LÂMPADAS PARA ILUMINAÇÃO DE

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "LÂMPADAS PARA ILUMINAÇÃO DE"

Transcrição

1 Universidade Federal do Paraná Curso de Engenharia Elétrica LÂMPADAS PARA ILUMINAÇÃO DE INTERIORES Ewaldo Luiz de Mattos Mehl Lâmpadas Lâmpadas Incandescentes Lâmpadas para Iluminação Pública e para Grandes Ambientes Medições no Laboratório Medições no Centro Politécnico Lâmpadas para Iluminação de Interiores Medições no Laboratório Visita ao Laboratório de Luminotécnica do LACTEC 1

2 BIBLIOGRAFIA - Iluminação e fotometria teoria e aplicação Vinícius de Araújo Moreira Ed. Edgard Blücher. - Internet. 2

3 3

4 ILUMINAÇÃO DE INTERIORES Nível de iluminamento conforme o tipo de ambiente Harmonia com a decoração e tipo de atividade desenvolvida em cada ambiente Distribuição uniforme do iluminamento X iluminamento concentrado Evitar deslumbramento: fonte de alta iluminância Obter a correta reprodução de cores Escolha adequada de luminárias e lâmpadas 4

5 LÂMPADA HALÓGENA Adição do gás halogênio (bromo ou iodo) ao gás criptônio, funcionando sob ciclo regenerativo para evitar o escurecimento, aumentar a vida útil e aumentar a eficiência luminosa Possui ranhuras no bulbo de quartzo: evitar o toque, devido a presença de gordura das mãos Eficiência: 20 lm/watt Vida útil: 2000h LÂMPADA HALÓGENA 5

6 LÂMPADA DICRÓICA Reflete a luz da ampola halógena em seu interior com abertura de facho exato, e redireciona mais de 60% do calor gerado pelo filamento para trás da lâmpada pela propriedade do dicroísmo. Obs: As lâmpadas similares com refletores de alumínio, não são dicróicas. Dicroísmo: Propriedade das substâncias anisotrópicas que possuem diferentes coeficientes de absorção para a luz polarizada em planos diversos. LÂMPADAS FLUORESCENTES: 6

7 LÂMPADAS FLUORESCENTES: LÂMPADAS FLUORESCENTES TUBULARES Tubo de vidro, revestido com materiais fluorescentes (fósforo), preenchido com gases inertes e gotículas de mercúrio úi (que se evaporam). Na passagem da corrente elétrica (descarga elétrica), os raios UV atingem a camada de fósforo, provocando a fluorescência. Precisam de reatores Precisam de dispositivo de partida (starter), podendo ser incorporado ao reator. Eficiência: 65 lm/watt Vida útil: 7500h 7

8 LÂMPADAS FLUORESCENTES COMPACTAS Princípio de funcionamento similar ao das fluorescentes tubulares, mas com dimensões bastante reduzidas. Design moderno, oferecem excelente qualidade de luz, alta eficiência energética, longa durabilidade (até 8 vezes maior que lâmpadas incandescentes), excelente distribuição de luz e são capazes de atender às mais diferentes necessidades de aplicação. Reator eletrônico (descartado com a lâmpada) ou reator externo (não descartado). LUMINÁRIAS REFLETORES: Dispositivo destinado a modificar a distribuição espacial de um fluxo luminoso emitido por uma fonte de luz, essencialmente por meio do fenômeno de reflexão. DIFUSORES: São elementos utilizados para reduzir a luminância de uma fonte de luz, reduzindo as possibilidades de ofuscamento. 8

9 LUMINÁRIAS CAN14-E - Luminária de embutir, com corpo em chapa de aço fosfatizada e pintada eletrostaticamente, refletor facetado em alumínio de alta pureza e refletância. CAN14-S Luminária de sobrepor, com corpo em chapa de aço fosfatizada e pintada eletrostaticamente, refletor facetado em alumínio de alta pureza e refletância. 9

Lâmpadas Tubulares de LED

Lâmpadas Tubulares de LED Catálogo Lâmpadas Tubulares de LED Aplicações: Lojas, Escritórios, Farmácias, Hospitais, Escolas, Hotéis, Bancos, Shopping Centers, Supermercados, Armazéns, entre outros. Benefícios: Economiza até 60%

Leia mais

GRANDEZAS FOTOMÉTRICAS E MÉTODO DE LUMÉNS AULA 20

GRANDEZAS FOTOMÉTRICAS E MÉTODO DE LUMÉNS AULA 20 O que é luz? Luz Princípios Gerais Luz é a radiação eletromagnética capaz de produzir sensação visual. Fonte de luz radiação eletromagnética diferentes comprimentos de onda sensibilidade do olho espectro

Leia mais

Lâmpadas halógenas ÍNDICE

Lâmpadas halógenas ÍNDICE ÍNDICE Lâmpadas halógenas HALÓGENA CLASSIC ENERGY SAVER 2.02 HALOPAR 2.03 HALOPIN 2.04 HALOLINE 2.05 HALOSTAR 2.06 HALOSPOT 111 ECO 2.07 HALOSPOT 2.08 DECOSTAR 51 ECO 2.09 DECOSTAR 51 TITAN 2.10 DECOSTAR

Leia mais

REFORMA SALA DO NÚCLEO DE SEGURANÇA ANEXO 01

REFORMA SALA DO NÚCLEO DE SEGURANÇA ANEXO 01 REFORMA SALA DO NÚCLEO DE SEGURANÇA LUMINOTÉCNICO ANEXO 01 Responsabilidade e compromisso com o meio Ambiente SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO E OBJETIVO... 4 2. NORMALIZAÇÃO... 4 3. COMENTÁRIOS LUMINOTÉCNICOS:...

