TERMO DE CONVÊNIO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA E CIENTÍFICA XXXXXXXXX

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "TERMO DE CONVÊNIO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA E CIENTÍFICA XXXXXXXXX"

Transcrição

1 TERMO DE CONVÊNIO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA E CIENTÍFICA QUE ENTRE SI CELEBRAM, O INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇAO ISE E A XXXXXXXX XXXXXXXXX Pelo presente instrumento e na melhor forma de direito, de um lado o INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO - ISE LTDA, pessoa jurídica de direito privado, com a filial de Campo Largo inscrita no CNPJ sob o nº / , localizada na Avenida Desembargador Clotário Portugal, nº 933, Centro, Campo Largo, Paraná, e sede em Curitiba, Inscrita no CNPJ / , localizada na Rua Professor José Moscalewski, 273, Pilarzinho, Curitiba, Paraná, neste ato representado por seu administrador, professor Doutor Marcio Dolizete Mugnol Santos, Brasileiro, divorciado, portador da CPF (MF) n , de outro o (a) (XXXXXXXXXXXX) e respectiva(s), pessoa jurídica de direito Público, inscrito(a) no CNPJ/MF sob n.º (n.º CNPJ), com sede no(a) (LOGRADOURO), (Bairro), (Cidade), UF, neste ato representado(a) por seu(ua) (Cargo), Sr.(a) (NOME DO REPRESENTANTE), (nacionalidade), (Estado Civil), (profissão), portador (a) da cédula de identidade n.º (N.º e órgão expedidor), e inscrito(a) no CPF/MF sob n.º (CPF), doravante denominados ACORDANTES; considerando, as exigências regulamentares em termos de campo de estágio para os cursos de graduação bacharelado, licenciatura, tecnológicos e técnicos, especialmente os cursos de enfermagem, radiologia, Análises Clinicas, e também aos demais; considerando que (a) (XXXXXXXXXXXXXXXX) administra a rede pública de escolas municipais e a rede de saúde pública municipal, com Unidades Básicas de Atendimento, Centro Médico e outros, sendo uma referência no atendimento ambulatorial e medicina de baixa complexidade, as partes, objetivando oportunizar a realização de estágios e atividades práticas para os alunos do ISE, bem como, em contrapartida, conceder desconto de 10% nas mensalidades dos funcionários da prefeitura matriculados nos cursos ofertados pelo ISE, em conformidade com as clausulas e condições que seguem, resolvem assinar o presente Termo de Convênio de Cooperação Técnica e Científica, com as clausulas e condições que seguem. CLÁUSULA PRIMEIRA - DO OBJETIVO DO TERMO DE COOPERAÇÃO Este Termo de Convênio de Cooperação Técnica e Científica tem por objetivo unir as partes no sentido de estabelecer uma cooperação recíproca visando o desenvolvimento de atividades conjuntas capazes de propiciar a plena operacionalização da Lei /08, unicamente no que se

2 refere ao estágio curricular supervisionado e atividades práticas dos alunos dos cursos do ISE, especialmente os de Enfermagem (bacharelado e técnico), dos cursos Técnicos em Radiologia e Analises Clinicas, e outros cursos. Não estão incluídos os estágios extracurriculares, de natureza não obrigatória, conforme disposto no art.2º da lei /2008. CLÁUSULA SEGUNDA DAS CONDIÇÕES BÁSICAS Os estágios supervisionados objetos deste termo serão realizados de acordo com as seguintes condições básicas: Em conformidade com a lei /08; O aluno deve estar regularmente matriculado e frequentando o curso; Respeito ao regulamento de estágios do ISE e as especificidades de cada curso; Respeito às normas internas e os manuais de segurança da Unidade Hospitalar Concedente; O Instituto Superior de Educação ISE, a seu exclusivo critério e de acordo com sua disponibilidade, indicará os alunos, cujo currículo escolar permita e/ou demande estágio; A Unidade Concedente de estágio, a seu exclusivo critério e de acordo com sua disponibilidade, orientará os procedimentos internos e subsidiários, necessários à realização do estágio. CLÁUSULA TERCEIRA DO TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO Para a realização do(s) estágio(s), decorrente (s) do presente convênio, será celebrado um termo de compromisso de estágio entre o estagiário e Unidade Concedente, com a interveniência da Instituição de ensino, nos termos do art. 3º da Lei / O Termo de Compromisso de Estágio, fundamentado e vinculado ao presente Convênio, ao qual será anexado posteriormente, terá por função básica normatizar a relação jurídica especial que se estabelecerá entre o estagiário, a Instituição de Ensino e a Unidade Concedente; 2. Assim materializado, caracterizado e documentado, o estágio que vier a ser realizado ao abrigo deste Convênio, não acarretará vínculo empregatício de qualquer natureza entre o estagiário e a Unidade Concedente de estágio, nos termos do que dispõe a Lei nº /08.

3 CLÁUSULA QUARTA DEVERES DA INSTITUIÇÃO DE ENSINO No desenvolvimento do Convênio ora compromissado caberá ao ISE: 1. Fornecer aos estagiários, a cada semestre, ou sempre que se fizer necessário, respeitando-se os prazos estipulados pela Secretaria Acadêmica, o atestado de matrícula a fim de documentar a sua situação acadêmica na unidade cedente de estágio; 2. Estabelecer as condições imprescindíveis para a caracterização, elaboração e formalização dos instrumentos mencionados e exigidos nos artigos 7 e 8 da Lei /08; 3. Comunicar a Unidade Concedente, sempre que solicitado, dados referentes à conclusão, abandono, mudança de curso, ou o trancamento de matrícula do estagiário, fatos esses que implicam na interrupção do respectivo Termo de Compromisso de Estágio. 4. Efetivar Seguro Contra Acidentes Pessoais dos estagiários, de acordo com o disposto no Artigo 9º da Lei / Conceder bolsa auxilio e vale transporte aos estagiários, quanto necessários; 6. Designar o professor orientador para acompanhar os trabalhos que serão desenvolvidos pelos estagiários, conforme determina o parágrafo 1º do Artigo 3º da Lei / Conceder desconto de 10% do valor de cada mensalidade de seus cursos para estudantes funcionários da Unidade Cedente, indicados por elas, enquanto permanecerem no emprego. CLÁUSULA QUINTA: DEVERES DA UNIDADE CEDENTE No desenvolvimento do Convênio ora compromissado caberá à Unidade Concedente: 1. Em comum acordo com o ISE e o estagiário, definir jornada de estágio obedecendo ao calendário letivo anual, não ultrapassando o período de 6 (seis) horas diárias e 30 (trinta) horas semanais, conforme dita o artigo 10 da Lei / Emitir e fornecer ao estagiário o respectivo atestado de realização do estágio, ao término do mesmo; 3. Comunicar ao ISE, sempre que solicitada e/ou julgar necessário, informações referentes ao desenvolvimento do estágio, bem como do estagiário, através de relatórios e/ou formas que se fizerem necessárias; 4. Proporcionar aos estagiários as condições para realizar o estágio, compatíveis com o Manual de Estágio do curso e com o calendário de atividades escolares da Instituição;

