SEMINÁRIO Violência Doméstica 20 e 27 de Maio de 2011 Salão Nobre da Ordem dos Advogados. Questionários

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SEMINÁRIO Violência Doméstica 20 e 27 de Maio de 2011 Salão Nobre da Ordem dos Advogados. Questionários"

Transcrição

1 SEMINÁRIO Violência Doméstica 20 e 27 de Maio de 2011 Salão Nobre da Ordem dos Advogados Questionários

2 Dia 20 de Maio Manhã Moderador: Luís Silva Vice-Presidente do Dra. Florbela Sebastião Silva Juíza no Tribunal de Família e Menores e da Comarca de Cascais Dra. Maria Fernanda Alves Procuradora na 7ª Secção do DIAP de Lisboa Dra. Cláudia Nunes Graça Psicóloga Dra. Margarida Pinto Correia Administradora Executiva da Fundação Gil Dra. Maria Fernanda Alves Procuradora na 7ª Secção do DIAP de Lisboa Avaliação da Formação O seminário foi avaliado como Bom pela grande maioria dos inquiridos. Não foi manifestada neste dia qualquer opinião negativa. Avaliação % Muito Fraco 0,0% Fraco 0,0% Razoável 15,3% Bom 61,3% Muito Bom 23,4% Avaliação da Formação 62% 23% 15% 2

3 Avaliação dos Oradores No que concerne aos oradores, de uma maneira geral, a opinião manifestada foi positiva, tendo sido efectuada uma média da avaliação, por cada uma das categorias. Média Método Pedagógico Pontualidade Motivação Clareza na Muito Fraco 2% 0% 2% 2% Fraco 8% 2% 6% 6% Razoável 20% 6% 12% 14% Bom 36% 35% 34% 30% Muito Bom 37% 56% 49% 51% 60% Oradores 50% 40% 30% 20% 10% 0% Método Pedagógico Pontualidade Motivação Clareza na Muito Fraco Fraco Razoável Bom Muito Bom Instalações No que diz respeito às instalações os inquiridos opinaram de forma positiva, embora com algumas ressalvas, nomeadamente a falta de ar condicionado e o calor que se fez sentir na sala e o desconforto das cadeiras, face ao número de horas do Seminário. 3

4 Instalações 43% 18% 30% 8% 1% Muito Boas Boas Razoáveis Más M uito Más Secretariado O apoio administrativo ao seminário foi considerado Bom pela grande maioria dos participantes. Secretariado 24% 11% 63% 1% 1% Muito Bom Bom Razoável Mau M uito Mau Observações A sala estava muito quente. Sala sem ar condicionado, cadeiras inapropriadas para sentar muito tempo e tirar notas. Apesar de ser um espaço bonito, não possui as condições ideais para trabalhar, sobretudo nos dias de muito calor. A apresentação em geral foi muito teórica. Óptima iniciativa. A repetir com mais frequência. 4

5 Embora os intervenientes/comunicadores do seminário tenham sido pontuais, o seminário atrasou-se consideravelmente, provavelmente pelo atraso do público. Extensão do seminário à população em geral. Proposta: Educação Adultos. À excepção da 1ª e 4ª intervenção foram exposições monocórdicas muito teóricas e pouco voltadas para a vertente prática. Tendo em conta a duração do seminário, deveria ter-se em conta a comodidade De salientar ainda que, à excepção da 2ª exposição que foi motivadora e prática, as restantes foram demasiado teóricas e maçadoras. Atenta a duração do seminário, as condições não foram as melhores. Pouco tempo para muitos oradores. Sala desconfortável para recolher apontamentos. Este tipo de debates deveria ter projecção nos meios de comunicação social. Deveria haver também participação dos órgãos de polícia que lidam diariamente com este tipo de situações. Pouco tempo para cada orador. Excelente iniciativa. Após a intervenção de cada orador devia ser aberto um debate para esclarecimento de dúvidas e troca de ideias e opiniões. Sala sem condições físicas. Dia 20 de Maio Tarde Moderador: Luís Silva Vice-Presidente do Dra. Maria Perquilhas Juíza no Tribunal de Família e Menores de Lisboa Dra. Ana Teresa Pinto Leal Procuradora Geral da República, Coordenadora das secções do DIAP do Tribunal da Amadora, Comarca da Grande Lisboa Noroeste Dra. Conceição Oliveira Neves Psicóloga Clínica no Centro Hospital Psiquiátrico de Lisboa (Hospital Júlio de Matos) Dra. Elisabete Brasil Advogada e Directora Executiva para a violência de Género na UMAR - União de Mulheres Alternativa e Resposta 5

6 Avaliação da Formação O seminário foi avaliado como Bom pela grande maioria dos Advogados. Avaliação % Muito Fraco 0,0% Fraco 1,0% Razoável 14,9% Bom 60,4% Muito Bom 23,8% Avaliação da Formação 24% 15% 60% 1% M uito Boa Boa Razoável Fraca M uito Fraca Avaliação dos Oradores No que concerne aos oradores, de uma maneira geral, a opinião manifestada foi bastante positiva. Média Método Pedagógico Pontualidade Motivação Clareza na Muito Fraco 0% 0% 0% 0% Fraco 1% 1% 1% 2% Razoável 12% 7% 10% 7% Bom 47% 32% 39% 38% Muito Bom 38% 57% 47% 50% 6

7 Oradores 60% 50% 40% 30% 20% 10% 0% Método Pedagógico Pontualidade Motivação Clareza na Muito Fraco Fraco Razoável Bom Muito Bom Instalações As instalações foram consideradas Boas. No entanto, registaram-se algumas opiniões negativas, devido à falta de ar condicionado ao desconforto da sala. Instalações 41% 14% 31% 4% 10% Muito Boas Boas Razoáveis Más M uito M ás Secretariado O Secretariado prestado foi avaliado como Bom pela grande maioria dos participantes. 7

8 Secretariado 64% 22% 14% 1% Muito Bom Bom Razoável Mau Muito M au Observações Realização de mais seminários deste tipo. Deviam ocorrer mais formatos nestas áreas com a participação da sociedade civil e das OPC. Criação de redes multidisciplinares para intervirem de forma mais incisiva e completa junto das vítimas e agressores. Inadmissível o atraso inicial dos trabalhos na parte da tarde. Ambiente da sala muito quente, sem ar condicionado. O período da tarde foi excelente, na parte da explicação ao nível da psicologia sobre violência doméstica. Os intervenientes foram excelentes. A sala necessitava de ar condicionado. O local não é o mais apropriado para este tipo de eventos. Falta de ar condicionado. Sala desconfortável para o nº de horas de seminário. 8

9 Dia 27 de Maio Manhã Moderadora Inês Carvalho de Sá Advogada Dra. Margarida Almeida Juíza de Direito no Tribunal de Família e Menores e de Comarca de Cascais Dra. Paula Garcia Procuradora no DIAP de Coimbra e Membro do Projecto Grupo Violência Informação, Investigação e Intervenção Dr. João Redondo Psiquiatra, Coordenador do Serviço de Violência Familiar do Centro Hospitalar Psiquiátrico de Coimbra e Membro Cofundador do Projecto Grupo Violência Informação, Investigação e Intervenção Dr. Mário Cordeiro Médico Pediatra, Auxiliar de Saúde Pública na Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Nova de Lisboa Avaliação da Formação Relativamente à formação do dia 27 de Maio, a avaliação incidiu maioritariamente na categoria Bom. Avaliação % Muito Fraco 0,0% Fraco 1,0% Razoável 6.1% Bom 67.3% Muito Bom 25.5% Avaliação da Formação 26% 67% 6% 1% M uito Boa Boa Razoável Fraca M uito Fraca 9

