Virtualização de Máquinas Uma experiência baseada em ferramentas livres

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Virtualização de Máquinas Uma experiência baseada em ferramentas livres"

Transcrição

1 Virtualização de Máquinas Uma experiência baseada em ferramentas livres Carlos A. M. dos Santos echo unixmania at gmail dot com sed 's/ at dot /./g' 1º Seminário de Software Livre Tchelinux Porto Alegre, 19 de novembro de 2006

2 Sobre o Palestrante Engenheiro agrícola* (UFPel, 1988) Pesquisador bolsista (EMBRAPA, ) Programador e gerente de redes (CPMet/UFPel, provedores de serviços Internet, ) Mestre em Ciência da Computação, na área de Computação Gráfica (UFRGS, ) Professor de CG, programação e redes (URI, Santo Ângelo, ) Atualmente: HP Computadores (IPL) * Acredite se quiser!

3 Temas Abordados Teoria (não dói!) Instruction Set Architecture Definição formal de virtualização Tipos de virtualização Vantagens e desvantagens Exemplos práticos QEMU: simulação de uma rede com diversos SOs rodando simultaneamente Outros (Se houver tempo) POSE: Palm OS Emulator X Window System: ambiente distribuído

4 Instruction Set Architecture* Delimita a divisão entre hardware e software Hardware: dispositivo caracterizado por um conjunto finito de estados válidos (registradores, memória) um conjunto finito de instruções executáveis válidas Software: um conjunto cujos elementos são instruções válidas A execução das instruções provoca transições de estados * Doravante abreviada para ISA

5 e(s i ) S i S j Exemplo: a execução da intrução e muda o estado do hardware de S i para S j Referência: Smith, James E. & Nair, Ravi. Virtual Machines. San Francisco: Morgan Kaufmann, 2005.

6 Virtualização É a construção de um isomorfismo entre um sistema hóspede e um sistema hospedeiro* e(s i ) S i S j V(S i ) hóspede e'(s' i ) V(S j ) S' i hóspede S' j * Popek & Goldberg, 1974

7 Tipos de Virtualização Em nível de processo O hóspede é um único processo de usuário A máquina virtual provê uma ABI* para o processo Em nível de sistema Muitos processos de usuário podem coexistir A máquina virtual provê um ambiente completo * Application Binary Interface

8 Virtualização em nível de processo Hóspede Processo Aplicativo Processo Aplicativo Runtime Hospedeiro Software de Virtualização Sistema Operacional Hardware Máquina Virtual

9 Virtualização em nível de sistema Hóspede Processo Aplicativo Sistema Operacional Processo Aplicativo Sistema Operacional VMM Software de Virtualização Máquina Virtual Hospedeiro Hardware

10 Virtualização em Nível de Processo Multiprogramação: SO roda processos concorrentes Emulador/tradutor binário dinâmico: simula uma ISA (FX!32, Wine, PACE, QuickTransit/Rosetta) Otimizador binário dinâmico: modifica código para melhor desempenho (HP Dynamo) VM de linguagem de alto nível (p-machine, Java) Exceções/mistos FX32: recompilador dinâmico para a mesma ISA Jalapeño: VM Java que faz otimização binária FreeBSD Linux mode: vetor de serviços de sistema FreeBSD Jails: contexto isolado restrito (Verio VPS)

11 Exemplos de virtualização em nível de processo Aplicação Windows (IA32) Windows NT (Alpha) ISA Alpha (RISC, 64 Bits) Aplicação Windows (IA32) Runtime Unix FX!32 ISA IA32 Runtime Wine: Windows Emulator Aplicação M68k (Palm OS 4) PACE (runtime) Bibliotecas Palm OS 5 ISA ARM32 Aplicação ARM32 (Palm OS 5) DAL: Device Abstraction Layer HAL: Hardware Abstraction Layer Palm OS Application Compatibility Environment Palm OS 5

12 Virtualização em Nível de Sistema VM clássica: hypervisor (VMM) gerencia o hardware e suporta múltiplos SOs (VM/370, VM/CMS, z/vm) VM hóspede: roda em um SO (VMware, Virtual PC for Windows, QEMU Accelerator) Sistema completo: emula um computador (QEMU, Virtual PC for Mac, POSE, dúzias!) Codesign: semelhante a microcódigo, processador expõe uma ISA virtual (Crusoe, IBM AS/400) Exceções/mistos Virtualização auxilida por hardware (VT-x, AMD-V) Xen: Paravirtualization (SO hóspede modificado)

13 Exemplos de virtualização em nível de sistema Aplicação Linux (SPARC32) SPARC Linux QEMU (runtime) FreeBSD ISA IA32 Aplicação Windows (IA32) Windows XP (IA32) QEMU (runtime) VM 1 VM 1 Aplicação Linux z/linux z/architecture Aplicação z/os z/os Hypervisor (runtime) FreeBSD ISA IA32 QEMU Kqemu z/vm

14 Vantages e Desvantagens Vantagens Desvantagens Redução de custos Desempenho limitado Segurança Emulação incompleta Flexibilidade Necessidade de alterar o hóspede (às vezes) Vantages e desvantagens sempre são relativas!

