CONTRATO N. 365/2005

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CONTRATO N. 365/2005"

Transcrição

1 CONTRATO N. 365/2005 TERMO DE CONTRATO DE FORNECIMENTO QUE ENTRE SI CELEBRAM O ESTADO DE SANTA CATARINA, POR INTERMÉDIO DO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA, E A EMPRESA BRY TECNOLOGIA S.A. Pelo presente instrumento, o ESTADO DE SANTA CATARINA, pessoa jurídica de direito público interno, por intermédio do PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA, estabelecido na Rua Dr. Álvaro Millen da Silveira, 208, Centro, Florianópolis/SC, CNPJ/MF n / , neste ato representado por seu Diretor Geral Administrativo, Senhor SÉRGIO GALLIZA, doravante denominado CONTRATANTE, e a empresa BRY TECNOLOGIA S.A., estabelecida na Rua Lauro Linhares, 2123, Torre B, 3 andar, Trindade, Florianópolis/SC, CNPJ/MF n / , neste ato representada por seu Presidente, Senhor CARLOS ROBERTO DE ROLT, doravante denominada CONTRATADA, resolvem celebrar o presente contrato, em decorrência do Processo n , de , referente ao, aberto em e homologado em , mediante sujeição às seguintes cláusulas contratuais: DOS DOCUMENTOS Cláusula primeira. Fazem parte do presente termo, independentemente de transcrição, todos os elementos que compõem o processo de licitação antes nominado, inclusive a proposta apresentada pela CONTRATADA. DO OBJETO Cláusula segunda. O presente contrato tem por objeto a aquisição de solução de protocolização digital de documentos eletrônicos, conforme as especificações contidas no Anexo único. 1º Considerar-se-ão inclusas todas as despesas concernentes à execução do contrato, tais como encargos sociais, transporte, assistência técnica, benefícios, despesas indiretas, tributos ou quaisquer outras incidências. 2º A quantidade prevista poderá sofrer acréscimos de até 25% (vinte e cinco por cento) ou supressão, em conformidade com o estabelecido no art. 65 da Lei n , de 21 de junho de DA ENTREGA Cláusula terceira. A CONTRATADA compromete-se a entregar e instalar o objeto descrito no presente contrato, após o recebimento do PEDIDO DE ENTREGA, emitido pela Diretoria de Informática no seguinte local e horário: I LOCAL DE ENTREGA: sala de servidores da Diretoria de Informática; II ENDEREÇO: piso térreo do edifício sede do CONTRATANTE, estabelecido na Rua Dr. Álvaro Millen da Silveira, 208, Centro, Florianópolis/SC; III HORÁRIO: das 14 às 17 horas. 1/13 fcsp

2 1º O fornecimento será feito de acordo com as condições contidas no processo n e na proposta apresentada pela CONTRATADA, que originou o presente contrato, e que esta declara conhecer. 2º A entrega que coincidir com feriado, ponto facultativo ou suspensão de expediente deverá ser efetuada no primeiro dia útil seguinte. 3º A falta do objeto contratado em estoque não poderá ser alegada como motivo para o nãoatendimento ao PEDIDO DE ENTREGA e não eximirá a CONTRATADA das penalidades a que está sujeita pelo não-cumprimento das quantidades e dos prazos estabelecidos. 4º A CONTRATADA deverá fornecer, no momento da entrega do objeto contratado, documentação técnica completa do programa, incluindo manuais de instalação, operação e configuração de todos os componentes, preferencialmente em português, 1 (uma) cópia impressa e outra em CD-ROM e com licença de uso por período ilimitado. DA INSTALAÇÃO Cláusula quarta. A instalação completa do objeto contratado deverá ser realizada no local previsto na cláusula anterior, no prazo estabelecido no inciso II da clausula décima nona deste contrato. Parágrafo único. A instalação completa do objeto deste contrato consiste na instalação física do hardware e software, sua ativação, configuração da solução, customização, treinamento operacional e a realização de testes para garantir que toda a solução está em pleno funcionamento. DO RECEBIMENTO Cláusula quinta. O objeto do presente contrato será recebido pelo CONTRATANTE, por intermédio da Diretoria de Informática ou Comissão Especial de Recebimento, que atestará sua regularidade, de acordo com as especificações exigidas neste instrumento. 1º Constatada qualquer irregularidade, a CONTRATADA, devidamente notificada, terá o prazo previsto no inciso III da cláusula décima nona para fazer a substituição necessária. 2º Estando em mora a CONTRATADA, o prazo para substituição ou correção do objeto do contrato não interromperá a multa por atraso prevista contratualmente. 3º A CONTRATADA não receberá o aceite na Nota Fiscal/Fatura enquanto não regularizar a entrega/instalação definitiva do objeto do contrato. DA FISCALIZAÇÃO Cláusula sexta. O CONTRATANTE exercerá ampla e irrestrita fiscalização na execução do objeto deste contrato, a qualquer hora, por intermédio da Diretoria de Informática ou Comissão Especial de Recebimento. 1º Após a entrega e instalação do objeto deste contrato, a Diretoria de Informática ou Comissão Especial de Recebimento procederá a avaliação do mesmo, anotando em relatório próprio os problemas ocorridos. 2º O CONTRATANTE poderá determinar a substituição do objeto do contrato, em razão de danos causados no transporte, defeitos de concepção ou desatendimento às especificações técnicas mínimas, desde que devidamente comprovados. 3º A fiscalização exercida não exclui nem reduz a responsabilidade da CONTRATADA, inclusive de terceiros, por qualquer irregularidade cometida durante a execução deste contrato. 4º O acompanhamento da execução deste contrato ficará a cargo da Diretoria de Informática ou Comissão Especial de Recebimento, conforme o caso, à qual caberá fiscalizar a sua execução, a substituição do objeto do contrato rejeitado, suas especificações, efetuar a liberação dos pagamentos, bem como comunicar à CONTRATADA, formalmente, o descumprimento de quaisquer das cláusulas deste contrato. 2/13 fcsp

3 DA GARANTIA Cláusula sétima. A CONTRATADA responde pela garantia de eventuais defeitos de concepção, com atendimento on-site no Tribunal de Justiça, pelo prazo mencionado no inciso IV, da cláusula décima nona. Parágrafo único. A CONTRATADA, durante o prazo de garantia, deverá prestar assistência técnica na solução, no horário de expediente do CONTRATANTE, no prazo mencionado no inciso V, da cláusula décima nona. DOS SERVIÇOS DE ASSISTÊNCIA TÉCNICA Cláusula oitava. Durante o prazo de garantia, a CONTRATADA deverá prestar assistência técnica no objeto do contrato, com atendimento on-site no Tribunal de Justiça, sem qualquer ônus adicional ao CONTRATANTE. 1º A assistência técnica será prestada diretamente pela CONTRATADA, fabricante ou empresa autorizada pelo último, com funcionamento na modalidade de 5x8, ou seja, de segunda a sexta-feira, no horário comercial. 2º Os serviços de assistência técnica serão realizados sempre que necessário, mediante chamada/solicitação do CONTRATANTE, a qual deverá ser atendida no prazo máximo de 4 (quatro) horas, após a abertura do primeiro chamado. 3º Caso a CONTRATADA não possa colocar o objeto do contrato em perfeito estado de funcionamento quando do primeiro atendimento, lhe será concedido o prazo máximo de 24 (vinte e quatro) horas para apresentar uma solução que permita a utilização do mesmo. 4º Decorrido o prazo previsto nos 2º e 3º sem o atendimento ou correções devidas, fica o CONTRATANTE autorizado a contratar estes serviços com outra empresa e a cobrar da CONTRATADA os custos respectivos, sem que tal fato acarrete qualquer perda quanto à garantia do objeto do contrato ou ao suporte dos serviços prestados. 5 O não-cumprimento da assistência técnica durante o período de garantia, condiciona a CONTRATADA a executar a manutenção ou indicar outra empresa devidamente credenciada, sendo obrigatório encaminhar à Diretoria de Informática do CONTRATANTE, documento constando a razão social, CNPJ/MF, endereço, CEP, número do telefone e fac-símile, (se houver) e o nome da pessoa responsável para contato, da nova assistência técnica. 6 As despesas relativas aos eventuais deslocamentos correrão por conta da CONTRATADA e sob sua exclusiva responsabilidade. DAS OBRIGAÇÕES E RESPONSABILIDADES DAS PARTES Cláusula nona. São obrigações e responsabilidades do CONTRATANTE: I condições de recebimento/instalação do objeto do contrato, especificado na cláusula segunda, fornecendo as informações necessárias; II empenhar os recursos necessários, garantindo o pagamento da Nota Fiscal/Fatura em dia; III encaminhar o extrato do contrato e de seus aditivos, se ocorrerem, para publicação no Diário da Justiça do Estado, arcando com as respectivas despesas de publicação; IV encaminhar à CONTRATADA, até o 5 (quinto) dia útil, a partir de sua assinatura, cópia deste contrato; e V controlar e acompanhar toda a execução do contrato. Cláusula décima. São obrigações e responsabilidades da CONTRATADA: I executar, nas condições estabelecidas, o objeto contratual definido na cláusula segunda do presente contrato; 3/13 fcsp

