QUARESMA ANO B (2012)

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "QUARESMA ANO B (2012)"

Transcrição

1 QUARESMA ANO B (2012) 01- MESMO AS TREVAS Bm A D Mesmo as trevas não são trevas. # Bm A D # Para ti, a noite é luminosa como o dia. 02- NADA TE ASSUSTE Dm E NADA TE ASSUSTE, nem te perturbe. A quem tem Deus não falta nada. Dm E Nada te assuste, nem te perturbe. Basta Deus, só Deus! 03- O NOSSO OLHAR SE DIRIE A JESUS Em Em B7 O nosso olhar se dirige a Jesus: Em Em B7 Em O nosso olhar se mantém no Senhor. 04- DEUS É AMOR Bm A D DEUS É AMOR. Arrisquemos viver por amor. D D Deus é am--or. Ele afasta o medo. 5-DEUS SANTO m m m /:DEUS SANTO, tem piedade de nós!:/ /:Deus santo, Deus forte, tem piedade de D m D m nós!:/ /:Deus santo, Deus forte, Deus imortal, tem piedade de nós!:/ 06- EIS O TEMPO DE ONVERSÃO D Bm A D Bm Em A D Eis o tempo de conversão, Eis o dia da salvação: D7 A D Bm A D Ao Pai voltemos, juntos andemos. Eis o tempo de conversão! D B7 Em 1. Os caminhos do Senhor são verdade, são amor: A D dirigi os passos meus: em vós espero, Ó Senhor! 2. Ele guia ao bom caminho quem errou e quer voltar: Ele é bom, fiel e justo: Ele busca e vem salvar.

2 7- IQUEI OI ONTENTE Dm m Dm A Dm IQUEI OI ONTENTE com o que me disseram: Regozijai-vos sempre no Senhor! A Dm m Dm Mas eu fiquei iquei foi contente com o que me disseram: Regozijai-vos A Dm m A Dm sempre no Senhor! 1. Nossos passos já pisam teu chão. A cidade bem A Dm fortificada. Para lá vai subindo a nação, as tribos do Senhor. Pois já virou m Dm A Dm tradição pra celebrar, pra celebrar o nome do Senhor! 2. Pois é lá que estão os tribunais, os tribunais da justiça do rei. Venham todos e peçam a paz para Jerusalém. Vivam tranquilos demais os que te amam. Dentro de ti segurança e todo bem. 08- PEADOR, AORA É TEMPO Em D 1. Pecador, agora é tempo de pesar e de temor: Bm /:serve a Deus despreza o mundo, já não sejas pecador!:/ 2. Neste tempo sacrossanto o pecado faz horror: /:contemplando a cruz de risto, já não sejas pecador!:/ 3. Vais pecando, vais pecando, vais de horror em mais horror: /:ilho, acorda dessa morte, já não sejas pecador!:/ 4. Passam meses, passam anos, sem que busques teu Senhor: /:omo um dia para o outro, assim morre o pecador!:/ 5. Pecador arrependido, pobrezinho pecador, /:vem, abraça-te contrito com teu Pai, teu riador!:/ 09- MESTRE, BOM É IARMOS Em MESTRE, BOM É ESTARMOS AQUI, reunidos bem perto de ti, D Em no silêncio e na paz. Mestre, reunidos no amor, nós viemos ao Monte Tabor D para em ti repousar. D Em D E nós cantaremos a mesma canção, unidos no mesmo coração D Em D E nós cantaremos a mesma canção, unidos no mesmo coração 2. Mestre, ao sairmos daqui, nós iremos teus passos seguir, com sementes nas mãos. Mestre, nos queremos plantar o teu Reino em todo lugar e crescer como irmãos. 10-HOSANA HEY /:HOSANA HEY, hosana há! Hosana hey, hosana hey, hosana há!:/ 1. Ele é o Santo, é o ilho de Maria! É o Deus de Israel, é o ilho de Davi! 2. Vamos a ele com as flores dos trigais, com os ramos de oliveira, com alegria e muita paz! 3. Ele é o risto, o unificador. É hosana nas alturas, é hosana no amor.

3 11- HOSANA AO ILHO DE DAVI, D D D HOSANA AO ILHO DE DAVI, hosana ao ilho de Davi! Bm Em A 1. Bendito o que vem em nome do Senhor! Bm Em A 2. Rei de Israel, hosana nas alturas. 12- LÓRIA, LOUVOR, HONRA A TI, E #m B7 E LÓRIA, LOUVOR, HONRA A TI, ó risto Rei, Redentor! #m B7 E Sobe a ti piedoso hosana, dos pequenos o clamor. A B7 E #m 1. De Israel rei esperado, de Davi ilustre ilho; o Senhor é quem #m B7 te envia, ouve, pois, nosso estribilho. 2. Todos juntos te celebram, quer na terra ou nas alturas; cantam todos teus louvores, anjos, homens, criaturas. 3. Veio a ti o povo hebraico, com seus ramos, suas palmas; também hoje te trazemos nossos hinos, nossas almas. 4. estejaram tua entrada, que ao alvário conduzia, mas agora que tu reinas, maior é nossa alegria. 13- OMO A OVELHA PERDIDA D Em Bm D Em OMO A OVELHA PERDIDA, pelo pecado ferida, eu te suplico perdão, ó Bom Pastor! D Em Bm Kyrie eleison! Kyrie eleison! Kyrie eleison! 2. omo o ladrão perdoado, encontro o paraíso ao teu lado. Lembra-te de mim pecador, por tua cruz. hriste eleison! (3x) 3. omo a pecadora caída, derramo aos teus pés minha vida. Vê as lágrimas do meu coração e salva-me! Kyrie eleison! (3x) 14- SENHOR, TENDE PIEDADE DOS ORAÇÕES ARREPENDIDOS 7 Dm 7 SENHOR, TENDE PIEDADE dos corações arrependi----i----dos. Tende piedade de nós, tende piedade de nós! Tende piedade de nós, tende piedade de nós! Dm 2. Jesus, tende piedade dos pecadores tão humilhados. 3. Senhor, tende piedade intercedendo por nós ao Pai! 15- SENHOR, QUE VIESTES SALVAR E B7 E A B7 E SENHOR, QUE VIESTES SALVAR os corações arrependi...dos A E #m B7 E /:Piedade, piedade, pieda...de de nós!:/ 2. Ó risto, que viestes chamar os pecadores humilhados. 3. Senhor, que intercedeis por nós junto a Deus Pai que nos perdoa.

4 16- SENHOR, SERVO DE DEUS Em A Em D Em SENHOR, SERVO DE DEUS, que libertastes a nossa vida, D Em D Em tende piedade de nós! Senhor, tende piedade de nós! D B7 Em 2. Ó risto, nosso irmão, que conheceis nossa fraqueza, B7 B7 tende piedade de nós! risto, tende piedade de nós! Em A Em D Em 3. Senhor, ilho de Deus, que vos tornastes obediente, D Em D Em tende piedade de nós! Senhor, tende piedade de nós! 17- LAVAI-ME, SENHOR, LAVAI-ME #m D /:Lavai-me, Senhor, lavai-me, #m #m e bem limpo eu vou ficar!:/ A Bm7 /:Senhor, vós me lavareis #m #m de tão limpo eu vou brilhar!:/ # #7 #m Misericórdia de mim, Deus de bondade, #m Bm E Misericórdia por tua compaixão! Bm E Bm #m Vem me lavar das sujeiras do peca...do, #m #m Vem me livrar de tamanha perdição! D Bm #m #m Reconheço toda a minha malda...de, Bm #m # diante de mim, a vastidão de minha ofensa. #m Bm7 #m #m oi contra ti, meu Senhor, o meu peca...do, Bm # #m e pratiquei o que é mau em tua presença. #m D Bm7 #m /:Mostrai-nos vossa bondade, salvai-nos, ó Redentor!:/ A Bm7 #m #m /:Senhor, eu peço, escutai-me, a vós chegue o meu clamor! 18- DERRAMAREI SOBRE VÓS Dm DERRAMAREI SOBRE VÓS UMA ÁUA PURA. Sereis purificados de todas as faltas. Eu vos darei um coração novo, diz o Senhor. 1. Tende piedade de mim, ó Deus, segundo a vossa grande misericórdia! Por vossa bondade imensa, apagai minha iniquidade. 2. Lavai-me todo inteiro de minha culpa, e do meu pecado purificaime. Sim reconheço a minha maldade. À minha frente está sempre o meu pecado.

5 19- SABES, SENHOR E #m B7 E Sabes, Senhor, o que temos é tão pouco pra dar. A B7 E Mas este pouco nós queremos com os irmãos compartilhar. A #m #m #m 1. Queremos nesta hora, diante dos irmãos, #m B7 E comprometer a vida, buscando a união. 2. Sabemos que é difícil os bens compartilhar, mas com a Tua graça, Senhor, queremos dar. 20- BENDITO ÉS TU D Bendito és tu, ó Deus riador, Revestes o mundo da mais fina flor. D/# D 7 Restauras o fraco que a ti se confia e junto aos irmãos, em paz, o envias. D D/# Em D Ó, Deus do universo, és Pai e Senhor, Por tua bondade recebe o louvor! D D/# Em 7 D Ó, Deus do universo, és Pai e Senhor, Por tua bondade recebe o louvor! 2. Bendito és tu, ó Deus riador, por quem aprendeu o gesto de amor: colher a fartura e ter a beleza de ser a partilha dos frutos na mesa. 21- MUITOS RÃOS DE TRIO D A D A D 1. Muitos grãos de trigo se tornaram pão. Bm Em A D Hoje são teu corpo, ceia e comunhão. Bm Em A D Muitos grãos de trigo se tornaram pão. D7 A D Toma, Senhor, nossa vida em ação, para mudá-la em fruto e missão. A A7 D Toma, Senhor, nossa vida em ação, para mudá-la em missão. 2. Muitos cachos de uva se tornaram vinho. Hoje são teu sangue, força no caminho. Muitos cachos de uva se tornaram vinho. 22- REEBE, DEUS AMIO Dm m Dm REEBE, DEUS AMIO, estes dons que a ti trazemos e felizes, entre todos, a m Dm Bb partilha nós faremos. Ó Deus Pai, a ti trazemos pão e vinho uma vez mais. Um D7 m Dm A Dm só corpo nós seremos com Jesus e pela paz. 2. Recebe, Deus amigo, nossos pés e nossos braços que encontram na unidade o alento pro cansaço. 3. Recebe, Deus amigo, os projetos que alimentam o convívio e o respeito entre os povos que se enfrentam. 4. Recebe, Deus amigo, os esforços do teu povo que trabalha com carinho pra criar um mundo novo.

