MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO"

Transcrição

1 PROGRAMA DE INICIAÇÃO AO TRABALHO MONITORIA EDITAL Nº 004 /2014 O Diretor Geral Interino do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba Campus de Patos, no uso de suas atribuições estatutárias e regimentais, através da Diretoria de Desenvolvimento de Ensino, considerando o Decreto nº 7.234/2010 e a Resolução nº 12/2011 do Conselho Superior do IFPB, torna público que estão abertas para o ano de 2014, de acordo com que estabelece o presente Edital, as inscrições para o Programa de Iniciação ao Trabalho, modalidade Monitoria do IFPB/Patos. 1. DO OBJETO 1.1 O Programa de Iniciação ao Trabalho - Monitoria, do IFPB, propõe-se estimular a iniciação à docência, promovendo a cooperação entre professores e alunos, dessa forma, contribuindo para a melhoria da qualidade dos cursos técnicos e de graduação, mediante o repasse de uma bolsa mensal, para custear despesas decorrentes de seu processo sócio educacional, conforme disposto na Política de Assistência Estudantil do IFPB, aprovada pelo Conselho Superior através da Resolução Nº 12/ DOS BENEFICIÁRIOS 2.1 O Programa é destinado aos estudantes do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba Campus de Patos, que já cursaram e foram aprovados em uma das disciplinas objeto deste edital de acordo com os quadros de vagas do item 3. O candidato deve estar regularmente matriculado e frequentando um dos cursos presenciais do IFPB, que não receba bolsa em outro programa ou projetos do IFPB e que tenha disponibilidade de 10 horas semanais para dedicação às atividades da bolsa. Cada candidato será selecionado através de prova escrita e/ou prática realizada de acordo com data especificada neste edital e cujo conteúdo contemple o programa da disciplina. 3. DAS VAGAS E VALOR DAS BOLSAS 3.1 Serão oferecidas 12 bolsas para os alunos que atendam aos critérios deste Edital. 3.2 Cada Bolsa de Monitoria tem o valor fixado em R$ 300,00 (trezentos reais) mensais, considerando os critérios estabelecidos neste edital, por um período de 4 meses (setembro/dezembro de 2014) O pagamento será realizado via rede bancária, mediante apresentação da frequência de trabalho ao setor de Serviço Social, devidamente assinada pelo professor orientador da disciplina, e será feito com recursos provenientes da Assistência Estudantil, constantes do orçamento do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba Campus Patos, no ano As vagas disponibilizadas para Monitores são separadas nos quadros a seguir por nível de ensino, quantidade de vagas e o curso que o aluno deve estar fazendo para concorrer. Cursos Superiores Vagas Curso* Ergonomia 01 Seg. no Trabalho Fundamentos de Segurança no Trabalho 01 Seg. no Trabalho Higiene do Trabalho 01 Seg. no Trabalho Toxicologia 01 Seg. no Trabalho Biossegurança 01 Seg. no Trabalho TOTAL 05 Cursos Técnicos Vagas Cursos Informática Básica 1 Integrado e Subsequente Desenho Técnico 1 Integrado e Subsequente Desenho Auxiliado por Computador/AUTOCAD 1 Integrado e Subsequente Topografia 1 Integrado e Subsequente Física 1 Integrado e Subsequente Montagem e Configurações de Microcomputadores 1 Integrado e Subsequente Fundamentos de Eletricidade 1 Integrado e Subsequente TOTAL 7 --

2 4. DAS INSCRIÇÕES E DAS PROVAS 4.1. Dos requisitos para Inscrição: As inscrições para o Teste de Seleção de Monitor serão realizadas no período de 25 e 26 de agosto de 2014, por meio de formulário de inscrição, conforme Modelo no Anexo I deste edital, devidamente preenchido pelo candidato ou por seu representante legal junto a Diretoria de Desenvolvimento de Ensino do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba Campus Patos, das 08h às 11h e das 19h às 21h; O aluno deverá estar regularmente matriculado no Curso em que a disciplina for ofertada; Ter cursado a disciplina na qual deseja ser monitor com média igual ou superior a 70 (setenta); Não apresentar reprovação no semestre ou ano letivo anterior (Integrados); Apresentar disponibilidade de horário para dedicar-se à monitoria; Os candidatos estão isentos de taxas de inscrição; Para que a inscrição seja efetivada, o candidato ou seu procurador deverá entregar a ficha de inscrição devidamente preenchida, sem rasuras e com assinatura; No preenchimento da ficha de inscrição, o candidato deverá marcar a disciplina que deseja concorrer; No caso do candidato marcar mais de uma ficha de inscrição será considerada como válida apenas a última opção, sendo descartadas as demais; O preenchimento do documento de inscrição é de inteira responsabilidade do candidato ou de seu representante legal. Para que possa produzir todos os efeitos a que se destina, ela deve ser preenchida com estrita observância das normas deste Edital; O candidato portador de necessidades especiais deverá fazer essa notificação no formulário de inscrição, no item correspondente Das Provas: O Teste de Seleção consistirá em uma prova contendo questões objetivas, subjetivas e/ou práticas; Os programas das provas encontram-se listados no Anexo II deste Edital As provas realizadas em salas de aulas terão seus locais divulgados até o dia 29 de agosto de 2014; As provas serão realizadas no dia 03 de setembro de 2014, das 14 h às 17 h. 5. DO RESULTADO 5.1 A relação nominal dos candidatos aprovados será divulgada provavelmente até o dia 05 de setembro de 2014, a partir das 15 horas, nos murais do Campus Patos e no site 5.2 Consideram-se aprovados no processo seletivo para monitoria os candidatos que obtiverem nota de seleção final igual ou superior a 70 (setenta); 5.3 Em caso de empate entre dois candidatos, os critérios para desempate serão, por ordem: I- Média final obtida pelo candidato quando cursou a respectiva disciplina; II- Média global das disciplinas cursadas no semestre letivo mais adiantado; III- O candidato que tiver idade mais avançada. 5.4 A relação da classificação geral estará disponível na Diretoria de Desenvolvimento do Ensino, para consulta; 5.4 Na possibilidade de algum candidato aprovado estar impedido de assumir a função de Monitor, ou de vir a ser desligado do programa, o próximo candidato da lista, será convocado. 6. DIREITOS DO MONITOR 6.1 Ser acompanhado(a) e orientado(a) pelos professores para melhor desempenho de suas funções; 6.2 Ter abonadas as faltas desde que apresente justificativa ou atestado médico; 6.3 Ter acesso aos equipamentos e demais instrumentos de trabalho, quando o desempenho de suas atividades o exigir, e for devidamente autorizado pelo(a) professor(a) orientador(a), coordenador(a) ou coordenação pedagógica; 6.4 Ao término da monitoria, terá direito a receber um certificado e/ou declaração.

