MANUAL DE NORMALIZAÇÃO PARA TRABALHOS ACADÊMICOS DA FALC

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MANUAL DE NORMALIZAÇÃO PARA TRABALHOS ACADÊMICOS DA FALC"

Transcrição

1 1 MANUAL DE NORMALIZAÇÃO PARA TRABALHOS ACADÊMICOS DA FALC (Baseada em normas vigentes da ABNT NBR 6023, 6027, 6028, 10520, ) Elaboração: Docentes do curso de Letras Organização: Prof. Me. Alessandro Lopes da Costa Profª. Me. Angela Maria Gasparetti Bibliotecária Fabiana Rodrigues da Silva Carapicuíba 2013

2 2 Corpo diretivo WALTER ALVES PEREIRA Diretor Geral EDILVANA VANESSA PEREIRA Diretora do Instituto de Ensino Superior SONIA MARIA GROTTO VIEIRA Diretora Administrativa LUCIDALVA TEIXEIRA PEREIRA Diretora Financeira RAFAEL JOÃO AFONSO DE ARAUJO Diretor Acadêmico JOÃO TOMAZ Secretário Geral TAINÁ CAUE PEREIRA Diretora de Programas Sociais COORDENAÇÃO DE CURSO Direito Profº. Ms. Carlos Eduardo Volante Análise e Desenvolvimento de Sistemas Profª. Esp. Camila Monteiro Caetano Tomaz Contabilidade - Profº. Esp. José Reginaldo Teixeira Pedagogia Profº. Ms. Paulo César Freire Enfermagem Profª. Esp. Ana Lucia Batista Aranha Administração Profº. Esp.: Ricardo Portiolli Gomes Logística e Recursos Humanos Profº. Esp. Roberto Carlos Alves de Oliveira Letras Profª. Ms. Rogéria Alves Freire Farmácia Profº. Esp. João Pereira Neto

3 3 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 6 ESTRUTURA DO TRABALHO ACADÊMICO PRÉ-TEXTO FOLHA DE ROSTO (ELEMENTO OBRIGATÓRIO) ERRATA (ELEMENTO OPCIONAL) FOLHA DE APROVAÇÃO (ELEMENTO OBRIGATÓRIO) DEDICATÓRIA (ELEMENTO OPCIONAL) AGRADECIMENTO (ELEMENTO OPCIONAL) EPÍGRAFE (ELEMENTO OPCIONAL) RESUMO/PALAVRA CHAVE (LÍNGUA VERNÁCULA) ABSTRACT/PALAVRAS-CHAVE (LÍNGUA ESTRANGEIRA) LISTA DE ILUSTRAÇÕES (ELEMENTO OPCIONAL) LISTA DE TABELAS (ELEMENTO OPCIONAL) LISTA DE ABREVIATURAS E SIGLAS (ELEMENTO OPCIONAL) LISTA DE SÍMBOLOS (ELEMENTO OPCIONAL) SUMÁRIO (ELEMENTO OBRIGATÓRIO) TEXTO PÓS-TEXTUAIS REFERÊNCIAS (ELEMENTO OBRIGATÓRIO) BIBLIOGRAFIAS/OBRAS CONSULTADAS (ELEMENTO OPCIONAL) MODELOS DE REFERÊNCIAS LIVROS E/OU FOLHETOS CAPÍTULOS DE LIVROS PARTES DE ENCICLOPÉDIAS E DICIONÁRIOS (VERBETES) EVENTOS (CONGRESSOS, SIMPÓSIOS, JORNADAS, PROCEEDINGS, ETC.) TRABALHOS APRESENTADOS EM EVENTOS DISSERTAÇÕES, TESES E TRABALHOS ACADÊMICOS PERIÓDICOS NO TODO FASCÍCULOS OU NÚMEROS ESPECIAIS OU SUPLEMENTOS ARTIGO DE PERIÓDICOS ARTIGO DE JORNAL... 26

4 LEGISLAÇÕES (CONSTITUIÇÃO, LEIS E DECRETOS, RESOLUÇÕES, EMENDAS, ETC) CONSTITUIÇÃO LEIS E DECRETOS RESOLUÇÕES JURISPRUDÊNCIA MAPAS, CARTAS TOPOGRÁFICAS DOCUMENTOS ELETRÔNICOS RECOMENDAÇÕES IMPORTANTES MONOGRAFIA NO TODO CAPÍTULO DE MONOGRAFIA ARTIGOS DE PERIÓDICOS EVENTOS LISTA DE DISCUSSÃO HOMEPAGE IMAGEM EM MOVIMENTO (INCLUEM FILMES, VIDEOCASSETES, DVD ETC) GLOSSÁRIO (ELEMENTO OPCIONAL) APÊNDICE (ELEMENTO OPCIONAL) ANEXOS (ELEMENTO OPCIONAL) EXPRESSÕES LATINAS CITAÇÕES CITAÇÃO DIRETA CITAÇÃO INDIRETA OU LIVRE CITAÇÃO DE CITAÇÃO INFORMAÇÃO VERBAL TRABALHOS NÃO CONCLUÍDOS COINCIDÊNCIA DE SOBRENOMES DE AUTORES FORMATO DE APRESENTAÇÃO DO TRABALHO ACADÊMICO FORMATO DIGITAL FORMATOS RECOMENDADOS DOS ARQUIVOS PROCESSO DE SUBMISSÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO BIBLIOGRAFIA CONSULTADA... 40

5 5 F143 Faculdade da Aldeia de Carapicuíba Manual de normalização para trabalhos acadêmicos da FALC / organização Alessandro Lopes da Costa; Angela Maria Gasparetti; Fabiana Rodrigues Ferreira da Silva. Carapicuíba: FALC, f. : Il. ; 30 cm 1.Manual 2.Metodologia. I. Título. CDD

6 6 APRESENTAÇÃO Este manual é fruto do trabalho dos docentes do curso de Letras com a colaboração e organização de Alessandro Lopes, Angela Gasparetti e Fabiana Silva. O objetivo deste material é fornecer subsídios para a elaboração de trabalhos acadêmicos e tem como finalidade organizar e facilitar a uniformização de Trabalhos de Conclusão de Curso, artigos entre outros. A normatização adotada aqui tem como base as normas de documentação da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), atualizadas em agosto de 2002 e em janeiro de ESTRUTURA DO TRABALHO ACADÊMICO A estrutura do Trabalho Acadêmico compreende: elementos pré-textuais, elementos textuais e elementos pós-textuais. A saber: Estrutura do trabalho: 1- PRÉ-TEXTO 2 - TEXTO 3 - PÓS-TEXTO Capa (elemento obrigatório) Lombada (elemento externo) Folha de rosto Errata* Termo de aprovação Dedicatória* Agradecimentos* Epígrafe* Resumo/ Palavras-Chave (língua vernácula) Resumo/ Palavras-Chave (língua estrangeira) Lista de ilustrações* Lista de tabelas* Lista de abreviaturas e siglas* Lista de símbolos* Sumário Introdução Desenvolvimento Conclusão Referências Bibliografias* Glossário* Apêndice* Anexo* Índice* *elementos opcionais Obs.: Alguns elementos da tabela acima não serão abordados, devido sua especificidade, consultar ABNT para maiores esclarecimentos sobre esses elementos.

7 7 1 PRÉ-TEXTO 1.1 CAPA (ELEMENTO OBRIGATÓRIO) Segue abaixo modelo de capa, que deve ser apresentado no formato A4 (21 cm x 29,7 cm), recomenda-se obedecer ao padrão de fonte Times New Roman/ Arial.Deve obedecer a seguinte ordem: nome da instituição e curso (Arial/ Times New Roman 16 - maiúsculo) nome do autor (Arial/ Times New Roman 14 - maiúsculo); título e subtítulo, se houver (Arial/ Times New Roman 14 - maiúsculo); nº de volumes (se houver mais de um, deve constar em cada capa a especificação do respectivo volume); local (cidade da instituição) onde o trabalho deve ser apresentado(arial/ Times New Roman 14 - maiúsculo); ano de depósito da entrega (Arial/ Times New Roman 14 - maiúsculo); *Obs: todas as informações devem ser centralizadas e em negrito. Fonte Arial/ Times New Roman 16 Fonte Arial/ Times New Roman 14 FACULDADE DA ALDEIA DE CARAPICUÍBA CURSO DE ENFERMAGEM margem superior 3cm Espaço entre linhas 1,5 margem esquerda 3cm NOME DO ACADÊMICO margem direita 2cm Fonte Arial/ Times New Roman 14 margem inferior 2cm TÍTULO DO TCC CARAPICUÍBA 2013 Fonte Arial/ Times New Roman 14

8 8 1.2 LOMBADA (ELEMENTO OPCIONAL) Local onde as informações devem ser impressas 1 : nome do autor, impresso horizontalmente de cima para baixo; título do trabalho, impresso na mesma forma que o autor; elementos alfanuméricos de identificação 1.3 FOLHA DE ROSTO (ELEMENTO OBRIGATÓRIO) Deve figurar na seguinte ordem: autor (responsável intelectual pelo trabalho); título principal do trabalho (dever ser claro e preciso, identificando o seu conteúdo e possibilitando a indexação e recuperação da informação); subtítulo (se houver) precedido de dois pontos ( : ); nº de volumes (se houver mais de um, deve constar em cada folha de rosto a especificação do respectivo volume); natureza (teses, dissertações, trabalhos de conclusão de curso e outros) e objetivo (aprovação em disciplina, grau pretendido e outros); nome da instituição a que é submetido; área de concentração; orientador (es), e se houver, co-orientador; local (cidade) da instituição onde deve ser apresentado; ano de depósito (da entrega). Segue abaixo modelo de folha de rosto, que é a folha que contém os elementos essenciais à identificação do trabalho, deve ser apresentado no formato A4 (21 cm x 29,7 cm), recomenda-se obedecer ao padrão de fonte Times New Roman ou Arial 16. Deve obedecer a seguinte ordem: nome do autor (responsável intelectual pelo trabalho; título principal do trabalho (dever ser claro e preciso, identificando o seu conteúdo e possibilitando a indexação e recuperação da informação); subtítulo (se houver) precedido de dois pontos ( : ); 1 Para maiores informações, consulte NBR-12225

