sobre a avaliação da solvabilidade

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "sobre a avaliação da solvabilidade"

Transcrição

1 EBA/GL/2015/ Orientações da EBA sobre a avaliação da solvabilidade 1

2 Índice Secção 1 Obrigações de cumprimento e comunicação 3 Secção 2 Objeto, âmbito e definições 4 Secção 3 Entrada em vigor 5 Secção 4 Requisitos relativos à avaliação da solvabilidade 6 2

3 Secção 1 Obrigações de cumprimento e comunicação Natureza das presentes Orientações 1. O presente documento contém orientações emitidas ao abrigo do artigo 16. o do Regulamento (UE) n.º 1093/ Nos termos do artigo 16. o, n.º 3, do referido Regulamento, as autoridades competentes e as instituições financeiras devem desenvolver todos os esforços para dar cumprimento às Orientações. 2. As Orientações refletem a posição da EBA sobre práticas de supervisão adequadas no âmbito do Sistema Europeu de Supervisão Financeira ou sobre o modo como a legislação da União deve ser aplicada num domínio específico. As autoridades competentes, na aceção do artigo 4.º, n.º 2, do Regulamento (UE) n.º 1093/2010, às quais as presentes Orientações se aplicam devem dar cumprimento às mesmas, incorporando as nas suas práticas de supervisão conforme for mais adequado (por exemplo, alterando o seu enquadramento jurídico ou os seus processos de supervisão), incluindo nos casos em que as orientações são aplicáveis, em primeira instância, a instituições. Requisitos de notificação 3. Nos termos do disposto no artigo 16. o, n.º 3, do Regulamento (UE) n.º 1093/2010, as autoridades competentes confirmam à EBA se dão ou tencionam dar cumprimento às presentes Orientações, ou, caso contrário, indicam as razões para o não cumprimento até Na ausência de qualquer notificação até à referida data, a EBA considerará que as autoridades competentes em causa não cumprem as Orientações. As notificações efetuam se mediante o envio do modelo disponível no sítio Web da EBA para o endereço com a referência «EBA/GL/2015/11». As notificações devem ser apresentadas por pessoas devidamente autorizadas para o efeito pelas respetivas autoridades competentes. Qualquer alteração no que respeita à situação de cumprimento deve igualmente ser comunicada à EBA. 4. As notificações serão publicadas no sítio Web da EBA, em conformidade com o disposto no artigo 16.º, n.º 3. 1 Regulamento (UE) n.º 1093/2010 do Parlamento Europeu e do Conselho, de 24 de novembro de 2010, que cria uma Autoridade Europeia de Supervisão (Autoridade Bancária Europeia), altera a Decisão n.º 716/2009/CE e revoga a Decisão 2009/78/CE da Comissão (JO L 331, , p.12). 3

4 Secção 2 Objeto, âmbito e definições Objeto e âmbito de aplicação 5. As presentes orientações apresentam mais detalhadamente os requisitos definidos no artigo 18.º e no artigo 20.º, n.º 1, da Diretiva 2014/17/UE 2 para a avaliação da solvabilidade dos consumidores relativamente aos contratos de crédito abrangidos pelo artigo 3.º da Diretiva 2014/17/UE. Destinatários Destinatários das presentes Orientações 6. As orientações destinam se a: a. autoridades competentes, na aceção do artigo 4.º, n.º 2, do Regulamento (UE) n.º 1093/2010 (autoridade da EBA), que são igualmente autoridades competentes, na aceção do artigo 4.º, n.º 22, da Diretiva 2014/17/UE. São aplicáveis na medida em que essas autoridades tenham sido consideradas como competentes para assegurar a aplicação e execução das disposições da Diretiva 2014/17/UE às quais dizem respeito as presentes orientações; e b. destinam se igualmente a instituições financeiras, na aceção do artigo 4.º, n.º 1, do Regulamento (UE) n.º 1093/2010, que sejam mutuantes na aceção do artigo 4.º, n.º 2, da Diretiva 2014/17/UE. Destinatários dos requisitos de informação 7. Quer uma autoridade da EBA seja abordada ao abrigo da alínea a) do n.º 6 quer não, nos casos em que o Estado Membro tenha designado mais do que uma autoridade nos termos do artigo 5.º da Diretiva 2014/17/UE e uma delas não seja uma autoridade da EBA, a autoridade da EBA designada ao abrigo desse artigo deverá, sem prejuízo das disposições nacionais adotadas nos termos do artigo 5.º, n.º 3, da Diretiva Crédito Hipotecário: a. informar imediatamente a outra autoridade designada acerca das presentes orientações e da respetiva data de aplicação; b. solicitar a essa autoridade, por escrito, que considere a possibilidade de aplicar as orientações; 2 Diretiva 2014/17/UE do Parlamento Europeu e do Conselho, de 4 de fevereiro de 2014, relativa aos contratos de crédito aos consumidores para imóveis de habitação e que altera as Diretivas 2008/48/CE e 2013/36/UE e o Regulamento (UE) n.º 1093/2010 (JO L 60 de , p. 34). 4

5 Definições c. solicitar a essa autoridade, por escrito, que informe a EBA ou a autoridade da EBA no prazo de dois meses a contar da data de notificação, de acordo com a alínea a), sobre se aplica ou tenciona aplicar as presentes orientações; e d. se aplicável, reencaminhar atempadamente para a EBA as informações recebidas ao abrigo da alínea c). 8. Salvo especificação em contrário, os termos utilizados e definidos na Diretiva 2014/17/UE têm o mesmo significado nas Orientações. Adicionalmente, para efeitos das presentes orientações, aplica se a seguinte definição: Valor residual (balloon payment): montante do capital remanescente cujo pagamento se torna exigível com o vencimento da última prestação de um empréstimo que não foi ainda totalmente amortizado. Externalização 9. Nos casos em que a atividade do mutuante esteja total ou parcialmente externalizada a terceiros, ou seja levada a cabo de forma diferente por outra entidade, os mutuantes deverão garantir que, ao fazê lo, estão a agir em conformidade com os requisitos definidos nas Orientações do CAESB relativas à externalização. 3 Entre estes inclui se, nomeadamente, a Orientação 2 do CAESB, que prevê que «a responsabilidade pela adequada gestão dos riscos associados à externalização ou às atividades externalizadas recai, em última análise, sobre a direção da instituição que procede à externalização». Secção 3 Entrada em vigor Data de aplicação 10. Estas orientações são aplicáveis a partir de 21 de março de 2016, com exceção dos requisitos de informação mencionados no n.º 7, que são aplicáveis a partir de [data de publicação nas línguas oficiais + 1 dia]. 3 Consultar CAESB (2006), Guidelines on outsourcing, em 5

