MÓDULO DE ACESSIBILIDADE

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MÓDULO DE ACESSIBILIDADE"

Transcrição

1 MÓDULO DE ACESSIBILIDADE ESPECIFICAÇÃO: GPRO/DEINF EMISSÃO: NOVEMBRO/2008 DESENHO: DT 494/6 CAPÍTULO I - INTRODUÇÃO 1.1. FINALIDADE: A presente especificação estabelece dados para fornecimento à Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos - ECT de MÓDULO DE ACESSIBILIDADE MAC- 01 ERG, o qual deverá ser executado e montado para instalação conforme desenhos ilustrativos anexos CÓDIGO: Conforme o Sistema de Classificação de Materiais, o item aqui especificado será representado e distinguido dos demais, em todas as fases de sua administração, pelo seguinte código: ALCANCE: As exigências aqui fixadas serão observadas pelos fabricantes e/ou concorrentes que aceitarem encomendas do material enquadrado no item AUTORIDADE: A presente especificação, elaborada pela Gerência Corporativa de Projetos, é emitida por ordem e atribuição do DEPARTAMENTO DE INFRA- ESTRUTURA, a quem compete elaborar e atualizar os capítulos desta. CAPÍTULO II - MATERIAL E MANUFATURA 2.1. CARACTERÍSTICAS GERAIS O módulo de acessibilidade MAC-01 ERG tem formato retangular com dimensões gerais de 900 x 850 x 850 mm (comprimento x profundidade x altura) É constituído de 02 (duas) prateleiras fixas, sendo uma delas para colocação da balança, e 01 (um) cesto metálico para armazenar provisoriamente os objetos triados no guichê das agências dos Correios. GPRO/DEINF 1 / 7

2 2.2. MATERIAIS BÁSICOS As peças do módulo deverão ser em MDF (MEDIUM DENSITY FIBERBOARD), placas únicas, revestidas interna e externamente com pintura melamínica O tampo superior, a prateleira superior, os painéis laterais e frontal deverão ser executados em placas únicas de MDF, com 25mm de espessura e bordas arredondadas A prateleira inferior deverá ser executada em MDF de 15mm de espessura O tampo superior, destinado ao atendimento do cliente para colocação de produtos, é sustentado pelos painéis laterais e possui, na sua parte frontal, um painel estreito na direção vertical, fixado ao longo do comprimento, de modo a formar um compartimento para alojar as tomadas elétricas e para fins de acabamento O tampo superior possui, na sua parte posterior, um painel que servirá de fechamento, com 01 (um) furo de 50mm de diâmetro e acabamento em PVC rígido ou plástico, para passagem dos cabos de ligação da balança, conforme mostra o desenho de referência Paralelo e abaixo do tampo superior, no nível equivalente à largura do painel estreito, haverá um painel de fechamento e suporte à canaleta. O painel será dotado de uma tampa removível (na parte inferior) para acesso ao interior do compartimento, onde estarão instaladas 2 (duas) tomadas de 3 pinos universal, fixadas abaixo do tampo superior As canaletas para a passagem da fiação interna deverão ser executadas em alumínio com duas vias - uma com 45,6mm e a outra com 24,9mm - acabamento bege, referência Dutotec ou similar, com dimensões gerais de 900 x 75 x 23mm (comprimento x largura x altura) A prateleira superior, localizada na área de atuação do atendente, destina-se à colocação da balança. Possui dimensões gerais de 900 mm x 350 mm x 25 mm (comprimento x largura x altura) O painel frontal do módulo deverá ter um recuo de 480mm para permitir o acesso da cadeira de rodas de deficientes físicos A base metálica do módulo deverá ser dotada de 04 (quatro) apoios reguláveis de metal cromado (Ø 35mm), com altura de regulagem média de 20mm. GPRO/DEINF 2 / 7

3 O cesto metálico, para armazenar objetos triados, deverá ser do tipo tubular e ter pintura eletrostática a pó bege. Deverão ainda, ter uma boa abertura para facilitar sua utilização. Deverá possuir uma divisão interna, dividindo o cesto transversalmente, com o mesmo material, para a separação de objetos simples e registrados Todos os itens acima deverão ser executados conforme orientações do projeto específico OBSERVAÇÕES GERAIS Todos os parafusos para fixação de peças de MDF (MEDIUM DENSITY FIBERBOARD) deverão utilizar buchas metálicas especialmente projetadas para tal finalidade. Onde não for possível o uso de buchas, no caso dos parafusos para fixação das fechaduras e puxadores, deverá ser utilizado parafuso específico para fixação em aglomerados Deverão ser previstos furos no módulo para passagem de cabos de dados, conforme orientações do projeto específico. Devem ter acabamento com passa-fio em PVC com tampa, na cor ovo O módulo deverá possuir as conexões protegidas com passa-fio de PVC rígido, que permita a passagem da rede elétrica e de dados TRATAMENTO E ACABAMENTO DAS PEÇAS PEÇAS METÁLICAS Tratamento da superfície: O objetivo do tratamento da superfície é desengraxar e fosfatizar (fosfato de zinco) a peça, a fim de promover maior durabilidade e eficácia na pintura. O tratamento é composto das seguintes etapas: a) Desengraxante Eliminar sujidade como: óleos, graxas, ceras e cavacos. Trabalha com temperatura de 90 C até ebulição. b) Lavagem Remover resíduos do desengraxante trabalhando com trasbordamento e mantendo a lavagem sempre com água limpa. c) Refinador de Camada Auxiliar na formação da camada de fosfato de zinco com cristalização fina e homogênea. d) Lavagem GPRO/DEINF 3 / 7

4 Remover resíduos do refinador de camada mantendo-se a lavagem sempre com água limpa. e) Fosfato de Zinco Tricationico Formar cristais e transformar a superfície metálica do ferro, aço, zinco, e suas ligas numa superfície com uma camada metálica, evitando a corrosão das superfícies e aumentando assim a vida útil dos produtos pintados. f) Lavagem Remover resíduos da solução fosfatizante, mantendo a lavagem sempre com água limpa. g) Passivação Aumentar a resistência contra a corrosão formando um selo na superfície a ser pintada Pintura eletrostática a pó: Todas as peças deverão ser pintadas com tinta a base de resina epóxi bege texturizado semi fosco (15 à 20 UB) na cor de referência ED303B da AKZO NOBEL ou Bege 215C.2161 Politherm da Tintas WEG. A espessura média final deverá ficar entre 30 e 40 mícron Polimerização: Deverá ser feita em estufa com temperatura entre 150 C e 200 C. O tempo de cura deverá variar de 10 a 20 minutos Testes: A ECT poderá efetuar teste em câmara úmida e/ou Salt Spray de no mínimo 32 horas sem apresentar ferrugem amarela e 56 horas sem apresentar ferrugem avermelhada. Adicionalmente, poderá ser feito teste de ancoragem e alastramento e teste de dureza PEÇAS EM MDF Os tampo, as prateleiras e os painéis laterais do módulo deverão ter, em todas as faces, pintura melamínica na cor de referência ovo da Fórmica ref. L-108, executada conforme especificações do fabricante ACABAMENTO DAS PEÇAS: A inspeção final não aceitará defeitos de acabamento da pintura tais como sobreaplicação, pele de laranja, escorrimento e similares, bem como defeitos de acabamento das peças, como rebarbas, arestas vivas, remendos, empenamentos e outras imperfeições. Todos os parafusos, porcas, arruelas, pinos que forem utilizados para a montagem e fixação do móvel, deverão ter tratamento antioxidante e sua tonalidade de acabamento superficial deverá estar de acordo com a tonalidade do local utilizado. GPRO/DEINF 4 / 7

