MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO"

Transcrição

1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO: MEC/CAPES UF: DF ASSUNTO: Recomendações e respectivos conceitos atribuídos pelo Conselho Técnico Científico/CAPES, 2º semestre, ao Programas de Pós-graduação stricto sensu, conforme disposto no art. 3º, Parágrafo único, Portaria MEC 118 de 23/12/98. RELATOR(A): Arthur Roquete de Macedo PROCESSO(S) N.º(S): / PARECER N.º: CNE/CES 1.33/2001 I RELATÓRIO E VOTO DO RELATOR COLEGIADO: CES APROVADO EM: 12/12/2001 Nos termos do art. 9º, 2º, alínea g, da Lei.02, de 2/12/61, na redação conferida pela Lei 9.131, de 2/11/95, a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior CAPES encaminha a este Conselho, para fins de deliberação, a lista dos programas de pós-graduação stricto sensu que pleitearam o ingresso no sistema de avaliação e receberam recomendação favorável do Conselho Técnico Científico/CAPES, no 2º semestre do fluente ano. A proposição visa o reconhecimento de validade nacional dos títulos que vierem a ser outorgados pelos referidos programas. Acolhemos a recomendação da CAPES e votamos favoravelmente ao reconhecimento dos referidos programas, com prazo de validade determinado no processo de avaliação. A lista dos cursos recomendados pelo acompanha o presente parecer. II DECISÃO DA CÂMARA Brasília (DF), 12 de dezembro de Conselheiro Arthur Roquete de Macedo Relator A Câmara de Educação Superior aprova por unanimidade o voto do Relator. Sala das Sessões, em 12 de dezembro de Conselheiro Arthur Roquete de Macedo Presidente Conselheiro José Carlos Almeida da Silva Vice-Presidente

2 CURSOS RECOMENDADOS PELO DATA: 3 e de outubro/2001 ANEXO REUNIÃO DO CONSELHO TÉCNICO CIENTÍFICO CIÊNCIAS DA SAÚDE N.º CURSO IES NÍVEL RECOMENDAÇÃO DO 01 Distúrbios da USP MESTRADO RECOMENDADO Comunicação DOUTORADO RECOMENDADO Humana 02 Enfermagem FURG MESTRADO RECOMENDADO 3 03 Enfermagem UFRN MESTRADO RECOMENDADO 3 0 Medicina Tropical UFG DOUTORADO RECOMENDADO 05 Nutrição: UFSC MESTRADO RECOMENDADO 3 Metabolismo e Dietética 06 Ciências CIP-SP MESTRADO DOUTORADO RECOMENDADO RECOMENDADO 07 Saúde e UCPEL MESTRADO RECOMENDADO 3 Comportamento 08 Medicina UFPR DOUTORADO RECOMENDADO (Pediatria) 09 Saúde Coletiva ULBRA MESTRADO RECOMENDADO 3 10 Medicina Tropical FMTM DOUTORADO RECOMENDADO e Infectologia 11 Clínica UNIMAR MESTRADO RECOMENDADO 3 Odontológica 12 Odontologia UNISA MESTRADO RECOMENDADO 3

3 CIÊNCIAS EXATAS N.º CURSO IES NÍVEL RECOMENDAÇÃO DO 01 Ciência da FUFMS MESTRADO RECOMENDADO 3 Computação 02 Redes de UNIFACS MESTRADO RECOMENDADO 3 Computadores 03 Matemática Aplicada UFPR MESTRADO RECOMENDADO 3 0 Estatística UFRJ DOUTORADO RECOMENDADO 05 Ciências UNESP-PP DOUTORADO RECOMENDADO Cartográficas 06 Geologia UFMG DOUTORADO RECOMENDADO MULTIDISCIPLINARES N.º CURSO IES NÍVEL RECOMENDAÇÃO DO 01 Desenvolvimento e Meio Ambiente UFPI MESTRADO RECOMENDADO 3 CIÊNCIAS BIOLÓGICAS 01 Biologia Celular e UFPR DOUTORADO RECOMENDADO Molecular 02 Biotecnologia UNESP-ARAR DOUTORADO RECOMENDADO 03 Farmacologia Clínica UFC MESTRADO RECOMENDADO 5 0 Botânica FCAP MESTRADO RECOMENDADO 3 05 Biologia Animal UFES MESTRADO RECOMENDADO 3 06 Biotecnologia UFRGS MESTRADO RECOMENDADO 5 07 Biologia Animal UNESP-SJRP MESTRADO RECOMENDADO 3

4 CIÊNCIAS HUMANAS N.º CURSO IES NÍVEL RECOMENDAÇÃO DO 01 História UFBA DOUTORADO RECOMENDADO 02 Psicologia USF MESTRADO RECOMENDADO 03 Educação UERJ DOUTORADO RECOMENDADO 0 Educação UFPE DOUTORADO RECOMENDADO 05 Educação UMESP MESTRADO RECOMENDADO 3 06 Educação USF MESTRADO RECOMENDADO 3 CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS N.º CURSO IES NÍVEL RECOMENDAÇÃO 01 Políticas Públicas FJN MESTRADO RECOMENDADO 3 02 Administração UFLA DOUTORADO RECOMENDADO 03 Ciências Econômicas UERJ MESTRADO RECOMENDADO 3 0 Ciência da UFBA MESTRADO RECOMENDADO 3 Informação 05 Ciência da Informação UNESP-MAR MESTRADO RECOMENDADO 3 ENGENHARIAS 01 Engenharia Civil UNICAMP DOUTORADO RECOMENDADO 02 Tecnologia Ambiental e UNB DOUTORADO RECOMENDADO 5 Recursos Hídricos 03 Engenharia Civil UFAL MESTRADO RECOMENDADO 3 0 Tecnologia Ambiental UNAERP MESTRADO RECOMENDADO 05 Engenharia de Transportes UFC MESTRADO RECOMENDADO 3 06 Engenharia de IPT MESTRADO RECOMENDADO 3 Computação 07 Engenharia de Materiais PUC-RS MESTRADO RECOMENDADO 3 08 Engenharia Química UFU DOUTORADO RECOMENDADO 09 Engenharia Mecânica UFPR MESTRADO RECOMENDADO 3 10 Engenharia de Produção e PUC-PR MESTRADO RECOMENDADO 3 Sistemas 11 Engenharia de Produção UA MESTRADO RECOMENDADO 3 12 Engenharia de Produção UFPE DOUTORADO RECOMENDADO