6 Secção 4 Requisitos relativos à avaliação da solvabilidade Orientação 1: Verificação do rendimento do consumidor 1.1 Ao analisar a possibilidade de o consumidor cumprir as obrigações decorrentes do contrato de crédito, conforme mencionado no artigo 18.º da Diretiva 2014/17/UE, o mutuante deverá realizar diligências e tomar medidas razoáveis no sentido de analisar os níveis de rendimento do consumidor, o respetivo historial de rendimentos e eventuais variações ao longo do tempo. 1.2 No caso dos consumidores que sejam trabalhadores independentes ou cujos rendimentos sejam sazonais ou irregulares, o mutuante deverá realizar diligências e tomar medidas razoáveis no sentido de verificar as informações relacionadas com a capacidade do consumidor para cumprir as obrigações decorrentes do contrato de crédito, incluindo a sua capacidade de gerar lucros e deverá realizar uma verificação junto de terceiros de forma a documentar estes rendimentos. Orientação 2: Documentação e guarda de informações 2.1 O mutuante deverá documentar exaustivamente as informações que conduzam à aprovação do crédito hipotecário e conservar esta documentação pelo menos até ao termo do contrato de crédito. 2.2 O mutuante deverá assegurar que esteja sempre disponível para as autoridades competentes um registo contendo uma explicação adequada das medidas tomadas para verificação dos rendimentos. O registo deve incluir pelo menos o historial de rendimentos recolhido para cada requerente. Orientação 3: Identificação e prevenção de declarações falsas 3.1 No sentido de realizar avaliações fidedignas da solvabilidade, o mutuante deverá conceber a documentação relativa ao empréstimo de tal forma que esta possa auxiliar a identificar e prevenir declarações falsas por parte do consumidor, do mutuante ou de intermediários de crédito. 6

7 Orientação 4: Avaliação da capacidade do consumidor para cumprir as obrigações decorrentes do contrato de crédito 4.1 Ao avaliar a capacidade do consumidor para cumprir as obrigações decorrentes do contrato de crédito, o mutuante deverá ter em consideração fatores relevantes que possam influenciar a capacidade do consumidor para cumprir as suas obrigações sem causar dificuldades excessivas e sobre endividamento. Esses fatores poderão incluir outras obrigações de serviço da dívida, as respetivas taxas de juro e o capital em dívida relativamente a esse endividamento, provas de eventuais pagamentos em falta, bem como impostos e seguros diretamente relacionados, sempre que estes sejam conhecidos. 4.2 O mutuante deverá definir processos sólidos de avaliação da capacidade do consumidor para cumprir as obrigações decorrentes do contrato de crédito e manter registos atualizados de tais procedimentos. O mutuante deverá rever esses processos com regularidade. 4.3 Se o prazo do empréstimo for alargado para além da idade de reforma prevista do consumidor, o mutuante deverá prestar particular atenção à adequabilidade do rendimento provável do consumidor e à sua capacidade de continuar a cumprir as obrigações decorrentes do contrato de crédito durante a reforma. 4.4 O mutuante deverá garantir que a capacidade de cumprir as obrigações decorrentes do contrato de crédito por parte do consumidor não se baseia no presumível aumento significativo do respetivo rendimento, a menos que a documentação forneça indícios suficientes nesse sentido. Orientação 5: Estimativa das despesas fixas e outras despesas não supérfluas do consumidor 5.1 Ao avaliar a capacidade do consumidor para cumprir as obrigações decorrentes do contrato de crédito, o mutuante deverá prever um montante razoável para as despesas fixas e outras despesas não supérfluas, tais como as obrigações efetivas do consumidor, incluindo e fundamentando as despesas do dia a dia do consumidor. Orientação 6: Estimativa de potenciais cenários futuros negativos 6.1 Ao avaliar a capacidade do consumidor para cumprir as obrigações decorrentes do contrato de crédito, o mutuante deverá prever montantes prudentes para potenciais cenários negativos no futuro, incluindo, por exemplo, uma redução dos rendimentos na reforma, um aumento das taxas de juro de referência no caso de créditos hipotecários com taxa variável, uma amortização negativa, valores residuais ou pagamentos diferidos de capital ou juros. 7

Orientações. relativas às políticas e práticas de remuneração relacionadas com a venda e o fornecimento de produtos e serviços bancários de retalho

Orientações. relativas às políticas e práticas de remuneração relacionadas com a venda e o fornecimento de produtos e serviços bancários de retalho EBA/GL/2016/06 13/12/2016 Orientações relativas às políticas e práticas de remuneração relacionadas com a venda e o fornecimento de produtos e serviços bancários de retalho 1. Obrigações de cumprimento

Leia mais

sobre procedimentos de gestão de reclamações relativas a alegadas infrações à Segunda Diretiva dos Serviços de Pagamento

sobre procedimentos de gestão de reclamações relativas a alegadas infrações à Segunda Diretiva dos Serviços de Pagamento EBA/GL/2017/13 05/12/2017 Orientações sobre procedimentos de gestão de reclamações relativas a alegadas infrações à Segunda Diretiva dos Serviços de Pagamento 1. Obrigações de cumprimento e de comunicação

Leia mais

Orientações EBA/GL/2015/

Orientações EBA/GL/2015/ EBA/GL/2015/19 19.10.2015 Orientações sobre as notificações de passaporte de intermediários de crédito que intervenham em operações de crédito abrangidas pela Diretiva de Crédito Hipotecário 1 1. Obrigações

Leia mais

Recomendações que alteram as Recomendações EBA/REC/2015/01

Recomendações que alteram as Recomendações EBA/REC/2015/01 EBA/REC/2015/02 23/11/2016 Recomendações que alteram as Recomendações EBA/REC/2015/01 relativas à equivalência dos regimes de confidencialidade 1 1. Obrigações de cumprimento e de comunicação de informação

Leia mais

ORIENTAÇÕES RELATIVAS AO SEGURO DE RESPONSABILIDADE CIVIL PROFISSIONAL AO ABRIGO DA PSD2 EBA/GL/2017/08 12/09/2017. Orientações

ORIENTAÇÕES RELATIVAS AO SEGURO DE RESPONSABILIDADE CIVIL PROFISSIONAL AO ABRIGO DA PSD2 EBA/GL/2017/08 12/09/2017. Orientações ORIENTAÇÕES RELATIVAS AO SEGURO DE RESPONSABILIDADE CIVIL PROFISSIONAL AO ABRIGO DA PSD2 EBA/GL/2017/08 12/09/2017 Orientações sobre os critérios de fixação do montante monetário mínimo do seguro de responsabilidade

Leia mais

ORIENTAÇÕES RELATIVAS À DIVULGAÇÃO UNIFORME DO REGIME TRANSITÓRIO PARA REDUZIR O IMPACTO DA IFRS 9 EBA/GL/2018/01 16/01/2018.

