SELEÇÃO BRASILEIRA DE ATLETISMO CRITÉRIOS DE ENTRADA CAMPEONATO MUNDIAL DE ATLETISMO PARALÍMPICO 2017

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SELEÇÃO BRASILEIRA DE ATLETISMO CRITÉRIOS DE ENTRADA CAMPEONATO MUNDIAL DE ATLETISMO PARALÍMPICO 2017"

Transcrição

1 SELEÇÃO BRASILEIRA DE ATLETISMO CRITÉRIOS DE ENTRADA CAMPEONATO MUNDIAL DE ATLETISMO PARALÍMPICO 2017 O Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), por meio de seu Departamento Técnico e da Coordenação Técnica da modalidade de Atletismo, dentro do seu Planejamento de Alta Performance para o Ciclo Paralímpico 2017/2020 e do programa de Seleções Brasileiras Paralímpicas, divulga os critérios de composição da Delegação Brasileira de Atletismo para o Campeonato Mundial de Atletismo Paralímpico 2017 (World Para Athletics Championships London 2017), que acontecerá na cidade de Londres/ING, de 14 a 23 de julho de A Delegação será formada por 25* atletas que atendam os critérios de elegibilidade da competição (ter a licença no World Para Athletics ativa para a temporada 2017 e ter a marca no ranking de qualificação para o Campeonato Mundial de Atletismo Paralímpico 2017 de nome em inglês Minimum Qualification Standard). O preenchimento das vagas para a definição dos atletas que formarão a Delegação Brasileira para o Campeonato Mundial de Atletismo Paralímpico 2017, serão definidas seguindo a ordem dos critérios abaixo: 1. Todos os atletas que obtenham o da planilha de índices mínimos do Atletismo para o Campeonato Mundial de Atletismo Paralímpico 2017 (Anexo1) em competições do IPC ou oficialmente homologadas por este comitê internacional no período de 01/01/2017 a 04/06/2017; 1.1. *Não há limite de vagas aos atletas que obtiverem o 2. Se houverem vagas remanescentes após a análise do critério 1, todos atletas que obtiverem o ÍndiceB da planilha de índices mínimos do Atletismo para o Campeonato Mundial de Atletismo Paralímpico 2017 Página1

2 (Anexo1) em competições do IPC ou oficialmente homologadas por este comitê internacional no período de 01/01/2017 a 04/06/2017; 2.1. Caso o número de atletas com o ÍndiceB ultrapasse o limite de 25 atletas (somando os atletas com e os com ÍndiceB), o corte dos atletas será feito pela aproximação do. Os atletas que obtiverem os maiores percentuais deste Índice, serão convocados até o limite máximo da delegação de 25 atletas; (F1)Aproximação (pista) = ( Marca do Atleta ) Marca do Atleta (F2)Aproximação (campo) = ( ) 3. Se houverem vagas remanescentes após a análise do critério 1 e critério 2 (somando os atletas com e os com ÍndiceB), a Delegação será completada pelos atletas que tiverem os percentuais mais próximos do, conforme fórmulas abaixo até o limite máximo da delegação de 25 atletas. (F1)Aproximação (pista) = ( Marca do Atleta ) Marca do Atleta (F2)Aproximação (campo) = ( ) Departamento Técnico Comitê Paralímpico Brasileiro Página2

3 ANEXO1 Índices Mínimos Mundial de Atletismo 2017 MASCULINO Masculino 100 m T11 00:11,06 00:11,11 Feminino 100 m T11 00:11,95 00:11,98 Masculino 100 m T12 00:11,03 00:11,12 Feminino 100 m T12 00:11,70 00:11,99 Masculino 100 m T13 00:10,69 00:10,83 Feminino 100 m T13 00:11,98 00:12,24 Masculino 100 m T33 00:17,26 00:17,82 Feminino 100 m T33/34 00:18,11 00:18,63 Masculino 100 m T34 00:15,31 00:15,46 Feminino 100 m T35 00:13,77 00:14,09 Masculino 100 m T35 00:12,58 00:12,85 Feminino 100 m T36 00:14,44 00:14,46 Masculino 100 m T36 00:12,18 00:12,27 Feminino 100 m T37 00:13,48 00:13,85 Masculino 100 m T37 00:11,45 00:11,47 Feminino 100 m T38 00:12,81 00:12,98 Masculino 100 m T38 00:10,99 00:11,26 Feminino 100 m T42 00:15,39 00:16,20 Masculino 100 m T42 00:12,21 00:12,26 Feminino 100 m T43/44 00:12,91 00:13,02 Masculino 100 m T43/44 00:10,76 00:10,89 Feminino 100 m T45/46/47 00:12,16 00:12,43 Masculino 100 m T45/46/47 00:10,70 00:10,79 Feminino 100 m T52 00:19,78 00:20,12 Masculino 100 m T51 00:20,86 00:20,96 Feminino 100 m T53 00:16,39 00:16,51 Masculino 100 m T52 00:17,14 00:17,39 Feminino 100 m T54 00:15,81 00:16,09 Masculino 100 m T53 00:14,47 00:14,62 Feminino 200 m T11 00:24,72 00:24,86 Masculino 100 m T54 00:13,99 00:14,10 Feminino 200 m T12 00:23,50 00:23,80 Masculino 200 m T11 00:22,41 00:22,50 Feminino 200 m T13 00:25,14 00:25,56 Masculino 200 m T12 00:22,26 00:22,37 Feminino 200 m T35 00:28,62 00:29,35 Masculino 200 m T13 00:22,28 00:22,48 Feminino 200 m T36 00:29,51 00:29,92 Masculino 200 m T33/34 00:27,87 00:27,92 Feminino 200 m T37 00:28,57 00:29,80 Masculino 200 m T35 00:25,73 00:26,06 Feminino 200 m T38 00:26,84 00:27,40 Masculino 200 m T36 00:25,56 00:25,58 Feminino 200 m T43/44 00:26,42 00:26,80 Masculino 200 m T37 00:23,70 00:24,13 Feminino 200 m T45/46/47 00:25,70 00:26,02 Masculino 200 m T38 00:23,80 00:24,17 Feminino 200 m T53 00:29,84 00:30,69 Masculino 200 m T42 00:23,82 00:24,65 Feminino 200 m T54 00:29,86 00:29,94 Masculino 200 m T43 00:21,20 00:21,41 Feminino 400 m T11 00:57,00 00:57,87 Masculino 200 m T44 00:22,13 00:22,45 Feminino 400 m T12 00:52,93 00:53,89 Masculino 200 m T45/46/47 00:22,22 00:22,47 Feminino 400 m T13 00:56,19 00:56,60 Masculino 200 m T53 00:26,21 00:26,69 Feminino 400 m T20 00:58,08 00:58,48 Masculino 200 m T54 00:25,00 00:25,13 Feminino 400 m T33/34 01:00,16 01:00,92 Masculino 400 m T11 00:50,41 00:50,63 Feminino 400 m T37 01:02,51 01:03,71 Masculino 400 m T12 00:48,98 00:49,38 Feminino 400 m T38 01:01,39 01:02,12 Masculino 400 m T13 00:47,47 00:48,04 Feminino 400 m T43/44 01:00,24 01:01,83 Masculino 400 m T20 00:47,87 00:48,55 Feminino 400 m T45/46/47 00:58,86 00:59,72 Masculino 400 m T33/34 00:52,55 00:53,19 Feminino 400 m T51/52 01:06,89 01:08,31 Masculino 400 m T36 00:55,08 00:55,47 Feminino 400 m T53 00:54,75 00:55,13 Masculino 400 m T37 00:51,16 00:51,83 Feminino 400 m T54 00:53,82 00:54,70 Masculino 400 m T38 00:50,39 00:51,44 Feminino 800 m T11 02:32,40 02:38,82 Masculino 400 m T43 00:46,38 00:46,70 Feminino 800 m T20 02:21,34 02:25,12 Página3

