FUNDAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR DE PASSOS FACULDADES INTEGRADAS DO SUDOESTE MINEIRO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MINAS GERAIS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "FUNDAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR DE PASSOS FACULDADES INTEGRADAS DO SUDOESTE MINEIRO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MINAS GERAIS"

Transcrição

1 FUNDAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR DE PASSOS FACULDADES INTEGRADAS DO SUDOESTE MINEIRO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MINAS GERAIS ESTRUTURA FUNCIONAL DA COORDENAÇÃO DE PESQUISA E EXTENSÃO PASSOS - MG 2013

2 Diretor do Núcleo Acadêmico de Pós Graduação, Pesquisa e Extensão Eduardo Goulart Collares Telefone Coordenadora de Pesquisa e Extensão Marisa da Silva Lemos Possui graduação em Engenharia Geológica pela Universidade Federal de Ouro Preto (1990), mestrado em Geotecnia pela Universidade de São Paulo (1994) e doutorado em Geotecnia pela Universidade de São Paulo (2000). Atualmente é professor adjunto da Universidade do Estado de Minas Gerais. Tem experiência na área de geotecnia e meio ambiente, com ênfase em mapeamento geotécnico e geoambiental, disposição de resíduos sólidos, solos tropicais e erodibilidade. Atua profissionalmente em gestão de resíduos sólidos urbanos, gestão dos recursos hídricos e licenciamento ambiental de empreendimentos. Curriculum Lattes: Contato: Possui graduação em Fisioterapia pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais, mestrado em Reabilitação Geriátrica - University of Manchester (Reino Unido), doutorado e pós-doutorado pela Universidade Federal de Minas Gerais pelo Departamento de Fisiologia e Farmacologia (Conceito 7 -Capes). Participou como bolsista pelo CNPq na modalidade de desenvolvimento tecnológico industrial na área de medicamentos pela UFMG. Participou como bolsista do Fórum Permanente Universidade Empresa - UNIEMP (São Paulo) na área de inovação tecnológica. Participou como consultora externa de programas de pós-graduação da UFMG. Coordenou o programa de implantação das Boas Práticas no Laboratório de Hipertensão da UFMG. Possui conhecimento na área de Fisioterapia e de Fisiologia com ênfase em Fisiologia Cardiovascular, tendo desenvolvido pesquisa nos seguintes temas: exercício, pressão arterial, angiotensina II, angiotensin-(1-7), estresse. É avaliadora do sistema nacional da educação superior - Basis do MEC. Tem experiência em docência na área de fisioterapia. Possui experiência na área de gestão acadêmica em instituição de ensino superior como Pró - reitora de Pós-graduação, Pesquisa e Extensão do Centro Universitário de Belo Horizonte - UNI-BH. Foi presidente da Comissão Permanente de Propriedade Intelectual do UNI-BH. Possui experiência no cargo de Gerência de Projetos na Santa Casa de Passos. Coordenadora do Projeto de Implantação do Centro de Vida Saudável do Plano de Saúde Santa Casa de Passos. Atualmente é Coordenadora de Pesquisa e Extensão da Fundação de Ensino Superior de Passos. Coordenadora do Programa Ciência sem Fronteiras pela Fundação do Ensino Superior de Passos. Coordenadora do projeto de implantação da rede de inovação tecnológica do município de Passos. Componente do Grupo Gestor de Implantação do APL de Confecção de Passos e do APL de Móveis Rústicos de Passos. Vice-Presidente do Fórum de Extensão das IES Particulares Curriculum Lattes: Contato: Telefone

3 Funcionários: Auxiliar Administrativo Graziela Cristina Funchal de Paula Possui graduação em Nutrição pela Fundação de Ensino Superior de Passos FESP / UEMG. Atualmente Auxiliar Administrativo na Coordenação de Pesquisa e Extensão da FESP CPEX. Profissional da área administrativa há seis anos, atuante no departamento de Pesquisa e Extensão da Fundação de Ensino Superior de Passos. Contato: Telefone Curriculum Lattes: Jornalista / Assessor das Relações Internacionais Étory Zaghi Contato: Telefone Possui graduação em Jornalismo pela Fundação de Ensino Superior de Passos FESP / UEMG. Atualmente Jornalista e Assessor de Relações Internacionais da Fundação de Ensino Superior de Passos / FESP. Profissional da área da Comunicação há sete anos, atuante em departamentos ligados a comunicação, administrativo e telecomunicações. Curriculum Lattes: CPEX - Coordenação de Pesquisa e Extensão Rua 3 de Maio, nº 33 Bairro Centro Passos/MG CEP Telefones:

4 COORDENAÇÃO DE PESQUISA E EXTENSÃO CPEX A Fundação de Ensino Superior de Passos FESP participa de forma crescente e efetiva em Pesquisa e Extensão através de projetos nas diversas áreas. Docentes dos cursos de graduação da FESP orientam um ou mais alunos de iniciação científica ou extensão universitária ligados aos programas de bolsas que a instituição participa. Outros projetos são desenvolvidos com recursos obtidos pelos nossos pesquisadores, individualmente ou por meio de grupos de pesquisa, em órgãos de fomento como a FAPEMIG, CNPq e FHIDRO. A Coordenadoria de Pesquisa e Extensão a CPEX se faz presente na instituição FESP, desde Seu objetivo é agregar, assistir e expandir as atividades de pesquisa e extensão realizadas pelo corpo docente e discente da FESP. Aqui foi criado o Conselho de Pesquisa e Extensão com sua estrutura constituída por representantes docentes da FESP ligados as áreas da SAÚDE, EDUCAÇÃO, HUMANAS E ENGENHARIAS. A Coordenação de Pesquisa e Extensão (CPEX) é a responsável por coordenar todos os projetos de pesquisa e de extensão que são realizados pelo corpo docente e discente da instituição. As atividades da CPEX são comandadas pelo Prof. Dr. Eduardo Goulart Collares, Diretor do Núcleo de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão, e pela prof a. Dr a. Marisa da Silva Lemos, atual Coordenadora de Pesquisa e Extensão e Coordenadora do Programa Ciência sem Fronteiras. O propósito da CPEX é agregar, assistir e expandir as atividades de pesquisa e de extensão que são realizadas na FESP. Busca parcerias e apoio em fontes de fomento para a disponibilização de bolsas em número cada vez maior para os alunos da FESP. É de sua responsabilidade lançar editais de bolsas, organizar o sistema de avaliação de projetos e divulgar os resultados. Atribui a suas atividades a organização do FESP INOVA, onde se responsabiliza pelos eventos do Congresso Sul Mineiro de Iniciação Científica e o Seminário de Pesquisa e Extensão da FESP. Para dar suporte à CPEX existe o Conselho de Pesquisa e Extensão (CONPEX), que é formado por 10 pesquisadores de diversas áreas do conhecimento. As grandes decisões sobre pesquisa e extensão na FESP são tomadas pelo Conselho. A CPEX, desde 2007, já possibilitou que mais de 400 estudantes fossem contemplados com bolsas. Mais de 300 projetos foram elaborados. Atualmente são 99 alunos bolsistas e 60 projetos em andamento. Os projetos podem ser contemplados 4

5 com bolsas de iniciação científica (PIBIC), de extensão e BIC Jr. Esta última classificação é destinada aos alunos que cursam o ensino médio em escolas públicas. Na FESP, as instituições de fomento que concedem bolsas são o CNPq, a FAPEMIG, o Estado (UEMG - PAPq e PAEx). Existe, além disso, um programa institucional interno na FESP de bolsas de pesquisa e de extensão. A CPEX acredita que através da participação em um projeto de pesquisa ou extensão o aluno tem a possibilidade de tornar-se um profissional melhor preparado para o mercado de trabalho ou para ingressar em um mestrado ou doutorado. Melhora a sua capacidade de organização; compreensão de textos técnicos e capacidade de síntese; melhora a redação e a oratória, além de se especializar precocemente na área em que desenvolve a pesquisa. Por outro lado, a comunidade regional, também, é uma grande beneficiada, sendo ela o alvo das pesquisas e das atividades de extensão. Área(s) de Atuação Acadêmica A Fundação de Ensino Superior de Passos - FESP - atua nas diversas áreas. Busca formar cidadãos conscientes e com capacidade inovadora nas áreas da saúde, educação, humanas, engenharias. Através do ensino, pesquisa e extensão, promovemos a qualidade de vida da população dentro do contexto sócio-politicoeconômico em que se insere. A FESP tem se comprometido para formar profissionais com espírito critico, observador, transformador. A Instituição se compromete com a pesquisa para gerar conhecimento científico e técnico, visando o desenvolvimento da ciência e da tecnologia, da criação e fusão da cultura, deste modo, desenvolvemos o entendimento do homem e do meio em que vive. A IES busca manter as atividades de Extensão para que de forma continuada e sistemática, possa levar o produto do ensino e da pesquisa à sociedade, viabilizando a ação transformadora da universidade. Atualmente a FESP oferece cursos de: I Graduação: presencial para os candidatos que tenham concluído o ensino médio, ou equivalente, e aprovados no processo seletivo. II Extensão: para os candidatos que satisfaçam os requisitos estabelecidos em cada caso, pelos órgãos competentes da Instituição. III Pós-graduação: compreendendo programas lato sensu presencial a candidatos diplomados em cursos de graduação e que atendam às exigências para cada caso. 5