10 Avaliação dos Oradores A média da avaliação dos oradores foi bastante favorável, situando-se, na maioria, no Bom e Muito Bom. Média Método Pedagógico Pontualidade Motivação Clareza na Muito Fraco 1% 1% 2% 1% Fraco 1% 3% 1% 1% Razoável 16% 10% 9% 11% Bom 44% 38% 38% 40% Muito Bom 40% 47% 50% 48% 50% 45% 40% 35% 30% 25% 20% 15% 10% 5% 0% Oradores Método Pedagógico Pontualidade Motivação Clareza na Instalações Muito Fraco Fraco Razoável Bom Muito Bom Os participantes consideraram as instalações Boas. Apenas 7% manifestou uma opinião menos favorável. 10

11 Instalações 42% 18% 33% 3% 4% Muito Boas Boas Razoáveis Más M uito M ás Secretariado O Secretariado prestado foi avaliado como Bom pela grande maioria dos participantes. Secretariado 25% 64% 12% Muito Bom Bom Razoável Mau Muito M au Observações As cadeiras são desconfortáveis, para muitas horas de seminário. Abordar outras questões neste tipo de seminários, como o bulling, assédio, perseguições, etc.). Os horários foram completamente ultrapassados, as intervenções não estiveram programadas para o tempo disponível. Excelente. Seria interessante a ordem fazer uma formação sobre o bulling. Desenvolver outros temas como a formação cultural. 11

12 Maior carga horária. Falta de divulgação nos meios de comunicação social. As sessões da manhã começaram sempre com atraso, o que prejudicou as sessões da tarde. Iniciativa a repetir Dia 27 de Maio Tarde Moderadora Teresa Coutinho Advogada Dr. Pedro Cunha Lopes Juiz de Direito na 7ª Vara Criminal de Lisboa Dra. Aurora Rodrigues Procuradora no DIAP de Évora Moderadora Dra. Brenda Johnson Assistente Social no Instituto da Segurança Social Professor Doutor Carlos Poiares Professor Catedrático de Psicologia Forense e Director da Faculdade de Psicologia da Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias Dra. Maria de Oliveira Assistente Técnica da Direcção da APAV e Gestora do Gabinete da APAV em Cascais Avaliação da Formação Relativamente à formação do dia 27 de Maio, da parte da tarde, a opinião dos inquiridos foi também bastante favorável. Avaliação % Muito Fraco 0% Fraco 1.1% Razoável 9.2% Bom 62.1% Muito Bom 27.6% 12

13 Avaliação da Formação 28% 62% 9% 1% M uito Boa Boa Razoável Fraca M uito Fraca Avaliação dos Oradores A média da avaliação do painel de oradores foi muito positiva. Apenas no que diz respeito à pontualidade foi manifestada uma opinião menos favorável por parte de alguns inquiridos, relativamente ao atraso do Prof. Doutor Carlos Poiares. Média Método Pedagógico Pontualidade Motivação Clareza na Muito Fraco 1% 6% 1% 1% Fraco 4% 7% 4% 1% Razoável 12% 11% 15% 14% Bom 49% 30% 36% 41% Muito Bom 30% 41% 38% 38% 50% 45% 40% 35% 30% 25% 20% 15% 10% 5% 0% Oradores Método Pedagógico Pontualidade Motivação Clareza na Instalações Muito Fraco Fraco Razoável Bom Muito Bom 13

14 A maioria dos formandos avaliou as instalações como Boas e Razoáveis, embora se tenha registado também uma opinião menos favorável. Instalações 44% 11% 1% 7% 37% Muito Boas Boas Razoáveis Más Muito Más Secretariado O Secretariado prestado foi avaliado como Bom pela grande maioria dos formandos. Secretariado 25% 64% 13% Muito Bom Bom Razoável Mau Muito M au Observações Parabéns pela iniciativa, no entanto a temática merecia uma carga horária superior. Iniciou uma hora depois do previsto. Sensibilização para o cumprimento dos horários. Oradores foram excelentes. Sugeria uma formação sobre o tema a Violência contra os animais. Sofia Galvão Gabinete de Apoio à Presidência 14

Estudar Medicina na FMUL - Dia do Candidato

Estudar Medicina na FMUL - Dia do Candidato Estudar Medicina na FMUL - Dia do Candidato - Resultados do questioná questionário aplicado aos candidatos no final do evento - 21 Abril 2010 Comissão organizadora (Edição 2010): Prof.ª Carlota Saldanha

Leia mais

CONGRESSO DIREITO DO TRABALHO + CRISE = CRISE DO DIREITO DO TRABALHO? 27, 28 e 29 de Maio de 2010

CONGRESSO DIREITO DO TRABALHO + CRISE = CRISE DO DIREITO DO TRABALHO? 27, 28 e 29 de Maio de 2010 CONGRESSO DIREITO DO TRABALHO + CRISE = CRISE DO DIREITO DO TRABALHO? DIA 27 DE MAIO 13h30 Abertura Secretariado 1º Painel 14h00 27, 28 e 29 de Maio de 2010 Prof. Doutor Jorge Leite (Faculdade de Direito

Leia mais

AVALIAÇÃO DO GRAU DE SATISFAÇÃO

AVALIAÇÃO DO GRAU DE SATISFAÇÃO AVALIAÇÃO DO GRAU DE SATISFAÇÃO Colaboradores 2012 DOC. 412.1 1. PROCEDIMENTO O questionário de avaliação do grau de satisfação dos colaboradores foi aplicado por via Web distribuído por e-mail e em suporte

Leia mais

Parte 3 Descrição da Pesquisa de Satisfação com os Usuários

Parte 3 Descrição da Pesquisa de Satisfação com os Usuários Parte 3 Descrição da Pesquisa de Satisfação com os Usuários - 2010 Perfil dos Usuários: Observa-se no gráfico 1 abaixo, que do total de usuários (N = 42) que respondeu à pesquisa, a maioria (67%) era de

Leia mais

SAÚDE MENTAL 9 JAN A 2 JUL 2012

SAÚDE MENTAL 9 JAN A 2 JUL 2012 CURSO DE FORMAÇÃO AVANÇADA EM SAÚDE MENTAL 9 JAN A 2 JUL 2012 Segundas-feiras: 17:30h-20:30h; Sábados (mensalmente): das 9h30 às 13h00 e das 14h30 às 17h30. PROGRAMA (PREVISIONAL) Módulo 1 Epidemiologia,

Leia mais

13 e 14 Setembro 2016

13 e 14 Setembro 2016 DIREITO DA SAÚDE E RESPONSABILIDADE MÉDICA 13 e 14 Setembro 2016 Memorial Dr. António Agostinho Neto - Luanda www.cedp-angola.com cedp@cedp-angola.com T.: 931 916 780 Organização Participação MINISTÉRIO

