CADERNO DE ENCARGOS OBRA: CONSTRUÇÃO DA AC SÃO PAULO DE OLIVENÇA ENDEREÇO: RUA TIRADENTES, S/Nº-CENTRO LOCAL: SÃO PAULO DE OLIVENÇA -AM CEP 69.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CADERNO DE ENCARGOS OBRA: CONSTRUÇÃO DA AC SÃO PAULO DE OLIVENÇA ENDEREÇO: RUA TIRADENTES, S/Nº-CENTRO LOCAL: SÃO PAULO DE OLIVENÇA -AM CEP 69."

Transcrição

1 CADERNO DE ENCARGOS OBRA: CONSTRUÇÃO DA AC SÃO PAULO DE OLIVENÇA ENDEREÇO: RUA TIRADENTES, S/Nº-CENTRO LOCAL: SÃO PAULO DE OLIVENÇA -AM CEP Objetivo 2. Definições 3. Condições Gerais 4. Normas e Práticas Complementares 5. Recebimento dos Serviços 6. Especificações Técnicas 7. Relação de Projetos 9. Orçamento Analítico Global (anexo) gpr/smds CADERNO DE ENCARGOS - AMAZONAS PÁGINA 1 DE 80

2 1. OBJETIVO. A presente especificação tem por finalidade descrever de forma clara, os serviços a serem executados e materiais a empregar, definindo Normas e Condutas Técnicas a serem observadas, na construção da AC SÃO PAULO DE OLIVENÇA, no imóvel sito na RUA TIRADENTES, S/Nº-CENTRO, SÃO PAULO DE OLIVENÇA -AM CEP , conforme segue nos itens abaixo. 2. DEFINIÇÕES. São empregados neste Caderno de Encargos, os seguintes termos entendidos segundo suas respectivas definições básicas: CONTRATANTE: Compreende a pessoa jurídica de Direito Público, representada pela Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, contratante dos serviços e obras a que se refere este Caderno de Encargos; CONTRATADA: Compreende a pessoa jurídica da empresa contratada pela ECT e encarregada da execução desses serviços e obras e/ou suas instalações, conforme os termos do Contrato; FISCALIZAÇÃO: Compreende os setores técnicos competentes da ECT, encarregados da fiscalização desses serviços e obras; LABORATÓRIO: Compreende a pessoa jurídica contratada pela CONTRATADA ou pela CONTRATANTE para realizar ensaios técnicos referentes aos serviços e/ou materiais empregados na obra; FABRICANTE: Compreende a pessoa jurídica que produz qualquer material, ou equipamento, utilizado pela CONTRATADA na execução das obras fiscalizadas pela ECT; 3. CONDIÇÕES GERAIS Deverão ser obedecidas as seguintes condições gerais: 3.1 Subcontratação: A Contratada não poderá, sob nenhum pretexto ou hipótese, subcontratar todos os serviços e obras objeto deste contrato A Contratada somente poderá subcontratar parte dos serviços se a subcontratação for admitida no contrato, bem como se for aprovada previa e expressamente pela fiscalização do Contratante Se autorizada a efetuar a subcontratação de parte dos serviços e obras, a Contratada realizará a supervisão e coordenação das atividades da subcontratada, bem como responderá perante o Contratante pelo rigoroso cumprimento das obrigações contratuais correspondentes ao objeto da subcontratação. gpr/smds CADERNO DE ENCARGOS - AMAZONAS PÁGINA 2 DE 80

3 3.2 Legislação, Normas e Regulamentos A Contratada será responsável pela observância das leis, decretos, regulamentos, portarias e normas federais, estaduais e municipais direta e indiretamente aplicáveis ao objeto do contrato, inclusive por suas subcontratadas e fornecedores Durante a execução dos serviços e obras, a Contratada deverá: Providenciar junto ao C.R.E.A. as Anotações de Responsabilidade Técnica ART(s) referentes ao objeto do contrato e especialidades pertinentes, nos termos da Lei n.º 6496/77; Obter junto à Prefeitura Municipal o alvará de construção, na forma das disposições em vigor; Obter junto ao INSS o Certificado de Matricula (C.E.I.) relativo ao objeto do contrato, de forma a possibilitar o licenciamento da execução dos serviços e obras, nos termos do Artigo 83 do Decreto Federal n.º 356/91; Apresentar à Delegacia Regional do Trabalho, antes do inicio dos trabalhos, as informações pertinentes à sua identificação e ao objeto do contrato, bem como o Programa de Condições e Meio Ambiente de Trabalho PCMAT; Responsabilizar-se pelo fiel cumprimento de todas as disposições e acordos relativos à legislação social e trabalhista em vigor, particularmente no que se refere ao pessoal alocado nos serviços e obras objeto do contrato; Atender às normas e portarias sobre segurança e saúde no trabalho e providenciar os seguros exigidos em lei e no Caderno de Encargos, na condição de única responsável por acidentes e danos, que eventualmente possam causar às pessoas físicas e jurídicas, direta ou indiretamente envolvidas nos serviços e obras objeto deste contrato; Efetuar o pagamento de todos os impostos, taxas e demais obrigações fiscais incidentes ou que vierem a incidir sobre o objeto do contrato, até o Recebimento Definitivo dos serviços e obras, e manter durante toda a execução do contrato as condições de habilitação A Contratada deverá manter no escritório do Canteiro de Obras em local bem visível e à disposição da FISCALIZAÇÃO, um quadro de controle de mão de obra, com a qualificação e o número de pessoas trabalhando na obra, diariamente atualizado. gpr/smds CADERNO DE ENCARGOS - AMAZONAS PÁGINA 3 DE 80

4 3.3 Projeto dos Serviços e Obras A ECT fornecerá à Contratada todos os projetos básicos que compõem o objeto do contrato, de conformidade com as disposições do Caderno de Encargos A Contratada providenciará a aprovação junto aos órgãos Federais, Estaduais e Municipais e Concessionárias de Serviços Públicos que exerçam controle sobre a execução dos serviços e obras, como a Prefeitura Municipal, Corpo de Bombeiros, Concessionária de Energia Elétrica e de Telefonia, de Águas e Saneamento, etc A Contratada deverá executar os serviços e obras em conformidade com os projetos, memoriais, especificações e demais elementos de projeto, bem como com as informações e instruções contidas no Caderno de Encargos Todos os elementos de projeto deverão ser minuciosamente estudados pela Contratada, antes e durante a execução dos serviços e obras, devendo informar por escrito à Fiscalização sobre qualquer eventual incoerência, falha ou omissão que for constatada Nenhum trabalho adicional ou modificação do projeto fornecido pela ECT será efetivado pela Contratada sem a prévia e expressa autorização da Fiscalização, respeitadas todas as disposições e condições estabelecidas no contrato Todas as eventuais modificações havidas no projeto durante a execução dos serviços e obras serão documentadas pela Contratada, que registrará as revisões e complementações dos elementos integrantes do projeto, incluindo os desenhos como construídos (as built). Todas as despesas para tal procedimento, deverão obrigatoriamente estar embutidas no BDI A Contratada deverá manter no escritório do Canteiro de Obras à disposição da FISCALIZAÇÃO e sob sua responsabilidade, o Diário de Obras, onde deverão ser anotados todos os eventos que de alguma maneira sejam relevantes ao andamento dos serviços e obras A Contratada deverá manter no escritório do Canteiro de Obras à disposição da FISCALIZAÇÃO, o Cronograma Físico, em diagrama de barras GANT ou PERT/CPM, permanentemente atualizado em função do real desenvolvimento da Obra A Contratada submeterá previamente à aprovação da Fiscalização toda e qualquer alternativa de aplicação de materiais, serviços e/ou equipamentos a ser considerada na execução dos serviços e obras objeto do contrato, devendo comprovar rigorosamente a sua equivalência, de conformidade com os requisitos e condições estabelecidas no Caderno de Encargos. gpr/smds CADERNO DE ENCARGOS - AMAZONAS PÁGINA 4 DE 80

5 Os projetos de fabricação e montagem de componentes, instalações e/ou equipamentos, elaborados com base no projeto fornecido pela ECT como os de estruturas metálicas, caixilhos, móveis postais etc., deverão ser previamente submetidos à aprovação da Fiscalização O prazo de execução dos serviços é de 150 dias corridos, e a obra deverá ser iniciada em até 15 dias úteis após a assinatura do instrumento contratual O pagamento dos serviços ocorrerá segundo medições de quantitativos executados, em intervalos de 30 (trinta) dias entre as mesmas, a contar do primeiro dia de obra, determinado pela abertura do livro/ diário de obras. As 04 (quatro) parcelas previstas para reembolso serão pagas da seguinte forma: 30 (trinta) dias serviços preliminares, trabalhos em terra, infraestrutura, início da superestrutura, equivalente a 15,07% da obra; 60 (sessenta) dias conclusão da superestrutura, início das alvenarias, impermeabilizações, estrutura metálica, equivalente a 18,92% da obra; 90 (noventa) dias conclusão das alvenarias, início das esquadrias, conclusão da cobertura, início de revestimentos e pavimentação, início de instalações elétricas, instalações hidráulicas, instalações sanitárias, águas pluviais, e início do fechamento do terreno (muro) equivalente a 19,92% da obra; 120 (cento e vinte) dias conclusão de esquadrias, conclusão de revestimentos, continuação de pavimentação, conclusão de peitoris/soleiras/rodapés, continuação de instalações elétricas, conclusão de instalações sanitárias e águas pluviais, conclusão de louças e metais, continuação dos serviços relativos ao fechamento do terreno (muro), início da pintura, início da instalação de aparelhos de ar condicionado e fornecimento de aparelhos de ar condicionado, equivalente a 24,17% da obra; 150 (cento e cinqüenta) dias divisórias, vidrosp, espelhos, pavimentação, pintura, comunicação visual, muro, paisagismo, outros, combate a incêndio, e equipamentos, equivalente aos 21,92% restantes da obra. gpr/smds CADERNO DE ENCARGOS - AMAZONAS PÁGINA 5 DE 80

6 O serviço de as bulit equivale a 0,30% da obra. Os serviços de AVCP do Corpo de Bombeiros e Habite-se, Licença de Construção, Aprovação de Projeto, Regularização de Projeto, Vistoria e taxas de entrada na Prefeitura Municipal equivalem 0,84% da obra. Cada fatura deve ser entregue na SEPRO/ GEREN, Av. André Araújo no. 82 Aleixo, acompanhada dos seguintes documentos: 1- Recibo no valor da medição; 2- Guia de recolhimento da Previdência Social GRPS; 3- Relação atualizada do pessoal alocado para a obra com copias dos respectivos contratos de trabalho ou anotação em CTPS; 4- CND F.G.T.S.; 5- C.R.F.- INSS; 6- Certidão quanto a Dívida Ativa da União; 7- Certidão de quitação de tributos e contribuições federais; 8- G.F.I.P.- INSS; As notas fiscais não acompanhadas dos documentos referenciados ou mal preenchidas serão devolvidas O recebimento será realizado por depósito em conta bancária da contratada após atesto da fiscalização no verso da nota fiscal seguindo do prazos segundo tabela anexa. Atesto da Fiscalização Pagamento 01 a do mesmo mês 06 a do mesmo mês 11 a do mesmo mês 18 a do mês subseqüente 26 a do mês subseqüente A ECT através da Fiscalização terá plena autoridade para pedir a substituição de toda a mão de obra, inclusive o Engenheiro Residente, Mestre de Obra, etc., dentro de 48 horas se assim julgar necessário para o bom andamento dos serviços e obras A ECT, através da Fiscalização, terá plena autoridade para determinar a paralisação dos trabalhos, se assim julgar conveniente, por motivo de ordem técnica, segurança ou disciplina, bem como determinar a substituição de funcionários que julgar inconvenientes para o bom andamento dos serviços. Determinada a paralisação, os trabalhos somente serão reiniciados após a expedição de nova ordem de reinicio. gpr/smds CADERNO DE ENCARGOS - AMAZONAS PÁGINA 6 DE 80

