Este testemunho é muito importante para os Jovens.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Este testemunho é muito importante para os Jovens."

Transcrição

1 Este testemunho é muito importante para os Jovens. Eu sempre digo que me converti na 1ª viagem missionária que fiz, porque eu tinha 14 anos e fui com os meus pais. E nós não tínhamos opção, como é o pai que manda lá em casa, tentei tudo para não ir, mas tive que ir. E nós fomos para a Bélgica evangelizar. E eu achei graça, esta coisa de cantar era engraçada. Aí o líder disse, vamos falar de Jesus e eu fiquei assim um bocadinho para trás, para não ser vista. E ás vezes escapava mas houve um dia que ele me chamou e eu tive mesmo que ir. Fui com a minha irmã, e falámos com a 1ª pessoa que apareceu. Eu perguntei-lhe: O Senhor conhece Deus? e ele respondeu que sim. E agora o que é que há mais? Pronto...ok... Isto fez-me pensar...o que é que eu acredito? Porque eu acreditava em Deus, mas eu não tinha esta experiência com Deus. Os meus pais já tinham tido, eu não, estava lá e pronto. Mas isso fez-me pensar o que é que a pessoa crê. Entretanto, converti-me e fiquei cheia do fogo de Deus, o amor pelas almas. Então, comecei a ir todos os anos, mesmo depois de os meus pais já não irem, eu ia. Durante o ano eu andava na escola, distribuía jornais durante a semana para ganhar dinheiro e eu não gastava o dinheiro. Eu guardava o dinheiro todo, porque depois no verão, ia para o campo missionário durante 1 mês. Não ia mais tempo porque também não tinha dinheiro para mais. Para estar lá tinha que pagar, e em troca eu tinha um lugar para dormir, tinha comida e tinha que chegar ao lugar, e eu ia sempre para a Bélgica porque era mais perto, senão o dinheiro não chegava. Normalmente era assim, as pessoas chegavam lá, e eu lembro-me bem que era um estilo escola, então havia lá várias salas, e a pessoa dormia lá, tinha 10 camas, noutra sala tinha só rapazes. E esta gente toda chegava ás 100 pessoas e havia apenas 2 casas de banho e 2 chuveiros, para todos. Eram assim as regras, (a pessoa pagava, não esqueça). Aqui é assim, toda a gente trabalha de manhã, alguns têm que limpar, outros têm que fazer comida, outros têm que lavar a loiça, toda a gente trabalha de manhã. Depois no final da manhã ou principio da tarde, vão fazer ensaios de teatros, de danças, de música, tudo o que é preciso e depois vai toda a gente para rua. Então como há poucos chuveiros, só se pode tomar banho uma vez por semana e uma vez por semana

2 vamos todos à piscina. Então era assim, mas sabe, esses verões foram os mais felizes de sempre. O ano todo quando eu andava na escola, eu só conseguia pensar nisso. O estudo já não me dizia mais nada. Eu estava lá porque tinha que acabar, tinha que ser para o meu pai ficar contente. Mas eu lembro-me que quando eu tinha 16 anos eu disse ao meu pai, eu não quero estudar, eu estou aqui a perder o meu tempo e eu quero entrar nas missões. O meu desejo era estar 100%, o tempo todo, esse era o meu desejo. Então para mim esta coisa da escola, era um desperdício de tempo, estudava só para passar, houve um ano que ia chumbando e estava chateada porque ia perder mais um ano, mas pronto ainda consegui. E disse ao meu pai, ah eu não sei...acho que vou parar. Até ali o meu pai não se opôs em nada, deu-me liberdade, se quiseres podes parar. Então eu pensei, mesmo as escolas de missões, só deixavam a pessoa entrar com 18 anos, então pronto...olha..paciência...então foram mais 2 anos na escola e eu sempre escolhia as disciplinas já a pensar nas missões. Sempre escolhi as línguas, escolhi geografia, para pelo menos saber onde ficavam os países, e talvez eu não escolhi outras coisas porque eu tinha uma visão muito curta. Porque eu pensei que missões, era só África e países pobres, nem pensei em computadores e coisas assim porque parecia que isso não tinha nada a ver com missões. Quando tinha 18 anos fui fazer uma escola de missões, tive lá 3 meses e era mesma coisa, tinha que trabalhar de manhã, à tarde tinha aulas, à noite tinha aulas, todos os dias. Tinha alguma comida, pronto. E depois tinha uma parte prática e eu eu escolhi um pais fora de Holanda, e fui à Índia. Até era engraçado, a pessoa podia escolher entre vários países e eu pensei assim, Deus até deve ter rido, "uma vez na vida, eu quero andar de avião", então eu escolhi ir para a Índia. Só uma vez, porque normalmente eu escolhia as equipas que faziam teatro, porque eu gostava muito de teatro, sempre escolhi isso, esta foi a única vez que eu quis fazer diferente. Antes de ir para lá tive algumas lições, para saber como era, uma outra cultura. A pessoa recebia algumas regras de como é que era a cultura, alguns pontos com sentido, o que se podia comer, o que não se podia comer, beber e diziam assim, isto vão ser 3 meses, vocês vão andar muito, não levem malas nem nada é só pouca coisa. Então eu fui por 3 meses e levei um saco de desporto daqueles que a pessoa leva para fazer ginástica, e quando cheguei ao aeroporto para deixar a mala, eu não queria dar porque tinha a sensação que a mala não ia chegar lá. Mas eu pus. Chegámos de avião, Foi de Amesterdão, depois parou na Grécia, e depois foi para a Índia.

3 Chegou e a mala não estava lá. Eu já sabia, eu já sabia, mas pronto...paciência, logo se vê o que eu vou fazer. Então fui trocar algum dinheiro que eu tinha, ai chegou o líder, e disse que é que estás aqui a fazer? Vai...tens que dizer que perdeste a mala, e eu Ahh...ainda há esperança! Entretanto fiquei lá uma semana sem mala. Alguém me emprestou um pijama, cuecas, era tudo assim..fiquei uma semana assim e depois foi a primeira vez que eu tive mesmo um choque de cultura. Eu tinha feito missões mas era sempre na Europa. Mas Índia é mesmo muito diferente, quando a gente chega, está cheio de gente, Índia tem tanta gente, são 350 milhões de pessoas. Muita gente, muita confusão, chegámos à noite. Entretanto esses 3 meses nós andámos muito mesmo, 1 mês em Bombaim na cidade, os outros 2 meses, fomos mesmo no interior. Tivemos em aldeias onde eles nunca tinham visto um branco, um europeu. A pessoa não precisava fazer nada para evangelizar, era só ficar ali à espera, a pessoa sentava-se no chão. A pessoa lá senta-se sempre no chão, não há cadeiras, come com a mão, mão direita só, mão esquerda é para outra coisa. Dormir 3 meses no chão, numa coisa muito fininha que só servia para marcar o lugar. A gente sentava-se e juntavam-se ali 30, 40 pessoas só a olhar para nós, e então era a oportunidade, fácil não é, assim a pessoa não precisava de fazer nada. Então a cultura era muito, muito diferente. Uma vez ficámos numa igreja que era o dobro deste palco. E era assim, as raparigas dormem deste lado e os rapazes dormem do outro lado. Tinha janelas e havia toda a gente a olhar pelas janelas. Ai a pessoa perguntava, onde é a casa de banho? Não havia casa de banho... É lá fora algures... Uma vez também ficámos num lugar que não tinha água, então a pessoa queria tomar banho, havia um riozinho e tomava-se lá banho. Mas sabe a pessoa estava contente, e eu só tinha um desejo, era voltar. E eu não me dava bem com comida. Porque eu comecei mal..comecei a comer tudo, não estava habituada, fiquei mal disposta, logo no primeiro dia. No 3ºdia já não conseguia comer, só com os cheiros ficava mal disposta. Então durante 3 meses eu comia pão com banana...pão com banana...pão com banana...pão com banana... Poupava no dinheiro, em vez de comer 2 refeições ao dia, comia só à noite. Todos os países sempre têm restaurante chinês, então eu comia lá chinês à noite. Quando voltei estava bastante mais magrinha. Mas eu tinha este desejo de voltar. Porque a pessoa está a servir a Deus, estas coisas ficam na perspetiva.

