HOMILIA DO BISPO DO PORTO NA FESTA DE NOSSA SENHORA DA MISERICÓRDIA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "HOMILIA DO BISPO DO PORTO NA FESTA DE NOSSA SENHORA DA MISERICÓRDIA"

Transcrição

1 1.Celebramos, neste IV domingo da Páscoa e dia do Bom Pastor, a Festa de Nossa Senhora da Misericórdia, Padroeira da nossa Santa Casa da Misericórdia do Porto. A história da Santa Casa da Misericórdia do Porto é feita de vida, de fé, de oração, de trabalho, de dedicação e de generosidade de muitos, a quem nunca faltou a bênção e a proteção de Nossa Senhora da Misericórdia. Neste dia em que celebramos a nossa Padroeira somos necessariamente conduzidos a pensar na nossa cidade e nas pessoas, nos tempos, nos lugares, nas situações e nas iniciativas que fizeram desta Instituição uma Obra prestigiada, que há 514 anos foi necessária e hoje se tornou imprescindível. Ao olharmos para a história desta Instituição facilmente compreendemos a importância e a verdade da palavra do Papa Bento XVI na sua encíclica A caridade na verdade, ao afirmar que o amor é uma força extraordinária que impele as pessoas a comprometerem-se, com coragem e generosidade, no campo da justiça, da misericórdia e da paz. É uma força que tem a sua origem em Deus, amor eterno e verdade absoluta 1 / 5

2 . E continua o Santo Padre: A caridade é a via mestra da doutrina social da Igreja. As diversas responsabilidades e compromissos por ela delineados derivam da caridade, que é a síntese de toda a lei. (Car. in veritate -2). A caridade é a síntese de toda a lei na linha do Evangelho de Jesus Cristo, que nos ensinou a descobrir um irmão no nosso próximo e a amarmo-nos uns aos outros como Ele nos amou. E o Papa Francisco que tem a experiência do hemisfério sul, onde vivem dois terços dos católicos, muitos dos quais em pobreza, fez da misericórdia um dos aspetos centrais do seu pontificado. A misericórdia não é apenas um atributo de Deus mas é também a chave da existência cristã. Sejamos também nós misericordiosos como Deus é misericordioso connosco e assim estaremos a construir um mundo novo edificado no alicerce firme do amor misericordioso de Deus. 2. Quem ignora hoje o valor da intuição que levou a Rainha D. Leonor a ocupar-se dos pobres e dos mais desprotegidos e a criar, em 1498, a primeira Santa Casa da Misericórdia, para que o amor compassivo de Deus se fizesse dedicação, bondade e misericórdia a favor dos nossos irmãos? Quem seria capaz de imaginar nessa hora distante, que cinco séculos depois seriam tão graves e diferentes as dificuldades económicas, as provações humanas e as pobrezas do nosso tempo e que continuariam tão atuantes e imprescindíveis as Misericórdias? Celebrar a Festa de Nossa Senhora da Misericórdia, nossa Padroeira, significa abrir a memória do nosso coração ao imenso património de bem-fazer que a Santa Casa da Misericórdia do Porto realizou e ampliar os horizontes do futuro à criatividade da misericórdia e à ousadia da 2 / 5

3 caridade perante as dores acrescidas da Humanidade. Ao lermos as lições da história, unindo a tradição e a contemporaneidade, saberemos encontrar resposta clarividente e eficaz aos desafios da vida, assumindo os compromissos da fé e percorrendo os caminhos da misericórdia. Aqui estamos hoje, em tempo pascal e em hora de gratidão, por imperativo de compromisso com esta Instituição da Igreja, que sempre pautou o seu agir pelas catorze obras de misericórdia, formuladas e vividas segundo os critérios do Evangelho. A sociedade do nosso tempo carece de pessoas e instituições, de iniciativas e lugares onde a vida se acolha com a alegria, a dignidade humana se afirme sem ambiguidades, as famílias se consolidem no amor abençoado e os mais pobres e fragilizados pela doença ou pela idade avançada sejam cuidados com ternura e bondade. 3. Ajuda-nos nesta missão e ilumina-nos neste caminho a Palavra de Deus, hoje proclamada. Quando Pedro, no dia de Pentecostes, como nos diz a primeira leitura, partiu do Cenáculo ao encontro da multidão, que enchia por inteiro as ruas de Jerusalém falou ao povo e juntaram-se a ele muitas pessoas (Act 2, 1-41). Estas pessoas, habitantes de Jerusalém ou vindas da Galileia dos gentios ou de átrios diferentes e periferias distantes eram como ovelhas desgarradas mas agora voltadas para o pastor e guarda das suas almas, diz-nos Pedro na segunda leitura ((1 Ped 2, 20-25). O Pastor e Porta, de que nos fala o Evangelho, é Jesus Cristo, que a Si mesmo aplica estas belas imagens da cultura do seu tempo (Jo 10, 1-10). Ser pastor e ser porta significa abrir caminho e guiar o rebanho e cuidar com alegria, criatividade, paciência, perdão e misericórdia para que todos tenham vida e a tenham com abundância. O 3 / 5

4 xalá as portas da Igreja e do coração dos cristãos nunca se fechem diante daqueles que nos procuram ou daqueles que andam dispersos, desgarrados ou esquecidos, como nos lembrava hoje, em Roma, o Papa Francisco! A misericórdia, que consiste em saber voltar o coração para os pobres, é a face mais bela do cuidado e do desvelo do pastor segundo o Coração de Cristo, o bom e belo Pastor da Igreja. Esta tem sido uma preocupação constante da Igreja: ser rosto e protagonista das bem-aventuranças do reino, através da linguagem e do exercício das obras de misericórdia do evangelho. Essa é, também, a missão de todos nós! 4. Neste domingo do Bom Pastor, em que a Igreja celebra a conclusão da 51.ª Semana de oração pelas Vocações de consagração importa reconduzirmo-nos ao Coração de Cristo, o Bom Pastor, cheio de misericórdia e de bondade, para que continue a enviar servidores da Messe e mensageiros da misericórdia de Deus. As vocações são o testemunho da verdade de Deus, que continua a chamar, e da verdade da Igreja que quer e deve estar atenta aos jovens, às famílias, às escolas, aos movimentos apostólicos e às comunidades cristãs, para que a voz do Senhor encontre resposta generosa, decidida e feliz ao chamamento de deus. A semente da vocação continua a germinar na terra boa do povo fiel. Quem semeia com alegria colherá a seu tempo com abundância! 4 / 5

5 Quero agradecer a Deus os sacerdotes, seminaristas, diáconos e consagrados(as) da nossa Igreja do Porto. Que a todos Deus abençoe na alegria, na generosidade e na fidelidade. Que os saibamos sempre merecer, acompanhar e agradecer! 5. Que Nossa Senhora da Misericórdia, nossa Padroeira, nos ilumine na fé, nos anime na esperança e nos fortaleça na caridade para sermos construtores do bem comum e servidores na alegria e na esperança de um mundo melhor. Porto, Igreja da Santa Casa da Misericórdia, 11 de maio de António, Bispo do Porto 5 / 5

Quero afirmar ao Papa Francisco a comunhão filial e a presença orante da Igreja do Porto.

