MODELO FORMATIVO. DATA DE INíCIO / FIM /

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MODELO FORMATIVO. DATA DE INíCIO / FIM /"

Transcrição

1 ECOGRAFIA MúSCULO-ESQUELéTICA (JAN 2015) - LISBOA A Ecografia é uma técnica extremamente útil no diagnóstico e avaliação músculo-esquelética, permitindo acompanhar de forma objetiva a evolução da lesão, bem como validar os efeitos da intervenção terapêutica em tempo real. Com esta formação ficará a conhecer e será capaz de integrar esta ferramenta na sua prática, sendo capaz de retirar o máximo partido da mesma! MODELO FORMATIVO Curso DATA DE INíCIO / FIM / HORARIO 5ªfeira - Tarde - 15:00 às 20:00 6ªfeira e Sáb - Manhã - 9:00 às 14:00 6ªfeira e Sáb - Tarde - 15:00 às 20:00 Domingo - Manhã - 9:00 às 14:00 DESTINATARIOS #Outra Saude, #Fisioterapeuta, #Medico, #Osteopata INVESTIMENTO LOCALIZAçãO Hotel Sana Reno Formação Certificada

2 A ecografia músculo-esquelética é um recurso de imagem em constante evolução, que permite estudar a estrutura e movimento de músculos, tendões, ligamentos, tecidos moles, articulações, estruturas vasculares e sistema nervoso periférico. Possibilita, desta forma, uma avaliação topográfica e funcional mais abrangente e objetiva da lesão e processo de recuperação, comprovando com imagens em tempo real, como se comportam os tecidos face aos diferentes exercícios, tratamentos e técnicas, electro físicas ou manuais. Esta análise assegura um acompanhamento mais detalhado da evolução da condição do paciente, permitindo a validação do tratamento aplicado, bem como a estruturação de um raciocínio clínico com toda a segurança e confiança necessárias para um prática clínica bem-sucedida. Assim, com este recurso ficará mais apto a diagnosticar e obter um feedback imediato, da evolução de lesões músculo-esqueléticas, tais como: tendinopatias, lesões musculares, roturas de ligamentos, quistos dos tecidos moles, bursites, derrame articular, entre outras condições. Poderá ainda guiar a sua intervenção terapêutica, já que, além de facilitar a escolha de técnicas, permite a condução da aplicação de importantes ferramentas de tratamento, desde logo o dry needling, entre outras. PORQUê ESTE CURSO? Compreenda a pertinência da ecografia músculo-esquelética para a prática clínica dos profissionais de saúde; Seja capaz de avaliar e monitorizar detalhadamente a evolução da lesão do seu paciente e validar a sua intervenção em tempo real. Adquira um recurso que o ajudará verdadeiramente a definir a sua estratégia de intervenção mediante dados concretos e muito objetivos Integre uma ferramenta objetiva e fácil de utilizar que lhe permitirá melhorar a sua performance clínica. Inove e pertença a um grupo restrito de profissionais que utilizam a ecografia músculo-esquelética na sua prática clínica, destacando-se dos demais profissionais. Aprenda com um corpo docente de referência nesta área. PROGRAMA 1º FIM-DE-SEMANA Bases físicas do ultrassom

3 A ecografia e a fisioterapia Nomenclatura ecográfica Ultrassons Ecografia Frequência Longitude de onda Velocidade Fenómeno envolvidos nos ultrassons Atenuação Impedância acústica Superfície refletora Escala Equipamento de cinzentos ecográfico Eco- palpação Tipos de imagens Otimização de la imagem ecográfica. Armónicos, steer, panoramic view, crossbeam. Artefactos Sonoelastografía. Requisitos técnicos e escolha dos equipamentos de ultrassom Ecografia do aparelho locomotor Anatomia ecográfica normal e patológica do músculo Anatomia ecográfica normal e patológica do tendão Anatomia ecográfica normal e patológica do ligamento Anatomia ecográfica normal e patológica da bolsa serosa Anatomia ecográfica normal e patológica do osso e das articulações Anatomia ecográfica normal e patológica do sistema nervoso periférico Anatomia ecográfica normal e patológica vascular Eco-Doppler Estudos hemodinâmicos e o seu papel na avaliação em fisioterapia Estudo Ecográfico do Membro Superior Ecografia de la articulação do ombro Ecografia do braço 2º FIM-DE-SEMANA Ecografia da articulação do cotovelo Ecografia do antebraço

4 Ecografia de la articulação do punho e mão Estudo Ecográfico do Membro Inferior Ecografia da do anca, músculo pélvis e tronco Ecografia Estudo ecográfico da do articulação perna tornozelo e Estudo pé joelho anatómico Estudo anatómico OBJETIVOS Objetivos Gerais: No final do curso o aluno deverá ser capaz de avaliar lesões músculo-esqueléticas recorrendo à Ecografia, integrando esta fe Objetivos Específicos: Compreender os princípios e fundamentos da ecografia; Conhecer a pertinência da ecografia músculo-esquelética para o fisioterapeuta; Conhecer as vantagens e desvantagens da ecografia músculo-esquelética; Identificar as diferenças entre a imagem normal e achados patológicos das diferentes estruturas neuro músculo-esqueléticas; Conhecer as lesões desportivas mais comuns e os achados mais comuns em ecografia que estas apresentam; Ser capaz de selecionar o equipamento e restantes materiais para aplicar este procedimento; Saber utilizar corretamente a ecografia para avaliação de lesões no membro superior Saber utilizar corretamente a ecografia para avaliação de lesões no membro inferior Saber utilizar corretamente a ecografia para avaliação de lesões no abdómen e tronco. FACILIDADES DE PAGAMENTO Informamos que este curso pode ser pago em duas prestações de 50% do valor total cada uma. A primeira no momento de i possibilidade, terá contudo que suportar um custo adicional de 15 (quinze euros) no momento da 1ª tranche. O pagamento fracionado beneficiando desta facilidade é apenas possível através de transferência bancária, ficando excluídos o

5 O QUE INCLUI ESTE CURSO? 32 horas de formac?a?o Material de apoio ao Curso Certificado de registo profissional Seguro de acidentes pessoais em vigor durante a formação Coffee-breaks VEJA AQUI TODAS AS DATAS: 22, 23, 24 e 25 de Janeiro de 2015 NOTAS IMPORTANTES O curso será lecionado em espanhol. Não haverá tradução simultânea mas haverá um elemento da Bwizer que fará traduçõe Os participantes deverão trazer roupa confortável (t-shirt/polo ou top e calções) que lhes permita treinar adequadamente toda

CROCHETAGEM - CONCEITO MIOPOSTURAL (JUL 2016) - PORTO

CROCHETAGEM - CONCEITO MIOPOSTURAL (JUL 2016) - PORTO CROCHETAGEM - CONCEITO MIOPOSTURAL (JUL 2016) - PORTO A Crochetagem é uma técnica de terapia manual assente na utilização de ganchos para a manipulação de tecidos moles, que permite quebrar ou destruir

Leia mais

ROGéRIO PEREIRA Rogério Pereira é Fisioterapeuta e docente universitário.

