ç çã í í í çã ã ã ó ê çã

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ç çã í í í çã ã ã ó ê çã"

Transcrição

1

2

3

4 é ô ç ê é à ê ú à ô ç ê é

5 é é à â õ õ õ ç õ ¹ ² ú ú

6 ú ç ê é ç ô ç é õ ç é ê õ é à â õ

7 õ õ ¹ õ ² ú ú é ê ê é ç é é é ê à õ

8 à â õ õ õ ¹ õ ² ú ú

9 é à é ú ê õ õ õ à

10 õ õ õ à õ õ ê õ à õ ê õ à é

11 õ ê ê é é é é é é ú ê é ê ê é à é é ê é ê

12 ú é é ê ú é é ê ê ê ú é é

13 õ à à à à à Á Ã ÇÕ Í Í õ ê

14 ê õ à ê õ à õ õ õ à ú ê é é ª ê à é õ ª é õ õ ª ª õ é õ

15 õ ô é ç Á Ã ÇÕ Í Í õ ê Á õ õ õ à ê ê õ

16 õ à õ à ú ê õ Á õ õ õ õ õ ê à õ ê õ õ õ ô é ç

17 ç â ç é é à ô ç ç ç ç é à ô ê ç ú ç ç é ú ç

18 à ç â à é é â ç é â ç é ê é é ç

19 ê é ô ê ê ô â ç é é à é ê â ç

20 é à é é é é à ç ê é é à ç é õ õ é ç

21 õ º ê ê ê õ õ ê é ú é Á ÇÃ é Ã ç ú é

22 é é ç ê é ê Ã Í õ é à é à é Á ÇÕ ê é

23 õ à ê ç é ê Í É ê ÇÃ É ç ê ê é à à ç é à ê õ

24 ê ú ú ê à ú ê ú â õ

25 ç ç ç

26

27 à é é é

28

29 é é é ú Á é

30 à é ú à à é é é

31 é é é à ô à ê é é ú Á é é.

32 õ ê õ ú

33 ç ç ô

34 é â ê ô ç à ç

35 ê ê ç à é ç à ç

36

37 à ç é é ú ú ê ú õ

38 à ª ª õ õ ú

39 ê ê ê ê

40

41 ô ú é

42 é é

43 ú é

44 é é à ê à ê Ó ú

45 ê ô õ õ ê , ,73

46 õ º ê

47 Ó ú ê ô õ õ à Ó ú à ç

48

49 Órgo Bradespar Cidade de Deus NCF Participaes Nova Cidade de Deus ON PN ON PN ON PN ON PN

50

51

52 ú

53 Redao Atual Ttulo I - Da Organizao, Durao e Sede Art. 1 o ) A Bradespar S.A., companhia aberta, doravante chamada Sociedade, rege-se pelo presente Estatuto. Art. 2 o ) O prazo de durao da Sociedade é indeterminado. Art. 3 o ) A Sociedade tem sede e foro no municpio e comarca de So Paulo, Estado de So Paulo. Art. 4 o ) Poder a Sociedade instalar ou suprimir Sucursais, Filiais, Escritrios e Dependências de qualquer natureza no Pas, a critério da Diretoria, e no Exterior, com a aprovao, adicional, do Conselho de Administrao, doravante chamado também Conselho. Ttulo II - Dos Objetivos Sociais Art. 5 o ) A Sociedade tem por objeto a participao como scia ou acionista de outras sociedades. Ttulo III - Do Capital Social Art. 6 o ) O Capital Social é de R$ ,00 (três bilhões de reais), dividido em (trezentos e quarenta e nove milhões, seiscentas e oitenta e nove mil e quatrocentas) aes nominativas-escriturais, sem valor nominal, das quais (cento e vinte e dois milhões, seiscentas e sessenta e quatro mil, quinhentas e quatro) ordinrias e (duzentos e vinte e sete milhões, vinte e quatro mil, oitocentas e noventa e seis) preferenciais. Pargrafo Primeiro - As aes ordinrias conferiro aos seus titulares os direitos e vantagens previstos em lei. No caso de oferta pública decorrente de eventual alienao do controle da Sociedade, as aes ordinrias no integrantes do bloco de controle tero direito ao recebimento de 100% (cem porcento) do valor pago por ao ordinria de titularidade dos controladores. Pargrafo Segundo - As aes preferenciais no tero direito a voto, mas conferiro, aos seus titulares, os seguintes direitos e vantagens: Redao Proposta O número de aes em tesouraria a serem canceladas ser definido na Assembleia Geral. O cancelamento das aes mantidas em Tesouraria no acarretar efeitos jurdicos e econômicos.

54 a) prioridade no reembolso do Capital Social, em caso de liquidao da Sociedade; b) dividendos 10% (dez porcento) maiores que os atribudos às aes ordinrias; c) incluso em oferta pública decorrente de eventual alienao do controle da Sociedade, sendo assegurado aos seus titulares o recebimento do preço igual a 80% (oitenta porcento) do valor pago por ao ordinria, integrante do bloco de controle. Pargrafo Terceiro - A Companhia est autorizada a aumentar o seu Capital Social independentemente de reforma estatutria, por deliberao do seu Conselho de Administrao, até o limite de R$ ,000,00 (cinco bilhões de reais), mediante a emisso de aes ordinrias e/ou preferenciais, guardando ou no proporo entre as espécies ou classes existentes, podendo inclusive, até o limite autorizado, emitir bônus de subscrio, fixando as condies de emisso. Pargrafo Quarto - O Conselho de Administrao poder excluir o direito de preferência para os antigos acionistas, ou reduzir o prazo de 30 (trinta) dias para o seu exerccio, nas emissões de aes, debêntures conversveis em aes e bônus de subscrio, cuja colocao seja feita mediante: a) venda em bolsa de valores ou subscrio pública; b) permuta por aes, em oferta pública de aquisio de controle. Pargrafo Quinto - Nos aumentos de capital, ser realizada no ato da subscrio a parcela mnima exigida em lei e o restante ser integralizado mediante chamada da Diretoria, observados os preceitos legais. Pargrafo Sexto - Todas as aes da Sociedade so escriturais, permanecendo em contas de depsito, no Banco Bradesco S.A., em nome de seus titulares, sem emisso de certificados, podendo ser cobrado dos acionistas o custo do serviço de transferência da propriedade das referidas aes. Pargrafo Sétimo - Poder a Sociedade, mediante autorizao do Conselho, adquirir aes de sua prpria emisso, ou negociar com opes de venda e de compra referenciadas em aes de sua prpria emisso, para cancelamento ou permanência temporria em tesouraria e posterior alienao.

55 Pargrafo Oitavo - No ser permitida a converso de aes ordinrias em preferenciais e vice-versa. Art. 7 o ) A Sociedade poder criar aes preferenciais com direito a dividendos fixos ou mnimos. Pargrafo Único - As aes preferenciais, com direito a dividendos fixos ou mnimos, quando emitidas, adquiriro direito de voto se a Companhia deixar de pagar os referidos dividendos por três exerccios consecutivos, perdendo tal direito assim que a Companhia voltar a distribuir tais dividendos. Ttulo IV - Da Administrao Art. 8 o ) A Sociedade ser administrada por um Conselho de Administrao e por uma Diretoria. Ttulo V - Do Conselho de Administrao Art. 9 o ) O Conselho de Administrao, com mandato de 1 (um) ano, é composto de 3 (três) a 12 (doze) membros, que escolhero entre si 1 (um) Presidente e 1 (um) Vice- Presidente. Pargrafo Primeiro - O Conselho deliberar validamente desde que presente a maioria absoluta dos membros em exerccio, inclusive o Presidente, que ter voto de qualidade, no caso de empate. Pargrafo Segundo - Na vacância do cargo e nas ausências ou impedimentos temporrios do Presidente do Conselho, assumir o Vice-Presidente. Nas ausências ou impedimentos temporrios deste, o Presidente designar substituto entre os demais membros. Vagando o cargo de Vice- Presidente, o Conselho nomear substituto, que servir pelo tempo que faltar para completar o mandato do substitudo. Pargrafo Terceiro - Nas hipteses de afastamento temporrio ou definitivo de qualquer dos outros Conselheiros, os demais podero nomear substituto, para servir em carter eventual ou permanente, observados os preceitos da lei e deste Estatuto. Art. 10) Além das previstas em lei e neste Estatuto, so também atribuies e deveres do Conselho: a) zelar para que a Diretoria esteja, sempre, rigorosamente apta a exercer suas funes;

56 b) cuidar para que os negcios sociais sejam conduzidos com probidade, de modo a preservar o bom nome da Sociedade; c) fixar a orientao geral dos negcios da Sociedade; d) aprovar os orçamentos anuais, os planos de investimentos e os novos programas de expanso da Companhia; e) autorizar a Diretoria a contrair empréstimos, renunciar direitos e transigir em valores que representem responsabilidade superior a 1% (um porcento) do Patrimônio Lquido da Companhia, constante do último balanço aprovado em Assembléia Geral; f) autorizar, nos casos de operaes com empresas no integrantes da Organizao Bradespar, a aquisio, alienao e a onerao de bens integrantes do Ativo Permanente e de participaes societrias de carter no-permanente da Sociedade e de suas controladas diretas e indiretas, quando de valor superior a 1% (um porcento) de seus respectivos Patrimônios Lquidos, constantes do último balanço aprovado em Assembléia Geral ou Reunio de Scios-Cotistas; g) deliberar sobre: 1) negociao com aes de emisso da prpria Sociedade, inclusive a negociao com opes de venda e de compra referenciadas em aes de emisso da prpria Sociedade, de acordo com o Pargrafo Sétimo do Artigo 6 o, deste Estatuto Social; 2) emisso, pela Sociedade, de Notas Promissrias e Debêntures Simples, no conversveis em aes e sem garantia real; h) autorizar a concesso de qualquer modalidade de doao, contribuio ou auxlio, independentemente do beneficirio; i) aprovar o pagamento de dividendos e/ou juros sobre o capital prprio propostos pela Diretoria; j) submeter à Assembléia Geral propostas objetivando aumento do limite do Capital Autorizado ou reduo do Capital Social integralizado, grupamento, bonificao ou desdobramento de suas aes, operaes de fuso, incorporao ou ciso, emisso

57 de debêntures conversveis em aes e reformas estatutrias da Sociedade; k) deliberar sobre associaes, envolvendo a Sociedade ou suas Controladas, inclusive participao em acordos de acionistas; l) fixar o voto a ser dado pela Companhia nas Assembléias Gerais e reuniões das Sociedades em que participe como scia, acionista ou quotista, inclusive aprovando a escolha dos administradores de sociedades controladas ou coligadas a serem eleitos com o voto da Companhia; m) aprovar a aplicao de recursos oriundos de incentivos fiscais; n) examinar e deliberar sobre os orçamentos e demonstraes financeiras submetidos pela Diretoria; o) avocar para sua rbita de deliberao assuntos especficos de interesse da Sociedade e deliberar sobre os casos omissos; p) realizar o rateio da remunerao dos Administradores, estabelecida pela Assembléia Geral e fixar as gratificaes de conselheiros, diretores e funcionrios, quando entender de concedê-las; q) autorizar, quando considerar necessria, a representao da Sociedade individualmente por um membro da Diretoria ou por um procurador, devendo a respectiva deliberao indicar os atos que podero ser praticados. Pargrafo Único - O Conselho poder atribuir funes especiais à Diretoria e a qualquer dos membros desta, bem como instituir comitês para tratar de assuntos especficos. Art. 11) Compete ao Presidente do Conselho presidir as reuniões deste Órgo e as Assembléias Gerais, podendo indicar para fazê-lo, em seu lugar, qualquer dos seus membros. Pargrafo Único - O Presidente do Conselho poder convocar a Diretoria e participar com os demais Conselheiros de quaisquer de suas reuniões. Art.12) O Conselho reunir-se- semestralmente e, quando necessrio, extraordinariamente por convocao do seu Presidente, ou da metade dos demais membros em exerccio, fazendo lavrar ata de cada reunio.