4 II cumprir os prazos estabelecidos na cláusula décima nona do presente contrato; III executar todos os serviços de manutenção e/ou ajuste indispensáveis ao funcionamento adequado do objeto do contrato; IV corrigir, a partir da notificação, as irregularidades e impropriedades verificadas pela Diretoria de Informática ou Comissão Especial de Recebimento no objeto deste contrato, sem custo adicional ao CONTRATANTE; V informar à Diretoria de Informática qualquer alteração que possa comprometer a execução do objeto do contrato, durante o seu desenvolvimento; VI não transferir, no todo ou em parte, o objeto deste contrato, sem prévia anuência, por escrito, do CONTRATANTE; VII garantir a evolução e disponibilização do sistema, sem custos, durante o período de garantia, sempre que novas versões ou correções estiverem disponíveis; VIII assumir a responsabilidade pela boa execução e eficiência dos serviços efetuados, bem como por quaisquer danos causados ao CONTRATANTE ou a terceiros; IX atender as chamadas do CONTRATANTE durante o período de garantia; X promover treinamento operacional e consultoria, nos termos o Anexo único deste contrato; XI cumprir outras responsabilidades estabelecidas no Anexo único deste contrato; e XII manter, durante toda a execução deste contrato, em compatibilidade com as obrigações assumidas, todas as condições de habilitação e qualificação exigidas na licitação. DO CRÉDITO Cláusula décima primeira. A despesa com a execução deste contrato correrá por conta do elemento de despesa n , do projeto/atividade n. 4352, do orçamento do Tribunal de Justiça (Conta Única), para o exercício de DO PAGAMENTO Cláusula décima segunda. O CONTRATANTE pagará à CONTRATADA, a importância total de R$ ,00 (setenta e oito mil reais), correspondente a execução do objeto descrito na cláusula segunda, respeitadas as condições estabelecidas no presente contrato, compreendendo: R$ ,00 (vinte e quatro mil reais) pelo hardeware; R$ ,00 (quarenta e oito mil reais) pelo software; e R$ 6.000,00 (seis mil reais) pelos serviços de instalação. 1º As condições para que ocorra o pagamento serão as seguintes: I a CONTRATADA entregará a Nota Fiscal/Fatura na Diretoria de Informática, acompanhada da seguinte documentação (art. 71 c/c o art. 55, XIII, da Lei n /1993), dentro do prazo de validade: a) comprovante da regularidade perante a Fazenda Federal; b) comprovante da regularidade perante a Fazenda Estadual; c) comprovante da regularidade perante a Fazenda Municipal; d) comprovante da regularidade perante a União Dívida Ativa; e) comprovante da regularidade perante a Seguridade Social (INSS); e f) comprovante da regularidade perante o FGTS; II as certidões previstas no inciso anterior só serão aceitas com prazo de validade determinado no documento ou com data de emissão não superior a 180 (cento e oitenta) dias; III as certidões previstas no inciso I desta cláusula deverão ser apresentadas em cópias autenticadas ou exibidas com os originais; 4/13 fcsp

5 IV caso a CONTRATADA possua cadastro com o CONTRATANTE (com as certidões dentro do prazo de validade), a documentação constante do inciso I desta cláusula será substituída por documento emitido pela Comissão de Habilitação Cadastral; V no caso da isenção do ICMS (prevista no inciso XI do art. 1º do Anexo II do Decreto Estadual n , de 27 de agosto de 2001 RICMS/SC, inserido pelo Decreto n. 255, de 25 de maio de 2003 alteração n. 246), a CONTRATADA deverá emitir a Nota Fiscal/Fatura com o valor que consta na proposta e no empenho, bem como indicar, na respectiva Nota, o valor do desconto; e VI o não-cumprimento de um dos incisos acima acarretará o sobrestamento do pagamento, até que sejam solucionadas as pendências apontadas. 2º O CONTRATANTE compromete-se a efetuar o pagamento até o 8º (oitavo) dia útil, a partir do aceite e liberação da Nota Fiscal/Fatura pela Diretoria de Informática ou Comissão Especial de Recebimento, bem como pela Divisão de Almoxarifado Diretoria de Material e Patrimônio, e após cumpridas as condições de pagamento supracitadas. 3º No caso do não-pagamento da Nota Fiscal/Fatura até o 8º (oitavo) dia útil, por culpa exclusiva do CONTRATANTE, será efetuada a atualização monetária do 9º (nono) dia útil até a data da efetiva quitação, reajustando-se o valor com base nos mesmos critérios adotados para a atualização das obrigações tributárias, em observância ao que dispõem o art. 117 da Constituição Estadual e o art. 40, XIV, c, da Lei n /1993. DO REAJUSTE Cláusula décima terceira. Os valores contratados somente poderão ser reajustados após decorrido 1 (um) ano de vigência deste contrato, de acordo com a variação do IGP/M-1 (Índice Geral de Preços de Mercado, mês anterior), divulgado pela Fundação Getúlio Vargas FGV, contados a partir da data limite da apresentação da proposta. Parágrafo único. O prazo previsto no caput somente poderá ser alterado por força de lei, sendo obrigatória a apresentação, por parte da CONTRATADA, da documentação que comprove a origem do novo preço praticado. DAS SANÇÕES ADMINISTRATIVAS Cláusula décima quarta. As sanções administrativas serão: advertência, multa, suspensão temporária de participar de licitações, impedimento de licitar e contratar com a Administração e declaração de inidoneidade, com fulcro no Capítulo IV, Seção II, da Lei n /1993 e na Lei n / º A penalidade de ADVERTÊNCIA será aplicada no caso de infrações cometidas que prejudiquem a lisura do processo licitatório ou correspondam a pequenas irregularidades verificadas na execução do contrato, que venham ou não causar danos ao CONTRATANTE ou a terceiros. 2º A CONTRATADA estará sujeita às seguintes MULTAS: I 0,2% (zero vírgula dois por cento) ao dia, limitada a 10% (dez por cento), sobre o valor do PEDIDO DE ENTREGA, pelo atraso na entrega/instalação do objeto do contrato; II 0,2% (zero vírgula dois por cento) ao dia, limitada a 10% (dez por cento), sobre o valor do PEDIDO DE ENTREGA, pelo atraso na substituição do objeto do contrato entregue/instalado em desacordo com as especificações; III 0,2% (zero vírgula dois por cento) ao dia, limitada a 10% (dez por cento), sobre o valor do PEDIDO DE ENTREGA, pela não-substituição do objeto do contrato entregue/instalado em desacordo com as especificações; 5/13 fcsp

6 IV 0,2% (zero vírgula dois por cento) ao dia, limitada a 10% (dez por cento), sobre o PEDIDO DE ENTREGA, pelo não-atendimento ao pedido de assistência técnica, não-correção dos problemas ou nãosubstituição do objeto do contrato, durante o período de garantia; V 0,2% (zero vírgula dois por cento) ao dia, limitada a 10% (dez por cento), sobre o PEDIDO DE ENTREGA, pelos atrasos no atendimento ao pedido de assistência técnica, correção dos problemas ou substituição do objeto do contrato, durante o período de garantia; e VI 0,2% (zero vírgula dois por cento) ao dia, limitada a 10% (dez por cento), sobre o valor do PEDIDO DE ENTREGA, pelo descumprimento de cada uma das obrigações e/ou prazos determinados nas cláusulas terceira, quarta, quinta, sexta, sétima, nona e décima nona deste contrato, independentemente de outras multas aplicadas. 3º As multas previstas no parágrafo anterior, incisos I a III, serão deduzidas do pagamento da Nota Fiscal/Fatura; no caso dos incisos IV a VI, o CONTRATANTE encaminhará, no primeiro dia útil após vencidos os prazos estipulados neste contrato, NOTIFICAÇÃO DE COBRANÇA à CONTRATADA, que deverá fazer o recolhimento aos cofres públicos até o 5º (quinto) dia útil, a partir de seu recebimento, sob pena de cobrança judicial. 4º A penalidade de SUSPENSÃO TEMPORÁRIA DE PARTICIPAR EM LICITAÇÕES E IMPEDIMENTO DE CONTRATAR COM A ADMINISTRAÇÃO será aplicada à CONTRATADA quando: I fizer declaração falsa; II deixar de entregar ou apresentar documentação falsa; III ensejar o retardamento da execução do objeto; IV não mantiver a proposta; V falhar injustificadamente ou fraudar a execução do contrato; VI comportar-se de modo inidôneo ou cometer fraude fiscal; VII executar o contrato em desconformidade com o especificado; ou VIII não substituir, no prazo estipulado, o objeto do contrato recusado pelo CONTRATANTE; IX descumprir os prazos e as condições previstas neste instrumento. 5º A punição definida no parágrafo anterior será por até 5 (cinco) anos. 6º A penalidade de DECLARAÇÃO DE INIDONEIDADE PARA LICITAR E CONTRATAR COM A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA será aplicada nos casos em que o CONTRATANTE, após análise dos fatos, constatar que a CONTRATADA praticou falta grave. 7º A punição definida no parágrafo anterior perdurará enquanto houver os motivos determinantes da punição ou até que seja promovida a reabilitação perante a própria autoridade que aplicou a penalidade, que será concedida sempre que a CONTRATADA ressarcir o CONTRATANTE pelos prejuízos resultantes e após decorrido o prazo não superior a 2 (dois) anos previsto no inciso IV do art. 87 da Lei n / º As penalidades acima poderão ser aplicadas isolada ou cumulativamente, nos termos do art. 87 da Lei n / º Na aplicação das penalidades acima serão admitidos os recursos previstos em lei, observando-se o contraditório e a ampla defesa. 10. Ocorrendo caso fortuito ou força maior, regularmente comprovado e aceito pelo CONTRATANTE, a CONTRATADA ficará isenta das penalidades. 11. Além das penalidades acima citadas, a CONTRATADA ficará sujeita ao cancelamento de sua inscrição no Cadastro de Fornecedores do CONTRATANTE. 6/13 fcsp

7 DA INEXECUÇÃO E DA RESCISÃO Cláusula décima quinta. A inexecução total ou parcial do contrato enseja a sua rescisão com as conseqüências contratuais e as previstas em lei, com fulcro no Capítulo III, Seção V, da Lei n /1993, nos seguintes modos: I por ato unilateral e escrito do CONTRATANTE, nos casos enumerados nos incisos I a XII e XVII do art. 78 da Lei n /1993; II amigavelmente, por acordo das partes, mediante formalização de aviso prévio com antecedência mínima de 30 (trinta) dias, não cabendo indenização a qualquer uma das partes, resguardado o interesse público; e III judicialmente, nos termos da legislação vigente. 1º O descumprimento, por parte da CONTRATADA, de suas obrigações legais e/ou contratuais, assegura ao CONTRATANTE o direito de rescindir o contrato a qualquer tempo, independentemente de aviso, interpelação judicial e/ou extrajudicial. 2º A rescisão do contrato, com base no inciso I desta cláusula, sujeita a CONTRATADA à multa rescisória de 10% (dez por cento) sobre o saldo do contrato existente na data da rescisão, independentemente de outras multas aplicadas. DOS ENCARGOS Cláusula décima sexta. As despesas decorrentes dos encargos trabalhistas, previdenciários, fiscais e comerciais, resultantes da execução deste contrato ficarão a cargo da CONTRATADA, bem como a correta aplicação da legislação atinente à segurança, higiene e medicina do trabalho. DA ALTERAÇÃO DO CONTRATO Cláusula décima sétima. A alteração de quaisquer das disposições estabelecidas neste contrato somente se reputará válida se tomada nos termos da lei e expressamente em termo aditivo, que ao presente se aderirá. DA LEGISLAÇÃO APLICÁVEL E CASOS OMISSOS Cláusula décima oitava. O presente contrato rege-se pelas disposições expressas nas Leis n /1993 e n /2002 e pelos preceitos de direito público, aplicando-se-lhe, supletivamente, os princípios da teoria geral dos contratos e as disposições de direito privado. Parágrafo único. Os casos omissos serão resolvidos à luz das referidas leis, recorrendo-se à analogia, aos costumes e aos princípios gerais do direito. DOS PRAZOS Cláusula décima nona. Este contrato terá os seguintes prazos: I DE VIGÊNCIA DO CONTRATO: da data da assinatura até ou até a instalação de toda a solução, ficando adstrita à vigência do crédito orçamentário para o exercício de 2005; II DE ENTREGA/INSTALAÇÃO DO OBJETO DO CONTRATO E CONFIGURAÇÃO DO software: máximo de 45 (quarenta e cinco) dias, a partir do recebimento do PEDIDO DE ENTREGA, emitido pela Diretoria de Informática do CONTRATANTE; III DE SUBSTITUIÇÃO DA SOLUÇÃO REJEITADA: máximo de 10 (dez) dias após a notificação da Diretoria de Informática do CONTRATANTE; IV DE GARANTIA DA SOLUÇÃO: mínima de 3 (três) anos, a partir do aceite pelo CONTRATANTE, na Nota Fiscal/Fatura; 7/13 fcsp

