Sabe o que é port forwarding e qual a sua utilização?

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Sabe o que é port forwarding e qual a sua utilização?"

Transcrição

1 Sabe o que é port forwarding e qual a sua utilização? Date : 14 de Julho de 2017 Alguma vez ouviu falar sobre port forwarding ou encaminhamento baseado em portos lógicos, aplicado em configurações para acesso remoto? Pois bem, pode parecer complicado, mas não é. Neste artigo explicaremos o que é e qual a sua utilidade, bem como alguns conceitos como endereços IP, NAT, portos de rede, para que compreenda melhor o assunto. Numa primeira introdução, port forwarding significa permitir que o tráfego de entrada, proveniente da Internet, chegue a uma determinada aplicação ou serviço em execução, instalada num dado dispositivo, seja ele um tablet ou computador. A sua utilização é bastante comum em aplicações de acesso remoto, câmaras IP, etc. Endereços IPv4 Um endereço IPv4, composto por 4 octetos, cada um formado por 8 bits (p/exemplo ), é utilizado para identificar dispositivos numa rede. Existem dois tipos de endereços IP, os públicos, no caso de uma ligação doméstica são atribuídos pela operadora de Pplware 1 / 6

2 telecomunicações, acessíveis publicamente através da Internet, e os privados, usados em redes internas, como por exemplo, na rede doméstica e outro tipo de LANs. Todos os dispositivos, sem exceção, precisam de um endereço IP exclusivo para enviar e receber dados. Para soar mais simples, pense no IP público como o número externo de uma central de comunicações telefónicas e os endereços privados são simplesmente as extensões internas. Conforme ilustra a imagem, do lado esquerdo encontra-se a rede pública, sendo esse o IP do utilizado do exterior quando se pretende aceder a um dispositivo da rede privada, disposta do lado direito, cujos IP são gerados pelo servidor DHCP, integrado no router, ou então configurados manualmente em cada um dos equipamentos. Agora vejamos o seguinte, existe apenas um IP público, mas podem existir dezenas de IPs privados em simultâneo. Se ao acaso existirem duas pessoas, por exemplo, a pesquisar no Google, como é que que o tráfego é entregue à pessoa correta, sendo o IP de saída o mesmo? NAT (Network Address Translation) é a resposta. Network Address Translation (NAT) Integrado no router, o NAT funciona como um controlador que direciona o fluxo de tráfego da rede, permitindo que um único endereço IP público seja partilhado (no caso de se usar PAT) por todos os dispositivos da rede privada. Pplware 2 / 6

3 Por culpa da tradução de endereços de rede, esta é a forma utilizada para traduzir endereços IP públicos e privados, de modo a que todos os utilizadores da rede interna possam usufruir da Internet ao mesmo tempo, sem que o tráfego acabe no dispositivo errado. Do ponto de vista da Internet, tudo isto é visto como se tratasse apenas de um único dispositivo. E se por ventura quisesse aceder às suas câmaras de segurança durante as férias, ou ao seu servidor de ficheiros, instalado no seu desktop? É aqui que o port forwarding entra em ação, mas antes disso, é necessário entender o que é um porto de rede. Porto lógico Todos os pedidos efetuados através da Internet incluem um porto. Este, é apenas um número utilizado para facilitar o direccionamento do tráfego de rede. Quando um pacote de dados, proveniente da Internet, é dirigido ao servidor de um site, o número do porto contido no pacote de dados é analisado, e o tráfego é direcionado para o destino correto. Pplware 3 / 6

4 Cada porto corresponde a um serviço diferente, existindo no total cerca de portos TCP e UDP disponíveis para uso. Os portos TCP compreendidos entre 0 e 1023 encontramse reservados, sendo parte de um padrão pré-definido com o objetivo de auxiliar as comunicações globais da Internet. Além desses, de 1024 a são portos registadas, e de a 65535, dinâmicos. A título exemplificativo, o porto padrão utilizado pelos servidores web é o 80. Ora, ao realizar um pedido ao endereço o servidor sabe que este porto é utilizado para fornecer documentos através do protocolo HTTP. Port Forwarding Depois de entendido o que são endereços IP, NAT, e portos, eis que finalmente entramos no assunto de encaminhamento de portos. O port forwarding é, basicamente, configurar um router para que um determinado serviço, por exemplo SFTP, em execução num desktop na rede interna, seja acessível por outros dispositivos através da Internet. Pplware 4 / 6

5 Vamos supor que é um utilizador, de momento em viagem no estrangeiro, e pretende aceder ao seu servidor de SFTP. No seu computador, tem instalado um cliente, por exemplo WinSCP, adequado para trabalhar com este protocolo. Utilizando-o, contacta o servidor remoto através do IP público que lhe foi conferido pela operadora de telecomunicações (ISP), adicionando ao endereço o respetivo porto que este serviço utiliza, o 22. Assim que o pedido SFTP:// :22 chega ao router, este, encaminha-o para o respetivo servidor, à escuta no porto 22. Em poucas palavras, estamos a dizer ao router, encaminha todos os pedidos SFTP (22) provenientes da rede pública para o servidor com o IP privado A este mecanismo é dado o nome de port-forwading. Para perceber como é configurado, veja este tutorial onde é explicado como instalar e configurar um servidor de SFTP para acesso remoto. Firewall Hoje em dia, grande parte dos routers possuem uma Firewall, para que nenhum tráfego externo entre na rede local, proporcionando maior segurança à rede privada. Isto significa que, se por ventura existir uma tentativa de ligação à rede doméstica, e não for usado um porto válido, a ligação será automaticamente descartada. Pplware 5 / 6