ROGéRIO PEREIRA Rogério Pereira é Fisioterapeuta e docente universitário. PREVENçãO DE LESõES E MELHORIA DA PERFORMANCE (NOV 2016) PORTO Os profissionais de saúde e desporto devem ter conhecimentos sólidos no âmbito da prevenção de lesões, recuperação e otimização do desempenho.

Leia mais

MODELO FORMATIVO. DATA DE INíCIO / FIM /

MODELO FORMATIVO. DATA DE INíCIO / FIM / FISIOTERAPIA RESPIRATóRIA PEDIáTRICA (FEV 2015) - PORTO Sabe como intervir numa criança com patologia respiratória? Uma correta avaliação e diagnóstico é a chave para o sucesso! Não basta apenas saber

Leia mais

COMO CHEGAR De metro: estação São Sebastião (linha amarela ou vermelha), ou estação S. Sebastião (linha Azul ou vermelha)

COMO CHEGAR De metro: estação São Sebastião (linha amarela ou vermelha), ou estação S. Sebastião (linha Azul ou vermelha) FISIOTERAPIA VISCERAL (MAR 2015) - LISBOA Sabia que uma dor na coluna pode ter origem na disfunção de um órgão? A dor no sistema musculosquelético é a razão mais frequente para um paciente procurar a ajuda

Leia mais

MODELO FORMATIVO. DATA DE INíCIO / FIM /

MODELO FORMATIVO. DATA DE INíCIO / FIM / FISIOTERAPIA NO RECéM-NASCIDO (ABR 2015) - PORTO A Fisioterapia pode dar um contributo muito importante e eficaz na abordagem ao recém-nascido! Contudo, é importante que a intervenção do fisioterapeuta

Leia mais

VERTEBRAL (OUT 2016) - PORTO

VERTEBRAL (OUT 2016) - PORTO MANIPULAçãO VERTEBRAL (OUT 2016) - PORTO A manipulação vertebral é um recurso da terapia manual bastante popular entre os profissionais de saúde, um dos mais procurados e que maior impacto causa junto

Leia mais

OSTEOPATIA APLICADA AO DESPORTO (DEZ 2016) - PORTO

OSTEOPATIA APLICADA AO DESPORTO (DEZ 2016) - PORTO OSTEOPATIA APLICADA AO DESPORTO (DEZ 2016) - PORTO Neste curso, aprenderá a receber, avaliar, tratar e aconselhar os atletas, tendo em conta o seu ambiente, características individuais e particularidades

Leia mais

MESOTERAPIA NO DESPORTO (JUL 2016) - LISBOA

MESOTERAPIA NO DESPORTO (JUL 2016) - LISBOA MESOTERAPIA NO DESPORTO (JUL 2016) - LISBOA A mesoterapia com produtos homeopáticos é um recurso extremamente seguro e com efeitos bastante rápidos no alívio da dor, recuperação física e resolução de processos

Leia mais

PODOPOSTUROLOGIA (SET 2016) - PORTO

PODOPOSTUROLOGIA (SET 2016) - PORTO PODOPOSTUROLOGIA (SET 2016) - PORTO A Podoposturologia é um método que tem como objetivo reeducar e realinhar a estrutura do corpo com base na prescrição de palmilhas, proprioceptivas e termomoldáveis,

Leia mais

SPA - BODY AND MIND THERAPY (OUT 2015) - PORTO

SPA - BODY AND MIND THERAPY (OUT 2015) - PORTO SPA - BODY AND MIND THERAPY (OUT 2015) - PORTO SPA body and mind therapy é uma excelente oportunidade de contactar com as diferentes abordagens e terapias utilizadas, ao mesmo tempo que fica a conhecer

Leia mais

TERESA FERREIRA Teresa Ferreira possui um currículo e experiência únicos na área SPA.

TERESA FERREIRA Teresa Ferreira possui um currículo e experiência únicos na área SPA. SPA - BODY AND MIND THERAPY (JAN 2015) - LISBOA SPA body and mind therapy é uma excelente oportunidade de contactar com as diferentes abordagens e terapias utilizadas, ao mesmo tempo que fica a conhecer

Leia mais

MODELO FORMATIVO. DATA DE INíCIO / FIM / HORARIO 1ª sessão - 16:00 às 22:00 2ª sessão - 9:00 às 14:00 INVESTIMENTO FORMADOR

MODELO FORMATIVO. DATA DE INíCIO / FIM / HORARIO 1ª sessão - 16:00 às 22:00 2ª sessão - 9:00 às 14:00 INVESTIMENTO FORMADOR ANáLISES CLíNICAS: DA COLHEITA à INTERPRETAçãO (MAI 2016) LISBOA A interpretação de exames laboratoriais é uma realidade incontestável do dia-a-dia dos enfermeiros. Mas será que todos os enfermeiros estão

Leia mais

COM ANDRZEJ PILAT (SET 2016) LISBOA

COM ANDRZEJ PILAT (SET 2016) LISBOA INDUçãO MIOFASCIAL: TéCNICAS ESTRUTURAIS COM ANDRZEJ PILAT (SET 2016) LISBOA A Indução Miofascial é um método de avaliação e de tratamento das disfunções do sistema fascial com o objetivo de aliviar a

Leia mais

FUNCTIONAL TRAINING COACH I (FEV 2017) - PORTO

FUNCTIONAL TRAINING COACH I (FEV 2017) - PORTO FUNCTIONAL TRAINING COACH I (FEV 2017) - PORTO Functional Training (FT) Coach traduz uma nova abordagem ao treino funcional, sendo reconhecido internacionalmente por unir os mundos do desporto e fitness

Leia mais

sua prática profissional!

sua prática profissional! EXERCíCIOS CORRETIVOS (JUL 2016) - PORTOA utilização de testes din assimetrias de cada in desenvolva competência sua prática profissional! FORMADOR ROGéRIO PEREIRA Rogério Pereira é Fisioterapeuta e docente

Leia mais

MODELO FORMATIVO. DATA DE INíCIO / FIM / HORARIO Manhã - 8:40 às 13:30 Tarde - 14:30 às 19:00

MODELO FORMATIVO. DATA DE INíCIO / FIM / HORARIO Manhã - 8:40 às 13:30 Tarde - 14:30 às 19:00 QUIROPRAXIA - TRATAMENTO DA COLUNA VERTEBRAL (NOV 2016) - LISBOA A Quiropraxia é uma técnica de terapia manual, eficaz, segura e com reconhecimento científico, baseada na manipulação do corpo humano com