4 A pessoa parece que consegue separar qual é o Reino de Deus e qual é o reino do mundo. A pessoa que vai como missionário vai, para tirar o povo da pobreza, de maldição. Eu não sabia isso. Nós estávamos a ficar quase como eles. Comprámos 2 vestidos típicos deles, muito confortáveis, mas não muito bons. Toda a gente só tinha 2 pares de roupa, então olhava, a vermelha é ela, a azul é ela, a pessoa ficava livre desse jugo. Como o povo do Egito, as pessoas estavam debaixo de um jugo, era escravo, e muitas vezes quando pessoa vive num pais onde tem muita coisa, a pessoa se torna escravo, sem se aperceber. Eu só notei essas coisas quando voltei. Voltei à Holanda, achei tudo muito limpo, porque a Índia é muito suja. Eles acreditam que a pessoa é assim porque noutra vida ele não se portou bem, então eles não querem muito saber. Tem muita pessoa a pedir dinheiro, muita sujidade mesmo. Mas é um povo lindo, é um povo muito lindo e muito amável e vê-se que há muita gente lá que têm essas religiões, e ás vezes nós entrávamos numa área e pessoa olhava nos olhos deles e via dureza. Via que eles estavam a servir a um deus morto. Porque isso estava lá dentro, a pessoa olhava e via, quase ficava com medo. A pessoa estava a ver demónios. Esta coisa de missões a pessoa tem que ir com a mente muito aberta. Tem que esquecer toda a cultura para trás. A pior coisa que se pode dizer quando se chega a outro pais é ah..no meu país...no meu país. Já quando fiz a escola, várias vezes nos chateámos com os americanos, que estavam sempre a dizer, ah Holanda é tão pequenina, os carros são pequeninos, lá nos Estados Unidos...lá nos Estados Unidos...já estávamos fartos disso. Quando a pessoa vai para outro país tem que respeitar aquele povo, não comparar, comparar não dá nada. E temos que pensar que essas pessoas são criaturas que Deus fez. Eu podia ter nascido aqui. Ainda hoje eu penso, qual é a sorte que eu tive de nascer onde eu nasci? O que é que eu fiz para nascer na Holanda? O que é que eu fiz? Eu podia ter nascido lá no meio da Índia, ou no meio de África, mas por acaso nasci na Holanda, porque é Deus que fez assim. Mas o que é que eu fiz? Foi a minha sorte, foi Deus que me pôs lá. Então a pessoa que vai, tem que ter a mente aberta de que é outro povo, outra cultura. A pessoa tem que esquecer o passado e adaptar algumas coisas dessa cultura e respeitar o povo, porque aí a pessoa ganha o coração do povo.

5 Eu aprendi bastantes línguas, mas quando eu cheguei lá eu gostava de aprender algumas palavras deles. As pessoas gostam quando a gente mostra interesse na vida deles, na língua deles, na cultura deles, isso abre uma porta para depois falar de Jesus. Porque eu fiz isso tantos anos, aprendi viver bem no pouco, tal como o Apóstolo Paulo, viver bem no pouco e com muito. Então eu consegui viver no pouco, porque estava habituada a viver assim. Mesmo na Holanda todo o dinheiro que eu ganhava eu dava para missões, porque essa era a minha paixão. E depois eu lembro quando eu vim para Portugal, a 1ª vez, eu recebi algum dinheiro. Eu fiquei tão chocada!! Dinheiro?! Porque foi a primeira vez que estando fora, alguém me deu alguma coisa, porque eu estava habituada a trabalhar para ganhar dinheiro, para depois pagar para ir servir a Deus. Então é um grande privilégio, é um privilégio muito grande. Há milhões de missionários em toda a parte do mundo, que eles vão para outros países mas eles sempre têm que escrever cartas, para pedir casa, para pessoas mandarem dinheiro. Se faz favor, manda-me algum dinheiro para eu poder servir a Deus aqui. É um peso, alguns param até de ser missionários, então eles precisam de dinheiro para viver e deixam de voltar ás vezes. Então o privilégio é muito grande, nós podermos servir a Deus e ainda ter um vencimento. É um privilégio muito, muito grande, mesmo, e não só isso mas a pessoa ganha bem. E depois pronto, eu cheguei aqui, e tive que me habituar a conseguir viver no meio do bem, porque eu não estava habituada. Dava-me melhor viver no meio da pobreza, era mais fácil para mim, do que viver...ir a um jantar de Homens de Negócios, às vezes eu já chorava, no principio ai que chato ter que arranjar a roupa tenho que ir ao cabeleireiro tenho que fazer maquilhagem que coisa chata porque esta gente é assim então era difícil para mim de mais difícil adaptação do que quando fui à Índia. Então isso para dizer o quê...a pessoa tem que ir às missões com esta mente aberta, que Deus nos vai usar da maneira que ele quer e temos que fazer tudo para a glória de Deus. Porque se eu hoje me vestisse mal, também não poderia ser, porque seria mau testemunho. Mas se eu me vestisse lá na Índia como estou vestida hoje, ninguém se tinha chegado a mim. Então tem que fazer tudo para a glória de Deus, para Ele nos poder usar. Eu reconheço hoje ás vezes quando uma pessoa anda num centro comercial, que hoje em dia a moda, não é assim que muda 2 vezes no ano, 4 vezes ao ano, parece que é todas as semanas. No outro dia fui e comprei coisas e depois passados umas semanas quando voltei, parece que era tudo diferente, outra moda e parece que quando a pessoa anda lá essas coisas chamam, é um jugo. É um jugo que vem do diabo.

6 É um jugo que o diabo nos quer pôr, tenho que comprar outra roupa, tenho que comprar...tenho que comprar mais e mais para andar na moda, tenho que fazer isto, tenho...tenho...tenho...é um jugo do diabo. Nós temos que aprender a conseguir viver e a ver fora desta escravatura. Porque muita gente aqui, e em toda a Europa, anda debaixo de uma escravatura, porque eles precisam se vestir de tal maneira, precisam fazer muita coisa e é um peso pesado. E ás vezes as pessoas até nem conseguem construir o Reino de Deus porque o peso é muito grande. Então nós temos que encontrar um equilíbrio, temos que parar e pensar, eu estou a comprar isto para quê? Precisa mesmo? Se não precisa porque compra? Mas você diz, mas é muita tentação, então não vá para o centro comercial. Mas é mesmo. Eu não tinha muito hábito de comprar coisas e minha irmã também não tinha esse hábito. E uma vez ela veio cá, tinha algum dinheiro e ela foi ao Centro comercial. Ela voltou e ela disse assim, "fiquei chocada com a minha reação", porque ela antes também andava no centro comercial, só que andava sem dinheiro, e agora estava com dinheiro e ela disse, "vinha dentro de mim, e eu fiquei quase com medo, com esta coisa que eu queria comprar, comprar, comprar". E hoje em dia tanta gente com cartão é isso que acontece. Então se a pessoa sabe que isto é um ponto fraco, não entre no centro comercial. Ou se vai, vá sem dinheiro, sem cartão, sem cheque e não leve amigo que lhe pode emprestar e chama-se amigo da onça. Missionário na verdade é começar a construir o Reino de Deus, e é tão bom quando a pessoa já faz isso quando é jovem porque já ganha um hábito. Ás vezes quando oiço este tipo de mensagens, eu penso para trás, pois isto era assim e assim, porque a pessoa também vai se esquecendo das coisas que tem e dar valor ás coisas que tem. Missionário é uma coisa muito importante, e se a pessoa começa a dar, ela nunca tem falta de nada. Eu nunca senti falta de nenhuma roupa quando estive na Índia nem sapatos. Comprei lá umas sandálias, duraram os 3 meses e ainda as levei para casa. Porque andava tão bem, estava tão bom, tinha andado quilómetros e quilómetros com essas sandálias. Então é muito bom mesmo, porque a pessoa está no lugar de Deus e se a pessoa está no lugar onde Deus quer, não importa tudo o resto, porque Ele toma conta de nós. E a pessoa recebe formação com isto. É muito bom quando a pessoa sai do pais onde está.