58 Ttulo VI - Da Diretoria Art. 13) A Diretoria da Sociedade, eleita pelo Conselho, com mandato de 1 (um) ano, é composta de 2 (dois) a 5 (cinco) membros, sendo 1 (um) Diretor-Presidente e de 1 (um) a 4 (quatro) Diretores sem designao especial. Pargrafo Único - O Conselho fixar em cada eleio as quantidades de cargos a preencher e designar, nomeadamente, entre os Diretores que eleger, o que ocupar a funo de Diretor-Presidente. Art. 14) Aos Diretores compete administrar e representar a Sociedade, com poderes para obrig-la em quaisquer atos e contratos de seu interesse, podendo transigir e renunciar direitos e adquirir, alienar e onerar bens, observando o disposto na letra f do Artigo 10 deste Estatuto. Pargrafo Primeiro - Ressalvadas as excees previstas expressamente neste Estatuto, a Sociedade s se obriga mediante assinaturas, em conjunto, de no mnimo 2 (dois) Diretores, devendo um deles estar no exerccio do cargo de Diretor- Presidente. Pargrafo Segundo - A Sociedade poder também ser representada por no mnimo 1 (um) Diretor e 1 (um) procurador, ou por no mnimo 2 (dois) procuradores, em conjunto, especialmente constitudos, devendo do respectivo instrumento de mandato constar os seus poderes, os atos que podero praticar e o seu prazo. Pargrafo Terceiro - A Sociedade poder ainda ser representada isoladamente por qualquer membro da Diretoria ou por procurador com poderes especficos, nos seguintes casos: mandatos com clusula ad judicia, hiptese em que a procurao poder ter prazo indeterminado e ser substabelecida; recebimento de citaes ou intimaes judiciais ou extrajudiciais; participao em licitaes; em Assembléias Gerais de Acionistas ou Cotistas de empresas ou fundos de investimento de que a Sociedade participe, bem como de entidades de que seja scia ou filiada;

59 perante rgos e reparties públicas, desde que no implique na assuno de responsabilidades e/ou obrigaes pela Sociedade; em depoimentos judiciais. Art. 15) Além das atribuies normais que lhe so conferidas pela lei e por este Estatuto, compete especificamente a cada membro da Diretoria: a) Diretor-Presidente: I. presidir as reuniões da Diretoria; II. coordenar a atuao dos Diretores sob sua superviso, acompanhando os respectivos desempenhos; III. fixar os trabalhos a serem desenvolvidos pelos Diretores sem designao especial, no âmbito das atribuies que lhes forem fixadas pelo Conselho de Administrao; IV. gerir operacional e administrativamente a Sociedade; V. estabelecer as normas internas e operacionais; VI. propor a submisso de questões ao Conselho de Administrao; b) Diretores sem designao especial: I. coordenar e dirigir as atividades de suas respectivas reas, reportando-se ao Diretor-Presidente; II. colaborar com o Diretor-Presidente no desempenho de seus encargos, prestando suporte administrativo e operacional no desenvolvimento das atividades da Sociedade; III. estruturar os serviços operacionais da Sociedade, de acordo com as normas estabelecidas pelo Diretor-Presidente. Art. 16) A Diretoria far reuniões ordinrias semestrais, e extraordinrias sempre que necessrio, deliberando validamente desde que presente mais da metade dos seus membros em exerccio, com a presença obrigatria do titular do cargo de Diretor- Presidente, ou seu substituto, que ter voto de qualidade, no caso de empate. As reuniões extraordinrias sero realizadas sempre que convocadas pelo Presidente do Conselho, pelo Presidente da Diretoria ou, ainda, pela metade dos demais Diretores em exerccio.

60 Art. 17) Em caso de vaga, ausência ou impedimento temporrio de qualquer Diretor, inclusive do Presidente, caber ao Conselho indicar o substituto. Art. 18) Para o exerccio do cargo de Diretor é necessrio dedicar tempo integral aos serviços da Sociedade, sendo incompatvel o exerccio do cargo de Diretor desta com o desempenho de outras funes ou atividades profissionais, ressalvados os casos em que a Sociedade tenha interesse, a critério do Conselho. Ttulo VII - Do Conselho Fiscal Art. 19) O Conselho Fiscal, no-permanente, compor-se-, quando instalado, de 3 (três) a 5 (cinco) membros efetivos e de igual número de suplentes. Ttulo VIII - Das Assembléias Gerais Art. 20) As Assembléias Gerais Ordinrias e Extraordinrias sero presididas pelo Presidente do Conselho ou, na sua ausência, por seu substituto estatutrio, que convidar um ou mais acionistas para Secretrios. Ttulo IX - Do Exerccio Social e da Distribuio de Resultados Art. 21) O ano social coincide com o ano civil, terminando no dia 31 de dezembro. Art. 22) Sero levantados balanços em 31 de dezembro de cada ano, facultado à Diretoria, mediante aprovao do Conselho, determinar o levantamento de outros balanços, semestrais ou em menores perodos, inclusive mensais. Art. 23) O Lucro Lquido, como definido no Artigo 191 da Lei n o 6.404, de , apurado em cada balanço ter, pela ordem, a seguinte destinao: I. constituio de Reserva Legal; II. constituio das Reservas previstas nos Artigos 195 e 197 da mencionada Lei n o 6.404/76, mediante proposta da Diretoria, aprovada pelo Conselho e deliberada pela Assembléia Geral; III. pagamento de dividendos, propostos pela Diretoria e aprovados pelo Conselho que, somados aos dividendos intermedirios e/ou juros sobre o capital prprio de que tratam os Pargrafos Segundo e Terceiro deste Artigo, que tenham sido declarados, assegurem aos acionistas,

61 em cada exerccio, a ttulo de dividendo obrigatrio, 30% (trinta porcento) do respectivo lucro lquido, ajustado pela diminuio ou acréscimo dos valores especificados nos itens I, II e III do Artigo 202 da referida Lei n o 6.404/76. Pargrafo Primeiro - A Diretoria, mediante aprovao do Conselho, fica autorizada a declarar e pagar dividendos intermedirios, especialmente semestrais e mensais, à conta de Lucros Acumulados ou de Reservas de Lucros existentes. Pargrafo Segundo - Poder a Diretoria, ainda, mediante aprovao do Conselho, autorizar a distribuio de lucros aos acionistas a ttulo de juros sobre o capital prprio, nos termos da legislao especfica, em substituio total ou parcial dos dividendos intermedirios, cuja declarao lhe é facultada pelo pargrafo anterior ou, ainda, em adio aos mesmos. Pargrafo Terceiro - Os juros eventualmente pagos aos acionistas sero imputados, lquidos do imposto de renda na fonte, ao valor do dividendo obrigatrio do exerccio (30%), de acordo com o Inciso III do caput deste Artigo. Art. 24) O saldo do Lucro Lquido, verificado aps as distribuies acima previstas, ter a destinao proposta pela Diretoria, aprovada pelo Conselho e deliberada pela Assembléia Geral, podendo ser destinado 100% (cem porcento) à Reserva de Lucros - Estatutria, visando à manuteno de margem operacional compatvel com o desenvolvimento das operaes da Sociedade, até atingir o limite de 95% (noventa e cinco porcento) do valor do capital social integralizado. Pargrafo Único - Na hiptese da proposta da Diretoria sobre a destinao a ser dada ao Lucro Lquido do exerccio conter previso de distribuio de dividendos e/ou pagamento de juros sobre capital prprio em montante superior ao dividendo obrigatrio estabelecido no Artigo 23, Inciso III, e/ou reteno de lucros nos termos do Artigo 196 da Lei n o 6.404/76, o saldo do Lucro Lquido para fins de constituio da reserva mencionada neste Artigo ser determinado aps a deduo integral dessas destinaes.

62 Ttulo X - Da Liquidao Art. 25) A Companhia entrar em liquidao nos casos previstos em lei, competindo ao Conselho de Administrao da Companhia nomear o liquidante, fixar os seus honorrios, determinar o modo de realizao da liquidao e as formas e diretrizes a seguir.

63 Lzaro de Mello Brando Em relao a cada um dos administradores e membros do conselho fiscal do emissor, indicar, em forma de tabela: a. nome: Lzaro de Mello Brando b. idade: 83 anos c. profisso: Bancrio d. CPF ou número do passaporte: CPF /72 e. cargo eletivo ocupado: Presidente do Conselho de Administrao f. data de eleio: g. data da posse: h. prazo do mandato: até i. outros cargos ou funes exercidos no emissor: j. indicao se foi eleito pelo controlador ou no: indicado pelo Controlador Fornecer as informaes mencionadas no item 12.6 em relao aos membros dos comitês estatutrios, bem como dos comitês de auditoria, de risco, financeiro e de remunerao, ainda que tais comitês ou estruturas no sejam estatutrios. NADA A DECLARAR Em relao a cada um dos administradores e membros do conselho fiscal, fornecer: a. currculo, contendo as seguintes informaes: i. principais experiências profissionais durante os últimos 5 anos, indicando: nome da empresa: Bradespar S.A. cargo e funes inerentes ao cargo: Presidente do Conselho de Administrao. Além das atribuies do Conselho de Administrao estabelecidas na lei e no Estatuto da Sociedade, cabe ao Presidente presidir as suas reuniões e as Assembleias Gerais.

64 atividade principal da empresa na qual tais experiências ocorreram, destacando as sociedades ou organizaes que integram (i) o grupo econômico do emissor, ou (ii) de scios com participao, direta ou indireta, igual ou superior a 5% de uma mesma classe ou espécie de valores mobilirios do emissor Atividade principal da empresa: A participao como scia ou acionista de outras sociedades. Sociedades que integram o grupo de acionistas com participao, direta ou indireta, igual ou superior a 5% de uma mesma classe ou espécie de valores mobilirios da Bradespar: - Grupo Controlador: Cidade de Deus - Companhia Comercial de Participaes, Fundao Bradesco, NCF Participaes S.A. - Outros: Banco Esprito Santo, S.A. nome da empresa: Banco Bradesco S.A. cargo e funes inerentes ao cargo: Presidente do Conselho de Administrao. Além das atribuies do Conselho de Administrao estabelecidas na lei e no Estatuto da Sociedade, cabe ao Presidente presidir as suas reuniões e as Assembleias Gerais. atividade principal da empresa na qual tais experiências ocorreram, destacando as sociedades ou organizaes que integram (i) o grupo econômico do emissor, ou (ii) de scios com participao, direta ou indireta, igual ou superior a 5% de uma mesma classe ou espécie de valores mobilirios do emissor Atividade principal da empresa: Efetuar operaes bancrias em geral, inclusive câmbio. Sociedades que integram o grupo de acionistas com participao, direta ou indireta, igual ou superior a 5% de uma mesma classe ou espécie de valores mobilirios do Bradesco: - Grupo Controlador: Cidade de Deus - Companhia Comercial de Participaes, Fundao Bradesco, Elo Participaes e Investimentos S.A., Nova Cidade de Deus Participaes S.A. - Outros: Banco Esprito Santo, S.A. nome da empresa: Banco Esprito Santo, S.A.

