OBS: SERÁ OBRIGATORIO O ENVIO DESTE RECIBO PELO FAX Nº (61)

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "OBS: SERÁ OBRIGATORIO O ENVIO DESTE RECIBO PELO FAX Nº (61) 3317-8204."

Transcrição

1 MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO SECRETARIA EXECUTIVA SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO-GERAL DE RECURSOS LOGÍSTICOS TERMO DE RECEBIMENTO DO CONVITE Nº 03/2006 EMPRESA: ENDEREÇO: CNPJ DA EMPRESA: TELEFONE: FAX: Brasília, de de Assinatura e Carimbo da Empresa Nome Legível: OBS: SERÁ OBRIGATORIO O ENVIO DESTE RECIBO PELO FAX Nº (61)

2 MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO SECRETARIA EXECUTIVA SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO-GERAL DE RECURSOS LOGÍSTICOS Convite nº 03/2006 Em, 05 de dezembro de Do: Presidente da CPL/MTE/DF Ao: Sr. Gerente da Empresa. A União, através do Ministério do Trabalho e Emprego, leva ao conhecimento de V.Sª. que a Comissão Permanente de Licitação, instituída pela Portaria nº 727, de 30 de novembro de 2006, da Secretaria Executiva/MTE, fará realizar licitação na modalidade de Convite do tipo Menor Preço, em regime de empreitada por preço global, cuja documentação e as propostas deverão ser entregues no dia 13/12/2006, às 09:30h, na Esplanada dos Ministérios, Bloco "F", Edifício Anexo, 4º Andar, ala "B", sala 444, em Brasília/DF, com abertura prevista para a mesma data e horário, a qual será regida pela Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993, com as alterações introduzidas pela Lei nº 8883, de 08 de junho de 1994, Lei nº 9.648, de 27 de maio de 1998 e demais normas que regem a espécie, inclusive aquelas previstas no presente Convite. 1 - DO OBJETO A presente licitação tem por objeto a contratação de empresa especializada para prestação de serviços de adequação e melhorias nos sanitários e copa do edifício anexo, andar térreo, ala b, instalação de escada de acesso ao SAT/CGI, a ser executado no subsolo/térreo do edifício anexo, conforme especificação constante do Projeto Básico (Anexo I), parte inseparável deste Convite DA PARTICIPAÇÃO As empresas que desejarem participar desta licitação deverão comparecer no dia, hora e local indicados no preâmbulo deste Convite, para entregar à Comissão Permanente de Licitação-CPL a DOCUMENTAÇÃO e a PROPOSTA, em envelopes distintos e lacrados, respectivamente, constando em sua parte extrema e frontal, os seguintes dizeres: a) CONVITE Nº 03/2006 ENVELOPE Nº 01 - DOCUMENTAÇÃO (nome do proponente) b) CONVITE Nº 03/2006 ENVELOPE Nº 02 - PROPOSTA DE PREÇOS (nome do proponente) 2

3 2.2 - Os documentos e proposta serão entregues à Comissão Permanente de Licitação-CPL, através do representante legal da Empresa, que munido de credencial, será o único admitido a intervir nas fases da licitação Por credencial entende-se: a) procuração pública ou declaração dirigida à Comissão Permanente de Licitação-CPL, acompanhada de carteira de identidade e cópia do ato de investidura do outorgante, no qual declare, expressamente, ter poderes para a devida outorga, ou b) documento que comprove sua capacidade de representar a Empresa, no caso de titular A não apresentação ou incorreção do documento de credenciamento não inabilitará o Licitante, mas impedirá o seu representante de se manifestar e responder pela mesma nas sessões públicas É vedada a participação de empresas em consórcio DA DOCUMENTAÇÃO EXIGIDA A comprovação de Cadastro e Habilitação no SICAF será realizada pela Comissão Permanente de Licitação, através de consulta on line, de acordo com a IN/MARE/nº 05, de 21/07/95, mediante apresentação do número do CNPJ pelo Licitante As empresas que apresentarem resultado igual ou menor do que 01 (um) em qualquer dos índices de Liquidez Geral (LG), Solvência Geral (SG) e Liquidez Corrente (LC), deverão comprovar Capital Social mínimo no valor de R$ ,63 (treze mil, cento e trinta reais e sessenta e três centavos) Declaração de que não emprega menores de dezoito anos em trabalho noturno, perigoso ou insalubre e nem menores de dezesseis anos em qualquer trabalho, salvo na condição de aprendiz, nos termos do Decreto nº 4.358, de 05 de setembro de 2002, que regulamentou a Lei nº 9.854, de 27 de outubro de 1999, referente ao cumprimento do disposto no inciso XXXIII do art. 7º da Constituição Federal Declaração de inexistência de fato impeditivo, de acordo com a IN/MARE/nº 05/95, conforme anexo II, deste Convite, devendo constar o nome e número da R.G. de Declarante Um ou mais atestados de Capacidade Técnica, expedidos por pessoas jurídicas de direito público ou privado comprovando que o responsável técnico da empresa tenha prestado, a contento, serviços da mesma natureza e compatíveis em características com o objeto desta licitação. Os atestados deverão estar devidamente registrados no CREA sob a responsabilidade de Engenheiro Civil ou Arquiteto detentor da Anotação de Responsabilidade Técnica (ART), devendo o profissional fazer parte do quadro permanente de funcionários da empresa na data da realização da presente licitação. 3

4 3.5 - Declaração expedida pelo Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia CREA, comprovando a regularidade da situação da licitante e de seus Responsáveis Técnicos, na forma da legislação vigente Declaração de Vistoria com visto do apoio técnico da CGRL/MTE, 48 horas antes da abertura da licitação, comprovando que a licitante compareceu e vistoriou os locais onde serão executados os serviços objeto desta licitação, inteirando-se das peculiaridades relativas aos serviços a serem executados, tomando ciência da localização da instalação dos equipamentos e das condições de interligação das instalações hidro-sanitárias Os documentos acima relacionados poderão ser apresentados em original, por qualquer processo de cópia (exceto Telefax) autenticada por tabelião de notas ou pelos membros da Comissão Permanente de Licitação, ou publicação em órgão de imprensa oficial. No caso de apresentação de cópias não autenticadas, deverão ser apresentados os originais para confronto e autenticação DA PROPOSTA A proposta deverá ser datilografada ou impressa e apresentada no ENVELOPE Nº 2, em papel timbrado da Empresa, sem alternativas, emendas, rasuras ou entrelinhas, devidamente assinada e rubricada todas as folhas pelo representante legal da licitante proponente e, conter: Preço global da proposta expresso em moeda corrente nacional, em algarismos e por extenso, prevalecendo este último, em caso de divergência, incluindo todas as despesas, tais como: impostos, taxas e quaisquer outras que forem devidas, relativas aos serviços contratados O prazo de execução dos serviços, que não poderá ser superior a 90 (noventa) dias corridos após a data da assinatura do contrato de serviço para início da obra Após a conclusão dos serviços será elaborado Termo de Recebimento Provisório, e 90 (noventa) dias após, será firmado o Termo de Recebimento Definitivo Apresentar cronograma físico-financeiro que será aprovado pela contratante Planilha orçamentária conforme Anexo IV, que servirá apenas como modelo, devendo o levantamento dos quantitativos ficar a cargo do Licitante, sendo de sua inteira responsabilidade o levantamento de dados através do projeto executivo e vistoria in loco Prazo de validade da proposta de 60 (sessenta) dias contados de sua abertura Razão social da firma, CNPJ, endereço completo, inclusive C.E.P., agência bancária com seu nome e código, nº da Conta Corrente Em nenhuma hipótese poderá ser modificado o conteúdo da proposta apresentada, em relação a preço, pagamento, prazo, ou a qualquer outra condição ofertada DO PROCEDIMENTO 4

5 5.1 - No dia, hora e local citados no preâmbulo deste Convite serão abertos, inicialmente, os envelopes contendo a DOCUMENTAÇÃO, sendo estes rubricados pelos Licitantes presentes e pelos membros da Comissão Permanente de Licitação-CPL Caso a Comissão Permanente de Licitação-CPL considere necessário, poderá suspender a reunião para analisar os documentos e julgar a habilitação, marcando data e horário para nova sessão Ocorrendo a hipótese prevista no item anterior, os envelopes contendo as PROPOSTAS, devidamente lacrados, serão rubricados pelos membros da Comissão, ficando em seu poder até que seja decidida a habilitação Não havendo Licitante inabilitada ou se todas manifestarem desistência de interpor recurso, será procedida a imediata abertura das propostas, que serão rubricadas pela Comissão Permanente de Licitação-CPL e licitantes presentes Das reuniões para recebimento e abertura dos documentos de habilitação e propostas, serão lavradas atas circunstanciadas, que mencionarão todas as ocorrências que interessarem ao julgamento desta licitação, devendo estas serem assinadas pelos membros da Comissão e por todas os Licitantes presentes ou por comissão eleita por eles Depois da hora marcada para recebimento dos envelopes DOCUMENTAÇÃO e PROPOSTA, nenhum documento será recebido pela Comissão Permanente de Licitação-CPL DO JULGAMENTO O julgamento da licitação será realizado em 02 (duas) fases: a) Fase de habilitação, que compreenderá análise dos documentos apresentados no envelope DOCUMENTAÇÃO de todos os licitantes. Só as empresas habilitadas passarão à próxima fase, ou seja, a de julgamento das propostas. b) Fase de julgamento das propostas, que compreenderá a análise dos elementos contidos no envelope PROPOSTA dos Licitantes habilitados O presente Convite é do tipo menor preço, conforme art. 45, 1º, inciso I, da Lei nº 8.666/93, e será considerada vencedora a proposta que atender suas especificações e apresentar o menor preço global, para a execução dos serviços No caso de empate entre duas ou mais propostas, e após obedecido o disposto na Lei nº 8.666/93, art. 3º, 2º, inciso II, a classificação se fará, obrigatoriamente, por sorteio, em ato público, para o qual todos os Licitantes serão convocadas A Comissão poderá relevar erros materiais evidentes, desde que não comprometam a compreensão e a lisura da proposta. 5

6 6.5 - Não será levada em consideração para efeito de julgamento, a proposta que contenha vantagem não prevista neste Edital, com preços simbólicos ou irrisórios, incompatíveis com os preços dos insumos e salários de mercado, acrescidos dos respectivos encargos, ou ainda preços excessivos quando comparados aos praticados no mercado Quando todas as propostas forem desclassificadas, a Comissão Permanente de Licitação- CPL poderá fixar o prazo de 3 (três) dias, para que os Licitantes apresentem novas propostas escoimadas das causas da desclassificação. 7 - DA ADJUDICAÇÃO Após verificação da regularidade do certame e compatibilidade dos preços ofertados com os de mercado, a adjudicação e homologação serão feitas pelo Coordenador Geral de Logística e Administração/MTE. 8 - DO CONTRATO Será firmado Contrato, na forma da minuta constante do Anexo IV, no qual serão considerados todos os elementos apresentados pela licitante vencedora, que tenha servido de base para o julgamento desta licitação, bem como as condições fixadas neste Convite O prazo para a assinatura do respectivo Contrato será de 8 (oito) dias úteis, contados da data de convocação pelo Ministério do Trabalho e Emprego, podendo ser prorrogado, uma vez, por igual período, quando solicitado pela parte, e desde que ocorra motivo justificado e aceito pela Administração É facultado ao MTE, quando a convocada não assinar o Termo de Contrato no prazo e nas condições estabelecidas, convocar os Licitantes remanescentes, na ordem de classificação, para fazê-lo em igual prazo e nas mesmas condições propostas pelo primeiro classificado, inclusive quanto ao preço, ou revogar a licitação, independentemente da aplicação de penalidade prevista neste Convite Na minuta de Contrato constante do Anexo IV estão fixadas as obrigações e responsabilidades das partes e demais condições da contratação. 8.5 Farão parte do Contrato, para todos os efeitos legais, as condições estabelecidas no presente Convite e seus anexos e a proposta do Licitante vencedora A assinatura do Contrato fica condicionada a apresentação das 03 (três) últimas Guias de Recolhimento autenticadas do FGTS e INSS, ocasião em que será entregue a Nota de Empenho O Contrato terá vigência de 195 (cento e noventa e cinco) dias contados a partir da emissão da Ordem de Serviços, incluindo dessa forma os prazos para recebimento provisório e entrega definitiva da obra. 6