6 Powered by TCPDF (www.tcpdf.org) Ainda assim, é aconselhável uma firewall interna, "instalada" por exemplo, ou entre o router e o servidor, ou no servidor. Neste caso, e pegando no exemplo deste artigo, é necessário criar uma regra na firewall que permita a entrada de tráfego através do porto 22, caso contrário, mesmo que tenha tudo configurado no router, o pedido vai bater na firewall, e não conseguirá alcançar o servidor. Uma vez conhecidos os conceitos de endereço IP, NAT, porto e port forwarding, e se por ventura tiver que configurar o acesso remoto a um dispositivo e/ou aplicação, tudo será mais simples, agora que entende como tudo funciona e a razão da sua utilização. Pplware 6 / 6

Tutorial: Criar um servidor SFTP no Windows para acesso remoto

Tutorial: Criar um servidor SFTP no Windows para acesso remoto Tutorial: Criar um servidor SFTP no Windows para acesso remoto Date : 4 de Março de 2017 Antes da massificac?a?o de servic?os baseados na "nuvem como o Dropbox, Google Drive, OneDrive, entre outros, o

Leia mais

Configurar um servidor de DNS no Ubuntu via Webmin

Configurar um servidor de DNS no Ubuntu via Webmin Configurar um servidor de DNS no Ubuntu via Webmin Date : 13 de Outubro de 2014 Um dos serviços mais importantes em qualquer rede é o DNS (Domain Name System)). Este serviço é responsável pela tradução

Leia mais

Tutorial Aceda remotamente à sua rede Meo de casa por VPN

Tutorial Aceda remotamente à sua rede Meo de casa por VPN Tutorial Aceda remotamente à sua rede Meo de casa por VPN Date : 1 de Fevereiro de 2013 usando o seu router Thomson da Meo e uma máquina com Windows Nos dias de hoje são já poucas as habitações onde não

Leia mais

Protocolos e Arquiteturas de Redes. Thiago Leite

Protocolos e Arquiteturas de Redes. Thiago Leite Protocolos e Arquiteturas de Thiago Leite As redes são organizadas em camadas Forma de reduzir a complexidade Um conjunto de camadas forma uma pilha A função de cada camada da

Leia mais

Airytec Desligue o seu computador remotamente

Airytec Desligue o seu computador remotamente Airytec Desligue o seu computador remotamente Date : 26 de Junho de 2017 Alguma vez precisou de manter um computador remoto em funcionamento e/ou teve necessidade de o reiniciar porque algum processo bloqueou?

Leia mais

PiVPN: É fácil transformar o Raspberry Pi num servidor de VPNs

PiVPN: É fácil transformar o Raspberry Pi num servidor de VPNs PiVPN: É fácil transformar o Raspberry Pi num servidor de VPNs Date : 9 de Janeiro de 2017 O Raspberry Pi (RPI) tem um conjunto de características das quais podemos tirar partido para ter em funcionamento

Leia mais

MS1122 v3.0 Instalação e Considerações Importantes

MS1122 v3.0 Instalação e Considerações Importantes MS1122 v3.0 Instalação e Considerações Importantes O conteúdo deste documento é destinado a quem já possui algum conhecimento e deseja utilizar algumas REDEs comerciais disponíveis... V3.0 R2 Operadoras

Leia mais

IMEI MONTAGEM E MANIPULAÇÃO DE REDES DE DADOS - REDES DE COMPUTADORES. Curso Profissional de Técnico de Gestão de Equipamentos Informáticos

IMEI MONTAGEM E MANIPULAÇÃO DE REDES DE DADOS - REDES DE COMPUTADORES. Curso Profissional de Técnico de Gestão de Equipamentos Informáticos IMEI MONTAGEM E MANIPULAÇÃO DE REDES DE DADOS - REDES DE COMPUTADORES Curso Profissional de Técnico de Gestão de Equipamentos Arquitetura da Internet A Internet é constituída por uma enorme quantidade

Leia mais

Partilha de ficheiros por rede entre Mac e Windows

Partilha de ficheiros por rede entre Mac e Windows Partilha de ficheiros por rede entre Mac e Windows Date : 4 de Janeiro de 2010 Hoje temos um post com qualidade extra! Muitos de nós têm mais de um computador em casa, sejam Mac's, Windows, Linux,... E,

Leia mais

Tecnologia de Redes. NAT e Masquerade

Tecnologia de Redes. NAT e Masquerade Volnys B. Bernal (c) 1 Tecnologia de Redes NAT e Masquerade Volnys Borges Bernal volnys@lsi.usp.br http://www.lsi.usp.br/~volnys Volnys B. Bernal (c) 2 Agenda Introdução NAT Masquerade Introdução Volnys

Leia mais

Análise: Vodafone MiFi Router Wifi e 3G Portátil

Análise: Vodafone MiFi Router Wifi e 3G Portátil Análise: Vodafone MiFi 2352 - Router Wifi e 3G Portátil Date : 24 de Dezembro de 2009 Depois de termos apresentado neste artigo a novidade da altura em portabilidade Wifi e 3G, chega-nos também para analise

Leia mais

Configurando o NAT Estático e o NAT Dinâmico Simultaneamente

Configurando o NAT Estático e o NAT Dinâmico Simultaneamente Configurando o NAT Estático e o NAT Dinâmico Simultaneamente Índice Introdução Pré-requisitos Requisitos Componentes Usados Convenções Configurando o NAT Informações Relacionadas Introdução Em algumas

Leia mais

Transforme o seu Raspberry PI num servidor de DNS

Transforme o seu Raspberry PI num servidor de DNS Transforme o seu Raspberry PI num servidor de DNS Date : 28 de Outubro de 2013 Segundo dados divulgados recentemente no site raspberrypi.org, 1,75 milhões é o numero de mini Raspberry Pi vendidos em todo