Leia mais

ECOGRAFIA MÚSCULO-ESQUELÉTICA

ECOGRAFIA MÚSCULO-ESQUELÉTICA ECOGRAFIA MÚSCULO-ESQUELÉTICA 13, 14 e 15 de Dezembro de 2013 Inscrições Limitadas até 31 de Outubro Resumo A Ecografia é uma das técnicas mais importantes em diagnóstico e avaliação músculo-esquelética,

Leia mais

REABILITAçãO AVANçADA DO JOELHO - COM THIAGO FUKUDA (MAIO 2015) - PORTO

REABILITAçãO AVANçADA DO JOELHO - COM THIAGO FUKUDA (MAIO 2015) - PORTO REABILITAçãO AVANçADA DO JOELHO - COM THIAGO FUKUDA (MAIO 2015) - PORTO O joelho e anca são estruturas anatomica e biom qualquer alteração na sua função, alinhamento ou m quebrar a harmonia em que se encontram,

Leia mais

MODELO FORMATIVO. DATA DE INíCIO / FIM /

MODELO FORMATIVO. DATA DE INíCIO / FIM / LOW PRESSURE FITNESS: HIPOPRESSIVOS - NíVEL 1 (JUN 2015) PORTO Os exercícios hipopressivos dizem respeito a um conjunto de exercícios posturais e respiratórios que se baseiam numa diminuição da pressão

Leia mais

COMO CHEGAR De metro: estação Saldanha (linha amarela ou vermelha), ou estação S. Sebastião (linha Azul ou vermelha)

COMO CHEGAR De metro: estação Saldanha (linha amarela ou vermelha), ou estação S. Sebastião (linha Azul ou vermelha) FISIOTERAPIA DERMATOFUNCIONAL FACIAL (DEZ 2014) - LISBOA Gostava de trabalhar na área facial mas tem receio de arriscar? O Curso de Fisioterapia Dermato-funcional Facial pelos seus conteúdos relevantes

Leia mais

TERESA FERREIRA Teresa Ferreira possui um currículo e experiência únicos na área SPA.

TERESA FERREIRA Teresa Ferreira possui um currículo e experiência únicos na área SPA. SPA - BODY AND MIND THERAPY (NOV 2016) - PORTO SPA body and mind therapy é uma excelente oportunidade de contactar com as diferentes abordagens e terapias utilizadas, ao mesmo tempo que fica a conhecer

Leia mais

MODELO FORMATIVO. DATA DE INíCIO / FIM / HORARIO Manhã - 9:00 às 13:00 Tarde - 14:00 às 18:00 INVESTIMENTO FORMADOR

MODELO FORMATIVO. DATA DE INíCIO / FIM / HORARIO Manhã - 9:00 às 13:00 Tarde - 14:00 às 18:00 INVESTIMENTO FORMADOR TERAPIA SACRO-CRANIANA PARA FISIOTERAPEUTAS (OUT 2016) - PORTO Este curso bastante prático, foca a Terapia Sacro-Craniana segundo uma abordagem adaptada às necessidades do Fisioterapeuta. Com João Tedim

Leia mais

MODELO FORMATIVO. DATA DE INíCIO / FIM / HORARIO Manhã - 08:30 às 13:30 Tarde - 14:30 às 19:30

MODELO FORMATIVO. DATA DE INíCIO / FIM / HORARIO Manhã - 08:30 às 13:30 Tarde - 14:30 às 19:30 REABILITAçãO VESTIBULAR: A INTERVENçãO NAS DISFUNçõES DO EQUILíBRIO (MAI 2015) - PORTO As queixas de tonturas e/ou vertigem são comuns, principalmente em indivíduos de uma faixa etária mais elevada. Este

Leia mais

EQUIPA DE FORMADORES TUPIMEK MODELO FORMATIVO. DATA DE INíCIO / FIM /

EQUIPA DE FORMADORES TUPIMEK MODELO FORMATIVO. DATA DE INíCIO / FIM / INDUçãO MIOFASCIAL: TéCNICAS GLOBAIS COM ANDRZEJ PILAT - NíVEL 2 (SET 2016) - LISBOA "Indução Miofascial: Técnicas Globais" representa o segundo nível de formação em Indução Miofascial, com Andrzej Pilat,

Leia mais

Stretching Global Ativo

Stretching Global Ativo Stretching Global Ativo RPG Aplicado ao Desporto 10, 11, 12 e 13 de Julho de 2014 - LISBOA Resumo O Stretching Global Ativo (SGA) é uma derivação da Reeducação Postural Global (RPG), método revolucionário

Leia mais

MODELO FORMATIVO. DATA DE INíCIO / FIM 17-10-2015 / 18-10-2015. HORARIO Manhã - 9:00 às 13:00 Tarde - 14:00 às 19:00 INVESTIMENTO ALOJAMENTO FORMADOR

MODELO FORMATIVO. DATA DE INíCIO / FIM 17-10-2015 / 18-10-2015. HORARIO Manhã - 9:00 às 13:00 Tarde - 14:00 às 19:00 INVESTIMENTO ALOJAMENTO FORMADOR GERIATRIA - A INTERVENçãO DO FISIOTERAPEUTA (OUT 2015) - LISBOA Geriatria: A Intervenção do Fisioterapeuta é o curso ideal para todos os fisioterapeutas que queiram adquirir competências sólidas para a

Leia mais

CERTIFICAÇÃO MATWORK APPI (ABR 2016) - BRAGA

CERTIFICAÇÃO MATWORK APPI (ABR 2016) - BRAGA PILATES CLíNICO MW1 CERTIFICAÇÃO MATWORK APPI (ABR 2016) - BRAGA No módulo Matwork 1 (The Foundation) tomará contacto com a abordagem da APPI, instituição internacional de referência em Pilates Modificado.

Leia mais

COMO CHEGAR De metro: estação Saldanha (linha amarela ou vermelha), ou estação S. Sebastião (linha Azul ou vermelha)

COMO CHEGAR De metro: estação Saldanha (linha amarela ou vermelha), ou estação S. Sebastião (linha Azul ou vermelha) OSTEOPATIA PEDIáTRICA (MAR 2016) - LISBOA A Osteopatia Pediátrica oferece uma enorme diversidade de técnicas manuais que avaliam e tratam disfunções em bebés e crianças. Esta formação pode ser a peça em

Leia mais

CURSO DE FISIOTERAPIA Autorizado plea Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09

CURSO DE FISIOTERAPIA Autorizado plea Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09 CURSO DE FISIOTERAPIA Autorizado plea Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09 Componente Curricular: Anatomia II Código: Fisio-105 Pré-requisito: Anatomia I Período Letivo: 2016.1

Leia mais

Exames Complementares de Diagnóstico RADIOLOGIA - RADIOLOGIA CONVENCIONAL. Convenção n.º 19/2016, de 05 de agosto de Entidades Convencionadas