7 3.4 Segurança e Saúde no Trabalho EMPRESA BRASILEIRA DE CORREIOS E TELÉGRAFOS Antes do inicio dos trabalhos, a Contratada deverá apresentar à Fiscalização as medidas de segurança a serem adotadas durante a execução dos serviços e obras, em atendimento aos princípios e disposições da NR 18 Condições e Meio Ambiente do Trabalho na Indústria da Construção A Contratada fornecerá aos seus funcionários todos os equipamentos de proteção individual exigidos pela NR 6 Equipamentos de Proteção Individual (EPI), tais como: capacetes e óculos especiais de segurança, protetores faciais, luvas e mangas de proteção, botas de borracha e cintos de segurança, de conformidade com a natureza dos serviços e obras em execução A Contratada manterá organizadas, limpas e em bom estado de higiene as instalações do canteiro de obras, especialmente as vias de circulação, passagens e escadarias, refeitórios e alojamentos, coletando e removendo regularmente as sobras de materiais, entulhos e detritos em geral A Contratada deverá estocar e armazenar os materiais de forma a não prejudicar o trânsito de pessoas e a circulação de materiais dentro e na calçada do imóvel, deve-se evitar a obstrução de portas e saídas de emergência, bem como o acesso aos equipamentos de combate a incêndio A Contratada manterá no canteiro de obras equipamentos de proteção contra incêndio e brigadas de combate a incêndio, na forma das disposições em vigor Caberá à Contratada comunicar à Fiscalização e, nos casos de acidentes fatais, à autoridade competente, da maneira mais detalhada possível, por escrito, todo tipo de acidente que ocorrer durante a execução dos serviços e obras, inclusive princípios de incêndio Cumprirá à Contratada manter no canteiro de obras medicamentos básicos e pessoais orientado para os primeiros socorros nos acidentes que ocorram durante a execução dos trabalhos, nos termos da NR Caberá à Contratada manter vigias que controlem a entrada e saída de materiais, máquinas, equipamentos e pessoas, bem como manter a ordem e disciplina em todas as dependências do canteiro de obras A ECT realizará inspeções periódicas no canteiro de obras, a fim de verificar o cumprimento das medidas de segurança adotadas nos trabalhos, o estado de conservação dos equipamentos de proteção individual e dos dispositivos de proteção de máquinas e ferramentas que ofereçam riscos aos trabalhadores, bem como a observância das demais condições estabelecidas pelas normas de segurança e saúde no trabalho. gpr/smds CADERNO DE ENCARGOS - AMAZONAS PÁGINA 7 DE 80

8 3.5 Das obrigações e recomendações técnicas A proponente deverá declarar, obrigatoriamente, por escrito, no ato da apresentação da proposta, que tomou conhecimento de todos os elementos que compõem o processo, não tendo dúvidas com relação aos serviços que devem ser executados. Não serão aceitas, sob hipótese alguma, alegações de falhas em decorrência de desconhecimento, incompreensão, dúvidas ou esquecimento Com base no conjunto de todas as peças que compõem este processo, recomenda-se fortemente que os concorrentes elaborarem seu próprio orçamento, obedecendo somente o modelo e a seqüência do orçamento-base fornecido pela ECT, que servirá apenas como parâmetro para elaboração da proposta orçamentária. Ainda, a proposta orçamentária de cada empresa deverá resultar da análise e conhecimento de todos os preços que compõem este processo. Às proponentes, recomenda-se efetuar seu próprio levantamento das quantidades necessárias à execução do serviço. O eventual acréscimo de serviços ou quantidades não indicados na planilha deverá ser objeto de questionamento técnico à CPL/DR/AM-RR, TEMPESTIVAMENTE, o qual, caso coerente, será esclarecido a todos os demais concorrentes de igual maneira. A ECT não aceitará quaisquer reivindicações posteriores sobre o preço ou quantidades A proponente deverá apresentar, no ato convocatório, cópia da planilha e do cronograma físico-financeiro tanto impresso como em disquete ou CD Os concorrentes deverão apresentar quando solicitado pela ECT, as COMPOSIÇÕES UNITÁRIAS dos serviços, para efeito de análise de preços, de acordo com a Lei 8.666/ As Proponentes deverão apresentar atestados(s) de capacidade técnica de execução de obras/serviços compatíveis tanto em volume de serviços quanto em valor global. Os atestados deverão caracterizar a capacidade da Empresa concorrente e do Responsável Técnico. Se for permitida a subcontratação(ões) parcial(is), será obrigatória a apresentação de atestados, que representem a compatibilidade com a natureza e quantidade dos serviços subcontratados Submeter à apreciação da Fiscalização, em até 05 dias úteis, após o início dos trabalhos, lista de todo o pessoal empregado na obra, inclusive decorrentes de possível subcontratação, acompanhado de cópias do contrato de prestação provisória de serviços, contrato de trabalho ou registro em CTPS Submeter à apreciação da Fiscalização, em até 05 (cinco) dias úteis, o comprovante de recolhimento da Garantia da obra (caução), ou o que lhe valha. gpr/smds CADERNO DE ENCARGOS - AMAZONAS PÁGINA 8 DE 80

9 3.6 Execução dos Serviços e Obras Durante a execução dos serviços e obras, a Contratada deverá: Submeter à aprovação da Fiscalização até 5 (cinco) dias após o inicio dos trabalhos o projeto das instalações provisórias compatível com o porte e características do objeto do contrato, definindo todas as áreas de vivência, dependências, espaços, instalações e equipamentos necessários ao andamento dos serviços e obras, inclusive escritórios e instalações para uso da Fiscalização, quando previstas no Caderno de Encargos; Providenciar as ligações provisórias das utilidades necessárias à execução dos serviços e obras, como água, esgotos, energia elétrica e telefones, bem como responder pelas despesas de consumo até o seu recebimento definitivo; Manter no local dos serviços e obras, instalações, funcionários, e equipamentos em número, qualificação e especificação adequados ao cumprimento do contrato; No início dos serviços, providenciar a apresentação do Diário de Atividades/Obra que permanecerá no local da obra desde o primeiro dia de atividades obrigatória e diariamente assinado pela contratada representada pelo responsável técnico e pela fiscalização na ocasião da sua visita técnica no local, a não apresentação deste documento sujeitará a contratada a penalidades previstas no instrumento contratual. Submeter à aprovação da Fiscalização até 5 (cinco) dias após o inicio dos trabalhos o plano de execução e o cronograma detalhado dos serviços e obras, elaborados de conformidade com o cronograma do contrato e técnicas adequadas de planejamento; Providenciar para que os materiais, mão de obra e demais suprimentos estejam em tempo hábil nos locais de execução, de modo a satisfazer as necessidades previstas no cronograma e plano de execução dos serviços e obras objeto do contrato; Alocar os recursos necessários à administração e execução dos serviços e obras, inclusive os destinados ao pagamento de todos os impostos, taxas e demais obrigações fiscais incidentes ou que vierem a incidir sobre o objeto do contrato; Submeter previamente por escrito à aprovação da Fiscalização eventual ajustes no cronograma e plano de execução dos serviços e obras, fundamentando a necessidade de quaisquer acréscimos de prazo, de modo a mantê-la perfeitamente informada sobre o andamento dos trabalhos; Submeter previamente à aprovação da Fiscalização qualquer modificação nos métodos construtivos originalmente previstos no plano de execução dos serviços e obras; gpr/smds CADERNO DE ENCARGOS - AMAZONAS PÁGINA 9 DE 80

10 Executar os ajustes nos serviços concluídos ou em execução determinados pela Fiscalização; Comunicar imediatamente por escrito à Fiscalização qualquer ocorrência de fato anormal ou extraordinário que ocorra no local dos trabalhos; Submeter à aprovação da Fiscalização os protótipos ou amostras dos materiais e/ou equipamentos a serem aplicados nos serviços e obras objeto do contrato; Evitar interferências com as propriedades, lojas vizinhas, atividades executivas que podem influenciar negativamente e prejudicar as atividades vizinhas devem ser evitadas, ou reprogramadas adequadamente, em horário apropriado, quando necessário; Retirar até 15 (quinze) dias após o recebimento definitivo dos serviços e obras, todo pessoal, máquinas, equipamentos, materiais, e instalações provisórias do local dos trabalhos, deixando todas as áreas do canteiro de obras limpas e livres de entulhos e detritos de qualquer natureza. O pagamento dos serviços contratados será efetuado pela Gerência Técnica DR/AM na Nota Fiscal/Fatura de Serviços. A última medição só será efetuada, após a conclusão e recebimento definitivo da obra. 3.7 Responsabilidade Durante 5 (cinco) anos após o Recebimento Definitivo dos serviços e obras, a Contratada responderá por sua qualidade e segurança nos termos do Artigo 618 do Novo Código Civil, devendo efetuar a reparação de quaisquer falhas, vícios, defeitos ou imperfeições que se apresentem nesse período, independentemente de qualquer pagamento pela ECT A presença da Fiscalização durante a execução dos serviços e obras, quaisquer que sejam os atos praticados no desempenho de suas atribuições, não implicará solidariedade ou co-responsabilidade com a Contratada, que responderá única e integralmente pela execução dos serviços, inclusive pelos serviços executados por suas subcontratadas, na forma da legislação em vigor Se a Contratada recusar, negligenciar, demonstrar morosidade ou deixar de eliminar as falhas, vícios, defeitos ou imperfeições apontadas, poderá a ECT efetuar os reparos e substituições necessárias, seja por meios próprios ou de terceiros, transformando-se os custos decorrentes, independentemente do seu montante, em dívida líquida e certa da Contratada. gpr/smds CADERNO DE ENCARGOS - AMAZONAS PÁGINA 10 DE 80

11 3.7.4 A Contratada responderá diretamente por todas e quaisquer perdas e danos causados em bens ou pessoas, inclusive em propriedades vizinhas ou de terceiros, decorrentes de omissões e atos praticados por seus funcionários e prepostos, fornecedores e subcontratadas, bem como originados de infrações ou inobservância de leis, decretos, regulamentos, portarias e posturas oficiais em vigor, devendo indenizar a ECT por quaisquer pagamentos que seja obrigada a fazer a esse título, incluindo multas, correções monetárias e acréscimos de mora. 4. NORMAS E PRÁTICAS COMPLEMENTARES A execução dos serviços e obras deverá atender também às seguintes Normas e Práticas Complementares: Práticas de Projeto, Construção e Manutenção de Edifícios Públicos Federais; Códigos, Leis, Decretos, Portarias e Normas Federais, Estaduais e Municipais, inclusive normas de concessionárias de serviços públicos; Instruções e Resoluções dos Órgãos do Sistema CREA CONFEA. 5. RECEBIMENTO DOS SERVIÇOS A Comissão de recebimento dos serviços solicitará da contratada a realização de testes de funcionamento de todos os equipamentos. Se forem constatadas quaisquer falhas nas instalações, acabamentos, arremates, os serviços não serão recebidos até que as correções sejam feitas pela contratada sem que isso recaia em ônus para a ECT. 6. ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS ADMINISTRAÇÃO DA OBRA. (cód do orçamento sintético global) /ALIMENT Alimentação e transporte: A CONTRATADA fornecerá aos seus funcionários alimentação e transporte necessário /ART Registro de ART no CREA-AM: A CONTRATADA registrará todos os serviços técnicos pertinentes a presente obra, conforme a legislação em vigor. Todas as despesas com Taxas, Licenças, Alvarás e quaisquer que sejam as despesas necessárias para o desembaraço perante os órgãos públicos pertinentes, federais, estaduais ou municipais, correrá por conta da Contratada. gpr/smds CADERNO DE ENCARGOS - AMAZONAS PÁGINA 11 DE 80

