PREFEITURA MUNICIPAL DE VILA VELHA SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO E ARTICULAÇÃO INSTITUCIONAL CENTRAL DE COMPRAS

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PREFEITURA MUNICIPAL DE VILA VELHA SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO E ARTICULAÇÃO INSTITUCIONAL CENTRAL DE COMPRAS"

Transcrição

1 EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO N.º 047/2014 O Município de Vila Velha pessoa jurídica de direito público interno, através da Central de Compras da Secretaria Municipal de Governo e Articulação Institucional, por meio da utilização de recursos de tecnologia da informação e da Pregoeira Tereza Cristina Venuto Braga e sua Equipe de Apoio, designados pela Portaria n.º 1121/2013 publicada no Diário Oficial do Estado do Espírito Santo em 24 de outubro de 2013, realizará o presente Pregão Eletrônico, sob o critério MENOR PREÇO, que será regido pela Lei , de 17 de julho de 2002, pelo Decreto Municipal 094/2005, com aplicação subsidiária da Lei Federal n.º 8.666/93, consolidada, e as disposições normativas da Lei Complementar 123, de 14/12/2006, demais normas pertinentes com base no processo administrativo /2013, bem como pelas regras e condições estabelecidas neste Edital, com a finalidade de atender à Secretaria Municipal de Educação - SEMED. CAPITULO 1 - DAS DISPOSIÇÔES PRELIMINARES O Pregão Eletrônico será realizado em sessão pública e serão utilizados recursos de tecnologia da informação, por meio de comunicação eletrônica via INTERNET, mediante condições de segurança - criptografia e autenticação em todas as suas fases. 1.2 Os trabalhos serão conduzidos por servidor da Prefeitura Municipal de Vila Velha, denominada Pregoeira, mediante a inserção e monitoramento de dados gerados ou transferidos para o aplicativo Licitações-e, desenvolvido pelo Banco do Brasil S.A., constante da página eletrônica da Prefeitura Municipal de Vila Velha, link Licitações On-line, conforme acesso indicado no rodapé deste Edital, ou diretamente no site Serão observadas as seguintes datas e horários para os procedimentos: Inicio acolhimento de proposta Fim recebimento e Abertura de Proposta Início da Sessão de Disputa de Preços dia 25/04/ às - 17h:00 minutos dia 12/05/ às - 09h:30 minutos dia 12/05/ às - 10h:00 minutos Tempo normal de disputa: no mínimo de 05 (cinco) minutos e mais o tempo randômico (aleatório) determinado pelo sistema eletrônico Formalização de consultas: Os pedidos de esclarecimentos referentes ao processo licitatório deverão ser enviados a pregoeira em até, no máximo, 03 (três) dias úteis anteriores à data fixada para abertura da sessão pública, exclusivamente por meio eletrônico, via internet, no endereço indicado no edital, conforme preceitua o art. 19 do Decreto Municipal nº. 094/ As respostas aos esclarecimentos serão divulgadas no licitacoes-e do Banco do Brasil, e site da PMVV link licitações On-line. CAPITULO 2 - DO OBJETO O objeto da presente licitação é a Contratação de empresa para fornecimento e instalação de aparelhos condicionadores de ar com tecnologia de fluxo de refrigerante variável (VRF) com a finalidade de atender o Polo Universidade Aberta do Brasil Centro de Capacitação e Formação de Professores de Vila Velha, conforme especificação contida nos anexos I, II e III. CAPITULO 3 DA DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA 3.1 A despesa para o pagamento da aquisição objeto desta licitação correrá à conta da seguinte dotação: SEMED , elemento de despesa n.º , NRD 4225 FR 100. Página 1

2 CAPITULO 4 - DO SUPORTE LEGAL Esta licitação é regulada pelos seguintes dispositivos legais: Constituição da República Federativa do Brasil; Lei Orgânica do Município de Vila Velha de 05 de abril de 1990; no que couber; Lei Federal nº /02 de 17 de julho de 2002 institui o Pregão; Decreto Municipal nº. 094, de 03 de outubro de Regulamenta o Pregão no Município; Lei Federal nº de 21 de junho de 1993, consolidada Lei de Licitações; Lei Complementar n º 123, de 14/12/2006 Institui o Estatuto Nacional da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte e Lei Municipal n º de 13/10/2009 Institui a Lei Geral Municipal do Empreendedor Individual, da Micro Empresa - ME e Empresa de Pequeno Porte - EPP; Lei nº de 11 de setembro de Código de Defesa do Consumidor; Decreto Municipal nº 089/2013 Dispõe sobre publicação de Atos Oficiais; Demais disposições legais aplicáveis, inclusive subsidiariamente, os princípios gerais de direito. CAPITULO 5 - DA REFERÊNCIA DE TEMPO Todas as referências de tempo no Edital, no aviso e durante a sessão pública, observarão, obrigatoriamente, o horário de Brasília DF e, dessa forma, serão registradas no sistema eletrônico e na documentação relativa ao certame. CAPITULO 6 - DAS CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO A participação no Pregão Eletrônico dar-se-á por meio de digitação de chave de identificação e senha pessoal e intransferível do representante credenciado pelo Banco do Brasil. (Provedor do Sistema). OBS: a informação dos dados para acesso deve ser feita na página inicial do site opção Acesso Identificado Poderão participar deste Pregão, os interessados do ramo de atividades relacionadas ao objeto que atenderem a todas as exigências, inclusive quanto à documentação constante deste Edital e seus anexos Como requisito para participação no Pregão, o licitante deverá declarar, em campo próprio do sistema eletrônico, o pleno conhecimento e cumprimento às exigências de habilitação prevista no Edital A declaração falsa relativa ao cumprimento dos requisitos de habilitação sujeitará o licitante às sanções previstas neste Edital O envio das declarações por meio do sistema obriga a proponente a todos os efeitos legais, uma vez que a senha e a chave eletrônica são de uso exclusivo; O licitante será responsável por todas as transações que forem efetuadas em seu nome no sistema eletrônico, assumindo como firmes e verdadeiras suas propostas e lances, durante todo o procedimento licitatório, não cabendo ao Município ou ao Banco do Brasil S.A. a responsabilidade por eventuais danos decorrentes de uso indevido, ainda que por terceiros Os licitantes deverão indicar suas propostas de preços, utilizando para tanto, exclusivamente, o Sistema Eletrônico, sendo consideradas inválidas as propostas apresentadas por quaisquer outros meios. Página 2

3 6.6 - As propostas de preços poderão ser enviadas, substituídas e excluídas até a data e hora de sua abertura definidas no preâmbulo do Edital O licitante deverá observar as datas e os horários limites previstos no preâmbulo do Edital para a inserção e abertura das propostas, atentando também para a data e horário de início da sessão de disputa de preços Caberá ao licitante acompanhar as operações no sistema eletrônico durante a sessão pública de disputa e até sua efetiva homologação, ficando responsável pelo ônus decorrente da perda de negócios diante da inobservância de quaisquer atos ou mensagens emitidas pela Pregoeira ou pelo sistema ou de sua desconexão O licitante que participar desta licitação acatará as condições previstas nos anexos I, II e III deste Edital; Não será admitida nesta licitação a participação de empresas: a) Reunidas em consórcio e que sejam controladoras, coligadas ou subsidiárias entre si; b) Sob a aplicação da penalidade referente ao art. 87, incisos III e IV da Lei n.º 8.666/93, consolidada, ou do art. 7º da Lei nº /02; c) Cumprindo penalidade de suspensão temporária imposta por qualquer órgão da Administração motivada pelas hipóteses previstas no art. 88 da Lei nº /93, consolidada; d) Declaradas impedidas para licitar ou contratar com a Administração Pública, punidos com suspensão do direito de licitar e contratar pela Prefeitura Municipal de Vila Velha ou declarada inidôneos em qualquer esfera de Governo; e) Enquadradas no disposto do art. 9º da Lei nº /93, consolidada; f) Das quais participam, a qualquer título, dirigente ou servidor da Administração Pública Municipal; Não será admitida a subcontratação. CAPITULO 7 - DO CREDENCIAMENTO NO APLICATIVO LICITAÇÕES O credenciamento dar-se-á pela atribuição de chave de identificação e senha pessoal e intransferível, obtidas junto às Agências do Banco do Brasil S.A., através de cadastramento simplificado Os interessados em se credenciar no aplicativo Licitações-e poderão obter mais informações na Central de Atendimento do Banco do Brasil S.A., telefones: / , ou na cartilha para fornecedores, disponível na opção introdução às regras do jogo na página de licitações eletrônicas, cujo acesso deverá ser feito diretamente no site O credenciamento do fornecedor e de seu representante legal junto ao sistema eletrônico implica na responsabilidade legal pelos atos praticados e a capacidade técnica para realização das transações inerentes ao Pregão Eletrônico O sigilo das propostas é garantido pelo Banco do Brasil S.A. e somente após a data e horário previsto para a abertura, as propostas tornam-se publicamente conhecidas Caberá ao licitante comunicar imediatamente ao provedor do sistema qualquer acontecimento que possa comprometer o sigilo ou a inviabilidade do uso da senha, para imediato bloqueio de acesso. CAPITULO 8 - DO REGULAMENTO OPERACIONAL DO CERTAME O certame será conduzido pela Pregoeira, que terá, em especial, as seguintes atribuições: a) Responder as questões formuladas pelos licitantes, relativas ao certame; b) Desclassificar propostas indicando os motivos; c) Receber e examinar a documentação de habilitação e a proposta comercial do Licitante; d) Declarar o vencedor do certame e a respectiva adjudicação; Página 3

4 e) Receber, examinar e decidir sobre a pertinência dos recursos; f) Encaminhar o processo à autoridade superior para homologar e autorizar a contratação; g) Apuração de irregularidades visando a aplicação de penalidades previstas na legislação. CAPITULO 9 - DA IMPUGNAÇÃO DO ATO CONVOCATÓRIO Até 02 (dois) dias úteis antes da data fixada para a abertura da sessão pública, qualquer pessoa poderá solicitar esclarecimentos, providências ou impugnar o ato convocatório desta licitação A impugnação somente será conhecida mediante protocolização das razões do recurso e/ou do contra recurso junto à Gerência de Protocolo e Documentação (Protocolo Geral) desta Prefeitura Caberá a Pregoeira, auxiliada pela assessoria jurídica, decidir sobre a impugnação no prazo de até 24 (vinte e quatro) horas Acolhida a impugnação contra o Edital será designada nova data para a realização do certame Qualquer modificação no edital será divulgada pelo mesmo instrumento de publicação em que se deu o texto original, reabrindo-se o prazo inicialmente estabelecido, exceto quando, inquestionavelmente, a alteração não afetar a formulação das propostas É vedada a licitante a utilização de recurso ou impugnação sem qualquer fundamento ou de natureza meramente protelatória ou que vise a tumultuar o procedimento licitatório. Identificado tal comportamento, poderá a Comissão de licitação ou, se for o caso, a autoridade superior, arquivar sumariamente os expedientes, bem como aplicar penalidade As impugnações interpostas fora do prazo legal e/ou subscritos por representante não habilitado legalmente ou não identificado no processo para responder pelo proponente não serão conhecidas Para fins de identificação para a interposição da impugnação citada no subitem anterior, o impugnante deverá juntar a Cópia do Contrato Social consolidado, devidamente autenticado quando este for um dos sócios, ou instrumento procuratório público ou particular, com firma reconhecida em cartório e cópia autenticada do Contrato Social Consolidado. CAPITULO 10 - DA PROPOSTA DE PREÇOS NO SISTEMA ELETRÔNICO O encaminhamento da proposta pressupõe o pleno conhecimento e aceitação de todas as regras do certame. O licitante declarará no sistema, antes de registrar sua proposta, que cumpre plenamente os requisitos de habilitação e proposta exigidos neste instrumento convocatório, sujeitando-se às sanções legais na hipótese de declaração falsa Para a elaboração da proposta comercial o licitante deverá considerar preços praticados no mercado, sem quaisquer acréscimos em virtude de expectativa inflacionária Declarar em campo próprio o tipo de seguimento de faturamento de sua empresa, ou seja, sua condição ou não de Micro Empresa, Empresa de Pequeno Porte Para fins deste edital, doravante a Microempresa e Empresa de Pequeno Porte serão identificadas simplesmente, como MEPP Será desclassificada a proposta, que possua valor unitário e/ou global superior aos estabelecidos como máximos no anexo I deste edital; O licitante ao cadastrar sua proposta no sistema eletrônico, deverá obrigatoriamente indicar no campo informações adicionais, a marca e/ou fabricante para cada item ofertado sob pena de desclassificação. Página 4

5 A proposta e os lances formulados pelo licitante, através do sistema eletrônico deverá indicar o preço global do lote, expresso em Real (R$), com no máximo 02 (duas) casas decimais após a vírgula Após o fim do acolhimento de proposta, não caberá desistência, salvo por motivo justo decorrente de fato superveniente e aceito pela Pregoeira Será desclassificado o proponente que anexar qualquer informação que o identifique; No caso de propostas com valores iguais, não ocorrendo lances, e após observadas todas as exigências estabelecidas para o tratamento diferenciado das MEPP s, para efeito de classificação, prevalecerá aquela que for recebida e registrada em primeiro lugar É vedada a inclusão posterior de documento ou informação que deveria constar originalmente da proposta comercial, conforme dispõe o art. 43, 3º da Lei n º 8.666/93, consolidada. CAPITULO 11 - DO JULGAMENTO E DA CLASSIFICAÇÃO DAS PROPOSTAS Após o encerramento do horário definido para o acolhimento de propostas, a Pregoeira verificará a conformidade das mesmas com os requisitos estabelecidos neste Edital, desclassificando aquelas que não estejam em conformidade com o mesmo Para o julgamento das propostas será adotado o critério de menor preço global por Lote, observado as exigências da Capitulo 11 dos subitens 10.5 e 10.6 e demais condições definidas neste Edital e seus anexos A desclassificação da proposta será fundamentada e registrada no sistema, com acompanhamento em tempo real por todos os participantes. CAPITULO 12 - DA SESSÃO DE DISPUTA E DOS LANCES A partir do horário previsto no preâmbulo do Edital, a sessão pública de disputa eletrônica, via Internet, será aberta por comando da Pregoeira O tempo normal da etapa de lances da sessão pública será encerrado por decisão da Pregoeira, respeitando o limite mínimo estabelecido na Capitulo 1 do subitem 1.4 do edital O tempo aleatório será controlado pelo sistema eletrônico, o qual encaminhará aviso de fechamento iminente dos lances, podendo transcorrer período de tempo de até 30 (trinta minutos), aleatoriamente determinado pelo sistema, findo o qual será automaticamente encerrada a recepção de lances A cada lance ofertado o sistema informará, imediatamente, o recebimento e o respectivo horário de registro e valor, mas não identificará os autores dos lances registrados Os licitantes poderão oferecer lances sucessivos, observando o horário fixado e as regras de aceitação dos mesmos: não serão aceitos dois ou mais lances de mesmo valor, prevalecendo aquele que for recebido e registrado em primeiro lugar e só serão aceitos lances cujos valores forem inferiores ao último lance que tenha sido anteriormente registrado no sistema No caso de desconexão com a Pregoeira, no decorrer da etapa competitiva do pregão o sistema eletrônico poderá permanecer acessível aos licitantes para a recepção dos lances A Pregoeira, quando possível, dará continuidade à sua atuação no certame, sem prejuízo dos atos realizados Quando a desconexão persistir por tempo superior a 10 (dez) minutos, a sessão do Pregão será suspensa e terá reinício somente após comunicação expressa da Pregoeira aos participantes. Página 5

6 A etapa de lances no tempo normal será controlada e encerrada pela Pregoeira, mediante encaminhamento de aviso e fechamento iminente dos lances, após o que transcorrerá período de tempo de até 30 (trinta) minutos aleatoriamente, determinado pelo sistema eletrônico, findo o qual será automaticamente encerrada a recepção de lances O Sistema anunciará o licitante detentor da melhor proposta, imediatamente após o encerramento da etapa de lances, quando será aberta automaticamente a opção para a pregoeira convocar a MEPP para novo lance, quando o menor preço ofertado pertencer a uma empresa não enquadrada como MEPP Havendo proposta registrada por MEPP igual ou até 5% superior à melhor oferta, proceder-se-á da seguinte forma: Será oportunizado a MEPP o exercício do direito de preferência, que consiste na possibilidade de apresentar proposta de preço inferior ao lance da empresa mais bem classificada que não se enquadra como MEPP e declarada arrematante do lote O novo valor proposto pela MEPP deverá ser apresentado no prazo máximo de 5 (cinco) minutos após convocação da pregoeira, sob pena de preclusão do direito de preferência Caso a MEPP não exerça o direito de preferência ou não atenda às exigências do edital, o sistema, de forma automática, convocará as MEPP`S remanescentes, cujas propostas se enquadrem no limite de 5% estabelecido no Capitulo 12 item 12.9, obedecida a ordem classificatória, para o exercício do mesmo direito Se houver equivalência de valores apresentados por MEPP, dentre as propostas de valor até 5% (cinco por cento) superior à proposta de menor preço ofertada por empresa não enquadrada como MEPP, terá preferência na apresentação de novo lance a MEPP que registrou primeiro sua proposta, por ordem de data/hora, conforme o histórico eletrônico de propostas registradas no licitacoes-e, e assim sucessivamente Na hipótese de nenhuma MEPP exercer o direito de preferência ou não atender às exigências do edital, a empresa não enquadrada como MEPP que apresentou o menor preço permanece na posição de melhor classificada, iniciando-se a fase de negociação A desistência em apresentar lance eletrônico implicará a manutenção do último preço apresentado pelo licitante, para efeito de ordenação das propostas Caso os licitantes classificados não apresentem lances, será verificada a conformidade entre a proposta de menor preço e o valor estimado para a contratação, hipótese em que a Pregoeira poderá negociar diretamente com o proponente visando obter preço melhor para o Município, observado todas as exigências estabelecidas anteriormente Encerrada a etapa competitiva, a Pregoeira poderá encaminhar pelo sistema eletrônico contraproposta diretamente ao licitante que tenha apresentado o lance de menor valor, para que possa ser obtido preço melhor, bem como decidir sobre sua aceitação A contraproposta objetivando reduções de preços será registrada pela Pregoeira, através de acesso ao link relatório de disputa e contraproposta, enquanto o lote estiver na condição arrematado Encerrada a etapa de disputa do lote, o licitante detentor da melhor oferta deverá comprovar a situação de regularidade, na forma da Capitulo 14 do item deste Edital, mediante a apresentação da documentação habilitatória em originais ou cópias autenticadas observadas o prazo máximo de 03 (três) dias úteis O prazo em tela poderá ser dilatado por mais 01 (um) dia útil, mediante solicitação expressa do licitante e autorização da Pregoeira. CAPITULO 13 - DA PROPOSTA DE PREÇOS ESCRITA Página 6

7 Da proposta de preços escrita (detalhada): O arrematante deverá apresentar proposta escrita na forma do modelo - anexo I deste edital, redigida em idioma nacional, de forma clara e inequívoca, sem emendas, rasuras ou entrelinhas, em estrita observância às especificações contidas neste edital, assinada a última folha e rubricada as demais pelo seu titular ou representante legal da licitante, devidamente identificado, nela constando, obrigatoriamente: a) Razão Social, CNPJ, endereço, CEP, , fax, telefone fixo e móvel, pessoa de contato; b) Dados bancários: nome do banco, nº do banco, nº da agência e nº da conta corrente; c) Prazo de entrega dos itens em até 30 (trinta) dias consecutivos, a contar do recebimento da Autorização de Fornecimento/Serviço; d) Prazo de validade da proposta não inferior a 60 (sessenta) dias, contados a partir da data de sua emissão; e) Condições de Pagamento: O pagamento será efetuado em até 30 (trinta) dias após o mês subseqüente a execução dos serviços, para o respectivo mês, mediante a apresentação da(s) Nota(s) Fiscal (is)/fatura(s) devidamente atestada (s) pelo setor competente desta Municipalidade, acompanhada dos comprovantes de Regularidade junto ao INSS e FGTS Especificações claras e detalhadas dos itens, objeto ofertado, bem como marca, valor unitário mensal, valor total do item mensal ofertado e valor global do lote, em reais, e por extenso, prevalecendo no caso de divergência os valores por extenso sobre os numéricos, ressaltando que tanto os preços unitários e os preços globais não poderão ser superiores aos estabelecidos no anexo I O preço proposto deverá contemplar todos os custos diretos e indiretos por ventura decorrentes ou de qualquer outra forma relacionados com o item, objeto da presente licitação tais como, exemplificativamente: impostos, taxas, transportes, seguros, embalagens, encargos, contribuições e obrigações sociais, trabalhistas e previdenciárias, insumos de qualquer natureza, etc Quaisquer tributos, custos ou despesas, de qualquer natureza, omitidos da proposta ou incorretamente cotados serão considerados como inclusos nos preços, não sendo aceitos pleitos de acréscimos, a esse ou a qualquer título, devendo o serviço ser executado junto ao Município sem ônus adicional A proposta de preços e demais documentos habilitatórios deverão ser enviados, observado o prazo máximo de 03 (três) dias úteis, a contar da declaração da arrematante, em atenção da Pregoeira, para Prefeitura Municipal de Vila Velha - Secretaria Municipal de Administração Central de Compras A proposta de preços deverá ser entregue em 1 (uma) via original adequada ao preço final da disputa A proposta e os lances deverá indicar o preço global do lote, expresso em Real (R$), com no máximo 02 (duas) casas decimais após a vírgula. CAPITULO 14 - DA HABILITAÇÃO Toda documentação necessária à habilitação deverá estar vigente na data de apresentação da proposta escrita, à exceção daqueles que, por sua natureza, não contenham validade, e poderão ser apresentados em original, por qualquer processo de cópia autenticada por tabelião de notas ou por servidor desta Secretaria, à vista dos originais, por cópia simples quando a confirmação do seu teor puder ser feita pela Administração junto aos órgãos públicos emitentes, via Internet, ou publicação em órgãos da imprensa oficial, na forma do art. 32, e seus parágrafos, da Lei Federal nº /93, consolidada, não sendo aceitos protocolos ou solicitação de documento em substituição aos documentos requeridos neste Edital. Da Habilitação Jurídica Registro Comercial, no caso de empresa individual; Ato Constitutivo, Estatuto ou Contrato Social e demais alterações ou última alteração, desde que seja consolidada, onde conste o objeto social da empresa, o qual deverá ser compatível com o objeto da licitação, devidamente registrado na junta comercial, observado as exigências do novo Código Civil e da Lei , de 28 de junho de 2005, em se tratando de Sociedade Comercial, e, no caso de Sociedades por Ações, Página 7

