Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "----------------------------------------------------------------------------------------------------"

Transcrição

1 O MAPA DA CONSERVAÇÃO: As últimas paisagens com florestas intactas do planeta Até o momento, os mapas existentes não eram suficientemente precisos ou consistentes para identificar quais áreas de florestas permaneciam intactas, quais foram destruídas e a extensão do dano. Isso dificultou a identificação das áreas de floresta com maior necessidade de proteção. Baseado em imagens de satélite atualizas e de alta definição, e em um conjunto consistente de critérios, o Greenpeace produziu um novo mapamundi das grandes áreas de florestas remanescentes. É uma padronização rigorosa das interpretações das imagens de satélite para permitir comparações globais e análise uniforme sobre a situação das últimas paisagens com florestas intactas no mundo (1). O estudo é o ponto de partida para monitorar as florestas agora e no futuro: um mapa para a conservação Neste estudo, o termo paisagens com florestas intactas se refere a áreas maiores do que 500 quilômetros quadrados. Muitas áreas de floresta menores, com alto valor de conservação e em necessidade de proteção não aparecem nesse mapa. No entanto, foram incluídas sob a terminologia florestas antigas Sumário executivo As últimas florestas antigas do mundo estão sendo destruídas a uma velocidade sem precedentes. Uma área de floresta natural do tamanho de um campo de futebol é derrubada a cada dois segundos (2). Metade da destruição das florestas ocorrida nos últimos 10 mil anos foi registrada nos últimos 80 anos. E metade dessa devastação vem ocorrendo de meados dos anos 70 para cá (3). Cientistas estimam que a Terra está passando pelo sexto maior evento de extinção da história (4). Este é o primeiro a acontecer devido às atividades humanas. Até o momento, os mapas existentes não eram suficientemente precisos ou consistentes para identificar quais áreas de florestas permaneciam intactas, quais foram destruídas e a extensão do dano. Isso dificultou a identificação das áreas de floresta com maior necessidade de proteção. O Greenpeace produziu um novo mapa-mundi das grandes áreas com paisagens de florestas intactas, baseado em imagens de satélite atualizadas e de alta definição, e em um conjunto consistente de critérios. É uma padronização rigorosa das interpretações das imagens de satélite para permitir comparações globais e análise uniforme sobre a situação das últimas paisagens com florestas intactas no mundo.

2 Este estudo mostra que as últimas florestas antigas do planeta estão ameaçadas e que restam menos paisagens com florestas intactas do que se estimava anteriormente. É preciso agir agora para protegê-las. A destruição de florestas antigas não se refere apenas ao desmatamento total, mas também à degradação da floresta a tal ponto que ela não é mais habitat de espécies vegetais e animais. Apenas nos trópicos, mais de 5 milhões de quilômetros quadrados de floresta foram destruídos pela exploração ilegal de madeira e mais 3,5 milhões de quilômetros quadrados foram totalmente desmatados nas últimas décadas (5). Apenas áreas intactas de florestas com milhares de quilômetros quadrados são grandes o suficiente para a manutenção de populações saudáveis de espécies de animais de grande porte. Assim, eles também têm melhores condições para se adaptar às mudanças globais de clima. Para preservar as últimas florestas intactas e a biodiversidade que elas abrigam, devemos proteger grandes áreas contínuas contra a exploração dos recursos florestais em escala industrial. No momento em que uma estrada ou um oleoduto é construído, a floresta e seu precioso equilíbrio de espécies interdependentes começam a ser destruídos. Estes mapas são o ponto de partida para monitorar as florestas agora e no futuro: são mapas para a conservaçao. Governos do mundo todo podem usar esses mapas para identificar quais áreas de florestas se encontram em maior necessidade de proteção e para estabelecer, rapidamente, uma rede global de áreas protegidas. Sumário das descobertas: Menos de 10% da superfície terrestre no mundo permanece como paisagens com florestas intactas. 82 dos 142 países que possuem florestas já perderam toda a cobertura floresta original. A maior parte das últimas grandes áreas intactas de florestas no mundo é formada por dois grandes tipos floresta tropical úmida e floresta boreal. 49% das florestas tropicais estão na América Latina, África, Sudeste Asiático e Pacífico. 44% das florestas boreais estão na Rússia, Canadá e Alasca. A localização das áreas intactas de florestas remanescentes no mundo: 35% estão na América Latina. A maior parte da floresta amazônica está localizada no Brasil, considerado o país com o maior índice anual de desmatamento do mundo. 28 por cento estão na América do Norte. A América do Norte destrói 10 mil quilômetros quadrados de florestas antigas a cada ano. Muitas florestas ao sul do Canadá e nos Estados Unidos se encontram

3 fragmentadas e não possuem corredores ecológicos ou ecossistemas funcionais para grandes mamíferos. 19% estão no Norte da Ásia. O Norte da Ásia abriga a segunda maior floresta boreal do mundo. O tigre siberiano já caminhou através de grandes áreas de florestas da região, mas hoje só pode ser encontrado em uma pequena área intacta de floresta próxima ao Mar do Japão. Apenas 400 espécimes permanecem em seu habita natural e um número duas vezes maior pode ser encontrado em zoológicos. 7% estão no Sudeste da Ásia e Pacífico. As florestas desta região, conhecidas como Florestas do Paraíso, estão sendo destruídas em uma velocidade maior do que qualquer outra floresta no mundo. Grandes áreas intocada já foram derrubadas, 72% na Indonésia e 60% na Papua Nova Guiné. 8% estão na África. O continente africano perdeu a maior parte de suas áreas intactas de floresta nos últimos 30 anos. A indústria madeireira é responsável por destruir grandes áreas e ainda representa a maior ameaça à integridade das florestas africanas. Menos de 3% estão na Europa. Na Europa, mais de 150 quilômetros quadrados de floresta são destruídas a cada ano e as últimas regiões de florestas intactas na Rússia Européia estão desaparecendo rapidamente. Porcentagem de áreas intactas de florestas que estão sob proteção integral (6): Europa 15,5% Sudeste da Ásia 12% África 8.7% América do Norte 6.7% América Latina Tropical 8% Norte da Ásia apenas 4.4% Patagônia 32% Apenas 8% das últimas paisagens com florestas intactas no mundo estão sob proteção integral. Para proteger as áreas intactas de florestas remanescentes no planeta, o Greenpeace demanda de governos: O estabelecimento de uma morátoria para novas atividades em escala industrial em todas as paisagens com florestas intactas. O estabelecimento de uma rede global de áreas protegidas incluindo todas as florestas com alto valor de conservação, paralelamente ao estabelecimento da moratória. O processo deve envolver atores locais e ter o consentimento prévio de populações indígenas e outras comunidades locais. A proibição ao comércio de produtos florestais de origem ilegal ou destrutiva. A garantia de recursos financeiros suficientes para a conservação e o corte de subsídios a atividades que ameaçam as florestas.

4 Introdução As florestas são vitais para o futuro da vida no planeta. Eles abrigam dois terços de todas as espécies terrestres conhecidas de plantas e animais (7), e são lar para milhares de populações indígenas que dependem delas para sua sobrevivência. As florestas também desempenham papel fundamental na manutenção do clima local e global. As últimas florestas antigas do mundo estão sendo destruídas a uma velocidade sem precedentes. Uma área de floresta natural do tamanho de um campo de futebol é derrubada a cada dois segundos (2). Metade da destruição das florestas ocorrida nos últimos 10 mil anos foi registrada nos últimos 80 anos. E metade dessa devastação vem ocorrendo de meados dos anos 70 para cá (3). A destruição das florestas elimina também a diversidade de vida que elas abrigam. A perda e fragmentação de habitats intactos de florestas são a principal razão pela qual muitas espécies de plantas e animais estão ameaçadas de extinção. Animais de grande porte como os grandes primatas, onças, elefantes, girafas e hipopótamos são particularmente vulneráveis à destruição de florestas porque dependem de uma grande área para se alimentar e se movimentar para sobreviver. O ritmo atual de extinção de espécies de plantas e animais é aproximadamente mil vezes mais rápido do que o estimado para períodos anteriores à existência da espécie humana. Cientistas estimam que a Terra está passando pelo sexto maior evento de extinção da história e que essa velocidade deve aumentar 10 vezes até o ano 2050 (8). Biólogos acreditam que as florestas antigas abrigam um vasto número de espécies ainda não conhecidas, que podem desaparecer antes mesmo de termos a chance de conhecê-las. Essa destruição em cadeia ameaça todas as formas de vida, incluindo a nossa. Os governos do mundo devem estabelecer urgentemente uma moratória em novas atividades em escala industrial em paisagens com florestas intactas, a fim de proteger as últimas florestas antigas do planeta. A moratória deve ser mantida até o estabelecimento de planos de conservação adequados, baseados em uma rede global de áreas protegidas e de uso sustentável. Principais descobertas (1): Apenas um qjuinto dos principais tipos de floresta (regiões distintas que poderiam ser denominadas por florestas na ausência de impactos causados por atividades humanas, também chamadas de biomas florestais) permanece como paisagens com florestas intactas (9). Isso equivale a menos de 10% da superfície total do planeta. Alguns tipos de floresta, como a floresta temperada com predominância de

5 espécies de árvores com folhas largas (latifolheada), não possuem praticamente mais nenhuma área intacta. Quatro quintos dos principais tipos de florestas (9) foram degradados, convertidos em plantações ou fragmentados em áreas menores do que 500 quilômetros quadrados por estradas, assentamentos e atividades industriais. No entanto, muitas dessas áreas ainda têm um alto valor de conservação graças à sua raridade, diversidade única de espécies de plantas e animais ou porque são o último refúgio de ecossistemas funcionais em uma região degradada. 66 países ainda possuem paisagens com florestas intactas. Mas, em metade desses países, elas representam menos do que 10% da área total de florestas. As florestas tropicais da América Latina, África, Sudeste da Ásia e Pacífico somam 49% das áreas intactas de florestas remanescentes. Vinte países, incluindo Canadá, Brasil, Rússia, Papua Nova Guiné, República Democrática do Congo, Indonésia, Estados Unidos, Austrália, Chile e China, abrigam mais de 95% das paisagens com florestas intactas remanescentes no mundo. 82 dos 148 países que possuem florestas já perderam toda a sua cobertura florestal original. 44% das áreas intactas de florestas remanescentes são formadas pelas grandes florestas boreais da Rússia, Canadá e Alasca. Apenas 8% das últimas áreas intactas de florestas estão sob proteção integral. Menos de 4% das florestas boreais do Hemisfério Norte estão sob proteção integral Por que as paisagens com florestas intactas são importantes? As florestas antigas abrigam uma incrível diversidade de vida vegetal e animal. Orangotangos, águias, lobos, onças, ursos, gorilas, elefantes, tigres, pássaros, veados, sapos, orquídeas, insetos e, finalmente, as árvores de pequenas mudas a espécies centenárias gigantes. As florestas antigas também fornecem comida, abrigo, remédios, ar puro e água. Elas são fundamentais no equilíbrio do clima regional e global, mitigando secas, enchentes e outros fenômenos climáticos.

