ARGAMASSA PRODUZIDA COM AREIA, CIMENTO E SILICATO DE ALUMINIO.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ARGAMASSA PRODUZIDA COM AREIA, CIMENTO E SILICATO DE ALUMINIO."

Transcrição

1 ARGAMASSA PRODUZIDA COM AREIA, CIMENTO E SILICATO DE ALUMINIO. Wisllan Amarildo Rodrigues Batista (1). Juzelia Santos da Costa (2). Rua 18, Quadra 31 Casa 31- Jardim Vitória Cuiabá- MT CEP: (1) Discente do curso Concomitante Técnico em Edificações, IFMT. (2) Professora Doutora, Departamento da Área de Construção Civil DACC/IFMT Campus Cuiabá. RESUMO Os materiais de construção civil contribuem com uma grande porcentagem na poluição do meio ambiente, além disto, estão modificando a natureza, a poluição é ampla vai desde a extração da matéria-prima. Neste estudo a argamassa é produzida com o agregado miúdo, cimento e silicato de alumínio que foi sujeito à análise desde o estado fresco até o estado endurecido todos os ensaios foram realizados conforme as normas da ABNT. O traço desenvolvido foi 1:9, na proporção 1:0,55:6,50 em massa. A argamassa foi aplicada realizando ensaio de resistência mecânica, aderência e absorção de água por imersão, capilaridade e pelo método do cachimbo. Na avaliação mecânica aos 28 dias de idade obteve 4,75 MPa demostrando uma argamassa consistente e coesa, de acordo com as normas da ABNT. Os resultados dessa análise permitem que essa argamassa possa ingressar no mercado da construção civil. Palavra Chave: argamassa, silicato de alumínio. 4049

2 INTRODUÇÃO No mundo em que vivemos há grande necessidade de se implantar os mais rápidos possíveis modos alternativos de produção que diminuam ao máximo as agressões ao meio ambiente. Visando isto, o Resíduo de Construção e Demolição (RCD) proporciona redução de custos de limpeza urbana e recuperação de áreas degradadas, otimização dos sistemas de aterro, preservação de paisagens urbanas, consequentemente a redução dos custos no orçamento municipal. Auxiliando, por exemplo, a prefeitura de Cuiabá que está implantando 24 ecos pontos de coleta de resíduos com o objetivo de cumprir a Lei Municipal e o Decreto Municipal Dessa maneira, o Projeto proposto se reverte de grande importância, pois trata da reutilização desses resíduos, estudado argamassa com os produtos disponível no mercado, fornecendo a comunidade um produto de qualidade. A utilização do Silicato de alumínio, do aditivo com o resíduo da Construção Civil no preparo da argamassa representa, um avanço na pesquisa em nosso Estado, pois muito pouco se sabe do seu uso com agregados naturais que são utilizados quase sem nenhum critério, doravante com resíduo de construção civil haverá uma pesquisa com os aglomerantes (produtos) utilizados no mercado. O construtor Cuiabano tem utilizado o Silicato de alumínio como aglomerante (ligante) em substituição a cal, porém não existe estudo com essa substituição utilizando o agregado reciclado. Para que os grãos de areia produzidos com agregado reciclado fique unidos entre si, necessário que o ligante esteja na quantidade suficiente (traço correto). Obtém então a massa com a consistência plástica (liga) que se destina ao assentamento de tijolos, revestimento de alvenaria entre outros. Os grãos de areia produzido com o reciclado deverão estar envoltos pelo agente ligante, para que possam ter uma boa junção uns aos outros. Portanto, a reciclagem devolve a condição de matéria-prima às montanhas desordenadas de sobras e resíduos de materiais de construção. Segundo Costa (2006, p. 208): Estudos com agregados reciclados já foram desenvolvidos com sucesso, e apesar da natureza diferente do agregado a ser utilizado, as propriedades e 4050

3 desempenho das argamassas constituídas não devem diferir significantemente das argamassas convencionais, como observado em outros casos. Resíduos reciclados de alvenaria são em geral menos resistentes e mais porosos, que os de concreto, e por isto levam a maiores perdas de resistência da nova argamassa e concreto. Segundo Levi e Helene (1997, p. 148): Para se obter a mesma resistência na argamassa e concreto convencional, o consumo de cimento da argamassa e do concreto com reciclado de alvenaria deve ser 20% maior. Na argamassa como utiliza a parcela miúda do reciclado, o acréscimo no consumo pode ser ainda maior. MATERIAIS E MÉTODOS Caracterização dos materiais 1. Cimento O cimento utilizado na realização deste ensaio da argamassa foi CPIIF 32, sendo a embalagem 50 kg. As principais características analisadas em laboratório e os valores estão apresentados na Tab. 1. Tab. 1 Características físicas do cimento. CARACTERISTICAS E NORMA UNIDADE RESULTADO PROPRIEDADES Massa Especifica NBR 23 g/ cm³ 2,74 Massa Unitária Solta NBR 7251 g/cm³ 1,38 2. Silicato O Silicato de Alumínio (SA) utilizado foi o da SIKAL, que proporciona características de coesão e trabalhabilidade. Melhorar a retenção de água e a incorporação de ar da argamassa. Tab. 2 Características da Cal calcita. CARACTERISTICAS E NORMA UNIDADE RESULTADO PROPRIEDADES Massa Especifica NBR 23 g/cm³ 2,60 Massa Unitária Solta NBR 7251 g/cm³ 1,

4 3. Areia A areia utilizada foi provida através do processo de mineração, onde esta foi retirada dos rios e passada pelas peneiras normalizadas pela ABNT para este respectivo ensaio. As principais características analisadas estão expressas na Tab. 3. Tab. 3 Propriedades físicas do agregado. MATERIAL MASSA UNITARIA SOLTA (g/cm³) MASSA ESPECIFICA (g/cm³) SA 1,21 2,35 Areia 1,56 2,56 METOLOGOGIA Dosagem e Metodologia A argamassa foi produzida no traço (1:0,55:6,50), cimento, agregado miúdo e Silicato de Alumínio (SA). A Mistura realizada de maneira manual. Moldagem e cura dos corpos de prova Os corpos de prova de argamassa foram moldados manualmente, em moldes de 50 mm de diâmetro por 100 mm de altura de acordo com a NBR 5738 (1994). O adensamento foi feito através de uma haste de compactação, sendo feita em quatro camadas 30 golpes cada. A cura foi feita ao ar livre. O ensaio de resistência à compressão axial e compressão diametral foi executado em prensa elétrica em corpos de prova na idade de 7, 14 e 28 dias. Os ensaios de retração por secagem, conforme a NBR 8490, realizados também nessas idades. Os ensaios de absorção por imersão e absorção por capilaridade, foram efetuados aos 28 dias de idade. RESULTADOS E DISCUSSÕES Resultado da granulometria do agregado de Silicato de alumínio (SA) e areia natural (areia). Uma vez que parte do volume das argamassas é ocupada 4052

5 pelos agregados, não é de se surpreender que a qualidade destes seja de importância básica na obtenção de uma boa argamassa, exercendo nítida influência não apenas na resistência mecânica do produto acabado como, também, em sua durabilidade e no desempenho. Na Fig. 1 e Fig. 2 temos a granulometria do agregado de Silicato de alumínio e agregado natural areia. RESULTADO DOS ENSAIOS DA ARGAMASSA EM ESTADO FRESCO Os ensaios realizados com a argamassa no estado fresco foram densidade de massa e retenção de água. Os resultados destes ensaios são apresentados na Tabela 4. Após a caracterização do agregado miúdo reciclado, foi preparada a argamassa, em que se determinou a consistência da mistura, o fator água/cimento, a densidade de massa e a capacidade de retenção da argamassa. Esses valores estão expressos nas tabelas, que seguem abaixo, sendo considerado CV (Cerâmica Vermelha). Tipo Tab. 4 Resultado dos ensaios da argamassa em estado fresco. Relação Água/Cimento a/c Densidade de massa (g/cm³) Retenção de água (%) SA 1,24 4,06 94,98 A retenção de água da argamassa reciclada apresentou bom desempenho por conta da ação dos materiais cerâmicos que possuem agentes pozolânicos e do silicato que inibe a perda de água, seja por evaporação ou absorção da mistura fresca. A retenção de água elevada contribui também para as condições de manuseio da argamassa, aumentando o tempo disponível para o pedreiro aplicar, regularizar e desempenar o revestimento. Propriedades da argamassa no estado endurecido No estado endurecido foi determinada resistência á compressão axial, resistência a compressão por tração diametral, massa específica (seca e saturada), teor de ar incorporado, retração por secagem, absorção por imersão 4053

6 e absorção por capilaridade e índice de vazios. Conforme apresentado os resultados na Tab. 5, tab. 6 e Tab. 7. Resistencia à Compressão Axial (MPa) Os ensaios realizaram-se nas idades de 7, 14 e 28 dias. O Valor da resistência à compressão axial é determinado pela compressão axial de quatro corpos de prova cilíndricos, com 50 mm de diâmetros e 100 mm de altura. Este ensaio foi executado conforme a norma NBR e os resultados são apresentados abaixo. Tab. 5 Resultado da resistência à compressão axial. Material Resistência à compressão axial em MPa em dias SA 4,90 5,40 3,27 Areia 2,97 3,14 3,73 Resistência à tração por compressão diametral em (MPa) Este ensaio foi realizado segundo as exigências da NBR 7222 e os resultados são apresentados na Tabela 6. Tab. 6 Resultado da Resistência à tração por compressão diametral. Material Resistência à compressão axial em MPa em dias SA 4,65 5,06 5,33 Areia 2,97 3,14 3,73 Tab. 7 Propriedades Físicas da argamassa no estado endurecido. Retração Absorção Capilaridade Massa por de água (g/cm 3 ) NBR Índice específica 9779 de Teor de ar secagem por Material vazios (g/cm³) incorporado aos 28 Imersão (%) dias X (%) 28 Seca Saturada 10-3 dias SA 2,60 2,74 25,47 5,6 14,32 28,54 Areia 1,44 1,78 17,64 4,16 10, ,2 12,