6 23- A NEESSIDADE ERA TANTA m m Bb m A necessidade era tanta e tamanha, que a fraternidade saiu em campanha, andou pelos vales, subiu as montanhas, foi levar o seu pão. m m Bb A dor era tanta, a injustiça tamanha, que a luz de Jesus que seu povo m m acompanha, o iluminou pra viver em campanha, em favor dos irmãos. m m Um só coração e uma só alma, um só sentimento em favor dos pequenos, e o m m m Bb desejo feliz de tornar o país mais irmão e fraterno. Vão fazer de nós povo m do Senhor, construtores do amor, operários da paz, mais fiéis a Jesus. Vão m fazer nossa Igreja uma igreja mais santa e mais plena de luz. /:Erguer as Bb m m mãos com alegria, mas repartir também o pão de cada dia.:/ 24- SANTO, SANTO, SANTO A E A D A D A SANTO, SANTO, SANTO, SANTO É O SENHOR, céus e terra cantam seu imenso E A E A D E A E A D amor. Santo, Santo, Santo, Santo é o Senhor. 2. E bendito seja risto A D A E Salvador, que em seu nome veio ser o Redentor. 25- SANTO, SANTO, SANTO # # SANTO, SANTO, SANTO, Senhor Deus do universo. O céu e a terra proclamam a # D# # vossa glória. Hosana, hosana nas alturas. Hosana, hosana nas alturas. Dm Dm /:Bendito aquele que vem, que vem em nome do Senhor. Hosana, hosana nas alturas.:/ 26- SANTO, SENHOR DEUS DO UNIVERSO D A Bm A A7 D Santo, Santo, Santo, Senhor Deus do universo. D A Bm A A7 D O céu e a terra proclamam a vossa gló ria. D A A7 D /:Hosana nas alturas, bendito o que vem em nome do Senhor.:/

7 27- SANTO, SANTO, SANTO SOIS VÓS A D A #m E A SANTO, SANTO, SANTO SOIS VÓS, SENHOR, NOSSO DEUS! A E #m D B7 E 1. O céu e a terra proclamam, proclamam a vossa glória. 2. Hosana, hosana, hosana, hosana nas alturas. 3. Bendito o que vem, bendito, em nome do Senhor! 28- SANTO, SANTO, SANTO A E D A SANTO, SANTO, SANTO, SENHOR DEUS DO UNIVERSO! O céu e a terra proclamam a E A D A D A E vossa glória! Hosana nas alturas! Bendito o que vem em nome do Senhor! Hosana D A nas alturas! 29- ONVERTER AO EVANELHO Dm Bb m A ONVERTER AO EVANELHO, na Palavra acreditar, caridade e penitência quem as Dm m A A# A Dm cinzas abraçar. /:Não esqueças: somos pó e ao pó vamos voltar.:/ 2. Não as vestes, mas o peito o Senhor manda rasgar. Jejuai, mudai de vida em sua face a chorar. 3. Quão bondoso é nosso Deus, inclinado a perdoar. Quem dos males se arrepende compaixão vai encontrar. 4. hora e diz o sacerdote entre a porta e o altar: Pela vida do meu povo vão meus lábios suplicar. 5. onvertei-vos, povo meu, do Senhor vamos lembrar. Eis o tempo prometido: as ovelhas vem salvar 30- AORA O TEMPO SE UMPRIU E #m B7 AORA O TEMPO SE UMPRIU, o Reino já chegou! Irmãos, convertam-se e creiam, E #m #m A firmes, no Evangelho! 1. eliz aquele homem que não anda conforme os conselhos B7 dos perversos. 2. Que não entra no caminho dos malvados nem junto aos zombadores vai sentar-se. 3. Mas encontra seu prazer na lei de Deus e a medita, dia e noite, sem cessar. 4. Eis que ele é semelhante a uma árvore que à beira da torrente está plantada. 5. Ela sempre dá seus frutos a seu tempo e jamais as suas folhas vão murchar. 6. Pois Deus vigia o caminho dos eleitos, mas a estrada dos malvados leva à morte.

8 31- ESTE É MEU ILHO MUITO AMADO A D E #m B7 #7 #m #7 ESTE É MEU ILHO MUITO AMADO: escutai-o todos vós! Então o vosso coração se #m D Bm E7 A Bm E alegrará, e em vossos olhos brilhará a sua luz! 1. A beleza da glória celeste, A A7 D Dm #m #m B7 que a Igreja esperando procura, risto a mostra no alto do monte, onde mais E7 que o sol claro fulgura. 2. Este fato é nos tempos notável: ante Pedro, Tiago e João, risto fala a Moisés e a Elias sobre a sua futura Paixão. 3. Testemunhas da lei, dos profetas e da graça estando presentes, sobre o ilho, Deus Pai testemunha, vindo a voz duma nuvem luzente. 4. om a face brilhante de glória, risto hoje mostrou no Tabor o que Deus tem no céu preparado aos que o seguem, vivendo no amor. 5. Da sagrada visão o mistério ergue aos céus o fiel coração. E, por isso, exultante de gozo, sobe a Deus nossa ardente oração. 6. Pai e ilho, e Espírito or, um só Deus, vida e paz, Sumo Bem, concedei-nos por vossa presença esta glória no Reino. ém! 32- DESTRUÍ ESTE TEMPLO m m m Bb Bb DESTRUÍ ESTE TEMPLO, DISSE RISTO, e em três dias haverei de reerguê-lo. /:Ele Eb m Eb falava do templo do seu corpo:/ 1. Ó Senhor, de coração eu vos dou graças Dm m m D porque ouvistes as palavras dos meus lábios! Perante vossos anjos vou cantar- m vos e ante o vosso templo vou prostrar-me. 2. Eu agradeço vosso amor, vossa verdade, porque fizestes muito mais que prometestes; naquele dia em que gritei, vós me escutastes e aumentastes o vigor de minha alma. 3. Os reis de toda a terra hão de louvar-vos quando ouvirem, ó Senhor, vossa promessa. Hão de cantar vossos caminhos e dirão: omo a glória do Senhor é grandiosa! 4. Altíssimo é o Senhor, mas olha os pobres, e de longe reconhece os orgulhosos. Se no meio da desgraça eu caminhar, vós me fazeis voltar à vida novamente. 5. ompletai em mim a obra começada; ó Senhor, vossa bondade é para sempre! Eu vos peço: não deixeis inacabada esta obra que fizeram vossas mãos! 33- TANTO DEUS AMOU O MUNDO TANTO DEUS AMOU O MUNDO que lhe deu seu ilho Único. /:Quem crê nele não Dm perece, mas terá a luz da vida!:/ 1. Eu vos amo, ó Senhor, sois minha força, Dm minha rocha meu refúgio e salvador! Minha força e poderosa salvação. Sois meu escudo e proteção: em vós espero. 2. Ao Senhor eu invoquei na minha angústia e elevei o meu clamor para o meu Deus. De seu templo ele escutou a minha voz e chegou a seus ouvidos o meu grito. 3. Do alto estendeu a sua mão e das águas mais profundas retirou-me. Libertou-me do inimigo poderoso e de rivais muito mais fortes do que eu. 4. Assaltaram-me no dia da aflição, mas o Senhor foi para mim um protetor. olocou-me num lugar bem espaçoso. O Senhor me libertou porque me ama. 5. Ó Senhor, fazei brilhar a minha lâmpada. Ó meu Deus, iluminai as minhas trevas. Junto convosco eu enfrento os inimigos, com a vossa ajuda eu transponho altas montanhas.

9 34- SE O RÃO DE TRIO NÃO MORRER Se o grão de trigo não morrer, sozinho vai ficar D D7 Mas se morrer no chão, dará, com o tempo, muito fruto. Em 1. Eu vos amo, ó Senhor, sois minha força, D Minha rocha, meu refúgio e Salvador. 2. Ondas da morte me envolveram totalmente e as torrentes da maldade me aterraram. 3. Ao Senhor eu invoquei na minha angústia e elevei o meu clamor para o meu Deus. 4. De seu templo ele escutou a minha voz e chegou a seus ouvidos o meu grito. 5. O Senhor recompensou minha justiça e a pureza que encontrou em minhas mãos. 6. Pois salvais, ó Senhor Deus, o povo humilde, mas os olhos dos soberbos humilhais. 7. Ó Senhor, fazeis brilhar a minha lâmpada; ó meu Deus, iluminais as minhas trevas. 8. oncedeis ao vosso rei grandes vitórias e mostrais misericórdia ao vosso ungido. 35- SALVE, Ó RISTO OBEDIENTE E E7 Salve, ó risto obediente! Salve, amor onipotente, E E7 Que te entregou à cruz/ e te recebeu na luz! 1. O risto obedeceu até a morte, E7 Humilhou-se e obedeceu o bom Jesus, E7 Humilhou-se e obedeceu, sereno e forte, E7 Humilhou-se e obedeceu até a cruz 2. Por isso o Pai do céu o exaltou, exaltou-o e lhe deu um grande nome. Exaltou-o e lhe deu poder e glória, diante deles céus e terra se ajoelhem! 36- O PÃO DA VIDA D A D A D O PÃO DA VIDA, A OMUNHÃO, nos une a risto e aos irmãos /:e nos ensina D Em A D # Bm abrir as mãos para partir, repartir o pão.:/ 1. Lá no deserto a multidão B Em # Bm com fome segue o Bom Pastor. om sede busca a nova palavra: A Bm Jesus tem pena e reparte o pão. 2. Na Páscoa Nova da Nova Lei, quando amou-nos até o fim, partiu o pão, disse: "isto é meu orpo por vós doado: tomai, comei!" 3. Se neste pão, nesta comunhão, Jesus, por nós, dá a própria vida, vamos também repartir os dons, doar a vida por nosso irmão. 4. Onde houver fome, reparte o pão e tuas trevas hão de ser luz: encontrarás risto no irmão, serás bendito do eterno Pai.

