Instalações Elétricas em Áreas Classificadas. Eng. Patrícia Lins

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Instalações Elétricas em Áreas Classificadas. Eng. Patrícia Lins"

Transcrição

1 Instalações Elétricas em Áreas Classificadas Eng. Patrícia Lins

2 Sumário Classificação de Áreas Definições e conceitos Critérios para classificação Tipos de proteção Ex para equipamentos elétricos Certificação: de pessoas e de equipamentos Exemplos de plantas de classificação de áreas

3 Introdução O que é uma área classificada? Um vaso contendo gás inflamável em seu interior pode explodir? Equipamentos elétricos podem gerar faíscas ou ter uma elevação de calor capaz de causar uma ignição? Por que os bueiros no Rio de Janeiro estão explodindo?

4 19/03/2012 4

5 O triângulo do fogo Combustível + Comburente + Fonte de ignição Reação em cadeia

6 LIE Limite Inferior de Explosividade Concentração mínima de gás misturado com o oxigênio para que tenha potencial de explodir. LSE Limite Superior de Explosividade Maior concentração de gás misturado com o oxigênio para que tenha potencial de explodir.

7 LIE vs LSE

8 Ponto de fulgor Menor temperatura na qual um líquido libera vapor em quantidade suficiente para formar uma mistura inflamável.

9 Líquido combustível 70 C PF < 93,3 C Líquido inflamável PF < 70 C P 2,8 kgf/cm² a 37,8 C

10 Temperatura de auto-ignição Temperatura específica de cada substância inflamável, suficiente para causar ignição espontânea com o ar, quando em contato com superfícies quentes.

11 Resumindo...

12 Atmosferas Explosivas vs Áreas Classificadas

13 CLASSIFICAÇÃO DE ÁREAS

14 Classe de temperatura Quanto maior a classe de temperatura, menor a temperatura máxima de superfície para ignição e maior o risco (mais crítico).

15

16

17 Grupos

18 Zonas A explosão tem potencial para: Sempre acontecer? ZONA 0 Acontecer eventualmente, em condições normais? ZONA 1 Acontecer eventualmente, em condições anormais? ZONA 2

19

20 Classificação de acordo com a série de normas ABNT NBR IEC 60079

21 O que classifica uma área? O produto. Por isso a planta de classificação de áreas deve conter uma descrição detalhada dos produtos e suas características físico-químicas.

22

23 Tipos de Proteção IP para Equipamentos Elétricos Proteção IP (ABNT NBR IEC 60529:2005 Graus de Proteção para invólucros de equipamentos elétricos) Proteção contra poeira e água

24 Grau IP

25 Grau IP Letra Suplementar

26 Tipos de Proteção Ex para Equipamentos Elétricos Proteção Ex (ABNT NBR IEC Série de Normas sobre Proteção de Equipamentos em Atmosferas Explosivas ) Proteção contra explosão em atmosferas explosivas

27 Tipos de Proteção Ex para Equipamentos Elétricos e de Instrumentação

28

29 Ex-d (à prova de explosão)

30 Ex-d

31

32 Ex-e (segurança aumentada)

33 Ex-nA (não acendível) Ex na = Dispositivo não centelhante Ex nr = Invólucro com respiração restrita

34 Ex-i (segurança intrínseca)

35 Ex-p (invólucros pressurizados)

36 Ex-m (encapsulamento em resina) Ex-q (imersão em areia)

37 Ex-o (imersão em óleo)

38 EPL Equipment Protection Level

39 Série de normas para áreas classificadas

40 Série de normas para áreas classificadas

41 Série de normas para áreas classificadas

42 Para pensar... E o telefone celular? Câmera digital? Rádio Transceptor? Lanterna? Posso utilizar equipamentos elétricos portáteis sem proteção Ex em áreas classificadas?

43 Resumindo... 19/03/

44

45 Interior de vasos Não se consideram áreas classificadas as internas de vasos, ainda que contenham gases ou líquidos inflamáveis, pois não há oxigênio em seu interior. Ex: tanques de diesel com teto fixo, esferas de GLP.

46

47 Certificação de equipamentos Portaria INMETRO nº de abril de /03/

48 19/03/

49 19/03/

50 Certificação de pessoas para serviços em instalações elétricas em áreas classificadas 19/03/

51 Competências pessoais Ex 001: Aplicação dos princípios básicos de proteção em atmosferas explosivas Ex 002: Execução de classificação de áreas (IEC / IEC ) Ex 003: Instalação de equipamentos com tipos de proteção Ex e respectivos sistemas de fiação (IEC ) Ex 004: Manutenção de equipamentos em atmosferas explosivas (IEC )

52 Competências pessoais Ex 005: Reparo e revisão de equipamentos com tipos de proteção Ex (IEC ) Ex 006: Ensaios de equipamentos e instalações elétricas em, ou associadas a atmosferas explosivas (IEC ) Ex 007: Execução de inspeções visuais e apuradas de equipamentos e instalações em, ou associadas a atmosferas explosivas (IEC )

53 Competências pessoais Ex 008: Execução de inspeções detalhadas de equipamentos ou instalações elétricas em, ou associadas a atmosferas explosivas (IEC ) Ex 009: Projeto de instalações elétricas em, ou associadas a atmosferas explosivas (IEC ) Ex 010: Execução de inspeções de auditoria ou de avaliação das instalações elétricas em, ou associadas a atmosferas explosivas (IEC )

54 Notícias Comissão de Estudo CE 03: do Subcomitê SC-31 do COBEI já concluiu a elaboração de um Projeto de Norma sobre Competências Pessoais para atmosferas explosivas. A ABENDI, como OCP acreditado pelo Inmetro, já iniciou os seus trabalhos de elaboração de um sistema de certificação de profissionais para atmosferas explosivas.

55 Notícias O Inmetro, por sua vez, também já estabeleceu como prioridade, para a sua carteira de novos programas de certificação para o período 2012/2015, a abertura de programas nacionais de certificação de competências pessoais em atmosferas explosivas e de oficinas de serviços de reparos de equipamentos Ex.