65 cargo e funes inerentes ao cargo: Membro No Executivo do Conselho de Administrao de a , cujas atribuies so as mesmas do Conselho de Administrao estabelecidas no Estatuto da Sociedade: exercer os mais amplos poderes de gesto e representao da Sociedade e praticar todos os atos necessrios ou convenientes à prossecuo das atividades compreendidas no seu objeto social. ii. atividade principal da empresa na qual tais experiências ocorreram, destacando as sociedades ou organizaes que integram (i) o grupo econômico do emissor, ou (ii) de scios com participao, direta ou indireta, igual ou superior a 5% de uma mesma classe ou espécie de valores mobilirios do emissor Atividade principal da empresa: Exerccio da atividade bancria. Sociedades que integram o grupo de acionistas com participao, direta ou indireta, igual ou superior a 5% de uma mesma classe ou espécie de valores mobilirios do BES: - Grupo Controlador: Bespar-Sociedade Gestora de Participaes Sociais, S.A., Crédit Agricole S.A., ESFG-Espirito Santo Financial Group S.A. - Outros: Banco Bradesco S.A. indicao de todos os cargos de administrao que ocupe ou tenha ocupado em companhias abertas Banco Bradesco S.A Diretor Executivo Diretor Vice-Presidente Executivo Diretor-Presidente Diretor-Presidente e Vice-Presidente do Conselho de Administrao a Diretor-Presidente desde Presidente do Conselho de Administrao Banco Bradesco de Investimento S.A. (incorporado em ) Diretor Diretor Vice-Presidente Diretor-Presidente Diretor Presidente e Vice-Presidente do Conselho de Administrao e Controle a Diretor-Presidente e Presidente do Conselho de Administrao e Controle Bradesco Leasing S.A. - Arrendamento Mercantil Diretor Diretor Vice-Presidente Executivo Diretor-Presidente a Vice-Presidente do Conselho de Administrao a Diretor-Presidente desde Presidente do Conselho de Administrao

66 b. descrio de qualquer dos seguintes eventos que tenham ocorrido durante os últimos 5 anos: i. qualquer condenao criminal ii. qualquer condenao em processo administrativo da CVM e as penas aplicadas iii. qualquer condenao transitada em julgado, na esfera judicial ou administrativa, que o tenha suspendido ou inabilitado para a prtica de uma atividade profissional ou comercial qualquer Informar a existência de relao conjugal, unio estvel ou parentesco até o segundo grau entre: a. administradores do emissor b. (i) administradores do emissor e (ii) administradores de controladas, diretas ou indiretas, do emissor c. (i) administradores do emissor ou de suas controladas, diretas ou indiretas e (ii) controladores diretos ou indiretos do emissor d. (i) administradores do emissor e (ii) administradores das sociedades controladoras diretas e indiretas do emissor Informar sobre relaes de subordinao, prestao de serviço ou controle mantidas, nos 3 últimos exerccios sociais, entre administradores do emissor e: a. sociedade controlada, direta ou indiretamente, pelo emissor b. controlador direto ou indireto da Bradespar: o Sr. Lzaro de Mello Brando é também Presidente das controladoras Cidade de Deus - Companhia Comercial de Participaes, Fundao Bradesco e NCF Participaes S.A. c. caso seja relevante, fornecedor, cliente, devedor ou credor do emissor, de sua controlada ou controladoras ou controladas de alguma dessas pessoas

67 Fornecer outras informaes que o emissor julgue relevantes: O Sr. Lzaro de Mello Brando é Economista e Administrador. Antônio Bornia Em relao a cada um dos administradores e membros do conselho fiscal do emissor, indicar, em forma de tabela: a. nome: Antônio Bornia b. idade: 74 anos c. profisso: Bancrio d. CPF ou número do passaporte: CPF /44 e. cargo eletivo ocupado: Vice-Presidente do Conselho de Administrao f. data de eleio: g. data da posse: h. prazo do mandato: até i. outros cargos ou funes exercidos no emissor: j. indicao se foi eleito pelo controlador ou no: indicado pelo Controlador Fornecer as informaes mencionadas no item 12.6 em relao aos membros dos comitês estatutrios, bem como dos comitês de auditoria, de risco, financeiro e de remunerao, ainda que tais comitês ou estruturas no sejam estatutrios. NADA A DECLARAR Em relao a cada um dos administradores e membros do conselho fiscal, fornecer: a. currculo, contendo as seguintes informaes: i. principais experiências profissionais durante os últimos 5 anos, indicando:

68 nome da empresa: Bradespar S.A. cargo e funes inerentes ao cargo: Vice-Presidente do Conselho de Administrao, cujas atribuies so as mesmas do Conselho de Administrao estabelecidas na Lei e no Estatuto da Sociedade. Cabe, ainda, ao Vice-Presidente do Conselho, substituir o Presidente na vacância do cargo e em suas ausências ou impedimentos temporrios. atividade principal da empresa na qual tais experiências ocorreram, destacando as sociedades ou organizaes que integram (i) o grupo econômico do emissor, ou (ii) de scios com participao, direta ou indireta, igual ou superior a 5% de uma mesma classe ou espécie de valores mobilirios do emissor Atividade principal da empresa: A participao como scia ou acionista de outras sociedades. Sociedades que integram o grupo de acionistas com participao, direta ou indireta, igual ou superior a 5% de uma mesma classe ou espécie de valores mobilirios da Bradespar: - Grupo Controlador: Cidade de Deus - Companhia Comercial de Participaes, Fundao Bradesco, NCF Participaes S.A. - Outros: Banco Esprito Santo, S.A. nome da empresa: Banco Bradesco S.A. cargo e funes inerentes ao cargo: Vice-Presidente do Conselho de Administrao, cujas atribuies, so as mesmas do Conselho de Administrao estabelecidas na Lei e no Estatuto da Sociedade. Cabe, ainda, ao Vice-Presidente do Conselho, substituir o Presidente na vacância do cargo e em suas ausências ou impedimentos temporrios.

69 atividade principal da empresa na qual tais experiências ocorreram, destacando as sociedades ou organizaes que integram (i) o grupo econômico do emissor, ou (ii) de scios com participao, direta ou indireta, igual ou superior a 5% de uma mesma classe ou espécie de valores mobilirios do emissor ii. Atividade principal da empresa: Efetuar operaes bancrias em geral, inclusive câmbio. Sociedades que integram o grupo de acionistas com participao, direta ou indireta, igual ou superior a 5% de uma mesma classe ou espécie de valores mobilirios do Bradesco: - Grupo Controlador: Cidade de Deus - Companhia Comercial de Participaes, Fundao Bradesco, Elo Participaes e Investimentos S.A., Nova Cidade de Deus Participaes S.A. - Outros: Banco Esprito Santo, S.A. indicao de todos os cargos de administrao que ocupe ou tenha ocupado em companhias abertas Banco Bradesco S.A Diretor Diretor Vice-Presidente Executivo desde Vice-Presidente do Conselho de Administrao Banco Bradesco de Investimento S.A. (incorporado em ) a Diretor Bradesco Leasing S.A. - Arrendamento Mercantil Diretor desde Vice-Presidente do Conselho de Administrao b. descrio de qualquer dos seguintes eventos que tenham ocorrido durante os últimos 5 anos: i- qualquer condenao criminal ii- qualquer condenao em processo administrativo da CVM e as penas aplicadas

70 iii- qualquer condenao transitada em julgado, na esfera judicial ou administrativa, que o tenha suspendido ou inabilitado para a prtica de uma atividade profissional ou comercial qualquer Informar a existência de relao conjugal, unio estvel ou parentesco até o segundo grau entre: a. administradores do emissor b. (i) administradores do emissor e (ii) administradores de controladas, diretas ou indiretas, do emissor c. (i) administradores do emissor ou de suas controladas, diretas ou indiretas e (ii) controladores diretos ou indiretos do emissor d. (i) administradores do emissor e (ii) administradores das sociedades controladoras diretas e indiretas do emissor Informar sobre relaes de subordinao, prestao de serviço ou controle mantidas, nos 3 últimos exerccios sociais, entre administradores do emissor e: a. sociedade controlada, direta ou indiretamente, pelo emissor b. controlador direto ou indireto da Bradespar: o Sr. Antônio Bornia tem os seguintes cargos nas controladoras: Vice-Presidente do Conselho de Administrao e Diretor Vice-Presidente da Cidade de Deus - Companhia Comercial de Participaes, Vice- Presidente da Mesa Regedora e Diretor Vice-Presidente da Fundao Bradesco e Diretor Vice-Presidente da NCF Participaes S.A. c. caso seja relevante, fornecedor, cliente, devedor ou credor do emissor, de sua controlada ou controladoras ou controladas de alguma dessas pessoas Fornecer outras informaes que o emissor julgue relevantes: O Sr. Antônio Bornia tem formao secundria.

71 Mrio da Silveira Teixeira Júnior Em relao a cada um dos administradores e membros do conselho fiscal do emissor, indicar, em forma de tabela: a. nome: Mrio da Silveira Teixeira Júnior b. idade: 64 anos c. profisso: Bancrio d. CPF ou número do passaporte: CPF /15 e. cargo eletivo ocupado: Membro do Conselho de Administrao f. data de eleio: g. data da posse: h. prazo do mandato: até i. outros cargos ou funes exercidos no emissor: Diretor-Presidente de a j. indicao se foi eleito pelo controlador ou no: indicado pelo Controlador Fornecer as informaes mencionadas no item 12.6 em relao aos membros dos comitês estatutrios, bem como dos comitês de auditoria, de risco, financeiro e de remunerao, ainda que tais comitês ou estruturas no sejam estatutrios. NADA A DECLARAR Em relao a cada um dos administradores e membros do conselho fiscal, fornecer: a. currculo, contendo as seguintes informaes: i. principais experiências profissionais durante os últimos 5 anos, indicando: nome da empresa: Bradespar S.A. cargo e funes inerentes ao cargo: Membro do Conselho de Administrao, cujas atribuies so as mesmas do Conselho de Administrao estabelecidas na lei e no Estatuto da Sociedade.