15 Exemplos Práticos QEMU: simulação de uma rede com diversos SOs rodando simultaneamente Outros (se houver tempo) POSE: Palm OS Emulator X Window System: ambiente distribuído

16 Dúvidas?

17 Obrigado por sua atenção! Contato echo unixmania at gmail dot com sed 's/ at dot /./g'

Virtualização de Máquinas Uma experiência baseada em ferramentas livres

Virtualização de Máquinas Uma experiência baseada em ferramentas livres Virtualização de Máquinas Uma experiência baseada em ferramentas livres Carlos A. M. dos Santos echo unixmania at gmail dot com sed 's/ at /@/;s/ dot /./g' 1º Seminário de Software Livre Tchelinux Pelotas,

Leia mais

Aplicações. Sistema Operacional Hardware. Os sistemas de computadores são projetados com basicamente 3 componentes: Máquinas Virtuais e Emuladores

Aplicações. Sistema Operacional Hardware. Os sistemas de computadores são projetados com basicamente 3 componentes: Máquinas Virtuais e Emuladores Máquinas Virtuais e Emuladores Marcos Aurelio Pchek Laureano Sistemas de Computadores Os sistemas de computadores são projetados com basicamente 3 componentes: hardware sistema operacional aplicações Sistemas

Leia mais

SISTEMAS OPERACIONAIS. Maquinas Virtuais e Emuladores

SISTEMAS OPERACIONAIS. Maquinas Virtuais e Emuladores SISTEMAS OPERACIONAIS Maquinas Virtuais e Emuladores Plano de Aula Máquinas virtuais Emuladores Propriedades Benefícios Futuro Sistemas de Computadores Os sistemas de computadores são projetados com basicamente

Leia mais

Sistemas Operacionais 1/66

Sistemas Operacionais 1/66 Sistemas Operacionais 1/66 Roteiro Máquinas virtuais Emuladores Propriedades Benefícios Futuro 2/66 Sistemas de Computadores Os sistemas de computadores são projetados com basicamente 3 componentes: hardware

Leia mais

Sistemas Operacionais. Roteiro. Sistemas de Computadores. Os sistemas de computadores são projetados com basicamente 3 componentes: Marcos Laureano

Sistemas Operacionais. Roteiro. Sistemas de Computadores. Os sistemas de computadores são projetados com basicamente 3 componentes: Marcos Laureano Sistemas Operacionais Marcos Laureano 1/66 Roteiro Máquinas virtuais Emuladores Propriedades Benefícios Futuro 2/66 Sistemas de Computadores Os sistemas de computadores são projetados com basicamente 3

Leia mais

Prof. Luiz Fernando Bittencourt MO809L. Tópicos em Sistemas Distribuídos 1 semestre, 2015

Prof. Luiz Fernando Bittencourt MO809L. Tópicos em Sistemas Distribuídos 1 semestre, 2015 MO809L Tópicos em Sistemas Distribuídos 1 semestre, 2015 Virtualização Virtualização Threads/processos: Modo de fazer mais coisas ao mesmo tempo. Concorrência - impressão de execução paralela em computador

Leia mais

Hypervisor. Diego Souza Gomes 3 de maio de 2007

Hypervisor. Diego Souza Gomes 3 de maio de 2007 Hypervisor Diego Souza Gomes 3 de maio de 2007 Resumo As máquinas virtuais envolvem a criação de um sistema de computador totalmente em software. Usando-as, é possível hospedar vários computadores virtuais

Leia mais

Curso Tecnológico de Redes de Computadores 5º período Disciplina: Tecnologia WEB Professor: José Maurício S. Pinheiro V. 2009-2

Curso Tecnológico de Redes de Computadores 5º período Disciplina: Tecnologia WEB Professor: José Maurício S. Pinheiro V. 2009-2 Curso Tecnológico de Redes de Computadores 5º período Disciplina: Tecnologia WEB Professor: José Maurício S. Pinheiro V. 2009-2 Aula 3 Virtualização de Sistemas 1. Conceito Virtualização pode ser definida

Leia mais

Agenda. Histórico Máquinas virtuais X Emuladores Vantagens & Desvantagens Vmware Quemu Xen UML Comparação entre VM's Conclusão

Agenda. Histórico Máquinas virtuais X Emuladores Vantagens & Desvantagens Vmware Quemu Xen UML Comparação entre VM's Conclusão Máquinas Virtuais Agenda Histórico Máquinas virtuais X Emuladores Vantagens & Desvantagens Vmware Quemu Xen UML Comparação entre VM's Conclusão Histórico Mainframe É um computador de grande porte, dedicado

Leia mais

ATIVIDADE 1 MÁQUINAS VIRTUAIS. 1.1 Arquiteturas não virtualizadas

ATIVIDADE 1 MÁQUINAS VIRTUAIS. 1.1 Arquiteturas não virtualizadas ATIVIDADE 1 MÁQUINAS VIRTUAIS Existem hoje diversas tecnologias e produtos para virtualização de computadores e ambientes de execução, o que pode gerar uma certa confusão de conceitos. Apesar disso, cada

Leia mais

Virtualização - VMWare e Xen

Virtualização - VMWare e Xen Virtualização - VMWare e Xen A virtualização consiste na emulação de ambientes isolados, capazes de rodar diferentes sistemas operacionais dentro de uma mesma máquina, aproveitando ao máximo a capacidade

Leia mais

Professor Esp.: Douglas Diego de Paiva douglas.ddp@gmail.com

Professor Esp.: Douglas Diego de Paiva douglas.ddp@gmail.com VIRTUALIZAÇÃO Professor Esp.: Douglas Diego de Paiva douglas.ddp@gmail.com Virtualização o que é? É uma forma de esconder as características físicas de uma plataforma computacional dos usuários, emulando

Leia mais

Virtualização Gerencia de Redes Redes de Computadores II

Virtualização Gerencia de Redes Redes de Computadores II Virtualização Gerencia de Redes Redes de Computadores II *Créditos: baseado no material do Prof. Eduardo Zagari Virtualização - Introdução Introduzido nos anos 60 em Mainframes Em 1980 os microcomputadores

Leia mais

INE651600 Sistemas Operacionais I

INE651600 Sistemas Operacionais I INE651600 Sistemas Operacionais I Thiago Machado Seminário sobre Virtualização de Sistemas Operacionais Virtualização Definição: Permite abstrair os recursos de hardware que uma máquina possui. Criando

Leia mais

Introdução a Virtualização. Sergio Roberto Charpinel Junior Profa. Roberta Lima Gomes