6 É fundamental proteger e preservar grandes áreas intactas de florestas para que elas se tornem menos vulneráveis a ameaças vindas de fora de suas fronteiras, como a invasão de espécies exóticas, a seca, perda de umidade e o conseqüente risco de incêndio. Apenas grandes áreas intactas de florestas, com milhares de quilômetros quadrados, são grandes o suficiente para a manutenção de populações saudáveis de espécies de animais de grande porte. A flora e a fauna também têm mais condições de sobreviver a distúrbios naturais como incêndios e tempestades. Tais áreas também apresentam melhores condições de adaptação às mudanças climáticas. Ameaças As principais ameaças aos ecossistemas florestais e, em particular, às florestas antigas são: Exploração ilegal e destrutiva de madeira Conversão da floresta para agricultura e pecuária Construção de estradas e outras obras de infra-estrutura como novos assentamentos, oleodutos e canais navegáveis Mineração e exploração de petróleo e gás natural Construção de represas e hidrelétricas Desmatamento (para lenhas, material de construção, pasto) Caça em excesso e comércio de carne de caça Mudanças climáticas As causas de tais ameaças incluem o padrão insustentável de consumo de madeira, papel e outros produtos florestais, além do aumento da demanda para produtos do setor agropecuário, como carne, soja e óleo de palmeira. Em muitos países, grande parte da terra é controlada por um pequeno grupo de ricos. Isso leva as populações mais pobres cada vez mais para dentro da floresta, em áreas antes inacessíveis. Além disso, políticas perversas para geração de energia, transporte, exploração madeireira e agricultura incentivam a destruição das florestas por exemplo, os subsídios públicos para construção de estradas, atividades agrícolas ou de mineração. A corrupção, falta de governança e o não-cumprimento da legislação florestal permitem que a exploração ilegal e destrutiva de madeira continue ocorrendo sem restrições. Além de destruir a floresta, a prática madeireira feita de forma ilegal e predatória provoca a exploração e empobrecimento de comunidades locais. Também representa uma concorrência desleal com a exploração legal e responsável dos recursos florestais. Durante a ECO-92, reunião das Nações Unidas realizada no Rio de Janeiro, em 1992, governos de todo o mundo concordaram em conservar a biodiversidade (Convenção sobre a Diversidade Biológica, a CDB) e combater as mudanças climáticas. As florestas antigas são vitais para ambos

7 os objetivos. Elas abrigam a maior parte das espécies terrestres de plantas e animais, e impedem que grandes quantidades de carbono sejam liberadas na atmosfera, processo que contribui para as mudanças climáticas. As últimas paisagens com florestas intactas no mundo e sua biodiversidade estão ameaçadas. Mas ainda há tempo para protegê-las. As sete principais regiões de florestas: Região dos Trópicos da América Latina Principais descobertas: 31% das florestas tropicais da América Latina permanecem como paisagens com florestas intactas 34% das áreas intactas de florestas do mundo se encontram nas regiões dos trópicos da América, a maior região de florestas do planeta Mais de 55% de toda a área intacta de florestas da região dos trópicos da América está no Brasil. 11% dos países da região dos trópicos da América Latina já destruíram todas as paisagens com florestas intactas (Bahamas, República Dominicana, El Salvador, Guadalupe, Haiti, Jamaica, Martinica, Porto Rico, Trinidad e Tobago, Santa Lucia e Uruguai). Menos de 10% das florestas em 8 países da região dos trópicos da América Latina permanecem como área de floresta intacta (Nicarágua, Costa Rica, Honduras, Guatemala, Argentina, México, República Dominicana e Cuba). Apenas 8% das paisagens com florestas intactas na região dos trópicos da América Latina encontram-se sob proteção integral. Mais de 95% de toda área intacta de florestas na região dos trópicos da América Latina faz parte do bioma de floresta úmida tropical e subtropical com predominância de espécies de árvores com folhas largas (latifolheada). Em 2005, após pressão do Greenpeace, comunidades locais e outras organizações, o governo brasileiro criou um mosaico de áreas protegidas de 50 mil quilômetros quadrados na região da Terra do Meio, no Pará. A criação do mosaico representa uma das maiores conquistas para a conservação global. As novas áreas protegidas são conectadas com outras unidades de conservação, incluindo terras indígenas. A Bacia Amazônica, na América Latina, é a maior floresta tropical do mundo. Na direção noroeste, ela se estende até as florestas tropicais e montanhosas da América Central. Na direção sudeste, ela se conecta com a Mata Atlântica

8 e outros biomas, como o Cerrado e o Pantanal. Ao sul, ela chega às florestas montanhosas de Yunga, no lado leste da Cordilheira dos Andes. A Amazônia abriga um quinto de toda a água doce do mundo e aproximadamente metade de todas as espécies terrestres de plantas e animais vivem ali. A região é o ultimo refúgio da onça, que vive nas florestas tropicais da América Central e do Sul e circula em áreas maiores do que 800 quilômetros. A Amazônia também é lar de milhões de pessoas, incluindo populações indígenas como os índios Deni, no sudoeste do Amazonas, que sempre viveram em harmonia com a floresta. Quando a floresta desaparece, o modo de vida destas comunidades tradicionais é destruída, bem como a vida de plantas e animais. A maior parte da floresta amazônica está localizada no Brasil, que registra os maiores índices de desmatamento do mundo. As sete principais regiões de florestas: Patagônia Principais descobertas: 34% das florestas da Patagônia permanecem como áreas intactas de florestas. Menos de 1% da paisagem com florestas intactas do mundo está na Patagônia. 82% das áreas intactas de florestas da Patagônia estão no Chile, 18% no sul da Argentina. 32% das paisagens com florestas intactas se encontram sob proteção integral. Mais de 89% de toda a área intacta de florestas da Patagônia estão no bioma de florestas mistas e temperadas com predominância de espécies de árvores com folhas largas (latifolheada). Os 11% restantes são formados por ecossistemas de florestas abertas, de vegetação arbustiva e montanhosos, além de glaciares em paisagens com florestas. Em 2004, os planos de inundar 100 quilômetros quadrados de florestas da Patagônia para a construção de uma barragem pela multinacional canandense do setor de alumínio, Noranda, foram cancelados graças à campanha do Greenpeace e outras organizações. A segunda maior floresta temperada úmida costeira do mundo vai da Patagônia, na América do Sul, passa pelo sul do Chile, na costa do Pacífico,

9 até a Cordilheira dos Andes, seguindo até a fronteira ao sul da Argentina. Isolada de outras regiões de floresta pelos Andes e pelo Pacífico, a Patagônia tem um espectro único e diverso de espécies como as faias do Sul, araucárias e os alerces, parentes das sequóias da Califórnia, com mais de mil anos de idade. A exploração ilegal e destrutiva de madeira e as plantações de árvores provocaram fragmentação e degradação em grande parte dessa floresta, especialmente nas terras baixas da costa e no norte. As áreas intactas de floresta remanescentes se encontram nas montanhas do sul. Nas florestas da Patagônia vivem a rã de Darwin, a raposa de Chilote e o cervo de Pudú, que costumava percorrer áreas da costa até as montanhas mais altas. Atualmente, ele só pode ser encontrado em regiões remotas de altas altitudes, entre 3,3 mil e 5 mil metros, e poucos milhares de espécimes ainda restam. As florestas são também lar para populações indígenas, como os Pehuenche e os Mapuche, que dependem da floresta para manutenção do seu modo de vida. As sete principais regiões de florestas: África Principais descobertas: 12% das florestas africanas permanecem como paisagens com floresta intacta. 8% das paisagens com floresta intacta ficam na África. Mais de 93% das áreas intactas de florestas africanas ficam no Congo, República Democrática do Congo, Gabão e Camarões. 23 países africanos destruíram todas suas áreas de florestas. Menos de 10% das florestas permanecem como áreas intactas de floresta em 10 países africanos (Madagascar, Libéria, Tanzânia, Costa do Marfim, República Centro-Africana, Etiópia, Nigéria, Angola, Uganda e Zâmbia). Apenas 8.7% das áreas intactas de florestas da África estão sob proteção integral. Mais de 93% das paisagens com florestas intactas da África faz parte do bioma de floresta úmida tropical e subtropical com predominância de espécies de árvores com folhas largas (latifolheada). Menos de 1% das áreas intactas de floresta remanescentes na África está dentro do bioma de savana e florestas abertas. Depois de anos de investigações do Greenpeace para expor a exploração ilegal de madeira na África e o comércio ilegal entre a África e a Europa,

10 várias medidas foram tomadas para reformar a indústria madeireira na África. Camarões montou um sistema de monitoramento independente da indústria madeireira e várias empresas do ramo estão, lentamente, mudando para práticas menos destrutivas e mais responsáveis de manejo florestal. A segunda maior floresta tropical úmida do mundo fica na bacia do Congo, o coração verde da África. Ela vai das florestas úmidas do oeste africano às florestas secas, bosques abertos e ecossistemas de vegetação arbustiva (bush land) no sul. A bacia do Congo abriga uma imensa variedade de plantas e mamíferos, incluindo espécies de animais de grande porte como os elefantes. Muitos espécies de animais são endêmicas à floresta do Congo, como o pavão do Congo e o okapi. Muitas espécies não foram sequer descobertas. A região também é lar para três espécies dos grandes primatas: o gorila, o chimpanzé e o bonobo. A alarmante destruição da floresta e da caça clandestina ameaça de extinção todos as espécies de grandes primatas que vivem na região. Milhões de pessoas dependem das florestas da África Central para sua sobrevivência. Fazendeiros Bantus que promovem agricultura de subsistência, comunidades pesqueiras e pigmeus semi-nômades dependem das florestas para conseguir abrigo, remédios e comida. As populações tradicionais dessa região têm uma relação muito particular com a floresta para a manutenção do seu modo de vida. Nos últimos 10 anos, a África tem se esforçado para criar unidades de conservação, mas o manejo da floresta geralmente é pobre ou inexistente. Os esforços para a conservação são frustrados por falta de vontade política, de dinheiro e de pessoal, pela corrupção e, alguns casos, até pela guerra. A África perdeu a maior parte de suas florestas nos últimos 30 anos. A indústria madeireira é responsável por destruir grandes áreas intacats de floresta e continua a ser a maior ameaça para essas regiões. As sete principais regiões de florestas: Sudeste da Ásia e Pacífico Principais descobertas: 11% das floresta na região do sudeste da Ásia e do Pacífico permanecem como paisagens com florestas intactas. 11% das áreas intactas de florestas do mundo estão na região do sudeste da Ásia e do Pacífico. Mais de 57% das áreas intactas de florestas da região do sudeste da Ásia e do Pacífico estão na Indonésia e na Papua Nova Guiné.