4 MASCULINO Masculino 400 m T44 00:51,58 00:54,06 Feminino 800 m T33/34 02:00,40 02:02,47 Masculino 400 m T45/46/47 00:48,87 00:48,95 Feminino 800 m T52/53 01:47,62 01:47,77 Masculino 400 m T51 01:19,98 01:21,82 Feminino 800 m T54 01:44,58 01:45,23 Masculino 400 m T52 00:58,72 01:00,59 Feminino 1500 m T11 04:42,12 04:45,33 Masculino 400 m T53 00:48,25 00:49,00 Feminino 1500 m T12/13 04:30,65 04:39,99 Masculino 400 m T54 00:46,16 00:46,39 Feminino 1500 m T20 04:27,01 04:28,78 Masculino 800 m T13 01:56,02 01:57,50 Feminino 1500 m T53/54 03:18,95 03:19,16 Masculino 800 m T20 01:55,96 01:57,38 Feminino 5000 m T53/54 11:15,11 11:15,48 Masculino 800 m T33/34 01:40,60 01:41,25 Feminino 4x100 m T :48,08 00:49,49 Masculino 800 m T36 02:05,83 02:08,10 Feminino 4x100 m T :51,68 00:53,17 Masculino 800 m T37/38 02:03,37 02:05,10 Feminino 4x100 m T :20,76 - Masculino 800 m T52/53 01:37,53 01:37,61 Feminino 4x400 m T53/54 03:41,26 03:46,63 Masculino 800 m T54 01:33,20 01:33,34 Feminino Distância T11 5,06 4,82 Masculino 1500 m T11 04:04,17 04:05,42 Feminino Distância T12 5,75 5,56 Masculino 1500 m T12/13 03:48,79 03:49,59 Feminino Distância T20 5,62 5,20 Masculino 1500 m T20 03:54,15 03:56,24 Feminino Distância T37 4,92 4,73 Masculino 1500 m T37 04:10,93 04:14,80 Feminino Distância T38 4,87 4,72 Masculino 1500 m T38 04:11,87 04:13,81 Feminino Distância T42 4,50 3,92 Masculino 1500 m T45/46 03:57,44 04:00,62 Feminino Distância T43/44 5,73 5,57 Masculino 1500 m T51/52 03:39,63 03:41,70 Feminino Distância T45/46/47 5,66 5,62 Masculino 1500 m T53/54 02:58,04 02:58,45 Feminino Peso F11/12 14,82 13,68 Masculino 5000 m T11 15:18,63 15:22,96 Feminino Peso F20 13,57 13,24 Masculino 5000 m T12/13 14:23,90 14:33,33 Feminino Peso F32 5,60 4,70 Masculino 5000 m T20 15:15,14 15:43,81 Feminino Peso F33 5,62 5,39 Masculino 5000 m T53/54 09:56,06 09:59,71 Feminino Peso F34 8,31 7,84 Masculino 4x100 m T :42,71 00:43,01 Feminino Peso F35 12,26 9,28 Masculino 4x100 m T :42,30 00:44,03 Feminino Peso F36 10,61 9,97 Masculino 4x400 m T53/54 03:05,48 03:08,00 Feminino Peso F37 13,40 12,50 Masculino Altura T12/13 1,81 1,74 Feminino Peso F40 7,77 7,37 Masculino Altura T42 1,87 1,86 Feminino Peso F41 8,91 8,16 Masculino Altura T44 2,10 2,02 Feminino Peso F43/44 12,21 9,47 Masculino Altura T45/46/47 2,02 1,99 Feminino Peso F53 4,62 4,48 Masculino Distância T11 6,47 6,20 Feminino Peso F54 7,38 7,11 Masculino Distância T12 7,05 7,04 Feminino Peso F55 7,74 7,49 Masculino Distância T13 6,79 6,72 Feminino Peso F56/57 10,63 10,19 Masculino Distância T20 7,29 7,05 Feminino Disco F11 35,30 32,60 Masculino Distância T36 5,72 5,62 Feminino Disco F12 40,84 37,56 Masculino Distância T37 6,53 6,28 Feminino Disco F37/38 34,55 32,14 Masculino Distância T38 6,60 6,58 Feminino Disco F40/41 29,23 27,05 Masculino Distância T42 6,70 6,62 Feminino Disco F43/44 40,16 32,47 Masculino Distância T43/44 7,64 7,13 Feminino Disco F51/52 12,87 12,17 Masculino Distância T45/46/47 7,27 7,11 Feminino Disco F54/55 24,13 22,66 Masculino Triplo T20 12,42 12,02 Feminino Disco F56/57 31,91 30,97 Masculino Triplo T46/47 13,99 13,02 Feminino Dardo F11 20,16 19,20 Masculino Peso F11/12 16,12 15,94 Feminino Dardo F12/13 43,30 42,58 Página4

5 MASCULINO Masculino Peso F20 16,53 16,17 Feminino Dardo F34 19,56 18,40 Masculino Peso F32 10,05 9,77 Feminino Dardo F37 32,55 29,89 Masculino Peso F33 10,79 10,06 Feminino Dardo F45/46 41,77 41,07 Masculino Peso F34 11,18 11,10 Feminino Dardo F53/54 19,14 18,30 Masculino Peso F35 14,88 14,55 Feminino Dardo F55/56 22,04 20,44 Masculino Peso F36 14,89 14,48 Feminino Club F31/32 24,85 22,21 Masculino Peso F37 16,01 15,17 Feminino Club F51 22,29 21,84 Masculino Peso F38 12,04 11,80 Masculino Peso F40 10,56 10,10 Masculino Peso F41 13,27 12,46 Masculino Peso F42 14,93 14,11 Masculino Peso F43/44 17,73 15,69 Masculino Peso F46 13,45 13,14 Masculino Peso F53 8,33 8,14 Masculino Peso F54/55 11,80 11,50 Masculino Peso F56/57 14,75 14,42 Masculino Disco F11 41,43 38,58 Masculino Disco F12 48,33 47,81 Masculino Disco F33/34 31,81 30,30 Masculino Disco F37 55,59 53,50 Masculino Disco F42 47,10 41,37 Masculino Disco F43/44 63,07 61,72 Masculino Disco F46 42,55 41,95 Masculino Disco F51/52 20,00 18,53 Masculino Disco F54/55/56 44,76 44,04 Masculino Disco F57 45,28 43,54 Masculino Dardo F11 40,60 37,71 Masculino Dardo F12/13 64,72 62,74 Masculino Dardo F34 34,74 33,42 Masculino Dardo F37 48,55 42,81 Masculino Dardo F38 49,57 48,55 Masculino Dardo F40/41 42,25 41,81 Masculino Dardo F42/43/44 56,11 55,46 Masculino Dardo F46 61,26 59,36 Masculino Dardo F53/54 28,79 27,00 Masculino Dardo F55 31,27 29,73 Masculino Dardo F56/57 44,39 43,27 Masculino Club F31/32 36,25 35,44 Masculino Club F51 28,25 26,97 Página5

CAMPEONATO MUNDIAL DE JOVENS DE ATLETISMO 2017 CRITÉRIOS DE ENTRADA

CAMPEONATO MUNDIAL DE JOVENS DE ATLETISMO 2017 CRITÉRIOS DE ENTRADA CAMPEONATO MUNDIAL DE JOVENS DE ATLETISMO 2017 CRITÉRIOS DE ENTRADA O Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), por meio de seu Departamento Técnico e da Coordenação Técnica da modalidade de Atletismo, dentro

Leia mais

OPEN BRASIL LOTERIAS CAIXA DE ATLETISMO 2017 São Paulo 2017 World Para Athletics Grand Prix São Paulo/SP 20 a 23 de Abril de 2017 INFORMAÇÕES GERAIS

OPEN BRASIL LOTERIAS CAIXA DE ATLETISMO 2017 São Paulo 2017 World Para Athletics Grand Prix São Paulo/SP 20 a 23 de Abril de 2017 INFORMAÇÕES GERAIS OPEN BRASIL LOTERIAS CAIXA DE ATLETISMO 2017 São Paulo 2017 World Para Athletics Grand Prix São Paulo/SP 20 a 23 de Abril de 2017 INFORMAÇÕES GERAIS 1. Comitê Organizador Local Comitê Paralímpico Brasileiro

Leia mais

CRITÉRIOS TÉCNICOS PARA SOLICITAÇÃO DE CLASSIFICAÇÃO INTERNACIONAL NO OPEN LOTERIAS CAIXA DE ATLETISMO 2017

CRITÉRIOS TÉCNICOS PARA SOLICITAÇÃO DE CLASSIFICAÇÃO INTERNACIONAL NO OPEN LOTERIAS CAIXA DE ATLETISMO 2017 CRITÉRIOS TÉCNICOS PARA SOLICITAÇÃO DE CLASSIFICAÇÃO INTERNACIONAL NO OPEN LOTERIAS CAIXA DE ATLETISMO 2017 O Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), por meio de seu Departamento Técnico, divulga abaixo os