8 V DE ASSISTÊNCIA TÉCNICA (durante o período de garantia): os prazos a serem cumpridos relativo a assistência técnica, estão consignados na cláusula oitava; e VI DE FORMALIZAÇÃO DO PEDIDO DE ENTREGA: máximo de 20 (vinte) dias, a partir da assinatura deste contrato. DO FORO Cláusula vigésima. Fica eleito o Foro da comarca da Capital, com renúncia expressa de qualquer outro, por mais privilegiado que seja, para nele serem dirimidas dúvidas e questões oriundas do presente contrato. E, por estarem acordes, as partes assinam este instrumento em 4 (quatro) vias de igual forma e teor. Florianópolis, 19 de dezembro de ESTADO DE SANTA CATARINA - PODER JUDICIÁRIO SÉRGIO GALLIZA DIRETOR GERAL ADMINISTRATIVO BRY TECNOLOGIA S.A. CARLOS ROBERTO DE ROLT PRESIDENTE 8/13 fcsp

9 ANEXO ÚNICO ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS MÍNIMAS DA SOLUÇÃO DE PROTOCOLIZAÇÃO DIGITAL Terminologia a) Tempo Universal Coordenado (UTC): Escala de tempo adotada como padrão de tempo Oficial Internacional, utilizada pelo sistema de metrologia internacional, convenção do metro, determinada e disseminada pelo Bureau International des Poids et Mesures - BIPM, França; b) exatidão: Grau de concordância entre o resultado de uma medição e o valor verdadeiro do tempo; c) sincronização de relógio: Processo em que dois ou mais relógios passam a indicar o mesmo tempo; d) Observatório Nacional: Entidade responsável pela manutenção de fonte confiável de tempo que gera, conserva e dissemina tempo com rastreabilidade metrológica ao BIPM; e) requisição (TSQ): formato da requisição de carimbo de tempo a ser enviada para o sistema de carimbo de tempo, conforme item da RFC 3161; e f) carimbo de tempo: um conjunto de dados alfa/numéricos que interliga um documento eletrônico qualquer a uma determinada data, estabelecendo a evidência de que tal documento eletrônico existe desde aquela data. O carimbo de tempo está no formato TSR (Time Stamp Response), conforme item da RFC Visão geral do funcionamento É um sistema de hardware e software que gera recibos de carimbo de tempo, com a indicação de Tempo Universal Coordenado (UTC). O sistema mantém sincronismo de seu relógio com o Observatório Nacional do MCT, responsável pela Hora Legal Brasileira conforme decreto n 4264 de 10 de junho de 2002 e Resolução n 16 de 10 de junho de 2002 do Comitê Gestor da ICP-Brasil. O sistema garante que a emissão dos carimbos de tempo está em conformidade com o tempo de seu relógio e com a ordem de recebimento das requisições, além da manutenção dos registros dos carimbos de tempo emitidos, de forma a permitir a rastreabilidade dos mesmos. O sistema de carimbo de tempo deve manter conformidade com: a) Requisição: TSQ (Time-Stamp Query) publicado na RFC 3161 (Request for comments: 3161); b) recibo de carimbo de tempo: TSR (Time-Stamp Response), conforme RFC 3161, com assinatura digital no formato PKCS#7; c) chave privada utilizada para assinar carimbos de tempo, armazenada em um repositório de hardware seguro; d) formato data/hora: tempo generalizado no formato UTC; e) algoritmo de resumo criptográfico: RFC 3174 (US Secure Hash Algorithm 1 (SHA1)); e f) sincronismo de tempo: RFC 1305 (Network Time Protocol-Version 3). Os passos para a emissão do carimbo de tempo são: a) Inicialmente, uma aplicação externa ao sistema de carimbo de tempo gera uma requisição de carimbo de tempo de um documento eletrônico; b) a requisição é enviada através do protocolo TCP/IP para o sistema de carimbo de tempo; c) o sistema de carimbo de tempo utiliza uma fonte de tempo oficial como referência de tempo; d) o carimbo de tempo é gerado internamente ao sistema de carimbo de tempo; e e) o carimbo de tempo é enviado para a aplicação requisitante via protocolo TCP/IP. 9/13 fcsp

10 Características do sistema de carimbo de tempo O sistema de carimbo de tempo deve possuir as seguintes características: a) Emite os carimbos de tempo na mesma ordem em que são recebidas as requisições; b) provê mecanismos para o gerenciamento e proteção da chave privada; c) identifica e registra todas as ações executadas; d) mantém o relógio sincronizado com fontes de tempo confiáveis; e) garante a irretroatividade na emissão de carimbos de tempo; f) provê mecanismos de segurança lógica e física ao sistema de carimbo de tempo; e g) autenticação baseada em certificados digitais. Emissão de carimbo de tempo O sistema deve emitir carimbo de tempo somente quando atende aos seguintes requisitos: a) Estar sincronizado com a fonte de tempo confiável a fim de garantir a exatidão do seu relógio; b) possuir certificado digital para assinatura de carimbo de tempo dentro do período de validade e não revogado; c) se estiver fora das especificações, o sistema responde de acordo com o item da RFC 3161, com um valor de status diferente de 0 ou 1, e indicará no campo PKIFailureInfo qual foi a falha ocorrida sem emitir, neste caso, um carimbo do tempo, encerrando sem executar as demais etapas; d) protocolo de transporte: É implementado o protocolo de transporte on-line baseado em socket, conforme definido no item 3.3 da RFC 3161; e) perfil da requisição (TSQ) a ser enviada para sistema de carimbo de tempo: As informações constantes na requisição de carimbos de tempo atendem as especificações constantes no item da RFC 3161 que descreve o protocolo de requisição de carimbo de tempo (Time-Stamp Query TSQ); e f) Parâmetros do TSQ: i. O algoritmo de resumo criptográfico (hash) utilizado nas requisições é o SHA-1; e ii. O sistema de carimbo de tempo deve tratar os seguintes campos opcionais constantes no TSQ: reqpolicy e nonce. Extensão de autenticação A extensão de autenticação é utilizada para identificar as requisições de carimbo. Ao chegar uma requisição autenticada ao sistema de carimbo de tempo, deve ser verificado se o cliente está ou não autorizado a requisitar carimbo de tempo. A extensão de autenticação tem o seguinte formato: a) Identificador de objeto (OID): a. Valor: resumo criptográfico do certificado digital do cliente requisitante em SHA-1; b) Identificador de objeto (OID): a. Valor: resumo criptográfico da requisição cifrado com a chave privada do cliente requisitante. Identificador da política de carimbo de tempo O identificador de objeto da política de datação reqpolicy é informado pelo administrador do sistema de carimbo de tempo e deve seguir as recomendações internacionais X.208 [itu-t(0) identifiedorganization(4) etsi(0) time-stamp-policy(2023) policy-identifiers(1) baseline-ts-policy (1)], conforme item 5.2 da RFC Perfil de recibos de carimbo de tempo - TSR O perfil dos recibos de carimbo de tempo segue definições constantes no item da RFC 3161 que descreve o Protocolo de Recibo de Carimbo de Tempo (Time-Stamp Response TSR). Cada carimbo de tempo tem um número identificador único. Parâmetros: a) Campo gentime é representado até a unidade de milissegundo; b) a exatidão do relógio é definida através do sincronismo com a fonte de tempo confiável; c) o campo ordering é configurado como verdadeiro; e 10/13 fcsp

11 d) possui extensão não critica contendo informações sobre o fuso horário e horário de verão do local onde o sistema de carimbo de tempo se encontra fisicamente instalada. A extensão pode conter um dos seguintes valores: i Identificador de objeto (OID): : identifica o horário de verão e o fuso horário; e ii O valor é composto por quatro bytes conforme definidos abaixo: 1º Byte: identifica se é horário de verão (0-não tem horário; 1 tem horário de verão); 2º Byte: identifica o sinal do fuso (0 é positivo; 1 é negativo); 3º Byte: identifica o número de hora, que pode variar de 0 a 13; e 4º Byte: identifica o número de minutos, que pode variar de 0 a 59. Obs.: Apesar desta extensão indicar o fuso horário e o horário de verão do local onde o sistema de carimbo de tempo se encontra fisicamente, o tempo constante no carimbo de tempo sempre será expressado em UTC. Sendo que este é o tempo que é levado em consideração em caso de disputa. Algoritmos a) A assinatura digital do carimbo de tempo deve utilizar o algoritmo criptográfico RSA em conjunto com o algoritmo de resumo criptográfico (hash) SHA-1; e b) A verificação de um carimbo de tempo deve ser realizada com um software específico para este fim. Certificado digital O sistema de carimbo de tempo deve trabalhar com certificado digital padrão x509v3. Os certificados digitais devem ser utilizados para os seguintes serviços: a) serviço de datação: utilizado exclusivamente pelo serviço de datação para assinatura dos carimbos de tempo; b) servidor Web: utilizado para formar canal seguro no acesso à interface administrativa do sistema. Ciclo de vida de chave privada O sistema de carimbo de tempo deve prover mecanismos para o gerenciamento completo do clico de vida da chave privada através da interface administrativa. Os eventos são: a) geração do par de chaves criptográficas; b) geração de requisição de certificado digital; c) exclusão de requisição de certificado digital; d) renovação de certificado digital; e e) instalação de certificado digital. Antes da instalação de um novo certificado digital, o sistema de carimbo de tempo deve realizar a conferência dos itens descritos a seguir: i Verificar se a chave privada correspondente a este certificado encontra-se em seu módulo criptográfico interno; e ii Validar o caminho de certificação. Obs. Estes eventos são registrados em arquivos de logs. Tamanho de chaves O tamanho das chaves criptográficas assimétricas utilizadas para assinatura dos carimbos de tempo pode ser de 1024bits ou de 2048bits. Controle Técnico de Segurança O controle técnico de segurança especifica as medidas de segurança para o sistema de carimbo de tempo com objetivo de manter protegidas suas chaves criptográficas, seus dados e controles técnicos de segurança na execução de suas funções operacionais. 11/13 fcsp

