BIOQUÍMICA FOTOSSÍNTESE E RESPIRAÇÃO CELULAR Resumo final FOTOSSÍNTESE

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "BIOQUÍMICA FOTOSSÍNTESE E RESPIRAÇÃO CELULAR Resumo final FOTOSSÍNTESE"

Transcrição

1 EE PROF.ª SUELY MARIA CAÇÃO AMBIEL BATISTA Rua Onório Novachi, 410 Jardim Colonial- Indaiatuba SP CEP FONE: BIOLOGIA SEGUNDA SÉRIE DO ENSINO MÉDIO Wéliton Ribeiro Rodrigues Mota. E. E. Suely Maria Cação Ambiel Batista. Biologia Química. (19) BIOQUÍMICA FOTOSSÍNTESE E RESPIRAÇÃO CELULAR Resumo final FOTOSSÍNTESE Fotossíntese é, de maneira resumida, um conjunto de fenômenos bioquímicos no qual os seres vivos participantes, os autótrofos (aqueles que produzem seu próprio alimento) produzem seus compostos energéticos, sendo o mais comum entre estes compostos a glicose. Participam deste processo as plantas (reino Plantae), as algas (reino Protoctista) e as cianobactérias (reino Monera). Os substratos (reagentes) da fotossíntese são o gás carbônico, extraído da atmosfera e a água, obtida a partir do solo. Abaixo podemos observar uma representação simplificada da fotossíntese e a equação química básica. Lembrando que na representação simplificada, seis moléculas de H2O foram omitidas. Fonte: < Acesso em: 21 mar h 23min.

2 FASES DA FOTOSSÍNTESE: Fase Clara ou Fotoquímica 1. Assimilação da luz solar pela planta. A luz atinge as células vegetais e chega às organelas cloroplastos. Nos cloroplastos, a energia luminosa atinge uma região chamada complexo antena do fotossistema II, onde é direcionada ao centro de reação. Representação de uma organela cloroplasto, responsável pela fotossíntese. A clorofila se encontra na membrana tilacóide. Fonte: < Acesso em: 21 mar h 13min. 2. No centro de reação, a energia luminosa atinge a substância clorofila, que dá às células a coloração esverdeada (Khloros" ou χλωρός significa verde claro). No centro da molécula de clorofila, o elemento magnésio (Mg) é excitado (carregado), liberando dois elétrons. *Vale lembrar que a clorofila aproveita todas as cores do espectro luminoso exceto o verde, do qual ele devolve ao meio.

3 Representação molecular e esquemática de uma molécula de clorofila. Note o elemento magnésio (Mg) no centro da molécula, onde se dá a excitação dos elétrons. Fonte: < Acesso em: 21 mar h 19min. 3. Os dois elétrons excitados passam por um conjunto de enzimas (grandes moléculas que realizam reações bioquímicas) onde a energia é retirada dos elétrons aos poucos e utilizados para produzir a substância ATP- adenosina trifosfato a partir do ADP adenosina difosfato e Pi fosfato inorgânico. Os dois elétrons agora descarregados recuperam o magnésio da clorofila do fotossistema I. Esquema estrutural da adenosina trifosfato (esquerda) e tridimensional da adenosina trifosfato- ATP (direita, acima) e da adenosina difosfato - ADP e do fosfato inorgânico Pi (direita, abaixo). Fonte: < Acesso em: 21 mar h 07min.

4 4. No fotossistema I, o mesmo processo ocorre: a energia luminosa faz com que dois elétrons sejam excitados e lançados às enzimas, onde a energia é aproveitada agora para formar uma substância denominada NADPH nicotinamida adenina dinucleotídeo fosfato-reduzido a partir do NADP + - nicotinamida adenina dinucleotídeo fosfato-oxidase e H + - íon de hidrogênio. Representação simplificada da fotossíntese, evidenciando a produção de NADPH. Fonte< Editado. Acesso em: 21 mar h 41min. 5. Observe que os elétrons perdidos do fotossistema I são recuperados pelos elétrons do fotossistema II. Porém, há a necessidade de recuperação também do fotossistema II, para que o processo da fotossíntese não estacione. Para isso, é utilizada a água, em um processo chamado fotohidrólise. Neste, a molécula da água é quebrada, liberando 2 íons H + e ½ O2. A partir desta quebra e liberação de elétrons (2 elétrons), o fotossistema II é recuperado. Equação química da fotólise da água. Nela, a água é o substrato (reagentes) e dois íons de hidrogênio, meia molécula de gás oxigênio e dois elétrons são os produtos. Fonte: < Acesso em: 21 mar h 32min. Em resumo, podemos dizer que a função da Fase Clara ou Fotoquímica é a de aproveitar a luz solar na produção das moléculas ATP e NADPH*, que serão utilizadas em seguida no processo seguinte. *NADPH é tido como uma molécula aceptora de elétrons.

5 Temos então o esquema simplificado da primeira fase da fotossíntese: Esquema simplificado da fase fotoquímica da fotossíntese. Fonte: < Acesso em: 21 mar h 55min. Fase Escura ou Ciclo de Calvin-Benson Fixação do carbono 6. O gás dióxido de carbono é capturado por uma molécula denominada RuBP ribulose 1,5- bifosfato, formando 3-fosfoglicerato (também conhecido como ácido fosfoglicérico) *A enzima que participa desta fase é chamada RuBisCO ribulose 1,5-bifosfato carboxilaseoxigenase, a enzima mais comum do mundo. Redução do carbono 7. Um conjunto de reações adiciona energia às moléculas recém-formadas. Esta energia deriva dos ATPs e NAPDHs formados na fase fotoquímica. Recuperação da RuBP 8. Nesta fase, a molécula RuBP é recuperada, para que novamente possa capturar uma molécula de dióxido de carbono e continuar o ciclo. 9. Este conjunto de processos ocorre seis vezes (seis voltas), onde a cada volta um carbono é adicionado. Ao final, forma-se a molécula da glicose, esta que possui seis carbonos

6 Temos então o esquema simplificado da segunda fase da fotossíntese: Esquema simplificado do Ciclo de Calvin-Benson da fotossíntese. Fonte: < Acesso em: 21 mar h 12min. siologia_celular/imagenes/ciclo_de_calvin_bort.gif Link de acesso para esquema simplificado animado do Ciclo de Calvin-Benson da fotossíntese. Fonte: < Acesso em: 21 mar h 15min. Em resumo, podemos dizer que a fase escura da fotossíntese tem como função assimilar os carbonos provenientes do gás dióxido de carbono, fixa-los por meio do uso da energia armazenada nas moléculas ATP e NADPH (lembrando que estas moléculas foram formadas na fase fotoquímica) e formar, após seis voltas e seis carbonos assimilados a molécula da glicose.