Introdução a Virtualização. Sergio Roberto Charpinel Junior Profa. Roberta Lima Gomes Introdução a Virtualização Sergio Roberto Charpinel Junior Profa. Roberta Lima Gomes Por que virtualizar? Descentralização de recursos computacionais Cloud computing Plena utilização de recursos físicos

Leia mais

Computação na Nuvem: Virtualização e Migração de VM. André Meireles Estêvão Monteiro Monique Soares

Computação na Nuvem: Virtualização e Migração de VM. André Meireles Estêvão Monteiro Monique Soares Computação na Nuvem: Virtualização e Migração de VM André Meireles Estêvão Monteiro Monique Soares Agenda Overview Histórico Abordagens Desafios em x86 Snapshots Virtualização de Hardware/Plataforma/Sevidor:

Leia mais

Virtualização: Conceitos e Aplicações em

Virtualização: Conceitos e Aplicações em Virtualização: Conceitos e Aplicações em Segurança Marcos Laureano e Carlos Maziero Centro Universitário Franciscano Unifae Pontíficia Universidade Católica do Paraná Programa de Pós-Graduação em Informática

Leia mais

Sistemas Operacionais. Prof. M.Sc. Sérgio Teixeira. Aula 05 Estrutura e arquitetura do SO Parte 2. Cursos de Computação

Sistemas Operacionais. Prof. M.Sc. Sérgio Teixeira. Aula 05 Estrutura e arquitetura do SO Parte 2. Cursos de Computação Cursos de Computação Sistemas Operacionais Prof. M.Sc. Sérgio Teixeira Aula 05 Estrutura e arquitetura do SO Parte 2 Referência: MACHADO, F.B. ; MAIA, L.P. Arquitetura de Sistemas Operacionais. 4.ed. LTC,

Leia mais

Virtualização: VMWare e Xen

Virtualização: VMWare e Xen Virtualização: VMWare e Xen Diogo Menezes Ferrazani Mattos Professor: Otto Carlos Disciplina: Redes I Universidade Federal do Rio de Janeiro POLI/COPPE 1 Introdução Virtualização Divisão da máquina física

Leia mais

Virtualização: Conceitos e Aplicações em Segurança

Virtualização: Conceitos e Aplicações em Segurança Capítulo 4 Virtualização: Conceitos e Aplicações em Segurança MarcosAurelioPchekLaureano 1,2, CarlosAlbertoMaziero 1 1 ProgramadePós-GraduaçãoemInformática Pontifícia Universidade Católica do Paraná Curitiba

Leia mais

4 Estrutura do Sistema Operacional. 4.1 - Kernel

4 Estrutura do Sistema Operacional. 4.1 - Kernel 1 4 Estrutura do Sistema Operacional 4.1 - Kernel O kernel é o núcleo do sistema operacional, sendo responsável direto por controlar tudo ao seu redor. Desde os dispositivos usuais, como unidades de disco,

Leia mais

Xen Básico sobre Plano de Fundo e Virtualização

Xen Básico sobre Plano de Fundo e Virtualização 1 Xen Básico sobre Plano de Fundo e Virtualização Xen é um monitor de máquina virtual (hipervisor) que permite que se O utilize um computador físico para executar muitos computadores virtuais por exemplo,

Leia mais

Virtualização na arquitetura x86

Virtualização na arquitetura x86 Virtualização na arquitetura x86 Rodrigo Grumiche Silva grumiche@inf.ufsc.br Laboratório de Pesquisa em Sistemas Distribuídos Departamento de Informática e Estatística Universidade Federal de Santa Catarina

Leia mais

ETEC RAPOSO TAVARES GESTÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS I. Máquina Virtual. Instalação de S.O. em dual boot. 1º Semestre 2010 PROF.

ETEC RAPOSO TAVARES GESTÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS I. Máquina Virtual. Instalação de S.O. em dual boot. 1º Semestre 2010 PROF. ETEC RAPOSO TAVARES GESTÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS I Máquina Virtual Instalação de S.O. em dual boot 1º Semestre 2010 PROF. AMARAL Na ciência da computação, máquina virtual é o nome dado a uma máquina,

Leia mais

Sistemas Operacionais: Conceitos e Mecanismos. IX - Virtualização

Sistemas Operacionais: Conceitos e Mecanismos. IX - Virtualização Sistemas Operacionais: Conceitos e Mecanismos IX - Virtualização Prof. Carlos Alberto Maziero DAInf UTFPR http://dainf.ct.utfpr.edu.br/ maziero 2 de junho de 2013 Este texto está licenciado sob a Licença

Leia mais

40 ERAD 2009 Caxias do Sul, 17 a 20 de março de 2009

40 ERAD 2009 Caxias do Sul, 17 a 20 de março de 2009 40 ERAD 2009 Caxias do Sul, 17 a 20 de março de 2009 4.1. Introdução A virtualização e o uso de máquinas virtuais se tornaram um assunto destaque no mundo da tecnologia da informação (TI), apesar de não

Leia mais

Gabriel Oliveira do Nascimento Rogério Libarino Aguilar. UFF - Universidade Federal Fluminense

Gabriel Oliveira do Nascimento Rogério Libarino Aguilar. UFF - Universidade Federal Fluminense Gabriel Oliveira do Nascimento Rogério Libarino Aguilar 1 Introdução Mododelo: Hardware -> Sistema Operacional -> Aplicações Aplicação desenvolvida para um SO. Capacidade de processamento aumentando bastante

Leia mais

Prof. José Maurício S. Pinheiro UniFOA 2009-2

Prof. José Maurício S. Pinheiro UniFOA 2009-2 Tecnologias WEB Virtualização de Sistemas Prof. José Maurício S. Pinheiro UniFOA 2009-2 Conceitos Virtualização pode ser definida como técnica que combina ou divide recursos computacionais para prover