6 Missão Institucional A Coordenadoria de Pesquisa e Extensão da FESP/UEMG (CPEX) tem por objetivo agregar, assistir, assessorar e expandir as atividades de pesquisa e extensão realizadas na FESP/UEMG. Cabe à Coordenadoria de Pesquisa e Extensão, dentre outras atribuições: Registrar, catalogar e apoiar a divulgação de projetos de pesquisa e extensão realizados na FESP/UEMG; Apoiar os docentes e discentes da comunidade FESP/UEMG no encaminhamento de projetos de pesquisa e extensão para fontes de fomento; Emitir certificado para docentes e discentes que possuem projetos registrados; Representar a FESP/UEMG em atividades e eventos de pesquisa e extensão; Divulgar editais de iniciação científica e extensão ligados aos programas PAPq e PAEx da Universidade do Estado de Minas Gerais; Receber e autorizar inscrições dos projetos de pesquisa e extensão ligados aos programas PAPq e PAEx da Universidade do Estado de Minas Gerais; Autorizar o pagamento a bolsistas de pesquisa e extensão; Convocar o Conselho de Pesquisa e Extensão para as reuniões ordinárias e extraordinárias, quando necessário; Viabilizar e presidir as reuniões do Conselho de Pesquisa e Extensão da FESP/UEMG; Viabilizar a participação de bolsistas de pesquisa e extensão em eventos científicos, em especial no Seminário de Pesquisa e Extensão da UEMG. Metas Pesquisa e Produção Científica - Previsão 2011 a Aumentar a cota do programa interno de bolsas de iniciação científica. Intensificar os trabalhos junto ao CNPq, para que a FESP tenha um aumento de cota de bolsas de iniciação científica do PIBIC/CNPq. Promover a consolidação de grupos de pesquisa dos pesquisadores da FESP e registrá-los no Diretório de Grupos de Pesquisa do CNPq com o objetivo da estruturação de grupos de mestrado na FESP. 6

7 Estabelecer e manter um programa de incentivo aos docentes para a sua participação na elaboração e execução de projetos de pesquisa e extensão e a publicação de artigos científicos. Promover o Seminário FESP de Pesquisa e Extensão e manter a regularidade anual deste seminário que estará na sua terceira edição no ano de Promover o Congresso Sul Mineiro de Iniciação Científica bianual. Primeira edição em Manter a regularidade do periódico científico Ciência et Praxis. Reestruturar o Portal Pesquisa e Extensão da FESP. Incentivar a publicação dos TCCs, artigos da Pós-Graduação, projetos aprovados no PIBIC/UEMG e PIBIC/FAPEMIG por parte de todos os docentes que desenvolvem orientação de pesquisa e extensão. Manter a edição de Anais dos Eventos Científicos promovidos pela FESP. Promover iniciativas para a divulgação, junto à academia, e à comunidade local e regional, das atividades de pesquisa desenvolvidas na instituição. Manter a edição do Informativo FESPINOVA com o objetivo de divulgar os projetos de Pesquisa e Extensão da FESP. Extensão - Previsão 2011 a Manter a regularidade dos Eventos de Extensão que já fazem parte do calendário de eventos da FESP. Implantar novos eventos de extensão, em parceria com outras instituições, que passarão a fazer parte do calendário de eventos da FESP. Aumentar a cota anual do programa interno de bolsas de extensão. Promover iniciativas para a divulgação, junto à academia, e à comunidade local e regional, das atividades de extensão desenvolvidas na instituição. Ampliação dos Programas/Projetos de Extensão universitária, com vistas à prestação de serviços à comunidade e para o fortalecimento da relação FESP/Sociedade. Fomentar e expandir as atividades promovidas pelo Centro de Ciências como forma de estimular os alunos da educação básica e fundamental a ingressarem na carreira científica. Ampliar o número de cursos de extensão. 7

8 Ampliar as competições e olimpíadas científicas municipais, em diferentes níveis escolares, com ênfase nas áreas de ciências, física, química, biologia, matemática, informática e meio ambiente. ATRIBUIÇÕES DA CPEX As atribuições da Coordenadoria de Pesquisa e Extensão são: Elaborar e divulgar editais dos programas de bolsas de pesquisa e extensão que a FESP participa; Acompanhar o lançamento e divulgar editais de pesquisa e extensão lançados por outras instituições; Organizar a recepção e o processo de avaliação dos projetos de pesquisa e extensão encaminhados para os programas de bolsas; Elaborar relatório final de seleção de projetos e divulgar resultados dos programas de bolsas; Reunir com os bolsistas e pesquisadores selecionados nos programas de bolsas; Realizar o acompanhamento dos projetos através dos relatórios parcial e final; Solicitar às agências de fomento a participação coletiva em eventos de iniciação cientifica e acompanhar os alunos da FESP nestes eventos, fazendo os relatórios de participação e encaminhando aos órgãos de direção e divulgação; Acompanhar os bolsistas nos Seminários de pesquisa e extensão institucionais; Acompanhar a participação dos bolsistas de pesquisa e de extensão através dos atestados de freqüência encaminhados, mensalmente, pelos orientadores; Prestar atendimento de rotina a alunos e pesquisadores dos programas de bolsas de pesquisa e extensão; Manter contato regular com as agencia de fomento, com relação aos programas de bolsas de pesquisa e de extensão; Manter contato regular com as instituições de fomento sobre assuntos dos programas de bolsas de pesquisa e extensão; Acompanhar o lançamento de Editais de fomento à pesquisa e extensão, avaliálos e encaminhá-los às diretorias e professores, quando for o caso; Preparar material adequado e atender as solicitações dos cursos; Auxiliar os pesquisadores na elaboração de projetos; Manter atualizado o Portal de Pesquisa e Extensão; 8

9 Promover apoio individualizado aos pesquisadores no encaminhamento de projetos; Assessorar os pesquisadores nos procedimentos de encaminhamento de projeto de pesquisas para as fontes de fomento; Organizar o Seminário anual de Pesquisa e Extensão da FESP; Cadastrar e acompanhar as atividades de extensão de integração da FESP na comunidade em todas as suas áreas. Atividades realizadas: Manter atualizado o Portal CPEX; Promover apoio individualizado aos pesquisadores no encaminhamento de projetos; Assessorar os pesquisadores no uso do AGILFAP (da FAPEMIG); Organizar o Seminário de Pesquisa e Extensão da FESP; Participação no edital Ciência sem Fronteiras; Participação no Seminário da UEMG; Elaborar o Informativo FESP INOVA, para divulgação dos projetos de Pesquisa e Extensão realizados por estudantes da FESP. Atividades periódicas: Divulgar Edital do PIBIC/FAPEMIG; Acompanhar o lançamento e divulgar editais do PAPq e PAEx; Organizar a recepção e o processo e avaliação dos projetos Elaborar relatório final de seleção de projetos e divulgar resultados; Reunir com bolsistas e pesquisadores selecionados no início do período de bolsas; Realizar acompanhamento dos projetos através dos relatórios parcial e final; Organizar viagem para o Seminário da UEMG e encaminhar projeto de Participação Coletiva em Eventos para a FAPEMIG; Acompanhar alunos no Seminário da UEMG; Publicar, trimestralmente, o Informativo FESP INOVA. Coordenar o Programa Ciência sem Fronteiras associado a FESP Assessorar Submissão de Projetos Científicos de Graduação e Mestrado 9

10 Atividades de rotina: Acompanhar a participação dos bolsistas de PIBIC e de Extensão através dos atestados de freqüência encaminhados, mensalmente, pelos orientadores; Prestar atendimento de rotina a alunos e pesquisadores do PIBIC e Extensão; Acompanhar o lançamento de Editais de Pesquisa e Extensão (principalmente no Portal Financiar), avaliá-los e encaminhá-los às diretorias e professores quando for o caso; Atender as comissões de avaliação (MEC) com dados de Pesquisa e Extensão; Auxiliar os pesquisadores na elaboração de projetos. Seminário de Pesquisa e Extensão da FESP: A primeira edição do Seminário de Pesquisa e Extensão Seminário para divulgação dos projetos de Pesquisa e Extensão da FESP ocorreu de 24 a 26 de outubro de 2011, no Parque de Exposições de Passos como parte do FESP INOVA, evento de Ciência e Tecnologia que reuniu atividades de diversos cursos da FESP. A programação do Seminário contou com a Sessão de Abertura; a palestra Estratégia Nacional em Ciência, Tecnologia e Inovação, ministrada pelo Dr. Arquimedes Diógenes Ciloni, Subsecretário de Coordenação das Unidades de Pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação; a exibição, em formato de pôster, de todos os projetos desenvolvidos foi apresentada e a publicação de resumos expandidos dos mesmos foi realizada nos anais do evento com registro no ISSN. Vários trabalhos foram apresentados também na forma oral. No total tivemos a publicação de 80 trabalhos. A segunda edição do Seminário foi realizada de 24 a 26 de outubro de 2012 no auditório da Câmara Municipal de Passos e teve o mesmo formato e no total tivemos a publicação de 100 trabalhos. A programação do Seminário contou com a Sessão de Abertura; a palestra Pesquisa Científica e Inovação Tecnológica em Minas Gerais, no Brasil e no Mundo, ministrada pelo presidente da FAPEMIG professor Mario Neto Borges. A terceira edição do Seminário ocorrerá de 21 a 25 de outubro de 2013 onde todos os trabalhos serão publicados em formato de artigo completo. Teremos a participação já confirmada na sessão de abertura do professor Marcos Cavalcanti diretor do CRIE COPPE da UERJ. 10

