GEOGRAFIA - 1 o ANO MÓDULO 10 CLASSIFICAÇÕES DO RELEVO BRASILEIRO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "GEOGRAFIA - 1 o ANO MÓDULO 10 CLASSIFICAÇÕES DO RELEVO BRASILEIRO"

Transcrição

1 GEOGRAFIA - 1 o ANO MÓDULO 10 CLASSIFICAÇÕES DO RELEVO BRASILEIRO

2 Como pode cair no enem? (UFG) Analise os mapas a seguir.

3 Os mapas apresentados destacam as unidades de relevo e as bacias hidrográficas do território brasileiro. A comparação entre a localização geográfica dessas unidades e a rede hidrográfica revela que a bacia hidrográfica do Paraguai, no Brasil, possui a maior parte de sua área associada ao relevo de: a) planície, com rios navegáveis de lento escoamento e pequeno potencial hidrelétrico, com ocorrência de enchentes frequentes no verão. b) depressão, com rios intermitentes e perenes, em parte navegáveis, com nível muito baixo na estação seca. c) planície, com rios perenes, navegáveis em grande parte, com elevado potencial hidrelétrico e desembocadura em região litorânea. d) planalto, com rios em parte navegáveis, com grandes desníveis de altitude e elevado aproveitamento hidrelétrico. e) depressão, com rios parcialmente navegáveis e de elevado potencial hidrelétrico, com desembocadura em região litorânea.

4 ixação F ) (UFRN) Natal apresentou, no Censo Demográfico de 2010, uma população absoluta de habitantes, tendo crescido 10,7% em relação a O crescimento populacional d em contribuído para acelerar o processo de ocupação e as modificações na paisagem urbana. ) Explique um impacto ambiental negativo decorrente de formas inadequadas de ocupação rbana em Natal, em área de dunas. ) O Parque das Dunas é Zona de Proteção Ambiental importante para a dinâmica físicombiental da cidade do Natal. Apresente duas justificativas para essa afirmação.

5 ixação ) (UFSC) Os mapas abaixo apresentam duas formas de divisão do relevo brasileiro, resultado e conceitos geomorfológicos distintos. Mapa 1

6 Mapa 2 Assinale a(s) proposição(ões) e some as alternativas CORRETA(S). (01) O mapa 1 apresenta uma divisão do relevo que leva em consideração os processos erosivos sofridos pelas unidades rochosas, sobretudo pela ação climática.

7 (02) No mapa 2, diferentemente do mapa 1, predominam as depressões. Esta classificação leva em consideração os movimentos tectônicos da crosta terrestre. (04) A compreensão do relevo é fundamental para que se possa avaliar o potencial energético de um país. (08) No mapa 2, a planície amazônica é representada como uma estreita faixa e deixa de ser, portanto, se comparada ao mapa 1, a maior planície do Brasil. (16) A análise mais detalhada das formações de relevo nos dois mapas permite concluir que algumas unidades que não existem no primeiro estão presentes no segundo mapa. (32) A Guerra do Contestado ( ) ocorreu na área delimitada pela Planície Gaúcha, de acordo com o mapa 1. Soma: ( )

8 Fixação 3) (UEPG) Sobre a classificação do relevo brasileiro em planaltos, planícies e depressões, proposta por Jurandyr Ross, assinale o que for correto e some o resultado. (01) As áreas rebaixadas por erosão que circundam as bordas das bacias sedimentares, interpondo-se entre essas e os maciços cristalinos, constituem as depressões, a exemplo da depressão Cuiabana, da depressão do Tocantins e da depressão Periférica Sul-Rio-Grandense, dentre outras. (02) Superfícies essencialmente planas, nas quais os processos de sedimentação superam os de erosão, constituem as planícies brasileiras, a exemplo da planície do rio Amazonas, da planície do Pantanal Mato-grossense e da planície da Lagoa dos Patos e Mirim, dentre outras. (04) A classificação do relevo brasileiro proposta por Jurandyr Ross considera a morfoestrutura (origem geológica) e o morfoclima (influência dos atuais agentes climáticos), mas não leva em consideração o paleoclima (ação de antigos agentes climáticos). (08) Porções residuais salientes no relevo, que oferecem mais resistência aos processos erosivos, são os planaltos, a exemplo dos planaltos e chapadas da bacia do Paraná. (16) As unidades de planaltos propostas por Jurandyr Ross são bastante simplificadas, não levando em consideração as atividades geológicas que ocorreram nas áreas onde aparecem essas formas topográficas. Soma: ( )

9 Fixação 4) (UEPG) Sobre a classificação do relevo brasileiro proposta por Jurandyr Ross e sua aplicação em território paranaense, assinale o que for correto e some o resultado. (01) O Segundo planalto Paranaense ou dos Campos Gerais é parte constituinte da unidade geomorfológica, denominada de depressão periférica da borda leste da bacia do Paraná. (02) A serra do Mar paranaense faz parte da unidade de planaltos em cinturões orogênicos que engloba planaltos e serras de Leste-Sudeste. (04) As unidades de planaltos e depressões se sobressaem em território brasileiro superando as unidades de planícies. (08) O terceiro planalto Paranaense está inserido na unidade de planaltos e chapadas da bacia do Paraná. (16) As unidades de depressões se caracterizam pela erosão, enquanto que as de planícies se caracterizam pela sedimentação, seja fluvial, marinha ou lacustre. Soma: ( )

10 Proposto P 1) (FUVEST) Do ponto de vista tectônico, núcleos rochosos mais antigos, em áreas continentais 2 mais interiorizadas, tendem a ser os mais estáveis, ou seja, menos sujeitos a abalos sísmicos e e deformações. Em termos geomorfológicos, a maior estabilidade tectônica dessas áreas faz r com que elas apresentem uma forte tendência à ocorrência, ao longo do tempo geológico, de d um processo de: a) aplainamento das formas de relevo, decorrente do intemperismo e da erosão. b) formação de depressões absolutas, gerada por acomodação de blocos rochosos. c) formação de canyons, decorrente de intensa erosão eólica. d) produção de desníveis topográficos acentuados, resultante da contínua sedimentação dos rios. e) geração de relevo serrano, associada a fatores climáticos ligados à glaciação.

11 roposto ) (UFRN) O Rio Grande do Norte apresenta um elevado potencial turístico, principalmente m decorrência das belezas de sua paisagem litorânea, destacando--se algumas formas do elevo cuja configuração está associada a processos erosivos desencadeados pela ação de iferentes agentes. Observe a figura a seguir. (Disponível em:

12 Considerando os elementos da paisagem litorânea expostos na figura, pode-se afirmar que esta corresponde a uma: a) falésia, constituída pela deposição de areia paralelamente à costa, em decorrência da erosão eólica. b) restinga, formada pela consolidação da areia de antigas praias, em decorrência da erosão marinha. c) falésia, formada a partir de processos de erosão marinha, que originam paredões escarpados. d) restinga, constituída a partir de processos de erosão eólica, que formam costas íngremes.

