Marcelo Andrade :: SQN 111 Bloco A Ap 111 :: Brasília DF :: (61) ::

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Marcelo Andrade :: SQN 111 Bloco A Ap 111 :: Brasília DF :: (61) 8131 3131 :: prof@marrrceloandrade.com.br"

Transcrição

1

2 1. Hardware e Software Bits e Bytes Placa-mãe e chipset Processadores Partes da CPU Periféricos Barramentos Memórias Memória RAM Memória ROM e BIOS Memórias Secundárias (Auxiliares) Memória Cache (Intermediária) Memória Virtual Tipos de Computadores Sistemas de Informação Windows Básico x 64 bits Shell x Kernel Interface e Desktop Efeitos visuais do grupo AERO Barra de Tarefas Listas de Atalhos (Jump List) Botão e Menu Iniciar Executar Logoff e Desligar Barras de Ferramentas Painel de Controle Gerais Usuários e Contas de Usuários Instalação/Desinstalação Windows Update, Atualização do Windows Outros Recursos Windows Explorer Conceitos e gerenciamento de arquivos e pastas Extensões (tipos de arquivos) Modos de Exibição Botões Padrão (Windows XP) e Barra de Endereços Pesquisar Menu Arquivo e Cliques com Botões do mouse Outros Menus Arrastar, Copiar, Recortar e Colar (Menu Editar) Bibliotecas Permissões Lixeira e Métodos de exclusão Recursos Especiais, Acessórios e Aplicativos Ferramentas do Sistema Teclas de atalho Windows Software Livre e Linux Software Livre Software Livre no Governo Básico Windows x Linux Comandos Diretórios Aplicativos específicos MSOffice MSWord Geral Interface, Barra de Status e Modos de Exibição Seleção com mouse Menu Office/Arquivo Menu Início/Página Inicial Formatação de fonte e parágrafo Área de Transferência Menu Inserir Menu Editar e Exibição, Mostrar Tudo Ortografia e gramática, AutoCorreção Reutilização de formatação, Índices, Estilos Menus, Botões e Teclas de atalho Ferramentas e Recursos Especiais Tabelas, Planilhas e Gráficos Mistas MSExcel Básico, Interface, Seleção de Células e Formatações Cálculos Simples Cálculos com Funções AutoSoma Atualização de referências e Alça de Preenchimento Formatações Numéricas Mesclar e Centralizar Gráficos Menus e Teclas de atalho Recursos Especiais Classificar e Filtrar Mistas MSPowerPoint Eslaide Mestre BrOffice / LibreOffice Programas do pacote Extensões de arquivos Características gerais Mistas BrOffice / LibreOffice Writer Geral Interface, Barra de Status e Modos de Exibição Seleção com mouse Menu Arquivo Menu Editar Formatação de fonte Mostra/ocultar Formatação de parágrafo Ortografia e gramática, AutoCorreção Reutilização de formatação Menus e Teclas de atalho Ferramentas e Recursos Especiais Tabelas, Planilhas e Gráficos Mistas BrOffice / LibreOffice Calc Básico, Interface, Seleção de Células e Formatações Cálculos Simples Cálculos com Funções AutoSoma Atualização de referências e Alça de Preenchimento Formatações Numéricas Mesclar e Centralizar Gráficos Atalhos e Menus Recursos Especiais Mistas BrOffice / LibreOffice Impress Redes Conceitos Internet, Intranet, Extranet e VPN Internet Intranet Extranet VPN Hardware/Software de Comunicação Hub, Switch, Roteador, Ponte, Placa de Rede, MAC, Repetidor Proxy, Gateway, Backbone Arquiteturas e Topologias PAN LAN MAN WAN Arquiteturas Topologia Modelo OSI e TCP/IP Camada de Aplicação HTTP, HTML e acesso a páginas URL HTTPS e navegação segura WWW Protocolos de Correio Correio Eletrônico e WebMail FTP TELNET DNS e CGI.br Outros Camada de Transporte Camada de Rede Comunicação Wireless Outras Tecnologias de Acesso à Internet Download x Upload, cliente x servidor Mistas Internet Explorer Geral Área de Trabalho Barra de Status e seus recursos Botões Navegação Página (e Menu Arquivo), Segurança e Ferramentas Menu Ferramentas / Opções da Internet Outros botões Barra de Endereços e Pesquisa Favoritos e Histórico Arquivos de Internet Temporários, Cookies Recursos Especiais Menus e Teclas de Atalho Mistas Mozilla Firefox e Google Chrome Outlook e Mozilla Thunderbird Criação e leitura de mensagens Mozilla Thunderbird Segurança da Informação Boas Práticas de Segurança Pragas Digitais, Malwares, Ataques SPAM e Phishing Scam Vírus, Worms e Trojans Spywares Anti-vírus e Anti-spywares Firewall IDS e IPS DMZ (Zona Desmilitarizada) Princípios da Segurança da Informação Criptografia Certificação Digital Assinatura Digital Hash Controles de acesso Backup Cloud Computing Cloud Storage Pesquisa na Internet Palavras reservadas, termos restritivos Recursos do Google Fórum e Grupo de Discussão Redes Sociais Ensino à Distância (EaD) Gestão/Sistemas de Informação, ISO Bancos de Dados E-Reader Gabarito Comentários e Justificativas da Banca para Anulação e Alteração

3 MANUAL PRÁTICO DE INFORMÁTICA PARA CONCURSOS Nos itens que avaliam conhecimentos de Informática, a menos que seja explicitamente informado o contrário, considere que todos os programas mencionados estão em configuraçãopadrão, em português, que o mouse está configurado para pessoas destras, que expressões como clicar, clique simples e clique duplo referem-se a cliques com o botão esquerdo do mouse e que teclar corresponda à operação de pressionar uma tecla e, rapidamente, liberá-la, acionando-a apenas uma vez. Considere também que não há restrições de proteção, de funcionamento e de uso em relação aos programas, arquivos, diretórios, recursos e equipamentos mencionados Placa-mãe e chipset 12) Na figura abaixo, identifica-se o componente de hardware, normalmente encontrado em computadores modernos, denominado: Correios Operador de triagem (05/2011) HARDWARE E SOFTWARE 1) Equipamentos de hardware incluem componentes como monitor de vídeo, placa-mãe, mouse, teclado e caixas de som, ao passo que equipamentos de software compreendem editores de texto e planilhas eletrônicas. IBAMA Técnico Administrativo (10/2012) 2) O hardware é a parte física do computador. São exemplos de hardware: placa de som, placa-mãe, monitor e dispositivos USB. O software pode ser considerado a parte lógica, responsável pelo que fazer e por como fazer. São exemplos de software: sistemas operacionais, linguagens de programação, programas de computador. CNPQ - Analista Ciência e Tecnologia Jr. (04/2011) 3) A fonte de alimentação do computador, projetada para transformar as tensões comuns da rede elétrica para níveis compatíveis aos da CPU, filtra ruídos e estabiliza os valores de tensão. TRE-ES Analista Judiciário Análise de Sistemas (01/2011) 1.1. Bits e Bytes 4) A única linguagem que um processador tem capacidade de entender e tem condições de executar é a linguagem de máquina. Trata-se de linguagem binária e que serve para representar a codificação do conjunto de instruções de um computador. MP-PI - Cargo 11: Técnico Ministerial Informática (01/2012) 5) Na computação básica, os computadores realizam operações de acordo com um sistema de numeração embasado nos números 0 e 1. Esse sistema é denominado: Correios Carteiro (05/2011) a) binário. b) octal. c) quântico. d) decimal. e) hexadecimal. 6) As informações processadas nos computadores são compostas por caracteres, sendo que cada caractere, representado por 0 ou 1, é chamado de byte, e um conjunto de oito bytes constitui um bit. BASA Técnico Científico Administração (02/2010) 1 7) Em um computador, utilizam-se bits e bytes como unidades de medida para armazenamento de informações, sendo que cada bit é representado por um conjunto de oito bytes. UERN Técnico Administrativo (04/2010) 2 8) Os dispositivos de entrada e saída usam 1 byte como unidade padrão de transferência de dados, isto é, transferem 1 byte de dados por vez. TRE- ES Técnico Conhecimentos Básicos (01/2011) 3 9) Um arquivo cujo tamanho é de Kb não cabe em um diretório que possui 0,5 Gb de espaço livre. CEF Técnico Bancário (05/2010) 4 a) disco rígido (HD). b) pendrive. c) nobreak. d) gravador de DVD. e) placa-mãe. 13) Placa-mãe é a denominação do gabinete que contém todos os componentes de um computador, incluindo o HD, as memórias, as conexões de rede, o cooler e também as entradas USB. UERN Técnico Administrativo (04/2010) 6 14) Na placa-mãe, existe um pequeno cristal de quartzo, denominado gerador de clock, que vibra alguns milhões de vezes por segundo, com precisão quase absoluta. As vibrações desse cristal são usadas para sincronizar os ciclos da placa-mãe, que, a cada vibração do cristal, deve gerar determinado número de ciclos de processamento. TRE-ES Analista Judiciário Análise de Sistemas (01/2011) 15) Quando uma pessoa está demasiadamente carregada com eletricidade estática, a simples ação de tocar uma peça de metal, por exemplo, faz que seus elétrons sobressalentes sejam transferidos para essa peça. Em uma outra situação hipotética, caso essa pessoa toque um componente de computador (placa-mãe, placa de vídeo, memória, HD etc.), esse componente poderá vir a ser danificado seriamente por esse tipo de energia. MP-PI - Cargo 11: Técnico Ministerial Informática (01/2012) 1.3. Processadores 16) É responsável pela realização de cálculos matemáticos em um computador o componente de hardware denominado: Correios Operador de triagem (05/2011) 7 a) barramento do sistema. b) teclado. c) processador. d) byte. e) disquete. 17) Os sistemas com múltiplos processadores possuem a vantagem de permitir que vários programas sejam executados ao mesmo tempo e que um mesmo programa seja subdividido em partes para serem executadas simultaneamente em mais de um processador. Perícia Forense CE - Cargo 2: Perito Criminal Ciências da Computação (04/2012) 18) Uma instrução de máquina é um grupo de bites que indica ao registrador uma operação ou ação que ele deve realizar. PC AL - Escrivão de Polícia (11/2012) 8 19) Na UCP (unidade central de processamento), ficam armazenados os dados que os programas e os usuários acessam para usarem recursos computacionais. UERN Técnico Administrativo (04/2010) 9 10) Nas unidades de memória, 1K equivale a 2 10, 1M equivale a 2 20, 1G equivale a 2 30 e 1T equivale a TRE-MT - Técnico Judiciário Op. Computadores (01/2010) 11) Um espaço de armazenamento correspondente a 8 megabytes equivale, aproximadamente, a 2 16 megabits. MPU Cargo 52 Téc. Informática (10/2010) 20) A informação Intel core duo indica que o computador possui dupla memória RAM, o que acelera o processamento dos dados. PC-PB Delegado de Polícia (03/2010) 10 21) O termo processador de 32 bits ou 64 bits se refere aos bits internos dos chips, e representa a quantidade de dados e instruções que o processador consegue trabalhar por vez. Um chip que trabalha a 64 bits pode manipular dados e executar instruções em blocos com o dobro do tamanho de um processador com 32 bits. Dependendo do valor usado no cálculo, um processador de 32 bits terá de realizar cada etapa da operação duas vezes ou mais, enquanto que um chip de 64 bits fará esse mesmo trabalho uma única vez. EMBASA - Analista de Saneamento TI Redes (02/2010)