11 I Congresso Sul Mineiro de Iniciação Científica O Congresso Sul Mineiro de Iniciação Científica foi destinado aos jovens pesquisadores que têm interesse ou que desenvolvem pesquisas científicas em instituições de ensino. A participação pode ser como ouvinte ou como autor de trabalho técnico. No segundo caso, o trabalho deve ser completo (de oito a dez páginas) e apresentado na sessão pôster do evento. Alguns trabalhos serão escolhidos pela comissão avaliadora para apresentação oral. O Congresso recebeu trabalhos de diversas universidades renomadas de Minas Gerais e de São Paulo. Entre elas estão a UNIFAL, UFSJ, UNESP, UNIFEI, UNINOVE, UNIFRAN, FEAMIG, CEUCLAR entre outras. As atividades começaram no dia 23 de Outubro de 2012, por volta de 18h com a apresentação dos trabalhos científicos na modalidade pôster. Logo em seguida foi realizada a abertura do evento com o pronunciamento dos organizadores do Congresso, o diretor do Núcleo Acadêmico de Pós-graduação, Pesquisa e Extensão, professor doutor Eduardo Goulart Collares e a coordenadora de Pesquisa e Extensão da FESP, professora doutora Marisa da Silva Lemos. Cerca de 100 trabalhos foram apresentados no Congresso e no Seminário de Pesquisa e Extensão. Destes, mais de 50 são de grandes instituições de pesquisa e universidades federais e estaduais do estado de Minas e São Paulo. Depois da abertura foi realizada a sessão de comunicação oral de oito trabalhos científicos. Entre os temas foram abordadas as mais diferentes áreas de conhecimento com assuntos sobre Educação a Distância, diversidade étnico-racial no ensino superior, entomologia, engenharia civil, prevenção e saúde e tantos outros. Os artigos produzidos pelos participantes do Congresso foram publicados nos Anais do evento com registro no ISSN. Informativo FESP INOVA: Informativo trimestral da CPEX para divulgação dos projetos de Pesquisa e Extensão realizados por alunos da FESP. Seu objetivo é informar não apenas o meio acadêmico, mas também a comunidade na qual a FESP está inserida sobre os trabalhos científicos que são desenvolvidos na instituição. 11

12 Participação no Programa Ciência sem Fronteira 1 - PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS Ciência sem Fronteiras é um programa que busca promover a consolidação, expansão e internacionalização da ciência e tecnologia, da inovação e da competitividade brasileira por meio do intercâmbio e da mobilidade internacional. A iniciativa é fruto de esforço conjunto dos Ministérios da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e do Ministério da Educação (MEC), por meio de suas respectivas instituições de fomento CNPq e Capes, e Secretarias de Ensino Superior e de Ensino Tecnológico do MEC. O projeto prevê a utilização de até 101 mil bolsas em quatro anos para promover intercâmbio, de forma que alunos de graduação e pós-graduação façam estágio no exterior com a finalidade de manter contato com sistemas educacionais competitivos em relação à tecnologia e inovação. Além disso, busca atrair pesquisadores do exterior que queiram se fixar no Brasil ou estabelecer parcerias com os pesquisadores brasileiros nas áreas prioritárias definidas no Programa, bem como criar oportunidade para que pesquisadores de empresas recebam treinamento especializado no exterior. O Programa Ciência sem Fronteiras prevê a disponibilização de até 101 mil bolsas em quatro anos para promover intercâmbio, de forma que os alunos de graduação façam a graduação no exterior, com a finalidade de manter contato com sistemas educacionais competitivos em relação à tecnologia e inovação. Das bolsas oferecidas, bolsas serão financiadas com recursos do Governo Federal e bolsas serão concedidas com recursos da iniciativa privada. Portanto, o Programa Ciência sem Fronteiras irá oferecer bolsas a estudantes e pesquisadores no País e no Exterior. Os estudantes e pesquisadores do Ciência sem Fronteiras terão o seu treinamento nas melhores instituições e grupos de pesquisa disponíveis, prioritariamente entre os mais bem conceituados para cada grande área do conhecimento de acordo com os principais rankings internacionais. Os parceiros no exterior são organizações tradicionais no campo de colocação e suporte de estudantes ou mesmo consórcios das principais universidades locais, os quais são responsáveis por definir, juntamente com a CAPES e o CNPq, os melhores 12

13 cursos e instituições nos seus respectivos países. As instituições são avaliadas a cada chamada e o destino dos bolsistas é adequado à medida que recebemos o retorno do relatório dos bolsistas. Para os bolsistas de pós-graduação, as Instituições de Destino são analisadas por comissões de especialistas da CAPES e do CNPq considerando as propostas apresentadas pelos candidatos. Objetivos do programa Investir na formação de pessoal altamente qualificado nas competências e habilidades necessárias para o avanço da sociedade do conhecimento; Aumentar a presença de pesquisadores e estudantes de vários níveis em instituições de excelência no exterior; Promover a inserção internacional das instituições brasileiras pela abertura de oportunidades semelhantes para cientistas e estudantes estrangeiros; Ampliar o conhecimento inovador de pessoal das indústrias tecnológicas; Atrair jovens talentos científicos e investigadores altamente qualificados para trabalhar no Brasil. Quem pode Participar O candidato deve cumprir com os seguintes requisitos: Ser brasileiro ou naturalizado; Estar regularmente matriculado em instituição de ensino superior no Brasil em cursos relacionados às áreas prioritárias do Ciência sem Fronteiras; Ter sido classificado com nota do Exame Nacional do Ensino Médio - ENEM - com no mínimo 600 pontos considerando os testes aplicados a partir de 2009; Possuir bom desempenho acadêmico; Ter concluído no mínimo 20% e no máximo 90% do currículo previsto para o curso de graduação. 13

14 Será dada preferência aos candidatos que: Foram agraciados com prêmios em olimpíadas científicas no país ou exterior; Ter tido ou estar usufruindo de bolsa de iniciação científica ou tecnológica do CNPq (PIBIC/PIBITI) ou do PIBID da CAPES. Áreas Contempladas Engenharias e demais áreas tecnológicas; Ciências Exatas e da Terra; Energias Renováveis; Tecnologia Mineral; Formação de Tecnólogos; Biotecnologia; Petróleo, Gás e Carvão Mineral; Nanotecnologia e Novos Materiais; Produção Agrícola Sustentável; Tecnologias de Prevenção e Mitigação de Desastres Naturais; Fármacos; Biodiversidade e Bioprospecção; Tecnologia Aeroespacial; Ciências do Mar; Computação e Tecnologias da Informação; Indústria Criativa (voltada a produtos e processos para desenvolvimento tecnológico e inovação); Novas Tecnologias de Engenharia Construtiva; Biologia, Ciências Biomédicas e da Saúde; Benefícios Mensalidade de bolsa; Auxílio-Instalação; Auxílio material didático 14

15 Passagens aéreas; Seguro Saúde. Duração da bolsa 12 meses, podendo estender-se até 18 meses quando incluir curso de idioma; O prazo de curso de idioma é apresentado na Chamada, variando de País e de acordo firmado firmado com as universidades no exterior. O candidato de graduação deverá obrigatoriamente preencher os seguintes requisitos: O candidato deverá obrigatoriamente preencher os seguintes requisitos: I. Estar regularmente matriculado em curso de nível superior nas áreas e temas contemplados pelo CsF. É de exclusiva responsabilidade do candidato informar no formulário de inscrição a Instituição de Ensino Superior (IES) na qual está matriculado, sendo permitida a identificação de apenas uma única IES; II. Ter nacionalidade brasileira; III. Ter integralizado no mínimo 20% e, no máximo, 90% do currículo previsto para seu curso, no momento do início previsto da viagem de estudos; IV. Ter obtido nota no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) igual ou superior a 600 pontos, em exames realizados a partir de 2009; V. Apresentar perfil de aluno de excelência, baseado no bom desempenho acadêmico segundo critérios da IES; VI. Comprovar proficiência conforme consta no texto das chamadas VII.1 Os candidatos que atenderem a todos os requisitos, mas não obtiverem o nível mínimo deproficiência. poderão a critério da CAPES e do CNPq serem beneficiados com cursos a distância no Brasil e presenciais no exterior. VIII. Não ter usufruído de bolsa de graduação sanduíche no exterior, financiada no todo ou em parte, pela CAPES ou pelo CNPq. 15

16 2 - PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS NA FESP O Programa Ciência sem Fronteiras da FESP já faz parte da graduação de vários alunos da FESP. É sucesso garantido entre os alunos da Instituição e se destaca no exterior. Com resultados positivos garantimos que os estudantes da Fundação conquistem um aprendizado referencial entre as universidades brasileiras e incentivamos o compartilhamento do conhecimento e experiências vividas entre as culturas internacionais. As universidades de destino de nossos alunos estão na lista das melhores do mundo nas áreas de conhecimento. O programa também irá disponibilizar um portal de estágio e empregos nas melhores empresas brasileiras para os alunos participantes deste programa. As bolsas de estudo no exterior têm como objetivo fortalecer e expandir as iniciativas em ciência, tecnologia, inovação e competitividade através da mobilidade internacional dos estudantes. A qualificação desses alunos dará uma grande contribuição para colocar o Brasil dentre os países de ponta em relação à pesquisa científica e inovação. Atualmente ocupamos o 13º lugar mundial em produção científica e temos potencial para melhorar esta posição A instituição participa do Programa Ciência sem Fronteiras desde A coordenação do programa esta a cargo da Coordenação de Pesquisa e Extensão CPEX/FESP tendo como coordenadora do programa a professora Marisa da Silva Lemos. O setor responsável do programa será o Setor de Relações internacionais do CPEX. O mesmo tem como assessor o publicitário Etory do Reis Zaghi o qual está capacitado para orientar todos os procedimentos necessários para o envio e participação dos alunos ao exterior. De acordo com a Coordenação do Programa Ciência sem Fronteiras atualmente a FESP possui 11 alunos sendo beneficiados com a bolsa de estudos no exterior, 02 destes já retornaram para o Brasil e os outros 09 residindo no exterior que participam ativamente do Programa CsF. Atualmente temos 9 alunos participando do processo seletivo do Programa Ciência sem Fronteiras / FESP, onde os mesmos já foram homologados através da Coordenação do Programa CsF da FESP e os mesmos deverão ir para o exterior no segundo semestre de

