EDITAL DE CONCORRÊNCIA IEL ALAGOAS Nº. 01/2011 CONTRATAÇÃO DE MICROEMPRESAS PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS TÉCNICOS DE EXTENSÃO PARA O IEL/ALAGOAS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "EDITAL DE CONCORRÊNCIA IEL ALAGOAS Nº. 01/2011 CONTRATAÇÃO DE MICROEMPRESAS PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS TÉCNICOS DE EXTENSÃO PARA O IEL/ALAGOAS"

Transcrição

1 1 EDITAL DE CONCORRÊNCIA IEL ALAGOAS Nº. 01/2011 CONTRATAÇÃO DE MICROEMPRESAS PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS TÉCNICOS DE EXTENSÃO PARA O IEL/ALAGOAS MACEIO/AL 2011

2 2 EDITAL DE CONCORRÊNCIA Nº 001/2011 IEL/AL INSTITUTO EUVALDO LODI DE ALAGOAS IEL/AL, pessoa jurídica de direito privado sem finalidade lucrativa, inscrito no CNPJ sob o nº / , com sede na Avenida Fernandes Lima, nº 385, 6º andar do Edifício Casa da Indústria Napoleão Barbosa, Farol, Maceió, Alagoas, CEP , neste ato representado por seu Diretor Regional o industrial JOSÉ CARLOS LYRA DE ANDRADE, brasileiro, casado, engenheiro civil, cadastrado no CPF nº , RG nº , SSP/AL, no uso de suas atribuições e tendo em vista o convênio firmado com a FINANCIADORA DE ESTUDOS E PROJETOS-FINEP, do Ministério da Ciência e Tecnologia, para implantação do Projeto Rede Alagoana de Extensão Tecnológica, torna pública a realização de concorrência, tipo melhor técnica, objetivando a contratação de MICROEMPRESAS nas áreas de Gestão e Engenharia de Alimentos, para prestar serviços de extensão quando houver demanda específica nas respectivas áreas. O presente certame será regido pela Lei nº /93, inclusive suas alterações, bem como pela Lei Complementar nº. 123/2006, observadas ainda as regras e condições estabelecidas neste edital DO OBJETO A presente CONCORRÊNCIA tem por objeto a contratação de MICROEMPRESAS nas áreas de Gestão e Engenharia de Alimentos, em conformidade com as exigências do Termo de Referência constante do Anexo I deste edital A MICROEMPRESA candidata poderá obter o edital no seguinte endereço eletrônico Os recursos para a contratação do objeto da presente licitação estão liberados em conformidade com o Projeto de Extensão da Rede Alagoana de Extensão Tecnológica, IEL/FINEP DA REDE ALAGOANA DE EXTENSÃO TECNOLÓGICA - REALEX A Rede Alagoana de Extensão Tecnológica é um projeto que visa gerar vínculos entre institutos de pesquisa e empresas, estimulando a adoção de novas tecnologias e da inovação. Seus principais objetivos são: Superar as suas deficiências nas áreas de gestão, produção e comercialização do produto; Produzir com qualidade, produtividade e baixo custo operacional, para tornar seus produtos competitivos; Disputar o mercado regional, nacional e internacional com empresas concorrentes; Garantir sustentação produtiva e financeira da empresa; Implantar a Tecnologia de Produção Mais Limpa adequando as empresas aos pré-requisitos necessários para esse fim. 02. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES 2.1 O presente certame será regido pelo disposto neste edital e legislação supramencionada e será executado pelo IEL/AL, no endereço constante no preâmbulo deste edital.

3 Este certame tem por objetivo selecionar três (03) MICROEMPRESAS, sendo duas (02) duas para a área de alimentos e uma (01) para a área de gestão. 03. CONTRATAÇÃO 3.1 As licitantes classificadas executarão serviços de extensão, quando houver demanda específica do IEL/AL, sob coordenação do SENAI/DR/AL, devendo seu sócio proprietário ter disponibilidade para viajar, objetivando atender às necessidades do serviço. 3.2 CONDIÇÕES PARA A CONTRATAÇÃO Serão contratadas pelo IEL/AL apenas MICROEMPRESAS cujo objeto social seja compatível com os serviços a serem executados, desde que atendam às exigências constantes neste edital e seus anexos, inclusive quanto à documentação exigida É vedada a participação da MICROEMPRESA que: a) Tenha sofrido suspensão do direito de licitar e contratar com o IEL/AL e o SENAI/AL, enquanto perdurarem os motivos determinantes da punição. b) Tenha sofrido declaração de inidoneidade, enquanto durarem seus efeitos. c) Seja de empregado ou de dirigente do IEL/AL e do SENAI/AL, operacionalmente vinculados. d) Seja credenciada por outro Núcleo Regional do IEL, ou Departamento Regional do SENAI. e) Possua vínculo de dedicação exclusiva com instituições públicas ou privadas, ressalvadas as hipóteses previstas em lei. f) Esteja em processo de falência declarada, sob concurso de credores, em dissolução, liquidação ou em regime de consórcio, ou ainda, que esteja impedida de licitar com a Administração Pública. g) Na qualidade de autor e seu(s) advogado(s), que estejam demandando contra IEL/AL e SENAI/AL no âmbito do Poder Judiciário estadual ou federal Os ex-empregados do IEL/AL e do SENAI/AL, mesmo que tenham constituído microempresas, não poderão participar do presente credenciamento, salvo se sua demissão tenha ocorrido até dois (02) anos da publicação do presente edital Nenhuma MICROEMPRESA poderá participar do presente certame representando mais de uma pessoa jurídica. 04. DA PRESTAÇÃO DO SERVIÇO DE EXTENSÃO 4.1 Os serviços de Extensão deverão ser prestados pelo sócio proprietário da MICROEMPRESA que será o principal responsável pelo cumprimento das metas

4 4 quantitativas e qualitativas da REDE ALAGOANA DE EXTENSÃO TECNOLÓGICA e deve ter como pré-requisito para a contratação dos serviços o seguinte perfil: a) ter nível superior; b) - ter experiência mínima de um (01) ano, devidamente comprovada, na área de atuação, de acordo com os itens abaixo descritos: Produção e Industrialização na área de Leite e Derivados Produção e Industrialização de Mel de Abelha Produção e Industrialização de Farinha de Mandioca e Derivados Produção e Industrialização de Sucos e Polpas de fruta Produção e Industrialização de peixes Abate de ovinos e caprinos e preparação de Produtos de Carne Mármore e Granito Plástico 05 DO RECEBIMENTO A Comissão Especial de Licitação receberá os envelopes de "habilitação" e da "qualificação técnica", em sessão pública a ser realizada no 1º andar do Edifício Casa da Indústria Napoleão Barbosa, situado na Avenida Fernandes Lima nº 385, Farol, Maceió, Alagoas, até as nove horas do dia 31 de agosto de Decairá do direito de impugnar os termos do edital de licitação perante o IEL o licitante que não o fizer até o segundo dia útil que anteceder a abertura dos envelopes DO REPRESENTANTE LEGAL A licitante se fará representar nesta licitação através de pessoa física devidamente credenciada por instrumento de procuração legalmente constituído, com firma reconhecida em cartório, se particular, inclusive devendo ser outorgada pela pessoa responsável de conformidade com o respectivo contrato social e, quando se tratar de dirigente ou sócio da empresa licitante, tal comprovação será feita mediante apresentação do contrato social e ou certidão simplificada da Junta Comercial, em ambos os casos, as documentações deverão ser apresentadas à Comissão Especial de Licitação previamente na hora do credenciamento dos participantes e fora dos envelopes relacionados no item 05 (cinco) do edital 6.2 nenhuma pessoa, ainda que munida de procuração, poderá representar mais de uma licitante, sob pena de as licitantes representadas terem suas participações ativas prejudicadas nas sessões públicas.

5 O não atendimento pelo interessado do disposto no item 6.1 (seis ponto um) retro, não importará na inabilitação da microempresa, todavia impedirá o representante porventura presente de se manifestar ou responder pela mesma DA PARTICIPAÇÃO Poderão participar desta concorrência as microempresas que satisfaçam integralmente as exigências deste Edital, de seus anexos e da Lei nº /93, inclusive suas alterações, bem como pela Lei Complementar nº. 123/ No dia, hora e local designados neste Edital os licitantes deverão apresentar dois envelopes lacrados, contendo respectivamente os DOCUMENTOS DE HABILITAÇÃO (envelope A ) e QUALIFICAÇÃO TÉCNICA (envelope B ) O envelope com os documentos de habilitação deverá especificar na parte externa os seguintes dizeres: INSTITUTO EUVALDO LODI DE ALAGOAS COMISSÃO DE LICITAÇÃO CONCORRÊNCIA Nº 01/2011 ENVELOPE A - DOCUMENTOS DE HABILITAÇÃO DATA: HORA: 09:00 OBJETO: contratação de microempresas nas áreas de Gestão e Engenharia de Alimentos. RAZÃO SOCIAL DA LICITANTE: O envelope com a qualificação técnica deverá especificar na parte externa os seguintes dizeres: INSTITUTO EUVALDO LODI DE ALAGOAS COMISSÃO DE LICITAÇÃO CONCORRÊNCIA Nº 01/2011 ENVELOPE B QUALIFICAÇÃO TÉCNICA DATA: HORA: 09:00 OBJETO: contratação de microempresas nas áreas de Gestão e Engenharia de Alimentos. RAZÃO SOCIAL DA LICITANTE Os envelopes também poderão ser enviados através dos CORREIOS, endereçados à Comissão Especial de Licitação, quando assim preferir o licitante, até a data e horário estabelecidos no edital. No entanto, se o envelope apresentar algum sinal de violação, a empresa será automaticamente inabilitada. 7.6 NO ENVELOPE "A" (HABILITAÇÃO), a licitante deverá enviar os seguintes documentos apresentados em cópias simples autenticados em cartório ou acompanhados de suas respectivas vias originais para serem conferidos pela Comissão de Licitação, exceto aqueles obtidos pela INTERNET. A Comissão Especial de Licitação se reserva o direito de

6 6 realizar consultas pela internet com a finalidade de serem esclarecidas quaisquer dúvidas em relação aos documentos apresentados, inclusive quanto aos respectivos prazos de validade: Habilitação jurídica a) Registro Comercial e sua última alteração (Declaração de Firma Individual ou Contrato Social e suas alterações) devidamente registrados; Qualificação econômico-financeira a) Certidão negativa de falência ou concordata expedida pelo Distribuidor da sede da empresa licitante; Regularidade fiscal a) Prova de Inscrição no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ); b) Prova de inscrição no cadastro de contribuintes estadual ou municipal, se houver, relativo ao domicílio ou sede do licitante, pertinente ao seu ramo de atividade e compatível com o objeto da licitação; c) Prova de regularidade para com as Fazendas Federal, Estadual e Municipal do domicílio ou sede do licitante, na forma da lei; d) Prova de regularidade relativa à Seguridade Social (INSS) e do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) O ENVELOPE B (QUALIFICAÇÃO TÉCNICA) deverá conter: a) Comprovação de experiência mínima de 01 (um) ano na área em que prestará o serviço. b) Atestado ou declaração referente à comprovação de experiência, fornecido pelo cliente atendido, apresentada em papel timbrado da respectiva pessoa jurídica, assinado e identificado (nome legível da pessoa responsável por sua emissão, cargo que exerce e sua assinatura), comprovando que o trabalho foi executado, indicando título do serviço prestado, período e nome da empresa prestadora de serviços de extensão. c) Histórico da microempresa na área de conhecimento em que pretende atuar e indicada no curriculum lattes do sócio proprietário, observados os critérios de pontuação do Quadro III, do Anexo I, Termo de Referência, que deverá ser o executor do trabalho É vedada a utilização de qualquer elemento, critério ou fato sigiloso, secreto, subjetivo ou reservado que possa, ainda que indiretamente, elidir o princípio da igualdade entre os licitantes DO PROCEDIMENTO DA LICITAÇÃO O representante legal da licitante deverá entregar, impreterivelmente, os envelopes da "Documentação de habilitação" e da "Qualificação Técnica" até o dia, horário e no local fixados no preâmbulo deste edital; Não será aceita, em qualquer hipótese, a participação no certame de licitante retardatário, a não ser como ouvinte;

