UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS (UFLA) CRITÉRIOS DE SELEÇÃO DO MESTRADO E DOUTORADO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS (UFLA) CRITÉRIOS DE SELEÇÃO DO MESTRADO E DOUTORADO"

Transcrição

1 UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS (UFLA) DEPARTAMENTO DE ADMINSITRAÇÃO E ECONOMIA (DAE) PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO (PPGA) CRITÉRIOS DE SELEÇÃO DO MESTRADO E DOUTORADO O processo de seleção para o Mestrado e Doutorado em Administração do Programa de Pós-Graduação em Administração da Universidade Federal de Lavras (PPGA/UFLA), em suas áreas de concentração/linhas de pesquisa, será regido pelos Critérios de Seleção aprovados pelo Colegiado do PPGA/UFLA, em reunião realizada em 20/08/2010. A seguir apresentam-se, separadamente, os critérios de seleção ao Mestrado e ao Doutorado. CRITÉRIOS DE SELEÇÃO MESTRADO EM ADMINISTRAÇÃO O processo de seleção dos candidatos ao Mestrado em Administração encontra-se dividido em: Requisitos de seleção: primeira fase (Peso 50%): análise de documentos. segunda fase (Peso 50%): proposta de pesquisa, prova escrita e entrevista. 1. REQUISITOS DE SELEÇÃO TESTE ANPAD Para ser selecionado ao Mestrado, o candidato deve atender aos requisitos de pontuação mínima estabelecidos pelo PPGA para o Teste ANPAD, ou seja, ele deve obter a pontuação mínima de 40% (quarenta por cento) do total de pontos possíveis no Teste ANPAD e 35% (trinta e cinco por cento) do total de pontos possíveis na Prova de Inglês do Teste ANPAD. 2. PRIMEIRA FASE ANÁLISE DE DOCUMENTOS (PESO 50%). 2.1.Teste ANPAD (Peso 20%): tomando como referência os resultados do Teste ANPAD, ficou estabelecido que os candidatos serão ranqueados levando-se em consideração os resultados do Teste ANPAD, ou seja, será atribuída nota 10 (dez) para o candidato que obtiver a maior nota no Teste ANPAD e, para os demais candidatos, serão atribuídas notas proporcionais à nota deste candidato Análise do Curriculum Vitae (Peso 30%): definiu-se que essa análise será feita considerando os seguintes critérios: A) Padrão da instituição de origem (Peso parcial 3%): será atribuída a pontuação abaixo para a instituição de origem do candidato, conforme o Índice Geral de Cursos da Instituição (IGC ) divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas

2 Educacionais Anísio Teixeira (INEP) do Ministério da Educação (MEC), para o triênio IGC da Instituição Pontuação Sem classificação 0 B) Histórico escolar (Peso parcial 10%): será considerada a média aritmética do rendimento escolar do aluno de acordo com a classificação abaixo. Em caso de conceitos, serão considerados os valores relativos aos conceitos da UFLA. Média geral de 5 a 5,9 = 2 pontos. Média geral de 6 a 6,9 = 4 pontos. Média geral de 7 a 7,9 = 6 pontos. Média geral de 8 a 8,9 = 8 pontos. Média geral de 9 a 10,0 =10 pontos. C) Carta de Referência (Peso parcial 2%): os avaliadores atribuirão uma nota de 0 a 10 às Cartas de Referência, considerando o conteúdo das mesmas. D) Atividades Desenvolvidas (Peso parcial 15%): nesta análise deverá ser feita uma planilha para cada candidato, na qual deverá constar a pontuação por item e total, de acordo com tabela de pontuação previamente estabelecida. Com base na pontuação total, os candidatos serão ranqueados (10 pontos para a maior pontuação e valor proporcional para os demais candidatos). Os critérios de pontuação encontram-se disponíveis no final deste documento. Neste ponto, os candidatos serão ranqueados conforme pontuação obtida nos itens 2.1 e 2.2. sendo convocados para a SEGUNDA FASE (proposta de pesquisa, prova escrita e entrevista) um número limitado de candidatos, considerando o número máximo de vagas acrescido de 100% (cem por cento). 3. SEGUNDA FASE PROPOSTA DE PESQUISA, PROVA ESCRITA E ENTREVISTA (PESO 50%) 3.1. Avaliação da proposta de pesquisa (Peso 15%): os avaliadores deverão atribuir uma nota de 0 a 10 à Proposta de pesquisa do candidato, considerando os seguintes critérios: clareza e objetividade; natureza do tema e coerência teórico-metodológica e sua relação com as áreas de concentração/linhas de pesquisa; 3.2 Prova escrita (Peso 20%): os avaliadores deverão atribuir uma nota de 0 a 10 à prova escrita, que deverá envolver redação sobre tema relacionado à área de concentração/ linha de pesquisa;

3 3.3 Entrevista (Peso 15%): os avaliadores deverão atribuir nota de 0 a 10 à entrevista do candidato, considerando os seguintes critérios: disponibilidade de orientação, maturidade do candidato, capacidade de comunicação e articulação de ideias, argumentação em torno da proposta de pesquisa, conhecimento técnico do assunto ligado à proposta de pesquisa e equilíbrio emocional. Finalmente, serão ranqueados e selecionados os melhores candidatos, conforme: pontos obtidos, número de vagas disponíveis, disponibilidade de orientação e nota de corte adotada pela comissão de avaliação/seleção. Os candidatos cuja nota final for inferior a 60% serão desclassificados. CRITÉRIOS DE SELEÇÃO DOUTORADO EM ADMINISTRAÇÃO O processo de seleção dos candidatos ao Doutorado em Administração encontra-se dividido em: Requisitos de seleção; Primeira fase (Peso 50%): análise de documentos; Segunda fase (Peso 50%): prova de inglês do Teste ANPAD, prova escrita e entrevista. 1. REQUISITOS DE SELEÇÃO TESTE ANPAD Para ser selecionado ao Doutorado, o candidato deve atender aos requisitos de pontuação mínima estabelecidos pelo PPGA para o Teste ANPAD, ou seja, ele deve obter a pontuação mínima de 45% (quarenta e cinco por cento) do total de pontos possíveis no Teste ANPAD e 45% (quarenta e cinco por cento) do total de pontos possíveis na Prova de Inglês do Teste ANPAD. 2. PRIMEIRA FASE - ANÁLISE DE DOCUMENTOS (50%) 2.1. Teste ANPAD (Peso 15%): tomando como referência os resultados do Teste ANPAD, ficou estabelecido que os candidatos serão ranqueados levando em consideração os resultados do Teste ANPAD, ou seja, será atribuída nota 10 (dez) para o candidato que obtiver maior nota no referido teste e para os demais candidatos serão atribuídas notas proporcionais à nota deste candidato Análise do Curriculum Vitae (Peso 30%): definiu-se que essa análise será feita considerando os seguintes critérios: A) Padrão da instituição de origem (Peso parcial 2%): os avaliadores atribuirão nota de 0 a 10 pontos, considerando o conceito obtido pela avaliação da CAPES: Conceito 5 ou superior = 10 pontos. Conceito 4 = 8 pontos. Conceito 3 = 3 pontos. Não reconhecido pela CAPES = zero pontos.