Quero afirmar ao Papa Francisco a comunhão filial e a presença orante da Igreja do Porto. Dia 20 de Setembro Dia de oração pela Paz Foi há precisamente 30 anos que o Papa João Paulo II se reuniu em Assis, Itália, com os Responsáveis das principais religiões do Mundo para rezar pela paz. Trinta

Leia mais

Solenidade da Imaculada Conceição

Solenidade da Imaculada Conceição 1.A Igreja celebra hoje a solenidade litúrgica da Imaculada Conceição da Virgem Santa Maria, Padroeira de Portugal. Este é, por isso, um dia solene, um dia de graça e um dia de bênção para a Igreja e para

Leia mais

HOMILIA DO SENHOR D. ANTÓNIO NA SOLENIDADE DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS

HOMILIA DO SENHOR D. ANTÓNIO NA SOLENIDADE DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS 1.É de alegria vivida à volta do altar a razão que nos traz a esta Igreja do Bom Pastor, em Ermesinde. Reunimo-nos para celebrar Eucaristia na Solenidade do Sagrado Coração de Jesus. Queremos celebrar

Leia mais

Catedral Diocesana de Campina Grande. II Domingo da Páscoa Ano C Domingo da Divina Misericórdia. ANO DA FÉ Rito Inicial

Catedral Diocesana de Campina Grande. II Domingo da Páscoa Ano C Domingo da Divina Misericórdia. ANO DA FÉ Rito Inicial Catedral Diocesana de Campina Grande Paróquia nossa Senhora da Conceição II Domingo da Páscoa Ano C Domingo da Divina Misericórdia Por suas chagas fomos curados, felizes aqueles que crêem sem terem visto.

Leia mais

Homilia na celebração pela unidade dos cristãos Porto

Homilia na celebração pela unidade dos cristãos Porto 1. As Igrejas cristãs do Porto reafirmam aqui o desejo de se unirem na oração, na escuta da Palavra de Deus, no debate sereno, na profissão da fé e na procura comum da unidade desejada por Jesus. Acolhemo-nos

Leia mais

Dia Mundial das Missões - Coleta Nacional - 21 e 22 de outubro

Dia Mundial das Missões - Coleta Nacional - 21 e 22 de outubro Missionária 26º Domingo do Tempo Comum - 01/10/ Motivação inicial é o tema da Missionária que hoje iniciamos. A Igreja em saída é a comunidade que faz a experiência de Jesus e sai de si para anunciar a

Leia mais

Jubileu dos Catequistas no Porto

Jubileu dos Catequistas no Porto Jubileu dos Catequistas no Porto 1.Sede bem vindos a esta Igreja Catedral, onde nos congregamos com os catequistas das Vigararias da Cidade do Porto, como em tantas outras igrejas jubilares da nossa Diocese

Leia mais

COMUM DOS SANTOS E DAS SANTAS

COMUM DOS SANTOS E DAS SANTAS 279 I rmãs e irmãos: Ao celebrar a solenidade de São N. (de Santa N.), nosso irmão (nossa irmã) na fé e no Baptismo, oremos a Deus Pai todo-poderoso, dizendo (ou: cantando): R. Deus, fonte de toda a santidade,

Leia mais

A nossa MISSÃO: Com os pobres, acolher, servir, acompanhar e defender as suas causas

A nossa MISSÃO: Com os pobres, acolher, servir, acompanhar e defender as suas causas A nossa VISÃO: Construir uma civilização de amor A Cáritas em Portugal quer ser testemunho da fraternidade da comunidade cristã para com os mais pobres a partir da Ação Social da Igreja construtora de

Leia mais

Com Maria, ao encontro do sonho de Deus. Novena a Nossa Senhora, pelas vocações em Portugal

Com Maria, ao encontro do sonho de Deus. Novena a Nossa Senhora, pelas vocações em Portugal Com Maria, ao encontro do sonho de Deus. Novena a Nossa Senhora, pelas vocações em Portugal 18 de maio - Maria, pronta a servir com amor Hoje lembramos a simplicidade e generosidade de Maria, que logo

Leia mais

Audiência às Equipes Nossa Senhora

Audiência às Equipes Nossa Senhora SECRETARIADO DO ESTADO Audiência às Equipes Nossa Senhora 10 Setembro 2015 DISCURSO DO SANTO-PADRE Discurso do Papa: (Roma, 10 de setembro de 2015) Estou muito feliz por vos acolher, caros responsáveis

Leia mais

Homilia na Solenidade de Santa Maria, Mãe de Deus, no 50.º Dia Mundial da Paz

Homilia na Solenidade de Santa Maria, Mãe de Deus, no 50.º Dia Mundial da Paz 1.No início de um novo ano, neste tempo habitado pela esperança de quem sonha a alegria do Natal, acabamos de ouvir as palavras dirigidas por Moisés ao povo de Israel: O Senhor te abençoe e proteja. O

Leia mais

Santificação dos Sacerdotes

Santificação dos Sacerdotes No dia 27 de junho, Solenidade do Sagrado Coração de Jesus, é celebrado o Dia de Oração pela Santificação dos Sacerdotes. Em preparação para a data, o Arcebispo de Palmas (TO), Dom Pedro Brito Guimarães,

Leia mais

PARA A PRIMEIRA PROFISSÃO DE UM RELIGIOSO

PARA A PRIMEIRA PROFISSÃO DE UM RELIGIOSO PRMERA PROFSSÃO DE UM RELGOSO 333 PARA A PRMERA PROFSSÃO DE UM RELGOSO rmãos e irmãs: A nossa família espiritual está hoje em festa por este(s) servo(s) de Deus, que se consagra(consagram) ao serviço de

Leia mais

Solenidade de Pentecostes 04 de junho de 2017

Solenidade de Pentecostes 04 de junho de 2017 Solenidade de Pentecostes 04 de junho de 2017 Caríssimos Irmãos e Irmãs: Hoje chegamos ao término do ciclo litúrgico pascal com a solenidade de Pentecostes. Após 50 dias, o Espírito Santo prometido por