56 Plantas de Classificação de Áreas 19/03/

57 Normas para elaboração de plantas de classificação de áreas 19/03/

58 Legenda para plantas de classificação de áreas 19/03/

59 Etapas para elaboração de plantas de classificação de áreas 19/03/

60 Análise estatística para classificação de áreas 19/03/

61 19/03/

62 19/03/

63 19/03/

64 19/03/

65 19/03/

66 19/03/

67 19/03/

68 19/03/

69 Sinalização de Segurança para Áreas Classificadas 19/03/

70 Grata pela atenção! Eng. Patrícia Lins

INSTRUMENTAÇÃO EM PROCESSOS INDUSTRIAIS

INSTRUMENTAÇÃO EM PROCESSOS INDUSTRIAIS INSTRUMENTAÇÃO EM PROCESSOS INDUSTRIAIS Instalações elétricas e de instrumentação em áreas classificadas Patrícia Lins de Paula 05/04/2012 86 Sumário Classificação de Áreas Definições e conceitos Critérios

Leia mais

O ciclo de vida das instalações elétricas e de instrumentação em Atmosferas Explosivas

O ciclo de vida das instalações elétricas e de instrumentação em Atmosferas Explosivas O ciclo de vida das instalações elétricas e de instrumentação em Atmosferas Explosivas Roberval Bulgarelli Petrobras Refinaria Presidente Bernardes de Cubatão Coordenador do Subcomitê SC-31 do Cobei Bulgarelli

Leia mais

Segurança das Instalações em Atmosferas Explosivas

Segurança das Instalações em Atmosferas Explosivas Segurança das Instalações em Atmosferas Explosivas Roberval Bulgarelli Petrobras Refinaria Presidente Bernardes de Cubatão Coordenador do Subcomitê SC-31 do Cobei 2 Temas abordados neste Minicurso Ex 1.

Leia mais

Atmosferas Explosivas. Segurança e confiabilidade

Atmosferas Explosivas. Segurança e confiabilidade Atmosferas Explosivas Segurança e confiabilidade Atmosferas Explosivas Quando o assunto é área de risco o uso de produtos apropriados e a manutenção adequada são exigências obrigatórias para atender normas

Leia mais

Competências Pessoais em Atmosferas Explosivas

Competências Pessoais em Atmosferas Explosivas Competências Pessoais em Atmosferas Explosivas - Unidade de Competência EX 001 Aplicação dos princípios básicos de proteção em atmosferas explosivas Esquema de Certificação Julho de 2015 Página 1 de 10

Leia mais

Capítulo X. Histórico e atualizações das normas internacional e brasileira sobre instalações em atmosferas explosivas

Capítulo X. Histórico e atualizações das normas internacional e brasileira sobre instalações em atmosferas explosivas 34 Capítulo X Requisitos para projetos de instalações elétricas e de instrumentação em atmosferas explosivas contendo gases inflamáveis e poeiras combustíveis Por Roberval Bulgarelli* A simples aquisição

Leia mais

Requisitos de projeto, montagem, inspeção, manutenção e reparos de instalações e sistemas envolvendo equipamentos intrinsecamente seguros

Requisitos de projeto, montagem, inspeção, manutenção e reparos de instalações e sistemas envolvendo equipamentos intrinsecamente seguros Requisitos de projeto, montagem, inspeção, manutenção e reparos de instalações e sistemas envolvendo equipamentos intrinsecamente seguros Roberval Bulgarelli Consultor Técnico PETROBRAS Coordenador do

Leia mais

Parte III Classes de temperatura, documentação, exemplos em CAD 2D e CAD 3D

Parte III Classes de temperatura, documentação, exemplos em CAD 2D e CAD 3D 32 Capítulo VIII Requisitos para automação de projetos e para estudos de classificação de áreas (com atmosferas explosivas de gases inflamáveis e de poeiras combustíveis em maquetes eletrônicas utilizando

Leia mais

CERTIFICADO DE CONFORMIDADE. N : 11-IEx-0009X

CERTIFICADO DE CONFORMIDADE. N : 11-IEx-0009X Pagina 1/6 Solicitante / Endereço: Applicant / Address Solicitante / Dirección WIKA do Brasil Indústria e Comércio Ltda. Av. Ursula Wiegand, 03 18560-000 - Iperó - SP - Brasil 61.128.500/0001-06 Produto

Leia mais

Instalação de Sistemas de Proteção contra Descargas Atmosféricas (SPDA) em Áreas Classificadas

Instalação de Sistemas de Proteção contra Descargas Atmosféricas (SPDA) em Áreas Classificadas 86 Instalação de Sistemas de Proteção contra Descargas Atmosféricas (SPDA) em Áreas Classificadas Por Sergio Roberto Santos e André Pinheiro Introdução Um Sistema de Proteção contra Descargas Atmosféricas

Leia mais

16 O Setor Elétrico / Maio de 2010

16 O Setor Elétrico / Maio de 2010 16 Instalações elétricas e de instrumentação para áreas classificadas Capítulo XVII Requisitos para as atividades de inspeção e manutenção de instalações elétricas e de instrumentação em atmosferas explosivas

Leia mais

Paula Scardino. Norma Regulamentadora de Segurança e Saúde nos Trabalhos em Espaços Confinados

Paula Scardino. Norma Regulamentadora de Segurança e Saúde nos Trabalhos em Espaços Confinados Norma Regulamentadora de Segurança e Saúde nos Trabalhos em Espaços Confinados Paula Scardino Coordenação Nacional da Norma - ABNT NBR 14.787, publicada em Dezembro de 2001 Membro do GT Tripartite da NR-33,

Leia mais

CURSO MULTIPLICADORES NR-20

CURSO MULTIPLICADORES NR-20 CURSO MULTIPLICADORES NR-20 O CONTROLE DAS FONTES DE IGNIÇÃO Data: 28 de maio de 2014 Local: Uberlândia CREA-MG Realização: Prevenir/Fundacentro Apoio: Crea-MG/ Asseng José Possebon Em uma unidade de produção

Leia mais

Requisitos sobre competências pessoais para atividades com equipamentos e instalações em áreas classificadas contendo atmosferas explosivas

Requisitos sobre competências pessoais para atividades com equipamentos e instalações em áreas classificadas contendo atmosferas explosivas 52 Requisitos sobre competências pessoais para atividades com equipamentos e instalações em áreas classificadas contendo atmosferas explosivas Elaborado por Luiz Mauro Alves e Roberval Bulgarelli A certificação

Leia mais

Certificação de Profissionais

Certificação de Profissionais caderno atmosferas explosivas caderno atmosferas explosivas caderno atmosf caderno ex Foto: DollarPhotoClub 70 potência eras explosivas caderno atmosferas explosivas caderno atmosferas explosivas Ano XI