8 acompanhado de documentos de eleição de seus administradores Inscrição do Ato Constitutivo, no caso de Sociedade Civil, acompanhada de prova de diretoria em exercício; Decreto de Autorização, em se tratando de empresa ou sociedade estrangeira em funcionamento no País, e Ato de Registro ou Autorização para Funcionamento expedido pelo órgão competente, quando a atividade assim o exigir. Da Regularidade Fiscal Prova de inscrição no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ); Prova de Regularidade mediante apresentação da Certidão Conjunta de Débitos, relativos a Tributos Federais e à Dívida Ativa da União; Prova de Regularidade perante a Fazenda Estadual da Sede do Licitante; Prova de Regularidade com a Fazenda Municipal da Sede do Licitante; Prova de Regularidade perante o Instituto Nacional do Seguro Social - INSS (CND) Prova de Regularidade perante o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS); Certidão Negativa de Débitos Trabalhistas CNDT Nota: A MEPP que participar deste certame deverá apresentar toda a documentação exigida para efeito de comprovação de regularidade fiscal, mesmo que esta apresente alguma restrição. Da Qualificação Econômico-Financeira Certidão Negativa de Falência, Concordata, recuperação judicial/extrajudicial, expedida pelo(s) Distribuidor (es) competentes, da sede da pessoa jurídica, com data não superior a 30 (trinta) dias de sua emissão, quando não for expressa sua validade Balanço Patrimonial e Demonstrações Contábeis do último exercício social, já exigíveis e apresentados na forma da lei, comprovando a boa situação financeira da licitante, vedada a sua substituição por balancetes ou balanços provisórios, podendo ser atualizado por índices oficiais, quando encerrados há mais de 03 (três) meses da data da apresentação da proposta Para Sociedades Anônimas e outras Companhias obrigadas à publicação do Balanço, na forma da Lei 6.404/76 e /07, cópias da publicação de: a) Balanço Patrimonial; b) Demonstração do resultado do exercício; c) Demonstração do fluxo de caixa; d) Demonstração das mutações do patrimônio líquido; e) Notas explicativas do balanço Para outras empresas: - balanço patrimonial registrado na Junta Comercial ou Registro de Comércio competente; - demonstração do resultado do exercício; - cópia do termo de abertura e de encerramento do livro Diário, registrado na Junta Comercial ou Registro de Comércio competente O Balanço Patrimonial deverá estar acompanhado de cópia do termo de abertura e de encerramento, extraído do livro diário, registrado ou publicado, até a data de emissão da proposta escrita. Página 8

9 Cálculo dos indicadores econômicos: Para efeito da avaliação da capacidade econômico-financeira do Licitante, conforme 1º e 5º do art. 31, da Lei nº /93, consolidada, ficam estabelecidos 03 (três) níveis de classificação definidos por pontos, decorrentes dos indicadores de Liquidez Geral (LG), Solvência Geral (SG) e Liquidez Corrente (LC) igual ou maior que 1,00 (um vírgula zero), referente ao último exercício e calculados na forma estabelecida nas Instruções para Cálculo dos Indicadores Econômicos, como segue: Ativo Circulante + Realizável a Longo Prazo LG = = > ou = 1,00 Passivo Circulante + Exigível a Longo Prazo Ativo Total SG = = > ou = 1,00 Passivo Circulante + Exigível a Longo Prazo Ativo Circulante LC = = > ou = 1,00 Passivo Circulante A comprovação de Capital Social mínimo ou patrimônio líquido será de até 10% (dez por cento) do valor da licitação, conforme disciplina o 3º, do art. 31 da Lei nº /93, consolidada, através do Contrato Social e alterações, atualizado e registrado na Junta Comercial ou Órgão equivalente da Sede do Licitante, ou Certidão emitida pela Junta Comercial ou Órgão equivalente admitida a atualização para a data da apresentação da proposta, na forma da lei, através de índices oficiais. Nota - No caso de empresa constituída no exercício corrente, deverá apresentar o Balanço Patrimonial de abertura, e balancetes do mês anterior ao da data fixada para realização do certame registrado no órgão competente ou publicação em órgão da imprensa oficial. A comprovação da boa situação financeira da empresa será baseada na obtenção do Índice de Solvência (S) igual ou maior a 01 (um), calculado e demonstrado pelo licitante, na proposta, por meio da seguinte fórmula: Ativo Total S = = > ou = 1,00 Passivo Exigível Total OBS: Serão considerados aceitos como na forma da lei, o balanço patrimonial e demonstrativo contábil apresentado na forma abaixo, conforme o caso: a) Publicados em órgão da imprensa oficial; ou b) Publicados em jornal de grande circulação; ou c) Por fotocópia autenticada, devidamente registrada na junta comercial da sede da licitante ou órgão equivalente; ou. d) Por fotocópia autenticada, extraída do Livro Diário, bem como dos Termos de Abertura e de Encerramento daquele livro, devidamente registrados na Junta Comercial da sede da licitante ou órgão equivalente. Da comprovação da condição de microempresas ou empresas de pequeno porte, somente no uso do direito a preferência A condição de Microempresa ou Empresa de Pequeno Porte, para efeito do tratamento diferenciado previsto na Lei Complementar n.º 123/2006, deverá ser comprovada mediante apresentação da seguinte documentação: I - Empresas optantes pelo Sistema Simples de Tributação, regido pela Lei n.º9.317/96: a) Comprovante de opção pelo Simples obtido através do site da Secretaria da Receita Federal, Página 9

10 b) firmada pelo representante legal da empresa, de não haver nenhum dos impedimentos previstos no 4º do art. 3º da Lei Complementar n.º 123/06. II - Empresas não optante pelo Sistema Simples de Tributação, regido pela Lei n.º 9.317/96: a) comprovante de inscrição e situação cadastral no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica - CNPJ; b) cópia do Contrato Social e suas alterações; c) declaração, firmada pelo representante legal da empresa, de não haver nenhum dos impedimentos previstos nos incisos do 4º do art. 3º da Lei Complementar n.º 123/06. OBS: Os documentos aos quais se refere este item deverão ser apresentados concomitantemente com os demais exigidos neste edital. Qualificação Técnica Comprovação de aptidão para desempenho de atividade pertinente e compatível com o objeto desta licitação, mediante apresentação de atestado (s) de capacidade técnica, expedido por pessoa jurídica de direito público ou privado, para os quais já tenha o licitante fornecido e instalado os equipamentos relativos ao objeto desta licitação, que atestem o desempenho da proponente quanto à qualidade dos mesmos, devidamente assinado pelo representante legal e em papel timbrado do emissor Comprovante de registro no Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (CREA), da empresa e de seus responsáveis técnicos, na sede da licitante e com visto no CREA/ES, no caso de empresas com sedes em outros Estados, sendo inválido o documento que não apresentar rigorosamente a situação atualizada da empresa, conforme resolução nº 266/79 do CONFEA; Comprovação mediante a apresentação de atestado de capacidade técnica em nome do profissional de nível superior pertencente ao quadro técnico permanente da empresa, expedido por pessoa jurídica de direito publico ou privado, acompanhado dos respectivos acervos técnicos emitidos pelo CREA, que demonstre ter a profissional aptidão para desempenho de atividades pertinentes e compatíveis em características e quantidades com o objeto da licitação relativamente às parcelas de maior relevância Constituem-se parcelas de maior relevância a prestação dos serviços, conforme abaixo relacionado: Instalação de sistema de ar condicionado VRF com capacidade mínima de 60 HP; A comprovação de que o profissional faz efetivamente parte do quadro permanente da empresa será feita pela apresentação de cópia de Carteira de Trabalho ou copia do Contrato de Prestação de Serviços. Caso o responsável técnico seja sócio da empresa, deverá ser apresentada cópia autenticada do contrato social e sua última alteração, ou estatuto da empresa Comprovação de capacidade técnico operacional, mediante a apresentação de atestado em nome da empresa, expedido por pessoa jurídica de direito publico ou privado, acompanhado dos respectivos acervos técnicos emitidos pelo CREA, que demonstre ter a empresa aptidão para desempenho de atividades pertinentes e compatíveis ao objeto da licitação, e em quantidades mínimas mensais descritas a seguir, relativamente as parcelas de maior relevância. Documentação em atendimento a Lei nº / Declaração expressa e sob as penas da lei, nos termos do anexo IV As empresas que apresentarem o Certificado de Registro Cadastral CRC, emitido pela Gerência de Cadastro de Fornecedores da Secretaria Municipal de Governo e Articulação Institucional da Prefeitura Municipal de Vila Velha, com validade na data de realização da licitação, cujo objeto deverá ser compatível com o objeto da licitação, ficam dispensadas da apresentação dos documentos constantes do Capitulo 14 subitens a ; Página 10

11 Caso algum (ns) dos documentos mencionados no CRC, não estiver (em) devidamente atualizado(s), este(s), deverá (ao) ser apresentado(s) concomitantemente com o Certificado de Registro Cadastral. Das Disposições Gerais relativas a Habilitação Não serão aceitos documentos com prazos de validade vencidos. Caso as certidões expedidas pelas Fazendas Estadual e Municipal não tragam consignados os respectivos prazos de validade, a administração aceitará como válidos, no máximo, os prazos vigentes no Estado do Espírito Santo e no Município de Vila Velha, 90 (noventa) e 30 (trinta) dias, respectivamente Para efeito de apresentação dos documentos e das provas de regularidade acima mencionados, não serão aceitos quaisquer protocolos Todas as folhas da Proposta Comercial e documentação de Habilitação deverão ser entregues na ordem sequencial indicada acima, numeradas e visadas pelo proponente. Tal medida visa salvaguardar os interesses dos participantes no aspecto de segurança e transparência do procedimento licitatório. Esclarecemos que o não atendimento ao solicitado implicará na perda do direito a futuras reclamações quanto a um eventual extravio de documentos durante a tramitação do processo Se a proposta ou o lance de menor preço não for aceitável ou se o licitante não atender às exigências editalícias, a Pregoeira examinará as ofertas subseqüentes, na ordem de classificação, verificando sua aceitabilidade e procedendo a sua habilitação, e assim sucessivamente, até a apuração de uma proposta que atenda a todas as exigências, sendo o respectivo licitante declarado vencedor Ocorrendo a situação que se refere o subitem anterior, a Pregoeira poderá negociar com o licitante para que seja obtido preço melhor para o Município. CAPITULO 15 - DO JULGAMENTO DA HABILITAÇÃO Sob pena de inabilitação, todos os documentos apresentados para habilitação deverão estar em nome do licitante, e preferencialmente, com o nº do CNPJ e endereço respectivo, apresentado da seguinte forma: a) Se o licitante for a matriz, todo o documento deverá estar em nome da matriz. b) Se o licitante for a filial, todo o documento deverá estar em nome da filial, exceto aqueles que se enquadram na alínea "c" deste subitem. c) Serão dispensados da filial aqueles documentos que, pela própria natureza ou em razão da centralização de recolhimentos, comprovadamente, forem emitidos somente em nome da matriz Será desclassificado o licitante que deixar de apresentar, de acordo com o exigido, qualquer documento solicitado, ou apresentá-lo em desacordo com o estabelecido neste Edital e seus anexos Se a documentação de habilitação não estiver completa ou correta ou contrariar qualquer dispositivo deste Edital e seus anexos deverá a Pregoeira considerar a proponente inabilitada Serão desclassificadas as propostas que apresentarem preços simbólicos, irrisórios ou incompatíveis com os preços de mercado; Será desclassificada a proposta, que na fase de entrega da documentação e da proposta comercial atualizada, cuja descrição dos itens, marca e/ou origem informada, bem como os valores unitários propostos, estejam divergentes com a anteriormente ofertada na proposta eletrônica, realizada no aplicativo licitações-e Se o valor ofertado na proposta comercial atualizada for inferior ao valor arrematado na sessão pública de disputa de preços, esta será caracterizada como contraproposta, prevista no art. 4º, inciso XVIII da Lei n º / Constatada a existência de erro numérico nas propostas, a Pregoeira procederá as correções necessárias para apuração dos preços globais, obedecendo-se às seguintes disposições: Página 11

12 se houver discrepância entre os valores propostos, prevalecerá o montante por extenso; erro de transcrição das quantidades para a proposta: o produto será corrigido devidamente, mantendo-se o preço unitário e corrigindo-se a quantidade e o preço total; erro de multiplicação de preço unitário pela quantidade correspondente: será retificado, mantendo-se o preço unitário e a quantidade e corrigindo-se o produto; erro de adição: será retificado, conservando-se as parcelas corretas e corrigindo-se a soma; No caso de verificação de irregularidades nas certidões exigidas para habilitação do licitante, a Pregoeira, em havendo disponibilidade dos dados necessários em sites oficiais, fará a consulta para saneamento das falhas encontradas, e, extrairá o respectivo comprovante para juntada aos autos Será assegurado à MEPP que tenha exercido o direito de preferência, e que apresentar alguma restrição na sua documentação fiscal, o prazo de 02 (dois) dias úteis, cujo termo inicial corresponderá ao momento em que o proponente for declarado o vencedor do certame, prorrogáveis por igual período, a critério da Administração, para a regularização da documentação, pagamento ou parcelamento do débito, e emissão de eventuais certidões negativas ou positivas com efeito de negativa A prorrogação do prazo previsto no subitem anterior deverá sempre ser concedida pela administração quando requerida pelo licitante e devidamente comprovada sua irregular situação de dívida para com o Estado A não regularização da documentação fiscal da MEPP no prazo previsto no subitem anterior, implicará a decadência do direito à contratação, sem prejuízo das sanções previstas no art. 7º da Lei nº /02, sendo facultado à Administração convocar os licitantes remanescentes, na ordem de classificação, para retirar a Autorização de Fornecimento/Serviço, ou revogar a licitação No julgamento das propostas e da habilitação, a Pregoeira poderá sanar erros ou falhas que não alterem a substância das propostas e dos documentos habilitatórios e sua validade jurídica, mediante despacho fundamentado, registrado em ata e acessível a todos os participantes, atribuindo-lhes validade e eficácia para fins de habilitação Constatado o atendimento pleno às exigências editalícias, será declarado o vencedor da licitação, iniciando-se a contagem do prazo de 3 (três) dias úteis após a divulgação do resultado, que se dará através de orgão de imprensa oficial e/ou jornal de grande circulação, para a interposição de recurso, e caso não o haja será adjudicado o objeto. CAPITULO 16 - DO RECURSO Declarado o vencedor, qualquer licitante, poderá num prazo de 24 (vinte e quatro) horas manifestar imediata e motivadamente a intenção de recorrer, exclusivamente, por meio eletrônico, quando lhe será concedido o prazo de 03 (três) dias consecutivos para apresentação das razões do recurso, ficando os demais licitantes, desde logo, intimados para apresentar contra razões em igual número de dias, que começarão a correr do término do prazo do recorrente, sendo-lhes assegurada vista imediata dos autos A falta de manifestação imediata e motivada do licitante importará a decadência do direito de recurso e a adjudicação do objeto da licitação ao licitante vencedor A Pregoeira receberá o recurso, examinando-o no que diz respeito a sua admissibilidade, podendo reconsiderar sua decisão, ou encaminhá-lo à autoridade competente, a qual caberá decidir os recursos contra os atos da Pregoeira, quando esta mantiver sua decisão O acolhimento do recurso implica tão somente na invalidação daqueles atos que não sejam passíveis de aproveitamento Não serão conhecidos os recursos apresentados fora do prazo legal e/ou subscritos por representante não habilitado legalmente ou não identificado no processo para responder pelo Licitante. Página 12

13 Os memoriais das razões do recurso e contra razões, bem como a impugnação ao Edital, deverão ser apresentados por escrito, tempestivamente, dirigidos a Pregoeira e protocolizados junto ao Protocolo da Prefeitura Municipal de Vila Velha - Secretaria Municipal de Governo e Articulação Institucional Central de Compras, em dias úteis, no horário de 09h:00 minutos às 18h:00 minutos Não serão conhecidos os Recursos, cujas razões não estejam relacionadas àquelas manifestadas na intenção de recorrer A falta de manifestação imediata e motivada do licitante importará a decadência do direito de recurso e a adjudicação do objeto da licitação ao licitante vencedor Decididos os recursos e constatada a regularidade dos atos praticados, a autoridade superior homologará o certame, podendo revogar ou anular a licitação nos termos do Decreto Municipal n º 094/2005 e art. 49 da Lei Federal n º 8.666/93, consolidada Em caso de anulação ou revogação da licitação será concedido o prazo de 05 (cinco) dias úteis, a contar da intimação do ato, que deverá ser feita na imprensa oficial, conforme previsto no art. 109 da Lei n º 8.666/93, consolidada Interposto, o recurso será comunicado aos demais licitantes, que poderão impugná-lo no prazo de 05 (cinco) dias úteis O recurso será dirigido a pregoeira que poderá reconsiderar sua decisão, no prazo de 05 (cinco) dias úteis, ou, neste mesmo prazo, fazê-lo subir a Secretaria Municipal de Educação, devidamente informado, devendo, neste caso, a decisão ser proferida em 05 (cinco) dias úteis contados do recebimento do recurso pelo Secretário Municipal de Governo e Articulação Institucional Os autos do processo permanecerão com vistas franqueadas aos interessados na Secretaria Municipal de Governo e Articulação Institucional, sala da Central de Compras, em dias úteis, no horário de 09h: 00 minuto às 18h: 00 minuto. Havendo interesse em cópias do processo, o licitante deverá proceder à solicitação por escrito, sendo as mesmas executadas à custa do interessado. CAPITULO 17 - DA HOMOLOGAÇÃO Homologada a licitação pela autoridade superior, o adjudicatário receberá via fax a autorização de fornecimento ou instrumento equivalente, visando à entrega do objeto licitado A autorização de fornecimento ou instrumento equivalente poderá ser modificada no que couber, em razão de eventuais alterações na legislação Federal que regulamenta a matéria Como condição para recebimento da autorização de fornecimento ou instrumento equivalente o licitante vencedor deverá manter as mesmas condições habilitatória exigidas neste Edital A recusa injustificada do licitante adjudicatário sobre o aceite da autorização de fornecimento ou instrumento equivalente, dentro do prazo estabelecido sujeitará, ainda, à aplicação das penalidades previstas em Edital Quando a adjudicatária recusar o recebimento da autorização de fornecimento no prazo e condições estabelecidos, sem prejuízo da aplicação das sanções cabíveis, poderá ser convocada outra licitante, desde que respeitada à ordem de classificação A homologação do resultado desta licitação não implicará direito à contratação. CAPITULO 18 - DAS CONDIÇÕES DE RECEBIMENTO DO OBJETO DA LICITAÇÃO O equipamento será recebido pelo departamento de Comissão de Recebimento de Bens do setor do almoxarifado da PMVV, no horário de 09h: 00 minuto as 17h: 00 minuto, de segunda a sexta, exceto feriado. A Página 13

14 Secretaria Municipal de Educação; 18.2 A Contratada deverá entregar o equipamento nas dependências do Almoxarifado da PMVV, situado na Rua Antônio Vieira Freitas, nº 25, Micro Polo Industrial de Santa Inês Vila Velha/ES, no prazo máximo de 30 (trinta) dias contados a partir da data de emissão da Ordem de Serviço/Fornecimento; Os equipamentos deste termo deverão ser fornecidos e instalados no prazo máximo de 30 (trinta) dias corrido, a partir da assinatura do contrato, neste município e instalados no local mencionado, para a empresa vencedora nos termos do contrato, nos horários das 08h às 17h de segunda a sexta feira Toda entrega deverá ter prévia programação de data e hora com o Gestor do contrato, afim de que sejam realizados os procedimentos de recebimento definitivo, que consistirão na verificação da conformidade qualitativa e quantitativa em confrontação às especificações técnicas do objeto contratado no local mencionado neste termo O prazo de entrega admite prorrogação, a critério do órgão requisitante, devendo ser justificado por escrito, ou desde que ocorra algum dos seguintes motivos: Superveniência de fato excepcional e imprevisível, estranho à vontade das partes, que altere fundamentalmente as condições de cumprimento do Edital; Aumento das quantidades inicialmente previstas no Edital, nos limites permitidos na Lei 8.666/93, consolidada; Impedimento de cumprimento do Edital por fato ou ato de terceiros, reconhecido pela Administração em documentos contemporâneos a sua ocorrência; Omissão ou atraso de providências a cargo da Administração Municipal O recebimento dos itens não exclui a responsabilidade do fornecedor quanto à qualidade do serviço ofertado O órgão requisitante não será obrigado a usar o quantitativo total do objeto, podendo assim, haver variação a menor ou a maior dos quantitativos, nos limites permitidos por Lei O recebimento definitivo ocorrerá após verificação da quantidade e qualidade dos itens, e conseqüentemente aceitação, o que se dará no prazo de 30 (trinta) dias úteis contados do recebimento no Almoxarifado No ato da entrega, a Seção responsável emitirá termo de recebimento provisório relacionando o equipamento recebido, nos termos da Nota Fiscal O equipamento será objeto de inspeção, a qual será realizada pela Secretaria Municipal de Educação, e constarão as seguintes fases: a) Abertura das embalagens; b) Comprovação de que o equipamento atende às especificações mínimas exigidas e/ou aquelas superiores oferecidas pela contratada; c) Colocação do equipamento em funcionamento; Nos casos de mau funcionamento do equipamento, verificados na inspeção do mesmo, este deverá ser substituído por outro com as mesmas características, a contar da data de realização da inspeção; Em caso de defeitos no equipamento objeto deste termo de referencia, a contratada se comprometerá em fazer a substituição do mesmo por outro em perfeitas condições de uso, pelo período em que o original estiver em reparo ou até que se proceda à sua substituição definitiva; Nos casos de substituição do equipamento serão reiniciados o prazo e procedimentos estabelecidos nestas condições de recebimento. Página 14

15 CAPITULO 19 - DAS OBRIGAÇÕES CONTRATUAIS Obrigações da Contratada: Fornecer o objeto desta licitação nas condições e prazo pactuados, por sua conta e risco, mediante autorização de fornecimento/serviço emitida pelo órgão competente da Administração; Entregar os equipamentos em perfeitas condições de uso, conforme disposto nos anexos I, II e III deste Edital; Efetuar a entrega, após o recebimento da autorização de fornecimento/serviço ou instrumento equivalente de acordo com as especificações e demais condições estipuladas neste instrumento e seus anexos; Substituir, reparar, corrigir ou remover, no todo ou em parte, dos equipamentos que após o recebimento e aceite, dentro do prazo de garantia, apresentem irregularidades, imperfeições, defeitos de fabricação, etc., às suas expensas, no prazo máximo de 30 (trinta) dias, contados da entrega do objeto Responsabilizar-se pela qualidade do objeto licitado e por quaisquer danos causados direta ou indiretamente à Administração ou a terceiros, decorrentes de sua culpa ou dolo, não excluindo ou reduzindo essa responsabilidade à fiscalização ou o acompanhamento promovido pelo contratante; Assumir a responsabilidade pelos encargos trabalhistas, fiscais, previdenciários e comerciais, bem como arcar com todas as despesas, diretas ou indiretas, decorrentes do cumprimento das obrigações assumidas, sem qualquer ônus para o Município; Apresentar documentação de regularidade fiscal junto com os documentos de cobrança, inclusive, nota fiscal com a descrição completa dos equipamentos; Não efetuar despesas, celebrar acordos, fazer declarações ou prestar informações em nome do contratante sem a devida autorização formal; Não transferir a outrem, no todo ou em parte, o objeto da presente licitação; Demais obrigações e responsabilidades previstas na Lei 8.666/93, consolidada Prestar assistência técnica durante a vigência da garantia, caso seja, necessário, em até no máximo 24 (vinte e quatro) horas da notificação do problema Observar as demais obrigações contidas no Termo de Referência anexo ao edital Dar integral cumprimento a sua proposta, a qual passa a integrar o instrumento de contrato, independentemente de transcrição Cumprir rigorosamente o prazo de entrega, do fornecimento e da instalação que não poderá ultrapassar 07 (sete) dias corridos, contados a partir da data de assinatura do contrato, salvo a ocorrência de calamidade pública, perturbação da ordem, greves ou por outro motivo que a SEMED/PMVV venha a aceitar por considera-lo junto, ficando esse prazo prorrogado, para todos os efeitos contratuais, de tantos dias quantos forem os de duração do fato impeditivo; Zelar para que seus empregados quando da instalação dos equipamentos, na obra, estejam devidamente credenciados e portando cartão de identificação; Na hipótese de constatação de anomalias que comprometam a utilização adequada dos aparelhos, a SEMED/PMVV poderá rejeitá-los, no todo ou em parte, conforme dispõe o art. 76 da lei 8.666/93, consolidada; Página 15

