REGULAMENTO GERAL DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE CRISTO REI

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "REGULAMENTO GERAL DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE CRISTO REI"

Transcrição

1 REGULAMENTO GERAL DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE CRISTO REI 1

2 APRESENTAÇÃO O Presente Regulamento visa esclarecer ao acadêmico, a estrutura e o funcionamento das Atividades Complementares previstas em Matriz Curricular dos Cursos de Graduação da Faculdade Cristo Rei e o modo de desenvolvimento das mesmas. As Atividades Complementares são componentes curriculares obrigatórios, desenvolvidos por intermédio dos programas e projetos de Ensino, Pesquisa e Extensão, realizados dentro e fora da Instituição de Ensino, com carga horária definida em matriz curricular de cada Curso de Graduação da Faculdade Cristo Rei. As Atividades Complementares possibilitam o reconhecimento, por avaliação, de habilidades, conhecimentos e competências do acadêmico, incluindo a prática de estudos e atividades independentes, transversais, opcionais, de interdisciplinaridade, especialmente nas relações com o mundo do trabalho e com as ações de extensão junto à comunidade. As Atividades Complementares são práticas acadêmicas obrigatórias que enriquecem a formação do acadêmico, sendo o seu cumprimento indispensável para a obtenção do grau correspondente, atendendo às Diretrizes Curriculares Nacionais de cada Curso de Graduação estabelecidas pelo Ministério da Educação. Sua realização depende exclusivamente da iniciativa do acadêmico. As Atividades Complementares possibilitam o aproveitamento de conhecimentos adquiridos pelo acadêmico em atividades curriculares e extracurriculares, de interesse para sua formação profissional e pessoal. Elas são um importante instrumento de enriquecimento do perfil do egresso. 2

3 As Atividades Complementares são integradas por diversos tipos de atividades e estudos. É importante ressaltar que as disciplinas curriculares, os estágios supervisionados obrigatórios e os trabalhos de conclusão de curso não podem ser considerados como Atividades Complementares. As Atividades Complementares são um requisito indispensável à colação de grau dos acadêmicos dos Cursos de Graduação da Faculdade Cristo Rei. Sua integralização deve acontecer ao longo do curso de graduação e elas devem obrigatoriamente constar no histórico escolar do acadêmico. 3

4 SUMÁRIO CAPÍTULO I...5 Das Disposições Gerais... 5 CAPÍTULO II...5 Das Atividades Complementares... 5 CAPÍTULO III...9 Da Oferta... 9 CAPÍTULO IV...9 Da Inscrição... 9 CAPÍTULO V...9 Das Competências... 9 CAPÍTULO VI...10 Das Atribuições SEÇÃO I Do Coordenador de Curso Do Acadêmico CAPÍTULO VII...12 Do Registro CAPÍTULO VIII...13 Das Disposições Transitórias CAPÍTULO IX...13 Das Disposições Finais ANEXO I TABELA INSTITUCIONAL DAS ATIVIDADES CONSIDERADAS COMPLEMENTARES

5 CAPÍTULO I Das Disposições Gerais Art. 1º O presente Regulamento disciplina a oferta, o funcionamento e o registro acadêmico das Atividades Complementares nos Cursos de Graduação da Faculdade Cristo Rei de Cornélio Procópio - FACCREI. CAPÍTULO II Das Atividades Complementares Art. 2º Entende-se por Atividades Complementares as atividades extracurriculares que possibilitam ao Acadêmico adquirir conhecimentos de interesse para sua formação pessoal e profissional, reconhecidos por meio de avaliação e que constituem um meio de ampliação de seu currículo, com experiências e vivências acadêmicas internas e/ou externas ao Curso. Parágrafo Único - São consideradas apenas as atividades que não fazem parte das disciplinas curriculares, trabalho de conclusão de curso e estágio supervisionado obrigatório e que tenham relação com a área de conhecimento de cada Curso. Art. 3º As Atividades Complementares integram o currículo pleno de cada Curso, constituindo-se em elemento indispensável para obtenção do grau correspondente, conforme legislação vigente, abrangendo a carga horária determinada pelo Projeto Político-Pedagógico e Matriz Curricular de cada Curso de Graduação da Faculdade Cristo Rei. Parágrafo Único - As atividades extracurriculares que o Acadêmico já tenha realizado, anteriormente ao seu ingresso na Faculdade Cristo Rei - FACCREI, e que tenham contribuído de forma relevante para sua formação pessoal e profissional, poderão ser submetidas à análise da Coordenação de Curso com o objetivo de serem computadas na sua carga horária no curso. 5

6 Art. 4º As Atividades Complementares têm a finalidade de enriquecer o processo ensino-aprendizagem, privilegiando: I A complementação da formação social e profissional; II As atividades de disseminação de conhecimentos e prestação de serviços; III As atividades de assistência acadêmica e de iniciação científica e tecnológica; IV As atividades desenvolvidas no âmbito de programas de difusão cultural. Art. 5º São consideradas atividades e/ou estudos que podem ser validados como Atividades Complementares: 1 - Atividades de Pesquisa Serão consideradas como Atividades Complementares as atividades de Pesquisa, descritas abaixo, realizadas sob orientação do docente, devidamente aprovadas pelo Coordenador do Curso: I participação em projetos de iniciação científica da instituição; II trabalhos desenvolvidos pelos alunos, sob orientação docente, apresentados na instituição ou externamente, em atividades extra-sala de aula e extra disciplina específica, em eventos científicos ou seminários; III trabalhos desenvolvidos pelos alunos, sob orientação docente, apresentados em eventos científicos e seminários internos ou externos, publicados em anais; IV trabalhos científicos publicados em periódicos científicos; V livros ou capítulos de livros publicados. 2 - Atividades de Extensão Serão consideradas como Atividades Complementares as atividades de Extensão, descritas abaixo, realizadas sob orientação do docente, devidamente aprovadas pelo Coordenador do Curso: I - participação em eventos promovidos pela instituição; II - organização de eventos promovidos pela instituição; III - participação em eventos externos à instituição; 6

7 IV - organização de eventos externos à instituição; V - participação em programas como: Escola Solidária, Amigos da Escola ou afins; VI - participação em atividades voluntárias; VII - participação em campanhas comunitárias; VIII - participação em programas de intercâmbio institucional, nacional e/ou internacional; IX - participação em projetos relacionados aos Núcleos de Práticas Acadêmicas dos Cursos de Graduação da Instituição; X - participação em projetos relacionados às publicações, como Jornais da instituição, Periódicos e Revistas da Instituição; XI - participação em projetos do curso, do diretório ou do centro acadêmico; XII - publicação em jornais, revistas, etc.; XIII - visitas técnicas; XIV - viagens técnicas; XV - outras atividades de extensão não previstas neste regulamento, que estejam relacionadas com projeto pedagógico do curso, e que sejam aprovadas pelo Coordenador do Curso e demais Conselhos Competentes. 3 - Atividades de Ensino e Monitoria As atividades de Ensino e monitoria de disciplinas do currículo do curso são consideradas como Atividades Complementares, obedecendo ao disposto em Regulamento Próprio para este fim. 4 - Estágios não obrigatórios Estágios não obrigatórios, desenvolvidos mediante a assinatura do termo de compromisso e com supervisão docente são considerados como Atividades Complementares. 7