11 6 países do Sudeste da Ásia e do Pacífico destruíram todas as suas paisagens com florestas intactas (Bangladesh, Fiji, Nova Caledônia, Paquistão, Sri Lanka e Taiwan). Menos de 10% das áreas intactas de florestas ficam em 10 países do Sudeste da Ásia e do Pacífico (Tailândia, Vanuatu, Malásia, Índia, Laos, China, Filipinas, Vietnã, Nepal e Camboja). 12% das áreas de florestas do sudeste da Ásia e do Pacífico estão sob proteção integral. Mais de 68% das paisagens com florestas intactas do sudeste da Ásia e do Pacífico fazem parte do bioma de floresta úmida tropical e subtropical com predominância de espécies de árvores com folhas largas (latifolheada). A maior parte das áreas intactas de floresta do sudeste da Ásia e do Pacífico fica nas ilhas de Nova Guiné e Bornéu. No Sul da Ásia continental, menos de 3% das florestas permanecem intactas Em 2003, o Greenpeace e organizações parceiras ajudaram populações indígenas (que possuem o direito customário das terras) a expulsar uma companhia da Malásia envolvida com exploração ilegal de madeira para fora de suas terras a oeste da Papula Nova Guiné. Atualmente, o Greenpeace apóia os esforços da comunidade no manejo ecológico e luta para que a empresa, a Concord Pacific (uma subsidiária da Samling) se responsabilize pela destruição que causou. A empresa está sendo processada na Papua Nova Guiné por infração durante a atividade madeireira feita de forma ilegal As florestas da região do sudeste da Ásia e do Pacífico vão da Cordilheira do Himalaia e norte da China, passam pelas Florestas do Paraíso (Indonésia, Papua Nova Guiné e as Ilhas Salomão) e chegam até a Tasmânia e a Nova Zelândia, ao sul. Esse região incrivelmente diversa abriga centenas de populações indígenas e espécies endêmicas, como as 38 espécies da ave do paraíso, encontradas nas ilhas da Nova Guiné. Centenas de novas espécies foram recentemente encontradas na Nova Guiné, além de novos registros de duas espécies raras a ave do paraíso de Berlepsch e uma espécie do canguru dourado arbóreo. Milhões de pessoas dependem das florestas da região para sua sobrevivência e mantêm uma relação singular com a natureza. A diversidade cultural dessas comunidades é impressionante. Existem mais de mil línguas diferentes apenas na Nova Guiné um sexto do total de línguas da Terra. Se o Brasil é o país que destrói as maiores áreas de florestas a cada ano, as Florestas do Paraíso estão sendo destruídas na maior

12 velocidade do planeta. Muitas das grandes áreas intactas de floresta já foram destruídas 72% na Indonésia e 60% na Papua Nova Guiné. Na Papua Nova Guiné, 58 das 260 espécies conhecidas de mamíferos e 33 das 720 espécies conhecidas de pássaros estão ameaçadas. Rinocerontes de Java, que antes passeavam através do sudeste asiático, hoje estão reduzidos a menos de 100 espécimes. Tigres da Sumatra também se encontram ameaçados de extinção, com menos de 500 espécimes vivendo em habitat natural. No final de 2002, a estimativa era de que restavam apenas 3,5 mil orangotangos de Sumatra vivendo em áreas protegidas muito pequenas para garantir sua sobrevivência em longo prazo. As sete principais regiões de florestas: América do Norte Principais descobertas: 38% das florestas da América do Norte permanecem como paisagens com florestas intactas. 28% das áreas intactas de florestas do mundo estão na América do Norte 84% das áreas intactas de floresta da América do Norte estão no Canadá, 16% nos Estados Unidos (principalmente Alasca). Apenas 6.7% das áreas intactas de floresta da América do Norte estão sob proteção integral. Mais de 89% das áreas intactas de floresta da América do Norte fazem parte do bioma de floresta boreal (taiga). Menos de 1% das áreas de floresta intacta da América do Norte faz parte do bioma de floresta mista e temperada com predominância de espécies de árvores com folhas largas (latifolheada) Em 2006, depois de uma campanha do Greenpeace, de comunidades locais e outras organiações não-governamentais, o governo da província de Colúmbia Britânica, no oeste do Canadá, se compromete a proteger mais de 20 mil quilômetros quadrados da Floresta do Grande Urso e melhorar de forma significativa as práticas madeireiras em outras áreas de floresta. Mais de 10 mil quilômetros quadrados de florestas antigas são derrubados todos os anos na América do Norte. Esta destruição tem impactos no futuro de animais e plantas que dependem da floresta, como o urso cinzento, o puma, o caribou e o lobo cinzento. O lobo já foi um dos mamíferos mais comuns da Terra. Mas a população da espécie na América do Norte foi dizimada pela caça e pela destruição das florestas nos últimos 200 anos.

13 Muitas das florestas fragmentadas no sul do Canadá e dos Estadas Unidos, com exceção do Alasca, não possuem corredores ecológicos adequados ou ecossistemas funcionais para mamíferos de grande porte. A destruição das florestas também afeta o sustento de populações indígenas como os Haida, da Ilha de Haida Gwaii, na costa oeste do Canadá, e os Innu, na província de Quebec, no leste do país. Mais de um milhão de índios vivem no Canadá e 80% vivem na e da floresta, dependendo dela para sua sobrevivência física e espiritual. As sete principais regiões de florestas: Europa Principais descobertas: 6.4% das florestas da Europa permanecem como paisagens com florestas intactas. Menos de 3% das áreas intactas de florestas do mundo estão na Europa. Mais de 90% das áreas intacats de floresta da Europa estão na Rússia. 36 países europeus destruíram totalmente suas áreas intactas de florestas. Menos de 5% das floresta são formadas por paisagens com floresta intacta em quatro países europeus (Suécia, Finlândia, Noruega e Romênia). Menos de 16% das áreas intactas de floresta da Europa estão sob proteção integral. Mais de 92% das áreas de floresta intacta da Europa fazem parte do bioma de floresta boreal (taiga). Apenas 1% das áreas de floresta intacta da Europa faz parte do bioma de floresta mista e temperada com predominância de espécies de árvores com folhas largas (latifolheada) Na Rússia européia, A campanha do Greenpeace na Rússia européia contribuiu para o estabelecimento de moratória para 12 áreas de florestas destinadas a concessões para exploração de madeira, envolvendo paisagens com florestas intactas. Atualmente, dois novos parques nacionais estão em processo de criação na região. A maior parte da floresta remanescente da Europa está no extremo norte e nordeste do continente. Ao sul, ela encontra fragmentos de floresta temperada com predominância de espécies de árvores com folhas largas (latifolheada), a mesma que antigamente cobria todo o oeste e o centro da

14 Europa. No extremo sul, estão fragmentos da floresta do Mediterrâneo, florestas abertas e paisagens de arbustos. Apenas 14% das florestas da Europa permanecem como paisagens com florestas intactas. Mais de 90% ficam na Rússia européia, 3% na Finlândia e outros 3% na Suécia. As florestas da região, seus lagos, rios e pântanos cercados por vegetação, são o último refúgio de diversas espécies de animais e plantas, incluindo o urso marrom. Antes, a espécie costumava viver nas florestas espalhadas por todo continente, da Escandinávia e Rússia ao Mar Mediterrâneo. No extremo norte da Europa vivem os povo Komi, Sami e a população indígena Nenets. A destruição das florestas ameaçam cada vez mais a sobrevivência destes povos tradicionais, assim como o de espécies euorpéias de plantas e animais. Mais de 150 quilômetros quadrados de florestas são derrubados todo ano na Europa. As últimas regiões intactas de floresta na Rússia européia estão desaparecendo rapidamente. A indústria madeireira, a construção de estradas, a mineração, os oleodutos, gasodutos e as ferrovias estão reduzindo as paisagens com florestas intactas em pequenos fragmentos. O manejo florestal na Rússia européia são muito pobres, e grandes desmatamentos são registrados. Na Finlândia, algumas das últimas áreas intactas de florestas utilizadas pelos Sami para a criação de renas, prática tradicional, estão sendo derrubadas pelo Serviço de Floresta Finlandês (Metsahallitus). As sete principais regiões de florestas: Norte da Ásia Principais descobertas: Menos de 30% das florestas do Norte da Ásia permanecem como paisagens com florestas intactas. 19% das áreas intactas de florestas do mundo ficam no Norte da Ásia 90% das áreas intactas de florestas do Norte da Ásia ficam na Rússia. 5 países da região destruíram totalmente suas áreas intactas de floresta (Azerbaijão, Irã, Quirguistão, Coréia do Sul e Coréia do Norte). Menos de 5% das áreas intactas de floresta estão em dois países do Norte da Ásia (China e Japão). Apenas 4.4% das áreas intactas de floresta do Norte da Ásia estão sob proteção integral. Mais de 85% das áreas intactas de floresta do Norte da Ásia fazem parte do bioma de floresta boreal (taiga). Apenas 3% das áreas intactas de floresta do Norte da Ásia fazem parte do bioma de floresta mista e temperada com predominância de espécies de árvores com folhas largas (latifolheada).