Leia mais

Estudos de classificação de áreas em CAD 3D e CAE em bancos de dados: Gerenciamento do projeto aos reparos

Estudos de classificação de áreas em CAD 3D e CAE em bancos de dados: Gerenciamento do projeto aos reparos Automação de projetos de estudos de regiões classificadas contendo atmosferas explosivas em maquetes eletrônicas em CAD 3D, baseada em bancos de dados orientados a objetos: Gerenciamento das mudanças do

Leia mais

NORMA TÉCNICA 04/2014

NORMA TÉCNICA 04/2014 É ESTADO DE GOIÁS SECRETARIA DA SEGURANÇA PÚBLICA CORPO DE BOMBEIROS MILITAR NORMA TÉCNICA 04/2014 Símbolos Gráficos SUMÁRIO 1 Objetivo 2 Aplicação 3 Definições 4 Referências normativas e bibliográficas

Leia mais

IECEx DOCUMENTO OPERACIONAL

IECEx DOCUMENTO OPERACIONAL IECEx OD 502 Edição 2.0 2013-04 IECEx DOCUMENTO OPERACIONAL Sistema de Certificação da IEC em relação às normas sobre atmosferas explosivas (Sistema IECEx) IEC System for Certification to Standards relating

Leia mais

Caixa de passagem Ex e / Ex tb

Caixa de passagem Ex e / Ex tb Tomadas/Plugs Painéis Caixa de passagem Ex e / Ex tb Segurança aumentada, tempo e jatos potentes d água. Características Construtivas Caixa de passagem e ligação fabricada em liga de alumínio fundido copper

Leia mais

DET NORSKE VERITAS CERTIFICADO DE CONFORMIDADE

DET NORSKE VERITAS CERTIFICADO DE CONFORMIDADE Produto: Product/Producto Tipo / Modelo: Type Model/Tipo Modelo Solicitante: Applicant/Solicitante MEDIDOR DE VAZÃO ELETROMAGNÉTICO Optiflux 2000 F e Optiflux 4000 F CONAUT CONTROLES AUTOMÁTICOS LTDA.

Leia mais

Certificado de Conformidade Ex Ex Certificate of Conformity

Certificado de Conformidade Ex Ex Certificate of Conformity Certificado emitido conforme requisitos da avaliação da conformidade de equipamentos elétricos para atmosferas explosivas anexo à Portaria Inmetro nº. 79 de 8 de maio de 200 Certificate issued in according

Leia mais

Parte II Tipos de zonas e grupos, propriedades das substâncias inflamáveis e identificação das fontes de risco

Parte II Tipos de zonas e grupos, propriedades das substâncias inflamáveis e identificação das fontes de risco 38 Capítulo VII Requisitos para automação de projetos e para estudos de classificação de áreas (com atmosferas explosivas de gases inflamáveis e de poeiras combustíveis em maquetes eletrônicas utilizando

Leia mais

OS EQUIPAMENTOS ELÉTRICOS PODEM CAUSAR A IGNIÇÃO E CONSEGUENCIA EXPLOSÕES, POR ISSO DEVEM SER ESPECIFICADOS CUIDADOSAMENTE.

OS EQUIPAMENTOS ELÉTRICOS PODEM CAUSAR A IGNIÇÃO E CONSEGUENCIA EXPLOSÕES, POR ISSO DEVEM SER ESPECIFICADOS CUIDADOSAMENTE. ENG GLAUBER MAURIN DEVIDO A PRESENÇA DE DIVERSOS PRODUTOS INFLAMÁVEIS, CUIDADOS ESPECIAIS DEVEM SER ADOTADOS EM PROJETOS E SERVIÇOS EM AREAS CLASSIFICADAS NAS INDÚSTRIAS SUCRO-ALCOOLEIRAS. OS EQUIPAMENTOS

Leia mais

CERTIFICADO DE CONFORMIDADE. N : 11-IEx-0015X

CERTIFICADO DE CONFORMIDADE. N : 11-IEx-0015X Pagina 1/5 Solicitante / Endereço: Applicant / Address Solicitante / Dirección Produto / Modelo / Marca / Código de barras: Product / Model / Trademark / Bar Code Producto / Modelo / Marca / Codigo de

Leia mais

ESCOPO DA ACREDITAÇÃO ABNT NBR ISO/IEC 17025 ENSAIO. Ensaio de estanqueidade das peças condutoras de gás

ESCOPO DA ACREDITAÇÃO ABNT NBR ISO/IEC 17025 ENSAIO. Ensaio de estanqueidade das peças condutoras de gás ESCOPO DA ACREDITAÇÃO ABNT NBR ISO/IEC 17025 ENSAIO Norma de Origem: NIT-DICLA-016 Folha: 1 Total de Folhas: 9 RAZÃO SOCIAL/DESIGNAÇÃO DO LABORATÓRIO LABOTEC ENSAIOS E MEDIÇÕES LABORATORIAIS LTDA E ÁGUA

Leia mais

Capítulo II Novos requisitos de EPL para seleção e marcação de equipamentos elétricos e de instrumentação para instalação em atmosferas explosivas

Capítulo II Novos requisitos de EPL para seleção e marcação de equipamentos elétricos e de instrumentação para instalação em atmosferas explosivas 46 O Setor Elétrico / Fevereiro de 2009 Instalações elétricas e de instrumentação para áreas classificadas Capítulo II Novos requisitos de para seleção e marcação de equipamentos elétricos e de instrumentação

Leia mais

MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS CONFORME ABNT NBR 15594-3

MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS CONFORME ABNT NBR 15594-3 MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS CONFORME ABNT NBR 15594-3 MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS CONFORME ABNT NBR 15594-3 Periodicidade Tipos de manutenção Equipamentos MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS CONFORME ABNT NBR 15594-3

Leia mais

CERTIFICAÇÃO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS DE BAIXA TENSÃO

CERTIFICAÇÃO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS DE BAIXA TENSÃO CERTIFICAÇÃO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS DE BAIXA TENSÃO REQUISITOS DE AVALIAÇÃO DA CONFORMIDADE PROF. MARCOS FERGÜTZ ABRIL/14 INTRODUÇÃO - Legislação Portaria no. 51, de 28 de janeiro de 2014, do INMETRO,

Leia mais

O QUE É FOGO. www.cpsol.com.br

O QUE É FOGO. www.cpsol.com.br O QUE É FOGO Embora nos seja tão familiar, definir fogo não é tão simples como nos parece. Chamamos fogo, materiais combustiveis que se transformam e combinam-se com oxigenio contido no ar, produzindo

Leia mais

Riscos na armazenagem e manuseio de produtos inflamáveis em contentores metálicos e de polietileno.