4 B) Tempo de Conclusão Mestrado (Peso parcial 2%): os avaliadores atribuirão nota de 0 a 10 pontos, de acordo com o tempo que o candidato levou para concluir o curso de mestrado. Conclusão em até 18 meses = 10 pontos. Conclusão entre 19 e 24 meses = 8 pontos. Conclusão entre 25 e 30 meses = 6 pontos. Conclusão entre 31 e 36 meses = 3 pontos. Conclusão com mais de 36 meses = zero pontos. C) Histórico escolar (Peso parcial 5%): deverá ser considerado o rendimento escolar do aluno de acordo com o seguinte critério de classificação da média geral (em caso de conceitos, serão considerados os valores relativos aos conceitos da UFLA): Média geral de 5 a 5,9 = 2 pontos. Média geral de 6 a 6,9 = 4 pontos. Média geral de 7 a 7,9 = 6 pontos. Média geral de 9 a 8,9 = 8 pontos. Média geral de 9 a 10,0 =10 pontos. D) Carta de referência (Peso parcial 1%): os avaliadores deverão atribuir nota de 0 a 10 pontos nas Cartas de Referência, considerando o conteúdo das cartas, a proximidade entre o apresentado e o apresentador, tempo de convívio com o candidato e reputação científica e acadêmica do apresentador. E) Atividades desenvolvidas (Peso parcial 20%): nesta análise deverá ser feita uma planilha para cada candidato, na qual deverá constar a pontuação por item e total de acordo com tabela de pontuação previamente estabelecida. Com base na pontuação total, os candidatos deverão ser ranqueados (nota 10 (dez) para a maior pontuação e valor proporcional para os demais). Os critérios de pontuação encontram-se disponíveis no final deste documento Avaliação de dissertação e até 3 (três) principais publicações (Peso 5%) A) Avaliação da dissertação (Peso parcial 3%): os avaliadores deverão atribuir uma nota de 1 a 10 pontos na dissertação, levando-se em consideração os seguintes critérios: importância científica do tema, qualidade da revisão bibliográfica, coerência teórico-metodológica, profundidade das análises dos resultados, qualidade da redação e contribuição científica. B) Avaliação de até 3 (três) principais publicações (Peso parcial 2%): os avaliadores deverão atribuir nota de 1 a 10 pontos, levando-se em consideração: qualidade dos periódicos/congressos (Qualis/Capes), qualidade da revisão bibliográfica, coerência teórico-metodológica, profundidade das análises dos resultados, redação e contribuição científica. Neste ponto, os candidatos serão ranqueados conforme pontuação obtida nos itens 2.1, 2.2. e 2.3. sendo convocados para a SEGUNDA FASE (pontuação na prova de inglês do Teste ANPAD, projeto preliminar de tese, prova escrita e entrevista) um número limitado de candidatos, considerando o número máximo de vagas acrescido de 100% (cem por cento).

5 3. SEGUNDA FASE (PESO 50%): os candidatos aprovados e selecionados na primeira fase terão avaliação de sua pontuação na Prova de Inglês do Teste ANPAD, da prova escrita (redação) e entrevista, conforme os seguintes critérios Prova de inglês do Teste ANPAD (peso 10%): será considerado o número de pontos obtidos na prova de inglês do Teste ANPAD, sendo atribuída Nota 10 (dez) para o candidato que obtiver a maior nota na referida prova e para os demais candidatos serão atribuídas notas proporcionais à nota deste candidato Projeto preliminar de tese (Peso 10%): cada avaliador deverá atribuir nota de 1 a 10 pontos considerando os seguintes critérios: aderência do projeto à área de concentração/linha de pesquisa pretendida, definição do problema de pesquisa, viabilidade dos objetivos, importância científica e sócio-econômica, coerência teóricometodológica, qualidade da redação, qualidade da revisão bibliográfica e disponibilidade de orientação Prova escrita (Peso 15%): os avaliadores deverão atribuir uma nota de 0 a 10 na prova escrita que deverá envolver redação sobre tema relacionado à área de concentração. Na referida avaliação, os avaliadores deverão aplicar os seguintes critérios: a capacidade de organização e defesa de idéias; coerência discursiva (introdução, desenvolvimento e conclusão), clareza e objetividade, correção gramatical e profundidade conceitual Entrevista (Peso 15%): os avaliadores deverão atribuir nota de 0 a 10 pontos na entrevista do candidato, considerando os seguintes critérios: disponibilidade de orientação, maturidade do candidato, capacidade de comunicação e articulação de idéias, argumentação em torno do projeto preliminar de tese, conhecimento técnico do assunto ligado ao seu projeto preliminar de tese e equilíbrio emocional. Finalmente, serão ranqueados e selecionados os melhores candidatos, conforme: pontos obtidos, número de vagas disponíveis, disponibilidade de orientação e nota de corte adotada pela comissão de avaliação/seleção. Os candidatos cuja nota final for inferior a 60% serão desclassificados.

6 TABELA DE CRITÉRIOS DE PONTUAÇÃO DAS ATIVIDADES DESENVOLIDAS PELOS CANDIDATOS (Processo de Seleção do PPGA/UFLA para o primeiro semestre de 2011) 1 IDENTIFICAÇÃO: 2 FORMAÇÃO ACADÊMICA: PONTUAÇÃO MESTRADO PONTUAÇÃO DOUTORADO Curso de especialização 3 pontos (360hs) 3 pontos (360hs) Mestrado Conceito 5 ou > = 10 pontos Conceito 4 = 8 pontos Conceito 3 = 5 pontos Conceito 5 ou > = 10 pontos Conceito 4 = 8 pontos Conceito 3 = 5 pontos Doutorado Conceito 5 ou > = 10 pontos Conceito 4 = 8 pontos Conceito 3 = 5 pontos 3- EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL ACADÊMICA E NÃO ACADÊMICA Estágio extracurricular 1 ponto/100horas (máximo 300 horas) 0,5/100 horas (máximo 300 horas) Trabalho não acadêmico 2 pontos/ano (máximo 5 anos) 2 pontos/ano (máximo 5 anos) Trabalho acadêmico 2 pontos/ano (máximo 5 anos) 1 pontos/ano (máximo 5 anos) Atividades administrativas (além da exercida/cargo ocupado, por exemplo em colegiados, comissões, etc.) 1 ponto/ano (máximo 5 anos) 1 ponto/ano (máximo 5 anos)

7 4- ENSINO PONTUAÇÃO MESTRADO (Máximo 5 anos) PONTUAÇÃO DOUTORADO (Máximo 5 anos) Coordenação de curso de graduação ou lato sensu 5 pontos/ano 5 pontos/ano Disciplinas ministradas na graduação 1 ponto/disciplina/semestre 1 ponto/disciplina/semestre Disciplinas ministradas na pós-graduação Stricto Sensu (Mestrado e Doutorado) 2 pontos/disciplina/semestre Disciplinas ministradas no Lato sensu (Especialização) 1 ponto/disciplina 1 ponto/disciplina Aulas ministradas no ensino médio 1 ponto/200 horas 1 ponto/200 horas Orientação acadêmica na graduação (monografia e iniciação científica) 1 ponto/aluno 1 ponto/aluno Orientação acadêmica no Lato Sensu (monografia) 1 ponto/aluno 1 ponto/aluno Orientação acadêmica no Stricto sensu (mestrado) 3 pontos/aluno Bolsista iniciação científica 3 pontos/ano 3 pontos/ano Bolsista PET 2 pontos/ano 2 pontos/ano Estágio docência 1 ponto/ semestre 1 ponto/ semestre Tutor de curso (Lato Sensu e graduação) 0,5 ponto/ disciplina 0,5 ponto/ disciplina Monitor de curso (Lato Sensu e graduação) 0,5 ponto/ semestre 0,5 ponto/ semestre

8 5- PESQUISA PONTUAÇÃO MESTRADO PONTUAÇÃO DOUTORADO Coordenação de projeto de pesquisa apoiado por agência de fomento ou organização particular Coordenação de projeto de pesquisa sem apoio de agência de fomento ou organização particular Membro de projeto de pesquisa apoiado por agência de fomento ou organização particular Membro de projeto de pesquisa sem apoio de agência de fomento ou organização particular Consultor ad hoc de revista classificada Qualis ou projetos de órgãos de fomento 5 pontos/projeto/ano 5 pontos/projeto/ano 2 pontos/projeto/ano 2 pontos/projeto/ano 2 pontos/projeto/ano 2 pontos/projeto/ano 1 ponto/projeto 1 ponto/projeto 1 ponto/artigo 1 ponto/artigo Consultor ad hoc de revista sem classificação Qualis 0,5 ponto/artigo 0,5 ponto/artigo Consultor ad hoc de evento classificado Qualis 1 ponto/participação 1 ponto/ participação Participação de congressos Qualis com apresentação 2 pontos/evento 2 pontos/evento Participação de congressos Qualis como ouvinte 0,5 ponto/evento 0,5 ponto/evento

