SIRIUS Innovations. Comando, Manobra e Proteção. Controle Industrial. Answers for industry.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SIRIUS Innovations. Comando, Manobra e Proteção. Controle Industrial. Answers for industry."

Transcrição

1 SIRIUS Innovations Comando, Manobra e Proteção. Controle Industrial Answers for industry.

2 Introdução Siemens Industry Automation inovou o seu Sistema Modular SIRIUS de Controles Industriais. Os produtos da nova linha SIRIUS economizam ainda mais espaço, reduzindo custos com chaparia, pois são capazes de transmitir maior potência no mesmo tamanho construtivo. Mais funções e simplificação nas conexões entre os componentes facilitam a montagem do quadro de controle, reduzindo tempo e custos com fiação. Os componentes são integrados facilmente aos sistemas de automação através das interfaces AS-i ou IO-Link. Com os novos Controles Industriais, o usuário monitora não somente o motor, mas toda a aplicação. Portanto, a disponibilidade da planta é aumentada. Disjuntores até 40 A Relés de sobrecarga até 40 A Relés de monitoramento até 40 A Chaves de partidas suaves Contatores de estado sólido Chaves de partidas compactas

3 /2 /3 /5 / /9 /2 /22 /23 /25 /36 /40 Contatores Introdução Dados gerais Contatores de potência para partida de motores Contatores auxiliares Contatores para interface Dados Técnicos Contatores Aspectos de segurança Categorias de utilização Montagem Contatores de potência para partida de motores Contatores auxiliares Contatores para interface /0 /02 /03 /04 /07 /09 /2 /6 Módulo de carga adicional Links acopladores para controle por CLP Módulos de conexão para contatores Desenhos dimensionais Contatores e contatores auxiliares - Tamanho S00 Contatores - Tamanho S0 Esquemas de ligação Contatores e contatores auxiliares Blocos de contatos auxiliares Bobinas e Supressores /43 /45 /47 Contatores para aplicações especiais Contatores para cargas resistivas Contatores para manobra de motores Contatores para aplicações ferroviárias /50 /52 /54 Dados Técnicos Contatores para aplicações especiais Contatores para cargas resistivas Contatores tetrapolares Contatores para aplicações ferroviárias /57 /59 /64 /65 /66 /67 /7 /77 /80 /8 /87 /90 /9 /93 Acessórios e peças de reposição Introdução Blocos de contatos auxiliares Blocos de contatos auxiliares e temporizados Blocos temporizados e de memória Supressores de sobretensão Combinações para partida reversora Combinações para partida estrela-triângulo Módulos de função para montagem em contatores 3RT2 Módulos de função para partida reversora e estrela-triângulo Módulos de função para IO-Link Módulos de função para AS-Interface Outros blocos de função Terminais, coberturas, adaptadores e conectores Bobinas para reposição /94 /95 /96 /97 /99 Dados técnicos de acessórios e peças de reposição Blocos de contatos auxiliares Relé auxiliar de retardo Blocos temporizados e de memória Supressores de tensão Módulo de função para montagem em contatores 3RT2

4 Contatores até 38A Introdução Panorama da linha Tamanho S00 S0 Tipo 3RT20 3RT20 2 Contatores 3RT20 Tipo 3RT20 5 3RT20 6 3RT20 7 3RT20 8 3RT RT RT RT RT RT20 28 Acionamento em CA e CC (p. 3/26, /7) (p. /8, 3/33) Tipo AC-3 I e /AC-3/400 V A V kw 3 4 5,5 7,5 4 5,5 7,5 5 8,5 230 V 500 V 690 V 000 V AC-4 (para I a = 6 x I e ) kw kw kw kw 2,2 3, ,5 5,5 -- I e 3RT20 A Acessórios para contatores Bloco de contatos auxiliares frontal 3RH29 (p. /84) 3RH29 (p. /84) lateral 3RH29 (p. /87) 3RH29 2 (p. /87) Blocos de contatos temporizados 3RA28. (p. /79) 3RA28. (p. /79) Módulos de função 3RA27.-. AA00 (p. 3/95, /76) 3RA27.-. AA00 (p. 3/95, /76) Supressores de sobretensão 3RT29 6 (p. /9) 3RT29 26 (p. /9) Relés de sobrecarga 3RU2 e 3RB3 (Equipamento de proteção --> relés de sobrecarga) 3RU2, térmico, CLASSE 0 3RU2 6 0,... 6 A (Cap. 5) 3RU2 26, A (Cap. 5) 3RB30/3, eletrônico, CLASSE 5, 0, 20 e 30 3RB30 6 3RB3 3 0,... 6 A (Cap. 5) 3RB RB3 23 0, A (Cap. 5) Relés de sobrecarga 3RV20 (Equipamento de proteção --> relés de sobrecarga) Tipo 3RV20 0,... 6 A (Cap. 5) 3RV A (Cap. 5) Módulos de interligação 3RA29 (Cap. 5) 3RA29 2 (Cap. 5) 3 5,5 5,5 -- Combinações para partida reversora Unidades completas Tipo 3RA23 5 3RA23 6 3RA23 7 3RA RA RA RA RA RA23 28 (p. 3/9) (p. 3/93) 400 V kw Kits de montagem/módulos de fiação 3RA29 3-2AA. (p. /70) -- 3RA AA. (p. /70) Módulos de função 3RA27.-. BA00 (p. 3/95) -- 3RA27.-. BA0 (p. 3/95) Combinações para partida estrela-triângulo Unidades completas Tipo 3RA24 5 3RA24 6 3RA24 7 3RA RA RA24 26 (p. 3/06) (p. 3/08) 400 V kw / Kits de montagem/módulos de fiação 3RA29 3-2BB. (p. /75) 3RA BB. (p. /75) Módulos de função 3RA27.-. CA00 (p. /76) 3RA27.-. CA00 (p. /76) Nota: Para as características de segurança dos contatores veja Apêndice --> Padrões e Aprovações --> Resumo. 4 7,5 7, V kw ,5 4 5,5 7,5 7,5 400 V kw, ,5 2 2,6 3,5 4,4 6 6 ( ligações) AC- (40 C, 690 V) 3 4,5 5, ,5 7, ,5 -- 7,5 8,5 8,5 -- 7,5 8,5 8,5 -- /2

5 Contatores Dados gerais Panorama A família SIRIUS O sistema modular SIRIUS com seus componentes para chaveamento, partida, proteção e monitoração de motores e sistemas industriais se destaca pela montagem rápida, flexível e com economia de espaço. Contatores e contatores para interface 3RT2 Tamanho S00 com acessórios de montagem NSB0_02056a 3 4 Contator tamanho S00 2 Bloco de contato auxiliar ( contato), montagem lateral 3 Bloco de contato auxiliar ( contato), montagem frontal ligação por cima 4 Bloco de contato auxiliar (2 contatos), montagem frontal ligação por baixo 5 Bloco de contatos auxiliares (4 contatos), montagem frontal 6 Módulo de função 3RA28 7 Módulo de função 3RA27 para AS-interface, partida direta 8 Módulo de função 3RA27 para IO-Link, partida direta 9 Supressor de sobretensão com/sem LED 0 Terminal de alimentação trifásico Ponte estrela, tripolar, sem terminal de alimentação 2 Conexão para instalação em paralelo, tripolar, com terminal de alimentação 3 Módulos de fiação, no topo e por baixo (carga reversível) Pino de adaptação para solda Módulo de conexão (adaptador e conector) para conexão de contatores com ligação por parafuso Conector de corrente principal de segurança para dois contatores Para contatores Para contatores e contatores para interface Para acessórios ver páginas /84 até 3/269. Para partidas ver página 3/9 até 3/93. Para o kit de montagem de partidas reversoras (intertravamento mecânico, módulos de interligação) ver página /70. /3

6 Contatores de potência para partida de motores Dados gerais Contatores e contatores para interface 3RT2 Tamanho S0 com acessórios de montagem NSB0_02057a 9 Contator tamanho S0 2 Bloco de contato auxiliar ( contato), montagem lateral 3 Bloco de contato auxiliar ( contato), montagem frontal, ligação por cima 4 Bloco de contatos auxiliares (4 contatos), montagem frontal 5 Bloco de contatos auxiliares (2 contatos), montagem frontal, ligação por baixo 6 Supressores de sobretensão com/sem LED 7 Módulo de função 3RA27 para AS-Interface, partida direta 8 Módulo de função 3RA28 9 Módulo de função 3RA27 para IO-Link, partida direta 0 Bloco temporizador pneumático Intertravamento mecânico 2 3 Conexão para instalação em paralelo, tripolar, com terminal de conexão Módulo de conexão (adaptador e conector) para contator com conexão por parafuso 4 Módulo terminal de bobina, por cima e por baixo 5 Módulo de fiação, por cima e por baixo (carga reversora) 6 Terminal de alimentação trifásica 7 Conexão para instalação em paralelo (ponte estrela), tripolar, sem terminal de conexão 8 Conector de corrente principal de segurança para dois contatores Para acessórios ver páginas /84 até 3/269. /4

7 Contatores de potência para partida de motores Contatores SIRIUS 3RT20 tripolares, ,5 kw Panorama Tamanhos S00 e S0, até 8,5 kw Contatores tamanho S00 com terminais de conexão por mola e contatores tamanho S0 com terminais de ligação por parafuso Padrões IEC , EN , IEC , EN , IEC , EN (contatores auxiliares) Os contatores 3RT2 possuem aprovação climática e são apropriados e testados para aplicação no mundo todo. Caso os equipamentos sejam aplicados em condições ambientais que diferem das condições industriais comuns (EN uso estacionário, protegidos do tempo ), devem ser obtidas informações sobre possíveis restrições referentes a confiabilidade e durabilidade do equipamento e possíveis medidas protetoras. Neste caso, recomendamos entrar em contato com nossa assistência técnica. Contatores 3RT2 possuem proteção contra toque de acordo com a EN Contatos auxiliares Contatores de tamanho S00 possuem um contato auxiliar integrado na unidade básica. As unidades básicas S0 possuem dois contatos auxiliares integrados ( NA + NF). Todas as unidades básicas (exceto contatores para interface) podem ser estendidas com blocos de contatos auxiliares. Para o tamanho S0 estão disponíveis unidades completas com 2 NA + 2 NF (designação dos terminais de acordo com a EN 5002); o bloco de contatos auxiliares pode ser removido. Contatos auxiliares adicionais com um máximo de quatro contatos auxiliares podem ser montados. A combinação de contatos auxiliares bipolares para a montagem frontal e um contato auxiliar para montagem lateral não é permitida. Do número máximo de contatos auxiliares (integrados mais montáveis) possíveis no equipamento não mais do que quatro contatos NF são permitidos para ambos os tamanhos. Confiabilidade dos contatos Para a interrupção de tensões iguais ou menores a 0 V e correntes iguais ou maiores a 00 ma devem ser usados os contatos auxiliares dos contatores 3RT2 ou contatores auxiliares 3RH2 pois garantem um alto grau de confiabilidade de contatos. Estes contatos auxiliares são ideais para circuitos eletrônicos com correntes iguais ou menores que ma com tensão igual ou maior que 7 V. Métodos de conexão Os contatores 3RT2 estão disponíveis com terminais de ligação por parafuso ou mola. Proteção contra curto-circuito dos contatores Para obter mais informações sobre proteção contra curto-circuito dos contatores sem relé de sobrecarga ver especificações (veja Capítulo 3). Para proteção contra curto-circuito dos contatores com relé de sobrecarga veja Capítulo 5, Relés de Sobrecarga. Proteção de motor Relés de sobrecarga térmicos 3RU2 ou relés de sobrecarga 3RB30 podem ser conectados aos contatores 3RT2 para proteção contra sobrecarga. Os relés de sobrecarga devem ser solicitados em separado. (veja Capítulo 3, "Relés de Sobrecarga"). Potência nominal de motores de indução A potência nominal (em kw) se refere à potência de saída no eixo do motor (de acordo com placa do motor). Tensão de alimentação Todos os contatores estão disponíveis para operação em CA ou CC. Para os contatores tamanho S0 está disponível adicionalmente um sistema UC de operação que pode ser operado tanto em CA (45 a 70 Hz) quanto em CC. Supressor de sobretensão Contatores 3RT2 podem ser equipados com elementos RC, varistores, diodos supressores ou conjunto de diodos (conjunto de diodo e diodo Zener para baixos tempos de chaveamento) contra surtos na bobina durante a abertura dos contatos. Os supressores de sobretensão são montados na parte frontal do contatores tamanho S00. Espaço de montagem está reservado próximo ao bloco de contatos auxiliares. Os supressores podem ser montados na parte frontal de contatores tamanho S0. Nota: O retardo no desligamento dos contatores NA e na ligação de contatos NF aumenta quando as bobinas dos contatores são atenuadas contra picos de tensão (diodos supressores de ruído de 6 a 0 vezes; conjunto de diodos 2 a 6 vezes, varistor e diodo supressor +2 a 5 ms). Contatores S00 e S0 com interface de comunicação Os contatores S00 e S0 com interface de comunicação são essenciais para a montagem dos módulos de função SIRIUS para a conexão ao sistema de controle através de IO-Link ou AS-Interface (veja página /8 e /85). /5

8 Contatores de potência para partida de motores Contatores SIRIUS 3RT20 tripolares, ,5 kw Tabela de seleção Acionamento em CA Dados nominais Contatos auxiliares Tensão de comando nominal AC-2 e AC-3, AC-, T U s em 50/60 Hz u : Até 60 C T u : 40 C Corrente de operação nominal I e até Potência de motores trifásicos em 60 Hz Corrente nominal I e até 3RT20.-A... 3RT20.-2A... Conexão por parafuso Código Versão Código Código 400 V 380/400 V 690 V A kw A NA NF V CA Para fixação por parafuso ou em trilho DIN 35 mm Tamanho S00 ) Identificação de contatos de acordo com a DIN EN 5002 ou EN Com contato auxiliar NA, código 0 Com contato auxiliar NF, código 0! #!! ) )! #! Conexão por mola ) ` 6 " 6 $ 6! " ) ` 6 " 6 $ 6! RT20 5-AB0 3RT20 5-2AB0 0 3RT20 5-AF0 3RT20 5-2AF RT20 5-AP0 3RT20 5-2AP RT20 5-AB02 3RT20 5-2AB02 0 3RT20 5-AF02 3RT20 5-2AF RT20 5-AP02 3RT20 5-2AP RT20 6-AB0 3RT20 6-2AB0 0 3RT20 6-AF0 3RT20 6-2AF RT20 6-AP0 3RT20 6-2AP RT20 6-AB02 3RT20 6-2AB02 0 3RT20 6-AF02 3RT20 6-2AF RT20 6-AP02 3RT20 6-2AP02 2 5, RT20 7-AB0 3RT20 7-2AB0 0 3RT20 7-AF0 3RT20 7-2AF RT20 7-AP0 3RT20 7-2AP RT20 7-AB02 3RT20 7-2AB02 0 3RT20 7-AF02 3RT20 7-2AF RT20 7-AP02 3RT20 7-2AP02 6 7, RT20 8-AB0 3RT20 8-2AB0 0 3RT20 8-AF0 3RT20 8-2AF RT20 8-AP0 3RT20 8-2AP RT20 8-AB02 3RT20 8-2AB02 0 3RT20 8-AF02 3RT20 8-2AF RT20 8-AP02 3RT20 8-2AP02 Outras tensões de acordo com as páginas /39 e /66 sob consulta. Para acessórios, ver página /84. ) Para tamanho S00: faixa de operação da bobina Em 50 Hz: 0,8..., U s, Em 60 Hz: 0,85..., U s. /6

9 Contatores de potência para partida de motores Contatores SIRIUS 3RT20 tripolares, ,5 kw Acionamento em CA Dados nominais Contatos auxiliares Tensão de comando nominal AC-2 e AC-3, AC-, T U s em 50 Hz u : Até 60 C T u : 40 C Corrente de operação nominal I e até Potência de motores trifásicos em 60 Hz Corrente nominal I e até 400 V 380/400 V 690 V A kw A NA NF V CA Para fixação por parafuso ou em trilho DIN 35 mm Tamanho S0 Identificação de contatos de acordo com a DIN EN 5002! #!! ) Outras tensões de acordo com as páginas /39 e /66 sob consulta. Para acessórios ver página /84. Para peças de reposição ver página /93. 3RT20 2.-A.00 Conexão por parafuso Código Versão Código Código 3RT A.00 Conexão por mola ) ` 6 " 6 $ 6! " RT20 23-AB00 3RT AB00 0 3RT20 23-AF00 3RT AF RT20 23-AP00 3RT AP00 2 5, RT20 24-AB00 3RT AB00 0 3RT20 24-AF00 3RT AF RT20 24-AP00 3RT AP00 6 7, RT20 25-AB00 3RT AB00 0 3RT20 25-AF00 3RT AF RT20 25-AP00 3RT AP RT20 26-AB00 3RT AB00 0 3RT20 26-AF00 3RT AF RT20 26-AP00 3RT AP RT20 27-AB00 3RT AB00 0 3RT20 27-AF00 3RT AF RT20 27-AP00 3RT AP , RT20 28-AB00 3RT AB00 0 3RT20 28-AF00 3RT AF RT20 28-AP00 3RT AP00 /7

10 Contatores de potência para partida de motores Contatores SIRIUS 3RT20 tripolares, ,5 kw Acionamento em CC sistema magnético para CC Dados nominais Contatos auxiliares Tensão de comando nomi- AC-2 e AC-3, AC-, T nal U s u : até 60 C T u : 40 C Corrente de operação nominal I e até Potência de motores trifásicos em 60 Hz Corrente nominal I e até 3RT20.-B... 3RT20.-2B... Conexão por parafuso Código Versão Código Código 400 V 380/400 V 690 V A kw A NA NF V CC Para fixação por parafuso ou trilho DIN 35 mm Tamanho S00 Identificação de contatos de acordo com a DIN EN 5002 ou EN Com contato auxiliar NA, código 0 Com contato auxiliar NF, código 0! #!! ) )! #! ) ` 6 " 6 $ 6! " ) ` 6 " 6 $ 6! Conexão por mola RT20 5-BB4 3RT20 5-2BB RT20 5-BM4 3RT20 5-2BM RT20 5-BB42 3RT20 5-2BB RT20 5-BM42 3RT20 5-2BM RT20 6-BB4 3RT20 6-2BB RT20 6-BM4 3RT20 6-2BM RT20 6-BB42 3RT20 6-2BB RT20 6-BM42 3RT20 6-2BM42 2 5, RT20 7-BB4 3RT20 7-2BB RT20 7-BM4 3RT20 7-2BM RT20 7-BB42 3RT20 7-2BB RT20 7-BM42 3RT20 7-2BM42 6 7, RT20 8-BB4 3RT20 8-2BB RT20 8-BM4 3RT20 8-2BM RT20 8-BB42 3RT20 8-2BB RT20 8-BM42 3RT20 8-2BM42 Outras tensões de acordo com as páginas /39 e /66 sob consulta. Para acessórios, ver página /84. /8

11 Contatores de potência para partida de motores Contatores SIRIUS 3RT20 tripolares, ,5 kw Acionamento em CC sistema magnético para CC Dados nominais Contatos auxiliares Tensão de comando nomi- AC-2 e AC-3, AC-, T nal U s u : até 60 C T u : 40 C Corrente de operação nominal I e até Potência de motores trifásicos em 60 Hz Corrente nominal I e até 400 V 380/400 V 690 V A kw A NA NF V CC Para fixação por parafuso ou em trilho DIN 35 mm Tamanho S0 Contatores com interface de comunicação Identificação de contator de acordo com DIN EN 5002! #!! ) 3RT20 2.-BB40-0CC0 Conexão por parafuso Código Versão Código Código 3RT BB40-0CC0 Conexão por mola ) ` 6 " 6 $ 6! " RT20 23-BB40-0CC0 3RT BB40-0CC0 2 5, RT20 24-BB40-0CC0 3RT BB40-0CC0 6 7, RT20 25-BB40-0CC0 3RT BB40-0CC RT20 26-BB40-0CC0 3RT BB40-0CC RT20 27-BB40-0CC0 3RT BB40-0CC0 38 8, RT20 28-BB40-0CC0 3RT BB40-0CC0 Outras tensões de acordo com as páginas /39 e /66 sob consulta. ) não pode ser atualizado com supressor de transientes. Para acessórios, ver página /84. /9

12 Contatores de potência para partida de motores Contatores SIRIUS 3RT20 tripolares, ,5 kw Opções de tensão nominal de comando Tensões de alimentação de controle nominais (a 0ª e ª posição do número de pedido dever ser alterada) Tensão de alimentação Contator tipo 3RT20 3RT20 2 3RT23, nominal U s 3RT25 Tamanho S00 S0 S00 S0 3RT23 2, 3RT25 2 Tamanhos S00... S0 Operação CA Bobinas solenoides para 50 Hz (exceção: Tamanho S00: 50 e 60 Hz ) ) 24 V CA B0 B0 B0 B0 42 V CA D0 D0 D V CA H0 H0 H V CA F0 F0 F0 F0 230 V CA P0 P0 P0 P0 400 V CA V0 V0 V0 V0 Bobinas solenoides para 50 e 60 Hz ) 24 V CA B0 C2 B0 C2 42 V CA D0 D2 D0 D2 48 V CA H0 H2 H0 H2 0 V CA F0 G2 F0 G2 220 V CA N2 N2 N2 N2 230 V CA P0 L2 P0 L2 240 V CA P2 P2 P2 P2 Bobinas solenoides (para EUA e Canadá 2) ) 50 Hz 60 Hz 0 V CA 20 V CA K6 K6 K6 K6 220 V CA 240 V CA P6 P6 P6 P6 Bobinas solenoides (para Japão) 50/60 Hz 3) 60 Hz 4) 00 V CA 0 V CA G6 G6 G6 G6 200 V CA 220 V CA N6 N6 N6 N6 400 V CA 440 V CA R6 R6 R6 R6 Operação CC 2 V CC A4 -- A V CC B4 B4 B4 B4 42 V CC D4 D4 D4 D4 48 V CC W4 W4 W V CC E4 E V CC F4 F4 F4 F4 25 V CC G4 G4 G4 G4 220 V CC M4 M4 M4 M4 230 V CC P4 P4 P4 -- Exemplos Mecanismo de operação AC 3RT20 23-AP00 Contator com terminais de conexão por parafuso; com bobina para 50 Hz para tensão nominal de alimentação de comando 230 V CA. 3RT20 23-AG20 Contator com terminais de conexão por parafuso; com bobina para 50/60 Hz para tensão nominal de alimentação de comando 0 V CA. Mecanismo de operação CC 3RT BB40 3RT BG40 Contator com terminais de conexão por mola, para tensão nominal de alimentação de comando 24 V CC. Contator com terminais de conexão por mola, para tensão nominal de alimentação de comando 25 V CC. Tensão de comando nominal U s Contator tipo -- 3RT N U s min... U 5) s max Tamanho S00 S0 Tamanho S0 Operação UC (CA Hz, CC) V CA/CC -- B V CA/CC -- F V CA/CC 6) -- P3 ) Faixa de operação da bobina: 3) Faixa de operação da bobina em 50 Hz: 0,8 to, x U s Tamanho S00: em 50/60 Hz: 0,85..., x U s em 60 Hz: 0,85 to, U s. Tamanho S0: em 50 Hz: 0,8..., x U s 2) Faixa de operação da bobina em 60 Hz: 0,85..., x U s. Tamanho S00: em 50 Hz: 0,85..., x U s em 60 Hz: 0,8..., x U s Tamanho S0: em 50 Hz e 60 Hz: 0,8..., x U s. 4) Faixa de operação da bobina: em 60 Hz: 0,8 até, U s. 5) Faixa de operação: 0,7 x U s min até,3 U s max. 6) Em 280 V: limite superior=, x U s. /0

13 Contatores auxiliares SIRIUS 3RH2 contatores auxiliares tetrapolares Panorama Contatores auxiliares e para interface Tamanho S00 com acessórios NSB0_ Contator auxiliar 2 Contator auxiliar para interface 3 Bloco temporizado eletrônico 4 Bloco de contato auxiliar ( contato), ligação por cima 5 Bloco de contato auxiliar (2 contatos), ligação por cima Bloco de contato auxiliar ( contato), ligação por baixo 7 Bloco de contato auxiliar (2 contatos), ligação por baixo 8 Bloco de contato auxiliar 4-polos (Identificação de contatos de acordo com DIN EN 500 ou DIN EN 50005) 9 Bloco de contato auxiliar 2-polos, execução básica ou eletrônica (identificação de contatos de acordo com DIN EN 50005) 0 Adaptador de pino de solda para contatores auxiliares com bloco de contatos auxiliares de 4-polos Adaptador de pino de solda para contator auxiliar para interface 2 Módulo de carga adicional para aumentar a corrente residual permitida 3 Supressor de sobretensão com LED 4 Supressor de sobretensão sem LED 6 /

14 Contatores auxiliares SIRIUS 3RH2 contatores auxiliares tetrapolares Panorama Padrões IEC , EN , IEC , EN Os contatores auxiliares 3RH2 podem ser fornecidos com terminais em parafuso ou mola. A unidade básica dispõe de quatro contatos. Os contatores auxiliares 3RH2 estão apropriados para o uso em quaisquer condições climáticas. Eles são protegidos contra toque acidental de acordo com a norma EN Confiabilidade de contatos Possuem alta estabilidade de contatos em baixas tensões e correntes, sendo apropriados para circuitos de estado sólido com correntes ma numa tensão 7 V. Supressão de sobretensão Elementos RC, varistores diodos e conjunto de diodos (combinação de diodo e diodo Zener) podem ser acoplados frontalmente em todos os contatores auxiliares para atenuar transientes na bobina durante a abertura. A direção de acoplamento é determinada através de dispositivo de codificação. Nota: O retardo no desligamento dos contatos NA e o retardo no ligamento de contatos NF aumentam se a bobina do contator é atenuada contra picos de tensão (diodo supressor de transientes 6 a 0 vezes, conjunto de diodos 2 a 6 vezes, varistor +2 a 5 ms). Blocos de contatos auxiliares Os contatores auxiliares 3RH2 podem ser ampliados em até oito contatos por meio da adição de blocos de contatos auxiliares acopláveis. O bloco de contatos auxiliares pode ser facilmente acoplado na parte frontal do contator. O bloco de contatos auxiliares possui alavanca central para desmontagem. Os contatores auxiliares com 4 contatos de acordo com a norma EN 500, com números de identificação 40E, podem ser ampliados com blocos de contatos auxiliares 80E a 44E para obter contatores auxiliares com 8 contatos de acordo com a norma EN 500.Os números de identificação 80E a 44E nos blocos de contatos auxiliares aplicam-se aos contatores completos. Estes blocos de contatos auxiliares (3RH29 GA..) não podem ser combinados com contatores auxiliares com números de identificação 3E a 22E; eles são codificados. Todos os contatores auxiliares com 4 contatos de acordo com a norma EN 500, números de identificação 40E a 22E, podem ser ampliados com blocos de contatos auxiliares 40 a 02 para obter contatores auxiliares com 6 ou 8 contatos de acordo com a norma EN Os números de identificação nos blocos de contatos auxiliares aplicam-se somente aos blocos de contatos auxiliares acoplados. Não são permitidos mais que quatro contatos auxiliares NF entre os contatos auxiliares (integrados e acopláveis) possíveis nos contatores. Contator auxiliar, EN 50 0, 4 contatos No. ident. 40E Bloco de contatos aux., EN 50 0, 4 contatos No. ident. 80E, 7E, 62E, 53E, 44E Contator auxiliar, EN contatos No. ident. 80E, 7E, 62E, 53E, 44E NSB0_0205 No. ident. 3E, 22E Bloco de contatos aux., EN , 4 ou 2 contatos No. ident. 40, 3, 22, 20,, 02 Contator Hilfsschütze auxiliar, EN DIN 50 EN50 005, 005, 88 ou oder 6 contatos 6 Kontakte Codificação do no. de pedido Dígito do código ª - 3ª 4ª 5ª 6ª 7ª 8ª 9ª 0ª ª 2ª 3ª 4ª @ Contatos auxiliares SIRIUS 3 R H 2ª geração 2 Tipo de equipamento (p. ex. = contator auxiliar de 4 Número de contatos NA (p. ex. 2 = 2 NA) Número de contatos NF (p. ex. 2 = 2 NF) Tipo de conexão ( = parafuso, 2 = mola) 3 = contator auxiliar de 8 contatos) Faixa de operação / circ. de bobina (p. ex. A = AC standard / without) Rated control supply voltage (p. ex. P0 = 230 V, Sem importância Versão especial Exemplo Nota: O esquema de codificação do nº de produto é meramente informativo para entendimento da lógica dos códigos. 3 @ A P Para pedidos de compra, por favor, utilize os códigos descritos nos capítulos de Seleção e Especificação. /2

