MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ASSUNTOS ADMINISTRATIVOS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO TERMO DE RECEBIMENTO DA CONCORRÊNCIA Nº 03/2004.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ASSUNTOS ADMINISTRATIVOS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO TERMO DE RECEBIMENTO DA CONCORRÊNCIA Nº 03/2004."

Transcrição

1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ASSUNTOS ADMINISTRATIVOS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO TERMO DE RECEBIMENTO DA CONCORRÊNCIA Nº 03/2004. PESSOA JURÍDICA: (NOME DA EMPRESA) ENDEREÇO: CNPJ DA PESSOA JURÍDICA: TELEFONE(S): FAX: PESSOA DE CONTATO: CELULAR DA PESSOA DE CONTATO: CONTATO EM BRASÍLIA (caso haja) NOME: TELEFONE/FAX: Obs.: Preenchimento com letra de forma. Recebi do Ministério da Educação - MEC, cópia do Edit da Concorrência nº. 03/2004, cujos envelopes de HABILITAÇÃO e PROPOSTA DE PREÇOS serão recebidos pela Presidente da CPL às 09h30min do dia 10/08/2004, na Esplanada dos Ministérios, Bloco L, Anexo II, Auditório do Subsolo. Vor do Edit xerografado R$ 10,45 (dez reais e quarenta e cinco centavos) Banco do Brasil S/A Conta Corrente: , Agência: Código Identificador: Referente à Conta Única do Tesouro Nacion (UF), de de Nome legível: ATENÇÃO: Os interessados que retirarem o edit pela internet, DEVERÃO ENCAMINHAR ESTE COMPROVANTE, devidamente preenchido, à Comissão de Licitação, através do fax nº (061) As respostas aos pedidos de esclarecimentos formulados serão divulgadas mediante publicação de nota na página web do MEC, no endereço opção Licitações, ficando as empresas interessadas em participar do certame obrigadas a acessá-la para a obtenção das informações prestadas.

2 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ASSUNTOS ADMINISTRATIVOS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO CONCORRÊNCIA Nº 03/2004 PROCESSO Nº / TIPO DE LICITAÇÃO: MENOR PREÇO GLOBAL Anexo I Projeto Básico e seus Anexos Anexo II PLANILHA ORÇAMENTÁRIA DE CUSTOS Anexo III Declaração Anexo IV Minuta de Contrato SESSÃO DE ABERTURA: 10/08/2004 Brasília/DF. Horário: 09h30min Loc: Esplanada dos Ministérios, Bloco L, Anexo II, Auditório do Subsolo - Não havendo expediente na data fixada, a reunião será reizada no primeiro dia útil subseqüente, no mesmo loc e hora, svo motivo de força maior ou ququer outro fator ou fato imprevisível. A Comissão Permanente de Licitação do Ministério da Educação - MEC, instituída pela Subsecretaria de Assuntos Administrativos/SAA, mediante Portaria nº 84, de 03/04/2003, publicada no DO de 04/04/2003, comunica que estará reunida no dia, hora e loc acima discriminados para receber, abrir e examinar documento para habilitação e propostas de empresas que pretendam participar da presente CONCORRÊNCIA, do tipo MENOR PREÇO, sob a forma de execução indireta, no regime de empreitada por preço glob, tudo de conformidade com a Lei nº 8.666, de , com suas terações, legislação correlata e demais exigências nela previstas. 1. DO OBJETO 1.1. A presente licitação tem como objeto a contratação de empresa especiizada na execução de serviços especiizados de engenharia mecânica e de segurança do trabho, com fornecimento de materiais, visando à limpeza mecânica dos sistemas de climatização (dutos, equipamentos, casas de máquinas, inclusive recuperação dessas) dos Edifícios Sede e Anexos do Ministério da Educação, mediante as condições estabelecidas neste edit e nos Anexos I, II, III e IV, que o integram. 2

3 2. DAS CONDIÇÕES GERAIS PARA PARTICIPAÇÃO 2.1. Poderão participar desta CONCORRÊNCIA quaisquer licitantes que: atenderem todas as condições estipuladas neste Edit e apresentarem os documentos nele exigidos, em origin, ou por ququer processo de cópia autenticada em cartório competente, ou por servidor da Administração ou publicação em órgão da imprensa ofici e/ou; possuam Certificado de Registro Cadastr CRC, devidamente válido, emitido por outras entidades públicas, e/ou, estiverem inscritos no Sistema de Cadastramento Unificado de Fornecedores SICAF, instituído pelo extinto MARE, conforme Instrução Normativa n. º 05, de , publicada no DO de , com as terações introduzidas pela IN nº 09, de 16/04/96, publicada no DO de 19/04/ Não será admitida nesta licitação a participação de empresas: concordatárias ou com fência declarada, sob concurso de credores, em dissolução ou em liquidação; suspensas temporariamente de participar em licitações e impedidas do direito de contratar com o MEC; declaradas inidôneas para licitar ou contratar com a Administração Pública, desde que perdurem os motivos determinantes da punição, e cujo ato tenha sido publicado na imprensa ofici; empresas estrangeiras que não funcionem no País Será permitida a participação de empresas reunidas em consórcio, desde que, para tanto, sejam cumpridas as disposições constantes do art. 33 da Lei nº 8.666/93, e demais exigências contidas neste edit Um concorrente ou consorciado poderá ser representado por uma pessoa jurídica, competindo a esta indicar a pessoa física que exercerá, junto a CPL, t representação Pessoa jurídica que representar concorrente ou consorciado não poderá apresentar proposta individu nesta licitação nem participar de consórcio do qu não faça parte o consorciado que representa Nenhuma pessoa jurídica poderá representar mais de um concorrente ou consorciado, assim como nenhuma pessoa física poderá exercer, junto à CPL, representação de mais de um concorrente ou consorciado. 3. DA REPRESENTAÇÃO 3.1. Cada empresa apresentar-se-á, preferencimente, com apenas um representante que, devidamente munido de credenci, será o único admitido a intervir em todas as fases do procedimento licitatório, quer por escrito, quer ormente, respondendo assim, para todos os efeitos, por sua representada, devendo, ainda, no ato de entrega dos envelopes, identificar-se exibindo a Carteira de Identidade ou outro documento equivente Por credenci entende-se: a) procuração particular ou pública no caso de pessoa física, acompanhada 3

4 de carteira de identidade e cópia do ato de investidura do outorgante, no qu declare expressamente, ter poderes para a devida outorga; b) caso seja titular da empresa, apresentar documento que comprove sua capacidade de representá-la A ausência ou incorreção do documento de credenciamento não inabilitará a licitante, mas impedirá seu representante de manifestar-se e responder pela representada nas sessões públicas durante o procedimento licitatório. 4. DA DOCUMENTAÇÃO PARA HABILITAÇÃO 4.1. A documentação necessária à habilitação das interessadas nesta licitação será entregue em envelope individu, de preferência opaco, devidamente fechado por cola e rubricado no fecho, contendo em sua parte externa e front, com caracteres destacados, ém da razão soci da empresa, os seguintes dados: CONCORRÊNCIA Nº 03/2004 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ASSUNTOS ADMINISTRATIVOS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO ENVELOPE N. º 01 DOCUMENTAÇÃO PARA HABILITAÇÃO A documentação exigida para a habilitação, deverá ser apresentada em 01 (uma) via, em origin ou por ququer processo de cópia autenticada por cartório; publicação em órgão da imprensa ofici ou, ainda, por cópias simples, desde que acompanhadas dos respectivos originais para serem autenticados pela Comissão, e constará dos seguintes documentos: I - HABILITAÇÃO JURÍDICA: a) Registro Comerci, no caso de empresa individu; b) Ato constitutivo, estatuto ou CONTRATO soci em vigor, devidamente registrado, em se tratando de sociedades comerciais e, no caso de sociedades por ações, acompanhado de documentos de eleição dos seus administradores; c) Inscrição do ato constitutivo, no caso de sociedades civis, acompanhada de prova da diretoria em exercício; d) Autorização para operar em planos ou seguros privados de assistência à saúde, emitidos pelos órgãos competentes; e) Decreto de autorização, em se tratando de empresa ou sociedade estrangeira em funcionamento no País; I.1 Os documentos de que trata este item deverão estar acompanhados de todas as terações ou de documento consolidados, devidamente registrados a Junta Comerci ou em órgão equivente. II. REGULARIDADE FISCAL: 4

5 CNPJ; a) prova de inscrição no Cadastro Nacion de Pessoas Jurídicas - b) prova de inscrição no Cadastro de Contribuintes do Governo do Distrito Feder, ou do Governo Estadu ou Municip da sede da licitante, pertinente ao seu ramo de atividade e compatível com o objeto desta Concorrência; c) prova de regularidade para com a Fazenda Feder, Estadu e Municip, por meio de certidões expedidas pelos órgãos competentes, compostas de: c1. Certidão de quitação de tributos federais, neles abrangidas as contribuições sociais, administrados pela Secretaria da Receita Feder; c2. Certidão quanto à dívida ativa da União, expedida pela Procuradoria da Fazenda Nacion - Ministério da Fazenda; d) prova de regularidade com o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço FGTS (Lei nº 8.036, de 11/05/90 e Lei nº 9.012, de 30/03/95) e prova de regularidade relativa a Seguridade Soci INSS, demonstrando situação regular no cumprimento dos encargos sociais instituídos por lei. III. QUALIFICAÇÃO ECONÔMICO-FINANCEIRA: a) Certidão Negativa de fência ou concordata expedida pelo distribuidor da sede da licitante; b) Banço patrimoni e demonstrações contábeis do exercício soci já exigíveis e apresentados na forma da lei, que comprovem a boa situação financeira da empresa, vedada a sua substituição por bancetes ou banços provisórios, podendo ser atuizados por índices oficiais quando encerrados a mais de três meses da data de apresentação da proposta. b.1. as licitantes que iniciaram suas atividades no presente exercício deverão apresentar, também, o Banço de Abertura, na forma da lei; b.2. serão considerados aceitos como na forma da lei o banço patrimoni e as demonstrações contábeis assim apresentados: i) sociedades regidas pela Lei nº 6.404/76 (sociedade anônima): - publicados em Diário Ofici; ou - publicados em jorn de grande circulação; ou - por fotocópia registrada ou autenticada na Junta Comerci da sede ou domicílio da licitante; ii) sociedades por cota de responsabilidade limitada (LTDA): - por fotocópia do livro Diário, inclusive com os Termos de Abertura e de Encerramento, devidamente autenticado na Junta Comerci da sede ou domicílio da licitante ou em outro órgão equivente; iii) sociedades sujeitas ao regime estabelecido na Lei nº 9.317, de 05/12/96 Lei das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte SIMPLES: - por fotocópia (do banço e demonstrações contábeis) registrada ou autenticada na Junta Comerci da sede ou domicílio da licitante; b.3 o banço patrimoni e as demonstrações contábeis deverão estar assinados por Contador ou outro profission equivente, devidamente registrado no 5