Leia mais

Relatório de autoavaliação do Instituto Superior de Educação e Trabalho ISET

Relatório de autoavaliação do Instituto Superior de Educação e Trabalho ISET Relatório de autoavaliação do Instituto Superior de Educação e Trabalho ISET No âmbito do processo de autoavaliação procurámos captar as opiniões de alunos e estudantes. Foi assim solicitado a estudantes

Leia mais

Relatório Final de Avaliação. Ação n.º 28/2010

Relatório Final de Avaliação. Ação n.º 28/2010 Centro de Formação de Escolas dos Concelhos de Benavente, Coruche e Salvaterra de Magos Relatório Final de Avaliação Ação n.º 28/2010 Competências Digitais (Nível 1) Curso C Agrupamento de Escolas Duarte

Leia mais

Reunião - Encarregados de Educação. 1.º Ciclo. Ano Letivo 2016/ de setembro de 2016

Reunião - Encarregados de Educação. 1.º Ciclo. Ano Letivo 2016/ de setembro de 2016 Reunião - Encarregados de Educação 1.º Ciclo Ano Letivo 2016/2017 09 de setembro de 2016 Ordem de Trabalhos 1 Projeto Educativo 2 Normas de funcionamento 3 Apresentação 4 Plano Anual de Atividades 2 Ordem

Leia mais

AUTO-AVALIAÇÃO DO CURSO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS 2014

AUTO-AVALIAÇÃO DO CURSO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS 2014 AUTO-AVALIAÇÃO DO CURSO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS 2014 Instrumento para avaliação do curso de graduação em Ciências Econômicas por parte dos docentes que nele ministraram alguma disciplina durante o ano letivo

Leia mais

Critérios de Avaliação dos CEF Curso de Operador Informático 2012/2013

Critérios de Avaliação dos CEF Curso de Operador Informático 2012/2013 Critérios de Avaliação dos CEF Curso de Operador Informático Língua Portuguesa 2012/2013 ATITUDES Formação para a cidadania. Apresentação dos materiais necessários, cumprimento de tarefas propostas, assiduidade,

Leia mais

Cuidados Continuados Integrados Perspetivas de Desenvolvimento

Cuidados Continuados Integrados Perspetivas de Desenvolvimento 6 de junho de 2016 Manhã Cuidados Continuados Integrados Perspetivas de Desenvolvimento 08h30 09h30 10h30 11h15 11h45 Receção dos participantes Sessão de abertura José António Vieira da Silva, Ministro

Leia mais

CICLO DE SEMINÁRIOS TRANSVERSALIDADES EM SAÚDE: A ECONOMIA, A GESTÃO E A ÉTICA. Uma parceria:

CICLO DE SEMINÁRIOS TRANSVERSALIDADES EM SAÚDE: A ECONOMIA, A GESTÃO E A ÉTICA. Uma parceria: CICLO DE SEMINÁRIOS TRANSVERSALIDADES EM SAÚDE: A ECONOMIA, A GESTÃO E A ÉTICA Uma parceria: CICLO DE SEMINÁRIOS TRANSVERSALIDADES EM SAÚDE: A ECONOMIA, A GESTÃO E A ÉTICA Uma parceria: CICLO DE SEMINÁRIOS

Leia mais

CURSO DE ORIENTADORES DE FORMAÇÃO EM MEDICINA INTERNA

CURSO DE ORIENTADORES DE FORMAÇÃO EM MEDICINA INTERNA ACÇÃO DE FORMAÇÃO Nº 09 / 2016 CURSO DE ORIENTADORES DE FORMAÇÃO EM MEDICINA INTERNA INTRODUÇÃO: O NEFMI tem como missão o investimento na formação pós-graduada em Medicina Interna. Ora, essa formação

Leia mais

PAI, VEM ME VER Editado pela Chiado Editora em Setembro de 2012

PAI, VEM ME VER Editado pela Chiado Editora em Setembro de 2012 PAI, VEM ME VER Editado pela Chiado Editora em Setembro de 2012 (Autor) Nuno Vilaranda. Nascido em 1979, é Guarda da Guarda Nacional Republicana desde 2004. É membro vogal da direção da Associação Portuguesa

Leia mais

Agrupamento de Escolas nº 2 de Évora

Agrupamento de Escolas nº 2 de Évora Agrupamento de Escolas nº 2 de Évora RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DO PLANO ANUAL E PLURIANUAL DE ATIVIDADES 2011/2012 PLANO ANUAL E PLURIANUAL DE ATIVIDADES 2011/2012 RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO Pré-escolar e 1º

Leia mais

Relatório de Avaliação

Relatório de Avaliação INTERVENÇÃO E QUALIDADE EM COMPORTAMENTOS ADITIVOS E DEPENDÊNCIAS Relatório de Avaliação O SICAD tem como missão, promover a redução do consumo de substâncias psicoativas, a prevenção dos comportamentos

Leia mais

Direito da Comunicação Social

Direito da Comunicação Social Programa Direito da Comunicação Social 1.ª Sessão 2 Maio, Quinta-feira, 18h30m Apresentação do Curso Presidente ERC - Dr. Carlos Magno Presidente ICJP da FDUL - Prof. Doutor Jorge Miranda O Serviço Público

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO Nº 147 MARÇO DE No mês de Março de 2009, o Conselho Superior do Ministério Público reuniu em

BOLETIM INFORMATIVO Nº 147 MARÇO DE No mês de Março de 2009, o Conselho Superior do Ministério Público reuniu em S. R. PROCURADORIA-GERAL DA REPÚBLICA CONSELHO SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO BOLETIM INFORMATIVO Nº 147 MARÇO DE 2009 No mês de Março de 2009, o Conselho Superior do Ministério Público reuniu em Plenários

Leia mais

Estágio Supervisionado em Química I

Estágio Supervisionado em Química I Estágio Supervisionado em Química I Profª Tathiane Milaré AULA 1 Planejamento das atividades Objetivos Gerais da Disciplina vivenciar situações do cotidiano da escola e, em especial, aquelas dirigidas

Leia mais

Sexta-feira, 15 de Fevereiro

Sexta-feira, 15 de Fevereiro Programa (versão longa) Sexta-feira, 15 de Fevereiro 9.00 Entrega da documentação (entrada do CIFOP) 9.30 Sessão de abertura (anfiteatro do CIFOP) Comissão organizadora, presidente do DDTE e coordenador

Leia mais

Curso Avançado de Proteção de Dados

Curso Avançado de Proteção de Dados Programa Curso Avançado de Proteção de Dados A atualidade e diversidade das matérias que estão a coberto da proteção de dados pessoais, torna pertinente a apresentação de um novo curso monotemático na

Leia mais

Ministério da Educação e Ciência Resultados da 1ª Fase do Concurso Nacional de Acesso de 2015

Ministério da Educação e Ciência Resultados da 1ª Fase do Concurso Nacional de Acesso de 2015 14511846 ALEXANDRA RODRIGUES PAIS Colocada em 5402 9007 14157296 ANA CAROLINA FERREIRA MENDES Colocada em 1103 9223 14508883 ANA RITA BARBOSA DE SOUSA Colocada em 1110 9813 15375156 ANA RITA MADANÇOS VILAÇA

Leia mais

CURSO DE GESTÃO DA QUALIDADE EM IPSS E PRIVADOS (4ª edição)