4 GABARITO 1. C 2. C 3. C 4. C 5. A 6. E 7. E 8. E 9. E 10. C 11. E 12. E 13. E 14. C 15. C 16. C 17. C 18. E 19. E 20. E 21. C 22. C 23. E 24. C 25. C 26. C 27. C 28. C 29. E 30. C 31. C 32. E 33. E 34. CX 35. B 36. C 37. E 38. E 39. C 40. E 41. C 42. C 43. E 44. E 45. E 46. C 47. E 48. C 49. D 50. C 51. E 52. C 53. C 54. C 55. E 56. C 57. CX 58. E 59. A 60. C 61. C 62. E 63. E 64. E 65. C 66. C 67. C 68. C 69. E 70. C 71. E 72. C 73. A 74. A 75. C 76. C 77. C 78. E 79. C 80. C 81. E 82. E 83. C 84. E 85. E 86. E 87. E 88. E 89. C 90. C 91. E 92. E 93. E 94. E 95. E 96. EX 97. E 98. C 99. C 100. E 101. E 102. C 103. E 104. E 105. E 106. C 107. E 108. E 109. CX 110. C 111. C 112. E 113. C 114. C 115. E 116. E 117. E 118. C 119. C 120. E 121. E 122. E 123. C 124. E 125. E 126. C 127. C 128. C 129. E 130. C 131. E 132. E 133. E 134. C 135. C 136. E 137. C 138. E 139. E 140. E 141. C 142. E 143. E 144. E 145. E 146. C 147. CX 148. E 149. CX 150. C 151. E 152. E 153. E 154. C 155. E 156. C 157. E 158. C 159. CX 160. E 161. C 162. C 163. C 164. C 165. C 166. E 167. C 168. E 169. C 170. C 171. E 172. C 173. C 174. E 175. E 176. E 177. C 178. C 179. C 180. C 181. E 182. E 183. E 184. E 185. E 186. E 187. C 188. D 189. E 190. C 191. C 192. E 193. E 194. E 195. E 196. E 197. E 198. CX 199. E 200. E 201. C 202. E 203. E 204. C 205. C 206. E 207. C 208. C 209. C 210. E 211. C 212. C 213. C 214. C 215. E 216. E 217. E 218. E 219. C 220. C 221. C 222. E 223. B 224. E 225. C 226. C 227. E 228. E 229. E 230. E 231. E 232. E 233. E 234. C 235. C 236. C 237. E 238. E 239. E 240. E 241. C 242. C 243. E 244. C 245. C 246. C 247. C 248. E 249. E 250. E 251. E 252. E 253. E 254. E 255. C 256. B 257. C 258. C 259. C 260. C 261. C 262. E 263. E 264. E 265. E 266. E 267. E 268. C 269. C 270. C 271. C 272. C 273. C 274. E 275. E 276. E 277. C 278. C 279. C 280. E 281. C 282. EX 283. C 284. E 285. E 286. C 287. C 288. C 289. C 290. C 291. E 292. E 293. E 294. C 295. C 296. E 297. E 298. C 299. E 300. C 301. C 302. C 303. E 304. E 305. C 306. C 307. E 308. E 309. E 310. E 311. E 312. E 313. C 314. C 315. E 316. C 317. E 318. E 319. E 320. E 321. B 322. E 323. C 324. C 325. C 326. C 327. C 328. E 329. C 330. E 331. C 332. E 333. C 334. E 335. E 336. E 337. E 338. E 339. E 340. C 341. E 342. E 343. E 344. E 345. C 346. E 347. E 348. E 349. E 350. E 351. E 352. E 353. E 354. CX 355. C 356. E 357. E 358. C 359. E 360. E 361. E 362. C 363. C 364. C 365. E 366. C 367. E 368. C 369. C 370. C 371. E 372. E 373. E 374. E 375. C 376. C 377. C 378. C 379. C 380. C 381. C 382. E 383. C 384. C 385. C 386. E 387. E 388. E 389. E 390. E 391. E 392. E 393. E 394. E 395. E 396. C 397. E 398. E 399. E 400. E 401. E 402. E 403. E 404. C 405. E 406. E 407. E 408. E 409. C 410. E 411. E 412. E 413. E 414. C 415. C 416. C 417. E 418. E 419. E 420. E 421. E 422. E 423. E 424. E 425. E 426. E 427. E 428. C 429. C 430. A 431. C 432. E 433. C 434. C 435. C 436. C 437. E 438. C 439. E 440. E 441. E 442. C 443. E 444. E 445. E 446. E 447. E 448. C 449. E 450. C 451. C 452. C 453. C 454. E 455. E 456. E 457. E 458. C 459. C 460. E 461. C 462. C 463. C 464. E 465. C 466. E 467. C 468. E 469. E 470. C 471. C 472. E 473. CX 474. E 475. E 476. E 477. E 478. E 479. C 480. E 481. C 482. E 483. C 484. E 485. C 486. E 487. C 488. C 489. C 490. E 491. C 492. C 493. C 494. E 495. C 496. E 497. C 498. C 499. E 500. C 501. E 502. E 503. E 504. E 505. E 506. C 507. C 508. C 509. C 510. C 511. E 512. C 513. E 514. C 515. C 516. E 517. E 518. C 519. C 520. C 521. E 522. E 523. EX 524. E 525. E 526. E 527. E 528. E 529. E 530. E 531. C 532. C 533. E 534. C 535. C 536. A 537. E 538. E 539. C 540. C 541. E 542. C 543. C 544. C 545. C 546. E 547. C 548. C 549. EX 550. C 551. E 552. A 553. E 554. C 555. C 556. E 557. C 558. E 559. E 560. E 561. C 562. C 563. C 564. E 565. C 566. E 567. E 568. C 569. C 570. C 571. E 572. E 573. E 574. E 575. E 576. C 577. C 578. EX 579. EX 580. C 581. C 582. C 583. C 584. E 585. C 586. C 587. C 588. C 589. E 590. E 591. C 592. E 593. E 594. E 595. E 596. CX 597. E 598. E 599. E 600. C 601. E 602. C 603. E 604. E 605. C 606. CX 607. E 608. E 609. E 610. C 611. C 612. C 613. C 614. C 615. C 616. E 617. E 618. E 619. E 620. E 621. E 622. E 623. E 624. E 625. C 626. E 627. C 628. C 629. CX 630. B 631. E 632. C 633. E 634. C 635. C 636. E 637. E 638. C 639. E 640. E 641. E 642. E 643. E 644. E 645. E 646. E 647. E 648. C 649. E 650. C 651. C 652. C 653. C 654. E 655. C 656. C 657. C 658. E 659. C 660. E 661. E 662. E 663. C 664. E 665. E 666. E 667. E 668. E 669. E 670. C 671. E 672. E 673. E 674. C 675. C 676. C 677. E 678. C 679. E 680. E 681. E 682. E 683. E 684. E 685. E 686. C 687. E 688. C 689. E 690. C 691. E 692. E 693. E 694. E 695. E 696. E 697. E 698. C 699. C 700. E 701. E 702. C 703. C 704. E 705. C 706. C 707. C 708. C 709. C 710. E 711. C 712. E 713. E 714. E 715. E 716. E 717. C 718. C 719. E 720. E 721. E 722. C 723. CX 724. E 725. C 726. E 727. E 728. C 729. E 730. C 731. E 732. C 733. E 734. E 735. E 736. C 737. C 738. C 739. C 740. E 741. E 742. E 743. C 744. E 745. E 746. E 747. E 748. E 749. E 750. C 751. E 752. C 753. C 754. E 755. E 756. E 757. C 758. E 759. C 760. C 761. C 762. C 763. E 764. C 765. E 766. E 767. CX 768. C 769. C 770. E 771. C 772. C 773. E 774. E 775. E 776. E 777. E 778. E 779. E 780. C 781. E 782. C 783. E 784. E 785. C 786. C 787. C 788. C 789. E 790. E 791. E 792. E 793. C 794. E 795. E 796. C 797. E 798. E 799. C 800. E 801. C 802. C 803. C 804. C 805. E 806. E 807. B 808. E 809. E 810. C 811. C 812. C 813. E 814. C 815. C 816. E 817. C 818. CX 819. C 820. A 821. E 822. C 823. C 824. E 825. E 826. E 827. E 828. E 829. E 830. E 831. E 832. C 833. C 834. E 835. C 836. E 837. E 838. C 839. B 840. E 841. C 842. C 843. E 844. C 845. C 846. C 847. E 848. E 849. E 850. C 851. C 852. C 853. D 854. E 855. E 856. E 857. E 858. E 859. C 860. E 861. C 862. E 863. C 864. C 865. C 866. CX 867. C 868. C 869. C 870. C 871. C 872. C 873. C 874. C 875. C 876. C 877. C 878. C 879. C 880. E 881. E 882. E 883. C 884. E 885. E 886. E 887. C 888. E 889. C 890. C 891. E 892. C 893. E 894. E 895. C 896. C 897. C 898. C 899. B 900. C 901. E 902. E 903. A 904. C 905. C 906. E 907. E 908. E 909. C 910. E 911. E 912. C 913. C 914. C 915. C 916. E 917. E 918. C 919. E 920. C 921. E 922. C 923. E 924. E 925. C 926. C 927. E 928. E 929. E 930. E 931. C 932. EX 933. E 934. E 935. C 936. C 937. C 938. E 939. E 940. E 941. C 942. C 943. E 944. C 945. C 946. C 947. E 948. C 949. C 950. C 951. C 952. E 953. C 954. E 955. C 956. E 957. C 958. E 959. E 960. E 961. E 962. E 963. E 964. C 965. E 966. C 967. E 968. C 969. D 970. D 971. C 972. B 973. B 974. D 975. B 976. C 977. E 978. E 979. E 980. C 981. E 982. E 983. E 984. E 985. E 986. E 987. E 988. E 989. C 990. E 991. E 992. E 993. E 994. E 995. E 996. C 997. C 998. E 999. C D E C C C C E A C E C E E E E C C E C E E C E E C C E E B E A E C E C B B E E C C C C E C E E C C C E E C E E C D E E C C C C E E E C C E C C E E E C E C E C E B E A C E E C E E C C C C C E E E E C C E C E C C E C E E C E E C C E C C E C C E C E C C C E E E E E C E C E C E E E C E C E E E C C E C E C C E C C C E C C E D E E C C C C C E C C BCX C EX EX C C C E E C C E C C C E E E CX E E E E E E E X E E E C C C C C E E E E E E E E E C E E E E E C C C C C C E E E E E E E E E E A C E E C EX E C E E E C E E C E E C C C E E C E E C C E E E E C C C CX CX E E E C CX E E E C E C E C C E CX E E E C E E C E CX D E C E E C E E E E C E E E C C E E C E E C C E C E C E C C C E E C C C C E C E E E C E A A C C C E E C C C E C C C E E E E E E C C C E E E E E E C C E E E E C C C C C C C C C C C C C C E E E E C E E E E E E E E E E E C E E E E E E E E E E E E E E E E E E E E E E E E E E E C E C E E E C C C C C C C E E E C E E C C C E C C C E E E E C C C E E E E E C E E C C C C C E E E E C C C E E E E E E E C C C C C C E E E C C E C C C E C E EX E C E E C E C E C E C C C E E C C E C C C E C C C E E E C E A C C C C C CX C C E C CX E C E E E E E E C E E C E E E E E C E E C B C C C C C E E E E C E E C C E C C C B E E C C C C E E C C B E C C E C E C CX C C E E E C E E E C C C C C C C C D E E E E E E E E C C E E E E E E C E B E E E E E C C C C C C C E E C C E C B B E E E E E E E C C E C E E E C E C E E E E E E E E E E E C C C C E B C C E E E E E E E C E E E E C C C C C C C C C C C E E E E E E E E E C E E C C C C E C E C C C C C CX CX C C C C C C E E E E E C C C E E E E E E C E E E E E D C E E E C CX E E E E E E E C E A C C C C C C C E E E E E E C E E C C C C C C E E D B B A A C E C E E C C C E C E E C C E C A E C C C E C C A E B E C E E E E E C C E E E E E C E E E E E E E E E C C C C E E E E E C E E E E E C B EX E E CX C C E E D E E C E C C E E D E E C E E E E E C E C E E E C E E E C E E E C C C C E E C E E C E C C E E C C E C C E C C E A C B C C C C E E E E E E D C C E EX B E C E E C C E E C C C E E C CX C C E D C C E C C C E C C C C C CX E E E E E E E E E E E E E E E E C E E E C C C E C B A C E C C C C E E E E E E D C C C C B E C E E E E E E E C C C C C C C C C C C E E E C E C E E E C C E C E E E E E E E E E C C C C C C E C E C E E E C C C E C E C E C E E E C E E E C E E E E C C E E E E C E C C C E E E C C E C E E C C E C C C E E C C C C C C C E E E C E C E C E E E E C D E E C E C C E C E E E C E E E E E C C C E E E E E E C E E E E E E B EX C E E E C E C E C C C C C E E E E E E E E E E E E E E E E C C C E CX C E E E E E E E C C C C C C C C C C E C C C C C C C C C C C E E E E E C C E B C C C E E E E E E E

