Promovendo a Certificação Certified Financial Planner CFP

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Promovendo a Certificação Certified Financial Planner CFP"

Transcrição

1 MANUAL DE EDUCAÇÃO CONTINUADA DO PROFISSIONAL CFP, CERTIFIED FINANCIAL PLANNER Promovendo a Certificação Certified Financial Planner CFP

2 Manual de Educação Continuada CFP TM A Educação Continuada dos profissionais certificados CFP TM é imprescindível para a continuidade do uso da marca. É a garantia de que o profissional certificado está atualizado e agindo de acordo com os padrões de ética do IBCPF - Instituto Brasileiro de Certificação de Profissionais Financeiros. Portanto, para que você mantenha sua certificação e credibilidade é necessário que conheça e cumpra as exigências da Educação Continuada do IBCPF que contam deste manual. Índice I Introdução 2 II - Critérios do Programa de Educação Continuada 3 a) Requisitos do Programa de Educação Continuada 3 b) Prazo, carga horária e conteúdo 4 c) Créditos para cursos presenciais 4 d) Créditos para cursos a distância 5 e) Créditos para licenças ou nomeações profissionais 5 f) Créditos para professores ou palestrantes 5 g) Crédito para publicações 6 h) Crédito na elaboração de questões 6 i) Entrega do relatório 7 j) Informações incorretas 7 k) Auditoria 8 l) Revisões 8 III - Perguntas mais Freqüentes 9 Anexo A 12 Anexo B 13 1

3 I - Introdução O Programa de Educação Continuada tem um papel vital para os profissionais que receberam a certificação CFP TM do Instituto Brasileiro de Certificação de Profissionais Financeiros (IBCPF). Reconhecendo que a profissão do CFP TM - Planejador Financeiro Pessoal requer contínuo aperfeiçoamento profissional, o IBCPF considera o Programa de Educação Continuada um requisito fundamental para a manutenção do direito de uso da marca CFP TM. O Programa de Educação Continuada serve ao interesse público ao garantir que o profissional CFP TM - Planejador Financeiro Pessoal está apto a exercer suas atividades, tem domínio pleno dos instrumentos e produtos financeiros disponíveis no mercado brasileiro e no mercado internacional, conhece os aspectos legais e fiscais dos produtos, e está qualificado para apresentar alternativas adequadas ao perfil do seu cliente, após definir e avaliar os fatores de risco. O profissional CFP TM - Planejador Financeiro Pessoal deve comprovar sua atualização através de cursos, seminários e outras atividades que são relacionadas neste manual. Também será avaliado o comportamento ético do profissional no exercício da profissão de acordo com o Código de Ética e Responsabilidade Profissional do IBCPF. Os profissionais certificados pelo IBCPF, assim como, as instituições de ensino ou organizadoras de cursos credenciadas ao Programa de Educação Continuada, devem ter conhecimento das informações contidas neste material. Se você precisar de mais informações ou tiver dúvidas sobre este manual, entre em contato com IBCPF pelo telefone (+11) r ou pelo Seus comentários são muito importantes para o IBCPF. 2

4 II - Critérios do Programa de Educação Continuada Os profissionais certificados pelo IBCPF devem aderir às condições expostas neste manual, incluindo qualquer futura alteração. A versão atualizada deste manual, bem como do Programa Detalhado do Exame de Certificação CFP TM do IBCPF, sempre estarão disponíveis no site do IBCPF na internet: a) Requisitos para o Programa de Educação Continuada O IBCPF é o instituto responsável por coordenar o Programa de Educação Continuada do profissional CFP TM - Planejador Financeiro Pessoal. Sendo assim, somente o IBCPF poderá determinar se um curso, seminário ou outra atividade de educação está qualificada a fazer parte do programa e qual a quantidade de créditos válidos como Educação Continuada. No relatório periódico individual de cada profissional CFP TM - Planejador Financeiro Pessoal (vide modelo Anexo B) somente devem constar programas que: Estejam relacionados à um ou mais tópicos listados no Programa Detalhado do Exame de Certificação CFP TM exigida pelo IBCPF; Contribuam para o crescimento e desenvolvimento do profissional; Sejam conduzidos por profissionais qualificados e reconhecidos; Tenham conteúdo atualizado; Tenham pelo menos 60 minutos de duração; Disponibilizem material impresso sobre a programação, organizadores, inscrição e conclusão. O profissional CFP TM Planejador Financeiro Pessoal certificado pelo IBCPF deve: Iniciar o Programa de Educação Continuada logo após a sua certificação; Cumprir o programa de 30 créditos de Educação Continuada a cada período de 2 anos; Cumprir no mínimo 2 horas de créditos em cursos sobre Código de Ética / Padrões de Conduta Profissional. Qualquer atividade que o profissional tenha feito e que julgue relevante para valer como crédito para o Programa de Educação Continuada do IBCPF, poderá ser incluída no relatório entregue ao IBCPF, que se reserva o direito de análise caso a caso. A explicação por escrito justificando a reivindicação é necessária para facilitar a análise do IBCPF. 3

5 b) Prazo, Carga Horária e Conteúdo A cada período de dois anos o profissional CFP TM - Planejador Financeiro Pessoal deve comprovar a participação em cursos, seminários ou outras atividades que representem, no mínimo, 30 créditos / horas de dedicação a sua atualização profissional. O prazo final da entrega do relatório do Programa de Educação Continuada coincide com o mês da renovação da certificação do profissional. Para serem válidos, os cursos, seminários ou outras atividades devem versar sobre os tópicos listados no Programa Detalhado do Exame de Certificação CFP TM exigida pelo IBCPF. Os profissionais devem dedicar no mínimo 2 horas a cursos sobre comportamento ético e padrão de conduta profissional no exercício da profissão (de acordo com o Código de Ética do IBCPF). Os créditos são contados por hora de dedicação efetiva ao Programa de Educação Continuada. O conteúdo desses créditos deve estar descrito no relatório (Anexo B). Caso o profissional tenha excedido a quantidade mínima de horas exigidas para o Programa de Educação Continuada, as mesmas não são transferidas para períodos subseqüentes. Não cumprindo o Programa de Educação Continuada, o profissional CFP TM - Planejador Financeiro Pessoal não poderá renovar sua certificação e assim não poderá mais fazer uso do selo CFP TM. Não será concedida prorrogação no prazo de apresentação do relatório de Educação Continuada. c) Créditos para cursos presenciais: O profissional deve listar no formulário do Programa de Educação Continuada (Anexo B) cada programa cursado, indicando as seguintes informações: nome do curso / seminário, data de realização e/ou conclusão, tipo de curso, instituição patrocinadora, total de horas e módulo(s) coberto(s). Somente são aceitos os cursos, seminários e outras atividades profissionais que tenham, no mínimo, 60 minutos de duração. Cada 60 minutos de aula ou palestra valem 1 crédito. A partir da primeira hora, cada 30 minutos valem meio crédito. Por exemplo, um curso com 90 minutos de duração, poderá valer 1,5 créditos. Os cursos oferecidos por faculdades ou universidades como pósgraduação latu sensu, curso de especialização, MBA, mestrado ou doutorado valem até 30 horas de crédito, dependendo da quantidade 4

