EDITAL DE CHAMAMENTO N.º 01/2014 PARA EFEITO DE CREDENCIAMENTO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS NA ÁREA DE SAÚDE

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "EDITAL DE CHAMAMENTO N.º 01/2014 PARA EFEITO DE CREDENCIAMENTO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS NA ÁREA DE SAÚDE"

Transcrição

1 1 EDITAL DE CHAMAMENTO N.º 01/2014 PARA EFEITO DE CREDENCIAMENTO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS NA ÁREA DE SAÚDE 1.0 OBJETO SINTETICO O SASSOM, órgão da Administração Indireta do Município de Franca, sob a égide de Autarquia Municipal, criado por força da Lei Municipal n.º 1.372/65, com personalidade jurídica de direito público interno, combinado com os dispositivos da Lei Municipal n de 11/12/1990, neste ato representado pelo seu diretor Presidente Reinaldo Sergio Afonso, brasileiro, casado, Advogado, portador do C.P.F nº , residente e domiciliado a Rua Prudente de Morais n.º 906 Cidade Nova em Franca/SP, que no exercício de suas atribuições, TORNA PÚBLICO, para conhecimento de todos os interessados, que se acha aberto o Credenciamento, objetivando a contratação de prestadores de serviço que operam planos de assistência à saúde, CATEGORIZADA(S) NA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CONTINUADOS NA ÁREA DE ASSISTÊNCIA MÉDICA - PLANO EMPRESARIAL FAMILIAR DE SAUDE REGULAMENTADO, legalmente autorizada pela ANS Agencia Nacional de Saúde Suplementar, conforme: Modulo I - Plano Coletivo Empresarial/Familiar de Saúde, Modulo II - Serviço de Atenção Domiciliar SAD, Modulo III - Atendimento Pré-Hospitalar, Modulo IV - Programa Assistência Complementar e Modulo V Órteses e Próteses, conforme descrição sucinta no Termo de Plano Coletivo Empresarial/Familiar de Saúde Regulamentado (Anexo I) deste Edital. O inteiro teor deste edital e seus Anexos I, II, III, IV, V, VI e VII estarão disponíveis no endereço eletrônico do SASSOM: DOS MODULOS: 1 - MODULO I PLANO COLETIVO EMPRESARIAL/FAMILIAR DE SAUDE REGULAMENTADO 1.1 DISTRIBUIÇÃO DOS USUÁRIOS INCLUSÃO E EXCLUSÃO 1.2 DA IDENTIFICAÇÃO DO USUÁRIO 1.3 DA CARENCIA 1.4 DOS PRAZOS E CONDIÇÕES PARA ATENDIMENTO 1.5 DO FATOR MODERADOR 1.6 DA FUNDAMENTAÇÃO LEGAL 2 - MODULO II SERVIÇO ATENÇÃO DOMICILIAR 2.1 DEFINIÇÃO DO SERVIÇO DE ATENÇÃO DOMICILIAR - SAD 2.2 CRITERIOS PARA INDICAÇÃO DOS SERVIÇOS SAD 2.3 CRITERIOS PARA FISIOTERAPIA DOMICILIAR 2.4 CRITERIOS DE ATENDIMENTOS E PERFIL DO CUIDADOR 2.5 AREA DE COBERTURA GEOGRAFICA 2.6 DA SUSPENSÃO E DESCONTINUIDADE DO ATENDIMENTO SAD 2.7 DO TRANSPORTE DO PACIENTE 2.8 DOS CRITÉRIOS DO TERMINO DA PRESTAÇÃO DE ASSISTENCIA DOMICILIAR 2.9 DA FUNDAMENTAÇÃO LEGAL DO SAD 3 - MODULO III - ATENDIMENTO PRÉ-HOSPITALAR MÉDICO DOMICILIAR - APH 3.1 APH DOMICILIAR - DEFINIÇÃO

2 2 3.2 URGENCIA E EMERGENCIA 3.3 DAS FORMAS DE ATENDIMENTO E INDICAÇÕES DE ATENDIMENTO APH 3.4 CENTRAL DE COMUNICAÇÃO TELEFONICA COM USUARIO 3.5 PRONTUARIO ELETRONICO 3.6 DA ABRANGENCIA GEOGRAFICA DO ATENDIMENTO PRÉ HOSPITALAR 3.7 DA REMOÇÃO E TRANSPORTE 3.8 DO PREÇO E DO REAJUSTE DO ATENDIMENTO PRE HOSPITALAR 4 - MODULO IV CONTINUIDADE DO PLANO DE ASSISTENCIA COMPLEMENTAR (PAC) 4.1 DEFINIÇÃO/PRAZO DE COBERTURA 4.2 PECULIO - PAC 5 - MODULO V ÓRTESES E PROTESES 5.1 DEFINIÇÃO 5.2 DO FORNECIMENTO DO MATERIAL 5.3 DA FUNDAMENTAÇÃO LEGAL 6 ANEXOS: ANEXO I PLANO EMPRESARIAL FAMILIAR DE SAUDE REGULAMENTADO E SEUS MODULOS (páginas 23 a 41) ANEXO II PROPOSTA COMERCIAL ( página 42) ANEXO III MODELO DE DECLARAÇÃO DE CUMPRIMENTO DO DISPOSTO NO INCISO 33, DO ART.7º DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL (pagina 43) ANEXO IV MODELO DE DECLARAÇÃO DE ACEITAÇÃO DOS TERMOS DO EDITAL (pagina 44) ANEXO V MODELO DE DECLARAÇÃO DE HABILITAÇÃO (página 45) ANEXO VI TERMO DE CONTRATO (páginas 46 a 72) ANEXO VII COLORARIO DE LEIS (páginas 73 a 76) 1.1 DEFINIÇÃO DO PLANO DE SAUDE Define-se para efeito do presente Edital de Credenciamento, que o plano de saúde é classificado como Plano Coletivo Empresarial / familiar, sem observância de faixa etária, levando-se em consideração o vinculo com o Credenciante Contratante, por força da Lei Municipal n.º 3884/1990, destacando-se: Plano Coletivo Empresarial/Familiar de Saúde Regulamentado com acomodação em quarto coletivo com 02 (dois) leitos, com banheiro, com direito a acompanhante, para titular/família e seus dependentes de acordo com as normas aplicadas pelo INSS Instituto Nacional de Seguridade Social, bem como, para os agregados, os titulares sem característica de dependência e/ou com inclusão de pai ou mãe; Plano Coletivo Empresarial/Familiar de Saúde Regulamentado com acomodação em apartamento privativo com 01 (um) leito, com banheiro, com direito a acompanhante, para o grupo de aderentes do SASSOM, para titular/família e seus dependentes de acordo com as normas aplicadas pelo INSS Instituto Nacional de Seguridade Social, bem como, para os agregados, para os titulares sem característica de dependência e/ou com inclusão de pai ou mãe.

3 3 2.0 DA FUNDAMENTAÇÃO LEGAL 2.1 O presente processo de credenciamento é regido pela Lei Federal n.º 8.666, de 21 de junho de 1993 e suas respectivas alterações, em especial o disposto no art. 116 (Caput), bem como, observada as disposições da Lei Federal nº 9656/98, devidamente consubstanciada pelas: RN n.º 338 de 21 de outubro de 2013; Instrução Normativa n.º 12 de 11 de junho de 2012, RN nº 311, de 01 novembro de 2012; pela Resolução Normativa nº 195 de 14 de julho de 2009 (alterada pela Resolução n.º 203 de agosto de 2.009); pela Resolução Normativa n.º 196, de 14 de julho de 2.009, Sumula Normativa n.º 13/2010, todas emanadas pela ANS Agencia Nacional de Saúde Suplementar, Resolução RDC n.º 11 de 26 de janeiro de 2006 da Agencia Nacional de Vigilância Sanitária ANVISA, Portaria n.º 2048/2002 do Ministério de Estado da Saúde, RN nº 211 de 11 de janeiro de 2010, Resolução do CFM n.º 1671 de 29 de julho de 2003, com alterações pela RN n.º 262 de 01 de agosto de 2011, RN nº 259 de 17 de junho de 2011, combinado com os dispositivos da Lei Municipal n.º 3884, de 11 de dezembro de e suas alterações, que acabou sendo sancionada com supedâneo legal objeto das disposições do art.30, item I, combinado com o art.7º, itens IV e XXVI da Constituição Federal, em especial, por força de dissidio trabalhista preconizado e levado a efeito pelo Sindicato dos Servidores Municipais de Franca, durante o exercício de 1990, igualmente, aplicar-se-á de forma subsidiaria e complementar à Lei Federal n.º 8666/93, os dispositivos da Lei Federal , de 17 de julho de 2.002, do Código de Defesa do Consumidor, objeto da Lei n.º 8078, de 11 de setembro de 1.990, observadas suas alterações posteriores, devidamente consubstanciado com as demais regras estabelecidas neste Edital e seus anexos, independentemente de transcrição. 3.0 REGIME DE EXECUÇÃO: - Empreitada por preço unitário por titular/família. 4.0 DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA Inexiste a indicação e destaque de recursos orçamentários proveniente desta Autarquia Municipal, a ser repassado diretamente a(s) Operadora(s) de Plano de Saúde credenciada(s), considerando que a receita para a consecução dos objetivos preconizados por este Edital de Credenciamento originam-se de desconto em holerites e boletos bancários e transferências financeiras dos entes públicos que mantem vinculo empregatício com os servidores oriundos da Administração direta e indireta do Município de Franca e respectivas entidades de classe devidamente conveniadas, operacionalizando como receitas e despesas extra-orçamentárias. 5.0 DA PARTICIPAÇÃO NO PROCESSO DE CREDENCIAMENTO 5.1 Poderão participar do presente processo de credenciamento as pessoas jurídicas de direito privado que operam planos de assistência à saúde, filantrópicas de fins não lucrativos ou lucrativos, cooperativas, seguro saúde e medicina de grupo, dotadas com personalidade jurídica de direito privado, sendo estatutária e legalmente constituídas com registro e autorização atualizada da ANS Agencia Nacional de Saúde Suplementar, com capacidade técnica legalmente comprovada, idoneidade econômico-financeira, regularidade jurídico-fiscal, que atendam as condições especificas de habilitação constantes deste Edital e se submetam aos parâmetros estabelecidos pelas demais normas do SASSOM-Serviço de Assistência e Seguro Social dos Municipiários de Franca, sobre o presente objeto e das legislações acima epigrafadas e referidas no sub item 2.1.

4 4 5.2 Não poderá participar do presente credenciamento, empresa/entidade que esteja em processo de suspensão ou declaração de inidoneidade para contratar com a Administração Publica Direta ou Indireta, Federal, Estadual ou Municipal. 5.3 Igualmente, não será admitida neste processo de credenciamento, a participação de empresa: Concordatárias ou em processo de falência, em recuperação judicial ou extrajudicial, sob o concurso de credores, em dissolução ou em liquidação; Que estejam com direito de licitar e contratar suspenso com a Administração Publica, ou que, por esta, tenham sido declaradas inidônea, bem como impedidas de licitar e contratar nos termos do inciso III do art.87 da Lei 8.666/93 e suas alterações posteriores, do art.7º da Lei /02 e do art. 10 da Lei 9.605/98; Que estejam sob pena de interdição de direitos previstos na Lei Federal n.º 9.656/98 (ANS); Que estejam reunidas em consorcio, ou seja, controladoras coligadas ou subsidiarias entre si, quaisquer que sejam suas formas de constituição Estrangeira que não funciona no país; Cujo objeto social não se apresente pertinente e compatível com o objeto de credenciamento Cuja base hospitalar não se apresente no território do Município de Franca. 5.4 Havendo interesse do credenciado, por si ou seu procurador, em se fazer representar na sessão publica de abertura do envelope documentação/proposta, será exigido o credenciamento da pessoa presente Para o credenciamento deverão ser apresentados os seguintes documentos: a) em se tratando de representante legal, o Estatuto Social, Contrato Social ou outro instrumento de registro comercial, registrado na Junta Comercial, na qual esteja expressos seus poderes para exercerem direitos e assumir obrigações em decorrência de tal investidura. b) tratando-se de Procurador, a procuração por instrumento público ou particular, da qual constem poderes específicos para impugnações, interposição de recursos e desistir de sua interposição, e praticar todos os demais atos pertinentes ao Certame acompanhados, no caso de procuração particular, do correspondente documento dentre os indicados na linha a, que comprovem os poderes do mandante para outorga. c) procuração particular com firma reconhecida. d) o representante legal ou procurador deverá identificar-se, exibindo documento oficial de identificação que contenha foto.