ESTATUTO SOCIAL. CAPÍTULO I Da Denominação, Sede, Foro, Prazo De Duração E Objeto

ESTATUTO SOCIAL. CAPÍTULO I Da Denominação, Sede, Foro, Prazo De Duração E Objeto ESTATUTO SOCIAL CAPÍTULO I Da Denominação, Sede, Foro, Prazo De Duração E Objeto Artigo 1º A UPTICK PARTICIPAÇÕES S.A. é uma sociedade anônima de capital autorizado, que se rege pelas leis e usos do comércio,

Leia mais

BONAIRE PARTICIPAÇÕES S.A. ESTATUTO SOCIAL

BONAIRE PARTICIPAÇÕES S.A. ESTATUTO SOCIAL BONAIRE PARTICIPAÇÕES S.A. ESTATUTO SOCIAL CAPÍTULO I Da Denominação, Sede, Foro, Prazo De Duração e Objeto Artigo 1º A BONAIRE PARTICIPAÇÕES S.A. é uma sociedade anônima de capital autorizado, que se

Leia mais

ESTATUTO SOCIAL DO BANCO ALFA DE INVESTIMENTO S.A. TÍTULO I Da denominação, sede, prazo de duração e objeto social

ESTATUTO SOCIAL DO BANCO ALFA DE INVESTIMENTO S.A. TÍTULO I Da denominação, sede, prazo de duração e objeto social ESTATUTO SOCIAL DO BANCO ALFA DE INVESTIMENTO S.A. TÍTULO I Da denominação, sede, prazo de duração e objeto social Art. 1º - O BANCO ALFA DE INVESTIMENTO S.A. é uma sociedade Anônima regida pelo presente

Leia mais

ITAUTEC S.A. - GRUPO ITAUTEC CNPJ 54.526.082/0001-31 Companhia Aberta NIRE 35300109180

ITAUTEC S.A. - GRUPO ITAUTEC CNPJ 54.526.082/0001-31 Companhia Aberta NIRE 35300109180 ITAUTEC S.A. - GRUPO ITAUTEC CNPJ 54.526.082/0001-31 Companhia Aberta NIRE 35300109180 REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO DE 14 DE ABRIL DE 2009 Em catorze de abril de dois mil e nove, às 16:00 horas,

Leia mais

ESTATUTO SOCIAL DA. TÍTULO I Da denominação, sede, prazo de duração e objeto social

ESTATUTO SOCIAL DA. TÍTULO I Da denominação, sede, prazo de duração e objeto social ESTATUTO SOCIAL DA SUZANO HOLDING S.A. TÍTULO I Da denominação, sede, prazo de duração e objeto social Art. 1º - SUZANO HOLDING S.A. é uma sociedade anônima regida pelo presente estatuto e pelas disposições

Leia mais

MARISOL S.A. CNPJ Nº 84.429.752/0001-62 EMPRESA DE CAPITAL ABERTO ESTATUTO SOCIAL CAPÍTULO I DENOMINAÇÃO, SEDE, OBJETO, PRAZO DE DURAÇÃO

MARISOL S.A. CNPJ Nº 84.429.752/0001-62 EMPRESA DE CAPITAL ABERTO ESTATUTO SOCIAL CAPÍTULO I DENOMINAÇÃO, SEDE, OBJETO, PRAZO DE DURAÇÃO MARISOL S.A. CNPJ Nº 84.429.752/0001-62 EMPRESA DE CAPITAL ABERTO ESTATUTO SOCIAL CAPÍTULO I DENOMINAÇÃO, SEDE, OBJETO, PRAZO DE DURAÇÃO Artigo 1º: A MARISOL S.A. é uma Sociedade Anônima de capital aberto,

Leia mais

SER EDUCACIONAL S.A CNPJ 04.986.320/0001-13 NIRE 26.3.0001679-6

SER EDUCACIONAL S.A CNPJ 04.986.320/0001-13 NIRE 26.3.0001679-6 Estatuto Social aprovado na Assembleia Geral Extraordinária da Ser Educacional S.A. de 13 de julho de 2015 ESTATUTO SOCIAL DA SER EDUCACIONAL S.A. CAPÍTULO I DENOMINAÇÃO, OBJETO, SEDE E DURAÇÃO Artigo

Leia mais

EDP ENERGIAS DO BRASIL S.A. ESTATUTO SOCIAL

EDP ENERGIAS DO BRASIL S.A. ESTATUTO SOCIAL EDP ENERGIAS DO BRASIL S.A. ESTATUTO SOCIAL CAPÍTULO I Denominação, Sede, Prazo e Objeto Artigo 1º EDP ENERGIAS DO BRASIL S.A. é uma sociedade por ações regida pelo presente Estatuto Social e pelas disposições

Leia mais

ALPARGATAS S.A. Companhia Aberta ESTATUTO SOCIAL CAPÍTULO I - DENOMINAÇÃO, SEDE, DURAÇÃO E OBJETO

ALPARGATAS S.A. Companhia Aberta ESTATUTO SOCIAL CAPÍTULO I - DENOMINAÇÃO, SEDE, DURAÇÃO E OBJETO ALPARGATAS S.A. Companhia Aberta ESTATUTO SOCIAL CAPÍTULO I - DENOMINAÇÃO, SEDE, DURAÇÃO E OBJETO Artigo 1º - A ALPARGATAS S.A., constituída em 3 de abril de 1907, é uma sociedade anônima que se rege pelo

Leia mais

Data da publicação: 02/07/03 no DOE e Folha de S Paulo Registro JUCESP: 126.460/03-6 em 27/06/03

Data da publicação: 02/07/03 no DOE e Folha de S Paulo Registro JUCESP: 126.460/03-6 em 27/06/03 Data da publicação: 02/07/03 no DOE e Folha de S Paulo Registro JUCESP: 126.460/03-6 em 27/06/03 BRAZIL REALTY S.A. EMPREENDIMENTOS E PARTICIPAÇÕES Companhia Aberta CNPJ/MF nº 73.178.600/0001-18 NIRE 35.300.137.728

Leia mais

ESTATUTO SOCIAL DO BANCO VOTORANTIM S.A. CAPÍTULO I DA DENOMINAÇÃO, SEDE, OBJETO E PRAZO

ESTATUTO SOCIAL DO BANCO VOTORANTIM S.A. CAPÍTULO I DA DENOMINAÇÃO, SEDE, OBJETO E PRAZO ESTATUTO SOCIAL DO BANCO VOTORANTIM S.A. CAPÍTULO I DA DENOMINAÇÃO, SEDE, OBJETO E PRAZO Artigo 1º O Banco Votorantim S.A. ( Sociedade ) é uma sociedade anônima que se rege por este Estatuto e pelas disposições

Leia mais

ESTATUTO SOCIAL. Parágrafo 3 Poderão ser emitidas ações preferenciais até 2/3 (dois terços) do total de ações.

ESTATUTO SOCIAL. Parágrafo 3 Poderão ser emitidas ações preferenciais até 2/3 (dois terços) do total de ações. ESTATUTO SOCIAL Pettenati S/A Indústria Têxtil Atualizado até 29/10/2010 ESTATUTO SOCIAL I Denominação, sede, objeto e duração da sociedade Art. 1º - A sociedade terá por denominação social Pettenati S/A

Leia mais

ESTATUTO SOCIAL DE CORRÊA RIBEIRO S/A COMÉRCIO E INDÚSTRIA CAPÍTULO I DENOMINAÇÃO, SEDE, OBJETO SOCIAL E PRAZO DE DURAÇÃO:

ESTATUTO SOCIAL DE CORRÊA RIBEIRO S/A COMÉRCIO E INDÚSTRIA CAPÍTULO I DENOMINAÇÃO, SEDE, OBJETO SOCIAL E PRAZO DE DURAÇÃO: ESTATUTO SOCIAL DE CORRÊA RIBEIRO S/A COMÉRCIO E INDÚSTRIA CAPÍTULO I DENOMINAÇÃO, SEDE, OBJETO SOCIAL E PRAZO DE DURAÇÃO: Denominação Artigo 1º - Corrêa Ribeiro S/A Comércio e Indústria é uma sociedade

Leia mais

"Estatuto Social da ALFA HOLDINGS S.A. TÍTULO I Da denominação, sede, prazo de duração e objeto social

Estatuto Social da ALFA HOLDINGS S.A. TÍTULO I Da denominação, sede, prazo de duração e objeto social "Estatuto Social da ALFA HOLDINGS S.A. TÍTULO I Da denominação, sede, prazo de duração e objeto social Art. 1º - ALFA HOLDINGS S.A. é uma sociedade anônima, regida pelo presente estatuto e pelas disposições

Leia mais

ESTATUTO SOCIAL DA AMIL PARTICIPAÇÕES S.A. CAPÍTULO I DA DENOMINAÇÃO, SEDE, OBJETO E DURAÇÃO

ESTATUTO SOCIAL DA AMIL PARTICIPAÇÕES S.A. CAPÍTULO I DA DENOMINAÇÃO, SEDE, OBJETO E DURAÇÃO ESTATUTO SOCIAL DA AMIL PARTICIPAÇÕES S.A. CAPÍTULO I DA DENOMINAÇÃO, SEDE, OBJETO E DURAÇÃO Artigo 1º AMIL PARTICIPAÇÕES S.A. ( Companhia ) é uma sociedade por ações que se rege pelo presente Estatuto

Leia mais

MRS LOGÍSTICA S.A. ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA REALIZADA EM 4 DE OUTUBRO DE 2012 ANEXO I ESTATUTO SOCIAL

MRS LOGÍSTICA S.A. ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA REALIZADA EM 4 DE OUTUBRO DE 2012 ANEXO I ESTATUTO SOCIAL MRS LOGÍSTICA S.A. ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA REALIZADA EM 4 DE OUTUBRO DE 2012 ANEXO I ESTATUTO SOCIAL CAPÍTULO I DENOMINAÇÃO, OBJETO, SEDE E DURAÇÃO Artigo 1 A MRS Logística S.A. ( Companhia ) reger-se-á

Leia mais

PERDIGÃO S.A. R$286.410.110,73

PERDIGÃO S.A. R$286.410.110,73 PROPOSTA JUSTIFICATIVA DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO E DO CONSELHO FISCAL PARA A ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA E EXTRAORDINÁRIA A SER REALIZADA NO DIA 29.04.2005 Senhores Acionistas, O Conselho de Administração

Leia mais

MINASMÁQUINAS S/A CNPJ/MF: 17.161.241/0001-15 NIRE:31300041727 Companhia Aberta ESTATUTO SOCIAL CAPÍTULO I - DENOMINAÇÃO, SEDE, FORO, OBJETO E DURAÇÃO

MINASMÁQUINAS S/A CNPJ/MF: 17.161.241/0001-15 NIRE:31300041727 Companhia Aberta ESTATUTO SOCIAL CAPÍTULO I - DENOMINAÇÃO, SEDE, FORO, OBJETO E DURAÇÃO MINASMÁQUINAS S/A CNPJ/MF: 17.161.241/0001-15 NIRE:31300041727 Companhia Aberta ESTATUTO SOCIAL CAPÍTULO I - DENOMINAÇÃO, SEDE, FORO, OBJETO E DURAÇÃO Art. 1º - Sob a denominação de MINASMÁQUINAS S/A,

Leia mais

OI S.A. CNPJ/MF Nº 76.535.764/0001-43 NIRE 33.3.0029520-8 Companhia Aberta. Estatuto Social CAPÍTULO I REGIME JURÍDICO

OI S.A. CNPJ/MF Nº 76.535.764/0001-43 NIRE 33.3.0029520-8 Companhia Aberta. Estatuto Social CAPÍTULO I REGIME JURÍDICO OI S.A. CNPJ/MF Nº 76.535.764/0001-43 NIRE 33.3.0029520-8 Companhia Aberta Estatuto Social CAPÍTULO I REGIME JURÍDICO Art. 1º - A Oi S.A. é uma sociedade por ações, de capital aberto, que se rege pelo

Leia mais

MINUTA DE ESTATUTO SOCIAL CONSOLIDADO CAPÍTULO I DENOMINAÇÃO, SEDE, OBJETO E DURAÇÃO

MINUTA DE ESTATUTO SOCIAL CONSOLIDADO CAPÍTULO I DENOMINAÇÃO, SEDE, OBJETO E DURAÇÃO MINUTA DE ESTATUTO SOCIAL CONSOLIDADO CAPÍTULO I DENOMINAÇÃO, SEDE, OBJETO E DURAÇÃO Artigo 1º - A Porto Seguro S.A. é uma sociedade anônima, regida pelo disposto neste Estatuto Social e pelas disposições

Leia mais

MERCANTIL DO BRASIL FINANCEIRA S.A. CRÉDITO, FINANCIAMENTO E INVESTIMENTOS Sede: Belo Horizonte Minas Gerais E S T A T U T O

MERCANTIL DO BRASIL FINANCEIRA S.A. CRÉDITO, FINANCIAMENTO E INVESTIMENTOS Sede: Belo Horizonte Minas Gerais E S T A T U T O MERCANTIL DO BRASIL FINANCEIRA S.A. CRÉDITO, FINANCIAMENTO E INVESTIMENTOS Sede: Belo Horizonte Minas Gerais CAPÍTULO I Denominação, Sede, Objeto e Prazo E S T A T U T O Art. 1º - A Mercantil do Brasil

Leia mais

ESTATUTO SOCIAL DO BANCO BTG PACTUAL S.A. CAPÍTULO I Denominação, Sede, Objeto e Duração

ESTATUTO SOCIAL DO BANCO BTG PACTUAL S.A. CAPÍTULO I Denominação, Sede, Objeto e Duração ESTATUTO SOCIAL DO BANCO BTG PACTUAL S.A. CAPÍTULO I Denominação, Sede, Objeto e Duração Artigo 1º - O BANCO BTG PACTUAL S.A. ("Companhia") é uma companhia que se rege por este Estatuto Social e pelas

Leia mais

ESTATUTO SOCIAL DA AUTOPISTA FLUMINENSE S.A.