8 5 - Eventos Científicos ou Culturais Eventos científicos ou culturais tais como: congressos, encontros, simpósios, seminários, conferências e similares serão computados como Atividades Complementares os seguintes itens: I participação em eventos científicos ou culturais promovidos pela instituição; II participação em eventos científicos ou culturais externos à instituição; III participação como organizador ou apresentador de trabalhos em eventos científicos ou culturais promovidos pela instituição; IV participação como organizador ou apresentador de trabalhos em eventos científicos ou culturais externos à instituição. 6 Cursos Presenciais, Semipresenciais e/ou na modalidade de Ensino à Distância (on line) O aluno poderá utilizar para fins de integralização dos pontos destinados às Atividades Complementares cursos Presenciais, Semipresenciais e/ou na modalidade de Ensino à Distância (on line), realizados, em outras instituições de ensino, desde que o conteúdo esteja relacionado ao projeto pedagógico do curso e que o Coordenador do Curso de Graduação da Faculdade Cristo Rei aprove. 7 - Estudos desenvolvidos em organizações Estudos desenvolvidos em organizações privadas ou públicas, relacionados ao projeto pedagógico do curso, sob orientação docente, apresentados na instituição, extra sala de aula poderão ser computados como Atividades Complementares desde que o Coordenador do Curso de Graduação da Faculdade Cristo Rei aprove. 8 - Jogos esportivos Organização ou representação estudantil em jogos esportivos poderá ser computada como Atividades Complementares desde que aprovada pelo Coordenador do Curso de Graduação da Faculdade Cristo Rei. 8

9 Art. 6º O Regulamento de Atividades Complementares de cada Curso de Graduação da Faculdade Cristo Rei definirá as modalidades de cada categoria e carga horária conforme o Projeto Político-Pedagógico do Curso, além de outros procedimentos e aspectos inerentes às atividades, e deverão ser aprovadas pelo CEPE Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão, com vistas ao COSUP - Conselho Superior da Faculdade Cristo Rei. CAPÍTULO III Da Oferta Art. 7º As Atividades Complementares podem ser desenvolvidas na própria Faculdade ou externamente, promovidas pelos Cursos ou por empresas, instituições públicas ou privadas, que propiciem a complementação da formação do Acadêmico, assegurando o alcance das finalidades previstas neste Regulamento. CAPÍTULO IV Da Inscrição Art. 8º A cada período letivo o Acadêmico deve inscrever-se no Programa de Atividades Complementares estabelecido pelo Curso ou, ainda, propor atividades de seu interesse, de acordo com estas normas. Ao final de cada período letivo o Acadêmico deve providenciar a documentação que comprove sua participação na(s) atividade(s) e apresentá-la ao Coordenador de Curso. Parágrafo Único - A confirmação da inscrição do Acadêmico se fará mediante análise, considerando-se a dosagem das atividades, segundo a capacidade efetiva de trabalho do estudante, a fim de evitar uma programação excessiva ou insuficiente, relativamente ao Programa de Estudos elaborado a cada semestre letivo. CAPÍTULO V Das Competências Art. 9º O Coordenador de Curso promoverá os meios para verificar se a entidade concedente pode assegurar ao Acadêmico todas as condições necessárias para a 9

10 plena realização de suas atividades e exigirá o fornecimento de documentação comprobatória da participação efetiva do Acadêmico, com especificação da carga horária e a descrição da atividade. Parágrafo Único - Caberá ainda ao Coordenador de Curso a verificação da veracidade e da documentação relativa a atividades realizadas pelo Acadêmico anteriormente ao seu ingresso na Faculdade Cristo Rei de Cornélio Procópio - FACCREI. CAPÍTULO VI Das Atribuições SEÇÃO I Do Coordenador de Curso Art. 10 Compete ao Coordenador do curso: I. Coordenar o desenvolvimento das Atividades Complementares; II. Adotar formas sistemáticas, específicas e alternativas de acompanhamento e avaliação das Atividades Complementares; III. Emitir parecer, para fins de aprovação e validação de pontos e lançamento no histórico escolar dos alunos, das atividades complementares realizadas no âmbito interno e externo da instituição; IV. Realizar sempre que necessário, reuniões com a direção e/ou professores coordenadores de Atividades Complementares; V. Encaminhar devidamente rubricada à Secretaria Acadêmica, para fins de registro e arquivamento, a documentação comprobatória entregue pelos alunos, documentos esses que serão arquivados na Secretaria Acadêmica, em pasta própria do aluno, até a expedição do diploma; VI. Realizar o cômputo dos pontos das atividades e dos estudos, cuja validação é solicitada pelo aluno na forma de Atividades Complementares, divulgando os pareceres aos interessados e cumprindo os prazos estabelecidos pelo calendário acadêmico da instituição; 10

11 VII. Elaborar semestralmente relatório das Atividades Complementares e encaminhar ao CEPE e Colegiado do Curso para avaliação e aprovação; VIII. Verificar possíveis interfaces com outras escolas, instituições e/ou empresas que possam ensejar parcerias acadêmicas; IX. Divulgar entre os Acadêmicos o programa de atividades do Curso e de outras Instituições; X. Orientar o Acadêmico na escolha semestral, considerando a pertinência e a oportunidade de realização da atividade, o desenvolvimento de potencialidades dos Acadêmicos e sua consequente formação profissional abrangente, mas especializada; XI. Controlar, acompanhar e registrar as atividades complementares desenvolvidas pelo Acadêmico, bem como os procedimentos administrativos inerentes a esta atividade; XII. Analisar a documentação de atividades complementares apresentada pelo Acadêmico, considerando o estabelecido neste Regulamento; XIII. Avaliar as atividades complementares desenvolvidas pelo Acadêmico, em consonância com as normas estabelecidas pelo Projeto Político-Pedagógico do Curso e por este Regulamento; XIV. Referendar as decisões relativas ao aproveitamento de atividades realizadas pelo Acadêmico anteriormente ao seu ingresso na Faculdade Cristo Rei. 1º. Havendo necessidade, cada Curso poderá ter um Docente Responsável pela Coordenação das Atividades Complementares, indicado pelo Coordenador de Curso, com anuência da Direção Acadêmica, que cuidará dos procedimentos acadêmicos e administrativos. 2º. O registro acadêmico das Atividades Complementares será promovido de acordo com o Quadro Anexo a este Regulamento. Art. 11 Compete ao Acadêmico: SEÇÃO II Do Acadêmico 11