6 de disciplinas cursadas no período da certificação e sua relação com o Programa Detalhado do Exame de Certificação CFP TM do IBCPF. Cursos oferecidos dentro das empresas (in company) e cujo assunto esteja listado no Programa Detalhado do Exame de Certificação CFP TM também são aceitos no Programa de Educação Continuada do IBCPF. d) Créditos para cursos à distância: O profissional CFP TM - Planejador Financeiro Pessoal poderá cumprir até 30% dos créditos exigidos no Programa de Educação Continuada através de cursos à distância. São considerados cursos à distância todos os programas cursados fora do ambiente de sala de aula e que utilizem (1) apostilas, (2) áudio e/ou vídeo, (3) mídia eletrônica. O IBCPF poderá exigir diploma ou comprovantes de participação nestes cursos, incluindo informações sobre a instituição organizadora ou patrocinadora para posterior verificação. O IBCPF atribui a esta modalidade de cursos apenas 50% do valor de horas recomendadas pela instituição patrocinadora. Por exemplo, se a recomendação para a conclusão do curso for de 10 horas, o profissional deve preencher o formulário computando somente 5 horas de créditos. e) Créditos para Licenças ou nomeações profissionais: Licenças ou nomeações profissionais recebidas após a certificação do IBCPF também são aceitas no Programa de Educação Continuada, entretanto, o exame de qualificação para a obtenção da licença ou nomeação deve cobrir pelo menos um dos tópicos listados no Programa Detalhado do Exame de Certificação CFP TM definido pelo IBCPF. Cursos preparatórios ou simulados não são aceitos como crédito valem as licenças ou nomeações. Para consulta de licenças ou nomeações, que não estão listadas no Anexo A, o profissional deve entrar em contato com o IBCPF. f) Créditos para professores ou palestrantes: O profissional que participar como instrutor / moderador ou palestrante em seminários e/ou cursos voltados para profissionais da área de serviços financeiros poderá utilizar estes como créditos no Programa de Educação Continuada. Estes eventos somente serão aceitos se as instituições de ensino emitirem certificados de participação para o profissional CFP TM e abordarem temas relacionados ao Programa Detalhado do Exame de Certificação CFP TM do IBCPF. 5

7 O profissional terá 2 créditos para cada hora de apresentação. Cada aula ou evento deve constar apenas uma vez no relatório do Programa de Educação Continuada (Anexo B). Por exemplo, se o profissional participar de um seminário ora como palestrante ora como moderador, ele deverá escolher qual forma de participação deseja declarar no relatório, ou seja, a de palestrante ou a de moderador. Créditos para a atividade de professor ou palestrante não devem exceder 50% do total de horas do Programa de Educação Continuada. Assim sendo, o máximo a computar serão 15 horas / créditos a cada período de dois anos. g) Crédito para publicações: Todas as publicações (em papel ou em meio eletrônico) devem ser submetidas ao IBCPF antes de serem consideradas no relatório final de Educação Continuada. As publicações submetidas ao IBCPF devem: Incluir data da publicação e quantidade de créditos reivindicados que não devem exceder 15 créditos; Abranger um ou mais tópicos listado no Programa Detalhado do Exame de Certificação CFP TM exigida pelo IBCPF; Incluir 2 cópias do material tal qual foi publicado; Incluir o endereço ou de contato; O IBCPF não devolverá ao profissional o material recebido. O IBCPF sugere que um artigo escrito seja validado com dois créditos e que um livro publicado poderá atingir 15 créditos sempre sujeito ao julgamento do IBCPF. h) Crédito na elaboração de questões para o Exame de Certificação CFP TM O IBCPF criou um programa de incentivo para os profissionais certificados que tenham interesse em contribuir com a criação de uma base de questões para serem utilizadas em futuros exames de certificação CFP TM. Este programa é aberto a todos profissionais certificados CFP e consiste primeiramente, na participação obrigatória em um treinamento na elaboração de questões, conforme processo definido pelo FPSB. Tendo concluído o treinamento, o profissional poderá submeter ao IBCPF questões relativas ao Programa Detalhado do Exame de Certificação CFP TM. As questões submetidas ao IBCPF serão analisadas por um comitê do instituto e poderão ser aprovadas, ou não, a livre critério deste 6

8 comitê. Cada questão aceita no banco de questões valerá 1 crédito ao profissional. As questões que não forem aceitas, não receberão créditos. Os profissionais interessados em participar neste programa deverão entrar em contato com IBCPF. Créditos para a atividade de elaborador de questões para o exame CFP TM não devem exceder 50% do total de horas do Programa de Educação Continuada. Assim sendo, o máximo a computar serão 15 horas / créditos a cada período de dois anos. i) Entrega do relatório do Programa de Educação Continuada: Todo profissional certificado pelo IBCPF deve, a cada dois anos, renovar sua certificação, mediante comprovação que atendeu todos os requisitos do Programa de Educação Continuada. O prazo final para o envio será o mesmo da validade da certificação. O profissional deverá receber uma comunicação do IBCPF dois meses antes do final do seu prazo indicando a importância do Programa de Educação Continuada e sobre processo de renovação de seu certificado. Porém o recebimento deste comunicado não é prérequisito para a entrega do relatório do Programa de Educação Continuada ao IBCPF pelo profissional certificado CFP TM. A Educação Continuada é da responsabilidade de cada profissional certificado individualmente. Não será concedida prorrogação no prazo de apresentação do relatório de Educação Continuada. O não cumprimento do Programa de Educação Continuada implicará no cancelamento da certificação e na proibição do uso da marca CFP TM. Importante. Não é necessário enviar para o IBCPF os diplomas de conclusão ou participação dos cursos, seminários e outras atividades, mas o profissional deverá guardar estes documentos por um prazo de 2 anos contados após a entrega do relatório. j) Informações incorretas: O profissional certificado CFP TM é responsável pelas informações contidas no relatório do Programa de Educação Continuada. Informações inexatas, incorretas ou falsas no relatório do Programa de Educação Continuada serão consideradas violação grave ao Código de Ética do IBCPF, e poderão gerar penalidades ao profissional como a suspensão temporária ou até mesmo o desligamento do profissional do IBCPF. 7

9 k) Auditoria: O conselho do IBCPF pratica auditoria aleatória nos relatórios do Programa de Educação Continuada. Ao ter seu relatório selecionado para auditoria, o profissional: Deve ser notificado pelo IBCPF; Deve encaminhar os documentos solicitados. Se algum crédito for negado pelo IBCPF, o profissional terá 90 dias para corrigir a deficiência relativa ao período verificado. Será necessário preencher novamente o relatório do Programa de Educação Continuada, assinar, incluir os documentos relativos ao(s) novo(s) crédito(s) e reenviar ao IBCPF. Neste período de correção o profissional terá permissão de continuar usando a marca CFP TM. Caso o profissional não atenda a solicitação do IBCPF durante o período de 90 dias, sua certificação será suspensa e está sujeita ao cancelamento. l) Revisões: Os requisitos do Programa de Educação Continuada descritos neste manual estão sujeitos a revisões periódicas sem a necessidade de prévia comunicação ao profissional associado ao IBCPF. Todas as modificações e adições ao Programa de Educação Continuada serão disponibilizadas no site do IBCPF (www.ibcpf.org.br). Os profissionais são responsáveis pela atualização de seu endereço junto ao IBCPF de forma a garantir que todas as comunicações enviadas sejam recebidas. 8

10 III - Perguntas mais Freqüentes: A seguir listamos as perguntas mais freqüentes sobre o Programa de Educação Continuada: 1.) Quais são os requisitos para o Programa de Educação Continuada? Os profissionais certificados pelo IBCPF deverão cumprir 30 horas de Educação Continuada a cada período de 2 anos. Este período de 2 anos coincide com o prazo de validade da certificação CFP TM. O profissional CFP TM - Planejador Financeiro Pessoal terá até o último dia do mês da renovação da sua certificação para enviar o relatório do Programa de Educação Continuada (Anexo B). Dos créditos exigidos, pelo menos 2 deverão, obrigatoriamente, ser destinadas a cursos sobre Código de Ética e Padrão de Conduta Profissional. As demais 28 horas poderão ser obtidas pela participação em cursos, seminários ou outra atividade de educação está qualificada listadas no Manual de Educação Continuada CFP TM e aderente ao Programa Detalhado do Exame de Certificação CFP TM definido pelo IBCPF. 2.) O que posso fazer para cumprir às 30 horas de créditos? Os créditos deverão ser obtidos através da participação do profissional em cursos, seminários e outras atividades relacionadas com planejamento financeiro pessoal (tópicos abordados no Programa Detalhado do Exame de Certificação CFP TM definido pelo IBCPF). 3.) Que tipos de cursos são aceitos? São aceitos os cursos promovidos por faculdades, universidades e instituições de ensino reconhecidas oficialmente, no Brasil ou no exterior, e que estejam relacionados com o tema de planejamento financeiro pessoal. Treinamentos dentro da empresa ou programas oferecidos por empresas comerciais com ou sem fins lucrativos também serão aceitos desde que cumpram alguns requisitos. Os programas devem: Ter assunto relacionado a um dos tópicos do Programa Detalhado do Exame de Certificação CFP TM definido pelo IBCPF; Contribuir para o enriquecimento da competência profissional do participante; Ser conduzidos por profissionais qualificados no assunto; Versar sobre assuntos atuais; Ter pelo menos 60 minutos de duração; 9

