TERMO. Automatic Update Restore Point. Backup Recovery Restore Point. Fundamental do Windows XP FCA 1

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "TERMO. Automatic Update Restore Point. Backup Recovery Restore Point. Fundamental do Windows XP FCA 1"

Transcrição

1 Glossário Como dissemos no capítulo 1, apresentamos neste Glossário vários termos e siglas usados ao longo do livro, mas também outros que são comuns na imprensa da especialidade e mesmo em folhetos publicitários. O objectivo é ajudar o utilizador principiante a decifrar uma parte da gíria que, tal como em qualquer área, existe na informática. TERMO Address Book ADSL Attachment Automatic Update Restore Point Backup Recovery Restore Point Bandwidth Barra de ferramentas Bitmap Boot Broadband Connection Burn Byte EXPLICAÇÃO/TRADUÇÃO Livro de Endereços Utilitário do Outlook Express onde são guardados os endereços electrónicos dos contactos do utilizador. Asymmetric Digital Subscriber Line Tipo de DSL (neste caso, assimétrica isto é, com uma velocidade de download diferente da velocidade de upload. O contrário de SDSL, Symmetric Digital Subscriber Line, onde as duas velocidades são rigorosamente iguais). Um DSL é uma tecnologia de transferência de dados, que utilizando a linha telefónica existente, permite um acesso à Internet até 150 vezes mais rápido do que o das linhas analógicas tradicionais. Esta tecnologia permite enviar simultaneamente dados e voz sobre a mesma linha, permitindo a utilização do telefone ou fax enquanto se navega na Internet. Anexo um ficheiro que é enviado em conjunto com uma mensagem de . Um ponto de restauro de onde se pode restaurar o sistema operativo para uma fase em que ele funcionava bem. É criado automaticamente quando se instala um update ao Windows que foi retirado da Internet. Esta função diz respeito ao System Restore. Um ponto de restauro de onde se pode restaurar o sistema operativo para uma fase em que ele funcionava bem. É criado automaticamente quando se usa o utilitário de backup. Largura de banda A capacidade de transferência de dados de um sistema de comunicações digital. A largura de banda é geralmente medida em bits que o sistema é capaz de transferir por segundo: bits per second (bps). High Bandwidth ou Banda Larga, refere-se a uma rede dotada de uma alta capacidade de transferência de dados Conjuntos de botões e menus que aparecem abaixo da barra de título de um programa ou janela. Estes menus e botões têm funções específicas que alteram ou accionam tarefas especificas no programa ou janela. Mapa de bits representação de caracteres ou gráficos por pixels individuais alinhados em linhas ou colunas. Para imagens a preto e branco cada pixel representa 1 bit de dados. Em imagens a cores de alta definição, cada pixel representa 32 bits. Arranque Denominação do processo de iniciar/ ligar (booting) ou reiniciar (re-booting) um computador. Quando é ligado pela primeira vez no dia por exemplo (cold-boot) ou apenas feito um reiniciar (warm boot) o computador corre o software que faz carregar o sistema operativo da máquina, preparando-a para funcionamento. Ligação de banda larga Ligação de alta capacidade de transferência de dados geralmente associada à Internet. As ligações de banda larga actualmente no nosso país podem ir desde o ADSL de 256/ 512/ 768/ até aos 1024 Kbps (1 Mbps) e na Internet por cabo (640/ 1024 Kbps (1 Mbps). Chama-se burn ao acto de gravar qualquer volume de informação para um CD. Unidade de dados geralmente o equivalente a um único carácter ou dígito. Um byte é composto por 8 bits. Fundamental do Windows XP FCA 1

2 Cable modem CD-Key CD-R Compact Disc Recordable CD-RW Compact Disc Re-writable Chat Command line tool Command Shell Compressão Data Storage Device Defragmentation Device Driver DHCP Server Dial-up connection Domain Download GIF Modem cabo dispositivo que cria uma ligação de banda larga à Internet através de cabos da televisão por cabo. As velocidades variam (ver Broadband Connection) atingindo velocidades de 10 Mbps (megabits). Combinação única de dígitos encontrada geralmente na caixa de um CD-ROM que identifica e comprova a licença de utilização para um determinado software. Tipo de CD no qual podem ser gravados ficheiros. Uma vez gravados, esses ficheiros não podem ser apagados. Tipo de CD no qual se pode gravar, apagar e voltar a gravar ficheiros múltiplas vezes. Conversar Comunicar com outras pessoas em tempo real, através de um programa concebido para o efeito (ex. MIRC, Windows Messenger). Ferramentas da linha de comando ferramentas ou funções que são especificadas numa linha de comando de MS-DOS. Programa separado que providencia acesso directo entre o utilizador e o sistema operativo. Uma shell não tem interface gráfico e apenas pode correr software baseado em caracteres, neste caso no MS-DOS. Codificação especial dos dados para reduzir o tamanho do ficheiro. Os ficheiros comprimidos têm de ser descomprimidos para poderem ser usados. As extensões mais comuns de ficheiros compactados são.zip,.rar,.ace (antigamente.arj). Unidade de armazenamento de dados Qualquer dispositivo de armazenamento de dados como disquete, disco rígido, CD-ROM, ZIP, etc. Desfragmentação O processo de reescrever partes de ficheiros no disco rígido tendo como objectivo o aumento da velocidade de acesso. Quando os ficheiros sofrem upgrades, o sistema tende a guardar esse upgrade em espaços muito maiores do que ele precisa e num sector completamente diferente do resto do ficheiro. Quando isto acontece, o tempo de acesso ao ficheiro aumenta, tornando o sistema mais lento, porque o computador tem de procurar todas as partes do ficheiro cada vez que acede a ele. Desfragmentando evita esse tempo de procura pois junta todas as partes do mesmo ficheiro em sectores contíguos, aumentado assim a velocidade do sistema. Controlador de dispositivo um programa que permite que um dispositivo específico como um scanner, por exemplo, comunique com o sistema operativo podendo funcionar correctamente com todas as funções para que foi concebido. Computador que corre o serviço DHCP da Microsoft, permitindo que o endereço de IP mude quantas vezes for necessário. Ligação a uma rede que use a linha telefónica. Inclui modems normais de ligação à Internet (9, 14, 33.6 ou 56 K), modems ISDN (RDIS 64, 128K ou redes X. 25). Como utilizador comum pode ter uma ou duas ligações dial-ups... uma à Internet e uma directa a uma empresa. Numa situação mais complexa de servidores, uma rede de múltiplas ligações com modem pode ser usada para implementar routing avançado. Domínio Grupo de computadores que são parte de uma rede e partilham uma directoria em comum. Um domínio é administrado com as suas próprias regras e procedimentos. Cada domínio tem um nome único. Descarregar ou receber informação por uma rede copiando esta informação para um computador na qual possa ser acedida localmente. Ao contrário de stream que consiste em aceder aos dados directamente na fonte sem que seja feita qualquer cópia desses dados. Correio electrónico Como o nome indica, correio electrónico é um método de mandar mensagens (correio) pela Internet. Tipo de ficheiro que utiliza um método de compressão de imagens limitado a 256 cores ou menos. Fundamental do Windows XP FCA 2