7 Podemos perceber que a argamassa com silicato de alumínio apresenta boa resistência à tração por compressão diametral, consequentemente aumentando sua resistência Mecânica. De acordo com o resultado encontrado nesta análise, conclui-se que essa argamassa pode ingressar no mercado da construção civil com a mesma qualidade que a areia natural oferece. CONCLUSÃO A argamassa produzida com silicato de alumínio pode substituir o agregado natural, reduzindo o uso de mineração na extração de matéria prima. Certamente, é viável seu uso em muitas cidades como uma opção ambiental correta. Os resultados dessa análise permitem que essa argamassa possa ingressar no mercado da construção civil, oferecendo alternativas sustentáveis a sociedade e ao meio ambiente. O silicato de alumínio se mostra também com uma relevância para a solução de questões ambientais. A argamassa também apresentou boa trabalhabilidade, o que é essencial para o bom manuseio do produto. REFERÊNCIAS NBR NM 23 Cimento Portland e outros materiais em pó Determinação de massa especifica. Rio de Janeiro, NBR 7251 Agregado em estado solto Determinação da massa unitária. Rio de Janeiro, NBR 8490 Ensaio de retração por secagem. Rio de Janeiro, NBR Argamassa para assentamento e revestimento de paredes e tetos Preparo da mistura e determinação do índice de consistência. Rio de Janeiro, NBR Argamassa para assentamento de paredes e revestimento de paredes e tetos Determinação da retenção de água. Rio de Janeiro, NBR Argamassa para assentamento e revestimento de paredes e tetos Determinação da densidade de massa e teor de ar incorporado. Rio de Janeiro, NBR Argamassa para assentamento de paredes e revestimento de paredes e tetos Determinação da resistência á compressão. Rio de Janeiro,

8 NBR 5738 Moldagem e cura dos corpos-de-prova cilíndricos ou prismáticos de concreto. Rio de Janeiro, NBR 5739 Ensaio de Compressão de corpos de prova cilíndricos. Rio de Janeiro, NBR 9778 Argamassa e concretos endurecidos Determinação da absorção de água, índice de vazios e massa específica. Rio de Janeiro, COSTA, J.S. Agregados alternativos para argamassa e concreto produzidos a partir da reciclagem de rejeitos virgens da indústria de cerâmica tradicional. TESE de doutorado, DEMa, Universidade Federal de São Carlos, dezembro de 2006, 208p. LEVY, S.M.; HELENE P. R. L. Reciclagem do Entulho de Construção Civil, para Utilização como Agregado de Argamassas e Concretos. São Paulo P. 148 (Dissertação) Mestrado Escola Politécnica Departamento de Engenharia de Construção Civil PCC/USP ABSTRACT Construction materials contribute a large percentage on environment pollution, moreover, are changing the nature, pollution is huge from the extraction of raw materials. In this study the mortar is produced with the aggregate kid, cement and aluminum silicate which was subject to analysis from the fresh state until the hardened State all trials were conducted in accordance with the norms of ABNT. The stroke was developed: 1 9, in proportion 1: 0.55: 6.50 en masse. The mortar was applied by performing testing of mechanical resistance, adhesion and water absorption by immersion, capillarity and by the method of pipe. Mechanical evaluation for 28 days of age obtained 4.75 MPa showing a consistent and cohesive mortar according to the ABNT. The results of this analysis allow this mortar can join in the civil construction market. Keyword: mortar, aluminum silicate. 4056

ARGAMASSA PRODUZIDA COM AGREGADO DE PÓ DE PEDRA, AREIA, CIMENTO E CAL. Lillian Dias de Oliveira (1). Juzelia Santos da Costa(2).

ARGAMASSA PRODUZIDA COM AGREGADO DE PÓ DE PEDRA, AREIA, CIMENTO E CAL. Lillian Dias de Oliveira (1). Juzelia Santos da Costa(2). ARGAMASSA PRODUZIDA COM AGREGADO DE PÓ DE PEDRA, AREIA, CIMENTO E CAL Lillian Dias de Oliveira (1). Juzelia Santos da Costa(2). Rua 03, Quadra 02, Casa 529 Osmar Cabral Cuiabá MT CEP (1) Discente do curso

Leia mais

ARGAMASSA PRODUZIDA COM CIMENTO, CAL E AGREGADO DE CERÂMICA VERMELHA PARA RESTAURAÇÃO DE UM BANCO

ARGAMASSA PRODUZIDA COM CIMENTO, CAL E AGREGADO DE CERÂMICA VERMELHA PARA RESTAURAÇÃO DE UM BANCO ARGAMASSA PRODUZIDA COM CIMENTO, CAL E AGREGADO DE CERÂMICA VERMELHA PARA RESTAURAÇÃO DE UM BANCO Natan de Oliveira Ferreira (1). Juzelia Santos da Costa (2). Rua Birigui, Quadra 23, Casa 21 Santa Isabel

Leia mais

AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DE ARGAMASSAS DE ASSENTAMENTO E REVESTIMENTO PRODUZIDAS COM RESÍDUOS DE CONSTRUÇÃO E DEMOLIÇÃO GERADOS EM CANTEIRO DE OBRAS

AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DE ARGAMASSAS DE ASSENTAMENTO E REVESTIMENTO PRODUZIDAS COM RESÍDUOS DE CONSTRUÇÃO E DEMOLIÇÃO GERADOS EM CANTEIRO DE OBRAS 1 AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DE ARGAMASSAS DE ASSENTAMENTO E REVESTIMENTO PRODUZIDAS COM RESÍDUOS DE CONSTRUÇÃO E DEMOLIÇÃO GERADOS EM CANTEIRO DE OBRAS G.D.A. Bastos (1), J.A. Cerri (2) Alameda Prudente

Leia mais

ESTUDO DA APLICABILIDADE DA ARGAMASSA PRODUZIDA A PARTIR DA RECICLAGEM DE RESÍDUO SÓLIDO DE SIDERURGIA EM OBRAS DE ENGENHARIA

ESTUDO DA APLICABILIDADE DA ARGAMASSA PRODUZIDA A PARTIR DA RECICLAGEM DE RESÍDUO SÓLIDO DE SIDERURGIA EM OBRAS DE ENGENHARIA ESTUDO DA APLICABILIDADE DA ARGAMASSA PRODUZIDA A PARTIR DA RECICLAGEM DE RESÍDUO SÓLIDO DE SIDERURGIA EM OBRAS DE ENGENHARIA 1. Introdução O impacto ambiental gerado pela exploração dos recursos minerais

Leia mais

CONFECÇAO DE PAVER PARA CALÇADAS E JARDINS COM CIMENTO PORTLAND E CAL HIDRATADA. Solange, Cristina da Costa; Costa, Juzélia Santos da Drª.

CONFECÇAO DE PAVER PARA CALÇADAS E JARDINS COM CIMENTO PORTLAND E CAL HIDRATADA. Solange, Cristina da Costa; Costa, Juzélia Santos da Drª. CONFECÇAO DE PAVER PARA CALÇADAS E JARDINS COM CIMENTO PORTLAND E CAL HIDRATADA Solange, Cristina da Costa; Costa, Juzélia Santos da Drª. (1)Aluna do Curso Superior em Tecnologia em Controle de Obras,

Leia mais

SUSTENTABILIDADE COM RESÍDUO DA CERÂMICA VERMELHA

SUSTENTABILIDADE COM RESÍDUO DA CERÂMICA VERMELHA SUSTENTABILIDADE COM RESÍDUO DA CERÂMICA VERMELHA Suzane Lurdes dos reis (1). Everton Queiroz (2) Juzélia Santos (3) Rua Corvo quadra casa n: 24; bairro CPA IV Cuiabá-MT CEP 780058-265 email: srsuzane@gmail.com

Leia mais

APLICAÇÃO DE RESÍDUO DE CINZAS DE CARVÃO MINERAL APLICADOS NA PRODUÇÃO DE CONCRETOS E ARGAMASSAS

APLICAÇÃO DE RESÍDUO DE CINZAS DE CARVÃO MINERAL APLICADOS NA PRODUÇÃO DE CONCRETOS E ARGAMASSAS APLICAÇÃO DE RESÍDUO DE CINZAS DE CARVÃO MINERAL APLICADOS NA PRODUÇÃO DE CONCRETOS E ARGAMASSAS Rodney Cascaes Júnior 1 ; Msc. Lucimara Aparecida Schambeck Andrade 2 (orientadora) RESUMO: O uso de novos

Leia mais

PRODUÇÃO DE CONCRETO COM USO DE AGREGADOS RECICLADOS ORIUNDOS DE RESÍDUOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL 1

PRODUÇÃO DE CONCRETO COM USO DE AGREGADOS RECICLADOS ORIUNDOS DE RESÍDUOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL 1 PRODUÇÃO DE CONCRETO COM USO DE AGREGADOS RECICLADOS ORIUNDOS DE RESÍDUOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL 1 Daniela Dolovitsch De Oliveira 2, Felipe Dalla Nora Soares 3, Giovanni Dos Santos Batista 4, Júlia Regina

Leia mais

MÉTODOS COMPARATIVOS EM CONFECÇÕES DE TIJOLOS DE RCC

MÉTODOS COMPARATIVOS EM CONFECÇÕES DE TIJOLOS DE RCC MÉTODOS COMPARATIVOS EM CONFECÇÕES DE TIJOLOS DE RCC A. Holdis (1); A. T. da Silva (2); B. G. de Souza (3); J. S. Costa (4) (1) Graduando, Departamento da Área de Construção Civil - DACC do Instituto Federal