Leia mais

Utilização de Números de Porta FTP Não- Padrão com NAT

Utilização de Números de Porta FTP Não- Padrão com NAT Utilização de Números de Porta FTP Não- Padrão com NAT Índice Introdução Pré-requisitos Requisitos Componentes Utilizados Convenções Configurações de exemplo Configuração de exemplo 1 Configuração de exemplo

Leia mais

Windows Server 2008 Vamos criar um domínio

Windows Server 2008 Vamos criar um domínio Windows Server 2008 Vamos criar um domínio Date : 25 de Outubro de 2013 No Pplware temos abordado as características e funcionalidades dos mais diversos sistemas operativos. Apesar de hoje em dia os sistemas

Leia mais

Aprenda como interligar dois locais através de uma VPN

Aprenda como interligar dois locais através de uma VPN Aprenda como interligar dois locais através de uma VPN Date : 14 de Maio de 2015 Imagine por exemplo que tem uma empresa na Guarda e uma filial em Viseu e pretende constituir uma única rede privada (Guarda+Viseu)

Leia mais

Redes e Conectividade

Redes e Conectividade Redes e Conectividade NAT e PAT Versão 1.1 Novembro de 2016 Prof. Jairo jairo@uni9.pro.br professor@jairo.pro.br http://www.jairo.pro.br/ Redes e Conectividade novembro/2016 - Prof. Jairo - professor@jairo.pro.br

Leia mais

Execícios de Revisão Redes de Computadores Edgard Jamhour. Proxy, NAT Filtros de Pacotes

Execícios de Revisão Redes de Computadores Edgard Jamhour. Proxy, NAT Filtros de Pacotes Execícios de Revisão Redes de Computadores Edgard Jamhour Proxy, NAT Filtros de Pacotes Exercício 1 Configure as regras do filtro de pacotes "E" para permitir que os computadores da rede interna tenham

Leia mais

FUNDAMENTOS DE REDES DE COMPUTADORES Unidade IV Camada de Rede. Luiz Leão

FUNDAMENTOS DE REDES DE COMPUTADORES Unidade IV Camada de Rede. Luiz Leão Luiz Leão luizleao@gmail.com http://www.luizleao.com Conteúdo Programático 4.1 Protocolo IP 4.2 Endereçamento IP 4.3 Princípios de Roteamento Introdução O papel da camada de rede é transportar pacotes

Leia mais

Máscara de Rede Prof. Renato da Costa TRE SP 2006 FCC 1) O número decimal 13 convertido ao sistema básico binário será igual a a) 1101. b) 0101. c) 1011. d) 1010. e)1001. 1 TCE RORAIMA 2007 CESGRANRIO

Leia mais

MANUAL DE CONFIGURAÇÃO DASHBOARD MOBILE

MANUAL DE CONFIGURAÇÃO DASHBOARD MOBILE MANUAL DE CONFIGURAÇÃO DASHBOARD MOBILE www.xdsoftware.pt Para poder utilizar a XD Dashboard Mobile ligada a uma base de dados num cliente final é necessário cumprir com alguns pré-requisitos. Deverá depois

Leia mais

Modelo OSI. Marcelo Assunção 10º13. Curso Profissional Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos. Disciplina: Redes de Comunicação

Modelo OSI. Marcelo Assunção 10º13. Curso Profissional Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos. Disciplina: Redes de Comunicação Modelo OSI Marcelo Assunção 10º13 Curso Profissional Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos Disciplina: Redes de Comunicação 2013/2014 Índice Modelo OSI Open System Interconnection (OSI)

Leia mais

Endereçamento IP. Departamento Engª Electrotécnica ISEC

Endereçamento IP. Departamento Engª Electrotécnica ISEC Endereçamento IP Departamento Engª Electrotécnica ISEC Objectivos Visão geral sobre o endereçamento IPv4 e IPv6 Administração do espaço de endereçamento Obtenção de endereços Atribuição de endereços (manual

Leia mais

Instale facilmente o OpenVPN num Mac com o Tunnelblick

Instale facilmente o OpenVPN num Mac com o Tunnelblick Instale facilmente o OpenVPN num Mac com o Tunnelblick Date : 11 de Janeiro de 2017 Cada vez mais devemos considerar usar uma VPN para podermos garantir que não temos "espiões" no meio do nosso circuito

Leia mais

Redes de Computadores. Protocolos TCP/IP

Redes de Computadores. Protocolos TCP/IP Redes de Computadores Protocolos TCP/IP Sumário 2! Endereços IP (lógicos) Sub-redes! Endereços Ethernet (físicos)! Conversão de endereços IP/Ethernet! Pacotes IP! Números de portos! Segmentos UDP! Segmentos

Leia mais

Como ter Internet de borla em quase todo o lado

Como ter Internet de borla em quase todo o lado Como ter Internet de borla em quase todo o lado Date : 3 de Fevereiro de 2016 Ter acesso à Internet, de forma gratuita, através dos nossos dispositivos móveis é hoje mais fácil. Existem muitos métodos,

Leia mais

Guia para Acesso Remoto

Guia para Acesso Remoto Termostato Web Controlador de Temperatura com Acesso Remoto Modelos CTR-101 e CTR-102 Guia para Acesso Remoto Versão 1.0 Julho/2016 1 1- Descrição O Termostato Web é um controlador digital de temperatura

Leia mais

TCP/IP Protocolos e Arquiteturas

TCP/IP Protocolos e Arquiteturas TCP/IP Protocolos e Arquiteturas Prof. Airton Ribeiro de Sousa 2016 Introdução ao TCP/IP Para que os computadores de uma rede possam trocar informações entre si, é necessário que todos adotem as mesmas