CURSO DE GESTÃO DA QUALIDADE EM IPSS E PRIVADOS (4ª edição) CURSO DE GESTÃO DA QUALIDADE EM IPSS E PRIVADOS (4ª edição) A necessidade de renovar as práticas e as metodologias de intervenção social com vista a aumentar a eficácia e a eficiência do trabalho com os

Leia mais

Direcção do Curso. Órgãos de Gestão da Faculdade de Medicina e Lisboa. Secretariado. Objectivos Gerais:

Direcção do Curso. Órgãos de Gestão da Faculdade de Medicina e Lisboa. Secretariado. Objectivos Gerais: Direcção do Curso Prof. Doutor Henrique Bicha Castelo Prof. Doutor Jorge Mineiro Prof. Dr. Lucindo Ormonde Dra. Helena Gomes Santos Órgãos de Gestão da Faculdade de Medicina e Lisboa Director Prof. Doutor

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA PROGRAMA DE DISCIPLINA Disciplina: DEONTOLOGIA JURÍDICA Código da Disciplina: JUR268 Curso: DIREITO Semestre de oferta da disciplina: 2º Faculdade responsável: DIREITO Programa em vigência a partir de:

Leia mais

CURRICULUM VITAE RAUL CARLOS VASQUES ARAÚJO

CURRICULUM VITAE RAUL CARLOS VASQUES ARAÚJO CURRICULUM VITAE RAUL CARLOS VASQUES ARAÚJO Novembro de 2016 I - IDENTIFICAÇÃO Nome - RAUL CARLOS VASQUES ARAÚJO Estado civil - Casado Naturalidade - Luanda Nacionalidade - Angolana Data de nascimento

Leia mais

Universidade Federal do Piauí Centro de Ciências da Natureza PROCESSO SELETIVO 2014 MANUAL DO CANDIDATO

Universidade Federal do Piauí Centro de Ciências da Natureza PROCESSO SELETIVO 2014 MANUAL DO CANDIDATO Universidade Federal do Piauí Centro de Ciências da Natureza PROCESSO SELETIVO 2014 MANUAL DO CANDIDATO PENSE 2014 CENTRO DE CIÊNCIAS DA NATUREZA(CCN) Prof. Dr. José Arimatéia Dantas Lopes MAGNÍFICO REITOR

Leia mais

SERVIÇOS DE PSICOLOGIA E ORIENTAÇÃO SPO

SERVIÇOS DE PSICOLOGIA E ORIENTAÇÃO SPO SERVIÇOS DE PSICOLOGIA E ORIENTAÇÃO SPO DECRETO-LEI Nº190/1991 DE 17 MAIO DECRETO-LEI Nº300/1997 DE 31 OUTUBRO / PORTARIA Nº 63 / 2001 DE 30 DE JANEIRO A escola e seus actores Agrupamento de Escolas de

Leia mais

Oficina de Formação A Utilização do Microsoft Excel na Atividade Docente (Data de início: 29/06/ Data de fim: 30/06/2015)

Oficina de Formação A Utilização do Microsoft Excel na Atividade Docente (Data de início: 29/06/ Data de fim: 30/06/2015) Oficina de Formação A Utilização do Microsoft Excel na Atividade Docente (Data de início: 29/06/2015 - Data de fim: 30/06/2015) I - Autoavaliação (formandos) A- Motivação para a Frequência da Ação 1- Identifique,

Leia mais

AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL Relatório Geral das Disciplinas

AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL Relatório Geral das Disciplinas AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL Relatório Geral das Disciplinas FIPEL 1 semestre 2010 Comissão Própria de Avaliação - CPA 1 Coordenação de Avaliação Institucional - COGEAV Equipe Técnica / Elaboração do Relatório

Leia mais

CURRICULUM VITAE RAUL CARLOS VASQUES ARAÚJO

CURRICULUM VITAE RAUL CARLOS VASQUES ARAÚJO CURRICULUM VITAE RAUL CARLOS VASQUES ARAÚJO Março 2011 I - IDENTIFICAÇÃO Nome - RAUL CARLOS VASQUES ARAÚJO Estado civil - Casado Naturalidade - Luanda Nacionalidade - Angolana Data de nascimento - 21 de

Leia mais

Questionário de Avaliação da Satisfação de Utilizadores

Questionário de Avaliação da Satisfação de Utilizadores Questionário de Avaliação da Satisfação de Utilizadores Análise dos resultados obtidos Grupo de Trabalho Gestão de Documentos de Arquivo FICHA TÉCNICA Total de respostas obtidas: 33 Tipologia da questões:

Leia mais

SERVIÇO DE PSICOLOGIA CLÍNICA. Hospital de Sousa Martins Unidade Local de Saúde da Guarda, E.P.E.

SERVIÇO DE PSICOLOGIA CLÍNICA. Hospital de Sousa Martins Unidade Local de Saúde da Guarda, E.P.E. Hospital de Sousa Martins Unidade Local de Saúde da Guarda, E.P.E. Actividades Avaliação psicológica / psico-pedagógica; Intervenção psicoterapêutica; Aconselhamento psicológico; Intervenção em crise;

Leia mais

EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS

EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS INSPEÇÃO-GERAL DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA PROGRAMA ACOMPANHAMENTO EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS RELATÓRIO Agrupamento de Escolas de Fajões 2014-2015 RELATÓRIO DE ESCOLA Agrupamento de Escolas de Fajões

Leia mais

Relatório do Curso de Regulamento Administrativo e Plano de Cargos e Salários

Relatório do Curso de Regulamento Administrativo e Plano de Cargos e Salários Assembleia Legislativa do Estado de Goiás Relatório do Curso de Regulamento Administrativo e Plano de Cargos e Salários Goiânia Novembro de 2016 1. Descrição geral da atividade A, da Assembleia Legislativa

Leia mais

DAP DINÂMICAS DE ACÇÃO-PREVENÇÃO

DAP DINÂMICAS DE ACÇÃO-PREVENÇÃO DAP DINÂMICAS DE ACÇÃO-PREVENÇÃO Apresentação do Projecto Escola E.B 2,3 Passos José OBJECTIVOS GERAIS Fomentar a integração dos alunos no contexto escolar, promovendo o sucesso educativo Agir preventiva

Leia mais

Imigração, migrantes e asilo no Espaço de Liberdade, Segurança e Justiça

Imigração, migrantes e asilo no Espaço de Liberdade, Segurança e Justiça Imigração, migrantes e asilo no Espaço de Liberdade, Segurança e Justiça Coordenadores: Prof. Doutor Fausto de Quadros e Mestre Alice Feiteira Duração: 26 de Janeiro de 2012 a 15 de Março de 2012, às quintas

Leia mais

DOCUMENTO DE APRESENTAÇÃO

DOCUMENTO DE APRESENTAÇÃO DOCUMENTO DE APRESENTAÇÃO STATUS 5 é o código de Rádio utilizado pelas equipas médicas de emergência pré-hospitalar para informar o CODU da sua chegada à vítima de doença súbita ou traumatismo. STATUS

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular INFRAESTRUTURAS TÉCNICAS Ano Lectivo 2016/2017

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular INFRAESTRUTURAS TÉCNICAS Ano Lectivo 2016/2017 Programa da Unidade Curricular INFRAESTRUTURAS TÉCNICAS Ano Lectivo 2016/2017 1. Unidade Orgânica Arquitectura e Artes (1º Ciclo) 2. Curso Arquitectura 3. Ciclo de Estudos 2º 4. Unidade Curricular INFRAESTRUTURAS