5 5 e) A ausência do credenciado, em qualquer momento do cerimonial, importará preclusão do direito de se manifestar intensão de recorrer, assim como na aceitação tácita das decisões tomadas. 6.0 DA DOCUMENTAÇÃO PARA O CREDENCIAMENTO HABILITAÇÃO JURIDICA far-se-á com a apresentação da seguinte documentação: Em se tratando de sociedades empresariais ou simples, o ato constitutivo, estatuto ou contrato social em vigor, devidamente registrado na Junta Comercial ou no Cartório de Registro Civil de pessoas jurídicas, nos termos da lei e conforme o caso, e, ainda, no caso de Sociedade por Ações, acompanhado de documentos de eleição de seus administradores; Os documentos descritos no subitem anterior deverão estar acompanhados de todas as alterações ou da consolidação respectiva, conforme legislação em vigor Registro da pessoa jurídica junto a ANS Agencia Nacional de Saúde Suplementar, bem como, sua autorização de funcionamento e comercialização, ou junto à SUSEP no caso de seguradoras de saúde, conforme disposto na Lei Federal 9.656/98 e nos termos da legislação especifica; Alvará de Localização e Funcionamento do Município; Alvará Sanitário acompanhado do relatório de inspeção relativo ao serviço a ser credenciado emitido pela entidade competente Prova de inscrição no cadastro nacional de pessoas jurídicas CNPJ; Declaração de que não emprega em seu quadro de pessoal, menores de 18 (dezoito) anos em trabalho noturno, perigoso ou insalubre e nem menores de 14 (quatorze) anos em qualquer tipo de trabalho, conforme disposto no inciso V do art. 27 da Lei n.º 8.666/93, acrescido pela Lei de 27/10/1999, em cumprimento ao estabelecido no Inciso XXXIII do art. 7º da Constituição Federal, conforme modelo de declaração constante do Anexo IV deste Edital Declaração de que inexiste outros fatos impeditivos para a sua habilitação no presente processo de Credenciamento, conforme Anexo V deste Edital Declaração de aceitação dos termos deste Edital, conforme anexo IV. 6.2 COMPROVAÇÃO TÉCNICA far-se-á com a apresentação da seguinte documentação: Comprovação de aptidão para o desempenho para sua Capacidade Técnica Operacional instalada, pertinente e compatível com o objeto deste Edital (Plano Coletivo Empresarial/Familiar de Saúde Regulamentado) por meio de Atestado(s) Expedido(s) por Pessoa de Direito Público e ou Privado, necessariamente em nome da credenciada, que comprove o seu desempenho na prestação de serviços de assistência a saúde, como Operadora de Assistência Médica, Ambulatorial, laboratorial, Hospitalar com Obstetrícia, devidamente registrada na ANS- Agencia Nacional de Saúde Suplementar, através da descrição das instalações, do aparelhamento técnico, adequados e disponíveis para a

6 6 realização do objeto, bem como, de sua rede terceirizada de serviço (assistência de natureza clinica e cirúrgica, através de profissionais médicos, serviços de laboratórios e análises clínicas e de diagnostico) Para fins de comprovação de aptidão para desempenho de Capacidade Técnico Profissional, a empresa fará a comprovação de que possui em seu quadro permanente de profissionais de nível superior, para a execução e prestação de serviços ao objeto deste Termo de Credenciamento, da qualificação de cada um dos membros da equipe técnica, que se responsabilizará pela consecução dos serviços médicos, através de apresentação do Contrato Social, Registro em Carteira, ficha de empregado, contrato de trabalho, sendo possível ainda a indicação e contratação de profissional autônomo, desde que preencha os requisitos e se responsabilize tecnicamente pela execução dos serviços objeto do Plano Coletivo Empresarial Familiar de saúde regulamentado O(s) atestado(s) deverá(ão) estar obrigatoriamente em nome da empresa e indicar quantidades suficientes de usuários coberto pela prestação de serviços através de Contrato(s), para que juntos representem no mínimo 50% (Cinquenta por cento) correspondente a titulares, que integram o Plano de Saúde do SASSOM Comprovante expedido pela ANS de que possui profissional médico habilitado e registrado no Conselho Regional de Medicina, observando o que dispõe a RN 255/2011, para resguardar o sigilo médico dos beneficiários Registro de funcionamento, emitido pela ANS Agencia Nacional de Saúde Suplementar; Indicação e identificação documental do responsável Clínico (Diretor Clínico), com respectivo registro no Conselho Regional de Medicina CREMESP Registro no CNES Cadastro Nacional dos Estabelecimentos de Saúde na categoria de policlínica Relação dos profissionais, componentes do corpo clinico, especialidades e números dos respectivos registros no Conselho Regional de Medicina (CREMESP) Indicação e identificação documental do responsável técnico, devidamente inscrito no Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo CREMESP Comprovante de registro da ENTIDADE PROFISSIONAL competente (CRM-Conselho Regional de Medicina) Registro no Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde CNES, com a demonstração dos módulos respectivos e existentes nesse site do CNES, tais como, os módulos hospitalar e profissionais, ambos entendidos como exemplificativos e não exaustivos Certificado de Inscrição da entidade Operadora e seu(s) respectivo(s) Hospital(is) credenciado(s) no CREMESP Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo Relação de prestadores de serviços da rede assistencial (credenciada / referenciada / cooperada(o) / contratada) para atendimento de serviços laboratoriais e de diagnósticos.

7 Sob pena de indeferimento do credenciamento, todos os documentos apresentados deverão referir-se ao mesmo CNPJ da empresa Se a empresa for a matriz, todos os documentos deverão estar em nome da matriz, e se for a filial, todos os documentos deverão estar em nome da filial, exceto aqueles documentos que, pela própria natureza, comprovadamente, forem emitidos somente em nome da matriz Não serão aceitos protocolos de entrega ou solicitação de documentos em substituição aos requeridos neste Edital de Credenciamento e seus Anexos Para fins de habilitação, a verificação pelo órgão promotor do credenciamento nos sítios oficiais de órgãos e entidades emissores de certidões constitui meio legal de prova COMPROVAÇÃO DE REGULARIDADE FISCAL far-se-á com a apresentação da seguinte documentação: Prova de inscrição no Cadastro de Contribuintes Estadual, Municipal, relativo ao domicilio ou sede da empresa, pertinente ao seu ramo de atividade e compatível com o objeto do certame; Prova de regularidade para com as Fazendas Federal, Estadual e Municipal, do domicilio ou sede da empresa, ou outra equivalente na forma da lei mediante a apresentação das seguintes certidões: Certidão conjunta Negativa de Débitos ou Certidão Conjunta Positiva com Efeitos de Negativa, relativos a Tributos Federais e à Divida Ativa da União, expedida pela Secretaria da Receita Federal; Certidão Negativa ou Positiva com Efeitos de Negativa de Tributos Mobiliários, expedida pela Secretaria Municipal de Finanças; Prova de regularidade perante o Sistema de Seguridade Social INSS mediante a apresentação da CND Certidão Negativa de Débito ou CPD-EN Certidão Positiva de Débito com Efeitos de Negativa; Na hipótese de não constar prazo de validade das certidões apresentadas, este SASSOM aceitará como validas as expedidas até 90 (noventa) dias imediatamente anteriores à data de apresentação das propostas; Prova de regularidade perante o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), por meio da apresentação do CRF Certificado de Regularidade do FGTS; Prova de inexistência de débitos inadimplidos perante a Justiça do Trabalho, mediante a apresentação da Certidão Negativa de Débitos Trabalhistas (CNDT) ou Certidão Positiva de Débitos Trabalhistas, nos termos do Titulo VII-A da Consolidação das Leis do Trabalho, aprovada pelo Decreto-Lei n.º 5452, de 01 de maio de 1.943; A comprovação de regularidade fiscal das microempresas, empresas de pequeno porte e cooperativas que preencham as condições estabelecidas no art. 34, da Lei Federal n.º , de 15/06/2007, somente será exigida para efeito de assinatura do contrato;

8 As microempresas, empresas de pequeno porte e cooperativas que preencham as condições estabelecidas no art.34 da Lei Federal /2007, por ocasião da participação neste credenciamento, deverão apresentar toda documentação exigida para fins de comprovação de regularidade fiscal, mesmo que esta apresente alguma restrição Os documentos necessários ao credenciamento poderão ser apresentados no seu original ou por copia autenticada em Cartório de Notas ou por servidor da Administração Publica ou por publicação em órgão da Imprensa Oficial. 6.3 QUALIFICAÇÃO ECONOMICO-FINANCEIRA far-se-á com a apresentação da seguinte documentação: Prova de inscrição Ativa junto a ANS para comercialização de planos de saúde; Declaração de que a Operadora não está sob o Regime de Direção Fiscal imposto pela ANS no que se refere a situação econômico-financeira da operadora Comprovação de capital social realizado e registrado na Junta Comercial do Estado da sede da credenciada, na data da apresentação da proposta de, no mínimo, 5% (cinco por cento) do valor estimado da contratação, subscrito e integralizado, por meio de ato societário devidamente registrado, considerando um valor de contrato inicial para 12 (doze) meses Certidão Negativa de falência, recuperação judicial ou concordata, expedida pelo distribuidor da sede da pessoa jurídica, ou de execução patrimonial, expedida no domicilio da pessoa física, em data não anterior a 90 (noventa) dias da abertura do prazo de Credenciamento. 7.0 DA FORMA DE APRESENTAÇÃO DA DOCUMENTAÇÃO 7.1 Os documentos para credenciamento deverão ser apresentados, em um INVOLUCRO, devendo o mesmo ser timbrado e/ou carimbo padronizado com CNPJ da proponente, contendo em sua parte externa os seguintes dizeres e endereçamento: Denominação da Empresa Invólucro n.º 1 Documentação/Proposta Processo Administrativo SASSOM n.º 108/2014 Edital de Credenciamento n.º 01/ O invólucro deverá ser entregue na sede do SASSOM, sita a Rua Frederico Moura, nº 1417 Bairro Cidade Nova em Franca/SP CEP: , no horário das 08:00 às 16:00 horas de segunda a sexta feira, no período do dia 20 de outubro de até o dia 05 de novembro de Os documentos/proposta serão entregues a partir do dia, horário e local indicado nas condições estabelecidas neste Edital. 7.4 Não serão aceitas nem levadas em consideração, propostas encaminhadas por , telexogramas, telegramas, radiogramas, aerogramas ou fax.

9 9 7.5 No caso de necessidade de alteração deste Edital, antes do termino do período marcado para recepção dos invólucros de documentação e proposta, poderá ocorrer prorrogação, respeitando o número de dias decorridos do ultimo aviso publicado e utilizando-se dos meios anteriormente adotados para nova divulgação. 8.0 DA PROPOSTA 8.1 A inscrição no processo implica na manifestação de interesse da entidade da área de saúde em participar do processo de credenciamento junto ao SASSOM, quando da data de entrega da documentação, conforme disposto no item 1.0 (www.sassomfranca.com.br), aceitação e submissão, conforme Anexo IV, a todas as normas e condições no presente Edital e seus anexos, bem como os atos normativos pertinentes expedidos pela Administração da Autarquia. 8.2 O Anexo II deverá ser utilizado como modelo para a confirmação da Proposta Comercial, digitalizada, datilografada, impressa ou preenchida a mão de forma legível, em língua portuguesa, salvo quanto às expressões técnicas de uso corrente, sem rasuras, emendas, borrões ou entrelinhas, indicando o n.º deste Edital, sem cotações alternativas, datada e assinada pelo representante legal do proponente ou pelo procurador, contendo o nome e CPF do signatário, sua função e/ou cargo na empresa, tudo de modo legível. 8.3 Não serão admitidas, posteriormente, alegações de enganos, erros ou distrações na confirmação das propostas comerciais, como justificativas de quaisquer acréscimos ou solicitações de reembolsos e indenizações de qualquer natureza. 8.4 Deverão estar consignados na proposta: A denominação, endereço, telefone/fax, , o CNPJ e a data, em papel timbrado ou identificado com carimbo padronizado com CNPJ da participante ao Credenciamento; Ratificação do valor mensal por titular/família de até R$ 306,38 (Trezentos e Seis Reais e Trinta e Oito Centavos), expresso em moeda corrente nacional, para o pagamento da fatura do Plano Coletivo Empresarial/Familiar de Saúde Regulamentado, levando-se em consideração todas as despesas resultantes de impostos, taxas, tributos e demais encargos, assim como todas as despesas diretas e indiretas relacionadas com a integral execução do objeto da presente licitação, com forma e natureza jurídica própria Ratificação do valor mensal por titular/solteiro (sem dependente) de até R$ 116,16 (Cento e Dezesseis Reais e Dezesseis Centavos), expresso em moeda corrente nacional, para o pagamento da fatura do Plano Coletivo Empresarial/Familiar de Saúde Regulamentado, levando-se em consideração todas as despesas resultantes de impostos, taxas, tributos e demais encargos, assim como todas as despesas diretas e indiretas relacionadas com a integral execução do objeto da presente licitação, com forma e natureza jurídica própria Ratificação do valor mensal por titular de R$ 7,60 (Sete Reais e Sessenta Centavos), referente ao Atendimento Pré-Hospitalar em Domicilio APD; Ratificação do valor mensal por titular/família de R$ 480,00 (Quatrocentos e Oitenta Reais), para acomodação em apartamento privativo (com um leito) com banheiro, se a Credenciada facultativamente o venha disponibilizar para o grupo de aderentes do SASSOM.