3 GigaByte (Gb) 1024 megabytes. Hacker Pessoa que tenta ganhar acesso a um computador ou software por meios ilegais, muitas vezes com intenções não muito simpáticas de provocar alguns danos nos dados que o sistema contém, frequentemente utilizando o método de introdução de vírus. Hardware Os componentes físicos do computador incluindo todos os periféricos como impressoras, ratos, scanners, modems, etc. HD Hard disk Disco rígido. Unidade principal de armazenamento do computador. Host name Nome do anfitrião Normalmente é o nome de um computador na rede. Estes nomes são usados para identificar os computadores na rede. Para um computador ser acedido na rede, é necessário que o seu nome figure na lista de hosts ou que o seu nome seja conhecido por algum DNS (Domain Name System) server. Para a maior parte dos computadores com Windows, o Host Name e o Computer Name são exactamente o mesmo. HTML (Hyper Text Markup Language) Uma linguagem de programação usada para criar documentos em hipertexto que podem ser visualizados em computadores a correr uma variedade ilimitada de programas e sistemas operativos. Os ficheiros HTML são na verdade simples ficheiros de texto em ASCII com códigos embutidos. http (Hyper Text Transfer Protocol) O protocolo usado para transferir informação da Internet (www world wide web). Uma morada http URL (Uniform Resource Locator) único geralmente é por exemplo: IMAP (Internet Message Access Protocol) Método pelo qual os programas de conseguem ter acesso às mensagens de no servidor. O IMAP permite ao utilizador receber mensagens para mais do que um computador. Indexing Service Um auxiliar do motor de busca que mantém um índice de todos os ficheiros existentes no computador permitindo assim uma busca mais rápida. Initial System Checkpoint Um ponto de restauro de onde se pode restaurar o sistema operativo para uma fase em que ele funcionava bem. É criado automaticamente quando se inicia pela primeira vez uma sessão no Windows XP. Esta função diz respeito ao System Restore. Installation Checkpoint Um ponto de restauro de onde se pode restaurar o sistema operativo para uma fase em que ele funcionava bem, que é criada automaticamente quando se instala um programa ou qualquer tipo de software. Esta função diz respeito ao System Restore. Internet Connection (ICS) Função que permite que se liguem vários computadores à Internet Service utilizando apenas uma ligação. Destinada a casos em que o computador que está directamente ligado à Internet e que tem o ICS configurado é o que dirige a comunicação entre computadores que estão na rede e o mundo exterior. Internet Directory Service Motor de busca independente que permite localizar pessoas e instituições em todo o mundo através da Internet. Internet Protocol (Endereço IP) Um endereço 32-bit usado para identificar um computador (ou node) numa rede de ip. Cada computador (ou node) tem de ter um endereço ip único que é constituído pelo ID da rede onde se encontra e pelo ID único de anfitrião. Geralmente é constituído pelo valor decimal de cada grupo de 8 bits separados por um. E cada um vai de 1 a 254. por exemplo: Intranet Rede privada de uma empresa. Frequentemente este tipo de redes possui ligação à Internet. ISDN RDIS (Integrated Services Digital Network) Linha de telefone digital que permite o acesso à Internet de uma forma mais rápida. Também se inclui o ISDN nas Internet s de banda larga. Uma linha RDIS (ou ISDN) tem de ser instalada e configurada pela companhia telefónica quer na casa do cliente quer na própria companhia que disponibiliza o serviço. Fundamental do Windows XP FCA 3

4 ISP Jaz Disk Drive JPEG Kilobyte (Kb) LAN Logging Off Logging On Mail box Main Board Manual Checkpoint Megabyte (Mb) Modem Network Network Adapter Network Administrator Network Bridge Network Diagnostics Network Domain Internet Service Provider Companhia que providencia o acesso à Internet pelos utilizadores. Geralmente providencia um numero de telefone, um username e uma password e outros tipos de informação para que utilizadores possam ligar os seus computadores aos seus servidores e assim aceder à Internet. Alguns exemplos de ISP em Portugal são Netcabo, Telepac, Oni, Yorn, etc. (unidade de armazenamento Jaz) É uma drive externa que usa disquetes Jaz para armazenar dados com uma capacidade máxima de 2 Gb. (Joint Photographic Experts Group) Ficheiro que utiliza um método de compressão de imagem criado para comprimir tanto imagens a cores como a preto e branco. Pode ser usado com fotografias, desenhos e todo o género de imagens. É dos métodos de compressão de imagens mais eficaz bytes. (Local Area Network Rede Local) Grupo de computadores e outros dispositivos dispersos por uma área relativamente limitada e ligados por um link de comunicações que permite a interacção de cada dispositivo com qualquer outro na rede. Desligar o computador de um domínio de rede Ligar o computador a uma rede, introduzindo o username e uma password que identifica o utilizador na rede. (caixa de correio) No Outlook Express, é o local onde estão situadas as suas pastas de . Placa principal do computador à qual são ligados todos os componentes. Ponto de restauro de onde se pode restaurar o sistema operativo para uma fase em que ele funcionava bem e que é criada pelo utilizador. Esta função diz respeito ao System Restore Kilobytes (Modulator Demodulator) dispositivo que permite que a informação do computador seja transmitida e recebida por uma linha telefónica (e não só ver Cable Modem). O modem telefónico que está a enviar, traduz os dados digitais do computador para linguagem de telefone analógica que podem ser transportados pela linha telefónica. O modem que está a receber traduz a linguagem analógica de novo para digital para que o computador a possa interpretar. (Rede) Grupo de computadores e outros dispositivos interligados por um link de comunicações que lhes permite comunicarem entre si. As redes podem ser de dimensão variada, permanentemente ligadas por fios ou cabos, ou ainda temporariamente ligadas por linhas telefónicas ou transmissão sem fios. A maior rede do mundo é a própria Internet, que é constituída por grupo de redes a nível mundial. (adaptador de rede) Dispositivo (geralmente uma placa PCI) que liga o seu computador a uma rede. Geralmente denominada Placa de rede. (Administrador de Rede) Pessoa responsável pelo planeamento, configuração e controlo do funcionamento da rede. Um administrador de rede é também chamado de Administrador de sistemas. (ponte) Ferramenta que automatiza o processo de transferência de informação de um tipo de média para outro. (Diagnósticos de rede) Ferramenta que reúne e dá a conhecer a informação sobre o hardware e o sistema operativo do computador, ligação à Internet, modem e adaptadores de rede. (Domínio de Rede) Ver Domínio. Fundamental do Windows XP FCA 4