Leia mais

Serra do Saber. Formação Pedagógica Inicial de Formadores

Serra do Saber. Formação Pedagógica Inicial de Formadores Formação Pedagógica Inicial de Formadores Fundamentação Este curso apresenta de uma forma clara e recorrendo a uma metodologia teórico-prática, os conhecimentos necessários para a formação de formadores

Leia mais

BIBLIOGRAFIA 6. BIBLIOGRAFIA

BIBLIOGRAFIA 6. BIBLIOGRAFIA 6. BIBLIOGRAFIA Bento, J. (1991). Desporto, Saúde; Vida. Em Defesa do Desporto. Cultura Física. Livros Horizonte, Lisboa.. Branco, P. (1994). O Município e o Desporto: Contributo para a Definição de um

Leia mais

PROJETO DE FORMAÇÃO DOCENTE. CURSO: NORMAL SUPERIOR ANOS INICIAIS ÁREA DE CONHECIMENTO EDUCAÇÃO TITULO DO CURSO

PROJETO DE FORMAÇÃO DOCENTE. CURSO: NORMAL SUPERIOR ANOS INICIAIS ÁREA DE CONHECIMENTO EDUCAÇÃO TITULO DO CURSO INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR SANT ANA Rua Pinheiro Machado, n 189 Centro Ponta Grossa - PR CEP 84.010-310 Fone (0**42) 224-0301 Endereço Eletrônico: www.interponta.com.br/santana PROJETO DE FORMAÇÃO

Leia mais

Relatório de Análise sobre as Demandas do Sistema de Justiça aos Serviços Públicos Municipais de Saúde e Assistência Social

Relatório de Análise sobre as Demandas do Sistema de Justiça aos Serviços Públicos Municipais de Saúde e Assistência Social Relatório de Análise sobre as Demandas do Sistema de Justiça aos Serviços Públicos Municipais de Saúde e Assistência Social Gestão Coletivizar para Seguir na Luta Marta de Lourdes de Almeida Nunes Assistente

Leia mais

30/05 a 03/06. Hospital de Faro, E.P.E. Inscrição obrigatória até 27 Maio

30/05 a 03/06. Hospital de Faro, E.P.E. Inscrição obrigatória até 27 Maio O mundo é um lugar perigoso de se viver, não por causa daqueles que fazem o mal, mas sim por causa daqueles que observam e deixam o mal acontecer (Einstein) 30/05 a 03/06 Hospital de Faro, E.P.E. Inscrição

Leia mais

Europass-Curriculum Vitae

Europass-Curriculum Vitae Europass-Curriculum Vitae Informação pessoal Apelido(s) / Nome(s) próprio(s) Morada Rua da Laginha, nº 1, 3560-049, Lamas, Portugal. Telefone(s) +351 232661032 Telemóvel: +351 934366290 Fax(es) Correio(s)

Leia mais

Programa de Promoção de Competências

Programa de Promoção de Competências Programa de Promoção de Competências Início: 15 de Junho Fim: 26 de Outubro Duração por sessão: 90 minutos Periodicidade: semanal / Bi-semanal Horário: 10h00 11h30 / 14h30 16h00 População Abrangida: Casais

Leia mais

Curso Livre Online. Gestão de Parques e Reservas Naturais e Culturais. Plano Modular. Centro Português de Geo-História e Pré-História

Curso Livre Online. Gestão de Parques e Reservas Naturais e Culturais. Plano Modular. Centro Português de Geo-História e Pré-História Curso Livre Online Gestão de Parques e Reservas Naturais e Culturais Plano Modular Centro Português de Geo-História e Pré-História Apresentação da entidade organizadora Centro Português de Geo História

Leia mais

Colégio de Alfragide. Informações 2.º Ano. Ano Letivo 2016/2017 Professor Patrícia Marques

Colégio de Alfragide. Informações 2.º Ano. Ano Letivo 2016/2017 Professor Patrícia Marques Sala 2º ano Colégio de Alfragide Informações 2.º Ano Ano Letivo 2016/2017 Professor Patrícia Marques Equipa Pedagógica Diretor Pedagógico Coordenadora 1º Ciclo Professor Titular Expressão Plástica Educação

Leia mais

CURSO DE ANÁLISE DE RECURSOS DE INFRAÇÕES DE TRÂNSITO RELATÓRIO DE ATIVIDADES CONSOLIDADO

CURSO DE ANÁLISE DE RECURSOS DE INFRAÇÕES DE TRÂNSITO RELATÓRIO DE ATIVIDADES CONSOLIDADO CURSO DE ANÁLISE DE RECURSOS DE INFRAÇÕES DE TRÂNSITO RELATÓRIO DE ATIVIDADES CONSOLIDADO NATAL/RN Realização: 15 a 17 de junho de 2009. RELATÓRIO CONSOLIDADO Página 1 de 6 11/8/2009 1. Dados gerais Município

Leia mais

COMISSÃO NACIONAL DE ESTÁGIO E FORMAÇÃO

COMISSÃO NACIONAL DE ESTÁGIO E FORMAÇÃO COMISSÃO NACIONAL DE ESTÁGIO E FORMAÇÃO Organização Judiciária Programa I Introdução 1 Conceito e âmbito da organização judiciária: 1.1. Considerações preliminares 1.2. Conceito 1.3. Âmbito 2 Noções fundamentais

Leia mais

Centro de Simulação Biomédica Serviço de Anestesiologia Bloco Operatório Central Hospitais da Universidade de Coimbra

Centro de Simulação Biomédica Serviço de Anestesiologia Bloco Operatório Central Hospitais da Universidade de Coimbra Serviço de Anestesiologia Bloco Operatório Central Curso Direito para executivos hospitalares Uma questão de responsabilidade, Quarta feira, 6 de Outubro 2010 Workshop Curso DIREITO PARA EXECUTIVOS E DIRECTORES

Leia mais

Paula Cristina Pereira de Azevedo Pamplona Ramos, casada, nascida a , na freguesia de Nossa Senhora da Conceição, Angra do Heroísmo.

Paula Cristina Pereira de Azevedo Pamplona Ramos, casada, nascida a , na freguesia de Nossa Senhora da Conceição, Angra do Heroísmo. NOTA BIOGRÁFICA. 1 - Dados Pessoais Paula Cristina Pereira de Azevedo Pamplona Ramos, casada, nascida a 23-08- 1967, na freguesia de Nossa Senhora da Conceição, Angra do 2 - Habilitações Literárias Ensino

Leia mais

Tema do dia: A REALIDADE DA SEGURANÇA PÚBLICA NO BRASIL

Tema do dia: A REALIDADE DA SEGURANÇA PÚBLICA NO BRASIL APRESENTAÇÃO Debater estratégias que permitam compatibilizar um modelo de polícia democrática, a promoção do direito à segurança pública e o respeito aos direitos dos profissionais da área, tendo como

Leia mais

SACEE. Serviço de Apoio à Criação de Emprego e Estágios

SACEE. Serviço de Apoio à Criação de Emprego e Estágios SACEE Serviço de Apoio à Criação de Emprego e Estágios DRIE Serviço de Apoio à Criação de Emprego e Estágios Serviço do Projecto Empreendedor Serviço de Relações Internacionais Objectivos No sentido de