10 Ratificação do valor de R$ 20,97 (vinte Reais e Noventa e Sete Centavos) de Fator Moderador por Coparticipação, a partir da 3ª (terceira) guia de consulta dentro do mesmo mês por titular/família. 8.5 Nos preços ratificados na proposta comercial (Anexo II) deverão estar incluídos todos os elementos que causem impacto no custo operacional necessário a execução dos serviços alusivos ao objeto dos Módulos I, II, III, IV e V, os quais não poderão ser alterados ou cancelados pela proponente, sob qualquer pretexto, após a data de entrega da documentação. 8.6 O valor pecuniário mensal em alusão a prestação dos serviços médicos do Plano Coletivo Empresarial/Familiar de Saúde Regulamentado, objeto dos Módulos I, II, III, IV e V, serão efetivados no sistema de pós-pagamento. 9.0 DO REAJUSTE 9.1 O primeiro reajuste objeto do presente Edital alusivo ao Plano Coletivo Empresarial/Familiar de Saúde Regulamentado, será em 01 de maio de 2.015, observada a proporcionalidade de meses decorridos da data da assinatura do competente Termo de Contrato, em consonância com a data do dissidio trabalhista dos beneficiários, tendo como suporte legal o índice financeiro da ANS Agencia Nacional de Saúde Suplementar ou outro oficial que vier a substitui-lo, para o resguardo e a observância do equilíbrio econômico-financeiro. 9.2 Os demais reajustes serão consignados após decorrido o hiato temporal de 12 (doze) meses, da data do reajuste imediatamente anterior na forma acima explicitada. 9.3 O preço do Atendimento Pré-Hospitalar, obedecerá à mesma data acima, levando-se em consideração o índice da ANS Agencia Nacional de Saúde ABERTURA DO INVOLUCRO DOCUMENTAÇÃO DE CREDENCIAMENTO 10.1 Abertura do invólucro de habilitação jurídica, técnica, de regularidade fiscal, bem como da Proposta, dar-se-á perante a Comissão Especial de Licitação, em 05 de novembro de 2.014, às 16 horas, na sede do SASSOM situado na Rua Frederico Moura, 1417 Bairro Cidade Nova em Franca/SP, CEP , destacando-se que toda documentação/proposta será rubricada pelos representantes credenciados e pela Comissão Especial de Licitação, a qual será processada e julgada com observância dos seguintes procedimentos: A documentação em desacordo com as formalidades do Edital resultará no indeferimento da proponente, fazendo-se consignar na Ata competente as razões que deram causa ao indeferimento, concedendo-lhe prazo, se assim requerido, para possível manifestação, correção e interposição de recurso Após a fase de analise da documentação, não cabe desistência de proposta, salvo por motivo justo e decorrente de fato superveniente, devidamente invocado e aceito pela Comissão de Especial de Licitação e ou Credenciamentos A Comissão de Especial de Licitação para o Credenciamento fará a analise da(s) proposta(s), fazendo-se observar as formalidades objetivas constantes no presente Edital de

11 11 Credenciamento, inclusive visita de avaliação in loco da estrutura oferecida, levando-se em consideração o atendimento, equipe técnica, tipos de procedimentos oferecidos, equipamentos, horário de funcionamento e outros considerados relevantes e em seguida, proceder-se-á a indicação de (in) deferimento da proposta da proponente; Após a análise da Comissão de Especial de Licitação para o Credenciamento fará submeter à apreciação do Senhor Presidente do SASSOM, o Termo de (in) Deferimento da proposta para conhecimento, homologação ou rejeição; A interposição de recursos, se houver, será encaminhada por escrito e dirigida ao Presidente do SASSOM, por intermédio do Presidente da Comissão de Especial de Licitação para o Credenciamento, o qual poderá reconsiderar ou manifestar sua decisão, no prazo de 05 (cinco) dias úteis, encaminhando sua manifestação ao Presidente do SASSOM, que proferirá decisão definitiva A decisão do deferimento da proponente será publicada através de Extrato, no Diário Oficial do Município de Franca, no jornal Diário da Franca, da Folha de São Paulo Caderno Ribeirão e Diário Oficial do Estado DA ANÁLISE E JULGAMENTO DA PROPOSTA 11.1 A abertura do Invólucro Documentação/Proposta será realizada em ato público, do qual se lavrará Ata circunstanciada, assinada pelos interessados presentes e pela Comissão de Especial de Licitação para o Credenciamento A Comissão de Licitação fará a classificação e análise da documentação/proposta financeira, fazendo-se observar as formalidades objetivas constantes nos sub itens anteriores, apurando-se sua conformidade com o Edital. Após a Comissão de Licitação fará submeter a apreciação do Senhor Presidente do SASSOM para deliberação derradeira DA INTERPOSIÇÃO DE RECURSOS ADMINISTRATIVOS Dos Atos praticados pela Autarquia SASSOM decorrentes do presente credenciamento, cabem recurso no prazo de 05 (cinco) dias úteis a contar da intimação do ato ou da lavratura da ata, nos termos do art. 109, 1º da Lei 8.666/ É vedada ao interessado a utilização de recurso ou de impugnações como expediente protelatório ou que vise a tumultuar o procedimento do credenciamento. Identificado tal comportamento, poderá a Comissão de Especial de Licitações arquivar sumariamente os expedientes ou, se for o caso, propor a aplicação ao autor às sanções cabíveis Qualquer pessoa, física ou jurídica, é parte legitima para solicitar esclarecimentos, providencias ou impugnar esse Edital, desde que com antecedência de 02 (dois) dias uteis antes da data fixada para o cerimonial de recebimento (documentação e proposta), portanto, não serão conhecidos os pedidos de esclarecimentos ou impugnações, vencidos os respectivos prazos legais Caberá à Comissão Especial de Licitações decidir sobre a petição interposta, no prazo de 48 horas, ressalvados os dias de não expediente da Autarquia.

12 Em assim caracterizado e acolhida a petição para efeito de re-ratificação do Edital, nova data será agendada, reabrindo-se o prazo inicialmente estabelecido, exceto quando, inquestionavelmente, alteração não afetar a formulação das propostas No eventual acolhimento de recurso, importará tão somente na invalidação dos atos insuscetíveis de aproveitamento DO TERMO CONTRATUAL / OBRIGAÇÕES / VIGÊNCIA 13.1 A contratação decorrente deste Credenciamento será formalizada mediante celebração de Termo de Contrato, cuja minuta integra o presente Edital como Anexo VI Para a assinatura do contrato, a empresa deverá comprovar que sua rede (credenciada/ referenciada/ cooperada(o) /contratada), possui estabelecimentos que apresentam condições de atender, de imediato o grupo de usuários aderentes ao plano pelo SASSOM A comprovação da rede credenciada/referenciada/cooperada/contratada deverá ser atualizada permanentemente, sempre que houver inclusão ou exclusão dos prestadores de serviço, por meio do envio de relação (em formato MS-Excel), contendo nome fantasia, razão social, CNPJ, endereço e telefone, a qual futuramente será disponibilizada no site do SASSOM para consulta de seus usuários, inclusive disponibilizando o disque , 24 (vinte e quatro) horas para os demais esclarecimentos que se fizerem necessários A empresa deverá assinar o instrumento de contrato no prazo de 10 (dez) dias contados da data da convocação, sob pena de decair do direito à contratação se não o fizer, sem prejuízo das sanções previstas neste Edital; 13.5 A empresa contratada manterá, durante toda a execução do contrato, compatibilidade com as obrigações assumidas, assim como todas as condições de qualificação exigidas neste credenciamento, apresentando documentação revalidada se, no curso do contrato, algum documento perder a validade Na ocorrência de descredenciamento de qualquer integrante da rede assistencial (credenciada/referenciada/cooperada/contratada) que ofereça o serviço ou procedimento demandado, da sua indisponibilidade ou inexistência à área geográfica de abrangência e atuação do produto, e de seu rol de profissionais médicos, a Credenciada Contratada procederá à substituição dentre aqueles constantes, para efetiva e pontual garantia da prestação dos serviços contratados, mediante comunicação ao Credenciante Contratante e simultaneamente aos respectivos usuários com 30 (trinta) dias de antecedência, nos termos do Art.17 da Lei de 24 de junho de A ocorrência quanto a não substituição de novo integrante (credenciada/ referenciada/cooperada/contratada) e que possa traduzir em prejuízo para qualquer atendimento prescrito a ser demandado pelo beneficiário, observar-se-á o prazo para a cobertura pertinente referidos na RN nº 259/11, art.3º, bem como, para as situações quanto a INDISPONIBILIDADE de prestador integrante da rede assistencial ou mesmo da sua INEXISTENCIA na área geográfica do Município de Franca, fara observar todas as condições/prazos elencados nos Art.4º e 5º da mesma Norma, com nova redação pela na RN n.º 268/11 e modificações posteriores.

13 Na eventual inadimplência pela Operadora de Saúde quanto às situações acima elencadas, o Gestor do Contrato (o SASSOM), autorizará sob suas expensas o procedimento médico prescrito, para posterior ressarcimento pela Credenciada através de abatimento da fatura do mês em curso O contrato será celebrado com duração de 12 (doze) meses, e não havendo óbice de sua prorrogação e manifestação prévia por parte dos contratantes, ficará automaticamente prorrogado por igual(is) e sucessivo(s) período(s), a critério deste SASSOM, até o limite de 60 (sessenta meses), nos termos e condições permitidos pela legislação vigente A empresa Credenciada poderá opor-se à prorrogação de que trata o subitem anterior, desde que o faça mediante documento escrito, recebido pelo SASSOM em até 120 (cento e vinte) dias antes do vencimento do contrato, ou de cada uma das prorrogações do prazo de vigência As prorrogações de prazo de vigência serão formalizadas mediante celebração dos respectivos termos de aditamento ao contrato, respeitadas as condições prescritas na Lei Federal n.º 8666/ A não prorrogação do prazo de vigência contratual por conveniência deste SASSOM não gerará a empresa contratada direito a qualquer espécie de indenização CONDIÇÕES DE EXECUÇÃO, RECEBIMENTO E FORMA DE PAGAMENTO 14.1 O objeto do presente credenciamento, em cada uma de suas parcelas mensais, será recebido provisoriamente em até dois dias úteis, mediante a recepção por este SASSOM do relatório de execução dos serviços do mês (Relatórios Gerenciais), acompanhado da nota fiscal/fatura representativa da prestação dos serviços Havendo rejeição dos serviços, no todo ou em parte, a contratada deverá refazê-los no prazo estabelecido por este SASSOM, observando as condições estabelecidas para a prestação Na impossibilidade de serem refeitos os serviços rejeitados, ou na hipótese de não serem os mesmos executados, o valor respectivo será descontado da importância devida à Contratada, sem prejuízo da aplicação das sanções cabíveis O recebimento definitivo do objeto dar-se-á em até três dias úteis do recebimento provisório mediante a emissão do Atestado de Recebimento firmado pela Comissão de Fiscalização Caso a empresa Credenciada não apresente Carta de Correção no prazo estipulado, o prazo para pagamento será recontado, a partir da data de sua apresentação Os pagamentos do Plano de Saúde, Atendimento Pré-Hospitalar Médico Domiciliar e dos Módulos, serão efetuados à(s) credenciada(s), no regime de pós-pagamento, mensalmente, no dia 10 (dez) do mês subsequente aos serviços devidamente prestados, inclusive com apresentação dos Relatórios de Gerenciamento (Operacional com a movimentação cadastral inclusão e exclusão, Relatório de Co-Participação, Relatório de atendimento Pré-Hospitalar -APH em domicilio, Relatório de utilização de todas as consultas em consultório e ambulatório, Relatório de Atendimento Domiciliar - SAD,, Relatório do PAC/Pecúlio, Relatório de emissão/cobrança de carteirinhas do plano), de Notas Fiscais faturas através do sistema de processamento eletrônico de

14 14 dados conforme Decreto Municipal n.º 9541/2010, e legislação Estadual pertinente, precedido do Atestado de Recebimento pela Comissão Fiscalizadora do Credenciante, devidamente assinada, através de cheque nominal ou deposito em conta indicada pela Credenciada, ficando vedada a colocação em cobrança ou negociação das respectivas duplicatas na rede bancária A Credenciada deverá apresentar semestralmente cópia de Certidão Negativa de Débito para com a Fazenda Publica Municipal, CND do INSS e CRS do FGTS devidamente atualizados, juntamente com CRF-Certidão de Regularidade Fiscal do FGTS, da CNDT- Certidão Negativa de Débitos Trabalhistas No caso de incorreção nos documentos apresentados ou na falta destes, inclusive na Nota Fiscal/Fatura, serão os mesmos restituídos à Credenciada Contratada para as correções necessárias, quando couber, que deverá ser encaminhada a este SASSOM no prazo de 24 horas, não respondendo o SASSOM por quaisquer encargos financeiros resultantes de atrasos dos pagamentos correspondentes Caso a empresa Credenciada não apresente as correções no prazo estipulado, o prazo para pagamento será recontado, a partir da data de sua apresentação A Nota Fiscal fatura terá que ser emitida, obrigatoriamente, com o número de inscrição no CNPJ preteritamente apresentado quando da habilitação, não se admitindo Notas Fiscais / Faturas emitidas com outro CNPJs, mesmo aqueles de filiais ou matriz, salvo se no caso de tributo e contribuições a empresa estiver autorizada a centralizá-los em sua matriz ou sede Não se admitirá, sob hipótese alguma, apresentação de Nota Fiscal/Fatura com discriminação de serviços de forma intempestiva em alusão ao mês de referencia, sempre observado o período de 01 a 30/31 de cada mês, para efeito de conciliação, aceitação, pagamento e ou devolução O SASSOM não efetuará aceite de títulos negociados com terceiros, isentando-se de quaisquer consequências surgidas com a consequente responsabilização da operadora credenciada por perdas e danos em decorrência de tais transações Destaque-se que os recursos financeiros para consecução dos pagamentos mensais, são oriundos da rubrica de receitas e despesas extra orçamentária no Orçamento da Autarquia RELATÓRIOS GERENCIAIS (ACOMPANHAMENTO E PREVENÇÃO DE SAUDE) 15.1 A empresa credenciada deverá dispor de equipe especializada para oferecer todo o suporte desde a implantação, manutenção e gerenciamento do Plano, oferecendo um canal de comunicação continuo, inclusive, consubstanciando na apresentação ao SASSOM, da movimentação e atendimentos do dia 1º a 30/31 do mês anterior, até o dia 05 de cada mês, os Relatórios de Gestão, tais como: Relatório Operacional com a movimentação cadastral (inclusões/exclusões) por empresa, emissões de cartões de identificação, credenciamento e descredenciamento de profissionais médicos, clinicas e laboratórios de análises clinicas e patológicas, e outros quando assim caracterizados;