Leia mais

Argamassas mistas. Prof. M.Sc. Ricardo Ferreira

Argamassas mistas. Prof. M.Sc. Ricardo Ferreira Argamassas mistas Prof. M.Sc. Ricardo Ferreira Argamassas mistas de cimento, cal e areia destinadas ao uso em alvenarias e revestimentos Prof. M.Sc. Ricardo Ferreira Fonte: NBR 7200:1998 NBR 13529:2013

Leia mais

AVALIAÇÃO DA VIABILIDADE TÉCNICA DA UTILIZAÇÃO DE RESÍDUO DE BLISTER EM CONCRETO NÃO ESTRUTURAL

AVALIAÇÃO DA VIABILIDADE TÉCNICA DA UTILIZAÇÃO DE RESÍDUO DE BLISTER EM CONCRETO NÃO ESTRUTURAL AVALIAÇÃO DA VIABILIDADE TÉCNICA DA UTILIZAÇÃO DE RESÍDUO DE BLISTER EM CONCRETO NÃO ESTRUTURAL 1 E. F. Pará, 2 S. C. Callai; 3 D. Morais 1:3 Universidade de Mogi das Cruzes Campus Villa Lobos Departamento

Leia mais

PAVER PRODUZIDO COM RESÍDUO DA CONSTRUÇÃO CIVIL (RCC) PÓ DE PEDRA E PÓ DE VIDRO

PAVER PRODUZIDO COM RESÍDUO DA CONSTRUÇÃO CIVIL (RCC) PÓ DE PEDRA E PÓ DE VIDRO PAVER PRODUZIDO COM RESÍDUO DA CONSTRUÇÃO CIVIL (RCC) PÓ DE PEDRA E PÓ DE VIDRO Anderson, Amaral Gomes (1) Juzélia Santos (2) Rua n quadra 19 casa n: 8 bairro residencial Despraiado Cuiabá-MT CEP 78049320

Leia mais

Palavra-Chave: Relação água\cimento, agregados recicláveis e resistência mecânica.

Palavra-Chave: Relação água\cimento, agregados recicláveis e resistência mecânica. Resumo A RELAÇÃO ÁGUA/CIMENTO NA MISTURA DE MATERIAL DA CONSTRUÇÃO CIVIL PARA A PRODUÇÃO DE TIJOLOS Gessica Caroline da Silva Brito Aluna do IFMT, Campus Cuiabá, bolsista PIBIC/Cnpq Danielly Loraine de

Leia mais

CONFECÇÃO DE TIJOLOS DE RCC POR EMPACOTAMENTO. A. Holdis (1); A. T. da Silva (2); B. G. de Souza (3); J. S. Costa (4)

CONFECÇÃO DE TIJOLOS DE RCC POR EMPACOTAMENTO. A. Holdis (1); A. T. da Silva (2); B. G. de Souza (3); J. S. Costa (4) CONFECÇÃO DE TIJOLOS DE RCC POR EMPACOTAMENTO A. Holdis (1); A. T. da Silva (2); B. G. de Souza (3); J. S. Costa (4) (1) Graduando, Departamento da Área de Construção Civil - DACC do Instituto Federal

Leia mais

Caracterização da Matriz de Argamassas para Alvenaria Utilizando Rejeitos das Indústrias de Cerâmica Vermelha e de Sanitários

Caracterização da Matriz de Argamassas para Alvenaria Utilizando Rejeitos das Indústrias de Cerâmica Vermelha e de Sanitários Caracterização da Matriz de Argamassas para Alvenaria Utilizando Rejeitos das Indústrias de Cerâmica Vermelha e de Sanitários Juzélia Santos da Costa a,b, Celso Aparecido Martins b, João Baptista Baldo

Leia mais

Avaliação das propriedades mecânicas de argamassa colante com adição mineral (diatomita)

Avaliação das propriedades mecânicas de argamassa colante com adição mineral (diatomita) Avaliação das propriedades mecânicas de argamassa colante com adição mineral (diatomita) Andressa Varela da Rocha Silva¹, Hugo Alessandro Almeida Diniz¹, Janiele Alves Eugênio Ribeiro², Valtencir Lucio

Leia mais

VALORIZAÇÃO DA CINZA DE CALDEIRA DE INDÚSTRIA DE TINGIMENTO TÊXTIL PARA PRODUÇÃO DE ARGAMASSAS SUSTENTÁVEIS

VALORIZAÇÃO DA CINZA DE CALDEIRA DE INDÚSTRIA DE TINGIMENTO TÊXTIL PARA PRODUÇÃO DE ARGAMASSAS SUSTENTÁVEIS VALORIZAÇÃO DA CINZA DE CALDEIRA DE INDÚSTRIA DE TINGIMENTO TÊXTIL PARA PRODUÇÃO DE ARGAMASSAS SUSTENTÁVEIS A. Reis ¹, E. P. Manfroi 2 Centro Universitário de Brusque - UNIFEBE, Departamento de Engenharia

Leia mais

Pasta e argamassa de cimento Portland para recuperação estrutural

Pasta e argamassa de cimento Portland para recuperação estrutural TEMA 3 Caracterização de materiais Pasta e argamassa de cimento Portland para recuperação estrutural Profa. Dra. Sandra Maria de Lima 1,a, Graduanda Tecgo Controle de Obras Rafaela Tyeme Moreira Tatsuno

Leia mais

ESTUDO DA SUBSTITUIÇÃO DA AREIA PELO PÓ DE PEDRA COMO AGREGADO MIÚDO EM ARGAMASSA

ESTUDO DA SUBSTITUIÇÃO DA AREIA PELO PÓ DE PEDRA COMO AGREGADO MIÚDO EM ARGAMASSA ESTUDO DA SUBSTITUIÇÃO DA AREIA PELO PÓ DE PEDRA COMO AGREGADO MIÚDO EM ARGAMASSA Karyn Ferreira Antunes Ribeiro (karyn.ribeiro@cba.ifmt.edu.br) Professora, IFMT - Campus Cel. Octayde Jorge da Silva Marcos

Leia mais

Revestimentos de Argamassa Conceitos P R O M O Ç Ã O

Revestimentos de Argamassa Conceitos P R O M O Ç Ã O Revestimentos de Argamassa Conceitos P R O M O Ç Ã O TECNOLOGIA DA ARGAMASSA Conceitos Sistema de Revestimento de Argamassa Desempenho do sistema Materiais Constituintes Dosagem Escolha do Sistema de Revestimento

Leia mais

Avaliação das propriedades das argamassas de revestimento produzidas com resíduos da construção e de demolição como agregado

Avaliação das propriedades das argamassas de revestimento produzidas com resíduos da construção e de demolição como agregado Artigos Avaliação das propriedades das argamassas de revestimento produzidas com resíduos da construção e de demolição como agregado Lucinei Tavares de Assunção Engenheira Civil Faculdade Ideal (FACI).

Leia mais

ENSINO DE TÉCNICAS DE REUTILIZAÇÃO E APLICAÇÃO DE RESÍDUOS DE CELULOSE (PAPELÃO E JORNAL) COMO AGREGADOS DE ARGAMASSA DA CONSTRUÇÃO CIVIL

ENSINO DE TÉCNICAS DE REUTILIZAÇÃO E APLICAÇÃO DE RESÍDUOS DE CELULOSE (PAPELÃO E JORNAL) COMO AGREGADOS DE ARGAMASSA DA CONSTRUÇÃO CIVIL ENSINO DE TÉCNICAS DE REUTILIZAÇÃO E APLICAÇÃO DE RESÍDUOS DE CELULOSE (PAPELÃO E JORNAL) COMO AGREGADOS DE ARGAMASSA DA CONSTRUÇÃO CIVIL MSc. Robson Fleming; Docente/Pesquisador: Departamento de Engenharia

Leia mais

ÁREA DE TECNOLOGIA - LABORATÓRIO RELATÓRIO DE ENSAIO N O 84891

ÁREA DE TECNOLOGIA - LABORATÓRIO RELATÓRIO DE ENSAIO N O 84891 ÁREA DE TECNOLOGIA - LABORATÓRIO 1/10 RELATÓRIO DE ENSAIO N O 84891 Interessado: Chimica Edile do Brasil Ltda. Endereço: Rod. Cachoeiro X Safra BR 482, km 06 Cachoeiro de Itapemirim/ES CEP: 83707-700 Referência:

Leia mais

Disco de neoprene Ø 5x10 cm INFORMAÇÕES ADICIONAIS TIPO MONTAGEM OPERACIONAL MANTENÇAO HISTÓRIA OUTROS VIDEO MANUAL LINKS

Disco de neoprene Ø 5x10 cm INFORMAÇÕES ADICIONAIS TIPO MONTAGEM OPERACIONAL MANTENÇAO HISTÓRIA OUTROS VIDEO MANUAL LINKS Prensas para ensaios de Compressão/Tração na flexão DISCOS DE NEOPRENE PARA FACEADOR ELASTOMÉRICO (ARGAMASSA) ASTM C 1231 Standard Practice for Use of Unbonded Caps in Determination of Compressive Strength

Leia mais

Associação Educativa Evangélica UniEvangélica Curso de Engenharia Civil Professora Moema Castro, MSc.