10 37- EU VIM PARA QUE TODOS TENHAM VIDA Em Eu vim para que todos tenham vida, B7 Em Que todos tenham vida plenamente. Em 1. Reconstrói a tua vida em comunhão com teu Senhor; B7 Em Reconstrói a tua vida em comunhão com teu irmão: Em7 D7 Onde está o teu irmão, eu estou presente nele. 2. "Eu passei fazendo o bem, eu curei todos os males"; Hoje és minha presença junto a todo sofredor: onde sofre o teu irmão, eu estou sofrendo nele. 3. "Entreguei a minha vida pela salvação de todos"; Reconstrói, protege a vida de indefesos e inocentes: onde morre o teu irmão, eu estou morrendo nele. 4. "Vim buscar e vim salvar o que estava já perdido". Busca, salva e reconduze a quem perdeu toda a esperança: onde salvas teu irmão, tu me estás salvando nele. 5. "Este pão, meu corpo e vida para a salvação do mundo"; É presença e alimento nesta santa comunhão: onde está o teu irmão, eu estou, também, com ele. 6. "Salvará a sua vida quem a perde, quem a doa"; "Eu não deixo perecer nenhum daqueles que são meus": onde salvas teu irmão, tu me estás salvando nele. 7. "Da ovelha desgarrada eu me fiz o bom pastor"; Reconduze, acolhe e guia a que de mim se extraviou: onde acolhes teu irmão, tu me acolhes, também, nele. 38- LÓRIA, LÓRIA, LÓRIA A DEUS /:LÓRIA, LÓRIA, LÓRIA A DEUS NAS ALTURAS e na terra paz aos aos homens:/ Dm 1. Senhor Deus, rei dos céus, Deus Pai todo-poderoso: nós vos louvamos, nós Dm vos bendizemos, nós vos adoramos, nós vos glorificamos. 2. Nós vos damos graças por vossa imensa glória. Senhor Jesus risto, ilho Unigênito, Senhor Deus, ordeiro de Deus, ilho de Deus Pai. 3. Vós que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós. Vós que tirais o pecado do mundo, acolhei a nossa súplica. 4. Vós que estais à direita do Pai, tende piedade de nós. Só vós sois o Santo, só vós, o Senhor, só vós, o Altíssimo, Jesus risto, com o Espírito Santo, na glória de Deus Pai.

11 39- JESUS ERUENDO-SE DA EIA 1. Jesus erguendo-se da ceia Jarro e bacia tomou Dm Lavou os pés dos discípulos c Este exemplo nos deixou Em Aos pés de Pedro inclinou-se Ó Mestre, não, por quem és! A7 Dm /: Não terás parte comigo Se não lavar os teus pés.:/ 2. És o Senhor, tu és o Mestre. Os meus pés não lavarás. O que ora faço não sabes, mas depois compreenderás. Se eu vosso Mestre e Senhor vossos pés hoje lavei. /:Lavai os pés uns dos outros. Eis a lição que vos dei.:/ 3. Eis como irão reconhecer-vos como discípulos meus se vos ameis uns aos outros. Disse Jesus para os seus: Dou-vos novo mandamento deixo ao partir nova lei /:Que vos ameis uns aos outros assim como eu vos amei.:/ 40- OMAM DO PÃO D D Bm Em D omam do pão, bebam do cálice, quem a mim vem não terá fome. D Em Bm D omam do pão, bebam do cálice, quem em mim crê não terá sede. 41- EU VOS DOU UM NOVO MANDAMENTO D A D D A7 D Eu vos dou um novo mandame-en-to: D D Em A "que vos ameis uns aos outros assim como eu vos amei", A7 D disse o Senhor. #m 1. elizes os puros em seus caminhos, A7 os que andam na lei do Senhor. 2. elizes os que guardam os seus preceitos e o procuram de todo coração. 3. E andam em seus caminhos os que não praticam o mal. 4. Promulgastes os vossos preceitos para serem guardados fielmente.

12 42- EU QUIS OMER ESTA EIA 7 1. Eu quis comer esta ceia agora, 7 Pois vou morrer, já chegou minha hora. Bb /: Tomai, comei: é meu corpo e meu sangue que dou. Bbm 7 Vivei no amor, eu vou preparar a ceia na casa do Pai.:/ 2. omei o pão: é meu corpo imolado por vós; perdão para todo o pecado. 3. E vai nascer do meu sangue a esperança, o amor, a paz, uma nova aliança. 4. Eu vou partir; deixo o meu testamento, vivei no amor, eis o meu mandamento. 5. Irei ao Pai: sinto a vossa tristeza; porém, no céu vos preparo outra mesa. 6. De Deus virá o Espírito Santo, que vou mandar pra enxugar vosso pranto. 43- PROVA DE AMOR Dm m A7 Dm /:Prova de amor maior não há que doar a vida pelo irmão.:/ m Dm m 1. Eis que eu vos dou o meu novo mandamento amai-vos uns aos Dm outros como eu vos tenho amado 2. Vos serei os meus amigos se seguirdes meus preceitos amai-vos uns aos outros como eu vos tenho amado. 3. omo o Pai sempre me ama, assim também eu vos amei amai-vos uns aos outros como eu vos tenho amado. 4. Permanecei no meu amor e segui meu mandamento amai-vos uns aos outros como eu vos tenho amado. 5. Nisto todos saberão que vós sois os meus discípulos amaivos uns aos outros como eu vos tenho amado. 44- HÓSTIA BRANA D Bm A A Em A D Hóstia branca, no altar consagrada, adorável ordeiro Pascal, D Bm A A Em A D os mais ímpios mortais regeneras, teus devotos defendes do mal. D Bm Em A D Sacrossanto maná dos altares, orpo e Sangue do meu Redentor, D Bm Em A D reverente minh alma te adora, eu te adoro mistério de amor! 2. Hóstia santa, consolo dos justos, divinal esperança dos réus, és no mundo refúgio das almas, és a glória dos santos nos céus. 3. Hóstia pura, sagrado alimento, Pão do céu, encerrado no altar, oh, Eu quero guardar-te em meu peito, vem minh alma fiel confortar. 4. Hóstia viva, sacrário de graças, Jesus risto, meu Deus e meu rei, eu por ti viverei santamente e, contente por ti morrerei.

13 45- VITÓRIA, TU REINARÁS 7 Bb /:Vitória, tu reinarás! Ó ruz, tu nos salvarás!:/ Bb 7 1. Brilhando sobre o mundo, que vive sem tua luz, Bb 7 tu és um sol fecundo de amor e de paz, ó ruz 2. Aumenta a confiança do pobre e do pecador, confirma nossa esperança na marcha para o Senhor! 3. À sombra dos teus braços a Igreja viverá, por ti no eterno abraço o Pai nos acolherá. 46- SALVE, Ó RUZ LIBERTADORA E B7 E #m B7 E B7 E #m B7 E Salve, ó cruz libertado--ra! Salve, ó cruz libertado--ra! #m #m 1- Em teu corpo sem beleza e nem encanto #m B7 E Tu assumes o pecado e todo o pranto A Junto a ti está a dor da humanidade E B E Ó Senhor, de todos nós tem piedade. 2. Estas mãos com que erguestes os caídos, que tiraram as amarras do oprimido. arradas nesta ruz pela maldade, vão ao mundo devolver a liberdade. 3. Os teus pés que percorreram os caminhos que levaram Boa Nova aos pequeninos, são pregados pelo homem iludido mas teu Reino nunca mais será detido. 4. Este povo aqui reunido quer louvar-te, pois a vida devolveste em toda parte. Os caminhos da esperança tu abriste, desta cruz com todo o mundo ressurgiste. 47- BENDITA E LOUVADA SEJA E E7 A B7 E Bendita e louvada seja no céu a divina luz; A E #m B7 E /:e nós também cá na terra louvemos a santa ruz.:/ 2. Lá no cimo do alvário, morreu nosso Bom Jesus; /:dando o último suspiro nos braços da santa ruz.:/ 3. Os céus cantam a vitória de nosso Senhor Jesus; /:cantemos também na terra louvores à santa ruz.:/ 4. Sustenta gloriosamente nos braços o Bom Jesus; /:sinal de esperança e vida, o lenho da santa ruz.:/ 5. Ao povo aqui reunido, dai graças, perdão e luz; /:salvai-nos ó Deus clemente em nome da santa ruz.:/

14 48- POVO MEU, QUE TE IZ EU? (LAMENTOS DO SENHOR) m Ab Povo meu, que te fiz eu? Ab Dize: em que te contristei? Eb Bb Por que à morte me entregaste? Ab Em que foi que eu te faltei? Eu te fiz sair do Egito, om maná te alimentei. Preparei-te bela terra: Tu, a cruz para o teu Rei! Deus santo, Deus forte, Deus imortal, Dm Tende piedade de nós! 2. Bela vinha eu te plantara, tu plantaste a lança em mim; águas doces eu te dava, foste amargo até o fim! lagelei por ti o Egito, primogênitos matei; tu, porém, me flagelaste, entregaste o próprio Rei! 3. Eu te abri o Mar Vermelho, tu me abriste o coração; a Pilatos me levaste, eu te levei pela mão. Só na cruz tu me exaltaste, quando em tudo te exaltei; que mais podia eu ter feito? Em que foi que eu te faltei? 49- OH, RUZ IEL E A E iel madeiro da Santa ruz, B7 E ó árvore sem rival. A E Que selva outro lenho produz, B7 E que traga em si fruto igual? A B7 E Quão doce peso conduz, A B7 E ó lenho celestial! A E iel madeiro da Santa ruz, B7 E ó árvore sem rival! E #m #m B7 E #m7 #m 1a. antem meus lábios a luta que sobre a cruz se travou; E #m #m B7 E #m7 #m b. antem o nobre triunfo que no madeiro alcançou E #m #m7 #m E B # a+b. O Redentor do Universo, quando por nós se imolou. 2a. O riador teve pena do primitivo casal, b. Que foi ferido da morte, comendo o fruto fatal, a+b. E marcou logo outra árvore, para curar-nos do mal.