Exames Complementares de Diagnóstico RADIOLOGIA - RADIOLOGIA CONVENCIONAL. Convenção n.º 19/2016, de 05 de agosto de Entidades Convencionadas Exames Complementares de Diagnóstico RADIOLOGIA - RADIOLOGIA CONVENCIONAL Convenção n.º 19/2016, de 05 de agosto de 2016 Entidades Convencionadas Designação Morada Valências Contactos CAL - Clínica do

Leia mais

10/02/2016 ANATOMIA HUMANA I. Educação Física. Prof. Me. Fabio Milioni

10/02/2016 ANATOMIA HUMANA I. Educação Física. Prof. Me. Fabio Milioni ANATOMIA HUMANA I Educação Física Prof. Me. Fabio Milioni 1 PLANO DE ENSINO EMENTA Disciplina de caráter teórico prático, estudará as estruturas gerais do corpo humano, iniciando pelos aspectos morfo-funcionais,

Leia mais

FISIOTERAPIA DERMATOFUNCIONAL COM PATRICIA FROES (NOV 2016) - PORTO

FISIOTERAPIA DERMATOFUNCIONAL COM PATRICIA FROES (NOV 2016) - PORTO FISIOTERAPIA DERMATOFUNCIONAL COM PATRICIA FROES (NOV 2016) - PORTO Esta é uma formação bastante completa na área de corporal e facial que está estruturada sob uma perspetiva de revolução de conceitos

Leia mais

Exame Físico Ortopédico

Exame Físico Ortopédico TAKE HOME MESSAGES! Exame Físico Ortopédico ANAMNESE REALIZAR UMA HISTÓRIA CLÍNICA DETALHADA, LEMBRANDO QUE DETALHES DA IDENTIFICAÇÃO COMO SEXO, IDADE E PROFISSÃO SÃO FUNDAMENTAIS, POIS MUITAS DOENÇAS

Leia mais

Miami. Conheça o Curso. Objetivos. 100% em português 30% de aulas virtuais Certificado de 40 horas

Miami. Conheça o Curso. Objetivos. 100% em português 30% de aulas virtuais Certificado de 40 horas Miami 100% em português 30% de aulas virtuais Certificado de 40 horas 1 Professor online por turma 9 horas de aulas hands-on 18 horas de aulas no M.A.R.C. Conheça o Curso O conhecimento da Anatomia Humana

Leia mais

MODELO FORMATIVO. DATA DE INíCIO / FIM / Manhã - 09h30-13h30 Tarde - 14h30-19h30 INVESTIMENTO

MODELO FORMATIVO. DATA DE INíCIO / FIM / Manhã - 09h30-13h30 Tarde - 14h30-19h30 INVESTIMENTO FISIOTERAPIA DERMATOFUNCIONAL - FEG E ESTRIAS (OUT 2014) - PORTO Sabe como atuar com eficácia perante a celulite e as estrias? O fibroedema gelóide (FEG) refere-se a uma condição clínica e estética que

Leia mais

DIABETES: ABORDAGEM MULTIDISCIPLINAR (NOV 2016) - PORTO

DIABETES: ABORDAGEM MULTIDISCIPLINAR (NOV 2016) - PORTO DIABETES: ABORDAGEM MULTIDISCIPLINAR (NOV 2016) - PORTO A Diabetes Mellitus é uma doença crónica, cujos índices de incidência e prevalência aumentam a cada ano. Para poderem prestar cuidados de saúde globais

Leia mais

MODELO FORMATIVO. DATA DE INíCIO / FIM / HORARIO Manhã - 9:00 às 13:00 Tarde - 14:00 às 18:00 INVESTIMENTO FORMADOR

MODELO FORMATIVO. DATA DE INíCIO / FIM / HORARIO Manhã - 9:00 às 13:00 Tarde - 14:00 às 18:00 INVESTIMENTO FORMADOR OSTEOPATIA PEDIáTRICA (OUT 2015) - LISBOA A Osteopatia Pediátrica oferece uma enorme diversidade de técnicas manuais que avaliam e tratam disfunções em bebés e crianças. Esta formação pode ser a peça em

Leia mais

20 Setembro a 15 Novembro Lisboa

20 Setembro a 15 Novembro Lisboa Curso EXERCÍCIO CLÍNICO PARA SAÚDE MÚSCULO-ESQUELÉTICA 20 Setembro a 15 Novembro 2014 - Lisboa Área (s) de Formação: 726- Terapia e Reabilitação 729 Saúde 813 - Desporto Unidades de crédito: 9 U.C. Duração:

Leia mais

MODELO FORMATIVO Curso. Manhã - 09:00 às 13:00 Tarde - 14:00 às 18:00

MODELO FORMATIVO Curso. Manhã - 09:00 às 13:00 Tarde - 14:00 às 18:00 PREPARAçãO PARA O NASCIMENTO: PRé PARTO (SET 2016) - COIMBRA Preparação para o Nascimento: Pré-Parto, construído por Maria João A uma das maiores referências na área da Preparação para o Nascimento e formar,

Leia mais

MODELO FORMATIVO. DATA DE INíCIO / FIM / HORARIO Manhã - 9:00 às 13:00 Tarde - 14:00 às 17:00

MODELO FORMATIVO. DATA DE INíCIO / FIM / HORARIO Manhã - 9:00 às 13:00 Tarde - 14:00 às 17:00 NUTRIçãO E SUPLEMENTAçãO NO DESPORTO (SET 2016) LISBOA A nutrição é um dos fatores com maior peso na saúde e, aliada à atividade física, contribui para a manutenção de um peso e composição corporal adequados,

Leia mais

FUNCTIONAL TRAINING COACH I (JAN 2016) - PORTO

FUNCTIONAL TRAINING COACH I (JAN 2016) - PORTO FUNCTIONAL TRAINING COACH I (JAN 2016) - PORTO Functional Training (FT) Coach traduz uma nova abordagem ao treino funcional, sendo reconhecido internacionalmente por unir os mundos do desporto e fitness

Leia mais

MODELO FORMATIVO. DATA DE INíCIO / FIM 01-07-2016 / 03-07-2016

MODELO FORMATIVO. DATA DE INíCIO / FIM 01-07-2016 / 03-07-2016 ISO STRETCHING (JUL 2016) - PORTO Já ouviu falar de Iso Stretching? Este método de reeducação funcional e de ginástica postural é constituído por exercícios posturais e globais que permitem alongar e fortalecer

Leia mais

Prazo Normal - entre e Prazo Tardio - entre e Inscrição Normal ( ) 99.00

Prazo Normal - entre e Prazo Tardio - entre e Inscrição Normal ( ) 99.00 TREINO PARA PERDA DE MASSA GORDA (OUT 2016) - PORTO A perda de peso é uma das principais razões para as pessoas se inscreverem num ginásio ou iniciarem a prática de exercício físico, pelo que cabe ao profissional