5 CIÊNCIAS AGRÁRIAS 01 Aqüicultura FURG MESTRADO RECOMENDADO 02 Ciências Veterinárias UECE DOUTORADO RECOMENDADO 03 Agronomia (Entomologia UNESP DOUTORADO RECOMENDADO Agrícola) 0 Sementes UFPEL MESTRADO FROFIS. RECOMENDADO LETRAS 01 Letras e Cultura Regional UCS MESTRADO RECOMENDADO 3 02 Letras Portuguesa e UFAL MESTRADO RECOMENDADO Literatura Para Educação Básica 03 História da Literatura FURG MESTRADO RECOMENDADO 3 0 Literatura e Critica Literária PUC-SP MESTRADO RECOMENDADO 3 GABINETE DO MINISTRO PORTARIA N.º 177, DE 25 DE JANEIRO DE 2002 O Ministro de Estado da Educação, interino, usando das competência que lhe foi delegada pelo Decreto n.º 1.85, de 28 de março de 1996, e n.º 3.860, de 9 de julho de 2001, alterado pelo Decreto n.º 3.908, de de setembro de 2001, e tendo em vista o Parecer n.º 1.33/2001, da Câmara de Educação Superior, do Conselho Nacional de Educação, conforme consta do Processo n.º / , do Ministério da Educação, resolve: Art. Reconhecer os programas de pós-graduação stricto sensu, recomendados pelo Conselho Técnico Científico da Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior CAPES. Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação. LUCIANO OLIVA PATRÍCIO (Publicação no DOU n.º 20, de , seção 1, pág. 52) Despachos do Ministro Em 25 de janeiro de 2002 Nos termos do art. 2º da Lei n.º 9.131, de 2 de novembro de 1995, o Ministro de Estado da Educação, Interino, HOMOLOGA o Parecer n.º 1.333/2001, da Câmara de Educação Superior do Conselho Nacional de Educação, favorável ao reconhecimento dos programas de pós-graduação stricto sensu, relação anexa, recomendados pelo Conselho Técnico Científico da Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior CAPES, conforme consta do Processo n.º / LUCIANO OLIVA PATRÍCIO (Publicação no DOU n.º 20, de , seção 1, pág. 59)

A Câmara de Educação Superior aprova por unanimidade o voto do (a) Relator (a). N.º CURSO IES NÍVEL RECOMENDAÇÃO DO CTC

A Câmara de Educação Superior aprova por unanimidade o voto do (a) Relator (a). N.º CURSO IES NÍVEL RECOMENDAÇÃO DO CTC Parecer N.º: CNE/CES 353/2001 INTERESSADO: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior UF: DF ASSUNTO: Encaminha as recomendações e os repsecitovs conceitos atribuídos pelo CTC, no 2º sem/2000,

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 10/7/2013, Seção 1, Pág. 20. Portaria n 601, publicada no D.O.U. de 10/7/2013, Seção 1, Pág. 19. Retificado pelo Parecer CNE/CES 284/2013

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO: UF: MEC/Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível DF Superior ASSUNTO: Reconhecimento dos Programas de Pós-graduação

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO: MEC/Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de UF: DF Pessoal de Nível Superior (CAPES) ASSUNTO: Reconhecimento dos programas de pós-graduação

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 9/11/2012, Seção 1, Pág.12. Portaria n 1331, publicada no D.O.U. de 9/11/2012, Seção 1, Pág. 8. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 11/10/2013, Seção 1, Pág. 14. Portaria n 1.009, publicada no D.O.U. de 11/10/2013, Seção 1, Pág. 13. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 25/10/2011, Seção 1, Pág. 22. Portaria n 1536, publicada no D.O.U. de 25/10/2011, Seção 1, Pág. 21. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL

Leia mais

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO: Conselho Nacional de Educação/Câmara de Educação UF: DF Superior ASSUNTO: Reexame do Parecer CNE/CES nº 172/2012,

Leia mais

Portaria nº 526, publicada no D.O.U. de 18/6/2014, Seção 1, pág. 11. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

Portaria nº 526, publicada no D.O.U. de 18/6/2014, Seção 1, pág. 11. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO Portaria nº 526, publicada no D.O.U. de 18/6/2014, Seção 1, pág. 11. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADA: Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de UF: DF Nível

Leia mais

SCS Qd. 7 Bl. A Edifício Torre do Pátio Brasil Sala 502 BRASÍLIA DF CEP Tel/Fax: (61)

SCS Qd. 7 Bl. A Edifício Torre do Pátio Brasil Sala 502 BRASÍLIA DF CEP Tel/Fax: (61) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO SECRETARIA EXECUTIVA SÚMULA DE PARECERES REUNIÃO ORDINÁRIA DE 19, 20 E 21 DE FEVEREIRO DE 2013 CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR Processo: 23001.000010/2013-63

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO SÚMULA DE PARECERES 1

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO SÚMULA DE PARECERES 1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO SÚMULA DE PARECERES 1 REUNIÃO ORDINÁRIA DOS DIAS 19, 20 E 21 DE FEVEREIRO/2013 (Complementar à publicada no DOU em 3/5/2013, Seção 1, pp. 15-17) CÂMARA

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO SÚMULA DE PARECERES 1 2 REUNIÃO ORDINÁRIA DOS DIAS 6, 7 E 8 DE AGOSTO/2013

