DE 18 DE AGOSTO DE 2011. Disciplina a dação em pagamento de obras, serviços e bem móvel como forma de extinção da obrigação tributária no Município de Codó, prevista no inciso XI do artigo

Leia mais

TERMO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA Nº 001/2011 PJECC

TERMO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA Nº 001/2011 PJECC TERMO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA Nº 001/2011 PJECC Referente ao Inquérito Civil Público nº 002/2011 PJECC O MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO MARANHÃO, através da 2ª PROMOTORIA DE JUSTIÇA ESPECIALIZADA NA

Leia mais

Superintendência de Gestão Orçamentária e Compras Comissão Permanente de Licitação ATA DE REGISTRO DE PREÇOS - Nº 014/2011

Superintendência de Gestão Orçamentária e Compras Comissão Permanente de Licitação ATA DE REGISTRO DE PREÇOS - Nº 014/2011 1 ATA DE REGISTRO DE PREÇOS - Nº 014/2011 EDITAL DE LICITAÇÃO N.º 048/2011 MODALIDADE DE PREGÃO PRESENCIAL PROCESSO N.º 2011.0000.4871 VALIDADE: 12 (DOZE) MESES Aos 21 (vinte e um) dias do mês de junho

Leia mais

ESTADO DO AMAZONAS PREFEITURA MUNICIPAL DE BARCELOS

ESTADO DO AMAZONAS PREFEITURA MUNICIPAL DE BARCELOS CARTA CONTRATO Nº 054/2014, que celebram entre si a PREFEITURA MUNICIPAL DE BARCELOS e LOMAQ TRANSPORTES E CONSTRUÇÕES LTDA - ME, objetivando a execução de SERVIÇOS DE LIMPEZA E CAPINAÇÃO PARA REMOÇÃO

Leia mais

Autoridade Certificadora CAIXA Pessoa Jurídica CONTRATO DE ASSINANTE A1

Autoridade Certificadora CAIXA Pessoa Jurídica CONTRATO DE ASSINANTE A1 TERMO DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CERTIFICAÇÃO DIGITAL que entre si fazem, de um lado, como contratada a CAIXA ECONÔMICA FEDERAL, Empresa Pública de Direito Privado, inscrita no CNPJ/MF sob

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA CONTRATO Nº 29/2010 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONTRATO N.º 29/2010 QUE ENTRE SI FAZEM O INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE GOIÁS E A EMPRESA COMPANHIA ENERGÉTICA DE GOIÁS - CELG PARA FORNECIMENTO

Leia mais

II DAS OBRIGAÇÕES DO DOUTORANDO (A)

II DAS OBRIGAÇÕES DO DOUTORANDO (A) CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO Pelo presente instrumento particular de CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS, de um lado, IUNIB- Instituto Universitário Brasileiro Ltda., CNPJ nº. 11.194.857/0001-06, com

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA EM RORAIMA RECOMENDAÇÃO Nº 07/2015/MPF/RR

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA EM RORAIMA RECOMENDAÇÃO Nº 07/2015/MPF/RR MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA EM RORAIMA RECOMENDAÇÃO Nº 07/2015/MPF/RR Referência: inquéritos civis nº 1.32.000.000518/2013-15 e 1.32.000.000013/2013-42 RECOMENDANTE: MINISTÉRIO

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA TCE-TO Nº 003, DE 23 DE SETEMBRO DE 2009. Consolidada pela IN nº 03/2012 de 02/05/2012.

INSTRUÇÃO NORMATIVA TCE-TO Nº 003, DE 23 DE SETEMBRO DE 2009. Consolidada pela IN nº 03/2012 de 02/05/2012. INSTRUÇÃO NORMATIVA TCE-TO Nº 003, DE 23 DE SETEMBRO DE 2009. Consolidada pela IN nº 03/2012 de 02/05/2012. Acresce o 7 ao artigo 9º da Instrução Normativa nº 003, de 23 de setembro de 2009, que estabelece