12 I - Informar-se sobre as atividades oferecidas dentro ou fora da Faculdade Cristo Rei. II - Inscrever-se nas atividades programadas e delas participar efetivamente; III - Providenciar a documentação que comprove sua participação na(s) atividade(s) e apresentá-la ao Coordenador de Curso. CAPÍTULO VII Do Registro Art. 12 Todas as atividades consideradas como complementares devem ser obrigatoriamente comprovadas. Os documentos que comprovam a referida atividade devem ser encaminhados para o Coordenador de Curso, que providenciará o devido registro e arquivamento. Art. 13 Quando ofertadas pela Faculdade Cristo Rei, as Atividades Complementares deverão ter todas as etapas de desenvolvimento registradas, compreendendo: I - Registro da oferta; II - Confirmação da inscrição; III - Registro da realização; e IV - Avaliação. Parágrafo Único - Na avaliação das Atividades Complementares serão considerados: I - A adequação das atividades desenvolvidas com os objetivos do curso; II - O total de horas dedicadas à atividade; III - A documentação comprobatória das atividades realizadas. Art. 14 A carga horária cumprida das Atividades Complementares será registrada, em horas, no Histórico Escolar dos Acadêmicos. Art. 15 Caberá ao Acadêmico acompanhar, a cada período letivo, o total 12

13 consolidado de horas de Atividades Complementares já cumpridas e/ou as ainda necessárias. CAPÍTULO VIII Das Disposições Transitórias Art. 16 O presente Regulamento entrará em vigor na data de sua aprovação pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão da Faculdade Cristo Rei e pelos demais órgãos competentes, aplicando-se os seus dispositivos aos acadêmicos matriculados nos Cursos de Gradação da Faculdade Cristo Rei. CAPÍTULO IX Das Disposições Finais Art. 17 Os casos omissos neste regulamento serão resolvidos pela Diretoria Acadêmica da Faculdade Cristo Rei de Cornélio Procópio - FACCREI, ouvidos os conselhos pertinentes. Art. 18 Pelo não cumprimento das normas contidas nesse regulamento, ficarão docentes e discentes sujeitos às normas disciplinares vigentes na Instituição. Aprovado pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão da Faculdade Cristo Rei, por unanimidade, em 08 de março de Prof. José Antonio da Conceição (Presidente/Diretor Geral) Profª Cristiane Fernandes (Membro Titular/Diretora Acadêmica) Prof. Noracil Aparecido Silva Júnior (Membro Titular/Coordenador do Curso de Direito) Prof. Fernando Vince (Membro Titular/Representante do Corpo Docente) Edno Bressan Júnior (Membro Titular/Representante da Comunidade Local) Eloy Ferreira Barros (Membro Titular/Representante Discente) 13

14 ANEXO I TABELA INSTITUCIONAL DAS ATIVIDADES CONSIDERADAS COMPLEMENTARES 14

15 TABELA DAS ATIVIDADES CONSIDERADAS COMPLEMENTARES ATIVIDADE Atividades de Ensino e Monitoria Visitas e Viagens Técnicas Estágio Supervisionado Não- Obrigatório Línguas Estrangeiras LIBRAS Linguagem Brasileira de Sinais Iniciação Científica Eventos Científicos participação em congressos, workshops, seminários, encontros, fóruns, palestras e simpósios Cursos extracurriculares na área do curso CRITÉRIOS Certificado ou declaração assinada pelo Coordenador de Curso Declaração assinada pelo docente responsável Relatório de Estágio assinado pelo Responsável Certificado emitido pela Escola Certificado de curso (participação) Certificado de Participação no Programa de Iniciação Científica Certificado de Participação Declaração (certificado) da empresa promotora REQUISITOS PARA VALIDAÇÃO Cada atividade correspondente a 10 horas meses de estágio Correspondem a 30 horas CARGA HORÁRIA MÁXIMA RECONHECIDA 60 horas 20 horas 30 horas 20 horas horas Cada participação corresponde a 15 horas horas 30 horas horas Participação em Semanas Acadêmicas do Curso Participação em Órgãos Colegiados Certificado de Participação Declaração de Participação emitida pelo Órgão Colegiado Cada semana acadêmica corresponde a 20 horas Cada participação anual corresponde a 20 horas horas Monitoria em Vestibulares Declaração de Participação Cada participação corresponde a 04 horas 20 horas 15

16 Representação Discente de Sala de Aula Participação em Organizações Não Governamentais e/ou Projetos Sociais FACCREI FACULDADE CRISTO REI Declaração de Participação emitida pelo Coordenador do Curso Declaração de Participação emitida pela Instituição e/ou Coordenador do Projeto Cada participação semestral corresponde a 10 horas 06 meses correspondem a 10 horas 20 horas 30 horas Participação em Projetos/Competições Regionais, Nacionais e Internacionais, desde que relacionados com os objetivos do Curso (Gincanas, simulações, jornadas acadêmicas, feiras de Profissões, jogos universitários, entre outros) Declaração de Participação Cada participação corresponde a 10 horas 30 horas Trabalho nas eleições Declaração do TRE horas 16

Macapá-2011 REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

Macapá-2011 REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Macapá-2011 REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I DA CARACTERIZAÇÃO Art. 1º As Atividades Complementares são componentes curriculares que possibilitam

Leia mais

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS CAPÍTULO I DAS CONSIDERAÇÕES PRELIMINARES O Diretor da FAPE Faculdade de Presidente Epitácio, no uso de suas atribuições, faz divulgar o presente

Leia mais

FACULDADE DE FILOSOFIA, CIÊNCIAS E LETRAS DOM BOSCO CURSO DE PEDAGOGIA ATIVIDADES TEÓRICO-PRÁTICAS - NORMAS -

FACULDADE DE FILOSOFIA, CIÊNCIAS E LETRAS DOM BOSCO CURSO DE PEDAGOGIA ATIVIDADES TEÓRICO-PRÁTICAS - NORMAS - Direção da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras Dom Bosco / AEDB Prof. Ms. Antonio Carlos Simon Esteves Coordenação do Curso de Pedagogia Profa. Ms. Sueli Sardinha Guedes 2 MISSÃO DA FFCLDB/AEDB Promover

Leia mais

Regulamento das Atividades Complementares

Regulamento das Atividades Complementares Regulamento das Atividades Complementares Curso de Design de Moda FACULDADE DE PRESIDENTE PRUDENTE - FAPEPE I. DISPOSIÇÕES PRELIMINARES O presente regulamento tem por finalidade normatizar as Atividades

Leia mais

FACULDADE DE ARACRUZ FAACZ CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS

FACULDADE DE ARACRUZ FAACZ CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS FACULDADE DE ARACRUZ FAACZ CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES PARA O CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS DA FACULDADE DE ARACRUZ - FAACZ ARACRUZ 2010 CAPÍTULO 1 DAS DISPOSIÇÕES

Leia mais

REGULAMENTO PARA ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ENGENHARIA BIOMÉDICA

REGULAMENTO PARA ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ENGENHARIA BIOMÉDICA REGULAMENTO PARA ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ENGENHARIA BIOMÉDICA I - INTRODUÇÃO Art. 1º Art. 2º O presente regulamento tem por finalidade normatizar as Atividades Complementares do Curso de

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES GERAIS

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES GERAIS REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES GERAIS Art. 1º - Este Regulamento visa normatizar as Atividades Complementares do Curso de Ciências Contábeis.

