Capítulo 2. Multiprogramação. Conteúdo. Objetivo. Recordando. Recordando. DCA-108 Sistemas Operacionais

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Capítulo 2. Multiprogramação. Conteúdo. Objetivo. Recordando. Recordando. DCA-108 Sistemas Operacionais"

Transcrição

1 DCA-108 Sistemas Operacionais Capítulo 2 Luiz Affonso Guedes Multiprogramação Luiz Affonso Guedes 1 Luiz Affonso Guedes 2 Conteúdo Caracterização de um SO Moderno Necessidade de Multiprogramação Conceito de Processo Objetivo Apresentar de forma sistemática os principais conceitos associados com multiprogramação. Ciclo de vida de processo Estados de processo Thread Luiz Affonso Guedes 3 Luiz Affonso Guedes 4 Recordando Cenário Atual Uma ou mais CPUs, controladores de devices conectedos via uma barramento comum, acessando memórias compartilhadas. Execução concorrente de CPUs e devices competindo por recursos. Recordando Os 4 componentes de sistema computacional Nosso objetivo de estudo Luiz Affonso Guedes 5 Luiz Affonso Guedes 6

2 Recordando Objetivos de sistema operacional Executar programas de forma conveniente para o usuário. Gerenciar os recursos de software e hardware como um todo. Utilizar os recursos de hardware de forma eficiente e segura. Conclusão da Revisão Para se construir SO eficientes, há a necessidade Multiprogramação! Luiz Affonso Guedes 7 Luiz Affonso Guedes 8 Objetivos da Multiprogramação Tornar mais eficiente o aproveitamento dos recursos do computador. Execução simultânea de vários programas. Diversos programas são mantidos na memória. O próprio SO é um programa! Conseqüências da Multiprogramação Necessidade de controle e sincronização dos diversos programas. Necessidade de se criar conceitos e abstração novas Modelagem Implementação Luiz Affonso Guedes 9 Luiz Affonso Guedes 10 Conceitos Fundamentais Processos Interrupção Sincronização, comunicação, controle e proteção entre processos Definição de Processo Processo é o mesmo de Programa? Programa Estrutura estática Instruções + Dados Processo Entidade Ativa Instância de um Programa em execução. Processos = Programa + Identificador + Entrada + Saída + Estado Dois Processos podem executar instâncias diferentes do mesmo Programa. Luiz Affonso Guedes 11 Luiz Affonso Guedes 12

3 Estrutura de Processo na Memória Definição de Processo Processo é então um programa em execução! O SO trata com processos e não com programas. Tipos de Processos Do usuário Do SO, deamons Luiz Affonso Guedes 13 Luiz Affonso Guedes 14 Multiprocessos Necessidade de mudança de contexto entre processos Ciclo de Vida de Processos Como são programas em execução, eles têm começo, meio e fim. Início (criação) Executando Término Luiz Affonso Guedes 15 Luiz Affonso Guedes 16 Criação de Processo Momento do início da sua execução Associar recursos ao processo Identificador único (PID) caracterizado por um número inteiro Associar com um programa. Registrar o processo no SO (tabela de Processos) Essa tabela contém todos os dados necessários para se gerência um processos Exemplo de criação fork( ); (unix) CreateProcess ( ); windows32 Criação de Processo Ao se iniciar o computador, o SO cria vários processo. Em unix, ao se iniciar uma seção, o SO cria o processo init (PID=1) Luiz Affonso Guedes 17 Luiz Affonso Guedes 18

4 Processo em Execução Quando em execução, há basicamente dois modos de operação: Ciclo de processador quando está utilizando a cpu Ciclo de E/S quando está esperando por algum dado de E/S Processo em Execução Característica de Processos CPU-Bound Ciclo de CPU >> Ciclo de E/S Aplicações científicas. I/O-Bound Ciclo de E/S >> Ciclo de CPU Acesso a banco de dados. Processos mistos Luiz Affonso Guedes 19 Luiz Affonso Guedes 20 Término de Processo Relacionamento entre Processos Final de Execução Normal Por erro Overflow, divisão por zero, falta de memória Necessidade de liberar os recursos alocados ao processo. Como matar processos Por outro processo Comando kill no Unix Log-off do usuário Processos independentes Não há nenhum vínculo entre eles. Não compartilham arquivo, dados, etc. Grupo de Processos Há alguma relacionamento. Filiação Compartilhamento de recursos Dependência Luiz Affonso Guedes 21 Luiz Affonso Guedes 22 Hierarquia entre Processos Hierarquia entre Processos Por exemplo, no Unix cria-se um processo via a primitiva fork(); O criador é o Pai O processo criado é o Filho Árvore de processos típica do Solares Pai fork() Filho Luiz Affonso Guedes 23 Luiz Affonso Guedes 24

5 Hierarquia entre Processos Criação de Processo em POSIX O que ocorre quando um processo morre? A árvore de processos é alterada? É destruída toda a árvore? O processo Avó herda os netos? E se o Avó já estiver morto? Como gerenciar a árvore de processos? Luiz Affonso Guedes 25 Luiz Affonso Guedes 26 Criação de Processo em POSIX Estados de um Processo Após ser criado, o processo necessita entrar em ciclo de processador. Mas, se o processador já estiver ocupado com outro processo? Se um processo necessitar fazer uma operação de E/S, ele ainda vai ficar ocupando a CPU? Um processo pode ficar ocupando a CPU indefinidamente? Como modelar essas questões? Luiz Affonso Guedes 27 Luiz Affonso Guedes 28 Estados de um Processo Estados de um Processo Modelo de máquina de estados Quem controla a execução dos processos? No nível mais baixo do SO estão a manipulação de interrupção e o mecanismo de escalonamento de processos Luiz Affonso Guedes 29 Luiz Affonso Guedes 30