Leia mais

CURSO NEGOCIAÇÃO E COMUNICAÇÃO COM CLIENTES DIFÍCEIS

CURSO NEGOCIAÇÃO E COMUNICAÇÃO COM CLIENTES DIFÍCEIS CURSO NEGOCIAÇÃO E COMUNICAÇÃO COM CLIENTES DIFÍCEIS ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO 03 2. DESENVOLVIMENTO A. Proposta pedagógica B. Investimento C. Condições de participação 03 03 04 04 3. FICHA DE INSCRIÇÃO 05

Leia mais

CURSO ATENDIMENTO E RELACIONAMENTO COM O CLIENTE

CURSO ATENDIMENTO E RELACIONAMENTO COM O CLIENTE CURSO ATENDIMENTO E RELACIONAMENTO COM O CLIENTE ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO 03 2. DESENVOLVIMENTO A. Proposta pedagógica B. Investimento C. Condições de participação 03 03 04 04 3. FICHA DE INSCRIÇÃO 05 02 Moneris

Leia mais

COMO CHEGAR De metro: estação Saldanha (linha amarela ou vermelha), ou estação S. Sebastião (linha Azul ou vermelha)

COMO CHEGAR De metro: estação Saldanha (linha amarela ou vermelha), ou estação S. Sebastião (linha Azul ou vermelha) NUTRIçãO E SUPLEMENTAçãO NO DESPORTO (MAR 2016) LISBOA A nutrição é um dos fatores com maior peso na saúde e, aliada à atividade física, contribui para a manutenção de um peso e composição corporal adequados,

Leia mais

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997 RESOLUÇÃO Nº 3-CEPE/UNICENTRO, DE 28 DE JANEIRO DE 2013. REVOGADA PELA RESOLUÇÃO Nº 12/2015-CEPE/UNICENTRO. Aprova o Curso de Especialização em Fisioterapia Traumato-Ortopédica Funcional, modalidade modular,

Leia mais

TERAPIA MANUAL SEGUNDO O CONCEITO

TERAPIA MANUAL SEGUNDO O CONCEITO TERAPIA MANUAL SEGUNDO O CONCEITO OSTEOETIOPáTICO (CERTIFICAÇÃO ATMS) - MóDULO 10 - PORTO A ATMS (Académie de Thérapie Manuelle et Sportive - Bélgica) e a Bwizer orgulham-se de apresentar o Curso de Terapia

Leia mais

Sumário Detalhado. PARTE I Gerenciamento de riscos 21. PARTE II Patologia da lesão esportiva 177. Capítulo 4 Equipamento de proteção 116

Sumário Detalhado. PARTE I Gerenciamento de riscos 21. PARTE II Patologia da lesão esportiva 177. Capítulo 4 Equipamento de proteção 116 Sumário Detalhado PARTE I Gerenciamento de riscos 21 Capítulo 1 Técnicas de condicionamento 22 A relação entre os fisioterapeutas esportivos e os preparadores físicos 23 Princípios do condicionamento 23

Leia mais

TÉCNICAS ACUPUNTURAIS E DE MEDICINA CHINESA

TÉCNICAS ACUPUNTURAIS E DE MEDICINA CHINESA CURSO: PROGRAMA CURRICULAR do curso de TÉCNICAS ACUPUNTURAIS E DE MEDICINA TÉCNICAS ACUPUNTURAIS E DE MEDICINA 2015/2016 DOCENTES: vários IDENTIFICAÇÃO DO CURSO Técnicas Acupunturais e de Medicina Chinesa

Leia mais

MODELO FORMATIVO. DATA DE INíCIO / FIM / HORARIO Manhã - 9:00 às 13:00 Tarde - 14:00 às 17:00

MODELO FORMATIVO. DATA DE INíCIO / FIM / HORARIO Manhã - 9:00 às 13:00 Tarde - 14:00 às 17:00 NUTRIçãO E SUPLEMENTAçãO NO DESPORTO (OUT 2015) PORTO A nutrição é um dos fatores com maior peso na saúde e, aliada à atividade física, contribui para a manutenção de um peso e composição corporal adequados,

Leia mais

MODELO FORMATIVO. DATA DE INíCIO / FIM / HORARIO Manhã - 9:00 às 13:00 Tarde - 14:00 às 18:00

MODELO FORMATIVO. DATA DE INíCIO / FIM / HORARIO Manhã - 9:00 às 13:00 Tarde - 14:00 às 18:00 OSTEOPATIA PEDIáTRICA (NOV 2016) - PORTO A Osteopatia Pediátrica oferece uma enorme diversidade de técnicas manuais que avaliam e tratam disfunções em bebés e crianças. Esta formação pode ser a peça em

Leia mais

EM ENFERMAGEM (SET 2015) - LISBOA

EM ENFERMAGEM (SET 2015) - LISBOA GESTãO EM ENFERMAGEM (SET 2015) - LISBOA Gestão em Enfermagem, curso criado com o objetivo de proporcionar uma abordagem verdadeiramente transversal das matérias de gestão mais relevantes que possa permitir

Leia mais

JOGO (OUT 2016) - PORTO

JOGO (OUT 2016) - PORTO OBSERVAçãO, ANáLISE E INTERPRETAçãO DO JOGO (OUT 2016) - PORTO Neste curso completo de 24 horas, perceba como observar, analisar e interpretar o jogo e o jogador de futebol, assim como identificar talentos,

Leia mais

CURSO GESTÃO DO TEMPO E COMUNICAÇÃO

CURSO GESTÃO DO TEMPO E COMUNICAÇÃO CURSO GESTÃO DO TEMPO E COMUNICAÇÃO ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO 03 2. DESENVOLVIMENTO A. Proposta pedagógica B. Investimento C. Condições de participação 03 03 04 04 3. FICHA DE INSCRIÇÃO 05 02 Moneris Academy

Leia mais

UNINOVE Nome da Disciplina Ano Turma

UNINOVE Nome da Disciplina Ano Turma UNINOVE Nome da Disciplina Ano Turma Medicina Bases Morfológicas da Medicina I 2013-2 2 Semestre Docentes Alex, Andrea, Karine, Renato, Richard e Suely Dias 2º, 3º Manhã 4º, 6º Tarde Data Horário Assunto

Leia mais

Lesões Traumáticas do Membro Superior. Lesões do Ombro e Braço Lesões do Cotovelo e Antebraço Lesões do Punho e Mão

Lesões Traumáticas do Membro Superior. Lesões do Ombro e Braço Lesões do Cotovelo e Antebraço Lesões do Punho e Mão André Montillo UVA Lesões Traumáticas do Membro Superior Lesões do Ombro e Braço Lesões do Cotovelo e Antebraço Lesões do Punho e Mão Lesões do Ombro e Braço Fratura da Escápula Fratura da Clavícula Luxação