Leia mais

Virtualização. O conceito de VIRTUALIZAÇÃO

Virtualização. O conceito de VIRTUALIZAÇÃO Virtualização A virtualização está presente tanto no desktop de um entusiasta pelo assunto quanto no ambiente de TI de uma infinidade de empresas das mais variadas áreas. Não se trata de "moda" ou mero

Leia mais

ANDRE KUSUMOTO VIRTUALIZAÇÃO

ANDRE KUSUMOTO VIRTUALIZAÇÃO ANDRE KUSUMOTO VIRTUALIZAÇÃO OBJETIVO Objetivo do deste trabalho é o autoaprendizado e a disseminação do conhecimento empregado no conceito de virtualização. Assim como a demostração de seu uso em conjunto

Leia mais

Capítulo 8. Software de Sistema

Capítulo 8. Software de Sistema Capítulo 8 Software de Sistema Adaptado dos transparentes das autoras do livro The Essentials of Computer Organization and Architecture Objectivos Conhecer o ciclo de desenvolvimento da linguagem Java

Leia mais

VirtualBox Mario Hato Instituto de Computação UNICAMP VirtualBox

VirtualBox Mario Hato Instituto de Computação UNICAMP VirtualBox Mario Hato Instituto de Computação UNAMP 1 Motivação Infraestrutura de computação - 2000 1 PC 1 SO Vários Aplicativos Utilização Baixa < 25% App App App App App App App App X86 Windows XP X86 Windows 2003

Leia mais

Programação Concorrente Processos e Threads

Programação Concorrente Processos e Threads Programação Concorrente Processos e Threads Prof. Eduardo Alchieri Processos O conceito mais central em qualquer sistema operacional é o processo Uma abstração de um programa em execução Um programa por

Leia mais

Virtualização e kernel, vistos por dentro

Virtualização e kernel, vistos por dentro ehabkost@redhat.com Tchelinux Porto Alegre 2008 Nível: Avançado Escopo: Código e processo de desenvolvimento do kernel Pré-requisitos: Noções básicas sobre o kernel Linux e seu processo de desenvolvimento

Leia mais

Introdução. 1.1. Âmbito do Documento

Introdução. 1.1. Âmbito do Documento Introdução Embora o conceito de virtualização, não seja um conceito novo, o uso desta tecnologia vem crescendo exponencialmente nas infra-estruturas de TI. Este crescimento deve-se sobretudo aos benefícios

Leia mais

Xen e a Arte da Virtualização

Xen e a Arte da Virtualização Xen e a Arte da Virtualização Paul Barham, Boris Dragovic, Keir Fraser, Steven Hand, Tim Harris, Alex Ho, Rolf Neugebauer, Ian Pratt, Andrew Warfield University of Cambridge Computer Laboratory Microsoft

Leia mais

Virtualização de Software

Virtualização de Software UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA E ESTATÍSTICA CURSO DE BACHARELADO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Virtualização de Software Luana Sandrini Saft Trabalho de conclusão de curso

Leia mais

Benefícios da Virtualização as para empresas

Benefícios da Virtualização as para empresas Benefícios da Virtualização as para empresas Os investimentos no processo de Virtualização na área de Tecnologia da Informação (TI) aumentaram cerca de 80% nos últimos três anos, segundo informações da

Leia mais

A SALA DE AULA é meu paraíso. Nela me realizo, nela exercito minha cidadania e nela me sinto útil.

A SALA DE AULA é meu paraíso. Nela me realizo, nela exercito minha cidadania e nela me sinto útil. Virtualização Meu nome: Nome de guerra: Meu e-mail: Marcos Vinicios Bueno Marques Professor Cidão marcos@cidao.com.br Quem sou? Professor e coordenador de cursos de TI do Senac Informática em Porto Alegre,

Leia mais

Estudo dos Principais Conceitos de Virtualização

Estudo dos Principais Conceitos de Virtualização Estudo dos Principais Conceitos de Virtualização Manuela K. Ferreira mkferreira@inf.ufrgs.br Instituto de Informática Universidade Federal do Rio Grande Introdução Conceitos Aplicações e Vantagens Técnicas

Leia mais

Resumo até aqui. Gerenciamento Proteção Compartilhamento. Infra-estrutura de Software

Resumo até aqui. Gerenciamento Proteção Compartilhamento. Infra-estrutura de Software Resumo até aqui Complexidade do computador moderno, do ponto de vista do hardware Necessidade de abstrações software Sistema computacional em camadas SO como uma máquina estendida abstrações SO como um

Leia mais

Capítulo 1. Introdução

Capítulo 1. Introdução Capítulo 1 Introdução 1.1 O que é um sistema operacional 1.2 História dos sistemas operacionais 1.3 O zoológico de sistemas operacionais 1.4 Revisão sobre hardware de computadores 1.5 Conceitos sobre sistemas

Leia mais

Introdução. Sistemas Operacionais

Introdução. Sistemas Operacionais FATEC SENAC Introdução à Sistemas Operacionais Rodrigo W. Fonseca Sumário Definição de um S.O. Características de um S.O. História (evolução dos S.O.s) Estruturas de S.O.s Tipos de Sistemas Operacionais

Leia mais

Infra-Estrutura de Software. Introdução. (cont.)