9 6- PUBLICAÇÕES PONTUAÇÃO MESTRADO PONTUAÇÃO DOUTORADO Periódicos 1º a 3º autor Demais 1º. a 3º. autor Demais Publicação em periódicos Qualis A1 26 pontos 13 pontos 26 pontos 13 pontos Publicação em periódicos Qualis A2 20 pontos 10 pontos 20 pontos 10 pontos Publicação em periódicos Qualis B1 18 pontos 9 pontos 18 pontos 9 pontos Publicação em periódicos Qualis B2 16 pontos 8 pontos 16 pontos 8 pontos Publicação em periódicos Qualis B3 10 pontos 5 pontos 10 pontos 5 pontos Publicação em periódicos Qualis B4 6 pontos 3 pontos 6 pontos 3 pontos Publicação em periódicos Qualis B5 3 pontos 1,5 ponto 3 pontos 1,5 ponto Periódicos Qualis C ou sem classificação 1 ponto 0,5 ponto 1 ponto 0,5 ponto Trabalhos completos em eventos Artigo ou resumo estendido em eventos Qualis E1 14 pontos 7 pontos 14 pontos 7 pontos Artigo ou resumo estendido em eventos Qualis E2 10 pontos 5 pontos 10 pontos 5 pontos Artigo ou resumo estendido em eventos sem 2 pontos 1 ponto 2 pontos 1 ponto classificação Qualis Resumos em eventos 0,5 pontos 0,25 ponto 0,5 pontos 0,25 ponto Livro relacionado às áreas do PPGA 25 pontos 12,5 ponto 25 pontos 12,5 ponto Capítulo de livro relacionado às áreas do PPGA 10 pontos 5 pontos 10 pontos 5 pontos Boletim técnico 1 ponto 0,5 ponto 1 ponto 0,5 ponto Outras publicações 0,5 ponto 0,25 ponto 0,5 ponto 0,25 ponto

10 7- EXTENSÃO PONTUAÇÃO MESTRADO PONTUAÇÃO DOUTORADO Registro ou solicitação de registro de patente produto ou software Coordenador de projeto de extensão apoiado por agência de fomento Coordenador de projeto de extensão sem apoio de agência de fomento Membro de projeto de extensão apoiado por agência de fomento Membro de projeto de extensão sem apoio de agência de fomento Curso de extensão ministrado (indicar número de horas) Participação em curso ou evento de extensão (indicar número de horas) 20 pontos 20 pontos 5 pontos/projeto 5 pontos/projeto 2 pontos/projeto 2 pontos/projeto 2 pontos/projeto 2 pontos/projeto 1 ponto/projeto 1 ponto/projeto 1 ponto/30 horas 1 ponto/30 horas 0,5 ponto/ 30 horas 0,5 ponto/ 30 horas Palestrante em evento de extensão 1 ponto/evento 1 ponto/evento Coordenador de evento de extensão 2 pontos/evento 2 pontos/evento Membro de comissão organizadora em evento de extensão 0,5 ponto/evento 0,5 ponto/evento Membro de Empresa Junior 1 ponto/ano 1 ponto/ano Gestor de empresa incubada 2 pontos/ano 2 pontos/ano Membro de empresa incubada 1 ponto/ano 1 ponto/ano

11 8- OUTRAS ATIVIDADES, DESTAQUES OU PRÊMIOS. PONTUAÇÃO MESTRADO PONTUAÇÃO DOUTORADO Prêmios de destaque 5 pontos/prêmio 5 pontos/prêmio Outras atividades relevantes 0,5 ponto/atividade 0,5 ponto/atividade

UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS (UFLA)

UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS (UFLA) UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS (UFLA) DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO E ECONOMIA (DAE) PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO (PPGA) DETALHAMENTO DOS CRITÉRIOS DE SELEÇÃO REFERENTE AO ADITIVO DO EDITAL

Leia mais

Critérios de Seleção para Mudança de Nível do Mestrado para o Doutorado do PPGEE/UFLA

Critérios de Seleção para Mudança de Nível do Mestrado para o Doutorado do PPGEE/UFLA UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXTAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ESTATÍSTICA E EXPERIMENTAÇÃO AGROPECUÁRIA Caixa Postal 3037-37200-000 - LAVRAS-MG TEL: (35) 3829-1963 E-mail:

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FISIOLOGIA VEGETAL ADITIVO A RESOLUÇÃO Nº 02 DO PPGFV/UFLA

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FISIOLOGIA VEGETAL ADITIVO A RESOLUÇÃO Nº 02 DO PPGFV/UFLA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FISIOLOGIA VEGETAL ADITIVO A RESOLUÇÃO Nº 02 DO PPGFV/UFLA Este aditivo modifica o Art. 2º da Resolução nº 2 de 05 de maio de 2009 que estabelece critérios para seleção de

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE CIRURGIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE CIRURGIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE CIRURGIA CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES DO MAGISTÉRIO SUPERIOR EDITAL nº, de de setembro de 12, publicado no Diário Oficial

Leia mais

CONCURSO 2011 EDITAL 06/2010.

CONCURSO 2011 EDITAL 06/2010. CONCURSO 2011 EDITAL 06/2010. BAREMA PARA AVALIAÇÃO DA PROVA DE TÍTULOS (Conforme Resolução 11/2010, do Conselho Universitário da UFBA) I. TÍTULOS ACADEMICOS N o DE PONTOS 01. Livre docência na área do

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO MATERNO INFANTIL

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO MATERNO INFANTIL SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO MATERNO INFANTIL CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS DA CARREIRA DO MAGISTÉRIO SUPERIOR CLASSE

Leia mais

Cálculo da Pontuação nos concursos para Professor Adjunto:

Cálculo da Pontuação nos concursos para Professor Adjunto: SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO Concurso Público de Provas e Títulos, para provimento de Cargos Docentes da Carreira do Magistério Superior (Professor Adjunto) TABELA DE PONTUAÇÃO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS (UFLA) CRITÉRIOS DE SELEÇÃO DO MESTRADO E DOUTORADO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS (UFLA) CRITÉRIOS DE SELEÇÃO DO MESTRADO E DOUTORADO UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS (UFLA) DEPARTAMENTO DE ADMINSITRAÇÃO E ECONOMIA (DAE) PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO (PPGA) CRITÉRIOS DE SELEÇÃO DO MESTRADO E DOUTORADO O processo de seleção

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTE DO MAGISTÉRIO SUPERIOR

CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTE DO MAGISTÉRIO SUPERIOR CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTE DO MAGISTÉRIO SUPERIOR EDITAL nº. 01/2016 Inclusão nº. 02 FACULDADE DE - UFBA Áreas de Conhecimento: Patrimônio cultural e políticas de preservação da arquitetura, do urbanismo

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIENCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE MEDICINA TROPICAL CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES DO MAGISTÉRIO SUPERIOR

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIENCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE MEDICINA TROPICAL CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES DO MAGISTÉRIO SUPERIOR UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIENCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE MEDICINA TROPICAL CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES DO MAGISTÉRIO SUPERIOR EDITAL Nº 56 de 16 de JUNHO de 2016, publicado no

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO ESCOLAR E PLANEJAMENTO EDUCACIONAL

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO ESCOLAR E PLANEJAMENTO EDUCACIONAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO ESCOLAR E PLANEJAMENTO EDUCACIONAL INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES AO EDITAL N 127, DE 09 DE SETEMBRO DE 2010, PUBLICADO NO

Leia mais

EDITAL No. 418 - PROCESSO DE SELEÇÃO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GEOLOGIA DO QUATERNÁRIO

EDITAL No. 418 - PROCESSO DE SELEÇÃO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GEOLOGIA DO QUATERNÁRIO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GEOLOGIA DO QUATERNÁRIO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO QUINTA DA BOA VISTA S/N. SÃO CRISTÓVÃO CEP 20940-040 RIO DE JANEIRO, RJ BRASIL Tel: (21) 3938-1179 geoquater@mn.ufrj.br

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE ENFERMAGEM

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE ENFERMAGEM SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE ENFERMAGEM CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES DO MAGISTÉRIO SUPERIOR Edital nº 05, de 11 de fevereiro

Leia mais

ANEXO V QUADRO DE ATRIBUIÇÃO DE PONTOS PARA AVALIAÇÃO DE TÍTULOS.