15 3a. Tal ordem foi exigida na obra da salvação: b. ai o inimigo no laço de sua própria invenção. a+b. Do próprio lenho da morte Deus fez nascer redenção. 4a. Na plenitude dos tempos, a hora santa chegou b. E, pelo Pai enviado, nasceu do mundo o autor; a+b. E duma Virgem no seio a nossa carne tornou. 5a. Seis lustros tendo passado, cumpriu a sua missão. b. Só para ela nascido, livre se entrega à Paixão. a+b. Na cruz se eleva o ordeiro, como perfeita oblação. 6a. lória e poder à Trindade ao Pai e ao ilho, louvor. b. Honra ao Espírito Santo. Eterna lória ao Senhor, a+b. Que nos salvou pela graça e nos remiu pelo amor. 50- SENHOR, EU QUERO TE LOUVAR Bb /:SENHOR, EU QUERO TE LOUVAR, honrar e bendizer.:/ /:A ti, Senhor, somente a ti, eu hei de amar e adorar.:/ 2. /:Senhor, eu quero agradecer os dons que tu me dás.:/ 51- EU TE LOUVAREI, SENHOR A E D A D E #m /:EU TE LOUVAREI, SENHOR, de todo o meu coração.:/ /:om irmãos reunidos, a ti E A E A cantarei louvo res.:/ 52- ONVERTEI-VOS E REDE NO EVANELHO onvertei-vos e crede no Evangelho, Em eis o tempo favorá...vel. 53- HINO 2012 Bb m 7 Bb 1. Ah! Quanta espera, desde as frias madrugadas, pelo remédio para aliviar a Bb m 7 Bb dor! Este é teu povo, em longas filas nas calçadas, a mendigar pela saúde, meu Bb A7 Dm Senhor! Tu, que vieste pra que todos tenham vida, cura teu povo dessa dor em Bb que se encerra; que a fé nos salve e nos dê força nessa lida, e que a saúde se difunda sobre a terra! 2. Ah! Quanta gente que, ao chegar aos hospitais, fica a sofrer sem leito e sem medicamento! Olha, Senhor, a gente não suporta mais, ilho de Deus, com esse indigno tratamento. 3. Ah! Não é justo, meu Senhor, ver teu povo em sofrimento e privação quando há riqueza! om tua força, nós veremos mundo novo, com mais justiça, mais saúde, mais beleza! 4. Ah! Na saúde já é quase escuridão. ica conosco nessa noite, meu Senhor, tu que enxergaste, do teu povo, a aflição e que desceste pra curar a sua dor. 5. Ah! Que alegria ver que cuida dessa gente com a compaixão daquele bom samaritano. Que se converta esse trabalho na semente de um tratamento para todos mais humano!

Todo dia é preciso lembrar, sou a luz, o caminho, a verdade, Sou o trigo que morre e floresce, sou o pão, sou fermento, sou vida.

Todo dia é preciso lembrar, sou a luz, o caminho, a verdade, Sou o trigo que morre e floresce, sou o pão, sou fermento, sou vida. Canto de entrada C G C Dm G G7 Venham comigo, vamos comer minha Páscoa. C G C Dm G G7 Isto é meu corpo, isto também é meu sangue C F G C G Eis o meu testamento até que se cumpra no reino de Deus. C G C

Leia mais

P á g i n a 1 7 PAROQUIA N. SRA. RAINHA DOS APOSTOLOS CANTOS DA QUARESMA - 2015. Cantos de Entrada: 1) Entrada/Senhor Eis Aqui o Teu Povo

P á g i n a 1 7 PAROQUIA N. SRA. RAINHA DOS APOSTOLOS CANTOS DA QUARESMA - 2015. Cantos de Entrada: 1) Entrada/Senhor Eis Aqui o Teu Povo Cantos de Entrada: 1) Entrada/Senhor Eis Aqui o Teu Povo Refrão: Senhor, eis aqui o teu povo que vem implorar teu perdão; É grande o nosso pecado, porém é maior o teu coração. 1. Sabendo que acolheste

Leia mais

O Canto Litúrgico. Como escolher os cantos para nossas celebrações?

O Canto Litúrgico. Como escolher os cantos para nossas celebrações? O Canto Litúrgico Como escolher os cantos para nossas celebrações? O que é Liturgia? Liturgia é antes de tudo "serviço do povo", essa experiência é fruto de uma vivencia fraterna, ou seja, é o culto, é

Leia mais

1-SANTÍSSIMA TRINDADE

1-SANTÍSSIMA TRINDADE Ordinário 1-SANTÍSSIMA TRINDADE A E7 A A7 D BM A E7 A EM NOME DO PAI, EM NOME DO FILHO, EM NOME DO ESPÍRITO SANTO, ESTAMOS AQUI. (BIS) D E C#M F#M BM E7 A D E C#M F#M PARA LOUVAR E AGRADECER, BENDIZER

Leia mais

Oração da CF 2014. Amém!

Oração da CF 2014. Amém! Oração da CF 2014 Ó Deus, sempre ouvis o clamor do vosso povo e vos compadeceis dos oprimidos e escravizados. Fazei que experimentem a libertação da cruz e a ressurreição de Jesus. Nós vos pedimos pelos

Leia mais

SE SOUBERMOS PERDOAR Ó CARA IRMÃ CLARA, SE SOUBERMOS PERDOAR

SE SOUBERMOS PERDOAR Ó CARA IRMÃ CLARA, SE SOUBERMOS PERDOAR CANTO 1 - LOUVOR DA CRIAÇÃO D Bm G Em A7 D Bm G Em A7 Aleluia! Aleluia! Aleluia! Aleluia! D F#m G Em A7 1. Javé o nosso Deus é poderoso, seu nome é grande em todas as nações D F#m G Em A7 Na boca das crianças

Leia mais

PERTO DE TI AUTOR: SILAS SOUZA MAGALHÃES. Tu és meu salvador. Minha rocha eterna. Tu és minha justiça, ó Deus. Tu és Jesus, amado da Minh alma.

PERTO DE TI AUTOR: SILAS SOUZA MAGALHÃES. Tu és meu salvador. Minha rocha eterna. Tu és minha justiça, ó Deus. Tu és Jesus, amado da Minh alma. PERTO DE TI Tu és meu salvador. Minha rocha eterna. Tu és minha justiça, ó Deus. Tu és Jesus, amado da Minh alma. Jesus! Perto de ti, sou mais e mais. Obedeço a tua voz. Pois eu sei que tu és Senhor, o

Leia mais

Músicas para Páscoa. AO REDOR DA MESA F Gm C C7 F Refr.: Ao redor da mesa, repartindo o pão/ A maior riqueza dos que são irmãos.

Músicas para Páscoa. AO REDOR DA MESA F Gm C C7 F Refr.: Ao redor da mesa, repartindo o pão/ A maior riqueza dos que são irmãos. Músicas para Páscoa AO PARTIRMOS O PÃO E C#m #m B7 E7 A C#M Refr.: Ao partirmos o pão reconhecemos/ Jesus Cristo por nós ressuscitado./ Sua paz B7 E A B7 E recebemos e levamos,/ Ao nosso irmão que está

Leia mais

PARÓQUIA DE SÃO JOSÉ DE QUELUZ - MISSA SANTA RITA 22 DE MAIO DE 2013

PARÓQUIA DE SÃO JOSÉ DE QUELUZ - MISSA SANTA RITA 22 DE MAIO DE 2013 PARÓQUIA D SÃO JOSÉ D QULUZ - MISSA SANTA RITA 22 D MAIO D 2013 ANTO D NTRDADA: SANTA RITA D ÁSSIA Am Dm Ah não há rosas sem espinhos,/ não no canteiro de Jesus, G7 Lá quem quiser ganhar a vida,/ tem que

Leia mais

HORA SANTA OFÍCIO DE SÚPLICA

HORA SANTA OFÍCIO DE SÚPLICA HORA SANTA OFÍCIO DE SÚPLICA 24 HORAS PARA O SENHOR 1. Chegada Silêncio, oração pessoal 2. Abertura. Vem, Ó Deus da vida, vem nos ajudar! (bis). Vem, não demores mais, vem nos libertar! (Bis). Venham,

Leia mais

Álbum: O caminho é o Céu

Álbum: O caminho é o Céu Álbum: O caminho é o Céu ETERNA ADORAÇÃO Não há outro Deus que seja digno como tu. Não há, nem haverá outro Deus como tu. Pra te adorar, te exaltar foi que eu nasci, Senhor! Pra te adorar, te exaltar foi

Leia mais

Missa - 10/5/2015. Entrada

Missa - 10/5/2015. Entrada Missa - 10/5/2015 ntrada m F#m 1. Todos unidos formamos um só corpo, um povo que na Páscoa nasceu. G Membros de Cristo, no sangue redimidos, Igreja peregrina de eus. m F#m Vive conosco a força do spírito,

Leia mais

CANTOS DO FOLHETO O DOMINGO

CANTOS DO FOLHETO O DOMINGO CANTOS DO FOLHETO O DOMINGO 1. UM POUCO ALÉM DO PRESENTE (10º DOMINGO) 1. Um pouco além do presente, Alegre, o futuro anuncia A fuga das sombras da noite, A luz de um bem novo dia. REFRÃO: Venha teu reino,

Leia mais

Toda bíblia é comunicação

Toda bíblia é comunicação Toda bíblia é comunicação Toda bíblia é comunicação de um Deus amor, de um Deus irmão. É feliz quem crê na revelação, quem tem Deus no coração. Jesus Cristo é a palavra, pura imagem de Deus Pai. Ele é

Leia mais

Solenidade da Assunção de Nª Senhora. Ano B

Solenidade da Assunção de Nª Senhora. Ano B Solenidade da Assunção de Nª Senhora Admonição Inicial Cântico Inicial (Tu és o Sol) Refrão: Tu és o sol de um novo amanhecer! Tu és farol, a vida a renascer Maria! Maria! És poema de amor! És minha Mãe

Leia mais

ADORAÇÃO AO SANTÍSSIMO SACRAMENTO NA ABERTURA DO ANO SACERDOTAL 19 de junho de 2009. Fidelidade de Cristo, fidelidade do Sacerdote

ADORAÇÃO AO SANTÍSSIMO SACRAMENTO NA ABERTURA DO ANO SACERDOTAL 19 de junho de 2009. Fidelidade de Cristo, fidelidade do Sacerdote ARQUIDIOCESE DE FLORIANÓPOLIS ADORAÇÃO AO SANTÍSSIMO SACRAMENTO NA ABERTURA DO ANO SACERDOTAL 19 de junho de 2009 Fidelidade de Cristo, fidelidade do Sacerdote 1 - MOTIVAÇÃO INICIAL: Dir.: Em comunhão

