EDITAL DE MOBILIDADE INTERNA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "EDITAL DE MOBILIDADE INTERNA 2011.2"

Transcrição

1 EDITAL DE MOBILIDADE INTERNA A Pró-Reitoria de Graduação da Universidade de Pernambuco torna público que, no período de 29 de junho a 08 de julho de 2011, serão recebidos os requerimentos para Mobilidade Interna seguindo a normatização da Resolução CEPE 079/2010. Os discentes interessados deverão solicitar a sua mobilidade na Unidade de Educação que alberga o curso pretendido de acordo com a disponibilidade de vagas, abaixo discriminada. UNIDADE/CAMPUS CURSO VAGAS PARA MOBILIDADE INTERNA POLI Engenharia da Computação 25 Engenharia Elétrica Telecomunicações 6 FCAP Administração 35 FENSG Enfermagem 25 ESEF Bacharelado em Educação Física 16 Licenciatura em Educação Física 24 ICB Bacharelado em Ciências Biológicas 16 FOP Odontologia 18 NAZARÉ DA MATA História 33 Geografia 8 Licenciatura em Ciências Biológicas 59 Pedagogia - licenciatura 13 Matemática 39 PETROLINA Geografia 19 Historia 24 Matemática 45 Licenciatura em Letras Inglês e suas literaturas 17 Fisioterapia Bacharelado 64 Enfermagem - Bacharelado 11 Licenciatura em Ciências Biológicas 21 GARANHUNS Letras 39 Ciências Biológicas licenciatura 6 Historia 2 Matemática 14 CARUARU Sistema de Informações - bacharelado 70 Administração com ênfase em Marketing Moda 3 SALGUEIRO Administração 29 Izabel Christina de Avelar Silva Pro-Reitoria de Graduação Universidade de Pernambuco

2 RESOLUÇÃO CEPE Nº 079/2010. Ementa: Aprova o programa de mobilidade interna para alunos de graduação na UPE. O Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão CEPE, no uso de suas atribuições, de acordo com o que dispõe o artigo 33 inciso I, do Estatuto da Universidade de Pernambuco UPE e tendo em vista deliberação adotada em sessão realizada no dia 29 de outubro de 2010, CONSIDERANDO 1. Os termos dos artigos 203, incisos I a V, e 205, do Regimento Geral da Universidade de Pernambuco, aprovado em 28 de dezembro de 2009; 2. O Plano Nacional de Educação (Lei de janeiro de 2001) que define nos objetivos e metas que se deve estabelecer, em nível nacional, diretrizes curriculares que assegurem a necessidade de flexibilidade e diversidade nos programas oferecidos pelas diferentes instituições de ensino superior, de forma a melhor atender às necessidades diferencias de suas clientelas e às peculiaridades das regiões nas quais se inserem; 3. Os Pareceres do CNE nº 776/97 e 583/2001 que ressaltam, entre outros aspectos, a necessidade de assegurar maior flexibilidade na organização dos cursos e carreiras, atendendo à crescente heterogeneidade tanto da formação prévia como das expectativas e dos interesses dos estudantes bem como considerar a boa formação no nível de graduação como uma etapa inicial da formação continuada. RESOLVE Regulamentar a Mobilidade Estudantil, integrante do Programa de Mobilidade Acadêmica da Universidade de Pernambuco, nos seguintes termos: Art. 1º A ocupação das vagas remanescentes decorrentes da desvinculação de alunos da Universidade, deverá atender, por ordem de prioridade, ao conjunto do corpo discente da UPE, através da reintegração e dos interesses de estudantes candidatos à mudança para o mesmo curso ou cursos afins, na sua Unidade de origem ou não. Art. 2º Condições prévias para o candidato apto a concorrer às vagas por reintegração: a) Ter abandonado o curso, no máximo até 3 (três) anos, não computados os períodos de trancamento; b) Estar dentro do prazo de integralização curricular.

3 1º Para efeito de contagem do tempo previsto no caso do caput deste artigo, não será computado o período posterior à data do requerimento. 2º O Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão CEPE, por maioria qualificada de 2/3 (dois terços) dos conselheiros presentes, nos casos excepcionais, poderá aprovar processos de reintegração sem a condição prevista na alínea a do caput desta resolução, ouvida a Câmara de Graduação. 3º O aluno só poderá reintegrar-se uma vez, com autorização do Conselho de Gestão Acadêmica e Administrativa da Unidade de Educação. 4º Dentro do prazo de integralização curricular, uma segunda reintegração poderá ser concedida pelo CEPE, por maioria qualificada de 2/3 (dois terços) dos conselheiros presentes, ouvida a Câmara de Graduação. 5º Quando apenas falte ao aluno, para completar o seu curso, o estágio curricular, poderá o CEPE, após análise de cada caso e, em casos excepcionais, por maioria qualificada de 2/3 (dois terços) dos conselheiros presentes, no exercício da autonomia universitária, conceder reintegração, independente de vaga e de tempo de integralização, determinando ainda um prazo suficiente para tal efeito, ouvida a Câmara de Graduação. 6º No caso de reintegração à Universidade, o desempate dar-se-á pela seguinte ordem de prioridade, ao candidato que: a) Tiver cumprido proporcionalmente o maior número de disciplinas do curso; b) Tiver maior média aritmética das notas obtidas nas disciplinas cursadas; c) Disponha proporcionalmente de menos tempo de integralização curricular dentro do prazo máximo estabelecido para o curso. d) Tenha requerido sua inscrição por maior número de vezes e não tenha conseguido, nas oportunidades, a vaga pretendida. Art. 3º Para efetivação da mobilidade interna, o aluno deve estar vinculado à UPE, por matricula. 1º: Nos casos de mobilidade interna, devem ser observadas as seguintes condições: a) Disponibilidade de vagas no curso de graduação pretendido; b) Cumprimento de prazos definidos no calendário acadêmico anual; 2º São reconhecidos as seguintes categorias de mobilidade interna discente: a) Mesmo curso com mudança de Unidade e/ou modalidade; b) Cursos diferentes (afins) na mesma Unidade; c) Cursos diferentes (afins) com mudança de Unidade; d) Complementação de estudos (disciplinas isoladas em outros cursos que contribuirão para a abertura da fronteira de conhecimento)

4 3º: Nos casos de mobilidade de um curso presencial para curso à distância, deve se dirigir à Unidade de Educação ao qual o curso à distância está vinculado, conforme tabela abaixo, devendo declarar por escrito o pólo ao qual ficarão vinculados para as ações presenciais do referido curso. Cursos oferecidos Campus Licenciatura em Letras língua portuguesa Licenciatura em Biologia Bacharelado em Administração Pública Licenciatura em Pedagogia Garanhuns Garanhuns Petrolina Nazaré da Mata Garanhuns Petrolina Art. 4º Os alunos candidatos à mobilidade interna, com ou sem mudança de curso, deverão ser submetidos a um processo seletivo. 1º Os alunos interessados em se manter no mesmo curso com mudança de Unidade na UPE só poderão candidatar-se a partir do segundo período; 2º Nos casos de mobilidade interna com alteração de curso presencial ou à distância, com ou sem mudança de Unidade, devem ser observadas as seguintes condições: a) serem solicitadas antes do último ano do curso de graduação em que o aluno mantém vínculo; b) ter tido aprovação em todos os componentes curriculares correspondentes ao primeiro ano do curso de origem; 3º Os alunos interessados na mobilidade com mudança de curso deverão observar a classificação de cursos afins, baseada nos critérios adotados pelo INEP/MEC, expostos no quadro anexo a essa resolução; 4º No ato da inscrição, os estudantes deverão apresentar os seguintes documentos, abaixo exigidos, em fotocópias que poderão estar autenticadas em Cartório ou serem autenticadas pelo funcionário do Setor, mediante comparação das cópias com os respectivos originais: a) Histórico escolar; b) Curriculum Vitae no formato da Plataforma Lattes/CNPQ; c) Formulário Inicial de Inscrição devidamente preenchido d) Programas das disciplinas cursadas.