Leia mais

Catálogo de Lâmpadas de LED Ano: 2012

Catálogo de Lâmpadas de LED Ano: 2012 Catálogo de Lâmpadas de LED V.2012.C06 Iluminação LED O mercado de iluminação está passando por mais uma revolução no que se refere à forma de emissão da luz elétrica, possibilitando novas aplicações e

Leia mais

MANUAL. Qualidade DO REATOR. DEMAPE Reatores para Iluminação Tel.: 55 (11) Fax.: 55 (11)

MANUAL. Qualidade DO REATOR.  DEMAPE Reatores para Iluminação Tel.: 55 (11) Fax.: 55 (11) Qualidade A DEMAPE oferece produtos e serviços com excelente qualidade, contínuo processo de melhoria e certificações de acordo com o INMETRO. MANUAL DO REATOR Segredo da qualidade Equipamentos, pesquisas,

Leia mais

MÉTODOS DE CÁLCULO DE ILUMINAÇÃO

MÉTODOS DE CÁLCULO DE ILUMINAÇÃO MÉTODOS DE CÁLCULO DE ILUMINAÇÃO Pode-se determinar o número de luminárias necessárias para produzir determinado iluminamento, das seguintes maneiras: 1ª Pela carga mínima exigida por normas; 2ª Pelo método

Leia mais

Catálogo de Produtos

Catálogo de Produtos Catálogo de Produtos Missão Proporcionar soluções eficientes e de alta qualidade em iluminação, buscando a excelência no atendimento, inovação constante de nossos produtos, superando assim as expectativas

Leia mais

Trabalho da Disciplina de Expressão Gráfica e Projetos Elétricos

Trabalho da Disciplina de Expressão Gráfica e Projetos Elétricos Trabalho da Disciplina de Expressão Gráfica e Projetos Elétricos Luminotécnica (Lâmpadas e Luminárias) Edcarlos Nunes Patrícia Lins Raphael Leite Thiago Santos 18/09/2011 1 Sumário Cálculo Luminotécnico:

Leia mais

Iluminação artificial: Tipos de lâmpada Sistemas de iluminação Exemplos

Iluminação artificial: Tipos de lâmpada Sistemas de iluminação Exemplos Iluminação artificial: Tipos de lâmpada Sistemas de iluminação Exemplos Exemplos de iluminância: Luz solar em dia claro (exterior)... 100.000lux Sala com janelas amplas, à luz do dia... 1.000lux Sala bem

Leia mais

L E D C A T Á L O G O

L E D C A T Á L O G O L E D 20 16 C A T Á L O G O 2 C A T Á L O G O 2016 4 Com mais de 10 anos no mercado de importação, o Grupo Rio Cd traz ao mercado brasileiro a marca L&D. Com uma fábrica na China, oferecemos mais de 100

Leia mais

LUMINÁRIAS DE ALTO RENDIMENTO

LUMINÁRIAS DE ALTO RENDIMENTO www.alumbra.com.br SAC 0800-193130 LUMINÁRIAS DE ALTO RENDIMENTO SOLUÇÕES FEITAS PARA VOCÊ SOLUÇÕES FEITAS PARA VOCÊ RENDIMENTO EM ALTA ILUMINAR BEM É CRIAR O AMBIENTE IDEAL PARA AUMENTAR A PRODUTIVIDADE

Leia mais

Matt ou Especular. Faz diferença? t e n d ê n c i a s. Da Redação A EXPOLUX ESTÁ AÍ E VOCÊ VAI ENCONTRAR. Principais diferenças

Matt ou Especular. Faz diferença? t e n d ê n c i a s. Da Redação A EXPOLUX ESTÁ AÍ E VOCÊ VAI ENCONTRAR. Principais diferenças t e n d ê n c i a s Foto: Andrés Otero / Proj. Luminotécnico: Franco & Fortes Lighting Design Matt ou Especular Faz diferença? Da Redação A EXPOLUX ESTÁ AÍ E VOCÊ VAI ENCONTRAR um número enorme de opções

Leia mais

ETME 01. ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DE MATERIAIS PARA EFICIENTIZAÇÃO Revisão, 12/05/2015

ETME 01. ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DE MATERIAIS PARA EFICIENTIZAÇÃO Revisão, 12/05/2015 ETME 01 ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DE MATERIAIS PARA EFICIENTIZAÇÃO Revisão, 12/05/2015 SUMÁRIO 1.1 OBJETIVO... 4 1.2 NORMAS RECOMENDADAS... 4 1.3 UNIDADES DE MEDIDA... 4 1.4 IDIOMA... 5 1.5 GARANTIAS QUANTO

Leia mais

REGULAMENTAÇÃO ESPECÍFICA QUE DEFINE OS NÍVEIS MÍNIMOS DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA DE LÂMPADAS FLUORESCENTES COMPACTAS

REGULAMENTAÇÃO ESPECÍFICA QUE DEFINE OS NÍVEIS MÍNIMOS DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA DE LÂMPADAS FLUORESCENTES COMPACTAS REGULAMENTAÇÃO ESPECÍFICA QUE DEFINE OS NÍVEIS MÍNIMOS DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA DE LÂMPADAS FLUORESCENTES COMPACTAS CAPÍTULO I CARACTERIZAÇÃO DO PRODUTO Art. 1 o Os equipamentos objeto desta regulamentação

Leia mais

ILUMINAÇÃO ILUMINAÇÃO

ILUMINAÇÃO ILUMINAÇÃO ILUMINAÇÃO LED Bulbo As lâmpadas LED tipo bulbo possuem formato de uma lâmpada incandescente e corpo em alumínio, apresentando economia de 70% e durabilidade muito elevada em relação as lâmpadas incandescentes.

Leia mais

Fluorescente Tubular T5

Fluorescente Tubular T5 Ampla e extensa gama de lâmpadas de alta eficiência, em diversos comprimentos, diâmetros e potências.excelente reprodução de cores, alto fluxo luminoso, melhor rendimento e vida mediana de até 24.000 horas,

Leia mais

PORTARIA INTERMINISTERIAL N o, DE DE DE 2005.

PORTARIA INTERMINISTERIAL N o, DE DE DE 2005. PORTARIA INTERMINISTERIAL N o, DE DE DE 2005. OS MINISTROS DE ESTADO DE MINAS E ENERGIA, DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA, E DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR, no uso da atribuição que lhes confere

Leia mais

Luminárias Linolite. Lido. Lido Post. Lido MR16. Chess Wall. Ludo Frost.