ANEXO V QUADRO DE ATRIBUIÇÃO DE PONTOS PARA AVALIAÇÃO DE TÍTULOS. GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAPÁ EDITAL N. 043/23 CONCURSO PÚBLICO PARA O PROVIMENTO DE VAGAS DOS CARGOS DO QUADRO DE PESSOAL EFETIVO DE DOCENTES DA UEAP ANEXO V QUADRO DE ATRIBUIÇÃO

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO MATERNO INFANTIL

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO MATERNO INFANTIL SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO MATERNO INFANTIL CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES DO MAGISTÉRIO SUPERIOR Edital nº 56, de 16 de junho de

Leia mais

TABELA DE PONTUAÇÃO PARA PROVA DE TÍTULOS

TABELA DE PONTUAÇÃO PARA PROVA DE TÍTULOS ANEXO IV TABELA DE PONTUAÇÃO PARA PROVA DE TÍTULOS Títulos acadêmicos; atividades de ensino; atividades administrativas/profissionais; produção científica, técnica e/ou cultural, literária, filosófica

Leia mais

Universidade Estadual de Maringá Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química

Universidade Estadual de Maringá Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química CERTIDÃO Certifico que este documento foi afixado em 29/06/2016 no local de costume. R E S O L U Ç Ã O N º 120/ 1 6 - P E Q - Secretaria ADVERTÊNCIA: O prazo recursal termina em 05/07/2015. (Art. 95-1

Leia mais

UNIVERSIDADE LUTERANA DO BRASIL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO EDITAL Nº 02/PPGEDU/2016

UNIVERSIDADE LUTERANA DO BRASIL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO EDITAL Nº 02/PPGEDU/2016 UNIVERSIDADE LUTERANA DO BRASIL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO EDITAL Nº 02/PPGEDU/2016 CONTRATAÇÃO DE DOCENTE PARA O PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO O Pró-Reitor Acadêmico

Leia mais

EDITAL Nº. 10/12 - DG TESTE SELETIVO PARA A CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR COLABORADOR I

EDITAL Nº. 10/12 - DG TESTE SELETIVO PARA A CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR COLABORADOR I EDITAL Nº. 10/12 - DG TESTE SELETIVO PARA A CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR COLABORADOR I O Diretor Geral das Faculdades Integradas do Brasil torna público que estão abertas as inscrições para o teste seletivo

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE CIÊNCIAS DA SAÚDE E HUMANAS CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA PROCESSO SELETIVO PARA O CARGO DE PROFESSOR EDITAL N 09/2016

PRÓ-REITORIA DE CIÊNCIAS DA SAÚDE E HUMANAS CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA PROCESSO SELETIVO PARA O CARGO DE PROFESSOR EDITAL N 09/2016 PRÓ-REITORIA DE CIÊNCIAS DA SAÚDE E HUMANAS CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA PROCESSO SELETIVO PARA O CARGO DE PROFESSOR EDITAL N 09/2016 O Reitor da UNIVERSIDADE SEVERINO SOMBRA (USS), no uso de suas atribuições,

Leia mais

TESTE SELETIVO PARA A CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR EDITAL Nº 16/2016

TESTE SELETIVO PARA A CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR EDITAL Nº 16/2016 EDITAL Nº 16/2016 O Reitor do Centro Universitário Autônomo do Brasil, UniBrasil torna público que estão abertas as inscrições para o teste seletivo de contratação de professor para as disciplinas de Resistência

Leia mais

EDITAL Nº. 84/14 - DG TESTE SELETIVO PARA A CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR COLABORADOR I

EDITAL Nº. 84/14 - DG TESTE SELETIVO PARA A CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR COLABORADOR I EDITAL Nº. 84/14 - DG TESTE SELETIVO PARA A CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR COLABORADOR I O Diretor Geral das Faculdades Integradas do Brasil torna público que estão abertas as inscrições para o teste seletivo

Leia mais

TABELA ÚNICA DE PONTUAÇÃO PARA JULGAMENTO DE TÍTULOS. Módulo I - Títulos Acadêmicos - Peso 0,5 (meio) Itens Pontuados

TABELA ÚNICA DE PONTUAÇÃO PARA JULGAMENTO DE TÍTULOS. Módulo I - Títulos Acadêmicos - Peso 0,5 (meio) Itens Pontuados SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO Concurso Público de Provas e Títulos, para provimento de Cargos Docentes da Carreira do Magistério Superior (Professor Titular) TABELA ÚNICA DE

Leia mais

Resolução N 0 02/2011 Edital de Ingresso 1º Semestre de 2012

Resolução N 0 02/2011 Edital de Ingresso 1º Semestre de 2012 UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CENTRO DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA UNIDADE ACADÊMICA DE ENGENHARIA QUÍMICA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO Resolução N 0 02/2011 Edital de Ingresso 1º Semestre de 2012 O Colegiado

Leia mais

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR VISITANTE PARA O PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA AMBIENTAL PPG-CTA

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR VISITANTE PARA O PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA AMBIENTAL PPG-CTA PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR VISITANTE PARA O PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA PPG-CTA O Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia Ambiental (PPGCTA)

Leia mais

V DOS REQUISITOS NECESSÁRIOS PARA INSCRIÇÃO DOS CANDIDATOS. 5.1 Os candidatos devem cumprir os procedimentos, critérios e prazos:

V DOS REQUISITOS NECESSÁRIOS PARA INSCRIÇÃO DOS CANDIDATOS. 5.1 Os candidatos devem cumprir os procedimentos, critérios e prazos: EDITAL Nº XXX/2011/PROGRAD/CAPES A Pró-Reitoria de Ensino de Graduação PROGRAD no uso de suas atribuições legais, estatutárias e regimentais, torna pública a abertura das inscrições para selecionar acadêmicos

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA ESCOLA DE BELAS ARTES

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA ESCOLA DE BELAS ARTES 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA ESCOLA DE BELAS ARTES BAREMA PARA AVALIAÇÃO DA PROVA DE TÍTULOS DOS CONCURSOS E SELEÇÕES PÚBLICAS Aprovado pela Congregação da EBA/UFBA em 29/03/2012 1. TÍTULOS ACADÊMICOS

Leia mais

C O N C U R S O P Ú B L I C O P AR A D O C E N T E D O M AG I S T É R I O S U P E R I O R E D I T AL 0 1 / 2 013 DEPARTAMENTO DE GEOFÍSICA

C O N C U R S O P Ú B L I C O P AR A D O C E N T E D O M AG I S T É R I O S U P E R I O R E D I T AL 0 1 / 2 013 DEPARTAMENTO DE GEOFÍSICA INSTITUTO DE GEOCIÊNCIAS Rua Barão de Jeremoabo s/n Campus Universitário de Ondina Salvador Bahia CEP 40.170-290 Fones [71] 3283 8600 /Telefax [71] 3283 8601 C O N C U R S O P Ú B L I C O P AR A D O C

Leia mais

EDITAL BOM NEGOCIO PARANÁ 009/2015 BOM NEGÓCIO PARANÁ UNIVERSIDADE SEM FRONTEIRAS 1 DAS VAGAS, DEDICAÇÃO AO PROJETO, VALOR E DURAÇÃO DA BOLSA.

