LEVANTAMENTO DAS INFORMAÇÕES DISPONIBILIZADAS NA REDE MUNDIAL DE COMPUTADORES PELOS LEGISLATIVOS E EXECUTIVOS MUNICIPAIS DO RS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "LEVANTAMENTO DAS INFORMAÇÕES DISPONIBILIZADAS NA REDE MUNDIAL DE COMPUTADORES PELOS LEGISLATIVOS E EXECUTIVOS MUNICIPAIS DO RS"

Transcrição

1 LEVANTAMENTO DAS INFORMAÇÕES DISPONIBILIZADAS NA REDE MUNDIAL DE COMPUTADORES PELOS LEGISLATIVOS E EXECUTIVOS MUNICIPAIS DO RS O controle social, compreendido como a participação do cidadão no planejamento, na fiscalização e no controle da gestão pública, é um dos temas de maior destaque na Administração Pública contemporânea, e tido como elemento essencial para a consolidação da democracia no País. A participação popular na Administração Pública encontra amparo constitucional especialmente nos arts. 1º, parágrafo único, 10, 37, 3º, 187, 194, VII, 198, III, 204, II, 206, VI e 216, 1º, assim como os instrumentos de controle nos arts. 5º, XXXIII, LXXI, e LXXIII e no art. 74, 2º, todos da Lei Maior. Essa participação ocorre, entre outros mecanismos, através das ouvidorias dos órgãos públicos, conselhos (exemplificativamente da Saúde, Educação e Assistência Social), consultas públicas e audiências públicas. No plano infraconstitucional, a Lei Complementar nº 101/2000 afirmou e alargou essas possibilidades, o que se viu ainda mais ampliado com a Lei Complementar nº 131/2009, que obriga a União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios a divulgarem, em tempo real, em meios eletrônicos, informações detalhadas sobre a execução orçamentária e financeira. Nesse sentido, a internet passou a ser uma das principais ferramentas de controle social. Conforme o Presidente do Tribunal de Contas do Estado, Conselheiro Cezar Miola, foi com o objetivo de verificar as informações disponíveis nos respectivos portais que o TCE promoveu levantamento junto a todos os Legislativos e Executivos municipais do Estado do Rio Grande do Sul, relativamente a quadro de pessoal, concursos públicos, licitações, obras, execução orçamentária e financeira, estatísticas sobre gastos com educação, saúde, legislação, estrutura organizacional e notícias veiculadas. 1

2 Do universo de 992 órgãos jurisdicionados (Poderes Legislativo e Executivo Municipais), para os quais foi encaminhada a Requisição de Informações TCE-RS nº 02/2010, que trata de levantamento, na forma eletrônica, sobre os dados disponibilizados na rede mundial de computadores (internet), obteve-se um índice de atendimento de 99,80%, com órgãos que responderam ao questionário. O levantamento contemplou doze tópicos, escolhidos por sua relevância, organizados em oitenta e uma questões, a serem respondidas pelo responsável pelo Controle Interno do Município tanto para o Poder Executivo quanto para o Poder Legislativo Municipal inicialmente, durante o período de 21 de setembro a 1º de outubro de 2010, prazo que foi ampliado até o final de dezembro do mesmo exercício, por tratar-se de uma das primeiras experiências em formato eletrônico, vinculada a uma estrutura de certificação digital, denominada TCEnet. 2. O acesso ao sistema denominado Controle Interno Requisição de Informações se dá diretamente pelo Portal do Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul (www.tce.rs.gov.br). Encerrada a fase de remessa de informações pelos próprios representantes do Controle Interno Municipal, os resultados apurados passaram por um processo de validação, que consistiu na conferência das respostas por meio de acesso aos endereços eletrônicos informados pelos jurisdicionados. Considerando os acelerados processos de inovação que notabilizam essa área específica e tendo em vista que o fechamento da validação de dados deu-se em , é possível que, pontualmente, possa ter ocorrido alguma alteração de cenário. Por isso, novo levantamento deverá ser realizado no primeiro semestre de Além disso, nos próximos meses o Tribunal de Contas deverá editar resolução definindo diretrizes básicas quanto ao conteúdo e abrangência das informações que deverão ser veiculadas nos sítios a serem mantidos pelos entes jurisdicionados na internet. 1 Apenas a Prefeitura e a Câmara Municipal de Canguçu não responderam à Requisição nº 02/ O TCEnet corresponde à estrutura que permite o acesso aos sistemas, aplicações e programas informatizados disponibilizados pelo Tribunal de Contas do Estado, por intermédio de um certificado digital, denominado e-tcenet. 2

3 Dessa forma, refere o Presidente Cezar Miola, o TCE auxiliará sobretudo os municípios no cumprimento do que dispõe a Lei Complementar nº 131/2009, além de contribuir para o cumprimento, na plenitude, do princípio da transparência. A partir das informações dos 990 órgãos que responderam ao questionário, e da validação dessas informações pelo TCE, apresentam-se, a seguir, os resultados do diagnóstico realizado. 3

4 1 Disponibilização de informações na rede mundial de computadores Em relação à questão principal, O órgão disponibiliza informações na rede mundial de computadores?, 752 responderam Sim, enquanto 238 responderam Não. O órgão disponibiliza informações na rede mundial de computadores? Sim 75,96% Não 24,04% Esses 752 órgãos, ou 75,96% do total, são representados por 437 Prefeituras e 315 Câmaras Municipais que responderam afirmativamente à questão. A partir da classificação dos 990 órgãos pelo número de habitantes do Município a que pertencem, obtém-se a seguinte representação gráfica em relação à mesma questão: 4

5 Quantidade de órgãos que disponibilizam informações na rede munidal de computadores Classificação por número de habitantes 100,00% 74,12% 97,92% 94,12% 50,00% 25,88% 2,08% 5,88% 0,00% S N S N S N Até hab. Entre e hab. Acima de hab. Faixa de Habitantes* Resposta SOMA % SIM ,12% Até habitantes NÃO ,88% SOMA % SIM 47 97,92% Entre e habitantes NÃO 1 2,08% SOMA % SIM 32 94,12% Acima de habitantes NÃO 2 5,88% SOMA % Fonte: Tabela de Habitantes. Resolução nº 6/2010 do Instituto Brasileiro de Estatística (IBGE), publicada no Diário Oficial da União, em 4 de novembro de Em 4 de novembro de 2010, o IBGE publicou no Diário Oficial da União os resultados do Censo 2010 (Resolução IBGE nº 6, de 3 de novembro de 2010), com informações sobre a população residente nas 27 Unidades da Federação e seus Municípios em 1º de agosto de 2010, data de referência da pesquisa. 5

6 Quando respondida afirmativamente a questão sobre a disponibilização de informações na internet, o órgão era levado a indicar o endereço do respectivo site. Nessa verificação, constatou-se que a página da FAMURS Federação dos Municípios do RS (www.famurs.com.br) foi a única indicação de 75 órgãos, sendo que outras 17, além dessa, apontaram, complementarmente, a página do próprio TCE (www.tce.rs.gov.br) e/ou a do Sistema de Coleta de Dados Contábeis dos Entes da Federação SISTN (www.sistn.caixa.gov.br). Outras 18 disponibilizam informações exclusivamente na página da Confederação Nacional dos Municípios CNM (www.cnm.org.br), e as restantes em seus próprios sites. A propósito, observa-se que as informações relativas às Prefeituras e Câmaras Municipais não são de fácil localização nos sites da FAMURS e CNM. Relativamente aos dados municipais publicizados pelo TCE e pela Caixa Federal (SISTN) em seus portais, é de se registrar que essas disponibilizações, embora complementares, não substituem a necessidade de que os próprios órgãos, em atendimento às exigências legais específicas, também o façam em seus próprios sites. 6

7 2 Contratação de serviços de hospedagem do site Considerando os 752 órgãos que disponibilizam informações na rede mundial de computadores, buscou-se apurar quantos contratam serviço de hospedagem e qual o custo médio mensal pago por esse serviço. Segundo o levantamento, o serviço é contratado por 415 órgãos 268 Prefeituras e 147 Câmaras Municipais, correspondendo a 41,92% dos que utilizam a internet como meio de disponibilização de informações à sociedade. Desses 415 órgãos, apenas 409 informaram o valor das despesas mensais com a contratação desse serviço. Agrupados por faixas de valores, obtém-se a seguinte representação gráfica dos dispêndios informados: Levantamentos dos custos de serviços de hospedagem dos sites até R$ 100, Acima de R$ 100 e até R$ 250,00 Acima de R$ 250,00 e até R$ 500, Acima de R$ 500,00 e até R$ 1.000,00 Acima de R$ 1.000,00 e até R$ 2.000, Acima de R$ 2.000,00 e até R$ 5.000,00 Acima de 5.000,00 7

8 3 Informações relativas ao Quadro de Pessoal A maioria dos órgãos (867) informa que não publica dados relativos ao Quadro de Pessoal na internet. Das 123 que responderam positivamente, 51 são Prefeituras e 72 são Câmaras Municipais. Informações relativas ao quadro de pessoal NÃO 87,58% SIM 12,42% Quando a questão se refere à disponibilização pública da relação nominal dos servidores de forma genérica, apenas 7,98% dos órgãos respondem afirmativamente. Desses, 27 são Prefeituras e 52 são Câmaras Municipais 8

9 O detalhamento dos dados quanto à relação nominal dos servidores apresentou o seguinte resultado: Do levantamento, identificou-se que apenas três órgãos apresentam todas as informações solicitadas. Um dos Municípios informou, em campo específico, que disponibiliza a relação de servidores por Secretaria. Outros 13 órgãos responderam que publicam Outras Informações relacionadas à nominata de servidores sem, entretanto, indicá-las. 9

10 Na seqüência, questionou-se sobre a existência de informações detalhadas sobre os servidores ativos. Do total, 3,13% disponibilizam dados sobre servidores concursados; 3,94% apresentam informações sobre os cargos em comissão e apenas 1,72% sobre os servidores contratados emergencialmente. A maior parte das informações publicizadas referem-se aos agentes políticos, pois 27 Prefeituras e 52 Câmaras Municipais, representando 7,98% do total, apresentam dados a respeito. A partir desse levantamento, verificou-se que 15 órgãos apresentam todas as informações destacadas. 10

11 3.2 Informações sobre cargos criados, providos e vagos Do levantamento, apurou-se que 24 Prefeituras e 28 Câmaras Municipais, correspondendo a 7,37% do total, informam que a relação de cargos de seus órgãos constam na internet. Entretanto, essas informações são reduzidas quando o detalhamento chega ao número de cargos criados, providos e vagos: - 19 Prefeituras e 14 Câmaras Municipais disponibilizam informações sobre cargos criados; - 11 Prefeituras e 9 Câmaras Municipais disponibilizam informações sobre cargos providos; e 11

12 cargos vagos. TRIBUNAL DE CONTAS ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL - 8 Prefeituras e 8 Câmaras Municipais disponibilizam informações sobre Do levantamento, identificou-se que 7 Câmaras e 8 Prefeituras Municipais apresentam todas as informações solicitadas. 12