Infra-Estrutura de Software. Introdução. (cont.) Infra-Estrutura de Software Introdução (cont.) O que vimos Complexidade do computador moderno, do ponto de vista do hardware Necessidade de abstrações software Sistema computacional em camadas SO como

Leia mais

Material 5 Administração de Recursos de HW e SW. Prof. Edson Ceroni

Material 5 Administração de Recursos de HW e SW. Prof. Edson Ceroni Material 5 Administração de Recursos de HW e SW Prof. Edson Ceroni Desafios para a Administração Centralização X Descentralização Operação interna x Outsourcing Hardware Hardware de um Computador Armazenamento

Leia mais

Unidade III FUNDAMENTOS DE SISTEMAS. Prof. Victor Halla

Unidade III FUNDAMENTOS DE SISTEMAS. Prof. Victor Halla Unidade III FUNDAMENTOS DE SISTEMAS OPERACIONAIS Prof. Victor Halla Conteúdo Arquitetura de Processadores: Modo Operacional; Velocidade; Cache; Barramento; Etc. Virtualização: Maquinas virtuais; Gerenciamento

Leia mais

Arquitetura de Computadores. Introdução aos Sistemas Operacionais

Arquitetura de Computadores. Introdução aos Sistemas Operacionais Arquitetura de Computadores Introdução aos Sistemas Operacionais O que é um Sistema Operacional? Programa que atua como um intermediário entre um usuário do computador ou um programa e o hardware. Os 4

Leia mais

Sistemas Operacionais. Conceitos de um Sistema Operacional

Sistemas Operacionais. Conceitos de um Sistema Operacional Sistemas Operacionais Conceitos de um Sistema Operacional Modo usuário e Modo Kernel Como já vimos são ambientes de execução diferentes no processador Há um conjunto de funções privilegiadas acessadas

Leia mais

Sistemas Operacionais I Parte III Estrutura dos SOs. Prof. Gregorio Perez gregorio@uninove.br 2007. Roteiro. Componentes do Sistema

Sistemas Operacionais I Parte III Estrutura dos SOs. Prof. Gregorio Perez gregorio@uninove.br 2007. Roteiro. Componentes do Sistema Sistemas Operacionais I Parte III Estrutura dos SOs Prof. Gregorio Perez gregorio@uninove.br 2007 Roteiro Serviços Estrutura dos Sistemas Operacionais Funções do Sistema Operacional Chamadas do Sistema

Leia mais

Introdução. Sistemas Operacionais. Introdução. Roteiro (1 / 2) Por que Máquinas Virtuais Existem? Roteiro (2 / 2)

Introdução. Sistemas Operacionais. Introdução. Roteiro (1 / 2) Por que Máquinas Virtuais Existem? Roteiro (2 / 2) Sistemas Operacionais O termo máquina virtual foi descrito na década de 60 como uma abstração de software que enxerga um sistema físico. Aula 7 Máquinas Virtuais Prof. Othon Marcelo Nunes Batista Mestre

Leia mais

Figura 01 Kernel de um Sistema Operacional

Figura 01 Kernel de um Sistema Operacional 01 INTRODUÇÃO 1.5 ESTRUTURA DOS SISTEMAS OPERACIONAIS O Sistema Operacional é formado por um Conjunto de rotinas (denominado de núcleo do sistema ou kernel) que oferece serviços aos usuários e suas aplicações

Leia mais

Visão do Sistema Operacional

Visão do Sistema Operacional Visão do Sistema Operacional programadores e analistas usuários programas, sistemas e aplicativos Usuários Sistema Operacional memória discos Hardware UCP fitas impressoras monitores O que é um Sistema

Leia mais

Máquinas Virtuais E eu com isso???

Máquinas Virtuais E eu com isso??? E eu com isso??? IV Ciclo de Palestras sobre Software Livre Daniel Antonio Fenrnandes Bojczuk Slide 1 de 27 Virtual: Existente apenas em potência ou como faculdade, não como realidade ou com efeito real

Leia mais

Máquinas Virtuais. Virtualização Tornar virtual. Exemplo comum de Virtualização PORTABILIDADE

Máquinas Virtuais. Virtualização Tornar virtual. Exemplo comum de Virtualização PORTABILIDADE Virtual: Existente apenas em potência ou como faculdade, não como realidade ou com efeito real Dicionário Houaiss Virtualização Tornar virtual Exemplo comum de Virtualização PORTABILIDADE Java Virtual

Leia mais

Análise Comparativa entre Sistemas Operacionais Virtualizados

Análise Comparativa entre Sistemas Operacionais Virtualizados FACULDADE CAMPO LIMPO PAULISTA BACHARELADO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO Trabalho de Diplomação Felipe Machado da Costa de Andrade 061247 Andre Marcos Silva (Orientador) Trabalho de Diplomação Análise Comparativa

Leia mais

Prof. Marcos Ribeiro Quinet de Andrade Universidade Federal Fluminense - UFF Pólo Universitário de Rio das Ostras - PURO

Prof. Marcos Ribeiro Quinet de Andrade Universidade Federal Fluminense - UFF Pólo Universitário de Rio das Ostras - PURO Conceitos básicos e serviços do Sistema Operacional Prof. Marcos Ribeiro Quinet de Andrade Universidade Federal Fluminense - UFF Pólo Universitário de Rio das Ostras - PURO Tipos de serviço do S.O. O S.O.

Leia mais

Virtualização de Sistemas Operacionais

Virtualização de Sistemas Operacionais LNCC - LABORATÓRIO NACIONAL DE COMPUTAÇÃO CIENTÍFICA ISTCC - INSTITUTO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM CIÊNCIAS DA COMPUTAÇÃO OUTROS TRABALHOS EM: www.projetoderedes.com.br Virtualização de Sistemas Operacionais

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR ABERTA DO BRASIL ESAB CURSO DE REDES DE COMPUTADORES MÁRCIO DA SILVA KLAUCK

ESCOLA SUPERIOR ABERTA DO BRASIL ESAB CURSO DE REDES DE COMPUTADORES MÁRCIO DA SILVA KLAUCK ESCOLA SUPERIOR ABERTA DO BRASIL ESAB CURSO DE REDES DE COMPUTADORES MÁRCIO DA SILVA KLAUCK VIRTUALIZAÇÃO DE SISTEMAS: Implementação com o VMware no Ambiente Servidor do Frigorífico Excelência VILA VELHA