6 Filas Associadas ao Estados Mecanismo de Escalonamento de Processos Fila de Prontos Fila de Bloqueados por cada dispositivo Luiz Affonso Guedes 31 Luiz Affonso Guedes 32 Máquina de Estado Ampliada Controle de Alocação da Memória admissão pronto suspenso evento bloqueado suspenso criação ativo suspenso admissão evento ativo seleção fim pronto executando destruído bloqueado suspenso timeover/ voluntário evento fim Todos processos estão na memória principal? E se não houver espaço para todos, o que fazer? Disco Suspensão/swap recuperação Memória Principal ativação timeout/ bloqueio/ CPU Luiz Affonso Guedes 33 Luiz Affonso Guedes 34 Mecanismo de Escalonamento de Processos Melhorado Tabela de Processos Luiz Affonso Guedes 35 Luiz Affonso Guedes 36

7 Comunicação entre Processos Memória Compartilhada Troca de Mensagens Pipes e Sockets Eficiência no Uso de Processos Overhead de criação de processos Overhead de mudança de contexto Comunicação entre processos (IPC) mais complexa Luiz Affonso Guedes 37 Luiz Affonso Guedes 38 Processos com Fluxos Simples Processos com Múltiplos Fluxos Luiz Affonso Guedes 39 Utilizar vários fluxos (threads) num mesmo processo. Manter a abstração de Processo Diminuir overhead de gerência e mudança de contexto Luiz Affonso Guedes 40 Idéia Básica Processos Leves Utilizar vários fluxos (threads) num mesmo processo. Aliviar a carga de criação, gerência e mudança de contexto. Conceito de Thread Pilha + PC + Registradores de uso geral Abstração similar a Processos Unidade de execução passa ser uma função Comunicação via variáveis globais Luiz Affonso Guedes 41 Luiz Affonso Guedes 42

8 Implementação de Threads Implementação no nível do usuário Implementação no núcleo Thread no Nível do Usuário Modelo N:1 Todo gerenciamento é feito no nível de aplicação Implementada como biblioteca O SO gerencia os Processos apenas, as threads são gerenciadas pela aplicação A mudança de contexto é gerenciada no nível de usuário. O algoritmo de escalonamento é implementado nonível de aplicação. Luiz Affonso Guedes 43 Luiz Affonso Guedes 44 Thread no Nível do Usuário Modelo N:1 Thread no Nível do Usuário Vantagens Criação e gerência mais leve, pois não há a necessidade de se acessar o núcleo. O SO cuida dos Processos e a Biblioteca das Threads Possibilita multithreading em SO sem este suporte Desvantagens Uma Thread pode bloquea todo o seu Processo. Não explora paralelismo em máquinas com vários processadores. Luiz Affonso Guedes 45 Luiz Affonso Guedes 46 Thread no Nível do Sistema Thread no Nível do Sistema Modelo 1:1 Implementação no núcleo do SO O SO gerencia os Processos e as Threads Troca de contexto entre Threads é efetuado pelo SO. O SO é quem faz o escalonamento de Processos e Threads O conceito de threads é incorporado no projeto e implementação do SO Luiz Affonso Guedes 47 Luiz Affonso Guedes 48

9 Thread no Nível do Sistema Vantagens Permite paralelismo real. Evita possíveis bloqueios desnecessários de threads. Pois o controle é do núcleo e não da aplicação Aplicações menos dependentes de implementações específicas de bibliotecas. Desvantagens Maior overhead na criação e gerência de threads, pois essas operações requerem acesso ao núcleo do SO. Implementações Híbridas de Thread Modelo M:N Combina características vantajosas das duas abordagens anteriores. Há dois níveis de escalonamento Nível do Usuário e Nível do Sistema. Há M threads do usuário e N threads do sistema. Geralmente M > N A dificuldade reside em como mapear as threads do usuário na threads do sistema. Luiz Affonso Guedes 49 Luiz Affonso Guedes 50 Implementações Híbridas de Thread Por que Utilizar Threads? Uso mais eficiente dos recursos do sistema Menores overheads de criação, destruição e mudança de contexto do que os processos. Mecanismos de comunicação mais simples. Threads em geral implementam funções. Threads compartilhas as variáveis globais do seu processo Por outro lado, há a necessidade de se ter mais cuidado ao acesso dessas variáveis, para manter a consistência da aplicação. Luiz Affonso Guedes 51 Luiz Affonso Guedes 52

Arquitetura de Computadores Sistemas Operacionais II

Arquitetura de Computadores Sistemas Operacionais II Definição de Processo Arquitetura de Computadores Sistemas Operacionais II Processo é o mesmo de Programa? Programa Estrutura estática Instruções + Dados Processo Entidade Ativa Instância de um Programa

Leia mais

Sistemas Operacionais

Sistemas Operacionais ANHANGUERA Sistemas Operacionais Prof. Esp. Rafael Gross Processos Sumário Introdução Conceito de processo Estrutura do processo Estados do processo Mudanças de estado do processo Criação e eliminação

Leia mais

SISTEMAS OPERACIONAIS

SISTEMAS OPERACIONAIS SISTEMAS OPERACIONAIS Conteúdo Introdução ao S.O Gerenciamento de processos. Gerenciamento de memória. Dispositivos de Entrada/Saída. Sistemas de arquivos. Gerenciamento de processos Processos Um processo

Leia mais

Apresentação. Ementa da Disciplina. Objetivo da Disciplina. DCA-108 Sistemas Operacionais. Referências Bibliográfica. Referências Bibliográfica

Apresentação. Ementa da Disciplina. Objetivo da Disciplina. DCA-108 Sistemas Operacionais. Referências Bibliográfica. Referências Bibliográfica DCA-108 Sistemas Operacionais Luiz Affonso Guedes www.dca.ufrn.br/~affonso affonso@dca.ufrn.br Apresentação Disciplina básica do curso de Engenharia de Computação Carga-horária: 60h teóricas Associadas

Leia mais

SOP Sistemas Operacionais Módulo 04: Processo

SOP Sistemas Operacionais Módulo 04: Processo SOP Módulo 04: Processo Prof. Charles Christian Miers e-mail: charles.miers@udesc.br Multiprogramação Tornar mais eficiente o aproveitamento dos recursos do computador Execução simultânea de vários programas