EDITAL BOM NEGOCIO PARANÁ 009/2015 BOM NEGÓCIO PARANÁ UNIVERSIDADE SEM FRONTEIRAS 1 DAS VAGAS, DEDICAÇÃO AO PROJETO, VALOR E DURAÇÃO DA BOLSA. EDITAL BOM NEGOCIO PARANÁ 009/2015 BOM NEGÓCIO PARANÁ UNIVERSIDADE SEM FRONTEIRAS REPUBLICADO EDITAL COM ALTERAÇÕES EM DESTAQUE. A Universidade Estadual do Norte do Paraná, por meio da Pró-Reitoria de

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE ARTES E COMUNICAÇÃO DEPARTAMENTO DE LETRAS

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE ARTES E COMUNICAÇÃO DEPARTAMENTO DE LETRAS SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE ARTES E COMUNICAÇÃO DEPARTAMENTO DE LETRAS CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES DO MAGISTÉRIO SUPERIOR Edital nº 04, de 10 de fevereiro de

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PÓS-DOUTORADO EM BIOCIÊNCIAS E BIOTECNOLOGIA 2013 PELO PNDP-CAPES Instituto Carlos Chagas / FIOCRUZ

PROCESSO SELETIVO PÓS-DOUTORADO EM BIOCIÊNCIAS E BIOTECNOLOGIA 2013 PELO PNDP-CAPES Instituto Carlos Chagas / FIOCRUZ PROCESSO SELETIVO PÓS-DOUTORADO EM BIOCIÊNCIAS E BIOTECNOLOGIA 2013 PELO PNDP-CAPES / FIOCRUZ O da Fundação Oswaldo Cruz (ICC/FIOCRUZ, Curitiba, PR) torna público, para conhecimento dos interessados, o

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE ESCOLA DE ENGENHARIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SISTEMAS DE GESTÃO EDITAL 2014

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE ESCOLA DE ENGENHARIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SISTEMAS DE GESTÃO EDITAL 2014 UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE ESCOLA DE ENGENHARIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SISTEMAS DE GESTÃO EDITAL 2014 O DIRETOR DA ESCOLA DE ENGENHARIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE, CONSIDERANDO O QUE

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº. 001 - CPG, DE 17 DE MAIO DE 2013.

RESOLUÇÃO Nº. 001 - CPG, DE 17 DE MAIO DE 2013. RESOLUÇÃO Nº. 001 - CPG, DE 17 DE MAIO DE 2013. Estabelece critérios para o credenciamento, descredenciamento, recredenciamento, enquadramento e habilitação de docentes, bem como a coorientação no âmbito

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA MECÂNICA EDITAL N. 1/2012

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA MECÂNICA EDITAL N. 1/2012 PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA MECÂNICA EDITAL N. 1/2012 PROCESSO SELETIVO DE CANDIDATOS AO CURSO DE DOUTORADO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA MECÂNICA NO PRIMEIRO SEMESTRE LETIVO DE

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES DO MAGISTÉRIO SUPERIOR Edital nº 16, de 30 de

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA BOLSA DE PÓS-DOUTORADO

PROCESSO SELETIVO PARA BOLSA DE PÓS-DOUTORADO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FISIOTERAPIA Área de Concentração: Processos de Avaliação e Intervenção em Fisioterapia Via Washington

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM COMUNICAÇÃO - PPGCOM

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM COMUNICAÇÃO - PPGCOM EDITAL Nº. 01, DE 18 DE MARÇO DE 2015 PROCESSO SELETIVO O PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM COMUNICAÇÃO PPGCOM da Universidade Federal de Sergipe comunica que estarão abertas inscrições para a seleção de estudantes

Leia mais

Universidade Estadual de Maringá Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes Programa de Pós-Graduação em Educação MESTRADO E DOUTORADO

Universidade Estadual de Maringá Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes Programa de Pós-Graduação em Educação MESTRADO E DOUTORADO RESOLUÇÃO Nº. 021/2014-PPE Aprova regulamento para o Processo de Seleção de alunos para Ingresso no Mestrado em Educação Turma 2015. Considerando a Reunião do Conselho Acadêmico do PPE realizada em 25/07/2014;

Leia mais

EDITAL Nº. 39/08 - DG TESTE SELETIVO PARA A CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR COLABORADOR I

EDITAL Nº. 39/08 - DG TESTE SELETIVO PARA A CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR COLABORADOR I EDITAL Nº. 39/08 - DG TESTE SELETIVO PARA A CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR COLABORADOR I O Diretor Geral das Faculdades Integradas do Brasil torna público que estão abertas as inscrições para o teste seletivo

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO BOLSAS DEMANDA SOCIAL/2013

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO BOLSAS DEMANDA SOCIAL/2013 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS CENTRO DE EDUCAÇÃO E CIÊNCIAS HUMANAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO ESPECIAL EDITAL DO PROCESSO SELETIVO BOLSAS DEMANDA SOCIAL/2013 O Programa de Pós-Graduação

Leia mais

EXTRATO DO EDITAL N 57/2015 PRÊMIO MELHOR TCC 2014

EXTRATO DO EDITAL N 57/2015 PRÊMIO MELHOR TCC 2014 EXTRATO DO EDITAL N 57/2015 UEPA A Universidade do Estado do Pará, por meio da Pró-Reitoria de Graduação, torna público no âmbito desta Instituição o processo de seleção de Trabalhos de Conclusão de Curso

Leia mais

Programa de Pós-Graduação em Meteorologia Aplicada EDITAL DE SELEÇÃO 2016-2 2016-2

Programa de Pós-Graduação em Meteorologia Aplicada EDITAL DE SELEÇÃO 2016-2 2016-2 Programa de Pós-Graduação em Meteorologia Aplicada EDITAL DE SELEÇÃO 2016-2 EDITAL DE SELEÇÃO PARA O PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM METEOROLOGIA APLICADA 2016-2 1. Estão abertas as inscrições para o Programa

Leia mais

1ª CHAMADA INTERNA SIMPLIFICADA PARA CONTRATAÇÃO DE BOLSISTA - REDE ETEC BRASIL

1ª CHAMADA INTERNA SIMPLIFICADA PARA CONTRATAÇÃO DE BOLSISTA - REDE ETEC BRASIL 1ª CHAMADA INTERNA SIMPLIFICADA PARA CONTRATAÇÃO DE BOLSISTA - REDE ETEC BRASIL A presente chamada interna visa contratar bolsista para atuar nos cursos técnicos, na modalidade educação a distância, da

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PARA MESTRADO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA ELÉTRICA UNIFEI TERCEIRO PERÍODO DE 2014

EDITAL DE SELEÇÃO PARA MESTRADO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA ELÉTRICA UNIFEI TERCEIRO PERÍODO DE 2014 EDITAL DE SELEÇÃO PARA MESTRADO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA ELÉTRICA UNIFEI TERCEIRO PERÍODO DE 2014 O coordenador do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica da UNIFEI PPG- E faz saber

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO Concurso Público de Provas e Títulos, para provimento de Cargos Docentes da Carreira do Magistério Superior (Professor Adjunto) TABELA DE PONTUAÇÃO

Leia mais

Edital Nº04/2008 Seleção de Tutores a Distância para os cursos de:

Edital Nº04/2008 Seleção de Tutores a Distância para os cursos de: Edital Nº04/2008 Seleção de Tutores a Distância para os cursos de: Gestão do Meio Ambiente: Educação, Direito e Análise Ambiental; Gestão Pública Municipal Integrada; Tecnologia de Informação e Comunicação

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM LINGUÍSTICA EDITAL SELEÇÃO 2011 DOUTORADO 2ª. CHAMADA. Linguagem e Sociedade

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM LINGUÍSTICA EDITAL SELEÇÃO 2011 DOUTORADO 2ª. CHAMADA. Linguagem e Sociedade FACULDADE DE LETRAS - PPG-LINGUÍSTICA CAMPUS UNIVERSITÁRIO - MARTELOS - JUIZ DE FORA - MG CEP 36036-330 TELEFAX (32)2102-3134 E-mail: ppg.linguistica@ufjf.edu.br PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM LINGUÍSTICA

Leia mais

TESTE SELETIVO PARA A CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR EDITAL Nº 06/2016