5 COMENTÁRIOS E JUSTIFICATIVAS DA BANCA PARA ANULAÇÃO E ALTERAÇÃO 1 Estão invertidas as informações... O equipamento digital, como os nossos computadores pessoais, permite que a eletricidade assuma apenas dois valores bem definidos: o mínimo, 0 (zero), e o máximo, 1 (um). Cada um desses valores recebe o nome de bit (binary digit). Qualquer tipo de informação, seja um texto, imagem ou programa, será processado e armazenado pelo computador na forma de uma grande sequência de uns e zeros. Um conjunto de 8 bits forma um byte (binary term) que é usado para representar caracteres e medir capacidades de armazenamento de informação. 2 Cada byte é formado por um conjunto de oito bits. 3 Todos os dispositivos em computador digital usam o bit (binary digit) como unidade padrão menor quantidade de dados ou informações que pode ser transmitida. O Byte, conjunto de oito bits que representam um caractere, pode ser usado na transmissão de dados em barramentos paralelos e para o armazenamento de informações. 4 Os diretórios não possuem espaço livre. Além disso, Kb equivalem a aproximadamente 7,7 Mb (7.900 / 1024) e o diretório tem espaço livre que equivale a 512 Mb (1024 x 0,5). Convertendo megabytes para megabits: 1 byte = 8 bits 8 mega bytes = x mega bits 8 mega bytes = 64 mega bits ou 2 6 mega bits 5 Placa-mãe (ou mainboard) é uma placa de circuito impresso que serve como base para a instalação dos demais componentes de um computador. Uma placamãe permite que todas as partes do computador recebam energia e comuniquem-se entre si. 6 Placa-mãe é uma placa de circuito impresso que serve como base para a instalação dos demais componentes de um computador (como HD, memórias, placas de rede, som e vídeo) permitindo que todas as partes do computador recebam energia e comuniquem-se entre si. O gabinete é o compartimento, a caixa, onde fica a placa-mãe. 7 O processador (ou CPU, UCP), além de execução os cálculos necessários ao processamento de dados, também é o responsável por processar as instruções (comandos) e gerenciar o fluxo de informações entre o processador, memórias, periféricos e demais itens de hardware. Barramento vias de comunicação que levam a informação de um componente a outro Teclado periférico de entrada de dados Byte conjunto de oito bits que representa um caractere Disquete memória secundária usada para armazenar dados 8 Instrução de máquina é um conjunto de bits que armazenam uma operação básica, simples, que pode ser interpretada e executada por um PROCESSADOR (ULA). O registrador apenas armazena a instrução. 9 Na UCP podem ser armazenados alguns dados, na memória cache. Entretanto, esses dados não podem ser acessados diretamente pelos usuários ou programa, mas apenas pela UCP e memória RAM. 10 O termo duo indica que a UCP do computador, com tecnologia Intel Core, possui duas ULAs, ou dois núcleos de processamento. Isso faz com que a UCP processe dados mais rapidamente que outras que possuem apenas um núcleo. 11 Todos os processadores da Intel, como Celeron, Core e até mesmo o Atom, possuem versões de 64 bits, aptos a operar com qualquer sistema operacional de 64 bits. 12 A parte do processador responsável pelos cálculos, ou operações lógicas e aritméticas, necessárias para a transformação (processamento) dos dados é a ULA (unidade lógica e aritmética) também chamada núcleo do processador. A UC controla a entrada e saída de informações da CPU e comanda o funcionamento da ULA. 13 Recurso indeferido: No edital, foram solicitados conceitos básicos de informática, mais especificamente componentes funcionais de computadores, armazenamento e organização de dados. Assim, o assunto abordado está relacionado exatamente ao tema componentes funcionais de computadores, pois a UAL é o principal componente de um processador. Esperava-se que o candidato soubesse, como mínimo, quais são os componentes de um computador. Além disso, como a sigla UAL encontrava sua forma por extenso na prova (Unidade Aritmética e Lógica), qualquer dúvida sobre o equivalente em inglês ULA (Unidade Lógica e Aritmética) não procede. Dessa forma, o gabarito está mantido. 14 Difícil interpretação do que a banca exige do candidato: a CPU executa os programas da RAM (memória principal) e é composta por UC e ULA, E TAMBÉM pelos registradores. A afirmação está incompleta, mas não está errada o que leva a acreditar que a questão está correta, conforme o gabarito preliminar. Entretanto, entendeu o Cespe que, de alguma forma, o texto da questão indica que a CPU é composta APENAS por UC e ULA, o que torna a afirmação errada. 15 No processador (UCP) a Unidade Lógica e Aritmética (ULA) executa operações lógicas (SE, E, OU, NÃO) e aritméticas (adição, subtração e, em alguns casos, multiplicação e divisão) requeridas pelos programas. É a Unidade de Controle (UC) quem controla a entrada e saída de informações e comanda o funcionamento da ULA, indicando o cálculo e o dado a serem utilizados. 16 Anulada: A utilização da expressão geram informações (saídas) prejudicou o julgamento objetivo do item, motivo pelo qual se opta por sua anulação. 17 ROM é classificada como memória principal, indispensável ao funcionamento do computador, abrigando programas essenciais, como o BIOS. 18 Monitor é dispositivo de saída de dados, pois leva do computador ao usuário as imagens processadas. Um monitor citado como touch screen ou com a tela sensível ao toque poderia ser considerado, também, dispositivo de entrada. 19 Idiomas diferentes pedem adaptações especiais nos caracteres de seus teclados. Os padrões de teclados criados pela ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) atendem às necessidades de digitadores brasileiros, que usam o caractere cedilha com frequência. 20 As respostas audiovisuais que um computador oferece ao usuário são funções de saída, apresentadas por monitores e projetores multimídia, impressoras e caixas de som, por exemplo. Uma função de entrada levaria dados para dentro do computador, como ações do mouse, teclado ou scanner. Comunicação com outros computadores e dispositivos lembra funções de entrada e saída (mistas), pois o mesmo dispositivo que leva dados também é capaz de trazê-los. 21 A velocidade de formação das imagens independe do tamanho do monitor, mas da qualidade da imagem e da placa de vídeo disponível no computador. 22 As impressoras matriciais são muito antigas, pouco usadas atualmente, barulhentas, de resolução péssima e lentas. Entretanto, desempenham ainda uma função específica de grande importância no mercado atual: por ser uma impressora de impacto, é útil na impressão de documentos com uma segunda via carbonada, como notas fiscais e holerites. Essa função é dificilmente substituída por outros tipos de impressoras. Além disso, a impressora matricial consome pouco material e tem baixo custo de cópia, até 20 vezes inferior quando comparado com impressoras a laser.