7 Uma vez iniciada a sessão pública de recebimento dos envelopes "documentação" e "qualificação técnica", não serão permitidas quaisquer retificações que possam influir no resultado final da CONCORRÊNCIA; Os envelopes contendo os documentos relativos à habilitação serão abertos, na presença dos interessados, pela Comissão Especial de Licitação, que fará a conferência e dará vistas da documentação, a qual deverá ser rubricada pelos representantes legais dos licitantes presentes; Abertos os envelopes referentes à "Habilitação", a Comissão Especial de Licitação apreciará os documentos de cada licitante e havendo expressamente renúncia em interpor recurso por parte de todos os representantes poderá, na mesma sessão, divulgar o nome das empresas habilitadas e das inabilitadas; Não sendo necessária a suspensão da reunião para análise da documentação ou realização de diligências ou consultas, a Comissão Especial de Licitação decidirá sobre a habilitação de cada licitante. Se, eventualmente, surgirem dúvidas que não possam ser dirimidas de imediato, estas serão consignadas em ata e a conclusão da habilitação dar-se-á em sessão previamente convocada pela comissão sendo designado dia, hora e local; Ocorrendo o desdobramento da sessão de habilitação, nova data e horário serão estabelecidos pela Comissão de Licitação para abertura dos envelopes "Qualificação Técnica"; Os licitantes serão convocados a comparecerem, ficando os envelopes contendo as referidas qualificações técnicas sob guarda da Comissão Especial de Licitação devidamente lacrados e rubricados no fecho pelos seus membros e pelos representantes legais das licitantes presentes; Após o julgamento dos envelopes de "Habilitação", os demais, contendo as qualificações técnicas, serão abertos, desde que haja renúncia registrada em ata ou formalizada por escrito de todas as licitantes ao direito de interposição de recurso ou; depois de dado o conhecimento do deferimento ou indeferimento do recurso interposto; Se não houver tempo suficiente para a abertura dos envelopes de "Habilitação" e de "Qualificação Técnica" em um único momento, em face do exame dos documentação e da conformidade das qualificações técnicas apresentadas com os requisitos do ato convocatório, os envelopes não abertos, já rubricados no fecho, ficarão em poder da Comissão Especial de Licitação até a data e horário marcado para prosseguimento dos trabalhos; A abertura dos envelopes de "Habilitação" e de "Qualificação Técnica" será realizada em sessão pública, da qual se lavrará ata circunstanciada assinada pelos membros da Comissão Especial de Licitação e pelos representantes legais das licitantes presentes; consideradas as ressalvas contidas neste ato convocatório, qualquer reclamação deverá ser feita no ato da reunião pelos representantes legais das licitantes presentes; a inabilitação do licitante importa preclusão do seu direito de participar das fases subsequentes;

8 Ultrapassada a fase de habilitação e abertos os envelopes de "Qualificação Técnica", não caberá qualquer impugnação por motivo relacionado à habilitação, salvo em razão de fatos novos supervenientes ou conhecidos após o julgamento Ultrapassadas as fases de Habilitação e Qualificação Técnica, as três microempresas classificadas em primeiro lugar serão convocadas para a entrevista técnica DO JULGAMENTO No julgamento da presente licitação, levar-se-á em conta o interesse do IEL, no critério de melhor técnica Em caso de igualdade da nota final, para fins de desempate, será realizado obrigatoriamente um sorteio em ato público, para o qual todos os licitantes serão convocados, vedado qualquer outro processo. 9.3 Após o julgamento do certame, o seu resultado será submetido ao Diretor Regional do IEL para homologação e posterior adjudicação. 9.4 A licitante adjudicada firmará contrato com o IEL, conforme minuta constante no Anexo II deste edital DO PREÇO 10.1 Pelos serviços executados a licitante vencedora será remunerada mensalmente com a importância de R$ 9.000,00 (nove mil reais), deduzidos os descontos legais; 10.2 Todas as despesas necessárias à execução do objeto licitado, tais como: deslocamento, alimentação, treinamento, estada, diárias, serão custeadas pelo IEL/AL DO PAGAMENTO O pagamento será efetuado até o décimo dia útil do mês subseqüente ao da prestação dos serviços, mediante apresentação da respectiva nota fiscal O faturamento será em nome de: INSTITUTO EUVALDO LODI DE ALAGOAS IEL/AL, inscrito no CNPJ sob o nº / , com sede na Avenida Fernandes Lima, nº 385, 6º andar do Edifício Casa da Indústria Napoleão Barbosa, Farol, Maceió, Alagoas, CEP DOS RECURSOS 12.1 Do resultado do julgamento pela Comissão Especial de Licitação, caberá recurso por escrito, no prazo de 05 (cinco) dias úteis, dirigido ao Diretor Regional do IEL, por intermédio da Comissão Especial de Licitação.

9 Os recursos serão julgados pelo Diretor Regional ou por quem este delegar competência, no prazo de até 10 (dez) dias úteis. 13. DA HOMOLOGAÇÃO E IMPLEMENTAÇÃO DO CONTRTATO O resultado final da seleção será homologado pelo Diretor Regional de IEL/AL e divulgado no endereço eletrônico Para cada área será contratada apenas a empresa classificada em primeiro lugar, ficando as demais classificadas compondo o cadastro de reserva do IEL/AL A empresa classificada será convocada pelo IEL/AL, através de correspondência direta, por meio de carta com aviso de recebimento ou telegrama, obrigando-se a declarar por escrito, se aceita ou não assumir a obrigação da prestação de serviços de extensão para a qual está sendo contratada O não-pronunciamento da empresa, no prazo de 03 (três) dias úteis, a partir da data de recebimento da correspondência, permitirá ao IEL/AL excluí-la da seleção e convocar outra empresa seguindo rigorosamente a ordem de classificação As empresas classificadas em suas respectivas áreas, excedentes às necessidades do IEL/AL, serão mantidas em cadastro de reserva durante o prazo de execução do Projeto da REDE ALAGOANA DE EXTENSÃO TECNOLÓGICA- REALEX e poderão ser convocadas, para aproveitamento, a critério exclusivo do IEL/AL Após a assinatura do contrato, o sócio proprietário prestador dos serviços de extensão participará de treinamento da metodologia para desenvolver sua prestação de serviços de extensão, podendo ser esse treinamento ser em qualquer estado da Federação DAS DISPOSIÇÕES GERAIS 14.1 Após, formalizada a entrega dos documentos, não serão permitidos quaisquer adendos, acréscimos ou retificações aos mesmos Nenhuma indenização será devida aos licitantes pela elaboração e/ou apresentação da documentação relativa à presente Concorrência As licitantes deverão cumprir fielmente as prescrições deste Edital, cuja inobservância constitui motivo de invalidação irreversível das respectivas documentações Não será classificado o licitante que, por inadimplência, tenha dado causa a rescisão de contrato anteriormente celebrado com o IEL, e tenha sido aplicada qualquer das penas previstas na Lei nº /93, enquanto perdurarem os motivos determinantes da penalidade ou até que seja promovida a sua reabilitação No caso de necessidade de alteração deste Edital, antes do dia e hora marcados para a abertura dos envelopes de participação, poderá ocorrer prorrogação, respeitando-se o número

10 10 de dias decorridos a partir do aviso inicial e utilizando-se dos meios anteriormente adotados para a nova divulgação Quaisquer dúvidas ou esclarecimentos sobre a presente licitação, poderão ser obtidos quando solicitados por escrito à Comissão de Licitação ou através do Na hipótese de não haver expediente no dia da abertura da presente licitação, ficará esta transferida para o primeiro dia útil subseqüente, no mesmo local e horário anteriormente estabelecidos A participação da interessada implica na aceitação plena de todos os termos e condições descritas neste Edital, independentemente de menções diversas contidas em sua proposta A critério do IEL, esta CONCORRÊNCIA poderá ser anulada, se houver ilegalidade, de ofício ou por provocação de terceiros, mediante parecer escrito e devidamente fundamentado, ou ser revogada se for considerada inoportuna ou inconveniente ao interesse do IEL, decorrente de fato superveniente devidamente comprovado, pertinente e suficiente para justificar tal conduta não cabendo por isso qualquer tipo de indenização para o(s) vencedor(es) Os casos omissos serão resolvidos pela Comissão Especial de Licitação. Maceió, 14 de julho de Comissão Especial de Licitação do IEL.

11 11 CONCORRÊNCIA Nº 01/2011 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA 01. DA PRESTAÇÃO DOS SERVIÇOS DE EXTENSÃO, DA CONTRATAÇÃO E DO VALOR DO CONTRATO Os serviços de extensão serão executados de segunda a sexta-feira, das 08:00 às 12:00 e das 14:00 às 18:00 horas, podendo ser necessário o deslocamento do prestador dos serviços para qualquer município do Estado A contratação da microempresa selecionada será de acordo com a experiência e qualificação do sócio-proprietário, o qual deverá prestar o serviço, obedecendo aos seguintes requisitos: a) Experiência em transferência tecnológica na área do projeto, considerando também a experiência da microempresa candidata em consultorias prestadas às empresas públicas e privadas na área do projeto. b) Documentação devidamente comprovada de ter exercido atividades durante o período mínimo exigido. c) Formação e conhecimento exigidos em consonância com o item 7.2 para enquadramento do candidato à modalidade especificada pelo IEL/AL. Requisitos Serviço Formação Conhecimento Valor Mensal R$ Prestação serviços Extensão de de Graduado Experiência em transferência tecnológica na área do projeto 9.000, O contrato de prestação de serviços terá vigência de 24 (vinte e quatro) meses, podendo ser prorrogado, mediante a assinatura de termo aditivo Em caso de rescisão do contrato de prestação de serviços o IEL/AL chamará a outra empresa imediatamente classificada, observado o resultado do certame. 02. A PRESTAÇÃO DOS SERVIÇOS E DAS ÁREAS DE ATUAÇÃO 2.1. A prestação de serviços e as áreas de que tratamos neste ato de contratação são apresentadas no Quadro I a seguir. Destinam-se À PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE EXTENSÃO PARA O NÚCLEO OPERACIONAL DA REDE ALAGOANA DE EXTENSÃO TECNOLÓGICA NO SENAI, localizado em MACEIÓ (AL), para atuação junto às empresas sediadas em municípios do Estado de Alagoas.