11 4.) Se escolhi um curso que cumpre os requisitos descritos acima, preciso ainda telefonar ou escrever para o IBCPF e obter aprovação? Não. No momento da avaliação do relatório do Programa de Educação Continuada o IBCPF notificará o profissional caso sejam necessários maiores esclarecimentos sobre o curso. 5.) Que tipos de cursos não são aceitos como créditos? Discussões informais em grupo, cursos ou seminários cujo assunto seja relativo a finanças públicas, computação, práticas de administração, avaliação de empresa ou apresentação de produto sempre assuntos não relacionados com o Programa Detalhado do Exame de Certificação CFP TM do IBCPF. 6.) Sou recém certificado pelo IBCPF. Quando devo começar o Programa de Educação Continuada? Imediatamente. Não existe um prazo entre a certificação e o início do Programa de Educação Continuada. 7.) Se eu fizer mais de 30 horas de credito posso transferir as horas extras para o período consecutivo? Não. 8.) Como converto horas-aula em crédito? Um crédito é igual à uma hora aula de curso, seminário ou outra atividade correlacionada. Exceções: a) Crédito para estudo à distância: 50% das horas recomendadas pela instituição patrocinadora. Por exemplo, se para concluir um curso a distância são indicadas 10 horas como sendo necessárias, o curso receberá 5 créditos para o Programa de Educação Continuada. b) Créditos para professores e/ou palestrantes: Cada hora-aula vale dois créditos. Cada tipo de aula só poderá ser utilizado uma vez. A pontuação máxima para esta atividade será de 15 créditos. c) Crédito para publicações (em papel ou eletrônicas): podem receber no máximo 15 créditos por período. Cada publicação só poderá ser utilizada uma única vez. d) Crédito na elaboração de questões para o Exame de Certificação CFP TM : um crédito por questão aprovada pelo IBCPF, limitado a 15 créditos por período. O IBCPF sempre se reserva o direito de julgar cada caso individualmente. 9.) Algum tópico do Programa Detalhado do Exame de Certificação CFP TM definido pelo IBCPF é obrigatório? 10

12 Sim, pelo menos duas horas crédito devem ser destinadas a participação em cursos sobre o tema de Ética e Padrão de Conduta profissional. 10.) Como reporto os créditos obtidos em cursos, seminários e outras atividades? No final do período você deverá enviar para o IBCPF um relatório com a descrição de todos os cursos incluindo a instituição patrocinadora, data, tipo de curso, carga horária e assunto relacionado. Envie este relatório eletronicamente para o IBCPF. O profissional deverá guardar todos os certificados de conclusão e participação destes cursos, seminários e outras atividades, por um período de 2 anos do envio do relatório, não sendo necessário o envio para o IBCPF. 11.) Consigo obter extensão do prazo do Programa de Educação Continuada? Não. 12.) O que acontece se eu não cumprir o Programa de Educação Continuada? O profissional não poderá renovar a certificação ou mesmo usar o selo CFP TM. 11

13 Anexo A: Lista de Licenças e nomeações profissionais A lista abaixo resume algumas das licenças e nomeações profissionais oferecidas por associações e/ou federações profissionais, institutos educacionais, entidades de classe e órgãos reguladores que serão aceitas como créditos pelo IBCPF caso o candidato seja aprovado no exame e obtenha uma das certificações listadas. Licenças/Certificações Certificação de Agente Autônomo de Investimento ANCOR Associação Nacional dos Corretores de Valores, Cambio e Mercadoria Formação de Operador no Mercado de Ações ANCOR Associação Nacional dos Corretores de Valores, Cambio e Mercadoria Habilitação para Corretor de imóveis SECOVI Habilitação técnico - profissional de Corretor de Seguros FUNENSEG Habilitação de Corretores de Seguros de Vida, Previdência e Capitalização FUNENSEG Certificação do Analista e Administrador de Carteiras do mercado de capital ABAMEC Associação Brasileira dos Analistas de Mercado de Capitais Especialista em administração de propriedades e patrimônios imobiliários residenciais Certificação ARM (accredited residential manager) do Institute of Real Estate Manager/Chicago SECOVI Formação de Profissionais em Mercados Derivativos BM&F Bolsa de Mercadoria e Futuros Series 6 Investment Company Products NASD Securities Licenses and Registration Series 7 General Securities Representative NASD Securities Licenses and Registration CFA (Certified Financial Analyst) cada módulo Institute of Chartered Financial Analyst Programa de Certificação Continuada CPA-20 (Investidor Qualificado) ANBID Programa de Certificação Continuada CPA-10 (Básica) ANBID PEC - Economia Financeira Aplicada a Investimentos - FGV 15 créditos 15 créditos 10 créditos 10 créditos 10 créditos 15 créditos 15 créditos 15 créditos 18 créditos 60 créditos 60 créditos 20 créditos 15 créditos 30 créditos 12

14 V- Anexo B : Relatório do Programa de Educaeco Continuada Instituto Brasileiro de Profissionais Financeiros - IBCPF Nome : CPF Perkodo : DADOS DO(A) PROFISSIONAL Preencha o relatório abaixo, indicando todos os cursos, seminirios ou outras atividades cursadas no perkodo Indicado acima Data do evento Curso /evento Tipo Instituieco Patrocinadora /Organizadora Investimentos Gestco de Risco Previdzncia Complementar Seguros Planejamento Sucessório Planejamento Fiscal Planejamento Financeiro Etica Total de Horas TOTAL Instrução para o preenchimento: (1) Data do Curso/Evento : coloque apenas mês e ano da conclusão do curso, da palestra ou da publicação do material. (2) Curso: coloque o nome completo do curso, seminário ou outra atividade. (3) Tipo: S = aula em sala / D = estudo à distancia / M = magistério ou palestra / P = publicação / L = licensa ou nomeação. (4) Instituição Patrocinadora: coloque o nome completo da instituição ou organização. (5-12) Tópicos relacionados ao curso: coloque a quantidade de horas cursadas ou palestra dadas. (13) Total de horas : some o total de horas entre os diversos tópicos para cada curso e o total de horas de cada tópico. Eu,, declaro que as informações acima são verdadeiras e exats. Assinatura Data 13

Manual de Educação Continuada do Profissional CFP

Manual de Educação Continuada do Profissional CFP Manual de Educação Continuada do Profissional CFP A Educação Continuada dos profissionais certificados CFP é imprescindível para a continuidade do uso da marca. É a garantia de que o profissional certificado

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA GESTÃO ESTRATÉGICA EM SEGUROS 1º Semestre de 2017

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA GESTÃO ESTRATÉGICA EM SEGUROS 1º Semestre de 2017 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA GESTÃO ESTRATÉGICA EM SEGUROS 1º Semestre de 2017 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO RELAÇÕES INTERNACIONAIS EAD 1º Semestre de 2017

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO RELAÇÕES INTERNACIONAIS EAD 1º Semestre de 2017 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO RELAÇÕES INTERNACIONAIS EAD 1º Semestre de 2017 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para inscrição

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOPEDAGOGIA INSTITUCIONAL 1º Semestre de 2017

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOPEDAGOGIA INSTITUCIONAL 1º Semestre de 2017 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOPEDAGOGIA INSTITUCIONAL 1º Semestre de 2017 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO - CAPES

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO - CAPES PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO Normas e Critérios para Concessão de Bolsas por quota - CAPES e CNPq 2014/2015 (* Alterações aprovadas em reunião do Conselho do Programa realizada no dia 22 de agosto

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EXECUTIVO EM NEGÓCIOS DA MODA 2º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EXECUTIVO EM NEGÓCIOS DA MODA 2º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EXECUTIVO EM NEGÓCIOS DA MODA 2º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas

Leia mais

Edital para Seleção de Cursistas

Edital para Seleção de Cursistas EDITAL n 055 / 2014 Edital para Seleção de Cursistas CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM SAÚDE PARA PROFESSORES DO ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU MODALIDADE ENSINO À DISTÂNCIA. A Universidade