Leia mais

Irmãos e irmãs, caríssimos Finalistas

Irmãos e irmãs, caríssimos Finalistas 1.O evangelho agora proclamado começava assim: Naquele tempo disse Jesus aos seus discípulos: «Quem me ama guardará a minha Palavra e Deus, meu Pai, o amará» (Jo 14, 23). Irmãos e irmãs, caríssimos Finalistas

Leia mais

ORAÇÃO UNIVERSAL. Os modelos I VII são retirados do Ritual do Matrimónio da Conferência Episcopal Portuguesa. MODELO I

ORAÇÃO UNIVERSAL. Os modelos I VII são retirados do Ritual do Matrimónio da Conferência Episcopal Portuguesa. MODELO I ORAÇÃO UNIVERSAL Os modelos I VII são retirados do Ritual do Matrimónio da Conferência Episcopal Portuguesa. MODELO I Celebrando o especial dom da graça e da caridade, com que Deus Se dignou consagrar

Leia mais

Mensagem à Igreja que caminha com esperança pascal na diocese de Viseu.

Mensagem à Igreja que caminha com esperança pascal na diocese de Viseu. Mensagem à Igreja que caminha com esperança pascal na diocese de Viseu. Amados irmãos e irmãs: Surpreendido pela chamada do Senhor Jesus, o Bom Pastor, para ser o vosso Bispo, consciente das minhas limitações,

Leia mais

3. FALAR SOBRE A VOCAÇÃO

3. FALAR SOBRE A VOCAÇÃO 1 CATEQUESE VOCACIONAL 1. ACOLHIMENTO 2. ORAÇÃO INICIAL: A catequese deve iniciar sempre com uma oração conjunta: Todos de pé rezamos pedindo ao Senhor que continue a chamar jovens para a vida sacerdotal

Leia mais

Festa da Vida - V Domingo Páscoa A

Festa da Vida - V Domingo Páscoa A Festa da Vida - V Domingo Páscoa A Admonição inicial Nós, os jovens do 8º ano, estamos hoje em festa. O nosso catecismo tem como titulo SOMOS + e serviu para crescermos na fé (o jovem deve mostrar o catecismo).

Leia mais

Homilia no Encontro do Movimento Fé e Luz IV.º Domingo do tempo comum Ano B

Homilia no Encontro do Movimento Fé e Luz IV.º Domingo do tempo comum Ano B 1. Jesus vinha acompanhado no seu currículo apenas da experiência de trabalho na oficina de carpinteiro de José, seu pai adotivo, em Nazaré. Longe no tempo e na geografia do lugar e da memória estava já

Leia mais

Homilia nas Exéquias do Padre Joaquim Martins - Guetim

Homilia nas Exéquias do Padre Joaquim Martins - Guetim 1. Nada nos poderá separar do amor de Deus, que se manifestou em Cristo Jesus (Rom 8, 31), proclamava S. Paulo aos cristãos de Roma, fazendo desta afirmação certeza intocável de fé e garantia permanente

Leia mais

Saúdo-vos com alegria, consciente de que em Cristo Vivo e

Saúdo-vos com alegria, consciente de que em Cristo Vivo e CONFERÊNCIA DE IMPRENSA ESTARREJA, 6 de Maio de 2008 Saúdo-vos com alegria, consciente de que em Cristo Vivo e Ressuscitado sou chamado a anunciar, a celebrar e a testemunhar uma vida nova para todos os

Leia mais

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS (EMRC) (5ºANO) Unidade letiva 1 (Viver Juntos) Mudar faz parte da vida Os grupos a que pertenço Deus estabelece uma relação com a humanidade A aliança condição facilitadora da relação entre as partes A

Leia mais

Departamento de Ciências Humanas e Sociais Educação Moral e Religiosa Católica - 5º ano Ano letivo 2017/201

Departamento de Ciências Humanas e Sociais Educação Moral e Religiosa Católica - 5º ano Ano letivo 2017/201 Departamento de Ciências Humanas e Sociais Educação Moral e Religiosa Católica - 5º ano Ano letivo 2017/201 5 º ANO Unidade Letiva 1 - Viver juntos B. Construir uma chave de leitura religiosa da pessoa,

Leia mais

O Ano Santo é um tempo de paz, reconciliação e perdão. Ele começa quando o Papa abre a

O Ano Santo é um tempo de paz, reconciliação e perdão. Ele começa quando o Papa abre a Neste mês ocorrerá a abertura do Ano Santo da Misericórdia: O jubileu dedicado à misericórdia de Deus. O rosto da misericórdia é o título da bula pela qual o Santo Padre convoca toda a Igreja para viver

Leia mais

5 º ANO Unidade Letiva 1 - Viver juntos METAS OBJETIVOS CONTEÚDOS B. Construir uma chave de leitura religiosa da pessoa, da vida e da história.

5 º ANO Unidade Letiva 1 - Viver juntos METAS OBJETIVOS CONTEÚDOS B. Construir uma chave de leitura religiosa da pessoa, da vida e da história. AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ÁGUEDA Escola Básica Fernando Caldeira Departamento de Ciências Humanas e Sociais Educação Moral e Religiosa Católica - 5º ano Ano letivo 2016/2017 5 º ANO Unidade Letiva 1 -

Leia mais

1.1 Recuperar a comunidade (Base do Antigo Israel); 1.2 A nova experiência de Deus: o Abbá (Oração e escuta comunitária da Palavra);

1.1 Recuperar a comunidade (Base do Antigo Israel); 1.2 A nova experiência de Deus: o Abbá (Oração e escuta comunitária da Palavra); Uma nova paróquia Introdução DA: Conversão Pastoral Escolha de outro caminho; Transformar a estrutura paroquial retorno a raiz evangélica; Jesus: modelo (vida e prática); Metodologia: Nele, com Ele e a

Leia mais

GUIÂO FESTA DAS BEM-AVENTURANÇAS 2014/2015. (Admonitor 1-Lê as admonições normais; Admonitor 2- Lê as admonições das bem-aventuranças)

GUIÂO FESTA DAS BEM-AVENTURANÇAS 2014/2015. (Admonitor 1-Lê as admonições normais; Admonitor 2- Lê as admonições das bem-aventuranças) (Admonitor 1-Lê as admonições normais; Admonitor 2- Lê as admonições das bem-aventuranças) Admonitor 1- Jovem da Maria da Luz Admonitor 2- Jovem da Jovem Bússola- Jovem da Mónica/Fátima ADMONIÇÃO INICIAL

Leia mais

Uma comunicação que alcance todas as periferias que precisam da luz do Evangelho (EG 20).