12 12 Quadro I: Tipo do Serviço Área de Trabalho Total de Vagas Serviços de Extensão Gestão 01 Serviços de Extensão Alimentos DA IMPLEMENTAÇÃO DA REDE ALAGOANA DE EXTENSÃO TECNOLÓGICA - REALEX: 3.1 A aplicação da metodologia de trabalho de extensão tecnológica nas empresas é constituída pelas seguintes fases: a) Fase Inicial - Contato para agendamento da visita; b) Primeira Visita- apresentação da REDE ALAGOANA DE EXTENSÃO TECNOLÓGICA - REALEX; c) Diagnóstico - levantamento de informações, apontamento de soluções para os problemas identificados, alimentação do banco de dados da REDE ALAGOANA DE EXTENSÃO TECNOLÓGICA-REALEX e relatório; d) Implantação - apresentação do Plano de Atendimento de melhorias priorizadas; estabelecimento de um cronograma de implantação das melhorias priorizadas; capacitação dos responsáveis pela implantação; e) Acompanhamento; f) Avaliação dos Trabalhos; g) Conclusão. 04. DAS METAS A SEREM CUMPRIDAS NO PROJETO IMPLEMENTAÇÃO DA REDE ALAGOANA DE EXTENSÃO TECNOLÓGICA (REALEX). 4.1 O Projeto prevê como meta atendimento a 118 (cento e dezoito) empresas que trabalham com cadeias e arranjos produtivos da PRODUÇÃO E INDUSTRIALIZAÇÃO NAS SEGUINTES ÁREAS: a) LEITE E DERIVADOS; b) MEL DE ABELHAS; c) FARINHA DE MANDIOCA E FÉCULA; d) SUCOS E POLPAS DE FRUTAS; e) CARNE DE OVINOS E CAPRINOS; f) PEIXES; g) GESTÃO DA PRODUÇÃO; h) TECNOLOGIA DE PRODUÇÃO MAIS LIMPA (P+L); i) MÁRMORES E GRANITOS. 4.2 Todas as metas devem ser atingidas no período de vigência do projeto, notadamente no que se refere às suas demandas, às consultorias, à adequação dos produtos, à gestão da

13 13 produção, à capacitação das equipes, à divulgação da REDE ALAGOANA DE EXTENSÃO TECNOLÓGICA (REALEX) e formação de banco de dados. 05. SEGUNDA ETAPA: DA SELEÇÃO 5.1. A avaliação das MICROEMPRESAS candidatas ocorrerá em duas fases eliminatórias de acordo com o Quadro II, perfazendo um total de 120 pontos: Quadro II Tipo Pontuação Caráter Avaliação da documentação do histórico de conhecimento e experiência da Microempresa pertinente ao objeto deste edital Máxima 100 Eliminatório Entrevista Técnica 20 Eliminatório 5.2. Primeira fase: DA AVALIAÇÃO DO HISTÓRICO DO CONHECIMENTO ESPECÍFICO DE CADA ÁREA DE PRODUÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA E DE CONSULTORIA E EXTENSÃO DA MICROEMPRESA A avaliação do histórico do conhecimento específico de cada área de produção científica e tecnológica e de consultoria e extensão para a prestação de serviços de extensão, de caráter eliminatório, valerá cem (100) pontos, ainda que a soma dos valores do histórico do conhecimento de cada área de produção científica e tecnológica apresentados seja superior a esse valor A pontuação dos títulos e produção científica e tecnológica, consultoria e extensão concedida à microempresa, referente à prestação de serviços de extensão é a soma dos pontos obtidos, conforme o quadro de pontuação abaixo relacionado Quadro III: 100 pontos = 100% A Análise dos históricos das microempresas, pertinentes ao objeto do certame, constantes dos envelopes Documentação e as exigências do conhecimento específico serão estabelecidos por área específica de conhecimento A análise e avaliação do histórico serão pautadas pela objetividade e coerência do conteúdo em relação à área de conhecimento de interesse e respectivos requisitos aqui especificados A análise da documentação solicitada neste Edital terá como critério a entrega no prazo, a autenticidade e a validade dos documentos Os documentos só poderão ser apresentados em cópia autenticada por cartório competente ou publicação em órgão de imprensa oficial (Obs. Lei nº 8935, de 19/11/1994, publicada no Diário Oficial da União em 21/11/94).

14 14 QUADRO DE ATRIBUIÇÃO DE PONTOS PARA A AVALIAÇÃO DO HISTÓRICO DA MICROEMPRESA, PERTINENTE AO OBJETO DESTE EDITAL, DE ACORDO COM O CONHECIMENTO ESPECÍFICO DO SÓCIO PROPRIETÁRIO: VALOR UNITÁRIO E VALOR MÁXIMO. Quadro III Título Valor Unitário Valor Máximo 1.Conclusão de pós-graduação strictu sensu: (concluindo/concluído) 1.1Mestrado 10 pontos 05 pontos 10 pontos 05 pontos 2. Conclusão de especialização latu 05 pontos 05 pontos sensu 3. Curso em área relacionada à gerência: 01 ponto 15 pontos -Até 80h -De 81 a 200h -Mais de 201h 02 pontos 03 pontos 4. Atividades docentes em instituições 01 ponto 03 pontos de ensino superior: cada 60 h 5. Liderança, gerência, coordenação ou supervisão de áreas, ou setores, 1 ponto/semestre 06 pontos programas ou projetos de pesquisa e desenvolvimento 6. Liderança, gerência, coordenação ou supervisão de áreas, ou setores, 1 ponto/semestre 06 pontos programas ou projetos de extensão tecnológica. 7. Consultoria a empresas públicas e 1 ponto/semestre 40 pontos privadas 8. Participação em comitês em agências de fomento 1 ponto por participação 03 pontos 9. Artigo técnico-científico publicado em periódicos nacionais. 10. Autoria de publicações seriadas (circulares, boletins, comunicados técnicos, documentos, sistemas de produção, recomendações técnicas, vídeos e softwares para empreendimentos). 11. Publicação de trabalhos técnicos completos em anais de congressos, Como autor principal: 1 ponto/artigo Como co-autor: 2 pontos/artigo Autor: 1 ponto/publicação; Co-autor: 1 ponto/publicação Autor de artigo completo em anais de congresso 03 pontos 03 pontos 03 pontos

15 15 seminários e eventos similares. Internacional: 2 pontos/artigo; Co-autor de artigo completo em anais de congresso Internacional: 1 ponto/artigo; 12. Participação no desenvolvimento de processo e/ou produto com patente e/ou produção tecnológica na área de conhecimento a que concorre, constante de depósitos de patentes e/ou patentes concedidas. 13. Domínio ou conhecimento de idiomas estrangeiros. Autor principal: 2 pontos/tecnologia; Co-autor: 1 pontos/tecnologia -Domínio de inglês: 1 ponto; -Conhecimento de inglês: 1 ponto; -Domínio de outros idiomas: 1 ponto/idioma; 10 pontos 03 pontos Diploma ou certificado expedido por instituições estrangeiras será aceito desde que revalidado por instituição de ensino superior no Brasil Todo documento expedido em língua estrangeira somente será considerado se traduzido para a Língua Portuguesa por tradutor juramentado Cada título será considerado uma única vez Os títulos só serão considerados se devidamente comprovados Os pontos que excederem o valor máximo em cada alínea do Quadro de Atribuição de Pontos para a Avaliação de Títulos, bem como os que excederem o limite máximo de pontos estipulados serão desconsiderados. 06. SEGUNDA FASE: DA ENTREVISTA TÉCNICA 6.1 Durante a entrevista serão avaliados conhecimentos nas áreas requisitadas, por profissional habilitado e com conhecimento na respectiva área, o qual será indicado pelo IEL CONHECIMENTO na área (saber): a) A microempresa, através de seu sócio proprietário, deve ter conhecimento técnico e reconhecida capacidade de identificar problemas e oportunidades nas empresas atendidas (experiência em assessoria e/ou consultoria nas empresas regionais), além de ter conhecimento em informática (Windows, Word, Excel, Power point e internet).

16 HABILIDADE (saber fazer): a) A microempresa, através de seu sócio proprietário, deve reunir conhecimentos acadêmicos e práticos, permitindo ações objetivas, ter capacidade de relacionamento com o ambiente externo, articulando redes e consórcios e conhecer a oferta tecnológica disponível às empresas e transmitir aos demais empresários informações sobre as áreas de crédito, inovação tecnológica, capacitação empresarial, existentes nos órgãos públicos e privados. Ex.: Linhas de créditos do Banco do Brasil, CEF, BNDES (cartão BNDES) e BNB, programas do governo (federal, municipal e estadual), programas e projetos de entidades conveniadas; programas/projetos das entidades parceiras ATITUDE (saber ser): a) A MICROEMPRESA, através de seu sócio proprietário, deve ser: comprometida; ética; pró-ativa; criativa; ter bom relacionamento interpessoal; dinâmica; ter capacidade de trabalhar com pessoas, demonstrando interesse ativo por suas preocupações; saber gerenciar desacordos e conduzir grupos com o enfoque da liderança participativa, atuando como catalisador de mudanças além de apresentar boa escuta, fluência verbal, argumentação, organização das idéias e capacidade de crítica e síntese As informações referentes à data, horário, tempo de duração e local de realização da entrevista técnica, assim como seus respectivos resultados, por área de trabalho para qual concorre, estarão preferencialmente disponíveis no endereço eletrônico 6.3.Todas as etapas de seleção ocorrerão em Maceió, no Edifício da Casa da Indústria Napoleão Barbosa, 4 Andar, Av. Fernandes Lima - Nº É de responsabilidade exclusiva da MICOEMPRESA candidata a identificação correta do seu local de realização da entrevista técnica e o comparecimento dentro do horário determinado No dia da entrevista técnica, a MICROEMPRESA candidata deverá comparecer ao local designado, com antecedência mínima de 30 (trinta) minutos Serão considerados documentos de identidade para identificação do microempresário: Carteiras e/ou Cédulas de Identidade expedidas pelas Secretarias de Segurança Pública, pelas Forças Armadas, pela Polícia Militar, pelo Ministério das Relações Exteriores; Cédula de Identidade para Estrangeiros; Cédulas de Identidade fornecidas por Órgãos ou Conselhos de Classe que, por força de Lei Federal valem como documento de identidade, como por exemplo, as da OAB, CREA, CRM, CRC etc.; Certificado de Reservista; Passaporte; Carteira de Trabalho e Previdência Social, bem como Carteira Nacional de Habilitação (com fotografia, na forma da Lei nº 9.503/97) Os documentos deverão estar em perfeitas condições, de forma a permitir, com clareza, a identificação do empresário.

17 Caso o candidato esteja impossibilitado de apresentar, no dia de realização da entrevista técnica, documento de identidade original, por motivo de perda, roubo ou furto, deverá ser apresentado documento que ateste o registro da ocorrência em órgão policial, expedido há no máximo 30 (trinta) dias, sendo então submetido à identificação especial, compreendendo coleta de assinaturas e de impressão digital em formulário próprio Será impedido de realizar a entrevista técnica o empresário candidato que comparecer trajado inadequadamente, como por exemplo, usando bermuda e camisa regata Não haverá segunda chamada, repetição da entrevista técnica ou alteração da data e horários estipulados A MICROEMPRESA não poderá alegar desconhecimentos quaisquer sobre a realização da entrevista como justificativa de sua ausência O não comparecimento à entrevista técnica, qualquer que seja o motivo, caracterizará desistência da MICROEMPRESA e resultará em sua eliminação no certame A entrevista técnica para os aprovados na avaliação do histórico da MICROEMPRESA terá o tempo de duração de 02 (duas) horas Motivará a eliminação da MICREMPRESA candidata do Processo de Credenciamento, sem prejuízo das sanções penais cabíveis, a burla ou a tentativa de burla a quaisquer das normas definidas neste Edital ou a outras relativas ao Processo de Credenciamento, aos comunicados, às Instruções ao Candidato ou às Instruções constantes da entrevista, bem como o tratamento incorreto e descortês a qualquer pessoa envolvida na realização da entrevista técnica Após a divulgação da relação das MICROEMPRESAS aprovadas nas duas etapas de seleção, as empresas candidatas aprovadas deverão entregar no IEL/AL., Avenida Fernandes Lima, 385 3º andar Setor de Recursos Humanos, acondicionados em envelopes, os documentos relacionados de acordo com o item 19, deste edital. 07. TERCEIRA ETAPA: CADASTRAMENTO 7.1. As MICROEMPRESAS aprovadas no processo de seleção serão inseridas no Cadastro do IEL/AL. A sua convocação observará os seguintes parâmetros: a) Área de conhecimento na qual a microempresa está credenciada e habilitada; b) Total de horas de prestação de serviços por mês e acumulado no total do contrato; d) Aceite do credenciado Currículo lattes e cópias autenticadas dos títulos e cópias dos trabalhos referidos no currículo lattes do sócio proprietário que prestará os serviços de extensão Cédula de identidade e do CPF.