Leia mais

CANTOS - Novena de Natal

CANTOS - Novena de Natal 1 1 - Refrão Meditativo (Ritmo: Toada) D A7 D % G Em A7 % Onde reina o amor, frater---no amor. D A7 D % G A7 D Onde reina o amor, Deus aí está! 2 - Deus Trino (Ritmo: Balada) G % % C Em nome do Pai / Em

Leia mais

ECBR PROFESSORA PRISCILA BARROS

ECBR PROFESSORA PRISCILA BARROS CANTATA DE NATAL 2015 ECBR PROFESSORA PRISCILA BARROS 1. O PRIMEIRO NATAL AH UM ANJO PROCLAMOU O PRIMEIRO NATAL A UNS POBRES PASTORES DA VILA EM BELÉM LÁ NOS CAMPOS A GUARDAR OS REBANHOS DO MAL NUMA NOITE

Leia mais

Tempo do Natal. Vésperas

Tempo do Natal. Vésperas Tempo do Natal. DESDE A SOLENDADE DA EPFANA Hinos Vésperas Rei Herodes, porque temes A vinda de Cristo Rei, Que veio trazer aos homens Dos Céus o reino e a lei? Foram os Magos seguindo A estrela do Oriente

Leia mais

Catequese e adoração das crianças ao Santíssimo Sacramento

Catequese e adoração das crianças ao Santíssimo Sacramento Catequese e adoração das crianças ao Santíssimo Sacramento Paróquia de Calheiros, 1 e 2 de Março de 2008 Orientadas por: Luís Baeta CÂNTICOS E ORAÇÕES CÂNTICOS CRISTO VIVE EM MIM Cristo vive em mim, que

Leia mais

TUDO POR AMOR. Tudo por amor, divinal, infinita graça, salvou a todos nós! Jesus cumpriu o plano de amor, seu sangue, seu sofrer Foi tudo por amor!

TUDO POR AMOR. Tudo por amor, divinal, infinita graça, salvou a todos nós! Jesus cumpriu o plano de amor, seu sangue, seu sofrer Foi tudo por amor! TUDO POR AMOR A dor, o espinho vil, as lágrimas, o seu sofrer, o meu Senhor na cruz está. Não posso suportar! O que o fez se entregar, pagar o preço lá na cruz? Como um cordeiro foi morrer pra vir me resgatar!

Leia mais

XV DOMINGO DO TEMPO COMUM

XV DOMINGO DO TEMPO COMUM XV DOMINGO DO TEMPO COMUM Jesus chamou os doze Apóstolos e começou a enviá-los dois a dois 1. Admonição de entrada 2. Entrada: Em nome do Pai Refrão: Em nome do Pai, em nome do Filho, em nome do Espírito

Leia mais

IV FÓRMULAS DE BÊNÇÃO PARA LAUDES E VÉSPERAS

IV FÓRMULAS DE BÊNÇÃO PARA LAUDES E VÉSPERAS IV FÓRMULAS DE BÊNÇÃO PARA LAUDES E VÉSPERAS I. Nas celebrações do Tempo Advento Deus omnipotente e misericordioso, que vos dá a graça de comemorar na fé a primeira vinda do seu Filho Unigénito e de esperar

Leia mais

Aprovado pela Diocese Anglicana de Recife

Aprovado pela Diocese Anglicana de Recife RITO EUCARÍSTICO DE CAAPORÃ Em forma de literatura de Cordel Aprovado pela Diocese Anglicana de Recife CANTO DE ENTRADA Venham todos e louvemos / com muita sinceridade A eterna aliança / Sacramento de

Leia mais

JESUS CRISTO FOI CONCEBIDO PELO PODER DO ESPÍRITO SANTO, E NASCEU DA VIRGEM MARIA (CONT)

JESUS CRISTO FOI CONCEBIDO PELO PODER DO ESPÍRITO SANTO, E NASCEU DA VIRGEM MARIA (CONT) JESUS CRISTO FOI CONCEBIDO PELO PODER DO ESPÍRITO SANTO, E NASCEU DA VIRGEM MARIA (CONT) 11-02-2012 Catequese com adultos 11-12 Chave de Bronze Em que sentido toda a vida de Cristo é Mistério? Toda a vida

Leia mais

CELEBRAÇÃO ARCIPRESTAL DA EUCARISTIA EM ANO DA FÉ

CELEBRAÇÃO ARCIPRESTAL DA EUCARISTIA EM ANO DA FÉ CELEBRAÇÃO ARCIPRESTAL DA EUCARISTIA EM ANO DA FÉ SEIA 23 DE JUNHO 2013 ENTRADA NÓS SOMOS AS PEDRAS VIVAS DO TEMPLO DO SENHOR, NÓS SOMOS AS PEDRAS VIVAS DO TEMPLO DO SENHOR, POVO SACERDOTAL, IGREJA SANTA

Leia mais

TEMPO DO NATAL I. ATÉ À SOLENIDADE DA EPIFANIA HINOS. Vésperas

TEMPO DO NATAL I. ATÉ À SOLENIDADE DA EPIFANIA HINOS. Vésperas I. ATÉ À SOLENIDADE DA EPIFANIA No Ofício dominical e ferial, desde as Vésperas I do Natal do Senhor até às Vésperas I da Epifania do Senhor, a não ser que haja hinos próprios: HINOS Vésperas Oh admirável

Leia mais

Cantos para o Tempo Pascal Inicio da Missa O Senhor ressurgiu! Letra e Música: Pe. Ney Brasil

Cantos para o Tempo Pascal Inicio da Missa O Senhor ressurgiu! Letra e Música: Pe. Ney Brasil Inicio da Missa O Senhor ressurgiu! Letra e Música: Pe. Ney Brasil C Em F C... O Senhor ressurgiu,... Aleluia, aleluia! F Dm Dm7 G...É o Cordeiro Pascal,... Aleluia, aleluia! C Em F C Imolado por nós,...

Leia mais

Adoração ao Santíssimo Sacramento. Catequese Paroquial de Nossa Senhora da Lapa. 4 de Março de 2014

Adoração ao Santíssimo Sacramento. Catequese Paroquial de Nossa Senhora da Lapa. 4 de Março de 2014 Adoração ao Santíssimo Sacramento Catequese Paroquial de Nossa Senhora da Lapa 4 de Março de 2014 Leitor: Quando nós, cristãos, confessamos a Trindade de Deus, queremos afirmar que Deus não é um ser solitário,

Leia mais

Vinho Novo Viver de Verdade

Vinho Novo Viver de Verdade Vinho Novo Viver de Verdade 1 - FILHOS DE DEUS - BR-LR5-11-00023 LUIZ CARLOS CARDOSO QUERO SUBIR AO MONTE DO SENHOR QUERO PERMANECER NO SANTO LUGAR QUERO LEVAR A ARCA DA ADORAÇÃO QUERO HABITAR NA CASA

Leia mais

DOMINGO VII DA PÁSCOA. Vésperas I

DOMINGO VII DA PÁSCOA. Vésperas I DOMINGO VII DA PÁSCOA (Onde a solenidade da Ascensão não é transferida para este Domingo). Semana III do Saltério Hi n o. Vésperas I Sa l m o d i a Salmos e cântico do Domingo III. Ant. 1 Elevado ao mais

Leia mais

Acólitos. São João da Madeira. Cancioneiro

Acólitos. São João da Madeira. Cancioneiro Acólitos São João da Madeira Cancioneiro Índice Guiado pela mão...5 Vede Senhor...5 Se crês em Deus...5 Maria a boa mãe...5 Quanto esperei por este momento...6 Pois eu queria saber porquê?!...6 Dá-nos

Leia mais

Entrada: Viva a Mãe de Deus e Nossa

Entrada: Viva a Mãe de Deus e Nossa Page 1 of 12 Entrada: Viva a Mãe de Deus e Nossa Viva a mãe de Deus e nossa, Sem pecado concebida! Viva a Virgem Imaculada, A Senhora Aparecida! Aqui estão vossos devotos, Cheios de fé incendida, De conforto

Leia mais

Preparativos: Uma cruz grande; a Bíblia, velas e duas ou mais bacias com água; um presidente, dois leitores e um comentarista.

Preparativos: Uma cruz grande; a Bíblia, velas e duas ou mais bacias com água; um presidente, dois leitores e um comentarista. Preparativos: Uma cruz grande; a Bíblia, velas e duas ou mais bacias com água; um presidente, dois leitores e um comentarista. COMENTARISTA: Bem-vindos, irmãos e irmãs! Juntos nos colocamos diante da misericórdia

Leia mais

CD CEM ANOS DE DEDICAÇÃO

CD CEM ANOS DE DEDICAÇÃO aixa 1 ANTO DE ENTRADA Nosso arisma, na Espanha, surgiu Am Em A Imaculada foi quem a inspirou armen Sallés pra juventude olhou D Educação, nosso gesto de amor E, por isso, estamos aqui, Senhor, Dm 7 Hoje,

Leia mais

NOVENA A SÃO PEREGRINO: PROTETOR DOS DOENTES DE CÂNCER. Comentarista: Quem foi São Peregrino? São Peregrino, foi um frade da Ordem dos

NOVENA A SÃO PEREGRINO: PROTETOR DOS DOENTES DE CÂNCER. Comentarista: Quem foi São Peregrino? São Peregrino, foi um frade da Ordem dos NOVENA A SÃO PEREGRINO: PROTETOR DOS DOENTES DE CÂNCER Comentarista: Quem foi São Peregrino? São Peregrino, foi um frade da Ordem dos Servos de Maria e ficou conhecido como o protetor contra o câncer.

Leia mais

1 - VERBO - João 1:1-3, 14. Intro - (F, Bb, F, Bb) 2x (F, Bb, Dm7, Bb9) 2x

1 - VERBO - João 1:1-3, 14. Intro - (F, Bb, F, Bb) 2x (F, Bb, Dm7, Bb9) 2x 1 - VERBO - João 1:1-3, 14 Intro - (, Bb,, Bb) 2x (, Bb, Dm7, Bb9) 2x Bb m Bb No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus Bb m Dm E o Verbo era Deus. Ele estava no princípio com Deus m /A Bb Todas

Leia mais

Lausperene. Senhor Jesus, Eu creio que estais presente no pão da Eucaristia. Senhor, eu creio em Vós.