Riscos na armazenagem e manuseio de produtos inflamáveis em contentores metálicos e de polietileno. Riscos na armazenagem e manuseio de produtos inflamáveis em contentores metálicos e de polietileno. Oscar D. F. Abreu Gerente de Fábrica 11 45479952 oscar@bbquimica.com.br Agosto 2012 APRESENTAÇÃO DA EMPRESA

Leia mais

DET NORSKE VERITAS CERTIFICADO DE CONFORMIDADE

DET NORSKE VERITAS CERTIFICADO DE CONFORMIDADE Produto: Product/Producto Tipo / Modelo: Type Model/Tipo Modelo Solicitante: Applicant/Solicitante MEDIDOR DE VAZÃO DE ÁREA VARIÁVEL E INDICADOR DE VAZÃO H250..././M40./../.../..-Ex- e M40./../.../..-Ex..

Leia mais

ALTO POTENCIAL DE RISCOS DE ACIDENTES

ALTO POTENCIAL DE RISCOS DE ACIDENTES 1 O QUE É ESPAÇO CONFINADO? CARACTERÍSTICAS VOLUME CAPAZ DE PERMITIR A ENTRADA DE EMPREGADOS LIMITAÇÕES E RESTRIÇÕES PARA ENTRADA E SAIDA DE PESSOAL NÃO E PROJETADO PARA OCUPAÇÃO CONTÍNUA POSSUI, EM GERAL,

Leia mais

TRABALHOS EM ESPAÇOS CONFINADOS NA COMGAS AGOSTO/02

TRABALHOS EM ESPAÇOS CONFINADOS NA COMGAS AGOSTO/02 TRABALHOS EM ESPAÇOS CONFINADOS NA COMGAS AGOSTO/02 Sistema de Gerenciamento de SSM na Comgás Liderança e Comprometimento Política e Objetivos Estratégicos Organização, Responsabilidades, Recursos, Padrões

Leia mais

PIE - Prontuário das Instalações Elétricas

PIE - Prontuário das Instalações Elétricas PIE - Prontuário das Instalações Elétricas Autor: Masatomo Gunji - Engº Eletricista e de Segurança do Trabalho: O PIE é um sistema organizado de informações pertinentes às instalações elétricas e aos trabalhadores

Leia mais

Portaria n.º 179, de 18 de maio de 2010.

Portaria n.º 179, de 18 de maio de 2010. Serviço Público Federal MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL-INMETRO Portaria n.º 179, de 18 de maio de 2010.

Leia mais

CERTIFICADO DE CONFORMIDADE. N : 11-IEx-0008X

CERTIFICADO DE CONFORMIDADE. N : 11-IEx-0008X Pagina 1/7 Solicitante / Endereço: Applicant / Address Solicitante / Dirección WIKA do Brasil Indústria e Comércio Ltda. Av Úrsula Wiegand, 03, Iperó SP Brasil - CEP 18560-000 CNPJ: 61.128.500/0001-06

Leia mais

SINALMAX COML E INDL DE SINALIZAÇÃO LTDA. Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos FISPQ

SINALMAX COML E INDL DE SINALIZAÇÃO LTDA. Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos FISPQ 1 IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA Nome do produto: SOLVEMAX Código interno: SSU 200 Empresa: Sinalmax Comercial e Industrial de Sinalização Ltda. e-mail: contato@sinalmaxsinalizacao.com.br Endereço:

Leia mais

Certificado de Conformidade Ex Ex Certificate of Conformity

Certificado de Conformidade Ex Ex Certificate of Conformity Certificado emitido conforme requisitos da avaliação da conformidade de equipamentos elétricos para atmosferas explosivas anexo à Portaria Inmetro nº. 179 de 18 de maio de 21 Certificate issued in according

Leia mais

FISPQ - FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTO QUÍMICO

FISPQ - FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTO QUÍMICO FISPQ - FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTO QUÍMICO FISPQ Nº: 009/2016 Páginas: 01/09 Revisão: 0 1- IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA Nome do Produto: MASSA CORRIDA PVA MISTER CRYL Código

Leia mais

Capítulo XVIII. Ações corretivas e reparos de equipamentos Ex requeridos em função dos resultados das inspeções

Capítulo XVIII. Ações corretivas e reparos de equipamentos Ex requeridos em função dos resultados das inspeções poio O Setor Elétrico / Junho de 00 Capítulo XIII Requisitos para as atividades de inspeção e manutenção de instalações elétricas e de instrumentação em atmosferas explosivas Reparos, inspeções e listas

Leia mais

Núcleo de Pós-Graduação Pitágoras Escola Satélite Curso de Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho

Núcleo de Pós-Graduação Pitágoras Escola Satélite Curso de Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho Núcleo de Pós-Graduação Pitágoras Escola Satélite Curso de Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho DISCIPLINA PROTEÇÃO CONTRA INCÊNDIO E EXPLOSÃO II Aula 53 - Áreas Classificadas para instalações

Leia mais

Manual de Instalação. Sensor HUB-40Ex

Manual de Instalação. Sensor HUB-40Ex _ Manual de Instalação Sensor HUB-40Ex SAC: Tel.: +55 (19) 2127-9400 E-mail: assistenciatecnica@metroval.com.br Instalação, Manutenção e Reparos Revisão 01, Maio/2013 Manual de Instalação Sensor HUB-40Ex

Leia mais

DET NORSKE VERITAS CERTIFICADO DE CONFORMIDADE

DET NORSKE VERITAS CERTIFICADO DE CONFORMIDADE Produto: Product/Producto Tipo / Modelo: Type Model/Tipo Modelo Solicitante: Applicant/Solicitante Fabricante: Manufacturer/Fabricante CONVERSOR DE SINAL Optiflux IFC 300 F CONAUT CONTROLES AUTOMÁTICOS

Leia mais

n o 2 INTRODUÇÃO GUIAS BÁSICOS DE SEGURANÇA

n o 2 INTRODUÇÃO GUIAS BÁSICOS DE SEGURANÇA n o 2 Armazenamento e Manipulação de Inflamáveis GUIAS BÁSICOS DE SEGURANÇA INTRODUÇÃO O campo dos produtos inflamáveis é amplo e diversificado, estando presente como matéria prima, produto intermediário,