Leia mais

Programação de Sistemas em Tempo Real

Programação de Sistemas em Tempo Real BCC722 Programação de Sistemas em Tempo Real Processos Prof. Charles Garrocho O conceito de processo Um S.O. executa uma variedade de programas Sistemas de tempo compartilhado: programas Processo: um programa

Leia mais

Sistemas Operacionais

Sistemas Operacionais Sistemas Operacionais Prof. Jó Ueyama Apresentação baseada nos slides da Profa. Kalinka Castelo Branco, do Prof. Dr. Antônio Carlos Sementille e da Profa. Dra. Luciana A. F. Martimiano e nas transparências

Leia mais

AULA Nº 08 SISTEMAS OPERACIONAIS. Threads

AULA Nº 08 SISTEMAS OPERACIONAIS. Threads AULA Nº 08 SISTEMAS OPERACIONAIS Threads Contextualizando Na aula passada Sincronização de Processos Aula de hoje Threads O Modelo de Processo 1) Utilizado para agrupar recursos 2) Um espaço de endereço

Leia mais

SOP - TADS Threads. Revisão Ultima aula. Programa em execução Cada processo têm sua própria CPU

SOP - TADS Threads. Revisão Ultima aula. Programa em execução Cada processo têm sua própria CPU SOP - TADS Threads Prof. Ricardo José Pfitscher dcc2rjp@joinville.udesc.br Material cedido por: Prof. Rafael Rodrigues Obelheiro Prof. Maurício Aronne Pillon Revisão Ultima aula Processos [1/3] Conceito:

Leia mais

SISTEMAS OPERACIONAIS

SISTEMAS OPERACIONAIS SISTEMAS OPERACIONAIS Introdução a Processos Andreza Leite andreza.leite@univasf.edu.br Plano da Aula 2 Introdução a Processos Threads vs Processos Características dos Processos Estados dos Processos 3

Leia mais

Sistemas Operacionais

Sistemas Operacionais Sistemas Operacionais 04 Processos Introdução Um sistema de computação quase sempre tem mais atividades a executar que o número de processadores disponíveis. Diferentes tarefas têm necessidades distintas

Leia mais

Notas da Aula 2 - Fundamentos de Sistemas Operacionais

Notas da Aula 2 - Fundamentos de Sistemas Operacionais Notas da Aula 2 - Fundamentos de Sistemas Operacionais 1. Ciclo de Vida de um Processo Todo processo passa por 3 fases durante sua vida: criação, execução e término. Um processo pode ser criado por outro

Leia mais

SOP - TADS Processos. Revisão Ultima aula

SOP - TADS Processos. Revisão Ultima aula SOP - TADS Processos Prof. Ricardo José Pfitscher dcc2rjp@joinville.udesc.br Material cedido por: Prof. Rafael Rodrigues Obelheiro Prof. Maurício Aronne Pillon Revisão Ultima aula Revisão de hardware Processador

Leia mais

Prof. Kleber R. Rovai

Prof. Kleber R. Rovai Msn: klrovai@hotmail.com E-mail: Skype: klrovai 2 1 Programa: sequência de instruções com diferentes fluxos de execução comandos condicionais e interativos (entidade passiva); Processo: um programa em

Leia mais

Sistemas Operacionais. Conceito de Processos

Sistemas Operacionais. Conceito de Processos Sistemas Operacionais Conceito de Processos Processos Conceito de processo Estado de um processo Troca de contexto e PCB Fila de Processo Escalonador Comunicação entre processos Processo Um sistema operacional

Leia mais

Thread. Thread. Sistemas Operacionais. Leonard B. Moreira. UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ fevereiro, / 41

Thread. Thread. Sistemas Operacionais. Leonard B. Moreira. UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ   fevereiro, / 41 Thread Sistemas Operacionais Leonard B. Moreira UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ e-mail: leonardbarreto@gmail.com.br fevereiro, 2013 1 / 41 Sumário 1 Introdução 2 Ambientes Monothread 3 Ambientes Multithread

Leia mais

INTRODUÇÃO AOS SISTEMAS OPERACIONAIS SEMANA 13

INTRODUÇÃO AOS SISTEMAS OPERACIONAIS SEMANA 13 INTRODUÇÃO AOS SISTEMAS OPERACIONAIS outubro/2013 SEMANA 13 Conceitos sobre s. Visão geral, s de usuário e de, modelos de multiing, ciclo de vida. Exemplos nos sistemas operacionais. 1 - Introdução Thread

Leia mais

14/05/2017. Conceitos de Processos. Conceitos de Processos. Conceito de processo

14/05/2017. Conceitos de Processos. Conceitos de Processos. Conceito de processo Conceito de processo Os computadores executam várias operações ao mesmo tempo. - Compilar um programa; - Enviar um arquivo para a impressora; - Exibir uma página web; - Reproduzir músicas; - Receber mensagens

Leia mais

LabSO Gerência de Processos. Processos. Porque eu preciso entender este assunto?

LabSO Gerência de Processos. Processos. Porque eu preciso entender este assunto? LabSO Gerência de AULA 3 Flávia Maristela (flavia@flaviamaristela.com) Romildo Martins (romildo@romildo.net) Porque eu preciso entender este assunto? Para entender como um computador consegue executar

Leia mais

Sistemas Operacionais. Prof. Fabio Augusto Oliveira

Sistemas Operacionais. Prof. Fabio Augusto Oliveira Sistemas Operacionais Prof. Fabio Augusto Oliveira Threads Um processo representa uma sequência de instruções única, executada paralelamente a outra seqüências de instruções. Um thread é uma maneira de

Leia mais

Sistemas Operacionais

Sistemas Operacionais Introdução Inst tituto de Info ormátic ca - UF FRGS Sistemas Operacionais i Multithreading Aula 04 Necessidade de executar atividades concorrentes, porém cooperantes ou que compartilhem dados endereçamento

Leia mais

Unix Processos. Geraldo Braz Junior

Unix Processos. Geraldo Braz Junior Unix Processos Geraldo Braz Junior 1 Processos no Unix Unix é multiprogramado; Para cada processo é atribuído um Pid; Diversos daemons são executados: Cron Processamento de emails Gerenciamento da fila