6 Conselho Region de Contabilidade; b.4. a boa situação financeira será aviada pelos Índices de Liquidez Ger (LG), Solvência Ger (SG) e Liquidez Corrente (LC), cujos índices deverão ser iguais ou superiores a 01 (um), cculada de acordo com a seguinte fórmula: LG = SG = LC = ATIVO CIRCULANTE + REALIZÁVEL A LONGO PRAZO PASSIVO CIRCULANTE + EXIGÍVEL EM LONGO PRAZO ATIVO TOTAL PASSIVO CIRCULANTE + EXIGÍVEL EM LONGO PRAZO ATIVO CIRCULANTE PASSIVO CIRCULANTE b.5. as fórmulas deverão estar aplicadas em memori de cálculos como parte integrante do banço apresentado; b.6. caso o memori não esteja juntado ao banço, a Comissão reserva-se o direito de efetuar os cálculos para fins de verificação do atendimento do vor do índice solicitado; b.7. se necessária à atuização do banço, deverá ser apresentado, juntamente com os documentos solicitados, o memori de cálculo correspondente; c. A empresa que estiver cadastrada e parcimente habilitada no Sistema de Cadastramento Unificado de Fornecedores - SICAF, instituído pela extinto MARE, conforme Instrução Normativa Nº 5, de 21/07/95, publicada no DOU do dia 26/07/95, republicada com terações no Diário Ofici do dia 19/04/96 estará dispensada de apresentar os documentos referentes aos itens I - HABILITAÇÃO JURÍDICA, II - REGULARIDADE FISCAL e ínea b do item III - QUALIFICAÇÃO ECONÔMICO- FINANCEIRA. d. A empresa que estiver cadastrada e parcimente habilitada no Sistema de Cadastramento Unificado de Fornecedores - SICAF, instituído pela extinto MARE, conforme Instrução Normativa Nº 5, de 21/07/95, publicada no DOU do dia 26/07/95, republicada com terações no Diário Ofici do dia 19/04/96, cujo banço cadastrado naquele sistema apresentar resultado igu ou menor que 1 (um) em ququer dos Índices de Liquidez Ger (LG), de Solvência Ger (SG) e de Liquidez Corrente (LC), deverá comprovar, na data da apresentação das propostas, que possui capit mínimo ou patrimônio líquido no vor igu ou superior a R$ ,21 (noventa mil, trezentos e oitenta e seis reais e vinte e um centavos), correspondentes a 5% (cinco por cento) do vor estimado da contratação da licitação, devendo a comprovação ser feita relativamente à data da apresentação da PROPOSTA, na forma da Lei, admitida à atuização para esta data através de índices oficiais (artigo 31, 3º da Lei nº 8.666/93); e. No caso de consórcio, ocorrendo a situação prevista no subitem anterior para ququer uma das empresas componentes, a soma dos capitais ou patrimônios líquidos dos consorciados deverá atingir ao percentu 5% (trinta por cento). e.1. Empresas reunidas em consórcio deverão: e.1.1. Estar cientes de que a inabilitação de uma consorciada representará também a inabilitação do respectivo consórcio. e.1.2. Apresentar toda a documentação e atender as demais exigências 6

7 constantes do subitem 4.2, íneas I, II e III a, para cada membro do consórcio. e.1.3. Apresentar documento comprobatório de compromisso público ou particular de constituição do consórcio, subscrito pelos consorciados, do qu constem: e indicação da empresa líder; e termo de compromisso da empresa líder responsabilizando-se pela integração de todas as atividades e pelo cumprimento integr do contrato que for adjudicado ao consórcio, garantindo ao comprador, desse modo, a perfeita compatibilidade entre os equipamentos a serem instados e as exigências feitas nesta licitação, sem prejuízo da responsabilidade solidária de cada um dos membros do consórcio; e autorização dada pelos consorciados para que a empresa líder receba do comprador todos os comunicados destinados a membros do consórcio os quais só se dirigirão àquele por intermédio da empresa líder. e discriminação das atividades que cada empresa consorciada desempenhará: e serviços de engenharia mecânica; e segurança no trabho; e limpeza mecânica dos sistemas de climatização f. as licitantes deverão apresentar ainda: f.1 declaração nos moldes do Anexo IV da IN MARE nº 5/95, republicada com terações no Diário Ofici de 19/04/96, de que não há fato impeditivo de sua habilitação, obrigando-se a informar a superveniência de ocorrências posteriores, consoante modelo Anexo III; f.2 declaração da licitante de que não possui em seu quadro de pesso empregado (se) com menos de 18 (dezoito) anos em trabho noturno, perigoso ou insubre, e de 14 (quatorze) anos, em ququer trabho, svo na condição de aprendiz, nos termos do inciso XXXIII do art. 7º da Constituição Feder de 1988 (Lei nº 9.854/99); f.3 registro de inscrição no Conselho de Engenharia, Arquitetura e Agronomia CREA; f.4 Atestado(s) de Capacidade Técnica, emitido(s) em nome da licitante e/ou da empresa consorciada, por pessoas jurídicas de direito público ou privado, devidamente registrados no Conselho Region de Engenharia, Arquitetura e Agronomia CREA ou equivente, onde comprove ter executado ou estar executando, serviços compatíveis e pertinentes aos do objeto, no(s) qu(is) constem referências às parcelas de maior relevância técnica dos serviços, assim consideradas: a) Serviços de Higienização e Limpeza de Redes de Dutos de Ar Condicionado por escovação robotizada a seco, com filmagem simultânea; 7

8 b) Serviços de Inspeção, Aviação ou Diagnóstico da Quidade do Ar de Sistemas Refrigerados Mecanicamente; c) Recuperação de Condicionadores de Ar, do tipo fan-coil de sistemas centrais de ar refrigerado, envolvendo revestimento termo-acústico interno, instações elétricas, lanternagens, etc; d) Reforma de Casa de Máquinas de condicionadores de ar, do tipo fan-coil de sistemas centrais de ar refrigerado, envolvendo reforma de piso, paredes, teto, isolamento térmico de tubulações, etc; e) Fornecimento e instação de forro de gesso acartonado. f.5 Declaração de Vistoria Técnica, conforme disposto no Item IV do Projeto Básico Anexo I do Edit. f.6 Apresentação de comprovante de Registro ou Inscrição no Conselho Region de Engenharia, Arquitetura e Agronomia - CREA da jurisdição da empresa, comprovando atividade relacionada com o objeto. f.7 Apresentação da relação explícita e a declaração form da sua disponibilidade, a ser comprovada pela Fiscização, dos equipamentos, ferrament, instações físicas apropriadas e específicas, e pesso técnico especiizado, para reização dos serviços do objeto, conforme preceitua o 6º do Art. 30 da Lei 8666/ A empresa que estiver cadastrada e parcimente habilitada no Sistema de Cadastramento Unificado de Fornecedores - SICAF, instituído pela extinto MARE, conforme Instrução Normativa Nº 5, de 21/07/95, publicada no D.O. do dia 26/07/95, republicada com terações no DO de 19/04/96, cujo registro será confirmado por consulta on line, devidamente assinado pelos membros da Comissão e por todos os licitantes presentes, estará dispensada de apresentar os documentos disponíveis e regulares no citado sistema A ausência de ququer dos documentos exigidos neste EDITAL para habilitação, ou se apresentados incompletos, incorretos ou com a vidade expirada acarretará a inabilitação da interessada A licitante é responsável pelas informações prestadas, sendo motivo de inabilitação a prestação de informações fsas ou que não reflitam a reidade dos fatos. A inabilitação ou desclassificação poderá ocorrer, caso a Comissão Permanente de Licitação venha tomar conhecimento de fato que desabone a idoneidade da licitante, que comprove a fsidade das informações prestadas ou ququer outro que contrarie as disposições contidas neste EDITAL. 5. DOS CRITÉRIOS DE ACEITABILIDADE DOS DOCUMENTOS 5.1. Todos os documentos deverão estar: em nome da licitante e, preferencimente, com o nº do CNPJ e endereço respectivo; se a licitante for matriz, todos os documentos deverão estar em nome da matriz, se for fili, todos os documentos deverão estar em nome da fili; serão dispensados da fili aqueles documentos que, pela 8

9 própria natureza, comprovadamente, forem emitidos somente em nome da matriz; serão aceitos registros de CNPJ de licitantes matriz e fili com diferenças de números nos documentos relativos ao CND e ao FGTS, quando for comprovada a centrização do recolhimento dessas contribuições; datados dos últimos 180 (cento e oitenta) dias até a data do Envelope nº 01, quando não tiver prazo estabelecido pelo órgão expedidor; não se enquadram no prazo acima referido os documentos cuja vidade é indeterminada; numerados, de preferência, conforme modelo a seguir: 1/10, 2/ /10, Os documentos somente serão aceitos: a) em língua portuguesa; b) em idioma estrangeiro, desde que acompanhados da tradução para língua portuguesa, efetuada por Tradutor Juramentado, devidamente consularizados no loc de emissão ou registrados no Cartório de Títulos e Documentos; c) os documentos emitidos no estrangeiro, porém, em língua portuguesa, deverão, também, ser apresentados devidamente consularizados no loc de emissão ou registrados no Cartório de Títulos e Documentos; d) em cópias legíveis e sem rasuras; e) cujas datas estejam legíveis e sem rasuras A Comissão Permanente de Licitação reserva-se o direito de solicitar o origin de ququer documento, sempre que tiver dúvidas ou julgar necessário. 6. DA DESQUALIFICAÇÃO DOS DOCUMENTOS 6.1. Depois de examinados os documentos apresentados para efeito de habilitação das licitantes serão desquificados e não aceitos aqueles que não atenderem as exigências deste edit Quando todas as licitantes forem inabilitadas, a Comissão poderá fixarlhes o prazo de 08 (oito) dias úteis para a apresentação de novos documentos escoimados das causas referidas no ato que as inabilitou Para efeito do disposto neste item, serão exigidos para reapresentação, apenas os documentos desquificados e não aceitos. 7. DA PROPOSTA DE PREÇOS 7.1. A PROPOSTA deverá ser apresentada em envelope individu, de preferência opaco, devidamente fechado por cola e rubricado no fecho, contendo em sua parte externa e front, com caracteres destacados, ém da razão soci da empresa, os seguintes dados: CONCORRÊNCIA Nº 03/2004 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ASSUNTOS ADMINISTRATIVOS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO PROPOSTA ENVELOPE Nº 02 9

10 ser impressa ou datilografada, de preferência, redigida com clareza, sem emendas, rasuras, acréscimos ou entrelinhas, devidamente datada, assinada e rubricada e, preferencimente, com todas as suas folhas numeradas conforme exemplo a seguir: 1/10, 2/10,... 10/10, fazer menção ao número desta CONCORRÊNCIA; em papel identificado, ou com o timbre da empresa ou com a Razão Soci e carimbo do CNPJ, o endereço, número de telefone e/ou fax, CEP e, indicando, de preferência, o banco, a agência e os respectivos códigos e número da conta corrente, para efeito de emissão de nota de empenho e posterior pagamento; conter prazo de vidade, que deverá ser de, no mínimo, 60 (sessenta) dias, a contar da data de abertura dos envelopes Documentação e Proposta ; caso esse prazo não esteja expressamente indicado na proposta, o mesmo será considerado como aceito para efeito de julgamento; se, por motivo de força maior, a adjudicação não puder ocorrer dentro do período de vidade da proposta, ou seja, 60 (sessenta) dias, e caso persista o interesse do MEC, este poderá solicitar prorrogação ger da vidade acima referida, por igu prazo; prazo máximo para a conclusão dos serviços, que deverá ser de 150 (cento e cinqüenta) dias, contados a partir da assinatura do contrato pelo MEC conter a indicação dos vores unitários e globais da proposta, conforme PLANILHA ORÇAMENTÁRIA DE CUSTOS de que trata o Anexo II deste Edit, de forma clara e precisa, sem ternativas de preços que induza o julgamento a ter mais de um resultado, expressos em garismos e por extenso, em moeda nacion; nos preços ofertados não estão incluídos os impostos e taxas, os quais deverão estar discriminados separadamente; em caso de divergência entre os vores unitários e totais, serão considerados os primeiros e, entre os expressos em garismos e por extenso, será considerado este último; especificação dethada dos serviços a serem prestados, observadas as especificações básicas indicadas neste Edit e seus anexos; relacionar os produtos com fins bactericidas, fungicidas, inseticidas ou produtos químicos de limpeza de serpentinas a serem utilizados pela licitantes, bem como seus respectivos registros ou autorizações de uso, junto às autoridades públicas competentes; apresentar laudo, fornecido por entidade de reconhecida competência, comprovando permissão de uso para os fins especificados, explicitando ausência de prejuízos para a saúde das pessoas e equipamentos declaração expressa de que os preços contidos na proposta incluem todos os custos e despesas, e outros necessários ao cumprimento do objeto deste Edit; quaisquer outras informações julgadas necessárias e convenientes pela licitante. 10