9 9 nº de volumes (se houver mais de um, deve constar em cada folha de rosto a especificação do respectivo volume); natureza (teses, dissertações, trabalhos de conclusão de curso, monografia e outros) e objetivo (aprovação em disciplina, grau pretendido e outros); nome da instituição, faculdade, curso; área de concentração e- nome do orientado e, se houver do co-orientador; local (cidade da instituição) ano da entrega Margem superior 3cm NOME DO ACADÊMICO Fonte Arial/ Times New Roman 14/ 16 Fonte Arial/ Times New Roman 14/ 16 TÍTULO DO TCC Margem esquerda 3cm Trabalho de Conclusão de Curso apresentado a Faculdade da Aldeia de Carapicuíba como requisito para obtenção do título de Bacharel em Enfermagem sob a orientação doprof. ( nome do orientador do TCC ) Margem direita 2cm Espaço entre linhas simples. Fonte Arial ou Times New Roman 10/12. Alinhamento do texto do meio para direita (recuo de 06). Margem inferior 2cm Carapicuíba 2013 Fonte Arial/ Times New Roman 14/16 Obs.: No verso da folha de rosto, deve constar, na parte inferior da página, a Ficha Catalográfica (elemento obrigatório). A ficha catalográfica é a identificação padrão do trabalho, elaborada pela bibliotecária responsável da FALC, de acordo com o Código de Catalogação Anglo-Americano

10 10 AACR2. O prazo de elaboração é de 7 (sete) dias úteis. Abaixo os dados a serem enviados através do folha de rosto resumo com as palavras chave nº de páginas se possui ilustrações, anexos ou tabelas Verso da folha de rosto A elaboração é de responsabilidade da bibliotecária do seu campus FICHA CATALOGRÁFICA ELABORADA PELA BIBLIOTECA CENTRAL DA FACULDADE ALDEIA DE CARAPICUÍBA Dados necessários para a elaboração: folha de rosto resumo com as palavras chave nº de páginas se possui ilustrações, anexos ou tabelas SILVA, Maria Antonieta da. Literatura infantil : contos de fadas / Maria Antonieta da Silva. Carapicuíba: f.; 30 cm. Orientação: José Antônio Bonifácio. Trabalho de conclusão de curso (Bacharel) Faculdade da Aldeia de Carapicuíba Inclui bibliografia e anexo. 1. Literatura infantil 2. Contos I. Título. CDD ERRATA (ELEMENTO OPCIONAL) Lista de erros de natureza tipográfica ou gramatical seguida das devidas correções (indicar as páginas e linhas em que aparecem). Deve ser inserido logo após a folha de rosto ou em folha avulsa, no caso da publicação já ter sido encadernada.

11 11 de ERRATA Folha Linha Onde se lê Leia-se Seja suposta seja exposta (SIQUEIRA, 1990) (CERQUEIRA, 1990) 1.5 FOLHA DE APROVAÇÃO (ELEMENTO OBRIGATÓRIO) Colocada logo após a folha de rosto, deve conter informações essenciais à aprovação do trabalho e constitui-se por: nome do autor; título e subtítulo (se houver); natureza, objetivo, área de concentração e instituição a que é submetido; data de aprovação; titulação, nome e assinatura dos componentes da banca examinadora e instituições a que pertencem; local, data de aprovação e assinatura dos membros da banca é colocada após a aprovação do trabalho. Obs.: Esta folha não recebe título.

12 12 Margem superior 3cm NOME DO ACADÊMICO Fonte Arial/ Times New Roman 14/ 16 Margem esquerda 3cm TÍTULO DO TCC Espaço entre linhas simples TCC aprovado como requisito parcial para obtenção do título de Bacharel em Enfermagem pela seguinte banca examinadora: Espaço entre linhas simples Prof. ( nome do orientador ) Faculdade da Aldeia de Carapicuíba margem direita 2cm Carapicuíba 2013 Margem inferior 2cm

13 DEDICATÓRIA (ELEMENTO OPCIONAL) Página em que o autor presta homenagem ou dedica seu trabalho a outras pessoas. É colocada após o termo de aprovação. Aos meus pais Roberto e Mariana pelos ensinamentos desde sempre. 1.7 AGRADECIMENTO (ELEMENTO OPCIONAL) Dirigido àqueles que contribuíram de maneira relevante à elaboração do trabalho. AGRADECIMENTO Agradeço primeiramente a DEUS, por permitir chegar até aqui, dando força, vontade e acima de tudo, o conhecimento adquirido junto ao professores e colegas de classe. Ao meu esposo pela paciência e incentivo durante o curso e na estruturação do trabalho. À professora Julieta, pela grande orientação e atenção que forneceu em todos os momentos do trabalho. E aos demais que indiretamente colaboraram para a conclusão deste trabalho.

14 EPÍGRAFE (ELEMENTO OPCIONAL) Aqui, o autor apresenta uma citação de um pensamento, seguida de indicação de autoria, relacionada com a matéria tratada no corpo do trabalho. É colocada após os agradecimentos. Podem também constar epígrafes nas folhas de abertura das seções primárias. de Epígrafe Ai, palavras, ai, palavras. Que estranha potência, a vossa! Ai, palavras, ai, palavras. Sois de vento, ides no vento, No vento que não retorna, E, em tão rápida existência, Tudo se forma e transforma! (Cecília Meireles. Romance LIII ou das palavras aérea. In: Romanceiro da Inconfidência (1989).

15 RESUMO/PALAVRA CHAVE (LÍNGUA VERNÁCULA) Elemento obrigatório, constituído de uma sequência de frases concisas e objetivas e não de uma simples enumeração de tópicos. Deve conter de 150 a 500 palavras, seguido, logo abaixo, das palavras-chave (conforme NBR 6028). Palavras-chave: palavras representativas do conteúdo do trabalho, separadas entre si por ponto (. ) e finalizadas também por ponto. Devem aparecer logo abaixo do resumo, antecedidas da expressão palavras-chave:. RESUMO Com a evolução dos mercados, principalmente com a globalização, a busca por melhores práticas faz com que as empresas estejam sempre inovando como diferencial de competitividade. Para tanto, este trabalho apresenta a importância da Gestão do Conhecimento e sua aplicação utilizando ferramentas de Tecnologia da Informação na busca por soluções de problemas. Com a percepção de que gestão do conhecimento não é apenas uma moda, um momento, mas sim um aliado no dia-a-dia das pessoas e empresas, surgiu à idéia de elaborar este trabalho. Tal trabalho tem como objetivo apresentar como a Gestão do Conhecimento e a utilização de ferramentas de TI contribuem e tornam-se cada vez mais importante no tomado de decisões das empresas. Assim sendo, vale afirmar que Gestão do Conhecimento e Tecnologia da Informação tem um importante papel nos resultados de negócios da empresa seja de curto, médio ou longo prazo. O resultado deste diferencial nas empresas é evidenciado quando se identifica o conhecimento como algo que possui valor aliado ao fator humano. PALAVRAS-CHAVE: gestão do conhecimento. tecnologia da informação.

16 ABSTRACT/PALAVRAS-CHAVE (LÍNGUA ESTRANGEIRA) Elemento obrigatório. Consiste em uma versão do resumo em idioma de divulgação internacional (em inglês Abstract, em espanhol Resumen, em francês Résumé). Também deve ser seguido de palavras-chave, na língua. ABSTRACT With development of markets, mainly with globalization, the search for best practices mean that companies are always innovating to gain competitiveness differential. So, this work present the importance of the Knowledge Management and its application using Information Technology tools searching for solutions to problems. With the realization that knowledge management is not just a fad, a moment, but an ally in the day-to-day lives and businesses, came the idea to develop this work. This work aims to show how knowledge management and use of IT tools contribute and become increasingly important in making business decisions. So, are sure that Knowledge Management and Information Technology have a important rule in business results of the companies, is the short, medium or long time. The results this differential in the companies is evidenced when it accepts knowledge as something that has value linked to the human factor. Keywords: knowledge management. information technology LISTA DE ILUSTRAÇÕES (ELEMENTO OPCIONAL) Relação das ilustrações apresentadas no texto, com cada item designado por seu nome específico, devendo constar: número, título ou legenda e página. Recomenda-se uma lista para cada tipo de ilustração (figuras, tabelas, quadros, lâminas, plantas, fotografias, gráficos, organogramas, fluxogramas, esquemas, desenhos e outros), desde que a lista apresente no mínimo dois itens. Caso contrário pode-se elaborar uma única lista denominada LISTA DE ILUSTRAÇÕES, identificando, necessariamente, o tipo de ilustração antes do número.

17 17 LISTA DE ILUSTRAÇÕES Figura 1 Gestão do conhecimento em espiral...18 Figura 2 Organograma dos processos de gestão do conhecimento...34 Obs.: Com exceção de tabelas e quadros, todas as demais ilustrações podem ser referidas por figura, ou denominadas especificamente como mapa, planta, gráfico dentre outros LISTA DE TABELAS (ELEMENTO OPCIONAL) Elaborado de acordo com a ordem apresentada no texto, com cada item designado por seu nome específico, título ou legenda e número da página. LISTA DE TABELAS Tabela 1 Quantidade de alunos por curso...23 Tabela 2 Alunos concluintes em LISTA DE ABREVIATURAS E SIGLAS (ELEMENTO OPCIONAL) Relação alfabética das abreviaturas constantes no texto, acompanhadas de seu respectivo significado (por extenso). Recomenda-se elaboração de lista própria para cada tipo. LISTA DE ABREVIATURAS ABNT IBGE Associação Brasileira de Normas Técnicas Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

18 LISTA DE SÍMBOLOS (ELEMENTO OPCIONAL) Deve ser elaborada de acordo com a ordem apresentada no texto, com o devido significado SUMÁRIO (ELEMENTO OBRIGATÓRIO) No sumário são apresentadas as principais divisões do trabalho, organizadas em partes, capítulos e seções (sub-capítulos), na ordem como aparecem no corpo do trabalho, indicando ainda a página em que cada divisão tem início. Havendo mais de um volume, em cada um deve constar o sumário completo do trabalho, conforme NBR A palavra SUMÁRIO deve ser centralizada ao alto da página e com a mesma tipologia da fonte utilizada para as seções primárias. Trata-se da enumeração das principais divisões, seções e capítulos, na mesma ordem e grafia em que a matéria é apresentada no corpo do trabalho. Se o trabalho for apresentado em mais de um volume, em cada um deles deve constar o sumário completo do trabalho. A subordinação dos itens do sumário (seções primária, secundária, terciária etc.), deve ser destacada pela apresentação tipográfica utilizada no texto. Obs.: Os elementos pré-textuais não devem constar no sumário. Na apresentação, o sumário é localizado antes da introdução.