Leia mais

Sistemas Operacionais

Sistemas Operacionais Sistemas Operacionais Programação Concorrente Introdução Edson Moreno edson.moreno@pucrs.br http://www.inf.pucrs.br/~emoreno Introdução Programa Seqüencial Representado por apenas um processo Existe apenas

Leia mais

Notas da Aula 7 - Fundamentos de Sistemas Operacionais

Notas da Aula 7 - Fundamentos de Sistemas Operacionais Notas da Aula 7 - Fundamentos de Sistemas Operacionais 1. Organização de um Processo em Memória Quando um processo é criado, o SO aloca uma porção da memória física da máquina para a criação do espaço

Leia mais

Sistemas Operacionais. Prof. Pedro Luís Antonelli Anhanguera Educacional

Sistemas Operacionais. Prof. Pedro Luís Antonelli Anhanguera Educacional Sistemas Operacionais Prof. Pedro Luís Antonelli Anhanguera Educacional Processador INTRODUÇÃO Projetado apenas para executar instruções Não é capaz de distinguir qual programa está em execução Processo

Leia mais

Aula 04. Capítulo 3 Gerência de Processos. 3.1 Conceito de Processo. 3.2 Escalonamento de Processos. 3.3 Opera ões sobre Processos

Aula 04. Capítulo 3 Gerência de Processos. 3.1 Conceito de Processo. 3.2 Escalonamento de Processos. 3.3 Opera ões sobre Processos Aula 04 Capítulo 3 Gerência de Processos 3.1 Conceito de Processo 3.2 Escalonamento de Processos 3.3 Opera ões sobre Processos 3.4 Comunica ão entre Processos 3.1 Conceito de Processo Um sistema operacional

Leia mais

Conceito de Processo. Estados de Processos. Diagrama de Estados de Processos

Conceito de Processo. Estados de Processos. Diagrama de Estados de Processos Conceito de Processo Módulo 4: Processos Um Sistema Operacional executa uma variedade de programas: Sistemas de processamento em lotes (batch) processa jobs Sistemas de tempo partilhado (time shared) roda

Leia mais

Sistemas Distribuídos Aula 3

Sistemas Distribuídos Aula 3 Sistemas Distribuídos Aula 3 Aula passada Processos IPC Características Ex. sinais, pipes, sockets Aula de hoje Threads Kernel level User level Escalonamento Motivação: Servidor Web Considere Servidor

Leia mais

Sistemas Operacionais (SO)

Sistemas Operacionais (SO) Sistemas Operacionais (SO) Fundamentos Prof. Eduardo Abordagens SO Moderno (importância) Funções básicas Definição Componentes de um SC Objetivos de um SO Serviços de um SO Abstrações Tipos de SO Estudo

Leia mais

Disciplina: Introdução aos Sistemas Operacionais Professor: Fernando H. Santorsula

Disciplina: Introdução aos Sistemas Operacionais Professor: Fernando H. Santorsula Disciplina: Introdução aos Sistemas Operacionais Professor: Fernando H. Santorsula E-mail: fernando.santorsula@esamc.br Aula 2 (Teórica & Prática): Conteúdo programático Teórica Processos e Threads Apresentação

Leia mais

Estrutura dos Sistemas Operacionais. Adão de Melo Neto

Estrutura dos Sistemas Operacionais. Adão de Melo Neto Estrutura dos Sistemas Operacionais Adão de Melo Neto 1 Sistema Operacional - Formas de acessar o KERNEL do SISTEMA OPERACIONAL (SO) - A linguagem de comandos faz parte do SO O Sistema Operacional é formado

Leia mais

Arquitetura de Computadores. Processamento Paralelo

Arquitetura de Computadores. Processamento Paralelo Arquitetura de Computadores Processamento Paralelo 1 Multiprogramação e Multiprocessamento Múltiplas organizações de computadores Single instruction, single data stream - SISD Single instruction, multiple

Leia mais

Estrutura dos Sistemas Operacionais. Adão de Melo Neto

Estrutura dos Sistemas Operacionais. Adão de Melo Neto Estrutura dos Sistemas Operacionais Adão de Melo Neto 1 Sistema Operacional - Formas de acessar o KERNEL do SISTEMA OPERACIONAL (SO) - A linguagem de comandos faz parte do SO O Sistema Operacional é formado

Leia mais

Davidson Rodrigo Boccardo

Davidson Rodrigo Boccardo Fundamentos em Sistemas de Computação Davidson Rodrigo Boccardo flitzdavidson@gmail.com Componentes de um SO Gerenciamento de Processos Sistema de Arquivos Gerenciamento de Entrada/Saída Gerenciamento

Leia mais

LICENCIATURA EM COMPUTAÇÃO. Resenha Livro Sistemas Operacionais 4ª edição Capítulo quatro: Gerencia do processador

LICENCIATURA EM COMPUTAÇÃO. Resenha Livro Sistemas Operacionais 4ª edição Capítulo quatro: Gerencia do processador LICENCIATURA EM COMPUTAÇÃO Resenha Livro Sistemas Operacionais 4ª edição Capítulo quatro: Gerencia do processador SANTO AMARO 2012 JEANDERVAL SANTOS DO CARMO RESENHA Resenha do quarto capítulo: Gerencia

Leia mais

Sistemas Operacionais I

Sistemas Operacionais I UFRJ IM - DCC Sistemas Operacionais I Unidade II - 18/9/2009 Prof. Antonio Carlos Gay Thomé Prof. Aux. Simone Markenson Pech 1 Conceituação Estruturas de Controle Modos de execução do S.O. Estados de um

Leia mais

Sistemas Operacionais. Processos IC - UFF

Sistemas Operacionais. Processos IC - UFF Sistemas Operacionais Processos O conceito de processos No capítulo 1, fizemos as seguintes afirmativas quanto aos processos: Mais geral que programa Consiste em um código executável e seus dados associados,

Leia mais

Sistemas de Computação. Processos e escalonamento

Sistemas de Computação. Processos e escalonamento Processos e escalonamento Sistema operacional Programa que age como intermediário entre o usuário de um computador e o hardware Objetivos: Executar programas do usuário e facilitar a resolução de problemas

Leia mais

Threads. Sistemas Operacionais. Charles Tim Batista Garrocho. Instituto Federal de São Paulo IFSP Campus Campos do Jordão. charles.garrocho.