Leia mais

Sincronize as suas tarefas do Google Calendar no Thunderbird

Sincronize as suas tarefas do Google Calendar no Thunderbird Sincronize as suas tarefas do Google Calendar no Thunderbird Date : 3 de Novembro de 2011 Nos tempos que correm é fácil nos esquecermos de algo que temos para fazer. Uma das pérolas que as tecnologias

Leia mais

Agenda. Tecnologia de Redes. NAT e Masquerade. Introdução. Introdução. Firewalls. Introdução NAT Masquerade

Agenda. Tecnologia de Redes. NAT e Masquerade. Introdução. Introdução. Firewalls. Introdução NAT Masquerade 1 2 Agenda Tecnologia de Redes e Masquerade Masquerade Rafael Freitas Reale reale@ifba.edu.br http://www.rafaelreale.net Cedido por: Volnys Borges Bernal volnys@lsi.usp.br http://www.lsi.usp.br/~volnys

Leia mais

WhatsApp: 9 dicas que não pode deixar de conhecer

WhatsApp: 9 dicas que não pode deixar de conhecer WhatsApp: 9 dicas que não pode deixar de conhecer Date : 19 de Julho de 2017 O WhatsApp cresceu de forma absurda até se afirmar como uma das aplicações mais populares em todo o mundo, utilizada por mais

Leia mais

Planificação Anual da disciplina de Comunicação de dados 12º 1PE

Planificação Anual da disciplina de Comunicação de dados 12º 1PE Conteúdos 1.Conceitos básicos 1.1. Rede de Comunicação 1.2. Redes de dados 1.3. Transmissão de Dados 1.4. A Informação 2.Redes de dados 2.1. Importância 2.2. Áreas de Aplicação 2.2.1.Perspectiva de evolução

Leia mais

Configuração do Router

Configuração do Router Configuração do Router Através de uma ligação TCP/IP é possível configurar o Router utilizando um navegador web. São suportados os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 ou superior, Netscape Navigator,

Leia mais

Capítulo 2 - Sumário. Endereçamento em Sub-redes, Super-Redes (CIDR) e VLSM

Capítulo 2 - Sumário. Endereçamento em Sub-redes, Super-Redes (CIDR) e VLSM 1 Endereço IP Classe de Endereços IP Endereços IP Especiais Endereços IP Privativos Capítulo 2 - Sumário Endereçamento em Sub-redes, Super-Redes (CIDR) e VLSM Endereçamento Dinâmico (DHCP) Mapeamento IP

Leia mais

Redes de Computadores e Aplicações. Aula 30 Endereçamento IP Endereços Especiais

Redes de Computadores e Aplicações. Aula 30 Endereçamento IP Endereços Especiais Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte Campus Currais Novos Redes de Computadores e Aplicações Aula 30 Endereçamento IP Endereços Especiais Prof. Diego Pereira

Leia mais

Viber Chamadas Grátis a partir do seu iphone

Viber Chamadas Grátis a partir do seu iphone Viber Chamadas Grátis a partir do seu iphone Date : 9 de Dezembro de 2010 As comunicações estão a mudar. O mundo VoIP está a tomar conta do que ainda está preso às amarras dos operadores e esta será uma

Leia mais

Graduação Tecnológica em Redes de Computadores. Fundamentos de Redes II

Graduação Tecnológica em Redes de Computadores. Fundamentos de Redes II Graduação Tecnológica em Redes de Computadores Fundamentos de Redes II Euber Chaia Cotta e Silva euberchaia@yahoo.com.br Graduação Tecnológica em Redes de Computadores Endereçamento IP Euber Chaia Cotta

Leia mais

Tem um Raspberry Pi 3? Saiba como transformá-lo num AP Wifi

Tem um Raspberry Pi 3? Saiba como transformá-lo num AP Wifi Tem um Raspberry Pi 3? Saiba como transformá-lo num AP Wifi Date : 11 de Julho de 2016 O Raspberry Pi 3 pode ser usado para os mais diversos projectos/serviços. Esta nova versão do mini PC mais popular

Leia mais

Redes de Computadores. Aula: Roteamento Professor: Jefferson Silva

Redes de Computadores. Aula: Roteamento Professor: Jefferson Silva Redes de Computadores Aula: Roteamento Professor: Jefferson Silva Perguntinhas básicas J n O que é rotear? n O que é uma rota? n Porque rotear? n Como sua requisição chega no facebook? Conceitos n Roteamento

Leia mais

Redes de computadores e a Internet. Prof. Gustavo Wagner. A camada de rede

Redes de computadores e a Internet. Prof. Gustavo Wagner. A camada de rede Redes de computadores e a Internet Prof. Gustavo Wagner Capitulo Capítulo 4 A camada de rede NAT: Network Address Translation resta da Internet 138.76.29.7 10.0.0.4 rede local (ex.: rede doméstica) 10.0.0/24

Leia mais

CONFIGURAÇÃO DA CAIXA DE CORREIO ELETRÓNICO

CONFIGURAÇÃO DA CAIXA DE CORREIO ELETRÓNICO CONFIGURAÇÃO DA CAIXA DE CORREIO ELETRÓNICO Outlook 2013 / 2016 & definições genéricas Criado/ Revisto Por: Revisto em: Contacto: DI-IPS Maio 2017 Apoio.informatico@ips.pt ÍNDICE Introdução... 4 Configuração