13 3.3 Informações sobre a Tabela de Vencimentos Quando a matéria trata da Tabela de Vencimentos dos servidores, verifica-se que 94,65% do total dos órgãos que fizeram parte deste levantamento não disponibilizam esse tipo de informação na rede mundial de computadores. Por outro lado, 24 Prefeituras e 29 Câmaras Municipais atendem a este requisito. 13

14 3.4 Informações sobre Diárias A relação de diárias pagas aos servidores, em virtude de deslocamentos em objeto de serviço, são disponibilizadas por 66 órgãos (6,67%), sendo que, dentre eles, 46 são Câmaras e apenas 20 são Prefeituras Municipais. resultado: O detalhamento das informações sobre diárias apresentou o seguinte 14

15 Ou seja: - 13 Prefeituras e de 36 Câmaras divulgam o motivo do deslocamento; - 13 Prefeituras e 37 Câmaras Municipais informam o destino; do beneficiário; - 12 Prefeituras e 35 Câmaras disponibilizam as datas de saída e de retorno - 19 Prefeituras e de 42 Câmaras divulgam o valor total das diárias pagas; - 17 Prefeituras e 41 Câmaras Municipais informam a quantidade de diárias recebidas por beneficiário; e - 20 Prefeituras e 46 Câmaras Municipais divulgam o nome do beneficiário. Identificou-se, ainda, que 40 órgãos, entre Prefeituras e Câmaras Municipais, disponibilizam todas essas informações. 15

16 4 Informações sobre concursos públicos Informações relativas a concursos públicos são disponibilizadas por 260 órgãos (26,26%). Dentre eles, 45 são Câmaras e 215 são Prefeituras Municipais. Pelo gráfico a seguir, observa-se que o detalhamento das informações sobre concursos públicos apresentou o seguinte resultado: - 24,95% do total, que correspondem a 43 Câmaras e 204 Prefeituras, disponibilizam informações sobre editais de concursos; - 18,79% do total, que correspondem a 36 Câmaras e 150 Prefeituras Municipais disponibilizam informações sobre concursos em andamento; - 19,80% do total, que correspondem a 36 Câmaras e 160 Prefeituras Municipais, disponibilizam informações sobre as etapas do certame; - 20,40% do total, que correspondem a 36 Câmaras e 166 Prefeituras Municipais, disponibilizam a nominata dos candidatos classificados; e - 7,37% do total, que correspondem a 11 Câmaras e 62 Prefeituras Municipais, disponibilizam outras informações relacionadas à materia, tais como: demais atos relacionados ao concurso público, site da empresa contratada para a realização do certame, informações sobre as fases recursais, gabaritos, bibliografia relacionada e portarias de nomeação. 16

17 informações 4. Identificou-se, ainda, que 155 órgãos disponibilizam todas essas 4 Considerando informações sobre editais de concurso, concursos em andamento, etapas do certame e nominata dos candidatos classificados. 17

18 5 - Informações sobre procedimentos licitatórios Informações sobre os procedimentos licitatórios são disponibilizadas por 328 órgãos (33,13% do total), sendo que, desses, 70 são Câmaras e 258 são Prefeituras Municipais. O detalhamento das informações sobre os procedimentos licitatórios apresentou o seguinte resultado: 18

19 Ou seja: - 20% do total de órgãos, que correspondem a 43 Câmaras e 155 Prefeituras Municipais, disponibilizam informações sobre as licitações realizadas; - 23,03% do total de órgãos, que correspondem a 40 Câmaras e 188 Prefeituras Municipais, disponibilizam informações sobre as licitações em andamento; - 6,57% do total de órgãos, que correspondem a 13 Câmaras e 52 Prefeituras Municipais, disponibilizam informações sobre os procedimentos com dispensa de licitação; - 6,16% do total de órgãos, que correspondem a 13 Câmaras e 48 Prefeituras Municipais, disponibilizam informações sobre os procedimentos com inexigibilidade de licitação; - 31,11% do total de órgãos, que correspondem a 61 Câmaras e 247 Prefeituras Municipais, disponibilizam os editais relativos aos procedimentos licitatórios; - 2,83% do total de órgãos que correspondem a 9 Câmaras e 19 Prefeituras Municipais, disponibilizam informações sobre todos os licitantes; e - 5,86% do total de órgãos, que correspondem a 7 Câmaras e 51 Prefeituras Municipais, disponibilizam outras informações sobre procedimentos licitatórios, tais como: atas de julgamento, adendos, avisos, extratos de contratos e relação de documentos necessários para cadastro de fornecedores. Identificou-se, ainda, que 14 órgãos disponibilizam todas as informações solicitadas 5. 5 Considerando os seguintes itens: licitações realizadas, em andamento, dispensadas, inexigíveis, disponibilização de editais e informações sobre os licitantes. 19

20 6 Informações sobre obras públicas Informações sobre obras públicas são disponibilizadas por 53 órgãos (5,35% do total), sendo que, desses, 8 são Câmaras e 45 são Prefeituras Municipais. resultado: O detalhamento das informações sobre obras públicas apresentou o seguinte 20

21 Ou seja: - 3,33% do total, que correspondem a 4 Câmaras e 29 Prefeituras Municipais, disponibilizam informações sobre as obras em andamento; - 3,13% do total, que correspondem a 3 Câmaras e 28 Prefeituras Municipais, disponibilizam informações sobre obras concluídas; - 0,91% do total, que correspondem a 1 Câmara e 8 Prefeituras Municipais, disponibilizam informações sobre obras paralisadas; - 3,54% do total, que correspondem a 6 Câmaras e 29 Prefeituras Municipais, disponibilizam informações sobre o valor da obra contratada; - 3,43% do total, que correspondem a 7 Câmaras e 27 Prefeituras Municipais, disponibilizam informações sobre a empresa responsável pela execução da obra; e - 1,82% do total, que correspondem a 2 Câmaras e 16 Prefeituras Municipais, disponibilizam outras informações relativas a obras públicas, tais como: origem dos recursos, projetos, contratos, data de conclusão e links com outras informações úteis a respeito da matéria. Merece destaque o fato de quatro órgãos terem indicado o SISCOP Sistema de Acompanhamento de Obras Públicas do TCE-RS como fonte de informações sobre obras públicas. No entanto, alerta-se que, embora as informações veiculadas no Portal do TCE-RS sejam de interesse público, essa disponibilização, conforme já referido, não substitui a necessidade de o órgão publicar tais informações em próprio site, em atendimento às exigências legais específicas. Do levantamento realizado, identificou-se que 8 órgãos disponibilizam todas as informações sobre o tema obras públicas 6. 6 Considerando os seguintes itens: obras em andamento, concluídas, paralisadas, valor contratado e empresa executora. 21

22 7 Informações sobre a Execução Orçamentária e Financeira Informações sobre a execução orçamentária e financeira são disponibilizadas por 421 órgãos (42,53% do total), sendo que, desses, 144 são Câmaras e 277 são Prefeituras Municipais. 7.1 Informações sobre a execução da despesa Quando as informações sobre a execução orçamentária e financeira referem-se especificamente à Despesa, o número de órgãos que as disponibiliza é reduzido para 353 (35,66% do total), sendo que, dentre eles, 116 são Câmaras e 237 são Prefeituras Municipais. 22

23 O detalhamento das informações sobre a execução financeira e orçamentária da despesa apresentou o seguinte resultado: 23

24 - 10,20% do total, que correspondem a 38 Câmaras e 63 Prefeituras Municipais, disponibilizam o valor da despesa empenhada (valores individualizados); - 6,46% do total, que correspondem a 24 Câmaras e 40 Prefeituras Municipais, disponibilizam o valor da despesa liquidada (valores individualizados); - 5,76% do total, que correspondem a 22 Câmaras e 35 Prefeituras Municipais, disponibilizam o valor da despesa paga (valores individualizados); - 11,41% do total, que correspondem a 43 Câmaras e 70 Prefeituras Municipais, informam a pessoa física ou jurídica beneficiária do pagamento (credor); e - 10,30% do total, que correspondem a 39 Câmaras e 63 Prefeituras Municipais, informam sobre o bem adquirido ou serviço contratado. O detalhamento da despesa, tendo por base a sua classificação orçamentária, apresentou o seguinte resultado: 24

25 - 18,59% do total, que correspondem a 65 Câmaras e 119 Prefeituras Municipais, disponibilizam informações sobre a unidade orçamentária que realizou a despesa; - 19,60% do total, que correspondem a 59 Câmaras e 135 Prefeituras Municipais, disponibilizam informações sobre a despesa discrimindo-a por função 7 ; - 18,89% do total, que correspondem a 58 Câmaras e 129 Prefeituras Municipais, disponibilizam informações sobre a despesa discrimindo-a por subfunção 8 ; - 18,48% do total, que correspondem a 64 Câmaras e 119 Prefeituras Municipais, disponibilizam informações sobre a natureza da despesa; e - 12,22% do total, que correspondem a 43 Câmaras e 78 Prefeituras Municipais, disponibilizam informações sobre a fonte de recursos que financiou o gasto. Do levantamento realizado, identificou-se que 38 órgãos disponibilizam todas as informações solicitadas sobre a execução financeira e orçamentária da despesa 9. 7 Segundo a Portaria do Ministério de Orçamento e Gestão (MOG) nº 41, de 14 de abril de 1999, Função é o maior nível de agregação das diversas áreas de despesa que competem ao setor público (art. 1º, 1º). 8 A subfunção representa uma partição da função, visando a agregar determinado subconjunto de despesa do setor público (art. 1º, 3, da Portaria MOG nº 41, de 1999). 9 Considerando os seguintes tópicos: valor individualizado por empenho, liquidação e pagamento; classificação orçamentária, especificando a unidade orçamentária, a função, a subfunção, a natureza da despesa e a fonte de recursos que financiou o gasto; a pessoa física ou jurídica beneficiária do pagamento e o bem fornecido ou o serviço prestado. 25

26 7.2 Informações sobre a receita Tendo por base as informações prestadas pelas 495 Prefeituras Municipais que responderam ao questionário, a execução orçamentária e financeira da receita é disponibilizada por 249 órgãos, correspondendo a 50,30% do total. Informações das Prefeituras Municipais sobre a Execução Orçamentária e Financeira RECEITA Não 49,70% Sim 50,30% O detalhamento da execução orçamentária e financeira da receita, baseado nas informações prestadas pelas 495 Prefeituras Municipais que responderam ao questionário, apresentou o seguinte resultado: 26

27 - 192 Prefeituras Municipais (38,79% do total) disponibilizam informações sobre suas receitas próprias; Prefeituras Municipais (34,95% do total) disponibilizam informações sobre as transferências recebidas do Estado; Prefeituras Municipais (35,35% do total) disponibilizam informações sobre as transferências recebidas da União; Prefeituras Municipais (42,42% do total) disponibilizam informações sobre o valor da receita prevista; e Prefeituras Municipais (48,28% do total) disponibilizam informações sobre o valor da receita arrecadada. 27