15 Contatores auxiliares SIRIUS 3RH2 contatores auxiliares tetrapolares Tabela de seleção Acionamento em CA Tamanho S00 3RH RH Corrente nominal de operação I e /AC-5/AC-4 em 230 V Contatos Código Versão Tensão de comando nominal U s Conexão por parafuso Conexão por mola em 50/60 Hz ) Código Código A NA NF V CA Para fixação por parafuso ou em trilho DIN 35 mm Identificação de contatos de acordo com DIN EN NA, código 40E 3 NA + NF, código 3E 2 NA + 2 NF, código 22E A(+) A(+) 2 3 A(+) A2( ) A2( ) A2( ) E RH2 40-AB00 3RH2 40-2AB00 0 3RH2 40-AF00 3RH2 40-2AF RH2 40-AP00 3RH2 40-2AP00 3E RH2 3-AB00 3RH2 3-2AB00 0 3RH2 3-AF00 3RH2 3-2AF RH2 3-AP00 3RH2 3-2AP00 22E RH2 22-AB00 3RH2 22-2AB00 0 3RH2 22-AF00 3RH2 22-2AF RH2 22-AP00 3RH2 22-2AP00 Outras tensões de acordo com a página /5 sob consulta. Para acessórios, ver páginas /84 a /88. ) Faixa de operação da bobina em50 Hz: 0,8 a, x U s em 60 Hz: 0,85 a, x U s. 2) Para AC-5/AC-4 aplica-se o seguinte: I e = 6 A para contatos auxiliares montados. /3

16 Contatores auxiliares SIRIUS 3RH2 contatores auxiliares tetrapolares Acionamento em CC sistema magnético para CC Tamanho S00 3RH RH Corrente nominal de operação I e /AC-5/AC- 4 em 230 V Contatos Código Versão Tensão de comando nominal Conexão por parafuso Conexão por mola U s Código Código A NA NF V CC Para fixação por parafuso ou em trilho DIN 35 mm Identificação de contatos de acordo com DIN EN NA, código 40E 3 Na + NF, código 3E 2 NA + 2 NF, código 22E A(+) A(+) 2 3 A(+) A2( ) A2( ) A2( ) E RH2 40-BB40 3RH2 40-2BB RH2 40-BM40 3RH2 40-2BM40 3E RH2 3-BB40 3RH2 3-2BB RH2 3-BM40 3RH2 3-2BM40 22E RH2 22-BB40 3RH2 22-2BB RH2 22-BM40 3RH2 22-2BM40 Outras tensões de acordo com a página /5 sob consulta. Para acessórios, ver página /84 a /88. ) Para AC-5/AC-4 aplica-se o seguinte: I e = 6 A para contatos auxiliares montados. /4

17 Contatores auxiliares SIRIUS 3RH2 contatores auxiliares tetrapolares Opções de tensão nominal de comando Tensões de comando nominais (complemento do 0º e º dígitos na definição do Tipo) Tensão de comando nominal U s Acionamento em CA Contator tipo Tensão de comando em 3RH2 Bobinas solenoides para 50/60 Hz e 60 Hz 50/60 Hz ) 24 V CA 60 Hz -- B0 42 V CA -- D0 48 V CA -- H0 0 V CA -- F0 220 V CA -- N2 230 V CA -- P0 400 V CA -- V0 Bobinas para EUA e Canadá 2) 50 Hz 60 Hz 0 V CA 20 V CA K6 220 V CA 240 V CA P6 Bobinas para o Japão 3) 50/60 Hz 60 Hz 00 V CA 0 V CA G6 200 V CA 220 V CA N6 400 V CA 440 V CA R6 Acionamento em CC 2 V CC A4 24 V CC B4 42 V CC D4 48 V CC W4 60 V CC E4 0 V CC F4 25 V CC G4 220 V CC M4 230 V CC P4 ) faixa de operação da bobina em 50 Hz: 0,8 a, x U s em 60 Hz: 0,85 a, x U s. 2) faixa de operação da bobina em 50 Hz: 0,85 a, x U s em 60 Hz: 0,8 a, x U s. 3) faixa de operação da bobina em 50/60 Hz: 0,85 a, x U s em 60 Hz: 0,8 a, x U s. /5

18 Contatores auxiliares SIRIUS 3RH24 contatores auxiliares com bloqueio mecânico, tetrapolares Panorama Padrões IEC , EN , IEC , EN As identificações dos contatos estão de acordo com a DIN EN 500. Contatos auxiliares O número de contatos auxiliares pode ser estendido por meio de blocos de contatos auxiliares de montagem frontal (máx. 4 contatos). Circuito de comando As bobinas do contator e do solenoide de liberação são projetadas para uma carga ininterrupta. Elementos RC, varistores, diodos ou conjuntos de diodos de montagem frontal podem ser acoplados a ambas as bobinas para atenuar surtos na bobina durante a abertura dos contatos. O contator auxiliar também pode ser ligado e liberado manualmente (para os tempos mínimos ver nota na Especificação Técnica na página /38). Tabela de seleção 3RH Corrente nominal de operação I e /AC-5/AC-4 em 230 V Contatos Código de acordo a DIN EN 500 Versão Tensão de comando nominal U s Código Conexão por parafuso A NA NF V Para fixação por parafuso ou em trilho DIN 35 mm Identificação de contatos de acordo com a DIN EN NA, código 40E 3 NA + NF, código 3E 2 NA + 2 NF, código 22E E(+) A+ ( ) E(+) A(+) A(+) 2 3 E2(-) A2(-) E2( ) A2( ) Acionamento em CA CA 50/60 Hz ) 0 40 E RH24 40-AB00 0 3RH24 40-AF RH24 40-AP00 3 E RH24 3-AB00 0 3RH24 3-AF RH24 3-AP00 22 E RH24 22-AB00 0 3RH24 22-AF RH24 22-AP00 Acionamento em CC sistema magnético para CC CC 0 40 E RH24 40-BB40 0 3RH24 40-BF RH24 40-BM40 3 E RH24 3-BB40 0 3RH24 3-BF RH24 3-BM40 22 E RH24 22-BB40 0 3RH24 22-BF RH24 22-BM40 Para acessórios, ver páginas /84 a /88. ) faixa de operação da bobina em 50 Hz: 0,8 a, x U s em 60 Hz: 0,85 a, U s. A2( ) /6

19 Contatores auxiliares SIRIUS 3RH2 contatores auxiliares para interface tetrapolares Tabela de seleção Acionamento em CC Baixo consumo de energia Faixa de operação estendida da bobina Circuito de bobina integrado 3RH2..-.B40 3RH2..-2.B40 Corrente nominal de operação I e /AC-5/AC-4 em 230 V Contatos auxiliares Conexão por parafuso Conexão por mola Código de acordo a Versão DIN EN 500 Código Código A NA NF Para fixação por parafuso ou em trilho DIN 35 mm Tamanho S00 Diodo, varistor ou elemento RC, acopláveis Identificação de contatos de acordo com a DIN EN 500 (nenhum bloco de contatos auxiliares pode ser montado) 4 NA, código 40E 3 NA + NF, código 3E 2 NA + 2 NF, código 22E A(+) A(+) A(+) 2 3 A2( ) A2( ) A2( ) Tensão de comando nominal U s = 24 V CC, faixa de operação da bobina 0,7 a,25 x U s Consumo de energia das bobinas 2,8 W em 24 V 0 40E RH2 40-HB40 3RH2 40-2HB40 3E 3 3RH2 3-HB40 3RH2 3-2HB40 22E 2 2 3RH2 22-HB40 3RH2 22-2HB40 Tensão de comando nominal U s = 24 V CC, faixa de operação da bobina 0,85 a,85 x U s Consumo de energia das bobinas,6 W em 24 V 0 40E RH2 40-MB40-0KT0 3RH2 40-2MB40-0KT0 3E 3 3RH2 3-MB40-0KT0 3RH2 3-2MB40-0KT0 22E 2 2 3RH2 22-MB40-0KT0 3RH2 22-2MB40-0KT0 Para supressores de transientes, ver página /9. /7

20 Contatores auxiliares SIRIUS 3RH2 contatores auxiliares para interface tetrapolares Corrente de operação nominal I e /AC-5/AC-4 em 230 V 3RH2..-.B40 3RH2..-2.B40 Contatos auxiliares Conexão por parafuso Conexão por mola Código de acordo com Versão a norma DIN EN 500 Código Código A NA NF Para fixação por parafuso ou em trilho DIN 35 mm Tamanho S00 Com circuito de bobina integrado (diodo) Designações de terminais de acordo com a norma EN 500 (nenhum bloco de contatos auxiliares pode ser montado) 4 NA, código 40E 3 NA + NF, código 3E 2 NA + 2 NF, código 22E A(+) A(+) A(+) A2( ) A2( ) A2( ) Tensão de alimentação nominal U s = 24 V CC, faixa de operação da bobina 0,7 a,25 x U s Consumo de energia da bobina 2,8 W em 24 V 0 40E RH2 40-JB40 3RH2 40-2JB40 3E 3 3RH2 3-JB40 3RH2 3-2JB40 22E 2 2 3RH2 22-JB40 3RH2 22-2JB40 Tensão de alimentação nominal U s = 24 V CC, faixa de operação da bobina 0,85 a,85 x U s Consumo de energia da bobina,6 W em 24 V 0 40E RH2 40-VB40 3RH2 40-2VB40 3E 3 3RH2 3-VB40 3RH2 3-2VB40 22E 2 2 3RH2 22-VB40 3RH2 22-2VB40 Com circuito de bobina integrado (diodo supressor) Designações de terminais de acordo com a norma EN 500 (nenhum bloco de contatos auxiliares pode ser montado) 4 NA, código 40E 3 NA + NF, código 3E 2 NA + 2 NF, código 22E A(+) A(+) A(+) A2( ) A2( ) A2( ) Tensão de alimentação de comando nominal U s = 24 V CC, faixa de operação da bobina 0,7 a,25 x U s Consumo de energia da bobina 2,8 W em 24 V 0 40E RH2 40-KB40 3RH2 40-2KB40 3E 3 3RH2 3-KB40 3RH2 3-2KB40 22E 2 2 3RH2 22-KB40 3RH2 22-2KB40 Tensão de alimentação nominal U s = 24 V CC, faixa de operação da bobina 0,85 a,85 x U s Consumo de energia da bobina,6 W em 24 V 0 40E RH2 40-SB40 3RH2 40-2SB40 3E 3 3RH2 3-SB40 3RH2 3-2SB40 22E 2 2 3RH2 22-SB40 3RH2 22-2SB40 /8

21 Contatores para interface SIRIUS 3RT20 contatores para interface, tetrapolares, kw Tabela de seleção Acionamento em CC Baixo consumo de energia Faixa de operação estendida da bobina 3RT20.-.B4. 3RT20.-2.B4. Dados nominais AC-2 e AC-3 T u : até 60 C Corrente operacional I e até Potência nominal de motores trifásicos em 60 Hz e Contatos auxiliares Conexão por parafuso Conexão por mola Código Versão Código Código 400 V 400 V A kw NA NF Para fixação por parafuso em trilho DIN 35 mm Tamanho S00 Diodo, varistor ou elemento RC, acopláveis (modernização) Designação de terminais de acordo com a DIN EN 5002 (nenhum bloco de contatos auxiliares pode ser montado) NA, código 0! #!! ) ) ` 6 " 6 NF, código 0 $ 6! " )! #! ) ` 6 " 6 $ 6! Tensão de comando nominal U s = 24 V CC, faixa de operação da bobina 0,7 a,25 x U s Consumo de energia das bobinas 2,8 W em 24 V RT20 5-HB4 3RT20 5-2HB RT20 5-HB42 3RT20 5-2HB RT20 6-HB4 3RT20 6-2HB RT20 6-HB42 3RT20 6-2HB42 2 5, RT20 7-HB4 3RT20 7-2HB RT20 7-HB42 3RT20 7-2HB42 Tensão de comando nominal U s = 24 V CC, faixa de operação da bobina 0,85 a,85 x U s Consumo de energia das bobinas,6 W em 24 V RT20 5-MB4-0KT0 3RT20 5-2MB4-0KT RT20 5-MB42-0KT0 3RT20 5-2MB42-0KT RT20 6-MB4-0KT0 3RT20 6-2MB4-0KT RT20 6-MB42-0KT0 3RT20 6-2MB42-0KT0 2 5, RT20 7-MB4-0KT0 3RT20 7-2MB4-0KT RT20 7-MB42-0KT0 3RT20 7-2MB42-0KT0 Para supressores de sobretensão, ver página /9. Acionamento em CC Baixo consumo de energia Faixa de operação estendida da bobina Circuito de bobina integrado /9

22 Contatores para interface SIRIUS 3RT20 contatores para interface, tetrapolares, kw 3RT20 2.-KB40 3RT KB40 Dados nominais AC-2 e AC-3 T u : até 60 C Corrente nominal de operação I e até Potência nominal de motores trifásicos 60 Hz e Contatos auxiliares Conexão por parafuso Conexão por mola Código Versão Código Código 400 V 400 V A kw NA NF Para fixação por parafuso ou em trilho DIN 35 mm Tamanho S0 Com circuito de bobina integrado (varistor) Identificação de contatos de acordo com a DIN EN 5002 (nenhum bloco de contatos auxiliares pode ser montado) NA + NF, código A(+) /L 3/L2 5/L3 3 2 A2( ) 2/T 4/T2 6/T Tensão de comando nominal U s = 24 V CC, faixa de operação da bobina 0,7 a,25 x U s consumo de energia das bobinas 4,5 W em 24 V 2 5,5 3RT20 24-KB40 3RT KB40 6 7,5 3RT20 25-KB40 3RT KB RT20 26-KB40 3RT KB RT20 27-KB40 3RT KB40 Para acessórios, ver página /88. /20

23 Dados técnicos contatores Aspectos de segurança Contatos positivamente guiados para contatores auxiliares de acordo com EN , Anexo L De acordo com EN :997+A2: 999+A:999+A2:2000, Anexo L, contatos positivamente guiados tratam-se da combinação de n contatos NA e m contatos NF, que são projetados para não serem fechados simultaneamente. Operação positivamente guiada deve somente ser aplicada a contatos auxiliares que estão incorporados aos dispositivos de manobra e cujas as forças atuantes são geradas internamente. Um exemplo que se utiliza destes contatos são com contatores auxiliares SIRIUS 3RH2. Todos os contatores auxiliares SIRIUS 3RH2 (com no mínimo contato NF) são testados de acordo com a EN e se caracterizam como contatos positivamente guiados em sua unidade básica ou no conjunto entre unidade básica e contatos auxiliares desde quando o produto foi lançado. Figura 2- Símbolo para contatos positivamente guiados em dispositivos de manobra. Contatos espelhos para contatores de potência de acordo com EN , Anexo F De acordo com EN :200+A:2002+A2:2005, Anexo F, um contato espelho trata-se de um contato auxiliar NF que não pode ser fechado simultaneamente com um contato NA principal. Figura 2-2 Símbolo para contatos espelho em dispositivos de manobra. Todos os contatores SIRIUS 3RT2 (com no mínimo contato NF) são testados de acordo com EN e caracterizam-se como contatos espelhos em conjunto com contatos auxiliares desde quando o produto foi lançado. /2

24 Dados técnicos contatores Categorias Aspectos de de segurança utilização Categorias de utilização AC Circuito principal: tensões CA AC- Cargas não indutivas ou ligeiramente indutivas, fornos à resistência AC-2 Motores de anéis; partida; desligamento AC-3 Motores de indução (gaiola); partida; desligamento de motores em regime AC-4 Motores de indução (gaiola); partida; reversão; fechamento por impulsos AC-5a Comando de lâmpadas à descarga elétrica AC-5b Comando de lâmpadas incandescentes AC-6a Comando de transformadores AC-6b Comando de bancos de capacitores Aplicações De acordo com DIN EN , a área de aplicação e a carga aplicada a contatores de potência podem ser identificadas observando a categoria de utilização específica em conjunto com a corrente de operação especificada ou a potência do motor e sua tensão de operação. A tabela abaixo lista as categorias mais importantes para contatores. DC DC- DC-3 DC-5 Circuito principal: tensões CC Cargas não indutivas ou ligeiramente indutivas, fornos à resistência Motores em derivação; partida; reversão; acionamento por impulsos; frenagem em contra-corrente de motores Motores em série; partida; reversão; acionamento por impulsos; frenagem em contra-corrente de motores AC AC-2 AC-4 AC-5 Circuito auxiliar: tensões CA Comando de cargas resistivas e de cargas estáticas com isolação óptica Comando de pequenas cargas eletromagnéticas (máx. 72 VA) Comando de cargas eletromagnéticas (acima de 72 VA) DC DC-2 DC-3 Circuito auxiliar: tensões CC Comando de cargas resistivas e cargas estáticas isoladas por acopladores ópticos Comando de eletroímãs /22

25 Dados técnicos contatores Aspectos de segurança Montagem Substituindo a bobina (tamanho S0 / CA) Passo Instrução operacional Imagem Use uma chave de fenda para levantar os clips de retenção entre as metades traseira e dianteira do contator. 2 Afaste as duas metades do contator. 3 Retire a bobina da parte frontal do contator. /23

26 Dados técnicos contatores Montagem Aspectos de segurança Passo Instrução operacional Imagem 4 Insira a nova bobina. Ao realizar esse procedimento, certifique-se de que as molas estejam apropriadamente posicionadas no suporte. 5 Reacople a parte frontal do contator na metade posterior até que os clips de retenção estejam conectados. 6 Escreva na etiqueta fornecida a tensão da nova bobina inserida e colea na parte frontal do contator como mostrado no diagrama. Rasure a tensão previamente escrita sobre o terminal A. /24

27 Dados técnicos contatores Contatores SIRIUS 3RT20 tripolares, ,5 kw Contatores de potência para partida de motores Contator Tipo 3RT2 Tamanho S00 e S0 Dados nominais dos contatos auxiliares De acordo com a norma IEC /EN Os dados se aplicam a contatos auxiliares integrados e de bloco de contatos auxiliares para contatores tamanho S00 e S0 ) Tensão nominal de isolamento U i (grau de poluição 3) V 690 Corrente térmica convencional th = A 0 Corrente nominal de operação I e /AC-2 Carga CA Corrente nominal de operação I e /AC-5/AC-4 para tensão nominal de operação U e 24 V A 0 ) 0 V A 0 ) 25 V A 0 ) 220 V A 0 ) 230 V A 0 ) 380 V A V A V A V A 690 V A Carga CC Corrente nominal de operação I e /DC-2 para tensão nominal de operação U e 24 V A 6 60 V A 6 0 V A 3 25 V A V A 440 V A 0,3 600 V A 0,5 Corrente nominal de operação I e /DC-3 para tensão nominal de operação U e 24 V A 6 60 V A 2 0 V A 25 V A 0,9 220 V A 0,3 440 V A 0,4 600 V A 0, Confiabilidade de contatos em 7 V, ma de acordo com a norma EN Durabilidade dos contatos auxiliares Assume-se que os mecanismos de operação são chaveados aleatoriamente, ou seja, não sincronizados com o ângulo de fase do sistema de alimentação. A durabilidade do contato depende principalmente da corrente de ruptura. As curvas características aplicam-se aos: contatos auxiliares integrados no 3RT20 blocos de contatos auxiliares 3RH29, 3RH29 2 ) Frequência de falhas de contato < 0-8 ou seja < falha a cada 00 milhões de ciclos de operação. NSB0_0206a I I I I I ) contatos auxiliares integrados no tamanho S0 e contatos auxiliares para acoplamento frontal e para a montagem lateral nos tamanhos S00 e S0: I e = 6 A para AC-5/AC-4. Legenda do diagrama: I a = corrente de interrupção I e = corrente nominal de operação /25

28 Dados técnicos contatores Contatores SIRIUS 3RT20 tripolares, ,5 kw Contator Tipo 3RT2 Tamanho Durabilidade dos contatos de potência As curvas características mostram a durabilidade dos contatos dos contatores no chaveamento de cargas CA (AC-/AC-3) em função da corrente de ruptura e da tensão nominal de operação. Parte-se da suposição de que os mecanismos de operação são chaveados aleatoriamente, ou seja, não sincronizados com o ângulo de fase do sistema de alimentação. A corrente nominal de operação I e está em conformidade com a categoria de utilização AC-4 (com capacidade de ruptura de seis vezes a corrente nominal de operação) e prevê uma durabilidade de contato de no mínimo ciclos de operação. Quando uma durabilidade menor for suficiente, a corrente nominal de operação I e /AC-4 pode ser aumentada. Se os contatos são usados para operação mista, ou seja, chaveamento normal (com capacidade de ruptura no valor da corrente nominal de operação de acordo com a categoria de utilização AC-3) em combinação com acionamento intermitente (com capacidade de ruptura várias vezes a corrente nominal de operação de acordo com a categoria AC-4), a durabilidade de contatos pode ser calculada aproximadamente pela equação a seguir: S00 e S0 Tamanho S00 NSB0_02059 I I X A = C A B Caracteres na equação: X durabilidade de contato para operação mista em ciclos de operação A durabilidade de contato para operação normal (I a = I e ) em ciclos de operação B durabilidade de contato para operação intermitente (I a = múltiplo de I e ) em ciclos de operação C operação intermitente como percentagem do total de operações de chaveamento Tamanho S0 P NSB0_02060 I I P Legenda do diagrama: P N = Potência nominal para motores de gaiola até 400 V I a = Corrente de ruptura I e = Corrente operacional nominal /26

29 Dados técnicos contatores Contatores SIRIUS 3RT20 tripolares, ,5 kw Tipo A com bloco de contatos auxiliares montados mm 45 x 57,5 x 6 / 45 x 70 x 2 L P 3RT20 5, 3RT20 6 3RT20 7, 3RT20 8 Tamanho S00 S00 Dimensões (L x A x P) ) mm 45 x 57,5 x 73 / 45 x 70 x 73 com bloco de função montado mm 45 x 57,5 x 42 / 45 x 70 x 42 Dados gerais Posições de montagem permitidas Os contatores são projetados para operação numa superfície de montagem horizontal ,5 22,5 NSB0_00478c Posição de montagem na vertical. NSB0_00477a Versão especial necessária Durabilidade mecânica Unidade básica Ciclos de 30 milhões operação Unidade básica com bloco de contatos auxiliares Ciclos de 0 milhões acoplável operação Bloco de contatos auxiliares compatível com estado Ciclos de sólido operação Durabilidade elétrica 2) Tensão nominal de isolação U i (grau de poluição 3) V 690 Tensão de impulso nominal U imp kv 6 Separação de proteção entre a bobina e os contatos de potência de V 400 acordo com EN , Apêndice N Contato espelho É um contato auxiliar NF que não pode estar fechado simultaneamente com um contato de potência NA. 3RT20., 3RT23. (bloco de contatos auxiliares removíveis) Sim, isto se aplica a ambas as unidades básicas bem como entre a unidade básica e o bloco de contatos auxiliares de acordo com EN , Apêndice F 3RT20., 3RT23. (bloco de contatos auxiliar fixo) Sim de acordo com EN , Apêndice F. 3RH29 9-.NF.. bloco de contatos auxiliares compatível com estado sólido não possuem contatos de espelho. Temperatura ambiente Durante a operação C Durante estocagem C Grau de proteção de acordo com EN , Apêndice C Proteção contra toque de acordo com EN IP20, bobina IP40 seguro contra toque acidental Resistência ao choque pulso retangular Operação CA g/ms 6,7/5 e 4,2/0 7,3/5 e 4,7/0 Operação CC g/ms 6,7/5 e 4,2/0 7,3/5 e 4,7/0 Resistência ao choque pulso senoidal Operação CA g/ms 0,5/5 e 6,6/0,4/5 e 7,3/0 Operação CC g/ms 0,5/5 e 6,6/0,4/5 e 7,3/0 Seção transversal dos condutores 3) Proteção contra curto-circuito para contatores sem relés de sobrecarga Para proteção contra curto-circuito para contatores sem relé de sobrecarga veja Equipamentos de proteção --> Relés de sobrecarga Circuito de potência Elo fusível, classe operacional gg: NH 3NA, DIAZED 5SB, NEOZED 5SE de acordo com a norma IEC / EN Tipo de coordenação A Tipo de coordenação 2 A Livre de soldagem 4) A 0 0 Disjuntores miniatura (até 230 V) com característica C A 0 0 corrente de curto-circuito ka, tipo de coordenação Circuito auxiliar Elo fusível, classe operacional gg : DIAZED 5SB, NEOZED 5SE A 0 (proteção livre de soldagem para I k ka) Disjuntores miniatura até 230 V com característica C corrente de curto-circuito I k < 400 A A 6 ) Dimensões para equipamento com terminais por parafuso/terminais por mola. 2) Para durabilidade dos contatos de potência veja página /26. 3) Para a seção transversal dos condutores, veja página /29. 4) Condições de teste de acordo com a norma IEC /27

