Seleção Pública de Projetos para apoio financeiro à Produção de Longa-Metragem de Baixo Orçamento

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Seleção Pública de Projetos para apoio financeiro à Produção de Longa-Metragem de Baixo Orçamento"

Transcrição

1 Seleção Pública de Projetos para apoio financeiro à Produção de Longa-Metragem de Baixo Orçamento O ESTADO DO RIO DE JANEIRO, por intermédio da DO RIO DE JANEIRO SEC torna pública, para conhecimento dos interessados, a presente chamada de abertura de inscrições para seleção de projetos, na área de audiovisual, de Produção de Longa- Metragem de Baixo Orçamento, tendo em vista a concessão de apoio financeiro nas condições estabelecidas no presente instrumento. A presente Chamada Pública, que faz parte do PROGRAMA DE EDITAIS DE AUDIOVISUAL DA 2011/2012, está em conformidade com as finalidades estabelecidas para a SEC, em especial: a) formular e supervisionar a execução da política estadual de cultura, em estreita articulação com os órgãos e entidades a ela vinculados, bem como com os demais órgãos públicos e privados envolvidos; e b) incentivar a criação artística em todas as suas formas de expressão, bem como a integração cultural, a pesquisa de novas linguagens, a formação e o aprimoramento de pessoal de sua área de atuação. 1 OBJETO 1.1 O presente instrumento foi instituído com a finalidade de fornecer apoio financeiro a projetos que contribuam para o desenvolvimento das atividades culturais e artísticas nas áreas de audiovisual, com a linha de ação de Produção de Longa-Metragem de Baixo Orçamento. 1.2 A linha de ação referida tem por objetivo apoiar financeiramente a produção de obras cinematográficas de longa-metragem de baixo orçamento, em matriz digital ou fílmica, dos gêneros ficção, animação e documentário, com vistas ao aprimoramento de idéias e a busca de novos modelos de produção. 2 DEFINIÇÕES 2.1 Para fins deste Regulamento, entende-se que: 1

2 a) PROPONENTE é quem assume a responsabilidade legal junto à SEC pelo projeto, por sua inscrição no Programa de Chamadas Públicas de Audiovisual SEC 2011/2012 e por sua execução. O proponente deve, obrigatoriamente, ser empresa brasileira de produção independente estabelecida no Estado do Rio de Janeiro há pelo menos 1 (um) ano e não possuir qualquer associação ou vínculo com: empresas de serviços de radiodifusão de sons e imagens; operadoras de comunicação eletrônica de massa e ou telecomunicações; empresas, autarquias, fundações, entre outros, que sejam ligados a União, Estados e Municípios ou que possuam capital público no seu patrimônio de qualquer ente federativo; b) EMPRESA BRASILEIRA DE PRODUÇÃO INDEPENDENTE é aquela constituída sob as leis brasileiras, com sede e administração no país, cujo poder decisório seja de pessoas físicas brasileiras, que não tenha qualquer associação ou vínculo com empresas de serviços de radiodifusão de sons e imagens ou operadoras de comunicação eletrônica de massa, que não tenha capital social público, e seja registrada na Agência Nacional de Cinema ANCINE, tendo competência de Empresa Produtora; c) RESPONSÁVEL PELA EXECUÇÃO é o profissional que responde pela qualidade técnica do projeto, devendo estar apto a esclarecer seu conteúdo e a supervisionar seu desenvolvimento. O responsável pela execução deve, obrigatoriamente, residir no Estado do Rio de Janeiro há pelo menos 1 (um) ano; d) ROTEIRO é o texto realizado a partir do argumento da obra audiovisual, contendo a descrição dos personagens, o desenvolvimento dramatúrgico, os diálogos e sua divisão em sequências. f) PROJETO/OBRA INÉDITA é aquele que, até o prazo final da inscrição neste processo de seleção, não tenha sido contemplado em nenhum outro tipo de concurso, edital ou chamada pública de Produção, nem tenha servido de base para longa-metragem com captação de recursos e Produção já começados. g) LONGA-METRAGEM define-se por obra audiovisual com, no mínimo 70 (setenta) minutos de duração, e que seja dedicada, prioritariamente, a exibição em salas de cinema. 3- CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO 3.1 Poderão participar desta Chamada Pública projetos apresentados por empresas brasileiras de Produção audiovisual, registradas na Ancine e constituídas sob as leis brasileiras, com sede ou administração no Estado do Rio de Janeiro por mais de 1 (um) ano, apresentando documento comprobatório deste fato, cuja maioria do capital seja de titularidade direta ou 2

3 indireta de brasileiros natos ou naturalizados há mais de 10 (dez) anos, os quais devem exercer de fato e de direito o poder decisório da empresa 3.2 É vedada a participação de proponentes que possuam associação ou vínculo com empresas de serviços de radiodifusão de sons e imagens; operadoras de comunicação eletrônica de massa e ou telecomunicações; empresas, autarquias, fundações, entre outros, que sejam ligados a União, Estados e Municípios ou que possuam capital público no seu patrimônio de qualquer ente federativo. 3.3 É vedada a participação de pessoa jurídica que tenha em seu quadro social servidores da SEC, do Estado do Rio de Janeiro ou membros da Comissão de Seleção e seus respectivos cônjuges, companheiros ou parentes em linha reta e colaterais ou por afinidade até o terceiro grau. 3.4 E vedada a participação de proponentes que não tenham prestado contas de projetos anteriormente apoiados pela Lei de Incentivo Estadual e por quaisquer outros programas estaduais, cuja data limite para Prestação de Contas esteja vencida e/ou que estejam com Prestação de contas indeferida ou não regularizada. 3.5 Os proponentes poderão inscrever apenas 1 (um) projeto nesta linha de ação referenciada por esta Chamada Pública. 3.6 O Proponente deverá realizar todas as etapas de produção da obra audiovisual de baixo orçamento sem complementação de verba por meio de lei de incentivo (federal, estadual ou municipal) ou por meio de outros editais de fomento (de instituições públicas ou privadas). 3.7 O Proponente poderá contar com recursos financeiros próprios ou advindos de apoios, parcerias e ou acordos com empresas com ou sem fins lucrativos de natureza pública ou privada, desde que estes recursos não sejam oriundos de editais, leis de incentivo ( de qualquer esfera governamental), Funcines, e ou financiamentos. 3.8 O descumprimento de quaisquer destas condições implicará a impugnação e desclassificação do projeto em qualquer fase do processo seletivo. 4 INSCRIÇÃO 4.1 Os projetos, de que trata a presente Chamada Pública, deverão ser inscritos por meio do preenchimento do formulário de cadastro que estará disponível no sítio da Secretaria de Estado 3

4 de Cultura ( do dia 06 de março de 2012 até as 18 horas (horário de Brasília) do dia 10 de abril de O proponente deverá apresentar a proposta em consonância com o objetivo da seleção, preenchendo corretamente todos os campos dos formulários com informações válidas e, ainda, e anexar os seguintes documentos, estando sujeito à desclassificação caso as informações não sejam verídicas: a) Planilha Orçamentária, com todo o detalhamento dos custos do projeto (conforme modelo disposto no sítio da SEC); b) Cronograma Físico das Atividades do Projeto, evidenciando as etapas principais do projeto e o tempo necessário à realização (conforme modelo disposto no sítio da SEC); c) Roteiro da obra a ser produzida. No caso de documentário, no lugar do roteiro previsto, deverá ser encaminhado: descrição detalhada do universo/tema a ser abordado; relatório da pesquisa realizada; indicação de locações; definição dos entrevistados/personagens; pauta de entrevistas, quando for o caso; pré-roteiro; e descrição da dramaturgia e das técnicas a serem utilizadas; d) Declaração de Adimplência do proponente, com firma reconhecida (conforme modelo disposto no sítio da SEC); e) Nos casos de projetos de Animação, é obrigatório inserir arquivo contendo no mínimo 5 (cinco) imagens dos layouts conceituais; f) Nos casos que envolvam adaptações de outras obras: literárias, musicais, dramatúrgicas (teatro), entre outras é obrigatório enviar documento de comprovação de 1º opção ou promessa de compra devidamente assinado pelo detentor ou responsável pelos direitos patrimoniais da mesma. 4.3 A inscrição será gratuita e aberta exclusivamente a Pessoa Jurídica. 4.4 Ao final, após o proponente CONCLUIR a sua inscrição, será gerado o número de inscrição do projeto, devendo o proponente imprimi-lo e guardá-lo como comprovação. 4.5 Não serão aceitas modificações ou substituições de dados e de anexos ao projeto depois de finalizada a inscrição. 5. TRIAGEM 5.1 Consiste na verificação, a cargo da Superintendência do Audiovisual da SEC, das informações e dos documentos exigidos por ocasião da Inscrição, no item