15 - Campanha do Greenpeace para que a Sibéria fosse considerada Patrimônio Mundial da Unesco contribuiu para a proteção de 195 mil quilômetros quadrados de florestas na região. Grande parte dessa área é formada por paisagens com florestas intactas. Os lugares mais famosos do Patrimônio Mundial no Norte da Ásia com paisagens com florestas intactas são o Lago Baical, os vulcões de Kamtchatka, Altai e as montanhas Sikhote-Alin. A floresta nevada do Norte da Ásia abriga a segunda maior floresta boreal do mundo, principalmente no extremo norte da região. Para o sul e para o leste, a floresta avança para dentro das florestas temperadas. A taiga russa (floresta boreal de coníferas) se desenvolve mesmo em temperaturas de 50 graus centígrados negativos. Apesar das condições extremas, um número incontável de fungos, samambaias, liquens e musgos cresce nessa região. Atravessando milhares de quilômetros, as áreas mudam da tundra, com minúsculos salgueiros e bétulas no extremo norte, para florestas densas de coníferas, frondosas e mistas no sul. Até grandes animais, como o alce, o urso marrom, o lince e o tigre siberiano, que vivem no sudeste, podem encontrar comida suficiente nessas vastas áreas. O tigre siberiano já viveu em grandes áreas do Norte da Ásia, mas hoje só pode ser encontrado numa pequena região de floresta intacta perto do Mar do Japão. Apenas 400 animais sobrevivem em estado selvagem, e quase o dobro deles em zoológicos. Assim como em outras regiões de florestas, as florestas nevadas do Norte da Ásia abrigam centenas de povos nativos. A diversidade de espécies de plantas e animais é maior nas regiões ao sul, de florestas úmidas, entre o rio Amur e o Mar do Japão, do que nas florestas de lariço ao norte da mesma região. A exploração ilegal e destrutiva de madeira é também maior ao sul do que ao norte, e está aumentando com a expansão do comércio de madeira da Rússia com China, Japão e Coréia. O que pode ser feito? Áreas de Proteção Hoje, apenas 8% das paisagens com florestas intactas remanescentes são áreas de proteção integral. Para preservar as últimas florestas do planeta e toda sua biodiversidade, é necessário proteger grandes áreas contínuas contra a exploração industrial. No momento em que uma estrada ou oleoduto é construído, a floresta e o equilíbrio de espécies interdependentes começam a ser destruídos.

16 Mais poder para as comunidades locais No mundo inteiro, mais de um bilhão de pessoas dependem diretamente das florestas para sua sobrevivência diária a floresta é seu lar e fornece comida, remédios e material de construção. Essa relação secular de harmonia e inter-dependência faz dos povos da floresta os maiores guardiões das áreas onde vivem. Em muitas áreas de floresta, comunidades locais têm direitos garantidos por lei de proteger sua terra da exploração dos recursos florestais por empresas madeireiras. No entanto, elas não estão equipadas de forma adequada para enfrentar as empresas que destróem o meio ambiente. O Greenpeace trabalha diretamente com os povos da floresta para ajudá-los a manter seu modo de vida tradicional sem destruir o meio ambiente e pelo seu direito à terra. O Greenpeace também está ajudando a identificar, demarcar e mapear as fronteiras dos territórios dessas comunidades ferramenta fundamental para estabelecer o direito à terra e, assim, garantir a preservação das florestas. Manejo responsável da floresta e certificação FSC A destruição de florestas antigas não se refere apenas ao desmatamento total, mas também à degradação da floresta a tal ponto que ela não é mais habitat de espécies vegetais e animais. Apenas nos trópicos, mais de 5 milhões de quilômetros quadrados de floresta foram destruídos pela exploração ilegal de madeira e mais 3,5 milhões de quilômetros quadrados foram totalmente desmatados nas últimas décadas. O desmatamento e a exploração ilegal de madeira têm destruído e degradado grandes áreas de floresta boreal e temperada. Leis ambientais de proteção à floresta têm sido burladas por empresas madeireiras que prometem selecionar e extrair apenas algumas árvores em áreas de florestas. Mas, na verdade, a exploração é feita sem princípios nem critérios, destruindo grandes áreas de florestas e toda sua biodiversidade, poluindo rios e desrespeitando os direitos das comunidades locais. Essa destruição não se refere apenas ao desmatamento, mas se extende a todas as espécies de plantas e animais, além das comunidades locais, que dependem das florestas para sua sobrevivência física e espirtual. As florestas podem fornecer madeira sem que isso signifique sua destruição. Empresas madeireiras podem praticar princípios e critérios responsáveis na exloração e produção de madeira. O manejo florestal certificado pelo FSC (Conselho de Manejo Florestal),atesta que a retirada da madeira da floresta foi feito de forma responsável, visando o menor impacto ambiental. A extração ilegal de madeira destrói as florestas e representa uma concorrência desleal ao manejo responsável dos recursos florestais madeira ilegal não paga impostos. Atualmente, apenas 2% das áreas de florestas no mundo são certificadas pelo FSC.

17 O que é FSC? O FSC, sigla em inglês do Conselho de Manejo Florestal (Forest Stewardship Council), é um sistema de certificação independente integrado por representantes de empresas madeireiras, organizações ambientalistas e do setor social. A instituição FSC não certifica, mas credencia e monitora entidades certificadoras que se comprometem a aplicar os princípios e critérios adotados pelo FSC. Mundialmente reconhecido, o FSC é o único sistema que tem apoio das grandes ONGs por atender a rígidos padrões ecológicos internacionais, incorporando de forma razoavelmente equilibrada os interesses de grupos sociais, econômicos e ambientais. A certificação é, atualmente, a melhor forma de atestar que o manejo de florestas nativas ou de plantações é realizado de maneira eficaz, ambientalmente adequada, transparente e economicamente viável. O selo FSC também conhecido como selo verde assegura transparência em todo o processo desde a extração da madeira na floresta, passando pelo processamento na indústria até chegar ao consumidor final. Fazendo algo O Greenpeace demanda dos governos: O estabelecimento de uma moratória a novos projetos em escala industrial em todas as áreas intactas de florestas. A criação de uma rede global de área protegidas e de uso sustentável, incluindo as áreas de florestas com alto valor de conservação, paralelamente ao estabelecimento da moratória. O processo de criação e implementação de unidades de conservação deve envolver a participação e o respeito aos direitos das comunidades locais. A proibição ao comércio de produtos florestais de origem ilegal ou predatória. Recursos financeiros suficientes destinados à conservação e corte dos subsídios para práticas que ameaçam as florestas. Você também pode ajudar a proteger as florestas antigas: Exija que o governo não permita a destruição das florestas. Demande medidas urgentes para salvar as últimas florestas antigas do planeta. Pressione os governos para que adotem uma legislação que proíba a importação de produtos florestais de fonte ilegal e predatória. Compre apenas madeira certificada FSC e exija que as lojas se certifiquem sobre a origem legal dos produtos florestais que comercializam.

18 Reduza o consumo de papel, madeira e outros produtos florestais, principalmente os descartáveis, e dê preferência a papel e materiais recicláveis. Visite o site regularmente e se informe sobre como participar das campanhas do Greenpeace em diversos países. Obrigado por ler essa informação. As florestas antigas sustentam toda a vida na Terra. Elas precisam da sua ajuda. Juntos, podemos fazer algo para protegê-las. Metodologia e definições Este estudo se segue à primeira avaliação das paisagens com florestas intactas conduzida pelo World Resource Institute, em 1997, chamada The Last Frontier Forests ( As Últimas Fronteiras de Florestas ). Este novo mapa é uma visão mais atualizado já que foi baseado nas imagens de satélite mais recentes disponíveis atualmente, principalmente dos anos de 2001 e É uma padronização rigorosa das interpretações das imagens de satélite para permitir comparações globais e análise uniforme sobre a situação das últimas paisagens com florestas intactas no mundo. 1. As áreas de florestas (veja definição abaixo) foram identificadas usando dados (10) baseados nas imagens de satélite mais recentes em média-resolução (MODIS). Todas as outras áreas fora desta definição (mais da metade da cobertura terrestre) foram excluídas das avaliações. 2. Os mapas topográficos mostrando estradas, assentamentos e outras obras de infra-estruturas foram usados para excluir todas as áreas de florestas fragmentadas em áreas menores do que 500 quilômetros quadrados. 3. Apenas áreas contínuas maiores do que 500 quilômetros quadrados de acordo com a informação topográfica foram sujeitas a uma análise mais fina da fragmentação e de outros impactos decorrentes de atividades humanas utilizando imagens de satélite de alta resolução (Landsat 7) para identificar as paisagens com florestas intactas (veja definição abaixo). Paisagens com florestas intactas (verde (10) nos mapas) são definidas, neste estudo, como áreas maiores do que 500 quilômetros quadrados e uma largura mínima de 10 quilômetros dentro da área de floresta, que não apresentam traços visíveis de impactos decorrentes de atividades humanas significativos (como desmatamentos e queimadas). Estas paisagens podem incluir também áreas sem cobertura florestal, como os campos da Amazônia, por exemplo. Foram excluídas dessa classificação, zonas-tampões de um quilômetro em volta de regiões com obras de infra-estrutura (estradas, rios,

19 assentamentos) e regiões com marcas de queimadas próximas à infraestrutura humana. Certos impactos humanos não são visíveis do espaço, como pequenas estradas e caminhos na floresta ou, especificamente nas florestas da África Central, onde grandes mamíferos foram dizimados em virtude da caça excessiva. Além disso, impactos de pequena escala (extração seletiva de madeira) que aconteceram há mais de anos, dependendo da região, frequentemente não são visíveis nas imagens de satélite nem é possível distinguir na dinâmica natural da floresta. Os impactos das atividades humanas mais recentes não são mostrados nesse mapa porque as imagens de satélite usadas têm, em média, 4 ou 5 anos. Embora globalmente insignificantes, tudo isso pode levar a superestimativas de paisagens com florestas intactas, apesar das zonastampões de um quilômetro. Apenas a verificação em campo pode proporcionar uma informação mais precisa da realidade local. Áreas de florestas (10) são aquelas com uma densidade de cobertura de dossel de mais de 20%, incluindo áreas com densidade de cobertura menor mas que são totalmente cercadas por áreas de floresta (dados de M. Hansen). Florestas antigas são florestas formadas, em sua maior parte, por fenômenos naturais, com pouco impacto decorrente das atividades humanas. Isso inclui todas as paisagens de florestas intactas mostradas nessa mapa, bem como muitas outras áreas intactas de florestas que aparecem sob a categoria outras áreas de florestas por serem menores que do 500 quilômetros quadrados. Outras áreas de florestas (cinza nos mapas) incluem todas as florestas antigas menores do que 500 quilômetros quadrados. Muitas áreas definidas nesta categoria se encontram degradadas ou são florestas plantadas Para mais informações e referências: Para mapas em alta resolução e metodologia detalhada: Agradecimentos às organizações que participaram da avaliação das paisagens com florestas intactas: Centro de Conservação de Biodiversidade (Rússia); União Sócio-Ecológica Internacional (Rússia); Luonto-Liitto (Liga Natural Finlandesa), Global Forest Watch (Estados Unidos).