17 Os aunos da FESP interessados em estudar no exterior por meio do Programa Ciência sem Fronteiras / FESP, obtem orientações e assessoria através da Coordenação de Pesquisa e Extensão da FESP, a CPEX, localizado na Rua 3 de Maio, número 33, Centro de Passos Telefone (35) Os países de destino dos estudantes da FESP são: Portugal Estados Unidos Canadá França Hungria Alunos da FESP que já participaram do Programa Ciência sem Fronteiras (dois): 1. Marina Rejane: Curso de Sistemas da Informação / País de destino: Portugal / Universidade de Coimbra; 2. Thaís Elorde: Curso de Enfermagem / País de destino: Portugal / Universidade de Faro, Universidade do Algarve (UAlg); Alunos da FESP que estão participando do Programa Ciência sem Fronteiras no exterior (nove): 1. Eridano Valim Maia / País residente: Estado Unidos / Curso de Engenharia Ambiental / Universidade: Bowling Green State University; 2. Jéssica Karyane: País residente: Canadá; Curso de Engenharia Ambiental / Universidade: University of the Fraser Valley 3. Guilherme Bispo / País residente: País residente: Estado Unidos / Curso de Engenharia Civil / Cidade de Colorado USA / Universidade: University of Colorado Boulder; 4. Túlio Silva Soares/ País residente: Hungria / Curso de Engenharia Civil / Universidade: University of Budapest; 5. Gabriel Bernardes Costa: País residente: França / Curso de Engenharia Civil / Universidade de Rennes, Institut National des Sciences Appliquées; 6. Khauston Augusto Pereira Alves: País residente: Estados Unidos / Curso de Engenharia de Produção / Universidade: University of Arizona; 7. Larissa Keliany Oliveira: País residente: Estados Unidos / Curso de Engenharia de Produção / Universidade: University of Wisconsin; 17

18 8. Maria Luiza Pereira Zaghi: País residente: Estados Unidos / Curso de Engenharia de Produção / Universidade: University of Indiana Institute of Technology; 9. Jéssica Viana Evangelista: País residente: Canadá / Curso de Engenharia de Produção / Universidade: University of Ontario Institute of Technology; Alunos da FESP que homologadas no Programa Ciência sem Fronteiras no exterior (nove) para o segundo semestre de 2013: NOME Leandro Faleiros Negrão PAÍS / EDITAL ESTADOS UNIDOS / EDITAL N º 143/2013 CURSO ENGENHARIA CIVIL Igor Souza Alves Oliveira HUNGRIA / EDITAL Nº 146/2013 ENGENHARIA CIVIL Luis Gustavo Simão de Oliveira Letícia Ferreira de Souza Lilian de Oliveira Silva Priscila de Agelis Oliveira Luiz Fernando Maia Peterson Oliveira Silva Luiz Fernando Maia HUNGRIA / EDITAL Nº 146/2013 ESTADOS UNIDOS / EDITAL N º 143/2013 ESTADOS UNIDOS / EDITAL N º 143/2013 HUNGRIA / EDITAL Nº 146/2013 ESTADOS UNIDOS / EDITAL N º 143/2013 ESTADOS UNIDOS / EDITAL N º 143/2013 ESTADOS UNIDOS / EDITAL N º 143/2013 ENGENHARIA CIVIL Engenharia de Produção Engenharia de Produção ENGENHARIA CIVIL Engenharia de Produção Engenharia de Produção Engenharia de Produção 18

19 Revista Científica Ciência et Práxis: Ciência et Praxis é uma publicação mantida pela Fundação de Ensino Superior de Passos (FESP) da Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG). É dirigida a pesquisadores, professores, profissionais e estudantes das diversas áreas do conhecimento e possui os seguintes objetivos: (a) divulgar estudos e resultados de pesquisas nos diversos campos do saber; (b) apresentar dossiês temáticos, reunindo a contribuição de especialistas nos seus respectivos campos. Até o presente momento nove edições já foram publicadas. Mais informações: COMPEX COMITÊ DE PESQUISA E EXTENSÃO Missão Institucional O Conselho de Pesquisa e Extensão da FESP/UEMG foi criado pela Portaria no. 030/2004, do Conselho Curador da Fundação de Ensino Superior de Passos e está diretamente ligado à Coordenadoria de Pesquisa e Extensão (CPEX). A estrutura do Conselho é constituída por dez áreas de atuação, que são representadas por docentes da FESP/UEMG. A presidência é exercida pelo Coordenador de Pesquisa e Extensão. São atribuições do Conselho, dentre outras: Acompanhar a implementação da política institucional de pesquisa e extensão universitária; Definir critérios para a normalização e avaliação da produção acadêmica no que se refere à extensão universitária e à pesquisa; Examinar assuntos relacionados com as atividades de extensão e pesquisa da FESP, enviadas à sua consideração pelas unidades acadêmicas; Deliberar sobre execução de projetos, de programas ou de propostas de atividades de extensão e pesquisa, bem como sobre relatórios de realização dessas atividades; Deliberar sobre roteiros para apresentação de propostas e projetos de pesquisa e extensão e relatórios dessas atividades para servir de orientação para os interessados; Estimular realização de programas, projetos, cursos e demais atividades de pesquisa e extensão; Discutir sobre editais internos de pesquisa e extensão, quando houverem; 19

20 Discutir a implementação de incentivos que visem a qualidade dos trabalhos de Pesquisa e Extensão da FESP; Promover congressos, encontros e outros eventos de caráter científicos na FESP; Auxiliar na divulgação de editais, bem como outros documentos de interesse em Pesquisa e Extensão, junto às unidades acadêmicas; Discutir a formatação de publicações internas e científicas da FESP; Apresentar solicitações referentes ao desenvolvimento de Projetos de Pesquisa e Extensão da Unidade Acadêmica a que pertence. Membros do Conselho de Pesquisa e Extensão: Profª. Drª. ANA PAULA DE FATIMA COELHO Área: Ciências Sociais Aplicadas Prof. Msc. ANDERSON JACOB ROCHA Área: Lingüística, Letras e Artes Prof. Dr. ANTONIO PAULINO DA COSTA NETTO Área: Ciências Agrárias Prof. Msc. CLAYTON REIS DE OLIVEIRA Área: Engenharia Prof. Dr. EDUARDO GOULART COLLARES Área: Presidente do Conpex Profª. Msc MARIA JOSE LEMOS Área: Ciências Humanas Prof. Dr. MAURO FERREIRA Área: Projetos de Extensão Profª. Drª. ODILA RIGOLIN DE SA Área: Ciências Biológicas Profª. Drª. SILVIA SWAIN CANOAS Área: Ciências Exatas e da Terra 20

PROJETOS RECOMENDADOS COM BOLSA (PIBIC/FAPEMIG/FESP 2013) CÓDIGO PROJETO ORIENTADOR ALUNO NOTA FINAL

PROJETOS RECOMENDADOS COM BOLSA (PIBIC/FAPEMIG/FESP 2013) CÓDIGO PROJETO ORIENTADOR ALUNO NOTA FINAL PROJETOS RECOMENDADOS COM BOLSA (PIBIC/FAPEMIG/FESP 2013) CÓDIGO PROJETO ORIENTADOR ALUNO NOTA FINAL CE01 Perspectivas para o avanço de áreas urbanas nos municípios Eduardo Goulart Collares Ana Paula Pereira

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS MARIA THEREZA E PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRA GRADUAÇÃO SANDUÍCHE

FACULDADES INTEGRADAS MARIA THEREZA E PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRA GRADUAÇÃO SANDUÍCHE FACULDADES INTEGRADAS MARIA THEREZA E PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRA GRADUAÇÃO SANDUÍCHE O PROGRAMA: Ciência sem Fronteiras é um programa que busca promover a consolidação, expansão e internacionalização

Leia mais

Programa Ciência Sem Fronteiras (CsF) Palestra de apresentação do programa

Programa Ciência Sem Fronteiras (CsF) Palestra de apresentação do programa Programa Ciência Sem Fronteiras (CsF) Palestra de apresentação do programa D.Sc. Emílio G. F. Mercuri Departamento de Engenharia Ambiental (DEA) Curso de Graduação em Engenharia Ambiental (CGEA) Universidade

Leia mais

NIT/FESP Núcleo de Inovação Tecnológica da FESP

NIT/FESP Núcleo de Inovação Tecnológica da FESP NIT/FESP Núcleo de Inovação Tecnológica da FESP GRUPO INTEGRANTE DO NIT/FESP Marisa da Silva Lemos Coordenadora do NIT/FESP Possui graduação em Fisioterapia pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas

Leia mais

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NA ALEMANHA CHAMADA PÚBLICA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS/DAAD Nº 103/2011

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NA ALEMANHA CHAMADA PÚBLICA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS/DAAD Nº 103/2011 PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NA ALEMANHA CHAMADA PÚBLICA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS/DAAD Nº 103/2011 O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação MCTI, o Ministério da Educação

Leia mais

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NA FRANÇA CHAMADA PÚBLICA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS/ CAMPUS FRANCE Nº 104 /2011

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NA FRANÇA CHAMADA PÚBLICA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS/ CAMPUS FRANCE Nº 104 /2011 PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NA FRANÇA CHAMADA PÚBLICA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS/ CAMPUS FRANCE Nº 104 /2011 O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação MCTI, o Ministério

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS NA UNICESUMAR

REGULAMENTO DO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS NA UNICESUMAR 1 REGULAMENTO DO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS NA UNICESUMAR Com a finalidade de acompanhar a participação de seus estudantes de graduação APROVADOS no Programa Ciência sem Fronteiras (PCsF), o Centro

Leia mais

CHAMADA INTERNA 40/2011 PRPGP-PROGRAD-SAI PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS CNPq - UFSM

CHAMADA INTERNA 40/2011 PRPGP-PROGRAD-SAI PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS CNPq - UFSM Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa Pró-Reitoria de Graduação Secretaria de Apoio Internacional CHAMADA INTERNA 40/ PRPGP-PROGRAD-SAI PROGRAMA