13 Proposto 3) (UDESC) Sobre o litoral brasileiro, pode-se afirmar: I) A Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio de Janeiro, é uma lagoa costeira formada por uma restinga. II) Enseada é uma praia com aspecto côncavo. III) A região pelágica é o relevo submarino propriamente dito, onde se encontram depressões e montanhas tectônicas vulcânicas. IV) Recife é uma barreira de origem biológica ou arenosa próxima à praia, diminuindo ou mesmo bloqueando a ação das ondas. V) Barra é uma saída para o mar aberto. Assinale a alternativa correta. a) Somente as afirmativas III, IV e V são verdadeiras. b) Somente as afirmativas I e II são verdadeiras. c) Somente as afirmativas I e III são verdadeiras. d) Somente as afirmativas II, IV e V são verdadeiras. e) Todas as afirmativas são verdadeiras.

14 roposto P ) (UNIOESTE) As denominações para as principais unidades de relevo do estado do Paraná5 ão Primeiro Planalto, Segundo Planalto e Terceiro Planalto, as quais também recebem nomes ç egionais de acordo com sua localização geográfica. d Sobre a localização, a divisão e denominações regionais e as características morfoestruturais a o relevo paranaense, assinale a alternativa correta. b ) O Primeiro Planalto Paranaense ou Planalto Cristalino Atlântico Paranaense estende-se da c erra do Mar, para o ocidente, até a escarpa devoniana (Serrinha). Sua estrutura é formada, d rincipalmente, por rochas sedimentares. A cidade de Londrina localiza-se nesse planalto. e ) O Segundo planalto Paranaense ou planalto dos Campos Gerais paranaense é limitado a este pela escarpa arenítico-basáltica (serra da Esperança) e a oeste, pela escarpa devoniana Serrinha). ) As camadas sedimentares que formam o Segundo Planalto distinguem-se pela heterogeneiade de sua composição. A cidade de Ponta Grossa localiza-se nesse planalto. ) O Terceiro Planalto Paranaense ou planalto de Guarapuava localiza-se a oeste da escarpa o Segundo Planalto e tem sua estrutura formada, exclusivamente, por camadas de rochas ulcânicas, suavemente inclinadas na direção do Rio Paraná. ) O Terceiro Planalto Paranaense ou planalto de Ponta Grossa é a região fisiográfica mais omplexa quanto às suas formas e estruturas. Rochas sedimentares, metamórficas, plutônicas vulcânicas fazem parte da estrutura geológica desse planalto.

15 roposto ) (UFPE) Existe uma unidade de relevo submarino que se caracteriza por possuir uma inclinaão escarpada que desce abruptamente da plataforma continental. Essa unidade de relevo é enominada: ) cordilheira mesoceânica; ) talude continental; ) elevação continental; ) planície abissal; ) astenosfera.

Geografia. Estrutura Geológica do Brasil. Professor Luciano Teixeira.

Geografia. Estrutura Geológica do Brasil. Professor Luciano Teixeira. Geografia Estrutura Geológica do Brasil Professor Luciano Teixeira Geografia ESTRUTURA GEOLÓGICA DO BRASIL Formas de Relevo Montanhas Montanhas constituem grandes elevações da superfície, cujas altitudes

Leia mais

GEOGRAFIA - 1 o ANO MÓDULO 07 ESTRUTURA GEOLÓGICA BRASILEIRA

GEOGRAFIA - 1 o ANO MÓDULO 07 ESTRUTURA GEOLÓGICA BRASILEIRA GEOGRAFIA - 1 o ANO MÓDULO 07 ESTRUTURA GEOLÓGICA BRASILEIRA Como pode cair no enem? A partir dos dados apresentados, assinale a alternativa correta. a) A maior quantidade de minerais concentra-se em áreas

Leia mais

Estrutura Geológica e o Relevo Brasileiro

Estrutura Geológica e o Relevo Brasileiro Estrutura Geológica e o Relevo Brasileiro 1. (ENEM-2010) TEIXEIRA, W. et. al. (Orgs.) Decifrando a Terra. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 2009 O esquema mostra depósitos em que aparecem fósseis

Leia mais

ESTRUTURAS E FORMAS DE RELEVO

ESTRUTURAS E FORMAS DE RELEVO O relevo terrestre pode ser definido como as formas da superfície do planeta. O relevo se origina e se transforma sob a interferência de dois tipos de agentes: os agentes internos e externos. endógenos:

Leia mais

GEOMORFOLOGIA GERAL E DO BRASIL

GEOMORFOLOGIA GERAL E DO BRASIL GEOMORFOLOGIA GERAL E DO BRASIL ESTRUTURA GEOLÓGICA DA TERRA Manto Superior Manto Inferior Núcleo SIAL SIMA TECTÔNICA DE PLACAS TECTÔNICA DE PLACAS FORÇAS TECTÔNICAS DERIVA CONTINENTAL MAIOR EXTINÇÃO EM

Leia mais

Estrutura Geológica e o Relevo Brasileiro

Estrutura Geológica e o Relevo Brasileiro Estrutura Geológica e o Relevo Brasileiro Estrutura Geológica e o Relevo Brasileiro 1. Sobre a estrutura geológica e relevo brasileiro é correto afirmar que: a) a formação recente das estruturas geológicas

Leia mais

Atividade 14 Exercícios Complementares de Revisão sobre Geologia Brasileira

Atividade 14 Exercícios Complementares de Revisão sobre Geologia Brasileira Atividade 14 Exercícios Complementares de Revisão sobre Geologia Brasileira Atenção: Pesquise PREFERENCIALMENTE em seu Livro e complemente a pesquisa em sites. 1. Comparação entre as Classificações do

Leia mais

LISTA DE RECUPERAÇÃO PARALELA DE CIÊNCIAS HUMANAS - GEOGRAFIA

LISTA DE RECUPERAÇÃO PARALELA DE CIÊNCIAS HUMANAS - GEOGRAFIA LISTA DE RECUPERAÇÃO PARALELA DE CIÊNCIAS HUMANAS - GEOGRAFIA Professor: GUILHERME Data: / /2016 Aluno (a): 3º ANO 1) O cálculo de fuso horário hoje é muito comum em uma sociedade globalizada. Explique

Leia mais

UNIDADES DO RELEVO E CLASSIFICAÇÃO DO RELEVO BRASILEIRO. Módulos 29 e 30 Livro 2 paginas 122 a 124 / 127 a 129