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO SÚMULA DE PARECERES 1 2 REUNIÃO ORDINÁRIA DOS DIAS 6, 7 E 8 DE AGOSTO/2013 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO SÚMULA DE PARECERES 1 2 REUNIÃO ORDINÁRIA DOS DIAS 6, 7 E 8 DE AGOSTO/201 CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR Processo: 2001.000092/201-46 Parecer: CNE/CES

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO. INTERESSADA: IREP Sociedade de Ensino Superior, Médio e Fundamental UF: SP

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO. INTERESSADA: IREP Sociedade de Ensino Superior, Médio e Fundamental UF: SP PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 1/12/201, Seção 1, Pág. 86. Portaria n 108, publicada no D.O.U. de 1/12/201, Seção 1, Pág. 85. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE

Leia mais

Propostas de Cursos No 132 a Reunião CTC-ES 12 a 16 de dezembro de

Propostas de Cursos No 132 a Reunião CTC-ES 12 a 16 de dezembro de Ministério da Educação - MEC Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Cape Diretoria de Avaliação - DAV Coordenação Geral de Avaliação e Acompanhamento - CGAA Propostas de

Leia mais

A participação da PUC-Rio em avaliações externas outubro/2016

A participação da PUC-Rio em avaliações externas outubro/2016 A participação da PUC-Rio em avaliações externas outubro/2016 Modalidades de Avaliações Externas Avaliações Nacionais Avaliações Internacionais MEC Conceito CAPES CPC Conceito Preliminar de Curso Indicador

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 28/7/2005, Seção 1, p. 13. Portaria MEC nº 2.642, publicada no D.O.U. de 28/7/2005, Seção 1, p. 11. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL

Leia mais

CAPES REVELA PIORES CURSOS DE MESTRADO E DOUTORADO DO BRASIL

CAPES REVELA PIORES CURSOS DE MESTRADO E DOUTORADO DO BRASIL CAPES REVELA PIORES CURSOS DE MESTRADO E DOUTORADO DO BRASIL Universidades públicas de renome como a USP estão na lista Por Camila Pati, de EXAME.com access_time dez 017, 15h8 Seis programas de doutorado

Leia mais

A Câmara Superior de Ensino do Conselho Universitário da Universidade Federal de Campina Grande, no uso de suas atribuições;

A Câmara Superior de Ensino do Conselho Universitário da Universidade Federal de Campina Grande, no uso de suas atribuições; SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO RESOLUÇÃO Nº 07/2015 Estabelece o número de vagas a serem oferecidas pelo processo seletivo

Leia mais

GABINETE DO MINISTRO

GABINETE DO MINISTRO Página 1 de 6 GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 526, DE 17 DE JUNHO DE 2014 O MINISTRO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO, no uso da atribuição que lhe confere o art. 4º do Decreto nº 5.773, de 9 de maio de 2006, e

Leia mais

UFU UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA NOTA DE CORTE 1.ª FASE 2.º SEM./ CURSO CAMPUS TURNO MODALIDADE CANDIDATOS

UFU UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA NOTA DE CORTE 1.ª FASE 2.º SEM./ CURSO CAMPUS TURNO MODALIDADE CANDIDATOS Administração Ciência da Computação Ciências Contábeis Ciências Contábeis Ciências Econômicas Administração Direito Matutino Direito UFU UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA NOTA DE CORTE 1.ª FASE 2.º SEM./2015

Leia mais

AVALIAÇÃO QUADRIENAL EM NÚMEROS

AVALIAÇÃO QUADRIENAL EM NÚMEROS AVALIAÇÃO QUADRIENAL EM NÚMEROS NOTAS 4.175 programas avaliados 119 (3%) foram descredenciados (Notas 1 e 2) 465 (11%) programas de excelência (Notas 6 e 7) 4.175 PROGRAMAS AVALIADOS 1.550 CONSULTORES

Leia mais

UFU UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA RELAÇÃO CANDIDATO/VAGA 2.º SEM./2016

UFU UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA RELAÇÃO CANDIDATO/VAGA 2.º SEM./2016 UFU UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA RELAÇÃO CANDIDATO/VAGA 2.º SEM./2016 2015 2016 CURSO CAMPUS TURNO MODALIDADE CANDIDATOS VAGAS C/V CAND. VAGAS C/V Administração Administração Ciência da Computação

Leia mais

CAPES/DPR/CDI PRODOC - RELAÇÃO DE PROJETOS ENCAMINHADOS NO EDITAL 2007 - PROJETOS RECOMENDADOS - RESULTADO FINAL

CAPES/DPR/CDI PRODOC - RELAÇÃO DE PROJETOS ENCAMINHADOS NO EDITAL 2007 - PROJETOS RECOMENDADOS - RESULTADO FINAL ADMINISTRAÇÃO UFMS ADMINISTRAÇÃO ADMINISTRAÇÃO UFSC ADMINISTRAÇÃO ANTROPOLOGIA UNB ANTROPOLOGIA ANTROPOLOGIA UNICAMP ANTROPOLOGIA SOCIAL ARTES / MÚSICA UFRGS ARTES VISUAIS ARTES / MÚSICA UDESC MÚSICA ARTES

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 346/2003

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 346/2003 PRó-S DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 346/2003 Regulamenta a padronização da nomenclatura das disciplinas pertencentes ao Instituto Básico de Biociências (IBB). O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade do

Leia mais

PMCD OFERTA DE VAGAS

PMCD OFERTA DE VAGAS Ciências da Saúde/CPqRR 1 CPqRR Doenças Infecciosas e Parasitárias / Biologia Celular e Molecular 7 2 UFOP Ciências Biológicas 1 UFOP Engenharia Civil PROPEC 4 UFOP Engenharia de Materiais REDEMAT 10 Agroquimica

Leia mais

Instituto de Matemática - UFRGS

Instituto de Matemática - UFRGS Brazilian - German Summer School 2016 (15 à 26/2/2016) Numerical Simulations with the Finite Element Method. Mathematical Analysis and Computational Practice Instituto de Matemática - UFRGS Sumário 1.