Associação Educativa Evangélica UniEvangélica Curso de Engenharia Civil Professora Moema Castro, MSc. Associação Educativa Evangélica UniEvangélica Curso de Engenharia Civil Professora Moema Castro, MSc. M A T E R I A I S D E C O N S T R U Ç Ã O C I V I L I I AGREGADOS ARGAMASSA A n á p o l i s, 2 0 1

Leia mais

MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO CIVIL

MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO CIVIL MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO CIVIL AULA 12 : Traço de Concreto e suas propriedades PROFESSOR: DANILO FERNANDES DE MEDEIROS, M.SC danilofmedeiros@yahoo.com.br Bem como outros conhecimentos já abordados nas aulas

Leia mais

Palavras-chave: Resíduo de construção e demolição (RCD), argamassa, fissuração. 1 Universidade Federal do Pampa, Alegrete/RS, Brasil

Palavras-chave: Resíduo de construção e demolição (RCD), argamassa, fissuração. 1 Universidade Federal do Pampa, Alegrete/RS, Brasil Avaliação de Resíduo de Construção e Demolição de Cor Cinza e Vermelho em Argamassa de Revestimento RUDNITSKI Jonas C. 1,a, NAKANISHI Elizabete Y.B. 2,b, MOHAMAD Gihad 3,c 1 Universidade Federal do Pampa,

Leia mais

ANÁLISE DA UTILIZAÇÃO DA CINZA GERADA A PARTIR DO PROCESSO DE QUEIMA DO BAGAÇO DA CANA-DE-AÇÚCAR NA PRODUÇÃO DE CONCRETO

ANÁLISE DA UTILIZAÇÃO DA CINZA GERADA A PARTIR DO PROCESSO DE QUEIMA DO BAGAÇO DA CANA-DE-AÇÚCAR NA PRODUÇÃO DE CONCRETO ANÁLISE DA UTILIZAÇÃO DA CINZA GERADA A PARTIR DO PROCESSO DE QUEIMA DO BAGAÇO DA CANA-DE-AÇÚCAR NA PRODUÇÃO DE CONCRETO André Fontebassi Amorim Silva (1), Jéssica da Silva Coelho (2), Jéssica Laila Rodrigues

Leia mais

ANÁLISE QUÍMICA DO FILITO

ANÁLISE QUÍMICA DO FILITO ANÁLISE QUÍMICA DO FILITO SILÍNDRICO...45,00 ALUMÍNIO...33,10 TITÂNIO...1,00 FERRO...2,00 CÁLCIO...0,10 MAGNÉSIO...2,20 SÓDIO...0,70 POTÁSSIO...11,20 PERDA AO FOGO... 5,30 TOTAL...100,60 NATUREZA DO TRABALHO

Leia mais

AVALIAÇÃO DE UM PROCESSO RACIONAL DE DOSAGEM DE ARGAMASSA DE ASSENTAMENTO COM AREIA RECICLADA PRODUZIDA EM OBRA

AVALIAÇÃO DE UM PROCESSO RACIONAL DE DOSAGEM DE ARGAMASSA DE ASSENTAMENTO COM AREIA RECICLADA PRODUZIDA EM OBRA AVALIAÇÃO DE UM PROCESSO RACIONAL DE DOSAGEM DE ARGAMASSA DE ASSENTAMENTO COM AREIA RECICLADA PRODUZIDA EM OBRA Lorena Elaine Porto (1) ; Leonardo Fagundes Rosemback Miranda (2) ; Sérgio Cirelli Angulo

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS Núcleo de Gestão de Atividades de Pesquisa INFORMAÇÕES GERAIS

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS Núcleo de Gestão de Atividades de Pesquisa INFORMAÇÕES GERAIS Título do projeto: Influência da temperatura da água de cura na resistência à compressão axial das argamassas estruturais Coordenador (a): Cleidson Carneiro Guimarães Vice-Coordenador (a): -- PPGCI: 1691

Leia mais

IPEN-CNEN/SP Biblioteca Terezine Arantes Ferraz Normas incorporadas ao catálogo março 2017

IPEN-CNEN/SP Biblioteca Terezine Arantes Ferraz Normas incorporadas ao catálogo março 2017 IPEN-CNEN/SP Biblioteca Terezine Arantes Ferraz Normas incorporadas ao catálogo março 2017 ABNT ISO TR 14049 2014 Gestão ambiental: avaliação do ciclo de vida; exemplos ilustrativos de como aplicar a ABNT

Leia mais

ARGAMASSA ARMADA ADICIONADA DE RESÍDUOS DE DEMOLIÇÃO E CONSTRUÇÃO

ARGAMASSA ARMADA ADICIONADA DE RESÍDUOS DE DEMOLIÇÃO E CONSTRUÇÃO ARGAMASSA ARMADA ADICIONADA DE RESÍDUOS DE DEMOLIÇÃO E CONSTRUÇÃO CONSTRUCTION AND DEMOLITION WASTE FOR FERROCEMENT PRODUCTION Maíra Andreotti Sivieri (1), Lia Lorena Pimentel (2), Karina Gonzaga Kubo

Leia mais

ANÁLISE DE METODOLOGIAS UTILIZADAS PARA A CARACTERIZAÇÃO DA ABSORÇÃO DE ÁGUA DE CONCRETO RECICLADO COMO AGREGADO

ANÁLISE DE METODOLOGIAS UTILIZADAS PARA A CARACTERIZAÇÃO DA ABSORÇÃO DE ÁGUA DE CONCRETO RECICLADO COMO AGREGADO ANÁLISE DE METODOLOGIAS UTILIZADAS PARA A CARACTERIZAÇÃO DA ABSORÇÃO DE ÁGUA DE CONCRETO RECICLADO COMO AGREGADO Ana Paula Werle (1); Aline Troian (2); Jeferson Alcântara (3); Marlova P. Kulakowski; (4)

Leia mais

APROVEITAMENTO DA AREIA DE FUNDIÇÃO NA PRODUÇÃO DE TIJOLOS

APROVEITAMENTO DA AREIA DE FUNDIÇÃO NA PRODUÇÃO DE TIJOLOS APROVEITAMENTO DA AREIA DE FUNDIÇÃO NA PRODUÇÃO DE TIJOLOS Marcelo Angst Acadêmico do Curso de Engenharia Civil, Bolsista de Iniciação Científica, mangciv@urisan.tche.br Universidade Regional Integrada

Leia mais

ANÁLISE DA INFLUÊNCIA DA SUBSTITUIÇÃO PARCIAL DO AGREGADO MIÚDO POR PÓ DE FELDSPATO NA ARGAMASSA DE REVESTIMENTO.

ANÁLISE DA INFLUÊNCIA DA SUBSTITUIÇÃO PARCIAL DO AGREGADO MIÚDO POR PÓ DE FELDSPATO NA ARGAMASSA DE REVESTIMENTO. ANÁLISE DA INFLUÊNCIA DA SUBSTITUIÇÃO PARCIAL DO AGREGADO MIÚDO POR PÓ DE FELDSPATO NA ARGAMASSA DE REVESTIMENTO. Adriana Bonetti Pedro (1), Elaine Guglielmi Pavei Antunes (2). UNESC Universidade do Extremo

Leia mais

Use of construction waste as raw material for civil construction industry Example of Salvador city/brazil

Use of construction waste as raw material for civil construction industry Example of Salvador city/brazil WORKSHOP ON CONSTRUCTION AND DEMOLITION WASTE RECYCLING. 3 à 5 de maio de 2015 Use of construction waste as raw material for civil construction industry Example of Salvador city/brazil Irineu A.S. de Brum

Leia mais

Ensaios de Retração de Argamassas nos Estados Fresco e Endurecido Contribuição para a normalização brasileira

Ensaios de Retração de Argamassas nos Estados Fresco e Endurecido Contribuição para a normalização brasileira Ensaios de Retração de Argamassas nos Estados Fresco e Endurecido Contribuição para a normalização brasileira Pedro Kopschitz Xavier Bastos Univ. Federal de Juiz de Fora, Brasil. pedrokop@terra.com.br

Leia mais

22º CBECiMat - Congresso Brasileiro de Engenharia e Ciência dos Materiais 06 a 10 de Novembro de 2016, Natal, RN, Brasil

22º CBECiMat - Congresso Brasileiro de Engenharia e Ciência dos Materiais 06 a 10 de Novembro de 2016, Natal, RN, Brasil CARACTERIZAÇÃO DE ARGAMASSAS DE REVESTIMENTO PRODUZIDAS COM SUBSTITUIÇÃO PARCIAL E TOTAL DO AGREGADO MIÚDO NATURAL PELO RESÍDUO DE AREIA DE FUNDIÇÃO FENÓLICA J. M. Casali; T. F. Miguel; L. Dominguini;

Leia mais

COMPORTAMENTO DO CONCRETO COM SUBSTITUIÇÃO DO AGREGADO MIÚDO CONVENCIONAL POR AGREGADO MIÚDO RECICLADO

COMPORTAMENTO DO CONCRETO COM SUBSTITUIÇÃO DO AGREGADO MIÚDO CONVENCIONAL POR AGREGADO MIÚDO RECICLADO COMPORTAMENTO DO CONCRETO COM SUBSTITUIÇÃO DO AGREGADO MIÚDO CONVENCIONAL POR AGREGADO MIÚDO RECICLADO Matheus Lucas Duarte (1), Daiane dos Santos da Silva Godinho (2) UNESC Universidade do Extremo Sul

Leia mais

Palavras chave: concreto de alto desempenho, durabilidade, resíduo, resistência

Palavras chave: concreto de alto desempenho, durabilidade, resíduo, resistência Utilização dos Resíduos de Empresas de Beneficiamento de Granito e Mármore como Adição na Produção de Concreto de Alto Desempenho na Região do Agreste Alagoano. Júlia Karolline V. Duarte 1, Lucas R. Silva