Leia mais

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE GRADUAÇÃO COMUNICAÇÃO SOCIAL, HABILITAÇÃO EM JORNALISMO

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE GRADUAÇÃO COMUNICAÇÃO SOCIAL, HABILITAÇÃO EM JORNALISMO Mantenedora FASIPE CENTRO EDUCACIONAL LTDA. Mantida FACULDADE FASIPE REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE GRADUAÇÃO COMUNICAÇÃO SOCIAL, HABILITAÇÃO EM JORNALISMO SINOP / MATO GROSSO Aprovado

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DE GRADUAÇÃO CURSO DE TECNOLOGIA EM GESTÃO AMBIENTAL O Colegiado do Curso de Tecnologia em Gestão Ambiental, no uso de suas atribuições, resolve aprovar, com registro

Leia mais

Associação Educativa Evangélica FACULDADE RAÍZES. Plantando Conhecimento para a Vida. Regulamento do Núcleo de Atividades Complementares NAC

Associação Educativa Evangélica FACULDADE RAÍZES. Plantando Conhecimento para a Vida. Regulamento do Núcleo de Atividades Complementares NAC Regulamento do Núcleo de Atividades Complementares NAC I DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Art. 1º As atividades complementares são componentes curriculares que possibilitam o reconhecimento, mediante comprovação

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES PARA O CURSO DE GEOGRAFIAA DISTÂNCIA CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES GERAIS

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES PARA O CURSO DE GEOGRAFIAA DISTÂNCIA CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES GERAIS REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES PARA O CURSO DE GEOGRAFIAA DISTÂNCIA CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES GERAIS Art. 1º - Este Regulamento visa normatizar as Atividades Complementares do Curso de Pedagogia.

Leia mais

Regulamento Institucional das Atividades Complementares dos Cursos de Graduação do UNASP

Regulamento Institucional das Atividades Complementares dos Cursos de Graduação do UNASP VOTO CONSU 2012-01 de 26/04/2012 Regulamento Institucional das Atividades Complementares dos Cursos de Graduação do UNASP Respeitada a legislação vigente, tanto para Licenciatura quanto para Bacharelado

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES OBRIGATÓRIAS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO. Carga Horária Total exigida no curso: 200 horas

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES OBRIGATÓRIAS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO. Carga Horária Total exigida no curso: 200 horas REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES OBRIGATÓRIAS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Carga Horária Total exigida no curso: 200 LONDRINA/PR 2014 REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES OBRIGATÓRIAS DO CURSO

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE QUÍMICA, CAMPUS PATO BRANCO

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE QUÍMICA, CAMPUS PATO BRANCO Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Campus Pato Branco Coordenação do Curso Superior de Química: Bacharelado em Química Industrial e Licenciatura em Química REGULAMENTO DAS

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACERES CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

REGULAMENTO GERAL DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACERES CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES REGULAMENTO GERAL DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACERES CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º As Atividades Complementares são componentes curriculares obrigatórios

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO CAPÍTULO I DAS FINALIDADES Art. 1º - As Atividades Complementares constituem ações que devem ser desenvolvidas ao longo do curso, criando

Leia mais

Regulamento Atividades Complementares. Faculdade da Cidade de Santa Luzia - FACSAL

Regulamento Atividades Complementares. Faculdade da Cidade de Santa Luzia - FACSAL Regulamento Atividades Complementares Faculdade da Cidade de Santa Luzia - 2014 Regulamento das Atividades Complementares CAPÍTULO I DA CARACTERIZAÇÃO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Artigo 1º - As Atividades

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES 1 REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Este regulamento, elaborado pela Coordenação do Curso de Ciências Econômicas da Universidade Metodista de São Paulo, tem por objetivo regulamentar o desenvolvimento

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DA UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE PALMEIRAS DE GOIÁS

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DA UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE PALMEIRAS DE GOIÁS UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS Unidade Universitária de Palmeiras de Goiás Rua S-7, s/ nº _ Setor Sul_ Palmeiras de Goiás-GO Fone/ Fax: (64) 3571-1198 (64) 3571-1173 REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DA FACULDADE DE DIREITO DA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SANTOS

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DA FACULDADE DE DIREITO DA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SANTOS REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DA FACULDADE DE DIREITO DA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SANTOS I DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Art. 1º. As atividades complementares são componentes curriculares que

Leia mais

Regulamento das Atividades Complementares Obrigatórias ACO

Regulamento das Atividades Complementares Obrigatórias ACO Art. 1º. Este Regulamento tem por finalidade regular o aproveitamento e a validação das Atividades Complementares Obrigatórias ACO que compõem a Matriz Curricular do Curso de Graduação em Administração

Leia mais

F O R T A L E Z A 2 0 1 3

F O R T A L E Z A 2 0 1 3 ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO F O R T A L E Z A 2 0 1 3 R E G U L A M E N T O D E A T I V I D A D E S C O M P L E M E N T A R E S D O S C U R S O S S U P E R I O R E S D A F A C U L D A D E L O

Leia mais

RESOLUÇÃO nº 177, de 11 de setembro de 2015. R E S O L V E:

RESOLUÇÃO nº 177, de 11 de setembro de 2015. R E S O L V E: RESOLUÇÃO nº 177, de 11 de setembro de 2015. O Conselho Universitário CONSUNI, no uso de suas atribuições, em conformidade com Parecer nº 030, de 20 de agosto de 2015, R E S O L V E: Art. 1º - Aprovar

Leia mais

REGULAMENTO ATIVIDADE COMPLEMENTAR Curso de Ciências Contábeis

REGULAMENTO ATIVIDADE COMPLEMENTAR Curso de Ciências Contábeis REGULAMENTO ATIVIDADE COMPLEMENTAR Curso de O presente regulamento normativa as Atividades Complementares, componente do Projeto Pedagógico do Curso da Faculdade de Presidente Epitácio FAPE. DA NATUREZA

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UTFPR

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UTFPR Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Pró-Reitoria de Graduação e Educação Profissional REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UTFPR Aprovação:

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES AC DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS DA UFPE TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES GERAIS

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES AC DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS DA UFPE TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES GERAIS REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES AC DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS DA UFPE TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES GERAIS Art. 1º - Este Regulamento objetiva disciplinar os procedimentos

Leia mais

Regulamentação das Atividades Complementares do Curso de Engenharia Ambiental e Urbana