ORIENTAÇÕES RELATIVAS À DIVULGAÇÃO UNIFORME DO REGIME TRANSITÓRIO PARA REDUZIR O IMPACTO DA IFRS 9 EBA/GL/2018/01 16/01/2018. EBA/GL/2018/01 16/01/2018 Orientações relativas à divulgação uniforme nos termos do artigo 473.º-A do Regulamento (UE) n.º 575/2013 no que diz respeito ao regime transitório para reduzir o impacto da introdução

Leia mais

Orientações finais. relativas à inter-relação entre a sequência da redução e da conversão no âmbito da DRRB e a legislação CRR/CRD

Orientações finais. relativas à inter-relação entre a sequência da redução e da conversão no âmbito da DRRB e a legislação CRR/CRD EBA/GL/2017/02 11/07/2017 Orientações finais relativas à inter-relação entre a sequência da redução e da conversão no âmbito da DRRB e a legislação CRR/CRD 1. Obrigações de cumprimento e de comunicação

Leia mais

Orientações. que especificam as condições para a prestação de apoio financeiro intragrupo nos termos do artigo 23. o da Diretiva 2014/59/UE

Orientações. que especificam as condições para a prestação de apoio financeiro intragrupo nos termos do artigo 23. o da Diretiva 2014/59/UE ORIENTAÇÕES QUE ESPECIFICAM AS CONDIÇÕES PARA A PRESTAÇÃO DE APOIO FINANCEIRO INTRAGRUPO EBA/GL/2015/17 08.12.2015 Orientações que especificam as condições para a prestação de apoio financeiro intragrupo

Leia mais

ORIENTAÇÕES RELATIVAS AOS LIMITES PARA AS POSIÇÕES EM RISCO SOBRE ENTIDADES DO SISTEMA BANCÁRIO PARALELO EBA/GL/2015/20 03/06/2016.

ORIENTAÇÕES RELATIVAS AOS LIMITES PARA AS POSIÇÕES EM RISCO SOBRE ENTIDADES DO SISTEMA BANCÁRIO PARALELO EBA/GL/2015/20 03/06/2016. EBA/GL/2015/20 03/06/2016 Orientações Limites para as posições em risco sobre entidades do sistema bancário paralelo que exerçam atividades bancárias fora de um quadro regulatório, nos termos do artigo

Leia mais

relativas ao apoio implícito a operações de titularização

relativas ao apoio implícito a operações de titularização EBA/GL/2016/08 24/11/2016 Orientações relativas ao apoio implícito a operações de titularização 1 1. Obrigações de cumprimento e de comunicação de informação Natureza das presentes Orientações 1. O presente

Leia mais

Orientações relativas à taxa de desconto nocional aplicável à remuneração variável

Orientações relativas à taxa de desconto nocional aplicável à remuneração variável Orientações relativas à taxa de desconto nocional aplicável à remuneração variável Índice Orientações relativas à taxa de desconto nocional aplicável à remuneração variável 1 Natureza das presentes orientações

Leia mais

EBA/GL/2017/03 11/07/2017. Orientações finais. sobre a taxa de conversão da dívida em capitais próprios na recapitalização interna

EBA/GL/2017/03 11/07/2017. Orientações finais. sobre a taxa de conversão da dívida em capitais próprios na recapitalização interna EBA/GL/2017/03 11/07/2017 Orientações finais sobre a taxa de conversão da dívida em capitais próprios na recapitalização interna 1. Obrigações de cumprimento e de comunicação de informação Natureza das

Leia mais

Orientações. relativas aos procedimentos de governação e monitorização de produtos bancários de retalho EBA/GL/2015/18 22/03/2016

Orientações. relativas aos procedimentos de governação e monitorização de produtos bancários de retalho EBA/GL/2015/18 22/03/2016 EBA/GL/2015/18 22/03/2016 Orientações relativas aos procedimentos de governação e monitorização de produtos bancários de retalho 1 Orientações relativas aos procedimentos de governação e monitorização

Leia mais

ORIENTAÇÕES RELATIVAS À LISTA MÍNIMA DE SERVIÇOS E INSTALAÇÕES EBA/GL/2015/ Orientações

ORIENTAÇÕES RELATIVAS À LISTA MÍNIMA DE SERVIÇOS E INSTALAÇÕES EBA/GL/2015/ Orientações EBA/GL/2015/05 07.08.2015 Orientações relativas à determinação das circunstâncias em que a liquidação de ativos e passivos ao abrigo dos processos normais de insolvência poderia ter um efeito adverso num

Leia mais

Orientações finais. relativas ao tratamento dos acionistas na recapitalização interna ou na redução e conversão de instrumentos de capital

Orientações finais. relativas ao tratamento dos acionistas na recapitalização interna ou na redução e conversão de instrumentos de capital ORIENTAÇÕES RELATIVAS AO TRATAMENTO DOS ACIONISTAS EBA/GL/2017/04 11/07/2017 Orientações finais relativas ao tratamento dos acionistas na recapitalização interna ou na redução e conversão de instrumentos

Leia mais

Orientações sobre tratamento de reclamações para os setores de valores mobiliários e da banca

Orientações sobre tratamento de reclamações para os setores de valores mobiliários e da banca 04/10/2018 JC 2018 35 Orientações sobre tratamento de reclamações para os setores de valores mobiliários e da banca Orientações sobre o tratamento de reclamações para os setores de valores mobiliários

Leia mais

ORIENTAÇÕES RELATIVAS A TESTES, ANÁLISES OU EXERCÍCIOS SUSCETÍVEIS DE CONDUZIR À ADOÇÃO DE MEDIDAS DE APOIO EBA/GL/2014/ de setembro de 2014

ORIENTAÇÕES RELATIVAS A TESTES, ANÁLISES OU EXERCÍCIOS SUSCETÍVEIS DE CONDUZIR À ADOÇÃO DE MEDIDAS DE APOIO EBA/GL/2014/ de setembro de 2014 EBA/GL/2014/09 22 de setembro de 2014 Orientações relativas ao tipo de testes, análises ou exercícios suscetíveis de conduzir à adoção de medidas de apoio nos termos do artigo 32.º, n.º 4, alínea d), subalínea

Leia mais

ORIENTAÇÕES RELATIVAS À DIVULGAÇÃO DO LCR EBA/GL/2017/01 21/06/2017. Orientações

ORIENTAÇÕES RELATIVAS À DIVULGAÇÃO DO LCR EBA/GL/2017/01 21/06/2017. Orientações EBA/GL/2017/01 21/06/2017 Orientações relativas à divulgação de LCR enquanto complemento da divulgação da gestão do risco de liquidez nos termos do artigo 435. o do Regulamento (UE) n. o 575/2013 1 1.

Leia mais

Orientações relativas aos critérios mínimos a cumprir por um plano de reorganização do negócio

Orientações relativas aos critérios mínimos a cumprir por um plano de reorganização do negócio EBA/GL/2015/21 19.05.2016 Orientações relativas aos critérios mínimos a cumprir por um plano de reorganização do negócio 1 1. Obrigações de cumprimento e de comunicação de informação Natureza das presentes

Leia mais

Orientações. sobre os diversos cenários a utilizar em planos de recuperação EBA/GL/06/ de julho de 2014

Orientações. sobre os diversos cenários a utilizar em planos de recuperação EBA/GL/06/ de julho de 2014 EBA/GL/06/2014 18 de julho de 2014 Orientações sobre os diversos cenários a utilizar em planos de recuperação 1 Orientações da EBA sobre os diversos cenários a utilizar em planos de recuperação Natureza

Leia mais

Orientações. relativas ao exercício de avaliação das remunerações EBA/GL/2014/08 16/07/2014

Orientações. relativas ao exercício de avaliação das remunerações EBA/GL/2014/08 16/07/2014 EBA/GL/2014/08 16/07/2014 Orientações relativas ao exercício de avaliação das remunerações Natureza das presentes orientações O presente documento contém orientações emitidas nos termos do artigo 16.º