30 Dados técnicos contatores Contatores SIRIUS 3RT20 tripolares, ,5 kw Contator Tipo 3RT20 5, 3RT20 6 3RT20 7, 3RT20 8 Tamanho S00 S00 Circuito de comando Faixa de operação da bobina Operação em CA 50 Hz 0,8..., x U s 60 Hz 0,85..., x U s Operação em CC até 50 C 0,8..., x U s até 60 C 0,85..., x U s Consumo das bobinas (quando a bobina é fria e,0 x U s ) Operação em CA, 50/60 Hz, versão padrão - Fechamento VA 27/24,3 37/33 - Fator de potência 0,8/0,75 0,8/0,75 - Fechado VA 4,2/3,3 5,7/4,4 - Fator de potência 0,25/0,25 0,25/0,25 Operação em CA, 50 Hz, para EUA/Canadá - Fechamento VA 26, Fator de potência para fechamento 0,8 0,8 - Fechado VA 4,4 5,9 - Fator de fechamento para fechado 0,24 0,24 Operação em CA, 60 Hz, para EUA/Canadá - Fechamento VA 3, Fator de potência para fechamento 0,8 0,8 - Fechado VA 4,8 6,5 - Fator de potência para fechado 0,25 0,25 Operação em CC (fechamento = fechado) W 4 4 corrente residual permissível para eletrônica (com sinal 0) Operação em CA < 3 ma x (230 V/U s ) ) < 4 ma x (230 V/U s ) ) Operação em CC < 0 ma x (24 V/U s ) ) Tempos de operação 2) Tempo total de abertura = Retardo na abertura + tempo de arco Operação em CA para 0,8..., U s. Retardo no fechamento ms Retardo na abertura ms 3, Operação em CC para 0,85..., U s Retardo no fechamento ms Retardo na abertura ms Tempo de arco ms Tempo de operação para,0 x U 2) s Operação em CA Retardo no fechamento ms 9, Retardo na abertura ms , Operação em CC Retardo no fechamento ms Retardo na abertura ms ) O módulo de carga adicional 3RT29 6-GA00 é recomendado para correntes 2) O retardo no desligamento do contato NA e o retardo no ligamento do con- residuais maiores. tato NF aumenta se as bobinas dos contatores são atenuadas contra 2) picos de tensão (diodo supressor de ruído 6 a 0 vezes; conjunto de diodos 2 a 6 vezes, varistor +2 a 5 ms). Contator Tipo 3RT20 5 3RT20 6 3RT20 7 3RT20 8 Tamanho S00 S00 S00 S00 Circuito de potência Capacidade em CA Categoria de utilização AC- chaveamento de cargas resistivas Corrente operacional nominal I e em 40 C até 690 V A em 60 C até 690 V A Potência nominal para cargas em CA ) 230 V kw 6,3 7,5 7,5 7,5 f.p. = 0,95 (em 60 C) 400 V kw V kw 3, V kw Seção transversal mínima de condutores em 40 C mm 2 2,5 2,5 2,5 2,5 para cargas com I e em 60 C mm 2 2,5 2,5 2,5 2,5 Categoria de utilização AC-2 e AC-3 Corrente de operação nominal I e Até 400 V A V A V A 6 7,7 9,2 2,4 690 V A 4,9 6,7 6,7 8,8 Potência nominal para motores de anel e de gaiola em 50 e 60 Hz em 230 V kw 2, V kw 3 4 5,5 7,5 500 V kw 3,5 4,5 5,5 7,5 690 V kw 4 5,5 5,5 7,5 Capacidade de carga térmica 0 s corrente 2) A ) Fornos industriais e aquecedores elétricos com resistência de aquecimento, etc. (consumo de energia aumentado na fase de aquecimento foi levado em conta). 2) De acordo com a norma IEC Para valores nominais para diversas condições de partida veja Equipamento de proteção --> relés de sobrecarga. /28

31 Dados técnicos contatores Contatores SIRIUS 3RT20 tripolares, ,5 kw Contator Tipo 3RT20 5 3RT20 6 3RT20 7 3RT20 8 Tamanho S00 S00 S00 S00 Circuito de potência Capacidade em CA Perda de energia por contato em I e /AC-3 W 0,42 0,7,24 2,2 Categoria de utilização AC-4 (para I a = 6 x I e ) ) Corrente de operação nominal I e até 400 V A 6,5 8,5 8,5,5 Potência nominal para motores de gaiola em 50 Hz e 60 Hz O seguinte se aplica para uma durabilidade de contato por volta de ciclos de operação: até 400 V kw ,5 - Corrente operacional nominal I e Até 400 V A 2,6 4, 4, 5,5 690 V A,8 3,3 3,3 4,4 - Potência nominal para motores de gaiola em 50 Hz e 60 Hz Frequência de manobra Frequência de manobra z em ciclos de operação/hora Contatores sem relé de sobrecarga Dependência da frequência de manobra z em função da corrente de operação I e da tensão de operação U : z = z (I e /I ) (400 V/U ).5 /h Até 230 V kw 0,67,,,5 400 V kw, ,5 500 V kw, V kw,5 2,5 2,5 3,5 Frequência de manobra sem h carga em CA Frequência de manobra sem h carga em CC Operação nominal AC- (CA/CC) h AC-2 (CA/CC) h AC-3 (CA/CC) h AC-4 (CA/CC) h Contatores com relé de sobrecarga (valor principal) h - 5 ) os dados valem somente para 3RT25 6 e 3RT25 7 (2 NA + 2 NF) até a tensão de operação nominal de 400 V. Contator Tipo 3RT20 5 3RT20 6 3RT20 7 3RT20 8 Tamanho S00 S00 S00 S00 Seção transversal dos condutores Condutores de potência e auxiliares Conexão por parafuso ( ou 2 condutores podem ser conectados) Sólido mm 2 2 x (0,5...,5) ) ; 2 x (0, ,5) ) de acordo com a norma IEC 60947; máx. 2 x (0,5... 4) Flexível de fio fino e com terminal mm 2 2 x (0,5...,5) ) ; 2 x (0, ,5) ) Cabos AWG, sólido ou flexível AWG 2 x ( ) ) ; 2 x (8... 4) ) ; 2 x 2 Parafuso do terminal M3 (para chave de fenda padrão tamanho 2 e Pozidriv 2) Torque de aperto Nm 0,8...,2 (7... 0,3 lb.in) Condutores de potência, auxiliares e de comando Conexão por mola ( ou 2 condutores podem ser conectados) Equipamentos de operação mm 3,0 x 0,5; 3,5 x 0,5 Sólido mm 2 2 x (0,5... 4) Flexível de fio fino com terminal mm 2 2 x (0,5... 2,5) Flexível de fio fino sem terminal mm 2 2 x (0,5... 2,5) Cabos AWG, sólido ou flexível AWG x ( ) Condutores auxiliares para contatos auxiliares de montagem frontal ou lateral ( ou 2 condutores podem ser conectados) Equipamentos de operação mm 3,0 x 0,5; 3,5 x 0,5 Sólido mm 2 2 x (0,5... 2,5) Flexível de fio fino com terminal mm 2 2 x (0,5...,5) Flexível de fio fino sem terminal mm 2 2 x (0,5...,5) Cabos AWG, sólido ou flexível AWG 2 x ( ) Classificação ou Tensão de isolação nominal V CA 600 Corrente ininterrupta, em 40 C, aberto e fechado A 20 Capacidade máxima em hp (valores aprovados pelas normas e u) Potência nominal para motores de indução com 60 Hz Proteção contra curto-circuito 2) (contator ou relé de sobrecarga) Em 200 V hp, V hp V hp 3 5 7, V hp 5 7,5 0 0 Em 600 V ka Fusível classe J 2) A Disjuntores com proteção contra sobrecarga de acordo com a norma UL 489 A /29

32 Dados técnicos contatores Contatores SIRIUS 3RT20 tripolares, ,5 kw Contator Tipo 3RT20 5 3RT20 6 3RT20 7 3RT20 8 Tamanho S00 S00 S00 S00 Combinação de partidas tipo E de acordo -- 3) -- 3) -- 3) -- 3) com a norma UL 508 Classificação NEMA/EEMAC Tamanho NEMA/EEMAC hp -- 0 Corrente ininterrupta - Aberto A Fechado A -- 8 Potência nominal para motores de indução com 60 Hz Em 200 V hp V hp V hp V hp -- 5 Relés de sobrecarga Tipo 3RU2 / 3RB30 Faixa de ajuste A 0,... 6 / 0,... 6 Para ferramentas para abrir os terminais por mola ver Acessórios, página 3/269. Diâmetro externo máximo da isolação do condutor: 3,6 mm. Para seções transversais mm² deve ser usado elemento de isolação (veja Acessórios na página 3/269). ao conectar dois condutores de seção transversal diferentes a um mesmo terminal, ambas as seções devem estar na faixa especificada. para informações adicionais sobre valores de curto-circuito, por ex.: sobre proteção contra correntes de-curto circuito, veja relatório UL ( /30

33 Dados técnicos contatores Contatores SIRIUS 3RT20 tripolares, ,5 kw Tipo 3RT RT RT RT RT RT20 28 Tamanho Dimensões (L x A x P) para operação CA ) mm 45 x 85 x 97 / 45 x 0,5 x 97 Com bloco de contatos auxiliares montado mm 45 x 85 x 4 / 45 x 0,5 x 44 A Com bloco de função montado 45 x 85 x 66 / 45 x 0,5 x 66 L Dimensões (L x A x P) para operação CC ) mm 45 x 85 x 07 / 45 x 0,5 x 07 Com bloco de contatos auxiliares montado mm 45 x 85 x 5 / 45 x 0,5 x 54 Com bloco de função montado 45 x 85 x 76 / 45 x 0,5 x 76 Dados gerais Posições de montagem permitidas Os contatores são projetados para operação numa superfície vertical de montagem. P S0 S0 S0 S0 S0 S ,5 22,5 NSB0_00478c Posição de montagem horizontal NSB0_00477a Versão especial necessária, também vale para relés de acoplamento 3RT K.40. Durabilidade mecânica Unidade básica Ciclos de 0 milhões operação Unidade básica com bloco de contatos auxiliares acoplável Ciclos de 0 milhões operação Bloco de contatos auxiliares compatível com estado sólido Ciclos de operação Durabilidade elétrica 2) Tensão de isolação nominal U i (grau de poluição 3) V 690 Tensão de impulso nominal U imp kv 6 Separação de proteção entre bobina e contatos de potência V 400 (de acordo com a norma EN , Apêndice N) Contato espelho É um contato auxiliar NF que não pode ser fechado simultaneamente com um contato de potência. 3RT20 2., 3RT23 2. (bloco de contatos auxiliares removíveis) Sim, de acordo com a norma EN , Apêndice F 3RT20 2., 3RT23 2. (bloco de contatos auxiliares de montagem fixa) Temperatura ambiente permitida Durante a operação C Sim, de acordo com a norma EN , Apêndice F Durante armazenamento C Grau de proteção de acordo com a norma EN , Apêndice C Proteção contra toque de acordo com a norma EN IP20, montagem de bobina IP20 Proteção contra toque acidental Resistência a choque pulso retangular Operação em CA g/ms 7,5/5 e 4,7/0 8,3/5 e 5,30 Operação em CC g/ms >0/5 e 7,5/0 >0/5 e 7,5/0 Resistência a choque pulso senoidal Operação em CA g/ms,8/5 e 7,4/0 3,5/5 e 8,3/0 Operação em CC g/ms >5/5 e >0/0 >5/5 e >0/0 Seção transversal de condutores 3) Proteção contra curto-circuito para contatores sem relés de sobrecarga Circuito de potência Para proteção contra curto-circuito de contatores com relés de sobrecarga veja Equipamento de proteção --> Relés de sobrecarga. Elo fusível, classe operacional gg : Tipo NH 3NA, DIAZED 5SB, NEOZED 5SE de acordo com a norma IEC / EN Tipo de coordenação A Tipo de coordenação 2 A Livre de soldagem 4) A Disjuntores miniatura (até 230V) com característica C (corrente de curto-circuito 3 ka, tipo de coordenação ) Circuito auxiliar Elo fusível, classe operacional gg : DIAZED 5SB, NEOZED 5SE (proteção livre de soldagem para I k ka) Disjuntores miniatura com característica C (corrente de curto-circuito I k < 400 A) ) Dimensões para equipamentos com terminais por parafuso / terminais por mola. 2) Para durabilidade dos contatos de potência, veja página /26. A A 0 A 0 3) Para a seção transversal dos condutores, veja página /34. 4) Condições de teste de acordo com a norma IEC /3

34 Dados técnicos contatores Contatores SIRIUS 3RT20 tripolares, ,5 kw Contator Tipo 3RT RT RT RT RT NB3 3RT NF3.. 3RT NP3 Tamanho S0 S0 S0 S0 S0 Circuito de comando Faixa de operação da bobina CA/CC 0,8..., x U s 0,7...,3 x U s Consumo das bobinas (com bobina fria e,0 x U s ) Operação em CA, 50 Hz, versão padrão - Fechamento VA ,5 3,6 6, - F.p. 0,82 0,82 0,98 0,98 0,98 - Fechado VA 7,6 9,8,26,9 3,4 - F.p. 0,25 0,25 0,25 0,25 0,25 Operação em CA, 50/60 Hz, versão padrão - Fechamento VA 68/67 8/79 6,5/5,7 3,6/3,2 6,/5,9 - F.p. 0,72/0,74 0,72/0,74 0,98/0,96 0,98/0,99 0,99/0,99 - Fechado VA 7,9/6,5 0,5/8,5,26/,30,9/,90 3,4/3,58 - F.p. 0,25/0,28 0,25/0,28 0,78/0,8 0,6/0,6 0,36/0,45 Operação em CA, 50 Hz, para EUA/Canadá - Fechamento V F.p. 0,82 0, Fechado VA 7,6 9, F.p. 0,25 0, Operação em CA, 60 Hz, para EUA/Canadá - Fechamento VA F.p. 0,76 0, Fechado VA 7,2 9, F.p. 0,28 0, Operação em CC (fechamento = fechado) W 5,9/5,9 5,9/5,9 6,7/0,8 3,2/,56 5/,83 Corrente residual permitida da eletrônica (com sinal 0) Operação em CA ma < 6 ma x (230 V/U s ) < 7 ma x (230 V/U s ) Operação em CC ma < 6 ma x (24 V/U s ) Tempos de operação com 0,8..., x U ) s Tempo total de abertura = Retardo de abertura + tempo de arco Operação em CA - Retardo no fechamento ms Retardo de abertura ms Operação em CC - Retardo no fechamento ms Retardo de abertura ms , , Tempo de arco ms Tempos de operação com,0 x U ) s Operação em CA - Retardo no fechamento ms Retardo de abertura ms Operação em CC - Retardo no fechamento ms Retardo de abertura ms ) O retardo no desligamento do contato NA e o retardo no ligamento do contato NF aumenta se as bobinas dos contatores são atenuadas contra picos de tensão (varistor +2 ms a 5 ms, conjunto de diodos: 2 a 6 times). /32

35 Dados técnicos contatores Contatores SIRIUS 3RT20 tripolares, ,5 kw Contator Tipo 3RT RT RT RT RT RT20 28 Tamanho S0 S0 S0 S0 S0 S0 Circuito de potência Capacidade CA Categoria de utilização AC-, chaveamento de cargas resistivas Corrente de operação nominal I e Com 40 C até 690 V A Com 60 C até 690 V A Potência nominal para cargas CA ) F.p. = 0,95 (em 60 C) 230 V kw 3, V kw V kw V kw Seção transversal mínima do Com 40 C mm condutor para cargas com I e Com 60 C mm Categoria de utilização AC-2 e AC-3 Corrente de operação nominal I e Até 400 V A V A V A 6,8 2, V A 6, Potência nominal para motores de anéis ou de gaiola em 50 e 60 Hz Em 0 V kw,,5 2, V kw ,5 7,5 7,5 400 V kw 4 5,5 7,5 5 8,5 500 V kw 4 7,5 0 8,5 8,5 660 V/690 V kw 5,5 7,5 8,5 8,5 Capacidade de carga térmica Corrente 0 s 2) A Perda de potência por barra de Com I e /AC-3 W 0,4 0,5 0,9,6 2,7 3,8 condução Categoria de utilização AC-4 (para I a = 6 x I e ) Corrente de operação nominal I e Até 400 V A 8,5 2,5 5,5 5,5 22 Potência nominal para motores Em 400 V kw 4 5,5 7,5 7,5 de gaiola em 50 Hz e 60 Hz O seguinte se aplica a uma durabilidade de contato por volta de ciclos de operação: - Corrente de operação nominal I e Até 400 V A 4, 5,5 7, V A 3,3 5,5 7, Potência nominal para motores de gaiola em 50 Hz e 60 Hz Frequência de manobra Frequência de manobra z em ciclos de operação/hora Contatores sem relé de sobrecarga Dependência da frequência de chaveamento z', da corrente de operação I e da tensão de operação U : z = z (I e /I ) (400 V/U ).5 /h Frequência de chaveamento CA sem carga Frequência de chaveamento CC sem carga Em 0 V kw 0,5 0,73,2,6 230 V kw,,5 2 2,5 3,4 400 V kw 2 2,6 3,5 4, V kw 2 3,3 4,6 5,6 7,5 690 V kw 2,5 4,6 6 7,7 0,3 h h Contatores com relé de sobrecarga (valor principal) h - 5 ) Fornos industriais e aquecedores elétricos com aquecimento por resistência, etc. (consumo aumentado durante a fase de aquecimento foi considerado). 2) De acordo com a norma IEC Para valores nominais de várias condições de partida ver Capítulo 5 Equipamentos de proteção --> Relés de sobrecarga. AC- (CA/CC) h AC-2 (CA/CC) h AC-3 (CA/CC) h AC-4 (CA/CC) h /33

36 Dados técnicos contatores Contatores SIRIUS 3RT20 tripolares, ,5 kw Contator Tipo 3RT RT RT RT RT RT20 28 Tamanho S0 S0 S0 S0 S0 S0 Seção transversal dos condutores ( ou 2 condutores podem ser conectados) Condutores de potência Conexão por parafuso Seção transversal dos condutores Sólido mm² 2 x (... 2,5) ) ; 2 x (2,5... 0) ) De acordo com a norma IEC Flexível de fio fino e com terminal mm² 2 x (... 2,5) ) ; 2 x (2,5... 6) ) ; x 0 Cabos AWG, sólido ou flexível AWG 2 x (6... 2); 2 x (4... 8) Parafuso do terminal M4 (Pozidriv tamanho 2) - Torque de aperto Nm ,5 ( lb.in) Condutores auxiliares Sólido mm 2 2 x (0,5...,5) ) ; 2 x (0, ,5) ) De acordo com a norma IEC Flexível de fio fino com terminal mm 2 2 x (0,5...,5) ) ; 2 x (0, ,5) ) Sólido ou flexível AWG (2 x) AWG 2 x ( ) ) ; 2 x (8... 4) ) ; x 2 Parafuso do terminal M3 - Torque de aperto Nm 0,8...,2 (7... 0,3 lb.in) Condutores de potência Conexões por mola Equipamentos de operação mm 3,0 x 0,5; 3,5 x 0,5 Sólido mm 2 2 x (... 0) Flexível de fio fino com terminal mm 2 2 x (... 6) Flexível de fio fino sem terminal mm 2 2 x (... 6) Cabos AWG, sólido ou flexível AWG 2 x (8... 8) Condutores auxiliares Equipamentos de operação 3,0 x 0,5; 3,5 x 0,5 Sólido mm 2 2 x (0,5... 2,5) Flexível de fio fino com terminal mm 2 2 x (0,5...,5) Flexível de fio fino sem terminal mm 2 2 x (0,5...,5) Cabos AWG, sólido ou flexível AWG 2 x ( ) Para ferramentas de abrir os terminais por mola ver Acessórios, página 3/269. Diâmetro externo máximo da isolação do condutor: 3,6 mm. Para seções transversais mm² deve ser usado elemento de isolação (veja Acessórios na página 3/269). Contator Tamanho S00 S0 ) Ao conectar dois condutores de seção transversal diferente a um mesmo terminal, ambas as seções devem estar na faixa especificada. Conexão por parafuso ou mola Blocos de contatos auxiliares integrados acopláveis Conexão por parafuso ou mola Blocos de contatos uni ou tetrapolares acopláveis Conexão por parafuso ou mola Blocos de contatos auxiliares de montagem lateral Classificação s ou u dos contatos auxiliares Tensão nominal V CA Capacidade de chaveamento A 600, Q 600 A 600, Q 600 A 300, Q 300 Corrente ininterrupta Em 240 V CA A /34

37 Dados técnicos contatores Contatores SIRIUS 3RT20 tripolares, ,5 kw Contator Tipo 3RT RT RT RT RT RT20 28 Classificação s e u ) Para informações adicionais sobre valores de curto-circuito, p. ex. sobre proteção contra correntes de curto-circuito, veja o relatório UL ( 2) Valores para fusíveis RK5 sob consulta. 3) Valores sob consulta. Tamanho S0 S0 S0 S0 S0 S0 Tensão de isolação nominal V CA Corrente ininterrupta, em 40 C, aberto e fechado A Capacidade máxima em hp (valores aprovados pelas normas s e u) Potência nominal para motores de indução com 60 Hz Proteção contra curto-circuito ) (contator ou relé de sobrecarga) Em 200 V hp , V hp , V hp 5 7, V hp 7, Em 600 V ka Fusível classe J 2) A Disjuntores com proteção contra sobrecarga de acordo A com a norma UL 489 Combinação de partidas tipo E de acordo com a norma Em 480 V Tipo 3RV20 2 UL 508 A -- ka -- 3) Em 600 V Tipo 3RV20 2 A -- ka -- 3) Classificação NEMA/EEMAC Tamanho NEMA/EEMAC hp -- Corrente ininterrupta - Aberto A Fechado A Potência nominal para motores de indução com 60 Hz Em 200 V hp -- 7,5 230 V hp -- 7,5 460 V hp V hp -- 0 Relés de sobrecarga Tipo 3RU2 2 / 3RB30 2 Faixa de ajuste A, / 0, /35

38 Dados técnicos contatores SIRIUS 3RH2 contatores auxiliares, tetrapolares Contatores auxiliares Contator Tipo 3RH2 Tamanho S00 Posições de montagem permitidas Os contatores são projetados para operação na posição vertical de montagem Posição de montagem horizontal ,5 22,5 NSB0_00478c Abertura forçada dos contatos em contatores auxiliares 3RH2: Sim, na unidade básica e no bloco de contatos auxiliares como também entre a unidade básica e bloco de contatos auxiliares de montagem frontal (removível) de acordo com as normas: ZH /457 EN , Anexo L 3RH22: Sim, na unidade básica e no bloco de contatos auxiliares bem como entre a unidade básica e bloco de contatos auxiliares de montagem frontal (permanently mounted) de acordo com as normas: ZH /457 EN , Appendix L Nota: 3RH29 -. NF. Blocos de contatos auxiliares compatíveis com estado sólido não possuem contatos de abertura forçada. Confiabilidade de contato Confiabilidade de contato em 7 V, ma de acordo com a norma EN Durabilidade de contato para categorias de utilização AC-5/AC- 4 e DC-3 A durabilidade de contato basicamente depende da corrente de ruptura. Assume-se que o mecanismo de operação é chaveado aleatoriamente, ou seja, não sincronizado com o ângulo de fase do sistema de alimentação. Na presença de circuitos magnéticos diferentes do sistema de bobina do contator ou válvulas solenoides, p. ex. freios magnéticos, são necessárias medições de proteção para os circuitos de carga, p. ex. na forma de elementos RC e diodos invertidos. As curvas características aplicam-se para: 3RH2/3RH22 contatores auxiliares 3RH24 contatores auxiliares de memória 3RH29 blocos de contatos auxiliares ) Blocos de contatos auxiliares para acoplamento frontal e para montagem lateral no tamanho S00 NSB0_00477a Versão especial necessária (para contatores auxiliares e de interface com faixa de operação ampliada 3RH2 22-2K,40, sob consulta) Explicações: Operação de abertura forçada existe quando é garantido que os contatos NF e NA não podem estar fechados ao mesmo tempo. ZH/457 Regras de segurança para unidades de controle em prensas na indústria metalúrgica. EN , Anexo L Dispositivos de baixa tensão, equipamentos de controle e elementos de chaveamento. Exigências especiais para contatos de abertura forçada. Frequência de falha de contatos <0-8 ou seja < falha a cada 00 milhões de ciclos de operação. NSB0_0206a I I I I I Legenda do diagrama: I a = corrente de frenagem I e = corrente de operação nominal ) I e = 6 A para AC-5/AC-4. /36

39 Dados técnicos contatores SIRIUS 3RH2 contatores auxiliares, tetrapolares Tipo A Com bloco de contatos auxiliares montado L mm 45 x 57,5 x 6 45 x 57,5 x 6 -- P 3RH2 3RH22 3RH24 Tamanho S00 S00 S00 Dimensões (L x A x P) com terminais de parafuso mm 45 x 57,5 x x 57,5 x 73 Dados gerais Durabilidade mecânica Unidade básica Ciclos 30 milhões 5 milhões de operação Unidade básica com bloco de contatos auxiliares acoplável Ciclos 0 milhões de operação Bloco de contatos auxiliares compatível com estado sólido Ciclos de operação 5 milhões Tensão de isolamento nominal U i (grau de poluição 3) V 690 Tensão de impulso nominal U imp kv 6 Separação de proteção entre bobina e contatos na unidade básica de V 400 acordo com a norma EN , Anexo N Temperatura ambiente permitida Durante a operação C Durante estocagem C Grau de proteção de acordo com a norma EN , Anexo C IP20, montagem de bobina IP40 Proteção contra toque de acordo com a norma EN Proteção contra toque acidental Resistência contra choque Pulso retangular - Operação CA g/ms 7,3/5 e 4,7/0 - Operação CC g/ms >0/5 e >5/0 Pulso senoidal - Operação CA g/ms,4/5 e 7,3/0 - Operação CC g/ms >5/5 e >8/0 Proteção contra curto-circuito (proteção livre de soldagem em I k ka) Elo fusível, classe operacional gg - DIAZED, Tipo 5SB A 0 - NEOZED, Tipo 5SE A 0 Ou disjuntores miniatura com características C A 6 (corrente de curto-circuito I k < 400 A) Seção transversal do condutor Condutores auxiliares e terminais de bobina ( ou 2 condutores podem ser ligados) Conexões por parafuso Sólido mm 2 2 x (0,5...,5) ) ; 2 x (0, ,5) ) de acordo com a norma IEC 60947; máx. 2 x (0,5... 4) Condutor flexível com terminal mm 2 2 x (0,5...,5) ) ; 2 x (0, ,5) ) Cabos AWG, sólidos ou flexíveis AWG 2 x ( ) ) ; 2 x (8... 4) ) Parafuso do terminal M3 (para chave de fenda padrão tamanho 2 ou Pozidriv 2) - Torque de aperto Nm 0,8...,2 (7... 0,3 lb.in) Condutores auxiliares e terminais de bobina ( ou 2 condutores podem ser ligados) Conexões por mola Equipamentos de operação mm 3,0 x 0,5; 3,5 x 0,5 Sólido mm 2 2 x (0,5... 4) Condutor flexível com terminal mm 2 2 x (0,5... 2,5) Condutor flexível sem terminal mm 2 2 x (0,5... 2,5) Cabos AWG, sólidos ou flexíveis AWG 2 x ( ) Para as ferramentas de abertura dos terminais por mola veja Acessórios, página 3/269. Para condutores de seção transversal mm 2 deve ser usado elemento de isolação (veja Acessórios, página 3/269). Nota: Diâmetro máximo do condutor isolado: 3,6 mm. ) No caso de serem usados dois condutores de seção transversal diferentes no mesmo terminal, ambos devem estar na mesma faixa especificada. /37

40 Dados técnicos contatores SIRIUS 3RH2 contatores auxiliares, tetrapolares Contator Tipo 3RH2. Circuito de comando Faixa de operação da bobina Tamanho Operação CA Em 50 Hz 0,8..., x U s Em 60 Hz 0,85..., x U s Operação CC Em 50 C 0,8..., x U s Em +60 C 0,85..., x U s Consumo das bobinas (com a bobina fria em.0 x U s ) Operação CA, 50 Hz - Fechando VA/f.p. 37/0,8 - Fechado VA/f.p. 5,7/0,25 Operação CA, 60 Hz - Fechando VA/f.p. 33/0,75 - Fechado VA/f.p. 4,4/0,25 Operação CC W 4,0 Fechando = fechado Corrente residual permitida da eletrônica (com sinal 0) Para operação CA ) < 4 ma x (230 V/U s ) Para operação CC < 0 ma x (24 V/U s ) Tempos de operação 2) (Tempo total de ruptura = retardo no desligamento + tempo de arco) Os valores se aplicam com a bobina fria e na temperatura de operação Operação CA Fechando - Retardo no ligamento de contato NA - Retardo no desligamento de contato NF Abrindo - Retardo no desligamento de contato NA - Retardo no ligamento de contato NF Operação CC Fechando - Retardo no ligamento de contato NA - Retardo no desligamento de contato NF Abrindo - Retardo no desligamento de contato NA - Retardo no ligamento de contato NF S00 Com 0,8..., x U s ms Com,0 x U s ms RH24 tempo de operação mínimo ms 35 Com 0,8..., x U s ms Com,0 x U s ms 6, Com 0,8..., x U s ms Com,0 x U s ms 4, RH24 tempo de operação mínimo ms 30 Com 0,8..., x U s ms Com,0 x U s ms Com 0,8..., x U s ms Com,0 x U s ms RH24 tempo de operação mínimo ms 00 Com 0,8..., x U s ms Com,0 x U s ms Com 0,8..., x U s ms Com,0 x U s ms RH24 tempo de operação mínimo ms 30 Com 0,8..., x U s ms Com,0 x U s ms Tempo de arco ms Dependência da frequência de chaveamento z em função da corrente de operação I e da tensão de operação U : z = z I e /I (U e /U ),5 /h ) O módulo de carga adicional 3RT29 6-GA00 é recomendado para correntes residuais maiores (veja página /90). 2) O retardo no desligamento do contato NA e o retardo no ligamento do contato NF aumentam se as bobinas dos contatores são atenuadas contra picos de tensão (diodo supressor de ruído 6 a 0 vezes; conjunto de diodos 2 a 6 vezes, varistor +2 a 5 ms). /38