19 19 Título centralizado. Fonte Arial/ Times New Roman 14. espaço duplo Seção primáriafonte 12, maiúscula e negrito Seção secundária Fonte 12, maiúscula SUMÁRIO INTRODUÇÃO DEFININDO GÊNEROS CLASSIFICANDO O GÊNERO...19 Esat folha segue o mesmo padrão de margem das anteriores Espaço entre linhas simples Seção terciária Fonte 12, 1ª letra de cada palavra em maiúscula Seção quartenária Fonte 12, 1ª letra maiúscula e o restante em minúscula 2 DEFININDO TIPOLOGIA TEXTUAL O GÊNERO EM SALA DE AULA UM OLHAR PARA O GÊNERO LITERÁRIO Gênero Literário como Ferramenta de Ensino de Língua Portuguesa Exercícios práticos CONCLUSÃO...49 REFERÊNCIAS...52 Espaço entre as seções duplos ANEXOS...56 Anexo A Textos literários...57 ÍNDICE...58

20 20 TEXTO Essa é a parte do trabalho onde é exposta a matéria. Deve ser apresentado no formato A4 (21 cm x 29,7 cm), recomenda-se obedecer ao padrão de fonte Times New Roman ou Arial, margens iguais as partes pré-textuais, espacejamento 1,5 entre linhas, sendo que cada parágrafo do texto deve ser justificado, em especial primeira linha. Em caso de citações diretas com mais de três linhas e legendas de tabelas e ilustrações, usa-se espaço simples. Os títulos e subtítulos das seções e subseções que compõem o texto devem ser alinhados à esquerda, precedidos de seus indicativos numéricos grafados em algarismos arábicos e separados entre si por um espaço de caractere e os títulos devem ser separados do texto que os precede ou que os sucede por dois espaços duplos. Cada seção primária deve ser iniciada em folha nova. Deve ter três partes fundamentais: a) INTRODUÇÃO Parte inicial do texto, onde deve constar a delimitação do assunto tratado, objetivo da pesquisa e outros elementos necessários para situar o tema do trabalho. A partir da página inicial da introdução, todas as páginas devem ser numeradas inclusive referências, anexos etc, e o número devem vir no canto superior direito, a 02 cm da borda superior. A introdução é a parte inicial do texto, na qual devem constar a formulação e delimitação do assunto tratado, bem como os objetivos da pesquisa. Tem por finalidade fornecer ao leitor os antecedentes que justificam o trabalho, assim como enfocar o assunto a ser abordado. A introdução pode incluir informações sobre a natureza e importância do problema, sua relação com outros estudos sobre o mesmo assunto, suas limitações e objetivos. Essa seção deve, preferentemente, representar a essência do pensamento do autor em relação ao assunto que pretende estudar. Deve ser abrangente sem ser prolongada. É um discurso de abertura em que o pesquisador oferece ao leitor uma síntese dos conceitos da literatura; expressa sua

21 21 própria opinião - contrastando-a ou não - com a literatura; estabelece as razões de ser de seu trabalho, sumariando, apropriadamente, começo, meio e fim de sua proposta de estudo. b) DESENVOLVIMENTO Parte principal do texto, que contém a exposição ordenada e pormenorizada do assunto. Divide-se em seções e subseções, que variam em função da abordagem do tema e do método. Para os alunos do Curso de Enfermagem é necessário que o trabalho apresente a seguinte ordem: Objetivos: Apresenta a finalidade do estudo no qual deve conter objetivo geral e objetivos específicos; Revisão da literatura: Pesquisa realizada através de levantamento bibliográfico sobre o tema; Métodos: No decorrer da pesquisa, é necessário atingir o objetivo de acordo com o tema. Para tanto, Severino (2009), enfatiza a importância de abranger no método alguns tipos de pesquisa seja ele estudo de caso, experimental, etc, coleta de dados (seja questionários, testes, etc), amostra, análise de dados (quantitativos ou qualitativos); Resultados: Diante dos dados coletados, devem-se apresentar os resultados seja quantitativos ou narrativos; Discussão: Através do método utilizado, é necessário descrever quais foram os resultados obtidos a partir da análise e interpretação; Para tanto, busca-se a interligação entre o problema, os resultados e análise comparativa com outros trabalhos publicados. c) CONCLUSÃO Mesmo que se tenham várias conclusões deve-se usar sempre o termo no singular, pois, se trata da conclusão do trabalho em si e não um mero enunciado das conclusões a que o(a) autor(a) chegou. É parte final do texto, na qual se apresentam conclusões correspondentes aos objetivos ou hipóteses. Obs.: É opcional apresentar os desdobramentos relativos à importância, à síntese, à projeção, à repercussão, ao encaminhamento e outros.

22 22 3 PÓS-TEXTUAIS 3.1 REFERÊNCIAS (ELEMENTO OBRIGATÓRIO) Relação de um conjunto padronizado de elementos descritivos retirados de um documento, que permite sua identificação, no todo ou em parte, de documentos impressos ou registrados em diversos tipos de materiais que foram mencionados explicitamente no decorrer do trabalho. Não deve constar nas referencias elementos que não foram citados no texto. As referências deverão ser apresentadas em lista ordenada alfabeticamente por autor (sistema autor-data), usar espaçamento entre linhas simples e entre as referências, duplo espaço e alinhados à esquerda. (elaborado conforme NBR 6023). Obs.: O título deve ser centralizado e sem indicativo numérico. 3.2 BIBLIOGRAFIAS/OBRAS CONSULTADAS (ELEMENTO OPCIONAL) Difere da lista de referências porque é um levantamento bibliográfico sobre o tema ou, com ele relacionado, que foram utilizados para compor a idéia, mas não foi citado no texto. Tem por objetivo possibilitar ao leitor condição para um aprofundamento no assunto. 3.3 MODELOS DE REFERÊNCIAS LIVROS E/OU FOLHETOS SOBRENOME, Nome (autor)./título: subtítulo./edição./local de publicação: Editora, Data./Número de volumes ou páginas. TELLES, P.C.S. Tubulações industriais: materiais, projeto e desenho. 7. ed. Rio de Janeiro: Livros técnicos e científicos, v CAPÍTULOS DE LIVROS a) Autor do capítulo diferente do responsável pelo livro.

23 23 SOBRENOME, Nome (autor do capítulo). /Título do capítulo./in: SOBRENOME, Nome (autor do livro)./título: subtítulo do livro./edição./local de publicação: Editora, Data./Volume, capítulo, página inicial-final. PERRONE-MOISÉS, L. Don Juan na literatura de hoje. In: RIBEIRO, R.J. A sedução e suas máscaras: ensaios sobre Don Juan. São Paulo: Companhia das Letras, p b) Único autor para o livro todo - Substitui-se o nome do autor por um travessão de seis toques após o In:. AGROMONTE, Roberto. El hombre y la sociedad. In:. Sociologia. 5. ed. Havana: Havana Cultural, p PARTES DE ENCICLOPÉDIAS E DICIONÁRIOS (VERBETES) GRANDE enciclopédia Delta Larousse. Rio de Janeiro: Delta, v. 7, p FERREIRA, A. B. H. Novo dicionário da língua portuguesa. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, p EVENTOS (CONGRESSOS, SIMPÓSIOS, JORNADAS, PROCEEDINGS, ETC.) NOME DO CONGRESSO, número, ano, local de realização./título da publicação.../local de publicação: Editora, data./total de páginas. SIMPÓSIO BRASILEIRO DE REDES DE COMPUTADORES, 13., 1995, Belo Horizonte. Anais... Belo Horizonte: UFMG, p. REUNIÃO ANUAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE QUÍMICA, 20., 1997, Poços de Caldas. Química: academia, indústria, sociedade: livro de resumos. São Paulo: Sociedade Brasileira de Química, 1997.

24 TRABALHOS APRESENTADOS EM EVENTOS SOBRENOME, Nome (autor do trabalho)./título: subtítulo do trabalho./in: NOME DO CONGRESSO, número, ano, local de realização./título da publicação.../local de publicação: Editora, Data./página inicial-final. CANÇADO, Agenor Lopes. Toxocomanias de substituição. In: CONGRESSO FARMACÊUTICO E BIOQUÍMICO PAN-AMERICANO, 3., 1989, São Paulo. Anais... São Paulo: Federação das Associações de Farmacêuticos do Brasil, p DISSERTAÇÕES, TESES E TRABALHOS ACADÊMICOS SOBRENOME, Nome (autor)./título: subtítulo./data de publicação./número de folhas1 ou volumes./categoria (Grau e área de concentração) - Nome da Escola, Universidade, Cidade da defesa e data da defesa, mencionada na folha de aprovação (se houver). BRACCIALI, C.F. Versão intervalar de métodos numéricos para solução do problema de autovalores de matrizes f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Computação e Matemática Computacional) - Instituto de Ciências Matemáticas de São Carlos, Universidade de São Paulo, São Carlos. BUENO, M. S. S. O salto na escuridão: pressupostos e desdobramentos das políticas atuais para o ensino médio f. Tese (Doutorado em Educação) - Faculdade de Filosofia e Ciências, Universidade Estadual Paulista, Marília. MORGADO, M. L. C. Reimplante dentário f. Trabalho de conclusão de curso (Graduação em Odontologia) Faculdade de Odontologia, Universidade Camilo Castelo Branco, São Paulo, 1990.