7 Temos então o esquema simplificado final da fotossíntese: Esquema simplificado das fases clara (fotoquímica) e escura (Ciclo de Calvin-Benson). Fonte: < Acesso em: 21 mar h 20min. RESPIRAÇÃO CELULAR Respiração celular ou respiração aeróbia é o nome dado ao conjunto de fenômenos que ocorrem na grande maioria dos seres vivos do planeta. Este processo pode ser encarado como o inverso da fotossíntese, pois na anterior, os compostos energéticos são produzidos, enquanto que na respiração celular eles são oxidados ou quebrados para que haja a liberação da energia armazenada nestes compostos. Para cada molécula de glicose utilizada temos um saldo de 38 ATPs sintetizados. A organela responsável por este processo é a mitocôndria. A respiração celular é dividida em três fases, como descritas a seguir: Glicólise 1. *o número e letra C indicados dentro dos parênteses servirão para indicar o número de carbonos presentes nas substâncias) 2. A glicose (6C) presente no interior da célula recebe um fosfato e se torna glicose 6-fosfato (6C); 3. A glicose 6-fosfato (6C) é isomerizada (transformada em uma molécula semelhante) em frutose 6-fosfato (6C);

8 4. A frutose 6-fosfato (6C) recebe mais um fosfato e se torna frutose 1,6-fosfato (6C); 5. A frutose 1,6-fosfato (6C) é quebrada, formando duas moléculas: gliceraldeído 3 -fosfato (3C) e diidroxiacetona fosfatada (3C); 6. A diidroxiacetona fosfatada (3C) é isomerizada em outra molécula de gliceraldeído 3-fosfato (3C), sendo que o saldo após essa reação é de 2 gliceraldeído 3-fosfato (3C); 7. As duas moléculas de gliceraldeído 3-fosfato (3C) passam por uma série de reações (1,3- bifosfoglicerato 3-fosfoglicerato 2-fosfoglicerato fosfoenolpiruvado), formando duas moléculas de fosfoenolpiruvado (3C); 8. Cada uma das duas moléculas de fosfoenolpiruvado (3C) é transformada em piruvato (3C). Podemos dizer de forma resumida que a função da glicólise é a de transformar cada molécula de glicose (6C) em duas moléculas de piruvato (3C). Neste processo, também são formadas as primeiras duas moléculas de ATP das 38 totais. Também são formadas duas moléculas de NADH. Esquema simplificado da glicólise, evidenciando a quantidade de carbono em cada molécula (esferas). Fonte: < Acesso em: 22 mar h 10min.

9 Mapa metabólico da glicólise, evidenciando cada reação e cada enzima participante. Fonte: < Acesso em: 22 mar h 12min.

10 Ciclo de Krebs Para esta fase, consideraremos apenas um dos piruvato formados a partir da glicose. 1. Em primeiro lugar, o piruvato (3C) que se formou na glicólise no citoplasma adentra a mitocôndria, onde perde um carbono na forma de dióxido de carbono (1C), formando acetil (2C). Logo em seguida o Acetil se une à uma coenzima denominada CoA, formando acetil-coa (3C); Formação do acetil-coa a partir do piruvato e liberação do dióxido de carbono Fonte: < Acesso em: 22 mar h 25min. 2. O acetil-coa (3C) se une ao Oxaloacetato (4C), formando citrato (6C). Tem início o ciclo de Krebs; 3. O citrato (6C) passa por uma série de reações químicas (cis-aconitato (6C) D- isocitrato α-cetoglutarato (5C) succinil-coa (4C) succinato (4C) fumarato (4C) malato (4C) Oxaloacetato (4C)) regenerando ao final o oxaloacetato. Neste percurso, são perdidos dois carbonos na forma de dióxido de carbono (1C) e são formados três NADH e um FADH2. Em resumo, podemos dizer que a função do ciclo de Krebs é quebrar as ligações entre as moléculas do piruvato, liberando dióxido de carbono e formando as moléculas NADH e FADH2.

11 Esquema simplificado do ciclo de Krebs, evidenciando as moléculas envolvidas Fonte: < Acesso em: 22 mar h 37min. bs.svg Link para acesso ao mapa metabólico do ciclo de Krebs Fonte: < Acesso em: 22 mar h 39min. Cadeia Transportadora de Elétrons 1. As moléculas NADH e FADH2 que se encontram na matriz mitocondrial liberam seus íons H + diretamente no espaço intermembrana. Dessa forma o espaço intermembrana se torna hipertônico em relação à matriz mitocondrial. Os elétrons presentes no NADH e FADH2 são transferidos para outras substâncias chamadas proteínas transportadoras de elétrons.

12 Representação de uma organela mitocôndria, evidenciando a membrana interna e a membrana externa. A matriz se localiza dentro da membrana interna e o espaço intermembrana entre a membrana interna e a membrana externa. Fonte: < Acesso em: 22 mar h 12min. 2. Havendo a tendência natural do H + querer retornar à matriz mitocondrial para estabelecer a isotonia entre os dois meios a passagem desta partícula se dá por uma enzima denominada ATP-sintase. Ao passar por essa enzima, o íon H + auxilia a enzima a formar ATP a partir de ADP + Pi; 3. O íon H + que retornou à matriz mitocondrial reage com o gás oxigênio formando água (4H + + ½ O2 H2O). Podemos dizer de forma resumida que a função da cadeia transportadora de elétrons é aproveitar as substâncias NADH e FADH2 produzidas no ciclo de Krebs para liberar íons H + no espaço intermembrana, tornando-o hipertônico em relação à matriz mitocondrial. Isso forçaria o retorno dos íons, o que se daria por intermédio de uma enzima denominada ATPsintase, que utilizaria esse movimento de retorno dos íons para impulsionar a síntese de moléculas de ATP, as moléculas energéticas essenciais aos seres vivos.

13 Representação esquemática da cadeia transportadora de elétrons e das enzimas envolvidas Fonte: < Acesso em: 22 mar h 07min. Ressumo final dos fenômenos da fotossíntese e da respiração celular, evidenciando as organelas participantes, as substancias reagentes e produtos e a energia absorvida e liberada. Fonte: < Acesso em: 22 mar h 19min.

A energética celular:

A energética celular: A energética celular: o papel das mitocôndrias e cloroplastos Capitulo 13 (p 427 a 444) e Capitulo 14 Fundamentos da Biologia Celular- Alberts- 2ª edição A energética celular Como já vimos anteriormente

Leia mais

A energética celular:

A energética celular: A energética celular: o papel das mitocôndrias e cloroplastos Capitulo 13 (p 427 a 444) e Capitulo 14 Fundamentos da Biologia Celular- Alberts- 2ª edição A energética celular Como já vimos anteriormente

Leia mais

Organelas Produtoras de energia

Organelas Produtoras de energia Professora Priscila F Binatto Citologia - Maio/2015 CAP. 9 METABOLISMO ENERGÉTICO: RESPIRAÇÃO AERÓBIA E FERMENTAÇÃO Organelas Produtoras de energia Mitocôndrias Organização Morfológica Função Respiração

Leia mais

Conversão de energia Mitocôndria - Respiração

Conversão de energia Mitocôndria - Respiração Universidade de São Paulo (USP) Escola de Engenharia de Lorena (EEL) Engenharia Ambiental Organelas: Cloroplasto e Mitocôndria Obtenção de energia para a célula a partir diferentes fontes: Conversão de

Leia mais

BIOENERGÉTICA. Equipe de Biologia Leonardo da Vinci

BIOENERGÉTICA. Equipe de Biologia Leonardo da Vinci BIOENERGÉTICA Equipe de Biologia Leonardo da Vinci Conceito METABOLISMO ENERGÉTICO Conjunto de reações metabólicas (catabolismo + anabolismo) envolvidas nos processos de transformação de energia. Energia

Leia mais

Biologia. Respiração Celular. Professor Enrico Blota.