3 7. ATRIBUIÇÕES DO PROFESSOR ORIENTADOR DA DISCIPLINA 7.1. Elaborar, juntamente com o monitor, o Plano de Atividades da disciplina; 7.2 Organizar, com o monitor, horário de trabalho que garanta a prática conjunta de monitoria; 7.3 Orientar e acompanhar as atividades de monitor, discutindo com eles as questões teóricas e práticas, fornecendo-lhe subsídios à sua formação; 7.4 Avaliar o relatório semestral de atividades de monitoria acadêmica do monitor atribuindo-lhe um conceito acompanhado de justificativa. 8. DAS DISPOSIÇÕES FINAIS E TRANSITÓRIAS 8.1 Os prazos e horários citados neste Edital são improrrogáveis e a perda de qualquer um deles implica na perda do respectivo direito; 8.2 O candidato aprovado será lotado na disciplina para o qual prestou a seleção; 8.3 A inclusão do estudante neste Programa se dará mediante a assinatura deste, de um TERMO DE COMPROMISSO, conforme determinado no regulamento do Programa de Assistência Estudantil. A assinatura deste Termo será feita nos dias 09 e 10 de setembro de 2014; 8.4 O regime de trabalho do candidato será de 10 (dez) horas semanais, onde ele deverá estar disponível em uma sala ou laboratório, definido posteriormente, para realizar atividades de apoio ao ensino na disciplina para qual foi aprovado; 8.5 O presente Edital está publicado no site 8.6 A não observância dos critérios contidos neste Edital tornará o candidato inapto a concorrer à vaga de Monitor, e, se aprovado, tornará o candidato desclassificado, sendo o mesmo desligado do programa de Monitoria. 8.7 O candidato perderá o direito de permanecer no Programa de Iniciação ao Trabalho - Monitoria quando infringir as condições de trabalho estabelecidas no Termo de Compromisso. 8.8 Os casos omissos neste edital serão resolvidos pela Diretoria de Desenvolvimento de Ensino do IFPB - Campus Patos, juntamente com o(a) Coordenador(a) do Curso e a COPAE.. Patos, PB, em 22 de agosto de GUILHERME DE AVELAR REGES DIRETOR INTERINO IFPB/CAMPUS PATOS

4 ANEXO I INSCRIÇÃO PARA SELEÇÃO DE MONITOR 2014 I N S C R I Ç Ã O Nº. NOME: CURSO: RUA: BAIRRO: CIDADE: ESTADO: MATRÍCULA: Nº.: CEP: FONE: É portador de algum tipo de deficiência? ( ) SIM ( ) NÃO Qual? SELECIONE A DISCIPLINA PARA A QUAL DESEJA SE INSCREVER: Cursos Técnicos Desenho Auxiliado por Computador/AUTOCAD Desenho Técnico Informática Básica Física Montagem e Configuração de Microcomputadores Fundamentos de Eletricidade Topografia Curso Superior Ergonomia Fundamentos de Segurança no Trabalho Higiene do Trabalho Toxicologia Biossegurança Patos - PB, em de agosto de Assinatura do Candidato ou Procurador

5 1. ERGONOMIA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO ANEXO II PROGRAMAS PARA O TESTE DE SELEÇÃO DE MONITOR Fundamentos, conceitos e aplicação da ergonomia; 1.2 Norma regulamentadora 17; 1.3 Doenças ocupacionais; 1.4 Biomecânica ocupacional: gestos, posturas e movimentos de trabalho. 2 - FUNDAMENTOS DE SEGURANÇA NO TRABALHO 2.1 Classificação dos riscos ocupacionais (físico, químico, biológico, ergonômico e de acidentes); 2.2 Mapa de Risco; Normas regulamentadoras (NR's) 1,2,3,4,5,6,7,9,15,16 e 17 e seus anexos. 3 - HIGIENE DO TRABALHO 3.1 Higiene Ocupacional: definição e histórico; 3.2 Agentes biológicos (classificação; doenças ocupacionais provocadas por agentes biológicos; avaliação ocupacional); 3.3 Agentes químicos (gases e vapores e aerodispersóides: definições e classificação; conceitos e parâmetros nas avaliações; avaliação ocupacional; medidas de controle); 3.4 Agentes físicos: ruído (fundamentos básicos do som; parâmetros e procedimentos nas avaliações de ruído; medidas de controle); Calor (conceitos básicos; instrumentos de medição; índices de avaliação e avaliação de calor; medidas de controle); Vibração (definições e parâmetros; vibração de corpo inteiro; vibração localizada; instrumentos e procedimentos de avaliação; medidas de controle); Frio; Iluminação; Pressões anormais (efeitos no organismo; anexo 6 da NR 15); Radiação ionizante e não-ionizante (classificação; efeitos no organismo; ocorrências; avaliação e medidas de controle). 4 - TOXICOLOGIA 4.1 Conceitos gerais e histórico da Toxicologia; 4.2 Fatores que influenciam a fase de exposição ao toxicante; 4.3 Toxicocinética; 4.4 Toxicodinâmica; 4.5 Aspectos clínicos de intoxicações. 5 - BIOSSEGURANÇA 5.1 Biossegurança e Segurança dos profissionais de laboratórios; 5.2 Equipamentos de Proteção Coletiva/EPC e Individual/EPI; 5.3 Classificação de Risco Biológico; 5.4 PGRSS - Plano de Gerenciamento de Resíduos de Serviços de Saúde: Manuseio e descarte de Resíduos (Classes: A - Biológico, B - Químico, C - Radiação Ionizante, D - Lixo Comum, E - Perfurocortante), Manuseio, processamento e descarte de Organismos Geneticamente Modificáveis (OGMs), Câncer e Biossegurança. Local: Sala de Aula

6 6. DESENHO TÉCNICO 6.1 Formatos de papel; 6.2 Tipos de linhas; 6.3 Escala; 6.4 Caligrafia técnica; 6.5 Cotagem; 6.6 Representação gráfica de projetos. LOCAL: Sala de Desenho e Prática 7. DESENHO AUXILIADO POR COMPUTADOR/AUTOCAD 7.1 Sistemas de coordenadas do AUTOCAD; 7.2 Utilização dos comandos de criação e modificação de objetos; 7.3 Hachuras; 7.4 Criar e inserir blocos; 7.5 Dimensionamento (cotas); 7.6 Texto; 7.7 Layout de impressão: Criar folha de desenho; Criar viewports; Ajustar escala de impressão; Local: Laboratório de Informática FUNDAMENTOS DE ELETRICIDADE 8.1 Eletrização; 8.2 Lei de Coulomb; 8.3 Campo Elétrico 8.4Trabalho e potencial Elétrico 8.5 Lei de Ohm; 8.6 Associação de resistores; 8.7 Leis de Kirchhoff; 8.8 Campo magnético das correntes elétricas. LOCAL: Sala de Aula e Prática 9. FÍSICA 9.1 Cinemática Escalar Movimentos Retilíneos, Circulares e suas aplicações; 9.2 Cinemática Vetorial Estudo dos vetores e suas aplicações; 9.3 Dinâmica As leis de Newton e suas aplicações; 9.4 Trabalho e Potência Mecânica; 9.5 Formas de Energias e suas transformações. 9.6 Termologia Suas funções e escalas termométricas; 9.7 Dilatação Térmica Dilatação nos Sólidos e Líquidos; 9.8 Calorimetria Formas de Calor, Aplicações e Transformações; 9.9 Termodinâmica As leis de Termodinâmica e suas aplicações. LOCAL: Sala de Aula 10. TOPOGRAFIA 10.1 Unidades de medidas; 10.2 Rumos e Azimutes; 10.3 Cálculo de azimutes em poligonais; 10.4 Escalas; 10.5 Prática de instalação do instrumento e leituras de ângulo e distância Levantamentos Planialtimétricos. LOCAL: Sala de aula