Lausperene. Senhor Jesus, Eu creio que estais presente no pão da Eucaristia. Senhor, eu creio em Vós. Lausperene Cântico: Dá-nos um coração Refrão: Dá-nos um coração, grande para amar, Dá-nos um coração, forte para lutar. 1. Homens novos, criadores da história, construtores da nova humanidade; homens novos

Leia mais

CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA

CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA ACOLHIDA Com.: Em comunidade estamos reunidos diante de Deus, na presença de nossos familiares, professores e amigos, para celebrar a missa de nossa formatura. Sentimentos de gratidão,

Leia mais

Cântico: Dá-nos um coração

Cântico: Dá-nos um coração Cântico: Dá-nos um coração Refrão: Dá-nos um coração, grande para amar, Dá-nos um coração, forte para lutar. 1. Homens novos, criadores da história, construtores da nova humanidade; homens novos que vivem

Leia mais

SANTÍSSIMO CORPO E SANGUE DE CRISTO

SANTÍSSIMO CORPO E SANGUE DE CRISTO Quinta-feira depois da Santíssima Trindade ou no Domingo seguinte SANTÍSSIMO CORPO E SANGUE DE CRISTO Solenidade LEITURA I Ex 24, 3-8 «Este é o sangue da aliança que Deus firmou convosco» Leitura do Livro

Leia mais

CD: Ao Sentir. Alencastro e Patrícia. 1- Ao Sentir Jairinho. Ao sentir o mundo ao meu redor. Nada vi que pudesse ser real

CD: Ao Sentir. Alencastro e Patrícia. 1- Ao Sentir Jairinho. Ao sentir o mundo ao meu redor. Nada vi que pudesse ser real Alencastro e Patrícia CD: Ao Sentir 1- Ao Sentir Jairinho Ao sentir o mundo ao meu redor Nada vi que pudesse ser real Percebi que todos buscam paz porém em vão Pois naquilo que procuram, não há solução,

Leia mais

Vivendo a Liturgia Ano A

Vivendo a Liturgia Ano A Vivendo a Liturgia Junho/2011 Vivendo a Liturgia Ano A SOLENIDADE DA ASCENSÃO DO SENHOR (05/06/11) A cor litúrgica continua sendo a branca. Pode-se preparar um mural com uma das frases: Ide a anunciai

Leia mais

PESCADOR. Introdução: A E D E (2x) Mais qual é o meu caminho, qual a direção. E qual é o meu destino, minha vocação

PESCADOR. Introdução: A E D E (2x) Mais qual é o meu caminho, qual a direção. E qual é o meu destino, minha vocação PSCDOR Introdução: D (2x) Mais qual é o meu caminho, qual a direção D qual é o meu destino, minha vocação Carregar tua palavra, qualquer direção Dm Dm chamar outras almas, em outros mares pescar Pescador

Leia mais

CULTO DE ABERTURA DO SEMESTRE FACULDADES EST- 24/02/2013 2 º DOMINGO DE QUARESMA LITURGIA DE ENTRADA

CULTO DE ABERTURA DO SEMESTRE FACULDADES EST- 24/02/2013 2 º DOMINGO DE QUARESMA LITURGIA DE ENTRADA CULTO DE ABERTURA DO SEMESTRE FACULDADES EST- 24/02/2013 2 º DOMINGO DE QUARESMA LITURGIA DE ENTRADA Assim nós invocamos a presença de Deus Pai, Filho e Espírito Santo. Amém. Hino: HPD II 330 Abraço de

Leia mais

SUMÁRIO Páginas A alegria 10 (A alegria está no coração De quem já conhece a Jesus...) Abra o meu coração 61 (Abra o meu coração Deus!...

SUMÁRIO Páginas A alegria 10 (A alegria está no coração De quem já conhece a Jesus...) Abra o meu coração 61 (Abra o meu coração Deus!... SUMÁRIO Páginas A alegria 10 (A alegria está no coração De quem já conhece a Jesus...) Abra o meu coração 61 (Abra o meu coração Deus!...) A cada manhã 71 (A cada manhã as misericórdias se renovam...)

Leia mais

O Espírito de Deus se move

O Espírito de Deus se move O Espírito de Deus se move Introdução: D A G D D A/C# G/B G/A D D A G D D A/C# G/B C9 G/B Gm/Bb G/A D A G D O Espírito de Deus se move, se move D A/C# No mundo inteiro Ele se move G/B G/A D E aqui neste

Leia mais

Vamos adorar a Deus. Jesus salva (Aleluia)

Vamos adorar a Deus. Jesus salva (Aleluia) Vamos adorar a Deus //: SI LA SOL LA SI SI SI LA LA LA SI SI SI SI LA SOL LA SI SI SI LA LA SI LA SOOL SOOL :// Vamos adorar a Deus, Meu Senhor e Salvador Vamos adorar a Deus, com o nosso louvor. B I S

Leia mais

Vou Louvar Álbum TEMPO DE DEUS DE Luiz Carlos Cardoso

Vou Louvar Álbum TEMPO DE DEUS DE Luiz Carlos Cardoso Vou Louvar DE Luiz Carlos Cardoso EM LUTAS OU PROVAS, TRIBULAÇÕES EU SEMPRE ORO E LOUVO AO SENHOR AO LADO DE JESUS CERTA É A VITÓRIA ELE É O LIBERTADOR NÃO TEMEREI MAL ALGUM NO MEIO DO LOUVOR ESTÁ O SENHOR

Leia mais

FEVEREIRO 01/02/2015 E 08/02/2015

FEVEREIRO 01/02/2015 E 08/02/2015 FEVEREIRO 01/02/2015 E 08/02/2015 CANTO INICIAL- 90º encontro- (machinha) F Am Bb F Bb Fº F Dm 1. A Tua Igreja vem feliz e unida/ Agradecer a Ti, ó Deus da vida/ Com grande júbilo, rezar, louvar/ E a boa

Leia mais

CANTOS À SANTA BEATRIZ

CANTOS À SANTA BEATRIZ (MÚSICA:DOCE É SENTIR) Santa Beatriz, com imenso amor Humildemente corre ao Senhor Entra no céu com grande alegria Acompanhada da Virgem Maria. Que maravilha vê-la exaltada assim, Na glória eterna de Deus

Leia mais

1ª Leitura - Ex 17,3-7

1ª Leitura - Ex 17,3-7 1ª Leitura - Ex 17,3-7 Dá-nos água para beber! Leitura do Livro do Êxodo 17,3-7 Naqueles dias: 3 O povo, sedento de água, murmurava contra Moisés e dizia: 'Por que nos fizeste sair do Egito? Foi para nos

Leia mais

De Luiz Carlos Cardoso e Narda Inêz Cardoso

De Luiz Carlos Cardoso e Narda Inêz Cardoso Água do Espírito De Luiz Carlos Cardoso e Narda Inêz Cardoso EXISTE O DEUS PODEROSO QUE DESFAZ TODO LAÇO DO MAL QUEBRA A LANÇA E LIBERTA O CATIVO ELE MESMO ASSIM FARÁ JESUS RIO DE ÁGUAS LIMPAS QUE NASCE

Leia mais

CANTOS DA MDJ CIFRADOS

CANTOS DA MDJ CIFRADOS CANTOS DA MDJ CIFRADOS HINO DA MDJ D Bm G A Juventude força do amor, faz da vida uma oração D Bm G A Ser discípulo do Senhor, enviado em missão F#m Bm 1- Quer a vida, vida de Deus F#m Bm Seus caminhos

Leia mais

O POVO DE DEUS FOLHA SEMANAL DA ARQUIDIOCESE DE BRASÍLIA

O POVO DE DEUS FOLHA SEMANAL DA ARQUIDIOCESE DE BRASÍLIA O POVO DE DEUS FOLHA SEMANAL DA ARQUIDIOCESE DE BRASÍLIA Ano XLIX- Brasília, 23 de fevereiro de 2014 - Nº 15 SÉTIMO DOMINGO DO TEMPO COMUM Cor Litúrgica: Verde INTRODUÇÃO Com.: Irmãos amados, nesta Páscoa

Leia mais

Bem - Aventuranças. Conselho Inter-paroquial de Catequese Lamas, 22 de Novembro de 2007

Bem - Aventuranças. Conselho Inter-paroquial de Catequese Lamas, 22 de Novembro de 2007 Bem - Aventuranças Conselho Inter-paroquial de Catequese Lamas, 22 de Novembro de 2007 Eu estou à tua porta a bater, Eu estou à tua porta a bater, Se me abrires a porta entrarei para enviar. Eu preciso

Leia mais

O PODER DA ORAÇAO E DA SANTIFICAÇAO

O PODER DA ORAÇAO E DA SANTIFICAÇAO O PODER DA ORAÇAO E DA SANTIFICAÇAO PROGRAMA A HORA MILAGROSA Assim nos ensinou o Santo Irmão Aldo sobre o poder da oração e da santificação: Todo o filho de Deus deve ser dado à oração e à meditação.