Leia mais

AVISO Nº 003/2014 RESOLUÇÃO Nº002/2013 CTP-ESMP/PE

AVISO Nº 003/2014 RESOLUÇÃO Nº002/2013 CTP-ESMP/PE AVISO Nº 003/2014 A Diretora da ESMP/PE, Dra. Deluse do Amaral Rolim Florentino, nos termos do Art.8º, VII, da Resolução RES-CSMP-001/00, de 31.03.2000, torna público o Regulamento da terceira turma do

Leia mais

Ato Normativo nº. 473-CPJ, de 27 de julho de 2006. (pt. nº. 3.556/06)

Ato Normativo nº. 473-CPJ, de 27 de julho de 2006. (pt. nº. 3.556/06) Ato Normativo nº. 473-CPJ, de 27 de julho de 2006 (pt. nº. 3.556/06) Constitui, na comarca da Capital, o Grupo de Atuação Especial de Inclusão Social, e dá providências correlatas. O Colégio de Procuradores

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA

MINISTÉRIO PÚBLICO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE FORNECIMENTO DE PASSAGENS AÉREAS PROCESSO Nº 7331-09.00/08-0 PREGÃO Nº 46/08 AJDG N 127/2008 O ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, por intermédio da PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA,

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTE DE CONDUTA Nº 0152/2009

TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTE DE CONDUTA Nº 0152/2009 TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTE DE CONDUTA Nº 0152/2009 Pelo presente instrumento, por um lado a Agência Nacional de Saúde Suplementar, pessoa jurídica de direito público, autarquia especial vinculada ao

Leia mais

CONTRATO DE LOCAÇÃO DE CAÇAMBAS N o 072/2012

CONTRATO DE LOCAÇÃO DE CAÇAMBAS N o 072/2012 CONTRATO DE LOCAÇÃO DE CAÇAMBAS N o 072/2012 Por este instrumento, que entre si celebram, de um lado o CAIAPONIA PREFEITURA MUNICIPAL, pessoa jurídica de direito público interno, com sede na Rua Pedro

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 313 DE 02 DE DEZEMBRO DE 2013.

RESOLUÇÃO Nº 313 DE 02 DE DEZEMBRO DE 2013. RESOLUÇÃO Nº 313 DE 02 DE DEZEMBRO DE 2013. DISPÕE SOBRE A CRIAÇÃO E IMPLANTAÇÃO DO CONTROLE INTERNO DO PODER LEGISLATIVO DE POCONÉ E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS O Presidente da Câmara Municipal de Poconé,

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS nº 007/2009

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS nº 007/2009 ATA DE REGISTRO DE PREÇOS nº 007/2009 OBJETO: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA OS SERVIÇOS DE CONFECÇÃO DE CRACHÁS E CORDÕES PARA CRACHÁS, CONFORME PROCESSO LICITATÓRIO Nº 2009/0701/000183, PREGÃO PRESENCIAL

Leia mais

COMPROMISSO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA IC.00929.00050/2014

COMPROMISSO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA IC.00929.00050/2014 COMPROMISSO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA IC.00929.00050/2014 Aos trinta dias do mês de outubro do ano de 2014, na Promotoria de Justiça de Veranópolis, perante o DR. LUCIO FLAVO MIOTTO, Promotor de Justiça,

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTE DE CONDUTA Nº 057/2009

TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTE DE CONDUTA Nº 057/2009 TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTE DE CONDUTA Nº 057/2009 Pelo presente instrumento, por um lado a Agência Nacional de Saúde Suplementar, pessoa jurídica de direito público, autarquia especial vinculada ao

Leia mais

CONVÊNIO Nº 011/ 2015

CONVÊNIO Nº 011/ 2015 CONVÊNIO Nº 011/ 2015 CONVÊNIO ENTRE O / RN E A ASSOCIAÇÃO CAICOENSE DE ATLETISMO EQUIPE CAICÓ RUAS, NA FORMA INDICADA. O RN (PREFEITURA MUNICIPAL), Pessoa Jurídica de Direito Público, estabelecida na

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 13/2005

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 13/2005 ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 13/2005 O, com sede na Av. Martin Luther King, s/n.º, Cais do Apolo, Recife, PE, inscrito no CNPJ/MF sob o nº 24.130.072/0001-11, neste ato representado pelo Diretor da Secretaria

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE PORTO VELHO

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE PORTO VELHO 1 CONVÊNIO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE PORTO VELHO, POR INTERMÉDIO DA SECRETARIA MUNICIPAL DE TRANSPORTES E TRÂNSITO/SEMTRAN, DE UM LADO, E DE OUTRO O ESTADO DE RONDÔNIA, POR INTERMÉDIO DA SECRETARIA

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 3681 - ANTAQ, DE 6 DE OUTUBRO DE 2014.