5 5.2 Na etapa de triagem, o proponente que não apresentar todas as informações e os documentos exigidos, ou na condição de estes não estarem em conformidade com os dados apresentadas pelo proponente nos formulários de inscrição, terá o seu projeto desclassificado. 5.3 Serão desclassificadas inscrições que não se enquadrem neste regulamento. 5.4 Somente serão aceitos arquivos em DOC ou PDF ou JPEG ou MP3 ou FLV ou XLS. O somatório dos arquivos não poderá exceder 7MB. 6 SELEÇÃO 6.1 Os projetos inscritos na presente Chamada Pública e classificados como aptos após o período de Triagem serão avaliados por uma Comissão de Seleção, cuja função consiste em examinar o conteúdo dos projetos de acordo com os critérios estabelecidos nesta Chamada. 6.2 A Comissão de Seleção será constituída por 5 (cinco) membros, sendo presidida por 1 (um) representante do corpo funcional da Secretaria de Estado de Cultura e tendo, como os demais componentes, pessoas de reputação ilibada e de reconhecido conhecimento da matéria em exame. 6.3 Os projetos da linha de Produção de Longa-Metragem de Baixo Orçamento serão examinados levando em consideração os seguintes critérios: a) Mérito do projeto (originalidade, ineditismo, qualidade técnica e artística do conteúdo proposto); b) Viabilidade de execução (clareza e coerência dos objetivos propostos, adequação do projeto ao orçamento, cronograma de realização); c) Capacidade de execução e gerenciamento da empresa proponente e do responsável; d) Vínculo cultural do projeto com o Estado do Rio de Janeiro; e) Potencial de visibilidade e articulação do projeto proposto; f) Capacidade de adequação da história aos meios de produção disponíveis. 6.4 A Secretaria de Estado de Cultura divulgará o resultado final da seleção no Diário Oficial do Estado Rio de Janeiro (DOERJ) e no sítio da SEC ( 5

6 7 HABILITAÇÃO 7.1 A Secretaria de Estado de Cultura somente solicitará documentação referente à habilitação, bem como o cumprimento das condições de elegibilidade, dos proponentes cujo projeto tenha sido selecionado para contratação. 7.2 Como condição necessária à habilitação, os proponentes dos projetos selecionados deverão apresentar, no prazo indicado no cronograma, a seguinte documentação: a) Cópia do Contrato Social ou Estatuto com a última alteração; b) Comprovante de inscrição e situação cadastral do CNPJ; c) Certificado de regularidade de situação relativa ao FGTS; d) Cópia de RG e CPF do dirigente ou representante legal; e) Certidão Negativa Conjunta de Tributos Federais e Dívida Ativa da União; f) Certidão da Dívida Ativa expedida pela Procuradoria do Estado do Rio de Janeiro; g) Certidão Negativa de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS); h) Certidão Negativa de Débito para com o INSS; i) Termo de Autorização de Uso de Imagem, Voz e Nome; j) Certidão Negativa de Débitos Trabalhistas. 7.3 A documentação descrita no item 7.2 deve ser encaminhada via SEDEX, com Aviso de Recebimento (A.R), ou entregue diretamente no Protocolo da Secretaria de Estado de Cultura, em volume único etiquetado com a seguinte identificação: Secretaria de Estado de Cultura do Rio de Janeiro- SEC Protocolo - Superintendência do Audiovisual Título do Projeto Nome do Proponente Número da Inscrição do Projeto / Linha de Ação Endereço: Rua da Ajuda 5 /14º andar Centro, Rio de Janeiro, RJ CEP Todas as certidões mencionadas deverão estar válidas no ato da contratação. Caso o período de validade venha a se esgotar na fase de habilitação, a certidão vencida deverá ser substituída até a data de assinatura do contrato, sob pena de a contratação não ser efetivada. 7.5 Após a análise da documentação, será publicada a relação dos habilitados/inabilitados, no DOERJ e no sítio da SEC ( com a indicação do(s) motivo(s) da inabilitação. 6

7 7.6 O proponente habilitado deverá providenciar a abertura de conta bancária específica, em instituição financeira contratada pelo Estado do Rio de Janeiro, para a movimentação do apoio financeiro, apresentando o respectivo comprovante (extrato com saldo zero). 7.7 Serão inabilitados os projetos selecionados para a contratação, caso: a) A documentação não esteja completa ou esteja com prazo de validade vencido; b) Não seja confirmada, pela Superintendência do Audiovisual, a declaração de adimplência apresentada na Inscrição, com referência à prestação de contas de recursos anteriormente concedidos, oriundos do orçamento da SEC, do ICMS ou de Convênios. 7.8 Os inabilitados poderão solicitar a prorrogação do prazo para a entrega dos documentos, por mais 3 (três) dias úteis, a partir da publicação do resultado da Habilitação no DOERJ, visando regularizar ou complementar a documentação exigida no item Os documentos apresentados pelo inabilitado para regularizar ou complementar a documentação exigida no item 7.2 deverão ser protocolados diretamente na SEC. Não serão aceitas, no período de prorrogação de prazo, documentações entregues por SEDEX ou quaisquer outras formas de postagem. 8 PRAZOS 8.1 O Cronograma de Prazos concernente às etapas de avaliação e seleção dos projetos ficará disponível no sítio da SEC ( com as datas de início e fim de cada etapa, e será acostado ao processo de Chamada Pública, assim como as alterações que se fizerem necessárias, observando-se prazos razoáveis para a execução das respectivas etapas. 9 CONTRATAÇÃO 9.1 A contratação dos projetos habilitados será formalizada através do Termo de Concessão de Apoio Financeiro, após a aprovação e chancela da Assessoria Jurídica da Secretaria de Estado de Cultura. 9.2 O proponente responsável pelo projeto deverá devolver à Secretaria de Estado de Cultura o Termo de Concessão assinado com firma reconhecida, em duas vias, no prazo de 48 horas após o recebimento. Caso o Termo não seja devolvido no prazo definido, o projeto poderá ser desclassificado. 7

8 9.3 O apoio financeiro ao projeto será liberado em parcela única, de acordo com a disponibilidade financeira. 9.4 O prazo para a execução dos projetos será de até 12 (doze) meses a partir da liberação do apoio financeiro, podendo ser prorrogado apenas uma vez por um período de 4 (quatro) meses a exclusivo critério da SEC, desde que solicitado até 2 (dois) meses antes do final do prazo estabelecido. 10 RECURSOS FINANCEIROS 10.1 No âmbito desta Chamada Pública para a linha de Produção de Longa-Metragem de Baixo Orçamento serão comprometidos recursos não reembolsáveis no valor de até R$ ,00 (um milhão de reais), oriundos do orçamento da SEC Cada projeto de Produção de Longa-Metragem de Baixo Orçamento poderá solicitar no máximo: a) Para os projetos de ficção e animação: R$ ,00 (quatrocentos mil reais); b) Para os projetos de documentário: R$ ,00 (duzentos mil reais) Os recursos para os projetos apoiados serão liberados em parcela única, desembolsada após a assinatura do contrato Os valores estão sujeitos aos impostos da legislação vigente, de acordo com o atendimento às exigências especificadas nesta Chamada Pública Os recursos financeiros provenientes da Chamada Pública deverão ser aplicados no mercado financeiro em obediência aos termos da Resolução SEC Nº 236/2009, disponível no sítio da SEC ( 11 ACOMPANHAMENTO E AVALIAÇÃO 11.1 O acompanhamento técnico e financeiro dos projetos será feito pela Superintendência do Audiovisual da SEC, podendo ocorrer visitas de acompanhamento, reuniões, ou outras formas de avaliação a critério da Secretaria de Estado de Cultura. 8

9 11.2 O proponente do projeto apoiado deverá apresentar relatório técnico de execução parcial do projeto após 6 (seis) meses passados da data de liberação da parcela única Após a conclusão do projeto, o proponente deverá encaminhar, em até 60 (sessenta) dias corridos, o relatório técnico final das atividades realizadas no projeto, respeitando o período limite de execução do Projeto, previsto nesta Chamada a ser avaliado pela Superintendência do Audiovisual da SEC Os bens permanentes porventura adquiridos, produzidos, transformados ou construídos com recursos do edital de chamada pública, deverão ser transferidos para a SEC após a conclusão ou extinção do projeto, salvo disposição expressa em contrário. 12 CONTRAPARTIDAS E PRODUTO FINAL 12.1 Para fins de conclusão do projeto de Produção de Longa-Metragem de Baixo Orçamento, deverá ser encaminhados para a SEC, juntamente com a prestação de contas, o seguinte material: a) 2 (dois) DVDs contendo a versão final do longa-metragem; b) 2 (dois) CDs contendo os seguintes itens: b 1) 5 (cinco) fotos de divulgação; b 2) texto com release do longa-metragem; b 3) ficha técnica completa do longa-metragem; b 4) mini-biografia do diretor e produtor; c) Certificado de Produto Brasileiro (CPB); d) Pré-contrato de comercialização e/ou plano de distribuição/difusão do longametragem. e) 30 (trinta) convites para a pré-estreia do longa-metragem no momento do lançamento da obra em salas de cinema; f) 5 (cinco) DVD s do longa-metragem no momento do lançamento no mercado de vídeo a serem destinados para as bibliotecas do Estado do Rio de Janeiro 9

