CITAÇÕES. Profa. Enimar J. Wendhausen

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CITAÇÕES. Profa. Enimar J. Wendhausen"

Transcrição

1 CITAÇÕES Profa. Enimar J. Wendhausen

2 Citação Trata-se da menção de uma informação extraída de outra fonte. Citação de citação Consiste na citação direta ou indireta de um texto em que não se teve acesso ao original. O acesso se dá por meio de terceiros.

3 Citação direta (textual) Transcrição textual de parte da obra do autor consultado (ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS, 2002, p. 2). Citação indireta (paráfrase) Redação pelo autor do presente trabalho, baseada, no entanto, em ideias de outros autores. As fontes (autoria, ano) das quais foram extraídas as citações devem ser identificadas sempre.

4 Localização das citações Podem aparecer no texto ou em notas de rodapé. No texto (sistema autor-data); Em notas de rodapé (sistema numérico ou citação - nota).

5 Regras gerais de apresentação Nas citações, as chamadas pelo sobrenome do autor, pela instituição responsável ou pelo título incluído na sentença devem ser em letras maiúsculas e minúsculas e, quando estiverem entre parênteses, devem ser em letras maiúsculas (ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS, 2002, p. 2).

6 Exemplos: Segundo Gil (1991) o objetivo das pesquisas exploratórias é proporcionar maior familiaridade com o problema. O objetivo das pesquisas exploratórias é proporcionar maior familiaridade com o problema (GIL, 1991).

7 CITAÇÃO DIRETA É a transcrição literal de um texto ou de parte dele, conservando-se a grafia, pontuação entre outros itens, utilizados pelo autor original [inclusive incorreções gráficas]. A citação direta pode ser: Curta Apresenta até três linhas. Deve ser transcrita entre aspas duplas, utilizando a mesma grafia do parágrafo do texto no qual está inserida. As aspas simples são utilizadas para indicar citação no interior da citação (ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS, 2002, p. 2).

8 Longa Apresenta mais de três linhas, e é transcrita em parágrafo distinto, com formatação especial: o texto citado é apresentado sem aspas e escrito com espaço entrelinhas simples e letra menor (fonte 10 ou 11) com um recuo de 4 cm da margem esquerda. Deixando-se antes e depois da citação um espaço duplo.

9 Nas citações diretas deve-se especificar no texto a(s) página(s), volume(s), tomo (s) ou seção(ões) da fonte consultada. Estes deve(m) seguir a data, separado(s) por vírgula e precedido(s) pelo termo, que o(s) caracteriza, de forma abreviada. Nas citações indiretas, a indicação da(s) página(s) consultada(s) é opcional.

10 Para destacar trechos de uma citação: Faz-se a descrição com o destaque, indicando ao final: entre parênteses, grifo do autor (se o destaque já se apresenta no original) ou grifo nosso (caso esteja sendo destacada pelo atual autor).

11 Supressões [...] As supressões em citações são permitidas quando não alteram o sentido do texto. Devem ser indicadas pelo uso de reticências entre colchetes [...] no exato local da supressão, que pode ser no início, no meio ou no final da citação. A pesquisa em turismo parte de bases empíricas, ou seja, da experiência concreta, do confronto com a realidade. Tanto a pesquisa quantitativa quanto qualitativa são empíricas pois com ou sem interpretação de dados, maior ou menor distância do objeto investigado, com dados mais ou menos esquematizados, a base é a realidade empírica [...] (DENCKER, 1998, p. 61).

12 Exemplos: "[...] b) desejo de criar urna literatura independente, diversa, de vez que, aparecendo o classicismo corno manifestação de passado colonial [...] (CANDIDO, 1993, v. 2, p. 12, grifo do autor). Objetivo e problema da pesquisa possuem relações estreitas e em muitos casos se repetem, estando a diferença no caráter afirmativo dos objetivos (DENCKER, 1998, p. 71, grifo nosso).

13 Dados obtidos por informação verbal (palestras, debates, comunicações etc.). Devem ser indicados entre parênteses, a expressão informação verbal, mencionando-se os dados disponíveis em nota de rodapé. Exemplo: No texto: Um novo hotel de charme passará a funcionar em Manaus até o final deste semestre (informação verbal)¹ ¹Notícia fornecida por Roberto Leão no Congresso Nacional de Turismo, em Salvador, em maio de 2004.

14 Citação de trabalhos em fase de elaboração: Mencionar o fato, indicando os dados disponíveis em nota de rodapé. Exemplo: No texto: Os poetas selecionados contribuíram para a consolidação da poesia no Rio Grande do Sul, séculos XIX e XX (em fase de elaboração)¹ ¹Poetas rio-grandenses, de autoria de Elvo Clemente, a ser editado pela EDIPUCRS

15 SISTEMA DE CHAMADA Sistema numérico e autor-data Qualquer que seja o método adotado deve ser seguido consistentemente ao longo de todo o trabalho, permitindo sua correlação na lista de referências ou em notas de rodapé (ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS, 2002, p. 3).

16 SISTEMA AUTOR-DATA A indicação da fonte é feita: Pelo sobrenome de cada autor ou pelo nome de cada entidade responsável, seguido(s) da data de publicação do documento e da(s) página(s) da citação, no caso de citação direta, separados por vírgula e entre parênteses. No texto: (GONÇALVES; BARRETO, 1976, p. 3).

17 Citação com mais de três autores pessoais: Utilizar a expressão et al. (significa e outros). Como fica na lista de referências? URANI, A. et al. Constituição de uma matriz de contabilidade social para o Brasil. Brasília, DF: IPEA, 1994.

18 Citação retirada do capítulo de livro: Na concepção de Adams (2010, p. 60) [...]xxxxxxx. Nas referências: ADAMS, Telmo. Economia popular solidária no contexto contraditório do atual mundo do trabalho. In:. Educação e economia popular solidária. Aparecida, SP: Idéias e letras, cap 2, p

19 A atual problemática do lixo é multifacetada (ANDRADE, 2011, p. 19). Como fica na lista de referências? ANDRADE, João B. Ladislau. A política nacional de resíduos sólidos (lei n ) e o papel relevante e útil dos catadores de materiais reutilizáveis e recicláveis no município de Manaus (AM). In: FRAXE, Theresinha de J. Pinto et al. (Org.). Papel para a vida. Manaus: Editora da Universidade Federal do Amazonas, cap. 1, p

20 As referências são alinhadas somente à margem esquerda do texto e de forma a se identificar individualmente cada documento, em espaço simples e separadas entre si por espaço duplo (ASSOCIAÇÃO..., 2002, p. 3). A autoria apresentada anteriormente é denominada AUTOR ENTIDADE.

21 São consideradas AUTOR ENTIDADE: instituições, organizações, empresas, comitês, comissões, eventos e outros responsáveis por publicações em que não se distingue a autoria pessoal. Como fica na lista de referências? ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 6023: informação e documentação: referências: elaboração. Rio de Janeiro, 2002.

22 Quando a entidade tem denominação genérica: Se você cita alguma informação extraída do documento do Ministério da Indústria e Comércio, observe como ficará no texto: No texto: (BRASIL, 1971, p. 23). E na lista de referências? BRASIL. Ministério da Indústria e Comércio. Sistema internacional de unidades. Brasília: Instituto Nacional de Pesos e Medidas, 1971.

23 Conforme indicado anteriormente, se a entidade tem denominação genérica, seu nome será precedido do nome do órgão superior ou pelo nome da jurisdição geográfica a que pertence. SÃO PAULO (Estado). Secretaria do Meio Ambiente. Coordenadoria de Planejamento Ambiental. Estudo de impacto ambiental EIA, Relatório de impacto ambiental RIMA: manual de orientação. São Paulo, p. (Série Manuais).