5 NewsGroup Optical Charater Information Password Periférico Permissão Pixel Plug and Play POP3 Program Name Instalation Restore Point Protocolo Quick Launch Toolbar RAM Remote Access Server Restore Operation Point Screen Saver Server Share Grupo de mensagens colocadas por pessoas, geralmente num tipo de discussão sobre um determinado assunto num news server (computador que aloja milhares de newsgroups). Os newsgroups são muito usados para recolher informações de um determinado assunto ou mesmo retirar software. (OCR) Software que permite a um dispositivo (nomeadamente um scanner) converter uma cópia em papel de um documento ou de uma fotografia para um ficheiro de dados. No caso do documento em papel, permite que este seja editado sem que seja necessário copiar o documento digitando o seu conteúdo num editor de texto. Palavra-passe Medida de segurança implementada para restringir o acesso a contas de utilizadores, sistemas informáticos ou recursos. Uma password é uma combinação única de caracteres que tem que ser introduzidos antes do acesso ao sistema. As passwords do Windows XP são case-sensitive, isto é, reagem a maiúsculas e minúsculas, ou seja, um A não é igual a um a ) e podem ter até 14 caracteres. Dispositivo externo que está ligado ao computador. Ex.: monitor, teclado, rato, etc. Regra associada a um objecto para regular quais os utilizadores que têm acesso a esse objecto e de que maneira. Permissões são dadas ou negadas pelo dono do objecto. Abreviatura de Picture Element. Um pixel é o elemento mais pequeno numa imagem e o software usa-o para criar letras, números ou gráficos (imagens). Características de configuração e especificações que permitem que uma peça de hardware seja automaticamente identificado pelo computador. (Post Office Protocol 3) Protocolo muito comum para receber mensagens de . Este protocolo é muitas vezes usado pelos ISP s (ver ISP). Ao contrário dos servers IMAP, que permitem o acesso a múltiplas pastas no servidor, o protocolo POP3 permite o acesso a uma única pasta Inbox. É o protocolo que geralmente trata da RECEPÇÃO das mensagens. Um ponto de restauro de onde se pode restaurar o sistema operativo para uma fase em que ele funcionava bem, que é criada automaticamente quando se instala um programa. Esta função diz respeito ao System Restore. Conjunto de regras e procedimentos para transmissão de mensagens através de uma rede. Estas regras controlam o conteúdo, o formato, o tempo, a sequência, e o controlo de erros nas mensagens trocadas entre dispositivos de rede. (Barra de Acesso Rápido) Espaço à direita do botão START configurável, que contém links para programas mais utilizados tais como o Internet Explorer, necessitando apenas de um clique para os iniciar. Random Access Memory Memória que pode ser lida ou escrita por um computador ou outros dispositivos. A informação guardada na RAM é perdida quando o computador é desligado. Servidor de acesso remoto Computador Windows a correr o serviço de acesso remoto e routing e destinado a providenciar acesso remoto aos computadores numa rede. Ponto de restauro de onde se pode restaurar o sistema operativo para uma fase em que ele funcionava bem, que é criada automaticamente quando se restaura o sistema (quando se faz um Restore). Esta função diz respeito ao System Restore. Imagem estática ou dinâmica que aparece no ecrã ao fim de algum tempo de inactividade do computador. O espaço de tempo de inactividade a partir do qual o screen saver entra em funções, pode ser configurado pelo utilizador. Computador que providencia os recursos partilhados na rede. Partilhar Tornar certos itens, por exemplo pastas, discos impressoras, etc., disponíveis para outros utilizadores da mesma rede. Fundamental do Windows XP FCA 5

6 SMTP Stand by System Checkpoint Theme Thumbnail Trojan Horse UPS USB User account Virtual Private Network Vírus Volume Zip Disk Drive (Simple Mail Transfer Protocol) Membro de um grupo de protocolos que controlam as trocas de entre os servers. O SMTP é o protocolo que trata geralmente do ENVIO de mensagens. Processo de manter uma sessão de Windows activa num estado adormecido para que o computador utilize o mínimo de energia, mantendo a informação do utilizador em memória. Ponto de restauro de onde se pode restaurar o sistema operativo para uma fase em que ele funcionava bem, que é criada automaticamente pelo Windows em intervalos regulares. Estes checkpoints são criados em cada 24 horas, ou de cada vez que o computador é ligado. Se por acaso o computador estiver desligado por mais de 24 horas, logo que é ligado ele cria um System Restore Point. Esta função diz respeito ao System Restore. (Tema) Conjunto de elementos visuais que providenciam um aspecto diferente do original a todos os elementos (icons, desktop, cores, etc.), deixando-os sempre no mesmo estilo. Também define sons no sistema para diversas tarefas, como sejam abrir e fechar pastas, etc. Versão mais pequena da imagem ou gráfico que representa. (Cavalo de Tróia) Chamam-se Cavalos de Tróia aos programas que se disfarçam de outros para conseguir receber informação. Um exemplo de Cavalo de Tróia é um programa que se comporta como um ecrã de logon com o objectivo de roubar usernames e passwords de utilizadores para que mais tarde com essa informação, as pessoas que programaram esse Cavalo de Tróia possam entrar no sistema. Uninterrupted Power System Dispositivo que assegura o fornecimento da energia necessária ao fecho do sistema durante uma quebra de corrente. Universal Serial Bus Porta de ligação do computador ou interface para ligar dispositivos como teclado, rato, impressora, scanner, etc. Este interface permite que o dispositivo seja ligado e desligado do computador, ficando a funcionar automaticamente, evitando assim que o sistema tenha de ser desligado para o dispositivo ficar a funcionar. Evita também uma instalação mais trabalhosa do dispositivo. Conta de utilizador Registo da informação que define um utilizador no Windows. Isto inclui o username e a password necessários para o utilizador aceder ao sistema, definir a que grupos pertence, que permissões pode ter nesse computador para aceder a uma rede e usufruir dos seus recursos. VPN Rede privada ligações de rede privadas que permitem o acesso remoto directo a redes privadas na Internet (por exemplo uma ligação exclusiva à intranet de uma empresa). Um vírus de computador é um programa que afecta os ficheiros ou programas de um computador, copiando-se a si próprio nesses ficheiros e pode ter efeitos graves e incomodativos. Um programa que se aloje no programa de e comece a enviar cópias dele mesmo para todos contactos registados na lista de endereços é um exemplo de vírus. Área de armazenamento num disco rígido. Um volume é formatado usando um sistema de ficheiros (Fat, Fat32, NTFS) e tem uma letra associada a ele (exemplo c:\ ). Um único disco rígido pode ter vários volumes. (Drive ZIP) Uma drive externa ou interna que permite ser ligada ao computador e usa disquetes ZIP para armazenar ficheiros. Cada disquete tem 100, 250 ou recentemente 750 MB de capacidade de armazenamento. Fundamental do Windows XP FCA 6

Internet ou Net. É uma rede mundial de computadores ligados entre si através s de linhas telefónicas comuns.

Internet ou Net. É uma rede mundial de computadores ligados entre si através s de linhas telefónicas comuns. Internet Internet ou Net É uma rede mundial de computadores ligados entre si através s de linhas telefónicas comuns. Como Comunicam os computadores Os computadores comunicam entre si utilizando uma linguagem

Leia mais

A Internet, ou apenas Net, é uma rede mundial de computadores ligados, entre si, através de linhas telefónicas comuns, linhas de comunicação

A Internet, ou apenas Net, é uma rede mundial de computadores ligados, entre si, através de linhas telefónicas comuns, linhas de comunicação A Internet, ou apenas Net, é uma rede mundial de computadores ligados, entre si, através de linhas telefónicas comuns, linhas de comunicação privadas, satélites e outros serviços de telecomunicação. Hardware

Leia mais

Internet. O que é a Internet?

Internet. O que é a Internet? O que é a Internet? É uma rede de redes de computadores, em escala mundial, que permite aos seus utilizadores partilharem e trocarem informação. A Internet surgiu em 1969 como uma rede de computadores

Leia mais

INFORMÁTICA IINTERNET / INTRANET

INFORMÁTICA IINTERNET / INTRANET INFORMÁTICA IINTERNET / INTRANET Objectivos História da Internet Definição de Internet Definição dos protocolos de comunicação Entender o que é o ISP (Internet Service Providers) Enumerar os equipamentos

Leia mais

Conceitos básicos sobre TIC

Conceitos básicos sobre TIC Conceitos básicos sobre TIC Origem da palavra Informática Informação + Automática Informática Significado: Tratamento ou processamento da informação utilizando meios automáticos, nomeadamente o computador.

Leia mais

T ecnologias de I informação de C omunicação

T ecnologias de I informação de C omunicação T ecnologias de I informação de C omunicação 9º ANO Prof. Sandrina Correia TIC Prof. Sandrina Correia 1 Objectivos Aferir sobre a finalidade da Internet Identificar os componentes necessários para aceder

Leia mais

Apresentação de SISTEMAS OPERATIVOS

Apresentação de SISTEMAS OPERATIVOS Apresentação de SISTEMAS OPERATIVOS Curso Profissional de Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos MÓDULO V Configuração Avançada de Sistemas Operativos Servidores Duração: 42 tempos Conteúdos

Leia mais

Introdução às Tecnologias de Informação e Comunicação. Conceitos Introdutórios

Introdução às Tecnologias de Informação e Comunicação. Conceitos Introdutórios Introdução às Tecnologias de Informação e Comunicação Conceitos Introdutórios Informática Informática - Tratamento ou processamento da informação utilizando meios automáticos, nomeadamente o computador.