25 PERIÓDICOS NO TODO TÍTULO DA PUBLICAÇÃO./Local de publicação: Editor, ano do primeiro volume. CADERNOS DE PSICOLOGIA. Belo Horizonte: UFMG, BOLETIM GEOGRÁFICO. Rio de Janeiro: IBGE, SÃO PAULO MEDICAL JOURNAL. São Paulo: APM, Bimensal. ISSN FASCÍCULOS OU NÚMEROS ESPECIAIS OU SUPLEMENTOS TÍTULO DO PERIÓDICO./Título do fascículo especial ou suplemento./local de publicação: Editora, volume, número, ano. DINHEIRO: revista semanal de negócios. São Paulo: Ed. Três, n.148, 28 jun CONJUNTURA ECONÔMICA. As 500 maiores empresas do Brasil. Rio de Janeiro: FGV, v. 38, n. 9, set p. Edição especial. PESQUISA NACIONAL POR AMOSTRA DE DOMICÍLIOS. Mão-de-obra e previdência. Rio de Janeiro: IBGE, v.7, Suplemento ARTIGO DE PERIÓDICOS SOBRENOME, Nome (autor)./título do artigo./título do periódico, Local de publicação, número do volume, número do fascículo, página inicial-final, mês abreviado e ano. REY, L. Problemas de saúde pública: hidatidose humana. Roche, Rio de Janeiro, v. 18, n. 2, p , nov

26 ARTIGO DE JORNAL SOBRENOME, Nome (autor)./título do artigo./título do jornal, Local, dia, mês abreviado, ano./número ou título do caderno, seção ou suplemento, página inicial-final. FRIAS FILHO, O. Peça de Calderón sintetiza teatro barroco. Folha de São Paulo, São Paulo, 23 out Ilustrada, p.3. Obs.: quando não houver seção, caderno ou parte a paginação do artigo precede a data. LEAL, L. N. MP fiscaliza com autonomia total. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, p. 3, 25 abr LEGISLAÇÕES (CONSTITUIÇÃO, LEIS E DECRETOS, RESOLUÇÕES, EMENDAS, ETC) CONSTITUIÇÃO NOME DO PAÍS./Constituição (ano de promulgação)./título: subtítulo./cidade de publicação: Editora, data./descrição física./(série ou Coleção)./Notas. BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil: promulgada em 5 de outubro de Organização do texto por Juarez de Oliveira. 4. ed. São Paulo: Saraiva, p. (Série Legislação Brasileira). BRASIL. Código civil (2002). Código civil. 57.ed. São Paulo: Atlas, BRASIL. Código de processo penal (1941). Código de processo penal. In: ANGHER, Anne Joyce. Vade mecum universitário de direito Rideel. 8.ed. São Paulo: RIDEEL, p

27 LEIS E DECRETOS NOME DO PAÍS, ESTADO OU MUNICÍPIO./(Estado) ou (Cidade) se homônimos./lei ou Decreto n., dia mês (por extenso) e ano./descrição da lei ou decreto./título da publicação: subtítulo, Cidade de publicação, v., p., ano./ (Série ou Coleção)./Notas BRASIL. Decreto nº , de 4 de janeiro de Dispõe sobre documentos e procedimentos para despacho de aeronave em serviço internacional. Lex: Coletânea de Legislação e Jurisprudência, São Paulo, v. 48, p. 3-4, jan. /mar RESOLUÇÕES BRASIL. Congresso. Senado. Resolução nº 17, de Coleção de leis da República Federativa do Brasil, Brasília, DF, v. 183, p , maio/jun JURISPRUDÊNCIA BRASIL. Supremo Tribunal de Justiça. Habeas-corpus nº , da 6ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, Brasília, DF, 6 de dezembro de Lex: jurisprudência do STJ e Tribunal Regional Federal, São Paulo, v. 10, n. 103, p , mar MAPAS, CARTAS TOPOGRÁFICAS AUTOR./Título do documento cartográfico./local de publicação: Editora, data./designação específica, cor (p&b - preto e branco; color - colorido), Dimensões (altura X largura em cm)./escala./(série ou Coleção)./Notas. BRASIL. Ministério da Agricultura. Mapa de solos. Salvador: CEPLA, Mapa color, 78 x 59cm. Escala 1: MAPA do Brasil físico. São Paulo: Geomapas, Mapa p&b, 88 x 120cm. Escala

universia.com.br/materia/img/tutoriais/ /01.jsp 1/1

universia.com.br/materia/img/tutoriais/ /01.jsp 1/1 5/12/2008 Monografias - Apresentação Fazer um trabalho acadêmico exige muito de qualquer pesquisador ou estudante. Além de todo esforço em torno do tema do trabalho, é fundamental ainda, adequá-lo às normas

Leia mais

NBR 14724/2011 ABNT NBR 14724/2011 NBR 14724/2011 NBR 14724/2011 NBR 14724/2011 NBR 14724/2011 19/10/2011. Objetivo

NBR 14724/2011 ABNT NBR 14724/2011 NBR 14724/2011 NBR 14724/2011 NBR 14724/2011 NBR 14724/2011 19/10/2011. Objetivo Objetivo ABNT Normas para elaboração de trabalhos científicos Esta Norma especifica os princípios gerais para a elaboração de trabalhos acadêmicos, visando sua apresentação à instituição Estrutura Parte

Leia mais

MONOGRAFIA ESTRUTURA DE MONOGRAFIAS

MONOGRAFIA ESTRUTURA DE MONOGRAFIAS MONOGRAFIA Trata-se de uma construção intelectual do aluno-autor que revela sua leitura, reflexão e interpretação sobre o tema da realidade. Tem como base a escolha de uma unidade ou elemento social, sob

Leia mais

DISCIPLINA: PRÁTICA PROFISSIONAL E ESTÁGIO SUPERVISIONADO I, II E III CIÊNCIAS CONTÁBEIS ACADÊMICOS

DISCIPLINA: PRÁTICA PROFISSIONAL E ESTÁGIO SUPERVISIONADO I, II E III CIÊNCIAS CONTÁBEIS ACADÊMICOS DISCIPLINA: PRÁTICA PROFISSIONAL E ESTÁGIO SUPERVISIONADO I, II E III CIÊNCIAS CONTÁBEIS APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS PROF. DR. MARCOS FRANCISCO R. SOUSA PROF. Me. CELSO LUCAS COTRIM APRESENTAÇÃO

Leia mais

Guia para Apresentação de Trabalho Acadêmico: de acordo com NBR 14724/2011. São Carlos

Guia para Apresentação de Trabalho Acadêmico: de acordo com NBR 14724/2011. São Carlos Guia para Apresentação de Trabalho Acadêmico: de acordo com NBR 14724/2011 São Carlos Guia para Apresentação de Trabalho Acadêmico As orientações abaixo estão de acordo com NBR 14724/2011 da Associação

Leia mais

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE MONOGRAFIA

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE MONOGRAFIA ANEXO da Norma 004/2008 CCQ Rev 1, 28/09/2009 UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA INSTITUTO DE QUÍMICA CURSO DE GRADUAÇÃO EM QUÍMICA Salvador 2009 2 1 Objetivo Estabelecer parâmetros para a apresentação gráfica

Leia mais

Guia rápido ABNT NBR 10520:2002 Informação e documentação Citações em documentos

Guia rápido ABNT NBR 10520:2002 Informação e documentação Citações em documentos Guia rápido ABNT NBR 10520:2002 Informação e documentação Citações em documentos O que é uma citação? É a menção de uma informação extraída de outra fonte. TIPOS DE CITAÇÕES Citação direta Citação indireta

Leia mais

ANEXO II PROCEDIMENTOS PARA ELABORAÇÃO DA MONOGRAFIA

ANEXO II PROCEDIMENTOS PARA ELABORAÇÃO DA MONOGRAFIA ANEXO II PROCEDIMENTOS PARA ELABORAÇÃO DA MONOGRAFIA A elaboração da monografia deve ter como referência a ABNT NBR 14724/ 2006, a qual destaca que um trabalho acadêmico compreende elementos pré-textuais,

Leia mais

UNIVERSIDADE PAULISTA INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E COMUNICAÇÃO CURSOS DE GESTÃO TECNOLÓGICA PIM - III

UNIVERSIDADE PAULISTA INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E COMUNICAÇÃO CURSOS DE GESTÃO TECNOLÓGICA PIM - III UNIVERSIDADE PAULISTA INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E COMUNICAÇÃO CURSOS DE GESTÃO TECNOLÓGICA PIM - III Projeto Integrado Multidisciplinar Cursos Superiores Tecnológicos G. SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Trabalho

Leia mais

METODOLOGIA DO TRABALHO CIENTÍFICO MATERIAL DIDÁTICO DA ABNT

METODOLOGIA DO TRABALHO CIENTÍFICO MATERIAL DIDÁTICO DA ABNT METODOLOGIA DO TRABALHO CIENTÍFICO MATERIAL DIDÁTICO DA ABNT www.abnt.org.br Objetivos da normalização Comunicação Simplificação Níveis de normalização Menos exigente (Genérica) INTERNACIONAL REGIONAL

Leia mais

INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR SANT ANA LUCIO MAURO BRAGA MACHADO MANUAL PARA A ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS

INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR SANT ANA LUCIO MAURO BRAGA MACHADO MANUAL PARA A ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR SANT ANA LUCIO MAURO BRAGA MACHADO MANUAL PARA A ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS PONTA GROSSA 2011 LUCIO MAURO BRAGA MACHADO MANUAL PARA A ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS

Leia mais

NORMAS DE FORMATAÇÃO DO TRABALHO FINAL (PIL) Apresentação Gráfica

NORMAS DE FORMATAÇÃO DO TRABALHO FINAL (PIL) Apresentação Gráfica UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA Faculdade de Educação UAB/UnB Curso de Especialização em Educação na Diversidade e Cidadania, com Ênfase em EJA Parceria MEC/SECAD NORMAS DE FORMATAÇÃO DO TRABALHO FINAL (PIL)

Leia mais

NORMAS DA ABNT PARA TRABALHOS ACADÊMICOS

NORMAS DA ABNT PARA TRABALHOS ACADÊMICOS NORMAS DA ABNT PARA TRABALHOS ACADÊMICOS O texto a seguir tratará das seguintes normalizações: A. NBR 14724:2001 Informação e documentação - Trabalhos acadêmicos - Apresentação Informações pré-textuais

Leia mais

CITAÇÃO FACULDADE CEARENSE NORMAS PARA USO DA CITAÇÃO NOS TRABALHOS DA FACULDADE CEARENSE

CITAÇÃO FACULDADE CEARENSE NORMAS PARA USO DA CITAÇÃO NOS TRABALHOS DA FACULDADE CEARENSE CITAÇÃO FACULDADE CEARENSE NORMAS PARA USO DA CITAÇÃO NOS TRABALHOS DA FACULDADE CEARENSE FORTALEZA 2011 1 FACULDADE CEARENSE CITAÇÃO SUMÁRIO Apresentação 3 Introdução 4 Regras Gerais de Apresentação 5

Leia mais

PROJETO DE PESQUISA ABNT NBR 15287:2011. Especifica os princípios gerais para a elaboração de projetos de pesquisa

PROJETO DE PESQUISA ABNT NBR 15287:2011. Especifica os princípios gerais para a elaboração de projetos de pesquisa PROJETO DE PESQUISA ABNT NBR 15287:2011 Especifica os princípios gerais para a elaboração de projetos de pesquisa REFERÊNCIA NORMATIVA Documentos indispensáveis à aplicação deste documento ABNT NBR 6023

Leia mais

2- DETALHES SOBRE A ESTRUTURA DO RELATÓRIO A seguir estão orientações sobre como formatar as diversas partes que compõem o relatório.

2- DETALHES SOBRE A ESTRUTURA DO RELATÓRIO A seguir estão orientações sobre como formatar as diversas partes que compõem o relatório. 1 - ESTRUTURA DO RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO O relatório do Estágio Supervisionado de todos os cursos do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Minas Gerais Campus Formiga - irá mostrar

Leia mais

- TCC A/B - ORIENTAÇÕES PARA ESTRUTURAÇÃO E FORMATAÇÃO (Versão 1.3 Agosto de 2008)

- TCC A/B - ORIENTAÇÕES PARA ESTRUTURAÇÃO E FORMATAÇÃO (Versão 1.3 Agosto de 2008) Faculdade Dom Bosco de Porto Alegre Curso de Sistemas de Informação Trabalho de Conclusão de Curso Prof. Dr. Luís Fernando Garcia - TCC A/B - ORIENTAÇÕES PARA ESTRUTURAÇÃO E FORMATAÇÃO (Versão 1.3 Agosto

Leia mais

NORMALIZAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS ABNT TRABALHOS ACADÊMICOS:

NORMALIZAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS ABNT TRABALHOS ACADÊMICOS: MANUAL PARA TCC www.etecmonteaprazivel.com.br Estrada do Bacuri s/n Caixa Postal 145 Monte Aprazível SP CEP 15150-000 Tel.: (17) 3275.1522 Fax: (17) 3275.1841 NORMALIZAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS ABNT

Leia mais

REGRAS PARA APRESENTAÇÃO DE RELATÓRIO DE ESTÁGIO

REGRAS PARA APRESENTAÇÃO DE RELATÓRIO DE ESTÁGIO 1 REGRAS PARA APRESENTAÇÃO DE RELATÓRIO DE ESTÁGIO Os seguintes padrões atendem às exigências da FTC Feira de Santana, em conformidade com a NBR 14724:2002/2005 da Associação Brasileira de Normas Técnicas

Leia mais

Curso de Comunicação Social - Publicidade e Propaganda NORMAS PARA ELABORAÇÃO / APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS

Curso de Comunicação Social - Publicidade e Propaganda NORMAS PARA ELABORAÇÃO / APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS Curso de Comunicação Social - Publicidade e Propaganda NORMAS PARA ELABORAÇÃO / APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS 1 ESTRUTURA A estrutura e a disposição dos elementos de um trabalho acadêmico são as

Leia mais

Checklist da Estrutura de Monografia, Tese ou Dissertação na MDT UFSM 2010

Checklist da Estrutura de Monografia, Tese ou Dissertação na MDT UFSM 2010 1 Checklist da Estrutura de Monografia, Tese ou Dissertação na MDT UFSM 2010 Pré-textuais Textuais Pós-textuais Estrutura Elemento OK Capa (obrigatório) Anexo A (2.1.1) Lombada (obrigatório) Anexo H Folha

Leia mais

Escola de Administração Biblioteca. Normas para elaboração do TCC

Escola de Administração Biblioteca. Normas para elaboração do TCC Universidade Federal do Rio Grande do Sul Escola de Administração Biblioteca Normas para elaboração do TCC O que é um Trabalho de Conclusão de Curso? O TCC, é um trabalho acadêmico feito sob a coordenação

Leia mais

CURSO DE PEDAGOGIA MANUAL DO TCC ARUJÁ SP

CURSO DE PEDAGOGIA MANUAL DO TCC ARUJÁ SP CURSO DE PEDAGOGIA MANUAL DO TCC ARUJÁ SP 2011 ESTRUTURA 1 ELEMENTOS DE PRÉ-TEXTO 1.1 Capa 1.2 Lombada descendente 1.3 Folha de rosto 1.4 Folha de aprovação 1.5 Dedicatória 1.6 Agradecimentos 1.7 Epígrafe

Leia mais

PIM I. Projeto Integrado Multidisciplinar

PIM I. Projeto Integrado Multidisciplinar PIM I Projeto Integrado Multidisciplinar PIM I - PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR TEMA: Descrição e Análise de Práticas de Gestão Organizacional em uma Empresa. OBJETIVOS: Favorecer aos alunos ingressantes

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA (UESB) DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS (DCE) CURSO DE MATÉMATICA VANÊIDE ROCHA DIAS RIBEIRO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA (UESB) DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS (DCE) CURSO DE MATÉMATICA VANÊIDE ROCHA DIAS RIBEIRO UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA (UESB) DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS (DCE) CURSO DE MATÉMATICA VANÊIDE ROCHA DIAS RIBEIRO FORMATAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS (FTA) VITÓRIA DA CONQUISTA BA 2009

Leia mais

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS APRESENTAÇÃO O trabalho deve ser digitado e impresso em papel formato A4. O texto deve ser digitado, no anverso das folhas, em espaço 1,5, letra do tipo

Leia mais

10ª SEMANA DE ESTUDOS ACADÊMICOS DA FAMA-FEMAR Out./2014 NORMAS GERAIS PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO ESCRITO

10ª SEMANA DE ESTUDOS ACADÊMICOS DA FAMA-FEMAR Out./2014 NORMAS GERAIS PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO ESCRITO 10ª SEMANA DE ESTUDOS ACADÊMICOS DA FAMA-FEMAR Out./2014 NORMAS GERAIS PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO ESCRITO Estas normas foram escritas para servir como instrumento de orientação e auxílio aos alunos no

Leia mais

Trabalhos Científicos Usuais: Caracterização e Estrutura

Trabalhos Científicos Usuais: Caracterização e Estrutura Trabalhos Científicos Usuais: Caracterização e Estrutura Iniciação à Pesquisa em Informática Profª MSc. Thelma E. C. Lopes e-mail: thelma@din.uem.br 2 Texto Científico: o que é? A elaboração do texto científico

Leia mais

Procedimentos para apresentação e normalização de trabalhos acadêmicos

Procedimentos para apresentação e normalização de trabalhos acadêmicos Procedimentos para apresentação e normalização de trabalhos acadêmicos Maria Bernardete Martins Alves Marili I. Lopes Procedimentos para apresentação e normalização de trabalhos acadêmicos Módulo 3 Apresentação

Leia mais

REGULAMENTO DE TRABABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO MODALIDADE ARTIGO CIENTÍFICO

REGULAMENTO DE TRABABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO MODALIDADE ARTIGO CIENTÍFICO REGULAMENTO DE TRABABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO MODALIDADE ARTIGO CIENTÍFICO Elaboração: Bibliotecária Fabiana R. F. da Silva Diretor Acadêmico Rafael João Afonso de Araújo Revisão: Direito Profº. Ms.

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE SANTA CRUZ - UESC PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BOTÂNICA - PPGBOT. ANEXO 1 Normas de editoração e estruturação de dissertações

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE SANTA CRUZ - UESC PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BOTÂNICA - PPGBOT. ANEXO 1 Normas de editoração e estruturação de dissertações UNIVERSIDADE ESTADUAL DE SANTA CRUZ - UESC PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BOTÂNICA - PPGBOT ANEXO 1 Normas de editoração e estruturação de dissertações 1ª edição Ilhéus BA 2012 SUMÁRIO SUMÁRIO... 2 APRESENTAÇÃO...