24 Citações com Autoria Desconhecida Como fica no texto? Foram os números de 1992 (DIAGNÓSTICO..., 1993). Como é apresentado nas referências? DIAGNÓSTICO do setor industrial brasileiro. São Paulo: Câmara Brasileira do Livro, 1993.

25 Quando a autoria é desconhecida e o título inicia com artigo (definido ou indefinido), ou monossílabo, observe como fica no texto: Em Nova Londrina (PR): as crianças são levadas às Lavouras a partir dos 5 anos (NOS CANAVIAIS..., 1995, p. 12). Na lista de referências: NOS CANAVIAIS, mutilação em vez de fazer a escola. O Globo. Rio de Janeiro, 16 jul O País, p. 12.

26 Citação Extraída de Publicação Periódica No texto: Segundo Gurgel (1997, p. 16). Na lista de referências: GURGEL, C. Reforma do Estado e segurança pública. Política e Administração. Rio de Janeiro, v. 3, n. 2, p , set

27 Citação Extraída de Matéria de No texto: Jornal (NAVES, 1999, p. 13) observe que se trata de matéria assinada. Como fica na lista de referências? NAVES, P. Lagos andinos dão banho de beleza. Folha de S. Paulo, São Paulo, 28 jun Folha Turismo, Caderno 8, p. 13.

28 Citações Extraídas de Trabalhos Apresentados em Evento No texto: Conforme Brayner e Medeiros (1994, p. 17). Na lista de referências: BRAYNER, A. R. A.; MEDEIROS, C.B. Incorporação do tempo em SGBD orientado a objetos. In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE BANCO DE DADOS, 9., 1994, São Paulo. Anais... São Paulo: USP, p

29 Citação Extraída da Internet Nada muda, o que altera é apenas a indicação nas referências. Acrescenta-se nas referências o endereço eletrônico. CONGRESSO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UFPE, 4., 1996, Recife. Anais eletrônicos. Recife: UFPE, Disponível em: < Acesso em: 21 jan

30 Outras situações Caso haja a coincidência de sobrenomes de autores, acrescentam-se as iniciais de seus prenomes. (GONÇALVES, R., 1999) (GONÇALVES, O., 1999) Se mesmo assim existir coincidência, colocam-se os prenomes por extenso. (GONÇALVES, Reinaldo, 1995) (GONÇALVES, Roberto, 1995)

31 Diversos documentos de um mesmo autor, mesmo ano: As citações de diversos documentos de um mesmo autor, publicados num mesmo ano, são distinguidas pelo acréscimo de letras minúsculas, em ordem alfabética, após a data e sem espacejamento, conforme a lista de referências (ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS, 2002, p. 3). De acordo com Santana (1989a) (SANTANA, 1989b)

32 Diversos documentos de um mesmo autor, anos diferentes: As citações indiretas de diversos documentos da mesma autoria, publicados em anos diferentes e mencionados simultaneamente, têm as suas datas separadas por vírgula (ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS, 2002, p. 3). (GONÇALVES, 1999, 2002, 2005, 2008).

33 As citações indiretas, de diversos documentos de vários autores, mencionados simultaneamente, devem ser separadas por ponto-e-vírgula, em ordem alfabética (ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS, 2002, p. 3). A economia solidária é uma saída para o desemprego (BRAGA, 2000; FONSECA, 2002; TAVARES, 2009).

34 Quando o sobrenome indicar grau de parentesco No texto: (FRANÇA FILHO; LAVILLE, 2004, p. 37). Na lista de referências: FRANÇA FILHO, Genauto C. de; LAVILLE, Jean- Louis. Economia solidária: uma abordagem Internacional. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2004.

35 SISTEMA NUMÉRICO Neste sistema, a indicação da fonte é feita por uma numeração única consecutiva, em algarismos arábicos, remetendo à lista de referências ao final do trabalho, do capítulo ou da parte, na mesma ordem em que aparecem no texto. Não se inicia a numeração das citações a cada página. O sistema numérico não deve ser utilizado quando há notas de rodapé.

36 Notas de referência São notas que indicam fontes consultadas. Notas de rodapé São constituídas por informações esclarecer alguma passagem do texto. Notas explicativas que visam São notas usadas para comentários, ou esclarecimentos que não cabem no texto.

37 A indicação da numeração pode ser feita entre parênteses, alinhada ao texto, ou situada pouco acima da linha do texto em expoente à linha do mesmo, após a pontuação que fecha a citação. Diz Rui Barbosa: Tudo é viver, previvendo. (15) Diz Rui Barbosa: Tudo é viver, previvendo. 15

38 NOTAS DE REFERÊNCIA A numeração desse tipo de nota é feita por algarismos arábicos, devendo ter numeração única e consecutiva para cada capítulo ou parte. Não se inicia a numeração a cada página. A primeira citação de uma obra, em nota de rodapé, deve ter sua referência completa. ¹FARIA, José Eduardo (Org.). Direitos humanos, direitos sociais e justiça. São Paulo: Malheiros, 1994.

39 EXPRESSÕES LATINAS USADAS NO SISTEMA NUMÉRICO Ibidem Abreviatura: Ibid. Significado: na mesma obra. Indica que a obra citada é a mesma da citação, imediatamente anterior, variando apenas a paginação. ²KOCH, 1996, p. 30. ³Ibid.,p. 18.

40 Idem Abreviatura: Id. Significado: do mesmo autor. A expressão substitui o nome do autor, indicando que a citação é referente a outra obra do autor citado. ²KOCH, 1996, p. 30. ³Id., 1994, p. 27.

41 Opus Citatum Abreviatura: op. cit: Significado: na obra citada. Indica que a citação é referente a obra do autor já citado no trabalho, sem ser a imediatamente anterior. ¹KOCH, 1996, p. 30. ²PIMENTA, 2004, p. 44. ³KOCH, op. cit., p. 27. O uso de op. cit. está condicionado ao aparecimento sequencialmente de autores diferentes.

42 Passim Abreviatura: não é utilizada. Significado: aqui e ali, em vários trechos ou passagens. É utilizado quando faz referência a diversas páginas de onde foram extraídas as idéias do autor, sem, no entanto, indicá-las. ²KOCH, 1996, passim.

43 Sequentia Abreviatura: et. seq. Significado: seguinte ou que se segue. Caso não queira mencionar todas as páginas citadas da obra referenciada, indica-se a primeira página, seguida da expressão. ²KOCH, 1996, p. 17 et. seq.

44 e) Loco citado no lugar citado loc. cit. ²TOMASELLI; PORTER, 1992, p ³TOMASELLI; PORTER, loc. cit.