5 5º Os critérios para classificação dos candidatos serão de acordo com a mudança de curso ou não: a) Mesmo curso, unidades diferentes ou modalidades diferentes: ordem decrescente do valor do escore geral obtido no Vestibular; b) Mudança de curso: apresentar maior Coeficiente de Rendimento calculado pela fórmula a seguir, com base em todas as disciplinas já cursadas: Onde: CR = Coeficiente de Rendimento, CH = Carga horária total das disciplinas cursadas, N = média aritmética das disciplinas cursadas 6º Havendo mais candidatos classificados do que vagas, se classificará o candidato que tiver maior idade. Art. 6º Compete às Unidades de Educação, após a realização do processo seletivo de mobilidade interna: a) analisar as malhas curriculares e os programas dos componentes curriculares dos cursos de procedência do estudante para aproveitamento de estudos e posicionamento do ingressante na graduação. b) a documentação escolar do aluno, em mobilidade acadêmica, será encaminhada da Unidade de procedência à Unidade que o recebe. Art. 7º No caso de mobilidade interna relativa à abertura das fronteiras do conhecimento para que os alunos de Graduação da UPE efetuem matrícula em componentes curriculares de outro curso deverão ser observadas as seguintes condições: a) Haver disponibilidade de vagas no componente curricular; b) Haver compatibilidade entre o programa e a carga horária do componente curricular do curso de origem e do curso a ser matriculado; c) Apresentação pelo estudante de um requerimento, na sua unidade de origem, com exposição de motivos para o pleito; d) Avaliação da coordenação de curso da importância do componente curricular a ser cursado pelo estudante para o seu percurso formativo e reconhecimento dos créditos adquiridos para o registro escolar. Parágrafo Único: Os cursos de Graduação de UPE devem disponibilizar, após matrícula dos alunos veteranos, o quantitativo de vagas remanescentes por disciplinas/módulos para oferta como disciplina/módulo isolado, conforme o calendário acadêmico.

6 Art. 8º As vagas dos cursos de graduação da UPE não preenchidas após o período de matricula dos alunos veteranos, serão apuradas semestralmente e publicadas em edital interno pela PROGRAD, conforme previsão do calendário acadêmico. Parágrafo único: As vagas ociosas, em cada curso de graduação da UPE, serão preenchidas inicialmente pelo Programa de Mobilidade Interna. Art. 9º As vagas ociosas, em cada curso de graduação da UPE, após a Mobilidade Interna discente, serão disponibilizadas para o Programa de Mobilidade Externa Discente, conforme Resolução própria. Art. 10º. Os casos omissos serão analisados pela Câmara de Graduação e referendados pelo CEPE. Art.11º. Revogam-se as disposições em contrário. Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão-CEPE, Sala das Sessões em Prof. CARLOS FERNANDO DE ARAÚJO CALADO REITOR

7 Cursos oferecidos Medicina Odontologia Enfermagem (bacharelado) Ciências Biológicas (bacharelado) Cursos oferecidos Engenharia Civil Engenharia Industrial Engenharia Mecatrônica Engenharia Eletrônica Engenharia Telecomunicações Mecânica Mecânica Elétrica Elétrica ANEXO ÁRES DE SAÚDE Cursos afins Odontologia Enfermagem (bacharelado) Fisioterapia Educação Física (bacharelado) Medicina Enfermagem (bacharelado) Fisioterapia Educação Física (bacharelado) Medicina Enfermagem Fisioterapia Odontologia Educação Física (bacharelado) Biomedicina Ciências Biológicas Nutrição Farmácia Zootecnia Educação Física (bacharelado) ÁREA DE TECNOLOGIA Cursos afins Engenharia Sanitária, Engenharia em Produção com suas habilitações/modalidades Tecnologia em Construção de Edifícios, Arquitetura e Urbanismo, demais Engenharias: Engenharia Mecânica com suas habilitações/modalidades; Engenharia Elétrica com suas habilitações/modalidades; Engenharia da Computação com suas habilitações/modalidades; Engenharia de Operações; Engenharia Mecatrônica, Engenharia de Materiais, Engenharia Elétrica com suas habilitações/modalidades Engenharia da Computação com suas habilitações/modalidades Engenharia Mecânica Industrial, Engenharia de Materiais, Engenharia Elétrica com suas habilitações/modalidades Engenharia da Computação com suas habilitações/modalidades Engenharia Eletrônica, Engenharia de Controle e Automação, Engenharia de Telecomunicações, Engenharia da Computação com suas habilitações/modalidades Engenharia Mecânica com suas habilitações/modalidades Engenharia Eletrônica, Engenharia de Controle e Automação, Engenharia de Telecomunicações, Engenharia da Computação

8 Engenharia Eletrotécnica Elétrica com suas habilitações/modalidades Engenharia Mecânica com suas habilitações/modalidades Engenharia Eletrônica, Engenharia de Controle e Automação, Engenharia de Telecomunicações, Engenharia da Computação com suas habilitações/modalidades Engenharia Mecânica com suas habilitações/modalidades Engenharia da Computação Engenharia Civil com suas habilitações/modalidades Engenharia Mecânica com suas habilitações/modalidades Engenharia Elétrica com suas habilitações/modalidades ÁREA DE CIÊNCIAS SOCIAIS E APLICADAS Cursos oferecidos ADMINISTRAÇÃO DIREITO EDUCAÇÃO FÍSICA PEDAGOGIA HISTORIA GEOGRAFIA CIENCIAS BIOLÓGICAS MATEMÁTICA Cursos afins Ciências Contábeis, Ciências Econômicas ou Economia Ciências da Informação, Hotelaria, Turismo, Secretariado Executivo, Ciências Sociais, Jornalismo, Direito, Psicologia (bacharelado) Ciências Sociais, Administação, Sociologia, Jornalismo, Psicologia (bacharelado) Qualquer Licenciatura Educação Física (bacharelado), Fisioterapia, Filosofia Qualquer licenciatura Filosofia, Pedagogia (bacharelado) qualquer licenciatura Bacharelado em História, Geografia, Ciências Sociais, Filosofia qualquer licenciatura Bacharelado em História, Geografia, Ciências Sociais, Filosofia qualquer licenciatura Bacharelado em Ciências Biológicas. Zootecnia qualquer licenciatura Bacharelado em Matemática

UNIVERSIDADE LUTERANA DO BRASIL. Reconhecida pela Portaria Ministerial nº 681, de 07/12/1989. e publicada no D.O.U em 11/12/1989, Seção I, p.22.