16 Correrá por conta exclusiva da contratada as despesas de transporte, frete e seguro correspondentes a execução dos serviços A contratada deverá manter durante toda a execução do contrato, todas as condições de habilitação e qualificação exigidas no pregão Obrigações do Contratante: Fornecer todos os elementos básicos e dados complementares necessários à entrega dos equipamentos, solicitado pela contratada; Rejeitar no todo ou em parte qualquer dos equipamentos entregue fora das especificações ou em desacordo com as obrigações assumidas pela contratada; Notificar à contratada, por escrito, quaisquer irregularidades que venham a ocorrer, em função da entrega dos equipamentos Designar, formalmente, um servidor para acompanhar, conferir, receber e fiscalizar a entrega do dos equipamentos solicitado, verificando a sua correspondência com as especificações prescritas neste Edital, atestando sua conformidade; Providenciar as inspeções da entrega, com vistas ao cumprimento dos prazos de entrega, quantidades e qualidade do dos equipamentos; Atestar e receber os equipamentos, de acordo com as condições estabelecidas nos anexos I; II e III; Atestar notas fiscais correspondentes após o recebimento dos itens comprados e aceitos pelo órgão requisitante; Efetuar os pagamentos devidos à contratada, na forma estabelecida no item 23 deste Edital Observar as demais obrigações contidas no Termo de Referência e no projeto básico, anexos ao edital Transmitir, por escrito, diretamente a contratada todas as instruções e reclamações, salvo em caso de urgência, quando poderá fazê-lo ao empregado da contratada, por telefone ou ainda por outro meio, fazendo a respectiva comunicação escrita tão logo seja possível Assegurar o acesso dos empregados da contratada devidamente identificados as dependências do POLO UAB, para executarem a entrega e a instalação dos bens, no horário de 08:00 às 17:00 horas. CAPÍTULO 20 DA VISTORIA É recomendável a vistoria nas dependências do POLO UAB para proporcionar conhecimento necessário a elaboração da proposta comercial; Tendo em vista a faculdade da realização da vistoria, a empresa vencedora não poderá alegar o desconhecimento das condições e grau de dificuldades existentes como justificativa para se eximir das obrigações assumidas. Nesse caso, a empresa interessada em participar do certame que não fizer a vistoria, poderá declarar que se abstém de realiza-la, assumindo completa responsabilidade pelos imprevistos e problemas decorrentes do desconhecimento da realidade da obra do POLO UAB, em razão de sua não realização A participante poderá vistoriar o local onde serão instalados os equipamentos objeto deste termo de referencia, devendo verificar todos os seus aspectos quantitativos e qualitativos, bem como as condições necessárias para sua execução, tais como características de acesso, estocagem de equipamentos e ferramentas e outros. Página 16

17 A vistoria deverá ser acompanhada por servidor designado pela SEMIPRO/Engenharia, devendo ser agendada pelo telefone: (27) ou ; Após a assinatura do contrato ficará pressuposta a concordância tácita de todos a documentos anexos ao edital, não cabendo qualquer alegação posterior sobre divergências entre os mesmos É facultativa a realização de visita técnica para conhecimento das condições do local, e deverá ser realizada pelo responsável técnico, sendo previamente agendada com o responsável legalmente constituído por essa municipalidade Deverá ser apresentado juntamente com a proposta comercial os catálogos técnicos dos equipamentos indicando marca e modelo dos equipamentos utilizados, de forma à se assegurar que o equipamento ofertado atenda integralmente as especificações técnicas; Deverá ser apresentada carta de credenciamento do fabricante referente ao sistema VRF. CAPÍTULO 21 DA FISCALIZAÇÃO E ACOMPANHAMENTO DAS INSTALAÇÕES A fiscalização será designada pela Engenharia da SEMIPRO (Secretaria de Infraestrutura, Projetos e Obras) e será também composta por engenheiro devidamente credenciados junto a empresa contratada, com autoridade para exercer toda e qualquer ação de orientação geral, controle e fiscalização dos serviços contidos neste termo de referencia. Logo, efetuarão ambas as partes (SEMIPRO/Contratada) todos os testes de conformidade e verificação final dos equipamentos instalados A fiscalização, exercida no interesse exclusivo da Engenharia/SEMIPRO, não exclui e nem reduz a responsabilidade da empresa contratada, inclusive perante terceiros, por qualquer irregularidade e, na sua ocorrência, não implica em corresponsabilidade do poder público ou de seus agentes e prepostos, salvo quanto a estes, se decorrente de ação ou omissão funcional, apurada na forma da legislação vigente as instalações dos condicionadores deverão utilizar material específico para refrigeração nas bitolas recomendadas pelo fabricante e instaladas com todos os critérios de limpeza e desumidificação, obedecendo todas as normas técnicas aplicáveis As unidades evaporadoras e condensadoras dos equipamentos de todos os ambientes deverão ser instaladas nos locais conforme a descrição do projeto (em anexo), ou por motivos excepcionais, em locais indicados pela contratante Os tubos deverão ser específicos para refrigeração, com conexão capaz de suportar as pressões de teste e trabalho dos sistemas a serem instalados. As tubulações elétricas externas deverão ser executadas em eletrodutos metálicos, em alumínio ou ferro galvanizado e as tubulações internas, (caso necessite) em alvenaria, deverão ser executadas em eletrodutos rígidos em PVC Deverá ser observado total estanqueidade nas tubulações e obedecidas todas as exigências do fabricante dos condicionadores nos quais são aplicáveis A instalação deverá ser realizada com pessoal habilitado, sendo permitida a subcontratação somente para a instalação. A contratada deverá garantir total segurança na execução e especificações do fabricante, a fim de dar qualidade aos serviços bem como preservar a integridade dos instaladores e a garantia dos equipamentos fornecidos A contratada deverá fornecer todos os materiais e mão de obra necessária para a realização dos serviços, tais como: suportes, prolongamentos das tubulações e drenos; aplicação de massa corrida e pintura onde forem feitas aberturas para passagem de tubulação; reparo e/ou realização de novas paredes de gesso para ocultação da tubulação; conexão dos equipamentos à rede elétrica; serviços de instalação elétrica; retirada dos aparelhos de ar condicionado existente (se houver); dentre outros os serviços necessários ao pleno funcionamento dos equipamentos. Página 17

18 Caberá a empresa licitante a realização das aberturas, caso necessite, em alvenaria necessária para a passagem da instalação elétrica e frigorígena; A contratada deverá verificar junto aos quadros de energia elétrica a disponibilidade nos barramentos (reservas), e, caso necessário, fornecer e instalar os disjuntores compatíveis aos equipamentos a serem instalados, bem como os dutos de interligação elétrica até os referidos equipamentos É de inteira responsabilidade da empresa contratada, manter limpos, livres e desimpedidos de sujeiras e restos de materiais, os locais de realização dos serviços, bem como todos os acessos e demais dependências dos ambientes utilizados Caberá a contratada a interligação elétrica de força aos equipamentos, bem como a interligação entre condensador e evaporador, através de cabo PP com selo do INMETRO, a partir dos pontos de força conforme descrição do projeto A empresa contratada deverá enviar seus técnicos devidamente identificados, com crachá e/ou uniformizados, provendo-os dos Equipamentos de Proteção Individual EPI s, responsabilizando-se pelo seu uso e retirando do local onde serão executados os serviços àqueles que se recusarem a fazer uso dos equipamentos Todos os fios e cabos em nenhuma hipótese deverão conter emendas entre as chaves dos quadros de força e o ponto de alimentação dos equipamentos O fornecimento dos cabos, eletrodutos, curvas, conexões, conectores, entre outros materiais elétricos são de responsabilidade da contratante Todo e qualquer ônus decorrente da entrega e instalação dos equipamentos contratados, inclusive frete, será de inteira responsabilidade da contratada Caberá a contratada o fornecimento de um controle remoto para cada unidade evaporadora a ser instalada A contratada, na montagem dos equipamentos e seus acessórios deverão seguir rigorosamente as normas da ABNT Associação Brasileira de Normas Técnicas NBR Instalações de ar condicionado sistemas centrais e unitários, ABNT-NBR 5410 (antiga NB 3) Instalações elétricas de baixa tensão, ABNT Instalações elétricas de Alta Tensão. CAPÍTULO 22 - DO PRAZO DE GARANTIA No prazo de garantia, que serão de 12 (doze) meses, incluirá a substituição de quaisquer equipamentos ou partes correspondentes defeituosos, exceto daqueles que comprovadamente sofrerem desgastes por uso inadequado, tudo sem qualquer ônus para a contratante No caso de substituição de quaisquer aparelhos, os mesmo terão prazos de garantia, a qualquer tempo, revalidados por um período mínimo igual ao da validade inicial, a contar da data em que ocorrer a substituição. CAPITULO 23 - DO PAGAMENTO O pagamento será efetuado em até 30 (trinta) dias após o mês subseqüente a entrega e aceite dos itens, mediante solicitação protocolada no Protocolo Geral da Prefeitura Municipal de Vila Velha, após a apresentação, pela contratada, dos seguintes documentos: Nota Fiscal/Fatura discriminativa, em 02 (duas) vias, devidamente atestada pelo setor competente de que os equipamentos foram entregues a contento; e A Nota Fiscal/Fatura deve conter todos os elementos exigidos em lei, tais como: Página 18

19 1. Identificação completa da Contratada: CNPJ (o mesmo constante da documentação fiscal, exceto se for emitida por filial/matriz que contém o mesmo CNPJ base, com seqüencial específico da filial/matriz) da contratada, endereço, inscrição estadual ou municipal, etc.; 2. Identificação completa do contratante; 3. Descrição de forma clara contendo todos os equipamentos fornecidos; 4. Valores unitários e totais dos equipamentos fornecidos. 6. Número do processo que originou a licitação e o número da Ordem de Fornecimento/Serviço ou instrumento equivalente para o fornecimento dos equipamentos; e Prova de regularidade perante o Instituto Nacional do Seguro Social - INSS (CND) e o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) e comprovação da Regularidade Fiscal, mediante apresentação, da certidão negativa de débito para com a Fazenda Pública Federal, Estadual e Municipal da sede da contratada e do Município de Vila Velha A Nota Fiscal/Fatura não aprovada pela Administração será devolvida à contratada para as necessárias correções, com as informações que motivaram sua rejeição, contando-se o prazo de pagamento da data de sua reapresentação Na ocorrência de necessidade de providências complementares por parte da contratada em qualquer situação, o decurso do prazo de pagamento será interrompido, reiniciando-se sua contagem a partir da data em que estas forem cumpridas, sem que isso gere direito a atualização financeira A devolução da fatura não aprovada pela Administração Municipal em hipótese alguma autorizará a contratada a suspender a prestação dos serviços O pagamento poderá ser sustado pelo Município nos seguintes casos: a) Não cumprimento das obrigações assumidas que possam de qualquer forma prejudicar o Contratante. b) Inadimplência de obrigações da Contratada para com o Município, por conta do estabelecido no contrato; c) Erros ou vícios nas Notas Fiscais/Faturas Sem qualquer ônus para o Município, ou incidência em mora, não será efetuado qualquer pagamento à contratada: I - ANTES: a) da apresentação e da aceitação do documento de cobrança; b) de atestada Nota Fiscal pelo órgão requisitante a conformidade do objeto; c) da liquidação prevista na Lei 4.320/64, conforme disposto no art. 40, XIV, a, da Lei 8.666/93, consolidada. II - ENQUANTO HOUVER PENDÊNCIA RELATIVA: a) à liquidação de obrigação financeira em virtude de penalidade ou inadimplência; b) à apresentação de documentação exigida em disposição do ato convocatório, legal ou regulamentar; c) à regularidade fiscal; d) ao cumprimento das obrigações assumidas e que possam de qualquer forma causar dano ao Erário; e) a não entrega/execução do objeto nas condições estabelecidas; f) a erros ou vícios nas Notas Fiscais/Faturas Nenhum pagamento será efetuado enquanto perdurar qualquer pendência de liquidação, ou obrigação que lhe for imposta, sem que isto gere direito ao pleito de reajustamento de preços ou correção É expressamente vedada ao fornecedor cobrança ou desconto de duplicatas através de rede bancaria ou de terceiros Nenhum pagamento isentará a contratada das suas responsabilidades e obrigações, nem implicará aceitação definitiva dos itens fornecidos. Página 19

20 DADOS PARA EMISSÃO DA NOTA FISCAL: Prefeitura Municipal de Vila Velha Av. Santa Leopoldina, nº 840 Itaparica Vila Velha - ES CEP: CNPJ Nº / I.E: ISENTO Em havendo atrasos de pagamento de medições, em valores totais ou parciais, por culpa do Município, esses valores serão atualizados financeiramente, calculados com base na variação do IPCA pró-rata-die, desde a data final do período de adimplemento de cada parcela até a data do efetivo pagamento. Em não se conhecendo o numero do IPCA daquele mês, utilizar-se-á o último conhecido para aquele mês. CAPITULO 24 - DAS SANÇÕES ADMINISTRATIVAS Nos termos do art. 7 da Lei n º /02 ficará impedido de licitar e contratar com o Município de Vila Velha e será descredenciado junto a Gerência de Cadastro de Fornecedores do Município, pelo período de até 5 (cinco) anos, sem prejuízo das multas previstas neste edital e das demais penalidades legais, ao licitante/contratada que: a) Deixar de entregar documentos exigidos para o certame; b) Dentro do prazo de validade de sua proposta não retirar a Ordem de Fornecimento/Serviço ou não celebrar o contrato; c) Não mantiver a proposta; d) Apresentar documentação ou declaração falsa; e) Ensejar o retardamento da execução do seu objeto; f) Falhar ou fraudar na execução do contrato; g) Comportar-se de modo inidôneo; h) Cometer fraude fiscal Aplicam-se ainda às condutas elencadas no item acima, e pela inexecução total ou parcial do objeto, as sanções cominadas no art. 87, incisos I a IV da Lei n º 8.666/93, consolidada, sendo que a multa a ser aplicada à licitante/contratada será de 20% (vinte por cento) sobre o valor da arrematação/contratação, respeitando o direito ao contraditório e ampla defesa; As sanções previstas neste item serão aplicadas após regular processo administrativo, sendo facultada a defesa do interessado no prazo de 10 (dez) dias a contar do recebimento da notificação para este fim; Pelo atraso na execução do objeto quanto ao prazo de entrega, a contratada sujeitar-se-á à multa de 20% (vinte por cento) do valor global contratado Para efetuar o pagamento da multa, eventualmente imposta, ser-lhe-á concedido o prazo de 05 (cinco) dias úteis a contar da data da intimação. Após esse prazo, não sendo efetuado o pagamento, serão então acrescidos os juros moratórios de 1% (um por cento) ao mês e seus dados serão encaminhados ao órgão competente para que seja inscrita na divida ativa do Município, podendo ainda a administração deduzir de qualquer crédito a ela devido, cobrados diretamente ou judicialmente; Se a multa for de valor superior ao valor da fatura devida, alem da perda desta, responderá a contratada pela sua diferença a qual será descontada da garantia apresentada, ou ainda, quando for o caso, cobrada judicialmente As penalidades de suspensão temporária e de declaração de inidoneidade, aplicadas pela autoridade competente da Administração Municipal, após a instrução do pertinente processo no qual fica assegurada a ampla defesa da licitante/contratada, serão publicadas em Diário Oficial do Estado do Espírito Santo. Página 20

21 As sanções previstas nesta seção não eximem a licitante/contratada da reparação dos eventuais danos, perdas ou prejuízos que seu ato punível venha causar ao Município ou a terceiros, bem como de responsabilidade criminal cabível As sanções aqui previstas são independentes entre si, podendo ser aplicadas isoladas ou cumulativamente, sem prejuízos de outras medidas legais A ausência de defesa ou a sua manifestação intempestiva nos autos do processo implica em preclusão do direito e aplicação imediata das sanções previstas em lei e no instrumento convocatório Em qualquer hipótese de aplicação de sanções será assegurado a licitante/contratada o contraditório e a ampla defesa Subsidiariamente e no que couber, serão aplicadas sanções aqui não elencadas e previstas na Lei de Licitações nº /93, consolidada. CAPITULO 25 - DA PUBLICIDADE O aviso do edital será publicado em jornal diário de grande circulação e no Diário Oficial do Estado do Espírito Santo, de acordo com o inciso I, art. 1º do Decreto Municipal nº. 089/ A divulgação do edital também deverá acontecer através de meios de comunicação social e eletrônicos de acesso ao público, realizados através do site CAPITULO 26 - DAS DISPOSIÇÕES GERAIS O licitante é responsável pela fidelidade e legitimidade das informações prestadas e dos documentos apresentados em qualquer fase da licitação. A falsidade de qualquer documento apresentado ou a inverdade das informações nele contidas implicará na imediata desclassificação do licitante que o tiver apresentado, ou, caso tenha sido o vencedor, na rescisão da Ordem de Serviço ou instrumento equivalente, sem prejuízo das demais sanções cabíveis A aceitação da proposta vencedora, pelo Município, obriga o seu proponente à execução integral do fornecimento do objeto desta licitação, pelo preço e condições oferecidas, não cabendo o direito a qualquer ressarcimento por despesas decorrentes de custos ou serviços não previstos em sua proposta, quer seja por erro ou omissão A Administração poderá revogar a presente licitação, por interesse público, decorrente de fato superveniente devidamente comprovado, pertinente e suficiente para justificar tal conduta ou anulá-la por ilegalidade, total ou parcialmente, de ofício ou por provocação de terceiros, mediante parecer escrito e devidamente fundamentado, disponibilizando no sistema para conhecimento dos interessados. Poderá, ainda, prorrogar, a qualquer tempo, os prazos para recebimento das propostas ou para sua abertura Os proponentes intimados para prestar quaisquer esclarecimentos adicionais deverão fazê-lo no prazo determinado pela Pregoeira, sob pena de desclassificação O desatendimento de exigências formais não essenciais não importará no afastamento do licitante, desde que seja possível a aferição da sua qualificação e a exata compreensão da sua proposta, observado os princípios da isonomia e do interesse público As normas que disciplinam este Pregão serão sempre interpretadas em favor da ampliação da disputa entre os interessados, desde que não comprometam o interesse da Administração, o princípio da isonomia, a finalidade e a segurança da contratação É facultada a Pregoeira, ou à autoridade competente, em qualquer fase da licitação, a promoção de diligência destinada a esclarecer ou a complementar a instrução do processo, vedada a inclusão posterior de documento ou informação que deveria constar originalmente da proposta comercial. Página 21

22 26.8 A Pregoeira poderá desclassificar licitante até o recebimento da Ordem de Fornecimento/Serviço ou instrumento equivalente, por despacho fundamentado, sem direito a indenização ou ressarcimento e sem prejuízo de outras sanções cabíveis, se tiver conhecimento de fato ou circunstância, anterior ou posterior ao julgamento da licitação, que desabone sua idoneidade ou capacidade financeira, técnica ou administrativa É vedada ao servidor dos órgãos e entidades da Administração Pública Municipal, inclusive Fundação instituída e/ou mantidas pelo Poder Público, participar como licitante, direta ou indiretamente, por si ou por interposta pessoa, do procedimento licitatório disciplinado por legislação vigente Pela elaboração e apresentação da proposta e documentação, o proponente não terá direito a auferir vantagens, remuneração ou indenização de qualquer espécie O licitante que não comprovar a veracidade dos elementos informativos apresentados à Administração, quando solicitado, será, automaticamente, excluído do presente certame A documentação apresentada para fins de habilitação da empresa arrematante fará parte dos autos da licitação e não será devolvida ao proponente Não havendo solicitação, pelos interessados, de esclarecimentos e informações, pressupõe-se que os elementos fornecidos são suficientemente claros e precisos, não cabendo, portanto, posteriormente, o direito a qualquer reclamação Não será permitida a entrega do objeto licitado sem que o órgão competente da Administração Municipal emita, previamente, a respectiva Ordem de Fornecimento/Serviço ou instrumento equivalente No caso de alteração deste Edital no curso do prazo estabelecido para o recebimento das propostas de preços, o prazo será reaberto, quando inquestionavelmente a alteração afetar a formulação das propostas O objeto da presente licitação poderá sofrer acréscimos ou supressões, conforme previsto no art. 65, 1º e 2º da Lei nº /93, consolidada Na contagem dos prazos estabelecidos neste Edital e seus anexos, excluir-se-á o dia do início e incluirse-á o do vencimento. Só se iniciam e vencem os prazos em dias úteis O Edital completo da presente licitação poderá ser adquirido eletronicamente no site do Banco do Brasil S.A., ou através do site da Prefeitura Municipal de Vila Velha, link licitações O esclarecimento de dúvidas relacionadas a esta licitação, serão divulgados mediante publicação de comunicados na página web, no endereço ficando os licitantes obrigados a acessá-la até o fim desta licitação para obtenção das informações prestadas pela Pregoeira Não havendo expediente ou ocorrendo qualquer fato superveniente que impeça a realização do certame na data marcada, a sessão será automaticamente transferida para o primeiro dia útil subseqüente, no mesmo horário e local anteriormente estabelecido, desde que não haja comunicação da Pregoeira em contrário Os casos não previstos neste Edital serão decididos pela Pregoeira, com base na legislação em vigor Para todas as questões suscitadas na execução do fornecimento não resolvidas, administrativamente, o foro competente será o da Vara dos Feitos da Fazenda Pública Municipal, Comarca de Vila Velha, com renúncia de qualquer outro, por mais privilegiado que seja Para conhecimento público, expede-se o presente Edital que será publicado conforme item 25 e afixado no quadro de avisos da Central de Compras da Secretaria Municipal de Governo e Articulação Institucional do Município de Vila Velha. Página 22

23 26.24 Fazem parte integrante e indissociável deste Edital, como se nele estivessem transcritos, os seguintes anexos: ANEXO I - Modelo de Proposta Comercial. ANEXO II Termo de Referência ANEXO III Projeto Básico ANEXO IV - Termo de Declaração expressa e sob as penas da lei. ANEXO V - Minuta do Contrato Vila Velha/ES, 24 de abril Tereza Cristina Venuto Braga Pregoeira Municipal Página 23