UNIDADES DO RELEVO E CLASSIFICAÇÃO DO RELEVO BRASILEIRO. Módulos 29 e 30 Livro 2 paginas 122 a 124 / 127 a 129 UNIDADES DO RELEVO E CLASSIFICAÇÃO DO RELEVO BRASILEIRO Módulos 29 e 30 Livro 2 paginas 122 a 124 / 127 a 129 Formas de relevo Escarpa: encosta de planalto intensamente dissecada (erodida) Serra: Morros

Leia mais

Relevo Brasileiro. Professora: Jordana Costa

Relevo Brasileiro. Professora: Jordana Costa Relevo Brasileiro Professora: Jordana Costa Relevo Observando a parte superficial da litosfera, isto é, o terreno sobre o qual vivemos, sobre o qual construímos cidades e estradas, vemos que ela apresenta

Leia mais

Formas de relevo. Professora: Jordana Costa

Formas de relevo. Professora: Jordana Costa Formas de relevo Professora: Jordana Costa Relevo Observando a parte superficial da litosfera, isto é, o terreno sobre o qual vivemos, sobre o qual construímos cidades e estradas, vemos que ela apresenta

Leia mais

O que é tempo geológico

O que é tempo geológico O Relevo da América TEMPO GEOLÓGICO O que é tempo geológico escala temporal dos eventos da história da Terra, ordenados em ordem cronológica. Baseada nos princípios de superposição das camadas litológicas

Leia mais

Os mapas abaixo apresentam duas formas de divisão do relevo brasileiro, resultado de conceitos geomorfológicos distintos.

Os mapas abaixo apresentam duas formas de divisão do relevo brasileiro, resultado de conceitos geomorfológicos distintos. ESTRUTURA GEOLÓGICA BRASILEIRA Questão 01 - (UFSC/2013) Os mapas abaixo apresentam duas formas de divisão do relevo brasileiro, resultado de conceitos geomorfológicos distintos. Assinale a(s) proposição(ões)

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO DO RELEVO BRASILEIRO. Prof.º Elves Alves

CLASSIFICAÇÃO DO RELEVO BRASILEIRO. Prof.º Elves Alves CLASSIFICAÇÃO DO RELEVO BRASILEIRO Prof.º Elves Alves www.professorelves.webnode.com.br ERAS GEOLÓGICAS ERAS GEOLÓGICAS Cenozoica (Terciário e Quaternário): Dobramentos modernos: Alpes, Andes, Himalaia,

Leia mais

7. o ANO FUNDAMENTAL. Prof. a Andreza Xavier Prof. o Walace Vinente

7. o ANO FUNDAMENTAL. Prof. a Andreza Xavier Prof. o Walace Vinente 7. o ANO FUNDAMENTAL Prof. a Andreza Xavier Prof. o Walace Vinente CONTEÚDOS E HABILIDADES Unidade III Cidadania e movimento. Aula 13. 2 Conteúdo Estrutura geológica e relevo. Habilidade Compreender a

Leia mais

Geologia do Brasil. Página 1 com Prof. Giba

Geologia do Brasil. Página 1 com Prof. Giba Geologia do Brasil O território brasileiro é formado, basicamente, por dois tipos de estrutura geológica: os escudos cristalinos (blocos cratônicos) e as bacias sedimentares. As formações serranas originaram-se

Leia mais

GEOGRAFIA DO BRASIL Relevo e Solo

GEOGRAFIA DO BRASIL Relevo e Solo GEOGRAFIA DO BRASIL Relevo e Solo bruno7martins@gmail.com 1 Estrutura Geológica Bacias Sedimentares Acúmulo de sedimentos sobre os escudos Associadas a Combustíveis fósseis Rochas mais porosas, infiltração

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL DR. JOSÉ MARQUES DE OLIVEIRA - ANO 2016 TRABALHO DE ESTUDOS INDEPENDENTES

ESCOLA ESTADUAL DR. JOSÉ MARQUES DE OLIVEIRA - ANO 2016 TRABALHO DE ESTUDOS INDEPENDENTES ESCOLA ESTADUAL DR. JOSÉ MARQUES DE OLIVEIRA - ANO 2016 TRABALHO DE ESTUDOS INDEPENDENTES Nome Nº Turma 3º ano Data / / Nota Disciplina GEOGRAFIA Prof. Rodrigo Carvalho Valor 30 Questão 1. Conceitue: a)

Leia mais

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 1ª PROVA PARCIAL DE GEOGRAFIA Aluno(a): Nº Ano: 7º Turma: Data: 26/03/2011 Nota: Professor: Edvaldo Valor da Prova: 50 pontos Assinatura do responsável: Orientações

Leia mais

Conceito de Relevo. Internas ou endógenas: constroem o relevo. Externas ou exógenas: desgastam, modificam e modelam o relevo.

Conceito de Relevo. Internas ou endógenas: constroem o relevo. Externas ou exógenas: desgastam, modificam e modelam o relevo. Conceito de Relevo Relevo pode ser definido o conjunto das desnivelações que ocorrem sobre a superfície terrestre e que formam o modelado do planeta. Os desnivelamentos da crosta terrestre resultam da

Leia mais

O relevo terrestre e seus agentes. - Relevo: diversas configurações da crosta terrestre (montanhas, planícies, depressões etc).

O relevo terrestre e seus agentes. - Relevo: diversas configurações da crosta terrestre (montanhas, planícies, depressões etc). O relevo terrestre e seus agentes - Conceito de relevo e seus agentes: - Relevo: diversas configurações da crosta terrestre (montanhas, planícies, depressões etc). - Agentes que desenham o relevo podem

Leia mais

A GÊNESE DO RELEVO. GEOMORFOLOGIA (estudo do relevo) FORMAÇÃO DA TERRA (1) FORMAÇÃO DA TERRA (3) FORMAÇÃO DA TERRA (2) ORIGEM DO UNIVERSO

A GÊNESE DO RELEVO. GEOMORFOLOGIA (estudo do relevo) FORMAÇÃO DA TERRA (1) FORMAÇÃO DA TERRA (3) FORMAÇÃO DA TERRA (2) ORIGEM DO UNIVERSO GEOMORFOLOGIA (estudo do relevo) A GÊNESE DO RELEVO ORIGEM DO UNIVERSO Teoria do Big Bang. FORMAÇÃO DA TERRA (1) Resfriamento - de massa gasosa para líquido-pastosa. FORMAÇÃO DA TERRA (2) Formação da litosfera.