Leia mais

PROCESSO DE SELEÇÃO DE PROFESSORES FORMADORES PARA O PNAIC

PROCESSO DE SELEÇÃO DE PROFESSORES FORMADORES PARA O PNAIC PROCESSO DE SELEÇÃO DE PROFESSORES FORMADORES PARA O PNAIC A Coordenação do PNAIC/UFMA faz saber que estarão abertas as inscrições para o processo de seleção de 40 (quarenta) Professores Formadores para

Leia mais

Planejamento Financeiro para uma nova realidade brasileira. Encontro com Investidores. Gisele Andrade CFP e Luiz Sorge CFP Diretores do IBCPF

Planejamento Financeiro para uma nova realidade brasileira. Encontro com Investidores. Gisele Andrade CFP e Luiz Sorge CFP Diretores do IBCPF Planejamento Financeiro para uma nova realidade brasileira Encontro com Investidores Gisele Andrade CFP e Luiz Sorge CFP Diretores do IBCPF Brasília 18/04/2013 Um novo contexto para o Planejamento Financeiro

Leia mais

Edital de Seleção de Bolsista de Pós-Doutorado para Bolsa do Programa Nacional de Pós Doutorado (PNPD) /CAPES /PPGAN

Edital de Seleção de Bolsista de Pós-Doutorado para Bolsa do Programa Nacional de Pós Doutorado (PNPD) /CAPES /PPGAN UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UNIRIO Centro de Ciências Biológicas e da Saúde CCBS Programa de Pós-Graduação em Alimentos e Nutrição PPGAN Edital de Seleção de Bolsista de Pós-Doutorado

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO EDITAL Nº 001/2013- PPGGP PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NO CURSO DE MESTRADO PROFISSIONAL EM GESTÃO PÚBLICA TURMA 2013 A Coordenação do torna público que estarão abertas as inscrições ao Processo Seletivo

Leia mais

RESOLUÇÃO CRCMG Nº 352, DE 13 DE DEZEMBRO DE 2013

RESOLUÇÃO CRCMG Nº 352, DE 13 DE DEZEMBRO DE 2013 RESOLUÇÃO CRCMG Nº 352, DE 13 DE DEZEMBRO DE 2013 Estabelece o Regulamento dos cursos presenciais e a distância realizados pelo CRCMG. O PLENÁRIO DO CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DE MINAS GERAIS,

Leia mais

FAQ - Credenciamento de Aposentados

FAQ - Credenciamento de Aposentados FAQ - Credenciamento de Aposentados Orientação para acesso a crédito - "Rede Sênior" Período: De 1º de fevereiro a 15 de fevereiro de 2017 1. O que é o Edital de credenciamento de aposentados Orientação

Leia mais

PROCESSO SELETIVO Nº 01/ SEBRAE FAQ Perguntas mais Frequentes

PROCESSO SELETIVO Nº 01/ SEBRAE FAQ Perguntas mais Frequentes PROCESSO SELETIVO Nº 01/2015 - SEBRAE FAQ Perguntas mais Frequentes 1. Se eu enviar só a ficha de inscrição já estarei apto a participar do Processo Seletivo? Não. Deverá enviar toda documentação ou sua

Leia mais

EDITAL CEAD n. o 007/2014

EDITAL CEAD n. o 007/2014 EDITAL CEAD n. o 007/2014 Dispõe sobre o procedimento de seleção de candidatos para os cursos de Especialização em Práticas Pedagógicas, a ser oferecido pelo Centro de Educação Aberta e a Distância da

Leia mais

Programa de Certificação de Conselheiros IBGC

Programa de Certificação de Conselheiros IBGC São Paulo, 12 de maio de 2009. Programa de Certificação de Conselheiros IBGC Referência: Abertura das inscrições para o processo de certificação por experiência para conselheiros de administração 1. Modalidades

Leia mais

CURSO PREPARATÓRIO PARA A CERTIFICAÇÃO CPA 20

CURSO PREPARATÓRIO PARA A CERTIFICAÇÃO CPA 20 CURSO PREPARATÓRIO PARA A CERTIFICAÇÃO CPA 20 Objetivos Curso destinado à preparação e/ou atualização dos profissionais interessados em prestar o exame de certificação CPA 20, habilitação que permite o

Leia mais

EDITAL 2016 FLUXO CONTÍNUO ESPECIALIZAÇÃO MÉDICA. Processo Seletivo Externo Simplificado / Pós-Graduação lato sensu e Especialização Médica.

EDITAL 2016 FLUXO CONTÍNUO ESPECIALIZAÇÃO MÉDICA. Processo Seletivo Externo Simplificado / Pós-Graduação lato sensu e Especialização Médica. EDITAL 2016 FLUXO CONTÍNUO ESPECIALIZAÇÃO MÉDICA Processo Seletivo Externo Simplificado / Pós-Graduação lato sensu e Especialização Médica. A SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE BELO HORIZONTE, pessoa jurídica

Leia mais

CURSO DE APERFEIÇOAMENTO EM ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO NA PERSPECTIVA DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA. Modalidade a Distância

CURSO DE APERFEIÇOAMENTO EM ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO NA PERSPECTIVA DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA. Modalidade a Distância Ministério da Educação Rede Nacional de Formação Continuada de Professores na Educação Básica Secretaria de Educação Básica Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Universidade Federal do Rio Grande

Leia mais

Edital 01/2015 SELEÇÃO PARA BOLSISTA DE PÓS-DOUTORADO (PNPD 2015/CAPES)

Edital 01/2015 SELEÇÃO PARA BOLSISTA DE PÓS-DOUTORADO (PNPD 2015/CAPES) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA QUÍMICA Edital 01/2015 SELEÇÃO PARA BOLSISTA DE PÓS-DOUTORADO (PNPD

Leia mais

EDITAL 01/ EXAME FINAL EXTRAORDINÁRIO ETEC

EDITAL 01/ EXAME FINAL EXTRAORDINÁRIO ETEC MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA GOIANO PRÓ-REITORIA DE ENSINO EDITAL 01/2017 - EXAME FINAL EXTRAORDINÁRIO ETEC

Leia mais

EDITAL 2016 ESPECIALIZAÇÃO MÉDICA - RADIOLOGIA. Processo Seletivo Externo Simplificado / Pós-Graduação e Lato Sensu Especialização Médica.

EDITAL 2016 ESPECIALIZAÇÃO MÉDICA - RADIOLOGIA. Processo Seletivo Externo Simplificado / Pós-Graduação e Lato Sensu Especialização Médica. EDITAL 2016 ESPECIALIZAÇÃO MÉDICA - RADIOLOGIA Processo Seletivo Externo Simplificado / Pós-Graduação e Lato Sensu Especialização Médica. A SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE BELO HORIZONTE, pessoa jurídica

Leia mais

Edital Pós-Doutorado. Bolsa CAPES/PNPD

Edital Pós-Doutorado. Bolsa CAPES/PNPD Edital Pós-Doutorado Bolsa CAPES/PNPD Dezembro/2015 EDITAL PARA SELEÇÃO DE BOLSISTA DE PÓS-DOUTORADO A ESPM, por meio da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação stricto sensu e do Programa de Mestrado

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU 1º SEMESTRE/2017

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU 1º SEMESTRE/2017 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU 1º SEMESTRE/2017 ABERTURA A IBE-FGV, em parceria com o programa de Pós Graduação GVlaw pós graduação lato sensu FGV DIREITO SP (GVlaw) torna

Leia mais

SELEÇÃO DE PROFESSORES /1 Processo seletivo simplificado Edital nº 01/2017

SELEÇÃO DE PROFESSORES /1 Processo seletivo simplificado Edital nº 01/2017 SELEÇÃO DE PROFESSORES - 2017/1 Processo seletivo simplificado Edital nº 01/2017 A Direção Acadêmica de Graduação da FAESA torna pública a abertura de inscrição para seleção de professores de educação

Leia mais

AVISO DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 011/2014

AVISO DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 011/2014 AVISO DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 011/2014 A Associação das Cooperativas de Apoio a Economia Familiar (ASCOOB) Entidade Privada Sem Fins Lucrativos, inscrita no, torna público que as inscrições para o Processo