41 Dados técnicos contatores SIRIUS 3RH2 contatores auxiliares, tetrapolares Contator Tipo 3RH2. Lado da carga Tamanho Corrente de operação nominal I e AC-2 A 0 AC-5/AC-4 Até 230 V A 0 ) Para tensão de operação nominal U s 400 V A V A V A DC-2 Para tensão de operação nominal U s barramento de condução 24 V A 6 60 V A 6 0 V A V A 440 V A 0,3 600 V A 0,5 2 barramentos de condução em série 24 V A 0 60 V A 0 0 V A V A V A,3 600 V A 0,65 3 barramentos de condução em série 24 V A 0 60 V A 0 0 V A V A 3,6 440 V A 2,5 600 V A,8 DC-3 Para tensão de operação nominal U s barramento de condução 24 V A 6 60 V A 2 0 V A 220 V A 0,3 440 V A 0,4 600 V A 0, 2 barramentos de condução em série 24 V A 0 60 V A 3,5 0 V A,3 220 V A 0,9 440 V A 0,2 600 V A 0, 3 barramentos de condução em série 24 V A 0 60 V A 4,7 0 V A V A,2 440 V A 0,5 600 V A 0,26 Frequência de manobra z Em ciclos de operação /h durante operação nominal para categoria de utilização S00 AC-2/DC-2 h AC-5/AC-4 h DC-3 h Frequência de manobra sem carga h Dependência da frequência de manobra z em função da corrente de operação I e da tensão de operação U : z = z. I e /I. (U e /U ),5. /h Classificações e Unidades básicas e blocos de contatos auxiliares Tensão de alimentação de comando nominal V CA máx. 600 Tensão nominal V CA 600 Capacidade de chaveamento A 600, Q 600 Corrente ininterrupta em 240 V CA A 0 ) contatos auxiliares tipo acopláveis: I e = 6 A para AC-5/AC-4. /39

42 Dados técnicos contatores SIRIUS 3RH2 contatores auxiliares para interface tetrapolares Aplicação Operação CC IIEC , EN , IEC , EN Os contatores de interface 3RH2 para o chaveamento de circuitos auxiliares são projetados para atender exigências especiais do trabalho com controles eletrônicos. Os contatores de interface 3RH2 não podem ser ampliados com blocos de contatos auxiliares. Relés de interface possuem baixo consumo de energia e uma faixa estendida de operação da bobina. Dependendo da versão, as bobinas são fornecidas tanto sem atenuação de sobretensão (versões 3RH2..-. HB40 ou 3RH2..-.MB40-0KT0) quanto com diodo ou supressor de série. Especificações técnicas Todas as especificações técnicas não mencionadas na tabela abaixo são idênticas às dos contatores auxiliares 3RH2 (veja página /36). Contator tipo 3RH2..-. HB40 3RH2..-. JB40 3RH2..-. KB40 Tamanho S00 S00 S00 Circuito de comando Faixa de operação da bobina 0,7...,85 x U s Consumo da bobina (para bobina fria) / Fechando = fechado Em U s = 7 V W,4 Em U s = 24 V W 2,8 Em U s = 30 V W 4,4 Corrente residual permitida da eletrônica para sinal 0 < 0 ma x (24 V/U s ) Configuração de sobretensão da bobina Sem atenuação de sobretensão Com diodo Com diodo supressor Tempos de operação Fechando em 7 V - Retardo no ligamento NA ms Retardo no desligamento NF ms Em 24 V - Retardo no ligamento NA ms Retardo no desligamento NF ms Em 30 V - Retardo no ligamento NA ms Retardo no desligamento NF ms Fechando em V - Retardo no desligamento NA ms Retardo no desligamento NF ms Posição de montagem horizontal Sob consulta Contator tipo 3RH2..-. MB40-0KT0 3RH2..-. VB40 3RH2..-. WB40 Tamanho S00 S00 S00 Circuito de comando Faixa de operação da bobina 0,85...,85 x U s Consumo da bobina W,6 (para bobina fria) / Fechando = fechado em U s = 24 V Corrente residual permitida da eletrônica para sinal 0 < 8 ma x (24 V/U s ) Configuração de sobretensão da bobina Diodo, varistor ou elemento RC, acoplável Diodo integrado Diodo supressor integrado Tempos de operação Fechando com 20,5 V - retardo no ligamento NA ms retardo no desligamento NF ms Com 24 V - retardo no ligamento NA ms retardo no desligamento NF ms Com 44 V - retardo no ligamento NA ms retardo no desligamento NF ms Fechando com V - retardo no desligamento NA ms retardo no ligamento NF ms Posição de montagem de pé requer consulta /40

43 Dados técnicos contatores SIRIUS 3RT20 contatores para interface, tripolares, kw Contatores para interface Aplicação Acionamento em CC IEC , EN , IEC , EN , IEC , EN (contatos auxiliares) Os contatores de interface 3RT20 para o chaveamento de motores são projetados para os requerimentos especiais do trabalho com controles eletrônicos. Os contatores de interface 3RT20 não podem ser ampliados com blocos de contatos auxiliares. Contatores de interface possuem baixo consumo de energia e faixa de operação da bobina estendida. Dependendo da versão, as bobinas são fornecidas tanto sem atenuação de sobretensão (3RT20.-HB4. e 3RT20.-.MB4.-0KT0) ou com diodo, supressor ou varistor conectado em série. /4

44 Dados técnicos contatores SIRIUS 3RT20 contatores para interface, tripolares, kw Especificações técnicas Todas as especificações não mencionadas na tabela abaixo são idênticas às dos contatores 3RT20 para o chaveamento de motores (veja páginas /27 e /3). Contator Tipo 3RT20.-.HB4. 3RT20.-.JB4. 3RT20.-.KB4. 3RT KB4. Dados gerais Tamanho S00 S00 S00 S0 Durabilidade mecânica Ciclos de operação 30 milhões 0 milhões Separação protetora entre a bobina e os contatos principais de acordo com a norma EN , Anexo N Circuito de comando Faixa de operação da bobina Consumo de energia da bobina (para bobina fria) Fechando = Fechado Corrente residual permitida da eletrônica (com sinal 0) Configuração de sobretensão da bobina V 400 0,7...,25 x U s Em U s 7 V W,6 2,3 24 V W 2,8 4,5 30 V W 4,4 7 < 0 ma x (24 V/U s ) < 6 ma x (24 V/U s ) Sem atenuação de sobretensão Com diodo Com diodo supressor Com varistor Tempos de operação Fechando - Em 7 V Retardo no lig. NA ms Retardo no deslig. NF ms Em 24 V Retardo no lig. NA ms Retardo no deslig. NF ms Em 30 V Retardo no lig. NA ms Retardo no deslig. NF ms Fechando em V Retardo no deslig. NA ms Retardo no lig. NF ms Contator Tipo 3RT20.-MB4.-0KT0 3RT20.-VB4. 3RT20.-WB4. Tamanho S00 S00 S00 Largura mm Dados gerais Durabilidade mecânica Ciclos de operação 30 milhões Separação protetora entre a bobina e os contatos principais de V 400 acordo com a norma EN , Anexo N Circuito de comando Faixa de operação da bobina 0,85...,85 x U s Consumo da bobina Em U s 24 V W,6 (para bobina fria) Fechando = fechado Corrente residual permitida, posição de montagem horizontal Sob encomenda Configuração de sobretensão da bobina Sem atenuação de sobretensão Com diodo Com diodo supressor Tempos de operação Fechamento - Com 20.5 V Retardo no lig. NA ms Retardo no deslig. NF ms Com 24 V Retardo no lig. NA ms Retardo no deslig. NF ms Com 44 V Retardo no lig. NA ms Retardo no deslig. NF ms Abertura Retardo no lig. NA ms Retardo no deslig. NF ms /42

45 Contatores para aplicações especiais SIRIUS 3RT23 contatores para cargas resistivas (AC-), tetrapolares, 4 NA, A Tabela de seleção Acionamento em CA 3RT23.-A.00 3RT23.-2A.00 3RT23 2.-A.00 3RT A. 00 Dados nominais AC-, T u : 40/60 C Corrente de operação I e Cargas CA (f.p. = 0,95) em 50 Hz e Contatos auxiliares Código Versão 400 V A kw NA NF V CA Para fixação por parafuso ou em trilho DIN 35mm Tamanho S00 ) Contatos auxiliares podem ser atualizados Tensão de comando nominal U s Código Conexão por parafuso Código Conexão por mola A(+) /L 3/L2 5/L3 7/L4 A2( ) 2/T 4/T2 6/T3 8/T4 8 / 6 2 / , 50/60 Hz 3RT23 6-AB00 3RT23 6-2AB00 0, 50/60 Hz 3RT23 6-AF00 3RT23 6-2AF00 230, 50/60 Hz 3RT23 6-AP00 3RT23 6-2AP00 22 / 20 4,5 / , 50/60 Hz 3RT23 7-AB00 3RT23 7-2AB00 0, 50/60 Hz 3RT23 7-AF00 3RT23 7-2AF00 230, 50/60 Hz 3RT23 7-AP00 3RT23 7-2AP00 Tamanho S0 Identificação de contatos de acordo com a DIN EN 5002 NA + NF, código /L 3/L2 5/L3 7/L4 3 2 A(+) A2( ) 2/T 4/T2 6/T3 8/T / 30 2) 22 / 20 24, 50 Hz 3RT23 25-AB00 3RT AB00 0, 50 Hz 3RT23 25-AF00 3RT AF00 230, 50 Hz 3RT23 25-AP00 3RT AP00 40 / 35 2) 26 / 23 24, 50 Hz 3RT23 26-AB00 3RT AB00 0, 50 Hz 3RT23 26-AF00 3RT AF00 230, 50 Hz 3RT23 26-AP00 3RT AP ) 33 24, 50 Hz 3RT23 27-AB00 3RT AB00 0, 50 Hz 3RT23 27-AF00 3RT AF00 230, 50 Hz 3RT23 27-AP00 3RT AP00 Outras tensões de acordo com as páginas /39 e /66 sob consulta. Para acessórios, ver página /84. Para peças de reposição, ver página /93. ) Para tamanho S00: faixa de operação da bobina em 50 Hz: 0,8..., x U s, em 60 Hz: 0,85..., x U s. 2) Seção transversal mínima do condutor 0 mm². /43

46 Contatores para aplicações especiais SIRIUS 3RT23 contatores para cargas resistivas (AC-), tetrapolares, 4 NA, A Acionamento em CC sistema magnético para CC 3RT23.-A.00 3RT23.-2A. 00 3RT23 2.-A.00 3RT A. 00 Dados nominais AC-, T u : 40/60 C Corrente de operação I e Cargas CA (f.p. = 0,95) em 50 Hz e Contatos auxiliares Código Versão 400 V A kw NA NF V CC Para fixação por parafuso ou em trilho DIN 35mm Tamanho S00 Contatos auxiliares podem ser atualizados Tensão de comando nominal U s Código Conexão por parafuso Código Conexão por mola A(+) /L 3/L2 5/L3 7/L4 A2( ) 2/T 4/T2 6/T3 8/T4 8 / 6 2 / RT23 6-BB40 3RT23 6-2BB RT23 6-BM40 3RT23 6-2BM40 22 / 20 4,5 / RT23 7-BB40 3RT23 7-2BB RT23 7-BM40 3RT23 7-2BM40 Tamanho S0 Identificação de contatos de acordo com DIN EN 5002 NA + NF, código /L 3/L2 5/L3 7/L4 3 2 A(+) A2( ) 2/T 4/T2 6/T3 8/T / 30 ) 22 / RT23 25-BB40 3RT BB RT23 25-BM40 3RT BM40 40 / 35 ) 26 / RT23 26-BB40 3RT BB RT23 26-BM40 3RT BM40 50 ) RT23 27-BB40 3RT BB RT23 27-BM40 3RT BM40 Outras tensões de acordo com as páginas /39 e /66 sob consulta. Para acessórios, ver página /84. Para peças de reposição. ver página /93. ) Seção transversal mínima do condutor 0 mm². /44

47 Contatores para aplicações especiais SIRIUS 3RT25 contatores para manobra de motores, tetrapolares, 2 NA + 2 NF, 4... kw Tabela de seleção Acionamento em CA, 2 NA + 2 NF ) 3RT RT RT RT Dados nominais Contatos auxiliares Tensão de AC-2/AC-3, AC-, Código Versão comando T nominal U s u : Até 60 C T u : 40/60 C Corrente de operação I e Em 400 V Potência de motores trifásicos em 50 Hz e 400 V Conexão por parafuso Corrente de Código Código operação I e A kw A NA NF V CA Para fixação por parafuso ou em trilho DIN 35mm Tamanho S00 2) Contatos auxiliares podem ser atualizados Conexão por mola A(+) R R3 3 A2( ) 2 R2 R / , 50/60 Hz 3RT25 6-AB00 3RT25 6-2AB00 0, 50/60 Hz 3RT25 6-AF00 3RT25 6-2AF00 230, 50/60 Hz 3RT25 6-AP00 3RT25 6-2AP00 2 5,5 3) 22 / , 50/60 Hz 3RT25 7-AB00 3RT25 7-2AB00 0, 50/60 Hz 3RT25 7-AF00 3RT25 7-2AF00 230, 50/60 Hz 3RT25 7-AP00 3RT25 7-2AP00 6 7,5 3) 22 / , 50/60 Hz 3RT25 8-AB00 3RT25 8-2AB00 0, 50/60 Hz 3RT25 8-AF00 3RT25 8-2AF00 230, 50/60 Hz 3RT25 8-AP00 3RT25 8-2AP00 Tamanho S0 Identificação de contatos de acordo com DIN EN 500 NA + NF, código R R A(+) A2( ) 2 R2 R / 35 24, 50 Hz 3RT25 26-AB00 3RT AB00 0, 50 Hz 3RT25 26-AF00 3RT AF00 230, 50 Hz 3RT25 26-AP00 3RT AP00 Outras tensões de acordo com as páginas /39 e /66 sob consulta. Para acessórios, ver página /84. Para peças de reposição, ver página /93. ) Equipamento único para reversão de pólos; não adequado para carga reversora. 2) Para tamanho S00: faixa de operação da bobina em 50 Hz: 0,8..., x U s em 60 Hz: 0,85..., x U s. 3) O contato NF não pode ligar mais que 4 kw. /45

48 Contatores para aplicações especiais SIRIUS 3RT25 contatores para manobra de motores, tetrapolares, 2 NA + 2 NF, 4... kw Acionamento em CC sistema magnético para CC, 2 NA + 2 NF ) 3RT RT RT RT Dados nominais Contatos auxiliares Tensão AC-2/AC-3, AC-, Código Versão nominal de T comando U s u : até 60 C T u : 40/60 C Corrente de operação I e Em 400 V Potência de motores trifásicos em 50 Hz e 400 V Conexão por parafuso Corrente de Código Código operação I e A kw A NA NF V CC Para fixação por parafuso ou em trilho DIN 35mm Tamanho S00 Contatos auxiliares podem ser atualizados Conexão por mola A(+) R R3 3 A2( ) 2 R2 R / RT25 6-BB40 3RT25 6-2BB RT25 6-BM40 3RT25 6-2BM40 2 5,5 2) 22 / RT25 7-BB40 3RT25 7-2BB RT25 7-BM40 3RT25 7-2BM40 6 7,5 2) 22 / RT25 8-BB40 3RT25 8-2BB RT25 8-BM40 3RT25 8-2BM40 Tamanho S0 Identificação de contatos de acordo com DIN EN 500 NA + NF, código R R A(+) A2( ) 2 R2 R / CC 3RT25 26-BB40 3RT BB CC 3RT25 26-BM40 3RT BM40 Outras tensões de acordo com as páginas /39 e /66 sob consulta. Para acessórios, ver página /84. Para peças de reposição, ver página /93. ) Equipamento único para reversão de pólos; não adequado para carga reversora. 2) O contato NF não pode ligar mais que 4 kw. /46

49 Contatores para aplicações especiais Contatores com faixa de operação estendida 0,7...,25 x U s para aplicações ferroviárias Tabela de seleção Acionamento em CC sistema magnético para CC Conexão por mola Para montagem por parafuso ou fixação em trilhos padrão de montagem Bobina com supressor de sobretensão (S00) Dados nominais AC-2 e AC-3 T u : 70 C Corrente de operação I e em Potência nominal de motores de indução em Contatos auxiliares Código Versão Tensão de comando nominal U s 400 V 230 V 400 V 500 V 690 V A kw kw kw kw NA NF V CC Contatores 3RT20 para a partida de motores Tamanho S00 Sem resistência em série, equipado com diodo supressor Identificação de contatos de acordo com a DIN EN 5002 ou EN NA, código 0 NF, código 0 A(+) /L 3/L2 5/L3 3 A(+) /L 3/L2 5/L3 2 3RT20.-2K.4. Conexão por parafuso Código 3RT20.-2K.42-0LA0 A2( ) 2/T 4/T2 6/T3 4 A2( ) 2/T 4/T2 6/T ,5 5,5 5,5 0 ) RT20 7-2KB4 0 3RT20 7-2KF ,5 5,5 5,5 0 ) RT20 7-2KB42 0 3RT20 7-2KF42 Sem resistência em série, equipado com varistor Identificação de contatos de acordo com a DIN EN 5002 ou EN NA, código 0 NF, código 0 A(+) /L 3/L2 5/L3 3 A(+) /L 3/L2 5/L3 2 A2( ) 2/T 4/T2 6/T3 4 A2( ) 2/T 4/T2 6/T ,5 5,5 5,5 0 ) RT20 7-2LB4 0 3RT20 7-2LF ,5 5,5 5,5 0 ) RT20 7-2LB42 0 3RT20 7-2LF42 Com resistência em série, equipado com diodo supressor A(+) /L 3/L2 5/L3 A2( ) 2/T 4/T2 6/T ,5 5,5 5,5 -- 2) -- 3) 24 3RT20 7-2KB42-0LA0 0 3RT20 7-2KF42-0LA , ) -- 3) 24 3RT20 8-2KB42-0LA0 0 3RT20 8-2KF42-0LA0 Com resistência em série, equipado com varistor A(+) /L 3/L2 5/L3 A2( ) 2/T 4/T2 6/T ,5 5,5 5,5 -- 2) -- 3) 24 3RT20 7-2LB42-0LA0 0 3RT20 7-2LF42-0LA , ) -- 3) 24 3RT20 8-2LB42-0LA0 0 3RT20 8-2LF42-0LA0 Para peças de reposição, veja página /93. ) Não é possível montar um bloco de contatos auxiliares. Deve ser observada uma distância de 0 mm na montagem lado a lado com temperatura ambiente > 60 C. 2) Um bloco de contatos auxiliares de 4 contatos, de acordo com a norma DIN EN 50005, pode ser montado. Nenhuma distância deve ser observada até 70 C. 3) Contatos NF não podem ser utilizados porque são empregados para o chaveamento das resistências em série. /47

50 Contatores para aplicações especiais Contatores com faixa de operação estendida 0,7...,25 x U s para aplicações ferroviárias Acionamento em CC sistema magnético para CC Conexão por mola Para montagem por parafuso ou fixação em trilhos padrão de montagem Bobina com supressor de sobretensão (S0) Dados nominais AC-2 e AC-3 T u : 70 C Corrente de operação I e em Potência nominal de motores de indução em Contatos auxiliares Código Versão Tensão de comando nominal U s 400 V 230 V 400 V 500 V 690 V A kw kw kw kw NA NF V CC Contatores 3RT20 para a partida de motores Tamanho S0 Identificação de contatos de acordo com a DIN EN 5002 NA + NF, código A(+) /L 3/L2 5/L RT K.40 Conexão por parafuso Código 3RT X.40-0LA2 A2( ) 2/T 4/T2 6/T Sem resistência em série ) 6 4 7, RT KB40 0 3RT KF ,5 24 3RT KB40 0 3RT KF ,5 5 8,5 8,5 24 3RT KB40 0 3RT KF40 Com mecanismo de operação de estado sólido 6 4 7, RT XB40-0LA2 0 3RT XF40-0LA2 25 5,5 24 3RT XB40-0LA2 0 3RT XF40-0LA2 32 7,5 5 8,5 8,5 24 3RT XB40-0LA2 0 3RT XF40-0LA2 38 7,5 8,5 8,5 8,5 24 3RT XB40-0LA2 0 3RT XF40-0LA2 Para peças de reposição, veja página /93. ) Não é possível montar um bloco de contatos auxiliares. Deve ser observada uma distância de 0 mm na montagem lado a lado com temperatura ambiente > 60 C. /48

51 Contatores para aplicações especiais U s Contatores com faixa de operação estendida 0,7...,25 x para aplicações ferroviárias Tabela de seleção Acionamento em CC sistema magnético em CC Conexão por mola Para montagem por parafuso ou fixação em trilhos padrão de montagem Bobina com supressor de sobretensão 3RH2 22-2K.40 3RH2 22-2K.40-0LA0 Corrente de operação nominal Contatos I e /AC-5/AC-4 T u : 70 C em 230 V 400 V 500 V 690 V Versão Tensão de comando nominal U s Conexão por mola Código A A A A NA NF V CC Contatores 3RH2 Tamanho S00 Sem resistência em série, equipado com diodo supressor Identificação de terminais de acordo com a DIN EN NA + 2 NF, código 22E A(+) A2( ) ) 24 3RH2 22-2KB40 0 3RH2 22-2KF40 Sem resistência em série, equipado com varistor Identificação de terminais de acordo com a DIN EN NA + 2 NF, código 22E A(+) A2( ) ) 24 3RH2 22-2LB40 0 3RH2 22-2LF40 Com resistência em série, equipado com diodo supressor Identificação de terminais de acordo com a DIN EN NA + NF, código 2E A(+) A2( ) ) 24 3RH2 22-2KB40-0LA0 0 3RH2 22-2KF40-0LA0 Com resistência em série, equipado com varistor Identificação de terminais de acordo com a DIN EN NA + NF, código 2E A(+) A2( ) ) 24 3RH2 22-2LB40-0LA0 0 3RH2 22-2LF40-0LA0 ) Não é possível montar um bloco de contatos auxiliares. 2) Bloco de contatos auxiliares de 4 contatos, de acordo com a norma DIN EN 50005, pode ser montado. /49

52 Dados técnicos contatores para aplicações especiais SIRIUS 3RT23 Contatores para cargas resistivas (AC-), tetrapolares, 4 NA, A Panorama Aplicação Padrões Os contatores são apropriados para: IEC , EN , Chaveamento de cargas resistivas; IEC , EN , Sistemas de isolamento com condutor neutro não ou pouco IEC , EN (contatos auxiliares) aterrado; Os contatores podem ser usados em quaisquer condições climáticas. Eles são protegidos contra toque acidental de acordo alternativas; Transferência de sistema usando fontes de alimentação AC com a norma EN Uso como contator que somente conduz a corrente sem necessidade de chaveamento em caso de cargas indutivas Os acessórios para o contator tripolar SIRIUS 3RT20 também podem ser usados na versão de tetrapolares. p. ex. mecanismos de operação de velocidade variável; Chaveamento de cargas mistas em sistemas de distribuição Contatores do tamanho S0 podem possuir 2 contatos auxiliares, (p. ex, alimentação de aquecedores, lâmpadas, motores, fontes de alimentação de PC) com f.p. > 0,8 de acordo com a NA e NF, integrados na unidade básica. Contatos auxiliares possíveis de serem montados norma IEC , condição de teste para categoria de utilização AC-. Tamanho S00 4 contatos auxiliares, sendo não mais que 3 NF. Tamanho S0 4 contatos auxiliares adicionais. Especificações técnicas Tipo 3RT23 6 3RT23 7 3RT RT RT23 27 Tamanho S00 S0 Dimensões (L x A x P) ) mm 45 x 57,5 x 73 / 60 x 85 x 97 / 45 x 70 x x 0,5 x 97 Com bloco de contatos auxiliares montado mm 45 x 57,5 x 6 / 60 x 85 x 4 / L 45 x 70 x 2 60 x 0,5 x 44 Dados gerais Posições de montagem permitidas Os contatores são projetados para operação em superfície de montagem vertical. A P ,5 22,5 NSB0_00478c Posição de montagem horizontal Durabilidade mecânica Durabilidade elétrica com e /AC- Tensão de isolamento nominal U i (grau de poluição 3) Temperatura ambiente permitida NSB0_00477a Versão especial necessária Ciclos 30 milhões 0 milhões de operação Ciclos Aprox. 0,5 milhões de operação V 690 Durante operação C Durante armazenamento C Grau de proteção de acordo com a norma EN , Apêndice C Equipamento A IP20 IP20 Faixa de conexão A -- IP00 Proteção contra toque de acordo com a norma EN Proteção contra toque acidental Proteção de contatores contra curto-circuito com relés de sobrecarga Circuito principal Elos de fusível, classe de operação gg : Tipo LV HRC 3NA, DIAZED 5SB, NEOZED 5SE DE acordo com a norma IEC /EN Tipo de coordenação "" ) A Tipo de coordenação "2" ) A Livre de soldagem A 0 6 ) Dimensões para equipamentos com terminais por parafuso / mola tamanho S0 para operação em CA. Operação em CC: profundidade + 0 mm. /50

53 Dados técnicos contatores para aplicações especiais SIRIUS 3RT23 Contatores para cargas resistivas (AC-), tetrapolares, 4 NA, A Tipo 3RT23 6 3RT23 7 3RT RT RT23 27 Tamanho S00 S0 Circuito de comando Faixa de operação da bobina Operação em CA Em 50 Hz 0,8..., x U s -- Em 60 Hz 0,85..., x U s -- Operação em CC Em 50 C 0,8..., x U s -- Em 60 C 0,85..., x U s -- Operação em CA/CC -- 0,8..., x U s Consumo das bobinas (com bobina fria e,0 x U s ) Operação em CA, 50 Hz, versão de linha - Fechando VA F.p. -- 0,82 - Fechado VA -- 9,8 - F.p. -- 0,25 Operação em CA, 50/60 Hz, versão de linha - Fechando VA 27/24,3 37/33 8/79 - F.p. 0,8/0,75 0,8/0,75 0,72/0,74 - Fechado VA 4,2/3,3 5,7/4,4 0,5/8,5 - F.p. 0,25/0,25 0,25/0,25 0,25/0,28 Operação em CA, 60 Hz, EUA e Canadá - Fechando VA 3, F.p. 0,77 0,77 0,76 - Fechado VA 4,8 6,5 9,4 - F.p. 0,25 0,25 0,28 Operação em CC (fechando = fechado) W 4 5,9 Tempos de operação para 0,8..., x U ) s Tempo de abertura total = Retardo na abertura + Tempo de arco Operação em CA - Retardo no fechamento ms Retardo na abertura ms 3, Operação em CC - Retardo no fechamento ms Retardo na abertura ms ,5 Tempo de arco ms Circuito principal Capacidade CA Categoria de utilização AC-, chaveamento de cargas resistivas Corrente de operação nominal I e Em 40 C, até 690 V A Em 60 C, até 690 V A Potência nominal para cargas em CA F.p. = 0.95 (em 40 C) Em 230 V kw 6,5 7, V kw 2 4, Seção transversal mínima do condutor Em 40 C mm 2 2,5 2, para cargas com I e Em 60 C mm 2 2,5 2, Categorias de utilização AC-2 e AC-3 Corrente de operação nominal I e Em 60 C, até 400 V A 9 2 5,5 7 7 Potência nominal para motor de anel em 50 e 60 Hz ) Com tamanho S00, operação em CC: tempo de operação em 0,85..., x U s. Em 230 V kw V kw 4 5,5 7,5 9 9 /5