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA BIOMÉDICA Regulamento do TCC

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA BIOMÉDICA Regulamento do TCC ANEXO A TERMO DE COMPROMISSO DE ORIENTAÇÃO DO TRABALHO DE Nome do Aluno: Matricula: Título do TCC CONCLUSAO DE CURSO (TCC) Solicito que seja designado como meu Orientador do Trabalho de Conclusão de Curso

Leia mais

Os trabalhos acadêmicos devem ser divididos em: elementos pré-textuais, textuais e

Os trabalhos acadêmicos devem ser divididos em: elementos pré-textuais, textuais e NORMAS PARA A REDAÇÃO DE TESES E DISSERTAÇÕES DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE FACULDADE DE CIÊNCIAS DA SAÚDE UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA O projeto gráfico é de responsabilidade do autor

Leia mais

NORMAS PARA A APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS (ABNT/NBR-14724, AGOSTO 2002)

NORMAS PARA A APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS (ABNT/NBR-14724, AGOSTO 2002) NORMAS PARA A APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS (ABNT/NBR-14724, AGOSTO 2002) DIRETOR: Profº. Daniel Jorge dos Santos Branco Borges COORDENADORA PEDAGÓGICA: Profª. Paloma Martinez Veiga Branco COORDENADORA

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal do Amapá Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação Programa de Pós-graduação em Ciências Farmacêuticas

Ministério da Educação Universidade Federal do Amapá Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação Programa de Pós-graduação em Ciências Farmacêuticas Ministério da Educação Universidade Federal do Amapá Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação Programa de Pós-graduação em Ciências Farmacêuticas MANUAL PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE DISSERTAÇÃO (FORMATO

Leia mais

5 ESTRUTURA E APRESENTAÇÃO DE MONOGRAFIAS OU TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC)... 478 5.1 Ordenamento dos elementos da monografia ou TCC... 48 5.

5 ESTRUTURA E APRESENTAÇÃO DE MONOGRAFIAS OU TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC)... 478 5.1 Ordenamento dos elementos da monografia ou TCC... 48 5. 5 ESTRUTURA E APRESENTAÇÃO DE MONOGRAFIAS OU TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC)... 478 5.1 Ordenamento dos elementos da monografia ou TCC... 48 5.2 Capa... 48 5.3 Folha de rosto... 51 5.4 Errata... 53

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE INGRESSO E VITALICIAMENTO DOS NOVOS MEMBROS DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO CEARÁ

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE INGRESSO E VITALICIAMENTO DOS NOVOS MEMBROS DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO CEARÁ GESTÃO2010/2012 ESCOLASUPERIORDOMINISTÉRIOPÚBLICO(Art.1ºdaLei11.592/89) Credenciada pelo Parecer 559/2008, de 10/12/08, do CEC (Art. 10, IV da Lei Federal n.º 9.394, de 26/12/1996 - LDB) NORMAS PARA ELABORAÇÃO

Leia mais

ESTRUTURA DE UM TRABALHO MONOGRÁFICO (NBR 14724/2005)

ESTRUTURA DE UM TRABALHO MONOGRÁFICO (NBR 14724/2005) Errata Folha de Rosto Capa ESTRUTURA DE UM TRABALHO MONOGRÁFICO (NBR 14724/2005) Epígrafe Resumo L. estrangeira Resumo Agradecimentos Dedicatória Folha de Aprovação Anexos Apêndices Glossário Referências

Leia mais

TRABALHO ACADÊMICO. Apresentação gráfica

TRABALHO ACADÊMICO. Apresentação gráfica 2012 2 Núcleo de Apoio à Pesquisa na Graduação- NAP/UNIMAR Projeto de Pesquisa; Apresentação gráfica TRABALHO ACADÊMICO Apresentação gráfica Segundo normas estabelecidas pela Associação Brasileira de Normas

Leia mais

PROJETO MULDISCIPLINAR DO CURSO DE BACHAREL EM ADMINISTRAÇÃO DA UNIESP FACULDADE DO GUARUJÁ. Prof. Marat Guedes Barreiros

PROJETO MULDISCIPLINAR DO CURSO DE BACHAREL EM ADMINISTRAÇÃO DA UNIESP FACULDADE DO GUARUJÁ. Prof. Marat Guedes Barreiros PROJETO MULDISCIPLINAR DO CURSO DE BACHAREL EM ADMINISTRAÇÃO DA UNIESP FACULDADE DO GUARUJÁ Prof. Marat Guedes Barreiros GUARUJÁ 2º semestre de 2013 PROJETO MULDISCIPLINAR Curso superior de BACHAREL em

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA N 002/2009/PEQ-UFS ANEXO I NORMAS PARA A ELABORAÇÃO DA DISSERTAÇÃO

INSTRUÇÃO NORMATIVA N 002/2009/PEQ-UFS ANEXO I NORMAS PARA A ELABORAÇÃO DA DISSERTAÇÃO INSTRUÇÃO NORMATIVA N 002/2009/PEQ-UFS ANEXO I NORMAS PARA A ELABORAÇÃO DA DISSERTAÇÃO 1. INTRODUÇÃO A Dissertação é a apresentação escrita do trabalho de pesquisa desenvolvido no âmbito do Programa de

Leia mais

SISTEMA DE BIBLIOTECAS FMU/FIAM-FAAM/FISP NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA

SISTEMA DE BIBLIOTECAS FMU/FIAM-FAAM/FISP NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA SISTEMA DE BIBLIOTECAS FMU/FIAM-FAAM/FISP NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA São Paulo 2014 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO 1 ELEMENTOS EXTERNOS 1.1 CAPA 1.2 LOMBADA 2 ELEMENTOS INTERNOS PRÉ-TEXTUAIS

Leia mais

Manual para normalização de trabalhos técnicos científicos

Manual para normalização de trabalhos técnicos científicos Padrão FEAD de normalização Manual para normalização de trabalhos técnicos científicos Objetivo Visando padronizar os trabalhos científicos elaborados por alunos de nossa instituição Elaboramos este manual

Leia mais

OBRIGATÓRIO= + OPCIONAL= *

OBRIGATÓRIO= + OPCIONAL= * Lombada* UFRGS FACULDADE DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS BIBLIOTECA GLÁDIS W. DO AMARAL ORIENTAÇÃO SOBRE A ESTRUTURA DO TRABALHO ACADÊMICO Elementos póstextuais INDICES * PARTE INTERNA ANEXOS * APENDICES * GLOSSARIO

Leia mais

Biblioteca Central Dr. Christiano Altenfelder Silva

Biblioteca Central Dr. Christiano Altenfelder Silva FUNDAÇÃO DE ENSINO EURÍPIDES SOARES DA ROCHA MANTENEDORA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO EURÍPIDES DE MARÍLIA UNIVEM Biblioteca Dr. Christiano Altenfelder Silva AV. HYGINO MUZZI FILHO, 529 MARÍLIA SP CEP 17525-901

Leia mais

CONSTRUINDO MINHA MONOGRAFIA

CONSTRUINDO MINHA MONOGRAFIA CONSTRUINDO MINHA MONOGRAFIA 1 Prezado(a) aluno(a), Este roteiro foi preparado para auxiliá-lo na elaboração de sua monografia (TCC). Ele o apoiará na estruturação das etapas do seu trabalho de maneira

Leia mais

REGRAS BÁSICAS PARA APRESENTAÇÃO FORMAL DE TRABALHOS

REGRAS BÁSICAS PARA APRESENTAÇÃO FORMAL DE TRABALHOS F A C UL DA DE DE P R E S I DE N T E V E N C E S L A U REGRAS BÁSICAS PARA APRESENTAÇÃO FORMAL DE TRABALHOS APRESENTAÇÃO GRÁFICA - CONFIGURAÇÃO DAS MARGENS Ir ao menu Arquivo, escolher a opção Configurar

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC. Título

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC. Título UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC CENTRO DE CIÊNCIAS NATURAIS E HUMANAS Programa de Pós-Graduação em Biotecnociência Título Santo André dd/mm/aaaa Normas para Dissertações Mestrado em Biotecnociência - UFABC.

Leia mais

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DE AGUDOS - FAAG BIBLIOTECA MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGOS PARA O PERIÓDICO. REVISTA DiCA!

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DE AGUDOS - FAAG BIBLIOTECA MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGOS PARA O PERIÓDICO. REVISTA DiCA! CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DE AGUDOS - FAAG BIBLIOTECA MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGOS PARA O PERIÓDICO REVISTA DiCA! Biblioteca - FAAG Tel. (14) 3262-9400 Ramal: 417 Email: biblioteca@faag.com.br http://www.faag.com.br/faculdade/biblioteca.php

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE PIRENÓPOLIS

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE PIRENÓPOLIS 0 UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE PIRENÓPOLIS MANUAL PARA FORMATAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS DA UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE PIRENÓPOLIS PIRENÓPOLIS 2012 1 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 1

Leia mais

Apresentação de Trabalhos Acadêmicos ABNT

Apresentação de Trabalhos Acadêmicos ABNT Apresentação de Trabalhos Acadêmicos ABNT Editoração do Trabalho Acadêmico 1 Formato 1.1. Os trabalhos devem ser digitados em papel A-4 (210 X297 mm) apenas no anverso (frente) da folha. 2 Tipo e tamanho

Leia mais

FEMPAR Fundação Escola do Ministério Público do Paraná NORMAS METODOLÓGICAS PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO FINAL DE MONOGRAFIA

FEMPAR Fundação Escola do Ministério Público do Paraná NORMAS METODOLÓGICAS PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO FINAL DE MONOGRAFIA FEMPAR Fundação Escola do Ministério Público do Paraná NORMAS METODOLÓGICAS PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO FINAL DE MONOGRAFIA CURITIBA 2012 SUMÁRIO 1. ESTRUTURA DA MONOGRAFIA...03 1.1. Elementos pré-textuais...03

Leia mais

GUIA PARA ELABORAÇÃO DISSERTAÇÃO DE MESTRADO (SEGUNDO ABNT-NBR 14724) PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM BIOTECNOLOGIA - UFSJ

GUIA PARA ELABORAÇÃO DISSERTAÇÃO DE MESTRADO (SEGUNDO ABNT-NBR 14724) PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM BIOTECNOLOGIA - UFSJ UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI UFSJ CAMPUS CENTRO-OESTE DONA LINDU CCO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOTECNOLOGIA GUIA PARA ELABORAÇÃO DISSERTAÇÃO DE MESTRADO (SEGUNDO ABNT-NBR 14724) PROGRAMA