Guia rápido ABNT NBR 10520:2002 Informação e documentação Citações em documentos

Guia rápido ABNT NBR 10520:2002 Informação e documentação Citações em documentos Guia rápido ABNT NBR 10520:2002 Informação e documentação Citações em documentos O que é uma citação? É a menção de uma informação extraída de outra fonte. TIPOS DE CITAÇÕES Citação direta Citação indireta

Leia mais

Guia para padronização de Citações:

Guia para padronização de Citações: BIBLIOTECA COMUNITÁRIA Guia para padronização de Citações: de acordo com NBR 10520/2002 São Carlos 2010 Guia para padronização de Citações As orientações abaixo são de acordo com a NBR 10520/2002 da Associação

Leia mais

CITAÇÃO FACULDADE CEARENSE NORMAS PARA USO DA CITAÇÃO NOS TRABALHOS DA FACULDADE CEARENSE

CITAÇÃO FACULDADE CEARENSE NORMAS PARA USO DA CITAÇÃO NOS TRABALHOS DA FACULDADE CEARENSE CITAÇÃO FACULDADE CEARENSE NORMAS PARA USO DA CITAÇÃO NOS TRABALHOS DA FACULDADE CEARENSE FORTALEZA 2011 1 FACULDADE CEARENSE CITAÇÃO SUMÁRIO Apresentação 3 Introdução 4 Regras Gerais de Apresentação 5

Leia mais

Orientação em Normalização Documentária

Orientação em Normalização Documentária Orientação em Normalização Documentária Apresentação de Citações em Documentos Maria Luzinete Euclides - Bibliotecária UNESP - Marília - 2005 ABNT/NBR 10520:2002- Citações em Documentos Esta Norma especifica

Leia mais

Manuais de Normalização SIB/UnP. Citações

Manuais de Normalização SIB/UnP. Citações Manuais de Normalização SIB/UnP Citações CONCEITO São informações retiradas de outras fontes mencionadas no texto para complementar as ideias do autor da pesquisa, embasando o assunto abordado, dando respaldo

Leia mais

CITAÇÕES. (Baseada no último pronunciamento da ABNT sobre o assunto - NBR 10520/2002)

CITAÇÕES. (Baseada no último pronunciamento da ABNT sobre o assunto - NBR 10520/2002) CITAÇÕES (Baseada no último pronunciamento da ABNT sobre o assunto - NBR 10520/2002) CITAÇÃO: É a menção, em um texto, de informação extraída de outra fonte (material e/ou documento) com o objetivo de

Leia mais

Citação em trabalhos acadêmicos:

Citação em trabalhos acadêmicos: Seção Técnica de Referência e Atendimento ao Usuário e Documentação STRAUD bibl-refere@marilia.unesp.br Citação em trabalhos acadêmicos: NBR 10520:2012 Maria Elisa V. Pickler Nicolino, Bibliotecária CRB8

Leia mais

as citações devem ser apresentadas conforme a norma NBR 10520/2002; citação: é a menção de uma informação extraída de alguma fonte.

as citações devem ser apresentadas conforme a norma NBR 10520/2002; citação: é a menção de uma informação extraída de alguma fonte. COMO FAZER CITAÇÕES? as citações devem ser apresentadas conforme a norma NBR 10520/2002; citação: é a menção de uma informação extraída de alguma fonte. REGRAS GERAIS DE APRESENTAÇÃO citação pelo sobrenome

Leia mais

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS CITAÇÕES E NOTAS DE RODAPÉ

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS CITAÇÕES E NOTAS DE RODAPÉ 1 UNIVERSIDADE POSITIVO NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS CITAÇÕES E NOTAS DE RODAPÉ CURITIBA 2012 2 UNIVERSIDADE POSITIVO Reitor José Pio Martins Pró-Reitor Administrativo Arno Antonio

Leia mais

MODELOS DE CITAÇÕES ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS, NBR 10520: Informação e documentação - Citações em documentos - Apresentação. Rio de janeiro, 2002. Profa.Dra. Walkiria Martinez Heinrich Ferrer

Leia mais

Envio de trabalhos. 1.3. Serão aceitos somente os trabalhos enviados para o correio eletrônico da revista (revistaaproximacao@gmail.com).

Envio de trabalhos. 1.3. Serão aceitos somente os trabalhos enviados para o correio eletrônico da revista (revistaaproximacao@gmail.com). Envio de trabalhos 1.1. Serão aceitos trabalhos na área de Filosofia, de alunos vinculados a cursos de graduação (não necessariamente em Filosofia). Aceitaremos também contribuições de pós-graduandos e

Leia mais

BIBLIOTECA COMUNITÁRIA. Guia para padronização de Citações: de acordo com NBR 10520/2002

BIBLIOTECA COMUNITÁRIA. Guia para padronização de Citações: de acordo com NBR 10520/2002 BIBLIOTECA COMUNITÁRIA Guia para padronização de Citações: de acordo com NBR 10520/2002 São Carlos 2012 Guia para padronização de Citações As orientações abaixo são de acordo com a NBR 10520/2002 da Associação

Leia mais

Normas da ABNT para referências bibliográficas

Normas da ABNT para referências bibliográficas 1) Grifos Normas da ABNT para referências bibliográficas " " (aspas): apenas para metáforas, transcrições e CITAÇÕES; negrito: somente para títulos de capítulos, tópicos, tabelas e gráficos; sublinhado:

Leia mais

Título do trabalho: subtítulo do trabalho

Título do trabalho: subtítulo do trabalho Título do trabalho: subtítulo do trabalho Resumo Este documento apresenta um modelo de formatação a ser utilizado em artigos e tem como objetivo esclarecer aos autores o formato a ser utilizado. Este documento

Leia mais

10ª SEMANA DE ESTUDOS ACADÊMICOS DA FAMA-FEMAR Out./2014 NORMAS GERAIS PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO ESCRITO

10ª SEMANA DE ESTUDOS ACADÊMICOS DA FAMA-FEMAR Out./2014 NORMAS GERAIS PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO ESCRITO 10ª SEMANA DE ESTUDOS ACADÊMICOS DA FAMA-FEMAR Out./2014 NORMAS GERAIS PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO ESCRITO Estas normas foram escritas para servir como instrumento de orientação e auxílio aos alunos no

Leia mais

REGRAS PARA APRESENTAÇÃO DE RELATÓRIO DE ESTÁGIO

REGRAS PARA APRESENTAÇÃO DE RELATÓRIO DE ESTÁGIO 1 REGRAS PARA APRESENTAÇÃO DE RELATÓRIO DE ESTÁGIO Os seguintes padrões atendem às exigências da FTC Feira de Santana, em conformidade com a NBR 14724:2002/2005 da Associação Brasileira de Normas Técnicas

Leia mais

Guia Como Utilizar As Normas da ABNT Saiba tudo sobre

Guia Como Utilizar As Normas da ABNT Saiba tudo sobre Guia Como Utilizar As Normas da ABNT Saiba tudo sobre Citação Biblioteca IFSP São João da Boa Vista Biblioteca Comunitária Wolgran Junqueira A Biblioteca foi feita para você! Definição Finalidade Tipos

Leia mais

NBR 10520:2002 APRESENTAÇÃO DE CITAÇÕES EM DOCUMENTOS

NBR 10520:2002 APRESENTAÇÃO DE CITAÇÕES EM DOCUMENTOS NBR 10520:2002 APRESENTAÇÃO DE CITAÇÕES EM DOCUMENTOS 1 OBJETIVO Esta Norma especifica as características exigíveis para apresentação de citações em documentos. 2 REFERÊNCIAS NORMATIVAS As normas relacionadas

Leia mais

O TÍTULO DO TRABALHO DEVERÁ SER EM FONTE TIPO ARIAL 12, NEGRITO, CENTRALIZADO, ESPAÇO SIMPLES (ESPAÇAMENTO DE 1,0) SEM PONTO FINAL

O TÍTULO DO TRABALHO DEVERÁ SER EM FONTE TIPO ARIAL 12, NEGRITO, CENTRALIZADO, ESPAÇO SIMPLES (ESPAÇAMENTO DE 1,0) SEM PONTO FINAL O TÍTULO DO TRABALHO DEVERÁ SER EM FONTE TIPO ARIAL 12, NEGRITO, CENTRALIZADO, ESPAÇO SIMPLES (ESPAÇAMENTO DE 1,0) SEM PONTO FINAL Nome do autor principal (sigla da instituição a que pertence, entre parênteses)

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA APRESENTAÇÃO E NORMALIZAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS CITAÇÃO (NBR 10520:2002)

PROCEDIMENTOS PARA APRESENTAÇÃO E NORMALIZAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS CITAÇÃO (NBR 10520:2002) PROCEDIMENTOS PARA APRESENTAÇÃO E NORMALIZAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS CITAÇÃO (NBR 10520:2002) utubro de 2011. UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA. Biblioteca Universitária. Programa de capacitação.