11 7.2. Deverá integrar a proposta da licitante ém da PLANILHA ORÇAMENTÁRIA DE CUSTOS, o Cronograma Físico-Financeiro dos Serviços, conforme formulário modelo em anexo, dethado por etapas mensais (fases), com indicação percentu das etapas, desembolso mens e acumulado, etc.., que será o instrumento de planejamento, medição e faturamento dos serviços pela Contratada e de acompanhamento por parte da Fiscização da Coordenação de Obras e Suporte Técnico/CGRL/SAA/SE/MEC; 7.3. Serão desclassificadas as propostas que não atenderem às exigências do presente Edit e seus anexos, sejam omissas ou apresentarem irregularidades ou defeitos capazes de dificultar o julgamento e, ainda, aquelas que contemplarem preços excessivos ou inexeqüíveis As licitantes arcarão com todos os custos decorrentes da elaboração e apresentação de suas propostas Quaisquer custos e despesas, diretos ou indiretos, omitidos da proposta ou incorretamente cotados, serão considerados como inclusos nos preços, não sendo considerados pleitos de acréscimos, a esse ou a ququer título. 8. DOS PROCEDIMENTOS LICITATÓRIOS 8.1. No dia, hora e loc designados no preâmbulo deste Edit, na presença das licitantes e demais pessoas que queiram assistir ao ato, a Comissão Permanente de Licitação receberá, em envelopes distintos, devidamente fechados, os documentos exigidos para a habilitação e as propostas Depois da hora marcada, nenhum documento ou proposta será recebido pela Comissão Após o recebimento dos envelopes contendo a documentação e as propostas, não serão aceitas retificações de preços e/ou de condições, tampouco será admitida a juntada de ququer documento que deveria constar originmente da proposta Primeiramente serão abertos os envelopes de documentação, cujos documentos serão rubricados pela Comissão e pelos representantes legais das licitantes presentes Só serão habilitadas as licitantes que apresentarem todos os documentos de acordo com as exigências deste Edit Apreciados os documentos e divulgado o resultado desta fase, se todas as licitantes manifestarem, expressamente, desinteresse em interpor recursos, a Comissão procederá à abertura dos envelopes propostas das licitantes habilitadas e, se for o caso, devolverá os envelopes contendo as propostas, ainda fechados, às licitantes inabilitadas. 11

12 8.7. Ocorrendo o adiamento do resultado da habilitação devido à necessidade da Comissão proceder à análise da documentação apresentada, a Comissão publicará o resultado da habilitação no DOU, iniciando-se, a partir da publicação, o prazo recurs, após o qu, não havendo interposição de recursos ou após o julgamento desses, serão devolvidos os envelopes propostas, ainda fechados, às licitantes inabilitadas e marcada nova reunião para abertura dos envelopes de propostas das licitantes remanescentes Na incidência do caso acima, se guma licitante se recusar a receber os envelopes ou estiver ausente, t situação ficará consignada em ata e os referidos envelopes ficarão à disposição para futura retirada no seguinte endereço: Esplanada dos Ministérios, Bloco L, Anexo I, 3º andar, sa 301, Brasília/DF, durante o expediente norm (dias úteis), das 08:00 horas às 12:00 horas e das 13:00 horas às 17:00 horas, Os envelopes acima referidos ficarão sob a guarda da Comissão Permanente de Licitação pelo período de 20 (vinte) dias corridos. Findo esse prazo, a Administração não terá mais ququer responsabilidade sobre o seu teor Na ocorrência de adiamento da abertura dos envelopes de propostas, os mesmos serão rubricados por todos os presentes e ficarão retidos em poder da Comissão A comissão anisará as propostas de acordo com o critério de julgamento estabelecido neste Edit. Caso seja viável, divulgará o resultado do julgamento na própria reunião em que todas as licitantes estejam presentes ou através de publicação no DOU De todas as reuniões da Comissão serão lavradas atas circunstanciadas, onde serão registrados todos os fatos ocorridos, reclamações e impugnações feitas, e demais ocorrências que interessem ao julgamento desta licitação Caso todas as licitantes venham a ser inabilitadas ou todas as propostas forem desclassificadas, a Comissão poderá, visando o interesse da Administração, fixar o prazo de 08 (oito) dias úteis para a apresentação de nova documentação ou de nova proposta, na forma do disposto no 3º, do art. 48 da Lei n 8.666/ Até a assinatura do CONTRATO, a autoridade competente do Ministério da Educação poderá desclassificar a licitante vencedora deste certame, mediante despacho fundamentado, sem que caiba direitos a indenização ou ressarcimento, sem prejuízo da aplicação das sanções previstas do subitem 13.1 deste EDITAL, caso tenha conhecimento de ququer circunstância anterior ou posterior ao julgamento desta Licitação que desabone sua idoneidade financeira, técnica ou administrativa. 9. DO JULGAMENTO 9.1. O julgamento, para efeito de classificação das propostas, será considerado o MENOR PREÇO GLOBAL cotado e será reizado nos termos dos arts. 43, incisos IV e V, 44 e 45 da Lei nº 8.666/ No caso de ocorrer empate entre duas ou mais PROPOSTAS, observado o disposto no parágrafo segundo do artigo 3º da Lei 8.666/93, a decisão se fará por sorteio, em ato público, para o qu todas as licitantes serão convocadas. 12

13 9.3. A comissão poderá pedir esclarecimentos, promover diligências, sempre que julgar necessário, tendo em vista facilitar ou complementar o julgamento das PROPOSTAS, a fim da aviar sua capacidade operacion e inteirar-se das reais condições de execução dos serviços, objeto desta Licitação O resultado do julgamento desta Licitação será divulgado mediante aviso a ser fixado no Quadro de Avisos da Comissão Permanente de Licitação, situado no hl do 3º Andar do anexo II, do MEC/DF, bem como publicado no Diário Ofici Homologado o resultado do julgamento desta Licitação pela autoridade competente do Ministério da Educação, as obrigações daí decorrentes constarão de CONTRATO a ser assinado com a empresa vendedora Será admitido apenas 01 (um) licitante vencedor As licitantes ficam liberadas dos compromissos assumidos, depois de decorridos 60 (sessenta) dias da data de entrega das PROPOSTAS, quando não convocadas para a contratação (parágrafo 3º do artigo 64 da Lei nº 8.666/93). 10. DA DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA As despesas decorrentes da contratação, objeto desta licitação, correrão a conta do Orçamento Ger da União para o exercício de 2004, a cargo do Ministério da Educação e das entidades vinculadas integrantes do procedimento licitatório, consignados nos Programa de trabho Resumido PTRES: , Elemento de Despesa , Outros Serviços de Terceiros - Pessoa Jurídica. 11. DO CONTRATO O MEC convocará oficimente a licitante vencedora para, no prazo máximo de 05 (cinco) dias úteis, contados da data da convocação, assinar o termo de contrato, sob pena de decair do direito à contratação, sem prejuízo das sanções previstas no art. 81 da Lei nº 8.666/ É facultado à Administração do MEC, quando a convocada não assinar o contrato no prazo e condições acima estabelecidos, chamar as licitantes remanescentes, obedecida a ordem de classificação, para fazê-lo em igu prazo e nas mesmas condições propostas pela primeira classificada, inclusive quanto aos preços atuizados, ou revogar esta Concorrência, independentemente da cominação prevista no art. 81 da Lei nº 8.666/ A recusa injustificada da licitante vencedora em assinar o contrato, dentro do prazo estabelecido pelo MEC caracteriza o descumprimento tot da obrigação assumida, sujeitando-se às penidades legmente estabelecidas O disposto neste subitem não se aplica às licitantes convocadas nos termos do art. 64, 2º da Lei nº 8.666/93, que não aceitarem a contratação nas mesmas condições propostas pela adjudicatária, inclusive quanto ao prazo e ao preço O contrato a ser firmado, na forma da minuta anexa a este Edit Anexo IV, terá sua vigência por 200 (duzentos) dias, a contar da data de sua assinatura A minuta de contrato que acompanha esta Concorrência poderá sofrer reformulações para adequá-la à proposta vencedora, mantendo-se as cláusulas específicas. 13

14 11.5. A empresa vencedora prestará garantia no percentu de 05% (cinco por cento) do vor glob do contrato, em uma das modidades previstas no 1º do art. 56 da Lei nº 8.666/ A execução do contrato será acompanhada e fiscizada por servidor designado pela Subsecretaria de Assuntos Administrativos, através da Coordenação de Obras e Suporte Técnico/CGRL/SAA/SE/MEC do MEC para atuar como Representante da Administração, que anotará, em registro próprio, todas as ocorrências relacionadas com a execução do contrato, determinando o que for necessário à regularização das ftas ou defeitos observados, e atestará as notas fiscais/faturas de serviço, para fins de pagamento O licitante vencedor deverá manter preposto, aceito pela Administração do MEC, durante o período de vigência do contrato, para representá-lo sempre que for necessário. 12. DAS SANÇÕES ADMINISTRATIVAS Pela inexecução tot ou parci do objeto desta CONCORRÊNCIA, a SAA/MEC poderá, garantida a prévia defesa, aplicar à licitante vencedora as seguintes sanções: a) advertência; b) suspensão temporária do direito de participar em licitações e impedimento de contratar com a Administração do MEC pelo prazo de até 02 (dois) anos; c) declaração de inidoneidade para licitar ou contratar com a Administração Pública, enquanto perdurarem os motivos determinantes da punição, ou até que seja promovida a reabilitação perante a própria autoridade que aplicou a penidade, que será concedida sempre que a licitante ressarcir a Administração do MEC pelos prejuízos resultantes, e depois de decorrido o prazo da sanção aplicada com base na ínea anterior; d) no caso de inexecução parci, multa de 1% (um por cento), cculada sobre o vor da fatura mens, por dia em que, sem justa causa, a licitante vencedora não cumprir as obrigações assumidas ou cumpri-las em desacordo com o estabelecido neste procedimento licitatório, até o máximo de 10 (dez) dias, quando então incidirá em outras cominações legais. e) no caso inexecução tot, multa de 5% (cinco por cento) cculada sobre o vor anu do contrato, a qu configurar-se-á quando ocorrer a reincidência de no mínimo 03 (três) vezes no ano, da condição estabelecida na ínea anterior ou pela recusa injustificada em assinar o contrato; Se ququer um dos motivos ocorrer por comprovado impedimento ou reconhecida força maior, devidamente justificado e aceito pela Administração do MEC, a licitante vencedora ficará isenta das penidades mencionadas A critério da Administração do MEC, na ocorrência de multa, o vor poderá ser descontado dos vores a serem pagos Nenhum pagamento será feito à licitante contratada sem que esta liquide a multa ou faça depósito do vor correspondente Compete à Subsecretaria de Assuntos Administrativos do Ministério da Educação optar pela espécie de penidade a ser aplicada. 14