Leia mais

ABDEM EVENTO - INTERNACIONAL

ABDEM EVENTO - INTERNACIONAL ABDEM EVENTO - INTERNACIONAL A - CAMPEONATO MUNDIAL DE ATLETISMO - CLASSE T20 (MASCULINO-PRINCIPAL), PROVA 100m RASOS - REALIZADO NO EQUADOR DE 20a27/09/2015 A - CAMPEONATO MUNDIAL DE ATLETISMO - CLASSE

Leia mais

CRITERIOS DE CONVOCAÇÃO JOGOS PARALÍMPICOS RIO 2016

CRITERIOS DE CONVOCAÇÃO JOGOS PARALÍMPICOS RIO 2016 CRITERIOS DE CONVOCAÇÃO JOGOS PARALÍMPICOS RIO 2016 1. A Confederação Brasileira de Tiro com Arco CBTARCO, por meio de seu Departamento Técnico e da Coordenação Técnica da modalidade, divulga os critérios

Leia mais

CRITÉRIOS DE CONVOCAÇÃO PARA ATLETAS INTEGRANTES DE SELEÇÕES BRASILEIRAS DE ATLETISMO EM 2016

CRITÉRIOS DE CONVOCAÇÃO PARA ATLETAS INTEGRANTES DE SELEÇÕES BRASILEIRAS DE ATLETISMO EM 2016 1. Campeonatos Sul-Americanos de Marcha Atlética 50km 28 de fevereiro de 2016 Rio de Janeiro, BRA Serão convocados os 4 (quatros) primeiros atletas do ranking brasileiro da prova em 2015. 2. Campeonatos

Leia mais

OPEN LOTERIAS CAIXA DE NATAÇÃO 2017 WORLD PARA SWIMMING WORLD SERIES 20 a 23 de abril São Paulo/SP - Brasil INFORMAÇÕES GERAIS

OPEN LOTERIAS CAIXA DE NATAÇÃO 2017 WORLD PARA SWIMMING WORLD SERIES 20 a 23 de abril São Paulo/SP - Brasil INFORMAÇÕES GERAIS OPEN LOTERIAS CAIXA DE NATAÇÃO 2017 WORLD PARA SWIMMING WORLD SERIES 20 a 23 de abril São Paulo/SP - Brasil INFORMAÇÕES GERAIS 1. Comitê Organizador Local Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) 1.1. Contatos

Leia mais

CRITÉRIOS DE CONVOCAÇÃO PARA ATLETAS INTEGRANTES DE SELEÇÕES BRASILEIRAS DE ATLETISMO 2015

CRITÉRIOS DE CONVOCAÇÃO PARA ATLETAS INTEGRANTES DE SELEÇÕES BRASILEIRAS DE ATLETISMO 2015 CRITÉRIOS DE CONVOCAÇÃO PARA ATLETAS INTEGRANTES DE SELEÇÕES BRASILEIRAS DE ATLETISMO 2015 1. Copa Pan-Americana de Cross Country 21 de fevereiro de 2015 Cartagena, COL Serão convocados os 4 (quatros)

Leia mais

CRITÉRIOS DE CONVOCAÇÃO PARA ATLETAS E TREINADORES INTEGRANTES DE SELEÇÕES BRASILEIRAS DE ATLETISMO EM 2017

CRITÉRIOS DE CONVOCAÇÃO PARA ATLETAS E TREINADORES INTEGRANTES DE SELEÇÕES BRASILEIRAS DE ATLETISMO EM 2017 O presente critério considerará as parcerias com o Comitê Olímpico do Brasil, Ministério do Esporte e principalmente o patrocínio da Caixa Econômica Federal, entre outras fontes, podendo ser revisto a

Leia mais

CRITÉRIOS DE CONVOCAÇÃO PARA INTEGRANTES DE SELEÇÕES BRASILEIRAS DE ATLETISMO PERÍODO 2011 A 2016

CRITÉRIOS DE CONVOCAÇÃO PARA INTEGRANTES DE SELEÇÕES BRASILEIRAS DE ATLETISMO PERÍODO 2011 A 2016 CRITÉRIOS DE CONVOCAÇÃO PARA INTEGRANTES DE SELEÇÕES BRASILEIRAS DE ATLETISMO PERÍODO 2011 A Aprovados pelo IV Forum Atletismo do Brasil em 11.12.2009 Aprovados pela Assembléia Geral da CBAt em 13.12.2009

Leia mais

MARCAS DE QUALIFICAÇÃO NAS COMPETIÇÕES NACIONAIS ÉPOCA 2015/2016

MARCAS DE QUALIFICAÇÃO NAS COMPETIÇÕES NACIONAIS ÉPOCA 2015/2016 NAS COMPETIÇÕES NACIONAIS ÉPOCA 2015/2016 Condições de aceitação de marcas de qualificação: A. O prazo de obtenção de marcas de qualificação nas competições que o exijam é compreendido entre o dia 16 de

Leia mais

CMT Colégio Militar Tiradentes. Ficha de Inscrição

CMT Colégio Militar Tiradentes. Ficha de Inscrição MODALIDADE: FUTSAL Nº Nome Completo do Atleta MODALIDADE: FUTSAL Nº Nome Completo do Atleta Brasília, de Junho de 25. MODALIDADE: Voleibol CMT Colégio Militar Tiradentes Nº Nome Completo do Atleta 11 12

Leia mais

CAMPEONATOS DE PORTUGAL

CAMPEONATOS DE PORTUGAL CAMPEONATOS DE PORTUGAL 1. NORMAS REGULAMENTARES 1.1- Poderão participar atletas masculinos e femininos dos escalões de Juniores e Seniores que tenham obtido os resultados de qualificação que se indicam

Leia mais

CAMPEONATOS DE PORTUGAL AR LIVRE E CAMPEONATO NACIONAL DE SUB-23

CAMPEONATOS DE PORTUGAL AR LIVRE E CAMPEONATO NACIONAL DE SUB-23 CAMPEONATOS DE PORTUGAL AR LIVRE E CAMPEONATO NACIONAL DE SUB-23 1. NOTA INTRODUTÓRIA Em simultâneo com os Campeonatos de Portugal Absolutos será disputado o Campeonato Nacional de Sub-23 em que serão

Leia mais

MARCAS DE QUALIFICAÇÃO NAS COMPETIÇÕES NACIONAIS ÉPOCA 2016/2017

MARCAS DE QUALIFICAÇÃO NAS COMPETIÇÕES NACIONAIS ÉPOCA 2016/2017 NAS COMPETIÇÕES NACIONAIS ÉPOCA 2016/2017 Condições de aceitação de marcas de qualificação: A. O prazo de obtenção de marcas de qualificação nas competições que o exijam é compreendido entre o dia 16 de

Leia mais

DIA 01/07 Segunda-feira ABERTURA OFICIAL 19 HORAS GINÁSIO POLIESPORTIVO

DIA 01/07 Segunda-feira ABERTURA OFICIAL 19 HORAS GINÁSIO POLIESPORTIVO DIA 01/07 Segunda-feira ABERTURA OFICIAL 19 HORAS GINÁSIO POLIESPORTIVO DIA 02/07 Terça-feira HORÁRIO MODALIDADE INSTITUIÇÃO LOCAL 08:00 ATLETISMO 100 M F 1ª BATERIA PISTA IF 08:00 NAT. 50 M LIVRE M 1ª

Leia mais

NORMA 12. CATEGORIAS OFICIAIS DO ATLETISMO BRASILEIRO POR FAIXA ETÁRIA Aprovada pela Assembléia Geral em

NORMA 12. CATEGORIAS OFICIAIS DO ATLETISMO BRASILEIRO POR FAIXA ETÁRIA Aprovada pela Assembléia Geral em NORMA 12 CATEGORIAS OFICIAIS DO ATLETISMO BRASILEIRO POR FAIXA ETÁRIA Aprovada pela Assembléia Geral em 23.02.2011 Art. 1º - As categorias e respectivas faixas etárias da Confederação Brasileira de Atletismo