Threads. Sistemas Operacionais. Charles Tim Batista Garrocho. Instituto Federal de São Paulo IFSP Campus Campos do Jordão. charles.garrocho. Threads Sistemas Operacionais Charles Tim Batista Garrocho Instituto Federal de São Paulo IFSP Campus Campos do Jordão charles.garrocho.com/oso charles.garrocho@ifsp.edu.br Técnico em Informática Prof.

Leia mais

Processos O conceito de processos é fundamental para a implementação de um sistema multiprogramável. De uma maneira geral, um processo pode ser entend

Processos O conceito de processos é fundamental para a implementação de um sistema multiprogramável. De uma maneira geral, um processo pode ser entend Concorrência Nos sistemas Monoprogramáveis somente um programa pode estar em execução por vez, permanecendo o processador dedicado a esta única tarefa. Os recursos como memória, processador e dispositivos

Leia mais

Sistemas Operacionais

Sistemas Operacionais Sistemas Operacionais ESCALONAMENTO DE PROCESSOS Processos e Recursos Conceito de Escalonamento O S.O. gerencia recursos computacionais em benefício dos diversos processos que executam no sistema. A questão

Leia mais

Processos e Threads. Prof. Dr. José Luís Zem Prof. Dr. Renato Kraide Soffner Prof. Ms. Rossano Pablo Pinto

Processos e Threads. Prof. Dr. José Luís Zem Prof. Dr. Renato Kraide Soffner Prof. Ms. Rossano Pablo Pinto Processos e Threads Prof. Dr. José Luís Zem Prof. Dr. Renato Kraide Soffner Prof. Ms. Rossano Pablo Pinto Faculdade de Tecnologia de Americana Centro Paula Souza Tópicos Conceito de Processos Escalonamento

Leia mais

Estrutura dos Sistemas Operacionais. Adão de Melo Neto

Estrutura dos Sistemas Operacionais. Adão de Melo Neto Estrutura dos Sistemas Operacionais Adão de Melo Neto 1 Sistema Operacional -São partes do SO -São ferramentas de apoio ao usuário -São formas de acessar as rotinas do kernel O Sistema Operacional é formado

Leia mais

Processos. Prof. Gustavo Leitão

Processos. Prof. Gustavo Leitão Processos Prof. Gustavo Leitão Campus Natal Central Disciplina Programação para Ambiente de Redes Baseada na Aula do Prof. Ricardo Valentim 5/3/2010 Objetivo da Aula 5/3/2010 PLANO DE AULA Processos Processos:

Leia mais

Processos. Processo (1) Processo (2) Processo (3) Conceitos Básicos

Processos. Processo (1) Processo (2) Processo (3) Conceitos Básicos Processos Conceitos Básicos Processo (1) Abstração usada pelo S.O. para designar a execução de um programa. É caracterizado por uma thread de execução, um estado corrente e um conjunto associado de recursos

Leia mais

Processos. Conceitos Básicos

Processos. Conceitos Básicos Processos Conceitos Básicos Processo (1) Abstração usada pelo S.O. para designar a execução de um programa. É caracterizado por uma thread de execução, um estado corrente e um conjunto associado de recursos

Leia mais

Processos e Threads. Ciclo 2 AT3. Prof. Hermes Senger

Processos e Threads. Ciclo 2 AT3. Prof. Hermes Senger Processos e Threads Ciclo 2 AT3 Prof. Hermes Senger Nota O presente material foi elaborado com base no material didático do livro Sistemas Operacionais, 3ª edição, de H.M.Deitel, P.J. Deitel, D.R. Choffnes,

Leia mais

Técnicas Avançadas de Programação

Técnicas Avançadas de Programação Sumário Técnicas Avançadas de Programação Prof. João Marcos M. da Silva Departamento de Engenharia de Telecomunicações Escola de Engenharia Universidade Federal Fluminense Agosto de 2011 Prof. João Marcos

Leia mais

Curso: Redes de Computadores

Curso: Redes de Computadores Curso: Redes de Computadores Cadeira de Introdução a Sistemas Operacionais. Bibliografia Sistemas Operacionais Modernos Andew S. Tanembaum Sistema Operacionais Abraham Silberchatz, Peter Galvin e Greg

Leia mais

Capítulo 2 Processos e Threads

Capítulo 2 Processos e Threads Capítulo 2 Processos e Threads 2.1 Processos 2.2 Threads 2.3 Comunicação interprocesso 2.4 Problemas clássicos de IPC 2.5 Escalonamento 1 Processos O Modelo de Processo Multiprogramação de quatro programas

Leia mais

Sistemas Operacionais

Sistemas Operacionais Sistemas Operacionais Aula 9 Threads Prof.: Edilberto M. Silva http://www.edilms.eti.br Baseado no material disponibilizado por: SO - Prof. Edilberto Silva Prof. José Juan Espantoso Threads Uma thread

Leia mais

Ferramentas para Programação em Processadores Multi-Core

Ferramentas para Programação em Processadores Multi-Core Ferramentas para Programação em Processadores Multi-Core Prof. Dr. Departamento de Informática Universidade Federal de Pelotas Sumário Introdução Arquiteturas multi-core Ferramentas de programação Prática

Leia mais

Sincronização e Comunicação entre Processos. Adão de Melo Neto

Sincronização e Comunicação entre Processos. Adão de Melo Neto Sincronização e Comunicação entre Processos Adão de Melo Neto 1 INTRODUÇÃO Em um sistema multitarefa os processos alternam sua execução segundo critérios de escalonamento estabelecidos pelo sistema operacional.