18 Registro ou inscrição na entidade profissional competente. 08. DA COMISSÃO DE SELEÇÃO 8.1. A Comissão de Seleção dos candidatos será composta por três membros designados e nomeados oficialmente pelo Diretor Regional do IEL/AL e liderada pelo Coordenador Geral do Projeto. 8.2 No dia e horário aprazados neste edital o presidente da Comissão Especial receberá os envelopes Documentação, devidamente fechados por cola. Dado por encerrado o prazo para recebimento dos envelopes, o presidente dará início a abertura da sessão com os participantes presentes, e abrirá os envelopes recebidos. 8.3 Após a abertura dos envelopes, o Presidente da Comissão dará vistas da documentação que deve ser rubricada pela Comissão e pelos presentes. Nessa circunstância, será lavrada ata da reunião que será lida e assinada pela Comissão e pelos presentes. 8.5 A divulgação será através do endereço eletrônico 09. DA NOTA FINAL DA SELEÇÃO 9.1. A microempresa candidata a prestação dos serviços de extensão para a REDE ALAGOANA DE EXTENSÃO TECNOLÓGICA - REALEX terá como nota final na seleção o somatório das notas obtidas sobre os títulos apresentados na análise de currículo do sócio proprietário da MICROEMPRESA e na entrevista técnica. 10. DOS CRITÉRIOS DE DESEMPATE Em caso de igualdade da nota final, para fins de classificação, terá preferência a MICROEMPRESA candidata à prestação dos serviços de extensão da REDE ALAGOANA DE EXTENSÃO TECNOLÓGICA que: a) Tiver o sócio proprietário com mais idade; b) Obtiver a maior soma de pontos na avaliação do histórico da microempresa, produção científica e tecnológica, consultoria e extensão; c) Tiver melhor desempenho na entrevista técnica. 11. DO RESULTADO FINAL DA SELEÇÃO A Comissão de Seleção encaminhará ao Diretor Regional do IEL/AL, os resultados da Seleção, através de uma ATA a qual deve conter: a) A lista das empresas aprovadas e a lista das empresas reprovadas, ambas apresentadas em ordem alfabética; b) Um quadro (tabela) com as ordens de classificação das empresas e candidatos aprovados, em cada área de conhecimento do processo de seleção.

19 O Diretor Regional do IEL/AL homologará o resultado da seleção, que será divulgado e disponibilizado na internet, no endereço eletrônico Serão selecionadas as 03 primeiras empresas para prestação dos serviços de extensão classificadas sendo uma empresa para cada área. 12. DOS REQUISITOS BÁSICOS PARA CONTRATAÇÃO DA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE EXTENSÃO A empresa deverá atender, cumulativamente, no ato da assinatura do termo de aceitação do contrato, aos seguintes requisitos: a) Ter sido aprovada no processo de seleção; b) Ter nacionalidade brasileira ou estrangeira, na forma da legislação em vigor; b.1) Se estrangeira, ter visto de permanência em território nacional, que permita o exercício de atividade profissional no Brasil; c) Apresentar documentação original que comprove os requisitos exigidos para o exercício da função, conforme item 7.2 deste edital; d) Apresentar os documentos que se fizerem necessários por ocasião da assinatura do contrato; e) Cumprir as determinações do edital da seleção pública. 13. DAS DISPOSIÇÕES FINAIS 13.1 A apresentação do envelope Documentação no dia e hora aprazados neste edital implicará na aceitação das normas para a seleção da empresa de prestação de serviços de extensão contidas nos comunicados, neste ato e em outros que vierem a ser publicados O Diploma do sócio proprietário da empresa de conclusão de Graduação, Mestrado/Doutorado ou certificado/declaração de conclusão de Especialização ou créditos concluídos do Mestrado, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação, deverá ser devidamente registrado, ou revalidado por instituição nacional credenciada para esse fim, obtido em curso de relevância acadêmica, segundo padrões estabelecidos pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior CAPES; É de inteira responsabilidade da empresa, acompanhar a publicação de todos os atos, editais e comunicados referentes a este processo de seleção, divulgados no endereço eletrônico A empresa poderá obter todas as informações referentes à seleção publica no endereço eletrônico A empresa candidata deverá comparecer ao local designado para a realização da entrevista técnica, com antecedência mínima de uma hora do horário fixado para o seu início, munida do comprovante de entrega do envelope Documentação e do documento de identidade original.

20 Será automaticamente eliminada da seleção, a empresa que, durante a sua realização: a) Faltar com devido respeito para com qualquer membro da comissão de seleção, com as autoridades presentes ou com os demais candidatos; b) Perturbar, de qualquer modo, a ordem dos trabalhos, incorrendo em comportamento indevido; c) Utilizar ou tentar utilizar meios fraudulentos ou ilegais, para obter aprovação própria ou de terceiros, em qualquer etapa da seleção publica; A empresa deverá manter atualizado seu endereço perante o IEL/AL, enquanto estiver participando da seleção, por meio de requerimento a ser apresentado à comissão de seleção, se selecionada. São de exclusiva responsabilidade da empresa os prejuízos advindos da não atualização de seu endereço Não será fornecido à empresa qualquer documento comprobatório de classificação ou de pontuação, valendo para tal fim a homologação do resultado final da seleção, divulgado no endereço eletrônico Quaisquer alterações nas regras fixadas neste Edital só poderão ser feitas, por meio de retificação pública. 14 DESCREDENCIAMENTO Será descredenciada a empresa que: a) Receber avaliações desfavoráveis por parte de clientes e empregados do IEL/AL, nos termos dos critérios de acompanhamento da prestação de serviços previsto; b) Faltar sem justificativa, interromper a atividade em andamento, atrasar constantemente; c) Entregar e/ou divulgar material promocional de sua pessoa jurídica e/ou de seus serviços como autônomo, durante os contatos mantidos em nome do IEL/AL; d) Organizar eventos ou propor a grupos de clientes do IEL/AL que solicitem seus serviços, beneficiando-se, nestes casos, com a referida prestação de serviços; e) Cobrar qualquer honorário profissional dos clientes, complementar ou não, relativos aos trabalhos executados em vista do credenciamento, quando a serviço do IEL/AL: f) Utilizar qualquer material desenvolvido pelo SENAI/AL para seus produtos e programas, assim como dados obtidos por meio de pesquisa ou estudos, em atividades executadas a não clientes, sem prévia autorização pelo IEL/AL; g) Designar outra pessoa para executar o serviço contratado pelo IEL/AL seja no todo ou em parte; h) Pressionar, incitar, desabonar seja por qualquer motivo, qualquer cliente, parceiro ou empregado do IEL/AL;

21 21 i) Não cumprir integralmente o estabelecido no contrato de prestação de serviços neste edital; j) Apresentar em qualquer fase do processo de credenciamento ou na vigência do contrato de prestação de serviços documentos que contenham informações inverídicas. k) Descumprir qualquer cláusula do contrato.

22 22 CONCORRÊNCIA N 01/2011 ANEXO II - MINUTA DE CONTRATO MINUTA DO CONTRATO Nº /2011-IEL, QUE ENTRE SI CELEBRAM O INSTITUTO EUVALDO LODI DE ALAGOAS IEL-AL E ME., PARA EXECUÇÃO DO PROJETO DA REDE ALAGOANA DE EXTENSÃO TECNOLÓGICA - REALEX, NA FORMA ABAIXO: O INSTITUTO EUVALDO LODI DE ALAGOAS IEL-AL., pessoa jurídica de direito privado, sem fins lucrativos com sede no Edifício Casa da Indústria Napoleão Barbosa - Avenida Fernandes Lima, 385 5º andar Maceió/AL., inscrito no CNPJ/MF sob o nº / , através do Núcleo Regional de Alagoas, doravante denominado CONTRATANTE, representado pelo seu Diretor Regional, Sr , brasileiro, engenheiro civil, portador da Cédula de Identidade nº SSP/-----, inscrito no CPF sob o nº , residente e domiciliado no CEP , Maceió-AL., e do outro lado a MICROEMPRESA, pessoa jurídica de direito privado com sede na Rua , nº -----, Maceió AL, inscrita no CNPJ sob nº , doravante denominada CONTRATADA, representada por seu Diretor , brasileiro, estado civil, profissão, portador da cédula de identidade nº SSP/--, inscrit no CPF/MF sob nº--, em execução do Convênio com a FINANCIADORA DE ESTUDOS E PROJETOS-FINEP do Ministério da Ciência e Tecnologia, para implantação do Projeto Rede Alagoana de Extensão Tecnológica resolvem celebrar o presente CONTRATO oriundo do processo licitatório, Concorrência nº 01/2011 IEL e mediante as cláusulas e condições adiante expressas: CLÁUSULA PRIMEIRA - DO OBJETO O presente contrato tem por objeto a contratação de Microempresa para Prestação de Serviços Técnicos de Extensão, na área de, para implantação do NÚCLEO OPERACIONAL DA REDE ALAGOANA DE EXTENSÃO TECNOLÓGICA, no SENAI, sediado à ---- nº---, em Maceió AL., para atuação junto às empresas sediadas em municípios do Estado de Alagoas. 1.2 Por força do presente instrumento a CONTRATADA obriga-se e compromete-se a desenvolver trabalho de natureza predominantemente externa, abrangendo todo o Estado de Alagoas, atendendo às empresas indicadas pela CONTRATANTE, junto às quais será responsável pela execução das seguintes atividades: a) diagnósticos e avaliações empresariais; b) orientação técnica aos empresários. CLÁUSULA SEGUNDA DA FUNDAMENTAÇÃO LEGAL O presente contrato é proveniente do Processo de seleção de MICROEMPRESAS, nas áreas de Gestão e Engenharia de Alimentos, amparado no artigo 32 da Instrução Normativa nº1/2010, do FNDCT, e regido pela Lei nº 8.666/93, suas alterações, no que couber, bem como pela Lei Complementar nº 123/2006, demais disposições pertinentes à matéria e, também, pelas regras e condições estabelecidas no Edital do certame de Credenciamento.

23 23 CLÁUSULA TERCEIRA DA EXECUÇÃO DOS SERVIÇOS Os serviços ora contratados serão executados na sede do SENAI, situado à avenida Fernandes Lima nº 385, edifício casa da industria Napoleão Barbosa, 2 andar, em Maceió e, quando necessário, em qualquer município do Estado de Alagoas. CLÁUSULA QUARTA - DAS OBRIGAÇÕES DA CONTRATANTE Fica a CONTRATANTE obrigada a: I Proporcionar todas as facilidades para que a CONTRATADA possa desempenhar os serviços, objeto deste instrumento dentro da normalidade deste contrato. II- Fiscalizar a execução dos serviços de que trata o presente contrato, de acordo com as normas estabelecidas na forma da Lei, sendo que esta fiscalização não isenta a CONTRATADA de qualquer responsabilidade. III - Atestar a Nota Fiscal da prestação dos serviços, encaminhando-a ao setor competente, para pagamento. IV - Exigir da CONTRATADA que apresente mensalmente e devidamente atualizados todos os comprovantes de regularidade fiscal necessários para que seja efetuado o pagamento pelo serviço prestado. V - Cumprir todas as obrigações deste contrato, bem como todas as exigências contidas no Edital, que sejam de inteira competência da CONTRATANTE VI Efetuar o pagamento da CONTRATADA, até o décimo (10º) dia útil do mês subseqüente ao vencido, mediante apresentação de nota fiscal discriminada e devidamente atestada pelo SENAI para pagamento. CLÁUSULA QUINTA DAS OBRIGAÇÕES DA CONTRATADA Fica a CONTRATADA obrigada a: I Responsabilizar-se pela execução do trabalho de extensionista na área de cumprindo fielmente as obrigações assumidas no presente contrato. II - Manter, durante toda a execução deste contrato, o objeto em compatibilidade com as obrigações assumidas, a fim de que sejam garantidas todas as condições de habilitação e quantificação exigidas no Processo de Credenciamento. III - Assumir total responsabilidade por qualquer dano pessoal ou material que venha causar ao patrimônio da CONTRATANTE, do SENAI ou a terceiros, quando da execução deste Contrato.