54 Dados técnicos contatores para aplicações especiais SIRIUS 3RT25 contatores, tetrapolares, 2 NA + 2 NF, 4... kw Panorama Aplicação Padrões IEC , EN , IEC , EN Os contatores são apropriados para uso em quaisquer condições climáticas e são protegidos contra toque acidental de acordo com a norma EN Os acessórios para os contatores tripolares SIRIUS 3RT20 também podem ser usados para as versões de tetrapolares. Contatores tamanho S0 possuem dois contatos auxiliares, NA e NF, integrados na unidade básica. Contatos auxiliares de montagem avulsa Tamanho S00 e S0 4 contatos auxiliares adicionais, sendo não mais que 2 NF. Os contatores são apropriados para: Mudar a polaridade de motores de guinchos; Chaveamento de duas cargas separadas. Nota: Dispositivo único para reversão de pólos; não apropriado para carga reversora. Contatores 3RT25 não são apropriados para o chaveamento de uma carga entre duas fontes de corrente. Especificações técnicas Tipo 3RT25 6 3RT25 7 3RT25 8 3RT25 26 Tamanho S00 S00 S00 S0 Dimensões (L x A x P) ) mm 45 x 57,5 x 73 / 60 x 85 x 97 / 45 x 70 x x 0,5 x 97 Com bloco de contatos auxiliares montado L mm 45 x 57,5 x 6 / 60 x 85 x 4 / 45 x 70 x 2 60 x 0,5 x 44 Dados gerais Posições de montagem permitidas Os contatores são projetados para operação em superfície de montagem vertical. A P ,5 22,5 NSB0_00478c Posição de montagem horizontal Durabilidade mecânica Durabilidade elétrica em I e /AC- Tensão de isolamento nominal U i (grau de poluição 3) Temperatura ambiente permitida NSB0_00477a Versão especial necessária Ciclos de 30 milhões operação Ciclos de Aprox. 0,5 milhões operação V milhões Durante operação C Durante armazenamento C Grau de proteção de acordo com a norma EN , Apêndice C IP20 IP20 Compartimento dos terminais IP20 IP00 Proteção contra toque de acordo com a norma EN Proteção contra toque acidental Proteção de contatores contra curto-circuito sem relés de sobrecarga Circuito principal Elos de fusível, classe operacional gg Tipo LV HRC 3NA, DIAZED 5SB, NEOZED 5SE De acordo com a norma IEC /EN Tipo de coordenação "" A Tipo de coordenação "2" A Livre de soldagem A 0 6 Circuito de comando Faixa de operação da bobina Operação em CA Em 50 Hz 0,8..., x U s -- Em 60 Hz 0,85..., x U s -- Operação em CC Em 50 Hz 0,8..., x U s -- Em 60 Hz 0,85..., x U s -- Operação em CA/CC -- 0,8..., x U s Consumo das bobinas Veja 3RT23 6 Veja 3RT23 7 Veja 3RT23 26 (com bobina fria e,0 x U s ) Tempos de operação para 0,8..., x U s Tempo total de abertura = Tempo de abertura + Tempo de arco Veja 3RT23 6 Veja 3RT23 7 Veja 3RT23 26 ) Dimensões para equipamentos com conexões por parafuso / mola tamanho. S0 para operação em CA. Operação em CC: Profundidade +0 mm. /52

55 Dados técnicos contatores para aplicações especiais SIRIUS 3RT25 contatores, tetrapolares, 2 NA + 2 NF, 4... kw Contator Tipo 3RT25 6 3RT25 7 3RT25 8 3RT25 26 Tamanho S00 S00 S00 S0 Circuito principal Capacidade em CA Categoria de utilização AC-, chaveamento de cargas resistivas Corrente de operação nominal I e Em 40 C até 690 V A Em 60 C até 690 V A Potência nominal para cargas CA F.p. = 0.95 (em 60 C) Em 230 V kw 6,5 7, V kw 3 26 Seção transversal mínima do condutor Em 40 C mm 2 2,5 2,5 0 para cargas com I e Categorias de utilização AC-2 e AC-3 Corrente de operação nominal I e (em 60 C) Potência nominal para motores de anel ou de motores gaiola em 50 e 60 Hz Carga nominal em CC Categoria de utilização DC-, chaveando cargas resistivas (L/R ms) Até 400 V A / 20 ) Em 230 V kw ,5 Contatos NA em 400 V kw 4 5,5 7,5 Contatos NF em 400 V kw Corrente de operação nominal I e (em 60 C) - barramento de condução Até 24 V A V A V A 2, 2, 4,5 220 V A 0,8 0,8 440 V A 0,6 0,6 0,4-2 barramentos de condução em série Até 24 V A V A V A V A,6, V A 0,8 0,8 Categoria de utilização DC-3/DC-5 2), motores de excitação shunt e excitação em série (L/R 5 ms) Corrente de operação nominal I e (em 60 C) - barramento de condução Até 24 V A V A 0,5 0,5 5 0 V A 0,5 0,5 2,5 220 V A 0,75 0, V A ,09-2 barramentos de condução em série Até 24 V A V A V A 0,35 0, V A V A ,27 ) Para operação em CA: 25 A; para operação em CC: 20 A. 2) Para U s >24 V as correntes de operação nominais I e para os barramentos de condução de contato NF correspondem a 50% dos valores dos barramentos de condução de contatos NA. /53

56 Dados técnicos contatores para aplicações especiais Contatores com faixa de operação estendida 0,7...,25 x U s para aplicações ferroviárias Contatores 3RT20 Resumo Padrões IEC , EN , para exigências de acordo com a norma IEC e IEC Os contatores são protegidos contra toque acidental de acordo com a norma EN Os contatores de tamanhos S00 e S0 possuem terminais por mola para todos os terminais. Temperatura ambiente A temperatura ambiente permitida para operação dos contatores (em toda a faixa de operação da bobina) é de -40 a +70 C. Cargas ininterruptas com temperaturas > +60 C reduzem a durabilidade mecânica, a capacidade de condução de corrente dos barramentos de condução e a frequência de chaveamento. Circuitos de comando e circuitos auxiliares As bobinas dos contatores possuem uma faixa de operação estendida de 0,7 a,25 ou,3 x U s e são equipados de linha com supressores de transientes. Consequentemente o retardo de abertura é 2 a 5ms maior que nos contatores padrão. Aplicação Para operação em instalações sujeitas ao mesmo tempo a consideráveis variações na tensão de comando e à alta temperatura ambiente, p. ex. aplicações ferroviárias sob extremas condições climáticas, laminações etc. Podem ser aplicados também no controle de alimentação de tensão de comando com backup de bateria para estender o tempo de operação em caso de falha na carga da bateria. Contatores sem resistência em série Circuito de comando e circuitos auxiliares Estes contatores possuem faixa de operação estendida de 0,7 a,25 x U s ; no tamanho S00 as bobinas são equipadas com diodo supressor, no tamanho S0 com varistores. Uma resistência adicional não é necessária. Nota: Não pode ser montado bloco de contatos auxiliares adicional. Montagem lado a lado Uma distância de 0 mm é necessária para a montagem lado a lado em temperaturas ambientes > 60 C 70 C. Contatores 3RT20. com resistência em série Circuitos de comando e circuitos auxiliares As bobinas dos contatores possuem uma faixa de operação estendida de 0,7 a,25 x U s e são equipadas de linha com supressor de transientes (diodo supressor ou varistor de acordo com a preferência). Um supressor de sobretensão está integrado. Os sistemas de bobinas CC são modificados (para excitação de retenção) por meio de uma resistência em série. L+ L- S Rv E+ Q Q A2- /L 2/T Diagrama de circuito (versão com diodo supressor) Os contatores tamanho S00 são fornecidos pré-ligados com um módulo de acoplamento que contém a resistência em série. Um supressor de transientes (diodo supressor ou varistor são preferidos) é integrado. Um bloco de contatos auxiliares de 4 contatos (de acordo com a norma EN 50005) pode ser ligado. Cada contator contém uma etiqueta mostrando o diagrama do circuito e seus terminais. Um contato NF dos contatos auxiliares é necessário para a operação da resistência em série. As tabelas com dados de seleção revelam o número de contatos auxiliares adicionais não identificados. Para o tamanho S00 é possível estender o número de contatos auxiliares. Montagem lado a lado A montagem lado a lado é permitida em temperaturas até 70 C, os contatores tamanho S00 e contatores auxiliares podem ser montados lado a lado. Contatores 3RT20 2. com mecanismo de operação de estado sólido, faixa de operação estendida Circuito de comando e circuito auxiliar As bobinas dos contatores possuem faixa de operação de 0,7 a,3 x U s e de linha são equipadas com varistores para fornecer proteção contra sobretensão. Os contatores são energizados através de eletrônica de controle que garante a faixa de operação de 0,7 a,3 x U s a uma temperatura ambiente de 70 C. Eles são fornecidos como unidade completa com eletrônica de bobina integrada. Um varistor é incluído para atenuar transientes na bobina durante a abertura. A possibilidade de montagem de contatos auxiliares é a mesma dos contatores de linha equivalentes para o chaveamento de motores do mesmo tamanho (veja página /3). Montagem lado a lado Em temperaturas até 70 C, contatores de tamanho S0 desta versão podem ser montados lado a lado. 3/L2 4/T2 5/L3 6/T3 NSB0_0278 /54

57 Dados técnicos contatores para aplicações especiais Contatores com faixa de operação estendida 0,7...,25 x U s para aplicações ferroviárias Especificações técnicas Contator Tipo 3RT20 7 3RT RT XB40-0LA2 Dados gerais Posição de montagem horizontal Contatores com resistência em série Versão especial (sob encomenda) Contatores sem resistência em série Versão especial (sob encomenda) Temperatura ambiente Durante operação C Durante estocagem C Circuito de comando Faixa de operação da bobina CC 0,7...,25 x U s 0,7...,3 x U s Consumo das bobinas Para bobina fria e,0 x U s Contatores com resistência em série - Fechando W Fechado W Contatores sem resistência em série - Fechando W 2,8 4, Fechado W 2,8 4, Contatores com mecanismo de operação - Fechando W ,7 3,2 de estado sólido - Fechado W ,8,56 Todos os detalhes e especificações técnicas não mencionados aqui são idênticos aos dos contatores de linha; veja página /25. 3RT XF40-0LA2 /55

58 Dados técnicos contatores para aplicações especiais Contatores com faixa de operação estendida 0,7...,25 x U s para aplicações ferroviárias Contatores 3RH2 Panorama Operação em CC IEC , EN , para exigências de acordo com a norma IEC e IEC Os contatores são protegidos contra toque acidental de acordo com a norma EN Os contatores tamanho S00 possuem conexão por mola para todos os terminais. Temperatura ambiente A temperatura ambiente permitida para operação de contatores (por toda faixa de operação da bobina) é de -40 a +70 C. Cargas ininterruptas em temperaturas > +60 C reduzem a durabilidade mecânica, a capacidade de condução de corrente dos barramentos dos contatores e a frequência de chaveamento. Circuitos de comando e circuitos auxiliares As bobinas dos contatores possuem faixa de operação estendida de 0,7 a,25 x U s e são equipadas com supressores de transientes. Consequentemente o retardo de abertura é 2 a 5 ms maior que nos contatores padrão. Aplicação Para operação em instalações que estão sujeitas a variações consideráveis na tensão de comando e a altas temperaturas ambientes, p. ex. aplicações ferroviárias sob condições climáticas extremas, laminações, etc. Podem ser aplicados também no controle de alimentação de tensão de comando com backup de bateria, para estender o tempo de operação em caso de falha na carga da bateria. Contatores sem resistência em série Circuitos de comando e circuitos auxiliares Estes contatores possuem faixa de operação estendida de 0,7 a,25 x U s ; as bobinas são equipadas com diodo supressor. Uma resistência adicional não é necessária. Especificações técnicas Nota: Não pode ser montado bloco de contatos auxiliares adicional. Montagem lado a lado Uma distância de 0 mm é necessária para a montagem lado a lado em temperaturas ambientes > 60 C 70 C. Contatores com resistência em série Circuitos de comando e circuitos auxiliares Os sistemas solenoides em CC de contatores são modificados (para excitação de retenção) por meio de uma resistência em série. Os contatores tamanho S00 são fornecidos pré-ligados com um módulo de acoplamento que contém a resistência em série. Um supressor de transientes (diodo supressor ou varistor são preferidos) é integrado. L+ L- S R V E+ K K A Diagrama de circuito (versão com diodo supressor) Adicionalmente pode ser ligado um bloco de contatos auxiliares de 4 contatos (de acordo com a norma EN 50005). Montagem lado a lado A montagem lado a lado é permitida em temperaturas até 70 C. NSB0_0277 Contator Tipo 3RH2.. Dados gerais Posição de montagem horizontal Contatores com resistência em série Versão especial (sob encomenda) Contatores sem resistência em série Versão especial (sob encomenda) Temperatura ambiente Durante operação C Durante estocagem C Circuito de comando Faixa de operação da bobina CC ,25 x U s Consumo das bobinas Para bobina fria e,0 x U s Contatores com resistência em série - Fechando W 3 - Fechado W 4 Contatores sem resistência em série - Fechando W 2,8 - Fechado W 2,8 Todos os detalhes e especificações técnicas não mencionados aqui são idênticos aos de contatores de linha; veja página /36. /56

59 Acessórios e peças de reposição Introdução Bloco de contatos auxiliares temporizado com saída a semicondutor Todos os blocos de contatos auxiliares retardados com saída a semicondutor são projetados para aplicações na faixa de 24 a 240 V CA/CC (faixa estendida de tensão). Ambas as conexões, elétrica e mecânica, são feitas simplesmente acoplando e travando. O contato auxiliar retardado recebe alimentação diretamente com dois contatos plug-in através dos terminais de bobina do contator em paralelo com A./A2. Um circuito de proteção (varistor) é integrado em cada módulo. Uma cobertura com lacre está disponível para proteger contra alteração indevida dos tempos pré-definidos. Nota: Montar mais contatos auxiliares ao contator não é permitido. Aparelho com retardo no desligamento para contatores Operação em CA e CC IEC 60947, EN Para fixação por parafuso ou em trilho DIN 35mm. Os aparelhos com retardo no desligamento possuem terminais de conexão por parafuso. O aparelho de retardo no desligamento previne o desligamento acidental de um contator quando ocorre uma queda de tensão por um pequeno período ou uma falha na alimentação, assegurando que o contator não abra. Os aparelhos de retardo no desligamento 3RA29 6 são especialmente projetados para operação com os contatores 3RT e contatores auxiliares 3RH. O aparelho de retardo no desligamento opera sem tensão externa na base capacitativa e pode ser energizado ou com CA ou CC (versão de 24 V somente para operação em CC). A adaptação de tensão, necessária somente na operação em CA, é realizada usando um retificador. Um contator abre após um retardo quando o capacitor da bobina, montado no aparelho de retardo no desligamento, é chaveado em paralelo. No caso de falhas de tensão, o capacitor é descarregado através da bobina e assim retarda a abertura do contator. Se os aparelhos de comando estiverem a montante do aparelho de retardo no desligamento, o retardo no desligamento ocorre com cada operação de abertura do contator. Se a operação de abertura estiver a jusante do aparelho retardo no desligamento um retardo no desligamento ocorre somente no caso de falha da tensão de alimentação. Operação No caso das versões para tensão de comando nominal de 0 e 230 V, tanto tensão CA ou CC pode ser aplicada no lado de alimentação, enquanto a variante de 24 V é projetada somente para operação em CC. Um contator operado em CC é conectado à saída de acordo com a tensão de entrada aplicada. O valor principal do retardo no desligamento é de aproximadamente,5 vezes o tempo mínimo especificado. Módulo de carga adicional Tamanho S00 para plugar na parte frontal dos contatores com ou sem bloco de contatos auxiliares. O módulo é usado para aumentar a corrente residual permitida e para limitar a tensão residual. Ele garante a abertura segura de contatores com comando direto através de saída semicondutora 230 V CA de um controlador SIMATIC. Ao mesmo tempo age como supressor de sobretensão. Supressores de sobretensão Sem LED (também para terminais de conexão por mola) Tamanhos S00 e S0 Com LED (também para terminais de conexão por mola) Tamanhos S00 e S0 Todos os contatores 3RT2 e contatores auxiliares 3RH2 podem ser montados com elementos RC ou varistores para atenuar transientes na bobina durante a abertura. Diodos ou conjuntos de diodos (compreendendo diodos supressores de ruídos e diodos Zener para tempos de interrupção curtos) podem ser usados. Os supressores são plugados na parte frontal de contatores tamanho S00. Este espaço é reservado próximo a um bloco de contatos auxiliares. Varistores, elementos RC ou conjunto de diodos podem ser plugados na parte frontal de contatores tamanho S0. Contatores para interface são fornecidos ou com atenuação de sobretensão ou com um diodo supressor, varistor ou diodo conectado como padrão, dependendo da versão. Nota: O retardo no desligamento de contato NA e o retardo no ligamento de contato NF aumenta quando a bobina do contator é atenuada contra picos de tensão (diodo supressor de ruído 6 a 0 vezes; conjunto de diodos 2 a 6 vezes, varistor +2 a 5 ms). Link de acoplamento para controle por CLP Operação CC IEC e EN O link de acoplamento é apropriado para uso em quaisquer condições climáticas. Ele é protegido contra toque acidental de acordo com a EN As designações dos terminais de conexão estão de acordo com a EN Operação compatível ao sistema em 24 V CC, faixa de operação 7 a 30 V. Baixo consumo de energia de 0,5 W de acordo com a especificação técnica de sistemas de estado sólido. Um LED indica o estado de chaveamento. Supressor de sobretensão O link de acoplamento 3RH29 24-GP possui um supressor de sobretensão (varistor) integrado para o chaveamento da bobina do contator. Montagem O link de acoplamento 3RH29 24-GP é montado na bobina do contator tamanho S0 usando um módulo de conexão de bobina. Coberturas com lacre Quando contatores e contatores auxiliares são usados em aplicações orientadas para segurança deve ser assegurado que o contator é impossível de ser operado manualmente. Para contatores SIRIUS existem coberturas de lacre para esta finalidade. Estas coberturas são capas plásticas transparentes moldadas com uma garra que permite lacrar o contator, prevenindo assim a operação manual acidental. Pinos adaptadores de solda O pino adaptador de solda para os contatores tamanho S00, até 5,5 kw ou 2 A (AC-/AC-3) estão disponíveis em duas versões: Pino adaptador de solda para contatores com um contato auxiliar integrado; Pino adaptador de solda para contatores com bloco de contatos auxiliares de 4 polos montado. /57

60 Acessórios e peças de reposição Introdução Módulo supressor de interferência eletromagnética Graduação fina dispensada Não há necessidade de uma graduação fina em cada classe de performance, de maneira que uma solução para todos os mecanismos de operação de velocidade fixa até 5,5 kw é ade- quada. Duas versões elétricas estão disponíveis: As vantagens do circuito RC estão principalmente na redução da sobrecorrente e na sua habilidade de atenuar RF. Os valores selecionados garantem supressão efetiva de interferências numa extensa faixa. Módulos supressores EMC A assim chamada f.e.m. (força eletromotriz) contrária é produzida quando motores e outras cargas indutivas são desligadas. Em consequência podem ocorre picos de tensão de até 4000 V, com um espectro de frequência de khz a 0 MHz e uma taxa de variação de tensão de 0, a 20 V/ns. O circuito varistor pode absorver um alto nível de energia e também pode ser usado para faixas de frequência de 0 a 400 Hz (mecanismos de operação de controle em loop fechado). No entanto, não existe limitação abaixo da tensão knee-point. Entradas capacitivas de vários sinais analógicos e digitais tornam necessárias medidas de supressão de interferências no circuito de carga. Reduzindo arcos nos contatos A conexão entre o caminho principal de corrente e o módulo supressor de interferência EMC gera arcos nos contatos, atenuando a erosão dos mesmos e reduzindo os ruídos; isto por sua vez leva a um projeto eletromagneticamente compatível. Maior disponibilidade operacional Uma vez que o módulo supressor EMC permite uma significante redução nos componentes de radiofrequência e no nível de tensão nas três fases, a durabilidade dos contatos também é melhorada sensivelmente. Isto tem uma contribuição importante na confiabilidade e disponibilidade dos sistema como um todo. /58

61 Acessórios e peças de reposição Blocos de contatos auxiliares Tabela de seleção Para contatores Contator com bloco AS 3RH29 -HA.. 3RH29-2HA.. Contatos auxiliares Conexão por parafuso Conexão por mola Versão Versão Código Código Tipo NA NF Blocos contatos auxiliares para montagem frontal de acordo com DIN EN 5002 (também compatível com os requerimentos da DIN EN 50005) Tamanho S00 ) Blocos para compor contatores com 2, 3, 4 ou 5 contatos auxiliares 3RT20. 3RT23. 3RT RH29 -HA0 3RH29-2HA RH29 -HA02 3RH29-2HA RH29 -HA03 3RH29-2HA RH29 -HA 3RH29-2HA RH29 -HA2 3RH29-2HA RH29 -HA3 3RH29-2HA RH29 -HA2 3RH29-2HA RH29 -HA22 3RH29-2HA RH29 -HA3 3RH29-2HA Tamanho S0 Blocos para compor contatores com 3, 4 ou 5 contatores auxiliares 3RT RT RT RH29 -HA0 3RH29-2HA RH29 -HA02 3RH29-2HA ) Com tamanho S00, a montagem de acordo com a DIN EN 5002 somente é permitida em unidades básicas que não possuem contato NF integrado. /59

62 Acessórios e peças de reposição Blocos de contatos auxiliares Para contatores / contatores auxiliares Contator com bloco AS Versão 3RH29 -HA.., 3RH29 -GA.. 3RH29-2HA.., 3RH29-2GA.. Contatos auxiliares Conexão por parafuso Conexão por mola Versão Código Código Tipo NA NF Bloco de contatos auxiliares para montagem frontal de acordo com DIN EN 5002 (também compatível com os requerimentos da DIN EN 50005) Tamanho S0 ) Blocos para compor contatores com 3, 4 ou 5 contatos auxiliares 3RT RT RT RH29 -HA0 3RH29-2HA RH29 -HA 3RH29-2HA RH29 -HA2 3RH29-2HA RH29 -HA20 3RH29-2HA RH29 -HA2 3RH29-2HA RH29 -HA30 3RH29-2HA Blocos de contatos auxiliares para montagem frontal de acordo com DIN EN 500 Tamanho S00 Blocos para compor contatores com 8 contatos auxiliares 3RH2 40, 3RH24 40, Ident. No. 40E 80E RH29 -GA40 3RH29-2GA E RH29 -GA3 3RH29-2GA E RH29 -GA22 3RH29-2GA E RH29 -GA3 3RH29-2GA E ) RH29 -GA04 3RH29-2GA ) Os contatos auxiliares 3RH29 -.HA.. também estão disponíveis com terminal em anel. Na 8ª posição do Código o deve ser substituído pelo 4, p. ex. 3RH29 -HA22 -> 3RH29-4HA22. /60

63 Acessórios e peças de reposição Blocos de contatos auxiliares 3RH29 -FA.. 3RH29-2FA.. 3RH29 -LA.. 3RH29 -MA.. 3RH29 -AA.. 3RH29 -BA.. Para contatores / contatores auxiliares Contatos auxiliares Conexões Contatos auxiliares Versão Posições Versão Código Conexão por parafuso Código Conexão por mola Tipo NA NF NA NF Blocos de contatos auxiliares para montagem frontal de acordo com DIN EN Tamanhos S00 e S0 Blocos de contatos auxiliares de 2 e 3 polos para compor contatores com 3 e 5 ou 4 e 6 contatos auxiliares 3RT2.., RH29 -FA40 3RH29-2FA40 3RT2. 2., 3RH2.., 3RH RH29 -FA22 3RH29-2FA ) RH29 -FA04 3RH29-2FA RH29 -FB 3RH29-2FB RH29 -FB22 3RH29-2FB RH29 -FC22 3RH29-2FC Blocos de contatos auxiliares de e 2 polos para compor contatores auxiliares com 8 contatos auxiliares 3RT2.., 0 Por cima RH29 -AA0 -- 3RT2. 2., 3RH2.., Por baixo RH29 -BA0 -- 3RH Por cima RH29 -AA0 -- Por baixo RH29 -BA Por cima RH29 -LA -- Por baixo RH29 -MA Por cima RH29 -LA20 -- Por baixo RH29 -MA ) A montagem de blocos de Versão 04 é permitida somente em unidades básicas que não possuem contato NF integrado. /6

64 Acessórios e peças de reposição Blocos de contatos auxiliares Para contatores / contatores auxiliares Contator com bloco AS Versão 3RH29 -DA.. 3RH29-2DA.. 3RH29 2-DA.. Contatos auxiliares Conexão por parafuso Conexão por mola Versão Código Código 3RH29 2-2DA.. Tipo NA NF Blocos de contatos auxiliares para montagem lateral de acordo com DIN EN 5002 Montagem na direita Tamanho S00 )2) Esquerda Direita 3RT20. Código RH29 -DA02 3RH29-2DA RH29 -DA 3RH29-2DA Tamanho S0 Esquerda Direita 3RT RH29 2-DA02 3RH29 2-2DA02 Código 3RT ) 3RT ) RH29 2-DA 3RH29 2-2DA RH29 2-DA20 3RH29 2-2DA20 Blocos de contatos auxiliares para montagem lateral de acordo com a DIN EN Montagem na direita e/ou na esquerda Tamanho S00 )2) Esquerda Direita 3RT20., Código 0 3RT RH29 -DA02 3RH29-2DA02 3RT RH29 -DA 3RH29-2DA RH29 -DA20 3RH29-2DA Tamanho S0 Esquerda Direita 3RT RH29 2-DA02 3RH29 2-2DA02 3RT ) 3RT ) RH29 2-DA 3RH29 2-2DA RH29 2-DA20 3RH29 2-2DA ) Com tamanho S00, a montagem de acordo com EN 5002 é permitida somente em unidades básicas que não possuem contatos NF integrado. 2) Versões 4, 32 e 23 de acordo com a DIN EN 5002 também são possíveis. Favor observar os diagramas de ligação correspondentes para montar o 3RH29 -DA.. na esquerda. 3) Com 3RT23 2., 3RT é possível montar na direita. /62