4 5. Comunicar ao ISE a interrupção, conclusão ou eventuais modificações do convencionado no termo de compromisso de estágio. 6. Indicar a partir de seus quadros profissionais, supervisores para acompanhar os trabalhos que serão desenvolvidos pelos estagiários, conforme determina o parágrafo 1º do Artigo 3º da Lei /08. CLÁUSULA SEXTA DA NÃO COBRANÇA DE TAXAS As partes velarão para que nenhuma importância, na forma de quaisquer valores, referentes às providências legais e administrativas para a realização do estágio, seja cobrada do estagiário. CLÁUSULA SÉTIMA: DA VIGÊNCIA DO TERMO DE COOPERAÇÃO O presente Termo de Convênio de Cooperação Técnica e Científica terá vigência indeterminada podendo, porém, a qualquer tempo, ser denunciado por qualquer das partes, mediante comunicação por escrito com antecedência mínima de 30 (trinta) dias. Parágrafo Único - Fica acordado que os estágios em andamento, mesmo com a rescisão do Convênio, deverão ser concluídos para evitar prejuízo ao estudante-estagiário. CLAUSULA OITAVA DA RESOLUÇÃO DE CONFLITOS Para dirimir dúvidas eventualmente suscitadas na execução e interpretação do presente Acordo, as partes envidarão esforços na busca de uma solução consensual; não sendo possível, as partes elegem o Foro da Comarca de Campo Largo, Paraná, para dirimir causas e conflitos que, porventura, vierem a surgir em decorrência deste Acordo. Os casos omissos, no que couber, serão resolvidos pelos representantes das partes. E por estarem de acordo, firmam este instrumento em 02 (duas) vias de igual teor e forma, para todos os efeitos legais, na presença das testemunhas abaixo assinadas. Campo Largo (PR), de 2015.

5 INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO ISE Professor Doutor Marcio Dolizete Mugnol Santos XXXXXXXXXXXXXXXXXXXX Nome e cargo Testemunha 1 Testemunha 2 RG. N. CPF. N. RG. N. CPF. N.

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUDESTE DE MINAS GERAIS CAMPUS SÃO JOÃO DEL-REI DIREÇÃO DE EXTENSÃO

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUDESTE DE MINAS GERAIS CAMPUS SÃO JOÃO DEL-REI DIREÇÃO DE EXTENSÃO TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO (De acordo com o disposto na Lei nº 11.788/2008) Pelo presente instrumento, celebram entre si o Termo de Compromisso de Estágio, sendo de um lado,, inscrita no CNPJ sob

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO TERMO DE RESPONSABILIDADE

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO TERMO DE RESPONSABILIDADE UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO TERMO DE RESPONSABILIDADE Termo de Responsabilidade que entre si celebram a... (Escola/Faculdade da UFMG)... e o(a)... (Órgão/Unidade da UFMG)...,

Leia mais

DEVE SER RENOVADO A CADA 6 MESES PARA EVITAR PROBLEMAS DE ORDEM JURÍDCA

DEVE SER RENOVADO A CADA 6 MESES PARA EVITAR PROBLEMAS DE ORDEM JURÍDCA MODELO DO TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO ( EM 3 VIAS em papel timbrado da Unidade Concedente do Estágio Quando for imprimir retirar essa informação) Obs.: DEVE SER RENOVADO

Leia mais

DIRETORIA ACADÊMICA COLEGIADO DO CURSO DE LICENCIATURA EM QUÍMICA TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO

DIRETORIA ACADÊMICA COLEGIADO DO CURSO DE LICENCIATURA EM QUÍMICA TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO Termo de Compromisso de Estágio que celebram entre si a (nome da instituição) e o Estudante (nome do estudante), com a interveniência do Instituto Federal Baiano Campus Guanambi, para realização de Estágio,

Leia mais

TERMO DE CONVÊNIO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO que entre si celebram a/o

TERMO DE CONVÊNIO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO que entre si celebram a/o 1 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO TERMO DE CONVÊNIO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO que entre

Leia mais

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CONVÊNIO.../2010 Convênio que entre si celebram a FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA e a..., visando o desenvolvimento de estágios obrigatórios e não obrigatórios conforme a Lei nº 11.788, de 25 de

Leia mais

CARTA DE APRESENTAÇÃO

CARTA DE APRESENTAÇÃO Ilmo.(a) Sr.(a) FACULDADE DE EDUCAÇÃO FÍSICA DA Diretor da Instituição de Ensino CARTA DE APRESENTAÇÃO A FEFISO Faculdade de Educação Física da ACM de Sorocaba é uma instituição de ensino superior, com

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL DIRETORIA DE RELAÇÕES EMPRESARIAIS E COMUNITÁRIAS DREC ASSISTÊNCIA DE ESTÁGIOS

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL DIRETORIA DE RELAÇÕES EMPRESARIAIS E COMUNITÁRIAS DREC ASSISTÊNCIA DE ESTÁGIOS Página 1 CONVÊNIO /20 TERMO DE CONVÊNIO PARA CONCESSÃO DE ESTÁGIO PROFISSIONAL, QUE ENTRE SI CELEBRAM O INSTITUTO FEDERAL MINAS GERAIS OURO PRETO E A ENTIDADE CONCEDENTE DE ESTÁGIO Pelo presente instrumento

Leia mais

INSTRUÇÃO DE PREENCHIMENTO

INSTRUÇÃO DE PREENCHIMENTO INSTRUÇÃO DE PREENCHIMENTO O Termo de Compromisso de Estágio (TCE) é um documento firmado pela Instituição Concedente, o Estagiário e a Faculdade Dinâmica, para formalização do Estágio, que deverá atender

Leia mais

A, inscrita no CNPJ/MF sob o nº, sediada na Rua neste ato representada,, brasileiro,, RG nº, CPF n º, doravante denominada

A, inscrita no CNPJ/MF sob o nº, sediada na Rua neste ato representada,, brasileiro,, RG nº, CPF n º, doravante denominada SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE PRÓ-REITORIA DE ENSINO COORDENAÇÃO DE PROGRAMAS E ESTÁGIOS CENTRO DE SAÚDE E TECNOLOGIA RURAL TERMO DE CONVÊNIO OBJETIVANDO A CONCESSÃO DE

Leia mais

ANEXO IV DA PORTARIA Nº 0943, DE 26 DE SETEMBRO DE 2013 TERMO DE COMPROMISSO PARA ESTÁGIO NÃO OBRIGATÓRIO

ANEXO IV DA PORTARIA Nº 0943, DE 26 DE SETEMBRO DE 2013 TERMO DE COMPROMISSO PARA ESTÁGIO NÃO OBRIGATÓRIO ANEXO IV DA PORTARIA Nº 0943, DE 26 DE SETEMBRO DE 2013 TERMO DE COMPROMISSO PARA ESTÁGIO NÃO OBRIGATÓRIO Pelo presente instrumento, de um lado, (NOME DA CONCEDENTE), inscrita no (TIPO E NÚMERO DO DOCUMENTO),