Sumário. Capítulo I Introdução à Informática... 13. Capítulo II Hardware... 23. INFORMATICA 29jun.indd 7 22/07/2014 15:18:01

Sumário. Capítulo I Introdução à Informática... 13. Capítulo II Hardware... 23. INFORMATICA 29jun.indd 7 22/07/2014 15:18:01 Sumário Capítulo I Introdução à Informática... 13 1. Conceitos Básicos... 13 2. Hardware... 15 3. Software... 15 4. Peopleware... 16 5. Os Profissionais de Informática:... 16 6. Linguagem de Computador

Leia mais

NOÇÕES DE INFORMÁTICA Agente de Polícia Federal 2012

NOÇÕES DE INFORMÁTICA Agente de Polícia Federal 2012 NOÇÕES DE INFORMÁTICA Agente de Polícia Federal 2012 SUMÁRIO UNIDADE 1 Conceitos básicos e modos de utilização de tecnologias, ferramentas, aplicativos e procedimentos de informática 1.1 Tipos de computadores

Leia mais

www.leitejunior.com.br 26/04/2012 19:30 Leite Júnior QUESTÕES CESPE 26/04/2012 AO VIVO

www.leitejunior.com.br 26/04/2012 19:30 Leite Júnior QUESTÕES CESPE 26/04/2012 AO VIVO QUESTÕES CESPE 26/04/2012 AO VIVO CONCURSO: SEGER / ES Com referência à tela Painel de controle do sistema operacional Windows e ao sistema operacional Windows, julgue os itens a seguir. 31 No Windows,

Leia mais

SENAI São Lourenço do Oeste. Introdução à Informática. Adinan Southier Soares

SENAI São Lourenço do Oeste. Introdução à Informática. Adinan Southier Soares SENAI São Lourenço do Oeste Introdução à Informática Adinan Southier Soares Informações Gerais Objetivos: Introduzir os conceitos básicos da Informática e instruir os alunos com ferramentas computacionais

Leia mais

Informática para Banca IADES. Hardware e Software

Informática para Banca IADES. Hardware e Software Informática para Banca IADES Conceitos Básicos e Modos de Utilização de Tecnologias, Ferramentas, Aplicativos e Procedimentos Associados ao Uso de Informática no Ambiente de Escritório. 1 Computador É

Leia mais

8.2.11 Quebras de página 8.3 Exercícios para fixação

8.2.11 Quebras de página 8.3 Exercícios para fixação SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO À INFORMÁTICA 1.1 Conceitos básicos de informática e alguns termos usuais 1.2 Geração dos computadores 1.3 Evolução da tecnologia dos computadores 1.4 Sistema de informática 1.5 Tipos

Leia mais

CONCEITOS BÁSICOS DE HARDWARE. Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA

CONCEITOS BÁSICOS DE HARDWARE. Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA CONCEITOS BÁSICOS DE HARDWARE Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA COMPUTADOR QUANTO AO TIPO COMPUTADOR SISTEMAS DE COMPUTAÇÃO o Analógico o Digital o Híbrido o Hardware (parte física)

Leia mais

INFORMÁTICA 01. 02. 03. 04. 05.

INFORMÁTICA 01. 02. 03. 04. 05. INFORMÁTICA 01. Na Internet, os dois protocolos envolvidos no envio e recebimento de e-mail são: a) SMTP e POP b) WWW e HTTP c) SMTP e WWW d) FTP e WWW e) POP e FTP 02. O componente do Windows que é necessário

Leia mais

Prova dos Correios - Comentada

Prova dos Correios - Comentada Unidade Zona Sul - (84) 3234-9923 Unidade Zona Norte (84) 3214-4595 www.premiumconcursos.com 1 Texto para as questões de 1 a 3 A figura abaixo ilustra uma janela do Microsoft Office Excel 2007 com uma

Leia mais

Desafio 1 INFORMÁTICA PARA O TRT

Desafio 1 INFORMÁTICA PARA O TRT Desafio 1 INFORMÁTICA PARA O TRT Queridos alunos, vencem o desafio os 3 primeiros alunos a enviar as respostas corretas para o meu e-mail, mas tem que acertar todas... ;-) Vou começar a responder os e-mails

Leia mais

Microsoft Internet Explorer. Browser/navegador/paginador

Microsoft Internet Explorer. Browser/navegador/paginador Microsoft Internet Explorer Browser/navegador/paginador Browser (Navegador) É um programa que habilita seus usuários a interagir com documentos HTML hospedados em um servidor web. São programas para navegar.

