II ADITAMENTO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "II ADITAMENTO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO"

Transcrição

1 II ADITAMENTO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO Por este instrumento e na melhor forma de direito, de um lado, como representantes da categoria profissional, SINDICATO DOS EMPREGADOS NO COMÉRCIO DE CATANDUVA, neste ato representado pelo seu Presidente Sr. José Carlos da Silva Longo, e assistido por seu advogado Dr. Antonio Aparecido Soares e, de outro lado o SINDICATO DO COMÉRCIO VAREJISTA DE CATANDUVA, representado por seu Presidente Sr. Ivo Pinfildi Junior e, assistido por seu advogado Dr. Roberto Carlos Ribeiro celebram, na forma do Art. 611 e seguintes itens da CLT, ADITAR à Convenção Coletiva de Trabalho, firmada em 26/11/2002, entre a FEDERAÇÃO DOS EMPREGADOS NO COMÉRCIO DO ESTADO DE SÃO PAULO e a FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO ESTADO DE SÃO PAULO (processo DRT/SP nº / ) em conformidade com a cláusula e condição seguinte: 1 A cláusula infra-identificada da Convenção Coletiva de Trabalho firmada pelas partes e aderida pelos Sindicatos signatários, passa a vigorar com as seguintes alterações e redação: CLÁUSULA - CALENDÁRIO DE FUNCIONAMENTO DO COMÉRCIO EM DATAS ESPECIAIS: O funcionamento do comércio em datas especiais, sua duração e a compensação do horário de trabalho dos comerciários, obedecido o disposto no artº. 59, parágrafos 1º a 3º, e demais disposições pertinentes da CLT, desta convenção e legislação municipal correspondente, respeitadas as convenções, os acordos existentes nas localidades, ficam autorizados no seguinte calendário de datas especiais, aprovado pelas entidades signatárias, obedecido o período de onze horas consecutivas para descanso. (conforme Art. 66 da CLT). A) O horário de trabalho dos comerciários e o funcionamento do comércio nos meses e dias conforme os ítens e cláusulas abaixo, será o seguinte: De segunda à sexta-feira: Dias 05, 08, 09, 10, 11, 12, 15, 16, 17, 18, 19, 22 e 23/12/03 Das 09:00 horas às 22:00 horas. SÁBADOS:- Dia 06/12/03 das 09:00 horas às 16:00 horas. Dia 13/12/03 das 09:00 horas às 18:00 horas. Dia - 20/12/03 das 09:00 horas às 18:00 horas.

2 DOMINGO:- Dia - 21/12/03 das 09:00 horas às 13:00 horas. (Abertura e trabalho facultativo para empresas e funcionários). Dia - 24/12/03 - (VÉSPERA DE NATAL) - das 09:00 horas às 18:00 horas. Dia 26/12/03 (PÓS NATAL) - das 12:00 horas às 18:00 horas. Dias 27, 29 e 30/12/03 horário normal. Dia - 31/12/03 - (VÉSPERA DO ANO NOVO) - das 08:00 horas às 16:00 horas. Dia - 02/01/04 - (PÓS ANO NOVO) - das 12:00 horas às 18:00 horas. CARNAVAL/04:- Dia - 23/02/04 (Segunda-feira ) das 12:00 horas às 18:00 horas. Dia 24/02/04 (Terça-feira) FECHADO (Fica proibido o funcionamento das empresas e o trabalho dos comerciários neste dia). Dia 25/02/04 (Quarta-feira) das 12:00 horas às 18:00 horas. A -1) - HORAS EXTRAS:- Fica garantido o pagamento ou a compensação mínima de 03 (três) horas por dia trabalhadas no período noturno, respeitando o intervalo mínimo para às refeições de 01:00 hora (uma hora) para almoço e 01:00 horas (uma hora) para o jantar. Fica garantido o pagamento ou a compensação mínima de 02 (duas) horas trabalhadas no Sábado, dia 06/12/03 e, de 08 (oito) horas trabalhadas nos Sábados, dias 13 e 20/12/03, respeitando o intervalo mínimo de 01 (uma) hora para refeição (almoço). Total de Horas Extras período noturno:- 39 (trinta e nove) horas. Total de Horas Extras aos Sábados:- 10 (dez) horas. Total mínimo garantido de Horas Extras:- 49 (quarenta e nove) horas. Parágrafo Único:- As horas trabalhadas no domingo, dia 21/12/03, terão que ser obrigatoriamente pagas e, com adicional de 100% (cem por cento), na folha de pagamento do mês 12/03. A 2) - HORAS COMPENSADAS:- As horas compensadas nos dias 26/12/03; 31/12/03; 02/ 01/04; 23/02/04 e 25/02/04 já estarão descontadas automaticamente, conforme letra A 3 do presente instrumento. 26/12/03 02 (duas) horas. 31/12/03 02 (duas) horas. 02/01/04 02 (duas) horas 23/02/04 02 (duas) horas. 25/02/04 02 (duas) horas. Total de horas compensadas 10 (dez) horas.

3 A 3) As horas extras à pagar ou a compensar somam um total mínimo de 39 (trinta e nove) horas. Parágrafo 1º. :- As empresas que optarem em pagá-las deverão faze-las junto com a folha de pagamento de Janeiro/2004, obedecendo a cláusula 40º. da Convenção Coletiva de trabalho da categoria, em vigência. Parágrafo 2º. :- As empresas que optarem pela compensação das referidas horas, deverão respeitar o prazo de até 30 de Janeiro de B) - DIA DAS MÃES: - Dia (Sexta-feira) - das 09:00 às 22:00 horas. - Dia (Sábado) - das 09:00 às 18:00 horas. -As horas extras deverão ser pagas na folha de pagamento do mês de Maio/2004, ou compensadas respeitando o prazo de até 30 de Junho de C) - DIA DOS PAIS: - Dia (Sexta-feira) das 08:00 às 20:00 horas - Dia (Sábado) - das 08:00 às 17:00 horas. -As horas extras deverão ser pagas na folha de pagamento do mês de Agosto/2004 ou compensadas, respeitando o prazo de até 30 de Setembro de D) DIA DAS CRIANÇAS: - Dia (Segunda-feira) das 08:00 às 20:00 horas. (FACULTATIVO). As empresas interessadas em cumprir o horário acima, deverão assinar acordo coletivo de trabalho com o Sindicato dos Empregados no Comércio de Catanduva (SECC). E) SEMANA DO CONSUMIDOR/OU FEIRA DO COMÉRCIO: Fica liberada a realização de 01 (uma) semana do consumidor ou feira do comércio, no primeiro semestre e outra no segundo semestre de 2004, com datas e horários a serem definidas pelas entidades. F) HORÁRIO AOS SÁBADOS: F -1) - Fica liberado a prorrogação do horário de trabalho dos comerciários e o funcionamento do comércio de Catanduva aos Sábados, a partir de 05 de outubro de 2002 até às 13:00 horas.