Leia mais

Orientações Cooperação entre autoridades nos termos dos artigos 17.º e 23.º do Regulamento (UE) n.º 909/2014

Orientações Cooperação entre autoridades nos termos dos artigos 17.º e 23.º do Regulamento (UE) n.º 909/2014 Orientações Cooperação entre autoridades nos termos dos artigos 17.º e 23.º do Regulamento (UE) n.º 909/2014 28/03/2018 ESMA70-151-435 PT Índice 1 Âmbito de aplicação... 2 2 Objetivo... 4 3 Obrigações

Leia mais

ORIENTAÇÕES RELATIVAS À RECOLHA DE INFORMAÇÃO SOBRE OS COLABORADORES QUE AUFEREM REMUNERAÇÕES ELEVADAS

ORIENTAÇÕES RELATIVAS À RECOLHA DE INFORMAÇÃO SOBRE OS COLABORADORES QUE AUFEREM REMUNERAÇÕES ELEVADAS EBA/GL/2014/07 16/07/2014 Orientações relativas à recolha de informação sobre os colaboradores que auferem remunerações elevadas 1 Natureza das presentes orientações O presente documento contém orientações

Leia mais

ORIENTAÇÕES RELATIVAS A FATORES DE DESENCADEAMENTO DE INTERVENÇÃO PRECOCE EBA/GL/2015/ Orientações

ORIENTAÇÕES RELATIVAS A FATORES DE DESENCADEAMENTO DE INTERVENÇÃO PRECOCE EBA/GL/2015/ Orientações EBA/GL/2015/03 29.07.2015 Orientações relativas a fatores de desencadeamento para a utilização de medidas de intervenção precoce nos termos do artigo 27. o, n. o 4, da Diretiva 2014/59/UE 1 Índice Orientações

Leia mais

Orientações Regras e procedimentos das Centrais de Valores Mobiliários (CSD) aplicáveis em caso de incumprimento de participantes

Orientações Regras e procedimentos das Centrais de Valores Mobiliários (CSD) aplicáveis em caso de incumprimento de participantes Orientações Regras e procedimentos das Centrais de Valores Mobiliários (CSD) aplicáveis em caso de incumprimento de participantes 08/06/2017 ESMA70-151-294 PT Índice 1 Âmbito de aplicação... 3 2 Definições...

Leia mais

Orientações da EBA. sobre o Exercício de Avaliação das Remunerações EBA/GL/2012/4

Orientações da EBA. sobre o Exercício de Avaliação das Remunerações EBA/GL/2012/4 Orientaç da EBA sobre o Exercício de Avaliação das Remuneraç EBA/GL/2012/4 Londres, 27.7.2012 Orientaç da EBA sobre o Exercício de Avaliação das Remuneraç (EBA/GL/2012/4) Natureza das orientaç 1. O presente

Leia mais

Aviso do Banco de Portugal n. o 4/2017

Aviso do Banco de Portugal n. o 4/2017 Aviso do Banco de Portugal n. o 4/2017 Índice Texto do Aviso Texto do Aviso Através do Decreto-Lei n.º 74-A/2017, de 23 de junho, que transpôs parcialmente para o ordenamento jurídico nacional a Diretiva

Leia mais

EBA/GL/2013/ Orientações

EBA/GL/2013/ Orientações EBA/GL/2013/01 06.12.2013 Orientações relativas a depósitos de retalho sujeitos a diferentes saídas para efeitos de reporte da liquidez ao abrigo do Regulamento (UE) n.º 575/2013, relativo aos requisitos

Leia mais

19 de junho de 2014 EBA/GL/2014/04. Orientações

19 de junho de 2014 EBA/GL/2014/04. Orientações 19 de junho de 2014 EBA/GL/2014/04 Orientações relativas às definições e modelos harmonizados para os planos de financiamento das instituições de crédito ao abrigo da Recomendação A4 do CERS/2012/2 1 Orientações

Leia mais

Orientações Orientações relativas a instrumentos de dívida e depósitos estruturados complexos

Orientações Orientações relativas a instrumentos de dívida e depósitos estruturados complexos Orientações Orientações relativas a instrumentos de dívida e depósitos estruturados complexos 04/02/2016 ESMA/2015/1787 PT Índice I. Âmbito... 3 II. Referências, abreviaturas e definições... 3 III. Objetivo...

Leia mais

Orientações EBA/GL/2016/05 07/11/2016

Orientações EBA/GL/2016/05 07/11/2016 EBA/GL/2016/05 07/11/2016 Orientações para a comunicação entre as autoridades competentes responsáveis pela supervisão das instituições de crédito e o(s) revisor(es) oficial(ais) de contas e a(s) sociedade(s)

Leia mais

REGULAMENTO DELEGADO (UE) /... DA COMISSÃO. de

REGULAMENTO DELEGADO (UE) /... DA COMISSÃO. de COMISSÃO EUROPEIA Bruxelas, 31.5.2017 C(2017) 3522 final REGULAMENTO DELEGADO (UE) /... DA COMISSÃO de 31.5.2017 que completa o Regulamento (UE) n.º 575/2013 do Parlamento Europeu e do Conselho no que

Leia mais

(Atos não legislativos) REGULAMENTOS

(Atos não legislativos) REGULAMENTOS 9.8.2018 L 202/1 II (Atos não legislativos) REGULAMENTOS REGULAMENTO DE EXECUÇÃO (UE) 2018/1105 DA COMISSÃO de 8 de augusto de 2018 que estabelece normas técnicas de execução no que diz respeito aos procedimentos

Leia mais

Orientações da EBA. sobre. o Método de Medição Avançada (AMA) - Extensões e alterações (EBA/GL/2012/01)

Orientações da EBA. sobre. o Método de Medição Avançada (AMA) - Extensões e alterações (EBA/GL/2012/01) Orientações da EBA sobre o Método de Medição Avançada (AMA) - Extensões e alterações (EBA/GL/2012/01) Londres, 6 de janeiro de 2012 Orientações da EBA sobre o Método de Medição Avançada (AMA) Extensões

Leia mais

REGULAMENTO DE EXECUÇÃO (UE) /... DA COMISSÃO. de

REGULAMENTO DE EXECUÇÃO (UE) /... DA COMISSÃO. de COMISSÃO EUROPEIA Bruxelas, 19.3.2018 C(2018) 1558 final REGULAMENTO DE EXECUÇÃO (UE) /... DA COMISSÃO de 19.3.2018 relativo às etapas do processo de consulta para a determinação do estatuto de novo alimento,

Leia mais

Orientações EBA/GL/2018/07. 4 de dezembro de 2018

Orientações EBA/GL/2018/07. 4 de dezembro de 2018 EBA/GL/2018/07 4 de dezembro de 2018 Orientações sobre as condições para beneficiar de uma isenção do mecanismo de contingência nos termos do artigo 33.º, n.º 6, do Regulamento (UE) 2018/389 (Regulamento

Leia mais

Recomendações. relativas à subcontratação externa a prestadores de serviços de computação em nuvem EBA/REC/2017/03 28/03/2018