10 13 PRESTAÇÃO DE CONTAS GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO 13.1 Após a conclusão do projeto, os proponentes contemplados deverão apresentar, em até 60 (sessenta) dias corridos, junto com o relatório final, a prestação de contas do apoio financeiro, observando as disposições contidas na Resolução SEC nº 205/2008, disponível no sítio da SEC ( 14 DISPOSIÇÕES GERAIS 14.1 A logomarca e/ou a menção ao Governo do Estado do Rio de Janeiro/Secretaria de Estado de Cultura deverão ser inseridas em todas as peças de divulgação, inclusive nos releases distribuídos à imprensa, entrevistas concedidas pelos proponentes e orientadores dos projetos, de forma padronizada previamente estabelecida e definida pela Superintendência do Audiovisual A logomarca da Secretaria de Estado de Cultura deve ser inserida em cartela exclusiva com duração de 5 (cinco segundos) acompanhada do texto: ESTE FILME FOI REALIZADO COM RECURSOS DO PROGRAMA DE EDITAIS DA DO RIO DE JANEIRO 2011/ As logomarcas devem ser submetidas à aprovação prévia da Superintendência do Audiovisual e Coordenação de Comunicação da Secretaria de Estado Não serão fornecidas cópias de documentos, certificados ou certidões relativas à classificação do projeto, valendo, para tal fim, os resultados publicados no DOERJ É de exclusiva responsabilidade do proponente os compromissos e encargos de natureza trabalhista, previdenciária, fiscal, comercial, bancária, intelectual (direito autoral, inclusive os conexos, e propriedade industrial), bem como quaisquer outros resultantes da contratação objetivada nesta Chamada Pública, ficando a Secretaria de Estado de Cultura isenta de qualquer responsabilidade dessa índole Todo e qualquer ônus por questões de direitos autorais/patrimoniais recairão, exclusivamente, sobre o responsável pelo projeto. O proponente se obriga a obter todas as autorizações necessárias, inclusive no que se refere aos direitos autorais, junto aos respectivos autores de todas as obras intelectuais utilizadas no Projeto, dos herdeiros legais do mesmo ou eventuais cessionários, na forma da Lei 9.610/98. 10

11 14.7 Não serão aceitas despesas de comercialização, bem como taxas de gerenciamento, agenciamento e colocação nesta linha de ação A presente Chamada Pública poderá ser revogada ou anulada, no todo ou em parte, a qualquer tempo, por motivo de interesse público ou exigência legal, sem que isso implique direito à indenização ou à reclamação de qualquer natureza Caso não haja apresentação de projetos suficientes, de acordo com a avaliação da comissão de seleção, a Secretaria de Estado de Cultura se reserva o direito de remanejar os recursos entre as demais LINHAS DE AÇÃO do Programa de Chamadas Públicas de Audiovisual SEC 2011/ O descumprimento parcial ou total do contrato obrigará a contratada à devolução dos valores já disponibilizados pela Secretaria de Estado da Cultura, acrescidos de juros, correção monetária e multa O repasse financeiro previsto na presente Chamada Pública encontra-se condicionado a efetiva dotação orçamentária do exercício financeiro em que será efetuado o pagamento Os casos omissos e as situações não previstas na presente Chamada Pública serão resolvidos pela Secretária de Estado da Cultura. Esclarecimentos acerca do conteúdo desta Chamada Pública poderão ser obtidos através do e- mail: e do telefone: (21) / (Escritório de Apoio à Produção Cultural). Rio de Janeiro, 06 de março de ADRIANA SCORZELLI RATTES Secretária de Estado de Cultura 11

Seleção Pública de Projetos para apoio financeiro à Desenvolvimento de Projetos de Jogos Eletrônicos para Console, Internet e/ou Computador

Seleção Pública de Projetos para apoio financeiro à Desenvolvimento de Projetos de Jogos Eletrônicos para Console, Internet e/ou Computador Seleção Pública de Projetos para apoio financeiro à Desenvolvimento de Projetos de Jogos Eletrônicos para Console, Internet e/ou Computador O ESTADO DO RIO DE JANEIRO, por intermédio da DO RIO DE JANEIRO

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DE CULTURA EDITAIS DE CULTURA 2011 Chamada Pública nº 09/2011

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DE CULTURA EDITAIS DE CULTURA 2011 Chamada Pública nº 09/2011 Seleção Pública de Projetos na área de Música Promoção de Novos Artistas O ESTADO DO RIO DE JANEIRO, por intermédio da SECRETARIA DE ESTADO DE CULTURA DO RIO DE JANEIRO SEC torna pública, para conhecimento

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE NITERÓI SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA FUNDAÇÃO DE ARTE DE NITERÓI

PREFEITURA MUNICIPAL DE NITERÓI SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA FUNDAÇÃO DE ARTE DE NITERÓI PREFEITURA MUNICIPAL DE NITERÓI SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA FUNDAÇÃO DE ARTE DE NITERÓI CHAMADA PÚBLICA DE ARTISTAS N o 02/2015 ARTE NA RUA A Prefeitura Municipal de Niterói, por meio da Secretaria

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DE CULTURA EDITAIS DE CULTURA 2008

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DE CULTURA EDITAIS DE CULTURA 2008 Seleção Pública de Projetos na área de Audiovisual/ Implantação e Programação de Espaços de Exibição Cinematográfica Utilizando Tecnologia Digital e Analógica Chamada pública nº 0002/2008 O ESTADO DO RIO

Leia mais

2.2.1. Caso seja protocolado mais de 01 (um) projeto, será aceito o último projeto protocolado.

2.2.1. Caso seja protocolado mais de 01 (um) projeto, será aceito o último projeto protocolado. EDITAL DE CONCURSO N 002/2015 8 EDITAL DO FUNDO MUNICIPAL DE APOIO À CULTURA A FUNDAÇÃO CULTURAL DE BRUSQUE, inscrita no CNPJ sob o nº 04.894.677/0001-71, com sede na Rua Germano Schaefer, 110 Praça da

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DE CULTURA Superintendência de Cultura e Sociedade Coordenadoria de Diversidade Cultural

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DE CULTURA Superintendência de Cultura e Sociedade Coordenadoria de Diversidade Cultural Chamada de seleção simplificada para participação na 1º Feira Favela Criativa REGULAMENTO Com os objetivos de: (1) fortalecer as ações culturais já existentes nas comunidades pacificadas e outros territórios

Leia mais

RIOFILME PROGRAMA DE FOMENTO AO AUDIOVISUAL CARIOCA - FAC REGULAMENTO Nº 005/2012 LINHA DE AÇÃO: PRODUÇÃO DE DOCUMENTÁRIO PARA TV POR ASSINATURA

RIOFILME PROGRAMA DE FOMENTO AO AUDIOVISUAL CARIOCA - FAC REGULAMENTO Nº 005/2012 LINHA DE AÇÃO: PRODUÇÃO DE DOCUMENTÁRIO PARA TV POR ASSINATURA RIOFILME PROGRAMA DE FOMENTO AO AUDIOVISUAL CARIOCA - FAC REGULAMENTO Nº 005/2012 LINHA DE AÇÃO: PRODUÇÃO DE DOCUMENTÁRIO PARA TV POR ASSINATURA REGULAMENTO DO PROCESSO DE SELEÇÃO DE PROJETOS 1. INTRODUÇÃO

Leia mais

Prefeitura Municipal de Valença-RJ

Prefeitura Municipal de Valença-RJ Prefeitura Municipal de Valença-RJ Secretaria Municipal de Cultura e Turismo de Valença-RJ EDITAL Nº 01, DE 27 DE JANEIRO DE 2015. Edital para Contratação Temporária de Bandas para apresentação no Carnaval

Leia mais

1. DA AUTORIZAÇÃO 2. DO OBJETO

1. DA AUTORIZAÇÃO 2. DO OBJETO MINISTÉRIO DAS COMUNICAÇÕES SECRETARIA DE INCLUSÃO DIGITAL AVISO DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 02, DE 4 DE OUTUBRO DE 2012 PROGRAMA COMPUTADORES PARA INCLUSÃO A União, por intermédio da Secretaria de Inclusão

Leia mais

PROGRAMA OI DE PATROCÍNIO CULTURAL INCENTIVADO EDITAL DE SELEÇÃO 2015/2016 SELEÇÃO NACIONAL DE PROJETOS CULTURAIS

PROGRAMA OI DE PATROCÍNIO CULTURAL INCENTIVADO EDITAL DE SELEÇÃO 2015/2016 SELEÇÃO NACIONAL DE PROJETOS CULTURAIS A OI e o OI FUTURO tornam público, para conhecimento dos interessados, que receberá inscrições para o Processo de Seleção Nacional de Projetos Culturais 2015/2016. A Seleção Nacional de Projetos Culturais

Leia mais

EDITAL Nº 04/2015 De Fomento e Apoio à Produção Teatral da Secretaria de Estado da Cultura (SECULT).