Biologia. Respiração Celular. Professor Enrico Blota. Biologia Respiração Celular Professor Enrico Blota www.acasadoconcurseiro.com.br Biologia RESPIRAÇÃO CELULAR A bioenergética é o estudo dos processos do metabolismo celular de produção e quebra de energia

Leia mais

Introdução ao Metabolismo Microbiano

Introdução ao Metabolismo Microbiano Introdução ao Metabolismo Microbiano METABOLISMO DEFINIÇÃO: Grego: metabole = mudança, transformação; Toda atividade química realizada pelos organismos; São de dois tipos: Envolvem a liberação de energia:

Leia mais

Universidade Federal do Pampa Campus Itaqui Bioquímica GLICÓLISE AERÓBICA. Ciclo de Krebs e Fosforilação Oxidativa. Profa.

Universidade Federal do Pampa Campus Itaqui Bioquímica GLICÓLISE AERÓBICA. Ciclo de Krebs e Fosforilação Oxidativa. Profa. Universidade Federal do Pampa Campus Itaqui Bioquímica GLICÓLISE AERÓBICA Ciclo de Krebs e Fosforilação Oxidativa Profa. Marina Prigol 1 Glicólise Anaeróbica RESPIRAÇÃO CELULAR ou GLICÓLISE AERÓBICA:

Leia mais

A partir de agora, o processo de respiração celular ocorre dentro da organela citoplasmática chamada mitocôndria.

A partir de agora, o processo de respiração celular ocorre dentro da organela citoplasmática chamada mitocôndria. A partir de agora, o processo de respiração celular ocorre dentro da organela citoplasmática chamada mitocôndria. Espaço intermembranar Membrana externa CITOSOL Finalizado o processo de GLICÓLISE 2 moléculas

Leia mais

Matéria: Biologia Assunto: Respiração celular Prof. Enrico blota

Matéria: Biologia Assunto: Respiração celular Prof. Enrico blota Matéria: Biologia Assunto: Respiração celular Prof. Enrico blota Biologia 1. Moléculas, células e tecidos - Fotossíntese e respiração - Respiração celular Fermentação Organismos que só vivem na presença

Leia mais

Citoplasma organelas energéticas

Citoplasma organelas energéticas Citoplasma organelas energéticas luz cloroplasto CO2 + H2O C6H12O6 + O2 mitocôndria ENERGIA (ATP) ATP a moeda energética das células Respiração Dicas... A primeira etapa da respiração (glicólise) é anaeróbica

Leia mais

Metabolismo Celular: Nutrição. Prof. João Ronaldo Tavares de Vasconcellos Neto

Metabolismo Celular: Nutrição. Prof. João Ronaldo Tavares de Vasconcellos Neto Metabolismo Celular: Respiração e Fotossíntese Nutrição Prof. João Ronaldo Tavares de Vasconcellos Neto MAR/2011 Aspectos Gerais da Fotossíntese Fotossíntese ntese: do grego, photos, luz, e syntithenai,

Leia mais

Aula: 09 Temática: Metabolismo das principais biomoléculas parte I. Na aula de hoje, irei abordar o metabolismo das principais biomoléculas. Veja!

Aula: 09 Temática: Metabolismo das principais biomoléculas parte I. Na aula de hoje, irei abordar o metabolismo das principais biomoléculas. Veja! Aula: 09 Temática: Metabolismo das principais biomoléculas parte I Na aula de hoje, irei abordar o metabolismo das principais biomoléculas. Veja! Respiração Celular: Parte do metabolismo celular ocorre

Leia mais

Semana 12 Respiração Celular

Semana 12 Respiração Celular Semana 12 Respiração Celular Prof. Saul Carvalho Respiração Celular Extração de energia química de substâncias orgânicas (carboidratos e lipídios) Principalmente quebra da Glicose Gera energia celular

Leia mais

METABOLISMO CELULAR PROCESSOS E MOLÉCULAS ESPECÍFICAS 06/08/2015. Oxidação: ocorre a saída de um átomo H; Redução: envolve o ganho de um átomo H.

METABOLISMO CELULAR PROCESSOS E MOLÉCULAS ESPECÍFICAS 06/08/2015. Oxidação: ocorre a saída de um átomo H; Redução: envolve o ganho de um átomo H. METABOLISMO CELULAR É o conjunto de reações químicas que ocorrem na célula para que ela possa desempenhar suas atividades. + Pi + Energia As moléculas de não podem ser estocadas, desse modo, as células

Leia mais

Professor Antônio Ruas

Professor Antônio Ruas Universidade Estadual do Rio Grande do Sul Curso Superior de Tecnologia em Gestão Ambiental Componente curricular: BIOLOGIA GERAL Aula 4 Professor Antônio Ruas 1. Temas: Macromoléculas celulares Produção

Leia mais

METABOLISMO ENERGÉTICO

METABOLISMO ENERGÉTICO SILVIA ALIX, MAJ VÂNIA E TEN LUCIANA ARAÚJO METABOLISMO ENERGÉTICO 1. Metabolismo: Anabolismo e Catabolismo. 2. ATP Adenosina trifosfato. 3. Respiração celular: Glicólise, Ciclo de Krebs e Transporte de

Leia mais

Hoje iremos conhecer o ciclo de Krebs e qual a sua importância no metabolismo aeróbio. Acompanhe!