12 /BOMB AVCP - CORPO DE BOMBEIROS: A CONTRATADA tomará todas as providências necessárias para análise de Projeto de Combate a Incêndio, e ainda Vistoria de Execução de Projeto de Edificação (Sistema de Proteção por Extintores), inclusive Certificado ou equivalente do Corpo de Bombeiros. Todas as despesas com Taxas, Licenças, Alvarás e quaisquer que sejam as despesas necessárias para o desembaraço perante os órgãos públicos pertinentes, federais, estaduais ou municipais, correrá por conta da Contratada /EPI Equipamentos de Proteção Individual: A CONTRATADA fornecerá aos seus funcionários todos os equipamentos de proteção individual exigidos pela NR 6 Equipamentos de Proteção Individual (EPI), tais como: capacetes e óculos especiais de segurança, protetores faciais, luvas e mangas de proteção, botas de borracha e cintos de segurança, de conformidade com a natureza dos serviços e obras em execução /HABITE-SE Habite-se, Licença de Construção, Aprovação de Projeto, Regularização de Projeto, Vistoria e taxas de entrada na Prefeitura Municipal: A CONTRATADA tomará todas as providências necessárias para expedição de Alvarás, Aprovação. Todas as despesas com Taxas, Licenças, Alvarás e quaisquer que sejam as despesas necessárias para o desembaraço perante os órgãos públicos pertinentes, federais, estaduais ou municipais, correrá por conta da Contratada /ÁGUA, ESGOTO, LUZ, E TELEFONE Taxas e Consumo de água, luz e telefone: A CONTRATADA será responsável por todas as despesas com Taxas Ligação, bem como por toda e qualquer conta de consumo de água, de luz, e de telefone, durante o período de execução da referida obra, conforme a Legislação em vigor. Todas as despesas com Taxas, Licenças, Alvarás e quaisquer que sejam as despesas necessárias para o desembaraço perante os órgãos públicos pertinentes, federais, estaduais ou municipais, correrá por conta da CONTRATADA /MOBILIZ Mobilização e demobilização: A Contratada deverá prever as verbas necessárias para o pagamento de fretes e transportes em geral para mobilizar e desmobilizar pessoal e material para a execução da obra, inclusive o frete dos móveis postais VIGIA NOTURNO: A CONTRATADA manterá durante todo o período de execução da obra o serviço de vigia noturno, até a entrega das chaves da presente obra a CONTRATANTE, conforme a Legislação em vigor ENGENHEIRO OU ARQUITETO AUXILIAR/JUNIOR - DE OBRA: A Contratada deverá apresentar um Engenheiro devidamente registrado no C.R.E.A. AM, que assinará a A.R.T. dos serviços contratados, e supervisionará a implantação do projeto, objeto do Contrato em questão, fazendo visitas periódicas à obra e atendendo e prestando esclarecimentos sobre o desenvolvimento dos gpr/smds CADERNO DE ENCARGOS - AMAZONAS PÁGINA 12 DE 80

13 serviços, à Fiscalização da ECT a qualquer hora que for convocado para tal finalidade. O engenheiro estará obrigatoriamente presente no local, no inicio da implantação do projeto, durante a execução e na entrega da obra FEITOR OU ENCARREGADO GERAL: A Contratada deverá manter permanentemente na obra, sob a supervisão de um Engenheiro devidamente registrado no C.R.E.A. AM, um feitor ou encarregado geral pela elaboração e execução do PLANO de Obras e serviços, que atenderá e prestará esclarecimentos sobre o desenvolvimento do Cronograma dos serviços, à Fiscalização da ECT /001U PLACA DE OBRA EM CHAPA DE ACO GALVANIZADO: a CONTRATADA deverá colocar, em lugar visível, a placa da obra, com indicação do engenheiro responsável pela obra, conforme o PADRÃO da ECT. SERVIÇOS PRELIMINARES (cód do orçamento sintético global) CANTEIRO DE OBRAS. (cód do orçamento sintético global) SER Ligação provisória de água para obra e instalação sanitária provisória, pequenas obras - instalação mínima: o custo da ligação provisória de água e luz, bem, durante a execução da obra, correrá por conta da CONTRATADA (os respectivos consumos das mesmas já está contemplado no item /ÁGUA, ESGOTO, LUZ, E TELEFONE na ADMINISTRAÇÃO DA OBRA) SER Ligação provisória de luz e força para obra - instalação mínima: o custo da ligação provisória de água e luz, bem, durante a execução da obra, correrá por conta da CONTRATADA (os respectivos consumos das mesmas já está contemplado no item /ÁGUA, ESGOTO, LUZ, E TELEFONE na ADMINISTRAÇÃO DA OBRA) /001U LOCACAO CONVENCIONAL DE OBRA, ATRAVÉS DE GABARITO DE TABUAS CORRIDAS PONTALETADAS, SEM REAPROVEITAMENTO. A Contratada executará o serviço de LOCACAO CONVENCIONAL DE OBRA, ATRAVÉS DE GABARITO DE TABUAS CORRIDAS PONTALETADAS, SEM REAPROVEITAMENTO. Todos os materiais utilizados no serviço de locação convencional serão novos. Serão tomados todos os cuidados necessários a locação da presente obra. Níveis, prumos, esquadros, alinhamentos, e distanciamentos, serão locados/conferidos/ corridos tantas quantas vezes se fizerem necessárias para garantir a boa locação da referida obra. gpr/smds CADERNO DE ENCARGOS - AMAZONAS PÁGINA 13 DE 80

14 A estrutura de madeira seguirá o contorno da pretendida edificação devidamente espaçada dos alinhamento de fundação da mesma, de modo a permitir a livre circulação de materiais e operários em sua volta. A estrutura formada apresentará topo em nível, em que serão devidamente marcados os eixos dos alinhamentos através da fixação de prego. O alinhamento da estrutura de madeira será paralelo as laterais da pretendida edificação, os encontros de tábuas observará níveis/prumo/alinhamentos/ esquadros de Projeto. A estrutura de madeira formará uma poligonal fechada e externamente paralela a borda externa da edificação pretendida, as tábuas serão devidamente pregadas firmemente em pontaletes, os pontales serão em quantidade suficiente para garantir a boa fixação das tábuas, os pontales facearão as tábuas pelo lado externo do polígono formado. Serão devidamente formados alinhamentos dos eixos com arames de extremidade fixadas as marcações pregadas a estrutura de madeira, do cruzamento dos alinhamentos serão locados os eixos de pilares e encontros de paredes através de prumo-de-centro, a altura dos alinhamentos não permitirá defasagens de locação por ação dos ventos existentes na ocasião da locação. O início das escavações só será permitido após conferência/correção da locação da obra. práticas construtivas consolidadas, e orientações da FISCALIZAÇÃO /001U BARRACAO PARA DEPOSITO EM TABUAS DE MADEIRA, COBERTURA EM FIBROCIMENTO 4 MM, INCLUSO PISO ARGAMASSA TRAÇO 1:6 (CIMENTO E AREIA): Deverá ser destinada uma área de aproximadamente 15 m 2 de área útil ao escritório para a administração e execução dos serviços de obra e da FISCALIZAÇÃO; O iluminamento será de 500 lux, obtido com lâmpadas fluorescentes. As luminárias do tipo calha industrial ou confeccionadas na própria obra, deverão possuir reatores de alto fator de potência, partida rápida; A porta de acesso receberá fechadura de cilindro; O escritório será ainda dotado dos seguintes móveis e utensílios: Mesa de trabalho - 1 unidade; Mesa de reunião para quatro pessoas - 1 unidade; e Cadeiras - uma para a mesa de trabalho e quatro para a mesa de reuniões; 74220/001U TAPUME DE CHAPA DE MADEIRA COMPENSADA (6MM) - PINTURA A CAL - APROVEITAMENTO 2 X: O perímetro da obra deverá ser fechado com um tapume em madeira tipo compensado 6mm, com alinhamento superior na altura de 2,20m em relação ao nível natural do terreno, devidamente fixadas através de pregos a sua respectiva estrutura de madeira, inclusive pintado com cal hidratada. gpr/smds CADERNO DE ENCARGOS - AMAZONAS PÁGINA 14 DE 80

15 74242/001UD BARRACAO DE OBRA EM CHAPA DE MADEIRA COMPENSADA COM BANHEIRO, COBERTURA EM FIBROCIMENTO 4 MM, INCLUSO INSTALACOES HIDRO-SANITARIAS E ELETRICAS (inclusive chuveiros): O barracão terá 15M², e as condições mínimas aceitáveis para funcionamento de sanitários para os funcionários da obra são: Piso de cimento simples desempenado, acabamento liso, com rebaixo de 2 cm nos boxes dos chuveiros; As paredes dos boxes dos chuveiros receberão pintura esmalte, com altura mínima de 1,8 m; As paredes onde serão instalados os, lavatórios e vasos sanitários receberão pintura esmalte, com altura mínima de 1,5 m; O número de boxes de chuveiro será determinado pela CONTRATADA de modo que cada box atenda, no máximo, 10 operários da obra; O mesmo critério será aplicado no dimensionamento dos boxes de vasos sanitários, e lavatórios; O box de vaso sanitário será dotado de bacia turca e caixa de descarga de sobrepor, porta de madeira com dobradiças de ferro e tranqueta; O lavatório será do tipo branco padrão popular; Será obrigatoriamente instalada torneira de lavagem com união para mangueira; As instalações hidráulicas (água e esgoto) serão aparentes em tubos de PVC rígido. Reservatório de água de fibra de vidro (capacidade: 500,00l /forma: CILINDRICA) /003U CARGA MANUAL DE MATERIAL A GRANEL (2 SERVENTES) EM CAMINHAO BASCULANTE C/ CACAMBA DE 4,0M3 INCLUINDO DESCARGA MECÂNICA A CONTRATADA irá retirar o entulho acumulado na obra no mínimo uma (01) vez por semana, tudo conforme as normas de procedimentos da Prefeitura Municipal Local, e demais Órgãos/Agências de Controle Ambiental Local. Tudo conforme a Legislação em vigor. TRABALHOS EM TERRA. (cód do orçamento sintético global) 55835U ATERRO INTERNO (EDIFICACOES) COMPACTADO MANUALMENTE: A CONTRATADA executará o serviço de ATERRO INTERNO (EDIFICACOES) COMPACTADO MANUALMENTE. Todos os devidos cuidados serão observados pela CONTRATADA. O aterro interno da edificação será devidamente compactado em camadas, as camadas não ultrapassaram uma espessura de 20cm, não serão aceitos vácuos ou vazios, o volume de aterro será compatível com os níveis de piso propostos no Projeto de Arquitetura. Assim como o serviço de reaterro das fundações, o serviço de reaterro interno da edificação só será permitido após a devida secagem cura das impermeabilizações das laterais das fundações. Tudo conforme o Projeto, normas da ABNT, boas práticas construtivas consolidadas, e orientações da FISCALIZAÇÃO. gpr/smds CADERNO DE ENCARGOS - AMAZONAS PÁGINA 15 DE 80

16 72915U ESCAVACAO MECANICA DE VALA EM MATERIAL DE 2A. CATEGORIA ATE 2 M DE PROFUNDIDADE COM UTILIZACAO DE ESCAVADEIRA HIDRAULICA: A Contratada executará o serviço de ESCAVACAO MECANICA DE VALA EM MATERIAL DE 2A. CATEGORIA ATE 2 M DE PROFUNDIDADE COM UTILIZACAO DE ESCAVADEIRA HIDRAULICA. As escavações de valas, etc. deverão propiciar depois de concluídas, condições para montagem das tubulações em planta e perfil, caixas em geral, fundações, etc., conforme elementos do projeto. O fundo das valas deverá ser perfeitamente regularizado e apiloado, para melhor assentamento das tubulações, fundações, infraestruturas, etc. Os locais escavados deverão ficar livres de água, qualquer que seja a sua origem (chuva, vazamento de lençol freático, etc.), devendo para isso ser providenciada a sua drenagem através de esgotamento, para não prejudicar os serviços, ou causar danos à obra U COMPACTAÇÃO MANUAL FUNDO DE VALAS COM MAÇO=10 KG : A Contratada executará o serviço de COMPACTAÇÃO MANUAL FUNDO DE VALAS COM MAÇO=10 KG. O fundo das valas abertas serão devidamente apiloados com maço de 10Kg. Os locais escavados deverão ficar livres de água, qualquer que seja a sua origem (chuva, vazamento de lençol freático, etc.), devendo para isso ser providenciada a sua drenagem através de esgotamento, para não prejudicar os serviços, ou causar danos à obra. Tudo conforme o Projeto, normas da ABNT, boas práticas construtivas consolidadas, e orientações da FISCALIZAÇÃO /001U REATERRO DE VALA/CAVA COMPACTADA A MACO EM CAMADAS DE 20CM ( EM BECOS DE ATÉ 2,50M DE LARGURA EM FAVELAS): O serviço de reaterro com compactação só terá autorização da FISCALIZAÇÃO para ser iniciado após a comprovação da conclusão e cura do serviço de impermeabilização (código 74106/001U dos serviços de impermeabilização), com pintura asfáltica 2 demãos da superfície lateral de todas fundaçãoes. O reaterro será processado até o restabelecimento dos níveis anteriores das superfícies originais ou de forma designada pelos projetos, e deverá ser executado de modo a oferecer condições de segurança às tubulações, etc. e bom acabamento da superfície, não permitindo seu posterior abatimento. Os aterros e ou reaterros em geral, serão executados com material de primeira categoria, em camadas de 20 em 20 cm, devidamente umedecidas até atingir a umidade ótima, e compactadas até a compactação ideal, de 100% do Proctor Normal. O reaterro das valas das tubulações será feito em 02 etapas sendo a primeira de aterro compactado, manualmente com soquete de ferro ou madeira em camadas de 10 cm de espessura, colocando-se o material simultaneamente dos dois lados da tubulação ou do envelope de concreto, até 25 cm acima da geratriz superior gpr/smds CADERNO DE ENCARGOS - AMAZONAS PÁGINA 16 DE 80