7 8.8 Para a assinatura do Termo de Contrato a adjudicatária prestará garantia no valor correspondente a 5% (cinco por cento) do valor do contrato dentro do exercício financeiro, cabendo-lhe qualquer das opções previstas na Lei , art A garantia somente será liberada após o término da vigência do contrato, devendo ser renovada a cada prorrogação contratual, e reforçada no caso de alteração do valor contratado, de forma a manter o percentual mencionado no subitem anterior. 9 - DO PAGAMENTO O pagamento será efetuado em parcelas quinzenais após a conclusão das etapas mediante a apresentação de Nota Fiscal/Fatura, emitida em moeda corrente Nacional, correspondente aos serviços executados e aceitos, após atestada pela autoridade competente, e de conformidade ao discriminado na proposta da Contratada, em conformidade com o cronograma físico-financeiro entregue junto a proposta Se houver aplicação de multa, esta será descontada de qualquer fatura ou crédito existente no Ministério do Trabalho e Emprego em favor da Contratada. Caso a mesma seja superior ao crédito eventualmente existente, a diferença será cobrada judicialmente, se necessário O pagamento será efetuado, através de ordem bancária contra o Banco do Brasil S/A e creditado em qualquer entidade bancária indicada na proposta, devendo para isto, ficar explicitado o nome do Banco, agência, localidade e número da conta corrente em que deverá ser efetivado o crédito, o qual ocorrerá até o 10º (decimo) dia útil, após aceitação e atesto das Notas Fiscais/Faturas DAS PENALIDADES A adjudicatária que se recusar, injustificadamente, a assinar o contrato, aceitar ou retirar o instrumento equivalente, a contar da notificação que lhe será entregue, ou firmá-lo após o prazo de prorrogação previsto no item 8.2, caracterizará o descumprimento total da obrigação assumida, sujeitando-se às seguintes sanções: multa de 10% (dez por cento) do valor do contrato; suspensão temporária do direito de licitar e impedimento de contratar com o Ministério do Trabalho e Emprego pelo prazo de até 02 (dois) anos, conforme a autoridade fixar em função da natureza da gravidade da falta cometida; declaração de inidoneidade para licitar ou contratar com a Administração Pública, enquanto perdurarem os motivos determinantes da punição ou até que seja promovida a reabilitação, perante a própria autoridade que aplicou a penalidade, que será concedida sempre que a Contratada ressarcir a Administração pelos prejuízos resultantes e após decorrido o prazo da sanção aplicada As penalidades pelo descumprimento parcial ou total das obrigações contratuais são as previstas na Minuta do Contrato constante no Anexo V. 7

8 11 - DA RESCISÃO A inexecução total ou parcial da Contratação ensejará a sua rescisão, possibilitando-se à Contratada o direito ao contraditório e à ampla defesa DOS RECURSOS Dos atos da Administração caberá recurso por escrito, na forma do disposto na Lei nº 8.666/93, art Os recursos das decisões da Comissão Permanente de Licitação - CPL serão dirigidos ao Coordenador Geral de Logística e Administração/MTE, por intermédio do Presidente da Comissão, o qual poderá reconsiderar sua decisão no prazo de 05 (cinco) dias úteis, ou nesse mesmo prazo, fazê-lo subir devidamente informado. Neste caso, a decisão deverá ser proferida dentro do prazo de 05 (cinco) dias úteis contados do recebimento do recurso Os recursos deverão ser entregues no Protocolo Geral do Ministério do Trabalho e Emprego, na Esplanada dos Ministérios, Bloco F, térreo do Edifício Sede, em Brasília/DF, nos dias úteis no horário de 08:00 horas às 18:00 horas DAS DISPOSIÇÕES FINAIS Ao Ministério do Trabalho e Emprego, fica reservado o direito de revogar a licitação por razões de interesse público decorrente de fato superveniente devidamente comprovado, pertinente e suficiente para justificar tal conduta, devendo anulá-la por ilegalidade, de ofício ou por provocação de terceiros, mediante parecer escrito e devidamente fundamentado A participação do Licitante implica aceitação plena de todos os termos do Convite, independentemente de menção diversa contida em sua proposta É facultada à Comissão ou autoridade superior, em qualquer fase da licitação, a promoção de diligência destinada a esclarecer ou a complementar a instrução no processo, vedada a inclusão posterior de informação que deveria constar obrigatoriamente da proposta (Lei nº 8.666/93, art. 43, 3º) As despesas decorrentes desta licitação correrão à conta do orçamento do MTE, para o presente exercício É facultado ao MTE, quando a convocada não retirar a Nota de Empenho no prazo e condições estabelecidos, convocar os Licitantes remanescentes, na ordem de classificação, para fazê-lo em igual prazo e nas mesmas condições propostas pela primeira classificada, inclusive quanto aos preços atualizados, ou revogar a licitação independentemente da comunicação prevista na Lei nº 8.666/93 (art. 81) Quaisquer tributos ou encargos legais criados, alterados ou extintos, bem como a superveniência de disposições legais, quando ocorridas após a data da apresentação da 8

9 proposta, de comprovada repercussão nos preços contratados, implicarão revisão destes para mais ou menos, conforme a Lei nº 8.666/93, art. 65, 5º À critério da administração, os quantitativos desta licitacão, poderão ser reduzidos ou aumentados, de acordo com o artigo 65, 1º, da Lei nº 8.666/ Os casos omissos e as demais dúvidas suscitadas serão dirimidas pela Comissão Permanente de Licitação-CPL, devendo ser observado prazo de 02 (dois) dias úteis anteriores ao estipulado para abertura dos envelopes de habilitação, na Esplanada dos Ministérios, Bloco "F", Edifício Anexo, 4º Andar Ala "B" Sala 444, em Brasília/DF, Fone: (0xx61) , Fax: (0xx61) Cópia deste Convite será fornecida aos interessados na sala 444, 4º andar, ala B do Edifício Anexo do Ministério do Trabalho e Emprego, localizado na Esplanada dos Ministérios, bloco F, no horário das 8h30min., às 12h00min., e das 14h00min., às 17h30min.; Fazem parte integrante deste Convite: - Anexo I - Projeto Básico; - Anexo II- Modelo de Declaração de Fato Impeditivo; - Anexo III Modelo de Declaração de Vistoria; - Anexo IV - Modelo de Planilha Orçamentária; - Anexo V Plantas; - Anexo VI Minuta do Contrato. NORMA JEANE GARCIA Presidente da CPL 9

10 ANEXO I PROJETO BÁSICO 1. OBJETO Serviço de adequação e melhorias nos sanitários e copa do Edifício Anexo, andar térreo, ala "B"; instalação de escada de acesso ao SAT/CGI, a ser executada no subsolo/ térreo do Edifício Anexo. 2. OBJETIVO 2.1. Contratação de empresa especializada na prestação de serviços técnicos de Engenharia, com a finalidade de executar no andar térreo, ala B, do Edifício Anexo do Ministério do Trabalho e Emprego, as instalações completas para: 2.2. Banheiro público masculino; 2.3. Banheiro público feminino; 2.4. Banheiro para atendimento dos funcionários da CGI, masculino; 2.5. Banheiro para atendimento das funcionárias da CGI, feminino; 2.6. Copa para atendimento da CGI; 2.7. Acesso direto da CGI ao subsolo, através de escada exclusiva. 3. JUSTIFICATIVA 3.1 Esta adequação faz parte de um plano de controle e aumento de produtividade /atividades da CGI, ao aproximar o local de trabalho de seus funcionários, das áreas de uso comum da própria ala, além de acrescentar conforto e melhorias no atendimento ao público, através de novos sanitários exclusivos ao movimento do andar térreo, inclusive com adequações para o uso de cidadãos com necessidades especiais. 4. DISPOSIÇÕES GERAIS 4.1 Estas especificações Técnicas foram elaboradas de acordo com o Decreto n.º /85 e portaria n.º 2.296/97, sendo destinadas à execução de serviços de engenharia. 4.2 Os serviços serão executados por mão-de-obra qualificada e deverão obedecer rigorosamente as instruções contidas nestas Especificações, bem como as contidas nas disposições cabíveis do Decreto nº /85, nas normas e nos métodos da ABNT. 10

11 4.3 Estas especificações servem de base das definições técnicas, do modo de instalação e do tipo dos materiais e equipamentos a serem utilizados no local dos serviços. E não definem os quantitativos, cabendo aos licitantes a responsabilidade de quantificar os serviços para a elaboração do orçamento detalhado, conforme apregoa a Lei 8666/93, acrescentando à planilha orçamentária, fornecida por este projeto básico, os itens que porventura estiverem faltando ou que sejam insuficientes para a composição discriminada do preço total da obra. 4.4 A capacidade técnica dos licitantes será avaliada, devendo para tanto apresentarem: Um ou mais atestados de Capacidade Técnica, expedidos por pessoas jurídicas de direito público ou privado comprovando que o responsável técnico da empresa tenha prestado, a contento, serviços da mesma natureza e compatíveis em características com o objeto desta licitação. Os atestados deverão estar devidamente registrados no CREA sob a responsabilidade de Engenheiro Civil ou Arquiteto detentor da Anotação de Responsabilidade Técnica (ART), devendo o profissional fazer parte do quadro permanente de funcionários da empresa na data da realização da presente licitação Declaração expedida pelo Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia CREA, comprovando a regularidade da situação da licitante e de seus Responsáveis Técnicos, na forma da legislação vigente Declaração de Vistoria com visto do apoio técnico da CGRL/MTE, 48 horas antes da abertura da licitação, comprovando que a licitante compareceu e vistoriou os locais onde serão executados os serviços objeto desta licitação, inteirando-se das peculiaridades relativas aos serviços a serem executados, tomando ciência da localização da instalação dos equipamentos e das condições de interligação das instalações hidro-sanitárias. 4.5 Os serviços serão executados sob fiscalização técnica da Coordenação Geral de Recursos Logísticos do Ministério do Trabalho e Emprego, doravante CGRL, através de técnicos habilitados e designados para tal A presença da fiscalização no local dos serviços não diminuirá a responsabilidade da CONTRATADA em qualquer ocorrência, ato, erro e/ou omissão, verificados no desenvolvimento dos trabalhos ou a eles relacionados. 4.6 As marcas citadas neste Projeto Básico servem apenas de referência, definindo o padrão a ser utilizado e objetivando a composição dos custos, podendo a licitante ofertar produtos similares em sua planilha de custos, desde que, mantido o padrão de qualidade e bom acabamento, o que será avaliado tecnicamente durante o certame, comparando-se, as características do material ou equipamento ofertado, com o material ou equipamento especificado Quando se fizer necessário qualquer mudança nas especificações, ou alguma substituição de material, nesse caso por seu equivalente, se por iniciativa da CONTRATADA, esta deverá apresentar solicitação por escrito à CGRL/MTE, justificativa, além de relatos técnicos emitidos por profissionais e/ou laboratórios qualificados. Entende-se por equivalente, todo material ou equipamento que alem da mesma função e mesmo desempenho, não acrescenta reações indesejáveis. As solicitações de substituição deverão ser realizadas em tempo hábil para que não venham a prejudicar o andamento dos serviços e não dar causa a possível prorrogação de prazo. À Fiscalização compete decidir a respeito da substituição. 11