EDITAL Nº 04/2015 De Fomento e Apoio à Produção Teatral da Secretaria de Estado da Cultura (SECULT). EDITAL Nº 04/2015 De Fomento e Apoio à Produção Teatral da Secretaria de Estado da Cultura (SECULT). O Governo do Estado de Alagoas, através da Secretaria de Estado da Cultura, com o objetivo de promover

Leia mais

Programa de Apoio à Organização de Eventos das Associações ou Sociedades Técnico Científicas e Institutos de Pesquisa

Programa de Apoio à Organização de Eventos das Associações ou Sociedades Técnico Científicas e Institutos de Pesquisa Chamada Pública 15/2014 Programa de Apoio à Organização de Eventos das Associações ou Sociedades Técnico Científicas e Institutos de Pesquisa A Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico

Leia mais

Secretaria Municipal de Meio Ambiente - SEMA SELEÇÃO DE PROJETOS PARA A 4ª SEMANA NÓS AMBIENTE EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO FMMA Nº 002/2016/SEMA

Secretaria Municipal de Meio Ambiente - SEMA SELEÇÃO DE PROJETOS PARA A 4ª SEMANA NÓS AMBIENTE EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO FMMA Nº 002/2016/SEMA SELEÇÃO DE PROJETOS PARA A 4ª SEMANA NÓS AMBIENTE EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO FMMA Nº 002/2016/SEMA A Secretaria Municipal de Meio Ambiente SEMA, no uso de suas atribuições que lhe foram conferidas pelo

Leia mais

EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Nº 02/2012 SNBP-FBN X ENTIDADES PÚBLICAS E PRIVADAS SEM FINS LUCRATIVOS

EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Nº 02/2012 SNBP-FBN X ENTIDADES PÚBLICAS E PRIVADAS SEM FINS LUCRATIVOS EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Nº 02/2012 SNBP-FBN X ENTIDADES PÚBLICAS E PRIVADAS SEM FINS LUCRATIVOS SELEÇÃO PÚBLICA DE PROPOSTA PARA PROJETO DE APOIO A INSTALAÇÃO DE BIBLIOTECAS PÚBLICAS NO BRASIL REFERENTE

Leia mais

PROGRAMA ESTADUAL DE FOMENTO AO CURTA-METRAGEM UNIVERSITÁRIO CESGRANRIO E SECRETARIA DE CULTURA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

PROGRAMA ESTADUAL DE FOMENTO AO CURTA-METRAGEM UNIVERSITÁRIO CESGRANRIO E SECRETARIA DE CULTURA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO PROGRAMA ESTADUAL DE FOMENTO AO CURTA-METRAGEM UNIVERSITÁRIO CESGRANRIO E SECRETARIA DE CULTURA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO A Fundação Cesgranrio e o Estado do Rio de Janeiro, por intermédio da Secretaria

Leia mais

Tenham entre 18 e 35 anos completos.

Tenham entre 18 e 35 anos completos. De acordo com Portaria publicada no Diário Oficial da União em 15 de agosto 2012 EDITAL Bolsa de Aperfeiçoamento TÉCNICO E ARTÍSTICO em Música O Presidente da Fundação Nacional de Artes Funarte, no uso

Leia mais

O PREFEITO DE GOIÂNIA, no uso de suas atribuições legais, e CAPÍTULO I DO FUNDO MUNICIPAL DE ESPORTE E LAZER

O PREFEITO DE GOIÂNIA, no uso de suas atribuições legais, e CAPÍTULO I DO FUNDO MUNICIPAL DE ESPORTE E LAZER 1 Gabinete do Prefeito DECRETO Nº 4139, DE 11 DE SETEMBRO DE 2013. Regulamenta o Fundo Municipal de Esporte e Lazer e o Incentivo ao Esporte e Lazer e dá outras providências. O PREFEITO DE GOIÂNIA, no

Leia mais

INSCRIÇÕES PARA A MOSTRA MOVIMENTOS URBANOS 8ª FAN BH 2015

INSCRIÇÕES PARA A MOSTRA MOVIMENTOS URBANOS 8ª FAN BH 2015 INSCRIÇÕES PARA A MOSTRA MOVIMENTOS URBANOS 8ª FAN BH 2015 A Fundação Municipal de Cultura de Belo Horizonte, em parceria com a Associação dos Amigos do Centro de Cultura Belo Horizonte, convida artistas,

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA DE PATROCÍNIO AVISO DE EDITAL Nº 1/2013

CHAMADA PÚBLICA DE PATROCÍNIO AVISO DE EDITAL Nº 1/2013 CHAMADA PÚBLICA DE PATROCÍNIO AVISO DE EDITAL Nº 1/2013 DO OBJETO: Este Edital de Chamada Pública de Patrocínio visa promover a seleção de projetos a serem patrocinados pelo Conselho de Arquitetura e Urbanismo

Leia mais

Edital FPTI-BR N 029/2013 PROCESSO FPTI-BR N 0003/2013 SELEÇÃO DE PROPOSTAS PARA CONCESSÃO DE APOIO A ORGANIZAÇÃO E REALIZAÇÃO DE EVENTOS

Edital FPTI-BR N 029/2013 PROCESSO FPTI-BR N 0003/2013 SELEÇÃO DE PROPOSTAS PARA CONCESSÃO DE APOIO A ORGANIZAÇÃO E REALIZAÇÃO DE EVENTOS Edital FPTI-BR N 029/2013 PROCESSO FPTI-BR N 0003/2013 SELEÇÃO DE PROPOSTAS PARA CONCESSÃO DE APOIO A ORGANIZAÇÃO E REALIZAÇÃO DE EVENTOS A Fundação Parque Tecnológico Itaipu Brasil, em parceria com a

Leia mais

1. Posso inscrever meu projeto de curta ou média-metragem nesta Chamada?

1. Posso inscrever meu projeto de curta ou média-metragem nesta Chamada? CHAMADA PÚBLICA BRDE/FSA PRODECINE - 05/2013 Seleção de propostas para investimento do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA) em projetos de produção de obras audiovisuais cinematográficas de longa-metragem

Leia mais

MINISTÉRIO DA CULTURA SECRETARIA DO AUDIOVISUAL EMPRESA BRASIL DE COMUNICAÇÃO/TV BRASIL EDITAL DE CONCURSO Nº 07

MINISTÉRIO DA CULTURA SECRETARIA DO AUDIOVISUAL EMPRESA BRASIL DE COMUNICAÇÃO/TV BRASIL EDITAL DE CONCURSO Nº 07 MINISTÉRIO DA CULTURA SECRETARIA DO AUDIOVISUAL EMPRESA BRASIL DE COMUNICAÇÃO/TV BRASIL EDITAL DE CONCURSO Nº 07 A União, por intermédio do Ministério da Cultura, neste ato representado pela Secretaria

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 002/2014

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 002/2014 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 002/2014 DISPÕE SOBRE A CONCESSÃO DE SUBVENÇÃO SOCIAL, AUXÍLIO FINANCEIRO, CONTRIBUIÇÃO E OUTRAS FONTES DE RECURSO NO ÂMBITO DO PODER EXECUTIVO. A Controladoria Geral do Município

Leia mais

EDITAL FAPESB N o 005/2016 PROGRAMA DE POPULARIZAÇÃO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA OLIMPÍADAS DE CIÊNCIAS

EDITAL FAPESB N o 005/2016 PROGRAMA DE POPULARIZAÇÃO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA OLIMPÍADAS DE CIÊNCIAS EDITAL FAPESB N o 005/2016 PROGRAMA DE POPULARIZAÇÃO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA OLIMPÍADAS DE CIÊNCIAS Edital para seleção de propostas de apoio à Organização de Olimpíadas de Ciências no Estado da Bahia

Leia mais

EDITAL FAPESB Nº 002/2016 Apoio à Organização de Eventos Científicos e Tecnológicos

EDITAL FAPESB Nº 002/2016 Apoio à Organização de Eventos Científicos e Tecnológicos EDITAL FAPESB Nº 002/2016 Apoio à Organização de Eventos Científicos e Tecnológicos A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia FAPESB, órgão vinculado à Secretaria de Ciência e Tecnologia do Estado

Leia mais

SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO SESC ADMINISTRAÇÃO REGIONAL NO MARANHÃO

SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO SESC ADMINISTRAÇÃO REGIONAL NO MARANHÃO 1 1. DA SEDE, PERÍODO E OBJETIVOS 1.1 A programação Pastor do Menino Jesus é uma das ações da Atividade Trabalho com Grupos Trabalho Social com Idosos, que ao longo de 20 anos caracteriza manifestação

Leia mais

Programa de Fluxo Contínuo para Apoio a Projetos Especiais

Programa de Fluxo Contínuo para Apoio a Projetos Especiais Chamada Pública nº 03/2012 Programa de Fluxo Contínuo para Apoio a Projetos Especiais A FUNDAÇÃO ARAUCÁRIA de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Paraná, em conformidade com suas finalidades,

Leia mais

CONVOCATÓRIA PARA O PROGRAMA TEMPORADA DE PROJETOS 2016

CONVOCATÓRIA PARA O PROGRAMA TEMPORADA DE PROJETOS 2016 CONVOCATÓRIA PARA O PROGRAMA TEMPORADA DE PROJETOS 2016 A Temporada de Projetos do Paço das Artes, um dos programas mais importantes da instituição, abre a Convocatória 2016. A Temporada é um espaço aberto

Leia mais

Perguntas freqüentes FAQ

Perguntas freqüentes FAQ Perguntas freqüentes FAQ CHAMADA PÚBLICA MCT/FINEP/FSA PRODAV 01/2008 PRODUÇÃO PARA TELEVISÃO 1) Como faço para enviar meu projeto? O primeiro passo para inscrever um projeto em qualquer uma das seleções