7 11. INFORMÁTICA BÁSICA 11.1 História da Microinformática: - Evolução da arquitetura dos computadores; - Processadores; - Memórias; - Periféricos; 11.2 Conceitos e Características de Software: - Classificação (livre x proprietário, básico x aplicativo, demo x free x shareware, etc) - Virus x antivírus. Compactação de arquivos (zip, rar, tar, tar.gz, 7z, gzip, bzip) Sistemas Operacionais: - Windows - Área de trabalho, botão iniciar, janelas, acessórios; - Conceito de arquivo, pastas e sistemas de arquivos. Uso do Windows explorer. - Ferramentas Administrativas 11.4 Uso básico de ferramentas de escritórios: - Word, Excel, PowerPoint (Windows) - Writer, Calc, Impress (software livre) 11.5 Utilização de Softwares: - Compactadores de arquivos - Antivírus 11.6 Internet: - Navegadores - Download - , redes sociais, Local: Sala de Aula 12. MONTAGEM E CONFIGURAÇÃO DE MICROCOMPUTADORES: 12.1 Conhecendo o funcionamento do Hardware; 12.2 Processador; 12.3 Memória; 12.4 Placa mãe; 12.5 Barramentos; 12.6 Interfaces IDE, SCSI, SATA e SAS; 12.7 Defeitos comuns em desktops e notebooks; 12.8 Configuração do SETUP; 12.9 Desmontagem e Montagem de um computador pessoal; Cuidados a serem tomados na montagem de um computador pessoal; Identificação de principais defeitos e soluções em computadores pessoais (desktops e notebooks); Particionamento e formatação de Discos; Instalação de Sistemas Operacionais, aplicativos e utilitários; Pacote de programas essenciais para instalação em computadores pessoais; Instalação e manuseio de ferramentas preventivas e corretivas; Instalação e manuseio de ferramentas de teste de desempenho; Utilização de ferramentas bootáveis; Utilização de ferramentas de ServiceDesk (GLPI); Utilização de ferramentas de automatização de inventário de ativos de rede (OCS Inventory). LOCAL: Laboratório de manutenção TIPO: Prova prática Patos, PB, 22 de agosto de Guilherme de Avelar Reges DIRETOR INTERINO IFPB/CAMPUS PATOS

DIRETORIA DE DESENVOLVIMENTO DE ENSINO DEPARTAMENTO DE ENSINO PROFISSIONAL

DIRETORIA DE DESENVOLVIMENTO DE ENSINO DEPARTAMENTO DE ENSINO PROFISSIONAL DIRETORIA DE DESENVOLVIMENTO DE ENSINO DEPARTAMENTO DE ENSINO PROFISSIONAL COORDENAÇÃO DO CURSO TÉCNICO EM EDIFICAÇÕES EDITAL Nº 01, DE 25 DE JULHO DE 2013 PROCESSO DE PREENCHIMENTO DE VAGAS RELATIVAS

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA CAMPUS SOUSA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA CAMPUS SOUSA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA CAMPUS SOUSA PROGRAMA MONITORIA EDITAL Nº 009/2013 O Diretor Geral

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA CAMPUS SOUSA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA CAMPUS SOUSA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA CAMPUS SOUSA PROGRAMA MONITORIA EDITAL 002/2013 O Diretor Geral do

Leia mais

DIRETORIA DE DESENVOLVIMENTO DE ENSINO DEPARTAMENTO DE ENSINO SUPERIOR COORDENAÇÃO DO CURSO SUPERIOR DE BACHARELADO EM ENGENHARIA ELÉTRICA

DIRETORIA DE DESENVOLVIMENTO DE ENSINO DEPARTAMENTO DE ENSINO SUPERIOR COORDENAÇÃO DO CURSO SUPERIOR DE BACHARELADO EM ENGENHARIA ELÉTRICA DIRETORIA DE DESENVOLVIMENTO DE ENSINO DEPARTAMENTO DE ENSINO SUPERIOR COORDENAÇÃO DO CURSO SUPERIOR DE BACHARELADO EM ENGENHARIA ELÉTRICA EDITAL Nº 01, DE 28 DE OUTUBRO DE 2014 PROCESSO DE PREENCHIMENTO

Leia mais

EDITAL Nº 09, DE 09 DE DEZEMBRO DE 2015 PROGRAMA DE MONITORIA

EDITAL Nº 09, DE 09 DE DEZEMBRO DE 2015 PROGRAMA DE MONITORIA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA DIREÇÃO DE DESENVOLVIMENTO DE ENSINO COMISSÃO GESTORA DO PROGRAMA DE MONITORIA EDITAL Nº 09, DE 09 DE DEZEMBRO DE 2015

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA CAMPUS SOUSA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA CAMPUS SOUSA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA CAMPUS SOUSA PROGRAMA MONITORIA EDITAL Nº 004/2013 O Diretor Geral

Leia mais

EDITAL Nº 18/2014. Seleção para bolsas de monitoria em disciplinas de Ensino Médio e Ensino Superior

EDITAL Nº 18/2014. Seleção para bolsas de monitoria em disciplinas de Ensino Médio e Ensino Superior MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL CÂMPUS BENTO GONÇALVES EDITAL Nº 8/204 Seleção para bolsas

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO PROCURADORIA REGIONAL DO TRABALHO DA 4ª REGIÃO Coordenadoria de Estágio EDITAL Nº 06/2015, DE 17 DE AGOSTO DE 2015.

MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO PROCURADORIA REGIONAL DO TRABALHO DA 4ª REGIÃO Coordenadoria de Estágio EDITAL Nº 06/2015, DE 17 DE AGOSTO DE 2015. EDITAL Nº 06/2015, DE 17 DE AGOSTO DE 2015. SELEÇÃO PÚBLICA DESTINADA AO PREENCHIMENTO DE VAGAS DE ESTÁGIO NÃO- OBRIGATÓRIO (E FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA) PARA ESTUDANTES DE CURSOS TÉCNICOS DA ÁREA

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO PROCURADORIA REGIONAL DO TRABALHO DA 4ª REGIÃO Coordenadoria de Estágio

MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO PROCURADORIA REGIONAL DO TRABALHO DA 4ª REGIÃO Coordenadoria de Estágio EDITAL Nº 05/2014, DE 4 DE JUNHO DE 2014. SELEÇÃO PÚBLICA DESTINADA AO PREENCHIMENTO DE VAGAS E FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA PARA ESTAGIÁRIOS DE CURSO TÉCNICO DA ÁREA DE INFORMÁTICA A PROCURADORIA REGIONAL

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA DE GESTÃO ESTUDANTIL UNIDADE ACADÊMICA DE GARANHUNS EDITAL 001/10-DTI/UAG

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA DE GESTÃO ESTUDANTIL UNIDADE ACADÊMICA DE GARANHUNS EDITAL 001/10-DTI/UAG UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA DE GESTÃO ESTUDANTIL UNIDADE ACADÊMICA DE GARANHUNS EDITAL 001/10-DTI/UAG Seleção Pública para Bolsas de Permanência na Modalidade Informática, para

Leia mais

EDITAL Nº 01 DE 20 DE MAIO DE 2014 PROCESSO DE PREENCHIMENTO DE VAGAS RELATIVAS AO PROGRAMA DE MONITORIA COM BOLSA E MONITORIA VOLUNTÁRIA

EDITAL Nº 01 DE 20 DE MAIO DE 2014 PROCESSO DE PREENCHIMENTO DE VAGAS RELATIVAS AO PROGRAMA DE MONITORIA COM BOLSA E MONITORIA VOLUNTÁRIA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA DIRETORIA DE DESENVOLVIMENTO DO ENSINO NÚCLEO DE APOIO ÀS PESSOAS COM NECESSIDADES ESPECIAIS EDITAL Nº 01 DE 20 DE MAIO DE 2014 PROCESSO DE

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA CAMPUS JOÃO PESSOA DIRETORIA DE ENSINO DEPARTAMENTO DE ENSINO SUPERIOR UNIDADE ACADÊMICA DE GESTÃO EDITAL DE SELEÇÃO INTERNA PARA O PROGRAMA

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA BAHIA CAMPUS IRECÊ DEPARTAMENTO DE ENSINO COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA BAHIA CAMPUS IRECÊ DEPARTAMENTO DE ENSINO COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA BAHIA CAMPUS IRECÊ DEPARTAMENTO DE ENSINO COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA PROGRAMA DE MONITORIA DOS CURSOS INTEGRADOS, SUBSEQUENTES