28 Do levantamento realizado, identificou-se que 143 Prefeituras Municipais disponibilizam todas as informações especificadas no questionário acerca da execução orçamentária e financeira da receita Considerando: receitas próprias, transferências do Estado e da União, valores previstos e arrecadados. 28

29 7.3 Informações sobre a periodicidade das informações relativas à execução orçamentária Dos 990 órgãos que responderam ao questionário, 406 informaram a periodicidade em que disponibilizam informações sobre a execução orçamentária. Destaca-se que este tópico permitia a indicação de diversos períodos simultaneamente, fato que ensejou um total de 505 respostas. O resultado da compilação dessas informações consta no gráfico a seguir: 29

30 8 e 9 Disponibilização de informações sobre Educação e Saúde Informações e dados estatísticos sobre os gastos com Educação são disponibilizados por 199 órgãos (20,10% do total), sendo que 12 são Câmaras e 187 são Prefeituras Municipais. Quando a matéria refere-se aos gastos com Saúde, informações e dados estatísticos são disponibilizados por 12 Câmaras e 177 Prefeituras Municipais, totalizando 189 órgãos (19,09% do total). 30

31 10, 11 e 12 Informações sobre legislação, estrutura organizacional e notícias Informações sobre legislação e outras normas municipais, estrutura organizacional e notícias são disponibilizadas, respectivamente, por 33,54%, 29,39% e 50% do total de órgãos participantes do levantamento. Ou seja, 139 Câmaras e 193 Prefeituras Municipais disponibilizam legislação e/ou normas; 72 Câmaras e 219 Prefeituras oferecem informações sobre sua estrutura organizacional; e 175 Câmaras e 320 Prefeituras Municipais publicam notícias em suas páginas na internet. 31

32 RANKING A partir das respostas afirmativas às questões lançadas, com exceção daquelas que constaram nos campos destinados a Outras Informações, apresenta-se o ranking dos órgãos que disponibilizam o maior número de informações na rede mundial de computadores: Classificação 1º Órgão PM DE CACHOEIRINHA PM DE PORTO ALEGRE 2º PM DE SANTA MARIA 3º PM DE ARAMBARÉ 4º PM DE CACHOEIRA DO SUL 5º CM DE ARAMBARÉ CM DE CARAZINHO 6º CM DE PORTO ALEGRE 7º CM DE BENTO GONÇALVES 8º PM DE PELOTAS PM DE SÃO JOSÉ DOS AUSENTES 9º PM DE CACEQUI PM DE PROTÁSIO ALVES PM DE SÃO PEDRO DA SERRA 10º PM DE BARÃO PM DE CAXIAS DO SUL 11º CM DE CAXIAS DO SUL PM DE NOVA PETRÓPOLIS PM DE SÃO GABRIEL PM DE SÃO MARTINHO DA SERRA PM DE TIO HUGO 12º CM DE SÃO BORJA PM DE ANTÔNIO PRADO PM DE BENTO GONÇALVES 13º PM DE POÇO DAS ANTAS 14º CM DE CANELA 32

33 Classificação Órgão CM DE SANTA MARIA 15º CM DE GARIBALDI CM DE URUGUAIANA PM DE GRAMADO PM DE MATO QUEIMADO 16º PM DE SANTA MARIA DO HERVAL PM DE ALEGRIA PM DE BOA VISTA DO SUL PM DE BOM JESUS PM DE BUTIÁ PM DE ERECHIM PM DE FAGUNDES VARELA PM DE LAVRAS DO SUL PM DE RIO GRANDE PM DE SANTANA DA BOA VISTA PM DE SENTINELA DO SUL 17º PM DE CANOAS PM DE ESTRELA PM DE PASSO FUNDO PM DE URUGUAIANA 18º CM DE AGUDO CM DE NOVA PETRÓPOLIS PM DE CAÇAPAVA DO SUL PM DE CARLOS BARBOSA PM DE SERAFINA CORRÊA 19º PM DE AUGUSTO PESTANA PM DE MONTENEGRO PM DE ROLADOR PM DE SETE DE SETEMBRO 20º CM DE IJUÍ PM DE CHUÍ PM DE DOM FELICIANO PM DE MARAU PM DE PIRAPÓ PM DE ROQUE GONZALES PM DE SÃO SEBASTIÃO DO CAÍ PM DE SAPUCAIA DO SUL PM DE VERANÓPOLIS 33

34 RANKING PREFEITURAS MUNICIPAIS Em um comparativo entre as Prefeituras Municipais, a relação das 20 primeiras posições é a seguinte: Classificação Órgão Classificação Órgão 1º PM DE CACHOEIRINHA 14º PM DE CANOAS PM DE PORTO ALEGRE PM DE ESTRELA 2º PM DE SANTA MARIA PM DE PASSO FUNDO 3º PM DE ARAMBARÉ PM DE URUGUAIANA 4º PM DE CACHOEIRA DO SUL 15º PM DE CAÇAPAVA DO SUL 5º PM DE PELOTAS PM DE CARLOS BARBOSA PM DE SÃO JOSÉ DOS AUSENTES PM DE SERAFINA CORRÊA 6º PM DE CACEQUI 16º PM DE AUGUSTO PESTANA PM DE PROTÁSIO ALVES PM DE MONTENEGRO PM DE SÃO PEDRO DA SERRA PM DE ROLADOR 7º PM DE BARÃO PM DE SETE DE SETEMBRO PM DE CAXIAS DO SUL 17º PM DE CHUÍ 8º PM DE SÃO GABRIEL PM DE DOM FELICIANO PM DE SÃO MARTINHO DA SERRA PM DE MARAU PM DE TIO HUGO PM DE PIRAPÓ PM DE NOVA PETRÓPOLIS PM DE ROQUE GONZALES 9º PM DE ANTÔNIO PRADO PM DE SÃO SEBASTIÃO DO CAÍ PM DE BENTO GONÇALVES PM DE SAPUCAIA DO SUL 10º PM DE POÇO DAS ANTAS PM DE VERANÓPOLIS 11º PM DE CANELA 18º PM DE CHARQUEADAS 12º PM DE GRAMADO PM DE IMIGRANTE PM DE MATO QUEIMADO PM DE LAJEADO PM DE ANTÔNIO PRADO 19º PM DE FAXINAL DO SOTURNO 13º PM DE ALEGRIA PM DE GARIBALDI PM DE BOA VISTA DO SUL PM DE IBIRAPUITÃ PM DE BOM JESUS PM DE LINHA NOVA PM DE BUTIÁ PM DE NÃO-ME-TOQUE PM DE ERECHIM PM DE PEDRO OSÓRIO PM DE FAGUNDES VARELA PM DE POUSO NOVO PM DE LAVRAS DO SUL PM DE QUARAÍ PM DE RIO GRANDE PM DE TAQUARUÇU DO SUL PM DE SANTANA DA BOA VISTA 20º PM DE CAMPESTRE DA SERRA PM DE SENTINELA DO SUL PM DE CAMPO BOM PM DE EUGÊNIO DE CASTRO PM DE FARROUPILHA PM DE GUAPORÉ PM DE MONTE ALEGRE DOS CAMPOS PM DE SÃO MARCOS PM DE TRÊS COROAS 34

35 RANKING CÂMARAS MUNICIPAIS Seguindo o mesmo critério (20 primeiras posições), o comparativo entre as Câmaras Municipais resulta no seguinte ranking: Classificação Órgão 1º CM DE ARAMBARÉ CM DE CARAZINHO CM DE PORTO ALEGRE 2º CM DE BENTO GONÇALVES 3º CM DE CAXIAS DO SUL 4º CM DE SÃO BORJA 5º CM DE SANTA MARIA 6º CM DE GARIBALDI CM DE URUGUAIANA 7º CM DE AGUDO CM DE NOVA PETRÓPOLIS 8º CM DE IJUÍ 9º CM DE BUTIÁ CM DE NÃO-ME-TOQUE CM DE RIO GRANDE 10º CM DE CANOAS 11º CM DE CAMPESTRE DA SERRA CM DE DOIS LAJEADOS CM DE MONTE ALEGRE DOS CAMPOS CM DE VENÂNCIO AIRES 12º CM DE CACEQUI CM DE NOVO HAMBURGO 13º CM DE FAGUNDES VARELA CM DE JÚLIO DE CASTILHOS CM DE POÇO DAS ANTAS CM DE SÃO JOSÉ DOS AUSENTES 14º CM DE ANTÔNIO PRADO CM DE BARÃO CM DE SANTO ÂNGELO 15º CM DE BOZANO CM DE BROCHIER CM DE CAMAQUÃ CM DE ITAQUI CM DE PELOTAS CM DE SALVADOR DO SUL CM DE VACARIA CM DE VICTOR GRAEFF 16º CM DE CORONEL PILAR CM DE GRAVATAÍ CM DE SANTO ANTÔNIO DO PLANALTO CM DE SÃO MARCOS 17º CM DE FELIZ CM DE FLORES DA CUNHA CM DE MARAU 18º CM DE CAÇAPAVA DO SUL CM DE CAMBARÁ DO SUL CM DE REDENTORA 19º CM DE SANTA ROSA 20º CM DE SÃO PEDRO DA SERRA 35

36 RELAÇÃO DOS ÓRGÃOS QUE DISPONIBILIZAM INFORMAÇÕES NA REDE MUNDIAL DE COMPUTADORES A seguir apresenta-se a relação dos 752 órgãos que, segundo o levantamento, disponibilizam informações na rede mundial de computadores: Órgão (em ordem alfabética) 1 CM DE ACEGUÁ 2 CM DE ÁGUA SANTA 3 CM DE AGUDO 4 CM DE AJURICABA 5 CM DE ALECRIM 6 CM DE ALEGRETE 7 CM DE ALEGRIA 8 CM DE ALVORADA 9 CM DE AMETISTA DO SUL 10 CM DE ANTÔNIO PRADO 11 CM DE ARAMBARÉ 12 CM DE ARARICÁ 13 CM DE ARATIBA 14 CM DE ARROIO DO MEIO 15 CM DE ARROIO DO PADRE 16 CM DE ARROIO DO SAL 17 CM DE ARROIO DO TIGRE 18 CM DE ARROIO DOS RATOS 19 CM DE ARVOREZINHA 20 CM DE ÁUREA 21 CM DE BALNEÁRIO PINHAL 22 CM DE BARÃO 23 CM DE BARÃO DO TRIUNFO 24 CM DE BARRA DO GUARITA 25 CM DE BARRA DO QUARAÍ 26 CM DE BARRA DO RIBEIRO 27 CM DE BARRA DO RIO AZUL 28 CM DE BARROS CASSAL 29 CM DE BENTO GONÇALVES 30 CM DE BOA VISTA DO BURICÁ 31 CM DE BOA VISTA DO CADEADO 32 CM DE BOA VISTA DO INCRA 33 CM DE BOM JESUS 34 CM DE BOM PRINCÍPIO 35 CM DE BOM RETIRO DO SUL 36 CM DE BOSSOROCA 37 CM DE BOZANO 38 CM DE BRAGA 39 CM DE BROCHIER 36