17 dos tubos, sem com isso perfurar ou promover o amassamento da tubulação, diminuindo sua seção útil, e a segunda etapa superpõe-se ao primeiro aterro, até a cota final do reaterro, com o mesmo material empregado na primeira etapa, em camadas de 20cm de espessura máxima, compactados por soquetes de madeira ou equipamento mecânico, não se admitindo o uso de soquetes de ferro /011U ESCAVACAO MANUAL DE VALA EM MATERIAL DE 1A CATEGORIA DE 1,5 ATE 3M EXCLUINDO ESGOTAMENTO / ESCORAMENTO: As escavações de valas, etc. deverão propiciar depois de concluídas, condições para montagem das tubulações em planta e perfil, caixas em geral, fundações, etc., conforme elementos do projeto. O fundo das valas deverá ser perfeitamente regularizado e apiloado, para melhor assentamento das tubulações, fundações, infraestruturas, etc. Os locais escavados deverão ficar livres de água, qualquer que seja a sua origem (chuva, vazamento de lençol freático, etc.), devendo para isso ser providenciada a sua drenagem através de esgotamento, para não prejudicar os serviços, ou causar danos à obra /003U CARGA MANUAL DE MATERIAL A GRANEL (2 SERVENTES) EM CAMINHAO BASCULANTE C/ CACAMBA DE 4,0M3 INCLUINDO DESCARGA MECÂNICA: A CONTRATADA irá retirar o entulho acumulado na obra no mínimo uma (01) vez por semana, tudo conforme as normas de procedimentos da Prefeitura Municipal Local, e demais Órgãos/Agências de Controle Ambiental Local. Tudo conforme a Legislação em vigor. INFRAESTRUTURA (cód do orçamento sintético global) 5970U FORMAS C/TABUAS 3A (2,5X30,0CM) P/M2 P/FUNDACOES, INCL MONTAGEM E DESMONTAGEM (C/REAPR. 2X): A CONTRATADA executará o serviço de FORMAS C/TABUAS 3A (2,5X30,0CM) P/M2 P/FUNDACOES, INCL MONTAGEM E DESMONTAGEM (C/REAPR. 2X). Esta atividade compreende os serviços necessários para a fabricação das fôrmas em tábuas no canteiro de obras. As tábuas deverão ser colocadas com lado do cerne para o interior das fôrmas. As juntas entre as tábuas deverão estar bem fechadas, para impedir o vazamento da nata de cimento. Serão utilizados sarrafos para fazer o travamento da fôrma. Pouco antes da concretagem, escovar e molhar as fôrmas no lado interno. Estes serviços de Fôrmas em Tábua mencionados acima referem-se aos seguintes itens da planilha de preços: Fôrma de madeira para fundação com tábua de 3ª, reaproveitáveis; 6047U CONCRETO MAGRO 1:4:8 C/PREPARO MANUAL: A Contratada executará o serviço de CONCRETO MAGRO 1:4:8 C/PREPARO MANUAL. Em proteção da base de concreto armado de todas as fundações, a CONTRATADA executará lastro de concreto. gpr/smds CADERNO DE ENCARGOS - AMAZONAS PÁGINA 17 DE 80

18 Esta atividade compreende os serviços necessários para a preparação dos concretos não estruturais. Será utilizado cimento PORTLAND ou equivalente dos tipos CP-II ou CP-III, fabricados de acordo com as normas da ABNT /001U CONCRETO ESTRUTURAL FCK=25MPA, VIRADO EM BETONEIRA, NA OBRA, SEM LANÇAMENTO: A Contratada executará o serviço de CONCRETO ESTRUTURAL FCK=25MPA, VIRADO EM BETONEIRA, NA OBRA, SEM LANÇAMENTO. A superestrutura será em concreto armado e não terá componentes aparentes, isto é toda a estrutura em concreto será revestida ou forrada. A CONTRATADA devera se inteirar das especificações relativas à superestrutura, tanto quanto a armadura, como a qualidade do concreto a ser utilizado (FCK 20 MPa), que deverá ter controle rigoroso com amostras rompidas em prova de carga e fornecimento de relatório mensal, e deverá satisfazer às normas da ABNT atinentes ao assunto, especialmente às NBR 5738/ABNT e 6118/ABNT /001U LANÇAMENTO E ADENSAMENTO DE CONCRETO EM FUNDAÇÕES. A Contratada executará o serviço de LANÇAMENTO E ADENSAMENTO DE CONCRETO EM FUNDAÇÕES. Além da utilização de equipe de operários para execução manual do lançamento de concreto em fundações, o serviço também prevê a devida utilização de vibrador de imersão com motor elétrico com 2HP para promover o efetivo adensamento do concreto lançado. Serão cuidadosamente observadas as alturas de lançamento do concreto. Tudo conforme o Projeto, normas da ABNT, boas práticas construtivas consolidadas, e orientações da FISCALIZAÇÃO /002U ARMACAO ACO CA-50, DIAM. 6,3 (1/4) À 12,5MM(1/2) - FORNECIMENTO/ CORTE(PERDA DE 10%) / DOBRA / COLOCAÇÃO. A Contratada executará o serviço de ARMACAO ACO CA-50, DIAM. 6,3 (1/4) À 12,5MM(1/2) - FORNECIMENTO/ CORTE(PERDA DE 10%) / DOBRA / COLOCAÇÃO. Esta atividade compreende os serviços necessários para o preparo das armaduras em aço CA-50 no canteiro de obras. Serão utilizados aços CA-50 nos diâmetros de projeto, que atendam as recomendações da NBR14762/ABNT, boas práticas construtivas consolidadas, e orientações da FISCALIZAÇÃO.. A barra de aço será cortada obedecendo às dimensões apresentadas no projeto estrutural. Em seguida, será executado o dobramento sobre bancadas que possuam comprimento suficiente para as barras mais compridas. Após, os aços deverão ser amarrado uns aos outros, seguindo o projeto, utilizando-se arame recozido. Antes da colocação da armadura nas fôrmas, estas deverão ser limpas, removendo qualquer substância prejudicial à aderência do concreto. Serão removidas também as crostas de ferrugem. gpr/smds CADERNO DE ENCARGOS - AMAZONAS PÁGINA 18 DE 80

19 Deverão ser utilizados distanciadores plásticos para lajes, para garantir o cobrimento determinado no projeto. SUPERESETRUTURA (cód do orçamento sintético global) SUPERESTRUTURA PILARES (cód do orçamento sintético global) 53590U LANCAMENTO DE CONCRETO EM ESTRUTURA: A Contratada executará o serviço de LANCAMENTO DE CONCRETO EM ESTRUTURA, Além da utilização de equipe de operários para execução manual do lançamento de concreto em fundações, o serviço também prevê a devida utilização de vibrador de imersão com motor elétrico com 2HP para promover o efetivo adensamento do concreto lançado. Serão cuidadosamente observadas as alturas de lançamento do concreto. Tudo conforme o Projeto, normas da ABNT, boas práticas construtivas consolidadas, e orientações da FISCALIZAÇÃO /001U CONCRETO ESTRUTURAL FCK=25MPA, VIRADO EM BETONEIRA, NA OBRA, SEM LANÇAMENTO: A Contratada executará o serviço de CONCRETO ESTRUTURAL FCK=25MPA, VIRADO EM BETONEIRA, NA OBRA, SEM LANÇAMENTO, A superestrutura será em concreto armado e não terá componentes aparentes, isto é toda a estrutura em concreto será revestida ou forrada. A CONTRATADA devera se inteirar das especificações relativas à superestrutura, tanto quanto a armadura, como a qualidade do concreto a ser utilizado (FCK 25 MPa), que deverá ter controle rigoroso com amostras rompidas em prova de carga e fornecimento de relatório mensal, e deverá satisfazer às normas da ABNT atinentes ao assunto, especialmente às NBR 5738/ABNT e 6118/ABNT. Os painéis de formas, conforme os locais a que se destinarem e rigorosamente de acordo com desenhos dos projetos arquitetônicos e estrutural, e em função de acabamento superficial do concreto, serão em chapas de madeira compensada resinada c/ espessura de 12mm, à prova d'água, de primeiro uso, com espessura adequada à dimensão da peça a ser concretada. As formas destinadas à concretos aparentes só poderão ser reaproveitadas no máximo 3 vezes e se em bom estado /001U FORMA MADEIRA COMP RESINADA 12MM P/ESTRUTURA REAPROV 2 VEZES - CORTE/MONTAGEM/ESCORAMENTO/DESFORMA: A Contratada executará o serviço de FORMA MADEIRA COMP RESINADA 12MM P/ESTRUTURA REAPROV 2 VEZES - CORTE/ MONTAGEM/ ESCORAMENTO/ DESFORMA. Esta atividade compreende os serviços necessários para a fabricação e montagem das fôrmas em chapa compensada no canteiro de obras. gpr/smds CADERNO DE ENCARGOS - AMAZONAS PÁGINA 19 DE 80

20 Para conseguir um corte perfeito, deverá ser utilizada serra de vídea com dentes menores. Para as fôrmas de pilares, prever: a) contraventamento em duas direções perpendiculares entre si, que devem estar bem apoiados em estacas no terreno ou nas fôrmas da estrutura inferior. b) gravatas com dimensões proporcionais às alturas dos pilares para que possam resistir ao empuxo lateral do concreto fresco. Na parte inferior dos pilares, a distância entre as gravatas de 30 a 40 cm; c) janela na base dos pilares para facilitar a limpeza e a lavagem do fundo; A CONTRATADA deverá manter um controle rigoroso na execução das formas da superestrutura a fim de evitar futuras correções de nível e de prumo quando da execução de alvenarias, revestimentos e pavimentações /002U ARMACAO ACO CA-50, DIAM. 6,3 (1/4) À 12,5MM(1/2) - FORNECIMENTO/ CORTE(PERDA DE 10%) / DOBRA / COLOCAÇÃO: A Contratada executará o serviço de ARMACAO ACO CA-50, DIAM. 6,3 (1/4) À 12,5MM(1/2) - FORNECIMENTO/ CORTE(PERDA DE 10%) / DOBRA / COLOCAÇÃO. Esta atividade compreende os serviços necessários para o preparo das armaduras em aço CA-50 no canteiro de obras. Serão utilizados aços CA-50 nos diâmetros de projeto, que atendam as recomendações da NBR14762/ABNT, boas práticas construtivas consolidadas, e orientações da FISCALIZAÇÃO.. A barra de aço será cortada obedecendo às dimensões apresentadas no projeto estrutural. Em seguida, será executado o dobramento sobre bancadas que possuam comprimento suficiente para as barras mais compridas. Após, os aços deverão ser amarrado uns aos outros, seguindo o projeto, utilizando-se arame recozido. Antes da colocação da armadura nas fôrmas, estas deverão ser limpas, removendo qualquer substância prejudicial à aderência do concreto. Serão removidas também as crostas de ferrugem. Deverão ser utilizados distanciadores plásticos para lajes, para garantir o cobrimento determinado no projeto. SUPERESTRUTURA VIGAS (cód do orçamento sintético global) 53590U LANCAMENTO DE CONCRETO EM ESTRUTURA: A Contratada executará o serviço de LANCAMENTO DE CONCRETO EM ESTRUTURA, Além da utilização de equipe de operários para execução manual do lançamento de concreto em fundações, o serviço também prevê a devida utilização de vibrador de imersão com motor elétrico com 2HP para promover o efetivo adensamento do concreto lançado. Serão cuidadosamente observadas as alturas de lançamento do gpr/smds CADERNO DE ENCARGOS - AMAZONAS PÁGINA 20 DE 80

EMPRESA BRASILEIRA DE CORREIOS E TELÉGRAFOS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS E CADERNO DE ENCARGOS

EMPRESA BRASILEIRA DE CORREIOS E TELÉGRAFOS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS E CADERNO DE ENCARGOS EMPRESA BRASILEIRA DE CORREIOS E TELÉGRAFOS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS E CADERNO DE ENCARGOS Recuperação da Fachada do CTCE, localizado na Av. Durval de Góes Monteiro, 7037, Tabuleiro dos Martins, Maceió/

Leia mais

E S T A D O D O M A T O G R O S S O. Prefeitura Municipal de Jaciara

E S T A D O D O M A T O G R O S S O. Prefeitura Municipal de Jaciara MEMORIAL DESCRITIVO REDE CEGONHA - HOSPITAL MUNICIPAL JACIARA/MT O presente memorial descritivo define diretrizes referentes à reforma do espaço destinado a Programa REDE CEGONHA no Hospital Municipal

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO INSTALAÇÃO DE VOLUME DE CAIXA D'ÁGUA NA CASA DE PASSAGEM DO MUNICÍPIO DE CAÇADOR

MEMORIAL DESCRITIVO INSTALAÇÃO DE VOLUME DE CAIXA D'ÁGUA NA CASA DE PASSAGEM DO MUNICÍPIO DE CAÇADOR MEMORIAL DESCRITIVO INSTALAÇÃO DE VOLUME DE CAIXA D'ÁGUA NA CASA DE PASSAGEM DO MUNICÍPIO DE CAÇADOR 1 SUMÁRIO SUMÁRIO 2 MEMORIAL DESCRITIVO 3 I. DADOS FÍSICOS LEGAIS 3 II. DISPOSIÇÕES PRELIMINARES 3 III.