Leia mais

NORMAS PARA SUBMISSÃO DE RESUMO E ARTIGO COMPLETO

NORMAS PARA SUBMISSÃO DE RESUMO E ARTIGO COMPLETO NORMAS PARA SUBMISSÃO DE RESUMO E ARTIGO COMPLETO RESUMOS - Os resumos deverão ter no máximo 500 palavras. - A estrutura do resumo deverá conter, obrigatoriamente: problematização da pesquisa; objetivos;

Leia mais

REGRAS BÁSICAS PARA APRESENTAÇÃO FORMAL DE TRABALHOS

REGRAS BÁSICAS PARA APRESENTAÇÃO FORMAL DE TRABALHOS F A C UL DA DE DE P R E S I DE N T E V E N C E S L A U REGRAS BÁSICAS PARA APRESENTAÇÃO FORMAL DE TRABALHOS APRESENTAÇÃO GRÁFICA - CONFIGURAÇÃO DAS MARGENS Ir ao menu Arquivo, escolher a opção Configurar

Leia mais

REVISTA PARA RELATOS DE EXPERIÊNCIA E ARTIGOS DAS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS E EXTENSIONISTAS

REVISTA PARA RELATOS DE EXPERIÊNCIA E ARTIGOS DAS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS E EXTENSIONISTAS REVISTA PARA RELATOS DE EXPERIÊNCIA E ARTIGOS DAS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS E EXTENSIONISTAS INSTRUÇÕES AOS AUTORES 1 GERAIS: Originais: Os artigos e os relatos de experiência devem ser enviados exclusivamente

Leia mais

Escola de Administração Biblioteca. Normas para elaboração do TCC

Escola de Administração Biblioteca. Normas para elaboração do TCC Universidade Federal do Rio Grande do Sul Escola de Administração Biblioteca Normas para elaboração do TCC O que é um Trabalho de Conclusão de Curso? O TCC, é um trabalho acadêmico feito sob a coordenação

Leia mais

TÍTULO DO PROJETO NOME DO ALUNO MATRÍCULA

TÍTULO DO PROJETO NOME DO ALUNO MATRÍCULA CURSO DE DIREITO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TÍTULO DO PROJETO NOME DO ALUNO MATRÍCULA RIO DE JANEIRO MÊS - ANO NOME DO AUTOR DO PROJETO TÍTULO DO PROJETO Projeto de Pesquisa apresentado ao orientador

Leia mais

REGRAS PARA A PULICAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS NA REVISTA JURÍDICA DA AJUFESC

REGRAS PARA A PULICAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS NA REVISTA JURÍDICA DA AJUFESC REGRAS PARA A PULICAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS NA REVISTA JURÍDICA DA AJUFESC 1. O artigo deve apresentar enfoque INÉDITO e abordar tema relativo à Jurisdição Federal. O tema deve ser preferencialmente

Leia mais

BIBLIOTECA DE CIÊNCIAS JURÍDICAS. NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE DOCUMENTOS CIENTÍFICOS: CITAÇÕES E NOTAS DE RODAPÉ Aula 3

BIBLIOTECA DE CIÊNCIAS JURÍDICAS. NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE DOCUMENTOS CIENTÍFICOS: CITAÇÕES E NOTAS DE RODAPÉ Aula 3 BIBLIOTECA DE CIÊNCIAS JURÍDICAS NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE DOCUMENTOS CIENTÍFICOS: CITAÇÕES E NOTAS DE RODAPÉ Aula 3 Paula Carina de Araújo paulacarina@ufpr.br 2014 Citação ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS

Leia mais

NBR 10520. Informação e documentação - Citações em documentos - Apresentação. ABNT - Associação Brasileira de Normas Técnicas AGO 2002

NBR 10520. Informação e documentação - Citações em documentos - Apresentação. ABNT - Associação Brasileira de Normas Técnicas AGO 2002 AGO 2002 NBR 0520 ABNT - Associação Brasileira de Normas Técnicas Informação e documentação - Citações em documentos - Apresentação Sede: Rio de Janeiro Av. Treze de Maio, 3-28º andar CEP 20003-900 - Caixa

Leia mais

REGRAS BÁSICAS PARA APRESENTAÇÃO FORMAL DE TRABALHOS

REGRAS BÁSICAS PARA APRESENTAÇÃO FORMAL DE TRABALHOS REGRAS BÁSICAS PARA APRESENTAÇÃO FORMAL DE TRABALHOS Estas regras são aplicadas a todos os Trabalhos acadêmicos ou similares (trabalho de conclusão de curso (TCC), trabalho de graduação interdisciplinar,

Leia mais

Citações segundo ABNT

Citações segundo ABNT Norma de Citações Citações segundo ABNT De acordo com a ABNT, na NBR 10520 de agosto de 2002, citação é a menção de uma informação extraída de outra fonte. Esta Norma tem como objetivo especificar as características

Leia mais

Procedimentos para apresentação e normalização de trabalhos acadêmicos

Procedimentos para apresentação e normalização de trabalhos acadêmicos Procedimentos para apresentação e normalização de trabalhos acadêmicos Citação (NBR 10520:2002 Prof. Dr. Israel Nunes Alecrin - FMC / 2011 Citação Definição menção, no texto, de uma informação extraída

Leia mais

O título e subtítulo (quando houver) devem ser separados por dois pontos (:).

O título e subtítulo (quando houver) devem ser separados por dois pontos (:). VIII Jornada Ibmec de Iniciação Científica - 2013 Normas para submissão dos artigos Os autores devem ser cuidadosos com a apresentação técnica, com a sintaxe e a ortografia de seu texto, sob pena de recusa

Leia mais

MANUAL PARA CITAÇÕES BIBLIOGRÁFICAS

MANUAL PARA CITAÇÕES BIBLIOGRÁFICAS MANUAL PARA CITAÇÕES BIBLIOGRÁFICAS De acordo com a NBR 10520 da ABNT/set. 2002 Elaborado por Maria Regina Trevizan Baccarelli Bibliotecária CRB-8/7149 Jaguariúna 2009 SUMÁRIO 1 CITAÇÕES BIBLIOGRÁFICAS...

Leia mais

2- DETALHES SOBRE A ESTRUTURA DO RELATÓRIO A seguir estão orientações sobre como formatar as diversas partes que compõem o relatório.

2- DETALHES SOBRE A ESTRUTURA DO RELATÓRIO A seguir estão orientações sobre como formatar as diversas partes que compõem o relatório. 1 - ESTRUTURA DO RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO O relatório do Estágio Supervisionado de todos os cursos do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Minas Gerais Campus Formiga - irá mostrar

Leia mais

CITAÇÃO. (Segundo a ABNT - NBR 10520: 2002) DEFINIÇÃO. Menção de informação extraída de outra fonte.