Leia mais

TERMO DE CONVÊNIO DE ESTÁGIO NÃO OBRIGATÓRIO

TERMO DE CONVÊNIO DE ESTÁGIO NÃO OBRIGATÓRIO MODELO DO TERMO DE CONVÊNIO DE ESTÁGIO. 2 vias EM PAPEL TIMBRADO DA UNIDADE CONCEDENTE DO ESTÁGIO CÓPIA DO CNPJ - CÓPIA DO ATO DE NOMEAÇÃO DO REPRESENTANTE LEGAL E/OU CONTRATO SOCIAL E ÚLTIMA ALTERAÇÃO

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE ODONTOLOGIA

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE ODONTOLOGIA ORIENTAÇÕES PARA OFERECIMENTO DE ESTÁGIOS A ESTUDANTES DA FOUSP Para empresa ou Cirurgião(ã)-Dentista 1. Carta de apresentação da empresa ou Cirurgião(ã)-Dentista com as seguintes informações: a) Dados

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO

TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO (Para uso exclusivo do Curso de PSICOLOGIA 3º, 4º e 5º ano) Pelo presente instrumento particular, de um lado,, estabelecida nesta Capital do Estado de São Paulo, na Rua,

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal de São Paulo PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO

Ministério da Educação Universidade Federal de São Paulo PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO TERMO DE CONVÊNIO QUE ENTRE SI CELEBRAM A UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO - UNIFESP e a UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS, PARA REALIZAÇÃO DE ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO NÃO REMUNERADO A ESTUDANTE

Leia mais

Orientações Gerais. d) Distribuição das vias 1ª Via: Via da Empresa. 2ª Via: Via do Aluno 3ª Via: Via da Escola

Orientações Gerais. d) Distribuição das vias 1ª Via: Via da Empresa. 2ª Via: Via do Aluno 3ª Via: Via da Escola Orientações Gerais a) Critérios para o início do estágio A documentação de estágio deverá ser entregue na Faculdade de Tecnologia SENAI Anchieta, no mínimo, uma semana de antes da data de início do processo

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE ODONTOLOGIA

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE ODONTOLOGIA ORIENTAÇÕES PARA OFERECIMENTO DE ESTÁGIOS A ESTUDANTES DA FOUSP Para empresa ou Cirurgião(ã)-Dentista 1. Carta de apresentação da empresa ou Cirurgião(ã)-Dentista com as seguintes informações: a) Dados

Leia mais

TIMBRE DA CONCEDENTE TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO

TIMBRE DA CONCEDENTE TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO TIMBRE DA CONCEDENTE TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO CELEBRADO ENTRE A CONCEDENTE_EMPRESA LATICÍNIOS LTDA E O(A) ESTAGIÁRIO(A) JOÃO DA SILVA COM

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO. Pelo presente Termo de Compromisso de Estágio, de um lado, a empresa Nome da Empresa

TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO. Pelo presente Termo de Compromisso de Estágio, de um lado, a empresa Nome da Empresa TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO Pelo presente Termo de Compromisso de Estágio, de um lado, a empresa Nome da Empresa, com sede na Endereço, CEP CEP, na cidade Cidade UF UF, inscrita no CNPJ sob o nº CNPJ,

Leia mais

PRÓ-REITORIA ACADÊMICA COORDENAÇÃO DE ESTÁGIOS ESTÁGIOS SUPERVISIONADOS DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO - BACHARELADOS DO UNILASALLE NORMAS DE FUNCIONAMENTO

PRÓ-REITORIA ACADÊMICA COORDENAÇÃO DE ESTÁGIOS ESTÁGIOS SUPERVISIONADOS DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO - BACHARELADOS DO UNILASALLE NORMAS DE FUNCIONAMENTO PRÓ-REITORIA ACADÊMICA COORDENAÇÃO DE ESTÁGIOS ESTÁGIOS SUPERVISIONADOS DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO - BACHARELADOS DO UNILASALLE NORMAS DE FUNCIONAMENTO Disciplinas de Estágio Supervisionado Art. 1º De acordo

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica de Goiás Pró-Reitoria de Graduação Coordenação de Estágio, Monitoria e Egressos

Pontifícia Universidade Católica de Goiás Pró-Reitoria de Graduação Coordenação de Estágio, Monitoria e Egressos TERMO DE COMPROMISSO PARA ESTÁGIO NÃO OBRIGATÓRIO DA LEGISLAÇÃO DE REGÊNCIA, DA CONCEITUAÇÃO E DOS PRÉ-REQUISITOS LEGAIS. 1. O presente TCE é regido pela Lei n.º 11.788, de 25 de setembro de 2008 e, no

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO

TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO (Estudante realizando estágio curricular nas dependências da UFG- TCE coletivo com o mesmo supervisor) 1. Modalidade do estágio: Estágio Curricular Obrigatório N.º da Apólice

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO NÃO OBRIGATÓRIO ) ESTAGIÁRIO(A) CONCEDENTE

TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO NÃO OBRIGATÓRIO ) ESTAGIÁRIO(A) CONCEDENTE TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO NÃO OBRIGATÓRIO Termo de Compromisso de Estágio que celebram entre si, o (a) ESTAGIÁRIO(A) e a CONCEDENTE, com a interveniência da FACULDADE BATISTA DE MINAS GERAIS, instituição

Leia mais

REGULAMENTO DO CONVÊNIO IGREJA SOLIDÁRIA

REGULAMENTO DO CONVÊNIO IGREJA SOLIDÁRIA CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO NORTE GOIANO FACULDADE DO NORTE GOIANO-FNG REGULAMENTO DO CONVÊNIO IGREJA SOLIDÁRIA PORANGATU, GOIÁS 2016 TERMO DE CONVÊNIO DE BOLSA DE ESTUDOS PROGRAMA IGREJA SOLIDÁRIA

Leia mais

CONVÊNIO DE CONCESSÃO DE ESTÁGIO

CONVÊNIO DE CONCESSÃO DE ESTÁGIO CONVÊNIO DE CONCESSÃO DE ESTÁGIO CONVÊNIO DE CONCESSÃO DE ESTÁGIO CELEBRADO ENTRE A SOCIEDADE CULTURAL E EDUCACIONAL DE ITAPEVA S/S LTDA., MANTENEDORA DA FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS E AGRÁRIAS DE ITAPEVA,

Leia mais

Termo de Compromisso de Estágio Unidade 1

Termo de Compromisso de Estágio Unidade 1 Preâmbulo Termo de Compromisso que entre si celebram o ESTAGIÁRIO e a CONCEDENTE, com a interveniência da Escola de Educação Básica da FITO, inscrita no CNPJ sob o nº. 73.050.536/0001-95, sediada na Rua