UNIVERSIDADE LUTERANA DO BRASIL. Reconhecida pela Portaria Ministerial nº 681, de 07/12/1989. e publicada no D.O.U em 11/12/1989, Seção I, p.22. UNIVERSIDADE LUTERANA DO BRASIL Reconhecida pela Portaria Ministerial nº 681, de 07/12/1989 e publicada no D.O.U em 11/12/1989, Seção I, p.22.684 EDITAL PARA INGRESSO EXTRAVESTIBULAR 1º Semestre/2015 O

Leia mais

A Reitora da Universidade de Santa Cruz do Sul UNISC, no uso de suas atribuições legais, tendo em vista a decisão do Conselho de Graduação e

A Reitora da Universidade de Santa Cruz do Sul UNISC, no uso de suas atribuições legais, tendo em vista a decisão do Conselho de Graduação e REITORIA RESOLUÇÃO Nº. 12, de 13 de maio de 2014. Fixa o tempo mínimo e máximo para a integralização dos cursos de graduação da UNISC para estudantes ingressantes a partir de 2014/1. A Reitora da Universidade

Leia mais

EDITAL DE TRANSFERÊNCIAS EXTERNA E INTERNA NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UENF. (Aprovado pela Câmara de Graduação em 2 de dezembro de 2014)

EDITAL DE TRANSFERÊNCIAS EXTERNA E INTERNA NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UENF. (Aprovado pela Câmara de Graduação em 2 de dezembro de 2014) EDITAL DE TRANSFERÊNCIAS EXTERNA E INTERNA NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UENF (Aprovado pela Câmara de Graduação em 2 de dezembro de 2014) A Pró-Reitoria de Graduação da torna público aos interessados que

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO Edital Complementar PROEG/UFMT nº 03/2009 ao Edital PROEG/UFMT nº 02/2008 Processo Seletivo para Ingresso por Transferência Facultativa 2009 A Universidade Federal de Mato Grosso, por meio da Pró-Reitoria

Leia mais

EDITAL Nº 15/2013-PROGRAD

EDITAL Nº 15/2013-PROGRAD 1 EDITAL Nº 15/2013-PROGRAD PUBLICAÇÃO DA RELAÇÃO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO CONSIDERADOS COMO CURSOS AFINS DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UNIOESTE - PROVOU. A Pró-reitora de Graduação da Universidade Estadual

Leia mais

UNIVERSIDADE LUTERANA DO BRASIL. Reconhecida pela Portaria Ministerial nº 681, de 07/12/89. e publicada no D.O.U em 11/12/89, Seção I, p.22.

UNIVERSIDADE LUTERANA DO BRASIL. Reconhecida pela Portaria Ministerial nº 681, de 07/12/89. e publicada no D.O.U em 11/12/89, Seção I, p.22. UNIVERSIDADE LUTERANA DO BRASIL Reconhecida pela Portaria Ministerial nº 681, de 07/12/89 e publicada no D.O.U em 11/12/89, Seção I, p.22.684 EDITAL PARA INGRESSO EXTRAVESTIBULAR 1º Semestre/2016 O Reitor

Leia mais

SELEÇÃO PARA ENTRADA NO PRIMEIRO PERÍODO LETIVO DE 2016

SELEÇÃO PARA ENTRADA NO PRIMEIRO PERÍODO LETIVO DE 2016 AGENDA MUDANÇA INTERNA DE CURSO SELEÇÃO PARA ENTRADA NO PRIMEIRO PERÍODO LETIVO DE 2016 13 a 17/11/2015 Período de inscrição - Internet 18/11/2015 (até as 17 horas) Último dia para o candidato entregar

Leia mais

EDITAL SIMPLIFICADO DO 1º PROCESSO SELETIVO DE 2015 PARA MUDANÇA DE CURSO

EDITAL SIMPLIFICADO DO 1º PROCESSO SELETIVO DE 2015 PARA MUDANÇA DE CURSO EDITAL SIMPLIFICADO DO 1º PROCESSO SELETIVO DE 2015 PARA MUDANÇA DE CURSO O reitor do Centro Universitário de Brasília UniCEUB faz saber, mediante o presente edital, que estarão abertas, no período de

Leia mais

E D I T A L. O presente edital refere-se às vagas disponíveis e às que vierem a surgir ao término do processo de rematrícula.

E D I T A L. O presente edital refere-se às vagas disponíveis e às que vierem a surgir ao término do processo de rematrícula. EDITAL PROEPE/PROAP 8/2016 ABRE INSCRIÇÃO PARA PROCESSO SELETIVO DE PREENCHIMENTO DE VAGAS DISPONÍVEIS NOS S DE GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO USF, DESTINADAS A TRANSFERÊNCIA INTERNA. Os Pró-Reitores

Leia mais

SELEÇÃO PARA ENTRADA NO PRIMEIRO PERÍODO LETIVO DE 2015

SELEÇÃO PARA ENTRADA NO PRIMEIRO PERÍODO LETIVO DE 2015 AGENDA MUDANÇA INTERNA DE CURSO SELEÇÃO PARA ENTRADA NO PRIMEIRO PERÍODO LETIVO DE 2015 16 a 18/9/2014 Período de inscrição - Internet 19/9/2014 Último dia para o candidato entregar seu Currículo à PRG

Leia mais

CAMPUS AC SIMÕES Cursos Presenciais e Ensino à Distância

CAMPUS AC SIMÕES Cursos Presenciais e Ensino à Distância UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO DEPARTAMENTO DE REGISTRO E CONTROLE ACADÊMICO EDITAL DE TRANSFERÊNCIA EXTERNA PRESENCIAL E À DISTÂNCIA Nº 033/2015 Campus A.C. Simões (Maceió),

Leia mais

EDITAL COMPLEMENTAR Nº 02/2015/PROEG ao EDITAL Nº 021/2014/PROEG/UFMT Processo Seletivo para Admissão de Graduado 2015

EDITAL COMPLEMENTAR Nº 02/2015/PROEG ao EDITAL Nº 021/2014/PROEG/UFMT Processo Seletivo para Admissão de Graduado 2015 EDITAL COMPLEMENTAR Nº 02/2015/PROEG ao EDITAL Nº 021/2014/PROEG/UFMT Processo Seletivo para Admissão de Graduado 2015 A Universidade Federal de Mato Grosso/UFMT, por meio da Pró-Reitoria de Ensino de

Leia mais

SELEÇÃO PARA ENTRADA NO PRIMEIRO SEMESTRE LETIVO DE 2013

SELEÇÃO PARA ENTRADA NO PRIMEIRO SEMESTRE LETIVO DE 2013 AGENDA MUDANÇA INTERNA DE CURSO SELEÇÃO PARA ENTRADA NO PRIMEIRO SEMESTRE LETIVO DE 2013 28 a 31/1/2013 Período de inscrição - Internet 1º/2/203 Último dia para o candidato entregar seu Currículo à PRG

Leia mais

EDITAL Nº. 001/2015. Cursos Nº de vagas Período Turno Campus. 10 4º Noturno Varginha 6º

EDITAL Nº. 001/2015. Cursos Nº de vagas Período Turno Campus. 10 4º Noturno Varginha 6º EDITAL Nº. 001/2015 A UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS, pela, torna pública a existência de vagas para REMATRÍCULA nos cursos de graduação a serem preenchidas no primeiro semestre letivo de 2015, para os

Leia mais

Universidade Federal do Rio de Janeiro Faculdade de Letras Programa de Pós-Graduação em Letras Vernáculas

Universidade Federal do Rio de Janeiro Faculdade de Letras Programa de Pós-Graduação em Letras Vernáculas Universidade Federal do Rio de Janeiro Faculdade de Letras Programa de Pós-Graduação em Letras Vernáculas RESOLUÇÃO N 01/2014 Dispõe sobre a concessão e manutenção de bolsas de estudos do Programa de Pós-Graduação

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DOS ÓRGÃOS COLEGIADOS DELIBERAÇÃO Nº 81, DE 18 DE JUNHO DE 2010.