CITAÇÃO. (Segundo a ABNT - NBR 10520: 2002) DEFINIÇÃO. Menção de informação extraída de outra fonte. CITAÇÃO (Segundo a ABNT - NBR 10520: 2002) DEFINIÇÃO Menção de informação extraída de outra fonte. CLASSIFICAÇÃO Classificação: Citação direta - Curta Transcrição textual de parte da obra do autor consultado.

Leia mais

ESTRUTURA DE UM TRABALHO MONOGRÁFICO (NBR 14724/2005)

ESTRUTURA DE UM TRABALHO MONOGRÁFICO (NBR 14724/2005) Errata Folha de Rosto Capa ESTRUTURA DE UM TRABALHO MONOGRÁFICO (NBR 14724/2005) Epígrafe Resumo L. estrangeira Resumo Agradecimentos Dedicatória Folha de Aprovação Anexos Apêndices Glossário Referências

Leia mais

ARTIGO EM PUBLICAÇÃO PERIÓDICA CIENTÍFICA IMPRESSA ABNT NBR 6022:2003

ARTIGO EM PUBLICAÇÃO PERIÓDICA CIENTÍFICA IMPRESSA ABNT NBR 6022:2003 ARTIGO EM PUBLICAÇÃO PERIÓDICA CIENTÍFICA IMPRESSA ABNT NBR 6022:2003 REFERÊNCIA NORMATIVA Documentos indispensáveis à aplicação deste documento ABNT NBR 6023 Referência Elaboração ABNT NBR 6024 Numeração

Leia mais

COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO

COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO 1 Modelo de Artigo de periódico baseado na NBR 6022, 2003. Título do artigo, centralizado. COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO Maria Bernardete Martins Alves * Susana Margaret de Arruda ** Nome do (s) autor

Leia mais

Lendo a introdução, o leitor deve sentir-se esclarecido a respeito do tema do trabalho como do raciocínio a ser desenvolvido.

Lendo a introdução, o leitor deve sentir-se esclarecido a respeito do tema do trabalho como do raciocínio a ser desenvolvido. RESUMO Elemento obrigatório, constituído de uma seqüência de frases concisas e objetivas e não de uma simples enumeração de tópicos, não ultrapassando 500 palavras, seguido, logo abaixo, das palavras representativas

Leia mais

AU A L U A A 6 REDAÇÃ Ç O C IENTÍFICA

AU A L U A A 6 REDAÇÃ Ç O C IENTÍFICA REDAÇÃO CIENTÍFICA AULA 6 Conteúdo principal para uma dissertação Elementos pré-textuais; Elementos textuais; Elementos pós-textuais. Elementos pré-textuais de uma dissertação Capa; Folha de rosto; Ficha

Leia mais

1 Manual de elaboração de trabalho acadêmico

1 Manual de elaboração de trabalho acadêmico 1 Manual de elaboração de trabalho acadêmico Normas de apresentação dos Trabalhos de Conclusão de Curso, segundo os padrões da ABNT e adotadas pela Faculdade do Povo. ELEMENTOS ESTRUTURAIS DE UMA MONOGRAFIA

Leia mais

UNIVERSIDADE POSITIVO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO AMBIENTAL (PGAMB)

UNIVERSIDADE POSITIVO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO AMBIENTAL (PGAMB) UNIVERSIDADE POSITIVO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO AMBIENTAL (PGAMB) REGRAS GERAIS PARA ELABORAÇÃO DE PROPOSTA DE PROJETO DE TESE DE DOUTORADO Formato Papel branco ou reciclado; impressão em frente

Leia mais

Guia rápido de citação e referência

Guia rápido de citação e referência Guia rápido de citação e referência Para o desenvolvimento desse guia foram utilizadas as seguintes normas: ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 6023: informação e documentação: referências: elaboração.

Leia mais

RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO

RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO 1,5 espacejamento entre as linhas CURSO xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx 2 espaços 1,5 Fonte 14 Nome do Estagiário Fonte 14 RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO Fonte 16 COLOCADO NO CENTRO DA FOLHA BAMBUÍ ANO Fonte

Leia mais

universia.com.br/materia/img/tutoriais/ /01.jsp 1/1

universia.com.br/materia/img/tutoriais/ /01.jsp 1/1 5/12/2008 Monografias - Apresentação Fazer um trabalho acadêmico exige muito de qualquer pesquisador ou estudante. Além de todo esforço em torno do tema do trabalho, é fundamental ainda, adequá-lo às normas

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE INGRESSO E VITALICIAMENTO DOS NOVOS MEMBROS DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO CEARÁ

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE INGRESSO E VITALICIAMENTO DOS NOVOS MEMBROS DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO CEARÁ GESTÃO2010/2012 ESCOLASUPERIORDOMINISTÉRIOPÚBLICO(Art.1ºdaLei11.592/89) Credenciada pelo Parecer 559/2008, de 10/12/08, do CEC (Art. 10, IV da Lei Federal n.º 9.394, de 26/12/1996 - LDB) NORMAS PARA ELABORAÇÃO

Leia mais

Apresentação de Trabalhos Acadêmicos ABNT

Apresentação de Trabalhos Acadêmicos ABNT Apresentação de Trabalhos Acadêmicos ABNT Editoração do Trabalho Acadêmico 1 Formato 1.1. Os trabalhos devem ser digitados em papel A-4 (210 X297 mm) apenas no anverso (frente) da folha. 2 Tipo e tamanho

Leia mais

NORMAS DA ABNT PARA TRABALHOS ACADÊMICOS

NORMAS DA ABNT PARA TRABALHOS ACADÊMICOS NORMAS DA ABNT PARA TRABALHOS ACADÊMICOS O texto a seguir tratará das seguintes normalizações: A. NBR 14724:2001 Informação e documentação - Trabalhos acadêmicos - Apresentação Informações pré-textuais

Leia mais

NORMAS PARA PUBLICAÇÃO NA RECeT POLÍTICA EDITORIAL

NORMAS PARA PUBLICAÇÃO NA RECeT POLÍTICA EDITORIAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SÃO PAULO CAMPUS PRESIDENTE EPITÁCIO CNPJ 10.882.594/0001-65 Al. José Ramos Júnior, 27-50, Jardim Tropical Presidente Epitácio

Leia mais

COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO

COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO 1 Modelo de Artigo de periódico baseado na NBR 6022, 2003. Título do artigo, centralizado. COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO Andersown Becher Paes de Barros * Ideraldo Bonafé ** RESUMO Este trabalho apresenta

Leia mais

Elaborado pelo Coordenador do curso de Gestão Empresarial Prof. Ms. Ricardo Resende Dias e pela professora Profª Drª Silvana de Brito Arrais Dias.