Leia mais

Etapa Regional - Sul Sede: Lavras

Etapa Regional - Sul Sede: Lavras Etapa Regional - Sul Sede: Lavras Boletim 1 - Atletismo 23/6/2015 Boletim 1 - Atletismo Etapa Regional Sul Sede: Lavras. Período: 22 a 27 de junho. 1- Definições Reunião Técnica: Os pregos das sapatilhas

Leia mais

CAMPEONATOS ESTADUAIS DE ATLETISMO SUB-20 Revisado após definições dos representantes dos comitês em

CAMPEONATOS ESTADUAIS DE ATLETISMO SUB-20 Revisado após definições dos representantes dos comitês em CAMPEONATOS ESTADUAIS DE ATLETISMO SUB-20 Revisado após definições dos representantes dos comitês em 12.04.17 CAPITULO I - DA FINALIDADE Art. 1º - Os CAMPEONATOS ESTADUAIS DE ATLETISMO SUB-20 é uma competição

Leia mais

PARACANOAGEM. Versão 1-09/01/2014 CRITÉRIOS PARA PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS INTERNACIONAIS DE 2014 E SELEÇÃO DE ATLETAS PARA O CENTRO DE TREINAMENTO

PARACANOAGEM. Versão 1-09/01/2014 CRITÉRIOS PARA PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS INTERNACIONAIS DE 2014 E SELEÇÃO DE ATLETAS PARA O CENTRO DE TREINAMENTO Versão 1-09/01/2014 CRITÉRIOS PARA PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS INTERNACIONAIS DE 2014 E www.canoagem.org.br Sumário 1. INTRODUÇÃO... 3 2. OBJETIVO... 3 3. ELEGIBILIDADE... 3 4. CALENDÁRIO DE EVENTOS INTERNACIONAIS

Leia mais

CAMPEONATO ESTADUAL MINEIRO CAIXA DE ATLETISMO SUB 23

CAMPEONATO ESTADUAL MINEIRO CAIXA DE ATLETISMO SUB 23 CAMPEONATO ESTADUAL MINEIRO CAIXA DE ATLETISMO SUB 23 O Campeonato Estadual Mineiro Caixa de Atletismo Sub 23 tem como objetivos proporcionar aos nossos atletas aprimoramento físico e técnico, servindo

Leia mais

CRITÉRIOS PARA PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS INTERNACIONAIS DE

CRITÉRIOS PARA PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS INTERNACIONAIS DE Versão 1-04/02/2015 CRITÉRIOS PARA PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS INTERNACIONAIS DE 2015 E Sumário 1. INTRODUÇÃO... 3 2. OBJETIVO... 3 3. ELEGIBILIDADE... 3 4. CALENDÁRIO DE EVENTOS INTERNACIONAIS E PRIORIDADES

Leia mais

A Proposta da IAAF 03. Campeonato para 13-15 anos de idade 03. Formato da Competição 04. Organização da Competição 05.

A Proposta da IAAF 03. Campeonato para 13-15 anos de idade 03. Formato da Competição 04. Organização da Competição 05. Índice: A Proposta da IAAF 03 Campeonato para 3-5 anos de idade 03 Formato da Competição 04 Organização da Competição 05 Resultados 06 Arbitragem necessária para o Evento 07 Preparação do Equipamento Necessário

Leia mais

10 Atletismo 10.1 Escalões: 10 - A, B, C, D e E, para masculinos e femininos Modalidades: Masculino Escalão B. Masculino Escalão C Corridas

10 Atletismo 10.1 Escalões: 10 - A, B, C, D e E, para masculinos e femininos Modalidades: Masculino Escalão B. Masculino Escalão C Corridas 10 Atletismo 10.1 Escalões: 10 - A, B, C, D e E, para masculinos e femininos. 10.2 Modalidades: N. Escalão A Escalão B Escalão C Corridas Escalão D Escalão E 1 50 m 2 60 m 3 100 m 100 m 100 m 4 200 m 200

Leia mais

CRITÉRIOS DE SELECÇÃO PARA COMPETIÇÕES INTERNACIONAIS. Época de2011

CRITÉRIOS DE SELECÇÃO PARA COMPETIÇÕES INTERNACIONAIS. Época de2011 CRITÉRIOS DE SELECÇÃO PARA COMPETIÇÕES INTERNACIONAIS Época de2011 F.P.A. Dezembro de 2010 CAMPEONATO DA EUROPA PISTA COBERTA Paris (FRA) 4 a 6 Março 2011 Marcas Referência MASCULINOS FEMININOS P. Coberta

Leia mais

ATLETISMO Nº 02 04/09/2014

ATLETISMO Nº 02 04/09/2014 ATLETISMO Nº 02 04/09/2014 ATLETISMO LOCAL DE COMPETIÇÃO Local: Pista da UEL Endereço: Rodovia Celso Garcia Cid, PR 445 km 380. POWERADE Para a edição de 2014, a Powerade oferecerá uma premiação aos atletas

Leia mais

ATLETISMO Nº 01 11/11/2015

ATLETISMO Nº 01 11/11/2015 ATLETISMO Nº 01 11/11/2015 ATLETISMO Local: Estádio Willie Davids Endereço: Av. Prudente de Morais, s/n - Maringá Data: 12/11/2015 Horário: 14h00 Local: Hotel Deville - Maringá LOCAL DE COMPETIÇÃO REUNIÃO

Leia mais

CAMPEONATO NACIONAL DE JUVENIS EM PISTA COBERTA

CAMPEONATO NACIONAL DE JUVENIS EM PISTA COBERTA CAMPEONATO NACIONAL DE JUVENIS EM PISTA COBERTA 1. NORMAS REGULAMENTARES 1.1- Poderão participar atletas masculinos e femininos, dos escalões de Juvenis, que tenham obtido os resultados de qualificação

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE ATLETISMO DE SETÚBAL

ASSOCIAÇÃO DE ATLETISMO DE SETÚBAL ASSOCIAÇÃO DE ATLETISMO DE SETÚBAL ------------------------------- REGULAMENTOS APROVADOS PARA A ÉPOCA 2011/2012 -------------------------------- CONVÍVIO BENJAMINS A TROFÉU REGIONAL DE BENJAMINS B CAMPEONATO

Leia mais

XL CAMPEONATOS BRASILEIROS CAIXA DE ATLETISMO SUB-18 - INTERSELEÇÕES

XL CAMPEONATOS BRASILEIROS CAIXA DE ATLETISMO SUB-18 - INTERSELEÇÕES XL CAMPEONATOS BRASILEIROS CAIXA DE ATLETISMO SUB-18 - INTERSELEÇÕES Art. 1º - Os CAMPEONATOS BRASILEIROS DE ATLETISMO SUB-18 têm por propósito básico a integração nacional, a difusão do Atletismo e a

Leia mais

NOTA OFICIAL Nº 03/2016

NOTA OFICIAL Nº 03/2016 NOTA OFICIAL Nº 03/06 Prezados filiados, Campo Grande MS, 03 de Abril de 06. A Federação Escolar de Esportes de Mato Grosso do Sul vêm informar das seletivas para a Gymnasiade, que será realizada no período

Leia mais

FPDC FEDERAÇÃO PAULISTA DE DESPORTOS PARA CEGOS. Regulamento Geral Aberto São Paulo de Atletismo - Def. Físicos

FPDC FEDERAÇÃO PAULISTA DE DESPORTOS PARA CEGOS. Regulamento Geral Aberto São Paulo de Atletismo - Def. Físicos FPDC FEDERAÇÃO PAULISTA DE DESPORTOS PARA CEGOS Regulamento Geral - 2016 Aberto São Paulo de Atletismo - Def. Físicos SEÇÃO I - DA COMPETIÇÃO I DOS OBJETIVOS Parágrafo único O Aberto São Paulo de Atletismo

Leia mais

CAMPEONATOS BRASILEIROS CAIXA DE ATLETISMO SUB-23

CAMPEONATOS BRASILEIROS CAIXA DE ATLETISMO SUB-23 CAMPEONATOS BRASILEIROS CAIXA DE ATLETISMO SUB-23 Art. 1º - Os CAMPEONATOS BRASILEIROS CAIXA DE ATLETISMO SUB-23 têm por propósito básico a integração nacional, a difusão do Atletismo e a verificação do