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA DE PATROCÍNIO AVISO DO EDITAL Nº 002/2013 PROJETOS ESPECIAIS

CHAMADA PÚBLICA DE PATROCÍNIO AVISO DO EDITAL Nº 002/2013 PROJETOS ESPECIAIS CHAMADA PÚBLICA DE PATROCÍNIO AVISO DO EDITAL Nº 002/2013 PROJETOS ESPECIAIS DO OBJETO: Este Edital de Chamada Pública de Patrocínio visa promover a seleção de projetos especiais a serem patrocinados pelo

Leia mais

EDITAL FAPES Nº 003/2010

EDITAL FAPES Nº 003/2010 EDITAL FAPES Nº 003/2010 Seleção de propostas a serem apresentadas pelos Programas de Pósgraduação stricto sensu do estado do Espírito Santo, visando à concessão de quotas de bolsas para formação de recursos

Leia mais

3.1.1. As pessoas físicas poderão inscrever-se individualmente, se responsabilizando contábil e tributariamente pela proposta apresentada;

3.1.1. As pessoas físicas poderão inscrever-se individualmente, se responsabilizando contábil e tributariamente pela proposta apresentada; EDITAL DE CHAMADA PARA SELEÇÃO DE PROPOSTAS CONCORRENTES AO PROJETO ACAMPAMENTO, A SER PRODUZIDO NO ESTADO DO CEARÁ PELO INSTITUTO DE ARTE E CULTURA DO CEARÁ, PARA O 2º SEMESTRE DE 2010. O INSTITUTO DE

Leia mais

Índice. 1. O Natura Musical. 2. Tipos de projetos beneficiados. 3. Como participar dos editais. 4. Qual o caminho até o patrocínio

Índice. 1. O Natura Musical. 2. Tipos de projetos beneficiados. 3. Como participar dos editais. 4. Qual o caminho até o patrocínio 2015 Índice 1. O Natura Musical 2. Tipos de projetos beneficiados 3. Como participar dos editais 4. Qual o caminho até o patrocínio 5. Atendimento aos proponentes Anexos: Contrapartidas e 3 4 6 9 16 17

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE COMISSÃO DE AVALIAÇÃO E MONITORAMENTO DE PROJETOS DO FMDCA EDITAL N 02/2014

CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE COMISSÃO DE AVALIAÇÃO E MONITORAMENTO DE PROJETOS DO FMDCA EDITAL N 02/2014 CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE COMISSÃO DE AVALIAÇÃO E MONITORAMENTO DE PROJETOS DO FMDCA EDITAL N 02/2014 EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA DE PROJETOS PARA FINANCIAMENTO COM RECURSOS

Leia mais

Rua Joaquim André, 895 Paulista 3434-0461-3434-7137 Piracicaba SP EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA 02/2012

Rua Joaquim André, 895 Paulista 3434-0461-3434-7137 Piracicaba SP EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA 02/2012 CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE PIRACICABA Rua Joaquim André, 895 Paulista 3434-0461-3434-7137 Piracicaba SP EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA 02/2012 SELEÇÃO PÚBLICA DE PROJETOS

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DE CULTURA

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DE CULTURA CHAMADA DE OCUPAÇÃO - RIO CRIATIVO Com objetivo de ampliar o potencial de sucesso de empresas nascentes no campo da Economia Criativa, o RIO CRIATIVO Programa de estímulo ao Empreendedorismo (que tem a

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA DE PATROCÍNIO AVISO DE EDITAL Nº 1/2014 MODALIDADE DE SELEÇÃO: CHAMADA PÚBLICA DE PATROCÍNIO.

CHAMADA PÚBLICA DE PATROCÍNIO AVISO DE EDITAL Nº 1/2014 MODALIDADE DE SELEÇÃO: CHAMADA PÚBLICA DE PATROCÍNIO. CHAMADA PÚBLICA DE PATROCÍNIO AVISO DE EDITAL Nº 1/2014 DO OBJETO: Este Edital de Chamada Pública de Patrocínio visa promover a seleção de projetos a serem patrocinados pelo Conselho de Arquitetura e Urbanismo

Leia mais

EDITAL GSC 001/2016 CONCURSO PÚBLICO PARA SELEÇÃO DE SARAUS CULTURAIS PARA PARTICIPAÇÃO NOS PROGRAMAS CULTURAIS 2016.

EDITAL GSC 001/2016 CONCURSO PÚBLICO PARA SELEÇÃO DE SARAUS CULTURAIS PARA PARTICIPAÇÃO NOS PROGRAMAS CULTURAIS 2016. EDITAL GSC 001/2016 CONCURSO PÚBLICO PARA SELEÇÃO DE SARAUS CULTURAIS PARA PARTICIPAÇÃO NOS PROGRAMAS CULTURAIS 2016. OBJETO: RECEBIMENTO DE PROPOSTAS PARA REALIZAÇÃO DE SARAUS CULTURAIS PARA A PROGRAMAÇÃO

Leia mais

EDITAL FAPESB 002/2013 APOIO À PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS CIENTÍFICOS E/OU TECNOLÓGICOS

EDITAL FAPESB 002/2013 APOIO À PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS CIENTÍFICOS E/OU TECNOLÓGICOS EDITAL FAPESB 002/2013 APOIO À PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS CIENTÍFICOS E/OU TECNOLÓGICOS A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia FAPESB, no uso das suas atribuições, torna público o presente Edital

Leia mais

PRÊMIO FUNARTE DE PROGRAMAÇÃO CONTINUADA PARA A MÚSICA POPULAR 2015

PRÊMIO FUNARTE DE PROGRAMAÇÃO CONTINUADA PARA A MÚSICA POPULAR 2015 PRÊMIO FUNARTE DE PROGRAMAÇÃO CONTINUADA PARA A MÚSICA POPULAR 2015 O Presidente da Fundação Nacional de Artes - Funarte, no uso das atribuições que lhe confere o inciso V, artigo 14 do Estatuto aprovado

Leia mais

FRBL FUNDO DE RECONSTITUIÇÃO DE BENS LESADOS

FRBL FUNDO DE RECONSTITUIÇÃO DE BENS LESADOS FRBL FUNDO DE RECONSTITUIÇÃO DE BENS LESADOS Orientações para Organizações da Sociedade Civil sem Fins Lucrativos (OSCs) Expediente Material produzido pelo ICom - Instituto Comunitário Grande Florianópolis

Leia mais

EDITAL PARA OCUPAÇÃO DA GALERIA MUNICIPAL DE ARTE PEDRO PAULO VECCHIETTI EDITAL FCFFC 010/2015

EDITAL PARA OCUPAÇÃO DA GALERIA MUNICIPAL DE ARTE PEDRO PAULO VECCHIETTI EDITAL FCFFC 010/2015 EDITAL PARA OCUPAÇÃO DA GALERIA MUNICIPAL DE ARTE PEDRO PAULO VECCHIETTI EDITAL FCFFC 010/2015 A Secretaria Municipal de Cultura de Florianópolis (SECULT), por meio da Fundação Cultural de Florianópolis

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ FUNDAÇÃO AMAZÔNIA PARAENSE DE AMPARO À PESQUISA - FAPESPA SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ FUNDAÇÃO AMAZÔNIA PARAENSE DE AMPARO À PESQUISA - FAPESPA SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI 1 GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ FUNDAÇÃO AMAZÔNIA PARAENSE DE AMPARO À PESQUISA - FAPESPA SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI EDITAL N 005/2012 - do I PRÊMIO PARAENSE DE JORNALISMO

Leia mais

POLÍTICA DE PATROCINIO DA CAGECE

POLÍTICA DE PATROCINIO DA CAGECE POLÍTICA DE PATROCINIO DA CAGECE A Política de Patrocínio da Cagece que compreende o apoio financeiro concedido a projetos institucionais, culturais, sociais, ambientais e esportivos de iniciativa de terceiros,

Leia mais

PROGRAMA DE DIFUSÃO E INTERCÂMBIO CULTURAL

PROGRAMA DE DIFUSÃO E INTERCÂMBIO CULTURAL PROGRAMA DE DIFUSÃO E INTERCÂMBIO CULTURAL EDITAL DE DIVULGAÇÃO N.º 01/2007MARÇO O Secretário Executivo do Ministério da Cultura, nos termos do presente Edital de Divulgação, torna público que será realizado

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA MCT/FINEP/CT- INFO - Grade - 01/2004

CHAMADA PÚBLICA MCT/FINEP/CT- INFO - Grade - 01/2004 CHAMADA PÚBLICA MCT/FINEP/CT- INFO - Grade - 01/2004 SELEÇÃO PÚBLICA DE PROPOSTAS PARA APOIO A PROJETOS DE INOVAÇÃO EM COMPUTAÇÃO EM GRADE APLICADA À ÁREA DE GOVERNO 1. OBJETIVO O MINISTÉRIO DA CIÊNCIA

Leia mais

Edital FAPERJ n.º 17/2010 Parceria CAPES/FAPERJ PROGRAMA EQUIPAMENTO SOLIDÁRIO CAPES/FAPERJ 2010

Edital FAPERJ n.º 17/2010 Parceria CAPES/FAPERJ PROGRAMA EQUIPAMENTO SOLIDÁRIO CAPES/FAPERJ 2010 Edital n.º 17/2010 Parceria / PROGRAMA EQUIPAMENTO SOLIDÁRIO / 2010 O Ministério da Educação, por meio da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, e o Governo do Estado do Rio de Janeiro,