Leia mais

Núcleo de Pós-Graduação Pitágoras Escola Satélite. Curso de Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho

Núcleo de Pós-Graduação Pitágoras Escola Satélite. Curso de Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho Núcleo de Pós-Graduação Pitágoras Escola Satélite Curso de Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho Núcleo de Pós-Graduação Pitágoras Escola Satélite Aula 17 Combustíveis e inflamáveis Núcleo

Leia mais

Certificado de Conformidade Ex Ex Certificate of Conformity

Certificado de Conformidade Ex Ex Certificate of Conformity Certificado emitido conforme requisitos da avaliação da conformidade de equipamentos elétricos para atmosferas explosivas anexo à Portaria Inmetro nº. 79 de 8 de maio de 200 Certificate issued in according

Leia mais

Uma viagem pelas instalações elétricas. Conceitos & aplicações

Uma viagem pelas instalações elétricas. Conceitos & aplicações Uma viagem pelas instalações elétricas. Conceitos & aplicações Novas Diretrizes de projeto e aplicação de painéis de baixa tensão Eng. Nunziante Graziano, M. Sc. AGENDA Normas de Referência Por que um

Leia mais

DET NORSKE VERITAS CERTIFICADO DE CONFORMIDADE

DET NORSKE VERITAS CERTIFICADO DE CONFORMIDADE Produto: Product/Producto Tipo / Modelo: Type Model/Tipo Modelo Solicitante: Applicant/Solicitante LUMINARIA FIXA PARA LAMPADAS FLUORESCENTES EXEL CORTEM S.p.A Via Aquileia 10, I-34070 Vilesse (Gorizia)

Leia mais

Instruções MI 018-429 Julho de 2014. Conversor de sinais de corrente para Pneumático E69F e Posicionador eletropneumático E69P

Instruções MI 018-429 Julho de 2014. Conversor de sinais de corrente para Pneumático E69F e Posicionador eletropneumático E69P Instruções MI 018-429 Julho de 2014 Conversor de sinais de corrente para Pneumático E69F e Posicionador eletropneumático E69P Informações de segurança Introdução O Conversor de sinal de corrente para

Leia mais

MAPEAMENTO DE RISCO O MAPA DE RISCOS

MAPEAMENTO DE RISCO O MAPA DE RISCOS Professor: Eng. Alexandre Dezem Bertozzi MAPEAMENTO DE RISCO Percebeu-se, na década de 70, a necessidade de se criar uma nova metodologia que mapeasse os riscos ambientais dos locais de trabalho. Esse

Leia mais

Portaria n.º 179, de 18 de maio de 2010.

Portaria n.º 179, de 18 de maio de 2010. Serviço Público Federal MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL-INMETRO Portaria n.º 179, de 18 de maio de 2010.

Leia mais

Rüdiger Röpke. A segurança em áreas classificadas

Rüdiger Röpke. A segurança em áreas classificadas A segurança em áreas classificadas Tópicos O que é uma área classificada Atmosferas explosivas Classificação de áreas A NR 10 e as áreas classificadas As instalações em áreas classificadas Equipamentos

Leia mais

PREVENÇÃO E COMBATE A INCÊNDIO

PREVENÇÃO E COMBATE A INCÊNDIO PREVENÇÃO E COMBATE A INCÊNDIO PREVENÇÃO E COMBATE A INCÊNDIO DEFINIÇÃO DO FOGO O FOGO É UMA REAÇÃO QUIMICA QUE LIBERA LUZ E CALOR. PREVENÇÃO E COMBATE A INCÊNDIO 193 QUAL É O NUMERO DO CORPO DE BOMBEIROS?

Leia mais

FISPQ- FICHA DE INFORMAÇÃO DE SEGURANÇA DE PRODUTO QUÍMICO

FISPQ- FICHA DE INFORMAÇÃO DE SEGURANÇA DE PRODUTO QUÍMICO 1- Identificação do Produto e da Empresa Produto: Imperlider emborrachamento Empresa: LIDERLUX QUIMICA IND E COM LTDA EPP Estrada Municipal Fazenda Itapeva, 155 Distrito Industrial Fone: (019) 3496-1578.

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE SEGURANÇA DO TRABALHO M2 D2 - PREVENÇÃO E CONTROLE DE RISCOS EM MÁQUINAS, EQUIPAMENTOS E INSTALAÇÕES II

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE SEGURANÇA DO TRABALHO M2 D2 - PREVENÇÃO E CONTROLE DE RISCOS EM MÁQUINAS, EQUIPAMENTOS E INSTALAÇÕES II CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE SEGURANÇA DO TRABALHO M2 D2 - PREVENÇÃO E CONTROLE DE RISCOS EM MÁQUINAS, EQUIPAMENTOS E INSTALAÇÕES II GUIA DE ESTUDO PARTE III NR 20 LÍQUIDOS COMBUSTÍVEIS E INFLAMÁVEIS

Leia mais

ESTUDO DE CASO DE VENTILAÇÃO NATURAL E ARTIFICIAL EM UMA SALA DE BATERIAS DO TIPO CHUMBO-ÁCIDAS

ESTUDO DE CASO DE VENTILAÇÃO NATURAL E ARTIFICIAL EM UMA SALA DE BATERIAS DO TIPO CHUMBO-ÁCIDAS 5, 6 e 7 de Agosto de 2010 ISSN 1984-9354 ESTUDO DE CASO DE VENTILAÇÃO NATURAL E ARTIFICIAL EM UMA SALA DE BATERIAS DO TIPO CHUMBO-ÁCIDAS Douglas Osternack (UTFPR) Douglasosternack@yahoo.com Carlos Augusto

Leia mais

Requisitos de segurança Necessidades do usuário

Requisitos de segurança Necessidades do usuário Equipamentos elétricos em atmosfera explosiva Requisitos de segurança Necessidades do usuário Estellito Rangel Jr. PETROBRAS O que quer o usuário? Segurança Prazo Preço Segurança A instituição da certificação

Leia mais

GASES PERIGOSOS NOS ESPAÇOS CONFINADOS

GASES PERIGOSOS NOS ESPAÇOS CONFINADOS GASES PERIGOSOS NOS ESPAÇOS CONFINADOS Nos diversos ambientes, muitos deles existentes no subsolo, como galerias, esgotos, os porões nas edificações, tanques etc., pela natureza de seus projetos e finalidades,