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DOS ÓRGÃOS COLEGIADOS DELIBERAÇÃO Nº 81, DE 18 DE JUNHO DE 2010. UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DOS ÓRGÃOS COLEGIADOS DELIBERAÇÃO Nº 81, DE 18 DE JUNHO DE 2010. O CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE

Leia mais

EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO N 19, DE 16 DE JULHO DE 2012

EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO N 19, DE 16 DE JULHO DE 2012 1 EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO N 19, DE 16 DE JULHO DE 22 22/FNDE, A SER REALIZADO NO MUNICÍPIO DE SANTA INÊS. A Direção-Geral do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão Campus

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FLUMINENSE

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FLUMINENSE O REITOR DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FLUMINENSE, IFFluminense, no uso de suas atribuições legais, torna pública a abertura das inscrições para o Processo Seletivo de Reingresso

Leia mais

publicado no DOE de 11/04/2014 e Errata em 20/05/2014 PARECER CEE/PE Nº 15/2014-CES APROVADO PELO PLENÁRIO EM 10/03/2014

publicado no DOE de 11/04/2014 e Errata em 20/05/2014 PARECER CEE/PE Nº 15/2014-CES APROVADO PELO PLENÁRIO EM 10/03/2014 INTERESSADA: UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO UPE / FACULDADE DE CIÊNCIAS, EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA DE GARANHUNS - FACETEG ASSUNTO: RENOVAÇÃO DE RECONHECIMENTO DO CURSO DE LICENCIATURA EM PEDAGOGIA RELATOR: CONSELHEIRO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO SEGUNDA ETAPA DO PROCESSO SELETIVO PARA PREENCHIMENTO DE OCIOSAS EM CURSOS DE GRADUAÇÃO PARA INGRESSO NO SEGUNDO PERÍODO LETIVO DE 2013 TRANSFERÊNCIA

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 164/2012

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 164/2012 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 164/2012 Dispõe sobre as normas e fixa o calendário e número de vagas para o Processo Seletivo/2013 dos cursos presenciais de graduação. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade

Leia mais

NORMAS DO TERCEIRO PROCESSO SELETIVO DE CANDIDATOS ÀS VAGAS REMANESCENTES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA PUC-CAMPINAS 1º SEMESTRE DE 2013

NORMAS DO TERCEIRO PROCESSO SELETIVO DE CANDIDATOS ÀS VAGAS REMANESCENTES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA PUC-CAMPINAS 1º SEMESTRE DE 2013 NORMAS DO TERCEIRO PROCESSO SELETIVO DE CANDIDATOS ÀS VAGAS REMANESCENTES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA PUC-CAMPINAS 1º SEMESTRE DE 2013 CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1 o O presente Processo Seletivo

Leia mais

E D I T A L. 1º Entende-se por Portador de Diploma de Curso Superior quem já concluiu, pelo menos, um curso de graduação.

E D I T A L. 1º Entende-se por Portador de Diploma de Curso Superior quem já concluiu, pelo menos, um curso de graduação. EDITAL PROEPE/PROAP 18/2015 ABRE INSCRIÇÃO PARA PROCESSO SELETIVO DE PREENCHIMENTO DE VAGAS DISPONÍVEIS NOS S DE GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO USF, DESTINADAS A CANDIDATOS PORTADORES DE DIPLOMA

Leia mais

E D I T A L. O presente edital refere-se às vagas disponíveis e às que vierem a surgir ao término do processo de matrícula subsequente.

E D I T A L. O presente edital refere-se às vagas disponíveis e às que vierem a surgir ao término do processo de matrícula subsequente. EDITAL PROEPE/PROAP 24/2014 ABRE INSCRIÇÃO PARA PROCESSO SELETIVO DE PREENCHIMENTO DE VAGAS DISPONÍVEIS NOS S DE GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO USF, DESTINADAS A TRANSFERÊNCIAS INTERNAS. Os Pró-Reitores

Leia mais

EDITAL Nº 097/2015 CONCURSO PARA SELEÇÃO DE ALUNOS PARA INTERCÂMBIO INTERNACIONAL DE GRADUAÇÃO IDIOMA: LÍNGUA PORTUGUESA

EDITAL Nº 097/2015 CONCURSO PARA SELEÇÃO DE ALUNOS PARA INTERCÂMBIO INTERNACIONAL DE GRADUAÇÃO IDIOMA: LÍNGUA PORTUGUESA 1 EDITAL Nº 097/2015 CONCURSO PARA SELEÇÃO DE ALUNOS PARA INTERCÂMBIO INTERNACIONAL DE GRADUAÇÃO IDIOMA: LÍNGUA PORTUGUESA Nos termos do art. 38, inciso IV, do Estatuto da PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO. SECRETARIA DOS ÓRGÃOS COLEGIADOS

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO. SECRETARIA DOS ÓRGÃOS COLEGIADOS UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO. SECRETARIA DOS ÓRGÃOS COLEGIADOS DELIBERAÇÃO Nº DE 05 DE MAIO DE 2008. O CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO DA

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 1 SEMESTRE DE 2016 FACULDADE ÚNICA DE IPATINGA

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 1 SEMESTRE DE 2016 FACULDADE ÚNICA DE IPATINGA EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 1 SEMESTRE DE 2016 FACULDADE ÚNICA DE IPATINGA COMISSÃO ORGANIZADORA Eliane Assis Neves Júlio César Alvim Marquione Gomes Raquel Munis Suelen Gomes 2 SUMÁRIO 1 CURSOS OFERECIDOS

Leia mais

Edital 2/2015 PROGRAD

Edital 2/2015 PROGRAD Edital 2/2015 PROGRAD A Pró-Reitoria de Graduação da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PROGRAD/PUC Goiás), com sede à Avenida Universitária, 1.440, CEP 74605-900 - S. Universitário, Goiânia -

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO PRÓ-REITORIA DE ENSINO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO PRÓ-REITORIA DE ENSINO EDITAL 07/2012 - PROEN (Processo Seletivo de Vagas Ociosas para Ingresso nos Cursos de Graduação em 1º/2012) A UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO, por intermédio da Pró- Reitoria de Ensino (PROEN), com base

Leia mais

E D I T A L. O presente edital refere-se às vagas disponíveis e às que vierem a surgir ao término do processo de matrícula subsequente.