Elaborado pelo Coordenador do curso de Gestão Empresarial Prof. Ms. Ricardo Resende Dias e pela professora Profª Drª Silvana de Brito Arrais Dias. Elaborado pelo Coordenador do curso de Gestão Empresarial Prof. Ms. Ricardo Resende Dias e pela professora Profª Drª Silvana de Brito Arrais Dias. Goiânia, 2010 SUMÁRIO SUMÁRIO...2 1. INTRODUÇÃO...3 1.1-

Leia mais

MODELO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA

MODELO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA MODELO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA Araranguá MÊS /ANO 2 SUMÁRIO 1- INTRODUÇÃO...3 2- OBJETIVOS...4 3- JUSTIFICATIVA...5 4- REVISÃO TEÓRICA...6 5- METODOLOGIA...7 6- CRONOGRAMA...8 7- BIBLIOGRAFIA...9

Leia mais

PROJETO DE PESQUISA ABNT NBR 15287:2011. Especifica os princípios gerais para a elaboração de projetos de pesquisa

PROJETO DE PESQUISA ABNT NBR 15287:2011. Especifica os princípios gerais para a elaboração de projetos de pesquisa PROJETO DE PESQUISA ABNT NBR 15287:2011 Especifica os princípios gerais para a elaboração de projetos de pesquisa REFERÊNCIA NORMATIVA Documentos indispensáveis à aplicação deste documento ABNT NBR 6023

Leia mais

TRABALHO DE GRADUAÇÃO

TRABALHO DE GRADUAÇÃO TRABALHO DE GRADUAÇÃO NORMAS PARA REFERÊNCIAS ABNT NBR 6023/2002 NORMAS PARA CITAÇÕES ABNT NBR 10520/2002 2 REFERÊNCIAS ABNT NBR 6023/AGO/2002 PARA LIVROS O último sobrenome do autor com todas as letras

Leia mais

NORMAS PARA SUBMISSÃO DE ARTIGOS PARA O PERIÓDICO ELETRÔNICO FaSCi-Tech DA FATEC-SÃO CAETANO DO SUL

NORMAS PARA SUBMISSÃO DE ARTIGOS PARA O PERIÓDICO ELETRÔNICO FaSCi-Tech DA FATEC-SÃO CAETANO DO SUL NORMAS PARA SUBMISSÃO DE ARTIGOS PARA O PERIÓDICO ELETRÔNICO FaSCi-Tech DA FATEC-SÃO CAETANO DO SUL 1. O artigo deverá ser enviado sem a identificação do(s) autor(es). Esta identificação deverá ser feita

Leia mais

PALAVRAS-CHAVE: normatização; submissão de trabalhos; Revista Síntese; Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro TCE-RJ.

PALAVRAS-CHAVE: normatização; submissão de trabalhos; Revista Síntese; Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro TCE-RJ. NORMAS PARA SUBMISSÃO DE TRABALHOS À REVISTA SÍNTESE: principais regras de formatação Flávia Andréa de Albuquerque Melo (Analista da CGA/SGA no TCE-RJ; mestre em Letras Clássicas pela UFRJ) Renata de Oliveira

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ - Unioeste PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS - PPGCA

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ - Unioeste PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS - PPGCA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ - Unioeste PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS - PPGCA Normas para elaboração de Dissertações do Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais MODELO

Leia mais

AJES FACULDADE DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS E ADMINISTRAÇÀO DO VALE DO JURUENA E AJES - INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DO VALE DO JURUENA

AJES FACULDADE DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS E ADMINISTRAÇÀO DO VALE DO JURUENA E AJES - INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DO VALE DO JURUENA AJES FACULDADE DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS E ADMINISTRAÇÀO DO VALE DO JURUENA E AJES - INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DO VALE DO JURUENA NORMAS DE APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS JUINA/MT JULHO/2009 SUMÁRIO Introdução...

Leia mais

REVISTA DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS / FAeCC / UFMT. NORMAS DE APRESENTAÇÃO DO ARTIGO CIENTÍFICO PARA A RCiC

REVISTA DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS / FAeCC / UFMT. NORMAS DE APRESENTAÇÃO DO ARTIGO CIENTÍFICO PARA A RCiC NORMAS DE APRESENTAÇÃO DO ARTIGO CIENTÍFICO PARA A 1 ARTIGO É o trabalho acadêmico que apresenta resultado de uma pesquisa, submetido ao exame de um corpo Editorial, que analisa as informações, os métodos

Leia mais

SEMINÁRIO . ORGANIZAÇÃO DO SEMINÁRIO.

SEMINÁRIO . ORGANIZAÇÃO DO SEMINÁRIO. SEMINÁRIO Seminário é um grupo de pessoas que se reúnem com o propósito de estudar um tema sob a direção de um professor ou autoridade na matéria. O nome desta técnica vem da palavra semente, indicando

Leia mais

Segundo a ABNT-NBR 6023:2002

Segundo a ABNT-NBR 6023:2002 METODOLOGIA CIENTÍFICA APLICADA A ANÁLISE AMBIENTAL PROJETO DE PESQUISA ELABORAÇÃO MONOGRAFIA DE CITAÇÕES REFERÊNCIAS NO TEXTO REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA ESTRUTURA DO DOCUMENTO 1 Segundo a ABNT-NBR 6023:2002

Leia mais

BIBLIOTECA COMUNITÁRIA. Guia para elaboração de Referências: de acordo com NBR 6023/2002

BIBLIOTECA COMUNITÁRIA. Guia para elaboração de Referências: de acordo com NBR 6023/2002 BIBLIOTECA COMUNITÁRIA Guia para elaboração de Referências: de acordo com NBR 6023/2002 São Carlos 2012 Guia para elaboração de Referências As orientações abaixo são de acordo com a NBR 6023/2002 da Associação

Leia mais

Guia para elaboração de Referências:

Guia para elaboração de Referências: BIBLIOTECA COMUNITÁRIA Guia para elaboração de Referências: de acordo com NBR 6023/2002 São Carlos 2010 Guia para elaboração de Referências As orientações abaixo são de acordo com a NBR 6023/2002 da Associação

Leia mais

FAJ FACULDADE DE JUSSARA COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (Artigo Científico) Instruções aos autores e orientadores

FAJ FACULDADE DE JUSSARA COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (Artigo Científico) Instruções aos autores e orientadores FAJ FACULDADE DE JUSSARA COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (Artigo Científico) Instruções aos autores e orientadores ESTRUTURA DO ARTIGO 1. Recomenda-se a utilização do processador

Leia mais

METODOLOGIA CIENTÍFICA APLICADA A ANÁLISE AMBIENTAL PROJETO DE PESQUISA REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA ESTRUTURA DO DOCUMENTO

METODOLOGIA CIENTÍFICA APLICADA A ANÁLISE AMBIENTAL PROJETO DE PESQUISA REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA ESTRUTURA DO DOCUMENTO METODOLOGIA CIENTÍFICA APLICADA A ANÁLISE AMBIENTAL PROJETO DE PESQUISA NORMAS MONOGRAFIA CITAÇÕES CITAÇÕES NO TEXTO (cont) REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA ESTRUTURA DO DOCUMENTO 1 C I T A Ç Ã O I N D I R E T

Leia mais

RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO

RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO 1,5 espaçamento entre as linhas CURSO xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx Nome do Estagiário 2 espaços 1,5 Fonte 14 Fonte 14 RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO Fonte 16 COLOCADO NO CENTRO DA FOLHA LOCAL ANO Fonte

Leia mais

Procedimentos para apresentação e normalização de trabalhos acadêmicos

Procedimentos para apresentação e normalização de trabalhos acadêmicos Procedimentos para apresentação e normalização de trabalhos acadêmicos Maria Bernardete Martins Alves Marili I. Lopes Procedimentos para apresentação e normalização de trabalhos acadêmicos Módulo 3 Apresentação

Leia mais

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE MONOGRAFIA

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE MONOGRAFIA ANEXO da Norma 004/2008 CCQ Rev 1, 28/09/2009 UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA INSTITUTO DE QUÍMICA CURSO DE GRADUAÇÃO EM QUÍMICA Salvador 2009 2 1 Objetivo Estabelecer parâmetros para a apresentação gráfica