Regulamentação das Atividades Complementares do Curso de Engenharia Ambiental e Urbana MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal de Alfenas. UNIFAL-MG R o d o vi a J o s é Aurél i o Vi l e l a, 11 9 9 9 (BR 2 6 7 Km 5 3 3 ) Ci d a d e U n i ve rs i tá ria - Poç o s d e C a l d a s /M G

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO AUTÔNOMO DO BRASIL CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO PROFESSOR ME. ORLEI JOSÉ POMBEIRO REGULAMENTO ATIVIDADES COMPLEMENTARES

CENTRO UNIVERSITÁRIO AUTÔNOMO DO BRASIL CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO PROFESSOR ME. ORLEI JOSÉ POMBEIRO REGULAMENTO ATIVIDADES COMPLEMENTARES CENTRO UNIVERSITÁRIO AUTÔNOMO DO BRASIL CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO PROFESSOR ME. ORLEI JOSÉ POMBEIRO REGULAMENTO ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURITIBA 2015 1 REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

Leia mais

REGULAMENTO PARA ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE ENFERMAGEM

REGULAMENTO PARA ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE ENFERMAGEM ENFERMAGEM REGULAMENTO PARA ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE ENFERMAGEM CAPÍTULO I DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES E SUAS FINALIDADES Art. 1º. As atividades complementares, no âmbito do Curso de Enfermagem,

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E EDUCAÇÃO REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE FISIOTERAPIA Junho/2011 REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES As atividades complementares são prática acadêmicas

Leia mais

Regulamento Geral das Atividades Complementares do CENTRO UNIVERSITÁRIO SANT ANNA

Regulamento Geral das Atividades Complementares do CENTRO UNIVERSITÁRIO SANT ANNA Regulamento Geral das Atividades Complementares do CENTRO UNIVERSITÁRIO SANT ANNA São Paulo - 2010 CAPÍTULO I DA NATUREZA E DEFINIÇÃO Art. 1º As Atividades Complementares, com a sigla ACs, de todos os

Leia mais

MANUAL DE ATIVIDADES COMPLEME MENTARES CURSO DE ENFERMAGEM. Belo Horizonte

MANUAL DE ATIVIDADES COMPLEME MENTARES CURSO DE ENFERMAGEM. Belo Horizonte MANUAL DE ATIVIDADES COMPLEME MENTARES CURSO DE ENFERMAGEM Belo Horizonte 2013 ÍNDICE 1 APRESENTAÇÃO... 3 2 FINALIDADE... 3 3 DEVERES DO COORDENADOR EM RELAÇÃO AS ATIVIDADES COMPLEMENTARES... 4 4 DEVERES

Leia mais

ATIVIDADES COMPLEMENTARES

ATIVIDADES COMPLEMENTARES ATIVIDADES COMPLEMENTARES Regulamento das Atividades Complementares dos Cursos de Graduação da Faculdade Barretos Art. 1º - O presente Regulamento tem por finalidade definir normas e critérios para a seleção

Leia mais

Regulamento das Atividades Complementares Obrigatórias ACO do Curso de Direito da Faculdade Arthur Thomas

Regulamento das Atividades Complementares Obrigatórias ACO do Curso de Direito da Faculdade Arthur Thomas Art. 1º. Este Regulamento tem por finalidade regular o aproveitamento e a validação das Atividades Complementares Obrigatórias ACO que compõem a Matriz Curricular do Curso de Graduação em Direito da Faculdade

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO DA FACULDADE DO GUARUJÁ

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO DA FACULDADE DO GUARUJÁ REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO DA FACULDADE DO GUARUJÁ I DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Art. 1º As atividades complementares são componentes curriculares enriquecedores

Leia mais

MANUAL DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES PARA OS CURSOS DE BACHARELADO EM SAÚDE

MANUAL DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES PARA OS CURSOS DE BACHARELADO EM SAÚDE 1 MANUAL DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES PARA OS CURSOS DE BACHARELADO EM SAÚDE Olinda PE Agosto / 2014 2 Introdução As atividades complementares representam um conjunto de atividades extracurriculares que

Leia mais

Instruções Especiais para o Curso de Direito, relativas ao registro de Atividades Complementares

Instruções Especiais para o Curso de Direito, relativas ao registro de Atividades Complementares FACULDADE ASSIS GURGACZ FAG Curso de Direito Av. das Torres, 500 Fone: (45) 3321-3900 Fax: (45) 3321-3902 CEP: 85800-000 Cascavel Paraná E-mail: direito@fag.edu.br Instruções Especiais para o Curso de

Leia mais

R E S O L V E consolidar as disposições sobre as Atividades Complementares do Curso do Curso de Graduação em Direito, como segue:

R E S O L V E consolidar as disposições sobre as Atividades Complementares do Curso do Curso de Graduação em Direito, como segue: REGIMENTO INTERNO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE DIREITO DA DA ESCOLA DE FORMAÇÃO JURÍDICA DA FACULDADE DE DESENVOLVIMENTO DO RIO GRANDE DO SUL FADERGS. O Diretor da Escola de Formação Jurídica

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º Designamos atividades complementares o conjunto de eventos oferecidos aos alunos de

Leia mais

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL COMUNITÁRIA FORMIGUENSE FUOM CENTRO UNIVERSITÁRIO DE FORMIGA UNIFOR-MG CONSELHO UNIVERSITÁRIO

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL COMUNITÁRIA FORMIGUENSE FUOM CENTRO UNIVERSITÁRIO DE FORMIGA UNIFOR-MG CONSELHO UNIVERSITÁRIO FUNDAÇÃO EDUCACIONAL COMUNITÁRIA FORMIGUENSE FUOM CENTRO UNIVERSITÁRIO DE FORMIGA UNIFOR-MG CONSELHO UNIVERSITÁRIO REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE FISIOTERAPIA (Ato de Aprovação:

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE ALAGOAS - UNEAL

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE ALAGOAS - UNEAL REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE ALAGOAS - UNEAL Este Regulamento e a Resolução do Conselho Superior da Uneal (CONSU/UNEAL) que o aprovou foram

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES CURRICULARES COMPLEMENTARES DO CURSO DE AGRONOMIA

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES CURRICULARES COMPLEMENTARES DO CURSO DE AGRONOMIA Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Diretoria de Ensino Curso de Agronomia - Câmpus Sertão

Leia mais

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º. O presente Regulamento tem por finalidade normatizar as atividades complementares que compõem o currículo pleno dos

Leia mais

Atividades Complementares dos Cursos da Faculdade de Engenharias, Arquitetura e Urbanismo - UNIVAP

Atividades Complementares dos Cursos da Faculdade de Engenharias, Arquitetura e Urbanismo - UNIVAP Atividades Complementares dos Cursos da Faculdade de Engenharias, Arquitetura e Urbanismo - UNIVAP Exigência das Atividades Complementares As Atividades Complementares para os cursos de graduação e graduação