12 Controle de acesso lógico O controle de acesso lógico deve possuir as seguintes especificações: a) Impede que um usuário seja capaz de obter os direitos de acesso de outro usuário; b) implementa autenticação individual através do uso de certificado digital ou de login e senha; c) provê mecanismos para encerrar sessões de autenticação caso a autenticação seja mal sucedida; d) exibe na tela inicial mensagem com informações sobre o último acesso; e) registra em log todas as atividades administrativas; f) provê mecanismo de seguranca em nivel lógico através de uma camada de filtro (firewall) que restringe o acesso de IP não habilitados; g) sistema possui as seguintes portas abertas: porta 123 (UDP) Servico de sincronismo de tempo: o protocolo de sincronismo conecta-se somente a servidores de tempo cadastrados internamente; porta 318 (TCP) Serviço de datação baseado em socket, conforme item 3.3 da RFC 3161; e porta 443 (TCP) Administração do sistema através de interface Web com conexão segura (https). h) controle de acesso de usuários: o sistema de carimbo de tempo deve possuir três níveis de usuários: i administrador: responsável por configurar e gerenciar o sistema de carimbo de tempo. O administrador pode incluir, excluir e alterar outros operadores e outros administradores, exceto usuários do tipo auditor; ii operador: responsável pela operação diária do sistema de carimbo de tempo. Autorizado a executar funções de backup, instalação/renovação de certificados digitais, reinício de serviços, controle do firewall e visualização das demais configurações/relatórios; e iii auditor: autorizados a visualizar configurações, estatísticas e auditar logs. Armazenamento da chave privada A chave privada para assinatura dos carimbos de tempo deve ser armazenada em um repositório de hardware seguro que segue as recomendações da norma FIPS nível 3. Caso o sistema de carimbo de tempo seja aberto fisicamente, a chave privada deve ser apagada e o sistema de carimbo de tempo não deve emitir carimbos. Não deve ser possível exportar a chave privada do sistema de carimbo de tempo. Sincronização de Relógio do sistema de carimbo de tempo O sistema de carimbo de tempo deve manter seu relógio interno sincronizado a uma fonte de tempo confiável através do protocolo Network Time Protocol - Versão 3, definido na RFC Este protocolo é usado para sincronizar o relógio de um computador cliente ou servidor a outro servidor ou fonte de referência de tempo, utilizando como meio de comunicação redes baseadas no protocolo TCP/IP, como a Internet. O protocolo provê uma precisão de milissegundos em redes locais (LANs) e algumas dezenas de milissegundos em redes de longa distância (WANs), precisão esta relativa ao tempo universal coordenado-utc. A periodicidade de sincronismo deve ocorrer em intervalos de no máximo 17 minutos. O sistema de carimbo de tempo deve emitir carimbos somente se estiver com o seu relógio sincronizado e a exatidão for menor que 500 milisegundos. Tipos de eventos registrados O sistema de carimbo de tempo deve registrar todos os eventos relacionados com a segurança do seu serviço de carimbo de tempo. Os logs devem ser acessíveis através da interface administrativa via web (https). Os seguintes eventos devem ser registrados eletronicamente: a) Tentativas de definir senhas, criar, remover ou mudar privilégios e autorizações de acesso aos sistemas; b) mudanças nas configurações ou nas suas chaves; c) mudanças nas políticas de emissão de carimbo de tempo; d) tentativas de entrada (login) ou de saída do sistema (logout); 12/13 fcsp

13 e) geração das chaves do sistema de carimbo de tempo e demais eventos relacionados com o ciclo de vida destas chaves; f) instalação dos certificados de chaves públicas e demais eventos relacionados com o ciclo de vida destes certificados; g) emissão de recibos de carimbo de tempo, armazenado em banco de dados a data/hora da emissão e número serial; h) tentativas de iniciar, remover, habilitar ou desabilitar usuários do sistema e de atualizar ou recuperar suas senhas ou chaves; i) operações mal-sucedidas de leitura e escrita; e j) todos os eventos relacionados à sincronização do relógio do sistema de carimbo de tempo com a fonte de tempo confiável. Proteção de registro de auditoria O sistema deve permitir o acesso ao shell do sistema apenas para o auditor. Todo acesso administrativo do sistema dever ser realizado somente através da interface web (https). Especificações técnicas mínimas do equipamento a) Sinal de tempo: NTPv3 Sincronismo de tempo através do protocolo NTPv3 (Network Time Protocol), com uma fonte de tempo confiável. b) temperatura de operação: 0º C a 40º C; c) temperatura de armazenamento: -40º C a 65º C; d) interface ethernet 10/100Mbps; e) armazenamento da chave privada para assinatura de carimbos: armazenada no hardware seguro; f) software básico: sistema operacional Linux; g) gabinete para montagem em racks padrão 19, altura de 2U; h) display frontal 2x20; i) teclado: frontal com teclas para informação de parâmetros; j) fabinete com sensores conectados ao sistema interno para detecção de abertura e ações automáticas de segurança; e k) fonte de alimentação com potência de 240 Watts e tensão de entrada 110/220V. Softwares O sistema de carimbo de tempo deverá ser composto pelo seguinte conjunto de software: a) Software básico: sistema operacional, servidor de página web, firewall e sistema de administração remota através de shell seguro; b) aplicação de carimbo de tempo responsável pelo atendimento das requisições; c) módulo de contabilidade capaz de autenticar via certificado digital, controlar e contabilizar as requisições de carimbo de tempo; d) kit de desenvolvimento: conjunto de componentes que viabiliza a integração das aplicações que farão uso do carimbo de tempo; e) programa de verificação: programa cliente utilizado para verificar os carimbos de tempo emitidos pelo sistema de carimbo de tempo. Este sistema deve ficar disponível para download com quantidade de licenças livre; f) serviço de verificação de carimbo de tempo: serviço web a ser instalado em provedor definido pelo Tribunal que realizará a verificação do carimbo de tempo emitido via navegador web; e g) portal do sistema de carimbo de tempo: sítio com acesso aos recursos do sistema de carimbo de tempo customizado para design a ser definido pelo Tribunal. 13/13 fcsp

CONTRATO N. 75/2005 ESTADO DE SANTA CATARINA PODER JUDICIÁRIO DIRETORIA DE MATERIAL E PATRIMÔNIO DIVISÃO DE CONTRATOS E CONVÊNIOS SEÇÃO DE ELABORAÇÃO

CONTRATO N. 75/2005 ESTADO DE SANTA CATARINA PODER JUDICIÁRIO DIRETORIA DE MATERIAL E PATRIMÔNIO DIVISÃO DE CONTRATOS E CONVÊNIOS SEÇÃO DE ELABORAÇÃO CONTRATO N. 75/2005 TERMO DE CONTRATO DE FORNECIMENTO QUE ENTRE SI CELEBRAM O ESTADO DE SANTA CATARINA, POR INTERMÉDIO DO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA, E A EMPRESA ESMENA DO BRASIL S/A. Pelo presente

Leia mais

EMPRESA AÇÃO INFORMÁTICA BRASIL LTDA.

EMPRESA AÇÃO INFORMÁTICA BRASIL LTDA. CONTRATO N. 147/2007 TERMO DE CONTRATO DE FORNECIMENTO QUE ENTRE SI CELEBRAM O ESTADO DE SANTA CATARINA, POR INTERMÉDIO DO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA, E A EMPRESA AÇÃO INFORMÁTICA BRASIL LTDA.

Leia mais

EMPRESA PAPELARIA PROGRESSO LTDA.

EMPRESA PAPELARIA PROGRESSO LTDA. CONTRATO N. 322/2006 TERMO DE CONTRATO DE FORNECIMENTO QUE ENTRE SI CELEBRAM O ESTADO DE SANTA CATARINA, POR INTERMÉDIO DO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA, E A EMPRESA PAPELARIA PROGRESSO LTDA. Pelo

Leia mais

TERMO DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS QUE ENTRE SI CELEBRAM O ESTADO DE SANTA EMPRESA ILHA SERVICE SERVIÇOS DE INFORMÁTICA LTDA.

TERMO DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS QUE ENTRE SI CELEBRAM O ESTADO DE SANTA EMPRESA ILHA SERVICE SERVIÇOS DE INFORMÁTICA LTDA. CONTRATO N. 122/2007 TERMO DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS QUE ENTRE SI CELEBRAM O ESTADO DE SANTA CATARINA, POR INTERMÉDIO DO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA, E A EMPRESA ILHA SERVICE SERVIÇOS

Leia mais

TERMO DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EMPRESA EUAX CONSULTORIA EM PROJETOS E PROCESSOS LTDA.

TERMO DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EMPRESA EUAX CONSULTORIA EM PROJETOS E PROCESSOS LTDA. CONTRATO N. 39/2007 TERMO DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS QUE ENTRE SI CELEBRAM O ESTADO DE SANTA CATARINA, POR INTERMÉDIO DO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA, E A EMPRESA EUAX CONSULTORIA EM

Leia mais

CONTRATO N. 186/2005

CONTRATO N. 186/2005 CONTRATO N. 186/2005 TERMO DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS QUE ENTRE SI CELEBRAM O ESTADO DE SANTA CATARINA, POR INTERMÉDIO DO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA, E A EMPRESA LOGGOS DESENVOLVIMENTO

Leia mais

CONTRATO N. 042/2011

CONTRATO N. 042/2011 CONTRATO N. 042/2011 TERMO DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS QUE ENTRE SI CELEBRAM O ESTADO DE SANTA CATARINA, POR INTERMÉDIO DO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA, E A EMPRESA TARSOTUR VIAGENS E

Leia mais

CONTRATO N. 99/2008 EMPRESA AÇÃO INFORMÁTICA BRASIL LTDA.

CONTRATO N. 99/2008 EMPRESA AÇÃO INFORMÁTICA BRASIL LTDA. CONTRATO N. 99/2008 TERMO DE CONTRATO DE FORNECIMENTO QUE ENTRE SI CELEBRAM O ESTADO DE SANTA CATARINA, POR INTERMÉDIO DO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA, E A EMPRESA AÇÃO INFORMÁTICA BRASIL LTDA.