15 13. DO PAGAMENTO O pagamento do objeto será efetuado em 5(cinco) parcelas mensais, conforme Cronograma Físico Financeiro apresentado pela Licitante, mediante Ordem Bancária, a ser creditada na conta bancária da Contratada, após a Nota Fisc e Fatura dos Serviços resultado da medição mens estiver atestada pela Fiscização da Coordenação de Obras e Suporte Técnico/CGRL/SAA/SE/MEC Em caso de eventu atraso de pagamento, o vor devido deverá ser acrescido de encargos moratórios apurados desde a data acima referida até a data do efetivo pagamento, tendo como base a Taxa Referenci - TR ou outro índice que venha substituí-la, cculados pro rata die, sobre o vor da nota fisc/fatura Em cumprimento ao disposto no Art. 64 da Lei nº 9.430, de 27/12/96, na Lei nº 9.718, de 27/11/98 e IN/CONJUNTA/SRF nº 306, de 12/03/2003, a Divisão de Execução Orçamentária e Financeira da Contratante reterá, na fonte, o Imposto sobre a Renda da Pessoa Jurídica - IRPJ, bem como a contribuição sobre o lucro líquido, a Contribuição para a Seguridade Soci - COFINS, e a contribuição para o PIS/PASEP, sobre os pagamentos que efetuar a pessoas jurídicas, que não apresentarem cópia do Termo de Opção ou Certificado de Isenção do IRPJ de que trata a Instrução Normativa SRF nº 79, de 01/08/ DA IMPUGNAÇÃO AO EDITAL Decairá do direito de impugnar os termos do presente Edit a licitante que não o fizer até dois dias úteis antes da data da abertura do invólucro com os Documentos de Habilitação A impugnação feita tempestivamente não impedirá a licitante de participar deste procedimento licitatório, até o trânsito em julgado da decisão pertinente A licitante deverá comunicar a impugnação interposta à Comissão Permanente de Licitação, logo após ter sido protocolizada no Protocolo do MEC, situado no Térreo do Edifício Sede do MEC, na Esplanada dos Ministérios, até às 18h do dia em que se encerra o prazo, em Brasília/DF 15. DOS RECURSOS Dos atos da Administração decorrentes da aplicação da Lei nº 8.666/93 neste procedimento licitatório, cabem recursos, representações e pedidos de reconsideração previstos no Art. 109 da lei citada O recurso deverá ser dirigido ao Senhor Subsecretário de Assuntos Administrativos do Ministério da Educação, por intermédio da Comissão Permanente de Licitação, praticante do ato recorrido, e será comunicado às demais licitantes, que poderão impugná-lo no prazo de 05 (cinco) dias úteis A Comissão Permanente de Licitação poderá reconsiderar sua decisão, no prazo de 05 (cinco) dias úteis, ou, nesse mesmo prazo, encaminhá-lo, impugnado ou não, devidamente informado à ao Senhor Subsecretário de Assuntos Administrativos do Ministério da Educação. 15

16 15.4. O Senhor Subsecretário de Assuntos Administrativos do Ministério da Educação deverá proferir sua decisão no prazo de 05 (cinco) dias úteis, a contar da data de recebimento do recurso A licitante deverá protocolar o seu recurso, com exclusividade, no Protocolo do MEC, situado Térreo do Edifício Sede do MEC, situado Bloco L, Esplanada dos Ministérios, em Brasília/DF, até às 18h do dia em que se encerra o prazo e, logo após, comunicar o ato à Comissão Permanente de Licitação. 16. DA HOMOLOGAÇÃO E ADJUDICAÇÃO Depois de concluídos o julgamento e a classificação das propostas e, decididos os recursos eventumente interpostos, será submetido ao Senhor Subsecretário de Assuntos Administrativos do MEC para que se proceda à devida homologação e adjudicação, pelo menor preço, do objeto licitado à licitante vencedora. 17. INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES Quaisquer esclarecimentos ou maiores informações serão prestados pela Comissão Permanente de Licitação da SAA/MEC, locizada na Esplanada dos Ministérios, Bloco L, Anexo I, 3º andar, sa 301, Brasília/DF, durante o expediente norm (dias úteis), das 08:00 horas às 12:00 horas e das 13:00 horas às 17:00 horas, ou pelo Fax nº (061) , ou pelo preferencimente em até 5 (cinco) dias úteis antes da abertura desta Licitação. 18. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Os serviços deverão ser prestados rigorosamente dentro das especificações estabelecidas neste Edit, no Projeto Básico e demais anexos, sendo que a inobservância desta condição implicará recusa form, ficando a licitante vencedora sujeita às penidades da Lei nº 8.666/93, sem que caiba ququer tipo de reclamação de sua parte A atuação da licitante vencedora perante a Comissão Permanente de Licitação, bem como na execução do contrato será registrada no Sistema Integrado de Cadastramento Unificado de Fornecedores SICAF e constará dos certificados e declarações solicitados É vedada a subcontratação tot ou parci do objeto desta CONCORRÊNCIA. 19. DAS DISPOSIÇÕES FINAIS Fica assegurado ao Senhor Subsecretário de Assuntos Administrativos do MEC, no interesse da Administração, sem que caiba às licitantes ququer tipo de reclamação ou indenização: a) adiar a data de abertura da presente CONCORRÊNCIA, dando ciência aos interessados mediante publicação no Diário Ofici e afixação de comunicado no Quadro de Avisos da Comissão Permanente de Licitação, situado no hl do 3º Andar, do Anexo II, do MEC, com antecedência de, no mínimo, 24 (vinte e quatro) horas da data inicimente marcada; 16

17 b) anular ou revogar esta CONCORRÊNCIA, a ququer tempo, desde que ocorrentes as hipóteses de ilegidade ou de interesse público, fundamentados na forma do disposto no art. 49 da Lei nº 8.666/93, dando ciência aos interessados mediante publicação no Diário Ofici e afixação no Quadro de Avisos da Comissão Permanente de Licitação; c) terar as condições deste Edit, as especificações e ququer documento pertinente a esta CONCORRÊNCIA, fixando novo prazo, não inferior a 30 (trinta) dias, para recebimento e abertura dos envelopes, a contar da data de publicação das terações A participação nesta CONCORRÊNCIA implicará aceitação integr e irretratável das normas do Edit, Projeto Básico e demais anexos, bem como observância dos preceitos legais e regulamentares, ressvado o direito de impugnação e de recurso No caso de desfazimento do processo licitatório, fica assegurado o contraditório e a ampla defesa Os interessados que retirarem o edit pela internet, DEVERÃO ENCAMINHAR O TERMO DE RECEBIMENTO (fls. 01), devidamente preenchido, à Comissão de Licitação, através do fax nº (061) As respostas aos pedidos de esclarecimentos formulados serão divulgadas mediante publicação de nota na página web do MEC, no endereço opção Licitações, ficando as empresas interessadas em participar do certame obrigadas a acessa-la para a obtenção das informações prestadas. 20. DO FORO O foro é o da Justiça Feder, Seção Judiciária de Brasília/DF. Brasília, 06 de julho de LUIZ CARLOS VELOSO PRESIDENTE DA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO SUBSTITUTO CLEIDE ALVES DOS REIS MEMBRO DA CPL ANTONIO DE MELO SANTOS MEMBRO DA CPL 17

18 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA EXECUTIVA SUBSECRETARIA DE ASSUNTOS ADMINISTRATIVOS Coordenação-Ger de Recursos Logísticos Coordenação de Obras e Suporte Técnico Divisão de Engenharia ANEXO I - PROJETO BÁSICO Execução de serviços especiizados de engenharia mecânica e de segurança do trabho, com fornecimento de materiais, visando à limpeza mecânica dos sistemas de climatização (dutos, equipamentos e casas de máquinas) dos Edifícios Sede e Anexos do Ministério da Educação, em Brasília-DF. Brasília/DF, janeiro de 2004,,,,, 18

19 PB limpeza dutos ar condicionado versão b (Meus documentos) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA EXECUTIVA SUBSECRETARIA DE ASSUNTOS ADMINISTRATIVOS Coordenação-Ger de Recursos Logísticos Coordenação de Obras e Suporte Técnico Divisão de Engenharia PROJETO BÁSICO I. OBJETO "Execução de serviços especiizados de engenharia mecânica e de segurança do trabho, com fornecimento de materiais, visando à limpeza mecânica dos sistemas de climatização (dutos, equipamentos, casas de máquinas, inclusive recuperação dessas) dos Edifícios Sede e Anexos do Ministério da Educação, em Brasília-DF. II. SISTEMAS ALVOS DOS SERVIÇOS Os sistemas vos dos serviços do objeto, estão instados nos Eds. Sede e Anexos I e II, e compreenderão: Todas as redes de dutos de insuflamento e retorno do ar condicionado; Reforma dos climatizadores (condicionadores) de ar dos tipos fan-coils e self-containeds conforme relação; Recuperação das casas de máquinas dos climatizadores relacionados; Substituição dos forros metálicos das sas e corredores dos Eds. Anexos, e forros de papel prensado (pacote) dos corredores e metálico colméia do hls dos elevadores do Ed. Sede. 2.1 Edifício Sede Dutos de insuflamento de ar m, secções variadas, com largura variando de 40 cm à = 120 cm Climatizadores (36 unidades - ver relação anexa) Fan-coils unidades; Self-containeds... 5 unidades; Recuperação de Casas de Máquinas 8 unidades Substituição dos forros de papel prensado (pacote) dos corredores e metálico colméia do hl dos elevadores do Ed. Sede: m Edifícios Anexos I e II 19

20 2.2.1 Dutos de insuflamento de ar, inclusive dutos flexíveis corrugados (Troffer) m, secções variadas, com largura variando de 40 cm à = 120 cm Climatizadores (76 unidades - ver relação anexa) Fan-coils unidades; Self-containeds unidades; Recuperação de Casas de Máquinas...38 unidades Substituição dos forros metálicos das sas e corredores dos Eds. Anexos: m 2 III. ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS E DE SERVIÇOS NORMAS ADOTADAS 1. Norma NBR 7256/82 Tratamento do ar em unidades médico-assistenciais, da Associação Brasileira de Normas Técnicas ABNT; 2. Norma NBR 6401/80 Instações centrais de ar-condicionado para conforto Parâmetros básicos de projeto, da ABNT; 3. Norma NBR 13971/97 Sistemas de refrigeração, condicionamento e ventilação Manutenção Programada, da ABNT; 4. Portaria nº 3.523/98 do Ministério da Saúde; 5. Resolução 09/03 da ANVISA - Agência Nacion de Vigilância Sanitária; 6. Normas Para Projetos Físicos de Estabelecimentos Assistenciais de Saúde, da Coordenação-Ger de Normas/DTEC/SAS do Ministério da Saúde; e 7. Manu de Medicina Básica do Trabho. 3.1 PROGRAMAÇÃO/PLANEJAMENTO Verificação in loco das condições ambientais dos locais onde serão desenvolvidos os trabhos, no que se refere ao suprimento de água, ponto de energia elétrica, horários de acesso, guarda de equipamentos e produtos, segurança e ququer outro aspecto que possa merecer especi atenção para o melhor desenvolvimento dos serviços em comum acordo com a Fiscização da Coordenação de Obras e Suporte Técnico/CGRL/SAA/SE/MEC Estudo minucioso dos sistemas para determinação da melhor seqüência de execução dos serviços, escolha de trechos a serem isolados e dos acessos para introdução dos equipamentos nos dutos A vistoria técnica prévia a ser reizada pela licitante será fundament para conhecimento da disposição dos sistemas de ar condicionado, suas máquinas, dutos, grelhas e demais registros. 20