4 F -2) - Fica liberado a prorrogação do horário de trabalho dos comerciários e o funcionamento do comércio de Catanduva em 01 (um) Sábado por mês, após o 5º dia útil, até às 14:00 horas. F -3) - As horas extras trabalhadas aos Sábados, deverão ser obrigatoriamente pagas conforme cláusula 40ª. da Convenção Coletiva de Trabalho da categoria, em vigência, junto com o salário do respectivo mês. F-4) - É proibido a compensação das horas extras trabalhadas aos Sábados, conforme itens F-1 e F-2 e, relacionados no ítem F- 5 da letra F do presente instrumento. F -5) Relação dos sábados/2004 que o Comércio funcionará até às 14:00 horas: Janeiro/04: dia 10; Fevereiro/04: dia 07; Março/04: dia 06; Abril/04: dia 10; Junho/04: dia 12; Julho/04: dia 10; Setembro/04: dia 11; Outubro/04: dia 09; Novembro/04: dia 06. G) AUTORIZAÇÃO (ALVARÁ) DAS ENTIDADES SINDICAIS PARA AS EMPRESAS G -1) - As empresas poderão funcionar mantendo funcionários em atividade obedecendo rigorosamente o presente calendário e a Lei Municipal vigente. G 2) - As empresas poderão funcionar mantendo funcionários em atividades fora do critério acima mencionado desde que cumpram rigorosamente os seguintes itens: a) formular pedido por escrito e protocolar no Sindicato do Comércio Varejista de Catanduva e no Sindicato dos Empregados no Comércio de Catanduva, com antecedência mínima de 10 (dez) dias da data da promoção. b)- estar quites e apresentar as guias (xerox) dos últimos 03(três) meses da Contribuição Confederativa e, das últimas guias recolhidas das Contribuições Sindical e Assistencial ao Sindicato dos Empregados no Comércio de Catanduva, juntamente com o pedido formulado. c)- estar quites e apresentar as guias (xerox) dos últimos 03 (três) meses da Contribuição Associativa e, das últimas guias recolhidas das Contribuições Sindical, Assistencial e Confederativa ao Sindicato do Comércio Varejista de Catanduva, juntamente com o pedido formulado. d)- assinar acordo de Benefícios para os funcionários, exigidos pelo Sindicato dos Empregados no comércio de Catanduva (SECC) e)- em hipótese alguma as empresas poderão funcionar mantendo funcionários em atividade em horários especiais, com autorização (Alvará) de apenas 01 (uma) das entidades sindicais mencionadas.

5 H) - Fica assegurada a dispensa dos funcionários estudantes as 18:00 horas, durante o período em que os mesmos tiverem reposição de aulas e, proibido o trabalho de menores e mulheres gestantes nos dias especificados neste calendário, exceto se os próprios interessados se manifestarem, por escrito, no sentido contrário, assistido o menor pelo seu representante legal. I ) Não farão parte do presente acordo as empresas do ramo de Comércio de Materiais de Construção, Comércio de Auto Peças, Comércio de Ferragens, Comércio de Materiais Elétricos, Comércio de Tintas, Comércio de Produtos Agrícolas e Veterinários, Comércio de Pneus, Comércio de Artefatos de Borracha, Concessionárias de Veículos, Super e Hiper Mercados e o Garden Catanduva Shopping Center. J ) VIGÊNCIA: O presente instrumento terá vigência da assinatura até o vencimento da Convenção Coletiva de Trabalho da Categoria. 2 - Ficam ratificadas todas as demais cláusulas previstas na convenção coletiva de trabalho, firmada pelas partes não alteradas pelo presente instrumento. CATANDUVA/SP, 25 Novembro de JOSÉ CARLOS DA SILVA LONGO Presidente do Sindicato dos Empregados do Comércio de Catanduva IVO PINFILDI JUNIOR Presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Catanduva ANTONIO APARECIDO SOARES OAB/SP ROBERTO CARLOS RIBEIRO OAB/SP

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO DO COMÉRCIO E TRABALHO DOS COMERCIÁRIOS -2015-

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO DO COMÉRCIO E TRABALHO DOS COMERCIÁRIOS -2015- , SINCCMEACIÃAICS SINDICATO DOS EMPREGADOS NO COMERCIO DE SIN OM CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO DO COMÉRCIO E TRABALHO DOS COMERCIÁRIOS -2015- Por este instrumento e na melhor

Leia mais

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2013/2015

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2013/2015 TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2013/2015 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RJ000926/2015 DATA DE REGISTRO NO MTE: 10/06/2015 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR070301/2014 NÚMERO DO PROCESSO: 46232.001993/2015-07

Leia mais

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015/2016

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015/2016 TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015/2016 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: MT000249/2015 DATA DE REGISTRO NO MTE: 11/05/2015 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR022255/2015 NÚMERO DO PROCESSO: 46210.000856/2015-03

Leia mais

TERMO ADITIVO AO ACORDO COLETIVO DE TRABALHO /2009 PROCESSO Nº /

TERMO ADITIVO AO ACORDO COLETIVO DE TRABALHO /2009 PROCESSO Nº / TERMO ADITIVO AO ACORDO COLETIVO DE TRABALHO - 2007/2009 PROCESSO Nº 46218.001339/2009-25 EMPRESA BRASILEIRA DE TELECOMUNICACOES S.A - EMBRATEL, CNPJ n. 33.530.486/0001-29, com sede na Av. Presidente Vargas,

Leia mais

REGIMES DE COMPENSAÇÃO DE HORÁRIO DE TRABALHO

REGIMES DE COMPENSAÇÃO DE HORÁRIO DE TRABALHO REGIMES DE COMPENSAÇÃO DE HORÁRIO DE TRABALHO 1 1. EMENTA - Parecer sintético sobre COMPENSAÇÃO DE HORÁRIO DE TRABALHO abrangendo aspectos gerais dos regimes de "BANCO DE HORAS", "SEMANA INGLESA" e "SEMANA

Leia mais

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015/2015

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015/2015 TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015/2015 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RS000101/2015 DATA DE REGISTRO NO MTE: 28/01/2015 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR001516/2015 NÚMERO DO PROCESSO: 46218.000750/2015-21

Leia mais

TERMO DE ADITAMENTO À CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2012/2014

TERMO DE ADITAMENTO À CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2012/2014 TERMO DE ADITAMENTO À CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2012/2014 JORNADA NORMAL DE TRABALHO - Atendido ao disposto no artigo 3 da Lei n 12.790/2013, a jornada normal dos empregados comerciários não excederá

Leia mais

ENTENDA SEUS DIREITOS. O SINDEMED reservou este espaço para esclarecer seus direitos trabalhistas. O que é Banco de horas?