Leia mais

CONTRATO N. 107/2008

CONTRATO N. 107/2008 CONTRATO N. 107/2008 TERMO DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS QUE ENTRE SI CELEBRAM O ESTADO DE SANTA CATARINA, POR INTERMÉDIO DO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA, E A EMPRESA VIRTUAL OFFICE COMÉRCIO

Leia mais

CONTRATO N. 207/2007

CONTRATO N. 207/2007 CONTRATO N. 207/2007 TERMO DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS QUE ENTRE SI CELEBRAM O ESTADO DE SANTA CATARINA, POR INTERMÉDIO DO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA, E A EMPRESA SEPROL COMPUTADORES

Leia mais

LOGGOS DESENVOLVIMENTO E COMÉRCIO DE PRODUTOS PARA INFORMÁTICA LTDA.

LOGGOS DESENVOLVIMENTO E COMÉRCIO DE PRODUTOS PARA INFORMÁTICA LTDA. CONTRATO N. 63/2007 TERMO DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS QUE ENTRE SI CELEBRAM O ESTADO DE SANTA CATARINA, POR INTERMÉDIO DO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA, E A EMPRESA LOGGOS DESENVOLVIMENTO

Leia mais

EMPRESA TRANSPORTADORA DE BENS SANTA CATARINA LTDA.

EMPRESA TRANSPORTADORA DE BENS SANTA CATARINA LTDA. CONTRATO N. 018/2007 TERMO DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS QUE ENTRE SI CELEBRAM O ESTADO DE SANTA CATARINA, POR INTERMÉDIO DO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA, E A EMPRESA TRANSPORTADORA DE BENS

Leia mais

CONTRATO N. 363/2007

CONTRATO N. 363/2007 CONTRATO N. 363/2007 TERMO DE CONTRATO DE FORNECIMENTO QUE ENTRE SI CELEBRAM O ESTADO DE SANTA CATARINA, POR INTERMÉDIO DO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA, E A EMPRESA TELTEC NETWORKS LTDA. Pelo presente

Leia mais

CONTRATO N. 23/2008 EMPRESA ALARMES ALERTA SOLUÇÕES ELETRÔNICAS LTDA.

CONTRATO N. 23/2008 EMPRESA ALARMES ALERTA SOLUÇÕES ELETRÔNICAS LTDA. CONTRATO N. 23/2008 TERMO DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS QUE ENTRE SI CELEBRAM O ESTADO DE SANTA CATARINA, POR MEIO DO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA, E A EMPRESA ALARMES ALERTA SOLUÇÕES ELETRÔNICAS

Leia mais

MODELO CONTRATO DE AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS DA AGRICULTURA FAMILIAR

MODELO CONTRATO DE AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS DA AGRICULTURA FAMILIAR MODELO CONTRATO N.º /20 CONTRATO DE AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS DA AGRICULTURA FAMILIAR A (Órgão/Entidade Federal, Estadual ou Municipal), pessoa jurídica de direito público ou privado, com sede à Rua, n.º,

Leia mais

CONTRATO N. 368/2005

CONTRATO N. 368/2005 CONTRATO N. 368/2005 TERMO DE CONTRATO DE FORNECIMENTO QUE ENTRE SI CELEBRAM O ESTADO DE SANTA CATARINA, POR INTERMÉDIO DO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA, E A EMPRESA ELOSOFT INFORMÁTICA LTDA. Pelo

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA PODER JUDICIÁRIO DIRETORIA DE MATERIAL E PATRIMÔNIO DIVISÃO DE CONTRATOS E CONVÊNIOS SEÇÃO DE ELABORAÇÃO

ESTADO DE SANTA CATARINA PODER JUDICIÁRIO DIRETORIA DE MATERIAL E PATRIMÔNIO DIVISÃO DE CONTRATOS E CONVÊNIOS SEÇÃO DE ELABORAÇÃO CONTRATO N. 069/2006 TERMO DE CONTRATO DE FORNECIMENTO QUE ENTRE SI CELEBRAM O ESTADO DE SANTA CATARINA, POR INTERMÉDIO DO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA, E A EMPRESA GERALDO STRECK GERENCIAMENTO

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Licitações e Compras Contrato nº 081/2007 Fls.

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Licitações e Compras Contrato nº 081/2007 Fls. Contrato nº 081/2007 Fls. 1 MINUTA TERMO DE CONTRATO Convite de Preços n.º 081/07 Processo n.º 11784/05 Objeto: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE DESCUPINIZAÇÃO DO PREDIO E ACERVO DO

Leia mais

CONTRATO N. 191/2010

CONTRATO N. 191/2010 CONTRATO N. 191/2010 TERMO DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS QUE ENTRE SI CELEBRAM O ESTADO DE SANTA CATARINA, POR MEIO DO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA, E A EMPRESA BACK SERVIÇOS DE VIGILÂNCIA

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA CONTRATO DE COMPRA E VENDA PREGÃO ELETRÔNICO Nº 77/2013 PROCESSO N 3418-09.00/13-1 AJDG Nº 135/13 O ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, por intermédio da PROCURADORIA- GERAL DE JUSTIÇA, órgão administrativo do

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Compras e Licitações Contrato nº /08

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Compras e Licitações Contrato nº /08 MINUTA 1 1 TERMO DE CONTRATO Tomada de Preços nº 019/08 Processo nº 5935/0/ Contratante: Prefeitura Municipal de Franca Contratada: Valor: R$ ( ) OBJETO: AQUISIÇÃO DE TERMINAIS DE AUTO ATENDIMENTO Pelo

Leia mais

CONTRATO N. 53/2006. 1/10 fcsp

CONTRATO N. 53/2006. 1/10 fcsp CONTRATO N. 53/2006 TERMO DE CONTRATO DE FORNECIMENTO QUE ENTRE SI CELEBRAM O ESTADO DE SANTA CATARINA, POR INTERMÉDIO DO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA, E A EMPRESA GERALDO STRECK GERENCIAMENTO

Leia mais

CONTRATO N. 149/2007 TERMO DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS QUE ENTRE SI CELEBRAM O ESTADO DE SANTA CATARINA, POR

CONTRATO N. 149/2007 TERMO DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS QUE ENTRE SI CELEBRAM O ESTADO DE SANTA CATARINA, POR CONTRATO N. 149/2007 TERMO DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS QUE ENTRE SI CELEBRAM O ESTADO DE SANTA CATARINA, POR INTERMÉDIO DO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA, E A EMPRESA TESSARO LTDA.. Pelo

Leia mais

CONTRATO DE COMPRA E VENDA PREGÃO ELETRÔNICO Nº 38/11 - REGISTRO DE PREÇOS PROCESSO N 2365-09.00/11-0 AJDG Nº 84/12

CONTRATO DE COMPRA E VENDA PREGÃO ELETRÔNICO Nº 38/11 - REGISTRO DE PREÇOS PROCESSO N 2365-09.00/11-0 AJDG Nº 84/12 CONTRATO DE COMPRA E VENDA PREGÃO ELETRÔNICO Nº 38/11 - REGISTRO DE PREÇOS PROCESSO N 2365-09.00/11-0 AJDG Nº 84/12 O ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, por intermédio da PROCURADORIA- GERAL DE JUSTIÇA, órgão

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO ADMINISTRATIVO FINANCEIRO ANEXO III MINUTA DO CONTRATO Programa Nacional de Alimentação Escolar PNAE CONTRATO N.º /2013 CHAMADA

Leia mais

ANEXO V MINUTA DO CONTRATO

ANEXO V MINUTA DO CONTRATO ANEXO V MINUTA DO CONTRATO Unidade Administrativa: Processo Administrativo: Contrato Nº CONTRATO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICIPIO DE JARDIM E A EMPRESA... O MUNICÍPIO DE JARDIM, Estado do Ceará, Pessoa

Leia mais

Autoridade Certificadora CAIXA Pessoa Física CONTRATO DE ASSINANTE A1

Autoridade Certificadora CAIXA Pessoa Física CONTRATO DE ASSINANTE A1 TERMO DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CERTIFICAÇÃO DIGITAL que entre si fazem, de um lado, como contratada a CAIXA ECONÔMICA FEDERAL, Empresa Pública de Direito Privado, inscrita no CNPJ/MF sob

Leia mais

Autoridade Certificadora CAIXA Pessoa Jurídica CONTRATO DE ASSINANTE A1

Autoridade Certificadora CAIXA Pessoa Jurídica CONTRATO DE ASSINANTE A1 TERMO DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CERTIFICAÇÃO DIGITAL que entre si fazem, de um lado, como contratada a CAIXA ECONÔMICA FEDERAL, Empresa Pública de Direito Privado, inscrita no CNPJ/MF sob

Leia mais

CONTRATO N. 36/2008 EMPRESA REIS RAMOS E CIA LTDA.

CONTRATO N. 36/2008 EMPRESA REIS RAMOS E CIA LTDA. CONTRATO N. 36/2008 TERMO DE CONTRATO DE FORNECIMENTO QUE ENTRE SI CELEBRAM O ESTADO DE SANTA CATARINA, POR INTERMÉDIO DO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA, E A EMPRESA REIS RAMOS E CIA LTDA. Pelo presente

Leia mais

CONTRATO N. 173/2005

CONTRATO N. 173/2005 CONTRATO N. 173/2005 TERMO DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS QUE ENTRE SI CELEBRAM O ESTADO DE SANTA CATARINA POR INTERMÉDIO DO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA, E A EMPRESA UNIMED FLORIANÓPOLIS

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria Municipal de Finanças Divisão de Licitações e Compras Contrato nº /10

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria Municipal de Finanças Divisão de Licitações e Compras Contrato nº /10 1 TERMO DE CONTRATO Tomada de Preços nº 010/10 Processo nº 36.923/09 Contratante: Prefeitura Municipal de Franca Contratada: Valor: R$ ( ) OBJETO: AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE INFORMÁTICA E MOBILIÁRIOS

Leia mais

EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Nº 03/2014

EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Nº 03/2014 EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Nº 03/2014 O Município de Vale do Sol, RS, através do Prefeito Municipal. Sr. Clécio Halmenschlager, comunica aos interessados que está procedendo ao CREDENCIAMENTO de pessoas

Leia mais

MINUTA DO CONTRATO PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE MOTO - BOY

MINUTA DO CONTRATO PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE MOTO - BOY 1 MINUTA DO CONTRATO PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE MOTO - BOY O CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO ESTADO DE SÃO PAULO, Autarquia Federal criada pelo Decreto-Lei nº. 9.295, de 27.05.1946, CNPJ /MF nº.