E D I T A L. O presente edital refere-se às vagas disponíveis e às que vierem a surgir ao término do processo de matrícula subsequente. EDITAL PROEPE/PROAP 21/2014 ABRE INSCRIÇÃO PARA PROCESSO SELETIVO DE PREENCHIMENTO DE VAGAS DISPONÍVEIS NOS S DE GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO USF, DESTINADAS A CANDIDATOS PORTADORES DE DIPLOMA

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO Nº 50/2013 Aprova o Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, em nível de Especialização, denominado

Leia mais

REGULAMENTO DA ORGANIZAÇÃO DIDÁTICO-PEDAGÓGICA DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UTFPR

REGULAMENTO DA ORGANIZAÇÃO DIDÁTICO-PEDAGÓGICA DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UTFPR REGULAMENTO DA ORGANIZAÇÃO DIDÁTICO-PEDAGÓGICA DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UTFPR ALTERAÇÃO APROVADA - RESOLUÇÃO Nº 018/13-COGEP 19/04/2013 CURITIBA Abril de 2013 Capítulo I DA NATUREZA DOS CURSOS Art. 1.o

Leia mais

EDITAL Nº 32/2016-PREG/UFPI, DE 16 DE JUNHO DE 2016. EDITAL PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS COM PORTADOR DE CURSO SUPERIOR (PCS)

EDITAL Nº 32/2016-PREG/UFPI, DE 16 DE JUNHO DE 2016. EDITAL PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS COM PORTADOR DE CURSO SUPERIOR (PCS) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO Campus Universitário Ministro Petrônio Portella Bairro Ininga CEP 64.049-550 Teresina Piauí Brasil EDITAL Nº 32/2016-PREG/UFPI,

Leia mais

Resolução N 016/2008-ConEPE/UnP Natal-RN, 28 de abril de 2008.

Resolução N 016/2008-ConEPE/UnP Natal-RN, 28 de abril de 2008. CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO - ConEPE RESOLUÇÃO HOMOLOGADA pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão - ConEPE da Universidade Potiguar, na reunião realizada no dia 11 de setembro de 2008,

Leia mais

1. Objetivo. 2. Elegíveis

1. Objetivo. 2. Elegíveis 1. Objetivo Estabelecer diretrizes, critérios e condições para a concessão de bolsa integral de estudo aos candidatos aprovados com os melhores desempenhos dos cursos presenciais de Graduação Bacharelado

Leia mais

EDITAL 2013 - PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS OCIOSAS NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UFV

EDITAL 2013 - PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS OCIOSAS NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UFV EDITAL 2013 - PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS OCIOSAS NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UFV A Pró-Reitoria de Ensino da Universidade Federal de Viçosa (PRE-UFV) faz saber aos interessados que estarão abertas, no

Leia mais

EDITAL PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS EM CURSOS DE GRADUAÇÃO

EDITAL PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS EM CURSOS DE GRADUAÇÃO EDITAL PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS EM CURSOS DE GRADUAÇÃO 1. Abertura A Pró-Reitora de Graduação da Universidade de Caxias do Sul, no uso de suas atribuições, torna públicas as condições que regem o encaminhamento

Leia mais

EDITAL Nº 073/2014 CONCURSO PARA SELEÇÃO DE ALUNOS PARA INTERCÂMBIO INTERNACIONAL DE GRADUAÇÃO IDIOMA: LÍNGUA PORTUGUESA

EDITAL Nº 073/2014 CONCURSO PARA SELEÇÃO DE ALUNOS PARA INTERCÂMBIO INTERNACIONAL DE GRADUAÇÃO IDIOMA: LÍNGUA PORTUGUESA 1 EDITAL Nº 073/2014 CONCURSO PARA SELEÇÃO DE ALUNOS PARA INTERCÂMBIO INTERNACIONAL DE GRADUAÇÃO IDIOMA: LÍNGUA PORTUGUESA Nos termos do art. 38, inciso IV, do Estatuto da PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal de São Paulo Serviço Público Federal

Ministério da Educação Universidade Federal de São Paulo Serviço Público Federal EDITAL PROGRAD Nº 15/2013 DE TRANSFERÊNCIA INTERNA UNIFESP PARA O 1º SEMESTRE DE 2014 O PRÓ-REITOR ADJUNTO DE GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO, cumprindo a RESOLUÇÃO nº 01/10 que regula a

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 198/2015

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 198/2015 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 198/2015 Altera o Anexo 01 - Quadro Demonstrativo de Vagas, da Deliberação Consep nº 189/2014, que Estabelece as normas, os procedimentos e fixa o calendário e o número de vagas para

Leia mais

EDITAL Nº 85/2015 PROGRAD SELEÇÃO DE MONITORES PIM 2015/1

EDITAL Nº 85/2015 PROGRAD SELEÇÃO DE MONITORES PIM 2015/1 UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO DIRETORIA DE PROGRAMAS ESPECIAIS EM EDUCAÇÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE MONITORIA Av. NS 15, 109 Norte, sala 219, Bloco IV 77001-090 Palmas/TO

Leia mais

Anexo I da Organização Didática Resolução nº 031/2010 33

Anexo I da Organização Didática Resolução nº 031/2010 33 ANEXO I ORGANIZAÇÃO DIDÁTICA DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA SERTÃO PERNANBUCANO Resolução nº 031/2010 De 30 de setembro de 2010 NORMAS ACADÊMICAS DOS CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA,

Leia mais

ANEXO I CRONOGRAMA. (horário de Cuiabá) 7:30 às 11:30 h. 13:30 às 17:30 h. Período de inscrições

ANEXO I CRONOGRAMA. (horário de Cuiabá) 7:30 às 11:30 h. 13:30 às 17:30 h. Período de inscrições ANEXO I CRONOGRAMA DATA 17 à 21 de outubro de 2011 A partir do dia 07/11/2011 Até dia 17/11/2011 Até dia 17/11/2011 28/11/2011 8:00h às 12:00 h Até 07/12/2011 Até 14/12/2011 A partir de 17/12/2011 HORÁRIO

Leia mais

PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR DE INVERNO 2009/2

PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR DE INVERNO 2009/2 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR DE INVERNO 2009/2 EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÃO O Reitor do Centro Universitário Feevale, instituição de ensino superior recredenciada pela Portaria nº. 1.566, de 27 de maio

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO. RESOLUÇÃO nº 01/02

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO. RESOLUÇÃO nº 01/02 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO nº 01/02 Estabelece normas para o Vestibular da UFBA e dá outras providências.

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DO DESPORTO UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA CONSELHO DE COORDENAÇÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DO DESPORTO UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA CONSELHO DE COORDENAÇÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DO DESPORTO UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA CONSELHO DE COORDENAÇÃO RESOLUÇÃO 01/98 Estabelece Normas para o Processo Seletivo de Ingresso nos Cursos de Graduação

Leia mais

UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO UPE PROGRAMA DE FORTALECIMENTO ACADÊMICO DA UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO PFA/ UPE NÚCLEO DE APOIO AO ESTUDANTE NAE

UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO UPE PROGRAMA DE FORTALECIMENTO ACADÊMICO DA UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO PFA/ UPE NÚCLEO DE APOIO AO ESTUDANTE NAE UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO UPE PROGRAMA DE FORTALECIMENTO ACADÊMICO DA UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO PFA/ UPE NÚCLEO DE APOIO AO ESTUDANTE NAE EDITAL DE BOLSAS DE PERMANÊNCIA E DESENVOLVIMENTO ACADÊMICO 2015.1

Leia mais

1. Objetivo. 2. Elegíveis

1. Objetivo. 2. Elegíveis 1. Objetivo Estabelecer diretrizes, critérios e condições para a concessão de bolsa integral de estudo aos candidatos aprovados com os melhores desempenhos dos cursos presenciais de Graduação Bacharelado

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA UNEB CONSELHO UNIVERSITÁRIO CONSU

UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA UNEB CONSELHO UNIVERSITÁRIO CONSU UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA UNEB CONSELHO UNIVERSITÁRIO CONSU RESOLUÇÃO N.º 507/2007 Publicada no D.O.E. de 08/09-12-2007, pág. 24 Altera a Resolução Nº. 634/04 CONSEPE, que aprova o Regulamento de