37 40 CM DE BUTIÁ 41 CM DE CAÇAPAVA DO SUL 42 CM DE CACEQUI 43 CM DE CACHOEIRA DO SUL 44 CM DE CACHOEIRINHA 45 CM DE CAMAQUÃ 46 CM DE CAMARGO 47 CM DE CAMBARÁ DO SUL 48 CM DE CAMPESTRE DA SERRA 49 CM DE CAMPINA DAS MISSÕES 50 CM DE CAMPO BOM 51 CM DE CAMPO NOVO 52 CM DE CAMPOS BORGES 53 CM DE CANDELÁRIA 54 CM DE CÂNDIDO GODÓI 55 CM DE CANDIOTA 56 CM DE CANELA 57 CM DE CANOAS 58 CM DE CAPÃO BONITO DO SUL 59 CM DE CAPÃO DA CANOA 60 CM DE CAPÃO DO LEÃO 61 CM DE CAPELA DE SANTANA 62 CM DE CAPITÃO 63 CM DE CARAÁ 64 CM DE CARAZINHO 65 CM DE CARLOS BARBOSA 66 CM DE CARLOS GOMES 67 CM DE CASCA 68 CM DE CATUÍPE 69 CM DE CAXIAS DO SUL 70 CM DE CERRITO 71 CM DE CERRO GRANDE 72 CM DE CERRO LARGO 73 CM DE CHAPADA 74 CM DE CHARQUEADAS 75 CM DE CHIAPETTA 76 CM DE CHUÍ 77 CM DE CHUVISCA 78 CM DE CIRÍACO 79 CM DE COLORADO 80 CM DE CONDOR 81 CM DE COQUEIRO BAIXO 82 CM DE COQUEIROS DO SUL 83 CM DE CORONEL BARROS 84 CM DE CORONEL BICACO 85 CM DE CORONEL PILAR 86 CM DE COTIPORÃ 87 CM DE CRISSIUMAL 88 CM DE CRISTAL 89 CM DE CRUZ ALTA 90 CM DE DEZESSEIS DE NOVEMBRO 37

38 91 CM DE DOIS IRMÃOS 92 CM DE DOIS LAJEADOS 93 CM DE DOM FELICIANO 94 CM DE DOM PEDRITO 95 CM DE DOM PEDRO DE ALCÂNTARA 96 CM DE DOUTOR MAURÍCIO CARDOSO 97 CM DE DOUTOR RICARDO 98 CM DE ELDORADO DO SUL 99 CM DE ENCANTADO 100 CM DE ENTRE-IJUÍS 101 CM DE ERECHIM 102 CM DE ERNESTINA 103 CM DE ERVAL GRANDE 104 CM DE ESMERALDA 105 CM DE ESPERANÇA DO SUL 106 CM DE ESTÂNCIA VELHA 107 CM DE ESTEIO 108 CM DE ESTRELA 109 CM DE ESTRELA VELHA 110 CM DE EUGÊNIO DE CASTRO 111 CM DE FAGUNDES VARELA 112 CM DE FARROUPILHA 113 CM DE FAZENDA VILANOVA 114 CM DE FELIZ 115 CM DE FLORES DA CUNHA 116 CM DE FORMIGUEIRO 117 CM DE FREDERICO WESTPHALEN 118 CM DE GARIBALDI 119 CM DE GETÚLIO VARGAS 120 CM DE GLORINHA 121 CM DE GRAMADO 122 CM DE GRAVATAÍ 123 CM DE GUAÍBA 124 CM DE GUAPORÉ 125 CM DE HARMONIA 126 CM DE HORIZONTINA 127 CM DE HULHA NEGRA 128 CM DE HUMAITÁ 129 CM DE IBARAMA 130 CM DE IBIAÇÁ 131 CM DE IBIRAIARAS 132 CM DE IBIRUBÁ 133 CM DE IGREJINHA 134 CM DE IJUÍ 135 CM DE ILÓPOLIS 136 CM DE IMBÉ 137 CM DE INDEPENDÊNCIA 138 CM DE IPIRANGA DO SUL 139 CM DE IRAÍ 140 CM DE ITAARA 141 CM DE ITAQUI 38

SECRETARIA DA SAÚDE - Fundo Estadual de Saúde Valores PAGOS - referente ao processo 051790-2000/14-0

SECRETARIA DA SAÚDE - Fundo Estadual de Saúde Valores PAGOS - referente ao processo 051790-2000/14-0 SECRETARIA DA SAÚDE - Fundo Estadual de Saúde Valores PAGOS - referente ao processo 051790-2000/14-0 Emitido em: 27/06/2014 Municipio CRS Valor pago ACEGUA 07 140,00 AGUA SANTA 06 120,00 AGUDO 04 1.530,00

Leia mais

Municípios do RS que realizam fisioterapia SUS/RS

Municípios do RS que realizam fisioterapia SUS/RS Municípios do RS que realizam fisioterapia SUS/RS MACRORREGIÃO METROPOLITANA 430060 Alvorada 1 430087 Araricá 1 430310 Cachoeirinha 1 430390 Campo Bom 1 430460 Canoas 1 430640 Dois Irmãos 1 430760 Estância

Leia mais

CIDADES MAIS PRÓXIMAS DOS PÓLOS

CIDADES MAIS PRÓXIMAS DOS PÓLOS CIDADES MAIS PRÓXIMAS DOS PÓLOS Cidade Aceguá Rosário do Sul 277 km 3h22min Agudo São Sepé 106 km 1h42min Alegrete Rosário do Sul 102 km 1h15min Alto Feliz Novo Hamburgo 62,5 km 1h05min Alvorada Sapucaia

Leia mais

Porto Alegre e Delta do Jacuí. Vale do Rio dos Sinos

Porto Alegre e Delta do Jacuí. Vale do Rio dos Sinos MUNICÍPIOS Aceguá Água Santa Agudo Ajuricaba Alecrim Alegrete Alegria Almirante Tamandaré do Sul Alpestre Alto Alegre Alto Feliz Alvorada Amaral Ferrador Ametista do Sul André da Rocha Anta Gorda Antônio

Leia mais

Fisioterapia e Terapia Ocupacional

Fisioterapia e Terapia Ocupacional Fisioterapia e Terapia Ocupacional Tipo da Inscrição Quantidade Tipo da Inscrição Quantidade ACEGUÁ ÁGUA SANTA AGUDO AJURICABA ALECRIM ALEGRETE 8 ALEGRIA ALPESTRE ALTO ALEGRE ALTO FELIZ ALVORADA 4 AMETISTA

Leia mais

Índice de Desenvolvimento Humano (IDH)

Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) Município Bento Gonçalves (RS) Porto Alegre (RS) Carlos Barbosa (RS) Caxias do Sul (RS) Selbach (RS) Ivoti (RS) Veranópolis (RS) Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) IDHM, 2000 7 7 6 6 6 5 5 5 Nova Petrópolis

Leia mais

Fisioterapia e Terapia Ocupacional

Fisioterapia e Terapia Ocupacional Fisioterapia e Terapia Ocupacional Tipo da Inscrição Quantidade Tipo da Inscrição Quantidade ACEGUÁ AGUA SANTA AGUDO AJURICABA ALEGRETE 7 ALEGRIA ALPESTRE ALTO ALEGRE ALTO FELIZ ALVORADA Terapeuta Ocupacional

Leia mais

16 de fevereiro (Dia do Mun.) 04 de junho (C. Christi) 25 de julho (Dia do Colono) 31 de outubro (Dia da Reforma) 04 de junho (C.

16 de fevereiro (Dia do Mun.) 04 de junho (C. Christi) 25 de julho (Dia do Colono) 31 de outubro (Dia da Reforma) 04 de junho (C. FERIADOS MUNICIPAIS NAS COMARCAS DO RS/2015 Dados atualizados em NOVEMBRO/2015 Conforme Ato nº 12/2014 Órgão Especial, não haverá expediente no Tribunal de Justiça e nos serviços forenses de primeira instância

Leia mais

Porto Alegre, 07 de agosto de 2013.

Porto Alegre, 07 de agosto de 2013. Porto Alegre, 07 de agosto de 2013. Segunda relação dos Municípios integrantes do Núcleo Técnico-Científico de Telessaúde do Rio Grande do Sul TelessaúdeRS UFRGS aptos a receberem a segunda parcela do

Leia mais

Fisioterapia e Terapia Ocupacional

Fisioterapia e Terapia Ocupacional Fisioterapia e Terapia Ocupacional Tipo da Inscrição Quantidade Tipo da Inscrição Quantidade ACEGUÁ AGUA SANTA AGUDO AJURICABA ALEGRETE 4 ALEGRIA ALPESTRE ALTO ALEGRE ALTO FELIZ ALVORADA Terapeuta Ocupacional

Leia mais

Fisioterapia e Terapia Ocupacional

Fisioterapia e Terapia Ocupacional Fisioterapia e Terapia Ocupacional Tipo da Inscrição Quantidade Tipo da Inscrição Quantidade ACEGUÁ AGUA SANTA AGUDO AJURICABA ALEGRETE 3 Licença Temporaria de Trabalho-TO 2 ALEGRIA ALPESTRE ALTO ALEGRE

Leia mais

Total de homens Total de mulheres

Total de homens Total de mulheres Nome do população população 4300034 Aceguá 0 2.303 2.091 1.059 3.335 4.394 4300059 Água Santa 4.127 1.880 1.846 1.447 2.279 3.726 4300109 Agudo 17.455 8.353 8.376 6.894 9.835 16.729 4300208 Ajuricaba 7.709

Leia mais

1ª 2.347.086 TOTAL: 3.113.337

1ª 2.347.086 TOTAL: 3.113.337 ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE ASSISTÊNCIA HOSPITALAR E AMBULATORIAL PROPOSTA DE REFERÊNCIA- SETEC 10/04/2008 REDE DE ASSISTÊNCIA EM NEUROCIRURGIA 1Unidade/800.000 habitantes,

Leia mais

Concessão de Registro

Concessão de Registro GABINETE DO MINISTRO DESPACHOS DO CHEFE DE GABINETE Em 9 de julho de 2009 Concessão de Registro No uso de suas atribuições legais e com fundamento na Portaria 186, publicada em 14 de abril de 2008, e Nota

Leia mais

CÓDIGOS DO RIO GRANDE DO SUL

CÓDIGOS DO RIO GRANDE DO SUL CÓDIGOS DO RIO GRANDE DO SUL Fonte: Anexo da resolução 263 de 08/06/2001 UF MUNICÍPIO CÓDIGO DE ÁREA RS ACEGUA 53 RS ÁGUA SANTA 54 RS AGUDO 55 RS AJURICABA 55 RS ALECRIM 55 RS ALEGRETE 55 RS ALEGRIA 55

Leia mais

ARROZ EM CASCA - Área Plantada (ha)

ARROZ EM CASCA - Área Plantada (ha) Aceguá - RS 11.604 9.500 5.000 4.183 4.183 11.000 11.000 11.223 6.500 10.000 Água Santa - RS 10 10 4 4 2 2 2 2 - - Agudo - RS 8.100 8.100 8.100 8.986 9.000 9.255 8.792 9.255 9.074 9.184 Ajuricaba - RS