ENTENDA SEUS DIREITOS. O SINDEMED reservou este espaço para esclarecer seus direitos trabalhistas. O que é Banco de horas? ENTENDA SEUS DIREITOS O SINDEMED reservou este espaço para esclarecer seus direitos trabalhistas. O que é Banco de horas? O chamado banco de horas é uma possibilidade admissível de controle e compensação

Leia mais

Exemplos de Modelos de Acordo de Compensação Meramente informativo ACORDO PARA COMPENSAÇÃO DE HORAS REF. JOGOS DO BRASIL NA COPA MUNDO 2014

Exemplos de Modelos de Acordo de Compensação Meramente informativo ACORDO PARA COMPENSAÇÃO DE HORAS REF. JOGOS DO BRASIL NA COPA MUNDO 2014 Exemplos de Modelos de Acordo de Compensação Meramente informativo Modelo 1 ACORDO PARA COMPENSAÇÃO DE HORAS REF. JOGOS DO BRASIL NA COPA MUNDO 2014 CLÁUSULA PRIMEIRA: * FASE DE GRUPOS Dia 12/06/2014 (quinta-feira)

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2014/2015

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2014/2015 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2014/2015 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR058065/2014 SINDICATO DOS EMPREGADOS NO COMERCIO DE NOVO HAMBURGO, CNPJ n. 91.695.288/0001-11, neste ato representado(a) por seu Presidente,

Leia mais

CONVENÇÃO DE HORÁRIO COLETIVO DE TRABALHO

CONVENÇÃO DE HORÁRIO COLETIVO DE TRABALHO CONVENÇÃO DE HORÁRIO COLETIVO DE TRABALHO Por este instrumento e na melhor forma de Direito, de um lado, como representante da categoria profissional, o SINDICATO DOS EMPREGADOS NO COMÉRCIO DE SÃO CARLOS

Leia mais

CONVENÇÃO DE HORÁRIO COLETIVO DE TRABALHO HORÁRIO ESPECIAL 2013/2014

CONVENÇÃO DE HORÁRIO COLETIVO DE TRABALHO HORÁRIO ESPECIAL 2013/2014 CONVENÇÃO DE HORÁRIO COLETIVO DE TRABALHO HORÁRIO ESPECIAL 2013/2014 Por este instrumento e na melhor forma de Direito, de um lado, como representante da categoria profissional, o SINDICATO DOS EMPREGADOS

Leia mais

DIÁRIO OFICIAL ELETRÔNICO DO MUNICÍPIO DE ALVORADA DO SUL ESTADO PARANÁ Lei 1971/2013, de 17 de outubro de 2013 ATOS DO PODER EXECUTIVO MUNICIPAL

DIÁRIO OFICIAL ELETRÔNICO DO MUNICÍPIO DE ALVORADA DO SUL ESTADO PARANÁ Lei 1971/2013, de 17 de outubro de 2013 ATOS DO PODER EXECUTIVO MUNICIPAL DIÁRIO OFICIAL ELETRÔNICO DO MUNICÍPIO DE ALVORADA DO SUL ESTADO PARANÁ Lei 1971/2013, de 17 de outubro de 2013 ATOS DO PODER EXECUTIVO MUNICIPAL Sexta-feira, 14 de Agosto de 2015 Ano III Edição 431. 01

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO /2015

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO /2015 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO /2015 Convenção Coletiva de Trabalho, que entre si ajustam a FEDERAÇÃO NACIONAL DOS EMPREGADOS EM POSTOS DE SERVIÇOS DE COMBUSTÍVEIS E DERIVADOS DE PETRÓLEO - FENEPOSPETRO,

Leia mais

GRATIFICAÇÕES, ADICIONAIS, AUXÍLIOS E OUTROS PARTICIPAÇÃO NOS LUCROS E/OU RESULTADOS

GRATIFICAÇÕES, ADICIONAIS, AUXÍLIOS E OUTROS PARTICIPAÇÃO NOS LUCROS E/OU RESULTADOS ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2015/2016 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: MT000542/2015 DATA DE REGISTRO NO MTE: 26/08/2015 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR047856/2015 NÚMERO DO PROCESSO: 46210.001655/2015 15 DATA DO

Leia mais

Aula de Sexta-Feira(06/05/2011)

Aula de Sexta-Feira(06/05/2011) Aula de Sexta-Feira(06/05/2011) Salário: Art. 7º C.F. São direitos dos trabalhadores além de outros IV salário mínimo, fixado em lei, nacionalidade unificado, capaz de atender as suas necessidades vitais

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2011/2013

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2011/2013 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2011/2013 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: PR000662/2011 DATA DE REGISTRO NO MTE: 25/02/2011 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR067963/2010 NÚMERO DO PROCESSO: 46212.002882/2011-14 DATA DO

Leia mais

JORNADA DE TRABALHO. Tempo in itinere. - 2º 58 CLT; Súmulas 90;320;324;325 TST

JORNADA DE TRABALHO. Tempo in itinere. - 2º 58 CLT; Súmulas 90;320;324;325 TST JORNADA DE TRABALHO Tempo efetivamente Trabalhado; Tempo à disposição do empregador Tempo in itinere. - 2º 58 CLT; Súmulas 90;320;324;325 TST Conceito Jornada é o lapso de tempo durante o qual o empregado

Leia mais

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO REAJUSTES/CORREÇÕES SALARIAIS

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO REAJUSTES/CORREÇÕES SALARIAIS TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015/2016 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR025062/2015 DATA E HORÁRIO DA TRANSMISSÃO: 08/05/2015 ÀS 15:28 NÚMERO DO PROCESSO DA CONVENÇÃO COLETIVA PRINCIPAL: 46215.022244/2014

Leia mais

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO PISO SALARIAL

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO PISO SALARIAL Imprimir Salvar CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2016/2017 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: MG003794/2016 DATA DE REGISTRO NO MTE: 01/09/2016 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR057832/2016 NÚMERO DO PROCESSO: 46242.000971/2016