Leia mais

Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia - UESB Recredenciada pelo Decreto Estadual n.º 9.996, de 02.05.2006

Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia - UESB Recredenciada pelo Decreto Estadual n.º 9.996, de 02.05.2006 EDITAL Nº062/2015 PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIA INTERNA E EXTERNA PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UESB O Reitor da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), no uso de suas atribuições legais,

Leia mais

Prof. Carlos Fernando de Araújo Calado PRESIDENTE

Prof. Carlos Fernando de Araújo Calado PRESIDENTE RESOLUÇÃO CEPE N 017/2010 Ementa: Concede o regime de Dedicação Exclusiva aos professores Clóvis Gomes da Silva Júnior da FACETEG e Wellington Pinheiro dos Santos da POLI. lhe conferem o Art. 33 inciso

Leia mais

Questões referentes ao ensino de graduação Sistematização do item 7 Integralização

Questões referentes ao ensino de graduação Sistematização do item 7 Integralização Questões referentes ao ensino de graduação Sistematização do item 7 Integralização CAMPUS DE CASCAVEL Centro de Ciências Sociais e Aplicadas CCSA Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas - CCET Ciências

Leia mais

EDITAL Nº 13/2012-PROGRAD

EDITAL Nº 13/2012-PROGRAD 1 EDITAL Nº 13/2012-PROGRAD PUBLICAÇÃO DA RELAÇAO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO CONSIDERADOS COMO CURSOS AFINS DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UNIOESTE - PROVOU. A Pró-reitora de Graduação da Universidade Estadual

Leia mais

EDITAL PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS EM CURSOS DE GRADUAÇÃO

EDITAL PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS EM CURSOS DE GRADUAÇÃO EDITAL PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS EM CURSOS DE GRADUAÇÃO 1. Abertura O Pró-Reitor Acadêmico da Universidade de Caxias do Sul, no uso de suas atribuições, torna públicas as condições que regem o encaminhamento

Leia mais

Processos Seletivos 2015 Educação a Distância VESTIBULAR 2015.1 EaD Online março/2015

Processos Seletivos 2015 Educação a Distância VESTIBULAR 2015.1 EaD Online março/2015 Processos Seletivos 2015 Educação a Distância VESTIBULAR 2015.1 EaD Online março/2015 Aditamento nº 11 ao Edital de Vestibular de 2015 Educação a Distância, que rege o Vestibular 2015.1 EaD online a ser

Leia mais

EDITAL PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS EM CURSOS DE GRADUAÇÃO

EDITAL PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS EM CURSOS DE GRADUAÇÃO EDITAL PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS EM CURSOS DE GRADUAÇÃO 1. Abertura O Pró-Reitor Acadêmico da Universidade de Caxias do Sul, no uso de suas atribuições, torna públicas as condições que regem o encaminhamento

Leia mais

REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DOS CURSOS E PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DOS CURSOS E PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA BAIANO REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DOS CURSOS E PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO

Leia mais

EDITAL Nº 001/2014 TRANSFERÊNCIAS NO ÂMBITO DA PUC MINAS 2º SEMESTRE DE 2014

EDITAL Nº 001/2014 TRANSFERÊNCIAS NO ÂMBITO DA PUC MINAS 2º SEMESTRE DE 2014 EDITAL Nº 001/2014 TRANSFERÊNCIAS NO ÂMBITO DA PUC MINAS 2º SEMESTRE DE 2014 Nos termos das Normas Acadêmicas do Ensino de Graduação da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais PUC/MG, faço saber

Leia mais

PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2016 PONTUAÇÃO MÁXIMA E MÍNIMA - CONVOCADOS PARA A 2ª FASE

PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2016 PONTUAÇÃO MÁXIMA E MÍNIMA - CONVOCADOS PARA A 2ª FASE PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR PONTUAÇÃO MÁXIMA E MÍNIMA - CONVOCADOS PARA A ª FASE ADMINISTRAÇÃO (Matutino).. ADMINISTRAÇÃO (Noturno)... AGRONOMIA (Integral)...... ARQUITETURA E URBANISMO (Integral)......

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA UESB PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PPG. NORMA INTERNA Nº 01 2014 PPGEd 7 de janeiro de 2014

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA UESB PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PPG. NORMA INTERNA Nº 01 2014 PPGEd 7 de janeiro de 2014 UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA UESB PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PPG NORMA INTERNA Nº 01 2014 PPGEd 7 de janeiro de 2014 Dispõe sobre a Disciplina iniciação à docência no ensino

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE PÓS-GRADUAÇÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE PÓS-GRADUAÇÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE PÓS-GRADUAÇÃO RESOLUÇÃO Nº. 08/2015 Aprova a criação do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, em nível

Leia mais

EDITAL Nº 012/2014 Retificado em 28/03 às 11h (item 1.8)

EDITAL Nº 012/2014 Retificado em 28/03 às 11h (item 1.8) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO DEPARTAMENTO DE REGISTROS ACADÊMICOS EDITAL Nº 012/2014 Retificado em 28/03 às 11h (item 1.8) A Diretora do Departamento

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 1º Sem/2015 Graduação Presencial Manual do Candidato Ingresso Via Prova Agendada. Inscrição Calendário Redação Resultado Matrícula

PROCESSO SELETIVO 1º Sem/2015 Graduação Presencial Manual do Candidato Ingresso Via Prova Agendada. Inscrição Calendário Redação Resultado Matrícula PROCESSO SELETIVO 1º Sem/2015 Graduação Presencial Manual do Candidato Ingresso Via Prova Agendada A Universidade de Franca, atendendo a Portaria Normativa MEC n o 40 de 12.12.2007, resolve promover Processo

Leia mais

U N I V E R S I D A D E E S T A D U A L D E M A R I N G Á Reitoria: Pró-Reitoria de Ensino / Diretoria de Assuntos Acadêmicos

U N I V E R S I D A D E E S T A D U A L D E M A R I N G Á Reitoria: Pró-Reitoria de Ensino / Diretoria de Assuntos Acadêmicos CERTIDÃO Certifico que o presente edital foi publicado no dia 1º/11/2011, no endereço eletrônico www.daa.uem.br, na Secretaria da DAA, nas Secretarias Acadêmicas dos Câmpus Regionais da UEM, nos municípios

Leia mais

UNIVERSIDADE TUIUTI DO PARANÁ UTP EDITAL n. º 001/2016 A Universidade Tuiuti do Paraná UTP, de acordo com o seu Estatuto, Regimento Geral, com a Lei

UNIVERSIDADE TUIUTI DO PARANÁ UTP EDITAL n. º 001/2016 A Universidade Tuiuti do Paraná UTP, de acordo com o seu Estatuto, Regimento Geral, com a Lei UNIVERSIDADE TUIUTI DO PARANÁ UTP EDITAL n. º 001/2016 A Universidade Tuiuti do Paraná UTP, de acordo com o seu Estatuto, Regimento Geral, com a Lei 9.394/96 e demais legislações vigentes declara a abertura

Leia mais

EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO N 21, DE 08 DE OUTUBRO DE 2012

EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO N 21, DE 08 DE OUTUBRO DE 2012 ATUAÇÃO COMO PROFESSORES NOS CURSOS DO PROGRAMA NACIONAL DE O Diretor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão Campus Buriticupu, no uso de suas atribuições, torna público que