Leia mais

ENADE 2011 SISTEMAS OPERACIONAIS

ENADE 2011 SISTEMAS OPERACIONAIS ENADE 2011 SISTEMAS OPERACIONAIS SOs: conteúdos comuns Gerência de processos/processador Comunicação Concorrência e Sinc. de Processos Gerenciamento de Memória Alocação de Recursos e Deadlocks Sistemas

Leia mais

Sistemas Operacionais. Capítulo 5 Processos

Sistemas Operacionais. Capítulo 5 Processos Sistemas Operacionais Capítulo 5 Processos Baseado no Livro e Material de Apoio de Arquitetura de Sistemas Operacionais 3ª edição - LTC - 2004 Francis Berenger Machado Luiz Paulo Maia Cap. 5 Processo 1

Leia mais

Exercícios Cap I. 1.1, 1.2, 1.3 (somente letras (a), (b) e (c)) , 1.8 e 1.12 IC - UFF

Exercícios Cap I. 1.1, 1.2, 1.3 (somente letras (a), (b) e (c)) , 1.8 e 1.12 IC - UFF Exercícios Cap I 1.1, 1.2, 1.3 (somente letras (a), (b) e (c)) 1.5 1.7, 1.8 e 1.12 Sistemas Operacionais Visão geral e evolução dos SOs Sistema Operacional? Um programa que controla a execução dos programas

Leia mais

Sistemas Operacionais Prof. Esp. André Luís Belini Bacharel em Sistemas de Informações MBA em Gestão Estratégica de Negócios. Aula 06.

Sistemas Operacionais Prof. Esp. André Luís Belini Bacharel em Sistemas de Informações MBA em Gestão Estratégica de Negócios. Aula 06. Sistemas Operacionais Prof. Esp. André Luís Belini Bacharel em Sistemas de Informações MBA em Gestão Estratégica de Negócios Aula 06 Processos 2 1 Processos A gerência de um ambiente multiprogramável é

Leia mais

Sistemas Operacionais - UCSAL Professor : Marco Antônio C. Câmara Primeira Lista de Exercícios

Sistemas Operacionais - UCSAL Professor : Marco Antônio C. Câmara Primeira Lista de Exercícios 1ª Questão : Com base na figura ao lado, extraída do livro SISTEMAS OPERACIONAIS MODERNOS, de Andrew S. Tanenbaum, assinale cada uma das afirmações abaixo como (C)erta ou (E)rrada. No caso da afirmativa

Leia mais

Estrutura do Sistema Operacional

Estrutura do Sistema Operacional Sistemas Operacionais Prof. Esp. André Luís Belini Bacharel em Sistemas de Informações MBA em Gestão Estratégica de Negócios Aula 04 Estrutura do Sistema Operacional 2 1 Estrutura do Sistema Operacional

Leia mais

Estrutura dos Sistemas Operacionais. Sérgio Portari Júnior

Estrutura dos Sistemas Operacionais. Sérgio Portari Júnior Estrutura dos Sistemas Operacionais Sérgio Portari Júnior - 2016 1 Sistema Operacional - Formas de acessar o KERNEL do SISTEMA OPERACIONAL (SO) - A linguagem de comandos faz parte do SO O Sistema Operacional

Leia mais

Sistemas Operacionais Aula 3

Sistemas Operacionais Aula 3 Sistemas Operacionais Aula 3 Anderson L. S. Moreira anderson.moreira@recife.ifpe.edu.br http://dase.ifpe.edu.br/~alsm Curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas de Informação Recife - PE O que fazer

Leia mais

Sistemas Operacionais

Sistemas Operacionais Sistemas Operacionais Aula 7,8 Processos Gerência de Processos Prof.: Edilberto M. Silva http://www.edilms.eti.br Baseado no material disponibilizado por: Prof. José Juan Espantoso Sumário Conceito de

Leia mais

Fundamentos de Sistemas Operacionais

Fundamentos de Sistemas Operacionais Fundamentos de Sistemas Operacionais Aula 4: Programação Concorrente Diego Passos Últimas Aulas Processos Compostos por: Código (programa). Estado (memória, registradores). Em um sistema com multiprogramação:

Leia mais

Sistemas Operacionais II

Sistemas Operacionais II Sistemas Operacionais II Windows Conceitos Básicos Geraldo Braz Junior Departamento de Informática - UFMA 2 Introdução Job Coleção de um ou mais processos gerenciados como uma unidade; Define cotas e limites

Leia mais

Sistemas Operacionais

Sistemas Operacionais Sistemas Operacionais Prof. Fabio Augusto Oliveira Processos O processador é projetado apenas para executar instruções, não sendo capaz de distinguir qual programa se encontra em execução. A gerência de

Leia mais

Processos ca 3 pítulo

Processos ca 3 pítulo Processos capítulo 3 Introdução: Threads Para executar um programa, o sistema operacional cria um determinado números de processos virtuais. O sistema operacional mantém uma tabela de processos que contém

Leia mais

INE 5645 Programação Paralela e Distribuída

INE 5645 Programação Paralela e Distribuída INE 5645 Programação Paralela e Distribuída Prof. João Bosco M. Sobral INE - UFSC bosco@inf.ufsc.br Urian K. Bardemaker PPGCC - INE - UFSC uriank@gmail.com Unidade 2 Programação Concorrente Processos Threads

Leia mais

Sistemas Operacionais

Sistemas Operacionais Sistemas Operacionais 01 Introdução e Conceitos Definição: É um software que atua como intermediário entre o usuário e o hardware do computador e, serve também como intermediário entre os softwares aplicativos

Leia mais

Introdução aos Sistemas Operacionais

Introdução aos Sistemas Operacionais 1 Introdução aos Sistemas Operacionais 1.1 O que é um sistema operacional 1.2 História dos sistemas operacionais 1.3 O zoológico de sistemas operacionais 1.4 Conceitos sobre sistemas operacionais 1.5 Chamadas

Leia mais

SSC0611 Arquitetura de Computadores

SSC0611 Arquitetura de Computadores SSC0611 Arquitetura de Computadores 17ª Aula Paralelismos nível de tarefas Profa. Sarita Mazzini Bruschi sarita@icmc.usp.br Paralelismo no nível de tarefas Paralelismo a nível de thread (TLP Thread-Level