15 Relatório diário de internações (via ou disponibilizado no site da Credenciada via web) contendo pelo menos data e hora da internação, nome, idade, motivo da internação (CID), médico/especialidade, titular ou dependente, número de dias correspondente ao período da respectiva internação e data/hora da alta hospitalar Relatório trimestral de Gestão de Riscos com indicadores comumente aceitos para a utilização dos serviços e os desvios apresentados, análise dos graus de risco da população ativa e cadastrada, e quais as ações que serão desenvolvidas para minimizá-los Relatórios de ações voltadas para pacientes crônicos, indicando nome, código de usuário/cpf, idade, tipo de patologia e resultados obtidos para melhoria de sua qualidade de vida Relatório de política de prevenção à saúde, consubstanciadas em campanhas, voltadas para eventos (prevenção de diabetes, hipertensão, colesterol, alcoolismo, tabagismo, DST/AIDS, visão, stress, obesidade, vacinação de gripe, tétano, sarampo, rubéola, etc.), entendidas todas como exemplificativas, culminando com ciclos de palestras sobre estes e outros assuntos relacionados à saúde Relatório do Serviço de Atendimento Domiciliar - SAD, contendo os atendimentos efetivados no mês, com código e nome do usuário, data e hora da visita, endereço, motivo, diagnostico e conduta, nome do Profissional médico que efetuou o atendimento e sua especialidade Relatório do Serviço de Atendimento Pré-Hospitalar em Domicilio, contendo os atendimentos efetivados no mês, com código e nome do usuário, data e hora da visita, endereço, motivo, diagnostico e conduta, nome do Profissional médico que efetuou o atendimento e sua especialidade Relatório de utilização de todas as consultas em nível de consultórios e ambulatório (via ou disponibilizado no site da Credenciada via web), discriminados por nome do usuário/dependente, código de usuário/cpf, médico, especialidade, data da utilização, inclusive, as utilizações com co-participação e seu valor Relatório do PAC Pecúlio, contendo o nome do de cujus, código e nome do(a) beneficiário(a), data de inicio, data do término, valor recebido de pecúlio DA FISCALIZAÇÃO 16.1 A critério do SASSOM, poderão ser realizadas vistorias técnicas por equipe designada pela Autarquia Municipal, nas instalações dos habilitados ao Credenciamento para emissão de parecer sobre as condições da área física do serviço, higiene, biossegurança, corpo clinico, identificação do funcionamento dos equipamentos técnicos declarados e necessários à realização da atividade pretendida, observando a legislação vigente e recomendações da Agencia Nacional de Vigilância Sanitária.

16 A vistoria técnica de que trata o item anterior será realizada após a conclusão da análise da documentação, nos interessados habilitados quanto à documentação e conforme critério do SASSOM As vistorias previstas tem o objetivo de garantir a qualidade dos serviços a serem contratados, observando-se a garantia do atendimento, de forma a não gerar desassistência aos usuários A execução das obrigações contratuais integrantes deste Edital será fiscalizada pelo SASSOM, permitindo a contratação de terceiros para assisti-lo e subsidiá-lo de informações pertinentes a essa atribuição, adotando as providencias necessárias para seu fiel cumprimento, devendo quaisquer ocorrências de descumprimento serem registradas em relatórios específicos e juntadas ao processo de Credenciamento, determinando-se o que for necessários à regularização das faltas constatadas O representante da administração do SASSOM anotará em registro próprio todas as ocorrências com a execução do contrato, determinando o que for necessário à regularização das faltas constatadas A Credenciada designará um preposto para representá-la, inclusive sua rede credenciada, informando seu nome, telefone, , cargo, o qual poderá ou não ser aceito pela administração do SASSOM, na execução dos serviços ora contratados Por força do acima exposto, a Credenciada fará ainda reparar, corrigir, remover, reconstituir, às suas expensas, no todo ou em parte, o objeto dos serviços em consecução contratados que se verificarem vícios, defeitos, incorreções resultantes da execução, de materiais empregados ou de serviços negados sem embasamento legal A ação da fiscalização não exonera a futura Credenciada de suas responsabilidades, respondendo assim diretamente pelas consequências de sua inexecução total ou parcial, ainda que, se originem de seus prepostos credenciados DAS PENALIDADES E SANÇÕES ADMINISTRATIVAS 17.1 DA INEXECUÇÃO: De conformidade com o estabelecido nos artigos 86 e 87 da Lei Federal 8666/93 com suas alterações posteriores, ensejará ao Credenciante, garantida a previa defesa, aplicar as seguintes penalidades a futura Credenciada, quando houver caracterizado o descumprimento das condições na forma prevista neste Edital: No caso de atraso injustificado ou negligencia na prestação dos serviços será aplicada multa diária na ordem de 1% (um por cento) calculado sobre o valor mensal da fatura do mês antecedente a causa, até o décimo dia Pela inexecução parcial ou total do futuro contrato, o Credenciante ainda poderá, garantindo-se o direito do contraditório e da ampla defesa, no prazo de 05 (cinco) dias uteis, aplicar as seguintes sanções, instituindo-se competente processo administrativo, a saber:

17 17 1) Advertência verbal ou escrita, quando houver qualquer paralisação não autorizada ou quando houver descumprimento de qualquer cláusula contratual e/ou nas faltas leves que não acarretem prejuízos de monta a execução do contrato, não eximindo o advertido das demais sanções ou multa. 2) Multa na ordem de 5% (cinco por cento) sobre o valor do Contrato do período em vigência, pela inexecução parcial e na ordem de 10% (dez por cento) pela inexecução total. 3) Multa para as hipóteses de atraso de reembolso, serão adotados os seguintes critérios para aplicação por atraso superior a: a) 30 (trinta) dias a multa de mora de 25% (vinte e cinco por cento); b) por atraso superior a 60 (sessenta) dias a multa de mora de 50% (cinquenta por cento); c) por atraso superior a 90 (noventa) dias será aplicada a multa de mora de 100% (cem por cento), tomando-se por base o valor do reembolso a ser pago ao beneficiário Para a hipótese de descredenciamento da rede, sem aviso prévio de 30 (trinta) dias corridos, com agravante da oferta/substituição por serviços similares, será aplicada uma multa compensatória de 0,4% (quatro décimos pontos percentuais) sobre a fatura mensal do mês em curso Para a hipótese de impedimento de atendimento do beneficiário na rede credenciada advindos de problemas administrativos entre Credenciada e sua Contratada, será aplicada multa compensatória de 0,4% (quatro décimos pontos percentuais) sobre a fatura mensal do mês em curso Suspensão por até 2 (dois) anos de participação em licitações do SASSOM, no caso de inexecução parcial ou total do Contrato, sendo aplicada segundo a gravidade e se a inexecução decorrer de violação a titulo culposo da Credenciada Declaração de Inidoneidade para participar de licitação e contratar com a Administração do Município de Franca, quando a inexecução do contrato decorrer de violação dolosa da Credenciada, enquanto perdurarem os motivos determinantes da punição ou até que seja promovida a sua reabilitação na forma da legislação em vigor Na aplicação dessas penalidades serão admitidos os recursos previstos em lei O rol de aplicação das penalidades estabelecidas neste Edital de Credenciamento, observar-se-á as normas contidas no Art.87, 3º da Lei Federal 8.666/93, com suas alterações posteriores Não serão aplicadas multas decorrentes de casos fortuitos ou força maior, devidamente diagnosticados e comprovados Sem prejuízo da aplicação ao adimplemento das sanções que lhe couberem, o SASSOM, recorrerá de créditos existentes decorrentes do contrato acordado, se houverem, para ressarcimento do(s) prejuízo(s) que lhe tenha acarretado a empresa Credenciada, supletivamente promover a cobrança judicial por perdas e danos.

18 Nenhum pagamento será efetivado à empresa Credenciada, que tenha sido multada, antes de paga ou relevada à multa ALTERAÇÃO DO TERMO CONTRATUAL 18.1 As dúvidas e/ou divergências contratuais, durante a execução do futuro contrato a ser acordado, desde que possivelmente não sejam previstas no mesmo, poderão ser solucionadas amigavelmente, respeitando-se sempre os objetivos preconizados para a contratação objeto deste Termo de Credenciamento Todas as condições aqui estabelecidas, bem como quaisquer outras modificações que se apresentem necessárias e pertinentes com o objeto contratado, poderão ser celebradas e aditadas, durante o hiato temporal a ser decorrido em função da vigência contratual, atendendo o interesse social e público maior, em especial, a implementação de novas políticas de insumos, no desenvolvimento de ações de saúde, amparo social e de prevenção da saúde do grupo de usuários Poderá sofrer acréscimo unilateralmente pelo SASSOM, em razão de fatos supervenientes, com as devidas justificativas, os serviços constantes do futuro Contrato, bem como as suas quantidades, na forma exemplificativa constante do item anterior Em havendo alteração unilateral do Contrato que configure no aumento de encargos da Credenciada Contratada o SASSOM deverá restabelecer, por aditamento, o equilíbrio econômicofinanceiro inicial Por acordo das partes: quando necessária à modificação do regime de execução dos serviços, bem como do modo de fornecimento, em face de verificação técnica da inaplicabilidade dos termos contratuais originários Por imposição de circunstancias supervenientes poderá ocorrer a modificação da forma de pagamento, com relação do cronograma financeiro fixado, mantido o valor vigente e vedada a antecipação do pagamento sem a correspondente contraprestação dos serviços médicos contratados RESCISÃO CONTRATUAL 19.1 Para efeito do presente Edital, poderá ocorrer o instituto da Rescisão do Contrato, por ato unilateral e escrito do Credenciante ou amigável por acordo entre as partes, reduzida a termo no processo, desde que haja conveniência para a Administração do SASSOM e judicialmente nos termos da legislação pertinente A rescisão administrativa ou amigável deverá ser precedida de autorização escrita e fundamentada do Presidente do SASSOM Constitui motivos para rescisão unilateral do Contrato: a) o não cumprimento pela Contratada de Cláusulas Contratuais, especificações, ou descumprimento de prazos;

19 19 b) a lentidão no seu cumprimento, levando a Administração do SASSOM a comprovar a impossibilidade da consecução do Contrato nos prazos convencionados; c) a paralisação da prestação dos serviços contratados, sem justa causa e previa comunicação à Administração do SASSOM; d) a cessão ou transferência, total ou parcial, bem como a fusão, cisão ou incorporação, não admitidas no Edital e não prelecionadas no Contrato; e) o cometimento reiterado de faltas na sua execução, devidamente registradas pela Administração do SASSOM, relacionadas com a execução do Contrato, as quais foram previamente cientificadas à pessoa jurídica da Credenciada para regularização ou outras inadimplências constatadas. f) decretação de falência ou instauração de insolvência cível; g) a dissolução da sociedade; h) a alteração do objeto social, a modificação da finalidade ou da estrutura da empresa contratada, que prejudique a execução do contrato; i) razões de interesse público, de alta relevância e amplo conhecimento, justificadas e determinadas pela autoridade do SASSOM, que deverão ser exaradas no respectivo processo administrativo que deu origem ao Edital. j) ocorrência de casos de força maior ou fortuito, regularmente comprovada impeditiva da execução do contrato. l) os casos de rescisão contratual serão fundamentalmente motivados nos autos do processo, assegurado o contraditório e ampla defesa; 19.4 A rescisão de que trata o item anterior acarretará consequências, sem prejuízo de outras sanções previstas neste Edital e na legislação pertinente, quais sejam: assunção do objeto contratado, ressalvadas todas as situações de emergência e urgência assim caracterizadas, de tal sorte, que não acarretem prejuízos na sua continuidade e de outros tratamentos em consecução dos usuários e que possam implicar em risco de vida Na aplicação de quaisquer sanções acima referidas, não afasta a responsabilização civil da pessoa da Credenciada Contratada pela inexecução total ou parcial do objeto ou pela sua inadimplência Na ocorrência de rescisão administrativa unilateral, a futura Credenciada Contratada, de pleno, reconhecerá os direitos do Credenciante em aplicar todas as sanções previstas neste Edital, no ajuste a ser formalizado e nas legislações que regem a matéria Constitui motivo de força maior ou fortuito deste Edital de Credenciamento, todos os fatos fora do respectivo controle, desde que estes afetem diretamente as relações acordadas, para justificativa de atraso ou falta cometida por qualquer uma das partes futuramente contratantes, nos termos do art. 393 do Código Civil Brasileiro.