65 Acessórios e peças de reposição Blocos de contatos auxiliares Para contatores / contatores auxiliares Contator com bloco AS Versão 3 RH29-2DE 3RH29 -NF.. 3RH29-2NF.. Contatos Conexão por parafuso Conexão por mola Versão Código Código Tipo NA NF Blocos de contatos auxiliares compatíveis com estado sólido Para operação em ambiente empoeirado Para circuitos de estado sólido com corrente de operação nominal I e /AC- 4 e DC-3 de ma em V Contatos de ouro sólido Espelho de contatos de acordo com a DIN EN , Apêndice F, para contatos auxiliares de montagem lateral Blocos de contatos auxiliares para montagem frontal de acordo com DIN EN Tamanhos S00 e S0 3RT2.., RH29 -NF02 3RH29-2NF02 3RT2. 2., 3RH2.., 3RH RH29 -NF 3RH29-2NF RH29 -NF20 3RH29-2NF20 Blocos de contatos auxiliares para montagem lateral de acordo com DIN EN 5002 Montagem na direita.4.4 Tamanho S00 ) Esquerda Direita 3RT RH29-2DE Tamanho S0 Esquerda Direita 3RT RH29 2-2DE Blocos de contatos auxiliares de montagem lateral de acordo com DIN EN Montagem na direita e/ou na esquerda Tamanho S00 Esquerda Direita 3RT RH29-2DE Tamanho S0 Esquerda Direita 3RT RH29 2-2DE ) Com tamanho S00, a montagem de acordo com EN 5002 é permitida somente em unidades básicas que não possuem contato NF integrado. /63

66 Acessórios e peças de reposição Blocos de contatos auxiliares e temporizados Tabela de seleção Para contatores Tensão de comando nominal U s ) Faixa de ajuste de tempo t Saída/ contatos auxiliares ) Os valores de tensão CA valem para 50 Hz e 60 Hz. 2) Não podem ser fixado em contatores para interface. 3) O ajuste de contatos de saída no estado como fornecido é indefinido (relé biestável). A primeira aplicação de tensão de comando resulta em mudança para o estado correto. 3RA28 4-3RA Conexão por parafuso Conexão por mola Tipo Código Código V s Blocos de contatos auxiliares temporizados eletrônicos para montagem frontal, designação de terminais de conexão de acordo com DIN Tamanhos S00 e S0 A conexão elétrica entre o contato auxiliar temporizado e o contator é estabelecida automaticamente quando o bloco é acoplado e travado. Retardo no ligamento Varistor integrado 3RT2., CA/CC 0, , NAF 3RA28 3-AW0 3RA28 3-2AW0 3RH2 2) (, 0, 00, 3RH24 selecionável) NA + NF 3RA28 3-FW0 3RA28 3-2FW0 Retardo no desligamento com tensão auxiliar Varistor integrado 3RT2., CA/CC 0, , NAF 3RA28 4-AW0 3RA28 4-2AW0 3RH2 2) (, 0, 00, 3RH24 selecionável) NA + NF 3RA28 4-FW0 3RA28 4-2FW0 Retardo no desligamento sem tensão auxiliar 3) Varistor integrado 3RT2., CA/CC 0, , NAF 3RA28 5-AW0 3RA28 5-2AW0 3RH2 2) (, 0, 00, 3RH24 selecionável) NA + NF 3RA28 5-FW0 3RA28 5-2FW0 Para especificações técnicas ver página 20/99. Nota: Usando os contatos auxiliares temporizados eletrônicos nenhum outro contato auxiliar pode ser conectado à unidade básica. Mais informações Função Gráficos de função Relé de tempo energizado Contato fechado Contato aberto Contatos auxiliares temporizados eletrônicos Com contato NA Com contato NA + contato NF Retardo no ligamento 3RA28 3-.AW0 3RA28 3-.FW0 (varistor integrado) A/A2 5/8 5/6 A/A2 27/28 35/36 t t Retardo no desligamento 3RA28 4-.AW0 3RA28 4-.FW0 com tensão auxiliar A3/A2 A3/A2 (varistor integrado) B/A2 B/A2 Retardo no desligamento sem tensão auxiliar (varistor integrado) 5/8 5/6 A/A2 5/8 5/6 > 35 ms 3RA28 5-.AW0 200 ms t t NSB0_0203 NSB0_0200 NSB0_020 27/28 35/36 A/A2 27/28 35/36 > 35 ms 3RA28 5-.FW0 > 200 ms t t NSB0_0204 NSB_02073 NSB0_0202 /64

67 Acessórios e peças de reposição Blocos temporizados e de memória Tabela de seleção Para contatores Tensão de comando nominal U s Faixa de ajuste de tempo t Tipo V s Relé auxiliar de retardo Tamanhos S00 e S0 Para contatores com operação CC Tempo de retardo não ajustável 3RT2., 0 CA/CC S00: > 0, 3RT2. 2, 3RH2...-BF40 S0:> 0,08 3RT2., 220/230 CA/CC S00: > 0,5 3RT2. 2, 3RH2...-BM40 S0: > 0,3 3RT2., 24 CC 3RT2. 2, 3RH2...-BB40 3RT29 6-2B.0 Blocos de retardos penumáticos, designação de terminais de conexão de acordo com DIN EN Tamanho S0 Para montagem frontal em contatores )2) Contatos auxiliares NA e NF Com retardo no ligamento S00: > 0,2 S0: > 0, Código Conexão por parafuso 3RT29 6-2BK0 3RT29 6-2BL0 3RT29 6-2BE0 3RT , RT PA RT PA Com retardo no desligamento 3RT P... 3RT , RT PR RT PR Blocos de memória mecânicos Tamanho S0 Para montagem frontal em contatores O contator permanece no estado energizado após uma falha de tensão 3RT CA/CC -- 3RT AB3 0 CA/CC -- 3RT AF3 230 CA/CC -- 3RT AP3 3RT A.3 Para especificações técnicas ver páginas /00 e /0. ) Além destes nenhum outro contato auxiliar é permitido. 2) Versões de acordo com a DIN VDE 06 sob consulta. /65

68 Acessórios e peças de reposição Supressores de sobretensão Tabela de seleção Para contatores ) Pode ser usado para operação em CA em 50/60 Hz. Favor consultar sobre tensões adicionais. ) Versão Tensão de comando nominal U s Operação em CA Operação em CC Tipo Supressores de sobretensão sem LED (também para terminais de conexão por mola) Tamanho S00 V CA V CC Para montagem frontal no contator (Sem ou com bloco de contatos auxiliares) 3RT29 6-B.00 3RT29 26-E.00 3RT2., 3RH2. 3RT2., 3RH2. 3RT2., 3RH2. 3RT2., 3RH2. Código Varistores RT29 6-BB RT29 6-BC RT29 6-BD RT29 6-BE RT29 6-BF00 Elementos RC RT29 6-CB RT29 6-CC RT29 6-CD RT29 6-CE RT29 6-CF00 Diodos supressores de ruído RT29 6-DG00 Conjunto de diodos (diodo e diodo Zener) para operação em CC RT29 6-EH00 Tamanho S0 Para montagem frontal no contator (antes da montagem do bloco de contatos auxiliares) 3RT2. 2 Varistores RT29 26-BB RT29 26-BC RT29 26-BD RT29 26-BE RT29 26-BF00 3RT2. 2 Elementos RC RT29 26-CB RT29 26-CC RT29 26-CD RT29 26-CE RT29 26-CF00 3RT2. 2 Conjuntos de diodos RT29 26-ER00 para operação em CC RT29 26-ES00 Para contatores Versão Tensão de comando nominal U ) s Consumo P do LED Operação em CA Operação em CC em U s Código Tipo Supressores de sobretensão com LED (também para terminais de conexão por mola) Tamanho S00 V CA V CC mw Para montagem frontal no contator (sem ou com bloco de contatos auxiliares) 3RT2., 3RH2. 3RT2., 3RH2. Varistores RT29 6-JJ RT29 6-JK RT29 6-JL RT29 6-JP00 Diodos supressores de ruído RT29 6-LM RT29 6-LN RT29 6-LP00 3RT29 6-J.00 Tamanho S0 Para montagem frontal no contator (antes da montagem do bloco de contatos auxiliares) 3RT2. 2 Varistores RT29 26-JJ RT29 26-JK RT29 26-JL00 3RT2. 2 Conjuntos de RT29 26-MR00 diodos 3RT29 26-MR00 ) Pode ser usado para operação em CA em 50/60 Hz. Favor consultar sobre tensões adicionais. /66

69 Acessórios e peças de reposição Combinações para partida reversora Tabela de seleção Tamanho S00 até 7,5 kw A figura mostra a versão com conexões por parafuso Acessórios de montagem Acessórios Bloco de contatos auxiliares, frontal) Bloco de contatos auxiliares, lateral Supressores de sobretensão Adaptadores de solda Módulo de função para a conexão ao comando Código Página 3RH RH29 2-DA.. 3RT RT9 6-4KA 3RT27.-BA00 /84 /87 /9 /92 3/95 ) Bloco de contatos auxiliares de acordo com a DIN EN deve ser usado. 2) Contatores 3RT20. com um contato NF na unidade básica são necessários para o intertravamento elétrico. 2 NSB0_02064a 6 Combinações de contatores Partes individuais Código Q Q2 3RT20 5 3RT20 5 3RT20 6 3RT20 6 3RT20 7 3RT20 7 3RT20 8 3RT20 8 3RA29 3-2AA Contator, 3 kw Contator, 4 kw Contator, 5,5 kw Contator, 7,5 kw Kit de montagem compreendendo: 4 Intertravamento mecânico 5 2 garras de conexão para 2 contatores 6 Módulos de interligação superior e inferior para a ligação dos circuitos principais. Intertravamento elétrico incluído2), interruptível (intertravamento por contato NF). Página 3/26, /8 3/26, /8 3/26, /8 3/26, /8 3/00 /67

70 Acessórios e peças de reposição Combinações para partida reversora Tamanho S0 até 8,5 kw A figura mostra a versão com conexões por parafuso Acessórios de montagem Acessórios Código Página RH RH29 2-DA.. 3RT RT27.-BA00 /84 /87 /9 3/95 Bloco de contatos auxiliares, frontal Bloco de contatos auxiliares, lateral Supressores de sobretensão Módulo de função para a conexão ao comando Combinações de contatores Partes individuais /68 Código Q Q2 3RT RT RT RT RT RT RT RT RT RT RA AA Contator, 5,5 kw Contator, 7,5 kw Contator, kw Contator, 5 kw Contator, 8,5 kw Kit de montagem compreendendo: 4 Intertravamento mecânico 5 2 garras de conexão para 2 contatores 6 Módulos de interligação superior e inferior para a ligação dos circuitos principais. Intertravamento elétrico incluído, interruptível (intertravamento por contato NF). NSB0_ Página /7, 3/33 /7, 3/33 /7, 3/33 /7, 3/33 /7, 3/33 3/00

71 Acessórios e peças de reposição Combinações para partida reversora Conexão por parafuso Dados nominais AC-2 e AC-3 Tamanho Código para 50 Hz 400 V CA Potência kw Corrente operacional I e A Contator Intertravamento mecânico ) Kit de montagem 2) 3 7 S00 3RT RA29 3-2AA 4 9 3RT20 6-5,5 2 3RT20 7-7,5 6 3RT20 8-5,5 2 S0 3RT RA AA 7,5 6 3RT RT RT ,5 38 3RT Conexão por mola Dados nominais AC-2 e AC-3 Tamanho Código para 50 Hz 400 V CA Potência kw Corrente operacional I e A Contator Intertravamento mecânico ) Kit de montagem 3 7 S00 3RT RA29 3-2AA2 2) 4 9 3RT ,5 2 3RT ,5 6 3RT ,5 2 S0 3RT RA AA2 3) 7,5 6 3RT RT RT ,5 38 3RT ) O intertravamento apenas pode ser pedido com o kit de montagem. 3) O kit de montagem contém: intertravamento mecânico, clips de conexão 2) O kit de montagem contém: intertravamento mecânico, clips de conexão para 2 contatores, módulos de fiação em cima ou embaixo (circuitos principais). para 2 contatores, módulos de fiação em cima e embaixo (circuitos principal, de comando e auxiliar). /69

72 Acessórios e peças de reposição Acessórios para combinação de contatores para partida reversora Componentes para montagem individual 3RA AA 3RA AA2 Para Tamanho Versão Conexão por parafuso Conexão por mola contatores Tipo Código Código Jogos de montagem 3RT20 S00-S00 O conjunto de montagem contém: intertravamento mecânico; 2 garras de conexão para 2 contatores, módulos de interligação superior e inferior Para circuitos principais, auxiliares e de comando. 3RA29 3-2AA 3RA29 3-2AA2 3RT20 2 S0-S0 O conjunto de montagem contém: intertravamento mecânico; 2 garras de conexão para 2 contatores, módulos de interligação superior e inferior. Para circuitos principais, auxiliares e de comando 3RA AA -- Somente para circuitos principais ) -- 3RA AA2 Módulos de interligação 3RT20 S00-S00 Superior (mesmas fases) 3RA29 3-3DA 3RA29 3-3DA2 Inferior (com troca de fases) 3RA29 3-3EA 3RA29 3-3EA2 3RT20 2 S0-S0 Superior (mesmas fases) 3RA DA 3RA DA2 Inferior (com troca de fases) 3RA EA 3RA EA2 Garras de fixação Para intertravamento lateral, sem intervalo de chaveamento 3RT20 S00-S00 Para contatores tri ou tetrapolares 3RA29 2-2H 3RA29 2-2H 3RT20 2 S0-S0 Para contatores tri ou tetrapolares 3RA H 3RA H ) Versão no tamanho S0 com terminais de conexão por mola: somente os módulos de fiação para o circuito principal estão incluídos. Não estão incluídos os conectores para o circuito auxiliar e de comando. /70

73 Acessórios e peças de reposição Combinações para partida estrela-triângulo Tabela de seleção Tamanho S00-S00-S00 até kw A figura mostra a versão com terminais de ligação por parafusos NSB0_02066a Acessórios de montagem Combinações de contatores Acessórios Código Página Partes individuais Código Página Q ) Q3 2) Q2 2) 6 Terminal de ligação trifásico 3) 3RA29 3-3K / Contator, 5,5 kw 3RT20 5 3RT20 5 3RT20 5 3/26, /8 2 3 Contator, 7,5 kw 3RT20 7 3RT20 7 3RT20 5 3/26, /8 2 3 Contator, kw 3RT20 8 3RT20 8 3RT20 6 3/26, / Kit de montagem 3RA29 3-2BB /76 compreendendo 4 Intertravamento mecânico ) Usar versão com NA. 2) Usar versão com NF. 3) Parte 6 somente pode ser montada em contatores com terminais de ligação por parafuso garras de conexão Módulos de interligação superior e inferior para a ligação dos circuitos principais Módulo de função para partida estrela-triângulo 3RA28 6-0EW20 /76 Nota: Ao usar os módulos de função para chaves de partida estrelatriângulo, não pode ser conectado nenhum bloco de contatos auxiliares na unidade básica. /7

74 Acessórios e peças de reposição Combinações para partida estrela-triângulo Tamanho S0-S0-S0 até 22 kw A figura mostra a versão com terminais de conexão por parafuso NSB0_02067b 6 Acessórios de montagem Combinações de contatores Acessórios Código Página Partes individuais Código Página Q Q3 Q2 6 Terminal de ligação trifásico ) 3RV AB / Contator, kw 3RT RT RT20 24 /7, 3/33 7 Barramento de ligação trifásico ) 3RV9 5-AB / Contator, 5/8,5 kw 3RT RT RT20 24 /7, 3/ Contator, 22 kw 3RT RT RT20 26 /7, 3/ Kit de montagem 3RA BB /75 O kit de montagem contém: 4 Intertravamento mecânico ) As partes 6 e 7 somente podem ser montadas em contatores com terminais de ligação por parafuso Garras de conexão Módulos de interligação superior e inferior para ligação dos circuitos principais Módulos de função para 3RA28 6-0EW20 /76 partida estrela-triângulo Nota: Ao usar os módulos de função para combinações de contatores para partida estrela-triângulo, não pode ser conectado nenhum outro bloco de contatos auxiliares na unidade básica. /72

75 Acessórios e peças de reposição Combinações para partida estrela-triângulo Componentes para montagem avulsa Kits de montagem com módulos de fiação e conectores mecânicos estão disponíveis para montagem de contatores em partidas estrela-triângulo. Contatores, relés de sobrecarga, módulos de função ou relés de tempo para partida estrela-triângulo, contatos auxiliares para intertravamento elétrico - se necessário também terminais de alimentação e bases - devem ser adquiridos em separado. Conexão por parafuso Potência Acessórios para montagem avulsa Módulo de função para partida estrela-triângulo Kit de montagem B, para alimentação simples Os kits de ligação para tamanhos S00 e S0 contêm os condutores de potência superiores e inferiores entre os contatores triângulo e estrela (inferior). Circuito de comando Funções: Faixa de ajuste de tempo 0,5 a 60 s (3 ajustes selecionáveis) Faixa de tensão ampla 24 a 240 V CA/CC Intervalo morto de 50 ms, fixo. Relé de sobrecarga, térmico (classe de disparo 0) Relé de sobrecarga, estado sólido (classe de disparo 0) Ponte estrela Faixa de ajuste Código Faixa de ajuste Código kw A A 5,5 7,5 3RA28 6-0EW20 3RA29 3-2BB ) 3RT29 6-4BA3 5, RU2 6-HB0 3RU2 6-JB RB30 6-TB0 5 8,5 22 3RA28 6-0EW20 3RA BB 2) 3RT BA RU2 6-4AB0 3RU2 26-4AB0 3RU2 26-4BB0 3RU2 26-4DB0 3RU2 26-4DB RB30 26-QB0 Conexão por mola Potência Acessórios para montagem avulsa Módulo de função para partida estrela-triângulo Kit de montagem B, para alimentação simples Relé de sobrecarga, térmico (classe de disparo 0) Relé de sobrecarga, estado sólido (classe de disparo 0) Ponte estrela Faixa de ajuste Código Faixa de ajuste Código kw A A 5,5 7,5 3RA28 6-0EW20 3RA29 3-2BB2 ) 3RT29 6-4BA32 5, RU2 6-HC0 3RU2 6-JC RB30 6-TE0 5 8,5 22 3RA28 6-0EW20 3RA BB2 2) 3RT BA RU2 6-4AC0 3RU2 26-4AC0 3RU2 26-4BC0 3RU2 26-4DC0 3RU2 26-4DC RB30 26-QE0 ) O kit de montagem contém: intertravamento mecânico, 4 clips de conexão, módulos de ligação superiores (conector entre contator de linha e triângulo) e inferior (conexão entre contator triângulo e estrela), ponte estrela e fiação de circuito auxiliar. 2) O kit de montagem contém: intertravamento mecânico, 4 clips de conexão, módulos de ligação superiores (conexão entre contator de linha e triângulo) e inferior (conexão entre contator triângulo e estrela), ponte estrela. /73

76 Acessórios e peças de reposição Combinações para partida estrela-triângulo Conexão por parafuso Dados nominais em 50 Hz 400 V AC Tamanho Potência Corrente de Corrente do motor Contator linha/triângulo Contator estrela operação I e kw A A 5,5 2 9,5... 3,8 S00-S00-S00 3RT20 5-3RT20 5-7,5 6 2, RT20 7-3RT S0-S0-S0 3RT20 8-3RT RT20 6-3RT , , , RT RT RT RT RT RT Conexão por mola Corrente do motor Contator linha/triângulo Contator estrela Dados nominais Tamanho em 50 Hz 400 V AC Potência Corrente de operação I e kw A A 5,5 2 9,5... 3,8 S00-S00-S00 3RT RT ,5 6 2, RT RT S0-S0-S0 3RT RT RT RT , , , RT RT RT RT RT RT Nota: A seleção de tipos de contatores refere-se a configurações com fusíveis. /74

77 Acessórios e peças de reposição Acessórios para combinação de contatores para partida estrela-triângulo Conjuntos para montagem individual 3RA BB 3RA BB2 Para Tamanho Versão Conexão por parafuso Conexão por mola contatores Tipo Código Código Jogos ) para montagem de contatores tripolares 3RT20 S00 O conjunto de montagem contém: intertravamento mecânico; 4 garras de conexão; ponte estrela; módulos de interligação superior e inferior. Para circuitos principais, auxiliares e de comando 3RA29 3-2BB 3RA29 3-2BB2 3RT20 2 S0 O conjunto de montagem contém: intertravamento mecânico; 4 garras de conexão; ponte estrela; módulos de interligação superior e inferior. Para circuitos principais, auxiliares e de comando 3RA BB -- Somente para circuitos principais 2) -- 3RA BB2 3RV AB 3RV9 5-AB 3RT9 6-4BA3 3RT29 6-4BA32 Terminal de alimentação trifásico Blocos de terminais de alimentação para condutores de grande seção transversal 3RT20 S00 Condutor de seção 6 mm 2 3RA29 3-3K -- 3RT20 2 S0 Condutor de seção 6 mm 2 3RV AB -- Barramento trifásico 3RT20 2 S0 Para a ligação entre fase e fase de todos os terminais de ligação do condutor de linha (Q) e o contator triângulo (Q3) 3RV9 5-AB -- Ponte de interligação (ponte estrela) 3RT20 S00 Sem terminal de conexão 3RT9 6-4BA3 3RT29 6-4BA32 3RT20 2 S0 (as ligações para o paralelismo podem ser reduzidas em um polo) 3RT9 26-4BA3 3RT BA32 ) Ao usar módulo funcional para a partida estrela-triângulo, os módulos de fiação para corrente auxiliar não são necessários. 2) Versão no tamanho S0 com terminais de conexão por mola: Somente a fiação para o circuito principal está incluída. Não estão incluídos os conectores para o circuito auxiliar e de comando. /75

78 Acessórios e peças de reposição Módulos de função para combinação de contatores para partida estrela-triângulo Componentes avulsos para montagem 3RA28 6-0EW20 3RA27 2-CA00 3RA27-2CA00 Para Tamanho Versão Conexão por parafuso Conexão por mola contatores Tipo Código Código Módulos de função para partida estrela-triângulo 3RT20, S00, S0 Compreendendo um módulo básico e dois módulos de acoplamento 3RA28 6-0EW20 3RA28 6-0EW20 3RT20 2 Tensão de comando nominal V CA/CC Faixa de ajuste de tempo 0, s (0, 30, 60 s selecionável) Acessórios para módulos de função 3RA28 3RT20, 3RT20 2 S00, S0 Coberturas lacráveis (PS* = 5 unidades) Nota: Usando o módulo de função para combinações de contatores para partida estrela-triângulo nenhum outro contato auxiliar pode ser conectado à unidade básica. 3RA RA /76

79 Acessórios e peças de reposição Módulo de função para montagem em contatores 3RT2 Panorama Os módulos de função possibilitam a montagem de conjuntos para a partida direta, reversora e estrela-triângulo sem qualquer fiação adicional e complicada dos componentes individuais. Versão Módulos de função SIRIUS Módulos de função SIRIUS para IO-Link ) Para partida direta on-line Relés de tempo: retardo no ligamento ou retardo no desligamento com saída por semicondutor. Com terminais de conexão por parafuso ou por mola. Os módulos incluem as funções de comando principais neces- sárias para a partida em particular, p. ex. retardo e intertrava- mento e podem ser conectados ao sistema de comando ou por fiação paralela ou através de IO-Link ou AS-Interface. Com terminais de conexão por parafuso ou por mola. Módulos de função SIRIUS para AS-Interface ) Com terminais de conexão por parafuso ou por mola. Para partida reversora Módulos de fiação para tamanhos S00 e S0. Com terminais de conexão por parafuso ou por mola (com terminais de parafuso para circuito principal e de comando). módulo de função para tamanho S00 e S0, com terminais de conexão por parafuso e por mola mais os respectivos módulos de conexão ). módulo de função para tamanho S00 e S0, com terminais de conexão por parafuso e por mola, mais os respectivos módulos de conexão ). Para partida estrela-triângulo módulo de função para tamanho S00 e S0, com terminais de conexão por parafuso, mais os respectivos módulos de conexão 2). Para partida estrela-triângulo: módulo de Para partida estrela-triângulo: módulo de função para tamanho S00 e S0, com terminais de conexão por parafuso e por mola, nais de conexão por parafuso e por mola, função para tamanho S00 e S0, com termi- mais os respectivos módulos de mais os respectivos módulos de conexão 2). conexão 2). Acessórios Coberturas com lacre. Painel de operação para o controle autônomo de até 4 conjuntos de partida. Conector modular para o agrupamento de conjuntos de partida. Cabo de conexão entre painel de operação e a chave de partida. Coberturas com lacre. Unidades de endereçamento AS-Interface. Coberturas com lacre. ) O uso de módulos de função com capacidade de comunicação através de IO-Link ou AS-Interface requer contatores com interface de comunicação (veja páginas 3/32 e /9). 2) Os módulos para a conexão de controle incluídos no jogo de montagem não são necessários. Nota: Ao usar os módulos de função nenhum outro contato auxiliar pode ser conectado nas unidades básicas. /77

80 Acessórios e peças de reposição Módulo de função para montagem em contatores 3RT2 Panorama Aplicação Ao serem conectados, os módulos de função SIRIUS habilitam diferentes funcionalidades necessárias para a montagem de partidas. Assim os módulos de função e jogos de montagem reduzem os trabalhos de confecção da partida para praticamente zero. Módulos de função SIRIUS para partida direta Todos os relés de tempo eletrônicos que podem ser montados nos contatores são projetados para aplicações na faixa de 24 a 240 V CA/CC (faixa estendida de tensão). Ambas conexões, mecânica e elétrica, são realizadas por meio de simples conexão e travamento. Um circuito de proteção (varistor) é integrado em cada módulo. O feedback do estado de chaveamento é feito por meio de um indicador mecânico (pino). Adicionalmente os contatos auxiliares dos contatores são de acesso livre e podem ser usados para o feedback do sistema de comando ou para sinalizadores. Uma cobertura com lacre pode ser usada para proteção contra ajustes do tempo feitos por negligência. Módulos de função SIRIUS para partida reversora Os jogos de montagem para partidas permitem a montagem econômica das mesmas. Os conjuntos podem ser utilizados em todas as aplicações com carga reversora até 8,5 kw. Vantagens Para uma descrição detalhada, ver página 3/88. Módulos de função SIRIUS para partida estrela-triângulo Para a montagem de conjuntos de partida estrela-triângulo são necessárias as funções de intertravamento e de temporização. Com os módulos de função para partida estrela-triângulo e os respectivos módulos de interligação com o circuito principal estes conjuntos podem ser montados de forma fácil e livre de erros. A sequência completa do circuito de comando é integrada aos módulos e compreende: Tempo estrela t ajustável de 0,5 a 60 s; Um tempo fixo de intervalo morto de 50 ms; Conexão elétrica aos contatores; Feedback do estado de chaveamento no contator usando um indicador de posição de chaveamento mecânico; Intertravamento elétrico entre os contatores. Estes módulos não requerem seus próprios terminais e por isso podem ser usados tanto para contatores com terminal de conexão por parafuso como por mola, em ambos os tamanhos S00 e S0. Para acionar a chave de partida estrela-triângulo somente o primeiro dos três contatores (contator de linha) é atuado. Todas as demais funções então acontecem nos módulos individuais. Com a função temporizada previamente implementada, este sistema também oferece vantagens, pois mais uma vez resulta em significante redução no número de saídas do CLP, na programação e nos custos com cabeamento. Os kits para o circuito principal incluem o intertravamento mecânico, a ponte estrela, as interligações por cima e por baixo e as garras de conexão necessárias. Um circuito de proteção (varistor) é integrado no módulo básico. Os módulos de função para partida direta são usados antes de mais nada para a realização de funções temporizadas, independentemente do sistema de controle. Com o relé de tempo com retardo no desligamento por exemplo é possível desligar o motor de refrigeração de um motor principal com retardo, para garantir refrigeração suficiente após a operação mesmo que a planta e seu sistema de controle já tenham sido desligados. Os relés de tempo com retardo no ligamento permitem a partida com retardo de vários motores, de maneira que a soma da corrente de partida não alcance valores muito altos, o que poderia resultar numa falha na alimentação. Os módulos de função para partida estrela-triângulo na maioria das vezes são usados onde, ao mesmo tempo, medidas de limitação de corrente de partida de um motor são necessárias, p. ex. para grandes exaustores e ventiladores, um alto índice de disponibilidade é essencial. Esta tecnologia tem sido usada com sucesso durante várias décadas e ao mesmo tempo apresenta a vantagem de requerer relativamente pouco know-how. Por meio do uso de módulos de função, o trabalho de montagem com componentes simples e padronizados tornou-se ainda mais fácil e livre de erros. O uso de módulos de função para partida direta (relés de tempo) resulta nas seguintes vantagens: Redução no cabeamento do comando; Prevenção de erros de fiação; Redução de custos com testes; Implementação de funções temporizadas independentes do sistema de comando; Menos espaço necessário no armário de comando; Não há necessidade de circuito de proteção adicional (varistor integrado). Para vantagens de usar jogos de montagem para a confecção de partidas reversoras veja página 3/89. O uso de módulo de função para partida estrela-triângulo resulta nas seguintes vantagens: Operação somente por meio do contator de linha A/A2 nenhuma fiação adicional necessária; Redução de cabeamento no comando das partidas e, onde aplicável, no sistema de comando superior; Prevenção de erros de fiação; Redução nos custos com testes; Intertravamento elétrico integrado reduz custos e previne erros; Menos espaço necessário no armário de comando; Tempo de partida no modo estrela ajustável de 0,5 a 60 s; Independe da tensão de alimentação do contator (24 a 240 V CA/CC); Varistor integrado não há necessidade de circuito de proteção adicional; Nenhum cabeamento para o comando graças ao design tipo plug-in e cabos de conexão; Montagem mecanicamente codificada permite configuração simples e fiação confiável; Menos versões um kit modular para terminais de conexão por parafuso e mola e para os dois tamanhos S00 e S0; Intertravamento mecânico (com kit de conexão para o circuito principal). /78