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO MÓDULO EDITAL 2/2014

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO MÓDULO EDITAL 2/2014 PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO MÓDULO EDITAL 2/2014 Abertura de Processo Seletivo para o Programa de Iniciação Científica Voluntária do Centro Universitário Módulo/

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM COMUNICAÇÃO CORPORATIVA INTEGRADA 2º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM COMUNICAÇÃO CORPORATIVA INTEGRADA 2º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM COMUNICAÇÃO CORPORATIVA INTEGRADA 2º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as

Leia mais

PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA VOLUNTÁRIO PIC DIREITO/UniCEUB EDITAL DE 2016

PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA VOLUNTÁRIO PIC DIREITO/UniCEUB EDITAL DE 2016 PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA VOLUNTÁRIO PIC DIREITO/UniCEUB EDITAL DE 2016 O reitor do Centro Universitário de Brasília UniCEUB, no uso de suas atribuições legais e estatutárias, torna público que

Leia mais

CERTIFICAÇÃO PROFISSIONAL DE INVESTIMENTOS, GESTOR DOS RECURSOS E COMITÊ DE INVESTIMENTOS

CERTIFICAÇÃO PROFISSIONAL DE INVESTIMENTOS, GESTOR DOS RECURSOS E COMITÊ DE INVESTIMENTOS PARECER DE INVESTIMENTO Nº. 088/2016 Cuiabá MT, 11 de maio de 2016 CERTIFICAÇÃO PROFISSIONAL DE INVESTIMENTOS, GESTOR DOS RECURSOS E COMITÊ DE INVESTIMENTOS Prezados senhores diretores executivos; Enviamos

Leia mais

EDITAL PARA SELEÇÃO DE PROFESSORES AUTORES DE MATERIAIS DIDÁTICOS PARA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

EDITAL PARA SELEÇÃO DE PROFESSORES AUTORES DE MATERIAIS DIDÁTICOS PARA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA EDITAL PARA SELEÇÃO DE PROFESSORES AUTORES DE MATERIAIS DIDÁTICOS PARA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA A Coordenação Geral de Educação a Distância abre inscrições para o processo de seleção de professores autores

Leia mais

Pré-Requisito O curso é destinado a médicos que almejam atuar nas áreas as quais se destina este edital.

Pré-Requisito O curso é destinado a médicos que almejam atuar nas áreas as quais se destina este edital. Edital de Seleção ESPECIALIZAÇÃO (PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU) A coordenação acadêmica do CETRIM faz saber que o processo de seleção para o preenchimento das vagas para especialização (pós-graduação lato

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID SELEÇÃO DE PROFESSOR SUPERVISOR EDITAL PIBID FEEVALE Nº. 06/2013

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID SELEÇÃO DE PROFESSOR SUPERVISOR EDITAL PIBID FEEVALE Nº. 06/2013 PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID SELEÇÃO DE PROFESSOR SUPERVISOR EDITAL PIBID FEEVALE Nº. 06/2013 A Pró-reitora de Ensino da Universidade Feevale, no uso de suas atribuições,

Leia mais

PORTARIA N. 80/2017. Art. 2º São requisitos para participação na segunda edição do Curso de Aperfeiçoamento em Tecnologia Educacional - CATE:

PORTARIA N. 80/2017. Art. 2º São requisitos para participação na segunda edição do Curso de Aperfeiçoamento em Tecnologia Educacional - CATE: PORTARIA N. 80/2017 O SECRETÁRIO DA EDUCAÇÃO DO ESTADO DA BAHIA, no uso de suas atribuições que lhes são conferidas pela alínea h, do inciso I, do art. 18, do Regimento da Secretaria da Educação, aprovado

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE MONDAI

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE MONDAI ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE MONDAI EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO N 010/2017 O Prefeito Municipal de Mondaí, Estado de Santa Catarina, Sr. VALDIR RUBERT, no uso de suas atribuições

Leia mais

PROGRAMA VIVÊNCIA PROFISSIONAL : REGULAMENTO DA PRÁTICA PROFISSIONAL / ESTÁGIO. Escola SENAI Anchieta

PROGRAMA VIVÊNCIA PROFISSIONAL : REGULAMENTO DA PRÁTICA PROFISSIONAL / ESTÁGIO. Escola SENAI Anchieta PROGRAMA VIVÊNCIA PROFISSIONAL : REGULAMENTO DA PRÁTICA PROFISSIONAL / ESTÁGIO Escola SENAI Anchieta Sumário Página 01 Prática Profissional / Estágio 03 02 Da carga horária da Prática Profissional / Estágio

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DIREITO PENAL 2º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DIREITO PENAL 2º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DIREITO PENAL 2º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para inscrição e matrícula

Leia mais

EDITAL UNISUL Nº 140/2006

EDITAL UNISUL Nº 140/2006 EDITAL UNISUL Nº 140/2006 Edital de oferta de vagas para os Cursos de Pós-Graduação (lato sensu) de Gestão Governamental e Responsabilidade Fiscal, Metodologia da Educação a Distância, Prática Docente:

Leia mais

EDITAL DO I CONCURSO PARA OBTENÇÃO DO TÍTULO DE ESPECIALISTA PROFISSIONAL EM FARMÁCIA CLÍNICA SBRAFH

EDITAL DO I CONCURSO PARA OBTENÇÃO DO TÍTULO DE ESPECIALISTA PROFISSIONAL EM FARMÁCIA CLÍNICA SBRAFH EDITAL DO I CONCURSO PARA OBTENÇÃO DO TÍTULO DE ESPECIALISTA PROFISSIONAL EM FARMÁCIA CLÍNICA SBRAFH Pelo presente edital, a Sociedade Brasileira de Farmácia Hospitalar e Serviços de Saúde Sbrafh faz saber

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 05/2014

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 05/2014 EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 05/2014 PROCESSO DE SELEÇÃO Nº 05/2014 PREÂMBULO A Confederação Nacional de Municípios CNM, inscrita no CNPJ/MF sob o nº 00.703.157/0001-83, com sede no SCRS 505, Bloco

Leia mais

CURSO DE APERFEIÇOAMENTO Gênero e diversidade na escola: sexualidade, violência, olhares sobre práticas contemporâneas. Modalidade a Distância

CURSO DE APERFEIÇOAMENTO Gênero e diversidade na escola: sexualidade, violência, olhares sobre práticas contemporâneas. Modalidade a Distância Ministério da Educação Rede Nacional de Formação Continuada de Professores na Educação Básica Secretaria de Educação Básica Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Universidade Federal do Rio Grande

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE DOUTORADO EM LETRAS ASSOCIAÇÃO AMPLA UCS/UNIRRITER

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE DOUTORADO EM LETRAS ASSOCIAÇÃO AMPLA UCS/UNIRRITER A Comissão de Bolsas do Programa de Doutorado em Letras Associação Ampla UCS/UniRitter, em consonância com o Colegiado do Programa, no exercício de suas atribuições, torna públicas, para conhecimento dos

Leia mais

FACULDADE PERNAMBUCANA DE SAÚDE INGRESSO EXTRA - VESTIBULAR TRANSFERÊNCIA E POTADOR DE DIPLOMA

FACULDADE PERNAMBUCANA DE SAÚDE INGRESSO EXTRA - VESTIBULAR TRANSFERÊNCIA E POTADOR DE DIPLOMA FACULDADE PERNAMBUCANA DE SAÚDE INGRESSO EXTRA - VESTIBULAR TRANSFERÊNCIA E POTADOR DE DIPLOMA EDITAL Nº 01/2014, DE 11 DE JUNHO DE 2014. A Faculdade Pernambucana de Saúde torna pública as Condições de

Leia mais

1 DA INSCRIÇÃO 2 DA DOCUMENTAÇÃO EXIGIDA PARA INSCRIÇÃO NO EXAME DE SELEÇÃO E ADMISSÃO

1 DA INSCRIÇÃO 2 DA DOCUMENTAÇÃO EXIGIDA PARA INSCRIÇÃO NO EXAME DE SELEÇÃO E ADMISSÃO Edital de convocação para Inscrição, Seleção e Matrícula de candidato aos Cursos de Pós-Graduação em nível de Especialização - Lato Sensu para o ano letivo de 2017. A Faculdade de Ciências da Administração

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA COORDENADORIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL EDITAL N 02, DE 18 DE JANEIRO DE 2017.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA COORDENADORIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL EDITAL N 02, DE 18 DE JANEIRO DE 2017. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA COORDENADORIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL EDITAL N 02, DE 18 DE JANEIRO DE 2017. EDITAL DE SELEÇÃO DE BOLSISTAS PARA A COORDENADORIA DE COMUNICAÇÃO

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online PSICOPEDAGOGIA Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação na Modalidade

Leia mais

2.1. Serão avaliados projetos com realização nos municípios de Catalão e Ouvidor, no Estado de Goiás; e Cubatão, no Estado de São Paulo.