20 DA REVOGAÇÃO OU ANULAÇÃO 20.1 A revogação deste Edital poderá ocorrer por razões de interesse público maior, respaldado por motivos de oportunidade e conveniência administrativa superveniente devidamente comprovado, pertinente e suficiente para justificativa da conduta. Concomitantemente, poderá ocorrer a anulação do Certame por ilegalidade, originalizada de oficio ou por provocação de terceiros, mediante parecer do Presidente do SASSOM por escrito e fundamentalmente justificado A anulação do procedimento por motivo de ilegalidade não gera, sob hipótese alguma, obrigação de indenizar aos participantes deste Edital e ou futuramente contratados Acaso a anulação venha ocorrer durante a consecução da vigência contratual, o SASSOM obrigatoriamente efetuará o pagamento a pessoa jurídica da Credenciada, referente aos serviços legalmente que por esta houver sido executado, até a data em que assim for declarada Ocorrendo a anulação prevista no item anterior, apurado os motivos por vícios de consequências jurídicas invalidadas que deram causa e regularmente comprovados, contanto que não seja imputável à pessoa jurídica do SASSOM, opera efeitos ex tunc, fazendo-se retroagir as origens do ato anulado, promovendo-se a responsabilidade de quem lhe deu causa DAS OBRIGAÇÕES DO CREDENCIANTE CONTRATANTE 21.1 Designar comissão de fiscalização para fiscalizar a fiel execução do contrato acordado Orientar os usuários na utilização adequada dos serviços oferecidos pela Operadora de Saúde, para prevenir abusos e gastos desnecessários Em toda exclusão de beneficiário o Contratante obriga-se a solicitar a devolução das respectivas credenciais. Não sendo possível, o beneficiário titular assinará uma declaração de responsabilidade sobre o uso indevido das mesmas Comunicar imediatamente a Operadora qualquer irregularidade por má fé ou dolo do Beneficiário, para que sejam tomadas as providencias legais cabíveis Conferir e enviar a Operadora, em tempo hábil, cópia dos documentos necessários à inclusão/exclusão do titular e dependentes Informar mensalmente a Operadora todas as alterações nas situações do beneficiários e seus dependentes, mantendo os dados atualizados DA RESPONSABILIDADE DA CREDENCIADA É responsável, nas hipóteses de culpa exclusiva ou dolo comprovados, por dano ou prejuízo que eventualmente possa causar ao grupo destinatário ou a terceiro, em decorrência da contratação dos serviços, sem quaisquer responsabilidades ou ônus dai decorrentes para a Credenciante, pelo ressarcimento ou indenização devida A Credenciada é responsável pelos encargos trabalhistas, previdenciários, fiscais e comerciais, resultantes dos serviços médicos previstos neste Edital, inclusive das empresas terceirizadas para tanto.

21 A responsabilidade da Credenciada é integral para com a execução dos serviços médicos contratados e ou terceirizados, nos termos da legislação vigente, destacando que a presença da fiscalização pelo Contratante, não diminui ou exclui essa responsabilidade Os profissionais/responsáveis técnicos da operadora Credenciada e ou de empresa terceirizada deverão ser nominados quando da assinatura do Contrato, com dados pessoais, declinando seu cargo e área sob sua responsabilidade, os registros em seus respectivos órgãos de classe e fone de contato, os quais farão parte como intervenientes do futuro Contrato DAS DISPOSIÇÕES GERAIS 23.1 Fica assegurado ao SASSOM o direito de, no interesse público e social maior da Administração, anular ou revogar, a qualquer tempo, no todo ou em parte o presente Edital de Credenciamento, sem direito a indenização ou ressarcimento e sem prejuízo de outras sanções cabíveis, inclusive, se o SASSOM tiver conhecimento de qualquer fato ou circunstancia superveniente, anterior ou posterior à aceitação deste Credenciamento, que desabone sua idoneidade ou capacidade financeira, técnica, administrativa ou operacional, dando ciência aos participantes por escrito, na forma da legislação vigente Não serão conhecidos os pedidos de esclarecimentos ou impugnações, vencidos os respectivos prazos legais Qualquer pedido de esclarecimento em relação a eventuais dúvidas na interpretação do presente Edital e seus Anexos, deverá ser encaminhado, por escrito ao SASSOM ou pelo destacando-se que somente as dúvidas de ordem estritamente informal serão dirimidas pelo telefone As normas disciplinadoras deste Credenciamento serão interpretadas em favor da ampliação do número maior de proponentes, respeitada assim a igualdade de oportunidade entre os mesmos, desde que não comprometam o interesse público e social, a finalidade e a segurança jurídica da contratação A Comissão Especial de Licitação fará a promoção de diligencias destinadas a esclarecer ou a completar instrução deste Edital para efeito de comprovação quanto as demais formalidades Todos os serviços constantes deste Edital de Credenciamento (credenciada / referenciada / cooperada/contratada) poderão ser terceirizados, desde que sejam nominados e incluídos os Termos de Interveniência no Contrato a ser firmado ou a qualquer tempo quando ocorrerem por acréscimo ou substituição dos serviços a serem disponibilizados Integram o presente Edital, os Anexos I, II, III, IV, V e VI independentemente de suas respectivas transcrições Na eventual alteração no rol de procedimentos publicado pela ANS-Agencia Nacional de Saúde Suplementar, ficam automaticamente assegurados e incorporados para cobertura prevista neste Edital, independentemente, de Termo de Aditamento contratual.

22 O resultado do presente credenciamento será divulgado no site do SASSOM, no Diário Oficial do Município de Franca, no Jornal Diário da Franca, no Jornal Folha de São Paulo e no Diário Oficial do Estado de São Paulo Para dirimir quaisquer questões decorrentes deste Edital, não resolvidas na esfera administrativa, será competente o foro da cidade de Franca/SP, renunciando expressamente a qualquer outro, por mais privilegiado que se apresente Aos casos omissos aplicar-se-ão, no que couberem, as disposições constantes das legislações nominadas no presente Edital. Franca, 30 de setembro de REINALDO SERGIO AFONSO PRESIDENTE DO SASSOM

23 23 ANEXO I - TERMO DESCRITIVO MODULO I PLANO COLETIVO EMPRESARIAL/FAMILIAR DE SAUDE REGULAMENTADO 1. Plano Coletivo Empresarial/Familiar de Saúde Regulamentado constitui a cobertura assistencial, médico (na segmentação consultório particular) ambulatorial e hospitalar, com obstetrícia (partos e tratamentos), centro de terapia intensiva ou similar, exames laboratoriais e demais serviços de apoio diagnósticos e afins, independentemente de suas transcrições, das doenças listadas na Classificação Internacional de Doenças e problemas relacionados com a saúde da Organização Mundial de Saúde, respeitadas todas as normas reguladoras da ANS em vigor e suas alterações, para paciente internado com acomodação padrão em quarto de 02 (dois) leitos com banheiro, com direito a acompanhante do mesmo sexo, e ou a possibilidade de acomodação privativa em apartamento com 01 (um) leito e banheiro, com direito a acompanhante, facultando ao usuário sua adesão, para cobertura na área de abrangência do Município de Franca, ressalvados os casos de força maior ou fortuito, para serem realizados fora da área de cobertura, concorrendo com a assunção de todas as despesas pela operadora credenciada de saúde, a todos os usuários indicados pelo SASSOM, tanto quanto aos atuais como aqueles que vierem adquirir o direito durante a vigência do contrato, correspondente ao número estimado de titulares e dependentes DISTRIBUIÇÃO DOS USUÁRIOS TABELAS INCLUSÃO ESCLUSÃO (POR FAIXA ETARIA, SEXO, ESTADO CIVIL E IDADE MEDIA) Os usuários estão distribuídos nas tabelas a seguir demonstradas, com as respectivas faixas etárias, sexo, estado civil e idade media, número de dependência, etc., não se apresentam estanques, e poderão sofrer alterações até o inicio do futuro contrato e ou durante a vigência do mesmo, em decorrência da dinâmica do quadro de servidores por aposentadorias, exonerações, admissões, mortes, nascimento e etc TABELAS (DISTRIBUIÇÃO/TABELAS) : TOTAL DE VIDAS POR USUÁRIO SASSOM PROPONENTE ESTADO CIVIL QUANTIDADE TOTAL TITULARES CASADOS 3284 (casados e solteiros) SOLTEIROS DEPENDENTES INDEFINIDO AGREGADOS INDEFINIDO TOTAL: TABELA 1: Índice de Dependência 1,75 TOTAL DE BENEFICIÁRIOS (AS) SASSOM, que gozam benefícios do PAC (Plano De Assistência Complementar), conjuntamente com seus dependentes.

24 24 Descrição Detalhada dos TITULARES SASSOM SOLTEIROS M F T IDADE MÉDIA ,47 DADOS GERAIS ,23 HOMENS ,96 MULHERES ,46 TOTAL , ,74 80 ou , ,37 TOTAL VIDAS IDADE MÉDIA , ,11 CASADOS ,86 M F T IDADE MÉDIA , , , , , ,86 80 ou , ,35 TOTAL , , ,95 80 ou , ,27 Quadro Individual - Vidas por Faixa Etária IDADE TITULAR DEPENDENTE AGREGADO IDADE IDADE MASCULINO FEMININO TOTAL MASCULINO FEMININO TOTAL MASCULINO FEMININO TOTAL 00 a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a ou ou ou TOTAL TOTAL TOTAL Quadro Geral - Vidas por Faixa Etária IDADE TITULAR DEPENDEN TE AGREGAD O TOTAL GERAL IDADE MÉDIA 00 a ,78 10 a ,68 20 a ,91 30 a ,11 40 a ,79 50 a ,28 60 a ,98 70 a ,97 80 ou ,92 TOTAL ,48

25 25

EDITAL DE CHAMAMENTO N.º 02/2014 PARA EFEITO DE CREDENCIAMENTO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS NA ÁREA DE SAÚDE

EDITAL DE CHAMAMENTO N.º 02/2014 PARA EFEITO DE CREDENCIAMENTO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS NA ÁREA DE SAÚDE 1 EDITAL DE CHAMAMENTO N.º 02/2014 PARA EFEITO DE CREDENCIAMENTO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS NA ÁREA DE SAÚDE 1.0 OBJETO SINTETICO O SASSOM, órgão da Administração Indireta do Município de Franca, sob a égide

Leia mais

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS COPASA MG CNPJ/MF 17.281.106/0001 03 Rua Mar de Espanha, 453 / Sto. Antônio Belo Horizonte (MG)

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS COPASA MG CNPJ/MF 17.281.106/0001 03 Rua Mar de Espanha, 453 / Sto. Antônio Belo Horizonte (MG) COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS COPASA MG CNPJ/MF 17.281.106/0001 03 Rua Mar de Espanha, 453 / Sto. Antônio Belo Horizonte (MG) NORMAS DE CREDENCIAMENTO PARA INSTITUIÇÕES BANCÁRIAS 1. DA FINALIDADE

Leia mais

INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO CADASTRAL

INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO CADASTRAL INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO CADASTRAL 1. DA ENTREGA DA DOCUMENTAÇÃO 1.1. Os interessados em se inscrever e/ou renovar o Registro Cadastral junto ao GRB deverão encaminhar a documentação a seguir estabelecida,

Leia mais

ANEXO VI TOMADA DE PREÇOS Nº 002/2015 MINUTA DO CONTRATO

ANEXO VI TOMADA DE PREÇOS Nº 002/2015 MINUTA DO CONTRATO ANEXO VI TOMADA DE PREÇOS Nº 002/2015 MINUTA DO CONTRATO CONSELHO DE ARQUITETURA E URBANISMO DE SANTA CATARINA, autarquia federal de fiscalização profissional regida pela Lei n 12.378, de 31 de dezembro

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Prefeitura Municipal de Boa Vista do Buricá SECRETARIA MUNICIPAL DE AGRICULTURA EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2014

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Prefeitura Municipal de Boa Vista do Buricá SECRETARIA MUNICIPAL DE AGRICULTURA EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2014 ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Prefeitura Municipal de Boa Vista do Buricá SECRETARIA MUNICIPAL DE AGRICULTURA EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2014 O Município de Boa Vista do Buricá, comunica aos interessados

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA TERRA DE LUTA E FÉ - DOE ORGÃOS, DOE SANGUE:SALVE VIDAS

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA TERRA DE LUTA E FÉ - DOE ORGÃOS, DOE SANGUE:SALVE VIDAS EDITAL DE CARTA CONVITE 027/2015 A PREFEITA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA, torna público, para conhecimento dos interessados, que no dia 20 DE NOVEMBRO DE 2015, às 10 horas, reunirse-á a Comissão Permanente

Leia mais

PROCESSO LICITATÓRIO Nº 05/2014 CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 03/2014

PROCESSO LICITATÓRIO Nº 05/2014 CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 03/2014 PROCESSO LICITATÓRIO Nº 05/2014 CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 03/2014 A CÂMARA MUNICIPAL DE RIO DO SUL, doravante denominada CMRS ou CONTRATANTE, inscrita no CNPJ sob o nº 83.622.985/0001-14, com sede na Praça

Leia mais

INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 SERVIÇO DE GESTÃO DE DOCUMENTOS

INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 SERVIÇO DE GESTÃO DE DOCUMENTOS INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 SERVIÇO DE GESTÃO DE DOCUMENTOS O INSTITUTO DE SAÚDE E GESTÃO HOSPITALAR - ISGH, pessoa jurídica de direito privado, associação sem fins lucrativos de interesse público,

Leia mais

ANEXO IV MINUTA DE CONTRATO

ANEXO IV MINUTA DE CONTRATO ANEXO IV MINUTA DE CONTRATO CONTRATO Nº -2011, DE CONTRATAÇÃO DE EMPRESA DE ENGENHARIA PARA *********, QUE CELEBRAM ENTRE SI, O CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO PARANÁ E A EMPRESA. O CONSELHO REGIONAL

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 028/2009 M I N U T A

CARTA CONVITE Nº 028/2009 M I N U T A IMPORTANTE : PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDÊNCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JARDIM PAULISTA

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DE NUTRICIONISTAS CONSELHO REGIONAL DE NUTRICIONISTAS - 3ª Região (SP, MS)

CONSELHO FEDERAL DE NUTRICIONISTAS CONSELHO REGIONAL DE NUTRICIONISTAS - 3ª Região (SP, MS) TOMADA DE PREÇOS N.º: 2/213 PROCESSO N.º: 11-4/213 TIPO: MENOR PREÇO EDITAL O CONSELHO REGIONAL DE NUTRICIONISTAS 3ª. REGIÃO, por intermédio da COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO, torna pública a realização

Leia mais

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2010. SESSÃO DE ABERTURA: Local: Rua Pamplona 1200 7º andar Horário: 10:30 horas do dia 08 de março de 2.