Leia mais

ATOS AUTORIZATIVOS DOS CURSOS DA UNIARARAS

ATOS AUTORIZATIVOS DOS CURSOS DA UNIARARAS ATOS AUTORIZATIVOS DOS CURSOS DA UNIARARAS CURSO AUTORIZAÇÃO RECONHECIMENTO ÚLTIMA RENOVAÇÃO VALIDADE CC* Administração 0 de 08/06/2006 Período: Matutino 26 de 01/10/2010 (DOE de 02/10/2010) nº 702 de

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 19/6/2009, Seção 1, Pág. 28. Portaria n 589, publicada no D.O.U. de 19/6/2009, Seção 1, Pág. 23. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL

Leia mais

Pesquisa de Egressos da UnB na RAIS 2013

Pesquisa de Egressos da UnB na RAIS 2013 Pesquisa de Egressos da UnB na RAIS 2013 CIG/DAI/DPO 2013 Pesquisa de Egressos UnB/RAIS-2013 Dados de egressos da UnB no Mercado Formal por Unidade da Federação com dados da Relação Anual de Informações

Leia mais

REGIMENTO ELEITORAL DCE UFPR ANEXO I

REGIMENTO ELEITORAL DCE UFPR ANEXO I **Os estudantes deverão preferencialmente votar nas urnas na qual seu curso estará listado, caso não seja possível, poderão votar em trânsito.** 1. Reitoria I Local: Saguão de Entrada do Prédio Dom Pedro

Leia mais

Total de vagas ofertadas pelo SiSU. no 2 semestre. Administração Integral (Matutino e Vespertino)

Total de vagas ofertadas pelo SiSU. no 2 semestre. Administração Integral (Matutino e Vespertino) Cursos A UFRGS oferece 30% do total de vagas da graduação para ingresso pelo Sistema de Seleção Unificada. Cursos que necessitam de provas de habilitação específica Artes Visuais, Música e Teatro são oferecidos

Leia mais

EXCLUIR, do Anexo Único do referido Edital, as matérias/disciplinas abaixo:

EXCLUIR, do Anexo Único do referido Edital, as matérias/disciplinas abaixo: PORTARIA Nº 0278, de 15 de fevereiro de 2012. O Reitor da UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA UESB, no uso de suas atribuições legais, na forma estabelecida pela Lei Estadual nº 7.176, de 10/09/97,

Leia mais

ATOS AUTORIZATIVOS DOS CURSOS DA UNIARARAS

ATOS AUTORIZATIVOS DOS CURSOS DA UNIARARAS ATOS AUTORIZATIVOS DOS CURSOS DA UNIARARAS CURSO AUTORIZAÇÃO RECONHECIMENTO ÚLTIMA RENOVAÇÃO VALIDADE CC* Administração 0 de 08/06/2006 Período: Matutino 26 de 01/10/2010 (DOE de 02/10/ nº 702 de 18/12/201

Leia mais

Ministério da Educação

Ministério da Educação Página 1 de 5 Ministério da Educação Nº 1232 - Quarta feira, 30 de junho de 2010 Gabinete do Ministro - Portaria nº 844, de 25 de junho de 2010 Dispõe sobre os processos do INEP que ensejam o pagamento

Leia mais

COMISSÃO PARITÁRIA DE CONSULTA PARA A ELEIÇÃO DE REITOR E VICE-REITOR DA UFPR MANDATO ANEXO I

COMISSÃO PARITÁRIA DE CONSULTA PARA A ELEIÇÃO DE REITOR E VICE-REITOR DA UFPR MANDATO ANEXO I COMISSÃO PARITÁRIA DE CONSULTA PARA A ELEIÇÃO DE REITOR E VICE-REITOR DA UFPR MANDATO 2008-2012 ANEXO I A Comissão Paritária de Consulta torna público o Anexo I das Normas para Consulta que trata das seções

Leia mais

ANEXO I EDITAL PRORH Nº 006/2017 SETOR DE CIÊNCIAS EXATAS E NATURAIS

ANEXO I EDITAL PRORH Nº 006/2017 SETOR DE CIÊNCIAS EXATAS E NATURAIS ANEXO I EDITAL PRORH Nº 006/2017 SETOR DE CIÊNCIAS EXATAS E NATURAIS Departamento de Física Estágio Curricular Supervisionado em Ensino de Física Licenciatura em Física e Mestrado em Educação, ou em Ensino

Leia mais

OBS. : AS TABELAS ABAIXO REFEREM-SE SOMENTE A CASOS DE TRANSFERÊNCIA FACULTATIVA PARA CURSO AFIM CURSOS OFERECIDOS EM VITÓRIA

OBS. : AS TABELAS ABAIXO REFEREM-SE SOMENTE A CASOS DE TRANSFERÊNCIA FACULTATIVA PARA CURSO AFIM CURSOS OFERECIDOS EM VITÓRIA RELAÇÃO DE CURSOS CONSIDERADOS CORRESPONDENTES - PSVS/2014 A) A afinidade entre os cursos da UFES e os de outras Instituições de Ensino Superior é baseada no artigo 49 da LDB (Lei de Diretrizes e Bases

Leia mais

Relação da Nota Mínima e Máxima por Curso e Categoria de Concorrência dos Candidatos Convocados para a 2ª Fase Lei n.º /2012

Relação da Nota Mínima e Máxima por Curso e Categoria de Concorrência dos Candidatos Convocados para a 2ª Fase Lei n.º /2012 Relação da e por e Categoria de Concorrência dos Candidatos para a 2ª Fase Administração - M 13,143 37,000 15 15,143 49,429 37 15,000 44,000 8 27,572 47,000 45 34,000 65,000 142 Administração - N 15,000

Leia mais

PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 16/3/2009, Seção 1, Pág. 22. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 16/3/2009, Seção 1, Pág. 22. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 16/3/2009, Seção 1, Pág. 22. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADA: Associação de Ensino de Marília Ltda. UF:

Leia mais

dezembro-2005 janeiro-2005 a Período: Programa Suporte à Pós-Graduação IES Particulares - PROSUP Valor (R$ Mil) Valor (R$ Mil) Valor Total (R$ Mil)

dezembro-2005 janeiro-2005 a Período: Programa Suporte à Pós-Graduação IES Particulares - PROSUP Valor (R$ Mil) Valor (R$ Mil) Valor Total (R$ Mil) Ministério da Educação - MEC Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES Número de Bolsistas e Valores Pagos (Médias), Segundo os Programas de Pós-Grad. Níveis: Mestrado

Leia mais

Quadro 1 Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu por Instituição, Grande Área e por Conceito Atual na CAPES Estado do Rio de Janeiro 2008

Quadro 1 Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu por Instituição, Grande Área e por Conceito Atual na CAPES Estado do Rio de Janeiro 2008 Quadro 1 Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu por Instituição, Grande Área e por Conceito Atual na CAPES Estado do Rio de Janeiro 2008 INSTITUIÇÃO GRANDE ÁREA PROGRAMA MODALIDADE DE CURSO MA DO MP

Leia mais

EDITAL PROGEP Nº 37, DE 12 DE JUNHO DE 2017.

EDITAL PROGEP Nº 37, DE 12 DE JUNHO DE 2017. EDITAL PROGEP Nº 37, DE 12 DE JUNHO DE 2017. ENMENTO DAS BANCAS DOS CONCURSOS PARA PROFESSORES DA UFMS EDITAIS UFMS/PROGEP Nº 104 E Nº105/2016 E EDITAL UFMS/PROGEP Nº 13/2017 A Fundação Universidade Federal

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO SÚMULA DE PARECERES 1 REUNIÃO ORDINÁRIA DOS DIAS 5, 6 E 7 DE NOVEMBRO/2013

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO SÚMULA DE PARECERES 1 REUNIÃO ORDINÁRIA DOS DIAS 5, 6 E 7 DE NOVEMBRO/2013 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO SÚMULA DE PARECERES 1 REUNIÃO ORDINÁRIA DOS DIAS 5, 6 E 7 DE NOVEMBRO/2013 CÂMARA DE EDUCAÇÃO BÁSICA Processo: 23001.000161/2013-11 Parecer: CNE/CEB

Leia mais

Tabela 1: : Número de inscrições por vaga no SiSU/ UFMG 2015/1 por curso

Tabela 1: : Número de inscrições por vaga no SiSU/ UFMG 2015/1 por curso Tabela 1: : Número de inscrições por vaga no SiSU/ UFMG 2015/1 por curso Número de inscrições no SiSU 2015/1 para a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) ADMINISTRAÇÃO Bacharelado - Noturno 7.421

Leia mais

Relatório de Laboratório por Curso

Relatório de Laboratório por Curso de cursos de ensino Cód. 57 Ortodontia 89 Técnica cirúrgica 9 Técnica operatória Dentística restauradora 53 9709 ODONTOLOGIA Graduação Bacharelado Presencial 8 373 Espaços para esportes Serviços 9 Anatomia

Leia mais

OBS. : AS TABELAS ABAIXO REFEREM-SE SOMENTE A CASOS DE TRANSFERÊNCIA FACULTATIVA PARA CURSO AFIM CURSOS OFERECIDOS EM VITÓRIA

OBS. : AS TABELAS ABAIXO REFEREM-SE SOMENTE A CASOS DE TRANSFERÊNCIA FACULTATIVA PARA CURSO AFIM CURSOS OFERECIDOS EM VITÓRIA ANEXO III RELAÇÃO DE CURSOS CONSIDERADOS CORRESPONDENTES - PSVS/2016 A) A afinidade entre os cursos da UFES e os de outras Instituições de Ensino Superior é baseada no artigo 49 da LDB (Lei de Diretrizes

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO(*) (*) Despacho do Ministro, Publicado no Diário Oficial da União de 21/05/2007 (*) Portaria/MEC nº 474, publicada no Diário Oficial da União de 21/05/2007 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. 3/9/2012, Seção 1, Pág. 93. Portaria n 1077, publicada no D.O.U. 3/9/2012, Seção 1, Pág. 12. Portaria n 1077, republicada no D.O.U. 13/9/2012,

Leia mais

Expansão das Universidades Públicas Brasileiras:

Expansão das Universidades Públicas Brasileiras: Expansão das Universidades Públicas Arthur Roquete de Macedo Maio 2010 Qualidade Acadêmica relação direta Financiamento da Universidade Ensino Pesquisa Extensão Custeio Investimento Recursos Humanos Expansão

Leia mais

COLEGIADO: CES. 2 3 Ciências Biológicas Mestrado 1 Ciências da Saúde * Mestrado Mestrado Profissional. Mestrado. Ciências Exatas Mestrado 1

COLEGIADO: CES. 2 3 Ciências Biológicas Mestrado 1 Ciências da Saúde * Mestrado Mestrado Profissional. Mestrado. Ciências Exatas Mestrado 1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO: MEC/Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de UF: DF Pessoal de Nível Superior ASSUNTO: Encaminha recomendações e respectivos conceitos

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 9/3/2015, Seção 1, Pág. 12. Portaria n 187, publicada no D.O.U. de 9/3/2015, Seção 1, Pág.11. Portaria n 188, publicada no D.O.U. de 9/3/2015,

Leia mais

PICME UFMG Projeto Integrado de Formação em Matemática

PICME UFMG Projeto Integrado de Formação em Matemática PICME UFMG Projeto Integrado de Formação em Matemática Programa de Pós Graduação em Matemática ICEx UFMG Coordenação: M J Dias Carneiro e S Oliffson Kamphorst Campinas, Novembro 200 http://www.mat.ufmg.br/picme

Leia mais

LEVANTAMENTO DE INTERESSES DOS SERVIDORES DO IF FARROUPILHA EM PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO (PPG)

LEVANTAMENTO DE INTERESSES DOS SERVIDORES DO IF FARROUPILHA EM PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO (PPG) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA PRÓ-REITORIA REITORIA DE PESQUISA PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO Rua Esmeralda,