Leia mais

TERMO ADITIVO A ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2009/2010

TERMO ADITIVO A ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2009/2010 TERMO ADITIVO A ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2009/2010 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: MT000124/2009 DATA DE REGISTRO NO MTE: 07/05/2009 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR011080/2009 NÚMERO DO PROCESSO: 46210.001765/2009-39

Leia mais

SINDICATO DAS INDÚSTRIAS DE MÁQUINAS E IMPLEMENTOS AGRÍCOLAS NO RIO GRANDE DO SUL CIRCULAR ESPECIAL CONVENÇÃO COLETIVA CUT 2010/2011

SINDICATO DAS INDÚSTRIAS DE MÁQUINAS E IMPLEMENTOS AGRÍCOLAS NO RIO GRANDE DO SUL CIRCULAR ESPECIAL CONVENÇÃO COLETIVA CUT 2010/2011 CIRCULAR ESPECIAL CONVENÇÃO COLETIVA CUT 2010/2011 Pela presente informamos que foram encerradas as negociações coletivas do ano em curso, resultando na Convenção Coletiva de Trabalho com a Federação e

Leia mais

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO PISO SALARIAL

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO PISO SALARIAL 1 de 5 19/02/2015 14:00 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2014/2015 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RJ000233/2015 DATA DE REGISTRO NO MTE: 12/02/2015 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR076924/2014 NÚMERO DO PROCESSO: 46215.030044/2014-53

Leia mais

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/.

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/. ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2015/2016 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: CE001009/2015 DATA DE REGISTRO NO MTE: 21/07/2015 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR034284/2015 NÚMERO DO PROCESSO: 46205.010483/2015-40 DATA DO

Leia mais

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015/2016

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015/2016 TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015/2016 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR030102/2015 DATA E HORÁRIO DA TRANSMISSÃO: 02/06/2015 ÀS 13:01 NÚMERO DO PROCESSO DA CONVENÇÃO COLETIVA PRINCIPAL: 46267.001126/2014-85

Leia mais

Confira a autenticidade no endereço

Confira a autenticidade no endereço ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2016/2017 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: PR004407/2016 DATA DE REGISTRO NO MTE: 25/10/2016 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR067091/2016 NÚMERO DO PROCESSO: 46294.001639/2016-21 DATA DO

Leia mais

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015/2016

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015/2016 TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015/2016 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR026265/2015 DATA E HORÁRIO DA TRANSMISSÃO: 19/05/2015 ÀS 15:52 NÚMERO DO PROCESSO DA CONVENÇÃO COLETIVA PRINCIPAL: 46473.002994/2014-47

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2012/2013

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2012/2013 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2012/2013 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: MS000150/2012 DATA DE REGISTRO NO MTE: 18/05/2012 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR023594/2012 NÚMERO DO PROCESSO: 46312.002655/2012-41 DATA

Leia mais

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/.

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/. NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: MS000268/2013 DATA DE REGISTRO NO MTE: 21/06/2013 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR020136/2013 NÚMERO DO PROCESSO: 46312.003324/2013-18 DATA DO PROTOCOLO: 20/05/2013 ACORDO COLETIVO

Leia mais

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2012/2013 DATA DE REGISTRO DA CONVENÇÃO COLETIVA PRINCIPAL: 28/12/2011

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2012/2013 DATA DE REGISTRO DA CONVENÇÃO COLETIVA PRINCIPAL: 28/12/2011 TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2012/2013 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR061900/2012 NÚMERO DO PROCESSO DA CONVENÇÃO COLETIVA PRINCIPAL: 46268.004620/2011-49 DATA DE REGISTRO DA CONVENÇÃO COLETIVA

Leia mais

JORNADA DE TRABALHO DURAÇÃO, DISTRIBUIÇÃO, CONTROLE, FALTAS PRORROGAÇÃO/REDUÇÃO DE JORNADA

JORNADA DE TRABALHO DURAÇÃO, DISTRIBUIÇÃO, CONTROLE, FALTAS PRORROGAÇÃO/REDUÇÃO DE JORNADA ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2014/2015 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: SP006795/2015 DATA DE REGISTRO NO MTE: 29/06/2015 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR023544/2015 NÚMERO DO PROCESSO: 47998.004863/2015 29 DATA DO

Leia mais

Confira a autenticidade no endereço

Confira a autenticidade no endereço ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2015/2015 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: CE000725/2015 DATA DE REGISTRO NO MTE: 26/05/2015 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR022602/2015 NÚMERO DO PROCESSO: 46205.007517/2015-19 DATA DO

Leia mais

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2013/2014

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2013/2014 TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2013/2014 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: GO001067/2013 DATA DE REGISTRO NO MTE: 11/12/2013 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR072783/2013 NÚMERO DO PROCESSO: 46208.015511/2013-23

Leia mais

PROPOSTA DE CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015 /2016

PROPOSTA DE CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015 /2016 PROPOSTA DE CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015 /2016 FEDERACAO DOS TRABALHADORES, EMPREGADOS E EMPREGADAS NO COMERCIO E SERVICOS NO ESTADO DO CEARA - FETRACE, CNPJ n. 07.343.320/0001-93, neste ato representado(a)

Leia mais

\ a) 8% (oito por cento) para os trabalhadores que recebem salárío mensal de até R$ 7.000,00 (sete mil reais);

\ a) 8% (oito por cento) para os trabalhadores que recebem salárío mensal de até R$ 7.000,00 (sete mil reais); " CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO Entre as partes de um lado: SINDICATO DOS TÉCNICOS DE SEGURANÇA DO TRABALHO NO ESTADO DE SÃO PAULO, CNPJ no60.266.996/0001-03 e, de outro lado: SINDICATO DA INDÚSTRIA DA

Leia mais

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO PISO SALARIAL

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO PISO SALARIAL 1 de 5 29/09/2014 13:18 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2014/2015 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RJ002170/2014 DATA DE REGISTRO NO MTE: 25/09/2014 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR046716/2014 NÚMERO DO PROCESSO: 46215.020723/2014-14

Leia mais

CLÁUSULA 2 ª - DA VIGÊNCIA - A presente Convenção Coletiva de Trabalho vigorará de 1 º de setembro de 2007 à 31 de agosto de 2008.