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2010. SESSÃO DE ABERTURA: Local: Rua Pamplona 1200 7º andar Horário: 10:30 horas do dia 08 de março de 2. IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM 03 (TRÊS) DIAS DE ANTECEDENCIA NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP: 01405-001

Leia mais

INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 FORNECIMENTO DE LINK DE INTERNET

INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 FORNECIMENTO DE LINK DE INTERNET INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 FORNECIMENTO DE LINK DE INTERNET O INSTITUTO DE SAÚDE E GESTÃO HOSPITALAR - ISGH, pessoa jurídica de direito privado, associação sem fins lucrativos de interesse público,

Leia mais

PRESTAÇÃO DE SERVIÇO CONTÍNUO SEM DEDICAÇÃO EXCLUSIVA DE MÃO DE OBRA

PRESTAÇÃO DE SERVIÇO CONTÍNUO SEM DEDICAÇÃO EXCLUSIVA DE MÃO DE OBRA Página nº 1 de 6 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA Pregão PRESENCIAL PRESTAÇÃO DE SERVIÇO CONTÍNUO SEM DEDICAÇÃO EXCLUSIVA DE MÃO DE OBRA PROCESSO Nº 34.206.019993.2014 PREGÃO PRESENCIAL Nº 057/2014 ÓRGÃO REQUISITANTE:SEIE/Companhia

Leia mais

Processo nº 0448.1511/15-9 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 066A/2015

Processo nº 0448.1511/15-9 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 066A/2015 Processo nº 0448.1511/15-9 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 066A/2015 DATA DA ABERTURA: 13/11/2015 HORA DA ABERTURA: 09:00 Horas NOME DA EMPRESA: ORIGINAL

Leia mais

EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Nº 03/2014

EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Nº 03/2014 EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Nº 03/2014 O Município de Vale do Sol, RS, através do Prefeito Municipal. Sr. Clécio Halmenschlager, comunica aos interessados que está procedendo ao CREDENCIAMENTO de pessoas

Leia mais

INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 CONSULTORIA EM SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO EMPRESARIAL

INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 CONSULTORIA EM SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO EMPRESARIAL INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 CONSULTORIA EM SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO EMPRESARIAL O INSTITUTO DE SAÚDE E GESTÃO HOSPITALAR - ISGH, pessoa jurídica de direito privado, associação sem fins lucrativos

Leia mais

PROCESSO SELETIVO Nº 014/2013

PROCESSO SELETIVO Nº 014/2013 PROCESSO SELETIVO Nº 014/2013 O Instituto de Gestão e Humanização IGH, torna público para conhecimento dos interessados, que fará realizar Processo Seletivo objetivando a Contratação de Empresa para a

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO PRESENCIAL Nº. 017/2015 - SRP

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO PRESENCIAL Nº. 017/2015 - SRP ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO PRESENCIAL Nº. 017/2015 - SRP Aos 27 (vinte e sete) dias de mês de maio do ano de 2015, o Município de Parazinho/RN, CNPJ nº. 08.113.631/0001-29, com sede na Praça Senador

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 002/2010

CARTA CONVITE Nº 002/2010 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

ESTADO DE PERNAMBUCO PREFEITURA MUNICIPAL DE IPUBI CNPJ Nº 11.040.896/0001-59 COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

ESTADO DE PERNAMBUCO PREFEITURA MUNICIPAL DE IPUBI CNPJ Nº 11.040.896/0001-59 COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO CONTRATO Nº 014/2015. ESTADO DE PERNAMBUCO Contrato do Processo Administrativo nº 009/2015, Concorrência nº 005/2015, com amparo no Artigo 40, 2º, inciso III da Lei 8.666/93, destinado a aquisição de Material

Leia mais

SUPERINTENDÊNCIA DE ÁGUA E ESGOTO AV. HUGO ALESSI Nº 50 B. NDUSTRIAL - FONE: (0**34) 3242-3579/3242-5026 ARAGUARI MG

SUPERINTENDÊNCIA DE ÁGUA E ESGOTO AV. HUGO ALESSI Nº 50 B. NDUSTRIAL - FONE: (0**34) 3242-3579/3242-5026 ARAGUARI MG SUPERINTENDENCIA DE AGUA E ESGOTO DE ARAGUARI DEPARTAMENTO DE LICITAÇÕES E CONTRATOS COMISSÃO ESPECIAL DE CADASTRO/SETOR DE CADASTRO INSTRUÇÕES GERAIS 1. OBJETIVO Estabelecer normas e procedimentos para

Leia mais

CONVITE Nº 050A/2015

CONVITE Nº 050A/2015 Processo nº 0308.1511/15-3 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 050A/2015 DATA DA ABERTURA: 19/08/2015 HORA DA ABERTURA: 09:00 Horas NOME DA EMPRESA: ORIGINAL

Leia mais

TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S/A TELEBRÁS

TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S/A TELEBRÁS TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S/A TELEBRÁS PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 008/2009 EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL Nº 02/2009 1.1 MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL 1.1.1.1 TIPO DE LICITAÇÃO: MAIOR DESCONTO OFERTADO

Leia mais

INSTITUTO DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE DOS SERVIDORES PÚBLICOS DE SENADOR CANEDO ESTADO DE GOIÁS PREFEITURA MUNICIPAL DE SENADOR CANEDO ANEXO VI

INSTITUTO DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE DOS SERVIDORES PÚBLICOS DE SENADOR CANEDO ESTADO DE GOIÁS PREFEITURA MUNICIPAL DE SENADOR CANEDO ANEXO VI ANEXO VI 1 MINUTA DO CONTRATO Nº 000/2015 DAS PARTES: CONTRATO DE CREDENCIAMENTOPARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EM ODONTOLOGIA CELEBRADO ENTRE O INSTITUTO DE ASSISTÊNCIA A SAÚDE DO SERVIDOR PÚBLICO DE SENADOR

Leia mais

EDITAL DE CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE IDENTIDADE VISUAL

EDITAL DE CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE IDENTIDADE VISUAL 1 EDITAL DE CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE IDENTIDADE VISUAL Modalidade: Concorrência 003/14 Tipo: Menor preço A Incubadora de Empreendimentos Solidários de São Bernardo do Campo (SBCSOL), uma iniciativa da

Leia mais

PROCESSO SELETIVO Nº 004/2012

PROCESSO SELETIVO Nº 004/2012 PROCESSO SELETIVO Nº 004/2012 O Instituto de Gestão e Humanização IGH, torna público para conhecimento dos interessados, que fará realizar Processo Seletivo objetivando a contratação de serviços de Coleta,

Leia mais

EDITAL DE DISPENSA DE LICITAÇÃO N 004/2014 TIPO: MENOR PREÇO

EDITAL DE DISPENSA DE LICITAÇÃO N 004/2014 TIPO: MENOR PREÇO EDITAL DE DISPENSA DE LICITAÇÃO N 004/2014 TIPO: MENOR PREÇO (PROCESSO N 2014/11/267) O Instituto de Previdência dos Servidores do Município de Paranaguá, por sua Comissão Permanente de Licitação, designada

Leia mais

CONTRATO 011/2010 DESCRIÇÃO DO MATERIAL/SERVIÇO

CONTRATO 011/2010 DESCRIÇÃO DO MATERIAL/SERVIÇO PROCESSO Nº 129710/2010 PREGÃO Nº 002/2010 UNIOESTE/CAMPUS DE TOLEDO CONTRATO 011/2010 CLÁUSULA PRIMEIRA OBJETO Contrato objetivando a seleção de propostas visando registro de preços de Serviços de Hospedagem

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 003/2014 TIPO: MENOR PREÇO

CARTA CONVITE Nº 003/2014 TIPO: MENOR PREÇO CARTA CONVITE Nº 003/2014 TIPO: MENOR PREÇO PROCESSO Nº 003/2014 Tipo de Licitação: MENOR PREÇO DATA: 22/08/2014 HORÁRIO: 10h00min LOCAL: Universidade de Brasília Campus Universitário Darcy Ribeiro Edifício

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 005/2008 M I N U T A

CARTA CONVITE Nº 005/2008 M I N U T A IMPORTANTE : PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDÊNCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE BIOMEDICINA 1ª REGIÃO

CONSELHO REGIONAL DE BIOMEDICINA 1ª REGIÃO 1 CARTA CONVITE n.º 001/2011 São Paulo, 20 de outubro de 2011. O CONSELHO REGIONAL DE BIOMEDICINA - 1ª REGIÃO, nos termos da autorização constante no Processo Administrativo em epígrafe, vem, por intermédio

Leia mais

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS - COPASA MG EDITAL DE CREDENCIAMENTO SPAL 01/2014

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS - COPASA MG EDITAL DE CREDENCIAMENTO SPAL 01/2014 COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS - COPASA MG EDITAL DE CREDENCIAMENTO SPAL 01/2014 CAPÍTULO PRIMEIRO - DA FINALIDADE 1.1 A Companhia de Saneamento de Minas Gerais - COPASA MG, com endereço à Rua

Leia mais

PREFEITURA DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL EXTRAORDINÁRIA DOS JOGOS INDÍGENAS EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2015/SEJI

PREFEITURA DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL EXTRAORDINÁRIA DOS JOGOS INDÍGENAS EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2015/SEJI PREFEITURA DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL EXTRAORDINÁRIA DOS JOGOS INDÍGENAS EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2015/SEJI EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO PARA SELEÇÃO DE INTERESSADOS NA OPERAÇÃO E GESTÃO

Leia mais

CONVITE Nº 060E/2015

CONVITE Nº 060E/2015 Processo nº 0405.1511/15-3 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 060E/2015 DATA DA ABERTURA: 16/10/2015 HORA DA ABERTURA: 10:00 Horas NOME DA EMPRESA: ORIGINAL

Leia mais

Prefeitura Municipal de Floriano Peixoto 01.612.289/0001-62 Avenida Alfredo Joahnes Dücker - 99.910-000 - Floriano Peixoto/RS EDITAL DE LICITAÇÃO

Prefeitura Municipal de Floriano Peixoto 01.612.289/0001-62 Avenida Alfredo Joahnes Dücker - 99.910-000 - Floriano Peixoto/RS EDITAL DE LICITAÇÃO Prefeitura Municipal de Floriano Peixoto 01.612.289/0001-62 Avenida Alfredo Joahnes Dücker - 99.910-000 - Floriano Peixoto/RS EDITAL DE LICITAÇÃO Processo...: 8/2015 Modalidade.: Convite Número...: 6/2015

Leia mais

- CARTA CONVITE Nº001/2015 - CÂMARA MUNICIPAL DE VEREADORES DE MORMAÇO RS ORDENADOR DE DESPESA: EDUARDO ZANIN EXERCÍCIO 2015 TIPO TÉCNICA E PREÇO

- CARTA CONVITE Nº001/2015 - CÂMARA MUNICIPAL DE VEREADORES DE MORMAÇO RS ORDENADOR DE DESPESA: EDUARDO ZANIN EXERCÍCIO 2015 TIPO TÉCNICA E PREÇO - CARTA CONVITE Nº001/2015 - DE RS ORDENADOR DE DESPESA: EDUARDO ZANIN EXERCÍCIO 2015 TIPO TÉCNICA E PREÇO Nos termos da Lei nº8.666/93, suas alterações posteriores e demais dispositivos legais aplicáveis,

Leia mais

PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2013 PROCESSO SECOM Nº 0357/2012. Alterações e Normas complementares M I N U T A

PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2013 PROCESSO SECOM Nº 0357/2012. Alterações e Normas complementares M I N U T A IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ PREENCHER O RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL, CONSTANTE DO ANEXO I E DEVOLVER COM ATÉ 24 HS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2013

Leia mais

EEEP FRANCISCA MAURA MARTINS

EEEP FRANCISCA MAURA MARTINS EXECUÇÃO DE SERVIÇO DE FORNECIMENTO DE SINAL DE INTERNET COM VELOCIDADE MÍNIMA DE 05 MB DESTINADO ÀS ATIVIDADES DA EEEP FRANCISCA MAURA MARTINS POR UM PERÍODO DE 12 (DOZE) MESES CONVITE Nº 20150001 OBJETO:

Leia mais

1.1 O recebimento dos envelopes dar-se-á até às 14:00h do dia 09 de março de 2010, pela Comissão Permanente de Licitação, no endereço acima citado.