12 4.7 Todos os serviços serão contratados com fornecimento de mão de obra e encargos sociais, materiais, ferramentas, equipamentos, benefícios e despesas indiretas, todos de inteira responsabilidade da licitante/contratada, conforme o estabelecido em conjunto com essas especificações Caberá à CONTRATADA a responsabilidade pelo cumprimento das prescrições referentes às leis trabalhistas, de previdência social e de segurança do trabalho Todas as despesas relativas à instalação e execução dos serviços, materiais, mão-deobra, equipamentos e ferramentas, óleos lubrificantes, combustíveis, fretes, transportes horizontais e verticais, taxas e emolumentos, leis sociais, etc., bem como providências quanto à legalização do serviço perante os órgãos municipais, estaduais e federais, correrão por conta da CONTRATADA. 4.8 A CONTRATADA deverá ter à frente dos serviços, um profissional como responsável técnico devidamente habilitado e capacitado, além, um encarregado que deverá permanecer no local de execução dos serviços durante todas as horas de desenvolvimento dos trabalhos, bem como a participação de pessoal especializado, de comprovada competência. A solicitação para substituição de qualquer elemento da CONTRATADA deverá ser atendida com presteza e eficiência Todas as decisões relativas à execução dos serviços, deverão partir do responsável técnico da CONTRATADA, que por sua vez, deverá pautar suas orientações técnicas neste caderno, nas normas brasileiras afins e nas diretrizes previamente definidas junto à Fiscalização, não se permitindo em hipótese alguma que a mão de obra de construção exerça por si só conclusões desta ou daquela situação, relativas à obra em questão. 4.9 Durante o decorrer dos serviços a CONTRATADA deverá adotar os cuidados necessários com vistas a preservar integralmente todas as partes da edificação que deverão permanecer inalteradas, sendo responsável por qualquer dano causado A CONTRATADA, responsável por quaisquer danos que venha causar a terceiros ou ao patrimônio do MTE, deverá repara-los às suas custas, durante e/ou após a execução dos serviços contratados, sem que lhe caiba nenhuma indenização por parte do Ministério do Trabalho e Emprego Os serviços de engenharia serão pagos após a conclusão, não admitindo o pagamento de materiais entregues A CONTRATADA empregará boa técnica na execução dos serviços, utilizando materiais de primeira qualidade e de acordo com o previsto nas especificações Os serviços rejeitados pela fiscalização, devido a: uso de materiais que não sejam os especificados; utilização de materiais que não sejam classificados como de primeira qualidade; consideração de má execução ou inadequabilidade; deverão ser refeitos corretamente, através do emprego de materiais aprovados pela fiscalização e da utilização de mão-de-obra qualificada, em tempo hábil para que não venha a prejudicar o prazo de entrega dos serviços, arcando a CONTRATADA com o ônus decorrente do fato, 12

13 respeitando a proximidade com funcionário(s) do setor envolvido nas áreas de execução dos trabalhos e, arcando com despezas decorrentes destas situações eventuais Cabe à CONTRATADA avisar por escrito à Fiscalização, todos os erros, incoerências ou divergências que possam ser levantados nestas especificações, para que se providencie a tempo, a devida providência Todos os serviços, recomposições, etc., não explícitos nestas especificações, mas necessários para se alçar o objeto programado, bem como a execução dos serviços com enlaçamento das áreas existentes, deverão apresentar forma que resulte num todo acabado, com total responsabilidade da CONTRATADA Os locais afetados pelos serviços deverão ser mantidos pela CONTRATADA em perfeito estado de segurança e limpeza, além da conservação, ao longo da execução dos serviços. 5. ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE MATERIAIS E SERVIÇOS 5.1 SERVIÇOS TÉCNICOS PROFISSIONAIS Os projetos executivos das instalações (elétricas, sanitárias e hidráulicas), da estrutura de concreto armado, serão fornecidos pela CONTRATADA e previamente submetidos à aprovação da fiscalização Os projetos deverão ser desenhados em AUTOCAD, versão 2000 a 2004 e apresentados em duas cópias impressas e duas gravações distintas, cada uma num único disco tipo CD (compact disc), para arquivamento no MTE Inicialmente, deverá ser apresentado à Assessoria de Arquitetura e Engenharia da CGRL/MTE e debatido os princípios nos quais os projetos se desenvolverão, pois dependem em muito das instalações existentes e por isso se torna tão importante o entendimento prévio Os projetos deverão ser apresentados com suas respectivas ART's (anotações de responsabilidades técnicas, assinadas pelo autor(es) e fornecidas pelo CREA) Deverá ser apresentada, junto às demais anotações de responsabilidade (dos projetos), a ART relativa à execução da obra, devidamente fornecida pelo CREA/DF e assinada pelo profissional habilitado constante da documentação de habilitação As demais licenças, taxas e emolumentos ficarão a cargo da CONTRATADA. 5.2 SERVIÇOS PRELIMINARES A CONTRATADA providenciará a instalação do canteiro de serviço, em local a ser definido pela Fiscalização, em conjunto com a administração do edifício e em conformidade com os códigos locais de edificações e posturas Deverá a empresa executar tapume de madeirite separando as frentes de trabalho das áreas ocupadas do prédio, visando a menor interferência no prosseguimento normal dos serviços internos, bem como evitar a poluição visual da edificação que conterá os serviços A CONTRATADA receberá orientação da Fiscalização quanto aos locais em que poderá obter fornecimento de energia elétrica e água para efetuar suas ligações. 13

14 5.3 DEMOLIÇÕES A CONTRATADA providenciará todas as demolições necessárias à consecução do objeto destas especificações. Serão removidas todas as alvenarias, portas, divisórias, bancadas, pisos e forros, instalações elétricas e hidro-sanitárias, tudo, enfim, necessário à execução dos trabalhos de forma a adequar os ambientes conforme indicado em projeto Antes do início dos serviços, a CONTRATADA procederá a um detalhado exame e levantamento dos elementos a serem demolidos ou removidos, considerando linhas de abastecimento de energia elétrica, lógica, de água e tubulações de esgoto que deverão ser protegidas, respeitando-se as normas e determinações das concessionárias locais As partes a serem demolidas deverão ser previamente molhadas para evitar poeira em excesso durante o processo de demolição e preferencialmente serão executadas no período noturno, final de semana e feriados para não atrapalhar as atividades normais dos ocupantes do prédio Deverá ser providenciado o necessário para se evitar qualquer paralisação dos trabalhos no MTE, com redobrado cuidado no que tange aos serviços a serem elaborados sobre o Quadro Geral de Distribuição Elétrica no subsolo. 5.4 REMOÇÕES Todos os materiais provenientes das demolições serão removidos das áreas de trabalho, acomodados em containers próprios da CONTRATADA, para transporte de entulhos e dado a eles o destino determinado pela Fiscalização A CONTRATADA deverá tomar cuidados especiais para evitar danos materiais às instalações economicamente reaproveitáveis, as quais deverão ser removidas e transportadas até os locais indicados pela Fiscalização Na demolição dos forros existentes, deverão ser retirados todos os perfis e tirantes de fixação, protegidos o entulho de maneira que se contenha restritamente ao local dos serviços, a poeira e todas as partes conseguintes à demolição. 5.5 ADAPTAÇÕES A CONTRATADA deverá entender como serviços de adaptação todo e qualquer serviço de: a) remanejamento de tomadas e interruptores; b) remanejamento de colunas de água, ventilação de esgoto, gás, telefone, energia ou lógica; c) abertura de rasgos em alvenarias e concretos; d) perfuração em portais, esquadrias e concretos; e) passagem de rede elétrica e hidro-sanitárias por paredes, tetos ou forros; f) interligação das novas instalações às redes existentes; g) quaisquer serviços não elencados nessas especificações, mas necessários à perfeita conclusão e acabamento dos serviços. 5.6 DIVISÓRIAS E BANCADAS DE GRANITO As peças de granito, sejam divisórias, bancadas ou piso, rodapé e soleiras, serão: 14

15 a) de granito "cinza andorinha"; b) de mesma procedência; c) com acabamento polido em todas as faces aparentes; d) facetadas nos cantos salientes e expostos (3x3)mm As divisórias de granito, terão: a) espessura da peça acabada de 3 cm; b) altura livre do piso de 180 cm; c) fixação no piso e entre as peças utilizando massa plástica tipo Alba; d) nas esquinas, também um travamento com cantoneira de metal cromado e parafusos passantes; e) furações para suporte de dobradiças e fechaduras das folhas de porta dos boxes e furações para os parafusos passantes, previamente executados pelo fornecedor do granito As bancadas dos lavatórios terão: a) espessura das peças que compõem cada bancada, de 2cm acabadas; b) as bordas frontais em forma de "bandeira" com altura de 10cm; c) entre bancadas e paredes, aplicados sobre as paredes, "espelhos" com 20 cm de altura, d) profundidade livre da parede, 60 cm; e) peças únicas, com as furações para as cubas, torneiras e porta-lixo conforme detalhes da planta de arquitetura; f) as peças, sejam em granito ou louças, deverão ser coladas pelo fornecedor do granito, com massa plástica; g) a peça principal encaixada pelo menos 2cm dentro do revestimento de argamassa das paredes e deverão se apoiar em cantoneiras, enquanto não se executam os armários A bancada da copa terá: a) espessura das peças que compõem cada bancada, de 2cm acabadas; b) as bordas frontais em formato boleado (4cm); c) entre bancadas e paredes, aplicados sobre as paredes, "espelhos" com 30cm de altura; d) profundidade livre da parede, 60 cm; e) peças únicas, para cada direção, com as furações para a cuba e torneira conforme detalhes da planta de arquitetura; f) as peças, sejam em granito ou seja a cuba de aço inox, deverão ser coladas pelo fornecedor do granito, com massa plástica; g) a peça principal encaixada pelo menos 2cm dentro do revestimento de argamassa das paredes e deverão se apoiar em cantoneiras, enquanto não se executam os armários O balcão da copa terá: a) espessura de 2cm; b) bordas com polimento em formato abaulado; c) junto à parede e colado no balcão, cordão de granito como espelho; d) cuidados especiais deverão ser tomados na fixação sobre o pedestal em alvenaria, para que a colagem se fixe permanentemente; e) rodapé de 5cm ao redor de todo o pedestal; f) revestimento em laminado melamínico entre a pedra do balcão e o rodapé. 5.7 PORTAS e FERRAGENS 15