7 É muito bom, porque abre a nossa visão, abre a nossa mente, e fica muito mais fácil para nós vermos, que há várias maneiras para fazer uma coisa. E o que é moda aqui, lá não é moda. O que é bonito aqui, lá não é. E toda a gente é linda. E todas as pessoas, todos os povos têm os dons específicos, muito bons, então a coisa mais parva que podemos fazer é comparar, porque Deus quer usar-se de cada um de nós. Mesmo que você pense, "ah missionário, não tenho jeito para isso", tem. Toda a gente tem dons e Deus precisa de todo o mundo. Então se você é jovem e ainda não está preso, quer dizer, não tem família ainda, agarra esta oportunidade. Eu lembro-me que quando acabei a escola, o secundário, era para entrar na universidade e eu não tinha desejo de ir para a universidade. Porque já o secundário para mim era um jugo que não estava no meu coração. Mas eu pensei assim, talvez Deus quer que eu vá. Então fui visitar várias, e todas que eu visitava eu sentia um espírito de opressão, que eu pensei, eles não me vão ter aqui, não. Eu não vou ficar debaixo deste jugo. E ás vezes eu tinha uma luta com a minha irmã, ela dizia, a pessoa tem dons e talentos e Deus quer que nós usemos esses dons. Era a nossa luta, porque ela queria estudar e eu não queria. São os talentos, Deus quer usar os talentos, eu sei mas também há outros talentos, dizia eu. Ela foi, ela estudou, mas eu não estou a dizer que ela hoje está melhor. O que nós estudamos, se nós estudamos ou não, não quer dizer nada. Porque Deus tem uma coisa para cada pessoa. A pessoa tem que estar na vontade de Deus e aí tudo vai funcionar. Um jovem pode pensar, "eu podia ir para uma universidade, não posso fazer missões." Vai atrás da vontade de Deus, é muito importante que a pessoa oiça a voz de Deus e depois faça. Não diga, ah deixa-me primeiro fazer um estudo, comece já. Tudo o que não sabe Deus vai lhe ensinar. E também todas as coisas que se ensinam na universidade já são velhas, quando ele sai já não se usa nem pratica. Então é melhor começar a viver com Deus, servir a Deus e Ele vai-lhe dar as coisas atualizadas. Ser missionário é uma coisa muito boa. Porque nós já começamos a construir o Reino de Deus e tirando o pais onde nós estamos, ás vezes até a nossa casa, a nossa família, isso ajuda muitas vezes também. Só sair da nossa família, da nossa casa, do nosso normal, e estar com pessoas que também querem fazer a mesma coisa, e viver com pouca coisa, isto faz muito bem. Porque isso tira tudo o que nós temos dentro de nós.

8 Porque tudo se vai mostrar, se a pessoa tem pouca coisa, vai se mostrar o que está lá no coração, porque dorme mal, tem muitos mosquitos, montes de coisas e a pessoa vai falar e depois vai analisar, a minha reação assim, tem que trabalhar um pouquinho nesta reação, nesta atitude, de coração. Só quero dizer assim, se você sente que Deus lhe fala ao coração, então vá, porque podemos confiar em Deus. Ele toma conta de nós. E a melhor coisa que podemos fazer, diz assim, sem fé é impossível agradar a Deus. Se a pessoa sente a chamada e sente que é hora de ir, o que é fé nesta hora? É dizer eu vou. Não quero saber das circunstâncias, não quero saber se vou ganhar algum, se vai ser dificil, fácil, mas eu vou porque eu tenho confiança e tenho fé em Deus. Eu confio que tudo o que Deus diz, é verdade. E Deus agrada-se desta atitude e se Ele se agrada, Ele nos vai dar tudo. Não quer dizer que Ele lhe vai dar luxo, ou tudo muito fácil, mas Ele vai tomar conta de nós e nós vamos conquistar uma coisa atrás da outra.

Segmentos da Entrevista do Protocolo 5: Alunos do Pré-Escolar

Segmentos da Entrevista do Protocolo 5: Alunos do Pré-Escolar Segmentos da Entrevista do Protocolo 5: Alunos do Pré-Escolar CATEGORIAS OBJECTIVOS ESPECÍFICOS S. C. Sim, porque vou para a beira de um amigo, o Y. P5/E1/UR1 Vou jogar à bola, vou aprender coisas. E,

Leia mais

Em algum lugar de mim

Em algum lugar de mim Em algum lugar de mim (Drama em ato único) Autor: Mailson Soares A - Eu vi um homem... C - Homem? Que homem? A - Um viajante... C - Ele te viu? A - Não, ia muito longe! B - Do que vocês estão falando?

Leia mais

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a João do Medo Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a mamãe dele. Um dia, esse menino teve um sonho ruim com um monstro bem feio e, quando ele acordou, não encontrou mais

Leia mais

A CURA DE UM MENINO Lição 31

A CURA DE UM MENINO Lição 31 A CURA DE UM MENINO Lição 31 1 1. Objetivos: Mostrar o poder da fé. Mostrar que Deus tem todo o poder. 2. Lição Bíblica: Mateus 17.14-21; Marcos 9.14-29; Lucas 9.37-43 (Leitura bíblica para o professor)

Leia mais

Acólitos. São João da Madeira. Cancioneiro

Acólitos. São João da Madeira. Cancioneiro Acólitos São João da Madeira Cancioneiro Índice Guiado pela mão...5 Vede Senhor...5 Se crês em Deus...5 Maria a boa mãe...5 Quanto esperei por este momento...6 Pois eu queria saber porquê?!...6 Dá-nos

Leia mais

Entrevista com Aires Alves

Entrevista com Aires Alves 1 Entrevista com Aires Alves Hélder Bértolo (Professor da Faculdade de Medicina de Lisboa) e Maria Lúcia Batezat Duarte Transcrição: Maria Lúcia Batezat Duarte 1 38 anos técnico de computador - cego congênito

Leia mais

Relato de parto: Nascimento do Thomas

Relato de parto: Nascimento do Thomas Relato de parto: Nascimento do Thomas Dia 15 de dezembro de 2008, eu já estava com 40 semanas de gestação, e ansiosa para ter meu bebê nos braços, acordei as 7h com uma cólica fraca, dormi e não senti

Leia mais

EMPREGO DE PALAVRAS E EXPRESSÕES

EMPREGO DE PALAVRAS E EXPRESSÕES EMPREGO DE PALAVRAS E EXPRESSÕES ASPECTOS TEÓRICOS. POR QUE /POR QUÊ / PORQUE / PORQUÊ a) POR QUE: Equivale a POR QUAL MOTIVO ou a pelo qual e variações; vem também depois de EIS e DAÍ. b) POR QUÊ: Equivale

Leia mais

1º Domingo de Agosto Primeiros Passos 02/08/2015

1º Domingo de Agosto Primeiros Passos 02/08/2015 1º Domingo de Agosto Primeiros Passos 02/08/2015 JESUS ESTÁ COMIGO QUANDO SOU DESAFIADO A CRESCER! OBJETIVO - Saber que sempre que são desafiados a crescer ou assumir responsabilidades, Jesus está com

Leia mais

Olga, imigrante de leste, é empregada nessa casa. Está vestida com um uniforme de doméstica. Tem um ar atrapalhado e está nervosa.