A diversidade de vida no planeta. Que animais selvagens você conhece? Em que ambiente natural e continente você acha que eles tem origem?

A diversidade de vida no planeta. Que animais selvagens você conhece? Em que ambiente natural e continente você acha que eles tem origem? A diversidade de vida no planeta Que animais selvagens você conhece? Em que ambiente natural e continente você acha que eles tem origem? Domínios naturais terrestres São extensas áreas geográficas com

Leia mais

Climas e Formações Vegetais no Mundo. Capítulo 8

Climas e Formações Vegetais no Mundo. Capítulo 8 Climas e Formações Vegetais no Mundo Capítulo 8 Formações Vegetais Desenvolvem-se de acordo com o tipo de clima, relevo, e solo do local onde se situam.de todos estes, o clima é o que mais se destaca.

Leia mais

PROTEGENDO AS FLORESTAS DO PLANETA Biodiversidade & Clima

PROTEGENDO AS FLORESTAS DO PLANETA Biodiversidade & Clima UNEP/CBD/COP/9/3: Relatório da SBSTTA13 XIII/2. Revisão da implementação do programa de trabalho sobre Biodiversidade e Florestas PROTEGENDO AS FLORESTAS DO PLANETA Biodiversidade & Clima As mudanças climáticas

Leia mais

www.desmatamentozero.org.br Greenpeace/Daniel Beltra

www.desmatamentozero.org.br Greenpeace/Daniel Beltra Greenpeace/Daniel Beltra www.desmatamentozero.org.br Chega de desmatamento no Brasil As florestas são fundamentais para assegurar o equilíbrio do clima, a conservação da biodiversidade e o sustento de

Leia mais

AULA 4 FLORESTAS. O desmatamento

AULA 4 FLORESTAS. O desmatamento AULA 4 FLORESTAS As florestas cobriam metade da superfície da Terra antes dos seres humanos começarem a plantar. Hoje, metade das florestas da época em que recebemos os visitantes do Planeta Uno não existem

Leia mais

Conjunto de ecossistemas caracterizados por tipos fisionômicos vegetais comuns.

Conjunto de ecossistemas caracterizados por tipos fisionômicos vegetais comuns. OS BIOMAS BIOMAS Conjunto de ecossistemas caracterizados por tipos fisionômicos vegetais comuns. ECOSSISTEMA Comunidade de organismos (biocenose) junto com o ambiente físico e químico (biótopo) no qual

Leia mais

Biomas Brasileiros. 1. Bioma Floresta Amazônica. 2. Bioma Caatinga. 3. Bioma Cerrado. 4. Bioma Mata Atlântica. 5. Bioma Pantanal Mato- Grossense

Biomas Brasileiros. 1. Bioma Floresta Amazônica. 2. Bioma Caatinga. 3. Bioma Cerrado. 4. Bioma Mata Atlântica. 5. Bioma Pantanal Mato- Grossense Biomas Brasileiros 1. Bioma Floresta Amazônica 2. Bioma Caatinga 3. Bioma Cerrado 4. Bioma Mata Atlântica 5. Bioma Pantanal Mato- Grossense 6. Bioma Pampas BIOMAS BRASILEIROS BIOMA FLORESTA AMAZÔNICA

Leia mais

B I O G E O G R A F I A

B I O G E O G R A F I A B I O G E O G R A F I A FLORESTA AMAZÔNICA 2011 Aula XII O bioma Amazônia representa aproximadamente 30% de todas as florestas tropicais remanescentes do mundo e nele se concentra a maioria das florestas

Leia mais

COLÉGIO SÃO JOSÉ PROF. JOÃO PAULO PACHECO GEOGRAFIA 1 EM 2011. Correntes marítimas

COLÉGIO SÃO JOSÉ PROF. JOÃO PAULO PACHECO GEOGRAFIA 1 EM 2011. Correntes marítimas COLÉGIO SÃO JOSÉ PROF. JOÃO PAULO PACHECO GEOGRAFIA 1 EM 2011 Correntes marítimas Correntes marítimas Nas aulas anteriores aprendemos sobre a importância do Sol em nossas vidas. Revimos os movimentos da

Leia mais

DIVERSIDADE DE CLIMAS = DIVERSIDADE DE VEGETAÇÕES

DIVERSIDADE DE CLIMAS = DIVERSIDADE DE VEGETAÇÕES FORMAÇÕES VEGETAIS - Os elementos da natureza mantém estreita relação entre si. - A essa relação, entendida como a combinação e coexistência de seres vivos (bióticos) e não vivos (abióticos) dá-se o nome

Leia mais

Conjunto de ecossistemas caracterizados por tipos fisionômicos vegetais comuns.

Conjunto de ecossistemas caracterizados por tipos fisionômicos vegetais comuns. OS BIOMAS BIOMAS Conjunto de ecossistemas caracterizados por tipos fisionômicos vegetais comuns. ECOSSISTEMA Comunidade de organismos (biocenose) junto com o ambiente físico e químico (biótopo) no qual

Leia mais

Biomas, Domínios e Ecossistemas

Biomas, Domínios e Ecossistemas Biomas, Domínios e Ecossistemas Bioma, domínio e ecossistema são termos ligados e utilizados ao mesmo tempo nas áreas da biologia, geografia e ecologia, mas, não significando em absoluto que sejam palavras

Leia mais

Tarefa online 8º ANO

Tarefa online 8º ANO Tarefa online 8º ANO 1) Estabelecendo-se correlações entre a exploração florestal no Globo e as Zonas Climáticas, pode-se inferir que: 2) O Domínio morfoclimático das pradarias é uma área marcada: a) pelo

Leia mais

Instituição executora do projeto: Centro de Pesquisas Ambientais do Nordeste (CEPAN) Coordenador Geral: Felipe Pimentel Lopes de Melo Coordenador

Instituição executora do projeto: Centro de Pesquisas Ambientais do Nordeste (CEPAN) Coordenador Geral: Felipe Pimentel Lopes de Melo Coordenador Instituição executora do projeto: Centro de Pesquisas Ambientais do Nordeste (CEPAN) Coordenador Geral: Felipe Pimentel Lopes de Melo Coordenador Técnico: Maria das Dores de V. C. Melo Coordenação Administrativa-Financeira:

Leia mais

Nosso Território: Ecossistemas

Nosso Território: Ecossistemas Nosso Território: Ecossistemas - O Brasil no Mundo - Divisão Territorial - Relevo e Clima - Fauna e Flora - Ecossistemas - Recursos Minerais Um ecossistema é um conjunto de regiões com características

Leia mais

ECOSSISTEMA INDIVÍDUO

ECOSSISTEMA INDIVÍDUO Biodiversidade O diversidade biológica - descreve a riqueza e a variedade do mundo natural. As plantas, os animais e os microrganismos fornecem alimentos, remédios e boa parte da matéria-prima industrial

Leia mais

GEOGRAFIA. Professora Bianca

GEOGRAFIA. Professora Bianca GEOGRAFIA Professora Bianca TERRA E LUA MOVIMENTO DA LUA MOVIMENTOS DA TERRA TEMPO E CLIMA Tempo é o estado da atmosfera de um lugar num determinado momento. Ele muda constantemente. Clima é o conjunto

Leia mais

AMÉRICA: ASPECTOS NATURAIS E TERRITORIAIS

AMÉRICA: ASPECTOS NATURAIS E TERRITORIAIS AMÉRICA: ASPECTOS NATURAIS E TERRITORIAIS Tema 1: A América no mundo 1. Um continente diversificado A América possui grande extensão latitudinal e, por isso, nela encontramos diversas paisagens. 2. Fatores

Leia mais

HOTSPOTS. As Regiões Biologicamente mais Ricas e Ameaçadas do Planeta

HOTSPOTS. As Regiões Biologicamente mais Ricas e Ameaçadas do Planeta HOTSPOTS As Regiões Biologicamente mais Ricas e Ameaçadas do Planeta PRESERVANDO AS RIQUEZAS MAIS AMEAÇADAS DA TERRA Conservar a biodiversidade do planeta e demonstrar que as sociedades humanas podem viver

Leia mais

Data: /08/2014 Bimestre: 2. Nome: 8 ANO B Nº. Disciplina: Geografia Professor: Geraldo

Data: /08/2014 Bimestre: 2. Nome: 8 ANO B Nº. Disciplina: Geografia Professor: Geraldo Data: /08/2014 Bimestre: 2 Nome: 8 ANO B Nº Disciplina: Geografia Professor: Geraldo Valor da Prova / Atividade: 2,0 (DOIS) Nota: GRUPO 3 1- (1,0) A mundialização da produção industrial é caracterizada

Leia mais

BIOMAS DO MUNDO TUNDRA, TAIGA E FLORESTAS TEMPERADAS. Aula III

BIOMAS DO MUNDO TUNDRA, TAIGA E FLORESTAS TEMPERADAS. Aula III B I O G E O G R A F I A BIOMAS DO MUNDO TUNDRA, TAIGA E FLORESTAS TEMPERADAS 2011 Aula III AS PRINCIPAIS FORMAÇÕES VEGETAIS DO PLANETA TUNDRA O termo Tundra deriva da palavra finlandesa Tunturia, que significa

Leia mais

Es t i m a t i v a s

Es t i m a t i v a s Brasileiros no Mundo Es t i m a t i v a s Ministério das Relações Exteriores - MRE Subsecretaria Geral das Comunidades Brasileiras no Exterior - SGEB Departamento Consular e de Brasileiros no Exterior

Leia mais

S.O.S. Salvem as Florestas

S.O.S. Salvem as Florestas S.O.S. Salvem as Florestas Henrique Rattner * FEA/USP A taxa de desmatamento no Brasil diminuiu significativamente. 2,8 milhões de ha. da floresta amazônica foram queimados em 2004. No ano passado, foram

Leia mais

A interdependência entre os elementos na BIOSFERA.