Leia mais

Algumas informações sobre a rede informática do ISA

Algumas informações sobre a rede informática do ISA Algumas informações sobre a rede informática do ISA Fernanda Valente Graça Abrantes A grande maioria dos computadores do Instituto Superior de Agronomia estão ligados entre si constituindo uma Intranet,

Leia mais

Manual Internet. Professora: Elisa Carvalho elisa_castro@sapo.pt http://elisacarvalho.no.sapo.pt

Manual Internet. Professora: Elisa Carvalho elisa_castro@sapo.pt http://elisacarvalho.no.sapo.pt Manual Internet Professora: Elisa Carvalho elisa_castro@sapo.pt http://elisacarvalho.no.sapo.pt Fevereiro de 2006 Índice Internet... 2 Correio electrónico... 2 Os endereços... 2 Lista de correio... 2 Grupos

Leia mais

Glossário de Internet

Glossário de Internet Acesso por cabo Tipo de acesso à Internet que apresenta uma largura de banda muito superior à da linha analógica. A ligação é feita com recurso a um modem (de cabo), que se liga à ficha de sinal de TV

Leia mais

Guia de Estudo. Redes e Internet

Guia de Estudo. Redes e Internet Tecnologias da Informação e Comunicação Guia de Estudo Redes e Internet Aspectos Genéricos Uma rede de computadores é um sistema de comunicação de dados constituído através da interligação de computadores

Leia mais

INFORMÁTICA PARA GESTÃO I Curso Superior de Gestão de Marketing

INFORMÁTICA PARA GESTÃO I Curso Superior de Gestão de Marketing INFORMÁTICA PARA GESTÃO I Curso Superior de Gestão de Marketing Docente (Teóricas): E-mail: vmnf@yahoo.com Web: http://www.vmnf.net/ipam Aula 10 Sumário A Internet: História, Serviços e Tipos de Ligação

Leia mais

Guia de funcionamento do projector em rede

Guia de funcionamento do projector em rede Guia de funcionamento do projector em rede Tabela de conteúdos Preparação...3 Ligar o projector ao seu computador...3 Ligação sem fios (para alguns modelos)... 3 QPresenter...5 Requisitos mínimos do sistema...5

Leia mais

Tecnologias da Informação e Comunicação. Principais tipos de serviços da Internet

Tecnologias da Informação e Comunicação. Principais tipos de serviços da Internet Tecnologias da Informação e Comunicação Principais tipos de serviços da Internet Introdução à Internet Serviços básicos Word Wide Web (WWW) Correio electrónico (e-mail) Transferência de ficheiros (FTP)

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES

REDES DE COMPUTADORES REDES DE COMPUTADORES O QUE É PROTOCOLO? Na comunicação de dados e na interligação em rede, protocolo é um padrão que especifica o formato de dados e as regras a serem seguidas. Sem protocolos, uma rede

Leia mais

Introdução à Informática

Introdução à Informática Introdução à Informática Noções Básicas de Informática Componentes de hardware Monitor : permite visualizar informação na forma de imagem ou vídeo; todo o trabalho desenvolvido com o computador pode ser

Leia mais

Áreas de aplicação das TIC

Áreas de aplicação das TIC O que é a Informática? Ficha Informativa Nº 5 Tratamento ou processamento da informação de forma automática. Dados - São designações de entidades que constituem a informação. Exemplo: Objetos, símbolos,

Leia mais

INFORMÁTICA FUNDAMENTOS DE INTERNET. Prof. Marcondes Ribeiro Lima

INFORMÁTICA FUNDAMENTOS DE INTERNET. Prof. Marcondes Ribeiro Lima INFORMÁTICA FUNDAMENTOS DE INTERNET Prof. Marcondes Ribeiro Lima Fundamentos de Internet O que é internet? Nome dado a rede mundial de computadores, na verdade a reunião de milhares de redes conectadas

Leia mais

Redes de Computadores II

Redes de Computadores II Redes de Computadores II INTERNET Protocolos de Aplicação Intranet Prof: Ricardo Luís R. Peres As aplicações na arquitetura Internet, são implementadas de forma independente, ou seja, não existe um padrão

Leia mais

Introdução à estrutura e funcionamento de um Sistema Informático

Introdução à estrutura e funcionamento de um Sistema Informático Introdução à estrutura e funcionamento de um Sistema Informático Elementos que constituem o Computador O funcionamento do computador é possível devido aos vários elementos interligados que o constituem:

Leia mais

MINI DICIONÁRIO TÉCNICO DE INFORMÁTICA. São apresentados aqui alguns conceitos básicos relativos à Informática.

MINI DICIONÁRIO TÉCNICO DE INFORMÁTICA. São apresentados aqui alguns conceitos básicos relativos à Informática. Tecnologias da Informação e Comunicação MINI DICIONÁRIO TÉCNICO DE INFORMÁTICA São apresentados aqui alguns conceitos básicos relativos à Informática. Informática: Tratamento da informação por meios automáticos.

Leia mais

Escola Básica 2, 3 de Lamaçães Planificação Anual 2007/08 Tecnologias de Informação e Comunicação

Escola Básica 2, 3 de Lamaçães Planificação Anual 2007/08 Tecnologias de Informação e Comunicação Escola Básica 2, 3 de Lamaçães Planificação Anual 2007/08 Tecnologias de Informação e Comunicação Unidade de Ensino/Aprendizagem Tecnologias da Informação e Comunicação Conceitos Introdutórios Conceitos

Leia mais

INFORMÁTICA PARA CONCURSOS

INFORMÁTICA PARA CONCURSOS INFORMÁTICA PARA CONCURSOS Prof. BRUNO GUILHEN Vídeo Aula VESTCON MÓDULO I - INTERNET Aula 01 O processo de Navegação na Internet. A CONEXÃO USUÁRIO PROVEDOR EMPRESA DE TELECOM On-Line A conexão pode ser

Leia mais

Apresentação de SISTEMAS OPERATIVOS

Apresentação de SISTEMAS OPERATIVOS Apresentação de SISTEMAS OPERATIVOS Curso Profissional de Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos MÓDULO III Sistema Operativo Servidor Duração: 52 tempos Conteúdos (1) Efectuar o levantamento

Leia mais

TIC TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO (TI) TECNOLOGIAS ORIGEM DA PALAVRA

TIC TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO (TI) TECNOLOGIAS ORIGEM DA PALAVRA TIC TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO (TI) TECNOLOGIAS ORIGEM DA PALAVRA Provém das palavras gregas technê, que significa saber fazer, e logia, que significa conhecimento organizado SIGNIFICADO É o conhecimento

Leia mais

Internet e seus recursos

Internet e seus recursos O Portal dos Miúdos e Graúdos Instituto Politécnico de Bragança Escola Superior de Educação Internet e seus recursos Portal dos Catraios, 2002 Vitor Gonçalves Conceito Básico INTERNET é uma rede global

Leia mais

Prof. Sandrina Correia

Prof. Sandrina Correia Tecnologias de I informação de C omunicação 9º ANO Prof. Sandrina Correia TIC Prof. Sandrina Correia 1 Objectivos Definir os conceitos de Hardware e Software Identificar os elementos que compõem um computador

Leia mais

11 - Q34826 ( FCC - 2010 - DPE - SP - Oficial de Defensoria Pública / Noções de Informática / Internet e intranet; )

11 - Q34826 ( FCC - 2010 - DPE - SP - Oficial de Defensoria Pública / Noções de Informática / Internet e intranet; ) 11 - Q34826 ( FCC - 2010 - DPE - SP - Oficial de Defensoria Pública / Noções de Informática / Internet e intranet; ) Algumas Regras Gerais de Uso do Computador I. Sempre feche todas as aplicações abertas

Leia mais

TECNOLOGIA WEB INTERNET PROTOCOLOS

TECNOLOGIA WEB INTERNET PROTOCOLOS INTERNET PROTOCOLOS 1 INTERNET Rede mundial de computadores. Também conhecida por Nuvem ou Teia. Uma rede que permite a comunicação de redes distintas entre os computadores conectados. Rede WAN Sistema

Leia mais

Microsoft Internet Explorer. Browser/navegador/paginador

Microsoft Internet Explorer. Browser/navegador/paginador Microsoft Internet Explorer Browser/navegador/paginador Browser (Navegador) É um programa que habilita seus usuários a interagir com documentos HTML hospedados em um servidor web. São programas para navegar.