Olga, imigrante de leste, é empregada nessa casa. Está vestida com um uniforme de doméstica. Tem um ar atrapalhado e está nervosa. A Criada Russa Sandra Pinheiro Interior. Noite. Uma sala de uma casa de família elegantemente decorada. Um sofá ao centro, virado para a boca de cena. Por detrás do sofá umas escadas que conduzem ao andar

Leia mais

O Ponto entrevista Letícia Odorizi, aprovada em 1º lugar para ATRFB!

O Ponto entrevista Letícia Odorizi, aprovada em 1º lugar para ATRFB! O Ponto entrevista Letícia Odorizi, aprovada em 1º lugar para ATRFB! A história da Letícia Odorizi, aprovada em 1º lugar para Analista Tributário da Receita Federal do Brasil, é mais uma das histórias

Leia mais

Vamos mudar o mundo? Mais esta mudança deve começar por você!

Vamos mudar o mundo? Mais esta mudança deve começar por você! Vamos mudar o mundo? Mais esta mudança deve começar por você! Este Livro Digital (Ebook) é fruto de uma observação que eu faço no mínimo há dez anos nas Redes Sociais, e até pessoalmente na convivência

Leia mais

MEU TIO MATOU UM CARA

MEU TIO MATOU UM CARA MEU TIO MATOU UM CARA M eu tio matou um cara. Pelo menos foi isso que ele disse. Eu estava assistindo televisão, um programa idiota em que umas garotas muito gostosas ficavam dançando. O interfone tocou.

Leia mais

MATERIAL DE APOIO OFICINA EVANGELISMO PESSOAL MIN. FILIPE ARAÚJO

MATERIAL DE APOIO OFICINA EVANGELISMO PESSOAL MIN. FILIPE ARAÚJO MATERIAL DE APOIO OFICINA EVANGELISMO PESSOAL MIN. FILIPE ARAÚJO DO CONCEITO PARA PRATICA E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É-me dado todo o poder no céu e na terra. Portanto ide, fazei discípulos

Leia mais

Título: O senhor do seu nariz e outras histórias Texto: 2006, Álvaro Magalhães Ilustração: 2010, João Fazenda 2010, Edições ASA II, S.A.

Título: O senhor do seu nariz e outras histórias Texto: 2006, Álvaro Magalhães Ilustração: 2010, João Fazenda 2010, Edições ASA II, S.A. Título: O senhor do seu nariz e outras histórias Texto: 2006, Álvaro Magalhães Ilustração: 2010, João Fazenda 2010, Edições ASA II, S.A. Portugal ISBN 9789892311340 Reservados todos os direitos Edições

Leia mais

Geração Graças Peça: A ressurreição da filha de Jairo

Geração Graças Peça: A ressurreição da filha de Jairo Geração Graças Peça: A ressurreição da filha de Jairo Autora: Tell Aragão Personagens: Carol (faz só uma participação rápida no começo e no final da peça) Mãe - (só uma voz ela não aparece) Gigi personagem

Leia mais

Anexo 2.1 - Entrevista G1.1

Anexo 2.1 - Entrevista G1.1 Entrevista G1.1 Entrevistado: E1.1 Idade: Sexo: País de origem: Tempo de permanência 51 anos Masculino Cabo-verde 40 anos em Portugal: Escolaridade: Imigrações prévias : São Tomé (aos 11 anos) Língua materna:

Leia mais

MELHORES MOMENTOS. Expressão de Louvor Paulo Cezar

MELHORES MOMENTOS. Expressão de Louvor Paulo Cezar MELHORES MOMENTOS Expressão de Louvor Acordar bem cedo e ver o dia a nascer e o mato, molhado, anunciando o cuidado. Sob o brilho intenso como espelho a reluzir. Desvendando o mais profundo abismo, minha

Leia mais

Pequena História do meu Estágio de Português orientado pelo Senhor Dr. Virgílio Couto na Escola Comercial de Veiga Beirão

Pequena História do meu Estágio de Português orientado pelo Senhor Dr. Virgílio Couto na Escola Comercial de Veiga Beirão Pequena História do meu Estágio de Português orientado pelo Senhor Dr. Virgílio Couto na Escola Comercial de Veiga Beirão Ano Primeiro (1948-1949) Janeiro, 11 Para começar, falou connosco durante uma hora

Leia mais

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão.

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão. REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO Código Entrevista: 5 Data: 21/10/2010 Hora: 11h00 Duração: 40:46 Local: Casa de Santa Isabel DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS Idade

Leia mais

de pontas soltas maria marujo

de pontas soltas maria marujo de pontas soltas maria marujo algumas pontas ou nós! a vós a decisão: sobre os óculos da sofia não sei o que fazer com esta liberdade. mas que merda calhar-me logo a mim esta liberdade. eu não quero esta

Leia mais

www.rockstarsocial.com.br

www.rockstarsocial.com.br 1 1 Todos os Direitos Reservados 2013 Todas As Fotos Usadas Aqui São Apenas Para Descrição. A Cópia Ou Distribuição Do Contéudo Deste Livro É Totalmente Proibida Sem Autorização Prévia Do Autor. AUTOR

Leia mais

Catequese nº 13 (4º Catecismo) Jesus presente no irmão. Jorge Esteves

Catequese nº 13 (4º Catecismo) Jesus presente no irmão. Jorge Esteves Catequese nº 13 (4º Catecismo) Jesus presente no irmão Jorge Esteves Objectivos 1. Reconhecer que Jesus se identifica com os irmãos, sobretudo com os mais necessitados (interpretação e embora menos no

Leia mais

Sinopse II. Idosos não institucionalizados (INI)

Sinopse II. Idosos não institucionalizados (INI) Sinopse II. Idosos não institucionalizados (INI) II 1 Indicadores Desqualificação Não poder fazer nada do que preciso, quero fazer as coisas e não posso ; eu senti-me velho com 80 anos. Aí é que eu já

Leia mais

Casa Templária, 9 de novembro de 2011.

Casa Templária, 9 de novembro de 2011. Casa Templária, 9 de novembro de 2011. Mais uma vez estava observando os passarinhos e todos os animais que estão ao redor da Servidora. Aqui onde estou agora é a montanha, não poderia ser outro lugar.

Leia mais

Rezar, cantar e crescer

Rezar, cantar e crescer Rezar, cantar e crescer Thereza Ameal e João Ameal Acordes A Mãe Eu gosto tanto da mãe (mãe) A mais querida, querida, querida (dizer rápido) (bonita também) E poder dar-lhe beijinhos m É a melhor coisa

Leia mais

Três Marias Teatro. Noite (Peça Curta) Autor: Harold Pinter

Três Marias Teatro. Noite (Peça Curta) Autor: Harold Pinter Distribuição digital, não-comercial. 1 Três Marias Teatro Noite (Peça Curta) Autor: Harold Pinter O uso comercial desta obra está sujeito a direitos autorais. Verifique com os detentores dos direitos da

Leia mais

DESENGANO CENA 01 - CASA DA GAROTA - INT. QUARTO DIA

DESENGANO CENA 01 - CASA DA GAROTA - INT. QUARTO DIA DESENGANO FADE IN: CENA 01 - CASA DA GAROTA - INT. QUARTO DIA Celular modelo jovial e colorido, escovas, batons e objetos para prender os cabelos sobre móvel de madeira. A GAROTA tem 19 anos, magra, não

Leia mais

Fui, não: fui e sou. Não mudei a esse respeito. Sou anarquista.