Leia mais

Esporte Paralímpico no Brasil:

Esporte Paralímpico no Brasil: Esporte Paralímpico no Brasil: Comitê Paralímpico Brasileiro: Sede em Brasília Criado em 09/02/1995 Representa o Brasil Junto ao IPC Foco no esporte de alto rendimento Imagem: Yohansson do Nascimento e

Leia mais

10 Atletismo 10.1 Escalões: 10 escalões - A, B, C, D e E, para masculinos e femininos Modalidades: Masculino Escalão B

10 Atletismo 10.1 Escalões: 10 escalões - A, B, C, D e E, para masculinos e femininos Modalidades: Masculino Escalão B 10 Atletismo 10.1 Escalões: 10 escalões - A, B, C, D e E, para masculinos e femininos. 10.2 Modalidades: N. Escalão A Escalão B Escalão C Corridas Escalão D Escalão E 1 50 m 2 60 m 3 100 m 100 m 100 m

Leia mais

CAMPEONATO NACIONAL DE CLUBES (Fase de Apuramento)

CAMPEONATO NACIONAL DE CLUBES (Fase de Apuramento) CAMPEONATO NACIONAL DE CLUBES (Fase de Apuramento) 1. NORMAS REGULAMENTARES 1.1- Normas Gerais 1.1.1 A participação nas provas coletivas organizadas pela FPA é reservada aos clubes portugueses que tenham

Leia mais

ATLETISMO Nº 02 12/11/2015

ATLETISMO Nº 02 12/11/2015 ATLETISMO Nº 02 12/11/2015 Local: Estádio Willie Davids Endereço: Av. Prudente de Morais, s/n - Maringá ATLETISMO LOCAL DE COMPETIÇÃO NORMAS DE FUNCIONAMENTO DA COMPETIÇÃO 1. Área de Aquecimento Os atletas

Leia mais

CAMPEONATOS BRASILEIROS DE ATLETISMO SUB-23

CAMPEONATOS BRASILEIROS DE ATLETISMO SUB-23 CAMPEONATOS BRASILEIROS DE ATLETISMO SUB-23 Art. 1º - Art. 2º - Art. 3º - Art. 4º - Art. 5º - Art. 6º - Com a finalidade de identificar o máximo desempenho nas provas do atletismo, através das entidades

Leia mais

REGULAMENTO TÉCNICO - ATLETISMO

REGULAMENTO TÉCNICO - ATLETISMO REGULAMENTO TÉCNICO - ATLETISMO CAPÍTULO 1 - EVENTOS Art. 1º As competições de atletismo serão realizadas por etapas durante o ano de 2017 de acordo com o calendário da CBDS Confederação Brasileira de

Leia mais

VII CAMPEONATOS BRASILEIROS CAIXA DE ATLETISMO SUB-18 - INTERCLUBES

VII CAMPEONATOS BRASILEIROS CAIXA DE ATLETISMO SUB-18 - INTERCLUBES VII CAMPEONATOS BRASILEIROS CAIXA DE ATLETISMO SUB-18 - INTERCLUBES Art. 1º - Art. 2º - Art. 3º - Art. 4º - Art. 5º - Art. 6º - Os CAMPEONATOS BRASILEIROS CAIXA DE ATLETISMO SUB-18 INTERCLUBES têm por

Leia mais

COMUNICADO N.º11 13/14

COMUNICADO N.º11 13/14 COMUNICADO N.º11 13/14 07.01.14 Para conhecimento dos Clubes Filiados, Organismos Desportivos, Órgãos de Comunicação Social e demais interessados informamos: 1º VOLEIBOL 1.1 MARCAÇÃO DE PROVAS Prova Escalão

Leia mais

CAMPEONATO CEARENSE CAIXA ADULTO DE ATLETISMO 28 e 29 de Agosto de 2015 REGULAMENTO

CAMPEONATO CEARENSE CAIXA ADULTO DE ATLETISMO 28 e 29 de Agosto de 2015 REGULAMENTO CAMPEONATO CEARENSE CAIXA ADULTO DE ATLETISMO 28 e 29 de Agosto de 2015 REGULAMENTO DO CAMPEONATO Art. 1º - O Campeonato Cearense Caixa ADULTO de Atletismo, tem a finalidade básica de desenvolver o atletismo

Leia mais

CAMPEONATO PERNAMBUCANO SUB 16 DE ATLETISMO REGULAMENTO

CAMPEONATO PERNAMBUCANO SUB 16 DE ATLETISMO REGULAMENTO CAMPEONATO PERNAMBUCANO SUB 16 DE ATLETISMO DO CAMPEONATO REGULAMENTO Art. 1º - O Campeonato Pernambucano SUB 16 de Atletismo, tem a finalidade básica de desenvolver o atletismo no estado de Pernambuco,

Leia mais

Centro de Atletismo de Arcos de Valdevez RESUMO DA ÉPOCA 2015/2016

Centro de Atletismo de Arcos de Valdevez RESUMO DA ÉPOCA 2015/2016 Centro de Atletismo de Arcos de Valdevez RESUMO DA ÉPOCA 2015/2016 Concluída mais uma brilhante temporada, o Centro de Atletismo de Arcos de Valdevez, prestes a alcançar o seu 20º aniversário, vem desta

Leia mais

FPDC FEDERAÇÃO PAULISTA DE DESPORTO PARA CEGOS. Regulamento Geral Copa São Paulo de Atletismo

FPDC FEDERAÇÃO PAULISTA DE DESPORTO PARA CEGOS. Regulamento Geral Copa São Paulo de Atletismo FPDC FEDERAÇÃO PAULISTA DE DESPORTO PARA CEGOS Regulamento Geral - 2017 Copa São Paulo de Atletismo SEÇÃO I - DA COMPETIÇÃO I DOS OBJETIVOS Parágrafo único A Copa São Paulo de Atletismo é competição que

Leia mais

TROFÉU BRASIL CAIXA DE ATLETISMO XXXVI Edição

TROFÉU BRASIL CAIXA DE ATLETISMO XXXVI Edição TROFÉU BRASIL CAIXA DE ATLETISMO XXXVI Edição Art. 1º - Art. 2º - Art. 3º - O Troféu Brasil de Atletismo é uma competição realizada anualmente que têm por propósito básico a difusão do Atletismo e a verificação

Leia mais

CAMPEONATO CEARENSE CAIXA SUB-23 DE ATLETISMO 01 e 02 de Agosto de 2014 REGULAMENTO

CAMPEONATO CEARENSE CAIXA SUB-23 DE ATLETISMO 01 e 02 de Agosto de 2014 REGULAMENTO CAMPEONATO CEARENSE CAIXA SUB-23 DE ATLETISMO 01 e 02 de Agosto de 2014 REGULAMENTO DO CAMPEONATO Art. 1º - O Campeonato Cearense Caixa SUB-23 de Atletismo, tem a finalidade básica de desenvolver o atletismo

Leia mais

Nº ATLETA DATA DE NASC MATRÍCULA 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

Nº ATLETA DATA DE NASC MATRÍCULA 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 PRÓ-REITORIA DE ENSINO IV JOGOS DO IFCE - SOBRAL 0 MODALIDADE: BASQUETEBOL FEMININO Nº ATLETA DATA DE NASC MATRÍCULA 9 0 PRÓ-REITORIA DE ENSINO IV JOGOS DO IFCE - SOBRAL 0 MODALIDADE: BASQUETEBOL MASCULINO

Leia mais

CAMPEONATOS BRASILEIROS DE ATLETISMO SUB-20 SUB-18 SUB-16

CAMPEONATOS BRASILEIROS DE ATLETISMO SUB-20 SUB-18 SUB-16 CAMPEONATOS BRASILEIROS DE ATLETISMO SUB-20 SUB-18 SUB-16 Art. 1º - Com a finalidade de identificar o máximo desempenho nas provas do atletismo, através das entidades de prática do atletismo brasileiro,

Leia mais

CAMPEONATO PERNAMBUCANO ADULTO DE ATLETISMO REGULAMENTO

CAMPEONATO PERNAMBUCANO ADULTO DE ATLETISMO REGULAMENTO DO CAMPEONATO CAMPEONATO PERNAMBUCANO ADULTO DE ATLETISMO REGULAMENTO Art. 1º - O Campeonato Pernambucano Adulto de Atletismo, tem a finalidade básica de desenvolver o atletismo no estado de Pernambuco,