Leia mais

Apostila de Geografia 14 Geomorfologia

Apostila de Geografia 14 Geomorfologia Apostila de Geografia 14 Geomorfologia 1.0 Introdução Ciência que estuda o relevo. Relevo Corresponde às diversas configurações da crosta terrestre. 2.0 Agentes de Relevo 2.1 Agentes Endógenos ou Internos

Leia mais

ESTRUTURA GEOLÓGICA,RELEVO E HIDROGRAFIA

ESTRUTURA GEOLÓGICA,RELEVO E HIDROGRAFIA ESTRUTURA GEOLÓGICA,RELEVO E HIDROGRAFIA Definição de DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS: Pode ser compreendido como uma região que apresenta elementos naturais específicos que interagem resultando em uma determinada

Leia mais

BRASIL ASPECTOS NATURAIS. Território de Km². 5º maior país do mundo. Ocupa 47% da América do Sul.

BRASIL ASPECTOS NATURAIS. Território de Km². 5º maior país do mundo. Ocupa 47% da América do Sul. BRASIL ASPECTOS NATURAIS Território de 8.514.876.599 Km². 5º maior país do mundo. Ocupa 47% da América do Sul. Mapa político do mundo Pangea Durante a separação dos continentes ocorreram movimentos orogenéticos

Leia mais

A DINÂMICA DO RELEVO TERRESTRE

A DINÂMICA DO RELEVO TERRESTRE A DINÂMICA DO RELEVO TERRESTRE As formas do relevo Quatro principais É o nome dado ao conjunto das formas da superfície da crosta terrestre. Montanhas Planaltos Planícies Depressões Altitude é uma distância

Leia mais

Geografia do Brasil - Profº Márcio Castelan

Geografia do Brasil - Profº Márcio Castelan Geografia do Brasil - Profº Márcio Castelan 1. (FUVEST-SP 2008) O vulcanismo é um dos processos da dinâmica terrestre que sempre encantou e amedrontou a humanidade, existindo diversos registros históricos

Leia mais

Estruturas geológicas e formas do relevo Brasileiro. Professora: Jordana Costa

Estruturas geológicas e formas do relevo Brasileiro. Professora: Jordana Costa Estruturas geológicas e formas do relevo Brasileiro Professora: Jordana Costa As marcas do tempo geológico A litosfera não é contínua, ela é formada por imensos blocos rochosos: - Placas tectônicas. -

Leia mais

Por que as paisagens possuem características únicas?

Por que as paisagens possuem características únicas? Por que as paisagens possuem características únicas? GEOGRAFIA 6 Anos Ensino Fundamental II Profª Bruna Andrade http://www.youtube.com/watch?v=yqt9pezurb0 Os elementos que compõe as paisagens são responsáveis

Leia mais

Tempo Geológico. Também conhecido como tempo da natureza. É o tempo das transformações naturais que. acontecem sobre o nosso planeta, sendo por isso

Tempo Geológico. Também conhecido como tempo da natureza. É o tempo das transformações naturais que. acontecem sobre o nosso planeta, sendo por isso Tempo Geológico Também conhecido como tempo da natureza. É o tempo das transformações naturais que acontecem sobre o nosso planeta, sendo por isso extremamente lentas. Uma das formas utilizadas para se

Leia mais

Apostila de Geografia 07 Noções de Geologia

Apostila de Geografia 07 Noções de Geologia 1.0 Geosfera Apostila de Geografia 07 Noções de Geologia Meios de estudo da estrutura interna da Terra: Diretos: Afloramentos rochosos à superfície. Vulcanismo. Sondagens. Geotermia. Indiretos: Magnetismo.

Leia mais

UNIDADE: DATA: 27 / 11 / 2015 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE GEOGRAFIA 6.º ANO/EF

UNIDADE: DATA: 27 / 11 / 2015 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE GEOGRAFIA 6.º ANO/EF SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA UNIDADE: DATA: 27 / / 205 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE GEOGRAFIA 6.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A): VALOR:

Leia mais

Agentes Externos ou Exógenos

Agentes Externos ou Exógenos RELEVO Relevo Terrestre Agentes Internos Agentes Externos Tectonismo Vulcanismo Abalos Sísmicos Intemperismo Erosão Agentes Externos ou Exógenos Em síntese, pode-se afirmar que os agentes exógenos realizam

Leia mais

CAPÍTULO 02 Estrutura Geológica, Relevo e Hidrografia.

CAPÍTULO 02 Estrutura Geológica, Relevo e Hidrografia. 18/02/2016 7º Ano B CAPÍTULO 02 Estrutura Geológica, Relevo e Hidrografia. Profº Delsomar de Sousa Barbosa Páginas: 19 a 39 Itens 01 a 03. Estrutura Geológica Relevo Hidrografia Estrutura Temática Crátons

Leia mais

Plano de Recuperação Semestral 1º Semestre 2016

Plano de Recuperação Semestral 1º Semestre 2016 Disciplina: GEOGRAFIA Série/Ano: 1º ANO Professores: Carboni e Luis Otavio Objetivo: Proporcionar ao aluno a oportunidade de resgatar os conteúdos trabalhados durante o 1º semestre nos quais apresentou

Leia mais

GEOMORFOLOGIA. Conceitos básicos

GEOMORFOLOGIA. Conceitos básicos GEOMORFOLOGIA Conceitos básicos Geomorfologia Estudo das paisagens e sua evolução, resultante da competição entre processos de levantamento e rebaixamento da crosta Planícies, depressões, desfiladeiros

Leia mais

GEOGRAFIA - 1 o ANO MÓDULO 06 GEOLOGIA E RECURSOS MINERAIS

GEOGRAFIA - 1 o ANO MÓDULO 06 GEOLOGIA E RECURSOS MINERAIS GEOGRAFIA - 1 o ANO MÓDULO 06 GEOLOGIA E RECURSOS MINERAIS Como pode cair no enem? (UNIFESP) A estrutura geológica do perfil AB do mapa pode ser caracterizada como: (REBOUÇAS, in: Patrimônio Ambiental

Leia mais

RESPOSTAS DAS SUGESTÕES DE AVALIAÇÃO GEOGRAFIA 6 o ANO

RESPOSTAS DAS SUGESTÕES DE AVALIAÇÃO GEOGRAFIA 6 o ANO RESPOSTAS DAS SUGESTÕES DE AVALIAÇÃO GEOGRAFIA 6 o ANO Unidade 4 1. 2. (V) Os planaltos sofrem mais a ação de agentes de erosão do que de agentes de sedimentação. (F) O nome do maior planalto da América

Leia mais

Estrutura geológica e formas de relevo. Professora: Jordana Costa

Estrutura geológica e formas de relevo. Professora: Jordana Costa Estrutura geológica e formas de relevo Professora: Jordana Costa Estrutura Geológica O tipo de terreno de um lugar (sua origem e as rochas que o compõem) constitui a sua estrutura geológica. Sua importância

Leia mais

Os principais aspectos físicos do continente americano

Os principais aspectos físicos do continente americano Os principais aspectos físicos do continente americano O CONTINENTE AMERICANO CARACTERÍSTICAS GERAIS O continente americano se destaca pela sua grande extensão Norte-Sul. É o segundo maior continente do

Leia mais

O RELEVO DA TERRA Capítulo 2

O RELEVO DA TERRA Capítulo 2 O RELEVO DA TERRA Capítulo 2 Ciclo da erosão RETIRADA TRANSPORTE SEDIMENTAÇÃO OU DEPOSIÇÃO A EROSÃO É UM PROCESSO NATURAL De uma forma simplificada, existe uma tendência em considerar a erosão como algo

Leia mais

Conteúdo: Aula 1: As formas do relevo. A importância do estudo do relevo. A dinâmica do relevo. Aula 2: Agentes externos que modificam o relevo.