Leia mais

ESCOLA DE NEGÓCIOS CURSO DE BACHARELADO EM CIÊNCIAS ECONÔMICAS REGIMENTO INTERNO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

ESCOLA DE NEGÓCIOS CURSO DE BACHARELADO EM CIÊNCIAS ECONÔMICAS REGIMENTO INTERNO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES ESCOLA DE NEGÓCIOS CURSO DE BACHARELADO EM CIÊNCIAS ECONÔMICAS REGIMENTO INTERNO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES A Diretora da Escola de Negócios, no uso de suas atribuições estatutárias e regimentais, em

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSEPE Nº 58/2009

RESOLUÇÃO CONSEPE Nº 58/2009 UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA-UESB Recredenciada pelo Decreto Estadual nº 9.996, de 02 de maio de 2006 CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO-CONSEPE RESOLUÇÃO CONSEPE Nº 58/2009

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO ATIVIDADES COMPLEMENTARES INSTRUÇÃO NORMATIVA 001/2015. Rev.: 10 10/02/2015

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO ATIVIDADES COMPLEMENTARES INSTRUÇÃO NORMATIVA 001/2015. Rev.: 10 10/02/2015 CURSO DE ADMINISTRAÇÃO ATIVIDADES COMPLEMENTARES INSTRUÇÃO NORMATIVA 001/2015 Rev.: 10 10/02/2015 CURITIBA 2015 1 SUMÁRIO CAPITULO I DAS ATIVIDADES... 2 CAPITULO II - DO APROVEITAMENTO DAS ATIVIDADES...

Leia mais

Parágrafo Único. As Atividades Complementares não se confundem com as disciplinas do Curso de Direito.

Parágrafo Único. As Atividades Complementares não se confundem com as disciplinas do Curso de Direito. REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE DIREITO Dispõe sobre as Atividades Complementares do Curso de Direito do Centro Universitário do Cerrado-Patrocínio UNICERP. Capítulo I Das Disposições

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DO ICSP/FESP CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES GERAIS

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DO ICSP/FESP CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES GERAIS 1 FESP ICSP INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS DO PARANÁ Mantenedora: Fundação de Estudos Sociais do Paraná CGC/MF: 76.602.895/0001-04 Inscr. Estadual: Isento Rua General Carneiro, 216 Fone/Fax (0xx41) 264-3311

Leia mais

Capítulo I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

Capítulo I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA EM GESTÃO COMERCIAL, LOGÍSTICA E PROCESSOS GERENCIAIS (MATRIZ CURRICULAR INTEGRADA 2015.1) Capítulo I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

Leia mais

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE SERVIÇO SOCIAL

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE SERVIÇO SOCIAL REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE SERVIÇO SOCIAL Conforme determina o Regulamento das Atividades Complementares da Faculdade Visconde de Cairu FAVIC, este regulamento especifica como

Leia mais

ANEXO 2. NORMATIZAÇÃO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

ANEXO 2. NORMATIZAÇÃO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES 1 ANEXO 2. NORMATIZAÇÃO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES 1. A partir das Diretrizes Curriculares Nacionais para os Cursos de Graduação em Serviço Social o planejamento acadêmico do deve assegurar, em termos

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE GRADUÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS DA

REGIMENTO INTERNO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE GRADUÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS DA REGIMENTO INTERNO DAS S COMPLEMENTARES DO CURSO DE GRADUÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS DA FADERGS - FACULDADE DE DESENVOLVIMENTO DO RIO GRANDE DO SUL O Diretor da Faculdade da FADERGS - FACULDADE DE DESENVOLVIMENTO

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Estabelece normas operacionais para acompanhamento e registro das Atividades Complementares. O Colegiado do Curso de Administração da

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º. Este Regulamento define, no âmbito da Faculdade INEDI, as atividades complementares, bem como os procedimentos a serem

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Aprovado pela Resolução CONSUNI nº 15/15, de 03/06/15. Capítulo I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º O presente regulamento tem

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE GRADUÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO DA ESADE LAUREATE IINTERNATIONAL UNIVERSITIES RESOLVE

REGIMENTO INTERNO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE GRADUÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO DA ESADE LAUREATE IINTERNATIONAL UNIVERSITIES RESOLVE REGIMENTO INTERNO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE GRADUÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO DA ESADE LAUREATE IINTERNATIONAL UNIVERSITIES O Diretor da Faculdade da ESADE LAUREATE INTERNATIONAL UNIVERSITIES no

Leia mais

ATUALIZAÇÃO - REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES OBRIGATÓRIAS CAPÍTULO I DA NATUREZA E DOS OBJETIVOS

ATUALIZAÇÃO - REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES OBRIGATÓRIAS CAPÍTULO I DA NATUREZA E DOS OBJETIVOS ATUALIZAÇÃO - REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES OBRIGATÓRIAS Fixa normas para o funcionamento das atividades Complementares no âmbito do Curso de Graduação em Enfermagem da FAKCEN CAPÍTULO I DA

Leia mais

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES FACULDADE ATENEU. Faculdade Ateneu Criando Valores.

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES FACULDADE ATENEU. Faculdade Ateneu Criando Valores. . REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES FACULDADE ATENEU Fortaleza, 2014 1 SUMÁRIO CAPÍTULO I... 3 DAS CONSIDERAÇÕES PRELIMINARES... 3 CAPÍTULO II... 3 DOS OBJETIVOS... 3 CAPÍTULO III... 3 DAS DISPOSIÇÕES

Leia mais

MANUAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES PARA O CURSO DE FISIOTERAPIA

MANUAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES PARA O CURSO DE FISIOTERAPIA MANUAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES PARA O CURSO DE FISIOTERAPIA MONTES CLAROS - MG SUMÁRIO 1. Introdução 4 2. Obrigatoriedade das atividades complementares 5 3. Modalidades de Atividades Complementares

Leia mais

REGULAMENTO INSTITUCIONAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES NORMAS OPERACIONAIS PARA ACOMPANHAMENTO E REGISTRO DOS ESTUDOS COMPLEMENTARES

REGULAMENTO INSTITUCIONAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES NORMAS OPERACIONAIS PARA ACOMPANHAMENTO E REGISTRO DOS ESTUDOS COMPLEMENTARES REGULAMENTO INSTITUCIONAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES NORMAS OPERACIONAIS PARA ACOMPANHAMENTO E REGISTRO DOS ESTUDOS COMPLEMENTARES O Parecer do CNE/CES nº 492/2001, assim define as atividades complementares:

Leia mais

Da finalidade das atividades complementares

Da finalidade das atividades complementares Salvador, 28 de setembro de 2010. Da finalidade das atividades complementares Art. 1º A finalidade das atividades complementares é o enriquecimento da formação do aluno quanto ao seu curso de graduação,