1.1 O recebimento dos envelopes dar-se-á até às 14:00h do dia 09 de março de 2010, pela Comissão Permanente de Licitação, no endereço acima citado. EDITAL DE CARTA CONVITE N 02/2010 CRM-PR OBJETIVANDO A CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSESSORIA PARA O DESENVOLVIMENTO E SUPERVISÃO DE PROJETO DE TELEMEDICINA, VIDEOCONFERÊNCIA E EDUCAÇÃO CONTINUADA PARA

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO N.º 005/2014 CARTA CONVITE Nº 002/2014

EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO N.º 005/2014 CARTA CONVITE Nº 002/2014 EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO N.º 005/2014 CARTA CONVITE Nº 002/2014 O CONSELHO REGIONAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA DA 7ª REGIÃO CREF7/DF, Autarquia Federal, criada pela Lei nº 9.696/98, torna público

Leia mais

CONTRATO Nº 095/2013 CONTRATO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE PIRAJUÍ E A EMPRESA FORTIMIX COMÉRCIO DE CONCRETO LTDA.

CONTRATO Nº 095/2013 CONTRATO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE PIRAJUÍ E A EMPRESA FORTIMIX COMÉRCIO DE CONCRETO LTDA. CONTRATO Nº 095/2013 CONTRATO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE PIRAJUÍ E A EMPRESA FORTIMIX COMÉRCIO DE CONCRETO LTDA. Aos 03 dias do mês de julho de 2013, de um lado, o MUNICÍPIO DE PIRAJUÍ, pessoa

Leia mais

CARTA CONVITE 12/2015 FUnC REPUBLICAÇÃO

CARTA CONVITE 12/2015 FUnC REPUBLICAÇÃO 1 CARTA CONVITE 12/2015 FUnC REPUBLICAÇÃO 1 - PREÂMBULO 1.1 - A Fundação Universidade do Contestado, através do seu Departamento de Compras, situado à Rua Victor Sopelsa, 3000, Bairro Salete, Concórdia,

Leia mais

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS - COPASA MG EDITAL DE CREDENCIAMENTO SPAL 03/2014

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS - COPASA MG EDITAL DE CREDENCIAMENTO SPAL 03/2014 COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS - COPASA MG EDITAL DE CREDENCIAMENTO SPAL 03/2014 CAPÍTULO PRIMEIRO - DA FINALIDADE 1.1 A Companhia de Saneamento de Minas Gerais - COPASA MG, com endereço à Rua

Leia mais

EDITAL OBJETO: CABO GIGALAN CATEGORIA 6 U/UTP 23AWGX4PARES - VERMELHO EM CAIXA DE 305 METROS, CONFORME ESPECIFICAÇÃO TECNICA Nº 036/2009.

EDITAL OBJETO: CABO GIGALAN CATEGORIA 6 U/UTP 23AWGX4PARES - VERMELHO EM CAIXA DE 305 METROS, CONFORME ESPECIFICAÇÃO TECNICA Nº 036/2009. EDITAL A SÃO PAULO TRANSPORTE S.A. SPTrans, inscrita no CNPJ-MF sob o n.º 60.498.417/0001-58, comunica que se encontra aberta a licitação, EXCLUSIVAMENTE para participação de microempresas e empresas de

Leia mais

2.1 Podem participar do presente credenciamento, todos os interessados que preencham as condições exigidas no presente Edital;

2.1 Podem participar do presente credenciamento, todos os interessados que preencham as condições exigidas no presente Edital; 1 CREDENCIAMENTO 001/2011 O FUNDO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE MARIANA FUNPREV, por meio de sua Gestora, torna público para conhecimento dos interessados, que fará realizar CREDENCIAMENTO

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE ITAJUBÁ CREDENCIAMENTO Nº 001/09 PREÂMBULO

PREFEITURA MUNICIPAL DE ITAJUBÁ CREDENCIAMENTO Nº 001/09 PREÂMBULO PREFEITURA MUNICIPAL DE ITAJUBÁ CREDENCIAMENTO Nº 001/09 CHAMAMENTO PÚBLICO PARA FINS DE CREDENCIAMENTO DE CLINICAS PARA TRATAMENTO DE DEPENDENTES QUIMICOS. PREÂMBULO A Prefeitura Municipal de Itajubá,

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 023/2009

CARTA CONVITE Nº 023/2009 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO - MODALIDADE CONVITE

EDITAL DE LICITAÇÃO - MODALIDADE CONVITE EDITAL DE LICITAÇÃO - MODALIDADE CONVITE PROCESSO nº 001/2014 CARTA CONVITE nº 001/2014 TIPO MENOR PREÇO POR ITEM A Presidenta da ASSOCIAÇÃO CASA DA MULHER CATARINA - CMC, mantenedora do Projeto: JORNALISTAS

Leia mais

Edital de Credenciamento 003/2012

Edital de Credenciamento 003/2012 1/5 Edital de Credenciamento 003/2012 1 DO OBJETO: 1.1. O presente Termo tem por objetivo o credenciamento de Instituições Financeiras autorizadas a funcionar pelo Banco Central do Brasil, para prestação

Leia mais

CONVITE Nº. 001/2014

CONVITE Nº. 001/2014 CONVITE Nº. 001/2014 O CONSELHO REGIONAL DE ECONOMIA 4ª REGIÃO RIO GRANDE DO SUL, autarquia federal criada pela Lei 1.411/51, através de sua Comissão de Licitações, designada pela Ata nº 1412/2014, da

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PEDRO DAS MISSÕES

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PEDRO DAS MISSÕES PROCESSO LICITATÓRIO Nº 003/2016 TOMADA DE PREÇO Nº 003/2016 Aldoir Godois Vezaro, Prefeito Municipal de São Pedro das Missões RS, no uso de suas atribuições legais e de conformidade com a Lei nº 8.666,

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA. Pregão Presencial. Prestação de Serviços Não Contínuos PROCESSO Nº 27.000.000452.2015. PREGÃO Presencial Nº XXX

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA. Pregão Presencial. Prestação de Serviços Não Contínuos PROCESSO Nº 27.000.000452.2015. PREGÃO Presencial Nº XXX Página nº 1 de 6 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA Pregão Presencial Prestação de Serviços Não Contínuos PROCESSO Nº 27.000.000452.2015 PREGÃO Presencial Nº XXX ÓRGÃO REQUISITANTE:Secretaria de Estado do Desenvolvimento

Leia mais

CONTRATO ADMINISTRATIVO

CONTRATO ADMINISTRATIVO PREFEITURA MUNICIPAL DE CACHOEIRA DE MINAS MG Praça da Bandeira, n.º 276, Centro - CEP: 37.545-000 Tel.: (35)3472-1270 / 3472-1333 Fax: (35) 3472-1200 CNPJ n.º 18.675.959/0001-92 CONTRATO ADMINISTRATIVO

Leia mais

COLETA DE PREÇOS Nº 001/2012 TERMO DE PARCERIA Nº752962/2010

COLETA DE PREÇOS Nº 001/2012 TERMO DE PARCERIA Nº752962/2010 COLETA DE PREÇOS Nº 001/2012 TERMO DE PARCERIA Nº752962/2010 Edital para contratação de empresa especializada e/ou Agência de Turismo ou viagens para execução de serviços de reserva, emissão, marcação,

Leia mais

PRESTAÇÃO DE SERVIÇO CONTÍNUO SEM DEDICAÇÃO EXCLUSIVA DE MÃO DE OBRA

PRESTAÇÃO DE SERVIÇO CONTÍNUO SEM DEDICAÇÃO EXCLUSIVA DE MÃO DE OBRA Página nº 1 de 6 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA Pregão PRESENCIAL PRESTAÇÃO DE SERVIÇO CONTÍNUO SEM DEDICAÇÃO EXCLUSIVA DE MÃO DE OBRA PROCESSO Nº 25.000.221573.2014 PREGÃO PRESENCIAL Nº 009/2014 ÓRGÃO REQUISITANTE:Secretaria

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA BAHIA DECRETO JUDICIÁRIO Nº 13/2006

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA BAHIA DECRETO JUDICIÁRIO Nº 13/2006 PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA BAHIA DECRETO JUDICIÁRIO Nº 13/2006 Regulamenta a inscrição, renovação, suspensão e cancelamento de registro no Cadastro de Fornecedores do Poder Judiciário

Leia mais

MODELO CONTRATO DE AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS DA AGRICULTURA FAMILIAR

MODELO CONTRATO DE AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS DA AGRICULTURA FAMILIAR MODELO CONTRATO N.º /20 CONTRATO DE AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS DA AGRICULTURA FAMILIAR A (Órgão/Entidade Federal, Estadual ou Municipal), pessoa jurídica de direito público ou privado, com sede à Rua, n.º,

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE BIOLOGIA 3ª REGIÃO RS/SC

CONSELHO REGIONAL DE BIOLOGIA 3ª REGIÃO RS/SC CONSELHO REGIONAL DE BIOLOGIA 3ª REGIÃO CONVITE Nº 05/2013 SERVIÇOS DE ASSESSORIA CONTÁBIL O Conselho Regional de Biologia 3ª Região, através da Comissão Permanente de Licitações, convida V.S.a. a apresentar

Leia mais

EDITAL DE CADASTRAMENTO FINANCEIRA BRB 2008/001

EDITAL DE CADASTRAMENTO FINANCEIRA BRB 2008/001 OBJETO: CADASTRAMENTO DE EMPRESAS OBJETIVANDO FUTURAS CONTRATAÇÕES DE PRESTAÇÃO DOS SERVIÇOS DE CORRESPONDENTES. 1 PREÂMBULO 1.1 A BRB CRÉDITO, FINANCIAMENTO E INVESTIMENTO S/A ( FINANCEIRA BRB ) torna

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE PUBLICAÇÃO DE MATÉRIAS OFICIAIS EM JORNAL DE CIRCULAÇÃO DIÁRIA E LOCAL,

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE PUBLICAÇÃO DE MATÉRIAS OFICIAIS EM JORNAL DE CIRCULAÇÃO DIÁRIA E LOCAL, CONTRATO Nº 13/2015 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE PUBLICAÇÃO DE MATÉRIAS EM JORNAL DE CIRCULAÇÃO DIÁRIA E LOCAL, QUE ENTRE SI CELEBRAM O CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SERGIPE (COREN/SE) E A

Leia mais

EXTRATO DO EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº 01/2015. Regido pela Lei nº 8.666/93 e pelo art. 15 da Lei Complementar nº 15/2011

EXTRATO DO EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº 01/2015. Regido pela Lei nº 8.666/93 e pelo art. 15 da Lei Complementar nº 15/2011 EXTRATO DO EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº 01/2015 Regido pela Lei nº 8.666/93 e pelo art. 15 da Lei Complementar nº 15/2011 OBJETO: Prestação de serviços médicos na área de exames laboratoriais e complementares,

Leia mais

INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE SEGURANÇA E VIGILÂNCIA ARMADA PARA AS INSTALAÇÕES DO ONS EM BRASÍLIA/DF

INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE SEGURANÇA E VIGILÂNCIA ARMADA PARA AS INSTALAÇÕES DO ONS EM BRASÍLIA/DF INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE SEGURANÇA E VIGILÂNCIA ARMADA PARA AS INSTALAÇÕES DO ONS EM BRASÍLIA/DF Ref: Aviso de Edital ADG nº 003/2014 publicado em 28/10/2014. 1 1. OBJETO A

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 007/2008

CARTA CONVITE Nº 007/2008 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO E COM ATÉ 24 HS DE ANTECEDÊNCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 - JD. PAULISTA -

Leia mais

EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº 001/2014 PROCESSO Nº 001/2014

EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº 001/2014 PROCESSO Nº 001/2014 EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº 001/2014 PROCESSO Nº 001/2014 Encerramento: às 17:00 horas do dia 30 de setembro de 2014 Abertura dos Envelopes: às 8:00 horas do dia 01 de outubro de 2014 A SANTA CASA DE

Leia mais

ANEXO III MINUTA DO CONTRATO MINUTA DO CONTRATO

ANEXO III MINUTA DO CONTRATO MINUTA DO CONTRATO ANEXO III MINUTA DO CONTRATO MINUTA DO CONTRATO TERMO DE CONTRATO QUE ENTRE SI O INSTITUTO FELIX GUATTARI, organização não governamental (ONG), declarada de utilidade pública estadual, devidamente inscrita

Leia mais

ANEXO I PREGÃO PRESENCIAL CRM-ES Nº XXX/2013. Anexo I - Termo De Referência

ANEXO I PREGÃO PRESENCIAL CRM-ES Nº XXX/2013. Anexo I - Termo De Referência ANEXO I PREGÃO PRESENCIAL CRM-ES Nº XXX/2013 Anexo I - Termo De Referência 1 - DO OBJETO 1.1 Aquisição de Papel A4 para o Conselho Regional de Medicina do Estado do Espírito Santo. 1.2 A empresa contratada

Leia mais

CHAMAMENTO PÚBLICO Nº. 002/2012 VISANDO O CREDENCIAMENTO DE QUIROPRAXISTA, MÉDICO GINECOLOGISTA, MÉDICO PSIQUIATRA E MÉDICO OFTALMOLOGISTA

CHAMAMENTO PÚBLICO Nº. 002/2012 VISANDO O CREDENCIAMENTO DE QUIROPRAXISTA, MÉDICO GINECOLOGISTA, MÉDICO PSIQUIATRA E MÉDICO OFTALMOLOGISTA CHAMAMENTO PÚBLICO Nº. 002/2012 VISANDO O CREDENCIAMENTO DE QUIROPRAXISTA, MÉDICO GINECOLOGISTA, MÉDICO PSIQUIATRA E MÉDICO OFTALMOLOGISTA O Município de IPÊ RS, através do presente Edital, comunica a

Leia mais

PROCESSO Nº 574/2014 EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº7/2014. Do Objeto

PROCESSO Nº 574/2014 EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº7/2014. Do Objeto PROCESSO Nº 574/2014 EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº7/2014 O Município de Mariano Moro, RS, torna público, em conformidade com a Lei Federal n.º 8.666/93 e suas alterações, que no dia 30 de setembro as 14

Leia mais

MINUTA DO CONTRATO PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE MOTO - BOY

MINUTA DO CONTRATO PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE MOTO - BOY 1 MINUTA DO CONTRATO PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE MOTO - BOY O CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO ESTADO DE SÃO PAULO, Autarquia Federal criada pelo Decreto-Lei nº. 9.295, de 27.05.1946, CNPJ /MF nº.