Leia mais

Hinos em quaternário usando os acordes G, B7 e C (pressupondo A, D, E da apostila anterior)

Hinos em quaternário usando os acordes G, B7 e C (pressupondo A, D, E da apostila anterior) Hinos em quaternário usando os acordes, e (pressupondo,, da apostila anterior) ó 1 2 3 Sol 3 1 2 Si sétima 4 3 1 2 urso de Violão- Prof. P. Rolf J ietz 2001 a 2009 Página 1 Hinos em Ré maior Hino 5 - PLO

Leia mais

TEMPO DA QUARESMA II. SEMANA SANTA HINOS. Vésperas

TEMPO DA QUARESMA II. SEMANA SANTA HINOS. Vésperas TEMPO DA QUARESMA. SEMANA SANTA Desde as Vésperas do Domingo de Ramos até à Noa do Sábado Santo inclusive, excepto nas Vésperas da Quinta-Feira Santa HNOS Vésperas O estandarte da Cruz proclama ao mundo

Leia mais

ORAÇÃO EM FAMÍLIA Quaresma e Tempo Pascal

ORAÇÃO EM FAMÍLIA Quaresma e Tempo Pascal 1 PARÓQUIA DE Nª SRª DA CONCEIÇÃO, MATRIZ DE PORTIMÃO ORAÇÃO EM FAMÍLIA Quaresma e Tempo Pascal (O Ícone da Sagrada Família deve ser colocado na sala, num lugar de relevo e devidamente preparado com uma

Leia mais

DEUS INFINITO Autor: Marília Mello Intro: F C/E B/D Db C F C/E B/D Db C F

DEUS INFINITO Autor: Marília Mello Intro: F C/E B/D Db C F C/E B/D Db C F DUS INFINITO utor: Marília Mello Intro: F / /D Db F / /D Db F m b F Senhor eu te apresento o meu coração m b F u coloco toda minha vida em tuas mãos b /b m Dm Porque sei que tudo sabes de mim, Senhor b

Leia mais

Hinário SOIS BALIZA De Germano Guilherme

Hinário SOIS BALIZA De Germano Guilherme Hinário SOIS BALIZA De Germano Guilherme Edição oficial do CICLUMIG Flor do Céu De acordo com revisão feita pelo Sr. Luiz Mendes do Nascimento, zelador do hinário. www.mestreirineu.org 1 01 - DIVINO PAI

Leia mais

NOVENA COM AS CRIANÇAS NOSSA SENHORA APARECIDA 2015

NOVENA COM AS CRIANÇAS NOSSA SENHORA APARECIDA 2015 1 2 COM MARIA, EM JESUS, CHEGAMOS À GLÓRIA! 5º Dia (Dia 07/10 Quarta-feira) CRIANÇA: BELEZA DA TERNURA DIVINA! Na festa de Maria, unidos neste Santuário, damos graças a Deus, por meio de Maria, pela vida

Leia mais

1ª ESTAÇÃO: JESUS É CONDENADO À MORTE

1ª ESTAÇÃO: JESUS É CONDENADO À MORTE Romeiros da Matriz de Vila Franc a do Campo VIA SACRA EUCARÍSTICA Quaresma 2014 D: Graças e louvores se dêem a todo o momento! (3x) Todos: Ao Santíssimo e Diviníssimo Sacramento! D: Em nome do Pai, do

Leia mais

www.aciportugal.org ESTOU NESTE MUNDO COMO NUM GRANDE TEMPLO Santa Rafaela Maria

www.aciportugal.org ESTOU NESTE MUNDO COMO NUM GRANDE TEMPLO Santa Rafaela Maria www.aciportugal.org ESTOU NESTE MUNDO COMO NUM GRANDE TEMPLO Santa Rafaela Maria 2 www.aciportugal.org 11 ORAÇÃO FINAL Senhor Jesus Cristo, hoje sentimos a Tua paixão por cada um de nós e pelo mundo. O

Leia mais

CIFRAS_SALMOS. Tracklist. Composições: Daniel Lüdtke

CIFRAS_SALMOS. Tracklist. Composições: Daniel Lüdtke CIFRS_SLMOS Composições: Daniel Lüdtke Tracklist 1 Os meus lábios Te louvam/salmo 63 2 Esconderijo/Salmo 91 3 Coração puro/salmo 51 4 Confissão/Salmo 32 5 Lâmpada para os meus pés/salmo 119 6 leluia!/salmo

Leia mais

Jubileu de Prata 25 ANOS

Jubileu de Prata 25 ANOS Congregação das Irmãs Missionárias de São Carlos B. Scalabrinianas Centro de Estudos Migratórios Cristo Rei-CEMCREI Rua Castro Alves, 344 90430-130 Porto Alegre-RS cemcrei@cpovo.net www.cemcrei.org.br

Leia mais

MELHORES MOMENTOS. Expressão de Louvor Paulo Cezar

MELHORES MOMENTOS. Expressão de Louvor Paulo Cezar MELHORES MOMENTOS Expressão de Louvor Acordar bem cedo e ver o dia a nascer e o mato, molhado, anunciando o cuidado. Sob o brilho intenso como espelho a reluzir. Desvendando o mais profundo abismo, minha

Leia mais

01 C À tua presença. C D- À Tua presença venho, SENHOR, C G. Com reverência, pois Tu és Deus; C F E assim poder receber

01 C À tua presença. C D- À Tua presença venho, SENHOR, C G. Com reverência, pois Tu és Deus; C F E assim poder receber 01 C À tua presença C - À Tua presença venho, SNHOR, C Com reverência, pois Tu és eus; C F assim poder receber C o que Tu tens para mim, F F- C assim também entregar o que há em mim. C Quero exaltar Teu

Leia mais

COLÉGIO AGOSTINIANO SÃO JOSÉ PASTORAL EDUCATIVA São José do Rio Preto MISSA DO DIA DOS PAIS

COLÉGIO AGOSTINIANO SÃO JOSÉ PASTORAL EDUCATIVA São José do Rio Preto MISSA DO DIA DOS PAIS COLÉGIO AGOSTINIANO SÃO JOSÉ PASTORAL EDUCATIVA São José do Rio Preto MISSA DO DIA DOS PAIS RITOS INICIAIS ANIM.: Celebramos hoje a Eucaristia, ação de graças a Deus, nosso Pai, por todos os pais do colégio.

Leia mais

CD - EU TE CHAMEI IGREJA BATISTA FONTE DE VIDA

CD - EU TE CHAMEI IGREJA BATISTA FONTE DE VIDA ifras Sacerdotes da Adoração - EU TE HAMEI IREJA BATISTA FONTE E VIA MINISTÉRIO E LOUVOR- IREJA BATISTA FONTE E VIA EIÇÃO E IFRAS ALTON BIANHI IFRAS Sacerdotes da Adoração EU TE HAMEI 1. Palavra de vitória

Leia mais

CATEDRAL DIOCESANA DE CAMPINA GRANDE PARÓQUIA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO

CATEDRAL DIOCESANA DE CAMPINA GRANDE PARÓQUIA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO CATEDRAL DIOCESANA DE CAMPINA GRANDE PARÓQUIA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO SOBRE NÓS FAZEI BRILHAR O ESPLENDOR DE VOSSA FACE! 3 º DOMINGO DA PÁSCOA- ANO B 22 DE ABRIL DE 2012 ANIM: (Saudações espontâneas)

Leia mais

Ano B n o 64 22 de novembro de 2015 Nosso Senhor Jesus Cristo, Rei do Universo 34 o Domingo do Tempo Comum Solenidade

Ano B n o 64 22 de novembro de 2015 Nosso Senhor Jesus Cristo, Rei do Universo 34 o Domingo do Tempo Comum Solenidade Ano B n o 64 22 de novembro de 2015 Nosso Senhor Jesus Cristo, Rei do Universo 34 o Domingo do Tempo Comum Solenidade Cortesia da Editora Nossa Senhora da Paz Ano B n o 64 22 de novembro de 2015 Nosso

Leia mais

NOVENA DE NOSSA SENHORA AUXILIADORA. 7º DIA: Sonho da jangada (MB VIII, 275-282) Nossa Senhora não abandona quem nela confia.

NOVENA DE NOSSA SENHORA AUXILIADORA. 7º DIA: Sonho da jangada (MB VIII, 275-282) Nossa Senhora não abandona quem nela confia. NOVENA DE NOSSA SENHORA AUXILIADORA 7º DIA: Sonho da jangada (MB VIII, 275-282) Nossa Senhora não abandona quem nela confia. ACOLHIDA FICO FELIZ Fico feliz em vir em tua casa, erguer minha voz e cantar.

Leia mais

Evangelhos. www.paroquiadecascais.org

Evangelhos. www.paroquiadecascais.org Evangelhos 1. Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Mateus (Mt 5, 1-12a) ao ver a multidão, Jesus subiu ao monte e sentou-se. Rodearam-n O os discípulos e Ele começou a ensiná-los, dizendo:

Leia mais

LITURGIA DE ENTRADA. Prelúdio: Os passarinhos

LITURGIA DE ENTRADA. Prelúdio: Os passarinhos Prelúdio: Os passarinhos LITURGIA DE ENTRADA (Oração silenciosa individual) Acolhida: L: Jesus disse: Eu vim para servir. E Pedro falou: Servi uns aos outros, cada um conforme o dom que recebeu. Bom dia

Leia mais

CATEQUESE 1 Estamos reunidos de novo. CATEQUESE 1 Estamos reunidos de novo

CATEQUESE 1 Estamos reunidos de novo. CATEQUESE 1 Estamos reunidos de novo CATEQUESE 1 Estamos reunidos de novo Tens uma tarefa importante para realizar: 1- Dirige-te a alguém da tua confiança. 2- Faz a pergunta: O que admiras mais em Jesus? 3- Regista a resposta nas linhas.

Leia mais

SOLENIDADE DO NASCIMENTO DE JESUS CRISTO 25 DE DEZEMBRO DE 2015. Paróquia de S. João Baptista de Vila do Conde Eucaristia dinamizada pelos catequistas

SOLENIDADE DO NASCIMENTO DE JESUS CRISTO 25 DE DEZEMBRO DE 2015. Paróquia de S. João Baptista de Vila do Conde Eucaristia dinamizada pelos catequistas SOLENIDADE DO NASCIMENTO DE JESUS CRISTO 25 DE DEZEMBRO DE 2015 Admonição de entrada [Matilde Carvalho] Entrada: toca o Sino Toca o sino pequenino Sino de Belém Já nasceu o Deus menino Para o nosso bem

Leia mais

I DOMINGO DA QUARESMA

I DOMINGO DA QUARESMA I DOMINGO DA QUARESMA LITURGIA DA PALAVRA / I Gen 2, 7-9; 3, 1-7 Leitura do Livro do Génesis O Senhor Deus formou o homem do pó da terra, insuflou em suas narinas um sopro de vida, e o homem tornou-se

Leia mais

CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA

CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA Congregação das Irmãs Missionárias de São Carlos B. Scalabrinianas Centro de Estudos Migratórios Cristo Rei-CEMCREI Rua Castro Alves, 344 90430-130 Porto Alegre-RS cemcrei@cpovo.net www.cemcrei.org.br

Leia mais

01- Hino de São Benedito - Entrada

01- Hino de São Benedito - Entrada 01- Hino de São Benedito - Entrada D G D Bm G D Ó glorioso padroeiro, ouve o canto, ouve a prece F# Bm E E7 A7 que nossa alma jubilosa, em tom forte te oferece G A7 G A7 D Salve, pois, São Benedito, honra

Leia mais

NOVE DIAS COM IRMÃ CLARA FIETZ NA ESCOLA DE JESUS CRISTO

NOVE DIAS COM IRMÃ CLARA FIETZ NA ESCOLA DE JESUS CRISTO NOVE DIAS COM IRMÃ CLARA FIETZ NA ESCOLA DE JESUS CRISTO ORAÇÃO DO INÍCIO DA NOVENA SENHOR JESUS CRISTO, Vós nos encorajastes a Vos trazer nossa preocupação na oração. Se me pedirdes alguma coisa em meu

Leia mais

Consolidação para o Discipulado - 1

Consolidação para o Discipulado - 1 Consolidação para o Discipulado - 1 Fortalecendo o novo convertido na Palavra de Deus Rev. Edson Cortasio Sardinha Consolidador/a: Vida consolidada: 1ª Lição: O Amor de Deus O amor de Deus está presente

Leia mais

PARÓQUIA NOSSA SENHORA DE FÁTIMA

PARÓQUIA NOSSA SENHORA DE FÁTIMA 01. Refrão Orante A) Ressuscitou de verdade, aleluia, aleluia! Cristo Jesus ressuscitou, aleluia, aleluia! B) Nome dulcíssimo, nome cheio de Amor!/ Tu és refúgio do pecador! Dos coros angélicos és a Harmonia!