Leia mais

TROFÉU BRASIL CAIXA DE ATLETISMO XXXII Edição

TROFÉU BRASIL CAIXA DE ATLETISMO XXXII Edição TROFÉU BRASIL CAIXA DE ATLETISMO XXXII Edição Art. 1º - Art. 2º - Art. 3º - O Troféu Brasil de Atletismo é uma competição realizada anualmente que têm por propósito básico a difusão do Atletismo e a verificação

Leia mais

COPA BRASIL DE PARA-CICLISMO ESTRADA E CONTRA RELÓGIO 2014 TROFÉU JOÃO SCHWINDT. Regulamento Geral

COPA BRASIL DE PARA-CICLISMO ESTRADA E CONTRA RELÓGIO 2014 TROFÉU JOÃO SCHWINDT. Regulamento Geral COPA BRASIL DE PARA-CICLISMO ESTRADA E CONTRA RELÓGIO 2014 TROFÉU JOÃO SCHWINDT Regulamento Geral Schwindt será disputada nos moldes da Copa do Mundo de Para-ciclismo da UCI, em quatro etapas a serem realizadas

Leia mais

COPA BRASIL DE PARA-CICLISMO ESTRADA E CONTRA RELÓGIO 2013 TROFÉU JOÃO SCHWINDT. Regulamento Geral

COPA BRASIL DE PARA-CICLISMO ESTRADA E CONTRA RELÓGIO 2013 TROFÉU JOÃO SCHWINDT. Regulamento Geral COPA BRASIL DE PARA-CICLISMO ESTRADA E CONTRA RELÓGIO 2013 TROFÉU JOÃO SCHWINDT Regulamento Geral Schwindt será disputada nos moldes da Copa do Mundo de Para-ciclismo da UCI, em quatro etapas a serem realizadas

Leia mais

Campeonato Estadual Mineiro Caixa de Atletismo Sub 16

Campeonato Estadual Mineiro Caixa de Atletismo Sub 16 Campeonato Estadual Mineiro Caixa de Atletismo Sub 16 O Campeonato Estadual Mineiro Caixa de Atletismo Sub 16 tem como objetivos proporcionar aos nossos atletas um aprimoramento físico e técnico servindo

Leia mais

2º - Os Campeonatos são realizados com provas para ambos os sexos.

2º - Os Campeonatos são realizados com provas para ambos os sexos. REGULAMENTO ESTADUAL SUB 20 2016 Art. 1º - Os CAMPEONATOS ESTADUAIS CAIXA DE ATLETISMO SUB -20 têm por propósito básico a integração estadual, a difusão do Atletismo e a verificação do desenvolvimento

Leia mais

CAMPEONATO CEARENSE CAIXA SUB-18 DE ATLETISMO 23 e 24 de julho de 2016 REGULAMENTO

CAMPEONATO CEARENSE CAIXA SUB-18 DE ATLETISMO 23 e 24 de julho de 2016 REGULAMENTO CAMPEONATO CEARENSE CAIXA SUB-18 DE ATLETISMO 23 e 24 de julho de 2016 REGULAMENTO DO CAMPEONATO Art. 1º - O Campeonato Cearense Caixa SUB-18 de Atletismo, tem a finalidade básica de desenvolver o atletismo

Leia mais

ATLETISMO Nº 02 20/09/2016

ATLETISMO Nº 02 20/09/2016 ATLETISMO Nº 02 20/09/2016 ATLETISMO LOCAL DE COMPETIÇÃO Local: Universidade Federal da Paraíba Endereço: Rua Nestor Rocha Arnaud, 250 Cidade Universitária PALESTRA TÉCNICA Data: 21/09/2016 Horário: 19h00

Leia mais

TROFÉU NORTE-NORDESTE CAIXA DE ATLETISMO SUB-18

TROFÉU NORTE-NORDESTE CAIXA DE ATLETISMO SUB-18 TROFÉU NORTE-NORDESTE CAIXA DE ATLETISMO SUB-18 Art. 1º O TROFÉU NORTE-NORDESTE DE ATLETISMO SUB-18 têm por propósito básico a integração regional, a difusão do Atletismo e a verificação do desenvolvimento

Leia mais

CAMPEONATOS ESTADUAIS DE ATLETISMO SUB-16 Alterado em Após definições do Comitê Técnico de Base

CAMPEONATOS ESTADUAIS DE ATLETISMO SUB-16 Alterado em Após definições do Comitê Técnico de Base CAMPEONATOS ESTADUAIS DE ATLETISMO SUB-16 Alterado em 12.04.17 Após definições do Comitê Técnico de Base CAPÍTULO I - DA FINALIDADE Art. 1º - Os CAMPEONATOS ESTADUAIS DE ATLETISMO SUB-16 é uma competição

Leia mais

CRITÉRIOS DE CONVOCAÇÃO PARA INTEGRANTES DE SELEÇÕES BRASILEIRAS DE ATLETISMO - 2014

CRITÉRIOS DE CONVOCAÇÃO PARA INTEGRANTES DE SELEÇÕES BRASILEIRAS DE ATLETISMO - 2014 CRITÉRIOS DE CONVOCAÇÃO PARA INTEGRANTES DE SELEÇÕES BRASILEIRAS DE ATLETISMO - 2014 Aprovados pelo IV Forum Atletismo do Brasil em 11.12.2009 Aprovados pela Assembléia Geral da CBAt em 13.12.2009 Revisados

Leia mais

TROFÉU NORTE-NORDESTE CAIXA DE ATLETISMO SUB-16

TROFÉU NORTE-NORDESTE CAIXA DE ATLETISMO SUB-16 TROFÉU NORTE-NORDESTE CAIXA DE ATLETISMO SUB-16 Art. 1º O TROFÉU NORTE-NORDESTE DE ATLETISMO SUB-16 têm por propósito básico a integração regional, a difusão do Atletismo e a verificação do desenvolvimento

Leia mais

A. Disposições Gerais

A. Disposições Gerais FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE ATLETISMO Direção Técnica Nacional Sector juvenil Versão Final - ALTERAÇÕES EM 29/09/2012 Entrada em vigor: 1 de Janeiro de 2013 REGULAMENTO GERAL DE COMPETIÇÕES NORMAS REGULAMENTARES

Leia mais

Regulamento Específico. Atletismo Paralímpico

Regulamento Específico. Atletismo Paralímpico Regulamento Específico Atletismo Paralímpico 2015 Art. 1º - A competição de atletismo paralímpico dos Jogos Escolares de Minas Gerais JEMG/2015 obedecerá às regras da Federação Internacional de Atletismo

Leia mais

SELEÇÃO BRASILEIRA PARALÍMPICA TIRO ESPORTIVO

SELEÇÃO BRASILEIRA PARALÍMPICA TIRO ESPORTIVO SELEÇÃO BRASILEIRA PARALÍMPICA 2016 - TIRO ESPORTIVO O Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), por meio de seu Departamento Técnico e da Coordenação Técnica da modalidade Tiro Esportivo, dentro do seu Planejamento

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DE COMPETIÇÕES ESCALÕES JOVENS

REGULAMENTO GERAL DE COMPETIÇÕES ESCALÕES JOVENS REGULAMENTO GERAL DE COMPETIÇÕES ESCALÕES JOVENS 01 de Janeiro de 2013 Regulamento Geral de Competições Escalões Jovens Página 1 de 19 NORMAS REGULAMENTARES PARA OS ESCALÕES JOVENS (BENJAMIM A JUVENIL)

Leia mais

Associação de Atletismo de Braga

Associação de Atletismo de Braga sábado, 30 de Maio de 2015 Hora Inicio Prova Obs: 15:30 100 M Barreiras-0.76 Ini a Juv F Eliminatória 0,76m - (13,00 / 8,50 / 10,50) Eliminatória ou Final Direta 15:30 Triplo Salto Ini a Juv M Final Tábua

Leia mais

CAMPEONATOS DE PORTUGAL EM PISTA COBERTA

CAMPEONATOS DE PORTUGAL EM PISTA COBERTA CAMPEONATOS DE PORTUGAL EM PISTA COBERTA 1. NORMAS REGULAMENTARES 1.1.- Poderão participar atletas masculinos e femininos dos escalões Júnior e Sénior que tenham obtido os resultados que se indicam na