Leia mais

CONDIÇÕES PARA SUBMISSÃO NORMAS PARA PUBLICAÇÃO

CONDIÇÕES PARA SUBMISSÃO NORMAS PARA PUBLICAÇÃO CONDIÇÕES PARA SUBMISSÃO NORMAS PARA PUBLICAÇÃO Todas as contribuições destinadas à Revista Interface Tecnológica devem estar rigorosamente baseadas nas regras da ABNT (Associação Brasileira de Normas

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIAS 2013

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIAS 2013 NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIAS 2013 Jaciara-MT COMPOSIÇÃO DA MONOGRAFIA MONOGRAFIA Recebe nº página CAPA FOLHA DE ROSTO FOLHA DE APROVAÇÃO DEDICATÓRIA (OPCIONAL) AGRADECIMENTO (OPCIONAL) EPIGRAFE

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA - UFSC CENTRO DE XXXX - XXX. Joana Carla Felicio

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA - UFSC CENTRO DE XXXX - XXX. Joana Carla Felicio Modelo de Trabalho acadêmico baseado na NBR 14724, 2005. UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA - UFSC CENTRO DE XXXX - XXX Joana Carla Felicio Nome do (s) autor (s). Se tiver mais de um autor, inserir

Leia mais

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DOS TEXTOS COMPLETOS Luciane de Paula (Presidente da Comissão Editorial)

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DOS TEXTOS COMPLETOS Luciane de Paula (Presidente da Comissão Editorial) NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DOS TEXTOS COMPLETOS Luciane de Paula (Presidente da Comissão Editorial) Informações gerais A Revista de Estudos Discursivos, gerada a partir das comunicações apresentadas no interior

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO

NORMAS PARA ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO NORMAS PARA ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO Rosangela Alves de Oliveira * Nome do (s) autor (s) RESUMO Este trabalho estabelece as orientações para apresentação de um artigo científico. Todas as informações

Leia mais

REVISTA DO CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO DAS FACULDADES INTEGRADAS DOS CAMPOS GERAIS CESCAGE

REVISTA DO CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO DAS FACULDADES INTEGRADAS DOS CAMPOS GERAIS CESCAGE REVISTA DO CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO DAS FACULDADES INTEGRADAS DOS CAMPOS GERAIS CESCAGE INSTRUÇÕES AOS AUTORES 1 GERAIS: Originais: Artigos, resenhas, análises jurisprudenciais devem ser enviados

Leia mais

NORMAS PARA REDAÇÃO E IMPRESSÃO DE DISSERTAÇÕES E TESES DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM AGRONOMIA ÁREA DE CONCENTRAÇÃO EM PRODUÇÃO VEGETAL

NORMAS PARA REDAÇÃO E IMPRESSÃO DE DISSERTAÇÕES E TESES DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM AGRONOMIA ÁREA DE CONCENTRAÇÃO EM PRODUÇÃO VEGETAL NORMAS PARA REDAÇÃO E IMPRESSÃO DE DISSERTAÇÕES E TESES DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM AGRONOMIA ÁREA DE CONCENTRAÇÃO EM PRODUÇÃO VEGETAL AQUIDAUANA MS 2009 1. PAPEL E PROCESSO DE MULTIPLICAÇÃO O papel

Leia mais

COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO

COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO Modelo de Artigo de periódico baseado na NBR 6022, 2003. Título do artigo, centralizado. COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO Maria Bernardete Martins Alves * Susana Margaret de Arruda ** Nome do (s) autor

Leia mais

B I B L I O T E C A. CITAÇÕES BIBLIOGRÁFICAS EM TRABLAHOS ACADÊMICOS DE ACORDO COM NBR 10520/2002 DA ABNT: manual

B I B L I O T E C A. CITAÇÕES BIBLIOGRÁFICAS EM TRABLAHOS ACADÊMICOS DE ACORDO COM NBR 10520/2002 DA ABNT: manual UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS FACULDADE DE ENGENHARIA DE ALIMENTOS B I B L I O T E C A CITAÇÕES BIBLIOGRÁFICAS EM TRABLAHOS ACADÊMICOS DE ACORDO COM NBR 10520/2002 DA ABNT: manual Versão 1.0 Campinas

Leia mais

ESTRUTURA E APRESENTAÇÃO DO PROJETO/ARTIGO 1. O PROJETO DE PESQUISA

ESTRUTURA E APRESENTAÇÃO DO PROJETO/ARTIGO 1. O PROJETO DE PESQUISA ESTRUTURA E APRESENTAÇÃO DO PROJETO/ARTIGO 1. O PROJETO DE PESQUISA A primeira etapa para a organização do TCC nos cursos de pós-graduação lato sensu a distância consiste na elaboração do projeto de pesquisa,

Leia mais

ESTRUTURA DO TIID 2010

ESTRUTURA DO TIID 2010 ESTRUTURA DO TIID 2010 7. Anexos c 7. A ficha de entrevista, agora com as respostas, deve ser apresentada como anexo, após as referências bibliográficas. 6. Referências Bibliográficas 6. As referências

Leia mais

Pré-texto. Texto. Pós-texto. Estrutura do Trabalho Final de Curso. A estrutura do Trabalho Final de Curso compreende: pré-texto, texto e pós-texto.

Pré-texto. Texto. Pós-texto. Estrutura do Trabalho Final de Curso. A estrutura do Trabalho Final de Curso compreende: pré-texto, texto e pós-texto. Estrutura do Trabalho Final de Curso A estrutura do Trabalho Final de Curso compreende: pré-texto, texto e pós-texto. Pré-texto Capa Folha de Rosto Dedicatória Agradecimentos Epígrafe Resumo Sumário Texto

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÕES PARA NORMATIZAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS E TÉCNICO-CIENTÍFICOS DA CATÓLICA DE SANTA CATARINA

MANUAL DE ORIENTAÇÕES PARA NORMATIZAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS E TÉCNICO-CIENTÍFICOS DA CATÓLICA DE SANTA CATARINA CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA MANUAL DE ORIENTAÇÕES PARA NORMATIZAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS E TÉCNICO-CIENTÍFICOS DA CATÓLICA DE SANTA CATARINA JARAGUÁ DO SUL 2011 1 MANUAL DE ORIENTAÇÕES

Leia mais

Modelos de Citações Bibliográficas e Referências

Modelos de Citações Bibliográficas e Referências Modelos de Citações Bibliográficas e Referências Os exemplos aqui contidos foram retirados do livro Trabalhos Acadêmicos: da concepção à apresentação *, obra de autoria de conceituadas docentes da URI.

Leia mais

1 - Sobre o I CONGRESSO HISPANO-BRASILEIRO DE DIREITO EMPRESARIAL: REGULAÇÃO JURÍDICA E INTERVENÇÃO DO ESTADO NA ATIVIDADE EMPRESARIAL

1 - Sobre o I CONGRESSO HISPANO-BRASILEIRO DE DIREITO EMPRESARIAL: REGULAÇÃO JURÍDICA E INTERVENÇÃO DO ESTADO NA ATIVIDADE EMPRESARIAL EDITAL DE CHAMADA DE ARTIGOS PARA PARTICIPAÇÃO NO I CONGRESSO HISPANO-BRASILEIRO DE DIREITO EMPRESARIAL: REGULAÇÃO JURÍDICA E INTERVENÇÃO DO ESTADO NA ATIVIDADE EMPRESARIAL 1 - Sobre o I CONGRESSO HISPANO-BRASILEIRO

Leia mais

Checklist da Estrutura de Monografia, Tese ou Dissertação na MDT UFSM 2010

Checklist da Estrutura de Monografia, Tese ou Dissertação na MDT UFSM 2010 1 Checklist da Estrutura de Monografia, Tese ou Dissertação na MDT UFSM 2010 Pré-textuais Textuais Pós-textuais Estrutura Elemento OK Capa (obrigatório) Anexo A (2.1.1) Lombada (obrigatório) Anexo H Folha