Luminárias Linolite. Lido. Lido Post. Lido MR16. Chess Wall. Ludo Frost. luminárias Luminárias Linolite Lido tipo arandela simples ou dupla (1,2), base metálica cromada acetinada e vidro temperado semifosco. 24278RI 24279RI Cápsula G9 Cápsula G9 W 2 x W 37 37 Canopla x x 170

Leia mais

LÂMPADAS HALÓGENAS. Lâmpadas halógenas

LÂMPADAS HALÓGENAS. Lâmpadas halógenas LÂMPADAS HALÓGENAS Lâmpadas halógenas As lâmpadas halógenas possuem luz mais branca e brilhante, que possibilita realçar cores e objetos com eficiência energética maior que as lâmpadas incandescentes comuns.

Leia mais

Lâmpadas fluorescentes tubulares e circulares

Lâmpadas fluorescentes tubulares e circulares LÂMPADAS FLUORESCENTES TUBULARES E CIRCULARES Lâmpadas fluorescentes tubulares e circulares As lâmpadas fluorescentes produzem mais de 70% da luz artificial em todo o mundo. Proporcionam excelente economia

Leia mais

ÍNDICE LINHA LED LUMINÁRIAS COB TECNOLOGIA E QUALIDADE LINHA LED SPOTS COB LINHA LED VERSÁTEIS LINHA LED SPOTS 30 31

ÍNDICE LINHA LED LUMINÁRIAS COB TECNOLOGIA E QUALIDADE LINHA LED SPOTS COB LINHA LED VERSÁTEIS LINHA LED SPOTS 30 31 CATÁLOGO LED ÍNDICE LINHA LED LUMINÁRIAS COB 22 25 TECNOLOGIA E QUALIDADE 04 05 LINHA LED SPOTS COB 26 29 LINHA LED VERSÁTEIS 06 09 LINHA LED SPOTS 30 31 LINHA LED GU10 10 11 LINHA LED RGB 32 33 LINHA

Leia mais

Conheça os diferentes tipos de lâmpadas e soluções em LED para inovar na iluminação com economia

Conheça os diferentes tipos de lâmpadas e soluções em LED para inovar na iluminação com economia Que as lâmpadas LED proporcionam uma iluminação eficiente, com o máximo de economia e durabilidade, todo mundo já sabe. Agora, a Correta apresenta os mais diversos modelos de lâmpadas e produtos para iluminação

Leia mais

Ambiente: RETAGUARDA - 1P Dimensões: Comprimento: 3,90 m Largura: 7,70 m Pé direito: 2,60 m Plano de trabalho: 0,75 m Altura de suspensão: 0,00 m Core

Ambiente: RETAGUARDA - 1P Dimensões: Comprimento: 3,90 m Largura: 7,70 m Pé direito: 2,60 m Plano de trabalho: 0,75 m Altura de suspensão: 0,00 m Core Empresa: BRB - Banco de Brasília-DF Obra: BRB - Banco de Brasília-DF Dados adicionais: REVISÃO DA NOVA AGÊNCIA ( REFERENTE A OES ANTERIOR DE N 070/ 2011 ) Autor: HUDSON ALESSE Data: 21/04/2012 Revisão:

Leia mais

CATÁLOGO DE PRODUTOS 2014

CATÁLOGO DE PRODUTOS 2014 CATÁLOGO DE PRODUTOS 2014 LED - Um avanço em iluminação Com a evolução tecnológica, o LED deixou de ser usado apenas como forma de luz indicadora em equipamentos, função restrita à década de 60, quando

Leia mais

HOME L I G H T I N G. Fone: Rua Pion. José dos Santos, 144 C - CEP Parque Itaipú - Maringá - Paraná

HOME L I G H T I N G.  Fone: Rua Pion. José dos Santos, 144 C - CEP Parque Itaipú - Maringá - Paraná HOME L I G H T I N G www.ecrom.com.br Fone: 44 3046.2222 Rua Pion. José dos Santos, 144 C - CEP 87065.440 Parque Itaipú - Maringá - Paraná Empresa A ECROM Iluminação nasceu de uma parceria de profissionais

Leia mais

Iluminação. !Natureza da Luz

Iluminação. !Natureza da Luz !Natureza da Luz A luz é uma radiação ondulatória, de natureza eletromagnética, assim como as ondas do rádio, da televisão, telefone celular, as microondas, ou o calor radiante, diferindo destes apenas

Leia mais

Módulo Iluminação Artificial

Módulo Iluminação Artificial FAU / USP AUT 262 / 2 Sem. 2008 Módulo Iluminação Artificial (Parte 2) Prof. A. C. Mingrone Lâmpadas, Luminárias e Sistemas de Ilmuminação O resto de minha vida vou passar pensando sobre o que é a luz

Leia mais

AQUALED 2. LUXPOINT e LUXOPTIM Iluminação de alta performance e baixo consumo de energia. Luz é OSRAM.

AQUALED 2. LUXPOINT e LUXOPTIM Iluminação de alta performance e baixo consumo de energia. Luz é OSRAM. www.osram.com.br LUXPOINT e LUXOPTIM Iluminação de alta performance e baixo consumo de energia AQUALED 2 Segurança e visibilidade. Luminárias de LED para embutir em pisos e paredes. Luz é OSRAM LUXPOINT

Leia mais

OS VALORES DESTA PROPOSTA NÃO CONTEMPLAM IPI

OS VALORES DESTA PROPOSTA NÃO CONTEMPLAM IPI CURITIBA, 22 de outubro de 2012. A(o) ROSSI ENGENHARIA FONE: (65) 9602 9198 REPRESENTANTE: MARCELO A/C. ENGº RONALDO FAX: ORÇAMENTO N.º 08.06.12 - A Obra 16:30:13 PREZADOS SENHORES: CONFORME VOSSA SOLICITAÇÃO,

Leia mais

Ministério de Minas e Energia Consultoria Jurídica

Ministério de Minas e Energia Consultoria Jurídica Ministério de Minas e Energia Consultoria Jurídica PORTARIA INTERMINISTERIAL N o 132, DE 12 DE JUNHO DE 2006. OS MINISTROS DE ESTADO DE MINAS E ENERGIA, DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA, E DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA

Leia mais

LINHA SLIM LIGHT V h IRC 70. Vida. Multi Tensão

LINHA SLIM LIGHT V h IRC 70. Vida. Multi Tensão LED LUMINÁRIAS 06 Catálogo de Produtos LUMINÁRIAS DE EMBUTIR LINHA SLIM LIGHT 0-240 V 25.000h 1 Ângulo de Abertura Drivers independentes, proporcionando maior segurança e exibilidade Multi-tensão Design

Leia mais

CONCEITOS FUNDAMENTAIS

CONCEITOS FUNDAMENTAIS CONCEITOS FUNDAMENTAIS 03 GRANDEZAS LUMINOSAS GRANDEZAS LUMINOSAS FUNDAMENTAIS FLUXO LUMINOSO EFICIÊNCIA ENERGÉTICA INTENSIDADE LUMINOSA ILUMINÂNCIA LUMINÂNCIA GRANDEZAS LUMINOSAS FUNDAMENTAIS FLUXO LUMINOSO

Leia mais

DLB IERP ELETRICA

DLB IERP ELETRICA ELETRICA ELETROMECÂNICA DDLB IERRP SISTEMA DIDÁTICO PARA TREINAMENTO EM INSTALAÇÕES ELÉTRICAS RESIDÊNCIAIS, PREDIAIS E INDUSTRIAIS Sistema didático para estudos e práticas em instalações elétricas residenciais,

Leia mais

Evolution LED MR11 Mini Dicróica STH3510 - pág. 04 MR16 Dicróica STH3320 - pág. 05 MR16 Dicróica STH3325 - pág. 06 MR16 Dicróica STH3300 - pág. 07 Power LED Bi-pino STH3030 - pág. 10 Halopin STH3041/42

Leia mais

SAC LÂMPADAS SUPERLED SOLUÇÕES FEITAS PARA VOCÊ SOLUÇÕES FEITAS PARA VOCÊ

SAC LÂMPADAS SUPERLED SOLUÇÕES FEITAS PARA VOCÊ SOLUÇÕES FEITAS PARA VOCÊ SAC 0800-193130 LÂMPADAS SUPERLED SOLUÇÕES FEITAS PARA VOCÊ SOLUÇÕES FEITAS PARA VOCÊ EFICIÊNCIA ENERGÉTICA É O QUE SE BUSCA NOS DIAS DE HOJE E a Alumbra entende a importância de oferecer soluções que

Leia mais

Ø66 40 Ref. 5051 Spot de embutir redondo direcionável para lâmpada halógena ou LED minidicróica Fabricação: alumínio estampado. Acabamento: pintura eletrostática poliéster. Cor padrão: branco, branco microtexturizado,

Leia mais

Linha Standard. Spots de embutir. Luminárias de sobrepor. Luminárias de embutir. Reflector Clean Colors Soft. Round. Light

Linha Standard. Spots de embutir. Luminárias de sobrepor. Luminárias de embutir. Reflector Clean Colors Soft. Round. Light Linha Standard Spots de embutir Liht Luminárias de embutir Reflector Clean Colors Soft Luminárias de sobrepor Round Liht Spots de embutir Linha Standard Spots de embutir nos formatos redondos e quadrados,

Leia mais

CATÁLOGO Telefone: (11) Encontre um de nossos representantes

CATÁLOGO Telefone: (11) Encontre um de nossos representantes Encontre um de nossos representantes Norte e Centro-oeste (11) 8346-2657 norte@lampadasgolden.com.br centro.oeste@lampadasgolden.com.br Nordeste nordeste@lampadasgolden.com.br (11) 8946-5440 Sul sul@lampadasgolden.com.br

Leia mais

OSRAM DULUX D/E. Ficha técnica da família de produto. Fluorescentes compactas de dois tubos, base com 4 pinos para a operação com reator eletrônico

OSRAM DULUX D/E. Ficha técnica da família de produto. Fluorescentes compactas de dois tubos, base com 4 pinos para a operação com reator eletrônico OSRAM DULUX D/E Fluorescentes compactas de dois tubos, base com 4 pinos para a operação com reator eletrônico _ Escritórios, prédios públicos _ Hotéis, restaurantes _ Extremamente econômica _ Boa qualidade

Leia mais

LUMINÁRIAS SUPERLED DECORATIVAS DE EMBUTIR

LUMINÁRIAS SUPERLED DECORATIVAS DE EMBUTIR SAC 8-933 S SUPERLED DECORATIVAS DE EMBUTIR SOLUÇÕES FEITAS PARA VOCÊ SOLUÇÕES FEITAS PARA VOCÊ EFICIENTE DESDE O PRIMEIRO MOMENTO E SUPERLED EM UM ÚNICO PRODUTO Eficiência energética é o que se busca

Leia mais

1. Grandezas luminotécnicas

1. Grandezas luminotécnicas 1. Grandezas luminotécnicas 1.1 Fluxo luminoso O fluxo luminoso é a quantidade de luz emitida por uma fonte na unidade de tempo. Designa-se pelo símbolo, e a sua unidade o lúmen (lm). Da definição de lúmen

Leia mais

LUMINÁRIAS SPOT E DOWNLIGHT

LUMINÁRIAS SPOT E DOWNLIGHT LUMINÁRIAS SPOT E DOWNLIGHT 40 Catálogo de Produtos LUMINÁRIAS DE EMBUTIR LINHA BASIC 1XE27 Bocal E-27 Para 01 Fluorescente Compacta LARGURA (L) X COMPRIMENTO (C) Modelo Q 3.5 1xE27 Q 5.0 1xE27 A [mm]

Leia mais

Apostila de Instalações Elétricas

Apostila de Instalações Elétricas 6.10.9 - Mista: combina uma incandescente e um tubo de descarga com alta pressão. Funciona em tensão de 220 V, sem reator. Emite cerca de 30 lumen/w. Possui vida útil de cerca de 6.000h. É uma alternativa

Leia mais

A R Q U I T E T U R A

A R Q U I T E T U R A 44 c a p a O teto é um elemento forte na arquitetura do espaço. Foram utilizadas luminárias especialmente desenvolvidas para lâmpadas dicróicas. Um grande espelho no teto dobra a altura dos fornos. Para

Leia mais

COMO COMPRAR LED? Conheça 3 dicas importantes antes de escolher o fornecedor de seus produtos LED.