Hoje iremos conhecer o ciclo de Krebs e qual a sua importância no metabolismo aeróbio. Acompanhe! Aula: 13 Temática: Metabolismo aeróbio parte I Hoje iremos conhecer o ciclo de Krebs e qual a sua importância no metabolismo aeróbio. Acompanhe! O Ciclo de Krebs ou Ciclo do Ácido Cítrico A molécula de

Leia mais

Profª Eleonora Slide de aula. Metabolismo de Carboidratos

Profª Eleonora Slide de aula. Metabolismo de Carboidratos Metabolismo de Carboidratos Metabolismo de Carboidratos Profª Eleonora Slide de aula Condições de anaerobiose Glicose 2 Piruvato Ciclo do ácido cítrico Condições de anaerobiose 2 Etanol + 2 CO 2 Condições

Leia mais

Obtenção de nutrientes pelos seres vivos

Obtenção de nutrientes pelos seres vivos Professora Priscila F Binatto Agosto/ 2015 ENERGIA Obtenção de nutrientes pelos seres vivos Autótrofos Realização de fotossíntese Heterótrofos Obtenção da glicose pronta a partir de outra fonte RESPIRAÇÃO

Leia mais

Ciclo de Krebs ou Ciclo do ácido cítrico. Prof. Liza Felicori

Ciclo de Krebs ou Ciclo do ácido cítrico. Prof. Liza Felicori Ciclo de Krebs ou Ciclo do ácido cítrico Prof. Liza Felicori VISÃO GERAL Em circunstâncias aeróbicas piruvato é descarboxilado CO 2 C4 + C2 C6 C6 C6 C6 C5 CO 2 CO 2 C5 C4 C4 C4 C4 NAD+ & FAD 3 Íons H-

Leia mais

Obtenção de nutrientes pelos seres vivos

Obtenção de nutrientes pelos seres vivos Professora Priscila F Binatto Setembro/ 2016 ENERGIA Obtenção de nutrientes pelos seres vivos Autótrofos Realização de fotossíntese Heterótrofos Obtenção da glicose pronta a partir de outra fonte RESPIRAÇÃO

Leia mais

aaa Bento Gonçalves/RS 1

aaa Bento Gonçalves/RS 1 a FISIOLOGIA E NUTRIÇÃO DA VIDEIRA aaa Respiração Celular Prof. Leonardo Cury Bento Gonçalves/RS 1 Equação Geral (Respiração celular (Aeróbica)) ATP C 6 H 12 O 6 + 6O 2 6CO 2 + 6H 2 O G = + 2.880 kj -Compostos

Leia mais

A energética celular: o papel das mitocôndrias e cloroplastos

A energética celular: o papel das mitocôndrias e cloroplastos A energética celular: o papel das mitocôndrias e cloroplastos A energética celular ATP: captura e transfere energia livre nos sistemas biológicos Hidrólise do ATP: libera energia para suprir processos

Leia mais

AGRICULTURA GERAL. O ambiente e a planta POMBAL PB

AGRICULTURA GERAL. O ambiente e a planta POMBAL PB AGRICULTURA GERAL O ambiente e a planta POMBAL PB O AMBIENTE E A PLANTA A PLANTA Grande diversidade de tamanhos e formas vegetais Tamanho: 1,0 cm até 100m de altura Formas: herbácea (melancia) até arbóreas

Leia mais

M Ó D U L O S C O N T E M P L A D O S

M Ó D U L O S C O N T E M P L A D O S M Ó D U L O S C O N T E M P L A D O S FOTF - Fases da Fotossíntese FOTT - Tipos de Fotossíntese RSPF - Fases da Respiração EXMT - Exercícios em Metabolismo Energético Avançado C U R S O D I S C I P L I

Leia mais

FOTOSSÍNTESE MÓDULO 2 CITOLOGIA

FOTOSSÍNTESE MÓDULO 2 CITOLOGIA MÓDULO 2 CITOLOGIA Jovem, se você ainda não viu a aula de Respiração eu sugiro que você pare e vá dar uma olhada. Isso, pode ir agora mesmo, sem problemas. Eu espero. Isso porque a fotossíntese fica muito

Leia mais

O processo fotossintético

O processo fotossintético O processo fotossintético Comecemos por rever a equação geral da fotossíntese: Ou seja, partindo de Dióxido de Carbono e água, as plantas produzem glicose e Oxigénio. Agora a questão é: como? A fotossíntese

Leia mais

Metabolismo Energético das Células. Fotossíntese Quimiossíntese Respiração Celular Fermentação

Metabolismo Energético das Células. Fotossíntese Quimiossíntese Respiração Celular Fermentação Metabolismo Energético das Células Fotossíntese Quimiossíntese Respiração Celular Fermentação 1. Introdução Reações endotérmicas - Característica: Precisam receber energia - Ex.:Fotossíntese e quimiossíntese

Leia mais

Funções do Metabolismo

Funções do Metabolismo Universidade Federal de Mato Grosso Disciplina de Bioquímica Conceito de Metabolismo METABOLISMO DOS CARBOIDRATOS Prof. Msc. Reginaldo Vicente Ribeiro Atividade celular altamente dirigida e coordenada,

Leia mais

Prof. Francisco Hevilásio F. Pereira Cultivos em ambiente protegido

Prof. Francisco Hevilásio F. Pereira Cultivos em ambiente protegido A planta: características morfológicas, anatômicas e fisiológicas POMBAL PB A PLANTA Grande diversidade de tamanhos e formas vegetais Tamanho: 1,0 cm até 100m de altura Formas: herbácea (melancia) até

Leia mais

Fotossíntese e Quimiossíntese. Natália Paludetto

Fotossíntese e Quimiossíntese. Natália Paludetto Fotossíntese e Quimiossíntese Natália Paludetto nataliaapaludetto@gmail.com Fotossíntese Os seres que a realizam são conhecidos como autotróficos. É processo pelo qual os seres clorofilados sintetizam

Leia mais

CITOLOGIA IV (UECE/ENEM) Profa Eduarda de Souza

CITOLOGIA IV (UECE/ENEM) Profa Eduarda de Souza CITOLOGIA IV (UECE/ENEM) Profa Eduarda de Souza Alimentos e Energia Ligações químicas Metabolismo Metabolismo capacidade de transformar substâncias de acordo com o interesse Anabolismo: produção de novas

Leia mais

FISIOLOGIA E NUTRIÇÃO DA VIDEIRA

FISIOLOGIA E NUTRIÇÃO DA VIDEIRA FISIOLOGIA E NUTRIÇÃO DA VIDEIRA aaa a Fotossíntese (Fase Bioquímica) Fase escura Prof. Leonardo Cury Bento Gonçalves, RS 1 Reações Fase bioquímica da Fotossíntese Reações do Carbono (Fase Escura) 2 !