16 5.7.1 As portas dos banheiros e copa da ala B, térreo, serão em madeira e medirão (100x210)cm, (80x210)cm, (100x160) e (60x160)cm de vão; batentes, folhas e alizares a serem instalados deverão manter o mesmo padrão do existente e as dimensões estabelecidas em projeto; o conjunto de ferragens constará de dobradiças de miolo de latão e anéis, acabamento cromado; fechadura com lingüeta, trinco e cubo em latão com falsa chapa, testa, maçanetas tipo alavanca conforme preconiza a ABNT; rosetas e entradas, espelhos, tudo com acabamento cromado e, formando cada conjunto de ferragens um combinado de designação própria para cada ambiente, para os boxes (sem chave) com tranqueta; para acesso aos banheiros ou copa, chave tipo "Yale"; para armários, chave pequena, tipo interna. Todas as ferragens deverão ter acabamento cromado e procedência Imabe ou similar A face externa das portas de acesso aos sanitários e copa, deverão ter informação visual (afixada no centro e no alto da folha da porta, a 160cm do piso à face superior da placa), bem como uma sinalização tátil (afixada no batente, com 90cm entre o piso e a face inferior da placa), conforme preconizam as normas da ABNT (9050), observando : tipos da fonte, proporção entre caracteres maiúsculos e minúsculos, altura do relevo, altura dos símbolos e dos caracteres, distância entre caracteres e entre linhas, expressão dos contornos, dimensões do ponto e celas para escrita em Braille As portas de acesso aos banheiros, copa e boxes especiais deverão ter um mínimo de 80cm de vão livre, serem de fácil abertura e com maçanetas de alavanca. As portas dos boxes dos sanitários especiais deverão ter barra horizontal acoplada, bem como uma faixa resistente ao impacto eventual provocado por bengalas e cadeiras de roda, de altura mínima de 40cm da base da folha da porta As portas de madeira dos boxes deverão ter as duas faces revestidas em fórmica lisa e cor branca, encabeçamento em madeira para acabamento a verniz; o conjunto de ferragens constará de 02 (duas) dobradiças presas à divisória de granito, serão em aço cromado 3 x 2 ½, ferrolho e puxador tipo alça, todos com acabamento cromado, referência La Fonte, Deca ou similar Os armários sob bancada da copa e dos banheiros serão em madeira compensada, revestida internamente em laminado melamínico liso e brilhante, cor branca, inclusive prateleiras, externamente em laminado melamínico também branco, executados de acordo com detalhe do projeto executivo As dobradiças dos armários sob as bancadas deverão ser ajustáveis, com mola, cromadas Nos boxes dos sanitários para atendimento especial, serão instaladas portas de madeira tipo compensada, com todas as faces revestidas por laminado melamínico, liso e branco, borda de madeira para verniz, assentadas com três dobradiças próprias para sustentar seu peso, mantê-la fechada ao se recostar a folha no batedor ou mantê-la aberta quando da passagem do usuário portador de necessidades especiais. Terá puxadores de aço, liso, cromado, conforme detalhe do projeto e normas da ABNT (9050/2005), utilizando-se de ferragens cromadas La Fonte, Deca ou similar Alem do observado nos itens afins, as ferragens deverão ser de uma única procedência, visando dirimir custos na manutenção dos ambientes ora em referência, valendo para cada produto distintamente (dobradiça de porta comum, dobradiça para porta de box de granito, dobradiças ajustáveis, de mola, para armários, dobradiças para porta especial, etc.) 5.8 TRATAMENTO e REVESTIMENTOS de PISOS A CONTRATADA deverá remover todo o piso das áreas indicadas no projeto a serem reformadas. Posteriormente serão impermeabilizadas e regularizadas. Especial cuidado deverá 16

17 ser utilizado na proteção das passagens existentes, entre este piso em reforma e o pavimento inferior, impedindo qualquer queda de porção de entulho ou poeira, principalmente sobre a subestação de energia existente Para a etapa de impermeabilização dos pisos relativos aos sanitários e copa, será necessário que se refaça o contrapiso até chegar à espessura ideal para a aproximação das áreas reformadas às existentes, lembrando que sobre esta superfície se aplicará um primer (em duas demãos, com direções contrárias) e, sucessivamente, se aplicará uma camada de manta tipo Viapol K100, 3 mm, interligada a quente; em seguida, executar por sobre a manta, uma argamassa de cimento e areia como proteção mecânica da impermeabilização, finalizando com a execução dos níveis e posterior assentamento dos revestimentos Os pisos indicados em projeto serão revestidos com placas de granito pré-cortadas, de (40x40)cm, polidas e facetados os quatro lados onde acontece o rejuntamento das peças. Serão assentadas com argamassa de cimento colante especial para aplicação de granito e rejuntadas com rejunte pronto, cor cinza, no padrão a ser definido pela Fiscalização da Coordenação Geral de Recursos Logísticos CGRL / MTE. Deverão ser apresentadas amostras prévias do piso para definição e aprovação Serão aplicadas soleiras ao nível do piso mais alto, no mesmo padrão do granito a ser assentado nos banheiros, copa e circulação interna. Deverão ser preparadas de forma que apresentem o melhor acabamento, acompanhando a medição dos vãos das passagens, orientando para se facetar as quinas à vista e polindo todas as faces que se mostrarem aparentes, de forma que não se aperceba o corte na pedra; assim também deverá ser com os pisos, todos os lados que ficarem como face aparente ou que forem aparados, deverão receber polimento e facetamento nos cantos. 5.9 PAREDES E REVESTIMENTOS As novas paredes dos sanitários que se mantiverem no alinhamento antigo, conforme indicado em projeto, deverão ser executadas com tijolo cerâmico furado, espessura 14 cm, ou 19cm, de acordo com o projeto, assentados com argamassa de cimento, areia e revestidos também com argamassa de cimento e areia (chapisco, emboço e reboco) As paredes laterais, junto às circulações e copa, de cada ambiente a se implantar, deverão encostar-se à face inferior da laje do pavimento, de forma a contribuir com a qualidade do ar nos ambientes vizinhos As alvenarias deverão ser encunhadas com tijolo de barro maciço inclinados, na parte superior, quando subirem até a laje, ou cintadas se apenas chegarem ao forro As alvenarias deverão ter os tijolos amarrados, inclusive nas derivações, permitindo travamento eficiente, bem como deverão ser deitados sobre a linha de tijolos que alcançarem 150cm do alinhamento anterior, dois ferros longitudinais, corridos e amarrados nas extremidades da parede em execução As alvenarias que não coincidirem com uma mesma posição anterior à reforma ou não se apoiarem em viga pré-existente, deverão ser executadas com bloco de concreto celular (leve) e assentados com argamassa mista de cimento, cal hidratada e areia lavada média ou, preferencialmente, utilizar argamassa industrializada e desenvolvida para o emprego em blocos. Para início do assentamento, o piso deverá estar nivelado. 17

18 5.9.6 Cuidados especiais deverão ser tomados para assentamento desses blocos. Usar duas linhas, de topo e base, para o perfeito alinhamento e prumo; assentar no máximo 8 fiadas (240cm) por dia, sendo 4 em cada período. Se o encunhamento não for possível de ser realizado convencionalmente, poderá ser utilizado um preenchimento com argamassa em até 3 cm de vão para viga ou para laje; sendo que a argamassa deverá obedecer aos critérios adotados pelo fabricante dos blocos, apresentando módulo de deformação máxima de 8000 kgf/cm² e aderência bloco-argamassa na flexão, maior que 3 kgf/cm² aos 14 dias. As paredes deverão se unir por juntas em amarração, sendo que no caso dos blocos, estes deverão ter comprimento mínimo igual a meio bloco As vergas moldadas in loco, com emprego ou não de blocos (tipo canaleta), devem atender ao transpasse mínimo de 10cm dos vãos das portas e dispor de duas barras de aço CA50 6,3mm Para o embutimento de instalações cujo diâmetro seja menor que 1/3 da espessura da alvenaria, no caso dos blocos, o corte da alvenaria poderá ser realizado com rasgador manual ou com serra e disco para corte de materiais pétreos. Os rasgos deverão ser preenchidos com argamassa forte de cimento e areia (1:3 ou 1:4). As tubulações deverão ser fixadas previamente com grampos de arame galvanizado. No caso de tubulações de grande diâmetro, deve-se tratar a região como uma junta muito solicitada, envelopando a alvenaria com tela galvanizada, malha de ½, fio 24, trespassando 20cm de cada lado da abertura, antes do revestimento As paredes de alvenaria rebocada dos sanitários, indicadas em projeto, serão revestidas com faixas de laminado melamínico, de mesmo acabamento dos sanitários existentes, cor branca, assentadas com cola sobre regularização prévia do emboço, sob orientação do fabricante do material de acabamento. O padrão definido é aquele existente, para não acrescentar custos à manutenção do prédio. Deverá ser apresentada amostra para aprovação prévia, deverá ter espessura de 1,3mm e corresponder a chapas de (308x125) cm, com referência a Landec Madepar M100 TX, própria para assentamento em paredes. Onde as paredes formarem cantos vivos, estes serão protegidos por cantoneiras de alumínio até altura de 180cm. Os materiais da base terão de estar em boas condições, livres de imperfeições (caroço de argamassa, calombos e depressões), umidade, poeira, graxa e óleo; as placas que serão assentadas deverão passar pelo menos 48 horas no local da obra para se aclimatar com o ambiente, evitando que se movimentem (dilatação ou contração) depois do revestimento aplicado. Utilizar um pano umedecido em produtos à base de amoníaco, álcool ou detergente para limpeza; para manchas difíceis, use esponja embebida em álcool ou em solvente apropriado ao material (ver para laminado melamínico) FORRO Nos banheiros e copa será forro removível de gesso em placas, revestidas à quente por película rígida de PVC na face aparente e bordas laterais lçongitudinais, em modulação de 618x1243mm ou 618x618mm, com acabamento liso, cor branca, instalado com perfil clicado, leve, pintado em branco eletrostaticamente, suspenso com arame galvanizado #10, rebites e reguladores Na circulação, o forro deverá permanecer o mesmo existente, porem deverá estar estanque à troca de ar com os ambientes dos sanitários contíguos. Deverá ser executada uma revisão geral neste acabamento com o objetivo de se recuperar a melhor aparência do material existente Todo o cuidado deverá ser tomado para com as instalações que deverão permanecer no pavimento ou que passam pelo local da reforma. Deverá ser deixada passagem removível de acesso pelo forro a essas instalações existentes. 18

19 5.11 PINTURA As paredes da área da reforma com revestimento em argamassa, terão em sua superfície, a aplicação de massa acrílica, Novacor, ou similar, para cobrir mínimas fissuras naturais da cura do reboco argamassado, bem como proporcionar uma superfície lisa, impermeável, própria para facilitar a limpeza ; posteriormente, deverão ser lixadas para eliminar imperfeições, evitando-se os calombos e depressões, permitindo a aplicação do acabamento final Sobre a parede emassada e lixada, será aplicado a pintura com tinta acrílica e acetinada Metalatex da Sherwin Williams ou similar, na cor branco neve, em todos os ambientes, em duas demãos ou o que for necessário à um perfeito recobrimento do revestimento de argamassa Em todas as superfícies rebocadas, deverá ser verificado o aparecimento de trincas ou outras imperfeições e em seguida, convenientemente preparado o local para receber a pintura onde está definida em projeto e liberada pela fiscalização Sobre os rebocos, serão aplicadas uma demão de líquido preparador para uniformizar a absorção e agregar partículas soltas antes do início das pinturas As portas, batentes e alizares deverão ser preparados, Iixados, aplicado um emassamento, lixado, aplicado um fundo (PVA látex), para posteriormente receberem o acabamento final, pintura esmalte tipo Coralit da Coral em no mínimo duas demãos Os forros de gesso da copa e banheiros, serão emassados com massa PVA, lixados e pintados com tinta PVA látex, tipo Coralatex da Coral, ou similar, na cor branco neve, em quantas demãos forem necessárias a um perfeito recobrimento As superfícies internas à área de reforma, das esquadrias metálicas, deverão receber tratamento de limpeza para recuperação da superfície, incluindo substituição de materiais que promovem a impermeabilidade. As superfícies externas destas esquadrias metálicas deverão receber o mesmo tratamento, sendo preciso que se atente ao local da finalização da área a ser coberta, de forma que não transpareça a idéia de emenda na fachada ACABAMENTOS E ARREMATES SOLEIRAS Nos sanitários, copa e cozinha, serão instaladas soleiras em granito cinza andorinha, espessura de 2cm, largura do portal, a qual deverá ser extraída in loco e o comprimento do vão, do mesmo modo, de forma a cobrir com perfeição o espaço entre as duas peças verticais do portal e as linhas dos dois pisos próximos à porta RODAPÉS Nos sanitários, copa e cozinha, serão executados rodapés em granito cinza andorinha, espessura de 2cm, altura de 5cm, os quais deverão ser assentados com argamassa de cimento colante própria para granito e posteriormente rejuntado com rejunte próprio para granito, cuidando dos encontros em formato de cantos e quinas, para que se apresentem um perfeito encaixe entre as peças INSTALAÇÕES HIDRÁULICAS DE ÁGUA FRIA 19