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Compras e Licitações Contrato nº /08

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Compras e Licitações Contrato nº /08 MINUTA 1 1 TERMO DE CONTRATO Tomada de Preços nº 041/08 Processo nº 31.744/08 Contratante: Prefeitura Municipal de Franca Contratada: Valor: R$ ( ) OBJETO: AQUISIÇÃO E INSTALAÇÃO DE EQUIPAMENTOS PARA SISTEMA

Leia mais

CONTRATO DE LOCAÇÃO DE SISTEMA DE ENGENHARIA GERENCIADOR DE OBRAS ON LINE IDENTIFICAÇÃO DAS PARTES CONTRATANTES

CONTRATO DE LOCAÇÃO DE SISTEMA DE ENGENHARIA GERENCIADOR DE OBRAS ON LINE IDENTIFICAÇÃO DAS PARTES CONTRATANTES CONTRATO DE LOCAÇÃO DE SISTEMA DE ENGENHARIA GERENCIADOR DE OBRAS ON LINE IDENTIFICAÇÃO DAS PARTES CONTRATANTES LOCADOR: Obra24horas Soluções Web para Engenharia Ltda., com sede na Rua Formosa, 75 1º andar

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Compras e Licitações Contrato nº /08

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Compras e Licitações Contrato nº /08 MINUTA 1 1 TERMO DE CONTRATO Tomada de Preços nº 015/08 Processo nº 41.128/07 Contratante: Prefeitura Municipal de Franca Contratada: Valor: R$ ( ) OBJETO: AQUISIÇÃO DE VEÍCULOS TIPO VIATURA (VW GOL 1.6,

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA CONTRATO DE COMPRA E VENDA PROCESSO N. 2900-09.00/14-0 PREGÃO ELETRÔNICO N. 95/14 CONTRATO AJDG N. 178/14 O ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, por intermédio da PROCURADORIA- GERAL DE JUSTIÇA, órgão administrativo

Leia mais

ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Comissão Permanente de Licitação

ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Comissão Permanente de Licitação ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Comissão Permanente de Licitação CONTRATO DE FORNECIMENTO E ASSISTÊNCIA TÉCNICA QUE ENTRE SI CELEBRAM O TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO CEARÁ E A EMPRESA

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Prefeitura Municipal de Boa Vista do Buricá SECRETARIA MUNICIPAL DE AGRICULTURA EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2014

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Prefeitura Municipal de Boa Vista do Buricá SECRETARIA MUNICIPAL DE AGRICULTURA EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2014 ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Prefeitura Municipal de Boa Vista do Buricá SECRETARIA MUNICIPAL DE AGRICULTURA EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2014 O Município de Boa Vista do Buricá, comunica aos interessados

Leia mais

ANEXO III MINUTA DO CONTRATO MINUTA DO CONTRATO

ANEXO III MINUTA DO CONTRATO MINUTA DO CONTRATO ANEXO III MINUTA DO CONTRATO MINUTA DO CONTRATO TERMO DE CONTRATO QUE ENTRE SI O INSTITUTO FELIX GUATTARI, organização não governamental (ONG), declarada de utilidade pública estadual, devidamente inscrita

Leia mais

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina CONTRATO N. 093/2014 Contrato para fornecimento e instalação de unidade de backup padrão LTO-5,, autorizado pelo Senhor Eduardo Cardoso,, Secretário de Administração

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA ASSESSORIA JURÍDICA DA DIREÇÃO-GERAL

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA ASSESSORIA JURÍDICA DA DIREÇÃO-GERAL CONTRATO DE SERVIÇO PARA EMOLUÇÃO DE TERMINAL EM MICROCOMPUTADOR E ENDEREÇAMENTO DE IMPRESSORA, CONECTADOS EM REDE LOCAL EML PROCESSO N.º 3920-09.00/13-2 CONTRATO AJDG 134/2013 DRC-265/2013 O ESTADO DO

Leia mais

CONTRATO DE COMPRA E VENDA PREGÃO ELETRÔNICO Nº 30/2014 PROCESSO N 1341-09.00/14-3

CONTRATO DE COMPRA E VENDA PREGÃO ELETRÔNICO Nº 30/2014 PROCESSO N 1341-09.00/14-3 CONTRATO DE COMPRA E VENDA PREGÃO ELETRÔNICO Nº 30/2014 PROCESSO N 1341-09.00/14-3 Contrato AJDG Nº 74/14 O ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, por intermédio da, órgão administrativo do MINISTÉRIO PÚBLICO, inscrito

Leia mais

MUNICÍPIO DE CÓRREGO DO BOM JESUS ADMINISTRAÇÃO 2013 2016

MUNICÍPIO DE CÓRREGO DO BOM JESUS ADMINISTRAÇÃO 2013 2016 CONTRATO Nº 038/2014 MUNICÍPIO DE CÓRREGO DO BOM JESUS O MUNICÍPIO DE CÓRREGO DO BOM JESUS, Estado de Minas Gerais, pessoa jurídica de direito público, inscrita no CNPJ/MF sob o nº 18.677.633/0001-02,

Leia mais

CONTRATO 011/2010 DESCRIÇÃO DO MATERIAL/SERVIÇO

CONTRATO 011/2010 DESCRIÇÃO DO MATERIAL/SERVIÇO PROCESSO Nº 129710/2010 PREGÃO Nº 002/2010 UNIOESTE/CAMPUS DE TOLEDO CONTRATO 011/2010 CLÁUSULA PRIMEIRA OBJETO Contrato objetivando a seleção de propostas visando registro de preços de Serviços de Hospedagem

Leia mais

CONTRATO N. 308/2007

CONTRATO N. 308/2007 CONTRATO N. 308/2007 TERMO DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS QUE ENTRE SI CELEBRAM O ESTADO DE SANTA CATARINA, POR INTERMÉDIO DO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA, E A BRASIL TELECOM S.A. Pelo presente

Leia mais

CONTRATO N. 52/2008 TERMO DE CONTRATO DE LOCAÇÃO QUE ENTRE SI CELEBRAM O ESTADO DE SANTA CATARINA, POR INTERMÉDIO DO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL

CONTRATO N. 52/2008 TERMO DE CONTRATO DE LOCAÇÃO QUE ENTRE SI CELEBRAM O ESTADO DE SANTA CATARINA, POR INTERMÉDIO DO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL CONTRATO N. 52/2008 TERMO DE CONTRATO DE LOCAÇÃO QUE ENTRE SI CELEBRAM O ESTADO DE SANTA CATARINA, POR INTERMÉDIO DO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA, E A EMPRESA ALMAQ EQUIPAMENTOS PARA ESCRITÓRIO

Leia mais

MUNICÍPIO DE MAUÉS TERRA DO GUARANÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE MAUÉS TERMO DE CONTRATO DE FORNECIMENTO DE SUPRIMENTOS DE INFORMÁTICA Nº 045A/ 2014.

MUNICÍPIO DE MAUÉS TERRA DO GUARANÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE MAUÉS TERMO DE CONTRATO DE FORNECIMENTO DE SUPRIMENTOS DE INFORMÁTICA Nº 045A/ 2014. TERMO DE CONTRATO DE FORNECIMENTO DE SUPRIMENTOS DE INFORMÁTICA Nº 045A/ 2014. TERMO DE CONTRATO DE FORNECIMENTO DE SUPRIMENTOS DE INFORMÁTICA, celebrado entre o MUNICÍPIO DE MAUÉS, por intermédio da PREFEITURA

Leia mais

CONTRATO N. 024/2010

CONTRATO N. 024/2010 CONTRATO N. 024/2010 TERMO DE CONTRATO DE EMPREITADA POR PREÇO GLOBAL QUE ENTRE SI CELEBRAM O ESTADO DE SANTA CATARINA, POR INTERMÉDIO DO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA, E A EMPRESA REBELLO & LACERDA

Leia mais

CONTRATO Nº 04/2015 CLÁUSULA I DO OBJETO

CONTRATO Nº 04/2015 CLÁUSULA I DO OBJETO CONTRATO Nº 04/2015 Pelo presente instrumento particular, de um lado a Câmara Municipal de Itajubá, com sede na Praça Amélia Braga, 45, centro, inscrita no CNPJ sob o nº 00.993.308/0001-85, neste ato representada

Leia mais

CONTRATO DE MANUTENÇÃO, SUPORTE E ATUALIZAÇÃO DE SOFTWARES PROCESSO Nº 1801-09.00/13-9

CONTRATO DE MANUTENÇÃO, SUPORTE E ATUALIZAÇÃO DE SOFTWARES PROCESSO Nº 1801-09.00/13-9 CONTRATO DE MANUTENÇÃO, SUPORTE E ATUALIZAÇÃO DE SOFTWARES PROCESSO Nº 1801-09.00/13-9 Contrato AJDG Nº 048/2013 CONTRATO ORACLE Nº 1816771 & 5515510 ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, por intermédio da PROCURADORIA-

Leia mais

CONTRATO N. 082/2011

CONTRATO N. 082/2011 CONTRATO N. 082/2011 TERMO DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS QUE ENTRE SI CELEBRAM O ESTADO DE SANTA CATARINA, POR INTERMÉDIO DO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA, E A EMPRESA THYSSENKRUPP ELEVADORES

Leia mais

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina CONTRATO N. 079/2007 Contrato para prestação de serviços de guarda de veículo em garagem coberta, em período integral, autorizado pelo Senhor Eduardo Cardoso,

Leia mais

CONTRATO N. 127/2006 ESTADO DE SANTA CATARINA PODER JUDICIÁRIO DIRETORIA DE MATERIAL E PATRIMÔNIO DIVISÃO DE CONTRATOS E CONVÊNIOS SEÇÃO DE ELABORAÇÃO

CONTRATO N. 127/2006 ESTADO DE SANTA CATARINA PODER JUDICIÁRIO DIRETORIA DE MATERIAL E PATRIMÔNIO DIVISÃO DE CONTRATOS E CONVÊNIOS SEÇÃO DE ELABORAÇÃO CONTRATO N. 127/2006 TERMO DE CONTRATO DE FORNECIMENTO QUE ENTRE SI CELEBRAM O ESTADO DE SANTA CATARINA, POR INTERMÉDIO DO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA, E A EMPRESA GIROFLEX S/A. Pelo presente

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CHARQUEADAS Estado do Rio Grande do Sul

PREFEITURA MUNICIPAL DE CHARQUEADAS Estado do Rio Grande do Sul CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS Nº. _/2009 CONVITE Nº. 012/2009 PROCESSO Nº. 51030/2009 Contrato firmado entre o Município de Charqueadas e a empresa para a prestação de serviços de internet via rádio

Leia mais

CONTRATO DE LICENCIAMENTO, MANUTENÇÃO E ATUALIZAÇÃO DE SOFTWARES PROCESSO Nº 1591-0900/12-2 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 21/2012 AJDG Nº 67/2012