24 24 IV- Assegurar a qualidade dos serviços prestados como extensionista na área de , realizando as suas atribuições junto às empresas com responsabilidade,competência e presteza. V Fornecer sempre que solicitada pela CONTRATANTE, relatório das atividades realizadas naquele período, independente de quaisquer questionamentos. VI- Fornecer, sempre que solicitados pela CONTRATANTE, devidamente atualizados, os comprovantes de regularidade de suas obrigações fiscal, municipal e estadual. VII- Prestar pronta informação à CONTRATANTE sobre qualquer ocorrência verificada durante a prestação do serviço; VIII - Prestar todos os esclarecimentos que lhe forem solicitados pela CONTRATANTE, cujas reclamações obriga-se a atender prontamente. CLÁUSULA SEXTA DOS PROCEDIMENTOS DE FISCALIZAÇÃO A fiscalização referente ao cumprimento das obrigações deste contrato ficará a cargo de um servidor pertencente ao SENAI/IEL, que terá as seguintes atribuições: I - Fiscalizar o cumprimento das obrigações deste contrato, objetivando garantir aos serviços contratados a qualidade desejada; II - Atestar e encaminhar as notas fiscais ao setor competente para pagamento, após a comprovação da regularidade da prestação dos serviços; III - Comunicar ao representante da CONTRATADA sobre o descumprimento de qualquer obrigação pertinente a este contrato; IV - Solicitar à Administração a aplicação de penalidades, em função do descumprimento das obrigações inerentes a este contrato. CLÁUSULA SÉTIMA - DOS RECURSOS FINANCEIROS O aporte de recursos destinados a execução deste contrato ocorrerá através Convênio com a FINANCIADORA DE ESTUDOS E PROJETOS-FINEP do Ministério da Ciência e Tecnologia, para implantação do Projeto Rede Alagoana de Extensão Tecnológica. CLÁUSULA OITAVA - DO PREÇO E DAS CONDIÇÕES DE PAGAMENTO O CONTRATANTE pagará à CONTRATADA, mensalmente, até o décimo (10º) dia útil do mês subseqüente ao vencido, o valor de R$ 9.000,00 (nove mil reais), deduzidos os descontos legais, referente aos serviços prestados, mediante apresentação da respectiva nota fiscal, devidamente atestada pelo setor competente do SENAI e encaminhada ao CONTRATANTE. 8.2 A CONTRATADA deverá apresentar mensalmente, no ato da apresentação da nota

25 25 fiscal dos serviços prestados naquele mês, as certidões de regularidade fiscal, bem como a regularidade de todos os impostos e contribuições obrigatórias da empresa para a CONTRATANTE Nenhum pagamento será efetuado à CONTRATADA, enquanto pendente de liquidação qualquer obrigação financeira que lhe for imposta, em virtude de penalidade ou inadimplência contratual Durante todo o período de execução do contrato, no momento do pagamento, a CONTRATANTE consultará a situação de regularidade fiscal da empresa, a fim de verificar se o contratado vem mantendo, em compatibilidade com as obrigações por ele assumidas, todas as condições de habilitação e qualificação exigidas, uma vez que o não cumprimento ou o cumprimento irregular de cláusulas contratuais constituem motivo para rescisão do contrato. 8.5 O atraso no pagamento das faturas por culpa do CONTRATANTE serão acrescidas de multa de 1% (um por cento) e juros de mora de 0,5% (meio por cento) ao mês, ou fração. CLÁUSULA NONA - NEGOCIAÇÃO DOS CRÉDITOS 9.1 É vedado a CONTRATADA negociar com bancos, empresas de factoring ou qualquer instituição financeira, inclusive pessoas físicas, todos os seus créditos decorrentes deste contrato. CLÁUSULA DÉCIMA RETENÇÃO DE CRÉDITOS Caso o CONTRATANTE venha a ser demandado judicialmente por terceiros, em razão deste contrato ou de sua execução, independentemente da natureza da demanda, fica autorizado pela CONTRATADA a reter, a título de caução, dos pagamentos que lhes são devidos, o valor integral dos pedidos relacionados na aludida ação judicial, o qual poderá ser utilizado para quitar o débito judicial cobrado. Parágrafo único: Se a CONTRATADA vier a solucionar a pendência judicial em questão, pondo fim ao litígio às suas exclusivas expensas, o valor retido a título de caução pelo CONTRATANTE será integralmente devolvido. Caso seja necessário utilizar o valor retido para por fim a questão judicial, somente será devolvido à CONTRATADA o valor remanescente, se houver. CLÁUSULA DÉCIMA PRIMEIRA DA RESPONSABILIDADE SOCIAL As partes comprometem-se a não explorar qualquer forma de mão-de-obra infantil e

ATO CONVOCATÓRIO 002 2013. OBJETO: Credenciamento de Consultores

ATO CONVOCATÓRIO 002 2013. OBJETO: Credenciamento de Consultores ATO CONVOCATÓRIO 002 2013 OBJETO: Credenciamento de Consultores O INSTITUTO QUALIDADE MINAS, pessoa jurídica de Direito privado sem fins lucrativos, qualificada como Organização da Sociedade Civil de Interesse

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 005/2008 M I N U T A

CARTA CONVITE Nº 005/2008 M I N U T A IMPORTANTE : PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDÊNCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

Projeto n 14593/2014 - Escritório Nacional do CATAFORTE - Negócios Sustentáveis em Redes Solidárias COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS Nº 06/2015

Projeto n 14593/2014 - Escritório Nacional do CATAFORTE - Negócios Sustentáveis em Redes Solidárias COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS Nº 06/2015 Projeto n 14593/2014 - Escritório Nacional do CATAFORTE - Negócios Sustentáveis em Redes Solidárias COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS Nº 06/2015 1. PREÂMBULO O CEADEC - Centro de Estudos e Apoio ao Desenvolvimento,

Leia mais

ATO CONVOCATÓRIO 001 2013. OBJETO: Credenciamento de Consultores

ATO CONVOCATÓRIO 001 2013. OBJETO: Credenciamento de Consultores ATO CONVOCATÓRIO 001 2013 OBJETO: Credenciamento de Consultores O INSTITUTO QUALIDADE MINAS, pessoa jurídica de Direito privado sem fins lucrativos, qualificada como Organização da Sociedade Civil de Interesse

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL 04 / 2010

CONSELHO MUNICIPAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL 04 / 2010 CONSELHO MUNICIPAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL 04 / 2010 A Companhia de Desenvolvimento de Vitória CDV torna público o presente Edital e comunica que receberá solicitações de financiamento de bolsas

Leia mais

EDITAL DE CREDENCIAMENTO 003/2015

EDITAL DE CREDENCIAMENTO 003/2015 EDITAL DE CREDENCIAMENTO 003/2015 AUTARQUIA MUNICIPAL DE TURISMO - GRAMADOTUR, pessoa jurídica de direito público interno, inscrita no CNPJ/MF sob n.º 18.137.082/0001-86, neste ato representado por seu

Leia mais

ANEXO III PREGÃO PRESENCIAL SESC/MA Nº 15/0019-PG MINUTA DO CONTRATO

ANEXO III PREGÃO PRESENCIAL SESC/MA Nº 15/0019-PG MINUTA DO CONTRATO ANEXO III PREGÃO PRESENCIAL SESC/MA Nº 15/0019-PG MINUTA DO CONTRATO Instrumento Particular de Contrato referente ao PREGÃO PRESENCIAL SESC/MA Nº 15/0019-PG, que entre si fazem o Serviço Social do Comércio

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 002/2010

CARTA CONVITE Nº 002/2010 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

Edital de Credenciamento 003/2012

Edital de Credenciamento 003/2012 1/5 Edital de Credenciamento 003/2012 1 DO OBJETO: 1.1. O presente Termo tem por objetivo o credenciamento de Instituições Financeiras autorizadas a funcionar pelo Banco Central do Brasil, para prestação

Leia mais

Estado de Goiás PREFEITURA MUNICIPAL DE ANICUNS Adm. 2013 / 2016 EDITAL 009-2015 CHAMAMENTO PÚBLICO QUALIFICAÇÃO DE ORGANIZAÇÕES SOCIAIS

Estado de Goiás PREFEITURA MUNICIPAL DE ANICUNS Adm. 2013 / 2016 EDITAL 009-2015 CHAMAMENTO PÚBLICO QUALIFICAÇÃO DE ORGANIZAÇÕES SOCIAIS EDITAL 009-2015 CHAMAMENTO PÚBLICO QUALIFICAÇÃO DE ORGANIZAÇÕES SOCIAIS A Secretaria Municipal de Educação de Anicuns, pessoa jurídica de direito público, inscrita no CNPJ: 02.262.368/0001-53, por intermédio

Leia mais

Vencimento Qualificação Exigida. - Formação Superior de Engenharia Civil. Engenheiro Civil

Vencimento Qualificação Exigida. - Formação Superior de Engenharia Civil. Engenheiro Civil O PREFEITO MUNICIPAL DE FRAIBURGO, Estado de Santa Catarina, no uso de suas atribuições; FAZ SABER: Encontram-se abertas as inscrições para o Processo Seletivo da função abaixo descrita para Admissão em

Leia mais

Edital Processo Seletivo - 2º semestre de 2011

Edital Processo Seletivo - 2º semestre de 2011 Edital Processo Seletivo - 2º semestre de 2011 O Instituto de Ensino Superior João Alfredo de Andrade, por sua Comissão Organizadora do Processo Seletivo, instituída em caráter permanente pela Portaria

Leia mais

CONVITE Nº 003/2012 - CRA/RN

CONVITE Nº 003/2012 - CRA/RN CONVITE Nº 003/2012 - CRA/RN Prezados senhores, A COMISSÃO ESPECIAL DE LICITAÇÕES DO CONSELHO REGIONAL DE ADMINISTRAÇÃO CRA/RN em conformidade com a Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993, torna público,

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 023/2009

CARTA CONVITE Nº 023/2009 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA TERRA DE LUTA E FÉ - DOE ORGÃOS, DOE SANGUE:SALVE VIDAS

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA TERRA DE LUTA E FÉ - DOE ORGÃOS, DOE SANGUE:SALVE VIDAS EDITAL DE CARTA CONVITE 027/2015 A PREFEITA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA, torna público, para conhecimento dos interessados, que no dia 20 DE NOVEMBRO DE 2015, às 10 horas, reunirse-á a Comissão Permanente

Leia mais

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS COPASA MG CNPJ/MF 17.281.106/0001 03 Rua Mar de Espanha, 453 / Sto. Antônio Belo Horizonte (MG)

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS COPASA MG CNPJ/MF 17.281.106/0001 03 Rua Mar de Espanha, 453 / Sto. Antônio Belo Horizonte (MG) COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS COPASA MG CNPJ/MF 17.281.106/0001 03 Rua Mar de Espanha, 453 / Sto. Antônio Belo Horizonte (MG) NORMAS DE CREDENCIAMENTO PARA INSTITUIÇÕES BANCÁRIAS 1. DA FINALIDADE

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE PROVAS E TÍTULOS PARA PROVIMENTO DE VAGAS EM EMPREGOS DE NÍVEL SUPERIOR COMPLETO EDITAL Nº 02/2011

PROCESSO SELETIVO DE PROVAS E TÍTULOS PARA PROVIMENTO DE VAGAS EM EMPREGOS DE NÍVEL SUPERIOR COMPLETO EDITAL Nº 02/2011 PROCESSO SELETIVO DE PROVAS E TÍTULOS PARA PROVIMENTO DE VAGAS EM EMPREGOS DE NÍVEL SUPERIOR COMPLETO EDITAL Nº 02/2011 A Fundação de Educação Tecnológica e Cultural da Paraíba FUNETEC/PB, pessoa jurídica

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DE NUTRICIONISTAS CONSELHO REGIONAL DE NUTRICIONISTAS - 3ª Região (SP, MS)

CONSELHO FEDERAL DE NUTRICIONISTAS CONSELHO REGIONAL DE NUTRICIONISTAS - 3ª Região (SP, MS) CARTA CONVITE Nº: 008/2013. São Paulo, 04 de junho de 2.013. Processo n.º 042-05/2013 Tipo: MENOR PREÇO Firma: A/C: E-mail: Convidamos a referida empresa a apresentar proposta para atendimento do objeto

Leia mais

1.1 O recebimento dos envelopes dar-se-á até às 14:00h do dia 09 de março de 2010, pela Comissão Permanente de Licitação, no endereço acima citado.