20 Toda tubulação existente nos sanitários (colunas de alimentação, ramais e sub-ramais), será substituída por tubos de PVC soldável classe A Tigre ou similar, e serão executados nas bitolas do projeto executivo, rigorosamente dentro das normas da ABNT, seguindo recomendações do fabricante e orientações da Fiscalização Os registros de gavetas serão metálicos, de procedência Deca ou similar, instalados com adaptadores para facilitar a manutenção futura Cada ambiente deverá ser dotado de um registro de gaveta, cromado, linha C40, a ser posicionado junto à porta de entrada para facilitar seu manuseio Todas as tubulações serão testadas num período de até 72 (setenta e duas) horas seguidas, antes de se proceder qualquer tipo de acabamento Deverá ser respeitado rigorosamente o projeto executivo de instalações hidráulicas e quando da necessidade de alteração de alguma proposta, será necessário uma consulta à Fiscalização e seu de acordo Deverá ser utilizado caminho vertical individual para cada ponto, em detrimento de uma única bitola maior que alimente todo o conjunto de pontos através de saídas em série O sistema a ser implantado deverá ser alimentado através do shaft disponível mais próximo do ambiente da reforma, aproveitando-se do ponto existente, ou de acordo com orientações da Fiscalização APARELHOS, METAIS e ACESSÓRIOS SANITÁRIOS Nos banheiros da CGI / MTE, serão instaladas peças sanitárias de louça branca, metais e acessórios cromados linha C40, DECA ou similar, sendo: a) bacia sanitária de louça branca, com fluxo de 6l por descarga, convencional; b) válvula de descarga Hydra Pública, referência 2551 PRO CR, com acabamento protegido contra vandalismo; c) ducha higiênica cromada, com registro e suporte de parede C40, referência 1984, a ser instalada nos boxes dos banheiros femininos; d) cuba de embutir de louça branca, oval, referência L 37; e) torneira de mesa, compacta, de acionamento hidromecânico, para leve pressão manual, fechamento automático sem intervenção do usuário, de fácil instalação e manutenção, porem resistente à depredação, a ser instalada uma torneira para cada cuba de bancada do banheiro, referência Decamatic da Deca ou similar; f) as torneiras serão interligadas ao sistema de distribuição de água fria através de engates flexíveis e reforçados, referência C; g) cada cuba será dotada de válvula cromada padrão 1602 C CR e sifão cromado com visita para limpeza, referência 1680 C de 1 x 1 ½, próprios para lavatório; h) mictório de louça branca, com sifão integrado e válvula de descarga cromada, com acabamento antivandalismo, resistente a depredações, acionamento com leve pressão manual, fechamento automático sem intervenção do usuário com temporizador para controle da higiene e consumo de água; 20

CÂMARA MUNICIPAL DE IPATINGA

CÂMARA MUNICIPAL DE IPATINGA CÂMARA MUNICIPAL DE IPATINGA REFORMA DO PRÉDIO DA CÂMARA MUNICIPAL DE IPATINGA MEMORIAL TÉCNICO DESCRITIVO Introdução O presente memorial descritivo tem por finalidade definir os trabalhos de Reforma Câmara

Leia mais

CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES GLOBAIS DE SERVIÇOS E MATERIAIS REFORMA E ADAPATAÇÃO DO PRÉDIO DA ANTIGA CPFL - GRADUAÇÃO

CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES GLOBAIS DE SERVIÇOS E MATERIAIS REFORMA E ADAPATAÇÃO DO PRÉDIO DA ANTIGA CPFL - GRADUAÇÃO CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES GLOBAIS DE SERVIÇOS E MATERIAIS REFORMA E ADAPATAÇÃO DO PRÉDIO DA ANTIGA CPFL - GRADUAÇÃO INSTITUTO UNI-FAMEMA / OSCIP Marília/SP ÍNDICE 1. PRELIMINARES. 2. DEMOLIÇÕES E RETIRADAS.

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO CAMARA DE VEREADORES DE ABELARDO LUZ - SC 1.- GENERALIDADES 1.1.- OBJETO

MEMORIAL DESCRITIVO CAMARA DE VEREADORES DE ABELARDO LUZ - SC 1.- GENERALIDADES 1.1.- OBJETO CAMARA DE VEREADORES DE ABELARDO LUZ - SC MEMORIAL DESCRITIVO 1.- GENERALIDADES 1.1.- OBJETO O presente Memorial Descritivo tem por finalidade estabelecer as condições que orientarão os serviços de construção,

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul Municipio de Venâncio Aires

Estado do Rio Grande do Sul Municipio de Venâncio Aires MEMORIAL DESCRITIVO Obra: OBRAS CIVIS, REFORMA E INSTALAÇÕES - PMAT PAVIMENTO TÉRREO E SUPERIOR DA PREFEITURA MUNICIPAL Local: Rua Osvaldo Aranha-nº 634 Venâncio Aires EXECUÇÃO E SERVIÇOS A execução dos

Leia mais

1 ANEXO XII - MEMORIAL DESCRITIVO ARQUITETÔNICO

1 ANEXO XII - MEMORIAL DESCRITIVO ARQUITETÔNICO 1 ANEXO XII - MEMORIAL DESCRITIVO ARQUITETÔNICO 4.1 APRESENTAÇÃO O presente MEMORIAL DESCRITIVO tem por finalidade determinar os detalhes de acabamento, tipo e a qualidade dos materiais a serem utilizados

Leia mais

TRANSMISSÃO VIA FAC-SÍMILE

TRANSMISSÃO VIA FAC-SÍMILE TRANSMISSÃO VIA FAC-SÍMILE Para: Fone: Fax: De: Luciana Ribeiro Suffi TEL: (61) 2192-8888 FAX: (61) 2192-8882 Número de páginas incluindo esta: 02 Data: 29/06/2006 Se não receber bem esta transmissão,

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO DO PROJETO DE REFORMA DOS BANHEIROS, COPAS E DEPÓSITOS DE MATERIAL DE LIMPEZA PROCURADORIA REGIONAL DO TRABALHO - ES

MEMORIAL DESCRITIVO DO PROJETO DE REFORMA DOS BANHEIROS, COPAS E DEPÓSITOS DE MATERIAL DE LIMPEZA PROCURADORIA REGIONAL DO TRABALHO - ES MEMORIAL DESCRITIVO DO PROJETO DE REFORMA DOS BANHEIROS, COPAS E DEPÓSITOS DE MATERIAL DE LIMPEZA PROCURADORIA REGIONAL DO TRABALHO - ES PROCURADORIA REGIONAL DO TRABALHO - ES REFORMA DO EDIFÍCIO BRASCAR

Leia mais

Estado de Santa Catarina Prefeitura de São Cristóvão do Sul Secretaria Municipal de Obras Departamento Engenharia

Estado de Santa Catarina Prefeitura de São Cristóvão do Sul Secretaria Municipal de Obras Departamento Engenharia ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS 1 ARQUITETURA 1.1 VEDAÇÕES 1.1.1 Alvenaria de Blocos Cerâmicos Tipo: 10x20x20 Aplicação: todas as Paredes internas e externas 1.2 ESQUADRIAS 1.2.1 Porta de madeira Compensada As

Leia mais

FUNDAÇÃO PROFESSOR MARTINIANO FERNANDES- IMIP HOSPITALAR - HOSPITAL DOM MALAN

FUNDAÇÃO PROFESSOR MARTINIANO FERNANDES- IMIP HOSPITALAR - HOSPITAL DOM MALAN 25% 1.0 SERVIÇOS PRELIMINARES R$ 12.734,82 1.1 COTAÇÃO MOBILIZAÇÃO DE EQUIPAMENTOS, FERRAMENTAS E PESSOAL. M² 200,00 2,57 3,21 642,50 1.2 74220/001 TAPUME DE CHAPA DE MADEIRA COMPENSADA, E= 6MM, COM PINTURA

Leia mais

GINÁSIO ESPORTIVO DA COMUNIDADE RIO BONITO ALTO - PONTÃO - RS

GINÁSIO ESPORTIVO DA COMUNIDADE RIO BONITO ALTO - PONTÃO - RS MEMORIAL DESCRITIVO Obra: GINÁSIO ESPORTIVO DA COMUNIDADE RIO BONITO ALTO - PONTÃO - RS Área: 488,50 m² Local: Comunidade de Rio Bonito Alto Bairro: Rio Bonito Alto Cidade: Pontão - RS Proprietário: Comunidade

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO DE ARQUITETURA

MEMORIAL DESCRITIVO DE ARQUITETURA MEMORIAL DESCRITIVO DE ARQUITETURA Reforma da Câmara dos Vereadores de Jataí GO DADOS DA OBRA OBRA: Câmara Municipal de Jataí LOCAL: Praça da Bandeira S/N SERVIÇOS: Projeto de reforma NÚMERO DE PAVIMENTOS:

Leia mais

Anexo I-A: Serviços de reforma no alojamento de menores da P. J. de Samambaia

Anexo I-A: Serviços de reforma no alojamento de menores da P. J. de Samambaia Serviços de reforma no alojamento de menores da P. J. de Samambaia MEMORIAL DESCRITIVO Anexo I-A: Serviços de reforma no alojamento de menores da P. J. de Samambaia Sumário 1.Considerações gerais...1 2.Serviços

Leia mais

Residencial Recanto do Horizonte

Residencial Recanto do Horizonte MEMORIAL DESCRITIVO Residencial Recanto do Horizonte FUNDAÇÃO E ESTRUTURA As Fundações serão executadas de acordo com o projeto estrutural, elaborado de acordo com as normas técnicas pertinentes e baseadas

Leia mais

ANEXO X - MEMORIAL DESCRITIVO DE ARQUITETURA

ANEXO X - MEMORIAL DESCRITIVO DE ARQUITETURA ANEXO X - MEMORIAL DESCRITIVO DE ARQUITETURA ESPECIFICAÇÕES POR AMBIENTES 1. SANITÁRIOS, MASCULINO E FEMININO: 1.1. Piso: Cerâmica TP Gres extra ou 1a Qualidade 63x63 para piso PEI-4, cor cream sensation

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO CORRETIVA E PREVENTIVA EM TODAS AS UNIDADES DA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO LINHARES - ES

MEMORIAL DESCRITIVO SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO CORRETIVA E PREVENTIVA EM TODAS AS UNIDADES DA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO LINHARES - ES MEMORIAL DESCRITIVO SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO CORRETIVA E PREVENTIVA EM TODAS AS UNIDADES DA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO LINHARES - ES 1 1. INTRODUÇÃO O memorial se refere aos Serviços de Manutenção

Leia mais

ANEXO II PLANILHA ORÇAMENTÁRIA DISCRIMINADA

ANEXO II PLANILHA ORÇAMENTÁRIA DISCRIMINADA ANEXO II PLANILHA ORÇAMENTÁRIA DISCRIMINADA (MODELO DE PROPOSTA) SERVIÇOS E MATERIAIS NECESSÁRIOS PARA A COMPLETA EXECUÇÃO DO OBJETO, DE ACORDO COM O MEMORIAL DESCRITIVO Local: PROCURADORIA DA REPÚBLICA

Leia mais

ANEXO I REFORMA DO CPD DA SALA 128 DA SEDE DO IMPA MEMORIAL DESCRITIVO

ANEXO I REFORMA DO CPD DA SALA 128 DA SEDE DO IMPA MEMORIAL DESCRITIVO CONVITE Nº 07/2010 PROCESSO Nº 006/2010 ANEXO I REFORMA DO CPD DA SALA 128 DA SEDE DO IMPA MEMORIAL DESCRITIVO OBJETO: REFORMA DO CPD Serão executados os seguintes serviços: Remoção de equipamentos de

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOÃO DE MERITI MEMORIAL DESCRITIVO

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOÃO DE MERITI MEMORIAL DESCRITIVO PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOÃO DE MERITI MEMORIAL DESCRITIVO Objeto: Reforma e Adequação sem acréscimo de área construída do Posto de Saúde de Eden. End.: Rua Roberto Silveira s/n Éden - São João de