ESTATUTO SOCIAL DA AUTOPISTA FLUMINENSE S.A. ESTATUTO SOCIAL DA AUTOPISTA FLUMINENSE S.A. CAPÍTULO I DENOMINAÇÃO, SEDE, OBJETO E PRAZO Artigo 1º AUTOPISTA FLUMINENSE S.A., doravante denominada Concessionária ou Companhia, é uma sociedade por ações,

Leia mais

DECRETO Nº 38.125 DE 29 DE NOVEMBRO DE 2013. O PREFEITO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO, no uso de suas atribuições legais e,

DECRETO Nº 38.125 DE 29 DE NOVEMBRO DE 2013. O PREFEITO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO, no uso de suas atribuições legais e, DECRETO Nº 38.125 DE 29 DE NOVEMBRO DE 2013 Cria a Empresa Pública de Saúde do Rio de Janeiro S/A RIOSAÚDE e aprova seu Estatuto. O PREFEITO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO, no uso de suas atribuições legais

Leia mais

TELECOMUNICAÇÕES DE RORAIMA S/A TELAIMA CNPJ/MF N 05.934.567/0001-59 ESTATUTO SOCIAL CAPÍTULO I DAS CARACTERÍSTICAS DA COMPANHIA

TELECOMUNICAÇÕES DE RORAIMA S/A TELAIMA CNPJ/MF N 05.934.567/0001-59 ESTATUTO SOCIAL CAPÍTULO I DAS CARACTERÍSTICAS DA COMPANHIA TELECOMUNICAÇÕES DE RORAIMA S/A TELAIMA CNPJ/MF N 05.934.567/0001-59 ESTATUTO SOCIAL CAPÍTULO I DAS CARACTERÍSTICAS DA COMPANHIA Art. 1 - A Telecomunicações de Roraima S/A é uma sociedade anônima, que

Leia mais

ESTATUTO SOCIAL SUZANO PAPEL E CELULOSE S.A.

ESTATUTO SOCIAL SUZANO PAPEL E CELULOSE S.A. ESTATUTO SOCIAL SUZANO PAPEL E CELULOSE S.A. TÍTULO I DA DENOMINAÇÃO, SEDE, PRAZO DE DURAÇÃO E OBJETO SOCIAL Art. 1º - Único - Art. 2º - Art. 3º - Art. 4º - A SUZANO PAPEL E CELULOSE S.A. é sociedade anônima

Leia mais

MANUAL DOS ACIONISTAS

MANUAL DOS ACIONISTAS CIELO S.A. CNPJ/MF nº 01.425.787/0001-04 NIRE 35.300.147.073 Companhia Aberta de Capital Autorizado MANUAL DOS ACIONISTAS PROPOSTA DE DESTINAÇÃO DO LUCRO LÍQUIDO (ANEXO 9-11-II DA INST. CVM 481) PROPOSTA

Leia mais

ELEKTRO ELETRICIDADE E SERVIÇOS S.A. ESTATUTO SOCIAL CAPÍTULO I DA DENOMINAÇÃO, SEDE, OBJETO E DURAÇÃO

ELEKTRO ELETRICIDADE E SERVIÇOS S.A. ESTATUTO SOCIAL CAPÍTULO I DA DENOMINAÇÃO, SEDE, OBJETO E DURAÇÃO ELEKTRO ELETRICIDADE E SERVIÇOS S.A. ESTATUTO SOCIAL CAPÍTULO I DA DENOMINAÇÃO, SEDE, OBJETO E DURAÇÃO Artigo 1 - A Elektro Eletricidade e Serviços S.A. ( Companhia ) é uma companhia aberta e reger-se-á

Leia mais

ESTATUTO SOCIAL DA FINANCEIRA ALFA S.A. CRÉDITO, FINANCIAMENTO E INVESTIMENTOS. TÍTULO I Da Denominação, Sede, Prazo de Duração e Objeto Social

ESTATUTO SOCIAL DA FINANCEIRA ALFA S.A. CRÉDITO, FINANCIAMENTO E INVESTIMENTOS. TÍTULO I Da Denominação, Sede, Prazo de Duração e Objeto Social ESTATUTO SOCIAL DA FINANCEIRA ALFA S.A. CRÉDITO, FINANCIAMENTO E INVESTIMENTOS TÍTULO I Da Denominação, Sede, Prazo de Duração e Objeto Social Art. 1º - A FINANCEIRA ALFA S.A. - CRÉDITO, FINANCIAMENTO

Leia mais

Anexo I. ESTATUTO SOCIAL DA VIGOR ALIMENTOS S.A. CNPJ/MF nº 13.324.184/0001-97 NIRE 35.300.391.047 CAPÍTULO I DENOMINAÇÃO, SEDE, OBJETO E DURAÇÃO

Anexo I. ESTATUTO SOCIAL DA VIGOR ALIMENTOS S.A. CNPJ/MF nº 13.324.184/0001-97 NIRE 35.300.391.047 CAPÍTULO I DENOMINAÇÃO, SEDE, OBJETO E DURAÇÃO Anexo I ESTATUTO SOCIAL DA VIGOR ALIMENTOS S.A. CNPJ/MF nº 13.324.184/0001-97 NIRE 35.300.391.047 CAPÍTULO I DENOMINAÇÃO, SEDE, OBJETO E DURAÇÃO Artigo 1º A Vigor Alimentos S.A. ( Companhia ) é uma sociedade

Leia mais

Estatuto Social da CORREIOS PARTICIPAÇÕES S/A - CORREIOSPAR. CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

Estatuto Social da CORREIOS PARTICIPAÇÕES S/A - CORREIOSPAR. CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Estatuto Social da CORREIOS PARTICIPAÇÕES S/A - CORREIOSPAR. CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º A CORREIOS PARTICIPAÇÕES S/A CORREIOSPAR, sociedade por ações, é subsidiária integral da Empresa

Leia mais

CEMIG TRADING S.A. ESTATUTO SOCIAL. CAPÍTULO I Denominação, Sede, Objeto e Duração

CEMIG TRADING S.A. ESTATUTO SOCIAL. CAPÍTULO I Denominação, Sede, Objeto e Duração CEMIG TRADING S.A. O presente Estatuto é uma consolidação do aprovado pela Escritura Pública de Constituição, em 29-07-2002 - arquivada na JUCEMG em 12-08-2002, sob o nº 3130001701-0, e pelas Assembléias

Leia mais

BRF BRASIL FOODS S.A. CNPJ/MF Nº 01.838.723/0001-27 Companhia Aberta

BRF BRASIL FOODS S.A. CNPJ/MF Nº 01.838.723/0001-27 Companhia Aberta BRF BRASIL FOODS S.A. CNPJ/MF Nº 01.838.723/0001-27 Companhia Aberta ESTATUTO SOCIAL I - DENOMINAÇÃO, SEDE, PRAZO E OBJETO SOCIAL ARTIGO 1º - A BRF BRASIL FOODS S.A. é uma Companhia constituída por instrumento

Leia mais

ESTATUTO SOCIAL DA MULTIPLUS S.A. CAPÍTULO I - DENOMINAÇÃO, SEDE, FORO, OBJETO E PRAZO

ESTATUTO SOCIAL DA MULTIPLUS S.A. CAPÍTULO I - DENOMINAÇÃO, SEDE, FORO, OBJETO E PRAZO ESTATUTO SOCIAL DA MULTIPLUS S.A. CAPÍTULO I - DENOMINAÇÃO, SEDE, FORO, OBJETO E PRAZO Artigo 1º - MULTIPLUS S.A. ("Companhia") é uma sociedade anônima regida por este Estatuto Social e pelas disposições

Leia mais

ESTATUTO SOCIAL DA T4F ENTRETENIMENTO S.A. CAPÍTULO I DA DENOMINAÇÃO, SEDE, OBJETO E DURAÇÃO

ESTATUTO SOCIAL DA T4F ENTRETENIMENTO S.A. CAPÍTULO I DA DENOMINAÇÃO, SEDE, OBJETO E DURAÇÃO ESTATUTO SOCIAL DA T4F ENTRETENIMENTO S.A. CAPÍTULO I DA DENOMINAÇÃO, SEDE, OBJETO E DURAÇÃO Artigo 1º - T4F ENTRETENIMENTO S.A. ( Companhia ) é uma sociedade por ações que se rege por este Estatuto Social,

Leia mais

SÃO PAULO TURISMO S. A.

SÃO PAULO TURISMO S. A. ESTATUTO SOCIAL SÃO PAULO TURISMO S. A. TITULO I DA DENOMINAÇÃO, SEDE E FORO, PRAZO DE DURAÇÃO E OBJETIVO SOCIAL. Artigo 1º - SÃO PAULO TURISMO S.A. é uma sociedade anônima de capital autorizado, regida

Leia mais

MAGAZINE LUIZA S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF n 47.960.950/0001-21 NIRE 35.300.104.811 MANUAL DA ADMINISTRAÇÃO PARA

MAGAZINE LUIZA S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF n 47.960.950/0001-21 NIRE 35.300.104.811 MANUAL DA ADMINISTRAÇÃO PARA MAGAZINE LUIZA S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF n 47.960.950/0001-21 NIRE 35.300.104.811 MANUAL DA ADMINISTRAÇÃO PARA ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA E EXTRAORDINÁRIA DE 2015 DO MAGAZINE LUIZA S.A. DATA: 27 DE

Leia mais

ITAUTEC S.A. - GRUPO ITAUTEC CNPJ 54.526.082/0001-31 Companhia Aberta NIRE 35300109180

ITAUTEC S.A. - GRUPO ITAUTEC CNPJ 54.526.082/0001-31 Companhia Aberta NIRE 35300109180 ITAUTEC S.A. - GRUPO ITAUTEC CNPJ 54.526.082/0001-31 Companhia Aberta NIRE 35300109180 Capital Autorizado: até 60.000.000 de ações Capital Subscrito e Realizado: R$ 196.410.417,89-11.651.126 ações ASSEMBLÉIA

Leia mais

ESTATUTO SOCIAL CAPÍTULO I DA DENOMINAÇÃO, SEDE, FORO, OBJETO E DURAÇÃO

ESTATUTO SOCIAL CAPÍTULO I DA DENOMINAÇÃO, SEDE, FORO, OBJETO E DURAÇÃO ESTATUTO SOCIAL CAPÍTULO I DA DENOMINAÇÃO, SEDE, FORO, OBJETO E DURAÇÃO Artigo 1º Artigo 2º Artigo 3º I II COMPANHIA DE ENGENHARIA DE TRÁFEGO CET, é uma sociedade por ações, de economia mista, que se regerá

Leia mais

SETE BRASIL PARTICIPAÇÕES S.A. CNPJ/MF 13.127.015/0001-67 NIRE 33.3.0029658-1 ESTATUTO SOCIAL

SETE BRASIL PARTICIPAÇÕES S.A. CNPJ/MF 13.127.015/0001-67 NIRE 33.3.0029658-1 ESTATUTO SOCIAL SETE BRASIL PARTICIPAÇÕES S.A. CNPJ/MF 13.127.015/0001-67 NIRE 33.3.0029658-1 ANEXO I À ATA DE ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA REALIZADA EM 30 DE JUNHO DE 2014, ÀS 10:00 HORAS ESTATUTO SOCIAL CAPÍTULO

Leia mais

EMPRESA DE SERVIÇOS DE COMERCIALIZAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA S.A.