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA. Disciplina: TEORIA GERAL DO PROCESSO Código da Disciplina: JUR214 Curso: DIREITO Semestre de oferta da disciplina: 3º

PROGRAMA DE DISCIPLINA. Disciplina: TEORIA GERAL DO PROCESSO Código da Disciplina: JUR214 Curso: DIREITO Semestre de oferta da disciplina: 3º PROGRAMA DE DISCIPLINA Disciplina: TEORIA GERAL DO PROCESSO Código da Disciplina: JUR214 Curso: DIREITO Semestre de oferta da disciplina: 3º Faculdade responsável: DIREITO Programa em vigência a partir

Leia mais

Avaliação Global dos Espaços de Estudo da NMS FCM

Avaliação Global dos Espaços de Estudo da NMS FCM Avaliação Global dos Espaços de Estudo da NMS FCM Associação de Estudantes da NOVA Medical School Faculdade de Ciências Médicas 2016/2017 geral@aefcm.pt aefcm.pt Introdução A implementação de estratégias

Leia mais

REGULAMENTO 1º CONCURSO DE PROJECTOS DE INVESTIGAÇÃO CENTRO DE INVESTIGAÇÃO EM CIÊNCIAS EMPRESARIAIS

REGULAMENTO 1º CONCURSO DE PROJECTOS DE INVESTIGAÇÃO CENTRO DE INVESTIGAÇÃO EM CIÊNCIAS EMPRESARIAIS REGULAMENTO 1º CONCURSO DE PROJECTOS DE INVESTIGAÇÃO DO CENTRO DE INVESTIGAÇÃO EM CIÊNCIAS EMPRESARIAIS 1. Âmbito O presente Regulamento visa definir as condições de acesso e financiamento a projectos

Leia mais

EXPERIÊNCIA DE CERTIFICAÇÃO E ACREDITAÇÃO

EXPERIÊNCIA DE CERTIFICAÇÃO E ACREDITAÇÃO EXPERIÊNCIA DE CERTIFICAÇÃO E ACREDITAÇÃO 18 de Novembro 2016 ENQUADRAMENTO Hospital gerido em regime de Parceria Público-Privada, prestador de cuidados de saúde diferenciados, integrado na rede do SNS

Leia mais

RESULTADO DA AVALIAÇÃO REALIZADA PELOS ALUNOS DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS

RESULTADO DA AVALIAÇÃO REALIZADA PELOS ALUNOS DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS RESULTADO DA AVALIAÇÃO REALIZADA PELOS ALUNOS DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Palestra: ÁGUA E GESTÃO: REFLETINDO SOBRE O NOVO CENÁRIO Palestrantes: Gladys Nunes; Micheline Savignon; Rodrigo Ismael Lacerda Data:

Leia mais

Jornadas Educativas PENSAR A EDUCAÇÃO 2016 Agrup. Escolas de Vila Nova de Paiva 30 de abril e 7 de maio de 2016

Jornadas Educativas PENSAR A EDUCAÇÃO 2016 Agrup. Escolas de Vila Nova de Paiva 30 de abril e 7 de maio de 2016 Jornadas Educativas PENSAR A EDUCAÇÃO 2016 Agrup. Escolas de Vila Nova de Paiva 30 de abril e 7 de maio de 2016 PROGRAMA INFORMAÇÕES AOS FORMANDOS Nome do curso Jornadas Educativas Pensar a Educação 2016

Leia mais

Europass curriculum vitae

Europass curriculum vitae Europass curriculum vitae Informação pessoal Apelido(s) - Nome(s) Morada(s) Correio(s) eletrónico(s) Carvalho, Rute Alexandra Tomás Rua António Pinheiro Lacerda, N.º 7, 2630-370 Arruda dos Vinhos Telefone(s)

Leia mais

XVII SEPEX SEMANA DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

XVII SEPEX SEMANA DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO XVII SEPEX SEMANA DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO EDITAL DE CHAMADA DE TRABALHOS 1 APRESENTAÇÃO - A Faculdade Católica Salesiana do Espírito Santo promoverá, entre os dias 08 a 09 de dezembro de 2015, a

Leia mais

Relatório da Palestra: Relacionamento Interpessoal no Ambiente de Trabalho

Relatório da Palestra: Relacionamento Interpessoal no Ambiente de Trabalho Assembleia Legislativa do Estado de Goiás Relatório da Palestra: Relacionamento Interpessoal no Ambiente de Trabalho Goiânia Maio de 2016 1. Descrição geral da atividade A, da Assembleia Legislativa do

Leia mais

INQUÉRITO ao EMPREGO Católica Porto Apresentação síntese de resultados

INQUÉRITO ao EMPREGO Católica Porto Apresentação síntese de resultados INQUÉRITO ao EMPREGO Católica Porto 2014 Apresentação síntese de resultados Escola de Direito [ED] 47% 78% 60% 64% 91% 94% Rigor na informação prestada Elevada taxa de resposta 22% 26% Instituto Superior

Leia mais

FORMAÇÃO AVANÇADA EM ALERGOLOGIA PEDIÁTRICA PROGRAMA

FORMAÇÃO AVANÇADA EM ALERGOLOGIA PEDIÁTRICA PROGRAMA FORMAÇÃO AVANÇADA EM ALERGOLOGIA PEDIÁTRICA sexta-feira, das 17h30 às 20h45 sábado, das 09h00 às 13h30 um módulo por mês Comissão Coordenadora Prof. Doutor Fernando Coelho Rosa, Pediatra, ICS-Católica

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular MÉTODOS DE INVESTIGAÇÃO EM PSICOLOGIA CLÍNICA Ano Lectivo 2013/2014

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular MÉTODOS DE INVESTIGAÇÃO EM PSICOLOGIA CLÍNICA Ano Lectivo 2013/2014 Programa da Unidade Curricular MÉTODOS DE INVESTIGAÇÃO EM PSICOLOGIA CLÍNICA Ano Lectivo 2013/2014 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (2º Ciclo) 2. Curso Mestrado em Psicologia Clínica 3. Ciclo

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO, DE PROVAS E TÍTULOS, PARA INGRESSO NA CARREIRA DA DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DE MINAS GERAIS

CONCURSO PÚBLICO, DE PROVAS E TÍTULOS, PARA INGRESSO NA CARREIRA DA DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DE MINAS GERAIS CONCURSO PÚBLICO, DE PROVAS E TÍTULOS, PARA INGRESSO NA CARREIRA DA DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DE MINAS GERAIS Direito Constitucional, Financeiro e Tributário: 1. Titular: Dr. Rodrigo Murad do Prado

Leia mais

Sistema de Gestão da Qualidade (SGQ) - PGM. Relatório de Avaliação da Satisfação Clientes/Familiares

Sistema de Gestão da Qualidade (SGQ) - PGM. Relatório de Avaliação da Satisfação Clientes/Familiares Sistema de Gestão da Qualidade (SGQ) - PGM Relatório de Avaliação da Satisfação Clientes/Familiares 2012 ÍNDICE Introdução... 3 Resultados Globais...... 3 Centro Educativo..... 6 Formação Profissional.....