Fui, não: fui e sou. Não mudei a esse respeito. Sou anarquista. Tínhamos acabado de jantar. Defronte de mim o meu amigo, o banqueiro, grande comerciante e açambarcador notável, fumava como quem não pensa. A conversa, que fora amortecendo, jazia morta entre nós. Procurei

Leia mais

Você sabia que... Alguns fatos sobre o meu país

Você sabia que... Alguns fatos sobre o meu país Brasil Você sabia que... A pobreza e a desigualdade causam a fome e a malnutrição. Os alimentos e outros bens e serviços básicos que afetam a segurança dos alimentos, a saúde e a nutrição água potável,

Leia mais

KIT CÉLULA PARA CRIANÇAS: 28/10/15

KIT CÉLULA PARA CRIANÇAS: 28/10/15 KIT CÉLULA PARA CRIANÇAS: 28/10/15 A mentira não agrada a Deus Principio: Quando mentimos servimos o Diabo o Pai da mentira. Versículo: O caminho para vida é de quem guarda o ensino, mas o que abandona

Leia mais

Série: CRESCIMENTO Preletor: Dr. Bob Harrison Cd: 1/11

Série: CRESCIMENTO Preletor: Dr. Bob Harrison Cd: 1/11 TEMA: CRESCIMENTO, AVANÇO E CONQUISTA! 1/11. PRINCIPES E PRINCESAS SE VOCÊ É UMA DAS MILHARES DE PESSOAS QUE DESEJAM CRESCER, QUE DE VERDADE QUEREM CRESCIMENTO PARA SUA VIDA, AQUI VÃO ALGUMAS BOAS NOTÍCIAS.

Leia mais

O que procuramos está sempre à nossa espera, à porta do acreditar. Não compreendemos muitos aspectos fundamentais do amor.

O que procuramos está sempre à nossa espera, à porta do acreditar. Não compreendemos muitos aspectos fundamentais do amor. Capítulo 2 Ela representa um desafio. O simbolismo existe nas imagens coloridas. As pessoas apaixonam-se e desapaixonam-se. Vão onde os corações se abrem. É previsível. Mereces um lugar no meu baloiço.

Leia mais

O MENINO SEM OLHOS Consiglieri Pedroso

O MENINO SEM OLHOS Consiglieri Pedroso O Menino Sem Olhos, de Consiglieri Pedroso Fonte: Projeto Vercial Permitido o uso apenas para fins educacionais. Este material pode ser redistribuído livremente, desde

Leia mais

Português Língua Estrangeira Teste (50 horas)

Português Língua Estrangeira Teste (50 horas) Português Língua Estrangeira Teste (50 horas) Nome: Data: A Importa-se de responder a umas perguntas? Está bem. Obrigado. 1 Como é que se chama? 2 O que é que faz? 3 Vive aqui agora? 4 Há quanto tempo

Leia mais

Unidades de sentido Indicadores Unidades de Sentido Indicadores

Unidades de sentido Indicadores Unidades de Sentido Indicadores das dos tratamentos sobre a Imagem o que me incomodou foi a perda do cabelo quando me começou a cair o cabelo, eu tive 2 ou 3 dias que não me quis ver ao espelho (M1); e custou-me muito, quando o médico

Leia mais

INFORMAÇÕES IMPORTANTES SOBRE OS LOUVORES CIFRADOS (LEIA COM ATENÇÃO!)

INFORMAÇÕES IMPORTANTES SOBRE OS LOUVORES CIFRADOS (LEIA COM ATENÇÃO!) INFORMAÇÕES IMPORTANTES SOBRE OS LOUVORES CIFRADOS (LEIA COM ATENÇÃO!) Atualizado em: 25/09/2007 Este material contém louvores cifrados da coletânea para flauta doce e flauta transversal, e obedece às

Leia mais

Vai ao encontro! de quem mais precisa!

Vai ao encontro! de quem mais precisa! Vai ao encontro! 2ª feira, 05 de outubro: Dos mais pobres Bom dia meus amigos Este mês vamos tentar perceber como podemos ajudar os outros. Vocês já ouviram falar das muitas pessoas que estão a fugir dos

Leia mais

INDICE Introdução 03 Você é muito bonzinho 04 Vamos ser apenas amigos dicas para zona de amizade Pg: 05 Evite pedir permissão

INDICE Introdução 03 Você é muito bonzinho 04 Vamos ser apenas amigos dicas para zona de amizade Pg: 05 Evite pedir permissão 1 INDICE Introdução... Pg: 03 Você é muito bonzinho... Pg: 04 Vamos ser apenas amigos dicas para zona de amizade... Pg: 05 Evite pedir permissão... Pg: 07 Não tenha medo de ser você mesmo... Pg: 08 Não

Leia mais

Era uma vez, numa cidade muito distante, um plantador chamado Pedro. Ele

Era uma vez, numa cidade muito distante, um plantador chamado Pedro. Ele O Plantador e as Sementes Era uma vez, numa cidade muito distante, um plantador chamado Pedro. Ele sabia plantar de tudo: plantava árvores frutíferas, plantava flores, plantava legumes... ele plantava

Leia mais

OS 4 PASSOS ALTA PERFORMANCE A PARTIR DE AGORA PARA VOCÊ COMEÇAR A VIVER EM HIGHSTAKESLIFESTYLE.

OS 4 PASSOS ALTA PERFORMANCE A PARTIR DE AGORA PARA VOCÊ COMEÇAR A VIVER EM HIGHSTAKESLIFESTYLE. OS 4 PASSOS PARA VOCÊ COMEÇAR A VIVER EM ALTA PERFORMANCE A PARTIR DE AGORA HIGHSTAKESLIFESTYLE. Hey :) Gabriel Goffi aqui. Criei esse PDF para você que assistiu e gostou do vídeo ter sempre por perto

Leia mais

PROGRAMA DE VOLUNTARIADO. NOME: Serviço Voluntário Europeu (SVE) EMAIL: info@euromedp.org

PROGRAMA DE VOLUNTARIADO. NOME: Serviço Voluntário Europeu (SVE) EMAIL: info@euromedp.org PROGRAMA DE VOLUNTARIADO NOME: Serviço Voluntário Europeu (SVE) EMAIL: info@euromedp.org WEBSITES: Serviço de Voluntariado Europeu: http://www.sve.pt http://www.facebook.com/l.php?u=http%3a%2f%2fwww.sve.pt%2f&h=z

Leia mais

BOM DIA DIÁRIO. Guia: Em nome do Pai

BOM DIA DIÁRIO. Guia: Em nome do Pai BOM DIA DIÁRIO Segunda-feira (04.05.2015) Maria, mãe de Jesus e nossa mãe Guia: 2.º Ciclo: Padre Luís Almeida 3.º Ciclo: Padre Aníbal Afonso Mi+ Si+ Uma entre todas foi a escolhida, Do#- Sol#+ Foste tu,

Leia mais

017. Segunda-Feira, 05 de Julho de 1997.

017. Segunda-Feira, 05 de Julho de 1997. 017. Segunda-Feira, 05 de Julho de 1997. Acordei hoje como sempre, antes do despertador tocar, já era rotina. Ao levantar pude sentir o peso de meu corpo, parecia uma pedra. Fui andando devagar até o banheiro.

Leia mais

Memórias de Infância 5º C. 11º Concurso Literário

Memórias de Infância 5º C. 11º Concurso Literário Memórias de Infância 5º C Quando eu era pequenina gostava muito de jogar à bola. Toda a gente achava que eu era Maria rapaz. Primeiro porque me vestia como tal e depois porque gostava de jogar à bola.

Leia mais

Masterização: Renato Luiz / Criação de capa: MK Music

Masterização: Renato Luiz / Criação de capa: MK Music Técnica Produção musical: Emerson Pinheiro (exceto a música Coração) Pianos: Emerson Pinheiro Teclados, cordas, loops: Tadeu Chuff Piano nas músicas da O Coração de Quem Ama e Foi Deus Quem Fez Você Pra

Leia mais

WWW.MUSICALLEIZER.COM.BR

WWW.MUSICALLEIZER.COM.BR WWW.MUSICALLEIZER.COM.BR Índice Índice Prefácio Sobre o autor Introdução Como ser produtivo estudando corretamente Você já organizou o seu tempo e os seus dias para estudar? Definir o que vai estudar Organizando

Leia mais

Existe espaço para os covers mostrarem seus trabalhos? As pessoas dão oportunidades?