5 CAPÍTULO III - ENTREGA DO MATERIAL 3.1. MONTAGEM O módulo deverá ser entregue montado ACONDICIONAMENTO PARA ENTREGA O módulo deverá ser acondicionado e protegido de forma a ser resistente ao transporte de longa distância, mantendo-se limpo e íntegro até a sua entrega MARCAÇÃO Embalagem com: - Nome do fabricante do material. - Nome e código do material. - Número e data da Autorização de Fornecimento. CAPÍTULO IV - EXAME TÉCNICO 4.1. ANTES DA ADJUDICAÇÃO: Poderá, a critério da ECT, ser feita a inspeção das instalações do proponente, a fim de avaliar sua capacidade operacional, para atendimento da encomenda no prazo estipulado INÍCIO DA FABRICAÇÃO: O fornecedor deverá comunicar oficialmente à ECT, com antecedência de 05 (cinco) dias, quando fabricar o correspondente a 1% do total a ser entregue, não inferior a 01 (uma) unidade, para que a ECT possa, se julgar necessário, inspecionar em fábrica os equipamentos/produtos contratados, a fim de verificar a conformidade com a especificação. O prosseguimento da fabricação será autorizado após parecer favorável da ECT por meio de Registro de Inspeção em Fábrica. GPRO/DEINF 5 / 7

6 4.3. DURANTE A FABRICAÇÃO: Poderão, a critério da ECT, ser efetuadas eventuais ou freqüentes inspeções no decorrer das diversas fases de produção, para constatar se a execução está de acordo com a presente especificação. CAPÍTULO V - INSPEÇÃO DE RECEBIMENTO 5.1. INSPEÇÃO: A inspeção de recebimento será realizada para cada lote do armário entregue com os objetivos de verificar a conformidade dos requisitos especificados e a qualidade do produto ofertado. Será adotada inspeção por atributos, conforme NBR-5426 Planos de Amostragem e Procedimentos na Inspeção por Atributos CRITÉRIOS PARA ACEITAÇÃO DO PRODUTO NO RECEBIMENTO: Unidade de Produto: MÓDULO DE ACESSIBILIDADE MAC- 01 ERG Plano de Amostragem: Simples Regime de Inspeção: Normal Nível de Qualidade Aceitável: 2,5% Nível Geral de Inspeção: II Caso o lote apresente unidade(s) com defeito(s) CRÍTICO(S) e/ou GRAVE(S), o mesmo será recusado No caso de rejeição do lote, não caberá a ECT, o pagamento de nenhum tipo de indenização. GPRO/DEINF 6 / 7

7 CAPÍTULO VI - GENERALIDADES 6.1. Por ocasião do recebimento do material a ECT poderá executar os ensaios que se fizerem necessários, inclusive ensaios destrutivos, para comprovação de suas características A presente especificação entra em vigor na data de sua assinatura e revoga a especificação DPRO/DEPEN de DEZEMBRO/2007. Revisada por: Brasília - DF, de novembro de Alessandra Passero Silva Araújo Analista I/Arquiteta GPRO/DEINF Flávia Arruda Penha Analista II/GPRO/DEINF Imaculada Castello Ruiz Analista II/GPRO/DEINF Silvana Eunápio Borges de Paula Gerente Corporativo de Projetos GPRO/DEINF GPRO/DEINF 7 / 7

8

9

10

11

12

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA ET SOFS 02/2012

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA ET SOFS 02/2012 COMPANHIA HIDRO ELÉTRICA DO SÃO FRANCISCO CHESF GERÊNCIA REGIONAL DE OPERAÇÃO OESTE SER VIÇO FINANCEIRO E DE SUPRIMENTO OESTE ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA ET SOFS 02/2012 OUTUBRO/2012 ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA FORNECIMENTO

Leia mais

ES-01. Estante simples. Mobiliário. Atenção

ES-01. Estante simples. Mobiliário. Atenção Mobiliário Esta imagem tem caráter apenas ilustrativo. As informações relativas às especificações devem ser obtidas nas fichas técnicas correspodentes 2000 1/5 VISTA LATERAL ESC. 1:20 VISTA FRONTAL ESC.

Leia mais

ANEXO II - PLANILHA DE COTAÇÃO (PCT)

ANEXO II - PLANILHA DE COTAÇÃO (PCT) ANEXO II - PLANILHA DE COTAÇÃO (PCT) LICITAÇÃO MOD.: PREGÃO PRESENCIAL Nº 14/2012 TIPO: MENOR PREÇO Data e Hora da Entrega das Propostas: 05/04/2012 Horas: 09h30min REMARCADA PARA O DIA 10/04/2012 ÀS 09h30min

Leia mais

FORMULÁRIO-PROPOSTA. Valor unitário. Valor total. Item Descrição Qtde. 1 Móvel com Gavetas 12,00m². 2 Móvel com Portas de Abrir 70,00m²

FORMULÁRIO-PROPOSTA. Valor unitário. Valor total. Item Descrição Qtde. 1 Móvel com Gavetas 12,00m². 2 Móvel com Portas de Abrir 70,00m² FORMULÁRIO-PROPOSTA Nome da empresa (razão social):... Endereço:... Cidade:... UF:... CEP:... CNPJ/MF n.:... Telefone/fax:... Responsável pela assinatura do contrato: Nome:... Cargo/função:...Telefone/fax:...

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA 1. DO OBJETO 1.1. Contratação de empresa especializada para eventual fornecimento, montagem e instalação de mobiliário, para a Procuradoria Regional do Trabalho da 2a Região

Leia mais

MÓDULO 1 ESPECIFICAÇÕES MOBILIÁRIOS REFERENCIAIS

MÓDULO 1 ESPECIFICAÇÕES MOBILIÁRIOS REFERENCIAIS DATA: DESTINO: FORUM CÍVEL MÓDULO 1 (itens 1-2) JUNHO 2015 RESPONSAVÉL: DIVISÃO DE ARQUITETURA ESPECIFICAÇÕES MOBILIÁRIOS REFERENCIAIS ITEM 1 MESAS /GAVETEIROS/CONEXÕES IMPORTANTE: AS MARCAS DE MATERIAIS,

Leia mais

PLANILHA DE FORMAÇÃO DE PREÇOS DO MOBILIÁRIO PARA INSPETORIA REGIONAL DE MOSSORÓ

PLANILHA DE FORMAÇÃO DE PREÇOS DO MOBILIÁRIO PARA INSPETORIA REGIONAL DE MOSSORÓ ANEXO VII Item Descrição Pedido mínimo por fornecimento 01 Tampo em formatos retangular, medindo 90 x 60 cm, em chapa de madeira aglomerada de alta densidade revestida em ambas as faces em laminado plástico

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES PREGÃO MOBILIÁRIO 2013.

ESPECIFICAÇÕES PREGÃO MOBILIÁRIO 2013. ESPECIFICAÇÕES PREGÃO MOBILIÁRIO 2013. Processo 56220/2013-73 Pregão 26/2014 GRUPO 1 MESAS E ESTAÇÕES DE TRABALHO 1 MESA RETANGULAR PARA COMPUTADOR 1200X770MM 2 MESA RETANGULAR PARA COMPUTADOR 1600X770MM

Leia mais

PRODUTO: ARMÁRIO DE MADEIRA Portaria nº 69/SMG-G/2009 de 03/07/2009. 2.2.1. Painéis da caixa, inclusive o vertical interno, portas e prateleiras.