Leia mais

Vodafone Smart Router - Mude o nome da rede Wi-Fi

Vodafone Smart Router - Mude o nome da rede Wi-Fi Vodafone Smart Router - Mude o nome da rede Wi-Fi Date : 13 de Março de 2017 Depois da Vodafone nos ter disponibilizado o seu Smart Router e de o termos apresentado, muitos foram os pedidos para ensinarmos

Leia mais

Tutorial: Como criar os seus próprios certificados SSL

Tutorial: Como criar os seus próprios certificados SSL Tutorial: Como criar os seus próprios certificados SSL Date : 10 de Junho de 2016 Nos dias que correm, é fundamental que todos os dados sensíveis, transaccionados entre um cliente (browser) e um servidor

Leia mais

Administração de Redes I (LI) Ano, Semestre: 2, 1

Administração de Redes I (LI) Ano, Semestre: 2, 1 Administração de Redes I (LI) Ano, Semestre: 2, 1 Pedro M. M. Marques pedromarques.eng@gmail.com 1 OBJECTIVOS Estudar mecanismos de conectividade no acesso à Internet e no acesso remoto; Estudar estratégias

Leia mais

Manual de Configuração.

Manual de Configuração. O NX WiFi é um conversor de Serial e Ethernet para WiFi, com isso eliminando o cabeamento em suas instalações e deixando-os equipamentos com mais mobilidade. NX WiFi Modo STA Modo STA Neste modo o NXWiFi

Leia mais

Este documento requer uma compreensão do ARP e de ambientes Ethernet.

Este documento requer uma compreensão do ARP e de ambientes Ethernet. Proxy ARP Índice Introdução Pré-requisitos Requisitos Componentes Utilizados Convenções Como o Proxy ARP Funciona? Diagrama de Rede Vantagens do Proxy ARP Desvantagens do Proxy ARP Introdução Este documento

Leia mais

Geralmente, o firewall também é configurado para não bloquear o tráfego de saída. Por exemplo, um banco pode querer isolar a rede da tesouraria do res

Geralmente, o firewall também é configurado para não bloquear o tráfego de saída. Por exemplo, um banco pode querer isolar a rede da tesouraria do res FIREWALL A conexão com a Internet traz às corporações os seguintes riscos: Relacionados a dados: confidencialidade, integridade e disponibilidade; Relacionados aos recursos e ativos da empresa; Relacionados

Leia mais

Comunicação sem fios (somente em alguns modelos)

Comunicação sem fios (somente em alguns modelos) Comunicação sem fios (somente em alguns modelos) Manual do utilizador Copyright 2006 Hewlett-Packard Development Company, L.P. Microsoft e Windows são marcas registadas da Microsoft Corporation nos EUA.

Leia mais

Redes de Computadores (LTIC) 2014/15. Parte 1 (8 valores) Exame Final (1ª Época) 24 de junho de Nome:

Redes de Computadores (LTIC) 2014/15. Parte 1 (8 valores) Exame Final (1ª Época) 24 de junho de Nome: Redes de Computadores (LTIC) 2014/15 Exame Final (1ª Época) 24 de junho de 2015 ATENÇÃO: A duração da prova é de 2,5 horas (150 minutos). Só poderá haver desistências após 60 minutos. Todas as respostas

Leia mais

Administração de Sistemas (ASIST)

Administração de Sistemas (ASIST) Administração de Sistemas (ASIST) Redes privadas virtuais Novembro de 2014 1 Rede privada virtual ( VPN Virtual Private Network ) Uma VPN é um túnel seguro (autenticação, confidencialidade e integridade)

Leia mais

Guia Primeiros Passos da Bomgar B400

Guia Primeiros Passos da Bomgar B400 Guia Primeiros Passos da Bomgar B400 Documento: 043010.15 Publicado: maio 2010 Guia Primeiros Passos da Bomgar B400 Documento: 043010.15 Publicado: maio 2010 Obrigado por usar a Bomgar. Na Bomgar, o atendimento

Leia mais

Comunicação sem fios (somente em alguns modelos)

Comunicação sem fios (somente em alguns modelos) Comunicação sem fios (somente em alguns modelos) Manual do utilizador Copyright 2007 Hewlett-Packard Development Company, L.P. Windows é uma marca comercial registada da Microsoft Corporation nos EUA.

Leia mais

Roteamento Prof. Pedro Filho

Roteamento Prof. Pedro Filho Roteamento Prof. Pedro Filho Definição Dispositivo intermediário de rede projetado para realizar switching e roteamento de pacotes O roteador atua apenas na camada 3 (rede) Dentre as tecnologias que podem

Leia mais

Como Permitir a Navegação Usando o NetBIOS Over IP

Como Permitir a Navegação Usando o NetBIOS Over IP Como Permitir a Navegação Usando o NetBIOS Over IP Índice Introdução Pré-requisitos Requisitos Componentes Utilizados Convenções Informações de Apoio Ajuste o nome do grupo de trabalho para ser o Domain

Leia mais

VoIP no router da MEO - Chamadas gratuitas na rede fixa

VoIP no router da MEO - Chamadas gratuitas na rede fixa VoIP no router da MEO - Chamadas gratuitas na rede fixa Date : 22 de Novembro de 2010 Chamadas gratuitas para toda a rede fixa nacional e 0,20 para todas as redes móveis VoIP, VoIP, VoIP certamente que

Leia mais

Windows: Pasta AppData para que serve?

Windows: Pasta AppData para que serve? Windows: Pasta AppData para que serve? Date : 1 de Agosto de 2017 O Consultório Pplware traz-nos questões muito interessantes que até nos ajudam a perceber como os utilizadores olham para os seus computadores

Leia mais

Imprima de forma fácil do seu ipad, ipod Touch e iphone

Imprima de forma fácil do seu ipad, ipod Touch e iphone Imprima de forma fácil do seu ipad, ipod Touch e iphone Date : 10 de Fevereiro de 2014 Actualmente, com o aparecimento dos dispositivos móveis, passamos a imprimir menos tanto em casa como no escritório.