81 Acessórios e peças de reposição Módulo de função para montagem em contatores 3RT2 Tabela de seleção Para contatores Tipo ) Valores de tensão CA valem para 50 Hz e 60 Hz. 2) Não pode ser fixado em relés de interface. 3RA RA Tensão de comando nominal U s ) Faixa de ajuste de tempo t Conexão por parafuso Conexão por mola V Relés de tempo eletrônicos com saída a semicondutor, para montagem frontal A conexão elétrica entre o relé de tempo e o contator é estabelecida automaticamente quando acoplado e travado. Com retardo no ligamento Versão com dois condutores, varistor integrado 3RT20., 3RT RH2 2) 3RH24 3RT20., 3RT RH2 2) 3RH24 Acessórios CA/CC 0, (, 0, 00, selecionável) Com retardo no desligamento com tensão auxiliar Varistor integrado CA/CC 0, (, 0, 00, selecionável) Coberturas com lacre Para 3RA27, 3RA28, 3RA29 s Código 3RA28 -CW0 3RA28 2-DW0 Código 3RA28-2CW0 3RA28 2-2DW0 3RA RA Nota: Ao usar os módulos de função nenhum outro contato auxiliar pode ser conectado à unidade básica. Função Gráficos de função Relé de tempo energizado Contato fechado Contato aberto contato NA (saída a semicondutor) Com retardo no ligamento 3RA28 -.CW0 A3/A2 3RA28 Q t NSB0_02098 Com retardo no desligamento com tensão auxiliar 3RA28 2-.DW0 A3/A4 B/A4 > 35 ms Q t NSB0_02099 /79

82 Acessórios e peças de reposição Módulos de função para partida reversora/partida estrela-triângulo Tabela de seleção 3RA28 6-0EW20 3RA29 3-2AA 3RA29 3-2BB2 Para Tensão de comando nominal U ) s Faixa de ajuste de tempo t Conexão por parafuso Conexão por mola contatores Código Código Tipo V s Kit de montagem para partida reversora Kit de montagem para partidas tripolares O kit de montagem contém: Intertravamento mecânico; 2 garras de conexão para 2 contatores, módulos de interligação por cima e por baixo. 3RT20. Para tamanho S00 3RA29 3-2AA 3RA29 3-2AA2 3RT20 2. Para tamanho S0 3RA AA 3RA AA2 Kit de montagem para partida estrela-triângulo Kit de montagem para partidas tripolares O kit de montagem contém: Intertravamento mecânico, 4 garras de conexão para 3 contatores; ponte estrela, módulos de interligação por cima e por baixo. 3RT20. Para tamanho S00 3RA29 3-2BB 3RA29 3-2BB2 3RT20 2. Para tamanho S0 (somente corrente principal para a versão com terminais 3RA BB 3RA BB2 por mola) Módulo de função para partida estrela-triângulo A conexão elétrica entre o módulo de função e a partida é estabelecida automaticamente ao acoplar e ligar os cabos de conexão. Função estrela-triângulo (varistor integrado) 3RT20., CA/CC 0, RA28 6-0EW20 3RA28 6-0EW20 3RT ) (0, 30, 60 selecionável) Módulos individuais CA/CC Módulos básicos para 3RA RA partida estrela-triângulo. -- Módulos acopladores para 3RA29-0 3RA29-0 partida estrela-triângulo. Acessórios Coberturas com lacre 3RA RA Para 3RA27, 3RA28, 3RA29 (PS* = 5 peças) ) Valores de tensão CA valem para 50 Hz e 60 Hz. Não pode ser fixado em relés de interface. Nota: Ao usar os módulos de função nenhum outro contato auxiliar pode ser conectado à unidade básica. Função Gráficos de função Relé de tempo energizado Contato fechado Contato aberto 2 contatos NA (interligados internamente) Função estrela-triângulo 3RA28 6-0EW20 contato NA retardado A/A2 contato NA instantâneo Y t 50 ms NSB0_02072 /80

83 Acessórios e peças de reposição Módulos de função para IO-Link Panorama Os módulos de função SIRIUS para IO-Link permitem a montagem de conjuntos de partida direta, reversora e estrela-triângulo sem qualquer ligação adicional e complicada dos componentes individuais. Os módulos desempenham as funções de comando necessárias para a partida em particular, p. ex. temporização e intertravamento. A conexão elétrica e mecânica ao contator é estabelecida através de acoplamento e travamento. Um circuito adicional de proteção para o contator é realizado por meio de um sensor tipo Hall que, mesmo sob condições extremamente poeirentas, fornece feedback confiável a respeito do estado de chaveamento. Os conjuntos de partida são conectados ao sistema de comando superior por meio de IO-Link, com a possibilidade de conectar até quatro conjuntos agrupados a uma porta do IO-Link master. Por meio deste tipo de conexão ao sistema de controle economiza-se o máximo de fiação. Os seguintes sinais essenciais são transmitidos: Disponibilidade de partida em resposta a uma solicitação indireta de proteção da partida do motor; Operação de partida; Feedback referente ao estado de chaveamento. Disponibilidade Comando CLP Feedback através do estado de chaveamento CLP IO-Link NSB0_02084a Transmissão de sinal por meio de IO-Link. A solicitação da proteção de partida do motor não acontece por meio de fiação adicional entre o contato auxiliar e o módulo, mas por meio de uma solicitação de tensão na entrada do contator. Isto requer versões especiais dos contatores com interface de comunicação (ver páginas 3/32 e /9). Protetor da chave de partida Contator NSB0_02086 Sinal de disponibilidade por meio de obtenção de tensão. /8

84 Acessórios e peças de reposição Módulos de função para IO-Link Agrupadas de 4 em 4, é possível conectar até 6 partidas a um mestre de ET 200S. Neste caso, todos os sinais dos comandos individuais são disponibilizados diretamente na imagem de processamento das entradas por meio de somente 3 fios individuais por grupo de conjunto. Formação de frupo para no máx. 4 conjuntos de partida através de porta de IO-Link Partida direta on-line 2 Partida direta on-line Quando o potencial do mestre de ET 200S for o mesmo do comando, uma redução adicional na fiação é possível, providenciando a tensão de comando para os contatores através de jumper dos fios de comunicação correspondentes. 3 Partida reversora 4 Partida reversora Porta Porta 2... NSB0_02087b Formação de grupo com IO-Link. Em caso de mau funcionamento, os sinais de falha correspondentes também são transmitidos diretamente ao CLP de forma cíclica. Isto acontece além da transmissão dos sinais de chaveamento e de estado. Possíveis sinais de falha: Equipamento com defeito; Falta de tensão de alimentação (proteção da partida atuada); Falta de tensão de comando; Posição limite na direita/na esquerda; Modo manual; Falha na imagem do processo. Esta integração simples das partidas no mundo TIA de modo algum limita a flexibilidade no campo. Por exemplo, todos os módulos de função possuem terminais especiais para permitir a desconexão direta no local. Estes terminais podem ser conecp. ex., a uma chave fim de curso. A entrada interrompe tados, diretamente a alimentação da bobina do contator, isto é, sem passar pelo CLP. Estes terminais vêm munidos com jumper, de fábrica. A operação manual local do grupo todo de partidas também é simples usando um módulo de operação (IHM). Este módulo pode ser conectado facilmente à última partida e, se for necessário, pode ser instalado no painel frontal do painel de comando. Isto oferece vantagens significativas especialmente durante o start-up. Aplicação O uso de módulos de função com IO-Link é recomendado especialmente em máquinas e plantas onde várias partidas estiverem num mesmo painel de comando. Usando IO-Link, a conexão destas partidas ao nível de automação é simples, rápida e livre de erros. Como não são mais necessários módulos de IO, a largura do ET 200S se reduz bastante. Vantagens Redução da fiação de comando a não mais que três cabos para cada quatro chaves, eliminando inclusive os erros de ligação; Eliminação dos custos com testes; Redução do trabalho de configuração; Integração no diagnóstico TIA quando ocorre uma falha; Dispensando módulos IO, economiza espaço no painel de comando; Todas as funções essenciais de temporização e de intertravamento para partidas reversoras e estrela-triângulo são integradas; Não há necessidade de circuito de proteção adicional. /82

85 Acessórios e peças de reposição Módulos de função para IO-Link Tabela de seleção Módulos de função para partida direta Versão Conexão por parafuso Conexão por mola Conexão IO-Link Inclui módulo conector para a montagem de um grupo IO-Link. Código 3RA27 -AA00 Código 3RA27-2AA00 3RA27 -AA00 3RA27-2AA00 Módulos de função para partida reversora ) Conexão IO-Link Compreende um módulo básico, um de conexão e um módulo de conexão adicional para a montagem de um grupo IO-Link. 3RA27 -BA00 3RA27-2BA00 3RA27 -BA00 Kits para a montagem de partidas tripolares 3) O kit de montagem contém: Intertravamento mecânico; 2 garras de conexão para 2 contatores, módulos de interligação por cima e por baixo. Para tamanho S00 3RA29 3-2AA 3RA29 3-2AA2 Para tamanho S0 3RA AA - Para corrente principal, auxiliar e de comando 3RA AA -- - Somente para corrente principal 4) -- 3RA AA2 Módulos de função para partida estrela-triângulo 2) Conexão IO-Link 3RA27 -CA00 3RA27-2CA00 Compreende um módulo básico, dois de conexão e um módulo de conexão adicional para a montagem de um grupo IO-Link. 3RA27 -CA00 3RA BB Kits para a montagem de partidas tripolares 3) O kit de montagem contém: Intertravamento mecânico, 4 garras de conexão para 3 contatores; ponte estrela, módulos de interligação por cima e por baixo. Para tamanho S00 3RA29 3-2BB 3RA29 3-2BB2 Para tamanho S0 - Para corrente principal, auxiliar e de controle 3RA BB -- - Somente para corrente principal 4) -- 3RA BB2 São necessários contatores com interface de comunicação adequados (veja páginas 3/32 e /9). Nota: Usando módulos de função, nenhum outro contato auxiliar pode ser conectado às unidades básicas. ) Para partidas reversoras com fiação pré-confeccionada com interface de comunicação veja páginas 3/9 e 3/93. Usando estes conjuntos, o kit de montagem para a fiação já está integrado. 2) Para partidas estrela-triângulo completas incluindo módulos de função veja páginas 3/06 e 3/08. 3) Usando os módulos de função para a partida estrela-triângulo os módulos de fiação para a corrente auxiliar não são necessários. 4) Versão no tamanho S0 com terminais de conexão por mola: Somente os módulos de fiação para o circuito principal estão incluídos. Os conectores para os circuitos auxiliares e de comando não estão incluídos. /83

86 Acessórios e peças de reposição Módulos de função para IO-Link Versão Código Acessórios 3RA27-0EE0. 3RA Painéis de operação ) 3RA A Conjunto de conectores, compreendendo: 2 conectores, 4 polos, + 2 coberturas de interface Conectores, 4 polos, 8 cm Adaptador tamanho S00-S0 + espaço Conectores, 4 polos, 2 cm Para diversas combinações de espaço Conectores, 0 polos, 8 cm Para alimentação separada da tensão auxiliar em um grupo IO-Link. Coberturas com lacre Para 3RA27, 3RA28, 3RA29 Manuais Módulos de função para IO-Link Painéis de operação (conjunto) x painel de operação x módulo de liberação x cobertura de interface x terminal de fixação ) Apropriado somente para comunicação por meio de IO-Link. 3RA27-0EE0 3RA27-0EE02 3RA27-0EE03 3RA27-0EE04 3RA ZX 02-0RA27-AB 3RA A Cabos de conexão, 3RA27-0EE Comprimento 2 m, 0 a 4 polos Para a conexão de painel de operação ao módulo de comunicação. Módulos de liberação (reposição) 3RA A Coberturas de interface (reposição) 3RA B /84

87 Acessórios e peças de reposição Módulos de função para AS-Interface Panorama Os módulos de função SIRIUS para AS-Interface permitem a montagem de partidas direta, reversora e estrela-triângulo sem nenhum cabeamento complexo adicional aos componentes individuais. Eles incluem as funções-chave necessárias para uma partida em particular, p. ex. temporização e intertravamento. A conexão elétrica e mecânica do contator é estabelecida por meio de acoplamento e travamento. Um circuito de proteção adicional para os contatores individuais pode ser dispensado completamente porque um varistor está integrado aos módulos. Feedback dos contatos do contator é realizado por meio de sensor Hall que fornece informações confiáveis sobre o estado de comutação mesmo sob condições extremamente poeirentas. A conexão das partidas ao sistema de controle é realizada por meio de AS-Interface com a Especificação V2. em tecnologia A/B. Como resultado, podem ser conectadas até 62 partidas em um só mestre e o endereço é introduzido de maneira normal com uma unidade de endereçamento. A conexão AS-Interface ao sistema de controle permite uma economia máxima de fiação, sendo reduzida à alimentação do comando e aos dois fios individuais do AS-Interface. Os seguintes sinais essenciais são transmitidos: Disponibilidade da partida em responder a uma solicitação indireta do disjuntor-motor; Operação da partida; Feedback sobre o estado de comutação da partida. Disponibilidade Controle CLP Feedback através do estado de comutação CLP AS-Interface NSB0_02085a Transmissão de sinais por meio de AS-Interface. A informação proveniente do disjuntor-motor não acontece por meio de fiação adicional entre o contato auxiliar e o módulo mas por meio de consulta de tensão na entrada do contator. Isto requer versões especiais dos contatores com interface de comunicação (veja páginas 3/32 e /9). Protetor da chave de partida Contator NSB0_02086 Sinal de disponibilidade por meio de obtenção de tensão. /85

Contatores e combinações de contatores

Contatores e combinações de contatores Dispositivo 5/06/005 :7 Page 7 RH Tamanho Posição de montagem Os contatores são projetados para fixação em superfície vertical. cionamento em C e CC Montagem em superfície horizontal (somente para RH cionamento

Leia mais

Contatores e combinações de contatores

Contatores e combinações de contatores Dispositivo /06/0 :8 Page 86 es e combinações de contatores es para manobra de motores es 3RT Schütze und Schützkombinationen s a S2 Circuito auxiliar Dados nominais dos contatos auxiliares conforme IEC

Leia mais

Contatores de Potência 3RT10, 3TF6

Contatores de Potência 3RT10, 3TF6 3RT10 26 3RT10 36 3RT10 65 3TF69 Contatores de otência 3RT10, 3TF6 Motores trifásicos Contator 1) otências s AC-2 / AC-3, 60 z em 220 V 380 V 440 V AC-1 (Dimensões em mm) (cv / kw) (cv / kw) (cv / kw)

Leia mais

SIRIUS Innovations. Comando, Manobra e Proteção. Controle Industrial. Answers for industry.

SIRIUS Innovations. Comando, Manobra e Proteção. Controle Industrial. Answers for industry. SIRIUS Innovations Comando, Manobra e Proteção. Controle Industrial Answers for industry. Contatores até 38 A Introdução Siemens Industry Automation inovou o seu Sistema Modular SIRIUS de Controles Industriais.

Leia mais

CONTATORES. Contator 1) Tipo Corrente nominal máxima AC-1 (A) Corrente nominal máxima (A) 2) ,5 72 (111) 6)

CONTATORES. Contator 1) Tipo Corrente nominal máxima AC-1 (A) Corrente nominal máxima (A) 2) ,5 72 (111) 6) Contatores de potência RT0, TF6 Motores trifásicos Potências máximas AC / AC, 60 Hz em 0 V 80 V V máxima Contator ) máxima AC DIAZED, NH (coordenação na IEC 6097) ( ) 0,6 / 0, 0,6 / 0, 0, RT0 A ) 8 7,

Leia mais

Série 41 - Mini relé para circuito impresso A. Características. Conexão plug-in / Relé circuito impresso

Série 41 - Mini relé para circuito impresso A. Características. Conexão plug-in / Relé circuito impresso Características 1 e 2 contatos - Baixo perfil (altura 15.7 mm).31-1 contato 12 A (3.5 mm de distância entre pinos dos contatos).52-2 contatos 8 A (5 mm de distância entre pinos dos contatos).61-1 contato

Leia mais

SÉRIE 22 Contator modular A

SÉRIE 22 Contator modular A SÉRIE SÉRIE Contator modular de 25 A - 2 contatos 17.5 mm de largura Contatos NA com abertura 3 mm com dupla abertura Energização contínua para bobina e contatos Bobina AC/DC silenciosa (proteção a varistor)

Leia mais

3.5 mm distância entre pinos 1 contato 12 A Para c.i. ou base série 95 A2 A

3.5 mm distância entre pinos 1 contato 12 A Para c.i. ou base série 95 A2 A .3 =.7.3 =.7.3 =.7 Série 4 - Mini relé para circuito impresso 8 - - 6 A Características 4.3 4.5 4.6 e contatos - Baixo perfil (altura 5.7 mm) 4.3 - contato A (3.5 mm de distância entre pinos dos contatos)

Leia mais

1 contato, 10 A Material dos contatos AgNi + Au Conexão a parafuso Montagem em trilho 35 mm (EN 60715) 7.xxx.5050

1 contato, 10 A Material dos contatos AgNi + Au Conexão a parafuso Montagem em trilho 35 mm (EN 60715) 7.xxx.5050 Série 49 - Relé modular de interface 8-10 - 16 A SÉRIE 49 Características 49.31-50x0 49.52/72-50x0 1 e 2 contatos - relé modular de interface Contatos com 5 µm de ouro para comutação de cargas de baixa

Leia mais

34.51 A2 A Vista lado cobre. 1 reversível 6/10 250/ /0.2/ (12/10) AgNi /0.

34.51 A2 A Vista lado cobre. 1 reversível 6/10 250/ /0.2/ (12/10) AgNi /0. Série 34 - Relé eletromacânico para circuito impresso 6 A Características 34. Pequenas dimensões com contato - 6 A Montagem em circuito impresso - direta em PCI ou em base para circuito impresso Montagem

Leia mais

Minicontator CWC ü Manobra em regime AC-3 até 6A ü Acoplamento direto ao relé de sobrecarga RW7D ü Linhas com bobina CA e CC com mesmo dimensional ü Bobina CC de baixo consumo ü Operação em regime AC-4

Leia mais

Fontes de Alimentação

Fontes de Alimentação ProLine Tecnologia de Interface Fontes de Alimentação Fonte de alimentação de 24 Vcc A Tarefa Os transmissores e condicionadores de sinais não alimentados pela malha de medição precisam de alimentação

Leia mais

58.P3 58.P4. SÉRIE 58 Relé modular de interface 7-10 A

58.P3 58.P4. SÉRIE 58 Relé modular de interface 7-10 A SÉRIE SÉRIE 3 ou 4 contatos - relé modular de interface, 31 mm de largura, com conexão Push-in Interface ideal para sistemas eletrônicos e para PLC..P3.P4 Tipo.P3 3 contatos, 10 A Tipo.P4 4 contatos, 7

Leia mais

Produtos Segmento Energia

Produtos Segmento Energia Produtos Segmento Energia Relés Série RR Relé Rápido Modular 8A Série RB Relé Biestável de Comando e Sinalização Modular 8A Série RR Plug-in Relé Rápido Plug-in 8A Série RB plug-in Relé Biestável de Comando

Leia mais

56.32/

56.32/ SÉRIE Relé de potência SÉRIE Plug-in - Relé de Potência, e 4 contatos Opção de fixação por aletas (Faston 87, terminais 4.8 x 0.5 mm) Bobinas em C ou DC Botão de teste bloqueável e indicador mecânico Contatos

Leia mais

Tipo Contator de Potência

Tipo Contator de Potência Fabricante de relés e temporizadores desde 1954 Tipo Contator de Potência Características Contator de Potência Contatos NA com abertura > 3mm com dupla abertura Energização contínua para bobina e contatos

Leia mais

Série 34 - Relé eletromecânico para circuito impresso 6 A. Características 34.51

Série 34 - Relé eletromecânico para circuito impresso 6 A. Características 34.51 Série 34 - Relé eletromecânico para circuito impresso 6 A Características 34.51 Pequenas dimensões com 1 contato - 6 A Montagem em circuito impresso - direta em PCI ou em base para circuito impresso Montagem

Leia mais

Contatores e combinações de contatores

Contatores e combinações de contatores Dispositivo 15/06/2005 11:15 Page 39 Acessórios para 3RT1/ 3RH1 Bloco de contatos auxiliares temporizado eletrônico O bloco de contatos auxiliares temporizado nas execuções RETARDO NA ENERGIZAÇÃO ou RETARDO

Leia mais

Série 41 - Mini relé para circuito impresso A. Características SÉRIE

Série 41 - Mini relé para circuito impresso A. Características SÉRIE Série 41 - Mini relé para circuito impresso 8-12 - 16 SÉRIE 41 Características 41.31 41.52 41.61 1 e 2 contatos - Baixo perfil (altura 15.7 mm) 41.31-1 contato 12 (3.5 mm de distância entre pinos dos contatos)

Leia mais

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Automação Contatores e Relés de Sobrecarga

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Automação Contatores e Relés de Sobrecarga Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Automação Contatores e Relés de Sobrecarga Contatores Modulares CWM - Tripolares/Tetrapolares Bobinas convencionais em Corrente Alternada (CA):

Leia mais

1 contato, 16 A Montagem em trilho 35 mm (EN 60715) 2 contatos, 8 A Montagem em trilho 35 mm (EN 60715)

1 contato, 16 A Montagem em trilho 35 mm (EN 60715) 2 contatos, 8 A Montagem em trilho 35 mm (EN 60715) aracterísticas 4.01 4.02 1 ou 2 contatos - relé modular de interface, mm de largura, base com conexão a parafuso. Interface ideal para sistemas eletrônicos e para PL. 4.01-1 contato 16 A 4.02-2 contatos

Leia mais

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Automação Catálogo Geral Contatores e Relés de Sobrecarga

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Automação Catálogo Geral Contatores e Relés de Sobrecarga Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Automação Catálogo Geral Contatores e Relés de Sobrecarga Índice Geral Páginas Seção - Minicontatores... 9 a 34 Seção - Contatores...35 a 8

Leia mais

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Automação Contatores para Aplicações de Segurança - Linha CWBS

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Automação Contatores para Aplicações de Segurança - Linha CWBS Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Automação Contatores para Aplicações de Segurança - Linha CWBS Contatores para Aplicações de Segurança - Linha CWBS Sumário Introdução 04 Benefícios

Leia mais

Para isolação e conversão de tensões e correntes alternadas senoidais em sinais padronizados.

Para isolação e conversão de tensões e correntes alternadas senoidais em sinais padronizados. Transmissores CA/CC Para isolação e conversão de tensões e correntes alternadas senoidais em sinais padronizados. As Vantagens A classe de precisão é de 0,5 não há necessidade de reajustar as faixas comutáveis.