PRODUTO: ARMÁRIO DE MADEIRA Portaria nº 69/SMG-G/2009 de 03/07/2009. 2.2.1. Painéis da caixa, inclusive o vertical interno, portas e prateleiras. 1 CÓDIGO SUPRI: 71.654.002.001.0029-1 PRODUTO: ARMÁRIO DE MADEIRA Portaria nº 69/SMG-G/2009 de 03/07/2009 1. DESTINAÇÃO Para guarda de materiais de escritório em geral. 2. REQUISITOS GERAIS (VER DESENHOS

Leia mais

MOBILIÁRIO DE INFORMÁTICA ARQUIVO DESLIZANTE

MOBILIÁRIO DE INFORMÁTICA ARQUIVO DESLIZANTE ANEXO I ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS MOBILIÁRIO DE INFORMÁTICA ARQUIVO DESLIZANTE ESPECIFICAÇÕES DE MOBILIÁRIO DE INFORMÁTICA E ARQUIVOS DESLIZANTES DESTINADOS À AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES ANATEL,

Leia mais

MÓDULO DE RETAGUARDA PARA FICHAS

MÓDULO DE RETAGUARDA PARA FICHAS MÓDULO DE RETAGUARDA PARA FICHAS ESPECIFICAÇÃO: GPRO/DEINF 082117 EMISSÃO: NOVEMBRO/2008 DESENHO: DT 510/3 CAPÍTULO I - INTRODUÇÃO 1.1. FINALIDADE: A presente especificação estabelece dados para fornecimento

Leia mais

Pregão Eletrônico Nº 31/2014 Processo nº 2.00.000.008155/2014-97

Pregão Eletrônico Nº 31/2014 Processo nº 2.00.000.008155/2014-97 Ao Ministério Público do Trabalho Procuradoria Geral do Trabalho GRUPO 02 Pregão Eletrônico Nº 31/2014 Processo nº 2.00.000.008155/2014-97 Item 08 Qtd. 30 R$ Unitário 275,00 R$ Total 8.250,00 MESA RETANGULAR

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA MÓDULO DE ACESSIBILIDADE- MAC- 01 ERG. Especificação Técnica revisada conforme FSET nº 175/2011 acordado com o DERAT.

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA MÓDULO DE ACESSIBILIDADE- MAC- 01 ERG. Especificação Técnica revisada conforme FSET nº 175/2011 acordado com o DERAT. EMPRESA BRASILEIRA DE CORREIOS E TELÉGRAFOS ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA MÓDULO DE ACESSIBILIDADE- MAC- 01 ERG NÚMERO: 132008 DESENHO: DT- 494/7 EMISSÃO: MARÇO/2013 VALIDADE: MARÇO/2015 REVOGA: 082104 REVOGA

Leia mais

Linha Primeira Infância

Linha Primeira Infância Fichas Técnicas de Produto Pufe Infantil Folha Descritivo Técnico Completo Pufe Infantil Folha. Estofado infantil sem encosto (pufe) com face superior (assento) em formato losangular. Estruturado em madeira

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO Nº 56/2012 PROCESSO: 23066.040825/12-97 UASG: 153038 Vigência: 17/04/2013 até 17/04/2014

PREGÃO ELETRÔNICO Nº 56/2012 PROCESSO: 23066.040825/12-97 UASG: 153038 Vigência: 17/04/2013 até 17/04/2014 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 56/2012 PROCESSO: 23066.040825/12-97 UASG: 153038 Vigência: 17/04/2013 até 17/04/2014 UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA DIVISÃO DE MATERIAL DIM Maria Edite Jesus Brandão DIVISÃO DE MATERIAL

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇO

ATA DE REGISTRO DE PREÇO ATA DE REGISTRO DE PREÇO DADOS DO PREGÃO NÚMERO DO PREGÃO: 20/2014 NÚMERO DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS: 20/2014 ÓRGÃO GESTOR: HOSPITAL GERAL DO RIO DE JANEIRO UASG: 160323 CONTATO NO ÓRGÃO PARA ADESÃO:

Leia mais

ES-05. Estante para exposição. Mobiliário. Atenção 3 08/03/13. Revisão Data Página 1/6 VISTA FRONTAL ESC. 1:20 VISTA LATERAL ESC.

ES-05. Estante para exposição. Mobiliário. Atenção 3 08/03/13. Revisão Data Página 1/6 VISTA FRONTAL ESC. 1:20 VISTA LATERAL ESC. Mobiliário 2000 1/6 VISTA LATERAL 0 VISTA FRONTAL 0 900 0 VISTA SUPERIOR 0 A A Mobiliário 900 PAINEL DE FUNDO CHAPA 24 (0,6mm) PAINEL LATERAL CHAPA 24 (0,6mm) 0 40 COLUNA CHAPA 1 (2,25mm) VISTA SUPERIOR

Leia mais

PRODUTO: ARMÁRIO DE AÇO COM DUAS PORTAS DE CORRER Portaria nº 69/SMG- G/2009 de 03/07/2009

PRODUTO: ARMÁRIO DE AÇO COM DUAS PORTAS DE CORRER Portaria nº 69/SMG- G/2009 de 03/07/2009 1 G/2009 de 03/07/2009 1. DESTINAÇÃO Para guarda de material de escritório em geral. 2. REQUISITOS GERAIS (VER DESENHO Nº 9w1 e/ou 11w1 ) 2.1. DESCRIÇÃO O móvel será todo de aço compondo-se de uma caixa

Leia mais

ANEXO I LOTES / ESPECIFICAÇÕES E QUANTITATIVOS

ANEXO I LOTES / ESPECIFICAÇÕES E QUANTITATIVOS Página 13 de 33 ANEXO I LOTES / ESPECIFICAÇÕES E QUANTITATIVOS LOTE 01 (MESAS / ESTAÇÕES DE TRABALHO / DIVISÓRIAS) Item Qtde. Descrição Vr. Unit. Vr. Total ESTAÇÃO DE TRABALHO COM BALCÃO DE ATENDIMENTO,

Leia mais

FORMULÁRIO-PROPOSTA. Nome da empresa (razão social):... Endereço:... Cidade:... UF:... CEP:... CNPJ/MF n.:... Telefone/fax:... Nome:...

FORMULÁRIO-PROPOSTA. Nome da empresa (razão social):... Endereço:... Cidade:... UF:... CEP:... CNPJ/MF n.:... Telefone/fax:... Nome:... FORMULÁRIO-PROPOSTA Nome da empresa (razão social):... Endereço:... Cidade:... UF:... CEP:... CNPJ/MF n.:... Telefone/fax:... Responsável pela assinatura do contrato: Nome:... Cargo/função:...Telefone/fax:...

Leia mais

PAINEL CANALETADO DE MERCHANDISING

PAINEL CANALETADO DE MERCHANDISING PAINEL CANALETADO DE MERCHANDISING ESPECIFICAÇÃO: GPRO/DEINF 082111 EMISSÃO: NOVEMBRO/2008 DESENHO: DT 502/2 CAPÍTULO I - INTRODUÇÃO 1.1. FINALIDADE: A presente especificação estabelece dados para fornecimento

Leia mais

ES-01. Estante simples. Mobiliário. Atenção. Revisão Data Página 1/6 5 08/03/13 VISTA LATERAL VISTA FRONTAL ESC. 1:20 VISTA SUPERIOR

ES-01. Estante simples. Mobiliário. Atenção. Revisão Data Página 1/6 5 08/03/13 VISTA LATERAL VISTA FRONTAL ESC. 1:20 VISTA SUPERIOR 2000 1/6 VISTA LATERAL ESC. 1:20 VISTA FRONTAL ESC. 1:20 900 0 VISTA SUPERIOR ESC. 1:20 900 PAINEL DE FUNDO CHAPA 24 (0,6mm) PAINEL LATERAL CHAPA 24 (0,6mm) 0 2/6 2000 13 400 400 1 13 0 0 40 VISTA SUPERIOR

Leia mais

CADERNO GERAL DE ESPECIFICAÇÕES DOS MOBILIÁRIOS ITEM 1 MESAS ORGÂNICAS/GAVETEIROS/CONEXÕES/MESA REUNIÃO ITEM 1.1 MR1200 -MESA DE REUNIÃO REDONDA cor ARGILADimensões mínimas: 1200X740 mm Tampo Mesa autoportante

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS SISTEMA DE ARQUIVO DESLIZANTE ORGÃO GERENCIADOR:

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS SISTEMA DE ARQUIVO DESLIZANTE ORGÃO GERENCIADOR: ATA DE REGISTRO DE PREÇOS SISTEMA DE ARQUIVO DESLIZANTE ORGÃO GERENCIADOR: Código UASG: 393003 Pregão Eletrônico SRP n 511/14 Vigência: 26/11/2014 a 25/11/2015 Sr. Luciano Sacramento Fone: (61) 3315-4241/4601

Leia mais

Caixa para medidores com ou sem leitura por vídeo câmeras

Caixa para medidores com ou sem leitura por vídeo câmeras Dobradiça Furação para passagem de cabo de Ø21 mm ( 12x ) Vista Inferior Item 1 e 2 Adaptador para parafuso A.A. Fixação dos trilhos através de parafuso e porca ( possibilitando regulagem ) Trilho de fixação

Leia mais

ANEXO II CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS ARQUIVOS DESLIZANTES

ANEXO II CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS ARQUIVOS DESLIZANTES ANEXO II CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS ARQUIVOS DESLIZANTES ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE ARQUIVOS DESLIZANTES DESTINADOS À EDIFICAÇÃO DA AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES ANATEL PARANÁ, LOCALIZADA

Leia mais

REGISTRO DE PREÇO DE MOBILIÁRIO

REGISTRO DE PREÇO DE MOBILIÁRIO REGISTRO DE PREÇO DE MOBILIÁRIO DADOS DO PREGÃO: Número do Pregão Eletrônico: 04/2014 Órgão Gestor: 11 Depósito de Suprimentos do Ministério da Defesa UASG: 160072 Validade da ata: 13/01/2016 CONTATO NO

Leia mais

MANUAL DE PADRONIZAÇÃO DO MOBILIÁRIO DA UNVERSIDADE DA PARAÍBA

MANUAL DE PADRONIZAÇÃO DO MOBILIÁRIO DA UNVERSIDADE DA PARAÍBA MANUAL DE PADRONIZAÇÃO DO MOBILIÁRIO DA UNVERSIDADE DA PARAÍBA Aplicado às Unidades Administrativas 1ª Edição Outubro 2014 MANUAL DE PADRONIZAÇÃO DO MOBILIÁRIO DA UNVERSIDADE DA PARAÍBA A adoção da padronização

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MUNICÍPIO DE VENÂNCIO AIRES

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MUNICÍPIO DE VENÂNCIO AIRES EMEF CIDADE NOVA BAIRRO CIDADE NOVA MOBILIÁRIO COZINHA, DESPENSA E DEPÓSITO MATERIAIS DE LIMPEZA MEMORIAL DE INTENÇÕES 1. OBJETIVO: A presente especificação tem por objetivo estabelecer os critérios para

Leia mais

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL CONSELHO REGIONAL DE FARMÁCIA DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL CONSELHO REGIONAL DE FARMÁCIA DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO Portaria 029/2015 EMENTA: Normatiza a padronização do mobiliário existente do CRF-ES e dá outras providências. O Presidente do CONSELHO REGIONAL DE FARMÁCIA DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO - CRF/ES, no uso

Leia mais

COTAÇÃO DE PREÇOS Nº.150/2007 PROCESSO TRT Nº

COTAÇÃO DE PREÇOS Nº.150/2007 PROCESSO TRT Nº PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 14ª REGIÃO D.S.M.P. - SEÇÃO DE COMPRAS COTAÇÃO DE PREÇOS Nº.150/2007 PROCESSO TRT Nº 01714.2007.000.14.00-3 Solicitamos de Vossa Senhoria

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PARA AQUISIÇÃO DE MOBILIÁRIOS E ELETROELETRÔNICOS PARA ESCOLAS DA REDE ESTADUAL DE EDUCAÇÃO DO ES*

TERMO DE REFERÊNCIA PARA AQUISIÇÃO DE MOBILIÁRIOS E ELETROELETRÔNICOS PARA ESCOLAS DA REDE ESTADUAL DE EDUCAÇÃO DO ES* 1 GOVERNO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO TERMO DE REFERÊNCIA PARA AQUISIÇÃO DE MOBILIÁRIOS E ELETROELETRÔNICOS PARA ESCOLAS DA REDE ESTADUAL DE EDUCAÇÃO DO ES* *As empresas

Leia mais

ANEXO II CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS ARQUIVOS DESLIZANTES

ANEXO II CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS ARQUIVOS DESLIZANTES ANEXO II CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS ARQUIVOS DESLIZANTES ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE ARQUIVOS DESLIZANTES DESTINADOS À EDIFICAÇÃO DA AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES ANATEL RIO GRANDE DO SUL,

Leia mais

Catálogo de Mobiliário EACH

Catálogo de Mobiliário EACH Catálogo de Mobiliário EACH Programa de Gestão de Compras Volume II Escola de Artes, Ciências e Humanidades Universidade de São Paulo Direitos resevados à EACH Escola de Artes, Ciências e Humanidades 2011

Leia mais

DESCRIÇÃO TÉCNICA DOS MATERIAIS EMPREGADOS

DESCRIÇÃO TÉCNICA DOS MATERIAIS EMPREGADOS Braçadeira para Injeção Intravenosa ARS 01 Braçadeira para Injeção Intravenosa ARS 01 Braçadeira de apoio de piso para suporte de braço e aplicação de injeção. Altura regulável por mandril,base de ferro,

Leia mais

ETME 01. ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DE MATERIAIS PARA EFICIENTIZAÇÃO Revisão, 14/09/2010

ETME 01. ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DE MATERIAIS PARA EFICIENTIZAÇÃO Revisão, 14/09/2010 ETME 01 ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DE MATERIAIS PARA EFICIENTIZAÇÃO Revisão, 14/09/2010 SUMÁRIO 1.1 OBJETIVO...4 1.2 NORMAS RECOMENDADAS...4 1.3 UNIDADES DE MEDIDA...4 1.4 IDIOMA...4 1.5 GARANTIAS QUANTO AO

Leia mais

RESULTADO Nº QTDADE UNIDADE DESCRIÇÃO NEGOC VENCEDOR 1 10 UNIDADE 148,00 DORNE & DORNE LTDA - EPP 94,00 DORNE & DORNE LTDA - EPP 2 10 UNIDADE

RESULTADO Nº QTDADE UNIDADE DESCRIÇÃO NEGOC VENCEDOR 1 10 UNIDADE 148,00 DORNE & DORNE LTDA - EPP 94,00 DORNE & DORNE LTDA - EPP 2 10 UNIDADE 1 10 UNIDADE CADEIRA modelo secretária executiva, giratória, com braços tipo corsa fechado, em poliuretano injetado; assento e encosto moldados anatomicamente em compensado com espessura mínima de 12 mm,

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA MÓDULO DE APOIO MA ERG-01 REVOGA: REVOGA DESENHO: DT-492/2 CÓDIGO ERP: ORGÃO DEMANDANTE: DERAT

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA MÓDULO DE APOIO MA ERG-01 REVOGA: REVOGA DESENHO: DT-492/2 CÓDIGO ERP: ORGÃO DEMANDANTE: DERAT EMPRESA BRASILEIRA DE CORREIOS E TELÉGRAFOS ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA MÓDULO DE APOIO MA ERG-01 NÚMERO: 122003 DESENHO: DT-492/3 EMISSÃO: JAN/2012 VALIDADE: JAN/2017 REVOGA: 082116 REVOGA DESENHO: DT-492/2

Leia mais

ANEXO I Descrição dos Materiais

ANEXO I Descrição dos Materiais ANEXO I Descrição dos Materiais 1. CADEIRA PRESIDENTE -------------------------------------------------------------------------------------------------------------- 2 2. CADEIRA INTERLOCUTOR PRESIDENTE

Leia mais

Parecer Técnico de Conformidade NR 17 e NBR 13966 (requisitos dimensionais) ERGOSPACE MESA DE TRABALHO RETA