Leia mais

Oferecer oportunidade de estudo e estágio a discentes brasileiros em universidades de excelência;

Oferecer oportunidade de estudo e estágio a discentes brasileiros em universidades de excelência; UM PROGRAMA ESPECIAL DE MOBILIDADE INTERNACIONAL EM CIÊNCIA, TECNOLOGIA e INOVAÇÃO Objetivos do Programa Oferecer oportunidade de estudo e estágio a discentes brasileiros em universidades de excelência;

Leia mais

Programa Especial de Mobilidade Internacional Governo Federal (CAPES e CNPq) Bolsas para capacitação no exterior

Programa Especial de Mobilidade Internacional Governo Federal (CAPES e CNPq) Bolsas para capacitação no exterior Programa Especial de Mobilidade Internacional Governo Federal (CAPES e CNPq) Bolsas para capacitação no exterior Início do Programa: 75 mil bolsas (2011-2015) Graduação-Sanduíche 27.100 Doutorado Sanduíche

Leia mais

1ª CHAMADA PÚBLICA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS (CsF) PROCESSO SELETIVO INTERNO DO CsF RESOLUÇÃO 04/2013

1ª CHAMADA PÚBLICA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS (CsF) PROCESSO SELETIVO INTERNO DO CsF RESOLUÇÃO 04/2013 1ª CHAMADA PÚBLICA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS (CsF) PROCESSO SELETIVO INTERNO DO CsF RESOLUÇÃO 04/2013 Ciência sem Fronteiras é um programa do Governo Federal que busca promover a consolidação, expansão

Leia mais

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS CNPQ/IFTM MODALIDADE GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NO EXTERIOR

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS CNPQ/IFTM MODALIDADE GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NO EXTERIOR INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA TRIÂNGULO MINEIRO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E INOVAÇÃO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS CNPq/IFTM PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS CNPQ/IFTM MODALIDADE

Leia mais

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS (CAPES-CNPq)

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS (CAPES-CNPq) PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS (CAPES-CNPq) EDITAL PROPEPG Nº 06 de 04 de Junho de 2013 A Pró-Reitoria de Pesquisa, Extensão e Pós-Graduação vêm através deste Edital, divulgar no âmbito da Instituição

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação Instituída nos termos da Lei nº 5.152, de 21/10/1966 São Luís - Maranhão.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação Instituída nos termos da Lei nº 5.152, de 21/10/1966 São Luís - Maranhão. UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação Instituída nos termos da Lei nº 5.152, de 21/10/1966 São Luís - Maranhão. Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS SELEÇÃO INTERNA

Leia mais

EDITAL N. º 01 DE 27 DE AGOSTO DE 2014

EDITAL N. º 01 DE 27 DE AGOSTO DE 2014 EDITAL N. º 01 DE 27 DE AGOSTO DE 2014 PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS (CsF): EDITAL DE PROCESSO SELETIVO INTERNO DO CsF NO ISECENSA PARA CONCESSÃO DE BOLSAS CAPES/CNPq SANDUÍCHE DE GRADUAÇÃO NOS SEGUINTES

Leia mais

1. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

1. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PELOTAS PRÓ-REITORIA ACADÊMICA COORDENAÇÃO DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU COORDENAÇÃO DE GRADUAÇÃO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO SANDUÍCHE A Universidade

Leia mais

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO-SANDUÍCHE NA ESPANHA

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO-SANDUÍCHE NA ESPANHA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO-SANDUÍCHE NA ESPANHA CHAMADA PÚBLICA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS/ MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO, CULTURA E ESPORTE DA ESPANHA Nº 115/2012 A Coordenação de Aperfeiçoamento

Leia mais

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO-SANDUÍCHE NA ESPANHA

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO-SANDUÍCHE NA ESPANHA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO-SANDUÍCHE NA ESPANHA CHAMADA PÚBLICA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS/ MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO, CULTURA E ESPORTE DA ESPANHA Nº 115/2012 A Coordenação de Aperfeiçoamento

Leia mais

EDITAL 06/2012 EDITAL MOBILIDADE PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS - EUA

EDITAL 06/2012 EDITAL MOBILIDADE PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS - EUA EDITAL 06/2012 EDITAL MOBILIDADE PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS - EUA O Reitor da Universidade Estadual de Feira de Santana, Prof. José Carlos Barreto de Santana, no uso de suas atribuições, torna público

Leia mais

EDITAL Nº 006/2011-PRPI

EDITAL Nº 006/2011-PRPI EDITAL Nº 006/2011-PRPI A Pró-reitora de Pesquisa e Inovação e a Coordenadora de Relações Internacionais Pró-reitoria de Extensão do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará - IFCE,

Leia mais

EDITAL PROPI/PROEN/PROEX Nº 002/2012 PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS CSF/IFRS/CNPq. Bolsas de Graduação Sanduíche no Exterior SWG CNPq

EDITAL PROPI/PROEN/PROEX Nº 002/2012 PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS CSF/IFRS/CNPq. Bolsas de Graduação Sanduíche no Exterior SWG CNPq EDITAL PROPI/PROEN/PROEX Nº 002/2012 PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS CSF/IFRS/CNPq Bolsas de Graduação Sanduíche no Exterior SWG CNPq As Pró-Reitorias de Pesquisa e Inovação, de Ensino e de Extensão do

Leia mais

EDITAL Nº 14/2011 Programa Ciência sem Fronteiras Bolsas Graduação Sanduíche no Exterior/CNPq

EDITAL Nº 14/2011 Programa Ciência sem Fronteiras Bolsas Graduação Sanduíche no Exterior/CNPq EDITAL Nº 14/2011 Programa Ciência sem Fronteiras Bolsas Graduação Sanduíche no Exterior/CNPq A Pró-reitoria de Pós-graduação, Pesquisa e Extensão comunica que estão abertas, de 09 a 30 de setembro de

Leia mais

EDITAL PRPq 01/2012. 1.5. Possibilitar a formação de recursos humanos especializados com elevada qualidade técnicocientífica.

EDITAL PRPq 01/2012. 1.5. Possibilitar a formação de recursos humanos especializados com elevada qualidade técnicocientífica. PRÓ-REITORIA DE PESQUISA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS E DIRETORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS PROGRAMA INSTITUCIONAL CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS/CNPq - BOLSA GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NO EXTERIOR (SWG)

Leia mais

EDITAL Nº 01/2014 1. DISPOSIÇÕES GERAIS

EDITAL Nº 01/2014 1. DISPOSIÇÕES GERAIS CENTRO UNIVERSITÁRIO DA FACULDADE ESTÁCIO DE SÁ DE BELO HORIZONTE Coordenação de Pesquisa e Extensão Coordenação Institucional-Programa Ciência sem Fronteiras EDITAL Nº 01/2014 SELEÇÃO DE ALUNOS PARA GRADUAÇÃO

Leia mais

11 DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS A lista dos beneficiados com as cotas de bolsa será divulgada até o dia 18 de junho de 2012 no endereço www.ifpb.edu.br.

11 DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS A lista dos beneficiados com as cotas de bolsa será divulgada até o dia 18 de junho de 2012 no endereço www.ifpb.edu.br. INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, INOVAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO EDITAL N 10 /2012 PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS - CsF 1 APRESENTAÇÃO O Instituto Federal

Leia mais

Avaliação de Políticas Públicas (Resolução nº 44, de 2013)

Avaliação de Políticas Públicas (Resolução nº 44, de 2013) Avaliação de Políticas Públicas (Resolução nº 44, de 2013) Presidente: SENADOR CRISTOVAM BUARQUE Vice-Presidente: SENADOR HÉLIO JOSÉ Relator: SENADOR OMAR AZIZ Proposta de Plano de Trabalho Avaliação de

Leia mais

Av. Itália, Km8 Campus Carreiros Rio Grande, RS Brasil 96201-900 fone: 53.32336772 e- mail:propesp@furg.br

Av. Itália, Km8 Campus Carreiros Rio Grande, RS Brasil 96201-900 fone: 53.32336772 e- mail:propesp@furg.br As Pró-reitorias de Pesquisa e Pós-Graduação (PROPESP) e de Graduação (PROGRAD), no uso de suas atribuições, tornam público o edital de seleção interna para o Programa Ciência sem Fronteiras - Graduação

Leia mais

GABINETE DO REITOR COORDENAÇÃO DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS

GABINETE DO REITOR COORDENAÇÃO DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS GABINETE DO REITOR COORDENAÇÃO DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS Perguntas frequentes sobre Ciência Sem Fronteiras- Alunos do Grupo Tiradentes (UNIT, FITS e FACIPE) Sumário O que é o Programa Ciência Sem Fronteiras?...