Recomendações. relativas à subcontratação externa a prestadores de serviços de computação em nuvem EBA/REC/2017/03 28/03/2018 EBA/REC/2017/03 28/03/2018 Recomendações relativas à subcontratação externa a prestadores de serviços de computação em nuvem 1. Obrigações de cumprimento e de comunicação de informação Natureza das presentes

Leia mais

Orientações Acesso de uma CSD aos dados respeitantes às transações de CCP e plataformas de negociação

Orientações Acesso de uma CSD aos dados respeitantes às transações de CCP e plataformas de negociação Orientações Acesso de uma CSD aos dados respeitantes às transações de CCP e plataformas de negociação 08/06/2017 ESMA70-151-298 PT Índice 1 Âmbito de aplicação... 3 2 Definições... 4 3 Objetivo... 5 4

Leia mais

Orientações. relativas à divulgação de ativos onerados e ativos não onerados. 27 de junho de 2014 EBA/GL/2014/03

Orientações. relativas à divulgação de ativos onerados e ativos não onerados. 27 de junho de 2014 EBA/GL/2014/03 ORIENTAÇÕES RELATIVAS À DIVULGAÇÃO DE ATIVOS ONERADOS E ATIVOS NÃO ONERADOS 27 de junho de 2014 EBA/GL/2014/03 Orientações relativas à divulgação de ativos onerados e ativos não onerados Orientações da

Leia mais

REGULAMENTO DELEGADO (UE) /... DA COMISSÃO. de

REGULAMENTO DELEGADO (UE) /... DA COMISSÃO. de COMISSÃO EUROPEIA Bruxelas, 23.6.2017 C(2017) 4250 final REGULAMENTO DELEGADO (UE) /... DA COMISSÃO de 23.6.2017 que completa a Diretiva (UE) 2015/2366 do Parlamento Europeu e do Conselho no que diz respeito

Leia mais

Orientações sobre o processo de cálculo dos indicadores para determinar a importância substancial de uma CSD para um Estado-Membro de acolhimento

Orientações sobre o processo de cálculo dos indicadores para determinar a importância substancial de uma CSD para um Estado-Membro de acolhimento Orientações sobre o processo de cálculo dos indicadores para determinar a importância substancial de uma CSD para um Estado-Membro de acolhimento 28/03/2018 ESMA70-708036281-67 PT Índice sobre o processo

Leia mais

BOLETIM OFICIAL DO BANCO DE PORTUGAL

BOLETIM OFICIAL DO BANCO DE PORTUGAL BOLETIM OFICIAL DO BANCO DE PORTUGAL 5 2019 SUPLEMENTO 30 maio 2019 www.bportugal.pt Legislação e Normas SIBAP BOLETIM OFICIAL DO BANCO DE PORTUGAL Normas e informações 5 2019 SUPLEMENTO Banco de Portugal

Leia mais

REGULAMENTO DE EXECUÇÃO (UE) /... DA COMISSÃO. de

REGULAMENTO DE EXECUÇÃO (UE) /... DA COMISSÃO. de COMISSÃO EUROPEIA Bruxelas, 20.12.2017 C(2017) 8871 final REGULAMENTO DE EXECUÇÃO (UE) /... DA COMISSÃO de 20.12.2017 que estabelece os requisitos administrativos e científicos associados a alimentos tradicionais

Leia mais

ORIENTAÇÕES RELATIVAS À CORREÇÃO DA DURAÇÃO MODIFICADA EBA/GL/2016/09 04/01/2017. Orientações

ORIENTAÇÕES RELATIVAS À CORREÇÃO DA DURAÇÃO MODIFICADA EBA/GL/2016/09 04/01/2017. Orientações EBA/GL/2016/09 04/01/2017 Orientações relativas à correção da duração modificada de instrumentos de dívida nos termos do artigo 340.º, n.º 3, segundo parágrafo, do Regulamento (UE) 575/2013 1. Obrigações

Leia mais

Orientações relativas ao Regulamento «Abuso de Mercado» Pessoas objeto de sondagens de mercado

Orientações relativas ao Regulamento «Abuso de Mercado» Pessoas objeto de sondagens de mercado Orientações relativas ao Regulamento «Abuso de Mercado» Pessoas objeto de sondagens de mercado 10/11/2016 ESMA/2016/1477 PT Índice 1 Âmbito... 3 2 Referências, abreviaturas e definições... 3 3 Objetivo...

Leia mais

ANEXOS REGULAMENTO DELEGADO DA COMISSÃO

ANEXOS REGULAMENTO DELEGADO DA COMISSÃO COMISSÃO EUROPEIA Bruxelas, 11.11.2016 C(2016) 7159 final ANNEXES 1 to 3 ANEXOS do REGULAMENTO DELEGADO DA COMISSÃO que complementa o Regulamento (UE) N.º 909/2014, do Parlamento Europeu e do Conselho,

Leia mais

Orientações da EBA. sobre a recolha de informação sobre os colaboradores que auferem remunerações elevadas EBA/GL/2012/5

Orientações da EBA. sobre a recolha de informação sobre os colaboradores que auferem remunerações elevadas EBA/GL/2012/5 Orientações da EBA sobre a recolha informação sobre os colaboradores que auferem remunerações elevadas EBA/GL/2012/5 Londres, 27.7.2012 Natureza das Orientações 1. O presente documento contém orientações

Leia mais

(Texto relevante para efeitos do EEE)

(Texto relevante para efeitos do EEE) 30.12.2017 L 351/55 REGULAMENTO DE EXECUÇÃO (UE) 2017/2468 DA COMISSÃO de 20 de dezembro de 2017 que estabelece os requisitos administrativos e científicos associados a alimentos tradicionais de países

Leia mais

DECISÃO (UE) 2017/935 DO BANCO CENTRAL EUROPEU

DECISÃO (UE) 2017/935 DO BANCO CENTRAL EUROPEU 1.6.2017 L 141/21 DECISÃO (UE) 2017/935 DO BANCO CENTRAL EUROPEU de 16 de novembro de 2016 sobre a delegação de poderes para a adoção de decisões relativas à adequação e idoneidade e a avaliação dos requisitos

Leia mais

Orientações. relativas à lista mínima de indicadores qualitativos e quantitativos do plano de recuperação EBA/GL/2015/

Orientações. relativas à lista mínima de indicadores qualitativos e quantitativos do plano de recuperação EBA/GL/2015/ EBA/GL/2015/02 23.07.2015 Orientações relativas à lista mínima de indicadores qualitativos e quantitativos do plano de recuperação 1 Índice 1. Orientações da EBA relativas à lista mínima de indicadores

Leia mais

(Atos legislativos) REGULAMENTOS

(Atos legislativos) REGULAMENTOS 29.12.2017 L 348/1 I (Atos legislativos) REGULAMENTOS REGULAMENTO (UE) 2017/2454 DO CONSELHO de 5 de dezembro de 2017 que altera o Regulamento (UE) n. o 904/2010 relativo à cooperação administrativa e

Leia mais

Orientações relativas ao Regulamento «Abuso de Mercado»

Orientações relativas ao Regulamento «Abuso de Mercado» Orientações relativas ao Regulamento «Abuso de Mercado» Diferimento na divulgação de informação privilegiada 20/10/2016 ESMA/2016/1478 PT Índice 1 Âmbito... 3 2 Referências, abreviaturas e definições...