Leia mais

INFORMAÇÕES AOS FORNECEDORES SEJA NOSSO FORNECEDOR REGULAMENTO PARA EMISSÃO DO CRC COCEL (parte integrante do site www.cocel.com.

INFORMAÇÕES AOS FORNECEDORES SEJA NOSSO FORNECEDOR REGULAMENTO PARA EMISSÃO DO CRC COCEL (parte integrante do site www.cocel.com. 1/7 INFORMAÇÕES AOS FORNECEDORES SEJA NOSSO FORNECEDOR REGULAMENTO PARA EMISSÃO DO CRC COCEL (parte integrante do site www.cocel.com.br) INFORMAÇÕES I. O interessado na inscrição no Cadastro de Fornecedores

Leia mais

Câmara Municipal de Itatiba

Câmara Municipal de Itatiba DOCUMENTOS PARA EFETUAR CADASTRO PARA EMISSÃO DO CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL "CRC" INFORMAÇÕES PARA CADASTRO DE FORNECEDORES Razão Social: Endereço: Bairro: Cidade: CEP: CNPJ: Inscrição Estadual:

Leia mais

Município de Xangri-Lá Fone: (51) 3689-2400 www.xangrila.rs.gov.br

Município de Xangri-Lá Fone: (51) 3689-2400 www.xangrila.rs.gov.br EDITAL Nº 62/2012 PREGÃO ELETRÔNICO 34/2012 PROCESSO DE DESPESA: 2318/2012 (SEC. DE EDUCAÇÃO) PROCESSO DE LICITAÇÃO 2318/2012 PROCESSO DE COMPRA 45-12 ABERTURA: 29/03/2012 HORÁRIO: 15 horas O Prefeito

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO DA UNIÃO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO DA UNIÃO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO PODER JUDICIÁRIO DA UNIÃO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO Endereço: Rua Avenida T-1, esq.com Rua Orestes Ribeiro (antiga T-52),Lotes 1, 2, 3, 23 e 24, Qd. T-22, Setor Bueno, Goiânia-GO. CNPJ

Leia mais

CHAMAMENTO PÚBLICO Nº. 001/2012 VISANDO O CREDENCIAMENTO DE FISITERAPEUTA, QUIROPRAXISTA, NUTRICIONISTA, MÉDICO GINECOLOGISTA E MÉDICO PSIQUIATRA.

CHAMAMENTO PÚBLICO Nº. 001/2012 VISANDO O CREDENCIAMENTO DE FISITERAPEUTA, QUIROPRAXISTA, NUTRICIONISTA, MÉDICO GINECOLOGISTA E MÉDICO PSIQUIATRA. CHAMAMENTO PÚBLICO Nº. 001/2012 VISANDO O CREDENCIAMENTO DE FISITERAPEUTA, QUIROPRAXISTA, NUTRICIONISTA, MÉDICO GINECOLOGISTA E MÉDICO PSIQUIATRA. O Município de IPÊ RS, através do presente Edital, comunica

Leia mais

NORMA DE PRÉ - QUALIFICAÇÃO PARA OPERADOR PORTUÁRIO NO PORTO DE ILHÉUS

NORMA DE PRÉ - QUALIFICAÇÃO PARA OPERADOR PORTUÁRIO NO PORTO DE ILHÉUS NORMA DE PRÉ - QUALIFICAÇÃO PARA OPERADOR PORTUÁRIO NO PORTO DE ILHÉUS APROVADA NA REUNIÃO REALIZADA EM 18/02/2011, DO CONSELHO DE AUTORIDADE PORTUÁRIA DO PORTO DE ILHÉUS. SUMÁRIO 1. Objetivo... 3 2. Âmbito

Leia mais

RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL PELA INTERNET

RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL PELA INTERNET Pregão Presencial nº 02/2013 Processo nº 05/2013 RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL PELA INTERNET Razão Social: CNPJ: Endereço: Cidade: Telefone: e-mail: Pessoa para contato: Estado: Fax: Recebemos, através

Leia mais

Câmara Municipal De Natividade Da Serra

Câmara Municipal De Natividade Da Serra DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA A INCRIÇÃO NO REGISTRO CADASTRAL (Em conformidade com os artigos 28 a 31 da Lei Federal Nº 8.666/93 e demais alterações posteriores): PESSOA JURÍDICA 1 - Documentação Relativa

Leia mais

a) constem no Processo Administrativo TST n.º 12.181/2002.1; b) não contrariem o interesse público; O presente contrato fundamenta-se:

a) constem no Processo Administrativo TST n.º 12.181/2002.1; b) não contrariem o interesse público; O presente contrato fundamenta-se: 17 MINUTA DE CONTRATO DE AQUISIÇÃO DE APARELHOS DE AR CONDICIONADO. CONTRATANTE: TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO, inscrito no CNPJ/MF sob o n.º 00.509.968/0001-48, sediado na Praça dos Tribunais Superiores,

Leia mais

FUNDO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE TURVO - PR. Tomada de Preço N.º 001/2014.

FUNDO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE TURVO - PR. Tomada de Preço N.º 001/2014. FUNDO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE TURVO - PR. Tomada de Preço N.º 001/2014. Emissão: 09/12/2014. Abertura: 29/12/2014. Horário: 10:00 H. O Fundo de Previdência dos Servidores Municipais

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO CONVITE

EDITAL DE LICITAÇÃO CONVITE EDITAL DE LICITAÇÃO CONVITE CONVITE Nº 006 / 2007 - DFEPAF ENCERRAMENTO E ABERTURA DAS PROPOSTAS: Dia 27 de novembro de 2007 às 10:00 horas. TIPO: Menor preço global 1. OBJETO DO CONVITE Constitui objeto

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA Nº 004/2013

CHAMADA PÚBLICA Nº 004/2013 CHAMADA PÚBLICA Nº 004/2013 ADESÃO/CREDENCIAMENTO DE INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS E AFINS CNPJ 01.787.506/0001-55 Página 1 de 15 CHAMADA PÚBLICA N.º 004/2013 ADESÃO/CREDENCIAMENTO DE INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS

Leia mais

EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº 001/2014

EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº 001/2014 EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº 001/2014 O Presidente do Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo, no uso de suas atribuições legais e de conformidade com a Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993 e suas

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA EDUCAÇÃO EEEP RITA MATOS LUNA JUCÁS CEARÁ

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA EDUCAÇÃO EEEP RITA MATOS LUNA JUCÁS CEARÁ Convite N. 004/2015 Natureza da Despesa/ OBJETIVO: Fonte do Recurso Contratação de Serviço de INSTALAÇÃO DE SERVIÇO DE LINK DE INTERNET - 5MB Dotação Orçamentária Data da Emissão 22/06/2015 Data da Licitação

Leia mais

EDITAL DE CONCORRÊNCIA PÚBLICA 01/2014

EDITAL DE CONCORRÊNCIA PÚBLICA 01/2014 EDITAL DE CONCORRÊNCIA PÚBLICA 01/2014 O PRESIDENTE DA COMPANHIA ÁGUAS TERMAIS MARCELINO RAMOS no uso de suas atribuições legais e estatutárias e de conformidade com a Lei 8666/93 de 21 de junho de 1993

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 013/2007 PROCESSO N.º 1.612/2007

CARTA CONVITE Nº 013/2007 PROCESSO N.º 1.612/2007 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP: 01405-001 - DEPTO DE COMPRAS - 8º ANDAR. Regime

Leia mais

ANEXO VI MINUTA DE CONTRATO ADMINISTRATIVO N... / 2007

ANEXO VI MINUTA DE CONTRATO ADMINISTRATIVO N... / 2007 DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO DE MATERIAIS E PATRIMÔNIO 1/6 ANEXO VI MINUTA DE CONTRATO ADMINISTRATIVO N... / 2007 Contrato Administrativo para A AQUISIÇÃO DE SISTEMA DE ALARMES, que entre si celebram

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE IPIRANGA DO SUL Estado do Rio Grande do Sul Rua do Comércio, 124 IPIRANGA DO SUL RS EDITAL DE LICITAÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE IPIRANGA DO SUL Estado do Rio Grande do Sul Rua do Comércio, 124 IPIRANGA DO SUL RS EDITAL DE LICITAÇÃO EDITAL DE LICITAÇÃO Modalidade...: Tomada de Preços Número...: 008/2014 Número da Modalidade: 003/2014 Data de Abertura da Licitação...: 20/02/2014 Data de Abertura das Propostas..: 14/03/2014 Horário...:

Leia mais

COMISSÃO ESPECIAL DE LICITAÇÃO (Portaria nº 002/2013) Edital de Licitação Pública Lei nº 8.666/93

COMISSÃO ESPECIAL DE LICITAÇÃO (Portaria nº 002/2013) Edital de Licitação Pública Lei nº 8.666/93 COMISSÃO ESPECIAL DE LICITAÇÃO (Portaria nº 002/2013) Edital de Licitação Pública Lei nº 8.666/93 Processo: N.º 001/2013 Carta Convite: N.º001/2013 A Câmara Municipal e Uruaçu, Estado e Goiás, em Cumprimento

Leia mais

ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Comissão Permanente de Licitação

ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Comissão Permanente de Licitação ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Comissão Permanente de Licitação CONTRATO DE FORNECIMENTO E ASSISTÊNCIA TÉCNICA QUE ENTRE SI CELEBRAM O TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO CEARÁ E A EMPRESA

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CONTRATO/UNIRG N. 015/2013 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS Pelo presente instrumento particular, de um lado a, fundação pública com personalidade jurídica de direito público, com sede na av. Pará, 2432,

Leia mais

Prefeitura Municipal de Antonina do Norte GOVERNO MUNICIPAL CNPJ n 07.594.500/0001-48 EDITAL CONVOCATÓRIO

Prefeitura Municipal de Antonina do Norte GOVERNO MUNICIPAL CNPJ n 07.594.500/0001-48 EDITAL CONVOCATÓRIO EDITAL CONVOCATÓRIO CONVITE Nº 2013.02.18.2 1.0 EDITAL 1.1 Órgão: SECRETARIA MUNICIPAL DE AÇÃO SOCIAL 1.2 Modalidade: CONVITE 1.3 Tipo de Licitação: Menor preço Global 1.4 Torna público para conhecimento

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA Secretaria de Infraestrutura MINUTA EDITAL DE PRÉ-QUALIFICAÇÃO INTERNACIONAL N. 01/2013 PROCESSO N.

GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA Secretaria de Infraestrutura MINUTA EDITAL DE PRÉ-QUALIFICAÇÃO INTERNACIONAL N. 01/2013 PROCESSO N. MINUTA INTERNACIONAL N. 01/2013 PROCESSO N.º 0900130000453 A SECRETARIA DE INFRAESTRUTURA DO ESTADO DA BAHIA - SEINFRA, com sede na Avenida Luiz Viana Filho, 4ª Avenida, nº 440, Centro Administrativo da

Leia mais

ANEXO VII EDITAL n. 4/2015 CARTA-CONVITE MINUTA CONTRATO PREVCOM-MG

ANEXO VII EDITAL n. 4/2015 CARTA-CONVITE MINUTA CONTRATO PREVCOM-MG ANEXO VII EDITAL n. 4/2015 CARTA-CONVITE MINUTA CONTRATO PREVCOM-MG CONTRATO n. -/2015 DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE WEBDESIGN, EDIÇÃO AUDIOVISUAL E WEBDEVELOPMENT DE MATERIAIS INSTITUCIONAIS QUE ENTRE SI

Leia mais

Consórcio Intermunicipal de Saúde Costa Oeste do Paraná

Consórcio Intermunicipal de Saúde Costa Oeste do Paraná CHAMAMENTO PÚBLICO 001/2012 EDITAL DE PROCURA DE IMÓVEL PARA LOCAÇÃO INEXIGIBILIDADE 001/2012 O - CISCOPAR, no uso de suas atribuições e de acordo com o disposto no Artigo 24, Inciso X, da Lei 8.666/93

Leia mais

DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: 41.20.02 MOBILIÁRIO EM GERAL - R$ 16.000,00 (Dezesseis mil reais).

DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: 41.20.02 MOBILIÁRIO EM GERAL - R$ 16.000,00 (Dezesseis mil reais). PROCESSO N.º 003/2013 LICITAÇÃO Nº 003/2013-CONVITE TIPO: MENOR PREÇO POR LOTE À EMPRESA: ENDEREÇO: O Conselho Regional de Administração-CRA, através de sua Comissão Permanente de Licitação, nos termos

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO CARTA CONVITE Nº 01/2015.

EDITAL DE LICITAÇÃO CARTA CONVITE Nº 01/2015. 1 EDITAL DE LICITAÇÃO CARTA CONVITE Nº 01/2015. TIPO: Menor Preço LEGISLAÇÃO: Lei nº 8.666/93. REFERÊNCIA: contratação de empresa para prestação de serviços de telecomunicações de dados consistentes de

Leia mais