Conteúdo: Aula 1: As formas do relevo. A importância do estudo do relevo. A dinâmica do relevo. Aula 2: Agentes externos que modificam o relevo. Conteúdo: Aula 1: As formas do relevo. A importância do estudo do relevo. A dinâmica do relevo. Aula 2: Agentes externos que modificam o relevo. 2 Habilidades: Aula 1: Diferenciar as formas de relevo da

Leia mais

RELEVO - Picos. Pico da Neblina 2994 metros Pico 31 de março 2972,66 metros

RELEVO - Picos. Pico da Neblina 2994 metros Pico 31 de março 2972,66 metros RELEVO - Picos Pico da Neblina 2994 metros Pico 31 de março 2972,66 metros Localiza-se na Serra do Imeri, na fronteira com a Venezuela. Situa-se a apenas 687 metros de distância um do outro. Os dois picos

Leia mais

Importância dos oceanos

Importância dos oceanos AMBIENTE MARINHO Importância dos oceanos Os oceanos cobrem 70% da superfície da Terra. Figuram entre os maiores transpor-tadores tadores de calor do planeta, controlando o clima e seus efeitos. Constituem

Leia mais

ELEMENTOS DA GEOLOGIA (II)

ELEMENTOS DA GEOLOGIA (II) ELEMENTOS DA GEOLOGIA (II) AS ROCHAS São agregados minerais ou de um mineral apenas, formados naturalmente na crosta terrestre. As rochas podem ser classificadas em ígneas, sedimentares e metamórficas.

Leia mais

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 1ª PROVA DE RECUPERAÇÃO DE GEOGRAFIA Aluno: Nº Série: 7º Turma: Data: Nota: Professora: Edvaldo Valor da Prova: 50 pontos Assinatura do responsável: Orientações

Leia mais

CONSIDERAÇÕES A RESPEITO DO CONCEITO DE DEPRESSÃO PERIFÉRICA APLICADO AO SEGUNDO PLANALTO PARANAENSE

CONSIDERAÇÕES A RESPEITO DO CONCEITO DE DEPRESSÃO PERIFÉRICA APLICADO AO SEGUNDO PLANALTO PARANAENSE 243 CONSIDERAÇÕES A RESPEITO DO CONCEITO DE DEPRESSÃO PERIFÉRICA APLICADO AO SEGUNDO PLANALTO PARANAENSE Isonel Sandino Meneguzzo 1 RESUMO: O termo Depressão Periférica é comumente citado em atlas, livros

Leia mais

Geologia para Ciências Biológicas

Geologia para Ciências Biológicas UNIVERSIDADE REGIONAL DO CARIRI URCA PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO PROGRAD Centro de Ciências Biológicas e da Saúde CCBS Departamento de Ciências Biológicas DCBio Geologia para Ciências Biológicas

Leia mais

BRASIL ASPECTOS NATURAIS. Território de Km². 5º maior país do mundo. Ocupa 47% da América do Sul.

BRASIL ASPECTOS NATURAIS. Território de Km². 5º maior país do mundo. Ocupa 47% da América do Sul. BRASIL ASPECTOS NATURAIS Território de 8.514.876.599 Km². 5º maior país do mundo. Ocupa 47% da América do Sul. Mapa político do mundo https://www.youtube.com/watch?v=dsqelcsfg0o Estrutura geológica Devido

Leia mais

ENSINANDO HISTÓRIA E GEOGRAFIA. A Geografia Levada a Sério

ENSINANDO HISTÓRIA E GEOGRAFIA.  A Geografia Levada a Sério ENSINANDO HISTÓRIA E GEOGRAFIA 1 Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina. Cora Coralina 2 Aquarela Toquinho Vinícius de Moraes M. Fabrízio G. Moura - 1983 3 Tempo e espaço Deve-se

Leia mais

O que é tempo geológico

O que é tempo geológico O Relevo da América TEMPO GEOLÓGICO O que é tempo geológico escala temporal dos eventos da história da Terra, ordenados em ordem cronológica. Baseada nos princípios de superposição das camadas litológicas

Leia mais

Estrutura Interna da Terra

Estrutura Interna da Terra Estrutura Interna da Terra Rochas Ígneas As rochas ígneas são um tipo rochoso formado pela pressão e calor intenso que ocorre dentro do nosso planeta. Elas derretem devido às temperaturas muito altas

Leia mais

GEOGRAFIA 6 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª ANDREZA XAVIER PROF. WALACE VINENTE

GEOGRAFIA 6 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª ANDREZA XAVIER PROF. WALACE VINENTE GEOGRAFIA 6 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª ANDREZA XAVIER PROF. WALACE VINENTE CONTEÚDOS E HABILIDADES Unidade III Cidadania e movimento. 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES Aula 14.2 Conteúdo Agentes externos que

Leia mais

Transformação do relevo. Na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma. [Antoine Lavoisier]

Transformação do relevo. Na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma. [Antoine Lavoisier] Transformação do relevo Na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma. [Antoine Lavoisier] O relevo O relevo é o conjunto das diferentes formas que podem ser observadas na superfície terrestre:

Leia mais

Geografia. Cartografia DINÂMICA GEOLÓGICA E AS FORMAS DA LITOSFERA. Professora: Diego Moreira Professor: Diego Moreira

Geografia. Cartografia DINÂMICA GEOLÓGICA E AS FORMAS DA LITOSFERA. Professora: Diego Moreira Professor: Diego Moreira Geografia Cartografia DINÂMICA GEOLÓGICA E AS FORMAS DA LITOSFERA Professora: Diego Moreira Professor: Diego Moreira DINÂMICA GEOLÓGICA E AS FORMAS DA LITOSFERA ESCALA GEOLÓGICA ESCALA GEOLÓGICA ESCALA

Leia mais

. a d iza r to u a ia p ó C II

. a d iza r to u a ia p ó C II II Sugestões de avaliação Geografia 6 o ano Unidade 4 5 Unidade 4 Nome: Data: 1. Sobre o relevo de planalto, marque V nas alternativas verdadeiras e F nas falsas. ( ) os planaltos sofrem mais a ação de

Leia mais

GEOLOGIA GERAL PROF. ROCHA

GEOLOGIA GERAL PROF. ROCHA GEOLOGIA GERAL PROF. ROCHA CAMADAS DA TERRA CAMADAS DA TERRA A crosta e as rochas A crosta é formada por rochas e minerais. As rochas são agrupamentos de minerais: Minerais são elementos ou compostos

Leia mais

GEOGRAFIA 6 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª ANDREZA XAVIER PROF. WALACE VINENTE

GEOGRAFIA 6 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª ANDREZA XAVIER PROF. WALACE VINENTE GEOGRAFIA 6 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª ANDREZA XAVIER PROF. WALACE VINENTE CONTEÚDOS E HABILIDADES Unidade III Cidadania e movimento. 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES Aula 14.1 Conteúdo As formas do relevo.