2.1. Serão avaliados projetos com realização nos municípios de Catalão e Ouvidor, no Estado de Goiás; e Cubatão, no Estado de São Paulo. MANUAL PARA APOIO A PROJETOS SOCIAIS - SELEÇÃO 2016/2017 NEGÓCIOS NIÓBIO E FOSFATOS 1. APRESENTAÇÃO 1.1. Iniciativas sociais são parte do compromisso dos negócios de Nióbio e Fosfatos com as comunidades

Leia mais

REVALIDAÇÃO TÍTULO DE ESPECIALISTA

REVALIDAÇÃO TÍTULO DE ESPECIALISTA REVALIDAÇÃO TÍTULO DE ESPECIALISTA Revalidação do Título de Especialista pela SOBECC em Centro Cirúrgico, Recuperação Anestésica e Centro de Material e Esterilização 2017. Para os associados que obtiveram

Leia mais

COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA EDITAL- PROCESSO DE SELEÇÃO EXTERNA DE DOCENTES

COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA EDITAL- PROCESSO DE SELEÇÃO EXTERNA DE DOCENTES COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA EDITAL- PROCESSO DE SELEÇÃO EXTERNA DE DOCENTES Por determinação do Diretor Geral da FEAD, a Coordenação Pedagógica torna público aos interessados que encontram-se abertas as inscrições

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE TUTORES MÓDULO INTERMEDIÁRIO E AVANÇADO 2016 POLOS UFRN CENTRAL, CENEP, MOSSORÓ, CAICÓ E ANGICOS

PROCESSO SELETIVO DE TUTORES MÓDULO INTERMEDIÁRIO E AVANÇADO 2016 POLOS UFRN CENTRAL, CENEP, MOSSORÓ, CAICÓ E ANGICOS PROCESSO SELETIVO DE TUTORES MÓDULO INTERMEDIÁRIO E AVANÇADO 2016 POLOS UFRN CENTRAL, CENEP, MOSSORÓ, CAICÓ E ANGICOS A Coordenação de Cursos Técnicos do Instituto Metrópole Digital (IMD) da Universidade

Leia mais

INSCRIÇÕES. A inscrição poderá ser feita em português, inglês ou espanhol. Será necessário enviar, por , até 21/07/2017 os seguintes documentos:

INSCRIÇÕES. A inscrição poderá ser feita em português, inglês ou espanhol. Será necessário enviar, por  , até 21/07/2017 os seguintes documentos: Processo Seletivo para Mestrado Acadêmico e Doutorado em Administração de Empresas e em Administração Pública e Governo, exclusivamente destinado a candidatos ao Programa de Estudantes-Convênio de pós-graduação

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA: ELABORAÇÃO DE MATERIAL, TUTORIA E AMBIENTES VIRTUAIS Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento

Leia mais

REGIMENTO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GEOFÍSICA ESPACIAL TÍTULO I A ORGANIZAÇÃO GERAL

REGIMENTO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GEOFÍSICA ESPACIAL TÍTULO I A ORGANIZAÇÃO GERAL REGIMENTO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GEOFÍSICA ESPACIAL TÍTULO I A ORGANIZAÇÃO GERAL Art. 1 - O Curso de Pós-Graduação em Geofísica Espacial (GES) do INPE, com áreas de concentração em (i) Ciência do

Leia mais

Universidade Federal de Santa Catarina Programa de Pós-Graduação em Administração Universitária

Universidade Federal de Santa Catarina Programa de Pós-Graduação em Administração Universitária Universidade Federal de Santa Catarina Programa de Pós-Graduação em Administração Universitária RESOLUÇÃO N. 002/PPGAU/2014, de 24 de outubro de 2014. Dispõe sobre procedimentos relativos à validação de

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PROGRAMA FORMASUS-2016 PERGUNTAS FREQUENTES

PROCESSO SELETIVO PROGRAMA FORMASUS-2016 PERGUNTAS FREQUENTES PROCESSO SELETIVO PROGRAMA FORMASUS-2016 PERGUNTAS FREQUENTES DA INSCRIÇÃO 1. Posso me inscrever em algum curso que não conste no edital? Não. Os cursos disponíveis para classificação no processo seletivo

Leia mais

Camisas competição manga longa 35 Camisas competição em manga curta 35 Bermudas competição 29

Camisas competição manga longa 35 Camisas competição em manga curta 35 Bermudas competição 29 COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS N 024/2016 DADOS DO PROJETO: Incentivo: Projeto aprovado nos termos da Lei de Incentivo ao Esporte Título do projeto: Competições Internacionais de Canoagem N do processo ME: 58.701.003622/2015-67

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS - UFSCar CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E BIOLÓGICAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO campus Sorocaba

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS - UFSCar CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E BIOLÓGICAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO campus Sorocaba UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS - UFSCar CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E BIOLÓGICAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO campus Sorocaba EDITAL nº 1/2015: PROCESSO SELETIVO PARA BOLSAS DEMANDA SOCIAL

Leia mais

EDITAL Nº 475, DE 03 DE AGOSTO DE 2016

EDITAL Nº 475, DE 03 DE AGOSTO DE 2016 EDITAL Nº 475, DE 03 DE AGOSTO DE 2016 O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP), por meio de sua Pró-reitoria de Extensão (PRX), tendo em vista o estabelecido na Portaria

Leia mais

EDITAL N 005/2015/GAB, de 02 de fevereiro de 2015 RETIFICADO EM 12/02/2015

EDITAL N 005/2015/GAB, de 02 de fevereiro de 2015 RETIFICADO EM 12/02/2015 EDITAL N 005/2015/GAB, de 02 de fevereiro de 2015 RETIFICADO EM 12/02/2015 PROCESSO SELETIVO INTERNO PARA O PROGRAMA DE BOLSA DE INCENTIVO À QUALIFICAÇÃO DOS SERVIDORES DO IF CATARINENSE - PROBIQ/IFC CAMPUS

Leia mais

EDITAL EXTRAORDINÁRIO PARA O PROCESSO DE SELEÇÃO DE DOCENTES CONSTITUIÇÃO DE CADASTRO 2016/2

EDITAL EXTRAORDINÁRIO PARA O PROCESSO DE SELEÇÃO DE DOCENTES CONSTITUIÇÃO DE CADASTRO 2016/2 Torno público que estão abertas, no período de 01 à 09/09/2016, as inscrições para a seleção de docentes da UNICASTELO, constantes no item 1 deste Edital, para a constituição de cadastro. 1. DAS VAGAS

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO MÓDULO EDITAL 1/2013

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO MÓDULO EDITAL 1/2013 PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO MÓDULO EDITAL 1/2013 Abertura de Processo Seletivo para o Programa de Iniciação Científica Voluntária do Universitário Módulo/ Processo

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO CONSELHO UNIVERSITÁRIO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO CONSELHO UNIVERSITÁRIO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO CONSELHO UNIVERSITÁRIO Considerando a necessidade de submeter os docentes recém-admitidos a um processo que avalie sua real aptidão para as tarefas do magistério;

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE TUTORES MÓDULO BÁSICO 2017 POLOS UFRN CENTRAL, CENEP, MOSSORÓ, CAICÓ E ANGICOS

PROCESSO SELETIVO DE TUTORES MÓDULO BÁSICO 2017 POLOS UFRN CENTRAL, CENEP, MOSSORÓ, CAICÓ E ANGICOS PROCESSO SELETIVO DE TUTORES MÓDULO BÁSICO 2017 POLOS UFRN CENTRAL, CENEP, MOSSORÓ, CAICÓ E ANGICOS A Coordenação de Cursos Técnicos do Instituto Metrópole Digital (IMD) da Universidade Federal do Rio