Leia mais

ENDEREÇAMENTO PRIVADO PROXY E NAT

ENDEREÇAMENTO PRIVADO PROXY E NAT ENDEREÇAMENTO PRIVADO PROXY E NAT MOTIVAÇÃO PARA O ENDEREÇAMENTO IP PRIVADO Crescimento do IPv4 07/2007 490 milhões de hosts 01/2008 542 milhões de hosts IPv4 permite endereçar 4 bilhões de hosts. PREVISÃO

Leia mais

Este documento descreve como configurar a autenticação da Web a fim trabalhar com uma instalação do proxy.

Este documento descreve como configurar a autenticação da Web a fim trabalhar com uma instalação do proxy. Índice Introdução Pré-requisitos Requisitos Componentes Utilizados Convenções Configurar Configurar o WLC Configurar o arquivo PAC Crie o ACL Pré-autenticação Reparo rápido: Configurar o navegador da Web

Leia mais

Análise: router Asus RT-AC56U

Análise: router Asus RT-AC56U Análise: router Asus RT-AC56U Date : 9 de Maio de 2014 O router é um elemento imprescindível numa rede de dados, seja ela doméstica ou empresarial. Funções como controlo de acesso, qualidade de serviço,

Leia mais

Ferramentas para Coexistência e Transição IPv4 e IPv6. Módulo 7

Ferramentas para Coexistência e Transição IPv4 e IPv6. Módulo 7 Ferramentas para Coexistência e Transição IP e IPv6 Módulo 7 ftp://ftp.registro.br/pub/stats/delegated-ipv6-nicbr-latest 250 200 150 100 50 0 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 Coexistência

Leia mais

Simi Catálogos Digitais

Simi Catálogos Digitais How to Simi Catálogos Digitais Maio 2013 GRUPO PIE Proibida a reprodução deste documento no todo ou parcialmente, sem prévia autorização da origem. Simi Como instalar 1. Alterar a licença do WinREST ou

Leia mais

rsf.a06 Resolução de Nomes PROFº RICARDO JOSÉ BATALHONE FILHO

rsf.a06 Resolução de Nomes PROFº RICARDO JOSÉ BATALHONE FILHO rsf.a06 Resolução de Nomes PROFº RICARDO JOSÉ BATALHONE FILHO Endereçamento e Nomes Dispositivos de rede possuem ambos um Nome e um Endereço atribuídos a eles; Nomes são independentes de localidade e se

Leia mais

5 dicas para tornar o Edge do Windows 10 Mobile ainda melhor

5 dicas para tornar o Edge do Windows 10 Mobile ainda melhor 5 dicas para tornar o Edge do Windows 10 Mobile ainda melhor Date : 12 de Dezembro de 2016 O browser é um dos elementos mais importantes e essenciais presentes nos nossos computadores, tablets, smartphones,

Leia mais

Bomgar Connect Apoio Técnico a Dispositivos Apple ios

Bomgar Connect Apoio Técnico a Dispositivos Apple ios Bomgar Connect Apoio Técnico a Dispositivos Apple ios TC: 8/22/2016 Índice Fornecer Apoio Técnico a Dispositivos ios Apple com o Bomgar 3 O que o seu Cliente Vê: O Cliente ios 4 Cliente ios 5 Utilizar

Leia mais

Esqueceu uma palavra-passe? Use o browser para a recuperar!

Esqueceu uma palavra-passe? Use o browser para a recuperar! Esqueceu uma palavra-passe? Use o browser para a recuperar! Date : 6 de Junho de 2016 As palavras-passe sempre foram uma dor de cabeça para os utilizadores. A segurança que fornecem chocam com a obrigação

Leia mais

Como encriptar os seus s e os seus dados on-line?

Como encriptar os seus  s e os seus dados on-line? Como encriptar os seus e-mails e os seus dados on-line? Date : 29 de Setembro de 2014 Por Hugo Sousa para PPLWARE.COM As pessoas começam a ter uma percepção diferente no que toca à sua informação disponível

Leia mais

EXERCÍCIOS DE REVISÃO DNS, DHCP, Endereços Privados, Proxy e NAT EDGARD JAMHOUR. Segundo Bimestre

EXERCÍCIOS DE REVISÃO DNS, DHCP, Endereços Privados, Proxy e NAT EDGARD JAMHOUR. Segundo Bimestre EXERCÍCIOS DE REVISÃO DNS, DHCP, Endereços Privados, Proxy e NAT EDGARD JAMHOUR Segundo Bimestre Exercício 1: Considere a seguinte configuração de árvore de nomes DNS. ZONA.br dns (200.0.0.1) SOA br dns2

Leia mais

Como montar um servidor FTP em Windows

Como montar um servidor FTP em Windows Como montar um servidor FTP em Windows Date : 6 de Janeiro de 2009 Actualmente é uma realidade que o nosso computador está quase tanto tempo ligado como o frigorífico lá de casa. É por isso urgente dar-lhe

Leia mais

Camada de Rede. Endereçamento de Rede Protocolo IP

Camada de Rede. Endereçamento de Rede Protocolo IP Camada de Rede Endereçamento de Rede Protocolo IP Camada de Rede Protocolo mais importante: IP IPv4 (mais utilizada) IPv6 (atender ao crescimento das redes e a necessidade de novos endereços). PDU: Pacote