Leia mais

EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº 001/2014 PROCESSO Nº 001/2014

EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº 001/2014 PROCESSO Nº 001/2014 EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº 001/2014 PROCESSO Nº 001/2014 Encerramento: às 17:00 horas do dia 30 de setembro de 2014 Abertura dos Envelopes: às 8:00 horas do dia 01 de outubro de 2014 A SANTA CASA DE

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO MEMORIAL DESCRITIVO 40ª CIRETRAN PRÉDIO-SEDE

ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO MEMORIAL DESCRITIVO 40ª CIRETRAN PRÉDIO-SEDE MEMORIAL DESCRITIVO 40ª CIRETRAN PRÉDIO-SEDE Local: Município: Área Estim.: 271,18 m² Av. Cascavel, Quadra 39, Lote 14, Bairro Primavera II Primavera do Leste MT SETEMBRO / 2008 SUMÁRIO 1 INFORMAÇÕES GERAIS:

Leia mais

EDITAL DE CONVITE Nº 004/2012

EDITAL DE CONVITE Nº 004/2012 EDITAL DE CONVITE Nº 004/2012 1. DA LICITAÇÃO O Conselho Regional dos Representantes Comerciais do Estado de Santa Catarina CORE/SC, Órgão Fiscalizador do Exercício Profissional, criado pela Lei nº 4886,

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO CONSELHO REGIONAL DE ADMINISTRAÇÃO SECCIONAL SANTA MARIA - OBRA -

MEMORIAL DESCRITIVO CONSELHO REGIONAL DE ADMINISTRAÇÃO SECCIONAL SANTA MARIA - OBRA - MEMORIAL DESCRITIVO CONSELHO REGIONAL DE ADMINISTRAÇÃO SECCIONAL SANTA MARIA - OBRA - Porto Alegre 12 de agosto de 2014 1 SUMÁRIO 1. CONSIDERAÇÕES INICIAIS... 3 2. DISPOSIÇÕES GERAIS... 3 3. INSTALAÇÃO

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO PORTARIA / GARAGEM

MEMORIAL DESCRITIVO PORTARIA / GARAGEM 1/10 MEMORIAL DESCRITIVO PORTARIA / GARAGEM As obras serão realizadas obedecendo rigorosamente aos projetos, detalhes e especificações, bem como as normas da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas)

Leia mais

PROJETO PARA FECHAMENTO DE QUADRA DE ESPORTES E.E.B MARIA DO ROSÁRIO

PROJETO PARA FECHAMENTO DE QUADRA DE ESPORTES E.E.B MARIA DO ROSÁRIO PROJETO PARA FECHAMENTO DE QUADRA DE ESPORTES E.E.B MARIA DO ROSÁRIO MONTE CARLO SC JULHO DE 2015 Fazem parte deste projeto: - Projeto Arquitetônico e Detalhes. - Memorial Descritivo. - Orçamento, Cronograma.

Leia mais

MUNICÍPIO DE ILHA COMPRIDA

MUNICÍPIO DE ILHA COMPRIDA MEMORIAL DESCRITIVO OBRA: REFORMA, ADEQUAÇÃO E AMPLIAÇÃO DA CRECHE CRIANÇA FELIZ LOCAL: BALNEÁRIO ICARAÍ DE IGUAPE 1. Descrição As adequações e ampliações da Creche Criança feliz visam melhorar o atendimento

Leia mais

ANEXO I ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS CADERNO DE ENCARGOS

ANEXO I ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS CADERNO DE ENCARGOS Processo...: 08153-000393/2007-02 Objeto... :Tomada de Preços nº 01/2007 Contratação de empresa para a execução de Serviços de Pintura do prédio Sede da PRT 23ª Região Local...: Rua Presidente Castelo

Leia mais

PLANILHA DE SERVIÇOS GERAIS DE OBRA

PLANILHA DE SERVIÇOS GERAIS DE OBRA 1 PRELIMINARES 1.1 Instalações do canteiro de obra vb 1,00 5.000,00 5.000,00 90,09 1.2 Placa de obra 2,00m x 3,00m, conforme orietações da administração vb 1,00 550,00 550,00 9,91 SUB TOTAL PRELIMINARES

Leia mais

PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2013 PROCESSO SECOM Nº 0357/2012. Alterações e Normas complementares M I N U T A

PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2013 PROCESSO SECOM Nº 0357/2012. Alterações e Normas complementares M I N U T A IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ PREENCHER O RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL, CONSTANTE DO ANEXO I E DEVOLVER COM ATÉ 24 HS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2013

Leia mais

CONVITE N o 20/2010 DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 16/07/2010 às 15 horas

CONVITE N o 20/2010 DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 16/07/2010 às 15 horas CONVITE N o 20/2010 DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 16/07/2010 às 15 horas 01. DISPOSIÇÕES INICIAIS 1.1 O Senac Departamento Nacional torna público que, na Seção de Material,

Leia mais

Tomada de Preços n.º 015/2010

Tomada de Preços n.º 015/2010 Tomada de Preços n.º 015/2010 Procedimento Administrativo n.º 0848/2010 Modalidade: Tomada de Preços Tipo: Menor Preço Julgamento: global Regime de execução: empreitada por preço unitário Objeto: Contratação

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA MEMORIAL DESCRITIVO

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA MEMORIAL DESCRITIVO ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA MEMORIAL DESCRITIVO Obra: Reforma de Prédio Delegacia CRA Proprietário: Conselho Regional de administração Endereço: Av. Presidente Getulio Vargas, N 2.923 Área: 110,00 m² 1.

Leia mais

ÁREA TOTAL TERRENO: 325,00m² ÁREA TOTAL CASA: 48,00m² ÁREA DE INFILTRAÇÃO: 65,00m² ITEM ESPECIFICAÇÕES DOS SERVIÇOS

ÁREA TOTAL TERRENO: 325,00m² ÁREA TOTAL CASA: 48,00m² ÁREA DE INFILTRAÇÃO: 65,00m² ITEM ESPECIFICAÇÕES DOS SERVIÇOS 1 1.1 INSTALAÇÃO DO CANTEIRO DE OBRA Abrigo provisório de madeira executada na obra para alojamento e depósitos de materiais e ferramentas 01520.8.1.1 m² 7,50 1.2 Ligação provisória de água para a obra

Leia mais

Processo nº 0448.1511/15-9 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 066A/2015

Processo nº 0448.1511/15-9 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 066A/2015 Processo nº 0448.1511/15-9 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 066A/2015 DATA DA ABERTURA: 13/11/2015 HORA DA ABERTURA: 09:00 Horas NOME DA EMPRESA: ORIGINAL

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA TERRA DE LUTA E FÉ - DOE ORGÃOS, DOE SANGUE:SALVE VIDAS

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA TERRA DE LUTA E FÉ - DOE ORGÃOS, DOE SANGUE:SALVE VIDAS EDITAL DE CARTA CONVITE 027/2015 A PREFEITA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA, torna público, para conhecimento dos interessados, que no dia 20 DE NOVEMBRO DE 2015, às 10 horas, reunirse-á a Comissão Permanente

Leia mais

ABERTURA DE CARTA CONVITE Nº 001/2014

ABERTURA DE CARTA CONVITE Nº 001/2014 ABERTURA DE CARTA CONVITE Nº 001/2014 O CONSELHO REGIONAL DE CORRETORES DE IMÓVEIS DO ESTADO DE SANTA CATARINA CRECI - 11ª REGIÃO/SC, através da Comissão de Julgamento de Licitação, comunica que, de acordo

Leia mais

CONVITE Nº 008/2013 CPL/FMS/SMS/PMVR

CONVITE Nº 008/2013 CPL/FMS/SMS/PMVR CONVITE Nº 008/2013 CPL/FMS/SMS/PMVR O MUNICÍPIO DE VOLTA REDONDA/RJ, por intermédio da COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO do FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE da SECRETARIA MUNCIPAL DE SAÚDE/PMVR, atendendo requisitos

Leia mais

Prefeitura Municipal de Piratini

Prefeitura Municipal de Piratini MEMORIAL DESCRITIVO O presente Memorial Descritivo visa estabelecer as condições de materiais e execução referentes à construção de um Vestiário Esportivo, localizado na Av. 6 de julho s/n, em Piratini/RS,

Leia mais

EDITAL N.º CONVITE N.º PROCESSO N.º 011/2011-CPL 009/2011 011/2011. PRAZO MÁXIMO PARA ENTREGA DOS ENVELOPES Até 17 de Outubro de 2011 Às 14:00 horas

EDITAL N.º CONVITE N.º PROCESSO N.º 011/2011-CPL 009/2011 011/2011. PRAZO MÁXIMO PARA ENTREGA DOS ENVELOPES Até 17 de Outubro de 2011 Às 14:00 horas EDITAL N.º CONVITE N.º PROCESSO N.º 011/2011-CPL 009/2011 011/2011 PRAZO MÁXIMO PARA ENTREGA DOS ENVELOPES Até 17 de Outubro de 2011 Às 14:00 horas ABERTURA DOS ENVELOPES DOCUMENTAÇÃO Dia 17 de Outubro

Leia mais

LISTAGEM DE SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO PREDIAL PREVENTIVA E CORRETIVA

LISTAGEM DE SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO PREDIAL PREVENTIVA E CORRETIVA 1 Serviços de Demolições, Remoções e Retiradas 1.1 Serviço de demolição de contrapiso m² 330,00-1.2 Serviço de demolição do chapisco/emboço m² 95,30-1.3 Serviço de demolição de alvenaria de 1/2 vez m²

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 002/2010

CARTA CONVITE Nº 002/2010 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S. A. CERON DIRETORIA DE GESTÃO ADMINISTRATIVA DA GERÊNCIA DE ADMINISTRAÇÃO GERAL AGG MEMORIAL DESCRITIVO

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S. A. CERON DIRETORIA DE GESTÃO ADMINISTRATIVA DA GERÊNCIA DE ADMINISTRAÇÃO GERAL AGG MEMORIAL DESCRITIVO MEMORIAL DESCRITIVO PROPRIETÁRIO: CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S. A. CERON OBRA: ENDEREÇO: REFORMA E ADEQUAÇÃO DE SALAS NO PRÉDIO DA UNIDADE DE NEGÓCIOS NORTE UNN, VISANDO A INSTALAÇÃO DO POSTO DE ENSAIO

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO. Obra: Reforma da Câmara Municipal de Conchas 2ª Fase

MEMORIAL DESCRITIVO. Obra: Reforma da Câmara Municipal de Conchas 2ª Fase MEMORIAL DESCRITIVO Obra: Reforma da Câmara Municipal de Conchas 2ª Fase Este Memorial Descritivo tem por finalidade especificar os materiais e serviços a serem executados na REFORMA DA CÂMARA MUNICIPAL

Leia mais

ÁREA TOTAL CASA: 67,50m² ÁREA DE INFILTRAÇÃO: 80,20m² ITEM ESPECIFICAÇÕES DOS SERVIÇOS

ÁREA TOTAL CASA: 67,50m² ÁREA DE INFILTRAÇÃO: 80,20m² ITEM ESPECIFICAÇÕES DOS SERVIÇOS ENDEREÇO: Rua nº 01 - Loteamento Maria Laura ÁREA TOTAL CASA: 67,50m² 1 INSTALAÇÃO DO CANTEIRO DE OBRA 1.1 Abrigo provisório de madeira executada na obra para alojamento e depósitos de materiais e ferramentas

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 023/2009

CARTA CONVITE Nº 023/2009 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO OBRA: ESPAÇO FITNESS FLORAIS CUIABÁ

MEMORIAL DESCRITIVO OBRA: ESPAÇO FITNESS FLORAIS CUIABÁ MEMORIAL DESCRITIVO OBRA: ESPAÇO FITNESS FLORAIS CUIABÁ ESPECIFICAÇÕES DE ARQUITETURA OBRA: PROJETO DO ESPAÇO FITNESS - FLORAIS CUIABÁ 1.0 - DESCRIÇÃO DO PROJETO: O empreendimento será implantado no Condomínio