Leia mais

Sistemas Operacionais IX-MáquinasVirtuais

Sistemas Operacionais IX-MáquinasVirtuais Sistemas Operacionais IX-MáquinasVirtuais Prof. Carlos Alberto Maziero PPGIA CCET PUCPR http://www.ppgia.pucpr.br/ maziero 30 dejulho de2008 Resumo As tecnologias de virtualização do ambiente de execução

Leia mais

Virtualização. Hardware Virtual? Máquina Virtual? Software ou Hardware? Profº André Luiz andreluizsp@gmail.com

Virtualização. Hardware Virtual? Máquina Virtual? Software ou Hardware? Profº André Luiz andreluizsp@gmail.com Virtualização Hardware Virtual? Máquina Virtual? Software ou Hardware? Profº André Luiz andreluizsp@gmail.com O problema...... os departamentos de TI passaram a ter consciência de que os recursos como

Leia mais

Virtualização de Sistemas Operacionais

Virtualização de Sistemas Operacionais LNCC - LABORATÓRIO NACIONAL DE COMPUTAÇÃO CIENTÍFICA ISTCC - INSTITUTO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM CIÊNCIAS DA COMPUTAÇÃO Virtualização de Sistemas Operacionais Por Rodrigo Ferreira da Silva Orientador Prof.

Leia mais

Virtualização e Criação de uma rede Virtual utilizando Virtual Box Professor: João Paulo de Brito Gonçalves

Virtualização e Criação de uma rede Virtual utilizando Virtual Box Professor: João Paulo de Brito Gonçalves Virtualização e Criação de uma rede Virtual utilizando Virtual Box Professor: João Paulo de Brito Gonçalves Anatomia de uma máquina virtual Cada máquina virtual é um sistema completo encapsulado em um

Leia mais

A Academia Brasileira de Letras diz que este verbete não existe.

A Academia Brasileira de Letras diz que este verbete não existe. Virtualização Virtualização? A Academia Brasileira de Letras diz que este verbete não existe. Virtual: Segundo o Dicionário da Língua Portuguesa, significa: adj (lat virtuale) 1- Que não existe como realidade,

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA Júlio de Mesquita Filho Pós-Graduação em Ciência da Computação. Rafael Augusto Teixeira

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA Júlio de Mesquita Filho Pós-Graduação em Ciência da Computação. Rafael Augusto Teixeira UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA Júlio de Mesquita Filho Pós-Graduação em Ciência da Computação Rafael Augusto Teixeira SW-V: Modelo de streaming de software baseado em técnicas de virtualização e transporte

Leia mais

Softwares de Sistemas e de Aplicação

Softwares de Sistemas e de Aplicação Fundamentos dos Sistemas de Informação Softwares de Sistemas e de Aplicação Profª. Esp. Milena Resende - milenaresende@fimes.edu.br Visão Geral de Software O que é um software? Qual a função do software?

Leia mais

1º Estudo Dirigido. Capítulo 1 Introdução aos Sistemas Operacionais

1º Estudo Dirigido. Capítulo 1 Introdução aos Sistemas Operacionais 1º Estudo Dirigido Capítulo 1 Introdução aos Sistemas Operacionais 1. Defina um sistema operacional de uma forma conceitual correta, através de suas palavras. R: Sistemas Operacionais são programas de

Leia mais

Consolidação de Servidores com VMware

Consolidação de Servidores com VMware Herles da Silva Rangel Curso de Especialização em Redes e Segurança Pontifica Universidade Católica do Paraná (PUC-PR) Curitiba, Maio de 2009 Resumo O presente trabalho trata da implementação de uma proposta

Leia mais

Sistemas Operacionais. Prof. Pedro Luís Antonelli Anhanguera Educacional

Sistemas Operacionais. Prof. Pedro Luís Antonelli Anhanguera Educacional Sistemas Operacionais Prof. Pedro Luís Antonelli Anhanguera Educacional INTRODUÇÃO Sistema Operacional (S.O.) Aplicativos Formado por um conjunto de rotinas que oferecem serviços aos usuários, às aplicações

Leia mais

VIRTUALIZAÇÃO DE SERVIDORES

VIRTUALIZAÇÃO DE SERVIDORES UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANA DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE ELETRÔNICA CURSO DE ESPECIALIZACÃO EM GERENCIAMENTO DE SERVIDORES E EQUIPAMENTOS DE REDES HUGO CHOINACKI VIRTUALIZAÇÃO DE SERVIDORES

Leia mais

Foz do Iguaçu PR Brasil luiz.baltazar@gmail.com, joao@barbosa.net.br, jorgeaikes@gmail.com

Foz do Iguaçu PR Brasil luiz.baltazar@gmail.com, joao@barbosa.net.br, jorgeaikes@gmail.com Análise de Desempenho e Viabilidade do Raspberry Pi como um Thin Client utilizando o Protocolo SPICE Luiz Alberto Alves Baltazar 1, João Paulo de Lima Barbosa 1, Jorge Aikes Junior 1 1 Curso de Ciência

Leia mais

Introdução. O que vimos. Infraestrutura de Software. (cont.) História dos Sistemas Operacionais. O que vimos 12/03/2012. Primeira geração: 1945-1955

Introdução. O que vimos. Infraestrutura de Software. (cont.) História dos Sistemas Operacionais. O que vimos 12/03/2012. Primeira geração: 1945-1955 O que vimos Infraestrutura de Software Introdução (cont.) Complexidade do computador moderno, do ponto de vista do hardware Necessidade de abstrações software Sistema computacional em camadas SO como uma

Leia mais

UNIVERSIDADE TUIUTI DO PARANÁ. Andrey Rafael Intima VIRTUALIZAÇÃO DE SERVIDORES CORPORATIVOS EM AMBIENTE WINDOWS COM MONITORAMENTO VIA ZABBIX