24 ANEXO I MODELO DE PROPOSTA COMERCIAL (PAPEL TIMBRADO DA EMPRESA) À Secretaria Municipal de Governo e Articulação Institucional Pregoeira Municipal Proposta que faz a empresa... inscrita no CNPJ nº..., e inscrição estadual nº..., estabelecida na..., bairro..., cidade de.../es, para Contratação de empresa para fornecimento e instalação de parelhos condicionadores de ar com tecnologia de fluxo de refrigerante variável (VRF) com a finalidade de atender o Polo Universidade Aberta do Brasil Centro de Capacitação e Formação de Professores de Vila Velha, objeto do Pregão Eletrônico n.º047/2014, conforme descrito em seus anexos. 1 Descrição do Objeto: LOTE I AR CONDICIONADO BTU S Item Descrição/Marca Quant. Valor Unit. Valor Total 01 Fornecimento e instalação de ar condicionado tipo: Split cassete de capacidade nominal de BTU s. conforme especificação no termo de , ,00 referencia e projeto básico. valor total do lote ,00 LOTE II- AR CONDICIONADO BTU S Item Descrição/Marca Quant. Valor Unit. Valor Total 02 Fornecimento e instalação de ar condicionado tipo: Split cassete de capacidade nominal de BTU s. conforme especificação no termo de , ,00 referencia e projeto básico. valor total do lote ,00 LOTE III - AR CONDICIONADO BTU S Item Descrição/Marca Quant. Valor Unit. Valor Total 03 Fornecimento e instalação de ar condicionado tipo: Split cassete de capacidade nominal de BTU s. (220 V bifásico) conforme especificação no , ,00 termo de referencia e projeto básico. valor total do lote ,00 LOTE IV - AR CONDICIONADO BTU S Item Descrição/Marca Quant. Valor Unit. Valor Total 04 Fornecimento e instalação de ar condicionado tipo: Split cassete de capacidade nominal de BTU s. (380 V trifásico) conforme especificação , ,00 no termo de referencia e projeto básico. valor total do lote , A proponente declara que: O preço para o fornecimento do item do lote proposto fica estipulado em R$ ,00, (informar valor unitário mensal, valor total do item mensal e valor global anual do lote), nos preços propostos estão incluídas Página 24

25 todas as despesas necessárias para o fornecimento dos itens, exemplificativamente: frete, embalagens, seguros, impostos, taxas, obrigações sociais e trabalhistas, e todos os demais custos necessários ao perfeito cumprimento das obrigações objeto da licitação O pagamento do valor proposto poderá ser efetuado, conforme Ato Convocatório Prazo de validade da proposta, não deverá ser inferior a 60 (sessenta) dias, a contar da data da abertura da licitação, expressa em algarismo e por extenso; Efetuará a entrega dos itens em prazo não superior a 30 (trinta) dias consecutivos, contados a partir do recebimento da autorização de fornecimento ou instrumento equivalente O recebimento do objeto não exclui a responsabilidade do fornecedor e/ou fabricante quanto à qualidade dos equipamentos entregue O banco para pagamento será: Banestes, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal ou outro de sua preferência; (favor informar nome do banco, nº da conta corrente, número da agência, impreterivelmente) Tem conhecimento de todos os parâmetros necessários ao fornecimento do objeto e concorda com os termos do edital do Pregão Eletrônico nº. 047/2014 e seus anexos. Informamos que na hipótese de sermos vencedores da presente licitação receberá a ordem de serviço o (a) senhor (a), (nacionalidade, profissão, CPF e condição jurídica do representante da empresa). Local, de de Obs: (Assinatura do Representante Legal ou Procurador) Nome do Representante Legal ou Procurador Nº do CPF: Nº do RG: (Órgão Emissor UF) Telefone e para contato a. No caso de instrumento particular, deverá ser comprovada a competência do signatário para nomear procurador, mediante apresentação de cópia do Estatuto ou Contrato Social em vigor, e, quando se tratar de sociedade anônima, da ata de nomeação do signatário; b. Em sendo sócio, proprietário, dirigente (ou assemelhado) da empresa licitante, deverá apresentar cópia do respectivo Estatuto ou Contrato Social, no qual estejam expressos seus poderes para exercer direitos e assumir obrigações em decorrência de tal investidura; c. A proposta Comercial deverá ser apresentada em 01 (uma) via original. d. A falsidade de declaração prestada objetivando a participação do certame caracterizará o crime de que trata o art. 299 do Código Penal, sem prejuízo do enquadramento em outras figuras penais e nas sanções previstas no instrumento convocatório. Página 25

26 ANEXO II TERMO DE REFERÊNCIA OBJETO Fornecimento e instalação de 21 (vinte e um) equipamentos de ar condicionado tipo Split Cassete com etiqueta energética de eficiência Classe A do Inmetro, para conclusão das obras do POLO UAB/SEMED, de acordo com especificações técnicas descriminadas no termo de referencia, bem como a prestação de serviço de assistência técnica durante o período de garantia oferecido pela contratada. ESPECIFICAÇÃO DOS EQUIPAMENTOS Descrição Fornecimento e instalação de ar condicionado tipo: Split cassete de capacidade nominal de BTU s. Fornecimento e instalação de ar condicionado tipo: Split cassete de capacidade nominal de BTU s. Fornecimento e instalação de ar condicionado tipo: Split cassete de capacidade nominal de BTU s (220 V bifásico). Fornecimento e instalação de ar condicionado tipo: Split cassete de capacidade nominal de BTU s (380 V trifásico). Quant JUSTIFICATIVA Esta aquisição tem como objetivo atender as necessidades do Polo Universidade Aberta do Brasil Centro de Capacitação e Formação de Professores de Vila Velha. A utilização de aparelhos condicionadores de ar com as especificações descritas neste referido termo de referencia, além de obedecer rigorosamente as normas técnicas vigentes acerca de sua utilização, tem ainda como finalidade proporcionar melhores condições de trabalho e maior conforto para todos os professores em treinamento, servidores e administrativos, aumentando assim a eficiência e a qualidade no serviço prestado por esse Centro de Capacitação. PRAZOS, LOCAIS DE ENTREGA E INSTALAÇÃO DOS EQUIPAMENTOS. DO PRAZO: os equipamentos deste termo deverão ser fornecidos e instalados no prazo máximo de 30 (trinta) dias corrido, a partir da assinatura do contrato, neste município e instalados no local mencionado, para a empresa vencedora nos termos do contrato, nos horários das 08h às 17h de segunda a sexta feira. LOCAIS DE ENTREGA: toda entrega deverá ter prévia programação de data e hora com o Gestor do contrato, afim de que sejam realizados os procedimentos de recebimento definitivo, que consistirão na verificação da conformidade qualitativa e quantitativa em confrontação às especificações técnicas do objeto contratado no local mencionado neste termo. INSTALAÇÃO DOS EQUIPAMENTOS: as instalações dos condicionadores deverão utilizar material específico para refrigeração nas bitolas recomendadas pelo fabricante e instaladas com todos os critérios de limpeza e desumidificação, obedecendo todas as normas técnicas aplicáveis. As unidades evaporadoras e condensadoras dos equipamentos de todos os ambientes deverão ser instaladas nos locais conforme a descrição do projeto (em anexo), ou por motivos excepcionais, em locais indicados pela contratante. Os tubos deverão ser específicos para refrigeração, com conexão capaz de suportar as pressões de teste e trabalho dos sistemas a serem instalados. As tubulações elétricas externas deverão ser executadas em eletrodutos metálicos, em alumínio ou ferro galvanizado e as tubulações internas, (caso necessite) em alvenaria, deverão ser executadas em eletrodutos rígidos em PVC. Página 26

27 Deverá ser observado total estanqueidade nas tubulações e obedecidas todas as exigências do fabricante dos condicionadores nos quais são aplicáveis. A instalação deverá ser realizada com pessoal habilitado, sendo permitida a subcontratação somente para a instalação. A contratada deverá garantir total segurança na execução e especificações do fabricante, a fim de dar qualidade aos serviços bem como preservar a integridade dos instaladores e a garantia dos equipamentos fornecidos. A contratada deverá fornecer todos os materiais e mão de obra necessária para a realização dos serviços, tais como: suportes, prolongamentos das tubulações e drenos; aplicação de massa corrida e pintura onde forem feitas aberturas para passagem de tubulação; reparo e/ou realização de novas paredes de gesso para ocultação da tubulação; conexão dos equipamentos à rede elétrica; serviços de instalação elétrica; retirada dos aparelhos de ar condicionado existente (se houver); dentre outros os serviços necessários ao pleno funcionamento dos equipamentos. Caberá a empresa licitante a realização das aberturas, caso necessite, em alvenaria necessária para a passagem da instalação elétrica e frigorígena; A contratada deverá verificar junto aos quadros de energia elétrica a disponibilidade nos barramentos (reservas), e, caso necessário, fornecer e instalar os disjuntores compatíveis aos equipamentos a serem instalados, bem como os dutos de interligação elétrica até os referidos equipamentos. É de inteira responsabilidade da empresa contratada, manter limpos, livres e desimpedidos de sujeiras e restos de materiais, os locais de realização dos serviços, bem como todos os acessos e demais dependências dos ambientes utilizados. Caberá a contratada a interligação elétrica de força aos equipamentos, bem como a interligação entre condensador e evaporador, através de cabo PP com selo do INMETRO, a partir dos pontos de força conforme descrição do projeto. A empresa contratada deverá enviar seus técnicos devidamente identificados, com crachá e/ou uniformizados, provendo-os dos Equipamentos de Proteção Individual EPI s, responsabilizando-se pelo seu uso e retirando do local onde serão executados os serviços àqueles que se recusarem a fazer uso dos equipamentos. Todos os fios e cabos em nenhuma hipótese deverão conter emendas entre as chaves dos quadros de força e o ponto de alimentação dos equipamentos. O fornecimento dos cabos, eletrodutos, curvas, conexões, conectores, entre outros materiais elétricos são de responsabilidade da contratante. Todo e qualquer ônus decorrente da entrega e instalação dos equipamentos contratados, inclusive frete, será de inteira responsabilidade da contratada. Caberá a contratada o fornecimento de um controle remoto para cada unidade evaporadora a ser instalada. A contratada, na montagem dos equipamentos e seus acessórios deverão seguir rigorosamente as normas da ABNT Associação Brasileira de Normas Técnicas NBR Instalações de ar condicionado sistemas centrais e unitários, ABNT-NBR 5410 (antiga NB 3) Instalações elétricas de baixa tensão, ABNT Instalações elétricas de Alta Tensão. CRITERIO DE JULGAMENTO: Pregão Eletrônico/Menor Preço por item. OBRIGAÇÕES DA CONTRATANTE: Transmitir, por escrito, diretamente a contratada todas as instruções e reclamações, salvo em caso de urgência, quando poderá fazê-lo ao empregado da contratada, por telefone ou ainda por outro meio, fazendo a respectiva comunicação escrita tão logo seja possível. Página 27

28 Assegurar o acesso dos empregados da contratada devidamente identificados as dependências do POLO UAB, para executarem a entrega e a instalação dos bens, no horário de 08:00 às 17:00 horas. OBRIGAÇÕES DA CONTRATADA: Dar integral cumprimento a sua proposta, a qual passa a integrar o instrumento de contrato, independentemente de transcrição. Cumprir rigorosamente o prazo de entrega, do fornecimento e da instalação que não poderá ultrapassar 07 (sete) dias corridos, contados a partir da data de assinatura do contrato, salvo a ocorrência de calamidade pública, perturbação da ordem, greves ou por outro motivo que a SEMED/PMVV venha a aceitar por consideralo junto, ficando esse prazo prorrogado, para todos os efeitos contratuais, de tantos dias quantos forem os de duração do fato impeditivo; Zelar para que seus empregados quando da instalação dos equipamentos, na obra, estejam devidamente credenciados e portando cartão de identificação; Na hipótese de constatação de anomalias que comprometam a utilização adequada dos aparelhos, a SEMED/PMVV poderá rejeitá-los, no todo ou em parte, conforme dispõe o art. 76 da lei 8.666/93, consolidada; Correrá por conta exclusiva da contratada as despesas de transporte, frete e seguro correspondentes a execução dos serviços. A contratada deverá manter durante toda a execução do contrato, todas as condições de habilitação e qualificação exigidas no pregão. VISTORIA É recomendável a vistoria nas dependências do POLO UAB para proporcionar conhecimento necessário a elaboração da proposta comercial; Tendo em vista a faculdade da realização da vistoria, a empresa vencedora não poderá alegar o desconhecimento das condições e grau de dificuldades existentes como justificativa para se eximir das obrigações assumidas. Nesse caso, a empresa interessada em participar do certame que não fizer a vistoria, poderá declarar que se abstém de realiza-la, assumindo completa responsabilidade pelos imprevistos e problemas decorrentes do desconhecimento da realidade da obra do POLO UAB, em razão de sua não realização. A participante poderá vistoriar o local onde serão instalados os equipamentos objeto deste termo de referencia, devendo verificar todos os seus aspectos quantitativos e qualitativos, bem como as condições necessárias para sua execução, tais como características de acesso, estocagem de equipamentos e ferramentas e outros. A vistoria deverá ser acompanhada por servidor designado pela SEMIPRO/Engenharia, devendo ser agendada pelo telefone: (27) ou ; Após a assinatura do contrato ficará pressuposta a concordância tácita de todos a documentos anexos ao edital, não cabendo qualquer alegação posterior sobre divergências entre os mesmos. FISCALIZAÇÃO E ACOMPANHAMENTO DO CONTRATO A fiscalização será designada pela Engenharia da SEMIPRO (Secretaria de Infraestrutura, Projetos e Obras) e será também composta por engenheiro devidamente credenciados junto a empresa contratada, com autoridade para exercer toda e qualquer ação de orientação geral, controle e fiscalização dos serviços contidos neste termo de referencia. Logo, efetuarão ambas as partes (SEMIPRO/Contratada) todos os testes de conformidade e verificação final dos equipamentos instalados. A fiscalização, exercida no interesse exclusivo da Engenharia/SEMIPRO, não exclui e nem reduz a responsabilidade da empresa contratada, inclusive perante terceiros, por qualquer irregularidade e, na sua Página 28

29 ocorrência, não implica em corresponsabilidade do poder público ou de seus agentes e prepostos, salvo quanto a estes, se decorrente de ação ou omissão funcional, apurada na forma da legislação vigente. LOCAL DE ENTREGA DO OBJETO Rua Antônio Ataíde 969, Prainha, Vila Velha - ES. DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA Os recursos para cobrir as despesas estão previstos no orçamento da SEMED/PMVV, na Fonte 01 Tesouro deste Município. PRAZO DE GARANTIA No prazo de garantia, que serão de 12 (doze) meses, incluirá a substituição de quaisquer equipamentos ou partes correspondentes defeituosos, exceto daqueles que comprovadamente sofrerem desgastes por uso inadequado, tudo sem qualquer ônus para a contratante. No caso de substituição de quaisquer aparelhos, os mesmo terão prazos de garantia, a qualquer tempo, revalidados por um período mínimo igual ao da validade inicial, a contar da data em que ocorrer a substituição. JULGAMENTO E ADJUDICAÇÃO No julgamento da proposta de preços será considerada vencedora a participante que apresentar o menor preço por item. Sendo assim, atendidas as condições de julgamento, a adjudicação será feita a empresa vencedora. DISPOSIÇÕES GERAIS A SEMED/PMVV reserva-se o direito de impugnar o objeto entregue, se esse não estiver de acordo com as especificações técnicas deste termo de referencia. A contratante fica obrigada a entregar o objeto deste termo de referencia, não se admitindo quaisquer modificações sem a prévia autorização da SEMED/PMVV. Edson Bezerra Pereira Arquiteto e Urbanista CAU-ES SEMIPRO/PMVV Página 29

30 ANEXO III PROJETO BÁSICO OBJETIVO O objetivo do presente pregão é a contratação de empresa para fornecimento e instalação de aparelhos condicionadores de ar com tecnologia de fluxo de refrigerante variável (VRF) com a finalidade de atender o Polo Universidade Aberta do Brasil Centro de Capacitação e Formação de Professores de Vila Velha, conforme especificações, quantitativos e condições constantes do anexo. JUSTIFICATIVA Encontra-se em fase de adequação o Polo Universidade Aberta do Brasil Centro de Capacitação e Formação de Professores de Vila Velha que terá o objetivo desenvolver as habilidades destes profissionais. Sua infraestrutura contará com sistemas e equipamentos que subsidiarão o desenvolvimento destes profissionais, aprimorando o atendimento dos educadores e consequentemente melhorando a qualidade de ensino. O Centro de Capacitação será formado por diversos ambientes numa única área física e é para este local que está sendo adquirido o sistema ar condicionado descrito no presente projeto. REQUISITOS TÉCNICOS E FUNCIONAIS Será composto por um sistema ar condicionado, tipo VRF, cujos componentes seguem: - Unidades condensadoras; - Unidades evaporadoras; - Linhas frigorígena; - Esquemas elétricos; - Sistema de controle Sistema, redes, controles e demais elementos, materiais e acessórios necessários à perfeita instalação dos sistemas solicitados, de forma a entrega-los prontos, instalados e em perfeitas condições de acabamento e funcionamento, conforme discriminação básica de serviços descritos neste memorial descritivo. DESCRIÇÃO GERAL DO SISTEMA DE AR CONDICIONADO O sistema a ser adotado é o de expansão direta do fluido refrigerante, com a utilização de equipamentos que possuem a tecnologia de fluxo de refrigerante variável (VRF) e condensação a ar, permitindo modulação individual de capacidade em cada unidade interna, pela variação do fluxo de fluído refrigerante, visando atender as necessidades de carga térmica do sistema. A instalação deste sistema de ar condicionado terá por finalidade proporcionar condições de conforme térmico durante o ano todo, com controle individual de temperatura. Em cada sistema (ramal), uma única unidade condensadora (unidade externa modular) suprirá diversas unidades evaporadoras (unidades internas), através de um único par de tubulações frigoríficas, compostas de linha de líquido e de vapor saturado, que se ramificam de acordo com a locação de cada unidade evaporadora. Em função da variação de carga térmica das áreas beneficiadas, ocorrerá automaticamente uma variação na velocidade de torração do compressor, comandada pelo inverso de frequência (controle inverter), que irá ajustar a capacidade da unidade condensadora. Página 30

31 O refrigerante utilizado será o R-410ª, que já é de nova geração, sendo ambientalmente correto, ou seja, não agride a camada de ozônio. CONCEITUAÇÃO DO SISTEMA DE AR CONDICIONADO Estas unidades condensadoras deverão possuir a faixa de trabalho para instalação das evaporadoras variando de 50% (cinquenta por cento) até 130% (cento e trinta por cento). UNIDADES INTERNAS Evaporadoras Trocador de calor de tubo de cobre ranhurado e aleta de alumínio, válvula de expansão eletrônica de controle de capacidade, ventilador interno. Dois termistores na linha frigorífica: um para líquido outro para gás. No lado do ar, dois termistores: um para o ar retorno e outro no insuflamento. As unidades deverão possuir um filtro de ar lavável no retorno, de fácil remoção. As unidades evaporadoras deverão ser instaladas nos ambientes condicionados e deverão apresentar as seguintes características técnicas: 1. três sensores de temperatura (retorno de ar, entrada de refrigerante e saída do refrigerante); 2. placa de controle micro processada com endereçamento para comunicação em rede com a unidade condensadora, e dispositivos de controle centralizado; 3. Todas as válvulas de expansão eletrônica deverão ser internas nas evaporadoras, não sendo aceita peça sobressalente de válvula de expansão; 4. Compatível com gás refrigerante R-410ª; 5. Conectores para sincronização externa, com tensão de 12VCC para complemento com relés de acionamento possibilitando as seguintes funções: 6. Liga/desliga por pulso ou fechamento de contato (acionamento via outro equipamento, sistema de backup, sensores de presença ou sincronização com iluminação, etc.); 7. Sinal remoto de status ligado (para acionamento de equipamentos auxiliares em paralelo); 8. Sinal de falha (para alarme ou bloqueio de entrada de equipamentos auxiliares em paralelo); 9. No controle remoto com fio, precisa marcar temperatura de retorno de ar e set point; 1. Retorno automático após falta de energia; 2. Opção de acionamento por cartão de acesso; 3. Possibilidade de controlar até 16 unidades internas, pelo mesmo controle com fio; 4. Permitir o controle da temperatura ambiente por sensor interno (instalado no retorno de ar) ou no controle remoto com fio. Para cada unidade evaporadora tipo cassete deverá está prevista a alimentação por ar externo. Gabinete De construção robusta, em perfis de plásticos de engenharia, alumínio ou chapa de aço com tratamento anticorrosivo e pintura de acabamento. Providos de isolamento térmico em material incombustível e de painéis facilmente removíveis. Os painéis removíveis deverão possuir guarnições de borracha, ou similar, devidamente coladas. Deverão contar com bandeja de recolhimento de condensado, com tratamento anticorrosivo e isolamento térmico na face inferior. Ventilador Deverão ser do tipo turbo de pás torcidas (tangencial) ou centrífugo de dupla aspiração com pás curvadas para frente. De construção robusta e rotores balanceados estática e dinamicamente, acionado diretamente por motor elétrico. Página 31

32 Os ventiladores deverão ter capacidade suficiente para circular as vazões de ar previstas. Motor de acionamento Deverá ser um motor para cada evaporador. Todos os evaporadores devem ser alimentados com 220V 60Hz monofásico, ou bifásico. Trocador de calor do evaporador Construídas com tubos paralelos de cobre ranhurado internamente, sem costura, com aletas de alumínio, perfeitamente fixadas aos tubos por meio de expansão mecânica ou hidráulica dos tubos. O numero de filas em profundidade será especificado pelo fabricante, de maneira que a capacidade do equipamento atenda esta especificação e seus anexos. Válvula de expansão Válvula de expansão eletrônica para controle do sub resfriamento / superaquecimento e balanceamento do fluxo de refrigerante no sistema. Filtro de ar Os filtros deverão ser montados no próprio condicionador. Deverão ser do tipo permanente e lavável. Deverão ser montados nas entradas de ar dos condicionadores, de modo a proteger o evaporador das unidades contra sujeiras e entupimentos. Outras características: possuir dispositivo que permita sua fácil remoção para limpeza e/ou substituição. Permitir ativar ou desativas alarme de filtro sujo com ajuste do tempo de alarme entre 100h ou 2.500h. Bandeja A bandeja de recolhimento de água de condensação deverá ter caimento para o lado da drenagem. A bandeja deverá possuir isolamento térmico e tratamento contra corrosão. Prever sensor de nível máximo de agua na bandeja de dreno para unidades cassete. As unidades do tipo cassete deverão possuir bomba de drenagem operante em tempo integral durante o processo de resfriamento para retirada da água condensada. Esta bomba deverá manter operação por no mínimo 03 minutos após o desligamento, ou reversão do sistema para o modo de aquecimento ou ventilação, e altura máxima de 36 centímetros do nível superior da unidade interna. Em caso de detecção de acúmulo de água com a unidade parada, a bomba de dreno deverá ser acionada automaticamente por 03 minutos e se a detecção ainda indicar excesso de água interior da unidade após este período, deverá ser emitido alarme via controles remotos locais e sistema central de controle para o serviço de manutenção. UNIDADES EXTERNAS Condensadoras A construção modular deverá ser configurada em um formato que cada módulo seja autônoma, composta no máximo por um compressor, trocador de calor, ventilador, quadro elétrico, sensores e válvulas de controle. Estes módulos deverão ser interligados via tubulação de cobre, dotados de válvulas de serviço individualizadas, o que permitirá isolar módulos para a manutenção e troca de componentes sem a paralisação total do sistema. Os módulos deverão possuir sistema de revezamento da operação em baixa utilização, permitindo que o tempo de uso de cada compressor seja balanceado, estendendo sua vida útil. Não será admitido uso de compressores Página 32