Leia mais

A ANÁLISE DA UTILIZAÇÃO DE RESÍDUOS DE CORPOS DE PROVA COMO AGREGADO RECICLADO PARA A PRODUÇÃO DE CONCRETO ECOLÓGICO DE APLICAÇÃO NÃO ESTRUTURAL

A ANÁLISE DA UTILIZAÇÃO DE RESÍDUOS DE CORPOS DE PROVA COMO AGREGADO RECICLADO PARA A PRODUÇÃO DE CONCRETO ECOLÓGICO DE APLICAÇÃO NÃO ESTRUTURAL A ANÁLISE DA UTILIZAÇÃO DE RESÍDUOS DE CORPOS DE PROVA COMO AGREGADO RECICLADO PARA A PRODUÇÃO DE CONCRETO ECOLÓGICO DE APLICAÇÃO NÃO ESTRUTURAL Odair Barros Fagundes (1) ; Warley Eduardo Santiago Silva

Leia mais

CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: ENGENHARIAS E ARQUITETURA SUBÁREA: ENGENHARIAS INSTITUIÇÃO: CENTRO UNIVERSITÁRIO TOLEDO

CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: ENGENHARIAS E ARQUITETURA SUBÁREA: ENGENHARIAS INSTITUIÇÃO: CENTRO UNIVERSITÁRIO TOLEDO 16 TÍTULO: UTILIZAÇÃO DE RESÍDUO DA CINZA DO BAGAÇO DA CANA DE AÇUCAR NA SUBSTITUIÇÃO TOTAL DE AGREGADOS MIÚDOS EM TRAÇO DE ARGAMASSA DE ASSENTAMENTO E REVESTIMENTO CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: ENGENHARIAS

Leia mais

ANÁLISE COMPARATIVA DA DETERMINAÇÃO DA RESISTÊNCIA À COMPRESSÃO EM ARGAMASSAS COM PÓ DE PEDRA EM SUBSTITUIÇÃO PARCIAL À AREIA NATURAL

ANÁLISE COMPARATIVA DA DETERMINAÇÃO DA RESISTÊNCIA À COMPRESSÃO EM ARGAMASSAS COM PÓ DE PEDRA EM SUBSTITUIÇÃO PARCIAL À AREIA NATURAL ANÁLISE COMPARATIVA DA DETERMINAÇÃO DA RESISTÊNCIA À COMPRESSÃO EM ARGAMASSAS COM PÓ DE PEDRA EM SUBSTITUIÇÃO PARCIAL À AREIA NATURAL FRAGAS, Tamara de (1); MACIEL, Lucas D.(2); COELHO, Adenilson R.(3);

Leia mais

AVALIAÇÃO DO EMPREGO DOS RESÍDUOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL GERADOS NO MUNICÍPIO DE ITABIRA COMO AGREGADO GRAÚDO NA PRODUÇÃO DE BLOCOS DE CONCRETO

AVALIAÇÃO DO EMPREGO DOS RESÍDUOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL GERADOS NO MUNICÍPIO DE ITABIRA COMO AGREGADO GRAÚDO NA PRODUÇÃO DE BLOCOS DE CONCRETO AVALIAÇÃO DO EMPREGO DOS RESÍDUOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL GERADOS NO MUNICÍPIO DE ITABIRA COMO AGREGADO GRAÚDO NA PRODUÇÃO DE BLOCOS DE CONCRETO J. S. Leite Rua Professora Maria Antonieta Bethônico, nº 267,

Leia mais

ESTUDO PARA A APLICAÇÃO DE RESIDUOS DE CERAMICA VERMELHA NA PRODUÇÃO DE ARGAMASSAS CIMENTICIAS

ESTUDO PARA A APLICAÇÃO DE RESIDUOS DE CERAMICA VERMELHA NA PRODUÇÃO DE ARGAMASSAS CIMENTICIAS ESTUDO PARA A APLICAÇÃO DE RESIDUOS DE CERAMICA VERMELHA NA PRODUÇÃO DE ARGAMASSAS CIMENTICIAS Julia Thais de Oliveira Cardoso Faculdade de Engenharia Civil CEATEC julia.toc@puccamp.edu.br Nádia Cazarim

Leia mais

ESTUDO TÉCNICO E ECONÔMICO SOBRE A INCORPORAÇÃO DE AREIA INDUSTRIAL EM FORMULAÇÕES DE CONCRETO PARA PISO INTERTRAVADO

ESTUDO TÉCNICO E ECONÔMICO SOBRE A INCORPORAÇÃO DE AREIA INDUSTRIAL EM FORMULAÇÕES DE CONCRETO PARA PISO INTERTRAVADO ESTUDO TÉCNICO E ECONÔMICO SOBRE A INCORPORAÇÃO DE AREIA INDUSTRIAL EM FORMULAÇÕES DE CONCRETO PARA PISO INTERTRAVADO A.M.D.Sousa (1) ; J.B.Silva (1) ; J.W.M.Sousa (1) ; J.C.S. Andrade (2) ; M.L.V.N.Morais

Leia mais

AVALIAÇÃO DAS PROPRIEDADES DO CONCRETO COM ADIÇÃO DE RESÍDUOS DO PROCESSO DE RECICLAGEM DE PNEU 1. Cauana Melo Copetti 2, Lucas Fernando Krug 3.

AVALIAÇÃO DAS PROPRIEDADES DO CONCRETO COM ADIÇÃO DE RESÍDUOS DO PROCESSO DE RECICLAGEM DE PNEU 1. Cauana Melo Copetti 2, Lucas Fernando Krug 3. AVALIAÇÃO DAS PROPRIEDADES DO CONCRETO COM ADIÇÃO DE RESÍDUOS DO PROCESSO DE RECICLAGEM DE PNEU 1 Cauana Melo Copetti 2, Lucas Fernando Krug 3. 1 Projeto de Trabalho de Conclusão de Curso de Engenharia

Leia mais

UTILIZAÇÃO DE RESÍDUOS DE CCA NO TRAÇO DE CONCRETO PARA FABRICAÇÃO DE BLOCOS PRÉ-MOLDADOS

UTILIZAÇÃO DE RESÍDUOS DE CCA NO TRAÇO DE CONCRETO PARA FABRICAÇÃO DE BLOCOS PRÉ-MOLDADOS UTILIZAÇÃO DE RESÍDUOS DE CCA NO TRAÇO DE CONCRETO PARA FABRICAÇÃO DE BLOCOS PRÉ-MOLDADOS FRANCIELLI PRIEBBERNOW PINZ 1 ; STAEL AMARAL PADILHA 2 CHARLEI MARCELO PALIGA 3 ; ARIELA DA SILVA TORRES 4 1 Universidade

Leia mais

O USO DE RESÍDUOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL COMO AGREGADOS NA PRODUÇÃO DE CONCRETO

O USO DE RESÍDUOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL COMO AGREGADOS NA PRODUÇÃO DE CONCRETO Revista de Engenharia e Pesquisa Aplicada, Volume 2, Número 1, 2016 O USO DE RESÍDUOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL COMO AGREGADOS NA PRODUÇÃO DE CONCRETO Emília Xavier do Rêgo Barros Escola Politécnica de Pernambuco

Leia mais

ESTUDO DE ALTERNATIVAS PARA REAPROVEITAMENTO DE ESCÓRIAS DE FLUXO DE SOLDAGEM COMO AGREGADO MIÚDO

ESTUDO DE ALTERNATIVAS PARA REAPROVEITAMENTO DE ESCÓRIAS DE FLUXO DE SOLDAGEM COMO AGREGADO MIÚDO ESTUDO DE ALTERNATIVAS PARA REAPROVEITAMENTO DE ESCÓRIAS DE FLUXO DE SOLDAGEM COMO AGREGADO MIÚDO N.C. Rubim 1, W.S., Silveira 1, C.D, Silva 1, S.F, Almeida 1, C.B. Fonseca 2 UnilesteMg 1, Colégio Padre

Leia mais

REAPROVEITAMENTO DO RESÍDUO DE LÃ DE VIDRO NA PRODUÇÃO DE ARGAMASSA

REAPROVEITAMENTO DO RESÍDUO DE LÃ DE VIDRO NA PRODUÇÃO DE ARGAMASSA REAPROVEITAMENTO DO RESÍDUO DE LÃ DE VIDRO NA PRODUÇÃO DE ARGAMASSA Vieira, P.L.C.; Santos, N.A.; Louzada, D.M.; Araújo, G.S.; Della,V. P. Av. Vitória, 1729, Jucutuquara, 29040-780, Vitória - ES priscilaletro@yahoo.com.br

Leia mais

ESTUDO DA VIABILIDADE PARA A PRODUÇÃO DE CONCRETOS COM ADIÇÃO DE RESÍDUOS DE VIDRO EM SUBSTITUIÇÃO AO AGREGADO MIÚDO NA CIDADE DE PALMAS-TO

ESTUDO DA VIABILIDADE PARA A PRODUÇÃO DE CONCRETOS COM ADIÇÃO DE RESÍDUOS DE VIDRO EM SUBSTITUIÇÃO AO AGREGADO MIÚDO NA CIDADE DE PALMAS-TO ESTUDO DA VIABILIDADE PARA A PRODUÇÃO DE CONCRETOS COM ADIÇÃO DE RESÍDUOS DE VIDRO EM SUBSTITUIÇÃO AO AGREGADO MIÚDO NA CIDADE DE PALMAS-TO Nome dos autores: Rafael dos Santos Cordeiro 1 ; Adão Lincon

Leia mais

AULA 6 ARGAMASSA continuação

AULA 6 ARGAMASSA continuação AULA 6 ARGAMASSA continuação Disciplina: Materiais de Construção I Professora: Dra. Carmeane Effting 1 o semestre 2014 Centro de Ciências Tecnológicas Departamento de Engenharia Civil ARGAMASSAS - PROPRIEDADES