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA TERRA DE LUTA E FÉ - DOE ORGÃOS, DOE SANGUE:SALVE VIDAS

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA TERRA DE LUTA E FÉ - DOE ORGÃOS, DOE SANGUE:SALVE VIDAS EDITAL DE CARTA CONVITE 027/2015 A PREFEITA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA, torna público, para conhecimento dos interessados, que no dia 20 DE NOVEMBRO DE 2015, às 10 horas, reunirse-á a Comissão Permanente

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 028/2009 M I N U T A

CARTA CONVITE Nº 028/2009 M I N U T A IMPORTANTE : PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDÊNCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JARDIM PAULISTA

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 007/2008

CARTA CONVITE Nº 007/2008 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO E COM ATÉ 24 HS DE ANTECEDÊNCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 - JD. PAULISTA -

Leia mais

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2010. SESSÃO DE ABERTURA: Local: Rua Pamplona 1200 7º andar Horário: 10:30 horas do dia 08 de março de 2.

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2010. SESSÃO DE ABERTURA: Local: Rua Pamplona 1200 7º andar Horário: 10:30 horas do dia 08 de março de 2. IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM 03 (TRÊS) DIAS DE ANTECEDENCIA NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP: 01405-001

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 002/2010

CARTA CONVITE Nº 002/2010 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 023/2009

CARTA CONVITE Nº 023/2009 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

Tomada de Preços n.º 015/2010

Tomada de Preços n.º 015/2010 Tomada de Preços n.º 015/2010 Procedimento Administrativo n.º 0848/2010 Modalidade: Tomada de Preços Tipo: Menor Preço Julgamento: global Regime de execução: empreitada por preço unitário Objeto: Contratação

Leia mais

Processo nº 0448.1511/15-9 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 066A/2015

Processo nº 0448.1511/15-9 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 066A/2015 Processo nº 0448.1511/15-9 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 066A/2015 DATA DA ABERTURA: 13/11/2015 HORA DA ABERTURA: 09:00 Horas NOME DA EMPRESA: ORIGINAL

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 005/2008 M I N U T A

CARTA CONVITE Nº 005/2008 M I N U T A IMPORTANTE : PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDÊNCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2013 PROCESSO SECOM Nº 0357/2012. Alterações e Normas complementares M I N U T A

PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2013 PROCESSO SECOM Nº 0357/2012. Alterações e Normas complementares M I N U T A IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ PREENCHER O RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL, CONSTANTE DO ANEXO I E DEVOLVER COM ATÉ 24 HS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2013

Leia mais

ABERTURA DE CARTA CONVITE Nº 001/2014

ABERTURA DE CARTA CONVITE Nº 001/2014 ABERTURA DE CARTA CONVITE Nº 001/2014 O CONSELHO REGIONAL DE CORRETORES DE IMÓVEIS DO ESTADO DE SANTA CATARINA CRECI - 11ª REGIÃO/SC, através da Comissão de Julgamento de Licitação, comunica que, de acordo

Leia mais

1.1 O recebimento dos envelopes dar-se-á até às 14:00h do dia 09 de março de 2010, pela Comissão Permanente de Licitação, no endereço acima citado.

1.1 O recebimento dos envelopes dar-se-á até às 14:00h do dia 09 de março de 2010, pela Comissão Permanente de Licitação, no endereço acima citado. EDITAL DE CARTA CONVITE N 02/2010 CRM-PR OBJETIVANDO A CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSESSORIA PARA O DESENVOLVIMENTO E SUPERVISÃO DE PROJETO DE TELEMEDICINA, VIDEOCONFERÊNCIA E EDUCAÇÃO CONTINUADA PARA

Leia mais

CONVITE Nº. 001/2014

CONVITE Nº. 001/2014 CONVITE Nº. 001/2014 O CONSELHO REGIONAL DE ECONOMIA 4ª REGIÃO RIO GRANDE DO SUL, autarquia federal criada pela Lei 1.411/51, através de sua Comissão de Licitações, designada pela Ata nº 1412/2014, da

Leia mais

INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO CADASTRAL

INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO CADASTRAL INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO CADASTRAL 1. DA ENTREGA DA DOCUMENTAÇÃO 1.1. Os interessados em se inscrever e/ou renovar o Registro Cadastral junto ao GRB deverão encaminhar a documentação a seguir estabelecida,

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 013/2007 PROCESSO N.º 1.612/2007

CARTA CONVITE Nº 013/2007 PROCESSO N.º 1.612/2007 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP: 01405-001 - DEPTO DE COMPRAS - 8º ANDAR. Regime

Leia mais

PROCESSO Nº 574/2014 EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº7/2014. Do Objeto

PROCESSO Nº 574/2014 EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº7/2014. Do Objeto PROCESSO Nº 574/2014 EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº7/2014 O Município de Mariano Moro, RS, torna público, em conformidade com a Lei Federal n.º 8.666/93 e suas alterações, que no dia 30 de setembro as 14

Leia mais

SESSÃO DE ABERTURA: Local: Rua Pamplona 1200 7º andar Horário: 10:30 horas do dia 06 de Outubro de 2.009 M I N U T A

SESSÃO DE ABERTURA: Local: Rua Pamplona 1200 7º andar Horário: 10:30 horas do dia 06 de Outubro de 2.009 M I N U T A PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO E COM ATÉ 3(TRES) DIAS DE ANTECEDÊNCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JARDIM PAULISTA CEP 01405-001

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 003/2011

CARTA CONVITE Nº 003/2011 CARTA CONVITE Nº 003/2011 O Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional da 10ª Região CREFITO-10, com jurisdição no Estado de Santa Catarina, através de sua Comissão Permanente de Licitações,

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 003/2014 TIPO: MENOR PREÇO

CARTA CONVITE Nº 003/2014 TIPO: MENOR PREÇO CARTA CONVITE Nº 003/2014 TIPO: MENOR PREÇO PROCESSO Nº 003/2014 Tipo de Licitação: MENOR PREÇO DATA: 22/08/2014 HORÁRIO: 10h00min LOCAL: Universidade de Brasília Campus Universitário Darcy Ribeiro Edifício

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO N.º 005/2014 CARTA CONVITE Nº 002/2014

EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO N.º 005/2014 CARTA CONVITE Nº 002/2014 EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO N.º 005/2014 CARTA CONVITE Nº 002/2014 O CONSELHO REGIONAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA DA 7ª REGIÃO CREF7/DF, Autarquia Federal, criada pela Lei nº 9.696/98, torna público

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PEDRO DAS MISSÕES

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PEDRO DAS MISSÕES PROCESSO LICITATÓRIO Nº 003/2016 TOMADA DE PREÇO Nº 003/2016 Aldoir Godois Vezaro, Prefeito Municipal de São Pedro das Missões RS, no uso de suas atribuições legais e de conformidade com a Lei nº 8.666,

Leia mais

EDITAL DE CONCORRÊNCIA PÚBLICA 01/2014

EDITAL DE CONCORRÊNCIA PÚBLICA 01/2014 EDITAL DE CONCORRÊNCIA PÚBLICA 01/2014 O PRESIDENTE DA COMPANHIA ÁGUAS TERMAIS MARCELINO RAMOS no uso de suas atribuições legais e estatutárias e de conformidade com a Lei 8666/93 de 21 de junho de 1993

Leia mais

Tomada de Preços n.º 006/2009

Tomada de Preços n.º 006/2009 Tomada de Preços n.º 006/2009 Procedimento Administrativo n.º 0802/2008 Modalidade: Tomada de Preços Tipo: Menor Preço Julgamento: por item Regime de execução: empreitada por preço global Objeto: Aquisição

Leia mais

EDITAL N.º CONVITE N.º PROCESSO N.º 011/2011-CPL 009/2011 011/2011. PRAZO MÁXIMO PARA ENTREGA DOS ENVELOPES Até 17 de Outubro de 2011 Às 14:00 horas

EDITAL N.º CONVITE N.º PROCESSO N.º 011/2011-CPL 009/2011 011/2011. PRAZO MÁXIMO PARA ENTREGA DOS ENVELOPES Até 17 de Outubro de 2011 Às 14:00 horas EDITAL N.º CONVITE N.º PROCESSO N.º 011/2011-CPL 009/2011 011/2011 PRAZO MÁXIMO PARA ENTREGA DOS ENVELOPES Até 17 de Outubro de 2011 Às 14:00 horas ABERTURA DOS ENVELOPES DOCUMENTAÇÃO Dia 17 de Outubro

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE BIOMEDICINA 1ª REGIÃO

CONSELHO REGIONAL DE BIOMEDICINA 1ª REGIÃO 1 CARTA CONVITE n.º 001/2011 São Paulo, 20 de outubro de 2011. O CONSELHO REGIONAL DE BIOMEDICINA - 1ª REGIÃO, nos termos da autorização constante no Processo Administrativo em epígrafe, vem, por intermédio

Leia mais

TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S/A TELEBRÁS

TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S/A TELEBRÁS TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S/A TELEBRÁS PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 008/2009 EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL Nº 02/2009 1.1 MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL 1.1.1.1 TIPO DE LICITAÇÃO: MAIOR DESCONTO OFERTADO

Leia mais

CARTA CONVITE 006/2013

CARTA CONVITE 006/2013 CARTA CONVITE 006/2013 O CONSELHO REGIONAL DE ECONOMIA 6ª REGIÃO, autarquia federal criada pela Lei 1.411/51, representada pelo Presidente da Comissão de Licitação, designada pela Portaria nº 002/2013,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE IPIRANGA DO SUL Estado do Rio Grande do Sul Rua do Comércio, 124 IPIRANGA DO SUL RS EDITAL DE LICITAÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE IPIRANGA DO SUL Estado do Rio Grande do Sul Rua do Comércio, 124 IPIRANGA DO SUL RS EDITAL DE LICITAÇÃO EDITAL DE LICITAÇÃO Modalidade...: Tomada de Preços Número...: 008/2014 Número da Modalidade: 003/2014 Data de Abertura da Licitação...: 20/02/2014 Data de Abertura das Propostas..: 14/03/2014 Horário...:

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVA ROMA DO SUL DEPARTAMENTO DE COMPRAS E LICITAÇÕES E D I T A L

PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVA ROMA DO SUL DEPARTAMENTO DE COMPRAS E LICITAÇÕES E D I T A L CONVITE Nº 06/2013 MANUTENÇÃO DE POÇOS ARTESIANOS E D I T A L O Prefeito Municipal de Nova Roma do Sul, no uso de suas atribuições legais e de conformidade com a Lei Federal n 8.666, de 21 de junho de