RESOLUÇÃO Nº 3681 - ANTAQ, DE 6 DE OUTUBRO DE 2014. RESOLUÇÃO Nº 3681 - ANTAQ, DE 6 DE OUTUBRO DE 2014. APROVA A ESTRUTURA ORGANIZACIONAL E OS PROCEDIMENTOS DE ASSESSORAMENTO E CONSULTORIA JURÍDICA DA PROCURADORIA FEDERAL JUNTO À AGÊNCIA NACIONAL DE TRANSPORTES

Leia mais

MUNICÍPIO DE CACHOEIRA ALTA,

MUNICÍPIO DE CACHOEIRA ALTA, CONTRATO ADM Nº 084/2013 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE LINK DEDICADO DE INTERNET QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE CACHOEIRA ALTA, ESTADO DE GOIÁS E TELECOMUNICAÇÕES ALARCÃO E FERNANDES LTDA

Leia mais

TERMO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA Nº 001/2013

TERMO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA Nº 001/2013 TERMO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA Nº 001/2013 O MINISTÉRIO PÚBLICO DO DISTRITO FEDERAL E TERRITÓRIOS, por meio da Procuradoria Distrital dos Direitos do Cidadão e da 2ª Promotoria de Justiça de Delitos de

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 542, DE 13 DE JANEIRO DE 2015

RESOLUÇÃO Nº 542, DE 13 DE JANEIRO DE 2015 Publicada no DJE/STF, n.10, p. 1-3 em 16/01/2015 RESOLUÇÃO Nº 542, DE 13 DE JANEIRO DE 2015 Dispõe sobre as prerrogativas, as responsabilidades, a competência e a atuação da Secretaria de Controle Interno

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 13/2015

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 13/2015 ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 13/2015 Aos 14 de abril de 2015, o MUNICÍPIO DE CACOAL, pessoa jurídica de direito público interno, inscrita no C.N.P.J. sob n. 04.092.714/0001-28, com sede na Rua Anísio Serrão,

Leia mais

Autoridade Certificadora CAIXA Pessoa Física CONTRATO DE ASSINANTE A1

Autoridade Certificadora CAIXA Pessoa Física CONTRATO DE ASSINANTE A1 TERMO DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CERTIFICAÇÃO DIGITAL que entre si fazem, de um lado, como contratada a CAIXA ECONÔMICA FEDERAL, Empresa Pública de Direito Privado, inscrita no CNPJ/MF sob

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTE DE CONDUTA Nº 0135/2007

TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTE DE CONDUTA Nº 0135/2007 TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTE DE CONDUTA Nº 0135/2007 Pelo presente instrumento, por um lado a Agência Nacional de Saúde Suplementar, pessoa jurídica de direito público, autarquia especial vinculada ao

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA

MINISTÉRIO PÚBLICO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO ELETRÔNICO Nº 86/12 PROCESSO N. 004393-09.00/12-3 ATA AJDG Nº 01/13 Nesta data, compareceu à sede da, órgão administrativo do MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO GRANDE

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA

MINISTÉRIO PÚBLICO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PROCESSO N.º 1840-09.00/12-5 COTAÇÃO ELETRÔNICA Nº 86/2012 AJDG N.º 88/2012 O ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, por intermédio da PROCURADORIA- GERAL DE JUSTIÇA, órgão administrativo

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA CONTRATO DE COMPRA E VENDA PREGÃO ELETRÔNICO Nº 77/2013 PROCESSO N 3418-09.00/13-1 AJDG Nº 135/13 O ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, por intermédio da PROCURADORIA- GERAL DE JUSTIÇA, órgão administrativo do