1.1 O recebimento dos envelopes dar-se-á até às 14:00h do dia 09 de março de 2010, pela Comissão Permanente de Licitação, no endereço acima citado. EDITAL DE CARTA CONVITE N 02/2010 CRM-PR OBJETIVANDO A CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSESSORIA PARA O DESENVOLVIMENTO E SUPERVISÃO DE PROJETO DE TELEMEDICINA, VIDEOCONFERÊNCIA E EDUCAÇÃO CONTINUADA PARA

Leia mais

EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Nº 03/2014

EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Nº 03/2014 EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Nº 03/2014 O Município de Vale do Sol, RS, através do Prefeito Municipal. Sr. Clécio Halmenschlager, comunica aos interessados que está procedendo ao CREDENCIAMENTO de pessoas

Leia mais

CONVITE Nº 14/2010. DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 01 / 06 / 2010 às 15 horas

CONVITE Nº 14/2010. DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 01 / 06 / 2010 às 15 horas CONVITE Nº 14/2010 DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 01 / 06 / 2010 às 15 horas 01. DISPOSIÇÕES INICIAIS 1.1 O Senac Departamento Nacional torna público que, na Seção de Material,

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO TIRADENTES PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR ASSISTENTE E PRECEPTOR 2015.2

CENTRO UNIVERSITÁRIO TIRADENTES PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR ASSISTENTE E PRECEPTOR 2015.2 CENTRO UNIVERSITÁRIO TIRADENTES PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR ASSISTENTE E PRECEPTOR 2015.2 O núcleo de Gente & Carreira do Centro Universitário Tiradentes, no uso de suas atribuições, torna público

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE BIOMEDICINA 1ª REGIÃO

CONSELHO REGIONAL DE BIOMEDICINA 1ª REGIÃO 1 CARTA CONVITE n.º 001/2011 São Paulo, 20 de outubro de 2011. O CONSELHO REGIONAL DE BIOMEDICINA - 1ª REGIÃO, nos termos da autorização constante no Processo Administrativo em epígrafe, vem, por intermédio

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 013/2007 PROCESSO N.º 1.612/2007

CARTA CONVITE Nº 013/2007 PROCESSO N.º 1.612/2007 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP: 01405-001 - DEPTO DE COMPRAS - 8º ANDAR. Regime

Leia mais

FUNDO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE TURVO - PR. Tomada de Preço N.º 001/2014.

FUNDO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE TURVO - PR. Tomada de Preço N.º 001/2014. FUNDO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE TURVO - PR. Tomada de Preço N.º 001/2014. Emissão: 09/12/2014. Abertura: 29/12/2014. Horário: 10:00 H. O Fundo de Previdência dos Servidores Municipais

Leia mais

1 Da Inscrição e Participação:

1 Da Inscrição e Participação: PROCESSO SELETIVO FAUF Nº 003/2013 CONTRATAÇÃO DE PESSOAL PARA O PROGRAMA MAIS EDUCAÇÃO: EDUCAÇÃO INTEGRAL NA REGIÃO DAS VERTENTES E PARA O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM DOCÊNCIA NA EDUCAÇÃO INFANTIL - PROJETOS

Leia mais

I - LOCAL DE ENTREGA DOS ENVELOPES:

I - LOCAL DE ENTREGA DOS ENVELOPES: EDITAL de LICITAÇÃO MODALIDADE: CARTA CONVITE N.º 17/2013 Data da abertura dos envelopes: Dia: 25/10/2013 Horário: 13:00 horas Data limite para entrega dos envelopes: Dia: 25/10/2013 Horário: 13:00 horas

Leia mais

CONVITE 25/2010. DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 17 / 08 / 2010 às 15 horas

CONVITE 25/2010. DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 17 / 08 / 2010 às 15 horas CONVITE 25/2010 DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 17 / 08 / 2010 às 15 horas 01. DISPOSIÇÕES INICIAIS 1.1 O Senac Departamento Nacional torna público que, na Seção de Material,

Leia mais

BANRISUL ARMAZÉNS GERAIS S.A. EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº 001/2007 Regida pela Lei nº 8.666/93 e suas alterações

BANRISUL ARMAZÉNS GERAIS S.A. EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº 001/2007 Regida pela Lei nº 8.666/93 e suas alterações BANRISUL ARMAZÉNS GERAIS S.A. EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº 001/2007 Regida pela Lei nº 8.666/93 e suas alterações A Banrisul Armazéns Gerais S.A., atendendo ao disposto nos arts. 13 e 25 II da lei nº 8.666/93,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Licitações e Compras Convite nº 081/2007 Fls.

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Licitações e Compras Convite nº 081/2007 Fls. Convite nº 081/2007 Fls. 1 CARTA CONVITE Processo nº 11784/05 Convite nº 081/2007 Entrega Envelopes até o dia: 15 de junho de 2007, às 14h00. Abertura Envelopes dia: 15 de junho de 2007, às 14h30. A COMISSÃO

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DE ALAGOAS - UNCISAL

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DE ALAGOAS - UNCISAL EDITAL DE CREDENCIAMENTO PROEX/ EDITAL PARA CREDENCIAMENTO DE PROFISSIONAIS - PESSOAS FÍSICAS - PARA COMPOR O BANCO DE TÉCNICOS ESPECIALIZADOS PARA EXECUÇÃO DO CONVÊNIO Nº. 756036/11, CELEBRADO ENTRE A

Leia mais

EDITAL Nº. 01/2014 DE SELEÇÃO PÚBLICA DE PROJETOS A SEREM FINANCIADOS PELO FUNDO DA INFÂNCIA E DA ADOLESCÊNCIA DO MUNICÍPIO DE MARABÁ-PARÁ.

EDITAL Nº. 01/2014 DE SELEÇÃO PÚBLICA DE PROJETOS A SEREM FINANCIADOS PELO FUNDO DA INFÂNCIA E DA ADOLESCÊNCIA DO MUNICÍPIO DE MARABÁ-PARÁ. PREÃMBULO 1994 EDITAL Nº. 01/2014 DE SELEÇÃO PÚBLICA DE PROJETOS A SEREM FINANCIADOS PELO FUNDO DA INFÂNCIA E DA ADOLESCÊNCIA DO MUNICÍPIO DE MARABÁ-PARÁ. A Prefeitura Municipal de Marabá, por intermédio

Leia mais

PROGRAMA DE BOLSAS UNIVESP BOLSAS DE APOIO ACADÊMICO E TECNOLÓGICO

PROGRAMA DE BOLSAS UNIVESP BOLSAS DE APOIO ACADÊMICO E TECNOLÓGICO BOLSAS DE APOIO ACADÊMICO E TECNOLÓGICO Normas e Procedimentos 1. DISPOSIÇÕES GERAIS A UNIVESP instituiu, por deliberação de seu Conselho de Curadores, o PROGRAMA DE BOLSAS UNIVESP, com as características

Leia mais

MUNICÍPIO DE TRÊS PASSOS PODER EXECUTIVO

MUNICÍPIO DE TRÊS PASSOS PODER EXECUTIVO EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 029/2015 José Carlos Anziliero Amaral, Prefeito Municipal de Três Passos, Estado do Rio Grande do Sul, no uso de suas atribuições legais, torna público a abertura

Leia mais

EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº 001/2014

EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº 001/2014 EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº 001/2014 O Presidente do Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo, no uso de suas atribuições legais e de conformidade com a Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993 e suas

Leia mais

ANEXO 5 TERMO DE CONSTITUIÇÃO DE CONSÓRCIO

ANEXO 5 TERMO DE CONSTITUIÇÃO DE CONSÓRCIO ANEXO 5 TERMO DE CONSTITUIÇÃO DE CONSÓRCIO Termo de Constituição de Consórcio 1 As Partes: A empresa (Nome da Empresa)..., com sede na cidade de..., (Endereço)..., com CNPJ n o..., Inscrição Estadual...,

Leia mais

B - Programa de Inclusão, Capacitação para Filhos, Dependentes Legais e Estudantes

B - Programa de Inclusão, Capacitação para Filhos, Dependentes Legais e Estudantes Bolsas de estudo A - Programa de Capacitação do PROFESSOR/AUXILIAR Todo PROFESSOR/AUXILIAR tem direito a bolsa de estudo integral, incluindo matrícula, em cursos de graduação, sequenciais e pós-graduação

Leia mais

EDITAL Nº 100/2015 Referente ao Aviso Nº 066/2015, publicado no D.O.E. de 22.08.2015

EDITAL Nº 100/2015 Referente ao Aviso Nº 066/2015, publicado no D.O.E. de 22.08.2015 EDITAL Nº 100/2015 Referente ao Aviso Nº 066/2015, publicado no D.O.E. de 22.08.2015 O Reitor da Universidade do Estado da Bahia (UNEB), no uso de suas atribuições legais e regimentais, torna público,

Leia mais

INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO CADASTRAL

INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO CADASTRAL INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO CADASTRAL 1. DA ENTREGA DA DOCUMENTAÇÃO 1.1. Os interessados em se inscrever e/ou renovar o Registro Cadastral junto ao GRB deverão encaminhar a documentação a seguir estabelecida,

Leia mais

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2010. SESSÃO DE ABERTURA: Local: Rua Pamplona 1200 7º andar Horário: 10:30 horas do dia 08 de março de 2.

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2010. SESSÃO DE ABERTURA: Local: Rua Pamplona 1200 7º andar Horário: 10:30 horas do dia 08 de março de 2. IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM 03 (TRÊS) DIAS DE ANTECEDENCIA NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP: 01405-001

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL Ministério da Educação Secretária de Educação Profissional e Tecnológica Pró-Reitoria de Pesquisa e Inovação

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL Ministério da Educação Secretária de Educação Profissional e Tecnológica Pró-Reitoria de Pesquisa e Inovação SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL Ministério da Educação Secretária de Educação Profissional e Tecnológica Pró-Reitoria de Pesquisa e Inovação PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO EM DESENVOLVIMENTO TECNOLOGICO

Leia mais

Anexo H MINUTA DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS - PJ

Anexo H MINUTA DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS - PJ Anexo H MINUTA DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS - PJ CONTRATO n /2007 Contrato de Prestação de Serviços de Consultoria / Instrutoria, que entre si celebram o SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO nº. 003 de 20/08/2014.

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO nº. 003 de 20/08/2014. A Fundação Sousândrade de Apoio ao Desenvolvimento da UFMA FSADU, por meio da Gerência de Técnica de Concursos GTEC/CONC/FSADU, em parceria com o Instituto Universitário Atlântico e com o Instituto Politécnico

Leia mais

EDITAL TOMADA DE PREÇOS SETOR DE LICITAÇÕES PROCESSO Nº 45/2013. TOMADA DE PREÇO Nº

EDITAL TOMADA DE PREÇOS SETOR DE LICITAÇÕES PROCESSO Nº 45/2013. TOMADA DE PREÇO Nº EDITAL TOMADA DE PREÇOS SETOR DE LICITAÇÕES PROCESSO Nº 45/2013. TOMADA DE PREÇO Nº 07/2013. A Prefeitura Municipal de General Salgado, sito à Av: Antonino José de Carvalho, 940, centro, fará realizar

Leia mais

ANEXO II. MINUTA DE CONTRATO Aquisição de Gêneros Alimentícios sem Licitação da Agricultura Familiar para Alimentação Escolar

ANEXO II. MINUTA DE CONTRATO Aquisição de Gêneros Alimentícios sem Licitação da Agricultura Familiar para Alimentação Escolar ANEXO II MINUTA DE CONTRATO Aquisição de Gêneros Alimentícios sem Licitação da Agricultura Familiar para Alimentação Escolar O MUNICÍPIO DE Caçapava do Sul, pessoa jurídica de direito público, inscrito

Leia mais

MINISTÉRIO DA CULTURA FUNDAÇÃO NACIONAL DE ARTES FUNARTE COMISSÃO DE COLETA SELETIVA SOLIDÁRIA HABILITAÇÃO Nº. 01/2014

MINISTÉRIO DA CULTURA FUNDAÇÃO NACIONAL DE ARTES FUNARTE COMISSÃO DE COLETA SELETIVA SOLIDÁRIA HABILITAÇÃO Nº. 01/2014 A Fundação Nacional de Artes FUNARTE realizará, das 9 horas do dia 23 de janeiro de 2014 às 16 horas do dia 28 de janeiro de 2014, procedimento de HABILITAÇÃO das associações e cooperativas de catadores