Leia mais

Artigo 1.º. Objeto e âmbito

Artigo 1.º. Objeto e âmbito PROJETO DE AVISO DO SOBRE O DEVER DE AVALIAÇÃO DA SOLVABILIDADE DOS CLIENTES BANCÁRIOS NO ÂMBITO DA ATIVIDADE DE CONCESSÃO DE CRÉDITO [ ] Assim, no uso da competência que lhe é atribuída pelo disposto

Leia mais

(Texto relevante para efeitos do EEE)

(Texto relevante para efeitos do EEE) 17.3.2017 L 72/57 REGULAMENTO DE EXECUÇÃO (UE) 2017/461 DA COMISSÃO de 16 de março de 2017 que estabelece normas técnicas de execução no que se refere aos formulários, modelos e procedimentos comuns para

Leia mais

REGULAMENTO (UE) 2015/534 DO BANCO CENTRAL EUROPEU

REGULAMENTO (UE) 2015/534 DO BANCO CENTRAL EUROPEU 31.3.2015 PT L 86/13 REGULAMENTO (UE) 2015/534 DO BANCO CENTRAL EUROPEU de 17 de março de 2015 relativo ao reporte de informação financeira para fins de supervisão (BCE/2015/13) O CONSELHO DO BANCO CENTRAL

Leia mais

Orientações relativas às medidas de margem de antiprociclicidade para as contrapartes centrais do EMIR

Orientações relativas às medidas de margem de antiprociclicidade para as contrapartes centrais do EMIR Orientações relativas às medidas de margem de antiprociclicidade para as contrapartes centrais do EMIR 15/04/2019 ESMA70-151-1496 PT Índice I. Âmbito de aplicação... 2 II. Referências legislativas e abreviaturas...

Leia mais

Orientações relativas à comunicação da liquidação internalizada nos termos do artigo 9.º do Regulamento das Centrais de Valores Mobiliários (CSDR)

Orientações relativas à comunicação da liquidação internalizada nos termos do artigo 9.º do Regulamento das Centrais de Valores Mobiliários (CSDR) Orientações relativas à comunicação da liquidação internalizada nos termos do artigo 9.º do Regulamento das Centrais de Valores Mobiliários (CSDR) 30/04/2019 ESMA70-151-367 PT Orientações relativas à comunicação

Leia mais

REGULAMENTO DELEGADO (UE) /... DA COMISSÃO. de

REGULAMENTO DELEGADO (UE) /... DA COMISSÃO. de COMISSÃO EUROPEIA Bruxelas, 7.6.2016 C(2016) 3356 final REGULAMENTO DELEGADO (UE) /... DA COMISSÃO de 7.6.2016 que complementa a Diretiva 2014/59/UE do Parlamento Europeu e do Conselho, que estabelece

Leia mais

PT Unida na diversidade PT A8-0206/844. Alteração

PT Unida na diversidade PT A8-0206/844. Alteração 22.3.2019 A8-0206/844 844 Artigo 2 n.º 4 alínea a) parte introdutória a) A obrigação do transportador rodoviário estabelecido noutro Estado- Membro de enviar uma declaração de destacamento às autoridades

Leia mais

(Texto relevante para efeitos do EEE)

(Texto relevante para efeitos do EEE) 17.6.2016 L 160/23 REGULAMENTO DE EXECUÇÃO (UE) 2016/959 DA COMISSÃO de 17 de maio de 2016 que estabelece normas técnicas de execução para as sondagens de mercado no que se refere aos sistemas e modelos

Leia mais

Orientações. Calibração de interruptores (circuit breakers) e publicação de suspensões das negociações nos termos da Diretiva DMIF II

Orientações. Calibração de interruptores (circuit breakers) e publicação de suspensões das negociações nos termos da Diretiva DMIF II Orientações Calibração de interruptores (circuit breakers) e publicação de suspensões das negociações nos termos da Diretiva DMIF II 27/06/2017 ESMA70-872942901-63 PT Índice 1 Âmbito de aplicação... 3

Leia mais

(Texto relevante para efeitos do EEE)

(Texto relevante para efeitos do EEE) 30.6.2016 L 173/47 REGULAMENTO DE EXECUÇÃO (UE) 2016/1055 DA COMISSÃO de 29 de junho de 2016 que estabelece normas técnicas de execução no que se refere às modalidades técnicas para a divulgação pública

Leia mais

Instrução n. o 1/2017 BO n. o

Instrução n. o 1/2017 BO n. o Instrução n. o 1/2017 BO n. o 2 15-02-2017 Temas Supervisão Divulgação de informação Índice Texto da Instrução Texto da Instrução Assunto: Processos e critérios relativos à aplicação das noções de relevância,

Leia mais

Aviso do Banco de Portugal n. o 6/2017

Aviso do Banco de Portugal n. o 6/2017 Aviso do Banco de Portugal n. o 6/2017 Índice Texto do Aviso Anexo I Anexo II Anexo III Anexo IV Texto do Aviso Através do Decreto-Lei n.º 81-C/2017, de 7 de julho, o legislador aprovou o regime jurídico

Leia mais

Recomendação sobre a cobertura das entidades abrangidas pelo plano de recuperação de grupo

Recomendação sobre a cobertura das entidades abrangidas pelo plano de recuperação de grupo EBA/REC/2017/02 26/01/2018 Recomendação sobre a cobertura das entidades abrangidas pelo plano de recuperação de grupo 1. Obrigações de cumprimento e de reporte de informação Natureza das presentes recomendações

Leia mais

Orientações. sobre medidas de segurança para gerir os riscos operacionais e de segurança ao abrigo da Diretiva (UE) 2015/2366 (PSD2) EBA/GL/2017/17

Orientações. sobre medidas de segurança para gerir os riscos operacionais e de segurança ao abrigo da Diretiva (UE) 2015/2366 (PSD2) EBA/GL/2017/17 ORIENTAÇÕES SOBRE MEDIDAS DE SEGURANÇA PARA GERIR OS RISCOS OPERACIONAIS E EBA/GL/2017/17 12/01/2018 Orientações sobre medidas de segurança para gerir os riscos operacionais e de segurança ao abrigo da

Leia mais

(Atos não legislativos) REGULAMENTOS

(Atos não legislativos) REGULAMENTOS 22.5.2019 L 134/1 II (Atos não legislativos) REGULAMENTOS REGULAMENTO DELEGADO (UE) 2019/819 DA COMISSÃO de 1 de fevereiro de 2019 que complementa o Regulamento (UE) n. o 346/2013 do Parlamento Europeu

Leia mais

MEDIDAS DE APLICAÇÃO DO CÓDIGO DE CONDUTA DOS DEPUTADOS AO PARLAMENTO EUROPEU EM MATÉRIA DE INTERESSES FINANCEIROS E DE CONFLITOS DE INTERESSES