Leia mais

Edital para Ocupação da Galeria dos Arcos e da Galeria Lunara / 2016

Edital para Ocupação da Galeria dos Arcos e da Galeria Lunara / 2016 PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE SECRETARIA MUNICIPAL DA CULTURA COORDENAÇÃO DE CINEMA, VÍDEO E FOTOGRAFIA Concurso nº 15/2015 Processo administrativo nº 001.002957.15.9 Edital para Ocupação da Galeria

Leia mais

2.1. Poderão ser incentivados projetos culturais abrangidos nas seguintes áreas:

2.1. Poderão ser incentivados projetos culturais abrangidos nas seguintes áreas: EDITAL Nº 001/2014 - EXECUÇÃO 2015 - FEPAC/FUNDAÇÃO CULTURAL DE CAMPO MOURÃO/FUNDACAM APRESENTAÇÃO DE PROJETOS CULTURAIS LEI MUNICIPAL DE INCENTIVO À CULTURA MODALIDADE FEPAC A Fundação Cultural de Campo

Leia mais

1 - DA REALIZAÇÃO 2 - DA INSCRIÇÃO E PARTICIPAÇÃO

1 - DA REALIZAÇÃO 2 - DA INSCRIÇÃO E PARTICIPAÇÃO A Cooperativa de Teatro para a Infância e Juventude da Bahia - Cia Cuca de Teatro torna pública a abertura de inscrições para a Mostra Jovens Talentos da 9ª edição do FENATIFS - Festival Nacional de Teatro

Leia mais

EDITAL PRÊMIO CURTACARAJÁS DE ESTÍMULO A PRODUÇÃO AUDIOVISUAL PARA WEB DOCUMENTÁRIOS - 2014

EDITAL PRÊMIO CURTACARAJÁS DE ESTÍMULO A PRODUÇÃO AUDIOVISUAL PARA WEB DOCUMENTÁRIOS - 2014 EDITAL PRÊMIO CURTACARAJÁS DE ESTÍMULO A PRODUÇÃO AUDIOVISUAL PARA WEB DOCUMENTÁRIOS - 2014 A ALIANÇA CARAJÁS DE CULTURA, ESPORTE E TECNOLOGIA, através do coletivo audiovisual, LABIRINTO CINEMA CLUBE torna

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº. 001/2013

RESOLUÇÃO Nº. 001/2013 RESOLUÇÃO Nº. 001/2013 Estabelece normas para o recebimento, análise e concessão de benefício a projetos culturais no âmbito da Lei de Incentivo à Cultura João Bananeira. A Comissão de Avaliação e Seleção

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS 2013 PROGRAMA OI DE PATROCINIO ESPORTIVO INCENTIVADO AVISO 1 PRORROGAÇÃO DO PRAZO DE INSCRIÇÃO

EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS 2013 PROGRAMA OI DE PATROCINIO ESPORTIVO INCENTIVADO AVISO 1 PRORROGAÇÃO DO PRAZO DE INSCRIÇÃO EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS 2013 PROGRAMA OI DE PATROCINIO ESPORTIVO INCENTIVADO AVISO 1 PRORROGAÇÃO DO PRAZO DE INSCRIÇÃO O Instituto Telemar, torna público, para conhecimento dos interessados, que

Leia mais

EDITAL FAPERGS 02/2012 PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDO NO INSTITUTO PASTEUR DA COREIA DO SUL

EDITAL FAPERGS 02/2012 PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDO NO INSTITUTO PASTEUR DA COREIA DO SUL EDITAL FAPERGS 02/2012 PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDO NO INSTITUTO PASTEUR DA COREIA DO SUL A FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL FAPERGS torna público o presente Edital aos estudantes

Leia mais

MINISTÉRIO DA CULTURA SECRETARIA DE PROGRAMAS E PROJETOS CULTURAIS

MINISTÉRIO DA CULTURA SECRETARIA DE PROGRAMAS E PROJETOS CULTURAIS MINISTÉRIO DA CULTURA SECRETARIA DE PROGRAMAS E PROJETOS CULTURAIS EDITAL DE DIVULGAÇÃO Nº. 2, DE 15 DE MARÇO DE 2009. Prêmio de Apoio a Pequenos Eventos Culturais A União, por intermédio do Ministério

Leia mais

Unidade de Gerenciamento de Projetos CARTA CONVITE Nº 04/2010 PROJETO 914BRA3043

Unidade de Gerenciamento de Projetos CARTA CONVITE Nº 04/2010 PROJETO 914BRA3043 Unidade de Gerenciamento de Projetos CARTA CONVITE Nº 04/2010 PROJETO 914BRA3043 PARA: FAX N. º : A/C: N. º DE PÁGINAS. 0 INCLUINDO ESTA. Caso não receba esta mensagem completa, ligue para (51)3288-5922

Leia mais

EDITAL DO PROGRAMA DE RESIDÊNCIA DE TRADUTORES ESTRANGEIROS NO BRASIL N 1 / 2014

EDITAL DO PROGRAMA DE RESIDÊNCIA DE TRADUTORES ESTRANGEIROS NO BRASIL N 1 / 2014 EDITAL DO PROGRAMA DE RESIDÊNCIA DE TRADUTORES ESTRANGEIROS NO BRASIL N 1 / 2014 A Fundação Biblioteca Nacional torna público que oferecerá bolsas a tradutores estrangeiros tendo em vista períodos de residência

Leia mais

MOSTRA FUNARTE DE FESTIVAIS DE MÚSICA NAS OLIMPÍADAS

MOSTRA FUNARTE DE FESTIVAIS DE MÚSICA NAS OLIMPÍADAS MOSTRA FUNARTE DE FESTIVAIS DE MÚSICA NAS OLIMPÍADAS O Presidente da Fundação Nacional de Artes Funarte, no uso das atribuições que lhe confere o inciso V artigo 14 do Estatuto aprovado pelo Decreto n

Leia mais

PREFEITURA DE MACAPÁ FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE CULTURA

PREFEITURA DE MACAPÁ FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE CULTURA PREFEITURA DE MACAPÁ FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE CULTURA EDITAL Nº 01/2015 FUMCULT- PMM SELEÇÃO SIMPLIFICADA DE ESPETÁCULOS DE TEATRO PARA O PROJETO CIRCUITO NATALINO 2015 A PREFEITURA MUNICIPAL DE MACAPÁ, através

Leia mais

JUSTIFICATIVAS PARA O PROJETO DE LEI SOBRE O FUNDO NACIONAL DE CULTURA

JUSTIFICATIVAS PARA O PROJETO DE LEI SOBRE O FUNDO NACIONAL DE CULTURA 1 JUSTIFICATIVAS PARA O PROJETO DE LEI SOBRE O FUNDO NACIONAL DE CULTURA É consenso universal: as artes e a cultura são direitos e necessidades fundamentais do ser humano. É através do imaginário e dos

Leia mais

NÚCLEO EXPERIMENTAL DE CINEMA DO MIS CONVOCATÓRIA PRODUÇÃO DE CURTA-METRAGEM 2016 PRIMEIRA EDIÇÃO: GÊNERO TERROR

NÚCLEO EXPERIMENTAL DE CINEMA DO MIS CONVOCATÓRIA PRODUÇÃO DE CURTA-METRAGEM 2016 PRIMEIRA EDIÇÃO: GÊNERO TERROR NÚCLEO EXPERIMENTAL DE CINEMA DO MIS CONVOCATÓRIA PRODUÇÃO DE CURTA-METRAGEM 2016 PRIMEIRA EDIÇÃO: GÊNERO TERROR Esta convocatória, iniciativa do Museu da Imagem e do Som (MIS), instituição da Secretaria

Leia mais

FUNDAÇÃO CULTURAL CAPITANIA DAS ARTES PORTARIA nº 041/2014-GP/FUNCARTE DE 03 DE JULHO DE 2014

FUNDAÇÃO CULTURAL CAPITANIA DAS ARTES PORTARIA nº 041/2014-GP/FUNCARTE DE 03 DE JULHO DE 2014 FUNDAÇÃO CULTURAL CAPITANIA DAS ARTES PORTARIA nº 041/2014-GP/FUNCARTE DE 03 DE JULHO DE 2014 O Presidente da Fundação Cultural Capitania das Artes FUNCARTE, no uso de suas atribuições legais e tendo em

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA VETERINÁRIA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO RESOLUÇÃO CRMV-RJ Nº 47/2015

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA VETERINÁRIA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO RESOLUÇÃO CRMV-RJ Nº 47/2015 RESOLUÇÃO CRMV-RJ Nº 47/2015 Ementa: Estabelece requisitos a serem observados para obtenção de apoio financeiro e/ou institucional junto ao CRMV-RJ. O - CRMV-RJ, no uso das atribuições que lhe são conferidas

Leia mais

Universidade Federal de Itajubá Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação Diretoria de Pesquisa e Inovação. EDITAL N o 1 2012/2013

Universidade Federal de Itajubá Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação Diretoria de Pesquisa e Inovação. EDITAL N o 1 2012/2013 Universidade Federal de Itajubá Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação Diretoria de Pesquisa e Inovação A Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade Federal de Itajubá, responsável pela

Leia mais

EDITAL FAPESB N o 025/2014 APOIO A PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU MESTRADOS PROFISSIONAIS

EDITAL FAPESB N o 025/2014 APOIO A PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU MESTRADOS PROFISSIONAIS EDITAL FAPESB N o 025/2014 APOIO A PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU MESTRADOS PROFISSIONAIS A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia FAPESB, órgão vinculado à Secretaria de Ciência, Tecnologia

Leia mais

Programa CRM de Patrocínios. Edital de Seleção Pública de Projetos 2013/2

Programa CRM de Patrocínios. Edital de Seleção Pública de Projetos 2013/2 Programa CRM de Patrocínios Edital de Seleção Pública de Projetos 2013/2 1. OBJETO 1.1 A CRM COMPANHIA RIOGRANDENSE DE MINERAÇÃO torna público, para conhecimento dos interessados, que receberá inscrições

Leia mais

Art. 2º. Fazer publicar esta Portaria em Boletim de Serviço, revogando-se a Portaria 577/05-R, de 05 de dezembro de 2005.