Leia mais

BIBLIOTECA DE CIÊNCIAS JURÍDICAS. NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE DOCUMENTOS CIENTÍFICOS: TRABALHOS ACADÊMICOS Aula 1

BIBLIOTECA DE CIÊNCIAS JURÍDICAS. NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE DOCUMENTOS CIENTÍFICOS: TRABALHOS ACADÊMICOS Aula 1 BIBLIOTECA DE CIÊNCIAS JURÍDICAS NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE DOCUMENTOS CIENTÍFICOS: TRABALHOS ACADÊMICOS Aula 1 Paula Carina de Araújo paulacarina@ufpr.br 2014 Pesquisa Pesquisa Atividade básica da ciência

Leia mais

Informação e documentação Trabalhos acadêmicos Apresentação

Informação e documentação Trabalhos acadêmicos Apresentação AGO 2002 NBR 14724 ABNT Associação Brasileira de Normas Técnicas Informação e documentação Trabalhos acadêmicos Apresentação Sede: Rio de Janeiro Av. Treze de Maio, 13 2º andar CEP 20003-900 Caixa Postal

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UNIRIO Centro de Ciências Humanas e Sociais CCHS Programa de Pós-Graduação em Educação Mestrado

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UNIRIO Centro de Ciências Humanas e Sociais CCHS Programa de Pós-Graduação em Educação Mestrado UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UNIRIO Centro de Ciências Humanas e Sociais CCHS Programa de Pós-Graduação em Educação Mestrado MANUAL DE DEFESA Exame de Qualificação: banca examinadora

Leia mais

Manual para Elaboração Trabalhos Acadêmicos Conforme a NBR 14724:2005

Manual para Elaboração Trabalhos Acadêmicos Conforme a NBR 14724:2005 Manual para Elaboração Trabalhos Acadêmicos Conforme a NBR 14724:2005 Produzido pelos bibliotecários da Rede de Bibliotecas do Senac/RS com a finalidade de orientar os usuários na elaboração de seus trabalhos

Leia mais

DIRETRIZES PARA A REDAÇÃO DE TESES E DISSERTAÇÕES DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOENGENHARIA

DIRETRIZES PARA A REDAÇÃO DE TESES E DISSERTAÇÕES DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOENGENHARIA 1 DIRETRIZES PARA A REDAÇÃO DE TESES E DISSERTAÇÕES DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOENGENHARIA O projeto gráfico é de responsabilidade do autor do trabalho, ou seja, o que não consta no texto destas

Leia mais

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO -TCC

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO -TCC UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE QUÍMICA NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO -TCC 1 APRESENTAÇÃO As recomendações a seguir resumem os princípios para a elaboração

Leia mais

PIM III. Projeto Integrado Multidisciplinar

PIM III. Projeto Integrado Multidisciplinar PIM III Projeto Integrado Multidisciplinar PIM III - PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR TEMA: Descrição e análise de práticas de gestão em empresas hospitalares de médio porte. OBS: O Projeto deverá ser

Leia mais

FACULDADE DOM BOSCO. Credenciada através da Portaria nº 2.387, D.O.U. em 12/08/2004 Cornélio Procópio/Paraná MANUAL DE TRABALHO DE CURSO

FACULDADE DOM BOSCO. Credenciada através da Portaria nº 2.387, D.O.U. em 12/08/2004 Cornélio Procópio/Paraná MANUAL DE TRABALHO DE CURSO FACULDADE DOM BOSCO Credenciada através da Portaria nº 2.387, D.O.U. em 12/08/2004 Cornélio Procópio/Paraná MANUAL DE TRABALHO DE CURSO CORNÉLIO PROCÓPIO 2012 Como elaborar um TC 1 Introdução Objetiva-se

Leia mais

NORMATIZAÇÃO TÉCNICA PARA ELABORAÇÃO DE TCC COM BASE NAS NBR S. Por: Edirlane Carvalho de Souza Freitas - Bibliotecária

NORMATIZAÇÃO TÉCNICA PARA ELABORAÇÃO DE TCC COM BASE NAS NBR S. Por: Edirlane Carvalho de Souza Freitas - Bibliotecária NORMATIZAÇÃO TÉCNICA PARA ELABORAÇÃO DE TCC COM BASE NAS NBR S. Quem define a normatização técnica? Normas mais comuns utilizadas em trabalhos acadêmicos: NBR 6023 Referências; NBR 6024 Numeração progressiva

Leia mais

Apresentação de Trabalhos Acadêmicos

Apresentação de Trabalhos Acadêmicos Keina Cristina S. S. Silva, Bibª. Me. Marilene S. de Araújo, Bibª. Esp. Sale Mário Gaudêncio, Bibº. Esp. Vanessa Christiane A. S. Borba, Bibª. Esp. Vanessa Oliveira Pessoa, Bibª. Esp. Apresentação de Trabalhos

Leia mais

FEMPAR FUNDAÇÃO ESCOLA DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO PARANÁ NORMAS METODOLÓGICAS PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO FINAL DE ARTIGO

FEMPAR FUNDAÇÃO ESCOLA DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO PARANÁ NORMAS METODOLÓGICAS PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO FINAL DE ARTIGO FEMPAR FUNDAÇÃO ESCOLA DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO PARANÁ NORMAS METODOLÓGICAS PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO FINAL DE ARTIGO LONDRINA 2009 SUMÁRIO 1 ESTRUTURA DO ARTIGO CIENTÍFICO...01 1.1 ELEMENTOS PRÉ-TEXTUAIS...01

Leia mais

GUIA PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CURSO DE GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA UFSJ

GUIA PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CURSO DE GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA UFSJ UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI UFSJ CAMPUS CENTRO OESTE DONA LINDU GUIA PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CURSO DE GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA UFSJ DIVINÓPOLIS MG 2009 O Trabalho de

Leia mais

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA (ABNT - NBR 15287- válida a partir de 30.01.2006) 1 COMPONENTES DE UM PROJETO DE PESQUISA (itens em negrito são obrigatórios) ELEMENTOS PRÉ-TEXTUAIS Capa

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ - Unioeste PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS - PPGCA

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ - Unioeste PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS - PPGCA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ - Unioeste PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS - PPGCA Normas para elaboração de Dissertações do Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais MODELO

Leia mais

Apresentação e formatação de artigo em publicação periódica científica:

Apresentação e formatação de artigo em publicação periódica científica: Apresentação e formatação de artigo em publicação periódica científica: Conforme NBR 6022:2003 Seção de atendimento ao usuário - SISBI Outubro 2013 Normas técnicas Norma técnica é um documento estabelecido

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA MESTRADO EM SAÚDE PÚBLICA NORMAS PARA ELABORAÇÃO DA DISSERTAÇÃO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA MESTRADO EM SAÚDE PÚBLICA NORMAS PARA ELABORAÇÃO DA DISSERTAÇÃO UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA MESTRADO EM SAÚDE PÚBLICA NORMAS PARA ELABORAÇÃO DA DISSERTAÇÃO CAMPINA GRANDE 2015 1 DISSERTAÇÃO A defesa pública da dissertação

Leia mais

FACULDADE PAN AMAZÔNICA CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA. MANUAL ESPECÍFICO Projeto Integrado Multidisciplinar I PIM I

FACULDADE PAN AMAZÔNICA CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA. MANUAL ESPECÍFICO Projeto Integrado Multidisciplinar I PIM I FACULDADE PAN AMAZÔNICA CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA MANUAL ESPECÍFICO Projeto Integrado Multidisciplinar I PIM I Este manual atende todos os cursos de gestão 1º semestre, turmas ingressantes em fevereiro

Leia mais

FACULDADE ÚNICA DE CONTAGEM CLAUDIANE SANTANA MANUAL DE NORMALIZAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS CIENTÍFICOS

FACULDADE ÚNICA DE CONTAGEM CLAUDIANE SANTANA MANUAL DE NORMALIZAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS CIENTÍFICOS FACULDADE ÚNICA DE CONTAGEM CLAUDIANE SANTANA MANUAL DE NORMALIZAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS CIENTÍFICOS Baseado nas obras de Júnia Lessa França e Ana Cristina de Vasconcellos; Rosy Mara Oliveira. Atualizado

Leia mais

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO MATEMÁTICA MESTRADO PROFISSIONAL EM EDUCAÇÃO MATEMÁTICA APRESENTAÇÃO NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS O trabalho deve ser digitado e impresso em papel

Leia mais

ABNT NBR 14724 [terceira edição atualizada em 2011]

ABNT NBR 14724 [terceira edição atualizada em 2011] ABNT NBR 14724 [terceira edição atualizada em 2011] Professora Alcione Mazur 25/07/11 Cancela e substitui a edição anterior. ABNT NBR 14724: 2005 Não houve alterações na estrutura do trabalho, mas em uma

Leia mais

Manual TCC Administração

Manual TCC Administração 1 Manual TCC Administração 2013 2 Faculdade Marista Diretor Geral Ir. Ailton dos Santos Arruda Diretora Administrativo-Financeiro Sra. Rafaella Nóbrega Coordenador do Curso de Administração e Gestão de

Leia mais

COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO

COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO 1 Modelo de Artigo de periódico baseado na NBR 6022, 2003. Título do artigo, centralizado. COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO Maria Bernardete Martins Alves * Susana Margaret de Arruda ** Nome do (s) autor

Leia mais

DIRETRIZES BÁSICAS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE PEDAGOGIA TCC2

DIRETRIZES BÁSICAS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE PEDAGOGIA TCC2 UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE CIÊNCIAS SÓCIO-ECONÔMICAS E HUMANAS COORDENAÇÃO DO CURSO DE PEDAGOGIA COORDENAÇÃO ADJUNTA DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DIRETRIZES BÁSICAS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO

Leia mais

Universidade Federal de Goiás Faculdade de Artes Visuais Programa de Pós-Graduação em Arte e Cultura Visual