Uma comunicação que alcance todas as periferias que precisam da luz do Evangelho (EG 20). A comunicação de uma Igreja em Saída. Uma comunicação que alcance todas as periferias que precisam da luz do Evangelho (EG 20). Uma comunicação rápida, em todos os lugares, em todas as ocasiões, sem repugnâncias

Leia mais

METAS CURRICULARES DE EMRC 2º CICLO REFERÊNCIAS FUNDAMENTAIS NO CONTEXTO DO 2ºCICLO DO EB

METAS CURRICULARES DE EMRC 2º CICLO REFERÊNCIAS FUNDAMENTAIS NO CONTEXTO DO 2ºCICLO DO EB METAS CURRICULARES DE EMRC REFERÊNCIAS FUNDAMENTAIS NO CONTEXTO DO 2ºCICLO DO EB FÁTIMA, 26 DE JANEIRO DE 2014 2007 2014 O QUE MUDA? 2007 2014 5º ANO UL1: Viver juntos UL1: Viver juntos UL2: A água, fonte

Leia mais

CATEQUESE PARA CRIANÇAS (do 4º ao 6º anos) A VIDA NAS MÃOS DE DEUS Eu vim para que tenham Vida e Vida em abundância! (Jo 10,10b)

CATEQUESE PARA CRIANÇAS (do 4º ao 6º anos) A VIDA NAS MÃOS DE DEUS Eu vim para que tenham Vida e Vida em abundância! (Jo 10,10b) INTRODUÇÃO Por decisão da Conferência Episcopal Portuguesa, vamos celebrar e viver, mais uma vez, a Semana do Consagrado. Este ano terá lugar de 26 de Janeiro a 02 de Fevereiro. Neste dia celebra-se liturgicamente

Leia mais

Os cristãos celebram o Domingo de Ramos em Jerusalém

Os cristãos celebram o Domingo de Ramos em Jerusalém Os cristãos celebram o Domingo de Ramos em Jerusalém JERUSALÉM Domingo, 25 de Março de 2018, domingo de Ramos, inúmeros cristãos de Jerusalém e de todo o mundo reuniram-se para celebrar a entrada de Jesus

Leia mais

Giovanni Cipriani A GLÓRIA DA CRUZ

Giovanni Cipriani A GLÓRIA DA CRUZ Giovanni Cipriani A GLÓRIA DA CRUZ A BELEZA DE CRISTO NA CRUZ Jesus, na cruz, nos revela a nova beleza e a força do amor. Na atrocidade inaudita da cruz, em que seu corpo aparece aos olhos humanos desfigurado

Leia mais

Encontro de Formação e Preparação para Pentecostes e para o Tempo Comum II. Comissão de Liturgia da Região Episcopal Sé.

Encontro de Formação e Preparação para Pentecostes e para o Tempo Comum II. Comissão de Liturgia da Região Episcopal Sé. Encontro de Formação e Preparação para Pentecostes e para o Tempo Comum II. 08/05/2010 Comissão de Liturgia da Região Episcopal Sé. Pentecostes O Significado de Pentecostes O surgimento da festa de Pentecostes

Leia mais

Roteiro Celebrativo Mês Diocesano do Dízimo 2017

Roteiro Celebrativo Mês Diocesano do Dízimo 2017 02 de julho de 2017 13º Domingo do Tempo Comum Sejam bem-vindos à celebração eucarística. Convocados pelo Pai, incorporados a Cristo e movidos pelo Espírito Santo, tornamo-nos assembleia celebrativa para

Leia mais

HOMILIA CATEQUEÉ TICA PARA A PAÁ SCOA DE 2016

HOMILIA CATEQUEÉ TICA PARA A PAÁ SCOA DE 2016 HOMILIA CATEQUEÉ TICA PARA A PAÁ SCOA DE 2016 DE S. S. BARTOLOMEU I, ARCEBISPO DE CONSTANTINOPLA-NOVA ROMA E PATRIARCA ECUMEÊ NICO PROTOCOLO Nº 450 BARTOLOMEU PELA MISERICÓRDIA DE DEUS ARCEBISPO DE CONSTANTINOPLA-NOVA

Leia mais

1. Disse Jesus: Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim não terá mais fome e quem crê em mim jamais terá sede. Jo 6,35

1. Disse Jesus: Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim não terá mais fome e quem crê em mim jamais terá sede. Jo 6,35 1. Disse Jesus: Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim não terá mais fome e quem crê em mim jamais terá sede. Jo 6,35 Senhor Jesus, Tu tens palavras de vida eterna e Tu revelas-te a nós como Pão da vida

Leia mais

Mensagem à Diocese na apresentação do Plano Diocesano de Pastoral

Mensagem à Diocese na apresentação do Plano Diocesano de Pastoral Vamos apresentar a toda a nossa Diocese o Plano Diocesano de Pastoral para o próximo ano pastoral, para a todos motivar, envolver e mobilizar para a missão. Fazemo-lo na continuidade do caminho percorrido

Leia mais

DOMINGO II DA PÁSCOA Irmãs e irmãos: Supliquemos a Jesus ressuscitado que encha dos seus dons a santa Igreja, e dê a paz aos crentes e aos não

DOMINGO II DA PÁSCOA Irmãs e irmãos: Supliquemos a Jesus ressuscitado que encha dos seus dons a santa Igreja, e dê a paz aos crentes e aos não DOMINGO II DA PÁSCOA Irmãs e irmãos: Supliquemos a Jesus ressuscitado que encha dos seus dons a santa Igreja, e dê a paz aos crentes e aos não crentes, dizendo (ou: cantando), cheios de esperança: R. Cristo,

Leia mais

issão Deus ama quem dá com alegria. (2 Cor. 9, 7)

issão Deus ama quem dá com alegria. (2 Cor. 9, 7) A ALEGRIA da nossa issão Deus ama quem dá com alegria. (2 Cor. 9, 7) Fique sempre satisfeito e feliz, porque Deus quer ser servido com um coração alegre. (Dom Zwijsen) Um dos segredos mais bem guardados

Leia mais

CAMPANHA DA FRATERNIDADE

CAMPANHA DA FRATERNIDADE CAMPANHA DA FRATERNIDADE A Campanha da Fraternidade é uma campanha realizada anualmente pela Igreja Católica Apostólica Romana no Brasil, sempre no período da Quaresma. Essa ação já existe há mais de 50

Leia mais

PARA O MATRIMÓNIO. R. Ouvi-nos, Senhor. Ou: Abençoai, Senhor, o vosso povo.