Leia mais

NBR5410 SOB O PONTO DE VISTA DA SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO. Ivan Faccinetto Bottger www.firesafetybrasil.com

NBR5410 SOB O PONTO DE VISTA DA SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO. Ivan Faccinetto Bottger www.firesafetybrasil.com NBR5410 SOB O PONTO DE VISTA DA SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO Ivan Faccinetto Bottger www.firesafetybrasil.com PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS DA NBR5410 As instalações elétricas devem ser concebidas e construídas

Leia mais

Transformadores Secos. Motores Automação Energia Tintas

Transformadores Secos. Motores Automação Energia Tintas Motores Automação Energia Tintas www.weg.net Em um Transformador Seco WEG, há mais de 40 anos de experiência na fabricação de motores elétricos, mais de 25 anos na fabricação de transformadores e toda

Leia mais

FICHA DE INFORMAÇÃO DE SEGURANÇA DE PRODUTO QUÍMICO Safety Data Sheet. Óxido de Zinco Óxido de Zinco

FICHA DE INFORMAÇÃO DE SEGURANÇA DE PRODUTO QUÍMICO Safety Data Sheet. Óxido de Zinco Óxido de Zinco Página 1 de 5 1. Identificação do Produto e Nome da Empresa Nome do Produto: Identificação do Produto: Identificação da Empresa: Endereço da Empresa: E-mail: Telefone/Fax: (55) (11) 2671 1133 Telefone

Leia mais

Aplicar os princípios de ergonomia na realização do trabalho;

Aplicar os princípios de ergonomia na realização do trabalho; Curso: Técnico de Segurança do Trabalho Curso Reconhecido pelo MEC: PORTARIA N 959/2007 Apresentação: O curso de Técnico de Segurança do Trabalho da Conhecer Escola Técnica é reconhecido pela excelência

Leia mais

IV PETROBRAS DAY A certificação de Competências Pessoais para instalações Elétricas, de Instrumentação e de Automação para Atmosferas Explosivas

IV PETROBRAS DAY A certificação de Competências Pessoais para instalações Elétricas, de Instrumentação e de Automação para Atmosferas Explosivas IV PETROBRAS DAY A certificação de Competências Pessoais para instalações Elétricas, de Instrumentação e de Automação para Atmosferas Explosivas O necessário ponto de vista do usuário do ciclo total de

Leia mais

Certificado de Conformidade Ex Ex Certificate of Conformity

Certificado de Conformidade Ex Ex Certificate of Conformity Página 1 de 6 Page 1 of 6 Data de validade: Validity date: Solicitante: Applicant: Equipamento elétrico: Electrical apparatus: Tipo de proteção: Type of protection: Marcação: Marking: 01-10-2017 BARTEC

Leia mais

FICHA DE INFORMAÇÃO DE SEGURANÇA DE PRODUTOS QUÍMICOS

FICHA DE INFORMAÇÃO DE SEGURANÇA DE PRODUTOS QUÍMICOS FIS 00001 1/6 1) IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA Nome do Produto: Empresa: Endereço: Água sanitária Super Cândida Indústrias Anhembi S/A Matriz: Rua André Rovai, 481 Centro Osasco SP Telefone: Matriz:

Leia mais

SEGURANÇA E SAÚDE NOS TRABALHOS EM ESPAÇOS CONFINADOS.

SEGURANÇA E SAÚDE NOS TRABALHOS EM ESPAÇOS CONFINADOS. NR-33 SEGURANÇA E SAÚDE NOS TRABALHOS EM ESPAÇOS CONFINADOS. 33.1 - Objetivo e Definição 33.1.1 - Esta Norma tem como objetivo estabelecer os requisitos mínimos para identificação de espaços confinados

Leia mais

Segurança Facebook.com/RevistaPotência www.hmnews.com.br/linkedin Segurança

Segurança Facebook.com/RevistaPotência www.hmnews.com.br/linkedin Segurança caderno atmosferas explosivas caderno atmosferas explosivas caderno atmosfe Segurança Facebook.com/RevistaPotência www.hmnews.com.br/linkedin Segurança caderno ex Developed during the 1940s in Germany,

Leia mais

FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTOS QUÍMICOS

FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTOS QUÍMICOS 1. IDENTIFICAÇÃO Nome do produto: Aplicação: Desmoldante líquido a base de óleo vegetal e aditivos. Utilizado na produção de prémoldados, vigas e pilares em concreto aparente Nome da empresa: Avaré Concreto

Leia mais

Prática sobre ponto de fulgor de combustíveis líquidos

Prática sobre ponto de fulgor de combustíveis líquidos Química e Energia - Prof. Barbieri ICET Instituto de Ciências Exatas e Tecnologia Quando um corpo combustível é aquecido, atinge diferentes estágios da temperatura, os quais são conhecidos por: Ponto de

Leia mais

UNIDADE DE TRANSMISSÃO DE DADOS DE CONTAGEM

UNIDADE DE TRANSMISSÃO DE DADOS DE CONTAGEM ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA ET 441 27 de abril de 2012 Página 2 de 13 ÍNDICE Registo das revisões... 4 1. Objectivo... 5 2. Âmbito... 5 3. Referências... 5 3.1. Externas... 5 3.2. Internas... 5 4. Definições

Leia mais

FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTOS QUÍMICOS FISPQ Revisão Produto Data da revisão Página

FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTOS QUÍMICOS FISPQ Revisão Produto Data da revisão Página 13/02/2014 Página 1 de 5 1. Identificação do produto e da empresa Nome Nº: 000050 SC Códigos / AASC1000V / AASC100V / ICPSC1000V / ICPSC10000V / ICPSC100V / 2. Identificação de perigos CLASSIFICAÇÃO DE

Leia mais

Capítulo II Requisitos emc para equipamentos eletroeletrônicos Por Roberto Menna Barreto*

Capítulo II Requisitos emc para equipamentos eletroeletrônicos Por Roberto Menna Barreto* 42 O Setor Elétrico / Fevereiro de 2009 Compatibilidade Eletromagnética em Sistemas Elétricos Capítulo II Requisitos emc para equipamentos eletroeletrônicos Por Roberto Menna Barreto* Normalização internacional

Leia mais

Certificado de Conformidade Ex Ex Certificate of Conformity

Certificado de Conformidade Ex Ex Certificate of Conformity Certificado emitido conforme requisitos da avaliação da conformidade de equipamentos elétricos para atmosferas explosivas anexo à Portaria Inmetro nº. 179 de 18 de maio de 2010 Certificate issued in according

Leia mais

NR 33 - SEGURANÇA E SAÚDE NOS TRABALHOS EM ESPAÇOS CONFINADOS

NR 33 - SEGURANÇA E SAÚDE NOS TRABALHOS EM ESPAÇOS CONFINADOS NR 33 - SEGURANÇA E SAÚDE NOS TRABALHOS EM ESPAÇOS CONFINADOS INTRODUÇÃO A trigésima terceira Norma Regulamentadora do Ministério do Trabalho e Emprego denominada Segurança e Saúde nos Trabalhos em Espaços

Leia mais

ESPAÇOS CONFINADOS. Paula Scardino Coordenadora da Norma Brasileira NBR 14787 ZELL AMBIENTAL LTDA.