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA ESTAGIÁRIO E CADASTRO DE RESERVA

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA ESTAGIÁRIO E CADASTRO DE RESERVA EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA ESTAGIÁRIO E CADASTRO DE RESERVA O Diretor da do Futuro, no uso de suas atribuições legais e regimentais, em conformidade com a Lei nº 11.788, de 25 de setembro de 2008,

Leia mais

PROGRAMAS DA POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL EDITAL Nº

PROGRAMAS DA POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL EDITAL Nº MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA CÂMPUS MONTEIRO PROGRAMAS DA POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL EDITAL

Leia mais

CURSO DE CAPACITAÇÃO TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

CURSO DE CAPACITAÇÃO TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE CAMPUS JOÃO CÂMARA COORDENAÇÃO DE GESTÃO DE PESSOAS CURSO DE CAPACITAÇÃO TECNOLOGIA

Leia mais

EDITAL N 26/2014 DE 21 de maio de 2014

EDITAL N 26/2014 DE 21 de maio de 2014 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO - IFMA CAMPUS SÃO JOÃO DOS PATOS DIRETORIA DE DESENVOLVIMENTO DE ENSINO DDE DEPARTAMENTO DE ENSINO SUPERIOR DE TECNOLOGIA

Leia mais

PROGRAMAS DA POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL EDITAL Nº 03/2015

PROGRAMAS DA POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL EDITAL Nº 03/2015 PROGRAMAS DA POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL EDITAL Nº 03/2015 O Coordenador de Ensino do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba, Campus Avançado Cabedelo Centro, no uso de suas

Leia mais

FACULDADE DE SAÚDE IBITURUNA FASI DIRETORIA DE EXTENSÃO

FACULDADE DE SAÚDE IBITURUNA FASI DIRETORIA DE EXTENSÃO FACULDADE DE SAÚDE IBITURUNA FASI DIRETORIA DE EXTENSÃO EDITAL PARA SELEÇÃO DE MONITORIA ACADÊMICA 05/23 A Diretoria de Extensão e a Coordenação do Curso de Graduação em Farmácia, no uso de suas atribuições

Leia mais

EDITAL N 03/2015 PRODIN/IFBA PROCESSO SELETIVO PÚBLICO PARA CONTRATAÇÃO DE ESTAGIÁRIO DE NÍVEL SUPERIOR

EDITAL N 03/2015 PRODIN/IFBA PROCESSO SELETIVO PÚBLICO PARA CONTRATAÇÃO DE ESTAGIÁRIO DE NÍVEL SUPERIOR EDITAL N 03/2015 PRODIN/IFBA PROCESSO SELETIVO PÚBLICO PARA CONTRATAÇÃO DE ESTAGIÁRIO DE NÍVEL SUPERIOR A Pró-Reitoria de Desenvolvimento Institucional e Infraestrutura PRODIN, do Instituto Federal da

Leia mais

Considerando a necessidade de acompanhar, orientar e preparar melhor os acadêmicos no

Considerando a necessidade de acompanhar, orientar e preparar melhor os acadêmicos no Of Circular /2011 FAPAC - Faculdade Presidente Antônio Carlos. ITPAC-INSTITUTO TOCANTINENSE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS PORTO LTDA. Rua 02 Qd. 07 - Jardim dos Ypês Porto Nacional TO CEP 77.500-000 Fone:

Leia mais

Faculdade de Ciências Humanas e Sociais

Faculdade de Ciências Humanas e Sociais EDITAL Nº 001//2015 O Colegiado de Engenharia Civil torna público o edital para o Programa de Monitoria nas áreas de química, física, cálculo e desenho técnico. A monitoria foi criada com o intuito de

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO CURSINHO DA INCLUSÃO SOCIAL

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO CURSINHO DA INCLUSÃO SOCIAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO CURSINHO DA INCLUSÃO SOCIAL EDITAL DE ABERTURA DE VAGAS PARA PROFESSOR-MONITOR DO CURSINHO DA INCLUSÃO SOCIAL, N 2 DE 03 DE SETEMBRO DE 2012. A Coordenação do Projeto Cursinho

Leia mais

EDITAL PROGRAD/PIBID Nº 01/2015 SELEÇÃO DE BOLSISTAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA

EDITAL PROGRAD/PIBID Nº 01/2015 SELEÇÃO DE BOLSISTAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA EDITAL PROGRAD/PIBID Nº 01/2015 SELEÇÃO DE BOLSISTAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA 1. APRESENTAÇÃO 1.1. A Pró-Reitoria de Graduação da Universidade Federal do Acre - UFAC, no uso de suas atribuições, torna público

Leia mais

EDITAL N.º 01/2015 - CONSEPE

EDITAL N.º 01/2015 - CONSEPE EDITAL N.º 01/2015 - CONSEPE A Direção da Faculdade Herrero torna públicos os procedimentos e normas para inscrição e seleção de Projetos de Iniciação Científica 2015/16. Este Edital está em conformidade

Leia mais

Pró-Reitoria de Graduação - PROGRAD Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência-PIBID/UEPB Edital 002/2014

Pró-Reitoria de Graduação - PROGRAD Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência-PIBID/UEPB Edital 002/2014 Pró-Reitoria de Graduação - PROGRAD Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência-PIBID/UEPB Edital 002/2014 Seleção de Bolsistas de Iniciação à Docência A Universidade Estadual da Paraíba UEPB,

Leia mais

EDITAL Nº 06/2015 PROGRAMA DE MONITORIA

EDITAL Nº 06/2015 PROGRAMA DE MONITORIA EDITAL Nº 06/2015 PROGRAMA DE MONITORIA Seleção de monitores para o Programa de Monitoria Acadêmica da Faculdade de Quatro Marcos - FQM 1. ABERTURA A Faculdade de Quatro Marcos FQM, em São José dos Quatro

Leia mais

Universidade Estadual de Londrina Centro de Ciências Exatas Departamento de Física Programa de Pós-Graduação em Ensino de Física - POLO UEL

Universidade Estadual de Londrina Centro de Ciências Exatas Departamento de Física Programa de Pós-Graduação em Ensino de Física - POLO UEL Universidade Estadual de Londrina Centro de Ciências Exatas Departamento de Física Programa de Pós-Graduação em Ensino de Física - POLO UEL EDITAL COMPLEMENTAR MNPEF-UEL Nº 048/2013 PROCESSO SELETIVO DE

Leia mais

PROGRAMA DE MONITORIA EDITAL DE SELEÇÃO 2º. SEMESTRE DE 2014

PROGRAMA DE MONITORIA EDITAL DE SELEÇÃO 2º. SEMESTRE DE 2014 O Centro Universitário IBMR, com sede no Rio de Janeiro, nos termos de seu Regimento Geral, torna públicas as regras de funcionamento da Monitoria em Cursos de Graduação, cria vagas para o seu o programa

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Tecnológica Federal do Paraná Câmpus Pato Branco Departamento Acadêmico de Informática

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Tecnológica Federal do Paraná Câmpus Pato Branco Departamento Acadêmico de Informática O da Universidade Tecnológica Federal do Paraná,, no uso de suas atribuições legais, torna público o presente Edital e convida as discentes dos seus cursos de Engenharia de Computação e Tecnologia em Análise

Leia mais

EDITAL Nº 5/2015 NORMAS PARA O PROCESSO SELETIVO 01/2016

EDITAL Nº 5/2015 NORMAS PARA O PROCESSO SELETIVO 01/2016 EDITAL Nº 5/2015 NORMAS PARA O PROCESSO SELETIVO 01/2016 A Direção Geral da Faculdade Iguaçu, no uso de suas atribuições legais e estatutárias, de acordo com a legislação vigente e Regimento Geral, torna