Existe espaço para os covers mostrarem seus trabalhos? As pessoas dão oportunidades? A Estação Pilh@ também traz uma entrevista com Rodrigo Teaser, cover do Michael Jackson reconhecido pela Sony Music. A seguir, você encontra os ingredientes da longa história marcada por grandes shows,

Leia mais

MERGULHO de Betina Toledo e Thuany Motta

MERGULHO de Betina Toledo e Thuany Motta MERGULHO de Betina Toledo e Thuany Motta Copyright Betina Toledo e Thuany Motta Todos os direitos reservados juventudecabofrio@gmail.com Os 13 Filmes 1 MERGULHO FADE IN: CENA 1 PRAIA DIA Fotografia de

Leia mais

[Comentários sobre isso. Não transcrito, mas explicado em diário de campo]

[Comentários sobre isso. Não transcrito, mas explicado em diário de campo] [Visionamento das fotos] [Comentários sobre isso. Não transcrito, mas explicado em diário de campo] E- Então o que é que achaste das fotos? E7- Boas. Tá fixe. E- Faz-te lembrar coisas boas ou más? E7-

Leia mais

- Não me arrependo de nada. Quebrei o círculo. - Nem de ter assassinado uns cinco ou seis ou até mais, D. Eloisa?

- Não me arrependo de nada. Quebrei o círculo. - Nem de ter assassinado uns cinco ou seis ou até mais, D. Eloisa? A Quebra do Círculo Cristovam Buarque - Não me arrependo de nada. Quebrei o círculo. - Nem de ter assassinado uns cinco ou seis ou até mais, D. Eloisa? - Foi mais, e vou contar tudo. Mas não me arrependo.

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 70 Cerimónia de sanção do projeto

Leia mais

Meninas Nhe nhe. Eu Aff Chegando lá. Eu Gente estou com um mau pressentimento

Meninas Nhe nhe. Eu Aff Chegando lá. Eu Gente estou com um mau pressentimento Eu e umas amigas íamos viajar. Um dia antes dessa viagem convidei minhas amigas para dormir na minha casa. Nós íamos para uma floresta que aparentava ser a floresta do Slender-Man mas ninguém acreditava

Leia mais

Hoje é dia do trabalho. Quero parabenizar todos os trabalhadores do Brasil. Quero também parabenizar antecipadamente todas as mamães do Brasil!

Hoje é dia do trabalho. Quero parabenizar todos os trabalhadores do Brasil. Quero também parabenizar antecipadamente todas as mamães do Brasil! 1 Culto Mensal de Agradecimento 01 de maio de 2011 Revmo. Tetsuo Watanabe Bom dia a todos! Os senhores estão passando bem? Hoje é dia do trabalho. Quero parabenizar todos os trabalhadores do Brasil. E

Leia mais

- Se for pra mim, eu não estou. - Ah. Oi... Está sim. Espera um minutinho.

- Se for pra mim, eu não estou. - Ah. Oi... Está sim. Espera um minutinho. 1 AMAR... dir: Carlos Gregório CASA DE LAURA... - Você não vai dizer nada? - O que você quer que eu diga? - Qualquer coisa. - Olha,... Não foi tão importante pra mim... - Não... foi!!? - É... É isso mesmo.

Leia mais

A televisão estava uma bodega. Os meus pais continuavam os dois a trabalhar no escritório e eu es tava ali sozinho com o meu avô, que já dormia,

A televisão estava uma bodega. Os meus pais continuavam os dois a trabalhar no escritório e eu es tava ali sozinho com o meu avô, que já dormia, FICHA TÉCNICA Título: O Peixe Azul Autora: Margarida Fonseca Santos Copyright by Margarida Fonseca Santos e Editorial Presença, Lisboa, 2003 Capa: Lupa Design Danuta Wojciechowska Composição, impressão

Leia mais

TALVEZ TE ENCONTRE AO ENCONTRAR-TE

TALVEZ TE ENCONTRE AO ENCONTRAR-TE TALVEZ TE ENCONTRE Vivaldo Terres Itajaí /SC Talvez algum dia eu te encontre querida Para renovarmos momentos felizes, Já que o nosso passado foi um passado lindo, Tão lindo que não posso esquecer Anseio

Leia mais

I. Complete o texto seguinte com as formas correctas dos verbos ser ou estar. (5 pontos)

I. Complete o texto seguinte com as formas correctas dos verbos ser ou estar. (5 pontos) I. Complete o texto seguinte com as formas correctas dos verbos ser ou estar. Hoje. domingo e o tempo. bom. Por isso nós. todos fora de casa.. a passear à beira-mar.. agradável passar um pouco de tempo

Leia mais

1. COMPLETE OS QUADROS COM OS VERBOS IRREGULARES NO PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO E DEPOIS COMPLETE AS FRASES:

1. COMPLETE OS QUADROS COM OS VERBOS IRREGULARES NO PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO E DEPOIS COMPLETE AS FRASES: Atividades gerais: Verbos irregulares no - ver na página 33 as conjugações dos verbos e completar os quadros com os verbos - fazer o exercício 1 Entrega via e-mail: quarta-feira 8 de julho Verbos irregulares

Leia mais

CURSO CASAMENTO FELIZ NAMORANDO - SE ESBOÇO DA NOITE: INTRODUÇÃO - JÖRG PALESTRA JÖRG - LADO TEOLÓGICO UMA DADIVA DE DEUS!

CURSO CASAMENTO FELIZ NAMORANDO - SE ESBOÇO DA NOITE: INTRODUÇÃO - JÖRG PALESTRA JÖRG - LADO TEOLÓGICO UMA DADIVA DE DEUS! CURSO CASAMENTO FELIZ NAMORANDO - SE ESBOÇO DA NOITE: Colocar as perguntas na caixa Introdução Rodada: Quem te explicou a sexualidade e como? Palestra Jorge Palestra Judite Respostas Conversa Tarefa INTRODUÇÃO

Leia mais

Caridade quaresmal. Oração Avé Maria. Anjinho da Guarda. S. João Bosco Rogai por nós. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Bom dia a todos!

Caridade quaresmal. Oração Avé Maria. Anjinho da Guarda. S. João Bosco Rogai por nós. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Bom dia a todos! 2ª feira, 09 de março: Dar esmola Esta semana iremos tentar aprender a dar. A dar aos que mais precisam. E vamos ver que Dar é BRU TAL!!!! Um dia, uma mulher vestida de trapos velhos percorria as ruas

Leia mais

NOVENA COM AS CRIANÇAS NOSSA SENHORA APARECIDA 2015

NOVENA COM AS CRIANÇAS NOSSA SENHORA APARECIDA 2015 1 2 COM MARIA, EM JESUS, CHEGAMOS À GLÓRIA! 5º Dia (Dia 07/10 Quarta-feira) CRIANÇA: BELEZA DA TERNURA DIVINA! Na festa de Maria, unidos neste Santuário, damos graças a Deus, por meio de Maria, pela vida

Leia mais

11 Segredos para a Construção de Riqueza Capítulo II

11 Segredos para a Construção de Riqueza Capítulo II Capítulo II Mark Ford 11 Segredos para a Construção de Riqueza Capítulo Dois Como uma nota de $10 me deixou mais rico do que todos os meus amigos Das centenas de estratégias de construção de riqueza que

Leia mais

Entrevista 1.02 - Brenda

Entrevista 1.02 - Brenda Entrevista 1.02 - Brenda (Bloco A - Legitimação da entrevista onde se clarificam os objectivos do estudo, se contextualiza a realização do estudo e participação dos sujeitos e se obtém o seu consentimento)

Leia mais

Existe uma terapia específica para problemas sexuais?

Existe uma terapia específica para problemas sexuais? Existe uma terapia específica para problemas sexuais? Maria de Melo Azevedo Eu acho que a terapia sexual para casos bem específicos até que pode funcionar. Ou, pelo menos, quebra o galho, como se diz.