Leia mais

ATIVIDADES COMPLEMENTARES INSTRUÇÃO NORMATIVA 001/2014

ATIVIDADES COMPLEMENTARES INSTRUÇÃO NORMATIVA 001/2014 CURSO DE ADMINISTRAÇÃO ESCOLA DE NEGÓCIOS ATIVIDADES COMPLEMENTARES INSTRUÇÃO NORMATIVA 001/2014 Rev.: 9 18/09/2014 CURITIBA - PR, 2014 SUMÁRIO CAPITULO I DAS ATIVIDADES... 2 CAPITULO II - DO APROVEITAMENTO

Leia mais

CAPÍTULO II DA DURAÇÃO E DA CARGA HORÁRIA

CAPÍTULO II DA DURAÇÃO E DA CARGA HORÁRIA POLO UFRJ - XERÉM COORDENAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO EDUCACIONAL E SUPORTE ACADÊMICO REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I DA DEFINIÇÃO Art. 1 o. As Atividades Complementares são componentes

Leia mais

CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES O presente documento destina-se a reger as normas para registro acadêmico das atividades complementares do Curso de Graduação em

Leia mais

Faculdade HSM Núcleo de Prática Acadêmica (NPA) Manual de orientações para o cumprimento das horas de Atividades Complementares

Faculdade HSM Núcleo de Prática Acadêmica (NPA) Manual de orientações para o cumprimento das horas de Atividades Complementares Faculdade HSM Núcleo de Prática Acadêmica (NPA) Manual de orientações para o cumprimento das horas de Complementares 2014 As Complementares abrangem o ensino, a pesquisa e a extensão, estão fixadas em

Leia mais

DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGIMENTO INTERNO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS FADERGS - LAUREATE IINTERNATIONAL UNIVERSITIES O Coordenador do Curso Superior de

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE EDUCAÇÃO ARTÍSTICA LICENCIATURA

REGULAMENTO GERAL DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE EDUCAÇÃO ARTÍSTICA LICENCIATURA REGULAMENTO GERAL DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE EDUCAÇÃO ARTÍSTICA LICENCIATURA I Da Exigência das Atividades Complementares As Atividades Complementares do Curso de graduação em Educação Artística,

Leia mais

Regulamento do Núcleo de Atividades Complementares NAC (Resolução CNE/CES nº 9/2004)

Regulamento do Núcleo de Atividades Complementares NAC (Resolução CNE/CES nº 9/2004) CURSO DE DIREITO DA UniEVANGÉLICA DIREÇÃO DE CURSO Regulamento do Núcleo de Atividades Complementares NAC (Resolução CNE/CES nº 9/2004) DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º. A carga horária da matriz 2009.1

Leia mais

Universidade Federal de Uberlândia FACULDADE DE GESTÃO E NEGÓCIOS UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE GESTÃO E NEGÓCIOS

Universidade Federal de Uberlândia FACULDADE DE GESTÃO E NEGÓCIOS UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE GESTÃO E NEGÓCIOS UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FAGEN Elaborado por comissão composta dos docentes Miriam Tiemi Takimura Oliveira (Presidente), Janduhy

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DO CÂMPUS DE PONTA PORÃ DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO DO SUL

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DO CÂMPUS DE PONTA PORÃ DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO DO SUL REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DO CÂMPUS DE PONTA PORÃ DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO DO SUL Art. 1º Para os efeitos deste regulamento, designa-se

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS CURRICULARES COMPLEMENTARES PARA OS CURSOS DE ADMINISTRAÇÃO E CIÊNCIAS CONTÁBEIS

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS CURRICULARES COMPLEMENTARES PARA OS CURSOS DE ADMINISTRAÇÃO E CIÊNCIAS CONTÁBEIS REGULAMENTO DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS CURRICULARES COMPLEMENTARES PARA OS CURSOS DE ADMINISTRAÇÃO E CIÊNCIAS CONTÁBEIS EDITORIAL Profª. Dra. Lúcia Helena Vasques Diretora Acadêmica Prof. Me. Domingos Sávio

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Art. 1º As Atividades Complementares (AC), doravante assim denominada, têm como objetivo geral flexibilizar e enriquecer a formação acadêmica e profissional proporcionada

Leia mais

ANEXO B REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES. Da caracterização

ANEXO B REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES. Da caracterização ANEXO B REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Regulamento aprovado pela Comissão de Curso em 07 de outubro de 2014 Este anexo regulamenta as Atividades Acadêmica- Científico-Culturais do Curso de Engenharia

Leia mais

O CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA, no uso de suas atribuições, e CONSIDERANDO a importância do Princípio da Indissociabilidade, estabelecido pelo

O CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA, no uso de suas atribuições, e CONSIDERANDO a importância do Princípio da Indissociabilidade, estabelecido pelo REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DE INTEGRALIZAÇÃO CURRICULAR DO CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA Aprovado na CamEx, na 84 Sessão, realizada em 18 de março de 2015, apreciada no CONSEPE, na 54ª Sessão,

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE FISIOTERAPIA

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE FISIOTERAPIA UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ FACULDADE DE MEDICINA CURSO DE FISIOTERAPIA REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE FISIOTERAPIA CARGA HORÁRIA: 140 horas O Colegiado da Coordenação do Curso de

Leia mais

Regulamento das Atividades Acadêmicas Complementares. Curso: Gestão da Tecnologia da Informação

Regulamento das Atividades Acadêmicas Complementares. Curso: Gestão da Tecnologia da Informação Regulamento das Atividades Acadêmicas Complementares Curso: Gestão da Tecnologia da Informação Março de 2011 Regulamento das Atividades Acadêmicas Complementares Curso de Gestão da Tecnologia da Informação

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES 1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL CAMPUS OSÓRIO REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSEPE 5/2006 APROVA O REGULAMENTO PARA O

RESOLUÇÃO CONSEPE 5/2006 APROVA O REGULAMENTO PARA O RESOLUÇÃO CONSEPE 5/2006 APROVA O REGULAMENTO PARA O COMPONENTE CURRICULAR ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO ADMINISTRAÇÃO, DO CÂMPUS DE BRAGANÇA PAULISTA, DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO. O Presidente

Leia mais

CAPÍTULO I CAPÍTULO II COMPLEMENTARES

CAPÍTULO I CAPÍTULO II COMPLEMENTARES REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO CAPÍTULO I DA NATUREZA E DAS FINALIDADES Art. 1º As Atividades Complementares integram o currículo dos Cursos de Graduação do Instituto

Leia mais

FACULDADE SETE DE SETEMBRO FASETE

FACULDADE SETE DE SETEMBRO FASETE REGULAMENTO PARA AS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO RESOLUÇÃO - CONSUP Nº 001/2012 REGULAMENTO PARA AS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DA NATUREZA DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