Leia mais

Criar uma máquina virtual

Criar uma máquina virtual Criar uma máquina virtual Date : 19 de Janeiro de 2007 Uma forma de termos na nossa máquina sistemas operativos paralelos sem necessidade de mexer nas partições do disco é usufruir da "virtualização" de

Leia mais

Protocolo e Endereços Internet

Protocolo e Endereços Internet Protocolo e Endereços Internet Licença de uso do material Esta apresentação está disponível sob a licença Creative Commons Atribuição Não a Obras Derivadas (by-nd) http://creativecommons.org/licenses/by-nd/3.0/br/legalcode

Leia mais

Gerenciamento de Redes: Protocolo SNMP

Gerenciamento de Redes: Protocolo SNMP Gerenciamento de Redes: Protocolo SNMP Protocolo SNMP (do inglês Simple Network Management Protocol Protocolo Simples de Gerência de Rede) é um protocolo usado para gerenciar redes TCP/IP complexas. Com

Leia mais

TRABALHO SOBRE IPV6. Akio Tanaka ADS Módulo III. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP)

TRABALHO SOBRE IPV6. Akio Tanaka ADS Módulo III. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP) TRABALHO SOBRE IPV6 Akio Tanaka 1580302 ADS Módulo III Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP) 1) Quais as diferenças entre o ENDEREÇAMENTO IPv6 e o IPv4? Explique e exemplifique.

Leia mais

VI Semana de Infraestrutura da Internet no Brasil São Paulo, SP 07/12/16

VI Semana de Infraestrutura da Internet no Brasil São Paulo, SP 07/12/16 VI Semana de Infraestrutura da Internet no Brasil São Paulo, SP 07/12/16 Serviços IPv6 Eduardo Barasal Morales Tiago Jun Nakamura Agenda Autoconfiguração de Endereços Stateless DHCPv6 Prefix Delegation

Leia mais

Seu manual do usuário HP PAVILION DV9565EA

Seu manual do usuário HP PAVILION DV9565EA Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para HP PAVILION DV9565EA. Você vai encontrar as respostas a todas suas perguntas sobre a HP PAVILION

Leia mais

Aprenda a instalar a plataforma de monitorização Cacti

Aprenda a instalar a plataforma de monitorização Cacti Aprenda a instalar a plataforma de monitorização Cacti Date : 27 de Março de 2014 Um administrador deve possuir as melhores ferramentas de monitorização para que tenha uma visão facilitada de toda a rede.

Leia mais

Cardsharing com o SpeedTouch série 500

Cardsharing com o SpeedTouch série 500 Cardsharing com o SpeedTouch série 500 ATENÇÃO Este manual tem conteúdos totalmente didácticos e tanto a DragTeam como o seu autor não se responsabilizam por um uso incorrecto do mesmo. Existe uma diferença

Leia mais

Redes de Dados e Comunicações

Redes de Dados e Comunicações Redes de Dados e Comunicações Prof.: Fernando Ascani Endereçamento IP Endereço IP Basicamente as máquinas quando estão ligadas em rede possuem um endereço IP configurado (seja ele IPv4 (normalmente) ou

Leia mais

Mas afinal, qual é a diferenc?a entre Firmware, Driver e Software?

Mas afinal, qual é a diferenc?a entre Firmware, Driver e Software? Mas afinal, qual é a diferenc?a entre Firmware, Driver e Software? Date : 3 de Maio de 2017 Independentemente do sistema operativo que usa, é comum existir, para o seu perfeito funcionamento vários componentes.

Leia mais

Procedimentos para Configuração DMZ

Procedimentos para Configuração DMZ Procedimentos para Configuração DMZ 1- Para realizar a configuração de DMZ no modem, o computador deve estar conectado via cabo Ethernet em uma das portas LAN do DSL-2730B, e o cabo de telefone conectado

Leia mais

Lançada a app Radares de Portugal para Android

Lançada a app Radares de Portugal para Android Lançada a app Radares de Portugal para Android Date : 25 de Novembro de 2013 Entrevistámos a equipa para saber mais detalhes! O cuidado na estrada é um dos requisitos minimos e essenciais para uma condução

Leia mais

Pesquisa Diferenças Protocolo IPv6 e IPv4

Pesquisa Diferenças Protocolo IPv6 e IPv4 Instituto Federal SP Campus de Pres. Epitácio Pesquisa Diferenças Protocolo IPv6 e IPv4 Sabrina Tavera Prontuário:1580248 Profº Kleber Trevisani Presidente Epitácio SP 2017 1). Quais as diferenças entre

Leia mais

Como sobreviver a um pedido de resgate (dos seus dados)

Como sobreviver a um pedido de resgate (dos seus dados) Como sobreviver a um pedido de resgate (dos seus dados) Date : 22 de Novembro de 2016 O chamado ransomware é um tipo de malware cada vez mais frequente e, infelizmente, eficaz. Há diversos tipos de ransomware,

Leia mais

Mais e melhor Wi-Fi! Dicas de topo para redes sem fios

Mais e melhor Wi-Fi! Dicas de topo para redes sem fios Mais e melhor Wi-Fi! Dicas de topo para redes sem fios Date : 15 de Julho de 2017 O Wi-fi é uma tecnologia maravilhosa. Estamos praticamente todos de acordo nesse ponto. Até deixar de funcionar. Quando

Leia mais

Objetivo: Praticar a aplicação de acesso remoto via protocolo RDP (Remote Desktop) em ambientes Microsoft Windows.