CLÁUSULA 2 ª - DA VIGÊNCIA - A presente Convenção Coletiva de Trabalho vigorará de 1 º de setembro de 2007 à 31 de agosto de 2008. CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO, que entre si fazem, de um lado, O SINDICATO DOS EMPREGADOS EM TURISMO E HOSPITALIDADE DE ANÁPOLIS (Representante dos empregados em imobiliárias sediadas em Anápolis, em

Leia mais

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2013/2014

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2013/2014 TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2013/2014 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: SP005667/2013 DATA DE REGISTRO NO MTE: 05/06/2013 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR026168/2013 NÚMERO DO PROCESSO: 46256.002704/2013-49

Leia mais

Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação de Teresópolis, Guapimirim e Magé

Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação de Teresópolis, Guapimirim e Magé Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação de Teresópolis, Guapimirim e Magé Fundado em 01 de março de 1996 Entidade reconhecida no Arquivo de Entidades Sindicais do MTE sob o nº 46000-006947/96

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2014/2015

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2014/2015 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2014/2015 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: AL000160/2014 DATA DE REGISTRO NO MTE: 10/07/2014 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR030845/2014 NÚMERO DO PROCESSO: 46201.003974/2014-93 DATA

Leia mais

CAPITULO I OBJETIVOS. Art. 1º Implantar o crachá de identificação e sua utilização para registro do ponto;

CAPITULO I OBJETIVOS. Art. 1º Implantar o crachá de identificação e sua utilização para registro do ponto; CAPITULO I OBJETIVOS Art. 1º Implantar o crachá de identificação e sua utilização para registro do ponto; Art. 2º Estabelecer as normas de registro das horas trabalhadas do ponto eletrônico; Art. 3º Normatizar

Leia mais

Confira a autenticidade no endereço

Confira a autenticidade no endereço TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2013/2014 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: PR000062/2014 DATA DE REGISTRO NO MTE: 13/01/2014 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR073771/2013 NÚMERO DO PROCESSO: 46212.000204/2014-60

Leia mais

Parágrafo Quarto O aplicativo para registro das batidas não permitirá:

Parágrafo Quarto O aplicativo para registro das batidas não permitirá: CLÁUSULA PRIMEIRA DO SISTEMA DE PONTO ELETRÔNICO - O Banco do Nordeste adotará, para registro e controle de frequência dos seus empregados, um sistema de ponto eletrônico, nos termos da Portaria nº 373/2011,

Leia mais

DR. JONAS DA COSTA MATOS

DR. JONAS DA COSTA MATOS DR. JONAS DA COSTA MATOS DEFINIÇÃO LEGAL A Contribuição Sindical Urbana ou Rural, antigo Imposto Sindical, não é um imposto, mas uma contribuição compulsória (obrigatória) que deve ser recolhida anualmente,

Leia mais

RESOLUÇÃO CNSP N 25, DE 17 DE FEVEREIRO DE 2000.

RESOLUÇÃO CNSP N 25, DE 17 DE FEVEREIRO DE 2000. RESOLUÇÃO CNSP N 25, DE 17 DE FEVEREIRO DE 2000. Dispõe sobre escritório de representação, no País, de ressegurador admitido, e dá outras providências. A SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS - SUSEP, no

Leia mais

2º TERMO ADITIVO AO EDITAL DE PROCESSO SELETIVO

2º TERMO ADITIVO AO EDITAL DE PROCESSO SELETIVO 2º TERMO ADITIVO AO EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Processo Seletivo de Candidatos aos Cursos de Graduação do - Unilavras Ingresso - 1º semestre de 2017 A Reitora do Unilavras, Profª Dra. Christiane Amaral

Leia mais

ESTADO DE PERNAMBUCO POLÍCIA MILITAR QUARTEL DO COMANDO GERAL SUPLEMENTO NORMATIVO 1ª P A R T E 2ª P A R T E

ESTADO DE PERNAMBUCO POLÍCIA MILITAR QUARTEL DO COMANDO GERAL SUPLEMENTO NORMATIVO 1ª P A R T E 2ª P A R T E ESTADO DE PERNAMBUCO POLÍCIA MILITAR QUARTEL DO COMANDO GERAL SEGUNDA-FEIRA - RECIFE, - SUNOR Nº G 1.0.00.023 -----------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

CCT 2005/2006 - Sindirepa e Sirvepa

CCT 2005/2006 - Sindirepa e Sirvepa CCT 2005/2006 - Sindirepa e Sirvepa CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO - 2.005/2.006. CATEGORIA ECONÔMICA SINDIREPA-PR Sindicato da Indústria de Reparação de Veículos e Acessórios do Estado do Paraná. CNPJ

Leia mais

Confira a autenticidade no endereço

Confira a autenticidade no endereço ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2016/2017 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: SP002029/2016 DATA DE REGISTRO NO MTE: 25/02/2016 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR005658/2016 NÚMERO DO PROCESSO: 46385.000022/2016-79 DATA DO

Leia mais

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO REAJUSTES/CORREÇÕES SALARIAIS

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO REAJUSTES/CORREÇÕES SALARIAIS 1 de 5 24/11/2014 10:40 TERMO ADITIVO A ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2014/2015 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RJ002656/2014 DATA DE REGISTRO NO MTE: 21/11/2014 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR067249/2014 NÚMERO DO

Leia mais

Lei Complementar Municipal Nº , de 28 de maio de 2014.

Lei Complementar Municipal Nº , de 28 de maio de 2014. Lei Complementar Municipal Nº. 1.463, de 28 de maio de 2014. Da nova redação a artigos que menciona e dá outras providências. O Povo do Município de Águas Formosas, Estado de Minas Gerais, por seus representantes

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE ITAPORÃ GABINETE DO PREFEITO Administração 2013/2016. Um Novo Tempo. Uma Cidade Para Todos.

ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE ITAPORÃ GABINETE DO PREFEITO Administração 2013/2016. Um Novo Tempo. Uma Cidade Para Todos. LEI N.º 2290/2013 DISPOE SOBRE A CONCESSÃO DE DIARIAS AOS AGENTES POLITICOS E SERVIDORES DO PODER EXECUTIVO MUNICIPAL E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. Wallas Gonçalves Milfont, Prefeito Municipal de Itaporã-MS,

Leia mais

2012 Cartilha do Comércio

2012 Cartilha do Comércio 2012 Cartilha do Comércio APRESENTAÇÃO O Sindicato do Comércio Varejista e Atacadista de Tubarão e Região SINDILOJAS, no atendimento das necessidades dos seus representados, reuniu as principais dúvidas

Leia mais

Resumo CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2012/2013

Resumo CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2012/2013 Resumo CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2012/2013 DISTRIBUIÇÃO DE JORNAIS E REVISTAS Salários, Reajustes e Pagamento SINDICATO DAS EMPRESAS DISTRIBUIDORAS, EDITORAS, PUBLICADORAS, VENDEDORAS, ENTREGAS RÁPIDAS,