Leia mais

DECLARAÇÃO DE ORIENTAÇÃO DE ESTÁGIO

DECLARAÇÃO DE ORIENTAÇÃO DE ESTÁGIO DECLARAÇÃO DE ORIENTAÇÃO DE ESTÁGIO Eu, professor(a), declaro ser orientador de estágio do aluno, do curso técnico em Agropecuária Modular. Por ser verdade, firmo a presente declaração. Professor(a) Orientador(a)

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO

TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO A Parte Concedente e o Estagiário com a interveniência da Instituição de Ensino celebram este Termo de Compromisso de Estágio, sem vínculo empregatício, comprometendo-se

Leia mais

O TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO AMAZONAS,

O TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO AMAZONAS, TERMO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA E PEDAGÓGICA QUE ENTRE SI CELEBRAM O TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO AMAZONAS - TJAM, A ESCOLA SUPERIOR DE MAGISTRATURA DO AMAZONAS- ESMAM, E A DEFENSORIA PÚBLICA DA UNIÃO

Leia mais

R E S O L U Ç Ã O Nº 108/2000-CAD/UNICENTRO

R E S O L U Ç Ã O Nº 108/2000-CAD/UNICENTRO R E S O L U Ç Ã O Nº 108/2000-CAD/UNICENTRO Celebra Termo de Convênio de Cooperação Técnica, Administrativa, Científica, Educacional, Social, Esportiva e Cultural, firmado entre a UNICENTRO e o SINTESU,

Leia mais

Curso de Administração - Autorizado pela Portaria MEC 2627/2005 Reconhecido pela Portaria MEC 459/2011

Curso de Administração - Autorizado pela Portaria MEC 2627/2005 Reconhecido pela Portaria MEC 459/2011 Curso de Administração - Autorizado pela Portaria MEC 2627/2005 MATRÍCULA ESTÁGIO SUPERVISIONADO ALUNO Nome:...RA:... Ano:... Endereço:... Cidade:... RG:...CPF:... CTPS:...Série:... Tel:...Email:... EMPRESA:

Leia mais

PROGRAMA DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO NÍVEL SUPERIOR

PROGRAMA DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO NÍVEL SUPERIOR PROGRAMA DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO NÍVEL SUPERIOR TERMO DE COMPROMISSO ÓRGÃO CONCEDENTE Razão Social: Secretaria da Saúde do Estado da Bahia 4ª Avenida n 400 Plataforma VI Bairro: CAB 41.750-300 Salvador

Leia mais

REGULAMENTO DE VOLUNTARIADO ACADÊMICO BIOMEDICINA - BACHARELADO

REGULAMENTO DE VOLUNTARIADO ACADÊMICO BIOMEDICINA - BACHARELADO REGULAMENTO DE VOLUNTARIADO ACADÊMICO BIOMEDICINA - BACHARELADO Ji-Paraná Rondônia Junho, 2015 ELABORADORES Núcleo Docente Estruturante Fabiana de Oliveira Solla Sobral Natalia Malavasi Vallejo Natalia

Leia mais

CARTA DE APRESENTAÇÃO

CARTA DE APRESENTAÇÃO Doc. 1 CARTA DE APRESENTAÇÃO Rio de Janeiro, de de. Do Professor de Estágio para Docência da UCB Ao(À) Sr(a). Diretor(a) do(a) Assunto: Apresentação de Estagiário Senhor(a) Diretor(a): Apresentamos a V.Sa.

Leia mais

Regulamento de Estágio Curricular Supervisionado ENGENHARIA ELÉTRICA - TELECOMUNICAÇÕES

Regulamento de Estágio Curricular Supervisionado ENGENHARIA ELÉTRICA - TELECOMUNICAÇÕES Regulamento de Estágio Curricular Supervisionado ENGENHARIA ELÉTRICA - TELECOMUNICAÇÕES CAMPO LIMPO PAULISTA 2014 Regulamento de Estágio Curricular Supervisionado do Curso de Engenharia Elétrica - Telecomunicações

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO PARA REALIZAÇÃO DE ESTÁGIO NÃO OBRIGATÓRIO REMUNERADO PARA CURSOS DE LICENCIATURA E BACHARELADO

TERMO DE COMPROMISSO PARA REALIZAÇÃO DE ESTÁGIO NÃO OBRIGATÓRIO REMUNERADO PARA CURSOS DE LICENCIATURA E BACHARELADO TERMO DE COMPROMISSO PARA REALIZAÇÃO DE ESTÁGIO NÃO OBRIGATÓRIO REMUNERADO PARA CURSOS DE LICENCIATURA E BACHARELADO Pelo presente instrumento, firmado nos termos da Lei nº 11.788, de 25 de setembro de

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS CAMPUS ARAPIRACA CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS CAMPUS ARAPIRACA CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES RESOLUÇÃO Nº 04/2011 Dispõe sobre as normas para Estágio Curricular Supervisionado e Extracurricular do curso de graduação em Arquitetura e Urbanismo, da Universidade Federal de Alagoas/Campus Arapiraca.

Leia mais

Art. 1º Estabelecer cooperação técnica, científica e política com a Associação Brasileira de Enfermagem -ABEn Seção Paraná para a promoção de ações

Art. 1º Estabelecer cooperação técnica, científica e política com a Associação Brasileira de Enfermagem -ABEn Seção Paraná para a promoção de ações DECISÃO COREN/PR Nº 32, DE 07 DE ABRIL DE 2015. Dispõe sobre a celebração de Termo de Cooperação Mútua entre Coren/PR e ABEn-PR. O Conselho Regional de Enfermagem do Paraná Coren/PR, no uso das atribuições

Leia mais

CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA REGULAMENTO DO VOLUNTARIADO

CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA REGULAMENTO DO VOLUNTARIADO CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA REGULAMENTO DO VOLUNTARIADO Ji-Paraná, RO. 2017 CAPÍTULO I DA NATUREZA E OBJETIVOS Art. 1º. O Regulamento do voluntariado do Curso de Medicina Veterinária estabelece os critérios

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO CURSO DE DESIGN DE INTERIORES

TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO CURSO DE DESIGN DE INTERIORES TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO CURSO DE DESIGN DE INTERIORES PARTES FACULDADE CESUSC, recredenciada pela Portaria MEC nº. 736, de 09 de agosto de 2013, e mantida pelo COMPLEXO DE ENSINO SUPERIOR DE SANTA

Leia mais

COLÉGIO DE APLICAÇÃO DR. PAULO GISSONI COLÉGIO CASTELO BRANCO

COLÉGIO DE APLICAÇÃO DR. PAULO GISSONI COLÉGIO CASTELO BRANCO COLÉGIO DE APLICAÇÃO DR. PA ULO GISSONI COLÉGIO DE APLICAÇÃO DR. PAULO GISSONI Componentes do KIT ESTÁGIO CAP o Documento para realização de convênio; o Ficha de cadastro; o Carta de apresentação; o Carta-resposta;