Leia mais

A grande refeição é aquela que fazemos em torno da Mesa da Eucaristia.

A grande refeição é aquela que fazemos em torno da Mesa da Eucaristia. EUCARISTIA GESTO DO AMOR DE DEUS Fazer memória é recordar fatos passados que animam o tempo presente em rumo a um futuro melhor. O povo de Deus sempre procurou recordar os grandes fatos do passado para

Leia mais

Glória! Glória! Glória! Glória ao Senhor! Glória pelos séculos sem fim!

Glória! Glória! Glória! Glória ao Senhor! Glória pelos séculos sem fim! Page 1 of 6 GUIÃO DA CELEBRAÇÃO DA 1ª COMUNHÃO 2006 Ambientação Irmãos: Neste Domingo, vamos celebrar e viver a Eucaristia com mais Fé e Amor e também de uma maneira mais festiva, já que é o dia da Primeira

Leia mais

MANTRAS: Ritos iniciais

MANTRAS: Ritos iniciais MANTRAS: 1. É muito gostoso este nosso aconchego, este nosso chamego, esta nossa alegria de ser feliz. 2. Deus vos salve! Deus! Deus salve esta casa (este povo esta igreja as famílias) onde mora Deus!

Leia mais

OUTRAS ORAÇÕES PAI NOSSO ORAÇÃO A SÃO JERÔNIMO. Pai nosso que estais nos céus. Santificado seja o vosso nome. Venha a nós o vosso reino

OUTRAS ORAÇÕES PAI NOSSO ORAÇÃO A SÃO JERÔNIMO. Pai nosso que estais nos céus. Santificado seja o vosso nome. Venha a nós o vosso reino OUTRAS ORAÇÕES PAI NOSSO Pai nosso que estais nos céus Santificado seja o vosso nome Venha a nós o vosso reino Seja feita a vossa vontade Assim na Terra como no Céu O pão nosso de cada dia nos dai hoje

Leia mais

NOSSA SENHORA DAS DORES Padroeira principal da Ordem

NOSSA SENHORA DAS DORES Padroeira principal da Ordem 15 de setembro NOSSA SENHORA DAS DORES Padroeira principal da Ordem Solenidade Para nós Servos de Maria, a devoção a Nossa Senhora das Dores está ligada ao simbolismo do hábito preto e evoca um episódio

Leia mais

Bíblia Sagrada N o v o T e s t a m e n t o P r i m e i r a E p í s t o l a d e S ã o J o ã o virtualbooks.com.br 1

Bíblia Sagrada N o v o T e s t a m e n t o P r i m e i r a E p í s t o l a d e S ã o J o ã o virtualbooks.com.br 1 Bíblia Sagrada Novo Testamento Primeira Epístola de São João virtualbooks.com.br 1 Capítulo 1 1 O que era desde o princípio, o que temos ouvido, o que temos visto com os nossos olhos, o que temos contemplado

Leia mais

JESUS CRISTO PADECEU SOB PÔNCIO PILATOS, FOI CRUCIFICADO, MORTO E SEPULTADO

JESUS CRISTO PADECEU SOB PÔNCIO PILATOS, FOI CRUCIFICADO, MORTO E SEPULTADO JESUS CRISTO PADECEU SOB PÔNCIO PILATOS, FOI CRUCIFICADO, MORTO E SEPULTADO 25-02-2012 Catequese com adultos 11-12 Chave de Bronze Como se deu a entrada messiânica em Jerusalém? No tempo estabelecido,

Leia mais

MEDITAÇÃO DE NATAL 2015

MEDITAÇÃO DE NATAL 2015 MEDITAÇÃO DE NATAL 2015 Imagine Maria procurando montar um álbum fotográfico sobre o nascimento de Jesus. Como colocar num mesmo álbum os sinais e experiências que marcaram aquele dia? 1 1. Senão vejamos:

Leia mais

7 E o Espírito é o que dá testemunho, porque o Espírito é a verdade. 8 Porque três são os que dão testemunho: o Espírito, e a água, e o sangue; e

7 E o Espírito é o que dá testemunho, porque o Espírito é a verdade. 8 Porque três são os que dão testemunho: o Espírito, e a água, e o sangue; e I João 1 1 O que era desde o princípio, o que ouvimos, o que vimos com os nossos olhos, o que contemplamos e as nossas mãos apalparam, a respeito do Verbo da vida 2 (pois a vida foi manifestada, e nós

Leia mais

HINÁRIO. Chico Corrente O SIGNO DO TEU ESTUDO. Tema 2012: Flora Brasileira Esponjinha (Stifftia fruticosa)

HINÁRIO. Chico Corrente O SIGNO DO TEU ESTUDO. Tema 2012: Flora Brasileira Esponjinha (Stifftia fruticosa) HINÁRIO O SIGNO DO TEU ESTUDO Tema 2012: Flora Brasileira Esponjinha (Stifftia fruticosa) Chico Corrente 1 www.hinarios.org 2 01 O SIGNO DO TEU ESTUDO Marcha O signo do teu estudo Estou aqui para te dizer

Leia mais

IGREJA CRISTÃ MARANATA CRIANÇAS E ADOLESCENTES

IGREJA CRISTÃ MARANATA CRIANÇAS E ADOLESCENTES 9000 JESUS VÊ A SUA IGREJA (G) Jesus vê a sua * G G G F# G A G D / D D E / E E E F# F# G Arranjos: é Jesus...( E / F # F # G ) no coração ( C B A G / D ) Pra sempre Glória... C # C # E C # C # / D D E

Leia mais

O POVO DE DEUS FOLHA SEMANAL DA ARQUIDIOCESE DE BRASÍLIA Ano L - Brasília, 26 de abril de 2015 - Nº 28 QUARTO DOMINGO DA PÁSCOA Cor Litúrgica: Branco

O POVO DE DEUS FOLHA SEMANAL DA ARQUIDIOCESE DE BRASÍLIA Ano L - Brasília, 26 de abril de 2015 - Nº 28 QUARTO DOMINGO DA PÁSCOA Cor Litúrgica: Branco O POVO DE DEUS FOLHA SEMANAL DA ARQUIDIOCESE DE BRASÍLIA Ano L - Brasília, 26 de abril de 2015 - Nº 28 QUARTO DOMINGO DA PÁSCOA Cor Litúrgica: Branco 1 Animador: Meus irmãos, Jesus é o Bom Pastor por excelência,

Leia mais

CAMINHOS. Caminhos (Prov. 14:12) Paulo Cezar e Jayro T. Gonçalves

CAMINHOS. Caminhos (Prov. 14:12) Paulo Cezar e Jayro T. Gonçalves CAMINHOS Caminhos (Prov. 14:12) Paulo Cezar e Jayro T. Gonçalves Posso pensar nos meus planos Pros dias e anos que, enfim, Tenho que, neste mundo, Minha vida envolver Mas plenas paz não posso alcançar.

Leia mais

Nossa Senhora Chitãozinho & Xororó Cubra-me com seu manto de amor Guarda-me na paz desse olhar Cura-me as feridas e a dor me faz suportar

Nossa Senhora Chitãozinho & Xororó Cubra-me com seu manto de amor Guarda-me na paz desse olhar Cura-me as feridas e a dor me faz suportar Nossa Senhora Chitãozinho & Xororó Cubra-me com seu manto de amor Guarda-me na paz desse olhar Cura-me as feridas e a dor me faz suportar Que as pedras do meu caminho Meus pés suportem pisar Mesmo ferido

Leia mais

RITOS INICIAIS. 32 não como a aliança que fiz com seus pais, quando os tomei pela mão para retirá-los da terra do Egito, e

RITOS INICIAIS. 32 não como a aliança que fiz com seus pais, quando os tomei pela mão para retirá-los da terra do Egito, e O POVO DE DEUS FOLHA SEMANAL DA ARQUIDIOCESE DE BRASÍLIA Ano L - Brasília, 22 de março de 2015 - Nº 19 QUINTO DOMINGO DA QUARESMA CAMPANHA DA FRATERNIDADE - FRATERNIDADE: IGREJA E SOCIEDADE. Cor Litúrgica:

Leia mais

9.Mais Alto Apresent. Oferendas. 7.Quero ouvir Tua Palavra Aclamação C Am7 Quero ouvir tua palavra. 8. Sê Bendito, Senhor, para sempre

9.Mais Alto Apresent. Oferendas. 7.Quero ouvir Tua Palavra Aclamação C Am7 Quero ouvir tua palavra. 8. Sê Bendito, Senhor, para sempre antos Tempo Quaresmal 2014 É para a liberdade que risto nos libertou (l. 5, 1) 1.Hino da 2014 anto de ntrada e inal Bm m D É para a liberdade que risto nos libertou, #m Bm Jesus libertador! #7 Bm É para

Leia mais