COMO COMPRAR LED? Conheça 3 dicas importantes antes de escolher o fornecedor de seus produtos LED. COMO COMPRAR LED? Conheça 3 dicas importantes antes de escolher o fornecedor de seus produtos LED. marca SGN.lnk fl é disponibilizada LED LÂMPADA LED A60 Este produto se destaca por possuir estrutura

Leia mais

A ECROM Iluminação. Sobre a Ecrom. A ECROM Iluminação nasceu de uma parceria. de profissionais com grande experiência no

A ECROM Iluminação. Sobre a Ecrom. A ECROM Iluminação nasceu de uma parceria. de profissionais com grande experiência no A ECROM Iluminação A ECROM Iluminação nasceu de uma parceria de profissionais com grande experiência no mercado de iluminação brasileiro. Sempre visualizando seu próximo salto, a empresa não se limita

Leia mais

CATÁLOGO DE LÂMPADAS. TECNOLAMP DO BRASIL - LÂMPADAS E ACESSORIOS Av. Tiradentes, Luz São Paulo, SP

CATÁLOGO DE LÂMPADAS. TECNOLAMP DO BRASIL - LÂMPADAS E ACESSORIOS Av. Tiradentes, Luz São Paulo, SP CATÁLOGO DE LÂMPADAS 2015 1 Índice Sobre a Empresa PAG. 3 Lampâdas de Vapor de Sódio 6 Lampâdas de Vapor Metálico 10 Lampâdas de Vapor de Mercúrio e Mistas 13 Lâmpadas de LED/Especiais 15 2 Sobre a Empresa

Leia mais

LÂMPADAS E COMANDOS CAPÍTULO 01

LÂMPADAS E COMANDOS CAPÍTULO 01 LÂMPADAS E COMANDOS CAPÍTULO 01 2 Capítulo 01 LÂMPADAS E COMANDOS 1.1 Introdução Neste capítulo inicial, faz-se uma breve revisão dos conceitos da luminotécnica: grandezas importantes e suas unidades.

Leia mais

Iluminação. Como a tecnologia LED influenciará na iluminação que conhecemos

Iluminação. Como a tecnologia LED influenciará na iluminação que conhecemos Iluminação Como a tecnologia LED influenciará na iluminação que conhecemos Trajetória do LED Componente (Chip) Apresentação KIAN Soluções completas para Iluminação Desde 2009 Avanços Tecnológicos do LED

Leia mais

Associação Brasileira da Indústria de iluminação

Associação Brasileira da Indústria de iluminação Associação Brasileira da Indústria de iluminação Light Tool Desde 1953 a Light Tool, em sua terceira geração, fabrica e distribui luminárias comerciais e industriais para o território nacional, América

Leia mais

Disciplina: Instalações Elétricas Prediais

Disciplina: Instalações Elétricas Prediais Disciplina: Instalações Elétricas Prediais Parte 2 Sistemas de Iluminação: Luminotécnica Prof Msc Alex Vilarindo Menezes 1 Cronograma 1 Conceitos fundamentais da luminotécnica 2 Lâmpadas Classificação

Leia mais

TE067-Laboratório de Engenharia Elétrica V Lâmpadas

TE067-Laboratório de Engenharia Elétrica V Lâmpadas Lâmpadas Ewaldo Luiz de Mattos Mehl Universidade Federal do Paraná Departamento de Engenharia Elétrica mehl@eletrica.ufpr.br Lâmpadas Lâmpadas Incandescentes Lâmpadas para Iluminação Pública e para Grandes

Leia mais

Design e função em perfeita harmonia

Design e função em perfeita harmonia Design e função em perfeita harmonia A linha Studio Newline foi especialmente criada para oferecer a melhor tecnologia e qualidade em iluminação. São produtos com design exclusivo e diferenciado, cuidadoso

Leia mais

Sobre a Golden. Tecnologia, Eficiência e Economia

Sobre a Golden. Tecnologia, Eficiência e Economia Sobre a Golden Tecnologia, Eficiência e Economia A Golden é uma empresa de iluminação que atua no mercado brasileiro desde 1990, reconhecida por oferecer uma vasta gama de produtos, tendo como compromisso

Leia mais

Escritório Bom de Ficar

Escritório Bom de Ficar c a s e Fotos: Pedro Rubens Escritório Bom de Ficar Da Redação Um Projeto Premiado O ESPAÇO DE TRABALHO SOFREU mudanças em diferentes aspectos ao longo da história, mas conforme o computador foi se tornando

Leia mais

Diodos Emissores de Luz em Edificações Eficientes. Prof. Henrique A. C. Braga, Dr. Eng. São Paulo, Junho, 2014

Diodos Emissores de Luz em Edificações Eficientes. Prof. Henrique A. C. Braga, Dr. Eng. São Paulo, Junho, 2014 Diodos Emissores de Luz em Edificações Eficientes Prof. Henrique A. C. Braga, Dr. Eng. São Paulo, Junho, 2014 1 Conteúdo Conceitos Básicos de Luminotécnica Lâmpadas Conectadas em CA Lâmpadas Ineficientes

Leia mais

ILUMINAÇÃO ARTIFICIAL FONTES DE LUZ

ILUMINAÇÃO ARTIFICIAL FONTES DE LUZ ILUMINAÇÃO ARTIFICIAL FONTES DE LUZ INCANDESCENTES HALÓGENAS FLUORESCENTES DESCARGA EM ALTA PRESSÃO LEDS E OLEDS INCANDESCENTES HALÓGENAS FLUORESCENTES DESCARGA EM ALTA PRESSÃO MÓDULOS LED DAS MAIS ANTIGAS

Leia mais

catálogo geral

catálogo geral catálogo geral 2010-2011 catálogo geral de produtos Índice por linha Washa! pág. 6 Miradi pág. 14 Misitari pág. 22 Zuri pág. 28 Sura pág. 40 Laini pág. 50 Reconhecida como referência em qualidade, design

Leia mais

Finalidade Fonte de Alimentação Proteção da Rede de Média Tensão Proteção contra Sobretensão: 2.5.