Leia mais

MODULO II - HARDWARE

MODULO II - HARDWARE MODULO II - HARDWARE AULA 01 O Bit e o Byte Definições: Bit é a menor unidade de informação que circula dentro do sistema computacional. Byte é a representação de oito bits. Aplicações: Byte 1 0 1 0 0

Leia mais

Informática Aplicada Revisão para a Avaliação

Informática Aplicada Revisão para a Avaliação Informática Aplicada Revisão para a Avaliação 1) Sobre o sistema operacional Windows 7, marque verdadeira ou falsa para cada afirmação: a) Por meio do recurso Windows Update é possível manter o sistema

Leia mais

Questões de Concursos Tudo para você conquistar o seu cargo público

Questões de Concursos Tudo para você conquistar o seu cargo público Informática- Leandro Rangel, Analista Financeiro Contábil da AGU e professor do QConcursos.com 1- Q236949 CESGRANRIO - 2012 - Caixa - Técnico Bancário Em ambiente gráfico KDE, as diversas distribuições

Leia mais

Hardware 2. O Gabinete. Unidades Derivadas do BYTE. 1 KB = Kilobyte = 1024B = 2 10 B. 1 MB = Megabyte = 1024KB = 2 20 B

Hardware 2. O Gabinete. Unidades Derivadas do BYTE. 1 KB = Kilobyte = 1024B = 2 10 B. 1 MB = Megabyte = 1024KB = 2 20 B 1 2 MODULO II - HARDWARE AULA 01 OBiteoByte Byte 3 Definições: Bit é a menor unidade de informação que circula dentro do sistema computacional. Byte é a representação de oito bits. 4 Aplicações: Byte 1

Leia mais

www.proinfocamamu.com.br

www.proinfocamamu.com.br www.proinfocamamu.com.br Prof. Miquéias Reale - www.proinfocamamu.com.br Professor: Miquéias Reale Diretor de Tecnologia da Reale Tech Telefone: (75) 3641-0056 / 8838-1300 E-mail: miqueias@realetech.com.br

Leia mais

SUMÁRIO. 6. FERRAMENTAS E APLICATIVOS ASSOCIADOS À INTERNET: navegação, correio eletrônico, grupos de discussão, busca e pesquisa...

SUMÁRIO. 6. FERRAMENTAS E APLICATIVOS ASSOCIADOS À INTERNET: navegação, correio eletrônico, grupos de discussão, busca e pesquisa... RAFAEL MACEDO TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 162 QUESTÕES DE PROVAS DA BANCA ORGANIZADORA DO CONCURSO SEFAZ/MS E DE OUTRAS INSTITUIÇÕES DE MS GABARITADAS. Seleção das Questões: Prof. Rafael Macedo Coordenação

Leia mais

Introdução à Informática ARQUITETURA DE COMPUTADORES

Introdução à Informática ARQUITETURA DE COMPUTADORES Universidade do Contestado Campus Concórdia Curso de Engenharia Ambiental Prof.: Maico Petry Introdução à Informática ARQUITETURA DE COMPUTADORES DISCIPLINA: Informática Aplicada O Que éinformação? Dados

Leia mais

Descomplicando_Informatica_cad_00.indd 14 07/08/2015 14:34:44

Descomplicando_Informatica_cad_00.indd 14 07/08/2015 14:34:44 Descomplicando_Informatica_cad_00.indd 14 07/08/2015 14:34:44 Sumário Capítulo 1 Como usar este Livro?... 1 O que este livro não é?...1 O que este livro é?...1 Como estudar os assuntos...2 Acredite, você

Leia mais

O paradigma de que se mexer no computador ele pode quebrar.

O paradigma de que se mexer no computador ele pode quebrar. 1 O paradigma de que se mexer no computador ele pode quebrar. Tópicos: 2 Números Binários Unidades de Medida de Informação Arquitetura Básica Hardware Software Periféricos de Entrada Periféricos de saída

Leia mais

Informática. Informática. Valdir. Prof. Valdir

Informática. Informática. Valdir. Prof. Valdir Prof. Valdir Informática Informática Valdir Prof. Valdir Informática Informática PROVA DPF 2009 Julgue os itens subseqüentes, a respeito de Internet e intranet. Questão 36 36 - As intranets, por serem

Leia mais

www.leitejunior.com.br 18/05/2010 00:11 Leite Júnior CEF NACIONAL NÍVEL MÉDIO 16/05/2010

www.leitejunior.com.br 18/05/2010 00:11 Leite Júnior CEF NACIONAL NÍVEL MÉDIO 16/05/2010 CEF NACIONAL NÍVEL MÉDIO 16/05/2010 CONCURSO: CEF CAIXA ECONÔMICA FEDERAL CARGO: TÉCNICO BANCÁRIO NOVO CARREIRA ADMINISTRATIVA CADERNO HOTEL DATA: 16/05/2010 QUESTÃO 50 A respeito dos modos de utilização

Leia mais

O GABARITO É A PARTIR DA PÁGINA 4, POIS AS ANTERIORES FORAM CORRIGIDAS EM SALA.

O GABARITO É A PARTIR DA PÁGINA 4, POIS AS ANTERIORES FORAM CORRIGIDAS EM SALA. O GABARITO É A PARTIR DA PÁGINA 4, POIS AS ANTERIORES FORAM CORRIGIDAS EM SALA. 71 O computador em uso não possui firewall instalado, as atualizações do sistema operacional Windows não estão sendo baixadas

Leia mais

ACADEMIA DO CONCURSO PÚBLICO

ACADEMIA DO CONCURSO PÚBLICO ACADEMIA DO CONCURSO PÚBLICO INFORMÁTICA PARA CONCURSOS (jabruas@uol.com.br) 1 CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 1. Edição de textos, planilhas e apresentações (ambiente Office, OpenOffice, BrOffice e LibreOffice).

Leia mais

CAPACIDADES DA RAM: CUIDADO COM ESTAS MEDIDAS, VOCÊ PRECISA SABER QUAL O ESPAÇO DESTA MEMÓRIA. 128 MB 256 MB 512 MB 1024 MB = 1 GB 2 GB

CAPACIDADES DA RAM: CUIDADO COM ESTAS MEDIDAS, VOCÊ PRECISA SABER QUAL O ESPAÇO DESTA MEMÓRIA. 128 MB 256 MB 512 MB 1024 MB = 1 GB 2 GB CAROS COLEGAS CONCURSEIROS, ESTAMOS NA RETA FINAL PARA A PROVA DO BANCO DO BRASIL E ESPERO QUE OS COMENTÁRIOS ABAIXO POSSAM SER DE GRANDE AUXÍLIO PARA A PROVA DE DOMINGO. HARDWARE: PREPARE-SE PARA 2 OU

Leia mais

MOTAGEM E MANUTENÇÃO Hardware. Professor: Renato B. dos Santos

MOTAGEM E MANUTENÇÃO Hardware. Professor: Renato B. dos Santos MOTAGEM E MANUTENÇÃO Hardware Professor: Renato B. dos Santos 1 O computador é composto, basicamente, por duas partes:» Hardware» Parte física do computador» Elementos concretos» Ex.: memória, teclado,

Leia mais

Informática - Prof. Frank Mattos

Informática - Prof. Frank Mattos Informática - Prof. Frank Mattos Q298262 1. Por padrão, a lixeira do Windows 7 ocupa uma área correspondente a 10% do espaço em disco rígido do computador. Impressionante como essa informação está muito

Leia mais

U E S C. Introdução à Ciência da Computação

U E S C. Introdução à Ciência da Computação U E S C Introdução à Ciência da Computação Roteiro Unidades componentes de hardware CPU UC; ULA; Cache; Registradores. Introdução Informática é a ciência que desenvolve e utiliza a máquina para tratamento,

Leia mais

b) Estabilizador de tensão, fonte no-break, Sistema Operacional, memória principal e memória

b) Estabilizador de tensão, fonte no-break, Sistema Operacional, memória principal e memória CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA SISUTEC DISCIPLINA: INTRODUÇÃO A COMPUTAÇÃO PROF.: RAFAEL PINHEIRO DE SOUSA ALUNO: Exercício 1. Assinale a opção que não corresponde a uma atividade realizada em uma Unidade

Leia mais

COMPUTADORES PC. Prof.: MARCIO HOLLWEG mhollweg@terra.com.br 24/11/2009 CRONOGRAMA INFORMÁTICA - BANRISUL EDITAL

COMPUTADORES PC. Prof.: MARCIO HOLLWEG mhollweg@terra.com.br 24/11/2009 CRONOGRAMA INFORMÁTICA - BANRISUL EDITAL CRONOGRAMA INFORMÁTICA - BANRISUL Prof.: MARCIO HOLLWEG mhollweg@terra.com.br AULAS 1 E 2 CONCEITOS BÁSICOS/HARDWARE AULA 3 SISTEMA OPERACIONAL WINDOWS AULA 4 EXCEL AULA 5 WORD AULA 6 CALC E WRITER AULAS

Leia mais

SUMÁRIO. Capítulo 1 - Introdução à Informática... 19

SUMÁRIO. Capítulo 1 - Introdução à Informática... 19 SUMÁRIO Capítulo 1 - Introdução à Informática... 19 1. Conceitos Básicos... 19 2. Hardware... 21 3. Software... 22 4. Peopleware... 22 5. Os Profissionais de Informática... 22 6. Linguagem de Computador

Leia mais

Informática Aplicada Revisão para a Avaliação

Informática Aplicada Revisão para a Avaliação Informática Aplicada Revisão para a Avaliação 1) É necessário criar várias cópias de documentos importantes em locais diferentes. Esses locais podem ser pastas no HD interno ou HD externo, ou então em

Leia mais

TRT 2ª REGIÃO (NOV/2008) FCC

TRT 2ª REGIÃO (NOV/2008) FCC TRT 2ª REGIÃO (NOV/2008) FCC 01. O Windows XP possui um componente chamado restauração do sistema que atua sobre o registry. Esse componente salva periodicamente, além de outros estados de software, (A)

Leia mais

Resoluções de questões- Tropa de Elite Informática Questões RAFAEL ARAÚJO

Resoluções de questões- Tropa de Elite Informática Questões RAFAEL ARAÚJO Resoluções de questões- Tropa de Elite Informática Questões RAFAEL ARAÚJO 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. A respeito dos ambientes Microsoft Office e BrOffice,

Leia mais

Aula 01 Introdução à Informática. Prof. Bruno Gomes bruno.gomes@ifrn.edu.br www.profbrunogomes.com.br

Aula 01 Introdução à Informática. Prof. Bruno Gomes bruno.gomes@ifrn.edu.br www.profbrunogomes.com.br Aula 01 Introdução à Informática Prof. Bruno Gomes bruno.gomes@ifrn.edu.br www.profbrunogomes.com.br Agenda da Aula Introdução à Informática; Dados x Informação; O Computador (Hardware); Unidades de medida.