Leia mais

ARROZ EM CASCA - Rendimento Médio (kg/ha)

ARROZ EM CASCA - Rendimento Médio (kg/ha) Aceguá - RS 6.256 6.067 6.400 5.979 6.015 7.912 7.912 8.414 6.480 7.200 Água Santa - RS 1.000-1.000 1.000 1.000 1.000 1.000 1.000 - - Agudo - RS 6.430 7.500 6.921 7.100 7.634 8.007 5.439 8.301 8.525 8.196

Leia mais

FEIJÃO - Área Plantada (ha)

FEIJÃO - Área Plantada (ha) Aceguá - RS - - - - - - - - - - Água Santa - RS 160 30 96 80 80 80 60 40 10 22 Agudo - RS 500 500 500 500 300 270 250 240 310 360 Ajuricaba - RS 90 70 100 110 90 70 60 20 35 20 Alecrim - RS 80 60 61 61

Leia mais

Comarcas do Estado. Municípios Jurisdicionados. Municípios Jurisdicionados. Comarcas. Comarcas. Mariana Pimentel Sertão Santana

Comarcas do Estado. Municípios Jurisdicionados. Municípios Jurisdicionados. Comarcas. Comarcas. Mariana Pimentel Sertão Santana do Estado do Estado do Estado Agudo Alegrete Paraíso do Sul Barra do Ribeiro Mariana Pimentel Sertão Santana Alvorada Bento Gonçalves Monte Belo do Sul Santa Tereza Antônio Prado Ipê Nova Roma do Sul Capitão

Leia mais

34 - Taxa de Internação por Diabetes Mellitus e complicações na população de 30 anos ou mais

34 - Taxa de Internação por Diabetes Mellitus e complicações na população de 30 anos ou mais 34 - Taxa de Internação por Diabetes Mellitus e complicações na população de 30 anos ou mais Cod_Mun CRS Município Realizado Realizado Realizado Realizado Jan-Maio 2007 Jan-Jun 2007 Jan-Nov 2007 ANO 2007

Leia mais

8 - Razão entre exames preventivos do câncer do colo do útero em mulheres de 25 a 59 anos e a população feminina nesta faixa etária

8 - Razão entre exames preventivos do câncer do colo do útero em mulheres de 25 a 59 anos e a população feminina nesta faixa etária 8 - Razão entre exames preventivos do câncer do colo do útero em mulheres de 25 a 59 anos e a população feminina nesta faixa etária Cod_Mun Município CRS População CPs Realizado Jan-Dez 2007 Razão 4300034

Leia mais

Distribuicao dos CD'S por suas especialidades no municipio: (ENDERECO EM OUTRO CRO) no ano de inscricao: TODOS. Especialidade

Distribuicao dos CD'S por suas especialidades no municipio: (ENDERECO EM OUTRO CRO) no ano de inscricao: TODOS. Especialidade C.R.O. - RIO GRANDE DO SUL Emitido em: 20/01/2015 Pagina: 00001 Distribuicao dos CD'S por suas especialidades no municipio: (ENDERECO EM OUTRO CRO) no ano de inscricao: TODOS CIRURGIA E TRAUMATOLOGIA BUCO

Leia mais

RIO GRANDE DO SUL ACEGUA AGUA SANTA AGUDO AJURICABA ALECRIM ALEGRETE ALEGRIA ALMIRANTE TAMANDARE DO SUL ALPESTRE ALTO ALEGRE ALTO FELIZ ALVORADA

RIO GRANDE DO SUL ACEGUA AGUA SANTA AGUDO AJURICABA ALECRIM ALEGRETE ALEGRIA ALMIRANTE TAMANDARE DO SUL ALPESTRE ALTO ALEGRE ALTO FELIZ ALVORADA RIO GRANDE DO SUL ACEGUA AGUA SANTA AGUDO AJURICABA ALECRIM ALEGRETE ALEGRIA ALMIRANTE TAMANDARE DO SUL ALPESTRE ALTO ALEGRE ALTO FELIZ ALVORADA AMARAL FERRADOR AMETISTA DO SUL ANDRE DA ROCHA ANTA GORDA

Leia mais

21.05.1878 Lei n. 1152 restabeleceu a Comarca de Caçapava, tendo como termo

21.05.1878 Lei n. 1152 restabeleceu a Comarca de Caçapava, tendo como termo &20$5&$&$d$3$9$'268/ &5,$d 2LEI N. 185 DE 22 DE OUTUBRO DE 1850. LEI N. 1152 DE 21 DE MAIO DE 1878. DECRETO N. 41, DE 31 DE DEZEMBRO DE 1894. '$7$'(,167$/$d 2 (1'(5(d2'$6('('2)252 Rua Lúcio Jaime, 387

Leia mais

C.R.O. - RIO GRANDE DO SUL Emitido em: 26/01/2016 Pagina: 00001. CD - CIRURGIAO-DENTISTA'S pelos Municipios com a Respectiva Populacao

C.R.O. - RIO GRANDE DO SUL Emitido em: 26/01/2016 Pagina: 00001. CD - CIRURGIAO-DENTISTA'S pelos Municipios com a Respectiva Populacao C.R.O. - RIO GRANDE DO SUL Emitido em: 26/01/2016 Pagina: 00001 1) ACEGUA - RS 1 4.149 4.149 2) AGUA SANTA - RS 3 3.973 1.324 3) AGUDO - RS 13 17.917 1.378 4) AJURICABA - RS 8 7.463 932 5) ALECRIM - RS

Leia mais

Telefone Endereço E-mail. Rua Ipiranga, 140 CEP: 92.010-290, Canoas, RS

Telefone Endereço E-mail. Rua Ipiranga, 140 CEP: 92.010-290, Canoas, RS Como contratar? O Programa Gaúcho de Microcrédito é operacionalizado nas normas do Programa Nacional de Microcrédito Produtivo e Orientado - PNMPO, que além de outros objetivos prevê que o atendimento

Leia mais

FROTA EM CIRCULAÇÃO NO RS

FROTA EM CIRCULAÇÃO NO RS FROTA EM CIRCULAÇÃO NO RS Frota em circulação representa todos os veículos registrados e até a data deste relatório não foram baixados, transferidos para outra UF ou tiveram seus registros desativados.

Leia mais

Relatório de Categorização MTur - Ministério do Turismo Categorização dos municípios das regiões turísticas do mapa do turismo brasileiro

Relatório de Categorização MTur - Ministério do Turismo Categorização dos municípios das regiões turísticas do mapa do turismo brasileiro Relatório de Categorização MTur - Ministério do Turismo Categorização dos municípios das regiões turísticas do mapa do turismo brasileiro Parâmetros da consulta: SUL / Rio Grande do Sul Resumo da Seleção

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 108/13 - CIB/RS. A Comissão Intergestores Bipartite/RS, no uso de suas atribuições legais, e considerando:

RESOLUÇÃO Nº 108/13 - CIB/RS. A Comissão Intergestores Bipartite/RS, no uso de suas atribuições legais, e considerando: RESOLUÇÃO Nº 108/13 - CIB/RS A Comissão Intergestores Bipartite/RS, no uso de suas atribuições legais, e considerando: a Portaria GM/MS nº 2.439/05, que institui a Política Nacional de Atenção Oncológica;

Leia mais

ANEXO ÚNICO 1ª CRE - PORTO ALEGRE 2ª CRE - SÃO LEOPOLDO

ANEXO ÚNICO 1ª CRE - PORTO ALEGRE 2ª CRE - SÃO LEOPOLDO ANEXO ÚNICO 1ª CRE - PORTO ALEGRE PORTO ALEGRE 1a/4a LP/CONHEC. LING. GUARANI 1a/4a LP/CONHEC. LING. KAINGANG ED ESP - DEFIC AUDITIVA/LIBRAS ED ESP - DEFIC MENTAL ED ESP - DEFIC MULTIPLA ED ESP - DEFIC

Leia mais

REDE DE FISCALIZAÇÃO DE PRODUTOS CONTROLADOS - 2012. OM Cidade Área de Atuação

REDE DE FISCALIZAÇÃO DE PRODUTOS CONTROLADOS - 2012. OM Cidade Área de Atuação REDE DE FISCALIZAÇÃO DE PRODUTOS CONTROLADOS - 2012 OM Cidade Área de Atuação Cmdo 3ª RM SFPC/3 Porto Alegre(1) Porto Alegre 3º RCG (Ap) 8º B Log (Ap) 8º Esqd C Mec (Ap) Cmdo 3ª RM - SFPC/3 3º RCG (Ap)

Leia mais

Relação de Núcleos de Assistentes Sociais (Nucress) vinculados ao CRESS/RS:

Relação de Núcleos de Assistentes Sociais (Nucress) vinculados ao CRESS/RS: NESTA PÁGINA VOCÊ ENCONTRA: Relação de Núcleos de Assistentes Sociais (Nucress) vinculados ao CRESS/RS, coordenações e contatos Municípios que compõem cada Nucress O que são os Nucress? Como fazer para

Leia mais

EDITAL N.º 04/2013 CADASTRO DE CONTRATAÇÕES TEMPORÁRIAS ESPECIALISTA DE EDUCAÇÃO

EDITAL N.º 04/2013 CADASTRO DE CONTRATAÇÕES TEMPORÁRIAS ESPECIALISTA DE EDUCAÇÃO Estado do Rio Grande do Sul Secretaria de Estado da Educação Departamento de Recursos Humanos EDITAL N.º 04/2013 CADASTRO DE CONTRATAÇÕES TEMPORÁRIAS ESPECIALISTA DE EDUCAÇÃO O SECRETÁRIO DE ESTADO DA

Leia mais

DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO DETRAN/RS. Diagnóstico da Violência no Trânsito - RS

DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO DETRAN/RS. Diagnóstico da Violência no Trânsito - RS DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO DETRAN/RS Diagnóstico da Violência no Trânsito - RS REESTRUTURAÇÃO E GESTÃO DO DETRAN/RS EIXOS DE AÇÃO: I. EFICIÊNCIA NA PRESTAÇÃO DOS SERVIÇOS A POPULAÇÃO; II. EDUCAÇÃO

Leia mais

A concentração da arrecadação do ICMS e sua importância na distribuição regional de renda

A concentração da arrecadação do ICMS e sua importância na distribuição regional de renda A concentração da arrecadação do ICMS e sua importância na distribuição regional de renda Darcy Francisco Carvalho dos Santos 1 As diferenças na arrecadação do ICMS são reflexo das diferenças econômicas

Leia mais

Alpestre Alto Feliz Ararica Bagé Brochier Butiá Cachoeirinha Campo Bom Canoas Capão da Canoa Capão do Leão Capivari do Sul Casca Caxias do Sul