Leia mais

FACULDADE DE CIÊNCIAS DO TOCANTINS EDITAL Nº

FACULDADE DE CIÊNCIAS DO TOCANTINS EDITAL Nº FACULDADE DE CIÊNCIAS DO TOCANTINS EDITAL Nº 07 2016 A Faculdade de Ciências do Tocantins, nos termos da Lei nº 9.394/96 (LDB), da Portaria nº 717 de 29 de Maio de 2012 (publicado no Diário Oficial da

Leia mais

Regulamento Interno Para Bolsas PCI

Regulamento Interno Para Bolsas PCI Regulamento Interno Para Bolsas PCI Introdução Este documento contém a regulamentação para o uso de bolsas do Programa de Capacitação Institucional PCI no. São estabelecidas regras para a solicitação de

Leia mais

Edital nº004/2017 MESTRADO PROFISSIONAL EM PSICOLOGIA DA SAÚDE ALUNO ESPECIAL

Edital nº004/2017 MESTRADO PROFISSIONAL EM PSICOLOGIA DA SAÚDE ALUNO ESPECIAL Edital nº004/2017 MESTRADO PROFISSIONAL EM PSICOLOGIA DA SAÚDE ALUNO ESPECIAL EDITAL Nº 004/2017 PROCESSO SELETIVO PARA VAGAS DE ALUNO ESPECIAL NOS MÓDULOS DE 2017 MESTRADO PROFISSIONAL EM PSICOLOGIA DA

Leia mais

CURSO DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS REGULAMENTO- ATIVIDADES COMPLEMENTARES

CURSO DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS REGULAMENTO- ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS REGULAMENTO- ATIVIDADES COMPLEMENTARES As Atividades Complementares constituem parte da Carga Horária do Curso de Relações Internacionais da UNIFESP Osasco, em um total

Leia mais

Certificação Profissional

Certificação Profissional Certificação Profissional Marise Theodoro da Silva Gasparini 24 de maio de 2010 SOBRE O ICSS O ICSS, agora, INSTITUTO DE CERTIFICAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DE SEGURIDADE SOCIAL, promoveu alteração em seu Estatuto

Leia mais

Política de Treinamentos

Política de Treinamentos Política de Treinamentos Última Atualização em 10/01/2013 As informações neste documento estão sujeitas a alterações sem aviso prévio. Copyright 2013 HBSIS. Todos os direitos reservados. Nenhuma parte

Leia mais

The Institute of Internal Auditors IIA BRASIL

The Institute of Internal Auditors IIA BRASIL The Institute of Internal Auditors IIA BRASIL Certificações Internacionais CONTINUING PROFESSIONAL EDUCATION - CPE 1 Diretriz Administrativa de Requisitos de Educação Profissional Continuada nº 4: 2011

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DO CAMPUS DE COXIM DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO DO SUL

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DO CAMPUS DE COXIM DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO DO SUL RESOLUÇÃO Nº 5, DE 5 DE FEVEREIRO DE 2015. O COLEGIADO DE CURSO DO CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DO CÂMPUS DE COXIM da Fundação Universidade Federal de Mato Grosso Do Sul, no uso de suas atribuições

Leia mais

COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS 040/2016. Resgate Aquático

COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS 040/2016. Resgate Aquático PROJETO: CIRCUITO COPAS DO BRASIL DE CANOAGEM 2016 COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS 040/2016 Resgate Aquático COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS N 040/2016 DADOS DO PROJETO: Incentivo: Projeto aprovado nos termos da Lei

Leia mais

2. AVALIAÇÃO DOS TRABALHOS

2. AVALIAÇÃO DOS TRABALHOS 1. ORIENTAÇÕES GERAIS 1.1 As submissões dos trabalhos e vídeos deverão ser feitas após inscrição e pagamento de pelo menos um dos autores no XII ENEX. Este autor será responsável pelo preenchimento da

Leia mais

EDITAL Nº 003/ PROEX

EDITAL Nº 003/ PROEX EDITAL Nº 003/2015 - PROEX 1. DAS DISPOSIÇÕES INICIAIS DIVULGA O PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA DE FORMAÇÃO EM IDIOMA ESTRANGEIRO NA MODALIDADE CURSO DE ITALIANO NÍVEL INTERMEDIÁRIO 1.1 A Universidade

Leia mais

ASSOCIAÇÃO PIRIPIRIENSE DE ENSINO SUPERIOR APES CHRISTUS FACULDADE DO PIAUÍ - CHRISFAPI EDITAL Nº 001/2016

ASSOCIAÇÃO PIRIPIRIENSE DE ENSINO SUPERIOR APES CHRISTUS FACULDADE DO PIAUÍ - CHRISFAPI EDITAL Nº 001/2016 ASSOCIAÇÃO PIRIPIRIENSE DE ENSINO SUPERIOR APES CHRISTUS FACULDADE DO PIAUÍ - CHRISFAPI DIRETORIA DE ENSINO EDITAL Nº 001/2016 PROCESSO SELETIVO INTERNO PARA PROJETOS DE EXTENSÃO O Núcleo de Iniciação

Leia mais

EDITAL DE INSCRIÇÃO E SELEÇÃO DE EMPREENDIMENTOS PARA O PROGRAMA DE INCUBAÇÃO DE EMPRESAS DA INCUBADORA DE EMPRESAS DE URUAÇU-GO.

EDITAL DE INSCRIÇÃO E SELEÇÃO DE EMPREENDIMENTOS PARA O PROGRAMA DE INCUBAÇÃO DE EMPRESAS DA INCUBADORA DE EMPRESAS DE URUAÇU-GO. CHAMAMENTO PÚBLICO EDITAL Nº 001-2016 EDITAL DE INSCRIÇÃO E SELEÇÃO DE EMPREENDIMENTOS PARA O PROGRAMA DE INCUBAÇÃO DE EMPRESAS DA INCUBADORA DE EMPRESAS DE URUAÇU-GO. 1. DO OBJETIVO A SECRETARIA DO DESENVOLVIMENTO

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 01/2016

RESOLUÇÃO Nº 01/2016 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CAMPUS UNIVERSITÁRIO MARTELOS CONSELHO DE UNIDADE CEP:606-900 JUIZ DE FORA- MG TELEFONE: () 0-85 RESOLUÇÃO Nº 0/06 O CONSELHO DE UNIDADE DA FACULDADE DE MEDICINA

Leia mais

EDITAL 01/2016 DIRETORIA GERAL EDUCACIONAL

EDITAL 01/2016 DIRETORIA GERAL EDUCACIONAL EDITAL 01/2016 DIRETORIA GERAL EDUCACIONAL Dispõe de Processo de Seleção Docente para formação de cadastro de reserva 2017. A Direção Geral do Colégio Dom Bosco, no uso de suas atribuições legais, torna

Leia mais

PROFESSOR VISITANTE ESTRANGEIRO PVE

PROFESSOR VISITANTE ESTRANGEIRO PVE 1 Do programa e objetivos PROFESSOR VISITANTE ESTRANGEIRO Edital CGCI nº 015/2007 1.1 O Programa Professor Visitante Estrangeiro, tem como objetivo incentivar a realização de visitas de média ou longa

Leia mais

Tutorial de utilização do EAD-IBRAV Treinamentos

Tutorial de utilização do EAD-IBRAV Treinamentos Tutorial de utilização do EAD-IBRAV Treinamentos Amarildo Roberto Ribeiro CASCAVEL- 2016 SUMÁRIO 1. ACESSO AO CURSO... 3 2. LOGIN DO SISTEMA... 4 3. TELA PRINCIPAL DO ALUNO... 5 4. TELA PRINCIPAL DO CURSO...