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO COLETIVO ORIENTAÇÕES IMPORTANTES

TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO COLETIVO ORIENTAÇÕES IMPORTANTES TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO COLETIVO ORIENTAÇÕES IMPORTANTES Sugere-se que o modelo de Termo de Compromisso de Estágio Curricular Obrigatório Coletivo (TCE) seja utilizado com

Leia mais

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE ESTÁGIO TERMO DE COMPROMISSO EMPRESA: Nome da Empresa: Inscrição. Estadual nº:

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE ESTÁGIO TERMO DE COMPROMISSO EMPRESA: Nome da Empresa: Inscrição. Estadual nº: INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE ESTÁGIO TERMO DE COMPROMISSO EMPRESA: Nome da Empresa: Cidade: UF: Endereço: nº: Bairro: Complemento: CNPJ nº: Inscrição. Estadual nº: Nome do Responsável: Cargo/função:

Leia mais

PORTARIA DO DIRETOR DA FACULDADE DE MEDICINA n 236 de 10 de maio de 2010

PORTARIA DO DIRETOR DA FACULDADE DE MEDICINA n 236 de 10 de maio de 2010 PORTARIA DO DIRETOR DA FACULDADE DE MEDICINA n 236 de 10 de maio de 2010 REGULAMENTA A CONCESSÃO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO REMUNERADO A ESTUDANTES DE INSTITUIÇÕES NACIONAIS DE ENSINO NA FACULDADE DE MEDICINA

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DA UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE

REGULAMENTO GERAL DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DA UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE REGULAMENTO GERAL DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DA UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Seção I Das Modalidades e seu desenvolvimento Art. 1º O Estágio Supervisionado constitui-se em meio para que o aluno,

Leia mais

CONVÊNIO PARA REALIZAÇÃO DE ESTÁGIO CURRICULAR

CONVÊNIO PARA REALIZAÇÃO DE ESTÁGIO CURRICULAR CONVÊNIO PARA REALIZAÇÃO DE ESTÁGIO CURRICULAR Pelo presente instrumento particular de convênio que entre si celebram, de um lado, pessoa jurídica de direito privado, inscrita no CNPJ sob o n., com sede

Leia mais

A SÃO SALVADOR será interveniente em todos os ajustes entre o estagiário e a CONCEDENTE.

A SÃO SALVADOR será interveniente em todos os ajustes entre o estagiário e a CONCEDENTE. CONVÊNIO Nº /2014 CONVÊNIO QUE ENTRE SI CELEBRAM A FACULDADE SÃO SALVADOR E O... OBJETIVANDO O INTERCÂMBIO E A COOPERAÇÃO TÉCNICO- CIENTÍFICA NAS ÁREAS QUE ORA SE PROPÕEM, DESENVOLVENDO MUTUAMENTE ATIVIDADES

Leia mais

REGULAMENTO GERAL PARA REALIZAÇÃO DE ESTÁGIO NÃO-OBRIGATÓRIO EM ADMINISTRAÇÃO NA MODALIDADE A DISTÂNCIA EAD

REGULAMENTO GERAL PARA REALIZAÇÃO DE ESTÁGIO NÃO-OBRIGATÓRIO EM ADMINISTRAÇÃO NA MODALIDADE A DISTÂNCIA EAD REGULAMENTO GERAL PARA REALIZAÇÃO DE ESTÁGIO NÃO-OBRIGATÓRIO EM ADMINISTRAÇÃO NA MODALIDADE A DISTÂNCIA EAD O presente Regulamento tem o intuito de estabelecer normas gerais para cumprimento da Lei nº.

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO PROCURADORIA GERAL DE JUSTIÇA

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO PROCURADORIA GERAL DE JUSTIÇA CONVÊNIO N.º 003/2008 CONVÊNIO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO/ E A FUNDAÇÃO ESCOLA SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO, PARA OS FINS QUE ESPECIFICA. O MINISTÉRIO PÚBLICO

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO PARA REALIZAÇÃO DE ESTÁGIO

TERMO DE COMPROMISSO PARA REALIZAÇÃO DE ESTÁGIO TERMO DE COMPROMISSO PARA REALIZAÇÃO DE ESTÁGIO Pelo presente instrumento, firmado nos termos da Lei nº 6.494, de 07 de dezembro de 1977, do Decreto nº 87.497, de 18 de agosto de 1982 e do Convênio assinado

Leia mais

REGULAMENTAÇÃO ESPECÍFICA DO ESTÁGIO DE INTERESSE CURRICULAR DO CURSO DE BIOTECNOLOGIA. Resolução Nº 010/2008 da Pró-reitoria de Graduação

REGULAMENTAÇÃO ESPECÍFICA DO ESTÁGIO DE INTERESSE CURRICULAR DO CURSO DE BIOTECNOLOGIA. Resolução Nº 010/2008 da Pró-reitoria de Graduação REGULAMENTAÇÃO ESPECÍFICA DO ESTÁGIO DE INTERESSE CURRICULAR DO CURSO DE BIOTECNOLOGIA Resolução Nº 010/2008 da Pró-reitoria de Graduação Capítulo I - Dos Objetivos Art. 1º- O estágio tem por objetivo

Leia mais

TERMO DE CONVÊNIO INSTITUCIONAL

TERMO DE CONVÊNIO INSTITUCIONAL TERMO DE CONVÊNIO INSTITUCIONAL Tendo em vista desenvolver esforços conjuntos nos domínios da cooperação e intercâmbio técnico e cultural, o CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DOS CAMPOS GERAIS CESCAGE, pessoa

Leia mais

Acordo de Valores de Remuneração de Redes VU-T da NEXTEL VU-M da OPERADORA

Acordo de Valores de Remuneração de Redes VU-T da NEXTEL VU-M da OPERADORA Acordo de Valores de Remuneração de Redes VU-T da NEXTEL VU-M da OPERADORA da CO-ITX-0XX-2006 SME SMP Versão Data V 1.0-2006 19/05/2006 Índice: Acordo de Valores de Remuneração das Redes Móveis da Nextel

Leia mais

MANUAL DE ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO

MANUAL DE ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO MANUAL DE ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO Curso de Engenharia Civil Ituverava SP 1- FINALIDADE 1.2 Introdução Este manual tem por finalidade orientar o acadêmico do Curso de Engenharia Civil da Faculdade

Leia mais

XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX, - QUALIFICAÇÃO DAS ENTIDADES COMPROMISSÁRIAS -, doravante denominado entidade setorial signatária ;

XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX, - QUALIFICAÇÃO DAS ENTIDADES COMPROMISSÁRIAS -, doravante denominado entidade setorial signatária ; TERMO DE COMPROMISSO PARA EXECUÇÃO DO PLANO DE LOGÍSTICA REVERSA E RESPONSABILIDADE PÓS-CONSUMO DE RESÍDUOS DO SETOR INDUSTRIAL DE METALÚRGICAS, MECÂNICAS E DE MATERIAL DO ESTADO DO PARANÁ Termo de Compromisso