Alpestre Alto Feliz Ararica Bagé Brochier Butiá Cachoeirinha Campo Bom Canoas Capão da Canoa Capão do Leão Capivari do Sul Casca Caxias do Sul Apoio: Apoio: Alpestre Alto Feliz Ararica Bagé Brochier Butiá Cachoeirinha Campo Bom Canoas Capão da Canoa Capão do Leão Capivari do Sul Casca Caxias do Sul Cidreira Ciríaco Cruzeiro do Sul David Canabarro

Leia mais

Os Portais dos Municípios Gaúchos (Poder Executivo)

Os Portais dos Municípios Gaúchos (Poder Executivo) Os Portais dos Municípios Gaúchos (Poder Executivo) Análise em face da Lei Federal nº 12.527/2011 (Lei de Acesso à Informação) Conteúdo INTRODUÇÃO 3 METODOLOGIA 4 AVALIAÇÃO 6 1. Indicação clara à Lei de

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO N 1889 ACOMPANHAMENTO DE PREÇOS RECEBIDOS PELOS PRODUTORES DO RIO GRANDE DO SUL. SEMANA DE 28/12/2015 a 01/01/2016

BOLETIM INFORMATIVO N 1889 ACOMPANHAMENTO DE PREÇOS RECEBIDOS PELOS PRODUTORES DO RIO GRANDE DO SUL. SEMANA DE 28/12/2015 a 01/01/2016 BOLETIM INFORMATIVO N 1889 ACOMPANHAMENTO DE PREÇOS RECEBIDOS PELOS PRODUTORES DO RIO GRANDE DO SUL SEMANA DE 28/12/2015 a 01/01/2016 PREÇOS EM R$ PRODUTOS UNIDADE MÍNIMO MÉDIO MÁXIMO 50 Kg 37,00 40,32

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 063/14 CIB/RS. A Comissão Intergestores Bipartite/RS, no uso de suas atribuições legais e considerando:

RESOLUÇÃO Nº 063/14 CIB/RS. A Comissão Intergestores Bipartite/RS, no uso de suas atribuições legais e considerando: RESOLUÇÃO Nº 063/14 CIB/RS A Comissão Intergestores Bipartite/RS, no uso de suas atribuições legais e considerando: o trabalho de educação permanente e suporte assistencial desenvolvido pela equipe do

Leia mais

SINDICATO DOS BANCOS NO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL E SANTA CATARINA CONFEDERAÇÃO NACIONAL DOS TRABALHADORES DO RAMO FINANCEIRO

SINDICATO DOS BANCOS NO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL E SANTA CATARINA CONFEDERAÇÃO NACIONAL DOS TRABALHADORES DO RAMO FINANCEIRO SINDICATO DOS BANCOS NO E SANTA CATARINA Por este instrumento, de um lado, o SINDICATO DOS BANCOS NOS E SANTA CATARINA, e de outro, a FEDERAÇÃO DOS EMPREGADOS EM ESTABELECIMENTOS BANCÁRIOS DO ESTADO DO

Leia mais

EDITAL N.º 01 / 2014 CADASTRO DE CONTRATAÇÕES EMERGENCIAIS DE SERVIDORES DE ESCOLA

EDITAL N.º 01 / 2014 CADASTRO DE CONTRATAÇÕES EMERGENCIAIS DE SERVIDORES DE ESCOLA Estado do Rio Grande do Sul Secretaria de Estado da Educação Departamento de Recursos Humanos EDITAL N.º 01 / 2014 CADASTRO DE CONTRATAÇÕES EMERGENCIAIS DE SERVIDORES DE ESCOLA O SECRETÁRIO DE ESTADO DA

Leia mais

GUIA DE MEIOS DE HOSPEDAGEM DO RS

GUIA DE MEIOS DE HOSPEDAGEM DO RS GUIA DE MEIOS DE HOSPEDAGEM DO RS Divisão de Informações e Estudos Estratégicos do Turismo Secretaria do Turismo Governo do Estado do Rio Grande do Sul Agosto 2013 2 EQUIPE TÉCNICA Governador do Estado

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO/SEDUC CHAMADA PÚBLICA PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO/SEDUC CHAMADA PÚBLICA PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO/SEDUC CHAMADA PÚBLICA PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO SELEÇÃO DE ALFABETIZADORES, COORDENADORES DE TURMAS E TRADUTORES-INTÉRPRETES DE LIBRAS PARA O PROGRAMA BRASIL ALFABETIZADO/RS.

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 152/09 CIB/RS. A Comissão Intergestores Bipartite/RS, no uso de suas atribuições legais, e considerando:

RESOLUÇÃO Nº 152/09 CIB/RS. A Comissão Intergestores Bipartite/RS, no uso de suas atribuições legais, e considerando: RESOLUÇÃO Nº 152/09 CIB/RS A Comissão Intergestores Bipartite/RS, no uso de suas atribuições legais, e considerando: - a necessidade de qualificação dos profissionais da Estratégia Saúde da Família (ESF)

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA Secretaria de Acompanhamento Econômico

MINISTÉRIO DA FAZENDA Secretaria de Acompanhamento Econômico MINISTÉRIO DA FAZENDA Secretaria de Acompanhamento Econômico Parecer n o 06257/2011/RJ COGAP/SEAE/MF Em 25 de março de 2011. Referência: Processo n.º 18101.000131/2011-85. Assunto: Distribuição Gratuita

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Relatório sobre os Resultados da Pesquisa PLANOS MUNICIPAIS DE SANEAMENTO BÁSICO E PLANOS MUNICIPAIS DE GESTÃO INTEGRADA DE RESÍDUOS SÓLIDOS (Leis Federais

Leia mais

ESTABELECIMENTOS HOSPITALARES

ESTABELECIMENTOS HOSPITALARES ESTABELECIMENTOS HOSPITALARES UF MUNICIPIO CNES NOME RS AGUDO 2234386 HOSPITAL AGUDO RS ALEGRETE 2248328 SANTA CASA DE ALEGRETE RS ALVORADA 2232081 HOSPITAL DE ALVORADA RS ANTONIO PRADO 2241072 HOSPITAL

Leia mais

COMARCA: ELDORADO DO SUL

COMARCA: ELDORADO DO SUL COMARCA: ELDORADO DO SUL LEI DE CRIAÇÃO: LEI Nº 12.495, DE 18 DE MAIO DE 2006. DATA DE INSTALAÇÃO: ATO 05/2007 DMOJ/P, DE 11.05.2007. ENDEREÇO DA SEDE DO FORO: Rua Argentina, nº 19 CEP: 92990-000 08.06.1988

Leia mais

Campanha Nacional dos Bancários 2009

Campanha Nacional dos Bancários 2009 ALEGRETE -PAB Centro Administrativa da Prefeitura BAGÉ -Ag.Centro -PAB Justiça do Trabalho BENTO GONÇALVES CACHOEIRA DO SUL CAMAQUÃ -Ag Cidade Alta -Ag. Cachoeira do Sul -PAB Justiça do Trabalho Ag. Camaquã

Leia mais

REGULAMENTO PARA ELEIÇÃO DE DELEGADOS E SUPLENTES

REGULAMENTO PARA ELEIÇÃO DE DELEGADOS E SUPLENTES REGULAMENTO PARA ELEIÇÃO DE DELEGADOS E SUPLENTES I - A Cooperativa de Economia e Credito Mútuo dos Funcionários dos Correios no Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná CredCorreios, divulga o presente

Leia mais

EDITAL Nº 01/2015 CADASTRO TEMPORÁRIO DE CONTRATAÇÃO EMERGENCIAL PROFESSOR

EDITAL Nº 01/2015 CADASTRO TEMPORÁRIO DE CONTRATAÇÃO EMERGENCIAL PROFESSOR Estado do Rio Grande do Sul Secretaria de Estado da Educação EDITAL Nº 01/2015 CADASTRO TEMPORÁRIO DE CONTRATAÇÃO EMERGENCIAL PROFESSOR O SECRETÁRIO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO, no uso de suas atribuições legais,

Leia mais

ANEXO 21 PROGRAMA DE TRABALHO PARA 2007. Relação de Empreendimentos:

ANEXO 21 PROGRAMA DE TRABALHO PARA 2007. Relação de Empreendimentos: ANEXO 21 Unidade da Federação: RIO GRANDE DO SUL Processo nº 50000.061537/2006-18 Programa de Trabalho publicado no Diário Oficial da União, de 21 de dezembro de 2006, seção 1, pág. 118, na forma da portaria

Leia mais

Plano de Obras Rodoviárias 2012-2014. Governo do Estado do Rio Grande do Sul

Plano de Obras Rodoviárias 2012-2014. Governo do Estado do Rio Grande do Sul Plano de Obras Rodoviárias 2012-2014 Governo do Estado do Rio Grande do Sul Plano de Obras - Síntese para o período 2012/2014 Programa Acessos Municipais Produto / Meta Iniciar 104 acessos e concluir no

Leia mais

DIAGNÓSTICO DA EDUCAÇÃO BÁSICA NO RIO GRANDE DO SUL - 2013

DIAGNÓSTICO DA EDUCAÇÃO BÁSICA NO RIO GRANDE DO SUL - 2013 DEPLAN/SEDUC 1 SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO DO RIO GRANDE DO SUL DEPARTAMENTO DE PLANEJAMENTO DIAGNÓSTICO DA EDUCAÇÃO BÁSICA NO RIO GRANDE DO SUL - 2013 Porto Alegre Outubro/2014 DEPLAN/SEDUC 2 Equipe

Leia mais

LOCAIS ATENDIMENTO DE ACIDENTES COM EXPOSIÇÃO À MATERIAL BIOLÓGICO RS

LOCAIS ATENDIMENTO DE ACIDENTES COM EXPOSIÇÃO À MATERIAL BIOLÓGICO RS LOCAIS ATENDIMENTO DE ACIDENTES COM EXPOSIÇÃO À MATERIAL BIOLÓGICO RS Local atendimento Telefones Município Hospital de Alvorada Alvorada Hospital Municipal de Pronto Dr. Nelson Marchezan Canoas Hospital

Leia mais

I Carta do Fórum dos Conselhos Municipais de Educação- RS

I Carta do Fórum dos Conselhos Municipais de Educação- RS I Carta do Fórum dos Conselhos Municipais de Educação- RS Os Conselhos Municipais de Educação do Rio Grande do Sul, reunidos no Fórum Estadual de CMEs-RS, nos dias 26 e 27 de Outubro de 1995, após a realização

Leia mais

Cidades a mais de 50 km da Sede ou Subsedes do CRPRS

Cidades a mais de 50 km da Sede ou Subsedes do CRPRS Cidades a mais de 50 km da Sede ou Subsedes do CRPRS AGUA SANTA AGUDO AJURICABA ALECRIM ALEGRETE ALEGRIA ALMIRANTE TAMANDARE DO SUL ALPESTRE AMARAL FERRADOR AMETISTA DO SUL ANDRE DA ROCHA ANTA GORDA ANTONIO

Leia mais

RIO GRANDE DO SUL. Tipo de Serviço. Dias de Funcionamento

RIO GRANDE DO SUL. Tipo de Serviço. Dias de Funcionamento UF Parceria Nome Fantasia Endereço Bairro Localidade Município Serviço Funcionamento Funcionamento RS POSTO ATENDIMENTO TORRES MATERIAL DE CONSTRUÇÃO RUA 500, S/N CENTRO ACEGUA ACEGUA OI Fixo, OI Móvel

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2003 BASE OUTROS

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2003 BASE OUTROS CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2003 BASE OUTROS SINDICATO DAS EMPRESAS DE COMPRA, VENDA, LOCAÇÃO E ADMINISTRAÇÃO DE IMÓVEIS RESIDENCIAIS E COMERCIAIS DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL - SECOVI/RS, SINDICATO

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA ESTADUAL DE SAÚDE SEÇÃO DE SAÚDE BUCAL. Plano Estadual de Atenção à Média Complexidade em Saúde Bucal

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA ESTADUAL DE SAÚDE SEÇÃO DE SAÚDE BUCAL. Plano Estadual de Atenção à Média Complexidade em Saúde Bucal ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA ESTADUAL DE SAÚDE SEÇÃO DE SAÚDE BUCAL Plano Estadual de Atenção à Média Complexidade em Saúde Bucal Porto Alegre, setembro de 2004 2 GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE

Leia mais

O papel do gestor municipal na promoção da sustentabilidade urbana na produção da Habitação de Interesse Social.