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PRÓ-REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PRÓ-REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PRÓ-REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS EDITAL Nº 097/23 SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS CAMPUS CATALÃO A Pró-Reitora de Graduação,

Leia mais

Faculdade de Ciências da Saúde Archimedes Theodoro. Fundação Educacional de Além Paraíba

Faculdade de Ciências da Saúde Archimedes Theodoro. Fundação Educacional de Além Paraíba Faculdade de Ciências da Saúde Archimedes Theodoro Fundação Educacional de Além Paraíba Regulamento de Monitoria Art. 1º A Faculdade de Ciências da Saúde Archimedes Theodoro admitirá, sem vínculo empregatício,

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PARA O PROGRAMA DE MONITORIA DA FACULDADE CATÓLICA DO TOCANTINS 2014/01

EDITAL DE SELEÇÃO PARA O PROGRAMA DE MONITORIA DA FACULDADE CATÓLICA DO TOCANTINS 2014/01 EDITAL DE SELEÇÃO PARA O PROGRAMA DE MONITORIA DA FACULDADE CATÓLICA DO TOCANTINS 2014/01 A Direção Geral da Faculdade Católica do Tocantins, no uso de suas atribuições faz saber a todos os alunos interessados

Leia mais

Dispõe sobre o ingresso no Curso de Pós Graduação em Higiene Ocupacional, conforme Resolução nº 136/2015 do Conselho Superior IFPB.

Dispõe sobre o ingresso no Curso de Pós Graduação em Higiene Ocupacional, conforme Resolução nº 136/2015 do Conselho Superior IFPB. INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, INOVAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM HIGIENE OCUPACIONAL (PPGHO). EDITAL Nº 31/201 Dispõe sobre

Leia mais

EDITAL Nº 06, DE 14 DE JANEIRO DE 2014

EDITAL Nº 06, DE 14 DE JANEIRO DE 2014 EDITAL Nº 06, DE 14 DE JANEIRO DE 2014 EDITAL PARA SELEÇÃO DE MONITORES NÃO REMUNERADOS DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA QUE INTEGRARÃO O PROGRAMA DE MONITORIA DA FACULDADE LEÃO SAMPAIO PARA O PERÍODO LETIVO

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAIBA PRÓ-REITORIA ESTUDANTIL EDITAL Nº 003/2014

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAIBA PRÓ-REITORIA ESTUDANTIL EDITAL Nº 003/2014 UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAIBA PRÓ-REITORIA ESTUDANTIL EDITAL Nº 003/2014 SELEÇÃO PARA O PROGRAMA DE BOLSA MANUTENÇÃO CAMPI DE CAMPINA GRANDE, LAGOA SECA, GUARABIRA, CATOLÉ DO ROCHA, JOÃO PESSOA, MONTEIRO,

Leia mais

INFORMAÇÕES REFERENTES AOS CURSOS

INFORMAÇÕES REFERENTES AOS CURSOS De acordo com a Lei nº 9.394 de 20/12/96 e o Regimento Geral, a Reitora da Universidade Salvador - UNIFACS, no uso de suas atribuições, torna pública a abertura das inscrições do Processo Seletivo UNIFACS

Leia mais

EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO PARA ESTAGIÁRIO DE INFORMÁTICA FACULDADE DE CIÊNCIAS MÉDICAS. Processo nº 02P-02266/2014

EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO PARA ESTAGIÁRIO DE INFORMÁTICA FACULDADE DE CIÊNCIAS MÉDICAS. Processo nº 02P-02266/2014 EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO PARA ESTAGIÁRIO DE INFORMÁTICA FACULDADE DE CIÊNCIAS MÉDICAS Processo nº 02P-02266/2014 A(O) Área de Informática da Faculdade de Ciências Médicas da Unicamp faz

Leia mais

CURSO DISCIPLINAS VAGAS

CURSO DISCIPLINAS VAGAS EDITAL Nº 14 de 23 DE FEVEREIRO DE 2015 Processo seletivo para o Programa de Monitoria no Período 2015/01 dos Cursos de Engenharia Civil e Engenharia Elétrica. A Diretoria Geral e Diretoria Acadêmica através

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E EXTENSÃO PRAÇA DAS PROFISSÕES

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E EXTENSÃO PRAÇA DAS PROFISSÕES Edital Praça das Nº 1-2015 Seleção de Bolsistas e Voluntários -2016 Aos estudantes dos Cursos de Graduação da UFCG: A Unidade Suplementar Praça das, desta Universidade, nos termos das disposições normativas

Leia mais

CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA Nº 02/2015

CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA Nº 02/2015 CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA Nº 02/2015 A Coordenação do Curso de Arquitetura e Urbanismo, da Unidade de Ensino Superior Dom Bosco, no uso de suas atribuições

Leia mais

EDITAL Nº 29/2013 IFRS-BG SELEÇÃO DE PROFESSOR SUPERVISOR DO PIBID-MATEMÁTICA ENSINO FUNDAMENTAL

EDITAL Nº 29/2013 IFRS-BG SELEÇÃO DE PROFESSOR SUPERVISOR DO PIBID-MATEMÁTICA ENSINO FUNDAMENTAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL CÂMPUS BENTO GONÇALVES EDITAL Nº 29/2013 IFRS-BG SELEÇÃO

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO

ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO CONSELHO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTU SENSU EM GENÉTICA E MELHORAMENTO DE LANTAS Aprova o edital 001/2014 PGMP do processo seletivo para o ingresso no Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID EDITAL PIBID 61/2013

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID EDITAL PIBID 61/2013 UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID EDITAL PIBID 61/2013 PROCESSO SELETIVO DE BOLSAS/INICIAÇÃO À DOCÊNCIA A Universidade

Leia mais

1. DAS VAGAS: Estão disponíveis 2 (duas) vagas para Arquitetura e Montagem de Computadores e Algoritmos e Programação.

1. DAS VAGAS: Estão disponíveis 2 (duas) vagas para Arquitetura e Montagem de Computadores e Algoritmos e Programação. EDITAL 11/2015 BOLSA DE MONITORIA ARQUITETURA DE COMPUTADORES E ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO O Diretor do Colégio Politécnico da, Prof. Valmir Aita, no uso de suas atribuições legais e estatutárias, torna

Leia mais

Processos Seletivos 2016 Graduação Presencial Edital de Vestibular de 02 de setembro de 2015

Processos Seletivos 2016 Graduação Presencial Edital de Vestibular de 02 de setembro de 2015 Processos Seletivos 2016 Graduação Presencial Edital de Vestibular de 02 de setembro de 2015 Aditivo nº 6 Define as normas específicas do Vestibular TOP 2016.1 (Aprovado pela Resolução nº 074/2015, de

Leia mais

1.2. No presente processo de seleção, serão disponibilizadas o preenchimento de até 15 (quinze) vagas.

1.2. No presente processo de seleção, serão disponibilizadas o preenchimento de até 15 (quinze) vagas. EDITAL PPGEC Nº 01/2015 ABRE INSCRIÇÃO, FIXA DATA, HORÁRIO E CRITÉRIOS PARA SELEÇÃO E MATRÍCULA NO CURSO DE MESTRADO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA CIVIL DO CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS.