Leia mais

Módulo 1 Introdução às Redes

Módulo 1 Introdução às Redes CCNA 1 Conceitos Básicos de Redes Módulo 1 Introdução às Redes Ligação à Internet Ligação à Internet Uma ligação à Internet pode ser dividida em: ligação física; ligação lógica; aplicação. Ligação física

Leia mais

INTERNET. TCP/IP protocolo de comunicação sobre o qual se baseia a Internet. (conjunto de regras para a comunicação entre computadores)

INTERNET. TCP/IP protocolo de comunicação sobre o qual se baseia a Internet. (conjunto de regras para a comunicação entre computadores) TCP/IP protocolo de comunicação sobre o qual se baseia a Internet. (conjunto de regras para a comunicação entre computadores) A cada computador integrado na rede é atribuído um número IP que o identifica

Leia mais

Vodafone ADSL Station Manual de Utilizador. Viva o momento

Vodafone ADSL Station Manual de Utilizador. Viva o momento Vodafone ADSL Station Manual de Utilizador Viva o momento 3 4 5 5 6 6 7 8 9 12 12 14 16 17 18 19 20 21 22 22 23 23 24 24 24 25 26 27 Ligar o Router LEDs Configuração do Router Aceder à ferramenta de configuração

Leia mais

TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO

TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO O que é a Informática? A palavra Informática tem origem na junção das palavras: INFORMAÇÃO + AUTOMÁTICA = INFORMÁTICA...e significa, portanto, o tratamento da informação

Leia mais

Hospitais 2004. Inquérito à Utilização das Tecnologias da Informação e da Comunicação DOCUMENTO METODOLÓGICO

Hospitais 2004. Inquérito à Utilização das Tecnologias da Informação e da Comunicação DOCUMENTO METODOLÓGICO Hospitais 2004 Inquérito à Utilização das Tecnologias da Informação e da Comunicação DOCUMENTO METODOLÓGICO ÍNDICE 1. IDENTIFICAÇÃO E OBJECTIVOS DO PROJECTO... 3 2. RECOLHA E TRATAMENTO DA INFORMAÇÃO...

Leia mais

Guia rápido de utilização da Caixa Mágica

Guia rápido de utilização da Caixa Mágica Guia rápido de utilização da Caixa Mágica Este Guia especialmente dirigido a iniciados em Linux pretende ajudá-lo no arranque da utilização do mesmo. Se deparar com problemas ao executar os passos aqui

Leia mais

O processo de Navegação na Internet APRESENTAÇÃO DO CURSO. Prof. BRUNO GUILHEN. O Internet Explorer INFORMÁTICA BÁSICA

O processo de Navegação na Internet APRESENTAÇÃO DO CURSO. Prof. BRUNO GUILHEN. O Internet Explorer INFORMÁTICA BÁSICA APRESENTAÇÃO DO CURSO Prof. BRUNO GUILHEN O processo de Navegação na Internet INFORMÁTICA BÁSICA A NAVEGAÇÃO Programas de Navegação ou Browser : Internet Explorer; O Internet Explorer Netscape Navigator;

Leia mais

DAB (DIGITAL AUDIO BROADCASTING)

DAB (DIGITAL AUDIO BROADCASTING) DAB (DIGITAL AUDIO BROADCASTING) DAEMON DATA MINING DATA STRUCTURE DATA WAREHOUSE DATABASE DAB (DIFUSÃO DE ÁUDIO DIGITAL) Essa tecnologia em desenvolvimento é considerada o padrão de rádio do futuro. Permite

Leia mais

CONFIGURAR O OUTLOOK 2003

CONFIGURAR O OUTLOOK 2003 Manual de configuração do acesso ao E-Mail via Outlook 2003. OBJECTIVO: Mostrar como aceder via POP3s ao e-mail do SAPO; Explicar quais os dados relevantes para configurar um cliente de e-mail Microsoft

Leia mais

Tecnologias da Informação e Comunicação: Internet

Tecnologias da Informação e Comunicação: Internet Tecnologias da Informação e Comunicação UNIDADE 3 Tecnologias da Informação e Comunicação: Internet Aula nº 2º Período Escola EB 2,3 de Taíde Ano lectivo 2009/2010 SUMÁRIO Introdução à Internet: história

Leia mais

Conceitos Sistema da informação e comunicação N.º de Aulas

Conceitos Sistema da informação e comunicação N.º de Aulas PLANIFICAÇÃO AGRUPAMENTO ANUAL - DE TECNOLOGIAS ANO ESCOLAS LECTIVO DR. VIEIRA DE CARVALHO 9º ANO 2008/2009 DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Tecnologias 1º Período Conceitos Sistema da informação e comunicação

Leia mais

DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO ALGARVE Escola Básica Doutor João Lúcio

DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO ALGARVE Escola Básica Doutor João Lúcio DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO ALGARVE Escola Básica Doutor João Lúcio Introdução à Internet Nos dias de hoje a Internet encontra-se massificada, e disponível nos quatro cantos do mundo devido às suas

Leia mais

Conteúdos. Correio Electrónico Protocolos POP3 e SMTP Endereços de correio electrónico Trabalho Prático

Conteúdos. Correio Electrónico Protocolos POP3 e SMTP Endereços de correio electrónico Trabalho Prático Conteúdos Correio Electrónico Protocolos POP3 e SMTP Endereços de correio electrónico Trabalho Prático O desejo de comunicar é a essência das redes. As pessoas sempre desejaram corresponder entre si através

Leia mais

PROCESSAMENTO DE DADOS

PROCESSAMENTO DE DADOS PROCESSAMENTO DE DADOS Aula 1 - Hardware Profa. Dra. Amanda Liz Pacífico Manfrim Perticarrari Profa. Dra. Amanda Liz Pacífico Manfrim Perticarrari 2 3 HARDWARE Todos os dispositivos físicos que constituem

Leia mais

UNIDADE 3: Internet. Navegação na Web utilizando um browser. Utilização de uma aplicação para Correio Electrónico

UNIDADE 3: Internet. Navegação na Web utilizando um browser. Utilização de uma aplicação para Correio Electrónico Navegação na Web utilizando um browser Utilização de uma aplicação para Correio Electrónico A Internet, ou apenas Net, é uma rede mundial de computadores ligados entre si através de linhas telefónicas

Leia mais

CONCEITOS BÁSICOS DE INTERNET. Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA

CONCEITOS BÁSICOS DE INTERNET. Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA CONCEITOS BÁSICOS DE INTERNET Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA conceito inicial Amplo sistema de comunicação Conecta muitas redes de computadores Apresenta-se de várias formas Provê

Leia mais

APRESENTAÇÃO DO CURSO. Prof. BRUNO GUILHEN www.brunoguilhen.com.br. Prof. BRUNO GUILHEN

APRESENTAÇÃO DO CURSO. Prof. BRUNO GUILHEN www.brunoguilhen.com.br. Prof. BRUNO GUILHEN APRESENTAÇÃO DO CURSO Prof. BRUNO GUILHEN www.brunoguilhen.com.br Prof. BRUNO GUILHEN MÓDULO I - INTERNET Aula 01 O processo de Navegação na Internet. O processo de Navegação na Internet A CONEXÃO USUÁRIO

Leia mais

Sérgio Cabrera Professor Informática 1

Sérgio Cabrera Professor Informática 1 1. A tecnologia que utiliza uma rede pública, como a Internet, em substituição às linhas privadas para implementar redes corporativas é denominada. (A) VPN. (B) LAN. (C) 1OBaseT. (D) 1OBase2. (E) 100BaseT.