Leia mais

MITOCÔNDRIA. Mariana Machado, Ruth Janice Guse Schadeck. Navegue na mitocôndria:

MITOCÔNDRIA. Mariana Machado, Ruth Janice Guse Schadeck. Navegue na mitocôndria: MITOCÔNDRIA Mariana Machado, Ruth Janice Guse Schadeck Navegue na mitocôndria: http://ufpr.sistemaspibid.com.br/site/projects/35/paginas/654 Metodologia Na construção da mitocôndria utilizou-se o Programa

Leia mais

1. Produção de Acetil-CoA. 2. Oxidação de Acetil-CoA. 3. Transferência de elétrons e fosforilação oxidativa

1. Produção de Acetil-CoA. 2. Oxidação de Acetil-CoA. 3. Transferência de elétrons e fosforilação oxidativa CICLO DE KREBS OU DO ÁCIDO CÍTRICO 1. Produção de Acetil-CoA 2. Oxidação de Acetil-CoA 3. Transferência de elétrons e fosforilação oxidativa CICLO DE KREBS OU DO ÁCIDO CÍTRICO 1. Produção de Acetil-CoA

Leia mais

Luz. Reacção geral da fotossíntese. Luz

Luz. Reacção geral da fotossíntese. Luz Os organismos fotossintéticos utilizam a luz solar como fonte de energia para a biossíntese de ATP e NADPH, que são utilizados para produção de glícidos e outros compostos orgânicos, a partir de CO 2 e

Leia mais

1. Pelos seres heterotróficos. 2. Pelos seres autotróficos.

1. Pelos seres heterotróficos. 2. Pelos seres autotróficos. Unidade 1 Obtenção de matéria 1. Pelos seres heterotróficos. 2. Pelos seres autotróficos. O que são seres autotróficos? Seres vivos que sintetizam matéria orgânica a partir de matéria mineral, recorrendo

Leia mais

Processo de obtenção de energia das células respiração celular

Processo de obtenção de energia das células respiração celular Processo de obtenção de energia das células respiração celular Lipídeos de armazenamento (Gorduras e óleos) Substâncias que originam ácidos graxos e usadas como moléculas que armazenam energia nos seres

Leia mais

Aula 10 Fotossíntese

Aula 10 Fotossíntese Aula 10 Fotossíntese A fotossíntese é um importante processo nutritivo, que ocorre desde os seres vivos mais simples, como as algas unicelulares e cianobactérias, até os organismos complexos. O processo

Leia mais

12/11/2015. Disciplina: Bioquímica Prof. Dr. Vagne Oliveira

12/11/2015. Disciplina: Bioquímica Prof. Dr. Vagne Oliveira Disciplina: Bioquímica Prof. Dr. Vagne Oliveira 2 1 ATP ADP Glicose (6C) C 6 H 12 O 6 ATP ADP P ~ 6 C ~ P 3 C ~ P 3 C ~ P Pi NAD NADH P ~ 3 C ~ P ADP P ~ 3 C ATP ADP ATP NAD Pi NADH P ~ 3 C ~ P ADP ATP

Leia mais

MÓDULO 2 - METABOLISMO. Bianca Zingales IQ-USP

MÓDULO 2 - METABOLISMO. Bianca Zingales IQ-USP MÓDULO 2 - METABOLISMO Bianca Zingales IQ-USP INTRODUÇÃO AO METABOLISMO CARACTERÍSTICAS DO SER VIVO 1- AUTO-REPLICAÇÃO Capacidade de perpetuação da espécie 2- TRANSFORMAÇÃO DE ENERGIA O ser vivo extrai

Leia mais

BIOLOGIA - 1 o ANO MÓDULO 18 RESPIRAÇÃO CELULAR AERÓBIA

BIOLOGIA - 1 o ANO MÓDULO 18 RESPIRAÇÃO CELULAR AERÓBIA BIOLOGIA - 1 o ANO MÓDULO 18 RESPIRAÇÃO CELULAR AERÓBIA glicose 2NAD 2(ADP + P) 2NAD 2 2 ATP ácido pirúvico (3C) ácido pirúvico (3C) Como pode cair no enem? (UFF) Mediu-se, em diferentes instantes

Leia mais

Obtenção de matéria pelos seres autotróficos

Obtenção de matéria pelos seres autotróficos Obtenção de matéria pelos seres autotróficos - Fotossíntese: seres fotoautotróficos (plantas, algas e algumas bactérias, por ex. cianobactérias) - Quimiossíntese: seres quimioautotróficos (algumas bactérias)

Leia mais

FISIOLOGIA VEGETAL 24/10/2012. Respiração. Respiração. Respiração. Substratos para a respiração. Mas o que é respiração?

FISIOLOGIA VEGETAL 24/10/2012. Respiração. Respiração. Respiração. Substratos para a respiração. Mas o que é respiração? Respiração Mas o que é respiração? FISIOLOGIA VEGETAL Respiração É o processo pelo qual compostos orgânicos reduzidos são mobilizados e subsequentemente oxidados de maneira controlada É um processo de

Leia mais

Profª Eleonora Slide de aula. Metabolismo de Carboidratos

Profª Eleonora Slide de aula. Metabolismo de Carboidratos Metabolismo de Carboidratos Metabolismo de Carboidratos Profª Eleonora Slide de aula Condições de anaerobiose Fermentação alcoólica Glicose 2 Piruvato Ciclo do ácido cítrico Condições de anaerobiose Condições

Leia mais

21/11/2016. Destinos do Piruvato na Célula. Respiração Celular X Combustão. Respiração Celular

21/11/2016. Destinos do Piruvato na Célula. Respiração Celular X Combustão. Respiração Celular Universidade de São Paulo Escola de Engenharia de Lorena Departamento de Biotecnologia Destinos do Piruvato na Célula Curso Engenharia Química Disciplina Bioquimica Metabolismo de Carboidratos Ciclo do

Leia mais

BASES CONCEITUAIS DA ENERGIA Bacharelado de Ciência e Tecnologia Profa. Iseli L. Nantes Universidade Federal do ABC. Fotossíntese: reações luminosas

BASES CONCEITUAIS DA ENERGIA Bacharelado de Ciência e Tecnologia Profa. Iseli L. Nantes Universidade Federal do ABC. Fotossíntese: reações luminosas Fotossíntese: reações luminosas A luz do sol é a fonte de energia mais importante para quase todos seres vivos. Com a ajuda da fotossíntese, a energia luminosa é usada para produzir substâncias orgânicas

Leia mais

CADEIA DE TRANSPORTE DE ELÉTRONS E FOSFORILAÇÃO OXIDATIVA COMO AS CÉLULAS SINTETIZAM ATP

CADEIA DE TRANSPORTE DE ELÉTRONS E FOSFORILAÇÃO OXIDATIVA COMO AS CÉLULAS SINTETIZAM ATP CADEIA DE TRANSPORTE DE ELÉTRONS E FOSFORILAÇÃO OXIDATIVA OU COMO AS CÉLULAS SINTETIZAM ATP SINTETIZAM ATP ÀS CUSTAS DA OXIDAÇÃO DAS COENZIMAS NADH E FADH 2 PELO OXIGÊNIO AS COENZIMAS REDUZIDAS SÃO PRODUZIDAS

Leia mais

Geração de energia celular (produção de ATP) a partir da energia dos alimentos Termogênese Esteroidogênese Apoptose

Geração de energia celular (produção de ATP) a partir da energia dos alimentos Termogênese Esteroidogênese Apoptose Geração de energia celular (produção de ATP) a partir da energia dos alimentos Termogênese Esteroidogênese Apoptose A mitocôndria possui duas membranas funcional e estruturalmente diferentes, a membrana

Leia mais

FT - Fotossíntese 10º BG. Fotossíntese e a relação com a respiração: Localização da fotossíntese: Estrutura do Cloroplasto.