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS DE PATOS GABINETE DO DIRETOR PATOS - PB Edital Nº 008/2014/GD/FIP

FACULDADES INTEGRADAS DE PATOS GABINETE DO DIRETOR PATOS - PB Edital Nº 008/2014/GD/FIP FACULDADES INTEGRADAS DE PATOS GABINETE DO DIRETOR PATOS - PB Edital Nº 008/2014/GD/FIP PROCESSO SELETIVO PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS DISPONÍVEIS NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO 2015.1 O Diretor Geral das Faculdades

Leia mais

EDITAL Nº 016 / 2015 SELEÇÃO DE BOLSISTAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA DO PIBID/UNIFAL-MG

EDITAL Nº 016 / 2015 SELEÇÃO DE BOLSISTAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA DO PIBID/UNIFAL-MG MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal de Alfenas - UNIFAL-MG Pró-Reitoria de Graduação Rua Gabriel Monteiro da Silva, 700 - Alfenas/MG - CEP 37130-000 Fone: (35) 3299-1329 Fax: (35) 3299-1078 grad@unifal-mg.edu.br

Leia mais

MINISTÉRIO DE EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA DIREÇÃO-GERAL - CAMPUS JOÃO PESSOA EDITAL N 07/2015

MINISTÉRIO DE EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA DIREÇÃO-GERAL - CAMPUS JOÃO PESSOA EDITAL N 07/2015 MINISTÉRIO DE EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA DIREÇÃO-GERAL - CAMPUS JOÃO PESSOA EDITAL N 07/2015 PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DO IFPB CAMPUS JOÃO PESSOA EDITAL

Leia mais

Processos Seletivos 2016 Graduação Presencial Edital de Vestibular de 02 de setembro de 2015

Processos Seletivos 2016 Graduação Presencial Edital de Vestibular de 02 de setembro de 2015 Processos Seletivos 2016 Graduação Presencial Edital de Vestibular de 02 de setembro de 2015 Aditivo nº 1 Define as normas específicas do Vestibular Seleção 2016.1 (Aprovado pela Resolução nº 061/2015,

Leia mais

PROGRAMA DE MONITORIA EDITAL DE SELEÇÃO 1º. SEMESTRE DE 2015

PROGRAMA DE MONITORIA EDITAL DE SELEÇÃO 1º. SEMESTRE DE 2015 O Centro Universitário IBMR, com sede no Rio de Janeiro, nos termos de seu Regimento Geral, torna públicas as regras de funcionamento da Monitoria em Cursos de Graduação, cria vagas para o seu o programa

Leia mais

INFORMAÇÕES REFERENTES AOS CURSOS:

INFORMAÇÕES REFERENTES AOS CURSOS: De acordo com a Lei nº 9.394 de 20/12/96 e o Regimento Geral, a Reitora da Universidade Salvador - UNIFACS, no uso de suas atribuições, torna pública a abertura das inscrições do Processo Seletivo UNIFACS

Leia mais

EDITAL N 01/2015 PRODIN/IFBA PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE ESTAGIÁRIO

EDITAL N 01/2015 PRODIN/IFBA PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE ESTAGIÁRIO EDITAL N 01/2015 PRODIN/IFBA PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE ESTAGIÁRIO A Pró-Reitoria de Desenvolvimento Institucional e Infra estrutura do Instituto Federal da Bahia em atendimento ao disposto

Leia mais

Instituto de Ensino Superior de Goiás Faculdades IESGO Edital do 2º Processo Seletivo de 2015

Instituto de Ensino Superior de Goiás Faculdades IESGO Edital do 2º Processo Seletivo de 2015 Instituto de Ensino Superior de Goiás Faculdades IESGO Edital do 2º Processo Seletivo de 2015 O Diretor Geral do Instituto de Ensino Superior de Goiás, mantido pela Sociedade de Ensino Superior Fênix Ltda,

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA ESTÁGIO NA COPEL 2º SEMESTRE DE 2010

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA ESTÁGIO NA COPEL 2º SEMESTRE DE 2010 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA ESTÁGIO NA COPEL 2º SEMESTRE DE 2010 A COMPANHIA PARANAENSE DE ENERGIA COPEL e o CENTRO DE INTEGRAÇÃO EMPRESA - ESCOLA DO PARANÁ CIEE/PR, tornam público que se encontra

Leia mais

Processos Seletivos 2014 Graduação Presencial Edital de Vestibular de 02 de outubro de 2013

Processos Seletivos 2014 Graduação Presencial Edital de Vestibular de 02 de outubro de 2013 Processos Seletivos 2014 Graduação Presencial Edital de Vestibular de 02 de outubro de 2013 Aditamento nº 10 Define as normas específicas do Vestibular Seleção RN 2014.2 da graduação presencial (Aprovado

Leia mais

ABERTURA DE EDITAL DE EXECUÇÃO DE PROJETO DE DOCENTE 2015/1

ABERTURA DE EDITAL DE EXECUÇÃO DE PROJETO DE DOCENTE 2015/1 ABERTURA DE EDITAL DE EXECUÇÃO DE PROJETO DE DOCENTE 2015/1 A Coordenação do Curso de Marketing, por intermédio do Escritório Experimental de Marketing e no uso de suas atribuições regimentais e regulamentares

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO COMISSÃO DE MONITORIA INSTRUÇÃO DE SERVIÇO N.º 01 DE 12 DE AGOSTO DE 2015

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO COMISSÃO DE MONITORIA INSTRUÇÃO DE SERVIÇO N.º 01 DE 12 DE AGOSTO DE 2015 UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE COMISSÃO DE MONITORIA INSTRUÇÃO DE SERVIÇO N.º 01 DE 12 DE AGOSTO DE 2015 EMENTA: Estabelece critérios para a operacionalização da Monitoria Voluntária, com vistas ao ano

Leia mais

EDITAL 001/2015 - DA SELEÇÃO DE PROFESSOR PARA CURSOS DE GRADUAÇÃO

EDITAL 001/2015 - DA SELEÇÃO DE PROFESSOR PARA CURSOS DE GRADUAÇÃO EDITAL 001/2015 - DA SELEÇÃO DE PROFESSOR PARA CURSOS DE GRADUAÇÃO O Diretor Acadêmico da Faculdade Metropolitana da Grande Fortaleza FAMETRO, no uso de suas atribuições regimentais, torna pública a realização

Leia mais

DIRETORIA EDUCACIONAL COORDENAÇÃO DE PESQUISA E EXTENSÃO. EDITAL Nº 06 de 12 de maio de 2015

DIRETORIA EDUCACIONAL COORDENAÇÃO DE PESQUISA E EXTENSÃO. EDITAL Nº 06 de 12 de maio de 2015 DIRETORIA EDUCACIONAL COORDENAÇÃO DE PESQUISA E EXTENSÃO EDITAL Nº 06 de 12 de maio de 2015 PROCESSO SELETIVO INTERNO SIMPLIFICADO PARA SELEÇÃO DE BOLSISTAS DE EXTENSÃO DO INSTITUTO FEDERAL FLUMINENSE

Leia mais

CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA Nº 03 /2015

CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA Nº 03 /2015 1 CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA Nº 03 /2015 A Coordenação do Curso de Arquitetura e Urbanismo, da Unidade de Ensino Superior Dom Bosco, no uso de suas atribuições

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE INVERNO 2015 EDITAL

PROCESSO SELETIVO DE INVERNO 2015 EDITAL U N I V E R S I D A D E D E P A S S O F U N D O V i c e - R e i t o r i a d e G r a d u a ç ã o S e c r e t a r i a G e r a l d o s C u r s o s Campus I Rodovia BR 285 Km 292,7 - Bairro São José CEP 99052-900

Leia mais

FACULDADE VALE DO SALGADO

FACULDADE VALE DO SALGADO EDITAL Nº 4, 14 DE FEVEREIRO DE 24 - EDITAL PARA SELEÇÃO DE MONITORES QUE INTEGRARÃO O PROGRAMA DE MONITORIA DA FACULDADE VALE DO SALGADOPARA O PERÍODO LETIVO DE 24.1 E 24.2 A Coordenação de Pesquisa e

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO COMISSÃO DE MONITORIA INSTRUÇÃO DE SERVIÇO N.º 03 DE 10 DE NOVEMBRO DE 2014