TESTE SELETIVO PARA A CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR EDITAL Nº 06/2016 EDITAL Nº 06/2016 O Reitor do Centro Universitário Autônomo do Brasil, UniBrasil torna público que estão abertas as inscrições para o teste seletivo de contratação de professor para as disciplinas de Pedagogia

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA ESCOLA DE DANÇA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DANÇA EDITAL 2014

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA ESCOLA DE DANÇA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DANÇA EDITAL 2014 UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA ESCOLA DE DANÇA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DANÇA EDITAL 2014 CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ESTUDOS CONTEMPORÂNEOS EM DANÇA 1. PROPOSTA DO CURSO Este curso de Especialização

Leia mais

Art. 6 As atividades descritas no artigo anterior compreendem quatro grupos descritos a seguir e têm a pontuação descrita na tabela em anexo:

Art. 6 As atividades descritas no artigo anterior compreendem quatro grupos descritos a seguir e têm a pontuação descrita na tabela em anexo: ANEXO IV REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Art. 1º As Atividades Complementares do Curso de Arquitetura e Urbanismo, como parte integrante do currículo, constituem atividades extraclasse, desenvolvidas

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE BIBLIOTECONOMIA E COMUNICAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE BIBLIOTECONOMIA E COMUNICAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE BIBLIOTECONOMIA E COMUNICAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÃO RESOLUÇÃO 01/2016 O Conselho do Programa de Pós-Graduação em Comunicação

Leia mais

FICHA DE INSCRIÇÃO PIBID/FAI 2014 Edital 04/2014 Dados do Docente Escola: Nome: CPF: RG: Endereço: Cidade: Telefone: Celular: Email: Área(s) onde o professor concorrerá: Ensino Infantil ( ) Pedagogia Ensino

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO - UNIVASF PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO PRPPGI

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO - UNIVASF PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO PRPPGI EDITAL Nº 06/2016 PROCESSO SELETIVO PARA BOLSA PNPD PÓS-GRADUAÇÃO CIÊNCIAS DA SAÚDE E BIOLÓGICAS DA UNIVASF O Programa de Pós-Graduação Ciências da Saúde e Biológicas PPGCSB da Universidade Federal do

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal de Ouro Preto Escola de Minas Departamento de Engenharia Civil

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal de Ouro Preto Escola de Minas Departamento de Engenharia Civil PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA CIVIL - PROPEC EDITAL PROPEC No. 01, DE 03 DE JUNHO DE 2016 Dispõe sobre o Processo de Seleção de 2016 para o Programa Nacional de Pós-Doutorado - PNPD/CAPES, no

Leia mais

EDITAL EXTRAORDINÁRIO PARA O PROCESSO DE SELEÇÃO DE DOCENTES CONSTITUIÇÃO DE CADASTRO 2016/2

EDITAL EXTRAORDINÁRIO PARA O PROCESSO DE SELEÇÃO DE DOCENTES CONSTITUIÇÃO DE CADASTRO 2016/2 Torno público que estão abertas, no período de 18 à 25/08/2016, as inscrições para a seleção de docentes da UNICASTELO, constantes no item 1 deste Edital, para a constituição de cadastro. 1. DAS VAGAS

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO TERAPIA NUTRICIONAL EM UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA

EDITAL DE SELEÇÃO TERAPIA NUTRICIONAL EM UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA EDITAL DE SELEÇÃO CURSO DE CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL PARA NUTRICIONISTAS: TERAPIA NUTRICIONAL EM UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA A Universidade Corporativa do Hospital Mãe de Deus torna pública a abertura

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PARA SELEÇÃO DE BOLSISTA N 16/2016. Bolsa de Desenvolvimento para Inovação Tecnológica

TERMO DE REFERÊNCIA PARA SELEÇÃO DE BOLSISTA N 16/2016. Bolsa de Desenvolvimento para Inovação Tecnológica TERMO DE REFERÊNCIA PARA SELEÇÃO DE BOLSISTA N 16/2016 Bolsa de Desenvolvimento para Inovação Tecnológica Área de Concentração em Desenvolvimento Estrutural de CTI Linha de Desenvolvimento de CTI Popularização

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 003 / 2015

RESOLUÇÃO Nº 003 / 2015 RESOLUÇÃO Nº 003 / 2015 EMENTA: Dispõe sobre os Planos Individuais de Trabalho (PIT) Docente, o Regimes e Horários de Trabalho e a distribuição da Carga Horária do Docentes da Faculdade de Comunicação

Leia mais

EDITAL Nº. 32/08 - DG TESTE SELETIVO PARA A CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR COLABORADOR I

EDITAL Nº. 32/08 - DG TESTE SELETIVO PARA A CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR COLABORADOR I EDITAL Nº. 32/08 - DG TESTE SELETIVO PARA A CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR COLABORADOR I O Diretor Geral das Faculdades Integradas do Brasil torna público que estão abertas as inscrições para o teste seletivo

Leia mais

PROJETO DE SOLICITAÇÃO DE DISCIPLINA NO PROGRAMA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PID/2015

PROJETO DE SOLICITAÇÃO DE DISCIPLINA NO PROGRAMA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PID/2015 PROJETO DE SOLICITAÇÃO DE DISCIPLINA NO PROGRAMA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PID/2015 I. Professor orientador: Leonardo Santos Bordoni. II. Disciplina de atuação: Anatomia do Aparelho Locomotor. III. Justificativa

Leia mais

EDITAL DO EMPREENDA ADMINISTRAÇÃO ULBRA TORRES

EDITAL DO EMPREENDA ADMINISTRAÇÃO ULBRA TORRES EDITAL DO EMPREENDA ADMINISTRAÇÃO ULBRA TORRES 1. ABERTURA A Coordenação de pesquisa da Ulbra Torres, juntamente com a Coordenação do Curso de Administração comunica a abertura do edital do Empreenda Administração

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE BOLSISTA DO PROGRAMA NACIONAL DE PÓS- DOUTORADO-PNPD/CAPES 2016

EDITAL DE SELEÇÃO DE BOLSISTA DO PROGRAMA NACIONAL DE PÓS- DOUTORADO-PNPD/CAPES 2016 EDITAL DE SELEÇÃO DE BOLSISTA DO PROGRAMA NACIONAL DE PÓS- DOUTORADO-PNPD/CAPES 2016 BOLSA DE PÓS-DOUTORADO JUNTO AO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PRODUÇÃO VEGETAL DO CCTA/UENF O Programa de Pós-Graduação

Leia mais

EDITAL Nº01/2016 SELEÇÃO DE BOLSISTAS PARA O PROGRAMA DE DOUTORADO SANDUÍCHE NO EXTERIOR CAPES

EDITAL Nº01/2016 SELEÇÃO DE BOLSISTAS PARA O PROGRAMA DE DOUTORADO SANDUÍCHE NO EXTERIOR CAPES EDITAL Nº01/2016 SELEÇÃO DE BOLSISTAS PARA O PROGRAMA DE DOUTORADO SANDUÍCHE NO EXTERIOR CAPES O Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva (PPGSC), no uso de suas atribuições e tendo em vista o que estabelece

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE FLORIANÓPOLIS SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE GABINETE DO SECRETÁRIO EDITAL Nº. 002/2010

PREFEITURA MUNICIPAL DE FLORIANÓPOLIS SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE GABINETE DO SECRETÁRIO EDITAL Nº. 002/2010 Processo Seletivo Simplificado para preenchimento de cargos em caráter temporário, com fulcro na Lei Municipal nº 6.690/2005 que alterou o art. 4º, da Lei Municipal nº 4.302/1994 e no Decreto 5727/2008,

Leia mais

EDITAL N.º 248/2015 PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL: SELEÇÃO DE TUTOR PET PRODUÇÃO E POLÍTICA CULTURAL

EDITAL N.º 248/2015 PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL: SELEÇÃO DE TUTOR PET PRODUÇÃO E POLÍTICA CULTURAL EDITAL N.º 248/215 PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL: SELEÇÃO DE TUTOR PET PRODUÇÃO E POLÍTICA CULTURAL A REITORA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA, no uso de suas atribuições legais e estatutárias, considerando