Leia mais

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS, BOLSAS DE ESTUDO NO EXTERIOR GRADUAÇÃO

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS, BOLSAS DE ESTUDO NO EXTERIOR GRADUAÇÃO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS, BOLSAS DE ESTUDO NO EXTERIOR GRADUAÇÃO A Direção de Pós- Graduação e Pesquisa da Universidade Veiga de Almeida, no uso de suas atribuições, torna público o presente Edital

Leia mais

EDITAL Nº 035-2011/PROPP/UEMS Programa - CsF-SWG /CNPq

EDITAL Nº 035-2011/PROPP/UEMS Programa - CsF-SWG /CNPq EDITAL Nº 035-2011/PROPP/UEMS Programa - CsF-SWG /CNPq SELEÇÃO DE ALUNOS AO PROGRAMA INSTITUCIONAL CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS BOLSAS SANDUÍCHE NA GRADUAÇÃO CsF-SWG /CNPq 1. OBJETO A Pró-Reitora de Pesquisa

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO ASSESSORIA DE COOPERAÇÃO INTERNACIONAL

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO ASSESSORIA DE COOPERAÇÃO INTERNACIONAL UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO ASSESSORIA DE COOPERAÇÃO INTERNACIONAL EDITAL DE SELEÇÃO DE ALUNOS PARA PARTICIPAREM DO PROJETO ESTRATÉGIAS DE ENSINO DE INGLÊS PARA CANDIDATOS AO PROGRAMA CIÊNCIA

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE, UNICENTRO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS. Graduação Sanduíche no Exterior/CNPq (SWG)

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE, UNICENTRO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS. Graduação Sanduíche no Exterior/CNPq (SWG) Edital N o 01 SWG/UNICENTRO/CNPq A Universidade Estadual do Centro-Oeste, por meio da Coordenação Institucional do Programa Ciência sem Fronteiras, com base no Termo de Concessão 800773/2011-0 do Programa

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUDESTE DE MINAS GERAIS PRÓ-REITORIA DE ENSINO E ASSESSORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUDESTE DE MINAS GERAIS PRÓ-REITORIA DE ENSINO E ASSESSORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUDESTE DE MINAS GERAIS PRÓ-REITORIA DE ENSINO E ASSESSORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS CHAMADA PÚBLICA PROEN BOLSAS SANDUÍCHE NA GRADUAÇÃO Nº 01/2011

Leia mais

EDITAL UnC 137/2011 I DISPOSIÇÕES GERAIS:

EDITAL UnC 137/2011 I DISPOSIÇÕES GERAIS: EDITAL UnC 137/2011 Dispõe sobre a Concessão de cotas de bolsa na modalidade Graduação Sanduíche no Exterior SWG do Programa Ciência sem Fronteiras do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE, UNICENTRO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS. Graduação Sanduíche no Exterior (SWG)

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE, UNICENTRO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS. Graduação Sanduíche no Exterior (SWG) Edital N o 02 SWG/UNICENTRO/MCTI/MEC/CNPq/CAPES A Universidade Estadual do Centro-Oeste, por meio da Coordenação Institucional do Programa Ciência sem Fronteiras, atendendo à chamada do Ministério da Ciência,

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC ASSESSORIA PARA ASSUNTOS INTERNACIONAIS E INTERINSTITUCIONAIS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO

UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC ASSESSORIA PARA ASSUNTOS INTERNACIONAIS E INTERINSTITUCIONAIS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC ASSESSORIA PARA ASSUNTOS INTERNACIONAIS E INTERINSTITUCIONAIS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO EDITAL DO PROGRAMA DE BOLSAS PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS-CsF GRADUAÇÃO

Leia mais

EDITAL 002/2012 PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS - GRADUAÇÃO SANDUÍCHE

EDITAL 002/2012 PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS - GRADUAÇÃO SANDUÍCHE INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PIAUÍ PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E INOVAÇÃO PRÓ-REITORIA DE ENSINO ASSESSORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS EDITAL 002/2012 PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS

Leia mais

3 DOS REQUISITOS PARA O CANDIDATO

3 DOS REQUISITOS PARA O CANDIDATO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NO REINO UNIDO CHAMADA PÚBLICA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS/UUK Nº 106/2011 O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação MCTI, o Ministério da Educação

Leia mais

EDITAL 001/2013 PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO SANDUÍCHE PRÉ-SELEÇÃO INTERNA

EDITAL 001/2013 PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO SANDUÍCHE PRÉ-SELEÇÃO INTERNA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PIAUÍ PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E INOVAÇÃO ASSESSORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS COORDENAÇÃO INSTITUCIONAL DO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS EDITAL

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NO EXTERIOR DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAPÁ

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NO EXTERIOR DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAPÁ GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAPÁ GABINETE DA REITORIA PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NO EXTERIOR DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAPÁ EDITAL N 015/2011

Leia mais

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS O Ciência sem Fronteiras é um programa que busca promover a consolidação, expansão e internacionalização da ciência e tecnologia, da inovação e da competitividade brasileira

Leia mais

EDITAL Nº 005/2012-PRPI

EDITAL Nº 005/2012-PRPI EDITAL Nº 005/2012-PRPI A Pró-reitora de Pesquisa e Inovação do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará - IFCE, no uso de suas atribuições, torna público que estão abertas as inscrições

Leia mais

Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação Coordenadoria de Pesquisa

Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação Coordenadoria de Pesquisa EDITAL DE SELEÇÃO DE ALUNOS PARA PARTICIPAREM DO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS BOLSA SANDUÍCHE NA GRADUAÇÃO (SWG/CNPq) EDITAL INTERNO PPG/UEMA - N o 07/2013 A da Universidade Estadual do Maranhão - PPG

Leia mais

Juliana Kumbartzki Ferreira csf@contato.ufsc.br www.sinter.ufsc.br Telefone: 3721-8739

Juliana Kumbartzki Ferreira csf@contato.ufsc.br www.sinter.ufsc.br Telefone: 3721-8739 Juliana Kumbartzki Ferreira csf@contato.ufsc.br www.sinter.ufsc.br Telefone: 3721-8739 Ciência sem Fronteiras é um programa que busca promover a consolidação, expansão e internacionalização da ciência

Leia mais

CHAMADA DE SELEÇÃO INTERNA PARA ALUNOS DA UEA REFERENTE A GRADUAÇÃO SANDUICHE NA ALEMANHA. Chamada pública Programa Ciência sem Fronteiras n.

CHAMADA DE SELEÇÃO INTERNA PARA ALUNOS DA UEA REFERENTE A GRADUAÇÃO SANDUICHE NA ALEMANHA. Chamada pública Programa Ciência sem Fronteiras n. CHAMADA DE SELEÇÃO INTERNA PARA ALUNOS DA UEA REFERENTE A GRADUAÇÃO SANDUICHE NA ALEMANHA Chamada pública Programa Ciência sem Fronteiras n. 118/2012 O QUE É GESTOR Processo de seleção de candidatos de

Leia mais

Guia de Instruções para Inscrições no Programa Ciência Sem Fronteiras

Guia de Instruções para Inscrições no Programa Ciência Sem Fronteiras Guia de Instruções para Inscrições no Programa Ciência Sem Fronteiras A Coordenadoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão do Centro Universitário de Sete Lagoas UNIFEMM, no uso de suas atribuições, divulga

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE, UNICENTRO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS. Graduação Sanduíche no Exterior

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE, UNICENTRO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS. Graduação Sanduíche no Exterior Chamada Pública UNICENTRO/CAPES/CNPq nº 01/2012 Em atendimento as chamadas CAPES/CNPq do Programa Ciência sem Fronteiras, a UNICENTRO torna pública a chamada interna de estudantes de graduação em áreas

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE ALUNOS DE GRADUAÇÃO PARA PARTICIPAREM DO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS (CAPES e CNPq)

PROCESSO SELETIVO DE ALUNOS DE GRADUAÇÃO PARA PARTICIPAREM DO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS (CAPES e CNPq) Edital IF Farroupilha/PRPPGI/nº 09/2011 CsF - CAPES e CNPq Santa Maria, 6 de outubro de 2011. PROCESSO SELETIVO DE ALUNOS DE GRADUAÇÃO PARA PARTICIPAREM DO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS (CAPES e CNPq)

Leia mais

EDITAL DE HABILITAÇÃO. Seleção Interna de Alunos. Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação 001/2012

EDITAL DE HABILITAÇÃO. Seleção Interna de Alunos. Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação 001/2012 EDITAL DE HABILITAÇÃO Seleção Interna de Alunos Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação 001/2012 A Universidade Estadual do Rio Grande do Sul UERGS, através da Pró- Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação,

Leia mais

EDITAL Nº 004/2012-PRPI

EDITAL Nº 004/2012-PRPI EDITAL Nº 004/2012-PRPI A Pró-reitora de Pesquisa e Inovação do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará - IFCE, no uso de suas atribuições, torna público que estão abertas as inscrições

Leia mais

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS (CAPES E CNPq) EDITAL nº 06 de 28 de Março de 2012

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS (CAPES E CNPq) EDITAL nº 06 de 28 de Março de 2012 PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS (CAPES E CNPq) EDITAL nº 06 de 28 de Março de 2012 A Pró-Reitoria de Pesquisa, Extensão e Pós-Graduação vêm através deste Edital, divulgar no âmbito da Instituição a todos

Leia mais

Programa Ciência sem Fronteiras. Graduação Sanduíche nos EUA Chamada Pública CAPES nº 01/2011

Programa Ciência sem Fronteiras. Graduação Sanduíche nos EUA Chamada Pública CAPES nº 01/2011 Programa Ciência sem Fronteiras Graduação Sanduíche nos EUA Chamada Pública CAPES nº 01/2011 A CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, vinculada ao Ministério da Educação,

Leia mais

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NOS EUA CHAMADA PÚBLICA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS/IIE Nº 102 /2011

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NOS EUA CHAMADA PÚBLICA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS/IIE Nº 102 /2011 PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NOS EUA CHAMADA PÚBLICA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS/IIE Nº 102 /2011 O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação MCTI, o Ministério da Educação

Leia mais

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS EDITAL Nº 22/2014 PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS CAPES/CNPq e Estácio FIC 2014/2. A Reitoria do CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO DO CEARÁ torna público o edital de inscrição e seleção de alunos para candidatura

Leia mais

1. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

1. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA PROCESSO SELETIVO 2012 DE ALUNOS DA GRADUAÇÃO PARA O PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS UnG/CNPq - GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NO EXTERIOR O Magnífico Reitor da Universidade Guarulhos, Prof.