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO COMISSÃO DE MONITORIA INSTRUÇÃO DE SERVIÇO N.º 03 DE 10 DE NOVEMBRO DE 2014 UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO COMISSÃO DE MONITORIA INSTRUÇÃO DE SERVIÇO N.º 03 DE 10 DE NOVEMBRO DE 2014 EMENTA: Estabelece critérios para a operacionalização do Programa de

Leia mais

EDITAL Nº02, DE 09 DE FEVEREIRO DE 2015. PROCESSO SELETIVO DE MONITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO CATEGORIA: VOLUNTÁRIA

EDITAL Nº02, DE 09 DE FEVEREIRO DE 2015. PROCESSO SELETIVO DE MONITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO CATEGORIA: VOLUNTÁRIA EDITAL Nº0, DE 09 DE FEVEREIRO DE 05. PROCESSO SELETIVO DE MONITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO CATEGORIA: VOLUNTÁRIA O DIRETOR DO CÂMPUS DO PANTANAL da Fundação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul,

Leia mais

MANUAL DE MONITORIA DA FACULDADE DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DE UNAÍ - FACISA

MANUAL DE MONITORIA DA FACULDADE DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DE UNAÍ - FACISA MANUAL DE MONITORIA DA FACULDADE DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DE UNAÍ - FACISA Elaborado por: Cláudia Aparecida Sadi Ramos Maria das Neves Martins Unaí - 2010 2 SUMÁRIO INTRUDUÇÃO... 3 JUSTIFICATIVA... 4 OBJETIVO

Leia mais

Considerando a necessidade de acompanhar, orientar e preparar melhor os acadêmicos no

Considerando a necessidade de acompanhar, orientar e preparar melhor os acadêmicos no FAPAC - Faculdade Presidente Antônio Carlos. ITPAC-INSTITUTO TOCANTINENSE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS PORTO LTDA. Rua 02 Qd. 07 - Jardim dos Ypês Porto Nacional TO CEP 77.500-000 Fone: (63) 3363 9600 - CNPJ

Leia mais

EDITAL PIBID/UGB Nº 02 / 2015 EDITAL DE SELEÇÃO DE ALUNOS BOLSISTAS DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA

EDITAL PIBID/UGB Nº 02 / 2015 EDITAL DE SELEÇÃO DE ALUNOS BOLSISTAS DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA CENTRO UNIVERSITÁRIO GERALDO DI BIASE FUNDAÇÃO EDUCACIONAL ROSEMAR PIMENTEL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO EDITAL PIBID/UGB Nº 02 / 2015 EDITAL DE SELEÇÃO DE ALUNOS BOLSISTAS DO

Leia mais

EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO PARA ESTAGIÁRIO DE TÉCNICO EM INFORMÁTICA, TÉCNICO EM MECATRÔNICA OU TÉCNICO EM ELETRÔNICA

EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO PARA ESTAGIÁRIO DE TÉCNICO EM INFORMÁTICA, TÉCNICO EM MECATRÔNICA OU TÉCNICO EM ELETRÔNICA EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO PARA ESTAGIÁRIO DE TÉCNICO EM INFORMÁTICA, TÉCNICO EM MECATRÔNICA OU TÉCNICO EM ELETRÔNICA DIRETORIA GERAL DA ADMINISTRAÇÃO Processo nº 01P-2192/2015 A(O) Diretoria

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ CÂMPUS CORNÉLIO PROCÓPIO Diretoria de Graduação e Educação Profissional

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ CÂMPUS CORNÉLIO PROCÓPIO Diretoria de Graduação e Educação Profissional 1. Edital 02/2015 DIRGRAD-CP Retificado em 16/03/2015 Seleção de alunos para projetos de Melhoria dos Cursos de Graduação e Técnicos de Nível Médio da UTFPR O Diretor de Graduação e Educação Profissional

Leia mais

EDITAL nº 068/2015 PROGRAMA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR PARA O DESENVOLVIMENTO REGIONAL PROESDE

EDITAL nº 068/2015 PROGRAMA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR PARA O DESENVOLVIMENTO REGIONAL PROESDE EDITAL nº 068/2015 PROGRAMA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR PARA O DESENVOLVIMENTO REGIONAL PROESDE Lilia Aparecida Casagrande de Oliveira, Pró-Reitora de Pesquisa, Extensão e Pós-Graduação, da Universidade do Planalto

Leia mais

EDITAL Nº06 1º SEMESTRE 2015 SELEÇÃO DE TUTORES PRESENCIAIS

EDITAL Nº06 1º SEMESTRE 2015 SELEÇÃO DE TUTORES PRESENCIAIS EDITAL Nº06 1º SEMESTRE 2015 SELEÇÃO DE TUTORES PRESENCIAIS Junho de 2015 1 INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS CÂMPUS MUZAMBINHO CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA -

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO NÚCLEO DE CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS - NUCSA DEPARTAMENTO ACADEMICO DE ADMINISTRAÇÃO EDITAL Nº 001/2014

PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO NÚCLEO DE CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS - NUCSA DEPARTAMENTO ACADEMICO DE ADMINISTRAÇÃO EDITAL Nº 001/2014 PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO NÚCLEO DE CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS - NUCSA DEPARTAMENTO ACADEMICO DE ADMINISTRAÇÃO EDITAL Nº 001/2014 PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA DE MONITORIA ACADÊMICA 1 A Fundação Universidade

Leia mais

EDITAL COMPLEMENTAR MNPEF - UFF N O 01/2015 PROCESSO SELETIVO DE INGRESSO NO CURSO DE MESTRADO NACIONAL PROFISSIONAL EM ENSINO DE FÍSICA POLO 15

EDITAL COMPLEMENTAR MNPEF - UFF N O 01/2015 PROCESSO SELETIVO DE INGRESSO NO CURSO DE MESTRADO NACIONAL PROFISSIONAL EM ENSINO DE FÍSICA POLO 15 Universidade Federal Fluminense Instituto de Ciências Exatas Departamento de Física Programa de Pós-Graduação em Ensino de Física, Polo 15 Sul Fluminense EDITAL COMPLEMENTAR MNPEF - UFF N O 01/2015 PROCESSO

Leia mais

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM TECNOLOGIAS QUÍMICA E BIOLÓGICA EDITAL Nº 1/2014

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM TECNOLOGIAS QUÍMICA E BIOLÓGICA EDITAL Nº 1/2014 UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM TECNOLOGIAS QUÍMICA E BIOLÓGICA EDITAL Nº 1/2014 SELEÇÃO DE CANDIDATOS ÀS VAGAS DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM TECNOLOGIAS QUÍMICA E BIOLÓGICA PARA

Leia mais

EDITAL N o 03 1º SEMESTRE 2012 SELEÇÃO DE TUTORES A DISTÂNCIA

EDITAL N o 03 1º SEMESTRE 2012 SELEÇÃO DE TUTORES A DISTÂNCIA EDITAL N o 03 1º SEMESTRE 2012 SELEÇÃO DE TUTORES A DISTÂNCIA 1 INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS CAMPUS MUZAMBINHO CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA - CEAD SELEÇÃO

Leia mais

Edital do Vestibular 2016-1º Semestre

Edital do Vestibular 2016-1º Semestre Edital do Vestibular 2016-1º Semestre O Reitor do Centro Universitário da Fundação Educacional Inaciana Padre Saboia de Medeiros FEI torna pública a abertura do Processo Seletivo para o preenchimento das

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA UESB

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA UESB EDITALNº 070/2015 O REITOR DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA UESB, no uso de suas atribuições legais, em conformidade com a Lei Estadual nº 7.176,de10/09/1997, observando as disposições da