Finalidade Fonte de Alimentação Proteção da Rede de Média Tensão Proteção contra Sobretensão: 2.5. MEMÓRIAL DESCRITIVO 5 2.1. - Finalidade Traçar diretrizes básicas para a implementação dos projetos de iluminação externa do Campus Petrolina e iluminação da via de interligação entre o anel viário e os

Leia mais

Ref Localização Grupo Especificação Referencia Fabricante ( www) Qtde Unid Unitária Total LE-01. Maya / 1627

Ref Localização Grupo Especificação Referencia Fabricante ( www) Qtde Unid Unitária Total LE-01. Maya / 1627 LE-01 Poste com 10 metros com duas Ambar 3 schreder.com.br 14 pç luminárias com emissão estradal H2 /1975 Reator + ignitor para MVM 400W 220V 28 pç Lâmpada HQI-T 400W 5.500K 28 pç 1 x 435W 12.180W LE-02

Leia mais

Autotransformadores Tripolares

Autotransformadores Tripolares 36 Elétrica Autotransformadores Tripolares PATENTE REQUERIDA Sistema de Alças para Transporte EXCLUSIVO! Permite ligação de plugues tripolares e bipolares. (entrada ou saída) Utilize seus equipamentos

Leia mais

Luz amiga do ambiente A ausência de metais pesados, chumbo e mercúrio tornam a tecnologia LED especialmente amiga do ambiente.

Luz amiga do ambiente A ausência de metais pesados, chumbo e mercúrio tornam a tecnologia LED especialmente amiga do ambiente. Tecnologia LED Valores da tecnologia LED Luz que não aquece, mas emociona. O LED é uma fonte de luz que não emite calor (não produz radiação infravermelha) e oferece a capacidade de personalizar o fluxo

Leia mais

SUMÁRIO. /galaxyledbr /galaxyledbr

SUMÁRIO. /galaxyledbr /galaxyledbr Nossa missão é fornecer soluções em iluminação, disseminando as mais recentes tecnologias com o mais alto padrão de qualidade, promovendo inclusive a responsabilidade sócioambiental e garantindo a satisfação

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA ELÉTRICA CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA ELÉTRICA CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA ELÉTRICA CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA Daiane Babireski dos Santos UMA ANÁLISE COMPARATIVA DA EFICIÊNCIA ENERGÉTICA DE LÂMPADAS LED E FLUORESCENTES

Leia mais

FOTO 1 2,00 UND. FOTO 2 4,00 UND.

FOTO 1 2,00 UND. FOTO 2 4,00 UND. Luminária plafonier com tipo de proteção à prova de explosão Ex d IIB, Zona 1 ou 2 grupo IIA ou IIB, grau de proteção IP65, com ALOJAMENTO incorporado para reator, corpo e grade de proteção em liga de

Leia mais

POSTE Está construído em aço galvanizado, para evitar deterioração por agentes atmosféricos e calculado para suportar cargas de vento. Tem uma altura

POSTE Está construído em aço galvanizado, para evitar deterioração por agentes atmosféricos e calculado para suportar cargas de vento. Tem uma altura Iluminação 03 A iluminação pública através de lâmpadas solares, tornou-se como uma das grandes aplicações da energia fotovoltaica. A ViV Energia e Ambiente dispõe de equipamentos desenhados especificamente

Leia mais

ESPECÍFICA ILUMINAÇÃO APARELHO PROJETOR DE LONGO ALCANCE

ESPECÍFICA ILUMINAÇÃO APARELHO PROJETOR DE LONGO ALCANCE PRF 15/1 IP-54 Aparelho projetor fechado para lâmpadas tubulares de Vapor Metálico e Vapor de Sódio de alta pressão de 400 W. Quartzo iodo duplo envelope de 500 W. Corpo fundido em liga de Alumínio Silício,

Leia mais

Linha D ECO Light Collection

Linha D ECO Light Collection D eco Linha D ECO Light Collection A nova linha D ECO Light Collection oferece design diferenciado e uma grande variedade de modelos e formatos. Com desenho compacto e discreto, mantém o mesmo visual consistente

Leia mais

PRINCIPAIS MOTIVOS PARA ESCOLHA DOS PRODUTOS MBLED

PRINCIPAIS MOTIVOS PARA ESCOLHA DOS PRODUTOS MBLED PRINCIPAIS MOTIVOS PARA ESCOLHA DOS PRODUTOS MBLED Nesse momento acontece uma verdadeira revolução verde e inteligente, que vai nos ajudar a salvar o planeta, além disso você vai perceber porque a iluminação

Leia mais

ilumine-se I L U M I N A Ç Ã O linha embutir e calhas

ilumine-se I L U M I N A Ç Ã O linha embutir e calhas ilumine-se I L U M I N A Ç Ã O linha embutir e calhas catálogo 2016 Spot de Embutir - Saturno ar - 70 Mini mini dicróica mr11 gu10 Foco recuado bidirecionável. Potência máxima de 35W por Soquete GU10 incluso.

Leia mais

ILUMINÂNCIA E CÁLCULO LUMINOTÉCNICO

ILUMINÂNCIA E CÁLCULO LUMINOTÉCNICO ILUMINÂNCIA E CÁLCULO LUMINOTÉCNICO De acordo com as normas da ABNT, cada ambiente requer um determinado nível de iluminância (E) ideal, estabelecido de acordo com as atividades a serem ali desenvolvidas,

Leia mais

Orientar sobre práticas de Economia de energia? Conta comigo!

Orientar sobre práticas de Economia de energia? Conta comigo! Orientar sobre práticas de Economia de energia? Conta comigo! Tudo o que você precisa saber sobre economia de energia! Quando se fala em energia elétrica em condomínios a missão é sempre a mesma: economizar.