Leia mais

INSTITUTO ELO CONVOCAÇÃO 73/2010 SELEÇÃO DE ASSISTENTE DE COMPRAS PARA ATUAR NA SEDE DO INSTITUTO ELO

INSTITUTO ELO CONVOCAÇÃO 73/2010 SELEÇÃO DE ASSISTENTE DE COMPRAS PARA ATUAR NA SEDE DO INSTITUTO ELO INSTITUTO ELO CONVOCAÇÃO 73/2010 SELEÇÃO DE ASSISTENTE DE COMPRAS PARA ATUAR NA SEDE DO INSTITUTO ELO OBJETO O Instituto Elo, associação privada sem fins lucrativos qualificada como Organização da Sociedade

Leia mais

N o DE VAGAS PREVISTO* I Salvador Inglês 15 Francês 01 Espanhol 05 Italiano 02 V Santo Antônio de Jesus Inglês 06 Espanhol 01

N o DE VAGAS PREVISTO* I Salvador Inglês 15 Francês 01 Espanhol 05 Italiano 02 V Santo Antônio de Jesus Inglês 06 Espanhol 01 EDITAL UNEB Nº 051/2015 O Reitor da Universidade do Estado da Bahia (UNEB), no uso de suas atribuições legais e regimentais, torna público, a abertura das inscrições para Seleção Pública Simplificada para

Leia mais

CASULO Incubadora de Empresas do UniCEUB

CASULO Incubadora de Empresas do UniCEUB CASULO Incubadora de Empresas do UniCEUB TERMO ADITIVO AO EDITAL nº 02/2013 PROCESSO DE SELEÇÃO DE EMPRESAS ALTERAÇÃO DE DATAS E FORMA DE APRESENTAÇÃO DE PROJETOS Apoio: Brasília, 28 de agosto de 2013.

Leia mais

CLÁUSULA SEGUNDA - DA VINCULAÇÃO AO EDITAL

CLÁUSULA SEGUNDA - DA VINCULAÇÃO AO EDITAL PROCESSO Nº 01550.000345/2009-46. PREGÃO Nº 26/2009. ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 1/2010. A FUNDAÇÃO CASA DE RUI BARBOSA, pessoa jurídica de direito público vinculada a Ministério da Cultura, com sede

Leia mais

SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO RIO DE JANEIRO SEBRAE/RJ. CONCORRÊNCIA No 01/03 EDITAL DE CREDENCIAMENTO

SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO RIO DE JANEIRO SEBRAE/RJ. CONCORRÊNCIA No 01/03 EDITAL DE CREDENCIAMENTO 1 SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SEBRAE/RJ 1. DA CONVOCAÇÃO: CONCORRÊNCIA No 01/03 EDITAL DE CREDENCIAMENTO SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO

Leia mais

2. - Recebimento das propostas: de 16 de Fevereiro de 2012 até 25 de Fevereiro de 2012 através do e-mail: rcarnevalli@reprolatina.org.

2. - Recebimento das propostas: de 16 de Fevereiro de 2012 até 25 de Fevereiro de 2012 através do e-mail: rcarnevalli@reprolatina.org. Reprolatina Soluções Inovadoras em Saúde Sexual e Reprodutiva CNPJ nº 03.416.439/0001-98 Rua Maria Teresa Dias da Silva, 740 Cidade Universitária Campinas SP CEP 13083-820 Telefone (19) 3289-1735 EDITAL

Leia mais

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2013. Florianópolis, 15de fevereiro de 2013.

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2013. Florianópolis, 15de fevereiro de 2013. EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2013 O CONSELHO REGIONAL DE FARMÁCIA DO ESTADO DE SANTA CATARINA - CRF/SC, Autarquia Federal, instituída pela Lei 3.820/60, torna público que se acha aberto, nesta unidade,

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO CENTRO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO CENTRO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO CENTRO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS EDITAL PROPEG Nº 003/2015 PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NO CURSO DE

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS Pelo presente instrumento particular, a Empresa Marcia Regina Machado Santos Valiati, como CONTRATADA, pessoa jurídica de direito privado, de caráter técnico-científico

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO Nº.../20... PROCESSO Nº 1.00.000.003689/2013-00 VALIDADE: 12 (DOZE) MESES ATA Nº.../20...

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO Nº.../20... PROCESSO Nº 1.00.000.003689/2013-00 VALIDADE: 12 (DOZE) MESES ATA Nº.../20... ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO Nº.../20... PROCESSO Nº 1.00.000.003689/2013-00 VALIDADE: 12 (DOZE) MESES ATA Nº.../20... Ao...do dia do mês de... do ano de 20..., na PROCURADORIA GERAL DA REPÚBLICA PGR,

Leia mais

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2006

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2006 ! " TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2006 PROCESSO Nº 1.825/2005 Regime Jurídico: Lei nº 8.666/93, alterações e normas complementares Tipo de Licitação: MENOR PREÇO Modalidade: TOMADA DE PREÇOS O CONSELHO REGIONAL

Leia mais

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL Nº 001/2015

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL Nº 001/2015 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL Nº 001/2015 CONVÊNIO Nº: 812779/2014 - SDH/PR PROCESSO LICITATÓRIO Nº: 004/2015 OBJETO: Contratação de 01(um)apoio administrativo A Associação Fábrica Cultural, entidade

Leia mais

DESCRITIVO DO PROCESSO DE SELEÇÃO PARA O CARGO DE AGENTE DE ATENDIMENTO NAS UNIDADES DO SESC DA GRANDE SÃO PAULO

DESCRITIVO DO PROCESSO DE SELEÇÃO PARA O CARGO DE AGENTE DE ATENDIMENTO NAS UNIDADES DO SESC DA GRANDE SÃO PAULO DESCRITIVO DO PROCESSO DE SELEÇÃO PARA O CARGO DE AGENTE DE ATENDIMENTO NAS UNIDADES DO SESC DA GRANDE SÃO PAULO O presente documento é uma divulgação oficial de todos os critérios e procedimentos estabelecidos

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA COMISSÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 02/2010/CPG

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA COMISSÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 02/2010/CPG INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 02/2010/CPG Estabelece procedimento para o reconhecimento e o registro de diploma de conclusão de curso de Pós-Graduação expedidos por instituições de ensino superior estrangeiras.

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UNIRIO. INGRESSO DE DISCENTES NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO 2010 2º semestre EDITAL N 64 / 2010

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UNIRIO. INGRESSO DE DISCENTES NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO 2010 2º semestre EDITAL N 64 / 2010 UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO - UNIRIO PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO - PROGRAD UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UNIRIO INGRESSO DE DISCENTES NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO 2010

Leia mais

EDITAL DE CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM PSIQUIATRIA INSTITUTO BAIRRAL DE PSIQUIATRIA

EDITAL DE CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM PSIQUIATRIA INSTITUTO BAIRRAL DE PSIQUIATRIA EDITAL DE CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM PSIQUIATRIA INSTITUTO BAIRRAL DE PSIQUIATRIA O Instituto Bairral de Psiquiatria e a sua Comissão de Residência Médica (COREME) realizarão Processo de Seleção Pública

Leia mais

Governo do Estado do Rio Grande do Norte Secretaria da Administração e dos Recursos Humanos

Governo do Estado do Rio Grande do Norte Secretaria da Administração e dos Recursos Humanos SECRETARIA DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO E DOS RECURSOS HUMANOS ESCOLA DE GOVERNO EDITAL Nº001/2010 Regulamenta o Processo Seletivo para ingresso no Curso de Pós-Graduação lato sensu em Educação a Distância

Leia mais

EDITAL N 4/2015 - PROEC BOLSA CULTURA

EDITAL N 4/2015 - PROEC BOLSA CULTURA EDITAL N 4/2015 - PROEC BOLSA CULTURA A Pró-Reitora de Extensão e Cultura PROEC, no uso de suas atribuições legais e em cumprimento das normas previstas no Estatuto da Universidade do Estado de Mato Grosso

Leia mais

Serviço Nacional de Aprendizagem Rural

Serviço Nacional de Aprendizagem Rural Serviço Nacional de Aprendizagem Rural REGULAMENTO DOS PROCEDIMENTOS PARA CELEBRAÇÃO DE TERMOS DE COOPERAÇÃO Estabelece diretrizes, normas e procedimentos para celebração, execução e prestação de contas

Leia mais

RETIFICAÇÃO EDITAL Nº 17/2015 AUXÍLIO DE DIÁRIAS PARA PUBLICAÇÃO EM EVENTOS CIENTÍFICOS INTERNACIONAIS

RETIFICAÇÃO EDITAL Nº 17/2015 AUXÍLIO DE DIÁRIAS PARA PUBLICAÇÃO EM EVENTOS CIENTÍFICOS INTERNACIONAIS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS RETIFICAÇÃO EDITAL Nº 17/2015 AUXÍLIO DE DIÁRIAS PARA

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO O Reitor da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, no uso de

Leia mais

EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES AO PROCESSO SELETIVO - PPG-EE - 002/2015 PROGRAMA DE ENGENHARIA ELÉTRICA MESTRADO, DOUTORADO E DOUTORADO DIRETO

EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES AO PROCESSO SELETIVO - PPG-EE - 002/2015 PROGRAMA DE ENGENHARIA ELÉTRICA MESTRADO, DOUTORADO E DOUTORADO DIRETO EESC-USP EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES AO PROCESSO SELETIVO - PPG-EE - 002/2015 PROGRAMA DE ENGENHARIA ELÉTRICA MESTRADO, DOUTORADO E DOUTORADO DIRETO A Comissão Coordenadora do Programa de Pós-Graduação

Leia mais

O presente Contrato fica vinculado a Apólice apresentada pela CONTRATADA.

O presente Contrato fica vinculado a Apólice apresentada pela CONTRATADA. CONTRATO Nº 003/2013 - PARANACIDADE CONTRATO DE SEGURO, POR PREÇO GLOBAL FIXO QUE ENTRE SI CELEBRAM O SERVIÇO SOCIAL AUTÔNOMO PARANACIDADE E A EMPRESA MARÍTIMA SEGUROS S/A, NA FORMA ABAIXO: O Serviço Social

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO DE SELEÇÃO CBG Nº 001/2015 ASSESSORIA DE IMPRENSA. Data Evento Horário Forma Local

EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO DE SELEÇÃO CBG Nº 001/2015 ASSESSORIA DE IMPRENSA. Data Evento Horário Forma Local EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO DE SELEÇÃO CBG Nº 001/2015 ASSESSORIA DE IMPRENSA A CBG Confederação Brasileira de Golfe, de acordo com a Lei 10.264 de 16 de julho de 2001 Lei Agnelo/Piva, regulamentada pelo

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇO nº 001/2009

ATA DE REGISTRO DE PREÇO nº 001/2009 ATA DE REGISTRO DE PREÇO nº 001/2009 OBJETO: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA OS SERVIÇOS DE CONFECÇÃO DE CARIMBOS, CONFORME PROCESSO LICITATÓRIO Nº 2008.0701.000825, PREGÃO PRESENCIAL Nº052/2008. Aos 02 dias

Leia mais

CONTRATO DE LOCAÇÃO DE SISTEMA DE ENGENHARIA GERENCIADOR DE OBRAS ON LINE IDENTIFICAÇÃO DAS PARTES CONTRATANTES

CONTRATO DE LOCAÇÃO DE SISTEMA DE ENGENHARIA GERENCIADOR DE OBRAS ON LINE IDENTIFICAÇÃO DAS PARTES CONTRATANTES CONTRATO DE LOCAÇÃO DE SISTEMA DE ENGENHARIA GERENCIADOR DE OBRAS ON LINE IDENTIFICAÇÃO DAS PARTES CONTRATANTES LOCADOR: Obra24horas Soluções Web para Engenharia Ltda., com sede na Rua Formosa, 75 1º andar