Leia mais

FUNCIONÁRIOS EFETIVOS

FUNCIONÁRIOS EFETIVOS NÚCLEO DE ESPORTES - IFES Coordenador: Cosme Eduardo Professores: Fernando Paes de Pontes e Francisco Santana Lopes Logradouro: Avenida Vitória, 1729 Bairro: Jucutuquara CEP: 29040-780 Telefone: (27) 3382-6430

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO EM COMPETIÇÕES INTERNACIONAIS

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO EM COMPETIÇÕES INTERNACIONAIS REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO EM COMPETIÇÕES INTERNACIONAIS Este regulamento foi elaborado pela Comissão Técnica e pela Comissão de Relações Internacionais, no uso de suas atribuições assim designadas

Leia mais

Histórico de Medalhas Paralímpicas - Portugal

Histórico de Medalhas Paralímpicas - Portugal Histórico de Medalhas Paralímpicas - Portugal Igualdade, Inclusão & Excelência Desportiva Departamento Técnico, Agosto de 11 Índice 1. Medalhas... 1.. Análise dos dados... 1..1 Total de medalhas conquistadas

Leia mais

XXXVII CAMPEONATOS BRASILEIROS CAIXA DE ATLETISMO DE MENORES - INTERESTADUAL

XXXVII CAMPEONATOS BRASILEIROS CAIXA DE ATLETISMO DE MENORES - INTERESTADUAL XXXVII CAMPEONATOS BRASILEIROS CAIXA DE ATLETISMO DE MENORES - INTERESTADUAL Art. 1º - Os CAMPEONATOS BRASILEIROS DE ATLETISMO DE MENORES têm por propósito básico a integração nacional, a difusão do Atletismo

Leia mais

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE ATLETISMO CURSO BÁSICO DE ARBITRAGEM MARINGÁ PR 21, 22 E 23 DE AGOSTO DE 2015 PROGRAMAÇÃO

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE ATLETISMO CURSO BÁSICO DE ARBITRAGEM MARINGÁ PR 21, 22 E 23 DE AGOSTO DE 2015 PROGRAMAÇÃO CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE ATLETISMO CURSO BÁSICO DE ARBITRAGEM MARINGÁ PR 21, 22 E 23 DE AGOSTO DE 2015 PROGRAMAÇÃO UNIDADE I CONTEÚDO Distribuição do material/apresentação O Atletismo Entidades de organização

Leia mais

OPEN BRASIL CAIXA LOTERIAS DE ATLETISMO

OPEN BRASIL CAIXA LOTERIAS DE ATLETISMO OPEN BRASIL CAIXA LOTERIAS DE ATLETISMO GRAND PRIX DE ATLETISMO DO IPC 2014 22 a 27 de Abril São Paulo, SP - Brasil INFORMAÇÕES GERAIS 1. Comitê Organizador Local Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) 1.1.

Leia mais

REGULAMENTO RELATIVO À HOMOLOGAÇÃO DE RECORDES DE PORTUGAL, RECORDES NACIONAIS E RECORDES NACIONAIS DE ESTRADA

REGULAMENTO RELATIVO À HOMOLOGAÇÃO DE RECORDES DE PORTUGAL, RECORDES NACIONAIS E RECORDES NACIONAIS DE ESTRADA REGULAMENTO RELATIVO À HOMOLOGAÇÃO DE RECORDES DE PORTUGAL, RECORDES NACIONAIS E RECORDES NACIONAIS DE ESTRADA NACIONAIS E RECORDES NACIONAIS DE ESTRADA Página 1 de 16 A. Homologação de Recordes de Portugal

Leia mais

Regulamento Específico. Atletismo Paralímpico

Regulamento Específico. Atletismo Paralímpico Regulamento Específico Atletismo Paralímpico 2014 2 Art. 1º - A competição de atletismo paralímpico do Programa Minas Olímpica/Jogos Escolares de Minas Gerais JEMG/2014 obedecerá às regras da Federação

Leia mais

CAMPEONATO NACIONAL DE CLUBES EM PISTA COBERTA (Fase Apuramento)

CAMPEONATO NACIONAL DE CLUBES EM PISTA COBERTA (Fase Apuramento) CAMPEONATO NACIONAL DE CLUBES EM PISTA COBERTA (Fase Apuramento) 1. NORMAS REGULAMENTARES 1.1. Normas Gerais 1.1.1. A participação nas provas colectivas organizadas pela FPA é reservada aos Clubes Portugueses

Leia mais

Art. 3º - Os Campeonatos são disputados anualmente, podendo ser realizados em mais de uma edição ao longo do ano.

Art. 3º - Os Campeonatos são disputados anualmente, podendo ser realizados em mais de uma edição ao longo do ano. Art. 1º - Os CAMPEONATOS ESTADUAIS CAIXA DE ATLETISMO ADULTO têm por propósito básico a integração estadual, a difusão do Atletismo e a verificação do desenvolvimento de seu estágio técnico nos diversos

Leia mais

OPapeldoesportenaescola; Porque somente os Esportes Coletivos são trabalhados na escola; Como trabalhar os esportes individuais na escola;

OPapeldoesportenaescola; Porque somente os Esportes Coletivos são trabalhados na escola; Como trabalhar os esportes individuais na escola; OPapeldoesportenaescola; Porque somente os Esportes Coletivos são trabalhados na escola; Como trabalhar os esportes individuais na escola; Introdução ao Atletismo; 1 PCN Parâmetro Curricular Nacional A

Leia mais

CAMPEONATO DE ESTRADA DO FAIAL

CAMPEONATO DE ESTRADA DO FAIAL 1 INDICE Competição Pág. CAMPEONATO DE ESTRADA DO FAIAL 3 TAÇA ADIF VEL/BARR E TAÇA ADIF SALTOS 4 1ª PROVA OBSERVAÇÃO INVERNO ADIF + TORNEIO DE BENJAMINS 6 CAMPEONATO CORTA-MATO DO FAIAL 1ª 7 TORNEIO DE

Leia mais

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE REMO CAMINHO DA SELEÇÃO SELEÇÃO BRASILEIRA DE REMO TEMPORADA 2017 PLANO ANUAL

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE REMO CAMINHO DA SELEÇÃO SELEÇÃO BRASILEIRA DE REMO TEMPORADA 2017 PLANO ANUAL CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE REMO CAMINHO DA SELEÇÃO SELEÇÃO BRASILEIRA DE REMO TEMPORADA 2017 PLANO ANUAL Planejamento, Processo Seletivo e Calendário SELEÇÃO BRASILEIRA DE REMO PLANO ANUAL TEMPORADA 2017

Leia mais

SELETIVA NACIONAL PROJETO TÓQUIO 2020 ETAPA 2

SELETIVA NACIONAL PROJETO TÓQUIO 2020 ETAPA 2 CRITÉRIOS DE CLASSIFICAÇÃO E PARTICIPAÇÃO 12 e 13 de dezembro de 2017 1. Critérios de Classificação: De acordo com as determinações da Coordenação Técnica Internacional da Confederação Brasileira de Judô,

Leia mais

FEDERAÇÃO INTERNACIONAL DE CANOAGEM

FEDERAÇÃO INTERNACIONAL DE CANOAGEM A. EVENTOS (8) FEDERAÇÃO INTERNACIONAL DE CANOAGEM CANOAGEM Eventos para Homens (4) Eventos para Mulheres (4) K1 Prova de velocidade head to head K1 Prova de velocidade head to head C1 Prova de velocidade

Leia mais

PROGRAMAÇÃO OFICIAL ATLETISMO

PROGRAMAÇÃO OFICIAL ATLETISMO PROGRAMAÇÃO OFICIAL ATLETISMO SESSÃO TÉCNICA DATA:17/07/2015 SEXTA-FEIRA HORÁRIO: 16:00 LOCAL: GINÁSIO DE ESPORTES COL. EST. NILO CAIRO ENDEREÇO: RUA PROF ERASTO GAERTNER - CENTRO INÍCIO DA COMPETIÇÃO