Leia mais

A Influência dos Tipos de Cura na Resistência Mecânica do Concreto

A Influência dos Tipos de Cura na Resistência Mecânica do Concreto A Influência dos Tipos de Cura na Resistência Mecânica do Concreto Carolina dos Santos Silva, Hellen Karina Pereira Alkimin, Larissa Alves Matos e Nara Miranda de Oliveira Cangussu Resumo O controle da

Leia mais

CARACTERIZAÇÃO DE ARGAMASSAS INDUSTRIALIZADAS DOS ESTADOS DO PARANÁ E SANTA CATARINA SEGUNDO A NBR 13281/2005

CARACTERIZAÇÃO DE ARGAMASSAS INDUSTRIALIZADAS DOS ESTADOS DO PARANÁ E SANTA CATARINA SEGUNDO A NBR 13281/2005 CARACTERIZAÇÃO DE ARGAMASSAS INDUSTRIALIZADAS DOS ESTADOS DO PARANÁ E SANTA CATARINA SEGUNDO A NBR 13281/2005 Narciso Gonçalves da Silva (1), Marienne do Rocio de Mello Maron da Costa (2), Rodrigo Kanning

Leia mais

ESCOPO DA ACREDITAÇÃO ABNT NBR ISO/IEC ENSAIO

ESCOPO DA ACREDITAÇÃO ABNT NBR ISO/IEC ENSAIO ESCOPO DA ACREDITAÇÃO ABNT NBR ISO/IEC 17025 ENSAIO Norma de Origem: NIT-DICLA-016 Folha: 1 Total de Folhas: 5 RAZÃO SOCIAL/DESIGNAÇÃO DO LABORATÓRIO INSTITUTO DE PESQUISAS TECNOLÓGICAS DO ESTADO DE SÃO

Leia mais

PALAVRAS-CHAVE Controle tecnológico, materiais de construção, caracterização de materiais.

PALAVRAS-CHAVE Controle tecnológico, materiais de construção, caracterização de materiais. 14. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido - ISSN 2238-9113 1 ISSN 2238-9113 ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE

Leia mais

ESTUDO DAS PROPRIEDADES MECÂNICAS DE CONCRETO QUE CONTÉM ESCÓRIA DE COBRE NA SUBSTITUIÇÃO EM PARTE DO AGREGADO MIÚDO

ESTUDO DAS PROPRIEDADES MECÂNICAS DE CONCRETO QUE CONTÉM ESCÓRIA DE COBRE NA SUBSTITUIÇÃO EM PARTE DO AGREGADO MIÚDO ESTUDO DAS PROPRIEDADES MECÂNICAS DE CONCRETO QUE CONTÉM ESCÓRIA DE COBRE NA SUBSTITUIÇÃO EM PARTE DO AGREGADO MIÚDO DE CASTRO, Mário Lúcio Oliveira Júnior Faculdade de Ciências Sociais e Agrárias de Itapeva

Leia mais

ESTUDOS PRELIMINARES DA APLICAÇÃO DE RESÍDUO DE MINÉRIO DE COBRE SULFETADO NA ELABORAÇÃO DE ARGAMASSAS DE ASSENTAMENTO E REVESTIMENTO

ESTUDOS PRELIMINARES DA APLICAÇÃO DE RESÍDUO DE MINÉRIO DE COBRE SULFETADO NA ELABORAÇÃO DE ARGAMASSAS DE ASSENTAMENTO E REVESTIMENTO ESTUDOS PRELIMINARES DA APLICAÇÃO DE RESÍDUO DE MINÉRIO DE COBRE SULFETADO NA ELABORAÇÃO DE ARGAMASSAS DE ASSENTAMENTO E REVESTIMENTO J. A. Rodrigues 1 D. N. P. Cardoso 1 A. J. R. Ferreira 2 A. L. M. F.

Leia mais

Soluções Completas Para o Seu Projeto.

Soluções Completas Para o Seu Projeto. Soluções Completas Para o Seu Projeto. Há mais de 50 anos a Argatex oferece soluções para construção civil, sempre com os princípios de oferecer produtos de alta qualidade que simplifiquem e otimizem a

Leia mais

AVALIAÇÃO DE PARÂMETROS FÍSICOS E QUÍMICOS PARA A PRODUÇÃO DE ARGAMASSAS UTILIZANDO CINZA VOLANTE E RESÍDUO DA CONSTRUÇÃO CIVIL

AVALIAÇÃO DE PARÂMETROS FÍSICOS E QUÍMICOS PARA A PRODUÇÃO DE ARGAMASSAS UTILIZANDO CINZA VOLANTE E RESÍDUO DA CONSTRUÇÃO CIVIL AVALIAÇÃO DE PARÂMETROS FÍSICOS E QUÍMICOS PARA A PRODUÇÃO DE ARGAMASSAS UTILIZANDO CINZA VOLANTE E RESÍDUO DA CONSTRUÇÃO CIVIL K. C. FERREIRA 1, S. G. e GONÇALVES 1, D.N.P CARDOSO 1, J. A. da S. SOUZA

Leia mais

CARACTERIZAÇÃO DE ARGAMASSA DE REVESTIMENTO A BASE DE CAL E ADITIVADA. Palavras-Chave: Revestimento argamassado, incorporador de ar, cal hidratada.

CARACTERIZAÇÃO DE ARGAMASSA DE REVESTIMENTO A BASE DE CAL E ADITIVADA. Palavras-Chave: Revestimento argamassado, incorporador de ar, cal hidratada. CARACTERIZAÇÃO DE ARGAMASSA DE REVESTIMENTO A BASE DE CAL E ADITIVADA Frederico Hobold Filho (1); Fernando Pelisser (2) UNESC Universidade do Extremo Sul Catarinense (1)fred_hobold@hotmail.com (2)fep@unesc.net

Leia mais

MACO II PUC GO Professora Mayara Moraes

MACO II PUC GO Professora Mayara Moraes MACO II PUC GO Professora Mayara Moraes Argamassas NBR13281 Histórico 1º. registro de emprego na construção: Pré-História Piso polido de 180 m² feito com pedras e argamassa cal e areia: ~ 7000 a 9000

Leia mais

Coordenação/Colegiado ao(s) qual(is) será vinculado: Engenharia Civil

Coordenação/Colegiado ao(s) qual(is) será vinculado: Engenharia Civil FORMULÁRIO PARA INSCRIÇÃO DE PROJETO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA. Coordenação/Colegiado ao(s) qual(is) será vinculado: Engenharia Civil Curso (s) : Engenharia Civil Nome do projeto: CARACTERIZAÇÃO DO MÓDULO

Leia mais

ESTUDO DA ADERÊNCIA ENTRE CONCRETO COM RESÍDUOS DE CONSTRUÇÃO CINZA E O AÇO PELO MÉTODO APULOT

ESTUDO DA ADERÊNCIA ENTRE CONCRETO COM RESÍDUOS DE CONSTRUÇÃO CINZA E O AÇO PELO MÉTODO APULOT ESTUDO DA ADERÊNCIA ENTRE CONCRETO COM RESÍDUOS DE CONSTRUÇÃO CINZA E O AÇO PELO MÉTODO APULOT Giovanna Rizzo Pontifícia Universidade Católica de Campinas CEATEC giovanna.fr@puccamp.edu.br Lia Lorena Pimentel

Leia mais

AVALIAÇÃO DO BIOCRETO COM FIBRAS MINERALIZADAS DE BANANEIRA. Viviane da Costa Correia 1, José Dafico Alves 2

AVALIAÇÃO DO BIOCRETO COM FIBRAS MINERALIZADAS DE BANANEIRA. Viviane da Costa Correia 1, José Dafico Alves 2 AVALIAÇÃO DO BIOCRETO COM FIBRAS MINERALIZADAS DE BANANEIRA Viviane da Costa Correia 1, José Dafico Alves 2 1 Bolsista PBIC/UEG, graduada no Curso de Engenharia Agrícola, UNUCET - UEG. 2 Orientador, docente

Leia mais

CONTROLE TECNOLÓGICO DO CONCRETO

CONTROLE TECNOLÓGICO DO CONCRETO 13. CONEX Pôster Resumo Expandido 1 ISSN 2238-9113 ÁREA TEMÁTICA: ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( ) SAÚDE ( ) TRABALHO ( X ) TECNOLOGIA CONTROLE

Leia mais

AVALIAÇÃO DAS PROPRIEDADES MECÂNICAS DO CONCRETO DE PÓS REATIVOS PRODUZIDO COM AREIA PROVENIENTE DA REGIÃO DE VIÇOSA- MG

AVALIAÇÃO DAS PROPRIEDADES MECÂNICAS DO CONCRETO DE PÓS REATIVOS PRODUZIDO COM AREIA PROVENIENTE DA REGIÃO DE VIÇOSA- MG AVALIAÇÃO DAS PROPRIEDADES MECÂNICAS DO CONCRETO DE PÓS REATIVOS PRODUZIDO COM AREIA PROVENIENTE DA REGIÃO DE VIÇOSA- MG J. V. B. Lemes, F. G. D. Machado, L. G. Pedroti, G. E. S. Lima, W. E. H. Fernandes,

Leia mais

UTILIZAÇÃO DO RESÍDUO DE CANA-DE-AÇÚCAR (BAGAÇO CRU) PARA PRODUÇÃO DE COMPÓSITO CERÂMICO

UTILIZAÇÃO DO RESÍDUO DE CANA-DE-AÇÚCAR (BAGAÇO CRU) PARA PRODUÇÃO DE COMPÓSITO CERÂMICO UTILIZAÇÃO DO RESÍDUO DE CANA-DE-AÇÚCAR (BAGAÇO CRU) PARA PRODUÇÃO DE COMPÓSITO CERÂMICO M. A. Diniz ; S. K. J. Marques; M. R. Diniz Junior IFRN Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do RN