Art. 2º. Fazer publicar esta Portaria em Boletim de Serviço, revogando-se a Portaria 577/05-R, de 05 de dezembro de 2005. PORTARIA 328/R-06 DE 22 DE JUNHO DE 2006. O REITOR DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE, no uso da competência que lhe foi atribuída pelo artigo 39, inciso XX, do Regimento Geral da UFRN; CONSIDERANDO

Leia mais

EDITAL Nº. 001/2015 PROCESSO SELETIVO DO PROJETO BOLSA-ESPORTE DA SECRETARIA DO ESPORTE DO CEARÁ

EDITAL Nº. 001/2015 PROCESSO SELETIVO DO PROJETO BOLSA-ESPORTE DA SECRETARIA DO ESPORTE DO CEARÁ EDITAL Nº. 001/2015 PROCESSO SELETIVO DO PROJETO BOLSA-ESPORTE DA SECRETARIA DO ESPORTE DO CEARÁ O Estado do Ceará, através da Secretaria do Esporte, torna público, para conhecimento dos interessados,

Leia mais

EDITAL 01/2015 PROCESSO DE SELEÇÃO DE NOVOS EMPREENDIMENTOS CENTRO DE EMPREENDEDORISMO E INCUBAÇÃO BEETECH

EDITAL 01/2015 PROCESSO DE SELEÇÃO DE NOVOS EMPREENDIMENTOS CENTRO DE EMPREENDEDORISMO E INCUBAÇÃO BEETECH A Universidade Federal de Goiás, Regional Jataí, no uso de suas atribuições legais, com a cooperação da Prefeitura municipal de Jataí e do Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequenas Empresas - SEBRAE,

Leia mais

Convocatória LABMIS Estúdio de Som 2016

Convocatória LABMIS Estúdio de Som 2016 Convocatória LABMIS Estúdio de Som 2016 O Laboratório de Novas Mídias do MIS, LABMIS, primeiro media lab situado em um museu público brasileiro, que tem como objetivo fomentar a produção de obras desenvolvidas

Leia mais

COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS Nº 02/2016 EDITAL PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA (TÉCNICO SÊNIOR II)

COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS Nº 02/2016 EDITAL PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA (TÉCNICO SÊNIOR II) COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS Nº 02/2016 EDITAL PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA (TÉCNICO SÊNIOR II) Tipo: Melhor Técnica O Instituto Brasileiro de Administração Municipal - IBAM, associação civil

Leia mais

PROGRAMA DE BOLSAS FUNDAÇÃO ARAUCÁRIA & RENAULT DO BRASIL

PROGRAMA DE BOLSAS FUNDAÇÃO ARAUCÁRIA & RENAULT DO BRASIL CHAMADA PÚBLICA 21/2015 PROGRAMA DE BOLSAS FUNDAÇÃO ARAUCÁRIA & RENAULT DO BRASIL A Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Paraná (FA) em parceria com o Renault do Brasil

Leia mais

EDITAL Nº 135 /2010 DE 22 DE NOVEMBRO DE 2010 SELEÇÃO DE NOVOS EMPREENDIMENTOS PARA INSTALAÇÃO NA INCUBADORA DE EMPRESAS DO CEFET- MG NASCENTE ARAXÁ

EDITAL Nº 135 /2010 DE 22 DE NOVEMBRO DE 2010 SELEÇÃO DE NOVOS EMPREENDIMENTOS PARA INSTALAÇÃO NA INCUBADORA DE EMPRESAS DO CEFET- MG NASCENTE ARAXÁ EDITAL Nº 135 /2010 DE 22 DE NOVEMBRO DE 2010 SELEÇÃO DE NOVOS EMPREENDIMENTOS PARA INSTALAÇÃO NA INCUBADORA DE EMPRESAS DO CEFET- MG NASCENTE ARAXÁ O DIRETOR-GERAL DO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA

Leia mais

EDITAL FACEPE 14/2008 PROGRAMA DE BOLSAS DE INCENTIVO ACADÊMICO - BIA

EDITAL FACEPE 14/2008 PROGRAMA DE BOLSAS DE INCENTIVO ACADÊMICO - BIA EDITAL FACEPE 14/2008 PROGRAMA DE BOLSAS DE INCENTIVO ACADÊMICO - BIA A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Pernambuco FACEPE convida as universidades públicas de Pernambuco, federais ou estaduais,

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA DE PATROCÍNIO Nº 01/2014

CHAMADA PÚBLICA DE PATROCÍNIO Nº 01/2014 CHAMADA PÚBLICA DE PATROCÍNIO Nº 01/2014 DO OBJETO: Esta Chamada Pública de Patrocínio visa à seleção de projetos a serem patrocinados pelo CAU/BR, que sejam relevantes para o desenvolvimento da Arquitetura

Leia mais

MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO

MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO CONVÊNIO DE COLABORAÇÃO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO E O CENTRO DE INTEGRAÇÃO EMPRESA-ESCOLA DO RIO GRANDE DO SUL CIEE/RS 091/2007- SEF O MUNICIPIO DE PASSO FUNDO, pessoa jurídica de

Leia mais

Edital VII de Seleção da Lei de Incentivo à Cultura João Bananeira

Edital VII de Seleção da Lei de Incentivo à Cultura João Bananeira Edital VII de Seleção da Lei de Incentivo à Cultura João Bananeira A Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer da Prefeitura Municipal de Cariacica - SEMCEL/PMC, de acordo com o que estabelece a

Leia mais

10.207.232/0001-79, 1970 5 CEP: 04565-907, 1) PRÊMIO INSTITUTO CLARO

10.207.232/0001-79, 1970 5 CEP: 04565-907, 1) PRÊMIO INSTITUTO CLARO REGULAMENTO Realizadora: Instituto Claro, CNPJ: 10.207.232/0001-79, com sede na Rua Flórida, 1970 andar 5 CEP: 04565-907, Cidade Monções São Paulo/SP. 1) PRÊMIO INSTITUTO CLARO 1.1. O Prêmio Instituto

Leia mais

EDITAL SEDETEC Nº 04, DE 15 DE OUTUBRO DE 2011 UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA PROCESSO SELETIVO PARA A INCUBAÇÃO DE EMPRESAS

EDITAL SEDETEC Nº 04, DE 15 DE OUTUBRO DE 2011 UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA PROCESSO SELETIVO PARA A INCUBAÇÃO DE EMPRESAS EDITAL SEDETEC Nº 04, DE 15 DE OUTUBRO DE 2011 UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA PROCESSO SELETIVO PARA A INCUBAÇÃO DE EMPRESAS O SECRETÁRIO DE DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE

Leia mais

EDITAL FAPEMIG 06/2014

EDITAL FAPEMIG 06/2014 EDITAL FAPEMIG 06/2014 BOLSA DE INCENTIVO À PESQUISA E AO DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO DESTINADA A SERVIDOR PÚBLICO ESTADUAL A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais FAPEMIG, nos termos

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO PRO-REITORIA DE EXTENSÃO E CULTURA INCUBADORA TECNOLÓGICA E DO AGRONEGÓCIO DE MOSSORÓ

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO PRO-REITORIA DE EXTENSÃO E CULTURA INCUBADORA TECNOLÓGICA E DO AGRONEGÓCIO DE MOSSORÓ MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO PRO-REITORIA DE EXTENSÃO E CULTURA INCUBADORA TECNOLÓGICA E DO AGRONEGÓCIO DE MOSSORÓ CHAMADA Nº. 01/2016 IAGRAM A Incubadora Tecnológica

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE VILA VELHA SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA E TURISMO EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS Nº10/2014

PREFEITURA MUNICIPAL DE VILA VELHA SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA E TURISMO EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS Nº10/2014 1 PREFEITURA MUNICIPAL DE VILA VELHA SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA E TURISMO FUNDO MUNICIPAL DE CULTURA EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS Nº10/2014 A PREFEITURA MUNICIPAL DE VILA VELHA, pessoa jurídica de

Leia mais

ESTADO DO ACRE Fundação de Cultura e Comunicação Elias Mansour EDITAL MAIS CULTURA PARA PREMIAÇÃO DOS PONTINHOS DE CULTURA DO ESTADO DO ACRE