Leia mais

EDITAL PROPI/PROEN/PROEX Nº 001/2014 - CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS - CSF/IFRS

EDITAL PROPI/PROEN/PROEX Nº 001/2014 - CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS - CSF/IFRS EDITAL PROPI/PROEN/PROEX Nº 001/2014 - CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS - CSF/IFRS GRADUAÇÃO SANDUÍCHE - Alemanha, Austrália, Áustria, Bélgica, Canadá, China, Coréia do Sul, Espanha, Estados Unidos, Finlândia, França,

Leia mais

Estratégias do CNPq para a Pesquisa e Inovação

Estratégias do CNPq para a Pesquisa e Inovação Estratégias do CNPq para a Pesquisa e Inovação Dr. Glaucius Oliva Presidente CNPq Publicações Matrículas no Ensino Superior Docentes com Doutorado Orçamento - MCTI Orçamento - CNPq Orçamento - Capes Orçamento

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ ASSESSORIA DE COOPERAÇÃO INTERNACIONAL COORDENAÇÃO INSTITUCIONAL PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS EDITAL Nº 01/2014

UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ ASSESSORIA DE COOPERAÇÃO INTERNACIONAL COORDENAÇÃO INSTITUCIONAL PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS EDITAL Nº 01/2014 UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ ASSESSORIA DE COOPERAÇÃO INTERNACIONAL COORDENAÇÃO INSTITUCIONAL PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS EDITAL Nº 01/2014 SELEÇÃO DE ALUNOS PARA GRADUAÇÃO SANDUÍCHE, ATRAVÉS DO PROGRAMA

Leia mais

EDITAL INTERNO Nº 06/2014

EDITAL INTERNO Nº 06/2014 EDITAL INTERNO Nº 06/2014 HOMOLOGAÇÃO DAS INSCRIÇÕES DOS CANDIDATOS DO IFRJ PARA SELEÇÃO DO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS - BOLSA DE GRADUAÇÃO SANDUÍCHE A Pró-Reitora de Pesquisa, Inovação e Pós-Graduação

Leia mais

EDITAL Nº 83/2013/REITORIA/IFTO, DE 11 DE JUNHO DE 2013. CHAMADA Nº 03/2013 - CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS/CRAI/REITORIA/IFTO

EDITAL Nº 83/2013/REITORIA/IFTO, DE 11 DE JUNHO DE 2013. CHAMADA Nº 03/2013 - CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS/CRAI/REITORIA/IFTO EDITAL Nº 83/2013//IFTO, DE 11 DE JUNHO DE 2013. CHAMADA Nº 03/2013 - CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS/CRAI//IFTO O REITOR SUBSTITUTO DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TOCANTINS, nomeado

Leia mais

Ciência sem Fronteiras e a UFPE

Ciência sem Fronteiras e a UFPE Ciência sem Fronteiras e a UFPE Reunião com os Coordenadores de Graduação Diretoria de Cooperação Internacional Recife 17 de abril de 2012 Mobilidade estudantil internacional UFPE: alunos de graduação

Leia mais

Programa Ciência sem Fronteira

Programa Ciência sem Fronteira Programa Ciência sem Fronteira Graduação Sanduíche Pró-reitoria de Pesquisa Coesão interna para inserção externa Bolsas no país e exterior: número de bolsas-ano concedidas pelas agências federais, 2003-2009

Leia mais

EDITAL Nº 013/2012-PRPI

EDITAL Nº 013/2012-PRPI EDITAL Nº 013/2012-PRPI A Pró-reitora de Pesquisa e Inovação do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará - IFCE, no uso de suas atribuições, torna público que estão abertas as inscrições

Leia mais

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PRÓ- REITORIA DE PESQUISA E PÓS- GRADUAÇÃO PRÓ- REITORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS PRÓ- REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO EDITAL 12/2014 PROPESP/PROINTER/PROEG PROGRAMA CIÊNCIA

Leia mais

Edital Interno de Seleção do Programa Ciência Sem Fronteiras CAPES/CNPq Graduação Sanduíche na Alemanha, EUA, França, Itália e Reino Unido

Edital Interno de Seleção do Programa Ciência Sem Fronteiras CAPES/CNPq Graduação Sanduíche na Alemanha, EUA, França, Itália e Reino Unido Edital Interno de Seleção do Programa Ciência Sem Fronteiras CAPES/CNPq Graduação Sanduíche na Alemanha, EUA, França, Itália e Reino Unido O Diretor de Relações da Universidade Federal de Minas Gerais

Leia mais

O programa é dividido em cinco fases, sendo que O PARTICIPANTE deve se atentar para as orientações de cada fase conforme descrito a seguir.

O programa é dividido em cinco fases, sendo que O PARTICIPANTE deve se atentar para as orientações de cada fase conforme descrito a seguir. Programa CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS Orientações aos PARTICIPANTES (Versão 2014) O Ciência sem Fronteiras é um programa que busca promover a consolidação, expansão e internacionalização da ciência e tecnologia,

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA GARDUAÇÃO SANDUÍCHE EM PORTUGAL N. 113/2012

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA GARDUAÇÃO SANDUÍCHE EM PORTUGAL N. 113/2012 INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA GARDUAÇÃO SANDUÍCHE EM PORTUGAL N. 113/2012 EDITAL Nº 49, de 02/04/2012 O Reitor do IFRO, no uso de suas atribuições legais, torna público

Leia mais

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PRÓ-REITORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO EDITAL 13/2013 PROPESP/PROINTER/PROEG PROGRAMA CIÊNCIA

Leia mais

REUNIÃO COM OS COORDENADORES INSTITUCIONAIS DO PROGRAMA. Brasília, 07 de outubro de 2014.

REUNIÃO COM OS COORDENADORES INSTITUCIONAIS DO PROGRAMA. Brasília, 07 de outubro de 2014. REUNIÃO COM OS COORDENADORES INSTITUCIONAIS DO PROGRAMA Brasília, 07 de outubro de 2014. O Programa Ciência sem Fronteiras busca a consolidação e expansão da ciência, tecnologia, inovação e competitividade

Leia mais

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO-SANDUÍCHE NA AUSTRÁLIA CHAMADA PÚBLICA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS/ GROUP OF 8 G8 Nº 112/2012

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO-SANDUÍCHE NA AUSTRÁLIA CHAMADA PÚBLICA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS/ GROUP OF 8 G8 Nº 112/2012 PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO-SANDUÍCHE NA AUSTRÁLIA CHAMADA PÚBLICA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS/ GROUP OF 8 G8 Nº 112/2012 A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior

Leia mais

UM PROGRAMA ESPECIAL DE MOBILIDADE INTERNACIONAL EM CIÊNCIA, TECNOLOGIA e

UM PROGRAMA ESPECIAL DE MOBILIDADE INTERNACIONAL EM CIÊNCIA, TECNOLOGIA e UM PROGRAMA ESPECIAL DE MOBILIDADE INTERNACIONAL EM CIÊNCIA, TECNOLOGIA e INOVAÇÃO Objetivos do Programa Oferecer 101 mil bolsas de estudo no exterior para que nossos mais talentosos estudantes de graduação,

Leia mais

Ciência sem Fronteiras : O Programa Brasileiro de Mobilidade Científica no CNPq/MCT

Ciência sem Fronteiras : O Programa Brasileiro de Mobilidade Científica no CNPq/MCT Ciência sem Fronteiras : O Programa Brasileiro de Mobilidade Científica no CNPq/MCT Objetivos Avanço da ciência brasileira em tecnologia, inovação e competitividade, através da expansão da mobilidade internacional:

Leia mais

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO-SANDUÍCHE NA REGIÃO DE FLANDRES, BÉLGICA

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO-SANDUÍCHE NA REGIÃO DE FLANDRES, BÉLGICA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO-SANDUÍCHE NA REGIÃO DE FLANDRES, BÉLGICA CHAMADA PÚBLICA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS/ VLIR (Conselho interuniversitário Flamengo) Nº 110/2012 A Coordenação

Leia mais

Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação Coordenadoria de Pesquisa

Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação Coordenadoria de Pesquisa EDITAL DE SELEÇÃO DE ALUNOS PARA PARTICIPAREM DO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS BOLSA SANDUÍCHE NA GRADUAÇÃO (SWG/CNPq) EDITAL INTERNO PPG/UEMA - N o 27/2014 A da Universidade Estadual do Maranhão - PPG

Leia mais

Edital Interno de Seleção do Programa CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS - CAPES/CNPq

Edital Interno de Seleção do Programa CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS - CAPES/CNPq Edital Interno de Seleção do Programa CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS - CAPES/CNPq Graduação Sanduíche na Alemanha, Austrália, Canadá, Coreia do Sul, Estados Unidos, Finlândia, Hungria, Japão, Nova Zelândia e Reino

Leia mais

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO-SANDUÍCHE NO CANADA

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO-SANDUÍCHE NO CANADA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO-SANDUÍCHE NO CANADA CHAMADA PÚBLICA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS/ CBIE (Canadian Bureau for International Education) Nº 109/2012 A Coordenação de Aperfeiçoamento

Leia mais

Processo de seleção de candidatos de instituições brasileiras a bolsas de graduação-sanduíche no exterior para estudo em instituições do Reino Unido

Processo de seleção de candidatos de instituições brasileiras a bolsas de graduação-sanduíche no exterior para estudo em instituições do Reino Unido CHAMADA DE SELEÇÃO INTERNA PARA ALUNOS DA UEA REFERENTE À GRADUAÇÃO SANDUICHE NO REINO UNIDO Chamada pública Programa Ciência sem Fronteiras n. 123/2012 O QUE É GESTOR Processo de seleção de candidatos

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E INOVAÇÃO (PRPI) COORDENAÇÃO DE PESQUISA E INOVAÇÃO (CDIT) EDITAL PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS 01/2012