A interdependência entre os elementos na BIOSFERA. A interdependência entre os elementos na BIOSFERA. A biosfera contém inúmeros ecossistemas (conjunto formado pelos animais e vegetais em harmonia com os outros elementos naturais). Biomas: conjuntos dinâmicos

Leia mais

EXERCÍCIOS DE REVISÃO PARA A PROVA DE RECUPERAÇÃO - SIMULADO OBS: GABARITO NO FINAL DOS EXERCÍCIOS. QUALQUER DÚVIDA DEIXAR MENSAGEM NO FACEBOOK

EXERCÍCIOS DE REVISÃO PARA A PROVA DE RECUPERAÇÃO - SIMULADO OBS: GABARITO NO FINAL DOS EXERCÍCIOS. QUALQUER DÚVIDA DEIXAR MENSAGEM NO FACEBOOK EXERCÍCIOS DE REVISÃO PARA A PROVA DE RECUPERAÇÃO - SIMULADO OBS: GABARITO NO FINAL DOS EXERCÍCIOS. QUALQUER DÚVIDA DEIXAR MENSAGEM NO FACEBOOK 1. A vegetação varia de local para local baseada, sobretudo,

Leia mais

Terminologia Vegetal Aciculifoliadas folhas em forma de agulha; Latifoliadas folhas largas e grandes; Perenes nunca perdem as folhas por completo; Caducas (decíduas) perdem as folhas antes de secas ou

Leia mais

BIOMAS DO BRASIL. Ecologia Geral

BIOMAS DO BRASIL. Ecologia Geral BIOMAS DO BRASIL Ecologia Geral Biomas do Brasil segundo classificação do IBGE Segundo a classificação do IBGE, são seis os biomas do Brasil: Mata Atlântica Cerrado Amazônia Caatinga Pantanal Pampa O

Leia mais

REVISÃO PARA AV1 Unidade 1 Cap. 1

REVISÃO PARA AV1 Unidade 1 Cap. 1 REVISÃO PARA AV1 Unidade 1 Cap. 1 Continente Americano Prof. Ivanei Rodrigues Teoria sobre a formação dos continentes Transformação da crosta terrestre desde a Pangeia até os dias atuais. A Teoria da

Leia mais

Criado e Desenvolvido por: Todos os direitos são reservados 2015. www.tioronni.com

Criado e Desenvolvido por: Todos os direitos são reservados 2015. www.tioronni.com Criado e Desenvolvido por: Todos os direitos são reservados 2015. www.tioronni.com BIOMAS É um conjunto de vários ecossistemas, que possuem certo nível de homogeneidade. Composto pelo fatores bióticos

Leia mais

As grandes paisagens naturais da Terra. - Regiões Polares: latitudes maiores que 66 Norte e Sul. (critério = latitude)

As grandes paisagens naturais da Terra. - Regiões Polares: latitudes maiores que 66 Norte e Sul. (critério = latitude) As grandes paisagens naturais da Terra - Regiões Polares: latitudes maiores que 66 Norte e Sul. (critério = latitude) > Pólo Norte (Ártico): compreende o Oceano Glacial Ártico, Noruega, Suécia e Finlândia,

Leia mais

BIOMAS DOMÍNIOS VEGETAIS. Jonathan Kreutzfeld

BIOMAS DOMÍNIOS VEGETAIS. Jonathan Kreutzfeld BIOMAS DOMÍNIOS VEGETAIS Jonathan Kreutzfeld FITOGEOGRAFIA É a ciência que estuda a distribuição geográfica dos vegetais de acordo com as suas características. BIÓTOPO: Delimitação de um habitat. Temperatura

Leia mais

GRANDES BIOMAS DO MUNDO

GRANDES BIOMAS DO MUNDO GRANDES BIOMAS DO MUNDO O que é bioma? É um conjunto de ecossistemas terrestres com vegetação característica e fisionomia típica, onde predomina certo tipo de clima. Regiões da Terra com latitudes coincidentes,

Leia mais

Complete com as principais características de cada bioma: MATA ATLÂNTICA

Complete com as principais características de cada bioma: MATA ATLÂNTICA Atividade de Ciências 5º ano Nome: ATIVIDADES DE ESTUDO Complete com as principais características de cada bioma: MATA ATLÂNTICA FLORESTA AMAZÔNICA FLORESTA ARAUCÁRIA MANGUEZAL PANTANAL CAATINGA CERRADO

Leia mais

Nome: Nº: Turma: Geografia. 1º ano Biomas Sílvia fev/08 INTRODUÇÃO

Nome: Nº: Turma: Geografia. 1º ano Biomas Sílvia fev/08 INTRODUÇÃO Nome: Nº: Turma: Geografia 1º ano Biomas Sílvia fev/08 INTRODUÇÃO São conjuntos de ecossistemas terrestres com vegetação característica e fisionomia típica em que predomina certo tipo de clima. São comunidades

Leia mais

VEGETAÇÃO. Página 1 com Prof. Giba

VEGETAÇÃO. Página 1 com Prof. Giba VEGETAÇÃO As formações vegetais são tipos de vegetação, facilmente identificáveis, que dominam extensas áreas. É o elemento mais evidente na classificação dos ecossistemas e biomas, o que torna importante

Leia mais

Aulas de Ciências de 12 a 21 5ª série. A Biosfera A terra, um planeta habitado. Biomas e ambientes aquáticos. Os biomas terrestres

Aulas de Ciências de 12 a 21 5ª série. A Biosfera A terra, um planeta habitado. Biomas e ambientes aquáticos. Os biomas terrestres Aulas de Ciências de 12 a 21 5ª série A Biosfera A terra, um planeta habitado De todos os planetas conhecidos do Sistema Solar, a Terra é o único que apresenta uma biosfera, onde a vida se desenvolve.

Leia mais

AS FORMAÇÕES VEGETAIS DO GLOBO E DO BRASIL

AS FORMAÇÕES VEGETAIS DO GLOBO E DO BRASIL AS FORMAÇÕES VEGETAIS DO GLOBO E DO BRASIL AS FORMAÇÕES VEGETAIS DO GLOBO Formações vegetais do globo AS FORMAÇÕES VEGETAIS DO GLOBO As Grandes Formações Vegetais da Superfície da Terra Tundra Vegetação

Leia mais

MAS O QUE É A NATUREZA DO PLANETA TERRA?

MAS O QUE É A NATUREZA DO PLANETA TERRA? MAS O QUE É A NATUREZA DO PLANETA TERRA? A UNIÃO DOS ELEMENTOS NATURAIS https://www.youtube.com/watch?v=hhrd22fwezs&list=plc294ebed8a38c9f4&index=5 Os seres humanos chamam de natureza: O Solo que é o conjunto

Leia mais

É o estudo do processo de produção, distribuição, circulação e consumo dos bens e serviços (riqueza).

É o estudo do processo de produção, distribuição, circulação e consumo dos bens e serviços (riqueza). GEOGRAFIA 7ª Série/Turma 75 Ensino Fundamental Prof. José Gusmão Nome: MATERIAL DE ESTUDOS PARA O EXAME FINAL A GEOGRAFIA DO MUNDO SUBDESENVOLVIDO A diferença entre os países que mais chama a atenção é

Leia mais

Capítulo 07. Distribuição dos Ecossistemas

Capítulo 07. Distribuição dos Ecossistemas Capítulo 07 Distribuição dos Ecossistemas A terra possui regiões que apresentam características próprias, onde cada uma desenvolve sua flora e fauna típica, sejam elas aquáticas ou terrestres, vindo a

Leia mais

01- O que é tempo atmosférico? R.: 02- O que é clima? R.:

01- O que é tempo atmosférico? R.: 02- O que é clima? R.: PROFESSOR: EQUIPE DE GEOGRAFIA BANCO DE QUESTÕES - GEOGRAFIA - 6º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ============================================================================================= TEMPO ATMOSFÉRICO

Leia mais

AÇÃO DO HOMEM NO MEIO AMBIENTE

AÇÃO DO HOMEM NO MEIO AMBIENTE AÇÃO DO HOMEM NO MEIO AMBIENTE NEVES, Daniela 1 TEIXEIRA, Flávia 2 RESUMO: O Meio Ambiente está sendo destruído, o que acabou ocasionando o aquecimento global que tem sido provocado pela destruição de

Leia mais

CEFETES Curso: Engenharia Elétrica Disciplina: Ciências do Ambiente. Os Biomas do Mundo

CEFETES Curso: Engenharia Elétrica Disciplina: Ciências do Ambiente. Os Biomas do Mundo CEFETES Curso: Engenharia Elétrica Disciplina: Ciências do Ambiente Os Biomas do Mundo OS BIOMAS DO MUNDO Onde quer que haja condições similares, desenvolvem-se ecossistemas similares Uma floresta tropical

Leia mais

BIOMA. dominante. http://www.brazadv.com/passeios_ecol %C3%B3gicos_mapas/biomas.asp

BIOMA. dominante. http://www.brazadv.com/passeios_ecol %C3%B3gicos_mapas/biomas.asp BIOMAS DO BRASIL BIOMA Definição: Bioma, ou formação planta - animal, deve ser entendido como a unidade biótica de maior extensão geográfica, compreendendo varias comunidades em diferentes estágios de

Leia mais

Biomas Brasileiros I. Floresta Amazônica Caatinga Cerrado. Mata Atlântica Pantanal Campos Sulinos ou Pampas Gaúchos

Biomas Brasileiros I. Floresta Amazônica Caatinga Cerrado. Mata Atlântica Pantanal Campos Sulinos ou Pampas Gaúchos Biomas Brasileiros I Floresta Amazônica Caatinga Cerrado Mata Atlântica Pantanal Campos Sulinos ou Pampas Gaúchos Floresta Amazônica Localizada na região norte e parte das regiões centro-oeste e nordeste;

Leia mais

Universidade Federal do Paraná

Universidade Federal do Paraná * Universidade Federal do Paraná * *O que são Biomas? *Bioma é uma unidade biológica ou espaço geográfico caracterizado de acordo com o macroclima, a fitofisionomia (aspecto da vegetação de um lugar),

Leia mais

A AMÉRICA CENTRAL E O CARIBE. Professora:Luiza de Marilac Geografia 8º Ano 2015

A AMÉRICA CENTRAL E O CARIBE. Professora:Luiza de Marilac Geografia 8º Ano 2015 A AMÉRICA CENTRAL E O CARIBE Professora:Luiza de Marilac Geografia 8º Ano 2015 Fragmentação política Sub regiões Ístmica Insular Composição étnica: Euroameríndios Indígenas Afrodescendentes AMÉRICA CENTRAL

Leia mais

OS GRANDES BIOMAS TERRESTRES

OS GRANDES BIOMAS TERRESTRES OS GRANDES BIOMAS TERRESTRES Bioma é uma comunidade de plantas e animais, com formas de vidas e condições ambientais semelhantes, cada bioma é representado por um tipo de vegetação principal que lhe confere

Leia mais

A Biodiversidade é uma das propriedades fundamentais da natureza, responsável pelo equilíbrio e estabilidade dos ecossistemas, e fonte de imenso

A Biodiversidade é uma das propriedades fundamentais da natureza, responsável pelo equilíbrio e estabilidade dos ecossistemas, e fonte de imenso Biodiversidade Pode ser definida como a variedade e a variabilidade existente entre os organismos vivos e as complexidades ecológicas nas quais elas ocorrem. Pode ser entendida como uma associação de vários

Leia mais

BIOMAS BRASILEIROS. Prof.ª Débora Lia Ciências/ Biologia

BIOMAS BRASILEIROS. Prof.ª Débora Lia Ciências/ Biologia BIOMAS BRASILEIROS Prof.ª Débora Lia Ciências/ Biologia BIOMA: É CONJUNTO DE ECOSSISTEMAS TERRESTRES, CLIMATICAMENTE CONTROLADOS, QUE SÃO CARACTERIZADOS POR UMA VEGETAÇÃO PRÓPRIA (RAVEN ET AL., 2001) LOCALIZAÇÃO

Leia mais

TRATADO DAS FLORESTAS DEFINIÇÕES PARA EFEITO DESTE TRATADO

TRATADO DAS FLORESTAS DEFINIÇÕES PARA EFEITO DESTE TRATADO [16] TRATADO DAS FLORESTAS DEFINIÇÕES PARA EFEITO DESTE TRATADO Florestas Naturais são ecossistemas dominados por árvores ou arbustos, em forma original ou quase original, através de regeneração natural.