UNIVERSIDADE TUIUTI DO PARANÁ. Andrey Rafael Intima VIRTUALIZAÇÃO DE SERVIDORES CORPORATIVOS EM AMBIENTE WINDOWS COM MONITORAMENTO VIA ZABBIX UNIVERSIDADE TUIUTI DO PARANÁ Andrey Rafael Intima VIRTUALIZAÇÃO DE SERVIDORES CORPORATIVOS EM AMBIENTE WINDOWS COM MONITORAMENTO VIA ZABBIX CURITIBA 2013 Andrey Rafael Intima VIRTUALIZAÇÃO DE SERVIDORES

Leia mais

SISTEMAS OPERACIONAIS

SISTEMAS OPERACIONAIS SISTEMAS OPERACIONAIS Arquitetura Sistemas Operacionais Andreza Leite andreza.leite@univasf.edu.br Plano de Aula Sistemas monolíticos Sistemas em camadas Sistemas micro-núcleo Modelo Cliente-Servidor Máquinas

Leia mais

Apresentação da disciplina. Sistemas Operacionais I N. A disciplina. O Professor. Áreas de atuação na pesquisa. Referências bibliográficas básicas

Apresentação da disciplina. Sistemas Operacionais I N. A disciplina. O Professor. Áreas de atuação na pesquisa. Referências bibliográficas básicas 1 Apresentação da disciplina Sistemas Operacionais I N Prof. Marcelo Johann 2009/2 O professor A disciplina Bibliografia Cronograma Avaliação Trabalhos Regras do jogo Introdução: Sistemas Operacionais

Leia mais

SISTEMAS OPERACIONAIS 2007

SISTEMAS OPERACIONAIS 2007 SISTEMAS OPERACIONAIS 2007 VISÃO GERAL Sumário Conceito Máquina de Níveis Conceituação de SO Componentes do SO Visões do SO Conceito de Sistemas O que se espera de um sistema de computação? Execução de

Leia mais

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA PROPOSTA PARA DISPONIBILIZAÇÃO AUTOMATIZADA DE INFRAESTRUTURA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO INTEGRADA COM CATÁLOGO DE SERVIÇOS OSMAR RIBEIRO TORRES DISSERTAÇÃO DE MESTRADO EM ENGENHARIA ELÉTRICA DEPARTAMENTO

Leia mais

Sistemas Operacionais

Sistemas Operacionais UNIVERSIDADE BANDEIRANTE DE SÃO PAULO INSTITUTO POLITÉCNICO CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Sistemas Operacionais Notas de Aulas: Tópico 33 e 34 Virtualização São Paulo 2009 Virtualização Ao falar em virtualização,

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA Júlio de Mesquita Filho Pós-Graduação em Ciência da Computação. Rafael Augusto Teixeira

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA Júlio de Mesquita Filho Pós-Graduação em Ciência da Computação. Rafael Augusto Teixeira UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA Júlio de Mesquita Filho Pós-Graduação em Ciência da Computação Rafael Augusto Teixeira SW-V: Modelo de streaming de software baseado em técnicas de virtualização e transporte

Leia mais

Sistemas Operacionais 2014 Introdução. Alexandre Augusto Giron alexandre.a.giron@gmail.com

Sistemas Operacionais 2014 Introdução. Alexandre Augusto Giron alexandre.a.giron@gmail.com Sistemas Operacionais 2014 Introdução Alexandre Augusto Giron alexandre.a.giron@gmail.com Roteiro Sistemas Operacionais Histórico Estrutura de SO Principais Funções do SO Interrupções Chamadas de Sistema

Leia mais

Sistemas Operacionais Aula 03: Estruturas dos SOs. Ezequiel R. Zorzal ezorzal@unifesp.br www.ezequielzorzal.com

Sistemas Operacionais Aula 03: Estruturas dos SOs. Ezequiel R. Zorzal ezorzal@unifesp.br www.ezequielzorzal.com Sistemas Operacionais Aula 03: Estruturas dos SOs Ezequiel R. Zorzal ezorzal@unifesp.br www.ezequielzorzal.com OBJETIVOS Descrever os serviços que um sistema operacional oferece aos usuários e outros sistemas

Leia mais

REALOCAÇÃO DE RECURSOS EM AMBIENTES VIRTUALIZADOS

REALOCAÇÃO DE RECURSOS EM AMBIENTES VIRTUALIZADOS Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul Faculdade de Informática Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação REALOCAÇÃO DE RECURSOS EM AMBIENTES VIRTUALIZADOS Elder de Macedo Rodrigues

Leia mais

Laudon & Laudon Essentials of MIS, 5th Edition. Pg. 6.1

Laudon & Laudon Essentials of MIS, 5th Edition. Pg. 6.1 Laudon & Laudon Essentials of MIS, 5th Edition. Pg. 6.1 6 OBJETIVOS OBJETIVOS ADMINISTRAÇÃO DOS RECURSOS DE HARDWARE E SOFTWARE 6.1 2003 by Prentice Hall Qual é a capacidade de processamento e armazenagem

Leia mais

Agenda do Mini-Curso. Sérgio Yoshio Fujii. Ethan Boardman. sergio.fujii@areva-td.com. ethan.boardman@areva-td.com

Agenda do Mini-Curso. Sérgio Yoshio Fujii. Ethan Boardman. sergio.fujii@areva-td.com. ethan.boardman@areva-td.com Agenda do Mini-Curso Sérgio Yoshio Fujii sergio.fujii@areva-td.com Ethan Boardman ethan.boardman@areva-td.com Agenda do Mini-Curso Evolução de sistemas SCADA/EMS nos Centros de Controle: Sistemas operacionais

Leia mais

Sistemas Operacionais Carlos Eduardo Portela Serra de Castro

Sistemas Operacionais Carlos Eduardo Portela Serra de Castro Introdução Sistemas Operacionais 1 Sistema Operacional: Um conjunto de programas, executado pelo computador como os outros programas. Função: Controlar o funcionamento do computador, disponibilizando seus