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE VICENTINÓPOLIS FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE FMS

PREFEITURA MUNICIPAL DE VICENTINÓPOLIS FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE FMS CONTRATO N 008/2015 PREFEITURA MUNICIPAL DE VICENTINÓPOLIS CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS QUE ENTRE SI CELEBRAM O O FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE E A EMPRESAMARANATHA RETIFICA DE MOTORES LTDA - ME, NA FORMA

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA CONTRATO DE COMPRA E VENDA PROCESSO N. 2900-09.00/14-0 PREGÃO ELETRÔNICO N. 95/14 CONTRATO AJDG N. 178/14 O ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, por intermédio da PROCURADORIA- GERAL DE JUSTIÇA, órgão administrativo

Leia mais

1ª Promotoria de Justiça da Comarca de Xanxerê

1ª Promotoria de Justiça da Comarca de Xanxerê Inquérito Civil n. 06.2015.00001357-5 TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA O MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SANTA CATARINA, representado neste ato pelo Promotor de Justiça da 1ª Promotoria de

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA - TCU Nº 63, DE 1º DE SETEMBRO DE 2010

INSTRUÇÃO NORMATIVA - TCU Nº 63, DE 1º DE SETEMBRO DE 2010 INSTRUÇÃO NORMATIVA - TCU Nº 63, DE 1º DE SETEMBRO DE 2010 Estabelece normas de organização e de apresentação dos relatórios de gestão e das peças complementares que constituirão os processos de contas

Leia mais

Semanário Oficial Nº 2.322 Campina Grande, 12 a 16 de agosto 2013. Pág. 1

Semanário Oficial Nº 2.322 Campina Grande, 12 a 16 de agosto 2013. Pág. 1 Semanário Oficial Nº 2.322 Campina Grande, 12 a 16 de agosto 2013. Pág. 1 SEMANÁRIO OFICIAL ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPINA GRANDE SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO Lei Municipal nº. 04 de

Leia mais

CONTRATO 011/2010 DESCRIÇÃO DO MATERIAL/SERVIÇO

CONTRATO 011/2010 DESCRIÇÃO DO MATERIAL/SERVIÇO PROCESSO Nº 129710/2010 PREGÃO Nº 002/2010 UNIOESTE/CAMPUS DE TOLEDO CONTRATO 011/2010 CLÁUSULA PRIMEIRA OBJETO Contrato objetivando a seleção de propostas visando registro de preços de Serviços de Hospedagem

Leia mais

O PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO MARANHÃO, no uso de suas atribuições legais e regimentais,

O PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO MARANHÃO, no uso de suas atribuições legais e regimentais, RESOLUÇÃO N.º 01/2010-TJ PODER JUDICIÁRIO Dispõe sobre o controle de frequência dos servidores do Poder Judiciário do Estado do Maranhão. O PRESIDENTE DO, no uso de suas atribuições legais e regimentais,

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTE DE CONDUTA Nº 0115/2006

TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTE DE CONDUTA Nº 0115/2006 TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTE DE CONDUTA Nº 0115/2006 Pelo presente instrumento, por um lado a Agência Nacional de Saúde Suplementar, pessoa jurídica de direito público, autarquia especial vinculada ao

Leia mais

Vara Regional da Infância e Juventude da 1ª Circunscrição Judiciária

Vara Regional da Infância e Juventude da 1ª Circunscrição Judiciária Vara Regional da Infância e Juventude da 1ª Circunscrição Judiciária PORTARIA Nº 06/2011 Diário de Justiça Eletrônico Disciplina o procedimento para a entrada e permanência de crianças e adolescentes em

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA

TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA PP - Procedimento Preparatório nº 06.2012.00007067-6 TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA O MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SANTA CATARINA, representado, neste ato, pela Promotora de Justiça

Leia mais

CONTRATO ADM Nº 054/2013 CONTRATO DE LOCAÇÃO DE SOFTWARES, QUE FAZEM A PREFEITURA MUNICIPAL DE CACHOEIRA ALTA GO E PUBLICAS SOLUÇÕES LTDA ME.