Leia mais

Orientações aos SGP`s para o acompanhamento da frequência dos empregados da Unidade

Orientações aos SGP`s para o acompanhamento da frequência dos empregados da Unidade Orientações aos SGP`s para o acompanhamento da frequência dos empregados da Unidade Tendo em vista a implantação do controle alternativo de frequência com registro eletrônico, desde novembro de 2015, bem

Leia mais

REMUNERAÇÃO E ADICIONAIS LEGAIS

REMUNERAÇÃO E ADICIONAIS LEGAIS REMUNERAÇÃO E ADICIONAIS LEGAIS 1 Conceito Salário complessivo corresponde aos pagamentos efetuados diretamente pelo empregador em favor do empregado, em virtude da vigência do contrato de trabalho, bem

Leia mais

1 DAS DISPOSIÇÕES 1.1 O Simulado da OAB compreenderá a aplicação de prova objetiva e de prova práticoprofissional realizada em duas datas distintas.

1 DAS DISPOSIÇÕES 1.1 O Simulado da OAB compreenderá a aplicação de prova objetiva e de prova práticoprofissional realizada em duas datas distintas. SIMULADO OAB/SC UNIVILLE 2016.1 EDITAL DE ABERTURA A comissão organizadora do Simulado da OAB/UNIVILLE, nos termos dispostos no FAEG, torna público as disposições contidas neste Edital. 1 DAS DISPOSIÇÕES

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE,# TRABALHO 2013/2014

ACORDO COLETIVO DE,# TRABALHO 2013/2014 .. ACORDO COLETIVO DE,# TRABALHO 2013/2014 1 - VIGÊNCIA E DATA BASE Que entre si fazem, o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Siderúrgicas, Metalúrgicas, de Material Elétrico e de Informática de

Leia mais

JORNADA DE TRABALHO DURAÇÃO, DISTRIBUIÇÃO, CONTROLE, FALTAS PRORROGAÇÃO/REDUÇÃO DE JORNADA

JORNADA DE TRABALHO DURAÇÃO, DISTRIBUIÇÃO, CONTROLE, FALTAS PRORROGAÇÃO/REDUÇÃO DE JORNADA Imprimir Salvar CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2016/2017 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RJ002102/2016 DATA DE REGISTRO NO MTE: 11/10/2016 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR061751/2016 NÚMERO DO PROCESSO: 46215.086836/2016

Leia mais

Projeto de lei 4330/ quadro comparativo entre as redações aprovadas na Câmara dos Deputados

Projeto de lei 4330/ quadro comparativo entre as redações aprovadas na Câmara dos Deputados Projeto de lei 4330/2004 - quadro comparativo entre as redações aprovadas na Câmara dos Deputados PL 4330 - projeto original apresenta à Ementa: Dispõe sobre o contrato de prestação de serviços e as relações

Leia mais

ENTENDA SEUS DIREITOS. O SINDEMED reservou este espaço para esclarecer seus direitos trabalhistas.

ENTENDA SEUS DIREITOS. O SINDEMED reservou este espaço para esclarecer seus direitos trabalhistas. ENTENDA SEUS DIREITOS O SINDEMED reservou este espaço para esclarecer seus direitos trabalhistas. As contribuições cobradas pelos Sindicatos são motivos de muitas dúvidas pelos empregados. Assim, a fim

Leia mais

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2009/2010

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2009/2010 TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2009/2010 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RS000652/2009 DATA DE REGISTRO NO MTE: 08/07/2009 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR028034/2009 NÚMERO DO PROCESSO: 46218.009461/2009-40

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015 SINDICATO DO COMÉRCIO ATACADISTA DE GÊNEROS ALIMENTÍCIOS DE BELO HORIZONTE E CONTAGEM, CNPJ n. 17.265.851/0001-69, neste ato representado por seu Presidente, Sr. MARCUS

Leia mais

CLÁUSULA 1ª. - VIGÊNCIA E DATA-BASE

CLÁUSULA 1ª. - VIGÊNCIA E DATA-BASE PAUTA NACIONAL DE REIVINDICAÇÕES DOS TRABALHADORES DAS EMPRESAS DE TELEATENDIMENTO PARA NEGOCIAÇÃO COLETIVA UNIFICADA DOS SINDICATOS FILIADOS À FENATTEL DATA-BASE 1º DE JANEIRO DE 2015. CLÁUSULA 1ª. -

Leia mais

Confira a autenticidade no endereço

Confira a autenticidade no endereço CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2016/2017 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RS002799/2016 DATA DE REGISTRO NO MTE: 24/11/2016 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR069776/2016 NÚMERO DO PROCESSO: 46218.018553/2016-40 DATA

Leia mais

O prazo para entrega de sugestões termina no dia 26 de dezembro de 2016.

O prazo para entrega de sugestões termina no dia 26 de dezembro de 2016. Nº de proc. 01/2016 Objeto (s) Regulamento Interno de Horário de Trabalho do ITQB Departamento responsável pela tramitação do procedimento Conselho de Gestão do ITQB Responsável pela Direção do procedimento

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2011/2012

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2011/2012 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2011/2012 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: ES000257/2011 DATA DE REGISTRO NO MTE: 28/06/2011 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR031201/2011 NÚMERO DO PROCESSO: 46207.005077/2011-11 DATA

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO ACORDO COLETIVO DE TRABALHO Que entre si celebram SINDICATO DOS TRABALHADORES EM COOPERATIVAS AGROPECUÁRIAS, AGRÍCOLAS e AGROINDUSTRIAIS DE MEDIANEIRA E REGIÃO - SINTRASCOOM, inscrito no CNPJ sob nº 01.619.942/0001-15,

Leia mais

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2016/2017

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2016/2017 TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2016/2017 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: SP012081/2016 DATA DE REGISTRO NO MTE: 11/10/2016 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR065958/2016 NÚMERO DO PROCESSO: 46261.004302/2016-52

Leia mais

TERMO ADITIVO À CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO PARA OS SUPERMERCADOS REFERENTE AO PERÍODO NATALINO ANO 2013/2014

TERMO ADITIVO À CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO PARA OS SUPERMERCADOS REFERENTE AO PERÍODO NATALINO ANO 2013/2014 TERMO ADITIVO À CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO PARA OS SUPERMERCADOS REFERENTE AO PERÍODO NATALINO ANO 2013/2014 Por este instrumento e na melhor forma de direito, de um lado o SINCOMERCIÁRIOS SINDICATO