Leia mais

Legislação do curso. Vagas. 45 Noturno 45

Legislação do curso. Vagas. 45 Noturno 45 De acordo com a Lei nº 9.394 de 20/12/96 e o Regimento Geral, a Reitora da Universidade Salvador - UNIFACS, no uso de suas atribuições, torna pública a abertura das inscrições para o Processo Seletivo

Leia mais

EDITAL 021/2015/ IFILO/UFU/ PROCESSO SELETIVO PARA ESTAGIÁRIO (A) 1.1. A disponibilidade e descrição das vagas estão indicadas na tabela a seguir:

EDITAL 021/2015/ IFILO/UFU/ PROCESSO SELETIVO PARA ESTAGIÁRIO (A) 1.1. A disponibilidade e descrição das vagas estão indicadas na tabela a seguir: EDITAL 021/2015/ IFILO/UFU/ PROCESSO SELETIVO PARA ESTAGIÁRIO (A) O Instituto de Filosofia/Pós-graduação em Filosofia da Universidade Federal de Uberlândia, amparado (a) no artigo 244 das Normas de Graduação,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO UFES COORDENAÇÃO DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID CAMPUS DE GOIABEIRAS

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO UFES COORDENAÇÃO DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID CAMPUS DE GOIABEIRAS UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO UFES COORDENAÇÃO DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID CAMPUS DE GOIABEIRAS Edital n.º 01/ 2015 - Ciências Sociais: Processo Seletivo para

Leia mais

Universidade Estadual de Londrina Centro de Ciências Exatas Departamento de Física Programa de Pós-Graduação em Ensino de Física - POLO UEL

Universidade Estadual de Londrina Centro de Ciências Exatas Departamento de Física Programa de Pós-Graduação em Ensino de Física - POLO UEL Universidade Estadual de Londrina Centro de Ciências Exatas Departamento de Física Programa de Pós-Graduação em Ensino de Física - POLO UEL EDITAL COMPLEMENTAR MNPEF-UEL Nº 001/2014 PROCESSO SELETIVO DE

Leia mais

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA Nº 03 /2015

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA Nº 03 /2015 1 CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA Nº 03 /2015 A Coordenação do Curso de Ciências Contábeis, da Unidade de Ensino Superior Dom Bosco, no uso de suas atribuições

Leia mais

EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO N 25, DE 12 DE AGOSTO DE 2013.

EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO N 25, DE 12 DE AGOSTO DE 2013. EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO N 25, DE 12 DE AGOSTO DE 13. O Diretor Pró-Tempore do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão Campus São João dos Patos, no uso de suas atribuições,

Leia mais

Universidade Federal do Rio de Janeiro Campus Macaé Programa de Pós-Graduação em Ensino de Física [polo UFRJ_Macaé]

Universidade Federal do Rio de Janeiro Campus Macaé Programa de Pós-Graduação em Ensino de Física [polo UFRJ_Macaé] Universidade Federal do Rio de Janeiro Campus Macaé Programa de Pós-Graduação em Ensino de Física [polo UFRJ_Macaé] EDITAL COMPLEMENTAR MNPEF-UFRJ_MACAÉ N O 183/2014 PROCESSO SELETIVO DE INGRESSO NO CURSO

Leia mais

EXTRATO DO EDITAL Nº 49/2012-UEPA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ

EXTRATO DO EDITAL Nº 49/2012-UEPA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ EXTRATO DO EDITAL Nº 49/2012-UEPA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ IV CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE SEGURANÇA DO TRABALHO BELÉM - PA A Reitora da Universidade do Estado

Leia mais

ETEP FACULDADE DE TECNOLOGIA DE JACAREÍ EDITAL DE PROCESSO SELETIVO 1º SEMESTRE DE 2015 CURSOS SUPERIORES TRADICIONAIS CAMPUS JACAREÍ

ETEP FACULDADE DE TECNOLOGIA DE JACAREÍ EDITAL DE PROCESSO SELETIVO 1º SEMESTRE DE 2015 CURSOS SUPERIORES TRADICIONAIS CAMPUS JACAREÍ ETEP FACULDADE DE TECNOLOGIA DE JACAREÍ EDITAL DE PROCESSO SELETIVO 1º SEMESTRE DE 2015 CURSOS SUPERIORES TRADICIONAIS CAMPUS JACAREÍ A Direção Acadêmica da ETEP Faculdade de Tecnologia de Jacareí, autorizada

Leia mais

SELEÇÃO DE ALUNOS PARA O CURSO POPULAR PREPARATÓRIO ENEM 2011

SELEÇÃO DE ALUNOS PARA O CURSO POPULAR PREPARATÓRIO ENEM 2011 EDITAL Nº 01/2011 SELEÇÃO DE ALUNOS PARA O CURSO POPULAR PREPARATÓRIO ENEM 2011 A Universidade Federal de Itajubá Campus Itabira torna público o edital que regulamenta a seleção de alunos para ingresso

Leia mais

EDITAL Nº. 21/2015 PROCESSO SELETIVO/VESTIBULAR DE INVERNO-2015

EDITAL Nº. 21/2015 PROCESSO SELETIVO/VESTIBULAR DE INVERNO-2015 O Diretor Geral das Faculdades Integradas do Vale do Iguaçu, mantidas pela Unidade de Ensino Superior Vale do Iguaçu, no uso de suas atribuições regimentais e demais disposições legais, torna público o

Leia mais

PLANO DE ENSINO/AULA

PLANO DE ENSINO/AULA GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE GESTÃO PEDAGÓGICA E INCLUSÃO EDUCACIONAL COORDENAÇÃO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL ESCOLA TÉCNICA DE BRASÍLA PLANO DE ENSINO/AULA

Leia mais

CONCURSO VESTIBULAR 2016.1 EDITAL

CONCURSO VESTIBULAR 2016.1 EDITAL CONCURSO VESTIBULAR 2016.1 EDITAL A REITORA do Centro Universitário de João Pessoa UNIPÊ faz saber, pelo presente EDITAL, que estão sendo abertas durante o período, de 15 de setembro de 2015 a 11 de março

Leia mais

2 DOS CURSOS, DOS TURNOS, ÁREA AFIM AO CURSO PRETENDIDO E DO NÚMERO DE VAGAS OFERECIDAS

2 DOS CURSOS, DOS TURNOS, ÁREA AFIM AO CURSO PRETENDIDO E DO NÚMERO DE VAGAS OFERECIDAS Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Câmpus Porto Alegre EDITAL Nº 033, DE 15 DE MAIO DE 2015.

Leia mais

INSTITUTO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DE POUSO ALEGRE REGULAMENTO INSTITUCIONAL DE MONITORIA

INSTITUTO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DE POUSO ALEGRE REGULAMENTO INSTITUCIONAL DE MONITORIA INSTITUTO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DE POUSO ALEGRE REGULAMENTO INSTITUCIONAL DE MONITORIA CAPÍTULO l DOS OBJETIVOS Artigo 1º - As presentes normas têm por objetivo organizar e disciplinar a monitoria, no âmbito

Leia mais

EDITAL Nº 111/2015 (EDITAL COMPLEMENTAR MNPEF-UNEB) Referente ao Aviso Nº 084/2015, publicado no D.O.E. de 17.10.2015

EDITAL Nº 111/2015 (EDITAL COMPLEMENTAR MNPEF-UNEB) Referente ao Aviso Nº 084/2015, publicado no D.O.E. de 17.10.2015 EDITAL Nº 111/2015 (EDITAL COMPLEMENTAR MNPEF-UNEB) Referente ao Aviso Nº 084/2015, publicado no D.O.E. de 17.10.2015 O REITOR DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA (UNEB), no uso de suas atribuições legais

Leia mais