Leia mais

EMPRESA MUNICIPAL DE OBRAS E URBANIZAÇÃO

EMPRESA MUNICIPAL DE OBRAS E URBANIZAÇÃO 1 FUNDAMENTAÇÃO Este Manual contem regras para Cadastramento com fins de Licitação, nos termos da Lei 8.666/93 e alterações posteriores. e está disponível no site www.aracaju.se.gov.br/emurb. REGRAS PARA

Leia mais

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL BANCO INTERAMERICANO DE DESENVOLVIMENTO BID CONTRATO DE EMPRÉSTIMO N.º1200/OC-BR

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL BANCO INTERAMERICANO DE DESENVOLVIMENTO BID CONTRATO DE EMPRÉSTIMO N.º1200/OC-BR REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL BANCO INTERAMERICANO DE DESENVOLVIMENTO BID CONTRATO DE EMPRÉSTIMO N.º1200/OC-BR SECRETARIA MUNICIPAL DE OBRAS E VIAÇÃO - SMOV M I N U T A TOMADA DE PREÇOS N.º PROCESSO N.º

Leia mais

Prefeitura Municipal de Floriano Peixoto 01.612.289/0001-62 Avenida Alfredo Joahnes Dücker - 99.910-000 - Floriano Peixoto/RS EDITAL DE LICITAÇÃO

Prefeitura Municipal de Floriano Peixoto 01.612.289/0001-62 Avenida Alfredo Joahnes Dücker - 99.910-000 - Floriano Peixoto/RS EDITAL DE LICITAÇÃO Prefeitura Municipal de Floriano Peixoto 01.612.289/0001-62 Avenida Alfredo Joahnes Dücker - 99.910-000 - Floriano Peixoto/RS EDITAL DE LICITAÇÃO Processo...: 8/2015 Modalidade.: Convite Número...: 6/2015

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ASSUNTOS ADMINISTRATIVOS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ASSUNTOS ADMINISTRATIVOS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ASSUNTOS ADMINISTRATIVOS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO TERMO DE RECEBIMENTO DA CONCORRÊNCIA Nº 02/2005. PESSOA JURÍDICA: (NOME DA EMPRESA) ENDEREÇO: CNPJ DA PESSOA

Leia mais

CONVITE Nº 008/2013 CPL/FMS/SMS/PMVR

CONVITE Nº 008/2013 CPL/FMS/SMS/PMVR CONVITE Nº 008/2013 CPL/FMS/SMS/PMVR O MUNICÍPIO DE VOLTA REDONDA/RJ, por intermédio da COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO do FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE da SECRETARIA MUNCIPAL DE SAÚDE/PMVR, atendendo requisitos

Leia mais

CONVITE Nº 050A/2015

CONVITE Nº 050A/2015 Processo nº 0308.1511/15-3 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 050A/2015 DATA DA ABERTURA: 19/08/2015 HORA DA ABERTURA: 09:00 Horas NOME DA EMPRESA: ORIGINAL

Leia mais

Câmara Municipal De Natividade Da Serra

Câmara Municipal De Natividade Da Serra DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA A INCRIÇÃO NO REGISTRO CADASTRAL (Em conformidade com os artigos 28 a 31 da Lei Federal Nº 8.666/93 e demais alterações posteriores): PESSOA JURÍDICA 1 - Documentação Relativa

Leia mais

INFORMAÇÕES AOS FORNECEDORES SEJA NOSSO FORNECEDOR REGULAMENTO PARA EMISSÃO DO CRC COCEL (parte integrante do site www.cocel.com.

INFORMAÇÕES AOS FORNECEDORES SEJA NOSSO FORNECEDOR REGULAMENTO PARA EMISSÃO DO CRC COCEL (parte integrante do site www.cocel.com. 1/7 INFORMAÇÕES AOS FORNECEDORES SEJA NOSSO FORNECEDOR REGULAMENTO PARA EMISSÃO DO CRC COCEL (parte integrante do site www.cocel.com.br) INFORMAÇÕES I. O interessado na inscrição no Cadastro de Fornecedores

Leia mais

INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE SEGURANÇA E VIGILÂNCIA ARMADA PARA AS INSTALAÇÕES DO ONS EM BRASÍLIA/DF

INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE SEGURANÇA E VIGILÂNCIA ARMADA PARA AS INSTALAÇÕES DO ONS EM BRASÍLIA/DF INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE SEGURANÇA E VIGILÂNCIA ARMADA PARA AS INSTALAÇÕES DO ONS EM BRASÍLIA/DF Ref: Aviso de Edital ADG nº 003/2014 publicado em 28/10/2014. 1 1. OBJETO A

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE BIOLOGIA 3ª REGIÃO RS/SC

CONSELHO REGIONAL DE BIOLOGIA 3ª REGIÃO RS/SC CONSELHO REGIONAL DE BIOLOGIA 3ª REGIÃO CONVITE Nº 05/2013 SERVIÇOS DE ASSESSORIA CONTÁBIL O Conselho Regional de Biologia 3ª Região, através da Comissão Permanente de Licitações, convida V.S.a. a apresentar

Leia mais

FUNDO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE TURVO - PR. Tomada de Preço N.º 001/2014.

FUNDO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE TURVO - PR. Tomada de Preço N.º 001/2014. FUNDO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE TURVO - PR. Tomada de Preço N.º 001/2014. Emissão: 09/12/2014. Abertura: 29/12/2014. Horário: 10:00 H. O Fundo de Previdência dos Servidores Municipais

Leia mais

www.fundacaoaraucaria.org.br 2

www.fundacaoaraucaria.org.br 2 EDITAL DE LICITAÇÃO CONVITE 02/2013 Serviços de Auditoria 1. DO PREÂMBULO 1.1. A Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico, estabelecida em Curitiba, Av. Comendador Franco,

Leia mais

EDITAL DE CADASTRAMENTO FINANCEIRA BRB 2008/001

EDITAL DE CADASTRAMENTO FINANCEIRA BRB 2008/001 OBJETO: CADASTRAMENTO DE EMPRESAS OBJETIVANDO FUTURAS CONTRATAÇÕES DE PRESTAÇÃO DOS SERVIÇOS DE CORRESPONDENTES. 1 PREÂMBULO 1.1 A BRB CRÉDITO, FINANCIAMENTO E INVESTIMENTO S/A ( FINANCEIRA BRB ) torna

Leia mais

EDITAL DE DISPENSA DE LICITAÇÃO N 004/2014 TIPO: MENOR PREÇO

EDITAL DE DISPENSA DE LICITAÇÃO N 004/2014 TIPO: MENOR PREÇO EDITAL DE DISPENSA DE LICITAÇÃO N 004/2014 TIPO: MENOR PREÇO (PROCESSO N 2014/11/267) O Instituto de Previdência dos Servidores do Município de Paranaguá, por sua Comissão Permanente de Licitação, designada

Leia mais

RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL PELA INTERNET

RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL PELA INTERNET RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL PELA INTERNET Concorrência Pública nº 02/2011. Processo nº 09/2011. Razão Social: CNPJ: Endereço: Cidade: Telefone: e-mail: Pessoa para contato: Estado: Fax: Recebemos, através

Leia mais

CONVITE N.º 001/2007

CONVITE N.º 001/2007 CONVITE N.º 001/2007 A Companhia das Docas do Estado da Bahia - CODEBA, com observância da Lei n.º 8.666/93, de 21/6/1993, e demais disposições legais, convida essa empresa a participar de Licitação acima

Leia mais

COLETA DE PREÇOS Nº 001/2012 TERMO DE PARCERIA Nº752962/2010

COLETA DE PREÇOS Nº 001/2012 TERMO DE PARCERIA Nº752962/2010 COLETA DE PREÇOS Nº 001/2012 TERMO DE PARCERIA Nº752962/2010 Edital para contratação de empresa especializada e/ou Agência de Turismo ou viagens para execução de serviços de reserva, emissão, marcação,

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA Secretaria de Infraestrutura MINUTA EDITAL DE PRÉ-QUALIFICAÇÃO INTERNACIONAL N. 01/2013 PROCESSO N.

GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA Secretaria de Infraestrutura MINUTA EDITAL DE PRÉ-QUALIFICAÇÃO INTERNACIONAL N. 01/2013 PROCESSO N. MINUTA INTERNACIONAL N. 01/2013 PROCESSO N.º 0900130000453 A SECRETARIA DE INFRAESTRUTURA DO ESTADO DA BAHIA - SEINFRA, com sede na Avenida Luiz Viana Filho, 4ª Avenida, nº 440, Centro Administrativo da

Leia mais

FUNDAÇÃO DE APOIO À EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO DE MINAS GERAIS CNPJ: 00.278.912/0001-20

FUNDAÇÃO DE APOIO À EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO DE MINAS GERAIS CNPJ: 00.278.912/0001-20 EDITAL DE LICITAÇÃO N.º 04/07 MODALIDADE: CONVITE FORMA DE EXECUÇÃO: INDIRETA ENTREGA DO ENVELOPE ATÉ AS 17:00 HORAS DO DIA: 13/03/2007 DATA DA ABERTURA: 14/03/2007 OBJETO DA LICITAÇÃO: Plantio e fornecimento

Leia mais

CONVITE N.º 004-001/2013-CV

CONVITE N.º 004-001/2013-CV 1 CONVITE N.º 004-001/2013-CV REFERÊNCIA: Contratação de organização, associação ou empresa que preste serviço de hospedagem com local para realização de evento, destinado aos contratados e convidados

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS PARA REGISTRO CADASTRAL DE FORNECEDORES. 1.2. Aprovado o pedido será concedido o CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL- Anexo A-4.