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E INOVAÇÃO (PRPI) COORDENAÇÃO DE PESQUISA E INOVAÇÃO (CDIT) EDITAL PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS 01/2012 PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E INOVAÇÃO (PRPI) COORDENAÇÃO DE PESQUISA E INOVAÇÃO (CDIT) EDITAL PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS 01/2012 1. APRESENTAÇÃO O Instituto Federal de Brasília, por meio da sua Pró-Reitoria

Leia mais

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO-SANDUÍCHE NO CANADA

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO-SANDUÍCHE NO CANADA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO-SANDUÍCHE NO CANADA CHAMADA PÚBLICA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS/ CALDO (Consórcio das Universidades de Alberta, Laval, Dalhousie e Ottawa) Nº 108/2012 A Coordenação

Leia mais

EDITAL AREX 2013. Programa Ciência sem Fronteiras - Graduação Sanduíche no Exterior para segundo semestre de 2014

EDITAL AREX 2013. Programa Ciência sem Fronteiras - Graduação Sanduíche no Exterior para segundo semestre de 2014 EDITAL AREX 2013 Programa Ciência sem Fronteiras - Graduação Sanduíche no Exterior para segundo semestre de 2014 A Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior CAPES e o Conselho

Leia mais

EDITAL FACEPE 01/2012 APOIO À FORMAÇÃO EM LÍNGUAS ESTRANGEIRAS PARA CERTIFICAÇÃO DE CANDIDATOS AO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS LÍNGUAS CSF

EDITAL FACEPE 01/2012 APOIO À FORMAÇÃO EM LÍNGUAS ESTRANGEIRAS PARA CERTIFICAÇÃO DE CANDIDATOS AO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS LÍNGUAS CSF EDITAL FACEPE 01/2012 APOIO À FORMAÇÃO EM LÍNGUAS ESTRANGEIRAS PARA CERTIFICAÇÃO DE CANDIDATOS AO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS LÍNGUAS CSF A, torna público o presente edital e convida as Instituições

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TOCANTINS REITORIA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TOCANTINS REITORIA EDITAL Nº 49/2014//IFTO, DE 26 DE AGOSTO DE 2014. CHAMADA Nº 01/2014 - CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS/CRAI//IFTO EDITAIS CAPES/CNPq GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NO EXTERIOR - SWG O REITOR SUBSTITUTO DO INSTITUTO FEDERAL

Leia mais

Chamada do Programa Ciência sem Fronteiras a entrar em vigor no ano de 2015

Chamada do Programa Ciência sem Fronteiras a entrar em vigor no ano de 2015 Chamada do Programa Ciência sem Fronteiras a entrar em vigor no ano de 2015 A Assessoria de Relações Internacionais (ARINTER) do IFPE, no uso de suas atribuições, lança o presente documento para esclarecer

Leia mais

Ciência sem Fronteiras. É um programa de intercambio e mobilidade internacional

Ciência sem Fronteiras. É um programa de intercambio e mobilidade internacional Recife, 19 de abril de 2012 Ciência sem Fronteiras É um programa de intercambio e mobilidade internacional Objetivos Investir na formação de pessoal altamente qualificado nas competências e habilidades

Leia mais

COORDENAÇÃO GERAL DE RELAÇÕES INSTITUCIONAIS E INTERNACIONAIS. Edital Complementar nº 003/2012

COORDENAÇÃO GERAL DE RELAÇÕES INSTITUCIONAIS E INTERNACIONAIS. Edital Complementar nº 003/2012 COORDENAÇÃO GERAL DE RELAÇÕES INSTITUCIONAIS E INTERNACIONAIS Edital Complementar nº 003/2012 A Coordenação Geral de Relações Institucionais e Internacionais, no uso de suas atribuições legais, torna público

Leia mais

EDITAL N.º 048, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2011.

EDITAL N.º 048, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2011. MINISTERIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUI PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO Campus Universitário Ministro Petrônio Portella, Bairro Ininga, Bloco 6 Teresina- Piauí-Brasil; CEP 64.049-550 Telefone:

Leia mais

ESTRATÉGIAS DE ENSINO DE INGLÊS PARA CANDIDATOS AO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS NO ESTADO DE PERNAMBUCO,

ESTRATÉGIAS DE ENSINO DE INGLÊS PARA CANDIDATOS AO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS NO ESTADO DE PERNAMBUCO, PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E CULTURA COORDENAÇÃO DE ASSUNTOS INTERNACIONAIS PROGRAMA DE APOIO À FORMAÇÃO EM LÍNGUAS ESTRANGEIRAS PARA CERTIFICAÇÃO DE CANDIDATOS AO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS EDITAL

Leia mais

zoneamento ambiental das sub-bacias hidrográficas dos afluentes mineiros do médio rio grande

zoneamento ambiental das sub-bacias hidrográficas dos afluentes mineiros do médio rio grande REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 1. ALMEIDA, Amanda Francieli de. Levantamento de Processos Erosivos e Movimentos de Massa na Bacia Hidrográfica do Médio Rio Grande. Fundação de Ensino Superior de Passos, Universidade

Leia mais

Av. Itália, Km8 Campus Carreiros Rio Grande, RS Brasil 96201-900 fone: 53.32336772 e- mail:propesp@furg.br

Av. Itália, Km8 Campus Carreiros Rio Grande, RS Brasil 96201-900 fone: 53.32336772 e- mail:propesp@furg.br As Pró-reitorias de Pesquisa e Pós-Graduação (PROPESP) e de Graduação (PROGRAD), no uso de suas atribuições, tornam público o edital de seleção interna para o Programa Ciência sem Fronteiras - Graduação

Leia mais

EDITAL n 02/2011 GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NO EXTERIOR - SWG PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS FACULDADE SÃO LUCAS/CNPq

EDITAL n 02/2011 GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NO EXTERIOR - SWG PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS FACULDADE SÃO LUCAS/CNPq EDITAL n 02/2011 GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NO EXTERIOR - SWG PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS FACULDADE SÃO LUCAS/CNPq Edital para seleção dos alunos de graduação para participação no Programa Ciência sem Fronteiras

Leia mais

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO-SANDUÍCHE NA BÉLGICA

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO-SANDUÍCHE NA BÉLGICA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO-SANDUÍCHE NA BÉLGICA CHAMADA PÚBLICA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS/ VLIR(Conselho interuniversitário Flamengo) Nº 110/2012 A Coordenação de Aperfeiçoamento de

Leia mais

Universidade de Brasília (UnB) Decanato de Pesquisa e Pós-Graduação (DPP) Programa de Iniciação Científica da Universidade de Brasília (ProIC/UnB)

Universidade de Brasília (UnB) Decanato de Pesquisa e Pós-Graduação (DPP) Programa de Iniciação Científica da Universidade de Brasília (ProIC/UnB) PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS CHAMADA ProIC/DPP e INT CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS n. 02/2011 SELEÇÃO DE ALUNOS PARA PARTICIPAR DO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NO EXTERIOR DO CNPq O

Leia mais

MANUAL PROPPG BOLSAS E AUXÍLIOS À PESQUISA DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MINAS GERAIS - UEMG

MANUAL PROPPG BOLSAS E AUXÍLIOS À PESQUISA DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MINAS GERAIS - UEMG MANUAL PROPPG BOLSAS E AUXÍLIOS À PESQUISA DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MINAS GERAIS - UEMG SUMÁRIO 1 APRESENTAÇÃO... 3 2 O MANUAL DE APOIO À PESQUISA DA UEMG... 4 3 OS PROGRAMAS... 4 3.1 Programas Financiados

Leia mais

EDITAL Nº 001/2012. Concessão de Bolsas na Modalidade Graduação Sanduíche no Exterior do Programa Ciência Sem Fronteira - CNPq

EDITAL Nº 001/2012. Concessão de Bolsas na Modalidade Graduação Sanduíche no Exterior do Programa Ciência Sem Fronteira - CNPq EDITAL Nº 001/2012 Concessão de Bolsas na Modalidade Graduação Sanduíche no Exterior do Programa Ciência Sem Fronteira - CNPq A Direção Geral da Faculdade Católica do Tocantins FACTO, no uso de suas atribuições

Leia mais

EDITAL 07/2013 EDITAL MOBILIDADE PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS

EDITAL 07/2013 EDITAL MOBILIDADE PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS EDITAL 07/2013 EDITAL MOBILIDADE PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS O Reitor da Universidade Estadual de Feira de Santana, Prof. José Carlos Barreto de Santana, no uso de suas atribuições, torna público que

Leia mais

Edital Interno de Seleção do Programa CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS - CAPES/CNPq. Graduação Sanduíche na Áustria, Bélgica, China, Finlândia e Irlanda

Edital Interno de Seleção do Programa CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS - CAPES/CNPq. Graduação Sanduíche na Áustria, Bélgica, China, Finlândia e Irlanda Edital Interno de Seleção do Programa CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS - CAPES/CNPq Graduação Sanduíche na Áustria, Bélgica, China, Finlândia e Irlanda EDITAL DE SELEÇÃO 002 2013 O Diretor de Relações Internacionais

Leia mais

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS Pré-seleção para Bolsas de Graduação Sanduíche na Itália (Chamada Pública Programa Ciência sem Fronteiras/Universidade de Bolonha nº 105/2011) A Pró-Reitora de Graduação

Leia mais

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS (CAPES-CNPq)

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS (CAPES-CNPq) PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS (CAPES-CNPq) EDITAL/PROPEPG Nº 12 de 18 de Agosto de 2014 A Pró-Reitoria de Pesquisa, Extensão e Pós-Graduação vêm através deste Edital, divulgar no âmbito da Instituição

Leia mais

Ciência Sem Fronteiras na DeVry Brasil

Ciência Sem Fronteiras na DeVry Brasil Ciência Sem Fronteiras na DeVry Brasil Como instituição de ensino superior de qualidade internacional, a DeVry Brasil promove várias oportunidades para os nossos alunos conhecerem o mundo. Uma delas é

Leia mais