Leia mais

Perfil da presença feminina no tecido empresarial português. 8 de Março 2012

Perfil da presença feminina no tecido empresarial português. 8 de Março 2012 Perfil da presença feminina no tecido empresarial português Sumário executivo Em Portugal : 54,9% das empresas têm pelo menos uma mulher nos seus cargos de gestão e direcção: 44,8% têm uma equipa mista,

Leia mais

Crise Social & Crise das Políticas Sociais

Crise Social & Crise das Políticas Sociais V Seminário International do CESSS Crise Social & Crise das Políticas Sociais Lisboa 31Maio & 1 Junho 2012 Sala 121 FCH I. Contexto e Objectivos Este seminário enquadra-se no âmbito do plano de actividades

Leia mais

UNIVERSIDADE DO CEUMA UniCEUMA. Curso de Direito. Núcleo de Atividades Complementares NAC

UNIVERSIDADE DO CEUMA UniCEUMA. Curso de Direito. Núcleo de Atividades Complementares NAC 1 EDITAL NAC nº01/2016 NÚCLEO DE ESTUDOS EM VIOLÊNCIA E CIDADANIA NEVIC PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PIBIC A Coordenação do, através de seu Núcleo de Atividades Complementares

Leia mais

Grelha de Avaliação Contínua Qualitativa - Aulas Clínicas Ano letivo XXXX-XXXX, X.º semestre

Grelha de Avaliação Contínua Qualitativa - Aulas Clínicas Ano letivo XXXX-XXXX, X.º semestre Grelha de Avaliação Contínua Qualitativa - Aulas Clínicas Área Disciplinar: Número de aluno: 1. Assiduidade e pontualidade 2. Participação e integração no conteto clínico 3. Relação com doentes e familiares

Leia mais

CENSO ESCOLAR - EDUCACENSO

CENSO ESCOLAR - EDUCACENSO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA DIRETORIA DE ESTATÍSTICAS EDUCACIONAIS COORDENAÇÃO GERAL DO CENSO ESCOLAR DA EDUCAÇÃO BÁSICA CENSO ESCOLAR

Leia mais

AVALIAÇÃO DO CURSO DE COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL

AVALIAÇÃO DO CURSO DE COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL AVALIAÇÃO DO CURSO DE COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL Outubro 2009 ÍNDICE 1. Introdução 3 2. População e Amostra 3 3. Apresentação de Resultados 4 3.1. Opinião dos alunos de Comunicação Organizacional sobre

Leia mais

PLANO DE CURSO. Formação para Profissionais. PORTUGAL ANGOLA MOÇAMBIQUE CABO VERDE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE BRASIL

PLANO DE CURSO. Formação para Profissionais.  PORTUGAL ANGOLA MOÇAMBIQUE CABO VERDE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE BRASIL PLANO DE CURSO PORTUGAL ANGOLA MOÇAMBIQUE CABO VERDE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE BRASIL Formação para Profissionais + 2.000 Cursos Disponíveis A Melhor e Maior Oferta de Formação em Portugal + 1.300 Cursos na

Leia mais

Plano anual de atividades

Plano anual de atividades Plano anual de atividades Ano lectivo: 2014-2015 A Direção Pedagógica da Escola Profissional de Tecnologia e Eletrónica ESTEL, perseguindo o seu objetivo fundamental de contribuir para a educação, formação

Leia mais

Instituto Politécnico de Setúbal. Edital. Abertura de concurso documental para professor coordenador

Instituto Politécnico de Setúbal. Edital. Abertura de concurso documental para professor coordenador Instituto Politécnico de Setúbal Edital Abertura de concurso documental para professor coordenador 1 Nos termos da alínea a) do n.º 1 do artigo 6º do Regulamento de Recrutamento e Contratação do Pessoal

Leia mais

CALENDÁRIO ACADÊMICO UNIVERSITÁRIO UNILA 2017

CALENDÁRIO ACADÊMICO UNIVERSITÁRIO UNILA 2017 CALENDÁRIO ACADÊMICO UNIVERSITÁRIO UNILA 2017 Dias Mês Datas Atividades Letivos Janeiro 1 2 3 4 5 6 7 6 01 Dia da Confraternização Universal 8 9 10 11 12 13 14 6 9 a 17 Implantação no SIGAA das turmas

Leia mais

Atividades executadas durante o mês de Maio

Atividades executadas durante o mês de Maio RELATÓRIO PEDAGÓGICO REFERENTE AO MÊS DE MAIO DE 2016 Atividades executadas durante o mês de Maio EDUCAÇÃO INFANTIL E ENSINO FUNDAMENTAL I Acompanhamento e orientação do processo pedagógico. Acompanhamento

Leia mais

FICHA DE CURSO. Responsabilidade Médica 3.ª Edição

FICHA DE CURSO. Responsabilidade Médica 3.ª Edição FICHA DE CURSO Responsabilidade Médica 3.ª Edição DESCRIÇÃO DO CURSO Este Curso visa proporcionar uma formação aprofundada na área da Responsabilidade Médica, com particular destaque para a responsabilidade

Leia mais

I CURSO DE VERÃO DA NOVA DIREITO. Os Grandes Desafios ao Direito no Século XXI. 25.6.2013 a 25.7.2013 (30 horas; 3 ECTS)

I CURSO DE VERÃO DA NOVA DIREITO. Os Grandes Desafios ao Direito no Século XXI. 25.6.2013 a 25.7.2013 (30 horas; 3 ECTS) I CURSO DE VERÃO DA NOVA DIREITO Os Grandes Desafios ao Direito no Século XXI 25.6.2013 a 25.7.2013 (30 horas; 3 ECTS) Auditório A da FDUNL 3ª e 5ªs feiras 17.00h/20.00h O tempo de Verão não é apenas um

Leia mais

PROGRAMA PRELIMINAR DO IV SEMINÁRIO DA REDE BRASILEIRA DE MONITORAMENTO E AVALIAÇÃO

PROGRAMA PRELIMINAR DO IV SEMINÁRIO DA REDE BRASILEIRA DE MONITORAMENTO E AVALIAÇÃO PROGRAMA PRELIMINAR DO IV SEMINÁRIO DA REDE BRASILEIRA DE MONITORAMENTO E AVALIAÇÃO Dia 13.08.2012 (2a. feira) Local: Edifício Ventura Corporate Towers Av. República do Chile, 300 8 o. Andar Rio de Janeiro/RJ

Leia mais

CURSO ATENDIMENTO E RELACIONAMENTO COM O CLIENTE

CURSO ATENDIMENTO E RELACIONAMENTO COM O CLIENTE CURSO ATENDIMENTO E RELACIONAMENTO COM O CLIENTE ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO 03 2. DESENVOLVIMENTO A. Proposta pedagógica B. Investimento C. Condições de participação 03 03 04 04 3. FICHA DE INSCRIÇÃO 05 02 Moneris

Leia mais

Universidade de Évora Universidade de Aveiro. Universidade Nova de Lisboa - Faculdade de Ciências e Tecnologias

Universidade de Évora Universidade de Aveiro. Universidade Nova de Lisboa - Faculdade de Ciências e Tecnologias Universidade de Évora Universidade de Aveiro Universidade Nova de Lisboa - Faculdade de Ciências e Tecnologias Edital Abertura do Mestrado Gestão e Poĺıticas Ambientais Ano Letivo 2015/2016 1. O Curso