33 auxiliares sem controle por inversor de frequência (liga/desliga), pois estes não são adequados a esta concepção de funcionamento. Quando o sistema de for composto por mais de uma unidade externa, deverá ter a função de revezamento por horas de operação entre as unidades externas, com diferenciação de duas horas no máximo entre as unidades externas que compõem o sistema. O sistema deverá possuir o recurso de acionamento automático de emergência (back-up automático). No caso de falha em um módulo ou compressor, o próprio usuário deverá ter capacidade de reiniciar o sistema pelo controle remoto, acionando o modo de emergência. Nesta condição o módulo defeituoso será desabilitado e o sistema operará com os módulos restantes por um período de tempo suficiente para intervenção da equipe de manutenção reduzindo o impacto sobre as atividades normais do usuário. O circuito eletrônico deverá ser micro processado, com os principais componentes agrupados em placas de circuito impresso de fácil substituição nos moldes plug & play. A placa controladora principal deverá possuir sistema de visualização das condições operacionais via display alfa numérico, controlado por chaves seletoras que permitam: Leituras de todos os sensores de temperatura e pressão (evaporadores e condensadores); Leitura do status de todas as válvulas do sistema; Velocidade de rotação do compressor e ventilador; Subresfriamento e superaquecimentos (evaporadores e condensador); Indicador do motivo e localização da falha no sistema (código da falha); Tempo de operação acumulada dos compressores; Capacidade de cada evaporador conectado ao condensador; Leituras de corrente e tensão de alimentação dos inversores e compressores dos condensadores; O sistema micro processado de controle de proteção deverá possuir: 1. Sensores de temperatura de descarga, sucção, temperatura ambiente e Subresfriamento no mínimo; 2. Sensores de pressão alta e baixa, e pressostato de alta; 3. Sensores e corrente alternada na alimentação do compressor e contínuo na alimentação do inversor; 4. Detecção de variação de tensão falta de fase ou inversão de fase; 5. Filtro de ruído elétrico; 6. Quantidade de unidades internas em funcionamento ou opção em fora de funcionamento. Gabinete metálico De construção robusta, em chapa de aço, com tratamento anticorrosivo e pintura de acabamento, com painéis frontais e laterais removíveis para manutenção. Compressor Do tipo scroll (espiral), casco de baixa pressão, desenhado para gás refrigerante ecológico R-410 A. Deverão ser dotados de cinta de aquecimento elétrico no cárter do compressor. Quando um sistema requerer mais de um compressor para atendimento da capacidade projetada, cada compressor deverá ser instalado em um módulo independente para obtenção da capacidade total necessária pela soma de módulos. Estes módulos deverão possuir todos componentes para funcionamento individualizado se necessário. Todos os compressores deverão possuir controle de capacidade independente por inversores de frequência (inverte drive), ou seja, todos os compressores deverão ser scroll 100% inverter. Os micros processadores dos módulos de um mesmo sistema deverão se comunicar de forma a manter os compressores em sua rotação e combinação de maior eficiência, evitando as faixas de rotação mais elevadas quando a utilização de um ou mais módulos em cargas parciais permitir melhor aproveitamento da energia (faixas de rotação ótimas). Página 33

34 O nível de ruído das unidades condensadoras não poderá ultrapassar a 66dB durante o dia. O condensador deverá possuir recurso de redução de ruído durante o período de operação noturna. O compressor deverá ser instalado dentro de caixa metálica fechada com isolamento acústico de forma e evitar a fuga de ruído através do conjunto vazado do trocador de calor e prover proteção contra chuva e ação do tempo. Os compressores deverão ter garantia mínima de 03 (três) anos contados a partir da data de aceite definitivo dos serviços. Conjunto motor ventilador Do tipo axial em resina de polipropileno moldado com desenho aerodinâmico alto desempenho e baixo nível de ruído, sendo a hélice estática e dinamicamente balanceada com controle de velocidade com variação de 0% a 100%, via inversor de frequência, sendo 1 (um) conjunto motor ventilador por módulo da unidade externa. Circuito frigorífico Deverá ser constituído de tubos de cobre, sem costura, em bitolas adequadas, conforme ABNT-NBR 7541, de modo a garantir a aplicação das velocidades corretas em cada trecho, bem como a execução do trajeto mais adequado. Deverá ter máximo rigor na limpeza, desidratação a vácuo e testes de pressão do circuito, antes da colocação do gás refrigerante. O circuito interno deverá ter no mínimo, Subresfriamento ativo dotado de válvula de expansão eletrônica em trocador de calor tube in tube, acumulador de líquido de sucção, registros de serviço, separador de óleo na descarga do compressor, válvulas solenoides e capilares de by-pass de refrigerante/óleo e ligações para manômetros na entrada e na saída do compressor. Após a execução de uma solda, o equipamento deverá ser testado com nitrogênio a pressão de 624 PSIg, por mais de 30 horas, para garantir que não haja nenhum vazamento. A serpentina deverá possuir película anticorrosiva blue fin ou equivalente, para proteção do alumínio contra ação da poluição e atmosfera corrosivas. Ponto de Força das Condensadoras Deverá ser utilizado apenas um ponto de alimentação para cada unidade externa. A alimentação da unidade deverá ser 220V/3F/60Hz para cada sistema. Todos os painéis e condicionadores deverão ser aterrados a partir de um cabo fornecido para esse fim. As bitolas dos cabos elétricos deverão ser selecionadas de acordo com a tabela de bitolas mínimas recomendadas pelo fabricante, devendo ser previsto, inclusive um ponto de força individual para cada um dos condensadores. Coeficiente de Performance Importante índice para avaliação do rendimento das unidades condensadoras. Ele relaciona a capacidade de remoção de calor da unidade condensadora (Energia útil) à potencia requerida (Energia elétrica consumida). Quanto maior o COP (índice de eficiência energética), maior será o rendimento do equipamento. O COP é calculado através da expressão: COP = Energia útil (W) / Energia elétrica consumida (W) Visando a maior economia de energia durante toda a vida útil dos equipamentos condicionadores de ar, não serão aceitos equipamentos com coeficientes de eficiência energética inferiores aos estabelecidos abaixo: Página 34

35 O COP (Coeficiente de Performance) a 100% de simultaneidade de cada sistema de unidades externas não poderá ser inferior a 3,2 para o modo de refrigeração. O fator de potencia das unidades instaladas deverá ser sempre superior a 90%. INSTALAÇÃO Circuito frigorígeno A contratada deverá executar as interligações frigorígenas entre as unidades condensadoras e suas respectivas evaporadoras, fornecendo e instalando tubos de cobre sem costura, conexões e acessórios, nos diâmetros indicados pelo fabricante do equipamento tanto para as linhas de líquido quanto de gás. Serão utilizados tubos de cobre extrudados e trefilados, sem costura, em cobre desoxidado recozido. Proteção da tubulação O isolamento das linhas frigorígenas será feito individualmente. Fixação da tubulação As linhas frigorígenas deverão ser fixadas a alvenaria através de braçadeiras tipo copo e espaçadas de tal forma que impeça a flexão das mesmas. O suporte deverá ser fixado na alvenaria através de parafusos auto atarrachante e buchas. FORNECIMENTO DE EQUIPAMENTOS E ACESSÓRIOS A contratada deverá fornecer instalar e atender a todos os itens descritos no presente documento, tais como: Todos os equipamentos especificados e que atendam aos requisitos mínimos deste memorial descritivo; Todos os materiais das instalações especificadas; Todos os materiais auxiliares e de consumo necessários à montagem dos equipamentos e execução das instalações especificadas; Toda mão de obra direta e indireta necessária à montagem, teste, partida, regulagem da instalação e treinamento na obra de operadores do sistema, sob supervisão de engenheiro credenciado; Interligar os pontos de força fornecidos pela obra com os quadros elétricos de seu fornecimento, assim como destes até os equipamentos, quais sejam motores, controles ou qualquer outro equipamento do fornecimento do sistema de ar condicionado central de ventilação mecânica; Interligar as utilidades como drenos, desde o ponto fornecido até aos equipamentos; Efetuar os ajustes e balanceamento de acordo com os padrões da ABNT. INSTALAÇÃO E MONTAGEM São escopos do instalador os seguintes eventos: Montar o canteiro de obra necessário para a execução dos serviços, cabendo a obra apenas o fornecimento da área necessária com ponto de força; Manter no canteiro de obra um encarregado que responderá por todos os assuntos relacionados a obra, com poder de decisão; Atender a todas as solicitações e recomendações do Técnico de Segurança da Obra; Trabalhar uniformizado, devidamente identificado e usando todos os EPI s pertinentes às características dos serviços executados; Página 35

36 Submeter todos os equipamentos, não só de fabricação própria, mas também de fornecimento de terceiros, à vistoria do engenheiro fiscal, somente liberando-os para a obra após sua aprovação; Efetuar, sob sua exclusiva responsabilidade, o transporte horizontal e vertical dos equipamentos desde a fábrica até a obra, posicionando-os nas bases de assentamento, ou local de instalação; Proteger todos os equipamentos e materiais que estiverem na obra; Executar a montagem de todos os componentes da instalação, sob responsabilidade do encarregado credenciado; Colocar a instalação em operação, efetuando ajustes e regulagens necessárias; Efetuar testes e medições finais, apresentando um relatório final para a apreciação e aprovação do fiscal de obra, para o efeito de entrega da instalação; Efetuar limpeza nos equipamentos ao final da instalação; Enviar ao contratante certificado de garantia dos equipamentos, complementados com catálogos e folhetos técnicos dos equipamentos e componentes fornecidos; Desmobilizar e desmontar o canteiro de obra deixando o local limpo. ENCARGOS DA CONTRATANTE Execução de bases; Trabalhos de alvenaria, carpintaria; Ponto de força no canteiro de obras; Fornecimento de pontos de força para alimentação dos quadros elétricos; Pontos de ralos e dreno. GARANTIA A contratada deve garantir os equipamentos por ela fornecidos e instalados, pelo prazo de 01 (um) ano a contar da entrega da obra. Em caso de defeitos abrangidos pela garantia, dentro do prazo estabelecido anteriormente, em que haja necessidade de troca ou reparo de equipamentos/peças ou acessórios, o transporte dos componentes até as dependências do instalador/fornecedor ou para a obra ficam sob responsabilidade da empresa instaladora, bem como os custos de mão de obra. EQUIPAMENTOS / ACESSÓRIOS Todos os componentes deverão ser fornecidos completos, incluindo todos os acessórios, peças sobressalentes, documentos e serviços complementares necessários à sua montagem e funcionamento. VIBRAÇÃO E RUÍDO Todos os equipamentos deverão ser de operação silenciosa, sem vibração ou ruídos anormais em quaisquer condições de carga. CONDIÇÕES PARA INSTALAÇÃO A empresa licitante deverá possuir registro no CREA e engenheiro mecânico responsável; Deverá ainda ser credenciada pelo fabricante para fornecimento e instalação dos equipamentos ofertados, comprovados através de Certificado de Registro e Quitação no CREA e CARTA DE CREDENCIAMENTO DO FABRICANTE. INSPEÇÃO E TESTES A PMVV se reserva o direito de inspecionar os equipamentos que compõem o sistema, a qualquer momento, durante a fase de fabricação, transporte, estocagem, etc. Página 36

37 Os testes e balanceamentos têm por objetivo estabelecer as bases fundamentais mínimas para aceitação dos sistemas de condicionamento de ar. OBS: todos os equipamentos do sistema VRF contemplados deverão ser obrigatoriamente do mesmo fabricante, a fim de facilitar a manutenção, assistência técnica, e padronização dentro dos ambientes. DOCUMENTAÇÃO RELATIVA À CAPACIDADE TECNICA a) Comprovante de registro e quitação no Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (CREA), da empresa e de seus responsáveis técnicos, na sede da licitante e com visto no CREA/ES, no caso de empresas com sedes em outros Estados, sendo inválido o documento que não apresentar rigorosamente a situação atualizada da empresa, conforme resolução nº 266/79 do CONFEA; b) Comprovação mediante a apresentação de atestado de capacidade técnica em nome do profissional de nível superior pertencente ao quadro técnico permanente da empresa, expedido por pessoa jurídica de direito publico ou privado, acompanhado dos respectivos acervos técnicos emitidos pelo CREA, que demonstre ter a profissional aptidão para desempenho de atividades pertinentes e compatíveis em características e quantidades com o objeto da licitação relativamente às parcelas de maior relevância. c) Constituem-se parcelas de maior relevância a prestação dos serviços, conforme abaixo relacionado: d) Instalação de sistema de ar condicionado VRF com capacidade mínima de 60 HP; e) A comprovação de que o profissional faz efetivamente parte do quadro permanente da empresa será feita pela apresentação de cópia de Carteira de Trabalho ou copia do Contrato de Prestação de Serviços. Caso o responsável técnico seja sócio da empresa, deverá ser apresentada cópia autenticada do contrato social e sua última alteração, ou estatuto da empresa. f) Comprovação de capacidade técnico operacional, mediante a apresentação de atestado em nome da empresa, expedido por pessoa jurídica de direito publico ou privado, acompanhado dos respectivos acervos técnicos emitidos pelo CREA, que demonstre ter a empresa aptidão para desempenho de atividades pertinentes e compatíveis ao objeto da licitação, e em quantidades mínimas mensais descritas a seguir, relativamente as parcelas de maior relevância. g) É facultativa a realização de visita técnica para conhecimento das condições do local, e deverá ser realizada pelo responsável técnico, sendo previamente agendada com o responsável legalmente constituído por essa municipalidade. h) Deverá ser apresentado juntamente com a proposta comercial os catálogos técnicos dos equipamentos indicando marca e modelo dos equipamentos utilizados, de forma à se assegurar que o equipamento ofertado atenda integralmente as especificações técnicas; i) Deverá ser apresentada carta de credenciamento do fabricante referente ao sistema VRF. DAS CONDIÇÕES DE PAGAMENTO O pagamento será efetuado, em 01 (uma) parcela, até o 30º (trigésimo) dia subsequente à apresentação e, consequente, atestação das notas fiscais / faturas em atendimento ao art. 15, III da lei 8.666/93, consolidada, o que deverá ser feito pelo setor competente desta Municipalidade; Na emissão das notas fiscais / faturas, a licitante vencedora deverá descrever os materiais, obrigatoriamente, com o nome especifico, bem como o número da autorização de fornecimento e do processo. Ocorrendo erro na apresentação das notas fiscais / faturas, as mesmas serão devolvidas para correção, ficando estabelecido que o prazo para pagamento será a partir da data da apresentação das novas notas fiscais / faturas. É vedada a antecipação de pagamentos sem a contraprestação do material. Os pagamentos ficam condicionados à apresentação dos seguintes documentos: Prova de Regularidade conjunta, referente aos Tributos Federais e à Dívida Ativa da União, expedida pela Receita Federal do Brasil, de onde for sediada a empresa, devidamente válida. Prova de Regularidade com a Fazenda Pública do Estado, de onde for sediada a empresa, devidamente válida. Página 37

38 Prova de Regularidade com a Fazenda Pública do Município, de onde for sediada a empresa, devidamente válida. Prova de Regularidade com a Fazenda Pública do Município de Vila Velha, devidamente válida. Prova de Regularidade perante o Instituto Nacional de Seguridade Social - INSS, devidamente válida. Prova de Regularidade perante o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço FGTS, devidamente válida. O Município poderá deduzir dos pagamentos, importâncias que, a qualquer título, lhe forem devidas pela contratada. Os pagamentos poderão ser sustados pelo Município nos seguintes casos: Quando o fornecimento dos materiais não atender ao fim que fora contratado, desde que seja de responsabilidade da contratada; Não cumprimento das obrigações assumidas que possam de qualquer forma prejudicar a contratante; Inadimplência de obrigações da contratada para com o Município de Vila Velha por conta do estabelecido no Edital. Erro ou vício nas notas fiscais / fatura; Em havendo atrasos de pagamentos dos serviços em valores totais ou parciais, esses valores serão atualizados financeiramente, calculados com base na variação do IPCA pro-rata-die, desde a data final do período de adimplemento de cada parcela até a data do efetivo pagamento. Em não se conhecendo o numero do IPCA daquele mês, utilizar-se-á o ultimo conhecido para aquele mês. OBRIGAÇÕES DAS PARTES CONTRATANTES A contratada obrigar-se-á: Utilizar no fornecimento e instalação do objeto pessoal que atenda, dentre outros, aos seguintes requisitos: a) Qualificação para o exercício das atividades que lhe forem confiadas; b) Bons princípios de urbanidade; c) Pertencer ao quadro de empregados da contratada. Dar garantia manter e cumprir rigorosamente os prazos estipulados neste instrumento; Efetuar o fornecimento e instalação do objeto, obedecendo as especificações aos itens, aos subitens, aos elementos, às condições gerais e especificas deste edital, às disposições da legislação em vigor, bem como aos detalhes e instruções fornecidos; Responder por quaisquer danos pessoais ou materiais causados por seus empregados em razão do fornecimento dos materiais; Não transferir a outrem, no todo ou em parte, o objeto da presente licitação, sem prévia e expressa anuência da contratante; Cumprir satisfatoriamente e em consonância com as regras deste edital e legislação vigente, o fornecimento do objeto adjudicado; Entregar os materiais objeto da licitação de acordo com o prazo estabelecido neste edital, os quais serão recebidos por servidor a ser designado pela Administração; Executar os serviços adjudicados de acordo com o previsto nas especificações contidas neste edital. Apresentar os documentos de cobrança inclusive nota fiscal / fatura com descrição completa dos materiais. Página 38

39 A contratante obrigar-se-á: Fornecer todos os elementos básicos e dados complementares necessários para o perfeito desenvolvimento do fornecimento dos serviços contratados; Notificar a contratada, por escrito, quaisquer irregularidades que venham ocorrer em função da entrega dos materiais, fixando-lhe prazo para correção de tais irregularidades; Efetuar os pagamentos devidos a contratada, na forma estabelecida neste projeto. Vila Velha ES, 20 de Junho de Paulo Henrique Rabelo Coutinho Subsecretario Administrativo Prof. Wallace Millis Secretário de Educação. Página 39

40 À Prefeitura Municipal de Vila Velha Att. Pregoeira Municipal ANEXO IV Termo de Declaração expressa e sob as penas da lei OBJETO: Contratação de empresa para fornecimento e instalação de aparelhos condicionadores de ar com tecnologia de fluxo de refrigerante variável (VRF) com a finalidade de atender o Polo Universidade Aberta do Brasil Centro de Capacitação e Formação de Professores de Vila Velha D E C L A R A Ç Ã O Em cumprimento as determinações da Lei nº /93, consolidada e Lei nº /02, para fins de participação no Pregão Eletrônico, a empresa (razão social), estabelecida à (Endereço Completo), devidamente inscrita no CNPJ sob o nº, declara que conhece e aceita todos os parâmetros e elementos para a execução do objeto e que a proposta apresentada atende integral e irretratavelmente os requisitos constantes do ato convocatório e seus anexos, e que: a) Não está impedida de contratar com a Administração Pública, direta e indireta; b) Não foi declarada inidônea pelo Poder Público, de nenhuma esfera; c) Não existe superveniência de fato impeditivo à sua habilitação/participação e está ciente da obrigatoriedade de declarar ocorrências posteriores; d) Não existe participação, a qualquer título, de dirigente ou servidor de entidades ou órgãos da Administração Pública Municipal; e) Não possui em seu quadro de pessoal menor de 18 anos em trabalho noturno, perigoso ou insalubre e menor de 16 anos em qualquer outro tipo de trabalho, salvo na condição de aprendiz, a partir de 14 anos. f) Se enquadra na condição de ME ou EPP, nos termos do art. 3º da Lei Complementar n º 123/2006 e não está inserida nas excludentes hipóteses do 4º daquele art., para fins do exercício dos benefícios previstos na mencionada lei. OU - NÃO se enquadra na condição de ME ou EPP, nos termos da Lei Complementar n º 123/2006. Por ser a expressão da verdade, eu, Carteira de Identidade nº., CPF Nº., representante legal desta empresa, firmo a presente. (Local e Data) (Nome e assinatura do representante legal e carimbo de CNPJ da empresa) Se for do procurador, anexar cópia da procuração e do documento de identidade e CPF. OBS.: A falsidade de declaração prestada objetivando os benefícios da Lei Complementar nº 123, de 14 de dezembro de 2006 caracterizará o crime de que trata o art. 299 do Código Penal, sem prejuízo do enquadramento em outras figuras penais e das sanções previstas no instrumento convocatório. Página 40

41 CONTRATO N.º 000/2014 PROCESSO N.º /2013 PREGÃO ELETRONICO Nº 047/2014. ANEXO V MINUTA DE CONTRATO CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO DE APARELHOS CONDICIONADORES DE AR COM TECNOLOGIA DE FLUXO DE REFRIGERANTE VARIÁVEL (VRF) COM A FINALIDADE DE ATENDER O POLO UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL CENTRO DE CAPACITAÇÃO E FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE VILA VELHA, QUE CELEBRAM ENTRE SI A E A EMPRESA. O Município de Vila Velha, pessoa jurídica de direito público interno, com sede na Avenida Santa Leopoldina, 840, Itaparica, Vila Velha / ES, inscrito no CNPJ sob n.º / , neste ato representado pelo Secretário Municipal de Educação, Sr. Secretário(a), daqui por diante denominado contratante e a empresa, CNPJ n.º / , estabelecida na, tendo por seu representante legal o(a) Sr.(ª), inscrito no CPF sob o n.º , doravante denominada contratada, celebram o presente contrato de nº 000/2014, nos termos da Lei Federal nº /93, consolidada, oriundo do processo administrativo n.º /2013 e do pregão eletrônico nº 047/2014, que passa a fazer parte integrante deste instrumento, independentemente de transcrição, juntamente com a proposta apresentada pela contratada, datada de 00/00/2014, ficando porém ressalvadas como não transcritas as condições nela estipuladas que contrariem disposições deste contrato, que reger-se-á pelas cláusulas seguintes: CLÁUSULA PRIMEIRA - DO OBJETO 1.1 Constitui objeto do presente contrato, Contratação de empresa para fornecimento e instalação de aparelhos condicionadores de ar com tecnologia de fluxo de refrigerante variável (VRF) com a finalidade de atender o Polo Universidade Aberta do Brasil Centro de Capacitação e Formação de Professores de Vila Velha, conforme discriminado nos anexos do edital do pregão eletrônico que é parte integrante deste instrumento. CLÁUSULA SEGUNDA DO VALOR E DO REAJUSTAMENTO O valor para o presente contrato é de R$ ( ) No preço já estão inclusos todos os custos e despesas, inclusive transportes, taxas, impostos, seguros, licenças e outros relacionados aos serviços. CLÁUSULA TERCEIRA DA VIGÊNCIA DO CONTRATO E GARANTIA DOS EQUIPAMENTOS 3.1 O Contrato terá vigência de 12 (doze) meses on-site do fabricante, para reposição de peças, mão e obra e atendimento no local, a contar da data do recebimento definitivo A garantia contra qualquer defeito nos componentes, de fabricação e no funcionamento dos equipamentos será de, no mínimo 12 (doze) meses, contados da data de recebimento definitivo, sem que isso implique acréscimos aos preços contratados e sem prejuízo de qualquer política de garantia adicional oferecida pelo fabricante, incluindo mão-de-obra e peças de reposição. Encontrados defeitos ou desconformidade com as especificações aqui descritas, no ato da entrega. Durante o período de garantia a manutenção deverá ser realizada no local Vila Velha. Página 41