Leia mais

Capítulo 2 Processos e Threads

Capítulo 2 Processos e Threads Capítulo 2 Processos e Threads 2.1 Processos 2.2 Threads 2.3 Comunicação interprocesso 2.4 Problemas clássicos de IPC 2.5 Escalonamento Pearson Education Sistemas Operacionais Modernos 2ª Edição 1 Processos

Leia mais

Processos. Pedro Cruz. EEL770 Sistemas Operacionais

Processos. Pedro Cruz. EEL770 Sistemas Operacionais Processos Pedro Cruz EEL770 Sistemas Operacionais Aviso O que vamos falar vale para sistemas de processador/ núcleo único Vale também para cada processador/núcleo de um sistema com múltiplos processadores/núcleos

Leia mais

SUMÁRIO. 1.3 CONCEITOS DE SISTEMA OPERACIONAL Processos Arquivos O shell 42

SUMÁRIO. 1.3 CONCEITOS DE SISTEMA OPERACIONAL Processos Arquivos O shell 42 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO 21 1.1 O QUE É O SISTEMA OPERACIONAL? 23 1.1.1 O sistema operacional como uma máquina estendida 23 1.1.2 O sistema operacional como gerenciador de recursos 24 1.2 HISTÓRIA DOS SISTEMAS

Leia mais

Introdução. Introdução aos Sistemas Operacionais Volnys Bernal. Sumário. Introdução aos Sistemas Operacionais. Sobre esta apresentação

Introdução. Introdução aos Sistemas Operacionais Volnys Bernal. Sumário. Introdução aos Sistemas Operacionais. Sobre esta apresentação Volnys Bernal 1998-2016 1 Volnys Bernal 1998-2016 2 Sumário aos Sistemas Operacionais Volnys Borges Bernal volnys@lsi.usp.br Laboratório de Sistemas Integráveis http://www.lsi.usp.br/ Objetivos de um Sistema

Leia mais

Noções de Processos. Plano da aula. Serviços oferecidos. Definição & Objetivos. Definição & Objetivos. Sistemas Operacionais : introdução

Noções de Processos. Plano da aula. Serviços oferecidos. Definição & Objetivos. Definição & Objetivos. Sistemas Operacionais : introdução Plano da aula Noções de Processos Marcelo Johann Introdução Histórico Multiprogramação Noção de processo Definição Ciclo de vida do processo Suporte de Hardware para multi-programação Mecanismo de interrupção

Leia mais

Gerenciamento de memória

Gerenciamento de memória Gerenciamento de memória Adriano J. Holanda 19/11/2015 Revisão: processos Visão geral Composto por código do programa em execução, arquivos abertos, sinais pendentes, dados internos do núcleo do SO, estado

Leia mais

Programação Concorrente Processos e Threads

Programação Concorrente Processos e Threads Programação Concorrente Processos e Threads Prof. Eduardo Alchieri Processos O conceito mais central em qualquer sistema operacional é o processo Uma abstração de um programa em execução Um programa por

Leia mais

Conceitos básicos e serviços dos Sistemas Operacionais

Conceitos básicos e serviços dos Sistemas Operacionais Conceitos básicos e serviços dos Sistemas Operacionais Prof. Marcos Ribeiro Quinet de Andrade Instituto de Ciência e Tecnologia - ICT Universidade Federal Fluminense - UFF Tipos de serviços do S.O. Um

Leia mais

Unidade 2. Processos Threads Concorrência em Java

Unidade 2. Processos Threads Concorrência em Java Unidade 2 Programação Concorrente Processos Threads Concorrência em Java Processos Definição Um programa em execução em uma máquina. Identificado pelo seu PID (Process Identifier). A unidade de processamento

Leia mais

Sistema Distribuído. Sistema Distribuído. Aplicações Distribuídas. Conceitos Básicos

Sistema Distribuído. Sistema Distribuído. Aplicações Distribuídas. Conceitos Básicos Sistema Distribuído Conjunto de máquinas (CPU + memória) interligadas em rede. Sistema Distribuído Sistema operacional distribuído trata este conjunto como um único sistema computacional. Estação 1 Estação

Leia mais

TAREFAS IMPLEMENTAÇÃO DE TAREFAS AULA 06 Sistemas Operacionais Gil Eduardo de Andrade

TAREFAS IMPLEMENTAÇÃO DE TAREFAS AULA 06 Sistemas Operacionais Gil Eduardo de Andrade TAREFAS IMPLEMENTAÇÃO DE TAREFAS AULA 06 Sistemas Operacionais Gil Eduardo de Andrade O conteúdo deste documento é baseado no livro do Prof. Dr. Carlos Alberto Maziero, disponível no link: http://dainf.ct.utfpr.edu.br/~maziero

Leia mais

Processos Concorrentes

Processos Concorrentes Processos Concorrentes Walter Fetter Lages w.fetter@ieee.org Universidade Federal do Rio Grande do Sul Escola de Engenharia Departamento de Engenharia Elétrica ENG04008 Sistemas de Tempo Real Copyright

Leia mais

Aula 2: Tipos de Sistemas Operacionais. Instituto Federal da Bahia Campus Salvador INF009 - Sistemas Operacionais Profª Flávia Maristela

Aula 2: Tipos de Sistemas Operacionais. Instituto Federal da Bahia Campus Salvador INF009 - Sistemas Operacionais Profª Flávia Maristela Aula 2: Tipos de Sistemas Operacionais Instituto Federal da Bahia Campus Salvador INF009 - Sistemas Operacionais Profª Flávia Maristela O que veremos nesta aula? Principais tipos de sistemas operacionais

Leia mais

Estruturas de Sistemas Operacionais

Estruturas de Sistemas Operacionais Estruturas de Sistemas Operacionais Sistemas Operacionais - Tópicos Componentes do Sistema Serviços de Sistemas Operacionais Chamadas ao Sistema Estrutura do Sistema Máquinas Virtuais Chamadas ao Sistema