Leia mais

Instituto de Ensino Superior de Bauru CURSO DE DIREITO ATIVIDADES COMPLEMENTARES

Instituto de Ensino Superior de Bauru CURSO DE DIREITO ATIVIDADES COMPLEMENTARES Instituto de Ensino Superior de Bauru CURSO DE DIREITO ATIVIDADES COMPLEMENTARES Atividades Complementares - fazem parte da matriz curricular - 20 horas semestrais: do 1º ao 8º termo 25 horas semestrais:

Leia mais

APEC - Associação Piauiense de Educação e Cultura CESVALE - Centro de Ensino Superior do Vale do Parnaíba

APEC - Associação Piauiense de Educação e Cultura CESVALE - Centro de Ensino Superior do Vale do Parnaíba RESOLUÇÃO Nº 07 DE 20/09/2004 Estabelece normas para a realização das Atividas Complementares nos cursos graduação do CESVALE. Art. 1 - Define como Ativida Complementar toda e qualquer ativida não prevista

Leia mais

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES APRESENTAÇÃO As Atividades Complementares são componentes curriculares enriquecedores e desenvolvedores do perfil do formando. Possibilitam o reconhecimento, por

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES ASCES

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES ASCES REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES ASCES DAS DISPOSIÇÕES GERAIS DOS PRINCÍPIOS NORTEADORES Art. 1º A ASCES, por meio deste Regulamento, contempla as Normas Gerais de Atividades complementares, permitindo

Leia mais

UNIÃO DAS INSTITUIÇÕES DE SERVIÇOS, ENSINO E PESQUISA LTDA.

UNIÃO DAS INSTITUIÇÕES DE SERVIÇOS, ENSINO E PESQUISA LTDA. UNIÃO DAS INSTITUIÇÕES DE SERVIÇOS, ENSINO E PESQUISA LTDA. REGULAMENTO INSTITUCIONAL DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO São Paulo 2010 CAPÍTULO I DO CONCEITO, FINALIDADE E OBJETIVOS Art. 1º - O Estágio

Leia mais

Regulamento para as Atividades Acadêmicas Científico- Culturais para os Cursos de Licenciatura e Bacharelado* CAPITULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

Regulamento para as Atividades Acadêmicas Científico- Culturais para os Cursos de Licenciatura e Bacharelado* CAPITULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Regulamento para as Atividades Acadêmicas Científico- Culturais para os Cursos de Licenciatura e Bacharelado* CAPITULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1. º - As Atividades Acadêmicas Científico-Culturais

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM LOGÍSTICA FADERGS - LAUREATE IINTERNATIONAL UNIVERSITIES

REGIMENTO INTERNO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM LOGÍSTICA FADERGS - LAUREATE IINTERNATIONAL UNIVERSITIES REGIMENTO INTERNO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM LOGÍSTICA FADERGS - LAUREATE IINTERNATIONAL UNIVERSITIES A Diretora de Ensino da Faculdade de Desenvolvimento do Rio Grande

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS DA UniRV UNIVERSIDADE DE RIO VERDE

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS DA UniRV UNIVERSIDADE DE RIO VERDE REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS DA UniRV UNIVERSIDADE DE RIO VERDE Artigo 1º O presente regulamento tem por finalidade normatizar as Atividades Complementares como

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 012/07 CONSUNI

RESOLUÇÃO Nº 012/07 CONSUNI RESOLUÇÃO Nº 012/07 CONSUNI APROVA A ALTERAÇÃO DA MATRIZ CURRICULAR DOS CURSOS DE ADMINISTRAÇÃO, ADMINISTRAÇÃO HABILITAÇÃO EM COMÉRCIO EXTERIOR E ADMINISTRAÇÃO HABILITAÇÃO EM MARKETING E O REGULAMENTO

Leia mais

Regulamento das. Atividades Complementares

Regulamento das. Atividades Complementares BACHARELADO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS Regulamento das Atividades Complementares Osasco 2013 Apresentação Este documento apresenta um conjunto geral de normas e orientações sobre a realização das Atividades

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DO INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DO SUL DO MARANHÃO IESMA

REGULAMENTO GERAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DO INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DO SUL DO MARANHÃO IESMA REGULAMENTO GERAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DO INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DO SUL DO MARANHÃO IESMA CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º. O presente regulamento tem

Leia mais

Resolução nº 03/2014, do Colegiado do Curso de Graduação em Direito

Resolução nº 03/2014, do Colegiado do Curso de Graduação em Direito Resolução nº 03/2014, do Colegiado do Curso de Graduação em Direito Dispõe sobre as atividades complementares do curso de currículo semestral O DA FACULDADE DE DIREITO PROF. JACY DE ASSIS DA, no uso de

Leia mais

REGULAMENTO DE ATIVIDADE COMPLEMENTAR

REGULAMENTO DE ATIVIDADE COMPLEMENTAR REGULAMENTO DE ATIVIDADE COMPLEMENTAR CURSO DE MARKETING www.ffb.edu.br SUMÁRIO Título I Das Considerações Gerais... 5 Título II Dos Objetivos... 5 Título III Das Atividades Complementares... 6 Título

Leia mais

REGULAMENTO ATIVIDADES COMPLEMENTARES - UNINASSAU RECIFE

REGULAMENTO ATIVIDADES COMPLEMENTARES - UNINASSAU RECIFE REGULAMENTO ATIVIDADES COMPLEMENTARES - UNINASSAU 1 / 11 REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I DAS CONSIDERAÇÕES PRELIMINARES Art. 1º A presente Resolução tem como finalidade regulamentar

Leia mais

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL DO CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DE UBERABA - CESUBE CAPÍTULO I

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL DO CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DE UBERABA - CESUBE CAPÍTULO I REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL DO CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DE UBERABA - CESUBE CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º O presente regulamento disciplina

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES SÃO CARLOS 2014 REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES 2015 Artigo 1 o : As Atividades Complementares (AC) do Curso de Graduação em Administração da Faculdade

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Faculdade de Alta Floresta - FAF

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Faculdade de Alta Floresta - FAF REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Faculdade de Alta Floresta - FAF 2011 SUMÁRIO CAPITULO I... 3 DISPOSIÇÕES PRELIMINARES... 3 CAPÍTULO II... 3 DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES... 3 Seção I... 3 Atividades

Leia mais

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES - FACULDADE INTEGRADA DOS TAPAJÓS

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES - FACULDADE INTEGRADA DOS TAPAJÓS REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES - FACULDADE 1 / 9 CAPÍTULO I DAS CONSIDERAÇÕES PRELIMINARES Art. 1º A presente Resolução tem como finalidade regulamentar as atividades complementares (AC) dos

Leia mais

Manual de Atividades Complementares

Manual de Atividades Complementares CENTRO UNIVERSITÁRIO NEWTON PAIVA INSTITUTO DE CIÊNCIAS EXATAS CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Manual de Atividades Complementares Belo Horizonte 1 Prezado(a) aluno(a): Este é o Manual de Atividades Complementar

Leia mais