Parecer Técnico de Conformidade NR 17 e NBR 13966 (requisitos dimensionais) ERGOSPACE MESA DE TRABALHO RETA Parecer Técnico de Conformidade NR 17 e NBR 13966 (requisitos dimensionais) ERGOSPACE MESA DE TRABALHO RETA Parecer Técnico de Conformidade NR 17 A SEFIT Serviços Especializados de Fisioterapia do Trabalho

Leia mais

1. ESPECIFICAÇÕES PARA AQUISIÇÃO DE CADEIRAS. 1.1 CADEIRA ALTA PARA OPERADOR DE CAIXA(Tipo Tesoureiro)

1. ESPECIFICAÇÕES PARA AQUISIÇÃO DE CADEIRAS. 1.1 CADEIRA ALTA PARA OPERADOR DE CAIXA(Tipo Tesoureiro) 1. ESPECIFICAÇÕES PARA AQUISIÇÃO DE CADEIRAS 1.1 CADEIRA ALTA PARA OPERADOR DE CAIXA(Tipo Tesoureiro) BASE - Estrutura em aço SAE 1010/1020, com 5(cinco) patas de aço, em tira relaminada com 1,9mm espessura

Leia mais

A INSTITUTO FEDERAL DE MINAS GERAIS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÕES Fone:(31)2513-5198 Fax: (31) 2513-5203 PREGÃO ELETRÔNICO 175/2013

A INSTITUTO FEDERAL DE MINAS GERAIS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÕES Fone:(31)2513-5198 Fax: (31) 2513-5203 PREGÃO ELETRÔNICO 175/2013 A INSTITUTO FEDERAL DE MINAS GERAIS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÕES Fone:(31)2513-5198 Fax: (31) 2513-5203 PREGÃO ELETRÔNICO 175/2013 1 1. DADOS DO FORNECEDOR 1.1 Dados Cadastrais da Empresa Razão Social:

Leia mais

Defensas metálicas de perfis zincados

Defensas metálicas de perfis zincados MT - DEPARTAMENTO NACIONAL DE ESTRADAS DE RODAGEM DIRETORIA DE DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO - IPR DIVISÃO DE CAPACITAÇÃO TECNOLÓGICA Rodovia Presidente Dutra km 163 - Centro Rodoviário, Parada de Lucas

Leia mais

5 CONDIÇÕES ESPECÍFICAS 5.1 Material: A armação da caixa deve ser feita com cantoneiras de aço-carbono, ABNT 1010 a 1020, laminado.

5 CONDIÇÕES ESPECÍFICAS 5.1 Material: A armação da caixa deve ser feita com cantoneiras de aço-carbono, ABNT 1010 a 1020, laminado. CAIXA DE MEDIÇÃO EM 34, kv 1 OBJETIVO Esta Norma padroniza as dimensões e estabelece as condições gerais e específicas da caixa de medição a ser utilizada para alojar TCs e TPs empregados na medição de

Leia mais

Instrução de Trabalho TRATAMENTO ANTI-CORROSIVO E

Instrução de Trabalho TRATAMENTO ANTI-CORROSIVO E PINTURA ELETROSTÁTICA PADRÃO Página: 1/7 Ed. Descrição Data Elaborado Verif. / Aprovado 0 Esta edição cancela e substitui a versão anterior 22/11/2011 Josias Salvador 1. OBJETIVO Instrução de Trabalho

Leia mais

1. ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS REFERENTES AOS ITENS 1 A

1. ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS REFERENTES AOS ITENS 1 A ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE MOBILIÁRIO PARA SALAS DE AULA E DE ATIVIDADES, SALAS DE USO MÚLTIPLO E DE INFORMÁTICA, ÁREAS DE ALIMENTAÇÃO E DE REPOUSO, DESTINADAS À EDUCAÇÃO INFANTIL, ENSINO FUNDAMENTAL E

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 134/026/2014 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 026/2014 SRP PROCESSO Nº 23080. 056220/2013-73

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 134/026/2014 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 026/2014 SRP PROCESSO Nº 23080. 056220/2013-73 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA PRÓ-REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO DEPARTAMENTO DE COMPRAS Prédio II da Reitoria - Rua Desembargador Vitor Lima, 222 - Trindade 6º andar CEP: 88040-400

Leia mais

Edição Data Alterações em relação à edição anterior. Nome dos grupos

Edição Data Alterações em relação à edição anterior. Nome dos grupos Processo Planejamento, Ampliação e Melhoria da Rede Elétrica Atividade Planeja o Desenvolvimento da Rede Código Edição Data VR.-00.199 Folha 2ª 1 DE 6 08/07/09 HISTÓRICO DE MODIFICAÇÕES Edição Data Alterações

Leia mais

PADRONIZAÇÃO DA COMUNICAÇÃO VISUAL DOS VEÍCULOS DO SERVIÇO SELETIVO DO TRANSPORTE PÚBLICO COLETIVO DE CAMPINAS

PADRONIZAÇÃO DA COMUNICAÇÃO VISUAL DOS VEÍCULOS DO SERVIÇO SELETIVO DO TRANSPORTE PÚBLICO COLETIVO DE CAMPINAS GPT/M008/10/R6 PADRONIZAÇÃO DA COMUNICAÇÃO VISUAL DOS VEÍCULOS DO SERVIÇO SELETIVO DO TRANSPORTE PÚBLICO COLETIVO DE CAMPINAS O presente documento estabelece os padrões de comunicação visual a serem observados

Leia mais

Estimativa. Unioeste 35011/2011 Cod. Fornecedor Classificação Vlr.Un. Total. Setor Processo Item edital

Estimativa. Unioeste 35011/2011 Cod. Fornecedor Classificação Vlr.Un. Total. Setor Processo Item edital 11/04/2013 17:28:08 Page 1 of 1 Fornecedor Classificação Vlr.Un. 101 9000 Mesa medindo (comprimento x largura x altura) 1300 x 550 x 800 mm, estrutura composta de duas colunas verticais com largura mínima

Leia mais

FORUNS INTERIOR E CAPITAL / GABINETES DE DESEMBARGADOR BLOCO 8/ (19-22) ESPECIFICAÇÕES DOS MOBILIÁRIOS-

FORUNS INTERIOR E CAPITAL / GABINETES DE DESEMBARGADOR BLOCO 8/ (19-22) ESPECIFICAÇÕES DOS MOBILIÁRIOS- ESTADO DE GOIÁS PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DESTINO: FORUNS INTERIOR E CAPITAL / GABINETES DE DESEMBARGADOR BLOCO 8/ (19-22) DATA: JANEIRO 2014 RESPONSAVÉL: DIVISÃO DE ARQUITETURA Continuação...

Leia mais

2 Os protótipos avaliados foram: biombos em painéis de vidro totalmente jateado (PJJ1 e PJJ4) e biombos em painéis de tecido (PT1 e PT4).

2 Os protótipos avaliados foram: biombos em painéis de vidro totalmente jateado (PJJ1 e PJJ4) e biombos em painéis de tecido (PT1 e PT4). Assunto: ANÁLISE DE PROTÓTIPOS REF: PGE 019/7050-2011 Item II À GILOGBE08 Senhora Coordenadora 1 De acordo com as especificações e desenhos pertinentes ao Pregão 019/7050-2011, procedeu-se à avaliação

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA I. OBJETO

TERMO DE REFERÊNCIA I. OBJETO TERMO DE REFERÊNCIA I. OBJETO Registro de Preço para eventual aquisição de mobiliário nos itens e quantitativo descrito na tabela abaixo, e nas especificações constantes neste Termo de Referência. Item

Leia mais

Pregão 003/2006 Alteração 01 ANEXO I ESPECIFICAÇÃO ESPECIFICAÇÃO DE SISTEMAS DE ARQUIVAMENTO COMPOSTO DE MÓDULOS DE ARQUIVOS DESLIZANTES