Objetivo: Praticar a aplicação de acesso remoto via protocolo RDP (Remote Desktop) em ambientes Microsoft Windows. AULA 7: Remote Desktop Objetivo: Praticar a aplicação de acesso remoto via protocolo RDP (Remote Desktop) em ambientes Microsoft Windows. Ferramentas: Máquina Virtual Windows 2003 Server; Máquina Virtual

Leia mais

Redes de Computadores. Apresentação

Redes de Computadores. Apresentação Redes de Computadores Apresentação Sumário! Programa! Bibliografia! Método de avaliação! Horário de Atendimento 2 Programa! Introdução! Arquitecturas arquitectura TCP/IP, modelo de referência OSI e arquitecturas

Leia mais

DHCP. Prof. Hederson Velasco Ramos REDES

DHCP. Prof. Hederson Velasco Ramos REDES Prof. Hederson Velasco Ramos REDES DHCP (Dynamic Host Configuration Protocol) É um protocolo, parte da pilha de serviços TCP/IP, que disponibiliza endereços ip por concessão e as configurações a dispositivos

Leia mais

Protocolos da camada de redes. Professor Leonardo Larback

Protocolos da camada de redes. Professor Leonardo Larback Protocolos da camada de redes Professor Leonardo Larback Protocolos da camada de redes Na camada de redes (modelo OSI) operam os protocolos IP, ARP, RARP, ICMP etc. Em conjunto a esses protocolos, abordaremos

Leia mais

A rede wireless do vizinho interfere com a minha?

A rede wireless do vizinho interfere com a minha? A rede wireless do vizinho interfere com a minha? Date : 30 de Outubro de 2013 Com a massificação da tecnologia associada às redes wireless, hoje em dia é normal, cada vez que ligamos um PC ou dispositivo

Leia mais

Funcionalidade e Protocolos da Camada de Aplicação

Funcionalidade e Protocolos da Camada de Aplicação Funcionalidade e Protocolos da Camada de Aplicação Network Fundamentals Capítulo 3 1 Aplicações A Interface entre usuário e Rede de Dados A Camada de aplicação provê recursos para enviar e receber dados

Leia mais

Campus Capivari Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS) Prof. André Luís Belini /

Campus Capivari Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS) Prof. André Luís Belini   / Campus Capivari Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS) Prof. André Luís Belini E-mail: prof.andre.luis.belini@gmail.com / andre.belini@ifsp.edu.br MATÉRIA: SEG Aula N : 11 Tema: Servidores Proxies

Leia mais

O Servidor de impressão DP-300U atende a seguinte topologia: Podem ser conectadas 2 impressoras Paralelas e 1 USB.

O Servidor de impressão DP-300U atende a seguinte topologia: Podem ser conectadas 2 impressoras Paralelas e 1 USB. O Servidor de impressão DP-300U atende a seguinte topologia: Podem ser conectadas 2 impressoras Paralelas e 1 USB. 1 1- Para realizar o procedimento de configuração o DP-300U deve ser conectado via cabo

Leia mais

Prof. Marcelo Cunha Parte 6

Prof. Marcelo Cunha Parte 6 Prof. Marcelo Cunha Parte 6 www.marcelomachado.com ARP (Address Resolution Protocol) Protocolo responsável por fazer a conversão entre os endereços IPs e os endereços MAC da rede; Exemplo: Em uma rede

Leia mais

20 Horas 24 Tempos HORAS / TEMPOS OBJETIVOS CONTEÚDOS AVALIAÇÃO

20 Horas 24 Tempos HORAS / TEMPOS OBJETIVOS CONTEÚDOS AVALIAÇÃO ESCOLA SECUNDÁRIA JOÃO GONÇALVES ZARCO-402011 CURSO PROFISSIONAL TÉCNICO DE TÉCNICO DE GESTÃO DE EQUIPAMENTOS INFORMÁTICOS COMUNICAÇÃO DE DADOS (CD) 10º 10 PLANIFICAÇÃO MODULAR MÓDULO N.º 1 - INTRODUÇÃO

Leia mais

Transforme o seu CentOS num servidor Web (LAMP)

Transforme o seu CentOS num servidor Web (LAMP) Transforme o seu CentOS num servidor Web (LAMP) Date : 9 de Outubro de 2013 Todos nós sabemos que as distribuições Linux são extremamente potentes e flexíveis, e que a maioria dos servidores, espalhados

Leia mais

Sub-Redes. Alberto Felipe Friderichs Barros

Sub-Redes. Alberto Felipe Friderichs Barros Sub-Redes Alberto Felipe Friderichs Barros Exercícios 8- Descubra se os ips de origem e destino se encontram na mesma rede: a) IP Origem: 10.200.150.4 IP Destino: 10.200.150.5 Máscara de rede: 255.255.255.0

Leia mais

Sistema Operacionais II. Aula: Virtualização

Sistema Operacionais II. Aula: Virtualização Sistema Operacionais II Aula: Virtualização Objetivos Entender o que é uma máquina virtual. Instalar várias máquinas virtuais em um mesmo computador usando o VirtualBox. Aprender os modos de rede suportados

Leia mais

Redes de comunicação. Mod 2 Redes de computadores. Professor: Rafael Henriques

Redes de comunicação. Mod 2 Redes de computadores. Professor: Rafael Henriques Redes de comunicação Mod 2 Redes de computadores 1 Professor: Rafael Henriques Apresentação 2 Professor: Rafael Henriques Introdução às redes de computadores; Tipos de rede; Diagramas de encaminhamento;

Leia mais

Situação Atual do IPv6. Utilizando o novo protocolo Internet

Situação Atual do IPv6. Utilizando o novo protocolo Internet Situação Atual do IPv6 Utilizando o novo protocolo Internet Agenda O que é IP? Quem distribui endereços IPs? Porque implantar IPv6? Como está a implantação do IPv6? IETF Como ficar por dentro do assunto?

Leia mais