O papel do gestor municipal na promoção da sustentabilidade urbana na produção da Habitação de Interesse Social. O papel do gestor municipal na promoção da sustentabilidade urbana na produção da Habitação de Interesse Social. Maria do Carmo Avesani Diretora do Departamento de Produção Habitacional Secretaria Nacional

Leia mais

RELATÓRIO SUBCOMISSÃO DE ORGANIZAÇÃO DAS MACRORREGIÕES DE SAÚDE

RELATÓRIO SUBCOMISSÃO DE ORGANIZAÇÃO DAS MACRORREGIÕES DE SAÚDE Estado do Rio Grande do Sul Assembleia Legislativa Comissão de Saúde e Meio Ambiente RELATÓRIO SUBCOMISSÃO DE ORGANIZAÇÃO DAS MACRORREGIÕES DE SAÚDE Setembro de 2011 2 ÍNDICE Capitulo 01 Mesa Diretora

Leia mais

MAPA DE COBERTURA. POA:comercial@atlantida.com.br Fone: (51) 3218.5722 Fax: (51) 3218.5770 www.atlantida.rbs.com.br

MAPA DE COBERTURA. POA:comercial@atlantida.com.br Fone: (51) 3218.5722 Fax: (51) 3218.5770 www.atlantida.rbs.com.br MAPA DE COBERTURA REDE ATLÂNTIDA A Rede Atlântida está no ar, via satélite, com foco na Região Sul do Brasil: Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Porto Alegre 94,1 Alvorada Alto Feliz Araricá Arroio dos

Leia mais

Códigos de compensação do Banrisul cadastrado no INSS UF Município Nome da agência Endereço Cód. comp s/ DV Banrisul Posto RS AGUDO AGUDO AV

Códigos de compensação do Banrisul cadastrado no INSS UF Município Nome da agência Endereço Cód. comp s/ DV Banrisul Posto RS AGUDO AGUDO AV RS AGUDO AGUDO AV CONCORDIA 735 102 0244 RS AJURICABA AJURICABA RUA HENRIQUE SCHAMADEKE, 22 105 0176 RS ALECRIM ALECRIM RUA LIBERATO SALZANO VIEIRA DA CUNHA, 81 500 0196 RS ALEGRETE ALEGRETE PRACA PRESIDENTE

Leia mais

PRÁ-SABER: Informações de Interesse à Saúde SINASC SUMÁRIO PRÓXIMA. Porto Alegre ANTERIOR IMPRIMIR 2002/2003 INICIAR

PRÁ-SABER: Informações de Interesse à Saúde SINASC SUMÁRIO PRÓXIMA. Porto Alegre ANTERIOR IMPRIMIR 2002/2003 INICIAR 1 SINASC Porto Alegre 2002/2003 INICIAR 2 INTEGRANTES DA EQUIPE DE INFORMAÇÃO - CGVS Coordenadora Denise Aerts Assesssoria Rui Flôres Sistema de Informação sobre Nascidos Vivos SINASC Ana Lúcia Martins

Leia mais

Campanha Salarial Bancários 2011

Campanha Salarial Bancários 2011 ALEGRETE: Ag. Centro Ag. Centro Ag. Centro Base: Ag. Manoel Viana -HSBC: Ag. Centro -Bradesco: Ag. Centro -Santander: Ag. Centro -Itaú: Ag. Centro BAGÉ: Ag. Centro Ag Bagé (parcial) Ag Bagé -Bradesco:

Leia mais

ANEXO. PROGRAMA DE TRABALHO PARA 2007 1ª alteração. Relação de empreendimentos

ANEXO. PROGRAMA DE TRABALHO PARA 2007 1ª alteração. Relação de empreendimentos ANEXO Unidade da Federação: RIO GRANDE DO SUL Processo nº 50000.061537/2006-18 Programa de Trabalho contendo as alterações propostas pelo Estado recebidas em 20 de junho de 2007 e publicado no Diário Oficial

Leia mais

Jaime RicardoTavares Maluf 1 Gilberto Rocca da Cunha 1 Ronaldo Matzenauer 2 Aldemir Pasinato 3 Cristiano Schacker dos Anjos 4. Passo Fundo, RS 2003

Jaime RicardoTavares Maluf 1 Gilberto Rocca da Cunha 1 Ronaldo Matzenauer 2 Aldemir Pasinato 3 Cristiano Schacker dos Anjos 4. Passo Fundo, RS 2003 Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento 17 ISSN 1677-8901 Dezembro, 2003 Zoneamento de riscos climáticos para a cultura de feijão safrinha no Estado do Rio Grande do Sul: períodos favoráveis

Leia mais

$ ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL GABINETE DO GOVERNADOR. Of. n 25812012/2706IDCPC/GGIRS Porto Alegre, 2 de maio de 2012.

$ ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL GABINETE DO GOVERNADOR. Of. n 25812012/2706IDCPC/GGIRS Porto Alegre, 2 de maio de 2012. VCM REC 000072 $ ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL GABINETE DO GOVERNADOR Of. n 25812012/2706IDCPC/GGIRS Porto Alegre, 2 de maio de 2012. A Sua Excelência a Senhora Deputada JÔ MORAES Presidente da Comissão

Leia mais

2008 Documentação Resumo - visão geral Vítimas por dia da semana e turno Acidentes por dia da semana e turno Acidentes fatais por via

2008 Documentação Resumo - visão geral Vítimas por dia da semana e turno Acidentes por dia da semana e turno Acidentes fatais por via Documentação 2 Resumo visão geral 3 Vítimas por dia da semana e turno 4 Acidentes por dia da semana e turno 5 Acidentes fatais por via 6 Vítimas por faixa etária e sexo 7 Perfil das Vítimas 8 Veículos

Leia mais

Campanha Salarial Bancários 2011

Campanha Salarial Bancários 2011 ALEGRETE: Ag. Centro, Ag. Centro Ag. Centro Base: Ag. Manoel Viana - HSBC: Ag. Centro - Bradesco: Ag. Centro - Santander: Ag. Centro - Itaú: Ag. Centro BAGÉ: Ag Bagé (parcial) Ag Bagé - Bradesco: Ag Bagé

Leia mais

Coordenadorias Regionais:

Coordenadorias Regionais: ---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- Coordenadorias Regionais: MUNICÍPIOS

Leia mais

PRESÍDIO ESTADUAL DE ALEGRETE

PRESÍDIO ESTADUAL DE ALEGRETE DIAS E HORÁRIOS DE VISITAS EM ESTABELECIMENTOS PRISIONAIS DO ESTADO ATENÇÃO: CONSULTAR O REGULAMENTO GERAL QUANTO ÀS CONDIÇÕES DE INGRESSO CIDADE ESTABELECIMENTO PRISIONAL DIAS, HORÁRIOS E OUTRAS OBSERVAÇÕES

Leia mais

Secretaria da Educação

Secretaria da Educação 20 DIÁRIO OFICIAL Porto Alegre, quarta-feira, 26 de agosto de 2015 Secretaria da Educação Secretaria da Educação Secretário da Educação: CARLOS EDUARDO VIEIRA DA CUNHA End: Av. Borges de Medeiros, 1501

Leia mais

Secretaria de Infraestrutura e Logística. Governo do Estado do Rio Grande do Sul

Secretaria de Infraestrutura e Logística. Governo do Estado do Rio Grande do Sul Secretaria de Infraestrutura e Logística Governo do Estado do Rio Grande do Sul PLANO DE OBRAS RODOVIÁRIAS/2011 - MALHA RODOVIÁRIA PAVIMENTADA 7.353 Km - MALHA RODOVIÁRIA DUPLICADA 140 KM - EM OBRAS DE

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO RIO GRANDE DO SUL CORREGEDORIA-GERAL DA JUSTIÇA

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO RIO GRANDE DO SUL CORREGEDORIA-GERAL DA JUSTIÇA TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO RIO GRANDE DO SUL CORREGEDORIA-GERAL DA JUSTIÇA ALVARÁ ELETRÔNICO AUTOMATIZADO Tema: Tecnologia da Informação PORTO ALEGRE/RS, 30 DE AGOSTO DE 2011 1. Identificação do Órgão/Unidade:

Leia mais

Conforme segue abaixo: LEI Nº 8.112, DE 11 DE DEZEMBRO DE 1990. Das Diárias

Conforme segue abaixo: LEI Nº 8.112, DE 11 DE DEZEMBRO DE 1990. Das Diárias Conforme segue abaixo: LEI Nº 8.112, DE 11 DE DEZEMBRO DE 1990 Das Diárias Art. 58. O servidor que, a serviço, afastar-se da sede em caráter eventual ou transitório para outro ponto do território nacional

Leia mais

RIO URUGUAI E SUA REGIÃO HIDROGRÁFICA

RIO URUGUAI E SUA REGIÃO HIDROGRÁFICA MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA GERAL DA REPÚBLICA 4ª CÂMARA DE COORDENAÇÃO E REVISÃO Meio Ambiente e Patrimônio Cultural RIO URUGUAI E SUA REGIÃO HIDROGRÁFICA Grupo de Trabalho Águas (GT Águas)

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL RESULTADOS DA PESQUISA DE LEVANTAMENTO Artigo 26-A da Lei das Diretrizes e Bases da Educação Nacional 1. ANTECEDENTES De acordo com o artigo 26-A da Lei

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA DA JUSTIÇA E DA SEGURANÇA BRIGADA MILITAR 36ª OPERAÇÃO GOLFINHO 2005/2006

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA DA JUSTIÇA E DA SEGURANÇA BRIGADA MILITAR 36ª OPERAÇÃO GOLFINHO 2005/2006 1. SALVAMENTOS ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA DA JUSTIÇA E DA SEGURANÇA BRIGADA MILITAR 36ª OPERAÇÃO GOLFINHO 2005/2006 RELATÓRIO DE SALVAMENTOS PERÍODO DE ATUAÇÃO: 17 DEZ 2005 a 13 MAR 2006. 1.1