FT - Fotossíntese 10º BG. Fotossíntese e a relação com a respiração: Localização da fotossíntese: Estrutura do Cloroplasto. Fotossíntese e a relação com a respiração: Localização da fotossíntese: Estrutura do Cloroplasto Os principais acontecimentos da fotossíntese são: A absorção da energia da luz pela clorofila; Oxidação

Leia mais

Introdução ao Metabolismo. Profª Eleonora Slide de aula

Introdução ao Metabolismo. Profª Eleonora Slide de aula Introdução ao Metabolismo Profª Eleonora Slide de aula Metabolismo Profª Eleonora Slide de aula Relacionamento energético entre as vias catabólicas e as vias anabólicas Nutrientes que liberam energia Carboidratos

Leia mais

17/3/2014. Metabolismo Microbiano. Definição FUNÇÕES ESPECÍFICAS

17/3/2014. Metabolismo Microbiano. Definição FUNÇÕES ESPECÍFICAS Definição UNIDADE ACADÊMICA DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS CURSO DE GRADUAÇÃO EM AGRONOMIA DISCIPLINA: BIOQUÍMICA GERAL PROFESSORAS: Adriana Silva Lima e Márcia Aparecida Cezar Metabolismo Microbiano Chama-se metabolismo

Leia mais

Fotorreações da Fotossíntese

Fotorreações da Fotossíntese UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Instituto de Química de São Carlos Fotorreações da Fotossíntese Dr. Paulo Roberto Dores-Silva São Carlos, 2016 A Fosforilação Oxidativa Depende da transferência de elétrons Cadeia

Leia mais

Química e Bio Química Aplicada METABOLISMO ENZIMOLOGIA. Metabolismo Energético Respiração Celular e Fermentação

Química e Bio Química Aplicada METABOLISMO ENZIMOLOGIA. Metabolismo Energético Respiração Celular e Fermentação Química e Bio Química Aplicada METABOLISMO ENZIMOLOGIA Adriano Silva maestroabs@hotmail.com adrianoabs.silva@gmail.com 88105041 34843610 Metabolismo Energético Respiração Celular e Fermentação Metabolismo

Leia mais

Professor Antônio Ruas

Professor Antônio Ruas Universidade Estadual do Rio Grande do Sul Curso Superior de Tecnologia em Gestão Ambiental Componente curricular: BIOLOGIA GERAL Aula 4 Professor Antônio Ruas 1. Temas: Macromoléculas celulares Produção

Leia mais

METABOLISMO DOS CARBOIDRATOS - GLICÓLISE

METABOLISMO DOS CARBOIDRATOS - GLICÓLISE Após a absorção dos carboidratos no intestino, a veia porta hepática fornece glicose ao fígado, que vai para o sangue para suprir as necessidades energéticas das células do organismo. GLICÓLISE principal

Leia mais

METABOLISMO ENERGÉTICO

METABOLISMO ENERGÉTICO METABOLISMO ENERGÉTICO TRIFOSFATO DE ADENOSINA Este composto armazena, em suas ligações fosfato, parte da energia desprendida pelas reações exotérmicas e tem a capacidade de liberar, por hidrólise, essa

Leia mais

METABOLISMO CELULAR. Professor Felipe Abs

METABOLISMO CELULAR. Professor Felipe Abs METABOLISMO CELULAR Professor Felipe Abs O que é ENERGIA??? Físicos energia é a capacidade de realizar trabalhos; Biólogos energia é a capacidade de provocar mudanças; É indispensável para os seres vivos;

Leia mais

Fotossíntese Biologia

Fotossíntese Biologia Fotossíntese Licenciatura em Ciências Exatas Biologia 3-2017 Fotossíntese x Respiração Fotossíntese cianobactérias Bactérias vermelhas sulfurosas Plantas verdes Histórico Aristóteles: pensava que as plantas

Leia mais

Ficha de Trabalho de Biologia e Geologia - 10º Ano Fotossíntese

Ficha de Trabalho de Biologia e Geologia - 10º Ano Fotossíntese Ficha de Trabalho de Biologia e Geologia - 10º Ano Fotossíntese Nome: N º: Turma: Data: Professor: Encarregado(a) de Educação: 1. Lê atentamente as seguintes afirmações relativas ao ATP e indica o respectivo

Leia mais

Professora Leonilda Brandão da Silva

Professora Leonilda Brandão da Silva COLÉGIO ESTADUAL HELENA KOLODY E.M.P. TERRA BOA - PARANÁ Professora Leonilda Brandão da Silva E-mail: leonildabrandaosilva@gmail.com http://professoraleonilda.wordpress.com/ METABOLISMO ENERGÉTICO DAS

Leia mais

7. OXIDAÇÕES BIOLÓGICAS

7. OXIDAÇÕES BIOLÓGICAS 7. OXIDAÇÕES BIOLÓGICAS 2 O que é a oxidação? É o processo pelo qual a matéria viva transforma em diferentes formas de energia atual a energia químico-potencial contida nas estruturas moleculares dos alimentos.

Leia mais

Obtenção de Energia. Obtenção de Energia. Obtenção de Energia. Oxidação de Carboidratos. Obtenção de energia por oxidação 19/08/2014

Obtenção de Energia. Obtenção de Energia. Obtenção de Energia. Oxidação de Carboidratos. Obtenção de energia por oxidação 19/08/2014 , Cadeia de Transporte de Elétrons e Fosforilação Oxidativa Prof. Dr. Bruno Lazzari de Lima Para que um organismo possa realizar suas funções básicas: Obtenção de nutrientes. Crescimento. Multiplicação.

Leia mais

Processo de obtenção de energia das células respiração celular

Processo de obtenção de energia das células respiração celular Processo de obtenção de energia das células respiração celular Lipídeos de armazenamento (Gorduras e óleos) Os lipideos de armazenamento são constituidos por ácidos graxos esterificados ao glicerol - triglicerídeos

Leia mais

Profª Eleonora Slide de aula. Introdução ao Metabolismo

Profª Eleonora Slide de aula. Introdução ao Metabolismo Introdução ao Metabolismo Nutrientes que liberam energia Carboidratos Gorduras Proteínas Catabolismo Produtos finais pobres em energia CO 2 2 O N 3 Energia química ATP NADP Metabolismo Macromoléculas celulares

Leia mais

Corpos cetônicos. Quais são? A partir de qual composto se formam? Como se formam? Quando se formam? Efeitos de corpos cetônicos elevados?

Corpos cetônicos. Quais são? A partir de qual composto se formam? Como se formam? Quando se formam? Efeitos de corpos cetônicos elevados? Corpos cetônicos Quais são? A partir de qual composto se formam? Como se formam? Quando se formam? Efeitos de corpos cetônicos elevados? Importante saber!!!!!!!!!!!! A partir de qual composto se formam?

Leia mais

Metabolismo celular. É o conjunto de todas as reacções químicas que ocorrem numa célula.