EMPRESA DE SERVIÇOS DE COMERCIALIZAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA S.A. EMPRESA DE SERVIÇOS DE COMERCIALIZAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA S.A. O presente Estatuto é uma consolidação do aprovado pela Escritura Pública de Constituição, em 25-07-2002 - arquivada na JUCEMG em 01-08-2002,

Leia mais

EMBRATEL PARTICIPAÇÕES S.A. CNPJ/MF n.º 02.558.124/0001-12 NIRE 3330026237-7

EMBRATEL PARTICIPAÇÕES S.A. CNPJ/MF n.º 02.558.124/0001-12 NIRE 3330026237-7 EMBRATEL PARTICIPAÇÕES S.A. CNPJ/MF n.º 02.558.124/0001-12 NIRE 3330026237-7 ATA SUMÁRIA DA ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA REALIZADA EM 17 DE OUTUBRO DE 2007, ÀS 16:00 HORAS 1. DATA, LOCAL E HORA: 17

Leia mais

ESTATUTO SOCIAL DE FORJAS TAURUS S.A. Capítulo I Denominação, Sede, Foro, Objeto e Duração

ESTATUTO SOCIAL DE FORJAS TAURUS S.A. Capítulo I Denominação, Sede, Foro, Objeto e Duração ESTATUTO SOCIAL DE FORJAS TAURUS S.A. Capítulo I Denominação, Sede, Foro, Objeto e Duração Artigo 1º - FORJAS TAURUS S.A. ( Companhia ) é uma Companhia Aberta, que se rege pelas disposições legais e regulamentares

Leia mais

Anexo III à Ata da Assembleia Geral Ordinária e Extraordinária da Plascar Participações Industriais S.A., realizada em 14 de abril de 2011

Anexo III à Ata da Assembleia Geral Ordinária e Extraordinária da Plascar Participações Industriais S.A., realizada em 14 de abril de 2011 Anexo III à Ata da Assembleia Geral Ordinária e Extraordinária da Plascar Participações Industriais S.A., realizada em 14 de abril de 2011 ESTATUTO SOCIAL CAPÍTULO I DA DENOMINAÇÃO, SEDE, OBJETO E DURAÇÃO

Leia mais

ESTATUTO SOCIAL CAPÍTULO I - DENOMINAÇÃO, SEDE, OBJETO E DURAÇÃO

ESTATUTO SOCIAL CAPÍTULO I - DENOMINAÇÃO, SEDE, OBJETO E DURAÇÃO ESTATUTO SOCIAL DOC I CAPÍTULO I - DENOMINAÇÃO, SEDE, OBJETO E DURAÇÃO Art. 1º: SOCIALCRED S/A SOCIEDADE DE CRÉDITO AO MICROEMPREENDEDOR E À EMPRESA DE PEQUENO PORTE rege-se pelo presente estatuto social

Leia mais

E S T A T U T O S O C I A L

E S T A T U T O S O C I A L Celesc Geração S. A. CNPJ: 08.336.804/0001-78 Inscr. Est.: 255267177 NIRE: 42300030767 Avenida Itamarati, 160 Itacorubi Bloco A2 Florianópolis Santa Catarina Brasil CEP: 88034-900 E-mail: celesc@celesc.com.br

Leia mais

CEMIG GERAÇÃO E TRANSMISSÃO S.A. CAPÍTULO I Da denominação, constituição, objeto, sede e duração da Companhia

CEMIG GERAÇÃO E TRANSMISSÃO S.A. CAPÍTULO I Da denominação, constituição, objeto, sede e duração da Companhia CEMIG GERAÇÃO E TRANSMISSÃO S.A. O presente Estatuto Social é uma consolidação do aprovado pela Escritura Pública de Constituição, em 08-09-2004 arquivada na JUCEMG em 15-09-2004, sob o nº 3130002055-0,

Leia mais

QGEP PARTICIPAÇÕES S.A. CNPJ/MF nº. 11.669.021/0001-10 Companhia Aberta PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO

QGEP PARTICIPAÇÕES S.A. CNPJ/MF nº. 11.669.021/0001-10 Companhia Aberta PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO QGEP PARTICIPAÇÕES S.A. CNPJ/MF nº. 11.669.021/0001-10 Companhia Aberta PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO A QGEP Participações S.A. ( Companhia ) submete à Assembleia Geral Extraordinária a ser realizada no dia

Leia mais

ESTATUTO SOCIAL CAPÍTULO I - DENOMINAÇÃO, SEDE, OBJETO E DURAÇÃO

ESTATUTO SOCIAL CAPÍTULO I - DENOMINAÇÃO, SEDE, OBJETO E DURAÇÃO ESTATUTO SOCIAL CAPÍTULO I - DENOMINAÇÃO, SEDE, OBJETO E DURAÇÃO DOC IV Art. 1º: SOCIALCRED S/A SOCIEDADE DE CRÉDITO AO MICROEMPREENDEDOR E À EMPRESA DE PEQUENO PORTE rege-se pelo presente estatuto social

Leia mais

ESTATUTO SOCIAL DA VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. CNPJ N.º 67.571.414/0001-41 NIRE 35.300.338.421

ESTATUTO SOCIAL DA VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. CNPJ N.º 67.571.414/0001-41 NIRE 35.300.338.421 ESTATUTO SOCIAL DA VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. CNPJ N.º 67.571.414/0001-41 NIRE 35.300.338.421 CAPÍTULO I DENOMINAÇÃO, SEDE, OBJETO E DURAÇÃO Artigo 1º. VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A.

Leia mais

FINANSINOS S/A. Crédito, Financiamento e Investimento SOCIEDADE DE CAPITAL ABERTO CNPJ N.º 91.669.747/0001-92

FINANSINOS S/A. Crédito, Financiamento e Investimento SOCIEDADE DE CAPITAL ABERTO CNPJ N.º 91.669.747/0001-92 1 FINANSINOS S/A Crédito, Financiamento e Investimento SOCIEDADE DE CAPITAL ABERTO CNPJ N.º 91.669.747/0001-92 ESTATUTO SOCIAL Consolidando as alterações havidas até a A.G.E. de 29.04.2013 (Inclusive)

Leia mais

ESTATUTO DA ASSOCIAÇÃO DOS ARTESAOS E PRODUTORES CASEIROS DE FORTALEZA DE MINAS

ESTATUTO DA ASSOCIAÇÃO DOS ARTESAOS E PRODUTORES CASEIROS DE FORTALEZA DE MINAS ESTATUTO DA ASSOCIAÇÃO DOS ARTESAOS E PRODUTORES CASEIROS DE FORTALEZA DE MINAS CAPITULO I DA DENOMINAÇÃO, SEDE, DURAÇÃO E OBJETIVO Art.1º- A Associação dos Artesãos e Produtores Caseiros de Fortaleza

Leia mais

ANEXO I ESTATUTO SOCIAL DA EMBRATEL PARTICIPAÇÕES S.A. CAPÍTULO I DAS CARACTERÍSTICAS DA COMPANHIA

ANEXO I ESTATUTO SOCIAL DA EMBRATEL PARTICIPAÇÕES S.A. CAPÍTULO I DAS CARACTERÍSTICAS DA COMPANHIA ANEXO I ESTATUTO SOCIAL DA EMBRATEL PARTICIPAÇÕES S.A. CAPÍTULO I DAS CARACTERÍSTICAS DA COMPANHIA Art. 1º - EMBRATEL PARTICIPAÇÕES S.A. é uma sociedade por ações, controladora da Empresa Brasileira de

Leia mais

ESTATUTO SOCIAL DA AREZZO INDÚSTRIA E COMÉRCIO S.A. Capítulo I - Denominação, Duração, Sede e Objeto

ESTATUTO SOCIAL DA AREZZO INDÚSTRIA E COMÉRCIO S.A. Capítulo I - Denominação, Duração, Sede e Objeto ESTATUTO SOCIAL DA AREZZO INDÚSTRIA E COMÉRCIO S.A. Capítulo I - Denominação, Duração, Sede e Objeto Artigo 1 A Arezzo Indústria e Comércio S.A. é uma sociedade por ações, regida pelo presente Estatuto

Leia mais

ESTATUTO SOCIAL DA UNIÃO NACIONAL DAS COOPERATIVAS DA AGRICULTURA FAMILIAR E ECONOMIA SOLIDÁRIA - UNICAFES

ESTATUTO SOCIAL DA UNIÃO NACIONAL DAS COOPERATIVAS DA AGRICULTURA FAMILIAR E ECONOMIA SOLIDÁRIA - UNICAFES ESTATUTO SOCIAL DA UNIÃO NACIONAL DAS COOPERATIVAS DA AGRICULTURA FAMILIAR E ECONOMIA SOLIDÁRIA - UNICAFES CAPÍTULO I DA DENOMINAÇÃO, FINALIDADE, SEDE, FORO E DURAÇÃO. Art. 1º - A União Nacional das Cooperativas

Leia mais

PERDIGÃO S.A. 1. Aprovar a seguinte destinação do Lucro Líquido do Exercício de 2005:

PERDIGÃO S.A. 1. Aprovar a seguinte destinação do Lucro Líquido do Exercício de 2005: PERDIGÃO S.A. PROPOSTA DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO E DA DIRETORIA EXECUTIVA PARA A ASSEMBLÉIA ESPECIAL DE ACIONISTAS DETENTORES DE AÇÕES PREFERENCIAIS E PARA AS ASSEMBLÉIAS GERAIS ORDINÁRIA E EXTRAORDINÁRIA

Leia mais

ESTATUTO SOCIAL MAGAZINE LUIZA S.A.