Pregão 003/2006 Alteração 01 ANEXO I ESPECIFICAÇÃO ESPECIFICAÇÃO DE SISTEMAS DE ARQUIVAMENTO COMPOSTO DE MÓDULOS DE ARQUIVOS DESLIZANTES Pregão 003/2006 Alteração ESPECIFICAÇÃO DE SISTEMAS DE ARQUIVAMENTO COMPOSTO DE MÓDULOS DE ARQUIVOS DESLIZANTES ITEM O1 Sistema de arquivamento composto de módulos de arquivos deslizantes, com acionamento

Leia mais

PADRONIZAÇÃO DA COMUNICAÇÃO VISUAL DOS VEÍCULOS DO SERVIÇO NOTURNO DO TRANSPORTE COLETIVO DE CAMPINAS CORUJÃO

PADRONIZAÇÃO DA COMUNICAÇÃO VISUAL DOS VEÍCULOS DO SERVIÇO NOTURNO DO TRANSPORTE COLETIVO DE CAMPINAS CORUJÃO GPT/M012/10/R4 PADRONIZAÇÃO DA COMUNICAÇÃO VISUAL DOS VEÍCULOS DO SERVIÇO NOTURNO DO TRANSPORTE COLETIVO DE CAMPINAS CORUJÃO O presente documento estabelece os padrões de comunicação visual a serem observados

Leia mais

1.4. ITEM 02: SUPORTE - Dimensões: 760 x 440 x 80 mm (LxPxA) 1.5. QUANTIDADE: 1308 1.6. VALOR REGISTRADO: R$245,00

1.4. ITEM 02: SUPORTE - Dimensões: 760 x 440 x 80 mm (LxPxA) 1.5. QUANTIDADE: 1308 1.6. VALOR REGISTRADO: R$245,00 ATA DE REGISTRO DE PREÇO DADOS DO PREGÃO NÚMERO DO PREGÃO: 06/2014 NÚMERO DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS: 06/2014 ÓRGÃO GESTOR: ESCOLA DE SARGENTOS DE LOGÍSTICA UASG: 160318 CONTATO NO ÓRGÃO PARA ADESÃO:

Leia mais

As placas quando montadas são inter-travadas entre si, garantindo-se perfeita estabilidade e rigidez do conjunto. As placas devem permitir fácil montagem/desmontagem, junta de separação de 0,5 a 2 mm em

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO E-62.014

ESPECIFICAÇÃO E-62.014 ESPECIFICAÇÃO E-62.014 Transformador de Corrente com Tensão Igual ou Superior a 69 kv Processo: Medição e Perdas Versão: 0.0 Início de Vigência: 30-01-2014 Órgão de Origem: Divisão de Medição e Proteção

Leia mais

Manual Técnico - OHRA E GAV. PLANO -

Manual Técnico - OHRA E GAV. PLANO - Manual Técnico - OHRA E GAV. PLANO - Material elaborado pelo departamento técnico da OfficeBrasil Desenvolvimento de Projetos e Produtos Última atualização: Março de 2013 Belo Horizonte, MG Linha Ohra

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS 1. ESTRUTURA E BLINDAGEM DOS MODULOS 1.1 - Estruturas Laterais Externas Deverão ser confeccionadas em chapa de aço SAE1010 #18, com varias dobras formando colunas, sem quinas ou

Leia mais

20 172,00 Und 161,0000. 21 170,00 Und 120,0000. 22 230,00 Und 240,0000 74,0900. 23 520,00 Und. 24 136,00 Und 680,0000. 25 100,00 Und 1.

20 172,00 Und 161,0000. 21 170,00 Und 120,0000. 22 230,00 Und 240,0000 74,0900. 23 520,00 Und. 24 136,00 Und 680,0000. 25 100,00 Und 1. Ata: 316 11484 C.K.YOKOTA MÓVEIS (42) 36245754 Armário de escritório multiuso nas medidas aproximadas 2,39m x 0,80m x 0,55m composto por 10 prateleiras e coluna central. Tampo 2 215,00 Und confeccionado

Leia mais

FÓRUM TRABALHISTA DE FLORIANÓPOLIS EDIFÍCIO UTRILLO PROJETO DE ACESSIBILIDADE

FÓRUM TRABALHISTA DE FLORIANÓPOLIS EDIFÍCIO UTRILLO PROJETO DE ACESSIBILIDADE FÓRUM TRABALHISTA DE FLORIANÓPOLIS EDIFÍCIO UTRILLO MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO DE ACESSIBILIDADE Responsabilidade e Compromisso com o Meio Ambiente MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO DE ACESSIBILIDADE OBRA:

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA abr/2006 1 de 6 COBERTURAS DIRETORIA DE ENGENHARIA. Edificações. Coberturas. PR 010979/18/DE/2006 ET-DE-K00/005

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA abr/2006 1 de 6 COBERTURAS DIRETORIA DE ENGENHARIA. Edificações. Coberturas. PR 010979/18/DE/2006 ET-DE-K00/005 ESPECIFICÇÃO TÉCNIC abr/2006 1 de 6 TÍTULO COBERTURS ÓRGÃO DIRETORI DE ENGENHRI PLVRS-CHVE Edificações. Coberturas. PROVÇÃO PROCESSO PR 010979/18/DE/2006 DOCUMENTOS DE REFERÊNCI SEP Secretaria de Estado

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA PISO ELEVADO ACECOFLOOR PLACA CC1250

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA PISO ELEVADO ACECOFLOOR PLACA CC1250 ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA PISO ELEVADO ACECOFLOOR PLACA CC1250 Dimensões: Pesos: Tolerâncias: Resistências: 600 mm X 600 mm (medida nominal) (59,98cm X 59,98cm) 30 mm de espessura (medida nominal) Peso de

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO. Anexo I-A: Projeto Arquitetônico

MEMORIAL DESCRITIVO. Anexo I-A: Projeto Arquitetônico Fornecimento e Instalação de Brises na Fachada Oeste do Edifício Sede do MPDFT Sumário MEMORIAL DESCRITIVO Anexo I-A: Projeto Arquitetônico 1.Descrição dos Serviços...2 2.Serviços Preliminares...2 2.1.Tapumes

Leia mais

AQUISIÇÃO DE PLACAS DE SINALIZAÇÃO E EXTINTORES DE INCÊNDIO (PB-SBRH-002-2014)

AQUISIÇÃO DE PLACAS DE SINALIZAÇÃO E EXTINTORES DE INCÊNDIO (PB-SBRH-002-2014) ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA AQUISIÇÃO DE PLACAS DE SINALIZAÇÃO E EXTINTORES DE INCÊNDIO (PB-SBRH-002-2014) Maio 2014 Caderno de Especificações Técnicas Segurança do Trabalho de Sobradinho 1/19 ESPECIFICAÇÃO

Leia mais

www.torcisao.ind.br Catálogo de Produtos

www.torcisao.ind.br Catálogo de Produtos www.torcisao.ind.br Catálogo de Produtos A TORCISÃO A Torcisão foi fundada em 1968, iniciando suas atividades na fabricação de peças para a indústria automobilística. Em 2006, o grupo se expandiu e fundou

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA COFRE (MODELO B) CFR/B-01-02. Especificação Técnica revisada conforme solicitação contida no FSET nº. 045/ 2013.