Leia mais

Obra: Ampliação Câmara de Vereadores Local : VRS- 801 Almirante Tamandaré do Sul - RS Proprietário: Prefeitura Municipal de Almirante Tamandaré do Sul

Obra: Ampliação Câmara de Vereadores Local : VRS- 801 Almirante Tamandaré do Sul - RS Proprietário: Prefeitura Municipal de Almirante Tamandaré do Sul MEMORIAL DESCRITIVO Obra: Ampliação Câmara de Vereadores Local : VRS- 801 Almirante Tamandaré do Sul - RS Proprietário: Prefeitura Municipal de Almirante Tamandaré do Sul 1. O presente memorial tem por

Leia mais

PROJETO BÁSICO. 2. TERMINOLOGIA 2.1. Para efeitos deste documento, será adotada a seguinte terminologia:

PROJETO BÁSICO. 2. TERMINOLOGIA 2.1. Para efeitos deste documento, será adotada a seguinte terminologia: PROJETO BÁSICO ANEXO 01 1. OBJETO 1.1. A presente especificação técnica trata da realização de OBRA DE REFORMA COM AMPLIAÇÃO DA UNIDADE AC FERREIRA GOMES/DR/AP, localizada na Av. Costa e Silva, nº. 488

Leia mais

PLANILHA DE SERVIÇOS GERAIS DE OBRA

PLANILHA DE SERVIÇOS GERAIS DE OBRA 1 PRELIMINARES 1.1 Instalações do canteiro de obra vb 1,00 5.000,00 5.000,00 90,09 1.2 Placa de obra 2,00m x 3,00m, conforme orietações da administração vb 1,00 550,00 550,00 9,91 SUB TOTAL PRELIMINARES

Leia mais

ANEXO I - MEMORIAL DESCRITIVO

ANEXO I - MEMORIAL DESCRITIVO ANEXO I - MEMORIAL DESCRITIVO RAMPA NAÚTICA DE ARAGARÇAS-GO O presente memorial descritivo tem por objetivo fixar normas específicas para CONSTRUÇÃO DE UMA RAMPA NAÚTICA - RIO ARAGUAIA, em área de 3.851,89

Leia mais

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA PLANILHA ORÇAMENTÁRIA 1.0 SERVIÇOS PRELIMINARES 7.992,27 1.1 74209/001 PLACA DE OBRA EM CHAPA DE ACO GALVANIZADO m2 3,91 289,92 1.133,59 1.2 73899/002 DEMOLICAO DE ALVENARIA DE TIJOLOS FURADOS S/REAPROVEITAMENTO

Leia mais

CLIENTE: PREFEITURA MUNICIPAL DE ITAPIRANGA

CLIENTE: PREFEITURA MUNICIPAL DE ITAPIRANGA CLIENTE: PREFEITURA MUNICIPAL DE ITAPIRANGA OBRA: ESTAÇÃO ELEVATÓRIA PARA ESGOTO - ELEVADO RESPONSÁVEL TÉCNICO: ENG. CIVIL MICHAEL MALLMANN MUNICÍPIO: ITAPIRANGA - SC 1 INSTALAÇÕES PROVISÓRIAS Deve ser

Leia mais

Ministério da Educação Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação - FNDE Coordenação Geral de Infraestrutural Educacional CGEST

Ministério da Educação Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação - FNDE Coordenação Geral de Infraestrutural Educacional CGEST Ministério da Educação Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação - FNDE Coordenação Geral de Infraestrutural Educacional CGEST MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO PADRÃO PARA QUADRA POLIESPORTIVA COBERTA COM

Leia mais

AMPLIAÇÃO ESCOLA DO JARDIM YPE

AMPLIAÇÃO ESCOLA DO JARDIM YPE AMPLIAÇÃO ESCOLA DO JARDIM YPE LUIZA DE LIMA TEIXEIRA PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOÃO DA BOA VISTA SP. PROJETO ESTRUTURAL 1 I - MEMORIAL DESCRITIVO DE CIVIL ESTRUTURAL 1 - Serviços Iniciais: ESPECIFICAÇÕES

Leia mais

ÁREA TOTAL TERRENO: 325,00m² ÁREA TOTAL CASA: 48,00m² ÁREA DE INFILTRAÇÃO: 65,00m² ITEM ESPECIFICAÇÕES DOS SERVIÇOS

ÁREA TOTAL TERRENO: 325,00m² ÁREA TOTAL CASA: 48,00m² ÁREA DE INFILTRAÇÃO: 65,00m² ITEM ESPECIFICAÇÕES DOS SERVIÇOS 1 1.1 INSTALAÇÃO DO CANTEIRO DE OBRA Abrigo provisório de madeira executada na obra para alojamento e depósitos de materiais e ferramentas 01520.8.1.1 m² 7,50 1.2 Ligação provisória de água para a obra

Leia mais

CADERNO DE ENCARGOS DE EDIFICAÇÕES

CADERNO DE ENCARGOS DE EDIFICAÇÕES COHAB-MG Versão 01 HISTÓRICO DAS REVISÕES HISTÓRICO DAS REVISÕES VERSÃO DATA DESCRIÇÃO 01 01/06/07 Emissão inicial SUMÁRIO SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 7 1 SERVIÇOS INICIAIS... 12 1.1 Locações... 12 2 FUNDAÇÕES...

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE A FOME SECRETARIA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE A FOME SECRETARIA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL MEMÓRIA DE CÁLCULO Objeto: CENTRO DE REFERÊNCIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL Proprietário: Endereço: Área da Edificação: 165,30 M² Pavimento: térreo Área do Terreno: 450,00 M² INTRODUÇÃO Este documento técnico

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO PREFEITURA MUNICIPAL DE CATALÃO SECRETARIA DE 0BRAS 1.0 INTRODUÇÃO 2.0 DISPOSIÇÕES GERAIS

MEMORIAL DESCRITIVO PREFEITURA MUNICIPAL DE CATALÃO SECRETARIA DE 0BRAS 1.0 INTRODUÇÃO 2.0 DISPOSIÇÕES GERAIS MEMORIAL DESCRITIVO OBRA: Nova Instalação da SEMMAC LOCAL: Rua Dr. Lamartine Pinto de Avelar, 2338. Setor Ipanema. Catalão GO TIPO DE SERVIÇO: Reforma e Ampliação. 1.0 INTRODUÇÃO A finalidade do presente

Leia mais

FUNDAÇÃO PROFESSOR MARTINIANO FERNANDES- IMIP HOSPITALAR - HOSPITAL DOM MALAN

FUNDAÇÃO PROFESSOR MARTINIANO FERNANDES- IMIP HOSPITALAR - HOSPITAL DOM MALAN 25% 1.0 SERVIÇOS PRELIMINARES R$ 12.734,82 1.1 COTAÇÃO MOBILIZAÇÃO DE EQUIPAMENTOS, FERRAMENTAS E PESSOAL. M² 200,00 2,57 3,21 642,50 1.2 74220/001 TAPUME DE CHAPA DE MADEIRA COMPENSADA, E= 6MM, COM PINTURA

Leia mais

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S. A. CERON DIRETORIA DE GESTÃO ADMINISTRATIVA DA GERÊNCIA DE ADMINISTRAÇÃO GERAL AGG MEMORIAL DESCRITIVO

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S. A. CERON DIRETORIA DE GESTÃO ADMINISTRATIVA DA GERÊNCIA DE ADMINISTRAÇÃO GERAL AGG MEMORIAL DESCRITIVO MEMORIAL DESCRITIVO PROPRIETÁRIO: CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S. A. CERON OBRA: ENDEREÇO: REFORMA E ADEQUAÇÃO DE SALAS NO PRÉDIO DA UNIDADE DE NEGÓCIOS NORTE UNN, VISANDO A INSTALAÇÃO DO POSTO DE ENSAIO

Leia mais

Blumenau, maio de 2010.

Blumenau, maio de 2010. INSTRUÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE ORÇAMENTOS E CRONOGRAMAS Blumenau, maio de 2010. 1. RESUMO... 3 2. OBJETIVO... 3 3. INTRODUÇÃO... 3 4. COMPOSIÇÃO DO ORÇAMENTO... 4 4.1. SERVIÇOS PRELIMINARES/TÉCNICOS...

Leia mais

EMBRAPA - EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA MELHORIAS NA INFRAESTRUTURA DA EMBRAPA ALGODÃO. Item Discriminação 15 30 45 60 75 90

EMBRAPA - EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA MELHORIAS NA INFRAESTRUTURA DA EMBRAPA ALGODÃO. Item Discriminação 15 30 45 60 75 90 EMBRAPA - EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA MELHORIAS NA INFRAESTRUTURA DA EMBRAPA ALGODÃO Item Discriminação 15 30 45 60 75 90 1 SERVIÇOS GERAIS 1.1 ADMINISTRAÇÃO PROJETOS COMPLEMENTARES e "as

Leia mais

DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE ÁGUA E ESGOTO

DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE ÁGUA E ESGOTO DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE ÁGUA E ESGOTO ANEXO II CRITÉRIOS DE MEDIÇÃO E PAGAMENTO RESERVATÓRIO APOIADO 1000 m³ BAIRRO DOM BOSCO 1 I - INTRODUÇÃO O presente documento estabelece o procedimento para o pagamento

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PROPONENTE: Prefeitura Municipal de Chapada OBRA: Cobertura de Quadra de Esportes e Equipamentos ÁREA: 640,00m² LOCAL: Tesouras Chapada RS O Memorial Descritivo

Leia mais

ANEXO A - LOTE I RELATÓRIO DE ORÇAMENTO - QUADRA ESPORTIVA COBERTA NO MUNICÍPIO DE BARRO ITEM COMP DESCRIÇÃO UNID. QUANT. VALOR UNIT.

ANEXO A - LOTE I RELATÓRIO DE ORÇAMENTO - QUADRA ESPORTIVA COBERTA NO MUNICÍPIO DE BARRO ITEM COMP DESCRIÇÃO UNID. QUANT. VALOR UNIT. ANEXO A - LOTE I RELATÓRIO DE ORÇAMENTO - QUADRA ESPORTIVA COBERTA NO MUNICÍPIO DE BARRO GRUPO 1 INSTALAÇÃO DO CANTEIRO DA OBRA 20.149,62 GRUPO 2 LOCAÇÃO DA OBRA 4.969,44 GRUPO 3 MOVIMENTO DE TERRA 47.909,63

Leia mais

OBRA: CONSTRUÇÃO DE UM RESERVATÓRIO ELEVADO, UM RESERVATÓRIO SUBTERRÂNEO E UMA CASA DE MÁQUINAS LOCAL DA OBRA: UNIDADE DE ENSINO DE JOÃO CÂMARA

OBRA: CONSTRUÇÃO DE UM RESERVATÓRIO ELEVADO, UM RESERVATÓRIO SUBTERRÂNEO E UMA CASA DE MÁQUINAS LOCAL DA OBRA: UNIDADE DE ENSINO DE JOÃO CÂMARA CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DO RIO GRANDE DO NORTE DEPARTAMENTO DE INFRA-ESTRUTURA DO PROJETO DE EXPANSÃO Av. Sen. Salgado Filho, 1559, Natal/RN. FONE (084) 4005-2612 OBRA: CONSTRUÇÃO DE UM

Leia mais

Ministério da Educação Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação - FNDE Coordenação Geral de Infraestrutural Educacional CGEST

Ministério da Educação Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação - FNDE Coordenação Geral de Infraestrutural Educacional CGEST Ministério da Educação Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação - FNDE Coordenação Geral de Infraestrutural Educacional CGEST MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO PADRÃO PARA COBERTURA DE QUADRA POLIESPORTIVA

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME SECRETARIA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME SECRETARIA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME MEMÓRIA DE CÁLCULO Objeto: Centro de Referência de Assistência Social CRAS Proprietário: Endereço: Área da Edificação: 165,30 m² Pavimento: Térreo

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA OBRA.