Leia mais

E C O L O G I A. Incluindo todos os organismos e todos os processos funcionais que a tornam habitável

E C O L O G I A. Incluindo todos os organismos e todos os processos funcionais que a tornam habitável E C O L O G I A Deriva do grego oikos, com sentido de casa e logos com sentido de estudo Portanto, trata-se do estudo do ambiente da casa Incluindo todos os organismos e todos os processos funcionais que

Leia mais

Quadro Geral de Regime de Vistos para a Entrada de Estrangeiros no Brasil

Quadro Geral de Regime de Vistos para a Entrada de Estrangeiros no Brasil Quadro Geral de Regime de Vistos para a Entrada de Estrangeiros no Brasil País Afeganistão África do Sul Albânia Alemanha Andorra Angola Antígua e Barbuda Arábia Saudita Argélia Argentina Armênia Austrália

Leia mais

TERCEIRÃO GEOGRAFIA FRNTE 8 A - aula 25. Profº André Tomasini

TERCEIRÃO GEOGRAFIA FRNTE 8 A - aula 25. Profº André Tomasini TERCEIRÃO GEOGRAFIA FRNTE 8 A - aula 25 Profº André Tomasini Localizado na Região Centro-Oeste. Campos inundados na estação das chuvas (verão) áreas de florestas equatorial e tropical. Nas áreas mais

Leia mais

Professores: Clodoaldo e Jaime

Professores: Clodoaldo e Jaime Professores: Clodoaldo e Jaime A atmosfera é uma camada gasosa que envolve a Terra composta por vários gases. Ela é dividida em camadas de acordo com a altitude e as propriedades físicas, e composição

Leia mais

Proposta de 20 Metas Brasileiras de Biodiversidade para 2020

Proposta de 20 Metas Brasileiras de Biodiversidade para 2020 Proposta de 20 Metas Brasileiras de Biodiversidade para 2020 Propostas encaminhadas pela sociedade brasileira após consulta envolvendo cerca de 280 instituições dos setores: privado, ONGs, academia, governos

Leia mais

América anglo-saxônica. Diferentes povos construíram duas fortes economias

América anglo-saxônica. Diferentes povos construíram duas fortes economias América anglo-saxônica Diferentes povos construíram duas fortes economias A América Desenvolvida Conhecido também como Novo Mundo, a América é sinônimo de miscigenação, desenvolvimento e mazelas sociais.

Leia mais

CORREÇÃO DA ORIENTAÇÃO PARA PROVA TRIMESTRAL = 8º ANO = DIA 25/10 (3ª FEIRA)

CORREÇÃO DA ORIENTAÇÃO PARA PROVA TRIMESTRAL = 8º ANO = DIA 25/10 (3ª FEIRA) CORREÇÃO DA ORIENTAÇÃO PARA PROVA TRIMESTRAL = 8º ANO = DIA 25/10 (3ª FEIRA) BOM ESTUDO Profª Sueli Rocha CONTEÚDO: Os tipos de clima do continente Americano 01 Conceituar clima R: Clima é a seqüência

Leia mais

A importância do continente europeu reside no fato de este ter

A importância do continente europeu reside no fato de este ter Conhecido como velho mundo, o continente europeu limitase a oeste com o Oceano Atlântico, ao sul com o Mediterrâneo, ao norte com o oceano Glacial Ártico e a leste com a Ásia, sendo que os Montes Urais

Leia mais

Nota de trabalho. Estado actual das negociações comerciais multilaterais sobre os produtos agrícolas REPRESENTAÇÃO COMERCIAL

Nota de trabalho. Estado actual das negociações comerciais multilaterais sobre os produtos agrícolas REPRESENTAÇÃO COMERCIAL MISSÃO PERMANENTE DA REPÚBLICA DE ANGOLA JUNTO DA ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS REPRESENTAÇÃO COMERCIAL GENEBRA - SUÍÇA Estado actual das negociações comerciais multilaterais sobre os produtos agrícolas

Leia mais

Floresta Mediterrânea Europeia. Falésias

Floresta Mediterrânea Europeia. Falésias Floresta Mediterrânea Europeia A4 Sombreiros na Floresta Mediterrânea. Foto: Algefoto/Shutterstock.com O clima mediterrâneo é caracterizado por verões secos e invernos chuvosos, com uma média anual de

Leia mais

DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS. Elaborado por: Aziz Ab Saber Contém as seguintes características: clima relevo Vegetação hidrografia solo fauna

DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS. Elaborado por: Aziz Ab Saber Contém as seguintes características: clima relevo Vegetação hidrografia solo fauna DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS Elaborado por: Aziz Ab Saber Contém as seguintes características: clima relevo Vegetação hidrografia solo fauna Domínio Amazônico Clima equatorial Solos relativamente pobres Relevo

Leia mais

Necessidade de visto para. Não

Necessidade de visto para. Não País Necessidade de visto para Turismo Negócios Afeganistão África do Sul Albânia, Alemanha Andorra Angola Antígua e Barbuda Arábia Saudita Argélia. Argentina Ingresso permitido com Cédula de Identidade

Leia mais

Domínios Florestais do Mundo e do Brasil

Domínios Florestais do Mundo e do Brasil Domínios Florestais do Mundo e do Brasil Formações Florestais: Coníferas, Florestas Temperadas, Florestas Equatoriais e Florestas Tropicais. Formações Herbáceas e Arbustivas: Tundra, Pradarias Savanas,

Leia mais

AS FLORESTAS TROPICAIS ÚMIDAS

AS FLORESTAS TROPICAIS ÚMIDAS AS FLORESTAS TROPICAIS ÚMIDAS DIREITOS LEGAIS É consentido o uso deste documento para distribuição gratuita através de impressão ou de outros métodos, mas pede-se que mongabay.com seja sempre citada como

Leia mais

Cerrado Mata Atlântica Caatinga

Cerrado Mata Atlântica Caatinga Biomas brasileiros Um bioma é um conjunto de tipos de vegetação que abrange grandes áreas contínuas, em escala regional, com flora e fauna similares, definida pelas condições físicas predominantes nas

Leia mais

Mineração e Biodiversidade: lições aprendidas por uma mineradora global

Mineração e Biodiversidade: lições aprendidas por uma mineradora global II Congresso de Mineração da Amazônia Mineração e Biodiversidade: lições aprendidas por uma mineradora global Vânia Somavilla Vale - Diretora de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável Novembro de

Leia mais

A vida nos ambientes terrestres

A vida nos ambientes terrestres A U A UL LA Acesse: http://fuvestibular.com.br/ A vida nos ambientes terrestres Atenção Você sabe que muitos animais, plantas e até seres microscópicos vivem na terra - fora dos rios, dos mares e dos lagos.

Leia mais

Aula 14 Distribuição dos Ecossistemas Brasileiros Floresta Amazônica Mais exuberante região Norte e parte do Centro Oeste; Solo pobre em nutrientes; Cobertura densa ameniza o impacto da água da chuva;

Leia mais

B I O G E O G R A F I A

B I O G E O G R A F I A B I O G E O G R A F I A BIOMAS BRASILEIROS 2011 Aula VII BRASIL E VARIABILIDADE FITOGEOGRÁFICA O Brasil possui um território de dimensões continentais com uma área de 8.547.403 quilômetros quadrados. 4.320

Leia mais

FORMAÇÃO VEGETAL BRASILEIRA. DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS Aziz Ab`Saber. Ipê Amarelo

FORMAÇÃO VEGETAL BRASILEIRA. DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS Aziz Ab`Saber. Ipê Amarelo FORMAÇÃO VEGETAL BRASILEIRA DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS Aziz Ab`Saber Ipê Amarelo Fatores que influenciam na distribuição das formações vegetais: Clima 1. Temperatura; 2. Umidade; 3. Massas de ar; 4. Incidência

Leia mais

Distinguir os conjuntos

Distinguir os conjuntos A UU L AL A Distinguir os conjuntos Nesta aula, vamos acompanhar como os geógrafos distinguem conjuntos espaciais diferenciados na superfície da Terra. Vamos verificar que tais conjuntos resultam de diferentes

Leia mais

climáticas? Como a África pode adaptar-se às mudanças GREEN WORLD RECYCLING - SÉRIE DE INFO GAIA - No. 1

climáticas? Como a África pode adaptar-se às mudanças GREEN WORLD RECYCLING - SÉRIE DE INFO GAIA - No. 1 Como a África pode adaptar-se às mudanças climáticas? Os Clubes de Agricultores de HPP alcançam dezenas de milhares ensinando sobre práticas agrícolas sustentáveis e rentáveis e de como se adaptar a uma

Leia mais

PROGRAMA DE AÇÃO A DE COMBATE À DESERTIFICAÇÃO E MITIGAÇÃO DOS EFEITOS DA SECA- PAN-Brasil

PROGRAMA DE AÇÃO A DE COMBATE À DESERTIFICAÇÃO E MITIGAÇÃO DOS EFEITOS DA SECA- PAN-Brasil PROGRAMA DE AÇÃO A NACIONAL DE COMBATE À DESERTIFICAÇÃO E MITIGAÇÃO DOS EFEITOS DA SECA- PAN-Brasil Secretaria de Extrativismo e Desenvolvimento Rural Sustentável Coordenação de Combate à Desertificação