Leia mais

10/07/2013. Camadas. Principais Aplicações da Internet. Camada de Aplicação. World Wide Web. World Wide Web NOÇÕES DE REDE: CAMADA DE APLICAÇÃO

10/07/2013. Camadas. Principais Aplicações da Internet. Camada de Aplicação. World Wide Web. World Wide Web NOÇÕES DE REDE: CAMADA DE APLICAÇÃO 2 Camadas NOÇÕES DE REDE: CAMADA DE APLICAÇÃO Introdução à Microinformática Prof. João Paulo Lima Universidade Federal Rural de Pernambuco Departamento de Estatística e Informática Aplicação Transporte

Leia mais

MANUAL DE CONFIGURAÇÃO

MANUAL DE CONFIGURAÇÃO MANUAL DE CONFIGURAÇÃO CONTMATIC PHOENIX SUMÁRIO CAPÍTULO I APRESENTAÇÃO DO ACESSO REMOTO... 3 1.1 O que é o ACESSO REMOTO... 3 1.2 Como utilizar o ACESSO REMOTO... 3 1.3 Quais as vantagens em usar o PHOENIX

Leia mais

Sistemas Multimédia. Arquitectura Protocolar Simples Modelo OSI TCP/IP. Francisco Maia famaia@gmail.com. Redes e Comunicações

Sistemas Multimédia. Arquitectura Protocolar Simples Modelo OSI TCP/IP. Francisco Maia famaia@gmail.com. Redes e Comunicações Sistemas Multimédia Arquitectura Protocolar Simples Modelo OSI TCP/IP Redes e Comunicações Francisco Maia famaia@gmail.com Já estudado... Motivação Breve História Conceitos Básicos Tipos de Redes Componentes

Leia mais

http://www.uarte.mct.pt

http://www.uarte.mct.pt ws-ftp 1 sobre o programa...... pag.. 2 descarregar o programa a partir do site da uarte... pag.. 3 instalar o programa...... pag.. 4 a 6 iniciar o programa...... pag.. 7 interface dpo programa... pag..

Leia mais

Sistema Operativo em Ambiente Gráfico

Sistema Operativo em Ambiente Gráfico Sistema Operativo em Ambiente Gráfico Configuração do computador com o sistema operativo de interface gráfico O Windows permite configurar o computador de várias maneiras, quer através do Painel de controlo

Leia mais

COMPUTADORES PC. Prof.: MARCIO HOLLWEG mhollweg@terra.com.br CRONOGRAMA INFORMÁTICA. AULAS 1 e 2 COMPUTADORES PC AULA 3 MS WINDOWS

COMPUTADORES PC. Prof.: MARCIO HOLLWEG mhollweg@terra.com.br CRONOGRAMA INFORMÁTICA. AULAS 1 e 2 COMPUTADORES PC AULA 3 MS WINDOWS CRONOGRAMA AULAS 1 e 2 COMPUTADORES PC AULA 3 MS WINDOWS INFORMÁTICA Prof.: MARCIO HOLLWEG mhollweg@terra.com.br AULA 4 EDITORES DE TEXTO AULA 5 PLANILHAS DE CÁLCULO AULA 6 INTERNET O COMPUTADOR, INDEPENDENTE

Leia mais

Introdução à Internet

Introdução à Internet Introdução à Internet Paulo Santos v. 2.0-2012 1 Índice 1 Introdução à Internet... 3 1.1 Conceitos base... 3 1.1.1 O que é a internet?... 3 1.1.2 O que é preciso para aceder à internet?... 3 1.1.3 Que

Leia mais

Estrutura de um endereço de Internet

Estrutura de um endereço de Internet Barras do Internet Explorer Estrutura de um endereço de Internet Na Internet, cada servidor tem uma identificação única, correspondente ao endereço definido no IP (Internet Protocol). Esse endereço é composto

Leia mais

Redes de computadores e Internet

Redes de computadores e Internet Polo de Viseu Redes de computadores e Internet Aspectos genéricos sobre redes de computadores Redes de computadores O que são redes de computadores? Uma rede de computadores é um sistema de comunicação

Leia mais

[Documentação de Utilização Correio Electrónico dos Estudantes da ESTG]

[Documentação de Utilização Correio Electrónico dos Estudantes da ESTG] [Documentação de Utilização Correio Electrónico dos Estudantes da ESTG] Unidade De Administração de Sistemas Serviços Informáticos Instituto Politécnico de Leiria 10-07-2009 Controlo do Documento Autor

Leia mais

[Documentação de Utilização Correio Electrónico dos Funcionários da ESTG]

[Documentação de Utilização Correio Electrónico dos Funcionários da ESTG] [Documentação de Utilização Correio Electrónico dos Funcionários da ESTG] Unidade De Administração de Sistemas Serviços Informáticos Instituto Politécnico de Leiria 09-06-2010 Controlo do Documento Autor

Leia mais

Internet. Professor: Francisco Silva

Internet. Professor: Francisco Silva Internet e Serviços Internet A Internet, ou apenas Net, é uma rede mundial de computadores ligados entre si através de linhas telefónicas comuns, linhas de comunicação privadas, satélites e outros serviços

Leia mais

Desenvolvimento de Aplicações Web

Desenvolvimento de Aplicações Web Desenvolvimento de Aplicações Web André Tavares da Silva andre.silva@udesc.br Método de Avaliação Serão realizadas duas provas teóricas e dois trabalhos práticos. MF = 0,1*E + 0,2*P 1 + 0,2*T 1 + 0,2*P

Leia mais

Instruções para aceder ao correio electrónico via web

Instruções para aceder ao correio electrónico via web Caro utilizador(a) Tendo por objectivo a melhoria constante das soluções disponibilizadas a toda a comunidade do Instituto Politécnico de Santarém, tanto ao nível de serviços de rede como sistema de informação.

Leia mais

QUESTÕES COMENTADAS PROVAS DE INFORMÁTICA BANCO DO BRASIL

QUESTÕES COMENTADAS PROVAS DE INFORMÁTICA BANCO DO BRASIL QUESTÕES COMENTADAS PROVAS DE INFORMÁTICA BANCO DO BRASIL BANCO DO BRASIL (Aplicação: 07/10/2001) CARGO: ESCRITURÁRIO 1 C 2 C ::::... QUESTÃO 33...:::: Outro modo de realizar a mesma operação com sucesso

Leia mais

ENSINO BÁSICO CURSO DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO Praticas Administrativas

ENSINO BÁSICO CURSO DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO Praticas Administrativas Agrupamento de Escolas Nº 1 de Abrantes ENSINO BÁSICO CURSO DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO Praticas Administrativas ESCOLA: Dr. Solano de Abreu DISCIPLINA:TIC ANO: 1 ANO 2013/2014 CONTEÚDOS Conceitos básicos Informática

Leia mais

Por razões de segurança não guardamos as passwords (palavra-passe) dos acessos aos sites. Será necessário gerar uma nova password.