Leia mais

8/2/2011 AGLOMERANTES. Definição: Exemplos: Aglomerantes. Nomenclatura. Relação Pega x Endurecimento. Propriedades. Argila Gesso Cal Cimento Betume

8/2/2011 AGLOMERANTES. Definição: Exemplos: Aglomerantes. Nomenclatura. Relação Pega x Endurecimento. Propriedades. Argila Gesso Cal Cimento Betume Definição: AGLOMERANTES Aglomerantes são materiais ativos, geralmente pulverulentos, que entram na composição das pastas, argamassas e concretos. Nomenclatura Exemplos: Aglomerantes Aglomerantes = materiais

Leia mais

TECNOLOGIA DE ARGAMASSAS

TECNOLOGIA DE ARGAMASSAS TECNOLOGIA DE ARGAMASSAS Prof. Dr a Marienne do Rocio M.Maron da Costa mariennecosta@uol.com.br Tópico da Disciplina TC 034 Materiais III Departamento de Construção Civil- DCC Universidade Federal do Paraná

Leia mais

ESTUDO DA RESISTÊNCIA À TRAÇÃO NA FLEXÃO E À COMPRESSÃO EM ARGAMASSAS TRANSLÚCIDAS COM FIBRA ÓTICA

ESTUDO DA RESISTÊNCIA À TRAÇÃO NA FLEXÃO E À COMPRESSÃO EM ARGAMASSAS TRANSLÚCIDAS COM FIBRA ÓTICA ESTUDO DA RESISTÊNCIA À TRAÇÃO NA FLEXÃO E À COMPRESSÃO EM ARGAMASSAS TRANSLÚCIDAS COM FIBRA ÓTICA Gabriel Thomaz Pilz (1) Helena Ravache Samy Pereira (2) (1)Graduando em Engenharia Civil, Centro Universitário

Leia mais

Estudo por meio de strain gages do comportamento do concreto estrutural convencional e reciclado

Estudo por meio de strain gages do comportamento do concreto estrutural convencional e reciclado BE2008 Encontro Nacional Betão Estrutural 2008 Guimarães 5, 6, 7 de Novembro de 2008 Estudo por meio de strain gages do comportamento do concreto estrutural convencional e reciclado Júnia Nunes de Paula

Leia mais

EFEITOS DO TIPO DE AREIA DE RESÍDUO DE CONSTRUÇÃO E DEMOLIÇÃO (RCD) NAS PROPRIEDADES DE ARGAMASSA DE CIMENTO E AREIA

EFEITOS DO TIPO DE AREIA DE RESÍDUO DE CONSTRUÇÃO E DEMOLIÇÃO (RCD) NAS PROPRIEDADES DE ARGAMASSA DE CIMENTO E AREIA EFEITOS DO TIPO DE AREIA DE RESÍDUO DE CONSTRUÇÃO E DEMOLIÇÃO (RCD) NAS PROPRIEDADES DE ARGAMASSA DE CIMENTO E AREIA Graciele M. Tanaka (1); Marienne R. M. M. da Costa (2); Narciso G. Silva (3); Andréa

Leia mais

DOSAGEM E CARACTERIZAÇÃO DE ARGAMASSAS DE ASSENTAMENTO E REVESTIMENTO COM AGREGADOS DE RESÍDUOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL

DOSAGEM E CARACTERIZAÇÃO DE ARGAMASSAS DE ASSENTAMENTO E REVESTIMENTO COM AGREGADOS DE RESÍDUOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL DOSAGEM E CARACTERIZAÇÃO DE ARGAMASSAS DE ASSENTAMENTO E REVESTIMENTO COM AGREGADOS DE RESÍDUOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL Luciana Sandrini Rocha (1) ; Daniela da Rosa Curcio (2) ; Vanessa Büttow Signorini (3)

Leia mais

DOSAGEM DE CONCRETO. DOSAGEM é o proporcionamento adequado. e mais econômico dos materiais: Cimento Água Areia Britas Aditivos

DOSAGEM DE CONCRETO. DOSAGEM é o proporcionamento adequado. e mais econômico dos materiais: Cimento Água Areia Britas Aditivos DOSAGEM DE CONCRETO DEFINIÇÃO DOSAGEM é o proporcionamento adequado e mais econômico dos materiais: Cimento Água Areia Britas Aditivos 2 1 DOSAGEM Ingredientes Execução 3 MATERIAIS CONSTITUINTES ou a receita

Leia mais

INFLUÊNCIA DO TIPO DE CIMENTO NO CONCRETO COM SILICA ATIVA ATRAVÉS DO ENSAIO DE COMPRESSÃO AXIAL

INFLUÊNCIA DO TIPO DE CIMENTO NO CONCRETO COM SILICA ATIVA ATRAVÉS DO ENSAIO DE COMPRESSÃO AXIAL INFLUÊNCIA DO TIPO DE CIMENTO NO CONCRETO COM SILICA ATIVA ATRAVÉS DO ENSAIO DE COMPRESSÃO AXIAL José de Ribamar Mouta Araújo 1,a ; Marco Antonio Barbosa de Oliveira 2,b ; Laércio Gouvêa Gomes 3,c ; Paulo

Leia mais

ESTUDO DA INCORPORAÇÃO DE RESÍDUOS DA FABRICAÇÃO DE PÁS EÓLICAS PARA AEROGERADORES EM CIMENTO PORTLAND

ESTUDO DA INCORPORAÇÃO DE RESÍDUOS DA FABRICAÇÃO DE PÁS EÓLICAS PARA AEROGERADORES EM CIMENTO PORTLAND ESTUDO DA INCORPORAÇÃO DE RESÍDUOS DA FABRICAÇÃO DE PÁS EÓLICAS PARA AEROGERADORES EM CIMENTO PORTLAND STUDY OF THE MERGER OS WASTE FROM THE MANFACTURE OF BLADES FROM WIND TURBINE IN PORTLAND CIMENT Marcos

Leia mais

ESTUDO COMPARATIVO DO DESEMPENHO NO ESTADO FRESCO E ENDURECIDO DE ARGAMASSAS ESTABILIZADAS DE 36H E 72H

ESTUDO COMPARATIVO DO DESEMPENHO NO ESTADO FRESCO E ENDURECIDO DE ARGAMASSAS ESTABILIZADAS DE 36H E 72H ESTUDO COMPARATIVO DO DESEMPENHO NO ESTADO FRESCO E ENDURECIDO DE ARGAMASSAS ESTABILIZADAS DE 36H E 72H POLIANA BELLEI (1) ; ANA CLAÚDIA JANTSCH (2) ; ALDO LEONEL TEMP (3) ; GIOVANA RETZLAFF NUNES (4)

Leia mais

UTILIZAÇÃO DE REJEITO DE BARRAGEM DE MINÉRIO DE FERRO COMO AGREGADO RECICLADO PARA ARGAMASSAS

UTILIZAÇÃO DE REJEITO DE BARRAGEM DE MINÉRIO DE FERRO COMO AGREGADO RECICLADO PARA ARGAMASSAS 1 UTILIZAÇÃO DE REJEITO DE BARRAGEM DE MINÉRIO DE FERRO COMO AGREGADO RECICLADO PARA ARGAMASSAS WANNA CARVALHO FONTES (1) ; ANA CRISTINA PIMENTA PEREIRA (2) ; PEDRO APOLINÁRIO CHIBLI (3) ; LUCAS AUGUSTO

Leia mais

AVALIAÇÃO DAS PROPRIEDADES MECÂNICAS DE BLOCOS INTERTRAVADOS COM RESÍDUO DE PNEU RECICLADO

AVALIAÇÃO DAS PROPRIEDADES MECÂNICAS DE BLOCOS INTERTRAVADOS COM RESÍDUO DE PNEU RECICLADO AVALIAÇÃO DAS PROPRIEDADES MECÂNICAS DE BLOCOS INTERTRAVADOS COM RESÍDUO DE PNEU RECICLADO Anaaiara Varela dos Santos Aluna de Iniciação Científica do Curso de Tecnologia em Construção de Edifícios aninha.varela@hotmail.com

Leia mais

Disciplina: Materiais de Construção I Assunto: Argamassas no estado seco e fresco Prof. Ederaldo Azevedo Aula 6 e-mail: ederaldoazevedo@yahoo.com.br 1.1 Conceitos Básicos: Argamassa é um material composto,

Leia mais

ARGAMASSA DE REVESTIMENTO UTILIZANDO AREIA RESIDUAL PROVENIENTE DA PRODUÇÃO DE MINÉRIOS

ARGAMASSA DE REVESTIMENTO UTILIZANDO AREIA RESIDUAL PROVENIENTE DA PRODUÇÃO DE MINÉRIOS 1 ARGAMASSA DE REVESTIMENTO UTILIZANDO AREIA RESIDUAL PROVENIENTE DA PRODUÇÃO DE MINÉRIOS NARCISO GONÇALVES DA SILVA (1) ; GUSTAVO GONÇALVES DA SILVA (2) ; PHILIPPE JEAN PAUL GLEIZE (3) (1) Universidade

Leia mais

COMPARAÇÃO DA RETRAÇÃO DE ARGAMASSAS INDUSTRIALIZADAS E MISTAS DE REVESTIMENTO NOS ESTADOS FRESCO E ENDURECIDO

COMPARAÇÃO DA RETRAÇÃO DE ARGAMASSAS INDUSTRIALIZADAS E MISTAS DE REVESTIMENTO NOS ESTADOS FRESCO E ENDURECIDO VI Simpósio Brasileiro de Tecnologia de Argamassas I International Symposium on Mortars Technology Florianópolis, 23 a 25 de maio de 25 COMPARAÇÃO DA RETRAÇÃO DE ARGAMASSAS INDUSTRIALIZADAS E MISTAS DE