42 3.3. O atendimento dos chamados deverá ocorrer no máximo, 06 (seis) horas após sua abertura e o problema deverá ser solucionado em até 24 (vinte) horas mediante ao primeiro chamado aberto e registrado para o número de série do equipamento. Encontrados defeitos ou desconformidade com as especificações aqui descritas, no ato da entrega. Durante o período de garantia a manutenção deverá ser realizada no local Vila Velha O Contrato deverá ser publicado nos termos do parágrafo único, art. 61 da Lei Federal nº /93, consolidada O fornecimento dos equipamentos dar-se-á em até 30 (trinta) dias consecutivos a contar do recebimento da Autorização de Fornecimento/serviço. 3.6 O equipamento ofertado deverá pertencer à linha atual de produção da um mesmo fabricante. Isso deverá ser comprovado na entrega da proposta. CLÁUSULA QUARTA - DOS RECURSOS ORÇAMENTÁRIOS 4.1. A despesa para o pagamento dos serviços objeto do presente contrato correrá à conta do recurso específico consignado no Orçamento do Município de Vila Velha, para o exercício de 2014, constante na seguinte dotação: SEMED , elemento de despesa n.º , NRD 4225 FR 100, para o exercício de 2014; CLÁUSULA QUINTA - DAS RESPONSABILIDADES DAS PARTES CONTRATANTES Obrigações da Contratada: Fornecer o objeto desta licitação nas condições e prazo pactuados, por sua conta e risco, mediante autorização de fornecimento/serviço emitida pelo órgão competente da Administração; Entregar os equipamentos em perfeitas condições de uso, conforme disposto nos anexos I, II e III deste Edital; Efetuar a entrega, após o recebimento da autorização de fornecimento/serviço ou instrumento equivalente de acordo com as especificações e demais condições estipuladas neste instrumento e seus anexos; Substituir, reparar, corrigir ou remover, no todo ou em parte, dos equipamentos que após o recebimento e aceite, dentro do prazo de garantia, apresentem irregularidades, imperfeições, defeitos de fabricação, etc., às suas expensas, no prazo máximo de 30 (trinta) dias, contados da entrega do objeto Responsabilizar-se pela qualidade do objeto licitado e por quaisquer danos causados direta ou indiretamente à Administração ou a terceiros, decorrentes de sua culpa ou dolo, não excluindo ou reduzindo essa responsabilidade à fiscalização ou o acompanhamento promovido pelo contratante; Assumir a responsabilidade pelos encargos trabalhistas, fiscais, previdenciários e comerciais, bem como arcar com todas as despesas, diretas ou indiretas, decorrentes do cumprimento das obrigações assumidas, sem qualquer ônus para o Município; Apresentar documentação de regularidade fiscal junto com os documentos de cobrança, inclusive, nota fiscal com a descrição completa dos equipamentos; Não efetuar despesas, celebrar acordos, fazer declarações ou prestar informações em nome do contratante sem a devida autorização formal; Não transferir a outrem, no todo ou em parte, o objeto da presente licitação; Página 42

43 Demais obrigações e responsabilidades previstas na Lei 8.666/93, consolidada Prestar assistência técnica durante a vigência da garantia, caso seja, necessário, em até no máximo 24 (vinte e quatro) horas da notificação do problema Observar as demais obrigações contidas no Termo de Referência anexo ao edital Dar integral cumprimento a sua proposta, a qual passa a integrar o instrumento de contrato, independentemente de transcrição Cumprir rigorosamente o prazo de entrega, do fornecimento e da instalação que não poderá ultrapassar 07 (sete) dias corridos, contados a partir da data de assinatura do contrato, salvo a ocorrência de calamidade pública, perturbação da ordem, greves ou por outro motivo que a SEMED/PMVV venha a aceitar por consideralo junto, ficando esse prazo prorrogado, para todos os efeitos contratuais, de tantos dias quantos forem os de duração do fato impeditivo; Zelar para que seus empregados quando da instalação dos equipamentos, na obra, estejam devidamente credenciados e portando cartão de identificação; Na hipótese de constatação de anomalias que comprometam a utilização adequada dos aparelhos, a SEMED/PMVV poderá rejeitá-los, no todo ou em parte, conforme dispõe o art. 76 da lei 8.666/93, consolidada; Correrá por conta exclusiva da contratada as despesas de transporte, frete e seguro correspondentes a execução dos serviços A contratada deverá manter durante toda a execução do contrato, todas as condições de habilitação e qualificação exigidas no pregão Obrigações do Contratante: Fornecer todos os elementos básicos e dados complementares necessários à entrega dos equipamentos, solicitado pela contratada; Rejeitar no todo ou em parte qualquer dos equipamentos entregue fora das especificações ou em desacordo com as obrigações assumidas pela contratada; Notificar à contratada, por escrito, quaisquer irregularidades que venham a ocorrer, em função da entrega dos equipamentos Designar, formalmente, um servidor para acompanhar, conferir, receber e fiscalizar a entrega do dos equipamentos solicitado, verificando a sua correspondência com as especificações prescritas neste Edital, atestando sua conformidade; Providenciar as inspeções da entrega, com vistas ao cumprimento dos prazos de entrega, quantidades e qualidade do dos equipamentos; Atestar e receber os equipamentos, de acordo com as condições estabelecidas nos anexos I; II e III; Atestar notas fiscais correspondentes após o recebimento dos itens comprados e aceitos pelo órgão requisitante; Efetuar os pagamentos devidos à contratada, na forma estabelecida no item 23 deste Edital Observar as demais obrigações contidas no Termo de Referência e no projeto básico, anexos ao edital. Página 43

44 Transmitir, por escrito, diretamente a contratada todas as instruções e reclamações, salvo em caso de urgência, quando poderá fazê-lo ao empregado da contratada, por telefone ou ainda por outro meio, fazendo a respectiva comunicação escrita tão logo seja possível Assegurar o acesso dos empregados da contratada devidamente identificados as dependências do POLO UAB, para executarem a entrega e a instalação dos bens, no horário de 08:00 às 17:00 horas. CLÁUSULA SEXTA DA VISTORIA É recomendável a vistoria nas dependências do POLO UAB para proporcionar conhecimento necessário a elaboração da proposta comercial; Tendo em vista a faculdade da realização da vistoria, a empresa vencedora não poderá alegar o desconhecimento das condições e grau de dificuldades existentes como justificativa para se eximir das obrigações assumidas. Nesse caso, a empresa interessada em participar do certame que não fizer a vistoria, poderá declarar que se abstém de realiza-la, assumindo completa responsabilidade pelos imprevistos e problemas decorrentes do desconhecimento da realidade da obra do POLO UAB, em razão de sua não realização A participante poderá vistoriar o local onde serão instalados os equipamentos objeto deste termo de referencia, devendo verificar todos os seus aspectos quantitativos e qualitativos, bem como as condições necessárias para sua execução, tais como características de acesso, estocagem de equipamentos e ferramentas e outros A vistoria deverá ser acompanhada por servidor designado pela SEMIPRO/Engenharia, devendo ser agendada pelo telefone: (27) ou ; Após a assinatura do contrato ficará pressuposta a concordância tácita de todos a documentos anexos ao edital, não cabendo qualquer alegação posterior sobre divergências entre os mesmos É facultativa a realização de visita técnica para conhecimento das condições do local, e deverá ser realizada pelo responsável técnico, sendo previamente agendada com o responsável legalmente constituído por essa municipalidade Deverá ser apresentado juntamente com a proposta comercial os catálogos técnicos dos equipamentos indicando marca e modelo dos equipamentos utilizados, de forma à se assegurar que o equipamento ofertado atenda integralmente as especificações técnicas; Deverá ser apresentada carta de credenciamento do fabricante referente ao sistema VRF. CLÁUSULA SÉTIMA DA FISCALIZAÇÃO E ACOMPANHAMENTO DAS INSTALAÇÕES A fiscalização será designada pela Engenharia da SEMIPRO (Secretaria de Infraestrutura, Projetos e Obras) e será também composta por engenheiro devidamente credenciados junto a empresa contratada, com autoridade para exercer toda e qualquer ação de orientação geral, controle e fiscalização dos serviços contidos neste termo de referencia. Logo, efetuarão ambas as partes (SEMIPRO/Contratada) todos os testes de conformidade e verificação final dos equipamentos instalados A fiscalização, exercida no interesse exclusivo da Engenharia/SEMIPRO, não exclui e nem reduz a responsabilidade da empresa contratada, inclusive perante terceiros, por qualquer irregularidade e, na sua ocorrência, não implica em corresponsabilidade do poder público ou de seus agentes e prepostos, salvo quanto a estes, se decorrente de ação ou omissão funcional, apurada na forma da legislação vigente as instalações dos condicionadores deverão utilizar material específico para refrigeração nas bitolas recomendadas pelo fabricante e instaladas com todos os critérios de limpeza e desumidificação, obedecendo todas as normas técnicas aplicáveis. Página 44

45 7.4 - As unidades evaporadoras e condensadoras dos equipamentos de todos os ambientes deverão ser instaladas nos locais conforme a descrição do projeto (em anexo), ou por motivos excepcionais, em locais indicados pela contratante Os tubos deverão ser específicos para refrigeração, com conexão capaz de suportar as pressões de teste e trabalho dos sistemas a serem instalados. As tubulações elétricas externas deverão ser executadas em eletrodutos metálicos, em alumínio ou ferro galvanizado e as tubulações internas, (caso necessite) em alvenaria, deverão ser executadas em eletrodutos rígidos em PVC Deverá ser observado total estanqueidade nas tubulações e obedecidas todas as exigências do fabricante dos condicionadores nos quais são aplicáveis A instalação deverá ser realizada com pessoal habilitado, sendo permitida a subcontratação somente para a instalação. A contratada deverá garantir total segurança na execução e especificações do fabricante, a fim de dar qualidade aos serviços bem como preservar a integridade dos instaladores e a garantia dos equipamentos fornecidos A contratada deverá fornecer todos os materiais e mão de obra necessária para a realização dos serviços, tais como: suportes, prolongamentos das tubulações e drenos; aplicação de massa corrida e pintura onde forem feitas aberturas para passagem de tubulação; reparo e/ou realização de novas paredes de gesso para ocultação da tubulação; conexão dos equipamentos à rede elétrica; serviços de instalação elétrica; retirada dos aparelhos de ar condicionado existente (se houver); dentre outros os serviços necessários ao pleno funcionamento dos equipamentos Caberá a empresa licitante a realização das aberturas, caso necessite, em alvenaria necessária para a passagem da instalação elétrica e frigorígena; A contratada deverá verificar junto aos quadros de energia elétrica a disponibilidade nos barramentos (reservas), e, caso necessário, fornecer e instalar os disjuntores compatíveis aos equipamentos a serem instalados, bem como os dutos de interligação elétrica até os referidos equipamentos É de inteira responsabilidade da empresa contratada, manter limpos, livres e desimpedidos de sujeiras e restos de materiais, os locais de realização dos serviços, bem como todos os acessos e demais dependências dos ambientes utilizados Caberá a contratada a interligação elétrica de força aos equipamentos, bem como a interligação entre condensador e evaporador, através de cabo PP com selo do INMETRO, a partir dos pontos de força conforme descrição do projeto A empresa contratada deverá enviar seus técnicos devidamente identificados, com crachá e/ou uniformizados, provendo-os dos Equipamentos de Proteção Individual EPI s, responsabilizando-se pelo seu uso e retirando do local onde serão executados os serviços àqueles que se recusarem a fazer uso dos equipamentos Todos os fios e cabos em nenhuma hipótese deverão conter emendas entre as chaves dos quadros de força e o ponto de alimentação dos equipamentos O fornecimento dos cabos, eletrodutos, curvas, conexões, conectores, entre outros materiais elétricos são de responsabilidade da contratante Todo e qualquer ônus decorrente da entrega e instalação dos equipamentos contratados, inclusive frete, será de inteira responsabilidade da contratada Caberá a contratada o fornecimento de um controle remoto para cada unidade evaporadora a ser instalada A contratada, na montagem dos equipamentos e seus acessórios deverão seguir rigorosamente as normas da ABNT Associação Brasileira de Normas Técnicas NBR Instalações de ar condicionado Página 45

46 sistemas centrais e unitários, ABNT-NBR 5410 (antiga NB 3) Instalações elétricas de baixa tensão, ABNT Instalações elétricas de Alta Tensão. CLÁUSULA OITAVA - DO PRAZO DE GARANTIA No prazo de garantia, que serão de 12 (doze) meses, incluirá a substituição de quaisquer equipamentos ou partes correspondentes defeituosos, exceto daqueles que comprovadamente sofrerem desgastes por uso inadequado, tudo sem qualquer ônus para a contratante No caso de substituição de quaisquer aparelhos, os mesmo terão prazos de garantia, a qualquer tempo, revalidados por um período mínimo igual ao da validade inicial, a contar da data em que ocorrer a substituição CLÁUSULA NONA - DAS CONDIÇÕES DE PAGAMENTO 9.1. O pagamento será efetuado em até 30 (trinta) dias após o mês subseqüente a entrega e aceite do item, após a apresentação, pela contratada, dos seguintes documentos: Nota fiscal / fatura discriminativa, em 02 (duas) vias, devidamente atestada pelo setor competente de que o item foi entregue a contento; e A nota fiscal / fatura deve conter todos os elementos exigidos em Lei, tais como: 1. Identificação completa da contratada: CNPJ (o mesmo constante da documentação fiscal, exceto se for emitida por filial/matriz que contém o mesmo CNPJ base, com seqüencial específico da filial/matriz) da contratada, endereço, inscrição estadual ou municipal, etc.; 2. Identificação completa do contratante; 3. Descrição de forma clara contendo todos os itens a serem entregues; 4. Valores unitários e totais dos itens. 5. Número do processo que originou a licitação e o número da Ordem de Serviço ou instrumento equivalente para o entrega dos itens; Prova de regularidade perante o Instituto Nacional do Seguro Social - INSS (CND), Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) e comprovação da Regularidade Fiscal, mediante apresentação, da certidão negativa de débito do Município sede da contratada A nota fiscal / fatura não aprovada pela Administração será devolvida à contratada para as necessárias correções, com as informações que motivaram sua rejeição, contando-se o prazo de pagamento da data de sua reapresentação Na ocorrência de necessidade de providências complementares por parte da contratada em qualquer situação, o decurso do prazo de pagamento será interrompido, reiniciando-se sua contagem a partir da data em que estas forem cumpridas, sem que isso gere direito a atualização financeira A devolução da fatura não aprovada pela Administração Municipal em hipótese alguma autorizará a contratada a suspender a prestação do serviço O pagamento poderá ser sustado pelo Município nos seguintes casos: Não cumprimento das obrigações assumidas que possam de qualquer forma prejudicar o contratante. Inadimplência de obrigações da contratada para com o Município, por conta do estabelecido no edital; Erros ou vícios nas notas fiscais / faturas Sem qualquer ônus para o Município, ou incidência em mora, não será efetuado qualquer pagamento à contratada: I - ANTES: 1. da apresentação e da aceitação do documento de cobrança; 2. de atestada nota fiscal pelo órgão requisitante a conformidade do objeto; Página 46

47 3. da liquidação prevista na Lei 4.320/64, conforme disposto no art. 40, XIV, a, da Lei 8.666/93, consolidada; II - ENQUANTO HOUVER PENDÊNCIA RELATIVA: a) à liquidação de obrigação financeira em virtude de penalidade ou inadimplência; b) à apresentação de documentação exigida em disposição do ato convocatório, legal ou regulamentar; c) à regularidade fiscal d) ao cumprimento das obrigações assumidas e que possam de qualquer forma causar dano ao erário; e) a não entrega do objeto nas condições estabelecidas; f) a erros ou vícios nas notas fiscais / faturas Nenhum pagamento será efetuado enquanto perdurar qualquer pendência de liquidação, ou obrigação que lhe for imposta, sem que isto gere direito ao pleito de reajustamento de preços ou correção É expressamente vedada ao fornecedor cobrança ou desconto de duplicatas através de rede bancária ou de terceiros Nenhum pagamento isentará a contratada das suas responsabilidades e obrigações, nem implicará aceitação definitiva dos itens Dados para emissão da nota fiscal: Prefeitura Municipal de Vila Velha Avenida Santa Leopoldina, nº 840, Itaparica Vila Velha ES, CEP: CNPJ Nº / I.E.: ISENTO 9.8. Em havendo atrasos de pagamento, em valores totais ou parciais, por culpa do Município, esses valores serão atualizados financeiramente, calculados com base na variação do IPCA pró-rata-die, desde a data final do período de adimplemento de cada parcela até a data do efetivo pagamento. Em não se conhecendo o numero do IPCA daquele mês, utilizar-se-á o último conhecido para aquele mês. CLÁUSULA DÉCIMA - DO ACOMPANHAMENTO E DA FISCALIZAÇÃO A prestação dos serviços será acompanhada pelo órgão requisitante Secretaria Municipal de Educação- SEMED representada por servidor ocupante do cargo, nos termos do art. 67 da Lei n. º 8.666/93, consolidada, o qual deverá atestar à entrega dos itens deste contrato, sem o que não será permitido qualquer pagamento. CLÁUSULA DÉCIMA PRIMEIRA - DAS SANÇÕES ADMINISTRATIVAS, PENALIDADES E RECURSOS ADMINISTRATIVOS Nos termos do art. 7 da Lei /02, ficará impedido de licitar e contratar com o Município de Vila Velha e será descredenciado junto a Gerência de Cadastro de fornecedores do Município de Vila Velha, pelo período de até 5 (cinco) anos, sem prejuízo das multas previstas neste contrato, advertências e das demais penalidades legais, ao licitante/contratada que: 1. Dentro do prazo de validade de sua proposta não aceitar a autorização de fornecimento, ordem de serviço ou não celebrar o contrato; 2. Apresentar documentação ou declaração falsa; 3. Ensejar o retardamento da entrega do seu objeto; 4. Falhar ou fraudar na execução do contrato; 5. Comportar-se de modo inidôneo; 6. Cometer fraude fiscal. Página 47

48 Aplicam-se às condutas elencadas no item acima, sem prejuízo das sanções cominadas no art. 87, I a IV, da Lei Federal nº /93, consolidada e pela inexecução total ou parcial do objeto, a Administração poderá garantida a previa e ampla defesa, aplicar à licitante/contratada multa de 20% (vinte por cento) sobre o valor da contratação; As sanções previstas neste item serão aplicadas após regular processo administrativo, sendo facultada a defesa do interessado no prazo de 10 (dez) dias a contar do recebimento da notificação para este fim; Pelo atraso na execução do objeto quanto ao prazo de entrega, a contratada sujeitar-se-á à multa de 20% (vinte por cento) do valor global contratado A aplicação das penalidades aqui descritas não impede que a Administração rescinda unilateralmente e aplique as outras sanções previstas no item 9.1 do respectivo contrato e na Lei Federal nº 8.666/93, consolidada; Para efetuar o pagamento da multa, eventualmente imposta, ser-lhe-á concedido o prazo de 05 (cinco) dias úteis a contar da data da intimação. Após esse prazo, não sendo efetuado o pagamento, serão então acrescidos os juros moratórios de 1% (um por cento) ao mês e seus dados serão encaminhados ao órgão competente para que seja inscrita na dívida ativa do Município, podendo ainda a administração deduzir de qualquer crédito a ela devido, cobrados diretamente ou judicialmente; As penalidades de suspensão temporária e de declaração de inidoneidade, aplicadas pela autoridade competente da Administração Municipal, após a instrução do pertinente processo no qual fica assegurada a ampla defesa da contratada, serão publicadas em Diário Oficial do Estado do Espírito Santo As sanções previstas nesta seção não eximem a contratada da reparação dos eventuais danos, perdas ou prejuízos que seu ato punível venha causar ao Município ou a terceiros, bem como de responsabilidade criminal cabível As sanções aqui previstas são independentes entre si, podendo ser aplicadas isoladas ou cumulativamente, sem prejuízos de outras medidas legais A ausência de defesa ou a sua manifestação intempestiva nos autos do processo implica em preclusão do direito e aplicação imediata das sanções previstas em Lei e no instrumento convocatório Em qualquer hipótese de aplicação de sanções será assegurado à contratada o contraditório e a ampla defesa Subsidiariamente e no que couber, serão aplicadas sanções aqui não elencadas e previstas na Lei de licitações nº /93, consolidada. CLÁUSULA DECIMA SEGUNDA - DA RESCISÃO A Administração Municipal poderá declarar rescindido o contrato, nos termos dos art. 78 e 79 da Lei Federal nº /93, consolidada, nos seguintes casos: Inexecução total ou parcial do contrato, ensejando as conseqüências contratuais e as previstas em Lei; Não cumprimento ou cumprimento irregular de cláusulas contratuais, especificações e prazos; Paralisação ou atraso injustificado no início das entregas; Desatendimento das determinações regulares da unidade responsável pela fiscalização da entrega dos itens; Cometimento reiterado de faltas na execução dos serviços, anotadas pela fiscalização da Administração, na forma do art. 67, 1º da Lei Federal nº /93, consolidada; Decretação de falência ou dissolução da sociedade; Alteração do objeto social ou a modificação da finalidade ou da estrutura da contratada que prejudique a execução do contrato; Página 48

49 Quando o valor das multas aplicadas ultrapassarem 10% (dez por cento) do valor global contratado ou após o 30º (trigésimo) dia de atraso no cumprimento das obrigações assumidas; Ocorrência de caso fortuito ou força maior, regularmente comprovada, impeditiva da execução do contrato; Razões de interesse público de alta relevância e amplo conhecimento, justificados e determinados pela Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito, exaradas no processo administrativo a que se refere ao contrato A Administração Municipal poderá ainda, sem caráter de penalidade, declarar rescindido o contrato por conveniência administrativa fundamentada, recebendo a contratada, neste caso, os valores correspondentes aos serviços já executados e aprovados pela fiscalização; A rescisão fundada nas hipóteses previstas nas alíneas a a h do item 10.1, acarretará à contratada as seguintes sanções, sem prejuízo das penalidades previstas na cláusula oitava deste contrato: Retenção dos créditos decorrentes do contrato, até o limite dos prejuízos causados ao município de Vila Velha; Ressarcimento dos prejuízos causados, pela contratada, ao município de Vila Velha A forma de rescisão do contrato, bem como suas consequências estão elencadas na legislação em vigor que rege este contrato; A Administração Municipal terá como garantido o reconhecimento de seus direitos, em caso de rescisão administrativa prevista no art. 77 da Lei Federal n.º 8.666/93, consolidada. CLÁUSULA DÉCIMA TERCEIRA DAS SUPRESSÕES OU ACRÉSCIMOS A contratante se reserva o direito de aumentar ou diminuir os quantitativos, objeto deste contrato, até o limite de 25% (vinte e cinco por cento) de acordo com o art. 65, 1º da Lei Federal nº /93, consolidada, servindo de base de cálculo o valor atualizado da proposta; Com fulcro no art. 65, 2º da Lei Federal nº /93, consolidada, os acréscimos e supressões não poderão exceder os limites acima mencionados, salvo as supressões celebradas de acordo entre as partes contratantes, na forma do art. 65, 2º da Lei 8.666/93, consolidada Com antecedência mínima de 30 (trinta) dias da data do término do contrato, se for do interesse das partes a prorrogação do contrato, o contratante vistoriará as instalações da contratada para verificar se persistem as mesmas condições comprovadas por ocasião da assinatura deste instrumento; CLÁUSULA DÉCIMA QUARTA - DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Todas as comunicações relativas ao presente contrato serão consideradas como regularmente feitas, se entregues ou enviadas por carta protocolizada, por telegrama ou por fax devendo a cópia ser entregue em 24h, no endereço constante no preâmbulo As comunicações feitas por fax deverão ser realizadas com remessa do original dentro de 24 (vinte e quatro) horas A contratada reconhece que, na hipótese de inexecução total ou parcial do presente contrato, o contratante poderá rescindi-lo unilateralmente, sem prejuízo das sanções contratuais e legais que lhe forem inerentes. CLÁUSULA DÉCIMA QUINTA - DO FORO Fica eleito o Foro da Comarca de Vila Velha, Vara dos Feitos da Fazenda Pública Municipal, para dirimir quaisquer dúvidas, porventura oriunda do presente contrata. Página 49

50 15.2. E assim, por estarem justos e acordados, assinam o presente instrumento em 04 (quatro) vias de igual teor e forma, juntamente com duas testemunhas igualmente signatárias. Vila Velha/ES,...de CONTRATANTE CONTRATADA TESTEMUNHAS: Página 50

51 Página 51

PREFEITURA MUNICIPAL DE VILA VELHA SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO CENTRAL DE COMPRAS

PREFEITURA MUNICIPAL DE VILA VELHA SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO CENTRAL DE COMPRAS PREFEITURA MUNICIPAL DE VILA VELHA SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO CENTRAL DE COMPRAS O Município de Vila Velha pessoa jurídica de direito público interno, através da Central de Compras da Secretaria

Leia mais

FUNDAÇÃO DE APOIO AO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO CASSIANO ANTONIO MORAES - FAHUCAM

FUNDAÇÃO DE APOIO AO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO CASSIANO ANTONIO MORAES - FAHUCAM FUNDAÇÃO DE APOIO AO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO CASSIANO ANTONIO MORAES - FAHUCAM EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO N 008/2012. PROCESSO ADMINISTRATIVO DE COMPRAS N.º 001 104/2012. PREGOEIRO: FERNANDA CONCEIÇÃO

Leia mais

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência FUNDAÇÃO DE APOIO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO N 92092-03/2010

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência FUNDAÇÃO DE APOIO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO N 92092-03/2010 FUNDAÇÃO DE APOIO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO N 92092-03/2010 A Fundação de Apoio à Ciência e Tecnologia - FATEC, por meio de sua pregoeira, Claudia Pippi Lorenzoni torna público

Leia mais

Dispõe sobre a Cotação Eletrônica de Preços no Estado do Rio Grande do Sul.