Por razões de segurança não guardamos as passwords (palavra-passe) dos acessos aos sites. Será necessário gerar uma nova password. 1 de 7 11-11-2010 09:17 Painel de Administração cpanel Instruções Iniciais Estamos muito gratos por ter escolhido alojar o seu site na IBERWEB. Em caso de dúvidas, por favor contacte de imediato o nosso

Leia mais

INTERNET -- NAVEGAÇÃO

INTERNET -- NAVEGAÇÃO Página 1 INTRODUÇÃO Parte 1 O que é a Internet? A Internet é uma rede mundial de computadores, englobando redes menores distribuídas por vários países, estados e cidades. Ao contrário do que muitos pensam,

Leia mais

Unidade de Ensino/Aprendizagem 1 - Tecnologias da Informação e Comunicação

Unidade de Ensino/Aprendizagem 1 - Tecnologias da Informação e Comunicação Unidade de Ensino/Aprendizagem 1 - Tecnologias da Informação e Comunicação 1.1. CONCEITOS INTRODUTÓRIOS Sugestões metodológicas / Situações de - O professor deverá proceder a uma avaliação diagnóstica

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA MANUEL DA FONSECA, SANTIAGO DO CACÉM GRUPO DISICPLINAR - Informática ANO: 8º TICT2 ANO LECTIVO: 2008/2009 p.1/9

ESCOLA SECUNDÁRIA MANUEL DA FONSECA, SANTIAGO DO CACÉM GRUPO DISICPLINAR - Informática ANO: 8º TICT2 ANO LECTIVO: 2008/2009 p.1/9 ANO: 8º TICT2 ANO LECTIVO: 2008/2009 p.1/9 Módulo 1 Tecnologias da Informação e Comunicação 1.1 Conceitos Essenciais Conceitos Básicos o Informática o Tecnologias da Informação o Tecnologias da Informação

Leia mais

Manual de actualização passo a passo do Windows 8 CONFIDENCIAL 1/53

Manual de actualização passo a passo do Windows 8 CONFIDENCIAL 1/53 Manual de passo a passo do Windows 8 CONFIDENCIAL 1/53 Índice 1. 1. Processo de configuração do Windows 8 2. Requisitos do sistema 3. Preparativos 2. Opções de 3. 4. 5. 6. 1. Personalizar 2. Sem fios 3.

Leia mais

Referencial do Módulo B

Referencial do Módulo B 1 Referencial do Módulo B Liga, desliga e reinicia correctamente o computador e periféricos, designadamente um scanner; Usa o rato: aponta, clica, duplo-clique, selecciona e arrasta; Reconhece os ícones

Leia mais

Instituto Politécnico de Tomar Escola Superior de Gestão Área Interdepartamental de Tecnologias de Informação e Comunicação.

Instituto Politécnico de Tomar Escola Superior de Gestão Área Interdepartamental de Tecnologias de Informação e Comunicação. Instituto Politécnico de Tomar Escola Superior de Gestão Área Interdepartamental de Tecnologias de Informação e Comunicação Internet Conceito de Internet Para compreender melhor a estrutura da Internet,

Leia mais

AFRE. a. ( ) Instalando um programa gerenciador de carregamento, como o LILO ou o GRUB. a. ( ) Data Werehouse ; Internet ; Linux

AFRE. a. ( ) Instalando um programa gerenciador de carregamento, como o LILO ou o GRUB. a. ( ) Data Werehouse ; Internet ; Linux 1. De que forma é possível alterar a ordem dos dispositivos nos quais o computador procura, ao ser ligado, pelo sistema operacional para ser carregado? a. ( ) Instalando um programa gerenciador de carregamento,

Leia mais

Tecnologia - Conjunto de instrumentos, métodos e processos específicos de qualquer arte, ofício ou técnica.

Tecnologia - Conjunto de instrumentos, métodos e processos específicos de qualquer arte, ofício ou técnica. Técnica - Conjunto de processos que constituem uma arte ou um ofício. Aplicação prática do conhecimento científico. Tecnologia - Conjunto de instrumentos, métodos e processos específicos de qualquer arte,

Leia mais

Apresentação. Conceitos Iniciais. Apresentação & Introdução. www.profricardobeck.com.br. contato@profricardobeck.com.br.

Apresentação. Conceitos Iniciais. Apresentação & Introdução. www.profricardobeck.com.br. contato@profricardobeck.com.br. Apresentação Apresentação & Introdução Condicionamento www.profricardobeck.com.br contato@profricardobeck.com.br Material Didático Site / E-mail Testes? Edital Mensurando Dados Sistemas de numeração Conceitos

Leia mais

Apresentação. Conceitos Iniciais. www.profricardobeck.com.br. contato@profricardobeck.com.br. Apresentação & Introdução.

Apresentação. Conceitos Iniciais. www.profricardobeck.com.br. contato@profricardobeck.com.br. Apresentação & Introdução. Apresentação www.profricardobeck.com.br contato@profricardobeck.com.br Apresentação & Introdução Condicionamento Material Didático Site / E-mail Testes? Edital Conceitos Iniciais 1 Mensurando Dados Sistemas

Leia mais

Capítulo 11 - Camada de Transporte TCP/IP e de Aplicação. Associação dos Instrutores NetAcademy - Julho de 2007 - Página

Capítulo 11 - Camada de Transporte TCP/IP e de Aplicação. Associação dos Instrutores NetAcademy - Julho de 2007 - Página Capítulo 11 - Camada de Transporte TCP/IP e de Aplicação 1 Introdução à Camada de Transporte Camada de Transporte: transporta e regula o fluxo de informações da origem até o destino, de forma confiável.

Leia mais

Sistema Gerenciador de Locadora Glossário Versão 1.1

Sistema Gerenciador de Locadora Glossário Versão 1.1 GLOSSÁRIO Sistema Gerenciador de Locadora Glossário Versão 1.1 Responsável: Gustavo Teles GL01 Glossário 01 Página 1 de 7 A Aba - 1. Ficha com objetivo de separar ou agrupar em um mesmo contexto campos

Leia mais

Grande conjunto de informação que existe em todo o Mundo alojada em centenas de milhares de computadores chamados servidores Web.

Grande conjunto de informação que existe em todo o Mundo alojada em centenas de milhares de computadores chamados servidores Web. 1. Complete a tabela. Designação Descrição Rede mundial de computadores ligados entre si através de linhas telefónicas comuns, linhas de comunicação privadas, satélites e outros serviços de telecomunicação.

Leia mais

SENAI São Lourenço do Oeste. Introdução à Informática. Adinan Southier Soares

SENAI São Lourenço do Oeste. Introdução à Informática. Adinan Southier Soares SENAI São Lourenço do Oeste Introdução à Informática Adinan Southier Soares Informações Gerais Objetivos: Introduzir os conceitos básicos da Informática e instruir os alunos com ferramentas computacionais

Leia mais

Curso Tecnológico de Informática Matriz de Exame de Equivalência de Tecnologias Informáticas Prova Prática - Código 259

Curso Tecnológico de Informática Matriz de Exame de Equivalência de Tecnologias Informáticas Prova Prática - Código 259 Curso Tecnológico de Informática Matriz de Exame de Equivalência de Tecnologias Informáticas Prova Prática - Código 259 Escola Secundária c/ 3.º Ciclo D. Dinis Ano Lectivo 2008/2009 Grupos Conteúdos Objectivos/Competências

Leia mais

www.leitejunior.com.br 10/04/2012 19:30 Leite Júnior QUESTÕES CESGRANRIO 10/04/2012 AO VIVO

www.leitejunior.com.br 10/04/2012 19:30 Leite Júnior QUESTÕES CESGRANRIO 10/04/2012 AO VIVO QUESTÕES CESGRANRIO 10/04/2012 AO VIVO DE PETRÓLEO E DERIVADOS... QUESTÃO 21 - Um determinado usuário trabalha em uma rede que possui o servidor anpout.gov.br para envio de e-mails e o servidor anpin.gov.br

Leia mais

604 wifi. Visite www.archos.com/manuals para transferir a versão mais recente deste manual.