Leia mais

INSTITUIÇÕES DE ENSINO CONVENIADAS PARA FINS DE ESTÁGIO CURRICULAR

INSTITUIÇÕES DE ENSINO CONVENIADAS PARA FINS DE ESTÁGIO CURRICULAR ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MINISTÉRIO PÚBLICO Divisão de Recursos Humanos INSTITUIÇÕES DE ENSINO CONVENIADAS PARA FINS DE ESTÁGIO CURRICULAR Todas escolas da Rede Pública Estadual são conveniadas ao Ministério

Leia mais

A ORGANIZAÇÃO DO ESTADO (continuação) Profª Analiese Apelt Turma: 152

A ORGANIZAÇÃO DO ESTADO (continuação) Profª Analiese Apelt Turma: 152 A ORGANIZAÇÃO DO ESTADO (continuação) Profª Analiese Apelt Turma: 152 A ORGANIZAÇÃO DO ESTADO A Capital: capital = principal; sede do governo estadual; onde são tomadas as decisões de interesse do estado;

Leia mais

ANEXO III CURSOS TÉCNICOS DE NÍVEL MÉDIO MODALIDADE DE ENSINO EAD OFERTADOS NO IF FARROUPILHA VAGAS OFERTADAS

ANEXO III CURSOS TÉCNICOS DE NÍVEL MÉDIO MODALIDADE DE ENSINO EAD OFERTADOS NO IF FARROUPILHA VAGAS OFERTADAS ANEXO III S TÉCNICOS DE NÍVEL MÉDIO MODALIDADE DE ENSINO EAD OFERTADOS NO IF FARROUPILHA VAGAS OFERTADAS POLO: Alegrete Manutenção e Suporte em proponente PcD EP 1,5 EP > 1,5 AC VAGAS Alegrete 2 1 2 1

Leia mais

CONFEDERAÇÃO NACIONAL DOS MUNICÍPIOS - CNM

CONFEDERAÇÃO NACIONAL DOS MUNICÍPIOS - CNM RS PORTO ALEGRE/RS 1.430.220 3,15 2.545.705,71 RS Aceguá/RS 4.312 0,60 76.991,29 RS Água Santa/RS 3.638 0,60 76.991,29 RS Agudo/RS 17.114 1,20 153.982,57 RS Ajuricaba/RS 7.411 0,60 76.991,29 RS Alecrim/RS

Leia mais

RELATÓRIO SOBRE A GERAÇÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS INDUSTRIAIS NO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL

RELATÓRIO SOBRE A GERAÇÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS INDUSTRIAIS NO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Ministério do Meio Ambiente RELATÓRIO SOBRE A GERAÇÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS INDUSTRIAIS NO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MAIO, 2003. Coordenação: Eng. Químico Renato das Chagas e Silva Execução: Eng. Química

Leia mais

INSTITUIÇÕES DE ENSINO CONVENIADAS PARA FINS DE ESTÁGIO CURRICULAR

INSTITUIÇÕES DE ENSINO CONVENIADAS PARA FINS DE ESTÁGIO CURRICULAR ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MINISTÉRIO PÚBLICO Divisão de Recursos Humanos INSTITUIÇÕES DE ENSINO CONVENIADAS PARA FINS DE ESTÁGIO CURRICULAR Todas escolas da Rede Pública Estadual são conveniadas ao Ministério

Leia mais

CTMA - Gerencial Relação de Atos de Destinação de Mercadorias

CTMA - Gerencial Relação de Atos de Destinação de Mercadorias Pág: 1/ 122. 1/2007 03/01/2007 Bazar; 10/01/2007 88.489.786/0001-01 SAO BORJA PREFEITURA - SÃO BORJA/RS 6.902,30 2/2007 03/01/2007 3/2007 05/01/2007 14/02/2007 01/02/2007 00.394.460/0021-95 MINISTERIO

Leia mais

D I A G N Ó S T I C O A M B I E N T A L E P L A N O D E G E S T Ã O D E R E S Í D U O S S Ó L I D O S D O T R I B U N A L D E J U S T I Ç A D O

D I A G N Ó S T I C O A M B I E N T A L E P L A N O D E G E S T Ã O D E R E S Í D U O S S Ó L I D O S D O T R I B U N A L D E J U S T I Ç A D O D I A G N Ó S T I C O A M B I E N T A L E P L A N O D E G E S T Ã O D E R E S Í D U O S S Ó L I D O S D O T R I B U N A L D E J U S T I Ç A D O E S T A D O D O R I O G R A N D E D O S U L EQUIPE DO PROJETO

Leia mais

PROGRAMA PROREDES BIRD - RS SWAp TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE EMPRESA DE CONSULTORIA

PROGRAMA PROREDES BIRD - RS SWAp TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE EMPRESA DE CONSULTORIA PROGRAMA PROREDES BIRD - RS SWAp TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE EMPRESA DE CONSULTORIA VISANDO À ELABORAÇÃO DE PLANO ESTRATÉGICO DE MARKETING PARA APLs NO RS. OBJETIVO DA CONTRATAÇÃO... 2 ANTECEDENTES

Leia mais

ANEXO. PROGRAMA DE TRABALHO PARA 2007 2ª alteração. Relação de empreendimentos

ANEXO. PROGRAMA DE TRABALHO PARA 2007 2ª alteração. Relação de empreendimentos ANEXO Unidade da Federação: RIO GRANDE DO SUL Processo nº 50000.061537/2006-18 Programa de Trabalho contendo as alterações propostas pelo Estado recebidas em 25 de outubro de 2007 e publicado no Diário

Leia mais

CREDENCIAMENTO DE ENTIDADES DESPORTIVAS PARA ARBITRAGEM DE COMPETIÇÕES ESPORTIVAS EDITAL Nº 002/2015

CREDENCIAMENTO DE ENTIDADES DESPORTIVAS PARA ARBITRAGEM DE COMPETIÇÕES ESPORTIVAS EDITAL Nº 002/2015 CREDENCIAMENTO DE ENTIDADES DESPORTIVAS PARA ARBITRAGEM DE COMPETIÇÕES ESPORTIVAS EDITAL Nº 002/2015 O SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO - Administração Regional no Estado do Rio Grande do Sul Sesc/RS, entidade

Leia mais

RELATÓRIO SÍNTESE DA FASE A RSA DIAGNÓSTICO E PROGNÓSTICO HÍDRICO DAS BACIAS HIDROGRÁFICAS DO RIO GRANDE DO SUL

RELATÓRIO SÍNTESE DA FASE A RSA DIAGNÓSTICO E PROGNÓSTICO HÍDRICO DAS BACIAS HIDROGRÁFICAS DO RIO GRANDE DO SUL GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA ESTADUAL DO MEIO AMBIENTE SEMA Conselho de Recursos Hídricos Departamento de Recursos Hídricos Contrato N 002/06 ELABORAÇÃO DO PLANO ESTADUAL DE RECURSOS

Leia mais

ENCONTROS ESTADUAIS - REDE DE ANCORAGEM TRILHAS QUADRO RESUMO SEMANA DE 28 DE MAIO A 01 DE JUNHO ESTADOS QTD TÉCNICOS DAS SECRETARIAS PARTICIPANTES

ENCONTROS ESTADUAIS - REDE DE ANCORAGEM TRILHAS QUADRO RESUMO SEMANA DE 28 DE MAIO A 01 DE JUNHO ESTADOS QTD TÉCNICOS DAS SECRETARIAS PARTICIPANTES ENCONTROS ESTADUAIS - REDE DE ANCORAGEM TRILHAS QUADRO RESUMO SEMANA DE 28 DE MAIO A 01 DE JUNHO ESTADOS QTD TÉCNICOS DAS SECRETARIAS PARTICIPANTES PARTICIPANTES QTD MUNICÍPIOS PARTICIPANTES LOCAL DO EVENTO

Leia mais

MERCADO DE TRABALHO DO CIRURGIÃO DENTISTA NO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL

MERCADO DE TRABALHO DO CIRURGIÃO DENTISTA NO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE ODONTOLOGIA Disciplina de Clínica Integrada Infantil e Adolescente MERCADO DE TRABALHO DO CIRURGIÃO DENTISTA NO ESTADO DO RIO GRANDE DO

Leia mais

AUTORES: SHEILA DONIN NELTON CARLOS CONTE

AUTORES: SHEILA DONIN NELTON CARLOS CONTE UM ESTUDO DO INVESTIMENTO PÚBLICO EM EDUCAÇÃO BÁSICA E O DESEMPENHO DOS ALUNOS EM AVALIAÇÕES NACIONAIS NOS MUNICÍPIOS PERTENCENTES À ASSOCIAÇÃO DOS MUNICÍPIOS DA ENCOSTA SUPERIOR DO NORDESTE DO RIO GRANDE

Leia mais

INSTITUIÇÕES DE ENSINO CONVENIADAS PARA FINS DE ESTÁGIO CURRICULAR

INSTITUIÇÕES DE ENSINO CONVENIADAS PARA FINS DE ESTÁGIO CURRICULAR ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MINISTÉRIO PÚBLICO Divisão de Recursos Humanos INSTITUIÇÕES DE ENSINO CONVENIADAS PARA FINS DE ESTÁGIO CURRICULAR Todas escolas da Rede Pública Estadual são conveniadas ao Ministério

Leia mais

ASCAR/RS Processo Seletivo Externo 001/2014 PROCESSO SELETIVO EXTERNO N 001/2014

ASCAR/RS Processo Seletivo Externo 001/2014 PROCESSO SELETIVO EXTERNO N 001/2014 PROCESSO SELETIVO EXTERNO N 001/2014 Edital de Abertura 01/2014 PROCESSO SELETIVO PARA PROVIMENTO DE CARGOS EDITAL Nº 01/2014 REALIZAÇÃO: FUNDATEC A Superintendência Geral da ASCAR ASSOCIAÇÃO SULINA DE

Leia mais

Ano CXLV N o - 81 Brasília - DF, terça-feira, 29 de abril de 2008

Ano CXLV N o - 81 Brasília - DF, terça-feira, 29 de abril de 2008 ISSN 677-7042 Ano CXLV N o - 8 Brasília - DF, terça-feira, 29 de abril de 2008.. Sumário PÁGINA Presidência da República... Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento...

Leia mais

Documentos ZONEAMENTO PEDOCLIMÁTICO DO RIO GRANDE DO SUL PARA A CULTURA DA SOJA

Documentos ZONEAMENTO PEDOCLIMÁTICO DO RIO GRANDE DO SUL PARA A CULTURA DA SOJA Documentos Número 25 ISSN 1517-2627 Dezembro, 2000 ZONEAMENTO PEDOCLIMÁTICO DO RIO GRANDE DO SUL PARA A CULTURA DA SOJA César da Silva Chagas Waldir de Carvalho Júnior Nilson Rendeiro Pereira Silvio Barge

Leia mais