Universidade Federal de Goiás Faculdade de Artes Visuais Programa de Pós-Graduação em Arte e Cultura Visual Universidade Federal de Goiás Faculdade de Artes Visuais Programa de Pós-Graduação em Arte e Cultura Visual NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE RELATÓRIOS PARA QUALIFICAÇÃO (MESTRADO E DOUTORADO), TESES E TRABALHOS

Leia mais

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS: de acordo com as normas da ABNT

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS: de acordo com as normas da ABNT ESCOLA E FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI ANTÔNIO ADOLPHO LOBBE MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS: de acordo com as normas da ABNT SÃO CARLOS 2010 MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS:

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MINAS GERAIS Campus de Belo Horizonte Faculdade de Educação ORIENTAÇÕES GERAIS PARA NORMALIZAÇÃO DA MONOGRAFIA

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MINAS GERAIS Campus de Belo Horizonte Faculdade de Educação ORIENTAÇÕES GERAIS PARA NORMALIZAÇÃO DA MONOGRAFIA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MINAS GERAIS Campus de Belo Horizonte Faculdade de Educação ORIENTAÇÕES GERAIS PARA NORMALIZAÇÃO DA MONOGRAFIA 2014 UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MINAS GERAIS Campus de Belo Horizonte

Leia mais

PROJETO DE PESQUISA. Apresentação gráfica

PROJETO DE PESQUISA. Apresentação gráfica 2012 PROJETO DE PESQUISA Apresentação gráfica Revisto e atualizado segundo alterações ABNT: NBR 15287:2011 Projeto de Pesquisa; NBR 14724:2011 Trabalhos Acadêmicos. Profa. Dra. Wakiria Martinez Heinrich

Leia mais

GESTÃO HOSPITALAR. PIM VI Projeto Integrado Multidisciplinar

GESTÃO HOSPITALAR. PIM VI Projeto Integrado Multidisciplinar GESTÃO HOSPITALAR PIM VI Projeto Integrado Multidisciplinar 1 PIM PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR TEMA: Elaborar um estudo acerca Estrutura e Funcionamento do Sistema de Saúde Pública e Privada no Brasil.

Leia mais

Universidade Federal de Viçosa Departamento de Economia Comissão de Monografia NORMAS PARA ESTRUTURAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC)

Universidade Federal de Viçosa Departamento de Economia Comissão de Monografia NORMAS PARA ESTRUTURAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) Universidade Federal de Viçosa Departamento de Economia Comissão de Monografia NORMAS PARA ESTRUTURAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) Comissão de Monografia do Curso de Ciências Econômicas 23

Leia mais

UNIVERSIDADE POSITIVO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO AMBIENTAL (PGAMB)

UNIVERSIDADE POSITIVO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO AMBIENTAL (PGAMB) UNIVERSIDADE POSITIVO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO AMBIENTAL (PGAMB) REGRAS GERAIS PARA ELABORAÇÃO DE PROPOSTA DE PROJETO DE TESE DE DOUTORADO Formato Papel branco ou reciclado; impressão em frente

Leia mais

GUIA DE ORIENTAÇÕES PARA FORMATAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

GUIA DE ORIENTAÇÕES PARA FORMATAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO GUIA DE ORIENTAÇÕES PARA FORMATAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO 1. APRESENTAÇÃO É essencial o uso de normas técnicas para uma boa apresentação e compreensão da leitura de um trabalho acadêmico-científico.

Leia mais

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIAS DO CET/UnB

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIAS DO CET/UnB UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA Centro de Excelência em Turismo MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIAS DO CET/UnB Por: Jakeline V. de Pádua APRESENTAÇÃO As páginas que se seguem especificam os princípios gerais

Leia mais

O título e subtítulo (quando houver) devem ser separados por dois pontos (:).

O título e subtítulo (quando houver) devem ser separados por dois pontos (:). VIII Jornada Ibmec de Iniciação Científica - 2013 Normas para submissão dos artigos Os autores devem ser cuidadosos com a apresentação técnica, com a sintaxe e a ortografia de seu texto, sob pena de recusa

Leia mais

MANUAL Mostra de Responsabilidade Social

MANUAL Mostra de Responsabilidade Social MANUAL Mostra de Responsabilidade Social 1. REGRAS PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGO/TEXTO Após pesquisas sobre Responsabilidade Social, escrever um artigo entre 3 a 5 páginas, seguindo os itens abaixo: 1 elementos

Leia mais

RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO

RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO 1,5 espaçamento entre as linhas CURSO xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx Nome do Estagiário 2 espaços 1,5 Fonte 14 Fonte 14 RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO Fonte 16 COLOCADO NO CENTRO DA FOLHA LOCAL ANO Fonte

Leia mais

Normas para Apresentação de Monografias

Normas para Apresentação de Monografias UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE DEPARTAMENTO DE SISTEMAS E COMPUTAÇÃO COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO Normas para Apresentação de Monografias Campina Grande, dezembro 2010

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA APRESENTAÇÃO DE ARTIGO EM PUBLICAÇÃO PERIÓDICA CIENTÍFICA (NBR 6022:2003)

PROCEDIMENTOS PARA APRESENTAÇÃO DE ARTIGO EM PUBLICAÇÃO PERIÓDICA CIENTÍFICA (NBR 6022:2003) PROCEDIMENTOS PARA APRESENTAÇÃO DE ARTIGO EM PUBLICAÇÃO PERIÓDICA CIENTÍFICA (NBR 6022:2003) Maio de 2012. UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA. Biblioteca Universitária. Programa de capacitação. 2 NORMAS

Leia mais

Faculdade de Tecnologia da Zona Sul

Faculdade de Tecnologia da Zona Sul Faculdade de Tecnologia da Zona Sul NORMAS TÉCNICAS PARA TRABALHOS ACADÊMICOS DE ACORDO COM A ABNT Profª Dra. Márcia Araújo 1 RESUMO DAS NORMAS PARA TRABALHOS ACADÊMICOS Este resumo é indicado, principalmente,

Leia mais

ABNT NBR 15287 NORMA BRASILEIRA. Informação e documentação Projeto de pesquisa Apresentação

ABNT NBR 15287 NORMA BRASILEIRA. Informação e documentação Projeto de pesquisa Apresentação NORMA BRASILEIRA ABNT NBR 15287 Primeira edição 30.12.2005 Válida a partir de 30.01.2006 Informação e documentação Projeto de pesquisa Apresentação Information and documentation Research project Presentation

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE CIÊNCIAS BÁSICAS DA SAÚDE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MICROBIOLOGIA AGRÍCOLA E DO AMBIENTE

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE CIÊNCIAS BÁSICAS DA SAÚDE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MICROBIOLOGIA AGRÍCOLA E DO AMBIENTE UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE CIÊNCIAS BÁSICAS DA SAÚDE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MICROBIOLOGIA AGRÍCOLA E DO AMBIENTE Comissão Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em

Leia mais

TRABALHOS ACADÊMICOS ABNT NBR 14724:2011. Especifica os princípios gerais para a elaboração de trabalhos acadêmicos

TRABALHOS ACADÊMICOS ABNT NBR 14724:2011. Especifica os princípios gerais para a elaboração de trabalhos acadêmicos TRABALHOS ACADÊMICOS ABNT NBR 14724:2011 Especifica os princípios gerais para a elaboração de trabalhos acadêmicos REFERÊNCIA NORMATIVA Documentos indispensáveis à aplicação deste documento ABNT NBR 6023

Leia mais

FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS DE SERGIPE - FANESE NÚCLEO DE PÓS-GRADUAÇÃO E EXTENSÃO NPGE MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS

FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS DE SERGIPE - FANESE NÚCLEO DE PÓS-GRADUAÇÃO E EXTENSÃO NPGE MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS DE SERGIPE - FANESE NÚCLEO DE PÓS-GRADUAÇÃO E EXTENSÃO NPGE MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS ARACAJU 2012 2 PREFÁCIO A apresentação dos trabalhos acadêmicos

Leia mais

RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO

RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO 1,5 espacejamento entre as linhas CURSO xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx 2 espaços 1,5 Fonte 14 Nome do Estagiário Fonte 14 RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO Fonte 16 COLOCADO NO CENTRO DA FOLHA BAMBUÍ ANO Fonte

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÃO DO PIM

MANUAL DE ORIENTAÇÃO DO PIM APRESENTAÇÃO MANUAL DE ORIENTAÇÃO DO PIM Caros professores e alunos é com satisfação que apresentamos este manual, acreditando que ele contribuirá para o seu conhecimento a respeito do Projeto Integrado

Leia mais

INSTITUTO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DE POUSO ALEGRE MANUAL DE RELATÓRIO CIENTÍFICO (MRC) (GRADUAÇÃO)

INSTITUTO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DE POUSO ALEGRE MANUAL DE RELATÓRIO CIENTÍFICO (MRC) (GRADUAÇÃO) INSTITUTO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DE POUSO ALEGRE MANUAL DE RELATÓRIO CIENTÍFICO (MRC) (GRADUAÇÃO) O RELATÓRIO CIENTÍFICO 1. CONCEITO DE RELATÓRIO Exposição escrita na qual se descrevem fatos verificados

Leia mais

Manual de normas para apresentação de trabalhos acadêmicos

Manual de normas para apresentação de trabalhos acadêmicos FACULDADE SÃO FRANCISCO DE ASSIS BIBLIOTECA Josiane Fonseca da Cunha Manual de normas para apresentação de trabalhos acadêmicos Porto Alegre 2008 Josiane Fonseca da Cunha Manual de normas para apresentação

Leia mais

ESTRUTURA DO TRABALHO ACADÊMICO. Dissertações, Teses e Trabalhos de Conclusão de Curso de Graduação, Especialização e outros.

ESTRUTURA DO TRABALHO ACADÊMICO. Dissertações, Teses e Trabalhos de Conclusão de Curso de Graduação, Especialização e outros. ESTRUTURA DO TRABALHO ACADÊMICO Dissertações, Teses e Trabalhos de Conclusão de Curso de Graduação, Especialização e outros. Estrutura Elementos Parte externa Capa (obrigatório) Lombada (opcional) Parte

Leia mais