Leia mais

GEOGRAFIA - 3 o ANO MÓDULO 23 AGENTES EXTERNOS: EROSÃO E INTEMPERISMO

GEOGRAFIA - 3 o ANO MÓDULO 23 AGENTES EXTERNOS: EROSÃO E INTEMPERISMO GEOGRAFIA - 3 o ANO MÓDULO 23 AGENTES EXTERNOS: EROSÃO E INTEMPERISMO Como pode cair no enem Da ação de solapamento realizado pelas ondas do mar na costa brasileira resulta uma forma de relevo escarpado,

Leia mais

Decifrar as formas. Nesta aula, vamos acompanhar o trabalho

Decifrar as formas. Nesta aula, vamos acompanhar o trabalho A UU L AL A Decifrar as formas Nesta aula, vamos acompanhar o trabalho do geógrafo na interpretação das formas que as diferentes paisagens assumem. Vamos perceber que a crosta terrestre, ou litosfera,

Leia mais

desenho. 02- Responda. às diferentes R.: R.: R.:

desenho. 02- Responda. às diferentes R.: R.: R.: PROFESSOR: EQUIPE DE GEOGRAFIA BANCO DE QUESTÕES GEOGRAFIA - 6º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ========== =========== ============ =========== =========== =========== =========== =========== =========== == 01-

Leia mais

ROCHAS LITOSFERA. Rochas Magmáticas ou Ígneas

ROCHAS LITOSFERA. Rochas Magmáticas ou Ígneas LITOSFERA ROCHAS As rochas constituem a parte sólida do planeta e são compostas de um ou vários minerais. Os minerais são compostos de elementos químicos. Certos elementos químicos podem ser encontrados

Leia mais

ECO GEOGRAFIA. Prof. Felipe Tahan BIOMAS

ECO GEOGRAFIA. Prof. Felipe Tahan BIOMAS ECO GEOGRAFIA Prof. Felipe Tahan BIOMAS DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS Os domínios morfoclimáticos representam a combinação de um conjunto de elementos da natureza relevo, clima, vegetação que se inter-relacionam

Leia mais

2. AS PAISAGENS NATURAL E CULTURAL DAS UNIDADES FEDERATIVAS

2. AS PAISAGENS NATURAL E CULTURAL DAS UNIDADES FEDERATIVAS 2. AS PAISAGENS NATURAL E CULTURAL DAS UNIDADES FEDERATIVAS 1. Escreva V para as informações verdadeiras e F para as informações falsas. A superfície dos lugares não é igual em toda a sua extensão. b)

Leia mais

7ºs anos Professor Daniel Fonseca

7ºs anos Professor Daniel Fonseca Salesiano Dom Bosco Capítulo 3 Geologia, Solo e Relevo 7ºs anos Professor Daniel Fonseca ROCHAS: Aglomerado de um ou mais minerais ÍGNEAS OU MAGMÁTICAS (cristalinas) - intrusivas ou plutônicas - extrusivas

Leia mais

AGENTES EXTERNOS DO RELEVO

AGENTES EXTERNOS DO RELEVO AGENTES EXTERNOS DO RELEVO INTEMPERISMO QUÍMICO FÍSICO ou MECÂNICO BIOLÓGICO ou ORGÂNICO 1 INTEMPERISMO: QUÍMICO FÍSICO e BIOLÓGICO (FUVEST) Intemperismo é o nome que se dá ao conjunto de processos que

Leia mais

sobre a superfície do planeta. Considerando o sistema de coordenadas geográficas, assinale a alternativa correta.

sobre a superfície do planeta. Considerando o sistema de coordenadas geográficas, assinale a alternativa correta. Geografia Gabriel 1 1 10 01 Para melhor localizar um ponto na Terra, foi criado um sistema de coordenadas que são linhas imaginárias traçadas sobre a superfície do planeta. Considerando o sistema de coordenadas

Leia mais

RELEVO CONTINENTAL: AGENTES INTERNOS. PROFº Me- CLAUDIO F. GALDINO - GEOGRAFIA

RELEVO CONTINENTAL: AGENTES INTERNOS. PROFº Me- CLAUDIO F. GALDINO - GEOGRAFIA RELEVO CONTINENTAL: AGENTES INTERNOS PROFº Me- CLAUDIO F. GALDINO - GEOGRAFIA Oferecimento Fábrica de Camisas Grande Negão RELEVO É toda forma assumida pelo terreno (montanhas, serras, depressões, etc.)

Leia mais

é a herança para os nossos filhos e netos com a sua atmosfera rica em oxigénio, permite-nos respirar com a camada de ozono, protege-nos das radiações

é a herança para os nossos filhos e netos com a sua atmosfera rica em oxigénio, permite-nos respirar com a camada de ozono, protege-nos das radiações é a herança para os nossos filhos e netos com a sua atmosfera rica em oxigénio, permite-nos respirar com a camada de ozono, protege-nos das radiações ultravioletas com a água evita a desidratação com as

Leia mais

Oscilação Marinha. Regressão diminuição do nível do mar (Glaciação) Transgressão aumento do nível do mar (Inundação)

Oscilação Marinha. Regressão diminuição do nível do mar (Glaciação) Transgressão aumento do nível do mar (Inundação) Oscilação Marinha Regressão diminuição do nível do mar (Glaciação) Transgressão aumento do nível do mar (Inundação) Devido a variação do nível do mar a região costeira sofre alterações profundas em sua

Leia mais

ATIVIDADE DE RECUPERAÇÕ DE GEOGRAFIA

ATIVIDADE DE RECUPERAÇÕ DE GEOGRAFIA Nome: Série: Nota: Disciplina: Professor (a): ATIVIDADE DE RECUPERAÇÕ DE GEOGRAFIA 1)-Coloque o nome de cada planeta. Pinte cada planeta. 2)-Complete a Rosa dos Ventos: 3) - Assinale a alternativa correta!!!