Leia mais

DIRETRIZES E PARÂMETROS DE AVALIAÇÃO DE PROPOSTAS DE CURSOS NOVOS DE MESTRADO ACADÊMICO E DE DOUTORADO

DIRETRIZES E PARÂMETROS DE AVALIAÇÃO DE PROPOSTAS DE CURSOS NOVOS DE MESTRADO ACADÊMICO E DE DOUTORADO DIRETRIZES E PARÂMETROS DE AVALIAÇÃO DE PROPOSTAS DE CURSOS NOVOS DE MESTRADO ACADÊMICO E DE DOUTORADO 1) Apresentação Este documento descreve as diretrizes e parâmetros de avaliação de propostas de cursos

Leia mais

EDITAL N 017/2015 PPGL PROCESSO DE SELEÇÃO SIMPLIFICADA PARA ALUNO ESPECIAL ENTRADA 1º SEMESTRE DE 2016

EDITAL N 017/2015 PPGL PROCESSO DE SELEÇÃO SIMPLIFICADA PARA ALUNO ESPECIAL ENTRADA 1º SEMESTRE DE 2016 UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS CÂMPUS DE ARAGUAÍNA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM LETRAS: ENSINO DE LÍNGUA E LITERATURA Av. Paraguai, s/nº, Setor Cimba 77823-838 Araguaína/TO (63) 2112-2255 www.uft.edu.br/ppgl

Leia mais

ASSOCIAÇÃO INSTITUTO DE TECNOLOGIA DE PERNAMBUCO EDITAL Nº 02/2013

ASSOCIAÇÃO INSTITUTO DE TECNOLOGIA DE PERNAMBUCO EDITAL Nº 02/2013 ASSOCIAÇÃO INSTITUTO DE TECNOLOGIA DE PERNAMBUCO SUPERINTENDÊNCIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM TECNOLOGIA AMBIENTAL MESTRADO PROFISSONAL EM TECNLOGIA AMBIENTAL EDITAL Nº 02/2013

Leia mais

DIRETRIZES E PARÂMETROS DE AVALIAÇÃO DE PROPOSTAS DE CURSOS NOVOS DE MESTRADO ACADÊMICO E DE DOUTORADO

DIRETRIZES E PARÂMETROS DE AVALIAÇÃO DE PROPOSTAS DE CURSOS NOVOS DE MESTRADO ACADÊMICO E DE DOUTORADO DIRETRIZES E PARÂMETROS DE AVALIAÇÃO DE PROPOSTAS DE CURSOS NOVOS DE MESTRADO ACADÊMICO E DE DOUTORADO 1) Apresentação Este documento descreve as diretrizes e parâmetros de avaliação de propostas de cursos

Leia mais

PROGRAMA DE APOIO A PESQUISA E INICIAÇÃO CIENTÍFICA DAS FACULDADES INTEGRADAS EINSTEIN DE LIMEIRA PAPIC- EINSTEIN

PROGRAMA DE APOIO A PESQUISA E INICIAÇÃO CIENTÍFICA DAS FACULDADES INTEGRADAS EINSTEIN DE LIMEIRA PAPIC- EINSTEIN PROGRAMA DE APOIO A PESQUISA E INICIAÇÃO CIENTÍFICA DAS FACULDADES INTEGRADAS EINSTEIN DE LIMEIRA PAPIC- EINSTEIN EDITAL PARA SELEÇÃO DE PROJETOS DO PAPIC- EINSTEIN Nº 01/2015 A Comissão Científica do

Leia mais

MESTRADO ACADÊMICO. 1. Proposta do programa

MESTRADO ACADÊMICO. 1. Proposta do programa MESTRADO ACADÊMICO Os projetos de cursos novos serão julgados por uma comissão de avaliação da área de antropologia/arqueologia com base nos dados obtidos pela aplicação dos critérios abaixo relacionados

Leia mais

Regulamento para a participação de trabalhos científicos e acadêmicos no 6º Congresso Internacional CBL do Livro Digital - 2016

Regulamento para a participação de trabalhos científicos e acadêmicos no 6º Congresso Internacional CBL do Livro Digital - 2016 Regulamento para a participação de trabalhos científicos e acadêmicos no 6º Congresso Internacional CBL do Livro Digital - 2016 1 DISPOSIÇÕES GERAIS 1.1 O CONGRESSO INTERNACIONAL CBL DO LIVRO DIGITAL CONGRESSO,

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO 2013/2014 MESTRADO PROFISSIONAL EM ADMINISTRAÇÃO

EDITAL DE SELEÇÃO 2013/2014 MESTRADO PROFISSIONAL EM ADMINISTRAÇÃO EDITAL DE SELEÇÃO 2013/2014 MESTRADO PROFISSIONAL EM ADMINISTRAÇÃO O Reitor do Centro Universitário UNA, Professor Átila Simões, no uso de suas atribuições faz publicar as normas reguladoras do processo

Leia mais

Disposições preliminares

Disposições preliminares REGIMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) DA FACULDADE DE CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS DA UNICAMP Disposições preliminares Art. 1º O Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) é atividade obrigatória do Curso

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL E SUDESTE DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E INOVAÇÃO TECNOLÓGICA. EDITAL 05/2016 Propit/Unifesspa

UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL E SUDESTE DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E INOVAÇÃO TECNOLÓGICA. EDITAL 05/2016 Propit/Unifesspa UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL E SUDESTE DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E INOVAÇÃO TECNOLÓGICA EDITAL 05/2016 Propit/Unifesspa PROGRAMA INSTITUCIONAL DE APOIO À PRODUÇÃO ACADÊMICA Piapa A

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI EDITAL DE ABERTURA CPD Nº 08 CONCURSO PÚBLICO, DE 10 DE AGOSTO DE 2016. A Fundação Universidade Federal de São João

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA APCN - 2016

ORIENTAÇÕES PARA APCN - 2016 Identificação Área de Avaliação: Saúde Coletiva Coordenador de Área: Guilherme Loureiro Werneck (UERJ) Coordenador-Adjunto de Área: Hillegonda Maria Dutilh Novaes (USP) Coordenador-Adjunto de Mestrado

Leia mais

Programa de Pós-Graduação Mestrado em Ciências Contábeis Coordenação

Programa de Pós-Graduação Mestrado em Ciências Contábeis Coordenação EDITAL DO PROCESSO SELETIVO PARA SELEÇÃO DE ALUNOS NÃO MATRICULADOS INTERESSADOS EM CURSAR DISCIPLINAS ISOLADAS 1º. Semestre 2016 O Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis, no uso

Leia mais

EDITAL Nº 012/2015 - DIRGRAD PROGRAMA DE DUPLA DIPLOMAÇÃO EM ENGENHARIA CIVIL - UTFPR CÂMPUS CAMPO MOURÃO E INSTITUTO POLITÉCNICO DO PORTO - PORTUGAL

EDITAL Nº 012/2015 - DIRGRAD PROGRAMA DE DUPLA DIPLOMAÇÃO EM ENGENHARIA CIVIL - UTFPR CÂMPUS CAMPO MOURÃO E INSTITUTO POLITÉCNICO DO PORTO - PORTUGAL EDITAL Nº 012/2015 - DIRGRAD PROGRAMA DE DUPLA DIPLOMAÇÃO EM ENGENHARIA CIVIL - UTFPR CÂMPUS CAMPO MOURÃO E INSTITUTO POLITÉCNICO DO PORTO - PORTUGAL O Diretor de Graduação e Educação Profissional da Universidade

Leia mais

COMUNICADO n o 003/2012 ÁREA DE HISTÓRIA ORIENTAÇÕES PARA NOVOS APCNS 2012

COMUNICADO n o 003/2012 ÁREA DE HISTÓRIA ORIENTAÇÕES PARA NOVOS APCNS 2012 Ministério da Educação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior Diretoria de Avaliação 40.hist@capes.gov.br COMUNICADO n o 003/2012 ÁREA DE HISTÓRIA ORIENTAÇÕES PARA NOVOS APCNS 2012