Leia mais

TRANSFERÊNCIA FACULTATIVA

TRANSFERÊNCIA FACULTATIVA TRANSFERÊNCIA FACULTATIVA 2017-1 Campus Santa Mônica Administração Integral Bacharelado 4 10 0,40 Campus Santa Mônica Administração Noturno Bacharelado 29 10 2,90 Campus Santa Mônica Arquitetura e Urbanismo

Leia mais

PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 28/11/2017, Seção 1, Pág. 39. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 28/11/2017, Seção 1, Pág. 39. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 28/11/2017, Seção 1, Pág. 39. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO: Conselho Nacional de Educação/Câmara de Educação

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE CONSELHO UNIVERSITÁRIO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE CONSELHO UNIVERSITÁRIO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO Nº /2016/CONEPE Estabelece pesos e pontuação mínima para o vestibular ENEM/SISU, para ingresso

Leia mais

Relação dos Desempenhos Mínimos e Máximos por Curso e Categoria de Concorrência dos Candidatos Aprovados na 2ª Fase Lei n.º 12.

Relação dos Desempenhos Mínimos e Máximos por Curso e Categoria de Concorrência dos Candidatos Aprovados na 2ª Fase Lei n.º 12. Relação dos Desempenhos Mínimos e Máximos por e Categoria de Concorrência dos Candidatos na 2ª Fase Administração - M 268,306 268,306 1 223,383 527,328 15 197,694 465,272 10 455,794 760,889 13 518,061

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 25/8/2009, Seção 1, Pág. 10. Portaria n 822, publicada no D.O.U. de 25/8/2009, Seção 1, Pág. 10. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL

Leia mais

Edital n 59/2013. Concurso Público para Provimento de Cargos de Professor de Ensino Básico, Técnico e Tecnológico ANEXO I CARGOS E VAGAS

Edital n 59/2013. Concurso Público para Provimento de Cargos de Professor de Ensino Básico, Técnico e Tecnológico ANEXO I CARGOS E VAGAS Cód. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO Áreas de Atuação / Conhecimento Edital n 59/2013 Concurso

Leia mais

PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 6/5/2009, Seção 1, Pág. 11. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 6/5/2009, Seção 1, Pág. 11. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 6/5/2009, Seção 1, Pág. 11. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO: MEC/Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 10//2012, Seção 1, Pág. 15. Portaria n, publicada no D.O.U. de 10//2012, Seção 1, Pág. 1. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 1, DE 8 DE JUNHO DE 2007.

CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 1, DE 8 DE JUNHO DE 2007. CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 1, DE 8 DE JUNHO DE 2007. Estabelece normas para o funcionamento de cursos de pós-graduação lato sensu, em nível de especialização.

Leia mais

SIC 17/2011* Belo Horizonte, 07 de fevereiro de 2011.

SIC 17/2011* Belo Horizonte, 07 de fevereiro de 2011. SIC 17/2011* Belo Horizonte, 07 de fevereiro de 2011. PÓS GRADUAÇÃO LATO SENSU. ESPECIALIZAÇÃO. INSTITUIÇÕES ESPECIALMENTE CREDENCIADAS. CREDENCIAMENTO ESPECIAL DE INSTITUIÇÕES NÃO EDUCACIONAIS PARA OFERTA

Leia mais

RESOLUÇÃO NORMATIVA Nº 28/CGRAD/2015, DE 16 DE SETEMBRO DE 2015.

RESOLUÇÃO NORMATIVA Nº 28/CGRAD/2015, DE 16 DE SETEMBRO DE 2015. RESOLUÇÃO NORMATIVA Nº 28/CGRAD/2015, DE 16 DE SETEMBRO DE 2015. Dispõe sobre a adesão da UFSC ao SISU 2016/1. O PRESIDENTE DA CÂMARA DE GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA, no uso de suas

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO. INTERESSADO: Complexo de Ensino Superior de São Paulo Ltda.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO. INTERESSADO: Complexo de Ensino Superior de São Paulo Ltda. PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 10/10/2011, Seção 1, Pág. 17. Portaria n 170, publicada no D.O.U. de 10/10/2011, Seção 1, Pág.13. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL

Leia mais

Resultados relacionados com o IGC 2012 Todo o País

Resultados relacionados com o IGC 2012 Todo o País Universida Feral do Rio Gran do Sul Secretaria Avaliação Institucional SAI Resultados relacionados com o IGC 2012 Todo o País Posição Universida UF IGC - Conceito - IGC da do Mestrado do da Pós- 1º UFRGS

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO E ENSINO PROFISSIONALIZANTE NÚCLEO DE CONCURSOS EDITAL N.º 10/2016 NC/COPAP A Universidade Federal do Paraná, por seu Núcleo

Leia mais

COLEGIADO DO CURSO SUPERIOR DE BACHARELADO EM ENGENHARIA AGRONÔMICA

COLEGIADO DO CURSO SUPERIOR DE BACHARELADO EM ENGENHARIA AGRONÔMICA COLEGIADO DO CURSO SUPERIOR DE BACHARELADO EM ENGENHARIA AGRONÔMICA DOCENTE TITULAÇÃO FORMAÇÃO 1. Alessandro de Magalhães Arantes Doutor Graduação: Engenharia Agronômica, 1994, UNEB-Famesf; Mestrado: Ciência

Leia mais

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO: Conselho Nacional de Educação/Câmara de Educação UF: DF Superior ASSUNTO: Normas referentes à pós-graduação stricto

Leia mais

Mantenedora Nº de vagas ENEM Turno Nome Curso

Mantenedora Nº de vagas ENEM Turno Nome Curso Mantenedora Nº de vagas ENEM Turno Nome Curso Anhaguera 5 MATUTINO ADMINISTRAÇÃO Anhaguera 5 NOTURNO ADMINISTRAÇÃO Anhaguera 1 MATUTINO ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEM Anhaguera 1 NOTURNO ANÁLISE E