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação Instituída nos termos da Lei nº 5.152, de 21/10/1966 São Luís - Maranhão.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação Instituída nos termos da Lei nº 5.152, de 21/10/1966 São Luís - Maranhão. UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação Instituída nos termos da Lei nº 5.15, de 1/10/1966 São Luís - Maranhão. Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GERONTOLOGIA SOCIAL

Leia mais

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES 2009 ESTBarreiro/IPS. ANEXO C Constituição de Júris e Comissões

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES 2009 ESTBarreiro/IPS. ANEXO C Constituição de Júris e Comissões ANEXO C Constituição de Júris e Comissões 120 C.1 Concursos Especiais e Regimes de Mudança e Transferência de Curso para o Ano Lectivo 2008/2009 (regimes diurno e nocturno) Presidente: Prof. José Miguel

Leia mais

Cerimónia de Tomada de Posse da Direcção do Colégio de Ortodontia da OMD. 19 de Setembro h30 Lisboa

Cerimónia de Tomada de Posse da Direcção do Colégio de Ortodontia da OMD. 19 de Setembro h30 Lisboa Cerimónia de Tomada de Posse da Direcção do Colégio de Ortodontia da OMD 19 de Setembro 2016 20h30 Lisboa Saudações Excelentíssimo Senhor Bastonário da Ordem dos Médicos Dentistas, Doutor Orlando Monteiro

Leia mais

POAT/FSE: Gerir, Conhecer e Intervir

POAT/FSE: Gerir, Conhecer e Intervir POAT/FSE: Gerir, Conhecer e Intervir 1. INTRODUÇÃO O presente seminário, realizado em Loures no dia 13 de Novembro de 2014 numa organização conjunta SERGA com a Câmara Municipal de Loures contou com a

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE PAIS E ENCARREGADOS DE EDUCAÇÃO DO AGRUPAMENTO VERTICAL IRENE LISBOA

ASSOCIAÇÃO DE PAIS E ENCARREGADOS DE EDUCAÇÃO DO AGRUPAMENTO VERTICAL IRENE LISBOA RELATÓRIO DE ACTIVIDADE ANO LECTIVO 2011/2012 Porto, 30 de Novembro de 2012 A. Órgãos Sociais ano lectivo 2011/2012 B. Pais Representantes no Conselho Geral ano lectivo 2011/2012 C. Associados ano lectivo

Leia mais

Auto-Avaliação do Desempenho Docente da FACENE

Auto-Avaliação do Desempenho Docente da FACENE Auto-Avaliação do Desempenho Docente da FACENE - 2011 Foram analisadas as respostas dos professores da FACENE no período letivo 2011.1 e 2011.2, a um questionário estruturado, perfazendo um total de 80

Leia mais

Dia do Investigador 2ª Edição Programa

Dia do Investigador 2ª Edição Programa Dia do Investigador 2ª Edição Programa Museu Nacional de Arqueologia Salão Nobre 13 de Janeiro 2014 No dia 13 de Janeiro de 2014 realiza-se a segunda edição do Dia do Investigador do Museu Nacional e Arqueologia.

Leia mais

OS MEDIA E A SAÚDE MENTAL ANÁLISE DE CONTEÚDO DE NOTÍCIAS PUBLICADAS POR MEIOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PORTUGUESES. Junho 2016

OS MEDIA E A SAÚDE MENTAL ANÁLISE DE CONTEÚDO DE NOTÍCIAS PUBLICADAS POR MEIOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PORTUGUESES. Junho 2016 OS MEDIA E A SAÚDE MENTAL ANÁLISE DE CONTEÚDO DE NOTÍCIAS PUBLICADAS POR MEIOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PORTUGUESES Junho 2016 AMOSTRA AMOSTRA Recolha de notícias publicadas sobre Saúde Mental entre Janeiro

Leia mais

Ilha Terceira. Codificação nas Regiões Autónomas: 26 e 27 de Fevereiro de Lisandra Martins Médica 4º ano do IFE Cirurgia Geral

Ilha Terceira. Codificação nas Regiões Autónomas: 26 e 27 de Fevereiro de Lisandra Martins Médica 4º ano do IFE Cirurgia Geral 26 e 27 de Fevereiro de 2016 Codificação nas Regiões Autónomas: Ilha Terceira Lisandra Martins Médica 4º ano do IFE Cirurgia Geral Coordenadora do Gabinete de Codificação Clínica: Dr.ª Mª Helena Correia

Leia mais

SEXTA EDIÇÃO DO PROJETO ESCOLA NO LEGISLATIVO QUALIFICA OS PARTICIPANTES DO PROJETO EMANCIPAR

SEXTA EDIÇÃO DO PROJETO ESCOLA NO LEGISLATIVO QUALIFICA OS PARTICIPANTES DO PROJETO EMANCIPAR SEXTA EDIÇÃO DO PROJETO ESCOLA NO LEGISLATIVO QUALIFICA OS PARTICIPANTES DO PROJETO EMANCIPAR Goiânia Outubro/2015 Descrição geral do Seminário A execução do projeto Escola no Legislativo, realizada no

Leia mais

Marques Fernandes, Fernando Manuel Quaresma Coelho

Marques Fernandes, Fernando Manuel Quaresma Coelho INFORMAÇÃO PESSOAL Marques Fernandes, Fernando Manuel Quaresma Coelho Sexo Masculino Data de nascimento 21/10/1967 Nacionalidade Português ÁREA FUNCIONAL De 22/10/2013 VEREADOR DA CÂMARA MUNICIPAL DE PONTA

Leia mais

REGULAMENTO DE FORMAÇÃO DE JUÍZES E ÁRBITROS WUSHU INSTITUIÇÃO/AUTORES FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE ARTES MARCIAIS CONSELHO DE ARBITRAGEM: AUGUSTO PINTO

REGULAMENTO DE FORMAÇÃO DE JUÍZES E ÁRBITROS WUSHU INSTITUIÇÃO/AUTORES FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE ARTES MARCIAIS CONSELHO DE ARBITRAGEM: AUGUSTO PINTO REGULAMENTO DE FORMAÇÃO DE JUÍZES E ÁRBITROS WUSHU INSTITUIÇÃO/AUTORES FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE ARTES MARCIAIS CONSELHO DE ARBITRAGEM: AUGUSTO PINTO GIL ARAÚJO JORGE PINHEIRO 2012 Página2 Regulamento de

Leia mais

CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA

CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA Pacajus - CE Maio/2011.1 Sumário Apoio e Parcerias:... 3 Justificativa... 4 Introdução... 5 Objetivos... 6 Objetivo Geral:... 6 Objetivo Específico:... 6 Público Alvo... 7

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO ESCOLA DE MUSICA

REGULAMENTO INTERNO ESCOLA DE MUSICA REGULAMENTO INTERNO DA ESCOLA DE MUSICA Artigo 1º Objecto A Associação Cultural Musimax é uma Escola do Ensino Artístico Especializado em Música, e tem como principal objecto o ensino da música. Artigo

Leia mais

Curso de Formação Para. Animadores Científicos

Curso de Formação Para. Animadores Científicos Curso de Formação Para Animadores Científicos AEFCUP - Porto Ficha Informativa Curso de Formação para Cientistas 1. A Empresa A Science4you é uma empresa 100% Nacional que teve origem em Janeiro de 2008.

Leia mais