Leia mais

REGIMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGIMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES FACULDADE MARECHAL RONDON REGIMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES ENFERMAGEM São Manuel 2016 1 REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM DA FMR As Atividades Complementares, conforme

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO, DESTINADO À CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR N^ 02/2015

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO, DESTINADO À CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR N^ 02/2015 krotof EDITAL DO PROCESSO SELETIVO, DESTINADO À CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR N^ 02/2015 O Grupo Kroton Anhanguera Educacional torna público, para conhecimento dos interessados, os procedimentos e normas que

Leia mais

NORMAS DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ECONOMIA DA FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO

NORMAS DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ECONOMIA DA FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO NORMAS DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ECONOMIA DA FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO I. COMPOSIÇÃO DA COMISSÃO COORDENADORA DO PROGRAMA (CCP) 1. A Comissão

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA Instituto de Geociências Departamento de Geologia

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA Instituto de Geociências Departamento de Geologia 1.0 TÍTULOS ACADÊMICOS (PESO = 70)* 1.1. Curso doutorado ou livre docência 1.1.1 Em matéria (área) sob concurso 70 1.1.2 Em área correlata 50 1.2. Curso de mestrado 1.2.1 Em matéria (área) sob concurso

Leia mais

Instituto de Medicina Integral Prof. Fernando Figueira - IMIP Escola de Pós-Graduação em Saúde Materno Infantil Instituição Civil Filantrópica

Instituto de Medicina Integral Prof. Fernando Figueira - IMIP Escola de Pós-Graduação em Saúde Materno Infantil Instituição Civil Filantrópica EDITAL O Instituto de Medicina Integral Prof. Fernando Figueira IMIP em parceria com a Faculdade Pernambucana de Saúde FPS tornam público que será realizada, SELEÇÃO DE TÍTULOS para vagas dos Programas

Leia mais

22222222 UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA (UnB)

22222222 UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA (UnB) UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO: CURSOS DE MESTRADO ACADÊMICO E DOUTORADO EDITAL N o 1/2007 SELEÇÃO DE CANDIDATOS ÀS VAGAS DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA

Leia mais

REGULAMENTO DE MONITORIA DA AEMS FACULDADES INTEGRADAS DE TRÊS LAGOAS - AEMS

REGULAMENTO DE MONITORIA DA AEMS FACULDADES INTEGRADAS DE TRÊS LAGOAS - AEMS REGULAMENTO DE MONITORIA DA AEMS - AEMS A Faculdades Integradas de Três Lagoas - AEMS, mantida pela Associação de Ensino e Cultura de Mato Grosso do Sul, em respeito aos seus projetos pedagógicos, oferece

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM ENGENHARIA ELÉTRICA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DA FEI TÍTULO I

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM ENGENHARIA ELÉTRICA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DA FEI TÍTULO I REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM ENGENHARIA ELÉTRICA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DA FEI TÍTULO I DAS CARACTERÍSTICAS DO PROGRAMA E SEUS OBJETIVOS Art. 1º - Este Regulamento complementa

Leia mais

REDE METODISTA DE EDUCAÇÃO DO SUL CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IPA REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE DIREITO

REDE METODISTA DE EDUCAÇÃO DO SUL CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IPA REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE DIREITO REDE METODISTA DE EDUCAÇÃO DO SUL CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IPA REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE DIREITO PORTO ALEGRE 2014 SUMÁRIO CAPÍTULO I DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES E SUAS

Leia mais

Concessão de vaga de Professor Titular

Concessão de vaga de Professor Titular Concessão de vaga de Professor Titular Concessão de vaga de Professor Titular RESOLUÇÃO N o 11/2011, DE 22 DE MARÇO DE 2011 Reedita, com alterações, a Resolução n o 11/2005, de 13/12/2005, que estabelece

Leia mais

1 O Seminário do Programa de Pós- Graduação em Engenharia Civil da UTFPR, Campus Pato Branco

1 O Seminário do Programa de Pós- Graduação em Engenharia Civil da UTFPR, Campus Pato Branco 15 e 16 de setembro de 2016 1. Introdução O programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil realizará entre 15 e 16 de setembro de 2016 o 1 o Seminário do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil da.

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA DE SELEÇÃO Nº 08/2012

CHAMADA PÚBLICA DE SELEÇÃO Nº 08/2012 Universidade Estadual do Ceará Reitoria Av. Paranjana, 1700 - Campus do Itaperi 60.740-903 Fortaleza Ceará - Brasil Fone: (0XX) 85 3101-9601 Fax: (0XX) 85 3101-9603 e-mail: reitor@uece.br CHAMADA PÚBLICA

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE PPG QUALISAÚDE

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE PPG QUALISAÚDE EDITAL Nº 001/2016 do Mestrado Profissional Gestão da Qualidade em Serviços de Saúde (PPG QualiSaúde) de 07 de junho de 2016 para Credenciamento de Docentes A Coordenação do Programa de Pós-Graduação Gestão

Leia mais

Programa de Pós-graduação em Ciências Farmacêuticas

Programa de Pós-graduação em Ciências Farmacêuticas INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 01/2013-PPGCF/UNICENTRO - UEPG Regulamentar os critérios para o credenciamento, recredenciamento e descredenciamento de docentes no Programa de Pós-Graduação em Considerando a Reunião

Leia mais

REGIMENTO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM COMPUTAÇÃO APLICADA

REGIMENTO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM COMPUTAÇÃO APLICADA REGIMENTO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM COMPUTAÇÃO APLICADA TÍTULO I - DOS OBJETIVOS E FINALIDADES Art 1º - O Curso de pós-graduação em Computação Aplicada, doravante referido como Curso, mantém programas

Leia mais

Universidade Estadual de Maringá Programa de Pós-Graduação em Educação Mestrado e Doutorado em Educação

Universidade Estadual de Maringá Programa de Pós-Graduação em Educação Mestrado e Doutorado em Educação EDITAL Nº 019/2016-PPE A Professora Dr.ª Elma Júlia Gonçalves de Carvalho, Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Educação do Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes da Universidade Estadual de

Leia mais

EDITAL Nº 020/2013 IFRS-BG SELEÇÃO DE PROFESSOR SUPERVISOR DO PIBID-MATEMÁTICA ENSINO MÉDIO

EDITAL Nº 020/2013 IFRS-BG SELEÇÃO DE PROFESSOR SUPERVISOR DO PIBID-MATEMÁTICA ENSINO MÉDIO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL CÂMPUS BENTO GONÇALVES EDITAL Nº 020/2013 IFRS-BG SELEÇÃO

Leia mais

Edital do Processo seletivo do Programa de Pós- Graduação em Fisioterapia.

Edital do Processo seletivo do Programa de Pós- Graduação em Fisioterapia. UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FISIOTERAPIA Área de Concentração: Processos de Avaliação e Intervenção em Fisioterapia Via Washington

Leia mais

COORDENADORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU INSTRUÇÃO NORMATIVA PRPG Nº 002/2012 PROCESSO SELETIVO

COORDENADORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU INSTRUÇÃO NORMATIVA PRPG Nº 002/2012 PROCESSO SELETIVO UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS P R Ó - R E I T O R I A D E P Ó S - G R A D U A Ç Ã O COORDENADORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU INSTRUÇÃO NORMATIVA PRPG Nº 002/2012 PROCESSO SELETIVO 1. EDITAL 1.1. É

Leia mais

PROCESSO DE SELEÇÃO DE DOCENTES PARA CURSOS DE GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA EDITAL Nº005/2011 PROCEDIMENTOS

PROCESSO DE SELEÇÃO DE DOCENTES PARA CURSOS DE GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA EDITAL Nº005/2011 PROCEDIMENTOS PROCESSO DE SELEÇÃO DE DOCENTES PARA CURSOS DE GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA EDITAL Nº005/2011 PROCEDIMENTOS A Faculdade Estácio de Natal divulga a abertura de inscrições, normas e programas do processo de seleção

Leia mais