Leia mais

Roteiro para curta-metragem. Nathália da Silva Santos 6º ano Escola Municipalizada Paineira TEMPESTADE NO COPO

Roteiro para curta-metragem. Nathália da Silva Santos 6º ano Escola Municipalizada Paineira TEMPESTADE NO COPO Roteiro para curta-metragem Nathália da Silva Santos 6º ano Escola Municipalizada Paineira TEMPESTADE NO COPO SINOPSE Sérgio e Gusthavo se tornam inimigos depois de um mal entendido entre eles. Sérgio

Leia mais

Primeiro relatório de intercâmbio de longa duração.

Primeiro relatório de intercâmbio de longa duração. Primeiro relatório de intercâmbio de longa duração. Marcus Vinícius Rodrigues Garcia. Petrópolis, Rio de Janeiro, Brasil. Liège, Belgica. Bom, agora já faz quase três meses que eu estou aqui na Bélgica

Leia mais

- Papá, é hoje! É hoje, papá! Temos que montar o nosso pinheirinho de Natal. disse o rapaz, correndo na direção de seu pai.

- Papá, é hoje! É hoje, papá! Temos que montar o nosso pinheirinho de Natal. disse o rapaz, correndo na direção de seu pai. Conto de Natal Já um ano havia passado desde o último Natal. Timóteo estava em pulgas para que chegasse o deste ano. Menino com cara doce, uma tenra idade de 10 aninhos, pobre, usava roupas ou melhor,

Leia mais

COMO CRIAR UMA LOJA VIRTUAL DE ROUPA

COMO CRIAR UMA LOJA VIRTUAL DE ROUPA COMO CRIAR UMA LOJA VIRTUAL DE ROUPA Lojas de roupa, acessórios, sapatos e outros produtos de moda. Autor: Fernando Teixeira da Silva Edições Venda Otimizada Todos os direitos reservados. É proibida a

Leia mais

No dia 21 de setembro as aulas iniciaram e eu estava super emocionada!

No dia 21 de setembro as aulas iniciaram e eu estava super emocionada! No dia 21 de setembro as aulas iniciaram e eu estava super emocionada! Hoje já não me dou conta mas foi assim era uma nova escola, novos colegas, novos desafios e, para desafio, tinha de estar cheia de

Leia mais

Solidão PROCURA-SE MULHER PROCURA-SE MULHER

Solidão PROCURA-SE MULHER PROCURA-SE MULHER Edna estava caminhando pela rua com sua sacola de compras quando passou pelo carro. Havia um cartaz na janela lateral: Ela parou. Havia um grande pedaço de papelão grudado na janela com alguma substância.

Leia mais

Ideionildo. E a Chave Azul. Pelo Espírito Vovó Amália. Robson Dias

Ideionildo. E a Chave Azul. Pelo Espírito Vovó Amália. Robson Dias Ideionildo E a Chave Azul Robson Dias Pelo Espírito Vovó Amália Livrinho da Série - As Histórias Que a Vovó Gosta de Contar (http:\www.vovoamalia.ubbi.com.br - Distribuição Gratuita) - A venda deste produto

Leia mais

CENTENÁRIO DE JORGE AMADO «MINHAS MEMÓRIAS DE UMA LISBOA PROIBIDA»

CENTENÁRIO DE JORGE AMADO «MINHAS MEMÓRIAS DE UMA LISBOA PROIBIDA» CENTENÁRIO DE JORGE AMADO «MINHAS MEMÓRIAS DE UMA LISBOA PROIBIDA» 1. ESCRITORA MARIA DE LURDES BELCHIOR VEIO DO RIO DE JANEIRO A LISBOA PARA ME DEFENDER Foi na época de minha volta à França que também

Leia mais

Geração Graças Peça: O livro das Parábolas A parábola do tesouro escondido (Mt 13:44)

Geração Graças Peça: O livro das Parábolas A parábola do tesouro escondido (Mt 13:44) Geração Graças Peça: O livro das Parábolas A parábola do tesouro escondido (Mt 13:44) Autora: Tell Aragão Colaboração: Marise Lins Personagens Menina Zé Bonitinho +++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

Leia mais

Viagem à Costa Rica. foto-aventura

Viagem à Costa Rica. foto-aventura foto-aventura T E X TO E F O TO S : M AU R Í C I O M ATO S Viagem à Costa Rica Quando compramos um carro novo damos um passeio maior e dizemos que fomos fazer a rodagem. Ora, então quando se compra uma

Leia mais

Entrevista 2.21- Vera

Entrevista 2.21- Vera Entrevista 2.21- Vera (Bloco A - Legitimação da entrevista onde se clarificam os objectivos do estudo, se contextualiza a realização do estudo e participação dos sujeitos e se obtém o seu consentimento)

Leia mais

O setor bancário reavalia a inovação

O setor bancário reavalia a inovação O setor bancário reavalia a inovação Knowledge@Wharton: Vamos conversar hoje com Franklin Allen, professor de finanças da Wharton e co-autor de Financing the Future (Financiando o Futuro), e com Pierre

Leia mais

LEMA: EU VIM PARA SERVIR (Mc 10,45) TEMA: FRATERNIDADE: IGREJA E SOCIEDADE

LEMA: EU VIM PARA SERVIR (Mc 10,45) TEMA: FRATERNIDADE: IGREJA E SOCIEDADE LEMA: EU VIM PARA SERVIR (Mc 10,45) TEMA: FRATERNIDADE: IGREJA E SOCIEDADE Introdução A CF deste ano convida-nos a nos abrirmos para irmos ao encontro dos outros. A conversão a que somos chamados implica

Leia mais

TEXTO: Texto Warley di Brito A TURMA DA ZICA. (Esta é uma versão adaptada, da turma do zico)

TEXTO: Texto Warley di Brito A TURMA DA ZICA. (Esta é uma versão adaptada, da turma do zico) TEXTO: Texto Warley di Brito A TURMA DA ZICA (Esta é uma versão adaptada, da turma do zico) Januária setembro/2011 CENÁRIO: Livre, aberto, porém, deve se haver por opção uma cadeira, uma toalha e uma escova

Leia mais

AJUDA DE MÃE. APOIO DO FUNDO SOCIAL EUROPEU: Através do Programa Operacional da Região de Lisboa e Vale do Tejo (PORLVT)

AJUDA DE MÃE. APOIO DO FUNDO SOCIAL EUROPEU: Através do Programa Operacional da Região de Lisboa e Vale do Tejo (PORLVT) AJUDA DE MÃE APOIO DO FUNDO SOCIAL EUROPEU: Através do Programa Operacional da Região de Lisboa e Vale do Tejo (PORLVT) Objectivos: Informar, apoiar, encaminhar e acolher a mulher grávida. Ajudar cada

Leia mais

HERÓIS SEM ROSTOS - A Saga do Imigrante para os EUA Autor: Dirma Fontanezzi - dirma28@hotmail.com

HERÓIS SEM ROSTOS - A Saga do Imigrante para os EUA Autor: Dirma Fontanezzi - dirma28@hotmail.com HERÓIS SEM ROSTOS - A Saga do Imigrante para os EUA Autor: Dirma Fontanezzi - dirma28@hotmail.com TRECHO: A VOLTA POR CIMA Após me formar aos vinte e seis anos de idade em engenharia civil, e já com uma

Leia mais

Tema C.2 - Projectos de desenvolvimento

Tema C.2 - Projectos de desenvolvimento Tema C.2 - Projectos de desenvolvimento Origem Unidade de sentido Tema C.2- O Futuro - Projectos de desenvolvimento Tema C.2.1 - O Futuro - Projectos de desenvolvimento - Formação futura 1.14 Ainda não

Leia mais

Datas das próximas viagens da UFMG. Visitas às casas dos moradores de Lagedo e Riacho