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA COFRE (MODELO B) CFR/B-01-02. Especificação Técnica revisada conforme solicitação contida no FSET nº. 045/ 2013. ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA COFRE (MODELO B) CFR/B-01-02 NÚMERO: 142201 EMISSÃO: JANEIRO/2014 VALIDADE: JANEIRO/2016 REVOGA: 112057 CÓDIGO ERP: Modelo B-01 (menor): 10050151-6 Modelo B-02 (maior): 10050152-4

Leia mais

Modelo SOLO900 SOLO700 TOPO700. Carga máx. 3000 kg o par 3000 kg o par 3000 kg o par. 726 mm. 702 mm (linha superior) ( 702 mm)

Modelo SOLO900 SOLO700 TOPO700. Carga máx. 3000 kg o par 3000 kg o par 3000 kg o par. 726 mm. 702 mm (linha superior) ( 702 mm) Barras de Pesagem Beckhauser Manual do Usuário Conheça seu equipamento em detalhes e saiba como aproveitar todo seu potencial no manejo. Leia atentamente este Manual antes de utilizar o produto e antes

Leia mais

ESTRUTURAS METÁLICAS CANOAS - RS

ESTRUTURAS METÁLICAS CANOAS - RS ESTRUTURAS METÁLICAS CANOAS - RS 2 INDICE 1. ESTRUTURAS METÁLICAS... 3 1.1. Estruturas Metálicas Diversas... 3 1.1.1. Qualidade do Material a Ser Empregado... 4 1.1.2. Critérios Gerais para Aceitação do

Leia mais

BLOCO 4/ (19-22) ESPECIFICAÇÕES DOS MOBILIÁRIOS-

BLOCO 4/ (19-22) ESPECIFICAÇÕES DOS MOBILIÁRIOS- ESTADO DE GOIÁS PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DESTINO: FORUNS INTERIOR E CAPITAL / GABINETES DE DESEMBARGADOR BLOCO 4/ (19-22) DATA: JUNHO/2013 RESPONSAVÉL: DIVISÃO DE ARQUITETURA ESPECIFICAÇÕES

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA MÓDULO DE PASSAGEM DE DUTOS MPD 01

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA MÓDULO DE PASSAGEM DE DUTOS MPD 01 ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA MÓDULO DE PASSAGEM DE DUTOS MPD 01 NÚMERO: 132019 DESENHO: DT-576 EMISSÃO: MARÇO /2013 VALIDADE: MARÇO /2018 REVOGA: 112006 CÓDIGO ERP: Modelo A: 11990197-8 (CON) 10900153-2 (PER)

Leia mais

2.1. CONDIÇÕES DO LOCAL DE INSTALAÇÃO 2.2. NORMAS TÉCNICAS 2.3. DOCUMENTOS TÉCNICOS A SEREM APRESENTADOS PARA APROVAÇÃO APÓS ASSINATURA DO CONTRATO

2.1. CONDIÇÕES DO LOCAL DE INSTALAÇÃO 2.2. NORMAS TÉCNICAS 2.3. DOCUMENTOS TÉCNICOS A SEREM APRESENTADOS PARA APROVAÇÃO APÓS ASSINATURA DO CONTRATO ÍNDICE 1.0 OBJETIVO 2.0 REQUISITOS GERAIS 2.1. CONDIÇÕES DO LOCAL DE INSTALAÇÃO 2.2. NORMAS TÉCNICAS 2.3. DOCUMENTOS TÉCNICOS A SEREM APRESENTADOS PARA APROVAÇÃO APÓS ASSINATURA DO CONTRATO 2.4. EXTENSÃO

Leia mais

ANEXO V MÓDULOS AUDITÓRIO. 1600,00 mm. 400,00 mm. 725,00 mm VISTA FRONTAL VISTA LATERAL. 700,00 mm VISTA SUPERIOR

ANEXO V MÓDULOS AUDITÓRIO. 1600,00 mm. 400,00 mm. 725,00 mm VISTA FRONTAL VISTA LATERAL. 700,00 mm VISTA SUPERIOR ANEXO V 1600,00 mm 200,00 mm 490,00 mm 400,00 mm 725,00 mm VISTA FRONTAL 580,00 mm VISTA LATERAL MÓDULOS AUDITÓRIO 700,00 mm 03 - Mesas em MDF texturizado estrutura em MDF Cinza Cristal 2 faces de 15mm

Leia mais

Fachadas Fichas de Aplicação

Fachadas Fichas de Aplicação Fichas de Aplicação Ventiladas - Sistema de s Ventiladas - Viroclin Ventiladas - Virocnail Ventiladas - Sistema Misto Consulte o Dossier Técnico Viroc disponível em www.viroc.pt, na página de Downloads.

Leia mais

Portaria n.º 260, de 05 de junho de 2014.

Portaria n.º 260, de 05 de junho de 2014. Serviço Público Federal MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, QUALIDADE E TECNOLOGIA-INMETRO Portaria n.º 260, de 05 de junho de 2014. O PRESIDENTE

Leia mais

BARGOA. Conjunto de Emenda Aérea Selada Vertical - CEASV

BARGOA. Conjunto de Emenda Aérea Selada Vertical - CEASV O CEASV consiste de um conjunto para a acomodação e proteção de emendas de cabos de rede externa de telefonia, em montagem de topo, para instalações aéreas. Trata-se de um sistema versátil, de fácil instalação

Leia mais

CATÁLOGO TÉCNICO DE PRODUTO

CATÁLOGO TÉCNICO DE PRODUTO Descrição: O Sistema de Estação de Trabalho e Montagem - S.A.M. - apresenta soluções refinadas e flexíveis, com ótima relação de custo benefício que se adequa perfeitamente às necessidades de sua empresa.

Leia mais

1 ESTADO DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO COORDENADORIA-GERAL DE LICITAÇÕES ATENÇÃO

1 ESTADO DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO COORDENADORIA-GERAL DE LICITAÇÕES ATENÇÃO 1 1 ATENÇÃO A Empresa que se interessar em participar desta Tomada de Preços, deverá se cadastrar nesta prefeitura, para a obtenção do CRC, no prazo de: até três (03) dias úteis antes da data desta licitação

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA BALCÃO POLIVALENTE. Especificação Técnica revisada, conforme FSET nº. 108/2011 acordado com o DERAT.

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA BALCÃO POLIVALENTE. Especificação Técnica revisada, conforme FSET nº. 108/2011 acordado com o DERAT. EMPRESA BRASILEIRA DE CORREIOS E TELÉGRAFOS ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA BALCÃO POLIVALENTE BP ERG-02 NÚMERO: 112049 DESENHO: DT-487/7 EMISSÃO: NOVEMBRO/2011 VALIDADE: NOVEMBRO/2016 REVOGA: 082119 REVOGA DESENHO:

Leia mais

VIGAS HT 20 E HT 12. + / - 2,0 mm - 1,5 % - 1,5 % + / - 0,5 mm. Características da capacidade de carga. Q adm. = 7 kn M adm.

VIGAS HT 20 E HT 12. + / - 2,0 mm - 1,5 % - 1,5 % + / - 0,5 mm. Características da capacidade de carga. Q adm. = 7 kn M adm. VIGAS HT 20 E HT 12 TABELA DE MEDIÇÃO Dimensões HT 12plus Tolerâncias Altura da viga Altura da mesa Largura da mesa Espessura da alma 120 mm 35 mm 65 mm 26,6 mm + / - 2,0 mm - 1,5 % - 1,5 % + / - 0,5 mm

Leia mais

Fundação Educacional de Patos de Minas - FEPAM Mantenedora do Centro Universitário de Patos de Minas UNIPAM

Fundação Educacional de Patos de Minas - FEPAM Mantenedora do Centro Universitário de Patos de Minas UNIPAM 1 1º AVISO DE RETIFICAÇÃO CARTA CONVITE Nº 07-2014 A Fundação Educacional de Patos de Minas, através da Comissão Permanente de Licitação, leva ao conhecimento dos interessados que o edital CARTA CONVITE

Leia mais

PEDIDO DE COTAÇÃO - ANEXO I

PEDIDO DE COTAÇÃO - ANEXO I Folha: 0001 001 109217 Condicionador, de ar, tipo split, de parede, unidade interna horizontal, capacidade de refrigeração de 30.000 BTU/h, com selo PROCEL (Coeficiente de Eficiência Energética - Classe

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES ANEXAS MOBILIÁRIO DE ESCRITÓRIO

ESPECIFICAÇÕES ANEXAS MOBILIÁRIO DE ESCRITÓRIO ESPECIFICAÇÕES ANEXAS MOBILIÁRIO DE ESCRITÓRIO CÓDIGO: 1066745 MESA COM TAMPO EM "L" (OPERACIONAL), MEDIDAS 140 X 140 X 60 X 60 Tampo confeccionado em fibra de madeira de média densidade (MDF) com espessura