Leia mais

CATÁLOGO DE PRODUTOS

CATÁLOGO DE PRODUTOS CATÁLOGO DE PRODUTOS Compromisso em tornar o Sol a principal fonte de energia do mundo SOLAR 17145 / 17146 LUMINÁRIA SOLAR MINI BALIZADORA ABS 8971 / 8972 / 11315 LUMINÁRIA SOLAR BALIZADORA INOX 16286

Leia mais

Segundo Mamede Filho (2002), existe três métodos para se determinar o número de luminárias

Segundo Mamede Filho (2002), existe três métodos para se determinar o número de luminárias 1 1. CÁLCULO DE ILUMINAMENTO Segundo Mamede Filho (2002), existe três métodos para se determinar o número de luminárias necessárias para produzir determinado iluminamento que são: métodos dos lumens; métodos

Leia mais

PROCEDIMENTO DE FISCALIZAÇÃO - LÂMPADAS LUORESCENTES COMPACTAS, COM REATOR INTEGRADO, CONTEMPLADOS PELA. Portaria Inmetro 289/ Código 3383

PROCEDIMENTO DE FISCALIZAÇÃO - LÂMPADAS LUORESCENTES COMPACTAS, COM REATOR INTEGRADO, CONTEMPLADOS PELA. Portaria Inmetro 289/ Código 3383 MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR - MDIC INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, QUALIDADE E TECNOLOGIA- INMETRO Diretoria da Qualidade Dqual Divisão de Fiscalização e Verificação

Leia mais

Luminárias de Embutir/Sobrepor e Pendente

Luminárias de Embutir/Sobrepor e Pendente Luminárias de Embutir/Sobrepor e Pendente CS-605FA CS-600 Luminária Pendente Alojamento de equipamento: Chapa de aço pintada; Refletor: Alumínio anodizado; : Vapor de sódio, metálico ou mercúrio. Obs.:

Leia mais

+ Eficiência + Sustentabilidade + Potência + Econômia

+ Eficiência + Sustentabilidade + Potência + Econômia + Eficiência + Sustentabilidade + Potência + Econômia Plafon LED 6W Quad Sobrepor - Frio - 12 x 12 Plafon LED 6W Quad Sobrepor - BCO Quente Plafon LED 12W Quad Sobrepor - Frio - 17 x 17 Plafon LED 12W

Leia mais

LINHA COMERCIAL INCANDESCENTE MINISPOT. VAPOR METÁLICO LAPISEIRA Linha OSRAM CONCENTRA INCANDESCENTE. VAPOR METÁLICO e VAPOR DE SÓDIO

LINHA COMERCIAL INCANDESCENTE MINISPOT. VAPOR METÁLICO LAPISEIRA Linha OSRAM CONCENTRA INCANDESCENTE. VAPOR METÁLICO e VAPOR DE SÓDIO INNESENTE MINISPOT VPOR METÁIO PISEIR inha OSRM ONENTR inha OSRM POWERSTR e OSRM POWERB HI INNESENTE VPOR METÁIO e VPOR E SÓIO inha OSRM POWERSTR HQI EIPSOI, VIOX NV 4Y EIPSOI e HW UZ MIST inha OSRM SSI,

Leia mais

CATÁLOGO DE PRODUTOS

CATÁLOGO DE PRODUTOS CATÁLOGO DE PRODUTOS Compromisso em tornar o Sol a principal fonte de energia do mundo SOLAR 17145 / 17146 LUMINÁRIA SOLAR MINI BALIZADORA ABS 8971 / 8972 / 11315 LUMINÁRIA SOLAR BALIZADORA INOX 16286

Leia mais

1 / 10 Tel: +55 (19) LED Planet Importadora LED Tubes ou Tubular T8

1 / 10 Tel: +55 (19) LED Planet Importadora LED Tubes ou Tubular T8 http://www.ledplanet.com.br/ 1 / 10 LED Planet Importadora LED Tubes ou Tubular T8 Especificação LED Tube T8 600mm 10W - Mod. LP-T8010 Equivalente a fluorescente convencional 600mm 16W ou 20W Parâmetro

Leia mais

c a s e A R Q U I T E T U R A

c a s e A R Q U I T E T U R A c a s e 52 Parede curva, ao lado da recepção, destacada por uma seqüência de fachos luminosos. Ao lado, fachada do hotel. Blue Tree Premium Londrina Por Claudia Sá Luz suave e discreta proporciona conforto

Leia mais

PROJETO: Fontes de iluminação. Enfoque: Elementos Químicos

PROJETO: Fontes de iluminação. Enfoque: Elementos Químicos PROJETO: Fontes de iluminação Enfoque: Elementos Químicos DATA: 2º trimestre de 2015-1ª séries do Ensino Médio ÁREA ENVOLVIDA: Química PROFESSORA: Célia Regina Chiachio Egea 1. INTRODUÇÃO Eistem diversos

Leia mais

Altura do Centro de Luz (A.C.L.)

Altura do Centro de Luz (A.C.L.) Termo Altura do Centro de Luz (A.C.L.) American National Standards Institute (ANSI) Ampéres ("Amps" ou A ) Ângulo do Campo Ângulo do Facho Luminoso Canadian Standard Association (CSA) Candela (cd) Candlepower

Leia mais

Lâmpadas de Descarga (HID)

Lâmpadas de Descarga (HID) Lâmpadas de Descarga (HID) ARTCOLOUR (MH-T) HPLN (Mercúrio) Lâmpada de Multi-Vapor Metálico coloridas, tipo MH-T, consistem de um tubo de descarga em quartzo, contendo vapor de mercúrio em alta pressão

Leia mais

QUERETARO TECNOLOGIA INDUÇÃO MAGNÉTICA LÂMPADAS E LUMINÁRIAS

QUERETARO TECNOLOGIA INDUÇÃO MAGNÉTICA LÂMPADAS E LUMINÁRIAS INDUÇÃO MAGNÉTICA LÂMPADAS E LUMINÁRIAS CATÁLOGO 2014 1. Lâmpadas (Single) Série Vênus Voltagem: 120/220/277, 12/24 Temperatura de Cor: 2700/300/4000/000/600K Índice de Reprodução de Cor: IRC >80 (Ra)

Leia mais

OUR_0009_16_AF_CATALOGO_2016.indd 1

OUR_0009_16_AF_CATALOGO_2016.indd 1 C ATÁ L O G O 2 0 1 6 OUR_0009_16_AF_CATALOGO_2016.indd 1 21/03/16 17:11 SUMÁRIO O mercado mundial de iluminação passa por grande transformação. Nesse cenário, somente fortes empresas, com visão global,