CONTRATO ADM Nº 054/2013 CONTRATO DE LOCAÇÃO DE SOFTWARES, QUE FAZEM A PREFEITURA MUNICIPAL DE CACHOEIRA ALTA GO E PUBLICAS SOLUÇÕES LTDA ME. CONTRATO ADM Nº 054/2013 CONTRATO DE LOCAÇÃO DE SOFTWARES, QUE FAZEM A PREFEITURA MUNICIPAL DE CACHOEIRA ALTA GO E PUBLICAS SOLUÇÕES LTDA ME. Pelo presente instrumento particular de contrato que celebram

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO VERDE

PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO VERDE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVICOS, QUE ENTRE SI, CELEBRAM O MUNICÍPIO DE RIO VERDE, E MARINA DE OLIVEIRA BORGES PINTO, NA FORMA ABAIXO: N.º 137/2013 O MUNICÍPIO DE RIO

Leia mais

ANEXO I ESPECIFICAÇÕES DO OBJETO TOMADA DE PREÇOS Nº 03/2010

ANEXO I ESPECIFICAÇÕES DO OBJETO TOMADA DE PREÇOS Nº 03/2010 ANEXO I ESPECIFICAÇÕES DO OBJETO TOMADA DE PREÇOS Nº 03/2010 a) Prestação de Assessoria Jurídica em processos administrativos de registro, cadastro, sindicâncias e oriundos da fiscalização; b) Acompanhamento

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA

MINISTÉRIO PÚBLICO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PROCESSO N.º 1919-0900/12-2 AJDG N.º 72/12 O ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, por intermédio da PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA, órgão administrativo do MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL,

Leia mais

A presente Ata de Registro de preços vigorará pelo prazo de 12 (doze) meses, a partir da data de sua assinatura.

A presente Ata de Registro de preços vigorará pelo prazo de 12 (doze) meses, a partir da data de sua assinatura. MUNICÍPIO DE HORIZONTINA EDITAL N.º 021/2015 PREGÃO PRESENCIAL ATA DE REGISTRO DE PREÇOS N.º 016/2015 Aos trinta dias do mês de março de dois mil e quinze, nas dependências da Prefeitura Municipal, situada

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Licitações e Compras Contrato nº 081/2007 Fls.

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Licitações e Compras Contrato nº 081/2007 Fls. Contrato nº 081/2007 Fls. 1 MINUTA TERMO DE CONTRATO Convite de Preços n.º 081/07 Processo n.º 11784/05 Objeto: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE DESCUPINIZAÇÃO DO PREDIO E ACERVO DO

Leia mais

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina CONTRATO N. 079/2007 Contrato para prestação de serviços de guarda de veículo em garagem coberta, em período integral, autorizado pelo Senhor Eduardo Cardoso,

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº. 503 PREGÃO Nº. 007/2012 CONTRATANTE: PREFEITURA MUNICIPAL DE TELÊMACO BORBA CONTRATADA: DEFENSIVE CONTROLE DE PRAGAS LTDA. Aos doze dias do mês de

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICIPIO DE PORTO VELHO PROCURADORIA GERAL CONTRATO Nº 098/PGM/2012 - PROCESSO Nº 08.0001/2012

PREFEITURA DO MUNICIPIO DE PORTO VELHO PROCURADORIA GERAL CONTRATO Nº 098/PGM/2012 - PROCESSO Nº 08.0001/2012 1 CONTRATO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE PORTO VELHO, POR INTERMÉDIO DA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE / SEMUSA, DE UM LADO, E DO OUTRO A EMPRESA STREAMTEL SERVIÇOS DE TELEMARKETING LTDA, PARA OS

Leia mais

Câmara Municipal de Governador Lindenberg Estado do Espírito Santo

Câmara Municipal de Governador Lindenberg Estado do Espírito Santo CONTRATO ADMINISTRATIVO N 003/2009 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS QUE ENTRE SI FAZEM, DE UM LADO, COMO CONTRATANTE, A CÂMARA MUNICIPAL DE GOVERNADOR LINDEMBERG E DE OUTRO, COMO CONTRATADA, A ÁGAPE ASSESSORIA

Leia mais