ESTATUTO SOCIAL MAGAZINE LUIZA S.A. ESTATUTO SOCIAL MAGAZINE LUIZA S.A. Consolidado na AGE de 26.09.2011, às 10h30, alterado na AGE de 30.10.2011, às 11h. ESTATUTO SOCIAL MAGAZINE LUIZA S.A. CNPJ/MF nº. 47.960.950/0001-21 NIRE 35.300.104.811

Leia mais

Presid ncia da Rep blica Casa Civil Subchefia para Assuntos Jur dicos

Presid ncia da Rep blica Casa Civil Subchefia para Assuntos Jur dicos 1 de 5 05/07/2012 23:39 Presidncia da Repblica Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurdicos LEI N o 10.188, DE 12 DE FEVEREIRO DE 2001. d Cria o Programa de Arrendamento Residencial, institui o arrendamento

Leia mais

ESTATUTO SOCIAL DA MINERVA S.A. CAPÍTULO I DENOMINAÇÃO, SEDE, FORO, OBJETO E DURAÇÃO

ESTATUTO SOCIAL DA MINERVA S.A. CAPÍTULO I DENOMINAÇÃO, SEDE, FORO, OBJETO E DURAÇÃO ESTATUTO SOCIAL DA MINERVA S.A. CAPÍTULO I DENOMINAÇÃO, SEDE, FORO, OBJETO E DURAÇÃO Artigo 1. O MINERVA S.A. ( Companhia ) é uma sociedade anônima regida pelo presente Estatuto e pela legislação em vigor.

Leia mais

BANCO DO ESTADO DO PARÁ S.A. CNPJ/MF nº 04.913.711/0001-08 NIRE 15300000114. PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO Referência: AGE de 05/08/2015

BANCO DO ESTADO DO PARÁ S.A. CNPJ/MF nº 04.913.711/0001-08 NIRE 15300000114. PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO Referência: AGE de 05/08/2015 BANCO DO ESTADO DO PARÁ S.A. CNPJ/MF nº 04.913.711/0001-08 NIRE 15300000114 PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO Referência: AGE de 05/08/2015 Senhores Acionistas, Submetemos à apreciação de V.S.ª a Proposta da Administração

Leia mais

Proposta da Administração LIGHT S.A. PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA DE 27/11/2013

Proposta da Administração LIGHT S.A. PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA DE 27/11/2013 Proposta da Administração LIGHT S.A. PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA DE 27/11/2013 Prezados Senhores, A Administração da Light S.A. ( Companhia ) vem submeter a seguinte proposta

Leia mais

ESTATUTO SOCIAL DA NEW STEEL SOLUÇÕES SUSTENTÁVEIS S.A. CAPÍTULO I Da Denominação, Sede, Objeto e Duração

ESTATUTO SOCIAL DA NEW STEEL SOLUÇÕES SUSTENTÁVEIS S.A. CAPÍTULO I Da Denominação, Sede, Objeto e Duração ESTATUTO SOCIAL DA NEW STEEL SOLUÇÕES SUSTENTÁVEIS S.A. CAPÍTULO I Da Denominação, Sede, Objeto e Duração ARTIGO 1º - A sociedade operará sob a denominação de NEW STEEL SOLUÇÕES SUSTENTÁVEIS S.A. ( Companhia

Leia mais

JULIO SIMÕES LOGÍSTICA S.A. ESTATUTO SOCIAL CAPÍTULO I DA DENOMINAÇÃO, SEDE, OBJETO E DURAÇÃO

JULIO SIMÕES LOGÍSTICA S.A. ESTATUTO SOCIAL CAPÍTULO I DA DENOMINAÇÃO, SEDE, OBJETO E DURAÇÃO Estatuto Social da Julio Simões Logística S.A., conforme aprovado e consolidado na Assembleia Geral Extraordinária da Companhia realizada em 15 de março de 2010 JULIO SIMÕES LOGÍSTICA S.A. ESTATUTO SOCIAL

Leia mais

QUALITY SOFTWARE S.A. CNPJ/MF nº 35.791.391/0001-94 NIRE 33.3.0027960-1. Ata de Assembleia Geral Extraordinária Realizada em de março de 2016

QUALITY SOFTWARE S.A. CNPJ/MF nº 35.791.391/0001-94 NIRE 33.3.0027960-1. Ata de Assembleia Geral Extraordinária Realizada em de março de 2016 QUALITY SOFTWARE S.A. CNPJ/MF nº 35.791.391/0001-94 NIRE 33.3.0027960-1 Ata de Assembleia Geral Extraordinária Realizada em de março de 2016 Data, Horário e Local: no dia de março de 2016, às 15:00 horas,

Leia mais

CVM COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS e BM&F BOVESPA BOLSA DE VALORES, MERCADORIAS E FUTUROS 28/03/2014. Prezados Senhores.

CVM COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS e BM&F BOVESPA BOLSA DE VALORES, MERCADORIAS E FUTUROS 28/03/2014. Prezados Senhores. À CVM COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS e BM&F BOVESPA BOLSA DE VALORES, MERCADORIAS E FUTUROS 28/03/2014 Prezados Senhores. Em atendimento ao art.21 inciso VIII da Instrução CVM 480/09, segue abaixo as

Leia mais

HOPI HARI S.A. CNPJ/MF n.º 00.924.432/0001-99 NIRE 353001435-15 Companhia Aberta

HOPI HARI S.A. CNPJ/MF n.º 00.924.432/0001-99 NIRE 353001435-15 Companhia Aberta HOPI HARI S.A. CNPJ/MF n.º 00.924.432/0001-99 NIRE 353001435-15 Companhia Aberta ATA DA ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA REALIZADA EM 31 DE AGOSTO DE 2012 1. DATA, HORA E LOCAL: Aos 31 dias do mês de agosto

Leia mais

PROGRESSO E DESENVOLVIMENTO DE GUARULHOS S/A PROGUARU - ESTATUTO SOCIAL (CONSOLIDADO)

PROGRESSO E DESENVOLVIMENTO DE GUARULHOS S/A PROGUARU - ESTATUTO SOCIAL (CONSOLIDADO) 1 PROGRESSO E DESENVOLVIMENTO DE GUARULHOS S/A PROGUARU - ESTATUTO SOCIAL (CONSOLIDADO) ( Empresa de Economia Mista) - CNPJ/MF Nº: 51.370.575/0001-37 NIRE: 35.300.004.345 Artigo 1º - A Sociedade PROGRESSO

Leia mais

BANCO PRIMUS ESTATUTOS CAPÍTULO I DENOMINAÇÃO SEDE OBJETO E DURAÇÃO DA SOCIEDADE

BANCO PRIMUS ESTATUTOS CAPÍTULO I DENOMINAÇÃO SEDE OBJETO E DURAÇÃO DA SOCIEDADE BANCO PRIMUS ESTATUTOS CAPÍTULO I DENOMINAÇÃO SEDE OBJETO E DURAÇÃO DA SOCIEDADE Artigo 1.º Natureza jurídica e denominação social A Sociedade, que adota a denominação de Banco Primus SA («a Sociedade»),

Leia mais

DOCUMENTO I Autenticação da Mesa da Assembleia Geral Extraordinária realizada em 23 de Julho de 2015.

DOCUMENTO I Autenticação da Mesa da Assembleia Geral Extraordinária realizada em 23 de Julho de 2015. DOCUMENTO I Autenticação da Mesa da Assembleia Geral Extraordinária realizada em 23 de Julho de 2015. Marcos Alberto Cabaleiro Fernandez Secretario da Mesa LOG COMMERCIAL PROPERTIES E PARTICIPAÇÕES S.A.

Leia mais

SUZANO PAPEL E CELULOSE S.A. Regimento Interno do Conselho de Administração

SUZANO PAPEL E CELULOSE S.A. Regimento Interno do Conselho de Administração SUZANO PAPEL E CELULOSE S.A. Regimento Interno do Conselho de Administração Este Regimento Interno foi aprovado pelo Conselho de Administração da Suzano Papel e Celulose S.A. em 18 de fevereiro de 2016.

Leia mais

BANCO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL S.A. CNPJ/MF nº 92.702.067/0001-96 NIRE 43300001083. Estatuto Social. Capítulo I. Natureza, Duração e Sede

BANCO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL S.A. CNPJ/MF nº 92.702.067/0001-96 NIRE 43300001083. Estatuto Social. Capítulo I. Natureza, Duração e Sede BANCO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL S.A. CNPJ/MF nº 92.702.067/0001-96 NIRE 43300001083 Estatuto Social Capítulo I Natureza, Duração e Sede Seção I Natureza Art. 1º - O BANCO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO

Leia mais

ESTATUTO SOCIAL CAPÍTULO I - DA DENOMINAÇÃO, TEMPO DE DURAÇÃO, SEDE E FINS DA ASSOCIAÇÃO:

ESTATUTO SOCIAL CAPÍTULO I - DA DENOMINAÇÃO, TEMPO DE DURAÇÃO, SEDE E FINS DA ASSOCIAÇÃO: ESTATUTO SOCIAL CAPÍTULO I - DA DENOMINAÇÃO, TEMPO DE DURAÇÃO, SEDE E FINS DA ASSOCIAÇÃO: Art. 01º - A Associação de Promoção à Assistência Social, Educacional e de Desenvolvimento Econômico de Goiás,

Leia mais

CENTRAIS ELÉTRICAS DO PARÁ S.A. CELPA EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL CNPJ/MF nº 04.895.728/0001-80 NIRE 15.300.007.232 Companhia Aberta

CENTRAIS ELÉTRICAS DO PARÁ S.A. CELPA EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL CNPJ/MF nº 04.895.728/0001-80 NIRE 15.300.007.232 Companhia Aberta CENTRAIS ELÉTRICAS DO PARÁ S.A. CELPA EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL CNPJ/MF nº 04.895.728/0001-80 NIRE 15.300.007.232 Companhia Aberta ATA DA ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA REALIZADA EM 16 DE SETEMBRO DE 2013

Leia mais

COMPANHIA BRASILEIRA DE DISTRIBUIÇÃO CNPJ/MF 47.508.411/0001 56 NIRE 35.300.089.901 PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO PARA A ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA

COMPANHIA BRASILEIRA DE DISTRIBUIÇÃO CNPJ/MF 47.508.411/0001 56 NIRE 35.300.089.901 PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO PARA A ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA COMPANHIA BRASILEIRA DE DISTRIBUIÇÃO CNPJ/MF 47.508.411/0001 56 NIRE 35.300.089.901 PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO PARA A ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA A SER REALIZADA EM 18 DE OUTUBRO DE 2012 Prezados Senhores,

Leia mais

CLARO TELECOM PARTICIPAÇÕES S.A. CNPJ/MF n.º 07.043.628./0001-13 NIRE 35 3 003537 49

CLARO TELECOM PARTICIPAÇÕES S.A. CNPJ/MF n.º 07.043.628./0001-13 NIRE 35 3 003537 49 ESTATUTO SOCIAL DE CLARO TELECOM PARTICIPAÇÕES S.A. CAPÍTULO I DENOMINAÇÃO, OBJETO, SEDE E DURAÇÃO Artigo 1º - Claro Telecom Participações S.A. é uma sociedade anônima que se rege por este Estatuto Social

Leia mais

Anexo I à Ata da 20ª Assembleia Geral Extraordinária da SUBESTAÇÃO ELETROMETRÔ S.A. ESTATUTO SOCIAL CAPÍTULO I DENOMINAÇÃO, SEDE, OBJETO E DURAÇÃO

Anexo I à Ata da 20ª Assembleia Geral Extraordinária da SUBESTAÇÃO ELETROMETRÔ S.A. ESTATUTO SOCIAL CAPÍTULO I DENOMINAÇÃO, SEDE, OBJETO E DURAÇÃO Anexo I à da SUBESTAÇÃO ELETROMETRÔ S.A. ESTATUTO SOCIAL CAPÍTULO I DENOMINAÇÃO, SEDE, OBJETO E DURAÇÃO Artigo 1º A SUBESTAÇÃO ELETROMETRÔ S.A. é uma sociedade anônima que se rege pelos usos do comércio,

Leia mais

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DAS MANTENEDORAS DE FACULDADES ESTATUTO DA ABRAFI

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DAS MANTENEDORAS DE FACULDADES ESTATUTO DA ABRAFI ESTATUTO DA ABRAFI ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DAS MANTENEDORAS DE Título I Da Natureza, Sede, Duração e Finalidades Capítulo Único Da Natureza, Sede, Duração e Finalidades Associativas Art. 1 - A Associação

Leia mais

LOJAS AMERICANAS S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF. 33.014.556/0001-96 NIRE 3330002817.0

LOJAS AMERICANAS S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF. 33.014.556/0001-96 NIRE 3330002817.0 LOJAS AMERICANAS S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF. 33.014.556/0001-96 NIRE 3330002817.0 ATA DA REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO DE LOJAS AMERICANAS S.A. REALIZADA EM 11 DE MARÇO DE 2014, ÀS 10:00 H. I.