Leia mais

2 ou 4 contatos Plug-in/Faston

2 ou 4 contatos Plug-in/Faston Série 56 - Relé de potência 12 SÉRIE 56 Características 56.32/56.34 56.32-0300 Plug-in Relé de Potência 12, 2 e 4 contatos Opção de fixação por aletas (Faston 187, terminais 4.8x0.5 mm) Bobina C ou DC

Leia mais

Linhas de produtos para aplicações simples e convencionais

Linhas de produtos para aplicações simples e convencionais www.siemens.com.br/produtosconvencionais Linhas de produtos para aplicações simples e convencionais Para clientes que buscam produtos de manutenção simples e levam em consideração o custo sem abrir mão

Leia mais

Relés Temporizadores RTW

Relés Temporizadores RTW Relés Temporizadores RTW 5 Funções de 6 Faixas de, de 0,s a 0min Circuito Eletrônico com elevada precisão e imunidade a ruídos Compacto, com 22,5 mm de largura, montado sobre trilho ou com parafuso Indicação

Leia mais

Automação Contatores e Relés de Sobrecarga. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas

Automação Contatores e Relés de Sobrecarga. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Automação Contatores e Relés de Sobrecarga Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Índice geral Páginas Seção - Minicontatores... 9 a 34 Seção - Contatores...35 a 8 Seção 3 - Relés

Leia mais

Panorama. Controle e proteção de motores Disjuntores-motor, contatores e relés de sobrecarga

Panorama. Controle e proteção de motores Disjuntores-motor, contatores e relés de sobrecarga Panorama Controle e proteção de motores Disjuntores-motor, contatores e relés de sobrecarga ABB define um novo padrão em controle de motores e chaveamento de energia Tendo como padrão a tecnologia AF,

Leia mais

EMR Relé eletromecânico 38.51/38.61

EMR Relé eletromecânico 38.51/38.61 SÉRIE Relé modular de interface 0.1-2 - 3-5 - 6-8 - 16 A SÉRIE Características Extração rápida do relé através de presilha plástica, servindo também para a retenção do relé Equipado com circuito de sinalização

Leia mais

Série 34 - Relé eletromecânico para circuito impresso 6 A. Características SÉRIE

Série 34 - Relé eletromecânico para circuito impresso 6 A. Características SÉRIE Série 34 - Relé eletromecânico para circuito impresso 6 SÉRIE 34 Características 34.51 Pequenas dimensões com 1 contato - 6 Montagem em circuito impresso - direta em PCI ou em base para circuito impresso

Leia mais

SÉRIE RR Relé rápido 8 A

SÉRIE RR Relé rápido 8 A SÉRIE Relé rápido 8 SÉRIE Relé rápido.14 montagem em trilho DIN 35 mm (EN 60715).24 versão plug-in - montagem em base undecal tipo 90.21 4 contatos reversíveis ou 3 contatos N + 1 reversível Corrente contínua

Leia mais

SÉRIE 85 Relé temporizador plug-in 7-10 A. 2 contatos, 10 A Alimentação AC/DC não polarizado Montagem em bases Série 94

SÉRIE 85 Relé temporizador plug-in 7-10 A. 2 contatos, 10 A Alimentação AC/DC não polarizado Montagem em bases Série 94 SÉRIE Relé temporizador plug-in 7-10 A SÉRIE Relé temporizador plug-in.02-2 Contatos Reversíveis 10 A.03-3 Contatos Reversíveis 10 A.04-4 Contatos Reversíveis 7 A Multifunção Sete escalas de temporização,

Leia mais

Série 34 - Relé eletromecânico para circuito impresso 6 A. Características. Conexão plug-in / Relé circuito impresso 34.51

Série 34 - Relé eletromecânico para circuito impresso 6 A. Características. Conexão plug-in / Relé circuito impresso 34.51 Características Pequenas dimensões com 1 contato - 6 A Montagem em circuito impresso - direta em PCI ou em base para circuito impresso Montagem em trilho 35 mm (EN 60715) - em base com conexões a parafuso,

Leia mais

Saída 24 V DC, 12 W < 1 % < 1 % < 200 < 200 < 10 < 20 < 90 < 100

Saída 24 V DC, 12 W < 1 % < 1 % < 200 < 200 < 10 < 20 < 90 < 100 Características 78.12 78.36 Fontes de alimentação DC Alta eficiência (acima de 91%) Baixo consumo em stand-by (

Leia mais

Relé de monitoramento monofásico ( V): Subtensão Sobretensão Faixa de tensão (Vmín e Vmáx) Memorização de defeito selecionável

Relé de monitoramento monofásico ( V): Subtensão Sobretensão Faixa de tensão (Vmín e Vmáx) Memorização de defeito selecionável Características 70.11 70.31 70.41 Relés de monitoramento eletrônico para sistemas monofásicos e trifásicos Versões multifunção que oferecem flexibilidade para monitoramento de Sobretensão, Subtensão, Faixa

Leia mais

Série 38 - Relé modular de interface A

Série 38 - Relé modular de interface A Série 38 - Relé modular de interface 0.1-2 - 3-5 - 6-8 - 16 A SÉRIE 38 Características Extração rápida do relé através de presilha plástica, servindo também para a retenção do relé Equipado com circuito

Leia mais

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Automação Relés de Sobrecarga Térmico

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Automação Relés de Sobrecarga Térmico Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Automação Relés de Sobrecarga Térmico Relés de Sobrecarga Térmico RW17...407 - Panorama Geral 9 1 3 8 4 1 11 6 10 5 13 7 1 - RW17-1D (montagem

Leia mais

ProLine Tecnologia de Interface. Transmissores de Temperatura para Alta Tensão. ProLine P 44000

ProLine Tecnologia de Interface. Transmissores de Temperatura para Alta Tensão. ProLine P 44000 ProLine Tecnologia de Interface Transmissores de Temperatura para Alta Tensão Medição precisa de temperatura sob altas tensão de até 6,6 kv. Quando é preciso medir temperaturas com termômetros de resistência

Leia mais

Principais características DADOS TÉCNICOS Características elétricos Características mecânicas

Principais características DADOS TÉCNICOS Características elétricos Características mecânicas Botões de Comando e Sinalização Ø 22mm HB2-E (Plastico) A linha de Botões de comando e Sinalizações HB2-E com seu design moderno, alta confiabilidade e baixo custo, com grandes variedades de configurações,

Leia mais

DISPOSITIVOS. Seccionadoras de Seccionamento Interruptores Contatores. De Proteção Contra Curto-Circuito

DISPOSITIVOS. Seccionadoras de Seccionamento Interruptores Contatores. De Proteção Contra Curto-Circuito DISPOSITIVOS Seccionadoras de Seccionamento Interruptores Contatores Contra Sobrecarga De Proteção Contra Curto-Circuito Relé Térmico Fusíveis Sobrecarga - corrente elétrica acima da corrente nominal projetada

Leia mais

Contatores e combinações de contatores

Contatores e combinações de contatores SIRIUS Contatores 3RT1, tripolar, Tamanho S00 até S3 Acionamento CA e CC IEC 60 947, DIN EN 60 947 (VDE 0660) Os contatores 3RT1 são resistentes às condições climáticas e são protegidos contra toque acidental

Leia mais

Contatores e combinações de contatores

Contatores e combinações de contatores Contatores 3RT1 Contatores 3RT1 e acessórios SIRIUS Esquemas de ligação (para terminais de ligação por parafuso e Cage-Clamp) Identificação dos terminais de ligação conforme DIN EN 50 012 Contatores 3RT10

Leia mais

Manobra e proteção de motores Contatores 3TS e Relés de Sobrecarga Térmicos 3US

Manobra e proteção de motores Contatores 3TS e Relés de Sobrecarga Térmicos 3US Controles Industriais Resumo Manobra e proteção de motores Contatores TS e Relés de Sobrecarga Térmicos US Catálogo TS/US Siemens Ltda 0 Siemens Ltda 0 Controle Industrial Contatores TS Relés de Sobrecarga

Leia mais

Siemens AG 2009 SIRIUS SENTRON SIVACON. Catálogo LV Baixa Tensão Corte, protecção e comando. Answers for industry.

Siemens AG 2009 SIRIUS SENTRON SIVACON. Catálogo LV Baixa Tensão Corte, protecção e comando. Answers for industry. SIRIUS SENTRON SIVACON Catálogo LV 90 2009 Baixa Tensão Corte, protecção e comando Answers for industry. Interruptores de corte em carga, sistemas de barramentos SENTRON 8US Introdução Tipo 3NP 1 3K 3NJ4

Leia mais

Automação Relés Eletrônicos Linha Modular

Automação Relés Eletrônicos Linha Modular Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Automação Relés Eletrônicos Linha Modular g Temporizadores g Impulso Relés Eletrônicos Linha 17,5 mm Sumário Aplicações 06 Relés Temporizadores

Leia mais

Principais características DADOS TÉCNICOS Características elétricos Características mecânicas

Principais características DADOS TÉCNICOS Características elétricos Características mecânicas Botões de Comando e Sinalização Ø 22mm HB2-E (Plastico) A linha de Botões de comando e Sinalizações HB2-E com seu design moderno, alta confiabilidade e baixo custo, com grandes variedades de configurações,

Leia mais

DISJUNTORES. Funções. b Proteção contra curtos-circuitos b Proteção dos cabos contra sobrecargas 1P. Disjuntores. 2P Disjuntores.

DISJUNTORES. Funções. b Proteção contra curtos-circuitos b Proteção dos cabos contra sobrecargas 1P. Disjuntores. 2P Disjuntores. 5 ka 127/230 V - 3 ka 230/400 V NOVIDADE NOVIDADE NOVIDADE DISJUNTORES b Proteção contra curtos-circuitos b Proteção dos cabos contra sobrecargas 2 A - EZ9F33102 4 A - EZ9F33104 6 A EZ9F13106 EZ9F33106

Leia mais

SÉRIE 34 Relé eletromecânico para circuito impresso 6 A. Pequenas dimensões com 1 contato - 6 A

SÉRIE 34 Relé eletromecânico para circuito impresso 6 A. Pequenas dimensões com 1 contato - 6 A SÉRIE Relé eletromecânico para circuito impresso 6 SÉRIE Pequenas dimensões com 1 contato - 6 Montagem em circuito impresso - direta em PCI ou em base para circuito impresso Montagem em trilho 35 mm (EN

Leia mais

SIRIUS Innovations. Comando, Manobra e Proteção. Controle Industrial. Answers for industry.

SIRIUS Innovations. Comando, Manobra e Proteção. Controle Industrial. Answers for industry. SIRIUS Innovations Comando, Manobra e Proteção. Controle Industrial Answers for industry. Contatores até 8 A Introdução Siemens Industry Automation inovou o seu Sistema Modular SIRIUS de Controles Industriais.

Leia mais

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Automação Contatores e Relés de Sobrecarga Térmico

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Automação Contatores e Relés de Sobrecarga Térmico Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Automação Contatores e Relés de Sobrecarga Térmico Minicontator CW07 - Tripolares/Tetrapolares Bobinas Convencionais em Corrente Alternada (CA):

Leia mais

holec Chaves Comutadoras a l t a s e g u r a n ç a n a b a i x a t e n s ã o

holec Chaves Comutadoras a l t a s e g u r a n ç a n a b a i x a t e n s ã o s s a l t a s e g u r a n ç a n a b a i x a t e n s ã o 1 BB 32 BB 32-1250/4 Tripolar /3 BB 32-250/3 BB 32-400/3 BB 32-630/3 BB 32-1000/3 BB 32-1250/3 0/3 Tetrapolar /4 BB 32-250/4 BB 32-400/4 BB 32-630/4

Leia mais

ELETRICIDADE INDUSTRIAL. Dispositivos de Acionamentos Elétricos

ELETRICIDADE INDUSTRIAL. Dispositivos de Acionamentos Elétricos ELETRICIDADE INDUSTRIAL Dispositivos de Acionamentos Elétricos Contatos Em acionamentos, as chaves podem assumir duas posições: NA (normalmente aberto) inglês NO Os pinos recebem dígitos 3 e 4 NF (normalmente

Leia mais

Botões de Comando Ø 22mm HB5-A (Plástico)

Botões de Comando Ø 22mm HB5-A (Plástico) Botões de Comando Ø 22mm HB5-A (Plástico) Diâmetro de furação 22mm. Design moderno e ergométrico Com ligação por parafuso. Conformidade IEC EN 60947-5 Certificação CE Botões de Comando e Sinalização Ø

Leia mais

Com a Siemens, você chega primeiro. Disjuntores 5SX, 5SP e 5SY. Proteção de instalações elétricas de baixa tensão

Com a Siemens, você chega primeiro. Disjuntores 5SX, 5SP e 5SY. Proteção de instalações elétricas de baixa tensão Com a Siemens, você chega primeiro es SX, SP e SY Proteção de instalações elétricas de baixa tensão es SX, SP, SY - Sistema N Os es Siemens são equipamentos de alta tecnologia que protegem fios e cabos

Leia mais

Conexão plug-in / Relé para circuito impresso

Conexão plug-in / Relé para circuito impresso Conexão plug-in / Relé para circuito impresso nominal contatos Características Bases Conexão plug-in / Relé circuito impresso Série 30 Série 32 Série 34 2 A 2 reversíveis 0.1 A 1 saída 2 A (SSR) Relé miniatura

Leia mais

CONTACTORES PARA VEÍCULOS ELÉTRICOS SÉRIES SW180 e SW190

CONTACTORES PARA VEÍCULOS ELÉTRICOS SÉRIES SW180 e SW190 CONTACTORES PARA VEÍCULOS ELÉTRICOS SÉRIES SW180 e SW190 VARIEDADE ÚNICA A série de contactores SW180 foi projetada para cargas em CC, especialmente motores como os usados em veículos elétricos tais como

Leia mais

Fusíveis. Proteção de instalações elétricas em baixa tensão

Fusíveis. Proteção de instalações elétricas em baixa tensão Fusíveis Proteção de instalações elétricas em baixa tensão Índice Fusíveis DIAZED 4 Fusíveis ultra-rápidos SILIZED 9 Fusíveis NH 12 Fusíveis NEOZED 17 Seccionadores-fusível MINIZED 21 Fusíveis cilíndricos

Leia mais

FICHA TÉCNICA JR-28 RELÉS DE PROTEÇÃO TÉRMICA. (compensado e diferencial) Página 1

FICHA TÉCNICA JR-28 RELÉS DE PROTEÇÃO TÉRMICA. (compensado e diferencial) Página 1 FICHA TÉCNICA JR-28 RELÉS DE PROTEÇÃO TÉRMICA (compensado e diferencial) Página 1 JR-28 RELÉS DE PROTEÇÃO CONTRA AS SOBRECARGAS Generalidades O relé térmico tripolar (eletromecânico) com bimetálico modelo

Leia mais

Módulo 16 SD Relé NA Contato Seco

Módulo 16 SD Relé NA Contato Seco Descrição do Produto O módulo, integrante da Série Ponto, possui 16 pontos de saída digital com contatos secos. Ideal para acionamento de cargas em corrente contínua ou alternada e para inserção no intertravamento

Leia mais

Proteção SIRIUS Disjuntores e Relés de Sobrecarga

Proteção SIRIUS Disjuntores e Relés de Sobrecarga www.siemens.com.br/sirius Proteção SIRIUS Disjuntores e Relés de Sobrecarga Dispositivos de Proteção 4 Introdução Disjuntores-motor Disjuntores RV até A 6 Dados gerais 7 RV10 Para proteção de motores

Leia mais

Série 78 - Fonte chaveada. Características Relés temporizadores e de controle SÉRIE

Série 78 - Fonte chaveada. Características Relés temporizadores e de controle SÉRIE Série - Fonte chaveada SÉRIE Características.12...2400.12...1200.36 Fontes de alimentação DC Alta eficiência (acima de 91%) Baixo consumo em stand-by (

Leia mais

Série 78 - Fonte chaveada. Características SÉRIE

Série 78 - Fonte chaveada. Características SÉRIE Série 78 - onte chaveada SÉRIE 78 Características 78.12...2400 78.12...1200 78.36 ontes de alimentação DC Baixo consumo em stand-by (

Leia mais

Materiais Elétricos Lançamentos/2016

Materiais Elétricos Lançamentos/2016 WWW.SOPRANO.COM.BR Materiais Elétricos Lançamentos/2016 Botoeiras e Sinalizadores A linha de botoeiras e sinalizadores foi projetada para o mercado de automação de máquinas, acionamentos e comandos comerciais

Leia mais

Série 15 - Relé de impulso eletrônico e dimmer. Características Produtos aplicação residencial e predial

Série 15 - Relé de impulso eletrônico e dimmer. Características Produtos aplicação residencial e predial Série - Relé de impulso eletrônico e dimmer SÉRIE Características.91.51.81 Relé de impulso eletrônico e relé de impulso com ajuste de intensidade luminosa (Dimmer) Adequado para lâmpadas incandescentes

Leia mais

SÉRIE 70 Relés de monitoramento

SÉRIE 70 Relés de monitoramento SÉRI SÉRI eletrônico para sistemas monofásicos e trifásicos Versões multifunção que oferecem flexibilidade para monitoramento de Sobretensão, Subtensão, Faixa de tensão (Vmín e Vmáx), Sequência de fase,

Leia mais

Automação Contatores - Linha CWB. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas

Automação Contatores - Linha CWB. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Automação Contatores - Linha CWB Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Contatores - Linha CWB Sumário Apresentação 04 Tabela de Seleção 15 Acessórios 16 Formas de Aplicação 21 Dados

Leia mais

ACW Disjuntor em Caixa Moldada ACW. Motores I Automação I Energia I Transmissão & Distribuição I Tintas

ACW Disjuntor em Caixa Moldada ACW. Motores I Automação I Energia I Transmissão & Distribuição I Tintas ACW Disjuntor em Caixa Moldada ACW Motores I Automação I Energia I Transmissão & Distribuição I Tintas Disjuntor em Caixa Moldada ACW Com design moderno, compacto e disponíveis em 4 frames e correntes

Leia mais

Dobradores de Sinal. VariTrans A 20300

Dobradores de Sinal. VariTrans A 20300 ProLine Tecnologia de Interface Dobradores de Sinal Dobradores de sinal, em alojamento de 6 mm, com duas saídas calibradas chaveáveis, também para grandes cargas na saída. A Tarefa Isolação e transmissão

Leia mais

Equipamentos de proteção

Equipamentos de proteção Introdução aos equipamentos de proteção Ramificar amplamente Também em linhas longas, os disjuntores de proteção de equipamento protegem de modo confiável. Em conjunto com a SFB Technology* das fontes

Leia mais

Série 83 - Temporizador modular A. Características

Série 83 - Temporizador modular A. Características Características Série 83 - Temporizador modular 12-16 A 83.01 83.02 Temporizador modular multifunção e multitensão 83.01 - Multifunção e multitensão, 1 contato 83.02 - Multifunção e multitensão, 2 contatos

Leia mais

MQ5 CHAVE DE TRANSFERÊNCIA AUTOMATIZADA (ABERTURA SEM CARGA) MANUAL DE FUNCIONAMENTO

MQ5 CHAVE DE TRANSFERÊNCIA AUTOMATIZADA (ABERTURA SEM CARGA) MANUAL DE FUNCIONAMENTO MQ5 CHAVE DE TRANSFERÊNCIA AUTOMATIZADA (ABERTURA SEM CARGA) MANUAL DE FUNCIONAMENTO Chave de transferência automatizada - série MQ5 Um Tipo e significado MQ5 o tipo de controle (I; 0; II) o número de

Leia mais

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Automação Relés de Sobrecarga Eletrônico Linha RW_E

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Automação Relés de Sobrecarga Eletrônico Linha RW_E Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Automação Relés de Sobrecarga Eletrônico Linha RW_E Relés de Sobrecarga Eletrônico - RW_E Precisão e Confiabilidade na Proteção de Motores Elétricos

Leia mais

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Automação Contatores para Manobra de Capacitores

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Automação Contatores para Manobra de Capacitores Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Automação Contatores para Manobra de Capacitores Manobras de Capacitores para Correção do Fator de Potência A linha de contatores especiais CWMC

Leia mais

Série 13 - Relé de impulso eletrônico e modular monoestável A. Características SÉRIE

Série 13 - Relé de impulso eletrônico e modular monoestável A. Características SÉRIE Série 13 - Relé de impulso eletrônico e modular monoestável 10-16 A SÉRIE 13 Características 13.81 13.91 13.81 - Relé de impulso eletrônico silencioso Montagem em trilho 35 mm - 1 contato 13.91 - Relé

Leia mais

Série 86 - Módulo temporizador. Características SÉRIE

Série 86 - Módulo temporizador. Características SÉRIE Série 86 - Módulo temporizador SÉRIE 86 Características 86.00 86.30 Módulo temporizador utilizável com relé e base 86.00 - Módulo temporizador, multifunções e multitensão 86.30 - Módulo temporizador, bifunções

Leia mais

DISPOSITIVOS DE MANOBRA E PROTEÇÃO

DISPOSITIVOS DE MANOBRA E PROTEÇÃO DISPOSITIVOS DE MANOBRA SÃO EQUIPAMENTOS ELÉTRICOS DESTINADOS A LIGAR OU DESLIGAR UM CIRCUITO EM CONDIÇÕES NORMAIS DE OPERAÇÃO. EXEMPLOS: CHAVES SECCIONADORAS, BOTÕES DE COMANDO. CARACTERÍSTICAS: NÃO EXISTE

Leia mais

SÉRIE 55 Série 94 - Sumário bases para relé Série 55

SÉRIE 55 Série 94 - Sumário bases para relé Série 55 SÉRIE 55 Série 94 - Sumário bases para relé Série 55 94.04 Vide página 7 Módulo Base Relé Descrição Montagem 99.02 94.02 55.32 Base com conexão a parafuso Em painel ou trilho - Módulos de sinalização e

Leia mais

Modelo CSL de 15kV e 20kV Seccionador Unipolar

Modelo CSL de 15kV e 20kV Seccionador Unipolar Modelo CSL de 15kV e 20kV Seccionador Unipolar Documento sujeito a alterações. Moving together 2 1. PLICÇÕES 1. PLICÇÕES s chaves a óleo tipo CSL são projetadas para chaveamento de banco de capacitores,

Leia mais

Disjuntores Automáticos Modulares Disjuntores Automáticos modulares 1. Informações gerais

Disjuntores Automáticos Modulares Disjuntores Automáticos modulares 1. Informações gerais Aparelhagem Modular em calha DIN Disjuntores Automáticos modulares. formações gerais. Função Protecção contra correntes de curto-circuito Protecção contra sobreintensidades Corte Isolamento. Selecção Dados

Leia mais

Disjuntores 5SY4 e 5SY5. Proteção para instalações elétricas de baixa tensão.

Disjuntores 5SY4 e 5SY5. Proteção para instalações elétricas de baixa tensão. Disjuntores SY e SY Proteção para instalações elétricas de baixa tensão www.siemens.com.br/protecao Mini Disjuntores SY e SY Utilizados tipicamente em instalações industriais, comerciais e de infraestrutura,

Leia mais

Entre (F / N), (F / PE) e (F / PEN) Tecnologia de proteção. Varistor de Óxido de Zinco - MOV Tempo de resposta

Entre (F / N), (F / PE) e (F / PEN) Tecnologia de proteção. Varistor de Óxido de Zinco - MOV Tempo de resposta VC L Dispositivo de Proteção contra Surtos (DPS) com tecnologia de proteção baseada na utilização de varistor de óxido de zinco (). -Três locais para marcadores/identificadores; -Encaixe em trilho ( linha

Leia mais

3TS / 3US. Controle e proteção para motores de aplicações convencionais. Contatores 3TS Relés de sobrecarga Térmicos 3US

3TS / 3US. Controle e proteção para motores de aplicações convencionais. Contatores 3TS Relés de sobrecarga Térmicos 3US Controle e proteção para motores de aplicações convencionais Contatores 3TS Relés de sobrecarga Térmicos 3US / 3VS Resumo Aplicações Informações Técnicas Benefícios Promoção Resumo do Produto Tam. 0 Tam.

Leia mais

NA 10 A Instalações internas Particularmente indicado para montagem em parede 230/ / CFL W

NA 10 A Instalações internas Particularmente indicado para montagem em parede 230/ / CFL W Série - Sensor de presença 10 A SÉRIE Características Sensor de presença para ambientes internos e externos.01.11 Dimensões reduzidas Ajuste da luz ambiente para ativação ou não do sensor Ajuste do tempo

Leia mais

PEA LABORATÓRIO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS I DISPOSITIVOS DE COMANDO (COM_EA) RELATÓRIO

PEA LABORATÓRIO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS I DISPOSITIVOS DE COMANDO (COM_EA) RELATÓRIO PEA 2401 - LABORATÓRIO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS I DISPOSITIVOS DE COMANDO (COM_EA) RELATÓRIO NOTA Grupo:......... Professor:...Data:... Objetivo:......... 1 - ROTEIRO 1.1 - Análise das características

Leia mais

BR03 SECCIONADORAS KNS, KNF E KNT.

BR03 SECCIONADORAS KNS, KNF E KNT. BR03 SECCIONADORAS KNS, KNF E KNT www.krausnaimer.com.br Seccionadoras KNS Produzidas de acordo com as normas IEC 60947-3, as seccionadoras da Kraus & Naimer, são compactas e resistentes. Fabricadas com

Leia mais

Série 14 - Minuteria multifunção 16 A. Características

Série 14 - Minuteria multifunção 16 A. Características Características 14.01 14.71 Minuteria multifunção Largura do módulo 17.5 mm Escala de temporização de 30s a 20min Chaveamento da carga em Zero crossing Chaveamento pisca com aviso de fim de temporização

Leia mais

Inversor modular de comando motorizado de 63 a 160 A HIC 400A

Inversor modular de comando motorizado de 63 a 160 A HIC 400A Inversor modular de comando motorizado de 6 a 60 A HIC 00A Inversor modular de comando motorizado com alto poder de fecho em curto-circuito (Icm) versão: P Ith (0 C) de 6 a 60 A n 0/00 V IP 0 Função: Asseguram

Leia mais

Função Atuação. no. G4 Flange 3/2 Solenóide/Mola 1,30 0, xxxx.*****

Função Atuação. no. G4 Flange 3/2 Solenóide/Mola 1,30 0, xxxx.***** Série 97105 Namur 3/ ou 5/ vias com placas adaptadoras, inclusive no fornecimento Comutação sem overlaping, função de comutação garantida mesmo com baixo fluxo de ar Retorno por mola na eventualidade de

Leia mais

SIRIUS Innovations. Comando, Manobra e Proteção. Controle Industrial. Answers for industry.

SIRIUS Innovations. Comando, Manobra e Proteção. Controle Industrial. Answers for industry. SIRIUS Innovations Comando, Manobra e Proteção. Controle Industrial Answers for industry. Contatores até 38 A Introdução Siemens Industry Automation inovou o seu Sistema Modular SIRIUS de Controles Industriais.

Leia mais

Válvulas - Série PVL. Válvulas pneumáticas Série PVL. Características técnicas. Materiais. Descrição. Catálogo BR Informações técnicas

Válvulas - Série PVL. Válvulas pneumáticas Série PVL. Características técnicas. Materiais. Descrição. Catálogo BR Informações técnicas Índice Catálogo 1001-8 BR Informações técnicas Válvulas - Características técnicas Vias/posições 5/2 Conexão G1/8 e G1/4 Tipo construtivo Spool Acionamentos Elétrico e pneumático Vazão a 7 bar 950 l/min

Leia mais

A solução perfeita em altas freqüências de manobra. sirius. Relés e Contatores de Estado Sólido

A solução perfeita em altas freqüências de manobra. sirius. Relés e Contatores de Estado Sólido A solução perfeita em altas freqüências de manobra sirius Relés e Contatores de Estado Sólido SIRIUS SC para as mais diversas aplicações Com o aumento da freqüência de manobra, dispositivos eletromecânicos

Leia mais

AULA 4 Dimensionamento Dispositivos Partida Direta. Prof. Marcio Kimpara

AULA 4 Dimensionamento Dispositivos Partida Direta. Prof. Marcio Kimpara 1 COMANDOS NDUSTRAS AULA 4 Dimensionamento Dispositivos Partida Direta Prof. Marcio Kimpara UFMS - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul FAENG Faculdade de Engenharias, Arquitetura e Urbanismo e Geografia

Leia mais

Rele de Fuga a Terra RFT-3C

Rele de Fuga a Terra RFT-3C [] Introdução Os Reles de fuga à terra são instrumentos utilizados para auxiliar na proteção de pessoas, painéis e equipamentos em geral. Acoplados a sensores de corrente toroidais apropriados, são capazes

Leia mais

Seccionadoras Compactas Chaves Seccionadoras Compactas MSW. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas

Seccionadoras Compactas Chaves Seccionadoras Compactas MSW. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Seccionadoras Compactas Chaves Seccionadoras Compactas MSW Motores Automação Eneria Transmissão & Distribuição Tintas www.we.net Seccionadoras Compactas MSW As chaves da linha MSW foram desenvolvidas de

Leia mais

Válvulas solenoides de 2/2 vias de operação direta tipo EV210B

Válvulas solenoides de 2/2 vias de operação direta tipo EV210B Ficha técnica Válvulas solenoides de 2/2 vias de operação direta tipo A cobre uma ampla linha de válvulas solenoides de 2/2 vias de operação direta para uso universal. A é uma válvula muito robusta com

Leia mais

Novas Chaves Seccionadoras de Baixa Tensão ABB

Novas Chaves Seccionadoras de Baixa Tensão ABB Folheto Técnico Novas Chaves Seccionadoras de Baixa Tensão ABB Chaves Seccionadoras Sob Carga Linha OT - 200...400 A Chaves Seccionadoras Sob Carga com Base Fusível Linha OS - 200 e 250 A OT 200...400

Leia mais

Principais características

Principais características Botões de Comando e Sinalização Ø 22mm HB5-A (Plástico) A linha de Botões de comando e Sinalizações HB5-A com seu design moderno, alta confiabilidade e com grandes variedades de configurações, são perfeitamentes

Leia mais

CWC + ACESSÓRIOS. 3 e 4. 3 e 4. 3 e 4

CWC + ACESSÓRIOS. 3 e 4. 3 e 4. 3 e 4 Minicontator CWC ü Manobra em regime AC-3 até 16A. ü Acoplamento direto ao relé de sobrecarga RW17D ü Linhas com bobina CA e CC com mesmo dimensional ü Bobina CC de baixo consumo ü Operação em regime AC-4

Leia mais

GE Energy Management Industrial Solutions. Dilos/Fulos/Fulos Plus. Chaves Seccionadoras sob Carga Chaves Seccionadoras sob Carga com Base Fusível

GE Energy Management Industrial Solutions. Dilos/Fulos/Fulos Plus. Chaves Seccionadoras sob Carga Chaves Seccionadoras sob Carga com Base Fusível GE Energy Management Industrial Solutions Dilos/Fulos/Fulos Plus Chaves Seccionadoras sob Carga Chaves Seccionadoras sob Carga com Base Fusível 2 Dilos/Fulos Chaves rotativas sob carga Dilos, Fulos e Fulos

Leia mais