ESPAÇOS CONFINADOS. Paula Scardino Coordenadora da Norma Brasileira NBR 14787 ZELL AMBIENTAL LTDA. ESPAÇOS CONFINADOS Paula Scardino Coordenadora da Norma Brasileira NBR 14787 ZELL AMBIENTAL LTDA. Av. Senador Casemiro da Rocha, 609 - Cjtos. 54 e 55 04047-001 - São Paulo - SP Tel.: (11) 5078-9835 - Fax:

Leia mais

Proteção e combate a incêndio

Proteção e combate a incêndio Proteção e combate a incêndio Conceito de fogo Fogo é um processo químico de transformação. Podemos também defini-lo como o resultado de uma reação química que desprende luz e calor devido à combustão

Leia mais

INFORMATIVO DE PRODUTO

INFORMATIVO DE PRODUTO Sensor / Detector de Gás Multigás (GLP / GN / Gás de Carvão / Álcool) + Módulo Endereçável Código: AFDG2-E O Detector de Gás, código AFDG2 é um equipamento que deve ser instalado na parede de cozinhas,

Leia mais

SITRANS LVL200H.ME****A****

SITRANS LVL200H.ME****A**** Vibrating Switches SITRANS LVL200H.ME****A**** NCC 14.03368 X Ex d IIC T6 Ga/Gb, Gb Instruções de segurança 0044 Índice 1 Validade... 3 2 Geral... 3 3 Dados técnicos... 4 4 Condições de utilização... 4

Leia mais

ÁREAS DE ATUAÇÃO SENAC EM JUNDIAÍ. Inspeções Internas. João Gama Godoy. Técnico de Segurança do Trabalho. Senac - 2009

ÁREAS DE ATUAÇÃO SENAC EM JUNDIAÍ. Inspeções Internas. João Gama Godoy. Técnico de Segurança do Trabalho. Senac - 2009 ÁREAS DE ATUAÇÃO SENAC EM JUNDIAÍ Inspeções Internas João Gama Godoy Técnico de Segurança do Trabalho Senac - 2009 É proibida a reprodução do conteúdo desta apresentação em qualquer meio de comunicação,

Leia mais

Legislação Comentada:

Legislação Comentada: Serviço Social da Indústria Departamento Regional da Bahia Legislação Comentada: NR 20 - Líquidos Combustíveis e Inflamáveis Salvador-Bahia 2008 Legislação Comentada: NR 20 - Líquidos Combustíveis e Inflamáveis

Leia mais

PLANOS DE CONTINGÊNCIA, PROGRAMA DE ALERTA E PREPARAÇÃO DE COMUNIDADES PARA EMERGÊNCIAS LOCAIS

PLANOS DE CONTINGÊNCIA, PROGRAMA DE ALERTA E PREPARAÇÃO DE COMUNIDADES PARA EMERGÊNCIAS LOCAIS PLANOS DE CONTINGÊNCIA, PROGRAMA DE ALERTA E PREPARAÇÃO DE COMUNIDADES PARA EMERGÊNCIAS LOCAIS Eduardo Lucena C. de Amorim 1 - INTRODUÇÃO IMPACTOS AMBIENTAIS O impacto ambiental é um desequilíbrio provocado

Leia mais

GERAL GERAL INSTALAÇÕES DE GÁS COMBUSTÍVEL GERAL GE.01/580.75/00855/04

GERAL GERAL INSTALAÇÕES DE GÁS COMBUSTÍVEL GERAL GE.01/580.75/00855/04 04 NORMAS, CRITÉRIOS AMBIENTAIS, TIPO/ESPECIFICAÇÃO MAI/07 EPPJ-2 - EDMUNDO 03 ALTERAÇÃO NOMENCLATURA TÉCNICA JUN/06 EPPJ-2 - EDMUNDO 02 REVISÃO GERAL ABR/04 EPPJ-2 - ANDRE 01 REVISÃO CRITÉRIOS AMBIENTAIS

Leia mais

ESPAÇOS CONFINADOS LIVRETO DO TRABALHADOR O QUE É ESPAÇO CONFINADO? ONDE É ENCONTRADO O ESPAÇO CONFINADO? ONDE É ENCONTRADO O ESPAÇO CONFINADO?

ESPAÇOS CONFINADOS LIVRETO DO TRABALHADOR O QUE É ESPAÇO CONFINADO? ONDE É ENCONTRADO O ESPAÇO CONFINADO? ONDE É ENCONTRADO O ESPAÇO CONFINADO? ESPAÇOS CONFINADOS LIVRETO DO TRABALHADOR NR 33 Segurança e Saúde nos Trabalhos em Espaços Confinados Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva Ministro de Trabalho e Emprego Carlos Lupi FUNDACENTRO

Leia mais

ESPAÇOS CONFINADOS LIVRETO DO TRABALHADOR. NR 33 Segurança e Saúde nos Trabalhos em Espaços Confinados

ESPAÇOS CONFINADOS LIVRETO DO TRABALHADOR. NR 33 Segurança e Saúde nos Trabalhos em Espaços Confinados ESPAÇOS CONFINADOS LIVRETO DO TRABALHADOR NR 33 Segurança e Saúde nos Trabalhos em Espaços Confinados Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva Ministro de Trabalho e Emprego Carlos Lupi FUNDACENTRO

Leia mais

Aplicação da NR-33 nos espaços confinados dos canteiros de obra e frentes de trabalho. Eng. Sérgio Augusto Garcia AFT SRTE/RS - MTE