Metabolismo celular. É o conjunto de todas as reacções químicas que ocorrem numa célula. FERMENTAÇÃO Metabolismo celular 3 É o conjunto de todas as reacções químicas que ocorrem numa célula. Metabolismo celular 4 Anabolismo reacções de síntese de moléculas complexas a partir de moléculas simples.

Leia mais

Professora Leonilda Brandão da Silva

Professora Leonilda Brandão da Silva COLÉGIO ESTADUAL HELENA KOLODY E.M.P. TERRA BOA - PARANÁ Professora Leonilda Brandão da Silva E-mail: leonildabrandaosilva@gmail.com http://professoraleonilda.wordpress.com/ METABOLISMO ENERGÉTICO DAS

Leia mais

METABOLISMO ENERGÉTICO

METABOLISMO ENERGÉTICO CURSO TÉCNICO INTEGRADO DE INFORMÁTICA E ELETROMECÂNICA - 2º ANO DICIPLINA: BIOLOGIA METABOLISMO ENERGÉTICO RESPIRAÇÃO E FERMENTAÇÃO Prof.ª Carla Pereira Nascimento METABOLISMO ENERGÉTICO Todo ser vivo

Leia mais

Respiração celular, Fermentação e fotossíntese. 1) Numa comunidade terrestre ocorrem os fenômenos I e II, esquematizados abaixo.

Respiração celular, Fermentação e fotossíntese. 1) Numa comunidade terrestre ocorrem os fenômenos I e II, esquematizados abaixo. Respiração celular, Fermentação e fotossíntese 1) Numa comunidade terrestre ocorrem os fenômenos I e II, esquematizados abaixo. Analisando-se o esquema, deve-se afirmar que a) somente as plantas participam

Leia mais

CADEIA DE TRANSPORTE DE ELÉTRONS E FOSFORILAÇÃO OXIDATIVA COMO AS CÉLULAS SINTETIZAM ATP

CADEIA DE TRANSPORTE DE ELÉTRONS E FOSFORILAÇÃO OXIDATIVA COMO AS CÉLULAS SINTETIZAM ATP CADEIA DE TRANSPORTE DE ELÉTRONS E FOSFORILAÇÃO OXIDATIVA OU COMO AS CÉLULAS SINTETIZAM ATP SINTETIZAM ATP ÀS CUSTAS DA OXIDAÇÃO DAS COENZIMAS NADH E FADH 2 PELO OXIGÊNIO AS COENZIMAS REDUZIDAS SÃO PRODUZIDAS

Leia mais

Aula 13: teórico-prática RESPIRAÇÃO - 2 (Fisiologia Vegetal, Ano lectivo de 2012)

Aula 13: teórico-prática RESPIRAÇÃO - 2 (Fisiologia Vegetal, Ano lectivo de 2012) Fisiologia Vegetal Angola UNIVERSIDADE AGOSTINHO NETO FACULDADE DE CIÊNCIAS DEPARTAMENTO DE BIOLOGIA ---------------------------------------------- Aula 13: teórico-prática RESPIRAÇÃO - 2 (Fisiologia Vegetal,

Leia mais

Processo pelo qual a energia luminosa é captada e convertida em energia química;

Processo pelo qual a energia luminosa é captada e convertida em energia química; Processo pelo qual a energia luminosa é captada e convertida em energia química; Presente em procariotos e eucariotos; Mais de metade de toda a fotossíntese do planeta ocorre nas algas unicelulares. O

Leia mais

Biologia. Fotossíntese. Professor Enrico Blota.

Biologia. Fotossíntese. Professor Enrico Blota. Biologia Fotossíntese Professor Enrico Blota www.acasadoconcurseiro.com.br Biologia FOTOSSÍNTESE Processo de formação de matéria orgânica (principalmente a glicose) a partir de gás carbônico e água. Essa

Leia mais

PRINCIPAIS VIAS METABÓLICAS

PRINCIPAIS VIAS METABÓLICAS PRINCIPAIS VIAS METABÓLICAS DEGRADAÇÃO DO GLIGOGÊNIO GLICÓLISE VIA DAS PENTOSES FOSFATO GLICONEOGÊNESE SÍNTESE DE CORPOS CETÔNICOS DEGRADAÇÃO DE AMINOÁCIDOS E CICLO DA URÉIA CICLO DE KREBS Β-OXIDAÇÃO DE

Leia mais

Variam em: localização, abundancia, forma... Axonema flagelar

Variam em: localização, abundancia, forma... Axonema flagelar Mitocôndrias Variam em: localização, abundancia, forma... Axonema flagelar Matriz Membrana interna (Impermeável a íons) Membrana externa Espaço Intermembranas ou intermembanoso A origem das mitocôndrias:

Leia mais

Fotossíntese- Fase independente da luz Plantas C3, C4 e CAM PROF. ANA PAULA JACOBUS

Fotossíntese- Fase independente da luz Plantas C3, C4 e CAM PROF. ANA PAULA JACOBUS Fotossíntese- Fase independente da luz Plantas C3, C4 e CAM PROF. ANA PAULA JACOBUS Sumário Ciclo de Calvin-Reações de Assimilação de CO2 (C3) Fixação do CO2 Redução 3-fosfoglicerato Regeneração da ribulose

Leia mais

M Ó D U L O S C O N T E M P L A D O S

M Ó D U L O S C O N T E M P L A D O S M Ó D U L O S C O N T E M P L A D O S IMTE Inrodução ao Metabolismo Energético FOTS Fotossíntese QUFR Quimiossíntese e Fermentação RESP Respiração RCME Resumo e Comparações EXME - Exercícios sobre Metabolismo

Leia mais

Respiração Celular. Para quê fazer respiração?

Respiração Celular. Para quê fazer respiração? Respiração Celular Para quê fazer respiração? Nos alimentamos diariamente de diversos compostos orgânicos: carboidratos, lipídios, proteínas, todos estes compostos podem servir de fonte de energia para

Leia mais

Faculdade de Tecnologia de Araçatuba. Curso Superior de Tecnologia em Bioenergia Sucroalcooleira

Faculdade de Tecnologia de Araçatuba. Curso Superior de Tecnologia em Bioenergia Sucroalcooleira Faculdade de Tecnologia de Araçatuba Curso Superior de Tecnologia em Bioenergia Sucroalcooleira SÍNTESE DE CARBOIDRATOS Gliconeogênese Biossíntese de glicogênio, amido e sacarose Glicose sanguínea glicogênio

Leia mais

1. o ANO ENSINO MÉDIO PROF.ª SABRINA ARAÚJO PROF.ª SARAH SANTOS

1. o ANO ENSINO MÉDIO PROF.ª SABRINA ARAÚJO PROF.ª SARAH SANTOS 1. o ANO ENSINO MÉDIO PROF.ª SABRINA ARAÚJO PROF.ª SARAH SANTOS Unidade III Metabolismo Energético. 2 Aula 9.2 Conteúdo Respiração Celular. 3 Habilidade Compreender como ocorre o processo da respiração

Leia mais

Lista de Exercícios (BIO-LEO)