Leia mais

Enem Resultado Individual e SiSU/2016

Enem Resultado Individual e SiSU/2016 Enem 2015 - Resultado Individual e SiSU/2016 Aloizio Mercadante Ministro de Estado da Educação Brasília, 11 janeiro de 2016 Distribuição das proficiências dos participantes Ciências Humanas Ciências da

Leia mais

CURSOS DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL - SITUAÇÃO LEGAL

CURSOS DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL - SITUAÇÃO LEGAL DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL - SITUAÇÃO LEGAL s Avaliação MEC Amparo Legal Administração CPC 4 Renovado Reconhecimento pela Port. Nº 273, publicada em 04/04/2017. Arquitetura e Urbanismo Artes Cênicas - Licenciatura

Leia mais

CURSOS DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL - SITUAÇÃO LEGAL

CURSOS DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL - SITUAÇÃO LEGAL DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL - SITUAÇÃO LEGAL s Avaliação MEC Amparo Legal Administração CPC 4 Renovado Reconhecimento pela Port. Nº 273, publicada em 04/04/2017. Arquitetura e Urbanismo Artes Cênicas - Licenciatura

Leia mais

HOMOLOGADO EM 09/10/2006 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

HOMOLOGADO EM 09/10/2006 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO: MEC/Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de UF: DF Pessoal de Nível Superior - CAPES ASSUNTO: Reconhecimento dos Programas de Pós-Graduação

Leia mais

Anexo II QUADRO DE CURSOS AFINS

Anexo II QUADRO DE CURSOS AFINS Anexo II QUADRO DE CURSOS AFINS Campus Universitário de Cuiabá Bacharelados em: Direito; Filosofia; Sociologia; Antropologia; História; Geografia; Ciências Sociais; Ciências FILOSOFIA - Políticas; Teologia;

Leia mais

Relação Candidato/Vaga por Categoria de Concorrência Lei n.º /2012

Relação Candidato/Vaga por Categoria de Concorrência Lei n.º /2012 1 - Candidatos autodeclarados pretos, pardos ou indígenas, com renda familiar bruta per capita igual ou inferior a 1,5 e que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas; 2 - Candidatos

Leia mais

ANEXO I VAGAS POR CARGO / ÁREAS / CAMPI / REQUISITOS

ANEXO I VAGAS POR CARGO / ÁREAS / CAMPI / REQUISITOS ANEXO I VAGAS POR CARGO / ÁREAS / CAMPI / REQUISITOS CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE SINOP Faculde de Ciências Sociais Aplicas Cursos de Bacharelado em Administração, Ciências Contábeis e Economia Administração

Leia mais

Campus Curso Turno Formação

Campus Curso Turno Formação ANÁLISE DA CONCORRÊNCIA EM RELAÇÃO AO NÚMERO DE INSCRITOS (PROCURA PELO CURSO NO SISU) - APENAS PRIMEIRA CHAMADA Campus Curso Turno Formação N. de Vagas Inscritos CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE CUIABÁ MEDICINA

Leia mais

Reconhecimento de Cursos da PUCPR

Reconhecimento de Cursos da PUCPR 3 - ASPECTOS ACADÊMICOS 3.1 Aspectos Legais dos Cursos de Graduação Reconhecimento de Cursos da PUCPR CAMPUS CURITIBA Centro de Teologia e Ciências Humanas Biblioteconomia e Documentação CONSUN 97 25/11/04

Leia mais

Relação Candidato/Vaga por Categoria de Concorrência Lei n.º /2012

Relação Candidato/Vaga por Categoria de Concorrência Lei n.º /2012 1 - Candidatos autodeclarados pretos, pardos ou indígenas, com renda familiar bruta per capita igual ou inferior a 1,5 e que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas; 2 - Candidatos

Leia mais

EDITAL No. 12/2014 PROPG- UNESP/CPS. Abertura de vagas para docentes do CENTRO PAULA SOUZA

EDITAL No. 12/2014 PROPG- UNESP/CPS. Abertura de vagas para docentes do CENTRO PAULA SOUZA EDITAL No. 12/2014 PROPG- UNESP/CPS PROGRAMA DE QUALIFICAÇÃO PARA ESTUDOS DE DOUTORADO UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA APRESENTAÇÃO Abertura de vagas para docentes do CENTRO PAULA SOUZA O Programa de Qualificação

Leia mais

ANEXO III da Lei nº /2005 Progressão por Capacitação (Redação dada pela Lei nº de 2005

ANEXO III da Lei nº /2005 Progressão por Capacitação (Redação dada pela Lei nº de 2005 ANEXO III da Lei nº 11.091/2005 Progressão por Capacitação (Redação dada pela Lei nº 11.233 de 2005 TABELA PARA PROGRESSÃO POR CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL NÍVEL DE NÍVEL DE CARGA HORÁRIA DE CLASSIFICAÇÃO

Leia mais

Quadro Comparativo da Relação Candidato / Vaga 2016

Quadro Comparativo da Relação Candidato / Vaga 2016 Quadro Comparativo da Relação Candidato / Vaga 2016 I. Universidade do Estado do Rio de Janeiro / UERJ TOTAL NÃO-RESERVA REDE PÚBLICA Administração (RIO) 120 779 6,49 66 720 10,91 24 33 1,38 24 26 1,08

Leia mais

Ciências Militares no Século XXI: desafios à formação e capacitação de recursos humanos em Defesa LIVIO AMARAL DAV CAPES

Ciências Militares no Século XXI: desafios à formação e capacitação de recursos humanos em Defesa LIVIO AMARAL DAV CAPES Ciências Militares no Século XXI: desafios à formação e capacitação de recursos humanos em Defesa LIVIO AMARAL DAV CAPES DADOS HISTÓRICOS 1951 Criação da Capes: Uma Fundação do MEC; 1953 Programa Universitário;