Leia mais

III Gala do Desporto do IPLeiria

III Gala do Desporto do IPLeiria III Gala do Desporto do IPLeiria - 2006 O Instituto Politécnico de Leiria (IPLeiria) realizou, no dia 7 de Junho, a 3.ª edição da Gala do Desporto que teve como objetivo distinguir os alunos/atletas e

Leia mais

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE DESPORTOS PARA DEFICIENTES INTELECTUAIS

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE DESPORTOS PARA DEFICIENTES INTELECTUAIS Campeonato Brasileiro de Atletismo ABDEM 2017 Campeonato Brasileiro de Atletismo Down ABDEM 2017 Centro Paralímpico Brasileiro/SP de 29/09 a 01/10 REGULAMENTO: Capítulo I Da Finalidade. Artigo 1º. O Campeonato

Leia mais

Estudo dirigido Corridas e Marcha (Responda apenas nos espaços indicados)

Estudo dirigido Corridas e Marcha (Responda apenas nos espaços indicados) Nome: Estudo dirigido Corridas e Marcha (Responda apenas nos espaços indicados) Observe a figura acima e responda as questões a seguir: 1. A sequência se refere à prova de. 2. Em que distâncias essa prova

Leia mais

XXXVI Mini Olimpíadas Concelhias de Santa Maria da Feira 2011

XXXVI Mini Olimpíadas Concelhias de Santa Maria da Feira 2011 XXXVI Mini Olimpíadas Concelhias de Santa Maria da Feira 2011 REGULAMENTO DE ATLETISMO 1º - As provas de Atletismo serão realizadas no Estádio do Caldas de São Jorge Sport Clube, nos dias 9, 10 e 17 de

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO DE EDUCAÇÃO FÍSICA E DESPORTOS NORMAS FUNCIONAMENTO DA PISTA DE ATLETISMO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO DE EDUCAÇÃO FÍSICA E DESPORTOS NORMAS FUNCIONAMENTO DA PISTA DE ATLETISMO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO DE EDUCAÇÃO FÍSICA E DESPORTOS NORMAS FUNCIONAMENTO DA PISTA DE ATLETISMO Art. 1º - A pista de atletismo localizada no Centro de Educação Física e Desportos

Leia mais

REGULAMENTO DAS EQUIPES DE ALTO RENDIMENTO CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE TRIATHLON CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE TRIATHLON

REGULAMENTO DAS EQUIPES DE ALTO RENDIMENTO CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE TRIATHLON CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE TRIATHLON REGULAMENTO DAS EQUIPES DE ALTO RENDIMENTO 2013 CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE TRIATHLON JANEIRO 2013 CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE TRIATHLON CAPÍTULO I INTRODUÇÃO O Alto Rendimento da Confederação Brasileira

Leia mais

CAMPEONATOS BRASILEIROS CAIXA DE ATLETISMO DE JUVENIS INTERSELEÇÕES LV Masculino e XLIII Feminino

CAMPEONATOS BRASILEIROS CAIXA DE ATLETISMO DE JUVENIS INTERSELEÇÕES LV Masculino e XLIII Feminino CAMPEONATOS BRASILEIROS CAIXA DE ATLETISMO DE JUVENIS INTERSELEÇÕES LV Masculino e XLIII Feminino Art. 1º - Os CAMPEONATOS BRASILEIROS DE ATLETISMO DE JUVENIS têm por propósito básico a integração nacional,

Leia mais

FEDERAÇÃO DE DESPORTOS AQUÁTICOS DO DISTRITO FEDERAL FDA/DF

FEDERAÇÃO DE DESPORTOS AQUÁTICOS DO DISTRITO FEDERAL FDA/DF Critérios indicativos à Bolsa Atleta de Natação conforme Reunião da Diretoria da FDA/DF e técnicos filiados, realizada no dia 03 de fevereiro de 2016. I BOLSA ATLETA OLÍMPICA 1.1- O atleta de natação só

Leia mais

SELETIVA NACIONAL PROJETO TÓQUIO 2020

SELETIVA NACIONAL PROJETO TÓQUIO 2020 OUTLINE 13 e 14 de janeiro de 2017 CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE JUDÔ MENSAGEM DO PRESIDENTE Senhores Presidentes, Penso que assim como eu, todos vocês acreditam que aquelas expectativas que tínhamos sobre

Leia mais

PARAOLIMPÍADAS ESCOLARES 2010

PARAOLIMPÍADAS ESCOLARES 2010 PARAOLIMPÍADAS ESCOLARES 2010 06 a 11 de setembro SÃO PAULO SP REALIZAÇÃO: Ministério do Esporte APOIO: 1 ORIENTAÇÃO GERAL AOS TÉCNICOS DO ESTADO DE SÃO PAULO DA PARTICIPAÇÃO Art. 18 Poderão participar

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO ATLETISMO PARALÍMPICO

REGULAMENTO ESPECÍFICO ATLETISMO PARALÍMPICO 1 REGULAMENTO ESPECÍFICO ATLETISMO PARALÍMPICO 2014 2 XXIII JOGOS INTERCOLEGIAIS - 2014 II JOGOS INTERCOLEGIAIS PARALÍMPICOS 2014 Atletismo Paralímpico Regulamento Específico Art.1º - A Competição de Atletismo

Leia mais

Circular N.º 10/14. Ipatinga, 16 de Maio de Ilmo. (a) Sr. (a) DD. GERENTE. Ref.: 25º Troféu Infanto-Juvenil de Atletismo Ipatinga/Usipa

Circular N.º 10/14. Ipatinga, 16 de Maio de Ilmo. (a) Sr. (a) DD. GERENTE. Ref.: 25º Troféu Infanto-Juvenil de Atletismo Ipatinga/Usipa Circular N.º 10/14 Associação Esportiva e Recreativa Usipa Ipatinga, 16 de Maio de 2014. Ilmo. (a) Sr. (a) DD. GERENTE Ref.: 25º Troféu Infanto-Juvenil de Atletismo Ipatinga/Usipa Prezado (a) Senhor (a).

Leia mais

XL Mini Olimpíadas Concelhias de Santa Maria da Feira 2016

XL Mini Olimpíadas Concelhias de Santa Maria da Feira 2016 XL Mini Olimpíadas Concelhias de Santa Maria da Feira 2016 REGULAMENTO DE ATLETISMO 1º - As provas de Atletismo serão realizadas no Estádio do Caldas de São Jorge Sport Clube, nos dias 9 e 10 de Julho

Leia mais

# 3 COPA BRASIL DE BICICROSS 2014 BALNEÁRIO CAMBORIÚ - SC

# 3 COPA BRASIL DE BICICROSS 2014 BALNEÁRIO CAMBORIÚ - SC # 3 COPA BRASIL DE BICICROSS 2014 BALNEÁRIO CAMBORIÚ - SC O evento acontecerá na Cidade de Balneário Camboriú - SC, nos dias 10, 11 e 12 de outubro de 2014, com pontos válidos para o Ranking Nacional.

Leia mais

PROGRAMA ESPERANÇAS OLÍMPICAS FEDERAÇÃO PORTUGUESA DO PENTATLO MODERNO

PROGRAMA ESPERANÇAS OLÍMPICAS FEDERAÇÃO PORTUGUESA DO PENTATLO MODERNO PROGRAMA ESPERANÇAS OLÍMPICAS FEDERAÇÃO PORTUGUESA DO PENTATLO MODERNO ESCALÕES ETÁRIOS QUALIFICAÇÃO 2003-2002 - 2001-2000 2016 2017 2018 2000 YB YA YA 2001 YB YB YA 2002 YC YB YB 2003 YC YC YB CRITÉRIOS

Leia mais

Associação de Atletismo de Braga

Associação de Atletismo de Braga Hora Inicio Associação de Atletismo de Prova sábado, 5 de Junho de 2010 15:30 400 Metros Marcha SEN F Serie 15:30 400 Metros Marcha SEN M Serie 15:30 Salto em Altura JUV a SEN F Final + (1,00-1,05-1,10

Leia mais

GABARITO DO CADERNO DE ALUNO PARA O PROFESSOR

GABARITO DO CADERNO DE ALUNO PARA O PROFESSOR GABARITO DO CADERNO DE ALUNO PARA O PROFESSOR Prezado Professor O Caderno do Aluno é mais um instrumento para servir de apoio ao seu trabalho e ao aprendizado do aluno. Elaborado a partir do Caderno do

Leia mais