Leia mais

BMA Anatomia do Aparelho Locomotor 2016

BMA Anatomia do Aparelho Locomotor 2016 BMA 129 - Anatomia do Aparelho Locomotor 2016 Docentes: Profa. Dra. Elen Haruka Miyabara (Coordenadora) Profa. Dra. Katiucia Paiva (Colaboradora) Tábata Bohlen (monitora) Objetivos do Curso Possibilitar

Leia mais

Exercícios para a activação geral e o retorno à calma

Exercícios para a activação geral e o retorno à calma Anexo III Exercícios para a activação geral e o retorno à calma Mobilização da articulação do ombro 1 Objectivos: Aumentar a amplitude da mobilização dos ombros e parte superior Modo de execução: na posição

Leia mais

PARA PROFISSIONAIS DE

PARA PROFISSIONAIS DE FRANCêS PARA PROFISSIONAIS DE SAúDE: NíVEL B1 (ABR 2015) - PORTO A mobilidade de profissionais de saúde é uma realidade e falar francês é uma abertura de portas para o mercado de trabalho internacional

Leia mais

ECG - ELETROCARDIOGRAFIA

ECG - ELETROCARDIOGRAFIA ECG - ELETROCARDIOGRAFIA AVANçADA (SET 2016) LISBOA O Eletrocardiograma (ECG) regista a atividade elétrica do coração. Por ser não-invasivo, com baixos custos de execução e cujos resultados são obtidos

Leia mais

De autocarro: 205 paragem Hospital de São João

De autocarro: 205 paragem Hospital de São João LIGADURAS FUNCIONAIS E ORTóTESES: COM ANTóNIO GASPAR (ABR 2015) - PORTO António Gaspar é um dos maiores nomes da fisioterapia nacional. Esta será uma oportunidade única de conhecer e beneficiar do seu

Leia mais

Método Dorn nível básico (2ª Edição)

Método Dorn nível básico (2ª Edição) 1 Método Dorn nível básico (2ª Edição) Resumo: O curso Método Dorn nível básico oferece uma visão global deste método holístico, permitindo aos participantes dominarem com segurança as suas principais

Leia mais

CURSO DE PILATES APLICADO ÀS LESÕES OSTEOMUSCULARES

CURSO DE PILATES APLICADO ÀS LESÕES OSTEOMUSCULARES CURSO DE PILATES APLICADO ÀS LESÕES OSTEOMUSCULARES INTRODUÇÃO Um número cada vez maior de pessoas apresenta, em seu cotidiano, atividades repetitivas e restritivas, que conduzem a uma perda do sinergismo

Leia mais

Seleção de Monitores EDITAL Nº 13, DE 15 DE AGOSTO DE FACULDADE DINÂMICA DO VALE DO PIRANGA NÚCLEO DE ESTUDO, PESQUISA E EXTENSÃO-NEPE

Seleção de Monitores EDITAL Nº 13, DE 15 DE AGOSTO DE FACULDADE DINÂMICA DO VALE DO PIRANGA NÚCLEO DE ESTUDO, PESQUISA E EXTENSÃO-NEPE EDITAL Nº 13, DE 15 DE AGOSTO DE 2016. Seleção de Monitores Dispõe sobre o Programa de Monitoria O Coordenador do Núcleo de Estudo, Pesquisa e Extensão, no uso das suas atribuições institucionais, TORNA

Leia mais

CERTIFICAÇÃO MATWORK APPI (FEV 2015) - PORTO

CERTIFICAÇÃO MATWORK APPI (FEV 2015) - PORTO PILATES CLíNICO MW3 CERTIFICAÇÃO MATWORK APPI (FEV 2015) - PORTO O módulo Matwork 3 (Intermediate/ Advanced) da Certificação Matwork da APPI centra-se num estado superior de controlo dos exercícios de

Leia mais

PLANO DE TRABALHO: DISCIPLINA DE TECNOLOGIA RADIOLÓGICA I

PLANO DE TRABALHO: DISCIPLINA DE TECNOLOGIA RADIOLÓGICA I PLANO DE TRABALHO: DISCIPLINA DE TECNOLOGIA RADIOLÓGICA I PROFESSORES: Luciana Batista Nogueira (TP1) Críssia Carem Paiva Fontainha (TP2) 1. EMENTA: Métodos radiográficos convencionais. 2. JUSTIFICATIVA:

Leia mais

ECOGRAFIAS. Ecografias. Imagens estruturais, baseadas na reflexão dos ultra-sons nas paredes dos tecidos.

ECOGRAFIAS. Ecografias. Imagens estruturais, baseadas na reflexão dos ultra-sons nas paredes dos tecidos. ECOGRAFIAS Ecografias Imagens estruturais, baseadas na reflexão dos ultra-sons nas paredes dos tecidos. Imagens dinâmicas baseadas no efeito de Doppler aplicado ao movimento sanguíneo. ULTRA-SONS, ECOS

Leia mais

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997 RESOLUÇÃO Nº 52-CEPE/UNICENTRO, DE 21 DE DEZEMBRO DE 2015. Aprova o Curso de Especialização em Recursos Terapêuticos Manuais: Ênfase em Terapia Manual, modalidade modular, da UNICENTRO. O REITOR DA UNIVERSIDADE

Leia mais

"RISK ASSESSMENT-DETETAR RISCOS PARA O NEGÓCIO"

RISK ASSESSMENT-DETETAR RISCOS PARA O NEGÓCIO Acción Formativa "RISK ASSESSMENT-DETETAR RISCOS PARA O NEGÓCIO" A avaliação de risco ou risk assessment é essencial para que as organizações identifiquem seus riscos chaves e possam desenvolver estratégias

Leia mais

AVALIAÇÃO DA COLUNA VERTEBRAL

AVALIAÇÃO DA COLUNA VERTEBRAL AVALIAÇÃO DA COLUNA VERTEBRAL COLUNA CERVICAL FUNÇÕES: Suporte e estabilidade à cabeça Dar mobilidade à cabeça Abrigar, conduzir e proteger a medula espinhal e a artéria vertebral INSPEÇÃO Postura Global

Leia mais

Proposta de Criação do Curso Pós-Graduado em Disfunção da ATM e Dor Orofacial

Proposta de Criação do Curso Pós-Graduado em Disfunção da ATM e Dor Orofacial UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO ESCOLA PAULISTA DE MEDICINA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO UNIVERSIDADE DO PORTO FACULDADE DE MEDICINA Proposta de Criação do Curso Pós-Graduado em Disfunção da ATM e Dor Orofacial

Leia mais

2ª Edição Curso de Acupuntura nas Disfunções Musculoesqueléticas

2ª Edição Curso de Acupuntura nas Disfunções Musculoesqueléticas 2ª Edição Curso de Acupuntura nas Disfunções Musculoesqueléticas Conteúdo Programático - Introdução aos conceitos da Medicina Tradicional Chinesa e Acupuntura; - Acupuntura como abordagem terapêutica na