Leia mais

QUESTÕES COMENTADAS PROVAS DE INFORMÁTICA BANCO DO BRASIL

QUESTÕES COMENTADAS PROVAS DE INFORMÁTICA BANCO DO BRASIL QUESTÕES COMENTADAS PROVAS DE INFORMÁTICA BANCO DO BRASIL BANCO DO BRASIL (Aplicação: 07/10/2001) CARGO: ESCRITURÁRIO 1 C 2 C ::::... QUESTÃO 33...:::: Outro modo de realizar a mesma operação com sucesso

Leia mais

Dicas para a prova do MPU (cargos Analista e Técnico) NOÇÕES DE INFORMÁTICA: (comentário por tópico do edital visando o CESPE/UnB)

Dicas para a prova do MPU (cargos Analista e Técnico) NOÇÕES DE INFORMÁTICA: (comentário por tópico do edital visando o CESPE/UnB) Dicas para a prova do MPU (cargos Analista e Técnico) Por Prof.ª Ana Lucia Castilho NOÇÕES DE INFORMÁTICA: (comentário por tópico do edital visando o CESPE/UnB) Assunto: Noções de sistema operacional (ambientes

Leia mais

Prof. Ravel Silva (https://www.facebook.com/professorravelsilva) SIMULADO 01 PRF

Prof. Ravel Silva (https://www.facebook.com/professorravelsilva) SIMULADO 01 PRF Orientações aos alunos: 1. Este simulado visa auxiliar os alunos que estão se preparando para o cargo de Policial Rodoviário Federal. 2. O Simulado contém 10 questões estilo CESPE (Certo e Errado) sobre

Leia mais

Falamos muito nele. Até teve a brincadeira do Jorge...

Falamos muito nele. Até teve a brincadeira do Jorge... Figura para as questões 23 e 24 PROVA I QUESTÃO 23 Com relação à figura apresentada, que ilustra uma janela do Internet Explorer 7 (IE7), assinale a opção correta. A Ao se clicar o botão, à direita do

Leia mais

Programação de Computadores

Programação de Computadores Aula 01 Introdução Departamento de Computação Universidade Federal de Ouro Preto 2011.1 1 Processamento de dados 2 Organização de Computadores 3 Sistemas de Numeração Processamento de dados Processamento

Leia mais

EXERCÍCIOS SIMULADO ELABORADO PELO PROFESSOR ANDRÉ ALENCAR

EXERCÍCIOS SIMULADO ELABORADO PELO PROFESSOR ANDRÉ ALENCAR EXERCÍCIOS SIMULADO ELABORADO PELO PROFESSOR ANDRÉ ALENCAR Com base no Windows XP, na figura ao lado, julgue os itens que se seguem: 01- É possível afirmar que ao se clicar em O que mais devo saber sobre

Leia mais

Exercícios. Prof.ª Helena Lacerda. helena.lacerda@gmail.com

Exercícios. Prof.ª Helena Lacerda. helena.lacerda@gmail.com Exercícios Prof.ª Helena Lacerda helena.lacerda@gmail.com 1) Qual, dentre os dispositivos periféricos listados abaixo, é o único que serve apenas como dispositivo de entrada? a) Alto falante b) Impressora

Leia mais

COMPUTADORES PC. Prof.: MARCIO HOLLWEG mhollweg@terra.com.br CRONOGRAMA INFORMÁTICA. AULAS 1 e 2 COMPUTADORES PC AULA 3 MS WINDOWS

COMPUTADORES PC. Prof.: MARCIO HOLLWEG mhollweg@terra.com.br CRONOGRAMA INFORMÁTICA. AULAS 1 e 2 COMPUTADORES PC AULA 3 MS WINDOWS CRONOGRAMA AULAS 1 e 2 COMPUTADORES PC AULA 3 MS WINDOWS INFORMÁTICA Prof.: MARCIO HOLLWEG mhollweg@terra.com.br AULA 4 EDITORES DE TEXTO AULA 5 PLANILHAS DE CÁLCULO AULA 6 INTERNET O COMPUTADOR, INDEPENDENTE

Leia mais

Processadores. Prof. Alexandre Beletti Ferreira

Processadores. Prof. Alexandre Beletti Ferreira Processadores Prof. Alexandre Beletti Ferreira Introdução O processador é um circuito integrado de controle das funções de cálculos e tomadas de decisão de um computador. Também é chamado de cérebro do

Leia mais

TRE/MG (15/03/2008) CESPE QUESTÃO 6

TRE/MG (15/03/2008) CESPE QUESTÃO 6 TRE/MG (15/03/2008) CESPE QUESTÃO 6 Considerando a janela do Word 2003 ilustrada acima, que contém um documento em processo de edição no qual o título está selecionado, assinale a opção correta. A O parágrafo

Leia mais

PROCESSAMENTO DE DADOS

PROCESSAMENTO DE DADOS PROCESSAMENTO DE DADOS Aula 1 - Hardware Profa. Dra. Amanda Liz Pacífico Manfrim Perticarrari Profa. Dra. Amanda Liz Pacífico Manfrim Perticarrari 2 3 HARDWARE Todos os dispositivos físicos que constituem

Leia mais

INFORMÁTICA PROF. JORGE RUAS jabruas@uol.com.b. NOÇÕES DE INFORMÁTICA (Conteúdo Programático)

INFORMÁTICA PROF. JORGE RUAS jabruas@uol.com.b. NOÇÕES DE INFORMÁTICA (Conteúdo Programático) NOÇÕES DE INFORMÁTICA (Conteúdo Programático) 1. Conceitos de Internet e intranet. 2. Conceitos básicos e modos de utilização de tecnologias, ferramentas, aplicativos e procedimentos de informática. 3.

Leia mais

AULA 1. Informática Básica. Gustavo Leitão. gustavo.leitao@ifrn.edu.br. Disciplina: Professor: Email:

AULA 1. Informática Básica. Gustavo Leitão. gustavo.leitao@ifrn.edu.br. Disciplina: Professor: Email: AULA 1 Disciplina: Informática Básica Professor: Gustavo Leitão Email: gustavo.leitao@ifrn.edu.br Estudo de caso Empresa do ramo de seguros Presidência RH Financeiro Vendas e Marketing TI CRM Riscos Introdução

Leia mais

ISL - Introdução. Sistema. Binário. Introdução. Tipos de Computador. Sub title text goes here. Unused Section Space 2. Unused Section Space 1

ISL - Introdução. Sistema. Binário. Introdução. Tipos de Computador. Sub title text goes here. Unused Section Space 2. Unused Section Space 1 ISL - Introdução Sub title text goes here Introdução Tipos de Computador Sistema Computacional Processamento de Dados Arquitetura Sistema Binário Software Unused Section Space 1 Exercício Unused Section

Leia mais

Informática para Concursos 1 leitejuniorbr@yahoo.com.br

Informática para Concursos 1 leitejuniorbr@yahoo.com.br QUESTÕES TRE / TJ FCC 2007 CARGO: TÉCNICO JUDICIÁRIO ÁREA QUESTÃO 11 -. Com relação a hardware, é correto afirmar que: (A) Computadores com placas-mãe alimentadas por fontes ATX suportam o uso do comando

Leia mais

Informática. Aulas: 01 e 02/12. Prof. Márcio Hollweg. www.conquistadeconcurso.com.br. Visite o Portal dos Concursos Públicos WWW.CURSOAPROVACAO.COM.