Aplicação da NR-33 nos espaços confinados dos canteiros de obra e frentes de trabalho. Eng. Sérgio Augusto Garcia AFT SRTE/RS - MTE Aplicação da NR-33 nos espaços obra e frentes de trabalho Eng. Sérgio Augusto Garcia AFT SRTE/RS - MTE Porto Alegre, 28 de Maio de 2010 TÓPICOS Definição de espaço confinado Espaços confinados na construção

Leia mais

Segurança Intrínseca

Segurança Intrínseca Segurança Intrínseca Segurança Intrínseca Segurança Intrínseca é uma das técnicas que podem ser empregadas em equipamentos elétricos que se destinam às áreas classificadas. O objetivo de todas as técnicas

Leia mais

IECEx DOCUMENTO OPERACIONAL

IECEx DOCUMENTO OPERACIONAL IECEx OD 503 Edição 3.0-2014-09 IECEx DOCUMENTO OPERACIONAL Sistema de Certificação da IEC em relação às normas sobre Equipamentos para utilização em Atmosferas Explosivas (Sistema IECEx) Esquema IECEx

Leia mais

Brigada de Incêndio Combate Incêndio. Juarez Sabino da Silva Junior Técnico de Segurança do Trabalho

Brigada de Incêndio Combate Incêndio. Juarez Sabino da Silva Junior Técnico de Segurança do Trabalho Brigada de Incêndio Combate Incêndio Juarez Sabino da Silva Junior Técnico de Segurança do Trabalho Brigada de incêndio A Atuação da Brigada de Incêndio define as conseqüências que um principio de fogo

Leia mais

INSTRUÇÃO DE TRABALHO

INSTRUÇÃO DE TRABALHO PÁG. 1/11 1. OBJETIVO Identificar os riscos envolvidos em cada passo da tarefa, estabelecer salvaguardas que garantam a eliminação ou controle dos riscos identificados. Essa ferramenta deve ser utilizada

Leia mais

EXPLOSÕES (parte 1) Introdução. P.Cartwright e P.E.Pascon

EXPLOSÕES (parte 1) Introdução. P.Cartwright e P.E.Pascon EXPLOSÕES (parte 1) P.Cartwright e P.E.Pascon Fogo e explosão são eventos normalmente abordados quando procedemos na análise de perigo e risco em plantas de processo. Contudo, em alguns casos, os parâmetros

Leia mais

ME-26 MÉTODOS DE ENSAIO PONTO DE FULGOR VASO ABERTO CLEVELAND

ME-26 MÉTODOS DE ENSAIO PONTO DE FULGOR VASO ABERTO CLEVELAND ME-26 MÉTODOS DE ENSAIO DOCUMENTO DE CIRCULAÇÃO EXTERNA 1 ÍNDICE PÁG. 1. INTRODUÇÃO...3 2. OBJETIVO...3 3. S E NORMAS COMPLEMENTARES...3 4. DEFINIÇÕES...3 5. APARELHAGEM...4 6. EXECUÇÃO DO ENSAIO...9 7.

Leia mais

Ficha de Informações de Segurança de Produto Químico - FISPQ

Ficha de Informações de Segurança de Produto Químico - FISPQ Produto: Antiderrapante para Correias Página 1 de 5 1 Informação do Produto e da Empresa Nome do Produto: Antiderrapante para Correias Fornecedor Nome: Ultralub Química Ltda. Endereço: Estrada dos Crisântemos,

Leia mais

Certificado de Conformidade Ex Ex Certificate of Conformity

Certificado de Conformidade Ex Ex Certificate of Conformity Certificado emitido conforme requisitos da avaliação da conformidade de equipamentos elétricos para atmosferas explosivas anexo à Portaria Inmetro nº. 179 de 18 de maio de 010 Certificate issued in according

Leia mais

Botoeiras pré-furadas da série Unicode 2 Segurança aumentada Poliamida, poliéster reforçado com fibra de vidro, aço inoxidável 316L, alumínio

Botoeiras pré-furadas da série Unicode 2 Segurança aumentada Poliamida, poliéster reforçado com fibra de vidro, aço inoxidável 316L, alumínio Botoeiras pré-furadas da série Unicode 2 Poliamida, poliéster reforçado com fibra de vidro, aço inoxidável 316L, alumínio II 2 GD IK09 (Poliamida), IK10 (FRP, aço inoxidável) NBR IEC (Poliamida): NBR IEC

Leia mais

Iluminação Facebook.com/RevistaPotência linkedin.com/company/revistapotencia Iluminação

Iluminação Facebook.com/RevistaPotência linkedin.com/company/revistapotencia Iluminação caderno atmosferas explosivas caderno atmosferas explosivas caderno atmosfe Facebook.com/RevistaPotência linkedin.com/company/revistapotencia caderno ex The correct specification and installation of lighting

Leia mais

Espaço Confinado o que você precisa saber para se proteger de acidentes?

Espaço Confinado o que você precisa saber para se proteger de acidentes? Espaço Confinado o que você precisa saber para se proteger de acidentes? Publicado em 13 de outubro de 2011 Por: Tônia Amanda Paz dos Santos (a autora permite cópia, desde que citada a fonte e/ou indicado

Leia mais

Transformadores Secos. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas

Transformadores Secos. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Transformadores Secos Motores Automação Eneria Transmissão & Distribuição Tintas www.we.net WEG: Sinônimo de Inovação e Qualidade O Grupo WEG possui 49 anos de experiência no mercado, sendo hoje o maior

Leia mais

Informações suplementares

Informações suplementares H250 Informações suplementares Categoria de equipamento II 2G / II 2D, EPL Gb / Db na proteção de equipamento em caso de invólucros não centelhantes Ex-d e na proteção do equipamento contra ignição de

Leia mais

Purgador Termostático Bimetálico Manual de Instalação e Manutenção

Purgador Termostático Bimetálico Manual de Instalação e Manutenção Purgador Termostático Bimetálico Manual de Instalação e Manutenção ÍNDICE Termo de Garantia 1.Descrição 2.Instalação 3.Manutenção 4.Peças de reposição 5.Informações Técnicas 1 TERMO DE GARANTIA A Spirax

Leia mais

Incêndio em Veículos com GNV

Incêndio em Veículos com GNV 1/4 1. FINALIDADE Padronizar e minimizar a ocorrência de desvios na execução de tarefas fundamentais para o funcionamento correto do processo de atendimento de ocorrências emergenciais do tipo EM VEÍCULOS

Leia mais