CONDIÇÕES GERAIS PARA REGISTRO CADASTRAL DE FORNECEDORES. 1.2. Aprovado o pedido será concedido o CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL- Anexo A-4. 1/9 CONDIÇÕES GERAIS PARA REGISTRO CADASTRAL DE FORNECEDORES A inscrição no Cadastro de Fornecedores da CET é regulada pelas presentes Condições Gerais, nos termos da Seção III - DOS REGISTROS CADASTRAIS

Leia mais

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DE RONDÔNIA SENAR-AR/RO CNPJ Nº. 04.293.236/0001-14

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DE RONDÔNIA SENAR-AR/RO CNPJ Nº. 04.293.236/0001-14 AVISO DE LICITAÇÃO O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural Administração Regional de Rondônia SENAR-AR/RO, comunica aos interessados que no dia 11/11/2010, ás 09:30 hs, ocorrerá a ABERTURA DOS ENVELOPES

Leia mais

EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº 001/2014 PROCESSO Nº 001/2014

EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº 001/2014 PROCESSO Nº 001/2014 EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº 001/2014 PROCESSO Nº 001/2014 Encerramento: às 17:00 horas do dia 30 de setembro de 2014 Abertura dos Envelopes: às 8:00 horas do dia 01 de outubro de 2014 A SANTA CASA DE

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO - MODALIDADE CONVITE

EDITAL DE LICITAÇÃO - MODALIDADE CONVITE EDITAL DE LICITAÇÃO - MODALIDADE CONVITE PROCESSO nº 001/2014 CARTA CONVITE nº 001/2014 TIPO MENOR PREÇO POR ITEM A Presidenta da ASSOCIAÇÃO CASA DA MULHER CATARINA - CMC, mantenedora do Projeto: JORNALISTAS

Leia mais

EDITAL DA TOMADA DE PREÇO Nº. 014/2008

EDITAL DA TOMADA DE PREÇO Nº. 014/2008 1 EDITAL DA TOMADA DE PREÇO Nº. 014/2008 Objeto Contratar empresa especializada de Engenharia Mecânica para Instalação dos Equipamentos Industriais dos prédios de Utilidades e PPI do CBA. MANAUS/AM 2008

Leia mais

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS COPASA MG CNPJ/MF 17.281.106/0001 03 Rua Mar de Espanha, 453 / Sto. Antônio Belo Horizonte (MG)

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS COPASA MG CNPJ/MF 17.281.106/0001 03 Rua Mar de Espanha, 453 / Sto. Antônio Belo Horizonte (MG) COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS COPASA MG CNPJ/MF 17.281.106/0001 03 Rua Mar de Espanha, 453 / Sto. Antônio Belo Horizonte (MG) NORMAS DE CREDENCIAMENTO PARA INSTITUIÇÕES BANCÁRIAS 1. DA FINALIDADE

Leia mais

EDITAL PROCESSO 4674/2009

EDITAL PROCESSO 4674/2009 EDITAL PROCESSO 4674/2009 A Justiça Federal de Primeiro Grau em Minas Gerais, por intermédio da Pregoeira designada pela Portaria 10/58-DIREF de 24/06/2009 realizará o pregão presencial em epígrafe, regido

Leia mais

Prefeitura Municipal de Antonina do Norte GOVERNO MUNICIPAL CNPJ n 07.594.500/0001-48 EDITAL CONVOCATÓRIO

Prefeitura Municipal de Antonina do Norte GOVERNO MUNICIPAL CNPJ n 07.594.500/0001-48 EDITAL CONVOCATÓRIO EDITAL CONVOCATÓRIO CONVITE Nº 2013.02.18.2 1.0 EDITAL 1.1 Órgão: SECRETARIA MUNICIPAL DE AÇÃO SOCIAL 1.2 Modalidade: CONVITE 1.3 Tipo de Licitação: Menor preço Global 1.4 Torna público para conhecimento

Leia mais

RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL PELA INTERNET

RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL PELA INTERNET RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL PELA INTERNET Convite nº 01/2012. Processo nº 01/2012. Razão Social: CNPJ: Endereço: Cidade: Telefone: e-mail: Pessoa para contato: Estado: Fax: Recebemos, através do acesso

Leia mais

Contratação de Apólice de Seguro para Funcionários do Instituto Pensarte.

Contratação de Apólice de Seguro para Funcionários do Instituto Pensarte. COTAÇÃO DE PREÇOS Nº 018 /2014 - PC 0408 / 2014 Contratação de Apólice de Seguro para Funcionários do Instituto Pensarte. PUBLICAÇÃO: 23 de abril de 2014 ENTREGA E ABERTURA DAS PROPOSTAS Data: 30 de abril

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 003/2013 TIPO: MENOR PREÇO

CARTA CONVITE Nº 003/2013 TIPO: MENOR PREÇO CARTA CONVITE Nº 003/2013 TIPO: MENOR PREÇO PROCESSO Nº 003/2013 Tipo de Licitação: MENOR PREÇO DATA: 19/03/2013 HORÁRIO: 10:00 Horas LOCAL: Universidade de Brasília Campus Universitário Darcy Ribeiro

Leia mais

CARTA CONVITE 12/2015 FUnC REPUBLICAÇÃO

CARTA CONVITE 12/2015 FUnC REPUBLICAÇÃO 1 CARTA CONVITE 12/2015 FUnC REPUBLICAÇÃO 1 - PREÂMBULO 1.1 - A Fundação Universidade do Contestado, através do seu Departamento de Compras, situado à Rua Victor Sopelsa, 3000, Bairro Salete, Concórdia,

Leia mais

SOLICITAÇÃO DE COTAÇÃO IICA/NEAD Nº 005/2008 Data: 29/02/2008. EMPRESA CONVIDADA: Telefone: Fax: Endereço: Cidade: Estado:

SOLICITAÇÃO DE COTAÇÃO IICA/NEAD Nº 005/2008 Data: 29/02/2008. EMPRESA CONVIDADA: Telefone: Fax: Endereço: Cidade: Estado: SOLICITAÇÃO DE COTAÇÃO IICA/NEAD Nº 005/2008 Data: 29/02/2008 EMPRESA CONVIDADA: Telefone: Fax: Endereço: Cidade: Estado: Prezado (a) Senhor (a), O Projeto de Cooperação para Apoio às Políticas e à Participação

Leia mais

CONVITE DE ALIENAÇÃO Nº. 03 / 2012 Processo nº. 23219.000/2011-51

CONVITE DE ALIENAÇÃO Nº. 03 / 2012 Processo nº. 23219.000/2011-51 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL GOIANO Câmpus Rio Verde GO CONVITE DE ALIENAÇÃO Nº. 03 / 2012 Processo nº. 23219.000/2011-51 O Instituto Federal

Leia mais

CONVITE N.º 129/2010 CPL/FMS/SMS/PMVR

CONVITE N.º 129/2010 CPL/FMS/SMS/PMVR 1 CONVITE N.º 129/2010 CPL/FMS/SMS/PMVR O MUNICÍPIO DE VOLTA REDONDA/RJ., por intermédio da COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO do /SMS/PMVR, atendendo requisitos do Processo Administrativo n.º 1806/2010/SMS/PMVR,

Leia mais

CONVITE N.º 003-001/2013-CV

CONVITE N.º 003-001/2013-CV 1 CONVITE N.º 003-001/2013-CV REFERÊNCIA: Contratação de organização, associação ou empresa que preste serviço de fornecimento de alimentação no município de Santarém/Pará. A TERRA DE DIREITOS, entidade

Leia mais

2.01.1 Atenderem as condições e exigências estabelecidas neste CONVITE;

2.01.1 Atenderem as condições e exigências estabelecidas neste CONVITE; CONVITE Nº 009/2007 LICITAÇÃO PARA AQUISIÇÃO DE 63 (SESSENTA E TRÊS) LICENÇAS DO SISTEMA OPERACIONAL WINDOWS XP PROFESSIONAL-FULL VERSÃO EM PORTUGUÊS PARA ESTAÇÕES DE TRABALHO E 01(UMA) LICENÇA DE WINDOWS

Leia mais

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência CONVITE N.º 5030005-01/2011

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência CONVITE N.º 5030005-01/2011 1 CONVITE N.º 5030005-01/2011 A FUNDAÇÃO DE APOIO À TECNOLOGIA E CIÊNCIA -, CNPJ n.º 89.252.431/0001-59, realizará licitação por CONVITE, do tipo menor preço global, para a AQUISIÇÃO DE CERCA/MANGUEIRA

Leia mais

FACULDADE DE DIREITO DE SÃO BERNARDO DO CAMPO

FACULDADE DE DIREITO DE SÃO BERNARDO DO CAMPO CONVITE N.º 21/2012 PROCESSO DE COMPRA N.º 146/2012 CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA PARA REMANEJAMENTO DO SISTEMA DE TELEFONIA (PABX) DE PROPRIEDADE DA FACULDADE DE DIREITO DE SÃO BERNARDO DO CAMPO

Leia mais

CONVITE Nº 060E/2015

CONVITE Nº 060E/2015 Processo nº 0405.1511/15-3 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 060E/2015 DATA DA ABERTURA: 16/10/2015 HORA DA ABERTURA: 10:00 Horas NOME DA EMPRESA: ORIGINAL

Leia mais

MENOR PREÇO, SERVIDOR

MENOR PREÇO, SERVIDOR 1 PEDIDO DE COTAÇÃO Nº 037/2012 PROCESSO Nº 410/2012 DATA DO ENCERRAMENTO: 30/07/2012 às 10:00 horas DATA DE ABERTURA: 30/07/2012 às 10:30 horas A Fundação Padre Anchieta Centro Paulista de Rádio e TV

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 001/2012 TIPO: MENOR PREÇO

TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 001/2012 TIPO: MENOR PREÇO TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 001/2012 TIPO: MENOR PREÇO A Associação Paulista dos Criadores de Suínos APCS - SP, entidade privada sem fins lucrativos, inscrita no Cadastro Nacional de

Leia mais

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DO ESTADO DE SANTA CATARINA

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DO ESTADO DE SANTA CATARINA CARTA CONVITE N 005/2015 SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL - ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DE SANTA CATARINA - SENAR-AR/SC Edital de Convite nº. 005/2015 1 - Preâmbulo 1.1 - O Serviço Nacional de Aprendizagem

Leia mais

QUANT UND PREÇO/LT 01 ÓLEO DIESEL 3.726,50 LT

QUANT UND PREÇO/LT 01 ÓLEO DIESEL 3.726,50 LT MODALIDADE: CARTA CONVITE Nº 003/2009 EXPEDIDA EM: 27/01/2009 TIPO DE LICITAÇÃO: MENOR PREÇO POR ITEM REPARTIÇÃO INTERESSADA: SECRETARIA MUNICIPAL DE INFRA- ESTRUTURA E LOGÍSTICA FUNDAMENTO LEGAL: REGIDA

Leia mais

Assinatura e carimbo da empresa

Assinatura e carimbo da empresa SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ASSUNTOS ADMINISTRATIVOS TERMO DE RECEBIMENTO DO PREGÃO N. º 26/2002. EMPRESA: ENDEREÇO: CNPJ DA EMPRESA: TELEFONE(S): FAX: E-MAIL: PESSOA

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO MINISTÉRIO PÚBLICO DO DISTRITO FEDERAL E TERRITÓRIOS. PREGÃO N.º 54/05 Processo n.º 08190.061105/05-26

MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO MINISTÉRIO PÚBLICO DO DISTRITO FEDERAL E TERRITÓRIOS. PREGÃO N.º 54/05 Processo n.º 08190.061105/05-26 MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO MINISTÉRIO PÚBLICO DO DISTRITO FEDERAL E TERRITÓRIOS PREGÃO N.º 54/05 Processo n.º 08190.061105/05-26 O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios MPDFT, por meio

Leia mais

PROCESSO SELETIVO Nº 004/2012

PROCESSO SELETIVO Nº 004/2012 PROCESSO SELETIVO Nº 004/2012 O Instituto de Gestão e Humanização IGH, torna público para conhecimento dos interessados, que fará realizar Processo Seletivo objetivando a contratação de serviços de Coleta,

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA EDUCAÇÃO EEEP RITA MATOS LUNA JUCÁS CEARÁ

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA EDUCAÇÃO EEEP RITA MATOS LUNA JUCÁS CEARÁ Convite N. 004/2015 Natureza da Despesa/ OBJETIVO: Fonte do Recurso Contratação de Serviço de INSTALAÇÃO DE SERVIÇO DE LINK DE INTERNET - 5MB Dotação Orçamentária Data da Emissão 22/06/2015 Data da Licitação

Leia mais

SUPERINTENDÊNCIA DE ÁGUA E ESGOTO AV. HUGO ALESSI Nº 50 B. NDUSTRIAL - FONE: (0**34) 3242-3579/3242-5026 ARAGUARI MG

SUPERINTENDÊNCIA DE ÁGUA E ESGOTO AV. HUGO ALESSI Nº 50 B. NDUSTRIAL - FONE: (0**34) 3242-3579/3242-5026 ARAGUARI MG SUPERINTENDENCIA DE AGUA E ESGOTO DE ARAGUARI DEPARTAMENTO DE LICITAÇÕES E CONTRATOS COMISSÃO ESPECIAL DE CADASTRO/SETOR DE CADASTRO INSTRUÇÕES GERAIS 1. OBJETIVO Estabelecer normas e procedimentos para

Leia mais

EDITAL OBJETO: CABO GIGALAN CATEGORIA 6 U/UTP 23AWGX4PARES - VERMELHO EM CAIXA DE 305 METROS, CONFORME ESPECIFICAÇÃO TECNICA Nº 036/2009.