Leia mais

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE PREVENÇÃO A CEGUEIRA E REABILITAÇÃO VISUAL EDITAL 01/14 DO PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM OFTALMOLOGIA

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE PREVENÇÃO A CEGUEIRA E REABILITAÇÃO VISUAL EDITAL 01/14 DO PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM OFTALMOLOGIA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE PREVENÇÃO A CEGUEIRA E REABILITAÇÃO VISUAL EDITAL 01/14 DO PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM OFTALMOLOGIA A Coordenação do Curso de Especialização em Oftalmologia

Leia mais

EDITAL DE CONTRATAÇÃO DE EMPREGADOS

EDITAL DE CONTRATAÇÃO DE EMPREGADOS EDITAL DE CONTRATAÇÃO DE EMPREGADOS A Fundação Educativa de Rádio e Televisão Ouro Preto - FEOP, no uso de suas atribuições, com fim de contratar empregado para trabalhar no Curso de Aperfeiçoamento: Culturas

Leia mais

Chamamento Público para o Programa Educação e Cultura nas Escolas Públicas/ Pesquisa-ação em iniciativas educacionais

Chamamento Público para o Programa Educação e Cultura nas Escolas Públicas/ Pesquisa-ação em iniciativas educacionais MINISTÉRIO DA CULTURA SECRETARIA DE POLÍTICAS CULTURAIS - SPC DIRETORIA DE EDUCAÇÃO E COMUNICAÇÃO - DEC CHAMAMENTO PUBLICO N 01/2011 Chamamento Público para o Programa Educação e Cultura nas Escolas Públicas/

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PÚBLICO N 01/2011

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PÚBLICO N 01/2011 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PÚBLICO N 01/2011 A ONG POLÍTICAS PÚBLICAS OUTRO MUNDO É POSSÍVEL, A PPOMP, com sede administrativa situada na Av. Antônio Monoel,1014, Bairro Centro, em Santo Ângelo RS, inscrita

Leia mais

PROCESSO 005/2010 EDITAL DE CREDENCIAMENTO 001/2010

PROCESSO 005/2010 EDITAL DE CREDENCIAMENTO 001/2010 INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES DO MUNICÍPIO DE SÃO SEBASTIÃO DO PARAÍSO, Regime Próprio de Previdência Social dos Servidores Públicos Municipais de São Sebastião do Paraíso, autarquia municipal,

Leia mais

1. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

1. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS INSTITUTO DE CIÊNCIAS MATEMÁTICAS E DE COMPUTAÇÃO UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES AOS PROCESSOS SELETIVOS nº. 016/2015 PROGRAMA DE CIÊNCIAS DE COMPUTAÇÃO E MATEMÁTICA COMPUTACIONAL

Leia mais

PREFEITURA DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL EXTRAORDINÁRIA DOS JOGOS INDÍGENAS EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2015/SEJI

PREFEITURA DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL EXTRAORDINÁRIA DOS JOGOS INDÍGENAS EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2015/SEJI PREFEITURA DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL EXTRAORDINÁRIA DOS JOGOS INDÍGENAS EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2015/SEJI EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO PARA SELEÇÃO DE INTERESSADOS NA OPERAÇÃO E GESTÃO

Leia mais

OFERTA PÚBLICA DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA

OFERTA PÚBLICA DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA OFERTA PÚBLICA DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA EDITAL DE LEILÃO - CGTEE Nº 002/2014 OFERTA PÚBLICA DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA EDITAL DE LEILÃO CGTEE Nº 002/2014 1. CONSIDERAÇÕES INICIAIS

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 028/2009 M I N U T A

CARTA CONVITE Nº 028/2009 M I N U T A IMPORTANTE : PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDÊNCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JARDIM PAULISTA

Leia mais

INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE SEGURANÇA E VIGILÂNCIA ARMADA PARA AS INSTALAÇÕES DO ONS EM BRASÍLIA/DF

INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE SEGURANÇA E VIGILÂNCIA ARMADA PARA AS INSTALAÇÕES DO ONS EM BRASÍLIA/DF INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE SEGURANÇA E VIGILÂNCIA ARMADA PARA AS INSTALAÇÕES DO ONS EM BRASÍLIA/DF Ref: Aviso de Edital ADG nº 003/2014 publicado em 28/10/2014. 1 1. OBJETO A

Leia mais

CONTRATO Nº 104/2014

CONTRATO Nº 104/2014 CONTRATO Nº 104/2014 TERMO DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS, QUE CELEBRAM O MUNICÍPIO DE SANTANA DA BOA VISTA/RS E A EMPRESA POLYTEK COMERCIO E SERVIÇOS DE INFORMATICA LTDA. O MUNICÍPIO DE SANTANA

Leia mais

Contrato de Adesão CONTRATO DE PRESTAÇÃO DO SERVIÇO TELEFÔNICO FIXO COMUTADO (STFC)

Contrato de Adesão CONTRATO DE PRESTAÇÃO DO SERVIÇO TELEFÔNICO FIXO COMUTADO (STFC) Contrato de Adesão CONTRATO DE PRESTAÇÃO DO SERVIÇO TELEFÔNICO FIXO COMUTADO (STFC) O texto deste Contrato foi submetido à aprovação da Agência Nacional de Telecomunicações - ANATEL, estando sujeito a

Leia mais

CONVÊNIO DE COLABORAÇÃO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO E O INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO DE PASSO FUNDO - SOLIDARIEDADE - IDPF

CONVÊNIO DE COLABORAÇÃO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO E O INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO DE PASSO FUNDO - SOLIDARIEDADE - IDPF CONVÊNIO DE COLABORAÇÃO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO E O INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO DE PASSO FUNDO - SOLIDARIEDADE - IDPF 032/2014 - PGM O MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO, pessoa jurídica

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE SECRETARIA GERAL DOS CONSELHOS SUPERIORES

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE SECRETARIA GERAL DOS CONSELHOS SUPERIORES SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE SECRETARIA GERAL DOS CONSELHOS SUPERIORES DELIBERAÇÃO Nº 044/2005 CONSELHO DEPARTAMENTAL EM 25 DE NOVEMBRO DE

Leia mais

Universidade do Estado do Rio de Janeiro Centro de Ciências Sociais Faculdade de Direito Coordenação de Pós-Graduação Stricto Sensu

Universidade do Estado do Rio de Janeiro Centro de Ciências Sociais Faculdade de Direito Coordenação de Pós-Graduação Stricto Sensu Universidade do Estado do Rio de Janeiro Centro de Ciências Sociais Faculdade de Direito Coordenação de Pós-Graduação Stricto Sensu EDITAL PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO DOUTORADO A Faculdade de

Leia mais

APOIO A PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS CIENTÍFICOS EDITAL Nº001/2015 - APEC

APOIO A PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS CIENTÍFICOS EDITAL Nº001/2015 - APEC APOIO A PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS CIENTÍFICOS EDITAL Nº001/2015 - APEC O Governo do Estado do Maranhão e a Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação (SECTEC), por meio da Fundação de Amparo

Leia mais

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 001/2010

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 001/2010 Fundação Diamantinense de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Extensão PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 001/2010 A Fundação Diamantinense de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Extensão FUNDAEPE torna pública a abertura

Leia mais

CONTRATO DE AQUISIÇÃO DE MATERIAL FUNDAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR DE GOIATUBA

CONTRATO DE AQUISIÇÃO DE MATERIAL FUNDAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR DE GOIATUBA CONTRATO DE AQUISIÇÃO DE MATERIAL FUNDAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR DE GOIATUBA Que entre si celebram a FUNDAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR DE GOIATUBA e a empresa: BRASILL INFORMÁTICA E PRODUTOS LTDA EPP. CLÁUSULA

Leia mais

4. DOS REQUISITOS PARA PARTICIPAR DO PROCESSO SELETIVO

4. DOS REQUISITOS PARA PARTICIPAR DO PROCESSO SELETIVO EDITAL Nº 001/2011 Dispõe sobre o processo seletivo para ingresso no Curso Pré-vestibular ofertado pelo Município de Juazeiro/BA, através da Secretaria de Educação e Esporte. O Secretário Municipal de

Leia mais

Parágrafo Primeiro. O fornecimento do material para veiculação do informativo será de responsabilidade da contratante.

Parágrafo Primeiro. O fornecimento do material para veiculação do informativo será de responsabilidade da contratante. CONTRATO Nº 004/2015 REFERENTE À PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS QUE ENTRE SI CELEBRAM A CÂMARA MUNICIPAL DE QUERÊNCIA E A EMPRESA RÁDIO LÍDER SERVIÇOS E PUBLICIDADE LTDA ME. A Estado de Mato Grosso, Pessoa Jurídica

Leia mais

CONTRATO DE FORNECIMENTO DE LICENÇA DE USO DE SOFTWARE PARA REVENDAS

CONTRATO DE FORNECIMENTO DE LICENÇA DE USO DE SOFTWARE PARA REVENDAS CONTRATO DE FORNECIMENTO DE LICENÇA DE USO DE SOFTWARE PARA REVENDAS FORNECEDOR: WORKSOFT INFORMÁTICA LTDA., pessoa jurídica de direito privado, inscrita no CNPJ/MF sob nº. 08.707.221/0001-06, com sede

Leia mais

EDITAL Nº 002/2011 CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENSINO DE MATEMÁTICA

EDITAL Nº 002/2011 CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENSINO DE MATEMÁTICA EDITAL Nº 002/2011 CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENSINO DE MATEMÁTICA INSCRIÇÃO, SELEÇÃO E MATRÍCULA 1. INFORMAÇÕES GERAIS A direção da Faculdade de Ciências, Educação e Tecnologia de Garanhuns da Universidade

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Economia

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Economia EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO 2º/2015 Coordenador: Prof. Dr. Antônio Corrêa de Lacerda Vice-Coordenadora: Profa. Dra. Regina Maria d Aquino Fonseca Gadelha Estarão abertas, no período de 01/04/2015 a

Leia mais

PORTARIA UNIVESP PR nº 14/2015, de 25 de março de 2015

PORTARIA UNIVESP PR nº 14/2015, de 25 de março de 2015 PORTARIA UNIVESP PR nº 14/2015, de 25 de março de 2015 Estabelece normas para concessão de bolsas no âmbito da Modalidade 1 Treinamento Técnico, para ingresso no 1 o semestre de 2015, cria cadastro de

Leia mais

Instituto Suel Abujamra

Instituto Suel Abujamra Instituto Suel Abujamra Seleção de Candidatos para 1º ano de Residência Médica em Oftalmologia - 2015 Edital de Abertura de Inscrições O Instituto Suel Abujamra torna público a realização do processo seletivo

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS MÉDICOS (ADAPTADO às RESOLUÇÕES NORMATIVAS N.ºs 363, 364 e SÚMULA 26 DA ANS)

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS MÉDICOS (ADAPTADO às RESOLUÇÕES NORMATIVAS N.ºs 363, 364 e SÚMULA 26 DA ANS) CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS MÉDICOS (ADAPTADO às RESOLUÇÕES NORMATIVAS N.ºs 363, 364 e SÚMULA 26 DA ANS) I CONTRATANTE : Nome Operadora de Saúde Endereço: R...., nº... Bairro... - Cidade/ Capital

Leia mais

EDITAL DE CONTRATAÇÃO DE EMPREGADOS

EDITAL DE CONTRATAÇÃO DE EMPREGADOS EDITAL DE CONTRATAÇÃO DE EMPREGADOS A Fundação Educativa de Rádio e Televisão Ouro Preto - FEOP, no uso de suas atribuições, com fim de contratar empregado para desenvolvimento de atividades técnicas desenvolvidas

Leia mais

Edital nº 02/2015, de 28 de Agosto de 2015 Curso Técnico em Agricultura

Edital nº 02/2015, de 28 de Agosto de 2015 Curso Técnico em Agricultura Edital nº 02/2015, de 28 de Agosto de 2015 Curso Técnico em Agricultura A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Científico e Tecnológico e de Agricultura, Pecuária e Irrigação SED/Gabinete

Leia mais