CONTRATO DE LICENCIAMENTO, MANUTENÇÃO E ATUALIZAÇÃO DE SOFTWARES PROCESSO Nº 1591-0900/12-2 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 21/2012 AJDG Nº 67/2012 CONTRATO DE LICENCIAMENTO, MANUTENÇÃO E ATUALIZAÇÃO DE SOFTWARES PROCESSO Nº 1591-0900/12-2 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 21/2012 AJDG Nº 67/2012 O ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, por intermédio da PROCURADORIA- GERAL

Leia mais

PODER LEGISLATIVO MUNICIPAL CÂMARA MUNICIPAL DE PALHOÇA SETOR DE COMPRAS E LICITAÇÃO

PODER LEGISLATIVO MUNICIPAL CÂMARA MUNICIPAL DE PALHOÇA SETOR DE COMPRAS E LICITAÇÃO TOMADA DE PREÇOS Nº 004/2012 CONTRATO Nº 12/2012 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS QUE CELEBRAM A CÂMARA MUNICIPAL DE PALHOÇA, E A EMPRESA DATAVOX TELEINFORMÀTICA LTDA. A, doravante denominada CMP ou CONTRATANTE,

Leia mais

MINUTA DE CONTRATO ADMINISTRATIVO Nº /2011

MINUTA DE CONTRATO ADMINISTRATIVO Nº /2011 MINUTA DE CONTRATO ADMINISTRATIVO Nº /2011 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE VIGILÂNCIA MONITORADA, INCLUINDO A INSTALAÇÃO DE EQUIPAMENTOS E INSUMOS, PARA A SEÇÃO JUDICIÁRIA DO ESPÍRITO SANTO, QUE ENTRE

Leia mais

MINUTA... CONTRATO ADMINISTRATIVO Nº /2006

MINUTA... CONTRATO ADMINISTRATIVO Nº /2006 MINUTA... CONTRATO ADMINISTRATIVO Nº /2006 CONTRATO DE AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE INFORMÁTICA, ATRAVÉS DE REGISTRO DE PREÇOS, QUE ENTRE SI FAZEM A JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRO GRAU NO ESPÍRITO SANTO SEÇÃO

Leia mais

CONTRATO DE MANUTENÇÃO E SUPORTE TÉCNICO PROCESSO N.º 567-09.00/14-2

CONTRATO DE MANUTENÇÃO E SUPORTE TÉCNICO PROCESSO N.º 567-09.00/14-2 CONTRATO DE MANUTENÇÃO E SUPORTE TÉCNICO PROCESSO N.º 567-09.00/14-2 CONTRATO AJDG N.º 011/2014 O ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, por intermédio da PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA, órgão administrativo do MINISTÉRIO

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria Municipal de Finanças Divisão de Licitações e Compras Contrato nº /09

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria Municipal de Finanças Divisão de Licitações e Compras Contrato nº /09 MINUTA 1 1 TERMO DE CONTRATO Tomada de Preços nº 013/09 Processo nº 15.384/09 Contratante: Prefeitura Municipal de Franca Contratada: Valor: R$ ( ) OBJETO: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA FORNECIMENTO DE 2.000

Leia mais

CONTRATO N. 195/2008

CONTRATO N. 195/2008 CONTRATO N. 195/2008 TERMO DE CONTRATO DE FORNECIMENTO QUE ENTRE SI CELEBRAM O ESTADO DE SANTA CATARINA, POR INTERMÉDIO DO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA, E A EMPRESA MECALUX DO BRASIL SISTEMAS DE

Leia mais

ADEVAL BIKE PAPELARIA E BAZAR LTDA ME

ADEVAL BIKE PAPELARIA E BAZAR LTDA ME AQUISIÇÃO DE PRODUTOS DE ARTESANATO, PRODUTOS DE LIMPEZA, MATERIAL DIDATICO, MATERIAL PERMANENTE E GENEROS ALIMENTICIOS PARA ATENDIMENTO AOS PROGRAMAS DO DEPARTAMENTO DE ASSISTENCIA SOCIAL Contrato nº:

Leia mais

CLÁUSULA SEGUNDA - DA VINCULAÇÃO AO EDITAL

CLÁUSULA SEGUNDA - DA VINCULAÇÃO AO EDITAL PROCESSO Nº 01550.000345/2009-46. PREGÃO Nº 26/2009. ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 1/2010. A FUNDAÇÃO CASA DE RUI BARBOSA, pessoa jurídica de direito público vinculada a Ministério da Cultura, com sede

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA

MINISTÉRIO PÚBLICO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PREGÃO ELETRÔNICO Nº 66/2013 PROCESSO N.º 2882-09.00/13-3 Contrato AJDG N.º 107/2013 O ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, por intermédio da PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA, órgão

Leia mais

ANEXO III PREGÃO PRESENCIAL SESC/MA Nº 15/0019-PG MINUTA DO CONTRATO

ANEXO III PREGÃO PRESENCIAL SESC/MA Nº 15/0019-PG MINUTA DO CONTRATO ANEXO III PREGÃO PRESENCIAL SESC/MA Nº 15/0019-PG MINUTA DO CONTRATO Instrumento Particular de Contrato referente ao PREGÃO PRESENCIAL SESC/MA Nº 15/0019-PG, que entre si fazem o Serviço Social do Comércio

Leia mais

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina CONTRATO N. 124/2009 Contrato para fornecimento e instalação de switch gigabit de 24 portas, layer 3, autorizado pelo Senhor Eduardo Cardoso, Secretário de

Leia mais

POLÍTICA DE CARIMBO DO TEMPO DA AUTORIDADE DE CARIMBO DO TEMPO VALID (PCT da ACT VALID)

POLÍTICA DE CARIMBO DO TEMPO DA AUTORIDADE DE CARIMBO DO TEMPO VALID (PCT da ACT VALID) POLÍTICA DE CARIMBO DO TEMPO DA AUTORIDADE DE CARIMBO DO TEMPO VALID (PCT da ACT VALID) Versão 1.0 de 09/01/2014 Política de Carimbo do Tempo da ACT VALID - V 1.0 1/10 Sumário 1. INTRODUÇÃO... 4 1.1. Visão

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇO nº 001/2009

ATA DE REGISTRO DE PREÇO nº 001/2009 ATA DE REGISTRO DE PREÇO nº 001/2009 OBJETO: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA OS SERVIÇOS DE CONFECÇÃO DE CARIMBOS, CONFORME PROCESSO LICITATÓRIO Nº 2008.0701.000825, PREGÃO PRESENCIAL Nº052/2008. Aos 02 dias

Leia mais

Lote Item Descrição do produto Unidade de Quantidad Preço Preço total

Lote Item Descrição do produto Unidade de Quantidad Preço Preço total CONTRATO Nº. 154/2011 Licitação Processo dispensa N 012/2011 Contrato que entre si celebram de um lado o MUNICÍPIO DE SÃO JORGE D`OESTE e de outro a empresa ANDRESSA CRISTINA KREMER Pelo presente instrumento,

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE TRANSFERÊNCIA ELETRÔNICA DE ARQUIVOS - EDI

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE TRANSFERÊNCIA ELETRÔNICA DE ARQUIVOS - EDI 1 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE TRANSFERÊNCIA ELETRÔNICA DE ARQUIVOS - EDI Contrato AJDG Nº 105/14 Das Partes: CONTRATANTE: O ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, por intermédio da, órgão administrativo

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE CAMPO GRANDE ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL CONTRATO

CÂMARA MUNICIPAL DE CAMPO GRANDE ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL CONTRATO PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 036/2015 CONVITE Nº 007/2015 CONTRATO CONTRATO QUE FAZEM ENTRE SI A CÂMARA MUNICIPAL DE CAMPO GRANDE, COM RESULT ASSESSORIA EMPRESARIAL LTDA, PARA A CESSÃO DE USO, NA FORMA DE

Leia mais

MUNICÍPIO DE CACHOEIRA ALTA,

MUNICÍPIO DE CACHOEIRA ALTA, CONTRATO ADM Nº 084/2013 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE LINK DEDICADO DE INTERNET QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE CACHOEIRA ALTA, ESTADO DE GOIÁS E TELECOMUNICAÇÕES ALARCÃO E FERNANDES LTDA

Leia mais

ANEXO 7 CLÁUSULA PRIMEIRA DO OBJETO

ANEXO 7 CLÁUSULA PRIMEIRA DO OBJETO ANEXO 7 MINUTA DE CONTRATO PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE LOCAÇÃO DE AUTOMÓVEL, QUE ENTRE SI CELEBRAM A FUNDAÇÃO UNIVERSITÁRIA DE DESENVOLVIMENTO DE EXTENSÃO E PESQUISA FUNDEPES E A EMPRESA, NA FORMA ABAIXO:

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA Prestação de Serviços de suporte técnico para a Ferramenta de Scanner de Vulnerabilidades de Aplicações Web Acunetix

TERMO DE REFERÊNCIA Prestação de Serviços de suporte técnico para a Ferramenta de Scanner de Vulnerabilidades de Aplicações Web Acunetix TERMO DE REFERÊNCIA Prestação de Serviços de suporte técnico para a Ferramenta de Scanner de Vulnerabilidades de Aplicações Web Acunetix, e, atualização de novas versões e das vulnerabilidades detectáveis.

Leia mais

CONTRATO N. 167/2010

CONTRATO N. 167/2010 CONTRATO N. 167/2010 TERMO DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS QUE ENTRE SI CELEBRAM O ESTADO DE SANTA CATARINA, POR MEIO DO PODER JUDICIÁRIO - TRIBUNAL DE JUSTIÇA -, E A EMPRESA PROACTIVA MEIO AMBIENTE

Leia mais

CONTRATO Nº 095/2013 CONTRATO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE PIRAJUÍ E A EMPRESA FORTIMIX COMÉRCIO DE CONCRETO LTDA.