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2º Sem/2015 Graduação Presencial Manual do Candidato Ingresso Via Prova Agendada

PROCESSO SELETIVO 2º Sem/2015 Graduação Presencial Manual do Candidato Ingresso Via Prova Agendada PROCESSO SELETIVO 2º Sem/2015 Graduação Presencial Manual do Candidato Ingresso Via Prova Agendada A Universidade de Franca, atendendo a Portaria Normativa MEC n o 40 de 12.12.2007,republicada em 01.12.2010

Leia mais

DEPARTAMENTO DE ENSINO SUPERIOR UNIDADE ACADÊMICA DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO COORDENAÇÃO DO CST EM REDES DE COMPUTADORES

DEPARTAMENTO DE ENSINO SUPERIOR UNIDADE ACADÊMICA DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO COORDENAÇÃO DO CST EM REDES DE COMPUTADORES Edital nº 01, de 28 de novembro de 2014 A Coordenação do Curso de Superior de Tecnologia em Redes de Computadores (CSTRC), do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB), Campus

Leia mais

Edital nº 040/2008 - Revalidação de Diplomas de Graduação

Edital nº 040/2008 - Revalidação de Diplomas de Graduação SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS DEPARTAMENTO DE REGISTRO E CONTROLE ACADÊMICO Edital nº 040/2008 - Revalidação de Diplomas de Graduação O Departamento de Registro e Controle Acadêmico

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 1º Sem/2016 Graduação Presencial Manual do Candidato Ingresso Via ENEM

PROCESSO SELETIVO 1º Sem/2016 Graduação Presencial Manual do Candidato Ingresso Via ENEM PROCESSO SELETIVO 1º Sem/2016 Graduação Presencial Manual do Candidato Ingresso Via ENEM A Universidade Cruzeiro do Sul, atendendo a Portaria Normativa MEC n o 40 de 12.12.2007, resolve promover Processo

Leia mais

ENADE 2011. Segue a lista dos cursos da UFPE cujos estudantes serão avaliados:

ENADE 2011. Segue a lista dos cursos da UFPE cujos estudantes serão avaliados: ENADE 2011 1. Introdução O Ministério da Educação definiu as regras para a aplicação do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (ENADE) de 2011. Conforme estabelece a Portaria Normativa nº 8, publicada

Leia mais

REGULAMENTO DE TRANSFERÊNCIA E REOPÇÃO DE CURSOS DE GRADUAÇÃO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

REGULAMENTO DE TRANSFERÊNCIA E REOPÇÃO DE CURSOS DE GRADUAÇÃO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS REGULAMENTO DE TRANSFERÊNCIA E REOPÇÃO DE CURSOS DE GRADUAÇÃO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º As vagas remanescentes existentes em cada curso da SLMANDIC serão preenchidas obedecendo a seguinte

Leia mais

Art. 1º Aprovar o Edital do Processo Seletivo dos Cursos Superiores na modalidade presencial Vestibular 2º semestre de 2016, conforme consta em anexo.

Art. 1º Aprovar o Edital do Processo Seletivo dos Cursos Superiores na modalidade presencial Vestibular 2º semestre de 2016, conforme consta em anexo. ATO ADMINISTRATIVO REITORIA Nº 10/2016 Aprova o Edital do Processo Seletivo dos Cursos Superiores na modalidade presencial Vestibular 2º Semestre de 2016 O REITOR DA UNIVERSIDADE METODISTA DE SÃO PAULO,

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 3.046, DE 22 DE MAIO DE 2003.

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 3.046, DE 22 DE MAIO DE 2003. SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 3.046, DE 22 DE MAIO DE 2003. Revoga a Resolução N.º 2.888/CONSEP, estabelece diretrizes e dispõe

Leia mais

FACULDADE MAURÍCIO DE NASSAU CAMPINA GRANDE Credenciado pela Portaria Nº 65, DE 30 DE JANEIRO DE 2014 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.

FACULDADE MAURÍCIO DE NASSAU CAMPINA GRANDE Credenciado pela Portaria Nº 65, DE 30 DE JANEIRO DE 2014 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015. FACULDADE MAURÍCIO DE NASSAU CAMPINA GRANDE Credenciado pela Portaria Nº 65, DE 30 DE JANEIRO DE 2014 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1 A Direção da Faculdade Maurício de Nassau de Campina Grande-PB no

Leia mais

EDITAL DG Nº 002/2014 VESTIBULAR 2015

EDITAL DG Nº 002/2014 VESTIBULAR 2015 EDITAL DG Nº 002/2014 VESTIBULAR 2015 A Professora Dra. Sâmira Ambar Lins, RG 11.950.141-7 SSP/SP, Diretora das Faculdades Integradas de Santa Fé do Sul, Estado de São Paulo, juntamente com o Presidente

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO Nº 66/2013 Aprova o Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, na categoria Especialização, denominado

Leia mais

PROCESSO SELETIVO UNIFICADO EXTRAVESTIBULAR 2015 EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES

PROCESSO SELETIVO UNIFICADO EXTRAVESTIBULAR 2015 EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES Gabinete do Reitor Comissão Permanente de Seleção PROCESSO SELETIVO UNIFICADO EXTRAVESTIBULAR 2015 EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES A Universidade Federal do Rio Grande do Sul, de acordo com a legislação

Leia mais

CONSELHO COORDENADOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

CONSELHO COORDENADOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO A imagem não pode ser exibida. Talvez o computador não tenha memória suficiente para abrir a imagem ou talvez ela esteja corrompida. Reinicie o computador e abra o arquivo novamente. Se ainda assim aparecer

Leia mais

E D I T A L Nº 001/ACAFE/2013

E D I T A L Nº 001/ACAFE/2013 1 E D I T A L Nº 001/ACAFE/2013 Estabelece as normas para a seleção de estudantes regularmente matriculados em Cursos de Graduação das IES do Sistema ACAFE para participar do Programa de Mobilidade Estudantil

Leia mais

EDITAL DE TRANSFERÊNCIA Nº 001/2013 DRCA/UFAL CAMPUS MACEIÓ

EDITAL DE TRANSFERÊNCIA Nº 001/2013 DRCA/UFAL CAMPUS MACEIÓ SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO DEPARTAMENTO DE REGISTRO E CONTROLE ACADÊMICO EDITAL DE TRANSFERÊNCIA Nº 001/2013 DRCA/UFAL CAMPUS MACEIÓ O Departamento

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE DA INTEGRAÇÃO INTERNACIONAL DA LUSOFONIA AFRO-BRASILEIRA - UNILAB

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE DA INTEGRAÇÃO INTERNACIONAL DA LUSOFONIA AFRO-BRASILEIRA - UNILAB RESOLUÇÃO N 030/2013, DE 25 DE NOVEMBRO DE 2013. Normatiza os procedimentos relativos à matrícula de estudantes dos cursos de graduação da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira

Leia mais

PONTUAÇÃO MÁXIMA E MÍNIMA DOS CANDIDATOS CONVOCADOS PARA A 2ª FASE

PONTUAÇÃO MÁXIMA E MÍNIMA DOS CANDIDATOS CONVOCADOS PARA A 2ª FASE PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR - ª FASE / // PONTUAÇÃO MÁXIMA E MÍNIMA DOS CANDIDATOS CONVOCADOS PARA A ª FASE ª Fase ª Fase ª Fase ADMINISTRAÇÃO (MATUTINO),,,,,, ADMINISTRAÇÃO (NOTURNO),,,,,, AGRONOMIA