Leia mais

Salário-Família & Salário-Maternidade

Salário-Família & Salário-Maternidade Salário-Família & Salário-Maternidade Temas apresentados pelos alunos: Camila Coutinho Daniel Cândido Marcos Baeta Salário-Família O que é? Benefício pago aos segurados empregados, exceto os domésticos,

Leia mais

TABELA DE SALÁRIO-DE CONTRIBUIÇÃO, BENEFÍCIOS, MULTAS, DEMAIS VALORES: ATUALIZAÇÃO A PARTIR DE JANEIRO DE 2014

TABELA DE SALÁRIO-DE CONTRIBUIÇÃO, BENEFÍCIOS, MULTAS, DEMAIS VALORES: ATUALIZAÇÃO A PARTIR DE JANEIRO DE 2014 TABELA DE SALÁRIO-DE CONTRIBUIÇÃO, BENEFÍCIOS, MULTAS, DEMAIS VALORES: ATUALIZAÇÃO A PARTIR DE JANEIRO DE 2014 TABELA DE CONTRIBUIÇÃO DOS SEGURADOS EMPREGADO, EMPREGADO DOMÉSTICO E TRABALHADOR AVULSO,

Leia mais

Funcionamento do Comércio no mês de Junho de 2014

Funcionamento do Comércio no mês de Junho de 2014 ACORDO COLETIVO PARA FUNCIONAMENTO DO COMÉRCIO EM GERAL DE SANTO ANTONIO DE JESUS. Acordo que faz entre si, de um lado o SINCOMSAJ SINDICATO DO COMERCIO VAREJISTA DE SANTO ANTONIO DE JESUS e do outro,

Leia mais

ORIENTAÇÃO NORMATIVA Nº /12/2000

ORIENTAÇÃO NORMATIVA Nº /12/2000 ORIENTAÇÃO NORMATIVA Nº.2000 19/2000 de 20/12/2000 Nº de PAUTA 203.13 RECURSOS HUMANOS RECURSOS HUMANOS Assunto: Actividade Sindical Referência: Distribuição: Recursos Humanos Revogações: Enquadramento

Leia mais

Confira a autenticidade no endereço

Confira a autenticidade no endereço CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2010/2011 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: PA000619/2010 DATA DE REGISTRO NO MTE: 27/09/2010 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR051488/2010 NÚMERO DO PROCESSO: 46222.007568/2010-28 DATA

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2015/2016

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2015/2016 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2015/2016 SINDICATO DOS EMP ENT C REC ASSIST SOC O FORM PROF MS, CNPJ n. 01.534.858/0001-07, neste ato representado(a) por seu Presidente, Sr(a). MARIA JOANA BARRETO PEREIRA;

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2016

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2016 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2016 SINDICATO DO COMÉRCIO VAREJISTA DE PRODUTOS FARMACÊUTICOS DO ESTADO DE MINAS GERAIS, CNPJ n 17.265.877/0001-07, neste ato representado por seu Presidente, Sr. LÁZARO

Leia mais

CONSELHO DE GESTÃO DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR RESOLUÇÃO N.º 9, DE 27 DE JUNHO DE 2002

CONSELHO DE GESTÃO DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR RESOLUÇÃO N.º 9, DE 27 DE JUNHO DE 2002 CONSELHO DE GESTÃO DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR RESOLUÇÃO N.º 9, DE 27 DE JUNHO DE 2002 Dispõe sobre o instituto da portabilidade em planos de benefícios de entidades fechadas de previdência complementar

Leia mais

Informações Gerais - FlexReserva

Informações Gerais - FlexReserva Informações Gerais - FlexReserva Check-in / Check-out Check-in (entrada) - às 12h Check-out (saída) - até as 08h30 A saída do hóspede deverá ocorrer obrigatoriamente até as 08h30 do término da estada indicada

Leia mais

Tron Informática

Tron Informática 13º Salário Gratificação Natalina 1 Veja uma vídeo-aula sobre este assunto em: http://www.trontv.com.br/t/index.php/videos/gestao-contabil/fp/76-como-calcular calcular-o-13-salario.html A Gratificação

Leia mais

Confira a autenticidade no endereço

Confira a autenticidade no endereço ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2014/2015 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: PA000036/2015 DATA DE REGISTRO NO MTE: 28/01/2015 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR003349/2015 NÚMERO DO PROCESSO: 46222.000711/2015-65 DATA DO

Leia mais

JORNADAS FLEXÍVEIS E REDUÇÃO DE JORNADA TRABALHO

JORNADAS FLEXÍVEIS E REDUÇÃO DE JORNADA TRABALHO JORNADAS FLEXÍVEIS E REDUÇÃO DE JORNADA TRABALHO Conversando com sindicalistas percebo que muitos fazem confusões entre jornadas flexíveis de trabalho, redução de jornada de trabalho e obrigatoriedade

Leia mais

4.1 - A admissão de colaborador condiciona-se a exames de seleção técnica e médica; mediante apresentação dos documentos exigidos, em prazo fixado.

4.1 - A admissão de colaborador condiciona-se a exames de seleção técnica e médica; mediante apresentação dos documentos exigidos, em prazo fixado. POLÍTICAS DE RH DA PEQUENA CASA DA CRIANÇA 1. FINALIDADE: Estabelecer políticas e procedimentos de trabalho concernentes a Pequena, como parte integrante ao contrato individual de trabalho. A obrigatoriedade

Leia mais

INSTITUTO DE PESQUISAS TECNOLÓGICAS DO ESTADO DE SÃO PAULO S.A. - IPT CNPJ: / CONCURSO PÚBLICO Nº 001/2010

INSTITUTO DE PESQUISAS TECNOLÓGICAS DO ESTADO DE SÃO PAULO S.A. - IPT CNPJ: / CONCURSO PÚBLICO Nº 001/2010 INSTITUTO DE PESQUISAS TECNOLÓGICAS DO ESTADO DE SÃO PAULO S.A. - IPT CNPJ: 60.633.674/0001-55 CONCURSO PÚBLICO Nº 001/2010 (EXTRATO DO EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES) A ÍNTEGRA DO EDITAL ENCONTRA-SE