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE CURRÍCULOS PSC 04/ 2016 CALENDÁRIO NÁUTICO 2016 Ref.: Contratação de ESTAGIÁRIO DE EDUCAÇÃO FÍSICA

PROCESSO SELETIVO DE CURRÍCULOS PSC 04/ 2016 CALENDÁRIO NÁUTICO 2016 Ref.: Contratação de ESTAGIÁRIO DE EDUCAÇÃO FÍSICA PROCESSO SELETIVO DE CURRÍCULOS PSC 04/ 2016 CALENDÁRIO NÁUTICO 2016 Ref.: Contratação de ESTAGIÁRIO DE EDUCAÇÃO FÍSICA O Iate Clube de Santa Catarina Veleiros da Ilha (ICSC-VI), associação civil sem fins

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal do Recôncavo da Bahia Pró-Reitoria de Planejamento Coordenadoria de Projetos e Convênios

Ministério da Educação Universidade Federal do Recôncavo da Bahia Pró-Reitoria de Planejamento Coordenadoria de Projetos e Convênios CONVÊNIO DE ESTÁGIO QUE ENTRE SI CELEBRAM A UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA E A INSTITUIÇÃO DE ENSINO X A, Instituição de Ensino Superior, sob forma de Autarquia Federal criada pela Lei nº.

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO

TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO Estudantes da UFG realizando estágio curricular em Empresas/Instituições/Profissional Liberal 1. Modalidade do Estágio [ ] Estágio Curricular Obrigatório [ ] Estágio Curricular

Leia mais

EDITAL N. 11 /2013. Este edital entrará em vigor a partir desta data, revogando os dispositivos anteriores. Curitiba, 15 de abril de 2013

EDITAL N. 11 /2013. Este edital entrará em vigor a partir desta data, revogando os dispositivos anteriores. Curitiba, 15 de abril de 2013 GOVERNO DO ESTADO DO PARANÁ SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR FACULDADE DE ARTES DO PARANÁ Reconhecida pelo Decreto Governamental n.º 70.906 de 01/08/72 e Portaria n.º 1.062

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA SIAFI EDUCACIONAL

MINISTÉRIO DA FAZENDA SIAFI EDUCACIONAL MINISTÉRIO DA FAZENDA SIAFI EDUCACIONAL Outubro/2010 PROCEDIMENTOS PARA UTILIZAÇÃO DO SIAFI EDUCACIONAL 2 1 - APRESENTAÇÃO O SIAFI Educacional é a denominação atribuída ao ambiente de treinamento do Sistema

Leia mais

ESTÁGIO SUPERVISIONADO REGULAMENTO TÍTULO I DO ESTÁGIO E SEUS FINS

ESTÁGIO SUPERVISIONADO REGULAMENTO TÍTULO I DO ESTÁGIO E SEUS FINS ESTÁGIO SUPERVISIONADO REGULAMENTO TÍTULO I DO ESTÁGIO E SEUS FINS Art. 1º - O ESTÁGIO SUPERVISIONADO visa complementar a formação acadêmica e efetivar a habilitação profissional, exigida por lei, para

Leia mais

Contrato de Mediação de Exportação

Contrato de Mediação de Exportação Contrato de Mediação de Exportação IDENTIFICAÇÃO DAS PARTES CONTRATANTES CONTRATANTE: (Nome da Contratante), com sede em (xxx), na Rua (xxx), nº (xxx), bairro (xxx), Cep (xxx), no Estado (xxx), inscrita

Leia mais

TERMO DE CONVÉNIO CLÁUSULA PRIMEIRA - OBJETO

TERMO DE CONVÉNIO CLÁUSULA PRIMEIRA - OBJETO TERMO DE CONVÉNIO CONVÉNIO QUE ENTRE SI CELEBRAM O INSTITUTO DE ENSINO E CULTURA DE ÁGUAS CLARAS LTDA - IECAC (CENTRO EDUCACIONAL SIGMA ÁGUAS CLARAS) E A ASSOCIAÇÃO DOS SERVIDORES DO CNPq-ASCON O INSTITUTO

Leia mais

PORTARIA CE Nº 48, de 04 de novembro de 2015.

PORTARIA CE Nº 48, de 04 de novembro de 2015. PORTARIA CE Nº 48, de 04 de novembro de 2015. Regulamenta a realização de estágios dos alunos dos Cursos de Graduação do Campus de Itapeva. O Coordenador Executivo no uso de suas atribuições legais, expede

Leia mais

Coordenadoria Projetos e Convênios

Coordenadoria Projetos e Convênios CONVÊNIO DE ESTÁGIO QUE ENTRE SI CELEBRAM A UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA E A INSTITUIÇÃO DE ENSINO X A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Instituição de Ensino Superior, sob forma

Leia mais

Conselho Regional de Técnicos em Radiologia Serviço Público Federal

Conselho Regional de Técnicos em Radiologia Serviço Público Federal ORIENTAÇÕES PARA REGISTRO DE ESTAGIÁRIO VIA CORREIO (Obs: Este kit de Registro de Estagiário serve para o quem vai enviar pelo correio) 1. Solicitar o boleto para recolhimento da taxa de expedição da habilitação

Leia mais

CONVÊNIO 13/13 CLÁUSULA PRIMEIRA DO OBJETO

CONVÊNIO 13/13 CLÁUSULA PRIMEIRA DO OBJETO CONVÊNIO 13/13 TERMO DE CONVÊNIO QUE ENTRE SI, CELEBRAM O MUNICÍPIO DE GUANAMBI E A EMPRESA J.A.R ASSISTÊNCIA ODONTOLÓGICA LTDA, PARA OS FINS E NA FORMA INDICADA. Aos seis dias do mês de maio do ano dois

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO Instrumento jurídico elaborado nos termos da Lei /2008 DADOS DA INSTITUIÇÃO CONCEDENTE DADOS DO ESTAGIÁRIO

TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO Instrumento jurídico elaborado nos termos da Lei /2008 DADOS DA INSTITUIÇÃO CONCEDENTE DADOS DO ESTAGIÁRIO TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO Instrumento jurídico elaborado nos termos da Lei 11.788/2008 Razão Social: Endereço: Cidade/Estado: Fone: Representado por: Cargo: Nome: Matrícula: Endereço: DADOS DA INSTITUIÇÃO

Leia mais

REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO NÃO OBRIGATÓRIO DO CURSO BACHARELADO INTERDISCIPLINAR EM CIÊNCIA E ECONOMIA, CAMPUS VARGINHA - MG

REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO NÃO OBRIGATÓRIO DO CURSO BACHARELADO INTERDISCIPLINAR EM CIÊNCIA E ECONOMIA, CAMPUS VARGINHA - MG MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal de Alfenas. UNIFAL-MG Campus Varginha - MG Rua Alfredo Braga de Carvalho, 300 Varginha MG CEP 37062-440 - Fone/FAX: (35) 3214-1761 REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CURSO DE GRADUAÇÃO EM FONOAUDIOLOGIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CURSO DE GRADUAÇÃO EM FONOAUDIOLOGIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CURSO DE GRADUAÇÃO EM FONOAUDIOLOGIA REGULAMENTO DE ESTÁGIOS DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM FONOAUDIOLOGIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA

Leia mais

ANTES DE INICIAR O PREENCHIMENTO DOS FORMULÁRIOS COMO PREENCHER OS FORMULÁRIOS. Você necessitará dos seguintes dados para preencher os formulários:

ANTES DE INICIAR O PREENCHIMENTO DOS FORMULÁRIOS COMO PREENCHER OS FORMULÁRIOS. Você necessitará dos seguintes dados para preencher os formulários: ANTES DE INICIAR O PREENCHIMENTO DOS FORMULÁRIOS Inicialmente, o estudante deve combinar com a empresa se o seu estágio será feito com bolsa ou sem bolsa, para que no sistema possa informar em qual modalidade

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO

REGULAMENTO DE ESTÁGIO REGULAMENTO DE ESTÁGIO FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI CIMATEC NÚCLEO DE CARREIRA PROFISSIONAL MAIO 2012 CAPÍTULO I DOS PRINCÍPIOS GERAIS Art. 1º. Este regulamento tem por finalidade disciplinar as atividades

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal de Juiz de Fora. (logo da instituição parceira) (Nome da Instituição Parceira) instituições.

Ministério da Educação Universidade Federal de Juiz de Fora. (logo da instituição parceira) (Nome da Instituição Parceira) instituições. Ministério da Educação Universidade Federal de Juiz de Fora (logo da instituição parceira) (Nome da Instituição Parceira) ACORDO DE COOPERAÇÃO ACADÊMICO INTERNACIONAL O presente acordo tem por objeto a

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE QUITANDINHA

CÂMARA MUNICIPAL DE QUITANDINHA Prestação de Serviços de Publicação, do Processo de Dispensa de Licitação 002/2015. I DAS PARTES: A) CÂMARA MUNICIPAL DE QUITANDINHA, pessoa jurídica de direito público interno, inscrita no CNPJ/MF sob

Leia mais

Resolução nº. 02/15 SÚMULA:REGULAMENTA O CONVÊNIO DE ESTÁGIO PARA O CURSO DE DIREITO

Resolução nº. 02/15 SÚMULA:REGULAMENTA O CONVÊNIO DE ESTÁGIO PARA O CURSO DE DIREITO Resolução nº. 02/15 SÚMULA:REGULAMENTA O CONVÊNIO DE ESTÁGIO PARA O CURSO DE DIREITO O Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão aprovou ad referendum, por meio da Diretora Jorgina Helena Lopes Azevedo,

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO FACULDADE DE ENGENHARIA DE GUARATINGUETÁ

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO FACULDADE DE ENGENHARIA DE GUARATINGUETÁ UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO FACULDADE DE ENGENHARIA DE GUARATINGUETÁ REGULAMENTO DO ESTÁGIO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE DE ENGENHARIA DO CAMPUS DE GUARATINGUETÁ DA UNESP

Leia mais

CARTA DE APRESENTAÇÃO

CARTA DE APRESENTAÇÃO Doc. 1 CARTA DE APRESENTAÇÃO Do Professor de Estágio Supervisionado da UCB Ao(À) Sr(a). Diretor(a) do(a) Assunto: Apresentação de Estagiário Senhor(a) Diretor(a): Apresentamos a V.Sa. o(a) universitário(a),

Leia mais

CONTRATO DE CESSÃO E TRANSFERÊNCIA DE DIREITOS AUTORAIS

CONTRATO DE CESSÃO E TRANSFERÊNCIA DE DIREITOS AUTORAIS CONTRATO DE CESSÃO E TRANSFERÊNCIA DE DIREITOS AUTORAIS DAS PARTES: De um lado, a Editora da Universidade Federal Rural do Semi-Árido - EdUFERSA, órgão suplementar, de natureza técnica, com vinculação

Leia mais

LEI Nº 3277/2012, DE 15 DE MAIO DE 2012.

LEI Nº 3277/2012, DE 15 DE MAIO DE 2012. LEI Nº 3277/2012, DE 15 DE MAIO DE 2012. AUTORIZA O MUNICÍPIO DE GUAPORÉ EFETUAR CESSÃO DE USO À ASSOCIAÇÃO HOSPITALAR MANOEL FRANCISCO GUERREIRO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O PREFEITO MUNICIPAL DE GUAPORÉ-RS

Leia mais

REGULAMENTO DOS ESTÁGIOS CURRICULARES OBRIGATÓRIOS E NÃO OBRIGATÓRIOS DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE FAMETRO

REGULAMENTO DOS ESTÁGIOS CURRICULARES OBRIGATÓRIOS E NÃO OBRIGATÓRIOS DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE FAMETRO REGULAMENTO DOS ESTÁGIOS CURRICULARES OBRIGATÓRIOS E NÃO OBRIGATÓRIOS DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE FAMETRO CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º O presente Regulamento fixa diretrizes e normas

Leia mais

CONTRATO Nº. 264/2015

CONTRATO Nº. 264/2015 CONTRATO Nº. 264/2015 LOCAÇÃO DE VEÍCULOS PARA TRANSPORTE ESCOLAR, QUE NA FORMA ABAIXO FAZEM ENTRE SI: A FIMES FUNDAÇÃO INTEGRADA MUNICIPAL DE ENSINO SUPERIOR, fundação pública municipal criada pela Lei

Leia mais

Paulo Olvindo Mazutti Prefeito

Paulo Olvindo Mazutti Prefeito PROJETO DE LEI Nº 57/2014, DE 23 DE MAIO DE 2014. AUTORIZA O MUNICÍPIO DE GUAPORÉ CELEBRAR CONVÊNIO COM A ASSOCIAÇÃO AMIGOS DE SANTA RITA PARA A CEDÊNCIA DE SERVIDOR MUNICIPAL. O PREFEITO MUNICIPAL DE

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO SUPERVISIONADO CONVÊNIO Nº 27/2014

TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO SUPERVISIONADO CONVÊNIO Nº 27/2014 TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO SUPERVISIONADO CONVÊNIO Nº 27/2014 Instituição Concedente: Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal/SEDF CNPJ: 00.394.676/0001-07 Endereço:

Leia mais

REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO DO BACHARELADO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS

REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO DO BACHARELADO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO DO BACHARELADO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS O Estágio Curricular Supervisionado Obrigatório está organizado em duas etapas, uma no sétimo e outra

Leia mais

REGULAMENTO DO COMPONENTE: ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO CAPÍTULO I DA CARACTERIZAÇÃO

REGULAMENTO DO COMPONENTE: ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO CAPÍTULO I DA CARACTERIZAÇÃO REGULAMENTO DO COMPONENTE: ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO CAPÍTULO I DA CARACTERIZAÇÃO Art. 1º O componente Estágio Curricular Supervisionado em Biotecnologia éparte integrante do currículo pleno do