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA OBRA. INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE DEPARTAM ENTO DE ENGENHARIA E INFRAESTRUTURA BR 406 - Km 73 n 3500 Perímetro Rural do Município de João Câmara / RN, CEP: 59550-000

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO. Objeto: Ampliação e Reforma Escola Municipal Maria Cassiano Município: Bom Jesus de Goiás - GO Elaborado em: Junho de 2015

MEMORIAL DESCRITIVO. Objeto: Ampliação e Reforma Escola Municipal Maria Cassiano Município: Bom Jesus de Goiás - GO Elaborado em: Junho de 2015 MEMORIAL DESCRITIVO Objeto: Ampliação e Reforma Escola Municipal Maria Cassiano Município: Bom Jesus de Goiás - GO Elaborado em: Junho de 2015 1. DESCRIÇÃO DA OBRA As presentes especificações, bem como

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES DE MATERIAIS E PROCEDIMENTOS DEPRO - UTFPR

ESPECIFICAÇÕES DE MATERIAIS E PROCEDIMENTOS DEPRO - UTFPR ESPECIFICAÇÕES DE MATERIAIS E OCEDIMENTOS DEO - UTF LONDRINA- 2010 CADERNO DE ENCARGOS DEO UTF 0 ÍNDICE 1 ÁTICA GERAL DE CONSTRUÇÃO...1 1.1 CONSIDERAÇÕES INICIAIS...1 1.2 TERMINOLOGIA...1 1.3 SISTEMAS

Leia mais

CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES GLOBAIS DE SERVIÇOS E MATERIAIS REFORMA E ADAPATAÇÃO DO PRÉDIO DA ANTIGA CPFL - GRADUAÇÃO

CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES GLOBAIS DE SERVIÇOS E MATERIAIS REFORMA E ADAPATAÇÃO DO PRÉDIO DA ANTIGA CPFL - GRADUAÇÃO CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES GLOBAIS DE SERVIÇOS E MATERIAIS REFORMA E ADAPATAÇÃO DO PRÉDIO DA ANTIGA CPFL - GRADUAÇÃO INSTITUTO UNI-FAMEMA / OSCIP Marília/SP ÍNDICE 1. PRELIMINARES. 2. DEMOLIÇÕES E RETIRADAS.

Leia mais

2. INSTALAÇÕES PROVISÓRIAS

2. INSTALAÇÕES PROVISÓRIAS MEMORIAL DESCRITIVO Obra: Banheiros Públicos Rincão do Segredo Local: Rua Carlos Massman - Rincão do Segredo Alm. Tam. do Sul-RS Proprietário: Município de Almirante Tamandaré do Sul / RS 1. O presente

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA OBRA.

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA OBRA. INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE DEPARTAM ENTO DE ENGENHARIA E INFRAESTRUTURA BR 406 - Km 73 n 3500 Perímetro Rural do Município de João Câmara / RN, CEP: 59550-000

Leia mais

PROJETO PARA FECHAMENTO DE QUADRA DE ESPORTES E.E.B MARIA DO ROSÁRIO

PROJETO PARA FECHAMENTO DE QUADRA DE ESPORTES E.E.B MARIA DO ROSÁRIO PROJETO PARA FECHAMENTO DE QUADRA DE ESPORTES E.E.B MARIA DO ROSÁRIO MONTE CARLO SC JULHO DE 2015 Fazem parte deste projeto: - Projeto Arquitetônico e Detalhes. - Memorial Descritivo. - Orçamento, Cronograma.

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO. Obra: Reforma da Câmara Municipal de Conchas 2ª Fase

MEMORIAL DESCRITIVO. Obra: Reforma da Câmara Municipal de Conchas 2ª Fase MEMORIAL DESCRITIVO Obra: Reforma da Câmara Municipal de Conchas 2ª Fase Este Memorial Descritivo tem por finalidade especificar os materiais e serviços a serem executados na REFORMA DA CÂMARA MUNICIPAL

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI PREFEITURA DE CAMPUS - SETOR DE OBRAS COMPOSIÇÃO DO BDI PARA OBRA DE CONSTRUÇÃO DO PRÉDIO DO CAMAT - 1ª etapa

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI PREFEITURA DE CAMPUS - SETOR DE OBRAS COMPOSIÇÃO DO BDI PARA OBRA DE CONSTRUÇÃO DO PRÉDIO DO CAMAT - 1ª etapa UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI PREFEITURA DE CAMPUS - SETOR DE OBRAS COMPOSIÇÃO DO BDI PARA OBRA DE CONSTRUÇÃO DO PRÉDIO DO CAMAT - 1ª etapa (BÔNUS E DESPESAS INDIRETAS) Itens de valor percentual

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOÃO DE MERITI MEMORIAL DESCRITIVO

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOÃO DE MERITI MEMORIAL DESCRITIVO PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOÃO DE MERITI MEMORIAL DESCRITIVO Objeto: Reforma e Adequação sem acréscimo de área construída do Posto de Saúde de Eden. End.: Rua Roberto Silveira s/n Éden - São João de

Leia mais

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA DATA agosto/2013 1.0 SERVIÇOS PRELIMINARES 1.2 74209/001 Aquisição e assentamento de placas de obra em aço galvanizado. Abrigo Provisorio de madeira executado na obra para m² 6,00 157,35 944,10 1.3 01520.8.1.1

Leia mais

ÁREA TOTAL CASA: 67,50m² ÁREA DE INFILTRAÇÃO: 80,20m² ITEM ESPECIFICAÇÕES DOS SERVIÇOS

ÁREA TOTAL CASA: 67,50m² ÁREA DE INFILTRAÇÃO: 80,20m² ITEM ESPECIFICAÇÕES DOS SERVIÇOS ENDEREÇO: Rua nº 01 - Loteamento Maria Laura ÁREA TOTAL CASA: 67,50m² 1 INSTALAÇÃO DO CANTEIRO DE OBRA 1.1 Abrigo provisório de madeira executada na obra para alojamento e depósitos de materiais e ferramentas

Leia mais

MUNICÍPIO DE ILHA COMPRIDA

MUNICÍPIO DE ILHA COMPRIDA MEMORIAL DESCRITIVO OBRA: REFORMA, ADEQUAÇÃO E AMPLIAÇÃO DA CRECHE CRIANÇA FELIZ LOCAL: BALNEÁRIO ICARAÍ DE IGUAPE 1. Descrição As adequações e ampliações da Creche Criança feliz visam melhorar o atendimento

Leia mais

Planilha Orçamentária

Planilha Orçamentária Ministério da Educação Obra: Proinfância - Espaço Educativo Infantil Tipo C BDI adotado Município: SALTO DO CÉU-MT 25% Endereço: Avenida Governador Pedro Pedrossian s/n Planilha Orçamentária ITEM DESCRIÇÃO

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO CIVIL

MEMORIAL DESCRITIVO CIVIL MEMORIAL DESCRITIVO CIVIL I SERVIÇOS DE ENGENHARIA Constitui objeto do presente memorial descritivo uma edificação para abrigar segura e adequadamente equipamentos de rede estabilizada, Grupo Moto-gerador

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul Municipio de Venâncio Aires

Estado do Rio Grande do Sul Municipio de Venâncio Aires MEMORIAL DESCRITIVO Obra: OBRAS CIVIS, REFORMA E INSTALAÇÕES - PMAT PAVIMENTO TÉRREO E SUPERIOR DA PREFEITURA MUNICIPAL Local: Rua Osvaldo Aranha-nº 634 Venâncio Aires EXECUÇÃO E SERVIÇOS A execução dos

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MANUEL URBANO

PREFEITURA MUNICIPAL DE MANUEL URBANO Obra: Construção de Melhorias Sanitárias Domiciliares. Data: Agosto/2006 Município: Manuel Urbano - Recomendações Normativas a. O(s) projeto(s), o contrato, o Memorial Descritivo e a Planilha Orçamentária

Leia mais

ESTRUTURAS DE CONCRETO ARMADO CANOAS - RS

ESTRUTURAS DE CONCRETO ARMADO CANOAS - RS ESTRUTURAS DE CONCRETO ARMADO CANOAS - RS 2 INDICE 1. ESTRUTURA DE CONCRETO ARMADO... 3 1.1. Lastros... 3 1.1.1. Lastro de Brita para Fundações... 4 1.1.2. Lastro de Concreto Magro... 4 1.2. Formas...

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO CAMARA DE VEREADORES DE ABELARDO LUZ - SC 1.- GENERALIDADES 1.1.- OBJETO

MEMORIAL DESCRITIVO CAMARA DE VEREADORES DE ABELARDO LUZ - SC 1.- GENERALIDADES 1.1.- OBJETO CAMARA DE VEREADORES DE ABELARDO LUZ - SC MEMORIAL DESCRITIVO 1.- GENERALIDADES 1.1.- OBJETO O presente Memorial Descritivo tem por finalidade estabelecer as condições que orientarão os serviços de construção,

Leia mais

GINÁSIO ESPORTIVO DA COMUNIDADE RIO BONITO ALTO - PONTÃO - RS

GINÁSIO ESPORTIVO DA COMUNIDADE RIO BONITO ALTO - PONTÃO - RS MEMORIAL DESCRITIVO Obra: GINÁSIO ESPORTIVO DA COMUNIDADE RIO BONITO ALTO - PONTÃO - RS Área: 488,50 m² Local: Comunidade de Rio Bonito Alto Bairro: Rio Bonito Alto Cidade: Pontão - RS Proprietário: Comunidade

Leia mais

CAPÍTULO II 1. DA RESPONSABILIDADE DA CONTRATADA/SERVIÇOS PRELIMINARES

CAPÍTULO II 1. DA RESPONSABILIDADE DA CONTRATADA/SERVIÇOS PRELIMINARES A presente especificação técnica trata da Obra DEMOLIÇÃO E REMOÇÃO DE ENTULHO DO PRÉDIO SEDE DA ANTIGA RETÍFICA AO LADO DA MATERNIDADE ESCOLA SANTA MÔNICA, LOCALIZADO NA AV. COMENDADOR LEÃO, S/Nº, NO BAIRRO

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO CONCLUSÃO DA QUADRA DA ESCOLA ALTO BONITO. Rua Florêncio Busatto - Caçador SC.

MEMORIAL DESCRITIVO CONCLUSÃO DA QUADRA DA ESCOLA ALTO BONITO. Rua Florêncio Busatto - Caçador SC. MEMORIAL DESCRITIVO O presente Memorial Descritivo tem por objetivo descrever os serviços, materiais e técnicas construtivas a serem utilizadas na execução da obra abaixo qualificada. DADOS FÍSICOS LEGAIS

Leia mais

Residencial Recanto do Horizonte

Residencial Recanto do Horizonte MEMORIAL DESCRITIVO Residencial Recanto do Horizonte FUNDAÇÃO E ESTRUTURA As Fundações serão executadas de acordo com o projeto estrutural, elaborado de acordo com as normas técnicas pertinentes e baseadas

Leia mais

Definições. Armação. Armação ou Armadura? Armação: conjunto de atividades relativas à preparação e posicionamento do aço na estrutura.

Definições. Armação. Armação ou Armadura? Armação: conjunto de atividades relativas à preparação e posicionamento do aço na estrutura. Definições Armação ou Armadura? Armação: conjunto de atividades relativas à preparação e posicionamento do aço na estrutura. Armadura: associação das diversas peças de aço, formando um conjunto para um

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE MATERIAIS E SERVIÇOS.

MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE MATERIAIS E SERVIÇOS. EMPREENDIMENTO: CONSTRUÇÃO DE QUADRA POLIESPORTlVA COBERTA PROPONENTE: PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO LUIZ GONZAGA. ÁREA DA UNIDADE: 906,06 m². LOCAL: Rua Gen. Portinho, Qd. 196 Bairro Duque de Caxias São

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO RIO GRANDE DO SUL SEA - PR/RS CONCORRÊNCIA 01/2009

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO RIO GRANDE DO SUL SEA - PR/RS CONCORRÊNCIA 01/2009 ANEXO I-D ORÇAMENTO ESTIMATIVO ANALÍTICO PROCURADORIA DA REPÚBLICA EM PELOTAS/RS ORÇAMENTO - PLANILHA ANALÍTICA BDI = 19,57% e LS = 176,82% DATA: JULHO/2009 CÓDIGO DESCRIÇÃO UNIDADE COEF. PREÇO(R$) TOTAL

Leia mais

Câmara Municipal de Itajubá

Câmara Municipal de Itajubá . - ÁREA EXTERNA 1.0 SERVIÇOS PRELIMINARES R$ 35.063,79 PLACA DA OBRA DE ACORDO COM A LEI MUNICIPAL Nº. 2551 DE 06/07/2005, IIO-PLA-005 1.1 MODELO REFERÊNCIA PMI/SEMUP, INCLUSIVE O FORNECIMENTO, UNID 1,00

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO O

MEMORIAL DESCRITIVO O MEMORIAL DESCRITIVO O presente memorial tem por objetivo estabelecer requisitos técnicos, definir materiais e padronizar os projetos e execuções da obra localizada na Rua Jorge Marcelino Coelho, s/n, Bairro

Leia mais

ITEM DISCRIMINAÇÃO DOS SERVIÇOS UNID. 1.00 SERVIÇOS PRELIMINARES 1.01 PLACA DE OBRA EM CHAPA DE ACO GALVANIZADO M2 6,00

ITEM DISCRIMINAÇÃO DOS SERVIÇOS UNID. 1.00 SERVIÇOS PRELIMINARES 1.01 PLACA DE OBRA EM CHAPA DE ACO GALVANIZADO M2 6,00 MEMORIAL DE CÁLCULO OBRA: AMPLIAÇÃO DA UNIDADE DE ATENDIMENTO NO DISTRITO DE RIO BRANCO LOCAL: ZONA RURAL, DISTRITO DE RIO BRANCO ÁREA: 77,05M² ITEM DISCRIMINAÇÃO DOS SERVIÇOS UNID. QUANT. 1.00 SERVIÇOS

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO. Construção de Galpão p/ Depósito de Ferramentas Prop.: Município de Mato Queimado Local: Av. Albino Welter Mato Queimado - RS

MEMORIAL DESCRITIVO. Construção de Galpão p/ Depósito de Ferramentas Prop.: Município de Mato Queimado Local: Av. Albino Welter Mato Queimado - RS MEMORIAL DESCRITIVO Construção de Galpão p/ Depósito de Ferramentas Prop.: Município de Mato Queimado Local: Av. Albino Welter Mato Queimado - RS 01 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS 1.1 SERVIÇOS INICIAIS: A presente

Leia mais

PROJETO BÁSICO. Especificação Destinada a Construção de Almoxarifado

PROJETO BÁSICO. Especificação Destinada a Construção de Almoxarifado PROJETO BÁSICO Especificação Destinada a Construção de Almoxarifado INTRODUÇÃO A execução dos serviços referente Construção de Prédio para Almoxarifado, obedecerá as Especificações, e seus Anexos, aos

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ÂNGELO MEMORIAL DESCRITIVO

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ÂNGELO MEMORIAL DESCRITIVO PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ÂNGELO MEMORIAL DESCRITIVO Ampliação E.M.E.I. Manoel dos Santos Ribeiro Bairro José Alcebíades de Oliveira GENERALIDADES Execução por Empreitada Global O presente memorial

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE DOURADO CNPJ 51.814.960/0001-26. Projeto Básico

PREFEITURA MUNICIPAL DE DOURADO CNPJ 51.814.960/0001-26. Projeto Básico Projeto Básico Pintura e reparos na Escola Municipal de Ensino Fundamental Senador Carlos José Botelho 1.0 Objeto Trata-se de obra de pintura e correção de reparos no edifício da escola, tombado pelo Patrimônio.

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE Prefeitura do Campus

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE Prefeitura do Campus UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE Prefeitura do Campus Data: 10/03/2013 TAXAS: BDI= 23,08% LS= 86,74% e 48,18% ORÇAMENTO: REFORMA E ADEQUAÇÃO DO PRÉDIO DESTINADO AO PROJETO RONDON LOCAL: CAMPUS UNIVERSITÁRIO

Leia mais

ANEXO V - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS LOTE 01 - REDES E RAMAIS Item CATEGORIA Descrição Unidade 01 01 SERVIÇOS DE ESCRITÓRIO, LABORATÓRIO E CAMPO

ANEXO V - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS LOTE 01 - REDES E RAMAIS Item CATEGORIA Descrição Unidade 01 01 SERVIÇOS DE ESCRITÓRIO, LABORATÓRIO E CAMPO 01 01 SERVIÇOS DE ESCRITÓRIO, LABORATÓRIO E CAMPO 1.1 01.018.0001-0 Marcação de obra sem instrumento topográfico, considerada a projeção horizontal da área envolvente 02 03 2.1 03.010.0022-0 2.2 03.016.0005-1

Leia mais

EMOP - Outubro/2013. m x m = m² 3.281,25 0,60 1.968,75 1.968,75 m²

EMOP - Outubro/2013. m x m = m² 3.281,25 0,60 1.968,75 1.968,75 m² 01 01 1.1 01.018.0001-0 PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE TRÊS RIOS Centro - /RJ Marcação de obra sem instrumento topográfico, considerada a projeção horizontal da área envolvente 3.281,25 0,60 1.968,75 1.968,75

Leia mais

Prefeitura Municipal de Piratini

Prefeitura Municipal de Piratini MEMORIAL DESCRITIVO O presente Memorial Descritivo visa estabelecer as condições de materiais e execução referentes à construção de um Vestiário Esportivo, localizado na Av. 6 de julho s/n, em Piratini/RS,

Leia mais

CONSTRUÇÃO - BLOCO DE PESQUISADORES - PAVIMENTO TÉRREO

CONSTRUÇÃO - BLOCO DE PESQUISADORES - PAVIMENTO TÉRREO ANEXO XII PLANILHA ORÇAMENTÁRIA PLANILHA DE ORÇAMENTO UNIDADE: Embrapa Algodão Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária- Embrapa Coordenadoria de Engenharia e Arquitetura-CEN/DRM OBRA: AMPLIAÇÃO DOS

Leia mais

ANEXO XII - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PARA REMODELAÇÃO DA PRAÇA XV DE NOVEMBRO

ANEXO XII - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PARA REMODELAÇÃO DA PRAÇA XV DE NOVEMBRO PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE SECRETARIA MUNICIPAL DO MEIO AMBIENTE SUPERVISÃO DE PARQUES PRAÇAS E JARDINS DIVISÃO DE PROJETOS E CONSTRUÇÃO ANEXO XII - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PARA REMODELAÇÃO DA

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO & ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS E DE MEDIÇÃO PONTE SANTA EMÍLIA

MEMORIAL DESCRITIVO & ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS E DE MEDIÇÃO PONTE SANTA EMÍLIA MEMORIAL DESCRITIVO & ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS E DE MEDIÇÃO PONTE SANTA EMÍLIA PROPRIETÁRIO : Prefeitura Municipal de Venâncio Aires OBRA : Ponte em Concreto Armado - seção 11,60mx12,20mx4,60m LOCAL : Estrada

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO SUBSTITUIÇÃO DA COBERTURA DA CASA DE PASSAGEM DO MUNICÍPIO DE CAÇADOR

MEMORIAL DESCRITIVO SUBSTITUIÇÃO DA COBERTURA DA CASA DE PASSAGEM DO MUNICÍPIO DE CAÇADOR MEMORIAL DESCRITIVO SUBSTITUIÇÃO DA COBERTURA DA CASA DE PASSAGEM DO MUNICÍPIO DE CAÇADOR 1 SUMÁRIO SUMÁRIO 2 MEMORIAL DESCRITIVO 3 I. DADOS FÍSICOS LEGAIS 3 II. DISPOSIÇÕES PRELIMINARES 3 III. SERVIÇOS

Leia mais

FORMAS E ARMADURAS. Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 7º Período Turma A01 Disc. Construção Civil I

FORMAS E ARMADURAS. Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 7º Período Turma A01 Disc. Construção Civil I FORMAS E ARMADURAS Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 7º Período Turma A01 Disc. Construção Civil I CUSTO DA ESTRUTURA (SABBATINI, et. Al, 2007) CUSTO DOS ELEMENTOS DA ESTRUTURA

Leia mais

ANEXO IV MEMORIAL DESCRITIVO CONSTRUÇÃO DE GALPÃO EM ESTRUTURA METÁLICA COM COBERTURA LONADA TIPO TÚNEL

ANEXO IV MEMORIAL DESCRITIVO CONSTRUÇÃO DE GALPÃO EM ESTRUTURA METÁLICA COM COBERTURA LONADA TIPO TÚNEL ANEXO IV MEMORIAL DESCRITIVO CONSTRUÇÃO DE GALPÃO EM ESTRUTURA METÁLICA COM COBERTURA LONADA TIPO TÚNEL 1 MEMORIAL DESCRITIVO DE CONSTRUÇÃO Obra: Construção de um Galpão Lonado Local: Av Dr. Rubião Junior

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO. 2.1.1 - LEVANTAMENTO TOPOGRÁFICO Os níveis marcados na Planta de Implantação deverão ser rigorosamente obedecidos.

MEMORIAL DESCRITIVO. 2.1.1 - LEVANTAMENTO TOPOGRÁFICO Os níveis marcados na Planta de Implantação deverão ser rigorosamente obedecidos. MEMORIAL DESCRITIVO PROPRIETÁRIO : Prefeitura Municipal de Irai OBRA : Construção de ponte em concreto armado de 4,50m de largura x 25,00m de vão total e 5,33m de altura total. LOCAL : Linha Corticeira

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ÂNGELO MEMORIAL DESCRITIVO

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ÂNGELO MEMORIAL DESCRITIVO PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ÂNGELO MEMORIAL DESCRITIVO Obra: Reforma muro lateral, calçadas e cercas E. M. E. F. Marcelino José Bento Champagnat GENERALIDADES Execução por empreitada global O presente

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DADOS DE IDENTIFICAÇÃO: Obra: Obra de implantação de uma quadra poliesportiva, com piso em concreto armado, equipamentos e marcações para a realização das

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO REFORMA E AMPLIAÇÃO DA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE

MEMORIAL DESCRITIVO REFORMA E AMPLIAÇÃO DA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE MEMORIAL DESCRITIVO REFORMA E AMPLIAÇÃO DA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE NAS LOCALIDADES DO DISTRITO ASSENTAMENTO FLORESTA Alegre ES 1 1. INTRODUÇÃO O memorial se refere às obras de reforma e ampliação da Unidade

Leia mais

DOCUMENTO Nº 1 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE ENGENHARIA ETE CONTRATAÇÃO DE OBRAS

DOCUMENTO Nº 1 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE ENGENHARIA ETE CONTRATAÇÃO DE OBRAS http://www.bancodobrasil.com.br 1 DOCUMENTO Nº 1 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE ENGENHARIA ETE CONTRATAÇÃO DE OBRAS SUMÁRIO 1. OBJETO... 2 2. ESCOPO DOS SERVIÇOS... 2 3. DIVERGÊNCIAS... 3 4. NORMAS... 3 5.