Leia mais

ANEXO VII GERÊNCIA DE ADMINISTRAÇÃO

ANEXO VII GERÊNCIA DE ADMINISTRAÇÃO ANEXO VII EMPRESA 01 EMPRESA 02 EMPRESA 03 Tampoemformatosretangular,medindo90x60cm,emchapademadeiraaglomeradadealtadensidaderevestidaemambasasfacesemlaminadoplásticode baixa pressão nas cor castanho com

Leia mais

ANEXO 2 - ESPECIFICAÇÕES PADRONIZADAS - INSTRUÇÃO 005 DE 22/03/2012

ANEXO 2 - ESPECIFICAÇÕES PADRONIZADAS - INSTRUÇÃO 005 DE 22/03/2012 1 71.05.00.001305034 CADEIRA em polipropileno, monobloco, sem apoio braco, na cor branca, uso interno ou externo, capacida carga maxima 150 Kg. CADEIRA, em polipropileno, monobloco, sem apoio braco, na

Leia mais

NORMA TÉCNICA CELG D. Caixas Metálicas para Medição, Proteção e Derivação. NTC-03 Revisão 3

NORMA TÉCNICA CELG D. Caixas Metálicas para Medição, Proteção e Derivação. NTC-03 Revisão 3 NORMA TÉCNICA CELG D Caixas Metálicas para Medição, Proteção e Derivação NTC-03 Revisão 3 NTC-03 / DT-SETOR DE NORMATIZAÇÃO TÉCNICA ÍNDICE SEÇÃO TÍTULO PÁGINA 1. OBJETIVO 1 2. NORMAS E DOCUMENTOS COMPLEMENTARES

Leia mais

DATA: DESTINO: FORUNS INTERIOR E CAPITAL / GABINETES DE DESEMBARGADOR BLOCO 8/ (19-22) ESPECIFICAÇÕES REFERENCIAIS

DATA: DESTINO: FORUNS INTERIOR E CAPITAL / GABINETES DE DESEMBARGADOR BLOCO 8/ (19-22) ESPECIFICAÇÕES REFERENCIAIS DATA: DESTINO: FORUNS INTERIOR E CAPITAL / GABINETES DE DESEMBARGADOR ESTADO DE GOIÁS PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA BLOCO 8/ (19-22) JUNHO 2015 RESPONSAVÉL: DIVISÃO DE ARQUITETURA ESPECIFICAÇÕES

Leia mais

CUBÍCULO. Média Tensão - MT. Painéis metálicos cubículo MT

CUBÍCULO. Média Tensão - MT. Painéis metálicos cubículo MT CUBÍCULO Média Tensão - MT É uma unidade estrutural, autossustentável, em invólucro metálico, podendo conter dispositivos de manobra e componente associados. Conforme a NBR 6979 o cubículo Fockink é definido

Leia mais

Catálogo de Produtos

Catálogo de Produtos Catálogo de Produtos 2 3 ÍNDICE EMPRESAS WELOZE WELOZE OffICE ESTRUTURAS PARA ESTAÇÕES DE TRABALHO 06 07 08 09 13 15 CALHAS ESTRUTURAIS 17 23 CALHAS PASSA-CABOS PEDESTAIS COLUNAS SUPORTES BASES ESTAMPADAS

Leia mais

PERFORT SISTEMAS DE BANDEJAMENTO

PERFORT SISTEMAS DE BANDEJAMENTO PERFORT 1 SISTEMAS DE BANDEJAMENTO Utilizando o conceito de estruturação mecânica desenvolvido pela MOPA, o ELETROFORT é uma eletrocalha de seção transversal e características exclusivas, que permitiram

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA MESA DE HALL PÚBLICO MHP 02 ERG REVOGA: REVOGA DESENHO: DT-498/3 CÓDIGO ERP: ORGÃO DEMANDANTE: DERAT

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA MESA DE HALL PÚBLICO MHP 02 ERG REVOGA: REVOGA DESENHO: DT-498/3 CÓDIGO ERP: ORGÃO DEMANDANTE: DERAT EMPRESA BRASILEIRA DE CORREIOS E TELÉGRAFOS ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA MESA DE HALL PÚBLICO MHP 02 ERG NÚMERO: 122010 DESENHO: DT-498/4 EMISSÃO: FEV/2012 VALIDADE: FEV/2017 REVOGA: 082027 REVOGA DESENHO: DT-498/3

Leia mais

NORMA TÉCNICA NTC 011

NORMA TÉCNICA NTC 011 COMPANHIA CAMPOLARGUENSE DE ENERGIA COCEL NORMA TÉCNICA 011 CAIXAS PARA EQUIPAMENTOS DE MEDIÇÃO - MATERIAL POLIMÉRICO Divisão de Medição e Fiscalização Emissão: 2015 Versão: 01/2015 1 2 SUMÁRIO: 1. OBJETIVO...

Leia mais

SOLUÇÕES PARA ORGANIZAÇÃO

SOLUÇÕES PARA ORGANIZAÇÃO SOLUÇÕES PARA ORGANIZAÇÃO Presto A Presto é uma marca especializada em soluções para facilitar o trabalho. Diferencia-se pela sua capacidade de inovação e criatividade, aliada a constantes investimentos

Leia mais

Pioneira no segmento de produtos para organização, armazenamento e movimentação de ferramentas e equipamentos industriais.

Pioneira no segmento de produtos para organização, armazenamento e movimentação de ferramentas e equipamentos industriais. Pioneira no segmento de produtos para organização, armazenamento e movimentação de ferramentas e equipamentos industriais. A primeira opção nacional do segmento. Experiência para garantir maior robustez,

Leia mais

Descritivo Modelo de Infraestrutura para CDC DMIC

Descritivo Modelo de Infraestrutura para CDC DMIC Descritivo Modelo de Infraestrutura para CDC DMIC CONTATO E-MAIL: implantacao@redecidadania.ba.gob.br VERSÃO 9.0 MAIO / 2015 ESPECIFICAÇÕES DO ESPAÇO DO CDC Para a implantação do CDC é necessário encontrar

Leia mais

ÁGUA (COMO OBTER A LIGAÇÃO) INSTRUÇÕES PARA A INSTALAÇÃO DO PADRÃO DE DIÂMETRO

ÁGUA (COMO OBTER A LIGAÇÃO) INSTRUÇÕES PARA A INSTALAÇÃO DO PADRÃO DE DIÂMETRO DICAS COMO REDUZIR O GASTO DESNECESSÁRIO DE ÁGUA TORNEIRAS Ao lavar as mãos, feche a torneira na hora de ensaboá-las. Ao escovar os dentes ou fazer a barba, faça o mesmo. Só volte a abrir a torneira na

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal da Integração Latino-Americana. Ata de Realização do Pregão Eletrônico Nº 00002/2014 (SRP)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal da Integração Latino-Americana. Ata de Realização do Pregão Eletrônico Nº 00002/2014 (SRP) Pregão Eletrônico 158658.22014.97270.4211.910305653.491 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal da Integração Latino-Americana Ata de Realização do Pregão Eletrônico Nº 00002/2014 (SRP) Às 09:01 horas

Leia mais

Bastidores para fibra óptica

Bastidores para fibra óptica Apresentação A gama de armários para fibra óptica Olirack foi concebida para a instalação, protecção e isolamento de terminadores e repartidores ópticos. A fibra óptica é um filamento feito de vidro ou

Leia mais

Manual Descritivo para Construção do ASBC

Manual Descritivo para Construção do ASBC Manual descritivo para construção do ASBC 1 Felipe Marques Santos Manual Descritivo para Construção do ASBC (Aquecedor Solar de Baixo Custo) Coordenador: Prof. Dr. Rogério Gomes de Oliveira 2 Manual descritivo

Leia mais