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 02/2012-CCLAV

RESOLUÇÃO Nº 02/2012-CCLAV UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E ARTES DEPARTAMENTO DE ARTES CURSO DE LICENCIATURA EM ARTES VISUAIS RESOLUÇÃO Nº 02/2012-CCLAV Regulamenta o Estágio Curricular

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ENGENHARIA DE SEGURANÇA E MEDICINA DO TRABALHO

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ENGENHARIA DE SEGURANÇA E MEDICINA DO TRABALHO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ENGENHARIA DE SEGURANÇA E MEDICINA DO TRABALHO Pelo presente instrumento particular, de um lado, a EMPRESA, qualificada no TERMO DE ADESÃO À PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE

Leia mais

Anexo 1 TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO

Anexo 1 TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO Anexo 1 TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO Firmam o presente Termo de Compromisso para realização de estágio obrigatório, o ESTAGIÁRIO, a(o) CONCEDENTE e a INSTITUIÇÃO DE ENSINO, todos abaixo

Leia mais

PROGRAMA DE APRENDIZAGEM SESC/ EMPRESA

PROGRAMA DE APRENDIZAGEM SESC/ EMPRESA CONTRATO Nº /2014 PROGRAMA DE APRENDIZAGEM SESC/ EMPRESA O SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO SESC Departamento Regional no Estado do Amazonas, com sede na Rua Henrique Martins, Nº 427, Centro, CEP: 69.010-010,

Leia mais

CURRICULARES. CONTRATANTE ( ALUNO)(A): Nacionalidade: Fone: Celular: Carteira de Identidade: Endereço Residencial: Nº.

CURRICULARES. CONTRATANTE ( ALUNO)(A): Nacionalidade: Fone: Celular: Carteira de Identidade:   Endereço Residencial: Nº. CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS OFICINAS EDUCACIONAIS EXTRA CURRICULARES CONTRATANTE ( ALUNO)(A): Nacionalidade: Fone: Celular: Carteira de Identidade: E-mail: Endereço Residencial: Nº Complemento: Bairro:

Leia mais

4... L BANCO CENTRAL DO ACORDO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA BACEN/MTE-SENAES

4... L BANCO CENTRAL DO ACORDO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA BACEN/MTE-SENAES . ACORDO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA BACEN/MTESENAES ACORDO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA QUE ENTRE SI CELEBRAM O MINISTERIO DO TRABALHO E EMPREGO MTE E O BANCO CENTRAL DO BRASIL BACEN COM A INTERVENIÊNCIA DA SECRETARIA

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO PARA FORMAÇÃO DE PSICÓLOGO

REGULAMENTO DE ESTÁGIO PARA FORMAÇÃO DE PSICÓLOGO REGULAMENTO DE ESTÁGIO PARA FORMAÇÃO DE PSICÓLOGO CAPÍTULO I DA CONCEITUAÇÃO Artigo 1.º - O estágio curricular supervisionado é uma atividade de ensino, de natureza teórico-prática obrigatória, básica

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E APLICADAS REGULAMENTO ESTÁGIO SUPERVISIONADO CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E APLICADAS REGULAMENTO ESTÁGIO SUPERVISIONADO CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS REGULAMENTO ESTÁGIO SUPERVISIONADO CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS DO REGULAMENTO Art. 1º Este Regulamento de Estágio visa definir procedimentos didáticopedagógicos para os

Leia mais

REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO

REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO Abril de 2014 1 CAPÍTULO I DA NATUREZA E FINALIDADE Art. 1 Este regulamento normatiza as atividades de estágio supervisionado

Leia mais

Licenciatura em Ciências Exatas Revisão 3 REGULAMENTO DE ESTÁGIO NÃO OBRIGATÓRIO

Licenciatura em Ciências Exatas Revisão 3 REGULAMENTO DE ESTÁGIO NÃO OBRIGATÓRIO REGULAMENTO DE ESTÁGIO NÃO OBRIGATÓRIO O Projeto Pedagógico do Curso de Licenciatura em Ciências Exatas do Setor Palotina da UFPR prevê a realização de estágios nas modalidades de estágio obrigatório e

Leia mais

PODERJUDICIÁRIO TRIBUNAL DEJUSTIÇA DO ESTADO DE PERNAMBUCO

PODERJUDICIÁRIO TRIBUNAL DEJUSTIÇA DO ESTADO DE PERNAMBUCO PODERJUDICIÁRIO TRIBUNAL DEJUSTIÇA DO ESTADO DE PERNAMBUCO CONVÉNIO N Qá /20]7~TJPE, QUE ENTRE SI CELEBRAM, DE UM LADO O TRIBUNAL DEJUSTIÇA DO ESTADO DE PERNAMBUCO E, DE OUTRO, O GRUPO SER EDUCACIONAL

Leia mais

TERMO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA

TERMO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA TERMO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA Termo de Cooperação Técnica que entre si celebram a ASSOCIAÇÃO DOS DEFENSORES PÚBLICOS DO ESTADO DO MARANHÃO ADPEMA, ASSOCIAÇÃO DOS DEFENSORES PÚBLICOS DO ESTADO DO PIAUÍ APIDEP,

Leia mais

ESTADO DO MARANHÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO FRANCISCO DO BREJÃO CNPJ: 01.616.680/0001-35 SETOR DE CONTRATOS ADMINISTRATIVOS

ESTADO DO MARANHÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO FRANCISCO DO BREJÃO CNPJ: 01.616.680/0001-35 SETOR DE CONTRATOS ADMINISTRATIVOS PREGÃO PRESENCIAL N. 015/2016 CONTRA TO DE FORNECIMENTO DE PRODUTOS SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E FINANÇAS Contrato N. 019.2016, que entre si celebram o Município de São Francisco do Brejão -

Leia mais

2 Cartilha de Estágio Univale CARTILHA DE ESTÁGIO UNIVALE

2 Cartilha de Estágio Univale CARTILHA DE ESTÁGIO UNIVALE 2 Cartilha de Estágio Univale CARTILHA DE ESTÁGIO UNIVALE Apresentação 3 Prezados alunos da UNIVALE, Com o objetivo de socializar as informações sobre estágio obrigatório e não obrigatório na UNIVALE,

Leia mais

ESTADO DO AMAZONAS PREFEITURA MUNICIPAL DE ENVIRA

ESTADO DO AMAZONAS PREFEITURA MUNICIPAL DE ENVIRA CARTA CONTRATO DE EMPREITADA POR PREÇO GLOBAL CONTRATO ADMINISTRATIVO Nº 062/2015 CARTA CONTRATO PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE COMUNICAÇÃO EM RADIO FÔNICA EM CARRO VOLANTE COVOCANDO PARA MATRICULA ESCOLAR

Leia mais