MEDIDAS DE APLICAÇÃO DO CÓDIGO DE CONDUTA DOS DEPUTADOS AO PARLAMENTO EUROPEU EM MATÉRIA DE INTERESSES FINANCEIROS E DE CONFLITOS DE INTERESSES MEDIDAS DE APLICAÇÃO DO CÓDIGO DE CONDUTA DOS DEPUTADOS AO PARLAMENTO EUROPEU EM MATÉRIA DE INTERESSES FINANCEIROS E DE CONFLITOS DE INTERESSES DECISÃO DA MESA DE 15 de ABRIL de 2013 Capítulos: 1. Presentes

Leia mais

Instrução n. o 12/2019

Instrução n. o 12/2019 Instrução n. o 12/2019 BO n. o 6/2019 2.º Suplemento 2019/06/28 Temas Supervisão :: Normas Prudenciais Índice Texto da Instrução Texto da Instrução Assunto: Especificação dos tipos de posições em risco

Leia mais

REGULAMENTO DELEGADO (UE) /... DA COMISSÃO. de

REGULAMENTO DELEGADO (UE) /... DA COMISSÃO. de COMISSÃO EUROPEIA Bruxelas, 4.9.2017 C(2017) 5959 final REGULAMENTO DELEGADO (UE) /... DA COMISSÃO de 4.9.2017 que complementa o Regulamento (UE) n.º 575/2013 do Parlamento Europeu e do Conselho no que

Leia mais

relativas à aplicação das obrigações simplificadas nos termos do artigo 4.º, n.º 5, da Diretiva 2014/59/UE

relativas à aplicação das obrigações simplificadas nos termos do artigo 4.º, n.º 5, da Diretiva 2014/59/UE EBA/GL/2015/16 16.10.2016 Orientações relativas à aplicação das obrigações simplificadas nos termos do artigo 4.º, n.º 5, da Diretiva 2014/59/UE 1 1. Obrigações de cumprimento e de comunicação de informação

Leia mais

Instrução n. o 9/2016 BO n. o

Instrução n. o 9/2016 BO n. o Instrução n. o 9/2016 BO n. o 7 15-07-2016 Temas Supervisão Normas Prudenciais Índice Texto da Instrução Texto da Instrução Assunto: Autorização para a utilização de modelos internos para cálculo dos requisitos

Leia mais

Jornal Oficial da União Europeia REGULAMENTOS

Jornal Oficial da União Europeia REGULAMENTOS 9.3.2018 L 67/3 REGULAMENTOS REGULAMENTO DELEGADO (UE) 2018/344 DA COMISSÃO de 14 de novembro de 2017 que complementa a Diretiva 2014/59/UE do Parlamento Europeu e do Conselho no que diz respeito às normas

Leia mais

ORIENTAÇÃO (UE) 2017/697 DO BANCO CENTRAL EUROPEU

ORIENTAÇÃO (UE) 2017/697 DO BANCO CENTRAL EUROPEU L 101/156 13.4.2017 ORIENTAÇÕES ORIENTAÇÃO (UE) 2017/697 DO BANCO CENTRAL EUROPEU de 4 de abril de 2017 relativa ao exercício das faculdades e opções previstas no direito da União pelas autoridades nacionais

Leia mais

Orientações e recomendações

Orientações e recomendações Orientações e recomendações Orientações e recomendações relativas ao âmbito de aplicação do Regulamento relativo às agências de notação de risco (Regulamento ANR) 17 de junho de 2013 ESMA/2013/720. Data:

Leia mais

REGULAMENTOS. (Texto relevante para efeitos do EEE)

REGULAMENTOS. (Texto relevante para efeitos do EEE) L 340/6 20.12.2017 REGULAMENTOS REGULAMENTO DE EXECUÇÃO (UE) 2017/2382 DA COMISSÃO de 14 de dezembro de 2017 que estabelece normas técnicas de execução no que respeita aos formulários, modelos e procedimentos

Leia mais

Envia-se em anexo, à atenção das delegações, o documento C(2016) 7147 final/2 de

Envia-se em anexo, à atenção das delegações, o documento C(2016) 7147 final/2 de Conselho da União Europeia Bruxelas, 3 de fevereiro de 2017 (OR. en) 14410/16 COR 1 EF 339 ECOFIN 1042 DELACT 233 NOTA DE ENVIO de: Secretário-Geral da Comissão Europeia, assinado por Jordi AYET PUIGARNAU,

Leia mais

Orientações finais. Orientações revistas sobre a especificação adicional dos indicadores de importância sistémica global e sua divulgação

Orientações finais. Orientações revistas sobre a especificação adicional dos indicadores de importância sistémica global e sua divulgação EBA/GL/2016/01 13 de janeiro de 2016 Orientações finais Orientações revistas sobre a especificação adicional dos indicadores de importância sistémica global e sua divulgação Natureza das presentes Orientações

Leia mais

(Texto relevante para efeitos do EEE)

(Texto relevante para efeitos do EEE) L 125/4 REGULAMENTO DELEGADO (UE) 2019/758 DA COMISSÃO de 31 de janeiro de 2019 que complementa a Diretiva (UE) 2015/849 do Parlamento Europeu e do Conselho no que diz respeito às normas técnicas reguladoras

Leia mais

REGULAMENTOS. Tendo em conta o Tratado sobre o Funcionamento da União Europeia,

REGULAMENTOS. Tendo em conta o Tratado sobre o Funcionamento da União Europeia, 28.5.2014 L 159/41 REGULAMENTOS REGULAMENTO DELEGADO (UE) N. o 574/2014 DA COMISSÃO de 21 de fevereiro de 2014 que altera o anexo III do Regulamento (UE) n. o 305/2011 do Parlamento Europeu e do Conselho

Leia mais

Jor nal Oficial L 234. da União Europeia. Legislação. Atos não legislativos. 61. o ano 18 de setembro de Edição em língua portuguesa.

Jor nal Oficial L 234. da União Europeia. Legislação. Atos não legislativos. 61. o ano 18 de setembro de Edição em língua portuguesa. Jor nal Oficial da União Europeia L 234 Edição em língua portuguesa Legislação 61. o ano 18 de setembro de 2018 Índice II Atos não legislativos REGULAMENTOS Regulamento Delegado (UE) 2018/1239 da Comissão,

Leia mais

relativas à supervisão de sucursais significativas

relativas à supervisão de sucursais significativas EBA/GL/2017/14 16/02/2018 Orientações relativas à supervisão de sucursais significativas 1. Obrigações de cumprimento e de comunicação de informação Natureza das presentes Orientações 1. O presente documento

Leia mais

Orientações relativas à aplicação de medidas de garantia a longo prazo

Orientações relativas à aplicação de medidas de garantia a longo prazo EIOPA-BoS-15/111 PT Orientações relativas à aplicação de medidas de garantia a longo prazo EIOPA Westhafen Tower, Westhafenplatz 1-60327 Frankfurt Germany - Tel. + 49 69-951119-20; Fax. + 49 69-951119-19;