Leia mais

DECIFRANDO A FORMAÇÃO DA TERRA

DECIFRANDO A FORMAÇÃO DA TERRA DECIFRANDO A FORMAÇÃO DA TERRA QUESTÕES INICIAIS O que vocês já sabem sobre o tema? O que justifica a presença de diversos tipos de relevo na crosta terrestre? Por que estudar esse tema? O que se entende

Leia mais

SUMÁRIO. Capítulo 6 - Vulcanismo Os vulcões como geossistemas Os depósitos vulcânicos Os estilos de erupção e as formas de relevo vulcânico

SUMÁRIO. Capítulo 6 - Vulcanismo Os vulcões como geossistemas Os depósitos vulcânicos Os estilos de erupção e as formas de relevo vulcânico SUMÁRIO Capítulo 1 - Estruturando um planeta O método científico As teorias e as práticas modernas da Geologia A origem de nosso sistema planetário A Terra primitiva: formação de um planeta em camadas

Leia mais

Conteúdo: Aula 1: As formas do relevo. A importância do estudo do relevo. A dinâmica do relevo. Aula 2: Agentes externos que modificam o relevo.

Conteúdo: Aula 1: As formas do relevo. A importância do estudo do relevo. A dinâmica do relevo. Aula 2: Agentes externos que modificam o relevo. Conteúdo: Aula 1: As formas do relevo. A importância do estudo do relevo. A dinâmica do relevo. Aula 2: Agentes externos que modificam o relevo. 2 Habilidades: Aula 1: Diferenciar as formas de relevo da

Leia mais

ERAS GEOLÓGICAS. Profº. Neto

ERAS GEOLÓGICAS. Profº. Neto ERAS GEOLÓGICAS Profº. Neto PRÉ-CAMBRIANO Fatos Importantes: formação de minerais metálicos no proterozóico formação dos dobramentos antigos no proterozóico PALEOZÓICA Fatos importantes: Formação de carvão

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS - TEMA : GEOLOGIA PROF CLAZAO

LISTA DE EXERCÍCIOS - TEMA : GEOLOGIA PROF CLAZAO LISTA DE EXERCÍCIOS - TEMA : GEOLOGIA PROF CLAZAO Questão 16 - (Famerp SP/2015) Os agentes externos do relevo promovem o trabalho escultural da paisagem, com o desgaste ou a construção de novas feições.

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS GEOGRAFIA

LISTA DE EXERCÍCIOS GEOGRAFIA LISTA DE EXERCÍCIOS GEOGRAFIA P2-1º BIMESTRE 7º ANO FUNDAMENTAL II Aluno (a): Turno: Turma: Unidade Data: / /2016 HABILIDADES E COMPETÊNCIAS Entender o papel das sociedades na produção do território, da

Leia mais

RELEVO DO BRASIL. Rochas

RELEVO DO BRASIL. Rochas RELEVO DO BRASIL Antes de conhecermos o relevo do Brasil é necessário uma breve análise de algumas noções de geologia e geomorfologia. Vamos repassar brevemente a formação e evolução do Planeta Terra,

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO INSTITUTO DE GEOCIÊNCIAS DEPARTAMENTO DE GEOLOGIA SEDIMENTAR E AMBIENTAL GEOMORFOLOGIA E FOTOGEOLOGIA FORMAS DE RELEVO

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO INSTITUTO DE GEOCIÊNCIAS DEPARTAMENTO DE GEOLOGIA SEDIMENTAR E AMBIENTAL GEOMORFOLOGIA E FOTOGEOLOGIA FORMAS DE RELEVO UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO INSTITUTO DE GEOCIÊNCIAS DEPARTAMENTO DE GEOLOGIA SEDIMENTAR E AMBIENTAL GEOMORFOLOGIA E FOTOGEOLOGIA FORMAS DE RELEVO morfoestruturas Prof.: André Negrão Classificação das formas

Leia mais

Ambientes tectônicos e sedimentação

Ambientes tectônicos e sedimentação Rochas Sedimentares Ambientes tectônicos e sedimentação Intemperismo físico e químico de rochas sedimentares, ígneas e metamórficas Erosão Transporte Deposição Diagênese e litificação (compactação ) =

Leia mais

Geografia. Aula 01 EXISTEM TERREMOTOS NO BRASIL?

Geografia. Aula 01 EXISTEM TERREMOTOS NO BRASIL? Geografia. Aula 01 Relevo EXISTEM TERREMOTOS NO BRASIL? 1.1 Observe as imagens abaixo: O pior terremoto do Brasil derrubou 4 mil casas em João Câmara (RN), em 1996 Aécio vai à cidade onde terremoto deixou

Leia mais

Geografia - Relevo. Prof. Marcelo Caetano

Geografia - Relevo. Prof. Marcelo Caetano Geografia - Relevo Prof. Marcelo Caetano Estrutura Interna da Terra Crosta: Camada superficial da Terra com espessura que varia de 7 a 35 Km; Flutua nas camadas inferiores com um iceberg no Oceano; Podemos

Leia mais

ESTRUTURA GEOLÓGICA E AS FORMAS DE RELEVO

ESTRUTURA GEOLÓGICA E AS FORMAS DE RELEVO ESTRUTURA GEOLÓGICA E AS FORMAS DE RELEVO ROCHAS: Aglomerado de um ou mais minerais ÍGNEAS OU MAGMÁTICAS (cristalinas) - intrusivas ou plutônicas - extrusivas ou vulcânicas SEDIMENTARES - detríticas -

Leia mais

Data: /08/2014 Bimestre: 2. Nome: 6 ANO B Nº. Disciplina: Geografia Professor: Geraldo

Data: /08/2014 Bimestre: 2. Nome: 6 ANO B Nº. Disciplina: Geografia Professor: Geraldo Data: /08/2014 Bimestre: 2 Nome: 6 ANO B Nº Disciplina: Geografia Professor: Geraldo Valor da Atividade: 2,0 (Dois) Nota: GRUPO 3 1- (0,5) Embora haja dificuldade em oficializar a data do primeiro mapa

Leia mais

Exercício FUVEST/2006/2F

Exercício FUVEST/2006/2F Exercício FUVEST/2006/2F a) Identifique o relevo submarino, apontado pela flecha negra, na ilustração. b) Explique sua formação, considerando a dinâmica da crosta terrestre. Exercício Resposta: a) A unidade

Leia mais

O que caracterizou essa modelagem da Pedra da Tartaruga foi o intemperismo a) cratônico. b) biológico. c) químico. d) fluvial. e) físico.