Leia mais

Bioma é um conceito estabelecido para classificar ambientes com base na

Bioma é um conceito estabelecido para classificar ambientes com base na 1 Bioma é um conceito estabelecido para classificar ambientes com base na composição predominante da vegetação. O padrão climático (temperatura e precipitação) representa o principal aspecto utilizado

Leia mais

B I O G E O G R A F I A

B I O G E O G R A F I A B I O G E O G R A F I A BIOMAS DO MUNDO SAVANAS E DESERTOS 2011 Aula VI AS PRINCIPAIS FORMAÇÕES VEGETAIS DO PLANETA SAVANAS As savanas podem ser encontradas na África, América do Sul e Austrália sendo

Leia mais

AUTORAS: NANCY MARTINS DE SÁ STOIANOV

AUTORAS: NANCY MARTINS DE SÁ STOIANOV Geografia AUTORAS: NANCY MARTINS DE SÁ STOIANOV Graduada em História e Pedagogia, Doutora em Filosofia e Metodologia de Ensino, Autora da Metodologia ACRESCER. ANA CONSUELO MARTINS LOPES OLIVEIRA Graduada

Leia mais

O USO DA BIODIVERSIDADE COMO PRESERVAÇÃO AMBIENTAL

O USO DA BIODIVERSIDADE COMO PRESERVAÇÃO AMBIENTAL O USO DA BIODIVERSIDADE COMO PRESERVAÇÃO AMBIENTAL Stefani de Souza Patricia de Freitas Co-autor - Prof. MSc. Cristian Coelho Silva cristian_coelho@yahoo.com.br luscheuer@hotmail.com Palavras-chave: sustentabilidade,

Leia mais

BIOMAS TROPICAIS ecossistemas tropicais florestas tropicais e as savanas.

BIOMAS TROPICAIS ecossistemas tropicais florestas tropicais e as savanas. BIOMAS TROPICAIS Os ecossistemas tropicais se encontram entre as latitudes 22 graus Norte e 22 graus Sul. Os ecossistemas predominantes na maioria das áreas tropicais são as florestas tropicais e as savanas.

Leia mais

O estado de tempo e o clima Elementos e fatores climáticos

O estado de tempo e o clima Elementos e fatores climáticos O estado de tempo e o clima Elementos e fatores climáticos Escola Estadual Desembargador Floriano Cavalcanti PIBID-UFRN Geografia 6º ano O ESTADO DE TEMPO O ESTADO DE TEMPO VARIA: 11H 30M AO LONGO DO DIA

Leia mais

DESENVOLVIMENTO INTELIGENTE

DESENVOLVIMENTO INTELIGENTE DESENVOLVIMENTO INTELIGENTE DOZE PRINCÍPIOS PARA MAXIMIZAR O ESTOQUE DE CARBONO E A PROTEÇÃO AMBIENTAL NAS FLORESTAS DA AMAZÔNIA Baseados nos estudos do Projeto Dinâmica Biológica de Fragmentos Florestais

Leia mais

Conteúdo: Aula 1: Por que a Biosfera é chamada de esfera da vida? Biomassa e biodiversidade Aula 2: Os grandes biomas da superfície da Terra

Conteúdo: Aula 1: Por que a Biosfera é chamada de esfera da vida? Biomassa e biodiversidade Aula 2: Os grandes biomas da superfície da Terra Conteúdo: Aula 1: Por que a Biosfera é chamada de esfera da vida? Biomassa e biodiversidade Aula 2: Os grandes biomas da superfície da Terra 2 Habilidades: Aula 1: Conhecer o que é biosfera; E diferenciar

Leia mais

IMPORTÂNCIA DAS FLORESTAS

IMPORTÂNCIA DAS FLORESTAS ÍNDICE O que é? Importância das florestas; Taxa de Desflorestação Anual; Processo de Desflorestação; Cobertura Florestal no Mundo; Áreas Florestais no Mundo mais ameaçadas; Consequências; Soluções; Curiosidades;

Leia mais

Cap. 4 Paisagens Climatobotânicas

Cap. 4 Paisagens Climatobotânicas Cap. 4 Paisagens Climatobotânicas CLIMA X TEMPO Tempo: são as condições instantâneas, de momento, podem variar de um dia para o outro; Clima: é um estudo estatístico das médias de variações do tempo ao

Leia mais

Cap. 26 De norte a sul, de leste a oeste: os biomas brasileiros. Sistema de Ensino CNEC Equipe de Biologia. Bioma

Cap. 26 De norte a sul, de leste a oeste: os biomas brasileiros. Sistema de Ensino CNEC Equipe de Biologia. Bioma Cap. 26 De norte a sul, de leste a oeste: os biomas brasileiros Sistema de Ensino CNEC Equipe de Biologia Bioma Conjunto de vida, vegetal e animal, constituído pelo agrupamento de tipos de vegetação, condições

Leia mais

Curso de Ecologia da Vegetação. Parte 3: Principais biomas terrestres

Curso de Ecologia da Vegetação. Parte 3: Principais biomas terrestres Universidade Federal de Minas Gerais Instituto de Ciências Biológicas Programa de Pós-Graduação em Biologia Vegetal Curso de Ecologia da Vegetação Parte 3: Principais biomas terrestres Ary T. Oliveira

Leia mais

As grandes paisagens naturais

As grandes paisagens naturais As grandes paisagens naturais Prof. Jutorides Regiões Polares Dividem-se em Ártica e Antártica; Ártica: Norte da Europa, Rússia, Canadá e Groenlândia; Clima: mínima -35oC e máxima 10oC; Vegetação: Tundra

Leia mais

GEOGRAFIA. O texto refere-se ao(à) (A) Índia. (B) Japão. (C) Coréia do Sul. (D) Cingapura. (E) China.

GEOGRAFIA. O texto refere-se ao(à) (A) Índia. (B) Japão. (C) Coréia do Sul. (D) Cingapura. (E) China. GEOGRAFIA 16ª QUESTÃO Com a criação de zonas econômicas especiais, nos últimos anos, este país asiático em transição econômica, do socialismo para o capitalismo, tem adotado uma política de abertura da

Leia mais

Biologia. 1ª série BIOMAS. Profª Reisila Mendes

Biologia. 1ª série BIOMAS. Profª Reisila Mendes Biologia 1ª série BIOMAS Profª Reisila Mendes Bioma Uma área geográfica de ambiente uniforme, caracterizado pelo clima, pelo solo e pela fisionomia de sua vegetação. um sistema de classificar as comunidades

Leia mais

A Mata Atlântica é uma formação vegetal brasileira. Acompanhava o litoral do país do Rio Grande do Sul ao Rio Grande do Norte (regiões meridional e

A Mata Atlântica é uma formação vegetal brasileira. Acompanhava o litoral do país do Rio Grande do Sul ao Rio Grande do Norte (regiões meridional e Mata Atlântica A Mata Atlântica (floresta pluvial costeira) está situada entre o R.N e o R.S. É um dos hotspots (O conceito dos Hotspots, criado em 1988 pelo Dr. Norman Myers, estabeleceu 10 áreas críticas

Leia mais

Os diferentes climas do mundo

Os diferentes climas do mundo Os diferentes climas do mundo Climas do Mundo Mapa dos climas do mundo Climas quentes Equatoriais Tropical húmido Tropical seco Desértico quente Climas temperados Temperado Mediterrâneo Temperado Marítimo

Leia mais

O Brasil no Relatório Mundial sobre Drogas 2008

O Brasil no Relatório Mundial sobre Drogas 2008 O Brasil no Relatório Mundial sobre Drogas 2008 I. Ópio - Consumo De acordo com pesquisas domiciliares [CEBRID 2005], o maior mercado de opiáceos na América do Sul é o Brasil, com cerca de 600 mil usuários,

Leia mais

Carta de Apresentação Documento Coalizão Brasil Clima, Florestas e Agricultura 11/06/15

Carta de Apresentação Documento Coalizão Brasil Clima, Florestas e Agricultura 11/06/15 Carta de Apresentação Documento Coalizão Brasil Clima, Florestas e Agricultura 11/06/15 Formada por associações empresariais, empresas, organizações da sociedade civil e indivíduos interessados na construção

Leia mais

Notas: Este tarifário é taxado de 30 em 30 segundos após o primeiro minuto. Após os 1500 SMS's tmn-tmn grátis ou após os 250 SMS s para outras redes,

Notas: Este tarifário é taxado de 30 em 30 segundos após o primeiro minuto. Após os 1500 SMS's tmn-tmn grátis ou após os 250 SMS s para outras redes, Notas: Este tarifário é taxado de 30 em 30 segundos após o primeiro minuto. Após os 1500 SMS's tmn-tmn grátis ou após os 250 SMS s para outras redes, passa a pagar 0,080. Notas: Este tarifário é taxado

Leia mais

O Amazonas e a bacia amazônica

O Amazonas e a bacia amazônica O Amazonas e a bacia amazônica 1. A descoberta do Amazonas Sabemos, por descobertas arqueológicas, que uma parte do Brasil atual foi habitada 12.000 anos atrás por grupos de caçadores e coletores. A foz

Leia mais

Exercícios Amazônia. Geografia Professor: Claudio Hansen. Material de apoio do Extensivo

Exercícios Amazônia. Geografia Professor: Claudio Hansen. Material de apoio do Extensivo Exercícios Amazônia 1. As florestas contribuem com a fixação de parte do carbono atmosférico do planeta, amenizando o processo do aquecimento global. As queimadas realizadas nessas formações vegetais,

Leia mais

Geografia/Profª Carol

Geografia/Profª Carol Geografia/Profª Carol Recebe essa denominação porque parte dos territórios dos países platinos que constituem a região é banhada por rios que compõem a bacia hidrográfica do Rio da Prata. Países: Paraguai,

Leia mais

Floresta Temperada é um bioma típico do hemisfério norte situado abaixo da Taiga, mais precisamente no leste da América do Norte, Europa, leste da

Floresta Temperada é um bioma típico do hemisfério norte situado abaixo da Taiga, mais precisamente no leste da América do Norte, Europa, leste da Floresta Temperada é um bioma típico do hemisfério norte situado abaixo da Taiga, mais precisamente no leste da América do Norte, Europa, leste da Ásia (Coreia, Japão, e partes da China), sul da Austrália

Leia mais