Leia mais

ESTATUTOS DA IMPRENSA NACIONAL-CASA DA MOEDA, S. A. CAPÍTULO I. Natureza, denominação, duração, sede e objeto. Artigo 1.º. Natureza e denominação

ESTATUTOS DA IMPRENSA NACIONAL-CASA DA MOEDA, S. A. CAPÍTULO I. Natureza, denominação, duração, sede e objeto. Artigo 1.º. Natureza e denominação ESTATUTOS DA IMPRENSA NACIONAL-CASA DA MOEDA, S. A. CAPÍTULO I Natureza, denominação, duração, sede e objeto Artigo 1.º Natureza e denominação A sociedade tem a natureza de sociedade anónima de capitais

Leia mais

GAS NATURAL SERVIÇOS S.A. ESTATUTO SOCIAL APROVADO NA ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA E EXTRAORDINÁRIA DE 27.04.2012

GAS NATURAL SERVIÇOS S.A. ESTATUTO SOCIAL APROVADO NA ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA E EXTRAORDINÁRIA DE 27.04.2012 GAS NATURAL SERVIÇOS S.A. ESTATUTO SOCIAL APROVADO NA ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA E EXTRAORDINÁRIA DE 27.04.2012 CAPÍTULO I - DA DENOMINAÇÃO, SEDE, PRAZO DE DURAÇÃO E OBJETO SOCIAL. Artigo 1º - Sob a denominação

Leia mais

ESTATUTO SOCIAL DA IGUATEMI EMPRESA DE SHOPPING CENTERS S.A. CNPJ/MF Nº 51.218.147/0001-93 NIRE Nº 35.300.095.618

ESTATUTO SOCIAL DA IGUATEMI EMPRESA DE SHOPPING CENTERS S.A. CNPJ/MF Nº 51.218.147/0001-93 NIRE Nº 35.300.095.618 ESTATUTO SOCIAL DA IGUATEMI EMPRESA DE SHOPPING CENTERS S.A. CNPJ/MF Nº 51.218.147/0001-93 NIRE Nº 35.300.095.618 CAPÍTULO I DENOMINAÇÃO, SEDE, OBJETO E DURAÇÃO Artigo 1º - A IGUATEMI EMPRESA DE SHOPPING

Leia mais

ESTATUTO SOCIAL CAPITULO I DENOMINAÇÃO, SEDE, FORO, OBJETO E DURAÇÃO

ESTATUTO SOCIAL CAPITULO I DENOMINAÇÃO, SEDE, FORO, OBJETO E DURAÇÃO ESTATUTO SOCIAL CAPITULO I DENOMINAÇÃO, SEDE, FORO, OBJETO E DURAÇÃO Art. 1º - O Instituto Vital Brazil Sociedade Anônima (Centro de Pesquisas, Produtos Químicos e Biológicos) é uma Sociedade por Ações,

Leia mais

ENERGISA BORBOREMA DISTRIBUIDORA DE ENERGIA S/A CNPJ/MF: 08.826.596/0001-95 NIRE: 25.3.000.036-18

ENERGISA BORBOREMA DISTRIBUIDORA DE ENERGIA S/A CNPJ/MF: 08.826.596/0001-95 NIRE: 25.3.000.036-18 ENERGISA BORBOREMA DISTRIBUIDORA DE ENERGIA S/A CNPJ/MF: 08.826.596/0001-95 NIRE: 25.3.000.036-18 ESTATUTO SOCIAL DA ENERGISA BORBOREMA DISTRIBUIDORA DE ENERGIA S/A CAPÍTULO I DENOMINAÇÃO, SEDE, FORO,

Leia mais

SCHULZ S/A CNPJ nº 84.693.183/0001-68 NIRE 42300008486 Joinville SC. Estatuto Social Consolidado

SCHULZ S/A CNPJ nº 84.693.183/0001-68 NIRE 42300008486 Joinville SC. Estatuto Social Consolidado SCHULZ S/A CNPJ nº 84.693.183/0001-68 NIRE 42300008486 Joinville SC Estatuto Social Consolidado CAPÍTULO I DENOMINAÇÃO, SEDE, OBJETIVO E PRAZO DE DURAÇÃO ARTIGO 1º - A Schulz S/A é uma sociedade por ações,

Leia mais

ESTATUTO DA FUNDAÇÃO IRMÃO JOSÉ OTÃO

ESTATUTO DA FUNDAÇÃO IRMÃO JOSÉ OTÃO ESTATUTO DA FUNDAÇÃO IRMÃO JOSÉ OTÃO Capítulo I Da Denominação, Sede e Finalidades Art. 1 A Fundação Irmão José Otão (FIJO), pessoa jurídica de direito privado, sem fins lucrativos, instituída pela União

Leia mais

Estatuto Social Companhia Docas do Pará - CDP

Estatuto Social Companhia Docas do Pará - CDP Estatuto Social Companhia Docas do Pará - CDP Alterado pela AGO/AGE em 01/abril/2011 CDP CNPJ: 04.933.552/0001-03 Sociedade de Economia Mista, vinculada a Secretaria de Portos SEP Avenida Presidente Vargas,

Leia mais

MARISA LOJAS S.A. NIRE 35.300.374.801 CNPJ/MF Nº 61.189.288/0001-89. Rua James Holland, 422/432, Barra Funda CEP 01138-000, São Paulo - SP

MARISA LOJAS S.A. NIRE 35.300.374.801 CNPJ/MF Nº 61.189.288/0001-89. Rua James Holland, 422/432, Barra Funda CEP 01138-000, São Paulo - SP MARISA LOJAS S.A. NIRE 35.300.374.801 CNPJ/MF Nº 61.189.288/0001-89 Rua James Holland, 422/432, Barra Funda CEP 01138-000, São Paulo - SP ESTATUTO SOCIAL DA MARISA LOJAS S.A. CAPÍTULO I DA DENOMINAÇÃO,

Leia mais

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO EMPRESA INCORPORADA: HFF PARTICIPAÇÕES S.A. EMPRESA INCORPORADORA: BRF BRASIL FOODS S.A.

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO EMPRESA INCORPORADA: HFF PARTICIPAÇÕES S.A. EMPRESA INCORPORADORA: BRF BRASIL FOODS S.A. PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO EMPRESA INCORPORADA: HFF PARTICIPAÇÕES S.A. EMPRESA INCORPORADORA: BRF BRASIL FOODS S.A. 25 DE FEVEREIRO DE 2010 PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA HFF

Leia mais

RESTOQUE COMÉRCIO E CONFECÇÕES DE ROUPAS S.A. CNPJ/MF n 49.669.856/0001-43 Companhia Aberta

RESTOQUE COMÉRCIO E CONFECÇÕES DE ROUPAS S.A. CNPJ/MF n 49.669.856/0001-43 Companhia Aberta RESTOQUE COMÉRCIO E CONFECÇÕES DE ROUPAS S.A. CNPJ/MF n 49.669.856/0001-43 Companhia Aberta INFORMAÇÕES REFERIDAS NA INSTRUÇÃO CVM Nº 481/2009 (ARTIGOS 11, 19, 20 E 21) PARA FINS DA ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA

Leia mais

RJ CAPITAL PARTNERS S.A. ESTATUTO SOCIAL

RJ CAPITAL PARTNERS S.A. ESTATUTO SOCIAL RJ CAPITAL PARTNERS S.A. ESTATUTO SOCIAL Capítulo I Da Denominação, Sede, Foro, Objeto e Duração Artigo 1º - A RJ CAPITAL PARTNERS S.A. é uma sociedade anônima que se rege pelo presente estatuto, pela

Leia mais

BROOKFIELD INCORPORAÇÕES S.A. CNPJ/MF nº 07.700.557/0001-84 NIRE nº 33.3.002.7715-3

BROOKFIELD INCORPORAÇÕES S.A. CNPJ/MF nº 07.700.557/0001-84 NIRE nº 33.3.002.7715-3 BROOKFIELD INCORPORAÇÕES S.A. CNPJ/MF nº 07.700.557/0001-84 NIRE nº 33.3.002.7715-3 ATA DA ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA REALIZADA EM SEGUNDA CONVOCAÇÃO NO DIA 10/05/2011 DATA, HORA e LOCAL: Aos 10 dias

Leia mais

ESTATUTO SOCIAL DA AMPLA ENERGIA E SERVIÇOS S.A. CAPÍTULO I - DA DENOMINAÇÃO, ORGANIZAÇÃO, SEDE, DURAÇÃO E OBJETO

ESTATUTO SOCIAL DA AMPLA ENERGIA E SERVIÇOS S.A. CAPÍTULO I - DA DENOMINAÇÃO, ORGANIZAÇÃO, SEDE, DURAÇÃO E OBJETO ESTATUTO SOCIAL DA AMPLA ENERGIA E SERVIÇOS S.A. CAPÍTULO I - DA DENOMINAÇÃO, ORGANIZAÇÃO, SEDE, DURAÇÃO E OBJETO ARTIGO PRIMEIRO - A Ampla Energia e Serviços S.A., que usará a abreviatura AMPLA, é uma

Leia mais

DA CPFL ENERGIA S.A. ÍNDICE

DA CPFL ENERGIA S.A. ÍNDICE São Paulo, 28 de março de 2015. PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO DA CPFL ENERGIA S.A. ÍNDICE I Tomar as contas dos Administradores, examinar, discutir e votar o relatório da administração e as demonstrações financeiras,

Leia mais

ENERPREV PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR DO GRUPO ENERGIAS DO BRASIL ESTATUTO SOCIAL. Aprovação: 18/08/2015

ENERPREV PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR DO GRUPO ENERGIAS DO BRASIL ESTATUTO SOCIAL. Aprovação: 18/08/2015 ENERPREV PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR DO GRUPO ENERGIAS DO BRASIL 2015 ESTATUTO SOCIAL Aprovação: 18/08/2015 SUMÁRIO DA ENTIDADE E SEUS FINS Página 2 DOS MEMBROS DA ENERPREV Página 2 DAS CATEGORIAS DE MEMBROS

Leia mais

IGREJA BATISTA DA PRAIA DO CANTO ESTATUTO CONSOLIDADO ASSEMBLÉIA DE 29.04.07

IGREJA BATISTA DA PRAIA DO CANTO ESTATUTO CONSOLIDADO ASSEMBLÉIA DE 29.04.07 IGREJA BATISTA DA PRAIA DO CANTO ESTATUTO CONSOLIDADO ASSEMBLÉIA DE 29.04.07 Sumário Capítulo I Da Denominação, Natureza, Sede e Fins...03 Capítulo II Dos Membros (direitos e deveres), Admissão, Transferência

Leia mais