Leia mais

EVOLUÇÃO DA HIDRATAÇÃO POR MICRÓSCOPIA ELETRÔNICA DE VARREDURA DE UMA ARGAMASSA CONTENDO AGREGADO RECICLADO DE LOUÇA SANITÁRIA

EVOLUÇÃO DA HIDRATAÇÃO POR MICRÓSCOPIA ELETRÔNICA DE VARREDURA DE UMA ARGAMASSA CONTENDO AGREGADO RECICLADO DE LOUÇA SANITÁRIA 1 EVOLUÇÃO DA HIDRATAÇÃO POR MICRÓSCOPIA ELETRÔNICA DE VARREDURA DE UMA ARGAMASSA CONTENDO AGREGADO RECICLADO DE LOUÇA SANITÁRIA COSTA, Juzélia Santos da (1); MARTINS, Celso Aparecido(2), BALDO, João Baptista

Leia mais

Argamassa Colante. Argamassa Colante. Areia fina. Aditivos. Adições

Argamassa Colante. Argamassa Colante. Areia fina. Aditivos. Adições Argamassa Colante Argamassa Colante q As argamassas colantes são formadas pela composição de agregados, aglomerantes, aditivos, água e eventualmente adições. Cimento Portland Areia fina Argamassa Colante

Leia mais

CARACTERIZAÇÃO DA RESISTÊNCIA À COMPRESSÃO DO CONCRETO CONVENCIONAL COM AREIA DE FUNDIÇÃO

CARACTERIZAÇÃO DA RESISTÊNCIA À COMPRESSÃO DO CONCRETO CONVENCIONAL COM AREIA DE FUNDIÇÃO CARACTERIZAÇÃO DA RESISTÊNCIA À COMPRESSÃO DO CONCRETO CONVENCIONAL COM AREIA DE FUNDIÇÃO Tatiane Todt (1) Kássia Thamara Santos Koslowski (1) Joelcio Luiz Stocco (2) Helena Ravache Samy Pereira (3) (1)Graduanda

Leia mais

Propriedades da Argamassa com Areia Artificial para Revestimento de Alvenaria.

Propriedades da Argamassa com Areia Artificial para Revestimento de Alvenaria. Propriedades da Argamassa com Areia Artificial para Revestimento de Alvenaria. Paulo H. Ishikawa FATEC-SP Brasil paulo.ishikawa@uol.com.br Luiz Pereira-de-Oliveira C_MADE/UBI Portugal luiz.oliveira@ubi.pt

Leia mais

MÓDULO DE ELASTICIDADE DINÂMICO DE ARGAMASSA DE REVESTIMENTO

MÓDULO DE ELASTICIDADE DINÂMICO DE ARGAMASSA DE REVESTIMENTO MÓDULO DE ELASTICIDADE DINÂMICO DE ARGAMASSA DE REVESTIMENTO Narciso Gonçalves da Silva (UTFPR) ngsilva@cefetpr.br Vicente Coney Campiteli (UEPG) vicente@uepg.br Resumo A qualidade e a durabilidade de

Leia mais

Palavras-chave: Argamassas, Cinza de Casca de Arroz, Blocos Cerâmicos. 1 Universidade Federal do Pampa, Alegrete, Brasil

Palavras-chave: Argamassas, Cinza de Casca de Arroz, Blocos Cerâmicos. 1 Universidade Federal do Pampa, Alegrete, Brasil Estudo da Viabilidade Técnica no Uso de Cinza de Casca de Arroz na Produção de Argamassas de Assentamento e Revestimento em Bloco Estrutural e de Vedação LEMES Silênia P.S. 1,a, NAKANISHI Elizabete Y.B.

Leia mais

Aluna do Curso de Graduação em Engenharia Civil da UNIJUÍ, bolsista PET/UNIJUÍ, 3

Aluna do Curso de Graduação em Engenharia Civil da UNIJUÍ, bolsista PET/UNIJUÍ, 3 INFLUÊNCIA DO TEMPO DE CURA NAS PROPRIEDADES DE CONCRETOS PRODUZIDOS COM RESÍDUOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL 1 INFLUENCE OF CURE TIME ON CONCRETE PROPERTIES PRODUCED WITH WASTE FROM CIVIL CONSTRUCTION Gabriela

Leia mais

ESTUDO SOBRE A VIABILIDADE DE APROVEITAMENTO DE RESÍDUO DE CONSTRUÇÃO CIVIL RESÍDUO CERÂMICO

ESTUDO SOBRE A VIABILIDADE DE APROVEITAMENTO DE RESÍDUO DE CONSTRUÇÃO CIVIL RESÍDUO CERÂMICO ESTUDO SOBRE A VIABILIDADE DE APROVEITAMENTO DE RESÍDUO DE CONSTRUÇÃO CIVIL RESÍDUO CERÂMICO Francine Carneiro Mendes Faculdade de Engenharia Civil CEATEC francine.cm@puccampinas.edu.br Lia Lorena Pimentel

Leia mais

OBTENÇÃO DE ARGAMASSAS COM AGREGADOS RECICLADOS PRODUZIDOS NA OBRA PARA USO EM REVESTIMENTO

OBTENÇÃO DE ARGAMASSAS COM AGREGADOS RECICLADOS PRODUZIDOS NA OBRA PARA USO EM REVESTIMENTO OBTENÇÃO DE ARGAMASSAS COM AGREGADOS RECICLADOS PRODUZIDOS NA OBRA PARA USO EM REVESTIMENTO Paulo C. C. Gomes (1); Marcell G. C. Santos (2); Sidiclei S. Felix (3); Roberto B. dos Santos (4) (1) Laboratório

Leia mais

f xm - Resistência média das amostras f xk ALVENARIA ESTRUTURAL Blocos: Propriedades desejáveis : Resistência à compressão: MATERIAIS

f xm - Resistência média das amostras f xk ALVENARIA ESTRUTURAL Blocos: Propriedades desejáveis : Resistência à compressão: MATERIAIS Alvenaria Ministério Estruturalda Educação Universidade Federal do Paraná Setor de Tecnologia Construção Civil II ( TC-025) Blocos: Propriedades desejáveis : Resistência à compressão: Função da relação

Leia mais

INFLUÊNCIA DA DISTRIBUIÇÃO GRANULOMÉTRICA DO AGREGADO MIÚDO E DO TEOR DE FÍLER NAS PROPRIEDADES DE ARGAMASSAS COM AREIA DE BRITAGEM

INFLUÊNCIA DA DISTRIBUIÇÃO GRANULOMÉTRICA DO AGREGADO MIÚDO E DO TEOR DE FÍLER NAS PROPRIEDADES DE ARGAMASSAS COM AREIA DE BRITAGEM INFLUÊNCIA DA DISTRIBUIÇÃO GRANULOMÉTRICA DO AGREGADO MIÚDO E DO TEOR DE FÍLER NAS PROPRIEDADES DE ARGAMASSAS COM AREIA DE BRITAGEM Daiana Cristina Metz Arnold, Claudio de Souza Kazmierczak Universidade

Leia mais

ESTUDO EXPERIMENTAL DAS PROPRIEDADES FÍSICAS DE ARGAMASSAS COM ADIÇÃO DE RESÍDUOS DE CERÂMICAS VERMELHAS RECICLADAS

ESTUDO EXPERIMENTAL DAS PROPRIEDADES FÍSICAS DE ARGAMASSAS COM ADIÇÃO DE RESÍDUOS DE CERÂMICAS VERMELHAS RECICLADAS ESTUDO EXPERIMENTAL DAS PROPRIEDADES FÍSICAS DE ARGAMASSAS COM ADIÇÃO DE RESÍDUOS DE CERÂMICAS VERMELHAS RECICLADAS Bruno Silva Mendes brunosm85@hotmail.com Edilberto Vitorino de Borja Professor do Departamento

Leia mais

A INFLUÊNCIA DO TEOR DE CAL HIDRATADA NAS PROPRIEDADES DE ARGAMASSAS DE CIMENTO, CAL E AREIA

A INFLUÊNCIA DO TEOR DE CAL HIDRATADA NAS PROPRIEDADES DE ARGAMASSAS DE CIMENTO, CAL E AREIA A INFLUÊNCIA DO TEOR DE CAL HIDRATADA NAS PROPRIEDADES DE ARGAMASSAS DE CIMENTO, CAL E AREIA Karoline A. Melo Universidade Federal de Pernambuco - Brasil melokarol@gmail.com Marylinda S. França Universidade

Leia mais

CONTRAPISO COM ENTULHO DE OBRA: UMA SOLUÇÃO VIÁVEL?

CONTRAPISO COM ENTULHO DE OBRA: UMA SOLUÇÃO VIÁVEL? CONTRAPISO COM ENTULHO DE OBRA: UMA SOLUÇÃO VIÁVEL? TURMINA, Rogério Fabiano (1); BARROS, Mercia M. S. B. (2) (1) Aluno de graduação da EPUSP e pesquisador do Departamento de Engenharia de Construção Civil

Leia mais

Estudo comparativo das propriedades mecânicas de argamassas com areia natural e com resíduo de construção civil

Estudo comparativo das propriedades mecânicas de argamassas com areia natural e com resíduo de construção civil - 1 - Ministério da Educação Brasil Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri UFVJM Minas Gerais Brasil Revista Vozes dos Vales: Publicações Acadêmicas Reg.: 120.2.095 2011 UFVJM ISSN: 2238-6424

Leia mais