Leia mais

LASER DE ALTA INTENSIDADE A REVOLUÇÃO NA TECNOLOGIA DO LASER TERAPÊUTICO

LASER DE ALTA INTENSIDADE A REVOLUÇÃO NA TECNOLOGIA DO LASER TERAPÊUTICO LASER DE ALTA INTENSIDADE A REVOLUÇÃO NA TECNOLOGIA DO LASER TERAPÊUTICO geral@btlportugal.pt www.btlportugal.pt Todos os direitos reservados. Apesar de todo o cuidado em fornecer informação precisa e

Leia mais

PLANO DE TRABALHO: DISCIPLINA DE TECNOLOGIA RADIOLÓGICA I

PLANO DE TRABALHO: DISCIPLINA DE TECNOLOGIA RADIOLÓGICA I PLANO DE TRABALHO: DISCIPLINA DE TECNOLOGIA RADIOLÓGICA I PROFESSORES: Luciana Batista Nogueira (TP1) Críssia Carem Paiva Fontainha (TP2) 1. EMENTA: Métodos radiográficos convencionais. 2. JUSTIFICATIVA:

Leia mais

Pode ser aplicada a partes do corpo ou continuamente a todo o corpo.

Pode ser aplicada a partes do corpo ou continuamente a todo o corpo. MASSAGEM RELAXANTE Universidade do Sul de Santa Catarina Curso de Cosmetologia e Estética Unidade de Aprendizagem: Técnicas de Massagem Terapêutica Prof.ª Daniella Koch de Carvalho MASSAGEM RELAXANTE A

Leia mais

Cursos de Extensão. Técnicas Miofasciais (Tratamento da Disfunção dos Tecidos Moles)

Cursos de Extensão. Técnicas Miofasciais (Tratamento da Disfunção dos Tecidos Moles) Cursos de Extensão Técnicas Miofasciais (Tratamento da Disfunção dos Tecidos Moles) Duração do Curso: - 2 dias, horário integral, perfazendo a carga horária de 20 horas de teoria e prática, sendo 80% prático;

Leia mais

BIOMECÂNICA DO CORPO HUMANO

BIOMECÂNICA DO CORPO HUMANO BIOMECÂNICA DO CORPO HUMANO António Torres Marques (DEMec/FEUP) 30 de Setembro de 2010 BIOMECÂNICA: DIAGNÓSTICO, PRÓTESES E REGENERAÇÃO APLICAÇÕES: Sistema cardiovascular; Sistema respiratório; Biomecânica

Leia mais

FACULDADE ANHANGUERA DE SÃO JOSÉ CURSO DE FISIOTERAPIA

FACULDADE ANHANGUERA DE SÃO JOSÉ CURSO DE FISIOTERAPIA FACULDADE ANHANGUERA DE SÃO JOSÉ CURSO DE FISIOTERAPIA Diagnóstico Cinético-Funcional e Imaginologia: Membros Superiores, Cabeça e Tórax Unidade II OMBRO 1 2 3 4 5 Luxação anterior 6 Fratura de cabeça

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SEBASTIÃO DA GAMA

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SEBASTIÃO DA GAMA INFORMAÇÃO-PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA EDUCAÇÃO FÍSICA - Prova teórica e prática 2016 Prova 28. 2º Ciclo do Ensino Básico 1. OBJETO DE AVALIAÇÃO A prova de Educação Física tem por referência o programa

Leia mais

Lesões Traumáticas do Membro Superior. Lesões do Ombro e Braço Lesões do Cotovelo e Antebraço Lesões do Punho e Mão

Lesões Traumáticas do Membro Superior. Lesões do Ombro e Braço Lesões do Cotovelo e Antebraço Lesões do Punho e Mão André Montillo UVA Lesões Traumáticas do Membro Superior Lesões do Ombro e Braço Lesões do Cotovelo e Antebraço Lesões do Punho e Mão Fratura Distal do Úmero Fratura da Cabeça do Rádio Fratura do Olecrâneo

Leia mais

PODOPOSTUROLOGIA. Resumo. Este curso tem Inscrições Limitadas até 15 de Outubro. 15, 16 e 17 de Novembro de 2013

PODOPOSTUROLOGIA. Resumo. Este curso tem Inscrições Limitadas até 15 de Outubro. 15, 16 e 17 de Novembro de 2013 PODOPOSTUROLOGIA 15, 16 e 17 de Novembro de 2013 Inscrições Limitadas até 15 de Outubro Resumo Sabia que a posição do pé é essencial para uma postura correcta? A Podoposturologia é um método que tem como

Leia mais

PLANO DE TRABALHO: DISCIPLINA - ANATOMIA RADIOLÓGICA EM TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA E RESSONÂNCIA MAGNÉTICA

PLANO DE TRABALHO: DISCIPLINA - ANATOMIA RADIOLÓGICA EM TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA E RESSONÂNCIA MAGNÉTICA PLANO DE TRABALHO: DISCIPLINA - ANATOMIA RADIOLÓGICA EM TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA E RESSONÂNCIA MAGNÉTICA PROFESSOR(ES): Luciana Costa (Resp) Andréa Bastos 1. EMENTA: A disciplina Anatomia Radiológica

Leia mais

AVALIAÇÃO SUBJETIVA GLOBAL. Prof (a). Drielly Rodrigues Viudes

AVALIAÇÃO SUBJETIVA GLOBAL. Prof (a). Drielly Rodrigues Viudes AVALIAÇÃO SUBJETIVA GLOBAL Prof (a). Drielly Rodrigues Viudes AVALIAÇÃO SUBJETIVA GLOBAL - Método simples, de rápida execução e baixo custo; -Validado para aplicação em pacientes cirúrgicos e clínicos.

Leia mais

1º SEMESTRE CATÁLOGO FORMAÇÃO CABO VERDE - PRAIA INTEREMPRESAS

1º SEMESTRE CATÁLOGO FORMAÇÃO CABO VERDE - PRAIA INTEREMPRESAS 2017 1º SEMESTRE CATÁLOGO DE FORMAÇÃO CABO VERDE - PRAIA INTEREMPRESAS 1 2 PROCESSO da Formação da High Skills METODOLOGIA da Formação da High Skills OFERTA DE CALENDÁRIO PRAIA 1º SEMESTRE 3 Nome Curso

Leia mais

Patologias, Planos de Tratamento e Reabilitação. Técnicas cirúrgicas, Tratamento Conservativo e Medicina Complementar: Quando, O Quê, Como e Por que?