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM ENGENHARIA ELÉTRICA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DA FEI TÍTULO I

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM ENGENHARIA ELÉTRICA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DA FEI TÍTULO I REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM ENGENHARIA ELÉTRICA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DA FEI TÍTULO I DAS CARACTERÍSTICAS DO PROGRAMA E SEUS OBJETIVOS Art. 1º - Este Regulamento complementa

Leia mais

Curso de Corretor de Imóveis - Técnico em Transações Imobiliárias - TTI

Curso de Corretor de Imóveis - Técnico em Transações Imobiliárias - TTI Curso de Corretor de Imóveis - Técnico em Transações Imobiliárias - TTI O Curso para o CRECI, Curso de Corretor de Imóveis, Curso Técnico em Transações Imobiliárias ou também conhecido como TTI, é um curso

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO, CULTURA E ASSUNTOS ESTUDANTIS CÂMPUS UNIVERSITÁRIO DE LUZIÂNIA EDITAL DE INSCRIÇÃO, SELEÇÃO E MATRÍCULA DE ALUNOS Nº 02/2016

PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO, CULTURA E ASSUNTOS ESTUDANTIS CÂMPUS UNIVERSITÁRIO DE LUZIÂNIA EDITAL DE INSCRIÇÃO, SELEÇÃO E MATRÍCULA DE ALUNOS Nº 02/2016 PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO, CULTURA E ASSUNTOS ESTUDANTIS CÂMPUS UNIVERSITÁRIO DE LUZIÂNIA EDITAL DE INSCRIÇÃO, SELEÇÃO E MATRÍCULA DE ALUNOS Nº 02/2016 CRONOGRAMA 14/06/2016 Publicação do Edital de abertura

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA COORDENADORIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA COORDENADORIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA COORDENADORIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL EDITAL N 34, DE 9 DE AGOSTO DE 2016. EDITAL DE SELEÇÃO DE BOLSISTAS PARA A COORDENADORIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO DO NORTE REITORIA ACADÊMICA COORDENAÇÃO DE PÓS GRADUAÇÃO REGULAMENTO GERAL DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

CENTRO UNIVERSITÁRIO DO NORTE REITORIA ACADÊMICA COORDENAÇÃO DE PÓS GRADUAÇÃO REGULAMENTO GERAL DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU CENTRO UNIVERSITÁRIO DO NORTE REITORIA ACADÊMICA COORDENAÇÃO DE PÓS GRADUAÇÃO REGULAMENTO GERAL DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Aprovado pelo CONSUNI Nº15 em 24/05/2016 ÍNDICE CAPITULO I Da Constituição,

Leia mais

COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS PARA PAPELARIA

COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS PARA PAPELARIA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS PARA PAPELARIA DADOS DO PROJETO: Incentivo: Projeto aprovado nos termos da Lei de Incentivo ao Esporte Título do projeto: Circuito de Canoagem 2016 N do processo ME: 58701.003949/2015-39

Leia mais

EDITAL Nº 02/2016 SELEÇÃO E MATRÍCULA DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO EAD DA UNIASSELVI

EDITAL Nº 02/2016 SELEÇÃO E MATRÍCULA DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO EAD DA UNIASSELVI EDITAL Nº 02/2016 SELEÇÃO E MATRÍCULA DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO EAD DA UNIASSELVI Abre inscrições ao Processo de seleção e matrícula para ingresso nos cursos de especialização lato sensu a ser oferecido

Leia mais

EDITAL DO CONCURSO PÚBLICO Nº 001/2016 ERRATA N 003/2016 PROVA DE TÍTULOS E RECURSOS CONTRA RESULTADO PARCIAL

EDITAL DO CONCURSO PÚBLICO Nº 001/2016 ERRATA N 003/2016 PROVA DE TÍTULOS E RECURSOS CONTRA RESULTADO PARCIAL EDITAL DO CONCURSO PÚBLICO Nº 001/2016 ERRATA N 003/2016 PROVA DE TÍTULOS E RECURSOS CONTRA RESULTADO PARCIAL 1.1 A Prova de Títulos é de caráter classificatório e a ela serão submetidos exclusivamente

Leia mais

COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS PARA UNIFORMES

COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS PARA UNIFORMES COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS PARA UNIFORMES DADOS DO PROJETO: Incentivo: Projeto aprovado nos termos da Lei de Incentivo ao Esporte Título do projeto: Circuito de Canoagem 2016 N do processo ME: 58701.003949/2015-39

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PARA BOLSISTA DE PÓS-DOUTORADO (PNPD 2016/CAPES)

EDITAL DE SELEÇÃO PARA BOLSISTA DE PÓS-DOUTORADO (PNPD 2016/CAPES) UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E ARTES DEPARTAMENTO DE LETRAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM LETRAS Campus Universitário - Viçosa, MG - 36570-000 - Telefone: (31) 3899-1583

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DE ENGENHARIA DO UNICEP

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DE ENGENHARIA DO UNICEP Centro Universitário Central Paulista Cursos de Engenharia REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DE ENGENHARIA DO UNICEP Considerando que as Diretrizes Curriculares do Ministério da Educação

Leia mais

Edital de Empresa Júnior 2014 da UERJ. Edital de Convocação para Projeto Acadêmico de Empresa Júnior da UERJ

Edital de Empresa Júnior 2014 da UERJ. Edital de Convocação para Projeto Acadêmico de Empresa Júnior da UERJ A Universidade do Estado do Rio de Janeiro - UERJ torna público o presente Edital, com normas, rotinas e procedimentos relativos ao Exame de Qualificação de Apoio ao Projeto Acadêmico de Empresa Junior.

Leia mais

OBS-3: Na ficha catalográfica, ( CDD) deverá constar as 05 palavras indicadas quando da solicitação da Banca.

OBS-3: Na ficha catalográfica, ( CDD) deverá constar as 05 palavras indicadas quando da solicitação da Banca. PROCEDIMENTOS APÓS A DEFESA ( Alunos) O aluno deverá acessar o link da Biblioteca http://www2.unifesp.br/home_diadema/biblio_prod_servicos.html ( Orientação e normalização de trabalhos acadêmicos segundo

Leia mais

RESOLUÇÃO CNSP N o 81, de 2002.

RESOLUÇÃO CNSP N o 81, de 2002. RESOLUÇÃO CNSP N o 81, de 2002. Dispõe sobre a atividade dos corretores de seguros de ramos elementares e dos corretores de seguros de vida, capitalização e previdência, bem como seus prepostos. A SUPERINTENDÊNCIA

Leia mais

MODELO DA AVALIAÇÃO CURRÍCULAR

MODELO DA AVALIAÇÃO CURRÍCULAR MODELO DA AVALIAÇÃO CURRÍCULAR 1. Todos os itens especificados na avaliação curricular devem ser comprovados com documentos autenticados em cartório, excetuando-se certificados com assinatura digital e

Leia mais

Programa Fluxo Contínuo de Mobilidade Acadêmica para Alunos de Graduação

Programa Fluxo Contínuo de Mobilidade Acadêmica para Alunos de Graduação Programa Fluxo Contínuo de Mobilidade Acadêmica para Alunos de Graduação Coordenadoria de Cooperação Internacional e Interinstitucional Profª Maria Lage Porque fazer Mobilidade Acadêmica??? Porque fazer

Leia mais

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE BACHARELADO EM ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE BACHARELADO EM ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE BACHARELADO EM ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO Art. 1º Com base no disposto no Art. 79 do Regulamento Geral dos Cursos de Graduação da Universidade Federal

Leia mais

REGULAMENTO DO SIMULADO FOLHA - ENEM 2014

REGULAMENTO DO SIMULADO FOLHA - ENEM 2014 REGULAMENTO DO SIMULADO FOLHA - ENEM 2014 1. Da Organização O Simulado Folha Enem 2014 é fruto da parceria entre o jornal Folha de S.Paulo e a Adaptativa Inteligência Educacional e tem como objetivo a

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DA FACULDADE DE COLIDER - FACIDER CURSO DE ADMINISTRAÇÃO, bacharelado. Aos 20 dias do mês de agosto do ano de dois mil e treze, Coordenação do Curso de Administração, bacharelado da Faculdade

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DE FONOAUDIOLOGIA

CONSELHO FEDERAL DE FONOAUDIOLOGIA CONSELHO FEDERAL DE FONOAUDIOLOGIA FICHA DE PARA RENOVAÇÃO DO TÍTULO DE ESPECIALISTA Nome: CRFa: Especialidade a ser renovada: Total de pontos informados: Preenchimento de uso exclusivo do Data da Análise

Leia mais