EDITAL OBJETO: CABO GIGALAN CATEGORIA 6 U/UTP 23AWGX4PARES - VERMELHO EM CAIXA DE 305 METROS, CONFORME ESPECIFICAÇÃO TECNICA Nº 036/2009. EDITAL A SÃO PAULO TRANSPORTE S.A. SPTrans, inscrita no CNPJ-MF sob o n.º 60.498.417/0001-58, comunica que se encontra aberta a licitação, EXCLUSIVAMENTE para participação de microempresas e empresas de

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO N 12/2007 Sistema de Registro de Preços

PREGÃO ELETRÔNICO N 12/2007 Sistema de Registro de Preços PREGÃO ELETRÔNICO N 12/2007 Sistema de Registro de Preços EDITAL A Justiça Federal de Primeiro Grau em Minas Gerais, por intermédio da Pregoeira designada pela Portaria 10-124-DIREF de 29/06/2006, realizará

Leia mais

PROCESSO 005/2010 EDITAL DE CREDENCIAMENTO 001/2010

PROCESSO 005/2010 EDITAL DE CREDENCIAMENTO 001/2010 INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES DO MUNICÍPIO DE SÃO SEBASTIÃO DO PARAÍSO, Regime Próprio de Previdência Social dos Servidores Públicos Municipais de São Sebastião do Paraíso, autarquia municipal,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MATO RICO ESTADO DO PARANÁ CNPJ - 95.684.510/0001-31 COMISSÃO MUNICIPAL DE LICITAÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE MATO RICO ESTADO DO PARANÁ CNPJ - 95.684.510/0001-31 COMISSÃO MUNICIPAL DE LICITAÇÃO DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA REGISTRO CADASTRAL (Conf. Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993) I - Para a habilitação jurídica: a) Cédula de identidade e registro comercial na repartição competente, para

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 01/2011

CARTA CONVITE Nº 01/2011 CARTA CONVITE Nº 01/2011 O CONSELHO REGIONAL DE FISIOTERAPIA E TERAPIA OCUPACIONAL DA 10ª REGIÃO CREFITO-10, Estado de Santa Catarina, através de sua Comissão Permanente de Licitação, designada pela Portaria

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO N 001/2015 MODALIDADE: CARTA CONVITE 01/2015 TIPO: MENOR PREÇO GLOBAL

EDITAL DE LICITAÇÃO N 001/2015 MODALIDADE: CARTA CONVITE 01/2015 TIPO: MENOR PREÇO GLOBAL 1 EDITAL DE LICITAÇÃO N 001/2015 MODALIDADE: CARTA CONVITE 01/2015 TIPO: MENOR PREÇO GLOBAL 1 PREÂMBULO 1.1 A CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ DO NORTE, Estado do Rio Grande do Sul, inscrita no CNPJ sob o

Leia mais

EDITAL. TOMADA DE PREÇO Nº 16/2015 PROCESSO n 33.000.000301.2015. DATA DA REALIZAÇÃO: 23 de novembro de 2015. HORÁRIO: 09:00 horas

EDITAL. TOMADA DE PREÇO Nº 16/2015 PROCESSO n 33.000.000301.2015. DATA DA REALIZAÇÃO: 23 de novembro de 2015. HORÁRIO: 09:00 horas EDITAL EDITAL DE TOMADA DE PREÇO PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇO TÉCNICO PROFISSIONAL DE ASSESSORIA E CONSULTORIA DE GESTÃO E DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS, CONFORME DESCRITO NO TERMO DE REFERÊNCIA E PROJETO

Leia mais

EDITAL PREGÃO PRESENCIAL Nº. 05/2012 PROCESSO Nº. 0116/2012

EDITAL PREGÃO PRESENCIAL Nº. 05/2012 PROCESSO Nº. 0116/2012 EDITAL PREGÃO PRESENCIAL Nº. 05/2012 PROCESSO Nº. 0116/2012 1. INTRODUÇÃO: 1.1 O CONSELHO REGIONAL DE ODONTOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL, por intermédio da Pregoeira Angela Ferraz Jaeger, torna público,

Leia mais

PROCESSO SELETIVO Nº 014/2013

PROCESSO SELETIVO Nº 014/2013 PROCESSO SELETIVO Nº 014/2013 O Instituto de Gestão e Humanização IGH, torna público para conhecimento dos interessados, que fará realizar Processo Seletivo objetivando a Contratação de Empresa para a

Leia mais

CONVITE Nº 14/2010. DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 01 / 06 / 2010 às 15 horas

CONVITE Nº 14/2010. DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 01 / 06 / 2010 às 15 horas CONVITE Nº 14/2010 DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 01 / 06 / 2010 às 15 horas 01. DISPOSIÇÕES INICIAIS 1.1 O Senac Departamento Nacional torna público que, na Seção de Material,

Leia mais

CADASTRO DE FORNECEDORES (MATERIAL/SERVIÇOS)

CADASTRO DE FORNECEDORES (MATERIAL/SERVIÇOS) CADASTRO DE FORNECEDORES (MATERIAL/SERVIÇOS) ÍNDICE RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA CADASTRO DE FORNECEDORES DE MATERIAL/SERVIÇOS PÁGINA 2 FICHA DE INFORMAÇÕES PARA CADASTRO DE FORNECEDORES PÁGINA 4 DECLARAÇÃO

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO CARTA CONVITE Nº 01/2015.

EDITAL DE LICITAÇÃO CARTA CONVITE Nº 01/2015. 1 EDITAL DE LICITAÇÃO CARTA CONVITE Nº 01/2015. TIPO: Menor Preço LEGISLAÇÃO: Lei nº 8.666/93. REFERÊNCIA: contratação de empresa para prestação de serviços de telecomunicações de dados consistentes de

Leia mais

CONVITE Nº. 007/2014

CONVITE Nº. 007/2014 CONVITE Nº. 007/2014 O CONSELHO REGIONAL DE ECONOMIA 4ª REGIÃO RIO GRANDE DO SUL, Autarquia Pública Federal criada pela Lei 1.411/51, através de sua Comissão de Licitações, designada pela Ata nº 1412/2014,

Leia mais

Contratação de Empresa Especializada para o Fornecimento e a Instalação de aparelhos de ar condicionado no setor administrativo do Theatro São Pedro.

Contratação de Empresa Especializada para o Fornecimento e a Instalação de aparelhos de ar condicionado no setor administrativo do Theatro São Pedro. COTAÇÃO DE PREÇOS Nº 051/2014 INSTITUTO PENSARTE Contratação de Empresa Especializada para o Fornecimento e a Instalação de aparelhos de ar condicionado no setor administrativo do Theatro São Pedro. PUBLICAÇÃO:

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO MODALIDADE CARTA CONVITE N.º 006/2006

EDITAL DE LICITAÇÃO MODALIDADE CARTA CONVITE N.º 006/2006 2 EDITAL DE LICITAÇÃO MODALIDADE CARTA CONVITE N.º 006/2006 TIPO: DATA DE ABERTURA HORÁRIO LOCAL MENOR PREÇO 04/12/2006 10 HORAS SALA DE REUNIÃO 1 - DO OBJETO DA LICITAÇÃO 1.1 A COMISSÃO PERMANNTE DE LICITAÇÃO

Leia mais

Razão Social: C.N.P.J. Nº: Endereço: E-mail: Cidade: Estado: Fone: Fax: Pessoa para contato: ACESSO À PÁGINA www.e-negociospublicos.com.

Razão Social: C.N.P.J. Nº: Endereço: E-mail: Cidade: Estado: Fone: Fax: Pessoa para contato: ACESSO À PÁGINA www.e-negociospublicos.com. RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL PELA INTERNET COLETA DE PREÇOS Nº 008/2009 PROCESSO Nº 471/2009 COBERTURA DE SEGURO EMPRESARIAL E SEGURO DE RESPONSABILIDADE CIVIL Razão Social: C.N.P.J. Nº: Endereço: E-mail:

Leia mais

COMISSÃO ESPECIAL DE LICITAÇÃO (Portaria nº 002/2013) Edital de Licitação Pública Lei nº 8.666/93

COMISSÃO ESPECIAL DE LICITAÇÃO (Portaria nº 002/2013) Edital de Licitação Pública Lei nº 8.666/93 COMISSÃO ESPECIAL DE LICITAÇÃO (Portaria nº 002/2013) Edital de Licitação Pública Lei nº 8.666/93 Processo: N.º 001/2013 Carta Convite: N.º001/2013 A Câmara Municipal e Uruaçu, Estado e Goiás, em Cumprimento

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO MINISTÉRIO PÚBLICO DO DISTRITO FEDERAL E TERRITÓRIOS. PREGÃO N.º 87/04 Processo n.º 08190.129636/04-05

MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO MINISTÉRIO PÚBLICO DO DISTRITO FEDERAL E TERRITÓRIOS. PREGÃO N.º 87/04 Processo n.º 08190.129636/04-05 MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO MINISTÉRIO PÚBLICO DO DISTRITO FEDERAL E TERRITÓRIOS PREGÃO N.º 87/04 Processo n.º 08190.129636/04-05 O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios MPDFT, por meio

Leia mais

EDITAL N.º TOMADA DE PREÇOS Nº PROCESSO N.º 001/2012-CPL 001/2012 001/2012

EDITAL N.º TOMADA DE PREÇOS Nº PROCESSO N.º 001/2012-CPL 001/2012 001/2012 EDITAL N.º TOMADA DE PREÇOS Nº PROCESSO N.º 001/2012-CPL 001/2012 001/2012 PRAZO MÁXIMO PARA ENTREGA DOS ENVELOPES Até 01 de Março de 2012 Às 14:00 horas ABERTURA DOS ENVELOPES DOCUMENTAÇÃO Dia 01 de Março

Leia mais

CREDENCIAMENTO Nº 004/2009 - PALC Nº 2009/0544 REGULAMENTO PARA CREDENCIAMENTO DE INSTITUIÇÃO DE ENSINO PARA EMPREGADOS DA SPTRANS E SEUS DEPENDENTES.

CREDENCIAMENTO Nº 004/2009 - PALC Nº 2009/0544 REGULAMENTO PARA CREDENCIAMENTO DE INSTITUIÇÃO DE ENSINO PARA EMPREGADOS DA SPTRANS E SEUS DEPENDENTES. CREDENCIAMENTO Nº 004/2009 - PALC Nº 2009/0544 REGULAMENTO PARA CREDENCIAMENTO DE INSTITUIÇÃO DE ENSINO PARA EMPREGADOS DA SPTRANS E SEUS DEPENDENTES. CAPÍTULO I DO OBJETO 1.1. Com o objetivo de incentivar

Leia mais