Datas das próximas viagens da UFMG. Visitas às casas dos moradores de Lagedo e Riacho Ano 2 Lagedo, Domingo, 25 de janeiro de 2015 N o 8 Datas das próximas viagens da UFMG Data Casa 8 23 a 25 de janeiro de 2015 Lúcia 9 27 de fevereiro a 1 de março de 2015 Irene/Paulo 10 27 de março a 29

Leia mais

1. Substitui as palavras assinaladas pelos sinónimos (ao lado) que consideres mais adequados.

1. Substitui as palavras assinaladas pelos sinónimos (ao lado) que consideres mais adequados. 1. Substitui as palavras assinaladas pelos sinónimos (ao lado) que consideres mais adequados. É bonita a história que acabaste de contar. Vou dar este livro ao Daniel, no dia do seu aniversário. Ele adora

Leia mais

LOURENÇO LOURINHO PRACIANO 1

LOURENÇO LOURINHO PRACIANO 1 LOURENÇO LOURINHO PRACIANO 1 TESOUREIRO 41 ANOS DE TRABALHO Empresa Horizonte Nascido em Itapipoca, Ceará Idade: 76 anos Esposa: Maria Pinto de Oliveira Praciano Filhos: Lucineide Eu entrei na Empresa

Leia mais

coração OS DIREITOS DAS CRIANÇAS NA COMUNIDADE DE FÉ Luiz Carlos Ramos CD Aventureiros em Missão, DNTC

coração OS DIREITOS DAS CRIANÇAS NA COMUNIDADE DE FÉ Luiz Carlos Ramos CD Aventureiros em Missão, DNTC OS DIREITOS DAS CRIANÇAS NA COMUNIDADE DE FÉ Luiz Carlos Ramos CD Aventureiros em Missão, DNTC Toda criança, sem exceção, tem direitos que devem ser valorizados por toda comunidade de fé. A criança, mesmo

Leia mais

As Tecnologias de Informação na minha Vida Pessoal e Profissional

As Tecnologias de Informação na minha Vida Pessoal e Profissional As Tecnologias de Informação na minha Vida Pessoal e Profissional Foi na madrugada de 03 de Agosto de 1972, que nasceu uma linda menina, no Hospital de Faro, e deram-lhe o nome de Fernanda Maria. Essa

Leia mais

Associação Tenda Espírita Pai Joaquim D Angola e Vovó Cambina

Associação Tenda Espírita Pai Joaquim D Angola e Vovó Cambina Associação Tenda Espírita Pai Joaquim D Angola e Vovó Cambina Psicografias Outubro de 2014 Sumário Cavaleiro da Chama-Vermelha.... 2 Dr. Emanuel.... 2 João Augusto... 3 Mago Horax... 3 Caravana de Koré....

Leia mais

Esta revista foi elaborada para ser usada em casa durante a semana.

Esta revista foi elaborada para ser usada em casa durante a semana. Devocionais 1 Esta revista foi elaborada para ser usada em casa durante a semana. Deus escolhe pessoas para transmitir a sua mensagem. No entanto, essas mensagens algumas vezes contêm mistérios e significados

Leia mais

CD: Ao Sentir. Alencastro e Patrícia. 1- Ao Sentir Jairinho. Ao sentir o mundo ao meu redor. Nada vi que pudesse ser real

CD: Ao Sentir. Alencastro e Patrícia. 1- Ao Sentir Jairinho. Ao sentir o mundo ao meu redor. Nada vi que pudesse ser real Alencastro e Patrícia CD: Ao Sentir 1- Ao Sentir Jairinho Ao sentir o mundo ao meu redor Nada vi que pudesse ser real Percebi que todos buscam paz porém em vão Pois naquilo que procuram, não há solução,

Leia mais

AGUAS PROFUNDAS. Lc 5

AGUAS PROFUNDAS. Lc 5 1 Lc 5 AGUAS PROFUNDAS 1 Certo dia Jesus estava perto do lago de Genesaré, e uma multidão o comprimia de todos os lados para ouvir a palavra de Deus. 2 Viu à beira do lago dois barcos, deixados ali pelos

Leia mais

Introdução. Minha formação

Introdução. Minha formação Introdução Minha formação Aos 26 anos eu tinha cinco filhos, sendo que os mais novos eram gêmeos. Quando eles nasceram, eu tinha uma menina de oito anos, um menino de sete e uma caçula de dois. Pode-se

Leia mais

COMO VIVER COM DEUS? COMO VIVER COM DEUS? EXTRA, EXTRA! As Más Notícias: EXTRA, EXTRA! Mitos. homem com seu Criador

COMO VIVER COM DEUS? COMO VIVER COM DEUS? EXTRA, EXTRA! As Más Notícias: EXTRA, EXTRA! Mitos. homem com seu Criador COMO VIVER COM DEUS? Mitos e Verdades sobre o Relacionamento do Homem com seu Criador COMO VIVER COM DEUS? Mitos e Verdades sobre o Relacionamento do Homem com seu Criador Professor: Vlademir Hernandes

Leia mais

V Domingo Tempo Comum - ANO A

V Domingo Tempo Comum - ANO A 1 Ambiente: Continuamos no contexto do sermão da montanha (Mt 5-7). Jesus está no cimo de um monte, a apresentar a nova Lei que deve reger a caminhada do novo Povo de Deus na história (já vimos, no passado

Leia mais

A Fé do Pardal (Craig Hill)

A Fé do Pardal (Craig Hill) A Fé do Pardal (Craig Hill) Mateus 6:24 Um escravo não pode servir a dois donos ao mesmo tempo, pois vai rejeitar um e preferir o outro, ou será fiel a um e desprezará o outro. Vocês não podem servir a

Leia mais

Memórias de um Vendaval

Memórias de um Vendaval 3 4 Memórias de um Vendaval 5 6 Carlos Laet Gonçalves de Oliveira MEMÓRIAS DE UM VENDAVAL 1ª Edição PerSe São Paulo - SP 2012 7 Copyright 2011, Carlos Laet Gonçalves de Oliveira Capa: O Autor 1ª Edição

Leia mais

Trecho do livro Nora Webster (Companhia das Letras), de Colm Tóibín Tradução de Rubens Figueiredo. Capítulo Um

Trecho do livro Nora Webster (Companhia das Letras), de Colm Tóibín Tradução de Rubens Figueiredo. Capítulo Um Trecho do livro Nora Webster (Companhia das Letras), de Colm Tóibín Tradução de Rubens Figueiredo Capítulo Um Você deve estar de saco cheio deles. Será que nunca vão parar de vir aqui? Tom O Connor, seu

Leia mais

Material Didáctilo Raul Ventura o Cosmonauta!

Material Didáctilo Raul Ventura o Cosmonauta! Raul Ventura o Cosmonauta! Narrador: Raul era um menino muito curioso! Adorava fazer experiências, conhecer coisas novas! Já tinha efectuado várias viagens a volta de sua casa, na companhia do seu gato

Leia mais

Vinho Novo Viver de Verdade

Vinho Novo Viver de Verdade Vinho Novo Viver de Verdade 1 - FILHOS DE DEUS - BR-LR5-11-00023 LUIZ CARLOS CARDOSO QUERO SUBIR AO MONTE DO SENHOR QUERO PERMANECER NO SANTO LUGAR QUERO LEVAR A ARCA DA ADORAÇÃO QUERO HABITAR NA CASA

Leia mais

O PROFETA ELISEU Lição 64. 1. Objetivos: Ensinar que mesmo quando a vida é difícil que nunca devemos perder nossa esperança se estamos em Cristo.

O PROFETA ELISEU Lição 64. 1. Objetivos: Ensinar que mesmo quando a vida é difícil que nunca devemos perder nossa esperança se estamos em Cristo. O PROFETA ELISEU Lição 64 1 1. Objetivos: Ensinar que mesmo quando a vida é difícil que nunca devemos perder nossa esperança se estamos em Cristo. 2. Lição Bíblica: 2 Reis 2, 4, 5 (Base bíblica para a

Leia mais