Leia mais

Cursos de Dança no Brasil. Dulce Aquino

Cursos de Dança no Brasil. Dulce Aquino Cursos de Dança no Brasil Dulce Aquino Cursos de Dança no Brasil Instituições Federais Instituições Estaduais 3 cursos 9 cursos Total 3 Total de Cursos de Dança nas IES - 3 3 11 Norte - 3 Nordeste - 11

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 165/2016

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 165/2016 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 165/ Altera o Anexo 01 da Deliberação Consep nº 171/2015, que Dispõe sobre as normas e fixa o calendário e o número de vagas para o Processo Seletivo Verão-, para os cursos de graduação

Leia mais

INSTITUTO MULTIDISCIPLINAR EM SAÚDE

INSTITUTO MULTIDISCIPLINAR EM SAÚDE UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA - UFBA ANEXO I Campus: Anísio Teixeira Vitória da Conquista INSTITUTO MULTIDISCIPLINAR EM SAÚDE IMS DEPARTAMENTO IMS/UFBA Área de Conhecimento: Alimentação Coletiva Titulação:

Leia mais

CURSO GRUPO CANDIDATOS VAGAS CAND/VAGA Grupo A 9 2 4,5 Grupo B ADMINISTRACAO - DIURNO

CURSO GRUPO CANDIDATOS VAGAS CAND/VAGA Grupo A 9 2 4,5 Grupo B ADMINISTRACAO - DIURNO Grupo A 9 2 4,5 Grupo B 9 1 9 ADMINISTRACAO - DIURNO Grupo C 26 6 4,3 Grupo D 8 2 4 Grupo E 14 1 14 Grupo A 9 2 4,5 Grupo B 8 1 8 ADMINISTRACAO - NOTURNO Grupo C 33 6 5,5 Grupo D 7 2 3,5 Grupo E 9 1 9

Leia mais

Relação candidato X vaga

Relação candidato X vaga Pág.: Coordenação de Processos de Seleção e Ingresso Data: 8//6 :6:8 PAVE XI (-6) - Etapa Administração (Bacharelado), Ampla concorrência L 9 L Administração (Noturno) (Bacharelado) 6, Ampla concorrência

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO SECRETARIA DE GESTÃO DE PESSPAS COMISSÃO PERMANENTE ORGANIZADORA DE CONCURSO PÚBLICO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO SECRETARIA DE GESTÃO DE PESSPAS COMISSÃO PERMANENTE ORGANIZADORA DE CONCURSO PÚBLICO EDITAL N. 05/SGP/UFMT/207 ANEXO I - QUADRO DE VAGAS Para as áreas que ofertam vagas reservadas preferencialmente para Pessoa com Deficiência(PcD) ou para Negros, serão aceitas inscrições para ampla concorrência,

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 5/6/2009, Seção 1, Pág. 92. Portaria n 507, publicada no D.O.U. de 5/6/2009, Seção 1, Pág. 92. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE

Leia mais

L3 - Candidatos que, independentemente da renda (art. 14, II, Portaria Normativa nº 18/2012), tenham

L3 - Candidatos que, independentemente da renda (art. 14, II, Portaria Normativa nº 18/2012), tenham Nota de corte Ordenado pela ação L3 L3 - Candidatos que, independentemente da renda (art. 1, II, Portaria Normativa nº 1/1), tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas (Lei nº 1.711/1)

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSUNI Nº 009/2017

DELIBERAÇÃO CONSUNI Nº 009/2017 DELIBERAÇÃO CONSUNI Nº 009/2017 Altera o Anexo I do Regimento Geral da Universidade de Taubaté. O CONSELHO UNIVERSITÁRIO, na conformidade do Processo R-001/2017, aprovou e eu promulgo a seguinte Deliberação:

Leia mais

Relação candidato X vaga

Relação candidato X vaga Pág.: Coordenação de Processos de Seleção e Ingresso Data: //5 :59:6 PAVE X (-5) - Etapa Administração (Bacharelado) 5,75 Universal 8 8 Sistema B Administracao (Noturno) (Bacharelado) 5,5 Universal 6 Sistema

Leia mais

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO: MEC/Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de UF: DF Nível Superior (CAPES) ASSUNTO: Alterações em programas

Leia mais

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADA: União Dinâmica das Cataratas UDC S/C Ltda. UF: PR ASSUNTO: Credenciamento do Centro Universitário Dinâmica das Cataratas,

Leia mais

CREDENCIAMENTO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR. PORTARIA No- 354, DE 14 DE MARÇO DE 2008

CREDENCIAMENTO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR. PORTARIA No- 354, DE 14 DE MARÇO DE 2008 CREDENCIAMENTO 12 ISSN 1677-7042 1 Nº 53, terça-feira, 18 de março de 2008 SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR PORTARIA No- 354, DE 14 DE MARÇO DE 2008 O MINISTRO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO, no uso de suas atribuições,

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO(*) (*) Despacho do Ministro, publicado no Diário Oficial da União de 05/12/2008 (*) Portaria/MEC nº 1.476, publicada no Diário Oficial da União de 05/12/2008 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO

Leia mais

PARECER HOMOLOGADO Portaria n 919, publicada no D.O.U. de 19/8/2016, Seção 1, Pág. 13. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

PARECER HOMOLOGADO Portaria n 919, publicada no D.O.U. de 19/8/2016, Seção 1, Pág. 13. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO Portaria n 919, publicada no D.O.U. de 19/8/2016, Seção 1, Pág. 13. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de UF:

Leia mais

GT Graduação A ENGENHARIA DE PRODUÇÃO NO ENADE. Vanderlí Fava de Oliveira

GT Graduação A ENGENHARIA DE PRODUÇÃO NO ENADE. Vanderlí Fava de Oliveira GT Graduação A ENGENHARIA DE PRODUÇÃO NO ENADE Vanderlí Fava de Oliveira 1950 1952 1954 1956 1958 1960 1962 1964 1966 1968 1970 1972 1974 1976 1978 1980 1982 1984 1986 1988 1990 1992 1994 1996 1998 2000

Leia mais