PARA O MATRIMÓNIO. R. Ouvi-nos, Senhor. Ou: Abençoai, Senhor, o vosso povo. MATRMÓNO 321 rmãos e irmãs: Celebrando o especial dom da graça e da caridade, com que Deus Se dignou consagrar o amor dos nossos irmãos N. e N., confiemo-los ao Senhor, dizendo (ou: cantando): Ou: Abençoai,

Leia mais

Natal de 2016 Missa do Dia

Natal de 2016 Missa do Dia Natal de 2016 Missa do Dia no espaço, já somos homens e mulheres da eternidade, ou como diziam os Padres da Igreja: Homens do Oitavo dia, porque o nascimento de Deus em Belém da Judéia transcende o tempo

Leia mais

Oração pessoal: condição indispensável para ser intercessor

Oração pessoal: condição indispensável para ser intercessor Oração pessoal: condição indispensável para ser intercessor Certamente todo intercessor sabe a importância que a oração tem em sua vida e também sabe que orar é mais do que fazer algumas petições ao Senhor,

Leia mais

Maria e o mistério de Cristo. Prof. Thiago Onofre

Maria e o mistério de Cristo. Prof. Thiago Onofre Maria e o mistério de Cristo Prof. Thiago Onofre A realidade da Encarnação A Encarnação do Verbo de Deus é obra do Espírito Santo; Não é vontade humana, mas divina; São Lucas apresenta Maria como mediação

Leia mais

Barretos, 1º de agosto de Circular 07/2017. Caríssimos irmãos e irmãs,

Barretos, 1º de agosto de Circular 07/2017. Caríssimos irmãos e irmãs, Barretos, 1º de agosto de 2017 Circular 07/2017 Caríssimos irmãos e irmãs, Todos os anos, no mês de agosto, a Igreja do Brasil celebra o Mês Vocacional, dando destaque, a cada semana, a uma vocação específica:

Leia mais

CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA COMPÊNDIO

CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA COMPÊNDIO CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA COMPÊNDIO CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA COMPÊNDIO Copyright 2005 - Libreria Editrice Vaticana «Motu Proprio» Introdução PRIMEIRA PARTE - A PROFISSÃO DA FÉ Primeira Secção: «Eu

Leia mais

Ritos Iniciais: 1- ACOLHIDA:

Ritos Iniciais: 1- ACOLHIDA: Ritos Iniciais: 1- ACOLHIDA: Faz muito tempo, mas parece que foi ontem. Cada criança que nasce é uma mensagem de que Deus acredita nos homens. Deus acreditou em nós e nos deu a alegria e a responsabilidade

Leia mais

Paróquia missionária comunidades de comunidades. Animada pela Palavra de Deus

Paróquia missionária comunidades de comunidades. Animada pela Palavra de Deus Paróquia missionária comunidades de comunidades Animada pela Palavra de Deus Renovação paroquial Toda paróquia é chamada a ser o espaço onde se recebe e se acolhe a Palavra (172). Sua própria renovação

Leia mais

Natal do Senhor de Missa do Dia

Natal do Senhor de Missa do Dia Natal do Senhor de 2014. Missa do Dia Caríssimos Irmãos e Irmãs: A festa da Encarnação do Senhor, o Natal de Jesus Cristo, parece não exigir comentário algum. Porém, é preciso fazê-lo, pois há muitos deles,

Leia mais

MUNDIAL DAS MISSÕES E DA SANTA INFÂNCIA MISSIONÁRIA 29º DOMINGO DO TEMPO COMUM - ANO DA FÉ 21 DE OUTUBRO DE 2012 RITO INICIAL

MUNDIAL DAS MISSÕES E DA SANTA INFÂNCIA MISSIONÁRIA 29º DOMINGO DO TEMPO COMUM - ANO DA FÉ 21 DE OUTUBRO DE 2012 RITO INICIAL CATEDRAL DIOCESANA DE CAMPINA GRANDE PARÓQUIA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO O Filho do Homem não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida como resgate para muitos. DIA MUNDIAL DAS MISSÕES E

Leia mais

FESTA DO ESPIRITO 10º ANO DE CATEQUESE. 23 de Maio de 2010

FESTA DO ESPIRITO 10º ANO DE CATEQUESE. 23 de Maio de 2010 FESTA DO ESPIRITO "É este o fruto do Espírito Santo: amor, alegria, paz, paciência, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão e auto-domínio." Gl, 5,22 Espírito Santo ajuda-nos a ter estes Teus frutos!

Leia mais

RESUMO. Apresentação abreviada Recapitulação breve = repetição do que foi apresentado Para transmitir uma ideia geral do que foi apresentado

RESUMO. Apresentação abreviada Recapitulação breve = repetição do que foi apresentado Para transmitir uma ideia geral do que foi apresentado UMA TENTATIVA RESUMO Apresentação abreviada Recapitulação breve = repetição do que foi apresentado Para transmitir uma ideia geral do que foi apresentado SÍNTESE Mostra e revela as relações entre elementos

Leia mais

1 º A N O /

1 º A N O / SETEM OUTUBRO 1 º A N O 2 0 1 2 / 2 0 1 3 1ª ETAPA - A MINHA FAMÍLIA É ACOLHIDA E ACOLHE Celebrar Data Pais Data filhos Semana celebrar Pais Tema filhos 17-24-30 1-7 8-14. 15-21 22-28. Mc 9, 30-37 Mc 9,38-43.45.47-48

Leia mais

PRIMEIRO DIA LADAINHA. MEDITAÇÃO Nosso Compromisso: Rede de Comunidades. Animador das primeiras comunidades, Caridoso com os mais empobrecidos,

PRIMEIRO DIA LADAINHA. MEDITAÇÃO Nosso Compromisso: Rede de Comunidades. Animador das primeiras comunidades, Caridoso com os mais empobrecidos, PRIMEIRO DIA LADAINHA São Judas Tadeu, Apóstolo de Cristo, Eleito por Jesus, Seguidor do Evangelho, Testemunha do Ressuscitado, Animador das primeiras comunidades, Fiel pregador do Evangelho, Zeloso ministro

Leia mais

Realça-se na liturgia desta celebração do dia primeiro do ano a figura da Mãe de Jesus.

Realça-se na liturgia desta celebração do dia primeiro do ano a figura da Mãe de Jesus. 1. Iniciamos o Novo Ano, aconchegados pelo ambiente de festa e envolvidos pela alegria que o Natal nos deu, ao celebrarmos o nascimento de Jesus, Filho de Deus. Realça-se na liturgia desta celebração do

Leia mais

de Jesus, nos é dada a oportunidade de iluminar as nossas ações.

de Jesus, nos é dada a oportunidade de iluminar as nossas ações. Novena de Natal O tempo do Advento é constituído das quatro semanas que antecedem o Natal do Senhor. É, portanto, tempo de piedosa espera. Ora, esperar uma pessoa querida requer alegre e cuidadosa preparação.