O que caracterizou essa modelagem da Pedra da Tartaruga foi o intemperismo a) cratônico. b) biológico. c) químico. d) fluvial. e) físico. 1. Analise a imagem abaixo. Trata-se da Pedra da Tartaruga, situada no Parque Nacional de Sete Cidades PI, que retrata o resultado do processo da desagregação de uma rocha. Nela, os minerais constituintes

Leia mais

Zonas Costeiras: - Erosão costeira - Elevada pressão urbanística

Zonas Costeiras: - Erosão costeira - Elevada pressão urbanística Zonas Costeiras: - Erosão costeira - Elevada pressão urbanística Linha de costa de Portugal FAIXA LITORAL OU COSTEIRA: Zona de transição entre o domínio continental e o domínio marinho. É uma faixa complexa,

Leia mais

18ª LISTA DE EXERCÍCIOS

18ª LISTA DE EXERCÍCIOS 18ª LISTA DE EXERCÍCIOS Ciências Igor Matemática Pedro Henrique Geografia Cleidiane Data: 03 / 09 / 16 UNIDADE II www.colégioplaneta.com.br LISTA DE CIÊNCIA Prof.: Igor DATA: 03 / 09 / 2016 PREPARATÓRIO

Leia mais

FORMAÇÃO E ESTRUTURA DA TERRA

FORMAÇÃO E ESTRUTURA DA TERRA FORMAÇÃO E ESTRUTURA DA TERRA CAMADAS TERRESTRE - NÚCLEO É a porção central da Terra, também denominada NIFE, por ser constituída de compostos de FErro e NÍquel, com algum enxofre e silício dissolvido.

Leia mais

LITOSFERA SIMA SIAL. Litosfera (crosta): camada rochosa da Terra (até 70 km de profundidade).

LITOSFERA SIMA SIAL. Litosfera (crosta): camada rochosa da Terra (até 70 km de profundidade). ESTRUTURA GEOLÓGICA ESTRUTURA DA TERRA LITOSFERA SIMA SIAL Litosfera (crosta): camada rochosa da Terra (até 70 km de profundidade). DESCONTINUIDADE DE MOHOROVICIC Limite entre a Litosfera e o manto MANTO

Leia mais

Para entender a Terra

Para entender a Terra Frank Press Raymond Siever John Grotzinger Thomas H. Jordan Para entender a Terra Terra sob os oceanos Oceano é uma palavra usada para designar um corpo único de água conectada. O oceano pode ser dividido

Leia mais

2. (UFPR) Cite e explique quais são os fatores que participam do processo de formação dos solos.

2. (UFPR) Cite e explique quais são os fatores que participam do processo de formação dos solos. SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA/SECRETARIA DE EDUCAÇÃO POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE GOIÁS COMANDO DE ENSINO POLICIAL MILITAR COLÉGIO DA POLÍCIA MILITAR SARGENTO NADER ALVES DOS SANTOS SÉRIE/ANO: 1º Ano

Leia mais

Exercícios sobre Continente Americano - 8º ano - cap. 10

Exercícios sobre Continente Americano - 8º ano - cap. 10 Exercícios sobre Continente Americano - 8º ano - cap. 10 Para realizar as atividades, consulte os Slides sobre Continente Americano (Ativ. nº 25 - Site padogeo.com) ----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

1. (Ufsc 2013) Os mapas abaixo apresentam duas formas de divisão do relevo brasileiro, resultado de conceitos geomorfológicos distintos.

1. (Ufsc 2013) Os mapas abaixo apresentam duas formas de divisão do relevo brasileiro, resultado de conceitos geomorfológicos distintos. 1. (Ufsc 2013) Os mapas abaixo apresentam duas formas de divisão do relevo brasileiro, resultado de conceitos geomorfológicos distintos. Assinale a(s) proposição(ões) CORRETA(S). 01) O mapa 1 apresenta

Leia mais

Dinâmica externa: atividade da água superficial

Dinâmica externa: atividade da água superficial UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA Dinâmica externa: atividade da água superficial Prof. Paulo Jorge de Pinho Itaqui, abril de 2017 Generalidades A formação de um rio bacia hidrográfica Configuração e velocidade

Leia mais

Prof.º: Carlos D Boa Geofísica Relevo EXISTEM TERREMOTOS NO BRASIL?

Prof.º: Carlos D Boa Geofísica Relevo EXISTEM TERREMOTOS NO BRASIL? Prof.º: Carlos D Boa Geofísica Relevo EXISTEM TERREMOTOS NO BRASIL? 1.1 Observe as imagens abaixo: O pior terremoto do Brasil derrubou 4 mil casas em João Câmara (RN), em 1996 Aécio vai à cidade onde terremoto

Leia mais

Geografia. 3ª série LISTA: Assunto: Relevo, rochas e solos. Ensino Médio. Aluno(a): Professor(a): Cristiano Santana DIA: MÊS: 04. Segmento temático:

Geografia. 3ª série LISTA: Assunto: Relevo, rochas e solos. Ensino Médio. Aluno(a): Professor(a): Cristiano Santana DIA: MÊS: 04. Segmento temático: Aluno(a): Geografia Professor(a): Cristiano Santana LISTA: 3ª série Ensino Médio 03 Turma: A ( ) / B ( ) Segmento temático: GEOLOGIA Assunto: Relevo, rochas e solos DIA: MÊS: 04 2017 Classificação do Relevo

Leia mais

Geografia para as Polícias Militares Oficial e Soldado Prof. Leandro Signori. 1. Grandes domínios climáticos

Geografia para as Polícias Militares Oficial e Soldado Prof. Leandro Signori. 1. Grandes domínios climáticos 1. Grandes domínios climáticos Geografia para as Polícias Militares Oficial e Soldado As paisagens naturais derivam da interação de inúmeros elementos, notadamente (incluir vírgula) do relevo, da hidrografia,

Leia mais

Capítulo 3 Morfologia de uma bacia de drenagem. Introdução a Hidrologia de Florestas

Capítulo 3 Morfologia de uma bacia de drenagem. Introdução a Hidrologia de Florestas INPE eprint: sid.inpe.br/eprint@80/006/08.04..54 v 006-08-05 Introdução a Hidrologia de Florestas Setembro 004 João Vianei Soares Capítulo 3 Morfologia de uma bacia de drenagem Introdução a Hidrologia

Leia mais

Livro Interactivo 3D Permite Fazer Anotações e Imprimir. Dúvidas Mais Comuns GEO 11. Flipping Book.

Livro Interactivo 3D Permite Fazer Anotações e Imprimir. Dúvidas Mais Comuns GEO 11. Flipping Book. Livro Interactivo 3D Permite Fazer Anotações e Imprimir Dúvidas Mais Comuns GEO 11 Flipping Book http://netxplica.com DÚVIDAS MAIS COMUNS :: BIOLOGIA E GEOLOGIA 11 http://netxplica.com 1. Ocupação antrópica

Leia mais