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO. 2.0 - Calçadas Externas/rampa/escada:

MEMORIAL DESCRITIVO. 2.0 - Calçadas Externas/rampa/escada: PROJETO Nº 051/2013 Solicitação: Memorial Descritivo Tipo da Obra: Reforma, ampliação e adequação acesso Posto de Saúde Santa Rita Área existente: 146,95 m² Área ampliar: 7,00 m² Área calçadas e passeio:

Leia mais

EDITAL DE CONCORRÊNCIA PÚBLICA 01/2014

EDITAL DE CONCORRÊNCIA PÚBLICA 01/2014 EDITAL DE CONCORRÊNCIA PÚBLICA 01/2014 O PRESIDENTE DA COMPANHIA ÁGUAS TERMAIS MARCELINO RAMOS no uso de suas atribuições legais e estatutárias e de conformidade com a Lei 8666/93 de 21 de junho de 1993

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 007/2008

CARTA CONVITE Nº 007/2008 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO E COM ATÉ 24 HS DE ANTECEDÊNCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 - JD. PAULISTA -

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA SOLICITAÇÃO DE MODIFICAÇÕES EM APARTAMENTOS

PROCEDIMENTOS PARA SOLICITAÇÃO DE MODIFICAÇÕES EM APARTAMENTOS PROCEDIMENTOS PARA SOLICITAÇÃO DE MODIFICAÇÕES EM APARTAMENTOS Para solicitar modificações nos apartamentos, o cliente deverá vir até a empresa em horário comercial no setor de Projetos com sua carta de

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO CONCLUSÃO DA QUADRA DA ESCOLA ALTO BONITO. Rua Florêncio Busatto - Caçador SC.

MEMORIAL DESCRITIVO CONCLUSÃO DA QUADRA DA ESCOLA ALTO BONITO. Rua Florêncio Busatto - Caçador SC. MEMORIAL DESCRITIVO O presente Memorial Descritivo tem por objetivo descrever os serviços, materiais e técnicas construtivas a serem utilizadas na execução da obra abaixo qualificada. DADOS FÍSICOS LEGAIS

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE DOURADO CNPJ 51.814.960/0001-26. Projeto Básico

PREFEITURA MUNICIPAL DE DOURADO CNPJ 51.814.960/0001-26. Projeto Básico Projeto Básico Pintura e reparos na Escola Municipal de Ensino Fundamental Senador Carlos José Botelho 1.0 Objeto Trata-se de obra de pintura e correção de reparos no edifício da escola, tombado pelo Patrimônio.

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO MODALIDADE CARTA CONVITE N.º 006/2006

EDITAL DE LICITAÇÃO MODALIDADE CARTA CONVITE N.º 006/2006 2 EDITAL DE LICITAÇÃO MODALIDADE CARTA CONVITE N.º 006/2006 TIPO: DATA DE ABERTURA HORÁRIO LOCAL MENOR PREÇO 04/12/2006 10 HORAS SALA DE REUNIÃO 1 - DO OBJETO DA LICITAÇÃO 1.1 A COMISSÃO PERMANNTE DE LICITAÇÃO

Leia mais

Município de Xangri-Lá Fone: (51) 3689-2400 www.xangrila.rs.gov.br

Município de Xangri-Lá Fone: (51) 3689-2400 www.xangrila.rs.gov.br EDITAL Nº 62/2012 PREGÃO ELETRÔNICO 34/2012 PROCESSO DE DESPESA: 2318/2012 (SEC. DE EDUCAÇÃO) PROCESSO DE LICITAÇÃO 2318/2012 PROCESSO DE COMPRA 45-12 ABERTURA: 29/03/2012 HORÁRIO: 15 horas O Prefeito

Leia mais

FUNDO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE TURVO - PR. Tomada de Preço N.º 001/2014.

FUNDO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE TURVO - PR. Tomada de Preço N.º 001/2014. FUNDO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE TURVO - PR. Tomada de Preço N.º 001/2014. Emissão: 09/12/2014. Abertura: 29/12/2014. Horário: 10:00 H. O Fundo de Previdência dos Servidores Municipais

Leia mais

CONVITE N.º 001/2007

CONVITE N.º 001/2007 CONVITE N.º 001/2007 A Companhia das Docas do Estado da Bahia - CODEBA, com observância da Lei n.º 8.666/93, de 21/6/1993, e demais disposições legais, convida essa empresa a participar de Licitação acima

Leia mais

TOMADA DE PREÇOS n.º 2013/5040001-01

TOMADA DE PREÇOS n.º 2013/5040001-01 1 FUNDAÇÃO DE APOIO À TECNOLOGIA E CIÊNCIA - FATEC Cep: 97105-900 Prédio 66 - Campus/UFSM Santa Maria RS TOMADA DE PREÇOS n.º 2013/5040001-01 A FUNDAÇÃO DE APOIO À TECNOLOGIA E CIÊNCIA - FATEC, CNPJ n.º

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 01/2011

CARTA CONVITE Nº 01/2011 CARTA CONVITE Nº 01/2011 O CONSELHO REGIONAL DE FISIOTERAPIA E TERAPIA OCUPACIONAL DA 10ª REGIÃO CREFITO-10, Estado de Santa Catarina, através de sua Comissão Permanente de Licitação, designada pela Portaria

Leia mais

CONVITE N.º 003-001/2013-CV

CONVITE N.º 003-001/2013-CV 1 CONVITE N.º 003-001/2013-CV REFERÊNCIA: Contratação de organização, associação ou empresa que preste serviço de fornecimento de alimentação no município de Santarém/Pará. A TERRA DE DIREITOS, entidade

Leia mais

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2010. SESSÃO DE ABERTURA: Local: Rua Pamplona 1200 7º andar Horário: 10:30 horas do dia 08 de março de 2.

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2010. SESSÃO DE ABERTURA: Local: Rua Pamplona 1200 7º andar Horário: 10:30 horas do dia 08 de março de 2. IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM 03 (TRÊS) DIAS DE ANTECEDENCIA NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP: 01405-001

Leia mais

Tomada de Preços n.º 006/2009

Tomada de Preços n.º 006/2009 Tomada de Preços n.º 006/2009 Procedimento Administrativo n.º 0802/2008 Modalidade: Tomada de Preços Tipo: Menor Preço Julgamento: por item Regime de execução: empreitada por preço global Objeto: Aquisição

Leia mais

Obra: Ampliação Câmara de Vereadores Local : VRS- 801 Almirante Tamandaré do Sul - RS Proprietário: Prefeitura Municipal de Almirante Tamandaré do Sul

Obra: Ampliação Câmara de Vereadores Local : VRS- 801 Almirante Tamandaré do Sul - RS Proprietário: Prefeitura Municipal de Almirante Tamandaré do Sul MEMORIAL DESCRITIVO Obra: Ampliação Câmara de Vereadores Local : VRS- 801 Almirante Tamandaré do Sul - RS Proprietário: Prefeitura Municipal de Almirante Tamandaré do Sul 1. O presente memorial tem por

Leia mais

Município. Prefeitura Municipal de Santa Barbara - BA. Sexta-Feira - 13 de Abril de 2012 - Ano VII - N º 40

Município. Prefeitura Municipal de Santa Barbara - BA. Sexta-Feira - 13 de Abril de 2012 - Ano VII - N º 40 do Município Prefeitura Municipal de Santa Barbara - BA Sexta-Feira - - Ano VII - N º 40 PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA BÁRBARA TOMADA DE PREÇOS Nº 01/2012 OBJETO: a execução de obras de reforma dos seguintes

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 028/2009 M I N U T A

CARTA CONVITE Nº 028/2009 M I N U T A IMPORTANTE : PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDÊNCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JARDIM PAULISTA

Leia mais

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência CONVITE N. º 95933-02/2010

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência CONVITE N. º 95933-02/2010 CONVITE N. º 95933-02/2010 A FUNDAÇÃO DE APOIO À TECNOLOGIA E CIÊNCIA - FATEC, CNPJ n.º 89.252.431/0001-59, realizará licitação por CONVITE, do tipo menor preço global, para a CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA

Leia mais

Estado do Amazonas PREFEITURA MUNICIPAL DE TONANTINS CNPJ: 04.628.608/0001-16 Endereço: Rua Leopoldo Peres, s/n Centro, Tonantins AM

Estado do Amazonas PREFEITURA MUNICIPAL DE TONANTINS CNPJ: 04.628.608/0001-16 Endereço: Rua Leopoldo Peres, s/n Centro, Tonantins AM EDITAL CONVITE Nº 002/2015 1 PREÂMBULO 1.1. A, através da COMISSÃO MUNICIPAL DE LICITAÇÃO CML, adiante denominada simplesmente CML, CONVIDA essa firma para participar do certame licitatório, na modalidade

Leia mais

ANEXO 1 TERMO DE REFERÊNCIA Fechamentos em gesso acartonado e placas cimentícias

ANEXO 1 TERMO DE REFERÊNCIA Fechamentos em gesso acartonado e placas cimentícias 1 OBJETO: ANEXO 1 TERMO DE REFERÊNCIA Fechamentos em gesso acartonado e placas cimentícias 1.1 Aquisição e instalação de fechamentos em gesso acartonado e em placas cimentícias, inclusive fornecimento

Leia mais

PROCESSO LICITATÓRIO CONVITE N 01/2009 RESUMO

PROCESSO LICITATÓRIO CONVITE N 01/2009 RESUMO AÇÃO COMUNITÁRIA DO BRASIL ACB/RJ Plano Nacional de Qualificação - PlanSeQ CONVÊNIO MTE/SPPE/CODEFAT N 00010/08 PROCESSO LICITATÓRIO CONVITE N 01/2009 RESUMO A Comissão de Licitação da AÇÃO COMUNITÁRIA

Leia mais

CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES INSTALAÇÕES HIDRÁULICAS

CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES INSTALAÇÕES HIDRÁULICAS CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES INSTALAÇÕES HIDRÁULICAS HC1 PISO TÉRREO ALA B - HEMODINÂMICA HOSPITAL DE CLÍNICAS DE MARÍLIA MARÍLIA SP PROJETO: ENGEST ENGENHARIA LTDA Eng. Civil Marcos Stroppa Rua Lupércio

Leia mais

ANEXO I PLANILHA DE ORÇAMENTO OBRA: AMPLIAÇÃO E REFORMA DA SUBSEÇÃO JUDICIÁRIA DE JUAZEIRO DO NORTE - CE

ANEXO I PLANILHA DE ORÇAMENTO OBRA: AMPLIAÇÃO E REFORMA DA SUBSEÇÃO JUDICIÁRIA DE JUAZEIRO DO NORTE - CE ANEXO I PLANILHA DE ORÇAMENTO OBRA: AMPLIAÇÃO E REFORMA DA SUBSEÇÃO JUDICIÁRIA DE JUAZEIRO DO NORTE - CE ITEM ESPECIFICAÇÃO DO SERVIÇO UNID QUANT P. UNIT TOTAL 1.0 OBRAS CIVIS 123.197,588 1.1 IMPLANTAÇÃO

Leia mais

PLANILHA DE QUANTITATIVOS E PREÇOS - DATA: 03/06/2013

PLANILHA DE QUANTITATIVOS E PREÇOS - DATA: 03/06/2013 IDENTIFICAÇÃO DA FIRMA PLANILHA DE QUANTITATIVOS E PREÇOS - DATA: 03/06/2013 OBRA REFORMA DO DEPRA Localização: AV. São Paulo-Bairro dos Estados-Paraíba-Brasil PREÇOS PROPOSTOS PREÇOS: SINAPI / C/BDI=

Leia mais

EDITAL DE DISPENSA DE LICITAÇÃO N 004/2014 TIPO: MENOR PREÇO

EDITAL DE DISPENSA DE LICITAÇÃO N 004/2014 TIPO: MENOR PREÇO EDITAL DE DISPENSA DE LICITAÇÃO N 004/2014 TIPO: MENOR PREÇO (PROCESSO N 2014/11/267) O Instituto de Previdência dos Servidores do Município de Paranaguá, por sua Comissão Permanente de Licitação, designada

Leia mais

CONJUNTO RESIDENCIAL COLINAS SÃO LOURENZO

CONJUNTO RESIDENCIAL COLINAS SÃO LOURENZO CONJUNTO RESIDENCIAL COLINAS SÃO LOURENZO MEMORIAL DESCRITIVO ZIVA EMPREENDIMENTOS IMOBILIARIOS LTDA LOCAL: Rua JOSE DEL ROIO, n 105 Bairro JARDIM SÃO LOURENÇO Bragança Paulista S. P. MEMORIAL DESCRITIVO

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE A FOME SECRETARIA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE A FOME SECRETARIA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL MEMÓRIA DE CÁLCULO Objeto: CENTRO DE REFERÊNCIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL Proprietário: Endereço: Área da Edificação: 165,30 M² Pavimento: térreo Área do Terreno: 450,00 M² INTRODUÇÃO Este documento técnico

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO MINISTÉRIO PÚBLICO DO DISTRITO FEDERAL E TERRITÓRIOS. TOMADA DE PREÇOS N.º 12/04 Processo n.º 08190.

MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO MINISTÉRIO PÚBLICO DO DISTRITO FEDERAL E TERRITÓRIOS. TOMADA DE PREÇOS N.º 12/04 Processo n.º 08190. MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO MINISTÉRIO PÚBLICO DO DISTRITO FEDERAL E TERRITÓRIOS TOMADA DE PREÇOS N.º 12/04 Pcesso n.º 08190.129353/04-82 A Comissão Permanente de Licitação - CPL do Ministério Público

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 005/2008 M I N U T A

CARTA CONVITE Nº 005/2008 M I N U T A IMPORTANTE : PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDÊNCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

E D I T A L Nº 2229/2013

E D I T A L Nº 2229/2013 E D I T A L Nº 2229/2013 MODALIDADE: Convite ABERTURA: Dia 12 de Setembro de 2013, às 10:00 horas TIPO: Menor preço por item LOCAL DE ABERTURA: Setor de Licitações, localizado na Rua Benjamin Constant,

Leia mais

22100022.12.362.014.21747.0700000.33903000.51.0.30-4955

22100022.12.362.014.21747.0700000.33903000.51.0.30-4955 Convite N.º 003/2015 Natureza da Despesa Funcional Programática Data da Emissão 15 de Junho de 2015 Data da Licitação 22 de Junho de 2015 Horário da Licitação 08:00h Tipo de Licitação Aquisição de Material

Leia mais

CONVITE N.º 004-001/2013-CV

CONVITE N.º 004-001/2013-CV 1 CONVITE N.º 004-001/2013-CV REFERÊNCIA: Contratação de organização, associação ou empresa que preste serviço de hospedagem com local para realização de evento, destinado aos contratados e convidados

Leia mais

MODALIDADE CONVITE Nº 10/2014 PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 2035/2014 PREÂMBULO

MODALIDADE CONVITE Nº 10/2014 PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 2035/2014 PREÂMBULO MODALIDADE CONVITE Nº 10/2014 PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 2035/2014 PREÂMBULO O Presidente do Conselho Federal de Farmácia - CFF e esta Comissão Permanente de Licitação, designada pela Portaria nº 01, de

Leia mais

INSTRUMENTO CONVOCATÓRIO SELEÇÃO PÚBLICA TIPO: MENOR PREÇO

INSTRUMENTO CONVOCATÓRIO SELEÇÃO PÚBLICA TIPO: MENOR PREÇO SELEÇÃO PÚBLICA Nº: 075/2015 PROCESSO Nº 6389/2015/FAPEPE INSTRUMENTO CONVOCATÓRIO SELEÇÃO PÚBLICA TIPO: MENOR PREÇO DATA MÁXIMA PARA ENVIO DA PROPOSTA ELETRÔNICA: 05/06/2015 às 16H00min. DATA SESSÃO DE

Leia mais

EDITAL DA TOMADA DE PREÇO Nº. 014/2008

EDITAL DA TOMADA DE PREÇO Nº. 014/2008 1 EDITAL DA TOMADA DE PREÇO Nº. 014/2008 Objeto Contratar empresa especializada de Engenharia Mecânica para Instalação dos Equipamentos Industriais dos prédios de Utilidades e PPI do CBA. MANAUS/AM 2008

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE DOUTOR PEDRINHO Estado de Santa Catarina

PREFEITURA MUNICIPAL DE DOUTOR PEDRINHO Estado de Santa Catarina MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Obra: AMPLIAÇÃO UNIDADE DE SAÚDE CENTRAL Local: Rua Santa Catarina, Centro Área de Ampliação: 161,82 m² Município: Doutor Pedrinho SC Data: Novembro / 2015

Leia mais

2. INSTALAÇÕES PROVISÓRIAS

2. INSTALAÇÕES PROVISÓRIAS MEMORIAL DESCRITIVO Obra: Banheiros Públicos Rincão do Segredo Local: Rua Carlos Massman - Rincão do Segredo Alm. Tam. do Sul-RS Proprietário: Município de Almirante Tamandaré do Sul / RS 1. O presente

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 012/2007

CARTA CONVITE Nº 012/2007 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP: 01405-001 - DEPTO DE COMPRAS - 8º ANDAR. CARTA

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO N.º 005/2014 CARTA CONVITE Nº 002/2014

EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO N.º 005/2014 CARTA CONVITE Nº 002/2014 EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO N.º 005/2014 CARTA CONVITE Nº 002/2014 O CONSELHO REGIONAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA DA 7ª REGIÃO CREF7/DF, Autarquia Federal, criada pela Lei nº 9.696/98, torna público

Leia mais

PROJETO BÁSICO DE CONSTRUÇÃO DE ESCRITÓRIO EM ARIQUEMES/RO.

PROJETO BÁSICO DE CONSTRUÇÃO DE ESCRITÓRIO EM ARIQUEMES/RO. UNID. QUANT. UNITÁRIO TOTAL CÓD. DEOSP 1. SERVIÇOS PRELIMINARES 1.1 1.2 Aquisição e assentamento de placas de obras pronta de 3,00 x 2,00 m, conforme modelo. Barracão de obra em chapa de madeira compensada

Leia mais

JUSTIÇA FEDERAL DE 1º GRAU SEÇÃO JUDICIÁRIA DO ESPÍRITO SANTO ADEQUAÇÕES ÀS EXIGÊNCIAS DO CORPO DE BOMBEIROS E PMV

JUSTIÇA FEDERAL DE 1º GRAU SEÇÃO JUDICIÁRIA DO ESPÍRITO SANTO ADEQUAÇÕES ÀS EXIGÊNCIAS DO CORPO DE BOMBEIROS E PMV 01 DEMOLIÇÕES E RETIRADAS 01.01 Demolição de concreto armado para correção da área de abertura dos poços de ventilação de tomada de ar exterior (devem ter área mínima de Térreo - acesso às galerias m³

Leia mais

ANEXO XII - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

ANEXO XII - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE SECRETARIA MUNICIPAL DE OBRAS E VIAÇÃO ESCRITÓRIO DE PROJETOS E OBRAS DIVISÃO DE PROJETOS PREDIAIS ANEXO XII - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS OBRA: CONSTRUÇÃO DE MUROS LOCAL:

Leia mais

2.01.1 Atenderem as condições e exigências estabelecidas neste CONVITE;

2.01.1 Atenderem as condições e exigências estabelecidas neste CONVITE; CONVITE Nº 009/2007 LICITAÇÃO PARA AQUISIÇÃO DE 63 (SESSENTA E TRÊS) LICENÇAS DO SISTEMA OPERACIONAL WINDOWS XP PROFESSIONAL-FULL VERSÃO EM PORTUGUÊS PARA ESTAÇÕES DE TRABALHO E 01(UMA) LICENÇA DE WINDOWS

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE OSASCO SECRETARIA DE OBRAS E TRANSPORTES DEPARTAMENTO DE OBRAS PÚBLICAS ALBERGUE ROCHDALE

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE OSASCO SECRETARIA DE OBRAS E TRANSPORTES DEPARTAMENTO DE OBRAS PÚBLICAS ALBERGUE ROCHDALE ALBERGUE ROCHDALE RUA BELO HORIZONTE, 85 - ROCHDALE 1 1. CONSIDERAÇÕES GERAIS O presente Memorial tem por objetivo estabelecer as condições técnicas essenciais, no que tange a materiais, serviços e instalações

Leia mais

Memorial Descritivo Condomínio Residencial Renascer

Memorial Descritivo Condomínio Residencial Renascer Memorial Descritivo Memorial Descritivo Condomínio Residencial Renascer Um novo tempo. Sua nova vida. Incorporação e Construção: JDC Engenharia Ltda Empreendimento: Construção de 2 torres residenciais,

Leia mais

EDITAL ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ÁGUAS SUBTERRÂNEAS - ABAS CONVITE Nº 003/2008

EDITAL ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ÁGUAS SUBTERRÂNEAS - ABAS CONVITE Nº 003/2008 EDITAL ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ÁGUAS SUBTERRÂNEAS - ABAS CONVITE Nº 003/2008 Ref.: Convênio n 001/2008: Convênio celebrado entre a Agência Nacional de Águas - ANA e Associação Brasileira de Águas Subterrâneas

Leia mais

Obra: Ampliação da E.M.E.I. Pequeno Polegar Endereço: Rua Pinheiro Machado, nº 568 - Não-Me-Toque/RS Área: 259,35 m² ÍTEM DISCRIMINAÇÃO CUSTO UNITÁRIO CUSTO CUSTO TOTAL UNID QUANT TOTAL Material MO UNITÁRIO

Leia mais

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência CONVITE N.º 5030005-01/2011

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência CONVITE N.º 5030005-01/2011 1 CONVITE N.º 5030005-01/2011 A FUNDAÇÃO DE APOIO À TECNOLOGIA E CIÊNCIA -, CNPJ n.º 89.252.431/0001-59, realizará licitação por CONVITE, do tipo menor preço global, para a AQUISIÇÃO DE CERCA/MANGUEIRA

Leia mais

Especificações 1- DESCRIÇÃO BÁSICA 2- TERRENO 3- FUNDAÇÃO

Especificações 1- DESCRIÇÃO BÁSICA 2- TERRENO 3- FUNDAÇÃO Especificações 1- DESCRIÇÃO BÁSICA As Casas Pré-Fabricadas em concreto PRATICASAREAL / PORTO REAL são instaladas em terreno plano compactado, com fundação direta por coluna e estruturada em colunas de

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO ARQUITETÔNICO - REFORMA

MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO ARQUITETÔNICO - REFORMA MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO ARQUITETÔNICO - REFORMA Projeto:... REFORMA POSTO DE SAÚDE Proprietário:... PREFEITURA MUNICIPAL DE IRAÍ Endereço:... RUA TORRES GONÇALVES, N 537 Área a Reformar:... 257,84

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO REFORMA DA CÂMARA DE VEREADORES DE CANOAS - RS

MEMORIAL DESCRITIVO REFORMA DA CÂMARA DE VEREADORES DE CANOAS - RS RODRIGUES & AGUINAGA PROJETOS LTDA. Av. Francisco Talaia de Moura, 545 CEP: 91170-090 - Porto Alegre/RS. CNPJ: 09.077.763/0001-05 MEMORIAL DESCRITIVO REFORMA DA CÂMARA DE VEREADORES DE CANOAS - RS 1 1.

Leia mais