Leia mais

JESUS CRISTO, A MISERICÓRDIA EM AÇÃO

JESUS CRISTO, A MISERICÓRDIA EM AÇÃO MISERICÓRDIA DE CORAÇÃO A CORAÇÃO CONGRESSO NACIONAL DO APOSTOLADO DA ORAÇÃO JESUS CRISTO, A MISERICÓRDIA EM AÇÃO Padre Eliomar Ribeiro, SJ Olhar com os olhos da fé e da imaginação, o agir compassivo e

Leia mais

Celebração de São Marcelino Champagnat

Celebração de São Marcelino Champagnat Celebração de São Marcelino Champagnat Misericordioso como o Pai Reflexão inicial Dirigente: Desde muito cedo, os primeiros Irmãos reconheceram em Marcelino a figura de um pai. A paternidade espiritual,

Leia mais

Solenidade de Santa Maria, Mãe de Deus

Solenidade de Santa Maria, Mãe de Deus Paróquia de Barco Solenidade de Santa Maria, Mãe de Deus Missa com crianças Entrada: Linda noite, Linda noite Linda noite de Natal (bis) Introdução A imagem de Maria está aqui ao lado, porque hoje celebramos

Leia mais

Ser testemunha de Jesus em fraternidade

Ser testemunha de Jesus em fraternidade Ser testemunha de Jesus em fraternidade Escuta do evangelho do domingo Jo 10,1-10; Eu Sou a Porta das ovelhas Estamos sempre à meditar sobre a nossa identidade No nosso voto, nos comprometemos à aprofundar

Leia mais

Ano Litúrgico Ano C

Ano Litúrgico Ano C Ano Litúrgico 2009-2010 Ano C TEMPO DO ADVENTO 29/11 1º Domingo do Advento A redenção está próxima. Jeremias 33,14-16; Salmo 25(24); 1 Tessalonicenses 3,12-4,2; Lucas 21,25-28. 34-36 6/12 2º Domingo do

Leia mais

Plano Diocesano de Pastoral: «Movidos pelo Amor de Deus»

Plano Diocesano de Pastoral: «Movidos pelo Amor de Deus» 1. A reflexão de S. Paulo (2 Cor 5,14), que inspira este terceiro ano do Plano Pastoral, resume e marca quanto se amplia e sugere nas páginas seguintes. A tradução latina do texto de Coríntios ( Charitas

Leia mais

Deus Pai, criastes-nos à Vossa imagem e semelhança e chamais-nos, desde toda a eternidade, a participar da Vossa bondade! Fazei-nos viver, todos os di

Deus Pai, criastes-nos à Vossa imagem e semelhança e chamais-nos, desde toda a eternidade, a participar da Vossa bondade! Fazei-nos viver, todos os di Deus Pai, criastes-nos à Vossa imagem e semelhança e chamais-nos, desde toda a eternidade, a participar da Vossa bondade! Fazei-nos viver, todos os dias, em caridade na Vossa presença ao serviço dos nossos

Leia mais

Paróquia missionária. O novo povo de Deus em forma de missão que participa da caminhada junto à humanidade.

Paróquia missionária. O novo povo de Deus em forma de missão que participa da caminhada junto à humanidade. Paróquia missionária O novo povo de Deus em forma de missão que participa da caminhada junto à humanidade. Renovação das paróquias As paróquias são células vivas da Igreja e o lugar privilegiado no qual

Leia mais

Solenidade de Nosso Pai São Bento 11 de lulho de 2107

Solenidade de Nosso Pai São Bento 11 de lulho de 2107 Solenidade de Nosso Pai São Bento 11 de lulho de 2107 Caríssimos Irmãos e Irmãs: Celebrar a festa de São Bento é para todos nós uma oportunidade a mais para refletir se, de fato, vivemos com seriedade

Leia mais

Deus está connosco. Veio para salvar o mundo e para nos ensinar a amar com desvelo de misericórdia o mundo que queremos servir.

Deus está connosco. Veio para salvar o mundo e para nos ensinar a amar com desvelo de misericórdia o mundo que queremos servir. 1.A festa da Família das Franciscanas Missionárias de Nossa Senhora, que hoje celebramos no Santuário de Fátima, convida-nos a louvar a Deus pelo dom maravilhoso da vida, da vocação, do carisma e do testemunho

Leia mais

NO BRASIL A NOSSA MISSÃO TEM OS SEGUINTES OBJETIVOS:

NO BRASIL A NOSSA MISSÃO TEM OS SEGUINTES OBJETIVOS: A Família Comboniana, composta por leigos, irmãos, irmãs e padres compõe-se de cerca de três mil membros no mundo inteiro, tendo como principal objetivo levar o evangelho da alegria e da vida ao mundo

Leia mais

+ Ilídio Pinto Leandro Bispo de Viseu

+ Ilídio Pinto Leandro Bispo de Viseu + Ilídio Pinto Leandro Bispo de Viseu Nota Pastoral Todos Discípulos. Todos Responsáveis O Plano Pastoral para o primeiro de 10 anos, na vivência e concretização do Sínodo Diocesano, convida-nos a ser

Leia mais

Celebração tirada do livro Eucaristia com Crianças Tempos Fortes Pedrosa Ferreira Edições Salesianas. ocantinhodasao.com.pt/public_html.

Celebração tirada do livro Eucaristia com Crianças Tempos Fortes Pedrosa Ferreira Edições Salesianas. ocantinhodasao.com.pt/public_html. Celebração tirada do livro Eucaristia com Crianças Tempos Fortes Pedrosa Ferreira Edições Salesianas ocantinhodasao.com.pt/public_html 12 Ano B ocantinhodasao.com.pt/public_html 1 RITOS INICIAIS Hoje,

Leia mais

ITINERÁRIO JUBILAR VERSÃO SPC

ITINERÁRIO JUBILAR VERSÃO SPC ITINERÁRIO JUBILAR VERSÃO SPC FICHA TÉCNICA VERSÃO SPC Título Itinerário Jubilar Autor Santuário de Fátima Tradução e adaptação para pictogramas (SPC) Autoria Célia Sousa- CRID/ iact/politécnico de Leiria

Leia mais

A alegria do Evangelho para uma Igreja em saída

A alegria do Evangelho para uma Igreja em saída Campanha Missionária 2017 A alegria do Evangelho para uma Igreja em saída Juntos na missão permanente Mês das Missões O mês de outubro é, para a Igreja, o período no qual são intensificadas as iniciativas

Leia mais

PRIMEIRO DOMINGO DA QUARESMA

PRIMEIRO DOMINGO DA QUARESMA PRIMEIRO DOMINGO DA EVANGELHO: Mc 1, 12-15 Era tentado por Satanás e os Anjos serviam-n O ATITUDE: ARREPENDIMENTO E FÉ ARROZ Tu és o Pai que me salva. Ajudame, em especial quando me sinto indeciso entre

Leia mais

«Vai, profeta, ao meu povo»

«Vai, profeta, ao meu povo» Perdão, Senhor. «Vai, profeta, ao meu povo» Leitura da Profecia de Amós Amós 7, 12-15 Naqueles dias, Amasias, sacerdote de Betel, disse a Amós: «Vai-te daqui, vidente. Foge para a terra de Judá. Aí ganharás

Leia mais

DOMINGO V 215 DOMINGO V DA PÁSCOA. LEITURA I Actos 6,1-7. «Escolheram sete homens cheios do Espírito Santo...»