Leia mais

PLANILHA DE SERVIÇOS DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS

PLANILHA DE SERVIÇOS DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS 9 INSTALAÇÕES ELÉTRICAS 9.1 RAMAIS ALIMENTADORES 9.1.1 Barramento de cobre Ø5,16mm (0,187kg/m) m 10,00 25,20 252,00 1,69 9.1.2 Chave seccionadora de média tensão, com fusível incorporado, sem carga, uso

Leia mais

CATÁLOGO DE ILUMINAÇÃO

CATÁLOGO DE ILUMINAÇÃO CATÁLOGO DE ILUMINAÇÃO CATÁLOGO DE ILUMINAÇÃO 2014 CATÁLOGO DE ILUMINAÇÃO Índice EMBUTIDOS HALÓGENAS 01 SOBREPOR HALÓGENAS 05 EMBUTIDOS FLUORESCENTES 06 SOBREPOR FLUORESCENTES 11 EMBUTIDOS VAPOR METÁLICO

Leia mais

EX 18/3 e EX 18/5. EX 19/1-15 e EX 19/1-25 EX 19/1-40

EX 18/3 e EX 18/5. EX 19/1-15 e EX 19/1-25 EX 19/1-40 ILUMINÇÃO PÚLIC EX 18/3 e EX 18/5 Luminária fechada, sem alojamento para reator, corpo, aro e soqueteira em liga de alumínio fundido, refletor interno em chapa de alumínio anodizado, acabamento epóxi na

Leia mais

COMPOSIÇÃO DO LED LIGHT EMITTING EMITTING DIODE. Diodo Emissor de Luz

COMPOSIÇÃO DO LED LIGHT EMITTING EMITTING DIODE. Diodo Emissor de Luz COMPOSIÇÃO DO LED LIGHT EMITTING EMITTING DIODE Diodo Emissor de Luz Um LED é composto por um cristal microscópico, através do qual se faz passar Corrente elétrica, que o obriga a vibrar e a irradiar energia,

Leia mais

Soluções de Eficiência PME. Iluminação Eficiente

Soluções de Eficiência PME. Iluminação Eficiente A iluminação apresenta uma elevada importância no consumo elétrico A iluminação é um elemento essencial na vida moderna, apresentando um peso relevante no consumo de energia elétrica a nível mundial. Também

Leia mais

ET-SE -030 TRAVESSIAS COM LUMINÁRIAS À LED

ET-SE -030 TRAVESSIAS COM LUMINÁRIAS À LED Sumário 1 OBJETIVO 2 2 DOCUMENTOS COMPLEMENTARES 2 3 DEFINIÇÃO 3 4 REQUISITOS ESPECÍFICOS 5 5 DOCUMENTAÇÃO 9 6 GARANTIA 11 Superintendência de Engenharia de Sinalização - SSI Página 1 1 OBJETIVO Estabelecer

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE EQUIPAMENTOS

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE EQUIPAMENTOS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE EQUIPAMENTOS DE ILUMINAÇÃO DE INTERIORES Maio / 2004 GEPEA/EPUSP GRUPO DE ENERGIA DO DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA DE ENERGIA E AUTOMAÇÃO ELÉTRICAS DA ESCOLA POLITÉCNICA DA UNIVERSIDADE

Leia mais

Avanços Tecnológicos e Experiências de Sucesso em Iluminação

Avanços Tecnológicos e Experiências de Sucesso em Iluminação Avanços Tecnológicos e Experiências de Sucesso em Iluminação Abilux Associação Brasileira da Indusria de Iluminação Fórum ANEEL, Brasília 28 de Maio de 2015 Avanços Tecnológicos e Experiências de Sucesso

Leia mais

LUMINÁRIAS COZINHA/ DEPÓSITOS / CIRCULAÇÃO DE SERVIÇO

LUMINÁRIAS COZINHA/ DEPÓSITOS / CIRCULAÇÃO DE SERVIÇO OBRA: PARQUE TECNOLÓGICO DE SOROCABA Av. Itavuvu, 11.777 Sorocaba SP CEP 18078-005 Tel. (15) 3316-2095 Paula Vieria Coordenadora de Compras EMPTS Email: paula.vieira@empts.com.br LUMINÁRIAS COZINHA/ DEPÓSITOS

Leia mais

c a s e A R Q U I T E T U R A

c a s e A R Q U I T E T U R A c a s e 44 Espaço Docelar União Efeitos de luz integram design de interiores Por Claudia Sá Fotos: Luiz Machado UM SANTUÁRIO DOS DOCES E GULOSEIMAS. ASSIM PODE ser definido o espaço Docelar União, inaugurado

Leia mais

2001 2xT26 32W / Folha de dados de luminária

2001 2xT26 32W / Folha de dados de luminária 2001 2xT26 32W - 2001.232.100 / Folha de dados de luminária Emissão luminosa 1: É favor escolher uma imagem de luminária em nosso catálogo de luminárias. 105 90 105 90 75 75 60 60 160 45 45 320 30 15 0

Leia mais

DESCRIÇÃO MARCA/MODELO: CABO COAXIAL PARA TV OHMS COM 60% DE MALHA

DESCRIÇÃO MARCA/MODELO: CABO COAXIAL PARA TV OHMS COM 60% DE MALHA PROCESSO Nº 1 Data 1/09/1 EMPRESA: ENDEREÇO: JUSTIÇA FEDERAL DE GOIÁS SEÇÃO DE COMPRAS END.: RUA 19, Nº - CENTRO GOIÂNIA - GO FONES: (0XX) -17/18/1 FAX: (0XX) -1 CNPJ: 0.9.90/0001- SOLICITAÇÃO DE PROPOSTA

Leia mais

LUMINÁRIA FLUORESCENTE (segurança aumentada)

LUMINÁRIA FLUORESCENTE (segurança aumentada) LUMINÁRIA FLUORESCENTE (segurança aumentada) NA96372-73 NA96534-55 Atmosferas explosivas Zonas 1 e 2, 21 e 22 - Grupos IIA, IIB e IIC Grau de proteção: IP 66/67 NBR IEC 60079-10, NBR IEC 60079-1, NBR IEC

Leia mais