Leia mais

VI SEMANA ACADÊMICA INTEGRADA dos cursos de Administração, Enfermagem e Psicologia 21 a 24 de outubro de 2014

VI SEMANA ACADÊMICA INTEGRADA dos cursos de Administração, Enfermagem e Psicologia 21 a 24 de outubro de 2014 VI SEMANA ACADÊMICA INTEGRADA dos cursos de Administração, Enfermagem e Psicologia 21 a 24 de outubro de 2014 NORMAS PARA ENVIO E APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS Os trabalhos a serem submetidos a

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS 2013

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS 2013 NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS 2013 Jaciara-MT 2013 REGRAS GERAIS DE APRESENTAÇÃO FORMATO Os trabalhos acadêmicos devem ser em conformidade com os apontamentos a seguir. Papel branco, Formato A4 (21

Leia mais

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA Considera-se projeto de pesquisa um plano ou uma orientação metódica acerca dos passos que devem ser executados na pesquisa de forma concreta, atendendo a

Leia mais

DE ARTIGO CIENTÍFICO

DE ARTIGO CIENTÍFICO CURSOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL, TURISMO, DIREITO E PÓS-GRADUAÇÃO Maria Paulina Gomes Maria Paulina Gomes Manual elaborado para orientar os alunos que estão realizando a disciplina Trabalho de Conclusão

Leia mais

Este manual visa orientar a padronização dos relatórios de estágio. Brasileira de Normas Técnicas - (ABNT), ensaiando-os e

Este manual visa orientar a padronização dos relatórios de estágio. Brasileira de Normas Técnicas - (ABNT), ensaiando-os e COMO FAZER O RELATÓRIO DE ESTÁGIO APRESENTAÇÃO Este manual visa orientar a padronização dos relatórios de estágio feitos pelos alunos do Colégio Agrícola Estadual Adroaldo Augusto Colombo, de acordo com

Leia mais

Departamento Nacional de Pós Graduação e Atualização

Departamento Nacional de Pós Graduação e Atualização Regras para a Elaboração do Pré-projeto e Artigo Científico dos cursos de Pós-Graduação Lato Sensu da Faculdade Redentor Elaborado por: Prof. M.Sc. André Raeli Gomes Prof.ª M.Sc. Cilene Carla Saroba Vieira

Leia mais

4 ESTRUTURA E APRESENTAÇÃO DE ARTIGO CIENTÍFICO

4 ESTRUTURA E APRESENTAÇÃO DE ARTIGO CIENTÍFICO 4 ESTRUTURA E APRESENTAÇÃO DE ARTIGO CIENTÍFICO Este capítulo visa a orientar a elaboração de artigos científicos para os cursos de graduação e de pós-graduação da FSG. Conforme a NBR 6022 (2003, p. 2),

Leia mais

TÍTULO DO PROJETO [colocar o título em caixa alta, Arial 14, centralizado, em negrito]

TÍTULO DO PROJETO [colocar o título em caixa alta, Arial 14, centralizado, em negrito] UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E ARTES CURSO DE PEDAGOGIA [Arial 12] NOME COMPLETO DO ALUNO [obs: nome completo em caixa alta, centralizado, sem negrito, Arial 12]

Leia mais

REGRAS GERAIS PARA APRESENTAÇÃO/FORMATAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS. Prof. Dr. Luiz Carlos dos Santos

REGRAS GERAIS PARA APRESENTAÇÃO/FORMATAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS. Prof. Dr. Luiz Carlos dos Santos REGRAS GERAIS PARA APRESENTAÇÃO/FORMATAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS Todo trabalho acadêmico deve ser elaborado segundo parâmetros determinados pela Associação Brasileira de Normas Técnicas - ABNT. Assim,

Leia mais

REGRAS PARA SUBMISSÃO DE TRABALHOS

REGRAS PARA SUBMISSÃO DE TRABALHOS REGRAS PARA SUBMISSÃO DE TRABALHOS A Revista Ius Gentium é uma publicação anual do Curso de Direito (graduação e pós-graduação) da Faculdade Internacional de Curitiba, que visa: propiciar à comunidade

Leia mais

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE FERNANDÓPOLIS FACULDADES INTEGRADAS DE FERNANDÓPOLIS NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGOS

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE FERNANDÓPOLIS FACULDADES INTEGRADAS DE FERNANDÓPOLIS NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGOS FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE FERNANDÓPOLIS FACULDADES INTEGRADAS DE FERNANDÓPOLIS NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGOS APRESENTAÇÃO... 4 PARTE A... 5 1 TIPOS DE ARTIGOS E AS PARTES CONSTITUINTES... 5 1.1 ARTIGOS

Leia mais

- TCC A/B - ORIENTAÇÕES PARA ESTRUTURAÇÃO E FORMATAÇÃO (Versão 1.3 Agosto de 2008)

- TCC A/B - ORIENTAÇÕES PARA ESTRUTURAÇÃO E FORMATAÇÃO (Versão 1.3 Agosto de 2008) Faculdade Dom Bosco de Porto Alegre Curso de Sistemas de Informação Trabalho de Conclusão de Curso Prof. Dr. Luís Fernando Garcia - TCC A/B - ORIENTAÇÕES PARA ESTRUTURAÇÃO E FORMATAÇÃO (Versão 1.3 Agosto

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÕES SOBRE ANÁLISE DE PLÁGIO. Manual de orientações sobre análise de plágio

MANUAL DE ORIENTAÇÕES SOBRE ANÁLISE DE PLÁGIO. Manual de orientações sobre análise de plágio MANUAL DE ORIENTAÇÕES SOBRE ANÁLISE DE PLÁGIO 1 Manual de orientações sobre análise de plágio Entenda O que é plágio? Conheça suas implicações Verifique seus arquivos Cite as referências Entenda o que

Leia mais

ASSOCIAÇÃO CULTURAL E EDUCACIONAL DE GARÇA - ACEG

ASSOCIAÇÃO CULTURAL E EDUCACIONAL DE GARÇA - ACEG MANUAL COM AS NORMAS INSTITUCIONAIS DAS FACULDADES MANTIDAS PELA ACEG PARA ELABORAÇÃO E APRESENTAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS DESTINADOS AO XVI SIMPÓSIO DE CIÊNCIAS APLICADAS DA FAEF SUMÁRIO ASSUNTOS Pgs.

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA MESTRADO EM SAÚDE PÚBLICA NORMAS PARA ELABORAÇÃO DA DISSERTAÇÃO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA MESTRADO EM SAÚDE PÚBLICA NORMAS PARA ELABORAÇÃO DA DISSERTAÇÃO UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA MESTRADO EM SAÚDE PÚBLICA NORMAS PARA ELABORAÇÃO DA DISSERTAÇÃO CAMPINA GRANDE 2015 1 DISSERTAÇÃO A defesa pública da dissertação

Leia mais

ABNT NBR 15287 NORMA BRASILEIRA. Informação e documentação Projeto de pesquisa Apresentação

ABNT NBR 15287 NORMA BRASILEIRA. Informação e documentação Projeto de pesquisa Apresentação NORMA BRASILEIRA ABNT NBR 15287 Primeira edição 30.12.2005 Válida a partir de 30.01.2006 Informação e documentação Projeto de pesquisa Apresentação Information and documentation Research project Presentation

Leia mais