DOMINGO V 215 DOMINGO V DA PÁSCOA. LEITURA I Actos 6,1-7. «Escolheram sete homens cheios do Espírito Santo...» DOMINGO V 215 DOMINGO V DA PÁSCOA LEITURA I Actos 6,1-7 «Escolheram sete homens cheios do Espírito Santo...» Leitura dos Actos dos Apóstolos Naqueles dias, aumentando o número dos discípulos, os helenistas

Leia mais

SOBRE O CENÁCULO Mencionado na Mensagem de

SOBRE O CENÁCULO Mencionado na Mensagem de 1 Áudio da Mensagem de Manoel de Jesus, de 28.08.2017 convertido em texto, SOBRE O CENÁCULO Mencionado na Mensagem de 21.08.2017 28.08.2017 Chamado de Amor e de Conversão do Coração Doloroso e Imaculado

Leia mais

Passados um mês e poucos dias, vimos de novo aqui como peregrinos junto da Mãe de Deus e Mãe da Igreja, Senhora da alegria, da esperança e da paz.

Passados um mês e poucos dias, vimos de novo aqui como peregrinos junto da Mãe de Deus e Mãe da Igreja, Senhora da alegria, da esperança e da paz. 1. Há um mês, o Papa Francisco rezava neste santuário e celebrava a Eucaristia neste mesmo altar. Dizia-nos uma palavra serena, simples e bela, quase óbvia, tantas vezes aqui dita mas a partir de agora

Leia mais

Hino do Ano Sacerdotal

Hino do Ano Sacerdotal Hino e Comentário Pe. Ney Brasil Pereira* * O autor é Mestre em Ciências Bíblicas e Professor no ITESC., p. 167-171. 1 Hino 168 Ney Brasil Pereira Refrão: Ano sacerdotal, ano presbiteral, ano vocacional:

Leia mais

ADMONIÇÃO INICIAL (ROSA)

ADMONIÇÃO INICIAL (ROSA) ADMONIÇÃO INICIAL (ROSA) Hoje encontramo-nos aqui reunidos para celebrar a Festa das Bem-Aventuranças. Bem Aventurado quer dizer FELIZ e buscar a vontade de Deus é ser Bem-Aventurado. Eis que Jesus, ao

Leia mais

19 DE MARÇO 119 A tua casa e o teu reino permanecerão diante de Mim eternamente e o teu trono será firme para sempre». Palavra do Senhor. SALMO RESPON

19 DE MARÇO 119 A tua casa e o teu reino permanecerão diante de Mim eternamente e o teu trono será firme para sempre». Palavra do Senhor. SALMO RESPON 118 MARÇO 18 de Março S. Cirilo de Jerusalém, bispo e doutor da Igreja Comum dos Pastores da Igreja: pp. 486 ss. ou Comum dos Doutores da Igreja: pp. 527 ss. LEITURA I 1 Jo 5, 1-5: p. 606 SALMO RESPONSORIAL

Leia mais

3.º Encontro 2015/2016

3.º Encontro 2015/2016 Escola da Fé 3.º Encontro 2015/2016 CÂNTICO: Onde há Caridade e Amor Onde há caridade e amor aí habita Deus. Papa Francisco abriu porta santa do Jubileu da Misericórdia na Catedral de Bangui, em África,

Leia mais

Nos Atos dos Apóstolos, além do primeiro Pentecostes, há vários outros pentecostes e pentecostinhos. Por exemplo:-

Nos Atos dos Apóstolos, além do primeiro Pentecostes, há vários outros pentecostes e pentecostinhos. Por exemplo:- Nos Atos dos Apóstolos, além do primeiro Pentecostes, há vários outros pentecostes e pentecostinhos. Por exemplo:- - quando a comunidade está em oração durante a perseguição (At 4,31); - quando Pedro acolhe

Leia mais

IV FÓRMULAS DE BÊNÇÃO PARA LAUDES E VÉSPERAS

IV FÓRMULAS DE BÊNÇÃO PARA LAUDES E VÉSPERAS IV FÓRMULAS DE BÊNÇÃO PARA LAUDES E VÉSPERAS I. Nas celebrações do Tempo Advento Deus omnipotente e misericordioso, que vos dá a graça de comemorar na fé a primeira vinda do seu Filho Unigénito e de esperar

Leia mais

PROVÍNCIA MARISTA DO BRASIL NORTE

PROVÍNCIA MARISTA DO BRASIL NORTE PROVÍNCIA MARISTA DO BRASIL NORTE Espiritualidade Apostólica Marista Ir. José Milson de Mélo Souza Ano de Deus Pai LADAINHA DE SÃO MARCELINO CHAMPAGNAT (Ir. José Milson) V. Senhor, tende piedade de nós.

Leia mais

Neste ano da Vida Religiosa Consagrada fomos motivadas pelo Papa Francisco a recordar o passado com gratidão, viver o presente com paixão e abraçar o

Neste ano da Vida Religiosa Consagrada fomos motivadas pelo Papa Francisco a recordar o passado com gratidão, viver o presente com paixão e abraçar o Neste ano da Vida Religiosa Consagrada fomos motivadas pelo Papa Francisco a recordar o passado com gratidão, viver o presente com paixão e abraçar o futuro com esperança. Como o testemunho de vida da

Leia mais

Deus é sempre Aquele que vem te encontrar. Participa da. falará ao teu coração, te alimentará, te inspirará. Este

Deus é sempre Aquele que vem te encontrar. Participa da. falará ao teu coração, te alimentará, te inspirará. Este COMO FAZER? A. Empenha-te a encontrar o Senhor. Contempla com os teus olhos a presença de Deus em todas as coisas, e vê que Deus é sempre Aquele que vem te encontrar. Participa da Celebração Eucarística,

Leia mais

Rito para a Coroa do Advento em família Dom, 28 de Dezembro de :56 - Última atualização Qui, 02 de Dezembro de :45

Rito para a Coroa do Advento em família Dom, 28 de Dezembro de :56 - Última atualização Qui, 02 de Dezembro de :45 Caro Internauta, ofereço-lhe este rito para a Coroa do Advento. Que você e sua família possam ter um santo tempo de preparação para o Natal, como é de se esperar de uma família cristã. A coroa do Advento

Leia mais

A primeira menção bíblica ao dízimo aparece no livro do Gênesis, quando Abrão se encontra com Melquisedec, sacerdote do Deus Altíssimo.