Patologias, Planos de Tratamento e Reabilitação. Técnicas cirúrgicas, Tratamento Conservativo e Medicina Complementar: Quando, O Quê, Como e Por que? Patologias, Planos de Tratamento e Reabilitação Técnicas cirúrgicas, Tratamento Conservativo e Medicina Complementar: Quando, O Quê, Como e Por que? DIA 1 (21 de Abril) 08:00-08:15 Boas Vindas; Introduções;

Leia mais

PLANO DE ENSINO Ensino Superior

PLANO DE ENSINO Ensino Superior PLANO DE ENSINO Ensino Superior DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR Nome do COMPONENTE CURRICULAR : Anatomia Topográfica dos Animais Domésticos II Curso: Curso de Medicina Veterinária Período: 2013.2. Carga

Leia mais

Amplitude de Movimento. Amplitude de Movimento. Tipos de ADM 27/2/2012

Amplitude de Movimento. Amplitude de Movimento. Tipos de ADM 27/2/2012 Amplitude de Movimento Amplitude de Movimento Professora: Christiane Riedi Daniel É o movimento completo de uma articulação ADM completa depende de: ADM Articular termos como flexão, extensão... goniometria

Leia mais

Fase Preparatória Objectivos Operacionais Estratégias / Organização Objectivos comportamentais / Componentes críticas Chamada

Fase Preparatória Objectivos Operacionais Estratégias / Organização Objectivos comportamentais / Componentes críticas Chamada Professor: Mário Santos Ano Lectivo: 2009/10 Ano: 8º Turma: A Nº Alunos: 20 Aula Nº: 1 e 2 Aula U.D. Nº: 1 e 2 de 3 Instalações: Pavilhão Data: 13-04-2010 Hora: 10h20min Duração: 75 minutos Unidade Didáctica:

Leia mais

PLANO DE DISCIPLINA ANATOMIA SISTÊMICA E SEGMENTAR

PLANO DE DISCIPLINA ANATOMIA SISTÊMICA E SEGMENTAR PLANO DE DISCIPLINA ANATOMIA SISTÊMICA E SEGMENTAR 2º Semestre de 2012 1. Identificação Departamento: Formação de Ciências Básicas (FCB) Disciplina: Anatomia Sistêmica e Segmentar Cód.: FCB00090 Período

Leia mais

PET ESTUDOS SÍNDROME METABÓLICA da anatomia à intervenção clínica

PET ESTUDOS SÍNDROME METABÓLICA da anatomia à intervenção clínica PET ESTUDOS SÍNDROME METABÓLICA da anatomia à intervenção clínica O curso Síndrome Metabólica da anatomia à intervenção clínica será desenvolvido a partir de dois grandes eixos: - Eixo teórico-prático

Leia mais

Traumatologia Infantil. O Esqueleto da Criança Não É O Esqueleto do Adulto em Miniatura

Traumatologia Infantil. O Esqueleto da Criança Não É O Esqueleto do Adulto em Miniatura O Esqueleto da Criança Não É O Esqueleto do Adulto em Miniatura Formação do Osso e Ossificação Esboço Cartilaginoso Pontos de Ossificação Primária Pontos de Ossificação Secundária Formação da Epífise

Leia mais

Entidades gestoras de fluxos específicos de resíduos

Entidades gestoras de fluxos específicos de resíduos AMBIENTE, SEGURANÇA, HIGIENE E SEGURANÇA NO TRABALHO DESTINATÁRIOS Todos os colaboradores que pretendam adquirir conhecimentos na área do ambiente, segurança, higiene e segurança no trabalho. OBJETIVO

Leia mais

PLANO DE ENSINO. Anatomia humana de estruturas reunidas em um mesmo território anatômico e suas representações em exames de imagem normais.

PLANO DE ENSINO. Anatomia humana de estruturas reunidas em um mesmo território anatômico e suas representações em exames de imagem normais. NOME: ANATOMIA TOPOGRÁFICA E IMAGEM Código: IMA002 Carga horária: 120 HORAS-AULA (30 HORAS TEÓRICAS E 90 HORAS PRÁTICAS) Créditos: 08 Período do curso: 4 PERÍODO Pré-requisitos: FIB040 EMENTA PLANO DE

Leia mais

PLANO DE TRABALHO: DISCIPLINA - ANATOMIA RADIOLÓGICA EM TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA E RESSONÂNCIA MAGNÉTICA

PLANO DE TRABALHO: DISCIPLINA - ANATOMIA RADIOLÓGICA EM TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA E RESSONÂNCIA MAGNÉTICA PLANO DE TRABALHO: DISCIPLINA - ANATOMIA RADIOLÓGICA EM TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA E RESSONÂNCIA MAGNÉTICA PROFESSOR(ES): Luciana Costa Andrea Bastos 1. EMENTA: A disciplina Anatomia Radiológica em Tomografia

Leia mais

Equilíbrio Neuromuscular

Equilíbrio Neuromuscular Equilíbrio Neuromuscular Método François Soulier 1, 2, 3 e 4 de Maio de 2014 - Inscrições Limitadas até 1 de Abril Resumo Se é um apaixonado pela Terapia Manual e procura uma ferramenta inovadora, este

Leia mais

Data Professor Conteúdo Professor Conteúdo 30/07 Kátia e. Ricardo Rodrigo. Abertura do Curso e Introdução ao estudo da Anatomia Humana

Data Professor Conteúdo Professor Conteúdo 30/07 Kátia e. Ricardo Rodrigo. Abertura do Curso e Introdução ao estudo da Anatomia Humana Lógi Molecular Seres Vivos II (6.6) Fisioterapia- 2014.2 Anatomia 6 Fisiologia 6 Quarta manhã e tarde Sexta - manhã Coordenadores: Profs. Rodrigo e Siqueira e Virginia Data Professor Conteúdo Professor

Leia mais

TRATAMENTO DE FERIDAS E VIABILIDADE TECIDULAR (MAR 2016) PORTO

TRATAMENTO DE FERIDAS E VIABILIDADE TECIDULAR (MAR 2016) PORTO TRATAMENTO DE FERIDAS E VIABILIDADE TECIDULAR (MAR 2016) PORTO A gestão e tratamento de feridas é um processo complexo e exige a intervenção de uma equipa multidisciplinar. É essencial que os profissionais

Leia mais

Planificação da disciplina de Geografia 9º Ano Ano letivo 2014/2015

Planificação da disciplina de Geografia 9º Ano Ano letivo 2014/2015 Planificação da disciplina de Geografia 9º Ano Ano letivo 2014/2015 Nº de aulas (45 minutos) 1º Período 2º Período 3º Período Total Previstas 41 31 27 99 /Correção 6 6 6 18 Tema 4: As atividades económicas*

Leia mais

ANEXO 4 UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE ESCOLA DE MEDICINA E CIRURGIA

ANEXO 4 UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE ESCOLA DE MEDICINA E CIRURGIA PROGRAMA DE DISCIPLINA CURSO: MEDICINA DEPARTAMENTO: DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS FISIOLÓGICAS DISCIPLINA: FARMACOLOGIA I CARGA HORÁRIA: 60 HORAS CRÉDITOS: 03 CÓDIGO: SCF00019 PROFESSOR: PRÉ-REQUISITOS: FISIOLOGIA

Leia mais