Leia mais

CONVENÇÃO DE HORÁRIO COLETIVO DE TRABALHO HORÁRIO ESPECIAL DEZEMBRO 2014 A NOVEMBRO 2015 SÃO CARLOS COMÉRCIO TRADICIONAL

CONVENÇÃO DE HORÁRIO COLETIVO DE TRABALHO HORÁRIO ESPECIAL DEZEMBRO 2014 A NOVEMBRO 2015 SÃO CARLOS COMÉRCIO TRADICIONAL CONVENÇÃO DE HORÁRIO COLETIVO DE TRABALHO HORÁRIO ESPECIAL DEZEMBRO 2014 A NOVEMBRO 2015 SÃO CARLOS COMÉRCIO TRADICIONAL Por este instrumento e na melhor forma de Direito, de um lado, como representante

Leia mais

1º TERMO ADITIVO AO EDITAL DE PROCESSO SELETIVO

1º TERMO ADITIVO AO EDITAL DE PROCESSO SELETIVO 1º TERMO ADITIVO AO EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Processo Seletivo de Candidatos aos Cursos de Graduação do Unilavras Ingresso 2º semestre de 2016 A Reitora do Unilavras, Profª Dra. Christiane Amaral Lunkes

Leia mais

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2013/2014

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2013/2014 TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2013/2014 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR023020/2013 NÚMERO DO PROCESSO DA CONVENÇÃO COLETIVA PRINCIPAL: DATA DE REGISTRO DA CONVENÇÃO COLETIVA PRINCIPAL: 46269.002232/2012-02

Leia mais

AERONAUTAS DA AVIAÇÃO REGULAR PAUTA ECONOMICA 2011/2012

AERONAUTAS DA AVIAÇÃO REGULAR PAUTA ECONOMICA 2011/2012 AERONAUTAS DA AVIAÇÃO REGULAR PAUTA ECONOMICA 2011/2012 01 ABRANGÊNCIA As condições acordadas na presente convenção vigorarão para os aeronautas que operam em todo território nacional, incluídos, também,

Leia mais

2º Semestre Letivo de 2013 final

2º Semestre Letivo de 2013 final CALENDÁRIO ESCOLAR DE 2014 2º Semestre Letivo de 2013 final Novembro 2 Finados. Não haverá aula. 5 Data máxima para que as Unidades encaminhem à Pró-Reitoria de o período de realização das provas / trabalhos

Leia mais

JORNADA FLEXÍVEL DE TRABALHO 2009/2010

JORNADA FLEXÍVEL DE TRABALHO 2009/2010 JORNADA FLEXÍVEL DE TRABALHO 2009/2010 Olá! Estamos aqui para falar com você a respeito de algo muito importante no seu dia a dia: sua jornada de trabalho. Você sabia que, graças a um acordo firmado entre

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2011/2012

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2011/2012 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2011/2012 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: MG004077/2011 DATA DE REGISTRO NO MTE: 07/10/2011 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR056169/2011 NÚMERO DO PROCESSO: 46246.002361/2011-70 DATA DO

Leia mais

MUDANÇAS NAS REGRAS DO SEGURO-DESEMPREGO, ABONO SALARIAL ANUAL, AUXILIO-DOENÇA E PENSÃO POR MORTE

MUDANÇAS NAS REGRAS DO SEGURO-DESEMPREGO, ABONO SALARIAL ANUAL, AUXILIO-DOENÇA E PENSÃO POR MORTE MUDANÇAS NAS REGRAS DO SEGURO-DESEMPREGO, ABONO SALARIAL ANUAL, AUXILIO-DOENÇA E PENSÃO POR MORTE Em 30/12/2014, por meio das Medidas Provisórias 664 e 665, publicadas no Diário Oficial da União, as normas

Leia mais

TESTE CONHECIMENTO ESPECÍFICOS

TESTE CONHECIMENTO ESPECÍFICOS NOME: TESTE CONHECIMENTO ESPECÍFICOS LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO 1 - Verifique se este teste de conhecimento específico contém 10 (dez) questões objetivas. 2 - Para o presente teste de conhecimento

Leia mais

Confira a autenticidade no endereço

Confira a autenticidade no endereço ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2016/2017 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: ES000242/2016 DATA DE REGISTRO NO MTE: 31/05/2016 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR019630/2016 NÚMERO DO PROCESSO: 46207.003082/2016-02 DATA DO

Leia mais

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO PISO SALARIAL

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO PISO SALARIAL TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015/2016 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR031503/2015 DATA E HORÁRIO DA TRANSMISSÃO: 27/05/2015 ÀS 16:33 NÚMERO DO PROCESSO DA CONVENÇÃO COLETIVA PRINCIPAL: 46215.016006/2014

Leia mais

Confira a autenticidade no endereço

Confira a autenticidade no endereço ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2015/2016 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RS001091/2015 DATA DE REGISTRO NO MTE: 22/06/2015 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR028646/2015 NÚMERO DO PROCESSO: 46218.010561/2015-67 DATA DO

Leia mais

UNTAET DIRECTIVA NO. 2000/4 SOBRE OS TERMOS DE CONTRATAÇÃO DE FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS

UNTAET DIRECTIVA NO. 2000/4 SOBRE OS TERMOS DE CONTRATAÇÃO DE FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS UNITED NATIONS United Nations Transitional Administration in East Timor UNTAET NATIONS UNIES Administration Transitoire des Nations Unies au Timor Oriental UNTAET/DIR/2000/4 30 de Junho de 2000 DIRECTIVA

Leia mais

REDAÇÃO FINAL MEDIDA PROVISÓRIA Nº 681-A DE 2015 PROJETO DE LEI DE CONVERSÃO Nº 12 DE 2015. O CONGRESSO NACIONAL decreta:

REDAÇÃO FINAL MEDIDA PROVISÓRIA Nº 681-A DE 2015 PROJETO DE LEI DE CONVERSÃO Nº 12 DE 2015. O CONGRESSO NACIONAL decreta: REDAÇÃO FINAL MEDIDA PROVISÓRIA Nº 681-A DE 2015 PROJETO DE LEI DE CONVERSÃO Nº 12 DE 2015 Altera as Leis nºs 10.820, de 17 de dezembro de 2003, 8.213, de 24 de julho de 1991, e 8.112, de 11 de dezembro

Leia mais

É tendo presente o citado quadro legal e ponderando os anseios e as expectativas da comunidade municipal que se elaborou o seguinte regulamento:

É tendo presente o citado quadro legal e ponderando os anseios e as expectativas da comunidade municipal que se elaborou o seguinte regulamento: 1 REGULAMENTO DOS PERIODOS DE ABERTURA E ENCERRAMENTO DOS ESTABELECIMENTOS DE VENDA AO PÚBLICO E DOS DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS, NO CONCELHO DE CASTANHEIRA DE PERA O Governo da Republica definiu, através

Leia mais