604 wifi. Visite www.archos.com/manuals para transferir a versão mais recente deste manual. 604 wifi FUNÇÕES WIFI e Internet Suplemento ao Manual do Utilizador ARCHOS 504/604 Versão 1.2 Visite www.archos.com/manuals para transferir a versão mais recente deste manual. Este manual contém informações

Leia mais

geral@centroatlantico.pt www.centroatlantico.pt Impressão e acabamento: Inova 2ª edição: Março de 2006 ISBN: 989-615-024-9 Depósito legal: 240.

geral@centroatlantico.pt www.centroatlantico.pt Impressão e acabamento: Inova 2ª edição: Março de 2006 ISBN: 989-615-024-9 Depósito legal: 240. Reservados todos os direitos por Centro Atlântico, Lda. Qualquer reprodução, incluindo fotocópia, só pode ser feita com autorização expressa dos editores da obra. Microsoft Windows XP SP2, 2ª edição Colecção:

Leia mais

USO GERAL DOS PROTOCOLOS SMTP, FTP, TCP, UDP E IP

USO GERAL DOS PROTOCOLOS SMTP, FTP, TCP, UDP E IP USO GERAL DOS PROTOCOLOS SMTP, FTP, TCP, UDP E IP SMTP "Protocolo de transferência de correio simples (ou em inglês Simple Mail Transfer Protocol ) é o protocolo padrão para envio de e- mails através da

Leia mais

DISCOS RÍGIDOS. O interior de um disco rígido

DISCOS RÍGIDOS. O interior de um disco rígido Serve para guardarmos os ficheiros de forma aleatória e de grande tamanho São constituídos por discos magnéticos (pratos) de lâminas metálicas extremamente rígidas (daí o nome de disco rígido). Esses discos

Leia mais

Copyright 2001-2005 GrupoPIE Portugal, S.A.

Copyright 2001-2005 GrupoPIE Portugal, S.A. ComServer ComServer A Restauração do Séc. XXI Copyright 2001-2005 GrupoPIE Portugal, S.A. 1. WinREST ComServer...5 1.1. Licença...5 1.2. Instalação...5 1.3. Licenciamento...6 1.4. Interface...7 1.5. Método

Leia mais

Introdução. à Estrutura e Funcionamento de um Sistema Informático

Introdução. à Estrutura e Funcionamento de um Sistema Informático Introdução à Estrutura e Funcionamento de um Sistema Informático Estrutura básica de um sistema informático Componentes de um sistema informático O interior de um PC A placa principal ou motherboard O

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL ANO LETIVO DE 2013/2014 Curso de Educação e Formação Tipo 3 Nível 2

PLANIFICAÇÃO ANUAL ANO LETIVO DE 2013/2014 Curso de Educação e Formação Tipo 3 Nível 2 PLANIFICAÇÃO ANUAL ANO LETIVO DE 2013/2014 Curso de Educação e Formação Tipo 3 Nível 2 Itinerário de Formação: 34101.Práticas Técnico-Comerciais Saída Profissional: Empregado/a Comercial Componente de

Leia mais

Introdução à Internet

Introdução à Internet Internet Introdução à Internet A Internet é a maior rede de computadores do Mundo, abrangendo praticamente todos os países. Uma rede de computadores é um conjunto de dois ou mais computadores interligados,

Leia mais

O processo de Navegação na Internet APRESENTAÇÃO DO CURSO. Prof. BRUNO GUILHEN. O Internet Explorer. www.brunoguilhen.com.br 1 INFORMÁTICA BÁSICA

O processo de Navegação na Internet APRESENTAÇÃO DO CURSO. Prof. BRUNO GUILHEN. O Internet Explorer. www.brunoguilhen.com.br 1 INFORMÁTICA BÁSICA APRESENTAÇÃO DO CURSO Prof. BRUNO GUILHEN O processo de Navegação na Internet INFORMÁTICA BÁSICA A NAVEGAÇÃO Programas de Navegação ou Browser : Internet Explorer; O Internet Explorer Netscape Navigator;

Leia mais

Este manual utiliza duas unidades de medição. Este equipamento utiliza a versão métrica.

Este manual utiliza duas unidades de medição. Este equipamento utiliza a versão métrica. Guia de Rede Para uma utilização segura e correcta, certifique-se de que lê as Informações de Segurança em "Referência de Cópia" antes de utilizar o equipamento. Introdução Este manual contém instruções

Leia mais

Informática. Informática. Valdir. Prof. Valdir

Informática. Informática. Valdir. Prof. Valdir Prof. Valdir Informática Informática Valdir Prof. Valdir Informática Informática PROVA DPF 2009 Julgue os itens subseqüentes, a respeito de Internet e intranet. Questão 36 36 - As intranets, por serem

Leia mais

REDES ESAF. leitejuniorbr@yahoo.com.br 1 Redes - ESAF

REDES ESAF. leitejuniorbr@yahoo.com.br 1 Redes - ESAF REDES ESAF 01 - (ESAF - Auditor-Fiscal da Previdência Social - AFPS - 2002) Um protocolo é um conjunto de regras e convenções precisamente definidas que possibilitam a comunicação através de uma rede.

Leia mais

UNIDADE 1: Introdução às Tecnologias da Informação e Comunicação

UNIDADE 1: Introdução às Tecnologias da Informação e Comunicação Conceitos básicos Informática, Tecnologias da Informação, Tecnologias da Informação e Comunicação Informação Áreas de aplicação das TIC Computador Informática e Burótica Comunicação Telecomunicações e

Leia mais

Redes - Internet. Sumário 26-09-2008. Aula 3,4 e 5 9º C 2008 09 24. } Estrutura baseada em camadas. } Endereços IP. } DNS -Domain Name System

Redes - Internet. Sumário 26-09-2008. Aula 3,4 e 5 9º C 2008 09 24. } Estrutura baseada em camadas. } Endereços IP. } DNS -Domain Name System Redes - Internet 9º C 2008 09 24 Sumário } Estrutura baseada em camadas } Endereços IP } DNS -Domain Name System } Serviços, os Servidores e os Clientes } Informação Distribuída } Principais Serviços da

Leia mais

MANUAL DO UTILIZADOR DE REDE

MANUAL DO UTILIZADOR DE REDE MANUAL DO UTILIZADOR DE REDE Guardar o registo de impressão na rede Versão 0 POR Definições de notas Ao longo do Manual do utilizador, é utilizado o seguinte ícone: Notas sobre como enfrentar situações

Leia mais

INTERNET OUTLOOK. 1. Considerando os conceitos e os modos de navegação na Internet, assinale a opção correta.

INTERNET OUTLOOK. 1. Considerando os conceitos e os modos de navegação na Internet, assinale a opção correta. Prof. Júlio César S. Ramos P á g i n a 1 INTERNET OUTLOOK 1. Considerando os conceitos e os modos de navegação na Internet, assinale a opção correta. A O Outlook Express permite criar grupo de pessoas

Leia mais