A primeira menção bíblica ao dízimo aparece no livro do Gênesis, quando Abrão se encontra com Melquisedec, sacerdote do Deus Altíssimo. O DÍZIMO NA BÍBLIA A primeira menção bíblica ao dízimo aparece no livro do Gênesis, quando Abrão se encontra com Melquisedec, sacerdote do Deus Altíssimo. Depois de ser abençoado por este, Abrão lhe deu

Leia mais

ADORAÇÃO AO SANTÍSSIMO SACRAMENTO NA ABERTURA DO ANO SACERDOTAL 19 de junho de 2009. Fidelidade de Cristo, fidelidade do Sacerdote

ADORAÇÃO AO SANTÍSSIMO SACRAMENTO NA ABERTURA DO ANO SACERDOTAL 19 de junho de 2009. Fidelidade de Cristo, fidelidade do Sacerdote ARQUIDIOCESE DE FLORIANÓPOLIS ADORAÇÃO AO SANTÍSSIMO SACRAMENTO NA ABERTURA DO ANO SACERDOTAL 19 de junho de 2009 Fidelidade de Cristo, fidelidade do Sacerdote 1 - MOTIVAÇÃO INICIAL: Dir.: Em comunhão

Leia mais

SOLENIDADE DO SANTÍSSIMO CORPO E SANGUE

SOLENIDADE DO SANTÍSSIMO CORPO E SANGUE SOLENIDADE DO SANTÍSSIMO CORPO E SANGUE DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO Águeda, 22 de Maio de 2008 A Eucaristia dom de Deus para a vida do mundo 1. A Igreja celebra hoje a Solenidade do Corpo e Sangue de

Leia mais

Como falar sobre acontecimento tão significativo quanto este?

Como falar sobre acontecimento tão significativo quanto este? Como falar sobre acontecimento tão significativo quanto este? Irmãs reunidas... Casa cheia... Alegria estampada nos rostos AGRADECIDOS que, ao longo de anos de convivência, aprenderam AMAR e ADMIRAR alguém

Leia mais

Quaresma. Tempo de Misericórdia. QUANDO ELE NOS ABRE AS ESCRITURAS Domingo após Domingo - Uma leitura bíblica do lecionário - Ano C

Quaresma. Tempo de Misericórdia. QUANDO ELE NOS ABRE AS ESCRITURAS Domingo após Domingo - Uma leitura bíblica do lecionário - Ano C QUANDO ELE NOS ABRE AS ESCRITURAS Domingo após Domingo - Uma leitura bíblica do lecionário - Ano C Quaresma Este livro apresenta as reflexões de D. António Couto biblista e bispo de Lamego sobre os textos

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SÁTÃO CURRÍCULO DISCIPLINAR 3º ANO EDUCAÇÃO MORAL E RELIGIOSA CATÓLICA (EMRC) (SNEC)

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SÁTÃO CURRÍCULO DISCIPLINAR 3º ANO EDUCAÇÃO MORAL E RELIGIOSA CATÓLICA (EMRC) (SNEC) AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SÁTÃO CURRÍCULO DISCIPLINAR 3º ANO EDUCAÇÃO MORAL E RELIGIOSA CATÓLICA (EMRC) (SNEC) 2015-16 3 º ANO Unidade Letiva 1 A Dignidade das Crianças 1. Tomar consciência de que as crianças

Leia mais

Planificação Anual Departamento CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS

Planificação Anual Departamento CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS Modelo Dep-01 Agrupamento de Escolas do Castêlo da Maia Planificação Anual Departamento CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS Ano 5º Ano letivo 2013 / 2014 Disciplina EMRC Turmas A, B, C, D, E, F, G, H, I, J Professores:

Leia mais

DINÂMICA PARA O ADVENTO E NATAL

DINÂMICA PARA O ADVENTO E NATAL DINÂMICA PARA O ADVENTO E NATAL 2009 2010 Às portas do Ano da Missão, queremos propor uma dinâmica que envolva, nesse espírito, toda a catequese, com os seus catequizandos, catequistas e pais, bem como

Leia mais

Homilia na Solenidade do Natal do Senhor

Homilia na Solenidade do Natal do Senhor 1.Celebramos, hoje, o nascimento de Jesus. Celebramos o nascimento de um Menino que é resposta de Deus à esperança da humanidade. Esta esperança da humanidade concentrou-se, de modo muito particular, no

Leia mais

Encontros com pais e padrinhos

Encontros com pais e padrinhos ARQUIDIOCESE DE TERESINA PASTORAL DO BATISMO 2º Momento Igreja, Comunidade de Salvação Já conversamos sobre a pessoa de Nosso Senhor Jesus Cristo. Temos consciência que Ele é nosso Salvador, Deus e Homem

Leia mais

Arquidiocese de Palmas

Arquidiocese de Palmas Calendário Pastoral - Missionário Arquidiocese de Palmas Igreja que acolhe, ama e forma O Calendário Pastoral - Missionário é uma produção da Pastoral da Comunicação da Arquidiocese de Palmas 5 Sul, alameda,

Leia mais

DEUS CHAMA A GENTE PRA UM MOMENTO NOVO DE CAMINHAR JUNTO COM O SEU POVO. É HORA DE TRANSFORMAR O QUE NÃO DÁ MAIS SOZINHO, ISOLADO, NINGUÉM É CAPAZ.

DEUS CHAMA A GENTE PRA UM MOMENTO NOVO DE CAMINHAR JUNTO COM O SEU POVO. É HORA DE TRANSFORMAR O QUE NÃO DÁ MAIS SOZINHO, ISOLADO, NINGUÉM É CAPAZ. Seminário Diocesano DEUS CHAMA A GENTE PRA UM MOMENTO NOVO DE CAMINHAR JUNTO COM O SEU POVO. É HORA DE TRANSFORMAR O QUE NÃO DÁ MAIS SOZINHO, ISOLADO, NINGUÉM É CAPAZ. POR ISSO VEM ENTRA NA RODA COM A

Leia mais