Leia mais

Sistemas Operacionais. Estrutura do Sistema Operacional

Sistemas Operacionais. Estrutura do Sistema Operacional Sistemas Operacionais Estrutura do Sistema Operacional Sumário 1. Introdução 2. Funções do Núcleo 3. Modo Acesso 4. Mecanismos de Proteção 5. Grupos de Funções 6. Terminologia e Portabilidade 7. Linguagem

Leia mais

Introdução aos Sistemas Operacionais

Introdução aos Sistemas Operacionais Volnys Bernal 1998-2017 1 Introdução aos Sistemas Operacionais Volnys Borges Bernal volnys@lsi.usp.br Laboratório de Sistemas Integráveis http://www.lsi.usp.br/ Volnys Bernal 1998-2017 2 Sumário Objetivos

Leia mais

Arquitetura de Sistemas Operativos

Arquitetura de Sistemas Operativos Arquitetura de Sistemas Operativos Sistemas Operativos 2011/2012 1 Threads Conceito Um processo é um programa em execução. A execução de um processo é sequencial: pode-se caracterizar um processo pelo

Leia mais

Sistemas Operacionais. Introdução a Sistemas Operacionais

Sistemas Operacionais. Introdução a Sistemas Operacionais Introdução a arliones.hoeller@ifsc.edu.br baseado no material do Prof. Fröhlich em http://www.lisha.ufsc.br/~guto 1 Sistemas de computação Hardware CPU + memória + dispositivos de E/S Aplicações Objetivo

Leia mais

Fundamentos de Sistemas Operacionais

Fundamentos de Sistemas Operacionais Fundamentos de Sistemas Operacionais Aula 12: Revisão para a P1 Diego Passos Capítulo 1 Sistemas Operacionais São programas. Duas funções: Gerenciar os recursos do hardware. Dividir entre os vários processos.

Leia mais

Fundamentos de Sistemas Operacionais

Fundamentos de Sistemas Operacionais Fundamentos de Sistemas Operacionais Aula 6 Gerenciamento de Memória Prof. Galvez Considerações Gerais Multiprogramação implica em manter-se vários processos em memória Memória necessita ser alocada de

Leia mais

Processos e Threads e em sistemas distribuídos. Prof. Me. Hélio Esperidião

Processos e Threads e em sistemas distribuídos. Prof. Me. Hélio Esperidião Processos e Threads e em sistemas distribuídos. Prof. Me. Hélio Esperidião Processos Sistemas operacionais modernos criam vários processadores virtuais, cada um para executar um programa. Para monitorar

Leia mais

1 Porque o estado de um processo deve ser salvo quando ele deixa a CPU?

1 Porque o estado de um processo deve ser salvo quando ele deixa a CPU? 1 Porque o estado de um processo deve ser salvo quando ele deixa a CPU? 2 O que é ambiente de execução? 3 Qual a finalidade da PCB? 4 Quais os componentes básicos da PCB? 5 Quais os 3 grupos de elemento

Leia mais

Sistemas Operacionais. Rodrigo Rubira Branco

Sistemas Operacionais. Rodrigo Rubira Branco Sistemas Operacionais Rodrigo Rubira Branco rodrigo@kernelhacking.com rodrigo@fgp.com.br Hierarquia de Processos Em sistemas operacionais Unix like, existe uma clara hierarquia de processos, onde todos

Leia mais

Introdução e Conceitos Básicos

Introdução e Conceitos Básicos Universidade Federal do Acre Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas Bacharelado em Sistemas de Informação Introdução e Conceitos Básicos Macilon Araújo Costa Neto macilon@ufac.br Capítulo 1 do livro

Leia mais

Sistemas Operacionais e Introdução à Programação. Módulo 1 Sistemas Operacionais

Sistemas Operacionais e Introdução à Programação. Módulo 1 Sistemas Operacionais Sistemas Operacionais e Introdução à Programação Módulo 1 Sistemas Operacionais 1 Competências: SOP 1. Compreender as abstrações de um sistema operacional e operar um sistema operacional Unix/Linux como

Leia mais

Introdução. Pedro Cruz. EEL770 Sistemas Operacionais

Introdução. Pedro Cruz. EEL770 Sistemas Operacionais Introdução Pedro Cruz EEL770 Sistemas Operacionais Roteiro Informações úteis Motivação Definições Revisão de arquitetura 2 Contato Site da disciplina www.gta.ufrj.br/~cruz/courses/eel770 Email cruz@gta.ufrj.br

Leia mais

Gerência do Processador. Adão de Melo Neto

Gerência do Processador. Adão de Melo Neto Gerência do Processador Adão de Melo Neto 1 Introdução Sistemas Multiprogramáveis: Múltiplos processos podem permanecer na memória principal compartilhando o uso da CPU. POLÍTICA DE ESCALONAMENTO São um

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL VALE DO ACARAÚ- UEVA. Assunto: Programação Concorrente.

UNIVERSIDADE ESTADUAL VALE DO ACARAÚ- UEVA. Assunto: Programação Concorrente. UNIVERSIDADE ESTADUAL VALE DO ACARAÚ- UEVA Assunto: Programação Concorrente. Alunos: Valdeclébio Farrapo Costa Paulo Roberto Gabriel Barbosa Curso: Ciência da Computação Disciplina: Linguagem de Programação

Leia mais

Fundamentos de Sistemas Operacionais. Threads. Prof. Edwar Saliba Júnior Março de Unidade Threads

Fundamentos de Sistemas Operacionais. Threads. Prof. Edwar Saliba Júnior Março de Unidade Threads Threads Prof. Edwar Saliba Júnior Março de 2007 1 Definição Partes de um processo que compartilham mesmo espaço de endereçamento Sub-rotina de um programa executada paralelamente ao programa chamador (execução

Leia mais

Sistemas Operacionais

Sistemas Operacionais Sistemas Operacionais Processos - Parte 1 Prof. Dr. Fábio Rodrigues de la Rocha (Processos - Parte 1) 1 / 46 Um aspecto importante no estudo sobre sistemas operacionais é o gerenciamento de processos.

Leia mais