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 09-A/2011

RESOLUÇÃO Nº 09-A/2011 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO Nº 09-A/2011 Aprova o Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, em nível de Especialização, denominado

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ RETIFICAÇÃO DO EDITAL N 08/2012-UNIFAP

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ RETIFICAÇÃO DO EDITAL N 08/2012-UNIFAP MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ RETIFICAÇÃO DO EDITAL N 08/2012-UNIFAP O REITOR DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ, no uso das atribuições que o cargo lhe confere e de acordo

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO DEPARTAMENTO DE REGISTRO E CONTROLE ACADÊMICO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO DEPARTAMENTO DE REGISTRO E CONTROLE ACADÊMICO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO DEPARTAMENTO DE REGISTRO E CONTROLE ACADÊMICO EDITAL DE REOPÇÃO Nº 034/2015 DRCA/UFAL Campus A.C. Simões (Maceió), Campus

Leia mais

EDITAL PARA INGRESSO EXTRAVESTIBULAR 1º Semestre/2016

EDITAL PARA INGRESSO EXTRAVESTIBULAR 1º Semestre/2016 EDITAL PARA INGRESSO EXTRAVESTIBULAR 1º Semestre/2016 O Reitor do Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná CEULJI/Ulbra, no uso de suas atribuições estatutárias e regimentais e da Lei nº 9.870, torna

Leia mais

EDITAL PREG Nº 015/2013, de 22 de abril de 2013

EDITAL PREG Nº 015/2013, de 22 de abril de 2013 EDITAL PREG Nº 015/2013, de 22 de abril de 2013 Dispõe sobre processo seletivo simplificado para preenchimento de vagas de Transferência Facultativa Externa. A Universidade Estadual do Piauí UESPI, por

Leia mais

EDITAL COMPLETO TRANSFERÊNCIA EXTERNA E MATRÍCULA ESPECIAL PARA PORTADOR DE DIPLOMA 2016.1 Vagas Remanescentes

EDITAL COMPLETO TRANSFERÊNCIA EXTERNA E MATRÍCULA ESPECIAL PARA PORTADOR DE DIPLOMA 2016.1 Vagas Remanescentes EDITAL COMPLETO TRANSFERÊNCIA EXTERNA E MATRÍCULA ESPECIAL PARA PORTADOR DE DIPLOMA 2016.1 Vagas Remanescentes A Pró-Reitoria de Graduação do CENTRO UNIVERSITÁRIO JORGE AMADO, no uso de suas atribuições,

Leia mais

Regulamento da Organização Didático-Pedagógica dos cursos de Educação Profissional Técnica de Nível Médio Integrado

Regulamento da Organização Didático-Pedagógica dos cursos de Educação Profissional Técnica de Nível Médio Integrado Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso do Sul. IFMS Regulamento da Organização Didático-Pedagógica dos cursos de Educação Profissional Técnica de Nível Médio Integrado 2012

Leia mais

1. DO OBJETO E DOS CURSOS

1. DO OBJETO E DOS CURSOS EDITAL Nº 02/2013 Seleção para mudança de curso e para o ingresso de transferidos e graduados na Faculdade Católica Rainha do Sertão, para o primeiro semestre do ano de 2014. 1. DO OBJETO E DOS CURSOS

Leia mais

EDITAL nº 01/2016, de 2 de março de 2016 VAGAS REMANESCENTES PARA INGRESSO NO PERÍODO LETIVO 2015.3 (MAIO/2016)

EDITAL nº 01/2016, de 2 de março de 2016 VAGAS REMANESCENTES PARA INGRESSO NO PERÍODO LETIVO 2015.3 (MAIO/2016) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE DA INTEGRAÇÃO INTERNACIONAL DA LUSOFONIA AFRO BRASILEIRA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO EDITAL nº 01/2016, de 2 de março de 2016 VAGAS REMANESCENTES PARA INGRESSO NO PERÍODO

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE INVERNO 2016 CONCURSO VESTIBULAR EDITAL

PROCESSO SELETIVO DE INVERNO 2016 CONCURSO VESTIBULAR EDITAL U N I V E R S I D A D E D E P A S S O F U N D O V i c e - R e i t o r i a d e G r a d u a ç ã o S e c r e t a r i a G e r a l d o s C u r s o s Campus I Rodovia BR 285 Km 292,7 - Bairro São José CEP 99052-900

Leia mais

EDITAL Nº 021/2015-PROGRAD. A Pró-Reitora de Graduação da Universidade Estadual do Oeste do Paraná, no uso de suas atribuições, considerando:

EDITAL Nº 021/2015-PROGRAD. A Pró-Reitora de Graduação da Universidade Estadual do Oeste do Paraná, no uso de suas atribuições, considerando: EDITAL Nº 021/2015-PROGRAD ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA OCUPAÇÃO DE VAGAS REMANESCENTES PARA INGRESSO NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UNIOESTE, PARA O ANO LETIVO DE 2015. A Pró-Reitora de Graduação da Universidade

Leia mais

EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO N 25, DE 29 DE AGOSTO DE 2013

EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO N 25, DE 29 DE AGOSTO DE 2013 INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO IFMA EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO N 25, DE 29 DE AGOSTO DE 13 SELEÇÃO SIMPLIFICADA DE SERVIDORES ATIVOS E INATIVOS DO IFMA PARA ATUAREM

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO PIAUÍ

GOVERNO DO ESTADO DO PIAUÍ EDITAL PREG/UESPI N. 028/2015 DE 25 DE JUNHO DE 2015 EDITAL PARA PORTADOR DE DIPLOMA DE DE GRADUAÇÃO PARA O PERÍODO A Universidade Estadual do Piauí UESPI, por meio da Pró-Reitoria de Ensino de Graduação

Leia mais

EDITAL PRAC 01/2016 INSCRIÇÕES

EDITAL PRAC 01/2016 INSCRIÇÕES EDITAL PRAC 01/2016 PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO EM CURSOS DE GRADUAÇÃO NAS MODALIDADES PRESENCIAL E EAD DA UNIVERSIDADE DO SAGRADO CORAÇÃO COM APROVEITAMENTO DE CURSOS SUPERIORES (transferências externas,

Leia mais

EDITAL Nº 007/2016 TRANSFERÊNCIA EXTERNA E PORTADORES DE DIPLOMA

EDITAL Nº 007/2016 TRANSFERÊNCIA EXTERNA E PORTADORES DE DIPLOMA EDITAL Nº 007/2016 O Diretor Executivo da Faculdade Metropolitana de Anápolis, no uso de suas atribuições e demais disposições legais, aprova e torna público o processo seletivo para transferência de candidatos

Leia mais

PERGUNTAS FREQUENTES ENADE

PERGUNTAS FREQUENTES ENADE PERGUNTAS FREQUENTES ENADE 1. O que é o ENADE? O Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) avalia o rendimento dos alunos dos cursos de graduação, ingressantes e concluintes, em relação aos conteúdos

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SERVIÇO SOCIAL

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SERVIÇO SOCIAL REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SERVIÇO SOCIAL PARA INGRESSANTES EM 2003 DOS OBJETIVOS Art. 1º - O Programa de Pós-graduação em Serviço Social da Faculdade de História, Direito e Serviço Social,

Leia mais