Lista de Exercícios (BIO-LEO) Lista de Exercícios (BIO-LEO) 1. As principais substâncias que compõem o sêmen humano são enzimas, ácido cítrico, íons (cálcio, zinco, e magnésio), frutose, ácido ascórbico e prostaglandinas, essas últimas

Leia mais

BE066 - Fisiologia do Exercício BE066 Fisiologia do Exercício. Bioenergética. Sergio Gregorio da Silva, PhD

BE066 - Fisiologia do Exercício BE066 Fisiologia do Exercício. Bioenergética. Sergio Gregorio da Silva, PhD BE066 Fisiologia do Exercício Bioenergética Sergio Gregorio da Silva, PhD Objetivos Definir Energia Descrever os 3 Sistemas Energéticos Descrever as diferenças em Produção de Energia Bioenergética Estuda

Leia mais

METABOLISMO. Estudo das reações químicas que ocorrem nos organismos

METABOLISMO. Estudo das reações químicas que ocorrem nos organismos METABLISM Estudo das reações químicas que ocorrem nos organismos PRINCIPAIS TIPS DE METABLISM ANABLISM SÍNTESE DE SUBSTÂNCIAS CATABLISM DEGRADAÇÃ DE SUBSTÂNCIAS E BTENÇÃ DE ENERGIA respiração reação de

Leia mais

Fotossíntese. Importância da fotossíntese

Fotossíntese. Importância da fotossíntese Fotossíntese É um processo de formação de substâncias orgânicas a partir de substâncias inorgânicas como CO 2 e H 2 O, realizado pela plantas, algas e algumas bactérias na presença de energia que pode

Leia mais

Biologia Prof. Edgard Manfrim

Biologia Prof. Edgard Manfrim Metabolismo Celular conjunto de reações químicas que ocorrem no organismo. Energia Reagentes Produtos Metabolismo Celular A energia necessária para a realização de reações químicas do organismo vem da

Leia mais

Transformação e utilização de energia respiração aeróbia

Transformação e utilização de energia respiração aeróbia Transformação e utilização de energia respiração aeróbia A maioria dos seres vivos é capaz de aproveitar com maior eficácia a energia dos compostos orgânicos realizado respiração aeróbia. Na respiração

Leia mais

RESPIRAÇÃO. Katia Christina Zuffellato-Ribas

RESPIRAÇÃO. Katia Christina Zuffellato-Ribas RESPIRAÇÃO Katia Christina Zuffellato-Ribas RESPIRAÇÃO RESPIRAÇÃO C 6 H 12 O 6 + 6 O 2 6 CO 2 + 6 H 2 O + energia FOTOSSÍNTESE H + RESPIRAÇÃO C 6 H 12 O 6 + 6 O 2 6 CO 2 + 6 H 2 O RESPIRAÇÃO (OXIDAÇÃO

Leia mais

Prof. Francisco Hevilásio F. Pereira Fisiologia Vegetal

Prof. Francisco Hevilásio F. Pereira Fisiologia Vegetal Fotossíntese: reações de carboxilação FISIOLOGIA VEGETAL Fotossíntese Parte II Pombal PB Membrana tilacóide Estroma Cloroplasto Formas de fixação do carbono pelas plantas Há três tipos de assimilação fotossintética

Leia mais

Que diferenças existem entre a célula vegetal e animal? Características da célula vegetal e fotossíntese.

Que diferenças existem entre a célula vegetal e animal? Características da célula vegetal e fotossíntese. Que diferenças existem entre a célula vegetal e animal? Características da célula vegetal e fotossíntese. Parte da Célula Principais diferenças: Componente Célula Animal Célula Vegatal Membrana Parede

Leia mais

Tecnologia de Cultivo de Microrganismos. Aula 2 Metabolismo energético microbiano. Profa. Ana Paula Veeck

Tecnologia de Cultivo de Microrganismos. Aula 2 Metabolismo energético microbiano. Profa. Ana Paula Veeck Tecnologia de Cultivo de Microrganismos Aula 2 Metabolismo energético microbiano Profa. Ana Paula Veeck Tecnologia de Cultivo de Microrganismos Metabolismo energético microbiano Respiração aeróbica e anaeróbica.

Leia mais

Plastos. Dra. Maria Izabel Gallão

Plastos. Dra. Maria Izabel Gallão Plastos - plastídeos organelas de células vegetais que possuem o próprio genoma. - existem vários tipos dentre eles os cloroplastos, diferem entre si em estrutura e função. - os outros plastídeos são rodeados

Leia mais

A mitocôndria oxida combustíveis para gerar energia, em analogia ao processo pelo qual as usinas de força utilizam os combustíveis para gerar energia

A mitocôndria oxida combustíveis para gerar energia, em analogia ao processo pelo qual as usinas de força utilizam os combustíveis para gerar energia A mitocôndria oxida combustíveis para gerar energia, em analogia ao processo pelo qual as usinas de força utilizam os combustíveis para gerar energia elétrica Micrografia eletrônica de uma mitocôndria

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA LEIA COM MUITA ATENÇÃO

INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA LEIA COM MUITA ATENÇÃO 3º EM Biologia A Josa Av. Dissertativa 25/05/16 INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA LEIA COM MUITA ATENÇÃO 1. Verifique, no cabeçalho desta prova, se seu nome, número e turma estão corretos. 2. Esta

Leia mais

Universidade Federal do Pampa Campus Itaqui Bioquímica GLICONEOGÊNESE. Profa. Dra. Marina Prigol

Universidade Federal do Pampa Campus Itaqui Bioquímica GLICONEOGÊNESE. Profa. Dra. Marina Prigol Universidade Federal do Pampa Campus Itaqui Bioquímica GLICONEOGÊNESE Profa. Dra. Marina Prigol GLICONEOGÊNESE PROCESSO DE SÍNTESE DE GLICOSE A PARTIR DE COMPOSTOS NÃO GLICÍDICOS OCORRÊNCIA: Citosol do

Leia mais

Já que nosso planeta depende da luz, parece apropriado começar a discussão pela natureza da luz e como ela permite que a fotossíntese ocorra.

Já que nosso planeta depende da luz, parece apropriado começar a discussão pela natureza da luz e como ela permite que a fotossíntese ocorra. Fotossíntese Material proveniente da apostila USP (IFSC/LCE) A fotossíntese representa o caminho pelo qual praticamente toda a energia penetra na biosfera. Sem a existência desse fluxo de energia proveniente

Leia mais

Quantas moléculas de acetil-coa uma molécula de glicose e uma molécula de ácido graxo com 16 carbonos podem produzir após sua oxidação?

Quantas moléculas de acetil-coa uma molécula de glicose e uma molécula de ácido graxo com 16 carbonos podem produzir após sua oxidação? Quantas moléculas de acetil-coa uma molécula de glicose e uma molécula de ácido graxo com 16 carbonos podem produzir após sua oxidação? E de transportadores de elétrons são reduzidos durante a oxidação

Leia mais