Informática. Aulas: 01 e 02/12. Prof. Márcio Hollweg. www.conquistadeconcurso.com.br. Visite o Portal dos Concursos Públicos WWW.CURSOAPROVACAO.COM. Informática Aulas: 01 e 02/12 Prof. Márcio Hollweg UMA PARCERIA Visite o Portal dos Concursos Públicos WWW.CURSOAPROVACAO.COM.BR Visite a loja virtual www.conquistadeconcurso.com.br MATERIAL DIDÁTICO EXCLUSIVO

Leia mais

LFG MAPS. INTERNET 08 questões

LFG MAPS. INTERNET 08 questões INTERNET 08 questões 1 - ( Prova: CESPE - 2009 - Polícia Federal - Agente Internet e intranet; Navegador Internet (Browser); ) Julgue os itens subsequentes, a respeito de Internet e intranet. LFG MAPS

Leia mais

Noções de Informática TRT -RS

Noções de Informática TRT -RS Analista Judiciário 26. Um usuário do Windows 7 Professional em português clicou, a partir do Painel de Controle, nas seguintes opções: Rede e Internet; Exibir o status e as tarefas da rede; Conexão Local;

Leia mais

Aula 02 Software e Operações Básicas. Prof. Bruno Gomes bruno.gomes@ifrn.edu.br http://www.profbrunogomes.com.br/

Aula 02 Software e Operações Básicas. Prof. Bruno Gomes bruno.gomes@ifrn.edu.br http://www.profbrunogomes.com.br/ Aula 02 Software e Operações Básicas Prof. Bruno Gomes bruno.gomes@ifrn.edu.br http://www.profbrunogomes.com.br/ Revisando Como um computador funciona: Entrada (Dados) Processamento (Análise dos Dados)

Leia mais

Fundamentos em Informática

Fundamentos em Informática Fundamentos em Informática 04 Organização de Computadores nov/2011 Componentes básicos de um computador Memória Processador Periféricos Barramento Processador (ou microprocessador) responsável pelo tratamento

Leia mais

Visão geral do sistema de armazenamento e hierarquia de memória

Visão geral do sistema de armazenamento e hierarquia de memória Visão geral do sistema de armazenamento e hierarquia de memória Conhecer os dispositivos de armazenamento por meio do conceito e dos tipos de memórias utilizadas no computador. Subsistemas de memória Memória

Leia mais

https://www.facebook.com/professorravelsilva Professor: Ravel Silva

https://www.facebook.com/professorravelsilva Professor: Ravel Silva Olá galera concurseira! https://www.facebook.com/professorravelsilva Dando continuidade ao nosso curso de Questões Comentadas de Informática Básica - Estilo CESPE, vamos comentar a aula 05. A partir desta

Leia mais

Profa. Dra. Amanda Liz Pacífico Manfrim Perticarrari amanda@fcav.unesp.br

Profa. Dra. Amanda Liz Pacífico Manfrim Perticarrari amanda@fcav.unesp.br Profa. Dra. Amanda Liz Pacífico Manfrim Perticarrari amanda@fcav.unesp.br São representações dos números de uma forma consistente. Apresenta uma grande quantidade de números úteis, dando a cada número

Leia mais

Universidade Tuiuti do Paraná UTP Faculdade de Ciências Exatas - FACET

Universidade Tuiuti do Paraná UTP Faculdade de Ciências Exatas - FACET Universidade Tuiuti do Paraná UTP Faculdade de Ciências Exatas - FACET Hardware de Computadores Questionário II 1. A principal diferença entre dois processadores, um deles equipado com memória cache o

Leia mais

Universidade Federal de Alagoas Campus Arapiraca Curso de Administração Pública QUESTIONÁRIO SUPLEMENTAR 01

Universidade Federal de Alagoas Campus Arapiraca Curso de Administração Pública QUESTIONÁRIO SUPLEMENTAR 01 Universidade Federal de Alagoas Campus Arapiraca Curso de Administração Pública Sistemas de Informação Gerenciais 2º Período 2013.2 QUESTIONÁRIO SUPLEMENTAR 01 FCC - 2013 - Banco do Brasil - Escriturário

Leia mais

INFORMÁTICA BÁSICA. Prof. Rafael Zimmermann

INFORMÁTICA BÁSICA. Prof. Rafael Zimmermann INFORMÁTICA BÁSICA Prof. Rafael Zimmermann 1. INFORMÁTICA É a ciência que estuda o processamento de informações. Nasceu da necessidade do homem processar informações cada vez mais complexas e com maior

Leia mais

Windows 7. Sistema Operacional

Windows 7. Sistema Operacional Windows 7 Sistema Operacional Área de Trabalho (Desktop) Janela Gadgets Lixeira Lixeira Atalho Atalhos e ícones DELETE Botão direito do mouse na área de trabalho Menu Iniciar Programas

Leia mais

Estrutura geral de um computador

Estrutura geral de um computador Estrutura geral de um computador Prof. Helio H. L. C. Monte-Alto Cristo padeceu uma vez pelos pecados, o justo pelos injustos, para levar-nos a Deus Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu

Leia mais

aluno, Responda ao questionário e tire suas dúvidas caso as tenha.

aluno, Responda ao questionário e tire suas dúvidas caso as tenha. Recurso 1 MINISTRADO EM 27/05/2015 Prova da PM aluno, Responda ao questionário e tire suas dúvidas caso as tenha. ------------------Soldado_Policia_Militar_MG_2013 1. 33ª QUESTÃO Marque a alternativa CORRETA.

Leia mais

INFORMÁTICA PROF. RENATO DA COSTA

INFORMÁTICA PROF. RENATO DA COSTA CONTEÚDO PROGRAMÁTICO FCC 2012 NOÇÕES DE : 1 Conceitos de Internet e intranet. 2 Conceitos básicos e modos de utilização de tecnologias, ferramentas, aplicativos e procedimentos associados à Internet e

Leia mais

Fundamentos de Informática Aula 3 Hardware e Software. Prof. Cleanderson Lobo cleandersonlobo@gmail.com 2015.2

Fundamentos de Informática Aula 3 Hardware e Software. Prof. Cleanderson Lobo cleandersonlobo@gmail.com 2015.2 Fundamentos de Informática Aula 3 Hardware e Software Prof. Cleanderson Lobo cleandersonlobo@gmail.com 2015.2 Hardware Introdução Todos os computadores requerem pelo menos os seguintes componentes para

Leia mais

PLANO DE ENSINO/AULA

PLANO DE ENSINO/AULA GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE GESTÃO PEDAGÓGICA E INCLUSÃO EDUCACIONAL COORDENAÇÃO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL ESCOLA TÉCNICA DE BRASÍLA PLANO DE ENSINO/AULA

Leia mais

Estrutura de um Computador. Linguagem de Programação Rone Ilídio UFSJ - CAP

Estrutura de um Computador. Linguagem de Programação Rone Ilídio UFSJ - CAP Estrutura de um Computador Linguagem de Programação Rone Ilídio UFSJ - CAP Hardware e Software HARDWARE: Objetos Físicos que compões o computador Circuitos Integrados, placas, cabos, memórias, dispositivos

Leia mais

Informática para concursos

Informática para concursos Informática para concursos Prof.: Fabrício M. Melo www.professorfabricio.com msn:fabcompuway@terra.com.br Hardware Software peopleware Parte física (Tangível). Parte lógica (Intangível). Usuários. Processamento

Leia mais

Sérgio Cabrera Professor Informática 1

Sérgio Cabrera Professor Informática 1 1. A tecnologia que utiliza uma rede pública, como a Internet, em substituição às linhas privadas para implementar redes corporativas é denominada. (A) VPN. (B) LAN. (C) 1OBaseT. (D) 1OBase2. (E) 100BaseT.

Leia mais

Assinale a alternativa que apresenta as fórmulas CORRETAS para calcular E4 e D6, respectivamente:

Assinale a alternativa que apresenta as fórmulas CORRETAS para calcular E4 e D6, respectivamente: ASSISTENTE EM ADMINISTRAÇÃO 6 INFORMÁTICA QUESTÕES DE 21 A 40 21. Dentre as alternativas abaixo, assinale a que apresenta CORRETAMENTE ferramentas existentes em softwares de escritório (BrOffice ou Microsoft

Leia mais

AFRE. a. ( ) Instalando um programa gerenciador de carregamento, como o LILO ou o GRUB. a. ( ) Data Werehouse ; Internet ; Linux

AFRE. a. ( ) Instalando um programa gerenciador de carregamento, como o LILO ou o GRUB. a. ( ) Data Werehouse ; Internet ; Linux 1. De que forma é possível alterar a ordem dos dispositivos nos quais o computador procura, ao ser ligado, pelo sistema operacional para ser carregado? a. ( ) Instalando um programa gerenciador de carregamento,

Leia mais

Infra-Estrutura de TI: Hardware e Software

Infra-Estrutura de TI: Hardware e Software Infra-Estrutura de TI: Hardware e Software Identificar e descrever os componentes da infraestrutura de TI Identificar e descrever os principais tipos de tecnologia de hardware e de armazenamento, e entrada

Leia mais

INTERNET OUTLOOK. 1. Considerando os conceitos e os modos de navegação na Internet, assinale a opção correta.