Leia mais

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU FACULDADE INTEGRADA AVM

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU FACULDADE INTEGRADA AVM UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU FACULDADE INTEGRADA AVM OTIMIZAÇÃO DE RECURSOS EM TI UTILIZANDO VIRTUALIZAÇÃO Por: Anderson de Souza Campos Orientador Prof. Nelsom Magalhães Rio de

Leia mais

Marcos Vinicios Marques Professor Cidão. Professor Marcelo Neves

Marcos Vinicios Marques Professor Cidão. Professor Marcelo Neves Virtualização Marcos Vinicios Marques Professor Cidão Professor Marcelo Neves Virtualizar??? Executar várias instâncias de um sistema operacional, ou vários sistemas operacionais em instâncias distintas,

Leia mais

VIRTUALIZAÇÃO EM SERVIDORES DE BANCO DE DADOS. Resumo: A estratégia de virtualização de servidores de banco de dados é uma tendência

VIRTUALIZAÇÃO EM SERVIDORES DE BANCO DE DADOS. Resumo: A estratégia de virtualização de servidores de banco de dados é uma tendência VIRTUALIZAÇÃO EM SERVIDORES DE BANCO DE DADOS Igor Lucas Coelho Santos 1 Iremar Nunes de Lima 2 Resumo: A estratégia de virtualização de servidores de banco de dados é uma tendência recente em Tecnologia

Leia mais

Windows NT 4.0. Centro de Computação

Windows NT 4.0. Centro de Computação Windows NT 4.0 Centro de Computação Tópicos Introdução Instalação Configuração Organização da rede Administração Usuários Servidores Domínios Segurança Tópicos È O sistema operacional Windows NT È Características:

Leia mais

Prof. Victor Halla. Unidade IV FUNDAMENTOS DE SISTEMAS

Prof. Victor Halla. Unidade IV FUNDAMENTOS DE SISTEMAS Prof. Victor Halla Unidade IV FUNDAMENTOS DE SISTEMAS OPERACIONAIS Conteúdo Estudo de Casos; Linux e Windows; Características; VMware e Xen; Características; Ferramentas; Custo total de posse TCO = Total

Leia mais

Sistemas Virtualizados

Sistemas Virtualizados Sistemas Virtualizados Julio Cesar S. Anjos 1, Mariano Nicolao 2 1 Laboratório de Inteligência Artificial e Computação em Grid Legere Sistemas Dinâmicos Pesquisa e Desenvolvimento - Campus ULBRA/Guaíba

Leia mais

Linguagem de Programação JAVA. Professora Michelle Nery Nomeclaturas

Linguagem de Programação JAVA. Professora Michelle Nery Nomeclaturas Linguagem de Programação JAVA Professora Michelle Nery Nomeclaturas Conteúdo Programático Nomeclaturas JDK JRE JEE JSE JME JVM Toolkits Swing AWT/SWT JDBC EJB JNI JSP Conteúdo Programático Nomenclatures

Leia mais

Virtualização. Prof. Emiliano Monteiro

Virtualização. Prof. Emiliano Monteiro Virtualização Prof. Emiliano Monteiro Conceitos Virtualização significa criar uma versão virtual de um dispositivo ou recurso, como um servidor, dispositivo de armazenamento, rede ou até mesmo um sistema

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DOS RECURSOS DE HARDWARE E SOFTWARE

ADMINISTRAÇÃO DOS RECURSOS DE HARDWARE E SOFTWARE ADMINISTRAÇÃO DOS RECURSOS DE HARDWARE E SOFTWARE 1 OBJETIVOS 1. Qual é a capacidade de processamento e armazenagem que sua organização precisa para administrar suas informações e transações empresariais?

Leia mais

Capítulo 1 Introdução

Capítulo 1 Introdução Capítulo 1 Introdução Programa: Seqüência de instruções descrevendo como executar uma determinada tarefa. Computador: Conjunto do hardware + Software Os circuitos eletrônicos de um determinado computador

Leia mais

Introdução aos Sistemas Operativos

Introdução aos Sistemas Operativos Introdução aos Sistemas Operativos Operating System Concepts, Abraham Silberschatz, Peter Baer Galvin, 6ª Ed., Addison-Wesley, 2002 [cap.1, 2 e 3] Operating Systems, Third Edition Harvey M. Deitel, Prentice

Leia mais

Virtualização Conceitos e Aplicações

Virtualização Conceitos e Aplicações Virtualização Conceitos e Aplicações Eliésio Parkuts¹, Saulo Muzzolon Dufech², Regiane Orlovski³ ¹²³ Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas CEP: 85010-00 - Faculdade Guairacá - Guarapuava

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DOS RECURSOS DE HARDWARE E SOFTWARE

ADMINISTRAÇÃO DOS RECURSOS DE HARDWARE E SOFTWARE Capítulo 6 ADMINISTRAÇÃO DOS RECURSOS DE HARDWARE E SOFTWARE 6.1 2003 by Prentice Hall OBJETIVOS Qual é a capacidade de processamento e armazenagem que sua organização precisa para administrar suas informações

Leia mais

Introdução. Nível do Sistema Operacional. Introdução. Um Sistema Operacional... Introdução a Sistemas Operacionais

Introdução. Nível do Sistema Operacional. Introdução. Um Sistema Operacional... Introdução a Sistemas Operacionais Introdução Nível do Sistema Operacional (Aula 14) Introdução a Sistemas Operacionais Hardware Provê os recursos básicos de computação (CPU, memória, E/S,etc.) Programas (aplicações) Definem as maneiras

Leia mais

Senado Federal Questões 2012

Senado Federal Questões 2012 Senado Federal Questões 2012 Sistemas Operacionais Prova de Analista de Sistemas Prof. Gustavo Van Erven Senado Federal Questões 2012 Rede Social ITnerante http://www.itnerante.com.br/ Vídeo Aulas http://www.provasdeti.com.br/

Leia mais