Dispõe sobre a Cotação Eletrônica de Preços no Estado do Rio Grande do Sul. LEI Nº 13.179, DE 10 DE JUNHO DE 2009 Business Online Comunicação de Dados Dispõe sobre a Cotação Eletrônica de Preços no Estado do Rio Grande do Sul. A GOVERNADORA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL. Faço

Leia mais

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO COORDENADORIA-GERAL DE LICITAÇÕES ATENÇÃO

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO COORDENADORIA-GERAL DE LICITAÇÕES ATENÇÃO 1 ATENÇÃO As empresas interessadas em participar deste Convite, deverão passar um fax para a Coordenadoria Geral de Licitação (24) 3339-9038/3339-9071, confirmando a retirada deste edital pela internet.

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PEDRO DAS MISSÕES

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PEDRO DAS MISSÕES PROCESSO LICITATÓRIO Nº 003/2016 TOMADA DE PREÇO Nº 003/2016 Aldoir Godois Vezaro, Prefeito Municipal de São Pedro das Missões RS, no uso de suas atribuições legais e de conformidade com a Lei nº 8.666,

Leia mais

Prefeitura Municipal de Floriano Peixoto 01.612.289/0001-62 Avenida Alfredo Joahnes Dücker - 99.910-000 - Floriano Peixoto/RS EDITAL DE LICITAÇÃO

Prefeitura Municipal de Floriano Peixoto 01.612.289/0001-62 Avenida Alfredo Joahnes Dücker - 99.910-000 - Floriano Peixoto/RS EDITAL DE LICITAÇÃO Prefeitura Municipal de Floriano Peixoto 01.612.289/0001-62 Avenida Alfredo Joahnes Dücker - 99.910-000 - Floriano Peixoto/RS EDITAL DE LICITAÇÃO Processo...: 8/2015 Modalidade.: Convite Número...: 6/2015

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS PROCESSO SUSEP 15414.003162/2008-71 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 04/2009

MINISTÉRIO DA FAZENDA SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS PROCESSO SUSEP 15414.003162/2008-71 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 04/2009 A Superintendência de Seguros Privados - SUSEP realizará, às 15 horas do dia 16 de julho de 2009, licitação na modalidade PREGÃO ELETRÔNICO, tipo MENOR PREÇO, conforme autorização da Senhora Chefe do DEAFI,

Leia mais

PREGÃO Processo nº 000217-04.91/15-0

PREGÃO Processo nº 000217-04.91/15-0 PREGÃO PE - 31/2015 - SULGÁS A Companhia de Gás do Estado do Rio Grande do Sul - SULGÁS torna público, através de seu Pregoeiro designado, que realizará licitação por meio da utilização de recursos de

Leia mais

MUNICÍPIO DE PORTO FERREIRA Estado de São Paulo DIVISÃO DE SUPRIMENTOS Seção de Licitações e Contratos

MUNICÍPIO DE PORTO FERREIRA Estado de São Paulo DIVISÃO DE SUPRIMENTOS Seção de Licitações e Contratos INSTRUÇÕES GERAIS PARA OBTENÇÃO DO C.R.C. (CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL), CONFORME DISPOSTO NA LEI Nº 8.666/93 1. CADASTRAMENTO 1.1 PROCEDIMENTO 1.1.1 A empresa interessada em obter o Certificado

Leia mais

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO COORDENADORIA-GERAL DE LICITAÇÕES ATENÇÃO

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO COORDENADORIA-GERAL DE LICITAÇÕES ATENÇÃO 1 ATENÇÃO As empresas interessadas em participar deste Convite, deverão passar um fax para a Coordenadoria Geral de Licitação (24) 3339-9038/3339-9071 ou email cgl@vr.rj.gov.br, confirmando a retirada

Leia mais

Processo nº 50608.000045/2014-27

Processo nº 50608.000045/2014-27 Processo nº 50608.000045/2014-27 EXAME DA DOCUMENTAÇÃO DE HABILITAÇÃO JURÍDICA, FISCAL, ECONÔMICO FINANCEIRA EDITAL Nº 0438/2014-08. Objeto: Seleção de empresa especializada para Execução de serviços técnicos

Leia mais

Processo nº 50608.002622/2012-53

Processo nº 50608.002622/2012-53 Processo nº 50608.002622/2012-53 EXAME DA HABILITAÇÃO JURÍDICA, FISCAL E ECONÔMICO-FINANCEIRA EDITAL Nº 0336/2014-08. Objeto: Elaboração de Projeto Executivo Detalhado para a Reforma e Ampliação da Unidade

Leia mais

TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S/A TELEBRÁS

TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S/A TELEBRÁS TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S/A TELEBRÁS PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 008/2009 EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL Nº 02/2009 1.1 MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL 1.1.1.1 TIPO DE LICITAÇÃO: MAIOR DESCONTO OFERTADO

Leia mais

PROCESSO Nº. 650081044 EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº. 060/2011 RECEBIMENTO DAS PROPOSTAS DE CREDENCIAMENTO

PROCESSO Nº. 650081044 EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº. 060/2011 RECEBIMENTO DAS PROPOSTAS DE CREDENCIAMENTO PROCESSO Nº. 650081044 EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº. 060/2011 RECEBIMENTO DAS PROPOSTAS DE CREDENCIAMENTO Data: A partir do dia 22/06/2011 Local: FAPEU SETOR DE LICITAÇÃO (Campus Universitário s/nº, Trindade,

Leia mais

PROTOCOLO 23064.008432/2013-42 MINUTA DE EDITAL PREGÃO ELETRÔNICO Nº 122/2013

PROTOCOLO 23064.008432/2013-42 MINUTA DE EDITAL PREGÃO ELETRÔNICO Nº 122/2013 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ PROTOCOLO 23064.008432/2013-42 MINUTA DE EDITAL PREGÃO ELETRÔNICO Nº 122/2013 A UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Campus Curitiba,

Leia mais

DISPENSA DE LICITAÇÃO ELETRÔNICA Nº. 18319

DISPENSA DE LICITAÇÃO ELETRÔNICA Nº. 18319 Processo nº. 200910267000429 Data da Realização: 09/12/2009 Horário: 09:00 horas Local: www.comprasnet.go.gov.br DISPENSA DE LICITAÇÃO ELETRÔNICA Nº. 18319 A FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA DO ESTADO DE

Leia mais

PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2013 PROCESSO SECOM Nº 0357/2012. Alterações e Normas complementares M I N U T A

PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2013 PROCESSO SECOM Nº 0357/2012. Alterações e Normas complementares M I N U T A IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ PREENCHER O RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL, CONSTANTE DO ANEXO I E DEVOLVER COM ATÉ 24 HS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2013

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA EDUCAÇÃO EEEP RITA MATOS LUNA JUCÁS CEARÁ

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA EDUCAÇÃO EEEP RITA MATOS LUNA JUCÁS CEARÁ Convite N. 004/2015 Natureza da Despesa/ OBJETIVO: Fonte do Recurso Contratação de Serviço de INSTALAÇÃO DE SERVIÇO DE LINK DE INTERNET - 5MB Dotação Orçamentária Data da Emissão 22/06/2015 Data da Licitação

Leia mais

EDITAL TOMADA DE PREÇO PARA AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS DIVERSOS PARA EMEI GENI TEREZINHA COLOMBO.

EDITAL TOMADA DE PREÇO PARA AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS DIVERSOS PARA EMEI GENI TEREZINHA COLOMBO. PREFEITURA MUNICIPAL DE SOLEDADE SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, CULTURA E DESPORTO. EDITAL TOMADA DE PREÇOS Nº 72/2015 TIPO MENOR PREÇO EXCLUSIVO PARA ME s e EPP s, CONFORME REDAÇÃO DADA PELA LC 147/2014.

Leia mais

Estado do Amazonas PREFEITURA MUNICIPAL DE TONANTINS CNPJ: 04.628.608/0001-16 Endereço: Rua Leopoldo Peres, s/n Centro, Tonantins AM

Estado do Amazonas PREFEITURA MUNICIPAL DE TONANTINS CNPJ: 04.628.608/0001-16 Endereço: Rua Leopoldo Peres, s/n Centro, Tonantins AM EDITAL CONVITE Nº 002/2015 1 PREÂMBULO 1.1. A, através da COMISSÃO MUNICIPAL DE LICITAÇÃO CML, adiante denominada simplesmente CML, CONVIDA essa firma para participar do certame licitatório, na modalidade

Leia mais

EDITAL DE TOMADA DE PREÇO N.º 004/2015. Objeto

EDITAL DE TOMADA DE PREÇO N.º 004/2015. Objeto EDITAL DE TOMADA DE PREÇO N.º 004/2015 O Município de Benjamin Constant do Sul - RS, em conformidade com a Lei Federal n.º 8.666/93 e suas alterações, torna público para conhecimento dos interessados a

Leia mais

EDITAL TOMADA DE PREÇO PARA AQUISIÇÃO DE TUBOS DE CONCRETO

EDITAL TOMADA DE PREÇO PARA AQUISIÇÃO DE TUBOS DE CONCRETO PREFEITURA MUNICIPAL DE SOLEDADE SECRETARIA MUNICIPAL DE OBRAS E AGRICULTURA EDITAL TOMADA DE PREÇOS Nº 38/2015 TIPO MENOR PREÇO EDITAL TOMADA DE PREÇO PARA AQUISIÇÃO DE TUBOS DE CONCRETO O PREFEITO MUNICIPAL

Leia mais

FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE

FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE 2926- CNPJ: 13.959.466/1-6 Tel: 2732683178 Fax: 273268376 Site: Pregão Presencial Nº 6/214 LICITAÇÃO PARA AQUISIÇÃO DE MEDICAMENTOS PARA ATENDER A SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE POR UM PERÍODO DE DE (6)

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE ITAÚNA - MG Edital de Chamamento para Cadastro nº 01/2013

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE ITAÚNA - MG Edital de Chamamento para Cadastro nº 01/2013 PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE ITAÚNA - MG Edital de Chamamento para Cadastro nº 01/2013 Edital de convocação de Pessoas Jurídicas para inscrição e atualização do Cadastro de Fornecedores do Município de Itaúna.

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 017/2007 TIPO: MENOR PREÇO

CARTA CONVITE Nº 017/2007 TIPO: MENOR PREÇO CARTA CONVITE Nº 017/2007 TIPO: MENOR PREÇO PROCESSO Nº 017/2007 Tipo de Licitação: MENOR PREÇO DATA: 22/08/2007 HORÁRIO: 10:00 HORAS LOCAL: Universidade de Brasília Campus Universitário Darcy Ribeiro

Leia mais

EDITAL ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ÁGUAS SUBTERRÂNEAS - ABAS CONVITE Nº 003/2008

EDITAL ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ÁGUAS SUBTERRÂNEAS - ABAS CONVITE Nº 003/2008 EDITAL ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ÁGUAS SUBTERRÂNEAS - ABAS CONVITE Nº 003/2008 Ref.: Convênio n 001/2008: Convênio celebrado entre a Agência Nacional de Águas - ANA e Associação Brasileira de Águas Subterrâneas

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO N 12/2007 Sistema de Registro de Preços

PREGÃO ELETRÔNICO N 12/2007 Sistema de Registro de Preços PREGÃO ELETRÔNICO N 12/2007 Sistema de Registro de Preços EDITAL A Justiça Federal de Primeiro Grau em Minas Gerais, por intermédio da Pregoeira designada pela Portaria 10-124-DIREF de 29/06/2006, realizará

Leia mais

FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE

FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE LICITAÇÃO PARA AQUISIÇÃO DE PNEUS DESTINADOS AOS VEÍCULOS DA SECRETARIA MUNICIPAL SAÚDE PARA O EXERCÍCIO DE DE 2014 2014 O FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE/MUNICIPIO DE DOMINGOS MARTINS, com sede na Rua Bernardino

Leia mais

Manual da Central de Compras

Manual da Central de Compras Sistema de Compras Eletrônicas - COE Manual da Central de Compras Portal Compras RS Portal Pregão On-Line Banrisul Portal Compras PROCERGS Governo do Estado do Rio Grande do Sul Secretaria de Administração

Leia mais

Município de Xangri-Lá Fone: (51) 3689-2400 www.xangrila.rs.gov.br

Município de Xangri-Lá Fone: (51) 3689-2400 www.xangrila.rs.gov.br EDITAL Nº 62/2012 PREGÃO ELETRÔNICO 34/2012 PROCESSO DE DESPESA: 2318/2012 (SEC. DE EDUCAÇÃO) PROCESSO DE LICITAÇÃO 2318/2012 PROCESSO DE COMPRA 45-12 ABERTURA: 29/03/2012 HORÁRIO: 15 horas O Prefeito

Leia mais

DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: 41.20.02 MOBILIÁRIO EM GERAL - R$ 16.000,00 (Dezesseis mil reais).

DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: 41.20.02 MOBILIÁRIO EM GERAL - R$ 16.000,00 (Dezesseis mil reais). PROCESSO N.º 003/2013 LICITAÇÃO Nº 003/2013-CONVITE TIPO: MENOR PREÇO POR LOTE À EMPRESA: ENDEREÇO: O Conselho Regional de Administração-CRA, através de sua Comissão Permanente de Licitação, nos termos

Leia mais

EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº. 172/2013. ERP: 23030 BB: 511590

EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº. 172/2013. ERP: 23030 BB: 511590 EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº. 172/2013. ERP: 23030 BB: 511590 OBJETO: AQUISIÇÃO DE MATERIAIS DE LABORATÓRIO PARA A SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE, CONFORME ANEXO I DO EDITAL. O MUNÍCIPIO DE CACHOEIRINHA,

Leia mais

Instruções para Cotação Eletrônica 152/2014

Instruções para Cotação Eletrônica 152/2014 Instruções para Cotação Eletrônica 152/2014 (Inciso II do Art. 24 da Lei nº 8.666/93 c/c Portaria nº 306, de 13 de dezembro de 2001). A União, por intermédio do Instituto Nacional de Câncer José Alencar

Leia mais

PREGÃO SESC/AN Nº 15/0072 PG EDITAL

PREGÃO SESC/AN Nº 15/0072 PG EDITAL PREGÃO SESC/AN Nº 15/0072 PG EDITAL O SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO ADMINISTRAÇÃO NACIONAL, entidade de direito privado, sem fins lucrativos, comunica a realização de licitação na modalidade PREGÃO ELETRÔNICO,

Leia mais

COMPANHIA DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO DE MINAS GERAIS CODEMIG CONCURSO Nº 03/2015 - PROCESSO INTERNO Nº 385/15

COMPANHIA DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO DE MINAS GERAIS CODEMIG CONCURSO Nº 03/2015 - PROCESSO INTERNO Nº 385/15 COMPANHIA DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO DE MINAS GERAIS CODEMIG CONCURSO Nº 03/2015 - PROCESSO INTERNO Nº 385/15 EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS DE FORTALECIMENTO E FOMENTO DOS FESTIVAIS GASTRONÔMICOS NO

Leia mais

TERMO DE DISPENSA DE LICITAÇÃO 769/CIENTEC/2013

TERMO DE DISPENSA DE LICITAÇÃO 769/CIENTEC/2013 TERMO DE DISPENSA DE LICITAÇÃO 769/CIENTEC/2013 1. DO TERMO DE DISPENSA DE LICITAÇÃO 1.1 A Fundação de Ciência e Tecnologia, torna público o presente Termo de Dispensa de Licitação, autorizada no expediente

Leia mais

FUNDO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE TURVO - PR. Tomada de Preço N.º 001/2014.

FUNDO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE TURVO - PR. Tomada de Preço N.º 001/2014. FUNDO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE TURVO - PR. Tomada de Preço N.º 001/2014. Emissão: 09/12/2014. Abertura: 29/12/2014. Horário: 10:00 H. O Fundo de Previdência dos Servidores Municipais

Leia mais

Empresa: Endereço: CNPJ: Telefone: e-mail: Pessoa para contato:

Empresa: Endereço: CNPJ: Telefone: e-mail: Pessoa para contato: Pregão Empresa: Endereço: CNPJ: Telefone: e-mail: Pessoa para contato: TERMO DE RETIRADA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS Nº 02/2010-TB Retirei da TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S.A.

Leia mais

SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO RIO DE JANEIRO SEBRAE/RJ. CONCORRÊNCIA No 01/03 EDITAL DE CREDENCIAMENTO

SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO RIO DE JANEIRO SEBRAE/RJ. CONCORRÊNCIA No 01/03 EDITAL DE CREDENCIAMENTO 1 SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SEBRAE/RJ 1. DA CONVOCAÇÃO: CONCORRÊNCIA No 01/03 EDITAL DE CREDENCIAMENTO SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO

Leia mais

ESTADO DO PARÁ TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº 2010/010

ESTADO DO PARÁ TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº 2010/010 1 O, por intermédio do TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS, doravante denominado TCM/PA, CNPJ nº 04.789.665/0001-87, com sede na Travessa Magno de Araújo nº 474, bairro do Telégrafo na cidade de Belém, Estado

Leia mais

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2006

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2006 ! " TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2006 PROCESSO Nº 1.825/2005 Regime Jurídico: Lei nº 8.666/93, alterações e normas complementares Tipo de Licitação: MENOR PREÇO Modalidade: TOMADA DE PREÇOS O CONSELHO REGIONAL

Leia mais

Empresa: Endereço: CNPJ: Telefone: e-mail: Pessoa para contato:

Empresa: Endereço: CNPJ: Telefone: e-mail: Pessoa para contato: Pregão Empresa: Endereço: CNPJ: Telefone: e-mail: Pessoa para contato: TERMO DE RETIRADA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS Nº 05/2010-TB Retirei da TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S.A.

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE VILA VELHA. Secretaria Municipal de Governo Central de Compras MINUTA DE EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº.

PREFEITURA MUNICIPAL DE VILA VELHA. Secretaria Municipal de Governo Central de Compras MINUTA DE EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº. MINUTA DE EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº. 048/2015 Tipo de Licitação: MENOR PREÇO Endereço: site: www.licitacoes-e.com.br ou www.vilavelha.es.gov.br/link: Licitacoes/Secretaria Municipal de Saúde. O MUNICÍPIO

Leia mais

COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 001/2012 EDITAL DE CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE TERCEIROS PESSOA JURÍDICA TIPO: MELHOR TÉCNICA

COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 001/2012 EDITAL DE CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE TERCEIROS PESSOA JURÍDICA TIPO: MELHOR TÉCNICA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 001/2012 EDITAL DE CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE TERCEIROS PESSOA JURÍDICA TIPO: MELHOR TÉCNICA O Centro de Estudos de Cultura Contemporânea CEDEC, entidade privada sem fins lucrativos,

Leia mais

ÍNDICE EDITAL...5 _...5 1OBJETO...5 2DO REGISTRO DE PREÇOS...5 3CONDIÇÕES PARA PARTICIPAÇÃO...6 4REPRESENTAÇÃO E CREDENCIAMENTO...