CONTRATO Nº 095/2013 CONTRATO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE PIRAJUÍ E A EMPRESA FORTIMIX COMÉRCIO DE CONCRETO LTDA. CONTRATO Nº 095/2013 CONTRATO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE PIRAJUÍ E A EMPRESA FORTIMIX COMÉRCIO DE CONCRETO LTDA. Aos 03 dias do mês de julho de 2013, de um lado, o MUNICÍPIO DE PIRAJUÍ, pessoa

Leia mais

ESTADO DE GOIÁS CÂMARA MUNICIPAL DE INHUMAS Palácio Fulgêncio Alves Soyer

ESTADO DE GOIÁS CÂMARA MUNICIPAL DE INHUMAS Palácio Fulgêncio Alves Soyer CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS N. 010/2013 Termo de contrato de locação de softwares que entre si celebram a CÂMARA MUNICIPAL DE INHUMAS, pessoa jurídica de direito público, com sede na Praça Santana,

Leia mais

CONTRATO ADMINISTRATIVO Nº 08/2015. Contrato celebrado entre a Câmara Municipal de São Simão e a Empresa

CONTRATO ADMINISTRATIVO Nº 08/2015. Contrato celebrado entre a Câmara Municipal de São Simão e a Empresa CONTRATO ADMINISTRATIVO Nº 08/2015 Contrato celebrado entre a Câmara Municipal de São Simão e a Empresa PUBLICENTER INFORMÁTICA COMÉRCIO E LOCAÇÃO LTDA-ME CONTRATANTE: A CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO SIMÃO,

Leia mais

ESTADO DE GOIÁS PREFEITURA MUNICIPAL DE SENADOR CANEDO ADMINISTRAÇÃO 2009/2012 PETRÓLEO LTDA.

ESTADO DE GOIÁS PREFEITURA MUNICIPAL DE SENADOR CANEDO ADMINISTRAÇÃO 2009/2012 PETRÓLEO LTDA. 1 CONTRATO Nº. 516/2012 PM Contrato que entre si celebram a PREFEITURA MUNICIPAL DE SENADOR CANEDO, e a empresa PETROMAIS DISTRIBUIDORA DE PETRÓLEO LTDA. A, neste ato denominado CONTRATANTE, com sede na

Leia mais

CLÁUSULA PRIMEIRA FUNDAMENTO LEGAL

CLÁUSULA PRIMEIRA FUNDAMENTO LEGAL CONTRATO ADMINISTRATIVO Nº09/2015 Contrato celebrado entre a Câmara Municipal de São Simão e a Empresa CABOCLO MOVEIS E ELETRO LTDA- ME. CONTRATANTE: A CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO SIMÃO, pessoa jurídica de

Leia mais

CONTRATO ADMINISTRATIVO Nº 053/2015

CONTRATO ADMINISTRATIVO Nº 053/2015 1 CONTRATO ADMINISTRATIVO Nº 053/2015 TERMO DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE ARABUTÃ E A EMPRESA LIZ SERVIÇOS ONLINE LTDA. O MUNICÍPIO DE ARABUTÃ, pessoa jurídica

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Licitações e Compras Contrato nº /05

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Licitações e Compras Contrato nº /05 MINUTA 1 TERMO DE CONTRATO Tomada de Preços nº 010/05 Processo nº 10.091/05 Contratante: Prefeitura Municipal de Franca Contratada: Valor: R$ ( ) OBJETO: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA EM TRANSPORTE

Leia mais

CONTRATO ADMINISTRATIVO Nº 277/2015 CONTRATO QUE ENTRE SI FAZEM O MUNICÍPIO DE GUAPORÉ E A EMPRESA CORES ARTE GRÁFICA LTDA

CONTRATO ADMINISTRATIVO Nº 277/2015 CONTRATO QUE ENTRE SI FAZEM O MUNICÍPIO DE GUAPORÉ E A EMPRESA CORES ARTE GRÁFICA LTDA 1 CONTRATO ADMINISTRATIVO Nº 277/2015 CONTRATO QUE ENTRE SI FAZEM O E A EMPRESA CORES ARTE GRÁFICA LTDA O, Pessoa Jurídica de Direito Público Interno, sita a Av. Silvio Sanson, 1135, Guaporé-RS, CNPJ nº

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE MIMOSO DO SUL

CÂMARA MUNICIPAL DE MIMOSO DO SUL . PREGÃO PRESENCIAL Nº 007/2015 Contrato que entre si celebram a Câmara Municipal de Mimoso do Sul e a Empresa E&L Produções de Software LTDA, na qualidade de CONTRATANTE e CONTRATADA, respectivamente,

Leia mais

INSTRUMENTO CONTRATUAL N. 0017/2013.

INSTRUMENTO CONTRATUAL N. 0017/2013. INSTRUMENTO CONTRATUAL N. 0017/2013. CONTRATO DE ADMINISTRATIVO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS N. 0017/2013. O, Estado de Santa Catarina, com sede a Rua Rui Barbosa, 347, inscrito no CNPJ/MF Sob o N. 82.854.670/0001-30,

Leia mais

ANEXO VI TOMADA DE PREÇOS Nº 002/2015 MINUTA DO CONTRATO

ANEXO VI TOMADA DE PREÇOS Nº 002/2015 MINUTA DO CONTRATO ANEXO VI TOMADA DE PREÇOS Nº 002/2015 MINUTA DO CONTRATO CONSELHO DE ARQUITETURA E URBANISMO DE SANTA CATARINA, autarquia federal de fiscalização profissional regida pela Lei n 12.378, de 31 de dezembro

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA

MINISTÉRIO PÚBLICO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PROCESSO N.º 1919-0900/12-2 AJDG N.º 72/12 O ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, por intermédio da PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA, órgão administrativo do MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL,

Leia mais

ANEXO II. MINUTA DE CONTRATO Aquisição de Gêneros Alimentícios sem Licitação da Agricultura Familiar para Alimentação Escolar

ANEXO II. MINUTA DE CONTRATO Aquisição de Gêneros Alimentícios sem Licitação da Agricultura Familiar para Alimentação Escolar ANEXO II MINUTA DE CONTRATO Aquisição de Gêneros Alimentícios sem Licitação da Agricultura Familiar para Alimentação Escolar O MUNICÍPIO DE Caçapava do Sul, pessoa jurídica de direito público, inscrito

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE ATÍLIO VIVÁCQUA Estado do Espírito Santo

CÂMARA MUNICIPAL DE ATÍLIO VIVÁCQUA Estado do Espírito Santo CÂMARA MUNICIPAL DE ATÍLIO VIVÁCQUA ES. CONTRATO Nº. 001/2014. PROCEDIMENTO ADMINISTRATIVO Nº. 018/2013. Contrato de Prestação de Serviços que celebram a CÂMARA MUNICIPAL DE ATÍLIO VIVÁCQUA e ESSENCIALNET

Leia mais

CONTRATO N. 56/2009. Nível de Serviço: Atualização Tecnológica

CONTRATO N. 56/2009. Nível de Serviço: Atualização Tecnológica CONTRATO N. 56/2009 TERMO DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS QUE ENTRE SI CELEBRAM O ESTADO DE SANTA CATARINA, POR INTERMÉDIO DO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA, E A EMPRESA ORACLE DO BRASIL SISTEMAS

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE PUBLICAÇÃO DE MATÉRIAS OFICIAIS EM JORNAL DE CIRCULAÇÃO DIÁRIA E LOCAL,

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE PUBLICAÇÃO DE MATÉRIAS OFICIAIS EM JORNAL DE CIRCULAÇÃO DIÁRIA E LOCAL, CONTRATO Nº 13/2015 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE PUBLICAÇÃO DE MATÉRIAS EM JORNAL DE CIRCULAÇÃO DIÁRIA E LOCAL, QUE ENTRE SI CELEBRAM O CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SERGIPE (COREN/SE) E A

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA MUNICIPIO DE XAXIM Rua Rui Barbosa n. 347 Fone: 3353-8200 CEP: 89825-000 XAXIM CNPJ: 82.854.670/0001-30

ESTADO DE SANTA CATARINA MUNICIPIO DE XAXIM Rua Rui Barbosa n. 347 Fone: 3353-8200 CEP: 89825-000 XAXIM CNPJ: 82.854.670/0001-30 CONTRATO N. 033/2014 CELEBRADO ENTRE O MUNICÍPIO DE XAXIM/FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE E A EMPRESA DENTAL GORGES LTDA- EPP. O Município de XAXIM, Através do Fundo Municipal da Saúde, com inscrição no CNPM/MF

Leia mais

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina CONTRATO N. 127/2015 Contrato para a contratação de suporte técnico, com direito de atualização de versões, para 15 (quinze) licenças de uso flutuantes do

Leia mais

CONTRATO Nº. 042/2014

CONTRATO Nº. 042/2014 CONTRATO Nº. 042/2014 TERMO DE CONTRATO Nº. 042/2014, FIRMADO ENTRE A CODER - COMPANHIA DE DESENVOLVIMENTO DE RONDONÓPOLIS E A EMPRESA ALOISIO BORGES DE FARIAS ME, PARA: FORNECIMENTO DE PÃES FRANCÊS, COMO

Leia mais

ANEXO IV MINUTA DE CONTRATO

ANEXO IV MINUTA DE CONTRATO ANEXO IV MINUTA DE CONTRATO CONTRATO Nº -2011, DE CONTRATAÇÃO DE EMPRESA DE ENGENHARIA PARA *********, QUE CELEBRAM ENTRE SI, O CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO PARANÁ E A EMPRESA. O CONSELHO REGIONAL

Leia mais

CONTRATO DE AQUISIÇÃO DE MATERIAL FUNDAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR DE GOIATUBA

CONTRATO DE AQUISIÇÃO DE MATERIAL FUNDAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR DE GOIATUBA CONTRATO DE AQUISIÇÃO DE MATERIAL FUNDAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR DE GOIATUBA Que entre si celebram a FUNDAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR DE GOIATUBA e a empresa: BRASILL INFORMÁTICA E PRODUTOS LTDA EPP. CLÁUSULA

Leia mais

CONTRATO N. 78/2008 EMPRESA MARCOS HOFFMANN EPP.

CONTRATO N. 78/2008 EMPRESA MARCOS HOFFMANN EPP. CONTRATO N. 78/2008 TERMO DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS QUE ENTRE SI CELEBRAM O ESTADO DE SANTA CATARINA, POR INTERMÉDIO DO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA, E A EMPRESA MARCOS HOFFMANN EPP.

Leia mais

Instrumento Particular de Contrato de Prestação de Serviços

Instrumento Particular de Contrato de Prestação de Serviços 1 de Prestação de Serviços Contratada: Qt Soluções, inscrita no CNPJ sob o número 10.585.240/0001-59, com sede na Rua Gramado, n. 1899, bairro Laranjal, nesta cidade, Cep: 96090-290. OBJETO DO CONTRATO

Leia mais

INSTRUMENTO CONTRATUAL N. 0103/2013.

INSTRUMENTO CONTRATUAL N. 0103/2013. INSTRUMENTO CONTRATUAL N. 0103/2013. CONTRATO DE ADMINISTRATIVO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS N. 0103/2013. O, Estado de Santa Catarina, com sede a Rua Rui Barbosa, 347, inscrito no CNPJ/MF Sob o N. 82.854.670/0001-30,

Leia mais