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO CORRETIVA E PREVENTIVA EM TODAS AS UNIDADES DA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO LINHARES - ES

MEMORIAL DESCRITIVO SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO CORRETIVA E PREVENTIVA EM TODAS AS UNIDADES DA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO LINHARES - ES MEMORIAL DESCRITIVO SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO CORRETIVA E PREVENTIVA EM TODAS AS UNIDADES DA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO LINHARES - ES 1 1. INTRODUÇÃO O memorial se refere aos Serviços de Manutenção

Leia mais

VARA DA VIOLÊNCIA DOMÉSTICA PLANILHA DE ORÇAMENTO

VARA DA VIOLÊNCIA DOMÉSTICA PLANILHA DE ORÇAMENTO OBRA: REFORMA DA 01. SERVIÇOS INICIAIS 86.825,78 01.01 COMP 01 ADMINISTRAÇÃO LOCAL DA OBRA (ACOMPANHAMENTO TÉCNICO E VIGILÂNCIA) MÊS 3,00 20.923,38 4.902,35 25.825,73 77.477,19 01.02 74209/001 PLACA DE

Leia mais

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S. A. CERON DIRETORIA DE GESTÃO DG GERÊNCIA DE ADMINISTRAÇÃO GERAL AGG MEMORIAL DESCRITIVO

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S. A. CERON DIRETORIA DE GESTÃO DG GERÊNCIA DE ADMINISTRAÇÃO GERAL AGG MEMORIAL DESCRITIVO MEMORIAL DESCRITIVO PROPRIETÁRIO: CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S. A. CERON OBRA: REFORMA NO MURO DE CONTENÇÃO, MURO DE ALVENARIA E ÁREA PARA DEPÓSITO NO ALMOXARIFADO DA CERON ENDEREÇO: ÀS MARGENS DA

Leia mais

ENGENHARIA DE SEGURANÇA

ENGENHARIA DE SEGURANÇA ESTADO DE MATO GROSSO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO FACULDADE DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL ENGENHARIA DE SEGURANÇA P R O F ª K A R E N W R O B E L S T R A

Leia mais

Anexo I-A: Serviços de reforma no alojamento de menores da P. J. de Samambaia

Anexo I-A: Serviços de reforma no alojamento de menores da P. J. de Samambaia Serviços de reforma no alojamento de menores da P. J. de Samambaia MEMORIAL DESCRITIVO Anexo I-A: Serviços de reforma no alojamento de menores da P. J. de Samambaia Sumário 1.Considerações gerais...1 2.Serviços

Leia mais

Insumo/Aux. Descrição Unidade Coeficiente Preço Unitário Preço Total

Insumo/Aux. Descrição Unidade Coeficiente Preço Unitário Preço Total COMPOSIÇÃO ANALÍTICA DE PREÇO UNITÁRIO Cliente: Edificações Obra: CENTRO DE TREINAMENTO OFICIAL DO PARI Local: VÁRZEA GRANDE - MT 1 Estaca raiz diâmetro de 200mm M 1 0102015 Ferreiro (sgsp) H 0,847272

Leia mais

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA 1.0 SERVIÇOS PRELIMINARES 1.1 Limpeza do Canteiro de Obras. 1,00 vb 1.2 Locação da Obra. 236,69 m² 1.3 Licenças e Taxas. 1,00 vb 1.4 Projeto Arquitetônico. 1,00 vb 1.5 Projeto Estrutural. 1,00 vb 1.6 Projeto

Leia mais

IFES/CAMPUS DE ALEGRE - ES PROJETO BÁSICO

IFES/CAMPUS DE ALEGRE - ES PROJETO BÁSICO IFES/CAMPUS DE ALEGRE - ES PROJETO BÁSICO Especificação Destinada Construção do Núcleo de Empresas Junior INTRODUÇÃO A execução dos serviços referente Construção do Núcleo de Empresas Junior, obedecerá

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO DE OBRA PROJETO ARQUITETÔNICO MOTO TAXI RODOVIÁRIA

MEMORIAL DESCRITIVO DE OBRA PROJETO ARQUITETÔNICO MOTO TAXI RODOVIÁRIA MEMORIAL DESCRITIVO DE OBRA PROJETO ARQUITETÔNICO MOTO TAXI RODOVIÁRIA 1. OBJETIVO O presente memorial descritivo tem por objetivo estabelecer requisitos técnicos, definir materiais a utilizar e normatizar

Leia mais

PORTARIA Nº 2.206, DE 14 DE SETEMBRO DE 2011 (*)

PORTARIA Nº 2.206, DE 14 DE SETEMBRO DE 2011 (*) PORTARIA Nº 2.206, DE 14 DE SETEMBRO DE 2011 (*) Institui, no âmbito da Política Nacional de Atenção Básica, o Programa de Requalificação de Unidades Básicas de Saúde e o respectivo Componente Reforma.

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE BOMBINHAS PROJETO PAVIMENTAÇÃO COM LAJOTAS SEXTAVADAS E DRENAGEM PLUVIAL RUA CANGERANA

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE BOMBINHAS PROJETO PAVIMENTAÇÃO COM LAJOTAS SEXTAVADAS E DRENAGEM PLUVIAL RUA CANGERANA - 1 - PROJETO PAVIMENTAÇÃO COM LAJOTAS SEXTAVADAS E DRENAGEM PLUVIAL RUA CANGERANA MUNICÍPIO DE BOMBINHAS - SC PROJETO: AMFRI Associação dos Municípios da Região da Foz do Rio Itajaí Carlos Alberto Bley

Leia mais

Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária

Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária Nº: 2.0 ARQUITETURA E URBANISMO 2.1.1 2.1.1.1 DEMOLIÇÃO, RETIRADAS E REMOÇÕES 2.1.1.1.1 REMOÇÃO DE TELHAS EXISTENTES 2.1.1.1.1.1 REMOÇÃO DE TELHAS 161333 ICC - Salvador - Mão de Obra 53 2.1.1.1.2 REMOÇÃO

Leia mais

FS-06. Fossa séptica. Componentes. Código de listagem. Atenção. FS-06-01 (L=3,00m) FS-06-02 (L=3,80m) FS-06-03 (L=5,40m) 01 27/12/10

FS-06. Fossa séptica. Componentes. Código de listagem. Atenção. FS-06-01 (L=3,00m) FS-06-02 (L=3,80m) FS-06-03 (L=5,40m) 01 27/12/10 - -03 1/5 - -03 2/5 - -03 3/5 - -03 4/5 DESCRIÇÃO Constituintes Lastro de concreto magro, traço 1:4:8, cimento, areia e brita. Fundo e vigas de concreto armado, moldados in loco: - Fôrmas de tábuas de

Leia mais

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA BÁSICA E ESTIMATIVA

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA BÁSICA E ESTIMATIVA IVERSIDADE ESTADUAL DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DE ALAGOAS CISAL CONTRATANTE: IVERSIDADE ESTADUAL DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DE ALAGOAS - CISAL FONTE DE CONSULTA DE PREÇOS ITÁRIOS: - AGO / 2013, AGO / 2013 E COMPOSIÇÕES

Leia mais

MEMORIAL DE CÁLCULO UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE

MEMORIAL DE CÁLCULO UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE MANGUEIRA ITEM CÓDIGO FONTE ESPECIFICAÇÃO DOS SERVIÇOS. 1 SERP SERVIÇOS PRELIMINARES 0011 DEMOLIÇÃO DE ALVENARIA 1.1 72214 SINAPI-ES Demolicao de alvenaria estrutural de blocos

Leia mais

OBRA:CONSTRUÇÃO DO LABORATÓRIO DE CIÊNCIAS PADRÃO UNIDADE ESCOLAR:

OBRA:CONSTRUÇÃO DO LABORATÓRIO DE CIÊNCIAS PADRÃO UNIDADE ESCOLAR: OBRA:CONSTRUÇÃO DO LABORATÓRIO DE CIÊNCIAS PADRÃO UNIDADE ESCOLAR: 01. OBJETO: 01.01. Estas especificações diz respeito à construção de um Laboratório de Ciências, modelo padrão. 01.02. Ela tem por finalidade

Leia mais

ANEXO I MEMORIAL DESCRITIVO CADERNO TÉCNICO

ANEXO I MEMORIAL DESCRITIVO CADERNO TÉCNICO ANEXO I MEMORIAL DESCRITIVO CADERNO TÉCNICO PROCESSO 01/2012 CONVITE 01/2012 PARTE A MEMORIAL DESCRITIVO 1. CARACTERIZAÇÃO DA OBRA 2. OBJETIVOS PARTE B ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS 1. INSTALAÇÃO DO CANTEIRO

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE VENÂNCIO AIRES

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE VENÂNCIO AIRES PROJETO ARQUITETÔNICO ADEQUAÇÕES NA USINA DE TRIAGEM DE LIXO LINHA ESTRELA MEMORIAL DESCRITIVO 1 MEMORIAL DESCRITIVO 1. OBJETIVO: USINA DE TRIAGEM DE LIXO A presente especificação tem por objetivo estabelecer

Leia mais

ANEXO 1 DO TEMO DE REFERÊNCIA

ANEXO 1 DO TEMO DE REFERÊNCIA ITENS DISCRIMINAÇÃO DOS SERVIÇOS UN QUANT 1.0 1.1 1.2 1.3 1.4 1.5 1.6 1.7 1.8 1.9 1.10 1.11 1.12 1.13 1.14 1.15 1.16 1.17 1.18 1.19 1.20 SERVIÇOS PRELIMINARES Mobilização e desmobilização do canteiro de

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE VENÂNCIO AIRES

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE VENÂNCIO AIRES PROJETO ARQUITETÔNICO OBRAS COMPLEMENTARES PARA AS INSTALAÇÕES DA UPA (Muro, alambrados, Abrigo para as ambulâncias e pavimentação). MEMORIAL DESCRITIVO, PLANILHA ORÇAMENTÁRIA E CRONOGRAMA FÍSICO-FINANCEIRO.

Leia mais

CRONOGRAMA FÍSICO-FINANCEIRO

CRONOGRAMA FÍSICO-FINANCEIRO Serviço: 1ª FASE DO LABORATÓRIO DE ESCOAMENTOS DE MULTIFÁSICOS INDUSTRIAIS - ESTRUTURA E COBERTURA DATA: 9 de novembro de 2010 CRONOGRAMA FÍSICO-FINANCEIRO DESCRIÇÃO UNID. QUANT. PREÇO MAT. (UNIT.)(R$)

Leia mais

PREFEITURA DE SÃO LUIS SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE - SEMUS COORDENAÇÃO DE ENGENHARIA E MANUTENÇÃO DE PRÉDIOS PLANILHA DE PREÇO

PREFEITURA DE SÃO LUIS SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE - SEMUS COORDENAÇÃO DE ENGENHARIA E MANUTENÇÃO DE PRÉDIOS PLANILHA DE PREÇO REFERÊNCIA - DATA BASE : SINAPI/ORSE - JANEIRO - 1.00 SERVIÇOS PRELIMINARES 26.610,31 1.01 SEMUS TAXA DA PREFEITURA m² 116,17 2,25 261,38 1.02 SEMUS TAXA DO CREA OBRAS ACIMA DE 700M2 und 1,00 208,75 208,75

Leia mais

PSP - PLANILHA DE SERVIÇOS E PREÇOS

PSP - PLANILHA DE SERVIÇOS E PREÇOS BASE: 12/2012 DATA: 01/02/2013 PSP - PLANILHA DE SERVIÇOS E S 1 MOBILIZAÇÃO E DESMOBILIZAÇÃO PARTE A 1.1 Mobilização de mão-de-obra e equipamentos para a preparação da instalação e execução dos primeiros

Leia mais

MEMORIA DE CÁLCULO DOS QUANTITATIVOS

MEMORIA DE CÁLCULO DOS QUANTITATIVOS Estado do Rio Grande do Norte PREFEITURA MUNICIPAL DE CAICÓ Av. Cel. Martiniano, 993 Caicó (RN) CNPJ 08.096.570/0001-39 MEMORIA DE CÁLCULO DOS QUANTITATIVOS QUADRA COBERTA; 1-SERVIÇOS PRELIMINARES Locação

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO. Construção Unidade Básica de Saúde PROPRIETÁRIO: PREFEITURA MUNICIPAL DE CACIQUE DOBLE.

MEMORIAL DESCRITIVO. Construção Unidade Básica de Saúde PROPRIETÁRIO: PREFEITURA MUNICIPAL DE CACIQUE DOBLE. MEMORIAL DESCRITIVO Construção Unidade Básica de Saúde TIPO DE CONSTRUÇÃO: Prédio em Alvenaria UBS Unidade Básica de Saúde da Sede do município. LOCAL: Rua Édimo Luiz Tonial na cidade de Cacique Doble

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE DOUTOR PEDRINHO Estado de Santa Catarina

PREFEITURA MUNICIPAL DE DOUTOR PEDRINHO Estado de Santa Catarina MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Obra: AMPLIAÇÃO UNIDADE DE SAÚDE CENTRAL Local: Rua Santa Catarina, Centro Área de Ampliação: 161,82 m² Município: Doutor Pedrinho SC Data: Novembro / 2015

Leia mais

TERMO DE ABERTURA DE PROCESSO ADMINISTRATIVO COM FINS DE LICITAÇÃO

TERMO DE ABERTURA DE PROCESSO ADMINISTRATIVO COM FINS DE LICITAÇÃO TERMO DE ABERTURA DE PROCESSO ADMINISTRATIVO COM FINS DE LICITAÇÃO Pelo presente termo, em cumprimento ao disposto no art. 38, da Lei Federal 8666/93 Lei das Licitações, DECLARO aberto o Processo Administrativo

Leia mais