ÍNDICE EDITAL...5 _...5 1OBJETO...5 2DO REGISTRO DE PREÇOS...5 3CONDIÇÕES PARA PARTICIPAÇÃO...6 4REPRESENTAÇÃO E CREDENCIAMENTO... ÍNDICE EDITAL...5 _...5 1OBJETO...5 2DO REGISTRO DE PREÇOS...5 3CONDIÇÕES PARA PARTICIPAÇÃO...6 4REPRESENTAÇÃO E CREDENCIAMENTO...6 5ESCLARECIMENTO E IMPUGNAÇÃO DO ATO CONVOCATÓRIO...7 6ENVIO DA PROPOSTA

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 003/2013 TIPO: MENOR PREÇO

CARTA CONVITE Nº 003/2013 TIPO: MENOR PREÇO CARTA CONVITE Nº 003/2013 TIPO: MENOR PREÇO PROCESSO Nº 003/2013 Tipo de Licitação: MENOR PREÇO DATA: 19/03/2013 HORÁRIO: 10:00 Horas LOCAL: Universidade de Brasília Campus Universitário Darcy Ribeiro

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO DIE02

EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO DIE02 EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO DIE02 (CONVÊNIO MTE/SPPE/CODEFAT No. 003/2007 DIEESE) O DEPARTAMENTO INTERSINDICAL DE ESTATÍSTICA E ESTUDOS SOCIOECONÔMICOS - DIEESE, CNPJ n.º 60.964.996/0001-87,

Leia mais

Edital de convite para

Edital de convite para CÂMARA MUNICIPAL DE ARVOREZINHA EDITAL DE CONVITE N.º 004/2014 PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 006/2014 TIPO MENOR PREÇO POR ITEM ENTREGA DA DOCUMENTAÇÃO E ABERTURA DOS ENVELOPES DA DOCUMENTAÇÃO: 13/11/2014,

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÕES PREGÃO ELETRÔNICO Nº 10/2008

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÕES PREGÃO ELETRÔNICO Nº 10/2008 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÕES PREGÃO ELETRÔNICO Nº 10/2008 ATA DO REGISTRO DE PREÇOS CONTRATAÇÃO DE EMPRESA DO RAMO DE PRESTAÇÃO DE

Leia mais

LICITAÇÃO COM RESERVA DE COTA DE ATÉ 25% PARA MICROEMPRESA E EMPRESA DE PEQUENO PORTE PREGÃO ELETRÔNICO Nº 34/2015

LICITAÇÃO COM RESERVA DE COTA DE ATÉ 25% PARA MICROEMPRESA E EMPRESA DE PEQUENO PORTE PREGÃO ELETRÔNICO Nº 34/2015 LICITAÇÃO COM RESERVA DE COTA DE ATÉ 25% PARA MICROEMPRESA E EMPRESA DE PEQUENO PORTE PREGÃO ELETRÔNICO Nº 34/2015 A FUNDAÇÃO DE ATENDIMENTO SÓCIOEDUCATIVO DO PARÁ - FASEPA, inscrita no CNPJ sob o nº 84.154.186/0001-23,

Leia mais

CONVITE Nº 017/2006 Processo nº 05351/2006

CONVITE Nº 017/2006 Processo nº 05351/2006 CONVITE Nº 017/2006 Processo nº 05351/2006 O Tribunal de Contas do Estado do Tocantins, por intermédio da Comissão Permanente de Licitação, instituída pelas Portarias nº 1.262, de 14 de dezembro de 2005

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRO GRAU SEÇÃO JUDICIÁRIA DO ESPÍRITO SANTO NÚCLEO DE CONTRATAÇÕES SEÇÃO DE LICITAÇÕES

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRO GRAU SEÇÃO JUDICIÁRIA DO ESPÍRITO SANTO NÚCLEO DE CONTRATAÇÕES SEÇÃO DE LICITAÇÕES PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRO GRAU SEÇÃO JUDICIÁRIA DO ESPÍRITO SANTO NÚCLEO DE CONTRATAÇÕES SEÇÃO DE LICITAÇÕES EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 38/2011 Processo 7.497/08/2011-EOF A JUSTIÇA

Leia mais

EEEP PROFESSOR GUSTAVO AUGUSTO LIMA E-mail: eeepgustavolima@escola.ce.gov.br Lavras da Mangabeira Ceará

EEEP PROFESSOR GUSTAVO AUGUSTO LIMA E-mail: eeepgustavolima@escola.ce.gov.br Lavras da Mangabeira Ceará MINUTA DO CONVITE Nº 030/2014. Natureza da Despesa: SERVIÇOS PESSOA JURÍDICA 3390390091 - REPASSE PARA MANUTENÇÃO DE ESCOLAS Data de Emissão: 29/09/2013 Data da Licitação: 09/10/2014 Hora da Licitação:

Leia mais

INSTRUMENTO CONVOCATÓRIO SELEÇÃO PÚBLICA TIPO: MENOR PREÇO

INSTRUMENTO CONVOCATÓRIO SELEÇÃO PÚBLICA TIPO: MENOR PREÇO SELEÇÃO PÚBLICA Nº: 075/2015 PROCESSO Nº 6389/2015/FAPEPE INSTRUMENTO CONVOCATÓRIO SELEÇÃO PÚBLICA TIPO: MENOR PREÇO DATA MÁXIMA PARA ENVIO DA PROPOSTA ELETRÔNICA: 05/06/2015 às 16H00min. DATA SESSÃO DE

Leia mais

www.fundacaoaraucaria.org.br 2

www.fundacaoaraucaria.org.br 2 EDITAL DE LICITAÇÃO CONVITE 02/2013 Serviços de Auditoria 1. DO PREÂMBULO 1.1. A Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico, estabelecida em Curitiba, Av. Comendador Franco,

Leia mais

SEGUNDA ATUALIZAÇÃO DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº.006/2015 PREGÃO PRESENCIAL Nº.008/2015. VALIDADE: 01/04/2016

SEGUNDA ATUALIZAÇÃO DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº.006/2015 PREGÃO PRESENCIAL Nº.008/2015. VALIDADE: 01/04/2016 SEGUNDA ATUALIZAÇÃO DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº.006/2015 PREGÃO PRESENCIAL Nº.008/2015. VALIDADE: 01/04/2016 Aos três dias do mês de junho de 2015, o Município de Santo Antônio da Patrulha/RS, neste

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 53/2013

PREGÃO ELETRÔNICO SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 53/2013 PREGÃO ELETRÔNICO SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 53/2013 O - IFBA, por intermédio de seu Pregoeiro, designado pela Portaria nº 61 de 16 de julho de 2013, torna público que fará realizar licitação, pelo

Leia mais

O Município de Presidente Kennedy, Estado do Espírito Santo, torna público que por intermédio de sua pregoeira

O Município de Presidente Kennedy, Estado do Espírito Santo, torna público que por intermédio de sua pregoeira PREÂMBULO FUNDO MUNICIPAL DE SAUDE DE PRESIDENTE KENNEDY O Município de Presidente Kennedy, Estado do Espírito Santo, torna público que por intermédio de sua pregoeira oficial, realizará licitação na modalidade

Leia mais

COTAÇÃO ELETRÔNICA nº 20123340 TERMO DE PARTICIPAÇÃO

COTAÇÃO ELETRÔNICA nº 20123340 TERMO DE PARTICIPAÇÃO COTAÇÃO ELETRÔNICA nº 20123340 TERMO DE PARTICIPAÇÃO PREÂMBULO Termo de Participação, via meio eletrônico, para a seleção da melhor proposta para aquisição por dispensa de licitação, nos termos do Decreto

Leia mais

O edital poderá ser acessado mediante download no sítio oficial na internet da Fundação Faceli: www.faceli.edu.br

O edital poderá ser acessado mediante download no sítio oficial na internet da Fundação Faceli: www.faceli.edu.br MODALIDADE: Pregão Presencial Edital: 002/2013 PROCESSO Nº 000051/2013 A Fundação Faculdades Integradas de Ensino Superior do Município de Linhares - Faceli, pessoa jurídica de direito público, por intermédio

Leia mais

Empresa: Endereço: CNPJ: Telefone: e-mail: Pessoa para contato:

Empresa: Endereço: CNPJ: Telefone: e-mail: Pessoa para contato: Pregão TERMO DE RETIRADA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS Nº 03/2010-TB Empresa: Endereço: CNPJ: Telefone: e-mail: Pessoa para contato: Retirei da TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S.A.

Leia mais

EDITAL PROCESSO 4674/2009

EDITAL PROCESSO 4674/2009 EDITAL PROCESSO 4674/2009 A Justiça Federal de Primeiro Grau em Minas Gerais, por intermédio da Pregoeira designada pela Portaria 10/58-DIREF de 24/06/2009 realizará o pregão presencial em epígrafe, regido

Leia mais

ESTADO DO CEARÁ MINISTÉRIO PÚBLICO PROCURADORIA GERAL DE JUSTIÇA SECRETARIA GERAL COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

ESTADO DO CEARÁ MINISTÉRIO PÚBLICO PROCURADORIA GERAL DE JUSTIÇA SECRETARIA GERAL COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS Nº.017/2009 Processo nº 6869/2009-1 O ESTADO DO CEARÁ, POR INTERMÉDIO DA, com sede na Rua Assunção, nº 1100, José Bonifácio, em Fortaleza-Ceará, por

Leia mais

CARTILHA FORNECEDOR ENDEREÇO PARA ENVIO DE DOCUMENTOS:

CARTILHA FORNECEDOR ENDEREÇO PARA ENVIO DE DOCUMENTOS: CARTILHA FORNECEDOR ENDEREÇO PARA ENVIO DE DOCUMENTOS: Prefeitura Municipal de Almirante Tamandaré do Sul Setor de Licitações Rua Mário Linck, nº. 352, Centro Almirante Tamandaré do Sul/RS CEP 99523-000

Leia mais

Fls.: Rubrica: SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO.

Fls.: Rubrica: SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO. IFRJ EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº 02/2014 CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE TELEFONIA FIXA PARA ATENDER A DEMANDA DO IFRJ. Página 1 de 75 RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL

Leia mais

Empresa: Endereço: CNPJ: Telefone: Fax: e-mail:

Empresa: Endereço: CNPJ: Telefone: Fax: e-mail: MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO-GERAL DE RECURSOS LOGÍSTICOS TERMO DE RETIRADA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO N. º 55/2012

Leia mais

ABERTURA DE CARTA CONVITE Nº 001/2014

ABERTURA DE CARTA CONVITE Nº 001/2014 ABERTURA DE CARTA CONVITE Nº 001/2014 O CONSELHO REGIONAL DE CORRETORES DE IMÓVEIS DO ESTADO DE SANTA CATARINA CRECI - 11ª REGIÃO/SC, através da Comissão de Julgamento de Licitação, comunica que, de acordo

Leia mais

Esta licitação será processada e julgada pelo Pregoeiro designado pelo Decreto nº 1.815 de 02 de

Esta licitação será processada e julgada pelo Pregoeiro designado pelo Decreto nº 1.815 de 02 de EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL Nº 060/2015 - CML, PARA AQUISIÇÃO DE PÃES, PELO MENOR PREÇO GLOBAL. O MUNICÍPIO DE PRESIDENTE FIGUEIREDO, através da COMISSÃO MUNICIPAL DE LICITAÇÃO - CML, torna público a abertura

Leia mais

AcroPDF - A Quality PDF Writer and PDF Converter to create PDF files. To remove the line, buy a license.

AcroPDF - A Quality PDF Writer and PDF Converter to create PDF files. To remove the line, buy a license. DECRETO Nº 5.450, DE 31 DE MAIO DE 2005 Regulamenta o pregão, na forma eletrônica, para aquisição de bens e serviços comuns, e dá outras providências. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que

Leia mais

Fls.: Rubrica: SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO.

Fls.: Rubrica: SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO. IFRJ EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº 03/2014 CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA LICENCIAMENTO DO PARQUE COMPUTACIONAL DO IFRJ. Página 1 de 67 RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL PELA INTERNET REITORIA PREGÃO ELETRÔNICO

Leia mais

Fls.: Rubrica: SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO.

Fls.: Rubrica: SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO. IFRJ EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº 01/2014 AQUISIÇÃO DE SISTEMA DE BACKUP DE ENERGIA ATRAVÉS DE GRUPO DE GERADORES PARA ATENDER A DEMANDA DO IFRJ Página 1 de 41 RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL PELA INTERNET

Leia mais

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência FUNDAÇÃO DE APOIO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO N 95971-02/2010

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência FUNDAÇÃO DE APOIO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO N 95971-02/2010 FUNDAÇÃO DE APOIO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO N 95971-02/2010 A Fundação de Apoio à Ciência e Tecnologia -, por meio de sua pregoeira, Claudia Pippi Lorenzoni designado pela Ordem

Leia mais

Fls.: Rubrica: SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO.

Fls.: Rubrica: SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO. CAMPUS RIO DE JANEIRO EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº 10/2012 CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA PARA A DIAGRAMAÇÃO, A PUBLICAÇÃO E A IMPRESSÃO DE LIVRO Página 1 de 29 LICITAÇÃO EXCLUSIVA PARA MICROEMPRESAS

Leia mais

Fls.: Rubrica: SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO.

Fls.: Rubrica: SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO. IFRJ EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº 19/2012 CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA NA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE AVALIAÇÃO PATRIMONIAL E INVENTÁRIO PARA ATENDER AS DEMANDAS DO IFRJ Página 1 de 61 RECIBO DE

Leia mais

03 PREGÃO PRESENCIAL PARA REGISTRO DE PREÇOS Nº.

03 PREGÃO PRESENCIAL PARA REGISTRO DE PREÇOS Nº. PREGÃO PRESENCIAL PARA REGISTRO DE PREÇOS Nº. 530/2012 CPL 03 DO PREGÃO PRESENCIAL PARA REGISTRO DE PREÇOS Nº. 530/2012 CPL 03 Folha Nº OBJETO: Aquisição de 01 (um) veículo tipo caminhonete, 01 (uma) Moto

Leia mais

EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS Nº 079/2015.

EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS Nº 079/2015. EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS Nº 079/2015. PREFEITURA MUNICIPAL DE GAURAMA-RS SECRETARIA MUNICIPAL DE OBRAS PÚBLICAS E DE TRÂNSITO EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS Nº 079/2015 TIPO MENOR PREÇO GLOBAL Edital de

Leia mais

COLETA DE PREÇOS Nº 001/2012 TERMO DE PARCERIA Nº752962/2010

COLETA DE PREÇOS Nº 001/2012 TERMO DE PARCERIA Nº752962/2010 COLETA DE PREÇOS Nº 001/2012 TERMO DE PARCERIA Nº752962/2010 Edital para contratação de empresa especializada e/ou Agência de Turismo ou viagens para execução de serviços de reserva, emissão, marcação,

Leia mais

EXCLUSIVO PARA MICROEMPRESAS e EMPRESAS DE PEQUENO PORTE

EXCLUSIVO PARA MICROEMPRESAS e EMPRESAS DE PEQUENO PORTE MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL SUPERINTENDÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO DA AMAZÔNIA PREGÃO ELETRÔNICO N 10/2015 Tv. Antônio Baena, 1113, Marco. e-mail: ester.figueiredo@sudam.gov.br Fone: (91) 4008-5611/

Leia mais

DECRETO Nº 7.622, DE 20 DE MAIO DE 2005.

DECRETO Nº 7.622, DE 20 DE MAIO DE 2005. DECRETO Nº 7.622, DE 20 DE MAIO DE 2005. Regulamenta o Sistema de Registro de Preços previsto no artigo 15, 3º da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993 e artigo 11 da Lei Federal nº 10.520, de 17 de julho

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO - 3ª REGIÃO PE 49/2010

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO - 3ª REGIÃO PE 49/2010 O TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 3ª REGIÃO, mediante a utilização de recursos de tecnologia da informação - INTERNET, por intermédio de um dos Pregoeiros designados pela Portaria 27/2008, torna público

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE VITÓRIA DA CONQUISTA Secretaria Municipal de Administração Coordenação de Material e Patrimônio Gerência de Compras

PREFEITURA MUNICIPAL DE VITÓRIA DA CONQUISTA Secretaria Municipal de Administração Coordenação de Material e Patrimônio Gerência de Compras 1 EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO PARA SRP nº. 190/2011 Processo nº. 24190/2011 O MUNICIPIO DE VITÓRIA DA CONQUISTA - BAHIA, através do SECRETÁRIO MUNICIPAL ADMINISTRAÇÃO, pessoa jurídica de direito

Leia mais

TERMO DE PARTICIPAÇÃO DA COTAÇÃO DE PREÇOS Nº0063 PREÂMBULO

TERMO DE PARTICIPAÇÃO DA COTAÇÃO DE PREÇOS Nº0063 PREÂMBULO TERMO DE PARTICIPAÇÃO DA COTAÇÃO DE PREÇOS Nº0063 PREÂMBULO Termo de Participação, via meio eletrônico, para a seleção da melhor proposta para aquisição por dispensa de licitação, nos termos do Decreto

Leia mais

Empresa: Endereço: CNPJ: Telefone: Fax: e-mail:

Empresa: Endereço: CNPJ: Telefone: Fax: e-mail: MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO-GERAL DE AQUISIÇÕES Empresa: Endereço: CNPJ: Telefone: Fax: e-mail: TERMO DE RETIRADA

Leia mais

SESSÂO DE ABERTURA: Local: Rua Pamplona n.º 1.200, 7º andar São Paulo SP Horário: 10h30 horas do dia 03 de Agosto de 2009

SESSÂO DE ABERTURA: Local: Rua Pamplona n.º 1.200, 7º andar São Paulo SP Horário: 10h30 horas do dia 03 de Agosto de 2009 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDÊNCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD. PAULISTA CEP

Leia mais

Fls.: Rubrica: SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO.

Fls.: Rubrica: SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO. REITORIA EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº 15/2011 AQUISIÇÃO DE AR CONDICIONADO PARA A REITORIA E O CAMPUS RIO DE JANEIRO DO IFRJ Página 1 de 30 LICITAÇÃO EXCLUSIVA PARA MICROEMPRESAS E EMPRESAS DE PEQUENO

Leia mais

ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE MINAS GERAIS PROCESSO LICITATÓRIO N.º 030/2005 PREGÃO ELETRÔNICO N.º 022/2005

ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE MINAS GERAIS PROCESSO LICITATÓRIO N.º 030/2005 PREGÃO ELETRÔNICO N.º 022/2005 1 ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE MINAS GERAIS PROCESSO LICITATÓRIO N.º 030/2005 PREGÃO ELETRÔNICO N.º 022/2005 A Assembléia Legislativa do Estado de Minas Gerais (ALEMG), conforme autorização expedida

Leia mais

PREGÃO PRESENCIAL Nº. 625/2014 CPL 05 MINUTA DE EDITAL

PREGÃO PRESENCIAL Nº. 625/2014 CPL 05 MINUTA DE EDITAL Folha Nº. MINUTA DE EDITAL _ OBJETO, ANEXOS E ÍNDICE DO EDITAL OBJETO: Contratação de empresa especializada no fornecimento, instalação, configuração, comissionamento, instalação, ativação do sistema,

Leia mais

EDITAL Nº 01/ 2016 - PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS

EDITAL Nº 01/ 2016 - PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDITAL Nº 01/ 2016 - PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS A Caixa Escolar Pe. José Maria Xavier, inscrita no CNPJ 19.664.978/0001-86, localizada à rua Pe. José Maria Xavier, nº 164, bairro Centro, município de São João

Leia mais

DECRETO nº. 11.698, de 16 de janeiro de 2009. O PREFEITO MUNICIPAL DE ANANINDEUA, no uso de suas atribuições constitucionais e legais, e ainda:

DECRETO nº. 11.698, de 16 de janeiro de 2009. O PREFEITO MUNICIPAL DE ANANINDEUA, no uso de suas atribuições constitucionais e legais, e ainda: 1 DECRETO nº. 11.698, de 16 de janeiro de 2009 Regulamenta, no âmbito da Administração pública municipal, o Sistema de Registro de Preços previsto no art. 15 da Lei nº. 8.666, de 21 de junho de 1993, e

Leia mais

EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO N.º 01/2015.

EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO N.º 01/2015. SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL FUNDAÇÃO ALEXANDRE DE GUSMÃO COORDENAÇÃO-GERAL DE ADMINISTRAÇÃO, ORÇAMENTO E FINANÇAS COORDENAÇÃO DE ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS DIVISÃO DE ADMINISTRAÇÃO EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA COTAÇÃO ELETRÔNICA 150/2015. (Inciso II do Art. 24 da Lei nº 8.666/93 c/c Portaria nº 306, de 13 de dezembro de 2001).

INSTRUÇÕES PARA COTAÇÃO ELETRÔNICA 150/2015. (Inciso II do Art. 24 da Lei nº 8.666/93 c/c Portaria nº 306, de 13 de dezembro de 2001). Fl. Rub. INSTRUÇÕES PARA COTAÇÃO ELETRÔNICA 150/2015 (Inciso II do Art. 24 da Lei nº 8.666/93 c/c Portaria nº 306, de 13 de dezembro de 2001). A União, por intermédio do Instituto Nacional de Câncer José

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul PREFEITURA MUNICIPAL DE ARROIO DOS RATOS Departamento de Compras e Licitações

Estado do Rio Grande do Sul PREFEITURA MUNICIPAL DE ARROIO DOS RATOS Departamento de Compras e Licitações EDITAL DE LICITAÇÃO CONVITE Nº. 006/2014 O MUNICÍPIO DE ARROIO DOS RATOS, através da Secretaria Municipal de Administração, sito o Largo do Mineiro, Nº. 195, torna público que estará realizando licitação

Leia mais

CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO DIRETORIA DE GESTÃO INTERNA

CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO DIRETORIA DE GESTÃO INTERNA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO DIRETORIA DE GESTÃO INTERNA EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº 40/2012 PROCESSO Nº 00190.024252/2012-86 A Diretoria de Gestão Interna da Controladoria-Geral da União da Presidência

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE JAGUARAÇU ESTADO DE MINAS GERAIS EDITAL DE LICITAÇÃO PÚBLICA

PREFEITURA MUNICIPAL DE JAGUARAÇU ESTADO DE MINAS GERAIS EDITAL DE LICITAÇÃO PÚBLICA EDITAL DE LICITAÇÃO PÚBLICA PROCESSO LICITATÓRIO Nº014/2014 MODALIDADE: CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº001/2014 TIPO: MAIOR OFERTA GABINETE DO PREFEITO DATA, HORÁRIO, E LOCAL DE RECEBIMENTO DAS PROPOSTAS: 11 de

Leia mais

EDITAL 001/2015 PROCEDIMENTO DE MANIFESTAÇÃO DE INTERESSE PMI

EDITAL 001/2015 PROCEDIMENTO DE MANIFESTAÇÃO DE INTERESSE PMI EDITAL 001/2015 PROCEDIMENTO DE MANIFESTAÇÃO DE INTERESSE PMI PROCEDIMENTO DE SOLICITAÇÃO DE MANIFESTAÇÃO DE INTERESSE PREFEITURA MUNICIPAL DE SORRISO/MT PMI Nº 001/2015, PARA DESENVOLVIMENTO DE ESTUDOS

Leia mais

Conselho Regional de Economia da Paraíba 21ª Região

Conselho Regional de Economia da Paraíba 21ª Região EDITAL DE LICITAÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE CONTADOR PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PROFISSIONAIS CONTÁBEIS E DE ASSESSORIA CONTÁBIL PARA O CONSELHO REGIONAL DE ECONOMIA 21ª REGIÃO PARAÍBA CONVITE Nº 002/2016

Leia mais

Estado de Rondônia PREFEITURA MUNICIPAL DE JI-PARANÁ COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

Estado de Rondônia PREFEITURA MUNICIPAL DE JI-PARANÁ COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO Estado de Rondônia PREFEITURA MUNICIPAL DE JI-PARANÁ COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO AVISO DE LICITAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS N. 133/CPL/PMJP/2014 A Prefeitura Municipal de Ji-Paraná,

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MUNICIPIO DE ITATIBA DO SUL COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÕES EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS N 003/2013

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MUNICIPIO DE ITATIBA DO SUL COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÕES EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS N 003/2013 EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS N 003/2013 O Município de Itatiba do Sul, Estado do Rio Grande do Sul, torna público para o conhecimento dos interessados, que em conformidade com a Lei Federal n.º 8.666/93

Leia mais

Estado de Rondônia Prefeitura do Município de Alto Paraíso/RO Comissão Permanente de Licitação - CPL

Estado de Rondônia Prefeitura do Município de Alto Paraíso/RO Comissão Permanente de Licitação - CPL EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO N.º 039/CPL/2015 PROCESSO N.º 1-191/2015 1. PREÂMBULO (Art. 40º da Lei nº 8.666/93) - (Art. 3º, IV e 4º; VI Lei nº 10.520/02). 1.1 O Município de Alto Paraíso Estado de Rondônia,

Leia mais