INTERNET OUTLOOK. 1. Considerando os conceitos e os modos de navegação na Internet, assinale a opção correta. Prof. Júlio César S. Ramos P á g i n a 1 INTERNET OUTLOOK 1. Considerando os conceitos e os modos de navegação na Internet, assinale a opção correta. A O Outlook Express permite criar grupo de pessoas

Leia mais

Conceitos Básicos de Informática. Antônio Maurício Medeiros Alves

Conceitos Básicos de Informática. Antônio Maurício Medeiros Alves Conceitos Básicos de Informática Antônio Maurício Medeiros Alves Objetivo do Material Esse material tem como objetivo apresentar alguns conceitos básicos de informática, para que os alunos possam se familiarizar

Leia mais

Introdução aos Computadores

Introdução aos Computadores Os Computadores revolucionaram as formas de processamento de Informação pela sua capacidade de tratar grandes quantidades de dados em curto espaço de tempo. Nos anos 60-80 os computadores eram máquinas

Leia mais

Arquitetura de Computadores. Arquitetura de Computadores 1

Arquitetura de Computadores. Arquitetura de Computadores 1 Computadores Computadores 1 Introdução Componentes: Processador; UC; Registradores; ALU s, FPU s, etc. Memória (Sistema de armazenamento de informações; Dispositivo de entrada e saída. Computadores 2 Introdução

Leia mais

DOMÍNIO PRODUTIVO DA INFORMÁTICA - CONCURSO BB 2015 -

DOMÍNIO PRODUTIVO DA INFORMÁTICA - CONCURSO BB 2015 - DOMÍNIO PRODUTIVO DA INFORMÁTICA - CONCURSO - Professor Esp. Wellington de Oliveira Graduação em Ciência da Computação Pós-Graduação em Docência do Ensino Superior Pós-Graduação MBA em Gerenciamento de

Leia mais

INFORMÁTICA PARA CONCURSOS

INFORMÁTICA PARA CONCURSOS INFORMÁTICA PARA CONCURSOS Prof. BRUNO GUILHEN Vídeo Aula VESTCON MÓDULO I - INTERNET Aula 01 O processo de Navegação na Internet. A CONEXÃO USUÁRIO PROVEDOR EMPRESA DE TELECOM On-Line A conexão pode ser

Leia mais

Tecnologia da Informação

Tecnologia da Informação Tecnologia da Informação Componentes Sistema Informação Hardware - Computadores - Periféricos Software - Sistemas Operacionais - Aplicativos - Suítes Peopleware - Analistas - Programadores - Digitadores

Leia mais

Conceitos básicos sobre TIC

Conceitos básicos sobre TIC Conceitos básicos sobre TIC Origem da palavra Informática Informação + Automática Informática Significado: Tratamento ou processamento da informação utilizando meios automáticos, nomeadamente o computador.

Leia mais

RAFAEL MACEDO INFORMÁTICA. 1ª Edição SET 2013

RAFAEL MACEDO INFORMÁTICA. 1ª Edição SET 2013 RAFAEL MACEDO INFORMÁTICA TEORIA 176 QUESTÕES DE PROVAS DE CONCURSOS GABARITADAS Teoria e Seleção das Questões: Prof. Rafael Macedo Organização e Diagramação: Mariane dos Reis 1ª Edição SET 2013 TODOS

Leia mais

Informática para o concurso Professor Alisson Cleiton

Informática para o concurso Professor Alisson Cleiton CADERNO DE QUESTÕES CESPE / 2013 1. ( ) Nos navegadores Microsoft Internet Explorer, Mozilla Firefox e Google Chrome, o uso de bookmarks permite definir a atualização automática, pelo navegador, de novas

Leia mais

WWW.CPCCONCURSOS.COM.BR

WWW.CPCCONCURSOS.COM.BR AULÃO PRÉ-PROVA LÍNGUA PORTUGUESA - Prof. Alberto Menegotto 01 ÉTICA NO SERVIÇO PÚBLICO - Prof.ª Martha Messerschmidt 06 INFORMÁTICA - Prof. Sandro Figueredo 09 RACIOCÍNIO LÓGICO - Prof.ª Daniela Arboite

Leia mais

www.concursovirtual.com.br

www.concursovirtual.com.br QUESTÕES DE INFORMÁTICA CEPERJ Conteúdo HARDWARE SISTEMA OPERACIONAL Professor: Renato da Costa ORGANIZAÇÃO DE PASTAS E ARQUIVOS EDITOR DE TEXTOS PLANILHAS ELETRÔNICAS EDITOR DE APRESENTAÇÕES NAVEGADORES

Leia mais

REDES ESAF. leitejuniorbr@yahoo.com.br 1 Redes - ESAF

REDES ESAF. leitejuniorbr@yahoo.com.br 1 Redes - ESAF REDES ESAF 01 - (ESAF - Auditor-Fiscal da Previdência Social - AFPS - 2002) Um protocolo é um conjunto de regras e convenções precisamente definidas que possibilitam a comunicação através de uma rede.

Leia mais

Informática Aplicada. Aula 2 Windows Vista. Professora: Cintia Caetano

Informática Aplicada. Aula 2 Windows Vista. Professora: Cintia Caetano Informática Aplicada Aula 2 Windows Vista Professora: Cintia Caetano AMBIENTE WINDOWS O Microsoft Windows é um sistema operacional que possui aparência e apresentação aperfeiçoadas para que o trabalho

Leia mais

CURSO BÁSICO DE INFORMÁTICA

CURSO BÁSICO DE INFORMÁTICA CURSO BÁSICO DE INFORMÁTICA Introdução a microinformática William S. Rodrigues HARDWARE BÁSICO O hardware é a parte física do computador. Em complemento ao hardware, o software é a parte lógica, ou seja,

Leia mais

Projeto solidário para o ensino de Informática Básica

Projeto solidário para o ensino de Informática Básica Projeto solidário para o ensino de Informática Básica Parte 2 Sistema Operacional MS-Windows XP Créditos de desenvolvimento deste material: Revisão: Prof. MSc. Wagner Siqueira Cavalcante Um Sistema Operacional

Leia mais

PLANO DE AULA. IPD introdução a processamento de dados Componentes do computador, gabinete, memórias RAM e ROM, periféricos de entrada e saída.

PLANO DE AULA. IPD introdução a processamento de dados Componentes do computador, gabinete, memórias RAM e ROM, periféricos de entrada e saída. 1 AULA 01. CURSO: INFORMÁTICA BÁSICA - MATUTINO Sensibilização e contextualização do programa IPD introdução a processamento de dados Componentes do computador, gabinete, memórias RAM e ROM, periféricos

Leia mais

MANUTENÇÃO DE MICRO. Mário Gomes de Oliveira

MANUTENÇÃO DE MICRO. Mário Gomes de Oliveira MANUTENÇÃO DE MICRO Mário Gomes de Oliveira 1 IRQ Pedido de atenção e de serviço feito à CPU, para notificar a CPU sobre a necessidade de tempo de processamento. 2 IRQ (Interrupt Request line ou Linha

Leia mais

www.concursosdeti.com.br 1 Fundamentos da Computação Prof. Bruno Guilhen www.concursosdeti.com.br

www.concursosdeti.com.br 1 Fundamentos da Computação Prof. Bruno Guilhen www.concursosdeti.com.br Fundamentos da Computação Prof. Bruno Guilhen www.concursosdeti.com.br AULA 01 O Bit e o Byte Definições: Bit (Binary Digit) é a menor unidade de informação que circula dentro do sistema computacional.

Leia mais

Prof. Arthur Salgado

Prof. Arthur Salgado Prof. Arthur Salgado O que é um sistema operacional? Conjunto de programas de sistemas situados entre os softwares aplicativos e o hardware Estabelece uma interface com o usuário Executa e oferece recursos

Leia mais

ATA - Exercícios Informática Carlos Viana. 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor.

ATA - Exercícios Informática Carlos Viana. 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. ATA - Exercícios Informática Carlos Viana 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. ATA EXERCÍCIOS CARLOS VIANA 01 -Existem vários tipos de vírus de computadores, dentre

Leia mais

Prof. Lázaro Nogueira trabalhoseatividades@yahoo.com.br www.lazzoz.xpg.com.br

Prof. Lázaro Nogueira trabalhoseatividades@yahoo.com.br www.lazzoz.xpg.com.br Prof. Lázaro Nogueira trabalhoseatividades@yahoo.com.br ti id d h b www.lazzoz.xpg.com.br Introdução a Informática Informática: é a ciência que estudo o tratamento automático e racional da informação.

Leia mais

SIMULADO Windows 7 Parte V

SIMULADO Windows 7 Parte V SIMULADO Windows 7 Parte V 1. O espaço reservado para a Lixeira do Windows pode ser aumentado ou diminuído clicando: a) Duplamente no ícone lixeira e selecionando Editar propriedades b) Duplamente no ícone

Leia mais

CCNA 1 Conceitos Básicos de Redes. Capítulo1 - Introdução à Redes. Associação dos Instrutores NetAcademy - Agosto de 2007 - Página

CCNA 1 Conceitos Básicos de Redes. Capítulo1 - Introdução à Redes. Associação dos Instrutores NetAcademy - Agosto de 2007 - Página CCNA 1 Conceitos Básicos de Redes Capítulo1 - Introdução à Redes 1 Requisitos para Conexão à Internet Para disponibilizar o acesso de um computador à rede, devem ser levados em consideração 03 parâmetros:

Leia mais

Memória principal; Unidade de Controle U C P. Unidade Lógica e Aritmética

Memória principal; Unidade de Controle U C P. Unidade Lógica e Aritmética Tecnologia da Administração Computador: origem, funcionamento e componentes básicos Parte II Sumário Introdução Origem Funcionamento Componentes Básicos Referências Sistema Binário O computador identifica

Leia mais

Componentes de um Sistema de Computador

Componentes de um Sistema de Computador Componentes de um Sistema de Computador HARDWARE: unidade responsável pelo processamento dos dados, ou seja, o equipamento (parte física) SOFTWARE: Instruções que dizem o que o computador deve fazer (parte

Leia mais