ESTADO DO ACRE Fundação de Cultura e Comunicação Elias Mansour EDITAL MAIS CULTURA PARA PREMIAÇÃO DOS PONTINHOS DE CULTURA DO ESTADO DO ACRE EDITAL MAIS CULTURA PARA PREMIAÇÃO DOS PONTINHOS DE CULTURA DO ESTADO DO ACRE O Governo do Estado do Acre, por intermédio da Fundação de Cultura e Comunicação, no âmbito do Acordo de Cooperação firmado

Leia mais

EDITAL FAPESB/SECTI/SEBRAE/IEL Apoio à Implantação de Cursos de Empreendedorismo 002/2006

EDITAL FAPESB/SECTI/SEBRAE/IEL Apoio à Implantação de Cursos de Empreendedorismo 002/2006 EDITAL FAPESB/SECTI/SEBRAE/IEL Apoio à Implantação de Cursos de Empreendedorismo 002/2006 SELEÇÃO PÚBLICA DE PROPOSTAS PARA O PROGRAMA BAHIA INOVAÇÃO REDE DE EMPREENDEDORISMO A Fundação de Amparo à Pesquisa

Leia mais

PROGRAMA DE AÇÃO CULTURAL Projeto Coletivo de Criação Edital nº 002 04-2010 EDITAL DE APOIO A PROJETOS DE GRAVAÇÃO DE MÚSICAS INÉDITAS

PROGRAMA DE AÇÃO CULTURAL Projeto Coletivo de Criação Edital nº 002 04-2010 EDITAL DE APOIO A PROJETOS DE GRAVAÇÃO DE MÚSICAS INÉDITAS PROGRAMA DE AÇÃO CULTURAL Projeto Coletivo de Criação Edital nº 002 04-2010 EDITAL DE APOIO A PROJETOS DE GRAVAÇÃO DE MÚSICAS INÉDITAS O COLETIVO DE CRIAÇÃO torna público A SELEÇÃO que fará realizar visando

Leia mais

EDITAL PROPPI Nº 012/2015 APOIO A PROJETOS COOPERATIVOS DE PESQUISA APLICADA, DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO E INOVAÇÃO.

EDITAL PROPPI Nº 012/2015 APOIO A PROJETOS COOPERATIVOS DE PESQUISA APLICADA, DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO E INOVAÇÃO. EDITAL PROPPI Nº 012/2015 APOIO A PROJETOS COOPERATIVOS DE PESQUISA APLICADA, DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO E INOVAÇÃO. O Pró-Reitor de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação do Instituto Federal de Educação,

Leia mais

EDITAL Verde-Amarelo/ Parques Tecnológicos: FINEP 04/2002

EDITAL Verde-Amarelo/ Parques Tecnológicos: FINEP 04/2002 EDITAL Verde-Amarelo/ Parques Tecnológicos: FINEP 04/2002 O Ministério da Ciência e Tecnologia, em cumprimento às recomendações do Comitê Gestor do Programa de Estímulo à Interação Universidade-Empresa

Leia mais

MEMÓRIAS BRASILEIRAS: BIOGRAFIAS Edital N 13/2015

MEMÓRIAS BRASILEIRAS: BIOGRAFIAS Edital N 13/2015 MEMÓRIAS BRASILEIRAS: BIOGRAFIAS Edital N 13/2015 Publicado no DOU de 29/07/15 seção 3 pág. 33 DIRETORIA DE PROGRAMAS E BOLSAS NO PAÍS DPB Coordenação- Geral de Programas Estratégicos CGPE A Coordenação

Leia mais

PROGRAMA BRASIL ARTE CONTEMPORÂNEA Primeira edição do Prêmio "Publicações em língua estrangeira de Arte Contemporânea"

PROGRAMA BRASIL ARTE CONTEMPORÂNEA Primeira edição do Prêmio Publicações em língua estrangeira de Arte Contemporânea PROGRAMA BRASIL ARTE CONTEMPORÂNEA Primeira edição do Prêmio "Publicações em língua estrangeira de Arte Contemporânea" EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA PREÂMBULO A Fundação Bienal de São Paulo convoca interessados

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA DE SELEÇÃO DE PESQUISAS CIENTÍFICAS BNDES/FEP nº03/2011 FUNDO DE ESTRUTURAÇÃO DE PROJETOS (FEP)

CHAMADA PÚBLICA DE SELEÇÃO DE PESQUISAS CIENTÍFICAS BNDES/FEP nº03/2011 FUNDO DE ESTRUTURAÇÃO DE PROJETOS (FEP) CHAMADA PÚBLICA DE SELEÇÃO DE PESQUISAS CIENTÍFICAS BNDES/FEP nº03/2011 FUNDO DE ESTRUTURAÇÃO DE PROJETOS (FEP) 1. Introdução O BNDES atua, há 58 anos, no financiamento ao desenvolvimento nacional. Ao

Leia mais

EDITAL PROPPI Nº 005/2015 - Apoio à Edição de Periódicos Científicos do IFRS

EDITAL PROPPI Nº 005/2015 - Apoio à Edição de Periódicos Científicos do IFRS EDITAL PROPPI Nº 005/2015 - Apoio à Edição de Periódicos Científicos do IFRS O Pró-Reitor de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO DO IFES CAMPUS VITÓRIA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO DO IFES CAMPUS VITÓRIA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CAMPUS VITÓRIA Avenida Vitória, 1729 Bairro Jucutuquara 29040-780 Vitória ES 27 3331-2110 DIRETORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO DO IFES CAMPUS

Leia mais

EDITAL DE APOIO À PUBLICAÇÃO DE LIVROS IMPRESSOS E ELETRÔNICOS

EDITAL DE APOIO À PUBLICAÇÃO DE LIVROS IMPRESSOS E ELETRÔNICOS EDITAL Nº. 001/2013. EDITAL DE APOIO À PUBLICAÇÃO DE LIVROS IMPRESSOS E ELETRÔNICOS A Reitoria da Universidade Potiguar, por meio deste edital, leva a público, a abertura das inscrições para a publicação

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE PROPOSTAS DE ARTES VISUAIS PARA REALIZAÇÃO DE EXPOSIÇÕES NO CENTRO CULTURAL BOULEVARD LONDRINA SHOPPING

EDITAL DE SELEÇÃO DE PROPOSTAS DE ARTES VISUAIS PARA REALIZAÇÃO DE EXPOSIÇÕES NO CENTRO CULTURAL BOULEVARD LONDRINA SHOPPING 1 EDITAL DE SELEÇÃO DE PROPOSTAS DE ARTES VISUAIS PARA REALIZAÇÃO DE EXPOSIÇÕES NO CENTRO CULTURAL BOULEVARD LONDRINA SHOPPING Regulamento editado pelo Boulevard Londrina Shopping, inscrito sob CNPJ 09.191.802/0002-81,

Leia mais

PRÊMIO ARTES CÊNICAS DE MINAS GERAIS

PRÊMIO ARTES CÊNICAS DE MINAS GERAIS PRÊMIO ARTES CÊNICAS DE MINAS GERAIS Programa de Democratização do Acesso à Cultura e aos Mecanismos de Produção: Estímulo à Produção e Circulação Cultural. O Estado de Minas Gerais, por intermédio da

Leia mais

EEEP PROFESSOR GUSTAVO AUGUSTO LIMA E-mail: eeepgustavolima@escola.ce.gov.br Lavras da Mangabeira Ceará

EEEP PROFESSOR GUSTAVO AUGUSTO LIMA E-mail: eeepgustavolima@escola.ce.gov.br Lavras da Mangabeira Ceará MINUTA DO CONVITE Nº 030/2014. Natureza da Despesa: SERVIÇOS PESSOA JURÍDICA 3390390091 - REPASSE PARA MANUTENÇÃO DE ESCOLAS Data de Emissão: 29/09/2013 Data da Licitação: 09/10/2014 Hora da Licitação:

Leia mais

Edital. Ações para o desenvolvimento integral na Primeira Infância

Edital. Ações para o desenvolvimento integral na Primeira Infância Edital Ações para o desenvolvimento integral na Primeira Infância 1. OBJETIVO 1.1. Este edital tem o objetivo de apoiar financeiramente projetos de extensão universitária voltados a ações para o desenvolvimento

Leia mais

EDITAL FAPEMIG 16/2011

EDITAL FAPEMIG 16/2011 EDITAL FAPEMIG 16/2011 PROGRAMA ESTRUTURADOR REDE DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA INOVAÇÃO TECNOLÓGICA MESTRES E DOUTORES A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais FAPEMIG, atendendo à orientação

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DO RIO DE JANEIRO EDITAL DE CHAMADA PARA CELEBRAÇÃO DE CONVÊNIO Nº 001/2016

CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DO RIO DE JANEIRO EDITAL DE CHAMADA PARA CELEBRAÇÃO DE CONVÊNIO Nº 001/2016 EDITAL DE CHAMADA PARA CELEBRAÇÃO DE CONVÊNIO Nº 001/2016 1.INTRODUÇÃO 1.1 O COREN/RJ, com sede na Avenida Presidente Vargas, nº 502, 3º, 4º, 5º e 6º andares, Centro, Rio de Janeiro/RJ, torna público que

Leia mais

Programa Bolsa-Sênior

Programa Bolsa-Sênior CHAMADA PÚBLICA 09/2015 Programa Bolsa-Sênior A Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Paraná divulga a presente Chamada Pública e convida as instituições de ensino

Leia mais