Leia mais

COMISSÃO EUROPEIA DIREÇÃO-GERAL DO MERCADO INTERNO, DA INDÚSTRIA, DO EMPREENDEDORISMO E DAS PME

COMISSÃO EUROPEIA DIREÇÃO-GERAL DO MERCADO INTERNO, DA INDÚSTRIA, DO EMPREENDEDORISMO E DAS PME COMISSÃO EUROPEIA DIREÇÃO-GERAL DO MERCADO INTERNO, DA INDÚSTRIA, DO EMPREENDEDORISMO E DAS PME Bruxelas, 1 de fevereiro de 2019 PERGUNTAS E RESPOSTAS RELATIVAS À SAÍDA DO REINO UNIDO DA UNIÃO EUROPEIA

Leia mais

Orientações Sobre a aplicação do regime de validação nos termos do artigo 4.º, n.º 3, do Regulamento Agências de Notação de Risco

Orientações Sobre a aplicação do regime de validação nos termos do artigo 4.º, n.º 3, do Regulamento Agências de Notação de Risco Orientações Sobre a aplicação do regime de validação nos termos do artigo 4.º, n.º 3, do Regulamento Agências de Notação de Risco 20/05/2019 ESMA33-9-282 PT Índice I. Âmbito de aplicação... 3 II. Referências

Leia mais

DECISÃO (UE) 2018/546 DO BANCO CENTRAL EUROPEU

DECISÃO (UE) 2018/546 DO BANCO CENTRAL EUROPEU 6.4.2018 L 90/105 DECISÕES DECISÃO (UE) 2018/546 DO BANCO CENTRAL EUROPEU de 15 de março de 2018 sobre a delegação de poderes para a adoção de decisões relativas a fundos próprios (BCE/2018/10) O CONSELHO

Leia mais

(Texto relevante para efeitos do EEE)

(Texto relevante para efeitos do EEE) L 79/12 25.3.2015 REGULAMENTO DE EXECUÇÃO (UE) 2015/499 DA COMISSÃO de 24 de março de 2015 que estabelece normas técnicas de execução no que se refere aos procedimentos a utilizar para a concessão de aprovação

Leia mais

DECISÃO DE EXECUÇÃO (UE) /... DA COMISSÃO. de

DECISÃO DE EXECUÇÃO (UE) /... DA COMISSÃO. de COMISSÃO EUROPEIA Bruxelas, 25.10.2018 C(2018) 6929 final DECISÃO DE EXECUÇÃO (UE) /... DA COMISSÃO de 25.10.2018 que estabelece especificações para os registos de veículos referidos no artigo 47.º da

Leia mais

REGULAMENTOS. (Atos não legislativos)

REGULAMENTOS. (Atos não legislativos) 10.3.2017 L 65/1 II (Atos não legislativos) REGULAMENTOS REGULAMENTO DELEGADO (UE) 2017/389 DA COMISSÃO de 11 de novembro de 2016 que complementa o Regulamento (UE) n. o 909/2014 do Parlamento Europeu

Leia mais

Conselho da União Europeia Bruxelas, 18 de junho de 2015 (OR. en)

Conselho da União Europeia Bruxelas, 18 de junho de 2015 (OR. en) Conselho da União Europeia Bruxelas, 18 de junho de 2015 (OR. en) Dossiê interinstitucional: 2015/0065 (CNS) 8214/2/15 REV 2 FISC 34 ECOFIN 259 ATOS LEGISLATIVOS E OUTROS INSTRUMENTOS Assunto: DIRETIVA

Leia mais

COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS. Projeto de. REGULAMENTO (UE) n.º / DA COMISSÃO

COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS. Projeto de. REGULAMENTO (UE) n.º / DA COMISSÃO COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS Bruxelas, C Projeto de REGULAMENTO (UE) n.º / DA COMISSÃO de [ ] que altera o Regulamento (CE) n.º 2042/2003 relativo à aeronavegabilidade permanente das aeronaves e

Leia mais

Instrução n. o 1/2017 BO n. o

Instrução n. o 1/2017 BO n. o Instrução n. o 1/2017 BO n. o 2 15-02-2017 Temas Supervisão Divulgação de informação Índice Texto da Instrução Texto da Instrução Assunto: Processos e critérios relativos à aplicação das noções de relevância,

Leia mais

(Atos não legislativos) REGULAMENTOS

(Atos não legislativos) REGULAMENTOS 23.3.2018 L 81/1 II (Atos não legislativos) REGULAMENTOS REGULAMENTO DELEGADO (UE) 2018/480 DA COMISSÃO de 4 de dezembro de 2017 que complementa o Regulamento (UE) 2015/760 do Parlamento Europeu e do Conselho

Leia mais

Orientações e recomendações

Orientações e recomendações Orientações e recomendações Orientações e Recomendações relativas à aplicação dos Princípios CPSS-IOSCO sobre as infraestruturas dos mercados financeiros no que respeita às contrapartes centrais (CCP)

Leia mais

COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS. Projeto de. REGULAMENTO (UE) n.º / DA COMISSÃO

COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS. Projeto de. REGULAMENTO (UE) n.º / DA COMISSÃO COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS Bruxelas, C Projeto de REGULAMENTO (UE) n.º / DA COMISSÃO de [ ] que altera o Regulamento (UE) n.º 1178/2011, que estabelece os requisitos técnicos e os procedimentos

Leia mais

(Atos não legislativos) REGULAMENTOS

(Atos não legislativos) REGULAMENTOS 14.1.2012 Jornal Oficial da União Europeia L 12/1 II (Atos não legislativos) REGULAMENTOS REGULAMENTO (UE) N. o 28/2012 DA COMISSÃO de 11 de janeiro de 2012 que define as exigências de certificação aplicáveis

Leia mais

ORIENTAÇÕES RELATIVAS À SITUAÇÃO OU RISCO DE INSOLVÊNCIA EBA/GL/2015/ Orientações

ORIENTAÇÕES RELATIVAS À SITUAÇÃO OU RISCO DE INSOLVÊNCIA EBA/GL/2015/ Orientações EBA/GL/2015/07 06.08.2015 Orientações relativas à interpretação das diferentes circunstâncias em que uma instituição é considerada em situação ou em risco de insolvência nos termos do artigo 32.º, n.º

Leia mais

DIRETIVAS. Tendo em conta o Tratado sobre o Funcionamento da União Europeia, nomeadamente o artigo 113. o,

DIRETIVAS. Tendo em conta o Tratado sobre o Funcionamento da União Europeia, nomeadamente o artigo 113. o, 7.12.2018 L 311/3 DIRETIVAS DIRETIVA (UE) 2018/1910 DO CONSELHO de 4 de dezembro de 2018 que altera a Diretiva 2006/112/CE no que diz respeito à harmonização e simplificação de determinadas regras no sistema

Leia mais

REGULAMENTO DE EXECUÇÃO (UE) /... DA COMISSÃO. de

REGULAMENTO DE EXECUÇÃO (UE) /... DA COMISSÃO. de COMISSÃO EUROPEIA Bruxelas, 24.3.2017 C(2017) 1812 final REGULAMENTO DE EXECUÇÃO (UE) /... DA COMISSÃO de 24.3.2017 relativo às modalidades para os procedimentos de inspeção de boas práticas clínicas,

Leia mais